Delegacias Regionais do Creci-MG. Delegacias Municipais do Creci-MG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Delegacias Regionais do Creci-MG. Delegacias Municipais do Creci-MG"

Transcrição

1

2 Delegacias Regionais do Creci-MG CIDADE DELEGADO(A) TELEFONE Contagem Wilma de Souza Pereira (31) Divinópolis Cléber Adriano de Carvalho (37) Govenador Valadares Edílson de Paula Brandão (33) Ipatinga Wesley Harrison Givisiez (31) Itajubá Ovídio Pereira de Faria Júnior (35) Juiz de Fora Rogério Nunes (32) CIDADE DELEGADO(A) TELEFONE Montes Claros Ney Ataíde Maia (38) Patrocínio Lázaro dos Santos Filho (34) Poços de Caldas Ari Fernando Costa (35) Uberaba Luis Fernando Batistuta Santos (34) Uberlândia Elsa Cristina Rodrigues Lopes (34) Varginha Saulo de Tarso Arantes Tavares (35) Delegacias Municipais do Creci-MG CIDADE DELEGADO(A) TELEFONE Araxá Sérgio Luiz Goulart (34) Abaeté Aguimar Ferreira do Amaral (37) Alfenas Marcos Monte Alegre (35) Andradas Nilce Neiva Garcia (35) Araguari José Carneiro (34) Arcos Baltazar Pimentel dos Santos (37) Barbacena Lúcio Gonçalves de Paula (32) Boa Esperança Wilson Lênio da Silva (35) Bom Despacho Nilton Israel Chagas (37) Borda da Mata Sinval de Paula (35) Camanducaia Elza Idalina Marzagão Santos (35) Cambuí Edson Gonçalves Dias da Silva (35) Cambuquira Márcio José Gomes (35) Campanha Gislaine Pereira Dias (35) Campo Belo Aparecida de Fátima Trindade (35) Carangola Maurício José Gomide (32) Caratinga João Batista da Silva (33) Carmo do Paranaíba Vicente José de Oliveira (34) Carmo do Rio Claro Flávio Lemos de Carvalho (35) Carmópolis de Minas Airthon Donizete Lima (37) Cataguases Bruno Spíndola de Araújo (32) Caxambu Maria Helena de Carvalho (35) Congonhas Regina Maria Bahia da Fonseca (31) Conceição da Aparecida Euzébio de Paiva Andrade (35) Conselheiro Lafaiete José Geraldo dos Santos (31) Coromandel Beni Vilela da Cunha (34) Coronel Fabriciano José Wilson da Trindade Neves (31) Curvelo Sérgio Mendes de Sá (38) Diamantina Eric Giovani Silva (38) Dores do Indaiá Magno Pinto Coelho Costa (37) Extrema Ricardo Faria Dalle Lucca (35) Formiga Paulo Roberto de Oliveira (37) Frutal Sebastião Ferreira (34) Ibiá Paulo Henrique G. Junqueira Luz (34) Itabira Jarbas de Amorim Filho (31) Itabirito José N. de Jesus Castro (31) Itapecerica José Arantes da Silva (37) Itaúna Daniel Mânio Moreira (37) Ituiutaba Wiedner Navarro de Barros (34) Iturama José Carlos Pereira (34) Jacutinga Nelson Antunes da Costa (35) Janaúba Geraldo Luiz dos Santos (38) Januária Valdemir Gonçalves de Oliveira (38) CIDADE DELEGADO(A) TELEFONE João Molevade Edmilson Agostinho Correia (31) João Pinheiro Sebastião Caldeira de Oliveira (38) Lagoa da Prata Ibraim de Melo (37) Lavras Nilson Gonçalves de Matos (35) Leopoldina Jairo Antônio de Souza Seoldo (32) Machado Hamilton de Paiva Magalhães (35) Manhuaçu Armando Soares de Oliveira (33) Monte Carmelo Sara Aparecida da Silva Machado (34) Monte Sião José Ricardo dos Santos Baganha (35) Muriaé José Roberto Correa Mazzini (32) Nanuque Thomaz Nunes Pinheiro (33) Nova Serrana Gervásio Teodoro de Oliveira Filho (37) Oliveira Juarez Távora de Barros (37) Ouro Branco Geraldo de Fátima Alves Pinto (31) Ouro Fino Elias da Silva (35) Pará de Minas Antônio Maria de Souza Filho (37) Paracatu Dolimar Vieira Diniz (38) Paraisopolis José Lázaro de Carvalho Neto (35) Paraopeba Alfredo Tibúrcio Braga (31) Passos José Roberto Batista Denúbila (35) Patos de Minas José Maria Paulo Teixeira (34) Perdizes Alex Ribeiro Oliveira (34) Pirapora Davison Cotta Silva (38) Pitangui / Conceição do José Raimundo Machado (37) Pará / Leandro Ferreira Piumhi Ubiraci de Brito Mota (37) Pompeu Djalma José dos Reis (37) Ponte Nova José Paulo G. Moreira (31) Pouso Alegre José Tadeu Pereira de Carvalho (35) Sacramento Geovani Massa (34) Santa Luzia Andréa do Carmo Alves (31) Santa Rita do Sapucaí José Leôncio de Oliveira (35) São Gotardo José Dedi de Souza (34) São João Del Rey João Carlos Vasconcelos Fróes (32) São Lourenço Edilson Passos de Castro (35) Sete Lagoas Júlio César de Jesus Lima (31) Teófilo Otoni Carlos Alberto Gomes Santos (33) Três Corações Osny Lemos Ribeiro (35) Três Pontas Leandro Mendonça de Castro (35) Ubá Sandro Paschoalini Ribeiro (32) Unaí Antônio Nicolau Ribeiro (38) Viçosa Luciano de Freitas Moreira (31)

3 ÍNDICE POR DENTRO DO CRECI-MG 4 e 5 ELEIÇÃO 6 e 7 Eleição pela internet permite que os corretores do Estado exerçam o direito ao voto MERCADO 8 Empreendimentos populares animam mercado LEGISLAÇÃO 9 Direito de Superfície traz igualdade entre proprietários e compradores PAPO DE CORRETOR 10 e 11 Evento é transmitido ao vivo pela internet CAPA 12 a 15 Investimentos do Creci-MG garantem maior integração com interior TECNOLOGIA 16 Chegamos à era dos Jetsons ESPECIALISTA 17 Qual é a verdadeira área de um apartamento? PROJETO DE LEI 18 e 19 INTERIOR 20 e 21 JURÍDICO 22 O porquê da exclusividade EXPEDIENTE A revista CRECI-Minas é uma publicação do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis de Minas Gerais (Creci-MG). Presidente em exercício: Paulo José Vieira Tavares 1º Vice-presidente: Newton Marques Barbosa Júnior Diretor-secretário: Jorge Fernandes de Souza Diretor-tesoureiro: Milton Vieira Chaves Filho Superintendente: Ricardo Mendes Jornalista Responsável: Carla Damiani Duarte (Mtb ) Redação: Carla Damiani Duarte, Priscilla Cambraia e Daniela Figueiredo Diagramação: Pedro Alvarenga Impressão: Artes Gráficas Formato Ltda Tiragem: exemplares Creci-MG: Rua dos Carijós, º andar Centro Belo Horizonte MG Cep Telefone: (31) EDITORIAL É TEMPO DE NOVOS VENTOS Anunciamos no lançamento desta revista, em janeiro de 2009, que o interior era a bola da vez na gestão da atual Diretoria. Dentro desta visão, de aproximar do Creci-MG também os corretores localizados fora da Região Metropolitana de Belo Horizonte, a Diretoria realizou o V Encontro de Delegados Regionais e Municipais. Todos os representantes do Conselho no interior foram convidados a participar e, juntos, delegados e diretores, puderam traçar estratégias para sanear o mercado imobiliário em todo o Estado. Durante os últimos meses, o Creci-MG também inovou e passou a transmitir o Papo de Corretor ao vivo pela internet. Os corretores que não podem se deslocar para Belo Horizonte para participar do projeto mensal de capacitação, agora assistem as palestras e interagem com os ministradores por meios virtuais. Para que a integração corretores-creci seja completa, o Conselho intensificou ainda mais a nomeação de profissionais para representá-lo em seus municípios. Essas nomeações estão sendo feitas desde a criação do Conselho, mas foi durante o trabalho desta Diretoria que o número de delegados do Creci- MG se multiplicou. O Creci-MG vem trabalhando em duas frentes: fiscalização e informação. Fiscalizar para banir os ilegais e os maus profissionais do mercado; e informar para capacitar o corretor e valorizar seu trabalho junto à sociedade. No quesito fiscalizar, o Creci-MG recebeu das mãos do diretor Nacional de Fiscalização do Conselho Federal de Corretores de Imóveis (Cofeci) troféu pelo melhor desempenho entre os Crecis do país. Estamos trabalhando ainda mais para que, não só o próximo troféu seja novamente de Minas, mas, também, o Conselho supere, em muito, seu desempenho em relação ao último ano. No quesito informar, o Creci-MG já está desenvolvendo seu novo site, onde o corretor terá acesso a informação de qualidade através de novidades tecnológicas. O Conselho também irá ampliar as campanhas publicitárias em prol da categoria, alertando e conscientizando a população sobre os riscos da negociação com falsos profissionais. Num cenário econômico de crise, demissões e incertezas, fechamento de milhares de postos de trabalho, bolsas de valores em franca queda, o mercado imobiliário mostra mais uma vez sua segurança. A procura pela carreira imobiliária disparou para atender a demanda pela aquisição de imóveis, fruto da inconstância das outras formas de investimento e das facilidades de financiamento disponibilizadas nesses primeiros meses do ano. As perspectivas são ótimas e meu desejo é que todos os corretores estejam preparados para surfar neste mar de prosperidade. Paulo José Vieira Tavares Presidente em exercício 3 Maio Maio e e Junho Junho de de l / CRECI-MG CRECI-MG

4 POR DENTRO Diga Corretor A revista é de excelente qualidade, com conteúdo apropriado e bem escrito. Iniciativas como essa são sempre importantes para a divulgação do mercado e do trabalho do corretor de imóveis. João Teodoro da Silva Presidente do Sistema Cofeci-Creci Esta revista é ótima. Ela veio contemplar principalmente os corretores do interior, dando-lhes oportunidade de aproximar do Creci-MG através da comunicação e se manterem informados dos acontecimentos de interesse da classe. Alivan José Curi Creci Campos Altos / MG Parabenizo o Creci-MG pelo lançamento da revista. Ficou ótima, tanto no que se refere à qualidade das publicações, como da apresentação. O Conselho, com sua atuação responsável e objetiva, tem contribuído para a valorização da profissão e, conseqüentemente, para nossa valorização como profissionais. Antônio César da Silva Creci Belo Horizonte / MG Cursos de TTI Confira, abaixo, as escolas que oferecem o curso de Técnico em Transações Imobiliárias em Minas: BELO HORIZONTE CMI/Secovi-MG Rua Tabaiares, 12-4º andar - Floresta Tel.: Site: Colégio Minas Gerais Avenida Augusto de Lima, Centro Tel.: Site: Grupo Mineiro Serviços Educacionais Rua dos Carijós, 244, sala 508 Centro Tel: Sindimóveis-MG Rua dos Carijós, 244, 14 andar Centro Tel Site: JUIZ DE FORA Colégio Técnico Universitário da UFJF Rua Bernardo Mascarenhas, Fábrica Tel.: Site: UBERLÂNDIA Colégio Profissional Avenida Floriano Peixoto, 2033 Tel.: CRECI-MG l Maio e Junho de 2009 Eventos Nacionais do Mercado Imobiliário Julho 16 a 19 - Feira do Imóvel, Construção, Condomínios, Arquitetura e Decoração Local: Jundiaí / SP Informações: Agosto 04 a 06 - Fórum Nacional do Mercado Imobiliário Local: São Paulo / SP Informações: (11) Setembro 09 a 11 - Congresso de Corretores de Imóveis do Norte/Nordeste Local: Maceió/AL 17 a 20 - Salão Imobiliário de Lisboa Local: Lisboa / Portugal Informações: 24 a 27 - Salão Imobiliário de São Paulo Local: São Paulo / SP Informações: Lisboa / Portugal

5 DO CRECI-MG Fiscalização Mineira é premiada pelo Cofeci Em reconhecimento ao primeiro lugar no Ranking Nacional de Produtividade dos Agentes de Fiscalização em 2008, o Conselho Federal de Corretores de Imóveis (Cofeci) premiou o Creci-MG com um troféu durante sessão plenária realizada em Brasília, dia 24/03. Na platéia estavam presidentes de Crecis e conselheiros federais que representavam todas as regionais do país. O diretor nacional de Fiscalização do Cofeci, Claudemir Neves, concedeu ao vice-presidente do Conselho Federal, o mineiro Newton Marques Barbosa, o privilégio de fazer a entrega do troféu ao Creci-MG, representado pelo presidente em exercício, Paulo José Vieira Tavares, e pelo chefe do Setor de Fiscalização Externa (Sefe), Júlio César Tofanelli. Fiquei muito emocionado. O troféu é a materialização do resultado de seis anos de árduo trabalho à frente da Fiscalização. O mérito é de toda a equipe do Sefe, além dos servidores e diretores do Creci-MG, enfatizou Tofanelli. Parceria com Ministério Público Estadual fica ainda melhor O Creci-MG e o Ministério Público Estadual (MPE) fizeram um aditamento na parceria firmada em 04 de fevereiro deste ano. De acordo com o primeiro Termo de Cooperação Técnica assinado, o MPE iria apurar as irregularidades causadas por falsos corretores quando o ilegal causasse algum dano ao cliente. Agora, com o aditamento, o Ministério Público Estadual entendeu que a prática ilegal da profissão já configura dano à população e à categoria, então todos os processos passarão pelo crivo do MPE. É importante ressaltar que tanto o convênio quanto o aditamento valem para todo o Estado de Minas Gerais. Paulo Tavares, Newton Marques e Júlio Tofanelli comemoram a premiação ao lado de Claudemir Neves Cresce procura pela carreira imobiliária A profissão de corretor de imóveis está conquistando cada vez mais espaço no mercado de trabalho. Em busca de segurança em meio à crise financeira, população e investidores vêm migrando suas aplicações e adquirindo imóveis, o que tem contribuído para manter o mercado imobiliário aquecido e, conseqüentemente, garantido trabalho para quem inicia como corretor de imóveis. De 01 de janeiro a 31 de maio deste ano, 386 pessoas solicitaram registro profissional junto ao Creci-MG para atuar na profissão de corretor de imóveis. No mesmo período, 196 estagiários também se inscreveram, o que é uma ótima alternativa para quem quer conhecer mais da profissão antes de concluir os cursos de TTI (Técnico em Transação Imobiliária) ou Gestão em Negócios Imobiliários. NA PONTA DO LÁPIS Janeiro a maio de 2009 CORRETORES DE IMÓVEIS ATIVOS Pessoas Físicas Pessoas Jurídicas Pedidos de inscrições PF 386 Cancelamentos PF 62 Cancelamentos PJ 03 Pedidos de inscrições PJ 26 Registro Temporário de Estagiário 196 Janeiro a maio de 2009 FISCALIZAÇÃO EXTERNA Número de agentes fiscais 17 Delegacias regionais 12 Delegacias municipais 83 Nº. de veículos na fiscalização 11 Km rodados Cidades visitadas 126 Autos de constatação Auto de infração 849 Notificação 777 Número de ilegais autuados 469 Nº. de anúncios pesquisados Atendimento ao público Maio e Junho de 2009 l CRECI-MG

6 Eleição Julho é MÊS DE ELEIÇÃO no Creci MG No dia 14 de julho os corretores de imóveis do Estado exercerão o direito ao voto para escolher os profissionais que os representarão no seu órgão de classe durante o triênio 2010/2012. A chapa nº 1, denominada Bola da Vez, foi a única registrada para concorrer à eleição. Confira, abaixo, os corretores que fazem parte da chapa. CONSELHEIROS EFETIVOS Nº DO CRECI Paulo José Vieira Tavares Creci nº 1691 Altair Antônio de Sales Carmo Creci nº Altamar Barbosa Soares Creci nº Andréa do Carmo Alves Creci nº Antônio Carvalho Mota Creci nº Anuar Elias Donato Júnior Creci nº 1800 Carlos Alberto Villani Creci nº 520 Carlos Alberto Rezende Creci nº 8651 Carlos Augusto Gomes Escarce Creci nº Cinézio Geraldo Pereira Creci nº 8807 Evilásio do Vale Pires Creci nº 8731 Fernando Luiz Viana Creci nº Ivan Silva dos Santos Creci nº 5238 Jorge Renan Ferreira Peixoto Creci nº 5361 José de Filippo Neto Creci nº Lúcio Gonçalves de Paula Creci nº Márcio Ari de Melo Almeida Creci nº 3583 Newton Marques Barbosa Creci nº 89 Newton Marques Barbosa Júnior Creci nº 5710 Ney Ataíde Maia Creci nº 5117 Osny Lemos Ribeiro Creci nº 9885 Reinaldo Altimiras Nogueira Branco Creci nº 6870 Reinaldo Jorge Loureiro Fontes Creci nº Saulo de Tarso Arantes Tavares Creci nº Silvio de Castro A. Ximenes de Souza Creci nº 1248 Vinícius Ângelo Araújo Creci nº Wesley Harrison Givisiez Creci nº CONSELHEIROS SUPLENTES Nº DO CRECI Márcio Tavares Lanna Creci nº Oswaldo Eustáquio Machado Creci nº Tarcisio Naves Sanglard Creci nº Antônio Xavier Creci nº Arthur Orlando Faleiro Santos Creci nº Sérgio Antônio Alves Bontempo Creci nº Paulo Roberto Perpetuo Gomes Luz Creci nº 2143 José Maria Tavares Lanna Creci nº 9295 Wanderley Wellington dos Santos Creci nº Fernando J. Campos e Silva Antunes Creci nº Antônio Augusto Tristão Siqueira Creci nº Wilma de Sousa Pereira Creci nº 4590 Frederico Ferreira Nunes Creci nº Márcio de Souza Pereira Creci nº 6525 José Luiz Saldanha da Fonseca Creci nº Franquislene Dias Vieira Creci nº 8138 Jamerson de Albuquerque Leal Creci nº 8735 Sandro Alex Lopes Pimenta Creci nº Celso Salles de Moura Creci nº 9432 Raphael Campelo Godoy Fonseca Creci nº Marcellus Villani Creci nº José Gomes de Bessa Creci nº 7247 Eder Leite Ribeiro Creci nº Almir Oliveira Dantas Creci nº Omar Vieira Filho Creci nº Celso Gotierre Lopes Creci nº Marcelo da Costa Borges Creci nº Postos Eleitorais Belo Horizonte: Rua dos Carijós nº 244, 10º andar, Centro Contagem: Av. Rio Negro nº 312, Riacho das Pedras Divinópolis: R. Santo Antônio nº 420, sala 103, Centro Governador Valadares: R. Israel Pinheiro nº 2801, sala 706, Centro Ipatinga: Av. 28 de Abril nº 573, sala 101, Centro Itajubá: R. Cel. Carneiro Júnior nº 58, sala 21, Centro Juiz de Fora: R. Halfeld nº 65l, sala 603, Centro Montes Claros: Av. Cel. Prates nº 348, sala 803, Centro Patrocínio: Av. Rui Barbosa nº 706, sala 24, Centro Poços de Caldas: R. Minas Gerais nº 664, sala 203, Centro Uberaba: R. Artur Machado nº 174, sala 304, Centro Uberlândia: Av. Afonso Pena nº 547, sala 61, Centro Varginha: R. Santa Cruz nº 789, sala 204, Centro. 6 CRECI-MG l Maio e Junho de 2009

7 Eleição pela internet permite que os corretores do Estado exerçam o DIREITO AO VOTO Pela segunda vez, a votação será pela internet, possibilitando que todos os corretores de imóveis possam exercer o direito ao voto Os corretores de imóveis, independente de estarem em outras localidades no dia da eleição ou mesmo de não terem delegacias regionais nas suas cidades, poderão utilizar-se de qualquer computador com acesso à internet para exercerem o seu direito/dever de voto, bastando apenas entrar no site Quem poderá votar Será considerado eleitor o corretor de imóveis que, na data da eleição, satisfaça aos seguintes requisitos: tenha inscrição principal no Creci-MG; esteja em dia com suas obrigações financeiras, inclusive a anuidade do exercício 2009; não esteja cumprindo pena disciplinar de suspensão, e tenha votado ou apresentado justificativa válida no pleito anterior. Como o direito/dever de votar é pessoal e intransferível, o Sistema Cofeci-Creci irá enviar uma senha individual a todos os corretores de imóveis aptos a votar. Quem não receber a senha até a véspera do dia da eleição, deverá contatar a sede do Creci-MG ou uma delegacia regional para a emissão da mesma. votação, deverá procurar o Creci-MG até o dia seis de julho de 2009, impreterivelmente, para regularizar seu débito de forma parcelada. Após este prazo e até o pleito, só serão aceitos pagamentos à vista. É importante lembrar que a inadimplência não poderá ser alegada como justificativa para não exercer o voto. Postos Eleitorais A votação acontecerá dia 14 de julho de O voto pela internet estará disponível das 00h às 17h, já a votação presencial acontecerá das 09h às 17h, em todas as delegacias regionais do Creci-MG e na própria sede do Creci-MG. Relação dos Postos na Página 06 Voto facultativo O voto é facultativo para os corretores acima de 70 anos. Voto obrigatório O inscrito que não votar e não justificar sua ausência em até 30 dias corridos após as eleições estará sujeito à multa equivalente ao valor da anuidade de 2009, corrigida até a data do efetivo pagamento. Se a ausência ocorrer por motivo de doença, poderá ser justificada em até 60 dias corridos após a realização do pleito, mediante apresentação de atestado médico que declare a impossibilidade de locomoção. Vale lembrar que, sendo eletrônica a votação, todos os corretores de imóveis deverão votar, independentemente de seu domicílio. O corretor que não estiver em dia com o Conselho e, consequentemente, deixar de receber a senha individual para 7 Maio e Junho de 2009 l CRECI-MG

8 Mercado EMPREENDIMENTOS populares animam mercado Os altos índices de inflação da década de 80 e início dos anos 90, além da elevada recessão com baixa taxa de empregabilidade, produziram uma geração de brasileiros sem casa. As novas possibilidades de pagamento do imóvel através do Minha Casa, Minha Vida, programa habitacional recentemente lançado pelo Governo Federal, estão facilitando o acesso à moradia aos que antes nem imaginavam poder um dia ter uma casa em seu nome. O ex-diretor do Creci-MG Caio Mário Campos Ferreira explica que o programa habitacional do Governo Federal visa reduzir em 14% o déficit habitacional no país, estimado em 7,2 milhões de moradias. Do total de um milhão de moradias que o Governo pretende construir no programa, 400 mil serão destinadas à população que ganha entre zero e três salários mínimos. Ao propiciar o acesso à casa própria, o Governo Federal beneficia a população carente, aumenta o investimento na construção civil e, conseqüentemente, gera mais empregos, explica. Para o ex-diretor do Creci-MG, a expansão urbana que o programa irá gerar se dará prioritariamente em áreas que possuem 8 CRECI-MG l Maio e Junho de 2009 A construção de imóveis voltados para as famílias com renda de até 10 salários mínimos vem atraindo empresas nacionais, internacionais e investidores que estão canalizando seus esforços para atender à gama de brasileiros que sonham em adquirir a casa própria. Famílias com renda de 3 a 6 salários mínimos Aumento do subsídio parcial em financiamentos com redução dos custos do seguro e acesso ao Fundo Garantidor Famílias com renda até 3 salários mínimos Subsídio integral com isenção do seguro melhores acessos, terrenos mais acessíveis, topografia plana, transportes mais adequados e possibilidades de emprego nas proximidades. Caio Mário Campos Ferreira, que também é engenheiro e participa das discussões sobre perspectivas imobiliárias e expansão urbana junto ao Crea-MG, afirma que o programa não atenderá plenamente às cidades mais povoadas que possuem uma área geográfica reduzida, como Belo Horizonte e São Paulo. Segundo regras da Caixa Econômica Federal, os mutuários só poderão adquirir um imóvel se comprovarem que moram no município onde ele está localizado há pelo menos três anos. O cidadão que morar em Belo Horizonte não poderá adquirir seu imóvel em Nova Lima ou Ibirité, cidades da região metropolitana. A grande questão é que a capital mineira já está quase toda loteada e os terrenos disponíveis são, em sua maioria, muito caros para se viabilizarem no programa, explica Ferreira. Famílias com renda de 6 a 10 salários mínimos Estímulo à compra com redução dos custos do seguro e acesso ao Fundo Garantidor

9 Legislação DIREITO DE SUPERFÍCIE traz igualdade entre proprietários e compradores Um assunto de extrema importância para os corretores de imóveis, loteadores e construtores é o Direito de Superfície, tema que vem sendo apresentado pelo vice-presidente do Conselho Federal dos Corretores de Imóveis (Cofeci), e conselheiro do Creci-MG, Newton Marques Barbosa, através de palestras em Minas Gerais, Ceará, Pernambuco e Rio Grande do Norte. A última exposição foi realizada em São Paulo, na sede do Creci-SP, onde corretores, loteadores, construtores, e todos os interessados pelo assunto puderam aprender sobre o tema e tirar dúvidas com Newton Marques, corretor que em 54 anos de atividade já vendeu mais de 75 mil terrenos. Newton Marques afirma que o Direito de Superfície é de suma importância tanto para o comprador quanto para o vendedor. Se o cidadão que comprar o terreno não cumprir o contrato de compra e venda, o vendedor é quem fica no prejuízo, pois além de ter que desfazer o negócio depois de ter pagado impostos e taxas imobiliárias, ele tem que devolver todo o dinheiro que havia recebido com a venda, acrescentando juros!, exclama o vice-presidente do Cofeci. O Direito de Superfície foi criado pela Lei do Estatuto da Cidade como um instrumento para facilitar o uso do terreno inabitado, possibilitando o plantio, construção ou criação de animais. Como o pagamento é facilitado, a população de baixa renda pode utilizar o direito de uso para resolver a questão da moradia, obtendo, após finalizar o pagamento, a escritura de quitação do terreno. Barbosa explica que o comprador usa o terreno como se fosse o dono, porém paga uma parcela mensal para o verdadeiro proprietário, e quando terminar de pagar todo o valor combinado entre as partes, ele obtém a escritura do terreno, como registrado na escritura pública. Segundo Newton Marques, antes da criação do Direito de Superfície, o corretor de imóveis ficava imobilizado com as quebras de contratos que geravam muita insegurança. A Lei de Uso e Ocupação do Solo trouxe segurança ao mercado, facilitando, assim, o serviço de corretagem. Agora os prazos para pagamento das parcelas do terreno podem ser ampliados de acordo com a capacidade de pagamento do comprador, explica. A partir do registro da concessão na escritura pública, o comprador já pode fazer usufruto do imóvel. Newton Marques lembra que somente através da escritura pública é possível conceder o direito de uso do terreno, e que nela deve constar a cláusula de quitação final. HISTÓRIA O Direito de Superfície surgiu em Roma devido à necessidade de se permitir a construção em solo alheio, principalmente sobre bens públicos. No Brasil, essa lei era regulamentada pelo Direito Antigo, através da Lei Pombalina, de Porém, em 1964, esse direito deixou de ser admitido, pois foi criada a lei 1.237, que não mencionava a superfície entre os direitos. Somente em 2002 ela foi reafirmada através do novo Código Civil. Onde, no artigo 21 do Estatuto da Cidade, permite que o proprietário urbano conceda a outro o Direito de Superfície do seu terreno, por tempo determinado ou indeterminado, mediante escritura pública registrada em cartório de registro de imóveis. Vantagens para comprador Financiamento é sem risco; Usufruto imediato do terreno; Escritura antecipa a transferência definitiva da propriedade. Vantagens para o proprietário Reduz o seu estoque de lotes disponíveis; Diminui o risco de invasões nos terrenos; Maior proteção no caso de descumprimento da Escritura por parte do superficiário. 9 Maio e Junho de 2009 l CRECI-MG

10 Papo de Corretor Papo de Corretor é transmitido ao vivo pela INTERNET O Papo de Corretor, projeto de capacitação gratuita para os profissionais inscritos no Conselho, foi criado em maio de 2007 e já ultrapassou 17 edições. O evento acontece na sede do Creci-MG, em Belo Horizonte, que possui capacidade para 60 pessoas. Para atender a demanda, o Conselho repetiu as palestras até que todos os corretores interessados em se capacitar pudessem ter a oportunidade de participar do Papo de Corretor. Porém, como os profissionais do interior continuavam prejudicados por causa da distância que inviabilizava a presença, o Creci-MG iniciou o projeto de transmissão ao vivo do Papo de Corretor, através do site A iniciativa foi aplaudida pelos inscritos. Ângela Maria Menezes de Almeida, mora em Belo Horizonte, e tentou se inscrever para o XVII Papo de Corretor, mas as vagas já estavam esgotadas: A ideia de o evento ser exibido pela internet é maravilhosa, pois quem não pôde ir ao evento, como foi meu caso, tem a oportunidade de assiti-lo em tempo real. Eronildes O. Felisberto dos Reis, da cidade de Andradas, também aprovou a iniciativa. Esta medida veio fazer justiça ao corretores do interior que, devido à distância, eram privados de participarem do evento, elogiou. O evento é mensal e proporciona aos corretores uma atualização constante, uma vez que todos os meses um tema novo é abordado, sempre com palestrantes renomados e em destaque em suas áreas de atuação. Sugira o próximo Papo de Corretor O Creci-MG está elaborando a grade de palestras do segundo semestre deste ano e gostaria de contar com a participação dos profissionais elegendo os temas que gostariam que fossem ministrados nos próximos meses durante o Papo de Corretor. Para participar, basta enviar um para ou ligar para (31) , ramais 107 ou 122, votando em um entre os temas listados abaixo. A sugestão de palestrantes para ministrar os eventos também é bem-vinda. Aposentadoria do corretor Avaliações de imóveis Como funciona a fiscalização do Creci-MG Construção civil e parceria com construtoras Contratos de financiamentos Contratos de locação Contratos de venda Contratos na planta Documentação imobiliária Ética/ Exclusividade Financiamento imobiliário Imóvel rural Incorporação de imóveis. Internet no mercado imobiliário IR sobre bens de capital Lei do Inquilinato Lei, Uso e Ocupação do Solo Leilão CEF Garantias imóvel ocupado Leituras de plantas e projetos Mercado internacional de imóveis Organização de imobiliária. Estrutura funcional Plano Diretor de Belo Horizonte Processo de desocupação de imóveis Técnicas de captação Tipos de escrituras Tributação na venda/compra de imóveis 10 CRECI-MG l Maio e Junho de 2009

11 A profissão de corretor de imóveis está inserida num mercado de trabalho cada vez mais amplo. Um dos direitos adquiridos, desde 1980, pelos profissionais inscritos no Conselho Regional dos Corretores de Imóveis, é a aplicação do artigo 700 do Código de Processo Civil Brasileiro no qual consta que, o juiz pode atribuir ao corretor de imóveis inscrito na entidade oficial da classe, a intermediação na alienação do imóvel penhorado. Com a sua revogação foram introduzidas pela lei , de 06 de dezembro de 2006, novas regras que regem a matéria. Dispõe o art. 704: Ressalvados os casos de alienação de bens imóveis e aqueles de atribuição de corretores da Bolsa de Valores, todos os demais serão alienados em leilão público. Também o art. 685 C, do CPC, diz: Não realizada a adjudicação dos bens penhorados, o exeqüente poderá requerer sejam eles alienados por sua própria iniciativa ou por intermédio de corretor credenciado perante a autoridade judiciária. Estes novos dispositivos permitem a participação direta de corretores nas alienações judiciais decorridas de processos de execução, com recebimento da comissão de corretagem. Para esclarecer as dúvidas a respeito desse negócio, convidamos o conselheiro do Creci-MG, Ney Ataíde Maia, que também é delegado do Conselho em Montes Claros, para explicar mais sobre o assunto. O tema foi amplamente discutido durante o XVII Papo de Corretor, quando Ney Ataíde mostrou aos presentes e aos internautas as possibilidades de negócios através da venda judicial de imóveis. CRECI-Minas: Quais os requisitos para que o corretor seja nomeado como intermediador na alienação do imóvel penhorado? Ney Ataíde: O profissional, inscrito no Conselho Regional de Corretores de Imóveis, deve estar em dia com as suas obrigações com o Conselho e ser nomeado por um juiz para realizar a venda do imóvel alienado. CRECI-Minas: Como funciona a nomeação? Ney Ataíde: O juiz indica um profissional inscrito no Creci e este, aceitando a indicação, sugere à secretaria do juízo a data para a realização da praça. O juiz determina a publicação do edital do leilão num jornal de grande circulação, constando no mesmo, o valor mínimo que o imóvel poderá ser alienado, a comissão e também que a alienação será realizada no endereço (comercial ou residencial) do corretor de imóveis. Daí para frente, o profissional imobiliário já poderá divulgar a alienação e procurar os possíveis compradores. Corretor ganha nova oportunidade de negócio: JUDICIAL de imóveis CRECI-Minas: Quais as vantagens desta nomeação para o juiz, a comunidade e o corretor? Ney Ataíde: O imóvel será vendido com mais rapidez, pelo preço determinado no processo e com valor, às vezes, até superior ao da avaliação. Quando o imóvel é leiloado no fórum, normalmente não há arrematante porque as pessoas não ficam nem sabendo que existe o leilão. Já quando o corretor é o responsável por aquele negócio, além de investir em publicidade durante os 30 dias que antecedem à praça, ele ainda utiliza-se de sua rede de contatos para achar um comprador para o imóvel. E é mais um rendimento que o corretor aufere, dentro da sua profissão. CRECI-Minas: Após a nomeação, quais os procedimentos necessários para a venda do imóvel? Ney Ataíde: O corretor intermediador, aceitando a nomeação, determinará dias e horas para a hasta pública. E, alienado o imóvel, informará ao juiz o preço, condições e outros dados necessários. Após a proposta formal ser apresentada e homologada pelo juiz da causa, o praceamento será suspenso e o comprador não mais poderá desistir da aquisição, sob pena de incorrer em multa de 20% do valor proposto. CRECI-Minas: O corretor é quem escolherá o comprador para o imóvel? Ney Ataíde: Não. No dia determinado, o juiz, ouvindo as partes, decidirá qual a proposta deverá ser homologada, mandando intimar o vencedor a fazer o depósito em juízo. CRECI-Minas: Qual o valor da comissão imobiliária para imóveis alienados? Ney Ataíde: A lei determina que a venda não poderá ser feita com valor inferior ao da avaliação judicial pois, na publicação do edital, já consta um preço mínimo para a alienação. A comissão do corretor, não poderá exceder a 5% sobre o valor da alienação. Através do os profissionais devidamente inscritos no Creci-MG poderão solicitar os modelos necessários para que o corretor possa se dirigir ao juiz da sua cidade pedindo a indicação. 11 Maio e Junho de 2009 l CRECI-MG

12 Capa Creci-MG investe para garantir maior INTEGRAÇÃO COM INTERIOR Caio Campos, Newton Marques, Paulo Tavares, Newton Marques Júnior, Jorge Fernandes e Milton Chaves dirigiram a reunião com os delegados Todos os profissionais que representam a classe imobiliária no interior foram convidados a comparecerem à capital mineira. Participaram 58 delegados, sendo 10 regionais, além da Diretoria do Conselho e seus servidores. Durante as atividades programadas, os delegados puderam conhecer melhor os diretores do Creci-MG, suas propostas de gestão, esclarecer dúvidas, receber orientações, compartilhar experiências e sugerir ações para ampliar a atuação do Conselho no interior. O encontro iniciou às 08h e finalizou às 21h, com um jantar de confraternização. O Creci- MG iniciou o evento com a exibição de seu vídeo-institucional Lei da Semeadura. Durante os cinco minutos de apresentação, o filme retratou a dedicação e a persistência da Diretoria em plantar novas sementes na gestão do Creci-MG e apresentou os primeiros frutos deste trabalho (convênio com Ministério 12 CRECI-MG l Maio e Junho de 2009 Capacitar e valorizar a linha de frente do Creci-MG no interior. Este foi o objetivo do V Encontro de Delegados Regionais e Municipais, que aconteceu em Belo Horizonte, no Ouro Minas Palace Hotel, dia 07 de abril. O encontro serviu para,,,,,,,,,,fortalecer os delegados Edmilson Agostinho Correia João Monlevade Público Estadual, continuação das campanhas publicitárias, publicação da revista CRECI-Minas, consolidação do projeto Papo de Corretor, obtenção de espaços gratuitos em jornais da capital e do interior para fortalecer a imagem do corretor de imóveis e, ainda, a obtenção do troféu de melhor fiscalização do país), ressaltando que novas colheitas, ainda mais fartas, virão. O delegado de Muriaé, José Roberto Corrêa Mazzini, foi um dos muitos representantes que elogiaram a produção do vídeoinstitucional, reconhecendo que a mensagem veiculada retratava o trabalho desempenhado pelo Conselho. Em seguida, os diretores se apresentaram e proferiram algumas palavras sobre o Regional e suas responsabilidades, desejando boas-vindas aos delegados que, então, receberam um certificado emoldurado registrando o importante cargo que eles ocupam em seus municípios e o trabalho que exercem em suas cidades. Os certificados representam a materialização do

13 O evento foi excelente por,,,,,, reunir colegas e por abordar as dificuldades que os corretores,,,,tem com os Sebastião Caldeira ilegais de Oliveira João Pinheiro reconhecimento do Creci-MG pelo trabalho que os delegados vêm desempenhando. Também foi uma forma que o Conselho encontrou para valorizar e incentivar a atuação desses corretores de imóveis que, com muita garra e coragem, ocupam o cargo de delegado e buscam constantemente o benefício da categoria. No decorrer do evento, os delegados puderam compartilhar suas experiências como representantes do Creci-MG. Os delegados de Varginha e de Barbacena, Saulo de Tarso Arantes Tavares e Lúcio Gonçalves de Paula, respectivamente, apresentaram as estratégias utilizadas para a redução drástica no número de falsos corretores em suas cidades. Eles mostraram um passo-a-passo do que foi feito para banir os ilegais da atividade imobiliária, os projetos implantados em prol deste desafio e o brilhante resultado obtido. Os corretores elogiaram o tempo que o Creci- MG disponibilizou para a troca de experiências. Estamos voltando melhor preparados para nossas cidades, comemorou Flávio Lemos de Carvalho, delegado de Carmo do Rio Claro. O delegado de Diamantina, Eric Giovani Silva, também confirmou ter adquirido muito conhecimento: O encontro esclareceu dúvidas e sugeriu novas propostas para melhor trabalharmos. Os representantes do Conselho no interior foram unânimes em afirmar que o principal desafio enfrentado pelo corretor é a competição diária com pessoas não habilitadas que se passam por profissionais inscritos. Em cima disto, discutiram as possibilidades de transformação desta realidade, chegando a três possíveis soluções: maior incentivo às campanhas publicitárias de conscientização da população sobre a importância de exigir a carteira de corretor de imóveis antes de iniciar qualquer negociação imobiliária, intensificação da fiscalização no interior e, também, a continuidade das nomeações de delegados para aproximarem os corretores entre si e do Conselho. Para os presentes, preparar o corretor para exercer o cargo de delegado é uma excelente estratégia para sanear o mercado, uma vez que um delegado bem instruído irá auxiliar o Creci-MG a informar a população e os corretores do interior sobre a importância de denunciar o falso profissional. É através da denúncia que o Creci- MG poderá autuar o contraventor. Durante o V Encontro de Delegados Regionais e Municipais, os representantes do Conselho também puderam discutir com detalhes suas funções e responsabilidades. O delegado deve ter o compromisso com a profissão e com os seus colegas de trabalho, auxiliando no combate aos ilegais e fazendo com que a classe se una e fortaleça. O delegado é uma extensão do Conselho, por isso deve ter um comportamento modelo. Além disso, deve ter um espírito de união para integrar todos os profissionais da sua região, a fim de organizar as reivindicações do setor e, também, lutar contra o exercício ilegal da profissão, ressalta o presi- A reunião serviu para,,,,,, integração com os demais,,,delegados Maurício José Gomide Carangola 13 Maio e Junho de 2009 l CRECI-MG

14 O conteúdo abordado,,,, durante o encontro abrangeu todos os temas necessários, pude tirar,,,,,grande proveito José Carneiro Araguari dente em exercício do Creci-MG, Paulo José Vieira Tavares. Após o dia de trabalho, diretores, servidores e representantes do Conselho no interior participaram da palestra motivacional de Kedma Mano Nascimento, professora da Fundação Dom Cabral e especialista em Business em Stanford e Gestalt Terapia em Santa Bárbara/Califórnia, EUA. Consultora com mais de 25 anos de experiência, Kedma Mano Nascimento falou de forma bem informal e divertida sobre a importância do corretor garantir a confiança de seu cliente, para que possa guiá-lo pelas aquisições imobiliárias. O evento foi,,,,,, realmente uma aula de novos,,,,conhecimentos José Arantes da Silva Itapecerica Após a reflexão, os presentes se reuniram com os conselheiros do Creci-MG para, juntos, celebrarem o V Encontro de Delegados Regionais e Municipais com um jantar de confraternização. O questionário de avaliação preenchido pelos participantes comprovou que a Diretoria do Creci- MG conseguiu alcançar seu objetivo com o evento, que era estreitar o relacionamento entre diretores e delegados, para que os profissionais voltassem para suas cidades com maior segurança e suporte para desempenharem a representação do Conselho. Para todos (100%) os delegados do Creci-MG, o evento conseguiu alcançar os objetivos propostos. O V Encontro de Delegados Regionais e Municipais superou as expectativas da Diretoria, tanto pelo grande número de presentes, quanto pela satisfação demonstrada pelos representantes do interior. O presidente em exercício do Creci-MG, Paulo José Vieira Tavares, comemorou o Kedma Mano Nascimento ministrou uma palestra motivacional para os delegados do Conselho Os oradores foram nota,,,, 1000, foi tudo muito coerente,,e bem organizado Maria Helena de Carvalho Caxambu evento: O Encontro de Delegados teve um resultado muito bom. Ele foi apenas o pontapé inicial, pois pudemos mostrar para os profissionais que o lema o interior é a bola da vez continuará. Pudemos perceber a grande aceitação e reconhecimento dos delegados regionais e municipais pelo trabalho que o Creci-MG tem realizado pelos corretores de imóveis. 14 CRECI-MG l Maio e Junho de 2009

15 O delegado de Uberaba ao lado do diretor do Creci-MG Jorge Fernandes de Souza As Nomeações Desde sua criação, o Creci-MG nomeia representantes nas cidades do interior do Estado para defender os direitos dos profissionais inscritos. O delegado de Janaúba recebeu seu certificado das mãos do 1º vicepresidente do Conselho, Newton Marques Barbosa Júnior No entanto, nos últimos dois anos o Conselho vem expandindo rapidamente os seus representantes, por acreditar que os profissionais do interior devam ter voz ativa no seu órgão de classe. O Creci-MG se orgulha em constatar que, até o final da edição desta revista, existiam 96 delegados nomeados no interior de Minas Gerais. Com certeza, agora, no momento da sua leitura, esse número é ainda maior. Somente nos meses de abril e maio foram realizadas oito nomeações de representantes do Conselho em Borda da Mata, Jacutinga, Monte Sião, Andradas, Dores do Indaiá, Carmo do Paranaíba, Coromandel e Ibiá. O presidente em exercício do Conselho Regional, Paulo José Vieria Tavares, ressaltou que a Diretoria ainda não está satisfeita com o número de delegados nomeados no Estado, apesar da quantidade de representantes quase ter dobrado no último ano. Ainda é preciso mais. Pretendemos aumentar esse número, pois os delegados representam um excelente canal de aproximação entre o Conselho e os corretores de imóveis do interior. Mas não queremos apenas nomear, queremos preparar cada profissional para ser um multiplicador do Creci- MG em sua cidade, enfatizou Tavares. Fiscalização Os 17 agentes fiscais do Creci-MG também estão trabalhando em prol dos corretores de imóveis do interior. O Conselho possui 12 agentes fiscais que fazem a fiscalização na capital e, também, nas cidades do Estado. Além desses, existem cinco fiscais nas delegacias de Ipatinga, Juiz de Fora, Patrocínio, Uberlândia e Varginha, que ajudam o Setor de Fiscalização Externa (Sefe) no controle, denúncias e autuações de ilegais. Durante o mês de maio e primeira semana de junho, os fiscais do Creci- MG visitaram 58 municípios mineiros. As cidades são programadas para serem fiscalizadas de acordo com as denúncias recebidas pelo Setor. Papo de Corretor O projeto Papo de Corretor, implantado no Conselho no dia 23 de maio de 2007, já se consolidou em Belo Horizonte e a expectativa do Creci-MG é que o mesmo ocorra no interior. O primeiro Papo de Corretor fora de Belo Horizonte foi realizado em Divinópolis, e foi um sucesso. O Conselho já faz planos para realizar o projeto em A delegada de Caxambú ao lado do ex-diretor do Creci-MG Caio Mário Campos Ferreira outras cidades. Para dar continuidade ao Papo de Corretor no interior é necessário que delegados e corretores indiquem profissionais para ministrar a palestra. Como o Conselho oferece o Papo de Corretor gratuitamente para seus inscritos, fica inviável deslocar um palestrante de Belo Horizonte até a cidade que irá sediar o projeto. O ideal é que o profissional seja do próprio município onde ocorrerá o evento. Enquanto o projeto não é viabilizado no interior, os corretores poderão continuar se capacitando através dos Papos de Corretor realizados na sede do Conselho e que podem ser assistidos ao vivo pela internet. O projeto de transmissão simultânea foi lançado em março deste ano e, desde então, os corretores conseguem acompanhar as palestras através do site O delegado de Machado foi agraciado pelo diretor do Conselho Milton Vieira Chaves Filho 15 Maio e Junho de 2009 l CRECI-MG

16 Tecnologia Chegamos à ERA DOS JETSONS Há quem enxergue a casa inteligente como algo supérfluo, mas as empresas de automação residencial comemoram o crescimento desse negócio. A possibilidade de ter a casa dos Jetsons, desenho animado futurista criado em 1963, que virou moda nos anos 80, vem se tornando o sonho de consumo da classe média, que almeja mais conforto e segurança através do uso de tecnologia. Através de um único painel de controle é possível controlar iluminação, aquecimento, o sobe-desde das persianas, os aparelhos eletroeletrônicos (DVD, TV, home theather), a lareira, o gás e o fogão e até a abertura do toldo que cobre o quintal. Todas essas funções podem ser acionadas pelo controle remoto, internet ou pelo telefone celular. Quem acredita que esses mimos trazem apenas conforto está muito enganado. A automação residencial pode diminuir o consumo de energia ao criar sistemas onde as pessoas podem aproveitar a iluminação interna e externa de forma mais eficiente para que se tenham menos gastos possíveis com a iluminação artificial. Além disto, os equipamentos eletroeletrônicos passam a ser ligados apenas quando há realmente necessidade. Segundo a Associação Brasileira de Automação Residencial (Aureside), um dos principais problemas que o país enfrenta na área de automação é a falta de profissionais com perfil adequado à realidade para suprir as necessidades do mercado. Parte dos novos empreendimentos oferece soluções para facilitar a vida doméstica. Porém, nem toda automação é projetada de maneira integrada, muitas soluções utilizam 16 CRECI-MG l Maio e Junho de 2009 sistemas autônomos que não comunicam entre si. Confira abaixo, as facilidades de automação residencial mais contratadas pela classe média: F e c h a d u r a com leitura biométrica É a identificação por íris ou por digitais. Através dela, é possível programar pessoas que podem entrar no apartamento, saber em qual horário chegaram e até proibir o acesso em dias predeterminados. Câmaras internas Permite monitorar o ambiente à distância, pela internet. Ótima forma de controlar o cuidado da babá com as crianças ou mesmo observar o ambiente quando ninguém está em casa. Painéis sensíveis ao toque instalados nas áreas comuns e quartos, permite controlar funções de automação como cortinas, persianas, ar condicionado, iluminação. Curiosidades Acessível também a classe baixa. Um aluno da Faculdade Gennari & Peartree de Pederneiras (São Paulo) apresentou, em janeiro deste ano, um protótipo da casa inteligente a um custo de R$ 990,00 durante o Campus Party, maior evento de inovação tecnológica e entretenimento eletrônico em rede do mundo. Durante sua apresentação, o aluno Masterson Ricardo dos Santos Cosme garantiu que o protótipo pode reduzir ainda mais, caindo para R$ 450,00. Um sistema semelhante no mercado não sai por menos de R$ 13,5 mil. O que o futuro promete Já é possível captar ondas cerebrais através de eletrodos e utilizá-las para comandar uma porta, um robô, ou para fazer muitas tarefas domésticas. Um grupo formado por cientistas suíços, portugueses, cubanos, um brasileiro e um iraniano, apresentaram, em abril deste ano, um robô que executa várias funções através do comando de ondas cerebrais de um cidadão. A investigação foi comandada pela Universidade de Coimbra.

17 Especialista Qual a verdadeira ÁREA DE UM APARTAMENTO? O corretor anuncia que o apartamento possui 100 m 2 e depois o proprietário descobre que o imóvel possui uma área menor do que aquela que consta em seu contrato e escritura. O fato bastante comum no mercado imobiliário é devido à definição incorreta do conceito área real privativa. Os metros da discórdia poderão ser ainda maiores se consideramos, por exemplo, as vagas de garagem e os cômodos de despejo que também podem compreender a área real privativa do imóvel. Para explicar mais sobre o assunto e apresentar aos corretores de imóveis qual a definição correta dessa nomenclatura, convidamos o engenheiro civil Jamil Rahme, especializado em Engenharia Econômica, professor do Curso de Especialização em Construção Civil da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), professor da pós-graduação Gestão de Empreendimentos em Arquitetura e Construção da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-Minas), professor do MBA/ Mercado Imobiliário da Fead-Minas, árbitro da Câmara Mineira de Arbitragem Empresarial (Caminas) e coordenador do Curso de Extensão Incorporação de Edifícios. CRECI-Minas: O que é área real privativa? Jamil Rahme: Área real privativa é a área da superfície limitada pelo perímetro externo da edificação, excluídas as áreas não edificadas (vazios, dutos, shafts). Infelizmente muitos corretores de imóveis têm entendimento diferente, considerando como área real privativa a área de vassoura, que nenhum amparo legal possui. CRECI-Minas: Exemplifique qual a diferença que pode ocorrer em um apartamento por causa da definição incorreta da nomenclatura área privativa. Jamil Rahme: Pelo conceito de área real privativa todas as paredes internas e externas àquela unidade autônoma (apartamento, sala, loja, etc) são incluídas na área real privativa. CRECI-Minas: Quais as conseqüências da definição incorreta deste conceito? Jamil Rahme: Do incorreto entendimento do conceito de área real privativa surge a decepção do comprador que, ao medir seu apartamento pronto na concepção que lhe foi passada pelo corretor de imóveis desinformado, encontrará uma área menor do que aquela que consta em seu contrato e escritura. CRECI-Minas: Existe legislação sobre o assunto? Jamil Rahme: A legislação que trata do assunto é a NBR :2006 da ABNT. CRECI-Minas: As vagas de garagens dos edifícios são consideradas áreas comuns ou áreas privativas? Jamil Rahme: Como até o advento do novo Código Civil as vagas de garagem não autônomas (pertencentes a um apartamento) não podiam ser vendidas a outro condômino, eram tipificadas como área comum de divisão não proporcional. Mas como o novo Código Civil permitiu sua venda (art º) e como não se pode vender área comum, elas tiveram que ser tipificadas como área real privativa (que é vendável). Assim aqueles incorporadores atentos acresceram à área real privativa do apartamento também as vagas de garagem não autônomas, bem como tudo que é privativo àquele apartamento no edifício, como os cômodos de despejo, que, assim, também poderiam ser vendidos. CRECI-Minas: Qual o trabalho que o Sr. vem realizando em parceria com o Secovi-MG para conscientizar corretores e população sobre essa nomenclatura? Jamil Rahme: O Secovi/MG, com muita propriedade, se posicionou pela padronização, isto é, uma linguagem única entre compradores e vendedores. Como o comprador normalmente não entende que as vagas de garagem não autônomas, cômodos de despejo, etc, possam estar incluídas na área real privativa de sua unidade, é preciso separar o joio do trigo, isto é, o pedaço da área real privativa que é da porta para dentro do pedaço da área real privativa que é da porta para fora, como determina a própria NBR :2006, ao criar o quadro IV B especificamente para esta finalidade. Desta forma, a área da porta para dentro, como entende o comprador, foi discriminada na coluna B deste quadro IV B e recebeu nome: chama-se área real privativa principal. A outra ( da porta para fora ) foi também discriminada no quadro IV B, na coluna C, e também recebeu nome: chama-se área real privativa acessória. Assim, a importante padronização que é bandeira do Secovi está justamente na informação ao comprador da área real privativa principal, contribuindo para a seriedade e crescimento do mercado imobiliário. Jamil Rahme - (31) Maio e Junho de 2009 l CRECI-MG

18 Legislação PROJETOS DE LEI afetam mercado imobiliário Acompanhar a legislação aplicável aos negócios imobiliários tem se tornado uma missão cada vez mais complexa e dinâmica, devido ao grande número de projetos de lei em discussão que afetam o setor. O corretor de imóveis deve permanecer constantemente atualizado quanto às questões jurídicas para assegurar que seus negócios estejam plenamente de acordo com a legislação vigente e, também, estar por dentro dos projetos propostos pelos deputados para se antecipar nas discussões e, até, reivindicar junto aos órgãos competentes a não aprovação dos mesmos. Nesse sentido, o Creci-MG organizou uma coletânea com os principais projetos de lei que afetam a área imobiliária para que os profissionais possam se posicionar a respeito. Através do site é possível cadastrar o para ser informado sobre qualquer mudança vinculada aos projetos de seu interesse. Atualização da Lei do Inquilinato O projeto de lei 71/07, de autoria do deputado José Carlos Araújo (PR-BA), propõe diversas alterações na Lei do Inquilinato (8.245/91) para atualizar as relações entre locadores e inquilinos, adequando o texto ao novo Código Civil às alterações feitas no Código de Processo Civil e à jurisprudência dos últimos 15 anos. O texto altera dispositivos sobre locação de espaços em shopping centers, fiadores e garantias, devolução do bem, ações de despejo e renovação de contratos. Entre as alterações propostas, o projeto busca acelerar o andamento de processos na Justiça, em alguns casos permitindo a solução de conflitos por meios alternativos, como o arbitramento extrajudicial do aluguel em contratos de locação não-residenciais. Principais mudanças: Se o projeto for aprovado, o projeto de lei 71/07, de autoria do deputado José Carlos Araújo (PR-BA), define que no caso de imóveis comerciais, o locador poderá desistir de renovar o contrato de aluguel sem pagar indenização ao inquilino, caso receba uma proposta melhor. Para tentar evitar a perda da locação, ao inquilino restará somente a cobertura da oferta. A proposta também cria a hipótese de retomada liminar do 18 CRECI-MG l Maio e Junho de 2009 imóvel em caso de resistência à renovação com base em melhor proposta. Nesse caso, entretanto, o proprietário deverá pagar caução para garantir indenização ao inquilino se a decisão liminar de retomada do bem for alterada. Atualmente: Segundo o advogado Fernando de Magalhães Jr, o art. 51 da Lei do Inquilinato assegura que, nas locações não residenciais, o locatário detém o direito de renovar o contrato de locação com prazo superior a cinco anos; porém, de acordo com o 3º do art. 52, o locador não estará obrigado a renovar a locação na hipótese de conseguir uma proposta, em melhores condições, de outro pretendente. E, neste caso, o locatário terá direito de exigir do locador uma indenização para ressarcimentos dos prejuízos e dos lucros cessantes que tiver que arcar com a mudança, perda do lugar e desvalorização do fundo de comércio. O projeto permite ao dono do imóvel exigir novo fiador ou a substituição da modalidade de fiança e pedir a apresentação de nova garantia, sob pena de rescisão do contrato. Além disso, em caso de separação do casal que aluga o imóvel, o fiador poderá ficar desobrigado de suas responsabilidades, após notificar o proprietário e cumprir o prazo de 120 dias, contados a partir da notificação. Atualmente: O art. 40 da Lei do Inquilinato estabelece as seguintes hipóteses de substituição do fiador: morte do fiador; ausência,

19 interdição, falência ou insolvência do fiador, declaradas judicialmente; alienação ou gravação de todos os bens imóveis do fiador ou sua mudança de residência sem comunicação ao locador; exoneração do fiador; prorrogação da locação por prazo indeterminado, sendo a fiança ajustada por prazo certo; desaparecimento dos bens móveis; desapropriação ou alienação do imóvel; exoneração de garantia constituída por quotas de fundo de investimento; liquidação ou encerramento do fundo de investimento de que trata o inciso IV do art. 37 desta Lei. Segundo Fernando de Magalhães Jr., a lei não estabelece um prazo para a substituição do fiador, por isso as partes devem estar atentas a essa omissão legal, estipulando no contrato de locação os procedimentos pertinentes. Normalmente, os contratos de locação estabelecem que, ocorrendo as situações indicadas no art. 40 da Lei do Inquilinato, o locatário deverá providenciar a substituição do fiador, apresentando os documentos pertinentes ao locador, no prazo máximo de 30 dias, sob pena de infração contratual, estando sujeito a despejo. Outros Projetos PL 895/1999 Autor: ex-deputado Augusto Nardes Pretende garantir o direito de a pessoa que vive sozinha não ter penhorado o único imóvel utilizado por ela se essa pessoa solteira, separada judicialmente, divorciada ou viúva. O objetivo é estender esses casos a regra prevista na lei 8009/90. Atualmente: A impenhorabilidade da casa própria é praticada apenas para o bem de família. PL 4749/2009 Autor: Celso Russomanno (PP/SP) Propõe aumentar para dez anos o prazo de responsabilidade da construtora pela solidez e segurança dos edifícios. Atualmente: O prazo é de 05 anos. PL 4220/2008 Autor: Antônio Carlos Mendes Thame (PSDB/SP) Regulamenta o art. 190 da Constituição Federal, limitando a aquisição e o arrendamento de propriedade rural por pessoa física ou jurídica estrangeira. Atualmente: O advogado Fernando de Magalhães Jr. Explica que hoje existem restrições apenas para aquisição de grandes propriedades rurais e imóveis situados em áreas consideradas indispensáveis à segurança nacional (por exemplo: região de fronteira com outros países, terrenos no litoral com acesso direto ao mar, etc.). Ele acredita que o projeto de lei servirá para definir critérios mais coerentes com a realidade atual, considerando que as regras anteriores, da lei federal nº 5.709/71, foram instituídas ainda na vigência do regime militar, quando o Presidente da República era o General Médici. PL 3562/2008 Autor: Filipe Pereira (PSC/RJ) Veda a veiculação de anúncios classificados que não incluam o preço do projeto ou serviço oferecido, incluindo a locação de bem imóvel. PL 2986/2008 Autor: Vinícius Carvalho (PT do B/RJ) Prevê que consumidores que deixarem de pagar contas de água, gás, telefone, energia elétrica e outros serviços públicos não poderão constar em cadastros de restrição, como os do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e do Serasa. O projeto de lei restringe o benefício aos consumidores domésticos. PL 3447 /2008 Autor: Fernando Chucre (PSDB/SP) Autoriza a movimentação da conta do FGTS para o pagamento de terreno urbanizado ou de edificação para moradia, incluindo os custos de escrituração e registro de imóveis, bem como o pagamento de encargos relativos a programas de regularização fundiária. PL 4513/2008 Autor Eduardo Sciarra (DEM/PR) Altera a legislação do imposto de renda relacionada à apuração de ganho de capital na alienação de imóveis pela pessoa física PL 4887/2009 Autor: Jorge Tadeu Mudalen (DEM/SP) Dispõe sobre o desconto no pagamento anual de IPTU na adoção de telhados verdes em imóveis em cidades com população superior a 500 mil habitantes. Fernando de Magalhães Jr. Tel.: (31) Site: 19 Maio e Junho de 2009 l CRECI-MG

20 Interior Delegacias buscam o APERFEIÇOAMENTO do mercado imobiliário DIVINÓPOLIS A delegacia do Creci-MG de Divinópolis está apoiando a prefeitura da cidade e a Caixa Econômica Federal para a realização do projeto Minha Casa, Minha Vida. O delegado do Conselho no município, Cléber Adriano Carvalho, explica que o Creci-MG está indicando corretores de imóveis e imobiliárias que dispõem de áreas urbanizadas adequadas aos padrões do projeto, viabilizando, assim, uma parceria entre os empresários imobiliários e a cidade. O Creci-MG já tem uma parceria de dez anos junto à Prefeitura de Divinópolis como entidade que participa com dois membros no Conselho Municipal de Uso e Ocupação do Solo e na Comissão de Avaliação Imobiliária. Há três anos, o Conselho também mantém parceria com a Caixa Econômica Federal na promoção da Feira da Casa Própria. Por isto, esta nova parceria, que abrange também Sinduscon Centro-Oeste e Fhiemg-Centro, vem consolidar o Creci-Divinópolis como uma entidade conhecida da população nos quesitos desenvolvimento urbano e mercado imobiliário, enfatiza o delegado. 20 CRECI-MG l Maio e Junho de 2009 EXTREMA O Creci-MG de Extrema está produzindo, juntamente com os profissionais do ramo imobiliário do município, um anteprojeto com propostas para o parcelamento do solo na cidade, dentro da pauta do Plano Diretor. Segundo o delegado do Conselho no município, Ricardo Dalle Lucca, a metragem mínima dos lotes urbanos na cidade é de 300 m2 e a intenção é que o tamanho mínimo seja definido de acordo com a sua localização em Extrema, permitindo os mínimos de 125 m2, 300 m2 e 500 m2 atendendo assim o que determina a lei federal n 6667/79. Dalle Lucca acrescenta ainda que a delegacia do Creci-MG defende, também, a possibilidade de um lote na região rural ser re-dividido, permitindo que um proprietário que necessite de dinheiro possa vender um pequeno pedaço da sua área, e não o lote todo, para sanar suas dívidas. ITAJUBÁ O delegado do Creci-MG de Itajubá, Ovídeo P. de Faria Júnior, juntamente com o sub-delegado, Luciano Ferrer Ferreira, se reuniram com o promotor de Justiça Dr. Élkio Uehara para discutirem o estreitamento das relações institucionais das entidades em decorrência da assinatura do Termo de Cooperação Técnica celebrado entre o Creci-MG e a Procuradoria Geral de Justiça de Minas Gerais. Dr. Élkio Uehara se colocou à disposição do Creci-Itajubá para promover uma melhor relação entre os corretores de imóveis e os consumidores dos seus serviços, enfatizando que contribuirá de forma eficaz para reprimir o exercício ilegal da profissão na cidade. PARÁ DE MINAS Desde sua nomeação, em 26/09/2008, o delegado do Creci-MG em Pará de Minas, Antônio Maria de Souza Filho, conseguiu aumentar em 20% o número de corretores inscritos no Conselho na cidade por meio de um trabalho de conscientização sobre a importância da regularização profissional. Agora, através do convênio firmado entre o Creci-MG e a Promotoria Geral de Justiça de Minas Gerais, terá respaldo para conseguir que todas pessoas que atuam ilegalmente façam o curso Técnico em Transações Imobiliárias e solicitem seu registro junto ao Creci-MG, obtendo assim os conhecimentos técnicos necessários para garantir segurança à transação imobiliária.

DELEGACIAS REGIONAIS

DELEGACIAS REGIONAIS DELEGACIAS REGIONAIS IPATINGA 001 IPATINGA - (01ª DRPC) Av. João Valentim Pascoal, Nº 309 Centro regional.ipatinga@pc.mg.gov.br 35.160-003 (31) 3822-1390 (31) 3822-2933 (31) 3822-2349 (31) 3822-8656 CURVELO

Leia mais

PORTARIA TRT/SGP/1813/2010, de 07 de outubro de 2010

PORTARIA TRT/SGP/1813/2010, de 07 de outubro de 2010 PORTARIA TRT/SGP/1813/2010, de 07 de outubro de 2010 O DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA TERCEIRA REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, e, considerando as

Leia mais

Class. Geral / Class. PNE*

Class. Geral / Class. PNE* IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística Processo Seletivo Simplificado - Edital IBGE nº 05/2009 Relação de classificados - AGENTE CENSITÁRIO DE INFORMÁTICA (ACI) - MG Município / Área de

Leia mais

Unimed Federação Minas. Quando o assunto é unimed, somos Especialistas. A UNIMED FEDERAÇÃO MINAS

Unimed Federação Minas. Quando o assunto é unimed, somos Especialistas. A UNIMED FEDERAÇÃO MINAS A UNIMED FEDERAÇÃO MINAS A Unimed Federação Minas atua representando política e institucionalmente as 62 cooperativas médicas no estado, 5 federações regionais e 1 comitê, bem como os mais de 15 mil médicos

Leia mais

Av. Deputado Álvaro Sales, 745 - Bairro Rua Nova,

Av. Deputado Álvaro Sales, 745 - Bairro Rua Nova, LOTE 5 - GOVERNADOR VALADARES Av. Deputado Álvaro Sales, 745 - Bairro Rua Nova, Regina Célia Coutinho Nogueira 1 AIMORÉS 257 300 (33) 3267-1386 485 Pereira 2 ALMENARA 230 525 Rua Lívio Fróes Otoni, 96

Leia mais

RESOLUÇÃO N 4.661, DE 9 DE ABRIL DE 2014 (MG de 10/04/2014)

RESOLUÇÃO N 4.661, DE 9 DE ABRIL DE 2014 (MG de 10/04/2014) RESOLUÇÃO N 4.661, DE 9 DE ABRIL DE 2014 (MG de 10/04/2014) Dispõe sobrea forma e o prazo de pagamento da Taxa pela Utilização Potencial do Serviço de Extinção de Incêndio relativa ao exercício de 2014,

Leia mais

EVANGÉLICOS EM MINAS GERAIS

EVANGÉLICOS EM MINAS GERAIS EVANGÉLICOS EM MINAS GERAIS Cidade Região População Evangélicos %Evang MANTENA ValedoAçoMG 27,1 12,1 44,6% TIMOTEO ValedoAçoMG 81,2 33,2 40,9% IPATINGA ValedoAçoMG 239,5 96,2 40,2% CORONEL FABRICIANO ValedoAçoMG

Leia mais

Delegacias Regionais do Creci-MG. Delegacias Municipais do Creci-MG

Delegacias Regionais do Creci-MG. Delegacias Municipais do Creci-MG Delegacias Regionais do Creci-MG CIDADE DELEGADO(A) TELEFONE Contagem Wilma de Souza Pereira (31) 3351.8305 Divinópolis Cléber Adriano de Carvalho (37) 3221.1365 Govenador Valadares Edílson de Paula Brandão

Leia mais

Para crescer mais EDITORIAL ÍNDICE EXPEDIENTE. Delegacias Regionais do Creci-MG

Para crescer mais EDITORIAL ÍNDICE EXPEDIENTE. Delegacias Regionais do Creci-MG 2 CRECI-MG Janeiro e fevereiro de 2008 ÍNDICE ANUIDADE 4 FISCALIZAÇÃO 5 LEGALIDADE 6 NOVA SEDE 7 CAPA 8 TTI 10 ENTREVISTA 11 INTERIOR 12 TENDÊNCIA 13 JURÍDICO 14 EXPEDIENTE O Informativo Creci é uma publicação

Leia mais

FETTROMINAS FEDERAÇÃO DOS TRABALHADORES EM TRANSPORTES RODOVIÁRIOS NO ESTADO DE MINAS GERAIS Presidente: Antônio da Costa Miranda Site:

FETTROMINAS FEDERAÇÃO DOS TRABALHADORES EM TRANSPORTES RODOVIÁRIOS NO ESTADO DE MINAS GERAIS Presidente: Antônio da Costa Miranda Site: FETTROMINAS FEDERAÇÃO DOS TRABALHADORES EM TRANSPORTES RODOVIÁRIOS NO ESTADO DE MINAS GERAIS Presidente: Antônio da Costa Miranda Site: www.fettrominas.com.br E-mail: fettrominas@fettrominas.com.br Endereço:

Leia mais

Delegacias Regionais do Creci-MG. Delegacias Municipais do Creci-MG

Delegacias Regionais do Creci-MG. Delegacias Municipais do Creci-MG Delegacias Regionais do Creci-MG CIDADE DELEGADO(A) TELEFONE Contagem Wilma de Souza Pereira (31) 3351.8305 Divinópolis Cléber Adriano de Carvalho (37) 3221.1365 Govenador Valadares Edílson de Paula Brandão

Leia mais

Banco de Dados CENÁRIO ATUAL (03/11/2015) Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil Seção Minas Gerais

Banco de Dados CENÁRIO ATUAL (03/11/2015) Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil Seção Minas Gerais Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil Seção Minas Gerais Banco de Dados Autor: Fabio Junio Gonçalves Colodiano, publicado em 03/11/2015 CENÁRIO ATUAL (03/11/2015) No intuito de ajudar no

Leia mais

Contas Bancárias - TJMG - CNPJ 21.154.554/0001-13. (Resolução CNJ nº 154/2012 - Provimento Conjunto nº 27/2013) Dados da Conta Bancária

Contas Bancárias - TJMG - CNPJ 21.154.554/0001-13. (Resolução CNJ nº 154/2012 - Provimento Conjunto nº 27/2013) Dados da Conta Bancária Contas Bancárias - TJMG - CNPJ 21.154.554/0001-13 (Resolução CNJ nº 154/2012 - Provimento Conjunto nº 27/2013) Dados da Comarca Dados da Conta Bancária Banco Agência Cód Nome Cód. Nome Cód. Nome Número

Leia mais

O CONGRESSO NACIONAL decreta:

O CONGRESSO NACIONAL decreta: Altera a Lei nº 8.245, de 18 de outubro de 1991, que dispõe sobre as locações de imóveis urbanos e os procedimentos pertinentes. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art. 1º Esta Lei introduz alteração na Lei

Leia mais

COMÉRCIO INTERNACIONAL CURSO DE ECONOMIA

COMÉRCIO INTERNACIONAL CURSO DE ECONOMIA COMÉRCIO INTERNACIONAL CURSO DE ECONOMIA CLASSIFICAÇÕES DO SEGUNDO TESTE E DA AVALIAÇÃO CONTINUA Classificações Classificação Final Alex Santos Teixeira 13 13 Alexandre Prata da Cruz 10 11 Aleydita Barreto

Leia mais

DEFENSORIA PÚBLICA DE MINAS GERAIS

DEFENSORIA PÚBLICA DE MINAS GERAIS DEFENSORIA PÚBLICA DE MINAS GERAIS Capital e Região Metropolitana Belo Horizonte Rua Paracatu, 304 Barro Preto -Cep: 30180-090 Tel: (31)3349-9400 Betim Rua Inconfidência, 398 - CEP: 32510-260 Tel: (31)

Leia mais

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino Corrida da Saúde Classificação geral do corta-mato, realizado no dia 23 de Dezembro de 2007, na Escola E.B. 2,3 de Valbom. Contou com a participação dos alunos do 4º ano e do 2º e 3º ciclos do Agrupamento

Leia mais

Instruções para elaboração do Plano Diretor

Instruções para elaboração do Plano Diretor Instruções para elaboração do Plano Diretor A Lei Federal 10.257, de 10 de julho de 2001, conhecida como Estatuto da Cidade, determina que os municípios elaborem seu Plano Diretor, define os critérios

Leia mais

MESTRADOS E DOUTORAMENTOS - 2015

MESTRADOS E DOUTORAMENTOS - 2015 MESTRADOS E DOUTORAMENTOS - 2015 2ª FASE - ECT SUPLENTE EXCLUÍDO LISTA DE CANDIDATOS SERIAÇÃO CARLA MARIA CARNEIRO ALVES Doutoramento em Didática de Ciências e Tecnologias 3,9 de 5 4 CARLOS EDUARDO DOS

Leia mais

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS Técnico de Multimédia 10 H 7536 Alberto Filipe Cardoso Pinto 7566 Ana Isabel Lomar Antunes 7567 Andreia Carine Ferreira Quintela 7537 Bruno Manuel Martins Castro 7538 Bruno Miguel Ferreira Bogas 5859 Bruno

Leia mais

SISTEMA TELEFONIA IP ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DPT/STI ET 01/2010

SISTEMA TELEFONIA IP ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DPT/STI ET 01/2010 ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DPT/STI SISTEMA DE TELEFONIA IP ET 01/2010 ESCOPO DE FORNECIMENTO - GATEWAYS DE ACESSO E TELEFONES IP Página 1/6 SISTEMA TELEFONIA IP ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DPT/STI ET

Leia mais

Congresso Regional de Psicologia do Conselho Regional de Psicologia 4ª. Região Etapa Regional do VI CNP CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS

Congresso Regional de Psicologia do Conselho Regional de Psicologia 4ª. Região Etapa Regional do VI CNP CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Congresso Regional de Psicologia do Conselho Regional de Psicologia 4ª. Região Etapa Regional do VI CNP CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1º - São objetivos do VIº Congresso Regional da Psicologia: a) Promover

Leia mais

TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA

TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PIAUÍ PROGRAMA DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR-PROCON Rua Álvaro Mendes, 2294, Centro Teresina PI, CEP: 64000-060 Fones: (86)3221-5848 (86) 3216-4550 TERMO DE AJUSTAMENTO

Leia mais

MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre

MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre Jorge Costelha Seabra 2 18,2 110402182 Ana Catarina Linhares

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DE COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS PARA OBTENÇÃO DO DIPLOMA DE HABILITAÇÃO TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO

CERTIFICAÇÃO DE COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS PARA OBTENÇÃO DO DIPLOMA DE HABILITAÇÃO TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO CERTIFICAÇÃO DE COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS PARA OBTENÇÃO DO DIPLOMA DE HABILITAÇÃO TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO ÁREA OCUPACIONAL HABILITAÇÃO TÉCNICA MUNICÍPIO ESCOLA SENAI-MG CONTATO Técnico em Alimentos Poços

Leia mais

Cadastro de Instituição

Cadastro de Instituição MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Minas Gerais Nome: Casa do Albergado José de Alencar Rogêdo Tipo: Casa do Albergado Responsável: Andrea Valéria Andries Pinto CNPJ: 05.487.631/0014-15 Dist. Capital: 270.0 Dist. Rodovia:

Leia mais

Belo Horizonte, 28 de setembro 2015.

Belo Horizonte, 28 de setembro 2015. Certifico que, Ademir dos Santos Ferreira, participou da palestra Logística Urbana, ministrada pelo Certifico que, Almir Junio Gomes Mendonça, participou da palestra Logística Urbana, ministrada pelo Engenheiro

Leia mais

EBRAE. UNISciesp UNIVERSIDADE CORPORATIVA SCIESP. Escola Brasileira de Ensino a Distância

EBRAE. UNISciesp UNIVERSIDADE CORPORATIVA SCIESP. Escola Brasileira de Ensino a Distância UNISciesp UNIVERSIDADE CORPORATIVA SCIESP EBRAE Escola Brasileira de Ensino a Distância Vantagens da Exclusividade para o Corretor de Imóveis Devemos observar que a atividade do corretor de imóveis é formal

Leia mais

Resultados da Candidatura a Alojamento

Resultados da Candidatura a Alojamento Resultados da Candidatura a Alojamento Unidade Orgânica: Serviços de Acção Social RESIDÊNCIA: 02 - ESE ANO LECTIVO: 2015/2016 2ª Fase - Resultados Definitivos >>> EDUCAÇÃO BÁSICA 14711 Ana Catarina Mendes

Leia mais

LISTA ORDENADA POR GRADUAÇÃO PROFISSIONAL - DGAE

LISTA ORDENADA POR GRADUAÇÃO PROFISSIONAL - DGAE Nome da Escola : Agrupamento de Escolas de Almancil, Loulé Horário n.º: 27-18 horas 2013-10-09 Grupo de Recrutamento: 420 - Geografia LISTA ORDENADA POR GRADUAÇÃO PROFISSIONAL - DGAE Ordenação Graduação

Leia mais

Sciesp. Clipping 07.06. A s s e s s o r i a d e I m p r e n s a i m p r e n s a @ s c i e s p. c o m. b r ( 1 1 ) 3 8 8 9-5 8 9 9 Página 1

Sciesp. Clipping 07.06. A s s e s s o r i a d e I m p r e n s a i m p r e n s a @ s c i e s p. c o m. b r ( 1 1 ) 3 8 8 9-5 8 9 9 Página 1 Sciesp Clipping 07.06 A s s e s s o r i a d e I m p r e n s a i m p r e n s a @ s c i e s p. c o m. b r ( 1 1 ) 3 8 8 9-5 8 9 9 Página 1 BAGARAI Mercado imobiliário brasileiro deve vender ainda mais neste

Leia mais

SEQUÊNCIA LISTA NOMINAL DOS CANDIDATOS APROVADOS 1 MAURO ROBERTO P. DUARTE 2 PAULO RENATO PEDRONI DE ALMEIDA 3 ALEX LOPES LYRIO 4 MARCOS ANDRE MURTA

SEQUÊNCIA LISTA NOMINAL DOS CANDIDATOS APROVADOS 1 MAURO ROBERTO P. DUARTE 2 PAULO RENATO PEDRONI DE ALMEIDA 3 ALEX LOPES LYRIO 4 MARCOS ANDRE MURTA LISTA NOMINAL DOS CANDIDATOS APROVADOS 1 MAURO ROBERTO P. DUARTE 2 PAULO RENATO PEDRONI DE ALMEIDA 3 ALEX LOPES LYRIO 4 MARCOS ANDRE MURTA RIBEIRO 5 ALEXANDRE FERREIRA DE MENEZES 6 ADALBERTO GOMES DA SILVA

Leia mais

Lista de Contactos do Departamento de Engenharia Informática

Lista de Contactos do Departamento de Engenharia Informática Lista de Contactos do Departamento de Engenharia Informática Gabinete/Cargo Nome Extensão E-mail Diretor Luiz Felipe Rocha de Faria 1450 lef@isep.ipp.pt Sub-diretor(es) António Constantino Lopes 1462 acm@isep.ipp.pt

Leia mais

CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE LOCAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO DE IMÓVEL

CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE LOCAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO DE IMÓVEL CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE LOCAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO DE IMÓVEL, que entre si fazem, GMI - Grupo Mineiro de Imóveis Ltda, inscrita no CNPJ sob o n.º 42.771.485/0001-67, CRECI PJ 2427, estabelecida nesta

Leia mais

Incorporação Imobiliária

Incorporação Imobiliária Incorporação Imobiliária Lei nº 4.591, de 16 de dezembro de 1964 Incorporação Imobiliária Incorporação imobiliária é a atividade exercida pela pessoa física ou jurídica, empresário ou não que se compromete

Leia mais

Como comprar o seu imóvel. Um jeito único de vender.

Como comprar o seu imóvel. Um jeito único de vender. Como comprar o seu imóvel Um jeito único de vender. NOSSA MISSÃO A Impacto Engenharia investe constantemente em um relacionamento mais estreito com seus clientes e assim oferece um jeito único de servir,

Leia mais

ESCOLA E.B. 2,3 DE LAMAÇÃES 2013-2014

ESCOLA E.B. 2,3 DE LAMAÇÃES 2013-2014 5º1 1 ANA CATARINA R FREITAS SIM 2 BEATRIZ SOARES RIBEIRO SIM 3 DIOGO ANTÓNIO A PEREIRA SIM 4 MÁRCIO RAFAEL R SANTOS SIM 5 MARCO ANTÓNIO B OLIVEIRA SIM 6 NÁDIA ARAÚJO GONÇALVES SIM 7 SUNNY KATHARINA G

Leia mais

Atendimento no sábado 06/11/2010. Grupo I 8h00 às 10h30. Local: Campus Samambaia. José Osvaldino da Silva Francisco Santos Sousa João Batista Quirino

Atendimento no sábado 06/11/2010. Grupo I 8h00 às 10h30. Local: Campus Samambaia. José Osvaldino da Silva Francisco Santos Sousa João Batista Quirino Atendimento no sábado 06/11/2010 Grupo I 8h00 às 10h30 NOME José Osvaldino da Silva Francisco Santos Sousa João Batista Quirino Edmilson de Araujo Cavalcante Alexandre Brito dos Santos Vacirlene Moura

Leia mais

SEMANA DA MULHER 8 a 11/03

SEMANA DA MULHER 8 a 11/03 1 SEMANA DA MULHER 8 a 11/03 O Senac em Minas preparou para você uma programação repleta de atividades, palestras, workshops e muito mais. Confira a programação da sua cidade e inscreva-se: www.mg.senac.br

Leia mais

I CONGRESSO NACIONAL DE DIREITO DO TRABALHO E PROCESSO DO TRABALHO DIA 22 DE OUTUBRO DE 2007

I CONGRESSO NACIONAL DE DIREITO DO TRABALHO E PROCESSO DO TRABALHO DIA 22 DE OUTUBRO DE 2007 I CONGRESSO NACIONAL DE DIREITO DO TRABALHO E PROCESSO DO TRABALHO DIA 22 DE OUTUBRO DE 2007 8:00 Entrega de credenciais 8:30 Sessão Solene de Abertura 9:00 Conferência: Terceirização trabalhista e subordinação

Leia mais

INCORPORAÇÃO IMOBILIÁRIA

INCORPORAÇÃO IMOBILIÁRIA INCORPORAÇÃO IMOBILIÁRIA Segundo o SINDUSCON-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de São Paulo) a construção civil brasileira deve registrar uma expansão de 8,8% no PIB (Produto Interno

Leia mais

Escola Secundária de S. Pedro do Sul (AESPS)

Escola Secundária de S. Pedro do Sul (AESPS) Sala B5 KFS ALEXANDRE DE ALMEIDA SILVA ALEXANDRE HENRIQUE DA ROCHA OLIVEIRA ALEXANDRE MIGUEL DE ALMEIDA PEREIRA ALEXANDRE SILVA FIGUEIREDO ANA CATARINA GOMES MOREIRA ANA CATARINA MARQUES GOMES ANA MARGARIDA

Leia mais

ATESTADOS DE FORMAÇÃO

ATESTADOS DE FORMAÇÃO Hélio Luís Coelho Nogueira 01/2012 22/11/2012 22/11/2019 Mário João Rodrigues Matias 02/2012 22/11/2012 22/11/2019 Nuno Miguel Gonçalves Saraiva 03/2012 22/11/2012 22/11/2019 Paulo Alexandre Gonçalves

Leia mais

LEI Nº 3.601 DE 11 DE AGOSTO DE 2009

LEI Nº 3.601 DE 11 DE AGOSTO DE 2009 LEI Nº 3.601 DE 11 DE AGOSTO DE 2009 ALTERA dispositivos da Lei Municipal nº 3.194, de 03 de janeiro de 2006, que dispõe sobre a política habitacional de interesse social do Município, voltada para a população

Leia mais

MANUAL DAS LOCAÇÕES DE IMÓVEIS RESIDENCIAIS URBANOS

MANUAL DAS LOCAÇÕES DE IMÓVEIS RESIDENCIAIS URBANOS MANUAL DAS LOCAÇÕES DE IMÓVEIS RESIDENCIAIS URBANOS Por Paulo Caldas Paes* Manual Registrado na Fundação Biblioteca Nacional sob o nº 541.597, Livro 1030, Folha 315. 1.0- Apresentação do Manual: Tema de

Leia mais

MÊS: DEZEMBRO/2004 PUBLICADO NO DOU DE 06.12.04, SEÇÃO III, PÁGINA 111 EXTRATOS DE CONTRATOS

MÊS: DEZEMBRO/2004 PUBLICADO NO DOU DE 06.12.04, SEÇÃO III, PÁGINA 111 EXTRATOS DE CONTRATOS MÊS: DEZEMBRO/2004 PUBLICADO NO DOU DE 06.12.04, SEÇÃO III, PÁGINA 111 ESPÉCIE: Convênio. CONVENENTE: TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA TERCEIRA REGIÃO CNPJ 01.298.583/0001-41. CONVENIADO: MUNICÍPIO DE

Leia mais

CHAPA 1: VANGUARDA SINDICAL NORTE MINEIRA

CHAPA 1: VANGUARDA SINDICAL NORTE MINEIRA CHAPA 1: VANGUARDA SINDICAL NORTE MINEIRA 09ª SEÇÃO REGIONAL SINDICAL DE MONTES CLAROS ENMERSON MOTA ROCHA Investigador Nível II - 20 anos de Polícia Sociólogo, Pós-graduado em Educação, Pós-graduado em

Leia mais

Boletim Eletrônico do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Norte do Paraná - Edição nº 10 - segunda-feira, 3 de dezembro de 2012.

Boletim Eletrônico do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Norte do Paraná - Edição nº 10 - segunda-feira, 3 de dezembro de 2012. Boletim Jurídico Boletim Eletrônico do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Norte do Paraná - Edição nº 10 - segunda-feira, 3 de dezembro de 2012. PROJETO DE LEI Nº 04715/2012 - Obrigatoriedade

Leia mais

ATA DE REUNIÃO. Ata da Sessão Plenária nº 3362 Data: 21/08/2012 Folha: 01/02

ATA DE REUNIÃO. Ata da Sessão Plenária nº 3362 Data: 21/08/2012 Folha: 01/02 Ata da Sessão Plenária nº 3362 Data: 21/08/2012 Folha: 01/02 1. PRESENÇAS: 1.1. Conselheiros Titulares: Adm. Wagner Siqueira Presidente Adm. Carlos Roberto Fernandes de Araujo V.P. de Administração e Finanças

Leia mais

------- Maria Conceição Leite Cabral --------------------------------------------------------------------------------------- ------- Maria José

------- Maria Conceição Leite Cabral --------------------------------------------------------------------------------------- ------- Maria José ATA Nº 6 ------- Aos cinco dias do mês de novembro do ano de dois mil e treze, nesta cidade de Matosinhos e Edifício dos Paços do Concelho, encontram-se reunidos: Dr.ª Clarisse Castro, Diretora do Departamento

Leia mais

Aviso nº 48/CGJ/2015 Anexo Cronograma de Expansão do Selo de Fiscalização Eletrônico em 2016

Aviso nº 48/CGJ/2015 Anexo Cronograma de Expansão do Selo de Fiscalização Eletrônico em 2016 Aviso nº 48/CGJ/ Anexo Cronograma de Expansão do Selo de Fiscalização Eletrônico em 2016 Belo Horizonte PRIMEIRA ENTRÂNCIA: Barão de Cocais, Bonfim, Esmeraldas, Jaboticatubas, Paraopeba, Santa Bárbara

Leia mais

Escola sede: Escola Secundária de S. Pedro do Sul Alunos Matriculados - 2015/2016

Escola sede: Escola Secundária de S. Pedro do Sul Alunos Matriculados - 2015/2016 13948 5 A 2.º Ciclo do Ensino Básico Ana Gabriela Pedro Fernandes Escola Básica n.º 2 de São Pedro do Sul 13933 5 A 2.º Ciclo do Ensino Básico Ana Júlia Capela Pinto Escola Básica n.º 2 de São Pedro do

Leia mais

Investimentos em imóveis de forma moderna e inteligente.

Investimentos em imóveis de forma moderna e inteligente. Investimentos em imóveis de forma moderna e inteligente. A possibilidade de diversificar o investimento e se tornar sócio dos maiores empreendimentos imobiliários do Brasil. Este material tem o objetivo

Leia mais

RESULTADO DA SESSÃO DO ÓRGÃO ESPECIAL DO DIA: 11.02.15. EDITAL 14/2014 1ª Instância Data de publicação do ato: 23.02.15 DJE: 20.02.

RESULTADO DA SESSÃO DO ÓRGÃO ESPECIAL DO DIA: 11.02.15. EDITAL 14/2014 1ª Instância Data de publicação do ato: 23.02.15 DJE: 20.02. Entrância Especial RESULTADO DA SESSÃO DO ÓRGÃO ESPECIAL DO DIA: 11.02.15 EDITAL 14/2014 1ª Instância 01 CONTAGEM 1ª Vara Empresarial e da Fazenda Pública 02 RIBEIRÃO DAS NEVES 1ª Vara Criminal e do Tribunal

Leia mais

Designação Profissional CERSIM Corretor Especialista da Rede Secovi de Imóveis REGULAMENTO

Designação Profissional CERSIM Corretor Especialista da Rede Secovi de Imóveis REGULAMENTO Designação Profissional CERSIM Corretor Especialista da Rede Secovi de Imóveis REGULAMENTO As Diretorias do SECOVI SP (Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais

Leia mais

Delegacias Regionais do Creci-MG. Delegados Municipais do Creci-MG

Delegacias Regionais do Creci-MG. Delegados Municipais do Creci-MG Delegacias Regionais do Creci-MG CIDADE DELEGADO(A) TELEFONE Contagem Wilma de Souza Pereira (31) 3351.8305 Divinópolis Cléber Adriano de Carvalho (37) 3221.1365 Govenador Valadares Edílson de Paula Brandão

Leia mais

CONTRATO DE ADMINISTRAÇÃO DE IMÓVEIS N.º XXXX/XX

CONTRATO DE ADMINISTRAÇÃO DE IMÓVEIS N.º XXXX/XX Página 1 de 5 CONTRATO DE ADMINISTRAÇÃO DE IMÓVEIS N.º XXXX/XX Pelo presente Instrumento Particular, de um lado, como ADMINISTRADORA, a empresa VIVER NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS LTDA ME CRECI/RN sob o nº 2990

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO Justiça Federal Juizados Especiais Federais TURMA RECURSAL Seção Judiciária da Paraíba PAUTA DE JULGAMENTO

PODER JUDICIÁRIO Justiça Federal Juizados Especiais Federais TURMA RECURSAL Seção Judiciária da Paraíba PAUTA DE JULGAMENTO Pauta da 2ª Sessão Ordinária de Julgamento 2007 1 PODER JUDICIÁRIO Justiça Federal Juizados Especiais Federais TURMA RECURSAL Seção Judiciária da Paraíba PAUTA DE JULGAMENTO Determino a inclusão do(s)

Leia mais

Curso Breve de Inglês Jurídico Calendário das Sessões

Curso Breve de Inglês Jurídico Calendário das Sessões Calendário das Sessões Mês Dia Sala Grupo 1 Janeiro 16, 17, 23, 24, 30 31 Fevereiro 6,7 Grupo 2 Fevereiro 27,28 Março 5,6,12,13,19,20 Grupo 3 Abril 9,10,16,17,23,24 Maio 7,8 Grupo 4 Maio 14,15,21,22,28,29

Leia mais

ELEIÇÕES GERAIS 2015 EDITAL DE CONVOCAÇÃO

ELEIÇÕES GERAIS 2015 EDITAL DE CONVOCAÇÃO ELEIÇÕES GERAIS 2015 EDITAL DE CONVOCAÇÃO A ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL SECCIONAL DO ACRE, nos termos dos artigos 63 a 67 da Lei nº 8.906/94 (Estatuto da Advocacia e da OAB) e dos artigos 128 a 137-C

Leia mais

SERVIDORES DO CCA. Alberto Luis da Silva Pinto Cargo: Assistente em Administração e-mail: alspinto@ufpi.edu.br Setor: Secretaria Administrativa

SERVIDORES DO CCA. Alberto Luis da Silva Pinto Cargo: Assistente em Administração e-mail: alspinto@ufpi.edu.br Setor: Secretaria Administrativa SERVIDORES DO CCA Alberto Luis da Silva Pinto e-mail: alspinto@ufpi.edu.br Setor: Secretaria Administrativa Amilton Gonçalves da Silva Cargo: Auxiliar Operacional Aminthas Floriano Filho Cargo: Técnico

Leia mais

Sciesp. Clipping 22.07. A s s e s s o r i a d e I m p r e n s a i m p r e n s a @ s c i e s p. c o m. b r ( 1 1 ) 3 8 8 9-5 8 9 9 Página 1

Sciesp. Clipping 22.07. A s s e s s o r i a d e I m p r e n s a i m p r e n s a @ s c i e s p. c o m. b r ( 1 1 ) 3 8 8 9-5 8 9 9 Página 1 Sciesp Clipping 22.07 A s s e s s o r i a d e I m p r e n s a i m p r e n s a @ s c i e s p. c o m. b r ( 1 1 ) 3 8 8 9-5 8 9 9 Página 1 EXAME Como pagar menos IR na venda de imóveis Legislação brasileira

Leia mais

Análise Matemática I - Informática de Gestão Avaliação da 1ª frequência

Análise Matemática I - Informática de Gestão Avaliação da 1ª frequência Análise Matemática I - Informática de Gestão Avaliação da 1ª frequência Número Nome Nota Obs 10780 ALEXANDRE JOSÉ SIMÕES SILVA 15 11007 ALEXANDRE REIS MARTINS 7,7 11243 Álvaro Luis Cortez Fortunato 11,55

Leia mais

ELEIÇÃO DE GOVERNADOR 2014 PESQUISA ESPONTÂNEA

ELEIÇÃO DE GOVERNADOR 2014 PESQUISA ESPONTÂNEA Pesquisa divulgada no site www.multidadospesquisa.com.br PESQUISA ESTADO DE MINAS GERAIS: GOVERNADOR SENADOR - PRESIDENTE PESQUISA ELEITORAL REGISTRO MG-00077/2014 PESQUISA: 01 A 04 DE SETEMBRO 2014 AMOSTRA

Leia mais

As vendas e as entregas dos imóveis anunciados no www.imoveistriangulo.com.br, são de inteira responsabilidade do anunciante.

As vendas e as entregas dos imóveis anunciados no www.imoveistriangulo.com.br, são de inteira responsabilidade do anunciante. O portal www.imoveistriangulo.com.br oferece um serviço de classificados de imóveis, onde é possível pessoas físicas e jurídicas (imobiliárias, corretores de imóveis, construtoras, incorporadoras, engenheiros

Leia mais

Lista de candidatos aprovados na Triagem Processo Seletivo 001/15 Almenara. Cargo: 001/15 Ensino Médio. Araxá

Lista de candidatos aprovados na Triagem Processo Seletivo 001/15 Almenara. Cargo: 001/15 Ensino Médio. Araxá Lista de candidatos aprovados na Triagem Processo Seletivo 001/15 Almenara GILBERTO CARDOSO OTONI 45,0 Aprovado (a) ROMULO BATISTA RODRIGUES - Ausente Araxá JANAÍNA MARIA LEMOS - Ausente JANAÍNA MARIA

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO PROCESSO SELETIVO 2015 PROVA ESCRITA DE CONHECIMENTO JURÍDICO DOUTORADO

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO PROCESSO SELETIVO 2015 PROVA ESCRITA DE CONHECIMENTO JURÍDICO DOUTORADO BANCA: D-01D LINHA DE PESQUISA: DIREITOS HUMANOS E ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO: FUNDAMENTAÇÃO, PARTICIPAÇÃO E EFETIVIDADE ÁREA DE ESTUDO: DIREITO POLÍTICO SALA: 501 Carlos Athayde Valadares Viegas Ricardo

Leia mais

PESQUISA PRESIDENTE GOVERNADOR - SENADOR PESQUISA RELATÓRIO 2/2 CONTRATANTE DA PESQUISA: PARTIDO DA REPÚBLICA-PR MINAS GERIAS ESTADO: MINAS GERAIS

PESQUISA PRESIDENTE GOVERNADOR - SENADOR PESQUISA RELATÓRIO 2/2 CONTRATANTE DA PESQUISA: PARTIDO DA REPÚBLICA-PR MINAS GERIAS ESTADO: MINAS GERAIS PESQUISA PRESIDENTE GOVERNADOR - SENADOR PESQUISA RELATÓRIO 2/2 CONTRATANTE DA PESQUISA: PARTIDO DA REPÚBLICA-PR MINAS GERIAS ESTADO: MINAS GERAIS PERÍODO DE REALIZAÇÃO DOS TRABALHOS: 12 A 19 DE SETEMBRO

Leia mais

Nome Profissão Instituição. A. Simões Lopes Professor Universitário (aposentado) - Economia ISEG, Universidade Técnica de Lisboa

Nome Profissão Instituição. A. Simões Lopes Professor Universitário (aposentado) - Economia ISEG, Universidade Técnica de Lisboa Nome Profissão Instituição A. Simões Lopes Professor Universitário (aposentado) - Economia ISEG, Universidade Técnica de Lisboa Adelino Torres Professor Universitário (aposentado) - Economia ISEG, Universidade

Leia mais

QUARTO SEMESTRE UNIDADE CURRICULAR: ADMINISTRAÇÃO DE CONDOMINIO

QUARTO SEMESTRE UNIDADE CURRICULAR: ADMINISTRAÇÃO DE CONDOMINIO QUARTO SEMESTRE UNIDADE CURRICULAR: ADMINISTRAÇÃO DE CONDOMINIO Ementa: Novos rumos da administração condominial. Sistema de administração condominial por administradora. Condomínio no terceiro milênio.

Leia mais

Projeto de Movimento dos Oficiais de Justiça de junho de 2015

Projeto de Movimento dos Oficiais de Justiça de junho de 2015 Projeto de Movimento dos Oficiais de Justiça de junho de 2015 Alexandre Luís Albuquerque E Quinhones Gaiolas, 3274/10, Bom com Distinção, Transição, Ana Maria Pires Matias Soares, 3149/10, Muito Bom, Transferência,

Leia mais

BOLETIM ELETRÔNICO DE SERVIÇOS

BOLETIM ELETRÔNICO DE SERVIÇOS BOLETIM ELETRÔNICO DE SERVIÇOS Campus Floriano Teresina (PI), 31 de outubro de 2014. PORTARIA Nº001/2014, DE 19 DE FEVEREIRO DE 2014. Designar os servidores Lázaro Miranda Carvalho, Professor do Ensino

Leia mais

ATA DA REUNIÃO DE DIRETORIA EM 03.04.2014

ATA DA REUNIÃO DE DIRETORIA EM 03.04.2014 ATA DA REUNIÃO DE DIRETORIA EM 03.04.2014 Ao terceiro dia de abril do ano de dois mil e quatorze, às dez horas, reuniu-se, ordinariamente, a diretoria da AJUT Associação dos Servidores na Justiça do Trabalho

Leia mais

UNIDADE ACADÊMICO-ADMINISTRATIVA DE ARTES E ARQUITETURA RESULTADO DA PROVA PRÁTICA. Próxima Etapa: ANÁLISE DO CURRÍCULO LATTES

UNIDADE ACADÊMICO-ADMINISTRATIVA DE ARTES E ARQUITETURA RESULTADO DA PROVA PRÁTICA. Próxima Etapa: ANÁLISE DO CURRÍCULO LATTES Av. Universitária, 069 l Setor Universitário Caixa Postal 86 l CEP 74605-00 Fone: (62) 3946.308 ou 3089 l Fax: (62) 3946.3080 EDITAL N 62/ 203 PROGRAD UNIDADE ACADÊMICO-ADMINISTRATIVA DE ARTES E ARQUITETURA

Leia mais

Cartilha. Ourocap Fiador

Cartilha. Ourocap Fiador Faz diferença ter Ourocap Fiador na hora de alugar um imóvel. Cartilha Ourocap Fiador O Ourocap Fiador* é o título de capitalização que funciona como uma garantia de aluguel, facilitando sua vida na hora

Leia mais

Radar Stocche Forbes Março 2015

Radar Stocche Forbes Março 2015 Março 2015 RADAR STOCCHE FORBES - SOCIETÁRIO Ofício-Circular CVM-SEP 2015 Principais Novidades No dia 26 de fevereiro de 2015, a Comissão de Valores Mobiliários ( CVM ) emitiu o Ofício-Circular nº 02/2015

Leia mais

ANO 4 N. 13 Setembro 2013. a todos os. Agenda PARCERIA Artigo. Corretores têm Agenda Legislativa no Senado. mudanças

ANO 4 N. 13 Setembro 2013. a todos os. Agenda PARCERIA Artigo. Corretores têm Agenda Legislativa no Senado. mudanças ANO 4 N. 13 Setembro 2013 Revista do Conselho Regional de Corretores de imóveis II EMCIM proporciona capacitação a todos os corretores do estado de minas Agenda PARCERIA Artigo Corretores têm Agenda Legislativa

Leia mais

ADRIANO JOSÉ CAVALCANTI SILVA CRM AL 03616 ENDEREÇO: AV.HUMBERTO MENDES, 140 FAROL (82) 3326-6816

ADRIANO JOSÉ CAVALCANTI SILVA CRM AL 03616 ENDEREÇO: AV.HUMBERTO MENDES, 140 FAROL (82) 3326-6816 ADRIANO JOSÉ CAVALCANTI SILVA CRM AL 03616 ENDEREÇO: AV.HUMBERTO MENDES, 140 FAROL (82) 3326-6816 ALAN TEIXEIRA BARBOSA CRM AL 02229 RUA COMENDADOR PALMEIRA, 122 FAROL (82) 3223-5517 ALBERTO ANTUNES DOS

Leia mais

LISTA DE CANDIDATOS ADMITIDOS E NÃO ADMITIDOS. Concurso Oferta de Escola para Contratação de Docente Grupo 110. Ano Letivo - 2014/2015

LISTA DE CANDIDATOS ADMITIDOS E NÃO ADMITIDOS. Concurso Oferta de Escola para Contratação de Docente Grupo 110. Ano Letivo - 2014/2015 LISTA DE CANDIDATOS ADMITIDOS E NÃO ADMITIDOS Concurso Oferta de Escola para Contratação de Docente Grupo 110 Ano Letivo - 2014/2015 CANDIDATOS ADMITIDOS: Nº Candidato NOME OSERVAÇÕES 1367130034 Alexandra

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL CIRCUNSCRIÇÃO JUDICIÁRIA DE CANOAS PRIMEIRA VARA FEDERAL PORTARIA 002/08

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL CIRCUNSCRIÇÃO JUDICIÁRIA DE CANOAS PRIMEIRA VARA FEDERAL PORTARIA 002/08 PORTARIA 002/08 Os Doutores GUILHERME PINHO MACHADO, Juiz Federal da Vara Federal Cível da Subseção Judiciária de Canoas, e DANIEL LUERSEN, Juiz Federal Substituto, no uso de suas atribuições legais, e

Leia mais

Alex Neves de Rezende

Alex Neves de Rezende Alex Neves de Rezende Ana Letícia Pena Pereira Timóteo André Lopes Gomes Angelo Tadeu Magno Leão Bruno Miranda de Paula Carolina Dias de Oliveira Clara Faria Nascimento Daniela Leite Lage Erica Raxanne

Leia mais

ATA DE REUNIÃO. Ata da Sessão Plenária nº 3310 Data: 07/02/2012 Folha: 01/03

ATA DE REUNIÃO. Ata da Sessão Plenária nº 3310 Data: 07/02/2012 Folha: 01/03 Ata da Sessão Plenária nº 3310 Data: 07/02/2012 Folha: 01/03 1. PRESENÇAS: 1.1. Conselheiros Titulares: Adm. Wagner Siqueira Presidente Adm. Carlos Roberto Fernandes de Araujo V.P. de Administração e Finanças

Leia mais

Aluguel O que é preciso saber sobre aluguel Residencial

Aluguel O que é preciso saber sobre aluguel Residencial Aluguel O que é preciso saber sobre aluguel Residencial Ao alugar um imóvel é necessário documentar a negociação por meio de um contrato, de preferência, escrito. O inquilino deve ler atentamente todas

Leia mais

Motivação. Capacitar para transformar. O desempenho do agronegócio no Brasil tem apresentando rendimentos significativos na

Motivação. Capacitar para transformar. O desempenho do agronegócio no Brasil tem apresentando rendimentos significativos na FAZENDA LEGAL Motivação O desempenho do agronegócio no Brasil tem apresentando rendimentos significativos na formação do PIB nacional. Grande parte desses resultados credita-se aos produtores e trabalhadores

Leia mais

ALCATEIA ACAGRUP 2014 - SIERRA NORTE - MADRID - ESPANHA PARTICIPANTES: 26 60% INCIDÊNCIA NO GRUPO 20%

ALCATEIA ACAGRUP 2014 - SIERRA NORTE - MADRID - ESPANHA PARTICIPANTES: 26 60% INCIDÊNCIA NO GRUPO 20% ALCATEIA Sec NIN NOME NIN NOME Lob 1215050143005 Alice Neto Santos Nascimento 1215050143015 Afonso da Fonseca Machado Lob 1215050143010 Amélia Maria Mesquita Aleixo Alves 1115050143010 Afonso Jesus Dias

Leia mais

Déficit habitacional é a principal preocupação da política urbana

Déficit habitacional é a principal preocupação da política urbana Página 1 de 5 Busca Déficit habitacional é a principal preocupação da política urbana O Estatuto da Cidade prevê a criação de planos pilotos para o desenvolvimento de cidades e municípios. Para tornar

Leia mais

COMISSÃO ELEITORAL REDUZIDA. Ata da Quarta Reunião

COMISSÃO ELEITORAL REDUZIDA. Ata da Quarta Reunião ELEIÇÃO PARA OS ÓRGÃOS SOCIAIS DA ASSOCIAÇÃO DE ESTUDANTES DA FACULDADE DE CIÊNCIAS DA UNIVERSIDADE DO PORTO COMISSÃO ELEITORAL REDUZIDA Ata da Quarta Reunião Ao sexto dia do mês de novembro de dois mil

Leia mais

ATA DE REUNIÃO. Ata da Sessão Plenária nº 3500 Data: 28/01/2014 Folha: 01/03

ATA DE REUNIÃO. Ata da Sessão Plenária nº 3500 Data: 28/01/2014 Folha: 01/03 Ata da Sessão Plenária nº 3500 Data: 28/01/2014 Folha: 01/03 1. PRESENÇAS: 1.1. Conselheiros Titulares: Adm. Wagner Siqueira Presidente Adm. Jorge Humberto Moreira Sampaio V.P. de Planel e Desenv. Institucional

Leia mais

Regulamento da Letra de Crédito do Agronegócio - LCA emitida pelo Banco do Brasil

Regulamento da Letra de Crédito do Agronegócio - LCA emitida pelo Banco do Brasil Regulamento da Letra de Crédito do Agronegócio - LCA emitida pelo Banco do Brasil (registrado no Cartório Marcelo Ribas 1 º Registro de Títulos e Documentos, em Brasília (DF), sob o no. 639.251, em 25.02.2005)

Leia mais

Nome Curso Golos Amarelos Vermelhos

Nome Curso Golos Amarelos Vermelhos Nome Curso s Amarelos Vermelhos Carlos Júnior Mestrado 4 Jogo 15 Rui Nascimento Mestrado Jerónimo Mestrado 1 Jogo 15 Pedro Francês Mestrado 1 Andre Figueiredo Mestrado 3 Jogo6 Artur Daniel Mestrado 2 João

Leia mais

Aluguel de imóvel na praia para o feriado de 7 de setembro varia de R$100,00 a R$760,00

Aluguel de imóvel na praia para o feriado de 7 de setembro varia de R$100,00 a R$760,00 Pesquisa CRECI Locação de Temporada Feriado de 7 de Setembro Aluguel de imóvel na praia para o feriado de 7 de setembro varia de R$100,00 a R$760,00 Quem deseja aproveitar na praia o fim de semana prolongado

Leia mais

O Feirão DA SUA CASA.

O Feirão DA SUA CASA. O Feirão DA SUA CASA. Tudo o que você queria saber sobre o financiamento da CAIXA para comprar, construir ou reformar sua casa. E tudo sobre o Programa Minha Casa Minha Vida para quem ganha até R$ 4.900,00.

Leia mais

RESULTADO DO EXAME NACIONAL DE ACESSO - 2012

RESULTADO DO EXAME NACIONAL DE ACESSO - 2012 1. Candidatos da Rede Publica Classificados e aptos a solicitar matrícula prévia no período de 13/02/2012 à 17/02/2012. 2012-PROFMAT-526.0006-0 ALECIO SOARES SILVA Classificado 2012-PROFMAT-526.0175-9

Leia mais

Venha fazer negócios conosco e saia Feliz a Bessa e tenha a irmandade que você pode escolher.

Venha fazer negócios conosco e saia Feliz a Bessa e tenha a irmandade que você pode escolher. A empresa, com larga experiência no setor imobiliário, tem infra-estrutura e equipe especializada pronta para atendê-lo. Firma fundada em 1975 registrada pelo PJ: 183. Corretor Responsável com CRECI: 669

Leia mais

LIGHT S.A. CNPJ/MF Nº 03.378.521/0001-75 NIRE Nº 33.3.0026316-1 CAPITAL ABERTO

LIGHT S.A. CNPJ/MF Nº 03.378.521/0001-75 NIRE Nº 33.3.0026316-1 CAPITAL ABERTO LIGHT S.A. CNPJ/MF Nº 03.378.521/0001-75 NIRE Nº 33.3.0026316-1 CAPITAL ABERTO EXTRATO DA ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA LIGHT S.A. ( Companhia ) REALIZADA EM 31 DE AGOSTO DE 2015, LAVRADA

Leia mais

Atos do Poder Executivo

Atos do Poder Executivo Página 1 de 9 Marcelo Franca Alves De: "BDE online" Para: "BDE online" Enviada em: quarta-feira, 6 de julho de 2005 23:09 Assunto: BDE on-line - Nº 719-06.07.2005

Leia mais

I ATOS E PORTARIAS DA DIREÇÃO DO FORO 1. Portarias

I ATOS E PORTARIAS DA DIREÇÃO DO FORO 1. Portarias PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE 1º GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DA BAHIA Boletim Interno Informativo Nº 186/2005 Salvador, 20 de outubro de 2005 (Quinta-feira). TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO Presidente:

Leia mais

Concurso Público - Prefeitura Municipal de Nova Friburgo - 2007 Resultado do Teste de Capacidade Física Segunda Oportunidade, em Ordem Alfabética

Concurso Público - Prefeitura Municipal de Nova Friburgo - 2007 Resultado do Teste de Capacidade Física Segunda Oportunidade, em Ordem Alfabética Concurso Público - Prefeitura Municipal de Nova Friburgo - 2007 Resultado do Teste de Capacidade Física Segunda Oportunidade, em Ordem Alfabética Cod038 Página 1 de 6 Cargo: C35 - GUARDA MUNICIPAL/FEMININO

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO COM ARMAS DE CAÇA. FOSSO UNIVERSAL CAMPEONATO REGIONAL NORTE - 2007 2ª. CONTAGEM - 24 e 25 de Março

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO COM ARMAS DE CAÇA. FOSSO UNIVERSAL CAMPEONATO REGIONAL NORTE - 2007 2ª. CONTAGEM - 24 e 25 de Março GERAL 1 1 129 00817 Herculano Lopes do Nascimento 8 C.C. Matosinhos S 25 24 25 25 1 99 2 113 00540 Rodrigo Dourado Fernandes 10 C.T. S. Pedro de Rates S 25 25 24 25 0 99 3 88 00588 Carlos Augusto Torres

Leia mais

CONCURSO PUBLICO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE ACARÁ CPMA-001/2012

CONCURSO PUBLICO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE ACARÁ CPMA-001/2012 I N F O R M E Esta lista consta 103 (CENTO E TRÊS ) nomes candidatos aprovados para o cargo TÉCNICO EM RADIOLOGIA MÉDICA no, realizado no dia 15/9/2013, listados por orm scresente rendimento obtido no

Leia mais