BRASIL PLURAL GESTÃO DE RECURSOS Janeiro de 2015

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BRASIL PLURAL GESTÃO DE RECURSOS Janeiro de 2015"

Transcrição

1 BRASIL PLURAL GESTÃO DE RECURSOS Janeiro de 2015

2 GRUPO BRASIL PLURAL

3 Brasil Plural Um banco múltiplo completo O Brasil Plural é um banco múltiplo com uma plataforma integrada de produtos e serviços financeiros. BANCO MÚLTIPLO INVESTMENT BANKING REAL ESTATE PLATAFORMA DE DISTRIBUIÇÃO GESTÃO DE RECURSOS MÚLTIPLO COMO O BRASIL. ÚNICO COMO NOSSOS CLIENTES. GESTÃO DE PATRIMÔNIO EMPRESAS CONTROLADAS E INVESTIDAS SETOR FINANCEIRO SETOR NÃO-FINANCEIRO 3

4 BRASIL PLURAL GESTÃO DE RECURSOS

5 Visão e Missão Construindo uma grande marca VISÃO Ser reconhecido como a melhor Asset do Brasil em ética, alinhamento de interesses e gestão de risco MISSÃO Fornecer aos nossos clientes, consistentemente, os melhores retornos, ajustados ao risco, com uma plataforma completa de produtos, serviços e tecnologia

6 Diferenciais da Brasil Plural Todos os Gestores são sócios e trabalham juntos há pelo menos 10 anos. Têm sólida formação e vasta experiência com diferentes especialidades e estilos complementares, cobrindo os mercados de juros, câmbio, ações, crédito e Imobiliário. Liderança pelo exemplo. Remuneração por performance e potencial de sociedade. Alinhamento de interesses. Sócios, funcionários e empresa investem nos mesmos veículos e nas mesmas condições dos clientes. Equipe de Análise qualificada, com mais de 12 profissionais, cobrindo um universo de mais de 130 companhias listadas, além do acompanhamento Macroeconômico no mercado doméstico e internacional. Metodologias de risco bastante rígidas, aliadas à constante preocupação com consistência e geração de Alpha. Chief Risk Officer (CRO) segregado à gestão, tem mandato de zeragem em caso de evento de desenquadramento. Suporte operacional e qualificada equipe de Tecnologia da Informação, nos permite ter um diferencial em relação a: i) desenvolvimento de sistemas proprietários; ii) segurança da informação e iii) estabilidade de conexões. 6

7 Gestores e Especialistas Equipes de Renda Variável, Renda Fixa, Macro e Crédito CARLOS ROCHA Head Gestão de Recursos PAULO VAL Economista Chefe RAFAEL ZLOT PM de Crédito LEONARDO BREDER PM de Renda Fixa e Cambio ANDRE DUARTE Estrategista/ Gestor G7 CARLOS ROCHA PM Renda Variável ALEXANDRE DONINI Trader Crédito RODRIGO BERTRAND Analista GUILHERME LEMOS Analista ÁLVARO SILVA Estagiário RAFAEL FREITAS Analista Crédito GUILHERME MOURA Analista Júnior LUCAS MAIA Analista Júnior LUISA ALVES Analista FLÁVIO MACHADO Analista Sênior PEDRO MENEZES Analista Sênior Equipe de Renda Fixa e Macro Equipe de Crédito Equipe de Renda Variável 7

8 Time experiente e entrosado Histórico dos sócios TIME DE GESTÃO Carlos Rocha CIO Pactual PCP UBS Pactual Plural Leonardo Breder PM Rafael Zlot PM Pedro Menezes Analista Paulo Val Economista Pactual Nobel Plural Pactual JGP Tradewire Group Plural BBM Pactual UBS Pactual Orienta Inv. Plural BBM Nobel Plural ADMINISTRAÇÃO, RISCO E DISTRIBUIÇÃO Claudio Pracownik Pactual Bozano Santander Macedo, Lobo Ágora Brasif Plural COO Claudia Simon Parcerias Gianmarco Gomes Distribuição Crefisul SP Pactual Standard Bank ABN Fator Plural Standard Bank BES SP Itajuba Plural Nota: 1. Início das operações do grupo financeiro Brasil Plural. 8

9 Patrimônio sob Gestão ( AUM ) O Grupo Brasil Plural possui mais de R$ 17 bi de ativos sob gestão 1 AUM POR CLASSE DE ATIVOS EVOLUÇÃO DOS ATIVOS EM FUNDOS LÍQUIDOS (R$ bilhões) 6,0 Renda Fixa Multimercado Renda Variável Long Biased Imobiliário 3,25% Fundos Liquidos 52.26% 5,0 11% Fundos Estruturados 43,76% Offshore 0,74% AUM Brasil Plural R$ 10,67 bi 4,0 Long & Short 48% 3,0 Institucional 15 Crédito Corporativo Previdência 2,0 FIA Equity Hedge 30 Equity Hedge High Yield Crédito Corporativo II 1,0 Institucional Yield DI 41% 0,0 mai-10 out-10 mar-11 ago-11 jan-12 jun-12 nov-12 abr-13 set-13 fev-14 jul-14 dez-14 Nota: 1. Considerando R$ 7,13 bi sob gestão da Geração Futuro Fonte: Brasil Plural. 9

10 Grade de Fundos da Brasil Plural Yield Referenciado DI RENDA FIXA MULTIMERCADO AÇÕES Juro Real IMA-B FIRF LP High Yield Crédito Corp. II FIC FIM CP Institucional 15 FIC FIM Previdência FIC FIM Macro Equity Hedge 30 FIC FIM L&S FIC FIA Maior grau de Risco Long Biased FIC FIA FIC FI Ações Data Abertura 22/03/10 31/01/14 29/05/12 04/09/ /04/ /09/13 14/02/14 22/03/ /12/12 02/09/13 01/04/10 Aplicação Mínima (R$) Aplicação D+0 D+0 D+0 D+0 D+0 D+1 D+0 D+0 D+1 D+1 D+1 Cotização Resgate D+0 D+0 D+1 D+90 D+15 D+1 D+15 D+30 D+30 D+30 D+15 Classificação Anbima Referenciado DI Renda Fixa Índices Renda Fixa Multimercado Multiestratégia Multimercado Multiestratégia Previdência Multimercado Multimercado Multiestratégia Multimercado Multiestratégia Ações Livre Multimercado Multistratégia Ibovespa Ativo Taxa Administração 0,3 0,4 0,5 0,75% 1,25% 1,95% 2,0 2,0 3,0 2,0 3,0 Taxa Performance 1 n/a 20,0 n/a 20,0 20,0 n/a 20,0 20,0 n/a 20,0 n/a Objetivo Retorno 2 10 do CDI IMA-B+3% 105% do CDI 125% do CDI IPCA+7% 12 do CDI 14 do CDI 15 do CDI 15% absoluto 18% absoluto 2 absoluto Objetivo Volatilidade 2 0,05% 5% 0,1 0,5 1,5-2,5% 1,5%-2,5% 2%-4% 4-6% 7-9% 9-14% 14-2 Benchmark 3 CDI IMA-B CDI CDI IPCA CDI CDI CDI CDI IPCA Ibovespa Menor grau de Risco Notas: 1. Sobre a valorização que exceder 10 do CDI, exceto o Inst FIC 15 cuja valorização é sobre o IPCA+5 e do Long Biased FIC FIA, cuja valorização é sobre o IPCA+6; 2. Representam objetivos, não assegurando qualquer garantia de retorno e volatilidade futura. 3. Todos os fundos tem como público alvo investidores em geral e/ou fundos de investimento que busquem superar os benchmarks acima expostos, com exceção do Crédito Corporativo II e Long Biased FIC FIA, destinados a investidores qualificados. 4. As datas referem-se à abertura dos fundos Máster dos respectivo fundos. Os fundos ilustrados são réplicas com regra de resgate diferenciada de fundos fechados para captação. Abertura do Credito Corporativo II FIC FIM CP: 20/09/13; Abertura do Institucional 15 FIC FIM: 20/08/13; Equity Hedge 30 FIC FIM: 20/08/2012; IMPORTANTE: Existe taxa de saída para os fundos Institucional 15 FIC FIM, Long Biased FIC FIA, Família Equity Hedge, Macro FIC FIM, Crédito Corporativo II, FIC FIA, e L&S FIC FIA desde que não respeitados os prazos padrões de cotização dispostos nos regulamentos dos Fundos. 10

11 Rankings & Ratings Qualidade atestada pelos principais veículos do mercado O MELHOR GESTOR INDEPENDENTE DO BRASIL Segundo o Guia EXAME 1 Segurança é estar nas mãos de um especialista, com mais de R$ 20 bilhões sob gestão. 2 Invista nos fundos do Brasil Plural. A GESTÃO 2 ESPECIALISTA MAIS PREMIADA EM 2014 Brasil Plural Geração Futuro Brasil Plural Melhor gestor especialista do ano Melhor gestor especialista de fundos de ações Melhor gestor especialista de fundos de renda fixa Rating: Padrão Elevado 6 Fitch atribui Rating Internacional de Gestores de Recursos Padrão Elevado com perspectiva estável, à Brasil Plural Gestão de Recursos 7 Os fundos de maior rentabilidade no 1º semestre de 2014 Domínio do Brasil Plural entre fundos de ações e multimercados 3 Consistência na Geração de Alpha Fundo Retorno Brasil Plural FIC FIA 14,35 Brasil Plural LS Plus FIC FIA 11,36 Os fundos da Brasil Plural ao longo dos anos, receberam classificação máxima da revista Investidor Institucional 5 As estrelas do Brasil Plural Equity Hedge FIC FIM, FIC FI Ações e Institucional FIC FIM receberam 5 estrelas no Ranking de Fundos 2012 da revista Exame e FGV 8 S&P Star Ranking Brasil Plural Equity Hedge FIC FIM premiado com 5 estrelas no ranking da S&P pela revista Valor Investe 9 Notas no último slide 11

12 Processo de Investimento Nosso maior ativo OBJETIVO Claro, a ser alcançado com o menor risco possível. FILOSOFIA Análise fundamentalista com gestão ativa. EQUIPE Discussão entre indivíduos com experiência e diferentes aptidões cognitivas. Confiança e ética entre todos os membros da equipe. INCENTIVOS Prêmio atrelado à performance do grupo e individual. DECISÃO Gestores maximizam alfa com market timing após analise fundamentalista colegiada com economistas e analistas. REVISÃO Buscando análise alternativa, melhoria das práticas, correção de erros, e não dependência de um único especialista. 12

13 Processo de Investimento Portfólio Total Cenário Global Cenário Brasil Macro Micro Análise Fundamentalista Escolha de Ativos/ Geração de Alfa Tamanho da posição Stop Loss Portfólio 13

14 Processo de Investimento Reuniões matinais diárias entre gestores e equipes Sexta-feira RISCO Segunda-feira GESTÃO Análise macro internacional e local Análise fundamentalista de empresas Reunião com: Comitê de Risco Reunião com: Economistas & Analistas Cenário base e potenciais fatores de risco Contraposição das expectativas do mercado Discussão das principais posições Análise multi fatorial do portfólio Discussão sobre fatores de risco Potenciais desenquadramentos Quinta-feira COMERCIAL Gestores Atualização do cenário Global e local Reunião com: Equipe Comercial Principais posições e temas de investimento Feedback de clientes Terça-feira MACRO ECONOMIA Estudo por blocos geográficos Detalhes das series históricas Reunião com: Analistas Números de atividade, projeções de inflação, balanço de pagamentos e fiscal Quarta-feira MICRO ECONOMIA Reunião com: Analistas Análise de desempenho setorial/empresas Revisão da carteira atual Discussão de potenciais temas de investimento (top-down) Apresentação de modelos/cases específicos (bottom-up) 14

15 Bloomberg Sist. Interno PluralTrading Gerenciamento de Riscos Estrutura COMITÊ EXECUTIVO CRO EQUIPE DE RISCO HEAD Estrutura independente e segregada da Gestão; O CRO tem mandato de zeragem de posições em caso de desenquadramento dos limites de risco. CONTROLE DE RISCO Ferramentas de risco desenvolvidas internamente e por terceiros (Bloomberg) com o objetivo de proteger eventos de fat tails e iliquidez; Métricas padronizadas de risco: Var, Stress Test, Expected shortfall e Liquidez; MONITORAMENTO Análise quantitativa diária do portfólio gerando relatórios para os gestores e para o comitê executivo. RELATÓRIO DE RISCO RELATÓRIO DE RISCO SISTEMAS DE CONTROLE 15

16 BRASIL PLURAL GESTÃO DE RECURSOS Fundos e Características

17 Menor 9 92% 94% 96% 98% % 104% 106% 108% % 114% 116% Brasil Plural Yield FI Referenciado DI $ Patrimônio Líquido Atual: R$ 159,790,050; Médio 12m: R$ 179,835,754; Estratégias Títulos Federais, Debêntures, Letras Financeiras e CDBs PERFORMANCE ACUMULADA RENTABILIDADE (%) N Fundo aberto para captação Consulte nossa área comercial 6 Yield CDI 5 Retorno desde o início: 56,25% 4 % CDI: 100,13% mar-10 nov-10 jul-11 mar-12 nov-12 jul-13 mar-14 nov-14 HISTOGRAMA Período Fundo CDI Dez -14 0,94% 98,74% No ano 10,66% 98,66% 12 meses 10,66% 98,66% ,06% 100,09% ,54% 101,46% ,62% 100, ,85% 100,49% Desde o início 56,25% 100,13% CARTEIRA NOTA COMERCIAL 7% CAIXA 5% FIDC 5% DEBÊNTURE 11% LETRA FINANCEIRA 21% 0 LFT 51% Nota: Performance até 31/12/2014. Fonte: Brasil Plural. 17

18 Menor 65% 7 75% 8 85% 9 95% % % % % % % % Maior Brasil Plural High Yield Renda Fixa Crédito Privado $ Patrimônio Líquido Atual: R$ 982,263,515; Médio 12m: R$ 921,732,436; Estratégias (Enquadrado a 3792 e 3922) Títulos Federais, Debêntures, Letras Financeiras e CDBs PERFORMANCE ACUMULADA RENTABILIDADE (%) N Fundo aberto para captação Consulte nossa área comercial 3 25% High Yield CDI Retorno desde o início: 27,06% 2 % CDI: 108,36% 15% 1 5% mai-12 set-12 jan-13 mai-13 set-13 jan-14 mai-14 set-14 HISTOGRAMA Período Fundo CDI Dez -14 0,98% 102,51% No ano 11,21% 103,72% 12 meses 11,21% 103,72% ,66% 107,51% ,15% 117,62% Desde o início 27,06% 108,36% CARTEIRA NTN-B LTN 8% 7% CAIXA 1% FIDC 4% DEBÊNTURE 15% LFT 8% 20 0 LETRA FINANCEIRA 57% Nota: Performance até 31/12/2014. Fonte: Brasil Plural. 18

19 Menor Brasil Plural Crédito Corporativo FIC FIM Crédito Privado $ Patrimônio Líquido Atual: R$ 120,373,988; Médio 12m: R$ 139,851,475; Estratégias Títulos Federais, Debêntures, Letras Financeiras, CRIs, CDBs e Bonds PERFORMANCE ACUMULADA RENTABILIDADE (%) N Fundo fechado para captação Invista no FIM Crédito Corporativo II 35% 3 Credito Corporativo CDI 25% Retorno desde o início: 31,99% 2 % CDI: 143,13% 15% 1 5% set-12-5% dez-12 mar-13 jun-13 set-13 dez-13 mar-14 jun-14 set-14 dez-14 HISTOGRAMA Período Fundo CDI Dez -14 1,0 104,38% No ano 12,33% 114,12% 12 meses 12,33% 114,12% ,01% 136,68% ,84% 267,38% Desde o início 31,99% 143,13% CARTEIRA LETRA FINANCEIRA 34% LFT 1% FIDC 1 INVESTIMENTO NO EXTERIOR 6% CRI 2% 50 0 DEBÊNTURE 47% Nota: Performance até 31/12/2014. Fonte: Brasil Plural. 19

20 Menor Maior Brasil Plural Juro Real - IMA-B FIRF LP $ Patrimônio Líquido Atual: R$ 12,717,962; Médio 12m: R$ 6,932,002; Estratégias (Enquadrado a 3792 e 3922) Títulos Federais, Debêntures, Letras Financeiras e CDBs PERFORMANCE ACUMULADA RENTABILIDADE (%) N Fundo aberto para captação Consulte nossa área comercial 25% 2 Diferencial Retorno desde o início: 19,16% Juro Real - Ima-B IMA-B %IMA-B: 17,54% 15% 1 5% fev-14 mar-14 abr-14 mai-14 jun-14 jul-14 ago-14 set-14 out-14 nov-14 dez-14 1,9 1,7 1,5 1,3 1,1 0,9 0,7 0,5 0,3 0,1-0,1 Período Fundo IMA-B Dez -14-1,88% -1,91% No ano 19,16% 17,54% 12 meses - - Desde o início 19,16% 17,54% HISTOGRAMA GRÁFICO DE VOLATILIDADE (Desde o Início) % DesvPad 10du DesvPad 63du Vol desde início 16% 14% 12% 1 8% 6% 4% 2% fev-14 abr-14 jun-14 ago-14 out-14 dez-14 Nota: Performance até 31/12/2014. Fonte: Brasil Plural. 20

21 Brasil Plural Institucional FIC FIM $ Patrimônio Líquido Atual: R$ 304,613,680; Médio 12m: R$ 336,967,148; Estratégias (Enquadrado a 3792) Ações, Câmbio e Juros PERFORMANCE ACUMULADA RENTABILIDADE (%) N Fundo fechado para captação Invista no Brasil Plural Institucional 15 FIC FIM 8 7 Institucional CDI 6 Retorno desde o início: 68,14% 5 4 % CDI: 122,67% abr-10 nov-10 jun-11 jan-12 ago-12 mar-13 out-13 mai-14 dez-14 ATRIBUIÇÃO DE PERFORMANCE (12 meses) Período Fundo CDI Dez -14 0,75% 78,43% No ano 12,94% 119,7 12 meses 12,94% 119, ,43% 117,05% ,54% 137,17% ,25% 105,63% ,84% 117,39% Desde o início 68,14% 122,67% GRÁFICO DE VOLATILIDADE (12 meses) 3, 2, 5, 4, DesvPad 21du DesvPad 63du Vol desde início 1, 0, -1, -2, dez-13 fev-14 abr-14 jun-14 ago-14 out-14 dez-14 Equities Fixed Income Foreign Exchange Costs* CDI Fund Total 3, 2, 1, 0, dez-13 fev-14 abr-14 jun-14 ago-14 out-14 dez-14 Nota: Performance até 31/12/2014. Fonte: Brasil Plural. 21

22 Brasil Plural Equity Hedge FIC FIM $ Patrimônio Líquido Atual: R$ 319,626,014; Médio 12m: R$ 358,985,513; Estratégias Ações, Juros, Câmbio e Mercado Internacional PERFORMANCE ACUMULADA RENTABILIDADE (%) N Fundo fechado para captação Invista no Brasil Plural Equity Hedge 30 FIM 10 8 CDI Equity Hedge Retorno desde o início: 84,5 6 % CDI: 150,43% 4 2 mar-10 nov-10 jul-11 mar-12 nov-12 jul-13 mar-14 nov-14 ATRIBUIÇÃO DE PERFORMANCE (12 meses) Período Fundo CDI Dez -14 0,69% 72,53% No ano 13,51% 125,0 12 meses 13,51% 125, ,93% 110,86% ,0 213, ,33% 114,98% ,59% 148,26% Desde o início 84,5 150,43% GRÁFICO DE VOLATILIDADE (12 meses) 6% 4% 2% 10, 8, 6, DesvPad 10du DesvPad 63du Vol desde início -2% -4% dez-13 fev-14 abr-14 jun-14 ago-14 out-14 dez-14 Equities Fixed Income Foreign Exchange Costs* CDI Fund Total 4, 2, 0, dez-13 fev-14 abr-14 jun-14 ago-14 out-14 dez-14 Nota: Performance até 31/12/2014. Fonte: Brasil Plural. 22

23 Menor Maior Brasil Plural Macro FIC FIM $ Patrimônio Líquido Atual: R$ 28,325,256; Médio 12m: R$ 37,241,402; Estratégias Ações, Juros, Câmbio e Mercado Internacional PERFORMANCE ACUMULADA RENTABILIDADE (%) N Fundo aberto para captação Consulte nossa área comercial 14% 12% CDI MACRO 1 Retorno desde o início: 11,13% 8% % CDI: 117,66% 6% 4% 2% fev-14 abr-14 jun-14 ago-14 out-14 dez-14 HISTOGRAMA Período Fundo CDI Dez -14 1,5 156,83% No ano 11,13% 117,66% 12 meses - - Desde o início 11,13% 117,66% GRÁFICO DE VOLATILIDADE (Desde o Início) % 5% 4% 3% 2% 1% DesvPad 10du DesvPad 63du Vol desde início fev-14 abr-14 jun-14 ago-14 out-14 dez-14 Nota: Performance até 31/12/2014. Fonte: Brasil Plural. 23

24 Menor Maior Brasil Plural Long & Short Plus FIC FIA $ Patrimônio Líquido Atual: R$ 58,348,938; Médio 12m: R$ 58,583,750; Estratégias Long & Short, Ações PERFORMANCE ACUMULADA RENTABILIDADE (%) N Fundo aberto para captação Consulte nossa área comercial 4 35% CDI LONG SHORT 3 Retorno desde o início: 33,31% 25% % CDI: 166,97% 2 15% 1 5% -5% dez-12 mar-13 jun-13 set-13 dez-13 mar-14 jun-14 set-14 dez-14 HISTOGRAMA Período Fundo CDI Dez -14 0,11% 11,1 No ano 17,83% 164,99% 12 meses 17,83% 164,99% ,62% 156,69% ,46% 250,51% Desde o início 33,31% 166,97% GRÁFICO DE VOLATILIDADE (12 meses) , 15, 10, 5, DesvPad 10du DesvPad 21du Vol desde início 0, dez-13 fev-14 abr-14 jun-14 ago-14 out-14 dez-14 Nota: Performance até 31/12/2014. Fonte: Brasil Plural. 24

25 Brasil Plural Long Biased FIC FIA $ Patrimônio Líquido Atual: R$ 18,323,472; Médio 12m: R$ 9,680,712; PERFORMANCE ACUMULADA RENTABILIDADE (%) N Estratégias Long Bias, Ações Fundo aberto para captação Consulte nossa área comercial 3 2 LONG BIASED IBOV IPCA + 6% Retorno desde o início: 13,08% Período Fundo IPCA+6 Dez -14-1,25% 1,29% 1-1 abr-14 mai-14 jun-14 jul-14 ago-14 set-14 out-14 nov-14 dez-14 No ano 13,08% 8,2 12 meses - - Desde o início 13,08% 8,2 GRÁFICO DE TRACKING ERROR (Desde Abril 2014) CARTEIRA (Setembro 2014) Tracking Error 21 du Tracking Error Incept Tracking Error 63 du abr-14 mai-14 jun-14 jul-14 ago-14 set-14 out-14 nov-14 dez-14 Concentração do portfólio Companhias 25% % Capitalização % 0mm mm 1.000mm mm 5.000mm mm 45% Acima de mm 55% Liquidez - Vol. médio diário* Long Short Menor que R$ 1mm 2% R$1mm - R$5mm 3% 2% R$5mm - R$15mm 12% 5 Acima de R$ 15mm 85% 46% Nota: Performance até 31/12/2014. Data de início do fundo: 02/09/ Fundo mantem o seu histórico junto à Anbima a partir de 15/04/2014. Fonte: Brasil Plural. Exposição por setor (% do PL) LONG SHORT Agricultura % Aviação % Miner., Sider., Papel e Celulose 9.01% -8.74% Telecomunicações % Varejo 5.13% -7.96% Óleo e Gas % Financeiro 31.56% -3.65% Imobiliário % Saúde % Outros 17.64% -2.28% Tecnologia Transporte e Infra-estrutura % Energia Elétrica % TOTAL 70.84% % 25

26 Brasil Plural FIC FI Ações $ Patrimônio Líquido Atual: R$ 157,490,933; Médio 12m: R$ 93,635,043; Estratégias (Enquadrado a 3792 e 3922) Long Only, Ações PERFORMANCE ACUMULADA RENTABILIDADE (%) N Fundo aberto para captação Consulte nossa área comercial FIA Retorno desde o início: 28,07% IBOV mai-12 set-12 jan-13 mai-13 set-13 jan-14 mai-14 set-14 Período Fundo IBOV Dez -14-6,22% -8,62% No ano 13,69% -2,91% 12 meses 13,69% -2,91% ,88% -15, ,41% 0,97% Desde o início 28,07% -17,16% GRÁFICO DE TRACKING ERROR (12 meses) CARTEIRA (Setembro 2014) Tracking Error 21 du Tracking Error 63 du Tracking Error Incept dez-13 fev-14 abr-14 jun-14 ago-14 out-14 dez-14 Concentração do portfólio Companhias 25% % Capitalização % 0mm mm 1.000mm mm 5.000mm mm 4 Acima de mm 6 Liquidez - Vol. médio diário* Long Menor que R$ 1mm R$1mm - R$5mm 3% R$5mm - R$15mm 13% Acima de R$ 15mm 84% Nota: Performance até 31/12/2014. Data de início do fundo: 01/04/ Fundo mantem o seu histórico junto à Anbima a partir de 08/05/2012. Fonte: Brasil Plural. Exposição por setor (% do PL) LONG Agricultura 0.0 Aviação 0.0 Miner., Sider., Papel e Celulose 9.5 Telecomunicações 0.0 Varejo 5.22% Óleo e Gas 8.03% Financeiro 39.85% Imobiliário 0.0 Saúde 0.0 Outros 19.61% Tecnologia 0.0 Transporte e Infra-estrutura 0.0 Energia Elétrica 0.0 Caixa 17.8 TOTAL

27 Distribuição Equipe Comercial COBERTURA SÊNIOR Leonardo Breder, CFA Partner Economia, PUC - RJ Pactual Nobel Asset Investidores Institucionais Gianmarco Gomes Partner MBA, Ibmec - RJ Adm. de Empresas, Candido Mendes Pactual Bozano Parcerias Claudia Simon Partner Arquitetura, FAAP - SP Fator ABN Amro Standard Bank Frederico Cavalieri Duarte Extensão PE/VC, FGV MBA, UNESA - RJ Economia, UNESA -RJ Fundação Atlântico Icatu BNY Mellon Safra Samara Valente Finanças, COPPEAD/UFRJ Direito, UFF Prosper BNY Mellon Isabella Roque Adm. de Empresas, ESPM - SP Fitch Santander Patricia Palomo MBA, Insper - SP Economia, Insper - SP Risk Office Safra 27

28 Anexo Roteiro Operacional Cadastro de Novos Cotistas Até 12 horas Informações de Aquisição / Resgate de cotas Movimentações via TED ou DOC: Até 14:00 hs. Divulgação das cotas Até 10:30hs Envio de Carteiras Semanalmente com defasagem de 30 dias Frequência de Conference Calls Sempre que requerido pelo cliente Informações dos fundos Disponíveis no site Administrador Custodiante Auditor Externo 28

29 CONTATOS São Paulo Rua Surubim, 373, 1º andar Vila Olímpia São Paulo - SP - Brasil Telefone: Rio de Janeiro Praia de Botafogo, 228, 9º andar Botafogo Rio de Janeiro - RJ - Brasil Telefone: Porto Alegre Avenida Carlos Gomes, 300, 6º andar Auxiliadora Porto Alegre - RS - Brasil Telefone: New York Affiliate Brasil Plural Securities LLC 545 Madison Avenue, 8 th floor, New York - NY - USA Telefone: As informações contidas nessa apresentação são de caráter exclusivamente informativo e não se constituem em qualquer tipo de aconselhamento de investimentos, não devendo ser utilizadas com este propósito. Os investidores não devem se basear nas informações aqui contidas sem buscar o aconselhamento de um profissional. Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou fundo garantidor de crédito FGC. Este material não constitui uma oferta e/ou solicitação de aquisição de quotas de fundos de investimento. Este material não pode ser reproduzido ou distribuído no todo ou em parte para nenhuma outra pessoa. O Brasil Plural não comercializa e nem distribui cotas de fundos ou qualquer outro ativo financeiro. as informações contidas neste material são de caráter exclusivamente informativo. Os fundos de investimentos do Brasil Plural Gestão de Recursos são auditados anualmente. Os dados e informações referentes a alguns períodos mencionados não foram necessariamente auditados. Não há garantia de que os fundos terão o tratamento tributário para fundos de longo prazo, exceto para o Plural Capital FIC FIA. Fundos de cotas aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas, podendo inclusive acarretar perdas superiores ao capital aplicado e a consequente obrigação do cotista de aportar recursos adicionais. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos ou taxas. Estes fundos podem ter suas quotas comercializadas por vários distribuidores, o que pode gerar diferenças no que diz respeito às informações acerca de horários e valores mínimos para aplicação ouresgate e telefones para atendimento ao cliente. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Demais informações sobre o fundo podem ser obtidas através da Lâmina, Prospecto e no Regulamento do fundo, disponíveis no site do administrador, CVM e pelo site Comissão de Valores Imobiliários CVM. Serviço de Atendimento ao Cidadão em Nota: 1. Taxa de Performance: Institucional FIC de FIM, Equity Hedge FIC de FIM, Global Macro Invex; Taxa de Saída: Equity Hedge FIC de FIM, Fic FI Ações. ; Notas do slide Rankings & Ratings : NOTAS: 1. Fonte: Revista EXAME Edição Ano 48 - Nº21 12/11/ PAG 106; 2. Considerando os recursos sob gestão do Brasil Plural Gestão de Recursos Ltda e Geração Futuro Gestão de Recurso S.A., valor referente ao fechamento de Outubro/14; 3. Ranking elaborado pelo Valor Econômico com os fundos de multimercado e de ações de melhor desempenho no primeiro semestre de 2014.; Ranking elaborado pela empresa Luz Engenharia Financeira e publicado pela Investidor Institucional. Os fundos listados foram classificados como Excelentes nas seguintes edições: Brasil Plural Equity Hedge FIC (Set. 2012, Abr e Out não mais elegível a premiação por estar Ranking elaborado pelo Centro de Estudos em Finanças da FGV - rentabilidade em 12 meses até 30/09/2014. Mais informações podem ser encontrados em fechado para captação), Brasil Plural FIC FIA (Set. 2012, Abr. 2013, Out. 2013, Abr e Out. 2014), Brasil Plural High Yield(Out. 2013, Abr e Out. 2014), Brasil Plural Yield Referenciado DI(Set e Abr. 2013), Brasil Plural Institucional FIC (Set. 2012, Abr e Out não mais elegível a premiação por estar fechado para captação), Brasil Plural Crédito Corporativo II (Out. 2014), Brasil Plural Institucional 15 FIC (Out. 2014); - Fundos fechados para captação saem do universo de análise; 6. Antigo M2Bra; 7. Mais informações em 8. Ranking elaborado pelo Centro de Estudos em Finanças da FGV e publicado pela revista Exame edição de 5/09/2012. Mais informações podem ser encontrados em 9. Ranking publicado pela revista Valor Invest Edição Junho Ano 12 N.71.

BRASIL PLURAL PREV FIC FIM

BRASIL PLURAL PREV FIC FIM BRASIL PLURAL PREV FIC FIM Agosto / 2013 Todos os direitos reservados para Icatu Seguros S/A - 2013. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida, arquivada ou transmitida de nenhuma forma ou por

Leia mais

EXCLUSIVO E CONFIDENCIAL

EXCLUSIVO E CONFIDENCIAL EXCLUSIVO E CONFIDENCIAL Por que GTI? Alinhamento Partnership Modelo de negócio participativo, meritocrático e com total alinhamento de interesse entre sócios e investidores Equipe experiente oriunda de

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Visão Geral Administradora de Recursos Independente Fundada em 2001 por Luiz Carlos Mendonça de Barros. Diretor do BACEN, presidente do BNDES, Ministro das Telecomunicações e

Leia mais

Investimentos para Investidores Institucionais Fernando Lovisotto

Investimentos para Investidores Institucionais Fernando Lovisotto Investimentos para Investidores Institucionais Fernando Lovisotto Importante: Este documento não constitui uma opinião ou recomendação, legal ou de qualquer outra natureza, por parte da Vinci Partners,

Leia mais

Apresentação GAP Multiportfolio

Apresentação GAP Multiportfolio Apresentação GAP Multiportfolio Estrutura GAP ASSET MANAGEMENT Renda Fixa Renda Variável Pesquisa Macroeconômica Crédito Risco Portfolio Manager Leonardo Callou Oscar Camargo Renato Junqueira Portfolio

Leia mais

CSHG Verde AM Horizonte FIC FIM IE

CSHG Verde AM Horizonte FIC FIM IE CSHG Verde AM Horizonte FIC FIM IE MODELO DE GESTÃO Não está autorizada a distribuição deste material sob nenhuma hipótese. Este material foi preparado pela Verde Asset Management S.A., bem como suas sociedades

Leia mais

Sparta Top Renda Fixa FIC FI CP LP. Outubro/2015 1

Sparta Top Renda Fixa FIC FI CP LP. Outubro/2015 1 Sparta Top Renda Fixa FIC FI CP LP Outubro/2015 1 Sparta Fundos de Investimento Gestora independente com foco na gestão de fundos abertos Tradição Focada na gestão de recursos há mais de 20 anos Excelência

Leia mais

Perfin Institucional FIC FIA

Perfin Institucional FIC FIA Perfin Institucional FIC FIA Relatório Mensal- Junho 2013 O fundo Perfin Institucional FIC FIA utiliza-se de análise fundamentalista para compor o seu portfólio, baseado no diferencial existente entre

Leia mais

O Brasil Plural é um Grupo Financeiro fundado em 2009 que possui escritórios no Rio de Janeiro, São Paulo e Nova York. Nossos sócios possuem um amplo

O Brasil Plural é um Grupo Financeiro fundado em 2009 que possui escritórios no Rio de Janeiro, São Paulo e Nova York. Nossos sócios possuem um amplo O Brasil Plural é um Grupo Financeiro fundado em 2009 que possui escritórios no Rio de Janeiro, São Paulo e Nova York. Nossos sócios possuem um amplo histórico de sucesso no mercado de capitais brasileiro

Leia mais

Relatório Mensal Dezembro de 2015

Relatório Mensal Dezembro de 2015 Relatório Mensal Relatório Mensal Carta do Gestor O Ibovespa teve um desfecho melancólico no ultimo mês de 2015, fechando com queda de 3,92% e acumulando uma retração de 13,31% no ano. O cenário econômico

Leia mais

SULAMERICA INVESTIMENTOS Apresentação Institucional

SULAMERICA INVESTIMENTOS Apresentação Institucional SULAMERICA INVESTIMENTOS Apresentação Institucional AGENDA 3 SUL AMÉRICA INVESTIMENTOS Processos de investimento Produtos Informativos e boletins 4 A SULAMERICA VOCÊ JÁ CONHECE 116 anos no mercado 4.947

Leia mais

APRESENTAÇÃO XP UNIQUE QUANT

APRESENTAÇÃO XP UNIQUE QUANT APRESENTAÇÃO XP UNIQUE QUANT SUMÁRIO 1. Histórico XP 2. Apresentação XPG 3. Organograma XPG 4. Equipe de Gestão Quant 5. XP Unique Quant. Metodologia de Análise. Conceitos Quantitativos. Estratégia. Exemplos

Leia mais

SULAMERICA INVESTIMENTOS Apresentação Institucional

SULAMERICA INVESTIMENTOS Apresentação Institucional SULAMERICA INVESTIMENTOS Apresentação Institucional 3 A SULAMERICA VOCÊ JÁ CONHECE 116 anos no mercado 4.947 funcionários 6,7 milhões de clientes 54 filiais 35 C.A.S.A.s Maior grupo segurador independente

Leia mais

VITER GEICO. Vice-Presidência de Gestão. Gerência Nacional de Investidores Corporativos

VITER GEICO. Vice-Presidência de Gestão. Gerência Nacional de Investidores Corporativos VITER Vice-Presidência de Gestão de Ativos de Terceiros GEICO Gerência Nacional de Investidores Corporativos CENÁRIOS ECONÔMICOS JUROS JUROS x INFLAÇÃO x META ATUARIAL Meta Atuarial = 6,00% + IPCA (FOCUS

Leia mais

A estrutura de uma. de uma gestora de especialistas.

A estrutura de uma. de uma gestora de especialistas. A estrutura de uma grande asset e a agilidade de uma gestora de especialistas. Expertiseque faz a diferença Fundada em 2006, a Gestão de Recursos tem uma história de crescimento robusta e consistente.

Leia mais

Constância NP. Em busca de valor AGOSTO 2015

Constância NP. Em busca de valor AGOSTO 2015 Constância NP Em busca de valor AGOSTO 2015 DISCLAIMER A CONSTÂNCIA NP não comercializa nem distribui cotas de fundos de investimentos ou qualquer outro ativo financeiro. As informações contidas neste

Leia mais

Constância NP. Em busca de valor JULHO 2015

Constância NP. Em busca de valor JULHO 2015 Constância NP Em busca de valor JULHO 2015 DISCLAIMER A CONSTÂNCIA NP não comercializa nem distribui cotas de fundos de investimentos ou qualquer outro ativo financeiro. As informações contidas neste material

Leia mais

DESAFIOS PARA OS FUNDOS DE PENSÃO

DESAFIOS PARA OS FUNDOS DE PENSÃO DESAFIOS PARA OS FUNDOS DE PENSÃO Marcelo Rabbat e Tais Campos Importante: Este documento não constitui uma opinião ou recomendação, legal ou de qualquer outra natureza, por parte da Vinci Partners, e

Leia mais

BNY Mellon ARX Extra FIM. Julho, 2013

BNY Mellon ARX Extra FIM. Julho, 2013 BNY Mellon ARX Extra FIM Julho, 2013 Índice I. Filosofia de Investimento II. Modelo de Tomada de Decisão III. Processo de Investimento IV. Características do Fundo 2 I. Filosofia de Investimento Filosofia

Leia mais

Perfin Long Short 15 FIC FIM

Perfin Long Short 15 FIC FIM Perfin Long Short 15 FIC FIM Relatório Mensal- Junho 2013 O Perfin LongShort 15 FICFIM tem como objetivo gerarretorno superior ao CDIno médio prazo. O fundo utiliza-se de análise fundamentalista eaestratégia

Leia mais

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - MODERADA MIX 20

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - MODERADA MIX 20 BENCHMARK RF:80.00% ( 100.00%CDI ) + RV:20.00% ( 100.00%IBRX 100 ) Relatório Gerencial Consolidado - Período de 01/04/2015 Posição e Desempenho da Carteira - Resumo a 30/04/2015 pg. 1 Posição Sintética

Leia mais

VITER Vice-Presidência de Gestão de Ativos de Terceiros. GEICO Gerência Nacional de Investidores Corporativos

VITER Vice-Presidência de Gestão de Ativos de Terceiros. GEICO Gerência Nacional de Investidores Corporativos VITER Vice-Presidência de Gestão de Ativos de Terceiros GEICO Gerência Nacional de Investidores Corporativos 1 CENÁRIO ECONÔMICO Economia Internacional RECUPERAÇÃO Produção Industrial (total) 115.00 Revisões

Leia mais

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - CONSERVADORA FIX

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - CONSERVADORA FIX BENCHMARK 100.00%CDI Relatório Gerencial Consolidado - Período de 01/04/2015 Posição e Desempenho da Carteira - Resumo a 30/04/2015 pg. 1 Posição Sintética dos Ativos em 30/04/2015 Financeiro % PL FUNDOS

Leia mais

Relatório de Gestão Invext FIA. Maio - Junho

Relatório de Gestão Invext FIA. Maio - Junho Relatório de Gestão Maio - Junho 2013 1 Filosofia O é um fundo de ações alinhado com a filosofia de value investing. O fundo possui uma estratégia de gestão que busca capturar de forma contínua oportunidades

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL. Julho 2010 APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL. Julho 2010 APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL Edge Investimentos Ltda. Av. Ayrton Senna 3000 Bloco 2 324 Rio de Janeiro RJ Tel: +55 (21) 2421-4262 www.edgeinvestimentos.com.br Administrador/ Distribuidor:

Leia mais

Relatório Mensal - Junho de 2013

Relatório Mensal - Junho de 2013 Relatório Mensal - Relatório Mensal Carta do Gestor Junho foi mais um mês bastante negativo para o Ibovespa. O índice fechou em queda pelo sexto mês consecutivo impactado pela forte saída de capital estrangeiro

Leia mais

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - ARROJADA MIX 40

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - ARROJADA MIX 40 BENCHMARK RF:60.00% ( 100.00%CDI ) + RV:40.00% ( 100.00%IBRX 100 ) Relatório Gerencial Consolidado - Período de 03/11/2015 Posição e Desempenho da Carteira - Resumo a 30/11/2015 pg. 1 Posição Sintética

Leia mais

Relatório Mensal - Novembro de 2013

Relatório Mensal - Novembro de 2013 Relatório Mensal - Relatório Mensal Carta do Gestor Depois de quatro meses consecutivos de alta, o Ibovespa terminou o mês de novembro com queda de 3,27%, aos 52.842 pontos. No cenário externo, os dados

Leia mais

Soluções em Investimentos RPPS

Soluções em Investimentos RPPS Soluções em Investimentos RPPS Março de 2012 Informação Restrita Política Corporativa de Segurança da Informação Agenda Por quê Itaú Asset Management? Cenário Econômico Produtos Informação Confidencial

Leia mais

Processo de Seleção de Gestores e Fundos

Processo de Seleção de Gestores e Fundos Processo de Seleção de Gestores e Fundos Fórum ANCEP 2013 Mercado Brasileiro de Fundos de Investimentos Classificação ANBIMA Fundos Classificação Anbima Fundos Ações Dividendos 55 Investimentos no Exterior

Leia mais

VISÃO GERAL. Patrimônio administrado de R$ 2,9 bi. PL: Estratégia. PL: Local Vs Estrangeiro. PL: Tipo de Cliente 6% 4% 25% 5% 35% 60% 75% 90%

VISÃO GERAL. Patrimônio administrado de R$ 2,9 bi. PL: Estratégia. PL: Local Vs Estrangeiro. PL: Tipo de Cliente 6% 4% 25% 5% 35% 60% 75% 90% Dezembro- 2014 VISÃO GERAL Patrimônio administrado de R$ 2,9 bi PL: Estratégia PL: Local Vs Estrangeiro PL: Tipo de Cliente 6% 4% 25% 5% 35% 90% 75% 60% FIDC Macro Renda Variável Local Offshore Institucional

Leia mais

Relatório Mensal - Setembro de 2013

Relatório Mensal - Setembro de 2013 Relatório Mensal - Relatório Mensal Carta do Gestor O Ibovespa emplacou o terceiro mês de alta consecutiva e fechou setembro com valorização de 4,65%. Apesar dos indicadores econômicos domésticos ainda

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Fev/2015 Quem somos A GBX Asset Management é uma administradora de recursos composta por profissionais com larga experiência no mercado financeiro, que enfrentaram as mais diversas

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SPINELLI FIC DE FI REFERENCIADO DI CNPJ 19.312.112/0001-06 DEZEMBRO/2015

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SPINELLI FIC DE FI REFERENCIADO DI CNPJ 19.312.112/0001-06 DEZEMBRO/2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o Spinelli FIC de FI Referenciado DI. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento do fundo, disponíveis

Leia mais

Informe Mensal Mai 12

Informe Mensal Mai 12 Informe Mensal Mai 12 Especial Institucional Tendências do Mercado Palavra do Gestor A Taxa Selic e a Bolsa de Valores Juros Até a última reunião do Banco Central, as expectativas para queda da Selic se

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Dezembro/2014 BOGARI CAPITAL Quem somos Estratégia Alinhamento Recursos sob gestão Fundos de Pensão Gestora independente focada em renda variável, fundada em 2007 Ações long-only,

Leia mais

VISÃO GERAL. Patrimônio administrado de R$ 4 bi. PL: Estratégia 10% 10% 15% 45% 45% 85% 90%

VISÃO GERAL. Patrimônio administrado de R$ 4 bi. PL: Estratégia 10% 10% 15% 45% 45% 85% 90% Julho - 2014 VISÃO GERAL Patrimônio administrado de R$ 4 bi PL: Estratégia 10% 90% PL: Local Vs Estrangeiro 15% 85% PL: Tipo de Cliente 10% 45% 45% Macro Renda variável Local Offshore Institucional Distribuidores

Leia mais

Relatório de Gestão Invext FIA. Janeiro - Março

Relatório de Gestão Invext FIA. Janeiro - Março Relatório de Gestão Invext FIA Janeiro - Março 2015 1 Filosofia O Invext FIA é um fundo de ações alinhado com a filosofia de value investing. O fundo possui uma estratégia de gestão que busca capturar

Leia mais

Relatório Mensal - Fevereiro de 2015

Relatório Mensal - Fevereiro de 2015 Relatório Mensal - Relatório Mensal Carta do Gestor O Ibovespa encerrou o mês de fevereiro com alta de 9,97%, recuperando as perdas do início do ano. Mesmo com o cenário macroeconômico bastante nebuloso

Leia mais

CSHG Crédito Privado Magis FIC FIM LP

CSHG Crédito Privado Magis FIC FIM LP CSHG Asset Management Comentários do gestor CSHG Crédito Privado Magis FIC FIM LP Setembro de 2014 1. Revisão do resultado do O obteve rentabilidade de (a) 1,01% (111,1% do ) no mês; (b) 8,44% (107,8%

Leia mais

FCLCapital. Junho 2015. www.fclcapital.com

FCLCapital. Junho 2015. www.fclcapital.com Junho 2015 www.fclcapital.com FCL Equities FIA Filosofia de Investimentos - Pág. 4 Estratégia Long-Biased - Pág. 5 Processo de Investimentos - Pág. 6 Gestão de Riscos - Pág. 10 1 Plano de Crescimento Plano

Leia mais

Fundos de Investimento

Fundos de Investimento Fundo de Investimento é uma comunhão de recursos, constituída sob a forma de condomínio que reúne recursos de vários investidores para aplicar em uma carteira diversificada de ativos financeiros. Ao aplicarem

Leia mais

Apresentação Institucional. Gestão de Recursos

Apresentação Institucional. Gestão de Recursos Apresentação Institucional Gestão de Recursos 2012 Teórica Gestão de Recursos... construa seu banco como construiria seu barco: sólido para enfrentar com segurança qualquer tempestade. Jacob Safra Somos

Leia mais

AGENDA. 1. Visão Geral. 2. Produtos Long-Short Retorno Absoluto. 3. Apêndice Estrutura de Comitês Equipe

AGENDA. 1. Visão Geral. 2. Produtos Long-Short Retorno Absoluto. 3. Apêndice Estrutura de Comitês Equipe AGENDA 1. Visão Geral 2. Produtos Long-Short Retorno Absoluto 3. Apêndice Estrutura de Comitês Equipe 2 1. Visão Geral Fundada em setembro de 2013, a Solana Capital é uma gestora independente de recursos

Leia mais

A presente Instituição aderiu ao Código ANBIMA de Regulação e Melhores Práticas para os Fundos de Investimento. CARACTERÍSTICAS HG Verde Fundo de Investimento Multimercado FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS

Leia mais

CSHG ALL VERDE AM PRISMA FIC FIM IE Relatório de Gestão Junho de 2015

CSHG ALL VERDE AM PRISMA FIC FIM IE Relatório de Gestão Junho de 2015 Relatório de Gestão Junho de 215 Desempenho Junho 215 Acumulado 215 Prisma -2,39% 18,13% Para mais informações relevantes à análise da rentabilidade deste Fundo - tais como taxa de administração, taxa

Leia mais

BNY Mellon ARX Investimentos. Julho, 2013

BNY Mellon ARX Investimentos. Julho, 2013 BNY Mellon ARX Investimentos Julho, 2013 Agenda I. BNY Mellon II. BNY Mellon Investement Management III. BNY Mellon ARX Investimentos I. Overview II. Prêmios III. Estratégias IV. Biografias IV. Apêndice

Leia mais

HSBC Smart Juros Aproveite o atual cenário de queda de juros e diversifique seus investimentos

HSBC Smart Juros Aproveite o atual cenário de queda de juros e diversifique seus investimentos HSBC Smart Juros Aproveite o atual cenário de queda de juros e diversifique seus investimentos Diante do atual cenário doméstico e internacional, os especialistas da HSBC Global Asset Management acreditam

Leia mais

Informe Mensal. Novembro 2013. XP Gestão de Recursos: Palavra dos Gestores. Índice. Palavra dos Gestores Renda Variável 1

Informe Mensal. Novembro 2013. XP Gestão de Recursos: Palavra dos Gestores. Índice. Palavra dos Gestores Renda Variável 1 Renda Variável No final do mês de Outubro, logo após o anuncio da Petrobras acerca da apresentação de uma possível fórmula para o reajuste automático dos combustíveis, em seu conselho de administração,

Leia mais

Questionário Padrão Due Diligence para Fundos de Investimento Seção 2:

Questionário Padrão Due Diligence para Fundos de Investimento Seção 2: Questionário Padrão Due Diligence para Fundos de Investimento Seção 2: Informações sobre o Fundo de Investimento Gestor de recursos de terceiros (Pessoa Jurídica): Questionário preenchido por: Data: (Todos

Leia mais

dt A presente Instituição aderiu ao Código ANBIMA de Regulação e Melhores Práticas para os Fundos de Investimento. CARACTERÍSTICAS HG Verde Fundo de Investimento Multimercado FUNDO DE INVESTIMENTO EM

Leia mais

Desempenho Junho 2015 Acumulado 2015. Global Alpha -3,46% 19,66% Libor 6M em BRL -2,55% 17,03%

Desempenho Junho 2015 Acumulado 2015. Global Alpha -3,46% 19,66% Libor 6M em BRL -2,55% 17,03% Relatório de Gestão Junho de 215 Desempenho Junho 215 Acumulado 215 Global Alpha -3,46% 19,66% Libor 6M em BRL -2,55% 17,3% Para mais informações relevantes à análise da rentabilidade deste Fundo - tais

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL Quem somos Fundadores Estrutura organizacional Filosofia de investimento Processo de investimento Anexo: currículos 3 4 5 7 9 16 QUEM SOMOS SOMOS Uma gestora independente com

Leia mais

A presente Instituição aderiu ao Código ANBIMA de Regulação e Melhores Práticas para os Fundos de Investimento. CARACTERÍSTICAS HG Verde Fundo de Investimento Multimercado FUNDO de Investimento em Cotas

Leia mais

2ª Conferência de Investimentos Alternativos: FIDC, FII E FIP

2ª Conferência de Investimentos Alternativos: FIDC, FII E FIP 2ª Conferência de Investimentos Alternativos: FIDC, FII E FIP São Paulo, 21 de Agosto de 2013 Hotel Caesar Park Patrocínio SPX Capital Agosto 2013 Perspectivas Macroeconômicas Inflação acumulada em 12

Leia mais

VISÃO GERAL. Patrimônio administrado de R$ 4.4 bi. PL: Estratégia 18% 20% 20% 40% 80% 82% 40%

VISÃO GERAL. Patrimônio administrado de R$ 4.4 bi. PL: Estratégia 18% 20% 20% 40% 80% 82% 40% Julho - 2013 VISÃO GERAL Patrimônio administrado de R$ 4.4 bi PL: Estratégia PL: Local Vs Estrangeiro PL: Tipo de Cliente 18% 20% 20% 40% 82% 80% 40% Macro Renda variável Local Offshore Institucional Distribuidores

Leia mais

MUTUOPREV 2014 - RELATÓRIO ANUAL DO PLANO DE BENEFÍCIOS II

MUTUOPREV 2014 - RELATÓRIO ANUAL DO PLANO DE BENEFÍCIOS II MUTUOPREV 2014 - RELATÓRIO ANUAL DO PLANO DE BENEFÍCIOS II A MUTUOPREV Entidade de Previdência Complementar - CNPJ nº 12.905.021/0001-35 e CNPB 2010.0045-74, aprovado pela portaria nº 763 de 27 de setembro

Leia mais

BTG Pactual Asset Management

BTG Pactual Asset Management ESTRITAMENTE CONFIDENCIAL BTG Pactual Asset Management Janeiro, 2015 Abril, 2012 Para informações adicionais, leia atentamente os Avisos Adicionais no final da apresentação. Segmentos de Negócio Asset

Leia mais

Política de Suitability

Política de Suitability Política de Suitability Outubro 2015 1. OBJETIVO O objetivo da Política de Suitability ( Política ) é estabelecer procedimentos formais que possibilitem verificar a adequação do investimento realizado

Leia mais

A Indústria de Fundos de Investimento no Brasil. Luiz Calado Gerente de Certificação da ANBID

A Indústria de Fundos de Investimento no Brasil. Luiz Calado Gerente de Certificação da ANBID A Indústria de Fundos de Investimento no Brasil Luiz Calado Gerente de Certificação da ANBID A ANBID A ANBID Associação Nacional dos Bancos de Investimentos Criada em 1967, é a maior representante das

Leia mais

Demonstrativo de Investimentos

Demonstrativo de Investimentos Demonstrativo de Investimentos 2º Trimestre de 2013 Este relatório é de uso exclusivo dos órgãos de administração (Diretoria, Conselho Deliberativo e Conselho Fiscal) da SIAS. Diretoria Administrativa

Leia mais

Desempenho Setembro 2015 Acumulado 2015. Equity Hedge 1,68% 7,51% CDI 1,11% 9,55%

Desempenho Setembro 2015 Acumulado 2015. Equity Hedge 1,68% 7,51% CDI 1,11% 9,55% Relatório de Gestão Setembro de 20 Desempenho Setembro 20 Acumulado 20 Equity Hedge 1,68% 7,51% 1,11% 9,55% Para mais informações relevantes à análise da rentabilidade deste Fundo - tais como taxa de administração,

Leia mais

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI MASTER PLUS FI REF DI CREDITO PRIVADO LONGO PRAZO

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI MASTER PLUS FI REF DI CREDITO PRIVADO LONGO PRAZO Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI MASTER PLUS FI REF DI CREDITO PRIVADO LONGO PRAZO Informações referentes a novembro de 2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

SULAMERICA INVESTIMENTOS Apresentação Institucional. Novembro/2011

SULAMERICA INVESTIMENTOS Apresentação Institucional. Novembro/2011 SULAMERICA INVESTIMENTOS Apresentação Institucional Novembro/2011 3 A SULAMERICA VOCÊ JÁ CONHECE 116 anos no mercado 4.925 funcionários 6,7 milhões de clientes 45 filiais 256 escritórios de venda Maior

Leia mais

Kinea Rendimentos Imobiliários - FII. Relatório de Gestão

Kinea Rendimentos Imobiliários - FII. Relatório de Gestão Kinea Rendimentos Imobiliários - FII Relatório de Gestão Maio de 2013 Palavra do Gestor Prezado investidor, O Kinea Rendimentos Imobiliários FII ( Fundo ) é dedicado ao investimento em Ativos de renda

Leia mais

BTG Pactual. Administração de Fundos Agosto 2012. Para informações adicionais, favor observar a página ao final desta apresentação.

BTG Pactual. Administração de Fundos Agosto 2012. Para informações adicionais, favor observar a página ao final desta apresentação. BTG Pactual Administração de Fundos Agosto 2012 Para informações adicionais, favor observar a página ao final desta apresentação. Histórico do BTG Pactual 2012 Aquisição da Celfin Capital no Chile 1983-86

Leia mais

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo. Sumitomo Mitsui Platinum Plus FIC de FI Ref. DI Crédito Privado Longo Prazo CNPJ: 00.827.

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo. Sumitomo Mitsui Platinum Plus FIC de FI Ref. DI Crédito Privado Longo Prazo CNPJ: 00.827. Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo Informações referentes a setembro de 2015. Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SUMITOMO MITSUI PLATINUM PLUS FIC DE FI REF DI

Leia mais

Cenário. Ibovespa 60.000 50.000 40.000 30.000 20.000 10.000. set-02. set-06. set-04. set-05. set-03. jan-02. jan-04. jan-03. jan-05. jan-06.

Cenário. Ibovespa 60.000 50.000 40.000 30.000 20.000 10.000. set-02. set-06. set-04. set-05. set-03. jan-02. jan-04. jan-03. jan-05. jan-06. Data Base: jun/07 Cenário O Brasil está começando a firmar-se como economia estável e previsível. A queda dos juros vem diminuindo o atrativo dos investimentos em títulos do Governo. Quanto mais credibilidade

Leia mais

A P R E S E N TAÇ ÃO I N S T I T U C I O N A L

A P R E S E N TAÇ ÃO I N S T I T U C I O N A L A P R E S E N TAÇ ÃO I N S T I T U C I O N A L 2 0 1 4 Í N D I C E VISÃO GLOBAL A EMPRESA EQUIPE FILOSOFIA DE INVESTIMENTO NOSSOS FUNDOS CONTATOS 2 V I S Ã O G L O B A L A E M P R E S A A Log Fund é uma

Leia mais

CSHG Unique FIC FIA. Outubro de 2012

CSHG Unique FIC FIA. Outubro de 2012 CSHG Asset Management Comentários do gestor CREDIT SUISSE HEDGING-GRIFFO CSHG Unique FIC FIA Outubro de 12 Em outubro, o fundo CSHG Unique FIC FIA teve um retorno de 0,60%. No ano, o fundo acumulou retorno

Leia mais

Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2012 e 2011

Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2012 e 2011 CNPJ nº 00.826.600/0001-03 (Administrado pelo Banco Cooperativo Sicredi S.A. CNPJ nº 01.181.521/0001-55) KPMG Auditores Independentes Março de 2013 KPDS 45892 Conteúdo Relatório dos auditores independentes

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS CAGEPREV - FUNDAÇÃO CAGECE DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PLANO DE GESTÃO ADMINISTRATIVA Vigência: 01/01/2013 a 31/12/2017 1. OBJETIVOS A Politica de Investimentos tem como objetivo

Leia mais

Av. Ataulfo de Paiva, 245-3º andar Leblon CEP: 22440-032 www.animaeducacao.com.br/ri Rio de Janeiro Tel.: +55 (21) 3550-1630. www.genuscapital.com.

Av. Ataulfo de Paiva, 245-3º andar Leblon CEP: 22440-032 www.animaeducacao.com.br/ri Rio de Janeiro Tel.: +55 (21) 3550-1630. www.genuscapital.com. Av. Ataulfo de Paiva, 245-3º andar Leblon CEP: 22440-032 Rio de Janeiro Tel.: +55 (21) 3550-1630 www.genuscapital.com.br A EMPRESA A Genus Capital Group é uma gestora independente centrada em produtos

Leia mais

Relatório Destaques da Plataforma XP Janeiro de 2013 XP Investimentos

Relatório Destaques da Plataforma XP Janeiro de 2013 XP Investimentos Relatório Destaques da Plataforma XP Janeiro de 2013 XP Investimentos Av. das Américas, 3434, Bl. 7, 2º andar, Rio de Janeiro RJ Tel.: 55 21 3265-3691 Prezados, É com muito prazer que enviamos o relatório

Leia mais

A P R E S E N TAÇ ÃO I N S T I T U C I O N A L

A P R E S E N TAÇ ÃO I N S T I T U C I O N A L A P R E S E N TAÇ ÃO I N S T I T U C I O N A L 2 0 1 5 Í N D I C E VISÃO GLOBAL A EMPRESA EQUIPE FILOSOFIA DE INVESTIMENTO NOSSOS FUNDOS CONTATOS 2 V I S Ã O G L O B A L A E M P R E S A A Log Fund é uma

Leia mais

Prezados Investidores,

Prezados Investidores, Prezados Investidores, No mês de março, o fundo Apex Ações FIC de FIA rendeu +6,20% contra +7,05% do Ibovespa. Desde seu início em 30 de novembro de 2011, o fundo rendeu +28,65% contra uma queda de -11,36%

Leia mais

A semana em revista. Relatório Semanal 8/12/2014

A semana em revista. Relatório Semanal 8/12/2014 Relatório Semanal 8/12/2014 A semana em revista No cenário doméstico, os destaques da semana foram a Pesquisa Industrial Mensal (PIM) e a taxa de inflação (IPCA). A produção industrial do mês de outubro

Leia mais

Módulo V Fundos de Investimentos. De 13 a 15 Questões na prova (26% a 40%)

Módulo V Fundos de Investimentos. De 13 a 15 Questões na prova (26% a 40%) Módulo V Fundos de Investimentos De 13 a 15 Questões na prova (26% a 40%) 5 - Fundos de Investimentos Definições legais Tipos de Fundo Administração Documentos dos fundos Dinâmica de Aplicação e resgate

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS CAGEPREV - FUNDAÇÃO CAGECE DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PLANO DE BENEFÍCIO DE CONTRIBUIÇÃO VARIÁVEL Vigência: 01/01/2013 a 31/12/2017 1. OBJETIVOS A Política de Investimentos tem

Leia mais

Finanças Pessoais e Mercado Financeiro 14º Encontro Informal - IBRI 11 de agosto de 2004. Mauricio Gallego Augusto Gestor de Renda Variável

Finanças Pessoais e Mercado Financeiro 14º Encontro Informal - IBRI 11 de agosto de 2004. Mauricio Gallego Augusto Gestor de Renda Variável Finanças Pessoais e Mercado Financeiro 14º Encontro Informal - IBRI 11 de agosto de 2004 Mauricio Gallego Augusto Gestor de Renda Variável 1 Objetivo Abordar assuntos que são focados pelos gurus das finanças

Leia mais

Cenário Econômico como Direcionador de Estratégias de Investimento no Brasil

Cenário Econômico como Direcionador de Estratégias de Investimento no Brasil Cenário Econômico como Direcionador de Estratégias de Investimento no Brasil VII Congresso Anbima de Fundos de Investimentos Rodrigo R. Azevedo Maio 2013 2 Principal direcionador macro de estratégias de

Leia mais

De acordo com o Plano Anual de

De acordo com o Plano Anual de Ago 12 Informe Mensal Especial Institucional Palavra do Gestor Tendências do Mercado O Plano Anual de Financiamento da Dívida PAF Juros Em julho os juros cederam de forma moderada, o contrato com vencimento

Leia mais

Fundos de Investimento

Fundos de Investimento Fundos de Investimento Luiz Fernando Figueiredo Setembro de 2012 Fundos de Investimento Poupança CDBs Fundos de Investimento Ações Imóveis Pool de investidores que reúnem seus recursos e delegam a gestão

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTO

POLÍTICA DE INVESTIMENTO QUEM SOMOS Somos uma gestora independente de investimentos, totalmente alinhada com os interesses de nossos clientes. Os sócios possuem larga experiência no mercado financeiro, em diversas áreas de atuação.

Leia mais

CSHG Equity Hedge FIC FIM

CSHG Equity Hedge FIC FIM CSHG Asset Management Comentários do gestor CSHG Equity Hedge FIC FIM Setembro de 2013 O CSHG Equity Hedge FIC FIM teve rentabilidade de 1,96% em setembro ante uma variação de 0,70% do CDI. Ao longo do

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS MASTER IMA-B5 FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS MASTER IMA-B5 FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O CNPJ/MF: Informações referentes a Dezembro de 2014 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o BNP PARIBAS MASTER IMA-B5 FUNDO DE INVESTIMENTO

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SPINELLI FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ 55.075.238/0001-78 SETEMBRO/2015

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SPINELLI FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ 55.075.238/0001-78 SETEMBRO/2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o Spinelli Fundo de Investimento em Ações. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento do fundo,

Leia mais

Informe Mensal Especial Parcerias

Informe Mensal Especial Parcerias Informe Mensal Especial Parcerias Abr 13 Tendências do Mercado Juros No mês de março a inflação continuou no foco do mercado e do próprio Banco Central; o IPCA de fevereiro foi de 0,6% contra uma expectativa

Leia mais

12º FÓRUM PERSPECTIVAS DE INVESTIMENTOS 2016. The asset manager for a changing world

12º FÓRUM PERSPECTIVAS DE INVESTIMENTOS 2016. The asset manager for a changing world 12º FÓRUM PERSPECTIVAS DE INVESTIMENTOS 2016 The asset manager for a changing world INVESTIMENTOS ALTERNATIVOS LUIZ FIGUEIREDO HEAD - INVESTIMENTOS ALTERNATIVOS The asset manager for a changing world 1.

Leia mais

Maximizando a rentabilidade e a segurança dos investimentos de nossos clientes

Maximizando a rentabilidade e a segurança dos investimentos de nossos clientes APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL Maximizando a rentabilidade e a segurança dos investimentos de nossos clientes ÍNDICE Equipe, Posicionamento e Parceiros da Plurimax Filosofia de Investimentos e Controle de

Leia mais

PROGRAMA DE ATUALIZAÇÃO dos Profissionais Certificados pela ANBIMA CPA-10

PROGRAMA DE ATUALIZAÇÃO dos Profissionais Certificados pela ANBIMA CPA-10 PROGRAMA DE ATUALIZAÇÃO dos Profissionais Certificados pela ANBIMA CPA-10 Controle: D.04.10.04 Data da Elaboração: 10/11/2009 Data da Revisão: 30/09/2013 Elaborado por: Certificação ANBIMA Aprovado por:

Leia mais

2ª Conferência de Investimentos Alternativos: FIDC, FII E FIP

2ª Conferência de Investimentos Alternativos: FIDC, FII E FIP 2ª Conferência de Investimentos Alternativos: FIDC, FII E FIP São Paulo, 21 de Agosto de 2013 Hotel Caesar Park Patrocínio Os Setores Mais Promissores Para Os Fundos Imobiliários/ Rodrigo Machado Apresentação

Leia mais

Capítulo 7 Fundos de Investimentos

Capítulo 7 Fundos de Investimentos Capítulo 7 Fundos de Investimentos 7.1 Apresentação do capítulo O objetivo deste capítulo é apresentar as principais características e classificações de um fundo de investimento. Ao final, você terá visto:

Leia mais

A Empresa...3. Vantagens Competitivas...6. Histórico dos Principais Gestores..7. Organograma Institucional.8. Filosofia de Investimento.

A Empresa...3. Vantagens Competitivas...6. Histórico dos Principais Gestores..7. Organograma Institucional.8. Filosofia de Investimento. Agosto 2013 Este material foi elaborado pela JGP DTVM LTDA ( JGP ), tem caráter meramente informativo e não deve ser utilizado, distribuido ou copiado sem a prévia e expressa autorização da JGP. 1 Índice

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T15

Divulgação de Resultados 1T15 São Paulo - SP, 06 de Maio de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private equity

Leia mais

LISTAGEM DE FUNDOS DISTRIBUÍDOS

LISTAGEM DE FUNDOS DISTRIBUÍDOS LISTAGEM DE FUNDOS DISTRIBUÍDOS ÍNDICE Absolute Alpha FIC FIM... 4 Absolute Hedge FIC FIM... 6 BNY Mellon Arx FI Ref DI LP... 8 BNY Mellon Arx FI Ref DI LP II... 10 BNY Mellon Arx FI Ref DI LP III... 12

Leia mais

Simulado CPA 10 Completo

Simulado CPA 10 Completo Simulado CPA 10 Completo Question 1. O SELIC é um sistema informatizado que cuida da liquidação e custódia de: ( ) Certificado de Depósito Bancário ( ) Contratos de derivativos ( ) Ações negociadas em

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Quem Somos 2 CTM Investimentos Visão Geral A empresa A CTM Investimentos, fundada em 2012, é uma empresa independente, focada na busca por valor em empresas (Equity Research)

Leia mais

RELATÓRIO MENSAL DAS APLICAÇÕES FINANCEIRAS DOS RECURSOS PREVIDENCIÁRIOS JANEIRO-2015

RELATÓRIO MENSAL DAS APLICAÇÕES FINANCEIRAS DOS RECURSOS PREVIDENCIÁRIOS JANEIRO-2015 INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE NOVO HAMBURGO RELATÓRIO MENSAL DAS APLICAÇÕES FINANCEIRAS DOS RECURSOS PREVIDENCIÁRIOS JANEIRO- ÍNDICE DEMOSTRATIVO DAS APLICAÇÕES DA

Leia mais