Cordis-FBC: um Ambiente Configurado TABA com Gerência do Conhecimento

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Cordis-FBC: um Ambiente Configurado TABA com Gerência do Conhecimento"

Transcrição

1 Cordis-FBC: um Ambiente Configurado TABA com Gerência do Conhecimento Karina Villela, Ana Regina Rocha, Alvaro Rabelo Jr, Guilherme Travassos COPPE/UFRJ e Fundação Bahiana de Cardiologia Objetivos e Justificativas O desenvolvimento de software é uma atividade intensa em conhecimento. Esta realidade torna importante apoiar os desenvolvedores com ambientes de desenvolvimento de software integrados à gerência do conhecimento. Descrição do Produto Cordis-FBC é um ambiente configurado construído para a Fundação Bahiana de Cardiologia (FBC), a partir do Meta-ambiente TABA [1]. Uma característica importante deste ambiente é permitir a gerência do conhecimento organizacional. Para ser possível a construção do ambiente Cordis-FBC foram construídas uma série de ferramentas estendendo a Estação TABA [1]. A configuração do ambiente foi realizada com o apoio da ferramenta Config, desenvolvida no contexto deste trabalho. Esta ferramenta permite a configuração de ambientes a partir do processo padrão da organização. As figuras 1 a 3 exibem telas desta ferramenta, ilustrando o processo de configuração. Fig 1 Tela de Inclusão de Atividades do Tipo de Software [1] Fig 2 Tela para Geração do Ambiente [1] Desta forma foi gerado o ambiente Cordis- FBC. A figura 3 apresenta a tela principal do Cordis-FBC. Uma vez que o Ambiente Configurado é entregue à organização, o Gerente do Conhecimento prepara o ambiente para utilização. O Cordis-FBC foi, então, preparado para uso na organização através da descrição da estrutura e dos processos organizacionais utilizando as ferramenta Sapiens [2] e ProcKnow [3]. Na figura 4, a ferramenta Sapiens está sendo utilizada pelo gerente de conhecimento para navegar ao longo da estrutura organizacional previamente descrita. Os nós da árvore hiperbólica representam a organização, suas unidades organizacionais, as posições existentes em cada unidade organizacional e as pessoas alocadas a estas posições. A figura 5 mostra a consulta ao processo de Atendimento Ambulatorial. Para ser utilizado no desenvolvimento de projetos específicos, o ambiente deve ser instanciado para o projeto, o que significa adaptar o processo da organização para o projeto, o que é feito utilizando-se a ferramenta AdaptPro [4]. A figura 6 mostra uma tela do AdaptPro. Todas as ferramentas construídas no contexto do projeto Ambientes de Desenvolvimento Orientados à Organização para apoiar atividades dos processos de desenvolvimento e manutenção de software são orientadas a processo e possuem no lado direito superior da tela, dois ícones que, como mencionado anteriormente, têm a finalidade de fornecer o conhecimento disponível no ambiente para auxiliar a execução da atividade ( ) e executar o módulo da ferramenta Acknowledge [5] que permite o registro de conhecimento obtido na execução da atividade ( ). Isto significa que as ferramentas possibilitam a gerência de conhecimento orientada a processo, ao fornecer conhecimento que é relevante para a atividade sendo executada e ao permitir o registro de conhecimento adquirido na execução da atividade.

2 - 2 - Fig 3 Tela Principal do Cordis-FBC [1] Fig 4 Tela com a Representação Gráfica da Estrutura Organizacional da FBC [2] Fig 5 Tela com o Detalhamento do Processo de Atendimento Ambulatorial [1] Fig 6 Tela para Escolha do Modelo de Ciclo de Vida a ser Adotado no Projeto [4] A figura 7 apresenta a tela de um ADSOrg instanciado a partir do Cordis-FBC, com as atividades do processo listadas no lado esquerdo. Quando uma atividade é selecionada para execução, as ferramentas de software que automatizam os procedimentos adotados para a execução da atividade são disponibilizadas no lado direito. Por exemplo, ao selecionar a atividade de planejamento de riscos, a ferramenta RiscManager [6] é disponibilizada no lado direito, podendo, então, ser ativada. A figura 8 exibe a tela inicial da ferramenta RiscManager. Fig 7 Tela Principal do ADSOrg Instanciado [4] Fig 8 Tela Inicial da RiscManager [6] Finalmente para complementar o ambiente Cordis-FBC foi desenvolvido o ambiente de gerência do conhecimento CardioKnowledge [7] para apoio aos demais processos da organização.

3 - 3 - Resultados Relevantes O trabalho realizado neste projeto deu origem ao ambiente Cordis-FBC, mas a infra-estrutura do metaambiente TABA permite a construção de ambientes para qualquer tipo de organização. De fato ambientes configurados TABA, foram configurados para 10 empresas do Rio de Janeiro e 8 de Salvador a partir dos resultados deste projeto numa transferência de tecnologia universidade-empresa. Outras 10 empresas do Rio de Janeiro iniciarão o uso do ambiente em Ambientes de Desenvolvimento de Software com gerência de conhecimento e enfatizando o aprendizado organizacional são inovadores e este projeto envolveu uma tese de doutorado [1], várias teses de mestrado [2,4,5,6,7,8,9,10,11,12,13] e trabalhos de graduação [3,14]. Várias outras teses estão em andamento a partir dos resultados deste trabalho. Este é um trabalho de longo prazo, que culminou na construção do Cordis-FBC, na tese de doutorado e nos resultados apresentados e disseminados nas organizaçõoes. Vários artigos foram publicados ao longo da realização do trabalho [15 a 37] Conclusão Este artigo apresentou parte dos resultados do projeto onde foi construído o ambiente configurado TABA para a Fundação Bahiana de Cardiologia. Este trabalho, altamente inovador vem dando frutos para outras organizações onde ambientes configurados TABA estão sendo implantados. Referências Bibliográficas [1] Villela,K. Modelo para Construção de Ambientes de Desenvolvimento de Software Orientados a Organização, Tese de Doutorado, COPPE/UFRJ, março 2004 [2] Santos,G. Representação da Distribuição de Competências através da Estrutura Organizacional, Tese de Mestrado, COPPE/UFRJ, abril 2003 [3] Bonfim, C.S. Uma ferramenta para modelagem de processo em Ambientes de Desenvolvimento de Software Orientados a Organização, Projeto de Graduação, UFBA, 2001 [4] Berger,P. Instanciação de Processos em Ambientes de Desenvolvimento de Software Orientados à Organização, Tese de Mestrado, COPPE/UFRJ, julho 2003 [5] Montoni, M. Aquisição de Conhecimento: uma Aplicação no Processo de Desenvolvimento de Software, Tese de Mestrado, COPPE/UFRJ Agosto 2003, [6] Farias,L.L. Planejamento de Riscos em Ambientes de Desenvolvimento de Software Orientados à Organização, Tese de Mestrado, COPPE/UFRJ, agosto 2002 [7] Montoni,M. CardioKnowledge: um Ambiente de Gerência do Conhecimento para Cardiologia, Tese de Mestrado, COPPE/UFRJ, agosto 2003 [8] Barcellos,M. Planejamento de Custos em Ambientes de Desenvolvimento de Software Orientados à Organização, Tese de Mestrado, COPPE/UFRJ, junho 2003 [9] Schnaider, L. Planejamento da Alocação de Recursos Humanos em Ambientes de Desenvolvimento de Software Orientados à Organização, Tese de Mestrado, COPPE/UFRJ, junho 2003 [10] Martins,F.R. Ambientes de desenvolvimento de Software para Instrumentação Virtual, Tese de Mestrado, COPPE/UFRJ, março 2004 [11] Rocha, M. Processos para Sistemas de Segurança Crítica Tese de Mestrado, COPPE/UFRJ, março 2004 [12] Negrão,R. CRM e Ambientes de Desenvolvimento de Software Orientados a Organização, Tese de Mestrado, COPPE/UFRJ, março 2004 [13] Miranda,R. Comunidades de Prática na Estação TABA Tese de Mestrado, COPPE/UFRJ, março 2004 [14] Figueiredo,S. Gerência de Configuração em Ambientes de Desenvolvimento de Software Orientados a Organização, Projeto de Graduação, UFRJ, janeiro 2004 [15] Vilela,K., Travassos,G., Rocha,A.R. Ambientes de Desenvolvimento de Software Orientados a Organização, 4tas. Jornadas Iberoamericanas de Ingenieria de Requisitos y Ambiente de software IDEAS 2001, San José, Costa Rica, abril 2001

4 [16] Villela,K., Oliveira, K., Santos,G., Zlot, F. Mafra, S., Bomfim, C., Salvadpr,B., Travassos, G., Rabelo Jr.A., Rocha, A.R. CORDIS-FBC: um Ambiente de Desenvolvimento de Software para Cardiologia, I Workshop de Informática Médica, Rio de Janeiro, outubro 2001 [17] Farias,L., Rocha,A.R.C.da, Travassos,G.H. Producing Project Risk Plans in Enterprise-Oriented Software Development Environments, 14th International Conference Software&Systems Engineering and their Applications, Paris, França, dezembro [18] Villela,K. et al (Rocha, A.R.C.da) Knowledge Management in Software Development Environments, 14th International Conference Software&Systems Engineering and their Applications, Paris, França, dezembro [19] Villela,K., Oliveira,K., Travassos,G., Rocha,A.R., The Definition and Automated Support of Software Processs, taking Domain Knowledge and Organizational Culture into Consideration, Workshop on Software Quality International Conference on Software Engineering, Orlando, Estados Unidos, Maio 2002 [20] Montoni,M., Oliveira,K. Salvador, B. Rocha,C., Rocha,A.R., Rabelo Jr.,A. CardioResearch: Supporting Knowledge Management in an Academic Cardiology Environment, E-Learn 2002 World Conference on E-Learning in Corporate, Government, Healthcare and Higher Education, Montreal, Canada, outubro 2002 [21] Villela,K., Santos,G., Travassos,G., Rocha. A.R.C.da Melhoria de Processos de Software e evolução de Ambientes de desenvolvimento de software com Base no Conhecimento do Domínio e na Cultura Organizacional, I Simpósio Brasileiro de Qualidade de Software, Gramado, RS, outubro 2002 [22] Villela,K. Santos,G., Travassos,G., Rocha,A.R.C.da, Gestão de Conhecimento em Ambientes de Desenvolvimento de Software, 2 ª Jornada Ibero-Americana de Engenharia de Software e Engenharia de Conhecimento, Salvador, Brasil, outubro 2002 [23] Santos,G., Villella,K., Travassos,G., Rocha, A.R. Representing and Visualizing the Distribution of Knowledge, Skills and Experiences throughout the Organization Structure, ICSSEA 2002, Paris, Fraça, dezembro 2002 [24] Villela,K., Oliveira,K., Santos,G., Rocha,AR, Travassos,G. Cordis-FBC: na Enterprise Oriented Software development Environment, Workshop Learning Software Organizations, Luzern, Suiça, abril 2003, publicado em Lecture Notes in Informatics, Volume P-28 [25] Farias,L, Rocha,AR, Travassos,G. Managing Organizational Risk Knowledge, Workshop Learning Software Organizations, Luzern, Suiça, abril 2003, publicado em Lecture Notes in Informatics, Volume P-28 [26] Montoni,M., Rocha,A.R., Travassos,G., "Aquisição de Conhecimento no Desenvolvimento de Software", In: 3as Jornadas Ibero-Americanas de Ingeniería de Software e Ingeniería del Conocimiento, Valdivia,Chile, Novembro 2003 [27] Schnaider,L., Rocha,A.R., "RHPlan - Uma Ferramenta Baseada emgerência do Conhecimento para Planejamento de Recursos Humanos em Projetos"in JIISIC - 3as Jornadas Iberoamericanas de Ingeniería del Software e Ingeniería del Conocimiento, Valdívia, Chile, Novembro 2003 [28] Santos, G., Villela,K. Rocha, A. R., "Representação da distribui cão de competências através da estrutura organizacional" in JIISIC - 3as Jornadas Iberoamericanas de Ingeniería del Software eingeniería del Conocimiento, Valdívia, Chile, Novembro 2003 [29] Montoni M., Rocha A. R., Rabelo A., CardioKnowledge: A Knowledge Management Environment, In: Proceedings of AMIA American Medical Informatics Association 2003 Annual Symposium, Washington, Estados Unidos, Novembro, [30] Montoni, M., Rocha, A. R., Travassos, G. H., Villela, K., Galotta, C., "ACKNOWLEDGE: a Tool to Support Knowledge Capturing", Proceedings of AMIA American Medical Informatics Association 2003 Annual Symposium, Washington, EUA, Novembro 2003 [31] Farias,L.L., Travassos,G,H., Rocha, AR Managing Organizational Risk Knowledge, Journal of Universal Computer Science, vol 9 n 7 (2003), , julho 2003 [32] Barcellos, M.P. Figueiredo, S., Rocha, A.R.C., Travassos, G.H. Utilização de Métodos Paramétricos, Analogias, Julgamento de Especialistas e Conhecimento Organizacional no Planejamento de Tempo e Custos de Projeto de Software, II Simpósio Brasileiro de Qualidade de Software, Fortaleza, setembro

5 [33] Farias, L.L. Figueiredo, S., Travassos, G.H. Rocha, A.R.C., Planejamento de Riscos em Ambientes de Desenvolvimento de Software Orientados à Organização, II Simpósio Brasileiro de Qualidade de Software, Fortaleza, setembro 2003 [34] Santos, G. Villela, K., Rocha, AR SAPIENS: uma ferramenta para descrição e recuperação de competências em uma organização, I Workshop de TI e Gerência do Conhecimento, Fortaleza, setembro 2003 [35] Montoni,M, Rocha, AR, Travassos,GH, ACKNOWLEDGE: uma ferramenta para aquisição do conhecimento no desenvolvimento de software, I Workshop de TI e Gerência do Conhecimento, Fortaleza, setembro 2003 [36] Schneider,L., Mafra,S. Rocha, AR, RHPlan: uma ferramenta baseada em gerência do conhecimento para planejamento de recursos humanos em projetos, I Workshop de TI e Gerência do Conhecimento, Fortaleza, setembro 2003 [37] Farias, L.L. Figueiredo, S., Travassos, G.H. Rocha, A.R.C., Uma Ferramento para Planejamento de Riscos com Apoio de gerência do Conhecimento, I Workshop de TI e Gerência do Conhecimento, Fortaleza, setembro

Definição e Construção de Ambientes de Desenvolvimento de Software Orientados a Organização

Definição e Construção de Ambientes de Desenvolvimento de Software Orientados a Organização Definição e Construção de Ambientes de Desenvolvimento de Software Orientados a Organização Karina Villela, Guilherme Travassos, Ana Regina Rocha COPPE/UFRJ Programa de Engenharia de Sistemas e Computação

Leia mais

CORDIS-FBC: um Ambiente de Desenvolvimento de Software para Cardiologia

CORDIS-FBC: um Ambiente de Desenvolvimento de Software para Cardiologia CORDIS-FBC: um Ambiente de Desenvolvimento de Software para Cardiologia Karina Villela 1,2, Káthia Oliveira 3, Gleison Santos 1, Fabio Zlot 1, Somulo Mafra 1 Claudio Bomfim 2,Beatriz Salvador,2, Guilherme

Leia mais

Definição e Construção de Ambientes de Desenvolvimento de Software Orientados a Organização

Definição e Construção de Ambientes de Desenvolvimento de Software Orientados a Organização Definição e Construção de Ambientes de Desenvolvimento de Software Orientados a Organização Karina Villela, Guilherme Horta Travassos, Ana Regina Cavalcanti da Rocha Universidade Federal do Rio de Janeiro

Leia mais

Uma Abordagem para Gerência Estratégica de Portfólio com Foco na Seleção de Projetos

Uma Abordagem para Gerência Estratégica de Portfólio com Foco na Seleção de Projetos Uma Abordagem para Gerência Estratégica de Portfólio com Foco na Seleção de Projetos Adler Diniz de Souza 1,2, Ana Regina Rocha 1, Gleison Santos 1, Tiago Vinícius Paiva do Carmo 2, Douglas Batista Alexandre

Leia mais

Indicadores da Implementação do Nível E do MR-MPS em uma Instituição de Pesquisa

Indicadores da Implementação do Nível E do MR-MPS em uma Instituição de Pesquisa Indicadores da Implementação do Nível E do MR-MPS em uma Instituição de Pesquisa Gleison Santos, Mariano Montoni, Reinaldo C. Silva Filho, Anne Elise Katsurayama, David Zanetti, Andrea O. S. Barreto, Ana

Leia mais

[6.46] RiskFree: Uma Ferramenta para Gerência de Risco em Projetos de Software em conformidade com o nível 3 do modelo CMMI

[6.46] RiskFree: Uma Ferramenta para Gerência de Risco em Projetos de Software em conformidade com o nível 3 do modelo CMMI [6.46] RiskFree: Uma Ferramenta para Gerência de Risco em Projetos de Software em conformidade com o nível 3 do modelo CMMI Flávio Franco Knob, Filipi Pereira da Silveira, Afonso Inácio Orth, Rafael Prikladnicki

Leia mais

Ferramenta para instanciação de processos de software que permite o gerenciamento de projetos de desenvolvimento distribuído

Ferramenta para instanciação de processos de software que permite o gerenciamento de projetos de desenvolvimento distribuído Ferramenta para instanciação de processos de software que permite o gerenciamento de projetos de desenvolvimento distribuído Ana Paula Chaves 1, Jocimara Segantini Ferranti 1, Alexandre L Erário 1, Rogério

Leia mais

UMA PROSTA DE ADEQUAÇÃO DO MS VISUAL STUDIO TEAM SYSTEM (VSTS) PARA O MPS.BR NÍVEIS F e G

UMA PROSTA DE ADEQUAÇÃO DO MS VISUAL STUDIO TEAM SYSTEM (VSTS) PARA O MPS.BR NÍVEIS F e G 1082 X Salão de Iniciação Científica PUCRS UMA PROSTA DE ADEQUAÇÃO DO MS VISUAL STUDIO TEAM SYSTEM (VSTS) PARA O MPS.BR NÍVEIS F e G Agner Macedo Paiva, Bernardo Copstein (orientador) FACIN, PUCRS, Centro

Leia mais

Um Estudo de Caso sobre a Alocação de Recursos Humanos entre Projetos de Diferentes Departamentos

Um Estudo de Caso sobre a Alocação de Recursos Humanos entre Projetos de Diferentes Departamentos Um Estudo de Caso sobre a Alocação de Recursos Humanos entre Projetos de Diferentes Departamentos Emanuel Ferreira Coutinho¹, Daniele de Oliveira Farias¹ {emanuel.coutinho, daniele.farias}@serpro.gov.br

Leia mais

Apoio à Decisão Gerencial na Alocação de Recursos Humanos em Projetos de Software Ahilton Silva Barreto ahilton@cos.ufrj.br

Apoio à Decisão Gerencial na Alocação de Recursos Humanos em Projetos de Software Ahilton Silva Barreto ahilton@cos.ufrj.br Apoio à Decisão Gerencial na Alocação de Recursos Humanos em Projetos de Software Ahilton Silva Barreto ahilton@cos.ufrj.br Orientadores: Márcio de Oliveira Barros e Cláudia Maria Lima Werner {marcio,

Leia mais

Um modelo para o gerenciamento de múltiplos projetos de software aderente ao CMMI

Um modelo para o gerenciamento de múltiplos projetos de software aderente ao CMMI Universidade Federal de Pernambuco Graduação em Ciência da Computação Centro de Informática Um modelo para o gerenciamento de múltiplos projetos de software aderente ao CMMI PROPOSTA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO

Leia mais

Usando Modelos Para Apoiar a Especificação e Verificação de Requisitos de Ubiquidade

Usando Modelos Para Apoiar a Especificação e Verificação de Requisitos de Ubiquidade Usando Modelos Para Apoiar a Especificação e Verificação de Requisitos de Ubiquidade Leonardo Mota, Jobson Massollar, Guilherme Horta Travassos Federal University of Rio de Janeiro/COPPE/PESC Caixa Postal

Leia mais

Gerência de Configuração em Ambientes de Desenvolvimento de Software Orientados a Organização

Gerência de Configuração em Ambientes de Desenvolvimento de Software Orientados a Organização Gerência de Configuração em Ambientes de Desenvolvimento de Software Orientados a Organização Sávio Figueiredo, Gleison Santos, Ana Regina Rocha COPPE UFRJ {savio, gleison, darocha}@cos.ufrj.br SBQS 2004

Leia mais

Estendendo a Estação TABA para a criação de Ambientes de Desenvolvimento de Software Orientados a Organização

Estendendo a Estação TABA para a criação de Ambientes de Desenvolvimento de Software Orientados a Organização Estendendo a Estação TABA para a criação de Ambientes de Desenvolvimento de Software Orientados a Organização Karina Villela 1,2, Gleison Santos 1, Cátia Gallota 1,3, Rodrigo Miranda 1,4, Roberta Negrão

Leia mais

Requisitos de Ferramentas de Apoio aos Processos de Medição de Software. Marco Aurélio Vilaça de Melo

Requisitos de Ferramentas de Apoio aos Processos de Medição de Software. Marco Aurélio Vilaça de Melo Requisitos de Ferramentas de Apoio aos Processos de Medição de Software Marco Aurélio Vilaça de Melo Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Belo Horizonte MG

Leia mais

ControlPro: Uma Ferramenta de Acompanhamento de Projetos Integrada a um Ambiente de Desenvolvimento de Software

ControlPro: Uma Ferramenta de Acompanhamento de Projetos Integrada a um Ambiente de Desenvolvimento de Software ControlPro: Uma Ferramenta de Acompanhamento de Projetos Integrada a um Ambiente de Desenvolvimento de Software Rodrigo Dal Moro, Julio Cesar Nardi, Ricardo de Almeida Falbo Departamento de Informática

Leia mais

Desenvolvimento de uma Técnica de Inspeção de Diagrama de Estados com apoio dos Diagramas de Atividades descrevendo os Casos de Uso do Software

Desenvolvimento de uma Técnica de Inspeção de Diagrama de Estados com apoio dos Diagramas de Atividades descrevendo os Casos de Uso do Software Desenvolvimento de uma Técnica de Inspeção de Diagrama de Estados com apoio dos Diagramas de Atividades descrevendo os Casos de Uso do Software Karen Miyuki Nakazato Guilherme Horta Travassos {kmn, ght}@cos.ufrj.br

Leia mais

Instituto de Computação, Universidade Federal do Amazonas (UFAM) Manaus-AM, Brasil

Instituto de Computação, Universidade Federal do Amazonas (UFAM) Manaus-AM, Brasil Elicitação de Requisitos a partir de Modelos de Processos de Negócio e Modelos Organizacionais: Uma pesquisa para definição de técnicas baseadas em heurísticas Marcos A. B. de Oliveira 1, Sérgio R. C.

Leia mais

Sistemas de Informação

Sistemas de Informação Sistemas de Informação Informação no contexto administrativo Graduação em Redes de Computadores Prof. Rodrigo W. Fonseca SENAC FACULDADEDETECNOLOGIA PELOTAS >SistemasdeInformação SENAC FACULDADEDETECNOLOGIA

Leia mais

Definição de Processo de Software através da Composição de Atributos de Casos Similares

Definição de Processo de Software através da Composição de Atributos de Casos Similares Definição de Processo de Software através da Composição de Atributos de Casos Similares Márcia Maria A. Brasil 1, Mariela Inês Cortés 1 1 Departamento de Estatística e Computação Universidade Estadual

Leia mais

Metodologia para Planejamento, Execução e Controle de Teste de Software. Roteiro

Metodologia para Planejamento, Execução e Controle de Teste de Software. Roteiro Metodologia para Planejamento, Execução e Controle de Teste de Software Arilo Claudio Dias Neto - acdn@cos.ufrj.br Gladys Machado P. S. Lima - gladysmp@cos.ufrj.br Guilherme Horta Travassos - ght@cos.ufrj.br

Leia mais

Uma Arquitetura de Linha de Produto Baseada em Componentes para Sistemas de Gerenciamento de Workflow

Uma Arquitetura de Linha de Produto Baseada em Componentes para Sistemas de Gerenciamento de Workflow Uma Arquitetura de Linha de Produto Baseada em Componentes para Sistemas de Gerenciamento de Workflow Itana M. S. Gimenes 1 itana@din.uem.br Fabrício R. Lazilha 2 fabricio@cesumar.br Edson A. O. Junior

Leia mais

Uma Abordagem para Condução de Iniciativas de Melhoria de Processos de Software

Uma Abordagem para Condução de Iniciativas de Melhoria de Processos de Software Uma Abordagem para Condução de Iniciativas de Melhoria de Processos de Software Mariano Montoni, Cristina Cerdeiral, David Zanetti, Ana Regina Rocha COPPE/UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro

Leia mais

Uma Abordagem para Medição e Análise em Projetos de Desenvolvimento de Software

Uma Abordagem para Medição e Análise em Projetos de Desenvolvimento de Software Uma Abordagem para Medição e Análise em Projetos de Desenvolvimento de Software Resumo Durante o processo de Medição e Análise é desenvolvida e implantada a capacidade de avaliação das medidas que servirão

Leia mais

Fatores que Influenciam na Migração do Processo de Melhoria de Software baseado em MPS para o CMMI nas Empresas Brasileiras

Fatores que Influenciam na Migração do Processo de Melhoria de Software baseado em MPS para o CMMI nas Empresas Brasileiras Fatores que Influenciam na Migração do Processo de Melhoria de Software baseado em MPS para o CMMI nas Empresas Brasileiras Rhavy Maia Guedes, Ellen Poliana Ramos Souza, Alexandre Lins de Vasconcelos.

Leia mais

Construção de Ambientes de Desenvolvimento de Software Orientados a Domínio na Estação TABA

Construção de Ambientes de Desenvolvimento de Software Orientados a Domínio na Estação TABA Construção de Ambientes de Desenvolvimento de Software Orientados a Domínio na Estação TABA Káthia M. Oliveira 1,2, Gleison Santos 1, Fábio Zlot 1, Gustavo Guedes 1, Alessandro Cerqueira 1, Catia Gallota

Leia mais

Implementando MPS BR nível F como preparação para certificação CMMi nível 3

Implementando MPS BR nível F como preparação para certificação CMMi nível 3 Implementando MPS BR nível F como preparação para certificação CMMi nível 3 Analia Irigoyen Ferreiro Ferreira 1, Roberta Cerqueira 1, Gleison Santos 2 1 BL Informática Ltda. Av. Visconde do Rio Branco

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010 / 2011

Leia mais

Pós-graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI

Pós-graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Pós-graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Planejamento do Gerenciamento das Comunicações (10) e das Partes Interessadas (13) 2 Gerente Sênior de Projetos e Processos, 18 anos de experiência

Leia mais

SOUZA, GLEISON DOS SANTOS Ambientes de Engenharia de Software Orientados a Corporação [Rio de Janeiro] 2008 XIX, 319 p. 29,7 cm (COPPE/UFRJ, D.Sc.

SOUZA, GLEISON DOS SANTOS Ambientes de Engenharia de Software Orientados a Corporação [Rio de Janeiro] 2008 XIX, 319 p. 29,7 cm (COPPE/UFRJ, D.Sc. SOUZA, GLEISON DOS SANTOS Ambientes de Engenharia de Software Orientados a Corporação [Rio de Janeiro] 2008 I, 319 p. 29,7 cm (COPPE/UFRJ, D.Sc., Engenharia de Sistemas e Computação, 2008) Tese - Universidade

Leia mais

Definição de Ontologia para Identificação de Riscos de Projetos de Software. Definition of Ontology for Software Projects Risk Identification

Definição de Ontologia para Identificação de Riscos de Projetos de Software. Definition of Ontology for Software Projects Risk Identification SEMINÁRIO DE PESQUISA EM ONTOLOGIA NO BRASIL 11 E 12 de Julho Universidade Federal Fluminense Departamento de Ciência da Informação Niterói Rio de Janeiro Brasil Definição de Ontologia para Identificação

Leia mais

Como ter sucesso no desenvolvimento e suporte de nuvens híbridas

Como ter sucesso no desenvolvimento e suporte de nuvens híbridas BOLETIM INFORMATIVO Como ter sucesso no desenvolvimento e suporte de nuvens híbridas Oferecido por: HP Gard Little Julho de 2014 Elaina Stergiades OPINIÃO DA IDC Ao planejar a adoção de novas tecnologias

Leia mais

Requisitos de Ferramentas Especializadas de Gestão de Configuração de Software

Requisitos de Ferramentas Especializadas de Gestão de Configuração de Software Requisitos de Ferramentas Especializadas de Gestão de Configuração de Software Ricardo Terra 1 1 Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Campus da Pampulha 31.270-010

Leia mais

Renata Miranda Pires Boente

Renata Miranda Pires Boente Uso do Modelo Qualitativo de Análise de Risco (Karolak) na Gestão de Projetos de TI: Um estudo de caso na Justiça Federal de Primeiro Grau Seção Judiciária do Rio de Janeiro Renata Miranda Pires Boente

Leia mais

M O D E L O E U R O P E U D E

M O D E L O E U R O P E U D E M O D E L O E U R O P E U D E C U R R I C U L U M V I T A E INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Morada MANUEL DIAS FERREIRA LIMA, RUI 50, Rua José Maria Rodrigues, 4710-080 BRAGA, Gualtar, PORTUGAL Telefone +351 939741239

Leia mais

A Experiência na Implantação do Processo de Gerência de Reutilização no Laboratório de Engenharia de Software da COPPE/UFRJ

A Experiência na Implantação do Processo de Gerência de Reutilização no Laboratório de Engenharia de Software da COPPE/UFRJ A Experiência na Implantação do Processo de Gerência de Reutilização no Laboratório de Engenharia de Software da COPPE/UFRJ Reinaldo C. Silva Filho 1, Anne Elise Katsurayama 1, Gleison Santos 1, Leonardo

Leia mais

Fasci-Tech SISTEMA ERP: FATORES CRÍTICOS PARA O SUCESSO DE UMA IMPLANTAÇÃO

Fasci-Tech SISTEMA ERP: FATORES CRÍTICOS PARA O SUCESSO DE UMA IMPLANTAÇÃO SISTEMA ERP: FATORES CRÍTICOS PARA O SUCESSO DE UMA IMPLANTAÇÃO Jorge Luiz Maria Junior 1 Profa. MSc. Rosangela Kronig 2 Resumo Através dos sistemas de informação, as organizações mundiais buscam práticas

Leia mais

XIII Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação - XIII ENANCIB 2012 GT 11: Informação e Saúde

XIII Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação - XIII ENANCIB 2012 GT 11: Informação e Saúde XIII Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação - XIII ENANCIB 2012 GT 11: Informação e Saúde CRIAÇÃO DE UM MODELO DE INTERFACE EXTENSÍVEL PARA SISTEMAS DE REGISTRO ELETRÔNICO DE SAÚDE Modalidade

Leia mais

Colaboração Universidade-Empresa: fatores de sucesso e lições aprendidas

Colaboração Universidade-Empresa: fatores de sucesso e lições aprendidas Colaboração Universidade-Empresa: fatores de sucesso e lições aprendidas Ana Regina Rocha Ana Regina Rocha COPPE/UFRJ Instituição Avaliadora MPS Implementum Instituição Implementadora MPS Implementum Tripla

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE COOPERAÇÃO ACADÊMICA-PROCAD NOVAS FRONTEIRAS EDITAL PROCAD NF 21/2009 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO DE PROJETO

PROGRAMA NACIONAL DE COOPERAÇÃO ACADÊMICA-PROCAD NOVAS FRONTEIRAS EDITAL PROCAD NF 21/2009 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO DE PROJETO 1/20 FUNDAÇÃO CAPES DIRETORIA DE PROGRAMAS E BOLSAS NO PAÍS COORDENAÇÃO GERAL DE PROGRAMAS ESTRATÉGICOS/CGPE COORDENAÇÃO DE PROGRAMAS ESPECIAIS/CPE PROGRAMA NACIONAL DE COOPERAÇÃO ACADÊMICA-PROCAD NOVAS

Leia mais

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO PARA ELABORAÇÃO DE PLANOS GERAIS DE PROJETOS DE SISTEMAS OU APLICATIVOS

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO PARA ELABORAÇÃO DE PLANOS GERAIS DE PROJETOS DE SISTEMAS OU APLICATIVOS INSTRUÇÃO DE SERVIÇO PARA ELABORAÇÃO DE PLANOS GERAIS DE PROJETOS DE SISTEMAS OU APLICATIVOS IS-CGMI-02/2005 Aprovada pela Portaria nº 1494 de 22/11/2005 Histórico de Versões Data Versão Descrição Autor

Leia mais

Ambiente de workflow para controle de métricas no processo de desenvolvimento de software

Ambiente de workflow para controle de métricas no processo de desenvolvimento de software Ambiente de workflow para controle de métricas no processo de desenvolvimento de software Gustavo Zanini Kantorski, Marcelo Lopes Kroth Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) 97100-000 Santa Maria

Leia mais

Mobile Learning para apoio ao ensino de Lógica Proposicional

Mobile Learning para apoio ao ensino de Lógica Proposicional Mobile Learning para apoio ao ensino de Lógica Proposicional Andrew Rabelo Ruiz 1 Programa de Iniciação Científica Graduação em Ciência da Computação 1 Faculdade Campo Limpo Paulista (FACCAMP) Rua Guatemala,

Leia mais

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012 Universidade do Minho Escola de Engenharia UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13 11 de outubro 2012 1 2 2 courses offered in the first semestre: Métodos de Investigação em Engenharia

Leia mais

Um Framework de Engenharia de Requisitos para Desenvolvimento de Produtos de Software

Um Framework de Engenharia de Requisitos para Desenvolvimento de Produtos de Software Um Framework de Engenharia de Requisitos para Desenvolvimento de Produtos de Software Carina Alves Centro de Informática Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) Caixa Postal 50732-970 Recife PE Brazil

Leia mais

Fasci-Tech MAPEAMENTO DOS PROCESSOS DE NEGÓCIO PARA DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO

Fasci-Tech MAPEAMENTO DOS PROCESSOS DE NEGÓCIO PARA DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO MAPEAMENTO DOS PROCESSOS DE NEGÓCIO PARA DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO Resumo: Carlos Alberto dos Santos 1 Profa. MSc. Rosangela Kronig 2 Abstract: Num ambiente globalizado e em constante

Leia mais

Dojo: Uma proposta de ensino e treinamento para o uso de Softwares Livres

Dojo: Uma proposta de ensino e treinamento para o uso de Softwares Livres 10 o ENEDS Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 10, 11, 12 e 13 de setembro de 2013 Dojo: Uma proposta de ensino e treinamento para o uso de Softwares Livres Área Temática: Tecnologias da Informação e Comunicação

Leia mais

agility made possible

agility made possible RESUMO DA SOLUÇÃO Utilitário ConfigXpress no CA IdentityMinder a minha solução de gerenciamento de identidades pode se adaptar rapidamente aos requisitos e processos de negócio em constante mudança? agility

Leia mais

Utilização de Modelos Paramétricos, Analogias, Julgamento de Especialistas e Conhecimento Organizacional no Planejamento de Tempo e Custos de Projetos

Utilização de Modelos Paramétricos, Analogias, Julgamento de Especialistas e Conhecimento Organizacional no Planejamento de Tempo e Custos de Projetos See discussions, stats, and author profiles for this publication at: http://www.researchgate.net/publication/235746216 Utilização de Modelos Paramétricos, Analogias, Julgamento de Especialistas e Conhecimento

Leia mais

Desenvolvendo um Ambiente de Aprendizagem a Distância Utilizando Software Livre

Desenvolvendo um Ambiente de Aprendizagem a Distância Utilizando Software Livre Desenvolvendo um Ambiente de Aprendizagem a Distância Utilizando Software Livre Fabrício Viero de Araújo, Gilse A. Morgental Falkembach Programa de Pós-graduação em Engenharia de Produção - PPGEP Universidade

Leia mais

SAP Day Online Especial Coca-Cola. Agosto, 2012

SAP Day Online Especial Coca-Cola. Agosto, 2012 SAP Day Online Especial Coca-Cola Agosto, 2012 SAP & Coca-Cola Estratégia de educação e aprendizagem corporativa Daniel Leite e Rafaela Reis Educação A continuidade do desenvolvimento do aprendizado é

Leia mais

SWEBOK. Guide to the Software Engineering Body Of Knowledge. Teresa Maciel tmmaciel@gmail.com DEINFO/UFRPE

SWEBOK. Guide to the Software Engineering Body Of Knowledge. Teresa Maciel tmmaciel@gmail.com DEINFO/UFRPE SWEBOK Guide to the Engineering Body Of Knowledge Teresa Maciel tmmaciel@gmail.com DEINFO/UFRPE 1 Iniciativa do IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers) Computer Society. (www.ieee.org)

Leia mais

METODOLOGIA PARA PROJETO DE INTERFACES E EQUIPAMENTOS NUCLEARES COM ABORDAGEM CENTRADA NOS USUÁRIOS E NA SUA ATIVIDADE

METODOLOGIA PARA PROJETO DE INTERFACES E EQUIPAMENTOS NUCLEARES COM ABORDAGEM CENTRADA NOS USUÁRIOS E NA SUA ATIVIDADE 6 Disponibilizado no endereço http://www.acaoergonomica.ergonomia.ufrj.br Ação Ergonômica vol 3 nº. 1 (2007) pp. 01-06 METODOLOGIA PARA PROJETO DE INTERFACES E EQUIPAMENTOS NUCLEARES COM ABORDAGEM CENTRADA

Leia mais

Usando o PRINCE2 TM como base para todos os Projetos Dezembro/ 2009

Usando o PRINCE2 TM como base para todos os Projetos Dezembro/ 2009 Usando o PRINCE2 TM como base para todos os Projetos Dezembro/ 2009 Usando o PRINCE2 TM como base para todos os Projetos Diferença entre projetos e operação O que uma organização procura em uma metodologia

Leia mais

PRINCE2 FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING SOLUTIONS WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE

PRINCE2 FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING SOLUTIONS WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE PYLCROW Portugal LISBOA Email: info.pt@pylcrow.com Telefone: +351 21 247 46 00 http://www.pylcrow.com/portugal WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING

Leia mais

Controle de métricas no processo de desenvolvimento de software através de uma ferramenta de workflow

Controle de métricas no processo de desenvolvimento de software através de uma ferramenta de workflow Controle de métricas no processo de desenvolvimento de software através de uma ferramenta de workflow Gustavo Zanini Kantorski, Marcelo Lopes Kroth Centro de Processamento de Dados Universidade Federal

Leia mais

GTI Governança de TI

GTI Governança de TI GTI Governança de TI Modelos de Melhores Práticas e o Modelo de Governança de TI Governança de TI FERNANDES & ABREU, cap. 4 1 COBIT Control Objectives for Information and Related Technology. Abrangente

Leia mais

Seleção de Técnicas de Teste Baseado em Modelos

Seleção de Técnicas de Teste Baseado em Modelos Seleção de Técnicas de Teste Baseado em Modelos Autor: Arilo Claudio Dias Neto 1 {ariloclaudio@gmail.com} Programa: Programa de Engenharia de Sistemas e Computação COPPE/UFRJ Data da defesa: 23 de Novembro

Leia mais

CURRICULUM - VITAE FERNANDO WAGNER SERPA VIEIRA DA SILVA

CURRICULUM - VITAE FERNANDO WAGNER SERPA VIEIRA DA SILVA CURRICULUM - VITAE FERNANDO WAGNER SERPA VIEIRA DA SILVA DADOS PESSOAIS Fernando Wagner Serpa Vieira da Silva Nascimento: 1 de novembro de 1972 Filiação: Luiz Fernando Coda Vieira da Silva e Leila Maria

Leia mais

A Maturidade Organizacional em Gerenciamento de Projetos (OPM3 ) de Informática em Saúde

A Maturidade Organizacional em Gerenciamento de Projetos (OPM3 ) de Informática em Saúde A Maturidade Organizacional em Gerenciamento de Projetos (OPM3 ) de Informática em Saúde Luis Augusto dos Santos 1, Heimar de Fátima Marin 2 1 Engenheiro Eletricista, membro do NIEn e pós-graduando pela

Leia mais

Uma Abordagem para a Avaliação de Processos de Desenvolvimento de Software Baseada em Risco e Conformidade

Uma Abordagem para a Avaliação de Processos de Desenvolvimento de Software Baseada em Risco e Conformidade Rafael de Souza Lima Espinha Uma Abordagem para a Avaliação de Processos de Desenvolvimento de Software Baseada em Risco e Conformidade Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial

Leia mais

Modelo de Referência para Melhoria de Processo de Software: uma abordagem brasileira

Modelo de Referência para Melhoria de Processo de Software: uma abordagem brasileira Modelo de Referência para Melhoria de Processo de Software: uma abordagem brasileira Kival C. Weber 1, Ana Regina Rocha 2, Ângela Alves 3, Arnaldo M. Ayala 1, Austregésilo Gonçalves 4, Benito Paret 5,

Leia mais

OS PAPÉIS DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO CORPORATIVA

OS PAPÉIS DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO CORPORATIVA OS PAPÉIS DO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO CORPORATIVA Prof a. Marisa Eboli FIA/PROGEP Fórum Desenvolvendo o Gestor de Educação Corporativa" São Paulo, 15 de abril de 2014 Educação corporativa é um sistema

Leia mais

Uma Implementação do Processo de Garantia da Qualidade usando a Spider-QA, a Spider-CL e o Mantis

Uma Implementação do Processo de Garantia da Qualidade usando a Spider-QA, a Spider-CL e o Mantis Uma Implementação do Processo de Garantia da Qualidade usando a Spider-QA, a Spider-CL e o Mantis Rodrigo Araujo Barbalho 1, Marília Paulo Teles 2, Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira 1,2 1 Faculdade de Computação

Leia mais

Comparativo entre Projetos de Infraestrutura Computacional Pervasiva para Ambientes Clínicos

Comparativo entre Projetos de Infraestrutura Computacional Pervasiva para Ambientes Clínicos Comparativo entre Projetos de Infraestrutura Computacional Pervasiva para Ambientes Clínicos Marcelo Lopes Kroth 1, Iara Augustin 2 1, 2 Grupo de Sistemas de Computação Móvel (GMob), Universidade Federal

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação I

Administração de Sistemas de Informação I Administração de Sistemas de Informação I Prof. Farinha Aula 04 Conceito Sistema de Informação é uma série de elementos ou componentes inter-relacionados que coletam (entrada), manipulam e armazenam (processo),

Leia mais

Candidatura para Vice-Presidência de Parcerias/PMISC Gestão 2014/2015

Candidatura para Vice-Presidência de Parcerias/PMISC Gestão 2014/2015 Candidatura para Vice-Presidência de Parcerias/PMISC Gestão 2014/2015 Nome: Everton Michels ID PMI: 126.40.91 CV Qualificações Certificado PMP, CSM, Coach, ITIL-PPO, ITIL-f, MCTS 10 anos de experiência

Leia mais

III Workshop INLAND UFV - 2010

III Workshop INLAND UFV - 2010 III Workshop INLAND UFV - 2010 Desenvolvimento de software para pesquisa e desenvolvimento: desafios e possiveis soluções Prof. José Luis Braga Departamento de Informática - UFV Contexto Sistemas Organizacionais

Leia mais

6 Referências Bibliográficas

6 Referências Bibliográficas 58 6 Referências Bibliográficas [Boehm, 1989] Boehm, B. W. Software Risk Management. Disponível em: http://portal.acm.org/citation.cfm?id=107446 Acesso em: 15 de maio de 2007. [Brooks, 87] Brooks, F. Essence

Leia mais

CMMI Conceitos básicos. CMMI Representações contínua e por estágios. Professor Gledson Pompeu (gledson.pompeu@gmail.com)

CMMI Conceitos básicos. CMMI Representações contínua e por estágios. Professor Gledson Pompeu (gledson.pompeu@gmail.com) CMMI Conceitos básicos 113 CMMI integra as disciplinas de engenharia de sistemas e de engenharia de software em um único framework de melhoria de processos. 114 No tocante às disciplinas de engenharia

Leia mais

Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE. Recursos e Cronograma

Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE. Recursos e Cronograma Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE Recursos e Cronograma Prof. Claudinei Dias email: prof.claudinei.dias@gmail.com Roteiro Introdução; Recursos; Pessoal; Software; Hardware; Outros recursos;

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO DE PROJETOS E INVESTIMENTOS CONSULTORIA

GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO DE PROJETOS E INVESTIMENTOS CONSULTORIA GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO DE PROJETOS E INVESTIMENTOS CONSULTORIA SOBRE A CONSULTORIA Como realizar inúmeros projetos potenciais com recursos limitados? Nós lhe mostraremos a solução para este e outros

Leia mais

Uma Implementação do Processo de Medição usando a Spider-MPlan

Uma Implementação do Processo de Medição usando a Spider-MPlan Uma Implementação do Processo de Medição usando a Spider-MPlan Simone Nayara Costa Carneiro 1, Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira 1 1 Faculdade de Computação Instituto de Ciências Exatas e Naturais Universidade

Leia mais

Frameworks. Pasteur Ottoni de Miranda Junior

Frameworks. Pasteur Ottoni de Miranda Junior Frameworks Pasteur Ottoni de Miranda Junior 1-Definição Apesar do avanço das técnicas de desenvolvimento de software, a construção de software ainda é um processo extremamente complexo.a reutilização tem

Leia mais

Experiência na Implantação do Processo GRU no LENS/COPPE/UFRJ

Experiência na Implantação do Processo GRU no LENS/COPPE/UFRJ Experiência na Implantação do Processo GRU no LENS/COPPE/UFRJ Reinaldo C. Silva Filho, Anne Elise Katsurayama, Gleison Santos, Leonardo Murta, Ana Regina Rocha. cabral@cos.ufrj.br Roteiro Motivação para

Leia mais

UM AMBIENTE ABERTO DE ENSINO À DISTÂNCIA PELA INTERNET

UM AMBIENTE ABERTO DE ENSINO À DISTÂNCIA PELA INTERNET RESUMO UM AMBIENTE ABERTO DE ENSINO À DISTÂNCIA PELA INTERNET Paulo Roberto de Castro Villela Agrosoft - Softex / Universidade Federal de Juiz de Fora Caixa Postal 20.037, Juiz de Fora MG, 36.016-970 Telefone:

Leia mais

Ontologia de Domínio da Biodisponibilidade de Ferro: Uma Experiência no Projeto Nutri-Fuzzy-Orixás

Ontologia de Domínio da Biodisponibilidade de Ferro: Uma Experiência no Projeto Nutri-Fuzzy-Orixás Ontologia de Domínio da Biodisponibilidade de Ferro: Uma Experiência no Projeto Nutri-Fuzzy-Orixás Alessandra Brito F. Oliveira 1; Vera Maria Benjamim Werneck 1 ; Regina Serrão Lanzillotti 1 ; Haydée Serrão

Leia mais

Um Simulador para Avaliação da Antecipação de Tarefas em Sistemas Gerenciadores de Workflow

Um Simulador para Avaliação da Antecipação de Tarefas em Sistemas Gerenciadores de Workflow Um Simulador para Avaliação da Antecipação de Tarefas em Sistemas Gerenciadores de Workflow Resumo. A fim de flexibilizar o fluxo de controle e o fluxo de dados em Sistemas Gerenciadores de Workflow (SGWf),

Leia mais

Análise da Implantação de um Sistema de Execução da Manufatura

Análise da Implantação de um Sistema de Execução da Manufatura Análise da Implantação de um Sistema de Execução da Manufatura Helder Carlo Belan (UEL) hcbelan@gmail.com Jandira Guenka Palma (UEL) jgpalma@uel.br Rafael Henrique Palma Lima (EESC/USP) rhlima@sc.usp.br

Leia mais

Critérios para Apoiar a Decisão Sobre o Momento de Parada dos Testes de Software

Critérios para Apoiar a Decisão Sobre o Momento de Parada dos Testes de Software Critérios para Apoiar a Decisão Sobre o Momento de Parada dos Testes de Software Victor Vidigal Ribeiro Guilherme Horta Travassos {vidigal, ght}@cos.ufrj.br Agenda Introdução Resultados da revisão Corpo

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTO ECOSYS EPC. Soluções para controle de custos de todo o ciclo de vida de projetos

CATÁLOGO DE PRODUTO ECOSYS EPC. Soluções para controle de custos de todo o ciclo de vida de projetos CATÁLOGO DE PRODUTO ECOSYS EPC Soluções para controle de custos de todo o ciclo de vida de projetos ECOSYS EPC EcoSys EPC é uma solução de softwares de última geração para planejamento e controle de custos,

Leia mais

Estabelecendo um Escritório de Projetos

Estabelecendo um Escritório de Projetos Estabelecendo um Escritório de Projetos Ricardo Viana Vargas, MSc, IPMA-B, PMP ricardo.vargas@macrosolutions.com.br Ricardo Viana Vargas, MSc, IPMA-B, PMP Ricardo Vargas é especialista em gerenciamento

Leia mais

A Experiência de Melhoria do Processo do Instituto Atlântico Baseado no SW-CMM nível 2

A Experiência de Melhoria do Processo do Instituto Atlântico Baseado no SW-CMM nível 2 A Experiência de Melhoria do Processo do Instituto Atlântico Baseado no SW-CMM nível 2 Carlos Giovano Pires, Fabiana Marinho, Gabriela Telles, Arnaldo Belchior * Instituto Atlântico, Rua Chico Lemos, 946,

Leia mais

Projeto de Domínio baseado em Ontologias na Engenharia de Domínio Multiagente

Projeto de Domínio baseado em Ontologias na Engenharia de Domínio Multiagente s Projeto de Domínio baseado em Ontologias na Engenharia de Domínio Multiagente Steferson Ferreira, Rosário Girardi e Carla Faria Resumo O projeto de domínio, uma das fases do processo da Engenharia de

Leia mais

Expandindo uma Arquitetura para HPC em Nuvens Computacionais Utilizando Conceitos de Computação

Expandindo uma Arquitetura para HPC em Nuvens Computacionais Utilizando Conceitos de Computação Expandindo uma Arquitetura para HPC em Nuvens Computacionais Utilizando Conceitos de Computação Autonômica Emanuel F. Coutinho 1, Gabriel A. L. Paillard 1 Leonardo O. Moreira 1, Ernesto Trajano de Lima

Leia mais

Projeto SIAC 2.0: Uma aplicação do framework Demoiselle para o desenvolvimento de Sistema de Informações Acadêmicas da UFBA (SIAC)

Projeto SIAC 2.0: Uma aplicação do framework Demoiselle para o desenvolvimento de Sistema de Informações Acadêmicas da UFBA (SIAC) Projeto SIAC 2.0: Uma aplicação do framework Demoiselle para o desenvolvimento de Sistema de Informações Acadêmicas da UFBA (SIAC) André Luís Monteiro P. dos Santos 1, Fernando Cezar Borges 1, Leandro

Leia mais

CAPITULO 4 A ARQUITETURA LÓGICA PARA O AMBIENTE

CAPITULO 4 A ARQUITETURA LÓGICA PARA O AMBIENTE CAPITULO 4 A ARQUITETURA LÓGICA PARA O AMBIENTE A proposta para o ambiente apresentada neste trabalho é baseada no conjunto de requisitos levantados no capítulo anterior. Este levantamento, sugere uma

Leia mais

Fatores de Sucesso e Dificuldades na Implementação de Processos de Software Utilizando o MR-MPS MPS e o CMMI

Fatores de Sucesso e Dificuldades na Implementação de Processos de Software Utilizando o MR-MPS MPS e o CMMI Fatores de Sucesso e Dificuldades na Implementação de Processos de Software Utilizando o MR-MPS MPS e o CMMI Ana Regina Rocha, Mariano Montoni, Gleison Santos, Kathia Oliveira 2, Ana Cândida Natali, Paula

Leia mais

Uma Ferramenta para Recuperação de Modelos de Processo de Software Reutilizáveis

Uma Ferramenta para Recuperação de Modelos de Processo de Software Reutilizáveis Uma Ferramenta para Recuperação de Modelos de Processo de Software Reutilizáveis Ernani de O. Sales #, Salomão F. de Freitas #, *, Rodrigo Quites Reis #, * # Laboratório de Engenharia de Software *Programa

Leia mais

29/05/2012. Gestão de Projetos. Luciano Gonçalves de Carvalho FATEC. Agenda. Gerenciamento de Integração do Projeto Exercícios Referências FATEC

29/05/2012. Gestão de Projetos. Luciano Gonçalves de Carvalho FATEC. Agenda. Gerenciamento de Integração do Projeto Exercícios Referências FATEC Gestão de Projetos 1 Agenda Gerenciamento de Integração do Projeto Exercícios Referências 2 1 GERENCIAMENTO DA INTEGRAÇÃO DO PROJETO 3 Gerenciamento da Integração do Projeto Fonte: EPRoj@JrM 4 2 Gerenciamento

Leia mais

O papel da Economia Digital na Dinamização do Interior. Carlos J. Costa carlos.costa@iscte.pt http://carlosjcosta.wordpress.com

O papel da Economia Digital na Dinamização do Interior. Carlos J. Costa carlos.costa@iscte.pt http://carlosjcosta.wordpress.com O papel da Economia Digital na Dinamização do Interior Carlos J. Costa carlos.costa@iscte.pt http://carlosjcosta.wordpress.com Índice Economia Digital Economia Digital Impactos Economia Open Source - Impactos

Leia mais

Cloud Computing. Provendo valor ao negócio através da Gerência de Serviços Automatizada. Gerson Sakamoto gsakamoto@br.ibm.com

Cloud Computing. Provendo valor ao negócio através da Gerência de Serviços Automatizada. Gerson Sakamoto gsakamoto@br.ibm.com Cloud Computing Provendo valor ao negócio através da Gerência de Serviços Automatizada Gerson Sakamoto gsakamoto@br.ibm.com 1 Definição de Computação em Nuvem Computação em Nuvem é um novo modelo de aquisição

Leia mais

IBM Software Demos WebSphere Portal Composite Application Workflow

IBM Software Demos WebSphere Portal Composite Application Workflow Introdução: mostrar tela de logon com stock ticker em execução} O IBM WebSphere Portal inclui um Composite Application Workflow Builder. Essa ferramenta permite criar aplicativos de fluxo de trabalho baseados

Leia mais

Um Mapeamento Sistemático da Pesquisa sobre a Influência da Personalidade na Engenharia de Software

Um Mapeamento Sistemático da Pesquisa sobre a Influência da Personalidade na Engenharia de Software 1 1 2 Um Mapeamento Sistemático da Pesquisa sobre a Influência da Personalidade na Engenharia de Software Shirley Jacinto (ssj@cin.ufpe.br) Orientador: Fabio Q. B. da Silva (fabio@cin.ufpe.br) Questões

Leia mais

ECOSSISTEMAS DE SOFTWARE

ECOSSISTEMAS DE SOFTWARE ECOSSISTEMAS DE SOFTWARE MODELOS E REUTILIZAÇÃO EM ECOSSISTEMAS DE SOFTWARE Alunos: Felyppe Rodrigues da Silva (Mestrado) Gabriella Castro Barbosa Costa (Doutorado) Professor: Toacy Cavalcante de Oliveira

Leia mais

Processos de Software

Processos de Software Processos de Software Prof. Sandro Bezerra (srbo@ufpa.br) Adaptado a partir de slides produzidos pelo Prof. Dr. Alexandre Vasconcelos 1/27 Processo Ação regular e contínua (ou sucessão de ações) realizada

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA ANÁLISE DE AGENTES CLASSIFICADORES PARA CATEGORIZAÇÃO AUTOMÁTICA DE DOCUMENTOS DIGITAIS PROPOSTA DE TRABALHO

Leia mais

ESTRUTURAÇÃO DOS PROCESSOS DE COMUNICAÇÃO EM PROJETOS, PROGRAMAS E PORTFÓLIOS CONSULTORIA

ESTRUTURAÇÃO DOS PROCESSOS DE COMUNICAÇÃO EM PROJETOS, PROGRAMAS E PORTFÓLIOS CONSULTORIA ESTRUTURAÇÃO DOS PROCESSOS DE COMUNICAÇÃO EM PROJETOS, PROGRAMAS E PORTFÓLIOS CONSULTORIA SOBRE A CONSULTORIA Assegure melhores resultados em seus projetos com uma estrutura de comunicação simples, efetiva,

Leia mais

ESTUDO DE ADERÊNCIA DA IMPLANTAÇÃO DE UM PROGRAMA DE MELHORIA CONTÍNUA ÀS PRÁTICAS DE GERENCIAMENTO DE PROJETO

ESTUDO DE ADERÊNCIA DA IMPLANTAÇÃO DE UM PROGRAMA DE MELHORIA CONTÍNUA ÀS PRÁTICAS DE GERENCIAMENTO DE PROJETO ESTUDO DE ADERÊNCIA DA IMPLANTAÇÃO DE UM PROGRAMA DE MELHORIA CONTÍNUA ÀS PRÁTICAS DE GERENCIAMENTO DE PROJETO Valdir Furlan Junior 1 (valdirfurlanjr@gmail.com) Álvaro Azevedo Cardoso 1 (azevedo@unitau.br)

Leia mais

O que acontece antes do projeto começar?

O que acontece antes do projeto começar? O que acontece antes do projeto começar? Selecionar o projeto com base no alinhamento estratégico e retorno para o negócio Identificar necessidades do negócio e oportunidades que serão atendidas pelo projeto

Leia mais