Comunicado CETIP n 102/05 15 de setembro de 2005

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Comunicado CETIP n 102/05 15 de setembro de 2005"

Transcrição

1 Comunicado CETIP n 102/05 15 de setembro de 2005 Assunto:Arquivo de Movimento do Termo de Moedas. A CETIP Câmara de Custódia e Liquidação comunica que, a partir de 14/10/2005, irá alterar o layout do arquivo TERMO_DMOVIMENTO, conforme anexo, para contemplar duas novas informações: identificação do código de operação e do código da situação da operação. Esclarecimentos adicionais poderão ser obtidos com a Área de Apoio Operacional através dos telefones (11) e (21) Antonio Carlos F. Teixeira Superintendente Geral Anexo: 2/7

2 Anexo do Comunicado Cetip nº 102/05 fl.01 Termo de Moedas Nome do Arquivo DMOVIMENTO - Termo de Moedas Tamanho do Registro 660 caracteres Campo Formato Posição Descrição/Conteúdo Data da Operação 9 ( 08 ) 1 8 Data de criação da operação. Formato: AAAAMMDD Separador X ( 01 ) 9 9 Ponto e vírgula (;). Código da Parte 9 ( 08 ) Código CETIP do participante que representa a parte do lançamento. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Nome da Parte X ( 40 ) Nome do participante Parte. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Contrato X ( 09 ) Código do contrato. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Número de Controle X ( 10 ) Texto livre de uso do participante em seu lançamento. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Tipo da Operação X ( 30 ) Tipo da operação. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Código do Tipo da Operação 9 ( 03 ) Código numérico do tipo da Operação. Veja tabela em anexo. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;) Código da Contraparte 9 ( 08 ) Código CETIP do participante que representa a contraparte do lançamento. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Nome da Contraparte X ( 40 ) Nome do participante Contraparte. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Data de Início de Vigência 9 ( 08 ) Data de início da vigência do contrato. Formato: AAAAMMDD Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Data de Vencimento 9 ( 08 ) Data de vencimento do contrato. Formato: AAAAMMDD Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Valor Financeiro X ( 19 ) Valor Financeiro da Operação. Editado com sinal e vírgula decimal. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Operação Original X ( 09 ) Numero da Operação original quando se tratar de estorno. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Código Sisbacen da Moeda 9 ( 04 ) Código Sisbacen da Moeda do contrato. Veja tabela. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;).

3 (Continua) Anexo do Comunicado Cetip nº 102/05 fl.02 Campo Formato Posição Descrição/Conteúdo Símbolo da Moeda X ( 03) Símbolo da Moeda do contrato. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Valor Base no Registro X ( 19 ) Valor Base no Registro do contrato, na moeda do contrato. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Valor Base atual X ( 19 ) Valor Base atualizado em Reais Não será calculado para contratos registrados com Cross-Rate, Feeder ou Spot. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Taxa Forward X ( 13 ) Taxa Forward no Registro. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Posição do Participante 9 ( 02 ) Código do Papel do Participante: 0=Comprador ; 1=Vendedor ; 2=Devedor ; 3=Credor Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Descrição da posição do X ( 20 ) Participante Descritivo do Papel do Participante: COMPRADOR ; VENDEDOR ; DEVEDOR ; CREDOR Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Cross-Rate X ( 03 ) Seleção de Cross-rate: SIM ou NAO Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Tipo do Contrato X ( 20 ) Tipo do contrato relacionado com a fonte de consulta para a cotação do contrato: SISBACEN ; FEEDER ; SPOT OU SISBACEN/FEEDER Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Código do Boletim 9 ( 01 ) Código do Boletim utilizado para atualizar a cotação do contrato. 0=11h ; 1=12h ; 2=15:30h ; 3=18h Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Horário do Boletim X ( 05 ) Horário do Boletim utilizado para atualizar a cotação do contrato. (HH:MM) Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Código da Cotação 9 ( 01 ) Dia utilizado em relação ao vencimento para obter a taxa para avaliação do contrato: 0=D-0 ; 1=D-1 ; 2=D-2 Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). (Continua)

4 Anexo do Comunicado Cetip nº 102/05 fl.03 Campo Formato Posição Descrição/Conteúdo Nome do Feeder X ( 40) Nome do Feeder se for o caso de contrato feeder. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Tela Função Consulta X ( 20 ) Nome da função de consulta ou código da tela disponibilizada pelo Feeder,que será utilizada pelos participantes para obtenção da cotação. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Praça de Negociação X ( 20 ) Local de negociação da moeda de referência. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Horário da Consulta X ( 20 ) Horário da consulta no Feeder no caso de contrato feeder. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Tipo de Cotação X ( 06 ) Tipo de cotação da moeda de referência utilizada em contratos Feeder, Spot e Sisbacen/Feeder: COMPRA ; VENDA ou MEDIA Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Tipo de Paridade X ( 06 ) Tipo de taxa de Paridade (se o contrato tiver paridade): COMPRA ; VENDA ; MEDIA ou NENHUM Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Data de Avaliação X ( 08 ) Data de avaliação do contrato se houver. Formato: AAAAMMDD Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Valor Antecipado X ( 19 ) Valor antecipado, na moeda do contrato. Editado com vírgula. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Taxa de Reversão X ( 13 ) Taxa da cotação de Referência para antecipação. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Cotação de Referência X ( 13 ) Taxa da cotação de Referência para atualização de taxas. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Taxa de Paridade X ( 13 ) Taxa de Paridade (se o contrato tiver paridade). Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). (Continua)

5 Anexo do Comunicado Cetip nº 102/05 fl.04 Campo Formato Posição Descrição/Conteúdo Comissão X ( 13 ) Taxa de comissão caso exista intermediação. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Momento do Pagamento X ( 06 ) Momento do pagamento da intermediação. INICIO. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Código do Cedente X ( 08 ) Código CETIP do participante cedente no caso do contrato ter sido cedido. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Código do Adquirente X ( 08 ) Código CETIP do participante adquirente no caso do contrato ter sido cedido. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Código do Anuente X ( 08 ) Código CETIP do participante anuente no caso do contrato ter sido cedido. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Modalidade de Liquidação X ( 35 ) Tipo da modalidade de liquidação da operação: SEM MODALIDADE DE LIQUIDACAO ; BRUTA ; BILATERAL Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Código do Liquidante X ( 08 ) Código CETIP do liquidante do participante parte, se a operação tiver modalidade de liquidação Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Situação da Operação X ( 35 ) Situação da Operação. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Código da situação da operação 9 ( 03) Código numérico da situação da operação. Veja tabela. Separador X ( 01 ) Ponto e vírgula (;). Contrato Global X ( 03 ) Indica se o contrato é Global ou não: SIM ou NÃO. (Fim)

6 Anexo do Comunicado Cetip nº 102/05 fl.05 Lista de códigos Sisbacen Código Sisbacen Símbolo Moeda Descrição da Moeda 150 AUD DOLAR AUSTRALIANO 165 CAD DOLAR CANADENSE 220 USD DOLAR DOS EUA 25 VEB BOLIVAR 30 BOB BOLIVIANO 425 CHF FRANCO SUICO 470 JPY IENE 540 GBP LIBRA ESTERLINA 55 DKK COROA DINAM/DINAM 65 NOK COROA NORUE/NORUE 660 PEN NOVO-SOL 706 ARS PESO ARGENTINO 70 SEK COROA SUECA/SUECI 715 CLP PESO CHILENO 720 COP PESO COLOMBIANO 741 MXN PESO MEXICANO 895 ECS SUCRE 978 EUR EURO/COM.EUROPEIA (Fim)

7 Anexo do Comunicado Cetip nº 102/05 fl.06 COD_TIPO_OPERACAO NOM_TIPO_OPERACAO 1 REGISTRO 11 CANCELAMENTO 12 RESGATE_CONTRATO 14 ANTECIPACAO 15 ATUALIZACAO_TAXA 20 CESSAO CONTRATO 81 INTERMEDIACAO_CONTRATO 98 ALTERACAO DE CONTRATO P/ CETIP 99 ALTERACAO DE CONTRATO 101 ESTORNO CONTRATO 112 ESTORNO RESGATE NO VENCIMENTO 114 ESTORNO_ANTECIPACAO 115 ESTORNO ATUALIZACAO TAXA 120 ESTORNO DE CESSAO DE CONTRATO 181 ESTORNO_INTERMEDIACAO_CONTRATO 301 REGISTRO RETROATIVO 314 ANTECIPACAO RETROATIVA (Fim)

8 Anexo do Comunicado Cetip nº 102/05 fl.07 COD_SITUACAO_OPERACAO DES_SITUACAO_OPERACAO 25 CANCELADA: COMANDADA 26 PEND ATU: NAO CONF BL 27 EST: COMANDADA 28 EST: NAO CONF BL 29 OPERACAO NAO PERMITIDA 43 FINALIZADA 50 PEND ATU: TIMEOUT LIQ BL 53 EST: TIMEOUT LIQ BL 58 REJ: MODALIDADE ENCERRADA 90 CANC: REGISTRADOR BLOQ (Fim)

COMUNICADO SISTEMA DE CONTRATOS A TERMO Nº 003/03

COMUNICADO SISTEMA DE CONTRATOS A TERMO Nº 003/03 COMUNICADO SISTEMA DE CONTRATOS A TERMO Nº 003/03 Aos Participantes do Sistema de Contratos a Termo Ref.: Trata de alteração no layout dos arquivos de movimentação DMOVIMENTO e de posição DPOSICAO de contratos

Leia mais

COMUNICADO SISTEMA DE CONTRATOS A TERMO Nº 004/03

COMUNICADO SISTEMA DE CONTRATOS A TERMO Nº 004/03 COMUNICADO SISTEMA DE CONTRATOS A TERMO Nº 004/03 Aos Participantes do Sistema de Contratos a Termo Ref.: Trata da inclusão do campo Data Emissão no layout do arquivo de posição de contratos de Termo de

Leia mais

Campo Formato Posição Conteúdo Descrição Data X(10) 1-10 Data da operação. Formato: AAAA-MM-DD.

Campo Formato Posição Conteúdo Descrição Data X(10) 1-10 Data da operação. Formato: AAAA-MM-DD. Termo de Moedas Nome do Arquivo Registro de Contrato do Participante Header Campo Formato Posição Conteúdo Descrição Data X(10) 1-10 Data da operação. Formato: AAAA-MM-DD. Registro Campo Formato Posição

Leia mais

COMUNICADO SISTEMA DE CONTRATOS A TERMO Nº001/01. Ref.: Contratos a Termo de Moeda Sem Entrega Física.

COMUNICADO SISTEMA DE CONTRATOS A TERMO Nº001/01. Ref.: Contratos a Termo de Moeda Sem Entrega Física. COMUNICADO SISTEMA DE CONTRATOS A TERMO Nº001/01 Aos Participantes do Sistema de Contratos a Termo Ref.: Contratos a Termo de Moeda Sem Entrega Física. A Central de Custódia e de Liquidação Financeira

Leia mais

Versão: 01/07/2013 Atualizado em: 01/07/2013

Versão: 01/07/2013 Atualizado em: 01/07/2013 Versão: 01/07/2013 Atualizado em: 01/07/2013 Conteúdo Introdução ao Termo de Moedas... 1 Conhecendo o Produto... 2 Ações dos Botões das Telas... 4 Registros... 5 Registro de Contrato a Termo Simples -

Leia mais

Campo Formato Posição Descrição/conteúdo ID do Sistema X(05) 1-5 OPCAO ID Tipo de Linha 9(01) 6-6 Linha de Header = 0 Código da

Campo Formato Posição Descrição/conteúdo ID do Sistema X(05) 1-5 OPCAO ID Tipo de Linha 9(01) 6-6 Linha de Header = 0 Código da Opções Flexíveis Nome do Arquivo Registro de Contrato de Opção Flexível Tamanho do Registro Caracteres Header Campo Formato Posição Descrição/conteúdo ID do Sistema X(05) 1-5 OPCAO ID Tipo de Linha 9(01)

Leia mais

Versão: 22/07/2013 Atualizado em: 22/07/2013

Versão: 22/07/2013 Atualizado em: 22/07/2013 Versão: 22/07/2013 Atualizado em: 22/07/2013 i Derivativos Realizados no Exterior Conteúdo Introdução aos Derivativos Realizados no Exterior... 1 Conhecendo o Produto... 2 Ações dos Botões das Telas...

Leia mais

1 Receber Arquivos. Opções Flexíveis sobre Taxa de Câmbio Nome do Arquivo 1.1 DPOSICAO Estratégia de Renda Fixa e Opções Flexíveis

1 Receber Arquivos. Opções Flexíveis sobre Taxa de Câmbio Nome do Arquivo 1.1 DPOSICAO Estratégia de Renda Fixa e Opções Flexíveis 1 Sumário 1 Receber Arquivos... 3 1.1 DPOSICAO Estratégia de Renda Fixa e Opções Flexíveis... 3 1.2 DPOSICAO (AAAAMMDDPO.TER)... 9 2 Enviar Arquivos...17 2.1 Registro da Operação de Renda Fixa - Box de

Leia mais

1 Atualizações. Acerto do formato do campo cotação para fixing sequência 46. Atualizado em. 25/10/2016 Capa Inclusão da data conforme o comunicado.

1 Atualizações. Acerto do formato do campo cotação para fixing sequência 46. Atualizado em. 25/10/2016 Capa Inclusão da data conforme o comunicado. Índice 1 Atualizações... 3 2 Enviar Arquivos... 4 2.1 Registro de Contrato do Participante... 4 3 Receber Arquivos... 10 3.1 DPOSICAO (AAAAMMDDPO.TER)... 10 3.2 DMOVIMENTO (AAAAMMDDPO.TER)... 17 1 Atualizações

Leia mais

Conteúdo. Participante 2

Conteúdo. Participante 2 Versão: 22/08/2011 Conteúdo 1 - Opções Flexíveis sobre Taxa de Câmbio... 3 1.1 - DPOSICAO Estratégia de Renda Fixa e Opções Flexíveis... 3 1.2 - Recibo de Registro de Contrato de Opção Flexível... 10 2

Leia mais

Conteúdo 1 DPOSICAO (AAAAMMDDPO.TER) Participante

Conteúdo 1 DPOSICAO (AAAAMMDDPO.TER) Participante Versão: 24/10/2011 Conteúdo 1 DPOSICAO (AAAAMMDDPO.TER)... 3 2 Termo de Moedas, e de Nome do Arquivo 1 DPOSICAO (AAAAMMDDPO.TER) Campo Descrição/Conteúdo Aplica-se a Termo(s) de: Data do Arquivo Data de

Leia mais

Manual de Apreçamento da BM&FBOVESPA

Manual de Apreçamento da BM&FBOVESPA Classificação das Informações [ ] Confidencial [ ] Uso Interno [ x ] Uso Público ÍNDICE CONTRATOS FUTUROS FINANCEIROS E AGROPECUÁRIOS... 3 1. CONTRATOS FUTUROS SOBRE ATIVOS FINANCEIROS... 3 1.1. Contrato

Leia mais

Critérios para a Apuração dos Preços de Ajuste e Prêmios das Opções de Compra e de Venda Outubro 2011

Critérios para a Apuração dos Preços de Ajuste e Prêmios das Opções de Compra e de Venda Outubro 2011 Critérios para a Apuração dos Preços de Ajuste e Prêmios das Opções de Compra e de Venda Outubro 2011 Informamos os procedimentos a serem aplicados durante o mês de outubro de 2011 para a apuração dos

Leia mais

Diretoria de Comércio Exterior GECEX Campinas Gerência Regional de Apoio ao Comércio Exterior

Diretoria de Comércio Exterior GECEX Campinas Gerência Regional de Apoio ao Comércio Exterior Diretoria de Comércio Exterior GECEX Campinas Gerência Regional de Apoio ao Comércio Exterior CÂMBIO E POLÍTICA CAMBIAL Câmbio: compra e venda de moedas ou papéis conversíveis. Divisas - São as disponibilidades

Leia mais

Atualizações da Versão... 3. Introdução às Opções Flexíveis... 5 Conhecendo o produto... 6 Ações dos botões das telas... 8. Lançamentos...

Atualizações da Versão... 3. Introdução às Opções Flexíveis... 5 Conhecendo o produto... 6 Ações dos botões das telas... 8. Lançamentos... Conteúdo Atualizações da Versão... 3 Introdução às Opções Flexíveis... 5 Conhecendo o produto... 6 Ações dos botões das telas... 8 Lançamentos... 9 Registro de Contrato... 10 Registro de Mercadoria...

Leia mais

CARTA CIRCULAR N. 0 445

CARTA CIRCULAR N. 0 445 CARTA CIRCULAR N. 0 445 Aos Participantes de Todos os Sistemas Ref: Trata da inclusão de novas mensagens CTP publicadas na versão 1.04 do Catálogo de Mensagens do Sistema de Pagamentos Brasileiro SPB destinadas

Leia mais

Critérios para a Apuração dos Preços de Ajuste e Prêmios das Opções de Compra e de Venda Abril 2014

Critérios para a Apuração dos Preços de Ajuste e Prêmios das Opções de Compra e de Venda Abril 2014 Critérios para a Apuração dos Preços de Ajuste e Prêmios das Opções de Compra e de Venda Abril 2014 Informamos os procedimentos a serem aplicados durante o mês de abril 2014 para a apuração dos preços

Leia mais

0101010100 Total da Exposição Ativa Comprada na Cesta de Moedas no País. 0101010101 Exposição Ativa Comprada em Dólares dos EUA no País

0101010100 Total da Exposição Ativa Comprada na Cesta de Moedas no País. 0101010101 Exposição Ativa Comprada em Dólares dos EUA no País Instruções de Preenchimento do documento 2011 Validade a partir de 02/01/2014 Código Nome Descrição 0101010000 Total da Exposição Ativa Comprada no 0101010100 Total da Exposição Ativa Comprada na Cesta

Leia mais

DERIVATIVOS DE Balcão. Termo de Moedas

DERIVATIVOS DE Balcão. Termo de Moedas DERIVATIVOS DE Balcão Termo de Moedas Termo de Moedas Registro de negociação de taxas de câmbio ou de paridade futura O produto O Contrato a Termo de Moedas possibilita a negociação de taxa de câmbio ou

Leia mais

Índice 1 Atualizações Enviar Arquivos... 4

Índice 1 Atualizações Enviar Arquivos... 4 Índice 1 Atualizações... 3 2 Enviar Arquivos... 4 2.1 Registro de Contrato do Participante... 4 2.2 ANTECIPACAOTER Antecipação TER... 10 2.3 TAXACAMBIOTER Taxa de Câmbio para Avaliação TER... 12 2 1 Atualizações

Leia mais

X(20) 7-26 Nome Simplificado da Entidade que gerou o arquivo. Data X(8) Formato AAAAMMDD Filler X(1022)

X(20) 7-26 Nome Simplificado da Entidade que gerou o arquivo. Data X(8) Formato AAAAMMDD Filler X(1022) 1 Opções Flexíveis sobre Taxa de Câmbio Nome do Arquivo Tamanho do Registro DPOSICAO Opções Flexíveis sobre Taxa de Câmbio Caracteres 1056 Header Campo Formato Posição Descrição/conteúdo ID do Sistema

Leia mais

PROGRAMA DE INCENTIVO PARA NOVOS INVESTIDORES NÃO RESIDENTES PRODUTOS ELEGÍVEIS E VALORES DOS PONTOS POR CONTRATO

PROGRAMA DE INCENTIVO PARA NOVOS INVESTIDORES NÃO RESIDENTES PRODUTOS ELEGÍVEIS E VALORES DOS PONTOS POR CONTRATO PROGRAMA DE INCENTIVO PARA NOVOS INVESTIDORES NÃO RESIDENTES PRODUTOS ELEGÍVEIS E VALORES DOS PONTOS POR CONTRATO Conforme Ofício Circular 041/2017-DP, de 12/07/2017, o Programa de Incentivo para Novos

Leia mais

Introdução às Opções Flexíveis... 5. Registro... 9. Operações... 69. Consultas... 89. Informações Adicionais... 98

Introdução às Opções Flexíveis... 5. Registro... 9. Operações... 69. Consultas... 89. Informações Adicionais... 98 Versão:10/12/2012 Atualizado em: 07/08/2013 i Opções Flexíveis sobre Taxa de Câmbio, Ações ou Índices Conteúdo Introdução às Opções Flexíveis... 5 Conhecendo o produto... 6 Ações dos botões das telas...

Leia mais

Introdução... 1 Menu de Funções (Menu 00)... 2 Menu de Funções (Menu 10)... 3 Menu de Funções (Menu 20)... 20 Menu de Funções (Menu 40)...

Introdução... 1 Menu de Funções (Menu 00)... 2 Menu de Funções (Menu 10)... 3 Menu de Funções (Menu 20)... 20 Menu de Funções (Menu 40)... Índice Introdução... 1 Menu de Funções (Menu 00)... 2 Menu de Funções (Menu 10)... 3 Registro de Colocação/Resgate (Função SCF11)... 4 Cancelamento de Registro (Função SCF12)... 7 Antecipação Reserva Técnica

Leia mais

17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES)

17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) 17.1. Depósitos à ordem Contas à ordem 0,000% 28,00% no Os juros obtidos estão sujeitos a retenção na fonte de imposto sobre o rendimento, à taxa que estiver em vigor na data de pagamento de juros. e (2)

Leia mais

Paulo Roberto Mendonça Superintendente Geral

Paulo Roberto Mendonça Superintendente Geral COMUNICADO SPR Nº 007/02 Aos Participantes do Sistema de Proteção Contra Riscos Financeiros SPR A Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos CETIP comunica que, atendendo demanda de instituições

Leia mais

Atualizações da Versão... 3. Introdução aos Derivativos Realizados no Exterior... 5 Conhecendo o Produto... 6 Ações dos Botões das Telas...

Atualizações da Versão... 3. Introdução aos Derivativos Realizados no Exterior... 5 Conhecendo o Produto... 6 Ações dos Botões das Telas... Versão: 18/08/2014 Atualizado em: 11/05/2016 Derivativos Realizados no Exterior Conteúdo Atualizações da Versão... 3 Introdução aos Derivativos Realizados no Exterior... 5 Conhecendo o Produto... 6 Ações

Leia mais

CFDs Acções. País Divisa Posições longas Posições curtas Tarifário Pontos básicos Pontos básicos

CFDs Acções. País Divisa Posições longas Posições curtas Tarifário Pontos básicos Pontos básicos AUD 550 550 Standard Posições longas (investidor paga juros): Libor da Moeda AUD +550 pontos básicos; Posições curtas: Libid da moeda AUD - Canadá CAD 550 550 Standard Posições longas (investidor paga

Leia mais

CARTA CIRCULAR N.º 257. Ref.: trata dos procedimentos para abertura de conta individualizada por empresas vinculadas à SUSEP.

CARTA CIRCULAR N.º 257. Ref.: trata dos procedimentos para abertura de conta individualizada por empresas vinculadas à SUSEP. CARTA CIRCULAR N.º 257 Às Sociedades Seguradoras, Sociedades de Capitalização e as Entidades Abertas de Previdência Privada Ref.: trata dos procedimentos para abertura de conta individualizada por empresas

Leia mais

TREVISO Corretora de Câmbio S/A. currencies solutions outubro 12

TREVISO Corretora de Câmbio S/A. currencies solutions outubro 12 TREVISO Corretora de Câmbio S/A currencies solutions outubro 12 Apresentação Institucional Empresa 03 Estrutura Corporativa 04 Serviços 05 Produtos 08 Posição Macro 15 Unidades e Correspondentes 16 www.trevisocambio.com.br

Leia mais

COMUNICADO SIM Nº 010/03. Ref: Trata da realização de leilão de venda de Notas do Tesouro Nacional Série A3 NTN-A3.

COMUNICADO SIM Nº 010/03. Ref: Trata da realização de leilão de venda de Notas do Tesouro Nacional Série A3 NTN-A3. COMUNICADO SIM Nº 010/03 Aos Participantes do Sistema Integrado de Mercados SIM Ref: Trata da realização de leilão de venda de Notas do Tesouro Nacional Série A3 NTN-A3. A Central de Custódia e de Liquidação

Leia mais

www.trevisocambio.com.br Quem é a Treviso Corretora?

www.trevisocambio.com.br Quem é a Treviso Corretora? www.trevisocambio.com.br Quem é a Treviso Corretora? Quem é a Treviso Corretora? Devidamente regulamentada pelo Banco Central e habilitada a trabalhar com produtos voltados para o mercado de câmbio desde

Leia mais

58. o ano Edição em língua portuguesa Comunicações e Informações 9 de setembro de 2015

58. o ano Edição em língua portuguesa Comunicações e Informações 9 de setembro de 2015 Jornal Oficial C 297 da União Europeia 58. o ano Edição em língua portuguesa Comunicações e Informações 9 de setembro de 2015 Índice II Comunicações COMUNICAÇÕES DAS INSTITUIÇÕES, ÓRGÃOS E ORGANISMOS DA

Leia mais

Atualizações da Versão... 1. Introdução... 2 Conhecendo o Serviço... 3 Ações dos botões das telas... 4

Atualizações da Versão... 1. Introdução... 2 Conhecendo o Serviço... 3 Ações dos botões das telas... 4 Versão: 23/11/2015 Atualizado em: 23/11/2015 i Transferência de Arquivos Conteúdo Atualizações da Versão... 1 Introdução... 2 Conhecendo o Serviço... 3 Ações dos botões das telas... 4 Arquivos... 5 Receber

Leia mais

Tipo de custo Situação Condições Unidade Notas

Tipo de custo Situação Condições Unidade Notas Despesas de manutenção da conta A tramitação de eventos corporativos, quer sejam voluntários ou obrigatórios Conta sem actividade durante 6 meses 100 USD Aplicar-se-á uma comissão de inactividade de 100

Leia mais

58. o ano Edição em língua portuguesa Comunicações e Informações 15 de agosto de 2015

58. o ano Edição em língua portuguesa Comunicações e Informações 15 de agosto de 2015 Jornal Oficial C 269 da União Europeia 58. o ano Edição em língua portuguesa Comunicações e Informações 15 de agosto de 2015 Índice II Comunicações COMUNICAÇÕES DAS INSTITUIÇÕES, ÓRGÃOS E ORGANISMOS DA

Leia mais

HORÁRIOS DE NEGOCIAÇÃO - SEGMENTO BM&F. Contratos Futuros, de Opções e Operações Estruturadas Referenciados em Taxa de Juro em Reais

HORÁRIOS DE NEGOCIAÇÃO - SEGMENTO BM&F. Contratos Futuros, de Opções e Operações Estruturadas Referenciados em Taxa de Juro em Reais HORÁRIOS DE NEGOCIAÇÃO SEGMENTO BM&F s Futuros, Opções e Operações Estruturadas Referenciados em Taxa Juro em Reais Futuro DI1 FUT DI1 09:00 2 16:00 16:07 16:10 16:10 16:42 16:45 16:50 2 18:00 Futuro DI

Leia mais

19. CONTAS DE DEPÓSITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE)

19. CONTAS DE DEPÓSITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE) 19.1. Depósitos à ordem Contas de Depósitos à Ordem Conta Clássica Até 14.960,00 0,000% Superior a 14.960,00 0,000% Conta Gestão Tesouraria Banif Rendimento >= 2.500 Conta Condomínio 0,500% Superior a

Leia mais

Taxa Anual Nominal Bruta (TANB)

Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) 19.1. Depósitos à ordem Tipo de Conta Conta Cliente de Solicitador: O titular é o Solicitador; montante mínimo de abertura: n.a. Conta Cliente de Solicitador < 30.000 0,000% 30.000 a 50.000 0,0625% > 50.000

Leia mais

Tipo de custo Situação Condições Unidade Notas

Tipo de custo Situação Condições Unidade Notas Comissão de custódia Gratuito A tramitação de eventos corporativos, quer sejam voluntários ou obrigatórios Gratuito Conversão cambial 2,5% % de mark-up sobre o par cambial utilizado na conversão dos ganhos

Leia mais

Finanças Internacionais exercícios

Finanças Internacionais exercícios Finanças Internacionais exercícios Paulo Lamosa Berger Exemplo Suponha que no dia 20/10/2000 (sexta-feira) um importador deseje uma taxa para liquidação D0. Calcule a taxa justa para esse cliente. Dados:

Leia mais

Instruções para Preenchimento das Informações do Documento 2300 Captações de Recursos no Exterior Carta Circular nº 3.701, de 8 de abril de 2015

Instruções para Preenchimento das Informações do Documento 2300 Captações de Recursos no Exterior Carta Circular nº 3.701, de 8 de abril de 2015 Instruções para Preenchimento das Informações do Documento 2300 Captações de Recursos no Exterior Carta Circular nº 3.701, de 8 de abril de 2015 Sumário Definição do documento 2 Definição dos campos do

Leia mais

SISTEMA DE RISCO DO SEGMENTO BM&F SUBSISTEMA DE MARGEM PARA ATIVOS LÍQUIDOS ANEXO III FUTUROS DE MOEDAS E AGROPECUÁRIOS COM LIQUIDAÇÃO FINANCEIRA

SISTEMA DE RISCO DO SEGMENTO BM&F SUBSISTEMA DE MARGEM PARA ATIVOS LÍQUIDOS ANEXO III FUTUROS DE MOEDAS E AGROPECUÁRIOS COM LIQUIDAÇÃO FINANCEIRA 8/2011 Bolsa de Valores, Mercadorias & Futuros SISTEMA DE RISCO DO SEGMENTO BM&F SUBSISTEMA DE MARGEM PARA ATIVOS LÍQUIDOS ANEXO III FUTUROS DE MOEDAS E AGROPECUÁRIOS COM LIQUIDAÇÃO FINANCEIRA Neste anexo,

Leia mais

Klavier Tecnologia da Informação. Klavier Sistemas Integrados. Contas Correntes

Klavier Tecnologia da Informação. Klavier Sistemas Integrados. Contas Correntes Klavier Sistemas Integrados Contas Correntes Versão 3.00.003 2009 1 - Cadastro de Contas Correntes O cadastro de Contas Correntes possui as informações base sobre onde toda a movimentação financeira da

Leia mais

COMUNICADO SNA N.º 011/98

COMUNICADO SNA N.º 011/98 Aos Participantes do Sistema Nacional de Ativos SNA COMUNICADO SNA N.º 011/98 A Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos Cetip comunica que, em 22.01.1999, estará alterando, de 6 (seis)

Leia mais

Índice. 1 Atualizações Enviar Arquivos Registro de Contrato de Opção Flexível... 4

Índice. 1 Atualizações Enviar Arquivos Registro de Contrato de Opção Flexível... 4 Índice 1 Atualizações... 3 2 Enviar Arquivos... 4 2.1 Registro de Contrato de Opção Flexível... 4 2 1 Atualizações Atualizado em 18/09/2015-27/08/2015 - Referência Atualização Postergação para novembro/15,

Leia mais

Mercado Cambial é a parte do mercado financeiro onde se realizam as operações de compra e venda de moeda estrangeira Funciona 24 h à escala

Mercado Cambial é a parte do mercado financeiro onde se realizam as operações de compra e venda de moeda estrangeira Funciona 24 h à escala MERCADO CAMBIAL 1 Mercado Cambial é a parte do mercado financeiro onde se realizam as operações de compra e venda de moeda estrangeira Funciona 24 h à escala planetária (devido á diferença horária entre

Leia mais

Comunicado Cetip n 013/14 12 de Fevereiro de 2014

Comunicado Cetip n 013/14 12 de Fevereiro de 2014 Comunicado Cetip n 013/14 12 de Fevereiro de 2014 Assunto: Leilão de Venda de Notas do Tesouro Nacional Série A3 NTN- A3 vencimento em 15/04/2024 - Módulo Leilão Sistema de Negociação Eletrônica. O Diretor-Presidente

Leia mais

Dynamic Currency Conversion

Dynamic Currency Conversion Serviço (DCC) Perguntas Frequentes 1- Quais as moedas abrangidas pelo serviço DCC? Com o serviço DCC o comerciante pode oferecer aos seus clientes com cartões emitidos em Libras Esterlinas, Dólares Norte-Americanos,

Leia mais

Atualização da Versão Introdução ao Termo... 4 Conhecendo o Produto... 5 Ações dos Botões das Telas... 6

Atualização da Versão Introdução ao Termo... 4 Conhecendo o Produto... 5 Ações dos Botões das Telas... 6 Conteúdo Atualização da Versão... 3 Introdução ao Termo... 4 Conhecendo o Produto... 5 Ações dos Botões das Telas... 6 Lançamentos... 7 Contrato a Termo de Moedas... 8 Antecipação... 19 Intermediação de

Leia mais

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Instituição de Crédito com sede em território nacional, de acordo com o previsto no Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras Consulte o FOLHETO

Leia mais

TERMO DE MOEDAS¹ COM GARANTIA. Especificações

TERMO DE MOEDAS¹ COM GARANTIA. Especificações TERMO DE MOEDAS¹ COM GARANTIA Especificações 1. Definições Taxa de câmbio Objeto de negociação do contrato quando a relação for estabelecida em quantidade de reais por uma unidade de moeda estrangeira

Leia mais

Versão: 01/07/2013 Atualizado em: 06/09/2013

Versão: 01/07/2013 Atualizado em: 06/09/2013 Versão: 01/07/2013 Atualizado em: 06/09/2013 i Conteúdo Conteúdo Introdução ao Swap... 1 Conhecendo o Produto... 2 Ações dos botões das telas... 5 Lançamento... 7 Registro de Contrato - Fluxo Constante...

Leia mais

BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. 17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Entrada em vigor: 06-dez

BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. 17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Entrada em vigor: 06-dez 17.1. Depósitos à ordem Conta Cliente de Solicitador: O titular é o Solicitador; montante mínimo de abertura: N.A. Conta Cliente de Solicitador < 30.000 0,000% 30.000 a 50.000 0,0625% Períodicidade mensal.

Leia mais

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Instituição de Crédito com sede em território nacional, de acordo com o previsto no Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras Consulte o FOLHETO

Leia mais

Leiaute dos Arquivos do Sistema Câmbio Plataforma Alta. Versão deste documento: 1.1.0

Leiaute dos Arquivos do Sistema Câmbio Plataforma Alta. Versão deste documento: 1.1.0 Leiaute dos Arquivos do Sistema Câmbio Plataforma Alta Versão deste documento: 1.1.0 Histórico de revisão Data Versão Descrição Autor 09/07/2013 1.0.0 Versão inicial. BACEN/DEINF/DINE6 BACEN/GENCE BACEN/DESIG

Leia mais

Mercados Futuros (BM&F)

Mercados Futuros (BM&F) Neste segmento de mercado se negociam contratos e minicontratos futuros de ativos financeiros ou commodities. Ou seja, é a negociação de um produto que ainda não existe no mercado, por um preço predeterminado

Leia mais

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Instituição de Crédito com sede em território nacional, de acordo com o previsto no Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras Consulte o FOLHETO

Leia mais

Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 23-jul-2015

Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 23-jul-2015 Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 23-jul-2015 Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 12-ago-2015

Leia mais

Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 22-dez-2015

Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 22-dez-2015 Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 22-dez-2015 Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 03-fev-2016

Leia mais

Exterior. São Paulo: Atlas, 2009.

Exterior. São Paulo: Atlas, 2009. MODALIDADES DE PAGAMENTOS CURSO: Administração DISCIPLINA: Comércio Exterior FONTES: FORTUNA, Eduardo. Mercado Financeiro Produtos e Serviços. Rio de Janeiro: Qualitymark, 1996. MAIA, Jayme de Mariz. Economia

Leia mais

Soluções em Recebimentos. Manual Técnico

Soluções em Recebimentos. Manual Técnico Soluções em Recebimentos CNAB400/CBR641 Manual Técnico Layout de Arquivo Remessa para convênios na faixa numérica entre 1.000.000 a 9.999.999 (Convênios de 7 posições) Orientações Técnicas Versão Set/09

Leia mais

BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. 1. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) Entrada em vigor: 21-out-2015 (ÍNDICE) 1.1. Depósitos à ordem

BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. 1. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) Entrada em vigor: 21-out-2015 (ÍNDICE) 1.1. Depósitos à ordem 1.1. Depósitos à ordem Comissões Euros (Mín/Máx) Valor Anual Imposto 1ª Conta: O único titular é o menor que deverá ter entre 0 e 13 anos de idade; montante mínimo de abertura: 50 (ou equivalente noutra

Leia mais

Atualização da Versão Introdução ao Termo... 6 Conhecendo o Produto... 7 Ações dos Botões das Telas... 9

Atualização da Versão Introdução ao Termo... 6 Conhecendo o Produto... 7 Ações dos Botões das Telas... 9 Conteúdo Atualização da Versão... 3 Introdução ao Termo... 6 Conhecendo o Produto... 7 Ações dos Botões das Telas... 9 Lançamentos... 11 Contrato a Termo de Mercadoria (Commodities)... 12 Registro de Contrato

Leia mais

Relatório de Gerenciamento de Riscos. Informações Adicionais e. Dados Quantitativos

Relatório de Gerenciamento de Riscos. Informações Adicionais e. Dados Quantitativos Relatório de Gerenciamento de Riscos Informações Adicionais e Dados Quantitativos Avaliação da adequação do Patrimônio de Referência (PR) face à estrutura e contexto operacional O processo de monitoramento

Leia mais

COMUNICADO SPR N.º 001/97

COMUNICADO SPR N.º 001/97 COMUNICADO SPR N.º 001/97 Aos Participantes do Sistema de Proteção Contra Riscos Financeiros SPR A Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos CETIP comunica que, a partir do dia 02/5/97,

Leia mais

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Entrada em vigor: 01-fevereiro-2016

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Entrada em vigor: 01-fevereiro-2016 Preçário BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 01-fevereiro-2016 O Preçário completo do NOVO BANCO DOS AÇORES, contém o Folheto de Comissões

Leia mais

Relatório de Gerenciamento de Riscos. Informações Adicionais e. Dados Quantitativos

Relatório de Gerenciamento de Riscos. Informações Adicionais e. Dados Quantitativos Relatório de Gerenciamento de Riscos Informações Adicionais e Dados Quantitativos Avaliação da adequação do Patrimônio de Referência (PR) face à estrutura e contexto operacional O processo de monitoramento

Leia mais

MANUAL DE NORMAS TERMO DE ÍNDICE DI

MANUAL DE NORMAS TERMO DE ÍNDICE DI MANUAL DE NORMAS TERMO DE ÍNDICE DI VERSÃO: 20/7/2009 2/8 MANUAL DE NORMAS TERMO DE ÍNDICE DI ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO SEGUNDO DAS DEFINIÇÕES 3 CAPÍTULO TERCEIRO DOS PARTICIPANTES

Leia mais

58. o ano Edição em língua portuguesa Comunicações e Informações 5 de setembro de 2015

58. o ano Edição em língua portuguesa Comunicações e Informações 5 de setembro de 2015 Jornal Oficial C 293 da União Europeia 58. o ano Edição em língua portuguesa Comunicações e Informações 5 de setembro de 2015 Índice IV Informações INFORMAÇÕES DAS INSTITUIÇÕES, ÓRGÃOS E ORGANISMOS DA

Leia mais

Tipo de custo Situação Condições Unidade Notas

Tipo de custo Situação Condições Unidade Notas Comissão de custódia O investidor possui uma carteira de valores mobiliários (acções ou obrigações) Despesas de manutenção da conta Conta sem actividade durante um longo período A tramitação de eventos

Leia mais

CARTA-CIRCULAR Nº 3360 1.8.8.75.00-7 DIREITOS A RECEBER DE OPERAÇÕES DE VENDA OU DE TRANSFERÊNCIA DE ATIVOS FINANCEIROS

CARTA-CIRCULAR Nº 3360 1.8.8.75.00-7 DIREITOS A RECEBER DE OPERAÇÕES DE VENDA OU DE TRANSFERÊNCIA DE ATIVOS FINANCEIROS CARTA-CIRCULAR Nº 3360 Cria e altera desdobramento de subgrupo, títulos e subtítulos contábeis no Cosif para o registro contábil de operações de venda ou de transferência de ativos financeiros. Com base

Leia mais

Resoluções 3.954/11 e 4.113/12. Leiaute do Arquivo de Movimento ACIC001 (CI01) Versão deste documento: 1.1

Resoluções 3.954/11 e 4.113/12. Leiaute do Arquivo de Movimento ACIC001 (CI01) Versão deste documento: 1.1 Leiaute do Arquivo de Movimento ACIC001 (CI01) Versão deste documento: 1.1 Histórico de revisão Data Versão Descrição Autor 27/06/2008 1.0.0 Versão inicial. BACEN/DEINF/DINE6 BACEN/GENCE 11/08/2008 1.0.1

Leia mais

Versão: 04/02/2013 Atualizado em: 04/02/2013

Versão: 04/02/2013 Atualizado em: 04/02/2013 Versão: 04/02/2013 Atualizado em: 04/02/2013 Conteúdo Introdução às Operações... 3 Conhecendo o Serviço... 4 Ações dos Botões das Telas... 5 Lançamentos... 6 Manutenção de Operações Pendentes... 7 Manutenção

Leia mais

Índice. 1 Atualizações Enviar Arquivos Lançamento de Operações COE... 4

Índice. 1 Atualizações Enviar Arquivos Lançamento de Operações COE... 4 Índice 1 Atualizações... 3 2 Enviar Arquivos... 4 2.1 Lançamento de Operações COE... 4 2 1 Atualizações Atualizado em Referência Atualização 16/10/2015 - Postergação da versão conforme comunicado 094/15.

Leia mais

REGISTRO. Código CETIP da contraparte na operação. CPF/CNPJ Cliente CPF ou CNPJ da contraparte quando for cliente 1.

REGISTRO. Código CETIP da contraparte na operação. CPF/CNPJ Cliente CPF ou CNPJ da contraparte quando for cliente 1. 1 Swap SWAP Nome do Arquivo DPOSICAO (DPOSICAO-SWAP.TXT) REGISTRO Campo Tipo do contrato. Possíveis valores: 00 (CONSTANTE), 01 Tipo de Contrato (NÃO CONSTANTE) ou 02 (PAGAMENTO FINAL) Data Data Contrato

Leia mais

Informativo Austin Rating

Informativo Austin Rating Informativo Austin Rating Cédula de Crédito Bancário - CCB CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO - CCB Medida Provisória n.º 2.160-25 Resolução Banco Central do Brasil n.º 2.843/01 Comunicado SNA n.º 010/01 CONCEITO

Leia mais

TERMO DE MOEDAS SEM GARANTIA. Especificações. Paridade Objeto de negociação do contrato, quando a relação for estabelecida em:

TERMO DE MOEDAS SEM GARANTIA. Especificações. Paridade Objeto de negociação do contrato, quando a relação for estabelecida em: TERMO DE MOEDAS SEM GARANTIA Especificações 1. Definições Taxa de câmbio Objeto de negociação do contrato quando a relação for estabelecida em quantidade de reais por unidade de moeda estrangeira (Ex.:

Leia mais

Solução Conta de Pagamento Internacional (IPA) do Citi. Globalização ativada

Solução Conta de Pagamento Internacional (IPA) do Citi. Globalização ativada Solução Conta de Pagamento Internacional (IPA) do Citi Globalização ativada Para multinacionais operando em diferentes mercados no mundo todo, é essencial contar com uma solução eficiente, econômica e

Leia mais

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Instituição de Crédito com sede em território nacional, de acordo com o previsto no Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras Consulte o FOLHETO

Leia mais

ANEXO 4 PREMISSAS GERAIS DA CENTRAL DE EXPOSIÇÃO A DERIVATIVOS - CED

ANEXO 4 PREMISSAS GERAIS DA CENTRAL DE EXPOSIÇÃO A DERIVATIVOS - CED ANEXO 4 PREMISSAS GERAIS DA CENTRAL DE EXPOSIÇÃO A DERIVATIVOS - CED Capítulo I Premissas Gerais 1. O relatório da CED é uma consolidação, conforme critérios abaixo definidos pela CED, das informações

Leia mais

Layout arquivo multifuncional - RTA 23/06/2014

Layout arquivo multifuncional - RTA 23/06/2014 Layout - Arquivo para Envio de Títulos Número de identificação da instituição Número Identificação Instituição 5 X(5) na BM&FBovespa Registrador 4 X(4) É o código do registrador no SRCA

Leia mais

17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE)

17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) 17.1. Depósitos à ordem Contas de Depósitos à Ordem Produtos em comercialização - Conta Standard - Maxi-Conta Superior a 0 euros Até 2.500,00 Euros De 2.500,00 Euros a 5.000,00 Euros De 5.000,00 Euros

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 01-DEZ-2014 FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros s 17. CONTAS DE DEPÓSITO 19. CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à ordem 19.1. Depósitos à ordem 17.2. Depósitos a prazo

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 01-DEZ-2014 FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros s 17. CONTAS DE DEPÓSITO 19. CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à ordem 19.1. Depósitos à ordem 17.2. Depósitos a prazo

Leia mais

ESTRUTURA DE LAYOUT DOS ARQUIVOS VERSÃO 3.0

ESTRUTURA DE LAYOUT DOS ARQUIVOS VERSÃO 3.0 TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA GERAL DE INFORMÁTICA ESTRUTURA DE LAYOUT DOS ARQUIVOS VERSÃO 3.0 Atualizado em 28/01/2011 Colaboração Secretaria Geral de Controle Externo Secretaria

Leia mais

CIRCULAR Nº 3.635, DE 4 DE MARÇO DE 2013

CIRCULAR Nº 3.635, DE 4 DE MARÇO DE 2013 CIRCULAR Nº 3.635, DE 4 DE MARÇO DE 2013 Estabelece os procedimentos para o cálculo da parcela dos ativos ponderados pelo risco (RWA) referente às exposições sujeitas à variação da taxa dos cupons de moedas

Leia mais

Matemática Financeira. Flávio Rodrrigues

Matemática Financeira. Flávio Rodrrigues Matemática Financeira Flávio Rodrrigues Desconto de Títulos de Crédito Conceito: O Desconto é a diferença entre o valor futuro de um título (duplicata, nota promissória, letra de câmbio, cheque pré- datado

Leia mais

SISTEMA DE RISCO DO SEGMENTO BM&F SUBSISTEMA DE MARGEM PARA ATIVOS LÍQUIDOS ANEXO III FUTUROS DE MOEDAS E AGROPECUÁRIOS COM LIQUIDAÇÃO FINANCEIRA

SISTEMA DE RISCO DO SEGMENTO BM&F SUBSISTEMA DE MARGEM PARA ATIVOS LÍQUIDOS ANEXO III FUTUROS DE MOEDAS E AGROPECUÁRIOS COM LIQUIDAÇÃO FINANCEIRA 1/2011 Bolsa de Valores, Mercadorias & Futuros SISTEMA DE RISCO DO SEGMENTO BM&F SUBSISTEMA DE MARGEM PARA ATIVOS LÍQUIDOS ANEXO III FUTUROS DE MOEDAS E AGROPECUÁRIOS COM LIQUIDAÇÃO FINANCEIRA Neste anexo,

Leia mais

CARTA-CIRCULAR Nº 2817

CARTA-CIRCULAR Nº 2817 CARTA-CIRCULAR Nº 2817 Atualiza as tabelas Moeda/Pais e Pais/Moeda do Regulamento sobre Contrato de Cambio e Classificação de Operações e do Regulamento do Mercado de Cambio de Taxas Flutuantes. Levamos

Leia mais

17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES)

17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) 17.1. Depósitos à ordem Contas à ordem Os juros obtidos estão sujeitos a retenção na fonte de imposto sobre o rendimento, à taxa que estiver em vigor na data de pagamento de juros. (2) Aplicável a todas

Leia mais

PRODUTOS AUTORIZADOS PARA NEGOCIAÇÃO EM MERCADO DE BOLSA OU BALCÃO ORGANIZADO

PRODUTOS AUTORIZADOS PARA NEGOCIAÇÃO EM MERCADO DE BOLSA OU BALCÃO ORGANIZADO PRODUTOS AUTORIZADOS PARA NEGOCIAÇÃO EM MERCADO DE BOLSA OU BALCÃO ORGANIZADO 1. SEGMENTO BM&F Contratos Derivativos Ouro Futuro de Ouro (OZ1) Opção de Compra sobre Disponível Padrão Ouro Opção de Venda

Leia mais

FGC- 081223 São Paulo, 12 de dezembro de 2008. INFORMAÇÕES SOBRE O PROGRAMA PARA APLICAÇÃO DE RECURSOS

FGC- 081223 São Paulo, 12 de dezembro de 2008. INFORMAÇÕES SOBRE O PROGRAMA PARA APLICAÇÃO DE RECURSOS São Paulo, 12 de dezembro de 2008. INFORMAÇÕES SOBRE O PROGRAMA PARA APLICAÇÃO DE RECURSOS FORMA 1 - O FGC concederá um limite para as médias e pequenas instituições associadas, de capital nacional, com

Leia mais

REGULAMENTO DO MERCADO DE CÂMBIO E CAPITAIS INTERNACIONAIS TÍTULO : 1 - Mercado de Câmbio CAPÍTULO : 1 - Disposições Gerais

REGULAMENTO DO MERCADO DE CÂMBIO E CAPITAIS INTERNACIONAIS TÍTULO : 1 - Mercado de Câmbio CAPÍTULO : 1 - Disposições Gerais 1 1. O presente título trata das disposições normativas e dos procedimentos relativos ao mercado de câmbio, de acordo com a Resolução n 3.568, de 29.05.2008. 2. As disposições deste título aplicam-se às

Leia mais

1) Swap USD+cupom X Pré

1) Swap USD+cupom X Pré 1) Swap USD+cupom X Pré 1.a) Objetivos Proteção contra oscilações positivas ou negativas futuras do dólar versus o real. 1.b) Aspectos Operacionais Resultante de uma operação de troca de taxas, conhecida

Leia mais

Custos de Financiamento

Custos de Financiamento Custos de Financiamento CFDs sobre Acções e Índices No final de cada dia de negociação (17h00 de Nova Iorque), as posições abertas podem estar sujeitas a custos de financiamento, uma vez que a negociação

Leia mais

VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. CNPJ/MF n.º 64.571.414/0001-64 NIRE 35.300.338.421 AVISO AOS ACIONISTAS

VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. CNPJ/MF n.º 64.571.414/0001-64 NIRE 35.300.338.421 AVISO AOS ACIONISTAS VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. CNPJ/MF n.º 64.571.414/0001-64 NIRE 35.300.338.421 AVISO AOS ACIONISTAS Nos termos do artigo 157, parágrafo 4º da Lei n.º 6.404, de 15 de dezembro de 1976, conforme

Leia mais

CETIP. Segundo o BACEN - CETIP

CETIP. Segundo o BACEN - CETIP Professor Luiz Antonio de Carvalho Central de Liquidação Financeira e de Custódia de Títulos - lac.consultoria@gmail.com 1 2 A Cetip é a integradora do mercado financeiro. É uma companhia de capital aberto

Leia mais

Telas de controle de posições e de liquidação

Telas de controle de posições e de liquidação Workshop Certificação Fase 5 Telas de controle de posições e de liquidação Agosto de 2013 A implantação da integração das clearings da BM&FBOVESPA e do novo sistema de risco CORE (Closeout Risk Evaluation)

Leia mais