ÍNDICE DE CONFIANÇA EMPRESARIAL Julho 2013

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ÍNDICE DE CONFIANÇA EMPRESARIAL Julho 2013"

Transcrição

1 ÍNDICE DE CONFIANÇA EMPRESARIAL Julho 2013 Relatório Sinop Julho/2013 C I S E - U N E M A T Página 1

2 O ICE ÍNDICE DE CONFIANÇA EMPRESARIAL O ICE Índice de Confiança Empresarial busca mapear a percepção do empresário do comércio sobre o nível de atividade (vendas, inadimplência) e a expectativa dos comerciantes referente à contratação de novos funcionários, realização de novos investimentos, sobre Sinop e situação do segmento empresarial. O índice é baseado em seis (6) quesitos, sendo três (3) sobre nível de atividade e três (3) para mapear o nível de expectativas para a economia nos próximos três meses. O Índice de Confiança Empresarial (ICE) é um indicador utilizado para identificar mudança de tendência na atividade empresarial. Empresários confiantes tendem a aumentar o investimento e a produção para atender o esperado crescimento na demanda. O índice apresenta uma escala que vai de zero (0) a duzentos (200). O ÍNDICE O Índice de Confiança Empresarial (ICE) representa a média aritmética de dois indicadores: o Índice de Atividade Econômica (IAE) e o Índice de Expectativas do Empresário (IEE). IAE IEE ICE (IAE) + (IEE) ICE = 2 C I S E - U N E M A T Página 2

3 OS SEIS QUESITOS IDENTIFICADOS ATRAVÉS DO QUESTIONÁRIO DA PESQUISA. Vendas - Procura captar o sentimento da empresa em relação ao estado geral dos negócios. A situação das venda é avaliada em relação ao mês anterior da realização da pesquisa, e quanto a expectativa em relação aos próximos três meses. Inadimplência - Procura captar o sentimento da empresa em relação ao estado geral dos negócios. A situação da inadimplência é avaliada em relação ao mês anterior da realização da pesquisa, e quanto a expectativa em relação aos próximos três meses. Expectativas sobre o segmento empresarial - Procura captar a percepção da empresa em relação as expectativas para o segmento empresarial a qual ela pertence. A situação dosegmento empresarial é avaliada em relação percepção atual da realização da pesquisa, e quanto a expectativa em relação aos próximos três meses. Expectativas de investimento - Busca identificar a tendência de novos investimentos das empresas. A tendência de novos investimentos é avaliada em relação a investimentos realizados no momento de realização da pesquisa, e quanto a expectativa de realizar novos investimentos nos próximos três meses. Novas contratações - Identifica mudanças da atividade econômica de médio prazo, pois a contratação de novos funcionários ocorre quando a tendência se torna permanente. Novas contratações são avaliadas no momento de realização da pesquisa, e quanto a expectativa de realizar novas contratações nos próximos três meses. Expectativa sobre a economia - Busca avaliar a percepção do empresário em relação a situação econômica atual e futura. O indicador avaliará a percepção do empresário em relação a situação econômica atual no momento da pesquisa, e qual a expectativa para os próximos três meses. RESULTADOS O levantamento de informações ocorreu durante os dias 01 e 10 do mês de julho referente aos últimos 30 dias de atividade econômica com a seguinte amostra de empresas entrevistadas: EMPRESAS ENTREVISTADAS 130 ACEITOU 100% RECUSOU 0% Todos os indicadores apresentam uma escala de graduação que vai de zero (0) - menos otimista- até duzentos (200) considerada a escala mais otimista possível C I S E - U N E M A T Página 3

4 Expectativas de Mercado - Índice de Confiança INDICADORES Média Março Abril Maio Junho Hoje Variação Mensal Comportamento mensal IAE ,18% Piorou IEE ,31% Piorou ICE ,39% Piorou IAE IEE ICE C I S E - U N E M A T Página 4

5 Expectativas de Mercado - Situação Atual Indíce de Atividade Econômica - IAE Média Variação Mensal Comportamento mensal Vendas ,45% Piorou Adimplência ,55% Piorou Segmento Empresarial ,76% Piorou Investimentos ,52% Piorou Contratações ,70% Piorou Economia de Sinop ,52% Piorou VENDAS ADIMPLÊNCIA SEG. EMPRES. INVESTIMENTOS CONTRATAÇÕES ECO. SINOP C I S E - U N E M A T Página 5

6 Expectativas de Mercado - Expectativa Futura Indíce de Expectativa Empresarial - IEE Média Março Abril Maio Junho Hoje Variação Comportamento Mensal mensal Vendas ,50% Piorou Adimplência ,51% Piorou Segmento Empresarial ,00% Estável Investimentos ,74% Piorou Contratações ,28% Piorou Economia de Sinop ,00% Estável VENDAS ADIMPLÊNCIA SEG. EMPRES. INVESTIMENTOS CONTRATAÇÕES ECO. SINOP C I S E - U N E M A T Página 6

7 COMENTÁRIO O Índice de Confiança Empresarial (ICE) de Sinop recuou 8,39 % em relação mês anterior passando de 155 para 142 pontos. O que chama atenção no levantamento foi o forte recuo nos indicadores de atividade econômica com destaque para redução nas vendas ( -23,45) e na queda da confiança na economia do município (- 21,52%). Outro fator importante foi a redução da adimplência que volta a ser uma preocupação, tal indicador mudou a tendência dos últimos levantamentos (-24,55%). A piora na percepção do cenário econômico tem dois componentes bens distintos: o primeiro é um ajuste sazonal após as datas festivas no qual já era esperada uma acomodação. Entretanto uma piora do cenário econômico nacional e a onda de protestos que alterou o cenário politico podem ter influenciado diretamente os indicadores deste período. Os indicadores de Sinop estão com o mesmo comportamento dos indicadores nacionais que já apontam uma redução na atividade econômica. No curto prazo não há uma sinalização de mudança de tendência. COMPOSIÇÃO DO ÍNDICE DE INFLAÇÃO Comunicação 5% Artigos de residência 5% Vestuário 7% Despesas pessoais 10% Educação 4% Alimentação e bebidas 23% Saúde e cuidados pessoais 11% Habitação 15% Transportes 20% C I S E - U N E M A T Página 7

8 C I S E - U N E M A T Página 8

9 GRUPOS INDICADORES CDL SINOP/ UNEMAT IPC Março Abril Maio Junho Alimentação e bebidas 2,80% 0,64% -4,21% 0,89% Transportes 1,50% -0,68% 3,53% 0,35% Habitação 1,00% 0,14% -0,13% -0,43% Saúde e cuidados pessoais 0,81% 0,05% 0,76% 0,54% Despesas pessoais 0,94% 0,09% 0,21% 0,81% Vestuário -0,% 0,21% 0,29% -0,45% Comunicação 0,50% 0,00% 0,01% 0,34% Artigos de residência -0,20% 0,03% -1,00% 0,70% Educação 0,03% 0,01% 2,28% 1,80% IPC SINOP 1,23% 0,49% -0,01% 0,44% DESTAQUES 18,2 % 5,8 % C I S E - U N E M A T Página 9

ÍNDICE DE CONFIANÇA EMPRESARIAL Outubro 2013

ÍNDICE DE CONFIANÇA EMPRESARIAL Outubro 2013 ÍNDICE DE CONFIANÇA EMPRESARIAL Outubro 2013 Relatório Sinop Outubro/2013 C I S E - U N E M A T Página 1 O ICE ÍNDICE DE CONFIANÇA EMPRESARIAL O ICE Índice de Confiança Empresarial busca mapear a percepção

Leia mais

ÍNDICE DE CONFIANÇA EMPRESARIAL Janeiro 2014

ÍNDICE DE CONFIANÇA EMPRESARIAL Janeiro 2014 ÍNDICE DE CONFIANÇA EMPRESARIAL Janeiro 2014 Relatório Sinop janeiro/2014 C I S E - U N E M A T Página 1 O ICE ÍNDICE DE CONFIANÇA EMPRESARIAL O ICE Índice de Confiança Empresarial busca mapear a percepção

Leia mais

ÍNDICE DE CONFIANÇA EMPRESARIAL

ÍNDICE DE CONFIANÇA EMPRESARIAL ÍNDICE DE CONFIANÇA EMPRESARIAL Junho 2013 Relatório Sinop Junho/2013 C I S E - U N E M A T Página 1 O ICE ÍNDICE DE CONFIANÇA EMPRESARIAL O ICE Índice de Confiança Empresarial busca mapear a percepção

Leia mais

RELATÓRIO. Outubro 2015. Ano 03-10

RELATÓRIO. Outubro 2015. Ano 03-10 RELATÓRIO Outubro 2015 Ano 03-10 APOIO: - CENTRO DE INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS FACISA Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas ÍNDICE DE CONFIANÇA EMPRESARIAL (ICE) ÍNDICE DE PREÇOS AO CONSUMIDOR DE SINOP

Leia mais

ÍNDICE DE CONFIANÇA EMPRESARIAL Junho 2014

ÍNDICE DE CONFIANÇA EMPRESARIAL Junho 2014 ÍNDICE DE CONFIANÇA EMPRESARIAL Junho 2014 Relatório Sinop Junho/2014 C I S E - U N E M A T Página 1 O ICE ÍNDICE DE CONFIANÇA EMPRESARIAL O ICE Índice de Confiança Empresarial busca mapear a percepção

Leia mais

Análise das Mudanças de Pesos no Cálculo do INPC - 2007 a 2012

Análise das Mudanças de Pesos no Cálculo do INPC - 2007 a 2012 Enfoque Econômico é uma publicação do IPECE que tem por objetivo fornecer informações de forma imediata sobre políticas econômicas, estudos e pesquisas de interesse da população cearense. Por esse instrumento

Leia mais

Índice de Confiança da Indústria Pernambucana mantém-se em queda em julho

Índice de Confiança da Indústria Pernambucana mantém-se em queda em julho Outubro de 2009 Julho de 2012 Índice de Confiança da Indústria Pernambucana mantém-se em queda em julho O Índice de Confiança da Indústria de Transformação de Pernambuco (ICI-PE) volta a recuar em julho

Leia mais

Pesquisa intenções de compras para o Dia dos Pais

Pesquisa intenções de compras para o Dia dos Pais Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Pesquisa intenções de compras para o Dia dos Pais Perfil do Consumidor para Grande Florianópolis DPLAN - Núcleo de Pesquisas PESQUISA INTENÇÕES DE COMPRAS

Leia mais

SONDAGEM ECONÔMICA DA AMÉRICA LATINA. Sondagem da América Latina

SONDAGEM ECONÔMICA DA AMÉRICA LATINA. Sondagem da América Latina SONDAGEM ECONÔMICA DA AMÉRICA LATINA Novembro, 2013 O QUE É A SONDAGEM IFO/FGV? Decisões econômicas são pautadas por avaliações a respeito da situação atual e na expectativa de comportamento futuro das

Leia mais

Resultados e Análises Rodada de. Referente ao 2º Trimestre de 2015

Resultados e Análises Rodada de. Referente ao 2º Trimestre de 2015 Resultados e Análises Rodada de Maio de 2015 Referente ao 2º Trimestre de 2015 Ano 5, n 20, Maio de 2015 Ribeirão Preto Índice de Confiança dos Fornecedores do Setor Sucroenergético (ICFSS) Reed Exhibitions

Leia mais

AVALIAÇÃO DO GOVERNO DESEMPENHO PESSOAL DA PRESIDENTE

AVALIAÇÃO DO GOVERNO DESEMPENHO PESSOAL DA PRESIDENTE Resultados da 127ª Pesquisa CNT/MDA Brasília, 23/03/2015 A 127ª Pesquisa CNT/MDA, realizada de 16 a 19 de março de 2015 e divulgada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), mostra a avaliação dos

Leia mais

Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC) NOVEMBRO/2013

Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC) NOVEMBRO/2013 16 de dezembro de 2013 Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC) NOVEMBRO/2013 O ICEC é um indicador da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) que visa medir o nível

Leia mais

EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO. Duração da Prova: 120 minutos. Tolerância: 30 minutos.

EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO. Duração da Prova: 120 minutos. Tolerância: 30 minutos. EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Escrita de Economia A 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova 712/2.ª Fase 15 Páginas Duração da Prova: 120 minutos. Tolerância:

Leia mais

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo.

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo. 1 MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo Abril / 2014 Metodologia 2 Metodologia 3 Técnica Pesquisa quantitativa,

Leia mais

Pesquisa Trimestral de Condições de Crédito. Banco Central do Brasil Fevereiro de 2016

Pesquisa Trimestral de Condições de Crédito. Banco Central do Brasil Fevereiro de 2016 Pesquisa Trimestral de Condições de Crédito Banco Central do Brasil Fevereiro de 216 Indicadores de Condições de Crédito Objetivos: Verificar o sentimento dos últimos meses sobre o mercado de crédito e

Leia mais

ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 29 de Outubro de 2015

ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 29 de Outubro de 2015 Associação Brasileira de Supermercados Nº57 ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 29 de Outubro de 2015 Setor de supermercados acumula queda de -0,96% Renda e inflação afetam

Leia mais

3 INFLAÇÃO. Carta de Conjuntura 26 mar. 2015 43

3 INFLAÇÃO. Carta de Conjuntura 26 mar. 2015 43 3 INFLAÇÃO SUMÁRIO A inflação brasileira, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), vinha apresentando uma trajetória de aceleração desde o início de 2014, mas mantinha-se dentro

Leia mais

Prova Escrita de Economia A

Prova Escrita de Economia A EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova Escrita de Economia A 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Prova 712/Época Especial 14 Páginas Duração da Prova: 120 minutos.

Leia mais

Investimento derrete e leva o PIB junto.

Investimento derrete e leva o PIB junto. Ibovespa 8-6-29:,54% Pontos: 53.63,39 Ibovespa 8-6-9 INTRADAY 545 54 535 53 525 52 515 Indicador Valor Var.% Data Dólar Comercial 1,936-1,63 1h45 Dólar Paralelo 2,3, 8/6 Dólar Turismo 2,9 +,97 8/6 Dólar/Euro

Leia mais

Informativo Semanal de Economia Bancária

Informativo Semanal de Economia Bancária 1 Comentário Semanal A semana começa ainda sob impacto do debate acerca da evolução do quadro fiscal e seus possíveis efeitos sobre o crescimento da economia e, conseqüentemente, sobre os juros em 2010.

Leia mais

Indicadores de Desempenho Novembro de 2014

Indicadores de Desempenho Novembro de 2014 Novembro de 2014 PANORAMA CONJUNTURAL FIEA A Economia Brasileira no terceiro trimestre de 2014 O desempenho da economia brasileira no terceiro trimestre de 2014, tanto na margem como em relação ao mesmo

Leia mais

ASSESSORIA ECONÔMICA

ASSESSORIA ECONÔMICA ASSESSORIA ECONÔMICA ASSESSORIA ECONÔMICA A Assessoria Econômica é responsável por desenvolver pesquisas, sondagens, projeções econômicas, pareceres técnicos, estudos e análises conjunturais, além de fornecer

Leia mais

RELATÓRIO DE RESULTADOS MARÇO/15 INDICADORES DO COMÉRCIO VAREJISTA DO DISTRITO FEDERAL PANORAMA E PERSPECTIVAS

RELATÓRIO DE RESULTADOS MARÇO/15 INDICADORES DO COMÉRCIO VAREJISTA DO DISTRITO FEDERAL PANORAMA E PERSPECTIVAS RELATÓRIO DE RESULTADOS MARÇO/15 INDICADORES DO COMÉRCIO VAREJISTA DO DISTRITO FEDERAL PANORAMA E PERSPECTIVAS 1. Resultados consolidados para todas as categorias associadas ao Sindivarejista 2. Resultados

Leia mais

A Percepção dos Serviços de Saúde Suplementar no Brasil Uma visão crítica MARLENE TREUK GERENTE PESQUISA DE MERCADO INSTITUTO DE PESQUISA DATAFOLHA

A Percepção dos Serviços de Saúde Suplementar no Brasil Uma visão crítica MARLENE TREUK GERENTE PESQUISA DE MERCADO INSTITUTO DE PESQUISA DATAFOLHA A Percepção dos Serviços de Saúde Suplementar no Brasil Uma visão crítica MARLENE TREUK GERENTE PESQUISA DE MERCADO INSTITUTO DE PESQUISA DATAFOLHA Satisfação do consumidor SATISFAÇÃO é o sentimento de

Leia mais

1. COMÉRCIO 1.1. Pesquisa Mensal de Comércio. 1.2. Sondagem do comércio

1. COMÉRCIO 1.1. Pesquisa Mensal de Comércio. 1.2. Sondagem do comércio Nº 45- Maio/2015 1. COMÉRCIO 1.1. Pesquisa Mensal de Comércio O volume de vendas do comércio varejista restrito do estado do Rio de Janeiro registrou, em fevereiro de 2015, alta de 0,8% em relação ao mesmo

Leia mais

Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina ICEC

Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina ICEC Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina ICEC Índice de Confiança do Empresário do Comércio Catarinense de julho de 2013 Piora da situação econômica e protestos pelo Brasil deterioram otimismo

Leia mais

MENSAGEM DO FÓRUM REGIONAL PERMANENTE DAS MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE DO ESTADO DA BAHIA

MENSAGEM DO FÓRUM REGIONAL PERMANENTE DAS MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE DO ESTADO DA BAHIA enário econômico brasileiro vem sendo cada vez mais reconhecida e destacada. Além de gerador do maior número de empregos formais no país, o setor exibe, especialmente nos últimos anos, números Boletim

Leia mais

B R A S I L EMERGENTE E X P E C T A T I V A D E V I D A E C O N S U M O E M 2 0 1 5

B R A S I L EMERGENTE E X P E C T A T I V A D E V I D A E C O N S U M O E M 2 0 1 5 B R A S I L EMERGENTE E X P E C T A T I V A D E V I D A E C O N S U M O E M 2 0 1 5 O I N V E S T I M E N T O P E L A L Ó G I C A D A D E M A N D A R E N A T O M E I R E L L E S r e n a t o @ d a t a p

Leia mais

PAINEL. US$ Bilhões. nov-05 0,8 0,7 0,6 0,5 0,4 0,3 0,2 0,1

PAINEL. US$ Bilhões. nov-05 0,8 0,7 0,6 0,5 0,4 0,3 0,2 0,1 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior ASSESSORIA ECONÔMICA PAINEL PRINCIPAIS INDICADORES DA ECONOMIA BRASILEIRA Número 68 1 a 15 de fevereiro de 211 ANÚNCIOS DE INVESTIMENTOS De

Leia mais

Indústria. Prof. Dr. Rudinei Toneto Júnior Renata de Lacerda Antunes Borges

Indústria. Prof. Dr. Rudinei Toneto Júnior Renata de Lacerda Antunes Borges A Sondagem Industrial (SI) e o Índice de Confiança (ICEI) são elaborados pela unidade de Política Econômica da Confederação Nacional das s (CNI) em conjunto com as Federações das s dos 23 estados brasileiros

Leia mais

sobrevivência reforçada

sobrevivência reforçada Conceito Realização de princípios, visão e missão. Orientação das ações dos colaboradores. Postura social da empresa com os seus diferentes públicos. Empresas sensíveis, não voltadas apenas para produção

Leia mais

A Importância do CRM nas Grandes Organizações Brasileiras

A Importância do CRM nas Grandes Organizações Brasileiras A Importância do CRM nas Grandes Organizações Brasileiras Por Marcelo Bandeira Leite Santos 13/07/2009 Resumo: Este artigo tem como tema o Customer Relationship Management (CRM) e sua importância como

Leia mais

Informe Econômico SEFAZ/RJ

Informe Econômico SEFAZ/RJ Economia Mundial. Em julho, o cenário geopolítico internacional apresentou-se bastante conturbado. Entre os acontecimentos que têm gerado grande apreensão internacional, são destaques: (i) o aumento das

Leia mais

Em agosto, ICES interrompe alta e cai para 96,2

Em agosto, ICES interrompe alta e cai para 96,2 Dados de Agosto/2013, Relatório Número 10 Em agosto, ICES interrompe alta e cai para 96,2 Em agosto, o ICES interrompeu a pequena tendência de alta registrada em julho, e voltou a cair, indo para 96,2,

Leia mais

Fevereiro de 2014 INDICE DE PREÇOS NO CONSUMIDOR (IPC) MOÇAMBIQUE, (Base Dez.2010 = 100)

Fevereiro de 2014 INDICE DE PREÇOS NO CONSUMIDOR (IPC) MOÇAMBIQUE, (Base Dez.2010 = 100) INDICE DE PREÇOS NO CONSUMIDOR Moçambique Fevereiro de 2015 Base: Dezembro de 2010 Instituto Nacional de Estatística Índice de Preços no Consumidor Boletim Mensal Reprodução autorizada, excepto para fins

Leia mais

Fase 2 (setembro 2012) Sondagem: Expectativas Econômicas do Transportador Rodoviário - 2012

Fase 2 (setembro 2012) Sondagem: Expectativas Econômicas do Transportador Rodoviário - 2012 Sondagem: Expectativas Econômicas do Transportador Rodoviário - 2012 Apresentação A sondagem Expectativas Econômicas do Transportador Rodoviário 2012 Fase 2 apresenta a visão do empresário do transporte

Leia mais

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo.

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo. 1 MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo Maio/ 2014 Metodologia 2 Metodologia 3 Técnica Pesquisa quantitativa,

Leia mais

Análise: Pesquisa Qualidade de Vida 2013 1º fase

Análise: Pesquisa Qualidade de Vida 2013 1º fase Análise: Pesquisa Qualidade de Vida 2013 1º fase Resumo: A pesquisa de Qualidade de Vida é organizada pela ACIRP e pela Fundace. Teve início em 2009, inspirada em outros projetos já desenvolvidos em grandes

Leia mais

Urban View. Urban Reports. O céu é o limite: até onde vão os valores para compra e aluguel de imóveis em São Paulo?

Urban View. Urban Reports. O céu é o limite: até onde vão os valores para compra e aluguel de imóveis em São Paulo? Urban View Urban Reports O céu é o limite: até onde vão os valores para compra e aluguel de imóveis em São Paulo? Programa Falando em dinheiro, coluna Minha cidade, meu jeito de morar e investir Rádio

Leia mais

Análise do Comério Varejista Janeiro-2016

Análise do Comério Varejista Janeiro-2016 Análise do Comério Varejista Janeiro-2016 A Análise do Comércio Varejista é uma avaliação bimestral que visa mostrar o desempenho dos negócios do comércio no mês de Dezembro/2015 e identifica a percepção

Leia mais

Notícias Economia Internacional. e Indicadores Brasileiros. Nº 2/2 - Janeiro de 2014

Notícias Economia Internacional. e Indicadores Brasileiros. Nº 2/2 - Janeiro de 2014 Notícias Economia Internacional e Indicadores Brasileiros Nº 2/2 - Janeiro de 2014 Sindmóveis - Projeto Orchestra Brasil www.sindmoveis.com.br www.orchestrabrasil.com.br Realização: inteligenciacomercial@sindmoveis.com.br

Leia mais

Brasileiro se endivida, investe menos e finanças se deterioram no semestre

Brasileiro se endivida, investe menos e finanças se deterioram no semestre Veículo: Estadão Data: 09/08/15 Brasileiro se endivida, investe menos e finanças se deterioram no semestre SÃO PAULO - Com contas no vermelho, mais dívidas e menos investimentos, as finanças dos brasileiros

Leia mais

2 PIB MINEIRO CRESCE AINDA MENOS DO QUE O BRASILEIRO Prof. Flávio Riani

2 PIB MINEIRO CRESCE AINDA MENOS DO QUE O BRASILEIRO Prof. Flávio Riani ANO 4 NÚMERO 30 SETEMBRO DE 2014 PROFESSORES RESPONSÁVEIS: FLÁVIO RIANI & RICARDO RABELO 1 - CONSIDERAÇÕES INICIAIS A divulgação do crescimento do PIB brasileiro no primeiro semestre desse ano, além de

Leia mais

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas BRASIL Junio 2011 Profa. Anita Kon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO - PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS- GRADUADOS

Leia mais

Felipe Oliveira, JPMorgan:

Felipe Oliveira, JPMorgan: Felipe Oliveira, JPMorgan: Bom dia a todos. Minha pergunta é em relação ao nível de despesa operacional, se você acredita conseguir, ao longo dos próximos trimestres, capturar no seu resultado operacional

Leia mais

RELATÓRIO DO ADMINISTRADOR 1º SEMESTRE 2014

RELATÓRIO DO ADMINISTRADOR 1º SEMESTRE 2014 RELATÓRIO DO ADMINISTRADOR 1º SEMESTRE 2014 Renda de Escritórios Fundo de Investimento Imobiliário - FII (CNPJ n.º 14.793.782/0001-78) Em atenção ao disposto no Artigo 39, Inciso IV, alínea b, da Instrução

Leia mais

O indicador do clima econômico piorou na América Latina e o Brasil registrou o indicador mais baixo desde janeiro de 1999

O indicador do clima econômico piorou na América Latina e o Brasil registrou o indicador mais baixo desde janeiro de 1999 14 de maio de 2014 Indicador IFO/FGV de Clima Econômico da América Latina¹ O indicador do clima econômico piorou na América Latina e o Brasil registrou o indicador mais baixo desde janeiro de 1999 O indicador

Leia mais

Prova Escrita de Economia A

Prova Escrita de Economia A EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Escrita de Economia A 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova 712/Época Especial 14 Páginas Duração da Prova: 120 minutos.

Leia mais

Ainda em ajuste, ICES de fevereiro é 114,0

Ainda em ajuste, ICES de fevereiro é 114,0 Dados de Fevereiro/2013, Relatório Número 4 Ainda em ajuste, ICES de fevereiro é 114,0 Em fevereiro, o ICES foi 114,0, com a mesma trajetória de ajuste do mês anterior, mas em uma intensidade bem menor.

Leia mais

3. Números índice. Matemática Financeira e Instrumentos de Gestão

3. Números índice. Matemática Financeira e Instrumentos de Gestão 1 2 Matemática Financeira e Instrumentos de Gestão Sumário 3. Números índice 12ª Aula 3.2.5 Taxa de variação Taxa de Inflação Exercícios de consolidação de conhecimentos 9 Nov. 2004 Aula 12, 9 / Nov. /

Leia mais

Batata. Pelo terceiro mês consecutivo,

Batata. Pelo terceiro mês consecutivo, Batata Pelo terceiro mês consecutivo, o volume deste tubérculo negociado na CeasaMinas Grande BH passou por incrementos. Em agosto, a partir de uma oferta de mais de 14.651 toneladas obtevese uma oscilação

Leia mais

Dihego Pansini Economista e Analista de Pesquisas da Futura 3235-5444 / 9869-9465 dihego@futuranet.ws

Dihego Pansini Economista e Analista de Pesquisas da Futura 3235-5444 / 9869-9465 dihego@futuranet.ws O final de ano dos ibefianos é de otimismo. A nova aferição das expectativas dos ibefianos mostra que eles estão projetando um futuro melhor do que no último trimestre. Esse otimismo pode ser explicado

Leia mais

Cesta básica de Porto Alegre registra queda de 4% em junho de 2014

Cesta básica de Porto Alegre registra queda de 4% em junho de 2014 1 Cesta básica de Porto Alegre registra queda de 4% em junho de 2014 Porto Alegre, 07 de julho de 2014. NOTA À IMPRENSA Em junho de 2014, a Cesta Básica de Porto Alegre registrou queda de 4,00%, passando

Leia mais

InfoCarne Informativo Sinduscarne: Notícias do setor da carne Edição 27

InfoCarne Informativo Sinduscarne: Notícias do setor da carne Edição 27 21 de Dezembro de 2015 InfoCarne Informativo Sinduscarne: Notícias do setor da carne Edição 27 Nesta Edição Destaque Guia para o Exportador é lançado na FIEMG / apoio do Sinduscarne A FORÇA DA INDÚSTRIA

Leia mais

Dia dos Pais - 2010. SCS Qd. 06 Ed. Jessé Freire, 6º Andar CEP: 70306-911 Brasília-DF - Fone: (61) 3962-2011 Fax: (61) 3962-2021

Dia dos Pais - 2010. SCS Qd. 06 Ed. Jessé Freire, 6º Andar CEP: 70306-911 Brasília-DF - Fone: (61) 3962-2011 Fax: (61) 3962-2021 Dia dos Pais - 2010 Expectativa de Vendas do Comércio de Varejo do Distrito Federal Brasília, Julho de 2010. 1. ÍNDICE Apresentação...4 Expectativa de Vendas...5 Variação nos Estoques...7 Preço Médio do

Leia mais

PESQUISA CENÁRIO 2010-2015: DESAFIOS ESTRATÉGICOS E PRIORIDADES DE GESTÃO

PESQUISA CENÁRIO 2010-2015: DESAFIOS ESTRATÉGICOS E PRIORIDADES DE GESTÃO PESQUISA CENÁRIO 2010-2015: DESAFIOS ESTRATÉGICOS E PRIORIDADES DE GESTÃO PESQUISA RESPONDENTES 1065 executivos (as) PERÍODO De 02 a 17 (Novembro de 2009) CEOs Diretores UNs Diretores Funcionais QUESTIONÁRIO

Leia mais

EVOLUÇÃO DA ATIVIDADE ECONÓMICA... 2. Atividade global... 2. Atividade setorial... 3. - Produção... 3. - Volume de negócios... 4

EVOLUÇÃO DA ATIVIDADE ECONÓMICA... 2. Atividade global... 2. Atividade setorial... 3. - Produção... 3. - Volume de negócios... 4 SÍNTESE DE CONJUNTURA Mensal março 2015 - Newsletter ÍNDICE EVOLUÇÃO DA ATIVIDADE ECONÓMICA... 2 Atividade global... 2 Atividade setorial... 3 - Produção... 3 - Volume de negócios... 4 Comércio internacional...

Leia mais

Índice de Confiança do Agronegócio

Índice de Confiança do Agronegócio Índice de Confiança do Agronegócio Quarto Trimestre 2014 Principais Resultados:» Índice de Confiança do Agronegócio» Índice da Indústria (antes e depois da porteira)» Índice do Produtor Agropecuário Índice

Leia mais

Valor da cesta básica diminui em 15 cidades

Valor da cesta básica diminui em 15 cidades 1 São Paulo, 04 de setembro de 2015. NOTA à IMPRENSA Valor da cesta básica diminui em 15 cidades Das 18 cidades em que o DIEESE - Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos - realiza

Leia mais

ORÇAMENTO FAMILIAR E CONSUMO EM MORADIAS POPULARES DO GRANDE RECIFE

ORÇAMENTO FAMILIAR E CONSUMO EM MORADIAS POPULARES DO GRANDE RECIFE ORÇAMENTO FAMILIAR E CONSUMO EM MORADIAS POPULARES DO GRANDE RECIFE Marília do Nascimento Silva (UFRPE) mariliadonascimentosilva@hotmail.com INTRODUÇÃO Consumir, seja para fins de satisfação de necessidades

Leia mais

RESULTADOS DE OUTUBRO DE 2013

RESULTADOS DE OUTUBRO DE 2013 1 RESULTADOS DE OUTUBRO DE 2013 Pesquisa realizada pelo Uni-FACEF em parceria com a Fe-Comércio mede o ICC (Índice de confiança do consumidor) e PEIC (Pesquisa de endividamento e inadimplência do consumidor)

Leia mais

Espaço para expansão fiscal e PIB um pouco melhor no Brasil. Taxa de câmbio volta a superar 2,30 reais por dólar

Espaço para expansão fiscal e PIB um pouco melhor no Brasil. Taxa de câmbio volta a superar 2,30 reais por dólar Espaço para expansão fiscal e PIB um pouco melhor no Brasil Publicamos nesta semana nossa revisão mensal de cenários (acesse aqui). No Brasil, entendemos que o espaço para expansão adicional da política

Leia mais

Conjuntura - Saúde Suplementar

Conjuntura - Saúde Suplementar Conjuntura - Saúde Suplementar 25º Edição - Abril de 2014 SUMÁRIO Conjuntura - Saúde Suplementar Apresentação 3 Seção Especial 5 Nível de Atividade 8 Emprego 9 Emprego direto em planos de saúde 10 Renda

Leia mais

Como as empresas financiam investimentos em meio à crise financeira internacional

Como as empresas financiam investimentos em meio à crise financeira internacional 9 dez 2008 Nº 58 Como as empresas financiam investimentos em meio à crise financeira internacional Por Fernando Pimentel Puga e Marcelo Machado Nascimento Economistas da APE Levantamento do BNDES indica

Leia mais

INFORMATIVO. Novas Regras de limites. A Datusprev sempre pensando em você... Classificados Datusprev: Anuncie aqui!

INFORMATIVO. Novas Regras de limites. A Datusprev sempre pensando em você... Classificados Datusprev: Anuncie aqui! INFORMATIVO Novas Regras de limites A Datusprev sempre pensando em você... Classificados Datusprev: Anuncie aqui! A Datusprev abre espaço para divulgação. Aqui você pode anunciar compra, venda, troca,

Leia mais

GUIA DE IMPLEMENTAÇÃO DE MARKETING DE RELACIONAMENTO E CRM

GUIA DE IMPLEMENTAÇÃO DE MARKETING DE RELACIONAMENTO E CRM Sumário Introdução, 1 1 MARKETING DE RELACIONAMENTO: ONDE TUDO COMEÇOU, 5 Afinal de contas, o que é marketing de relacionamento?, 6 O marketing é popular. Alguém duvida disso?, 7 As seis funções do marketing

Leia mais

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO VERSÃO 2

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO VERSÃO 2 EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO 10.º/11.º ou 11.º/12.º Anos de Escolaridade (Decreto-Lei n.º 286/89, de 29 de Agosto Programas novos e Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março) PROVA 712/12 Págs. Duração

Leia mais

Nome do aluno: MATRIZ DE CORRECÇÃO

Nome do aluno: MATRIZ DE CORRECÇÃO Pós-Graduação em Gestão Imobiliária Princípios de Economia Urbana 006-007 Nome do aluno: MATRIZ DE CORRECÇÃO " # $ % $ & 1. $ ' " ( " ). "# " 3 $ * #"$" %$$& #$ $% 4 $ +, " % ' ' - %. )((* + )((* +, )((*

Leia mais

ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC abril 2013

ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC abril 2013 ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC abril 2013 Rio de Janeiro, 08 de maio de 2013 SISTEMA NACIONAL DE ÍNDICES DE PREÇOS AO CONSUMIDOR abril de 2013 ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR

Leia mais

Índice de Confiança do Agronegócio

Índice de Confiança do Agronegócio Índice de Confiança do Agronegócio Primeiro Trimestre 2015 Principais Resultados:» Índice de Confiança do Agronegócio» Índice da Indústria (antes e depois da porteira)» Índice do Produtor Agropecuário

Leia mais

A semana em revista. Relatório Semanal 8/12/2014

A semana em revista. Relatório Semanal 8/12/2014 Relatório Semanal 8/12/2014 A semana em revista No cenário doméstico, os destaques da semana foram a Pesquisa Industrial Mensal (PIM) e a taxa de inflação (IPCA). A produção industrial do mês de outubro

Leia mais

PRECIFICAÇÃO NUM CENÁRIO DE INFLAÇÃO

PRECIFICAÇÃO NUM CENÁRIO DE INFLAÇÃO PRECIFICAÇÃO NUM CENÁRIO DE INFLAÇÃO 4º. ENCONTRO NACIONAL DE ATUÁRIOS (ENA) PROF. LUIZ ROBERTO CUNHA - PUC-RIO SETEMBRO 2015 ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO I. BRASIL: DE ONDE VIEMOS... II. BRASIL: PARA ONDE

Leia mais

COMPOSIÇÃO DE PRODUTOS PESSOA JURÍDICA INFORMAÇÕES EMPRESARIAIS

COMPOSIÇÃO DE PRODUTOS PESSOA JURÍDICA INFORMAÇÕES EMPRESARIAIS COMPOSIÇÃO DE PRODUTOS PESSOA JURÍDICA INFORMAÇÕES EMPRESARIAIS SCPC/SP - Boa Vista Serviços SCPC RELATÓRIO ANALÍTICO e Estadual (Estadual - somente informações do estado de São Paulo). - Desabonos dos

Leia mais

{dybanners}1,1,,meioweb Links Patrocinados{/dybanners} Fonte: IBGE

{dybanners}1,1,,meioweb Links Patrocinados{/dybanners} Fonte: IBGE {dybanners}1,1,,meioweb Links Patrocinados{/dybanners} Fonte: IBGE A taxa de desocupação ficou praticamente estável, pois suas variações em relação a março (9,0%) de 2009 e também a abril de 2008 (8,5%)

Leia mais

DNA DE CORREDOR UM RAIO-X NA SUBCULTURA RUNNING DO BRASIL

DNA DE CORREDOR UM RAIO-X NA SUBCULTURA RUNNING DO BRASIL DNA DE CORREDOR UM RAIO-X NA SUBCULTURA RUNNING DO BRASIL IMERSÃO NO UNIVERSO RUNNING Indivíduo Arquétipos A sociedade Cultura e tendências Relações de consumo Relações de marcas NUNCA HOUVE UMA PESQUISA

Leia mais

Títulos de Capitalização: Análise comercial indica mudanças estratégicas Francisco Galiza Mestre em Economia (FGV) Dezembro/2000

Títulos de Capitalização: Análise comercial indica mudanças estratégicas Francisco Galiza Mestre em Economia (FGV) Dezembro/2000 Títulos de Capitalização: Análise comercial indica mudanças estratégicas Francisco Galiza Mestre em Economia (FGV) Dezembro/2000 I) Introdução O objetivo deste estudo é avaliar a estratégia comercial de

Leia mais

ANO 4 NÚMERO 25 MARÇO DE 2014 PROFESSORES RESPONSÁVEIS: FLÁVIO RIANI & RICARDO RABELO

ANO 4 NÚMERO 25 MARÇO DE 2014 PROFESSORES RESPONSÁVEIS: FLÁVIO RIANI & RICARDO RABELO ANO 4 NÚMERO 25 MARÇO DE 2014 PROFESSORES RESPONSÁVEIS: FLÁVIO RIANI & RICARDO RABELO 1 - CONSIDERAÇÕES INICIAIS Em geral as estatísticas sobre a economia brasileira nesse início de ano não têm sido animadoras

Leia mais

UM NOVO MAPA DA INDÚSTRIA GLOBAL

UM NOVO MAPA DA INDÚSTRIA GLOBAL UM NOVO MAPA DA INDÚSTRIA GLOBAL Raul Sturari (*) Maio de 2013 Nas últimas décadas, os países centrais (EUA e UE) deslocaram grande parte de sua indústria manufatureira para países da Ásia, em especial

Leia mais

Instituto Assaf: nota de R$ 100 perde 80% do valor em 21 anos do Plano Real

Instituto Assaf: nota de R$ 100 perde 80% do valor em 21 anos do Plano Real Veículo: Acionista Data: 12/08/15 Instituto Assaf: nota de R$ 100 perde 80% do valor em 21 anos do Plano Real O Instituto Assaf realizou estudo sobre a perda de poder de compra do consumidor que deixa

Leia mais

ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 30 de Novembro de 2015

ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 30 de Novembro de 2015 Associação Brasileira de Supermercados Nº58 ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 30 de Novembro de 2015 Índice de Vendas acumula queda de -1,02% até outubro Vendas do setor

Leia mais

ECONÔMICAS E PROFISSIONAIS

ECONÔMICAS E PROFISSIONAIS MAPA DE PERSPECTIVAS ECONÔMICAS E PROFISSIONAIS 2016 Worldwide leaders in specialist recruitment ÍNDICE EDITORIAL METODOLOGIA DA INVESTIGAÇÃO PERFIL DOS ENTREVISTADOS O CENÁRIO MACROECONÔMICO INVESTIMENTO

Leia mais

O Endividamento das famílias no Brasil

O Endividamento das famílias no Brasil Boletim Econômico Edição nº 74 junho de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico O Endividamento das famílias no Brasil 1 Situação atual e números O percentual de famílias com

Leia mais

Saúde Financeira para Maiores de 50 anos Luiz Ernesto Março 2015

Saúde Financeira para Maiores de 50 anos Luiz Ernesto Março 2015 Saúde Financeira para Maiores de 50 anos Luiz Ernesto Março 2015 1 Objetivos Fornecer noções de planejamento de finanças pessoais. Informar sobre a importância de poupar e formar patrimônio. Mostrar as

Leia mais

3 O Panorama Social Brasileiro

3 O Panorama Social Brasileiro 3 O Panorama Social Brasileiro 3.1 A Estrutura Social Brasileira O Brasil é um país caracterizado por uma distribuição desigual de renda. Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílios

Leia mais

ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 22 de Dezembro de 2015

ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 22 de Dezembro de 2015 Associação Brasileira de Supermercados Nº59 ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 22 de Dezembro de 2015 Supermercados mostram queda de -1,61% até novembro Desemprego e renda

Leia mais

EMPREENDEDORISM O. CCE Características do Comportamento Empreendedor. Prof. Cícero Wilrison Alves Carneiro

EMPREENDEDORISM O. CCE Características do Comportamento Empreendedor. Prof. Cícero Wilrison Alves Carneiro EMPREENDEDORISM O CCE Características do Comportamento Empreendedor Prof. Cícero Wilrison Alves Carneiro Eng Mecânico e de Segurança do Trabalho Especialista em Gestão Empresarial 1. Estabelecimento de

Leia mais

IPES Índice de Preços ao Consumidor

IPES Índice de Preços ao Consumidor IPES Índice de Preços ao Consumidor Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais IPC-IPES Índice de Preços ao Consumidor de Caxias do Sul Março de 2015 Março de 2015 UNIVERSIDADE DE

Leia mais

FACETAS DA MULHER BRASILEIRA: INTERESSES, DESEJOS E INFLUÊNCIA NO MERCADO DE CONSUMO

FACETAS DA MULHER BRASILEIRA: INTERESSES, DESEJOS E INFLUÊNCIA NO MERCADO DE CONSUMO FACETAS DA MULHER BRASILEIRA: INTERESSES, DESEJOS E INFLUÊNCIA NO MERCADO DE CONSUMO Fevereiro 2016 PERFIL DA MULHER BRASILEIRA 68,0% das entrevistadas dão nota igual ou maior que SETE para a própria felicidade

Leia mais

A influência da Tecnologia da Informação e Telecomunicação na Contabilidade - A Era do Contador Digital

A influência da Tecnologia da Informação e Telecomunicação na Contabilidade - A Era do Contador Digital A influência da Tecnologia da Informação e Telecomunicação na Contabilidade - A Era do Contador Digital Núcleo Interdisciplinar de Estudos Independentes Brayan Christian B. de Oliveira Abril 2012 Introdução

Leia mais

Relatório de Pesquisa. Março 2013

Relatório de Pesquisa. Março 2013 Relatório de Pesquisa SONDAGEM CONJUNTURAL DO VAREJO BRASILEIRO Março 2013 SONDAGEM CONJUNTURAL DO VAREJO BRASILEIRO Pesquisa realizada pela CNDL e SPC Brasil. Foram ouvidos em todo o país 615 varejistas.

Leia mais

renda fixa? seu dinheiro É hora de apostar na #92 Tudo indica que os juros deverão voltar a subir para controlar a inflação

renda fixa? seu dinheiro É hora de apostar na #92 Tudo indica que os juros deverão voltar a subir para controlar a inflação #92 É hora de apostar na renda fixa? Tudo indica que os juros deverão voltar a subir para controlar a inflação seu dinheiro a sua revista de finanças pessoais Para quê moeda? Brasileiros utilizam cada

Leia mais

AGÊNCIA ESPECIAL DE FINANCIAMENTO INDUSTRIAL FINAME RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 31 DE DEZEMBRO DE 2008

AGÊNCIA ESPECIAL DE FINANCIAMENTO INDUSTRIAL FINAME RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 31 DE DEZEMBRO DE 2008 AGÊNCIA ESPECIAL DE FINANCIAMENTO INDUSTRIAL FINAME RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 31 DE DEZEMBRO DE 2008 Senhor acionista e demais interessados: Apresentamos o Relatório da Administração e as informações

Leia mais

Índice de Confiança do Agronegócio

Índice de Confiança do Agronegócio Índice de Confiança do Agronegócio Terceiro Trimestre 2014 Principais Resultados:» Índice de Confiança do Agronegócio» Índice da Indústria (antes e depois da porteira)» Índice do Produtor Agropecuário

Leia mais

Quinta-feira, 07 de Janeiro de 2016. DESTAQUES

Quinta-feira, 07 de Janeiro de 2016. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa cai ao menor nível desde março de 2009 "Pedaladas" podem virar crédito IPCA subiu 10,78% em 2015 ADRs da Gerdau fecham cotados a US$ 1 Queda pode levar Petrobras a rever preço da gasolina

Leia mais

PIB Produto Interno Bruto

PIB Produto Interno Bruto CARTA ECONÔMICA Nº 11/2015 Senhores Conselheiros, Gestores e Membros do Comitê de Investimentos, No atual momento econômico vem surgindo a dúvida se o Brasil está em recessão ou em depressão. Se por recessão

Leia mais

Eixo Temático ET-03-004 - Gestão de Resíduos Sólidos VANTAGENS DA LOGÍSTICA REVERSA NOS EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS

Eixo Temático ET-03-004 - Gestão de Resíduos Sólidos VANTAGENS DA LOGÍSTICA REVERSA NOS EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS 198 Eixo Temático ET-03-004 - Gestão de Resíduos Sólidos VANTAGENS DA LOGÍSTICA REVERSA NOS EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS Isailma da Silva Araújo; Luanna Nari Freitas de Lima; Juliana Ribeiro dos Reis; Robson

Leia mais

Boletim Econômico da Scot Consultoria

Boletim Econômico da Scot Consultoria Boletim Econômico da Scot Consultoria ano 1 edição 2 22 a 28 de abril de 2013 Destaque da semana Alta na taxa Selic O Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu elevar a taxa Selic para 7,50% ao ano,

Leia mais