UNIVERSIDADE NILTON LINS CATÁLOGO DOS CURSOS GRADUAÇÃO. 1 of 34

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIVERSIDADE NILTON LINS CATÁLOGO DOS CURSOS GRADUAÇÃO. 1 of 34"

Transcrição

1 2011 UNIVERSIDADE NILTON LINS CATÁLOGO DOS CURSOS GRADUAÇÃO 1 of 34

2 SUMÁRIO ARQUITETURA E URBANISMO... 4 CIÊNCIAS CONTÁBEIS... 5 CIÊNCIAS ECONÔMICAS... 6 COMUNICAÇÃO SOCIAL HABILITAÇÃO EM JORNALISMO... 7 DIREITO... 8 ENFERMAGEM... 9 ENGENHARIA AMBIENTAL ENGENHARIA CIVIL ENGENHARIA DE PRODUÇÃO FARMÁCIA FISIOTERAPIA FONOAUDIOLOGIA LICENCIATURA PLENA - CIÊNCIAS BIOLÓGICAS LICENCIATURA PLENA - EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA PLENA EM HISTÓRIA LICENCIATURA PLENA EM LETRAS LICENCIATURA PLENA EM MATEMÁTICA MEDICINA MEDICINA VETERINÁRIA NUTRIÇÃO ODONTOLOGIA PEDAGOGIA PSICOLOGIA SERVIÇO SOCIAL TURISMO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PETRÓLEO E GÁS CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM LOGISTICA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SEGURANÇA DO TRABALHO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MATERIAL DE CONSTRUÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM OBRAS HIDRÁULICAS CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM CONSTRUÇÃO DE EDIFÍCIOS CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DESPORTIVA E DE LAZER CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM HOTELARIA... 34

3 ADMINISTRAÇÃO Titulação: Bacharel em Administração Duração: 04 anos Turno: Matutino e Noturno O curso de Administração da Universidade Nilton Lins possui um projeto pedagógico concebido com o objetivo de oportunizar uma nova abordagem ao ensino da gestão de empresas contemporâneas, a partir da utilização de metodologias de ensino que ofereçam oportunidades de aprendizado e que permitam ao acadêmico uma visão sistêmica, por meio da experimentação da realidade, através de sua simulação e da vivência profissional propiciada por aulas práticas e por estágios curriculares e extracurriculares. A premissa que sustenta o Projeto Pedagógico do curso é a crença de que os conteúdos curriculares apresentados, aliados a técnicas de dinâmicas de ensino, possibilitarão a formação de profissionais dotados de visão sistêmica e competências que os tornem aptos para resolver problemas complexos de gestão. Foram consideradas, ainda, para concepção desse projeto pedagógico, além das exigências legais, as mudanças que caracterizam a transformação, através do surgimento de uma nova sociedade e do mercado de trabalho emergente. Proporciona ao aluno, também, um contato espontâneo com a realidade do ambiente de trabalho, pois estabelece uma relação mais estreita com a comunidade quando do desenvolvimento de projetos de ação social quando definidos em conjunto com os alunos da disciplina de Gestão de Projetos Empresariais, e as entidades assistenciais que desejam participar desta atividade de extensão. A disciplina do Estágio Supervisionado é outro exemplo da relação do curso com os valores da responsabilidade social, adotado como parâmetro no processo de gestão organizacional, pois através da parceria com entidades de classe da nossa região, oferecem aos seus filiados, no caso, microempresários, os serviços de consultoria acadêmica, atividade esta realizada pelos acadêmicos finalistas do curso, que ao adotarem uma microempresa sob a orientação e supervisão do professor coordenador da referida disciplina, iniciam um processo de consultoria que elabora um prognóstico e em seguida um diagnóstico das condições estruturais e administrativas da microempresa assistida. Mercado de Trabalho É bastante amplo o mercado de trabalho do administrador, envolvendo organizações das áreas públicas e privadas. Na área pública, ele pode atuar em funções de direção e coordenação de diferentes níveis da burocracia estatal e de empresas públicas. Na área privada, ele estará como administrador em condições de dirigir uma empresa, exercendo a coordenação de diversas áreas. Será gestor de seu próprio negócio ou consultor, orientando instituições a se enquadrarem às exigências do mercado competitivo. O profissional Administrador de Empresas da Universidade Nilton Lins tem sua atuação definida, como gestor, junto aos: Órgãos Privados: Empresas comerciais; Consultorias e Assessorias; Empresas de e-business; Indústrias diversas. Órgãos Públicos: Secretarias de Governo; Autarquias; Empresas Públicas. Terceiro Setor: ONG s; Fundações. Unicenter sala 230S Coordenação de Administração Coordenador: Prof. Ms. Hamilton Ciro Muratore (92)

4 ARQUITETURA E URBANISMO Titulação: Arquiteto e Urbanista Duração: 5 anos Turno: Matutino e Noturno O egresso desse curso deverá ser um profissional que gosta de desafios e os encara com bastante método, levantando dados, estabelecendo diagnósticos e perseguindo soluções criativas, funcionais e responsáveis. A atuação profissional exige dedicação, capacidade de concentração, determinação, acuidade, sensibilidade para entender o homem, gosto pela história, pela lógica e ao mesmo tempo por conhecer as novas tecnologias e as questões de meio-ambiente e um extremo senso de responsabilidade social. É muito importante também que saiba trabalhar em equipe. O crescimento urbano desordenado, a perda da qualidade de vida nas cidades, espaços cada vez menores e inadequados para se morar e a falta de habitação para a grande maioria da população são alguns desafios do mundo contemporâneo para o arquiteto urbanista. A Universidade Nilton Lins busca formar o profissional de Arquitetura e Urbanismo capaz de responder a esses e outros desafios, que seja detentor do conhecimento técnico necessário para o bom desempenho da profissão, mas que também possua maturidade social suficiente a fim de que possa auxiliar e apresentar soluções aos problemas inerentes à sua área de atuação, na busca de uma melhor organização do espaço físico, levando em conta as necessidades funcionais e culturais, em nível regional, nacional ou internacional. A verificação de que quase todos os alunos do curso já percebem ganhos financeiros, seja como estagiários ou funcionários, traz a convicção que a formação que os acadêmicos vêm recebendo no curso, de alguma forma tem correspondido ao objetivo proposto de oportunizar um ambiente acadêmico propício ao entendimento e atuação sobre a realidade amazônica, no espectro mais amplo da formação profissional. O retorno recebido de empresários que acolhem nossos alunos para o estágio supervisionado, demonstrando surpresa com a boa qualidade do preparo deles, é um sinalizador de que nosso egresso é bem recebido pelo mercado e poderá dar sua contribuição à sociedade amazonense. O depoimento dos ex-alunos e alunos finalistas que, de maneira tranquila, confessam sentirem-se estruturados para encarar os futuros desafios, permite inferir que os conteúdos contemplados ao longo do curso foram enriquecedores tanto como bagagem de conhecimento necessária ao futuro profissional, quanto à própria postura e estruturação metodológica do pensamento frente à diversidade de demanda a qual estarão submetidos. As temáticas por eles trabalhadas para os Trabalhos Finais de Graduação atestam o interesse e compromisso desses discentes com a realidade regional.. Mercado de Trabalho Com uma formação mais holística, o egresso fica habilitado a projetar o ambiente propício ao homem, seja na dimensão da edificação, de conjuntos, ou do todo urbano, com as diversas funções e usos, considerando as condições culturais, sociais, econômicas e ambientais e principalmente coordenar equipes multidisciplinares. Preparado para exercer de maneira ampla as atribuições profissionais previstas na lei nº 5.194/66, pode atuar em estudo, planejamento, projeto, especificação técnica, viabilidade técnico-econômica, assistência, assessoria, consultoria, direção de obras e serviços técnicos, vistoria, perícia, avaliação, arbitramento, laudo e parecer, desempenho de cargo e função técnica, ensino, pesquisa, análise, experimentação, ensaio, divulgação técnica e extensão, elaboração de orçamento. Pode também realizar estudos de desempenho e impactos, restauração de monumentos, projeto de revitalização de núcleos urbanos e reurbanização. Unicenter sala 230S Coordenação de Arquitetura Coordenadora: Prof.a Ms. Ana Lucia Nascentes Da Silva Abrahim (92)

5 CIÊNCIAS CONTÁBEIS Titulação: Bacharel em Ciências Contábeis Duração: 04 anos O mecanismo que a sociedade amazonense encontrou para galgar aos índices de crescimento foi o de direcionar investimentos na capacitação de colaboradores, por meio de incentivo nas áreas educacionais com a implantação de cursos direcionados ao mundo empresarial setor privado e governamental. Dentro deste contexto, a CIÉNCIA CONTÁBIL traz instrumentos essenciais para atender às expectativas sócio-culturais e empresariais, pois, ao mesmo tempo em que formaliza e sistematiza as informações patrimoniais, não permite que a frieza dos números encubra a cabal importância das vidas por detrás dos mesmos. Em plena consonância com a missão institucional, o Curso de Ciências Contábeis visa dotar o graduando de todos os conhecimentos teóricos e práticos necessários ao bom desempenho de sua futura profissão, atendendo às características legais e sócio-culturais regionais, sem se descuidar de preceitos éticos e morais compatíveis e essenciais ao bom desempenho das atividades. O profissional egresso do Curso de Ciências Contábeis da Universidade Nilton Lins, deverá ser capaz de relacionar-se técnico-profissional e cientificamente com os demais campos profissionais e de desenvolvimento científico, articulando-se de forma positivamente construtiva para o desenvolvimento das entidades em que estiver trabalhando e principalmente para o crescimento da aplicabilidade e eficácia da contabilidade para este mesmo fim. Mercado de Trabalho O Conselho Regional de Contabilidade do Estado do Amazonas CRC/AM possui em seu quadro registros de aproximadamente bacharéis em Ciências Contábeis para atender a demanda da sociedade empresarial no setor primário, com projetos agropecuários, estudos de manejo florestal, viabilidade de potencialidades regionais, cultivo de monocultura e permacultura dentre tantos outros; no setor secundário, com a apresentação de projetos industriais de ampliação, diversificação e implantação, projetos de incentivos fiscais, consultorias financeiras, perícia contábil e auditoria, e finalmente no setor terciário, atendendo a demanda de instituições bancárias, comerciais e órgãos públicos municipais, estadual e federal. Facilmente percebemos a carência de profissionais para atender ao Estado com cerca de 2 milhões de habitantes, mesmo considerando que a economia nacional passa por momentos de turbulências quanto a questão da geração de emprego. Por tal, cabe a Ciência Contábil fomentar o empreendedorismo, também, como alternativa no campo profissional. Por este motivo, cabe a esta Universidade assumir a responsabilidade através do Curso de Contabilidade. Unicenter sala 230S Coordenação de Ciências Contábeis Coordenador: Prof.Ms. Hamilton Ciro Muratore (92)

6 CIÊNCIAS ECONÔMICAS Titulação: Bacharel em Ciências Econômicas Duração: 04 anos O projeto pedagógico do Curso de Ciências Econômicas tem como foco principal orientar de forma clara, o corpo de docentes, discentes e a sociedade envolvida com a área econômica, dos fundamentos e responsabilidades sociais em contribuir para o desenvolvimento sustentável, em nível regional e global, mediante o uso dos recursos naturais pelas gerações futuras. O curso de Ciências Econômicas contribui com o processo de inclusão social, uma vez que a sociedade está vivendo uma nova realidade com o desenvolvimento industrial/econômico. Essa tendência tem forte impacto sobre as expectativas da sociedade, uma vez que o sistema de ensino superior está fortemente orientado para a formação de pessoas para trabalharem nas organizações. A perda das perspectivas de emprego nas grandes organizações estimula muitas pessoas a constituir o seu próprio negócio. Com isso, a administração empreendedora tornou-se uma tendência social importante e o profissional graduado em economia tem conhecimento técnico/administrativo para gerir seu próprio negócio. A Universidade Nilton Lins, de forma particular, nos últimos anos, tem tido intensa atuação quanto à expansão e consolidação da Pesquisa e Pós-Graduação, com oferta de programas de conhecimento na área de humanas à saúde. O curso de Ciências Econômicas tem por escopo a formação de profissionais da área econômica comprometidos com os interesses reais e coletivos da população brasileira, e especificamente da região amazônica, capazes de compreender e interagir com a realidade regional e local, contribuindo, através das habilidades e competências próprias do economista, para a melhoria da qualidade de vida da sociedade em que ele esteja inserido. Mercado de Trabalho O profissional de Ciências Econômicas é perfeitamente capaz de tomadas de decisões para resolução de problemas de ordem macroeconômica, administração pública, como microeconômica, gestão de empresas privadas. A capacidade de criticidade e a visão holística são variáveis inerentes a diversas disciplinas que são coadjuvantes do processo de ensino/aprendizado. Para isso, ao final do curso o acadêmico deverá ter adquirido os conhecimentos necessários para desempenhar suas atividades no setor público e privado, destacadamente na elaboração de projetos econômico-financeiros e também na gestão econômica de empresas. O Economista graduado tem competências e habilidades para: Analisar dados econômicos e elaborar previsões, planos, projeções, pareceres, realizar peritagens e auditorias financeiras e econômicas. Efetuar análises de investimentos, com vista à determinação das necessidades de financiamentos, concessão de incentivos em diversos setores da economia. Efetuar estudos de viabilidade econômica, estudos de mercado, projetos de investimentos e financiamentos, tendo em vista as tendências de demanda e oferta, avaliando o mercado, potencialidades, receptividade e estratégia de política comercial. Conhecer a planificação estratégica de empresas públicas, privadas e mistas, assegurando a coordenação de projetos com orçamentos e execução financeira. Efetuar auditoria e perícia econômica, financeira e de gestão. Analisar as tendências macroeconômicas regional, nacional e internacional. Unicenter sala 230S Coordenação de Ciências Econômicas Coordenadora: Prof.a Ms Anis Mary Freitas De Souza (92)

7 COMUNICAÇÃO SOCIAL HABILITAÇÃO EM JORNALISMO Titulação: Bacharel em Comunicação Social - Habilitação em Jornalismo Duração: 4 anos O Curso Superior de Jornalismo da Universidade Nilton Lins possui um projeto pedagógico concebido com o objetivo de formar profissionais capazes de desenvolver práticas, pesquisas e reflexões que promovam o aprimoramento técnico, cultural e artístico das linguagens e meios de comunicação e seu impacto na sociedade, através de uma ampla e sólida competência teórico-prática, comprometida com o processo de humanização e de qualidade de vida do ser humano e da realidade brasileira. O Projeto Pedagógico do Curso busca, em seus diversos componentes garantir ao egresso o exercício do Jornalismo de forma ética e responsável, propiciando-lhe habilidades e conhecimentos necessários para produzir, redigir textos e reportagens para veículos impressos, televisivos, radiofônicos e digitais; noções gerais para levantamento de pautas; temas; assuntos e edição de vários tipos de mídia com o diferencial de ter sua orientação voltada para o mercado. Estará pronto para a gestão de pessoas podendo assumir papéis de gerência em qualquer empresa jornalística. O aluno nesse momento é preparado para ser um empreendedor de si mesmo e de sua profissão, quer no social, no cultural, no promocional ou no institucional do Jornalismo. Passa a depender apenas de si para que sua profissão lhe promova os rendimentos esperados, já que é capaz de construir sua própria atividade empresarial e portanto, rumo a sustentabilidade. Mercado de Trabalho A atividade do Jornalista, enquanto instrumento da comunicação posicionado entre o fato e o receptor, permeia todas as atividades empresariais, públicas e particulares podendo atuar em funções de direção, assessoria e coordenação. Poderá ainda, ser o gestor de seu próprio negócio ou como consultor, orientando instituições a determinarem os rumos da comunicação nas diversas instituições onde atuar, visando a melhor forma desta comunicar-se com seus públicos. Assim, as atividades do Comunicador Jornalista, no mercado de trabalho local abrange: ÓRGÃOS PRIVADOS: Empresas comerciais; Veículos midiáticos; Consultorias e Assessorias; Empresas de e-business; Indústrias diversas; Universidades e Faculdades; ÓRGÃOS PÚBLICOS: Secretarias de Governo; Autarquias; Empresas Públicas; TERCEIRO SETOR: Ong s; Fundações. Bloco I Complexo Alice Lins Coordenação de Jornalismo Coordenadora: Profª.. Ms. Terezinha Lima Silva (92)

8 DIREITO Titulação: Bacharel em Direito Duração: 5 (cinco) anos Turno: Matutino e noturno O Curso de Direito da Universidade Nilton Lins possui uma matriz curricular atualizada com disciplinas do eixo de formação fundamental e profissional, além das eletivas e da prática jurídica (escritório modelo). Dentre as disciplinas integradas a realidade regional destaca-se: Direito agrário, ambiental, indígena, da navegação e notarial. Possuímos diversas atividades de extensão como júris simulados (tanto interno como externo), ciclos de palestras a atividades culturais, que propiciam aos alunos do curso uma visão ampliada e crítica sobre as questões jurídicas que permeiam os diversos seguimentos da sociedade contemporânea regional, nacional e global. Destacamos ainda nossa monitoria, a iniciação científica, os grupos de estudos em direito, o núcleo de advocacia voluntária e a revista jurídica virtual. Mercado de trabalho O Bacharel em direito tem um amplo espaço para trabalhar como a advocacia, magistratura, promotoria, procuradoria, consultoria, defensoria pública e o magistério. Algumas destas atividades são desenvolvidas na esfera privada e outras nos entes públicos. Unicenter Coordenação De Direito Sala 213 Coordenador: Prof.. Dr. Erivaldo Cavalcanti E Silva Filho (92)

9 ENFERMAGEM Titulação: Bacharel em Enfermagem Duração: 5 anos O Curso de Enfermagem oferece ao seu aluno um enfoque interdisciplinar sobre os problemas que afetam a saúde da população, com aulas práticas e teóricas, atuando em todos os campos da saúde. Oportuniza uma visão ampla e global, instrumentalizando o egresso para uma participação e contribuição social, na condição de agente de produção e transmissão de conhecimento técnicocientífico-pedagógico, que valoriza a vida humana, dando respostas às necessidades da clientela. Ressalta-se o respeito às peculiaridades do indivíduo e da região, e o compromisso com a ética em defesa da vida, bem como a participação em planos, projetos e pesquisas em saúde ou educação, para orientar e executar atividades preventivas, curativas e reabilitadoras. Mercado de trabalho O novo profissional de enfermagem sabe posicionar-se criticamente frente ao contexto político-econômico-social do país, atuando como agente de transformação. Desenvolve atividades assistenciais, administrativas, de ensino e de pesquisa, nos setores públicos e privados, em todos os níveis de atenção à saúde. Atua em consultoria e assessoria na área específica de enfermagem, de saúde e em educação. Presta assistência direta ao cliente em hospitais gerais e especializados, ambulatórios, unidades básicas de saúde, clínicas especializadas, cooperativas de trabalho de enfermagem, consultórios, empresas, creches e entidades esportivas. Atua também em instituições formadoras de profissionais de enfermagem e de outras categorias na área de saúde, em nível médio, superior e pós-graduação e em instituições de pesquisas. Assume funções como Direção de Escolas, de Serviços de Saúde, Secretarias de Governo, dentre outras. Unicenter Coordenação de Enfermagem sala 115 Coordenadora: Profª.. Ms. Esmeralda Farias Cohen (92)

10 ENGENHARIA AMBIENTAL Titulação: Bacharel em Engenharia Ambiental Duração: 5 anos O Curso de Engenharia Ambiental da Universidade Nilton Lins dedica-se à formação de profissionais capazes de avaliar e minimizar os impactos ambientais indesejáveis, reduzir os efeitos adversos das atividades produtivas nos meios físicos e biológicos, fazer análise de susceptibilidade e vocações naturais do meio ambiente, elaborar estudos de impactos ambientais, propor, implementar e monitorar medidas ou ações mitigadoras. O engenheiro ambiental atua na preservação da qualidade da água, do ar e do solo a partir do diagnóstico, manejo, controle e recuperação de ambientes urbanos e rurais. As funções do profissional da área incluem investigação, avaliação, adaptação e implantação de sistemas de produção ambientalmente viáveis, a recuperação de áreas degradadas e a diminuição e o monitoramento dos processos e atividades causadores de impactos ambientais. É ele, também, que prepara empresas e organizações para receber licenças ambientais de funcionamento. O engenheiro ambiental pode, ainda, elaborar propostas alternativas para o tratamento de poluentes e para a utilização racional de recursos naturais. Esse profissional atua também para viabilizar a obtenção do certificado ambiental para a área de produtos e serviços, a ISO Mercado de Trabalho O mundo do trabalho do engenheiro ambiental é bastante promissor. A formação multidisciplinar é essencial. Como o currículo tem disciplinas de Exatas e Biológicas, ele está capacitado a participar de todas as etapas necessárias à resolução ou minimização de problemas ambientais. As principais chances ocorrem em centros de pesquisa, órgãos executores de gerenciamento e controle ambiental, organizações não-governamentais (ONGs), agências reguladoras de água, energia elétrica e vigilância sanitária, universidades e indústrias das mais variadas atividades. Empresas de consultoria privada e instituições encarregadas da definição de políticas públicas ambientais também são potenciais empregadores. A Engenharia Ambiental, ao contrário de outras profissões na área de meio ambiente Ecologia, por exemplo, é regulamentada no Brasil desde 2000, pela Resolução 447 do Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia. Unicenter Coordenação de Engenharia Ambiental sala 230S Coordenadora: Profª Ms. Raquel Paiva De Oliveira (92)

11 ENGENHARIA CIVIL Titulação: Bacharel em Engenharia Civil Duração: 5 Anos O Curso de Engenharia Civil da UNINILTONLINS foi criando em 2000, tendo seu reconhecimento em 19/01/2011 e desde então já entregou à sociedade amazonense, até o momento, 118 engenheiros. Atualmente conta mais de 468 alunos regularmente matriculados e tem uma previsão de 40 formaturas para os próximos 2 anos. O Curso apresenta-se consolidado e bem conceituado, vindo a apresentar regularmente bons desempenhos nos mecanismos de avaliação implantados pelo Governo Federal (Provão e ENADE) e pela sociedade em geral. O Curso de Engenharia Civil da UNINILTONLINS conta com uma equipe de 34 professores com titulação de Doutorado e Mestrado e com a mais ampla experiência profissional nos diversos ramos da Engenharia Civil, formando assim uma sinergia entre a parte científica e a prática do profissional de engenharia. MERCADO DE TRABALHO É bastante amplo o mercado de trabalho do engenheiro, envolvendo as organizações das áreas pública e privada. O mercado para o engenheiro está aquecido em todo o país, e a expectativa é melhorar ainda mais nos próximos anos. O bom momento atual é reflexo do crescimento da economia e de projetos do governo federal como o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e o Minha Casa Minha Vida, que aumentou a oferta de imóveis, o que beneficia o bacharel. Para os próximos anos, a demanda pelo profissional deve aumentar, já que dois grandes eventos serão sediados no país: a Copa do Mundo, em 2014, e os Jogos Olímpicos, em "Serão grandes construções, como portos, canais, barragens, que levam de quatro a cinco anos para ficar prontas. O mercado só tende a melhorar ainda mais. A construção civil é o setor que mais absorve esse bacharel. O aquecimento do mercado imobiliário nos últimos anos segue influenciando a grande procura por esse engenheiro. Escritórios de arquitetura também costumam contratar o profissional para atuar no planejamento de projetos. Entre os setores apontados como promissores, estão o de petróleo e gás, que deverão receber investimentos em obras de grande porte, como gasodutos, refinarias, plataformas, navios e estaleiros. Outras áreas com boa perspectiva são energia e saneamento básico. Na área pública, ele pode atuar em funções de direção e coordenação de diferentes níveis da burocracia estatal e de empresas públicas. Unicenter Coordenação de Engenharia Civil sala 230S Coordenador: Prof. Ms. Jackson Conceição De Matos (92)

12 ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Titulação: Bacharel em Engenharia de Produção Duração: 5 Anos PERFIL DO ENGENHEIRO DE PRODUÇÃO Em termos técnicos, O engenheiro de Produção deve ser capaz de atuar fundamentalmente na organização das atividades de produção, assim recebendo treinamento em métodos de gestão e em técnicas de otimização da produção. Quanto ao seu modo de atuação, é preparado, acima de tudo, para ser um profissional capaz de estabelecer as interfaces entre as áreas que atuam diretamente sobre os sistemas técnicos e entre essas e a área administrativa da empresa. Este perfil tem tornado este profissional muito procurado pelas empresas pela sua capacitação híbrida gerencial-técnica. Paralelamente, exige-se também um certo espírito solucionador de problemas, típico do engenheiro. MERCADO DE TRABALHO Mundo do Trabalho A Engenharia de Produção, ao voltar a sua ênfase para as dimensões do produto e do sistema produtivo, veicula-se fortemente com as idéias de projetar produtos, viabilizar produtos, projetar sistemas produtivos, viabilizar sistemas produtivos, planejar a produção, produzir e distribuir produtos. Portanto, o Engenheiro de Produção pode atuar, além dos setores industriais tradicionais, o setor de serviço como os bancos, aeroportos, portos, setor agroindustrial, transporte logístico, etc. Os Engenheiros nesses setores são contratados para implantar e administrar processos de produção; administrar a mão-de-obra, avaliar custos e prazos; automatização da produção e projeto de instalações industriais. Unicenter Coordenação de Engenharia De Produção - sala 230S Coordenador: Prof. Ms. André Ramos De Souza (92)

13 FARMÁCIA Titulação: Bacharel em Farmácia Duração: 5 anos O curso de farmácia está intimamente voltado para a pesquisa, manipulação/produção de medicamentos, insumos básicos e essenciais às ações de saúde desenvolvidas junto à comunidade, principalmente por meio da farmácia-escola. Tendo por objetivo formar um profissional habilitado para trabalhar em estabelecimentos hospitalares públicos e privados, em farmácias e drogarias, em indústrias e em laboratórios clínicos, com ampla visão dos problemas afetos à área de saúde, proporcionando-lhes generalidades da Farmácia, como instrumento de transformação da política de saúde, seja pela orientação da população ou pela participação direta e ativa na resolução de problemas hospitalares e de vigilância sanitária, além de participar na área de pesquisas, extensão e docência, mas sempre dedicando-se para a promoção, a preservação e a recuperação da saúde humana. O profissional formado deverá respeitar os princípios éticos/bioéticos, morais e culturais, em nível individual e coletivo, no desenvolvimento das atividades que lhe são requeridas para preservar, manter, desenvolver e restaurar a integridade de órgãos, sistemas e funções. Deverá voltar-se ao desenvolvimento científico e à auto-atualização, pois deverá estar ciente da importância da educação continuada e permanente. Mercado de trabalho O farmacêutico pode optar pelas seguintes áreas de especialização: Alimentos - Fazer exames químicos e microbiológicos para analisar os aspectos nutricionais. Acompanhar o processo de fabricação de alimentos, desde seu desenvolvimento até o controle de qualidade Análises clínicas - Realizar e interpretar testes laboratoriais para o diagnóstico de doenças. Desenvolver e produzir Kits para exames laboratoriais. Análises toxicológicas - Fazer exames em substâncias humanas, animais e vegetais, alimentos ou em ambientes, para detectar a contaminação por agentes tóxicos, como drogas, toxinas, medicamentos ou substâncias químicas em geral. Farmácia - Preparar medicamentos, seguindo as prescrições de médicos, dentistas e veterinários. Controlar a distribuição de medicamentos. Farmácia Industrial - Produzir medicamentos, vacinas, cosméticos e produtos de higiene pessoal e do ambiente. Educação - Docência e execução de projetos de pesquisas científicas. Unicenter Coordenação de Farmácia - sala 115 Coordenador: Prof.. Ms. Raphael Borges Serra (92)

14 FISIOTERAPIA Titulação: Bacharel em Fisioterapia Duração: 5 anos Turno: Matutino O curso de Fisioterapia da UNINILTONLINS tem duração de 5 anos e está voltado para a formação de um profissional polivalente, possibilitando ao acadêmico desenvolver habilidades e competências que caracterizam o fisioterapeuta contemporâneo, atento às mudanças organizacionais e ambientais da nossa região. O perfil do Fisioterapeuta que se pretende formar é o de um profissional da área de saúde com intensa e significativa atuação junto à sociedade, amparado por uma formação universitária ampla, atualizada e científica, partindo do enfoque bio-psico-social do ser, visando ao bem estar geral do indivíduo e da comunidade. Assegura-se, através do projeto pedagógico do curso, a formação do profissional fisioterapeuta generalista, capaz de atuar em todas as áreas do conhecimento fisioterapêutico e que seja detentor de uma visão ampla e global de sua profissão, entendendo-a como uma forma de participação e contribuição social. Esta atuação deve ocorrer de maneira crítica e criativa nos aspectos terapêuticos físico-funcionais, nos níveis da prevenção, manutenção e reabilitação dos agravos à saúde. Mercado de Trabalho Enquanto membro da uma equipe multiprofissional de saúde, o Fisioterapeuta possui um campo de atuação vasto, podendo exercer suas atividades em: Hospitais, Ambulatórios, Clínicas de Fisioterapia particulares e públicas, Centro de reabilitação, Unidades básicas ou especializadas de saúde, Domicílios, Instituições sociais e de saúde, Cooperativas de saúde, Escolas especiais, Asilos e Creches, Empresas e indústrias, Entidades desportivas, Instituições educacionais e de pesquisa científica, tanto por serviços públicos como privados. Unicenter Coordenação de Fisioterapia sala 115 Coordenadora: Profª.. Ms. Vanessa Christina Costa Da Silva (92) /

15 FONOAUDIOLOGIA Titulação: Bacharel em Fonoaudiologia Duração: 5 anos O profissional formado em Fonoaudiologia deverá respeitar os princípios éticos, morais e culturais, no desenvolvimento das atividades que lhe são requeridas para prevenir, avaliar, diagnosticar, reabilitar e aperfeiçoar a integridade de órgãos, sistemas e funções relativos à comunicação humana. Deverá voltar-se ao desenvolvimento científico e à auto atualização, com atuação interdisciplinar e multiprofissional, promovendo um diálogo com outras áreas do saber. Mercado de trabalho A Fonoaudiologia é uma área de atuação relativamente nova. Em função disso, é ainda desconhecida por grande parte da população. O fonoaudiólogo é um profissional com graduação em Fonoaudiologia, apto para realizar diagnóstico, avaliação e reabilitação de voz, audição, linguagem e motricidade orofacial. Seu campo de trabalho é bastante amplo: hospitais, clínicas, escolas, creches, empresas, instituições públicas, postos de saúde, universidades, entre outros. A região Norte, em particular o Amazonas, é carente desses profissionais da área da saúde. A cidade de Manaus conta atualmente com mais ou menos 200 fonoaudiólogos, para uma população de um milhão e meio de habitantes, isso sem considerarmos o interior do Estado (mais de 60 municípios) onde poucos fonoaudiólogas atuam. A Fonoaudiologia configura-se, portanto como um mercado promissor na região Norte possibilitando grandes oportunidades de crescimento profissional. Unicenter Coordenação de Fonoaudiologia sala 115 Coordenadora: Profª.. Ms. Adriana Nogueira Machado Dantas e prof.a Fernanda Borowsky da Rosa (92) /

16 LICENCIATURA PLENA - CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Titulação: Licenciatura Plena em Ciências Biológicas Duração: 3 anos Turno: Matutino/Noturno O curso de Licenciatura em Ciências Biológicas objetiva formar profissionais com amplo conhecimento tecnológico, comprometido eticamente com os graves problemas ambientais do nosso século, que só podem ser resolvidos dentro de uma abordagem ampla e ambientalmente saudável, exercendo o magistério nas Séries Finais do Ensino Fundamental e no Ensino Médio. Objetiva, ainda, formar profissionais capacitados para o exercício de atividades de pesquisas vinculadas ao ensino superior e à indústria, e de atividades docentes nas diversas áreas da Biologia. Ressalta-se o desenvolvimento de estudos que ofereçam condições de práticas ambientais coerentes com a sustentabilidade dos recursos naturais, bem como atenção às reais necessidades do Estado do Amazonas e da cidade de Manaus, no que diz respeito à manutenção da biodiversidade existente, partindo de tecnologias limpas de aproveitamento dessa biodiversidade. Possibilita ao aluno, a utilização de diferentes fontes de informação e de recursos tecnológicos para a aquisição, construção e disseminação de conhecimentos a serem aplicados no desenvolvimento da Amazônia. Mercado de Trabalho A profissão de Biólogo está entre as 10 profissões do novo milênio, com participação efetiva nas áreas de: biotecnologia; zoologia; saúde; engenharia genética; microbiologia; agronomia e meio ambiente. O curso divide-se em licenciatura e bacharelado. A licenciatura forma professores para o Ensino Fundamental e Médio. Com a nova proposta de ensino e o novo papel que o educador tem conquistado, o Biólogo participa diretamente da formação e capacitação de profissionais nas áreas biológicas e da saúde. A habilitação de biologia possibilita, ao profissional formado, assumir os seguintes postos no mercado de trabalho: - Professor de Ciências Químicas, Físicas e Biológicas, no Ensino Fundamental; - Professor de Biologia no Ensino Médio. Cursando uma pós-graduação estará habilitado também para atuar como professor no ensino superior. Bloco I Complexo Alice Lins Coordenação de Ciências Biológicas Coordenadora: Profª.. Ms. Dayse Peixoto Maia (92)

17 LICENCIATURA PLENA - EDUCAÇÃO FÍSICA Titulação: Licenciatura Plena em Educação Física Duração: 3 Anos Turno: matutino e noturno O futuro profissional para a docência desse componente curricular da Educação Básica área do Ensino por meio da apreensão e apropriação do que se constitui expressão e conhecimento da cultura Corporal de movimento na escola a fim de contribuir nesse espaço para o alcance de finalidades educacionais de necessidades de capacitação e formação humana, bem como na perspectiva de saúde, de alcance do bem estar e qualidade de vida. Mercado de Trabalho Intervenção profissional: Promover treinamento esportivo, preparação física, avaliação física, recreação em atividade física, orientação de atividades físicas, gestão em educação física e esporte. Diagnosticar, identificar, planejar, organizar, coordenar, prescrever, orientar, avaliar, administrar, aplicar métodos e técnicas motoras diversas, ministrar exercícios físicos objetivando promover, otimizar e reabilitar o condicionamento e restabelecer perspectivas de saúde, lazer ativo e bem estar psicossocial do indivíduo ou do coletivo. Unicenter Coordenação de Educação Física - sala 115 Coordenadora: Profª.. Ms. Cintia Matos De Melo (92)

18 LICENCIATURA PLENA EM HISTÓRIA Titulação: Licenciatura Plena em História Duração: 3 anos O egresso do curso de licenciatura plena em História é um profissional que atuará no mercado de trabalho como professor na Educação Básica, exercendo também a pesquisa na sua atividade de magistério, consciente da necessidade da prática de observação, reflexão crítica e reorganização de suas ações. Além de desempenhar funções referentes à gestão documental e conservação dos acervos históricos que constituem o patrimônio cultural da sociedade. Mercado de Trabalho A Licenciatura em História da Universidade Nilton Lins prepara o aluno para desempenhar as seguintes atividades: o ensino em escolas de Ensino Fundamental e Médio; a inventariação e salvaguarda do patrimônio; o trabalho em órgãos de comunicação social e em empresas editoriais; o trabalho em organizações internacionais ou em departamentos internacionais de empresas, organismos públicos e ONG s. Bloco I Complexo Alice Lins Coordenação de História Coordenador: Prof.. Ms. Alcemir Arlejean Bezerra Teixeira (92)

19 LICENCIATURA PLENA EM LETRAS Titulação: Licenciatura Plena em Letras Língua Portuguesa Duração: 3 anos O objetivo do curso de Licenciatura Plena em Letras da Universidade Nilton Lins é promover a formação superior de docentes que atuarão no ensino da Língua Portuguesa, formando profissionais Inter culturalmente competentes, capazes de lidar, de forma crítica, com as linguagens, especialmente a verbal, nos contextos oral e escrito, e conscientes de sua inserção na sociedade e das relações com o outro. O profissional de Letras formado na Universidade Nilton Lins terá domínio do uso da Língua Portuguesa, em termos de sua estrutura, funcionamento e manifestações culturais, além de ter consciência das variedades linguísticas e culturais. Deverá ser capaz de refletir teoricamente sobre a linguagem, de fazer uso de novas tecnologias e de compreender sua formação profissional como processo contínuo, autônomo e permanente. A pesquisa e a extensão, além do ensino, articulam-se nesse processo. O profissional deverá, ainda, ter capacidade de reflexão crítica sobre temas e questões relativas aos conhecimentos lingüísticos e literários. Mercado de Trabalho O licenciado em Letras está habilitado para o exercício do magistério nas Séries finais do Ensino Fundamental e nas três séries do Ensino Médio em Língua e Literatura Portuguesa. O licenciado em Letras poderá, além do magistério, atuar profissionalmente como pesquisador, redator, lingüista, crítico literário, revisor de textos, assessor cultural, assim como prosseguir estudos em programas de pós-graduação. Cursando uma pós-graduação, estará apto a ministrar aulas no ensino superior. Bloco I Complexo Alice Lins Coordenação de Letras Coordenador: Prof.. Ms. Jefferson Gil Da Rocha Silva (92)

20 LICENCIATURA PLENA EM MATEMÁTICA Titulação: Licenciatura Plena em Matemática Duração: 3 anos O Curso de Licenciatura em Matemática da Universidade Nilton Lins está estruturado para formar professores de Matemática capazes de enfrentar, com êxito, os desafios do século XXI. O Licenciado terá oportunidade de receber sólida formação de conteúdos matemáticos e fundamentos educacionais em geral, de adquirir visão tanto de seu papel social de educador como do que representa a aprendizagem da Matemática para a formação da cidadania. Paralelamente ao desenvolvimento da prática docente de forma orientada trabalha-se a criatividade, a autonomia intelectual e a flexibilidade do pensamento matemático. Mercado de Trabalho O Licenciado em Matemática estará apto a atuar, como Professor, em Escolas do Ensino Básico: Séries Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio. Em razão da formação científica recebida, poderá prosseguir estudos em pós-graduação, tanto no campo do magistério Educação Matemática, Educação a Distância, Informática Educacional (desenvolvimento de softwares educativos) como em qualquer das áreas da Matemática e áreas correlatas como Computação e Física. Tais estudos possibilitam o exercício do Magistério Superior, a realização de pesquisas e dependendo da área de estudos, trabalhar em empresas públicas e privadas. Bloco I Complexo Alice Lins Coordenação de Matemática Coordenadora: Profª.. Ms. Osmarina Guimarães De Lima (92)

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Gestão Ambiental campus Angra Missão O Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental da Universidade Estácio de Sá tem por missão a formação de Gestores Ambientais

Leia mais

ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2015.1

ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2015.1 ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2015.1 ARQUITETURA E URBANISMO Graduar arquitetos e urbanistas com uma sólida formação humana, técnico-científica e profissional,

Leia mais

O trabalho do CFN amplia o campo de atuação dos nutricionistas.

O trabalho do CFN amplia o campo de atuação dos nutricionistas. O trabalho do CFN amplia o campo de atuação dos nutricionistas. Quando o campo se expande, mais profissionais chegam ao mercado, mais áreas de atuação se formam e a categoria conquista mais visibilidade.

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing PROJETO PEDAGÓGICO Curso de Graduação Tecnológica em Marketing Porto alegre, 2011 1 1. Objetivos do Curso O projeto do curso, através de sua estrutura curricular, está organizado em módulos, com certificações

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES

CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES 1 1. PERFIL DO FORMANDO EGRESSO/PROFISSIONAL 1.1. Perfil Comum: Farmacêutico, com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva.

Leia mais

RESOLUÇÃO. Artigo 2º - O Currículo, ora alterado, será implantado no 2º semestre letivo de 2001 para os alunos matriculados no 4º semestre.

RESOLUÇÃO. Artigo 2º - O Currículo, ora alterado, será implantado no 2º semestre letivo de 2001 para os alunos matriculados no 4º semestre. RESOLUÇÃO CONSEPE 38/2001 ALTERA O CURRÍCULO DO CURSO DE ENFERMAGEM, REGIME SERIADO SEMESTRAL, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no uso

Leia mais

ÁREAS DE ATUAÇÃO, PERFIL E COMPETÊNCIAS DOS EGRESSOS DOS NOVOS CURSOS

ÁREAS DE ATUAÇÃO, PERFIL E COMPETÊNCIAS DOS EGRESSOS DOS NOVOS CURSOS CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA ACADÊMICA ÁREAS DE ATUAÇÃO, PERFIL E COMPETÊNCIAS DOS EGRESSOS DOS NOVOS CURSOS 3. CURSO DE NUTRIÇÃO Área de atuação De acordo com a RESOLUÇÃO

Leia mais

FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Justificativa: As transformações ocorridas nos últimos anos têm obrigado as organizações a se modificarem constantemente e de forma

Leia mais

ESCOLA TÉCNICA SANTA CASA BH CONHECIMENTO NA DOSE CERTA PARA O SEU SUCESSO PROFISSIONAL

ESCOLA TÉCNICA SANTA CASA BH CONHECIMENTO NA DOSE CERTA PARA O SEU SUCESSO PROFISSIONAL ESCOLA TÉCNICA SANTA CASA BH CONHECIMENTO NA DOSE CERTA PARA O SEU SUCESSO PROFISSIONAL A SANTA CASA BH TEM TODOS OS CUIDADOS PARA VOCÊ CONQUISTAR UMA CARREIRA SAUDÁVEL. Missão Humanizar a assistência

Leia mais

FUNDAMENTOS E HISTÓRIA DA NUTRIÇÃO. Profª Omara Machado Araujo de Oliveira

FUNDAMENTOS E HISTÓRIA DA NUTRIÇÃO. Profª Omara Machado Araujo de Oliveira FUNDAMENTOS E HISTÓRIA DA NUTRIÇÃO Profª Omara Machado Araujo de Oliveira Nutricionista (UFF) Mestre em Saúde Coletiva (UFF) Pós-Graduada em Nutrição Clínica ( UFF) ATRIBUIÇÕES LEGAIS E ESPECÍFICAS DO

Leia mais

Área de Ciências Humanas

Área de Ciências Humanas Área de Ciências Humanas Ciências Sociais Unidade: Faculdade de Ciências Humanas e Filosofia (FCHF) www.fchf.ufg.br Em Ciências Sociais estudam-se as relações sociais entre indivíduos, grupos e instituições,

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO N 7, DE 31 DE MARÇO DE 2004.

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO N 7, DE 31 DE MARÇO DE 2004. 1 CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO N 7, DE 31 DE MARÇO DE 2004. (*) (**) Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação em Educação Física,

Leia mais

FISIOTERAPIA - GRADUAÇÃO

FISIOTERAPIA - GRADUAÇÃO FISIOTERAPIA - GRADUAÇÃO CARACTERIZAÇÃO DO CURSO DENOMINAÇÃO: Curso De Graduação Em Fisioterapia. DIPLOMA CONFERIDO: BACHAREL NÚMERO DE VAGAS: 225 VAGAS ANUAIS TURNOS DE OFERTA: NOTURNO REGIME LETIVO:

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO CNE/CES 1, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2003. (*)

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO CNE/CES 1, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2003. (*) CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO CNE/CES 1, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2003. (*) Institui Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação em Medicina Veterinária.

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA

DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA 1. PERFIL DO FORMANDO EGRESSO/PROFISSIONAL Médico, com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva. Capacitado a atuar, pautado

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO (*) CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO (*) CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO (*) CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO CNE/CES Nº 5, DE 7 DE NOVEMBRO DE 2001. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Nutrição. O Presidente

Leia mais

FEFUC - FOLDER EXPLICATIVO DE FUNCIONAMENTO DE CURSOS CURSO DE FARMÁCIA 1ª LINHA CONCEITUAL: CARACTERIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DE FARMÁCIA

FEFUC - FOLDER EXPLICATIVO DE FUNCIONAMENTO DE CURSOS CURSO DE FARMÁCIA 1ª LINHA CONCEITUAL: CARACTERIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DE FARMÁCIA 1 FEFUC - FOLDER EXPLICATIVO DE FUNCIONAMENTO DE CURSOS CURSO DE FARMÁCIA 1ª LINHA CONCEITUAL: CARACTERIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DE FARMÁCIA O PROFISSIONAL FARMACÊUTICO O Farmacêutico é um profissional da

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO

1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO 1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO O Curso de Secretariado Executivo das Faculdades Integradas de Ciências Exatas Administrativas e Sociais da UPIS, reconhecido pelo MEC desde 1993, pela Portaria 905, de 24.06,1993,

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Coordenadoria Geral de Pós-Graduação Lato Sensu

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Coordenadoria Geral de Pós-Graduação Lato Sensu PORTFÓLIO ESPECIALIZAÇÃO / MBA UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Sumário ÁREA: CIÊNCIAS DA SAÚDE... 2 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO: PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL E DO TRABALHO... 2 ÁREA: COMUNICAÇÃO E LETRAS...

Leia mais

Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006

Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006 Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006 Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de graduação em Engenharia Agrícola e dá outras providências.

Leia mais

GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM

GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM CARACTERIZAÇÃO DO CURSO DENOMINAÇÃO: CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DIPLOMA CONFERIDO: BACHAREL NÚMERO DE VAGAS: 100 VAGAS ANUAIS NÚMERO DE ALUNOS POR TURMA: 50 ALUNOS TURNOS

Leia mais

Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014.

Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014. Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014. O Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep),

Leia mais

Tendências no mercado da nutrição

Tendências no mercado da nutrição Parceiros Tendências no mercado da nutrição Apresentação: Nut. Juliana Tolêdo de Faria Graduada em Nutrição FANUT/UFG Esp. Nutrição em Saúde Pública FANUT/UFG Esp. Atividade Física e suas Bases Nutricionais

Leia mais

CURSO: ENFERMAGEM. Objetivos Específicos 1- Estudar a evolução histórica do cuidado e a inserção da Enfermagem quanto às

CURSO: ENFERMAGEM. Objetivos Específicos 1- Estudar a evolução histórica do cuidado e a inserção da Enfermagem quanto às CURSO: ENFERMAGEM Missão Formar para atuar em Enfermeiros qualificados todos os níveis de complexidade da assistência ao ser humano em sua integralidade, no contexto do Sistema Único de Saúde e do sistema

Leia mais

FACULDADE ANHANGUERA DE INDAIATUBA Rua Claudio Dal Canton, 89 - Cidade Nova II - Indaiatuba -SP - CEP 13334-390 (19) 3885-6700 www.portalpos.com.

FACULDADE ANHANGUERA DE INDAIATUBA Rua Claudio Dal Canton, 89 - Cidade Nova II - Indaiatuba -SP - CEP 13334-390 (19) 3885-6700 www.portalpos.com. A pós-graduação é fundamental para manter-se bem colocado no mercado de trabalho e para aperfeiçoar competências profissionais. Além de enriquecer o currículo, este tipo de especialização ajuda a melhorar

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: MARKETING Políticas de supply chain management e logística reversa Planejamento estratégico de marketing Marketing de serviço Pesquisa de marketing Marketing

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. PROCESSO SELETIVO 2013 Cursos Técnicos a Distância 2 SEMESTRE

MANUAL DO CANDIDATO. PROCESSO SELETIVO 2013 Cursos Técnicos a Distância 2 SEMESTRE MANUAL DO CANDIDATO PROCESSO SELETIVO 2013 Cursos Técnicos a Distância 2 SEMESTRE APRESENTAÇÃO Neste Manual, desenvolvido pela Comissão de Processo Seletivo (COPESE) do Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

Diretrizes curriculares nacionais e os projetos pedagógicos dos cursos de graduação

Diretrizes curriculares nacionais e os projetos pedagógicos dos cursos de graduação Diretrizes curriculares nacionais e os projetos pedagógicos dos cursos de graduação Curso de Atualização Pedagógica Julho de 2010 Mediador: Adelardo Adelino Dantas de Medeiros (DCA/UFRN) Diretrizes Curriculares

Leia mais

Bacharelado em Medicina Veterinária

Bacharelado em Medicina Veterinária Bacharelado em Medicina Veterinária INFORMAÇÕES Duração do Curso: 05 anos (10 semestres) Horário: Manhã Número de Vagas: 100 anuais Coordenador: Profº Dr. Carlos Tadeu Bandeira de Lavor O CURSO O Curso

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 13, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2006 (*)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 13, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2006 (*) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 13, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2006 (*) Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Turismo

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO / BACHARELADO

ADMINISTRAÇÃO / BACHARELADO ADMINISTRAÇÃO / BACHARELADO Dos cursos mais procurados pelos estudantes, o de Administração é um dos mais novos. Enquanto Medicina e Direito formam profissionais desde o século 19, foi apenas em 1946 que

Leia mais

VESTIBULAR 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS

VESTIBULAR 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS VESTIBULAR 2015/1 SELEÇÃO PARA CURSOS TECNICOS SUBSEQUENTES DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS CURSO TÉCNICO EM AGRIMENSURA Aprovado

Leia mais

RELAÇÃO DE CURSOS WPÓS

RELAÇÃO DE CURSOS WPÓS RELAÇÃO DE CURSOS WPÓS Cursos de Pós-Graduação a Distância em Administração Pública - EAD Administração de Casas Legislativas Administração de RH no Setor Público Administração Patrimonial em Organizações

Leia mais

Missão. Objetivos Específicos

Missão. Objetivos Específicos CURSO: Engenharia Ambiental e Sanitária Missão O Curso de Engenharia Ambiental e Sanitária da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar profissionais com sólida formação técnico científica nas áreas

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Concepção do Curso de Administração

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Concepção do Curso de Administração CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Concepção do Curso de Administração A organização curricular do curso oferece respostas às exigências impostas pela profissão do administrador, exigindo daqueles que integram a instituição

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO CAIRU O QUE VOCÊ PRECISA SABER: Por que fazer uma pós-graduação?

PÓS-GRADUAÇÃO CAIRU O QUE VOCÊ PRECISA SABER: Por que fazer uma pós-graduação? PÓS-GRADUAÇÃO CAIRU O QUE VOCÊ PRECISA SABER: Por que fazer uma pós-graduação? O mercado do trabalho está cada vez mais exigente. Hoje em dia, um certificado de pós-graduação é imprescindível para garantia

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia Área de Comunicação Produção Multimídia Curta Duração Produção Multimídia Carreira em Produção Multimídia O curso superior de Produção Multimídia da FIAM FAAM forma profissionais preparados para o mercado

Leia mais

Perfil do Curso. O Mercado de Trabalho

Perfil do Curso. O Mercado de Trabalho Perfil do Curso É o gerenciamento dos recursos humanos, materiais e financeiros de uma organização. O administrador é o profissional responsável pelo planejamento das estratégias e pelo gerenciamento do

Leia mais

HUMANAS. Página na web: www.fea.ufjf.br CIÊNCIAS ECONÔMICAS. Apresentação:

HUMANAS. Página na web: www.fea.ufjf.br CIÊNCIAS ECONÔMICAS. Apresentação: HUMANAS ADMINISTRAÇÃO Os alunos de Administração da UFJF graduam-se na modalidade Bacharelado e podem escolher entre as opções de especialização: Administração de Empresas e Administração Pública. O curso

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO DE NUTRIÇÃO, BACHARELADO REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO Das disposições gerais O presente documento

Leia mais

Balanço Social UNINORTE 2015

Balanço Social UNINORTE 2015 Balanço Social UNINORTE 2015 Diretora Acadêmica Vanessa Voglio Igami Diretora Administra va Ká a Cris na Do o Gasparini Diretora Comercial Indira Maria Kitamura Diretor Financeiro Fábio Ricardo Leite Secretária

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: ENGENHARIA ELÉTRICA MISSÃO DO CURSO O Curso de Engenharia Elétrica tem por missão a graduação de Engenheiros Eletricistas com sólida formação técnica que

Leia mais

COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS DO PSICÓLOGO BRASILEIRO. Dra. Iraní Tomiatto de Oliveira

COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS DO PSICÓLOGO BRASILEIRO. Dra. Iraní Tomiatto de Oliveira COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS DO PSICÓLOGO BRASILEIRO Dra. Iraní Tomiatto de Oliveira Sumário Psicologia no Brasil: percurso histórico Psicologia no Brasil nos últimos vinte anos Referências legais e organização

Leia mais

Diretrizes: 1. Cumprir as metas do Compromisso Todos Pela Educação- TPE

Diretrizes: 1. Cumprir as metas do Compromisso Todos Pela Educação- TPE IV. CÂMARA TEMÁTICA DA EDUCACÃO, CULTURA E DESPORTOS Diretrizes: 1. Cumprir as metas do Compromisso Todos Pela Educação- TPE Meta 1 Toda criança e jovem de 4 a 17 anos na escola; Meta 2 Até 2010, 80% e,

Leia mais

Pós graduação EAD Área de Educação

Pós graduação EAD Área de Educação Pós graduação EAD Área de Educação Investimento: a partir de R$ 109,00 mensais. Tempo de realização da pós graduação: 15 meses Investimento: R$109,00 (acesso ao portal na internet e livros em PDF). Ou

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ CONCURSO PÚBLICO PARA A CARREIRA DE TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ CONCURSO PÚBLICO PARA A CARREIRA DE TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ CONCURSO PÚBLICO PARA A CARREIRA DE TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO EDITAL N.º 51/2014 UNIFESSPA, DE 21 DE JULHO DE 2014 ANEXO I

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O. Artigo 2º - O Currículo, ora alterado, será implantado no início do ano 2000, para os matriculados no 1º semestre.

R E S O L U Ç Ã O. Artigo 2º - O Currículo, ora alterado, será implantado no início do ano 2000, para os matriculados no 1º semestre. RESOLUÇÃO CONSEPE 30/99 ALTERA O PLANO CURRICULAR E O REGIME DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no uso da atribuição

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL UNIVERSIDADES ESTADUAIS PARANAENSES

PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL UNIVERSIDADES ESTADUAIS PARANAENSES PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL UNIVERSIDADES ESTADUAIS PARANAENSES - 2012 a 2021 Instituição: ENSINO DE GRADUAÇÃO Programas/Projetos/Ações Ano Natureza Valores Fonte de Recursos Beneficiado Manutenção

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão Curso: Engenharia Civil SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia Civil da UNESA tem por missão formar Engenheiros Civis com sólida formação básica e profissional, alinhada com as diretrizes

Leia mais

CURSO DE BACHARELADO EM NUTRIÇÃO-FORMAÇÃO NUTRICIONISTA

CURSO DE BACHARELADO EM NUTRIÇÃO-FORMAÇÃO NUTRICIONISTA CURSO DE BACHARELADO EM NUTRIÇÃO-FORMAÇÃO NUTRICIONISTA Coordenaçăo: Profª. MS. Mara Rosana dos Santos E-mail: nutricao@immes.com.br Telefone (96)3223-4244 ramal: 211 Ser Nutricionista É atuar em todas

Leia mais

BACHARELADO. Administração. Ciências Contábeis. Ciências Econômicas. Serviço Social. Ciências Sociais. Objetivos. Objetivos. Objetivos.

BACHARELADO. Administração. Ciências Contábeis. Ciências Econômicas. Serviço Social. Ciências Sociais. Objetivos. Objetivos. Objetivos. BACHARELADO Administração O curso de Administração tem como objetivo formar profissionais que poderão atuar como executivos, técnicos em funções administrativas e/ou empreendedores, com capacidade de alinhar

Leia mais

CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO

CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM ECOTURISMO Objetivo: O Curso tem por objetivo capacitar profissionais, tendo em vista a carência de pessoas qualificadas na área do ecoturismo, para atender,

Leia mais

FACULDADE ESTÁCIO MONTESSORI DE IBIÚNA ESTÁCIO FMI SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1

FACULDADE ESTÁCIO MONTESSORI DE IBIÚNA ESTÁCIO FMI SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: ADMINISTRAÇÃO - BACHARELADO MISSÃO DO CURSO Formar profissionais de elevado nível de consciência crítica, competência técnica empreendedora, engajamento

Leia mais

Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Tocantins decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Tocantins decreta e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 1.374, DE 08 DE ABRIL DE 2003. Publicado no Diário Oficial nº 1.425. Dispõe sobre a Política Estadual de Educação Ambiental e adota outras providências. O Governador do Estado do Tocantins Faço

Leia mais

GRADUAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING DENOMINAÇÃO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING / ÁREA PROFISSIONAL: GESTÃO E NEGÓCIOS.

GRADUAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING DENOMINAÇÃO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING / ÁREA PROFISSIONAL: GESTÃO E NEGÓCIOS. GRADUAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING CARACTERIZAÇÃO DO CURSO DENOMINAÇÃO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING / ÁREA PROFISSIONAL: GESTÃO E NEGÓCIOS. DIPLOMA CONFERIDO: TECNÓLOGO DE

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária Área de Comunicação Tecnologia em Produção Publicitária Curta Duração Tecnologia em Produção Publicitária CARREIRA EM PRODUÇÃO PUBLICITÁRIA Nos últimos anos, a globalização da economia e a estabilização

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA MISSÃO DO CURSO O Curso de Licenciatura em Educação Física do Centro Universitário Estácio Radial de São Paulo busca preencher

Leia mais

Informações sobre o Curso de Administração

Informações sobre o Curso de Administração Objetivo Geral do Curso: Informações sobre o Curso de Administração Prover a sociedade de profissional dotado de senso crítico e comportamento ético-profissional qualificado. Um Administrador criativo,

Leia mais

FINALIDADES E OBJETIVOS DO CURSO

FINALIDADES E OBJETIVOS DO CURSO 1.Identificação e situação legal - Identificação do curso, ato de criação, início do curso e ato de reconhecimento. CURSO: SITUAÇÃO LEGAL: Medicina Veterinária Dados de Criação/Autorização: Documento:

Leia mais

Lei N X.XXX de XX de XXXXX de XXX

Lei N X.XXX de XX de XXXXX de XXX Lei N X.XXX de XX de XXXXX de XXX Dispõe sobre a Educação Ambiental, institui a Política Estadual de Educação Ambiental e dá outras providências. A GOVERNADORA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE: FAÇO SABER

Leia mais

ATRIBUIÇÕES ESPECÍFICAS POR DISCIPLINA / FORMAÇÃO. a) Administração

ATRIBUIÇÕES ESPECÍFICAS POR DISCIPLINA / FORMAÇÃO. a) Administração Anexo II a que se refere o artigo 2º da Lei nº xxxxx, de xx de xxxx de 2014 Quadro de Analistas da Administração Pública Municipal Atribuições Específicas DENOMINAÇÃO DO CARGO: DEFINIÇÃO: ABRANGÊNCIA:

Leia mais

Universidade Anhembi Morumbi On-line. Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. Tudo a um clique de você.

Universidade Anhembi Morumbi On-line. Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. Tudo a um clique de você. Universidade Anhembi Morumbi On-line. Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. Tudo a um clique de você. Educação a Distância Anhembi Morumbi Agora você pode estudar em uma universidade internacional

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 8, DE 7 DE MAIO DE 2004. (*)

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 8, DE 7 DE MAIO DE 2004. (*) CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 8, DE 7 DE MAIO DE 2004. (*) Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação em Psicologia. O Presidente

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO DE FISIOTERAPIA, BACHARELADO REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO NÃO OBRIGATÓRIO Das Disposições Gerais O presente

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS PARA PROFESSOR E FORMAÇÃO NECESSÁRIA

DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS PARA PROFESSOR E FORMAÇÃO NECESSÁRIA 06/ 05/ INSTITUTO FEDERAL DO AMAZONAS PRÓ-REITORIA DE ENSINO PROCESSO SELETIVO DO º SEMESTRE 05 ANEXO II EDITAL Nº 8/05 DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS PARA PROFESSOR E FORMAÇÃO NECESSÁRIA Técnico em Redes de Computadores

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS, BACHARELADO REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO Das Disposições Gerais O presente

Leia mais

Competências e Habilidades Específicas:

Competências e Habilidades Específicas: DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM 1. PERFIL DO FORMANDO EGRESSO/PROFISSIONAL Enfermeiro, com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva. Profissional qualificado

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO COLEGIADO CES

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO COLEGIADO CES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Conselho Nacional de Educação / Câmara de Educação Superior ASSUNTO: Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Engenharia RELATOR(A):

Leia mais

INTRODUÇÃO OBJETIVOS GERAIS E ESPECÍFICOS

INTRODUÇÃO OBJETIVOS GERAIS E ESPECÍFICOS INTRODUÇÃO Com base no Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais - REHUF, destinado à reestruturação e revitalização dos hospitais das universidades federais, integrados

Leia mais

CENTRO DE ESTUDO DE PÓS-GRADUAÇÃO PROPOSTA DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

CENTRO DE ESTUDO DE PÓS-GRADUAÇÃO PROPOSTA DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU CENTRO DE ESTUDO DE PÓS-GRADUAÇÃO PROPOSTA DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 2013 INTRODUÇÃO: O presente trabalho apresenta a relação de Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu a serem reorganizados no

Leia mais

POLÍTICA DE ENSINO DA FISMA

POLÍTICA DE ENSINO DA FISMA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ME FACULDADE INTEGRADA DE SANTA MARIA PRELIMINARES POLÍTICA DE ENSINO DA FISMA Santa Maria, RS Junho - 2010 1 SUMÁRIO 1. POLÍTICA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO... 1 2. POLÍTICAS DE ENSINO

Leia mais

ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2013.2

ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2013.2 ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2013.2 ADMINISTRAÇÃO Formar administradores estrategistas, comprometidos com o desenvolvimento da sociedade. A UNIFEBE, através

Leia mais

PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019

PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019 PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019 Candidato Gilmar Ribeiro de Mello SLOGAN: AÇÃO COLETIVA Página 1 INTRODUÇÃO Considerando as discussões realizadas com a comunidade interna

Leia mais

REFERENCIA INSTITUCIONAL:

REFERENCIA INSTITUCIONAL: TITULO: Programa de Integração Docente Assistencial entre a Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP e a Secretaria Municipal de Saúde de Diadema - PIDA-DIADEMA EIXO: Extensão, Docência e Investigação

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Elaboração Luiz Guilherme D CQSMS 10 00 Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes Avaliação da Necessidade de Treinamento

Leia mais

VESTIBULAR 2015 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS

VESTIBULAR 2015 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS VESTIBULAR 2015 SELEÇÃO PARA ENSINO PROFISSIONAL INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO, EM REGIME INTEGRAL COM DURAÇÃO DE 3 ANOS, DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS 2015 INFORMAÇÕES

Leia mais

CAMPUS POÇOS DE CALDAS E VARGINHA

CAMPUS POÇOS DE CALDAS E VARGINHA CAMPUS POÇOS DE CALDAS E VARGINHA O Bacharelado Interdisciplinar (BI) constitui uma nova modalidade de curso de graduação. A formação básica será no Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA Nº 3, DE 25 DE MARÇO DE 2013

PORTARIA NORMATIVA Nº 3, DE 25 DE MARÇO DE 2013 PORTARIA NORMATIVA Nº 3, DE 25 DE MARÇO DE 2013 Institui as diretrizes gerais de promoção da saúde do servidor público federal, que visam orientar os órgãos e entidades do Sistema de Pessoal Civil da Administração

Leia mais

PLANO DE GESTÃO 2015-2017

PLANO DE GESTÃO 2015-2017 UNIFAL-MG FACULDADE DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS PLANO DE GESTÃO 2015-2017 Profa. Fernanda Borges de Araújo Paula Candidata a Diretora Profa. Cássia Carneiro Avelino Candidata a Vice Diretora Índice Apresentação...

Leia mais

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 901491 - EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução da teoria organizacional

Leia mais

ANEXO B CONTEXTUALIZAÇÃO DA PROMOÇÃO DA SAÚDE EM MODELO DE GESTÃO ORGANIZACIONAL DE ALTO DESEMPENHO

ANEXO B CONTEXTUALIZAÇÃO DA PROMOÇÃO DA SAÚDE EM MODELO DE GESTÃO ORGANIZACIONAL DE ALTO DESEMPENHO ANEXO B CONTEXTUALIZAÇÃO DA PROMOÇÃO DA SAÚDE EM MODELO DE GESTÃO ORGANIZACIONAL DE ALTO DESEMPENHO Autoria: Elaine Emar Ribeiro César Fonte: Critérios Compromisso com a Excelência e Rumo à Excelência

Leia mais

DURAÇÃO DO CURSO O Curso de Ciências Contábeis, bacharelado poderá ser integralizado em um período de no mínimo 8 (oito) semestres e no máximo 16

DURAÇÃO DO CURSO O Curso de Ciências Contábeis, bacharelado poderá ser integralizado em um período de no mínimo 8 (oito) semestres e no máximo 16 DURAÇÃO DO CURSO O Curso de Ciências Contábeis, bacharelado poderá ser integralizado em um período de no mínimo 8 (oito) semestres e no máximo 16 (dezesseis) semestres. PERFIL DO EGRESSO O perfil desejado

Leia mais

Formação de Recursos Humanos na área de fármacos e medicamentos

Formação de Recursos Humanos na área de fármacos e medicamentos Formação de Recursos Humanos na área de fármacos e medicamentos A formação em Farmácia Seminário do BNDES 7 de maio de 2003 Por que RH para Fármacos e Medicamentos? Fármacos e Medicamentos como campo estratégico

Leia mais

MENSALIDADES CAMPUS PARALELA

MENSALIDADES CAMPUS PARALELA 1 MENSALIDADES CAMPUS PARALELA Bacharelados Campus Paralela 10% 15% Administração R$ 834,92 R$ 789,00 R$ 710,10 R$ 670,65 Arquitetura e Urbanismo R$ 951,32 R$ 899,00 R$ 809,10 R$ 764,15 Ciências Contábeis

Leia mais

ENGENHARIA DA PRODUÇÃO 2.0

ENGENHARIA DA PRODUÇÃO 2.0 ENGENHARIA DA PRODUÇÃO 2.0 SOBRE O CURSO Mercados dinâmicos demandam profissionais com formação completa e abrangente, aptos a liderarem equipes multidisciplinares em empresas de todos os setores econômicos

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão. Objetivo Geral

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão. Objetivo Geral Curso: ENGENHARIA ELÉTRICA SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia Elétrica da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar engenheiros com sólidos e atualizados conhecimentos científicos

Leia mais

MENSALIDADES CAMPUS PARALELA

MENSALIDADES CAMPUS PARALELA 1 MENSALIDADES CAMPUS PARALELA Bacharelados Campus Paralela 10% 15% Administração R$ 834,92 R$ 789,00 R$ 705,51 R$ 663,76 Arquitetura e Urbanismo R$ 951,32 R$ 899,00 R$ 803,87 R$ 756,30 Ciências Contábeis

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Evolução de Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE PROJETOS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA. Definição da Extensão e Finalidades

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE PROJETOS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA. Definição da Extensão e Finalidades CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE PROJETOS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA Definição da Extensão e Finalidades A Resolução UNESP 102, de 29/11/2000, define Extensão Universitária, nos seguintes termos: Art.8º Entende-se

Leia mais

CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA (bacharelado)

CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA (bacharelado) CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA (bacharelado) Missão Sua missão é tornar-se referência na formação de profissionais para atuar nos diferentes segmentos humanos e sociais, considerando a atividade física e promoção

Leia mais

III Princípios Gerais da Formação Médica

III Princípios Gerais da Formação Médica I Motivação Aprovação da Lei 12.871 de 22/10/2013; Necessidade de ter diretrizes curriculares em sintonia com o programa Mais Médicos; A oportunidade de atualizar e aprimorar as diretrizes de 2001; Acompanhar

Leia mais

FACULDADE DA REGIÃO DOS LAGOS INSTITUTO DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS ECONÔMICAS

FACULDADE DA REGIÃO DOS LAGOS INSTITUTO DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS ECONÔMICAS 1. Princípios Teórico-Filosóficos A Faculdade da Região dos Lagos vem se destacando como uma das principais instituições na formação de administradores, empresários e gerentes em nossa região. Além disso,

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR Minuta de Projeto de Resolução para audiência pública de 11/12/2015 Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de graduação em Educação

Leia mais

Francisco Cardoso SCBC08

Francisco Cardoso SCBC08 Formando profissionais para a sustentabilidade Prof. Francisco CARDOSO Escola Politécnica da USP Francisco Cardoso SCBC08 1 Estrutura da apresentação Objetivo Metodologia Resultados investigação Conclusão:

Leia mais

Curso de Graduação. Dados do Curso. Administração. Contato. Modalidade a Distância. Ver QSL e Ementas. Universidade Federal do Rio Grande / FURG

Curso de Graduação. Dados do Curso. Administração. Contato. Modalidade a Distância. Ver QSL e Ementas. Universidade Federal do Rio Grande / FURG Curso de Graduação Administração Modalidade a Distância Dados do Curso Contato Ver QSL e Ementas Universidade Federal do Rio Grande / FURG 1) DADOS DO CURSO: COORDENAÇÃO: Profª MSc. Suzana Malta ENDEREÇO:

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE 33/99 ALTERA O PLANO CURRICULAR E O REGIME DO CURSO DE HOTELARIA, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA.

RESOLUÇÃO CONSEPE 33/99 ALTERA O PLANO CURRICULAR E O REGIME DO CURSO DE HOTELARIA, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA. RESOLUÇÃO CONSEPE 33/99 ALTERA O PLANO CURRICULAR E O REGIME DO CURSO DE HOTELARIA, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no uso da atribuição

Leia mais

Missão do Curso. Objetivos. Perfil do Profissional

Missão do Curso. Objetivos. Perfil do Profissional Missão do Curso A função primordial do Engenheiro Agrônomo consiste em promover a integração do homem com a terra através da planta e do animal, com empreendimentos de interesse social e humano, no trato

Leia mais

PROPOSTA DE AÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA

PROPOSTA DE AÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA PROPOSTA DE AÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA Proposta de ações para elaboração do Plano Estadual da Pessoa com Deficiência Objetivo Geral: Contribuir para a implementação

Leia mais

Letras - Língua Portuguesa

Letras - Língua Portuguesa UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO-BRASILEIRA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE ENSINO COORDENAÇÃO DE CURSO Letras - Língua Portuguesa 1. Perfil do Egresso: Em consonância

Leia mais

Missão. - Estimular a capacidade de análise dos problemas que se apresentam no campo da Saúde Pública e Privada;

Missão. - Estimular a capacidade de análise dos problemas que se apresentam no campo da Saúde Pública e Privada; CURSO: Farmácia Missão O curso tem como missão formar profissionais farmacêuticos capazes de exercer atividades referentes aos fármacos e aos medicamentos, às análises clínicas e toxicológicas, ao controle,

Leia mais