GUIA RÁPIDO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GUIA RÁPIDO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA"

Transcrição

1 GUIA RÁPIDO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA

2 GUIA RÁPIDO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI Fundada em 1970 com o intuito de oferecer o primeiro curso superior de Turismo do Brasil, a Universidade Anhembi Morumbi ampliou sua oferta de cursos em diferentes áreas durante a década de. Credenciada como universidade na década de 90, inaugurou seu segundo câmpus, localizado na região da Mooca, para oferta concentrada de cursos na área da Saúde. Nas duas primeiras décadas do novo milênio, a Universidade continuou sua trajetória de expansão com o lançamento de novos câmpus Morumbi, Vale do Anhangabaú, Paulista 1 e Paulista 2 e polos de educação a distância em diversas regiões. Ao longo de sua história, a Anhembi Morumbi tornou-se reconhecida pela oferta de cursos inéditos como: Gastronomia, Aviação Civil, Design Digital, Quiropraxia, entre outros. Em 2005, torna-se uma universidade internacionalizada ao integrar a Rede Internacional de Universidades Laureate, dinamizando ainda mais o binômio criatividade e inovação que sempre esteve presente na Anhembi Morumbi. Com a internacionalização, passou a oferecer aos estudantes a oportunidade de formação e atuação mundial por meio de programas exclusivos de intercâmbio para complemento de suas matrizes curriculares, múltipla diplomação, estágio internacional, entre outros. Situada em São Paulo, a Anhembi Morumbi conta, atualmente, com mais de 36 mil estudantes em Cursos Superiores de Tecnologia, de Graduação, Pós-graduação Lato Sensu, nas modalidades presencial e a distância, além de Pós-graduação Stricto Sensu e cursos de Extensão. A Universidade tem como missão Prover educação de alta qualidade, formando líderes e profissionais capazes de responder às demandas do mundo globalizado e contribuir para o progresso social com espírito empreendedor e valores éticos. Sua visão é: Consolidar a posição de liderança no Ensino Superior em todas as áreas de conhecimento em que atua, formando o maior número de profissionais diferenciados, por meio da excelência acadêmica, inovação e internacionalidade. Nossos valores modelam nossas ações, potencializando ainda mais resultados sempre voltados à educação e à excelência acadêmica, assegurando a perenidade de nossa Instituição, que valoriza o Respeito à Diversidade, o Trabalho em Equipe, a Inovação, o Foco em Resultado, a Responsabilidade Corporativa, o Compromisso Social, a Ética, Transparência e a Paixão. ESCOLA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE Em 1992, a Universidade Anhembi Morumbi abriu seu primeiro curso na área de Saúde: Nutrição. Logo em seguida, foram lançados os cursos de Farmácia, Fisioterapia, Enfermagem e Medicina Veterinária. Mais tarde, vieram Quiropraxia, Naturologia e Estética. Com a ampla reforma da Universidade, entre 2006 e 2009, iniciou-se um projeto de construção da Escola de Ciências da Saúde e novos cursos foram implantados como Psicologia, Medicina, Educação Física, Ciências Biológicas, Podologia, Visagismo e Terapia Capilar, Estética e Cosmética com ênfase em Maquiagem Profissional e, por último, Biomedicina, totalizando 16 cursos de Graduação e Graduação Tecnológica. 2

3 Os cursos da Escola de Ciências da Saúde têm como premissa preparar profissionais sob os princípios de aprendizagem do adulto, por meio de um modelo de integração de ciências básicas e profissionalizantes, articulação entre teoria e prática, usando metodologias ativas de ensino e aprendizagem, orientado pelas competências profissionais desejadas para os egressos e baseado em melhores práticas nacionais e internacionais, na eficiência e na interdisciplinaridade. O egresso se desenvolverá em qualquer área de atuação, trabalhando verdadeiramente em equipe interdisciplinar, preocupado com a promoção da Saúde e Bem-estar dos indivíduos, abandonando uma perspectiva com foco apenas nas doenças e adotando a promoção da Qualidade de Vida como um referencial. A Escola de Ciências da Saúde se destaca pela qualidade do corpo docente, pela infraestrutura e qualidade acadêmica, sustentada pela inovação e novas tecnologias educacionais. A quebra de paradigmas no ensino em Saúde é outro destaque que insere a Escola de Ciências da Saúde à frente de seu tempo ao excluir qualquer animal de experimentações no ensino de Graduação, ao eliminar os cadáveres das aulas de anatomia e propor um novo modelo pela Anatomia Viva, com a presença de modelos vivos para Pintura e Projeção Corporal de estruturas anatômicas, anatomia cirúrgica e radiológica, anatomia palpatória, modelos em resina e recursos digitais, e ao trazer a simulação para o ensino de Graduação em saúde, por meio do uso de modelos e manequins de alta tecnologia que imitam sinais e sintomas clínicos, possibilitando a realização de cenários altamente realísticos de diversas situações clínicas, permitindo aos estudantes praticarem situações da vida real, em ambiente controlado, sem colocar a vida de pacientes reais em risco. A infraestrutura da Escola de Ciências da Saúde se destaca não só pelo estado da arte de suas instalações, mas principalmente pelos laboratórios e unidades de serviço, que atendem confortavelmente a todos os docentes e estudantes, pela quantidade e qualidade dos equipamentos e materiais necessários para o desenvolvimento das competências e habilidades profissionais. Na área de formação básica são 10 m2 distribuídos em 13 laboratórios especiais para as atividades práticas das unidades curriculares de fundamentação biológica e estrutura e função. Em outro pavimento, faz parte desta infraestrutura, o maior Centro de Simulação Realística da América Latina, com 10 m2, distribuídos em: 12 consultórios com câmera e vídeo, acompanhados de salas de observação; 2 salas para treinamento de habilidades de procedimentos específicos em manequins; 1 sala de simulação virtual, 1 Hospital Simulado composto por 10 leitos com manequins adultos, crianças, gestantes e 4 salas avançadas, equipadas com manequins de alta tecnologia. Logo no andar superior, com outros 10 m2, encontram-se os laboratórios de práticas e habilidades específicas de cada carreira que proporcionam o ambiente adequado para o desenvolvimento das habilidades profissionais. Além disso, a Escola de Ciências da Saúde mantém unidades de serviço de saúde e bem-estar abertas à comunidade interna e externa, onde os estudantes e docentes vivenciam a prática profissional como no Hospital Veterinário, Centro Esportivo, Farmácia Escola, SPA & Wellness Center e o Centro Integrado de Saúde. A Escola de Ciências da Saúde está subdividida em três grandes áreas, cujos referenciais estão baseados na Saúde, Beleza e Bem-estar. O entendimento do processo saúde-doença perpassa o aspecto biológico e transcende para fatores físicos, psicológicos, culturais e sociais. SOBRE O CURSO O curso de Farmácia da Universidade Anhembi Morumbi se destaca, desde a sua criação, como o primeiro curso de Farmácia no Brasil a dar ênfase às áreas de Cosmetologia e Tecnologia de Cosméticos, em áreas como pesquisa, desenvolvimento, produção, controle de qualidade e segurança de cosméticos. Também, no ano de 2000, foi o primeiro curso a introduzir a disciplina de fitoterapia que explora os conhecimentos do farmacêutico sobre botânica, plantas medicinais e farmacognosia (extração de substâncias medicamentosas de origem vegetal), o que rendeu o reconhecimento da Sociedade Brasileira de Fitoterapia e uma homenagem no 14º Congresso Brasileiro de Fitoterapia, em Atualmente, o curso se diferencia por uma matriz curricular inovadora, que utiliza-se de ferramentas ativas de ensino e privilegiam a formação de estudantes de alto desempenho, a partir do emprego de metodologias de aprendizagem como problematização, estudo de casos, aprendizagem por projetos, simulação e uso de mapas mentais/conceituais. Esta formação diferenciada é reconhecida por grande parte dos empregadores na área, o que facilita a empregabilidade dos egressos do curso. 3

4 GUIA RÁPIDO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA Outro ponto forte do curso é a qualidade dos laboratórios. O curso dispõe de laboratórios modernos de morfologia, microscopia, citologia, química e bioquímica, farmacotécnica, botânica, microbiologia, parasitologia e imunologia, dentre outros. Também dispõe de mini-indústria de medicamentos, Centro de Informações sobre Medicamentos (CIMAM), laboratório de Biologia Molecular, Centro de Simulação e Farmácia Escola, esta última em parceria com o Grupo Extra/Pão de Açúcar. Trata-se de laboratórios de referência que configuram um diferencial significativo na formação do estudante. Com isso, é possível planejar um número elevado de aulas práticas em laboratórios bem equipados, onde o estudante realmente aprende fazendo. Todos esses fatores associados permitiram que, em 2009, o curso de Farmácia da Anhembi Morumbi conquistasse o Selo de Excelência no Ensino Farmacêutico concedido pelo Conselho Regional de Farmácia CRFSP. Para conquistar este selo, o curso passou por um rigoroso processo de avaliação que verificou pontos como metodologias de ensino, qualidade das aulas teóricas e práticas, quantidade de aulas práticas, qualidade dos laboratórios, biblioteca, parcerias de estágios e titulação dos docentes. Este selo foi concedido com duração de 3 anos e durante os 2 primeiros anos, a Universidade Anhembi Morumbi foi a única IES contemplada com este grau de excelência. A qualidade docente é outro diferencial do curso. Com mais de 75% do corpo docente constituído de doutores, o estudante tem contato direto com profissionais renomados, muitos com ampla experiência no mercado, reconhecidos em suas áreas de atuação, como o docente Dirceu Raposo de Melo (Ex-diretor presidente da ANVISA) e o docente Geraldo Alécio de Oliveira (Vice-presidente da Associação Brasileira de Educação Farmacêutica) que também coordena o curso. Todos estes fatores associados contribuem para a alta qualidade acadêmica do curso de Farmácia, que nos últimos 3 (três) ciclos do ENADE conquistou respectivamente os conceitos 4, 3 e 4, numa escala que varia de 1 a 5. Outro ponto que merece destaque é a promoção da formação pessoal e social de nossos estudantes. Em várias etapas do curso, o estudante participa de atividades de aprendizagem e projetos sociais junto à comunidade. Trata-se de uma proposta integradora que atende todas as etapas para a formação de um farmacêutico generalista capaz de atuar em todos os níveis de atenção à saúde, compatíveis com as necessidades do mercado. Desta forma, além da formação técnico-profissional do estudante também são desenvolvidos os aspectos de formação pessoal e humanista como liderança, comunicação, trabalho em equipe, capacidade de reconhecer e lidar com sentimentos do paciente e de si próprio, respeito (valores, cultura, religião), ética, postura, atitudes, comprometimento, relacionamento interpessoal, dentre outras. Por fim, a associação dos diversos fatores supracitados eleva significativamente a taxa de empregabilidade de nossos estudantes e constituem os diferenciais que contribuem para o destaque absoluto do curso no mercado privado paulista. OBJETIVOS DO CURSO GERAIS Atuar em toda a cadeia de medicamentos, incluindo a pesquisa, desenvolvimento, produção, controle de qualidade, registro, distribuição, dispensação e orientação; Pesquisar, desenvolver, produzir e controlar a qualidade de cosméticos e demais produtos relacionados com a área de Estética e Beleza; Atuar em nas áreas de plantas medicinais e fitoterapia incluindo pesquisa, desenvolvimento, extração, produção, controle de qualidade, dispensação, registro, orientação e prescrição, conforme normativa própria da profissão; Atuar em laboratórios de análises clínicas e toxicológicas nas áreas de coleta, transporte de espécimes, realização de exames, controle de qualidade, liberação de laudos e gestão; Atuar nas áreas de pesquisa, desenvolvimento e melhoria de tecnologias analíticas e métodos diagnósticos tanto em análises clínicas quanto em demais áreas analíticas; Trabalhar na pesquisa, desenvolvimento, produção e controle de qualidade de alimentos e nutracêuticos; Trabalhar no ramo de drogarias, farmácias de manipulação, farmácias antroposóficas, farmácias comunitárias, farmácias homeopáticas e farmácias hospitalares nas áreas de gestão, produção, dispensação e atenção farmacêutica; 4

5 Atuar em todos os níveis da saúde coletiva, saúde pública, vigilância sanitária e no Sistema Único da Saúde SUS, na recuperação e promoção de saúde, sempre com uma visão de transformar e melhorar a sociedade; Atuar no ramo da biologia molecular e biotecnologia; Atuar em equipe multiprofissional com habilidade de comunicação, trabalho em grupo e respeito aos demais trabalhadores; Atuar na gestão de empresas farmacêuticas com liderança e postura; Atuar em todos os ramos profissionais com liderança, postura, ética e valores, sempre voltado para a proteção e o bem-estar do próximo. ESPECÍFICOS Atuar em todos os níveis de atenção à saúde, integrando-se em programas de promoção, manutenção, prevenção, proteção e recuperação da saúde, sensibilizados e comprometidos com o ser humano, respeitando-o e valorizando-o; Desenvolver assistência farmacêutica individual e coletiva; Atuar na pesquisa, desenvolvimento, seleção, manipulação, produção, armazenamento e controle de qualidade de insumos, fármacos, sintéticos, recombinantes e naturais, medicamentos, cosméticos, saneantes e domissaneantes e correlatos; Atuar em órgãos de regulamentação e fiscalização do exercício profissional e de aprovação, registro e controle de medicamentos, cosméticos, saneantes, domissaneantes e correlatos; Atuar na avaliação toxicológica de medicamentos, cosméticos, saneantes, domissaneantes, correlatos e alimentos; Realizar, interpretar, emitir laudos e pareceres e responsabilizar-se tecnicamente por análises clínico-laboratoriais, incluindo os exames de biologia molecular, bem como análises toxicológicas, dentro dos padrões de qualidade e normas de segurança; Realizar procedimentos relacionados à coleta de material para fins de análises laboratoriais e toxicológicas; Avaliar a interferência de medicamentos, alimentos e outros interferentes em exames laboratoriais; Avaliar as interações medicamento/medicamento e alimento/medicamento; Exercer a farmacoepidemiologia; Exercer a dispensação e administração de nutracêuticos e de alimentos de uso enteral e parentreral; Atuar no planejamento, administração e gestão de serviços farmacêuticos, incluindo registro, autorização de produção, distribuição e comercialização de medicamentos, cosméticos, saneantes, domissaneantes e correlatos; Atuar no desenvolvimento e operação de sistemas de informação farmacológica e toxicológica para pacientes, equipes de saúde, instituições e comunidades; Interpretar e avaliar prescrições; Atuar na dispensação de medicamentos e correlatos; Participar na formulação das políticas de medicamentos e de assistência farmacêutica; Formular e produzir medicamentos e cosméticos em qualquer escala; Atuar na promoção e gerenciamento do uso correto e racional de medicamentos, em todos os níveis do sistema de saúde, tanto no âmbito do setor público como do privado; Desenvolver atividades de garantia da qualidade de medicamentos, cosméticos, processos e serviços onde atue o farmacêutico; Realizar, interpretar, avaliar, emitir laudos e pareceres e responsabilizar-se tecnicamente por análises de alimentos, de nutracêuticos, de alimentos de uso enteral e parenteral, suplementos alimentares, desde a obtenção das matérias primas até o consumo; 5

6 GUIA RÁPIDO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA Atuar na pesquisa e desenvolvimento, seleção, produção e controle de qualidade de produtos obtidos por biotecnologia; Realizar análises fisico-químicas e microbiológicas de interesse para o saneamento do meio ambiente, incluídas as análises de água e ar; Exercer atenção farmacêutica individual e coletiva na área das análises clínicas e toxicológicas; Gerenciar laboratórios de análises clínicas e toxicológicas; Atuar na seleção, desenvolvimento e controle de qualidade de metodologias, de reativos, reagentes e equipamentos. PÚBLICO-ALVO É aquele interessado: Pela área de biologia e química e deseja formar-se um farmacêutico generalista, com formação humanista, crítica e reflexiva; propenso a atuar em todos os níveis de atenção à saúde, com base no rigor científico e intelectual. Capacitado ao exercício de atividades referentes aos fármacos e aos medicamentos, às análises clínicas e toxicológicas desde a pesquisa, desenvolvimento, controle, produção e análise de medicamentos, cosméticos e alimentos, pautado em princípios éticos e na compreensão da realidade social, cultural e econômica do seu meio, seguro para dirigir sua atuação para a transformação da realidade em benefício da sociedade. É importante saber que os farmacêuticos são profissionais que estão constantemente pesquisando e desenvolvendo novos medicamentos, cosméticos, kits reagentes e demais produtos relacionados à saúde em geral. Além disso, a profissão farmacêutica é uma das profissões da saúde que exige maior conhecimento e dedicação para a atuação segura e eficaz. Filosoficamente, os interessados em desenvolver uma carreira em Farmácia devem ser, acima de tudo, interessados em ajudar as pessoas. Em termos atitudinais, os interessados na profissão devem ter uma excelente comunicação e habilidade de resolver problemas de maneira criativa e efetiva; e devem ter vontade de aceitar responsabilidades para suas ações. 6

7 MATRIZ CURRICULAR PERÍODO DISCIPLINA Morfologia Humana 100 o Química Geral e Inorgânica 1 Processos Biológicos 1 PERÍODO o 2 PERÍODO o 3 PERÍODO o 4 Desenvolvimento Humano e Social Princípios Farmacêuticos Matemática e Estatística para Biociências DISCIPLINA Comunicação e Expressão Química Orgânica Físico-química Agressão e Defesa Homeostase Física Aplicada às Ciências Farmacêuticas DISCIPLINA Estilo de Vida, Saúde e Meio Ambiente Interação clínico-patológica Química Analítica Microbiologia Aplicada Relação Química Farmacológica Montagem e Administração de Drogarias e Farmácias DISCIPLINA Antropologia e Cultura Brasileira Programa Interdisciplinar Comunitário Terapêutica Medicamentosa Farmacobotânica Farmácia Magistral e Cosmetologia Saúde Coletiva Projeto Integrado I CH 4 CH CH CH PERÍODO o 5 PERÍODO o 6 PERÍODO o 7 PERÍODO o 8 DISCIPLINA Metodologias: Ciências e Normas Técnicas Química Farmacêutica e Farmacodinâmica Farmacognosia Biotecnologia de Produtos Farmacêuticos Bioquímica e Tecnologia dos Alimentos Estágio Profissional I DISCIPLINA DISCIPLINA DISCIPLINA CH Projeto Integrado II Empreendimento e Sustentabilidade Trabalho de Conclusão de Curso I Farmácia Hospitalar Tecnologia Farmacêutica I Análises Clínicas Toxicologia Estágio Profissional II Projeto Integrado III Optativa I Farmacoterapia Tecnologia Farmacêutica II Controle de Qualidade de Prod. Farmacêuticos e Cosméticos Deontologia e Legislação Farmacêutica Estágio Profissional III Projeto Integrado IV Optativa II Trabalho de Conclusão de Curso II Seminário Integrativo Atenção Farmacêutica Gestão e Marketing de Empresas Farmacêuticas 6 CH CH CH 100 Estágio Profissional IV Atividades Complementares 2 CARGA HORÁRIA TOTAL:

8 GUIA RÁPIDO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA DISCIPLINAS - 1º SEMESTRE DESENVOLVIMENTO HUMANO E SOCIAL h Explora a maneira como se desenvolve o psiquismo a partir da inserção do indivíduo no ambiente psicossocial, identificando as manifestações do inconsciente no comportamento do sujeito. Aborda o fenômeno da percepção e sua relação com o desenvolvimento de aptidões mentais. Dedica-se, também, à psicologia organizacional e ao impacto da comunicação, motivação e liderança nas relações de trabalho. MORFOLOGIA HUMANA 100h Aborda os aspectos da estrutura dos órgãos que compõem o corpo humano, integrando o conhecimento da estrutura e do funcionamento do organismo normal, as variações anatômicas e as relações tridimensionais. Estuda os órgãos do aparelho locomotor, nervoso, circulatório, respiratório, digestório, urinário, genital feminino, genital masculino, bem como os tecidos fundamentais. QUÍMICA GERAL E INORGÂNICA h Aborda os conceitos de atomística, transformações físicas e químicas. Estuda estrutura atômica, elementos químicos e relações com o meio e a saúde. Analisa a Tabela Periódica e ligações químicas, bem como a interação entre moléculas, polaridade e solubilidade das principais funções inorgânicas. Dedica-se a fórmulas, balanceamento de reações e cálculos estequiométricos. PROCESSOS BIOLÓGICOS 1h Aborda de maneira intensa a organização, estrutura e função dos seres vivos com ênfase nos componentes celulares e moleculares, discutindo a dinâmica das principais vias metabólicas e a transmissão das informações genéticas. PRINCÍPIOS FARMACÊUTICOS h Analisa a trajetória do profissional e do ensino farmacêutico e discute sua atuação junto à sociedade. Apresenta os órgãos de classe e regulamentações profissionais. Discute bases legais para o Ensino em Farmácia, áreas e nichos de atuação profissional, modelo assistencial vigente, Política Nacional de Medicamentos, conceitos de Assistência e Atenção Farmacêutica e Sistema Único de Saúde. MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA PARA BIOCIÊNCIAS h Aborda conceitos e cálculos matemáticos aplicados à atividade do profissional farmacêutico. Explora cálculos como fracionamento e preparo de medicamentos, preparo de reagentes, produção e controle de qualidade. Também desenvolve as ferramentas estatísticas básicas utilizadas na profissão, como amostragem, média, desvio padrão, coeficiente de variação, ferramentas gráficas, dentre outras. DISCIPLINAS - 2º SEMESTRE COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO h A disciplina aborda aspectos relacionados à organização de textos produzidos em diferentes linguagens. Fornece subsídios teóricos e práticos para a produção de textos coerentes, compreensão da intertextualidade, tipos de texto e gêneros de discurso, relacionando-os a seus contextos de produção e recepção. QUÍMICA ORGÂNICA 100h Aborda a nomenclatura, estrutura e propriedades físicas de alcanos, alcenos, ácidos carboxílicos, aminas, ésteres, alcenos e compostos aromáticos. Trata reações de substituição nucleofílica acílica em compostos carbonilados e de adição nucleofílica em aldeídos e cetonas; oxidação e redução de compostos orgânicos, reações de adição a alcenos e de substituição eletrofílica em compostos aromáticos. 8

9 FÍSICO-QUÍMICA h Aborda o Equilíbrio Químico no sistema homogêneo (ácido-base de Bronsted) e no sistema heterogêneo em solução a partir da tríade: conservação da matéria, carga elétrica e lei da ação das massas. Estuda cinética química, especialmente a lei de velocidade de uma reação, informações extraídas a partir daí e suas aplicações. Enfoca os Princípios da Termodinâmica e suas aplicações. AGRESSÃO E DEFESA h Aborda o aprendizado dos mecanismos de virulência dos organismos patogênicos (bactérias, fungos, vírus e parasitos) e sua interação com o sistema imune na manutenção da saúde e no processo de doença. Enfoca aspectos básicos e aplicados da Imunologia, Microbiologia e Parasitologia. HOMEOSTASE h Estuda os princípios funcionais a partir do conceito central de homeostase e seus mecanismos mantenedores, abordando em cada sistema orgânico a dinâmica de funcionamento, o controle da função e os aspectos integrativos na manutenção da homeostase. FÍSICA APLICADA ÀS CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS h Aborda os principais conceitos e cálculos físicos aplicados às ciências farmacêuticas como temperatura, pressão, densidade, viscosidade, dentre outras. Apresenta situações-problema nas quais os conhecimentos da física tornam-se necessários para o bom desempenho profissional. Articula saberes e prática profissional relevantes à solução de problemas relacionados à Farmácia. DISCIPLINAS - 3º SEMESTRE ESTILO DE VIDA, SAÚDE E MEIO AMBIENTE h Discute Estilo de Vida, Saúde e Meio Ambiente como objetos complexos. Trata a diversidade cultural, étnico-racial com ênfase nos afrodescendentes e alteridade nas sociedades complexas e suas repercussões no estilo de vida, bem-estar, beleza, funcionalidade, corporeidade, qualidade de vida, saúde e meio ambiente. INTERAÇÃO CLÍNICO-PATOLÓGICA h Discute a aplicação dos conhecimentos referentes à propedêutica e a abordagem clínica de determinadas doenças orgânicas, relacionando-a com sua fisiopatologia, etapas importantes ao desenvolvimento do raciocínio clínico, estabelecimento de Hipótese Diagnóstica e tratamento adequado. QUÍMICA ANALÍTICA 120h Trata das reações e dos equilíbrios químicos usados na identificação de ânions e cátions em meios predominantemente aquosos, enfatizando a análise qualitativa e quantitativa de funções químicas dos compostos inorgânicos. Estuda técnicas de vidrarias, métodos titrimétricos de quantificação de substâncias e a quantificação de compostos a partir da espectrofotometria na região do visível. MICROBIOLOGIA APLICADA h Enfoca os conhecimentos de microbiologia básica integrando-os ao exercício profissional nas diversas áreas das ciências farmacêuticas, destacando o papel dos microorganismos como agentes patogênicos, contaminantes e produtores de substâncias de interesse nas áreas médica, alimentícia e de medicamentos e cosméticos. RELAÇÃO QUÍMICA FARMACOLÓGICA h Estuda a relação estrutura/atividade dos anestésicos locais, ativação enzimática de pró-fármacos e processos relacionados à sua síntese. Analisa a descoberta, planejamento e desenvolvimento de fármacos, estudo de aspectos químicos e desenvolvimento dos fármacos que atuam no sistema nervoso autônomo e analgésicos de ação central e aspectos químicos dos antiinflamatórios esteroidais e não esteroidais. 9

10 GUIA RÁPIDO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA MONTAGEM E ADMINISTRAÇÃO DE DROGARIAS E FARMÁCIAS h Introduz os fundamentos do empreendedorismo, conceitos de estabelecimentos farmacêuticos e critérios técnicos e legais para sua montagem. Discute os mercados fornecedor, concorrente e consumidor. Explora instrumentos necessários ao gerenciamento e administração dos recursos humanos, materiais e de informação fundamentais na condução de Farmácias e Drogarias. DISCIPLINAS - 4º SEMESTRE ANTROPOLOGIA E CULTURA BRASILEIRA h Introduz, desdobra e aprofunda os conceitos que compõem a área de Antropologia. Reflete, de forma crítica, os modos de viver em sociedade, com ênfase nas relações sociais, políticas, econômicas e culturais. Aborda a diversidade cultural brasileira, seu processo de formação, produção material e imaterial. PROGRAMA INTERDISCIPLINAR COMUNITÁRIO h Trata de competências, habilidades e valores relativos à melhoria da qualidade vida do indivíduo e da comunidade, de modo que essas condições correspondam a parâmetros de qualidade de vida devidamente compreendidas pelo conjunto das equipes interdisciplinares da saúde, por meio de ações implementadas por essas equipes. TERAPÊUTICA MEDICAMENTOSA h Estuda conceitos de formas farmacêuticas e vias de administração, farmacocinética (absorção, distribuição, metabolismo e excreção de drogas) e de farmacodinâmica (locais de ação dos fármacos), relacionados com a biodisponibilidade do medicamento, posologia e interações medicamentosas. Discute a terapêutica medicamentosa para reparar disfunções bioquímicas e fisiológicas do organismo. FARMACOBOTÂNICA h Estuda a taxonomia das plantas de interesse farmacêutico, enfocando as características anatômicas e morfológicas no campo macroscópico e microscópico. Fornece instrumentos para a análise e identificação de drogas vegetais de acordo com a especificação das Farmacopeias, além de métodos de conservação de materiais de origem vegetal para fins farmacêuticos, científicos e legais. FARMÁCIA MAGISTRAL E COSMETOLOGIA 1h Analisa os cálculos efetuados na farmácia magistral, a manipulação de formas farmacêuticas e as boas práticas. Estuda os ativos da farmácia magistral e a atuação na indústria cosmética, a legislação pertinente, eficácia e segurança do usuário, aspectos éticos, marketing de cosméticos, nutricosméticos e embalagens. Explora formas cosméticas, excipientes e matérias-primas. SAÚDE COLETIVA h Aborda o sistema de saúde do Brasil a partir de uma visão histórica. Discute os programas de atenção básica de saúde, sob um enfoque teórico/prático. Concentra a atenção sobre a promoção, prevenção e controle de doenças e principais agravos à saúde na coletividade. PROJETO INTEGRADO I h Discute os conhecimentos acerca do mercado de trabalho farmacêutico, da legislação profissional vigente e do exercício ético da profissão. Integra o estudante ao trabalho em equipe multiprofissional, com uma visão biológica, social e holística do paciente. 10

11 DISCIPLINAS - 5º SEMESTRE METODOLOGIA: CIÊNCIAS E NORMAS TÉCNICAS h A disciplina enfoca a importância e relevância do conhecimento científico e de sua produção; introduz os métodos e as técnicas de pesquisa, abrangendo os aspectos operacionais para a elaboração de trabalhos científicos cujas práticas são exigidas em nível universitário. QUÍMICA FARMACÊUTICA E FAMACODINÂMICA 120h Estuda como as mudanças estruturais no fármaco afetam a farmacocinética e a farmacodinâmica, e os mecanismos de ações, das relações dose-efeito, das indicações terapêuticas, reações adversas e interações medicamentosas dos fármacos que atuam no sistema cardiovascular e renal, sistema nervoso central, sistema imunológico, sistema respiratório e sistema digestório. FARMACOGNOSIA h Aborda o conhecimento químico, farmacológico e toxicológico de espécies vegetais de uso terapêutico, por meio do estudo das diferentes classes de princípios ativos presentes nos vegetais. Enfoca os métodos de extração, caracterização química e quantificação de princípios ativos em drogas vegetais de interesse farmacêutico. BIOTECNOLOGIA DE PRODUTOS FARMACÊUTICOS h Revisita e aprofunda os conceitos de biologia molecular, especificamente as técnicas de clonagem. Apresenta técnicas disponíveis de manipulação genética empregadas no desenvolvimento e produção de medicamentos, alimentos e outros produtos. Articulando os conceitos de biodiversidade e bioprospecção, discute os fundamentos da bioética na pesquisa, e introduz os conceitos da terapia gênica. BIOQUÍMICA E TECNOLOGIA DOS ALIMENTOS h Aborda a composição química e nutricional dos diferentes grupos de alimentos e as práticas de manuseio, processamento, armazenamento, e métodos de conservação usados na fabricação de produtos alimentícios industrializados e a legislação sanitária. Discute a orientação nuttricional, os aspectos éticos e de promoção da saúde neste âmbito. ESTÁGIO PROFISSIONAL I 200h Aborda os princípios básicos da assistência e da orientação farmacêutica. Focada nos procedimentos da atenção farmacêutica: seleção e orientação na escolha e utilização adequada de medicamentos, verificação da prescrição, posologia, contraindicação, interação, reações adversas, duração de tratamento, tendo como premissa o papel orientativo à população quanto ao uso de medicamentos. PROJETO INTEGRADO II h Trata da integração dos conteúdos das áreas de alimentos, medicamentos e análises clínicas, com foco na prevenção, promoção e recuperação da saúde, por meio de uma visão integral do processo saúde-doença, visando à melhoria da qualidade de vida da sociedade. DISCIPLINAS - 6º SEMESTRE EMPREENDEDORISMO E SUSTENTABILIDADE h Aborda o empreendedorismo e o papel do empreendedor, suas habilidades e características. São abordados os aspectos estratégicos, gerenciais e operacionais que subsidiam a elaboração do plano de negócios necessário à viabilidade de um empreendimento. Destaque é dado ao desenvolvimento sustentável, empreendedorismo ético e consumo responsável. TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO I h A unidade de ensino aborda as fases de elaboração de um projeto de pesquisa, enfatizando investigações no âmbito de sua futura profissão. Analisa criticamente a produção científica da área de ciências da saúde. 11

12 GUIA RÁPIDO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA FARMÁCIA HOSPITALAR h Aborda a organização administrativa hospitalar; as principais atribuições do farmacêutico no planejamento, aquisição, gerenciamento de estoque e descarte de medicamentos e materiais hospitalares. Aborda, ainda, a atenção farmacêutica e o uso racional de medicamentos, desde a sua produção, manipulação, distribuição até o acompanhamento do paciente junto à equipe multidisciplinar. TECNOLOGIA FARMACÊUTICA I h Aborda a cadeia de atividades de desenvolvimento de um produto farmacêutico, enfatizando as diferenças relativas à sua obtenção em escala magistral. Estuda as tecnologias de obtenção de formas farmacêuticas líquidas e semi-sólidas não estéreis. Introduz aspectos relativos às diretrizes de boas práticas de fabricação e enfoca a prevenção de risco. ANÁLISES CLÍNICAS 200h Discute métodos laboratoriais utilizados em análises clínicas nas áreas de bioquímica, endocrinologia, hematologia, hemostasia, urinálise, imunologia, parasitologia e microbiologia clínicas. Discorre sobre preparo do paciente, procedimentos para coleta de material biológico, e principais fontes de erros. Analisa laudos técnicos e suas implicações. TOXICOLOGIA h Aborda as áreas da toxicologia: ocupacional, ambiental, social e de medicamentos; discute as fontes poluidoras, os sintomas de intoxicação, seu tratamento, monitoramento ambiental e biológico, mecanismo de ação tóxica e a realização de análises laboratoriais e interpretação dos resultados. ESTÁGIO PROFISSIONAL II 200h Trata da realização de estágios nas áreas de indústria de alimentos, medicamentos, cosméticos, fitoterápicos, indústrias químicas e kits reagentes, laboratórios de análises clínicas, toxicológicas, e de biologia molecular e biotecnologia, farmácia hospitalar e ambulatorial (UBS), distribuidoras de medicamentos, empresas de serviços de saúde, laboratórios de pesquisa clínica, e afins. PROJETO INTEGRADO III h Trata da discussão de casos práticos da profissão farmacêutica integrando as diversas áreas profissionais, focando a análise e interpretação de dados quantitativos e qualitativos, com foco na tomada de decisão baseada em fatores biopsicossociais. DISCIPLINAS - 7º SEMESTRE OPTATIVA I h FARMACOTERAPIA h Aborda aspectos práticos da farmacoterapia, eficácia terapêutica, seleção e utilização de medicamentos, interações medicamentosas, intoxicações e reações adversas aos medicamentos, com enfoque em uso seguro e correto de medicamentos nos e pelos pacientes, e no trabalho em equipe multidisciplinar. TECNOLOGIA FARMACÊUTICA II h Estuda operações unitárias úteis nos processos fabris farmacêuticos: moagem, mistura, tamisação, processos de esterilização e conceitos de área limpa; tecnologia de obtenção de formas farmacêuticas sólidas de uso oral e de medicamentos estéreis. Discute novas tecnologias da área farmacêutica, mantendo o foco na prevenção de risco e na aderência aos princípios das boas práticas de fabricação. 12

13 CONTROLE DE QUALIDADE DE PRODUTOS FARMACÊUTICOS E COSMÉTICOS 120h Estuda as técnicas e cadeia de atividades envolvidas no controle de qualidade físico, químico e microbiológico e de desenvolvimento de medicamentos e cosméticos. Discute as boas práticas de laboratório, incluindo controles documentais e sua rastreabilidade, enfatizando a validação de métodos e processos farmacêuticos. DEONTOLOGIA E LEGISLAÇÃO FARMACÊUTICA h Apresenta os órgãos de classe e enfoca a regulamentação profissional e suas implicações na prática farmacêutica. Aborda ética farmacêutica e bioética e discute o exercício da profissão. Discute a Política Nacional de Medicamentos, os conceitos de Assistência e Atenção Farmacêutica e Sistema Único de Saúde. ESTÁGIO PROFISSIONAL III 200h Dá continuidade à realização de estágios nas áreas de indústria de alimentos, medicamentos, cosméticos, fitoterápicos, indústrias químicas e kits reagentes, laboratórios de análises clínicas, toxicológicas, e de biologia molecular e biotecnologia, farmácia hospitalar e ambulatorial (UBS), distribuidoras de medicamentos, empresas de serviços de saúde, laboratórios de pesquisa clínica e afins. PROJETO INTEGRADO IV h Discute o exercício profissional farmacêutico de acordo com as boas práticas profissionais, construindo uma visão generalista, humanista, crítica e reflexiva da profissão, pautada em princípios éticos, discutindo a atuação nas áreas tecnológicas, de prestação de serviços e assistencial, sempre com foco na melhoria permanente da qualidade. DISCIPLINAS - 8º SEMESTRE OPTATIVA II h TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO II h A unidade de ensino aprofunda as fases de elaboração de um projeto de pesquisa, enfatizando investigações no âmbito de sua futura profissão. Analisa criticamente a produção científica da área profissional. SEMINÁRIO INTEGRATIVO h Dedica-se à elaboração de hipóteses acerca de problemas envolvendo a atuação do profissional. Discute a pesquisa e a fundamentação das intervenções como profissional de saúde integrante de equipes multiprofissionais. Baseia-se na reflexão, elaboração e tomada de decisão baseadas em situações concretas e definidas. ATENÇÃO FARMACÊUTICA 100h Discute a participação na equipe clínica e a elaboração e utilização de ficha clínica. Foca a análise de prontuários e a realização de anamnese farmacológica, importantes na avaliação e adequação de tratamentos e monitorização de pacientes com diferentes patologias. Aborda a orientação de pacientes e familiares, a comunicação efetiva e a construção de relatórios. GESTÃO E MARKETING DE EMPRESAS FARMACÊUTICAS h Enfoca liderança, direção, produtividade, organização, administração de pessoal e de vendas relacionados a farmácias, indústrias de medicamentos, cosméticos, alimentos, e laboratórios de análises clínicas. Explora fundamentos e ferramentas de marketing da indústria farmacêutica. Discute legislações de serviços farmacêuticos, marketing de produtos farmacêuticos e precificação de medicamentos. 13

14 GUIA RÁPIDO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA ESTÁGIO PROFISSIONAL IV 200h Oportuniza estágios diversos realizados nas áreas de indústria de alimentos, medicamentos, cosméticos, fitoterápicos, indústrias químicas e kits reagentes, laboratórios de análises clínicas, toxicológicas e de biologia molecular e biotecnologia, farmácia hospitalar e ambulatorial (UBS), distribuidoras de medicamentos, empresas de serviços de saúde, laboratórios de pesquisa clínica, e afins. ATIVIDADES COMPLEMENTARES FARMÁCIA 2h Atividades práticas e/ou teóricas, relacionadas ao contexto do curso que contribuem na formação profissional mais ampla do aluno, envolvendo alternativa ou simultaneamente, produção, pesquisa, intercâmbio, visitas técnicas, participação em eventos e outras consideradas próprias ao curso. SISTEMA DE AVALIAÇÃO A Universidade Anhembi Morumbi desenvolve a avaliação de aprendizagem em duas etapas: N1 e N2. A N1 consiste em uma série de atividades desenvolvidas ao longo do semestre que permitem avaliar o estudante continuamente. A N2 consiste em uma prova presencial individual. A nota final do estudante (NF) é obtida a partir da média entre N1 e N2. É considerado aprovado o estudante que atingir média igual ou superior a 6,0 (seis). Nos cursos e disciplinas na modalidade a distância, a N2 corresponde a % da nota final. O estudante tem direito a realizar prova de segunda chamada no caso de ter perdido a oportunidade de cumprir a prova na data estipulada, ou para fins de melhoria de nota. Se, eventualmente, for reprovado o estudante deverá cumprir novamente a disciplina em regime de dependência. FREQUÊNCIA A avaliação do desempenho escolar, além do aproveitamento, abrange também aspectos de frequência. A Universidade adota como critério para aprovação a frequência mínima de 75% da carga horária total da disciplina. O estudante que ultrapassar esse limite está automaticamente reprovado na disciplina. Nas disciplinas e cursos a distância, a frequência é apurada a partir da completude das atividades propostas no ambiente de aprendizagem e seguem o mesmo critério para aprovação. 14

15 DIREÇÃO DA ESCOLA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE Profa. Dra. Karen Cristine Abrão Ginecologista e obstetra, doutora em Medicina pela Faculdade de Medicina da USP. Diretora Acadêmica da Escola de Ciências da Saúde da Universidade Anhembi Morumbi. Docente da disciplina de Saúde da Mulher da Universidade Anhembi Morumbi. Pesquisadora colaboradora do Departamento de Obstetrícia da Faculdade de Medicina da USP. Linhas de pesquisa de interesse: Trabalho de parto e analgesia obstétrica; Saúde da Mulher, Ensino Médico. Ministra palestras em eventos de relevância da área, autora de livros e artigos da área médica. DIREÇÃO ADJUNTA DA ESCOLA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE Profa. Ms. Simone Nomie Sato Possui graduação em Fisioterapia pela Universidade Metodista de Piracicaba, especialista em Fisioterapia Respiratória pela Universidade Cidade de São Paulo e mestre em Ciências do Movimento pela Universidade de Guarulhos. Diretora Acadêmica Adjunta da Escola de Ciências da Saúde da Universidade Anhembi Morumbi. Tem experiência na área de Fisioterapia, com ênfase em Terapia Intensiva e Pneumologia, e ampla experiência em Gestão do Ensino Superior. Ministra palestras em eventos de relevância da área, autora de capítulos de livros e artigos na área de Saúde e Educação. COORDENAÇÃO DO CURSO DE FARMÁCIA Prof. Dr. Geraldo Alécio de Oliveira É farmacêutico graduado pela Universidade Federal de Juiz de Fora, nas áreas de Medicamentos, Alimentos e Análises Clínicas e Toxicológicas. Possui Mestrado e Doutorado em Farmácia na Área de Análises Clínicas - Microbiologia Clínica pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo USP. Cursou MBA em Gestão Empresarial pela Universidade Anhembi Morumbi. É docente da Anhembi Morumbi e coordenador do Curso de Farmácia desde Na área de Análises Clínicas, atuou como analista do Laboratório Central do Hospital das Clínicas de São Paulo e como coordenador do Laboratório de Análises Clínicas do Hospital do Coração - HCor. Em pesquisa, foi o primeiro pesquisador da América Latina a isolar cepas de Staphylococus aureus resistentes à vancomicina - VRSA e o primeiro pesquisador no mundo a relatar o surto de VRSA. Foi vice-presidente da Associação Brasileira de Ensino de Farmacêutico Bioquímico (ABENFARBIO) entre e, atualmente, é membro da diretoria colegiada da Associação Brasileira de Educação Farmacêutica (ABEF). ANHEMBI MORUMBI PARA VOCÊ Você, estudante, é parte integrante da comunidade acadêmica da Anhembi Morumbi e pode desfrutar de toda infraestrutura que a Universidade oferece. São seis câmpus com instalações modernas, laboratórios de última geração, bibliotecas com acervo abundante, além de academias de ginástica. CÂMPUS Centro Rua Dr. Almeida Lima, Mooca Paulista 1 Av. Paulista, Bela Vista Paulista 2 Rua Treze de Maio, Bela Vista Morumbi Av. Roque Petroni Jr., 630 Morumbi Vale do Anhangabaú Rua Líbero Badaró, 487 Centro Vila Olímpia Rua Casa do Ator, 275 Vila Olímpia 15

16 Abr / 2014

GUIA RÁPIDO DO CURSO TÉCNICO EM ENFERMAGEM

GUIA RÁPIDO DO CURSO TÉCNICO EM ENFERMAGEM UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI A Universidade Anhembi Morumbi foi criada em 1970 com o intuito de oferecer o primeiro curso superior de Turismo. Na década de, amplia sua oferta de cursos em diferentes áreas.

Leia mais

GUIA RÁPIDO DO CURSO TÉCNICO EM NUTRIÇÃO E DIETÉTICA

GUIA RÁPIDO DO CURSO TÉCNICO EM NUTRIÇÃO E DIETÉTICA GUIA RÁPIDO DO CURSO TÉCNICO EM NUTRIÇÃO E DIETÉTICA GUIA RÁPIDO DO CURSO TÉCNICO EM NUTRIÇÃO E DIETÉTICA UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI A Universidade Anhembi Morumbi foi criada em 1970 com o intuito de

Leia mais

GUIA RÁPIDO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM

GUIA RÁPIDO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM GUIA RÁPIDO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM GUIA RÁPIDO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI Fundada em 1970 com o intuito de oferecer o primeiro curso superior de Turismo

Leia mais

Missão. - Estimular a capacidade de análise dos problemas que se apresentam no campo da Saúde Pública e Privada;

Missão. - Estimular a capacidade de análise dos problemas que se apresentam no campo da Saúde Pública e Privada; CURSO: Farmácia Missão O curso tem como missão formar profissionais farmacêuticos capazes de exercer atividades referentes aos fármacos e aos medicamentos, às análises clínicas e toxicológicas, ao controle,

Leia mais

GUIA RÁPIDO DO CURSO SUPERIOR DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM VISAGISMO E TERAPIA CAPILAR

GUIA RÁPIDO DO CURSO SUPERIOR DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM VISAGISMO E TERAPIA CAPILAR GUIA RÁPIDO DO CURSO SUPERIOR DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM VISAGISMO E TERAPIA CAPILAR GUIA RÁPIDO DO CURSO SUPERIOR DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM VISAGISMO E TERAPIA CAPILAR UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI Fundada

Leia mais

FEFUC - FOLDER EXPLICATIVO DE FUNCIONAMENTO DE CURSOS CURSO DE FARMÁCIA 1ª LINHA CONCEITUAL: CARACTERIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DE FARMÁCIA

FEFUC - FOLDER EXPLICATIVO DE FUNCIONAMENTO DE CURSOS CURSO DE FARMÁCIA 1ª LINHA CONCEITUAL: CARACTERIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DE FARMÁCIA 1 FEFUC - FOLDER EXPLICATIVO DE FUNCIONAMENTO DE CURSOS CURSO DE FARMÁCIA 1ª LINHA CONCEITUAL: CARACTERIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DE FARMÁCIA O PROFISSIONAL FARMACÊUTICO O Farmacêutico é um profissional da

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º PERÍODO

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º PERÍODO CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º PERÍODO Biologia Geral, Citologia e Genética Estudo da célula, seus componentes e relação com as funções

Leia mais

GUIA RÁPIDO DO CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

GUIA RÁPIDO DO CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS GUIA RÁPIDO DO CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS GUIA RÁPIDO DO CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI Fundada em 1970 com o intuito de oferecer o primeiro curso

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES

CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES 1 1. PERFIL DO FORMANDO EGRESSO/PROFISSIONAL 1.1. Perfil Comum: Farmacêutico, com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva.

Leia mais

GUIA RÁPIDO DO CURSO DE BACHARELADO EM ESTÉTICA

GUIA RÁPIDO DO CURSO DE BACHARELADO EM ESTÉTICA GUIA RÁPIDO DO CURSO DE BACHARELADO EM GUIA RÁPIDO DO CURSO DE BACHARELADO EM UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI Fundada em 1970 com o intuito de oferecer o primeiro curso superior de Turismo do Brasil, a Universidade

Leia mais

FARMÁCIA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC

FARMÁCIA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC FARMÁCIA Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: FARMÁCIA Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo Base legal da Mantenedora

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA 30-30 02

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA 30-30 02 MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA 1º SEMESTRE 1. Anatomia Humana 30 30 60 04-2. Bioestatística Geral 30-30 02-3. Bioética 30-30 02-4. Biofísica 60-60 04-5. Citologia, Histologia e Embriologia

Leia mais

FACIDER FACULDADE DE COLIDER. FACIDER atualizado 2014/1 FARMACIA, BACHARELADO ESTUDOS FORMATIVOS Página 1

FACIDER FACULDADE DE COLIDER. FACIDER atualizado 2014/1 FARMACIA, BACHARELADO ESTUDOS FORMATIVOS Página 1 Portaria Credenciamento IES: Portaria 1658 D.O.U. 25/07/01. Portaria Autorização Administração : Portaria 1658 D.O.U. 25/07/01 Portaria Reconhecimento Administração : Portaria 3.519 D.O.U.14/10/05. Portaria

Leia mais

CURSO DE BACHARELADO EM FARMÁCIA-FORMAÇÃO FARMACÊUTICO GENERALISTA

CURSO DE BACHARELADO EM FARMÁCIA-FORMAÇÃO FARMACÊUTICO GENERALISTA CURSO DE BACHARELADO EM FARMÁCIA-FORMAÇÃO FARMACÊUTICO GENERALISTA Coordenaçăo: Profª. MS. Érika Guimarães Costa E-mail: farmacia@immes.com.br Telefone (96)3223-4244 ramal: 217 O Curso forma o profissional

Leia mais

TABELA DE EQUIVALÊNCIA Curso de Odontologia

TABELA DE EQUIVALÊNCIA Curso de Odontologia TABELA DE EQUIVALÊNCIA Curso de Odontologia Disciplina A Disciplina B Código Disciplina C/H Curso Disciplina C/H Código Curso Ano do Currículo 64823 MICROBIOLOGIA GERAL 17/34 ODONTOLOGIA MICROBIOLOGIA

Leia mais

GUIA RÁPIDO DO CURSO TÉCNICO EM DESIGN DE INTERIORES

GUIA RÁPIDO DO CURSO TÉCNICO EM DESIGN DE INTERIORES UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI A Universidade Anhembi Morumbi foi criada em 1970 com o intuito de oferecer o primeiro curso superior de Turismo. Na década de 80, amplia sua oferta de cursos em diferentes

Leia mais

PREMISSAS DE ORIENTAÇÃO DAS DCN

PREMISSAS DE ORIENTAÇÃO DAS DCN DOCUMENTO CONSOLIDADO ABEF/COMENSINO/CAEF PREMISSAS DE ORIENTAÇÃO DAS DCN As Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de graduação em Farmácia (DCNs) constituem orientações para a elaboração dos currículos

Leia mais

FFARM Faculdade de Farmácia

FFARM Faculdade de Farmácia FFARM Faculdade de Farmácia Secretaria: Prédio12 - Bloco A Fone: 3320-3512 E-mail: farmácia@pucrs.br www.pucrs.br/farmacia Departamentos: Análises Clínicas e Toxicológicas n.º 351 Desenvolvimento e Produção

Leia mais

Edital n 37/2011 Concurso Público para Provimento de Cargos de Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. Anexo I Cargos e Vagas

Edital n 37/2011 Concurso Público para Provimento de Cargos de Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. Anexo I Cargos e Vagas MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MÉDIA E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO Edital n 37/2011 Concurso Público para Provimento de Cargos de Professor

Leia mais

MEDICINA PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO DO CURSO DE MEDICINA (SÍNTESE)

MEDICINA PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO DO CURSO DE MEDICINA (SÍNTESE) PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO DO CURSO DE (SÍNTESE) Ao longo de mais de cinco décadas, a Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas) estruturou um ambiente acadêmico intelectualmente rico

Leia mais

ANEXO III REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES POR CARGO/FUNÇÃO

ANEXO III REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES POR CARGO/FUNÇÃO ANEXO III REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES POR CARGO/FUNÇÃO ANALISTA EM SAÚDE/ ASSISTENTE SOCIAL PLANTONISTA REQUISITOS: Certificado ou Declaração de conclusão do Curso de Serviço Social, registrado no MEC; E

Leia mais

a) ÁREA DE CONHECIMENTO BÁSICO: História do Pensamento Econômico/História Econômica.

a) ÁREA DE CONHECIMENTO BÁSICO: História do Pensamento Econômico/História Econômica. Campus Governador Valadares Concurso 106: Departamento de Economia Proc. nº 23071.009825/2013-25 Vaga(s): 01(uma) Classe A: Professor Assistente A a) ÁREA DE CONHECIMENTO BÁSICO: Econometria. DAS PROVAS:

Leia mais

Matriz Curricular Bacharelado em Farmácia

Matriz Curricular Bacharelado em Farmácia Matriz Curricular Bacharelado em Farmácia Semestre 1 01 Introdução às Ciências Farmacêuticas 30 30-2 - 02 Anatomia 75 30 45 5-03 Biologia Celular e Molecular 60 30 30 4-04 Química Geral e Inorgânica 75

Leia mais

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO LATU SENSU EM: PRÁXIS ENFERMAGEM ESTÉTICA

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO LATU SENSU EM: PRÁXIS ENFERMAGEM ESTÉTICA Faculdade Campo Limpo Paulista CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO LATU SENSU EM: PRÁXIS ENFERMAGEM ESTÉTICA PROJETO PEDAGÓGICO 2015 Sumário 1. Curso e Área de Conhecimento 2.Objetivo 3.Público-Alvo 4.Coordenador 5.Duração

Leia mais

CURSO DE MEDICINA - MATRIZ CURRICULAR 2013

CURSO DE MEDICINA - MATRIZ CURRICULAR 2013 CURSO DE MEDICINA - MATRIZ CURRICULAR 2013 Eixos longitudinais, conteúdos e objetivos cognitivos psicomotores Eixos transversais, objetivos Per. 1º Ano eixo integrador: O CORPO HUMANO CH INT. COMUM. HAB.

Leia mais

GUIA RÁPIDO DO CURSO TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO

GUIA RÁPIDO DO CURSO TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI A Universidade Anhembi Morumbi foi criada em 1970 com o intuito de oferecer o primeiro curso superior de Turismo. Na década de 80, amplia sua oferta de cursos em diferentes

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO Edital Nº 7/205 ANEXO II QUADRO DE VAGAS (RETIFICADO) CAMPUS SIGLA ÁREA PERFIL TOTAL ARRAIAL DO CABO DUQUE DE CAXIAS CAC Geografia Análise Instrumental Biologia Geral/ Bioquímica / Processos Bioquímicos

Leia mais

Universidade Anhembi Morumbi On-line. Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. Tudo a um clique de você.

Universidade Anhembi Morumbi On-line. Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. Tudo a um clique de você. Universidade Anhembi Morumbi On-line. Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. Tudo a um clique de você. Educação a Distância Anhembi Morumbi Agora você pode estudar em uma universidade internacional

Leia mais

MEDICINA VETERINÁRIA

MEDICINA VETERINÁRIA MEDICINA VETERINÁRIA 1. TURNO: Integral GRAU ACADÊMICO: Médico Veterinário PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 5 anos Máximo = 8 anos 2. PRINCÍPIOS NORTEADORES DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO Para a boa formação

Leia mais

Avaliar, sistematizar e decidir as condutas mais adequadas, baseadas em evidências científicas;

Avaliar, sistematizar e decidir as condutas mais adequadas, baseadas em evidências científicas; CURSO: FISIOTERAPIA Missão O curso de Fisioterapia da Universidade Estácio de Sá, através de uma estrutura embasada em princípios contemporâneos, tem por missão a formação de um fisioterapeuta generalista,

Leia mais

Curso. Administração. Arquitetura. Ciências Biológicas

Curso. Administração. Arquitetura. Ciências Biológicas FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA /FCSES EDITAL Nº002/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DO PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA PARA O 2º SEMESTRE DE 2014 1 A Secretária Geral da Faculdade Católica

Leia mais

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM 2015/2 * EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM 2015/2 * EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO Administração de Adm. em Serviços de Enfermagem Hospitalar Enfermagem Administração Mercadológica I / Marketing / Administração Mercadológica II Algoritmos e Técnicas de Programação Análise Ambiental Biomedicina

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO Edital Nº 7/205 ANEXO II QUADRO DE VAGAS CAMPUS SIGLA ÁREA PERFIL TOTAL ARRAIAL DO CABO CAC Geografia Licenciatura em Geografia. Análise Instrumental Química Industrial ou Engenharia Química ou Farmácia

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM NUTRIÇÃO

MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM NUTRIÇÃO MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM PRIMEIRO PERÍODO / 1 O ANO CIÊNCIAS SOCIAIS, HUMANAS E CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Sociologia, Antropologia e Filosofia 2-40 Iniciação à Pesquisa em Nutrição 2-40 Leitura

Leia mais

MEDICINA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1

MEDICINA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 MEDICINA Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: MEDICINA Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo Base legal da Mantenedora

Leia mais

Matriz Curricular. 1º Período Nome da disciplina

Matriz Curricular. 1º Período Nome da disciplina Matriz Curricular A grade curricular proposta para o Curso de Farmácia abrange três modalidades de disciplinas: disciplinas básicas, que serão comuns aos cursos de Bioquímica, Enfermagem e Medicina, disciplinas

Leia mais

ENTIDADES DE FISCALIZAÇÃO DO EXERCÍCIO DAS PROFISSÕES LIBERAIS CONSELHO FEDERAL DE FARMÁCIA RESOLUÇÃO Nº 601, DE 26 DE SETEMBRO DE 2014

ENTIDADES DE FISCALIZAÇÃO DO EXERCÍCIO DAS PROFISSÕES LIBERAIS CONSELHO FEDERAL DE FARMÁCIA RESOLUÇÃO Nº 601, DE 26 DE SETEMBRO DE 2014 ENTIDADES DE FISCALIZAÇÃO DO EXERCÍCIO DAS PROFISSÕES LIBERAIS CONSELHO FEDERAL DE FARMÁCIA RESOLUÇÃO Nº 601, DE 26 DE SETEMBRO DE 2014 Dispõe sobre as atribuições do farmacêutico no âmbito da homeopatia

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ENFERMAGEM (Currículo iniciado em 2010)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ENFERMAGEM (Currículo iniciado em 2010) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ENFERMAGEM (Currículo iniciado em 2010) ANATOMIA HUMANA CH 102 (2372) Estudo morfológico dos órgãos e sistemas que constituem o organismo humano, com ênfase para os

Leia mais

VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP

VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL Nº 12/2012 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO ANEXO I VAGAS POR ÁREA DE CONHECIMENTO VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP 1) Área de Conhecimento:

Leia mais

CURSO: ENFERMAGEM. Objetivos Específicos 1- Estudar a evolução histórica do cuidado e a inserção da Enfermagem quanto às

CURSO: ENFERMAGEM. Objetivos Específicos 1- Estudar a evolução histórica do cuidado e a inserção da Enfermagem quanto às CURSO: ENFERMAGEM Missão Formar para atuar em Enfermeiros qualificados todos os níveis de complexidade da assistência ao ser humano em sua integralidade, no contexto do Sistema Único de Saúde e do sistema

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Ementas das Disciplinas CURSO DE GRADUAÇÃO DE FISIOTERAPIA ATIVIDADES COMPLEMENTARES As atividades complementares correspondem a 204 horas realizadas nos diferentes espaços proporcionados

Leia mais

Bacharelado em Medicina Veterinária

Bacharelado em Medicina Veterinária Bacharelado em Medicina Veterinária INFORMAÇÕES Duração do Curso: 05 anos (10 semestres) Horário: Manhã Número de Vagas: 100 anuais Coordenador: Profº Dr. Carlos Tadeu Bandeira de Lavor O CURSO O Curso

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 02/2011 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO Aprova a estrutura curricular do Curso de Nutrição, na modalidade bacharelado,

Leia mais

Prescrição Farmacêutica. Aspectos técnicos e legais

Prescrição Farmacêutica. Aspectos técnicos e legais Bem Vindos! Prescrição Farmacêutica Aspectos técnicos e legais Quem sou? Prof. Dr José Henrique Gialongo Gonçales Bomfim Farmacêutico Bioquímico 1998 Mestre em Toxicologia USP 2003 Doutor em Farmacologia

Leia mais

UNP - Universidade Potiguar EDITAL DE OFERTA DE DISCIPLINAS EM TURMA ESPECIAL - 2015 JULHO A DEZEMBRO ANEXO ÚNICO: DISCIPLINAS EM OFERTA

UNP - Universidade Potiguar EDITAL DE OFERTA DE DISCIPLINAS EM TURMA ESPECIAL - 2015 JULHO A DEZEMBRO ANEXO ÚNICO: DISCIPLINAS EM OFERTA UNP - Universidade Potiguar EDITAL DE OFERTA DE DISCIPLINAS EM TURMA ESPECIAL - 2015 JULHO A DEZEMBRO ANEXO ÚNICO: DISCIPLINAS EM OFERTA A - CURSOS DE GRADUAÇÃO (PRESENCIAL E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA) Curso

Leia mais

F - ÁREA PROFISSIONAL FARMÁCIA. FARMÁCIA HOSPITALAR E CLÍNICA - InCor. Titulação: Aprimoramento e Especialização

F - ÁREA PROFISSIONAL FARMÁCIA. FARMÁCIA HOSPITALAR E CLÍNICA - InCor. Titulação: Aprimoramento e Especialização F - ÁREA PROFISSIONAL FARMÁCIA FARMÁCIA HOSPITALAR E CLÍNICA - InCor Titulação: Aprimoramento e Especialização Supervisora: Drª Sonia Lucena Cipriano Características: (duração 12 meses) Dirigido a farmacêuticos,

Leia mais

FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO

FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA GERAL/FCSES EDITAL Nº009/2010 EDITAL DE SELEÇÃO DO PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA PARA O 2º SEMESTRE DE 2010 A Secretária Geral da Faculdade

Leia mais

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO Administração de Produção I Administração de Recursos Humanos I Administração de Recursos Materiais Administração de Sistemas de Informação Administração Financeira e Orçamentária

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ATIVIDADE FÍSICA PARA PREVENÇÃO, TRATAMENTO

Leia mais

CONSIDERANDO: os critérios e os padrões de qualidade estabelecidos pela UFPB para formação de profissionais;

CONSIDERANDO: os critérios e os padrões de qualidade estabelecidos pela UFPB para formação de profissionais; SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 34/2011 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Química Industrial, Bacharelado,

Leia mais

GUIA RÁPIDO DO CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA PARA INTERNET

GUIA RÁPIDO DO CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA PARA INTERNET GUIA RÁPIDO DO CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA PARA INTERNET GUIA RÁPIDO DO CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA PARA INTERNET UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI A Universidade Anhembi Morumbi foi criada em 1970 com o

Leia mais

CURSO DE BACHARELADO EM NUTRIÇÃO-FORMAÇÃO NUTRICIONISTA

CURSO DE BACHARELADO EM NUTRIÇÃO-FORMAÇÃO NUTRICIONISTA CURSO DE BACHARELADO EM NUTRIÇÃO-FORMAÇÃO NUTRICIONISTA Coordenaçăo: Profª. MS. Mara Rosana dos Santos E-mail: nutricao@immes.com.br Telefone (96)3223-4244 ramal: 211 Ser Nutricionista É atuar em todas

Leia mais

ANEXO II QUADRO DE ATRIBUIÇÕES, REQUISITOS E REMUNERAÇÃO

ANEXO II QUADRO DE ATRIBUIÇÕES, REQUISITOS E REMUNERAÇÃO ANEXO II QUADRO DE ATRIBUIÇÕES, REQUISITOS E REMUNERAÇÃO FUNÇÃO / REMUNERAÇÃO Médico Infectologista REQUISITO Medicina e Título de Especialista concedido pela Respectiva Sociedade de Classe ou Residência

Leia mais

NUTRIÇÃO. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC

NUTRIÇÃO. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC NUTRIÇÃO Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: NUTRIÇÃO Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo Base legal da Mantenedora

Leia mais

Resolução nº 492 de 26 de novembro de 2008

Resolução nº 492 de 26 de novembro de 2008 Resolução nº 492 de 26 de novembro de 2008 Ementa: Regulamenta o exercício profissional nos serviços de atendimento pré-hospitalar, na farmácia hospitalar e em outros serviços de saúde, de natureza pública

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA

DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA 1. PERFIL DO FORMANDO EGRESSO/PROFISSIONAL Médico, com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva. Capacitado a atuar, pautado

Leia mais

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS POR CURSO EM 2010/1 EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS POR CURSO EM 2010/1 EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO Administração de Recursos Humanos II Administração de Sistemas de Informações Contabilidade Básica I Contabilidade Básica II Contabilidade Geral Economia Brasileira e Contemporânea

Leia mais

Apresentação!!!!!! A Biblioteca Central da Universidade Paranaense é responsável pela Biblioteca do Campus Tiradentes, Biblioteca do Hospital

Apresentação!!!!!! A Biblioteca Central da Universidade Paranaense é responsável pela Biblioteca do Campus Tiradentes, Biblioteca do Hospital Apresentação!!!!!! A Biblioteca Central da Universidade Paranaense é responsável pela Biblioteca do Campus Tiradentes, Biblioteca do Hospital Veterinário e também dos multicampi nas cidades de Guaíra,

Leia mais

Processo Pedagógico de Formação do aluno do curso medico do UNI-BH

Processo Pedagógico de Formação do aluno do curso medico do UNI-BH Processo Pedagógico de Formação do aluno do curso medico do UNI-BH A proposta pedagógica para formação do medico dentro do curso do UNI-BH baseia-se na estruturação em três módulos de conteúdo bem definido

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO COLEGIADO CES

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO COLEGIADO CES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Conselho Nacional de Educação / Câmara de Educação Superior ASSUNTO: Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Engenharia RELATOR(A):

Leia mais

Resenha Histórica: O início do ensino farmacêutico na Universidade de Coimbra remonta aos finais do séc. XVI. Finais do séc. XVI: Curso prático de

Resenha Histórica: O início do ensino farmacêutico na Universidade de Coimbra remonta aos finais do séc. XVI. Finais do séc. XVI: Curso prático de Resenha Histórica: O início do ensino farmacêutico na Universidade de Coimbra remonta aos finais do séc. XVI. Finais do séc. XVI: Curso prático de boticários na Universidade de Coimbra. 1772: Reforma da

Leia mais

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM 2016/1 * EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM 2016/1 * EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO Adm. em Serviços de Enfermagem Hospitalar Enfermagem Administração da Enf. na Atenção Primária a Saúde Enfermagem Administração de Produção Administração Administração de Sistemas de Informação Administração

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR 2014/1. 60 h. 104 h. 146 h. 72 h 2º SEMESTRE. Carga horária

ESTRUTURA CURRICULAR 2014/1. 60 h. 104 h. 146 h. 72 h 2º SEMESTRE. Carga horária MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI FACULDADE DE MEDICINA DE DIAMANTINA - FAMED CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA ESTRUTURA CURRICULAR 2014/1 MED001 MED002 MED003

Leia mais

FINALIDADES E OBJETIVOS DO CURSO

FINALIDADES E OBJETIVOS DO CURSO 1.Identificação e situação legal - Identificação do curso, ato de criação, início do curso e ato de reconhecimento. CURSO: SITUAÇÃO LEGAL: Medicina Veterinária Dados de Criação/Autorização: Documento:

Leia mais

Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006

Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006 Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006 Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de graduação em Engenharia Agrícola e dá outras providências.

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ENFERMAGEM Atividades Complementares Compreende atividades extracurriculares desenvolvidas conforme opção do aluno, correlacionadas com os objetivos gerais

Leia mais

RESOLUÇÃO. Artigo 2º - O Currículo, ora alterado, será implantado no 2º semestre letivo de 2001 para os alunos matriculados no 4º semestre.

RESOLUÇÃO. Artigo 2º - O Currículo, ora alterado, será implantado no 2º semestre letivo de 2001 para os alunos matriculados no 4º semestre. RESOLUÇÃO CONSEPE 38/2001 ALTERA O CURRÍCULO DO CURSO DE ENFERMAGEM, REGIME SERIADO SEMESTRAL, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no uso

Leia mais

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM 2015/1 * EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM 2015/1 * EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO Administração da Enfermagem na Atenção Primária a Saúde Enfermagem Administração de Produção Administração Administração de Produção II Administração Administração de Sistemas de Informação Administração/

Leia mais

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO Administração de Produção I Administração de Produção II Administração de Recursos Humanos I Administração de Recursos Materiais Administração Financeira e Orçamentária I Administração

Leia mais

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO Administração de Produção Administração Financeira Administração Mercadológica II Análise das Demonstrações Financeiras Auditoria Comércio Exterior e Economia Internacional

Leia mais

PRÉ-REQUISITOS (ESPECIFICAR CONTEÚDOS E, SE POSSÍVEL, DISCIPLINAS)

PRÉ-REQUISITOS (ESPECIFICAR CONTEÚDOS E, SE POSSÍVEL, DISCIPLINAS) 7.5. Disciplina Clínica Médica 4: Atenção Primária (Atual Medicina Geral de Adultos II (CLM006)) CÓDIGO DA DISCIPLINA ATUAL: CLM006 NOME ATUAL: Medicina Geral de Adultos II NOVO NOME: Clínica Médica 4:

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : MEDICINA VETERINÁRIA. CRÉDITOS Obrigatórios: 249 Optativos: 12.

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : MEDICINA VETERINÁRIA. CRÉDITOS Obrigatórios: 249 Optativos: 12. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:10:25 Curso : MEDICINA

Leia mais

Disciplina. Matemática - 1

Disciplina. Matemática - 1 FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA /FCSES EDITAL Nº00/204 EDITAL DE SELEÇÃO DO PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA PARA O º SEMESTRE DE 204 A Secretária Geral da Faculdade Católica

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro Educação a Distância Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. A única diferença é a sala de aula que fica em suas

Leia mais

Curso de Graduação em MEDICINA Plano Curricular Pleno 2014/1

Curso de Graduação em MEDICINA Plano Curricular Pleno 2014/1 Curso de Graduação em MEDICINA Plano Curricular Pleno 2014/1 MED-100 - Unidades de Ensino da área de conhecimento das bases moleculares e celulares dos processos normais e alterados, da estrutura e função

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/2010 1.ª SÉRIE

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/2010 1.ª SÉRIE Curso: Graduação: Regime: Duração: MATRIZ CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA TECNOLÓGICA SERIADO ANUAL MATUTINO 3 (TRÊS) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO

Leia mais

ANEXO I DEMOSTRATIVO DE VAGAS POR CARGO, ÁREA DE ATUAÇÃO, PERFIL, ESCOLARIDADE EXIGIDA E LOCALIZAÇÃO. N O. DE VAGAS POR PERFIL PERFIL

ANEXO I DEMOSTRATIVO DE VAGAS POR CARGO, ÁREA DE ATUAÇÃO, PERFIL, ESCOLARIDADE EXIGIDA E LOCALIZAÇÃO. N O. DE VAGAS POR PERFIL PERFIL ANEXO I DEMOSTRATIVO DE CARGO, ÁREA DE ATUAÇÃO,, ESCOLARIDADE EXIGIDA E LOCALIZAÇÃO. CARGO: TECNOLOGISTA JUNIOR Cód. ÁREA DE ATUAÇÃO N O DE ÁREA 32 Arquitetura 12 Conservação e restauração de conjuntos

Leia mais

FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO

FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA /FCSES EDITAL Nº002/2013 EDITAL DE SELEÇÃO DO PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA PARA O 1º SEMESTRE DE 2013 A Secretária Geral da Faculdade Católica

Leia mais

Histórico da Educação Farmacêutica no Brasil

Histórico da Educação Farmacêutica no Brasil Universidade Federal do Paraná Setor de Ciências da Saúde Departamento de Farmácia Programa de Educação Tutorial Histórico da Educação Farmacêutica no Brasil Renata Camargo Bolsista PET-Farmácia/UFPR Sumário

Leia mais

QUADRO DE EQUIVALÊNCIA, SUBSTITUTAS E CONTIDAS FACULDADE DE ENFERMAGEM CCV 1º PERÍODO CURRÍCULO 2009

QUADRO DE EQUIVALÊNCIA, SUBSTITUTAS E CONTIDAS FACULDADE DE ENFERMAGEM CCV 1º PERÍODO CURRÍCULO 2009 QUADRO D QUIVALÊNIA, SUBSTITUTAS ONTIDAS FAULDAD D NFRMAGM V 1º PRÍODO URRÍULO 2009 DISIPLINA A DISIPLINA B ódigo Disciplina /H urso Disciplina H ódigo urso 01264 Anatomia 51T 17P nfermagem Anatomia 51T

Leia mais

DISCIPLINAS CHP CHS CHST CHSP

DISCIPLINAS CHP CHS CHST CHSP MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA (Bacharelado) Aplicada aos Ingressantes a partir de 2011/1 Turnos Integral Matutino/Vespertino e Integral Vespertino/Noturno 1 o Período BIOLOGIA CELULAR

Leia mais

Realização: Rx Editora e Publicidade Ltda. Local: Goiânia (GO) Data: 12 de agosto de 2006. Local: Curitiba (PR) Data: 16 de setembro de 2006

Realização: Rx Editora e Publicidade Ltda. Local: Goiânia (GO) Data: 12 de agosto de 2006. Local: Curitiba (PR) Data: 16 de setembro de 2006 CONGRESSO DA FIP 66º CONGRESSO DA FEDERAÇÃO INTERNACIONAL DE FARMÁCIA (FIP) Realização: FIP/CFF Local: Salvador - Bahia (BA) Data: 25 a 31 de agosto de 2006 Informações: Pelos telefones +31(0)70-302-1982/1981,

Leia mais

TECNOLOGIA EM Estética e Cosmetologia

TECNOLOGIA EM Estética e Cosmetologia TECNOLOGIA EM Estética e Cosmetologia Características gerais do curso O curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmetologia visa à formação do profissional para atuar no segmento de Estética, Cosmetologia

Leia mais

II Semana Técnica de Farmácia 3 a 7 de Dezembro 2012

II Semana Técnica de Farmácia 3 a 7 de Dezembro 2012 MANHÃ: Principal Horário Tema Palestrante Descrição Turmas Segunda-Feira 3/12 Abertura do Evento Organizadores Apresentação dos principais temas e estruturação do evento. 8h00 às 8h15 8h15 às 9h30 Indústria

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE PSICOLOGIA Ementário/abordagem temática/bibliografia básica (3) e complementar (5) Morfofisiologia e Comportamento Humano Ementa: Estudo anátomo funcional

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Curso: Superior Tecnológico em Estética e Cosmética. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Curso: Superior Tecnológico em Estética e Cosmética. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Superior Tecnológico em Estética e Cosmética Missão O Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética tem como missão formar profissionais qualificados para trabalhar

Leia mais

INFORMAÇÕES DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE FARMÁCIA

INFORMAÇÕES DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE FARMÁCIA 1 INFORMAÇÕES DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE FARMÁCIA Justificativa da oferta do curso O curso de Farmácia da Universidade do Sagrado Coração está inserido no âmbito do Centro de Ciências da Saúde e

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA. Estética e Cosmética

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA. Estética e Cosmética CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA Estética e Cosmética Características Gerais O curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética visa à formação de profissionais para atuar no segmento de Estética, Cosmética

Leia mais

Índice. Farmácia de Manipulação Conhecendo uma farmácia de manipulação, suas vantagens e procedimentos... 2

Índice. Farmácia de Manipulação Conhecendo uma farmácia de manipulação, suas vantagens e procedimentos... 2 1 Índice Farmácia de Manipulação Conhecendo uma farmácia de manipulação, suas vantagens e procedimentos... 2 A Empresa Informações sobre a empresa, farmacêuticas responsáveis, instalações, diferenciais

Leia mais

UNP - Universidade Potiguar EDITAL DE OFERTA DE DISCIPLINAS EM TURMA ESPECIAL - 2015 JANEIRO A JUNHO ANEXO: DISCIPLINAS EM OFERTA CURSOS DE GRADUAÇÃO

UNP - Universidade Potiguar EDITAL DE OFERTA DE DISCIPLINAS EM TURMA ESPECIAL - 2015 JANEIRO A JUNHO ANEXO: DISCIPLINAS EM OFERTA CURSOS DE GRADUAÇÃO UNP - Universidade Potiguar EDITAL DE OFERTA DE DISCIPLINAS EM TURMA ESPECIAL - 2015 JANEIRO A JUNHO ANEXO: DISCIPLINAS EM OFERTA CURSOS DE GRADUAÇÃO Curso Disciplina ADMINISTRAÇÃO - NATAL ANÁLISE DE INVESTIMENTOS

Leia mais

Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas

Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas UNIVERSIDAD DE COIMBRA (PORTUGAL) PROGRAMA DE FARMACIA Mestrado Integrado em Ciências s Ciências s voltar ao curso Plano de Estudos: Nome da Biologia Celular 1 01550003 Física Aplicada 1 01550014 Histologia

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO CNE/CES 1, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2003. (*)

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO CNE/CES 1, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2003. (*) CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO CNE/CES 1, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2003. (*) Institui Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação em Medicina Veterinária.

Leia mais

ENADE e CPC Como compreender seu desempenho e estratégias de melhoria de resultados. PROF. AMÉRICO DE ALMEIDA FILHO aalmeidaf@yahoo.com.

ENADE e CPC Como compreender seu desempenho e estratégias de melhoria de resultados. PROF. AMÉRICO DE ALMEIDA FILHO aalmeidaf@yahoo.com. ENADE e CPC Como compreender seu desempenho e estratégias de melhoria de resultados PROF. AMÉRICO DE ALMEIDA FILHO aalmeidaf@yahoo.com.br CPC Conceito Preliminar de Curso 1 - Nota dos Concluintes no ENADE

Leia mais

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAI CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MEDICINA - BACHARELADO

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAI CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MEDICINA - BACHARELADO UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAI CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MEDICINA - BACHARELADO EMENTAS DISCIPLINAS MATRIZ 3 1º AO 3º PERÍODO 1 º Período C.H. Teórica: 90 C.H. Prática: 90 C.H. Total: 180 Créditos: 10

Leia mais

Maria Augusta Soares. 15-16 de Dezembro 2010

Maria Augusta Soares. 15-16 de Dezembro 2010 Maria Augusta Soares F ld d de Faculdade d Farmácia F á da d Universidade U d d de d Lisboa L b 15-16 de Dezembro 2010 Panorama Farmacêutico em Portugal Ensino em Ciências i Farmacêuticas Pré graduado

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRICULO PLENO 1.ª SÉRIE

MATRIZ CURRICULAR CURRICULO PLENO 1.ª SÉRIE MATRIZ CURRICULAR Curso: FARMÁCIA Graduação: BACHARELADO Regime: SERIADO ANUAL - NOTURNO Duração: 5 (CINCO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 5 (CINCO) ANOS LETIVOS - MÁXIMO = 7 (SETE)

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ORTOPEDIA MULTIDISCIPLINAR Unidade Dias

Leia mais

E D I T A L. 2º A Avaliação de Suficiência será feita exclusivamente por meio de prova presencial escrita, individual e sem consulta.

E D I T A L. 2º A Avaliação de Suficiência será feita exclusivamente por meio de prova presencial escrita, individual e sem consulta. EDITAL DC/BP 9/2015 DIVULGA AS S DE CURSOS DE GRADUAÇÃO DO CAMPUS BRAGANÇA PAULISTA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO USF, OBJETO DE INSCRIÇÃO PARA AVALIAÇÃO DE SUFICIÊNCIA NO 1º SEMESTRE DE 2015. A Diretora

Leia mais

C.H DISCIPLINAS T P CRÉDITO

C.H DISCIPLINAS T P CRÉDITO Resolução UNICASTELO GR/ nº. 070 / 09 O Reitor e Presidente do Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão CONSEPE e do Conselho Universitário CONSUN, Gilberto Luiz Moraes Selber, no uso das atribuições legais,

Leia mais