PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO"

Transcrição

1 FUNDAÇÃO INSTITUTO DE ADMINISTRAÇÃO Mantenedora FACULDADE FIA DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS Mantida PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO SÃO PAULO

2 APRESENTAÇÃO GERAL DO CURSO Sumário 1 DADOS INSTITUCIONAIS Mantenedora Mantida BREVE HISTÓRICO INSTITUCIONAL CARACTERIZAÇÃO GERAL DO CURSO Denominação Vagas Dimensionamento das Turmas Regime de Matrícula Turnos de Funcionamento Duração do Curso Base Legal PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO Contexto Econômico, Social e Educacional do Curso Caracterização do contexto econômico e empresarial Caracterização Regional da Área de Inserção da Instituição População no Ensino Médio e Técnico Local Metas do PNE e Atendimento na Educação Superior Política Institucional de Expansão Demanda pelo Curso (Desenvolvimento Econômico e Demanda do Setor Produtivo) Concepção do Curso Objetivos do Curso Objetivo Geral Objetivos Específicos Perfil Profissional do Egresso, Competências e Habilidades Aderência com o Desenvolvimento Sustentável Coerência dos Objetivos do Curso com a Realidade Socioeconômica Local e Regional Coerência dos Postos de Trabalhos a serem Ocupados com o Perfil Profissional de Conclusão Estrutura Curricular

3 4.6.1 Conteúdos Curriculares Matriz Curricular Ementário e Bibliografia Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC Atividades Complementares Metodologia de Ensino-Aprendizagem Mecanismos de Avaliação Avaliação do Ensino-Aprendizagem Auto-Avaliação do Curso Atividades Acadêmicas Articuladas com a Formação Práticas Profissionais Responsabilidade Social Incentivo à Pesquisa e à Extensão ADMINISTRAÇÃO ACADÊMICA Núcleo Docente Estruturante Coordenadoria de Curso Titulação Acadêmica Experiência Profissional no Magistério Superior e de Gestão Acadêmica Regime de Trabalho Composição e Funcionamento do Colegiado de Curso Apoio Didático-Pedagógico aos Docentes Organização Acadêmico-Administrativa Organização do Controle Acadêmico Pessoal Técnico e Administrativo Atendimento ao Discente Apoio Psicopedagógico ao Discente Mecanismos de Nivelamento Atendimento Extraclasse Acompanhamento dos Egressos FORMAÇÃO ACADÊMICA E PROFISSIONAL Titulação Acadêmica Experiência Profissional no Magistério Superior ou na Educação Profissional / Fora do Magistério

4 7 CONDIÇÕES DE TRABALHO Regime de Trabalho Relação Alunos/Docente Equivalente a Tempo Integral Relação Alunos/Turma em Disciplina Teórica Relação Disciplinas/Docente Pesquisa, Produção Científica e Tecnológica Art. 37. Os docentes serão estimulados a desenvolver atividades de pesquisa mediante: I - a formação pessoal em cursos de pós-graduação em instituições nacionais e estrangeiras; II - os intercâmbios com outras instituições científicas; III - a participação de docentes e discentes em congressos, simpósios, seminários, entre outros; IV - o apoio à realização, no âmbito da instituição, de eventos que promovam o debate e a atualização nas várias áreas em desenvolvimento na Faculdade FIA Plano de Carreira do Corpo Docente INSTALAÇÕES GERAIS Espaço Físico Equipamentos Serviços BIBLIOTECA Espaço Físico Acervo Serviços LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA

5 APRESENTAÇÃO GERAL DO CURSO 1 DADOS INSTITUCIONAIS 1.1 Mantenedora NOME Fundação Instituto de Administração CNPJ / ENDEREÇO Rua José Alves Cunha Lima, nº 172, CEP MUNICÍPIO São Paulo UF São Paulo TELEFONE (11) FAX (11) Mantida NOME Faculdade FIA de Administração e Negócios ENDEREÇO Rua José Alves Cunha Lima, nº 172, CEP MUNICÍPIO São Paulo UF São Paulo TELEFONE (11) FAX (11) SITE 2 BREVE HISTÓRICO INSTITUCIONAL A Faculdade FIA de Administração e Negócios, instituição de ensino superior, implantada no município de São Paulo, capital do Estado de São Paulo, mantida pela Fundação Instituto de Administração, pessoa jurídica de direito privado sem fins lucrativos, constituída em 10 de junho de 1980, com Contrato Social inscrito na Junta Comercial do Estado de São Paulo, e CNPJ sob o nº / O curso de graduação em Administração foi reconhecido pela Portaria/MEC/SESU nº 346, de 23 de abril de DOU de 24/04/2007. A Faculdade FIA de Administração e Negócios está credenciada, pela Portaria MEC nº 750, de 26/05/2000, publicada no Diário Oficial da União, Seção I, de 30/05/2000. A Fundação Instituto de Administração iniciou suas atividades no campo do ensino de pósgraduação lato sensu em 1980, sendo criada para contribuir com a formação continuada no nível de pós-graduação lato sensu visto ter-se identificado uma demanda na área da Administração, 5

6 na qual sempre desenvolveu estudos e prestou serviços que envolvessem as mais variadas áreas de especialização, em todos os campos da Administração. Em 2003, a Fundação Instituto de Administração obteve o credenciamento junto ao Ministério da Educação, conforme Portaria MEC nº 4.035, de 23/12/2003, para oferecimento de cursos de especialização, fortalecendo a implantação de cursos de pós-graduação lato sensu, e dando continuidade à tradição da instituição em educação. A área de atuação acadêmica da Fundação Instituto de Administração procurou abranger programas de desenvolvimento da Administração incluindo as áreas de: Administração Geral, Marketing, Finanças, Métodos Quantitativos, Tecnologia da Informação, Gestão Educacional, Governança, Empreendedorismo, Sustentabilidade, Inovação, Internacionalização de Empresas, Informática e Processamento de Dados, Política de Negócios e Economia de Empresas, Produção e Operações, Recursos Humanos e demais áreas afins. As atividades da Fundação Instituto de Administração para o público externo se concentraram em 03 (três) linhas de atuação: pesquisa, projetos e educação continuada: - Pesquisa: desenvolvimento de novos conhecimentos na área de Administração, a melhoria da base de informações para a tomada de decisões e a incorporação destes conhecimentos ao ensino de Administração são os frutos das atividades de pesquisa. - Projetos: serviços prestados com o intuito de auxiliar organizações públicas e privadas na solução de problemas administrativos, no aprimoramento de sua gestão e no planejamento de ações futuras. - Educação continuada: programas de formação em todas as áreas da Administração têm sido um dos pontos fortes da atuação da FIA. A preocupação é promover o desenvolvimento de profissionais, objetivando elevar a capacitação das pessoas envolvidas em atividades administrativas do país. A atuação da FIA em pesquisa se consolidou nos 30 anos de atividades e se concentrou em duas linhas que têm, como foco, a aplicação e uso das informações geradas. Divididas em pesquisas gerenciais e acadêmicas, esses estudos podem ser feitos regularmente, o que conferem uma construção de painéis e pesquisas específicas, para compreensão dos fenômenos que orbitam as questões administrativas, organizacionais e institucionais da atividade de gestão. As pesquisas gerenciais são dirigidas às atividades organizacionais e se comportam como ferramentas para a compreensão de cenários e resoluções de problemas e subsídio para tomada de decisão, com foco na atuação mercadológica e sistêmica. As pesquisas acadêmicas estudam os fenômenos socioeconômico, político, financeiro, entre outros. Os objetivos são a construção do conhecimento por meio da observação e análise de dados oriundos dos estudos realizados pelos diversos profissionais e professores da Fundação. Em ambos os casos, essas pesquisas são às bases de geração do conhecimento científico e aplicado, que são partes integrantes e fundamentais dos programas de educação da FIA Parte significativa da pesquisa da FIA está vinculada com seus programas institucionais que, por formarem uma rede de pesquisadores, docentes e executivos, geram, consolidam e disseminam conhecimento na área de administração. Os programas da FIA são: Centro de Empreendedorismo Social e Administração do Terceiro Setor (CEATS), Laboratório de Finanças (LABFIN), Programa Administração de Varejo (PROVAR), Programa de Capacitação da Empresa em Desenvolvimento (ProCED), Programa de Comércio Exterior Brasileiro (PROCEB), Programa de Estudos do Futuro (PROFUTURO), Programa de Estudos dos Negócios do Sistema Agroindustrial (PENSA), Programa de Estudos em Gestão de Pessoas (PROGEP), Programa de Gestão da Inovação e Projetos Tecnológicos (PGT), Programa de Gestão Estratégica Socioambiental (PROGESA), Programa de Informática e Educação (PROINFO-Edu) e Programa de Marketing e de Serviços (PROMARK). Desde a sua criação, cerca de projetos foram realizados nas 03 (três) linhas básicas de atuação da instituição, capacitando-a para desenvolver estudos e prestar serviços nos mais 6

7 variados campos da Administração. Nesse período, foram atendidas mais de 1000 empresas da iniciativa privada nacional e multinacional (48%), empresas do setor público e organizações da administração pública direta (40%), e associações de classe e entidades da sociedade civil (12%). Os trabalhos realizados pela Fundação Instituto de Administração colaboraram para que as organizações, seus executivos e demais profissionais estivessem mais aptos a responder aos crescentes desafios, contribuindo para a modernização e competitividade das empresas, bem como para o avanço da sociedade brasileira. Ao longo da sua atuação na educação a Fundação Instituto de Administração ampliou a oferta de cursos no ensino de pós-graduação como imperativo diante da contemporaneidade e a Fundação Instituto de Administração inseriu-se nesse contexto como instituição atenta às transformações atuais constituindo-se em opção à demanda de formação profissional. Desde o lançamento do primeiro curso de Master of Business Administration, em 1993, mais de alunos já concluíram suas pós-graduações lato sensu pela Fundação Instituto de Administração. Os cursos de MBA da fia seguem o padrão internacional de 500 horas e os cursos que se destacam neste nível são: MBA Administração de Projetos; MBA Banking; MBA Conhecimento, Tecnologia e Inovação; MBA Gestão e Empreendedorismo Social; MBA Executivo Internacional; MBA Finanças; MBA Gestão de Negócios, Comércio e Operações Internacionais; MBA Gestão da Tecnologia de Informação; MBA Gestão Empresarial; MBA Marketing; MBA Marketing de Serviços; International MBA; MBA Recursos Humanos; e MBA Negócios do Varejo: Estratégia & Gestão. Dentre os cursos de especialização, cursos de 400 horas, destacam-se: Administração para Pequenas e Médias Empresas; Administração Estratégica; Administração das Relações Internacionais; Análise de Dados e Data Mining; Capacitação para Gestão de Qualidade de Vida no Trabalho; Comércio Internacional; Comunicação, Mercados e Tecnologia da Informação; Consultoria de Carreira; Consultoria Empresarial; Controladoria de Marketing; Corporate e Private Banking; Docência do Ensino Superior da Administração; Engenharia de Marketing; Engenharia Financeira; Estruturação de Negócios Internacional; Finanças Corporativas e Investment Banking; Gestão da Inovação para a Competitividade; Gestão de Negócios e Projetos; Gestão dos Negócios e Valorização da Empresa; Gestão Estratégica de Marcas; Gestão Estratégica de Mercado no B2B; Gestão Global de Compras na Nova Economia Digital; Gestão de Políticas Públicas; Gestão de Risco dos Negócios; Gestão de Vendas e Negociação; Gestores de Organizações no Setor de Saúde; Governança dos Negócios: Direito, Economia e Gestão; Inteligência de Mercado; Logística e Distribuição; Marketing Farmacêutico; Modelos de Gestão Estratégica de Pessoas; Moderna Controladoria das Empresas; Negócios de Petróleo, Gás e Biocombustíveis; Negócios do Mercado Imobiliário (Real Estate); Operador de Mercado Financeiro; Processos para Gestão da Informação; Produtos Financeiros e Gestão de Risco; Seguros e Previdência e Varejo e Mercado de Consumo. Além dos cursos de MBA e de especialização a FIA oferece cursos in company, cursos em parceria com outras instituições e cursos de curta duração. Diversos ex-alunos dos cursos de MBA mantiveram, ao longo deste período, um intenso relacionamento com os programas institucionais e as coordenações dos MBA, mediante a realização de cursos de aperfeiçoamento, viagens internacionais para escolas de negócios parceiras da Fundação Instituto de Administração, projetos de pesquisa e de consultoria, bem como convites para palestras nos cursos de MBA. Contudo, estes executivos enfrentam novos desafios profissionais o que exige um contínuo aprimoramento para o qual a Fundação Instituto de Administração e as demais escolas de negócios brasileiras devem estar atentas e para o qual podem contribuir decisivamente. 7

8 Como resposta a essa demanda foi implantado em 2006 o Programa Pós-MBA para proporcionar ao executivo as condições e o ambiente propício para desenvolver seu projeto de educação continuada, mediante a reflexão sobre o ambiente de negócios e a troca de experiências, contribuindo para aumentar a competitividade das organizações brasileiras. Essa conquista resultou da estratégia de desenvolvimento institucional elaborada pela Fundação Instituto de Administração que inclui a formação de um qualificado grupo de professores e pesquisadores, um projeto pedagógico e de pesquisa consistente, além das atividades e cursos de MBA s reconhecidos tanto no Brasil como exterior. Estas ações revelam a constante preocupação da Fundação Instituto de Administração em possuir visão de integração contínua entre as atividades de ensino e pesquisa. A série histórica de ingressos nos cursos ofertados pela Fundação Instituto de Administração demonstra o progressivo crescimento da Mantenedora, que se sobressaiu em nas suas áreas de atuação fundamentalmente pela excelência na qualificação de sua equipe de docentes, infraestrutura e recursos pedagógicos. Na trajetória dessa ação educacional que visa à consecução de ações que resultam no fortalecimento institucional em âmbito administrativo, organizacional e, essencialmente, na melhoria das atividades relacionadas ao ensino, pesquisa e extensão, tornou-se imperativo à consolidação do papel educacional da Fundação Instituto de Administração com a oferta de cursos de graduação. Assim, a Fundação Instituto de Administração configura-se como Mantenedora da Faculdade FIA de Administração e Negócios, que foi implantada no município de São Paulo, capital do Estado de São Paulo, e que atua em nível de educação superior, podendo ministrar os seguintes cursos e programas: - Cursos sequenciais por campo do saber, de diferentes níveis de abrangência, abertos a candidatos que atendam aos requisitos estabelecidos pela instituição de ensino, desde que tenham concluído o ensino médio ou equivalente; - Cursos de graduação, abertos a candidatos que tenham concluído o ensino médio ou equivalente e tenham sido classificados em processo seletivo; - Cursos de pós-graduação, compreendendo programas de mestrado e doutorado, cursos de especialização, aperfeiçoamento e outros, abertos a candidatos diplomados em cursos de graduação e que atendam as exigências estabelecidas pelos órgãos competentes da Faculdade FIA de Administração e Negócios; - Cursos de extensão, abertos a candidatos que atendam aos requisitos estabelecidos, em cada caso, pelos órgãos competentes da Faculdade FIA de Administração e Negócios, visando à formação de profissionais para os diferentes setores da Administração. A implantação da Faculdade FIA de Administração e Negócios determinou um novo marco histórico em busca da constante adequação às profundas mudanças advindas das conjunturas internas e externas às Instituições e às consequentes mudanças pelas quais tem passado o sistema de gestão das instituições de ensino superior. E demonstra o compromisso de sempre desenvolver um projeto de educação que atenda aos sujeitos e à sociedade, buscando contribuir com a formação de profissionais com capacidade técnica, autonomia intelectual, senso de justiça e humanidade, a partir da construção do conhecimento por meio do ensino, pesquisa e extensão que se iniciou com a Fundação Instituto de Administração, e teve continuidade na Faculdade FIA de Administração e Negócios. Em seus cursos superiores, a Faculdade FIA de Administração e Negócios oferta serviços educacionais, com padrão de excelência, estrutura física capaz de atender a todas as necessidades dos corpos docentes e discentes e acervo bibliográfico que contribua para uma educação com qualidade, formal e política, de maneira dinâmica e progressiva. 8

9 3 CARACTERIZAÇÃO GERAL DO CURSO 3.1 Denominação Curso Superior de Bacharelado em Administração. 3.2 Vagas 100 vagas anuais, sendo 50 vagas semestrais, em período integral. 3.3 Dimensionamento das Turmas Uma turma de 50 alunos por semestre. 3.4 Regime de Matrícula Matrícula semestral. 3.5 Turnos de Funcionamento Diurno: manhã e tarde. 3.6 Duração do Curso O Curso Superior de Bacharelado em Administração tem a duração de horas, integralizadas no prazo mínimo de 08 (oito) semestres. 3.7 Base Legal O Curso Superior de Bacharelado em Administração foi concebido com base na Resolução CNE/CES nº 01/2004, que instituiu as Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a Organização e o Funcionamento dos Cursos Superiores de Bacharelado em Administração nos Pareceres CNE/CES nº 436/2001 e CNE/CES nº 29/2002, homologados pelo Ministro da Educação em 12 de dezembro de 2002; no Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia, instituído pela Portaria nº 10, de 28 de julho de 2006, que aprovou em extrato o referido catálogo; e no Parecer CES/CNE nº 277/2006, que dispõe sobre a nova forma de organização da educação profissional e tecnológica de graduação. O Projeto Pedagógico do Curso Superior de Bacharelado em Administração atende ao disposto no Decreto nº 5.626/2005, que regulamenta a Lei nº , de 24 de abril de 2002, que dispõe sobre o Ensino da Língua Brasileira de Sinais LIBRAS, e ao Decreto nº 5.296/2004, que dispõe sobre as condições de acesso para portadores de necessidades especiais. O PPC está em consonância com o Projeto Pedagógico Institucional PPI e com o Plano de Desenvolvimento Institucional PDI da Faculdade FIA de Administração e Negócios. 9

10 ORGANIZAÇÃO DIDÁTICO-PEDAGÓGICA DO CURSO 4 PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO 4.1 Contexto Econômico, Social e Educacional do Curso Caracterização do contexto econômico e empresarial A Faculdade FIA de Administração e Negócios em seu curso de Bacharelado de Administração formará profissionais que irão atuar em um mercado globalizado. Desta forma acompanha o movimento internacional de globalização e a abertura econômica do Brasil que vem ganhando intensidade nos últimos 20 anos. No final da década de 80 a economia Brasileira reduziu tanto as barreiras tarifárias quanto as não tarifárias. Com isso, aumentou o volume do comércio exterior brasileiro e, associado ao movimento de privatização, novas empresas internacionais passaram a atuar no mercado nacional, destacando-se as empresas de telecomunicações. Mais recentemente, com destaque à Vale, Gerdau e JBS-Friboi, as empresas brasileiras avançaram rumo a internacionalização. Não apenas essas empresas exportam seus produtos, mas avançam na criação de estruturas comerciais e de produção fora do Brasil Exportação e Importação Anuais do Brasil em milhões de US$ Exportação de bens (fob) Importação de bens (fob) Fonte: BACEN Após a crise de 2008 e 2009, os mercados emergentes, especialmente os BRICs (Brasil, Rússia, Índia e China), ganharam importância na economia mundial por conseguirem um desempenho melhor que os países desenvolvidos. Os países do BRIC passaram a atrair investimentos estrangeiros e terão que desenvolver mão-de-obra qualificada para administrar esse recurso. Pessoas que falem outro idioma, que tenham uma visão globalizada (multicultural) e bons conhecimentos administrativos. 10

11 Outra importante questão é a estrutura de gestão brasileira assumindo empresas internacionais, como a AB-Inbev (proprietária das marcas Brama, Antartica e Skol), a 3G Capital (que comprou o controle do Burger King) e o Santander Brasil. Nestes casos não é a figura de um brasileiro que se destaca no controle da empresa, como ocorreu com o Carlos Ghosn (Renault) e Henrique Meirelles (BankBoston). O movimento recente no contexto empresarial é uma equipe de gestão brasileira atuando em grandes empresas multinacionais. Focado no mercado interno deve ser destacada a profissionalização das empresas nacionais que aparece no aumento do número de empresas abrindo capital na Bolsa de valores (IPO) e na criação de conselho gestor das empresas familiares durante o processo de sucessão. Ao realizar o IPO ou apenas criar um conselho, a empresa necessita ter uma gestão profissional com formação sólida para assumir uma posição como administrador e não como dono de um negócio. Outro ponto importante do contexto empresarial brasileiro é o apagão de mão-de-obra qualificada. O crescimento da economia em 2010 reduziu muito a taxa de desemprego da economia, especialmente entre os mais qualificados. Nos casos das vagas de engenheiros e profissionais de tecnologia da informação, já há uma importação de mão-de-obra. Nos casos de gestores o primeiro movimente é a volta dos brasileiros que estavam atuando no exterior. Apesar do aumento do número de cursos superior no Brasil nos últimos 15 anos, o mercado de trabalho em 2010 mostrou que ainda há necessidade de avanços nesta área, especialmente na formação de bons profissionais. Apesar dos termos grandes empresas, profissionalização e administrador necessitar de pessoas que saibam prestar contas, não se espera do futuro administrador que ele apenas cumpra o que lhe é determinado. O futuro administrador deve ser um líder, um inovador e alguém que crie valor para empresa e para a sociedade. Ou seja, a formação necessária para suprir as necessidades de desenvolvimento e internacionalização do Brasil é uma formação internacionalizada e empreendedora. O projeto pedagógico do Curso de Bacharelado da Faculdade FIA de Administração e Negócios tem o foco no contexto apresentado anteriormente: formar profissionais para uma atuação globalizada com responsabilidade social e ambiental, em grandes empresas ou associações, com uma atitude empreendedora Caracterização Regional da Área de Inserção da Instituição A Faculdade FIA de Administração e Negócios, possui limite territorial circunscrito ao município de São Paulo, no Estado de São Paulo. O Estado de São Paulo é uma das unidades federativas do Brasil. Localizado no sul da região Sudeste tem fronteiras com os Estados de Minas Gerais (N e NE), Rio de Janeiro (L), Paraná (SO) e Mato Grosso do Sul (O), além do Oceano Atlântico (SE). Ocupa uma área de ,426 quilômetros quadrados e é dividido em 645 municípios. A população estimada pelo IBGE em 2009 é de habitantes com uma taxa de crescimento de 0,3% entre 2006 e 2009, uma densidade demográfica de 167 habitantes por quilômetro quadrado, e uma distribuição em que 11,3% dos municípios têm habitantes e 44,2% deles têm mais de habitantes. São Paulo, o Estado mais rico do Brasil, com o segundo maior PIB per capita do país e um dos maiores pólos econômicos da América Latina/América do Sul, possui uma economia diversificada. As indústrias metal-mecânica, sucroalcooleira, têxtil, automobilística e de aviação; os setores de serviços e financeiro; e o cultivo de laranja, cana-de-açúcar e café formam a base de uma economia que responde por 33,9% do PIB brasileiro (equivalente a R$ 727,053 bilhões). Além disso, o Estado de São Paulo oferece boa infra-estrutura para investimentos, devido às condições satisfatórias de parte considerável das rodovias. Pouco mais de ¼ de todas as vagas de emprego do país estão igualmente localizadas no Estado de São Paulo, que apresenta uma taxa de desemprego estabilizada, inferior à menor taxa de 11

12 desemprego dos últimos 10 anos. Concentrando o maior número de empresas médias e grandes do país, São Paulo abriga mais de empresas formalmente registradas, segundo a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo. Tais empresas estão espalhadas pelos diversos setores da economia, como metal-mecânico, têxtil, elétrico, construção civil, mineração, agronegócios, couro e calçados, automobilística e autopeças, tecnologia da informação, etc.o município de São Paulo, localizado na Mesorregião Metropolitana de São Paulo, integra a Microrregião de São Paulo, com área de 1.528,5 km 2, composta por 08 (oito) municípios, a saber: Diadema, Mauá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul e São Paulo (capital). A Microrregião de São Paulo possui população estimada, em 2009, de habitantes. A Região Metropolitana de São Paulo RMSP, da qual faz parte o município de São Paulo, reúne 39 municípios do Estado de São Paulo em intenso processo de conurbação. O termo refere-se à extensão da capital paulista, formando com seus municípios lindeiros uma mancha urbana contínua. Com habitantes, é o maior centro urbano do Brasil e da América, e a sexta maior área urbana do mundo. A RMSP é o maior pólo de riqueza nacional. A renda per capita atinge cerca de US$ na paridade de poder de compra. A Região Metropolitana de São Paulo detém a centralização do comando do grande capital privado, concentrando a maioria das sedes brasileiras dos mais importantes complexos industriais, comerciais e principalmente financeiros, que controlam as atividades econômicas no país. Esses fenômenos fizeram surgir e condensar na RMSP uma série de serviços sofisticados, definidos pela íntima dependência da circulação e transporte de informações: planejamento, publicidade, marketing, seguro, finanças e consultorias, entre outros. O Produto Interno Bruto PIB da RMSP, em 2006, era de R$ 450,6 bilhões, representando 56,2% do estadual. Trata-se da maior concentração econômica do país, numa escala comparável, na América do Sul, somente com a da Argentina, que tem um PIB praticamente igual a esse. O PIB per capita, nesse mesmo ano, era de R$ 2.899,48, superior em 17% à média do Estado de São Paulo. Tanto em termos de valor adicionado como de empregos, a agropecuária é incipiente, enquanto o setor terciário é o predominante na RMSP. De acordo com o IBGE, o setor terciário da RMSP era responsável, em 2006, por 76,1% dos empregos e 73,2% do valor adicionado. O setor de serviços engloba o comércio (tanto atacadista como varejista), os serviços de intermediação financeira, a administração pública, as telecomunicações, os serviços de transporte, os de alojamento e alimentação, os serviços domésticos e os prestados às empresas. Enquanto o comércio (varejista e atacadista) empregava, em 2007, 22,5% de todo o pessoal ocupado nos serviços, os serviços prestados às empresas empregavam 18,4%. Para o comércio é importante a proximidade do maior mercado consumidor do país, o que faz com que 52% de todo o pessoal ocupado na atividade comercial do Estado de São Paulo esteja na RMSP. Ainda no setor de serviços, a RMSP concentra as atividades de gestão de importantes complexos industriais, comerciais e financeiros, mercado financeiro e de capitais, informática, telemática, entre outras, o que atrai grandes grupos empresariais, que optam pela maior contiguidade espacial das atividades de comando, produção, P&D e outros serviços altamente especializados. São Paulo é o município brasileiro mais influente no cenário global, sendo considerado o 14º município mais globalizado do planeta, recebendo a classificação de cidade global alfa, por parte do Globalization and World Cities Study Group & Network (GaWC). O município é mundialmente conhecido e exerce significativa influência nacional e internacional, seja do ponto de vista cultural, econômico ou político. São Paulo é o município mais rico do Brasil, o 10º município mais rico do mundo e, segundo projeções, será o 6º mais rico em O município representa, isoladamente, 12,26% de todo o PIB brasileiro e 36% de toda a produção de bens e serviços do Estado de São Paulo, sendo 12

13 sede de 63% das multinacionais estabelecidas no Brasil, além de ter sido responsável por 28% de toda a produção científica nacional em Um dos maiores centros financeiros do Brasil e do mundo, São Paulo passa hoje por uma transformação em sua economia. Durante muito tempo a indústria constituiu uma atividade econômica bastante presente no município, porém São Paulo tem atravessado nas últimas 03 (três) décadas uma clara mudança em seu perfil econômico: de um município com forte caráter industrial, São Paulo tem cada vez mais assumido um papel de município terciário, pólo de serviços e negócios para o país. Em São Paulo, por exemplo, está sediada a BM&FBovespa (Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros de São Paulo), a bolsa oficial do Brasil. A BMF&Bovespa é a maior Bolsa de Valores da América Latina, a 2ª maior do continente americano e a 3ª maior do mundo em valor de mercado. Atualmente é um dos mais importantes centros de comércio global da América Latina. São Paulo sedia as principais confederações de classes empresariais, comerciais e financeiras, como a FIESP (Federação das Indústrias de São Paulo), o CIESP (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo); o Fecomércio (Federação do Comércio do Estado de São Paulo); a FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos); cerca de 40 câmaras de negócios, como a AMCHAM-SP (Câmara Americana de Comércio de São Paulo), que é a segunda maior câmara americana de comércio do mundo. Pelos dados do Ministério do Trabalho e Emprego (Relação Anual de Informações Sociais RAIS) o emprego formal, no município de São Paulo, em 2006, em relação a 2005, teve um crescimento de 5,84%. De de pessoas empregadas em 2005, aumentou para pessoas em Em termos médios, o saldo de emprego formal, em 2007, aumentou 35% em relação ao saldo médio de O resultado foi um saldo médio de postos de trabalho formal em 2007, contra em Em 2007 o saldo total foi de Nos últimos anos, de modo geral, todos os setores da economia paulista tiveram desempenho positivo em termos de crescimento de postos de trabalho formal. Esse resultado foi influenciado pelo comércio que, na comparação do acumulado de janeiro a novembro de 2007, em relação ao mesmo período do ano anterior, apresentou crescimento da ordem de 22,2% (Relação Anual de Informações Sociais RAIS). Como visto a Região Metropolitana de São Paulo RMSP, com habitantes, é a sexta maior área urbana do mundo. Unida à Região Metropolitana de Campinas, forma a primeira macro metrópole do hemisfério sul, unindo 65 municípios que juntos abrigam 12% da população brasileira. As pirâmides etárias da população mostram que tanto o Estado de São Paulo como a Região Metropolitana de São Paulo apresentaram acentuado envelhecimento populacional, entre 1980 e 2008: na RMSP a participação do segmento de 65 anos e mais aumentou de 3,6% para 6,8% no período. Nestas duas áreas também se observa redução do contingente de crianças e adolescentes com até 14 anos de idade, devido à queda das taxas de fecundidade e natalidade entre 1980 e Na RMSP verifica-se que a participação desse grupo populacional diminuiu de 32,9% para 21,8% no período. A Microrregião de São Paulo possui população estimada, em 2009, de habitantes. São Paulo, que exerce influência sobre toda a Microrregião de São Paulo, possui uma população estimada, segundo o IBGE (2009), de habitantes. A seguir é apresentada a pirâmide populacional do município de São Paulo, seguida do quadro com a distribuição da população residente por faixa etária e sexo. PIRÂMIDE POPULACIONAL DE SÃO PAULO 13

Presidência da República Federativa do Brasil Ministério da Educação Secretaria Executiva Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais

Presidência da República Federativa do Brasil Ministério da Educação Secretaria Executiva Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Presidência da República Federativa do Brasil Ministério da Educação Secretaria Executiva Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira INEP Diretoria de Avaliação da Educação

Leia mais

NORMATIZAÇÃO E REGULAÇÃO DOS DOCUMENTOS OFICIAIS DAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR LASSALISTA CURSOS DE GRADUAÇÃO

NORMATIZAÇÃO E REGULAÇÃO DOS DOCUMENTOS OFICIAIS DAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR LASSALISTA CURSOS DE GRADUAÇÃO NORMATIZAÇÃO E REGULAÇÃO DOS DOCUMENTOS OFICIAIS DAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR LASSALISTA CURSOS DE GRADUAÇÃO PROVÍNCIA LA SALLE BRASIL - CHILE APRESENTAÇÃO O Setor de Educação Superior da Província

Leia mais

Curso de Graduação. Dados do Curso. Administração. Contato. Modalidade a Distância. Ver QSL e Ementas. Universidade Federal do Rio Grande / FURG

Curso de Graduação. Dados do Curso. Administração. Contato. Modalidade a Distância. Ver QSL e Ementas. Universidade Federal do Rio Grande / FURG Curso de Graduação Administração Modalidade a Distância Dados do Curso Contato Ver QSL e Ementas Universidade Federal do Rio Grande / FURG 1) DADOS DO CURSO: COORDENAÇÃO: Profª MSc. Suzana Malta ENDEREÇO:

Leia mais

Informações sobre o Curso de Administração

Informações sobre o Curso de Administração Objetivo Geral do Curso: Informações sobre o Curso de Administração Prover a sociedade de profissional dotado de senso crítico e comportamento ético-profissional qualificado. Um Administrador criativo,

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO

1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO 1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO O Curso de Secretariado Executivo das Faculdades Integradas de Ciências Exatas Administrativas e Sociais da UPIS, reconhecido pelo MEC desde 1993, pela Portaria 905, de 24.06,1993,

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, BACHARELADO Administração LFE em Administração de Empresas Lajeado 4811 Administração LFE em Administração

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, BACHARELADO Administração LFE em Administração de Empresas Administração LFE em Análise de Sistemas

Leia mais

RESUMO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE EVENTOS

RESUMO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE EVENTOS RESUMO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE EVENTOS SALVADOR 2012 1 CONTEXTUALIZAÇÃO Em 1999, a UNIJORGE iniciou suas atividades na cidade de Salvador, com a denominação de Faculdades Diplomata. O contexto

Leia mais

PORTARIA Nº 300, DE 30 DE JANEIRO DE 2006.

PORTARIA Nº 300, DE 30 DE JANEIRO DE 2006. PORTARIA Nº 300, DE 30 DE JANEIRO DE 2006. Aprova, em extrato, o Instrumento de Avaliação Externa de Instituições de Educação Superior do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior SINAES O MINISTRO

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing PROJETO PEDAGÓGICO Curso de Graduação Tecnológica em Marketing Porto alegre, 2011 1 1. Objetivos do Curso O projeto do curso, através de sua estrutura curricular, está organizado em módulos, com certificações

Leia mais

Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006

Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006 Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006 Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de graduação em Engenharia Agrícola e dá outras providências.

Leia mais

Padrões de Qualidade para os Cursos de Graduação em Direito

Padrões de Qualidade para os Cursos de Graduação em Direito MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR COORDENAÇÃO DAS COMISSÕES DE ESPECIALISTAS DE ENSINO COMISSÃO DE ESPECIALISTAS DE ENSINO DE DIREITO APRESENTAÇÃO: Padrões de Qualidade para os Cursos

Leia mais

GRADUAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING DENOMINAÇÃO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING / ÁREA PROFISSIONAL: GESTÃO E NEGÓCIOS.

GRADUAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING DENOMINAÇÃO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING / ÁREA PROFISSIONAL: GESTÃO E NEGÓCIOS. GRADUAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING CARACTERIZAÇÃO DO CURSO DENOMINAÇÃO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING / ÁREA PROFISSIONAL: GESTÃO E NEGÓCIOS. DIPLOMA CONFERIDO: TECNÓLOGO DE

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira INEP Diretoria de Avaliação da Educação Superior - DAES SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

Leia mais

FACULDADE PASCHOAL DANTAS

FACULDADE PASCHOAL DANTAS FACULDADE PASCHOAL DANTAS PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO ÊNFASE GESTÃO DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SÃO PAULO - SP NOVEMBRO DE 2008 ÍNDICE 1. Visão e Missão da FPD...3 2. ORGANIZAÇÃO

Leia mais

CHECK-LIST PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO

CHECK-LIST PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO CHECK-LIST PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO Com a finalidade de otimizar o processo de elaboração e avaliação dos Projetos Pedagógicos do Cursos (PPC), sugere-se que os itens a seguir sejam

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CÂMPUS CANOAS PROJETO PEDAGÓGICO CURSO FIC PRONATEC Canoas

Leia mais

Projeto Pedagógico do Curso

Projeto Pedagógico do Curso Projeto Pedagógico do Curso Fundamentação Diretrizes curriculares do MEC Diretrizes curriculares da SBC Carta de Princípios da UNICAP Projeto Pedagógico Institucional da UNICAP Diretrizes Curriculares

Leia mais

FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO / CPA RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA CPA NO ANO DE 2013

FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO / CPA RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA CPA NO ANO DE 2013 FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO / CPA RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA CPA NO ANO DE 2013 Sete Lagoas Março de 2014 Sumário 1. DADOS DA INSTITUIÇÃO... 4 1.1. Composição da Comissão

Leia mais

FUNDAÇÃO INSTITUTO DE ADMINISTRAÇÃO. Mantenedora FACULDADE FIA DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS Mantida

FUNDAÇÃO INSTITUTO DE ADMINISTRAÇÃO. Mantenedora FACULDADE FIA DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS Mantida FUNDAÇÃO INSTITUTO DE ADMINISTRAÇÃO Mantenedora FACULDADE FIA DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS Mantida PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL DA FACULDADE FIA DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS Período 2011/2015 SÃO

Leia mais

Tema 2 CONAE 2014 Diretrizes gerais para intervenção do PROIFES-Federação na CONAE 2014

Tema 2 CONAE 2014 Diretrizes gerais para intervenção do PROIFES-Federação na CONAE 2014 Tema 2 CONAE 2014 Diretrizes gerais para intervenção do PROIFES-Federação na CONAE 2014 Eixo I O plano Nacional de Educação e o Sistema Nacional de Educação: organização e regulação. Instituir, em cooperação

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR

DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR APROVADO PELA RESOLUÇÃO

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE BACHARELADO E LICENCIATURA DA UTFPR

DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE BACHARELADO E LICENCIATURA DA UTFPR Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE BACHARELADO E LICENCIATURA DA UTFPR Resolução

Leia mais

RENOVAR PARA INOVAR! Plano de Gestão. Proposta de plano de gestão do candidato Érico S. Costa ao cargo de Diretor do Campus

RENOVAR PARA INOVAR! Plano de Gestão. Proposta de plano de gestão do candidato Érico S. Costa ao cargo de Diretor do Campus RENOVAR PARA INOVAR! Plano de Gestão Proposta de plano de gestão do candidato Érico S. Costa ao cargo de Diretor do Campus 2013-2016 0 1 Sumário Apresentação... 2 Análise Situacional... 2 Programas Estruturantes...

Leia mais

FACULDADE ESTÁCIO MONTESSORI DE IBIÚNA ESTÁCIO FMI SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1

FACULDADE ESTÁCIO MONTESSORI DE IBIÚNA ESTÁCIO FMI SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: ADMINISTRAÇÃO - BACHARELADO MISSÃO DO CURSO Formar profissionais de elevado nível de consciência crítica, competência técnica empreendedora, engajamento

Leia mais

FACULDADE FIA DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - CPA. Relatório de Auto-Avaliação Institucional Ano Referência 2011

FACULDADE FIA DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - CPA. Relatório de Auto-Avaliação Institucional Ano Referência 2011 FACULDADE FIA DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - CPA Relatório de Auto-Avaliação Institucional Ano Referência 2011 São Paulo/SP 2012 SUMÁRIO I. DADOS INSTITUCIONAIS... 3 A. CARACTERIZAÇÃO

Leia mais

EDUCAÇÃO SUPERIOR NO CONTEXTO DO PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2011-2010

EDUCAÇÃO SUPERIOR NO CONTEXTO DO PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2011-2010 EDUCAÇÃO SUPERIOR NO CONTEXTO DO PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2011-2010 Contribuições para o Plano Municipal de Educação de Palmas Maio 22, 2012 DAS 20 METAS DO PNE, CINCO ESTÃO DIRETAMENTE LIGADAS ÀS INSTITUIÇÕES

Leia mais

15º FÓRUM NACIONAL DA UNDIME. Política Nacional de Educação Infantil. Mata de São João/BA Junho/2015. Secretaria de Educação Básica

15º FÓRUM NACIONAL DA UNDIME. Política Nacional de Educação Infantil. Mata de São João/BA Junho/2015. Secretaria de Educação Básica 15º FÓRUM NACIONAL DA UNDIME Política Nacional de Educação Infantil Mata de São João/BA Junho/2015 Secretaria de Educação Básica CONCEPÇÃO DE EDUCAÇÃO INFANTIL É direito dos trabalhadores urbanos e rurais

Leia mais

Instrumento de Avaliação de Cursos Superiores de Pedagogia

Instrumento de Avaliação de Cursos Superiores de Pedagogia MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira INEP Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior -

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 72/2009 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Sistemas de Informação, modalidade

Leia mais

GRADUAÇÃO - ADMINISTRAÇÃO APRESENTAÇÃO

GRADUAÇÃO - ADMINISTRAÇÃO APRESENTAÇÃO GRADUAÇÃO - ADMINISTRAÇÃO APRESENTAÇÃO O Curso de Administração da Faculdade de Campina Grande FAC- CG, criado por meio da Portaria MEC 2.001 de 22/07/2003, publicada no DOU de 23/07/2003, foi implementado

Leia mais

GRADUAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL

GRADUAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL GRADUAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL CARACTERIZAÇÃO DO CURSO DENOMINAÇÃO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL / ÁREA PROFISSIONAL: GESTÃO E NEGÓCIOS DIPLOMA CONFERIDO:

Leia mais

PROJETO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Gestão e Relações Internacionais

PROJETO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Gestão e Relações Internacionais PROJETO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Gestão e Relações Internacionais IDENTIFICAÇÃO DO CURSO Curso de Especialização em Gestão e Relações Internacionais Área de Conhecimento: Ciências Sociais Aplicadas

Leia mais

Texto orientador para a audiência pública sobre o marco regulatório dos Cursos de Pós-graduação Lato Sensu Especialização

Texto orientador para a audiência pública sobre o marco regulatório dos Cursos de Pós-graduação Lato Sensu Especialização CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO Texto orientador para a audiência pública sobre o marco regulatório dos Cursos de Pós-graduação Lato Sensu Especialização Comissão da Câmara de Educação Superior Erasto Fortes

Leia mais

XXV ENCONTRO NACIONAL DA UNCME

XXV ENCONTRO NACIONAL DA UNCME XXV ENCONTRO NACIONAL DA UNCME Os desafios da Educação Infantil nos Planos de Educação Porto de Galinhas/PE Outubro/2015 Secretaria de Educação Básica CONCEPÇÃO DE EDUCAÇÃO INFANTIL É direito dos trabalhadores

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REDAÇÃO DO PROJETO DE LEI Aprova o Plano Municipal de Educação - PME e dá outras providências. O Prefeito do Município de vereadores decreta e eu sanciono a seguinte Lei: Faço

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 Curso Superior em Tecnologia em Design de Moda Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação MANUAL DO CANDIDATO Pós-graduação Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das

Leia mais

O CURSO DE GESTÃO PÚBLICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS: UMA CONCEPÇÃO AMPLIADA DE GESTÃO PÚBLICA

O CURSO DE GESTÃO PÚBLICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS: UMA CONCEPÇÃO AMPLIADA DE GESTÃO PÚBLICA O CURSO DE GESTÃO PÚBLICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS: UMA CONCEPÇÃO AMPLIADA DE GESTÃO PÚBLICA Vera Alice Cardoso SILVA 1 A origem: motivações e fatores indutores O Curso de Gestão Pública

Leia mais

Inscrições Abertas. Dia e horário das aula: Sexta-Feira 18h30 às 22h30 Quinzenal Sábado 08h30 às 17h30 Quinzenal

Inscrições Abertas. Dia e horário das aula: Sexta-Feira 18h30 às 22h30 Quinzenal Sábado 08h30 às 17h30 Quinzenal MBA Recursos Humanos Inscrições Abertas Dia e horário das aula: Sexta-Feira 18h30 às 22h30 Quinzenal Sábado 08h30 às 17h30 Quinzenal Carga horária: 600 Horas Duração: 24 meses *As informações podem sofrer

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Concepção do Curso de Administração

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Concepção do Curso de Administração CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Concepção do Curso de Administração A organização curricular do curso oferece respostas às exigências impostas pela profissão do administrador, exigindo daqueles que integram a instituição

Leia mais

O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO

O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO Portaria nº 808, de 8 de junho de 00. Aprova o instrumento de avaliação para reconhecimento de Cursos Pedagogia, no âmbito do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - SINAES. O MINISTRO DE

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS São Paulo Presença nacional, reconhecimento mundial. Conheça a Fundação Dom Cabral Uma das melhores escolas de negócios do mundo, pelo ranking de educação executiva

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO CAIRU O QUE VOCÊ PRECISA SABER: Por que fazer uma pós-graduação?

PÓS-GRADUAÇÃO CAIRU O QUE VOCÊ PRECISA SABER: Por que fazer uma pós-graduação? PÓS-GRADUAÇÃO CAIRU O QUE VOCÊ PRECISA SABER: Por que fazer uma pós-graduação? O mercado do trabalho está cada vez mais exigente. Hoje em dia, um certificado de pós-graduação é imprescindível para garantia

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO (PPC)

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO (PPC) , INCLUINDO ESSE, DEVEM SER RETIRADOS DO TEXTO FINAL, POIS SERVEM SOMENTE COMO ORIENTAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DO DOCUMENTO FINAL> PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO (PPC)

Leia mais

8.1 Políticas de Gestão de Pessoal 8.1.1 Organização e Gestão de Pessoas 8.1.2 Corpo Docente 8.1.3 Requisitos de Titulação 8.1.4 Critérios de Seleção

8.1 Políticas de Gestão de Pessoal 8.1.1 Organização e Gestão de Pessoas 8.1.2 Corpo Docente 8.1.3 Requisitos de Titulação 8.1.4 Critérios de Seleção 8.1 Políticas de Gestão de Pessoal 8.1.1 Organização e Gestão de Pessoas 8.1.2 Corpo Docente 8.1.3 Requisitos de Titulação 8.1.4 Critérios de Seleção e Contratação 8.1.5 Plano de Carreira e Regime de Trabalho

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro Educação a Distância Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. A única diferença é a sala de aula que fica em suas

Leia mais

DIMENSÃO 1 A MISSÃO E O PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL

DIMENSÃO 1 A MISSÃO E O PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL Faculdade Educacional da Lapa 1 FAEL RESULTADOS - AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2012 O referido informativo apresenta uma súmula dos resultados da autoavaliação institucional, realizada no ano de 2012, seguindo

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO INTRODUÇÃO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO (PPC) Articulação com o Plano de Desenvolvimento Institucional PDI Projeto Político Pedagógico Indissociabilidade entre ensino, pesquisa

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO - PPC

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO - PPC 1 PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO - PPC O PPC, Projeto Pedagógico de Curso, é o instrumento de concepção de ensino e aprendizagem de um curso e apresenta características de um projeto, no qual devem ser definidos

Leia mais

REFERENCIAIS ESTRATÉGICOS. PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2011-2020: metas que envolvem a Educação Profissional

REFERENCIAIS ESTRATÉGICOS. PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2011-2020: metas que envolvem a Educação Profissional REFERENCIAIS ESTRATÉGICOS Projeto de Lei nº 8.035, de 2010 PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2011-2020: metas que envolvem a Educação Profissional O PNE é formado por: 10 diretrizes; 20 metas com estratégias

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CONCEPÇÃO DO CURSO. Perfil do curso

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CONCEPÇÃO DO CURSO. Perfil do curso CURSO DE ADMINISRAÇÃO CONCEPÇÃO DO CURSO Perfil do curso O curso superior de Administração ora proposto foi estruturado em função das orientações e normas da Lei das Diretrizes e Bases da Educação (Lei

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº09/2011 Aprova a estrutura curricular do Curso de Administração do Centro de

Leia mais

MINI STÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINI STRO P ORTARIA Nº 808, DE 18 DE JUNHO DE 2010

MINI STÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINI STRO P ORTARIA Nº 808, DE 18 DE JUNHO DE 2010 MINI STÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINI STRO P ORTARIA Nº 808, DE 18 DE JUNHO DE 2010 Aprova o instrumento de avaliação para reconhecimento de Cursos Pedagogia, no âmbito do Sistema Nacional de Avaliação

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação MANUAL DO CANDIDATO Pós-graduação Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Público - alvo O MBA em Marketing Estratégico é indicado para profissionais com experiência profissional mínima de três anos, com formação universitária em qualquer área e

Leia mais

Quadro Resumo de Projeto Pedagógico do Curso Superior de Tecnologia em GESTÃO COMERCIAL

Quadro Resumo de Projeto Pedagógico do Curso Superior de Tecnologia em GESTÃO COMERCIAL Quadro Resumo de Projeto Pedagógico do Curso Superior de Tecnologia em GESTÃO COMERCIAL Dados de Identificação: -Modalidade: Graduação Tecnológica -Ato Legal de Autorização: Resolução CONSUNI nº -Turnos

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais

SEMINÁRIOS TRANSDISCIPLINARES HISTÓRIA E PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO

SEMINÁRIOS TRANSDISCIPLINARES HISTÓRIA E PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO SEMINÁRIOS TRANSDISCIPLINARES HISTÓRIA E PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO AS PERSPECTIVAS POLÍTICAS PARA UM CURRÍCULO INTERDISCIPLINAR: DESAFIOS E POSSIBILIDADES Professor Doutor Carlos Henrique Carvalho Faculdade

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação a Distância SEED Departamento de Regulação e Supervisão da Educação a Distância - Dresead Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Associação Escola Superior de Propaganda e Marketing UF: SP ASSUNTO: Recredenciamento da Escola Superior de Propaganda

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE BOM DESPACHO - FACEB

FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE BOM DESPACHO - FACEB EDITAL CURSOS TÉCNICOS Instituto Bondespachense Presidente Antônio Carlos - IBPAC FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE BOM DESPACHO - FACEB BOM DESPACHO 2013 SUMÁRIO 1 EDITAL... 03 2. HISTÓRICO... 04 3. APRESENTAÇÃO...

Leia mais

Universidade Anhembi Morumbi On-line. Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. Tudo a um clique de você.

Universidade Anhembi Morumbi On-line. Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. Tudo a um clique de você. Universidade Anhembi Morumbi On-line. Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. Tudo a um clique de você. Educação a Distância Anhembi Morumbi Agora você pode estudar em uma universidade internacional

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Início em 28 de setembro de 2015 Aulas as segundas e quartas, das 19h às 22h Valor do curso: R$ 21.600,00 À vista com desconto: R$ 20.520,00 Consultar planos de parcelamento.

Leia mais

A Mobilização Empresarial pela Inovação: Recursos Humanos. Horácio Piva São Paulo - 17/6/2011

A Mobilização Empresarial pela Inovação: Recursos Humanos. Horácio Piva São Paulo - 17/6/2011 A Mobilização Empresarial pela Inovação: Recursos Humanos Horácio Piva São Paulo - 17/6/2011 OBJETIVOS Consolidar a percepção de que a formação de recursos humanos qualificados é essencial para fortalecer

Leia mais

Texto orientador para a audiência pública sobre o marco regulatório dos Cursos de Pós-graduação Lato Sensu Especialização

Texto orientador para a audiência pública sobre o marco regulatório dos Cursos de Pós-graduação Lato Sensu Especialização CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO Texto orientador para a audiência pública sobre o marco regulatório dos Cursos de Pós-graduação Lato Sensu Especialização Comissão da Câmara de Educação Superior Erasto Fortes

Leia mais

PROGRAMA DE APRENDIZAGEM MBA E PÓS-GRADUAÇÃO

PROGRAMA DE APRENDIZAGEM MBA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE APRENDIZAGEM MBA E PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL MBA e Pós-Graduação Cursos inovadores e alinhados às tendências globais Nossos cursos seguem modelos globais e inovadores de educação. Os professores

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS MISSÃO DO CURSO Formar profissionais de elevado nível de consciência crítica, competência técnica empreendedora, engajamento ético

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS BAMBUÍ

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS BAMBUÍ INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS BAMBUÍ RELATÓRIO DO QUESTIONÁRIO APLICADO AO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO II SEMESTRE/2014 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO (CPA)

Leia mais

PLANO DE AÇÃO 2012 Resolução COP Nº. 114/2011 de 08/12/2011

PLANO DE AÇÃO 2012 Resolução COP Nº. 114/2011 de 08/12/2011 PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL De acordo com o Decreto 5.773/2006 PERÍODO - 2012-2015 Resolução COP Nº 113/2011, de 08/12/2011 PLANO DE AÇÃO 2012 Resolução COP Nº. 114/2011 de 08/12/2011 Lucas

Leia mais

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação presencial e a distância

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação presencial e a distância MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior Sinaes

Leia mais

PONTOS FRACOS E PONTOS FORTES E PROPOSTA PARA SOLUCIONAR E/OU MINIMIZAR

PONTOS FRACOS E PONTOS FORTES E PROPOSTA PARA SOLUCIONAR E/OU MINIMIZAR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO COORDENADORIA DE ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL SÍNTESE DE RELATORIO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL E DE AVALIAÇÃO EXTERNA PONTOS FRACOS E PONTOS FORTES E PROPOSTA

Leia mais

BACHARELADOS INTERDISCIPLINARES

BACHARELADOS INTERDISCIPLINARES BACHARELADOS INTERDISCIPLINARES Bacharelados Interdisciplinares (BIs) e similares são programas de formação em nível de graduação de natureza geral, que conduzem a diploma, organizados por grandes áreas

Leia mais

Documento Base do Plano Estadual de Educação do Ceará. Eixo Temático Educação Superior

Documento Base do Plano Estadual de Educação do Ceará. Eixo Temático Educação Superior Documento Base do Plano Estadual de Educação do Ceará Eixo Temático Educação Superior Ceará, 2015 1 Socioeconômico Diagnóstico Para compreender a situação da educação no estado do Ceará é necessário também

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação a Distância SEED Departamento de Regulação e Supervisão da Educação a Distância Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep

Leia mais

X Encontro Nacional de Escolas de Governo

X Encontro Nacional de Escolas de Governo X Encontro Nacional de Escolas de Governo Painel Cursos de pós-graduação nas escolas de governo A experiência da Enap na oferta de cursos de pós-graduação lato sensu Carmen Izabel Gatto e Maria Stela Reis

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS São Paulo

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS São Paulo Av. Princesa Diana, 760 34000-000 Nova Lima MG Campus Aloysio Faria Av. Princesa Diana, 760 Alphaville Lagoa dos Ingleses 34000-000 Nova Lima MG Brasil Campus BH Rua Bernardo Guimarães, 3.071 Santo Agostinho

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Liderança e Gestão de Pessoas

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Liderança e Gestão de Pessoas DESCRITIVO DE CURSO MBA em Liderança e Gestão de Pessoas 1. Posglobal Após a profunda transformação trazida pela globalização estamos agora em uma nova fase. As crises econômica, social e ambiental que

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 18/9/2009, Seção 1, Pág. 47. Portaria n 890, publicada no D.O.U. de 18/9/2009, Seção 1, Pág. 47. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM CONTROLADORIA E FINANÇAS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

CETEC EDUCACIONAL S.A. Mantenedora FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS - ETEP. Mantida

CETEC EDUCACIONAL S.A. Mantenedora FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS - ETEP. Mantida CETEC EDUCACIONAL S.A Mantenedora FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS - ETEP Mantida PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SÃO JOSÉ DOS CAMPOS 1 SUMÁRIO

Leia mais

MBA Executivo Internacional

MBA Executivo Internacional MBA Executivo Internacional Informações* Dias e horários das aulas: Quinzenalmente. Sextas e sábados. Das 08h30 às 17h30. Carga horária: 612 Horas *As informações podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação MANUAL DO CANDIDATO Pós-graduação Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das

Leia mais

Faculdade Figueiredo Costa 16/73

Faculdade Figueiredo Costa 16/73 16/73 CAPITULO IV GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PERFIL PROFISSIONAL O Curso de Graduação em Administração deve ensejar como perfil desejado do formando, capacitação e aptidão para compreender as questões

Leia mais

Prezado(a) Sr.(a.) Atenciosamente, Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas. comercial@trecsson.com.br

Prezado(a) Sr.(a.) Atenciosamente, Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas. comercial@trecsson.com.br Prezado(a) Sr.(a.) Agradecemos seu interesse em nossos programa de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso de Pós-MBA

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA ITEPA FATEPA. Mantida pelo Instituto Técnico de Educação Porto Alegre Ltda

FACULDADE DE TECNOLOGIA ITEPA FATEPA. Mantida pelo Instituto Técnico de Educação Porto Alegre Ltda FACULDADE DE TECNOLOGIA ITEPA FATEPA Mantida pelo Instituto Técnico de Educação Porto Alegre Ltda CURSO DE GRADUAÇÃO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS PORTARIA/MEC DE AUTORIZAÇÃO Nº 468, D.O.U.

Leia mais

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação Bacharelados, Licenciaturas e Cursos Superiores de Tecnologia (presencial e a distância)

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação Bacharelados, Licenciaturas e Cursos Superiores de Tecnologia (presencial e a distância) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior Sinaes

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 6 ANEXO II METODOLOGIAS (A) CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 7 A) Metodologias utilizadas no Curso de Administração, bacharelado: a) Aulas Expositivas, Fórum de Debates, Dinâmica de Grupo, Seminários, Estudos de

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação MANUAL DO CANDIDATO Pós-graduação Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das

Leia mais

BACHARELADO. Administração. Ciências Contábeis. Ciências Econômicas. Serviço Social. Ciências Sociais. Objetivos. Objetivos. Objetivos.

BACHARELADO. Administração. Ciências Contábeis. Ciências Econômicas. Serviço Social. Ciências Sociais. Objetivos. Objetivos. Objetivos. BACHARELADO Administração O curso de Administração tem como objetivo formar profissionais que poderão atuar como executivos, técnicos em funções administrativas e/ou empreendedores, com capacidade de alinhar

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior- Conaes Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O. Artigo 2º - O Currículo, ora alterado, será implantado no início do ano 2000, para os matriculados no 1º semestre.

R E S O L U Ç Ã O. Artigo 2º - O Currículo, ora alterado, será implantado no início do ano 2000, para os matriculados no 1º semestre. RESOLUÇÃO CONSEPE 30/99 ALTERA O PLANO CURRICULAR E O REGIME DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no uso da atribuição

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Identificação do Curso Nome do Curso: Sistemas de Informação Titulação: Bacharelado Modalidade de ensino: Presencial

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Público - alvo O MBA em Marketing Estratégico é indicado para profissionais com experiência profissional mínima de três anos, com formação universitária em qualquer área e

Leia mais

Maio 2013 Macaé- RJ. Rafael Pacheco Lívia Leite

Maio 2013 Macaé- RJ. Rafael Pacheco Lívia Leite Maio 2013 Macaé- RJ Rafael Pacheco Lívia Leite Matriz do Curso de Engenharia Química 2013 Page 2 Sumário 1. APRESENTAÇÃO 2. JUSTIFICATIVA 3. DA CONCEPÇÃO DO CURSO 4. ORGANIZAÇÃO DO CURSO 5. A MATRIZ CURRICULAR

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014 1 FACULDADE DE ESTUDOS SOCIAIS DO ESPÍRITO SANTO PIO XII CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO EM COMÉRCIO EXTERIOR I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014 O currículo

Leia mais

Tendências do mercado brasileiro da graduação privada - EaD APE 63-08OUT14 - SALA 14 17:00/17:25

Tendências do mercado brasileiro da graduação privada - EaD APE 63-08OUT14 - SALA 14 17:00/17:25 Tendências do mercado brasileiro da graduação privada - EaD APE 63-08OUT14 - SALA 14 17:00/17:25 Tendências do Mercado Educacional - Sumário 1. Cenário prospectivo. 2. Apresentação do atual cenário mercadológico

Leia mais