CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CONVÊNIO DESCONTO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CONVÊNIO DESCONTO"

Transcrição

1 CCB CONV DESC VJ 04/2011 (540) CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CCB Nº VIA: Negociável (CREDOR) Não Negociável (EMITENTE) I - EMITENTE Nome/Razão Social CPF /CNPJ Banco Agência Conta Corrente nº II TERCEIROS GARANTIDORES também denominados DEVEDORES/GARANTIDORES SOLIDÁRIOS 1- Nome/Razão Social CPF /CNPJ RG Data de Nascimento Estado Civil Nacionalidade 2- Nome/Razão Social CPF /CNPJ RG Data de Nascimento Estado Civil Nacionalidade III CONDIÇÕES DO CRÉDITO Valor da Linha de Crédito: R$ IOF : Indicada em cada Borderô Tarifas: Indicadas em cada Borderô Taxa Base de Juros ao mês (%): Taxa Base de Juros ao ano (%): Outras Informações: Lugar do Pagamento: Uberlândia-MG Forma de Incidência dos encargos: Capitalização diária Vencimento da CCB: À vista Liberação do Crédito: Depósito em conta corrente Transferência DOC/TEC : Banco nº Ag C/C IV GARANTIAS: Houve contratação de garantias? Sim Não Valor Estimado: R$ ou % O EMITENTE e/ou os TERCEIROS GARANTIDORES entregam ao CREDOR em garantia desta CCB: 1) Cessão Fiduciária de Créditos e Direitos Creditórios presentes e futuros abaixo indicados a serem depositados em conta(s) do EMITENTE e/ou dos TERCEIROS GARANTIDORES localizada(s) no Banco Triângulo S.A.: a) Recebíveis de Cartões de Crédito, Débito e Vales-benefício das seguintes bandeiras: Visa Mastercard Super Compras Outras:, correspondente a ; b) Recebíveis decorrentes de aplicações financeiras, descritas em relação anexa, correspondente a ; c) Recebíveis representados por cheques, descritos em relação ou borderô anexo, correspondente ; d) Outros Recebíveis:, correspondente a ; 2) Alienação Fiduciária de bens móveis:, descritos em Relação Anexa, correspondente a ; 3) Hipoteca ou Alienação Fiduciária de bens imóveis:, constituída em documento apartado; 4) Penhor: Mercantil Industrial Rural: descritos em Relação Anexa, correspondente a. V PROMESSA DE PAGAMENTO No lugar de pagamento previsto no Preâmbulo e na apresentação desta CCB, em razão de seu vencimento ser à vista, nós, EMITENTE e TERCEIROS GARANTIDORES, pagaremos por esta Cédula de Crédito Bancário ( CCB ) ao CREDOR - BANCO TRIÂNGULO S/A, com sede na cidade de Uberlândia, Estado de Minas Gerais, inscrito no CNPJ/MF sob o nº / , ou à sua ordem, a dívida em dinheiro, líquida, certa e exigível, que resultar da somatória dos descontos realizados descritos nos Borderôs anexos a esta CCB, reduzida pela subtração do montante dos títulos regularmente liquidados, acrescida dos encargos financeiros ou moratórios calculados sobre o total dos títulos descontados e não liquidados pelos sacados/devedores. A dívida será demonstrada em planilha de cálculo ou em extratos emitidos pelo CREDOR, conforme as cláusulas e condições aplicáveis à CCB. VI CLÁUSULAS 1. EMITENTE e TERCEIROS GARANTIDORES declaram que receberam e leram as Condições Gerais das Operações de Crédito Tribanco (as Condições Gerais ), registradas no Cartório de Registro de Títulos e Documentos da Comarca de Uberlândia-MG, sob o 1/3

2 CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO n.º , em 08/04/2011, e aditadas sob o nº , em 05/04/2011, cujas disposições se aplicam complementarmente a esta CCB, com as quais concordam incondicionalmente, ratificando-as integralmente neste ato e reconhecendo que cópia das retro mencionadas Condições Gerais está disponível para impressão e consulta no sítio eletrônico 2. Os TERCEIROS GARANTIDORES, também denominados DEVEDORES/GARANTIDORES SOLIDÁRIOS, comparecem nesta CCB concordando expressamente com todas as suas cláusulas e condições, declarando-se solidariamente responsáveis com o EMITENTE pela integral e pontual liquidação de todas as suas obrigações, principais e acessórias, decorrentes deste ajuste, nos termos dos artigos 275 e seguintes do Código Civil Brasileiro, sendo EMITENTE e TERCEIROS GARANTIDORES doravante designados individualmente como EMITENTE e TERCEIROS GARANTIDORES ou em conjunto como DEVEDORES, os quais assumem também o encargo de depositários das garantias ofertadas ao CREDOR e indicadas no Quadro IV. 3. O EMITENTE contrata com o CREDOR uma linha de crédito para a realização de descontos bancários de recebíveis representados por Títulos de Crédito (Duplicatas, Cheques, Notas Promissórias ou outros), que serão descritos e caracterizados no Borderô de Desconto de Recebíveis (o Borderô ), em cada oportunidade da realização do desconto, os quais serão parte integrante e complementar desta CCB, tornando-se o CREDOR o legítimo titular dos Recebíveis representados pelos referidos Títulos O CREDOR poderá admitir que o Borderô seja antecipado por meio de fax para o número informado ao EMITENTE. Sempre que isto ocorrer, o EMITENTE deverá entregar ao CREDOR o original assinado no prazo máximo de 72 (setenta e duas) horas, sob pena de bloqueio da Linha de Crédito para realização de novas operações, sem prejuízo da possibilidade de rescisão da CCB e da respectiva Linha de Crédito, a critério do CREDOR O CREDOR poderá admitir que o Borderô possa ser celebrado no âmbito da rede mundial de computadores (Internet), através do sítio do TRIBANCO ON LINE, ou por qualquer outro meio eletrônico que o CREDOR disponibilizar para essa finalidade, sendo que, para tanto, o EMITENTE deverá ter aderido aos termos e condições contratuais para utilização do respectivo meio. Uma vez aderido, o EMITENTE reconhece que os arquivos originados por esse meio constituirão meio eficaz e prova inequívoca do desconto realizado. 4. Caso os Títulos de Crédito não sejam entregues ao CREDOR, mas mantidos com os DEVEDORES, o DEPOSITÁRIO (pessoa física) ao final indicado, que comparece como signatário da presente CCB, assume, sem qualquer ônus, em conjunto com os DEVEDORES o encargo de depositário dos Títulos de Crédito e quaisquer documentos a eles relacionados, nos termos do artigo 627 e ss. do Código Civil Brasileiro, obrigando-se a entregá-los imediatamente ao CREDOR sempre que solicitado, devidamente endossados pelo EMITENTE ao CREDOR, bem como a documentação que comprova a efetiva prestação de serviços, entrega de mercadorias e/ou vínculo contratual que autorizou a sua emissão, quando for o caso. 5. A taxa base de juros indicada no Quadro III poderá ser repactuada com o EMITENTE em percentual diverso, nas datas de realização dos descontos, através dos respectivos Borderôs. No momento da solicitação do desconto, o EMITENTE ajustará com o CREDOR o percentual de juros e será informado o IOF e demais tarifas incidentes. Os encargos pactuados incidirão diariamente e de forma capitalizada sobre o saldo devedor das obrigações assumidas, sendo exigíveis, nos seus respectivos vencimentos e na data de liquidação desta CCB, conforme o caso, ocorram estes antecipadamente ou não. 6. Os DEVEDORES respondem perante o CREDOR solidariamente com os devedores ou sacados pela solvência dos Títulos de Crédito, nos termos do art. 275 e seguintes do Código Civil Brasileiro, devendo, portanto, liquidar os valores devidos perante o CREDOR, independentemente de interpelação extrajudicial ou judicial, ficando o CREDOR autorizado a debitar, em suas contas correntes, o valor dos títulos vencidos e não pagos nos vencimentos, obrigando-se para tanto a manter saldo suficiente para acolher tais débitos. Dessa forma, em todas as datas de vencimento dos Títulos de Crédito descontados, o valor correspondente devido ao CREDOR deverá ser liquidado. Caso não exista saldo suficiente na conta dos DEVEDORES para liquidação do que tiver sido descontado, será cobrado dos DEVEDORES, além do valor da Linha de Crédito utilizado e não liquidado, os encargos definidos na cláusula Sem prejuízo das garantias constituídas nesta CCB, o CREDOR poderá exigir, a qualquer tempo, que os DEVEDORES constituam em seu favor novas garantias reais ou pessoais, as quais serão contratadas em documento separado, que integrará complementarmente esta CCB. 8. Constituem causas de vencimento antecipado da dívida representada por esta CCB, sem prejuízo de outras contempladas na legislação em vigor e/ou em outras disposições aplicáveis, independente de notificação ou interpelação administrativa ou judicial, acarretando a sua imediata exigibilidade pelo CREDOR: a) o descumprimento culposo ou não, pelos DEVEDORES de qualquer obrigação que lhes caiba, inclusive, mas não se limitando, à hipótese de não pagamento pontual de qualquer montante devido por esta CCB ou de qualquer outra operação creditícia contratada com o CREDOR; ou b) o protesto de títulos cambiários emitidos, endossados, avalizados, aceitos ou de qualquer forma garantidos pelos DEVEDORES; ou c) a verificação, pelo CREDOR, da falsidade ou imprecisão de qualquer documento, informação ou declaração prestada pelos DEVEDORES; ou d) o requerimento de falência, recuperação judicial ou extrajudicial, ou insolvência civil de quaisquer dos DEVEDORES; ou e) a inclusão dos nomes dos DEVEDORES na relação de contas encerradas publicadas pelo Banco Central do Brasil; ou f) os DEVEDORES figurarem como réus em cobrança judicial, sentença condenatória transitada em julgado ou processo de execução por quantia certa; ou g) os DEVEDORES sacarem além do limite de crédito estabelecido na respectiva CCB; ou h) os DEVEDORES figurarem em situação de mora ou inadimplemento junto ao CREDOR ou qualquer outra instituição financeira; ou i) a insuficiência ou iliquidez das garantias constituídas, bem como a sua não substituição ou reforço pelos DEVEDORES, sempre que solicitado pelo CREDOR; ou j) a alteração ou modificação do objeto social dos DEVEDORES, que implique em mudança da sua principal atividade empresarial; qualquer mudança, CCB CONV DESC VJ 04/2011 (540) 2/3

3 CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO transferência ou cessão, direta ou indireta, do controle societário/acionário dos DEVEDORES ou a alienação de seu estabelecimento comercial ou, ainda, a incorporação, fusão ou cisão da empresa, sem a prévia anuência do CREDOR. 9. O atraso dos DEVEDORES no pagamento ou liquidação de qualquer obrigação pecuniária assumida junto o CREDOR, nas datas de vencimento implicará no acréscimo, a partir da data do inadimplemento até o seu efetivo pagamento, de juros remuneratórios na mesma taxa aplicável à Operação de Crédito contratada, incluindo o fator de reajuste se tiver sido contratado pelos DEVEDORES a modalidade de juros pós-fixados, além de juros de mora de 1% (um por cento) ao mês e multa moratória de 2% (dois por cento). Uberlândia, MG de de. CREDOR : BANCO TRIANGULO S/A EMITENTE: TERCEIRO GARANTIDOR 1: CPF: TERCEIRO GARANTIDOR 2: CPF: CCB CONV DESC VJ 04/2011 (540) 3/3

4

5 CCB CONV DESC VJ 04/2011 (540) CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CCB Nº VIA: Negociável (CREDOR) Não Negociável (EMITENTE) I - EMITENTE Nome/Razão Social CPF /CNPJ Banco Agência Conta Corrente nº II TERCEIROS GARANTIDORES também denominados DEVEDORES/GARANTIDORES SOLIDÁRIOS 1- Nome/Razão Social CPF /CNPJ RG Data de Nascimento Estado Civil Nacionalidade 2- Nome/Razão Social CPF /CNPJ RG Data de Nascimento Estado Civil Nacionalidade III CONDIÇÕES DO CRÉDITO Valor da Linha de Crédito: R$ IOF : Indicada em cada Borderô Tarifas: Indicadas em cada Borderô Taxa Base de Juros ao mês (%): Taxa Base de Juros ao ano (%): Outras Informações: Lugar do Pagamento: Uberlândia-MG Forma de Incidência dos encargos: Capitalização diária Vencimento da CCB: À vista Liberação do Crédito: Depósito em conta corrente Transferência DOC/TEC : Banco nº Ag C/C IV GARANTIAS: Houve contratação de garantias? Sim Não Valor Estimado: R$ ou % O EMITENTE e/ou os TERCEIROS GARANTIDORES entregam ao CREDOR em garantia desta CCB: 1) Cessão Fiduciária de Créditos e Direitos Creditórios presentes e futuros abaixo indicados a serem depositados em conta(s) do EMITENTE e/ou dos TERCEIROS GARANTIDORES localizada(s) no Banco Triângulo S.A.: a) Recebíveis de Cartões de Crédito, Débito e Vales-benefício das seguintes bandeiras: Visa Mastercard Super Compras Outras:, correspondente a ; b) Recebíveis decorrentes de aplicações financeiras, descritas em relação anexa, correspondente a ; c) Recebíveis representados por cheques, descritos em relação ou borderô anexo, correspondente ; d) Outros Recebíveis:, correspondente a ; 2) Alienação Fiduciária de bens móveis:, descritos em Relação Anexa, correspondente a ; 3) Hipoteca ou Alienação Fiduciária de bens imóveis:, constituída em documento apartado; 4) Penhor: Mercantil Industrial Rural: descritos em Relação Anexa, correspondente a. V PROMESSA DE PAGAMENTO No lugar de pagamento previsto no Preâmbulo e na apresentação desta CCB, em razão de seu vencimento ser à vista, nós, EMITENTE e TERCEIROS GARANTIDORES, pagaremos por esta Cédula de Crédito Bancário ( CCB ) ao CREDOR - BANCO TRIÂNGULO S/A, com sede na cidade de Uberlândia, Estado de Minas Gerais, inscrito no CNPJ/MF sob o nº / , ou à sua ordem, a dívida em dinheiro, líquida, certa e exigível, que resultar da somatória dos descontos realizados descritos nos Borderôs anexos a esta CCB, reduzida pela subtração do montante dos títulos regularmente liquidados, acrescida dos encargos financeiros ou moratórios calculados sobre o total dos títulos descontados e não liquidados pelos sacados/devedores. A dívida será demonstrada em planilha de cálculo ou em extratos emitidos pelo CREDOR, conforme as cláusulas e condições aplicáveis à CCB. VI CLÁUSULAS 1. EMITENTE e TERCEIROS GARANTIDORES declaram que receberam e leram as Condições Gerais das Operações de Crédito Tribanco (as Condições Gerais ), registradas no Cartório de Registro de Títulos e Documentos da Comarca de Uberlândia-MG, sob o 1/3

6 CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO n.º , em 08/04/2011, e aditadas sob o nº , em 05/04/2011, cujas disposições se aplicam complementarmente a esta CCB, com as quais concordam incondicionalmente, ratificando-as integralmente neste ato e reconhecendo que cópia das retro mencionadas Condições Gerais está disponível para impressão e consulta no sítio eletrônico 2. Os TERCEIROS GARANTIDORES, também denominados DEVEDORES/GARANTIDORES SOLIDÁRIOS, comparecem nesta CCB concordando expressamente com todas as suas cláusulas e condições, declarando-se solidariamente responsáveis com o EMITENTE pela integral e pontual liquidação de todas as suas obrigações, principais e acessórias, decorrentes deste ajuste, nos termos dos artigos 275 e seguintes do Código Civil Brasileiro, sendo EMITENTE e TERCEIROS GARANTIDORES doravante designados individualmente como EMITENTE e TERCEIROS GARANTIDORES ou em conjunto como DEVEDORES, os quais assumem também o encargo de depositários das garantias ofertadas ao CREDOR e indicadas no Quadro IV. 3. O EMITENTE contrata com o CREDOR uma linha de crédito para a realização de descontos bancários de recebíveis representados por Títulos de Crédito (Duplicatas, Cheques, Notas Promissórias ou outros), que serão descritos e caracterizados no Borderô de Desconto de Recebíveis (o Borderô ), em cada oportunidade da realização do desconto, os quais serão parte integrante e complementar desta CCB, tornando-se o CREDOR o legítimo titular dos Recebíveis representados pelos referidos Títulos O CREDOR poderá admitir que o Borderô seja antecipado por meio de fax para o número informado ao EMITENTE. Sempre que isto ocorrer, o EMITENTE deverá entregar ao CREDOR o original assinado no prazo máximo de 72 (setenta e duas) horas, sob pena de bloqueio da Linha de Crédito para realização de novas operações, sem prejuízo da possibilidade de rescisão da CCB e da respectiva Linha de Crédito, a critério do CREDOR O CREDOR poderá admitir que o Borderô possa ser celebrado no âmbito da rede mundial de computadores (Internet), através do sítio do TRIBANCO ON LINE, ou por qualquer outro meio eletrônico que o CREDOR disponibilizar para essa finalidade, sendo que, para tanto, o EMITENTE deverá ter aderido aos termos e condições contratuais para utilização do respectivo meio. Uma vez aderido, o EMITENTE reconhece que os arquivos originados por esse meio constituirão meio eficaz e prova inequívoca do desconto realizado. 4. Caso os Títulos de Crédito não sejam entregues ao CREDOR, mas mantidos com os DEVEDORES, o DEPOSITÁRIO (pessoa física) ao final indicado, que comparece como signatário da presente CCB, assume, sem qualquer ônus, em conjunto com os DEVEDORES o encargo de depositário dos Títulos de Crédito e quaisquer documentos a eles relacionados, nos termos do artigo 627 e ss. do Código Civil Brasileiro, obrigando-se a entregá-los imediatamente ao CREDOR sempre que solicitado, devidamente endossados pelo EMITENTE ao CREDOR, bem como a documentação que comprova a efetiva prestação de serviços, entrega de mercadorias e/ou vínculo contratual que autorizou a sua emissão, quando for o caso. 5. A taxa base de juros indicada no Quadro III poderá ser repactuada com o EMITENTE em percentual diverso, nas datas de realização dos descontos, através dos respectivos Borderôs. No momento da solicitação do desconto, o EMITENTE ajustará com o CREDOR o percentual de juros e será informado o IOF e demais tarifas incidentes. Os encargos pactuados incidirão diariamente e de forma capitalizada sobre o saldo devedor das obrigações assumidas, sendo exigíveis, nos seus respectivos vencimentos e na data de liquidação desta CCB, conforme o caso, ocorram estes antecipadamente ou não. 6. Os DEVEDORES respondem perante o CREDOR solidariamente com os devedores ou sacados pela solvência dos Títulos de Crédito, nos termos do art. 275 e seguintes do Código Civil Brasileiro, devendo, portanto, liquidar os valores devidos perante o CREDOR, independentemente de interpelação extrajudicial ou judicial, ficando o CREDOR autorizado a debitar, em suas contas correntes, o valor dos títulos vencidos e não pagos nos vencimentos, obrigando-se para tanto a manter saldo suficiente para acolher tais débitos. Dessa forma, em todas as datas de vencimento dos Títulos de Crédito descontados, o valor correspondente devido ao CREDOR deverá ser liquidado. Caso não exista saldo suficiente na conta dos DEVEDORES para liquidação do que tiver sido descontado, será cobrado dos DEVEDORES, além do valor da Linha de Crédito utilizado e não liquidado, os encargos definidos na cláusula Sem prejuízo das garantias constituídas nesta CCB, o CREDOR poderá exigir, a qualquer tempo, que os DEVEDORES constituam em seu favor novas garantias reais ou pessoais, as quais serão contratadas em documento separado, que integrará complementarmente esta CCB. 8. Constituem causas de vencimento antecipado da dívida representada por esta CCB, sem prejuízo de outras contempladas na legislação em vigor e/ou em outras disposições aplicáveis, independente de notificação ou interpelação administrativa ou judicial, acarretando a sua imediata exigibilidade pelo CREDOR: a) o descumprimento culposo ou não, pelos DEVEDORES de qualquer obrigação que lhes caiba, inclusive, mas não se limitando, à hipótese de não pagamento pontual de qualquer montante devido por esta CCB ou de qualquer outra operação creditícia contratada com o CREDOR; ou b) o protesto de títulos cambiários emitidos, endossados, avalizados, aceitos ou de qualquer forma garantidos pelos DEVEDORES; ou c) a verificação, pelo CREDOR, da falsidade ou imprecisão de qualquer documento, informação ou declaração prestada pelos DEVEDORES; ou d) o requerimento de falência, recuperação judicial ou extrajudicial, ou insolvência civil de quaisquer dos DEVEDORES; ou e) a inclusão dos nomes dos DEVEDORES na relação de contas encerradas publicadas pelo Banco Central do Brasil; ou f) os DEVEDORES figurarem como réus em cobrança judicial, sentença condenatória transitada em julgado ou processo de execução por quantia certa; ou g) os DEVEDORES sacarem além do limite de crédito estabelecido na respectiva CCB; ou h) os DEVEDORES figurarem em situação de mora ou inadimplemento junto ao CREDOR ou qualquer outra instituição financeira; ou i) a insuficiência ou iliquidez das garantias constituídas, bem como a sua não substituição ou reforço pelos DEVEDORES, sempre que solicitado pelo CREDOR; ou j) a alteração ou modificação do objeto social dos DEVEDORES, que implique em mudança da sua principal atividade empresarial; qualquer mudança, CCB CONV DESC VJ 04/2011 (540) 2/3

7 CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO transferência ou cessão, direta ou indireta, do controle societário/acionário dos DEVEDORES ou a alienação de seu estabelecimento comercial ou, ainda, a incorporação, fusão ou cisão da empresa, sem a prévia anuência do CREDOR. 9. O atraso dos DEVEDORES no pagamento ou liquidação de qualquer obrigação pecuniária assumida junto o CREDOR, nas datas de vencimento implicará no acréscimo, a partir da data do inadimplemento até o seu efetivo pagamento, de juros remuneratórios na mesma taxa aplicável à Operação de Crédito contratada, incluindo o fator de reajuste se tiver sido contratado pelos DEVEDORES a modalidade de juros pós-fixados, além de juros de mora de 1% (um por cento) ao mês e multa moratória de 2% (dois por cento). Uberlândia, MG de de. CREDOR : BANCO TRIANGULO S/A EMITENTE: TERCEIRO GARANTIDOR 1: CPF: TERCEIRO GARANTIDOR 2: CPF: CCB CONV DESC VJ 04/2011 (540) 3/3

8

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CONFISSÃO DE DÍVIDA E REPACTUAÇÃO

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CONFISSÃO DE DÍVIDA E REPACTUAÇÃO CÉDULA Nº VIA: Negociável (CREDOR) Não Negociável (EMITENTE) I EMITENTE Nome/Razão Social CPF /CNPJ Banco Agência nº Conta corrente nº II TERCEIROS GARANTIDORES também denominados DEVEDORES/GARANTIDORES

Leia mais

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CRÉDITO CERTO TRIBANCO

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CRÉDITO CERTO TRIBANCO CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CRÉDITO CERTO TRIBANCO CCB Nº Via Negociável Via Não Negociável Emitente CNPJ / Terceiro Garantidor 1, também denominado DEVEDOR/GARANTIDOR SOLIDARIO Terceiro Garantidor 2, também

Leia mais

FICHA CADASTRAL - PESSOA FÍSICA. Nível Escolaridade Nacionalidade Naturalidade UF Nº Dependentes. Endereço residencial Número Complemento Bairro

FICHA CADASTRAL - PESSOA FÍSICA. Nível Escolaridade Nacionalidade Naturalidade UF Nº Dependentes. Endereço residencial Número Complemento Bairro FICHA CADASTRAL - PESSOA FÍSICA Agência Conta Corrente Data Abertura Natureza Cadastro Renovação Atualização I - DADOS PESSOAIS DO CLIENTE Nome completo CPF Identidade Órgão emissor Data Emissão Data Nascimento

Leia mais

V AL R Qualificação do Microempreendedor

V AL R Qualificação do Microempreendedor V AL R Qualificação do Microempreendedor Data: Nome Completo: CPF/CNPJ: Nº Identidade: Órgão Emissor : Sexo: Data de Nascimento: Estado Civil: Naturalidade: Nome do Pai: Nome da Mãe: Endereço: Bairro:

Leia mais

Valor do crédito concedido: R$ ( )

Valor do crédito concedido: R$ ( ) Cédula nº: Valor do crédito concedido: R$ ( ) Data da emissão: / / Data do vencimento: / / 1. EMITENTE(S): 1.1 Nome: 1.2 RG: 1.3 CPF/MF - 1.4 Nome Segundo Titular: 1.5 RG Segundo Titular: 1.6 CPF/MF Segundo

Leia mais

CONTRATO DE FINANCIAMENTO PARA AQUISIÇÃO DE AÇÕES OPERAÇÃO CONTA MARGEM

CONTRATO DE FINANCIAMENTO PARA AQUISIÇÃO DE AÇÕES OPERAÇÃO CONTA MARGEM CONTRATO DE FINANCIAMENTO PARA AQUISIÇÃO DE AÇÕES OPERAÇÃO CONTA MARGEM O presente instrumento, doravante denominado de CONTRATO, define as condições e relações entre a MERCANTIL DO BRASIL MB CORRETORA

Leia mais

QUADRO VI - QUALIFICAÇÃO DO(S) AVALISTA(S) E DEVEDOR(ES) SOLIDÁRIO(S) (continuação) Nome: Endereço:

QUADRO VI - QUALIFICAÇÃO DO(S) AVALISTA(S) E DEVEDOR(ES) SOLIDÁRIO(S) (continuação) Nome: Endereço: CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO (CCB) ABERTURA DE CRÉDITO ROTATIVO QUADRO I - QUALIFICAÇÃO DO EMITENTE E DO CO-EMITENTE Nome do Emitente: Endereço do Emitente: CEP do Emitente: CPF/CNPJ do Emitente: Nome do

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONSTITUIÇÃO DE GARANTIA DE PENHOR DE DIREITOS. Quadro Resumo

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONSTITUIÇÃO DE GARANTIA DE PENHOR DE DIREITOS. Quadro Resumo INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONSTITUIÇÃO DE GARANTIA DE PENHOR DE DIREITOS Quadro Resumo BANCO CNPJ/MF Banco Bradesco S.A. 60.746.948/0001 12 Sede Cidade de Deus, Município e Comarca de Osasco, Estado de

Leia mais

Cédula de Crédito Bancário Abertura de Crédito Pessoa Física

Cédula de Crédito Bancário Abertura de Crédito Pessoa Física Cédula nº: Valor: Data da emissão: Data do vencimento: 1. EMITENTE(S): 1.1 Nome: 1.2 RG: 1.3 CPF/MF - CNPJ/MF: E os coemitentes, demais titulares da conta corrente ao final nomeados, todos qualificados

Leia mais

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES. CIRCULAR AEX Nº 007/2015, de 22 de junho de 2015.

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES. CIRCULAR AEX Nº 007/2015, de 22 de junho de 2015. BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES CIRCULAR AEX Nº 007/2015, de 22 de junho de 2015. Ref.: Circular AEX nº 001/2015, de 30 de janeiro de 2015. Ass.: Alteração das Normas Operacionais

Leia mais

Condições Gerais Contrato de Abertura de Crédito em Conta Corrente de Depósito CEP Plus PF

Condições Gerais Contrato de Abertura de Crédito em Conta Corrente de Depósito CEP Plus PF Condições Gerais Contrato de Abertura de Crédito em Conta Corrente de Depósito CEP Plus PF 1. Partes 1.1. Cliente - é o cliente do Personnalité e solicitante da abertura de crédito em conta corrente de

Leia mais

Atendimento das 08:00 hs. às 15:00 hs. CNPJ 01.530.136/0001-76 PROPOSTA DE EMPRÉSTIMO. Cooperado. Matrícula R.G. CPF

Atendimento das 08:00 hs. às 15:00 hs. CNPJ 01.530.136/0001-76 PROPOSTA DE EMPRÉSTIMO. Cooperado. Matrícula R.G. CPF COOPERARATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MÚTUO DOS FUNCIONÁRIOS DA CPTM Rua Zuma de Sá Fernandes, 360 - Térreo - Presidente Altino - Osasco - SP - CEP 06213-040 Telefones: 3689-9166 / 3652-2600 - Ramais 2771

Leia mais

AUTORIZAÇÃO DE DESCONTO

AUTORIZAÇÃO DE DESCONTO AUTORIZAÇÃO DE DESCONTO INTERVENIENTE ANUENTE: Governo do Estado de São Paulo / Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo ENDEREÇO: DADOS DO SERVIDOR NOME: MATRÍCULA: RG: DATA ADMISSÃO: DADOS DA CONSIGNAÇÃO

Leia mais

CONTRATO DE EMPRÉSTIMO PESSOA FÍSICA CONDIÇÕES GERAIS

CONTRATO DE EMPRÉSTIMO PESSOA FÍSICA CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE EMPRÉSTIMO PESSOA FÍSICA CONDIÇÕES GERAIS CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO DE EMPRÉSTIMO PESSOA FÍSICA CONTRATO DE EMPRÉSTIMO PESSOA FÍSICA Condições Gerais Abaixo estão as Condições Gerais do

Leia mais

SÉTIMO TERMO DE ADITAMENTO AO CONTRATO DE CRÉDITO PESSOAL, COMO SEGUE:

SÉTIMO TERMO DE ADITAMENTO AO CONTRATO DE CRÉDITO PESSOAL, COMO SEGUE: CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE CRÉDITO PESSOAL SÉTIMO TERMO DE ADITAMENTO AO CONTRATO DE CRÉDITO PESSOAL, COMO SEGUE: Partes - BANCO MERCANTIL DO BRASIL S.A., com sede na Rua Rio de Janeiro, nº 654, Centro,

Leia mais

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO PARA DESCONTO DE CHEQUES - PESSOAS JURÍDICAS

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO PARA DESCONTO DE CHEQUES - PESSOAS JURÍDICAS CLÁUSULAS GERAIS que regem o Contrato de Abertura de Crédito para Desconto de Cheques Pessoas Jurídicas, tendo de um lado o BRB - BANCO DE BRASÍLIA S.A., com sede em Brasília, Capital Federal, inscrito

Leia mais

AULA 08. Produtos e Serviços Financeiros II

AULA 08. Produtos e Serviços Financeiros II AULA 08 Produtos e Serviços Financeiros II Operações Ativas As operações ativas são aquelas em que o banco, além dos investimentos destinados à formação do seu ativo permanente e disponibilidades, atua

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DA CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO OPERAÇÃO DE FINANCIAMENTO DE BENS

CONDIÇÕES GERAIS DA CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO OPERAÇÃO DE FINANCIAMENTO DE BENS As Condições Gerais abaixo se aplicam à operação de financiamento de bens contratada pelo EMITENTE junto ao BANCO, ambos indicados e qualificados conforme as Condições Específicas desta Cédula. Estas Condições

Leia mais

Regulamento de Utilização do Limite de Crédito Pessoal Contratado por Meios Eletrônicos - Aplicável ao Cliente Pessoa Física.

Regulamento de Utilização do Limite de Crédito Pessoal Contratado por Meios Eletrônicos - Aplicável ao Cliente Pessoa Física. O presente Eletrônicos Aplicável ao Cliente Pessoa Física ( Regulamento ), tem por objetivo disciplinar a relação jurídica entre o Banco Bradesco S.A., instituição financeira privada, inscrita no CNPJ

Leia mais

Bairro Cidade Estado CEP Telefone. Bairro Cidade Estado CEP Telefone

Bairro Cidade Estado CEP Telefone. Bairro Cidade Estado CEP Telefone Ouvidoria: SANTINVEST S.A. CRÉDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTOS 0800 6420506 CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CRÉDITO PESSOAL COM AVERBAÇÃO EM FOLHA DE PAGAMENTO E/OU CONTA-CORRENTE Pagaremos por esta Cédula

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DA CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO OPERAÇÃO DE BNDES FINAME versão A

CONDIÇÕES GERAIS DA CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO OPERAÇÃO DE BNDES FINAME versão A CONDIÇÕES GERAIS DA CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO OPERAÇÃO DE BNDES FINAME versão A As Condições Gerais abaixo se aplicam à operação de FINAME, contratada pelo Emitente junto ao Itaú Unibanco, conforme as

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COBRANÇA

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COBRANÇA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COBRANÇA I - BANCO Nome CNPJ/MF Sede Bairro CEP Cidade UF Banco Triângulo S/A 17.351.180/0001-59 Av. Cesário Alvim, 2209 Aparecida 38400-696 Uberlândia MG II - CLIENTE

Leia mais

2.3.3 Vencimento das parcelas. X2 2.4 Taxa de juros remuneratórios 2.5 IOF (R$) 2.6 Tarifa de 2.4.1 Ao mês 2.4.2 Ao ano 2.4.

2.3.3 Vencimento das parcelas. X2 2.4 Taxa de juros remuneratórios 2.5 IOF (R$) 2.6 Tarifa de 2.4.1 Ao mês 2.4.2 Ao ano 2.4. Saldo Parcelado Itaú Aditamento a Cédula de Crédito Bancário/Contrato - Abertura de crédito em conta corrente e financiamento de encargos Nr. XXXXXXXX10 Cliente XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX30 E os co-emitentes,

Leia mais

O que é desconto? O que é factoring? Cessão de crédito Quando um banco precisa transferir créditos e débitos? Quando um banco cede créditos? Empréstimos sindicalizados Securitizações Quando clientes cedem

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONSTITUIÇÃO DE GARANTIA DE ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA. Quadro Resumo

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONSTITUIÇÃO DE GARANTIA DE ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA. Quadro Resumo INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONSTITUIÇÃO DE GARANTIA DE ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA Quadro Resumo BANCO CNPJ/MF Banco Bradesco S.A. 60.746.948/0001 12 Sede Cidade de Deus, Município e Comarca de Osasco, Estado

Leia mais

CCB Cédula de Crédito Bancário Consignação INSS

CCB Cédula de Crédito Bancário Consignação INSS CCB Cédula de Crédito Bancário Consignação INSS Pela presente CÉDULA DE CRÉDITO BANCARIO, doravante designada como CÉDULA, pagarei ao Banco Ibi S.A. Banco Múltiplo, com sede na Alameda Rio Negro, 585,

Leia mais

Credfaz Servidor Federal

Credfaz Servidor Federal COOPERATIVA DE CRÉDITO DO SERVIDOR FEDERAL LTDA. SICOOB CREDFAZ SERVIDOR FEDERAL Credfaz Servidor Federal Edifício CREDFAZ - SCS - Quadra 05 Bloco C - Ent. 165/9 - CEP 70305-921 - Brasília - Fone: 61 3035

Leia mais

CONTRATO DE CRÉDITO PRÉ-APROVADO

CONTRATO DE CRÉDITO PRÉ-APROVADO CONTRATO DE CRÉDITO PRÉ-APROVADO Por este instrumento e na melhor forma de direito, a COOPERATIVA, doravante designada simplesmente COOPERATIVA, neste ato devidamente representada na forma de seu Estatuto

Leia mais

Condições Gerais do Aditamento para Parcelamento

Condições Gerais do Aditamento para Parcelamento Condições Gerais do Aditamento para Parcelamento (Versão 05/2014) Estas são as Condições Gerais do Aditamento para Parcelamento, solicitado por você e contratado por meio de digitação de senha ou ligação

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DA CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO PARA FINANCIAMENTO DE VEÍCULOS

CONDIÇÕES GERAIS DA CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO PARA FINANCIAMENTO DE VEÍCULOS CONDIÇÕES GERAIS DA CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO PARA FINANCIAMENTO DE VEÍCULOS As Condições Gerais abaixo se aplicam à operação de Financiamento de Veículos, contratada pelo EMITENTE junto ao BANCO TOYOTA,

Leia mais

EMPRESTIMO DESCONTO EM FOLHA 4031 - CECM DOS COLABORADORES VALE S.A.-LTDA

EMPRESTIMO DESCONTO EM FOLHA 4031 - CECM DOS COLABORADORES VALE S.A.-LTDA CONTRATO DE EMPRÉSTIMO COM DESCONTO PARA PAGAMENTO DE PRESTAÇÕES EM FOLHA DE PAGAMENTO Por este instrumento particular de Contrato de Empréstimo, de um lado CECM DOS COLABORADORES VALE S.A-LTDA SICOOB

Leia mais

Regulamento de Utilização do Limite de Crédito Pessoal Contratado por Meios Eletrônicos - Aplicável ao Cliente Pessoa Física.

Regulamento de Utilização do Limite de Crédito Pessoal Contratado por Meios Eletrônicos - Aplicável ao Cliente Pessoa Física. O presente Regulamento de Utilização do Limite de Crédito Pessoal Contratado por Meios Eletrônicos Aplicável ao Cliente Pessoa Física ( Regulamento ), tem por objetivo disciplinar a relação jurídica entre

Leia mais

INSTRUMENTO DE CRÉDITO 4031 - CECM DOS COLABORADORES VALE S.A.-LTDA. CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO (emitida nos termos da Lei nº 10.

INSTRUMENTO DE CRÉDITO 4031 - CECM DOS COLABORADORES VALE S.A.-LTDA. CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO (emitida nos termos da Lei nº 10. CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO (emitida nos termos da Lei nº 10.931/2004) Valor: R$ ( ) Modalidade da Operação: Empréstimo n.º Aos de de pagarei(emos) por esta CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO à CECM DOS COLABORADORES

Leia mais

A sistemática dos financiamentos sujeitos à TJ-462 será a mesma vigente para a TJLP, inclusive no que se refere à:

A sistemática dos financiamentos sujeitos à TJ-462 será a mesma vigente para a TJLP, inclusive no que se refere à: Capítulo II CONDIÇÕES GERAIS 1. SISTEMÁTICA DE CÁLCULO DOS JUROS. Os juros, aí considerados o Custo Financeiro, a Remuneração do BNDES e a Remuneração do Agente Financeiro, serão calculados sobre o saldo

Leia mais

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CCB

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CCB CRÉDITO PROPOSTA PESSOAL DE CRÉDITO - PESSOAL ASSOCIADO: Nome: Conta Corrente Nº: CPF/CNPJ: Sigla: Matrícula na empresa: Carteira de Identidade: Órgão emissor: Endereço: CEP: Cidade: UF: E-mail: Tel. Comercial:

Leia mais

CONTRATO GLOBAL DE RELACIONAMENTO COMERCIAL E FINANCEIRO - GIRO FÁCIL/CONTA EMPRESARIAL PARA PESSOA JURÍDICA

CONTRATO GLOBAL DE RELACIONAMENTO COMERCIAL E FINANCEIRO - GIRO FÁCIL/CONTA EMPRESARIAL PARA PESSOA JURÍDICA CONTRATO GLOBAL DE RELACIONAMENTO COMERCIAL E FINANCEIRO - GIRO FÁCIL/CONTA EMPRESARIAL PARA PESSOA JURÍDICA HSBC Bank Brasil S.A. - Banco Múltiplo, pessoa jurídica de direito privado, com sede na Cidade

Leia mais

Cédula de Crédito Bancário com Pagamento por Consignação em Folha - INSS

Cédula de Crédito Bancário com Pagamento por Consignação em Folha - INSS BANCO BGN S.A. Matriz Recife Rua do Imperador Dom Pedro II, 491-3ºandar. Bairro Santo Antonio - CEP 50010-240 Recife - PE - Brasil Cédula de Crédito Bancário com Pagamento por Consignação em Folha - INSS

Leia mais

I - EMITENTE II - INTERVENIENTE(S) / AVALISTA(S) III - CARACTERÍSTICAS DO(S) PRODUTO(S) MARCA MODELO ANO/MODELO COR COMBUSTÍVEL

I - EMITENTE II - INTERVENIENTE(S) / AVALISTA(S) III - CARACTERÍSTICAS DO(S) PRODUTO(S) MARCA MODELO ANO/MODELO COR COMBUSTÍVEL Nº DA CÉDULA CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO I - EMITENTE II - INTERVENIENTE(S) / AVALISTA(S) III - CARACTERÍSTICAS DO(S) (S) MARCA MODELO ANO/MODELO COR COMBUSTÍVEL RENAVAN CHASSI PLACA NOTA FISCAL (CASO VEÍCULO

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS APLICÁVEIS AO EMPRÉSTIMO CONSIGNADO DESTINADO À RENEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS

CONDIÇÕES GERAIS APLICÁVEIS AO EMPRÉSTIMO CONSIGNADO DESTINADO À RENEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS O BANCO SANTANDER (BRASIL) S.A., com sede na Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 2041 e 2235, Bloco A, Vila Olímpia, São Paulo/SP, CEP 04543-011, CNPJ/MF sob n.º 90.400.888/0001-42, disponibiliza

Leia mais

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO PARCELADO PARA CAPITAL DE GIRO PESSOAS JURÍDICAS

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO PARCELADO PARA CAPITAL DE GIRO PESSOAS JURÍDICAS CLÁUSULAS GERAIS que regem o Contrato de Abertura de Crédito Parcelado para Capital de Giro Pessoas Jurídicas, tendo de um lado o BRB - BANCO DE BRASÍLIA S.A., com sede em Brasília, Capital Federal, inscrito

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DOS SERVIÇOS DO SISTEMA DE DÉBITO DIRETO AUTORIZADO

CONDIÇÕES GERAIS DOS SERVIÇOS DO SISTEMA DE DÉBITO DIRETO AUTORIZADO CONDIÇÕES GERAIS DOS SERVIÇOS DO SISTEMA DE DÉBITO DIRETO AUTORIZADO Pelo presente instrumento, BANCO TRIÂNGULO S.A, instituição financeira, com sede e foro na Cidade de Uberlândia, Estado de Minas Gerais,

Leia mais

CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA

CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Pres Juscelino Kubitschek, 2041/2235A,

Leia mais

FICHA CADASTRAL SIMPLIFICADA - PESSOA FÍSICA

FICHA CADASTRAL SIMPLIFICADA - PESSOA FÍSICA FICHA CADASTRAL SIMPLIFICADA - PESSOA FÍSICA INFORMAÇÕES PESSOAIS NOME COMPLETO: CPF: RG: TÍTULO ELEITOR: DT. NASCIMENTO: SEXO: ESTADO CIVIL: NATURALIDADE: NACIONALIDADE: FILIAÇÃO: PAI: MÃE: E-MAIL: ENDEREÇO:

Leia mais

Contrato de Financiamento de Bens e/ou Serviços com Garantia de Alienação Fiduciária de Bens Móveis

Contrato de Financiamento de Bens e/ou Serviços com Garantia de Alienação Fiduciária de Bens Móveis Contrato de Financiamento de Bens e/ou Serviços com Garantia de Alienação Fiduciária de Bens Móveis Pelo presente Contrato de Financiamento de Bens e/ou Serviços com Garantia de Alienação Fiduciária de

Leia mais

CONTRATO DE FINANCIAMENTO

CONTRATO DE FINANCIAMENTO CONTRATO DE FINANCIAMENTO DACASA FINANCEIRA S/A, Sociedade de Crédito Financiamento e Investimento, inscrita no CNPJ sob nº 27.406.222/0001-65, com sede na Av. Nossa Senhora da Penha, 2035, Santa Lúcia,

Leia mais

Regulamento de Abertura de Limite de Crédito Global Bradesco - PF

Regulamento de Abertura de Limite de Crédito Global Bradesco - PF O presente Regulamento de Abertura de Limite de Crédito Global Bradesco, aplicável ao cliente pessoa física ( Regulamento ), tem por objetivo disciplinar a relação jurídica entre o Banco Bradesco S/A,

Leia mais

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO (Financiamento de Veículos)

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO (Financiamento de Veículos) CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO (Financiamento de Veículos) Pagarei, por esta Cédula de Crédito Bancário ( CÉDULA ), ao BANCO TOYOTA DO BRASIL S.A., com sede social em São Paulo, na Av. Jornalista Roberto Marinho,

Leia mais

Condições Gerais do Contrato de Concessão de Empréstimo mediante Consignação em Benefícios de Aposentadoria e Pensão do INSS

Condições Gerais do Contrato de Concessão de Empréstimo mediante Consignação em Benefícios de Aposentadoria e Pensão do INSS Condições Gerais do Contrato de Concessão de Empréstimo mediante Consignação em Benefícios de Aposentadoria e Pensão do INSS ESTAS CONDIÇÕES GERAIS REGEM O CONTRATO DE CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO MEDIANTE

Leia mais

CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO

CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Rua Amador Bueno, nº 474, São Paulo/SP,

Leia mais

ANEXO 9 Condições Mínimas do BNDES para Aprovação do Plano

ANEXO 9 Condições Mínimas do BNDES para Aprovação do Plano ANEXO 9 Condições Mínimas do BNDES para Aprovação do Plano A - PRÉVIAS: 1. Apresentação de petição conjunta formulada pelos Interessados e pelo BNDES, com a anuência do Administrador Judicial, protocolizada

Leia mais

CONTRATO DE CRÉDITO PESSOAL PRÉ-APROVADO

CONTRATO DE CRÉDITO PESSOAL PRÉ-APROVADO PARA USO DA COOPERATIVA CONTRATO DE CRÉDITO PESSOAL PRÉ-APROVADO Contrato nº Sist./Regional: Percentual de Capitalização % Conta Capital R$ Data do Crédito do Emp.: / / Valor da Prim. Parcela R$ Venc.da

Leia mais

AULA 12. Produtos e Serviços Financeiros VI

AULA 12. Produtos e Serviços Financeiros VI AULA 12 Produtos e Serviços Financeiros VI Operações Acessórias e Serviços As operações acessórias e serviços são operações de caráter complementar, vinculadas ao atendimento de particulares, do governo,

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS APLICÁVEIS ÀS CONTRATAÇÕES DE CRÉDITO PESSOAL RENOVADO

CONDIÇÕES GERAIS APLICÁVEIS ÀS CONTRATAÇÕES DE CRÉDITO PESSOAL RENOVADO CONDIÇÕES GERAIS APLICÁVEIS ÀS CONTRATAÇÕES DE CRÉDITO PESSOAL RENOVADO O Banco Santander S.A., CNPJ 90.400.888/0001-42, com sede na Rua Amador Bueno, 474, São Paulo, Capital, doravante referenciado como

Leia mais

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO ROTATIVO EM CONTA CORRENTE PESSOA JURÍDICA

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO ROTATIVO EM CONTA CORRENTE PESSOA JURÍDICA CLÁUSULAS GERAIS que regem o Contrato de Abertura de Crédito Rotativo em Conta Corrente, tendo de um lado o BRB Banco de Brasília S.A., com sede em Brasília, Distrito Federal, inscrito no CNPJ sob o número

Leia mais

CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA

CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Rua Amador Bueno, nº 474, São Paulo/SP,

Leia mais

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CCB

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CCB CRÉDITO PROPOSTA CONSIGNADO DE CRÉDITO - CONSIGNADO ASSOCIADO: Nome: Conta Corrente Nº: CPF/CNPJ: Sigla: Matrícula na empresa: Carteira de Identidade: Órgão emissor: Endereço: CEP: Cidade: UF: E-mail:

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE EMPRÉSTIMO

CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE EMPRÉSTIMO CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE EMPRÉSTIMO Estas são as condições gerais do Empréstimo, solicitado e contratado por você. Leia atentamente estas condições gerais, que serão aplicáveis durante todo o período

Leia mais

Tem este CONTRATO GLOBAL DE RELACIONAMENTO COMERCIAL E FINANCEIRO GIRO GIRO FÁCIL/CONTA EMPRESARIAL PARA PESSOA JURÍDICA

Tem este CONTRATO GLOBAL DE RELACIONAMENTO COMERCIAL E FINANCEIRO GIRO GIRO FÁCIL/CONTA EMPRESARIAL PARA PESSOA JURÍDICA CONTRATO GLOBAL DE RELACIONAMENTO COMERCIAL E FINANCEIRO GIRO FÁCIL/CONTA EMPRESARIAL PARA PESSOA JURÍDICA HSBC Bank Brasil S.A. - Banco Múltiplo, pessoa jurídica de direito privado, com sede na Cidade

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL ELETRÔNICO

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL ELETRÔNICO CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL ELETRÔNICO Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Juscelino Kubitschek, 2041, São Paulo/SP, inscrito

Leia mais

Contrato de Abertura de Crédito em Conta Corrente

Contrato de Abertura de Crédito em Conta Corrente Contrato de Abertura de Crédito em Conta Corrente Por este instrumento a Cooperativa de Crédito de Livre Admissão de Lagoa da Prata e Região Ltda. SICOOB Lagoacred Gerais, pessoa jurídica de direito privado,

Leia mais

I - Partes 1 - Designado TRIBANCO

I - Partes 1 - Designado TRIBANCO I - Partes 1 - Designado TRIBANCO CONVÊNIO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS SISTEMA TRIBANCO Banco Triângulo S.A., com a sede na Avenida Cesário Alvim, nº. 2.209 - Bairro Aparecida - Uberlândia/MG - Inscrito no

Leia mais

Sumário Executivo do Contrato dos Cartões de Crédito Private Label Híbrido

Sumário Executivo do Contrato dos Cartões de Crédito Private Label Híbrido BANCO DO BRASIL S.A. Sumário Executivo do Contrato dos Cartões de Crédito Private Label Híbrido Conceito e Características do Cartão de Crédito O cartão de crédito Private Label Híbrido, de uso doméstico

Leia mais

Condições Gerais do Contrato de Concessão de Empréstimo Mediante Consignação em Folha de Pagamento

Condições Gerais do Contrato de Concessão de Empréstimo Mediante Consignação em Folha de Pagamento Condições Gerais do Contrato de Concessão de Empréstimo Mediante Consignação em Folha de Pagamento ESTAS CONDIÇÕES GERAIS REGEM O CONTRATO DE CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO MEDIANTE CONSIGNAÇÃO EM FOLHA DE PAGAMENTO,

Leia mais

Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito Business Card do HSBC.

Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito Business Card do HSBC. Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito Business Card do HSBC. Leia estas informações importantes para aproveitar todas as vantagens do seu novo cartão de crédito. Resumo do Contrato de seu Cartão

Leia mais

1) PARTES CONTRATANTES

1) PARTES CONTRATANTES CNPJ 61.198.164/0001-60 1) PARTES CONTRATANTES CONTRATO DE CONTRA GARANTIA CONDIÇÕES CONTRATUAIS GERAIS PORTO SEGURO CIA DE SEGUROS GERAIS, inscrita no CNPJ sob o n.º 61.198.164/0001-60, com sede na Cidade

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN No-328, DE 22 DE ABRIL DE 2013

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN No-328, DE 22 DE ABRIL DE 2013 RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN No-328, DE 22 DE ABRIL DE 2013 Altera a Resolução Normativa - RN 4, de 19 de abril de 2002, que dispõe sobre o parcelamento de débitos tributários e não tributários para com a

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL ELETRÔNICO

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL ELETRÔNICO CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL ELETRÔNICO Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2041/2235A, São Paulo/SP,

Leia mais

Código Atividade Principal Faturamento Mês Capital Social. Contr.Acionário (Privado/Estadual) Capital Aberto? (Sim/Não) Nº Funcionários

Código Atividade Principal Faturamento Mês Capital Social. Contr.Acionário (Privado/Estadual) Capital Aberto? (Sim/Não) Nº Funcionários Cadastro FICHA PROPOSTA DE ABERTURA DE CONTA CORRENTE - PESSOA JURÍDICA Renovação I - IDENTIFICAÇÃO DO CLIENTE Razão Social Nome Fantasia CNPJ Data Constituição Insc. Estadual Atividade Principal Código

Leia mais

REGULAMENTO APLICÁVEL ÀS LETRAS DE CRÉDITO DO AGRONEGÓCIO

REGULAMENTO APLICÁVEL ÀS LETRAS DE CRÉDITO DO AGRONEGÓCIO REGULAMENTO APLICÁVEL ÀS LETRAS DE CRÉDITO DO AGRONEGÓCIO BANCO CRUZEIRO DO SUL S.A., instituição financeira com sede na Cidade e Estado de São Paulo, na Rua Funchal, nº 418, 7º a 9º andares, Vila Olímpia,

Leia mais

CONTRATO PARA REALIZAÇÃO DE OPERAÇÕES NO MERCADO A TERMO

CONTRATO PARA REALIZAÇÃO DE OPERAÇÕES NO MERCADO A TERMO São partes neste instrumento: I CORRETORA: CONTRATO PARA REALIZAÇÃO DE OPERAÇÕES NO MERCADO A TERMO ALFA CORRETORA DE CÂMBIO E VALORES MOBILIÁRIOS S.A., com sede no Município de São Paulo, Estado de São

Leia mais

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO I EMITENTE e assim doravante designado(a): CNPJ/CPF n : II AVALISTA(S) e assim doravante designado(s): 1. CNPJ/CPF n : 2. CNPJ/CPF n : 3. CNPJ/CPF n : III GARANTIDOR(A) e assim doravante designado(a):

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE CONSTITUIÇÃO DE GARANTIAS EM FAVOR DE FIADOR PARA GARANTIR CRÉDITOS DECORRENTES DE FIANÇA

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE CONSTITUIÇÃO DE GARANTIAS EM FAVOR DE FIADOR PARA GARANTIR CRÉDITOS DECORRENTES DE FIANÇA Pelo presente instrumento, as partes: A BANCO BRADESCO S.A., com sede na Cidade de Deus, Município e Comarca de Osasco SP, inscrito no CNPJ/MF sob nº 60.746.948/0001 12, doravante denominado FIADOR; B...,

Leia mais

Contrato de Empréstimo para Cliente Pré- Selecionado - Crédito Citibank

Contrato de Empréstimo para Cliente Pré- Selecionado - Crédito Citibank Contrato de Empréstimo para Cliente Pré- Selecionado - Crédito Citibank CONSIDERANDO QUE: i) A empresa para a qual o MUTUÁRIO trabalha ( EMPREGADOR ) celebrou com o MUTUANTE (BANCO CITIBANK S.A.) Convênio

Leia mais

Condições Gerais do Limite de Crédito para Empréstimo Mediante Consignação em Folha de Pagamento ou benefício do INSS

Condições Gerais do Limite de Crédito para Empréstimo Mediante Consignação em Folha de Pagamento ou benefício do INSS Condições Gerais do Limite de Crédito para Empréstimo Mediante Consignação em Folha de Pagamento ou benefício do INSS Estas são as condições gerais do Limite de Crédito para Empréstimo Mediante Consignação

Leia mais

LEI N o 10.931, DE 02 DE AGOSTO DE 2004.

LEI N o 10.931, DE 02 DE AGOSTO DE 2004. LEI N o 10.931, DE 02 DE AGOSTO DE 2004. Dispõe sobre o patrimônio de afetação de incorporações imobiliárias, Letra de Crédito Imobiliário, Cédula de Crédito Imobiliário, Cédula de Crédito Bancário, altera

Leia mais

INSTRUMENTO DE PRESTAÇÃO DE GARANTIAS

INSTRUMENTO DE PRESTAÇÃO DE GARANTIAS INSTRUMENTO DE PRESTAÇÃO DE GARANTIAS (Versão 2010) datado de [ ] de [ ] de [ ] celebrado entre [PARTE A] e [PARTE B] 2 INSTRUMENTO DE PRESTAÇÃO DE GARANTIAS Pelo presente Instrumento de Prestação de Garantias

Leia mais

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO PARCELADO

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO PARCELADO CLÁUSULAS GERAIS que regem o Contrato de Abertura de Crédito Parcelado, tendo de um lado o BRB - BANCO DE BRASÍLIA S.A., com sede em Brasília, Capital Federal, inscrito no CNPJ/MF sob o número 00.000.208/0001-00,

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL RENOVADO

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL RENOVADO CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL RENOVADO Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Juscelino Kubitschek, 2041 São Paulo/SP, inscrito no

Leia mais

MODELO CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL FLEXÍVEL

MODELO CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL FLEXÍVEL CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL FLEXÍVEL Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Juscelino Kubitschek, 2.235 São Paulo/SP, inscrito no

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DA CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO OPERAÇÃO DE FINANCIAMENTO DE BENS OU DE EMPRÉSTIMO PESSOAL VERSÃO C2

CONDIÇÕES GERAIS DA CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO OPERAÇÃO DE FINANCIAMENTO DE BENS OU DE EMPRÉSTIMO PESSOAL VERSÃO C2 As Condições Gerais abaixo se aplicam a operação de financiamento de bens ou de empréstimo pessoal, contratada pelo Cliente junto ao Credor, sociedade integrante do Conglomerado Itaú Unibanco, ambos indicados

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL RENOVADO

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL RENOVADO CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL RENOVADO Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Juscelino Kubitschek, 2041 São Paulo/SP, inscrito no

Leia mais

GRAZZIOTIN FINANCIADORA S/A CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTOS CONTRATO DE FINANCIAMENTO

GRAZZIOTIN FINANCIADORA S/A CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTOS CONTRATO DE FINANCIAMENTO CONTRATO DE FINANCIAMENTO GRAZZIOTIN FINANCIADORA S/A- Crédito, Financiamento e Investimentos, instituição financeira com sede na cidade de Passo Fundo, Estado do Rio Grande do Sul, na rua Valentin Grazziotin,

Leia mais

Global Central de Documentação e Serviços Ltda. CPR: Cédula de Produto Rural

Global Central de Documentação e Serviços Ltda. CPR: Cédula de Produto Rural 2012 Global Central de Documentação e Serviços Ltda. CPR: Cédula de Produto Rural CPR: Cédula de Produto Rural CPR é um título cambial e declaratório com as seguintes características: É título líquido

Leia mais

1 - A MUTUANTE concede ao MUTUÁRIO um empréstimo no valor, prazo e demais condições indicadas no Termo de Requerimento de Mútuo.

1 - A MUTUANTE concede ao MUTUÁRIO um empréstimo no valor, prazo e demais condições indicadas no Termo de Requerimento de Mútuo. Folha 1 DE 6 Cláusulas e Condições Gerais do Contrato de Mútuo que entre si fazem a Fundação Vale do Rio Doce de Seguridade Social - VALIA e seus participantes na forma do seu Regulamento Básico. Fundação

Leia mais

Sumário Executivo 7 1 430

Sumário Executivo 7 1 430 43017 Sumário Executivo SUMÁRIO EXECUTIVO CARTÃO DE CRÉDITO BANDEIRA VISA INTERNACIONAL: Este documento contém as informações essenciais e resumidas relacionadas ao seu cartão extraídas das Condições Gerais

Leia mais

STJ00029248. 2.2 Principais tipos de depósito..."... "... 30

STJ00029248. 2.2 Principais tipos de depósito...... ... 30 STJ00029248 SUMÁRIO À GUISA DE EXPLICAÇÃO À 1." EDIÇÃO... 5 I. CRÉDITO BANCÁRIO 1.1 Atividade creditícia dos bancos..."... 15 1.2 Operações bancárias... 16 1.3 Contratos de crédito bancário... 18 1.4 Natureza

Leia mais

Contrato de Crédito Direto CAIXA - Pessoa Física

Contrato de Crédito Direto CAIXA - Pessoa Física CLÁUSULAS GERAIS CLÁUSULA PRIMEIRA - A CAIXA disponibiliza e o(s) CREDITADO(S) aceita(m) os valores de referência, sujeitos a confirmação até a data da efetivação da operação, observadas as normas operacionais

Leia mais

(ii) É necessária a estipulação de condições gerais para que a obtenção do crédito pelo CLIENTE se efetive de modo ágil e desburocratizado;

(ii) É necessária a estipulação de condições gerais para que a obtenção do crédito pelo CLIENTE se efetive de modo ágil e desburocratizado; HSBC Bank Brasil S.A. Banco Múltiplo, com sede na Cidade de Curitiba, Estado do Paraná, na Travessa Oliveira BeIlo, n 34, 4 andar, inscrito no CNPJ/MF sob o n. 01.701.201/0001-89 (doravante denominado

Leia mais

Regulamento. I Da Constituição Finalidades

Regulamento. I Da Constituição Finalidades Regulamento I Da Constituição Finalidades INSTITUTO EDUCACIONAL E TECNOLÓGICO DE QUIXADÁ, empresa jurídica de direito privado, com sede à Rua: Dr. Antônio Moreira Magalhães, 457, Jardim dos Monólitos,

Leia mais

STJ00085281 NOTA À 9." EDIÇÃO... OBRAS DO AUTOR... 1.2 Operações bancárias... 18. 1.4 Natureza dos contratos de crédito bancário...

STJ00085281 NOTA À 9. EDIÇÃO... OBRAS DO AUTOR... 1.2 Operações bancárias... 18. 1.4 Natureza dos contratos de crédito bancário... STJ00085281 SUMÁRIO NOTA À 9." EDIÇÃO.................. OBRAS DO AUTOR................... 5 7 1. CRÉDITO BANCÁRIO........ 17 1.1 Atividade creditícia dos bancos.............. 17 1.2 Operações bancárias..........................

Leia mais

Cláusulas Gerais do Contrato de GiroCAIXA Instantâneo Múltiplo Pessoa Jurídica

Cláusulas Gerais do Contrato de GiroCAIXA Instantâneo Múltiplo Pessoa Jurídica CLÁUSULA PRIMEIRA - A CAIXA concede à CREDITADA Limite(s) de Crédito na conta corrente de depósito informada no Contrato de Relacionamento, com destinação exclusiva ao suprimento das necessidades imediatas

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇOES CRÉDITO PESSOAL PREVENTIVO E CRÉDITO PESSOAL GERENCIADO

CLÁUSULAS E CONDIÇOES CRÉDITO PESSOAL PREVENTIVO E CRÉDITO PESSOAL GERENCIADO CLÁUSULAS E CONDIÇOES CRÉDITO PESSOAL PREVENTIVO E CRÉDITO PESSOAL GERENCIADO Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Juscelino Kubitschek, 2041,

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS APLICÁVEIS À PROPOSTA DE CONTRATAÇÃO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL MEDIANTE CONSIGNAÇÃO EM FOLHA DE PAGAMENTOS

CONDIÇÕES GERAIS APLICÁVEIS À PROPOSTA DE CONTRATAÇÃO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL MEDIANTE CONSIGNAÇÃO EM FOLHA DE PAGAMENTOS CONDIÇÕES GERAIS APLICÁVEIS À PROPOSTA DE CONTRATAÇÃO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL MEDIANTE CONSIGNAÇÃO EM FOLHA DE PAGAMENTOS As Condições Gerais aqui estabelecidas são parte integrante e indissociável da Proposta

Leia mais

CONTRATO DE UTILIZAÇÃO DO CARTÃO DE CRÉDITO ENY

CONTRATO DE UTILIZAÇÃO DO CARTÃO DE CRÉDITO ENY CONTRATO DE UTILIZAÇÃO DO CARTÃO DE CRÉDITO ENY I - CONTRATANTES EMITENTE: ENY COMÉRCIO DE CALÇADOS LTDA, sociedade empresária de direito privado, com sede e foro na cidade de Santa Maria - RS, na Rua

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO SANTANDER PARCELADO

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO SANTANDER PARCELADO CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO SANTANDER PARCELADO Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Juscelino Kubitscheck, 2041, São Paulo/SP, inscrito no CNPJ/MF

Leia mais

Ficha anexa para operação em bolsa e outros mercados regulamentados de valores mobiliários

Ficha anexa para operação em bolsa e outros mercados regulamentados de valores mobiliários Ficha anexa para operação em bolsa e outros mercados regulamentados de valores mobiliários Esta ficha complementa o cadastro do cliente na Credit Suisse (Brasil) S.A. CTVM ( Credit Suisse ) com informações

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL FLEXÍVEL

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL FLEXÍVEL CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL FLEXÍVEL Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Juscelino Kubitschek, 2041, São Paulo/SP, inscrito no

Leia mais

CONTRATO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO COM FINALIDADE ESPECÍFICA

CONTRATO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO COM FINALIDADE ESPECÍFICA CONTRATO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO COM FINALIDADE ESPECÍFICA CAIXA DE PREVIDÊNCIA DOS FUNCIONÁRIOS DO BANCO DO BRASIL, entidade fechada de previdência complementar, com sede na Praia de Botafogo, nº

Leia mais