INI São Paulo SETEMBRO 2008

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INI 2008. São Paulo SETEMBRO 2008"

Transcrição

1 INI 2008 São Paulo SETEMBRO

2 v i s ã o g e r a l 2

3 visão geral» Receita receita bruta de R$ 4,3 bilhões (2007)» Mercado Alvo CF&T fragâncias, maquiagem, cuidados com a pele e higiene pessoal» 22,1% de Market Share¹ no Brasil (2007)» Venda Direta single level 719 mil consultoras (2007)» Presença Internacional Argentina, Chile, Peru, México, Venezuela, Colômbia e França» Investimentos em P&D 3,4% da receita líquida (2007) (1) Mercado Alvo: Cuidados com a Pele, Protetor Solar, Maquilagem, Perfumes, Fragrâncias, Cuidados para o Cabelo, Creme de Barbear e Desodorantes. Não inclui Fraldas, Esmaltes para Unhas, Absorventes, Tinturas para Cabelos e Higiene Oral (2) Interbrand (2006)» Força da marca quarta marca brasileira mais valiosa entre as empresas listadas na Bovespa² 3

4 nosso espaço Espaço Natura Cajamar, no Estado de São Paulo. Um moderno centro de pesquisa, produção e logística. 4

5 70 s Início das operações: um pequeno laboratório e duas paixões: cosméticos e relações Escolha do canal de Venda Direta (1974) 80 s Forte crescimento baseado na expansão regional e no portfólio de produtos Início das operações no Chlie 90 s Compromisso com a Responsabilidade Sócio-Ambiental Início das operações na Argentina e no Peru Conselho de Administração Linha Ekos 00 s Espaço Natura em Cajamar IPO 5 Início das operações na França, México, Colômbia e Venezuela

6 g o v e r n a n ç a c o r p o r a t i v a 6

7 governança corporativa Compromisso com os mais elevados padrões de Governança Corporativa» listada no Novo Mercado da BOVESPA» 7 membros no Conselho de Administração - 3 independentes» Comitê de Governança Corporativa e Comitê de Auditoria» Princípio da Equidade:» 100% ações ordinárias» tag along» câmara de arbitragem» Transparência 7

8 n o s s o p o s i c i o n a m e n t o marca força de vendas inovação 8

9 m a r c a 9

10 nossas crenças nossa Razão de Ser é criar e comercializar produtos e serviços que promovam o bem-estar estar bem bem-estar estar bem é a relação empática, bem-sucedida, prazerosa do indivíduo com o outro, com a natureza da qual faz parte, com o todo é a relação harmoniosa, agradável do indivíduo consigo mesmo, com seu corpo 10

11 nossas crenças a vida é um encadeamento de relações nada no universo existe por si só tudo é interdependente a busca permanente do aperfeiçoamento é o que promove o desenvolvimento dos indivíduos, das organizações e da sociedade 11

12 nossas crenças o compromisso com a verdade é o caminho para a qualidade das relações quanto maior a diversidade das partes maior a riqueza e a vitalidade do todo a busca da beleza, legítimo anseio de todo ser humano, deve estar liberta de preconceitos e manipulações a empresa, organismo vivo, é um dinâmico conjunto de relações seu valor e longevidade estão ligados à sua capacidade de contribuir para a evolução da sociedade e seu desenvolvimento sustentável 12

13 reconhecimento da marca Em 2007, a marca Natura atingiu o maior reconhecimento na classificação mundial da avaliação dos consumidores no Brasil, e ainda é a marca preferida no nosso setor, com 42% preferência, contra 18% para a segunda marca melhor classificada. Natura 2006 Natura 2007 Avaliação Global 74% 83% Fonte: Ipsos Insight - Brasil 13

14 f o r ç a d e v e n d a s 14

15 canal > Número Total de Consultoras - consolidado 1 (em milhares) CAGR ( ) = 17,5% ,4% (1) Consultoras na Argentina, Brasil, Chile, Peru, México, Venezuela e Colômbia

16 canal > Turnover 1 (%) (1) Consultoras no Brasil: Número de consultoras que interromperam as atividades / média de consultoras

17 canal > Produtividade por consultora no Brasil Natura vs. Venda Direta (em R$ mil por média de consultora ativa em 2007) 1,6x 12,2 7,5 Venda Direta sem Natura Natura 17

18 i n o v a ç ã o 18

19 inovação biodiversidade brasileira e bem estar bem pesquisas para inovação de produtos 183 novos lançamentos em 2007 (índice de inovação 1 > 56,8%) Centros de P&D Cajamar, Paris, Benevides-PA Portfolio com 906 SKU s 2 36 submarcas (1) Índice de Inovação: Receita Bruta dos lançamentos do ano (produtos que foram lançados ou reformulados nos últimos 24 meses) / Receita Bruta Total do ano (2) Dado do 1T08 19

20 Categorias de Produtos Maquiagem Cuidados para o Rosto e Corpo Higiene Pessoal Óleos para o Corpo Fragrâncias Cabelos Protetores Solares Infantil 20

21 Ekos Biodiversidade brasileira e sustentabilidade 21

22 Chronos Mulher bonita de verdade 22

23 Amor América América Latina sem fronteiras 23

24 Natura Tododia Toda rotina tem sua beleza 24

25 Natura Mamãe e Bebê A importância do vínculo entre pais e filhos 25

26 Natura Naturé Estimulando as crianças a cuidarem da natureza 26

27 s u s t e n t a b i l i d a d e 27

28 sustentabilidade» Carbono Neutro: reduzir 33% das emissões de gases do efeito estufa de toda a cadeia produtiva nos próximos 5 anos» Álcool Orgânico: substituição do álcool comum pelo orgânico» Óleos Vegetais: substituição dos componentes animais e minerais» Tabela ambiental: são apresentados os impactos ambientais das embalagens dos produtos» Refil: as vendas de refis representaram participação de 21,7% em 2007 sobre o total das vendas 28

29 M e r c a d o C F & T 29

30 mercado CF&T US$ bilhões preços do varejo 51,3 > Brasil é o 3º maior mercado CF&T do mundo 30,5 22,2 14,5 9,9 7,1 6,6 4,7 3,7 USA Japão Brasil França Rússia México Coréia do Sul Índia Austrália Fonte: Euromonitor

31 mercado alvo¹ CF&T variação PIB mercado alvo cresc. real² ,7% 5,7% 1,1% 4,6% 5,7% 12,3% 3,2% 9,7% ,8% 9,9% ,4% 8,3% CAGR ( ) 3,7% 8,4% 2,3 x PIB Fontes: IBGE (novo cálculo GDP) e Sipatesp / Abhipec (1) Mercado Alvo: Cuidados com a Pele, Protetor Solar, Maquilagem, Perfumes, Fragrâncias, Cuidados para o cabelo, Creme de Barbear e Desodorantes. Não inclui Fraldas, Esmaltes para Unhas, Absorventes, Tinturas para Cabelos e Higiene Oral (2) Em termos reais, deflacionado pelo IPCA 31

32 mercado alvo¹ CF&T > Mercado Alvo CF&T por canal - Brasil Varejo 57% 57% 57% 54% 52% 52% Venda Direta 35% 37% 36% 40% 42% 41% Franquia 8% 6% 7% 6% 6% 6% Fonte: Sipatesp (1) Mercado Alvo: Cuidados com a Pele, Protetor Solar, Maquilagem, Perfumes, Fragrâncias, Cuidados para o cabelo, Creme de Barbear Desodorantes. Não inclui Fraldas, Esmaltes para Unhas, Absorventes, Tinturas para Cabelos e Higiene Oral 32

33 mercado alvo¹ CF&T > Principais companhias do mercado CF&T - Brasil Market share 2007 Natura 12,8 Unilever 10,9 Avon 8,3 Procter & Gamble 7,2 Colgate Palmolive 5,9 Boticário 5,2 L'Oréal 4,9 Johnson & Johnson 3,4 Beiersdorf AG 1,2 Fonte: Euromonitor

34 r e s u l t a d o s f i n a n c e i r o s 34

35 receita bruta > Receita Bruta Consolidada (R$ milhões) CAGR ( ) = 21,2% ,6%

36 EBITDA > EBITDA Consolidado (R$ milhões) CAGR ( ) = 28,7% ,3%

37 margem EBITDA > Margem EBITDA Consolidada (%) 24,4 24,7 23,7 22,2 22,8-0,9pp 20,

38 lucro líquido > Lucro Líquido (R$ milhões) CAGR ( ) = 15,5% ,3%

39 dividendos > Dividendos e juros sobre o capital (R$ milhões) Pay-out Lucro líquido 89% Fluxo de caixa livre 255% +15,5% Dividendos + JCP (líquido) por ação 2005 R$ 0, R$ 0, R$ 0,95 +12% +15%

40 p e r s p e c t i v a s

41 Brasil Investimentos Brasil : R$ 400 milhões» Inovação no modelo comercial, a fim de melhorar a relação com as consultoras e aumentar a produtividade;» Redução no número de produtos, concentrando esforços em lançamentos mais relevantes;» Maior e melhor investimento para melhorar a eficácia na comunicação e no Marketing;» Implantação de um processo de gestão de cultura para alcançar ganhos de produtividade;» Nova força à nossa cultura organizacional, investindo no desenvolvimento de lideranças alinhadas com os nossos valores 41

42 América Latina Plano de crescimento para os próximos 5 anos consolidação da LATAM aumento da eficiência e lucratividade equipe de gestão independente market share em % 5% market share 1 receita esperada em 2012 ~ US$500 milhões (1) Market share Natura previsto para o mercado CF&T na América Latina, excluindo o Brasil 42

43 novos mercados novas oportunidades cotton melhor planejamento estudo para a entrada nos EUA estrutura autônoma orçamento segregado consolidação na França modelo de venda direta construção da marca 43

44 44

45 This presentation contains forward-looking statements. Such statements are not statements of historical fact, and reflect the beliefs and expectations of the Matura's management. The words "anticipates, Esta apresentação wishes, contém expects, informações "estimates, futuras. Tais intends, informações "forecasts, não são apenas "plans, fatos "predicts, históricos, mas refletem os desejos e as expectativas da direção da Natura. As palavras "antecipa", "deseja", "projects, "targets" and similar words are intended to identify these statements, which "espera", "prevê", "pretende", "planeja", "prediz", "projeta", "almeja" e similares, pretendem necessarily involve known and unknown risks and uncertainties. Known risks and uncertainties identificar afirmações que, necessariamente, envolvem riscos conhecidos e desconhecidos. Riscos include, but are not limited to, the impact of competitive products and pricing, market acceptance conhecidos incluem incertezas, que não são limitadas ao impacto da competitividade dos preços e of produtos, products, aceitação product dos transitions produtos by no the mercado, Company transições and its de competitors, produto da regulatory Companhia approval, e seus currency competidores, fluctuations, aprovação production regulamentar, and supply moeda, difficulties, flutuação changes in da product moeda, sales dificuldades mix, and other de risks. fornecimento This presentation e produção also e mudanças includes pro-forma na venda information de produtos, prepared dentre by outros the Company riscos. Esta for apresentação também contém algumas informações pro forma, elaboradas pela Companhia a information and reference purposes only, which has not been audited. Forward-looking título exclusivo de informação e referência, portanto, são grandezas não auditadas. Esta statements speak only as of the date they are made, and the Company does not undertake any apresentação está atualizada até a presente data e a Natura não se obriga a atualizá-la mediante obligation to update them in light of new information or future developments. novas informações e/ou acontecimentos futuros. 45

terceiro trimestre de 2005

terceiro trimestre de 2005 apresentação institucional terceiro trimestre de 2005 1 1panorama da empresa 2 panorama da empresa Empresa de cosméticos, fragrâncias e higiene pessoal com receita bruta de R$2,5 bilhões no 2004 (9M05:

Leia mais

Resultados do 1T de abril de 2008

Resultados do 1T de abril de 2008 Resultados do 25 de abril de 2008 mercado alvo CF&T Brasil > Mercado Alvo 1 Receita Líquida (R$ bilhões, nominal) CAGR (2002-2007) = 15,5% 11,5 13,0 10,1 8,7 6,3 7,2 +13,1% 2002 2003 2004 2005 2006 2007

Leia mais

resultados 3T08 24 de outubro de 2008

resultados 3T08 24 de outubro de 2008 resultados 3T08 1 24 de outubro de 2008 mercado alvo CF&T - Brasil > Mercado Alvo 1 Receita Líquida (R$ bilhões, nominal) CAGR (2003-2007) = 15,9% 14 12 10 8 6 7,2 8,7 10,1 11,4 +13,2% 13,0 5,7 6,4 4 +12,0%

Leia mais

resultados 2T08 25 de julho de 2008

resultados 2T08 25 de julho de 2008 resultados 2T08 25 de julho de 2008 1 mercado alvo CF&T - Brasil > Mercado Alvo 1 Receita Líquida (R$ bilhões, nominal) CAGR (2003-2007) = 15,9% 14 13,0 12 10 8 7,2 8,7 10,1 11,4 +13,2% 6 4 3,6 4,1 2 +12,0%

Leia mais

resultados 3T09 23 de outubro de 2009

resultados 3T09 23 de outubro de 2009 resultados 3T09 23 de outubro de 2009 1 mercado alvo CF&T - Brasil > Mercado Alvo 1 Receita Líquida (R$ bilhões, nominal) CAGR (2004-2008) = 15,0% 16,0 15,2 14,0 13,0 12,0 11,5 10,0 8,0 8,7 10,1 +17,3%

Leia mais

Instituto Nacional de Investidores INI. Agosto 2006

Instituto Nacional de Investidores INI. Agosto 2006 Instituto Nacional de Investidores INI Agosto 2006 Agenda Introdução Estratégia Objetivos a médio prazo Finanças Natura Cosméticos S.A. Mercado alvo CF&T: perfumes, maquilagem, cuidados com a pele, cuidados

Leia mais

UNICAMP Fórum de Inovação. Natura Campus Inovação aberta. Sonia Tuccori. Gestão de Parcerias & Inovação Tecnológica

UNICAMP Fórum de Inovação. Natura Campus Inovação aberta. Sonia Tuccori. Gestão de Parcerias & Inovação Tecnológica UNICAMP Fórum de Inovação Natura Campus Inovação aberta Sonia Tuccori Gestão de Parcerias & Inovação Tecnológica agenda Natura história e estratégia de negócios Inovação em produtos e estratégia tecnológica

Leia mais

Resultados 3T10. Novembro, 2010 FLRY3

Resultados 3T10. Novembro, 2010 FLRY3 Resultados 3T10 FLRY3 A marca mais valiosa no setor de saúde Brasileiro A 6ª marca mais valiosa entre as empresas de serviços A 25ª marca mais valiosa no Brasil Millward Brand / BrandAnalytics A Empresa

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DOS RESULTADOS 4T11 & 2011

TELECONFERÊNCIA DOS RESULTADOS 4T11 & 2011 TELECONFERÊNCIA DOS RESULTADOS 4T11 & 2011 1 Ressalvas Sobre Declarações Futuras Esta apresentação contém informações futuras. Tais informações não são fatos históricos, mas refletem as metas e expectativas

Leia mais

APIMEC Natura. São Paulo, Brasil Março, 2010 Apresentação

APIMEC Natura. São Paulo, Brasil Março, 2010 Apresentação APIMEC Natura São Paulo, Brasil Março, 2010 Apresentação 1 Visão Geral Highlights Nossa História 2009 70 s 80 s 90 s 00 s Momento Atual 4.135 657 170 5 Um pequeno laboratório e duas paixões: os cosméticos

Leia mais

Resultados 2T12 FLRY 3. Agosto / 2012

Resultados 2T12 FLRY 3. Agosto / 2012 Resultados 2T12 FLRY 3 Agosto / 2012 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2012 Aviso Legal Esta apresentação pode conter informações sobre eventos futuros. Tais informações não seriam apenas fatos históricos,

Leia mais

CASOS DE SUCESSO ATIVOS INTANGÍVEIS

CASOS DE SUCESSO ATIVOS INTANGÍVEIS CASOS DE SUCESSO ATIVOS INTANGÍVEIS XIV REPICT SET 2011 Passiflora alata razão de ser nossa razão de ser é criar e comercializar produtos e serviços que promovam o bem estar / estar bem visão a Natura,

Leia mais

Conference Call 1Q03. Maio/03

Conference Call 1Q03. Maio/03 Conference Call 1Q03 1 1 Agenda Resultados do 1º Trimestre Perfil da Dívida Outlook Perguntas e Respostas 2 Bom dia a todos e bemvindos à nossa Teleconferência sobre os resultados do 1T02. A agenda de

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos HIGIENE PESSOAL ABRIL DE 2014

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos HIGIENE PESSOAL ABRIL DE 2014 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos HIGIENE PESSOAL ABRIL DE 2014 PRODUTOS HIGIENE PESSOAL 61% Sabonetes Higiene Oral Desodorantes Talcos Higiene Capilar Produtos para Barbear Fraldas

Leia mais

www.estacioparticipacoes.com/ri Global Services Conference Phoenix-AZ, 27 de fevereiro de 2008

www.estacioparticipacoes.com/ri Global Services Conference Phoenix-AZ, 27 de fevereiro de 2008 www.estacioparticipacoes.com/ri Global Services Conference Phoenix-AZ, 27 de fevereiro de 2008 0 1. Visão Geral Setor de Ensino Superior no Brasil Visão Geral Estratégia Empresarial Destaques Financeiros

Leia mais

Essência ) ) Identidade

Essência ) ) Identidade Realização: Apoio: Essência ) ) Identidade O conjunto da nossa Razão de Ser, Crenças, Visão e Missão da Marca. É a alma da Marca. Fonte de inspiração para o desenvolvimento dos colaboradores, para o gerenciamento

Leia mais

Ricardo Setubal Diretor de Relações com Investidores

Ricardo Setubal Diretor de Relações com Investidores Ricardo Setubal Diretor de Relações com Investidores Agenda Perfil da Empresa Investimentos Estratégicos Ações Desenvolvidas no Período Desempenho das Áreas Informações Financeiras Consolidadas Governança

Leia mais

Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos

Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos fundada em 1995 representa 94% do segmento de HPPC Missão: Apoiar, desenvolver, estimular e criar ações e instrumentos que contribuam para o progresso do segmento

Leia mais

Gestão por Processos como opção estratégica que alicerça o crescimento internacional

Gestão por Processos como opção estratégica que alicerça o crescimento internacional Gestão por como opção estratégica que alicerça o crescimento internacional Ester Umeki Gerente Sistemas de Gestão Internacional São Paulo, 1 de Fevereiro de 2012 ESSÊNCIA NATURA NATURA TODODIA AMÓ MAMÃE

Leia mais

Estruturando e Gerando Atividades de P&D nas Empresas

Estruturando e Gerando Atividades de P&D nas Empresas Estruturando e Gerando Atividades de P&D nas Empresas Um rápido olhar no retrovisor A empresa A Empresa nasceu em março de 1977, como uma farmácia de manipulação, no centro de Curitiba. Durante seus 30

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2015 Magazine Luiza Destaques do Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Luizacred Lucro Líquido Ganhos de market share, principalmente em tecnologia Receita

Leia mais

Divulgação de Resultados do 2T10. 4 de agosto de 2010

Divulgação de Resultados do 2T10. 4 de agosto de 2010 Divulgação de Resultados do 4 de agosto de 2010 Aviso Importante Esse material pode conter previsões de eventos futuros.tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia, e envolve

Leia mais

Metals & Mining and Pulp & Paper Credit Suisse Conference

Metals & Mining and Pulp & Paper Credit Suisse Conference Metals & Mining and Pulp & Paper Credit Suisse Conference Aviso Geral Algumas afirmações nesta apresentação podem ser projeções ou afirmações sobre expectativas futuras. Tais afirmações estão sujeitas

Leia mais

Natura. bem estar bem. Santander. 13a. Conferência Setembro 2012 l Guarujá

Natura. bem estar bem. Santander. 13a. Conferência Setembro 2012 l Guarujá Santander 13a. Conferência Setembro 2012 l Guarujá Natura bem estar bem RAZÃO DE SER Nossa razão de ser é criar e comercializar produtos e serviços que promovam o bem-estar / estar bem BEM ESTAR é a relação

Leia mais

APRESENTAÇÃO APIMEC. Março de 2015. Copyright Cielo Todos os direitos reservados

APRESENTAÇÃO APIMEC. Março de 2015. Copyright Cielo Todos os direitos reservados APRESENTAÇÃO APIMEC Março de 2015 Copyright Cielo Todos os direitos reservados A COMPANHIA FAZ DECLARAÇÕES SOBRE EVENTOS FUTUROS QUE ESTÃO SUJEITAS A RISCOS E INCERTEZAS Tais declarações têm como base

Leia mais

PANORAMA DO SETOR. Evolução do setor 2. Crescimento do setor x crescimento da economia 3. Comparativo de índices de preços 4. Comércio Exterior 5

PANORAMA DO SETOR. Evolução do setor 2. Crescimento do setor x crescimento da economia 3. Comparativo de índices de preços 4. Comércio Exterior 5 PANORAMA DO SETOR Evolução do setor 2 Crescimento do setor x crescimento da economia 3 Comparativo de índices de preços 4 Comércio Exterior 5 Perfil Empresarial 8 Mercado Brasileiro 11 Canais de distribuição

Leia mais

PANORAMA DO SETOR EVOLUÇÃO

PANORAMA DO SETOR EVOLUÇÃO EVOLUÇÃO A Indústria Brasileira de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos apresentou um crescimento médio deflacionado composto de 10% nos últimos 16 anos, tendo passado de um faturamento "ExFactory",

Leia mais

Crescimento de 11,2% na. Receita Líquida. Controladora R$ 2,2 bi. +11,2% Consolidado R$ 4,0 bi. +10,5% Crescimento de 18,5% no EBITDA

Crescimento de 11,2% na. Receita Líquida. Controladora R$ 2,2 bi. +11,2% Consolidado R$ 4,0 bi. +10,5% Crescimento de 18,5% no EBITDA Resultados 3T15 GMV Receita Líquida Crescimento SSS GMV alcançou R$ 4,9 bilhões Crescimento de 11,2% na Receita Líquida Receita Líquida mesmas lojas de 9% no Trimestre Controladora R$ 2,2 bi. +11,2% Consolidado

Leia mais

receita líquida consolidado R$ milhões CAGR = 12,0% +10,5 % +15,2 % Receita Líquida T13 1T14

receita líquida consolidado R$ milhões CAGR = 12,0% +10,5 % +15,2 % Receita Líquida T13 1T14 receita líquida RESULTADOS 1T14 # 2 consolidado R$ milhões CAGR 11 13 = 12,0% +10,5 % 5.591 6.346 7.010 +15,2 % 1.351 1.556 Receita Líquida ebitda e margem RESULTADOS 1T14 # 3 consolidado R$ milhões CAGR

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Março de 205 Sumário A VIA VAREJO EM RESUMO B POSICIONAMENTO DA VIA VAREJO C DESTAQUES DO 4T4 2 Sumário A VIA VAREJO EM RESUMO B POSICIONAMENTO DA VIA VAREJO C DESTAQUES DO 4T4

Leia mais

Relatório com os lançamentos mundiais de Embalagem em 2011

Relatório com os lançamentos mundiais de Embalagem em 2011 Relatório com os lançamentos mundiais de Embalagem em 2011 Mundo janeiro a dezembro de 2011 Pesquisa feita com base numa amostra de 257.496 embalagens lançadas no ano de 2011. No mesmo período, no ano

Leia mais

SPRINGS GLOBAL INVESTOR DAY 12 de novembro de 2014

SPRINGS GLOBAL INVESTOR DAY 12 de novembro de 2014 SPRINGS GLOBAL INVESTOR DAY 12 de novembro de 2014 1 DISCLAIMER Esta apresentação pode incluir declarações que representam expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação

Leia mais

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010 Apresentação da Companhia Setembro de 2010 Comprovada capacidade de execução Visão geral da Inpar Empreendimentos por segmento (1) Modelo de negócios integrado (incorporação, construção e venda) Comercial

Leia mais

Apresentação Corporativa. Novembro de 2010

Apresentação Corporativa. Novembro de 2010 Apresentação Corporativa Novembro de 2010 Estácio: Breve Histórico Crescimento orgânico Consolidação para liderança nacional IPO Companhia listada Turn around e preparação para o crescimento futuro # de

Leia mais

4 Estudo de Caso: Natura Cosméticos S.A.

4 Estudo de Caso: Natura Cosméticos S.A. 4 Estudo de Caso: Natura Cosméticos S.A. 4.1 Panorama da Empresa Introdução A Natura é a maior companhia de cosméticos de capital brasileiro, ostentando um resultado de R$ 1.910 milhões em termos de receita

Leia mais

1. O Brasil vive um momento de transformação no padrão do consumo. 3. Produtos de Limpeza e Higiene & Beleza têm enorme potencial

1. O Brasil vive um momento de transformação no padrão do consumo. 3. Produtos de Limpeza e Higiene & Beleza têm enorme potencial PRINCIPAIS MESSAGENS 1. O Brasil vive um momento de transformação no padrão do consumo 2. Temos indicadores demográficos e socio econômicos para ser otimistas nesta década 3. Produtos de Limpeza e Higiene

Leia mais

Comentário de Desempenho. Introdução

Comentário de Desempenho. Introdução São Paulo, 23 de julho de 2014 A Natura Cosméticos S.A. (BM&FBOVESPA: NATU3) anuncia hoje os resultados do segundo trimestre de 2014 (). As informações financeiras e operacionais a seguir, exceto onde

Leia mais

Expomoney São Paulo. Setembro de 2012

Expomoney São Paulo. Setembro de 2012 Expomoney São Paulo Setembro de 2012 Contax Visão Geral Contact Center Brasil Resultados Financeiros Contax Visão Geral GRUPO CONTAX Principais serviços: Atendimento, Cobrança, Televendas, Retenção, Trade

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T05

Apresentação de Resultados 3T05 Apresentação de Resultados 3T05 Destaques Crescimento do Lucro Líquido foi de 316% no Terceiro Trimestre Crescimento da Receita no 3T05 A receita bruta foi maior em 71% (3T05x3T04) e 63% (9M05x9M04) Base

Leia mais

PANORAMA DO SETOR EVOLUÇÃO

PANORAMA DO SETOR EVOLUÇÃO EVOLUÇÃO A Indústria Brasileira de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos apresentou um crescimento médio deflacionado composto de 10% nos últimos 16 anos, tendo passado de um faturamento "ExFactory",

Leia mais

Panorama do setor de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos

Panorama do setor de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos Panorama do setor de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos Página 1 Evolução A Indústria Brasileira de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos apresentou um crescimento médio deflacionado composto

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012 Apresentação de Resultados 2T12 10 de agosto de 2012 Aviso Legal Esta apresentação contém certas declarações futuras e informações relacionadas à Companhia que refletem as visões atuais e/ou expectativas

Leia mais

APIMEC 1T10. 27 de maio 2010

APIMEC 1T10. 27 de maio 2010 APIMEC 1T10 27 de maio 2010 Aviso Importante O material que segue é uma apresentação de informações gerais de Multiplus S.A. ( Multiplus" ou "Companhia") na data desta apresentação. Este material foi preparado

Leia mais

INOVAÇÃO como DIFERENCIAL ESTRATÉGICO

INOVAÇÃO como DIFERENCIAL ESTRATÉGICO INOVAÇÃO como DIFERENCIAL ESTRATÉGICO Março/2010 A empresa A Empresa nasceu em março de 1977, como uma farmácia de manipulação, no centro de Curitiba. Durante seus 32 anos, evoluiu por diferentes cenários,

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2T15 31 de julho de 2015 Magazine Luiza Destaques do 2T15 Vendas E-commerce Ganho consistente de participação de mercado Redução na receita líquida de 10,1% para R$2,1 bilhões

Leia mais

Sexta-feira 14.05.2010 Divulgação do Resultado do Primeiro Trimestre de 2010

Sexta-feira 14.05.2010 Divulgação do Resultado do Primeiro Trimestre de 2010 Press Release 9 Bovespa: BRSR3, BRSR5, BRSR6 Este Press Release pode conter informações sobre eventos futuros. Tais informações não seriam apenas fatos históricos, mas refletiriam os desejos e as expectativas

Leia mais

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas CICLO APIMEC 2010 Índice RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas 3 RS no Brasil DADOS DEMOGRÁFICOS RS BRASIL População

Leia mais

Lloyd s no brasil. 2 anos após a abertura do mercado de resseguros MARCO ANTONIO DE SIMAS CASTRO

Lloyd s no brasil. 2 anos após a abertura do mercado de resseguros MARCO ANTONIO DE SIMAS CASTRO Lloyd s no brasil 2 anos após a abertura do mercado de resseguros MARCO ANTONIO DE SIMAS CASTRO July 2010 Lloyd s no Brasil abril 2008: O Lloyd s foi o primeiro ressegurador a receber a licença da SUSEP,

Leia mais

Conference Call Resultados 2011 19 de março de 2012 17h00

Conference Call Resultados 2011 19 de março de 2012 17h00 Conference Call Resultados 2011 19 de março de 2012 17h00 Márcio Utsch 2 4T11 Preço e mix alavancam a Receita Volume de Vendas Consolidado Calçados, Vestuário e Acessórios (milhões de unidades) Receita

Leia mais

A indústria brasileira de cosméticos e higiene pessoal:

A indústria brasileira de cosméticos e higiene pessoal: Cosméticos & Higiene Pessoal Série de Estudos de Mercado INTELLIGENT INSIGHTS A indústria brasileira de cosméticos e higiene pessoal: Análise do mercado 2003-08 1ª Edição Publicado no segundo trimestre

Leia mais

ALESSANDRA BARROS MARASSI. Gestão de Marcas MBA em Marketing

ALESSANDRA BARROS MARASSI. Gestão de Marcas MBA em Marketing Gestão de Marcas MBA em Marketing ALESSANDRA BARROS MARASSI AGENDA A MARCA AVALIADA O VALOR DA MARCA LEALDADE DA MARCA QUALIDADE PERCEBIDA ASSOCIAÇÕES E CONSCIÊNCIA DA MARCA CONCLUSÃO REFERÊNCIAS AGENDA

Leia mais

Reunião Pública com Analistas Abril, 2009

Reunião Pública com Analistas Abril, 2009 Reunião Pública com Analistas Abril, 2009 Profarma Overview Profarma: Overview da Companhia Desde 1961, a Profarma distribui produtos farmacêuticos, higiene pessoal e cosméticos para farmácias e hospitais

Leia mais

NATURA S DAY Cajamar Dez09

NATURA S DAY Cajamar Dez09 NATURA S DAY Cajamar Dez09 Bem estar bem Natura Proposta de Valor Diferenciada canal produtos marca comportamento empresarial Entrega de Triple Bottom Line Cadeia de Processos Próximo Anos Diferencial

Leia mais

Expo Money São Paulo. Setembro, 2013

Expo Money São Paulo. Setembro, 2013 Expo Money São Paulo Setembro, 2013 1 Perfil da AES Tietê 12 usinas hidrelétricas em São Paulo Contrato de concessão de 30 anos válido até 2029 Capacidade instalada de 2.658 MW, com garantia física 1

Leia mais

Resultados 1T15. 08 de maio de 2015

Resultados 1T15. 08 de maio de 2015 Resultados 1T15 08 de maio de 2015 2 Principais destaques do 1T15 Crescimento da receita líquida de 23%, sendo de 2 dígitos em todas unidades de negócio no comparativo ano vs. ano, favorecidas por 83%

Leia mais

AVALIAÇÃO DE EMPRESAS: O CASO NATURA

AVALIAÇÃO DE EMPRESAS: O CASO NATURA AVALIAÇÃO DE EMPRESAS: O CASO NATURA Aluno: Bruno C. Mariano Resende Orientador: Marcelo Cunha Medeiros Introdução A negociação de ativos financeiros e reais envolvem alguma estimativa do retorno financeiro

Leia mais

Resultados 3T12 FLRY 3. Novembro, 2012

Resultados 3T12 FLRY 3. Novembro, 2012 Resultados 3T12 FLRY 3 Novembro, 2012 ALL RIGHTS RESERVED 2012 Aviso Legal Esta apresentação pode conter informações sobre eventos futuros. Tais informações não seriam apenas fatos históricos, mas refletiriam

Leia mais

Disclaimer. www.fras-le.com

Disclaimer. www.fras-le.com 1 Disclaimer Esta apresentação contém informações futuras. Tais informações não são fatos históricos, mas refletem as metas e expectativas da direção da Companhia. As palavras antecipa, deseja, espera,

Leia mais

3T13 Divulgação de Resultados 8 de novembro de 2013

3T13 Divulgação de Resultados 8 de novembro de 2013 3T13 Divulgação de Resultados 8 de novembro de 2013 2 Aviso importante Esse material pode conter previsões de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia,

Leia mais

Commodities Agrícolas - Market Share por Porto

Commodities Agrícolas - Market Share por Porto 1 Destaques 2009 OvolumedaALLnoBrasilcresceu5,8%em2009para35.631bilhõesdeTKU,apesardo difícil cenário de mercado, com forte queda na produção industrial e redução de 12% na produção de produtos agrícolas

Leia mais

Reunião Pública. Gilsomar Maia Diretor de Finanças Corporativas

Reunião Pública. Gilsomar Maia Diretor de Finanças Corporativas Reunião Pública Gilsomar Maia Diretor de Finanças Corporativas Receita Bruta (R$ Milhões) e Margem EBITDA (%) ¹ Visão Geral da Companhia - Trajetória História Fundação Fortalecimento DNA Liderança 1.557

Leia mais

Apresentação Investidores

Apresentação Investidores Apresentação Investidores Setembro de 2010 Aviso Importante Esse material pode conter previsões de eventos futuros.tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia, e envolve

Leia mais

Apresentação d t ã de Resultados 3T07

Apresentação d t ã de Resultados 3T07 A t ã d Apresentação de Resultados 3T07 Agenda Eventos Recentes Destaques Estratégicos Destaques Financeiros Resultados Financeiros Guidance 2007 Guidance 2008 2 RESULTADOS 3T07 Os resultados referentes

Leia mais

BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO

BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO Teleconferência e Webcast de Resultados Sexta-feira, 5 de novembro de 2010 Horário: 12:00 p.m. (Brasil) 10:00 a.m. (US EDT) Telefone: +55 (11) 4688.6361 Código:

Leia mais

Como competir com produtos inovadores no Brasil até 2010? Patrice Zagamé Presidente Novartis Brasil 18 de agosto, 2005

Como competir com produtos inovadores no Brasil até 2010? Patrice Zagamé Presidente Novartis Brasil 18 de agosto, 2005 Como competir com produtos inovadores no Brasil até 2010? Patrice Zagamé Presidente Novartis Brasil 18 de agosto, 2005 O que é um produto inovador? Dois caminhos para oferecer melhores medicamentos aos

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14 27 de fevereiro de 2015 Magazine Luiza Destaques 2014 Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Ajustado Luizacred Lucro Líquido Ajustado Crescimento da receita

Leia mais

Apimec Florianópolis. Dezembro 2013

Apimec Florianópolis. Dezembro 2013 Apimec Florianópolis Dezembro 2013 Exoneração de Responsabilidades Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer forma, para a subscrição ou compra de ações ou qualquer outro

Leia mais

LOJAS AMERICANAS S.A. Janeiro de 2008

LOJAS AMERICANAS S.A. Janeiro de 2008 LOJAS AMERICANAS S.A. Janeiro de 2008 1. Visão Geral da Companhia A Companhia R$ 5,143 bilhões de Receita Bruta Consolidada até Setembro de 2007 Market Cap de R$ 10,2 bilhões 18/01/2007 Margem EBITDA Consolidada

Leia mais

Produtos de Higiene Pessoal Masculina - Brasil - Setembro 2014. COMPRE ESTE Relatório agora

Produtos de Higiene Pessoal Masculina - Brasil - Setembro 2014. COMPRE ESTE Relatório agora O homem brasileiro aprendeu a conciliar um estilo de vida agitado com a rotina de compra de produtos de cuidado pessoal. A pressão da vida moderna não o impede de comprar estes produtos, muito pelo contrário.

Leia mais

Divulgação dos Resultados 1T08. 08 de Maio de 2008

Divulgação dos Resultados 1T08. 08 de Maio de 2008 1 Divulgação dos Resultados 1T08 08 de Maio de 2008 Divulgação dos Resultados Aviso 2 Apresentaremos, a seguir, informações gerais e resumidas relacionadas às atividades desempenhadas pela TOTVS até a

Leia mais

Apresentação para Investidores. Março, 2009

Apresentação para Investidores. Março, 2009 Apresentação para Investidores Março, 2009 1 Filosofia Gerdau VISÃO Ser uma empresa siderúrgica global, entre as mais rentáveis do setor. MISSÃO O Grupo Gerdau é uma empresa com foco em siderurgia, que

Leia mais

Apresentação Investidores

Apresentação Investidores Apresentação Investidores Abril de 2011 Aviso Importante Esse material pode conter previsões de eventos futuros.tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia, e envolve riscos

Leia mais

receita líquida consolidado R$ milhões CAGR = 8,0% +5,7 % +0,8 % Receita Líquida RESULTADOS 4T14 # 2

receita líquida consolidado R$ milhões CAGR = 8,0% +5,7 % +0,8 % Receita Líquida RESULTADOS 4T14 # 2 receita líquida RESULTADOS 4T14 # 2 consolidado R$ milhões CAGR 12 14 = 8,0% +5,7 % +0,8 % Receita Líquida ebitda e margem RESULTADOS 4T14 # 3 consolidado R$ milhões CAGR 12 14= 1,4% -3,4 % -8,8 % (%)

Leia mais

Comentário de Desempenho

Comentário de Desempenho São Paulo, 22 de julho de 2015 A Natura Cosméticos S.A. (BM&FBOVESPA: NATU3) anuncia hoje os resultados do segundo trimestre de 2015 (). As informações financeiras e operacionais a seguir, exceto onde

Leia mais

RELATÓRIO DE ADMINISTRAÇÃO NATURA 2013 APRESENTAÇÃO

RELATÓRIO DE ADMINISTRAÇÃO NATURA 2013 APRESENTAÇÃO RELATÓRIO DE ADMINISTRAÇÃO NATURA 2013 APRESENTAÇÃO O Relatório de Administração 2013 é a primeira publicação da Natura que segue as diretrizes do International Integrated Reporting Council (IIRC), organização

Leia mais

Edição 2011 Fabio da Silva Gomes Gerente de Atendimento The Nielsen Company - Brasil

Edição 2011 Fabio da Silva Gomes Gerente de Atendimento The Nielsen Company - Brasil Edição 2011 Fabio da Silva Gomes Gerente de Atendimento The Nielsen Company - Brasil Agenda Objetivo Considerações gerais do estudo Panorama geral da demanda no país Contextualizando a atuação das marcas

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T14 8 de maio de 2014

Teleconferência de Resultados 1T14 8 de maio de 2014 Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2014 Destaques do Expressivo crescimento em vendas mesmas lojas (25,4%) com rentabilidade Crescimento da receita líquida total: 28,5% versus 1T13 R$2,3 bilhões

Leia mais

Divulgação Resultados 1T09

Divulgação Resultados 1T09 Divulgação Resultados 1T09 Introdução 1. Principal negócio (fabricação e distribuição de produtos para a saúde) tem se mostrado resiliente 2. Mudanças na Diretoria Renúncia Antonio Godoy e desligamento

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T11. 1º de Março de 2012

Apresentação de Resultados 4T11. 1º de Março de 2012 Apresentação de Resultados 4T11 1º de Março de 2012 Contax Visão Geral GRUPO CONTAX Operação em 4 países: Brasil, Colômbia, Argentina e Peru Líder na América Latina em serviços de relacionamento com consumidores

Leia mais

O volume em TKU aumentou 2,1% no 1T07 para 6.932 milhões de TKU, enquanto a receita caiu 0,7% para R$488,1 milhões no 1T07

O volume em TKU aumentou 2,1% no 1T07 para 6.932 milhões de TKU, enquanto a receita caiu 0,7% para R$488,1 milhões no 1T07 1 estaques do 1T07 O EBITDAR consolidado aumentou 60,9% no 1T07, atingindo R$195,3 milhões e a margem de EBITDAR cresceu 17,4 pontos, de 28,2% para 45,6%. O resultado líquido aumentou R$64 milhões no 1T07

Leia mais

Transcrição do Conference Call em 23/02/06 Quarto Trimestre de 2005 e Exercício de 2005

Transcrição do Conference Call em 23/02/06 Quarto Trimestre de 2005 e Exercício de 2005 Transcrição do Conference Call em 23/02/06 Quarto Trimestre de 2005 e Exercício de 2005 SLIDE 1 - CAPA Bom dia! Vamos dar início à nossa teleconferência sobre os resultados do quarto trimestre e do exercício

Leia mais

Receita líquida (em R$ MM milhões) 2013 7.010,3. + 13% a.a. Receita líquida OIs 1 (em R$ MM por ação) 2013 1.130,1 2009 4.242,1. + 40% a.a.

Receita líquida (em R$ MM milhões) 2013 7.010,3. + 13% a.a. Receita líquida OIs 1 (em R$ MM por ação) 2013 1.130,1 2009 4.242,1. + 40% a.a. 04 // PERFIL PERFIL quem somos A Natura Fundada em 1969, a Natura é a maior empresa do Brasil no setor de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos e tem sua trajetória construída por meio da cultura de

Leia mais

Plano de Sustentabilidade da Unilever

Plano de Sustentabilidade da Unilever Unilever Plano de Sustentabilidade da Unilever Eixo temático Governança Principal objetivo da prática Para a Unilever, o crescimento sustentável e lucrativo requer os mais altos padrões de comportamento

Leia mais

O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Banda Larga Fixa

O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Banda Larga Fixa O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Banda Larga Fixa São Paulo, Agosto de 2014 2014 Teleco. Todos os direitos reservados. ÍNDICE

Leia mais

Anúncio de Reestruturação Financeira

Anúncio de Reestruturação Financeira Anúncio de Reestruturação Financeira 1 Considerações Futuras Algumas informações sobre o Plano de Reestruturação Financeira da Companhia apresentam nossas expectativas sobre o resultado que poderemos obter

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 3T14

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 3T14 TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 3T14 RESULTADOS FINANCEIROS CONSOLIDADOS (R$ MILHÕES) 3T13 3T14 Var.% 9M13 9M14 Var.% RECEITA LÍQUIDA 315,8 342,8 8,5% 858,4 937,5 9,2% EBITDA AJUSTADO¹ 67,1 78,3 16,7% 157,5

Leia mais

Melhores práticas. Cada vez mais cientes das

Melhores práticas. Cada vez mais cientes das Número de empresas brasileiras que procuram se aprimorar em governança corporativa aumentou na última edição do estudo Melhores práticas Estudo aponta que as empresas investem mais no aprimoramento dos

Leia mais

Relatório de Administração 2014. Mensagem dos Fundadores. Compromisso com a Vida

Relatório de Administração 2014. Mensagem dos Fundadores. Compromisso com a Vida Natura Relatório de Administração 2014 Mensagem dos Fundadores Compromisso com a Vida A água de São Paulo está no fim. Paulo Nogueira Neto, professor de Ecologia da USP e, à época, titular da Secretaria

Leia mais

Reunião Pública Anual. 19 de dezembro de 2013

Reunião Pública Anual. 19 de dezembro de 2013 Reunião Pública Anual 19 de dezembro de 2013 2 Aviso importante Esse material pode conter previsões de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia, e envolve

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15 TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15 RESULTADOS FINANCEIROS CONSOLIDADOS RECEITA LÍQUIDA 300,1 361,1 20,3% EBITDA AJUSTADO 56,5 68,7 21,6% MARGEM EBITDA AJUSTADO 1 17,9% 18,4% 0,5 p.p. LUCRO LÍQUIDO AJUSTADO

Leia mais

ACREDITE: VOCÊ PODE SER UM FRANQUEADO MAHOGANY.

ACREDITE: VOCÊ PODE SER UM FRANQUEADO MAHOGANY. FRANQUIAS ACREDITE: VOCÊ PODE SER UM FRANQUEADO MAHOGANY. significado/ Tradução de Mogno - é uma ÁRVORE NOBRE da região amazônica, de raiz profunda, tronco reto e sem falhas. Sob luz intensa, atinge grandes

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T11 17 de Maio de 2011

Apresentação de Resultados 1T11 17 de Maio de 2011 Apresentação de Resultados 1T11 17 de Maio de 2011 Relações com Investidores Agenda 1. Destaques 2. Evolução das Receitas e Custos Hardware Software Serviços 3. Despesas e Margens 4. Investimentos e Caixa

Leia mais

B2W Companhia Global do Varejo Divulgação de Resultados - 3T12

B2W Companhia Global do Varejo Divulgação de Resultados - 3T12 B2W Companhia Global do Varejo Divulgação de Resultados - 3T12 TELECONFERÊNCIA 3T12 Quarta-feira, 14 de novembro de 2012 Horário: 13:00 p.m. (Brasil) - 10:00 a.m. (US EST) Telefone: +55 (11) 4688.6361

Leia mais

Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA 1T13. Abril 2013

Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA 1T13. Abril 2013 Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA Abril 2013 1T13 Estratégia RESIDENCIAL Convergência de serviços com crescimento de Banda Larga e TV Paga MOBILIDADE PESSOAL Crescimento do pós e rentabilização

Leia mais

Teleconferência Resultados 3T10

Teleconferência Resultados 3T10 Teleconferência Resultados 3T10 Sexta-feira, 5 de Novembro de 2010 Horário: 14:00 (horário de Brasília) 12:00 (horário US EDT) Tel: + 55 (11) 4688-6361 Código: LASA Replay: + 55 (11) 4688-6312 Código:

Leia mais

Roteiro de Desenvolvimento de Produtos Cosméticos

Roteiro de Desenvolvimento de Produtos Cosméticos Roteiro de Desenvolvimento de Produtos Cosméticos Etapas de Desenvolvimento de Produtos Cosméticos SEGMENTO COSMÉTICO SEGMENTO COSMÉTICO Características Dinâmico Crescimento constante Necessidade de lançamentos

Leia mais

Tele Celular Sul. Apresentação dos Resultados do 1º Trimestre/2002

Tele Celular Sul. Apresentação dos Resultados do 1º Trimestre/2002 Tele Celular Sul Apresentação dos Resultados do 1º Trimestre/2002 8 de Maio, 2002 Agenda Estratégia Operacional Realizações no 1º Trimestre/2002 Estratégia Operacional Ações para 2002 Capacidade do CRM

Leia mais

Natura s Day 2010. Finanças. Roberto Pedote Vice Presidente de Finanças, TI e Jurídico

Natura s Day 2010. Finanças. Roberto Pedote Vice Presidente de Finanças, TI e Jurídico Natura s Day 2010 Finanças Roberto Pedote Vice Presidente de Finanças, TI e Jurídico Agenda Agenda do Dia Proposta de Valor Cadeia de Processos Resultados 2 Agenda do Dia 3 Agenda Início Duração Tema Resp.

Leia mais

Apresentação dos Resultados do 1T07

Apresentação dos Resultados do 1T07 Apresentação dos Resultados do 1T07 As afirmações contidas neste documento relacionadas a perspectivas sobre os negócios, projeções sobre resultados operacionais e financeiros e aquelas relacionadas a

Leia mais

www.telemar.com.br/ri Maio - 2004

www.telemar.com.br/ri Maio - 2004 Apresentação Corporativa Maio - 2004 Apresentação Telemar - Agenda 1. Destaques 2003/2004 1 2. Estratégia de Crescimento 3 3. Revisão do Resultado Operacional 12 4. Resultados Financeiros 20 1 Destaques

Leia mais