DEPARTAMENTO DE POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 1, DE 4 DE JANEIRO DE 2002 Regulamenta a aplicação da prova de capacidade física no

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DEPARTAMENTO DE POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 1, DE 4 DE JANEIRO DE 2002 Regulamenta a aplicação da prova de capacidade física no"

Transcrição

1 DEPARTAMENTO DE POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 1, DE 4 DE JANEIRO DE 2002 Regulamenta a aplicação da prova de capacidade física no processo seletivo para o cargo de Policial Rodoviário Federal. O DIRETOR-GERAL DO DEPARTAMENTO DE POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL DO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA, no uso de suas atribuições legais, tendo em vista o disposto no art. 3º e 4º, da Portaria do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão nº 242, de 26 de outubro de 2001, publicada no DOU de 19/10/01, e considerando a importância da conduta irrepreensível e idoneidade moral inatacável dos candidatos a carreira de Policial Rodoviário Federal, a que se refere a Lei nº 9.654, de 02 de junho de 1998, publicada no DOU de 03/06/98, resolve: 1 - Baixar esta Instrução Normativa com a finalidade de estabelecer os critérios e regular a aplicação da Prova de Capacidade Física, instituindo as seguintes regras: 2 - Os candidatos convocados nos termos do edital respectivo, deverão submeter-se à Prova de Capacidade Física, dentro dos padrões estabelecidos no 4º deste artigo, tendo em vista a capacidade mínima necessária para suportar, física e organicamente, as exigências do Curso de Formação Profissional, bem como o desempenho eficiente das funções policiais O candidato deverá apresentar, para submeter-se à Prova de Capacidade Física, atestado médico específico que o habilite para a realização dos testes previstos nesta IN Os casos de alteração psicológica e/ou fisiológica temporários (estados menstruais, indisposições, cãibras, luxações, fraturas, etc.) que impossibilitem a realização das provas ou diminuam a capacidade física dos candidatos não serão levados em consideração, não sendo concedido qualquer tratamento privilegiado A Prova de Capacidade Física consistirá em submeter os candidatos a 03 (três) testes, conforme tabela a seguir, sendo todos de caráter eliminatório, devendo o(a) candidato(a) atingir a performance mínima em cada um, para ser considerado APTO:

2 TABELA DE AVALIAÇÃO TESTE PERFORMANCE MÍNIMA MASCULINO FEMININO Em Barra Fixa 03 (três) flexões completas 10 (dez) segundos em suspensão Em Flexão Abdominal 30 flexões 25 flexões Corrida com duração de 12 minutos metros metros I - a Prova de Capacidade Física obedecerá à ordem prevista na tabela acima, aplicando-se os testes de forma subseqüente, com intervalo mínimo de 10(dez) minutos entre um teste e outro; II - o candidato que, por qualquer forma ou meio, submeter-se à Prova de Capacidade Física desobedecendo ao constante do 1º, terá seu resultado anulado e assumirá a responsabilidade pelas conseqüências decorrentes do esforço realizado; III - o candidato será considerado APTO na Prova de Capacidade Física se, submetido a todos os testes, atingir a performance mínima estabelecida para cada um, conforme previsto na tabela de avaliação. 3 - DAS ESPECIFICAÇÕES DOS TESTES DO TESTE EM BARRA FIXA

3 Do teste masculino Da metodologia I - posição inicial: o candidato deverá dependurar-se na barra, com pegada livre (pronação ou supinação), mantendo os braços estendidos e, quando autorizado, deverá iniciar a execução; II - execução: inicia-se o movimento com a flexão do braço até que o queixo ultrapasse a parte superior da barra, estendendo novamente o braço e voltando à posição inicial, sendo assim, considerado um movimento completo (uma flexão). O movimento só se completa com a total extensão dos braços. A não extensão total dos braços, e início de nova execução, é considerada como movimento incorreto e não computado na performance do candidato Das proibições I - tocar com o(s) pé(s) ao solo após o início das execuções (é permitido a flexão de perna(s) para evitar o toque ao solo); II - após a tomada de posição inicial, receber qualquer tipo de ajuda física; III - utilizar luvas ou qualquer outro artifício para proteção das mãos; IV - apoiar o queixo na barra Das tentativas a - Quando da realização do TESTE EM BARRA FIXA cada candidato terá 02 (duas) tentativas para alcançar a performance mínima exigida Cada candidato deverá realizar como performance mínima, na execução do TESTE EM BARRA FIXA, 03 (três) flexões completas Do teste feminino Da metodologia

4 I - posição inicial: a candidata deverá dependurar-se na barra com pegada livre (pronação ou supinação), mantendo os braços flexionados e o queixo acima da parte superior da barra, podendo receber ajuda para atingir esta posição; II - execução: após a tomada da posição inicial pela candidata, o fiscal da prova inicia, imediatamente a cronometragem do tempo, devendo a candidata permanecer na posição até a ordem do fiscal para poder descer, que é dada quando expirar o tempo da performance mínima Das proibições I - após a tomada da posição inicial, receber qualquer tipo de ajuda física; II - utilizar luva(s) ou qualquer outro artifício para proteção das mãos; III - ceder a sustentação, deixando o queixo ficar abaixo da parte superior da barra, antes do término do tempo mínimo; VI - apoiar o queixo na barra Das tentativas a - Quando da realização do TESTE EM BARRA FIXA cada candidata terá 02 (duas) tentativas para alcançar a performance mínima exigida Cada candidata deverá ter como performance mínima, na execução do TESTE EM BARRA FIXA, a permanência de 10 (dez) segundos em suspensão Dos equipamentos a - A barra fixa necessária à aplicação dos testes (masculino e feminino) deverá oferecer segurança ao candidato (a), e com diâmetro máximo de 2 (duas) polegadas DO TESTE EM FLEXÃO ABDOMINAL Da metodologia

5 I - Posição inicial: o candidato na posição deitado em decúbito dorsal, pernas unidas e estendidas e braços estendidos atrás da cabeça, tocando o solo. II - Execução: ao comando de "iniciar", o candidato flexionará simultaneamente o tronco e membros inferiores na altura do quadril, lançando os braços à frente de modo que a planta dos pés se apóie totalmente no solo e a linha dos cotovelos coincida com a linha dos joelhos e, em seguida, voltará à posição inicial, completando uma repetição. O candidato terá o prazo de 01 (um) minuto para executar o número mínimo de repetições Das tentativas a - Os candidatos terão 02 (duas) tentativas para alcançar a performance mínima exigida Da performance a - Masculino: 30 (trinta) flexões. b - Feminino: 25 (vinte e cinco) flexões TESTE DE CORRIDA DE DOZE MINUTOS Da metodologia I - O (A) candidato (a) deverá atingir a distância mínima exigida, no tempo máximo de 12 (doze) minutos; II - O (A) candidato (a) poderá, durante os doze minutos, deslocar-se em qualquer ritmo, correndo ou caminhando, podendo, inclusive, parar e depois prosseguir; Das tentativas a - o TESTE DE CORRIDA DE 12 MINUTOS deverá ser realizado em única tentativa Das proibições

6 I - Não será permitido ao candidato, depois de iniciado o teste, abandonar a pista antes da liberação do fiscal; II - Não é permitido ao candidato deslocar-se, no sentido progressivo ou regressivo da marcação da pista, após findo os doze minutos, sem a respectiva liberação do fiscal; III - Não é permitido ao candidato dar ou receber qualquer tipo de ajuda física (como puxar, empurrar, carregar, segurar na mão, etc.) O TESTE DE CORRIDA DE 12 MINUTOS deverá ser aplicado em uma pista de atletismo, com piso regular e uniforme com marcação escalonada, e destacados os pontos de chegada para as distâncias pertinentes aos testes masculino e feminino Da performance I - masculino: metros; II - feminino: metros. 4 - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS E FINAIS O (a) candidato (a) que infringir qualquer proibição prevista nesta IN, independentemente do resultado do teste, ou que não atingir as performances mínimas estabelecidas para cada teste, será considerado INAPTO A escolha do traje e do calçado a serem utilizados nos testes, assim como o aquecimento necessário para sua realização, será de exclusiva responsabilidade do candidato A prova de capacidade física terá caráter unicamente eliminatório, e os candidatos serão considerados aptos ou inaptos O (a) candidato (a) que não alcançar a marca mínima em qualquer um dos testes físicos não poderá prosseguir na realização dos demais, sendo logo considerado inapto e, conseqüentemente, eliminado do concurso Quanto aos testes solicitados de flexão dinâmica e suspensão e suspensão de barra física, de flexão abdominal, de corrida prestam-se para avaliar a condição mínima do conjunto de músculos dos membros superiores e inferiores(força muscular), bem

7 coma a resistência muscular localizada (abdominal) e cárdio-pulmonar (aeróbica) que um candidato necessitará para obter êxito no curso de formação profissional e para o bom desempenho das atividades policial No que se refere à quantidade de esforço muscular fixada, convém ressaltar que a distinção entre sexos foi contemplada com a fixação de número menor de flexões e distância para as candidatas (sexo feminino), adequada à avaliação pretendida Nenhum candidato poderá alegar o desconhecimento da presente Instrução Normativa Esta Instrução Normativa entra em vigor na data de sua publicação. ALVARO HENRIQUE VIANNA DE MORAES

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 04/2009-DGP/DPF, DE 23 DE JULHO DE 2009 Regulamenta a aplicação do exame de aptidão física

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS HUMANOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS HUMANOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS HUMANOS INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 005/2009 CGRH/DPRF, DE 11 DE AGOSTO DE 2009 Regulamenta

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO MUNICIPAL SEMSA / BONFIM Nº 001/2015 COMISSÃO DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL PARA PROVA DE CAPACITAÇÃO FÍSICA

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO MUNICIPAL SEMSA / BONFIM Nº 001/2015 COMISSÃO DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL PARA PROVA DE CAPACITAÇÃO FÍSICA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO MUNICIPAL SEMSA / BONFIM Nº 001/2015 COMISSÃO DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL PARA PROVA DE CAPACITAÇÃO FÍSICA 1. Participarão desta etapa os candidatos aprovados/classificados

Leia mais

ANEXO VII PROCEDIMENTOS DA AVALIAÇÃO DE APTIDÃO FÍSICA 1. TESTE DE BARRA FIXA

ANEXO VII PROCEDIMENTOS DA AVALIAÇÃO DE APTIDÃO FÍSICA 1. TESTE DE BARRA FIXA ANEXO VII 1. TESTE DE BARRA FIXA PROCEDIMENTOS DA AVALIAÇÃO DE APTIDÃO FÍSICA 1.1 Teste dinâmico de barra fixa (somente para candidatos do sexo masculino) 1.1.1 A metodologia para a preparação e a execução

Leia mais

LOCAL: CAMPO DE FUTEBOL DA COHAB

LOCAL: CAMPO DE FUTEBOL DA COHAB EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2014 PARA PROVIMENTO DE 86 (OITENTA E SEIS) VAGAS, PARA CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR, NÍVEL MÉDIO COMPLETO, MÉDIO/TÉCNICO COMPLETO, NÍVEL FUNDAMENTAL E FUNDAMENTAL INCOMPLETO

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA AVALIAÇÃO DE APTIDÃO FÍSICA

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA AVALIAÇÃO DE APTIDÃO FÍSICA GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO DO ESTADO DA BAHIA (SAEB) CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS VAGOS DE PERITO CRIMINALÍSTICO, DE PERITO MÉDICO-LEGAL, DE PERITO ODONTO-LEGAL

Leia mais

TESTES DE APTIDÃO FÍSICA A SEREM REALIZADOS PELO SESI

TESTES DE APTIDÃO FÍSICA A SEREM REALIZADOS PELO SESI TESTES DE APTIDÃO FÍSICA A SEREM REALIZADOS PELO SESI 1 DOS TESTES 1.1 Os Testes de Aptidão Física, de caráter eliminatório, serão aplicados no dia e horários indicados no telegrama de convocação, individualmente

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 002-ABIN/GSIPR, DE 6 DE AGOSTO DE 2008.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 002-ABIN/GSIPR, DE 6 DE AGOSTO DE 2008. AGÊNCIA BRASILEIRA DE INTELIGÊNCIA INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 002-ABIN/GSIPR, DE 6 DE AGOSTO DE 2008. Regulamenta a aplicação da prova de capacidade física nos concursos públicos para ingresso em cargos integrantes

Leia mais

PROJETO DA FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ESPORTES TESTE DE APTIDÃO FÍSICA GARI

PROJETO DA FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ESPORTES TESTE DE APTIDÃO FÍSICA GARI PROJETO DA FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ESPORTES TESTE DE APTIDÃO FÍSICA GARI PARANAGUÁ 2011 TESTE DE APTIDÃO FÍSICA PARA SELEÇÃO DE GARI O candidato do sexo masculino que não alcançar a pontuação mínima de 50

Leia mais

POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO TOCANTINS QUARTEL DO COMANDO GERAL EDITAL DE RECONVOCAÇÃO PARA EXAME DE CAPACIDADE FÍSICA

POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO TOCANTINS QUARTEL DO COMANDO GERAL EDITAL DE RECONVOCAÇÃO PARA EXAME DE CAPACIDADE FÍSICA EDITAL DE RECONVOCAÇÃO PARA EXAME DE CAPACIDADE FÍSICA O Coronel QOPM Jaizon Veras Barbosa, Presidente da Comissão do Concurso Público, em face de autorização concedida pelo Chefe do Poder Executivo Estadual

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA A PROVA DE APTIDÃO FÍSICA PARA O CARGO DE AGENTE DE DEFESA CIVIL

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA A PROVA DE APTIDÃO FÍSICA PARA O CARGO DE AGENTE DE DEFESA CIVIL ANEXO III DO EDITAL N o 075/2011 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA A PROVA DE APTIDÃO FÍSICA PARA O CARGO DE AGENTE DE DEFESA CIVIL 1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1 - Os testes de aptidão física, de caráter

Leia mais

1. NO CARGO DE SOLDADO BOMBEIRO MILITAR NAS QUALIFICAÇÕES DO QUADRO DE BOMBEIRO MILITAR PARTICULAR (QBMP) DE COMBATENTE, GUARDA-VIDAS E MOTORISTA.

1. NO CARGO DE SOLDADO BOMBEIRO MILITAR NAS QUALIFICAÇÕES DO QUADRO DE BOMBEIRO MILITAR PARTICULAR (QBMP) DE COMBATENTE, GUARDA-VIDAS E MOTORISTA. ANEXO II TESTE DE APTIDÃO FÍSICA O Teste de Aptidão Física tem o objetivo de selecionar os candidatos cuja aptidão física seja compatível com o exercício da atividade de Bombeiro Militar e será realizado

Leia mais

EDITAL Nº 036/2013 CFSD-BM CONVOCAÇÃO PARA O TAAF

EDITAL Nº 036/2013 CFSD-BM CONVOCAÇÃO PARA O TAAF GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO- RESERVA PARA O CARGO DE SOLDADO BOMBEIRO MILITAR COMBATENTE EDITAL Nº

Leia mais

PREFEITURA DE IPIRÁ - ESTADO DA BAHIA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE COMUNICADO Prova de Aptidão Física - TAF

PREFEITURA DE IPIRÁ - ESTADO DA BAHIA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE COMUNICADO Prova de Aptidão Física - TAF PREFEITURA DE IPIRÁ - ESTADO DA BAHIA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE COMUNICADO Prova de Aptidão Física - TAF O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE IPIRÁ, Estado da Bahia, no uso de suas atribuições legais, mediante

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO CONVOCAÇÃO PARA PROVA DE APTIDÃO FÍSICA DO EDITAL N.º 001/2014 SAPeJUS, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2014 DETERMINACAO JUDICIAL

EDITAL DE CONVOCAÇÃO CONVOCAÇÃO PARA PROVA DE APTIDÃO FÍSICA DO EDITAL N.º 001/2014 SAPeJUS, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2014 DETERMINACAO JUDICIAL GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DE ESTADO DE GESTÃO E PLANEJAMENTO (SEGPLAN) CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO PENITENCIÁRIA

Leia mais

1ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 01, DE 25 DE SETEMBRO DE 2015

1ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 01, DE 25 DE SETEMBRO DE 2015 1ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 01, DE 25 DE SETEMBRO DE 2015 A PREFEITURA MUNICIPAL DE PAULÍNIA, no uso de suas atribuições, torna pública a seguinte retificação ao Edital supracitado, cujas alterações estão

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA EDITAL DE SELEÇÃO Nº 001/2015, DE 30 DE JUNHO DE 2015.

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA EDITAL DE SELEÇÃO Nº 001/2015, DE 30 DE JUNHO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA EDITAL DE SELEÇÃO Nº 001/2015, DE 30 DE JUNHO DE 2015. O MUNICÍPIO DE CAUCAIA, por intermédio da Secretaria Municipal de Segurança Urbana e Tecnologia

Leia mais

POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARANÁ CONSELHO DA POLÍCIA CIVIL. EDITAL N 045/2014 (Sub Judice)

POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARANÁ CONSELHO DA POLÍCIA CIVIL. EDITAL N 045/2014 (Sub Judice) POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARANÁ CONSELHO DA POLÍCIA CIVIL EDITAL N 045/2014 (Sub Judice) O Presidente do Conselho da Polícia Civil do Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, em conformidade

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

CONCURSO PÚBLICO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA E DA DEFESA SOCIAL CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO GERAL CENTRO DE RECURSOS HUMANOS CONCURSO PÚBLICO

Leia mais

AVALIAÇÃO DE TÍTULOS PARA OS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR. Valor Máximo para o conjunto Doutorado 1 0,2 0,2 Mestrado 1 0,2 0,2.

AVALIAÇÃO DE TÍTULOS PARA OS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR. Valor Máximo para o conjunto Doutorado 1 0,2 0,2 Mestrado 1 0,2 0,2. ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE CENTRO NOVO DO MARANHÃO A v. J u s c e l i n o K u b i t s c h e c k s / n. º C e n t r o - C E P : 6 5. 2 9 9-0 0 0. C N P J ( M F ) : 0 1. 6 1 2. 3 2 3 / 0

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA P O L Í C I A C I V I L DELEGACIA GERAL DA POLÍCIA CIVIL GABINETE

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA P O L Í C I A C I V I L DELEGACIA GERAL DA POLÍCIA CIVIL GABINETE ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA P O L Í C I A C I V I L DELEGACIA GERAL DA POLÍCIA CIVIL GABINETE EDITAL Nº 002 / 16-PC/MS (PROCESSO DE SELEÇÃO PARA INSTRUÇÃO DE

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO Nº. 001/2014 OFICIAIS DE SAÚDE DA POLICIAL MILITAR DE RORAIMA EDITAL N 003/2014

CONCURSO PÚBLICO Nº. 001/2014 OFICIAIS DE SAÚDE DA POLICIAL MILITAR DE RORAIMA EDITAL N 003/2014 CONCURSO PÚBLICO Nº. 001/2014 OFICIAIS DE SAÚDE DA POLICIAL MILITAR DE RORAIMA EDITAL N 003/2014 O GOVERNO DO ESTADO DE RORAIMA, através da Secretária de Estado da Gestão Estratégica e Administração, no

Leia mais

CAPÍTULO IV. Das Formas de Aplicação do TAF-3

CAPÍTULO IV. Das Formas de Aplicação do TAF-3 DEI - CSMFD - CENTRO DE SAÚDE MENTAL, FÍSICA E DESPORTOS - CEL PM OEZER DE CARVALHO - DIRETRIZ DE CONDICIONAMENTO FÍSICO DA POLÍ- CIA MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ( D-5 ) PUBLICAÇÃO Artigo 3º -

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAQUÃ/RS CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2015

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAQUÃ/RS CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2015 PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAQUÃ/RS CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2015 EDITAL Nº 02/2016 CONVOCAÇÃO PARA REALIZAÇÃO DO TESTE DE APTIDÃO FÍSICA CARGO DE AGENTE DE TRÂNSITO E TRANSPORTE A Prefeitura Municipal de

Leia mais

EDITAL DRH Nº 26/2012 PROCESSO SELETIVO EXTERNO PARA AUXILIAR I / AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS I / CONSERVAÇÃO DE EDIFÍCIOS E LOGRADOUROS

EDITAL DRH Nº 26/2012 PROCESSO SELETIVO EXTERNO PARA AUXILIAR I / AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS I / CONSERVAÇÃO DE EDIFÍCIOS E LOGRADOUROS - Prodin DIVISÃO DE RECURSOS HUMANOS - DRH EDITAL DRH Nº 26/2012 PROCESSO SELETIVO EXTERNO PARA AUXILIAR I / AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS I / CONSERVAÇÃO DE EDIFÍCIOS E LOGRADOUROS A PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE

Leia mais

EDITAL Nº 04/2015/DAE/PJC/MT

EDITAL Nº 04/2015/DAE/PJC/MT ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA JUDICIÁRIA CIVIL DIRETORIA DE ATIVIDADES ESPECIAIS EDITAL Nº 04/2015/DAE/PJC/MT Disciplina as inscrições e o processo de seleção

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA NACIONAL DE SEGURANÇA PUBLICA DEPARTAMENTO DA FORÇA NACIONAL DE SEGURANÇA PUBLICA

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA NACIONAL DE SEGURANÇA PUBLICA DEPARTAMENTO DA FORÇA NACIONAL DE SEGURANÇA PUBLICA MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA NACIONAL DE SEGURANÇA PUBLICA DEPARTAMENTO DA FORÇA NACIONAL DE SEGURANÇA PUBLICA PORTARIA Nº 005/2015/GAB/DFNSP/SENASP/MJ. Aprova a Diretriz do Teste de Aptidão Física

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA CENTRO DE INSTRUÇÃO E ADAPTAÇÃO DA AERONÁUTICA

MINISTÉRIO DA DEFESA CENTRO DE INSTRUÇÃO E ADAPTAÇÃO DA AERONÁUTICA MINISTÉRIO DA DEFESA CENTRO DE INSTRUÇÃO E ADAPTAÇÃO DA AERONÁUTICA RECOMENDAÇÕES SOBRE O TESTE DE AVALIAÇÃO DO CONDICIONAMENTO FÍSICO (TACF) AO(À) FUTURO(A) ESTAGIÁRIO(A) DO EAOT/EIAC - 2013 PREPARE-SE

Leia mais

Prefeitura Municipal de Tapiramutá publica:

Prefeitura Municipal de Tapiramutá publica: Prefeitura Municipal de Tapiramutá 1 Segunda-feira Ano VI Nº 1329 Prefeitura Municipal de Tapiramutá publica: Concurso Público Edital: Nº 01/2014. Gestor - Luciano Nery Marques / Secretário - Governo /

Leia mais

P-1 BOLETIM INTERNO N.º 070. Mossoró/RN, em 16 de Abril de 2015. (Quinta-feira)

P-1 BOLETIM INTERNO N.º 070. Mossoró/RN, em 16 de Abril de 2015. (Quinta-feira) RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA E DA DEFESA SOCIAL POLÍCIA MILITAR QUARTEL DO COMANDO GERAL 12º BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR 01 P-1 BOLETIM INTERNO N.º 070 Mossoró/RN, em 16

Leia mais

ANEXO A PORTARIA Nº 09/DFNSP/SENASP/MJ PROTOCOLO GERAL DE TESTE DE APTIDÃO FÍSICA

ANEXO A PORTARIA Nº 09/DFNSP/SENASP/MJ PROTOCOLO GERAL DE TESTE DE APTIDÃO FÍSICA ANEXO A PORTARIA Nº 09/DFNSP/SENASP/MJ PROTOCOLO GERAL DE TESTE DE APTIDÃO FÍSICA CAPÍTULO I Art. 1º - O presente trabalho visa avaliar os militares em condições normais de saúde, já mobilizados ou que

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DA ESTÂNCIA DE SOCORRO SP

PREFEITURA MUNICIPAL DA ESTÂNCIA DE SOCORRO SP PREFEITURA MUNICIPAL DA ESTÂNCIA DE SOCORRO SP CONCURSO PÚBLICO N 01/2013 EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA TESTE DE APTIDÃO FÍSICA PARA OS EMPREGOS DA GUARDA MUNICIPAL 2ª CLASSE FEMININO E GUARDA MUNICIPAL 2ª

Leia mais

PROVAS DE ROBUSTEZ FÍSICA, PSÍQUICA E ENTREVISTA PROFISSIONAL DE SELECÇÃO

PROVAS DE ROBUSTEZ FÍSICA, PSÍQUICA E ENTREVISTA PROFISSIONAL DE SELECÇÃO PROVAS DE ROBUSTEZ FÍSICA, PSÍQUICA E ENTREVISTA PROFISSIONAL DE SELECÇÃO INTRODUÇÃO O presente concurso de selecção de candidaturas para elementos a incluir na Força Especial de Bombeiros, rege-se pelas

Leia mais

PROVAS DE ROBUSTEZ FÍSICA

PROVAS DE ROBUSTEZ FÍSICA PAS D USZ SA Anexo 3 1. concurso de seleção dos elementos a recrutar para a orça special de ombeiros, rege-se pelas provas de avaliação da condição física, de realização obrigatória, a seguir indicadas:

Leia mais

ANEXO I - DAS PROVAS PARA O TESTE DE APTIDÃO FÍSICA BOMBEIRO MILITAR 1. DA PROVA DE FLEXÃO DE COTOVELO DINÂMICO EM BARRA FIXA MASCULINO

ANEXO I - DAS PROVAS PARA O TESTE DE APTIDÃO FÍSICA BOMBEIRO MILITAR 1. DA PROVA DE FLEXÃO DE COTOVELO DINÂMICO EM BARRA FIXA MASCULINO ANEXO I - DAS PROVAS PARA O TESTE DE APTIDÃO FÍSICA BOMBEIRO MILITAR 1. DA PROVA DE FLEXÃO DE COTOVELO DINÂMICO EM BARRA FIXA MASCULINO 1.1. Posição inicial: a) pegada na barra com as mãos em pronação

Leia mais

PORTARIA Nº 032-EME, DE 31 DE MARÇO DE 2008.

PORTARIA Nº 032-EME, DE 31 DE MARÇO DE 2008. PORTARIA Nº 032-EME, DE 31 DE MARÇO DE 2008. Aprova a Diretriz para o Treinamento Físico Militar do Exército e sua Avaliação. O CHEFE DO ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO, no uso da atribuição que lhe confere o

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 3322, DE 24 DE SETEMBRO DE 1996.

RESOLUÇÃO Nº 3322, DE 24 DE SETEMBRO DE 1996. RESOLUÇÃO Nº 3322, DE 24 DE SETEMBRO DE 1996. Dispõe sobre o Teste de Avaliação Física (TAF) a ser aplicado aos candidatos a cursos da Polícia Militar e aos candidatos a Exame de Aptidão Profissional (EAP)

Leia mais

'DLPSODQWDomRGD*$6HGR3ULPHLUR3URJUDPDGH5HFLFODJHP$QXDO

'DLPSODQWDomRGD*$6HGR3ULPHLUR3URJUDPDGH5HFLFODJHP$QXDO 'DLPSODQWDomRGD*$6HGR3ULPHLUR3URJUDPDGH5HFLFODJHP$QXDO A implantação da Gratificação de Atividade de Segurança GAS para os servidores ocupantes do cargo de Técnico Judiciário Área Administrativa Especialidade

Leia mais

Prefeitura Municipal de Cortês PE

Prefeitura Municipal de Cortês PE EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR, NÍVEL MÉDIO COMPLETO, MÉDIO/TÉCNICO COMPLETO, NÍVEL FUNDAMENTAL E FUNDAMENTAL INCOMPLETO NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO DO MUNICÍPIO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 05/2001-ANP/DPF, 31 DE OUTUBRO DE 2001 Regulamenta a aplicação da PROVA DE CAPACIDADE FÍSICA

Leia mais

Onde lê: EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÃO

Onde lê: EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÃO Coordenadoria de Serviços de Saúde Grupo de Atenção às Urgências e Emergências - GRAU Concurso Público para classe de Enfermeiro (para atuar junto ao serviço Pré Hospitalar Móvel). I.E nº002/2013 Edital

Leia mais

CURSO DE TRIPULANTE OPERACIONAL EDITAL N.º 001/2013 CIOPAER 02 de Julho de 2013

CURSO DE TRIPULANTE OPERACIONAL EDITAL N.º 001/2013 CIOPAER 02 de Julho de 2013 CURSO DE TRIPULANTE OPERACIONAL EDITAL N.º 001/2013 02 de Julho de 2013 O Presidente da Comissão para seleção de policiais militares para comporem o cadastro reserva para o Curso de Tripulante Operacional,

Leia mais

MUNICÍPIO DE CANOAS / RS SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO. CONCURSO PÚBLICO Edital de Abertura nº 58/2015. Realização

MUNICÍPIO DE CANOAS / RS SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO. CONCURSO PÚBLICO Edital de Abertura nº 58/2015. Realização MUNICÍPIO DE CANOAS / RS SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO CONCURSO PÚBLICO Edital de Abertura nº 58/2015 Realização f 2 MUNICÍPIO DE CANOAS / RS SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO

Leia mais

Academia Seja dentro ou fora da Academia, nosso Clube oferece espaços para manter a saúde em dia e o corpo em forma

Academia Seja dentro ou fora da Academia, nosso Clube oferece espaços para manter a saúde em dia e o corpo em forma Projeto Verão O Iate é sua Academia Seja dentro ou fora da Academia, nosso Clube oferece espaços para manter a saúde em dia e o corpo em forma por rachel rosa fotos: felipe barreira Com a chegada do final

Leia mais

FITNESSGRAM. O Fitnessgram é um programa de educação e avaliação da aptidão física relacionada com a saúde.

FITNESSGRAM. O Fitnessgram é um programa de educação e avaliação da aptidão física relacionada com a saúde. Professora de Educação Física HelenaMiranda FITNESSGRAM O Fitnessgram é um programa de educação e avaliação da aptidão física relacionada com a saúde. Todos os elementos incluídos no Fitnessgram foram

Leia mais

EDITAL Nr. 019 CFOBM 2. DAS INSTRUÇÕES GERAIS:

EDITAL Nr. 019 CFOBM 2. DAS INSTRUÇÕES GERAIS: GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA E DA DEFESA SOCIAL CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO GERAL CENTRO DE RECURSOS HUMANOS EDITAL Nr. 019

Leia mais

Por que devemos avaliar a força muscular?

Por que devemos avaliar a força muscular? Prof. Me. Alexandre Correia Rocha www.professoralexandrerocha.com.br alexandre.personal@hotmail.com Docência Docência Personal Trainer Por que devemos avaliar a força muscular? Desequilíbrio Muscular;

Leia mais

Concurso Público/BACABEIRA-MA

Concurso Público/BACABEIRA-MA Concurso Público/BACABEIRA-MA EDITAL DE DIVULGAÇÃO nº. 009, de 19 de março de 2012. CONVOCAÇÃO PARA TESTE DE APTIDÃO FÍSICA do EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO / BACABEIRA - MA nº. 002, de 23/01/2012. A Fundação

Leia mais

1.2 Clientela 150 (cento e cinquenta) cabos policiais militares, da ativa, desta Corporação. 1.3 Carga horária

1.2 Clientela 150 (cento e cinquenta) cabos policiais militares, da ativa, desta Corporação. 1.3 Carga horária BOL PM Nº 0030 de 14 DE FEVEREIRO DE 2011 1 SECRETARIA DA SEGURANÇA E DA DEFESA SOCIAL COMANDO GERAL DA POLÍCIA MILITAR CENTRO DE EDUCAÇÃO EDITAL Nº 0003/2011-CEPM O DIRETOR DO CENTRO DE EDUCAÇÃO DA POLÍCIA

Leia mais

PADRONIZAÇÃO DE EXERCÍCIOS

PADRONIZAÇÃO DE EXERCÍCIOS LOMBAR EXTENSÃO DE TRONCO- Em decúbito ventral apoiado no banco romano ou no solo, pernas estendidas, mãos atrás da cabeça ou com os braços entrelaçados na frente do peito. Realizar uma flexão de tronco

Leia mais

Ministério das Comunicações Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos Diretoria Regional do Paraná Edital de Concurso Público N.

Ministério das Comunicações Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos Diretoria Regional do Paraná Edital de Concurso Público N. Ministério das Comunicações Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos Diretoria Regional do Paraná Edital de Concurso Público N.º 408/2007 A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos - ECT torna público

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 002 ANTAQ, DE 14 DE OUTUBRO DE 2008.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 002 ANTAQ, DE 14 DE OUTUBRO DE 2008. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 002 ANTAQ, DE 14 DE OUTUBRO DE 2008. Fixa os critérios e procedimentos para a realização de concursos públicos de provas e títulos, destinados ao provimento dos cargos efetivos do

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO CONVOCAÇÃO PARA PROVA DE APTIDAO FÍSICA DO EDITAL N.º 001/2015 AGENTE DE TRANSPORTE E TRÂNSITO, DE 17 DE MARÇO DE 2015

EDITAL DE CONVOCAÇÃO CONVOCAÇÃO PARA PROVA DE APTIDAO FÍSICA DO EDITAL N.º 001/2015 AGENTE DE TRANSPORTE E TRÂNSITO, DE 17 DE MARÇO DE 2015 ESTADO DO TOCANTINS PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAGUÍNA CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO RESERVA DE AGENTE DE TRANSPORTE E TRÂNSITO EDITAL DE CONVOCAÇÃO CONVOCAÇÃO PARA PROVA

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA EXECUTIVA

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA EXECUTIVA MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA EXECUTIVA INSTRUÇÃO NORMATIVA N o 01/2008-SE/MJ, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2008 Regulamenta a aplicação da prova de aptidão física no concurso público para ingresso nas carreiras

Leia mais

SECRETARIA DE SEGURANÇA, DEFESA E CIDADANIA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE RONDÔNIA COORDENADORIA DE RECURSOS HUMANOS

SECRETARIA DE SEGURANÇA, DEFESA E CIDADANIA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE RONDÔNIA COORDENADORIA DE RECURSOS HUMANOS SECRETARIA DE SEGURANÇA, DEFESA E CIDADANIA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE RONDÔNIA COORDENADORIA DE RECURSOS HUMANOS EDITAL Nº 008/DEPTO DE ENSINO/CRH/PMRO-2015 SELEÇÃO DE POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES

Leia mais

1.5.5 Da decisão sobre a impugnação não cabe recurso administrativo. 1.5.6 As respostas às impugnações serão disponibilizadas em um único arquivo no

1.5.5 Da decisão sobre a impugnação não cabe recurso administrativo. 1.5.6 As respostas às impugnações serão disponibilizadas em um único arquivo no ACADEMIA DE POLÍCIA CIVIL CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA NO CARGO DE AGENTE DE POLÍCIA EDITAL Nº 1 PCDF/AGENTE, DE 1º DE AGOSTO DE 2013 A DIRETORA DA ACADEMIA

Leia mais

POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO TOCANTINS QUARTEL COMANDO GERAL COMISSÃO DE SELEÇÃO DE MOBILIZAÇÃO

POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO TOCANTINS QUARTEL COMANDO GERAL COMISSÃO DE SELEÇÃO DE MOBILIZAÇÃO POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO TOCANTINS QUARTEL COMANDO GERAL COMISSÃO DE SELEÇÃO DE MOBILIZAÇÃO EDITAL Nº. 001/2013/CSM/FNSP/PMTO Estabelece normas para a seleção de Policiais Militares para comporem o

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE LEOPOLDINA - MG PROCESSO SELETIVO PÚBLICO EDITAL DE CONVOCAÇÃO PROVA DE APTIDÃO FÍSICA

PREFEITURA MUNICIPAL DE LEOPOLDINA - MG PROCESSO SELETIVO PÚBLICO EDITAL DE CONVOCAÇÃO PROVA DE APTIDÃO FÍSICA PREFEITURA MUNICIPAL DE LEOPOLDINA - MG PROCESSO SELETIVO PÚBLICO EDITAL DE CONVOCAÇÃO PROVA DE APTIDÃO FÍSICA Nos termos do subitem 5.4. Prova de Aptidão Física do Edital do Processo Seletivo Público

Leia mais

ANEXO VII NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA REALIZAÇÃO DAS PROVAS DA AVALIAÇÃO FÍSICA - TAF

ANEXO VII NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA REALIZAÇÃO DAS PROVAS DA AVALIAÇÃO FÍSICA - TAF ANEXO VII NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA REALIZAÇÃO DAS PROVAS DA AVALIAÇÃO FÍSICA - TAF PROVA DE FLEXÃO DE BRAÇO NA BARRA FIXA BARRA (SOMENTE PARA O SEXO MASCULINO) Os procedimentos a serem adotados pelo

Leia mais

EDITAL Nº 001/16-PC/MS (PROCESSO DE SELEÇÃO PARA INSTRUÇÃO DE NIVELAMENTO DE CONHECIMENTO-GRANDES EVENTOS)

EDITAL Nº 001/16-PC/MS (PROCESSO DE SELEÇÃO PARA INSTRUÇÃO DE NIVELAMENTO DE CONHECIMENTO-GRANDES EVENTOS) EDITAL Nº 001/16-PC/MS (PROCESSO DE SELEÇÃO PARA INSTRUÇÃO DE NIVELAMENTO DE CONHECIMENTO-GRANDES EVENTOS) O DELEGADO-GERAL DA POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL, no uso de suas atribuições

Leia mais

Por que devemos avaliar a força muscular?

Por que devemos avaliar a força muscular? Prof. Me. Alexandre Correia Rocha www.professoralexandrerocha.com.br alexandre.personal@hotmail.com Docência Docência Personal Trainer Por que devemos avaliar a força muscular? Desequilíbrio Muscular;

Leia mais

ESTADO DE SERGIPE PREFEITURA MUNICIPAL DE ARACAJU Secretaria Municipal de Administração Secretaria Municipal de Governo

ESTADO DE SERGIPE PREFEITURA MUNICIPAL DE ARACAJU Secretaria Municipal de Administração Secretaria Municipal de Governo CONCURSO PÚBLICO EDITAL N.º 1/2011, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2011. A, por intermédio da, nos termos do disposto na Lei Municipal n.º 2.984/2001 e alterações posteriores, bem como pela Lei Orgânica do Município

Leia mais

MUNICÍPIO DE NOVO HAMBURGO / RS

MUNICÍPIO DE NOVO HAMBURGO / RS MUNICÍPIO DE NOVO HAMBURGO / RS CONCURSO PÚBLICO Edital Nº 03/2011 Realização FUNDAÇÃO LA SALLE Edital de Abertura 2 MUNICÍPIO DE NOVO HAMBURGO / RS CONCURSO PÚBLICO EDITAL DE ABERTURA 03/2011 O município

Leia mais

ÍNDICE. EDITAL Nº 01/2012 - Prominp

ÍNDICE. EDITAL Nº 01/2012 - Prominp 1 ÍNDICE EDITAL Nº 01/2012 - Prominp 1 - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 3 2 - DAS VAGAS OFERTADAS AOS ALUNOS-PÚBLICO (INCLUINDO AS VAGAS RESERVADAS ÀS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA) 4 3 - DOS REQUISITOS BÁSICOS

Leia mais

SECRETÁRIO DE ESTADO DE JUSTIÇA, DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA DO DISTRITO FEDERAL

SECRETÁRIO DE ESTADO DE JUSTIÇA, DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE JUSTIÇA, DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS DA CARREIRA PÚBLICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DO DISTRITO FEDERAL CARGO DE ATENDENTE DE REINTEGRAÇÃO

Leia mais

Atletismo O LANÇAMENTO DO DARDO

Atletismo O LANÇAMENTO DO DARDO Atletismo O LANÇAMENTO DO DARDO A história do lançamento do dardo, pode ter sua origem na pré-história. Empregado, inicialmente na caça e, posteriormente na guerra, como arma de combate. É uma das provas

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTOS

EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTOS MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTOS ICA 54-2 APLICAÇÃO DO TESTE DE AVALIAÇÃO DO CONDICIONAMENTO FÍSICO PARA EXAMES DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO DO COMANDO DA AERONÁUTICA

Leia mais

Conselhos Úteis Para a Realização das Provas Físicas

Conselhos Úteis Para a Realização das Provas Físicas Conselhos Úteis Para a Realização das Provas Físicas A escolha destas provas teve, por finalidade, garantir que os alunos e futuros oficiais respondam satisfatoriamente a uma profissão que também é exigente

Leia mais

PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS

PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS PROCESSO SELETIVO PÚBLICO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO EDITAL Nº - PETROBRAS/PSP-RH-/202, DE 2 DE

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N. 33/2013-CONSUNIV Altera a Resolução nº. 019/2011, que institui o Sistema de

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N. 33/2013-CONSUNIV Altera a Resolução nº. 019/2011, que institui o Sistema de UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N. 33/2013-CONSUNIV Altera a Resolução nº. 019/2011, que institui o Sistema de Ingresso Seriado para acesso aos Cursos de Graduação de

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS DA FDV CURSO DE GRADUAÇÃO DE DIREITO

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS DA FDV CURSO DE GRADUAÇÃO DE DIREITO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS DA FDV CURSO DE GRADUAÇÃO DE DIREITO [Em vigor para os ingressos a partir de 2009/02] Aprovado pelo Conselho Acadêmico em 06 de agosto de 2009 APRESENTAÇÃO

Leia mais

Vencimento Qualificação Exigida. - Formação Superior de Engenharia Civil. Engenheiro Civil

Vencimento Qualificação Exigida. - Formação Superior de Engenharia Civil. Engenheiro Civil O PREFEITO MUNICIPAL DE FRAIBURGO, Estado de Santa Catarina, no uso de suas atribuições; FAZ SABER: Encontram-se abertas as inscrições para o Processo Seletivo da função abaixo descrita para Admissão em

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA COMISSÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02/2010/CPG

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA COMISSÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02/2010/CPG INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02/2010/CPG Estabelece procedimento para o reconhecimento e o registro de diploma de conclusão de curso de Pós-Graduação expedidos por instituições de ensino superior estrangeiras.

Leia mais

XXXIII PROCESSO SELETIVO PARA A FUNÇÃO DE ESTAGIÁRIO DO MINISTÉRIO PÚBLICO

XXXIII PROCESSO SELETIVO PARA A FUNÇÃO DE ESTAGIÁRIO DO MINISTÉRIO PÚBLICO EDITAL XXXIII PROCESSO SELETIVO PARA A FUNÇÃO DE ESTAGIÁRIO DO MINISTÉRIO PÚBLICO O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS, por intermédio do Promotor de Justiça Gustavo Sousa Franco, no uso de suas

Leia mais

Capitães, Tenentes e Praças NP Nº 093/15-DE EDITAL Nº 010/2015-DE. PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE OPERAÇÕES ESPECIAIS/2015 PMAL (970 h/a).

Capitães, Tenentes e Praças NP Nº 093/15-DE EDITAL Nº 010/2015-DE. PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE OPERAÇÕES ESPECIAIS/2015 PMAL (970 h/a). NP Nº 093/15-DE EDITAL Nº 010/2015-DE PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE OPERAÇÕES ESPECIAIS/2015 PMAL (970 h/a). O Diretor de Ensino da PMAL, no uso de suas atribuições, e tendo a proposta de curso encaminhada

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL - PRODIN DIVISÃO DE RECURSOS HUMANOS - DRH

PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL - PRODIN DIVISÃO DE RECURSOS HUMANOS - DRH - PRODIN DIVISÃO DE RECURSOS HUMANOS - DRH PROCESSO SELETIVO INTERNO PARA AUXILIAR II / AUXILIAR DE TRANSPORTE II/ MOTOBOY EDITAL DRH Nº 17/2014 A PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS divulga e estabelece

Leia mais

REGULAMENTA O PROCESSO DE SELEÇÃO DOCENTE NO ÂMBITO DO CESUPA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

REGULAMENTA O PROCESSO DE SELEÇÃO DOCENTE NO ÂMBITO DO CESUPA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. RESOLUÇÃO Nº 006 DE 30 DE JUNHO DE 2010, DO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ESTADO DO PARÁ CESUPA. REGULAMENTA O PROCESSO DE SELEÇÃO DOCENTE NO ÂMBITO DO CESUPA E DÁ

Leia mais

Atualmente muito se tem ouvido falar e os estudos científicos. comprovam que a prática física diária é considerada um dos fatores

Atualmente muito se tem ouvido falar e os estudos científicos. comprovam que a prática física diária é considerada um dos fatores Atualmente muito se tem ouvido falar e os estudos científicos comprovam que a prática física diária é considerada um dos fatores que contribui efetivamente para uma melhor qualidade de vida do indivíduo.

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 010 / 2015 / DGAC /GCMC

EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 010 / 2015 / DGAC /GCMC CONCURSO PÚBLICO PARA O CARGO DE GUARDA CIVIL MUNICIPAL DE NÍVEL II DA PREFEITURA MUNICIPAL DE CRATEÚS ESTADO DO CEARÁ. EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 010 / 2015 / DGAC /GCMC A Prefeitura Municipal de Crateús,

Leia mais

Teste de Flexibilidade

Teste de Flexibilidade Teste de Flexibilidade Introdução O teste de Fleximetria foi aprimorado pelo ICP à partir do teste do Flexômetro de LEIGHTON deve ser aplicado com a intenção de se coletar informações sobre o funcinamento

Leia mais

I PARTE (SERVIÇOS DIÁRIOS) II PARTE (ENSINO E INSTRUÇÃO)

I PARTE (SERVIÇOS DIÁRIOS) II PARTE (ENSINO E INSTRUÇÃO) GOVNO DO STADO DO PAÁ SCTAA D STADO D SGUANÇA PÚLCA DFSA SOCAL POLÍCA MLTA DO PAÁ AJUDÂNCA GAL ADTAMNTO AO G Nº 007 10 D JANO D 2014 Para conhecimento dos Órgãos subordinados e execução, publico o seguinte:

Leia mais

1. O Teste de Aptidão 4ª Etapa é de caráter Eliminatório e será aplicada no Município de Mata de São João- Bahia.

1. O Teste de Aptidão 4ª Etapa é de caráter Eliminatório e será aplicada no Município de Mata de São João- Bahia. PREFEITURA MUNICIPAL DE MATA DE SÃO JOÃO - ESTADO DA BAHIA Edital de Convocação para Prova de Aptidão Física Cargo Agente de Fiscalização Republicação dos Itens 8.3 e 8.4 O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE MATA

Leia mais

O PROJETO. A ESTAÇÃO SAÚDE foi desenvolvida com objetivo de proporcionar aos

O PROJETO. A ESTAÇÃO SAÚDE foi desenvolvida com objetivo de proporcionar aos O PROJETO A ESTAÇÃO SAÚDE foi desenvolvida com objetivo de proporcionar aos usuários diferentes exercícios que possibilitam trabalhar grupos musculares diversos, membros superiores, inferiores, abdominais

Leia mais

HOSPITAL PSIQUIÁTRICO PINEL COORDENADORIA DE SERVIÇOS DE SAÚDE HOSPITAL PSIQUIATRICO PINEL EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 01/2008 A HOSPITAL

HOSPITAL PSIQUIÁTRICO PINEL COORDENADORIA DE SERVIÇOS DE SAÚDE HOSPITAL PSIQUIATRICO PINEL EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 01/2008 A HOSPITAL HOSPITAL PSIQUIÁTRICO PINEL COORDENADORIA DE SERVIÇOS DE SAÚDE HOSPITAL PSIQUIATRICO PINEL EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 01/2008 A HOSPITAL PSIQUIATRICO PINEL, da Coordenadoria de Serviços de Saúde da

Leia mais

APRESENTAÇÃO 1 OBJETIVOS. 1.1 Objetivo Geral

APRESENTAÇÃO 1 OBJETIVOS. 1.1 Objetivo Geral APRESENTAÇÃO Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica O Instituto de Pós-Graduação e Graduação IPOG, no uso de suas atribuições legais, torna público o presente Edital, convocando os docentes

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTOS

EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTOS MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTOS ICA 54-2 APLICAÇÃO DO TESTE DE AVALIAÇÃO DO CONDICIONAMENTO FÍSICO PARA EXAMES DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO DO COMANDO DA AERONÁUTICA

Leia mais

Instrução Normativa xx de... 2014.

Instrução Normativa xx de... 2014. REGULAMENTO PARA AFASTAMENTO DE SERVIDORES DOCENTES DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL PARA CAPACITAÇÃO EM PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU E PÓS-DOUTORADO

Leia mais

EDITAL Nº 001, de 22 de Setembro de 2015

EDITAL Nº 001, de 22 de Setembro de 2015 EDITAL Nº 001, de 22 de Setembro de 2015 EDITAL DE INGRESSO PARA CURSO DE FORMAÇÃO DE AQUAVIÁRIOS NÍVEL 2 PESCADOR PROFISSIONAL POP (CFAQ-III C/M N2), e CURSO DE FORMAÇÃO DE AQUAVIÁRIOS - PESCADOR PROFISSIONAL

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2013-DE

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2013-DE ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA POLICIA MILITAR DO MARANHÃO DIRETORIA DE ENSINO Av. Jerônimo de Albuquerque, s/n, Calhau; CEP. 65.074-220; São Luís/MA; Telefax: (0xx98) 3235-3053;

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 004/2011 CONSELHO DO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO STRICTU SENSU EM AMBIENTE E SISTEMAS DE PRODUÇÃO AGRÍCOLA

RESOLUÇÃO Nº 004/2011 CONSELHO DO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO STRICTU SENSU EM AMBIENTE E SISTEMAS DE PRODUÇÃO AGRÍCOLA RESOLUÇÃO Nº 004/2011 CONSELHO DO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO STRICTU SENSU EM AMBIENTE E SISTEMAS DE PRODUÇÃO AGRÍCOLA Aprova as Normas para concessão e manutenção de bolsas do Programa de Pós-graduação

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE APIÚNA CNPJ 79.373.767/0001-16 SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE APIÚNA CNPJ 79.373.767/0001-16 SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO 014/2014/SEMEC NICANOR MORRO, PREFEITO MUNICIPAL DE APIÚNA - SC, no uso de suas atribuições legais e considerando o disposto na Lei Complementar nº 78/2005 de 08/12/2005,

Leia mais

INSTITUTO ELO CONVOCAÇÃO 73/2010 SELEÇÃO DE ASSISTENTE DE COMPRAS PARA ATUAR NA SEDE DO INSTITUTO ELO

INSTITUTO ELO CONVOCAÇÃO 73/2010 SELEÇÃO DE ASSISTENTE DE COMPRAS PARA ATUAR NA SEDE DO INSTITUTO ELO INSTITUTO ELO CONVOCAÇÃO 73/2010 SELEÇÃO DE ASSISTENTE DE COMPRAS PARA ATUAR NA SEDE DO INSTITUTO ELO OBJETO O Instituto Elo, associação privada sem fins lucrativos qualificada como Organização da Sociedade

Leia mais

TREINAMENTO 1. Aquecimento: Alongamento: Rodrigo Gonçalves (Comissão Paulista de Cheerleading) (CREF. 028011-G/SP)

TREINAMENTO 1. Aquecimento: Alongamento: Rodrigo Gonçalves (Comissão Paulista de Cheerleading) (CREF. 028011-G/SP) TREINAMENTO 1 Rodrigo Gonçalves (Comissão Paulista de Cheerleading) (CREF. 028011-G/SP) Rotina de alongamento e condicionamento (Treino 1): O alongamento e o aquecimento são importantíssimos em qualquer

Leia mais

MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS DIRETORIA REGIONAL DO RIO GRANDE DO SUL EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO Nº 609/2009

MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS DIRETORIA REGIONAL DO RIO GRANDE DO SUL EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO Nº 609/2009 MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS DIRETORIA REGIONAL DO RIO GRANDE DO SUL EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO Nº 609/2009 A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos - ECT,

Leia mais

POLÍCIA MILITAR DA BAHIA DEPARTAMENTO DE ENSINO COORDENAÇÃO DE PLANEJAMENTO E CONTROLE PEDAGÓGICO (CPCP)

POLÍCIA MILITAR DA BAHIA DEPARTAMENTO DE ENSINO COORDENAÇÃO DE PLANEJAMENTO E CONTROLE PEDAGÓGICO (CPCP) POLÍCIA MILITAR DA BAHIA DEPARTAMENTO DE ENSINO COORDENAÇÃO DE PLANEJAMENTO E CONTROLE PEDAGÓGICO (CPCP) Edital n.º DE - 042/10/2013 CURSO DE FEITOS INVESTIGATÓRIOS O Diretor de Ensino da PMBA, nos termos

Leia mais

Faculdade Vizinhança Vale do Iguaçu

Faculdade Vizinhança Vale do Iguaçu Faculdade Vizinhança Vale do Iguaçu Centro Pastoral, Educacional e Assistencial Dom Carlos - CPEA PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO SUPERIOR EDITAL N 06/2013 VIZIVALI A FACULDADE

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE LINHARES SECRETARIA MUNICIPAL DE CIDADANIA E SEGURANÇA PÚBLICA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 001/2014

PREFEITURA MUNICIPAL DE LINHARES SECRETARIA MUNICIPAL DE CIDADANIA E SEGURANÇA PÚBLICA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 001/2014 PREFEITURA MUNICIPAL DE LINHARES SECRETARIA MUNICIPAL DE CIDADANIA E SEGURANÇA PÚBLICA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 001/2014 O Município de Linhares, por intermédio da Secretaria Municipal

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA EXAME DE APTIDÃO FÍSICA

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA EXAME DE APTIDÃO FÍSICA ESTADO DE PERNAMBUCO PREFEITURA MUNICIPAL DE SALGUEIRO - PE Rua Joaquim Sampaio, 279 N.Sª das Graças CEP: 56.000-000 CNPJ: 11.361.243/0001-71 EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA EXAME DE APTIDÃO FÍSICA CARGO - AGENTE

Leia mais

SUGESTÕES DE PROGRAMAS DE TREINAMENTO FISICO PARA OS CANDIDATOS AOS CURSOS DE OPERAÇÕES NA SELVA

SUGESTÕES DE PROGRAMAS DE TREINAMENTO FISICO PARA OS CANDIDATOS AOS CURSOS DE OPERAÇÕES NA SELVA MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO COMANDO MILITAR DA AMAZÔNIA CENTRO DE INSTRUÇÃO DE GUERRA NA SELVA CENTRO CORONEL JORGE TEIXEIRA SUGESTÕES DE PROGRAMAS DE TREINAMENTO FISICO PARA OS CANDIDATOS

Leia mais

PORTARIA Nº 001/BM-8/2011

PORTARIA Nº 001/BM-8/2011 ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO INSTITUCIONAL COORDENADORIA DE LEGISLAÇÃO E DOUTRINA / BM -8 PORTARIA Nº 001/BM-8/2011

Leia mais