SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DO ESPÍRITO SANTO GERÊNCIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA PLANO DO CURSO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DO ESPÍRITO SANTO GERÊNCIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA PLANO DO CURSO"

Transcrição

1 SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DO ESPÍRITO SANTO GERÊNCIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA PLANO DO CURSO ELETRICISTA INSTALADOR PREDIAL DE BAIXA TENSÃO QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL BÁSICA EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS 2015

2 SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL- SENAI/ES FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESPÍRITO SANTO - FINDES Presidente: Marcos Guerra DEPARTAMENTO REGIONAL DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Diretor Regional: Luis Carlos de Souza Vieira GERÊNCIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA (GETEC) Gerente Executivo: João Marcos Del Puppo DIVISÃO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL (DEP) Gerente: Zilka Sulamita Teixeira de Aguilar Pacheco ANALISTA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL Grasielle Braga Andrade SENAI-ES. Qualificação Profissional Básica: Plano do curso Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão versão 1.00 Espírito Santo, REVISÃO: 2.01_ Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional do Estado do Espírito Santo Avenida Nossa Senhora da Penha, 2053, Ed. FINDES, Santa Lúcia, Vitória, ES GETEC Gerência Executiva de Educação e Tecnologia DEP Divisão de Educação Profissional Espírito Santo 2015

3 SUMÁRIO 1- JUSTIFICATIVA INFORMAÇÕES DO CURSO OBJETIVO GERAL PERFIL PROFISSIONAL Competência Geral Competências de Gestão PÚBLICO ALVO REQUISITOS DE ACESSO DOCUMENTOS PARA MATRÍCULA DESENHO CURRICULAR CONTEÚDO FORMATIVO MATERIAIS / CONSUMÍVEIS INSTALAÇÕES E EQUIPAMENTOS PERFIL DO DOCENTE CRITÉRIOS PARA APROVAÇÃO NO CURSO MATERIAL DIDÁTICO BIBLIOGRAFIA DE APOIO CERTIFICAÇÃO EQUIPE TÉCNICA RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DO PLANO DE CURSO...26

4 1- JUSTIFICATIVA Este documento apresenta a estrutura e o Itinerário formativo para atuação profissional como Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão e resulta do trabalho de desenho curricular elaborado a partir de perfil profissional definido por grupo de especialista do mercado da Eletroeletrônica e do SENAI /ES. Trata-se de um programa formativo flexível, concebido dentro dos princípios metodológicos e orientações da Concepção de Educação profissional do SENAI /ES, com o intuito de favorecer a construção progressiva da competência de composição de conhecimentos. Qualificação Profissional Básica É o processo ou resultado de formação e desenvolvimento de competências de um determinado perfil profissional definido no mercado de trabalho Na conclusão de curso é conferido certificado de qualificação profissional, conforme Diretrizes da Educação Profissional do SENAI: Diretriz 71 Os cursos e programas de qualificação profissional básica destinam-se a jovens e adultos, a partir de 16 anos de idade, e têm por objetivo formar e desenvolver competências de um determinado perfil profissional.. Os cursos de Formação Inicial e Continuada ministrada pelo SENAI-DR/ES são ofertados de acordo com a programação de suas Unidades Operacionais, através do Plano de Trabalho e dos Planos de Cursos. Este estudo servirá para contribuir na formação de profissionais para as indústrias na área de Eletroeletrônica formando mão de obra especializada e diversificada.

5 2- INFORMAÇÕES DO CURSO CURSO Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão CBO Código SGE MODALIDADE CARGA HORÁRIA Qualificação Profissional Área Tecnológica Eletroeletrônica 220 horas ITINERÁRIO Regional 3- OBJETIVO GERAL Proporcionar o desenvolvimento das capacidades técnicas, sociais, metodológicas e organizativas referente à Área de Eletroeletrônica. 4- PERFIL PROFISSIONAL 4.1 Competência Geral Instalar e manter sistemas de iluminação comandados por interruptores, sensores e demais dispositivos eletrônicos, pequenos motores para recalque, sistemas de refrigeração e aquecimento em unidades residenciais ou em prédios comerciais e residenciais de acordo com normas e procedimentos técnicos de qualidade, segurança, higiene e saúde. 4.2 Competências de Gestão Manter relacionamento interpessoal Manter-se atualizado Ter capacidade de organização Comunicar-se com clareza Administrar conflitos Ter capacidade de negociação.

6 5- PÚBLICO ALVO Trata-se de programas de formação inicial e continuada de trabalhadores, destinados a adultos, com conhecimentos mínimos correspondentes ao 6º ano do Ensino Fundamental. 6- REQUISITOS DE ACESSO Para a inscrição e a matrícula no Curso de Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão os candidatos devem: Ter idade mínima de 16 anos completos, Ensino Fundamental I incompleto. 7- DOCUMENTOS PARA MATRÍCULA Cópia do documento de identidade; Cópia do comprovante de residência; Comprovante de escolaridade ou autodeclaração de compatibilidade, conforme guia FIC do Pronatec. Cópia do CPF. Nota: Os alunos que se enquadram nos requisitos previstos na Gratuidade Regimental do SENAI, deverão ter sua situação de baixa renda atestada mediante autodeclaração, conforme artigos 68 e 69/2208 do Regimento Interno do SENAI. 8- DESENHO CURRICULAR UNIDADES CURRICULARES Carga Horária Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão Carga Horária Total 220 horas 220 horas

7 9- CONTEÚDO FORMATIVO 1. Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão 220 horas 1.1.Formação social 20 horas Relações de gênero x mercado de trabalho; Introdução aos direitos humanos; Diversidade sexual; Relações raciais no mundo do trabalho; Ética, moral, valores e postura profissional; Impacto da tecnologia no mercado de trabalho e direitos trabalhistas; Código de defesa do consumidor e meio ambiente; Sustentabilidade e processo seletivo de lixo úmido e seco; Apresentação pessoal e atendimento ao cliente; Empreendedorismo. 1.2.Eletricidade básica 36 horas Fundamentos da eletricidade: Estudo dos átomos e partículas subatômicas; Carga elétrica; Campo eletrostático; Condutores; Isolantes Grandezas elétricas elementares: Tensão; Corrente; Resistência; Múltiplos e submúltiplos das grandezas elétricas Circuito elétrico e lei de ohm: Fontes geradoras de eletricidade; Dispositivos de manobra; Consumidores; Variações de um circuito elétrico;

8 Cálculo de tensão corrente; Resistência pela lei de Ohm Resistividade: Cálculo de resistência em função da natureza; Comprimento; Seção transversal e temperatura dos condutores; Introdução a cálculos de queda de tensão Associação de resistores: Associação Série; Paralelo; Mista Leis de Kirchhoff: Introdução à lei dos nós: Introdução à lei das malhas Corrente contínua e corrente alternada: Ondas senoidais; Amplitude máxima de uma tensão alternada; Valor de pico e valor eficaz Energia e Potência: Potência em CC; Potência perdida nos circuitos elétricos; Introdução a potência em CA; Cálculo de consumo de energia Magnestimo e eletromagnestismo: Pólos dos imãs; Atração e repulsão dos pólos; Linhas de força; Campo magnético; Indução magnética; Campo magnético espiras; Força de atração de um eletroímã; Permeabilidade magnética. 1.3.Tecnologia das instalações prediais 44 horas

9 Legislação: Breve apresentação das normas NBR 5410 (instalações elétricas de BT), 5444 (simbologia para instalações prediais), normas de concessionárias locais; OBS: Este conteúdo deverá ser diluído consensualmente com cada conteúdo aplicado Sistema elétrico: Visão geral de um sistema elétrico (Geração hidrelétrica e termelétrica, barragens, subestações, linhas de transmissão, subtransmissão e distribuição, geradores e transformadores); Ferramentas: Chaves de fenda; Alicates (universal, corte diagonal, bico, decapador, crimpador e pressão); Trena; Esquadro; Prumo de centro; Ferro de soldar; Furadeiras; Parafusadeiras; Acessórios Redes elétricas em condutos: Eletrodutos; Eletrocalhas; Canaletas; Conduletes Dispositivos de proteção: Disjuntores, Dispositivos DR, Dispositivos de proteção contra surtos (Características técnicas, dimensionamento, coordenação e seletividade) Fios e cabos: Tipos de fios e cabos; Classe de encordoamento; Dimensionamento de acordo com os critérios estabelecidos na NBR 5410/2204; Quadro de distribuição: Quadros com e sem barramento;

10 Acessórios; Dimensionamento Dispositivos de controle manual e automático: Interruptores simples, Paralelos e intermediários, Pulsadores, Tomadas, Sensores de presença, Dimmer, Relé fotoelétrico, Relé de impulso, Timer digital e minuterias, Campainhas Ventiladores de teto Aterramento elétrico: Sistemas de aterramento; Tipos de eletrodos; Conceituação sobre SPDA (Sistema de Proteção contra descargas atmosféricas); Iluminação: Sistemas de Iluminação; Tipos de lâmpadas e luminárias; Conceitos luminotécnicos Instalação de força: Motores monofásicos e trifásicos; Chaves magnéticas; Chuveiros elétricos; Aparelhos de ar condicionado Quadros de medição: Medição monofásica, Medição bifásica; Medição trifásica e agrupamento de medição de acordo com normas da concessionária local. 1.4.Medidas Elétricas 08 horas

11 Conceito; Instrumentos digitais: Multímetro tipo alicate, Megôhmetro, Luxímetro, Wattímetro, Efetuar práticas de medição em laboratório. 1.5.Leitura e interpretação de projeto elétrico 20 horas Escala; Planta baixa; Simbologia; Quadro de cargas; Diagrama multifilar e unifilar; Efetuar levantamento de material e custos.

12 Práticas 92 horas 1ª ATIVIDADE PRÁTICA: Instalação de um interruptor simples de uma seção Elementos de competência 1.1. Instalar um interruptor simples de uma seção comandando uma lâmpada incandescente 127V e uma tomada monofásica 2P+T 127V Interpretando desenho do circuito da instalação; Passando cabos na Conectando componentes; Realizando testes e verificando funcionamento Interruptor simples; Tomada; Lâmpada; Receptáculo; Minidisjuntor; Quadro de distribuição. Alicate de corte; Chave de fenda; Estilete; Alicate universal; Chave Philips; Alicate amperímetro. 2ª TIVIDADE PRÁTICA: Instalação de um interruptor simples de duas seções Elementos de competência 2.1. Instalar um interruptor simples de duas seções comandando duas lâmpadas incandescentes 127V Interpretando desenho do circuito da instalação; Passando cabos na Realiza emendas e isolações necessárias; Conectando componentes; Realizando testes e verificando funcionamento. Interruptor simples de duas Seções; Lâmpada; Receptáculo, Minidisjuntor Quadro de distribuição. Alicate de corte; Chave de fenda; Estilete;

13 Alicate universal; Chave Philips. Alicate amperímetro. 3ª ATIVIDADE PRÁTICA: Instalação de dois interruptores paralelos de uma seção (sistema three-way) Elementos de competência 3.1. Instalar dois interruptores paralelos de uma seção (sistema three-way) comandando uma lâmpada incandescente 127V e duas tomadas monofásicas 2P+T, 127V, protegidas por dispositivo DR Interpretando desenho do circuito da instalação; Passando cabos na Realizando emendas e isolações ; Conectando componentes; Realizando testes e verificando funcionamento. Interruptor paralelo; Lâmpada; Receptáculo; Minidisjuntor; Quadro de distribuição; Interruptor DR; Tomada. Alicate de corte; Chave de fenda; Estilete; Alicate universal; Chave Philips. Alicate amperímetro. 4ª ATIVIDADE PRÁTICA: Instalação de dois interruptores paralelos de uma seção e um intermediário (sistema four-way) Elementos de competência 4.1. Instalar dois interruptores paralelos de uma seção e um intermediário (sistema four-way) comandando Interpretando desenho do circuito da instalação; Passando cabos na Interruptor paralelo; Interruptor intermediário;

14 uma luminária fluorescente 2x20W/ 127V com reator eletrônico Realizando emendas e isolações; Efetuando montagem de luminária Conectando componentes; Realizando testes e verificando o funcionamento. Luminária fluorescente 2x20W; Reator eletrônico 2x20W; Minidisjuntor; Quadro de distribuição. Alicate de corte; Chave de fenda; Estilete; Alicate universal; Chave Philips. Alicate amperímetro. 5ª ATIVIDADE PRÁTICA: Instalação de um dimmer rotativo Elementos de competência 5.1. Instalar de um dimmer rotativo comandando uma lâmpada incandescente 127V e um ponto de tomada para ligação de um aparelho de ar condicionado tipo janela 7500BTU/h em 220V,comandada por interruptor bipolar Interpretando desenho do circuito da instalação; Passando cabos na Realizando emendas e isolações; Conectando componentes; Realizando testes e verificando funcionamento Interruptor bipolar; Dimmer; Lâmpada; Receptácul; Minidisjuntor; Quadro de distribuição; Tomada. Alicate de corte; Chave de fenda; Estilete; Alicate universal; Chave Philips. Alicate amperímetro.

15 6ª ATIVIDADE PRÁTICA: Instalar um sensor de presença Elementos de competência 6.1. Instalar um sensor de presença comandando uma lâmpada incandescente 127V e um ponto de força para condicionador de ar Split 9000BTU/h em 220V Interpretando desenho do circuito de instalação; Passando cabos na Realizando emendas e isolações; Conectando componentes; Realizando testes e verificando funcionamento Sensor de presença; Lâmpada; Receptáculo; Minidisjuntor; Quadro de distribuição; Tomada. Alicate de corte; Chave de fenda e estilete; Alicate universal; Chave Philips. Alicate amperímetro. 7ª ATIVIDADE PRÁTICA: Instalação de dois sensores de presença em paralelo comandando Elementos de competência 7.1. Instalar dois sensores de presença em paralelo comandando uma lâmpada incandescente 127V e um ponto de força para chuveiro elétrico 4500W/127V Interpretando desenho do circuito de instalação; Passando cabos na Realizando emendas e isolações; Conectando componentes; Realizando testes e verificando funcionamento Sensor de presença; Lâmpada; Receptáculo; Minidisjuntor; Quadro de distribuição; Tomada. Alicate de corte; Chave de fenda;

16 Estilete; Alicate universal; Chave philips. Alicate amperímetro. 8ª ATIVIDADE PRÁTICA: Instalação de um relé fotoelétrico Elementos de competência 8.1. Instalar um relé fotoelétrico comandando uma lâmpada a vapor de mercúrio 125W/220V Interpretando desenho do circuito de instalação; Passando cabos na Realizando emendas e isolações; Conectando componentes; Realizando testes e verificando funcionamento Relé fotoelétrico; Lâmpada vapor de mercúrio; Reator para lâmpada; Vapor de mercúrio; Receptáculo; Minidisjuntor; Quadro de distribuição. Alicate de corte, Chave de fenda e estilete, Alicate universal, Chave philips Alicate amperímetro

17 9ª ATIVIDADE PRÁTICA: Instalação de minuteria eletrônica individual Elementos de competência 9.1. Instalar uma minuteria eletrônica individual comandando uma lâmpada incandescente e um interruptor simples de uma seção (comandando uma luminária fluorescente 2x20W)conjugado com tomada 127V Interpretando desenho do circuito de instalação; Minuteria, Lâmpada, Receptáculo, Interruptor conjugado com tomada, luminária fluorescente 2x20W, Reator eletrônico 2x20W, Minidisjuntor, Quadro de distribuição. Alicate de corte, Chave de fenda e estilete, Alicate universal, Chave philips Alicate amperímetro

18 10ª ATIVIDADE PRÁTICA: Instalação de um relé de impulso comandado por três pulsadores Elementos de competência Instalar um relé de impulso comandado por três pulsadores ligando uma lâmpada incandescente 127V Interpretando desenho do circuito de instalação; Passando cabos na Realizando emendas e isolações; Conectando componentes; Realizando testes e verificando funcionamento Relé de impulso 1 NA, Lâmpada, Receptáculo, Pulsador, Minidisjuntor, Quadro de distribuição. Alicate de corte, Chave de fenda e estilete, Alicate universal, Chave philips Alicate amperímetro 11ª ATIVIDADE PRÁTICA: Instalação de um programador horário comandando uma lâmpada incandescente 127V Elementos de competência Instalar um programador horário comandando uma lâmpada incandescente 127V e um pulsador comandando uma campainha 127V Interpretando desenho do circuito de instalação; Passando cabos na Realizando emendas e isolações; Conectando componentes; Realizando testes e verificando funcionamento Programador horário digital, Lâmpada, Receptáculo, Pulsador, Campainha, Minidisjuntor, Quadro de distribuição. Alicate de corte, Chave de fenda e estilete,

19 Alicate universal, Chave philips Alicate amperímetro 12ª ATIVIDADE PRÁTICA: Instalação de ventilador de teto com controle manual Elementos de competência Instalar ventilador de teto com controle manual Interpretando desenho do circuito de instalação; Passando cabos na Realizando emendas e isolações; Montando ventilador Conectando componentes; Realizando testes e verificando funcionamento. Ventilador de teto, Lâmpada, Receptáculo, Pulsador, Campainha, Minidisjuntor, Quadro de distribuição. Alicate de corte, Chave de fenda e estilete, Alicate universal, Chave philips Alicate amperímetro

20 13ª ATIVIDADE PRÁTICA: Instalação de motor elétrico monofásico 220V Elementos de competência Instalar motor elétrico monofásico 220V ligado por chave magnética Interpretando desenho do circuito de instalação; Passando cabos na Realizando emendas e isolações; Ligando motor; Conectando componentes; Realizando testes e verificando funcionamento. Motor monofásico, Chave magnética, Minidisjuntor, Quadro de distribuição. Alicate de corte, Chave de fenda e estilete, Alicate universal, Chave philips Alicate amperímetro 14ª ATIVIDADE PRÁTICA: Montagem de painel para comando de motobomba Elementos de competência Montar painel para comando de motobomba trifásica 220V comanda por chave bóia com opção manual e automática Interpretando desenho do circuito de instalação; Passando cabos na Montando dispositivos elétricos no quadro de comando; Conectando componentes; Realizando testes e verificando funcionamento Motobomba, Contator, Botão liga/desliga, Quadro de comando, Relé térmico, Sinaleiro, Minidisjuntor, Chave bóia. Alicate de corte, Chave de fenda e estilete, Alicate universal, Chave philips.

21 Alicate amperímetro 15ª ATIVIDADE PRÁTICA: Montagem de quadro de medição monofásico Elementos de competência Montar quadro de medição monofásico Interpretando desenho de circuito de instalação; Passando cabos na Montando caixa medidor; Conectando componentes; Realizando testes e verificando funcionamento Minidisjuntor, Caixa para medidor monofásico (padrão concessionária local), Haste de aterramento, Conector CHT, Conector KS Alicate de corte, Chave de fenda e estilete, Alicate universal, Chave philips Alicate amperímetro 16ª ATIVIDADE PRÁTICA: Montagem de quadro bifásico Elementos de competência Montar quadro de medição bifásico Interpretando desenho do circuito de instalação; Passando cabos na Montando caixa medidor; Conectando componentes; Realizando testes e verificando o funcionamento; Minidisjuntor, Caixa para medidor polifásico (padrão concessionária local), Haste de aterramento, Conector CHT, Conector KS Alicate de corte,

22 Chave de fenda e estilete, Alicate universal, Chave philips Alicate amperímetro 17ª ATIVIDADE PRÁTICA: Montagem de quadro de medição trifásico Elementos de competência Montar quadro de medição trifásico Interpretando desenho do circuito de instalação; Passando cabos na Montando caixa medidor; Conectando componentes; Realizando testes e verificando o funcionamento Minidisjuntor, Caixa para medidor polifásico (padrão concessionária local), Haste de aterramento, Conector CHT, Conector KS Alicate de corte, Chave de fenda e estilete, Alicate universal, Chave philips Alicate amperímetro 10- MATERIAIS / CONSUMÍVEIS PADRONIZAÇÃO DE EPI S PARA CURSO EPI S PARA CURSO - TURMA DE 20 ALUNOS Item Quant. Unid. Descrição 1 20 pç Capacete de proteção 2 20 pç Óculos de proteção 3 40 pç Protetor para eletricista de algodão 4 60 pr Luva de vaqueta

23 PADRONIZAÇÃO DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS PARA CURSO MATERIAIS E EQUIPAMENTOS PARA CURSO - TURMA DE 20 ALUNOS Item Quant. Unid. Descrição 1 02 pç Furadeira elétrica manual até 3/ pç Moto esmeril 3 20 pç Alicate universal 8 com cabo isolado de 1000V 4 10 pç Alicate de corte diagonal, 6", cabo isolado 1000V 5 10 pç Alicate de bico redondo 4 cabo isolado de 1000V 6 10 pç Chave de fenda 1/8 x pç Chave de fenda 1/4" x pç Chave de fenda 3/8 x pç Chave corrente p/ tubos até pç Chave de chave fixa combinada de 6mm a 32mm pç Chave phillips de 1/4" x pç Chave ajustável de pç Chave de grifo de pç Tarraxa para tubos metálicos manual de 3/ pç Ferro de solda de 250w pç Arco de serra manual de pç Nível em alumínio com base magnética, 3 bolhas (nível, prumo e 45 ), 350mm pç Metro de madeira articulada de 2m pç Esquadro 90º metálico de 300mm pç Prumo de centro pç Lima chata de pç Trena 3m pç Morsa de bancada nº pç Martelo tipo bola de 300g pç Sonda de PVC 5m jg Jogo de Serra copo de 19mm a 50mm pç Escada articulada de 5 degraus pç Canivete 100mm pç Multímetro digital

24 30 05 pç Alicate volt-amperimetro pç Megômetro digital de 1000V pç Bancada de serviços jg Jogo de soquete sextavado Ø ¼ (Soquetes em milímetros: 4-4, ) pç Catraca reversível ¼ PADRONIZAÇÃO DE CONSUMIVÉIS PARA CURSO CONSUMIVÉIS PARA CURSO - TURMA DE 20 ALUNOS Item Quant. Unid. Descrição 1 14 rl Cabo flexível de 1,5mm² X 100m 2 7 rl Cabo flexível de 2,5mm² X 100m 3 1 rl Cabo flexível de 4,0mm² X 100m 4 2 rl Cabo flexível de 10,0mm² X 100m 5 12 rl Fita isolante 9mm X 10m 11- INSTALAÇÕES E EQUIPAMENTOS As atividades teóricas do curso de Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão exigem sala de aula que comporte todos os participantes. Os exercícios práticos deverão ser realizados com equipamentos adequados e ambiente seguro. Recursos necessários: Item Discriminação Quantidade 1 Data show 1 2 Quadro Branco 1 3 Pincel 3

25 12- PERFIL DO DOCENTE O quadro de docentes para o curso de Qualificação profissional básica em Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão, deve ser composto preferencialmente por profissionais, com conhecimentos teóricos e práticos condizentes com o conteúdo programático do referido curso. 13- CRITÉRIOS PARA APROVAÇÃO NO CURSO Apuração da frequência - Na apuração da frequência será exigido o percentual mínimo de 75% (setenta e cinco por cento) de comparecimento às aulas, sendo este mínimo definido para atender eventualidades no decorrer do curso. Critério para aprovação - Será considerado aprovado o aluno que apresentar rendimento, em termos de competências e domínio de conhecimentos (conteúdos, habilidades técnicas e atitudes), tendo como padrão mínimo o domínio de, pelo menos, 06 (seis) pontos, na escala de 0 (zero) a 10 (dez) das competências requeridas no curso. 14- MATERIAL DIDÁTICO O material didático para os cursos de qualificação profissional básica estão disponíveis no portal do conhecimento, no seguinte endereço eletrônico: 15- BIBLIOGRAFIA DE APOIO Manual Básico de Eletrônica. L. W. Turner. Editora: Hemus, ISBN: Eletrônica: Todos os Componentes. Marco Antonio M. Souza. Editora: Hemus, ISBN: CERTIFICAÇÃO Ao aluno que concluir, com aprovação, todo curso, será conferido o certificado de Qualificação Profissional Básica como Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão.

26 17- EQUIPE TÉCNICA RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DO PLANO DE CURSO N.º Nome Função 1 João Marcos Del Puppo Gerente Executivo de Educação e Tecnologia 2 Zilka Sulamita Teixeira de Aguilar Pacheco Gestor responsável 3 Grasielle Braga Andrade Analista responsável 4 Erick Thadeu Gonçalves Miranda Especialista Técnico 5 Douglas Andrade Juliani Docente do Centro de Educação Profissional Hélcio Rezende Dias

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DO ESPÍRITO SANTO GERÊNCIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA PLANO DO CURSO

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DO ESPÍRITO SANTO GERÊNCIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA PLANO DO CURSO SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DO ESPÍRITO SANTO GERÊNCIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA PLANO DO CURSO OPERADOR DE EMPILHADEIRA QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL BÁSICA

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DO ESPÍRITO SANTO GERÊNCIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA PLANO DO CURSO

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DO ESPÍRITO SANTO GERÊNCIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA PLANO DO CURSO SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DO ESPÍRITO SANTO GERÊNCIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA PLANO DO CURSO OPERADOR DE COMPUTADOR QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL BÁSICA EIXO

Leia mais

PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO

PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO CURSO: ELETRICISTA INSTALADOR PREDIAL DE BAIXA TENSÃO - PRONATEC 224 horas ÁREA: ENERGIA MODALIDADE: QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL UNIDADE(S) HABILITADA(S): CT PALMAS Plano de Curso

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DO ESPÍRITO SANTO GERÊNCIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA PLANO DO CURSO

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DO ESPÍRITO SANTO GERÊNCIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA PLANO DO CURSO SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DO ESPÍRITO SANTO GERÊNCIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA PLANO DO CURSO ASSISTENTE ADMINISTRATIVO QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL BÁSICA

Leia mais

CM ELETRICISTA MONTADOR PLANO DE CURSO

CM ELETRICISTA MONTADOR PLANO DE CURSO CM ELETRICISTA MONTADOR PLANO DE CURSO Categoria e Atribuições Executar a montagem de painéis e quadro de distribuição, caixas de fusíveis e outros instrumentos de comandos, encaixando e ajustando as peças

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DO ESPÍRITO SANTO GERÊNCIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA PLANO DO CURSO

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DO ESPÍRITO SANTO GERÊNCIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA PLANO DO CURSO SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DO ESPÍRITO SANTO GERÊNCIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA PLANO DO CURSO MONTADOR E INSTALADOR DE MÓVEIS QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

Leia mais

Rendimento EscolarFrequência : Obrigatório Critério de Avaliação : NOTA. DependênciasCritérios: Este curso não admite dependências.

Rendimento EscolarFrequência : Obrigatório Critério de Avaliação : NOTA. DependênciasCritérios: Este curso não admite dependências. Titulação : Eletricista Nome Abreviado : Eletricista Nível : Aprendizagem Tipo de Curso : Aprendizagem Industrial Área : Eletroeletrônica Segmento de Área : Eletricidade Estratégia : Presencial Carga Horária

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo Formação Inicial e Continuada (Decreto Federal nº 5154/04 e Lei Federal nº 11741/08) PLANO DE CURSO Área: Eletroeletrônica

Leia mais

Integrado em Automação Industrial

Integrado em Automação Industrial Plano de Trabalho Docente (PTD) Integrado em Automação Industrial Ano Letivo de 2014 1 Sumário 1º Módulo COMPONENTE CURRICULAR: ELETRICIDADE BÁSICA... 5 COMPONENTE CURRICULAR: INSTALAÇÕES ELÉTRICAS...

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DO ESPÍRITO SANTO GERÊNCIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA PLANO DO CURSO

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DO ESPÍRITO SANTO GERÊNCIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA PLANO DO CURSO SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DO ESPÍRITO SANTO GERÊNCIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA PLANO DO CURSO ALIMOXARIFE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL BÁSICA EIXO TECNOLÓGICO:

Leia mais

PLANO DE CURSO RESUMIDO III. PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO DOS EGRESSOS DO CURSO

PLANO DE CURSO RESUMIDO III. PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO DOS EGRESSOS DO CURSO PLANO DE CURSO RESUMIDO CURSO Montador de Andaimes CBO 7155-45 COD-SGE 014.059 MODALIDADE Qualificação Profissional Área Tecnológica Construção Civil CARGA HORÁRIA 180 horas ITINERÁRIO Regional I. OBJETIVO

Leia mais

PLANO DE CURSO RESUMIDO III. PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO DOS EGRESSOS DO CURSO

PLANO DE CURSO RESUMIDO III. PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO DOS EGRESSOS DO CURSO PLANO DE CURSO RESUMIDO CURSO Mecânico de Motocicletas CBO 9144-15 COD-SGE 013.529 MODALIDADE Qualificação Profissional Área Tecnológica Automotiva CARGA HORÁRIA 320 horas ITINERÁRIO Regional I. OBJETIVO

Leia mais

PLANO DE CURSO RESUMIDO III. PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO DOS EGRESSOS DO CURSO

PLANO DE CURSO RESUMIDO III. PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO DOS EGRESSOS DO CURSO PLANO DE CURSO RESUMIDO CURSO Carpinteiro de Obras CBO 7155-25 COD-SGE 013.541 MODALIDADE Qualificação Profissional Básica Área Tecnológica Construção Civil CARGA HORÁRIA 220 horas ITINERÁRIO Regional

Leia mais

III. PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO DOS EGRESSOS DO CURSO

III. PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO DOS EGRESSOS DO CURSO PLANO DE CURSO RESUMIDO CURSO Instalador Hidráulico Residencial CBO 7241-15 COD-SGE 014.395 MODALIDADE Qualificação Profissional Área Tecnológica Construção Civil CARGA HORÁRIA 220 horas ITINERÁRIO Regional

Leia mais

CM ELETRICISTA FORÇA E CONTROLE PLANO DE CURSO

CM ELETRICISTA FORÇA E CONTROLE PLANO DE CURSO CM ELETRICISTA FORÇA E CONTROLE PLANO DE CURSO 1 Características do Curso Nível: Capacitação de nível médio Nome: Eletricista Força e Controle Carga horária: 240 horas Número de vagas: 20 2 Pré-requisito

Leia mais

SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL

SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL SENAI RR SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL ORGANIZAÇÃO CURRICULAR DOS CURSOS Catálogo de Cursos CARPINTEIRO ESTRUTURAL 1. TÍTULO CÓD. CBO 7155-05 Desenvolver no treinando o conhecimento

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecatrônica

Leia mais

Instalações Elétricas Prediais A

Instalações Elétricas Prediais A Instalações Elétricas Prediais A ENG04482 Prof. Luiz Fernando Gonçalves AULA 7 Simbologia de Projetos Elétricos Porto Alegre - 2012 Tópicos Projeto de instalações elétricas prediais Simbologia para instalações

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecatrônica

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Eletricidade, Máquinas e Medidas Elétricas: 1.1. Princípios da Eletrodinâmica: Tensão Elétrica, Corrente Elétrica, Resistores Elétricos, Potência Elétrica e Leis de OHM; 1.2. Circuitos

Leia mais

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS. Instalações para Iluminação e Aparelhos Eletrodomésticos

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS. Instalações para Iluminação e Aparelhos Eletrodomésticos INSTALAÇÕES ELÉTRICAS Instalações para Iluminação e Aparelhos Eletrodomésticos ABNT NBR 5410: 2004 Determinação das características gerais Na concepção de uma instalação elétrica, devem ser determinadas

Leia mais

Projeto de Instalações Elétricas Residenciais

Projeto de Instalações Elétricas Residenciais Projeto de Instalações Elétricas Residenciais Me. Hader Aguiar Dias Azzini hader_azzini@hotmail.com Campinas - ES 2014 Introdução Em geral, o projeto elétrico compreende quatro partes: Memória (justificativa

Leia mais

PLANEJAMENTO DIDÁTICO PEDAGÓGICO

PLANEJAMENTO DIDÁTICO PEDAGÓGICO PLANEJAMENTO DIDÁTICO PEDAGÓGICO Componente Curricular: ELETROELETRÔNICA APLICADA Módulo I Professor: Danilo de Carvalho / Danilo Ramos Stein / Enrico André Santos Castro Carga Horária prevista: 60 horas

Leia mais

PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO

PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO CURSO: ELETRICISTA INDUSTRIAL - PRONATEC 200 horas ÁREA:ELETROELETRÔNICA MODALIDADE:QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL UNIDADE(S) HABILITADA(S): CETEC ARAGUAÍNA CT GURUPI Plano de Curso

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS Padronização do tipo e quantidade necessária de instalações e equipamentos dos laboratórios das habilitações profissionais EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICO

Leia mais

Plano de Trabalho Docente (PTD)

Plano de Trabalho Docente (PTD) ETEC TAKASHI MORITA Plano de Trabalho Docente (PTD) Curso Técnico em Automação Industrial 2º Sem. 2013 1 Sumário 1º Módulo Componente Curricular: Eletrônica Digital I... 5 Componente Curricular: Eletricidade

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo Formação Inicial e Continuada (Decreto Federal nº 5154/04 e Lei Federal nº 11741/08) PLANO DE CURSO Área: Eletroeletrônica

Leia mais

DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES

DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES Os seis critérios de dimensionamento de circuitos de BT: 1. Seção mínima; 2. Capacidade de condução de corrente; 3. Queda de tensão; 4. Proteção contra sobrecargas; 5. Proteção contra curtos-circuitos;

Leia mais

EDI-34 Instalações Elétricas

EDI-34 Instalações Elétricas EDI-34 Instalações Elétricas Plano de Disciplina 2º semestre de 2015 1. Identificação Sigla e título: EDI-34 Instalações Elétricas Curso de Engenharia Civil-Aeronáutica Instituto Tecnológico de Aeronáutica

Leia mais

Simbologia de instalações elétricas

Simbologia de instalações elétricas Simbologia de instalações elétricas Os símbolos gráficos usados nos diagramas unifilar são definidos pela norma NBR5444, para serem usados em planta baixa (arquitetônica) do imóvel. Neste tipo de planta

Leia mais

1ª PARTE: INFORMAÇÃO TECNOLÓGICA ELETROTÉCNICA - IT

1ª PARTE: INFORMAÇÃO TECNOLÓGICA ELETROTÉCNICA - IT 1ª PARTE: INFORMAÇÃO TECNOLÓGICA ELETROTÉCNICA - IT SUMÁRIO Grandezas 01 1.1 Classificação das Grandezas 01 1.2 Grandezas Elétricas 01 2 Átomo (Estrutura Atômica) 01 2.1 Divisão do Átomo 01 3 Equilíbrio

Leia mais

PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO

PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO CURSO: MECÂNICO DE AR CONDICIONADO AUTOMOTIVO - PRONATEC 200 horas ÁREA: AUTOMOTIVA MODALIDADE: QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL UNIDADE(S) HABILITADA(S): CT PALMAS Plano de Curso

Leia mais

Exemplo de uma planta de distribuição elétrica utilizando parte da simbologia acima.

Exemplo de uma planta de distribuição elétrica utilizando parte da simbologia acima. TOMADA NO PISO PONTO DE FORÇA 2 3 3w 4w INTERRUPTOR DE 1 SEÇÃO INTERRUPTOR DE 2 SEÇÕES INTERRUPTOR DE 3 SEÇÕES INTERRUPTOR THREE-WAY PARALELO INTERRUPTOR FR-WAY INTERMEDIÁRIO ACIONADOR DE CIGARRA CIGARRA

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo 2015 2 1. Identificação Código 1.1 Disciplina: Eletrotécnica 0570098 1.2 Unidade: Centro

Leia mais

Simbologia de instalações elétricas

Simbologia de instalações elétricas Simbologia de instalações elétricas Os símbolos gráficos usados nos diagramas unifilar são definidos pela norma NBR5444, para serem usados em planta baixa (arquitetônica) do imóvel. Neste tipo de planta

Leia mais

WEG EQUIPAMENTOS ELÉTRICO S S.A. CENTRO DE TREINAMENTO DE CLIENTES - CTC KIT MEDIDAS ELÉTRICAS MANUAL DO PROFESSOR

WEG EQUIPAMENTOS ELÉTRICO S S.A. CENTRO DE TREINAMENTO DE CLIENTES - CTC KIT MEDIDAS ELÉTRICAS MANUAL DO PROFESSOR WEG EQUIPAMENTOS ELÉTRICO S S.A. CENTRO DE TREINAMENTO DE CLIENTES - CTC KIT MEDIDAS ELÉTRICAS MANUAL DO PROFESSOR CENTRO DE TREINAMENTO DE CLIENTES - CTC MEDIDAS ELÉTRIC AS MANUAL DO PROFESSOR Manual

Leia mais

APOSTILA DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

APOSTILA DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS APOSTILA DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS Engenharia Elétrica - UniFOA 7 Período Professor Paulo André Dias Jácome Engenheiro Eletricista CREA-RJ 168734/D Bibliografia: Básica: - Instalações Elétricas Hélio Creder

Leia mais

COMUNICADO TÉCNICO Nº 02

COMUNICADO TÉCNICO Nº 02 COMUNICADO TÉCNICO Nº 02 Página 1 de 1 ALTERAÇÕES NAS TABELAS PARA DIMENSIONAMENTO DOS PADRÕES DE ENTRADA DE BAIXA TENSÃO DE USO INDIVIDUAL 1.OBJETIVO Visando a redução de custos de expansão do sistema

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico 1º Semestre

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico 1º Semestre Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico 1º Semestre ETEC Dr. Júlio Cardoso Código: : 078 Município: Franca Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015

Plano de Trabalho Docente 2015 Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC MONSENHOR ANTONIO MAGLIANO Código: 088 Município: GARÇA / SP Eixo tecnológico: Industria Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico em

Leia mais

ENE065 Instalações Elétricas I

ENE065 Instalações Elétricas I 14/05/2012 ENE065 Instalações Elétricas I Prof.: Ivo Chaves da Silva Junior ivo.junior@ufjf.edu.br Dimensionamento dos Condutores FASE Ampacidade Queda de Tensão Seção Mínima Dimensionamento dos Condutores

Leia mais

Como reduzir sua conta de energia elétrica

Como reduzir sua conta de energia elétrica Como reduzir sua conta de energia elétrica Com REDULIGHT você tem energia de melhor qualidade e economiza até 25% na conta Saiba como O que é e como funciona o filtro REDULIGHT O Redulight é um Filtro

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec:PAULINO BOTELHO Código: 091 Município:São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecatrônica

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo Formação Inicial e Continuada (Decreto Federal nº 5154/04 e Lei Federal nº 11741/08) PLANO DE CURSO Área: Eletroeletrônica

Leia mais

CENTRO DE EDUCAÇÃO E ESPORTES GERAÇÃO FUTURA

CENTRO DE EDUCAÇÃO E ESPORTES GERAÇÃO FUTURA MEMORIAL DESCRITIVO E JUSTIFICATIVO DE CÁLCULO PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EM MÉDIA TENSÃO 13.8KV CENTRO DE EDUCAÇÃO E ESPORTES GERAÇÃO FUTURA RUA OSVALDO PRIMO CAXILÉ, S/N ITAPIPOCA - CE 1. INTRODUÇÃO

Leia mais

ND - 5.1 6-1 CÁLCULO DA CARGA INSTALADA E DA DEMANDA

ND - 5.1 6-1 CÁLCULO DA CARGA INSTALADA E DA DEMANDA ND - 5.1 6-1 CÁLCULO DA CARGA INSTALADA E DA DEMANDA 1. DETERMINAÇÃO DA CARGA INSTALADA a) Para definição do tipo de fornecimento, o consumidor deve determinar a carga instalada, somando-se a potência

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo Formação Inicial e Continuada (Decreto Federal nº 5154/04 e Lei Federal nº 11741/08) PLANO DE CURSO Área: Eletroeletrônica

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SUMÁRIO CONTEÚDO PG.. Instalações Elétricas Gerais 02.1. Geral 02.2. Normas 02.3. Escopo de Fornecimento 02.4. Características Elétricas para Iluminação de Uso Geral 02.4.1. Geral 02.4.2. Tensões de Alimentação

Leia mais

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LECTIVO 2012 / 2013

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LECTIVO 2012 / 2013 CURSO/CICLO DE FORMAÇÃO: Técnico de Instalações Elétricas DISCIPLINA: Práticas Oficinais N.º TOTAL DE MÓDULOS: 5 PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LECTIVO 2012 / 2013 N.º 1 18 Higiene e Segurança no Trabalho Organização

Leia mais

EDITAL DE INSCRIÇÕES

EDITAL DE INSCRIÇÕES EDITAL DE INSCRIÇÕES De acordo com o Contrato, firmado entre a Prefeitura Municipal de Cajati e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial SENAI, que estabelece parceria para a implementação de cursos

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município:São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecatrônica

Leia mais

Tipos de linhas. Sumário Linhas Elétricas Dimensionamento. Aspectos Gerais Características Tipos de Linhas

Tipos de linhas. Sumário Linhas Elétricas Dimensionamento. Aspectos Gerais Características Tipos de Linhas Tipos de linhas Sumário Aspectos Gerais Características Tipos de Linhas Instalação dos condutores Aspectos Gerais Características Tipos de Linhas Os cabos multipolares só deve conter os condutores de um

Leia mais

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE COCOS CNPJ: 14.222.012/0001-75

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE COCOS CNPJ: 14.222.012/0001-75 2º EXTRATO DE PUBLICAÇÃO TRIMESTRAL ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 196/2014 originado no Processo Licitatório Pregão Presencial 45/2014, Objeto: registro de preços para eventual serviço e aquisição de Material

Leia mais

C ATÁ L O G O D E P R O D U T O S

C ATÁ L O G O D E P R O D U T O S CATÁLOGO DE PRODUTOS Reator Eletrônico para lâmpadas fluorescentes tubulares e compactas 4 pinos Reator Eletrônico alto fator de potência para lâmpadas fluorescentes RET AF e RET BF RET HI-TECH e RET DYNAMIC

Leia mais

ENE065 Instalações Elétricas I

ENE065 Instalações Elétricas I 07/05/2012 ENE065 Instalações Elétricas I Prof.: Ivo Chaves da Silva Junior ivo.junior@ufjf.edu.br Quadro de Distribuição Circuitos Terminais Circuitos Terminais Quadro de Distribuição Quadro de Distribuição

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Plano de Trabalho Docente - 2015

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Plano de Trabalho Docente - 2015 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Plano de Trabalho Docente - 2015 ETEC Monsenhor Antonio Magliano Código: 088 Município: Garça/SP Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação

Leia mais

NORMAS TÉCNICAS BRASILEIRAS SOBRE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

NORMAS TÉCNICAS BRASILEIRAS SOBRE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS NORMAS TÉCNICAS BRASILEIRAS SOBRE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS Novas Normas NBR IEC 61643-1 - Dispositivos de proteção contra surtos em baixa tensão - Parte 1: Dispositivos de proteção conectados a sistemas de

Leia mais

LAUDO DE VISTORIA ELÉTRICA José Antonio Mocarzel engenheiro eletricista CREA RJ 1981103822

LAUDO DE VISTORIA ELÉTRICA José Antonio Mocarzel engenheiro eletricista CREA RJ 1981103822 LAUDO DE VISTORIA ELÉTRICA N O 21/2015 1. Informações gerais sobre o local da vistoria: Imóvel sito a rua Jornalista Irineu Marinho nº 441 Icaraí Niterói RJ Nome do Condomínio: Edifício Luanda CNPJ/MP:

Leia mais

PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO

PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO CURSO: Montador de Equipamentos Eletroeletrônicos 200 horas ÁREA: ELETROELTRÔNICA MODALIDADE: QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL UNIDADE(S) HABILITADA(S): CETEC - Araguaina Plano de

Leia mais

ANEXO VII PREÇOS ORIENTATIVOS EDITAL DE CONCORRÊNCIA Nº. 003/2010

ANEXO VII PREÇOS ORIENTATIVOS EDITAL DE CONCORRÊNCIA Nº. 003/2010 EDITAL DE CONCORRÊNCIA Nº. 003/2010 Valor estimado para licitação. 1. A quantidade estimada para a contratação dos serviços objeto deste projeto, pelo período de 12 (doze) meses, é de US: 1392 ( um mil

Leia mais

LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO DAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO UNESP CAMPUS DE FRANCA/SP

LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO DAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO UNESP CAMPUS DE FRANCA/SP LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO DAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO UNESP CAMPUS DE FRANCA/SP 1 INDÍCE 1 - OBJETIVO 2 - NORMAS APLICÁVEIS 3 - GENERALIDADES

Leia mais

Realizar novas ligações. Executa ligação BT. HISTÓRICO DE MODIFICAÇÕES Edição Data Alterações em relação à edição anterior

Realizar novas ligações. Executa ligação BT. HISTÓRICO DE MODIFICAÇÕES Edição Data Alterações em relação à edição anterior Fornecimento de Energia Elétrica a Edificações de Múltiplas Unidades Consumidoras do Programa Minha Casa Minha Vida com Telemedição Processo Atividade Realizar novas ligações Executa ligação BT Código

Leia mais

GUIA PRÁTICO DE ATERRAMENTO

GUIA PRÁTICO DE ATERRAMENTO 2014 GUIA PRÁTICO DE ATERRAMENTO MAURÍCIO RODRIGUES DOS REIS SENAI-MG 15/02/2014 GUIA PRÁTICO SOBRE ATERRAMENTO INTRODUÇÃO... Pág.02 CONCEITOS BÁSICOS... Pág.02 MONTAGEM PASSO A PASSO DE ATERRAMENTO...

Leia mais

Instalações Elétricas Prediais A

Instalações Elétricas Prediais A Instalações Elétricas Prediais A ENG04482 Prof. Luiz Fernando Gonçalves AULA 9 Divisão da Instalação em Circuitos Porto Alegre - 2012 Tópicos Quadros de distribuição Disjuntores Divisão da instalação elétrica

Leia mais

Ferramentas isoladas Vde. Rua do Manifesto, 2216 - Ipiranga - São Paulo Fone: +55 (11) 2271-3211 www.internacionalferramentas.com.

Ferramentas isoladas Vde. Rua do Manifesto, 2216 - Ipiranga - São Paulo Fone: +55 (11) 2271-3211 www.internacionalferramentas.com. Ferramentas isoladas Vde Rua do Manifesto, 2216 - Ipiranga - São Paulo Dupla camada de isolação nas ferramentas VDE A dupla camada de proteção plástica das ferramentas VDE oferece mais segurança ao usuário

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2012

Plano de Trabalho Docente 2012 Plano de Trabalho Docente 2012 Ensino Técnico ETEC MONSENHOR ANTONIO MAGLIANO Código: 088 Município: GARÇA / SP Eixo tecnológico: Industria Habilitação Profissional: INSTALAÇÕES ELETRICAS E REDES Qualificação

Leia mais

DICAS. Instalações elétricas residenciais. 8ª Edição

DICAS. Instalações elétricas residenciais. 8ª Edição DICAS Instalações elétricas residenciais 8ª Edição DICAS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS RES CONCEITOS BÁSICOS DE ELETRICIDADE Nos condutores existem partículas invisíveis chamadas de elétrons livres que, assim

Leia mais

Montagem de SPDA e Aterramento

Montagem de SPDA e Aterramento Executamos obras com uma equipe especializada e experiente, qualificada na área de sistem as de SPDA e aterramento. O SPDA e o aterramento é de fundamental importância para a proteção de pessoas e de sistemas

Leia mais

Eletrodinâmica. Circuito Elétrico

Eletrodinâmica. Circuito Elétrico Eletrodinâmica Circuito Elétrico Para entendermos o funcionamento dos aparelhos elétricos, é necessário investigar as cargas elétricas em movimento ordenado, que percorrem os circuitos elétricos. Eletrodinâmica

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2012. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2012. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2012 Ensino Técnico ETEC: Monsenhor Antonio Magliano Código: 088 Município: Garça - SP Eixo Tecnológico: Indústria Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico

Leia mais

Instalações Elétricas Prediais A

Instalações Elétricas Prediais A Instalações Elétricas Prediais A ENG04482 Prof. Luiz Fernando Gonçalves AULA 8 Previsão de Cargas Porto Alegre - 2012 Tópicos Cargas dos pontos de utilização Previsão de cargas conforme a norma Exemplo

Leia mais

Instalações Elétricas Industriais

Instalações Elétricas Industriais Instalações Elétricas Industriais ENG 1480 Professor: Rodrigo Mendonça de Carvalho Instalações Elétricas Industriais CAPÍTULO 01 INTRODUÇÃO Flexibilidade: admitir mudanças nas localizações dos equipamentos,

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DO ESPÍRITO SANTO GERÊNCIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DO ESPÍRITO SANTO GERÊNCIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DO ESPÍRITO SANTO GERÊNCIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA PLANO DO CURSO PEDREIRO DE ALVENARIA QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL BÁSICA EIXO

Leia mais

Analisando graficamente o exemplo das lâmpadas coloridas de 100 W no período de três horas temos: Demanda (W) a 100 1 100 100.

Analisando graficamente o exemplo das lâmpadas coloridas de 100 W no período de três horas temos: Demanda (W) a 100 1 100 100. Consumo Consumo refere-se à energia consumida num intervalo de tempo, ou seja, o produto da potência (kw) da carga pelo número de horas (h) em que a mesma esteve ligada. Analisando graficamente o exemplo

Leia mais

Reparador de Circuitos Eletrônicos

Reparador de Circuitos Eletrônicos Reparador de Circuitos Eletrônicos O Curso de Reparador de Circuitos Eletrônicos tem por objetivo o desenvolvimento de competências relativas a princípios e leis que regem o funcionamento e a reparação

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo PLANO DE CURSO. Área Profissional: Indústria

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo PLANO DE CURSO. Área Profissional: Indústria Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo PLANO DE CURSO Área Profissional: Indústria Qualificação: Eletricista Instalador Residencial SÃO PAULO Março 2004 Plano de

Leia mais

Lista de Exercícios de Instalações Elétricas

Lista de Exercícios de Instalações Elétricas Lista de Exercícios de Instalações Elétricas 1 - Calcule a resistência elétrica equivalente entre os pontos A e B do circuito a seguir. Obs. todos os resistores possuem resistência igual a R. 2 - A figura

Leia mais

CARTA CONVITE FUnC 02/2014

CARTA CONVITE FUnC 02/2014 CARTA CONVITE FUnC 02/2014 A FUnC encaminha a presente Carta Convite, para se houver interesse, participar do processo de fornecimento do seguinte serviço: ABERTURA DE PROPOSTAS PARA APRESENTAÇÃO DE PREÇOS

Leia mais

ANEXO IV FPTI FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU PLANILHA DE MATERIAIS E SERVIÇOS PARA MANUTENÇÃO ELÉTRICA EM BAIXA TENSÃO Proposta Registro de Preço

ANEXO IV FPTI FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU PLANILHA DE MATERIAIS E SERVIÇOS PARA MANUTENÇÃO ELÉTRICA EM BAIXA TENSÃO Proposta Registro de Preço ANEXO IV FPTI FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU PLANILHA DE MATERIAIS E SERVIÇOS PARA MANUTENÇÃO ELÉTRICA EM BAIXA TENSÃO Proposta Registro de Preço ITEM DESCRIÇÃO UNID QTDE VALOR VALOR MÃO VALOR MÁXIMO

Leia mais

APRESENTAÇÃO... 13. Unidade 1: Revisão de eletricidade básica. 1.1 Primeiras palavras... 17. 1.2 Problematizando o tema... 17

APRESENTAÇÃO... 13. Unidade 1: Revisão de eletricidade básica. 1.1 Primeiras palavras... 17. 1.2 Problematizando o tema... 17 ........... Sumário APRESENTAÇÃO.... 13 Unidade 1: Revisão de eletricidade básica 1.1 Primeiras palavras.... 17 1.2 Problematizando o tema... 17 1.3 Texto básico para estudos.... 17 1.3.1 Tensão Contínua

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL- SENAI/ES GERÊNCIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA PLANO DO CURSO AUXILIAR DE MANUTENÇÃO PREDIAL

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL- SENAI/ES GERÊNCIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA PLANO DO CURSO AUXILIAR DE MANUTENÇÃO PREDIAL SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL- SENAI/ES GERÊNCIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA PLANO DO CURSO AUXILIAR DE MANUTENÇÃO PREDIAL QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL VERSÃO PRELIMINAR 2015 1 SERVIÇO

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE PROJETO ELÉTRICO PARA CONSTRUÇÃO DAS CASAS POPULARES DO LOTEAMENTO DE INTERESSE SOCIAL PRESIDENTE KENNDY ES

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE PROJETO ELÉTRICO PARA CONSTRUÇÃO DAS CASAS POPULARES DO LOTEAMENTO DE INTERESSE SOCIAL PRESIDENTE KENNDY ES ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE PROJETO ELÉTRICO PARA CONSTRUÇÃO DAS CASAS POPULARES DO LOTEAMENTO DE INTERESSE SOCIAL PRESIDENTE KENNDY ES MEMORIAL DESCRITIVO Memorial Descritivo Elétrico Projeto: Marcelo

Leia mais

ENE065 Instalações Elétricas I

ENE065 Instalações Elétricas I 12/03/2012 ENE065 Instalações Elétricas I Prof.: Ivo Chaves da Silva Junior ivo.junior@ufjf.edu.br Informações ENE065 http://www.ufjf.br/ivo_junior/ ENE065_NOTURNO Generalidades Sistema Elétrico de Potência

Leia mais

Um estudo dos principais Circuitos Elétricos utilizados na Engenharia Elétrica.

Um estudo dos principais Circuitos Elétricos utilizados na Engenharia Elétrica. Unidade Universitária Escola de Engenharia Curso Engenharia Eletrônica e Engenharia Elétrica Disciplina Eletricidade I Professor Paulo Guerra Junior Carga horária 4 Código da Disciplina 161.1303.9 Etapa

Leia mais

Plano Curricular Plano Curricular PlanoCurricular

Plano Curricular Plano Curricular PlanoCurricular Área de formação 522. Eletricidade e Energia Curso de formação Técnico/a de Instalações Elétricas Nível de qualificação do QNQ 4 Componentes de Sociocultural Duração: 775 horas Científica Duração: 400

Leia mais

Plano de Trabalho Docente (PTD)

Plano de Trabalho Docente (PTD) ETEC TAKASHI MORITA Plano de Trabalho Docente (PTD) Curso Técnico em Automação Industrial 1º Sem. 2015 1 Conteúdo 1º Módulo Componente Curricular: Eletricidade Básica... 5 Componente Curricular: Eletrônica

Leia mais

PRÁTICAS PARA A DISCIPLINA LABORATÓRIO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

PRÁTICAS PARA A DISCIPLINA LABORATÓRIO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS PRÁTICAS PARA A DISCIPLINA LABORATÓRIO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS APOSTILA DO PROFESSOR 2 APOSTILA DO PROFESSOR PRÁTICA N 1 - Dispositivos de comando de iluminação. LABORATÓRIO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS APOSTILA

Leia mais

SUBESTAÇÃO 150KVA SEC. DE SAÚDE DO ESTADO DO CE. SESA

SUBESTAÇÃO 150KVA SEC. DE SAÚDE DO ESTADO DO CE. SESA Memorial descritivo e de cálculo SUBESTAÇÃO 150KVA SEC. DE SAÚDE DO ESTADO DO CE. SESA 1 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO 2. IDENTIFICAÇÃO 3. CARACTERÍSTICAS DA SUBESTAÇÃO 4. PROJETO ELÉTRICO 4.1. MEMORIAL DESCRITIVO

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS IMPLANTAÇÃO.

ESPECIFICAÇÃO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS IMPLANTAÇÃO. OBRA: COL. EST. RESIDENCIAL SÃO PEDRO - PROJETO PADRÃO SECULO XXI. LOCAL: - Rua Tucunaré com Rua Pacu e Avenida Astolpho Leão Borges APM-05, Residencial São Pedro Goianira - GO ESPECIFICAÇÃO DE INSTALAÇÕES

Leia mais

OCUPAÇÃO 19 DESCRITIVO TÉCNICO. Data de Aprovação:18/12/2003 Data de Revisão: Dezembro de 2005

OCUPAÇÃO 19 DESCRITIVO TÉCNICO. Data de Aprovação:18/12/2003 Data de Revisão: Dezembro de 2005 DESCRITIVO TÉCNICO OCUPAÇÃO 19 Data de Aprovação:18/12/2003 Data de Revisão: Dezembro de 2005 A Comissão de Diretores do SENAI Coordenadora das Olimpíadas do Conhecimento determina, de acordo com as normas

Leia mais

cesse: Downloads Manuais Tira-dúvidas

cesse: Downloads Manuais Tira-dúvidas para leigos cesse: Downloads gratuitos Manuais Tira-dúvidas E muito mais! O site Shammaluz está mais bonito e mais completo. Lá você encontra informações específicas para cada tipo de negócio que quer

Leia mais

LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO DAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO. Condomínio Santa Tecla. Bagé RS. 21 de Maio de 2015

LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO DAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO. Condomínio Santa Tecla. Bagé RS. 21 de Maio de 2015 Engenharia, Pesquisa, Desenvolvimento e Ensino LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO DAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO Condomínio Santa Tecla Bagé RS 21 de Maio de 2015 Sumário 1. OBJETIVO. 3 2. NORMAS APLICÁVEIS.

Leia mais

Critérios Construtivos do Padrão de Entrada

Critérios Construtivos do Padrão de Entrada Notas: Critérios Construtivos do Padrão de Entrada A fiação do ramal de saída deve ser a mesma fiação do ramal de entrada. O padrão de entrada na zona rural deverá ficar no mínimo de 10 metros e no máximo

Leia mais

** OBS. Z=R+jωl e o seu módulo: Z R XL R l

** OBS. Z=R+jωl e o seu módulo: Z R XL R l Análise da Corrente de Curto - Circuito A Análise da corrente de curto circuito em sistemas de baixa tensão é necessária para dimensionar corretamente a proteção do equipamento (disjuntor de proteção)

Leia mais

REGULAMENTO CENTRO DE EVENTOS FIERGS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

REGULAMENTO CENTRO DE EVENTOS FIERGS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS No caso das instalações elétricas existentes nos espaços não comportarem a carga elétrica a ser ligada pelo evento, é necessário que a Contratante apresente os documentos e respeite as condições mínimas

Leia mais

Sumário ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD 035.02.04 REDE CONVENCIONAL TRANSFORMADORES

Sumário ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD 035.02.04 REDE CONVENCIONAL TRANSFORMADORES Sumário 1. Objetivo 2. Âmbito de Aplicação 3. Documentos de Referência 4. Requisitos Ambientais 5. Condições Gerais 6. Estruturas Trifásicas com Transformadores 6.1. Estrutura M1 com Transformador 6.2.

Leia mais

Plano de Trabalho Docente (PTD)

Plano de Trabalho Docente (PTD) ETEC TAKASHI MORITA Plano de Trabalho Docente (PTD) Curso Técnico em Automação Industrial 2º Sem. 2014 1 Conteúdo 1º Módulo Componente Curricular: Eletricidade Básica... 4 Componente Curricular: Eletrônica

Leia mais

Instalações elétricas resumo

Instalações elétricas resumo Instalações elétricas resumo Na instalação elétrica de um prédio (residencial, comercial ou industrial), temos basicamente: - Equipamentos relacionados com a alimentação da instalação, tais como geradores,

Leia mais

Capítulo 2 - Símbolos Gráficos para Instalações Elétricas Prediais 2.1. Simbologia Padronizada

Capítulo 2 - Símbolos Gráficos para Instalações Elétricas Prediais 2.1. Simbologia Padronizada Capítulo 1 - Conceitos Básicos de Eletricidade para Aplicação em Instalações Elétricas 1.1. Tipos e Formas de Distribuição de Energia 1.1.1. Energia 1.2. Geração de Energia Elétrica 1.2.1. Barragem 1.2.2.

Leia mais