facebook/canisefelisvet

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "facebook/canisefelisvet"

Transcrição

1 Nossa paixão é animal! facebook/canisefelisvet Rua Almirante Barroso, 1342 Centro - São Miguel do Oeste (Agendamento) (Emergência) (Emergência)

2 A/02 Opinião - SÃO MIGUEL DO OESTE - SC, 27 DE JUNHO DE 2015 Lucas Miguel Gnigler NÃO LEMBRO O SEU NOME Sou daqueles que tem dificuldade para gravar o nome das pessoas. Tento me justificar para a pessoa esquecida, mas ao mesmo tempo sei que preciso procurar formas de superar esse defeito. Sim, trata-se de um defeito. Há alguns dias, lendo algum texto sobre práticas de liderança, um tópico me chamou a atenção. O autor fazia a seguinte pergunta: se uma pessoa se apresentasse para você, e simplesmente lhe entregasse mil dólares em dinheiro, você esqueceria o nome dela? A reflexão do autor era a seguinte: esquecemos o nome das pessoas porque não damos importância a essa pessoa. Se você conhece alguém que é de alguma forma importante para você, você vai lembrar do nome sempre. Isso me fez refletir bastante. Já tentei alguns truques para tentar gravar nomes e feições (ouço muita gente dizer: Nomes eu esqueço, mas sou bom em gravar rostos. Eu sou ruim em ambos). Mas esses truques nunca deram muito certo. Com base nessa nova reflexão, pensei num novo caminho: quem sabe, ao conhecer alguém, seja preciso um esforço maior em ouvir, perguntar, e captar algum valor dessa pessoa. Algo que ela ofereça naturalmente: sinceridade, experiência, conhecimento, qualquer coisa. Quem sabe esteja em mim a missão de tornar essa pessoa relevante e assim não esquecer o seu nome. Não porque eu decorei com algum macete, mas porque essa pessoa adquiriu algum significado. O que mais me preocupa é o fato de que, ao não lembrar o nome de alguém, eu não estou apenas demonstrando uma fraqueza na memória. Eu estou demonstrando também que essa pessoa não significa muito para mim. Simples assim. Em tempo: se alguma pessoa começar a falar com você, e você não conseguir lembrar do nome dessa pessoa, pergunte logo, nos primeiros 30 segundos de conversa. É bem pior você perguntar dez minutos depois, ou no final da conversa. Acredite em mim, já fiz isso. Em tempo ainda: aconteceu, e você esqueceu o nome de alguém. Você pode até justificar o seu problema de memória. Mas o mais importante é, nesse novo contato, demonstrar interesse. Fazer perguntas e prestar atenção nas respostas. Não apenas ficar calado ouvindo, mas concordando e comentando o que a pessoa falar. Ela é o centro das atenções agora e acredito que assim ela também irá esquecer o seu primeiro esquecimento. CHARGE IMPRENSA LIVRE E RECONHECIDA Levar o Jornal O Líder todos os sábados até a sua casa, comércio, trabalho, não é tarefa fácil. Há pouco mais de quatro anos, em uma atitude inovadora, a população do Extremo-Oeste pode ter a primeira prova de um jornal completo e que tem o compromisso com o leitor como premissa principal. Porém, tirar isso da teoria e aplicar na vida real impôs muitos desafios, barreiras e portas na cara. A prova de que a verdade, a mudança e a imparcialidade são fatos que muitas vezes descem como remédio amargo. O Líder remou contra todo o restante da imprensa que apenas publicava releases emitidos pelas assessorias de imprensa e fazia o jogo de interesses dos políticos, imprimindo para a sociedade não a verdade, mas a manipulação da realidade. Durante todo o período, antes do Líder grande parte da imprensa demonstrou estar acéfala, regida por interesses e incapaz de questionar os fatos apresentados. Desta vez não foi o rei que ficou nu. Foram muitos os veículos de comunicação que tiveram reveladas sua ineficiência em fazer um jornalismo de verdade. Ao simplesmente reproduzirem o que era dito, sem questionar ou emitir opiniões, os veículos de comunicação produziram um jornalismo meramente declaratório e inservível para a sociedade. O Líder chegou com o compromisso de fomentar uma sociedade que precisa ser mais crítica quanto à informação que consome, precisa exigir que veículos, o jornal e principalmente os detentores de concessões públicas, como rádios e televisões, parem de ser regidos por interesses econômicos e políticos ocultos. O jornalismo precisa estar acima da politicagem eleitoreira barata. Quando isso acontecer, teremos uma população bem informada e capaz de formar opiniões necessárias para fazer as escolhas certas. Ainda assim, O Líder tem sido muitas vezes contestado pela sua maneira de fazer jornalismo e o faz de maneira séria e descomprometida com qualquer facção partidária. Discriminado em processos licitatórios e nas verbas públicas municipais, mas mesmo assim nunca desmotivado. Mas, convenhamos, não apenas jogando confete na própria cria, o jornalismo regional melhorou e evoluiu muito com a chegada do mais novo concorrente. Foi uma corrida desenfreada por novos conteúdos, novos modelos, novos projetos gráficos. E o jornalismo, como um todo, melhorou. Fizemos nossa parte. Evoluímos ao publicar o primeiro jornal cem por cento colorido do Oeste. Inovamos ao cutucar feridas cicatrizadas. Inovamos ao mostrar a cara da sociedade, os anseios de todas as classes sociais. Ampliamos horizontes na saúde, economia e política. É, fizemos a nossa parte! E a grande prova é sua credibilidade junto ao leitor, e assim seguirá. Estar entre os dez melhores do Estado, título conferido pela Adjori, é, sem dúvida alguma, um grande reconhecimento. Daiane Cristina Gohlke ASSINATURAS: (49) SEMESTRAL R$ 60,00 ANUAL R$ 120,00 - VENDA AVULSA R$ 2,50 QUANTO MAIS AMARGO O CHOCOLATE, MAIS BENEFÍCIOS? Verdade. Quanto mais amargo o chocolate, ou seja, quanto maior a porcentagem de cacau, maiores os benefícios nutricionais. O chocolate ao leite traz em sua composição mais gordura saturada e açúcar, ficando com apenas 16% de cacau. Já o chocolate acima de 50% de cacau tem menos açúcares e gorduras saturadas, fatores de risco para obesidade e doenças cardiovasculares. GARGAREJO COM ÁGUA MORNA, SAL E VINAGRE AJUDA A ALIVIAR A DOR DE GARGANTA? Mito. O gargarejo realmente ajuda a aliviar a dor, mas a indicação é que seja feito com medicamentos próprios. O vinagre e o sal são substâncias que podem irritar a mucosa oral, piorando o problema. PENSAR QUEIMA CALORIAS? Verdade. Gastamos energia para transmitir impulso nervoso. Para que o neurônio se reabilite para receber um novo impulso nervoso, o sódio é colocado para fora da célula através do processo chamado de transporte ativo (que ocorre contra a tendência natural do movimento), o que exige um gasto de energia. Esta energia é retirada dos alimentos.

3 - SÃO MIGUEL DO OESTE - SC, 27 DE JUNHO DE 2015 A/03 por Fernando Hübner RADAR EX-DEPUTADO INVESTIGADO NA LAVA JATO DIZ À PF QUE PERDEU A MEMÓRIA Uma situação um tanto curiosa foi exposta durante o depoimento de um ex-deputado à Polícia Federal, no âmbito da Operação Lava Jato. Carlos Magno Ramos, que está sendo investigado pelo STF, disse em depoimento que perdeu parte da memória devido a uma doença. Apesar da doença alegada à PF, Magno disse ao jornal Folha de São Paulo que tem certeza de que não conheceu o doleiro Alberto Youssef, que o mencionou durante delação premiada em fevereiro. DEPOIS DE SANCIONAR DIA DO MILHO, DILMA SAÚDA A MANDIOCA Em um discurso durante a cerimônia de lançamento dos Primeiros Jogos Mundiais dos Povos Indígenas na terça-feira, a presidente, Dilma Rousseff, divertiu a plateia com seus improvisos. Cinco meses depois de sancionar o Dia do Milho, Dilma aproveitou para saudar a mandioca. "Nós temos a mandioca e estamos comungando a mandioca com o milho. Estou saudando a mandioca. Uma das maiores conquistas do Brasil", afirmou a presidente, filosofando acerca de um dos principais alimentos indígenas, depois de lembrar que "nenhuma civilização nasceu sem ter acesso a uma forma básica de alimentação". "E aqui nós temos uma, como também os índios e indígenas americanos têm a deles". Na sequência, Dilma falou sobre uma bola que segurava ao longo do discurso, um presente que recebeu antes do evento. "Aqui tem uma bola que eu passei o tempo inteiro testando e que vai durar o tempo que for necessário. Ela vem de longe, da Nova Zelândia. Essa bola é um exemplo, extremamente leve. Eu testei, fiz embaixadinha", afirmou a presidente. "A importância da bola é justamente o símbolo da capacidade que nos distingue como nós somos do gênero humano, da espécie sapiens (sic)", prosseguiu. Enquanto tratava da importância de celebrar o esporte - uma atividade que tem "um fim em si", segundo a petista - Dilma emendou: "Para mim essa bola é um símbolo da nossa evolução. Quando nós criamos uma bola, nós nos transformamos em homo sapiens, ou mulheres sapiens". SOPA NO PÃO O Grupo Escoteiro Atalaia realiza, no próximo dia 11 de julho, o tradicional jantar da Sopa no Pão. Os ingressos já estão à venda com os integrantes do grupo e são limitados. Não perca tempo e reserve já o seu! CLUBE DO PEDAL A força do Rádio Catarinense foi confirmada nesta semana na parceria firmada entre a Assembleia Legislativa e a Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão (Acaert), na assinatura do convênio Alesc no Rádio: Transparência e Integração. Segundo o acordo, as emissoras afiliadas à Acaert transmitirão um boletim diário com informações legislativas produzidas pela equipe de jornalistas da Rádio AL Digital. O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Gelson Merisio (PSD), explicou que o objetivo é levar a todos os municípios informações sobre as atividades do Legislativo. O cidadão poderá concordar ou discordar a partir de informação de qualidade, observou o deputado. E para levar informações a todo o Estado, segundo Merisio, o caminho é a radiodifusão. No último fim de semana foi realizada, em Florianópolis, a cerimônia de premiação do Prêmio Adjori de Jornalismo Troféu Luiz Henrique da Silveira, durante o 43º Congresso da Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina e 5º Encontro Nacional de Jornais do Interior do Brasil. Participando apenas pela segunda vez e disputando com mais de 50 jornais de todas as regiões do Estado, tivemos o privilégio de ter nossos dois jornais selecionados entre os TOP10 no Estado pela segunda vez. Num total de oito menções honrosas, nossos jornais tem, em nível estadual, o mesmo reconhecimento que aqui já dispomos de nossos assinantes e leitores. Parabéns a toda a equipe pelo reconhecimento! Vocês merecem! Quem passou pela área coberta da praça de SMOeste na tarde do sábado (20) com certeza se surpreendeu com a quantidade de ciclistas que se preparavam para participar de mais uma tarde de aventuras pelas estradas de terra da região. Um grupo de mais de 30 pessoas entre participantes e simpatizantes do Clube do Pedal percorreram mais de 70 km em uma tarde de muita parceria e superação. Parabéns a todos! COBRANÇA A visita do secretário de assuntos estratégicos de SC, Geraldo Althoff, a São Miguel do Oeste foi marcada por cobranças por parte do conselho das entidades. Burocracia, investimentos e agilidade nos trâmites para realização de obras prioritárias na região foram temas abordados pelos presentes na reunião. Alguns pontos de forte cobrança estão relacionados às licenças ambientais, que na opinião de empresários do município são extremamente morosas. Agilidade nas obras de recuperação nas rodovias foi outro ponto de cobrança, uma vez que as entidades do município acreditam que os reflexos negativos das más condições da rodovia prejudicam diretamente a economia e o escoamento da produção agrícola. Em outras palavras, os representantes de instituições, entidades e demais participantes da reunião foram tão dispostos a ouvir as ações do governo quanto reivindicar ações para o Extremo -Oeste. Percebe-se que na vinda do governador ao município, prevista para agosto, a discussão deverá ser ainda mais abrangente. PRF cria ferramenta para declaração de acidentes sem vítimas fatais A Polícia Rodoviária Federal criou uma ferramenta on -line para Declaração de Acidente de Trânsito (DAT) nas rodovias federais que não resultem em feridos ou mortos. A plataforma digital começou a operar em modo teste no dia 15 de junho em alguns estados brasileiros. O lançamento oficial em todo o país deve ocorrer na segunda-feira (29). A ferramenta pode ser acessada pelo site da PRF (www.prf.gov.br/acidente) e deve ser utilizada apenas em casos de acidente sem vítimas fatais ou feridos com até cinco carros envolvidos. O registro só pode ser feito quando os veículos não tenham sofrido grandes danos e possam rodar com segurança. Na plataforma devem ser preenchidos os dados dos envolvidos, o local do acidente, qual rodovia federal ocorreu, quilômetro e munícipio, além da data e horário da ocorrência. Maioria é contra a reeleição Pesquisa da Datafolha divulgada nesta semana mostra duas mudanças na opinião pública em relação ao sistema eleitoral: pela primeira vez a maioria das pessoas é contra a possibilidade de reeleição, e a rejeição à obrigatoriedade do voto bateu recorde da série de pesquisas sobre o assunto, segundo a Folha de São Paulo. Em 2005 quando houve a primeira pesquisa sobre o tema 65% eram a favor do direito do presidente concorrer a um novo mandato. No ano seguinte o então presidente Lula se reelegeu. Dois anos depois o apoio ao segundo mandado recuou sete pontos. Agora, com a presidente Dilma batendo recorde de rejeição, só 30% são favoráveis à reeleição. Aprovada em maio, a extinção da reeleição foi aprovada pela Câmara dos Deputados com um placar de 452 votos a 19. Para vigorar, a regra precisa ainda passar por nova votação na Casa e, depois, ser aprovada pelo Senado.

4 A/04 Opinião - SÃO MIGUEL DO OESTE - SC, 27 DE JUNHO DE 2015 CICLO COMPLETO DE POLÍCIA: A INVESTIGAÇÃO COMO FILET MIGNON DA ATIVIDADE POLICIAL Recentemente observamos que entidade de classe defende que as polícias militares deveriam ter o poder de investigar, tese conhecida como ciclo completo, prerrogativa que, como sabemos, a CF/88 concede somente às polícias federal e civis estaduais (na área criminal). Cabe à polícia ostensiva (e preventiva), a manutenção da ordem pública, tarefa, aliás, das mais importantes, negligenciada. Nota-se, assim, que mais uma entidade de classe deseja legitimar-se investigando, utilizando como um dos argumentos o Decreto Estadual Catarinense no 660, de 26 de setembro de 2007, que permite a Polícia Militar lavrar Termo Circunstanciado de Ocorrência, sob o argumento de que sua confecção no local (leia-se: capô da viatura), é melhor para a população, dispensando atravessadores. Vejam que, como consequência da inconstitucional lavratura do TC pela PM, retiram-se policiais das ruas para fazer o trabalho burocrático dentro dos quartéis, enquanto a população os procura nas ruas. Ademais, o Supremo Tribunal Federal já se manifestou pela sua inconstitucionalidade, em mais de uma oportunidade, apesar de insistência miliciana, a saber: RE AgR /AM; ADI 3614 / PR. Some-se a isso a infinita quantidade de procedimentos baixados para novas diligências, os quais retornam diariamente à Polícia Civil para terminar o trabalho, duplicando a ineficiência. O mais grave, porém, ocorre quando não se menciona que a mesma Conferência de Segurança Pública, juntamente com a adoção do ciclo completo de polícia, também sinalizou pela extinção do modelo de polícia militarizada, a saber: Diretrizes A - Realizar a transição da segurança pública para atividade eminentemente civil; desmilitarizar as polícias; desvincular a polícia e corpos de bombeiros das forças armadas; rever regulamentos e procedimentos disciplinares; garantir livre associação sindical, direito de greve e filiação político-partidária; criar código de ética único, respeitando a hierarquia, a disciplina e os direitos humanos; submeter irregularidades dos profissionais militares à justiça comum. (508 VOTOS) Vale dizer, adote-se o ciclo completo, porém, antes reforme-se o atual modelo, pondo fim à Polícia Militar no Brasil, solicitação que encontra eco em inúmeras outras entidades, a exemplo da Anistia Internacional. Sobre o tema, lúcida explicação oferece Luiz Flávio: Parece muito evidente que uma política de segurança militarizada acabe priorizando o segmento policial que garante a governabilidade, em detrimento daquele que auxilia a Justiça penal na descoberta dos crimes. Aliás, quanto mais ineficácia da polícia judiciária (a que investiga os crimes), melhor para quem comete abusos no exercício da segurança pública militarizada. A quantidade de recursos, de pessoal, de tecnologia etc., dada para a polícia militar, é incomparavelmente maior que a recebida pela polícia civil. Vale mais a garantia da governabilidade que a descoberta de delitos. Se a polícia civil (judiciária) não descobre tantos crimes, isso não derruba nenhum governo. Sem a garantia da polícia militar o governo corre sério risco de queda. Tudo estaria a explicar a desatenção daquela frente a esta. (Grifamos) À guisa de conclusão, importante a revisão do atual modelo, desvinculado de forças puramente classistas e que as polícias judiciárias tenham investimentos consideráveis para que possam analisar de forma séria a maioria dos crimes ou ainda, em sendo adotado o ciclo completo, seja instituído um modelo único de polícia estadual, de natureza civil e com atribuições e poderes bem delineados para evitar a eterna disputa de poder. Antônio Márcio Campos Neves, delegado de Polícia Civil da DIC de Criciúma e professor universitário e da Acadepol/SC. Os artigos publicados com assinatura não traduzem a opinião do jornal. Sua publicação obedece ao propósito de estimular o debate dos problemas brasileiros e mundiais e de refletir as diversas tendências do pensamento contemporâneo. Para colaborar, basta enviar para CLIC DO LEITOR por Luciane Mozer FIQUE POR DENTRO RESPEITAR OS ANIMAIS É UM DEVER DE TODOS Paisagem do Costão do Santinho em Florianópolis onde no último final de semana foi realizado o Prêmio de Jornalismo da Adjori 2015 São Miguel do Oeste entra governo, saí governo, os buracos nas ruas são sempre um problema. Porém, tenho um questionamento, quando o buraco é aberto pela Casan esta tem convênio com o município para que este seja fechado. Agora quando o buraco é aberto para uma obra particular, seja para passar energia ou canalização, de quem é a responsabilidade para fechar estas valas que atravessam a rua inteira? Essa da foto fica na Avenida Getúlio Vargas no centro de São Miguel. Por outro lado, tem lá seu sentido positivo, pelo menos os veículos se obrigam a reduzir a velocidade. Não raro, as pessoas presenciam a prática de maustratos aos animais e, por medo ou falta de conhecimento, deixam de comunicar o fato às autoridades competentes. Outras vezes, recebem uma orientação inadequada e, por conta disso, não alcançam o objetivo desejado. Então, desestimuladas, desistem de continuar na luta pela proteção aos animais. Infelizmente quem paga um preço muito alto por nossa omissão são os animais, os quais, sem vozes, somente podem contar com nossa boa vontade para defendê-los. Por conta disso, o Ministério Público de São Paulo lançou uma cartilha com orientações sobre o que fazer quando alguém se deparar com atitudes criminosas diante dos animais e que serão repassadas aqui no Fique por dentro : O art. 32 da lei 9.605/98 define o crime de maus-tratos da seguinte forma: Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos: Pena - detenção, de três meses a um ano, e multa. 1º Incorre nas mesmas penas quem realiza experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos. 2º A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal. A lei vale para animais silvestres e domésticos. São exemplos de maus-tratos: envenenamento, chibatadas, açoites, mutilação, enforcamento, queimaduras, abandono, encarceramento em ambiente sem higiene ou de dimensões inadequadas, entre outros. A questão das provas é complicada, pois o crime de maus-tratos pode ou não deixar vestígios, vale dizer, marcas ou sinais aparentes de sua ocorrência. Caso o crime contra o animal tenha deixado vestígios (envenenamento, traumatismo, queimaduras, açoites, etc.) é importante que seja realizado um laudo ou se obtenha um atestado médico veterinário para comprovar as lesões ou a causa da morte (causa mortis) do animal. Na impossibilidade de se reunir tais provas, por exemplo: o corpo do animal não se encontra mais no local, ou não seja mais encontrado, podem ser colhidos depoimentos de testemunhas, fotos ou filmagens, que atestem que os maus-tratos aconteceram. Na hipótese do cidadão ter recolhido o animal maltratado e estar cuidando dele, recomenda-se que guarde todos os recibos e documentos relativos a gastos que teve com o tratamento. Tais documentos funcionarão como prova do crime de maus-tratos e também para a obtenção de posterior ressarcimento. Há crimes de maus-tratos que podem não deixar vestígios. Por exemplo: o animal fica a maior parte do dia acorrentado, ou preso na pequena sacada do apartamento. Tais situações podem configurar maus-tratos e, nestas hipóteses, pode o cidadão provar que o crime ocorreu por meio de fotos, filmagens ou depoimentos. Nas próximas edições do Fique por dentro saiba como denunciar, como fazer uma denúncia anônima e o papel das ONGs na proteção dos animais.

5 - SÃO MIGUEL DO OESTE - SC, 27 DE JUNHO DE 2015 A/05 LICITAÇÕES: ONDE OS ADMINISTRADORES PÚBLICOS SE COMPLICAM Temos noticiado e escrito com frequência sobre várias situações onde os administradores públicos têm se complicado por conta de procedimentos fraudulentos, direcionados, com desvios de finalidade, e com claros favorecimentos para esta ou aquela empresa. E digo sem medo de errar: Onde há favorecimento, existem favorecidos. Estes tanto podem ser componentes das empresas vencedoras dos certames quanto os próprios administradores, coniventes que são em certos casos com a fraude. Dito isto, é importante, diante do que tem ocorrido, moralizar os procedimentos licitatórios. Diria que a grande armadilha está residindo hoje nas famosas cartas-convites, onde algumas empresas são convidadas a participar dos certames e outras são simplesmente deixadas de lado. Tomo como exemplo a contratação de serviços de radiodifusão. Temos casos aqui na região onde houve convite para uma emissora do município e não houve para outra da mesma cidade (exemplo: Câmara de Vereadores de Descanso). E temos o outro caso que está na mira do Ministério Público onde participavam do certame três emissoras de rádio do mesmo grupo ou família (exemplo: Câmara de Vereadores Iporã do Oeste). No primeiro caso, a Câmara de Descanso teve que cancelar o edital, e no segundo caso, o processo ainda está em curso, com fortes indícios de manutenção de liminar já concedida. Mas então, como o administrador público pode evitar tais aborrecimentos e evitar malversar o dinheiro público? Existem várias formas. O leitor poderá acompanhar a seguir. MODALIDADES DE LICITAÇÃO Hely Lopes Meirelles, saudoso mestre e doutrinador da área do Direito Administrativo, em sua obra, conceitua algumas modalidades. Concorrência, tomada de preços, convite, concurso, leilão e pregão. A concorrência é para contratos de grande valor, resumidamente. A tomada de preços é feita entre candidatos previamente registrados e habilitados. Concurso é para trabalho técnico ou artístico. O leilão é para venda de bens móveis, imóveis e até semoventes. E por fim, o pregão, para aquisição de bens ou serviços comuns. Neste último, que entendo ser o mais recomendável, o ente público deve, observando os preceitos legais, dar ampla divulgação e publicidade ao ato, publicando e afixando o edital em local adequado, para que no dia possam as empresas participar livremente, apresentando seus documentos e de certa forma, negociando suas propostas. Esta modalidade, sendo bem trabalhada, é a que menos vai gerar aborrecimentos futuros para o ente público (exemplo: pregão promovido pela Câmara de Guaraciaba para contratação de serviço de radiodifusão). Neste caso, na medida em que houve a divulgação, estavam aptos a participar as empresas que estavam presentes. E neste caso, se apenas uma presença se notar no dia, não haverá irregularidades. Vejam, caros leitores, que tanto quanto aponto a irregularidade, apontamos também os trabalhos bem executados, regulares, e obedecendo as formalidades legais. É preciso sempre ter claro neste tipo de licitação a definição do objeto e a modalidade, além do que, claro, devendo ser sempre claros o local do pregão e o horário onde serão admitidas as propostas. Não há erro. Desta forma, o administrador público está se livrando de eventuais problemas futuros relacionados aos famosos vícios que tem maculado procedimentos em muitos municípios. E ainda nesta modalidade há uma margem de 10% onde os lances verbais podem ser utilizados para as empresas participantes. Ou seja, é bonito de ver a disputa, quando esta é limpa. DORMIR TRANQUILO Portanto, creio que demos diretrizes muito lógicas quanto às formas de contratação de serviços públicos, mediante as leis vigentes em nosso país. E do jeito que as coisas estão, tanto quanto existem fraudes, principalmente o Ministério Público tem estado atento a tudo e a todos, indistintamente. Os procedimentos viciados, direcionados, sem obedecer os preceitos inclusos no artigo 37 da Constituição Federal, estão pouco a pouco sendo pegos e seus fraudadores sendo severamente punidos. As sanções compreendem devolução de valores, inelegibilidade para integrantes do Poder Público, e impossibilidade de contratar com o mesmo Poder Público para as empresas participantes da falcatrua. Então, o melhor mesmo é poder dormir com tranquilidade, fazer um bom trabalho no período em que o agente estiver no cargo, porque passado o período de trabalho público, o gestor ainda responde por eventuais fraudes que venham a ser descobertas. Quem quiser saber mais, recomenda-se a leitura da lei 8666, principalmente nos artigos 89 a 98, onde há tipificação das condutas criminosas, além dos artigos 83 e 84. Vale-se dizer que o Código de Processo Penal em seus artigos 100 a 108 é utilizado subsidiariamente, valendo também para os partícipes de qualquer falcatrua. Portanto, caros amigos, o bom é dormir tranquilo e fazer a coisa certa. Afinal, qualquer fraude, falcatrua, ou má utilização do dinheiro público não é o dinheiro do gestor que está sendo usado. E sim o NOSSO dinheiro, o dinheiro da comunidade, da população.

6 A/06 Política - SÃO MIGUEL DO OESTE - SC, 27 DE JUNHO DE 2015 SÃO MIGUEL DO OESTE Vereadores derrubam veto do prefeito ao projeto do estacionamento rotativo Pela maioria dos votos, cinco contrários e dois favoráveis, vereadores de São Miguel do Oeste derrubaram veto do prefeito ao projeto do estacionamento rotativo e Câmara promulga lei DÉBORA CECCON Na noite de segunda-feira (22), em sessão ordinária na Câmara de Vereadores de São Miguel do Oeste, o primeiro projeto a ser apreciado e votado foi o Veto do Executivo ao projeto de lei 183/2014, que dispõe sobre a utilização de bens públicos de uso comum do povo para a implantação e o gerenciamento do estacionamento regulamentado no perímetro urbano de São Miguel do Oeste. Pela maioria dos votos dos vereadores presentes, já que a vereadora Maria Tereza Capra (PT) não esteve presente na sessão, a maioria votou contra o veto do prefeito, João Carlos Valar, ao projeto do estacionamento rotativo. Votaram contrário ao veto os vereadores Idemar Guaresi (PR), Gilberto Berté (PMDB), José Giovenardi (PR) Juarez da Silva (PT) e Claudio Barp (PMDB). Votaram favorável ao veto os vereadores Vanirto Conrad (PDT) e Raul Gransotto (PSB). Ainda durante a discussão ao veto, o primeiro a se manifestar sobre este antes da votação foi o vereador Raul Gransotto (PSB), que substitui o vereador Nini, que está em licença. Gransotto afirmou que analisou o projeto já que não esteve no Legislativo, quando foram feitas as viagens para conhecer o funcionamento do estacionamento rotativo e concluiu que no projeto dá-se poder demasiadamente ao Cotrasmo, o qual é constituído por maioria de cargos de confiança, entre outros detalhes que o vereador observou que deveriam ser reavaliados. Gilberto Berté (PMDB), por outro lado, disse que não concorda totalmente com a opinião do colega Gransotto, mas da mesma forma que este pensa que o Rotativo é um mal necessário para São Miguel do Oeste. Precisa ser implantado o Rotativo, claro que tem algumas adaptações a fazer, mas é um mal necessário, frisou Berté. Os vereadores Claudio Barp (PMDB) e Idemar Guaresi (PR) parabenizaram os edis que trabalharam no projeto e estudaram este, incluindo emendas, para que estivesse adequado. A presidente, Cris, explicou que rejeitando o veto o projeto poderia ser sancionado pelo prefeito em até 48 horas, caso contrário este deve ser promulgado pelo Legislativo. Após isso cabe então a alteração de alguns pontos para adequação que teve consenso dos colegas vereadores. Acreditamos que até a semana que vem nós já teremos um esboço deste projeto com aqueles pontos que foram discutidos e estaremos colocando o projeto em votação, diz a presidente do Legislativo. Conforme o assessor Jurídico da prefeitura de São Miguel do Oeste, Gelson Basso, o projeto está aprovado com as emendas do Legislativo, que vai ser promulgado pela Câmara, já que o prefeito não deve sancionar a lei. O que vai se ajustar são algumas situações de competência do poder Executivo em relação à implantação. A derrubada do veto permitiu que o projeto do rotativo se implantasse, se o veto fosse acatado não existiria projeto e a matéria teria que ser enviada só no ano que vem. Com a rejeição ele ficou instituído, explica. PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO É APROVADO Amplamente discutido e aprovado por unanimidade dos presentes, o projeto de lei substitutivo ao PL 68/15 aprova o Plano Municipal de Educação (PME), que foi acompanhado por vários profissionais de Educação de São Miguel do Oeste. Conforme a presidente do Legislativo, Cris Zanatta Massaro, o projeto que implanta o Plano Municipal de Educação chegou à Câmara no dia 2 de junho e foi baixado em gabinete para as comissões. A intenção era votá-lo nos dias 11 e 12 deste mês, porém, após uma análise da Comissão de Educação e Cultura, os membros Juarez da Silva e Cláudio Barp convidaram profissionais da educação e interessados para discutir alguns pontos do projeto. O encontro foi realizado no dia 10 de junho, no salão nobre da Câmara. Nesta semana os vereadores estiveram comprometidos em analisar este substitutivo votado na noite de segunda-feira e na tarde de terça-feira, a fim de não comprometer o envio de verbas para a educação, conforme afirmou a presidente, Cris Zanatta Massaro. O documento precisava ser aprovado até o dia 24 de junho para que o município não perca recursos federais para a área. PROJETOS APROVADOS EM SEGUNDA VOTAÇÃO Em sessão realizada na tarde de terça-feira (23) foram aprovados também em segunda votação: projeto de lei 70/15: autoriza o chefe do Executivo, em nome do município de São Miguel do Oeste, a firmar convênio com o Estado de Santa Catarina, representado pela Secretaria de Estado de Segurança Pública Polícia Civil de Santa Catarina. O convênio busca a cooperação nos serviços de segurança pública e preservação do patrimônio público municipal. Serão repassados o equivalente a até 800 litros de gasolina comum mensais, a fim de cobrir despesas de manutenção das viaturas, de expediente e de serviços. Aprovado por unanimidade o PL 71/15: autoriza o chefe do Executivo, em nome do município de São Miguel do Oeste, a firmar convênio com o Estado de Santa Catarina, representado pela Polícia Militar. O objetivo é realizar policiamento ostensivo motorizado, com guarnições de radiopatrulha e rondas periódicas. Será repassado mensalmente o equivalente a até litros de gasolina comum, e a partir de janeiro de 2016, o equivalente a litros de gasolina comum. Aprovado PL 72/15: autoriza o chefe do Executivo a conceder incentivos econômicos à empresa Cooperativa Agroindustrial Alfa. Serão repassados 125 metros de pedra brita, destinados à pavimentação do pátio do silo da cooperativa. PL complementar 005/15: altera o artigo 47-A e os anexos V e XII da Lei Complementar 019/2013 Plano de Cargos e Vencimentos da Câmara de Vereadores de São Miguel do Oeste, altera o art. 1º da Lei Complementar 025/2015, e dá outras providências. PROJETO REJEITADO EM PRIMEIRA VOTAÇÃO Foi rejeitado o projeto de lei 231/14, que altera o art. 3º da lei municipal nº 6.973, de 23 de julho de 2014, e dá outras providências. Projeto de lei do estacionamento rotativo é promulgado pelo Legislativo ao derrubar veto de prefeito Nesta semana os vereadores votaram também o projeto do Plano da Educação que define os rumos para os próximos dez anos

7 - SÃO MIGUEL DO OESTE - SC, 27 DE JUNHO DE 2015 A/07

8 A/08 Economia - SÃO MIGUEL DO OESTE - SC, 27 DE JUNHO DE 2015 FLORIANÓPOLIS Indústria catarinense projeta investimentos de R$ 4,4 bi até 2017 De acordo com a Fiesc, aporte planejado pelo setor produtivo para 2015 é de R$ 2,1 bilhões, valor 13% abaixo do realizado no ano anterior. Setor intensifica aporte em inovação A indústria catarinense planeja investir R$ 4,4 bilhões entre os anos 2015 e Os setores que projetam maiores investimentos são os agroalimentar (R$ 724 milhões), papel e celulose (R$ 217 milhões) e confecções (R$ 146 milhões). Se considerados também os anúncios de investimentos feitos diretamente pelas indústrias na imprensa, o total previsto para o triênio chega a R$ 6,9 bilhões. Os dados integram a publicação Desempenho e Perspectivas da Indústria Catarinense 2015, lançada no último dia 19 pela Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), com o apoio do BRDE. O estudo mostra também que, no ano passado, o setor produtivo catarinense fez R$ 2,3 bilhões em investimentos. O valor ficou dentro do previsto para 47% das indústrias, enquanto 32% delas não realizaram a totalidade dos investimentos planejados para o ano. Outros 13% investiram em 2014 mais do que o previsto inicialmente. Para o ano atual, o valor previsto é de R$ 2,1 bilhões, o que representa um recuo de 12,8% sobre O percentual de empresários que se dizem otimistas também ficou menor, passando de 66% para 29%. Entre os fatores apontados estão o endividamento das famílias, a corrupção na esfera pública e as cobranças desmedidas da aplicação das normas reguladoras. Apesar da redução no orçamento total, o valor previsto para inovação é 76% maior que o registrado no ano passado. Esse é um dado de extrema relevância e confirma tendência observada nos últimos anos, quando a indústria passou a dar cada vez mais importância para questões como inovação, design e diferenciação de seus produtos, afirma o presidente da Fiesc, Glauco José Côrte. Em momentos de dificuldades no cenário econômico, como o atual, grande parte das empresas realiza ajustes, buscando ganhos em eficiência. Aqueles que agora investirem em inovação, qualificação de seus trabalhadores e melhorias ou desenvolvimento de novos produtos sairão antes da crise, quando o cenário melhorar, acrescenta. O contexto de contração pode ser revertido, na opinião dos empresários, por questões como o câmbio favorável às exportações, o ano sem copa nem eleições, e a expectativa de uma boa safra agrícola. Neste cenário, mais da metade das empresas ainda não fechou seus orçamentos para investimentos nos anos 2016 e OUTROS INDICADORES Além de dados sobre investimentos, o documento analisa o desempenho industrial e da economia de Santa Catarina, do Brasil e do mundo desde 2013, e faz previsões para 2015 e Em 2014 o setor produtivo catarinense teve recuo de 2,3% na produção. Os segmentos industriais que mais avançaram foram os de minerais não metálicos (5,4%), madeira (4,6%) e borracha e plástico (1,4%). Já as maiores reduções foram registradas nas indústrias metalúrgica (-11,7%), de produtos de metal (-8,1%) e de máquinas e materiais elétricos (-7,4%). No comércio exterior a publicação confirma o crescimento da China como o segundo maior destino dos produtos embarcados no Estado. O país asiático comprou 41% a mais em 2014, chegando a US$ 979 milhões. Principal mercado dos produtos catarinenses, os Estados Unidos tiveram, em relação a 2013, alta de 13% nas compras, para US$ 1,156 bilhão. Agricultura familiar Sicredi projeta liberar R$ 9 bilhões para o Plano Safra 2015/2016 O Sicredi continua crescendo de forma sólida no crédito rural. Conforme demonstram os números do atual ano-safra 2014/2015 (apurados até maio de 2015), foram liberados R$ 8,2 bilhões, em aproximadamente 160 mil operações, crescimento de 11% em relação ao ciclo anterior. Para a Safra 2015/2016, que começa no dia 1º de julho, o Sicredi estima liberar aproximadamente R$ 9 bilhões, em 180 mil operações. O pequeno e médio produtor rural continuam sendo o segmento preponderantemente atendido pelo Sicredi. No ciclo 2014/2015, 72% das operações realizadas foram direcionados a estes públicos. Do montante de 9 bilhões, cerca de 80%, R$ 7,5 bilhões, deverá será direcionado para custeio, comercialização e investimento, por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), do Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp) e aos demais produtores. Os outros R$ 1,5 bilhão serão liberados em operações com recursos do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) e do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO).

9 - SÃO MIGUEL DO OESTE - SC, 27 DE JUNHO DE 2015 A/09 ECONOMIA E NEGÓCIOS Eu acho que uma regra simples de negócio é fazer as coisas que são mais fáceis primeiro, e assim você pode fazer um grande progresso MARK ZUCKERBERG por Raquel Basso Hübner MARCAS GANHAM ESPAÇO QUANDO MUDAM A VIDA DO CONSUMIDOR O primeiro ponto da construção de uma marca e da jornada do cliente é a ideia, que deve ter um propósito e deve ser colocada em prática. A partir disso, trabalha-se com o produto. Em seguida, então, aprimora-se experiência. Esse é um processo que atinge diversas pontas do relacionamento com o cliente. Tudo isso converge para o chamado espaço de comportamento, ou behavior space. Quem defende essa tese é o especialista em marketing e professor da Universidade de Stanford, Edward Leaman, publicado no Consumidor Moderno. Ele defende que a marca deve funcionar da mesma maneira que um copo, que armazena água. E a água, para a marca, deve ser a colaboração, os dados, as ideias. Não há venda sem um comprador. Parem de vender e ouça os consumidores. Conectem-se ao ponto em que acreditam, em comum, sugere. As pessoas nunca vão esquecer a forma como você as fez sentir. Vivemos a era do sentimento. Construa o sentimento e construirá a marca, conclui. BRASIL NEM TÃO EMPREENDEDOR PREPARE O BOLSO Banco Central prevê aumento de 13,7% nos preços administrados A energia elétrica deve ter um reajuste de 43,4% em 2015 fechado, informou o Banco Central nesta quarta-feira (24) por meio do relatório de inflação do segundo trimestre deste ano. O BC informou ainda que, até maio, o preço da gasolina já avançou 9,3% e que o preço do gás de bujão subiu 4,3%. Para a telefonia fixa, a autoridade monetária está prevendo um recuo de 3% em todo o ano Com a alta da tributação sobre gasolina e fim de repasses para a conta de luz, o Banco Central informou que prevê, para o conjunto de preços administrados (como telefonia, água, energia, combustíveis e tarifas de ônibus, entre outros), aumento de 13,7% neste ano. Há duas semanas a previsão era de uma alta de 12,7%. IMIGRANTES BRASILEIROS FOGEM DE CRISE E VOLTAM AO REINO UNIDO Desde a reeleição da presidente, Dilma Rousseff, no ano passado e com a deterioração da economia, o Reino Unido vive uma nova onda de imigração de brasileiros, de acordo com associações de brasileiros e advogados especializados em imigração ouvidos pela BBC Brasil. Eles destacam que os motivos não são apenas políticos: a crise econômica se acentuou desde então e a libra se valorizou no período, conforme matéria de Luiza Bandeira, da BBC Brasil em Londres. Até o ano passado Carlos Mellinger, da Casa do Brasil - associação que auxilia brasileiros no Reino Unido, estimava que houvessem 300 mil brasileiros no Reino Unido. Hoje aumentou a estimativa para 350 mil - a maioria dos novos imigrantes, segundo ele, são brasileiros que já moraram no Reino Unido e retornaram. A libra está valendo quase R$ 5, o que beneficia quem manda dinheiro para o Brasil, diz Carlos. BRASIL PERDE 11 MIL SUPER -RICOS EM 2014 O Brasil perdeu 11 mil super -ricos em 2014, segundo o relatório World Wealth Report 2015, feito pelas consultorias Capgemini e RBC Wealth Management. O número de brasileiros milionários caiu de 172 mil em 2013 para 161 mil no ano passado, uma diminuição de 6,4%. O levantamento considera super-ricos aqueles que têm mais de US$ 1 milhão disponível para investimentos, excluindo a residência principal, acervos, bens de consumo e bens duráveis. O Brasil ficou na contramão da tendência mundial em 2014, segundo o relatório. No mundo, o número de novos milionários aumentou 920 mil no ano passado, 14,6 milhões, totalizando um total de US$ 56,4 trilhões para investimentos, um crescimento em torno de 7%. SYSMO CONQUISTA PRÊMIO ACATS PELA SÉTIMA VEZ Se por um lado o Brasil tem uma das culturas mais empreendedoras do mundo (três em cada quatro brasileiros prefeririam empreender), por outro, sabemos que muitos desistem no caminho. E entre aqueles que vão em frente e abrem uma empresa, poucos têm sonhos grandes: só 11% dos novos empreendedores planejam contratar mais de cinco funcionários nos próximos cinco anos (no Chile são 43%). Parece pouco para a 8ª maior economia do mundo. Segundo o Ranking Global do Empreendedorismo, lançado no fim de 2014, entre 130 países analisados, estamos na 100ª colocação, atrás de Ruanda, Irã e República Dominicana, entre outros. Os líderes do ranking geral são Estados Unidos, Canadá, Austrália, Reino Unido e Suécia. O próprio estudo recomenda que o Brasil, caso queira avançar no desenvolvimento do empreendedorismo local, invista mais de 80% dos esforços no fomento à inovação, focando no desenvolvimento de novos produtos e serviços, transferência de tecnologia e internacionalização de empresas. GOVERNO DE SC LANÇA PROGRAMA DE INCENTIVO À GERAÇÃO DE ENERGIA LIMPA Atualmente a energia limpa gerada em Santa Catarina corresponde a 19,5% do total. Há 74 Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) que geram 560 MW, no caso, 12,35% de energia no Estado. Outros tipos de energias limpas são a eólica, que geram 242 MW, e a solar, com apenas 4,2 MW. Ainda em Santa Catarina, há 114 centrais geradoras hidrelétricas (CGHs) que operam 77 MW. Nove PCHs estão em construção e irão fornecer mais 52,2 MW, informou o governo do Estado. O programa é coordenado pela SDS e conta com o apoio de diferentes órgãos e instituições que atuam no Estado. Para as empresas que participarem do programa, o governo prevê benefícios, como isenção do ICMS até Para isso, serão lançadas chamadas públicas. O empreendimento será avaliado por este comitê e, sendo aprovado, ele ingressa no programa, passando a contar com uma série de benefícios, informou o governo nesta quarta-feira. A Sysmo conquistou o prêmio Mérito Acats pela sétima vez, na categoria melhor fornecedora de serviços. "Para nós, representa a confiança que o supermercadista deposita em nosso trabalho. Nosso objetivo é sempre oferecer qualidade e segurança em nossos produtos e serviços e, com a este reconhecimento, sabemos que estamos no caminho certo", relata o diretor comercial da Sysmo, Eduardo Bocalon. A pesquisa para a premiação é realizada pelo Instituto Mapa em dez regiões do Estado. Além da categoria Melhor fornecedora de serviços, o Mérito Acats premia os supermercados mais admirados pelos consumidores com classificação estadual e por região, divididos em pequeno, médio e grande porte.

10 A/10 - SÃO MIGUEL DO OESTE - SC, 27 DE JUNHO DE 2015 VIDA SAÚDAVEL Dr. Geovani Delevatti Os vilões do inverno Saiba quais as principais doenças da época e como atuam no organismo SAÚDE O clima seco e as mudanças bruscas de temperatura contribuem para o aparecimento de algumas doenças típicas da época mais fria do ano e também favorecem as crises alérgicas. Quando a temperatura cai, diversas doenças atacam o organismo. O sistema respiratório é o principal alvo de vírus e bactérias, que aproveitam o tempo seco e locais fechados para se espalhar. O inverno também favorece a diminuição da imunidade, o que predispõe a tosse, coriza e dificuldade para respirar, além de propiciar a congestão do nariz, dos seios da face e dos ouvidos, criando condições favoráveis à propagação do vírus da gripe. Algumas atitudes simples do dia a dia podem prevenir os desconfortos típicos dessa época do ano. Para evitar esses incômodos é importante: - Evitar aglomeração e locais fechados. - Limpar os olhos e narinas com soro fisiológico. - Lavar as mãos constantemente. - Beber bastante água. - Retirar o pó da mobília. - Manter as roupas de cama sempre limpas. CONHEÇA AS DOENÇAS RESPIRATÓRIAS MAIS FREQUENTES: - BRONQUITE AGUDA Em geral é desencadeada por infecção. Pode apresentar-se com tosse, secreção, falta de ar e chiados. Tratamento: é realizado com antibióticos, corticoides e broncodilatadores. - BRONQUITE CRÔNICA E ENFISEMA São doenças secundárias ao tabagismo, levando à tosse crônica com secreção mais intensa pela manhã, chiados e cansaço aos esforços. A bronquite é a inflamação dos brônquios, com espessamento das paredes e redução do fluxo de ar. O enfisema é a destruição do tecido pulmonar propriamente dito. Estas doenças em conjunto são manifestações de Deonça Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC). Tratamento: Parar de fumar. O uso de broncodilatadores, corticoides e fisioterapia vai depender da gravidade da doença e das alterações na prova de função pulmonar e na tomografia de tórax. - ASMA A asma é uma inflamação crônica de vias aéreas, com episódios de descompensação desencadeados por exposição à poeira, cheiros fortes, mofo, pelos de animais, entre outros. Tratamento: Inicia com o que é chamado de higiene ambiental a retirada dos possíveis desencadeadores. O uso de corticosteroides inalatórios é a base do tratamento da asma, associado a broncodilatadores de longa duração, como o formoterol e salmeterol. Caso haja rinite, essa também deve ser tratada. - RESFRIADO O resfriado ou catarro comum (vulgo constipação) é uma infecção viral do revestimento do nariz, da garganta e das grandes vias respiratórias. Tratamento: Uma pessoa resfriada deve evitar esforços físicos e beber bastante líquido. Aqueles que têm febre deverão permanecer em repouso. - FARINGITE É um vírus ou bactéria que inflama a garganta, conhecida como faringe. A faringite aparece como dor de garganta, febre alta, presença de placas de pus nas amígdalas e gânglios aumentados e doloridos no pescoço. Tratamento: A faringite viral é tratada a partir dos sintomas gerados. Já a faringite bacteriana deve ser tratada com antibióticos. - RINITE E SINUSITE A rinite é a inflamação das cavidades nasais, e pode ser causada por vírus (resfriado comum ou gripe) ou por inalação de substâncias irritantes e alérgicas, no caso da rinite alérgica. Nesta situação, a inflamação começa logo após a exposição ao ácaro, mofo, poeira, cheiros fortes, entre outros. Tratamento: A piora do quadro após um período inicial de melhora sugere infecção bacteriana secundária, e indica tratamento antibiótico. Caso contrário, apenas sintomáticos e lavagem nasal com soro fisiológico ou solução hipertônica a 3% são suficientes. Não há necessidade de se realizar radiografia ou tomografia de seios da face nos quadros agudos. Os casos crônicos ou recorrentes devem ser avaliados com tomografia de seios da face, com tratamento específico conforme os achados. O uso de descongestionantes nasais com vasoconstritores é bastante discutível, e quando utilizados, não o devem fazer por mais de sete dias. - COQUELUCHE Conhecida como tosse espasmódica, é uma doença de grande importância na infância, que pode levar a complicações graves, inclusive com óbito. Tratamento: Uma vez feito o diagnóstico, o paciente deve ser colocado em isolamento respiratório por cinco dias a partir do início do tratamento específico, que é feito com antibióticos. - PNEUMONIA A pneumonia é a infecção que acomete a estrutura do pulmão (bronquíolos e alvéolos), e pode ser causada por bactérias, vírus e fungos. Os quadros mais comuns são virais ou bacterianos. Tratamento: Baseia-se na extensão da doença, na presença de complicações, na idade do paciente e na existência ou não de uma doença de base, como insuficiência cardíaca, diabetes, entre outros. Podem ser necessários apenas antibióticos e antitérmicos, ou em casos mais graves, internação e antibióticos de uso endovenoso, cuidados de enfermagem e fisioterapia. Fonte:

11 - SÃO MIGUEL DO OESTE - SC, 27 DE JUNHO DE 2015 A/11 MEDICINA E SAÚDE Dr. Geovani Delevatti SAÚDE Criptorquidia Ausência de testículo na bolsa escrotal O termo criptorquidia tem origem no grego, cripstos, que significa oculto; e orqui, que significa testículo, ou seja, a criptorquidia significa a ausência do testículo no seu lugar habitual, a bolsa escrotal. QUANDO OCORRE? Os testículos se desenvolvem durante a vida fetal (intrauterina) na região abdominal e, então, começam seu trajeto de descida para a bolsa escrotal, terminando-o ao final da gestação. Esta migração descendente é propiciada por diversos fatores e pode ser interrompida em qualquer local durante este processo, originando a criptorquidia. A criptorquidia representa uma das afecções mais comuns da infância, principalmente em bebês prematuros. Pode ocorrer de um lado (unilateral) ou dos dois lados (bilateral). PORQUE OS TESTÍCULOS MIGRAM? Esta troca de ambiente que ocorre ao final da gestação tem uma razão de ser: para produzir espermatozoides viáveis e maduros, os testículos devem trocar o calor de dentro do abdome por um lugar um pouco mais frio, o escroto. Uma diferença de 1,5 a 2,0ºC entre esses dois locais pode ser suficiente para inibir a produção de espermatozoides. COMPLICAÇÕES A criptorquidia deve ser diagnosticada e tratada o quanto antes, pois podem surgir complicações ao manter os testículos em um local anômalo. Entre elas, deve-se destacar as grandes chances de malignização do testículo e sua consequente transformação em uma neoplasia (câncer), o que ocorre bem mais tardiamente. Podem ainda ocorrer torções testiculares, hérnias e infertilidade. TRATAMENTO Em três quartos dos casos, o testículo desce nos três primeiros meses de vida, mas aqueles que não atingiram a bolsa escrotal até um ano de vida dificilmente o farão naturalmente, sendo necessário tomar alguma medida para que isso ocorra. O tratamento consiste em levar o testículo para o seu local correto, o que deve ser feito prioritariamente entre os seis e 18 meses de vida. Esta realocação geralmente é feita cirurgicamente. Se o diagnóstico for feito tardiamente, pode ser necessária a retirada do testículo (orquiectomia). Porém, se tratado corretamente, a criança evolui sem qualquer tipo de problema, desenvolvendo-se ao tamanho normal dentro bolsa escrotal. Fonte:

12 A/12 MEDICINA E SAÚDE Dr. Geovani Delevatti - SÃO MIGUEL DO OESTE - SC, 27 DE JUNHO DE 2015 Novo método de Psicoterapia EMDR Nos dias atuais, com o corre-corre do dia a dia e a falta de tempo das pessoas, os profissionais da área da saúde também estão buscando se adaptar a essa nova realidade. Desta forma, hoje já é possível métodos de psicoterapia onde, dependendo da complexidade da perturbação, se resolve em poucas sessões. EMDR (Eye Movement Desensitization and Reprocessing) Tratamento de Experiências Traumáticas por meio de Estimulação Bilateral dos Hemisférios Cerebrais! O QUE É EMDR? EMDR é uma nova forma de psicoterapia (Eye Movement Desensitization and Reprocessing) significa dessensibilização e reprocessamento por meio de estimulações bilaterais dos hemisférios cerebrais. Foi desenvolvido na Califórnia EUA no fim dos anos 80 pela psicóloga Francine Shapiro. Desde então tem sido uma das formas de psicoterapia mais pesquisadas e conta com recomendações especiais da Associação Norte-americana de Psiquiatria, pela Organização Mundial de Saúde, e no Brasil por vários dos conselhos regionais de Psicologia. Em 2010 recebeu o mais alto selo de aprovação do Registro Nacional de Programas e práticas baseadas em evidências (EUA). COMO O MÉTODO É APLICADO? Reprocessando através da dessensibilização e integração do conteúdo neuronal nos hemisférios cerebrais, que é a região onde se encontra a memória de lembranças difíceis e dolorosas que a pessoa tenha armazenado. Essas lembranças dão origem aos traumas. QUAIS OS SINAIS QUE INDICAM QUE PODE HAVER TRAUMA? Um bom indício da existência do trauma é a impressão de que a experiência passada insiste em permanecer no presente (consciente ou inconsciente). Basta à pessoa lembrar-se do evento perturbador, mesmo que sem querer, para que uma emoção marcante, pensamentos negativos e/ou imagens nítidas se intensifiquem. O assunto reluta em virar passado. Outros sintomas são: reviver sempre uma situação difícil não superada por meio de lembranças involuntárias e/ou pesadelos; reações desproporcionais diante de pequenas coisas que lembrem o evento, como choro fácil e sem motivo aparente; evitar com frequência os pensamentos, diálogos, sentimentos, pessoas, situações ou locais que lembrem o trauma; incapacidade para lembrar coisas importantes a respeito do evento; distanciar-se de pessoas importantes para si; sensação de ter seu futuro abreviado; dificuldades para dormir; irritabilidade; explosões de fúria; dificuldade de concentração; prontidão contra ameaças reais ou imaginárias; transtornos alimentares sem explicação, sobressaltos diante de pequenos estímulos. O QUE ACONTECE COM A MEMÓ- RIA EM SITUAÇÃO DE TRAUMA? A memória traumática difere da memória comum. Ela guarda detalhes visuais, auditivos, físicos ou emocionais, como se tivesse ocorrido há pouco tempo. Não vão para o passado, como as outras memórias. É como se estivesse congelada no cérebro, principalmente no hemisfério direito, grande responsável por administrar nossas emoções. Porém as ferramentas que nos permitem dar novos significados à experiência e deixá-la finalmente no passado se encontram no hemisfério esquerdo, responsável por nossa objetividade e racionalidade. O QUE ESTÁ OCORRENDO NO CÉREBRO? Estudos realizados com o auxílio de tomografias de alta precisão sugerem que a experiência traumática é tão forte que altera o funcionamento cerebral. Quando o cérebro é submetido a estresse crônico, a pessoa perde em rendimento e qualidade de vida. Daí a importância de procurar ajuda. O EMDR É ÚTIL PARA TRATAR DE PESSOA EM QUE SITUAÇÕES? Atualmente é usado para tratar: baixa autoconfiança, baixa autoestima, ansiedade, estresse, dificuldades de relacionamentos, fobias, síndrome do pânico, depressões, dores crônicas, doenças psicossomáticas, disfunções sexuais, transtornos obsessivos compulsivos (TOC), além de toda perturbação que possa atrapalhar o desempenho funcional da vida das pessoas. QUAIS OS RISCOS E CONTRAINDICAÇÕES? Devido à possibilidade de haver emoção intensa durante o reprocessamento, não é recomendado para pessoas com condição cardíaca debilitada, psicose aguda e epilepsia sem controle. QUAL PROFISSIONAL PODE PRATICAR O EMDR? Somente psicólogos e psiquiatras formados e/ou em formação por profissionais habilitados e autorizados pelo Institute EMDR dos Estados Unidos.

13 - SÃO MIGUEL DO OESTE - SC, 27 DE JUNHO DE 2015 A/13 Geral SÃO MIGUEL DO OESTE Sistema de energia renovável reduz conta de luz em mais de 60% O empresário José Corso, de São Miguel do Oeste, investiu em energia renovável para sua empresa e residência. Segundo ele, após o aumento das contas de luz em todo o Brasil, o investimento compensa, já que a sua conta diminuiu Empresário pode acompanhar em tempo real, por meio de software instalado em seu computador, a produção de energia em sua microusina DÉBORA CECCON Produzir a própria energia que consome. É isso que José Corso tem feito para baratear sua conta de luz enquanto a maioria das pessoas no Brasil inteiro teve suas contas elevadas. A diferença é que há três meses Corso instalou uma espécie de usina, o sistema de energia fotovoltaica, uma microusina com a instalação de placas no telhado, onde o proprietário produz a energia que irá consumir ou até além do necessário. O sistema passou a funcionar em 4 de abril, foram feitos ajustes e mudadas as posições das placas e daí em diante passou a ser monitorado através da internet. Por dia produziu até 24,7 quilowatts, relata. Corso salienta que a produção depende principalmente do sol, ou seja, no inverno consequentemente a produção é menor até do esperado, já que há dias de neblina e mais chuvosos. Mesmo assim, a produção dos últimos dias tem sido favorável, e o que antes somava nas três contas da casa, estúdio de gravações e condomínio R$ 430, em média, com a produção de energia em sua microusina, conseguiu abater mais de 60%, e paga, em média, R$ 160. Nos relatórios das contas de luz, Corso observa que o gasto era de no máximo 338 quilowatts e deste consumo conseguiu abater até 212 quilowatts, quase todo o consumo de energia. Porém, os impostos são cobrados sobre o total gasto, sem o abatimento da produção de energia da microusina. Vale a pena, compensa. Agora ainda está na produção mínima, o contrário do verão, que deverá produzir ainda mais, afirma. A produção de energia Corso acompanha on-line, por meio de um software instalado em seu computador que mostra, em tempo real, a produção conforme a força solar. Conforme o sol sai e volta ele monitora instantaneamente como está, reforça. O empresário menciona que a produção tem sido dentro do esperado e acredita que no verão deve sobrar energia. Ele já faz planos de instalar mais placas para produzir mais energia. Me arrependi de não ter feito isso antes, revela. RELEMBRE COMO FUNCIONA O SISTEMA DE PRODUÇÃO DE ENERGIA Desde dezembro de 2012 (Resolução 482/12 Aneel) empresas e residências de todo o Brasil podem produzir eletricidade a partir de fontes renováveis, como a luz solar, conectando o sistema de energia solar na rede elétrica. A energia que não for consumida irá para a distribuidora e o consumidor ganhará um abatimento na sua conta de luz. Para aderir ao sistema é preciso um estudo de viabilidade com uma empresa que realiza este tipo de serviço, além de autorizações junto à Companhia de Distribuição de Energia Elétrica. O sistema fotovoltaico que foi instalado por Corso são placas montadas em um telhado e que captam energia solar, por meio de conversor a energia contínua é transformada em alternada e é jogada para a rede da Companhia de Distribuição (Celesc). Em casa, por meio de um software, o empresário pode acompanhar quanto de energia seu sistema produziu no mês. O cálculo de quanto irá pagar na conta de luz é feito pelo sistema de compensação, quanto gastou da Companhia de Distribuição e quanto de energia produziu. Me arrependi de não ter feito isso antes, revela Corso, sobre a instalação de placas solares para produção de energia por João Carlos Dalmagro Junior A BUSCA PELA SEMENTE A humanidade sempre está buscando alguma coisa. Glória, dinheiro, paz, um sentido para a vida. Alguns procuram satisfazer seus impulsos hedonistas no êxtase e na embriaguez, outros procuram apaziguá-los em uma vida dedicada ao intelecto e à interioridade. Eu, quando tomo uma cuia de chimarrão, faço parte dessa busca universal, que nos une a todos. Fato é que sempre estamos buscando algo e, muitas vezes, não sabemos muito bem o quê. Essa atividade questionadora, essa ação muitas vezes inconsciente de busca constante, é a mola propulsora de nossas vidas. É a tentativa de atribuirmos um sentido à existência, ou melhor, criarmos um sentido para ela, uma vez que somos em princípio livres e definidores de nosso destino. E, nesse trânsito caótico, nesse vai-evem de aspirações, essa força vital tem guiado o homem à criação artística e produzido grandes monumentos literários. É o caso de Gabriel García Márquez, autor de Cem Anos de Solidão. Colombiano, nascido em 1927 e falecido em 2014, esse escritor foi responsável por um dos mais belos livros da literatura latino-americana. Dono de estilo próprio e imaginativo, Gabriel foi um dos criadores do Realismo Fantástico, uma espécie de tendência literária que mistura realidade e ficção de maneira vertiginosa. Em suma, Cem Anos de Solidão relata a ascensão e o ocaso de uma família tradicional (alguns dizem que, para ler a obra, é necessário traçar uma árvore genealógica dos Buendía). O texto é mágico e muito elucidativo, em que García Márquez trabalhou boa parte de sua vida, desenvolvendo mentalmente os personagens e criando as situações a partir de sua experiência própria. Jornalista, ex-estudante de direito, Gabriel trilhou um caminho pedregoso até obter o reconhecimento. Teve de dormir em casas de prostituição porque não tinha dinheiro para pagar um quarto. Morou em inúmeras cidadezinhas colombianas, escrevendo em pequenos jornais para sobreviver. Teve de vender o secador de cabelos de sua mulher Mercedes para enviar os originais de Cem Anos de Solidão à editora. Ganhador do Nobel de Literatura em 1982, restou desde então consagrado como um dos mais geniais e inventivos autores da cultura latino-americana (que, aliás, faz muita falta em nossos currículos escolares). A trajetória de sua vida está brilhantemente descrita em Viagem à Semente, biografia do autor colombiano escrita pelo jornalista Dasso Saldivar. É um livro extremamente agradável, apesar de suas 504 páginas, e que pode ser lido até como um romance, tal a simplicidade e o encanto com que o biógrafo o concebeu. Neste livro está contada toda a luta de García Márquez até chegar ao Nobel e ser mundialmente reconhecido. Mas, à parte essa peculiaridade, o que mais encanta é a descrição e a história de uma procura incessante: a busca do autor, Gabriel, pelas suas raízes, pelas suas origens, para então partir para a literatura, reconstruindo e criando a partir de sua história pessoal, de sua semente. É a semente que García Márquez está sempre buscando. É a busca do eu, do autoconhecimento. Ele precisou escavar tudo que envolvia suas origens, as desgraças e as glórias, para então, conhecedor de si mesmo, partir para a criação. E é aqui que quero chegar: grifar a fundamental importância da busca na obra de García Márquez. Toda sua construção literária, pelo menos em Cem Anos de Solidão, é concebida a partir das histórias e estórias presenciadas e ouvidas no seio de sua enorme casa, de sua gente, da pequena comunidade onde nasceu, Aracataca. A viagem à semente é, portanto, uma volta no tempo, é a relembrança daquilo que o fez ser o que foi. Portanto, a literatura sempre foi e continua sendo essa luta com a história, o tempo e a linguagem, porque é o escritor correndo atrás de um trem que adquire maior velocidade a cada segundo.

14 A/14 Geral SÃO MIGUEL DO OESTE Vereador e secretários conhecem consórcio de gestão de resíduos sólidos no Rio Grande do Sul Intenção foi buscar subsídios e trocar experiências para melhorar a coleta e o tratamento de lixo em São Miguel do Oeste, além de estudar formas de implantar uma usina termoelétrica com o material que não pode ser reciclado O vereador Gilberto Berté (PMDB), acompanhado dos secretários municipais Marli da Rosa, do Planejamento, e Cássio da Silva, do Desenvolvimento Urbano, visitou, na última semana, o município de Seberi, no Norte do Rio Grande do Sul, para conhecer o Consórcio Intermunicipal de Gestão de Resíduos Sólidos (Cigres). A intenção foi buscar subsídios e trocar experiências para melhorar a coleta e o tratamento de lixo em São Miguel do Oeste, além de estudar formas de implantar uma usina termoelétrica com o material que não pode ser reciclado. A viagem ocorreu no dia 19 de junho. Conforme apurou Berté, o Cigres é formado por 32 municípios da região e a coleta ocorre em 31. São recolhidos em torno de 90 toneladas de lixo diariamente, resíduos que são separados e destinados conforme o material. Para cada município o valor cobrado é proporcional à sua população. Frederico Westphalen, por exemplo, que possui cerca de 30 mil habitantes, paga mensalmente R$ 35 mil para o recolhimento de lixo. O consórcio recicla materiais como garrafas pet, cobre e cristal, e destina outros para empresas especializadas. O vidro é comercializado, lâmpadas e materiais perigosos são enviados para Chapecó, eletroeletrônicos são recolhidos por uma empresa de Horizontina, e latas e demais metais são vendidos para uma empresa de Pinhalzinho, com filial em Seberi. A comitiva de São Miguel do Oeste foi recebida no consórcio pelo coordenador-geral Elton Côcco e pela bióloga Thais Prestes Stein, que é responsável técnica. Eles explicaram que a maior parte do material recolhido pelos municípios não é separada previamente por coleta seletiva. Na triagem dos materiais, trabalham 81 funcionários, divididos em dois turnos, que recebem salário mensal e comissão por produtividade. O material que não é reciclado fica em um aterro sanitário. Os efluentes resultantes do acúmulo de resíduos são tratados em lagoas no local. Queremos discutir em nosso município a implantação de uma usina termoelétrica, utilizando o material que não pode mais ser reutilizado para gerar energia elétrica. Já apresentei uma indicação sobre esse assunto na Câmara, e agora vamos ampliar o debate sobre essa possibilidade, ressalta Gilberto Berté. Conforme a secretária de Planejamento Marli da Rosa, a viagem foi importante para conhecer o sistema utilizado pelo consórcio e também trocar contatos sobre fornecedores e empresas especializadas na reciclagem de certos tipos de resíduos. Em relação à usina termoelétrica, é uma ideia para ser debatida em longo prazo para o nosso município, afirma Marli. Fato raro Nascem, no Rio Grande do Sul, os quadrigêmeos migueloestinos A emoção tomou conta das famílias Wathier e Thomas de São Migue do Oeste nesta semana. Nasceram os quadrigêmeos da família, o qual contamos a história na edição especial do dia das mães. Ao todo, 12 profissionais participaram do parto realizado às 17h30 da quarta-feira (24), no Hospital de Caridade, na cidade gaúcha de Santa Maria. Cleusa Wathier deu à luz, por meio de uma cesariana, a três meninos, univitelinos, e uma menina com 29 semanas e 10 dias de gestação, ou seja, pouco mais de sete meses. Cleusa e o marido Gilmar estavam no hospital a cerca de dez dias. A internação serviu para levar a gestação o mais longe possível. Gabriel Henrique, Lucas Rafael, Miguel Luiz e Júlia Sofia nasceram com mais de um quilo cada, e estão na CTI, mas passam bem. O casal passou por tratamento de Fertilização In Vitro na Clínica Médica da doutora Zilá Sommer, em São Miguel do Oeste. Os tratamentos de Fertilização In Vitro são realizados quando há necessidade, é o processo em que o sêmen e os óvulos são coletados, o embrião é fertilizado pelo profissional embriologista no laboratório e após um período em incubadora embrionária (imitação do útero materno) para acompanhamento do desenvolvimento, é transferido ao útero da mulher. Segundo a médica, no caso da Cleusa, foram transferidos apenas dois embriões, porém um deles dividiu as células e se transformou em três embriões - trigêmeos univitelinos ou idênticos, considerado raridade na medicina reprodutiva. Todo o pré-natal foi realizado pelas médicas Josiane de Castro e Karinna Fillipi, de Guaraciaba e São Miguel do Oeste. A família optou pelo parto no Rio Grande do Sul após indicação dos profissionais médicos que acompanharam a família durante a gestação. Arquivo Pessoal vir por aí uma revolução, cultural, de início... De início. Cuidado. Ou a justiça faz a faz sua a parte sua parte ou... ou... faz a sua parte ou... - SÃO MIGUEL DO OESTE - SC, SAFADOS 27 SAFADOS DE JUNHO DE 2015 SAFADOS Dia destes, Dia destes, policiais policiais militares militares perderam perderam a paciência a paciência e disseram e disseram que estã que Dia destes, policiais militares perderam a cansados paciência cansados de e disseram prender prender bandidos que bandidos estão e ver e no ver outro no outro dia vê-los dia vê-los soltos. soltos. Quem Que o cansados de prender bandidos e ver no outro solta? solta? dia Ah, vê-los é Ah, a lei, é soltos. a o lei, texto o Quem texto manda manda os soltar! soltar! Desculpem-me, Desculpem-me, mas mas essa essa lei, ess lei, solta? Ah, é a lei, o texto manda soltar! Desculpem-me, texto, texto, podem podem mas ser flexibilizados ser essa flexibilizados lei, esse pela pela determinação determinação e vontade e vontade do julgador. julgado At texto, podem ser flexibilizados pela determinação quando quando e a vontade polícia a polícia vai do ser julgador. vai feita ser feita de Até boba, de boba, prende prende num num dia e dia sai e no sai dia no seguint dia seg quando a polícia vai ser feita de boba, prende num dia e sai para no para prender dia seguinte prender novo, de novo, até quando, até quando, ué, gente! ué, gente! para prender de novo, até quando, ué, gente! FALTA DIZER Bandidos. Bandidos. Ouça Ouça esta esta confissão confissão de banditismo de banditismo que foi que feita foi feita por um por dos um rep do Bandidos. Ouça esta confissão de banditismo resentantes resentantes que foi máximos feita máximos por um dos dos comunistas dos representantes máximos dos comunistas assassinos Che Che Guevara, de Guevara, Fidel discursando e seus discursando asseclas, na ONU, na ONU, dezembro, dezembro, Fuzilamos Fuzilamos sim, sim, temot Che Guevara, discursando na ONU, dezembro, fuzilado 1964 fuzilado e vamos Fuzilamos e vamos continuar continuar sim, temos fuzilando fuzilando sempre sempre que necessário... que necessário... Que Que tal? É ta comunistas assassinos assassinos de Fidel Fidel e seus e seus asseclas fuzilado e vamos continuar fuzilando sempre que que quiseram que necessário... quiseram fazer fazer no Que Brasil no tal? Brasil em É o 64, em 64, mas mas aqui aqui os tiros tiros saíram saíram pela pela culatra. que quiseram fazer no Brasil em 64, mas aqui os tiros saíram pela culatra. FALTA FALTA DIZER DIZER Três poderes Ele faleceu, foi na semana passada, e deixou uma formidável frase de estímulo a todos os que se acham pobres, desprovidos de estudos, morando em cidades pequenas, isto e mais aquilo, aquelas desculpas costumeiras dos pobretões do espírito. Esse cidadão, o brasileiro Odacir de Moraes, que foi o rei da soja e esteve entre os 200 homens mais ricos do mundo, como disse, faleceu semana passada. A frase que ele passou à posteridade, um verdadeiro comprimido para o otimismo, foi esta: - Nasci com a melhor das riquezas: cabeça, braços e vontade. Uma frase para pensar? Nem é preciso, ela é clara por si mesma. O que significa nascer com a melhor das riquezas, cabeça, braços e vontade? Significa que tendo uma cabeça para pensar, braços para trabalhar e vontade para persistir, ninguém vai ficar pelo caminho, qualquer um pode se realizar na vida. Sim, sem dúvida, mas o que acontece? Ora, o que acontece é que as pessoas têm cabeça mas a cabeça não funciona, fica se queixando o tempo todo, olhando-se no espelho da vida e achando um punhado de desculpas para não ocupar os braços... Braços que estão ali para obedecer ao comando da cabeça que pensa e da vontade que impulsiona. Credo, chego a estar rubro de vergonha de estar dizendo isso, tão clara é essa obviedade. As pessoas gostam de se desculpar e por isso ficam marcando passo. A história desses homens hirtos, que superaram adversidades graves na infância e adolescência e chegaram ao sucesso pelo próprio esforço, é que devia ser estudada nos cursos de Administração, Economia, o que for. Não, ficam perdendo tempo estudando a vida de americanos distantes e que nada têm a ver com a nossa História e realidades. Para terminar a conversa, quem tem cabeça, braços e vontade pode ir aonde quiser na vida. Pensar, agir e motivar-se é o resumo do sucesso. O mais é fraude ou desculpa. Mas o que mais vemos são pessoas usando da cabeça para pentear o cabelo ou usar um véu, os braços para serem tatuados e a vontade para não tirar o celular da palma da mão... Credo! Coitados! SUGESTÃO O Papa sugere, para diminuir a poluição atmosférica, que as pessoas troquem caronas entre si. Hoje um vizinho leva outros vizinhos, amanhã os que ganharam carona hoje levam os que deram carona ontem e assim por diante. Muito difícil, senhor Papa! O que existe de gente mal-educada, que baixa o vidro do carro, que liga ou desliga o ar-condicionado, que espirra sem lenço, que tosse sem proteger a boca, que mexe no rádio, que não limpa os pés, bah, um horror. Melhor é ir sozinho. Os educados, sim, os educados podemos levar, mas, por favor, senhor Papa, mande-nos dizer por onde eles andam... BIOGRAFIAS Você tem uma história de vida, certo? Agora imagine um camarada escrevendo sobre sua vida e pondo no papel a versão dele sobre aquele seu momento especial na vida, imagine. Você iria gostar? Duvido. Sem essa de biografias sem autorização, os caras vão escrever o que for mais interessante para vende livros. E na história de vida de qualquer santo há momentos que bem podem ser interpretados por demoníacos, tudo depende do ponto de vista de quem praticou a ação e de quem escreve sobre ela... FALTA DIZER Conto com você. Aguarde, nos próximos dias estreio no jornalismo da RedeTV, de São Paulo. Contrato assinado e uma equipe de trabalho especial para dar a você o melhor da notícia. E os meus comentários, aqueles, os de sempre...

15 - SÃO MIGUEL DO OESTE - SC, 27 DE JUNHO DE 2015 A/15 Geral SDR/SMO Reunião do Orçamento Regionalizado da Alesc é realizada em SMOeste Nesta audiência foram definidas 12 ações do PPA para a Secretaria de Desenvolvimento Regional de São Miguel que engloba os municípios de São Miguel do Oeste, Bandeirante, Barra Bonita, Belmonte, Descanso, Guaraciaba e Paraíso Neste ano, além de escolher as prioridades para o orçamento do ano que vem, cada região vai elencar 12 ações para serem incorporadas ao projeto de lei que vai estabelecer o PPA DÉBORA CECCON A Assembleia Legislativa, por meio da Comissão de Finanças e Tributação e da Coordenadoria do Orçamento Estadual, deu início, na segunda-feira (22), às audiências públicas do Orçamento Regionalizado, que vão apontar as prioridades das 36 regionais de Santa Catarina para a Lei Orçamentária Anual (LOA) 2016 e para o Plano Plurianual (PPA) do quadriênio Em São Miguel do Oeste a audiência iniciou às 14h30 no auditório da Unoesc. O presidente da Comissão de Finanças e Tributação, deputado Marcos Vieira (PSDB), iniciou as atividades e fez a abertura oficial. Falta de serviços credenciados na região no atendimento oncológico e ampliação do Hospital Regional Terezinha Gaio Basso. Falta de UTI neonatal. Falta de equipamentos de imagem e serviços para as especialidades de alta complexidade. Falta de um Casep. Falta de efetivo. Falta de posto da Polícia Militar Rodoviária Estadual, e manutenção da estrutura física, cabeamentos tecnológicos e ampliação das instalações de segurança pública nos municípios (Batalhões, Delegacia, Destacamentos nos Na audiência foram definidas 12 ações do PPA para a Secretaria de Desenvolvimento Regional de São Miguel, que engloba os municípios de São Miguel do Oeste, Bandeirante, Barra Bonita, Belmonte, Descanso, Guaraciaba e Paraíso. IMPORTÂNCIA Neste ano, além de escolher as prioridades para o orçamento do ano que vem, cada região vai elencar 12 ações para serem incorporadas ao projeto de lei que vai estabelecer o PPA É um momento importante, explica o presidente da Comissão de Finanças e Tributação, deputado Marcos Vieira (PSDB). Além das prioridades para o orçamento de 35 municípios da região do Extremo-Oeste). Falta de políticas de manutenção das rodovias. Falta de energia trifásica na área rural. Implantação de centro de inovação tecnológica SDR - São Miguel do Oeste. Aquisição de área para construção do Centro de Educação Getúlio Vargas. Débora Ceccon/ O Líder 2016, vamos apontar as ações para o PPA dos próximos quatro anos. No PPA, tem que constar tudo aquilo que a sociedade deseja que o Poder Executivo faça na educação, na saúde, na infraestrutura, na segurança, em todas as áreas. Por isso a participação da sociedade nas audiências deste ano é muito importante. De acordo com o deputado, o número de audiências públicas neste ano se justifica pela elaboração do PPA A Assembleia tem que estar bem mais próxima da população. Por isso, vamos até os mais distantes rincões de Santa Catarina para conversar com a população e escutar dela o que ela quer de ações para os próximos quatro anos, disse. Deficiência na manutenção, adequação e modernização das escolas. Falta de equipes multiprofissionais para atender as competências específicas, diante dos problemas que estão presentes na escola e que não são de caráter somente pedagógico. por Deny Alfano Telefone: (49) Skype: dr.deny.alfano O casamento e a revolução do papa Francisco Começamos de um pressuposto: a célula constitutiva da nossa sociedade é a família. Isso é tão enraizado na história e nos neurônios da gente que se eu perguntasse para qualquer um de vocês quais são as coisas que mais tem valor na vida, com quase certeza você responderia: saúde e família. Não é verdade? E o que define e confere o reconhecimento de estado de família na nossa sociedade é o casamento. Mas o que é, de verdade, um casamento? Qual o seu significado? Quais as suas razões e funções culturais e estruturais para a manutenção da nossa ordem social, assim como a conhecemos e vivemos? Basicamente no momento em que, com o desenvolvimento da agricultura, da criação dos bichos, etc., os bens começam a ser acumulados, nasce a propriedade e o problema da sua transmissão por herança. Se tornou logo necessário, por isso, garantir que os filhos, que receberiam as propriedades (e o nome) dos homens produtivos pertencessem, sem sombra de dúvidas, a eles mesmos e não a outros homens, para assim não desperdiçar e reduzir a herança, fragmentando-a e distribuindo-a para quem seja. Para fazer isso era necessário vincular, de maneira rígida e inviolável, a capacidade procriadora da mulher com aquele específico homem. Daí o artefato cultural casamento, que, de fato, é um dispositivo de garantia cívico-jurídico, que regulamenta a continuidade da transmissão da propriedade e da produção através do controle da reprodução por meio de vínculos e restrições. Nesse sentido, seja a mulher ou os filhos, não valem em si mesmos, mas enquanto engrenagens funcionais a tutela e continuidade de um mecanismo produtivo. Tecnicamente o casamento é um artefato asséptico, como é bem claro para todos os que se casam para garantir a aposentadoria, a pensão, os direitos cívicos, a green card, etc., ou que lembram ainda, como uma vez, eram os pais que combinavam os casamentos dos filhos por questões de negócios. O enriquecimento da moral por meio da religião e do sentimento por meio da literatura, da arte e das mídias de todas as épocas tem função de encorajar e fortalecer psicologicamente o desejo e a ambição a autovincularse para, ao mesmo tempo, ganhar o próprio pertencer a uma estrutura social e bloquear o princípio fundacional da ordem, ou seja da sociedade patriarcal. A fundada sobre o patri-munu : o bem do pai, o patrimônio, a propriedade e o filho. O fato que a religião cristã prevaleceu historicamente sobre as outras religiões bem nas épocas de consolidação das sociedades patriarcais se explica justamente pelo fato que é a religião do pai (patriarcal, patrimônio, pai e filho, etc.). Toda a doutrina dogmática da igreja romana visa coerentemente salvaguardar e fechar esse dispositivo. O casamento e a sua função procriadora. Por isso o veto (e a exclusão dos sacramentos) à separação, ao aborto, à camisinha, à homossexualidade, etc. O que conta é a preservação da ordem. É a propriedade. É a prioridade. O indivíduo é uma função que tem que se encaixar, quando não submeter-se (veja-se bancos e dívidas) para a continuidade desse princípio superior. Esclarecida a premissa, conseguem dar-se conta do tamanho revolucionário das declarações do papa Francisco na audiência dessa quarta-feira em Roma? Ele declarou que tem casos, por exemplo, quando tem violência psicológica ou física, para que a separação de um casal é algo moralmente necessário e isso constitui um bem e uma libertação para os filhos. O tamanho revolucionário, de um ponto de vista cultural e antropológico, dessa declaração é enorme: reverte a ordem fundacional da nossa mesma sociedade, colocando e libertando o bem-estar do indivíduo como prioridade. Finalmente todas as mulheres que, querendo ou não, aceitam de ter esmagada a própria dignidade em nome do amor para os filhos ou do sentido moral do casamento tem o caminho para dar-se conta que nenhum bem pode ser feito se não a partir de uma condição de liberdade, interior, social ou relacional que seja. Sem liberdade não tem amor. Esse tipo de amor é Deus. Adoro esse papa. Espero que possa ter continuidade, mas tenho minhas dúvidas. É perigoso demais!

16 A/16 - SÃO MIGUEL DO OESTE - SC, 27 DE JUNHO DE 2015 Jornais O Líder novamente entre os dez melhores de Santa Catarina Em premiação no último sábado (20), em Florianópolis, periódicos do Grupo TOP TEN DO JORNALISMO SANTA CATARINA WH Comunicações garantiram a posição dentre os dez melhores jornais do interior do Estado. Participando pela segunda vez do Prêmio Adjori de Jornalismo, que neste ano passa a se chamar Troféu Luiz Henrique da Silveira, Jornal O Líder de Maravilha ficou com o sétimo e O Líder de São Miguel do Oeste com o nono lugar no Top Ten JORNAL METAS, de Gaspar JORNAL DE POMERODE, de Pomerode FOLHA DO OESTE, de São Miguel do Oeste A SEMANA, de Curitibanos JORNAL CAFÉ IMPRESSO, de Timbó FOLHA SETE, de Seara PAUTA DA SEMANA, de Herval do Oeste JORNAL O LÍDER, de Maravilha JORNAL RAZÃO, de Tijucas JORNAL O LÍDER, de São Miguel do Oeste A SUA VOZ, de Pinhalzinho KELI FERNANDES Pelo segundo ano consecutivo os jornais O Líder, periódicos do Grupo WH Comunicações, destacaram-se na maior premiação do jornalismo impresso de Santa Catarina, garantindo a classificação entre os dez melhores jornais do interior do Estado. O Líder de Maravilha ficou com sétima posição e O Líder de São Miguel do Oeste com a nona. Com apenas quatro e cinco anos, respectivamente, de fundação, os jornais mostram o potencial do jornalismo no interior, garantindo posição de destaque entre os 53 postulantes ao prêmio. A cerimônia de premiação do 16º Prêmio Adjori de Jornalismo, que neste ano passa a se chamar Troféu Luiz Henrique da Silveira, foi realizada durante o 43º Congresso da Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina e 5º Encontro Nacional de Jornais do Interior do Brasil, no Resort Costão do Santinho, em Florianópolis. Do total de 53 jornais que disputaram a premiação na edição 2015, 27 receberam menção honrosa por estar entre os finalistas na disputa. O Líder de Maravilha foi finalistas em cinco categorias, na publicidade e no jornalismo: anúncio de agência, apresentação gráfica, charge, reportagem pautada e fotografia. Já o Jornal O Líder de São Miguel foi finalista nas categorias apresentação gráfica, charge e reportagem livre. As notas em todas a categorias premiadas foram somadas ao conjunto da obra e assim definindo a classificação dos dez melhores jornais do Estado. No Top Ten do Prêmio Adjori de Jornalismo estão jornais de todas as regiões do Estado, entre eles o Jornal Metas, de Gaspar, Pena de Ouro no Jornalismo e Pena de Prata na Publicidade, e o Jornal de Pomerode, de Pomerode, Prata no Jornalismo e Ouro na Publicidade. O Jornal Folha do Oeste, de São Miguel do Oeste, ficou com a Pena de Bronze no Jornalismo. Já o Jornal Pauta da Semana, de Herval do Oeste, ficou com o terceiro lugar na Publicidade. O troféu Novas Mídias também foi para o Jornal Metas. Charge Apresentação gráfica

17 - SÃO MIGUEL DO OESTE - SC, 27 DE JUNHO DE 2015 A/17 43º Congresso da Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina O 43º Congresso da Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina e V Encontro Nacional de Jornais do Interior do Brasil foi realizado entre os dias 19 e 21 em Florianópolis. O evento, realizado no Costão do Santinho Resort, Norte da Ilha de Santa Catarina, reuniu diversas personalidade, entre as personalidades o ministro da Previdência, Carlos Gabas. Gabas, juntamente com vice-presidente administrativo da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), Darci Piana, palestrou na abertura do evento, na noite da sexta-feira (20), sobre o tema "Como o Brasil vê o seu Interior", com uma plateia de mais de 700 pessoas, composta de proprietários e colaboradores de jornais locais de todo o país. Outro convidado foi o secretário Executivo da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom), Roberto Messias, que no sábado (20), comandou o painel "Jornal do Interior. A Visão Editorial, de Mercado e dos Anunciantes Públicos e Privados", juntamente com Walter Bier, Secretário de Estado da Comunicação, do governo do Estado de Santa Catarina (Secom/SC); Pedro Silva, presidente do Instituto Verificador de Comunicação (IVC); e Rosa Senra Estrella, presidente do Sindicato das Agências de Propaganda de Santa Catarina (Sinapro/SC). Ainda no sábado o professor e médico Eugênio Mussak falou sobre "Desafios da Mudança. Como ir além: Metacompetência". Ele trabalha com Educação Corporativa desde 2001, ministrando palestras, workshops e conduzindo reuniões estratégias. Nova diretoria Adjori/SC Antes da abertura oficial, em assembleia geral ordinária a Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina - Adjori/SC elegeu a nova diretoria executiva da entidade para os próximos dois anos. A chapa única, eleita por aclamação, é composta por representantes de 16 jornais do interior do estado. O atual presidente, Miguel Ângelo Gobbi, foi reeleito. A posse ocorreu durante a entrega do Prêmio Adjori de Jornalismo, Na Assembleia, ocorreu a aprovação do regulamento da edição 2016 do Prêmio Adjori de Jornalismo. Foram mantidas as regras da edição deste ano, sendo escolhido o Pacto Federativo como tema da reportagem pautada do concurso jornalístico, que passou a se chamar Troféu Luiz Henrique da Silveira, em homenagem ao senador e ex-governador catarinense, falecido em maio passado. Os participantes discutiram mudanças na premiação para Como propostas estão a inclusão de novas categorias na premiação. A Assembleia também aprovou a prestação de contas da gestão anterior, apresentada pelo contador da Associação, Valdir Marques, e previamente aprovada pelo Conselho Fiscal. NOMINATA DA CHAPA ELEITA PARA A ADJORISC PRESIDENTE - Miguel Angelo Gobbi, do Jornal Folha do Oeste, de São Miguel do Oeste; VICE-PRESIDENTE - Manfredo Goede, do Jornal de Pomerode, de Pomerode; 1º SECRETÁRIO - Valmoci Jesus de Souza, do Jornal Nortesul, de Passo de Torres; 2 SECRETÁRIO - Fabiano Luiz Bordignon, do Jornal O Esporte, de Tubarão; 1º TESOUREIRO - José Roberto Deschamps, do Jornal Metas, de Gaspar; 2º TESOUREIRO - Moacir D Agostini, do Jornal Extra, de Caçador; VICE-PRESIDÊNCIAS REGIONAIS: EXTREMO-OESTE Jairo Miguel as Silva, do Jornal Novoeste, de Maravilha; OESTE - Décio Carlos Pandolfi, do Jornal Folha Sete, de Seara; MEIO OESTE Dirce Salete Soarin Schmitt, do jornal Folha da Manhã, de Joaçaba; VALE DO ITAJAÍ João Paulo Ferreira, do Jornal de Navegantes, de Navegantes; ALTO VALE Áurio Gislon, do Jornal O Riossulense, de Rio do Sul; PLANALTO NORTE Elisângela Schulka, do jornal Diário de Riomafra, de Mafra; LITORAL NORTE Ralf Bieging, do Jornal do Comércio, de Balneário Piçarras; GRANDE FLORIANÓPOLIS - Alexandre João Bonfim da Silva, do Jornal Palavra Palhocense, de Palhoça; PLANALTO SERRANO Sérgio Pinheiro, do jornal Correio Otaciliense, de Otacílio Costa; SUL Fernando de M. Freitas, Folha O Jornal, de Braço do Norte. Reportagem livre

18 A/18 Geral - SÃO MIGUEL DO OESTE - SC, 27 DE JUNHO DE 2015 SÃO MIGUEL DO OESTE Projeto para instalação do setor regional de oncologia deve ser aprovado até o fim de julho O prédio junto ao Hospital Regional, onde atualmente está instalado o Samu, será readequado para receber a ala de oncologia O projeto para adequação do espaço onde será instalado o setor regional de oncologia foi apresentado na terça-feira (23) pelo secretário de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste, Wilson Trevisan, e o engenheiro civil do Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, Fernando Roberto Vidor. A reunião foi realizada na Vigilância Sanitária da Secretaria de Estado da Saúde, em Florianópolis. O prédio junto ao Hospital Regional, onde atualmente está instalado o Samu, será readequado para receber a ala de oncologia. O projeto foi analisado pelo coordenador do Núcleo de Análise de Projetos Arquitetônicos de Estabelecimentos de Saúde (Anarq), Bernardo Bello Martins, que solicitou algumas correções. Até o início de julho enviaremos as adequações para nova análise, afirma o engenheiro civil Roberto Vidor. Esperamos a aprovação até o fim do mês de julho para posterior execução da obra. Temos uma meta que é a implantação do setor de oncologia até o fim do ano e vamos trabalhar para que isso ocorra, declara Trevisan. Atualmente a região tem cerca de 800 atendimentos mensais de pacientes com câncer que são atendidos no Hospital Regional do Oeste, em Chapecó. O novo local para o Samu também já está sendo estudado. É um serviço importante e estamos dando a devida atenção ao mesmo, finaliza Trevisan. Secretário da SDR de São Miguel do Oeste, Wilson Trevisan, e o engenheiro civil do Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, Fernando Roberto Vidor, apresentaram projeto à Vigilância Sanitária Tradição Cavalarianos miguel-oestinos seguem em cavalgada até Chapecó O chefe de gabinete da prefeitura de São Miguel do Oeste, Airton Fávero, representando o prefeito, João Valar, entregou, na manhã de quarta-feira (24), uma Bandeira do município ao Grupo de Cavalarianos do CTG Porteira Aberta, que segue em cavalgada até Chapecó. A entrega foi realizada em frente ao centro administrativo para o coordenador do grupo, Rudinei dos Santos, e segundo ele, esta é a segunda cavalgada de integração com outros municípios. A primeira fizemos até Carazinho, em 2014, este ano Chapecó, e no próximo ano o Grupo do CTG de Carazinho deverá vir até SMO, comentou. Conforme a patroa campeira do CTG Porteira Aberta de São Miguel do Oeste, Dirce Sehnem, o grupo saiu por volta das 7h30 de quarta-feira em cavalgada até Chapecó, sendo esta a primeira feita por este grupo neste trecho. Hoje o pessoal está indo nesta cavalgada, com pernoite em Iraceminha, Cunha Porã, Cunhataí, São Carlos e Palmitos, e devem chegar em Chapecó no sábado à tardinha, relata. O Grupo que saiu na quartafeira de São Miguel deve chegar em Chapecó no sábado, no CTG Vaqueanos do Oeste. São 16 cavalarianos e mais a equipe de apoio. Rudinei deixou o convite para que o prefeito e sua equipe, como fizeram em 2014 em Carazinho, sigam no sábado para Chapecó, onde será realizada a integração dos Cavalarianos. São Miguel do Oeste Inscrições para Seletivo Especial encerram dia 2 de julho O prazo de inscrição para o Seletivo Especial termina no dia 2 de julho. São vagas para 11 cursos de graduação, sendo dois à distância. No site da Unoesc o candidato pode conferir o edital e a lista dos cursos oferecidos. O Seletivo Especial é a forma de ingresso na universidade em que não há realização de provas. A seleção dos candidatos é feita pela média aritmética do histórico escolar do ensino médio. Para efetuar a inscrição é necessário preencher o requerimento no site da Unoesc, imprimi-lo e anexar a fotocópia autenticada do histórico Prazo de inscrição para o Seletivo Especial termina no dia 2 de julho escolar do ensino médio e do comprovante do pagamento da taxa, no valor de R$ 20. Esses documentos devem ser entregues ou enviados à Secretaria Acadêmica ou ao Protocolo dos campi e unidades até 3 de julho. A relação dos classificados será divulgada a partir do dia 10 de julho e a matrícula poderá ser realizada nos dias 15 e 16. Em caso de dúvidas sobre as inscrições os candidatos podem entrar em contato pelo br ou skype: vestibular.unoesc e pelas redes sociais: Facebook e Twitter.

19 - SÃO MIGUEL DO OESTE - SC, 27 DE JUNHO DE 2015 A/19 Geral SÃO MIGUEL DO OESTE Sicoob participa de curso sobre a elaboração de relatórios socioambientais O Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo de Santa Catarina (Sescoop/ SC) promoveu curso inédito para funcionários de cooperativas no início deste mês As instrutoras Adelita Adiers e Camile Rebeca Bruns apresentaram indicadores que podem nortear a elaboração dos relatórios e as suas vantagens O Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo de Santa Catarina (Sescoop/ SC) promoveu curso inédito para funcionários de cooperativas no início deste mês. Com intuito de auxiliar as cooperativas a elaborar uma importante ferramenta de comunicação com seu público e de planejamento de gestão, mais de 20 pessoas participaram, em Florianópolis, do curso para elaboração do Relatório Socioambiental. As instrutoras Adelita Adiers e Camile Rebeca Bruns apresentaram indicadores que podem nortear a elaboração dos relatórios e as suas vantagens. De acordo com Adelita, especialista em Responsabilidade Social e Gestão do 3º Setor, existem muitos conceitos soltos sobre responsabilidade social e sobre a própria sustentabilidade, que acabam sendo um empecilho para as empresa e instituições que querem iniciar um trabalho ou ter outro olhar para as ações que já realizam. O foco principal do curso é tratar dos relatórios. Como demonstrar essas boas práticas, as ações que são desenvolvidas, através de um relatório. Falamos sobre alguns indicadores que são norteadores, mas nós não temos uma receita pronta, um modelo oficial de um balanço socioambiental, salienta. SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIAL A auxiliar contábil do Sicoob São Miguel, Bruna Camila Von Dentz, participou do curso e relata a importância em estudar os conceitos de sustentabilidade e responsabilidade social para a cooperativa. Fomos orientados de como nós, na cooperativa, impactamos no desenvolvimento sustentável da sociedade em que atuamos. O curso nos apresentou as ferramentas e indicadores de sustentabilidade que podem ser utilizados para que possamos divulgar um relatório socioambiental ainda mais completo e que atenda às necessidades dos nossos associados e comunidade, explica. Conforme Bruna, que atua na área de contabilidade e controladoria do Sicoob São Miguel, a integração neste curso foi muito proveitosa. Acredito que a gente pode avaliar os conceitos de sustentabilidade dentro da cooperativa como um todo, pois nesta área é possível ter uma visão geral das ações da cooperativa, e propor melhorias no processo de divulgação demonstrando à sociedade o quão comprometida a cooperativa está com a sustentabilidade. Outro ponto destacado por Bruna sobre o curso está relacionado às ferramentas e indicadores apresentados, que são os Indicadores Ethos e o GRI (Global Reporting Initiative), que segundo ela, vão possibilitar ao Sicoob São Miguel ser ainda mais transparente na divulgação de suas ações. Os Indicadores Ethos são indicadores de sustentabilidade desenvolvidos no Brasil por um instituto criado por grandes empresas brasileiras e que possibilita a mensuração da sustentabilidade do negócio por meio de quatro dimensões: Visão e Estratégia, Governança e Gestão, Social e Ambiental. Já o GRI (Global Reporting Initiative) é uma ferramenta internacional de sustentabilidade, o qual empresas do mundo inteiro utilizam os mesmos conceitos, ou seja, no mundo todo a linguagem do GRI é a mesma, indiferente do idioma do país. O estudo sobre essas ferramentas é indispensável para a nossa cooperativa, finaliza. São Miguel do Oeste Secretaria da Saúde disponibiliza aulas de hidroginástica A Secretaria de Saúde de São Miguel do Oeste disponibiliza aulas de hidroginástica, gratuitamente, às pessoas que tenham indicação médica para realizar tal atividade. No momento são 133 pessoas que participam das aulas, ministradas na Academia Alternativa. Com o apoio do Núcleo de Atendimento à Saúde da Família (Nasf) e as unidades Estratégia Saúde da Família (ESF) dos bairros, são sete turmas em andamento e os exercícios são realizados nas quartas, quintas e sextas-feiras pela manhã. Os educadores físicos do Nasf, Patrícia Alessi e Carlos Antunes da Silva, atuam no projeto. Da Silva é coordenador do projeto e ministra as aulas. Patrícia faz avaliação física no Nasf, conhecendo o paciente, as recomendações médicas e qual o tipo de dificuldade enfrentada. Ela observa que o público-alvo são adolescentes devidamente acompanhados pelo pai/mãe ou responsáveis, adultos e idosos. Quem tem interesse deve procurar informações na unidade Estratégia Saúde da Família do bairro ao qual pertence. Os profissionais avaliam o caso e fazem o encaminhamento para o Nasf avaliar, complementa. QUEM PODE SE INSCREVER PARA PARTICIPAR DAS AULAS? Patrícia explica que as inscrições são feitas para as pessoas diagnosticadas e encaminhadas pelo médico, as quais sejam portadoras das seguintes doenças: hérnia de disco, artrose reumática, cardiopatia, artrite e fibromialgia e quem precisa fazer exercícios de baixo impacto (obeso grau I acima, por exemplo). Os educadores físicos enfatizam: as pessoas precisam saber que a hidroginástica é bem específica e há um grande número de participantes. Não é de imediato que a pessoa é inserida no grupo. Existe a avaliação e depois uma fila de espera. FALTOU, PERDEU A VAGA Quem falta com frequência na atividade física, sem justificar sua ausência, acaba perdendo a vaga. De acordo com os educadores físicos, há pessoas na fila de espera, aguardando o espaço. Por isso, quem não comparece às aulas perde a vaga. OS PRINCIPAIS BENEFÍCIOS DA ATIVIDADE: - Diminuição da dor. - Melhora a circulação sanguínea e o funcionamento do pulmão, coração (em geral de todos os órgãos). - Melhora na autoestima, contribuindo para a diminuição ansiedade, estresse devido à interação social no grupo. - Contribui para uma melhor qualidade de vida. Quem tem interesse em participar das atividades deve procurar informações na unidade Estratégia Saúde da Família do bairro ao qual pertence MUNICIPIO DE BELMONTE PREGÃO PRESENCIAL Nº 18/2015 Registro de Preços Objeto: Aquisição de brinquedos e jogos didático pedagógicos para a manutenção da Educação Infantil, com recursos do Programa Brasil Carinhoso, conforme as especificações contidas no edital e em seus anexos. Recebimento dos envelopes de documentação e propostas até às 14:00 horas do dia 09/07/2015, no Dpto.. de Licitações da Prefeitura Municipal, a Rua Engenheiro Francisco Passos, 133, iniciando a fase de lances às 14:00 horas do mesmo dia. Informações pelo fone (049) Belmonte/SC, 26 de junho de Genésio Bressiani - Prefeito Municipal Ascom SMO

20 A/20 Geral - SÃO MIGUEL DO OESTE - SC, 27 DE JUNHO DE 2015 SÃO MIGUEL DO OESTE Unoesc Cidadania oferecerá serviços gratuitos à comunidade Durante os dois dias o curso de Farmácia orientará a população sobre o uso correto, seguro e racional de medicamentos A Unoesc São Miguel do Oeste promoverá, nos dias 3 e 4 de julho, ações voltadas à prevenção de doenças, promoção da saúde e ao Direito do Consumidor. No primeiro dia de Unoesc Cidadania a atividade inicia às 13h30 e se estende até as 17h no Calçadão e na praça central de São Miguel do Oeste. No sábado as ações serão desenvolvidas das 8h às 11h15. Durante os dois dias o curso de Farmácia orientará a população sobre o uso correto, seguro e racional de medicamentos. Segundo o coordenador do curso, professor Everton Boff, o objetivo é mostrar que o uso incorreto de medicamentos é grave e pode deixar sequelas irreversíveis, bem como comprometer a vida do usuário. O curso de Engenharia de Alimentos distribuirá folders informativos sobre a ingestão consciente de sal, açúcar e gorduras. A coordenadora, professora Eliane Maria de Carli, destaca que esses nutrientes, quando consumidos em grandes quantidades, podem resultar em altos níveis de colesterol, triglicerídeos, obesidade, problemas de pressão arterial e reduzir a qualidade de vida. O curso de Enfermagem também passará orientações de promoção à saúde e de prevenção a doenças. De acordo com a coordenadora, professora Ana Maria Moser, será aferida a pressão arterial dos participantes do evento. Já os acadêmicos de Psicologia aplicarão testes vocacionais e de estresse, sob a orientação da coordenadora do curso, professora Lisandra Antunes de Oliveira. DIREITO DO CONSUMIDOR Quem participar da Unoesc Cidadania também poderá sanar dúvidas sobre Direito do Consumidor. A professora Alexandra Perico informa que serão prestados esclarecimentos para que os consumidores possam exigir seus direitos na aquisição de produtos e serviços. Serão abordados 12 temas diferentes sobre vício do produto; vendas a crédito, juros e prestações; preços nos produtos e vitrines; empréstimo para pagamento consignado nas aposentadorias; direito de arrependimento; cartão de crédito; serviço e orçamento; planos de telefonia; cuidados na compra e venda de veículos usados; cuidados que devem ser tomados na compra de produtos pela internet; inscrição no banco de dados SPC/Serasa; e cobrança de dívidas. UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA Segundo o diretor de Pesquisa, Pós-graduação e Extensão, professor Evelácio Roque Kaufmann, a Unoesc tem papel fundamental para o desenvolvimento da região. O caráter comunitário da Unoesc implica no estreitamento constante das relações entre a academia e a comunidade na perspectiva de elevar a qualidade de vida das pessoas. Este evento tem caráter disciplinar, considerando os vários cursos envolvidos que contribuirão para a melhoria do espaço social, ético, ambiental e educativo, promovendo a interação com a comunidade", frisa Kaufmann. São Miguel do Oeste Projeto Saúde dos bovinos é classificado na Mostra Científica do Verde é Vida A Escola Municipal Waldemar Antonio Von Dentz ficou classificada para a segunda etapa regional da Mostra Científica Sul-Brasileira do Projeto Verde é Vida, que ocorrerá em 10 de novembro, na cidade de Princesa. O Projeto Saúde dos bovinos ficou entre os quatro melhores da Mostra Científica, realizada na linha Canela Gaúcha, em São Miguel do Oeste, na terça-feira (23). Elaborado pelos estudantes Felipe Christ e Marieli Gasperin, sob a orientação da professora Roseli Mara Gava Barp, na disciplina de Ciências, o projeto mostra como as doenças atacam os bovinos e quais são os prejuízos. Para Roseli, o conhecimento teórico e prático foi fundamental na escolha do projeto. A escola também apresentou outros dois trabalhos na área de Transgenia e Arquitetura, contudo esse voltado à sanidade animal obteve destaque. A expectativa da unidade de ensino, estudantes e professores é que esse trabalho passe na segunda fase, a qual definirá que trabalho representará a região na Expoagro Afubra O Projeto Verde é Vida é um programa de ação socioambiental da Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), e desenvolve seus trabalhos e ações com escolas parceiras do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Na mostra em São Miguel do Oeste foram apresentadas 13 pesquisas científicas. A avaliação foi realizada por alunos e professores presentes, além da equipe do Verde é Vida e de convidados. Após as avaliações, classificaram-se para a próxima etapa os seguintes trabalhos: Reflorestamento de nascentes com árvores nativas, da escola Novo Sarandi, de São José do Cedro; Saúde dos bovinos, da escola Waldemar Antonio Von Dentz, de São Miguel do Oeste; Abelhas nativas na polinização e produção do mel, da escola Padre Réus, de São José do Cedro; Hidráulica sustentável, da escola Girassol, de São José do Cedro; e Tratamento de esgoto através de zonas de raízes, da Casa Familiar Rural, de Iporã do Oeste. Santa Helena Município tem 11 áreas de atuação do Lar Legal A administração de Santa Helena segue com o trabalho de regularizar os terrenos no perímetro urbano. O Projeto Lar Legal consiste na gestão de ações sistemáticas, contínuas e planejadas, com a finalidade de assegurar às famílias em estado de vulnerabilidade social a obtenção dos títulos de propriedade dos terrenos irregularmente ocupados, após passarem pelo processo de regularização das áreas conflitantes, por meio da atuação das equipes técnicas da Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação e dos municípios participantes, da mediação da Assembleia Legislativa e pela avaliação final do Ministério Público Estadual, permitindo que o Tribunal de Justiça efetue a outorga das tão desejadas escrituras públicas de seus terrenos. No município de Santa Helena são onze áreas de atuação. Com o apoio da empresa Aleasc, de São Miguel do Oeste, os trabalhos estão em fase de avaliação e apresentação junto ao Ministério Público.

www.cpsol.com.br TEMA 003 CONHEÇA E PREVINA AS DOENÇAS DO INVERNO

www.cpsol.com.br TEMA 003 CONHEÇA E PREVINA AS DOENÇAS DO INVERNO TEMA 003 CONHEÇA E PREVINA AS DOENÇAS DO INVERNO 1/8 O inverno chegou e junto com ele maiores problemas com as doenças respiratórias entre outras Isso não ocorre por acaso já que pé nesta estação onde

Leia mais

Fique atento ao abuso de antibióticos na pediatria

Fique atento ao abuso de antibióticos na pediatria Fique atento ao abuso de antibióticos na pediatria Criado em 22/04/15 10h50 e atualizado em 22/04/15 11h27 Por Sociedade Brasileira de Pediatria Para se ter sucesso no tratamento da criança alérgica ou

Leia mais

PLANEJAMENTO DO TRATAMENTO DA ASMA BRÔNQUICA

PLANEJAMENTO DO TRATAMENTO DA ASMA BRÔNQUICA PLANEJAMENTO DO TRATAMENTO DA ASMA BRÔNQUICA O estudo do sistema imune (proteção) surgiu no início do século 20, com futuro muito promissor, mas isto não se confirmou de imediato. Os fenômenos imunológicos

Leia mais

Programa RespirAr. Asma e bronquite sem crise. RespirAr

Programa RespirAr. Asma e bronquite sem crise. RespirAr Programa RespirAr. Asma e bronquite sem crise. RespirAr Prevenir é o melhor remédio para uma boa saúde, evitando-se as doenças e suas complicações. Problemas respiratórios, por exemplo, podem se tornar

Leia mais

AVALIAÇÃO DO GOVERNO DESEMPENHO PESSOAL DA PRESIDENTE

AVALIAÇÃO DO GOVERNO DESEMPENHO PESSOAL DA PRESIDENTE Resultados da 128ª Pesquisa CNT/MDA Brasília, 21/07/2015 A 128ª Pesquisa CNT/MDA, realizada de 12 a 16 de julho de 2015 e divulgada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), mostra a avaliação dos

Leia mais

Câmara Municipal de Tijucas do Sul

Câmara Municipal de Tijucas do Sul ATA DA 9 a SESSÃO ORDINÁRIA DO PRIMEIRO PERÍODO ORDINÁRIO DA PRIMEIRA SESSÃO LEGISLATIVA DA 15 a LEGISLATURA EM 07/04/2014. Aos sete dias do mês de abril do ano de dois mil e quatorze, nesta cidade de

Leia mais

CARTILHA DO ORÇAMENTO DA CÂMARA DOS DEPUTADOS

CARTILHA DO ORÇAMENTO DA CÂMARA DOS DEPUTADOS CARTILHA DO ORÇAMENTO DA CÂMARA DOS DEPUTADOS Sumário - Apresentação... 3 -As três leis básicas... 3 - Como é elaborado o orçamento da União?... 3 Prazos... 4 Esferas... 4 - Quem é responsável pela elaboração

Leia mais

Gripe Proteja-se! Faça Chuva ou faça Sol, vacine-se a partir de Outubro e até ao final do Inverno. Consulte o seu médico

Gripe Proteja-se! Faça Chuva ou faça Sol, vacine-se a partir de Outubro e até ao final do Inverno. Consulte o seu médico Gripe Proteja-se! Faça Chuva ou faça Sol, vacine-se a partir de Outubro e até ao final do Inverno. Consulte o seu médico Gripe Perguntas Frequentes Perguntas frequentes sobre a gripe sazonal O que é a

Leia mais

RELATÓRIO PARA A. SOCIEDADE informações sobre recomendações de incorporação de medicamentos e outras tecnologias no SUS

RELATÓRIO PARA A. SOCIEDADE informações sobre recomendações de incorporação de medicamentos e outras tecnologias no SUS RELATÓRIO PARA A SOCIEDADE informações sobre recomendações de incorporação de medicamentos e outras tecnologias no SUS RELATÓRIO PARA A SOCIEDADE Este relatório é uma versão resumida do relatório técnico

Leia mais

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE REDAÇÃO. PROJETO DE LEI Nº 4.548, DE 1998 (Apensos os Projetos de Lei nºs 4.602/98, 4.790/98 e 1.

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE REDAÇÃO. PROJETO DE LEI Nº 4.548, DE 1998 (Apensos os Projetos de Lei nºs 4.602/98, 4.790/98 e 1. COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE REDAÇÃO PROJETO DE LEI Nº 4.548, DE 1998 (Apensos os Projetos de Lei nºs 4.602/98, 4.790/98 e 1.901/99) Dá nova redação ao caput do artigo 32 da Lei nº 9.605, de

Leia mais

Influenza. João Pedro Marins Brum Brito da Costa (Instituto ABEL) Orientador: André Assis (UFRJ Medicina)

Influenza. João Pedro Marins Brum Brito da Costa (Instituto ABEL) Orientador: André Assis (UFRJ Medicina) Influenza João Pedro Marins Brum Brito da Costa (Instituto ABEL) Orientador: André Assis (UFRJ Medicina) O que éinfluenza Também conhecida como gripe, a influenza éuma infecção do sistema respiratório

Leia mais

Jornalista: Eu queria que o senhor comentasse (incompreensível)?

Jornalista: Eu queria que o senhor comentasse (incompreensível)? Entrevista concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após cerimônia de apresentação dos resultados das ações governamentais para o setor sucroenergético no período 2003-2010 Ribeirão

Leia mais

Conselho Nacional de Controle Interno

Conselho Nacional de Controle Interno Veículo: Site Congresso em Foco Data: 13/07/2012 Editoria: Lei de Acesso Coluna: - Página: - Só 12% das prefeituras dão atenção a transparência Uma mesma pergunta foi feita às administrações de 133 cidades

Leia mais

Clipping. ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO 03 de outubro de 2011 ESTADO DE MINAS

Clipping. ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO 03 de outubro de 2011 ESTADO DE MINAS ESTADO DE MINAS 1 2 ESTADO DE MINAS 3 ESTADO DE MINAS http://www.em.com.br PSD de Kassab mira 'órfãos' do PMDB quercista O PSD obteve registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na terça-feira e corre

Leia mais

Doenças Respiratórias Crônicas. Caderno de Atenção Básica 25

Doenças Respiratórias Crônicas. Caderno de Atenção Básica 25 Doenças Respiratórias Crônicas Caderno de Atenção Básica 25 PREVALÊNCIA O Asma (acomete cerca de 300 milhões de indivíduos no mundo) O Rinite Alérgica (afeta cerca de 20 25% da população) O DPOC (afeta

Leia mais

MURAL- OUTUBRO DE 2014. Compromisso. Como manter o foco no trabalho

MURAL- OUTUBRO DE 2014. Compromisso. Como manter o foco no trabalho Compromisso Como manter o foco no trabalho Em um ambiente profissional, são muitas as distrações que podem fazer um funcionário perder o foco: smartphones, e-mails, redes sociais, telefone, conversas com

Leia mais

Formadora: Dr.ª Maria João Marques Formandas: Anabela Magno; Andreia Sampaio; Paula Sá; Sónia Santos

Formadora: Dr.ª Maria João Marques Formandas: Anabela Magno; Andreia Sampaio; Paula Sá; Sónia Santos Formadora: Dr.ª Maria João Marques Formandas: Anabela Magno; Andreia Sampaio; Paula Sá; Sónia Santos 1 O que é? A bronquiolite é uma doença que se carateriza por uma inflamação nos bronquíolos e que, geralmente,

Leia mais

Assunto: falta de recursos do governo federal para agricultura do Paraná

Assunto: falta de recursos do governo federal para agricultura do Paraná Assunto: falta de recursos do governo federal para agricultura do Paraná A FAEP tem solicitado ao governo federal que libere os recursos anunciados de R$ 5,6 bilhões na Política de Garantia de Preços Mínimos

Leia mais

PESQUISA CNI-IBOPE. Dilma e Marina empatadas em um provável segundo turno. Popularidade da presidente Dilma cresce na comparação com junho

PESQUISA CNI-IBOPE. Dilma e Marina empatadas em um provável segundo turno. Popularidade da presidente Dilma cresce na comparação com junho Indicadores CNI PESQUISA CNI-IBOPE Avaliação do governo e pesquisa eleitoral Dilma e Marina empatadas em um provável segundo turno Na pesquisa estimulada, com a apresentação do disco com os nomes dos candidatos,

Leia mais

Doenças Respiratórias O QUE SÃO E COMO AS PREVENIR?

Doenças Respiratórias O QUE SÃO E COMO AS PREVENIR? Doenças Respiratórias O QUE SÃO E COMO AS PREVENIR? O NÚMERO DE PESSOAS AFETADAS POR DOENÇAS RESPIRATÓRIAS EVITÁVEIS NÃO PÁRA DE AUMENTAR. AS CRIANÇAS E OS MAIS VELHOS SÃO OS MAIS ATINGIDOS. SÃO DOENÇAS

Leia mais

Alexandre Pontes Aragão Promotor de Justiça na 3ª Promotoria Auxiliar da Comarca de Maracanaú

Alexandre Pontes Aragão Promotor de Justiça na 3ª Promotoria Auxiliar da Comarca de Maracanaú Alexandre Pontes Aragão Promotor de Justiça na 3ª Promotoria Auxiliar da Comarca de Maracanaú CURSO A COMUNIDADE PELA MORALIDADE N de aulas: 05 (cinco) Período do dia e duração aproximada de cada aula:

Leia mais

Edição 44 (Abril/2014)

Edição 44 (Abril/2014) Edição 44 (Abril/2014) Cenário Econômico: Prévia da inflação tem maior alta desde janeiro de 2013 O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15), considerado a prévia da inflação oficial,

Leia mais

SENADO FEDERAL SONO COM QUALIDADE SENADOR CLÉSIO ANDRADE

SENADO FEDERAL SONO COM QUALIDADE SENADOR CLÉSIO ANDRADE SENADO FEDERAL SONO COM QUALIDADE SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Sono com qualidade apresentação Uma boa noite de sono nos fazer sentir bem e com as forças renovadas. O contrário também vale. Uma péssima noite

Leia mais

CARTILHA DO VOTO CONSCIENTE

CARTILHA DO VOTO CONSCIENTE CARTILHA DO VOTO CONSCIENTE ART. 1, 1 da Constituição Federal de 88: Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição. Voto consciente:

Leia mais

LEGISLAÇÃO SOBRE RECICLAGEM DO LIXO

LEGISLAÇÃO SOBRE RECICLAGEM DO LIXO LEGISLAÇÃO SOBRE RECICLAGEM DO LIXO ILIDIA DA A. G. MARTINS JURAS Consultora Legislativa da Área XI Meio Ambiente e Direito Ambiental, Organização Territorial, Desenvolvimento Urbano e Regional DEZEMBRO/2000

Leia mais

PL 64 BOLSA COMPLEMENTAR PARA O PROGRAMA MAIS MÉDICOS

PL 64 BOLSA COMPLEMENTAR PARA O PROGRAMA MAIS MÉDICOS PL 64 BOLSA COMPLEMENTAR PARA O PROGRAMA MAIS MÉDICOS Tendo como argumento aperfeiçoar ainda mais a prestação de serviços de saúde à população, o Executivo traz a esta Casa o Projeto de Lei 64/2014, que

Leia mais

PARA GESTORES PÚBLICOS

PARA GESTORES PÚBLICOS UM BOM NEGÓCIO PARA O DESENVOLVIMENTO LOCAL PARA GESTORES PÚBLICOS 1 2014 - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado de Minas Gerais - Sebrae. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É

Leia mais

Pra que serve tudo isso?

Pra que serve tudo isso? Capítulo 1 Pra que serve tudo isso? Parabéns! Você tem em mãos a base para o início de um bom planejamento financeiro. O conhecimento para começar a ver o dinheiro de outro ponto de vista, que nunca foi

Leia mais

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas BRASIL Agosto 2013 Profa. Anita Kon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS GRADUADOS

Leia mais

VACINE-SE A PARTIR DE 1 DE OUTUBRO CONSULTE O SEU MÉDICO

VACINE-SE A PARTIR DE 1 DE OUTUBRO CONSULTE O SEU MÉDICO VACINE-SE A PARTIR DE 1 DE OUTUBRO CONSULTE O SEU MÉDICO Perguntas frequentes sobre a gripe sazonal O que é a gripe? É uma doença infecciosa aguda das vias respiratórias, causada pelo vírus da gripe. Em

Leia mais

MENSAGEM Nº, de 2008.

MENSAGEM Nº, de 2008. MENSAGEM Nº, de 2008. = Tenho a honra de submeter à elevada consideração de Vossas Excelências o projeto de Lei anexo, que objetiva criar o Conselho Municipal Antidrogas COMAD. Um dos mais graves problemas

Leia mais

C L I P P I N G DATA: 18.09.2015

C L I P P I N G DATA: 18.09.2015 C L I P P I N G DATA: 18.09.2015 Setor de serviços cresceu 2,1% em julho, menor taxa da série para o mês Alta acumulada em 12 meses também é a menor da série histórica do IBGE. Rondônia teve maior alta,

Leia mais

AGRICULTURA FAMILIAR UM BOM NEGÓCIO PARA O DESENVOLVIMENTO LOCAL PREFEITO

AGRICULTURA FAMILIAR UM BOM NEGÓCIO PARA O DESENVOLVIMENTO LOCAL PREFEITO AGRICULTURA FAMILIAR UM BOM NEGÓCIO PARA O DESENVOLVIMENTO LOCAL PREFEITO Copyright 2014. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Sebrae. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. A reprodução não

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO HOSPITAL SANTA HELENA

REGIMENTO INTERNO DO HOSPITAL SANTA HELENA 20//2013 1 REGIMENTO INTERNO DO HOSPITAL SANTA HELENA CAPÍTULO I Princípios e Objetivos ARTIGO 1 O regimento interno do corpo clínico visa disciplinar a constituição, ações, relações, avaliações e direção

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL Pesquisa e Consultoria Relatório Síntese PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL RODADA 89 CNT 18 a 22 de Junho de 2007 SAS Q 06 - Lote 03 - Bloco J Rua Grão Pará, 737-4º andar Ed. Camilo Cola - 2 o andar

Leia mais

SEGURANÇA PÚBLICA ASSUNTO DE TODOS

SEGURANÇA PÚBLICA ASSUNTO DE TODOS SEGURANÇA PÚBLICA ASSUNTO DE TODOS Minhas áreas de atuação são, pela ordem de número de eventos: Gestão de Projetos; Gestão de Ativos; Gestão de Segurança Industrial e Gestão Estratégica de empresas. Considero-me,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 17 Discurso no encerramento do Fórum

Leia mais

CARTILHA DE ORIENTAÇÃO SOBRE A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL

CARTILHA DE ORIENTAÇÃO SOBRE A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO CARTILHA DE ORIENTAÇÃO SOBRE A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL 1. O que é a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF)? A Lei de Responsabilidade Fiscal é um código

Leia mais

Câmara Municipal de Tijucas do Sul

Câmara Municipal de Tijucas do Sul ATA DA 16 a SESSÃO ORDINÁRIA DO PRIMEIRO PERÍODO ORDINÁRIO DA PRIMEIRA SESSÃO LEGISLATIVA DA 15 a LEGISLATURA EM 26/05/2014. Aos vinte e seis dias do mês de maio do ano de dois mil e quatorze, nesta cidade

Leia mais

AGRONEGÓCIO PANORAMA ATUAL

AGRONEGÓCIO PANORAMA ATUAL AGRONEGÓCIO PANORAMA ATUAL IMPORTÂNCIA ECONOMICA 1- Exportações em 2014: Mais de US$ 100 bilhões de dólares; 2- Contribui com aproximadamente 23% do PIB brasileiro; 3- São mais de 1 trilhão de Reais e

Leia mais

Como deixar seu negócio on-line. Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO!

Como deixar seu negócio on-line. Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO! Como deixar seu negócio on-line Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO! A palavra de ordem das redes sociais é interação. Comparando a internet com outros meios de comunicação em massa como

Leia mais

A pneumonia é uma doença inflamatória do pulmão que afecta os alvéolos pulmonares (sacos de ar) que são preenchidos por líquido resultante da

A pneumonia é uma doença inflamatória do pulmão que afecta os alvéolos pulmonares (sacos de ar) que são preenchidos por líquido resultante da 2 A pneumonia é uma doença inflamatória do pulmão que afecta os alvéolos pulmonares (sacos de ar) que são preenchidos por líquido resultante da inflamação, o que dificulta a realização das trocas gasosas.

Leia mais

REGRAS PARA NÃO SE TORNAR UMA VÍTIMA DA VIOLÊNCIA URBANA

REGRAS PARA NÃO SE TORNAR UMA VÍTIMA DA VIOLÊNCIA URBANA SEGURANÇA PESSOAL EM ÁREAS DE ALTO RISCO REGRAS PARA NÃO SE TORNAR UMA VÍTIMA DA VIOLÊNCIA URBANA (Adaptação) BANCO DO BRASIL DILOG/ PRINCIPAIS AMEAÇAS Seqüestro relâmpago Com duração de 1 a 24 horas,

Leia mais

BANCO DO BRASIL GEREL Belo Horizonte (MG) NUSEG - Núcleo de Segurança SEGURANÇA PESSOAL EM ÁREAS DE ALTO RISCO

BANCO DO BRASIL GEREL Belo Horizonte (MG) NUSEG - Núcleo de Segurança SEGURANÇA PESSOAL EM ÁREAS DE ALTO RISCO SEGURANÇA PESSOAL EM ÁREAS DE ALTO RISCO REGRAS PARA NÃO SE TORNAR UMA VÍTIMA DA VIOLÊNCIA URBANA (Adaptação) DILOG/ PRINCIPAIS AMEAÇAS Seqüestro relâmpago Com duração de 1 a 24 horas, geralmente para

Leia mais

4278866 - O ESTADO DE S. PAULO - NOTAS E INFORMAÇÕES - SÃO PAULO - SP - 16/04/2014 - Pág A3

4278866 - O ESTADO DE S. PAULO - NOTAS E INFORMAÇÕES - SÃO PAULO - SP - 16/04/2014 - Pág A3 Investimentos em queda 4278866 - O ESTADO DE S. PAULO - NOTAS E INFORMAÇÕES - SÃO PAULO - SP - 16/04/2014 - Pág A3 As mudanças de atitude do governo em relação ao novo Código de Mineração tornaram mais

Leia mais

Sugestão de Projeto de Lei de Municipalização das 30 Horas

Sugestão de Projeto de Lei de Municipalização das 30 Horas Sugestão de Projeto de Lei de Municipalização das 30 Horas Texto construído com base em diversos trabalhos acadêmicos, dados do Cofen, dados do Coren, Fórum Nacional das 30 horas, Aben e do artigo Jornada

Leia mais

A Sombra do Imposto. Propostas para um sistema de impostos mais simples e justo Simplifica Já

A Sombra do Imposto. Propostas para um sistema de impostos mais simples e justo Simplifica Já A Sombra do Imposto Propostas para um sistema de impostos mais simples e justo Simplifica Já Expediente A Sombra do Imposto Cartilha produzida pelo Sistema Fiep (Federação das Indústrias do Estado do Paraná).

Leia mais

Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! CIÊNCIAS - UNIDADE 4 RESPIRAÇÃO E EXCREÇÃO

Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! CIÊNCIAS - UNIDADE 4 RESPIRAÇÃO E EXCREÇÃO Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! Use canetas coloridas ou escreva palavras destacadas, para facilitar na hora de estudar. E capriche! Não se esqueça

Leia mais

Unidade I Energia: Conservação e transformação. Aula 5.1 Conteúdo: Sistema cardiovascular.

Unidade I Energia: Conservação e transformação. Aula 5.1 Conteúdo: Sistema cardiovascular. CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade I Energia: Conservação e transformação. Aula 5.1 Conteúdo: Sistema cardiovascular. 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO

Leia mais

Janot promete criar nova procuradoria anticorrupção

Janot promete criar nova procuradoria anticorrupção DEBATE Janot promete criar nova procuradoria anticorrupção DE BRASÍLIA - No último debate em busca do aval dos procuradores para permanecer por mais dois anos na chefia do Ministério Público, o procurador-geral

Leia mais

Em defesa da Saúde pública para todos

Em defesa da Saúde pública para todos Boletim Econômico Edição nº 57 março de 2015 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Em defesa da Saúde pública para todos 1 A saúde pública faz parte do sistema de Seguridade Social

Leia mais

RELATÓRIO DE ANÁLISE DA MÍDIA

RELATÓRIO DE ANÁLISE DA MÍDIA RELATÓRIO DE ANÁLISE DA MÍDIA CLIPPING SENADO FEDERAL E CONGRESSO NACIONAL NOTICIÁRIO MAIO DE 2010 SEAI 05/2010 Brasília, junho de 2010 Análise de Notícias Senado Federal e Congresso Nacional 1. Mídia

Leia mais

70% 500.000. De acordo com a nova lei, são crianças e adolescentes. 1. de estupro

70% 500.000. De acordo com a nova lei, são crianças e adolescentes. 1. de estupro O QUE É VIOLÊNCIA SEXUAL Todos os anos, estima-se que 500.000 70% Mulheres das vítimas sejam vítimas de estupro no Brasil, e que outros tantos milhões sofram com abusos e violências sexuais. de estupro

Leia mais

Danilo Nascimento Fundador do Segredos de Concurso www.segredosdeconcurso.com.br

Danilo Nascimento Fundador do Segredos de Concurso www.segredosdeconcurso.com.br Olá, concurseiro! É um grande prazer poder lhe dar algumas dicas básicas a respeito da sua preparação para um Concurso Público. Sei que esse é um grande sonho, e ter a oportunidade de colaborar com a construção

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS Comissão de Fiscalização Financeira e Controle CFFC

CÂMARA DOS DEPUTADOS Comissão de Fiscalização Financeira e Controle CFFC REQUERIMENTO Nº, DE 2013 (do Sr. Fernando Francishcini) Requer que seja convocado o Sr. Manoel Dias, Ministro de Estado do Trabalho e Emprego para expor acerca dos últimos acontecimentos naquele Ministério,

Leia mais

Ata da terceira sessão extraordinária. Aos doze dias do mês de abril do ano de dois mil e treze, às dez horas, no Plenário Rui Afonso de Almeida da

Ata da terceira sessão extraordinária. Aos doze dias do mês de abril do ano de dois mil e treze, às dez horas, no Plenário Rui Afonso de Almeida da Ata da terceira sessão extraordinária. Aos doze dias do mês de abril do ano de dois mil e treze, às dez horas, no Plenário Rui Afonso de Almeida da Câmara Municipal de Perdizes, Estado de Minas Gerais

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 409, DE 2015 (Do Sr. Luis Carlos Heinze)

PROJETO DE LEI N.º 409, DE 2015 (Do Sr. Luis Carlos Heinze) *C0051416A* C0051416A CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 409, DE 2015 (Do Sr. Luis Carlos Heinze) Institui isenção da contribuição para o PIS/PASEP, COFINS e CIDE- Combustíveis incidente sobre o óleo

Leia mais

08/06/2010. Entrevista do Presidente da República

08/06/2010. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após visita ao banco de sangue de cordão umbilical e placentário - Rede BrasilCord Fortaleza-CE, 08 de junho de 2010

Leia mais

Informativo Empresarial Especial

Informativo Empresarial Especial Informativo Empresarial Especial Gripe Suína Plano de Contingência Empresarial A Gripe Influenza A H1N1 e o Transporte Rodoviário A gripe que ficou conhecida como gripe suína é causada por vírus que se

Leia mais

O que fazer para reformar o Senado?

O que fazer para reformar o Senado? O que fazer para reformar o Senado? Cristovam Buarque As m e d i d a s para enfrentar a crise do momento não serão suficientes sem mudanças na estrutura do Senado. Pelo menos 26 medidas seriam necessárias

Leia mais

Tucano nega plano para 2014 e atribui rejeição à ideia, explorada por adversários, de que deixaria prefeitura

Tucano nega plano para 2014 e atribui rejeição à ideia, explorada por adversários, de que deixaria prefeitura Fonte: O Globo 'Ficam dizendo que vou sair de novo' Tucano nega plano para 2014 e atribui rejeição à ideia, explorada por adversários, de que deixaria prefeitura Fernanda da Escóssia, Germano Oliveira,

Leia mais

VI SEMINÁRIO DE DIREITO PARA JORNALISTAS - DIA 28.11.06 PERGUNTAS E RESPOSTAS

VI SEMINÁRIO DE DIREITO PARA JORNALISTAS - DIA 28.11.06 PERGUNTAS E RESPOSTAS VI SEMINÁRIO DE DIREITO PARA JORNALISTAS - DIA 28.11.06 PERGUNTAS E RESPOSTAS Perguntas e resposta feitas ao jornalisa Romário Schettino Perguntas dos participantes do 6 Seminário de Direito para Jornalistas

Leia mais

25 ANOS DE SUS: AVANÇOS E DESAFIOS. Senhor Presidente, saúde merece nossa defesa, nosso reconhecimento e a

25 ANOS DE SUS: AVANÇOS E DESAFIOS. Senhor Presidente, saúde merece nossa defesa, nosso reconhecimento e a ** Discurso proferido pelo deputado GERALDO RESENDE (PMDB/MS), em sessão no dia 08/10/2013. 25 ANOS DE SUS: AVANÇOS E DESAFIOS Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, Mais que críticas, o Sistema

Leia mais

02/12/2004. Discurso do Presidente da República

02/12/2004. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de entrega do Prêmio Finep e sanção da Lei de Inovação de Incentivo à Pesquisa Tecnológica Palácio do Planalto, 02 de dezembro de 2004 Meus companheiros ministros,

Leia mais

Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil

Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Este guia pretende nortear os Grupos Escoteiros do Brasil a desenvolverem um

Leia mais

A melhor maneira de ficar informado em São José dos Pinhais

A melhor maneira de ficar informado em São José dos Pinhais A melhor maneira de ficar informado em São José dos Pinhais A sua agência de notícias em São José dos Pinhais O PautaSJP.com é um canal de Comunicação de São José dos Pinhais e Região, criado em 02 de

Leia mais

As atuais condições da infraestrutura de transporte e logística do Brasil têm

As atuais condições da infraestrutura de transporte e logística do Brasil têm ESTUDO DA CNT APONTA QUE INFRAESTRUTURA RUIM AUMENTA CUSTO DO TRANSPORTE DE SOJA E MILHO As atuais condições da infraestrutura de transporte e logística do Brasil têm impacto significativo na movimentação

Leia mais

Como prefeituras e câmaras podem criar e gerenciar os seus Diários Oficiais Eletrônicos próprios

Como prefeituras e câmaras podem criar e gerenciar os seus Diários Oficiais Eletrônicos próprios Como prefeituras e câmaras podem criar e gerenciar os seus Diários Oficiais Eletrônicos próprios 1 A maioria dos Prefeitos e Presidentes de Câmaras de Vereadores não sabe que podem criar o Diário Oficial

Leia mais

A RELAÇÃO ENTRE O USO DO CRACK E A VIOLÊNCIA URBANA EM SANTA MARIA

A RELAÇÃO ENTRE O USO DO CRACK E A VIOLÊNCIA URBANA EM SANTA MARIA A RELAÇÃO ENTRE O USO DO CRACK E A VIOLÊNCIA URBANA RESUMO EM SANTA MARIA Raisa Crestani Calegaro 1 Carolina Elisa Suptitz 2 O uso do crack tem aumentado cada vez mais no Brasil, principalmente em grandes

Leia mais

Educação para o trânsito

Educação para o trânsito Material elaborado pelo Ético Sistema de Ensino Ensino Fundamental Publicado em 2011 Projetos temáticos 5 o ANO Data: / / Nível: Escola: Nome: Educação para o trânsito JUSTIFICATIVA O estudo do tema: Educação

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2010

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2010 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2010 Institui diretrizes para a promoção da alimentação saudável nas escolas de educação infantil, fundamental e de nível médio das redes pública e privada, em âmbito nacional.

Leia mais

COMO VENDER PARA O GOVERNO

COMO VENDER PARA O GOVERNO 2 COMO VENDER PARA O GOVERNO Manual prático para as agências de viagens A NOVA LEI GERAL PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS (MPEs) O Congresso Nacional aprovou e a Presidência da República sancionou a Lei

Leia mais

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA PROJETO DE LEI Nº 316B DE 1999 I RELATÓRIO

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA PROJETO DE LEI Nº 316B DE 1999 I RELATÓRIO COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA PROJETO DE LEI Nº 316B DE 1999 Dispõe sobre a obrigatoriedade dos shopping centers contarem com ambulâncias ou UTIs móveis para transporte de vítimas de emergências.

Leia mais

OAB 2ª Fase Direito Constitucional Meta 4 Cristiano Lopes

OAB 2ª Fase Direito Constitucional Meta 4 Cristiano Lopes OAB ª Fase Direito Constitucional Meta Cristiano Lopes 0 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. META LEITURA OBRIGATÓRIA Legislação: CF, arts. ; Doutrina: Poder legislativo

Leia mais

ESTUDO POLUIÇÃO SONORA

ESTUDO POLUIÇÃO SONORA ESTUDO POLUIÇÃO SONORA José de Sena Pereira Júnior Consultor Legislativo da Área XI Meio Ambiente e Direito Ambiental, Organização Territorial, Desenvolvimento Urbano e Regional ESTUDO DEZEMBRO/2005 Câmara

Leia mais

VOTO EM SEPARADO DA DEPUTADA ANDRÉIA ZITO

VOTO EM SEPARADO DA DEPUTADA ANDRÉIA ZITO COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO PROJETO DE LEI Nº 6.708, DE 2009. Acrescenta Capítulo III-A ao Título V da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), aprovada pelo Decreto-Lei nº

Leia mais

"Desvalorizar o real e abrir mais o País dariam um rumo à indústria"

Desvalorizar o real e abrir mais o País dariam um rumo à indústria Nº EDIÇÃO: 816 30.MAI.13 ENTREVISTAS Edmar Bacha, economista e ex-presidente do BNDES "Desvalorizar o real e abrir mais o País dariam um rumo à indústria" O economista Edmar Bacha, que integrou a equipe

Leia mais

RECENTES DÚVIDAS DO REGIME PRÓPRIO FORMULADAS PELOS SERVIDORES DE AMERICANA - PROFESSORES

RECENTES DÚVIDAS DO REGIME PRÓPRIO FORMULADAS PELOS SERVIDORES DE AMERICANA - PROFESSORES RECENTES DÚVIDAS DO REGIME PRÓPRIO FORMULADAS PELOS SERVIDORES DE AMERICANA - PROFESSORES 1) Já completei 25 anos como professora em sala de aula, tenho hoje 45 anos de idade, com esta idade vou aposentar

Leia mais

DESTINO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS E LEGISLAÇÃO SOBRE O TEMA

DESTINO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS E LEGISLAÇÃO SOBRE O TEMA DESTINO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS E LEGISLAÇÃO SOBRE O TEMA ILÍDIA DA A. G. MARTINS JURAS Consultora Legislativa da Área XI Meio Ambiente e Direito Ambiental, Organização Territorial, Desenvolvimento Urbano

Leia mais

AINDA DÁ PARA SALVAR O ANO? E O QUE ESPERAR DE 2015?

AINDA DÁ PARA SALVAR O ANO? E O QUE ESPERAR DE 2015? AINDA DÁ PARA SALVAR O ANO? E O QUE ESPERAR DE 2015? Luís Artur Nogueira Jornalista e economista Editor de Economia da IstoÉ DINHEIRO Comentarista econômico da Rádio Bandeirantes Atibaia 17/05/2014 Qual

Leia mais

PIRATARIA. Introdução

PIRATARIA. Introdução PIRATARIA Introdução N o ano em que o projeto de lei que trata dos crimes relacionados à pirataria completa dez anos tramitando no Congresso, a Fecomércio-RJ divulga pelo terceiro ano consecutivo a pesquisa

Leia mais

Câmara Municipal de Tijucas do Sul

Câmara Municipal de Tijucas do Sul ATA DA 32 a SESSÃO ORDINÁRIA DO PRIMEIRO PERÍODO ORDINÁRIO DA PRIMEIRA SESSÃO LEGISLATIVA DA 15 a LEGISLATURA EM 30/09/2013 Aos trinta dias do mês de setembro do ano de dois mil e treze, nesta cidade de

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 2.031, DE 1999

PROJETO DE LEI Nº 2.031, DE 1999 COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA PROJETO DE LEI Nº 2.031, DE 1999 Dispõe sobre o atendimento obrigatório aos portadores da Doença de Alzheimer no Sistema Único de Saúde - SUS, e dá outras providências.

Leia mais

COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA. PROJETO DE LEI N o 797, DE 2011 I RELATÓRIO

COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA. PROJETO DE LEI N o 797, DE 2011 I RELATÓRIO COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA PROJETO DE LEI N o 797, DE 2011 Inclui nos programas Sociais e Financeiros do Governo programa específico de apoio à mulher e a adolescente, nos casos de gravidez

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 6.679, DE 2013 (Do Sr. Ademir Camilo)

PROJETO DE LEI N.º 6.679, DE 2013 (Do Sr. Ademir Camilo) CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 6.679, DE 2013 (Do Sr. Ademir Camilo) Dispõe sobre as atividades de locação de bens móveis. DESPACHO: À COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA (MÉRITO

Leia mais

Representação da UNESCO no Brasil. DIREITOS HUMANOS NA MÍDIA COMUNITÁRIA: a cidadania vivida no nosso dia a dia

Representação da UNESCO no Brasil. DIREITOS HUMANOS NA MÍDIA COMUNITÁRIA: a cidadania vivida no nosso dia a dia Representação da UNESCO no Brasil DIREITOS HUMANOS NA MÍDIA COMUNITÁRIA: a cidadania vivida no nosso dia a dia 1ª Edição Brasília e São Paulo UNESCO e OBORÉ Setembro de 2009 2009 Organização das Nações

Leia mais

Faz sentido o BNDES financiar investimentos em infraestrutura em outros países?

Faz sentido o BNDES financiar investimentos em infraestrutura em outros países? Faz sentido o BNDES financiar investimentos em infraestrutura em outros países? Marcos Mendes 1 O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) tem financiado a construção de infraestrutura

Leia mais

CONSUMIR? SEU DINHEIRO VOCÊ SABE #212. Especialista diz que brasileiro não sabe comprar

CONSUMIR? SEU DINHEIRO VOCÊ SABE #212. Especialista diz que brasileiro não sabe comprar #212 SEU DINHEIRO A SUA REVISTA DE FINANÇAS PESSOAIS VOCÊ SABE CONSUMIR? Especialista diz que brasileiro não sabe comprar COMO PARAR ANTES DO TEMPO CONHEÇA A MELHOR ESTRATÉGIA PARA LARGAR O BATENTE AOS

Leia mais

Avaliação do governo Desempenho pessoal da presidente

Avaliação do governo Desempenho pessoal da presidente RESULTADOS DA 129ª PESQUISA CNT/MDA A 129ª Pesquisa CNT/MDA, realizada de 20 a 24 de outubro de 2015 e divulgada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), mostra a avaliação dos índices de popularidade

Leia mais

Informações aos Pais sobre a Gripe nas Creches

Informações aos Pais sobre a Gripe nas Creches The Commonwealth of Massachusetts Executive Office of Health and Human Services Department of Public Health Informações aos Pais sobre a Gripe nas Creches 18 de setembro, 2009 A gripe H1N1 (suína) voltará

Leia mais

Competitividade: uma barreira instransponível?

Competitividade: uma barreira instransponível? Competitividade: uma barreira instransponível? Alfredo Fonceca Peris A discussão sobre a importância do setor industrial para o crescimento e o desenvolvimento da economia brasileira ganhou um novo capítulo

Leia mais

PONTO 1: Poderes Administrativos: - Poder Hierárquico continuação. - Poder de Polícia. - Poder Vinculado. - Poder Discricionário.

PONTO 1: Poderes Administrativos: - Poder Hierárquico continuação. - Poder de Polícia. - Poder Vinculado. - Poder Discricionário. 1 DIREITO ADMINISTRATIVO PONTO 1: Poderes Administrativos: - Poder Hierárquico continuação. - Poder de Polícia. - Poder Vinculado. - Poder Discricionário. 1)Poderes Administrativos: Poder hierárquico continuação:

Leia mais

Homeopatia. Copyrights - Movimento Nacional de Valorização e Divulgação da Homeopatia mnvdh@terra.com.br 2

Homeopatia. Copyrights - Movimento Nacional de Valorização e Divulgação da Homeopatia mnvdh@terra.com.br 2 Homeopatia A Homeopatia é um sistema terapêutico baseado no princípio dos semelhantes (princípio parecido com o das vacinas) que cuida e trata de vários tipos de organismos (homem, animais e plantas) usando

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº DE 2015.

PROJETO DE LEI Nº DE 2015. PROJETO DE LEI Nº DE 2015. ESTABELECE A POLÍTICA DE CONTINGÊNCIA NAS HIPÓTESES DE DESAPARECIMENTOS, RAPTOS, SEQUESTROS OU ABUSOS SEXUAIS DE CRIANÇAS E AOS ADOLESCENTES, INSTITUI O ALERTA AMBER, NA FORMA

Leia mais

Breves comentários sobre Dodd-Frank e o programa de recompensa para delatores de fraudes 1. Por Carlos Henrique da Silva Ayres 2

Breves comentários sobre Dodd-Frank e o programa de recompensa para delatores de fraudes 1. Por Carlos Henrique da Silva Ayres 2 Breves comentários sobre Dodd-Frank e o programa de recompensa para delatores de fraudes 1 Por Carlos Henrique da Silva Ayres 2 Em julho de 2010, entrou em vigor nos Estados Unidos o Dodd Frank Wall Street

Leia mais

Cenário financeiro dos Municípios brasileiros em final de mandato

Cenário financeiro dos Municípios brasileiros em final de mandato 1 Cenário financeiro dos Municípios brasileiros em final de mandato Estudos Técnicos CNM Introdução Em decorrência da surpresa dos dirigentes municipais com a atual dificuldade financeira vivida pelos

Leia mais

cloridrato de ambroxol Medicamento Genérico, Lei nº 9.787, de 1999

cloridrato de ambroxol Medicamento Genérico, Lei nº 9.787, de 1999 cloridrato de ambroxol Medicamento Genérico, Lei nº 9.787, de 1999 Cristália Produtos Químicos Farmacêuticos Ltda. Xarope Pediátrico 3 mg/ml Xarope Adulto 6 mg/ml Modelo de Bula para Paciente IDENTIFICAÇÃO

Leia mais