Relatório Anual do Mestrado em Sistemas de Energias Renováveis (2011/2012)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Relatório Anual do Mestrado em Sistemas de Energias Renováveis (2011/2012)"

Transcrição

1 1 of 50 Relatório Anual do Mestrado em Sistemas de Energias Renováveis (2011/2012) Apresentação do pedido Perguntas A1 a A4 A1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: Instituto Politécnico De Viana Do Castelo A1.a. Descrição da Instituição de ensino superior / Entidade instituidora Instituto Politécnico De Viana Do Castelo A2. Unidade orgânica (faculdade, escola, instituto, etc.): Escola Superior De Tecnologia E Gestão De Viana Do Castelo A2.a. Descrição Unidade orgânica (faculdade, escola, instituto, etc.): Escola Superior De Tecnologia E Gestão De Viana Do Castelo A3. Ciclo de estudos: Mestrado em Sistemas de Energias Renováveis A3. Study cycle: Renewable Energy Systems Master A4. Grau: Mestre Perguntas A5 a A10 A5. Área científica predominante do ciclo de estudos: área das energias renováveis A5. Main scientific area of the study cycle: renewable energy area A6.1. Classificação da área principal do ciclo de estudos de acordo com a Portaria nº 256/2005 de 16 de Março (CNAEF). 522 A6.2. Classificação da área secundária do ciclo de estudos de acordo com a Portaria nº 256/2005 de 16 de Março (CNAEF), se aplicável. 522 A6.3. Classificação de outra área secundária do ciclo de estudos de acordo com a Portaria nº 256/2005 de 16 de Março (CNAEF), se aplicável. 523 A7. Número de créditos ECTS necessário à obtenção do grau: 120 A8. Duração do ciclo de estudos (art.º 3 DL-74/2006): 4 semestre

2 2 of 50 A8. Duration of the study cycle (art.º 3 DL-74/2006): 4 semesters A9. Número de vagas proposto: 20 A10. Condições de acesso e ingresso: Titulares do grau de licenciado ou equivalente legal; Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1.o ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo; Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objectivos do grau de licenciado pelo órgão científico estatutariamente competente do estabelecimento de ensino superior onde pretendem ser admitidos; Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo órgão científico estatutariamente competente do estabelecimento de ensino superior onde pretendem ser admitidos. (in art. 17.º, DL 74/2006 de 24 de Março). A10. Entry Requirements: Holders of the bachelor s degree or another legal equivalent; Holders of a foreign academic degree following a 1st cycle of studies organized according to the principles of the Bologna Process by a State that has adhered to this Process; Holders of a foreign academic degree, which is recognized as meeting the objectives of a bachelor s degree by the competent scientific board of the higher education institution where they intend to be admitted; Holders of the academic, scientific or professional curriculum, which is recognized as attesting the candidate s capacity to carry out this cycle of studies by competent scientific board of the higher education institution where they intend to be admitted. (In art. 17. º, DL 74/2006 of 24th March). Pergunta A11 Pergunta A11 A11. Ramos, opções, perfis, maior/menor ou outras formas de organização de percursos alternativos em que o ciclo de estudos se estrutura (se aplicável): Não A11.1. Ramos, opções, perfis, maior/menor,... (se aplicável) A11.1. Ramos, opções, perfis, maior/menor, ou outras formas de organização de percursos alternativos em que o ciclo de estudos se estrutura (se aplicável) / Branches options, profiles, major and minor, or other forms of organization of alternative paths compatible with the structure of the study cycle (if applicable) Ramos/Opções/... (se aplicável): Branches/Options/... (if applicable): <sem resposta> A12. Estrutura curricular Anexo I - none A12.1. Ciclo de Estudos: Mestrado em Sistemas de Energias Renováveis A12.1. Study Cycle: Renewable Energy Systems Master A12.2. Grau: Mestre A12.3. Ramos, opções, perfis, maior/menor, ou outras (se aplicável)

3 3 of 50 none A12.3. Branches, options, profiles, major/minor, or other forms (if applicable) none A12.4. Áreas científicas e créditos que devem ser reunidos para a obtenção do grau / Scientific areas and credits that must be obtained before a degree is awarded Área Científica / Scientific Area Sigla / Acronym ECTS Obrigatórios / Mandatory ECTS Ciências de Engenharia/ Engeering Science CENG 21 0 Ciências da Especialidade/Speciality Sciences CESP 99 0 ECTS Optativos* / Optional ECTS* Perguntas A13 e A14 A13. Regime de funcionamento: Pós Laboral A13.1. Se outro, especifique: <sem resposta> A13.1. If other, specify: <no answer> A14. Observações: <sem resposta> A14. Observations: <no answer>

4 4 of Plano de estudos 1. Docente responsável pela coordenação da implementação do ciclo de estudos A respectiva ficha curricular deve ser apresentada no Anexo V. Paulo Jorge Campos Costa 2. Plano de estudos Anexo III - none - 1º ano/ 1º semestre 2.1. Ciclo de Estudos: Mestrado em Sistemas de Energias Renováveis 2.1. Study Cycle: Renewable Energy Systems Master 2.2. Grau: Mestre 2.3. Ramos, opções, perfis, maior/menor, ou outras (se aplicável) none 2.3. Branches, options, profiles, major/minor, or other forms (if applicable) none 2.4. Ano/semestre/trimestre curricular: 1º ano/ 1º semestre 2.4. Curricular year/semester/trimester: 1st year / 1st semester 2.5. Plano de Estudos / Study plan Unidades Curriculares / Curricular Units Política Energética e Legislação/Legislation and Energy Policy Planeamento Energético e Desenvolvimento Sustentável/Energy Planning and Sustainable Development Eficiência e Auditoria Energéticas/Efficiency and Energy Audit Sistemas de Energias Renováveis I : Solar fotovoltaico e térmico/ Renewable Energy Systems I: Solar photovoltaic and thermal Sistemas de Informação Geográfica/Geographic Information Systems Área Científica / Duração / Scientific Area Duration (2) (1) CENG / CENG semestral / semester CENG / CENG semestral / semester CESP CESP CENG semestral / semester semestral / semester semestral / semester Horas Trabalho / Working Hours (3) Horas Contacto / ECTS Observações / Contact Hours Observations (5) (4) 135 TP TP TP TP TP Anexo III - none - 1º ano /2º semestre 2.1. Ciclo de Estudos: Mestrado em Sistemas de Energias Renováveis 2.1. Study Cycle: Renewable Energy Systems Master 2.2. Grau: Mestre

5 5 of Ramos, opções, perfis, maior/menor, ou outras (se aplicável) none 2.3. Branches, options, profiles, major/minor, or other forms (if applicable) none 2.4. Ano/semestre/trimestre curricular: 1º ano /2º semestre 2.4. Curricular year/semester/trimester: 1st year / 2nd semester 2.5. Plano de Estudos / Study plan Unidades Curriculares / Curricular Units Gestão Inteligente da energia em Edificios/Intelligent Energy Management in Buildings Análise de Projectos/Analysis Projects Qualidade e Integração da Energia na Rede/ Quality and Grid Interconection Sistemas de Energias Renováveis II: Eólica, Hídrica e outras/renewable Energy Systems II: Wind, hydro and other Área Científica / Scientific Area (1) Duração / Duration (2) Horas Trabalho / Working Hours (3) CESP/CESP semestre/semester 135 TP CENG/CENG semestre/semester 135 TP CESP/CESP semestre/semester 189 TP CESP/CESP semestre/semester 189 TP Processos térmicos e bioquimicos para a biomassa/ Thermal and CESP/CESP semestre/semester 162 TP biochemical processes for biomass Horas Contacto / ECTS Observações / Contact Hours Observations (5) (4) Anexo III - none - 2º ano / 1º semestre 2.1. Ciclo de Estudos: Mestrado em Sistemas de Energias Renováveis 2.1. Study Cycle: Renewable Energy Systems Master 2.2. Grau: Mestre 2.3. Ramos, opções, perfis, maior/menor, ou outras (se aplicável) none 2.3. Branches, options, profiles, major/minor, or other forms (if applicable) none 2.4. Ano/semestre/trimestre curricular: 2º ano / 1º semestre 2.4. Curricular year/semester/trimester: 2 year / 1st semester 2.5. Plano de Estudos / Study plan

6 6 of 50 Unidades Curriculares / Curricular Units Dissertação ou Projecto de trabalho/ Thesis or WorkProject Área Científica / Scientific Area (1) Duração / Duration (2) Horas Trabalho / Working Hours (3) Horas Contacto / Contact Hours (4) CESP/CESP semestral/semesterl 527 OT Seminários/seminars CESP/CESP Semestral/semester 256 S ECTS Observações / Observations (5) Anexo III - none - 2º ano/2º semestre 2.1. Ciclo de Estudos: Mestrado em Sistemas de Energias Renováveis 2.1. Study Cycle: Renewable Energy Systems Master 2.2. Grau: Mestre 2.3. Ramos, opções, perfis, maior/menor, ou outras (se aplicável) none 2.3. Branches, options, profiles, major/minor, or other forms (if applicable) none 2.4. Ano/semestre/trimestre curricular: 2º ano/2º semestre 2.4. Curricular year/semester/trimester: 2nd year / 2nd semester 2.5. Plano de Estudos / Study plan Unidades Curriculares / Curricular Units Tese ou Projecto de Trabalho/Thesis or Project Work Área Científica / Duração / Duration Scientific Area (1) (2) Horas Trabalho / Working Hours (3) Horas Contacto / Contact Hours (4) CESP/CESP semestral/semester 797 OT ECTS Observações / Observations (5) 3. Descrição e fundamentação dos objectivos 3.1. Dos objectivos do ciclo de estudos Objectivos do ciclo de estudos. Este complemento de formação procurará ajudar os alunos a aprofundar o conhecimento no âmbito das fontes de energia renováveis, sendo esta uma componente essencial no desenvolvimento sustentado e integradora das necessidades energéticas que se acentuam como resultado do crescente avanço tecnológico. É objectivo desta formação dotar os alunos com os conhecidos tecnológicos, metodológicos necessários para uma perfeita integração em quaisquer aplicações no quadro das energias renováveis e a qualquer nível, particularmente eólica, solar, biomassa, células de combustível e hídrica. Porém os factores sociais, económicos e o contexto ambiental são pontos que surgem no âmbito desta especialização como complemento desta formação, permitindo aos formandos adquirir sensibilidades e capacidades necessárias para além das tecnológicas completando desta forma o perfil de espectro largo do formando Study cycle's objectives. The Master of Science in Renewable Energy program offers advanced training in the area of renewable energy systems or policy. The renewable energy systems specialisation is designed to provide scientists and

7 7 of 50 engineers with specific training in advanced areas of renewable energy technology. The emphasis is on the design, analysis and implementation of energy systems, with particular emphasis on renewable energy systems. The renewable energy policy specialisation is designed to provide environmental scientists and policy analysts with training in advanced areas of renewable energy technology and policy. The emphasis is on policy analysis, environmental monitoring and resource assessment related to renewable energy systems Competências a desenvolver pelos estudantes. A estrutura curricular do curso apresenta as seguintes vertentes científicas e respectivas competências: Energia eólica e hídrica; Biomassa e Biocombustíveis; Energia solar - fotovoltaica e térmica; Células de combustível; Automação e inteligência artificial na gestão energética de edifícios; Elaboração de soluções racionais para utilização da energia e auditorias energéticas; Aspectos legislativos (a nível energético) e sociológicos associados a cada aplicação especifica; Competences to be developed by students. The curriculum of the course has the following components and their scientific expertise: Wind and water; Biomass and Biofuels; Solar energy - photovoltaic and thermal; Fuel cells; Automation and artificial intelligence in energy management of buildings; Developing solutions for rational use of energy and energy audits; legal aspects (the energy level) and sociological associated with each specific application; Coerência dos objectivos definidos com a missão e a estratégia da instituição de ensino. O IPVC é uma comunidade de estudantes e profissionais qualificados e participativos, conscientes de que o progresso da sociedade se assegura pelo desenvolvimento harmonioso da pessoa e do seu desempenho. É integrado por 5 escolas unidas na mesma missão: criar, difundir e gerir conhecimento e cultura, através de processos, de qualidade e acreditados, de ensino/aprendizagem, investigação, transferência de tecnologia e conhecimento, centrados no estudante e em interacção com o tecido social. A dispersão geográfica assegura ainda melhor o nosso grande compromisso o desenvolvimento da região, pelo desenvolvimento das suas pessoas e melhoria da sua qualidade de vida. A aposta maior do IPVC é na formação de cidadãos livres, criativos, solidários, competentes e motivados, capazes de construírem uma história de vida feliz, integrada por uma dimensão profissional, a qual, além de competente, se quer ética e empreendedora. Este caminho constrói-se por uma oferta formativa dinâmica e assertiva, orientada pelo Espaço Europeu de Educação Superior e alimentada por uma investigação de linhas prioritariamente dirigidas à resolução dos problemas das pessoas, dos serviços e das empresas, e que alimente, concomitantemente, um elevado nível de prestação de serviços de alto valor acrescentado, por valorização económica do conhecimento. A criação de sinergias pela acção concertada das comunidades interna (alunos, funcionários e professores) e externa, em particular, autarquias, serviços e empresas, constituirão a atitude-marca da instituição. As parcerias com instituições diversas e de referência, nacionais ou internacionais, com uma opção clara pela cooperação com os países de língua oficial portuguesa, serão instrumentos privilegiados. O novo regime jurídico do ensino superior foi a oportunidade para o IPVC construir um moderno e flexível modelo organizacional, como condição básica de suporte da sua estratégia. O IPVC organiza-se, agora, num projecto único, onde a grande maioria da instituição se revê, porque construído pela larga participação das comunidades interna e externa e servida por serviços e órgãos transversais e únicos, como o Conselho Técnico-Científico. A Escola Superior de Tecnologia e Gestão, unidade orgânica do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, foi criada em 1985 pelo decreto-lei n.º 46/85 de 22 de Novembro tendo iniciado a sua actividade lectiva em 1989 e tem como missão Ensinar, criar e partilhar saberes e enquanto unidade orgânica do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC), deve contribuir para o êxito dos objectivos deste, potenciando a sua intervenção na comunidade Coherence of the defined objectives with the institution's mission and strategy. The IPVC consists of 5 schools joined together with the same mission: to create, manage and spread knowledge and culture, through high-quality certified processes, educational/ learning processes, research, technology and knowledge transfer, as well as processes which are cantered on the student and which interact with the social fabric. The geographic dispersion of the faculties re-enforces our great commitment - the region's development, through the development of its people and improvement of their life quality. The most important aim of IPVC is the formation of free, creative, caring, competent and motivated citizens who are able to build a happy life history which main ingredient is not only competent but also ethical professional dimension. This path is being built with a dynamic and assertive training offer, driven by the European Area of Higher Education and fueled by a research which priority lines aim at solving the problems of people, services and businesses. The attitude-brand of the institution is being built by creating synergies through the concentrated action of both internal (students, staff and teachers) and external communities, in particular municipalities, businesses and services. The privileged tools of this course will be related to partnerships with

8 Page 8 of several, both national and international, reference institutions with a clear emphasis on cooperation with the countries with Portuguese as the official language. The new legal regime of the higher education provided a new opportunity for IPVC to construct the modern and flexible organizational model which basic principle is the support system for its strategy. The IPVC is now organized through the united project in which the majority of the institutions are being reviewed due to its new construction including active participation of interior and exterior communities as well as being provided by traverse and united services and organizations such as for example Technical and Scientific Board. The School of Technology and Management (ESTG) is one of the faculties of Polytechnic Institute of Viana do Castelo and it was created in 1985 in accordance with enactment nº 46/85 of 22nd November. It has been active teaching institution since 1989 and its main mission is to Teach, create and share the knowledge. As one of the main faculties of the IPVC it must contribute to the successful fulfilment of the given objectives and potentiate its intervention in the community Adequação ao Projecto Educativo, Científico e Cultural da Instituição Projecto educativo, científico e cultural da instituição. O Proj Educativo, Científico e Cultural da instituição fica mais claro se olharmos os eixos estratégicos em que se corporiza, como os da Formação,ID+I,Desenvolvimento Humano,Direcção Estratégica ou Sociedade e Internacionalização.Na Formação o IPVC dispõe de uma oferta formativa diversificada e inovadora em áreas e níveis,transversal às escolas,de qualidade reconhecida,orientada para o Espaço Europeu de Ensino Superior e,de forma pró-activa,procura responder aos desafios colocados pelo mundo do trabalho e pelos vários públicos,monitorizando as necessidades formativas e reestruturando as existentes. É intenção proporcionar uma formação integral aos estudantes depois dos valores o conhecimento fomentadora da auto-aprendizagem, da flexibilidade, da atitude empreendedora e da mobilidade.a formação integral dos estudantes deve dotá-los,antes de mais,dos instrumentos que lhes permitam construírem uma história de vida feliz. É de salientar que o ID+I não era uma actividade própria do Ens Sup Politécnico até à última revisão legislativa,meses atrás,o que, a par do facto do subsistema não poder ministrar formações avançadas,o impediu de progredir neste âmbito.mesmo assim,a maioria dos docentes do IPVC integra centros de investigação e dão-se os primeiros passos para inserir a investigação no projecto educativo. A sociedade,diga-se,reconhece,pela sua excelência,a acção do IPVC e tem solicitado a sua participação em todos os projectos estruturantes do desenvolvimento da região,no valor de milhões de euros,como as redes e regiões digitais e outros,ou a In.Cubo nos Arcos de Valdevez,incubadora de base tecnológica de que somos co-proprietários e que finaliza a sua construção. A vertente cultural é intrínseca à actividade do IPVC. A cultura é o instrumento adequado para interagir e partilhar a vida e o mundo. A cultura vive-se, acima de tudo. A recém-criada Oficina Cultural e as suas inúmeras actividades são mais uma oportunidade. O programa continuado de cooperação com os PALOP, permitindo vivências únicas no percurso formativo dos nossos alunos,e o Erasmus,é uma riqueza ímpar na formação e uma dádiva para aqueles países.cultura é,ainda,aproveitar uma intensa vida académica como instrumento de formação. O concurso Poliempreende, que o IPVC organiza;os jogos de simulação empresarial; o Sist Gestão da Qualidade que transformou numa das primeiras IES, em Portugal, a ser certificado no nosso core, são, a nosso ver,marcas distintivas da cultura da instituição Institution s educational, scientific and cultural project. The Educational, Scientific and Cultural Project of the institution becomes clearer if we look at the strategic areas in which it is embodied, such as Training, ID + I, Human Development, or Strategic Management Society and the Internationalization. The IPVC offers diversified and innovative training with certified quality, which strongly relates to the European Higher Education System and proactively seeks to fulfil the challenges posed by the world of work and existing public areas, constantly monitoring the current training needs and reorganizing existing ones if necessary. The students are intended to be provided with a comprehensive training, which stimulates the process of self-learning, flexibility, entrepreneurial attitude and mobility Above all, the integral training of students allows them to build a happy life history. It is worth noticing that the ID-I study area was not properly the activity of Polytechnic Institute until the last legislative review, which took place months ago, and which, besides the fact of preventing the subsystem from providing the advanced training, also stopped its development in this area. Despite of the problems, the majority of the teachers of IPVC intend to integrate the research centres in and the first steps are taken in order to involve the investigation in the educational project. The society, recognizing the excellence of the system, requested to be an active participant in all structural projects of IPVC related to the regional development and which are worth millions of Euros, such as for example, the networks and digital region project, or technology-based Incubator project in company In.Cubo-nos, Arcos de Valdevez which we co-own and participate in its construction. The cultural aspect is indispensable to the activity of IPVC. The culture is the appropriate tool to interact and share the life and the world. First of all, the culture is lived. The recently created Cultural Office and its various activities are another important opportunity for the Institute. Erasmus Programme is continued with the cooperation with PALOP and allows unique training experiences for our students. Experiencing culture also implicates enjoying the academic life and using it as a training tool as well. Poliempreende competition, which is organized by the IPVC, business simulation games, the Quality Management System which was the first ISS in Portugal to be certified in our core, are, in our view, brand-marks of the culture of the institution

9 9 of Demonstração de que os objectivos definidos para o ciclo de estudos são compatíveis com o projecto educativo, científico e cultural da instituição. O IPVC é, como decorre da sua missão e visão, uma instituição preocupada ou animada pela vontade de servir. Servir o país, servindo sobretudo a sua região e as suas pessoas, contribuindo para a resolução efectiva dos seus problemas, estudando-os para melhor os conhecer e contribuir para a sua resolução. Estudando-os, ainda, pela vontade de identificar os seus alunos com a realidade onde, como futuros profissionais, irão interagir. Hoje, o IPVC, intervém em todas as áreas do cerne do desenvolvimento, em particular da sua comunidade: lidera as questões do mar, do desenvolvimento rural e do ambiente, das biotecnologias, da transformação alimentar, liderando pólos de competitividade, das energias renováveis, da inovação empresarial, das novas tecnologias, da rede social, do empreendedorismo, do urbanismo e gestão de centros históricos, do turismo, da etnografia, da educação, do desporto e lazer na sua abrangência, nas artes, sobretudo aplicadas ao design e à multimédia. O IPVC integra hoje, por vontade da sua comunidade, os órgãos de governo de instituições de extraordinária importância para o bem-estar das pessoas, como a agência de energia da sua região (ÁREA MINHO) ou as agências de desenvolvimento (ADRIMINHO e ADRIL). Tudo e sempre com um preciso objectivo: contribuir para a melhor qualidade de vida das pessoas ou da condição humana no país e na região, e assume este como um seu objectivo estratégico fundamental. A presente proposta aposta na flexibilidade e na optimização de recursos da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Viana do Castelo como forma de potenciar a eficiência e a racionalidade dos seus serviços, ultrapassando os limites de actuação tradicionais de cada Instituto Demonstration that the study cycle's objectives are compatible with the institution's educational, scientific and cultural project. As claimed in its mission and vision, the IPVC is the institution concerned about and motivated by the urge to serve. Its aim is to serve the country by serving mainly its religion and its people and by contributing to the effective resolution of their problems, which are studied closely in order to create better understanding and contribution to their solutions. Today, IPVC contributes to all leading areas of development, especially those of its own community: it leads the issues related to the sea industry, rural development and environment, biotechnology, food processing, competitiveness clusters, renewable energy, business innovation, new technologies, social networking, entrepreneurship, urban planning and historic centres management, tourism, ethnography, education, sport, leisure and arts - especially applied to the design and multimedia. The IPVC integrates today, by the will of the regional community, the governing bodies of the extremely important institutions such as the regional energy institution (AREA MINHO) or development (ADRIMINHO and ADRIL) agencies, contributing to the well-being of the people. Everything has always been done with one precise objective in mind: to contribute to the better life quality or the improvement of general human condition in the country and in the region, and to assume those as fundamental and strategic goals. Flexibility and optimization of resources of the School of Technology and Management (Polytechnic Institute of Viana do Castelo) are one of the main proposals of this project. It is a way to maximize the efficiency and rationality of its services by overtaking the boundaries imposed by the traditional performance of each institute Unidades Curriculares Anexo IV - Política Energética e Legislação/ Legislation and energy policy Unidade curricular: Política Energética e Legislação/ Legislation and energy policy Docente responsável (preencher o nome completo): Mário Jorge Costa Tomé Outros docentes que leccionam a unidade curricular: Maria Manuela Vilarinho Ferreira de Oliveira Preciosa de Jesus da Costa Pires Objectivos da unidade curricular e competências a desenvolver: A- Compreender os principais desafios energéticos com que nos defrontamos hoje, isto é, as alterações climáticas, a nossa dependência crescente das importações, a pressão sobre os recursos energéticos e o acesso para todos os utilizadores de energia, a preços acessíveis e de uma forma segura. B- Conhecer a nível mundial, o potencial das diferentes fontes de energia desde a proveniente de combustíveis fósseis (petróleo, gás e carvão), a energia nuclear e energias renováveis (solar, eólica, biomassa, geotérmica, hidroeléctrica e das marés). C- Analisar políticas energéticas (nacional e outras). D- Conceptualizar políticas energéticas com o objectivo de alcançar uma economia sustentável de baixo consumo energético/elevada eficiência e com fontes de energia mais seguras, competitivas e sustentáveis, tendo em conta a legislação europeia e protocolos internacionais Objectives of the curricular unit and competences:

10 10 of 50 A- Understand the major energy challenges facing us today, i.e. climate change, our increasing dependence on imports, the strain on energy resources and access for all users to affordable prices and secure forms of energy. B- Know the world energy sources from fossil fuels (oil, gas and coal) to nuclear energy and renewables (solar, wind, biomass, geothermal, hydro-electric and tidal); C- Analyse energy national and european stategy plans; D Plan a energy policy aimed to achieve a sustainable low energy/high efficiency and energy sources more secure, competitive and sustainable Conteúdos programáticos: 1- Caracterização da situação energética nacional e internacional: competitividade, o crescimento e a independência energética e financeira; energias renováveis; eficiência energética; segurança de abastecimento; sustentabilidade económica e ambiental. 2- Mercados internacionais de energia. Recursos energéticos versus localização. 3- Política energética da União Europeia e outras. 4- Legislação (ambiente, energia, licenciamentos, mercados e segurança) e acordos Internacionais Syllabus: 1 - Description of the national and international energy situation. Competitiveness, growth and financial and energy independence, renewable energy, energy efficiency, supply security, economic and environmental sustainability. 2 - International energy markets. Energy resources versus location. 3 - Energy policy of the European Union and others. 4 - Legislation (environment, energy, licensing, and security markets) and international agreements Demonstração da coerência dos conteúdos programáticos com os objectivos da unidade curricular. Competências Conteúdos A B C D 1 x x 2 x x x 3 x x 4 x Demonstration of the syllabus coherence with the curricular unit s objectives. Objectives Syllabus A B C D 1 x x 2 x x x 3 x x 4 x Metodologias de ensino (avaliação incluída): Exposição de conteúdos com apresentação de exemplos. Os alunos terão que fazer trabalhos de grupo com apresentação oral e discussão. A avaliação será contínua e exame escrito com perguntas de escolha múltipla Teaching methodologies (including evaluation): Subjects will be presented with several practical examples. Students will have to do group assignments with oral presentation and discussion. Continous assessment and written exam with multiple-choice Demonstração da coerência das metodologias de ensino com os objectivos da unidade curricular. Os objectivos desta disciplina incluem fundamentos teóricos, cálculos numéricos e exercícios de conceptualização, pelo que a existência de aulas teóricas e práticas permite ir ao encontro das competências previstas. O trabalho de pesquisa e a aplicação prática permite passar de casos académicos para situações mais complexas e próximas da realidade Demonstration of the teaching methodologies coherence with the curricular unit s objectives. Objectives of this unit include theoretical knowledge, numerical computations and conceptual exercises, which justifies the existence of theoretical and practical classes. The students work (performed in groups of 3 students) for research and application allows extending the scope of the academic knowledge to more realistic and complex scenarios Bibliografia principal:

ACEF/1112/12687 Guião para a auto avaliação

ACEF/1112/12687 Guião para a auto avaliação ACEF/1112/12687 Guião para a auto avaliação Caracterização do ciclo de estudos. A1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: ISPA, Crl A1.a. Descrição da instituição de ensino superior /

Leia mais

Construção, Território e Ambiente. Construction, Planning and Environment. Semestre do plano de estudos 2

Construção, Território e Ambiente. Construction, Planning and Environment. Semestre do plano de estudos 2 Nome UC Construção, Território e Ambiente CU Name Código UC 11 Curso LEC Semestre do plano de estudos 2 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 95 ECTS 3.5 Horas de contacto

Leia mais

Semestre do plano de estudos 1

Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Inglês CU Name Código UC 6 Curso LEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Gestão Duração Semestral Horas de trabalho 54 ECTS 2 Horas de contacto TP - 22,5 Observações n.a. Docente responsável

Leia mais

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO)

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO) SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO) 1 Principal(ais) área(s) de estudo da qualificação: Engenharia Civil - Planeamento Urbanístico Engenharia Civil

Leia mais

Transportes. Transportation. Semestre do plano de estudos 1

Transportes. Transportation. Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Transportes CU Name Código UC 706 Curso MEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 120 ECTS 4.5 Horas de contacto T - 22,5; TP - 22,5

Leia mais

Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento

Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento Unidade curricular História do Direito Português I (Doutoramento - 1º semestre) Docente responsável e respectiva carga lectiva na unidade curricular Prof.

Leia mais

Hidráulica Urbana. Urban Hydraulics. Semestre do plano de estudos 2

Hidráulica Urbana. Urban Hydraulics. Semestre do plano de estudos 2 Nome UC Hidráulica Urbana CU Name Código UC 725 Curso MEC Semestre do plano de estudos 2 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 164 ECTS 6 Horas de contacto T - 22,5; PL -

Leia mais

Course Computer Science Academic year 2012/2013 Subject Social Aspects of Computers ECTS 5

Course Computer Science Academic year 2012/2013 Subject Social Aspects of Computers ECTS 5 Course Computer Science Academic year 2012/2013 Subject Social Aspects of Computers ECTS 5 Type of course Compulsory Year 2º Semester 2nd sem Student Workload: Professor(s) Natalia Gomes, Ascensão Maria

Leia mais

Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito 2015-16

Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito 2015-16 Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito Unidade curricular História do Direito Português I (1º sem). Docente responsável e respectiva carga lectiva na unidade curricular Prof.

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010 / 2011

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. FÍSICA APLICADA Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010 / 2011 Horas

Leia mais

Proposta de Criação do Mestrado em Gestão Logística. III - Informação Relativa ao Suplemento ao Diploma

Proposta de Criação do Mestrado em Gestão Logística. III - Informação Relativa ao Suplemento ao Diploma Proposta de Criação do Mestrado em Logística III - Informação Relativa ao Suplemento ao Diploma De acordo com o Despacho RT 41/2005 de 19 de Setembro Universidade do Minho Escola de Economia e Departamento

Leia mais

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO MESTRADO EM CONSTRUÇÃO E REABILITAÇÃO SUSTENTÁVEIS (2º CICLO)

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO MESTRADO EM CONSTRUÇÃO E REABILITAÇÃO SUSTENTÁVEIS (2º CICLO) SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO MESTRADO EM CONSTRUÇÃO E REABILITAÇÃO SUSTENTÁVEIS (2º CICLO) 1 Principal(ais) área(s) de estudo da qualificação: Engenharia Civil 2 Língua(s) de aprendizagem/avaliação:

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS Curricular Unit Plan ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. GESTÃO DE PROJECTOS INFORMÁTICOS Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010

Leia mais

Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios

Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE LETRAS DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios Sandra Sofia Brito da Silva Dissertação

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular

Ficha de Unidade Curricular 6.2.1.1. Unidade curricular: Curricular Unit: Ficha de Unidade Curricular Comunicação Multimédia (Desenvolvimento) Multimedia Communication (Development) 6.2.1.2. Docente responsável e respectivas horas

Leia mais

FICHAS DE UNIDADES CURRICULARES

FICHAS DE UNIDADES CURRICULARES FICHAS DE UNIDADES CURRICULARES a. Unidade curricular Course unit title: Construção da Imagem Fílmica Construction of the Filmic Image Código: 01343927 Code: 01343927 b. ECTS: 5.0 c. Horas de contacto

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS Ficha da Unidade Curricular CURSO Mestrado em U.C. SISTEMAS INTEGRADOS DE Gestão Integrada da Qualidade,Ambiente e Segurança GESTÃO Horas presenciais

Leia mais

Topografia Aplicada. Applied Topography. Semestre do plano de estudos 1

Topografia Aplicada. Applied Topography. Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Topografia Aplicada CU Name Código UC 736 Curso MEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 124 ECTS 4.5 Horas de contacto T - 22,5;

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. ENGENHARIA DE SOFTWARE I Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010 /

Leia mais

Informática e Programação. Computer Science and Programming. Semestre do plano de estudos 1

Informática e Programação. Computer Science and Programming. Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Informática e Programação CU Name Código UC 4 Curso LEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Informática Duração Semestral Horas de trabalho 135 ECTS 5 Horas de contacto TP - 67,5 Observações

Leia mais

7º Programa Quadro Tema ENERGIA Os próximos concursos: tópicos e destaques

7º Programa Quadro Tema ENERGIA Os próximos concursos: tópicos e destaques 7º Programa Quadro Tema ENERGIA Os próximos concursos: tópicos e destaques Helder Gonçalves Delegado Nacional tema Energia TÓPICOS DO TEMA ENERGIA WP 2012 ACTIVITY ENERGY 1; Hydrogen and Fuel Cells ACTIVITY

Leia mais

Gestão e Análise Financeira. Managment and Financial Analysis. Semestre do plano de estudos 5

Gestão e Análise Financeira. Managment and Financial Analysis. Semestre do plano de estudos 5 Nome UC Gestão e Análise Financeira CU Name Código UC 28 Curso LEC Semestre do plano de estudos 5 Área científica Gestão Duração Semestral Horas de trabalho 106 ECTS 4 Horas de contacto T - 22,5; TP -

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/15

Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/15 Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/15 Unidade curricular: / Curricular Unit: Sociologia da Comunicação Sociology of Communication Docente responsável e respectivas horas de contacto na unidade

Leia mais

Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment

Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment SAFIRA is an IT consulting boutique known for transforming the way organizations do business, or fulfil their missions,

Leia mais

MIT Portugal Program Engineering systems in action

MIT Portugal Program Engineering systems in action MIT Portugal Program Engineering systems in action Paulo Ferrão, MPP Director in Portugal Engineering Systems: Achievements and Challenges MIT, June 15-17, 2009 Our knowledge-creation model An Engineering

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular 2014/2015

Ficha de Unidade Curricular 2014/2015 6.2.1.1. Unidade curricular: Curricular Unit: Ficha de Unidade Curricular 2014/2015 Design de Identidade Identity design 6.2.1.2. Docente responsável e respetivas horas de contacto na unidade curricular

Leia mais

Iniciação ao software SIG Open Source WinGRASS 6.4 7-9 Maio 2010 Lisboa Cristina Catita, FCUL

Iniciação ao software SIG Open Source WinGRASS 6.4 7-9 Maio 2010 Lisboa Cristina Catita, FCUL Iniciação ao software SIG Open Source WinGRASS 6.4 7-9 Maio 2010 Lisboa Cristina Catita, FCUL Objectivos O objectivo deste curso é familiarizar os formandos com a utilização do software Geographic Resources

Leia mais

Unidade curricular: Sistemas de Informação para a Gestão Nº horas: 75 ECTS: 7 1.º ano

Unidade curricular: Sistemas de Informação para a Gestão Nº horas: 75 ECTS: 7 1.º ano Licenciatura em Gestão (1º ciclo) First Cycle Degree in Management Unidade curricular: Sistemas de Informação para a Gestão Nº horas: 75 ECTS: 7 1.º ano Curricular Unit: Information Systems for Management

Leia mais

NCE/09/02327 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos

NCE/09/02327 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos NCE/09/02327 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos Caracterização do pedido Perguntas 1 a 7 1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: UNL + UCP 1.a. Descrição da Instituição

Leia mais

DPI. Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office

DPI. Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office DPI Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office Apresentação/Presentation Criado em 1 de março de 2011, o Núcleo de

Leia mais

PROGRAMA DAS UNIDADES CURRICULARES

PROGRAMA DAS UNIDADES CURRICULARES 1. Unidade Curricular (máx. 100 caracteres) Modelação de Dados Curricular Unit (máx. 100 caracteres) Data Modelling 2. Ciclo de Estudos (máx. 100 caracteres) Comunicação e Design Multimédia Study Cycle

Leia mais

Erasmus Student Work Placement

Erasmus Student Work Placement Erasmus Student Work Placement EMPLOYER INFORMATION Name of organisation Address Post code Country SPORT LISBOA E BENFICA AV. GENERAL NORTON DE MATOS, 1500-313 LISBOA PORTUGAL Telephone 21 721 95 09 Fax

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular Ano lectivo 2014/15

Ficha de Unidade Curricular Ano lectivo 2014/15 Ficha de Unidade Curricular Ano lectivo 2014/15 Unidade curricular: Curricular Unit: Laboratório de Aplicações Interactivas Interactive Application Lab Docente responsável e respectivas horas de contacto

Leia mais

Corporate Behaviour and Legislation. Semestre do plano de estudos 2

Corporate Behaviour and Legislation. Semestre do plano de estudos 2 Nome UC Comportamento Organizacional e Legislação CU Name Código UC 711 Curso MEC Semestre do plano de estudos 2 Área científica Gestão Duração Semestral Horas de trabalho 80 ECTS 3 Horas de contacto T

Leia mais

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012 Universidade do Minho Escola de Engenharia UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13 11 de outubro 2012 1 2 2 courses offered in the first semestre: Métodos de Investigação em Engenharia

Leia mais

Online Collaborative Learning Design

Online Collaborative Learning Design "Online Collaborative Learning Design" Course to be offered by Charlotte N. Lani Gunawardena, Ph.D. Regents Professor University of New Mexico, Albuquerque, New Mexico, USA July 7- August 14, 2014 Course

Leia mais

Mecânica dos Sólidos III. Solid Mechanics III. Semestre do plano de estudos 3

Mecânica dos Sólidos III. Solid Mechanics III. Semestre do plano de estudos 3 Nome UC Mecânica dos Sólidos III CU Name Código UC 721 Curso MEC Semestre do plano de estudos 3 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 130 ECTS 5 Horas de contacto TP 45 Observações

Leia mais

2. Conhecer a diversidade e complexidade de temáticas que podem ser abrangidas por esta área de conhecimento.

2. Conhecer a diversidade e complexidade de temáticas que podem ser abrangidas por esta área de conhecimento. Ficha de Unidade Curricular 1. Unidade curricular / Curricular Unit Psicologia Geral / General Psychology 2. Designação do Ciclo de Estudos em que se insere a Unidade Curricular (com semestre e ano lectivo)

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular 2014/2015

Ficha de Unidade Curricular 2014/2015 6.2.1.1. Unidade curricular: Curricular Unit: Ficha de Unidade Curricular 2014/2015 Gestão de Projetos Audiovisuais e Multimédia Audiovisual and Multimedia Project Management 6.2.1.2. Docente responsável

Leia mais

Desenho e Computação Gráfica. Drawing and Computer-aided Design. Semestre do plano de estudos 2

Desenho e Computação Gráfica. Drawing and Computer-aided Design. Semestre do plano de estudos 2 Nome UC Desenho e Computação Gráfica CU Name Código UC 12 Curso LEC Semestre do plano de estudos 2 Área científica Informática Duração Semestral Horas de trabalho 163 ECTS 6 Horas de contacto TP - 67,5

Leia mais

As Novas Tecnologias como componente da. Formação, de 1º ciclo, em Serviço Social

As Novas Tecnologias como componente da. Formação, de 1º ciclo, em Serviço Social Instituto Superior Miguel Torga Escola Superior de Altos Estudos Cláudia Sofia da Costa Duarte As Novas Tecnologias como componente da Formação, de 1º ciclo, em Serviço Social Dissertação de Mestrado em

Leia mais

NCE/09/01342 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/09/01342 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/09/01342 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/09/01342 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Ciências Empresariais U.C. MARKETING Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010 / 2011 Horas presenciais

Leia mais

Serviço Social VII: Administração e gestão de serviços sociais. 6 ECTS Social work VII: Social services administration and management

Serviço Social VII: Administração e gestão de serviços sociais. 6 ECTS Social work VII: Social services administration and management Ficha de Unidade Curricular [FUC] 1. Unidade curricular / Curricular Unit (com ECTS) Serviço Social VII: Administração e gestão de serviços sociais 6 ECTS Social work VII: Social services administration

Leia mais

Marketing e Publicidade / Marketing and Advertising (5,5 ECTS)

Marketing e Publicidade / Marketing and Advertising (5,5 ECTS) Ficha de Unidade Curricular [FUC] 1. Unidade curricular / Curricular Unit Marketing e Publicidade / Marketing and Advertising (5,5 ECTS) 2. Designação do Ciclo de Estudos em que se insere a Unidade Curricular

Leia mais

TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS

TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE PSICOLOGIA E DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS SANDRA MARIA MORAIS VALENTE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO Área de

Leia mais

Licenciatura em Gestão (1º ciclo) First Cycle Degree in Management Unidade curricular: Nº horas: 60 ECTS: 6 3.º ano Curricular Unit:

Licenciatura em Gestão (1º ciclo) First Cycle Degree in Management Unidade curricular: Nº horas: 60 ECTS: 6 3.º ano Curricular Unit: Licenciatura em Gestão (1º ciclo) First Cycle Degree in Management Unidade curricular: Opção V - Estratégia Empresarial e Empreendedorismo Nº horas: 60 ECTS: 6 3.º ano Curricular Unit: Option V - Business

Leia mais

e-lab: a didactic interactive experiment An approach to the Boyle-Mariotte law

e-lab: a didactic interactive experiment An approach to the Boyle-Mariotte law Sérgio Leal a,b, João Paulo Leal a,c Horácio Fernandes d a Departamento de Química e Bioquímica, FCUL, Lisboa, Portugal b Escola Secundária com 3.º ciclo Padre António Vieira, Lisboa, Portugal c Unidade

Leia mais

CARLA ALEXANDRA SEVES DE ANDRADE CANOTILHO

CARLA ALEXANDRA SEVES DE ANDRADE CANOTILHO Escola Superior de Tecnologia e Gestão Instituto Politécnico da Guarda R E L AT Ó R I O D E AT I V I D A D E P R O F I S S I O N A L N A J. V A R G A S - G A B I N E T E T É C N I C O D E G E S T Ã O E

Leia mais

Gestão de Obras e Estaleiros. Semestre do plano de estudos 6

Gestão de Obras e Estaleiros. Semestre do plano de estudos 6 Nome UC Gestão de Obras e Estaleiros CU Name Código UC 32 Curso LEC Semestre do plano de estudos 6 Área científica Gestão Duração Semestral Horas de trabalho 136 ECTS 5 Horas de contacto T - 45; TP - 22,5

Leia mais

Salud Brasil SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE

Salud Brasil SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE Salud Brasil SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE IV EXPOEPI International Perspectives on Air Quality: Risk Management Principles for Oficina de Trabalho: Os Desafios e Perspectivas da Vigilância Ambiental

Leia mais

PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação

PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação Versão de 31 de Agosto de 2011 APRESENTAÇÃO DO PEDIDO A1. Instituição de ensino

Leia mais

ACEF/1112/02477 Decisão de apresentação de pronúncia

ACEF/1112/02477 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1112/02477 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1112/02477 Decisão de apresentação de pronúncia Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da Comissão de Avaliação Externa 1. Tendo recebido

Leia mais

SCHOOLS LOOKING FOR STUDENTS FOR ERASMUS PLACEMENTS

SCHOOLS LOOKING FOR STUDENTS FOR ERASMUS PLACEMENTS SCHOOLS LOOKING FOR STUDENTS FOR ERASMUS PLACEMENTS 2015 /16 ESTÁGIOS ERASMUS EM ESCOLAS * ERASMUS PLACEMENTS IN SCHOOLS * [POR FAVOR, PREENCHA O FORMULÁRIO NA (NUMA DAS) LÍNGUA(S) DE TRABALHO DO ESTÁGIO:

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/2015

Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/2015 6.2.1.1. Unidade curricular: Curricular Unit: Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/2015 Design de Interface Interface Design 6.2.1.2. Docente responsável e respectivas horas de contacto na unidade

Leia mais

Estruturas de Suporte e Fundações I. Retaining Structures and Foundations I. Semestre do plano de estudos 1

Estruturas de Suporte e Fundações I. Retaining Structures and Foundations I. Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Estruturas de Suporte e Fundações I CU Name Código UC 705 Curso MEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 120 ECTS 4.5 Horas de contacto

Leia mais

Participatory Map of Rio de Janeiro

Participatory Map of Rio de Janeiro Leandro Gomes Souza Geographer Luiz Roberto Arueira da Silva Director of City Information Pereira Passos Institute - City of Rio de Janeiro About us Pereira Passos Institute (IPP) is Rio de Janeiro municipal

Leia mais

EMPREENDEDORISMO JOVEM EM CABO VERDE: necessidades e oportunidades

EMPREENDEDORISMO JOVEM EM CABO VERDE: necessidades e oportunidades Ana Teresa Dias Valente Marline Morais Conceição Vieira de Carvalho Ana Teresa Dias Valente Morais EMPREENDEDORISMO JOVEM EM CABO VERDE: necessidades e oportunidades Dissertação de Mestrado em Intervenção

Leia mais

Tese / Thesis Work Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java

Tese / Thesis Work Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java Licenciatura em Engenharia Informática Degree in Computer Science Engineering Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java Performance analysis of large distributed

Leia mais

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas)

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Professional activities/tasks Design and produce complex ICT systems by integrating

Leia mais

ELEnA European Local ENergy Assistance

ELEnA European Local ENergy Assistance ECO.AP Programa de Eficiência Energética na Administração Pública ELEnA European Local ENergy Assistance Lisboa, 6/03/2015 Desafios 1 Conhecimento: a) Edifícios/equipamentos; b) Capacidade técnica; c)

Leia mais

Energia nos Edifícios

Energia nos Edifícios Sustainable Energy Systems Focus Area Actividade do programa em Energia nos Edifícios E. Oliveira Fernandes Vítor Leal Paulo Ferrão João Parente Luísa Caldas Pierre Holmuller 2 Julho 2008 Os Edifícios

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular Ano lectivo 2014/15

Ficha de Unidade Curricular Ano lectivo 2014/15 Ficha de Unidade Curricular Ano lectivo 2014/15 Unidade curricular: Curricular Unit: Gestão de Empresas Audiovisual e Multimédia Audiovisual and Multimedia Companies Management Docente responsável e respectivas

Leia mais

Estudar o Inglês Quando a Língua Materna é o Português/ Studying English as a Portuguese Native Speaker

Estudar o Inglês Quando a Língua Materna é o Português/ Studying English as a Portuguese Native Speaker Ficha de Unidade Curricular [FUC] 1 1. Unidade curricular / Curricular Unit Estudar o Inglês Quando a Língua Materna é o Português/ Studying English as a Portuguese Native Speaker 2. Designação do Ciclo

Leia mais

Digital Cartographic Generalization for Database of Cadastral Maps

Digital Cartographic Generalization for Database of Cadastral Maps Mariane Alves Dal Santo marianedalsanto@udesc.br Francisco Henrique de Oliveira chicoliver@yahoo.com.br Carlos Loch cloch@ecv.ufsc.br Laboratório de Geoprocessamento GeoLab Universidade do Estado de Santa

Leia mais

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC)

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) Ano letivo 2014/2015 Ano/Semestre curricular 2º ano/3º semestre Unidade Curricular [designação e tipo/se é do tipo obrigatório ou optativo] (máx100 caracteres) Língua de

Leia mais

ANO I Abertura Opening Os primeiros movimentos do jogo Há um ano, três advogados vindos de renomados escritórios de advocacia, onde exerciam funções de destaque, se reuniram em torno de uma idéia:

Leia mais

and the Municipality of SERTÃ

and the Municipality of SERTÃ RETS Launch Conference 3rd February 2010 Casa da Cultura da Sertã SERTÃ, Portugal Renewable Energies and the Municipality of SERTÃ, Mayor The participation of Sertã in RETS is the continuation of its journey

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Ciências Empresariais U.C. FINANÇAS EMPRESARIAIS Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 42 Ano Lectivo 2010 / 2011

Leia mais

PROPRIEDADE INDUSTRIAL E CONCORRÊNCIA DESLEAL

PROPRIEDADE INDUSTRIAL E CONCORRÊNCIA DESLEAL PROPRIEDADE INDUSTRIAL E CONCORRÊNCIA DESLEAL / INDUSTRIAL PROPERTY AND UNFAIR COMPETITION provisório ELEMENTOS DA DISCIPLINA / COURSE DETAILS Docência/ Faculty Evaristo Mendes Ano Lectivo / Academic year:

Leia mais

Ficha de unidade curricular Curso de Mestrado Científico

Ficha de unidade curricular Curso de Mestrado Científico Ficha de unidade curricular Curso de Mestrado Científico Unidade curricular Direito Constitucional I Docente responsável e respetiva carga letiva na unidade curricular José Alberto de Melo Alexandrino

Leia mais

egovernment The Endless Frontier

egovernment The Endless Frontier CENTRO DE GESTÃO DA REDE INFORMÁTICA DO GOVERNO (Management Center for the Electronic Government Network) egovernment The Endless Frontier Alexandre Caldas 29 th June 2010 Summary VISION AND LEADERSHIP

Leia mais

Português 207 Portuguese for Business

Português 207 Portuguese for Business Português 207 Portuguese for Business Spring 2012: Porugal and the EU Instructor: Jared Hendrickson Office: 1149 Van Hise Office Hours: Monday and Thursday, 11:00 am-12:00 pm e-mail: jwhendrickso@wisc.edu

Leia mais

A. Situação / Situation

A. Situação / Situation A. Situação / Situation A Assembleia Mundial da Saúde (OMS) aprova em 1969 o Regulamento Sanitário Internacional, revisto pela quarta vez em 2005. Esta última versão entrou em vigor no plano internacional

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. COMPUTAÇÃO MÓVEL E UBÍQUA Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010

Leia mais

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho Título: Direção e Taxa (Velocidade) de Acumulação de Capacidades Tecnológicas: Evidências de uma Pequena Amostra de Empresas de Software no Rio de Janeiro, 2004 Autor(a): Eduardo Coelho da Paz Miranda

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS Ficha da Unidade Curricular CURSO Licenciatura em Ciências Empresariais U.C. INTRODUÇÃO ÀS CIÊNCIAS EMPRESARIAIS Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo

Leia mais

A Cloud Computing Architecture for Large Scale Video Data Processing

A Cloud Computing Architecture for Large Scale Video Data Processing Marcello de Lima Azambuja A Cloud Computing Architecture for Large Scale Video Data Processing Dissertação de Mestrado Dissertation presented to the Postgraduate Program in Informatics of the Departamento

Leia mais

OFFICE. Office Background

OFFICE. Office Background OFFICE Office Background Since it was founded in 2001, steady growth has been registered by the office in the Brazilian market of corporate law, a field in which our services are exemplary. The consolidation

Leia mais

PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) 2012-2013. Ensino Universitário e Ensino Politécnico

PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) 2012-2013. Ensino Universitário e Ensino Politécnico UNIVERSIDADE DE LISBOA REITORIA PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) 2012-2013 Ensino Universitário e Ensino Politécnico (Adaptado do Sistema de Informação da A3ES - SIA3ES a

Leia mais

UAb Session on Institutional Change Students and Teachers. Lina Morgado

UAb Session on Institutional Change Students and Teachers. Lina Morgado UAb Session on Institutional Change Students and Teachers Lina Morgado Lina Morgado l SUMMARY 1 1. Pedagogical Model : Innovation Change 2. The context of teachers training program at UAb.pt 3. The teachers

Leia mais

NCE/09/00492 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/09/00492 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/09/00492 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/09/00492 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

Universidade da Beira Interior. Departamento de Psicologia e Educação

Universidade da Beira Interior. Departamento de Psicologia e Educação Universidade da Beira Interior Departamento de Psicologia e Educação A RELEVÂNCIA DO ENSINO DAS CIÊNCIAS PARA A CIDADANIA AO NÍVEL DO 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO MARIA JOSÉ DE SOUSA PESTANA Dissertação de

Leia mais

NCE/11/01206 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/11/01206 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/11/01206 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/11/01206 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

ERASMUS+ PROGRAM 2015/16 Degree Year Sem. Code Subject Subject (English) ECTS Notes

ERASMUS+ PROGRAM 2015/16 Degree Year Sem. Code Subject Subject (English) ECTS Notes ERASMUS+ PROGRAM 2015/16 Degree Year Sem. Code Subject Subject (English) ECTS Notes Busin. Manag. 1º 1 LGE1104 Contabilidade Empresarial I Business Accounting I 6 Not available in English Busin. Manag.

Leia mais

MESTRADO EM CONTABILIDADE E FINANÇAS

MESTRADO EM CONTABILIDADE E FINANÇAS MESTRADO EM CONTABILIDADE E FINANÇAS PROGRAMA DA UNIDADE CURRICULAR Unidade Curricular: NOVAS TENDÊNCIAS EM CONTABLIDADE DE GESTÃO Semestre 1º ECT s 6 Área Científica: Docente: CONTABILIDADE HUMBERTO RIBEIRO

Leia mais

CRONOGRAMA DE APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS CR3+2015 11.11.15

CRONOGRAMA DE APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS CR3+2015 11.11.15 Horários 13h30 às 15h30 11.11.15 13h30 às 15h30 SESSÃO 1: APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS Sala 1 Painel Estratégias e Horários Sala 2 - Painel Políticas Públicas e Práticas Sustentáveis P1 Consumo e Produção

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação. Por. Ana Margarida Nisa Vintém

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação. Por. Ana Margarida Nisa Vintém UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação Relatório de estágio apresentado à Universidade Católica Portuguesa para obtenção do

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. SISTEMAS DE BASES DE DADOS Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010

Leia mais

CEF/0910/27461 Relatório final da CAE (Poli) - Ciclo de estudos em funcionamento

CEF/0910/27461 Relatório final da CAE (Poli) - Ciclo de estudos em funcionamento CEF/0910/27461 Relatório final da CAE (Poli) - Ciclo de estudos em funcionamento Caracterização do ciclo de estudos Perguntas A.1 a A.9 A.1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: Ese

Leia mais

Estações de Tratamento de Água. Water Treatment Plants. Semestre do plano de estudos 2

Estações de Tratamento de Água. Water Treatment Plants. Semestre do plano de estudos 2 Nome UC Estações de Tratamento de Água CU Name Código UC 724 Curso MEC Semestre do plano de estudos 2 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 90 ECTS 3.5 Horas de contacto

Leia mais

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações Raquel Silva 02 Outubro 2014 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 PUBLICAÇÃO DIS: - Draft International Standard

Leia mais

PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação

PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação Versão de Setembro de 2013 APRESENTAÇÃO DO PEDIDO A1. Instituição de ensino superior

Leia mais

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata:

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: Vaga: Estagiário Área Jurídica Área: Legal Department O Departamento Jurídico é uma área dinâmica que possui

Leia mais

Tecnologia e inovação na UE Estrategias de internacionalização

Tecnologia e inovação na UE Estrategias de internacionalização Tecnologia e inovação na UE Estrategias de internacionalização Belém, 25 de Setembro 2014 Estrutura da apresentação 1. Porque a cooperação com a União Europeia em inovação é importante para o Brasil? 2.

Leia mais

A meus pais, Ari e Célia, sempre presentes, todo o meu amor incondicional!

A meus pais, Ari e Célia, sempre presentes, todo o meu amor incondicional! ii A meus pais, Ari e Célia, sempre presentes, todo o meu amor incondicional! iii Agradeço à Deus, esta força maior, pela vida, pela sabedoria e pelo amor. Mas, sobretudo, por me ensinar saber fazer ser

Leia mais

Challenges and lessons learned from the Surui Forest Carbon Project, Brazilian Amazon. Pedro Soares / IDESAM

Challenges and lessons learned from the Surui Forest Carbon Project, Brazilian Amazon. Pedro Soares / IDESAM Challenges and lessons learned from the Surui Forest Carbon Project, Brazilian Amazon Pedro Soares / IDESAM Project Proponent & Partners Proponent: Support and supervise the project activities and will

Leia mais

Projeto pedagógico para um curso de Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos com aplicação de ABP Virtual

Projeto pedagógico para um curso de Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos com aplicação de ABP Virtual Projeto pedagógico para um curso de Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos com aplicação de ABP Virtual Silvane Guimarães Silva Gomes, Frederico José Vieira Passos Universidade Federal de Viçosa

Leia mais