P E R S P E C T I V A S D O T U R I S M O

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "P E R S P E C T I V A S D O T U R I S M O"

Transcrição

1 P E R S P E C T I V A S D O T U R I S M O Brasil JULHO 2011

2 P E R S P E C T I VA S D O T U R I S M O b r a s i l Introdução Com a realização de megaeventos esportivos como a Copa do Mundo FIFA 2014 e os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos, o Brasil terá a oportunidade de se projetar para o mundo e construir uma imagem de modernidade aliada às já conhecidas belezas naturais e culturais do país. Momentos como esses são capazes de mostrar a competência que o Brasil tem para receber grandes eventos, além de transformar cidades, alavancar o turismo e outros setores da economia. O Brasil não será mais o mesmo depois de sediar, com intervalo de apenas dois anos, os dois maiores eventos esportivos do planeta. Até 2016, serão cinco anos de grandes investimentos em infraestrutura, mobilidade, projetos ambientais, qualificação de pessoal e renovação de áreas urbanas. A Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) planejou as estratégias, metas e objetivos de marketing internacional do turismo brasileiro e ações que serão implementadas durante esta década. Com a criação do Ministério do Turismo em 2003, a Embratur recebeu a missão exclusiva de promover o Brasil como destino turístico no exterior. O Instituto pretende aumentar em 113% o turismo internacional de 2010 a O objetivo é chegar a 11,1 milhões de visitantes estrangeiros no final da próxima década. A expectativa é, ainda, receber 600 mil turistas internacionais no Brasil durante a Copa do Mundo de 2014 e fazer com que 25% deles viajem para outras cidades além daquelas que serão sedes de jogos. As cidades-sede têm, desde já, a oportunidade de mostrar ao mundo toda a diversidade natural e cultural de cada região. Bilhões de pessoas irão acompanhar os jogos pela TV, Internet, jornais e revistas. Estes espectadores não assistirão apenas às competições, mas terão acesso também à divulgação da cultura e da forma de viver do povo brasileiro, além dos principais atrativos turísticos e das paisagens diversas que o país oferece. A Embratur agradece à Visa por contribuir com este material de importância excepcional para atrair o interesse mundial para o Brasil, especialmente para o turismo. Flávio Dino, Presidente da Embratur Embora o turismo seja, em todas as instâncias, um componente vital do crescimento econômico, para as nações emergentes, cada transação nesse segmento representa uma oportunidade de se posicionar entre os destinos internacionais mais procurados do mundo. Para um país em franco crescimento como o Brasil, eleito país-sede da Copa do Mundo FIFA 2014 e dos Jogos Olímpicos Rio 2016, esses eventos representam uma oportunidade extraordinária de ampliar seu faturamento com o turismo e promover sua reputação como um dos países que mais prosperam no mundo. Como patrocinadora da Copa do Mundo e dos Jogos Olímpicos, e pilar histórico do crescimento do turismo internacional, a Visa está particularmente qualificada para ajudar nações emergentes, como o Brasil, a entender os investimentos em infraestrutura que se farão necessários para receber o grande fluxo de turistas que está por vir. As soluções de pagamento eletrônico mundialmente aceitas da Visa proporcionam desde uma forma segura e conveniente para comprar lembranças, até um trabalho conjunto com empresas e entidades de turismo voltado a analisar e acompanhar os padrões de gastos dos consumidores nas Olimpíadas e Copas do Mundo passadas. A Visa está comprometida em munir as entidades de turismo brasileiras com as ferramentas necessárias para receber seus visitantes globais. Para provar esse compromisso, tenho o grande prazer de apresentar o relatório Perspectivas do Turismo: Brasil, publicação que detalha os gastos internacionais dos portadores do cartão focando tanto nos gastos dos brasileiros que viajaram para fora do país quanto nos dos estrangeiros que vieram ao Brasil nos últimos dois anos. O relatório utiliza dados de consumo reais, pagos com um cartão Visa. Conhecidos como VisaVue Travel, esses dados nos permitem destacar várias informações relevantes sobre os visitantes de onde eles vêm, quanto gastam e o que estão comprando. Segundo o relatório deste ano, em 2010, os turistas internacionais que vieram ao Brasil aumentaram seus gastos com o cartão Visa em 12% 1, mantendo o histórico de crescimento em relação aos anos anteriores. Os gastos dos turistas nos 10 principais segmentos de mercado também subiram em Mas o fato mais notável de 2010 foi o aumento nos gastos dos portadores brasileiros nos vários destinos globais por eles visitados. No ano passado, os brasileiros aumentaram seus gastos no exterior em 58%. 1 A Visa colabora com instituições financeiras clientes e parceiros do mundo todo para desenvolver programas inovadores e agregar novas funcionalidades às suas soluções de pagamento. De olho no crescimento dos pagamentos eletrônicos no Brasil e na entrada de novos estabelecimentos comerciais na rede da Visa, seguiremos trabalhando com nossos parceiros na indústria do turismo e nossas instituições financeiras e estabelecimentos comerciais para garantir que usuários locais e visitantes desfrutem de todos os benefícios dos pagamentos eletrônicos no Brasil. Todos os valores mostrados neste relatório estão em dólares. Rubén Osta Diretor-geral da Visa do Brasil 1 Dados VisaVue Travel,

3 P E R S P E C T I VA S D O T U R I S M O b r a S i l Sumário Executivo Em dezembro e janeiro de 2010, os portadores do cartão Visa vindos do exterior gastaram US$421M no Brasil. Segundo o relatório deste ano, 2010 foi um ano memorável para o Brasil. O país se firmou como um destino turístico atraente e foi um forte aliado da economia global do turismo. R E C E P T I V O E M I S S I V O É P O C A D E V I A G E M 12% $ 1. 8 B 58% crescimento $ 3.1 B $421M $ 2.1 B $4.8B Os gastos dos portadores do cartão Visa que vieram ao Brasil subiram de $1.8 bilhão em 2009, para $2,1 bilhões em Mas o mais impressionante foram os gastos dos brasileiros que viajaram para o exterior, comparados aos gastos dos turistas que vieram ao Brasil. Os gastos dos brasileiros com o cartão Visa subiram de US$3,1 bilhões em 2009, para US$4,8 bilhões em Por estar localizado ao sul da Linha do Equador, o Brasil é um destino atraente para os turistas que querem fugir do frio do inverno do hemisfério norte, em dezembro e janeiro. Nesse período, os estrangeiros em visita ao Brasil gastaram US$421 milhões com seus cartões Visa, dos quais US$42 milhões vieram dos portadores americanos. Com as Olimpíadas e a Copa do Mundo cada vez mais próximas, é fundamental que o Brasil entenda onde e como os visitantes estão gastando seu dinheiro a fim de manter o ritmo de crescimento dos últimos anos. Esse conhecimento permite que as empresas aprimorem suas opções de produto e estratégias de marketing, e adotem as ferramentas e os modelos de negócio adequados para atrair um fluxo sustentável de visitantes. A Visa está comprometida em trabalhar com autoridades do turismo local e nacional para apoiar o crescimento continuado do setor, fornecendo não apenas uma moeda conveniente para as transações internacionais, mas toda a experiência acumulada pela empresa ao longo de várias Olimpíadas e Copas do Mundo, além de acesso a milhões de portadores de cartões em todo o mundo e informações sobre seus hábitos de consumo. 2 Dados VisaVue Travel,

4 P E R S P E C T I VA S D O T U R I S M O b r a S i l Gastos dos Estrangeiros no Brasil Os dados do VisaVue de 2010 indicam que o Brasil foi um destino bastante atraente para os portadores do cartão Visa vindos do exterior. Os gastos desses visitantes internacionais cresceram de US$1,8 bilhão em 2009, para US$2,1 bilhões em De todo o montante gasto por esses portadores, a maior fatia veio dos norte-americanos, que gastaram US$ 480 milhões com seus cartões Visa em 2010, seguidos dos franceses (US$165 milhões), britânicos (US$152 milhões), portugueses (US$129 milhões) e italianos (US$126 milhões). Na comparação ano a ano, os turistas vindos de Angola país africano que compartilha a língua portuguesa e outros laços históricos com o Brasil foram, dentre os 10 grupos que mais visitam o Brasil, os que mais aumentaram seus gastos no país. As relações comerciais entre esse país da África Ocidental e o Brasil começaram a aumentar em Os portadores do cartão Visa vindos de Angola aumentaram seus gastos em 94%, saindo de US$58 milhões para mais de US$113 milhões. Boa parte desse montante foi gasto em itens de vestuário. Além disso, houve um crescimento anual significativo nos gastos dos visitantes dos 25 principais países emissores de turistas para o Brasil. Os aumentos mais impressionantes foram os dos turistas da Coreia do Sul (101 %), Angola (94%), China (51%), Uruguai (36%) e Paraguai (31%). Os portadores do cartão Visa gastaram US$2,1 bilhões no Brasil em Rio de Janeiro e São Paulo, duas das maiores cidades do país e dois dos destinos mais populares, receberam juntos US$1,2 bilhão de dólares em Essas duas metrópoles sediarão as competições da Copa do Mundo FIFA 2014 e hospedarão as 32 seleções que disputarão o torneio. Fatos sobre o Rio Os americanos gastaram US$ 89,4 milhões com seus cartões Visa no Rio em 2010, fazendo dos EUA o país de origem dos visitantes que mais gastaram na cidade e no país. Embora os viajantes vindos de 6 dos 10 principais países emissores de turistas para o país tenham gastado menos com seus cartões Visa no Rio em 2010 do que em 2009, no total, os gastos dos portadores que visitaram o Rio aumentaram US$4 milhões em O valor médio das transações com o cartão Visa também aumentou de 2009 para O aumento foi observado entre os portadores de todos os 10 países que mais enviam turistas para o Brasil Fatos sobre São Paulo Ao contrário do Rio, os viajantes de 9 dos 10 principais países emissores de turistas para o Brasil gastaram mais com seu cartão Visa em São Paulo em 2010 do que em Os italianos foram os únicos visitantes que não aumentaram seus gastos. Houve um aumento de 15% nos gastos dos estrangeiros que usaram o cartão Visa em São Paulo, que consumiram na cidade US$ 829 milhões em 2010 e US$ 718 milhões em Em 2010, os gastos dos americanos em São Paulo ultrapassaram a soma dos 4 outros países que mais enviam turistas para o Brasil. Top 2010 Países de Origem dos Visitantes Estado Unidos +5% França +3% Reino Unido +21% Portugal -3% Itália -3% Angola +94% Espanha +5% Alemanha +10% Argentina +13% Suiça +11% $480M $457M $165M $160M $152M $126M $129M $133M $126M $130M $113M $58M $92M $88M $85M $77M $78M $69M $75M $68M

5 P E R S P E C T I VA S D O T U R I S M O b r a S i l Gastos dos Brasileiros no Exterior Tendo em vista o forte crescimento econômico do Brasil em 2010, os portadores do cartão Visa que viajaram para o exterior contribuíram para a economia global do turismo em 2010 e aumentaram seus gastos em no mínimo 42% chegando a 109% em relação a 2009, nos 10 países mais visitados. Como nos anos anteriores, os EUA foram o destino internacional preferido dos portadores brasileiros. Os turistas brasileiros aumentaram seus gastos nos EUA em 63% em 2010, gastando US$1,9 bilhão mais do que o total combinado dos outros 10 maiores emissores de turistas para o país. Argentina (US$410 milhões), França (US$289 milhões), Paraguai (US$217 milhões), Itália (US$207 milhões), Uruguai (US$176 milhões), Reino Unido (US$174 milhões), Espanha (US$160 milhões), Portugal (US$134 milhões) e Canadá (US$117 milhões) foram os outros destinos internacionais mais visitados pelos brasileiros. Na Argentina, os brasileiros aumentaram seus gastos com o cartão Visa em impressionantes 109%. Dentre os 25 principais destinos dos brasileiros, a África do Sul, onde o Brasil chegou às quartas de final na Copa do Mundo FIFA 2010, viu os gastos desses portadores crescerem 112% em relação ao ano anterior. Outros países onde os gastos dos brasileiros aumentaram significativamente em relação a 2009 foram Emirados Árabes Unidos (99%), México (85%) e Turquia (75%). Top 2010 Principais Países de Destino Estados Unidos +63% Argentina +109% França +54% Como nos anos anteriores, os EUA foram o destino internacional preferido dos brasileiros portadores do cartão Visa. $1.9B $1.2B $410M $196M $289M $188M Paraguai +69% $217M $128M Itália +42% $207M $146M Uruguai +62% $176M $108M Reino Unido +47% $174M $118M Espanha +42% $160M $113M Portugal +48% $134M $90M Canadá +50% $117M $78M

6 Gastos dos Turistas por Segmento de Mercado em 2010 Estrangeiros no Brasil Em termos coletivos, as compras no varejo em geral são os gastos mais comuns dos portadores do cartão Visa no exterior. Entretanto, segundo os dados de 2010, outros segmentos de mercado, incluindo o varejo não tradicional que abrange caixas eletrônicos, livrarias e joalherias, hospedagem, restaurantes e supermercados estiveram entre as categorias de gasto mais populares, sugerindo que os portadores de cartão que vieram ao Brasil não estavam interessados apenas em itens do varejo tradicional. Embora ainda não figure entre as principais categorias, um segmento de mercado que cresceu de forma impressionante foi o de pagamento de pedágios (181%). Isso mostra que mais viajantes do que nunca estão interessados em ver tudo que o país tem a oferecer. r e s ta u r a n t E s H O S P E D A G E M s u p e r m E R C A D O S 20% 24% 17% 2009 e 2010 Volume das Transações dos Estrangeiros nos Maiores Segmentos de Mercado no Brasil O U T R O S M E R C A D O S Inclui ferrovias, marinas, saques em caixas eletrônicos, instituições financeiras, seguro, transferência de fundos, etc. 10% O U T R O S T I P O S D E VA R E J O Inclui mercadorias em geral, confeitarias, padarias, suprimentos para a casa, madeira, tinta, equipamentos de jardinagem, vestuário, software, música, vinho/ bebidas alcoólicas, antiguidades, livrarias, jóias, brinquedos, equipamentos e materiais fotográficos, malas/artigos de couro, artigos de vidro, cosméticos, bancas de revistas, etc. 5% Outros Mercados* +10% Hospedagem +24% Outros Tipos de Varejo* +5% Restaurantes +20% $1B $925M $282M $227M $265M $253M $137M $114M Supermercados +17% $73M $63M * Mais detalhes no Anexo da página 22 10

7 Gastos dos Turistas por Segmento de Mercado em 2010 Brasileiros no Exterior De modo geral, as compras no varejo pagas pelos brasileiros com um cartão Visa subiram de US$777 milhões em 2009 para US$1,3 bilhão, representando extraordinários 73% dos gastos de viagem desses viajantes internacionais em Os dois segmentos de mercado que mais cresceram em 2010 foram as lojas de eletrônicos (90%) e de materiais esportivos (69%), o que mostra que os brasileiros estão otimistas com a recuperação econômica e, consequentemente, investindo em sua qualidade de vida. No geral, os cinco principais segmentos de mercado foram: r Á d i o, T V & S O M L O J A S D E d e p a r ta m e n t O H O S P E D A G E M 90% 78% 53% 2009 e 2010 Volume das Transações dos Brasileiros nos Maiores Segmentos de Mercado no Exterior Outros Tipos de Varejo* +73% Outros Mercados* +33% Hospedagem +53% Lojas de Eletrônicos (Rádio, TV & Som) +90% $1.3B $777M $846M $637M $565M $369M $307M $161M O U T R O S M E R C A D O S Inclui ferrovias, marinas, saques em caixas eletrônicos, instituições financeiras, seguro, transferência de fundos, etc. 33% O U T R O S T I P O S D E VA R E J O Inclui mercadorias em geral, confeitarias, padarias, suprimentos para a casa, madeira, tinta, equipamentos de jardinagem, vestuário, software, música, vinho/bebidas alcoólicas, antiguidades, livrarias, joias, brinquedos, equipamentos e materiais fotográficos, malas/artigos de couro, artigos de vidro, cosméticos, bancas de revistas, etc. 73% Lojas de Departamento +78% $290M $162M * Mais detalhes no Anexo da página

8 O Impulso das Olimpíadas e da Copa do Mundo Patrocinadora Mundial dos Jogos Olímpicos e Parceira da Copa do Mundo FIFA Como país-sede da Copa do Mundo FIFA 2014 e dos Jogos Olímpicos Rio 2016, o Brasil tem uma oportunidade de crescimento tremenda, em inúmeras áreas. Só a Copa do Mundo deve injetar R$ 183,2 bilhões na economia brasileira. 3 Os eventos transformarão o Brasil em uma espécie de porto de chegada de viajantes internacionais, inspirando turistas de todas as partes do mundo a conhecerem o país e o continente sul-americano. Para se preparar para receber esse enorme fluxo de viajantes, é mais importante do que nunca que o país analise cuidadosamente o que motiva um visitante a gastar e o cenário dos próximos anos. É igualmente importante que o Brasil aprenda com outros países que já sediaram uma Copa do Mundo FIFA ou Olimpíada, para se preparar e administrar o grande aumento no fluxo de turistas, receita, investimento em imóveis e obras de infraestrutura que estão por vir. Por exemplo, o Brasil costuma ser um destino popular entre os turistas que querem fugir do frio de dezembro e janeiro; portanto, muitos setores turísticos do país reforçam seu contingente durante esse período tradicionalmente forte. Entretanto, a abertura da Copa do Mundo FIFA 2014 será em junho, mês em que os portadores do cartão Visa menos viajam. Da mesma forma, a abertura dos Jogos Olímpicos será em agosto, que embora não esteja entre os meses em que os estrangeiros menos visitam o Brasil, ainda é bem menos aquecido do que os meses de dezembro a março. É importante que as empresas e entidades de turismo brasileiras entendam essas nuances agora, a fim de se prepararem para receber um grande volume de turistas em meses considerados de baixa temporada, nos próximos anos. Como patrocinadora de longa data dos Jogos Olímpicos e recente patrocinadora da Copa do Mundo FIFA, a Visa sabe muito bem o quanto esses eventos esportivos são importantes para mostrar ao mundo os potenciais do país-sede, atrair visitantes e aumentar sua receita com o turismo. A Visa está comprometida em ajudar o Brasil a aproveitar essas oportunidades, fornecendo às empresas e governantes informações e conhecimentos relevantes sobre os gastos dos turistas internacionais e os projetos de infraestrutura necessários, além do aumento na aceitação e no uso dos pagamentos eletrônicos Comparativo Mês a Mês dos Gastos Janeiro +22% Fevereiro +24% Março +27% Abril +22% Maio +18% Junho +5% Julho +5% Agosto +3% Setembro +10% $212M $173M $191M $154M $194M $153M $164M $134M $151M $128M $133M $127M $157M $149M $172M $167M $154M $140M Outubro +1% $161M $159M 3 Impacto Econômico da Copa do Mundo no Brasil, Ministério dos Esportes, abril 2010 Novembro +7% $177M $166M 14 Dezembro +3% $209M $203M

9 P E R S P E C T I VA S D O T U R I S M O b r a S i l A curiosidade e a expectativa aumentarão o interesse pelo Brasil nos próximos anos. A data de interesse e as intenções de viagem ao Brasil, bem como os atuais gastos dos turistas estrangeiros no Brasil, servirão de base para uma avaliação do impacto potencial e de longo prazo de não apenas um, mas dois megaeventos esportivos. A Visa está comprometida em trabalhar com as autoridades do turismo local e nacional e visitors bureaus do Brasil para apoiar o crescimento continuado do setor, oferecendo uma moeda conveniente para as transações internacionais e dando acesso a milhões de portadores de cartões em todo o mundo. Para mais informações sobre o relatório Perspectivas do Turismo: Brasil e as iniciativas da Visa na indústria do turismo, contate ou Metodologia Os dados dos gastos aqui citados baseiam-se na análise dos pagamentos efetuados com um cartão Visa no Brasil, por portadores vindos de alguns países-chave, durante os anos de 2009 (1º de janeiro a 31 de dezembro de 2009) e 2010 (1º de janeiro a 31 de março de 2010). As conclusões deste relatório baseiam-se em dados do VisaVue Travel. A Visa apresentou os relatórios do VisaVue Travel a organizações do setor de turismo em 2008 e, desde então, continua a fornecê-los aos clientes da comunidade de marketing dos países de destino que assinam o serviço. 16

10 P E R S P E C T I VA S D O T U R I S M O B R A S I L Anexos

11 Anexos PRINCIPAIS PAÍSES DE ORIGEM EM 2010 País Emissor % de Crescimento (+/-) 1 Estados Unidos $480M $457M 5% 2 França $165M $160M 3% 3 Reino Unido $152M $126M 21% 4 Portugal $129M $133M -3% 5 Itália $126M $130M -3% 6 Angola $113M $58M 94% 7 Espanha $92M $88M 5% 8 Alemanha $85M $77M 10% 9 Argentina $78M $69M 13% 10 Suiça $75M $68M 11% Anexos COMPARATIVO MÊS A MÊS DOS GASTOS DOS TURISTAS INTERNACIONAIS NO BRASIL Mês % de Crescimento (+/-) Janeiro $212M $173M 22% Fevereiro $191M $154M 24% Março $194M $153M 27% Abril $134M $164M 22% Maio $128M $151M 18% Junho $127M $133M 5% Julho $149M $157M 5% Agosto $167M $172M 3% Setembro $140M $154M 10% Outubro $159M $161M 1% Novembro $166M $177M 7% Dezembro $203M $209M 3% PRINCIPAIS PAÍSES DE DESTINO EM 2010 País Emissor % de Crescimento (+/-) 1 Estados Unidos $1.9B $1.2B 63% 2 Argentina $410M $196M 109% 3 França $289M $188M 54% 4 Paraguai $217M $128M 69% 5 Itália $207M $146M 42% 6 Uruguai $176M $108M 62% 7 Reino Unido $174M $118M 47% 8 Espanha $160M $113M 42% 9 Portugal $134M $90M 48% 10 Canadá $117M $78M 50% 20 21

12 Anexos TRANSAÇÕES DOS ESTRANGEIROS NOS MAIORES SEGMENTOS DE MERCADO NO BRASIL EM 2009 E 2010 Segmento de Mercado % de Crescimento (+/-) 1 Outros Mercados $1.0B $925M 10% 2 Hospedagem $282M $227M 24% 3 Outros Tipos de Varejo $265M $253M 5% 4 Restaurantes $137M $114M 20% 5 Supermercados $73M $63M 17% TRANSAÇÕES DOS BRASILEIROS NOS MAIORES SEGMENTOS DE MERCADO NO EXTERIOR EM 2009 E 2010 Segmento de Mercado % de Crescimento (+/-) 1 Outros Tipos de Varejo $1.3B $777M 73% 2 Outros Mercados $846B $637M 33% 3 Hospedagem $565M $369M 53% 4 Lojas de Eletrônicos (Rádio, TV & Som) $307M $161M 90% 5 Lojas de Departamento $290M $162M 78% Anexos MetodologIA Os gastos no Brasil dos portadores do cartão Visa vindos do exterior citados nas páginas anteriores foram avaliados nas seguintes categorias de mercado: Companhias Aéreas Locadora de Carros Hospedagem Saúde Business to Business Inclui impressão, frete, produtos comerciais, suprimentos industriais, papelaria, suprimentos de escritório, uniformes, etc. Outros Tipos de Varejo Inclui mercadorias em geral, empresas contratadas, confeitarias, padarias, suprimentos para a casa, madeira, tinta, equipamentos de jardinagem, vestuário, software, música, vinho/bebidas alcoólicas, antiguidades, livrarias, jóias, brinquedos, equipamentos e materiais fotográficos, malas/artigos de couro, artigos de vidro, cosméticos, bancas de revistas, etc. Outros Mercados Inclui ferrovias, marinas, caixas eletrônicos, instituições financeiras, seguro, transferência de fundos, etc. Outros Segmentos Emergentes Inclui transporte local, táxis, etc. Viagem e Entretenimento (Outros) Inclui ônibus, locação de barcos, compras no aeroporto, compras no duty free shop, mobiliário para a casa, catering, bares, cassinos, campos de golfe, etc. Navios/Cruzeiros Pagamento de Contas Inclui serviços de mensageiro, guarda/armazenamento, serviços de telecomunicação, serviços de internet e utilidades Agências de Viagem Pedágios em Estradas e Pontes Clubes atacadistas Lojas de Desconto Lojas de Departamento Supermercados Combustível Lojas de Móveis/Equipamentos Lojas de Eletrônicos (rádio, TV, som) Restaurantes Fast-Foods Farmácias e Drogarias Lojas de Artigos Esportivos Marketing Direto Governo 22 23

13 P E R S P E C T I VA S D O T U R I S M O b r a S i l 2011 Visa Inc. Todos os Direitos Reservados.

Valorização e Globalização da Marca Brasil Plano Aquarela, Megaeventos e Marketing Turístico Internacional

Valorização e Globalização da Marca Brasil Plano Aquarela, Megaeventos e Marketing Turístico Internacional Valorização e Globalização da Marca Brasil Plano Aquarela, Megaeventos e Marketing Turístico Internacional Tribunal de Contas da União, 17 de agosto de 2011 Plano Aquarela Desde 2005 é a base metodológica

Leia mais

Como a Copa do Mundo 2014 vai movimentar o Turismo Brasileiro

Como a Copa do Mundo 2014 vai movimentar o Turismo Brasileiro Como a Copa do Mundo 214 vai movimentar o Turismo Brasileiro 9 dias O estudo As empresas Principais conclusões a 9 dias da Copa 1 principais emissores 1 Desempenho das cidades-sede Chegadas internacionais

Leia mais

Como a Copa do Mundo 2014 vai movimentar o Turismo Brasileiro

Como a Copa do Mundo 2014 vai movimentar o Turismo Brasileiro Como a Copa do Mundo 2014 vai movimentar o Turismo Brasileiro O estudo Destaques Os 10 principais emissores 10 Chegadas internacionais Viagens domésticas Cidades sedes Viagens dos brasileiros ao exterior

Leia mais

COPA 2014 DESAFIOS E OPORTUNIDADES. GEAE Grupo de Excelência em Administração Esportiva Conselho Regional de Administração - SP

COPA 2014 DESAFIOS E OPORTUNIDADES. GEAE Grupo de Excelência em Administração Esportiva Conselho Regional de Administração - SP COPA 2014 DESAFIOS E OPORTUNIDADES GEAE Grupo de Excelência em Administração Esportiva Conselho Regional de Administração - SP A INDÚSTRIA DO ESPORTE A Indústria do Esporte Atividades econômicas relacionadas

Leia mais

O LEGADO DOS MEGAEVENTOS ESPORTIVOS PARA O BRASIL

O LEGADO DOS MEGAEVENTOS ESPORTIVOS PARA O BRASIL O LEGADO DOS MEGAEVENTOS ESPORTIVOS PARA O BRASIL MEGAEVENTOS CHEGANDO. COPA DO MUNDO FIFA EM 2014... OLIMPÍADAS EM 2016... Qual o legado real desses megaeventos para nosso país? Qual o custo (financeiro

Leia mais

São Paulo. O Brasil como Pólo Internacional de Investimentos e Negócios. tsando@visitesaopaulo.com

São Paulo. O Brasil como Pólo Internacional de Investimentos e Negócios. tsando@visitesaopaulo.com São Paulo O Brasil como Pólo Internacional de Investimentos e Negócios São Paulo Convention & Visitors Bureau Fundação 25 de Janeiro Entidade estadual, mantida pela iniciativa privada. Captação e apoio

Leia mais

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento sto de 2007 Apresentado por Fernando Chacon Diretor de keting de Cartões do Banco Itaú 1 O Cartão de Crédito na Economia 2 Cartões de Crédito x

Leia mais

Síntese do planejamento e os impactos para o país com a Copa do Mundo 2014

Síntese do planejamento e os impactos para o país com a Copa do Mundo 2014 Code-P0 Síntese do planejamento e os impactos para o país com a Copa do Mundo 2014 Encontro Nacional - Abracen Eventos Esportivos e os Impactos para o país São Paulo, 7 de março de 2012 Code-P1 O Brasil

Leia mais

UM POUCO SOBRE A COPA DO MUNDO NO BRASIL

UM POUCO SOBRE A COPA DO MUNDO NO BRASIL UM POUCO SOBRE A COPA DO MUNDO NO BRASIL Julho/2013 Em 2014, o Brasil sediará a Copa do Mundo e em 2016 as Olimpíadas. Os brasileiros efetivamente são apaixonados por futebol e quando foi divulgado que

Leia mais

White Paper - Impacto Econômico da Copa de 2014 no Brasil 1

White Paper - Impacto Econômico da Copa de 2014 no Brasil 1 White Paper - Impacto Econômico da Copa de 2014 no Brasil 1 A Casual Auditores Independentes, empresa de auditoria especializada em entidades desportivas estuda as informações financeiras dos clubes de

Leia mais

Introdução. A Internet de Todas as Coisas está pronta para gerar pelo menos US$ 613 bilhões em lucros empresariais mundiais no. ano de 2013.

Introdução. A Internet de Todas as Coisas está pronta para gerar pelo menos US$ 613 bilhões em lucros empresariais mundiais no. ano de 2013. Internet de Todas as Coisas (IoE). 10 principais descobertas da Pesquisa Índice de valor da IoE da Cisco com 7.500 responsáveis pela tomada de decisão em 12 países Joseph Bradley Jeff Loucks Andy Noronha

Leia mais

IMPACTO DOS MEGA EVENTOS NA INDuSTrIA hoteleira brasileira JUNHO 2013

IMPACTO DOS MEGA EVENTOS NA INDuSTrIA hoteleira brasileira JUNHO 2013 IMPACTO DOS MEGA EVENTOS NA Industria hoteleira brasileira JUNHO 2013 ENTIDADE ABIH NACIONAL Fundada em 09/11/1936 3.500 associados 35 escritórios 26 capitais + DF 08 regionais ENTIDADE 25.500 meios de

Leia mais

ASSOCIAÇÃO CULTURAL E EDUCACIONAL DE GARÇA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS CURSO DE BACHARELADO EM TURISMO RA: 31.951

ASSOCIAÇÃO CULTURAL E EDUCACIONAL DE GARÇA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS CURSO DE BACHARELADO EM TURISMO RA: 31.951 ASSOCIAÇÃO CULTURAL E EDUCACIONAL DE GARÇA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS CURSO DE BACHARELADO EM TURISMO RA: 31.951 A ATIVIDADE TURÍSTICA E O SEGMENTO DE EVENTOS. PERSPECTIVAS DE CRESCIMENTO GRAÇAS À COPA

Leia mais

GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA NA ECONOMIA NACIONAL. Mapa de oportunidades para Agências de Viagens

GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA NA ECONOMIA NACIONAL. Mapa de oportunidades para Agências de Viagens GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA NA ECONOMIA NACIONAL Mapa de oportunidades para Agências de Viagens O que é ABAV? Entidade empresarial, sem fins lucrativos, que representa as Agências de Viagens espalhadas

Leia mais

Análise de Mercados Potenciais APRO Filmes Publicitários 2010/2011

Análise de Mercados Potenciais APRO Filmes Publicitários 2010/2011 Análise de Mercados Potenciais APRO Filmes Publicitários 2010/2011 Elaborado pela: Unidade de Inteligência Comercial - ic@apexbrasil.com.br Apex-Brasil Tel: +55 61 3426.0202 Fax: +55 61 3426.0263 www.apexbrasil.com.br

Leia mais

B2W DIGITAL Divulgação de Resultados 4T12/2012

B2W DIGITAL Divulgação de Resultados 4T12/2012 Estar Mais Próximo do Cliente B2W DIGITAL Divulgação de Resultados 4T12/2012 Considerações Gerais Considerações referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros,

Leia mais

ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos!

ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos! ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos! Documento final aprovado por adolescentes dos Estados do Amazonas, da Bahia, do Ceará, do Mato Grosso,

Leia mais

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey Executivos em todos os níveis consideram que a sustentabilidade tem um papel comercial importante. Porém, quando se trata

Leia mais

Colégio São Paulo Geografia Prof. Eder Rubens - 2013

Colégio São Paulo Geografia Prof. Eder Rubens - 2013 Colégio São Paulo Geografia Prof. Eder Rubens - 2013 CAP. 02 A Dinâmica dos espaços da Globalização. (9º ano) *Estudaremos a difusão do modo capitalista de produção, ou seja, do modo de produzir bens e

Leia mais

Turismo de (bons) negócios. 26 KPMG Business Magazine

Turismo de (bons) negócios. 26 KPMG Business Magazine Turismo de (bons) negócios 26 KPMG Business Magazine Segmento ganha impulso com eventos internacionais e aumento da demanda interna Eventos mobilizaram mais de R$ 20,6 bilhões em 2011 A contagem regressiva

Leia mais

Seminário GVcev Franquias: Modelo de Negócio para o Varejo. Sérgio Barbi - ABF

Seminário GVcev Franquias: Modelo de Negócio para o Varejo. Sérgio Barbi - ABF Seminário GVcev Franquias: Modelo de Negócio para o Varejo Sérgio Barbi - ABF Histórico do Franchising no Brasil 1960 Yázigi abre a primeira franquia no Brasil; Na década seguinte, o McDonald s abre o

Leia mais

Indústria do Esporte. Análise de Faturamento FIFA Copa do Mundo

Indústria do Esporte. Análise de Faturamento FIFA Copa do Mundo Indústria do Esporte Análise de Faturamento FIFA Copa do Mundo Fevereiro 2013 Com a proximidade da Copa do Mundo no Brasil, a BDO RCS fez um levantamento sobre a evolução da receita da FIFA desde a sua

Leia mais

Os megaeventos são caracterizados pela grandiosidade em termos de público, fluxo

Os megaeventos são caracterizados pela grandiosidade em termos de público, fluxo AS CONQUISTAS DO BRASIL COM O MEGA EVENTO - COPA DO MUNDO DE FUTEBOL 2014 CONCEITO Os megaeventos são caracterizados pela grandiosidade em termos de público, fluxo turístico, cobertura pela mídia, construção

Leia mais

Investimentos no Brasil: Hotéis & Resorts -2011

Investimentos no Brasil: Hotéis & Resorts -2011 Investimentos no Brasil: Hotéis & Resorts -2011 INVESTIMENTOS NO BRASIL: HOTÉIS & RESORTS - 2011 Este relatório foi realizado pela BSH Travel Research, divisão estatística da BSH International e apresenta

Leia mais

Divulgação de Resultados do 4T10

Divulgação de Resultados do 4T10 Divulgação de Resultados do 4T10 23 de fevereiro de 2011 Aviso Importante Esse material pode conter previsões de eventos futuros.tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia,

Leia mais

Estimados colegas representantes dos países membros do Fórum das Federações, Embaixadores e delegados

Estimados colegas representantes dos países membros do Fórum das Federações, Embaixadores e delegados PRESIDENCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS SUBCHEFIA DE ASSUNTOS FEDERATIVOS Assunto: DISCURSO DO EXMO. SUBCHEFE DE ASSUNTOS FEDERATIVOS DA SECRETARIA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS DA

Leia mais

Introdução. Núcleo de Pesquisas

Introdução. Núcleo de Pesquisas Introdução O verão é um período onde Santa Catarina demonstra todo a sua vocação para a atividade turística. Endereço de belas praias, o estado se consolidou como um dos principais destinos de turistas,

Leia mais

COMUNICADO DE IMPRENSA

COMUNICADO DE IMPRENSA Grupo PTV em expansão internacional - também na América do Sul PTV inaugura sua própria filial no Brasil Karlsruhe/São Paulo, 15/10/2015. Os especialistas em transportes do Grupo PTV estão expandindo ainda

Leia mais

O que o Brasil já ganhou com a Copa. Secretaria-Geral da Presidência da República

O que o Brasil já ganhou com a Copa. Secretaria-Geral da Presidência da República O que o Brasil já ganhou com a Copa COPA DO MUNDO NO BRASIL um momento histórico e de oportunidades A Copa do Mundo é um momento histórico para o Brasil, que vai sediar, em conjunto com as Olimpíadas em

Leia mais

Oportunidade: efeitos socioeconômicos 2006-2014. Preparativos: sorteio final e venda de ingressos

Oportunidade: efeitos socioeconômicos 2006-2014. Preparativos: sorteio final e venda de ingressos Introdução: função do COL Oportunidade: efeitos socioeconômicos 2006-2014 Preparativos: sorteio final e venda de ingressos O legado já começou Conclusão Introdução: função do COL Oportunidade: efeitos

Leia mais

Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014. O que o Brasil já ganhou com a Copa

Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014. O que o Brasil já ganhou com a Copa Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014 O que o Brasil já ganhou com a Copa 2 O que o Brasil já ganhou com a Copa Investimentos A Copa do Mundo é um grande investimento para todos brasileiros Os únicos

Leia mais

PANORAMA DO MERCADO Asiático

PANORAMA DO MERCADO Asiático Boletim PANORAMA DO MERCADO Asiático Edição nº 1 Julho/2015 Coordenação Geral de Mercados Americanos/Asiático - CGMA Diretoria de Mercados Internacionais - DMINT Apresentação A série Boletim Panorama dos

Leia mais

Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016

Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016 COMUNICADO No: 58 Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016 10 de dezembro de 2015 (Genebra) - A International Air Transport Association (IATA) anunciou

Leia mais

CURSOS DE IDIOMA NA EUROPA

CURSOS DE IDIOMA NA EUROPA CURSOS DE IDIOMA NA EUROPA Sediada em Dublin e com unidade de apoio no Brasil, a agência EUROPA INTERCAMBIO oferece os melhores cursos para quem quer aprender Inglês com eficiência e qualidade. Empregadores

Leia mais

Legado da Copa do Mundo e das Olimpiadas - Rio AMCHAM - Rio. Rio de Janeiro setembro 2013

Legado da Copa do Mundo e das Olimpiadas - Rio AMCHAM - Rio. Rio de Janeiro setembro 2013 Legado da Copa do Mundo e das Olimpiadas - Rio AMCHAM - Rio Rio de Janeiro setembro 2013 Sistema Brasileiro de CVBx Confederação Brasileira Federação de CVBx do RJ CVBx do RJ Federados a FCVB-RJ Convention

Leia mais

Futebol alemão X Futebol brasileiro

Futebol alemão X Futebol brasileiro Futebol alemão X Futebol brasileiro Um fez sua revolução. Outro nem começou! Novembro de 2015 A revolução na Alemanha Eliminação precoce na Eurocopa de 2000 impulsionou as mudanças. Plano de longo prazo

Leia mais

PESQUISA DO IMPACTO ECONÔMICO DOS EVENTOS INTERNACIONAIS REALIZADOS NO BRASIL - 2007/2008. Consolidado 6 Eventos - Rio de Janeiro

PESQUISA DO IMPACTO ECONÔMICO DOS EVENTOS INTERNACIONAIS REALIZADOS NO BRASIL - 2007/2008. Consolidado 6 Eventos - Rio de Janeiro PESQUISA DO IMPACTO ECONÔMICO DOS EVENTOS INTERNACIONAIS REALIZADOS NO BRASIL - 2007/2008 JUNHO 2008 Informações do Evento Consolidado 6 Eventos - Rio de Janeiro EVENTO CIDADE PERÍODO Nº DE PARTICIPANTES

Leia mais

A JBS. A JBS tem seu capital listado na BM&FBovespa desde 2007. Perfil

A JBS. A JBS tem seu capital listado na BM&FBovespa desde 2007. Perfil Perfil GRI G4-3 G4-5 G4-7 S.A. é uma empresa de alimentos com 61 anos de tradição e líder global no processamento de proteína animal. Operando em mais de 20 países, a companhia atende uma base de mais

Leia mais

André Criação e Atendimento. Edson E-commerce e Atendimento. Juciellen Web Design e Programação. Talita Planejamento e Projeto

André Criação e Atendimento. Edson E-commerce e Atendimento. Juciellen Web Design e Programação. Talita Planejamento e Projeto Integrantes André Criação e Atendimento Edson E-commerce e Atendimento Juciellen Web Design e Programação Talita Planejamento e Projeto Vanessa Criação e Conteúdo Briefing Histórico da Empresa - Características

Leia mais

AINDA DÁ PARA SALVAR O ANO? E O QUE ESPERAR DE 2015?

AINDA DÁ PARA SALVAR O ANO? E O QUE ESPERAR DE 2015? AINDA DÁ PARA SALVAR O ANO? E O QUE ESPERAR DE 2015? Luís Artur Nogueira Jornalista e economista Editor de Economia da IstoÉ DINHEIRO Comentarista econômico da Rádio Bandeirantes Atibaia 17/05/2014 Qual

Leia mais

cargas tributárias para empresas no mundou

cargas tributárias para empresas no mundou Cliente: UHY Moreira Data: 04/10/2011 Veículo: Site Sped Contábil - Porto Alegre Seção/ Pág. : Impostos e Tributos HUhttp://spedcontabilspedfiscal.com.br/impostos-tributacao-arrecadacao/carga-tributaria-brasil-temuma-das-maiores-cargas-tributarias-para-empresas-no-mundo/U

Leia mais

Cartilha de Câmbio. Envio e recebimento de pequenos valores

Cartilha de Câmbio. Envio e recebimento de pequenos valores 2009 Cartilha de Câmbio Envio e recebimento de pequenos valores Apresentação O Banco Central do Brasil criou esta cartilha para orientar e esclarecer você, que precisa negociar moeda estrangeira, sobre

Leia mais

Fan Fest da FIFA. Perguntas frequentes

Fan Fest da FIFA. Perguntas frequentes Fan Fest da FIFA Perguntas frequentes Fan Fest da Copa do Mundo da FIFA África do Sul 2010 Perguntas frequentes 1. Como membros da imprensa, podemos ter acesso e fazer transmissões da Fan Fest da FIFA?

Leia mais

Como a Copa do Mundo vai movimentar o turismo brasileiro

Como a Copa do Mundo vai movimentar o turismo brasileiro Como a Copa do Mundo vai movimentar o turismo brasileiro 2 dias para a copa O estudo Principais mercados emissores Chegadas internacionais nas cidades sede Pernoites no Brasil durante o último jogo O estudo

Leia mais

A Band traz para seus telespectadores e seus parceiros o melhor futebol do mundo em 2013.

A Band traz para seus telespectadores e seus parceiros o melhor futebol do mundo em 2013. COPA DAS CONFEDERAÇÕES 2013 APRESENTAÇÃO A Band traz para seus telespectadores e seus parceiros o melhor futebol do mundo em 2013. Além da transmissão dos principais campeonatos de clubes do Brasil e da

Leia mais

O Mercado Esportivo e a Importância do Administrador: Cenário e Perspectivas

O Mercado Esportivo e a Importância do Administrador: Cenário e Perspectivas O Mercado Esportivo e a Importância do Administrador: Cenário e Perspectivas Marcelo Claro 4 de outubro de 2012 Esporte é paixão e emoção Um pouco do mercado esportivo no mundo Quase 900 milhões de pessoas

Leia mais

COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL. Oportunidades e Desafios

COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL. Oportunidades e Desafios COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL Oportunidades e Desafios COPA DO MUNDO - OPORTUNIDADES Um evento esportivo do porte de uma Copa do Mundo é como uma grande vitrine do país no exterior e corresponde a um

Leia mais

Estudo da Demanda Turística Internacional

Estudo da Demanda Turística Internacional Estudo da Demanda Turística Internacional Brasil 2012 Resultados do Turismo Receptivo Pontos de Coleta de Dados Locais de entrevistas - 25 Entrevistados - 31.039 15 aeroportos internacionais, que representam

Leia mais

Capítulo 03 Mercados regionais

Capítulo 03 Mercados regionais Capítulo 03 Mercados regionais As organizações decidem atuar no mercado global quando sabem que o crescimento externo será maior do que o interno. Nesse sentido, a China é um dos mercados para onde as

Leia mais

Nosso Planeta Mobile: Brasil

Nosso Planeta Mobile: Brasil Nosso Planeta Mobile: Brasil Como entender o usuário de celular Maio de 2012 1 Resumo executivo Os smartphones se tornaram indispensáveis para nosso cotidiano. A difusão dos smartphones atinge 14% da população,

Leia mais

Projeto APAS Affinity Auto

Projeto APAS Affinity Auto Projeto APAS Affinity Auto Índice Objetivo Parceiros Produto Estrutura de Atendimento Preços Por Amostragem Objetivo Desenvolver produtos de seguros e benefícios para funcionários, dirigentes e sócios

Leia mais

200 4 Anuário Estatístico

200 4 Anuário Estatístico 2004 Anuário Estatístico REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA Presidente MINISTÉRIO DO TURISMO WALFRIDO SILVINO DOS MARES GUIA Ministro INSTITUTO BRASILEIRO DE TURISMO EMBRATUR EDUARDO

Leia mais

Entrevistas pessoais com as 80 maiores empresas de turismo no Brasil;

Entrevistas pessoais com as 80 maiores empresas de turismo no Brasil; 10ª edição / 2014 Apresentação Entrevistas pessoais com as 80 maiores empresas de turismo no Brasil; Série histórica iniciada em 2004 Pesquisa complementar ao BDET (Boletim de Desempenho Econômico do Turismo),

Leia mais

Ensino Fundamental II

Ensino Fundamental II Ensino Fundamental II Valor do trabalho: 2.0 Nota: Data: /dezembro/2014 Professora: Angela Disciplina: Geografia Nome: n o : Ano: 8º Trabalho de Recuperação Final de Geografia ORIENTAÇÕES: Leia atentamente

Leia mais

Exportação de Serviços

Exportação de Serviços Exportação de Serviços 1. Ementa O objetivo deste trabalho é dar uma maior visibilidade do setor a partir da apresentação de algumas informações sobre o comércio exterior de serviços brasileiro. 2. Introdução

Leia mais

Apresentação dos Resultados 2T06

Apresentação dos Resultados 2T06 Apresentação dos Resultados 2T06 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

PERSPECTIVAS E DESAFIOS PARA O TURISMO

PERSPECTIVAS E DESAFIOS PARA O TURISMO SEMINÁRIO INTERNACIONAL PERSPECTIVAS E DESAFIOS PARA O TURISMO COPA DO MUNDO FIFA 2014 Enric Truñó Promoção Turística ñó Rio de Janeiro, 25 de abril 2008 COPA DO MUNDO 2014 PERSPECTIVAS E DESAFIOS PARA

Leia mais

As lições de Vancouver

As lições de Vancouver As lições de Vancouver O sucesso das Olimpíadas de Inverno realizadas na cidade canadense ensina diversas lições sobre como organizar eventos desse porte Com a proximidade das duas grandes competições

Leia mais

UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO

UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO SAIR DO LUGAR-COMUM PÃO DE AÇÚCAR UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO Só em São Paulo, a associação que reúne os supermercados tem mais de 50 empresas cadastradas. As lojas se espalham com um volume impressionante.

Leia mais

Conferência Alemanha Europeia / Europa Alemã. 26 de novembro de 2014

Conferência Alemanha Europeia / Europa Alemã. 26 de novembro de 2014 Conferência Alemanha Europeia / Europa Alemã 26 de novembro de 2014 1. Empresas Alemãs em Portugal 2. Investimento Direto Alemão em Portugal 3. Exportação / Importação 1. Empresas Alemãs em Portugal Perspetiva

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE A COPA FIFA 2014

INFORMAÇÕES SOBRE A COPA FIFA 2014 INFORMAÇÕES SOBRE A COPA FIFA 2014 Por Milton Karam 06.outubro.2010 COPA FIFA 2014 CRONOLOGIA 2003 03 de junho - a Confederação Sul-Americana de Futebol CONMEBOL anuncia Argentina, Brasil e Colômbia 2006

Leia mais

O Paraná no mercado de turismo

O Paraná no mercado de turismo O TURISMO NO PARANÁ O Paraná no mercado de turismo Os principais pontos positivos são: 1.Cataratas de Foz de Iguaçu patrimônio natural da Humanidade (UNESCO), 3º destino mais visitado por turistas, além

Leia mais

COPA. Copa de 2014, Desafios e Oportunidades JOÃO ALBERTO VIOL. Vice-Presidente Nacional ABECE - ABCIC. 29 de Outubro 2009

COPA. Copa de 2014, Desafios e Oportunidades JOÃO ALBERTO VIOL. Vice-Presidente Nacional ABECE - ABCIC. 29 de Outubro 2009 COPA Copa de 2014, Desafios e Oportunidades JOÃO ALBERTO VIOL Vice-Presidente Nacional ABECE - ABCIC 29 de Outubro 2009 1 SINAENCO Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva

Leia mais

Entre esses eventos, destacam-se, recentemente:

Entre esses eventos, destacam-se, recentemente: Resumo Com a criação do Ministério do Turismo em 2003, o Brasil passa a ter, pela primeira vez em sua história, um ministério voltado exclusivamente para a atividade turística. A partir de então a Embratur

Leia mais

Guia Rápido de Viagem

Guia Rápido de Viagem Guia Rápido de Viagem Habilitação para uso no exterior Para aumentar sua segurança, seu cartão tem um bloqueio para uso no exterior. Antes de iniciar sua viagem para destinos internacionais, habilite-o

Leia mais

O Mercado de Energias Renováveis e o Aumento da Geração de Energia Eólica no Brasil. Mario Lima Maio 2015

O Mercado de Energias Renováveis e o Aumento da Geração de Energia Eólica no Brasil. Mario Lima Maio 2015 O Mercado de Energias Renováveis e o Aumento da Geração de Energia Eólica no Brasil Mario Lima Maio 2015 1 A Matriz Energética no Brasil A base da matriz energética brasileira foi formada por recursos

Leia mais

B2W Companhia Digital Divulgação de Resultados 1T13

B2W Companhia Digital Divulgação de Resultados 1T13 Estar Mais Próximo do Cliente B2W Companhia Digital Divulgação de Resultados 1T13 Considerações Gerais Considerações referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros,

Leia mais

Marketing Esportivo. os desafios e as oportunidades. Claudinei P. Santos. Delft Consultores - ABRAESPORTE - INNE

Marketing Esportivo. os desafios e as oportunidades. Claudinei P. Santos. Delft Consultores - ABRAESPORTE - INNE Marketing Esportivo os desafios e as oportunidades Delft Consultores - ABRAESPORTE - INNE Algumas provocações... Incentivo ao esporte Integração social pelo esporte Patrocínio Copa 2014 Olimpíadas 2016

Leia mais

PERSPECTIVAS DE VENDAS DE FLORES PARA O DIA DOS NAMORADOS DE 2015

PERSPECTIVAS DE VENDAS DE FLORES PARA O DIA DOS NAMORADOS DE 2015 PERSPECTIVAS DE VENDAS DE FLORES PARA O DIA DOS NAMORADOS DE 2015 SINDIFLORES Sindicato do Comércio Varejista de Flores e Plantas Ornamentais do Estado de São Paulo Hórtica Consultoria- Inteligência de

Leia mais

Informações Gerais sobre Vistos Passo a Passo

Informações Gerais sobre Vistos Passo a Passo Informações Gerais sobre Vistos Passo a Passo Se você planeja viajar aos Estados Unidos e precisa solicitar o visto pela primeira vez ou quer renovar um visto que ainda esteja válido ou que tenha expirado

Leia mais

O MAIOR E MAIS INFLUENTE PROJETO GASTRONÔMICO DO PAÍS.

O MAIOR E MAIS INFLUENTE PROJETO GASTRONÔMICO DO PAÍS. O MAIOR E MAIS INFLUENTE PROJETO GASTRONÔMICO DO PAÍS. VEJA Comer & Beber Um projeto que já nasceu com a força do nome VEJA VEJA é uma marca reconhecida no Brasil inteiro por sua excelência, credibilidade,

Leia mais

Ingressos de Turistas Internacionais no RS por via de acesso

Ingressos de Turistas Internacionais no RS por via de acesso Anuário Estatístico de Turismo 2015 ano base 2014* *Publicado em 08/07/2015, pelo Ministério do Turismo. A publicação apresenta uma compilação de informações anuais relativas ao comportamento de diversos

Leia mais

Como criar um clube de vantagens para seus clientes

Como criar um clube de vantagens para seus clientes Como criar um clube de vantagens para seus clientes Introdução Adquirir clientes no mundo competitivo atual é cada vez mais difícil e caro. Por este motivo, torna-se muito importante ações que fidelize

Leia mais

Indústria do Esporte. Futebol, a maior paixão dos brasileiros Potencial mercadológico atual

Indústria do Esporte. Futebol, a maior paixão dos brasileiros Potencial mercadológico atual Indústria do Esporte Futebol, a maior paixão dos brasileiros Potencial mercadológico atual Abril 2011 Futebol, a maior paixão dos brasileiros Potencial mercadológico atual A BDO RCS, por meio de sua área

Leia mais

ÍNDICE CIELO APONTA CRESCIMENTO TÍMIDO DE 0,5% DO VAREJO EM JUNHO

ÍNDICE CIELO APONTA CRESCIMENTO TÍMIDO DE 0,5% DO VAREJO EM JUNHO ÍNDICE CIELO APONTA CRESCIMENTO TÍMIDO DE 0,5% DO VAREJO EM JUNHO Número refere-se ao aumento da receita de vendas deflacionada pelo IPCA em relação a junho de 2013; com os ajustes dos efeitos de calendário,

Leia mais

São Francisco do Sul. Masculino 66% 56% 50% 51% 55% Feminino 34% 44% 50% 49% 45%

São Francisco do Sul. Masculino 66% 56% 50% 51% 55% Feminino 34% 44% 50% 49% 45% 1 2 A FECOMÉRCIO SC, com o intuito de mapear o perfil do turista e do empresário do turismo de carnaval em Santa Catarina, realizou uma pesquisa com esses públicos nas quatro cidades de maior movimento

Leia mais

PAÍSES PRESENTES. República Tcheca. Coreia do Sul. Alemanha. Inglaterra. Angola. Equador. Suiça. Israel. Argentina. Espanha. Itália. Taiwan.

PAÍSES PRESENTES. República Tcheca. Coreia do Sul. Alemanha. Inglaterra. Angola. Equador. Suiça. Israel. Argentina. Espanha. Itália. Taiwan. 1 O EVENTO 3 4 PAÍSES PRESENTES Alemanha Coreia do Sul Inglaterra República Tcheca Angola Equador Israel Suiça Argentina Espanha Itália Taiwan Áustria EUA Japão Turquia Brasil Finlândia México Uruguai

Leia mais

Panorama Mundial (2013)

Panorama Mundial (2013) Panorama Mundial (2013) Produção mundial alcançou US$ 444 bilhões em 2013; Mesmo com os efeitos da crise internacional, registra 85% de crescimento desde 2004, a uma taxa média de 7% ao ano; 54% da produção

Leia mais

FEMSA Gerencia mais de 80 mil Tickets Mensais de TI, Finanças e RH com CA Service Desk Manager

FEMSA Gerencia mais de 80 mil Tickets Mensais de TI, Finanças e RH com CA Service Desk Manager CUSTOMER SUCCESS STORY Julho 2013 FEMSA Gerencia mais de 80 mil Tickets Mensais de TI, Finanças e RH com CA Service Desk Manager PERFIL DO CLIENTE Indústria: Bebidas Companhia: FEMSA Funcionários: +177

Leia mais

PAINEL 9,6% dez/07. out/07. ago/07 1.340 1.320 1.300 1.280 1.260 1.240 1.220 1.200. nov/06. fev/07. ago/06

PAINEL 9,6% dez/07. out/07. ago/07 1.340 1.320 1.300 1.280 1.260 1.240 1.220 1.200. nov/06. fev/07. ago/06 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior ASSESSORIA ECONÔMICA PAINEL PRINCIPAIS INDICADORES DA ECONOMIA BRASILEIRA Número 35 15 a 30 de setembro de 2009 EMPREGO De acordo com a Pesquisa

Leia mais

Como criar um clube de vantagens em sua empresa

Como criar um clube de vantagens em sua empresa Como criar um clube de vantagens em sua empresa Uma publicação Introdução Atrair e reter bons funcionários no mundo competitivo atual é cada vez mais difícil e caro. Por este motivo, torna-se muito importante

Leia mais

Cidades: O Que Fazer? Competitividade e Desenvolvimento Sustentável no Brasil Senado Federal Subcomissão Permanente de Acompanhamento da Rio+20 e do

Cidades: O Que Fazer? Competitividade e Desenvolvimento Sustentável no Brasil Senado Federal Subcomissão Permanente de Acompanhamento da Rio+20 e do Cidades: O Que Fazer? Competitividade e Desenvolvimento Sustentável no Brasil Senado Federal Subcomissão Permanente de Acompanhamento da Rio+20 e do regime internacional sobre mudanças climáticas Brasília,

Leia mais

Cliente: Sindicerv Veículo: www.adnews.com.br Data: 22-02-2010 Imagem Corporativa Grupo TV1 conquista conta digital da Ambev O Grupo TV1 ganhou a disputa na concorrência pela presença digital da marca

Leia mais

Onde os estudantes querem viajar?*

Onde os estudantes querem viajar?* RELATÓRIO DE MÍDIA ESTATÍSTICAS Ao final de cada feira, durante o circuito de seis cidades do Salão do Estudante, a BMI entrega a todos os expositores uma avaliação, onde são colhidas informações e opniões

Leia mais

O Setor em Grandes Números. Situação Atual e Perspectivas do Mercado Interno e Externo

O Setor em Grandes Números. Situação Atual e Perspectivas do Mercado Interno e Externo O Setor em Grandes Números Situação Atual e Perspectivas do Mercado Interno e Externo I - CADEIA PRODUTIVA NÚMERO ESTIMADO DE EMPRESAS EM 2012 Lapidação / Obras de pedras 350 INDÚSTRIA Joalheria ouro e

Leia mais

Por dentro do mercado de médio porte: Uma perspectiva para 2011

Por dentro do mercado de médio porte: Uma perspectiva para 2011 Janeiro 2011 Exclusivamente para empresas de médio porte Por dentro do mercado de médio porte: Uma perspectiva para 2011 Relatório para o Brasil Panorama global: Pesquisa com 2.112 líderes do mercado de

Leia mais

Proposta de T emplate GT Cultura, Turismo e Imagem do Reunião do GEOlimpíadas Brasil

Proposta de T emplate GT Cultura, Turismo e Imagem do Reunião do GEOlimpíadas Brasil GT Cultura, Proposta Turismo de Template e Imagem do Reunião do Brasil GEOlimpíadas Objetivo/Missão Integrantes MinC, MTur, ME, Embratur, MRE, APEX, APO Objetivo Geral Coordenar, planejar e executar ações,

Leia mais

Abril - 2015. Divulgado em 14 de maio de 2015.

Abril - 2015. Divulgado em 14 de maio de 2015. Abril - 2015 Divulgado em 14 de maio de 2015. VAREJO AMPLIADO CRESCE 1,1% EM ABRIL, APONTA ICVA Indicador considera a receita de vendas deflacionada pelo IPCA em comparação com abril de 2014; no índice

Leia mais

Prospecto para Patrocínadores

Prospecto para Patrocínadores Esporte Clube São Bento Prospecto para Patrocínadores Apresentação A Ogli Consultoria e Gestão de Negócios, terá a responsabilidade de gerir todo o projeto desde a captação de recursos, formação de elenco

Leia mais

Apaixonado. Pessoal. Serviço.

Apaixonado. Pessoal. Serviço. Apaixonado. Pessoal. Serviço. sobre nós Privileged (Privilegiado) é um serviço de gestão global padrão luxo que oferece uma linha de serviços padronizados, 24 horas por dia, 365 dias por ano, ou seja,

Leia mais

Legado dos Megaeventos Esportivos para o Turismo Brasileiro

Legado dos Megaeventos Esportivos para o Turismo Brasileiro Legado dos Megaeventos Esportivos para o Turismo Brasileiro Ana Isabel Mesquita de Oliveira Secretária Nacional de Políticas de Turismo Brasília, 17 de Agosto de 2011 Números País/evento Número ingresso

Leia mais

DIA DOS PAIS 2015 SERÁ DE COMPRAS À VISTA E PRESENTES COM VALOR MÉDIO DE R$ 100

DIA DOS PAIS 2015 SERÁ DE COMPRAS À VISTA E PRESENTES COM VALOR MÉDIO DE R$ 100 VEÍCULO: TRIBUNA DO NORTE DATA: 24.07.15 EDITORIA: ECONOMIA VEÍCULO: BLOG COMUNICAR DATA: 22.07.15 EDITORIA: ECONOMIA DIA DOS PAIS 2015 SERÁ DE COMPRAS À VISTA E PRESENTES COM VALOR MÉDIO DE R$ 100 22

Leia mais

Como o TMC agrega valor ao Cliente Corporativo?

Como o TMC agrega valor ao Cliente Corporativo? Como o TMC agrega valor ao Cliente Corporativo? Palestrante Lúcio Oliveira Consultor de Gestão Estratégica, Vendas e Planejamento Estratégico, Instrutor, Palestrante e Advisor de Empresas do Turismo, é

Leia mais

Publicaqui na Copa. #publicaquinacopa. Nossa Proposta

Publicaqui na Copa. #publicaquinacopa. Nossa Proposta Publicaqui na Copa #publicaquinacopa Nossa Proposta Criar virais sobre tudo que envolve a Copa do Mundo 2014. Queremos estar presentes nesta atmosfera, divulgando e espalhando pelo mundo a energia da nossa

Leia mais

Imagem Corporativa Marta Telles marta.telles@imagemcorporativa.com.br Tel: (11) 3526-4508. Márcia Avruch marcia.avruch@br.pwc.com Tel.

Imagem Corporativa Marta Telles marta.telles@imagemcorporativa.com.br Tel: (11) 3526-4508. Márcia Avruch marcia.avruch@br.pwc.com Tel. Press Release Date 1º de outubro de 2013 Contato Imagem Corporativa Marta Telles marta.telles@imagemcorporativa.com.br Tel: (11) 3526-4508 Márcia Avruch marcia.avruch@br.pwc.com Tel. (11) 3674-3760 Pages

Leia mais

Com inovação tecnológica, design, desenvolvimento sustentável e talento, o Brasil está mostrando para o mundo um país único e surpreendente.

Com inovação tecnológica, design, desenvolvimento sustentável e talento, o Brasil está mostrando para o mundo um país único e surpreendente. Com inovação tecnológica, design, desenvolvimento sustentável e talento, o Brasil está mostrando para o mundo um país único e surpreendente. Novos desafios, grandes oportunidades Apesar da crise econômica:

Leia mais

RELATÓRIO DE PESQUISA COPA DAS CONFEDERAÇÕES CONSUMIDOR

RELATÓRIO DE PESQUISA COPA DAS CONFEDERAÇÕES CONSUMIDOR RELATÓRIO DE PESQUISA COPA DAS CONFEDERAÇÕES CONSUMIDOR Julho 2013 COPA DAS CONFEDERAÇÕES - CONSUMIDOR Pesquisa realizada pela CNDL e SPC Brasil. Foram realizadas 620 entrevistas, com um erro máximo de

Leia mais

SÃO PAULO TURISMO - OBSERVATÓRIO DE TENDÊNCIAS NÚMEROS DA CIDADE DE SÃO PAULO

SÃO PAULO TURISMO - OBSERVATÓRIO DE TENDÊNCIAS NÚMEROS DA CIDADE DE SÃO PAULO TURISMO - INDICADORES GERAIS Demanda Total de Turistas (estimativa) Principais Procedências - Internacionais 13,22 milhões; 84% Brasileiros, 16% Estrangeiros EUA, Argentina, Alemanha, Chile, Espanha 2013

Leia mais

QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA!

QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA! QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA! NOSSA VISÃO Um mundo mais justo, onde todas as crianças e todos os adolescentes brincam, praticam esportes e se divertem de forma segura e inclusiva. NOSSO

Leia mais

Anuário Estatístico de Turismo - 2013

Anuário Estatístico de Turismo - 2013 Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Anuário Estatístico de Turismo - 2013 Volume 40 Ano base 2012 Guia de leitura Guia de leitura O Guia de Leitura tem o propósito de orientar

Leia mais