Entrada de Notas. Manual desenvolvido para Célula Materiais Equipe Avanço Informática

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Entrada de Notas. Manual desenvolvido para Célula Materiais Equipe Avanço Informática"

Transcrição

1 Entrada de Notas Manual desenvolvido para Célula Materiais Equipe Avanço Informática

2 1 Índice Parametrização... 2 Criando os Diretórios... 2 Parametrização que influenciam a Entrada da Nota Fiscal... 3 Parâmetros Cadastro Fornecedor... 5 Parâmetro de Exclusão de Notas no Financeiro... 8 Define Cálculo... 9 Impostos que influenciam no Custo/ PMZ/ Sugestão de Venda Impostos que abatem o Preço de Custo/ PMZ/ Sugestão de Venda Outros Parâmetros Alterações de CFOP Entrada de Nota pelo XML Informações não cadastradas no Sistema Notas Pendentes Exclusão de Nota Desvinculando o Produto Exemplo Cálculo ST ( Substituição Tributária)

3 2 1- Parâmetros de Entrada 1.1- Criando os Diretórios O primeiro passo para utilização da Nova Entrada é a criação dos diretórios para alocação dos arquivos XML s. Deverão ser criados os seguintes diretórios: u/rede/xml/xml u/rede/xml/bck-xml; u/rede/xml/xml-txt u/rede/xml/xml-pdf u/sist/arque u/sist/arqx Ao término do download do arquivo nova-entr.rar no site da Avanço, o mesmo deverá ser descompactado no diretório u/sist/exec. O arquivo xml-bats.rar deverá ser descompactado no diretório u/bats Para o funcionamento correto da Nova Entrada o Cliente Avanço deverá entrar em contato com o Setor de Tecnologia Avanço para que seja configurado o arquivo CON_XML no CRON da máquina. Na Nova Entrada de Notas, é imprescindível que o Fornecedor envie os arquivos XML das Notas, pois o Sistema precisa destes arquivos para que seja feita a importação. Lembre-se que os arquivos XML devem ser salvos na pasta XML em u/rede/xml/xml 2

4 3 2- Parâmetros que influenciam diretamente na Entrada da NF Nesta rotina mostraremos quais parâmetros influenciam diretamente os cálculos na Entrada da Nota. Para acessar essa rotina siga o seguinte caminho: Menu Principal F5 Administ. Materiais Movimentação Entradas Compras Dados referentes à tela acima: AtIcm%: Permite alterar a alíquota de ICM na entrada do Item. ForCGC: Permite a informar somente o CNPJ do Fornecedor na entrada, bloqueando a pesquisa pelo nome ou código interno do Fornecedor. AcT: Permite alterar a tributação do Item na entrada (Tributação A, B, E, F, G, I, N etc. ). DiasE: Este parâmetro no primeiro campo tem a finalidade de limitar os dias para lançar a NF no Sistema, se for inserido algum período o Sistema só permitirá a entrada do XML dentro do prazo informado. Ex: Se o XML foi importado dia 01/06/2014 o Usuário terá até o dia 03/06/14 para realizar a Entrada no Sistema. 3

5 4 DiasE: Este parâmetro no segundo campo tem a finalidade de limitar a conversão do XML para o Sistema a partir da Data de Emissão da NF. Caso a data de Emissão ultrapasse o período informado, o XML convertido não aparecerá no Sistema para Entrada da NF. XML Obrig: Se informado S neste campo o Usuário somente poderá entrar com a NF caso tenha o XML, caso contrário não será permitida a Entrada da Nota Fiscal. Mdif. St: Se informado S neste campo o Sistema mostrará a diferença do valor de ST (Substituição Tributária), importado pelo XML e o que é calculado pelo Sistema para conferência do cadastro do Item ou dos valores do XML. Cst60: Este parâmetro permite calcular valor de ST (Substituição Tributária), para a CST 060, informando a alíquota de Entrada e Saída de ICMS com o MVA no cadastro do Item. AltXml: Este parâmetro permite alterar o percentual do MVA que veio no XML na Entrada do Item. Trib0: Este parâmetro define se os itens tributados por algum motivo na Entrada terão que ser gravados com alíquota de ICM zerada, o valor será gravado na Administração Fiscal no campo S Isento ou N Outras. D.Item: Se informado S, ao lançar a NF o Usuário terá a opção de informar a despesa Item a Item. Ao passar pelo campo Tipo Desp aparecerá à opção I: Digitar DESPESA por ITEM, neste caso deve-se informar I. 0Red ST: Alguns Fornecedores tem regime especial e reduzem a base sem informar o percentual de redução, com isso o Usuário tem que calcular e informar manualmente os valores. Se este parâmetro estiver setado como S o Sistema importará do XML e calculará automaticamente o percentual de redução. Atu.NCM: Este parâmetro se estiver S, ao entrar com a NF o NCM que estiver no XML será atualizado no cadastro do Item. Val.B.St: Este parâmetro serve para validar a Base de ST ao finalizar a NF de Entrada Tfrac: Este parâmetro trabalha juntamente com o parâmetro do cadastro do Item (Fr Fracionado), caso o Tfrac esteja configurado com S, ao entrar com a NF o Sistema testará se o Item é ou não fracionado, caso o Item não seja fracionado o Sistema só permitirá valores inteiros. At.PV: Este parâmetro permite alterar o preço de venda do Item no ato da Entrada. 2Cfops: Este parâmetro permite entrar com NF que tenha o mesmo Item com dois CFOPs diferentes. Bonif: Se este parâmetro estiver com S, ao entrar com NF que tenha Item bonificado, o valor do Item será gravado como desconto no contas a pagar. C.I: Este parâmetro permite alterar o valor do ICMS do Item calculado na Entrada. 4

6 5 3- Parâmetros Cadastro Fornecedor No cadastro de Fornecedor existem outros parâmetros que influenciam no cálculo de preço dos itens na entrada de NF. Abaixo veremos quais são. Campo I (Identificação): Neste campo é onde informa a identificação do Fornecedor. Para o cálculo de IPI o Fornecedor deve ser Indústria. Este parâmetro vai ler a alíquota de PIS/COFINS, diretamente do cadastro de produto que é informada nos campos dos dados complementares, caso o produto tenha alíquota diferenciada. 5

7 6 Este parâmetro é para Fornecedores que geram ou não Crédito de PIS/COFINS. Este parâmetro é para o ajuste do MVA na entrada da NF, ele trabalha em conjunto com o parâmetro do cadastro de produto (Aj Este produto ajusta MVA quando comprado fora do Estado). Dica: Controlar sempre pelo cadastro de Fornecedor e cadastrar o produto sempre o parâmetro Aj como S, pois o produto pode ser comprado dentro e fora do Estado e ter ou não o ajuste. 6

8 7 Simples Nac: Este parâmetro define se o Fornecedor é do regime Simples Nacional. 7

9 Parâmetro de Exclusão de Notas no Financeiro A configuração do Parâmetro Dias para Vencim bloqueia a exclusão de Notas antes de seu Vencimento, isso faz com que não haja um descontrole de Baixas em Notas. No campo Dias para Vencim informe a quantidade de Dias antes do Vencimento para que Nota seja bloqueada para exclusão. Para acessar essa rotina siga o seguinte caminho: Menu Principal F5 Administração Financeira Contas a Pagar/ Receber Caso seja realmente necessária a Exclusão da Nota no período bloqueado pelo Parâmetro Dias para Vencim, basta entrar no caminho abaixo e informar o número da Nota a ser excluída, automaticamente os outros campos trarão as informações da nota e então é só confirmar. Esse procedimento só poderá ser executado pelo Usuário Master do Sistema. Administração Financeira Contas a Pagar Libera para exclusão 8

10 9 4- Define Cálculo Na parametrização do Cálculo de Preço existem várias informações que influenciam na formação do Cálculo, veremos isso abaixo: Menu Principal F5 Administração de Materiais Movimentação Entradas Define Cálculo 9

11 10 Na tela acima temos as informações que poderão ser configuradas. O Sistema trabalha com Linhas (Impostos) e Colunas de Custo, PMZ e S.Ven (Sugestão de venda). Para configurar os Impostos nas Colunas deve-se marcar S dentro dos parênteses, essa marcação deve ser feita na Coluna que deseja que o parâmetro incida. Caso o Usuário queira que o Imposto não seja calculado, basta informar N dentro do parêntese Impostos que influenciam no Custo/ PMZ/ Sugestão de Venda ICM Saída, Valor de ST, Despesas, Frete, IPI, PIS de Saída, Adm 00,00 (Despesa Administrativa, AcrescimoGer (Acréscimo Gerencial)). Adm 00,00 (Despesa administrativa), para este imposto ser calculado não basta apenas está marcado na coluna do Custo, PMZ ou S.Ven (Sugestão de venda), tem que ser informado um percentual para ser feito o cálculo da mesma. AcrescimoGer (Acréscimo gerencial) Se estes impostos estiverem marcados nas colunas Custo, PMZ ou S.Ven (Sugestão de venda), serão acrescentados os valores referentes a cada imposto no cálculo do preço. 10

12 Impostos que abatem o Preço de Custo/ PMZ/ Sugestão de Venda ICM Entrada Desconto DescontoGer Pis Entrada ICM Frete Se estes impostos estiverem marcados nas colunas Custo, PMZ ou S.Ven (Sugestão de venda), serão abatidos os valores referente a cada imposto no cálculo do preço. Ex: Na tela abaixo temos o cálculo de preço já definido. No exemplo abaixo, temos a entrada de um produto já utilizando a definição do cálculo de preço faremos a conferência dos cálculos em cada coluna, Custo, PMZ ou S.Ven (Sugestão de Venda). A tela é a mesma para definição de cálculo, mudando apenas a gravação no Sistema. 11

13 12 Tela de Valores de Entrada de Item Campo Pr.Custo Vl IcmsE = 6,44 Vl Ipi = 20,00 Vl Item = 100,00 Desconto = 8,00 Despesas =5, 00 Frete = 25,00 Os valores do ICMS Saída, Pis/Cofins e ICMS Frete não serão utilizados, pois não estão marcados na definição do cálculo de preço. 100,00-6, ,00 8,00 + 5, ,00 = 135,56 Campo PMZ: Vl IcmsE = 6,44 Vl IcmsS = 16,56 Vl Ipi = 20,00 Vl Item = 100,00 Desconto = 8,00 Despesas = 5,00 Frete = 25,00 Os valores do PIS/COFINS e ICMS Frete não serão utilizados, pois não estão marcados na definição do cálculo de preço. 100,00 +16,56-6, ,00 8,00 + 5, ,00 = 152,12 12

14 13 Campo Sugestão Soma do cálculo na coluna S.Ven (Sugestão de venda). A coluna de Sugestão de Venda está configurada da mesma forma que a coluna PMZ, o que diferencia no cálculo é a margem de lucro que está no cadastro do Item. Vl IcmsE = 6,44 Vl IcmsS = 16,56 Vl Ipi = 20,00 Vl Item = 100,00 Desconto = 8,00 Despesas = 5,00 Frete = 25,00 Os valores do Pis/Cofins e ICMS Frete não serão utilizados, pois não estão marcados na definição do cálculo de preço. 100,00 +16,56-6, ,00 8,00 + 5, ,00 = 152,12 152, % (margem do cadastro do produto) = 197,75 Esta parte do cálculo é a mais simples de se utilizar, onde a definição é somente sobre as colunas Custo, PMZ ou S.Ven (Sugestão de Venda), obedecendo aos critérios informados. Outros Parâmetros Na tela acima temos outros parâmetros que influenciam no cálculo de preço como a Margem Invertida/ Normal Margem Normal O cálculo é básico, o percentual de margem que está no cadastro do produto é aplicado sobre o valor calculado pela coluna sugestão de preço. Ex: 100,00 +16,56-6, ,00 8,00 + 5, ,00 = 152,12 152, % (margem do cadastro do produto) = 197,75 Margem Invertida Com a margem invertida o valor final obtido do Item é maior do que da margem normal. O cálculo da margem invertida é 100 a margem do cadastro, o resultado será a margem a ser utilizada. Ex: = 70 (margem a ser utilizada) 100,00 +16,56-6, ,00 8,00 + 5, ,00 = 152,12 152,12 / 0,70 = 217,31 (o resultado deve ser dividido pela margem encontrada). 13

15 14 Margem á Partir do PMZ Se o parâmetro estiver S a margem será calculada sobre o valor calculado no PMZ. Com isso não existirá o cálculo na coluna S.Ven (Sugestão de Venda), passando a prevalecer o parâmetro da Margem a Partir do PMZ. Ex: Um cálculo do PMZ, com o parâmetro Margem a Partir do PMZ definido como S. 100,00 +16,56-6,44 8,00 + 5, ,00 = 132,12 (valor calculado do PMZ) 132, % (margem do cadastro do produto) = 171,75 Fator PMZ Quando este parâmetro estive S passará a prevalecer à configuração da coluna de Definição do PMZ. O cálculo passará a seguir a fórmula (100 - %ICMS %ADM %PisCof), o resultado desta operação é o Fator que será utilizado. Para chegar ao Fator utilizando a fórmula o %ICMS (sempre de saída), o % ADM e o % PisCof, devem ser marcados na coluna do PMZ, se alguns destes impostos não estiverem marcados também não serão utilizados no cálculo para encontrar o Fator. Após encontrar o Fator, devem ser utilizados os valores dos impostos calculados no Item de acordo com a coluna PMZ, mas o imposto que foi utilizado no cálculo do Fator não será utilizado neste somatório, conforme veremos abaixo na explicação. Explicação do cálculo referente à tela abaixo, utilizando o Fator PMZ Cálculo do Fator: (100 - %ICMS %ADM %PisCof) = 82 (82 é o Fator PMZ). A coluna da definição do cálculo o ICMS de saída está marcado, então o valor do ICMS de saída não será utilizado. Vl IcmsE = 6,44 Vl Ipi = 20,00 Vl Item = 100,00 Desconto = 8,00 Despesas = 5,00 Frete = 25,00 Observe que ao somar os valores dos impostos calculados do Item no ato da Entrada, o valor do ICMS de Saída não foi utilizado. 100,00-6, ,00 8,00 + 5, ,00 = 135,56 (Após chegar ao resultado, teremos que dividi-lo pelo Fator) 135,56 / 0,82 = 165,31 14

16 15 Cálculo do PMZ na Entrada do Item utilizando o Fator PMZ 100,00-6, ,00 8,00 + 5, ,00 = 135,56 (Após chegar ao resultado, tem que dividi-lo pelo Fator) 135,56 / 0,82 = 165,31 15

17 16 Fator PrV Quando este parâmetro estiver setado como S, ele passará a prevalecer sobre a configuração da coluna de definição do S.Ve. O cálculo passará a seguir a fórmula: (100 - %Icms %ADM %PisCof - %Marg) O resultado desta operação é o Fator a ser utilizado. Para chegar ao Fator da fórmula o %Icms (sempre de Saída), o % ADM e o % PisCof, deverão estar marcados na coluna do S.Ven, se alguns destes impostos não estiverem marcados não serão utilizados no cálculo para encontrar o Fator. Após encontrar o Fator, devem ser utilizados os valores dos impostos calculados no Item de acordo com a coluna S.Ven, porém o imposto utilizado no cálculo do Fator não será utilizado neste somatório, veja abaixo. Explicação do cálculo referente à tela abaixo, utilizando o Fator S.Ven Cálculo do Fator: (100 - %ICMS %ADM %PisCof -%Marg) = 52 (52 é o Fator S.Ven). Na coluna da definição do cálculo o ICMS de Saída está marcado, então o valor do ICMS de Saída não será utilizado. Vl IcmsE = 6,44 Vl Ipi = 20,00 Vl Item = 100,00 Desconto = 8,00 Despesas = 5,00 Frete = 25,00 Observe que ao somar os valores dos impostos calculados no Item no ato da entrada o valor do ICMS de Saída não foi utilizado. 100,00-6, ,00 8,00 + 5, ,00 = 135,56 (Após chegar ao resultado, dividi-lo pelo Fator) 135,56 / 0,52 = 260,69 16

18 17 Cálculo do S.Ven na Entrada do Item utilizando o Fator PrV Os Parâmetros acima influenciam diretamente na Entrada da Nota Fiscal. 17

19 18 5- Alterações de CFOP Quando um CFOP adotar Tributações diferentes, como exemplo CFOP 1551 onde terá Produtos ST e Produtos Tributados, será necessário o preenchimento do parâmetro Testa Ent como N. Para acessar essa rotina siga o seguinte caminho: Administração Fiscal Tabelas Fiscais Códigos Manutenção Salve a alteração. 18

20 19 6- Entrada de Nota pelo XML Após habilitados os parâmetros da Entrada de Notas, já poderemos iniciar a rotina de lançamentos, lembrando que para a Entrada é necessário que o arquivo XML da Nota emitida pelo Fornecedor, esteja no caminho especificado anteriormente. Para acessar a Rotina de Entrada siga o seguinte caminho: Administração de Materiais Gestão de Estoque Gerenciamento de Filial Entradas e Saídas Movimentação Entrada Compra Siga até o campo ChE e aperte F2 para visualizar as Notas 19

21 20 Ao passar o Cursor pelas Notas disponíveis o Sistema mostra os detalhes na parte inferior da tela, quando o Fornecedor não está Cadastrado asteriscos * ficam no lugar do Nome Selecione a Nota Confirme os Dados da Capa passando pelos Campos com enter. Confirme com S O Próximo passo é a inclusão dos itens da Nota 20

22 21 Para Visualizar os Itens da Nota aperte F2 Selecione o Item Depois de passar por todos os campos, confirme a inclusão Inclua todos os Itens da Nota De ESC para Encerrar 21

23 22 O Sistema perguntará: Encerra Itens Confirme com S= Sim ou N= Não Confirme o Encerramento da Nota Confirme com S= Sim 22

24 23 Confirme as Informações que serão gravadas no financeiro Informações não Cadastradas no Sistema Quando algum Item não esta Cadastrado ou algum dado não existe no Sistema, os campos referentes a esses dados sempre aparecerão zerados, como no exemplo abaixo 23

25 24 No caso da Tela acima, os Itens referentes à Nota não estão cadastrados no Sistema pois o campo Código está zerado. Os Produtos desta Nota não possuem EAN, pois o campo referente a isso também está zerado. Para cadastra-lo selecione o Item com Enter e aperte F5 Para associar um Item não Cadastrado a um Item já Cadastrado no Sistema, selecione o Item com Enter, nesse momento o Sistema já foi automaticamente para parte inferior da tela, no Campo Item, aperte F2 para abrir a Tela de Pesquisa ou F11 para Pesquisa Avançada 24

26 25 Selecione o Item a ser associado ao Item da Nota Confirme com S. O Item associado sairá da Listagem. 25

27 26 7- Notas Pendentes Se por algum motivo, o processo da Entrada de Notas for interrompido, é possível dar continuidade sem perda da Nota. Basta acessar a Rotina de Entrada e no campo Nota/Série apertar F2. O Sistema mostrará as Notas Pendentes disponíveis Selecione a Nota com Enter e dê continuidade a sua Entrada. Na mesma tela podemos também excluir uma Nota Pendente. Excluindo uma Nota Pendente o Usuário poderá lança-la desde o principio. Para excluir uma Nota Pendente basta seleciona-la com Enter e apertar F6, ela será excluída e voltará para a tela de consulta dos XML s. 26

28 27 8- Exclusão de Nota A exclusão de Notas agora é feita por uma Nova Rotina. Não será permitida a alteração de Notas como era feito anteriormente, qualquer mudança em uma Nota, será necessário que seja feita a exclusão da mesma, e um novo lançamento. Para acessar essa rotina siga o caminho abaixo: Administração de Materiais Gestão de Estoque Gerenciamento de Filial Entradas e Saídas Alter/Cancelamento Exclusão Entrada Compra No campo Nota/Serie informe o número da Nota a ser excluída, automaticamente o Sistema carregará as informações referentes a ela. Para exclusão é obrigatório informar a senha de Usuário para confirmação do processo. Ao excluir uma Nota, ela será automaticamente será excluída do Movimento, Contas a Pagar/Bancário, Dados do Sintegra e Dados do Sped, e então ela retornará como uma Nota pendente. 27

29 28 9- Desvinculando um Produto Ao entrar com uma NF que possua Produtos novos ou Códigos de Barras (EAN) novos, estes itens terão que ser vinculados a um produto já cadastrado. Se houver vinculação de Itens errados o Sistema os mostrará ao importar a NF, e neste caso o Usuário terá que fazer a desvinculação. A desvinculação do Item é feita em 2 passos, Código de Barras (EAN) e Fornecedor. Desvinculando o Código de Barras (EAN) Para acessar a rotina siga o seguinte caminho Administração Materiais Gestão Estoque Cadastro de Produtos Agrupamento Produtos Barra Ean Informe o Código Interno do Produto ou o Código de Barras (EAN). No campo Código EAN pressione F2 para escolher o código que será excluído ou digite o Código diretamente no campo. 28

30 29 Após excluir o Código de Barras (EAN) o Usuário terá que excluir a vinculação com o Fornecedor. 29

31 30 Desvinculando o Fornecedor Para acessar essa rotina siga o seguinte caminho: Administração de Materiais Gestão Estoque Cadastro de Produtos Agrupamento Produtos Fornecedores Individual Informe o código do Item e o código do Fornecedor Exclua confirmando com S. Com a exclusão do Código de Barras (EAN) e a vinculação do Produto com o Fornecedor, o Usuário terá que importar o XML novamente para que o Sistema solicite uma nova vinculação. 30

32 31 Exemplo de Fórmula de Cálculo ST base ICMS = valor do produto - desconto + IPI + frete + despesa - %redução VL ICMS = base ICMS x % ICMS Base St = ((valor do produto - desconto + IPI + frete + despesa) x %mva) - %redução Valor ICMS ST = Base de ST x % ICMS Valor do ST a ser pago = VL ICMS - Valor ICMS ST 31

Entrada de Notas Fiscais de Serviço pela Rotina de Materiais. Manual desenvolvido para Célula Fiscal Equipe Avanço Informática

Entrada de Notas Fiscais de Serviço pela Rotina de Materiais. Manual desenvolvido para Célula Fiscal Equipe Avanço Informática Entrada de Notas Fiscais de Serviço pela Rotina de Materiais Manual desenvolvido para Célula Fiscal Equipe Avanço Informática 1 A Rotina de lançamento de Notas Fiscais de Serviço foi alterada, agora os

Leia mais

MANUAL NOVO PEDIDO DE COMPRAS

MANUAL NOVO PEDIDO DE COMPRAS MANUAL NOVO PEDIDO DE COMPRAS [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula Materiais

Leia mais

Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins

Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins 29/05/2012 1 O Sped fiscal e Pis/Confins é uma arquivo gerado através do sistema da SD Informática, onde este arquivo contem todos os dados de entrada e saída

Leia mais

MANUAL GESTOR MANUAL AVANÇO MANUAL INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de e-mail]

MANUAL GESTOR MANUAL AVANÇO MANUAL INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de e-mail] MANUAL GESTOR [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de e-mail] MANUAL AVANÇO MANUAL INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula de Materiais Autor: Equipe

Leia mais

CADASTROS 2013 AOB SOFTWARE

CADASTROS 2013 AOB SOFTWARE CADASTROS 2 CADASTROS Tabela de Conteúdo Cadastro de Clientes 4 Cadastro de Produtos 5 1 Cadastro... de Produtos Básico 5 2 Cadastro... de Produtos Básico + Grade de Produtos 7 3 Cadastro... de Produtos

Leia mais

Manual Nova Entrada MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de ]

Manual Nova Entrada MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de  ] Manual Nova Entrada [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula Materiais Autor: Equipe

Leia mais

Importação de Notas pelo Código de Barras DANFE... 12

Importação de Notas pelo Código de Barras DANFE... 12 IMPORTAÇÃO DE NF-E (ENTRADA) SUMÁRIO Importação de Notas pelo Arquivo XML... 2 Parametrização dos Produtos... 4 Parametrização de Código de Situação Tributária (CST)... 5 CST de ICMS... 5 CST de IPI...

Leia mais

MANUAL COTAÇAO WEB MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email]

MANUAL COTAÇAO WEB MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL COTAÇAO WEB [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula Materiais Autor: Equipe

Leia mais

Síntese de fluxo de máquinas e implementos

Síntese de fluxo de máquinas e implementos Síntese de fluxo de máquinas e implementos Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Objetivo... 3 Parâmetros para utilização do processo... 3 Cadastro

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO, CADASTROS E OPERAÇÃO DA XNFC-e

MANUAL DE INSTALAÇÃO, CADASTROS E OPERAÇÃO DA XNFC-e MANUAL DE INSTALAÇÃO, CADASTROS E OPERAÇÃO DA XNFC-e SUMÁRIO 1. INSTALAÇÃO 2. CADASTROS 2.1. CADASTRO DE USUÁRIO 2.2. CADASTRO DE MODALIDADE 2.3. CADASTRO DE PRODUTO 3. OPERAÇÃO 3.1. VENDA 3.2. CANCELAMENTO

Leia mais

Manual do Módulo. MerchNotas

Manual do Módulo. MerchNotas Manual do Módulo MerchNotas Bento Gonçalves (RS), Agosto de 2010 Índice 1. Introdução... 4 2. Menu Entrada de Notas... 5 2.1. Entrada de Notas (F11)... 5 2.2. Entrada de Notas NFe (F12)... 8 2.3. Apuração

Leia mais

Emissão de Notas Fiscais com Produtos ST. Manual desenvolvido para Célula de Materiais Equipe Avanço Informática

Emissão de Notas Fiscais com Produtos ST. Manual desenvolvido para Célula de Materiais Equipe Avanço Informática Emissão de Notas Fiscais com Produtos ST Manual desenvolvido para Célula de Materiais Equipe Avanço Informática 1 Abaixo mostraremos exemplos de Emissões de Notas Fiscais com Itens ST para dentro do Estado

Leia mais

ROTINA DE INVENTÁRIO MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de e-mail]

ROTINA DE INVENTÁRIO MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de e-mail] ROTINA DE INVENTÁRIO [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de e-mail] MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula de Materiais Autor:

Leia mais

Departamento de Treinamentos BIG SISTEMAS. Certificação em Entradas Configurações Gerais Entrada Manual Entrada NFe Conferência

Departamento de Treinamentos BIG SISTEMAS. Certificação em Entradas Configurações Gerais Entrada Manual Entrada NFe Conferência Departamento de Treinamentos BIG SISTEMAS Certificação em Entradas Configurações Gerais Entrada Manual Entrada NFe Conferência Sumário Índice de Figuras... 3 Histórico de Revisões... 4 Introdução... 5

Leia mais

REGIME LUCRO PRESUMIDO

REGIME LUCRO PRESUMIDO REGIME LUCRO PRESUMIDO [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula Fiscal Autor: Equipe

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

Ressarcimento de ICMS-ST

Ressarcimento de ICMS-ST Ressarcimento de ICMS-ST Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Introdução... 3 Planilha de Ressarcimento... 4 Relacionar Nota Fiscal de Entrada...

Leia mais

MANUAL SPED(EFD) PIS-COFINS

MANUAL SPED(EFD) PIS-COFINS MANUAL SPED(EFD) PIS-COFINS O que é SPED? É um arquivo de texto que detalha todas as movimentações fiscais da empresa em um determinado período, listando todas as operações de compra (Notas de compra)

Leia mais

Manual Rotina DAPI MANUAL AVANÇO MANUAL INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email]

Manual Rotina DAPI MANUAL AVANÇO MANUAL INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] Manual Rotina DAPI [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL AVANÇO MANUAL INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula Fiscal Autor: Equipe

Leia mais

MANUAL NOVA DEVOLUÇÃO

MANUAL NOVA DEVOLUÇÃO MANUAL NOVA DEVOLUÇÃO [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de e-mail] MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula Materiais Autor:

Leia mais

ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6

ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6 1 ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6 5. CADASTRO OPERAÇÕES FISCAIS (CFOP)...7 6. GERAR SINTEGRA...8 7. CONTROLE DE

Leia mais

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br PARÂMETROS DE LANÇAMENTOS PARAMETRIZAÅÇO PARA O MÉDULO LANÅAMENTOS NO SISTEMA ARQUIVO > LANÅAMENTOS > PARÑMETROS E CONFIGURAÅÖES PREENCHIMENTO DAS GUIAS: 1. GUIA IMPOSTOS: a) Contas relacionadas à apuração

Leia mais

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Página 1 de 9 Este é um dos principais módulos do SIGLA Digital. Utilizado para dar entrada de produtos no estoque, essa ferramenta segue a seguinte

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Sumário 1 CONCEITO... 3 2 REQUISITOS... 3 3 CONFIGURAÇÕES... 3 4 FUNCIONALIDADE... 4 4.1 Registrar Nota de Entrada... 4 4.1.1 Manual (Entrada das informações manualmente)...

Leia mais

MANUAL DO CVCONT/ SPED PIS COFINS. Recomendamos que este manual seja impresso para futuras consultas, devido à sua importância.

MANUAL DO CVCONT/ SPED PIS COFINS. Recomendamos que este manual seja impresso para futuras consultas, devido à sua importância. MANUAL DO CVCONT/ SPED PIS COFINS Recomendamos que este manual seja impresso para futuras consultas, devido à sua importância. 1. Configuração Primeiramente para que os sistemas estejam aptos para a geração

Leia mais

Na primeira vez de usar:

Na primeira vez de usar: MANUAL DE USUÁRIO EV2014 Na primeira vez de usar: Veja a figura de estrutura de programa: CLIENTES DESTINATARIO PRODUTOS 2. PEDIDOS CÓDIGO DE TRIBUTOS 1.CADASTRO DE BANCO DE DADOS 3. NOTA FISCAL ELETRÔNICA

Leia mais

O MANUAL. Para utilizar o conversor, existem alguns pré-requisitos, informados abaixo:

O MANUAL. Para utilizar o conversor, existem alguns pré-requisitos, informados abaixo: Conversor G5 O MANUAL Este manual foi desenvolvido com o intuito de auxiliar os usuários do Sistema Gerencial G4, Sistema Administrador G4 e de Outros Sistemas (CLIPP - 2014) para a utilização do Conversor

Leia mais

PEDIDO DE COMPRAS AUTOPEÇAS

PEDIDO DE COMPRAS AUTOPEÇAS Apresentação As rotinas de Pedido de Compra do WinThor são utilizadas pelas empresas com objetivo de realizar: o pedido de compra baseado, ou não, em uma sugestão de compra, a cotação de compra entre fornecedores,

Leia mais

ROTEIRO WEB AULA CONTROLLER NF-E

ROTEIRO WEB AULA CONTROLLER NF-E ROTEIRO WEB AULA CONTROLLER NF-E Nas páginas seguintes, você terá uma visão geral dos recursos disponíveis e das funções que o Controller Gold possui, facilitando o seu processo de venda e compra. Criando

Leia mais

Instalação - Primeiros Passos

Instalação - Primeiros Passos Instalação - Primeiros Passos 1- O download da ultima versão do sistema é disponibilizado em nosso site do no link http://www.tvsistemas.com.br/downloads.html 2- Após realizar o download execute o instalador,

Leia mais

1. Reordenação da aba Fiscal 1. 2. Consulta simplificada de itens vendidos por NCM, CFOP e Alíquotas 2. 3. Parametrização de NCM 4

1. Reordenação da aba Fiscal 1. 2. Consulta simplificada de itens vendidos por NCM, CFOP e Alíquotas 2. 3. Parametrização de NCM 4 CADASTROS FISCAIS 1. Reordenação da aba Fiscal 1 2. Consulta simplificada de itens vendidos por NCM, CFOP e Alíquotas 2 3. Parametrização de NCM 4 4. Faturamento de pedidos entregues no endereço do revendedor

Leia mais

TUTORIAL/MANUAL CONFIGURAR E GERAR NOTAS FISCAIS. Document Version: 1.0 Release Date: 19/02/2013

TUTORIAL/MANUAL CONFIGURAR E GERAR NOTAS FISCAIS. Document Version: 1.0 Release Date: 19/02/2013 1 P a g e TUTORIAL/MANUAL CONFIGURAR E GERAR NOTAS FISCAIS Document Version: 1.0 Release Date: 19/02/2013 Author(s) Via Express Informática LTDA. Carlos Belgine Analista de Suporte 2 P a g e OBJETIVO O

Leia mais

Manual NOV - PDV. Versão 1.0

Manual NOV - PDV. Versão 1.0 Manual NOV - PDV Versão 1.0 Sumário 01 Captura de Nota Fiscal...3 02 Remessa de Entrada...6 03 Remessa de Saída......9 04 Pedido Normal...12 05 Pedido Especial...16 06 Nota Fiscal Avulsa...18 07 Controle

Leia mais

Tesche & Vasconcelos - Ciaf. Emissão primeira NF-e pelo Ciaf-800

Tesche & Vasconcelos - Ciaf. Emissão primeira NF-e pelo Ciaf-800 Emissão primeira NF-e pelo Ciaf-800 Para emissão da primeira Nota Fiscal eletrônica pelo Ciaf-800 a mesma deve ser obrigatoriamente uma nota de teste. Para que possa efetuar esta emissão faça o seguinte

Leia mais

EMISSÃO E GESTÃO NFE ITR TR 0406

EMISSÃO E GESTÃO NFE ITR TR 0406 EMISSÃO E GESTÃO NFE ITR TR 0406 Sumário 1. O que é NFe? 2. Acesso ao sistema 3. Cadastros 3.1 Cadastro de Cliente 3.2 Cadastro de Produto 3.3 Cadastro de Transportadora 4. Emissão de NFe 4.1 Emitir Nova

Leia mais

O QUE VOCÊ PRECISA SABER NA EMISSÃO DA PRIMEIRA. NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-e UTILIZANDO O SISTEMA GRATUÍTO DA SEFAZ-SP

O QUE VOCÊ PRECISA SABER NA EMISSÃO DA PRIMEIRA. NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-e UTILIZANDO O SISTEMA GRATUÍTO DA SEFAZ-SP O QUE VOCÊ PRECISA SABER NA EMISSÃO DA PRIMEIRA NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-e UTILIZANDO O SISTEMA GRATUÍTO DA SEFAZ-SP 1. Certificado Digital - Antes de mais nada você precisa possuir um certificado digital

Leia mais

+ - EFICIÊNCIA DESPERDÍCIO. Manual do Usuário LM PDV NFC-e LITE

+ - EFICIÊNCIA DESPERDÍCIO. Manual do Usuário LM PDV NFC-e LITE + - EFICIÊNCIA DESPERDÍCIO Manual do Usuário LM PDV NFC-e LITE De acordo com a Resol. 720/2014 Índice Capítulo I LM Gerenciador PDV NFC-E 1 - Executando o LM Gerenciador PDV NFC-E 2 Cadastros Capítulo

Leia mais

!!!!!!!!!! NF-e. Manual do Usuário

!!!!!!!!!! NF-e. Manual do Usuário NF-e Manual do Usuário ÍNDICE CADASTROS NECESSÁRIOS PARA EMISSÃO DE NFE... 3 CADASTRO DE PRODUTOS... 3 CFOP... 5 PERFIL TRIBUTÁRIO... 7 CADASTRO DE CLIENTES... 9 CADASTRO DE FORNECEDOR... 10 CADASTRO DE

Leia mais

RELATÓRIO PIS E COFINS

RELATÓRIO PIS E COFINS RELATÓRIO PIS E COFINS [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de e-mail] MANUAL AVANÇO MANUAL INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula Fiscal Autor:

Leia mais

Manual do Usuário. Sistema de Digitação de Notas Fiscais de Saídas Interestaduais

Manual do Usuário. Sistema de Digitação de Notas Fiscais de Saídas Interestaduais Secretaria de Estado de Fazenda de Mato Grosso Superintendência do Sistema de Administração Tributária Manual do Usuário Sistema de Digitação de Notas Fiscais de Saídas Interestaduais 1 ÍNDICE INTRODUÇÃO

Leia mais

Manual. EFD Contribuições

Manual. EFD Contribuições Treinamento Escrita Fiscal Material desenvolvido por: Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Implantta Serviços

Leia mais

O arquivo SPED é complexo, contém diversas amarrações e muita informação. Algumas medidas diminuem o impacto de dificuldade na validação do arquivo:

O arquivo SPED é complexo, contém diversas amarrações e muita informação. Algumas medidas diminuem o impacto de dificuldade na validação do arquivo: O arquivo SPED é complexo, contém diversas amarrações e muita informação. Algumas medidas diminuem o impacto de dificuldade na validação do arquivo: Não gere toda a movimentação de uma vez. O ideal e aconselhável

Leia mais

NeXT ERP Sistema de gestão empresarial Integração com Nota Fiscal Eletrônica

NeXT ERP Sistema de gestão empresarial Integração com Nota Fiscal Eletrônica NeXT ERP Sistema de gestão empresarial Integração com Nota Fiscal Eletrônica Manual de Migração para NFe 2.0 Abril/2011 Página 1 de 10 Índice Migrando para o layout 2.0 da Nota Fiscal Eletrônica...3 Configurações

Leia mais

TUTORIAL UTILIZAÇÃO DE FUNCIONALIDADES AUDITOR FISCAL

TUTORIAL UTILIZAÇÃO DE FUNCIONALIDADES AUDITOR FISCAL TUTORIAL UTILIZAÇÃO DE FUNCIONALIDADES AUDITOR FISCAL VERSÃO DO SISTEMA 3.0/2015 VERSÃO DO DOCUMENTO 1.0 Índice 1. OBJETIVO GERAL... 2 2. ACESSO AO SISTEMA AUDITOR FISCAL... 3 3. SISTEMA AUDITOR FISCAL

Leia mais

Como cadastrar um produto usando o Futura Server

Como cadastrar um produto usando o Futura Server Cadastro do Produto Como cadastrar um produto usando o Futura Server Aqui temos dicas importantes para cadastrar seu produto antes de realizar as suas movimentações. Com o Futura Server aberto, acesse

Leia mais

Geração do Sintegra VisualControl

Geração do Sintegra VisualControl HelpAndManual_unregistered_evaluation_copy Geração do VisualControl I Geração do - VisualControl Tabela de Conteúdo Parte I 1 1 Registro 10... 3 2 Registro 11... 4 3 Registro 50... 4 4 Registro 54... 7

Leia mais

- No primeiro campo informe o numero da empresa que serão copiadas as informações.(ex: 9999)

- No primeiro campo informe o numero da empresa que serão copiadas as informações.(ex: 9999) 1 2 1. Duplicação das informações de uma empresa para outra Juntamente com a instalação do sistema Office encaminhamos anexada a empresa modelo, que contem cadastros que podem ser utilizados nas empresas

Leia mais

Manual Operacional Versão 2.2

Manual Operacional Versão 2.2 1 Manual Operacional Versão 2.2 2 SUMÁRIO 1) Assistente de configuração 4 2) Módulo Geral 9 2.1) Administradora 9 2.2) Empresa 9 2.3) Grupo de Empresa 12 2.4) Responsável 13 2.5) CEP 13 2.6) Configurações

Leia mais

Sistema de Livros Fiscais Imediata

Sistema de Livros Fiscais Imediata 1 Sistema de Livros Fiscais Imediata 2 Descritivo das Rotinas Operacionais do Sistema de Livros Fiscais para geração EFD PIS/Cofins SPED Contribuições Após a instalação do Sistema de Livros Fiscais, basta

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 Vendas... 3 1.1

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA KIRON NF-e Kiron Sistema Nota Fiscal Eletrônica

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA KIRON NF-e Kiron Sistema Nota Fiscal Eletrônica MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA KIRON NF-e 2 Índice CADASTROS... 4 Cliente Fornecedor - Transportadora... 4 Unidade de Medida... 5 Produto... 7 NCM... 8 Artigos da Nota Fiscal... 10 Natureza de Operação - CFOP...

Leia mais

TUTORIAL WINTHOR CONTABIL PARAMETRIZAÇÃO CONTABIL

TUTORIAL WINTHOR CONTABIL PARAMETRIZAÇÃO CONTABIL TUTORIAL WINTHOR CONTABIL PARAMETRIZAÇÃO CONTABIL Tutorial do Sistema WinThor Módulo Contábil Copyright - PC Informática Ltda. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total por qualquer

Leia mais

ROTEIRO SOBRE NOTAS DE IMPORTAÇÃO CONTROLLER

ROTEIRO SOBRE NOTAS DE IMPORTAÇÃO CONTROLLER Inicialmente, o mais importante O objetivo deste material é apresentar como deve-se proceder em todas as fases, o cadastramento de uma Nota de Importação no Controller. Este material abordará os tópicos

Leia mais

Entrada de Produtos. Supermercados

Entrada de Produtos. Supermercados Entrada de Produtos Supermercados 1 Objetivo: Cadastrar a entrada dos produtos no sistema permite o controle do estoque e o controle financeiro. O objetivo do texto é explicar como cadastrar as notas fiscais

Leia mais

EMPRESA DE SANEAMENTO DE MATO GROSSO DO SUL S.A. SUMÁRIO. Acessar o sistema MICROSIGA... 3. Elaborar Solicitação de Compra... 5

EMPRESA DE SANEAMENTO DE MATO GROSSO DO SUL S.A. SUMÁRIO. Acessar o sistema MICROSIGA... 3. Elaborar Solicitação de Compra... 5 Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul S.A. SANESUL MANUAL OPERACIONAL COMPRAS Gerência de Suprimentos SUP/GESU SUMÁRIO Acessar o sistema MICROSIGA... 3 Elaborar Solicitação de Compra... 5 Gerar Relatório

Leia mais

MANUAL RELATÓRIOS DE CONFERÊNCIAS DIÁRIAS

MANUAL RELATÓRIOS DE CONFERÊNCIAS DIÁRIAS MANUAL RELATÓRIOS DE CONFERÊNCIAS DIÁRIAS [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMATICA AVANÇO INFORMATICA Material Desenvolvido para a Célula

Leia mais

Manual de Integração - E-Fiscal X Telecont

Manual de Integração - E-Fiscal X Telecont Atualizado em Maio/2008 Pág 1/36 Para integrar os dados do sistema Efiscal com o sistema Telecont, efetue os procedimentos abaixo: CADASTRO DE EMPRESAS ABA BÁSICO Acesse menu Arquivos Empresas Usuárias

Leia mais

TRABALHANDO COM SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA

TRABALHANDO COM SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA TRABALHANDO COM SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA 1 Entendendo o Negócio: Substituição Tributária (ST) é um tributo criado e implementado pelas Unidades da Federação antes do advento da atual Constituição Federal,

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

PROJECT Informática Ltda. Rua Giordano Bruno, 100 Bairro Rio Branco Porto Alegre-RS CEP 90420-150 Fone: (51) 3330-4444 Vendas: (51) 9701-2295

PROJECT Informática Ltda. Rua Giordano Bruno, 100 Bairro Rio Branco Porto Alegre-RS CEP 90420-150 Fone: (51) 3330-4444 Vendas: (51) 9701-2295 SPED FISCAL O SPED (Sistema Público de Escrituração Digital) FISCAL é um módulo opcional que está habilitado para funcionar com a versão 7 do Oryon. A licença é habilitada pelo número de série do cliente.

Leia mais

Manual Devolução de Vendas PDV

Manual Devolução de Vendas PDV Manual Devolução de Vendas PDV [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL AVANÇO MANUAL INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula Materiais

Leia mais

Esse é um tutorial que explica as funcionalidades da guia Cadastro na tela de compras do ces_adm. Descrição dos tópicos abaixo:

Esse é um tutorial que explica as funcionalidades da guia Cadastro na tela de compras do ces_adm. Descrição dos tópicos abaixo: Esse é um tutorial que explica as funcionalidades da guia Cadastro na tela de compras do ces_adm. Descrição dos tópicos abaixo: 1. Emissão: Determina o tipo da emissão da nota fiscal a ser cadastrada.

Leia mais

Configuração de Acumuladores

Configuração de Acumuladores Configuração de Acumuladores Os acumuladores são cadastro usados pelo Módulo Domínio Sistemas Fiscal para permitir a totalização dos valores lançados nos movimentos de entradas, saídas, serviços, outras

Leia mais

AOB SOFTWARE INFORMATICA LTDA

AOB SOFTWARE INFORMATICA LTDA 2 Tabela de Conteúdo Compras 3 Lançando N.F Simples Nacional 3 1 Preenchendo... o cabeçalho 5 2 Preenchendo... o Produto 6 3 Lançamento... de Impostos 7 4 Confirmando... o Lançamento NF 8 Lançando N.F

Leia mais

Conteúdo 1.0 - GERACÃO DO ARQUIVO PARA EMISSÃO DA NF ELETRÔNICA... 2

Conteúdo 1.0 - GERACÃO DO ARQUIVO PARA EMISSÃO DA NF ELETRÔNICA... 2 Tutorial UltraPDV - GERAÇÃO DO ARQUIVO ELETRÔNICO DE NOTA FISCAL ULT-027-GERAÇÃO DO ARQUIVO ELETRÔNICO DE NOTA FISCAL Conteúdo 1.0 - GERACÃO DO ARQUIVO PARA EMISSÃO DA NF ELETRÔNICA.... 2 1.1 - GERAR UMA

Leia mais

NFe e NFCe Como emitir nota fiscal pelo Lince? COMO EMITIR NOTA FISCAL PELO LINCE?

NFe e NFCe Como emitir nota fiscal pelo Lince? COMO EMITIR NOTA FISCAL PELO LINCE? Como emitir nota fiscal pelo Lince? COMO EMITIR NOTA FISCAL PELO LINCE? O que é a Nota Fiscal Eletrônica? Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) tem como intuito emitir e armazenar eletronicamente, para fins fiscais,

Leia mais

1- Principais alterações para COMPRAS entre a versão 2.9 e 3.0.

1- Principais alterações para COMPRAS entre a versão 2.9 e 3.0. 1- Principais alterações para COMPRAS entre a versão 2.9 e 3.0. - Data de Emissão/ Data Entrada ou Movimento. Considerando que o documento fiscal deve ser registrado sob o enfoque da empresa que recebe

Leia mais

Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido)

Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido) Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido) Parametrizar a empresa como Lucro Presumido. 1 - Regime de Competência Qual o Regime de apuração adotado? 2 - Regime de Caixa Qual será a forma

Leia mais

ROTINA INTEG021 MANUAL AVANÇO MANUAL INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de e-mail]

ROTINA INTEG021 MANUAL AVANÇO MANUAL INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de e-mail] MANUAL AVANÇO MANUAL INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA ROTINA INTEG021 [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de e-mail] Material Desenvolvido para a Célula de Materiais Autor: Equipe

Leia mais

Manual. Pedido Eletrônico

Manual. Pedido Eletrônico Manual Pedido Eletrônico ÍNDICE 1. Download... 3 2. Instalação... 4 3. Sistema de Digitação SantaCruz... 8 3.1. Configuração... 8 4. Utilização do Sistema Digitação SantaCruz... 11 4.1. Atualizar cadastros...11

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA NIVEL BÁSICO SPED FISCAL

MANUAL DO SISTEMA NIVEL BÁSICO SPED FISCAL MANUAL DO SISTEMA NIVEL BÁSICO SPED FISCAL 1 INDICE Informações importantes sobre o SPED...... 03 Entrando no sistema...... 04 Configurando o acesso à base de dados Access ou MySQL... 04 Cadastros... 05

Leia mais

Manual do Usuário 5. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPOSTO...2

Manual do Usuário 5. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPOSTO...2 1 5. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPOSTO...2 5.1 Digitações dos Sócios...2 5.1.1 Campo CPF...2 5.1.1.a Campo Saldo Anterior...3 5.1.1.b Campo Saldo...3 5.1.1.c Campo Isento...3 5.1.1.d Campo Tributado...3

Leia mais

Manual de documento de arrecadação GNRE

Manual de documento de arrecadação GNRE Manual de documento de arrecadação GNRE Sumário 1. Códigos de receita ICMS... 3 1.1. Cadastro dos códigos de receita... 3 1.2. Consultando a tabela de códigos de receita ICMS... 4 2. Documento de arrecadação...

Leia mais

E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica. Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município

E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica. Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município Após receber a confirmação de aceite do Credenciamento via e-mail já é possível efetuar o login no sistema

Leia mais

Manual Módulo Livro Caixa Livro Caixa Atualizada com a versão 1.3.0

Manual Módulo Livro Caixa Livro Caixa Atualizada com a versão 1.3.0 Manual Módulo Livro Caixa Livro Caixa Atualizada com a versão 1.3.0 Noções Gerais: Pg. 02 Instruções para instalação Pg. 02 Ferramentas úteis Pg. 04 Menu Arquivos Empresas Usuárias Pg. 05 Ativar Empresa

Leia mais

Manual de Faturamento

Manual de Faturamento Manual de Faturamento Bureau & Redsystem Software Para Emissão da Nota Eletrônica, e necessários o preenchimento correto do Cadastro de Clientes, Cadastro de Produtos, Código Fiscal e Controle de ICMS,

Leia mais

Como lançar uma Nota Fiscal(NF) de Compra. Como lançar a Nota Fiscal de Compra Como atualiar os preços dos produtos de meia nota

Como lançar uma Nota Fiscal(NF) de Compra. Como lançar a Nota Fiscal de Compra Como atualiar os preços dos produtos de meia nota Como lançar uma Nota Fiscal(NF) de Compra Como lançar a Nota Fiscal de Compra Como atualiar os preços dos produtos de meia nota Abra a tela de Entrada de Produto Abra o módulo Retaguarda, clique no menu

Leia mais

Nova Rotina de Inventário. Manual desenvolvido para Célula Materiais Equipe Avanço Informática

Nova Rotina de Inventário. Manual desenvolvido para Célula Materiais Equipe Avanço Informática Manual desenvolvido para Célula Materiais Equipe Avanço Informática 1 Será necessária a atualização do sistema para geração do novo modo de inventário e atender a legislação atual. Primeiramente o Usuário

Leia mais

Instalação - Primeiros Passos

Instalação - Primeiros Passos Instalação - Primeiros Passos 1 O download da ultima versão do sistema é disponibilizado em nosso site do no link http://www.tvsistemas.com.br/downloads.html 2 Após realizar o download execute o instalador,

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Notas Fiscais Sumário 1 CONCEITO... 3 2 REQUISITOS... 3 3 CONFIGURAÇÕES... 3 3.1 Permissões... 3 3.2 Configurar NF-e... 4 3.2.1 Aba Geral... 5 3.2.2 Opções... 6 3.3 Processador

Leia mais

COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML. Após abrir o sistema, localize o menu no canto superior esquerdo e clique em Movimentação > Entrada Material

COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML. Após abrir o sistema, localize o menu no canto superior esquerdo e clique em Movimentação > Entrada Material COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML Observação: O arquivo XML da nota fiscal deve estar salvo em seu computador. Se o seu fornecedor não enviou o arquivo por e-mail, você pode obter o arquivo pela internet,

Leia mais

Processos de Compras. Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar

Processos de Compras. Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Processos de Compras Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar 1 Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Controle de Compras... 4 Parametrização... 4 Funcionamento... 4 Processo de Controle...

Leia mais

Cadastros. Versão 2.0. Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais

Cadastros. Versão 2.0. Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais Cadastros Versão 2.0 Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais Sumário Cadastro de Grupos de Usuário... 3 Cadastro de Usuários... 4 Cadastro de Clientes... 7 Cadastro de Empresas...

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO DO M3

MANUAL DO USUÁRIO DO M3 MANUAL DO USUÁRIO DO M3 1 CADASTROS 1.1 Clientes Abre uma tela de busca na qual o usuário poderá localizar o cadastro dos clientes da empresa. Preencha o campo de busca com o nome, ou parte do nome, e

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA

NOTA FISCAL ELETRÔNICA NOTA FISCAL ELETRÔNICA Í n d i c e Julho, 2010 Introdução... 2 1. Acerto dos cadastros de Clientes e de Produtos... 4 1.1. Cadastros Básicos - Cadastro de Clientes... 4 1.2. Cadastros Básicos Cadastro

Leia mais

Emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica

Emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica Emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica Introdução A emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica traz ao cliente TTransp a possibilidade de documentar eletronicamente as operações de serviço prestadas

Leia mais

Módulo Vendas Balcão. Roteiro passo a passo. Sistema Gestor New

Módulo Vendas Balcão. Roteiro passo a passo. Sistema Gestor New 1 Roteiro passo a passo Módulo Vendas Balcão Sistema Gestor New Instruções para configuração e utilização do módulo Vendas balcão com uso de Impressora fiscal (ECF) 2 ÍNDICE 1. Cadastro da empresa......3

Leia mais

Instalação - Primeiros Passos

Instalação - Primeiros Passos O CIAF Hotelaria, é um sistema que permite ao administrador, gerenciar completamente sua empresa que presta serviço de hospedagem como hotéis e pousadas por exemplo. Facilmente você poderá cadastrar suas

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA - NIVEL BÁSICO PAF-ECF / NFe

MANUAL DO SISTEMA - NIVEL BÁSICO PAF-ECF / NFe MANUAL DO SISTEMA - NIVEL BÁSICO PAF-ECF / NFe ÍNDICE PAG. 01 ACESSO AO SISTEMA PAG. 02 INFORMANDO USUÁRIO E SENHA PAG. 03 MENU DE CADASTROS PAG. 04 CADASTRANDO FORNECEDORES PAG. 05 CADASTRANDO GRUPOS

Leia mais

CADASTRO GERAL ( CLIENTES E FORNECEDORES)

CADASTRO GERAL ( CLIENTES E FORNECEDORES) CADASTRO GERAL ( CLIENTES E FORNECEDORES) CADASTRO DE PRODUTOS (Valores, preós de venda, tipos (especiais, varejo atacado) ESTOQUE, etc) FATURAMENTO Para inclusão de pgto, faturamento, e impressão de NF

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Estoque)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Estoque) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Estoque) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 ACERTO DE ESTOQUE...

Leia mais

Histórico de mudanças no ERP

Histórico de mudanças no ERP 1:11:31 HW Sistemas e Computadores LTDA Data Inicial: 16/08/2014 - Data Final: 29/01/201 - Release 4.0.9.1 CAIXA AUXILIAR 4.0 Correção Correção 1.214 29/01/201 Após quitar parcial um crédito e valor do

Leia mais

Apostila PDV Frente de Caixa

Apostila PDV Frente de Caixa Apostila PDV Frente de Caixa Sumário Sincronização dos dados...4 Menu PDV...4 Abrir PDV...4 PDV (Ctrl+V)...4 Processos de Vendas...5 Venda em Dinheiro...5 Venda em Cartão de Débito...6 Venda em Cartão

Leia mais

Manual Operacional. All Commerce ECF V 2.02

Manual Operacional. All Commerce ECF V 2.02 Manual Operacional All Commerce ECF V 2.02 Rua Lauro Linhares, Nº 589, 1º Andar - Complexo Industrial de Informática Trindade - CEP 88.036-000 - Florianópolis - SC - Fone (0 xx 48) 333-0891 E-mail : autocom@autocominformatica.com.br

Leia mais

www.gerenciadoreficaz.com.br

www.gerenciadoreficaz.com.br Fone: (62) 4141-8464 E-mail: regraconsultoria@hotmail.com www.gerenciadoreficaz.com.br Guia Prático do Usuário Manual de Instalação Gerenciador Eficaz 7 2 Manual do Usuário Gerenciador Eficaz 7 Instalando

Leia mais

Manual para Emissão e Utilização do Aplicativo SEFAZ de NF-e

Manual para Emissão e Utilização do Aplicativo SEFAZ de NF-e Manual para Emissão e Utilização do Aplicativo SEFAZ de NF-e INTRODUÇÃO: Este documento visa explicar, de forma detalhada e simplificada, a utilização do sistema de emissão de documentos fiscais (modelo

Leia mais

Orientações Básicas Repom.

Orientações Básicas Repom. Orientações Básicas Repom. Considerações importantes: 1 A viagem deverá estar autorizada para depois solicitar o pagamento. 2 É obrigatório informar o campo NCM da mercadoria, que está em tabela>auxiliares>mercadoria.

Leia mais

Para gerar o arquivo do SPED PIS/COFINS com sucesso são necessárias algumas parametrizações e lançamentos.

Para gerar o arquivo do SPED PIS/COFINS com sucesso são necessárias algumas parametrizações e lançamentos. Para gerar o arquivo do SPED PIS/COFINS com sucesso são necessárias algumas parametrizações e lançamentos. 1. No cadastro de empresas 1.1. Informar o regime de apuração dos impostos 1.1.1. LUCRO PRESUMIDO

Leia mais

Pedido de Bar Sistema para controle de pedido de bar

Pedido de Bar Sistema para controle de pedido de bar Pedido de Bar Sistema para controle de pedido de bar Desenvolvido por Hamilton Dias (31) 8829.9195 Belo Horizonte hamilton-dias@ig.com.br www.h-dias.cjb.net ÍNDICE Introdução...3 Implantação...3 Instalação...3

Leia mais