ISSN x. Administração de Empresas Educação Física Moda e Estilismo Pedagogia

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ISSN 2178-857x. Administração de Empresas Educação Física Moda e Estilismo Pedagogia"

Transcrição

1 ISSN x Administração de Empresas Educação Física Moda e Estilismo Pedagogia MARÍLIA/SP

2 Anais do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP ACIP Exemplares desta publicação podem ser solicitados à: ACIP Associação Cultural e Educacional do Interior Paulista Avenida Antonieta Altenfelder, 65 - Distrito Industrial CEP: Marília (SP) - Fone: (14) EDIÇÃO, EDITORAÇÃO ELETRÔNICA, ARTE FINAL e CAPA Aroldo José Abreu Pinto Ficha Catalográfica elaborada pela biblioteca da Faculdade do Interior Paulista - FAEF - FAIP Bibliotecária Silvânia Vergínia Pereira Leite CRB 5191/ S621a Anais do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP. III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP. Anais... Marília/ SP: FAIP, p. vol 01 15x22cm. ISSN x 1. Administração 2. Educação Física 3. Moda e Estilismo 4. Pedagogia Os autores são responsáveis pelo conteúdo das palestras e trabalhos científicos. Reprodução permitida desde que citada a fonte. Rua das Flores, Cx Postal CEP Garça/SP Fone: (0**14) site: 2 Marília/SP: Editora FAEF, Vol 01 - ISSN x

3 ACIP Anais do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP Sumário Apresentação Comissão Organizadora Membros da Comissão Científica Agradecimentos TRABALHOS APRESENTADOS ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS MARKETING BOCA A BOCA: A IMPORTÂNCIA DE SE ALMEJAR A SATIS- FAÇÃO DO CLIENTE ARENA, Karina O.; BUGLIA, Patricia R.; PEREIRA, Mariane F.; SIMÕES, Priscila F ADMINISTRAÇÃO VERDE BRANDÃO, Raquel; RAMOS, Alaína dos S.; SANTOS, Jessica; CEGA, Anderson QUAL O PAPEL DA CONTABILIDADE NA ORGANIZAÇÃO CARDOSO, Priscila S.; REIS, Eliezer A. S.; SANTOS, Tais A. S.; JACOBINO, Paulo C O PAPEL DA CONTABILIDADE E FATOS RELEVANTES PARA A ADMINIS- TRAÇÃO BATISTONI, V.; BARBOSA, Andressa M. ; EVANGELISTA, Sonia R.; LIMA, Valter B.; MATA, Joana R.; JACOBINO, Paulo C Marília/SP: Editora FAEF, Vol 01 - ISSN x 3

4 Anais do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP ACIP EVOLUÇÃO HISTÓRICA DO TRIBUTO BARBOSA, Andressa M.; BATISTONI, Vander; LIMA, Valter B.; SANTOS, Lidiane Y.; MATA, Joana R.; GONÇALVES2, Sebastiana R. S. T EMPREENDEDORISMO DE SUCESSO: MOTIVAÇÃO NAS ORGANIZAÇÕES AGUIAR, Bruna G.; AMORIM, Letícia A.; PIRES, Taylene F.; JACOBINO, Paulo C DOMÍNIO DA LINGUA INGLESA: VANTAGEM COMPETITIVA BARBOSA, Andressa M.; BATISTONI, Vander; LIMA, Valter B.; MATA, Joana R.; PETITTO, Sônia ATITUDE SUSTENTÁVEL DO CONSUMIDOR: SACOLINHA OU NÃO, EIS A QUESTÃO CHAVES, Maria J. S.; CRUZ, Vanusa A.; MENDES, Amanda A. R.; REGINALDO, Ana C. S.; PETITTO, Sônia; PERRI, Ricardo A ESTATISTICA SOBRE O NÚMEROS DE BOLSAS OU FINANCIAMENTOS NA FACULDADE RAMOS, Alaína dos S.; SANTOS, Jéssica; PETITTO, Sonia; PERRI, Ricardo Alves ORIGEM DO TÊNIS E PREFERÊNCIAS REGIONAIS SÁ, Ivan Nascimento de; SANTOS, William; PETITTO, Sonia; PERRI, Ricardo Alves COLETA SELETIVA DE RESÍDUOS RECICLÁVEIS ALVES, Jéssica B.; NETO, João B.; SOBRAL, Jozias M.; SILVA, Kelvin L. S. da; PETITTO, Sônia; PERRI, Ricardo Alves CERVEJA: BEBIDA DE PRODUÇÃO CASEIRA EM SUA ORIGEM MELLO, Izabellita A.; RIBEIRO, Taciane A.; PETITTO, Sônia CONSUMO ENTRE AS CLASSES: PESQUISA QUALIDADE X PREÇOS ALMEIDA, Juliana M.; GOMES, Bruna D. C.; GUIDOLIN, Angelo O.; RODRIGUES, Osvaldo; SEVERINO, Rodrigo¹; PETITTO, Sônia PLANOS DE SAÚDE DE MARÍLIA E REGIÃO BARBOSA, Sônia R. E.; GABRIEL, Rosangela L. P.; MARTINS, Karina P.; VICENTE, Alaíde A. F.; PETITTO, Sônia Marília/SP: Editora FAEF, Vol 01 - ISSN x

5 ACIP Anais do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP MERCADO FUTEBOLÍSTICO NO BRASIL RAMOS, Alaína dos S.; SIMÕES, Priscila F A QUESTÃO DA MOTIVAÇÃO NA GESTÃO CONTEMPORÂNEA RUY, Eliana L.; SANTOS, Genivaldo S AFINAL, O QUE É INCLUSÃO DIGITAL SILVA, Roberta F.S. ; SIMÕES, Priscila F MARKETING VIRTUAL: MÍDIA INTERATIVA ARF, Carlos E.; ESPERANÇA, Tatiana da S. ; CHESSA, Elisângela. ; SIMÕES, Priscila F MARKETING UMA PODEROSA ARMA NA ESTRATÉGIA DE NEGÓCIO: ESTUDO DE CASO DA EMPRESA ELÉCTROLUX BARBAROTO, Adriana B. L.; EVERTON, Cleison H. C.; SILVA, Maria D. C.; COUTINHO, Ivete P. D.; SIMOES, Priscila F NOVAS MÍDIAS NA INTERNET: CASO DA EMPRESA ITAÚ FOGANHOLO, Kelly C.; QUENELO, Tatiane; SIMOES, Priscila F RESPONSABILIDADE SOCIAL: UMA ESTRATÉGIA DE NEGÓCIOS SIMÕES, Priscila F.; SILVA, Roberta F.S PERSPECTIVAS ATUAIS EM LIDERANÇA: TRÊS MODELOS TEÓRICOS EM DISCUSSÃO GABRIEL, Rosangela L. P.; SMANIOTTO, Edgar I ADMINISTRAÇÃO, PRODUTIVIDADE E MOTIVAÇÃO: ABORDAGENS CLÁSSICAS E MODERNAS SILVA, Augusto Cesar O.; MENOSSI, Gilberto A.; SOUZA, Jacqueline M.; SMANIOTTO, Edgar I VISÃO ESTRATÉGICA: UMA NOVA PERSPECTIVA NA ÁREA DE RECURSOS HUMANOS ARENA, Karina O.; BUGLIA, Patrícia R. ; PEREIRA, Mariane F.; TOMÉ, Marta F HOMEM E TRABALHO: PRINCIPAIS FERRAMENTAS PARA OBTER COLA- BORADORES MOTIVADOS AGUIAR, Bruna G.; PIRES, Taylene F.; SANTOS, Taís A.; TOMÉ, Marta F Marília/SP: Editora FAEF, Vol 01 - ISSN x 5

6 Anais do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP ACIP FUNCIONÁRIO PROBLEMA E AGORA GESTOR: ESTRATÉGIAS PARA LIDAR COM FUNCIONÁRIOS PROBLEMA BARBAROTO, Adriana B. L.; SILVA, Maria D. C.; TOMÉ, Marta F A EVOLUÇÃO DA PSICOLOGIA NO RH: AS CONTRIBUIÇÕES DA PSICO- LOGIA PARA UM NOVO CONCEITO DE RH CARDOSO, Priscila S; REIS, Eliezer A. S.; ZAFANI, Luciano ; TOMÉ, Marta F EDUCAÇÃO FÌSICA A ESTRUTURA E A GESTÃO DE UM CLUBE DE LAZER DA CIDADE DE MARÍLIA: ESTUDO DE CASO VASCONCELLOS, Alex; CODOGNO, Franciane Teixeira de Oliveira Codogno; SGANZELLA, Paulo Luciano A IMPORTÂNCIA DOS EXERCÍCIOS AERÓBICOS NA TERCEIRA IDADE NOVAIS, Maria Clara de Souza; SILVA, Deusdedit da; CODOGNO, Franciane Teixeira de Oliveira A IMPORTÂNCIA DA CAPOEIRA NA EDUCAÇÃO INFANTIL A IMPORTÂNCIA DO RESGATE CULTURAL E A SOCIABILIZAÇÃO DA CRIANÇA PARA UM MELHOR DESENVOLVIMENTO NA EDUCAÇÃO INFANTIL OLIVEIRA, Adilson; FERREIRA, Karina DOPING NO ESPORTE O USO DA DOPAGEM EM ATLETAS COM A FINALIDADE DE MELHORAR O DESEMPENHO ESPORTIVO MORO, Rafael; FERREIRA, Karina IMPORTÂNCIA DA DANÇA NA ADOLESCÊNCIA: UMA REVISÃO DE LITE- RATURA PIZZONI, Bruna; SERAFIM, Núbia; CODOGNO, Franciane Teixeira de Oliveira Marília/SP: Editora FAEF, Vol 01 - ISSN x

7 ACIP Anais do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP MODA E ESTILISMO A MODA CICLÍCA: COMO OS SIGNOS DOS ANOS 80 E SUA MÚSICA POP INFLUÊNCIAM NAS CRIAÇÕES COTIDIANAS? Cortez, Ana Carolina Lopes; Marcato, Daniela de Cássia Gamonal. 259 TREND HUNTERS: A IMPORTÂNCIA DOS CAÇADORES DE TENDÊNCIA PARA A MODA Santos-Silva, Rafael dos; Marcato, Daniela de Cássia Gamonal DESFILE CONCEITUAL: FERRAMENTA IMPORTANTE DA MODA Cavalcante, Tatiane Nayara; Marcato, Daniela de Cássia Gamonal. 273 ARTESANATO: UMA ALTERNATIVA PARA O DESELVOLVIMENTO SUSTEN- TÁVEL BATEL, Juliana; BASSALOBRE, Esmeralda; DE SOUZA, Vanessa Kichise O DESIGN DA INDUMENTÁRIA SOB O OLHAR DA MODELAGEM: Abordagem Histórica NOGUEIRA, Jaqueline Greice Perez A ERGONOMIA COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO PARA PRODUTOS DE MODA DUARTE, Márcio; MARCATO, Daniela de Cássia Gamonal STEAMPUNK E A MODA SAGGIORO, Flávia Lima; SANTOS, Genivaldo de Souza PEDAGOGIA APRENDENDO E ENSINANDO SOBRE A ÁGUA : OBSERVAÇÕES DE UMA AULA INVESTIGATIVA ALVES, Aline Aparecida Pereira;LOPES, Amanda Maria Teixeira;SILVA, Jéssica Ferreira da;smaniotto, Edgar Indalecio Marília/SP: Editora FAEF, Vol 01 - ISSN x 7

8 Anais do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP ACIP A COMUNIDADE E A ESCOLA: GESTÃO CONJUNTA PAULA, Claudinéia Pereira de ; MANÇANO, Eliane dos Santos; SILVA, Lillian Emilene da; FEITOZA, Márcia Félix; SANTOS, Gisele Vermelho dos; SMANIOTTO, Edgar Indalécio A IMPORTÂNCIA DO BRINCAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL SOB A ÓTICA DAS TEORIAS DE PIAGET E VYGOTSKY PELOZO, Rita de Cassia Borguetti; SILVA, Lillian Emilene da A IMPORTÂNCIA DO BRINCAR PARA A CRIANÇA PELOZO, Rita de Cassia Borguetti Pelozo; VIEIRA, Kátia Solange Borges APRENDENDO E ENSINANDO SOBRE O TEMPO : OBSERVAÇÕES DE UMA AULA INVESTIGATIVA BEZERRA, Luana de Oliveira; FERREIRA, Jessica Mayara Marques; LIMA, Rafaela da Silva; MELLO, Beatriz Ferreira Cardoso de; SOUZA, Feliciana Aparecida de; SMANIOTTO, Edgar Indalecio APRENDENDO E ENSINANDO SOBRE O AR : OBSERVAÇÕES DE UMA AULA INVESTIGATIVA MIRANDA, Yasmin R.; SANTOS, Amanda T.; SILVA, Geisiane; SMANIOTTO, Edgar Indalecio A CONTRIBUIÇÃO DAS BRINCADEIRAS NA CONSTRUÇÃO DE NOÇÕES MATEMÁTICAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL SIMONELLI, Gisele Colombo; SANTOS, Daniela Miranda Fernandes AVALIAÇÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL FRANÇA,Camila Maria de Souza de; PELOZO,Rita de Cassia Borguetti AVALIAÇÃO: UMA PRÁTICA EM DESENVOLVIMENTO FREITAS, Idelma Pires; SMANIOTTO, Edgar Indalecio COMPREENDER A DISLEXIA: UMA CONDIÇÃO NECESSÁRIA PARA SUA FORMAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ALUNO COM DISLEXIA CAVALCANTI, Luciana Cordeiro Marília/SP: Editora FAEF, Vol 01 - ISSN x

9 ACIP Anais do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP DISLEXIA: SUPERAÇÃO DOS DESAFIOS PARA INCLUSÃO CAVALCANTI, Luciana Cordeiro EDUCAÇÃO E ESCOLA: EDUCAÇÃO COMO SOCIALIZAÇÃO DELSIN, Rita de Cássia; SANTOS, Patrícia Carla dos; SILVA, Silmara de Oliveira.; VERRÌSSIMO, Simone; SMANIOTTO, Edgar Indalecio GESTÃO DEMOCRÁTICA DA ESCOLA PÚBLICA: NECESSIDADE DE MU- DANÇA DE PARADIGMA SIMONELLI, Gisele Colombo; GUILHERME, Cirlene Pereira; JESUS, Elitânia Maria de; LIMA, Simone de Souza; DOURADO, Tânia Maria; SMANIOTTO, Edgar INDISCIPLINA NA ESCOLA: UM DESAFIO PARA PAIS E PROFESSORES PAULA, Claudinéia Pereira de; PELOZO, Rita de Cássia Borguetti 409 JOGOS E BRINCADEIRAS: CONTRIBUIÇÕES AO DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA DE 2 A 5 ANOS AMARAL, Mara Cristina Paulino; PELOZO, Rita de Cássia Borguetti LITERATURA E CINEMA NO AMBIENTE ESCOLAR TOPPAN, Jaqueline Maria Bertoncini O LÓCUS DA ÉTICA NOS PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS SANTOS, Genivaldo de Souza; CARVALHO, Alonso Bezerra2: O PAPEL DO DIRETOR NA ESCOLA O QUE COMPETE AO GESTOR ESCOLAR, NO CONTEXTO EDUCATIVO. GOMES, Flávia Cristina; SMANIOTTO, Edgar Indalécio O PAPEL DO COORDENADOR NA FORMAÇÃO CONTINUADA DOS PRO- FESSORES DA REDE DE ENSINO FUNDAMENTAL FRANÇA, Camila; KAMADA, Danilo Alves; MARTINS, Vania Natalia; MELLO, Marcia; XAVIER; Itamara Rissardi; SMANIOTTO, Edgar Indalécio PRIVAÇÃO CULTURAL: INFLUÊNCIAS NO CONTEXTO EDUCATIVO JESUS, Elitania Maria de; PELOZO, Rita de Cassia Borguetti Marília/SP: Editora FAEF, Vol 01 - ISSN x 9

10 Anais do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP ACIP PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO A IMPORTÂNCIA DE UMA AÇÃO COMPARTILHADA CARDOSO, Roseli Aparecida; LOURENÇO, Érica Simone; PEREIRA,Luciana Andrade Alves; SILVA,Rosângela Aparecida Rosa; SMANIOTTO, Edgar Indalécio; VIEIRA, Kátia Solange Borges; VIEIRA, Rosimeire Garcia A INFLUÊNCIA DE ESTRANGEIRISMOS NA LÍNGUA PORTUGUESA TERAOKA, Terumi Eto SOBRE A INCLUSÃO ESCOLAR: CONCEPÇÕES E PRÁTICAS DOCENTES PILLON, Deise; SMANIOTTO, Edgar Indalecio NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO PARA O SIMPÓSIO DE CIÊNCIAS APLICADAS DA FAIP Marília/SP: Editora FAEF, Vol 01 - ISSN x

11 ACIP Anais do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP Apresentação Como organismos biológicos, feitos de matéria, somos sujeitos às leis da física e da biologia; como pessoas conscientes, que criam nossa própria história, somos livres para decidir como esta história deve ser. Sem a ciência, não teríamos noção de igualdade; sem a arte, nenhuma idéia de liberdade. O conhecimento é uma ferramenta de transformação. Com base nessa premissa mais que relevante, a FAIP (Faculdade do Interior Paulista) se empenha em oferecer aos seus alunos e à comunidade em geral um trabalho eficiente e abalizado em educação. Mas não apenas uma educação baseada no simples oferecimento de um diploma ao fim do curso, mas sim aquela que seja baseada em proporcionar ao aluno um amplo conhecimento, para que ele possa ter instrumentos para atuar na comunidade e ser um ator da transformação social, melhorando a qualidade de vida de toda a população, indiscriminadamente. A FAIP, seguindo o exemplo de sucesso de sua instituição mantenedora, a ACEG (Associação Cultural e Educacional de Garça), busca ampliar os horizontes de seus alunos e também abrir suas portas para a comunidade, oferecendo atividades de grande relevância educacional, no qual estão inseridos profissionais locais e convidados, que trazem sua colaboração para enriquecer o debate em torno de temas pertinentes e atuais. Uma dessas ações, com grande reconhecimento, é o Simpósio de Ciência Aplicadas, realizado pela ACEG e que já ofereceu cursos, palestras e capacitações para milhares de alunos e membros da comunidade do centro-oeste paulista, abrindo, ainda, espaço para a divulgação Marília/SP: Editora FAEF, Vol 01 - ISSN x 11

12 Anais do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP ACIP científica, enriquecendo, dessa forma, a pesquisa no âmbito do segmento acadêmico brasileiro. Sendo assim, a FAIP agora realiza o seu terceiro Simpósio de Ciências Aplicadas, visando destacar a sua produção científica com o objetivo de levar aos alunos e à comunidade informações abalizadas nos campos da Moda e Estilismo, da Administração e da Pedagogia. Entre os dias 15 a 18 de maio, esse Simpósio pretende congregar a comunidade acadêmica com a sociedade local, ressaltando o conhecimento que é gerado na FAIP e também abrindo espaço para que a pesquisa possa estar acessível a um maior número de pessoas. Como parte da programação teremos diversas conferências e mini-cursos que serão extremamente relevantes para um debate sério e envolvente. A FAIP abre suas portas para o seu terceiro Simpósio e quer ter você como convidado de honra. Venha, faça parte desse momento importante para a educação na região centro-oeste paulista. COMISSÃO ORGANIZADORA 12 Marília/SP: Editora FAEF, Vol 01 - ISSN x

13 ACIP Anais do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP Comissão Organizadora Presidente de Honra do Simpósio: Profa. Dra. Dayse Maria Alonso Shimizu Presidente Executivo do Simpósio: Prof. Ms. Márcio Roberto Agostinho Vice - Presidente Executivo do Simpósio: Prof. Esp. Paulo Luciano Sganzella Comissão de Infra-Estrutura do Simpósio: Prof. Ms. Rodrigo Amado dos Santos Prof. Ms. Osni Álamo Pinheiro Junior Prof. Esp. Daniel Aparecido Marzola Prof. Esp. Paulo Luciano Sganzella Profa. Esp. Alana Tortato Profa. Esp. Esmeralda Bassalobre Santaella Prof. Esp. Éderson Shimizu Comissão de Marketing do Simpósio: Sra. Tatiana Shimizu Prof. Ms. Ricardo Alves Perri Prof. Esp. Éderson Shimizu Matos Marília/SP: Editora FAEF, Vol 01 - ISSN x 13

14 Anais do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP ACIP Sra. Lirya Kemp Marcondes de Moura Prof. Ms. Anderson Cêga Sra. Michele Daiane da Silva Sr. Luis Fernando Dall Evedove l Comissão de Comunicação Visual e Mídias Sociais do Simpósio: Professor Esp. Éderson Shimizu Matos Professor Ms. Anderson Cêga Sr. Wagner Giampietro Justino Comissão de Documentação e Expedição de Certificados do Simpósio: Prof. Ms. Francisco Pizzolato Montanha Profa. Esp. Mariana B. Nardelli Montanha Prof. Ms. Anderson Cêga Secretaria do Simpósio: Sra. Rosângela Braga Barbosa Prof. Ms. Edgar Indalecio Smaniotto Sra. Jacqueline Marques de Souza Profa. Esp. Priscila Flora Simões Sr. Wagner Giampietro Justino Prof. Ms. Vanessa Zappa Tesouraria do Simpósio: Sr. Wilson Shimizu Sra. Marcela Soares Pereira Sr. Alysson Nogueira Braz Sra. Lilian Ventura Pires Passamai Comissão Editorial do Simpósio: Prof. Dr. Aroldo José Abreu Pinto 14 Marília/SP: Editora FAEF, Vol 01 - ISSN x

15 ACIP Anais do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP Membros da Comissão Científica Comissão Científica do Simpósio: Profa. Dra. Franciane Teixeira de Oliveira Codogno Prof. Dr. Fernando Augusto Garcia Muzzi Prof. Ms. Genivaldo de Souza Santos Profa. Ms. Sônia Maria Petitto Ramos Profa. Ms. Lígia Garcia Hermosilla. Prof. Ms. Vanessa Zappa Prof. Ms. Ricardo Alves Perri Prof. Ms. Edgar Indalecio Smaniotto Prof. Esp. Paulo Luciano Sganzella Marília/SP: Editora FAEF, Vol 01 - ISSN x 15

16 Anais do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP ACIP 16 Marília/SP: Editora FAEF, Vol 01 - ISSN x

17 ACIP Anais do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP Agradecimentos A Comissão Organizadora e a Administração Superior da ACIP Associação Cultural e Educacional do Interior Paulista agradece imensamente a todos aqueles que participaram do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP e, em especial, aos palestrantes, apoios e/ ou patrocínios das empresas e orgãos públicos que contribuíram para o sucesso do evento. Marília/SP: Editora FAEF, Vol 01 - ISSN x 17

18 Anais do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP ACIP 18 Marília/SP: Editora FAEF, Vol 01 - ISSN x

19 ACIP Anais do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP-FAEF Programação: 15 a 18 de maio de 2012 TURNO MANHÃ Terça Feira 15/05 7:30 às 08:00 hs - Entrega das credenciais Local: Sala dos gabinetes dos docentes 08:00 às 9: 00 hs - Composição da Mesa e Abertura Oficial dos Trabalhos 9:15 hs - Palestra Inaugural: Sustentabilidade Empresarial Local: Salão Nobre da FAIP Quarta Feira 16/05 7:40 às 8:40 hs - Minicursos Local: salas de aula 8:50 às 9:05 hs - Apresentação de Trabalhos Científicos Local: Salão Nobre da FAIP 9:05 às 9:10 hs - Coffee Break (Cantina) 9:10 às 11:00 hs - Minicursos Local: salas de aula Quinta Feira 17/05 7:40 às 8:40 hs - Minicursos Local: salas de aula 8:50 às 9:05 hs - Apresentação de Trabalhos Científicos Local: Salão Nobre da FAIP 9:05 às 9:10 hs - Coffee Break (Cantina) 9:10 às 11:00 hs - Minicursos Local: salas de aula Sexta Feira 18/05 7:45 às 10:00 hs - Mesa Redonda: A Contribuição da Pesquisa na formação do profissional do futuro Local: Salão Nobre da FAIP 10:00 às 10:10 hs - Coffee Break (Cantina) 10:20 às 11:00 hs - Entrega dos Certificados Local: Sala dos gabinetes dos docentes NOITE 19h às 19:30 hs - Entrega das Credenciais Local: Sala dos gabinetes dos docentes 19:30 às 22:15 hs - Composição da Mesa, Abertura Oficial dos Trabalhos e II Concurso MISS FAIP Local: Salão Nobre da FAIP 19:00 às 20:30 hs - Apresentação de Trabalhos Científicos Local: Salão Nobre da FAIP 19:00 às 20:30 hs - Minicursos Local: salas de aula 20:30 às 20:45 hs - Coffee Break (Cantina) 20:45 às 22:15 hs - Apresentação de Trabalhos Científicos Local: Salão Nobre da FAIP 20:45 às 22:15 hs - Minicursos Local: salas de aula 19:00 às 20:30 hs - Minicursos Local: salas de aula 20:30 às 20:45 hs - Coffee Break (Cantina) 20:45 às 22:15 hs - Minicursos Local: salas de aula 19:00 às 20:30 hs - Minicursos Local: salas de aula 20:30 às 20:45 hs - Coffee Break (Cantina) 20:45 às 21:45 hs - Minicursos Local: salas de aula 21:45 às 22:15 hs - Entrega dos Certificados Local: Sala dos gabinetes dos docentes Marília/SP: Editora FAEF, Vol 01 - ISSN x 19

20 Anais do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP ACIP 20 Marília/SP: Editora FAEF, Vol 01 - ISSN x

21 ACIP Anais do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP TRABALHOS APRESENTADOS Administração de Empresas Marília/SP: Editora FAEF, Vol 01 - ISSN x 21

22 Anais do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP ACIP 22 Marília/SP: Editora FAEF, Vol 01 - ISSN x

23 ACIP Anais do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP MARKETING BOCA A BOCA: A IMPORTÂNCIA DE SE ALMEJAR A SATISFAÇÃO DO CLIENTE ARENA, Karina O. 1 BUGLIA, Patricia R. 1 PEREIRA, Mariane F. 1 SIMÕES, Priscila F. 2 1 Acadêmica do curso de Administração de Empresas da FAIP Faculdade do Interior Paulista. 2 Docente do Curso de Administração de Empresas da FAIP Faculdade do Interior Paulista. Especialista em Marketing Estratégico. RESUMO O tema marketing direto apresenta a importância do controle entre o cliente e a empresa, tendo como objetivo conseguir criar uma relação duradoura. Levando em consideração a influência que o marketing boca a boca fornece para a organização através de informações que devem ser cuidadosamente avaliadas na busca de melhor atender seu públicoalvo. Palavras-chaves: Marketing. Relacionamento com o cliente. Influência. ABSTRACT The theme of direct marketing presents the importance of control between the client and the company, aiming to be able to create a lasting relationship. Taking into account the influence that the word Marília/SP: Editora FAEF, Vol 01 - ISSN x 23

24 Anais do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP ACIP of mouth marketing provides for the organization through information that must be carefully evaluated in the quest to better serve your audience. Keywords: Marketing. Customer relationship. Influence INTRODUÇÃO O marketing direto trata-se de uma ferramenta que busca administrar o relacionamento com o consumidor, através das informações geradas das relações interpessoais. Onde as pessoas passam a diante suas experiências e expectativas em relação aos produtos ou serviços. O objetivo deste artigo é apresentar ao leitor uma revisão bibliográfica sobre o marketing boca a boca, a partir das considerações mais atuais do campo cientifico da administração de empresas. O texto oferece a sociedade reflexões que contribuem para aprimorar os processos de administração de empresas brasileiras, onde o uso do marketing de forma correta pode ajudar o administrador a atingir uma fatia maior do mercado em que atua. Dentro desta visão de marketing podemos evidenciar o marketing boca a boca positivo e o negativo, pelo qual, esta ferramenta serve para medir o desempenho da organização sabendo que a resposta deste pode influenciar diretamente na atividade empresarial. O texto será dividido em duas partes, onde será possível verificar a importância do marketing direto para as organizações e consequentemente como o marketing boca a boca pode ser uma ferramenta de extrema importância para a empresa. MARKETING DIRETO O conceito de marketing direto surgiu nos estados unidos na década de 70 e começou a ser introduzido no Brasil na década de 80 (MAC ADDEN, 1995 p.21) Segundo MAC ADDEN, a forma como antigamente os lojistas se relacionavam com a clientela, buscando dar orientações e em contrapartida pedir a opinião dos mesmos, hoje basicamente é possível fazer o mesmo, mas não com apenas alguns clientes, mas sim com muitos. Desta forma o marketing direto é uma ferramenta para se administrar as atividades para um maior relacionamento com os clientes. 24 Marília/SP: Editora FAEF, Vol 01 - ISSN x

25 ACIP Anais do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP Os principais benefícios da aplicação do marketing direto são de acordo com MAC ADDEN: Permite selecionar o público: direcionam a comunicação apenas algumas pessoas, desta forma é possível atingir um público-alvo. Aperfeiçoa o tráfego de clientes: de maneira a rentabilizar ao máximo o espaço físico (estoque e estrutura da loja), assim é possível verificar e coordenar as ações de propaganda. Garante a oferta do melhor mix de produtos e/ou serviços: pelo contato com clientes, o lojista sabe o que os clientes querem, para assim trabalhar em função deste objetivo, ou seja, melhor satisfação dos clientes. Aumento de satisfação: diante de suas ações a empresa passa a ser a primeira opção de compra do cliente, através de um bom atendimento o cliente se torna fiel, passando a somente comprar ou utilizar os serviços da empresa. Venda de produtos a distancia: sistema de entrega, por exemplo, é uma relação além com o cliente, cliente gosta de comodidade, ou seja, o serviço de entrega é uma forma de conquistar os clientes, nem sempre eles estão dispostos de ir até o local de compra. Favorece o controle: permite adotar medidas rápidas para o cenário mercadológico, ou seja, através do marketing é possível fazer um diagnostico das necessidades dos clientes e assim formular uma estratégia para novas medidas emergenciais. Qualquer atividade promocional que crie e utilize um relacionamento direto entre você e seu cliente ou consumidor como individuo (BIRD, p16). Pode observar que os autores têm opiniões semelhantes no que diz respeito ao marketing, ambos enfatizam a importância da propaganda para os clientes e consequentemente a importância dos clientes para a propaganda. MARKETING BOCA A BOCA Segundo CAFFERKY (1999), mais de 80% das pessoas seguem alguma opinião de um parente, amigo, ou vendedor para a aquisição de um bem ou serviço. De acordo com essa abordagem o autor também enfatiza que o marketing boca a boca é: Marília/SP: Editora FAEF, Vol 01 - ISSN x 25

26 Anais do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP ACIP Promover a empresa normalmente, ou seja, é quando naturalmente a empresa se promove, através dos seus serviços e produtos; É a propaganda de custo mínimo, pois são os clientes e o cenário que empresa está inserida que faz a propaganda ; É a propaganda de menos riscos, quando a empresa se preocupa com o serviço que está oferecendo e o produto que ela fornece, sem sombra de dúvida o retorno é certo. É uma arma de comunicação, pois varias pessoas falam em nome da organização, conquistando novos clientes; Motiva funcionários e clientes, o administrador deve se preocupar só com os clientes mas também com os seus colaboradores, pois sem as pessoas a organização não anda ; Embora a propaganda de boca a boca seja em grande parte controla pelo cliente satisfeito, é o relacionamento frente a frente que o cliente tem com outra pessoa que é realmente eficaz. Amigos conversam sobre coisas de interesse mutuo. E é essa mutualidade que torna a comunicação relevante e confiável para aquele que está recebendo a informação. Quando se está conversando entre amigos, não existem defesas. Isso significa que se fica mais receptiva a conselho e mais inclinada a seguir determinada sugestão por causa da relação de amizade. As mensagens não se perdem (CAFFERKY 1999; p.16). Esta modalidade do marketing boca a boca é o mais utilizado nas empresas, CAFFERKY, menciona que as relações e conversas entre amigos é a forma como as informações são repassadas para outras e outras pessoas. Todo cliente busca estar satisfeito com o produto ou serviço adquirido desta forma é uma obrigação das empresas satisfaze-los, mas quando a empresa busca crescer e se destacar das outras é necessário que se haja por parte das organizações o desejo de superar as expectativas de seus clientes, pois assim poderá através do Marketing boca a boca promover o seu produto ou serviço. O marketing boca a boca acontece em conseqüência de técnicas especificas que são firmemente aplicadas no ambiente de trabalho normal com cada cliente. Aqueles que são obcecados com o marketing boca a boca jamais estarão satisfeitos com a excelência de seu serviço. 26 Marília/SP: Editora FAEF, Vol 01 - ISSN x

27 ACIP Anais do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP (CAFFERKY, 1999) CAFFERKY (1999) aborda alguma técnicas de se alcançar o marketing boca a boca positivo pelos quais são: Identificar as habilidades pessoas que promovem a propaganda de boca a boca positiva e recompense-as em sua empresa; É necessário se observar a excelência nos sistemas (os método, as políticas, os métodos de produção, o ambiente de sua empresa etc.) envolvidos para atender ao cliente desde o momento em que ele liga para requerer uma informação sobre seus produtos até o momento em que ele não necessite mais de seu produto ou serviços; O produto fornecido por sua empresa deve ser excepcional; O preço também é um fator de extrema importância e necessita ser priorizado. O anúncio boca a boca se espalha com velocidade quando os consumidores percebem uma valorização de seu dinheiro; É necessário proporcionar acessibilidade ao cliente. A promoção também chama a atenção do consumidor, pois eles acreditam na palavra de outra pessoa quando selecionam produtos; Cada um desses processos é essencial para que se haja a boa imagem da empresa, se uma delas vier a falhar com certeza haverá clientes insatisfeitos impedindo assim que o objetivo da organização alcance os 100%, pois com certeza ocorrerá o marketing boca a boca negativo. Como barrar a propaganda de boca a boca negativa, isso pode ser uma das partes mais positivas do seu programa de marketing. Por exemplo, alguns dos seus clientes mais leais são aqueles que apresentam reclamações legítimas que você resolve rapidamente. Se você fizer mais que ouvir e pedir desculpas, se você realmente apresentar uma solução, você cria uma ligação com eles que pode durar anos. E você lhes dá uma razão para falarem com entusiasmo como você é genial. (CAFFERKY 1999; p.81). Segundo, CAFFERKY (1999) a formação de uma opinião sobre uma nova empresa acontece quando os clientes em potenciais são expostos á menor fração de informação sobre sua empresa, suas primeiras impressões são formadas por meio da exposição de suas instalações, o logotipo, aroma, sons e muitos outros estímulos. Mas até que eles tenham alguma razão para pensar o contrário, os clientes potenciais tendem a ter atitudes positivas sobre algo que é novo. Os clientes buscam mais que satisfações pessoais esperam das Marília/SP: Editora FAEF, Vol 01 - ISSN x 27

28 Anais do III Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP ACIP empresas excelência em seus serviços, desta forma as organizações precisam investir em treinamento e métodos para que se alcancem e superem as expectativas de seus clientes. CONSIDERAÇÕES FINAIS O marketing direto tem por objetivo estreitar a relação entre o cliente a empresa. Estando dispostos a ouvir suas opiniões afim de atenderem suas expectativas em relação ao produto e o serviço. As informações geradas por eles só tem a contribuir com o crescimento da organização conduzindo o cliente a ter um grau de satisfação elevado por conta da satisfação agregada. Ao utilizar uma das ferramentas do marketing direto, especificamente o marketing boca a boca observa-se que ele deve ser trabalhado de forma cuidadosa para que se obtenha um bom resultado, caso contrário o cliente pode se sentir insatisfeito e os resultados podem não sair como o esperado, pois a empresa depende inteiramente da aprovação do seu públicoalvo. REFERENCIAS BIBLIOGRAFICAS BRID, Drayton.Bom senso em marketing direto. Tradução Michelangelo Di Vito. São Paulo, Makron Book, CAFFERKY, Michel E. Venda boca a boca: Deixe seus clientes fazerem a propaganda. Tradução Marcia da cruz Nóboa Leme. São Paulo: Nobel, MAC ADDEN, Daniel Oscar. Marketing direto para varejo. 1ª ed. Saraiva e Editora Senac São Paulo, Marília/SP: Editora FAEF, Vol 01 - ISSN x

PROCESSO DE VENDAS. FALCE, Ricardo de Carvalho. Discente do Curso de Administração da Faculdade de Ciências Sociais e Agrárias de Itapeva - FAIT

PROCESSO DE VENDAS. FALCE, Ricardo de Carvalho. Discente do Curso de Administração da Faculdade de Ciências Sociais e Agrárias de Itapeva - FAIT PROCESSO DE VENDAS FALCE, Ricardo de Carvalho. GARCIA, Isabelle Penha. GOMES, Guilherme Martins. MELLO, Karoline de Almeida. Discente do Curso de Administração da Faculdade de Ciências Sociais e Agrárias

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL NA GESTÃO EMPRESARIAL

A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL NA GESTÃO EMPRESARIAL A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL NA GESTÃO EMPRESARIAL Aldemar Dias de Almeida Filho Discente do 4º ano do Curso de Ciências Contábeis Faculdades Integradas de Três Lagoas AEMS Élica Cristina da

Leia mais

TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO

TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE AURIFLAMA AUTOR(ES):

Leia mais

CONTROLADORIA NO SUPORTE A GESTÃO EMPRESARIAL

CONTROLADORIA NO SUPORTE A GESTÃO EMPRESARIAL CONTROLADORIA NO SUPORTE A GESTÃO EMPRESARIAL Cristiane de Oliveira 1 Letícia Santos Lima 2 Resumo O objetivo desse estudo consiste em apresentar uma base conceitual em que se fundamenta a Controladoria.

Leia mais

Ministério da Educação Programa Universidade para Todos - ProUni Resultado Processo Seletivo - 1º semestre de 2010

Ministério da Educação Programa Universidade para Todos - ProUni Resultado Processo Seletivo - 1º semestre de 2010 Ministério da Educação Programa Universidade para Todos - ProUni Resultado Processo Seletivo - 1º semestre de 2010 Instituição de Ensino Superior: CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL GUAXUPÉ Unidade

Leia mais

WORKER SISTEMA COMERCIAL PARA COMÉRCIO VAREJISTA E PRESTADORES DE SERVIÇO

WORKER SISTEMA COMERCIAL PARA COMÉRCIO VAREJISTA E PRESTADORES DE SERVIÇO WORKER SISTEMA COMERCIAL PARA COMÉRCIO VAREJISTA E PRESTADORES DE SERVIÇO VILAS BOAS, M. A. A. 1 ; GOMES, E. Y. 2 1- Graduando em Sistemas de Informação na FAP - Faculdade de Apucarana 2- Docente do Curso

Leia mais

ERP & BI ENTENTENDO A BUSCA CONSTANTE DAS EMPRESAS POR UM SISTEMA QUE FORNEÇA INFORMAÇÕES CONFIÁVEIS PARA TOMADA DE DECISÃO*

ERP & BI ENTENTENDO A BUSCA CONSTANTE DAS EMPRESAS POR UM SISTEMA QUE FORNEÇA INFORMAÇÕES CONFIÁVEIS PARA TOMADA DE DECISÃO* ERP & BI ENTENTENDO A BUSCA CONSTANTE DAS EMPRESAS POR UM SISTEMA QUE FORNEÇA INFORMAÇÕES CONFIÁVEIS PARA TOMADA DE DECISÃO* RESUMO Marilia Costa Machado - UEMG - Unidade Carangola Graciano Leal dos Santos

Leia mais

CONSULTOR CARLOS MARTINS AÇAO EM MARKETING

CONSULTOR CARLOS MARTINS AÇAO EM MARKETING CONSULTOR CARLOS MARTINS CRIA - AÇAO EM MARKETING SUA EMPRESA Copyright Consultor Carlos Martins - Todos os direitos reservados wwwcarlosmartinscombr - consultor@carlosmartinscombr Como conquistar Clientes

Leia mais

LIDERANÇA COMO FATOR DE SUCESSO EMPRESARIAL (2006)

LIDERANÇA COMO FATOR DE SUCESSO EMPRESARIAL (2006) 11. AUTORES: LILIAN DA SILVA ALVES LÍVIA SANCHEZ PONTES DA FONSECA TÍTULO: LIDERANÇA COMO FATOR DE SUCESSO EMPRESARIAL (2006) Orientador : Silvio Montes Pereira Dias Co-orientadora : Sônia Maria de Barros

Leia mais

FATEC Cruzeiro José da Silva. Ferramenta CRM como estratégia de negócios

FATEC Cruzeiro José da Silva. Ferramenta CRM como estratégia de negócios FATEC Cruzeiro José da Silva Ferramenta CRM como estratégia de negócios Cruzeiro SP 2008 FATEC Cruzeiro José da Silva Ferramenta CRM como estratégia de negócios Projeto de trabalho de formatura como requisito

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DA GESTAO AMBIENTAL

IMPLANTAÇÃO DA GESTAO AMBIENTAL IMPLANTAÇÃO DA GESTAO AMBIENTAL MELO, Fabrício Pires CARDOSO, Mauricio QUEIROS, Silmara Mirian PEDRO, Lincoln MULLER, Edi RESUMO Este trabalho busca mostrar quais os benefícios, custos e métodos para se

Leia mais

CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO

CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM ECOTURISMO Objetivo: O Curso tem por objetivo capacitar profissionais, tendo em vista a carência de pessoas qualificadas na área do ecoturismo, para atender,

Leia mais

Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro.

Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro. PLANO DE MARKETING Andréa Monticelli Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro. 1. CONCEITO Marketing é

Leia mais

ENDOMARKETING: Utilização como ferramenta de crescimento organizacional

ENDOMARKETING: Utilização como ferramenta de crescimento organizacional ENDOMARKETING: Utilização como ferramenta de crescimento organizacional Carlos Henrique Cangussu Discente do 3º ano do curso de Administração FITL/AEMS Marcelo da Silva Silvestre Discente do 3º ano do

Leia mais

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex...

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... (/artigos /carreira/comopermanecercalmosob-pressao /89522/) Carreira Como permanecer calmo sob pressão (/artigos/carreira/como-permanecer-calmosob-pressao/89522/)

Leia mais

TIPOS DE RECRUTAMENTO E SUA IMPORTÂNCIA PARA UMA GESTÃO ADEQUADA DE PESSOAS APLICADAS A EMPRESAS.

TIPOS DE RECRUTAMENTO E SUA IMPORTÂNCIA PARA UMA GESTÃO ADEQUADA DE PESSOAS APLICADAS A EMPRESAS. TIPOS DE RECRUTAMENTO E SUA IMPORTÂNCIA PARA UMA GESTÃO ADEQUADA DE PESSOAS APLICADAS A EMPRESAS. MICHEL, Murillo Docente da Faculdade de Ciências Jurídicas e Gerencias murillo@faef.br RESUMO O presente

Leia mais

PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL: um relato de experiência de dois estagiários de psicologia

PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL: um relato de experiência de dois estagiários de psicologia PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL: um relato de experiência de dois estagiários de psicologia MESQUITA NETO, Rui 1 DIAS, Vanessa Aparecida 2 NUNES, Ruth Vieira 3 RESUMO A organização depende das pessoas para atingir

Leia mais

A CONTABILIDADE COMO INSTRUMENTO DE AUXÍLIO NO CONTROLE DO MEIO AMBIENTE

A CONTABILIDADE COMO INSTRUMENTO DE AUXÍLIO NO CONTROLE DO MEIO AMBIENTE 546 A CONTABILIDADE COMO INSTRUMENTO DE AUXÍLIO NO CONTROLE DO MEIO AMBIENTE Irene Caires da Silva 1, Ana Carlina Toni Pereira 2, Carlile Serafim Pestana 2, Fernando Henrique Grigoletto dos Santos 2, Henrique

Leia mais

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Roberto Marcello SI Sistemas de gestão A Gestão dos Sistemas Integrados é uma forma organizada e sistemática de buscar a melhoria de resultados.

Leia mais

AUTOR(ES): IANKSAN SILVA PEREIRA, ALINE GRAZIELE CARDOSO FEITOSA, DANIELE TAMIE HAYASAKA, GABRIELA LOPES COELHO, MARIA LETICIA VIEIRA DE SOUSA

AUTOR(ES): IANKSAN SILVA PEREIRA, ALINE GRAZIELE CARDOSO FEITOSA, DANIELE TAMIE HAYASAKA, GABRIELA LOPES COELHO, MARIA LETICIA VIEIRA DE SOUSA Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: TECNOLOGIA E SUA INFLUÊNCIA NA QUALIDADE DA GESTÃO CONTÁBIL. CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS

Leia mais

Gestão de Relacionamento com o Cliente CRM

Gestão de Relacionamento com o Cliente CRM Gestão de Relacionamento com o Cliente CRM Fábio Pires 1, Wyllian Fressatti 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil pires_fabin@hotmail.com wyllian@unipar.br RESUMO. O projeto destaca-se

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO GESTAO AMBIENTAL LUCAS SAMUEL MACHADO RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Doverlandia 2014 LUCAS SAMUEL MACHADO RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Trabalho de Gestão Ambiental

Leia mais

CAPITAL INTELECTUAL COMO VANTAGEM COMPETITIVA NAS ORGANIZAÇÕES EMPRESARIAIS

CAPITAL INTELECTUAL COMO VANTAGEM COMPETITIVA NAS ORGANIZAÇÕES EMPRESARIAIS CAPITAL INTELECTUAL COMO VANTAGEM COMPETITIVA NAS ORGANIZAÇÕES EMPRESARIAIS Cesar Aparecido Silva 1 Patrícia Santos Fonseca 1 Samira Gama Silva 2 RESUMO O presente artigo trata da importância do capital

Leia mais

Resultado Vestibular 2013/1 (2ª Chamada)

Resultado Vestibular 2013/1 (2ª Chamada) Resultado Vestibular 2013/1 (2ª Chamada) ADMINISTRAÇÃO 1 ARIELA RODRIGUES SILVA 2 CAROLINA DANTAS DOS SANTOS 3 CRISTIANE DA SILVA GUERREIRO 4 GABRYELLA BUENO DO CARMO 5 JESSICA RAMOS DA SILVA 6 JULIA DE

Leia mais

AGENDA DAS DEFESAS DE TRABALHO DE CURSO Período 06 a 10/12/2010

AGENDA DAS DEFESAS DE TRABALHO DE CURSO Período 06 a 10/12/2010 AGENDA DAS DEFESAS DE TRABALHO DE CURSO Período 06 a 10/12/2010 06/12/2010 (Segunda-feira) O mercado financeiro: uma análise sobre a bolsa de valores BM&F Bovespa Júnior C. Silva e Simone do P. Silva Prof.

Leia mais

RESUMO ABSTRACT. Palavras-chave: CRM (Customer Relationship Management) e Marketing Público. Key- words: CRM and Marketing Public

RESUMO ABSTRACT. Palavras-chave: CRM (Customer Relationship Management) e Marketing Público. Key- words: CRM and Marketing Public Professor Vicente Serrano e Professor Pedro Duarte Marketing das organizações políticas da economia social José António Gonçalves Costa, 7828 Samuel Dias Amado, 7971 Comunicação Empresarial, 2º ano RESUMO

Leia mais

GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS

GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS WALLACE BORGES CRISTO 1 JOÃO CARLOS PEIXOTO FERREIRA 2 João Paulo Coelho Furtado 3 RESUMO A Tecnologia da Informação (TI) está presente em todas as áreas de

Leia mais

01/12/2012 MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL. Guarantã do Norte/MT A SOCIEDADE ESTÁ EM TRANSFORMAÇÃO

01/12/2012 MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL. Guarantã do Norte/MT A SOCIEDADE ESTÁ EM TRANSFORMAÇÃO MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL Guarantã do Norte/MT A SOCIEDADE ESTÁ EM TRANSFORMAÇÃO TAREFAS ESTRUTURA PESSOAS AMBIENTE TECNOLOGIA ÊNFASE NAS TAREFAS Novos mercados e novos conhecimentos ÊNFASE

Leia mais

COLETA SELETIVA DE RESÍDUOS RECICLÁVEIS

COLETA SELETIVA DE RESÍDUOS RECICLÁVEIS COLETA SELETIVA DE RESÍDUOS RECICLÁVEIS ALVES, Jéssica B. 1 NETO, João B. 1 SOBRAL, Jozias M. 1 SILVA, Kelvin L. S. da 1 PETITTO, Sônia 2 PERRI, Ricardo Alves 3 RESUMO A coleta seletiva é uma forma de

Leia mais

ORGANIZAR O PRIMEIRO PASSO PARA O CONTROLE EMPRESARIAL

ORGANIZAR O PRIMEIRO PASSO PARA O CONTROLE EMPRESARIAL 1 ORGANIZAR O PRIMEIRO PASSO PARA O CONTROLE EMPRESARIAL ORGANIZATION THE FIRST STEP TO BUSINESS CONTROL Adriane C. Lopes * Elisiane Godoy* Emanuel O. Batista* Sheila C. M. Guilherme* Aparecida Vani Frasson

Leia mais

IMPORTANTES ÁREAS PARA SUCESSO DE UMA EMPRESA

IMPORTANTES ÁREAS PARA SUCESSO DE UMA EMPRESA IMPORTANTES ÁREAS PARA SUCESSO DE UMA EMPRESA SILVA, Paulo Henrique Rodrigues da Discente da Faculdade de Ciências Jurídicas e Gerencias E-mail: ph.rs@hotmail.com SILVA, Thiago Ferreira da Docente da Faculdade

Leia mais

TÍTULO: "COMUNICAÇÃO E CONTABILIDADE: A TECNOLOGIA NA ROTINA DO CONTADOR"

TÍTULO: COMUNICAÇÃO E CONTABILIDADE: A TECNOLOGIA NA ROTINA DO CONTADOR TÍTULO: "COMUNICAÇÃO E CONTABILIDADE: A TECNOLOGIA NA ROTINA DO CONTADOR" CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: CIÊNCIAS CONTÁBEIS INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DE RIO PRETO

Leia mais

FACCAMP - FACULDADE DE CAMPO LIMPO PAULISTA CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO FINANCEIRA Campo Limpo Paulista - Maio 2013

FACCAMP - FACULDADE DE CAMPO LIMPO PAULISTA CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO FINANCEIRA Campo Limpo Paulista - Maio 2013 FACCAMP - FACULDADE DE CAMPO LIMPO PAULISTA CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO FINANCEIRA Campo Limpo Paulista - Maio 2013 DISCIPLINA - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL Integrantes: Adriano de Oliveira RA: 14759 Karina

Leia mais

P á g i n a 3 INTRODUÇÃO

P á g i n a 3 INTRODUÇÃO P á g i n a 3 INTRODUÇÃO A Administração de Materiais compreende as decisões e o controle sobre o planejamento, programação, compra, armazenamento e distribuição dos materiais indispensáveis à produção

Leia mais

BANCAS EXAMINADORAS DE TRABALHO DE CURSO (2014/2) CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS. ORIENTADOR: Prof. AGUINALDO TEODORO BARBOSA FONSECA

BANCAS EXAMINADORAS DE TRABALHO DE CURSO (2014/2) CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS. ORIENTADOR: Prof. AGUINALDO TEODORO BARBOSA FONSECA O coordenador do Núcleo de Atividades Complementares NAC, nos termos da Resolução CONSUP Faculdade CESUC 002/2010, divulga abaixo a relação das BANCAS PÚBLICAS EXAMINADORAS DE TRABALHO DE CURSO do Curso

Leia mais

Unidade IV MERCADOLOGIA. Profº. Roberto Almeida

Unidade IV MERCADOLOGIA. Profº. Roberto Almeida Unidade IV MERCADOLOGIA Profº. Roberto Almeida Conteúdo Aula 4: Marketing de Relacionamento A Evolução do Marketing E-marketing A Internet como ferramenta As novas regras de Mercado A Nova Era da Economia

Leia mais

MARKETING AMBIENTAL: UMA FERRAMENTA EMPRESARIAL ESTRATÉGICA

MARKETING AMBIENTAL: UMA FERRAMENTA EMPRESARIAL ESTRATÉGICA 1 MARKETING AMBIENTAL: UMA FERRAMENTA EMPRESARIAL ESTRATÉGICA Felipe Rogério Pereira (UniSALESIANO Araçatuba/SP) HerculesFarnesi Cunha ( Docente das Faculdades Integradas de Três Lagoas- AEMS e UniSALESIANO

Leia mais

CURSO: RECUSROS HUMANOS

CURSO: RECUSROS HUMANOS 6 de junho de 2015 CURSO: RECUSROS HUMANOS ELAINE CRISTINA AMORIM ELISABETE ALVES DE LIMA MARIA ANDREZA CASTRO DE MORAIS REGIANE LIBERATO AMORIM RUTE GOMES DE ASSUNÇÃO 8h CURSO: RECURSOS HUMANOS FERNANDA

Leia mais

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO 1 BUSINESS GAME UGB Eduardo de Oliveira Ormond Especialista em Gestão Empresarial Flávio Pires Especialista em Gerencia Avançada de Projetos Luís Cláudio Duarte Especialista em Estratégias de Gestão Marcelo

Leia mais

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA Autor: Jeferson Correia dos Santos ARTIGO TÉCNICO INOVAÇÃO NA GESTÃO DE PÓS-VENDAS: SETOR AUTOMOTIVO RESUMO A palavra inovação tem sido atualmente umas das mais mencionadas

Leia mais

Situação mercadológica hoje: Era de concorrência e competição dentro de ambiente globalizado.

Situação mercadológica hoje: Era de concorrência e competição dentro de ambiente globalizado. TECNICAS E TECNOLOGIAS DE APOIO CRM Situação mercadológica hoje: Era de concorrência e competição dentro de ambiente globalizado. Empresas já não podem confiar em mercados já conquistados. Fusões e aquisições

Leia mais

Eixo Temático ET-03-004 - Gestão de Resíduos Sólidos VANTAGENS DA LOGÍSTICA REVERSA NOS EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS

Eixo Temático ET-03-004 - Gestão de Resíduos Sólidos VANTAGENS DA LOGÍSTICA REVERSA NOS EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS 198 Eixo Temático ET-03-004 - Gestão de Resíduos Sólidos VANTAGENS DA LOGÍSTICA REVERSA NOS EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS Isailma da Silva Araújo; Luanna Nari Freitas de Lima; Juliana Ribeiro dos Reis; Robson

Leia mais

Sistemas de Informação Gerencial SUPPLY CHAIN MANAGEMENT

Sistemas de Informação Gerencial SUPPLY CHAIN MANAGEMENT CIÊNCIAS CONTÁBEIS e ADMINISTRAÇÃO Sistemas de Informação Gerencial SUPPLY CHAIN MANAGEMENT maio/2014 APRESENTAÇÃO Em um ambiente onde a mudança é a única certeza e o número de informações geradas é desmedido,

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO São Paulo, Janeiro de 2005

SISTEMAS DE GESTÃO São Paulo, Janeiro de 2005 SISTEMAS DE GESTÃO São Paulo, Janeiro de 2005 ÍNDICE Introdução...3 A Necessidade do Gerenciamento e Controle das Informações...3 Benefícios de um Sistema de Gestão da Albi Informática...4 A Ferramenta...5

Leia mais

Programação. Dia 31/05 1º período do curso de Engenharia de Computação

Programação. Dia 31/05 1º período do curso de Engenharia de Computação Programação Dia 31/05 1º período do curso de Engenharia de Computação 1ª PALESTRA DO DIA: 19h As perspectivas mercadológicas na era da Tecnologia da Informação para Utilização de Software nas Empresas

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DE SISTEMAS ERP NAS EMPRESAS DE MÉDIO E PEQUENO PORTE

A IMPORTÂNCIA DE SISTEMAS ERP NAS EMPRESAS DE MÉDIO E PEQUENO PORTE REVISTA CIENTÍFICA ELETRÔNICA DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - ISSN 1807-1872 P UBLICAÇÃO C IENTÍFICA DA F ACULDADE DE C IÊNCIAS J URÍDICAS E G ERENCIAIS DE G ARÇA/FAEG A NO II, NÚMERO, 03, AGOSTO DE 2005.

Leia mais

SEPARAR PRA QUÊ? Idealizadoras. Eduarda Ramires Silveira. Evelyn Victória Cardoso Lopes. Mel Suzane Santos Marques. Voluntários

SEPARAR PRA QUÊ? Idealizadoras. Eduarda Ramires Silveira. Evelyn Victória Cardoso Lopes. Mel Suzane Santos Marques. Voluntários SEPARAR PRA QUÊ? Idealizadoras Eduarda Ramires Silveira Evelyn Victória Cardoso Lopes Mel Suzane Santos Marques Voluntários Joyce Thaís Mendes Alves Sílvia Rocha Pena Rodrigues Luíza Almeida Dias de Carvalho

Leia mais

AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA. Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com.

AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA. Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com. AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com.br COM O SEBRAE, O SEU NEGÓCIO VAI! O Sebrae Goiás preparou diversas

Leia mais

A pesquisa de campo foi realizada com questões para os núcleos administrativo, pessoal e acadêmico e procura explorar duas situações distintas:

A pesquisa de campo foi realizada com questões para os núcleos administrativo, pessoal e acadêmico e procura explorar duas situações distintas: 4 Pesquisa de campo Neste capitulo será apresentado o resultado dos questionários da pesquisa de campo que serviu para o estudo de caso. A coleta de dados será dividida em: Núcleo administrativo Núcleo

Leia mais

Redes Sociais Em Apoio À Tomada De Decisão

Redes Sociais Em Apoio À Tomada De Decisão Redes Sociais Em Apoio À Tomada De Decisão Este assunto normalmente é tratado quando se aborda a coleta de dados no ciclo de Inteligência. No entanto, o fenômeno das redes sociais, atualmente, cresceu

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO DE ESTOQUES EX-PROJECT RESUMO INTRODUÇÃO

SISTEMAS DE GESTÃO DE ESTOQUES EX-PROJECT RESUMO INTRODUÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DE ESTOQUES EX-PROJECT Antonio Evangelino de Carvalho Soares Cintia Silvia Victor dos Santos Claudinei Candido Vieira Érica Natália Martins Silva Kátia Ribeiro dos Santos Marco Túlio

Leia mais

A Importância do CRM nas Grandes Organizações Brasileiras

A Importância do CRM nas Grandes Organizações Brasileiras A Importância do CRM nas Grandes Organizações Brasileiras Por Marcelo Bandeira Leite Santos 13/07/2009 Resumo: Este artigo tem como tema o Customer Relationship Management (CRM) e sua importância como

Leia mais

TÍTULO: UTILIZAÇÃO DA INTELIGÊNCIA COMPETITIVA NA GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS

TÍTULO: UTILIZAÇÃO DA INTELIGÊNCIA COMPETITIVA NA GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS TÍTULO: UTILIZAÇÃO DA INTELIGÊNCIA COMPETITIVA NA GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE CENECISTA DE SETE LAGOAS

Leia mais

UMA BREVE ANÁLISE SOBRE A INTERAÇÃO COMERCIARIO-SINDICATO NO COMÉRCIO GARCENSE

UMA BREVE ANÁLISE SOBRE A INTERAÇÃO COMERCIARIO-SINDICATO NO COMÉRCIO GARCENSE UMA BREVE ANÁLISE SOBRE A INTERAÇÃO COMERCIARIO-SINDICATO NO COMÉRCIO GARCENSE João Luiz Patroni Junior jjpatroni@gmail.com Karina de Oliveira da Silva karyguedes@hotmail.com Discentes da Faculdade de

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA

UNIVERSIDADE PAULISTA UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA Projeto Integrado Multidisciplinar III e IV Marketing Manual de orientações - PIM Curso Superior de Tecnologia em Marketing. 1. Introdução Os Projetos

Leia mais

ENSINO DE QUÍMICA: VIVÊNCIA DOCENTE E ESTUDO DA RECICLAGEM COMO TEMA TRANSVERSAL

ENSINO DE QUÍMICA: VIVÊNCIA DOCENTE E ESTUDO DA RECICLAGEM COMO TEMA TRANSVERSAL ENSINO DE QUÍMICA: VIVÊNCIA DOCENTE E ESTUDO DA RECICLAGEM COMO TEMA TRANSVERSAL MENDONÇA, Ana Maria Gonçalves Duarte. Universidade Federal de Campina Grande. E-mail: Ana.duartemendonca@gmail.com RESUMO

Leia mais

Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012

Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012 Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a

Leia mais

Rejane de Souza Pinheiro Wendell Simão da Rocha

Rejane de Souza Pinheiro Wendell Simão da Rocha Planejamento Tributário de Micro e Pequenas Empresas: um estudo exploratório sobre a oferta desses serviços para empresários da Região Administrativa de Taguatinga - DF Rejane de Souza Pinheiro Wendell

Leia mais

ESTATISTICA SOBRE O NÚMEROS DE BOLSAS OU FINANCIAMENTOS NA FACULDADE RESUMO ABSTRACT

ESTATISTICA SOBRE O NÚMEROS DE BOLSAS OU FINANCIAMENTOS NA FACULDADE RESUMO ABSTRACT ESTATISTICA SOBRE O NÚMEROS DE BOLSAS OU FINANCIAMENTOS NA FACULDADE RAMOS, Alaína dos S. 1 SANTOS, Jéssica 2 PETITTO, Sonia 3 PERRI, Ricardo Alves 4 RESUMO Sabe-se que, hoje em dia, existe um grande aumento

Leia mais

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve.

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve. Balanced Scorecard BSC 1 2 A metodologia (Mapas Estratégicos e Balanced Scorecard BSC) foi criada por professores de Harvard no início da década de 90, e é amplamente difundida e aplicada com sucesso em

Leia mais

DISCIPLINA: EDUCAÇÃO INFANTIL

DISCIPLINA: EDUCAÇÃO INFANTIL PREFEITURA MUNICIPAL DE SELVÍRIA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO Edital de Resultado Parcial nº 001/2015 A Comissão Municipal do Processo Seletivo Simplificado da Secretaria Municipal de Educação de Selvíria-MS,

Leia mais

ESTRATÉGIAS PEDAGÓGICAS DO ENSINO DE CIÊNCIAS NO FUNDAMENTAL I: UMA ANÁLISE A PARTIR DE DISSERTAÇÕES

ESTRATÉGIAS PEDAGÓGICAS DO ENSINO DE CIÊNCIAS NO FUNDAMENTAL I: UMA ANÁLISE A PARTIR DE DISSERTAÇÕES ESTRATÉGIAS PEDAGÓGICAS DO ENSINO DE CIÊNCIAS NO FUNDAMENTAL I: UMA ANÁLISE A PARTIR DE DISSERTAÇÕES Tamiris Andrade Nascimento (Mestranda do Programa Educação Cientifica e Formação de Professores da Universidade

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

1. INTRODUÇÃO SISTEMA INTEGRADO DE CONTABILIDADE

1. INTRODUÇÃO SISTEMA INTEGRADO DE CONTABILIDADE 1. INTRODUÇÃO A contabilidade foi aos poucos se transformando em um importante instrumento para se manter um controle sobre o patrimônio da empresa e prestar contas e informações sobre gastos e lucros

Leia mais

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superio Resultados da 1ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2011

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superio Resultados da 1ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2011 14286394 ALBANO LUIS ANDRADE PEREIRA Não colocado 14388714 ANA BEATRIZ MARTINS MACHADO Colocada em 3133 9104 14371141 ANA CATARINA MOREIRA LEAL Colocada em 7003 14319342 ANA CATARINA SOUSA RIBEIRO Colocada

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2010.2 A BRUSQUE (SC) 2014 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INFORMÁTICA APLICADA À... 4 02 MATEMÁTICA APLICADA À I... 4 03 METODOLOGIA CIENTÍFICA... 4 04 PSICOLOGIA... 5 05

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing PROJETO PEDAGÓGICO Curso de Graduação Tecnológica em Marketing Porto alegre, 2011 1 1. Objetivos do Curso O projeto do curso, através de sua estrutura curricular, está organizado em módulos, com certificações

Leia mais

LOGÍSTICA 1. Nubia Aparecida dos Reis Souza 2 RESUMO

LOGÍSTICA 1. Nubia Aparecida dos Reis Souza 2 RESUMO 1 LOGÍSTICA 1 Nubia Aparecida dos Reis Souza 2 RESUMO Versa o presente artigo sobre logística e suas aplicabilidades no mundo moderno. A logística foi criada para suprir necessidades durante a Segunda

Leia mais

Software de auxílio ao deficiente visual: DOSVOX

Software de auxílio ao deficiente visual: DOSVOX Software de auxílio ao deficiente visual: DOSVOX SAKAGUCHI, Raquel Antunes Faculdade de Ciências Sociais e Agrárias de Itapeva RESUMO Adaptar os deficientes visuais ao computador era antes considerado

Leia mais

CONTABILIDADE E GESTÃO DE CONTROLE DE ESTOQUE NA EMPRESA

CONTABILIDADE E GESTÃO DE CONTROLE DE ESTOQUE NA EMPRESA MARCIO REIS - R.A MICHELE CRISTINE RODRIGUES DE OLIVEIRA R.A 1039074 RENATA COSTA DA SILVA SIMIÃO R.A 1039444 Ciências Contábeis CONTABILIDADE E GESTÃO DE CONTROLE DE ESTOQUE NA EMPRESA Orientador: Prof.

Leia mais

CADEIA DE SUPRIMENTOS E SEU ESPAÇO DENTRO DAS ORGANIZAÇÕES

CADEIA DE SUPRIMENTOS E SEU ESPAÇO DENTRO DAS ORGANIZAÇÕES CADEIA DE SUPRIMENTOS E SEU ESPAÇO DENTRO DAS ORGANIZAÇÕES BARBOSA, Camila 1 CASTRO, Sergio Francisco de Oliveira de 2 FRABETTI, João Luiz 3 OLIVEIRA, Gabriel Antonio Bom 4 SARAIVA, Antonio Wanderlan Pereira

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO EMPRESARIAL

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO EMPRESARIAL PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO EMPRESARIAL SANTOS, Caio de Oliveira Siqueira Discente da Faculdade de Ciências Jurídicas e Gerenciais/ACEG E-Mail: caio_oss@hotmail.com LOURENÇO, Danilo Mateus Discente da Faculdade

Leia mais

LISTA DE CANDIDATOS ADMITIDOS E NÃO ADMITIDOS. Concurso Oferta de Escola para Contratação de Docente Grupo 110. Ano Letivo - 2014/2015

LISTA DE CANDIDATOS ADMITIDOS E NÃO ADMITIDOS. Concurso Oferta de Escola para Contratação de Docente Grupo 110. Ano Letivo - 2014/2015 LISTA DE CANDIDATOS ADMITIDOS E NÃO ADMITIDOS Concurso Oferta de Escola para Contratação de Docente Grupo 110 Ano Letivo - 2014/2015 CANDIDATOS ADMITIDOS: Nº Candidato NOME OSERVAÇÕES 1367130034 Alexandra

Leia mais

2.3. ORGANIZAÇÕES E GESTÃO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

2.3. ORGANIZAÇÕES E GESTÃO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 2.3. ORGANIZAÇÕES E GESTÃO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO As Empresas e os Sistemas Problemas locais - impacto no sistema total. Empresas como subsistemas de um sistema maior. Uma empresa excede a soma de

Leia mais

Organização Sete de Setembro de Cultura e Ensino - LTDA Faculdade Sete de Setembro FASETE Bacharelado em Administração

Organização Sete de Setembro de Cultura e Ensino - LTDA Faculdade Sete de Setembro FASETE Bacharelado em Administração Organização Sete de Setembro de Cultura e Ensino - LTDA Faculdade Sete de Setembro FASETE Bacharelado em Administração VICTOR HUGO SANTANA ARAÚJO ANÁLISE DAS FORÇAS DE PORTER NUMA EMPRESA DO RAMO FARMACÊUTICO:

Leia mais

COLOC A Ç ÕES DOS NOSSOS ALUNOS NA 1ª FAS E

COLOC A Ç ÕES DOS NOSSOS ALUNOS NA 1ª FAS E Alexandre Garcia Franco Ana Filipa dos Anjos Soares Ana Filipa Martins Antunes Ana Rita Fragoso Jordão André Daniel Andrade Nunes dos Santos Beatriz Alexandra da Silva Oliveira Beatriz Henriques Xavier

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE EMPRESAS CONSTRUTURAS DE PEQUENO PORTE

SISTEMA DE GESTÃO DE EMPRESAS CONSTRUTURAS DE PEQUENO PORTE SISTEMA DE GESTÃO DE EMPRESAS CONSTRUTURAS DE PEQUENO PORTE MOURA, Adilson Tadeu Faculdade de Ciências Sociais e Agrárias de Itapeva BILESKY, Luciano Rossi Faculdade de Ciências Sociais e Agrárias de Itapeva

Leia mais

Administração de CPD Chief Information Office

Administração de CPD Chief Information Office Administração de CPD Chief Information Office Cássio D. B. Pinheiro pinheiro.cassio@ig.com.br cassio.orgfree.com Objetivos Apresentar os principais conceitos e elementos relacionados ao profissional de

Leia mais

BPO Folha de Pagamento. Business Process Outsourcing

BPO Folha de Pagamento. Business Process Outsourcing BPO Folha de Pagamento Business Process Outsourcing Outsourcing Folha de Pagamento Para você que já ouviu falar neste processo ou até mesmo que já o aplica em sua empresa sabe que é algo facilitador e

Leia mais

GESTÃO DE RISCO NO CONFINAMENTO

GESTÃO DE RISCO NO CONFINAMENTO GESTÃO DE RISCO NO CONFINAMENTO Avaliação e redução do nível de incertezas O Workshop Gestão de Risco foi desenvolvido para atender às necessidades de inclusão da gestão de risco e análise de indicadores

Leia mais

Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores

Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores Com uma abordagem inovadora e lúdica, o professor Paulo Gerhardt tem conquistado plateias em todo o Brasil. Seu profundo

Leia mais

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino Corrida da Saúde Classificação geral do corta-mato, realizado no dia 23 de Dezembro de 2007, na Escola E.B. 2,3 de Valbom. Contou com a participação dos alunos do 4º ano e do 2º e 3º ciclos do Agrupamento

Leia mais

Título do Case: Departamento Comercial com foco nas expectativas do cliente Categoria: Projeto Interno

Título do Case: Departamento Comercial com foco nas expectativas do cliente Categoria: Projeto Interno Título do Case: Departamento Comercial com foco nas expectativas do cliente Categoria: Projeto Interno Resumo O presente case mostra como ocorreu o processo de implantação do Departamento Comercial em

Leia mais

TÉCNICA DE VENDAS: UMA ABORDAGEM DIRETA

TÉCNICA DE VENDAS: UMA ABORDAGEM DIRETA 1 TÉCNICA DE VENDAS: UMA ABORDAGEM DIRETA Alan Nogueira de Carvalho 1 Sônia Sousa Almeida Rodrigues 2 Resumo Diversas entidades possuem necessidades e interesses de negociações em vendas, e através desses

Leia mais

Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas

Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas edição 04 Guia do inbound marketing Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas Há um tempo atrás o departamento de marketing era conhecido

Leia mais

O ENSINO DE PORTUGUÊS MEDIADO PELA INFORMÁTICA

O ENSINO DE PORTUGUÊS MEDIADO PELA INFORMÁTICA O ENSINO DE PORTUGUÊS MEDIADO PELA INFORMÁTICA Fernanda Mara Cruz (SEED/PR-PG-UFF) Introdução Os processos de ensinar e aprender estão a cada dia mais inovadores e com a presença de uma grande variedade

Leia mais

Portfolio de cursos TSP2

Portfolio de cursos TSP2 2013 Portfolio de cursos TSP2 J. Purcino TSP2 Treinamentos e Sistemas de Performance 01/07/2013 Como encantar e fidelizar clientes Visa mostrar aos participantes a importância do conhecimento do cliente,

Leia mais

A Importância da Informática na Contabilidade

A Importância da Informática na Contabilidade A Importância da Informática na Contabilidade Douglas Pedro Simas Herbert Esdras Alves Wesslyne K. Ribeiro Geraldes Cabral Unirondon Centro Universitário Cuiabá MT Brasil douglas_simas@hotmail.com h.cic@hotmail.com

Leia mais

RH: GESTÃO INOVADORA ORGANIZACIONAL

RH: GESTÃO INOVADORA ORGANIZACIONAL programação do evento 4ª edição RH: GESTÃO INOVADORA ORGANIZACIONAL 10 de abril de 2014 Staybridge Suites São Paulo PATROCÍNIO GOLD PATROCÍNIO SILVER EXPO BRAND APOIO REALIZAÇÃO Os desafios do futuro na

Leia mais

CENTRO BRASILEIRO DE REFERÊNCIA EM TECNOLOGIA SOCIAL INSTITUTO DE TECNOLOGIA SOCIAL

CENTRO BRASILEIRO DE REFERÊNCIA EM TECNOLOGIA SOCIAL INSTITUTO DE TECNOLOGIA SOCIAL CENTRO BRASILEIRO DE REFERÊNCIA EM TECNOLOGIA SOCIAL INSTITUTO DE TECNOLOGIA SOCIAL Curso: Tecnologia Social e Educação: para além dos muros da escola Resumo da experiência de Avaliação do Programa "Apoio

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02 Sumário Pág. I) OBJETIVO 02 II) ESTRUTURA DO CURSO 1) Público alvo 02 2) Metodologia 02 3) Monografia / Trabalho final 02 4) Avaliação da aprendizagem 03 5) Dias e horários de aula 03 6) Distribuição de

Leia mais

29 de novembro de 2013 SUMÁRIO

29 de novembro de 2013 SUMÁRIO Câmpus Alfenas 29 de novembro de 2013 SUMÁRIO GRUPO 1: Aline, Angélica, Daniele, Eliana, Fabiana e Juciara... 2 GRUPO 2: Danielle, Fernanda, Izilda, Luciene, Luísa, Mariana, Rosana, Sidnea, Viviane Carvalho

Leia mais

O PAPEL DO PSICÓLOGO NA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS DAS ORGANIZAÇÕES

O PAPEL DO PSICÓLOGO NA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS DAS ORGANIZAÇÕES O PAPEL DO PSICÓLOGO NA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS DAS ORGANIZAÇÕES CHAVES, Natália Azenha Discente do Curso de Psicologia da Faculdade de Ciências da Saúde FASU/ACEG GARÇA/SP BRASIL e-mail: natalya_azenha@hotmail.com

Leia mais

Contribuição da metodologia de pesquisa na Educação Tutorial: A formação dos petianos do PET Pedagogia da UFOP

Contribuição da metodologia de pesquisa na Educação Tutorial: A formação dos petianos do PET Pedagogia da UFOP Contribuição da metodologia de pesquisa na Educação Tutorial: A formação dos petianos do PET Pedagogia da UFOP ALVES, Crislaine 1; CARVALHO, Daiane 1; CRUZ, Júlia 1, FÉLIX, Michelle 1; FERREIRA, Juliane

Leia mais

E-commerce: a transformação do internauta em consumidor

E-commerce: a transformação do internauta em consumidor E-commerce: a transformação do internauta em consumidor Keyti Tamyris Simões Leite (FATEB) keyti.tamyris@gmail.com Camila Lopes Ferreira (FATEB/UTFPR) cmilalf@bol.com.br Resumo: Muitas empresas estão optando

Leia mais

CRONOGRAMA DE COMUNICAÇÃO ORAL DOS ARTIGOS CIENTÍFICOS PEDAGOGIA 13/10/2015

CRONOGRAMA DE COMUNICAÇÃO ORAL DOS ARTIGOS CIENTÍFICOS PEDAGOGIA 13/10/2015 CRONOGRAMA DE COMUNICAÇÃO ORAL DOS ARTIGOS CIENTÍFICOS PEDAGOGIA 13/10/2015 HORÁRIO TÍTULO AUTOR (ES) EXAMINADORES SALA 1 19h15 A FORMAÇÃO CONTINUADA DO PROFESSOR SOUZA, Sandra Rodrigues de; WAGNER, Rosemeire

Leia mais

Conheça a Fran Press, a assessoria que oferece as melhores estratégias de relacionamento com a imprensa.

Conheça a Fran Press, a assessoria que oferece as melhores estratégias de relacionamento com a imprensa. Conheça a Fran Press, a assessoria que oferece as melhores estratégias de relacionamento com a imprensa. A Fran Press está de cara nova, mantendo a sua reconhecida identidade estratégica. Nos tempos atuais

Leia mais

PRINCIPAIS FERRAMENTAS DE GESTÃO APLICADAS NA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DO SUL DE MINAS - FACESM

PRINCIPAIS FERRAMENTAS DE GESTÃO APLICADAS NA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DO SUL DE MINAS - FACESM PRINCIPAIS FERRAMENTAS DE GESTÃO APLICADAS NA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DO SUL DE MINAS - FACESM CRISTIANE MORATTO FÉLIX DE FREITAS Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas do Sul de Minas

Leia mais