Software para Saúde Conectada

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Software para Saúde Conectada"

Transcrição

1 O caminho mais rápido para o Prontuário Eletrônico do Paciente Software para Saúde Conectada

2

3 Índice I. Compartilhamento Nacional e Regional de Informações Clínicas 1. Visão geral do HealthShare da InterSystems 2 2. A evolução dos Sistemas de Informação Clínica 5 3. IDNs e Cadeias de Hospitais 6 II. Arquitetura do HealthShare 1. Visão Geral da Arquitetura do HealthShare a. Princípios do design do produto b. Componentes do HealthShare c. Configurações do HealthShare d. Usando o HealthShare 2. O RES (Registro Eletrônico de Saúde) do HealthShare 3. O Hub do HealthShare 4. O Repositório Edge Cache do HealthShare 5. O Portal do HealthShare III Recursos avançados Serviços de Terminologia Funcionalidade Elevada a. Processos de Negócios do Ensemble b. Aplicações Compostas Conectividade a. Adaptadores Ensemble b. Transformações de Dados do Ensemble Padrões Privacidade e Segurança a. Gerenciamento de Permissão b. Segurança IV Operando um Sistema HealthShare Performance e Escalabilidade Confiabilidade e Alta Disponibilidade Monitoramento e Administração V. Conclusão 29

4 I. Compartilhamento Nacional e Regional de Informações Clínicas Visão Geral do HealthShare da InterSystems Em todo o mundo, as organizações que prestam atendimentos de saúde estão cada vez mais concentradas em conectar sistemas separados ao longo do atendimento contínuo de saúde, para criar Registro Eletrônico de Saúde (RES) regionais e nacionais. O compartilhamento de informações clínicas por meio de sistemas de saúde conectados aumenta o acesso a importantes informações de saúde, reduz custos eliminando exames e prescrições duplicadas e, mais importante, melhora a qualidade do atendimento. A disponibilidade de tais informações em situações de emergência pode, literalmente, salvar vidas. Em muitos casos, essas soluções estão sendo abordadas como projetos ad hoc. Entretanto, a complexidade dos sistemas de saúde torna impraticável o desenvolvimento dessas sofisticadas aplicações clínicas com base em programação customizada, comprometendo o custo-benefício. O agrupamento e compartilhamento efetivo de informações armazenadas em diferentes sistemas requer uma abordagem baseada em produto, que incorpore componentes testados e comprovados. Ao mesmo tempo, as diferentes necessidades das diversas regiões e nações tornam essencial a utilização de um produto que possa ser fácil e rapidamente desenvolvido para fornecer recursos adicionais. Qualquer produto dessa natureza precisa cumprir os seguintes requisitos: 1. O acesso clínico ao RES deve ser baseado em uma aplicação comprovada, utilizada em exigentes ambientes de saúde e não apenas em um visualizador ou painel escrito especificamente para essa finalidade 2. A estrutura de banco de dados do registro do paciente deve ser baseada em um produto comprovado, com um modelo de informação que tenha sido clinicamente testado em uma grande variedade de hospitais, clínicas e comunidades de preferência em vários países para garantir que essa estrutura sustente as complexas necessidades de diversas organizações e seja capaz de dar suporte a necessidades adicionais à medida que as exigências inevitavelmente aumentem 3. Uma poderosa plataforma de integração é necessária para a integração rápida de informações clínicas e demográficas provenientes de diversas fontes, com especial ênfase nas Versões 2 e 3 do HL7. Como não é prático presumir que os sistemas existentes suportam (ou suportarão dentro de um tempo razoável) um formato em comum, a capacidade de desenvolver rapidamente suporte para outros formatos é crítica 4. As tecnologias principais de banco de dados e de integração devem apoiar o rápido desenvolvimento, customização e escalabilidade maciça 5. Uma forte abordagem baseada em padrões O HealthShare da InterSystems é um software inovador que atende a esses requisitos. Ele oferece o agrupamento e o compartilhamento de dados clínicos entre múltiplas organizações provedoras de saúde em nível regional ou nacional incluindo um RES completo. Ele pode ser facilmente expandido para fornecer funcionalidades adicionais, tais como prescrição eletrônica ou comunicação de pedidos, incluindo regras e processos de negócios, aplicações compostas e adicionais fornecidas pelos parceiros da InterSystems. 2

5 3

6 4

7 O HealthShare inclui quatro partes lógicas: n O RES (Registro Eletrônico de Saúde) do HealthShare é um sofisticado Registro Eletrônico de Saúde (RES) baseado em navegador que os médicos e outros profissionais de saúde usam para acessar os dados do paciente n O Repositório Edge Cache do HealthShare é um banco de dados clínico. Normalmente, cada organização de saúde tem um Edge Cache que contém todos os dados clínicos que um provedor está disposto a compartilhar n O Portal do HealthShare é uma plataforma de integração de saúde otimizada para conectar múltiplas organizações provedoras de saúde. Cada provedor tem um Portal que conecta os sistemas existentes daquele provedor ao seu Edge Cache. Os Portais também conectam os usuários do RES a outros Edge Caches e ao Hub n O Hub do HealthShare é um índice central de pacientes e provedores. É usado unicamente para identificar um paciente e especificar qual Edge Cache mantém os dados desse paciente. O Hub não armazena dados clínicos O HealthShare está baseado na tecnologia InterSystems, que é utilizada em milhares de hospitais ao redor do mundo e que inclui as tecnologias Caché, Ensemble e TrakCare, todas da InterSystems. O Caché é o banco de dados para aplicações clínicas de saúde predominante em todo o mundo e é a tecnologia central de bancos de todos os hospitais do Departamento de Assuntos de Veteranos e do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, assim como da rede Kaiser Permanente. O Caché é usado em todos os melhores hospitais dos Estados Unidos, conforme classificação da U.S. News and World Report. O Ensemble é uma plataforma rápida de integração amplamente utilizada em projetos de saúde. Ela foi nomeada pelo KLAS o mecanismo de interface para cuidados de saúde melhor classificado em 2006, 2007 e Integrou o Quadrante de Líderes do Quadrante Mágico para Infraestrutura de Aplicação para Projetos de Aplicações Compostas do Gartner Inc. em um relatório de dezembro de O TrakCare é um sistema de informação de saúde conectada. É uma solução baseada na Web com módulos clínicos e administrativos unificados, que irão interagir com suas aplicações legadas e futuras. É utilizado em hospitais de todo o mundo, de pequenas clínicas a sistemas estaduais com milhões de pacientes. Neste documento, o RES se refere a uma versão computadorizada do Registro Eletrônico de Saúde que está em uso em uma única organização provedora de saúde. Às vezes, o RES também é usado para se referir a produtos de software que são usados para acessar e interagir com registros de pacientes como o RES do HealthShare. O RES indica uma visão composta dos registros médicos do paciente que integra a informação compartilhada por vários fornecedores. A Evolução dos Sistemas de Informação Clínica Ao longo dos últimos 30 anos, a evolução das aplicações clínicas tem, de modo geral, avançado por meio do desenvolvimento de aplicações departamentais cada vez mais sofisticadas, de laboratório, radiologia etc. Mais recentemente, um grande esforço foi despendido com frequência em cada unidade para levar esses sistemas a conversarem entre si e a fornecerem ao médico uma visão mais integrada do paciente. No entanto, a abordagem mais moderna para o desenvolvimento de um sistema de informação hospitalar é bastante diferente; trata-se de uma visão mais centrada no paciente, que começa com o Registro Eletrônico de Saúde como núcleo do sistema. Aplicações departamentais são, então, construídas em torno desse núcleo, acessando diretamente e armazenando suas informações no registro médico. Os profissionais de saúde acessam os dados por meio de um RES abrangente e não por uma variedade de aplicações departamentais independentes com inconsistentes interfaces de usuários. A ênfase nos resultados do RES em uma visão mais holística do paciente permite funcionalidades adicionais e proporciona uma interação mais sofisticada (e, muitas vezes, mais rápida) com o profissional de saúde. Claramente, essa abordagem atende a requisitos de qualidade, sofisticação e facilidade de uso. De maneira similar, diferentes regiões adotaram diversas abordagens em relação ao compartilhamento da informação clínica, cada uma enfatizando algumas funcionalidades específicas e buscando projetar e construir uma rede para prover somente essa funcionalidade. Por exemplo, uma região pode optar por começar compartilhando informações de um laboratório ou farmácia. Nesse caso, é como a antiga abordagem de criação de aplicações departamentais. A pergunta é: quão bem essa estrutura vai funcionar à medida que o escopo do sistema se expandir? Ou será que ela sequer proporciona uma estrutura? 5

8 Nós acreditamos que a melhor forma de abordar qualquer sistema nacional ou regional é utilizar a mais moderna abordagem centrada no paciente e começar com uma estrutura tecnológica capaz de suportar um RES completo e detalhado. Mesmo que faça sentido começar com um projeto menos ambicioso do que um RES completo, pelo menos, a estrutura estará instalada para atender futuras necessidades com mais facilidade. Além disso, o uso da interface do RES pelos profissionais de saúde desde o início torna a introdução de novas competências muito mais fácil e natural. Em torno dessa estrutura, outras funcionalidades clínicas, tais como prescrição ou solicitações eletrônicas, podem ser adicionadas. IDNs e Cadeias de Hospitais Redes de Entrega Integradas (IDN Integrated Delivery Networks) de cadeias de hospital enfrentam demandas crescentes e similares de agrupamento e compartilhamento de dados clínicos, necessidades resultantes dos seguintes fatores: n Frequentemente, esses grupos têm crescido como resultado de aquisições e contam com vários sistemas diferentes que não são bem integrados. Muito esforço já foi dedicado ao uso de sistemas de mensagens, mas, com frequência, os profissionais de saúde não têm uma forma simples de acessar um Registro Eletrônico de Saúde completo o que vai contra o objetivo de proporcionar um atendimento integrado n Essas organizações podem aumentar sua conexão com os médicos da comunidade oferecendo-lhes acesso a um sofisticado RES e compartilhando informações clínicas n O rastreamento e tratamento de pacientes que necessitam de cuidados contínuos por um longo período de tempo como pacientes com câncer ou HIV são extremamente facilitados pelo compartilhamento de informações entre as unidades de saúde As necessidades dessas organizações são fundamentalmente as mesmas que as dos sistemas regionais e nacionais, mas, em geral, têm algumas exigências extras. Por exemplo, um IDN pode querer enviar resultados para um consultório de atendimento primário ou, ao menos, avisar aos médicos que existem novas informações sobre seus pacientes. A natureza evolutiva dessas necessidades destaca a importância de escolher uma tecnologia com forte estrutura clínica, baseada em produtos de saúde comprovados e com a capacidade de desenvolver rapidamente novas funcionalidades com aplicações compostas. 6

9 7

10 8

11 II. Arquitetura do HealthShare Visão Geral da Arquitetura do HealthShare Princípios do design do Produto A arquitetura do HealthShare é baseada nas seguintes premissas: n O Registro Eletrônico de Saúde está no núcleo do sistema, mesmo que outra funcionalidade também seja fornecida n Embora seja extremamente desejável ter toda a terminologia médica normalizada, isso, em geral, não irá ocorrer pelo menos no início. O sistema deve ser capaz de agrupar e exibir dados de múltiplas fontes com diferentes terminologias n Políticas de permissão (para confiabilidade do paciente) irão variar entre os países n Algumas vezes, o RES de um provedor pode fornecer eletronicamente um registro médico sob demanda. Entretanto, é mais comum que a informação seja reunida de mensagens produzidas por sistemas departamentais à medida que a transação ocorra (por exemplo, conforme testes de laboratório sejam executados) e permaneça retida em um novo banco de dados n Protocolos de comunicação e mensagens dentro do sistema devem ser firmemente baseados em padrões para possibilitar futuras conexões com outros sistemas, regionais ou nacionais, e para habilitar a interoperabilidade com outros sistemas de Registros Eletrônicos de Saúde emergentes n Apesar das tentativas de padronizar formatos de mensagens, diversos formatos legados devem receber suporte para integrar sistemas existentes. Regularmente, eles serão exclusivos de um sistema departamental específico Componentes do HealthShare O Hub do HealthShare é um computador central que mantém um índice de todos os pacientes e, também, o caminho que indica qual Portal do HealthShare contém cada informação sobre os pacientes. O Hub possui um Master Patient Index (MPI) ou usa um já existente. Ele não armazena os dados clínicos. Cada Repositório Edge Cache do HealthShare é um sofisticado banco de dados de RES que mantém as informações que o fornecedor pretende compartilhar. Geralmente, há um para cada grande provedor, enquanto fornecedores menores podem compartilhar um Edge Cache. Com essa abordagem, os dados clínicos permanecem sob o controle das instalações que os coletam. O Portal do HealthShare oferece conectividade. Cada Portal conecta os sistemas existentes de cada organização provedora com seu Edge Cache. À medida que as mensagens fluem de sistemas departamentais (resultados de laboratório etc.), o Portal transforma as mensagens e insere os dados do paciente no Edge Cache da organização. Além disso, quando um profissional de saúde solicita uma informação, um Portal o conecta com o Hub para identificar o paciente e determinar onde seus dados estão localizados. Em seguida, ele se comunica com os outros portais e Edge Caches para obter a informação do paciente e devolvê-la ao RES do profissional de saúde. O RES do HealthShare é uma rica aplicação de registros médicos baseados em navegador (web), que fornece a interface do usuário para o profissional de saúde. O dado do paciente devolvido pelo Portal é agrupado e armazenado localmente no RES, ficando disponível nele até que o profissional solicite que seja excluído. 9

12 Configurações do HealthShare O HealthShare suporta diversas configurações. Normalmente, só há um Hub do HealthShare, mas cada organização provedora de saúde (ou, em alguns casos, um grupo de organizações) tem o seu próprio Repositório Edge Cache do HealthShare e seu próprio Portal do HealthShare. Em geral, o Portal e o Edge Cache associado a ele estão localizados nesse provedor ou em uma instalação comum para um grupo de provedores de pequeno porte, mas outras configurações são possíveis. Algumas comunidades podem preferir um banco de dados central em vez de Edge Caches separados e outras podem optar por uma combinação. O gráfico abaixo (Figura 1) ilustra uma implantação do HealthShare utilizando uma configuração simples: dois provedores e um laboratório médico compartilhando dados clínicos um com o outro. Hospital Repositório Edge Cache RES Cenário do Grupo Clínico Sistema Clínico Portal Sistema Clínico Sistema Clínico Portal RES Repositório Edge Cache Portal Sistema de Laboratório Laboratório Referência Figura 1: Arquitetura do HealthShare. Neste exemplo, os dados fluem provenientes de sistemas clínicos e de laboratório para os Repositórios Edge Cache à medida que atualizações ocorrem nos sistemas departamentais. Conforme novos pacientes são adicionados às organizações participantes, eles são inseridos ao MPI no Hub, que mantém o rastreamento de quais Portais contêm quais informações sobre cada paciente. Os médicos no grupo clínico (e em outros locais) usam o RES do HealthShare para ver uma imagem consolidada, organizada e baseada em episódios de atendimento do histórico médico de seus pacientes. 10

13

14 Usando o HealthShare A função de cada componente do HealthShare é melhor demonstrada com exemplos simples. Suponhamos que um médico em uma clínica deseje obter os dados clínicos de um paciente. Para isso, existem três passos: (a) a identificação do paciente e a determinação da localização de suas informações clínicas, (b) a obtenção da informação do paciente a partir de vários locais e a inserção desta informação no RES local do profissional de saúde e (c) a visualização e interação com os dados do paciente. Muitas vezes, um assistente terá realizado as duas primeiras etapas, seja na noite anterior ou quando o paciente entrou no consultório. Para identificar o paciente e a localização dos dados do mesmo, uma consulta é enviada ao Hub do HealthShare (pelo Portal do provedor) e o Hub retorna uma mensagem que especifica quais Portais possuem cada informação sobre o paciente. O Portal do provedor envia, então, uma mensagem para cada um dos outros portais. Essas mensagens podem solicitar todos os dados do paciente ou incluir um filtro para retornar apenas uma quantidade limitada de informações. Cada um desses portais recupera as informações solicitadas de seu Repositório Edge Cache e as envia de volta para o Portal do profissional de saúde. Esse Portal passa, então, as mensagens para o RES do HealthShare do profissional (ou outro RES que o médico possa ter e que seja capaz de ler as mensagens), que os armazena em seu banco de dados local. Uma vez obtido, o dado permanece no RES local até que o profissional de saúde exclua o registro (ou até que algum intervalo de tempo pré-designado decorra). O RES do HealthShare O uso do sistema pelo profissional de saúde é feito via RES do HealthShare, que é baseado no TrakCare um sistema de informação de saúde conectada comprovado por meio de sua extensa utilização em centenas de hospitais em todo o mundo. Entretanto, as organizações também têm a opção de utilizar seu próprio sistema de registro médico, desde que o sistema suporte os mesmos padrões e protocolos utilizados pelo HealthShare e, se necessário, suporte terminologias não-normalizadas. Para executar uma pesquisa por paciente em toda a comunidade, o RES do HealthShare se conecta pelo Portal do provedor ao Hub e aos portais que possuem os dados desse paciente. Em seguida, reúne os dados que recebeu de múltiplos locais e episódios clínicos, proporcionando uma visão completa e abrangente centrada no paciente. O RES oferece uma tela intuitiva com uma grande variedade de informação, incluindo dados demográficos do paciente, alergias, medicamentos, diagnósticos, resultados de laboratório (nos formatos de variação de resultados, acumulativos e gráficos), resultados de radiologia (texto e imagem), histórico familiar, constatações clínicas, notas de progresso e muito mais. Os dados são organizados em categorias clínicas como uma série de abas (ver Figura 2). A linha cronológica acima das abas exibe cada episódio e o período de tempo associado a ele pode ser usado para selecionar rapidamente um episódio específico para ser examinado. Na Figura 3, o médico escolheu visualizar os medicamentos atuais do paciente. Uma vez que o HealthShare é altamente configurável, os passos/telas atuais utilizados podem variar significativamente para refletir as necessidades locais e de múltiplos idiomas. O profissional de saúde também pode exportar a informação detalhada do RES como uma Arquitetura de Documento Clínico (CDA Clinical Document Architecture) para uso em outras aplicações. O RES do HealthShare utiliza a tecnologia de dados de auto-documentação. Por isso, é capaz de receber e exibir terminologias não-normalizadas provenientes de múltiplas fontes. Como uma tecnologia baseada na Web, o RES do HealthShare é extremamente fácil de implementar e de dar suporte. Ele exige apenas um navegador de Internet e não existem componentes client-side para instalar. 12

15 Figura 2: O RES do HealthShare exibindo os atendimentos recentes de um paciente em diversos locais. Figura 3: O RES do HealthShare exibindo os medicamentos do paciente. 13

16 O Hub do HealthShare O Hub do HealthShare é baseado no Ensemble e proporciona três funções: n Gerenciamento de identidade, para determinar se dois registros em provedores diferentes são para o mesmo paciente ou pacientes diferentes n Índice clínico do paciente, para determinar quais provedores têm informações sobre um determinado paciente n Informações administrativas, tais como uma lista autorizada de usuários, endereços de portais e informações de segurança e privacidade Como os dados são reunidos por diversas organizações diferentes, para que qualquer sistema regional ou nacional funcione, é preciso haver uma maneira de identificar um paciente e determinar quais dados de diferentes provedores pertencem a esse paciente. Pode haver um número de identificação nacional, o que torna a solução mais simples, mas nem sempre é o caso. O Hub contém um MPI (Master Patient Index). Nos países onde não existe um número de identificação nacional, os pacientes são identificados por meio de técnicas avançadas de indexação e busca desse MPI. O HealthShare inclui uma tecnologia de alta performance nativa de Gerenciamento de Identidades, projetada especificamente para o problema de intercâmbio regional de registros de saúde. Também é possível configurar o HealthShare para trabalhar com outros produtos MPI. O que está armazenado no Hub é mínimo. Dados clínicos não são armazenados apenas um resumo de informações demográficas do paciente, juntamente com os identificadores usados por cada provedor para identificar o paciente. Informações no índice de pacientes são carregadas em massa quando um fornecedor se une ao programa. Depois, elas são continuamente atualizadas conforme ocorrem mudanças nos locais de atendimento por exemplo, conforme novos pacientes são adicionados, os dados existentes de pacientes são atualizados ou descobre-se que dois registros de pacientes pertencem à mesma pessoa, exigindo que estes sejam mesclados. O MIP proporciona uma tecnologia sofisticada de combinação (emparelhamento) capaz de realizar pesquisas com uma variedade de dados demográficos. No entanto, o uso de um MPI ainda requer uma revisão manual de alguns novos pacientes. 14

17 15

18

19 O Repositório Edge Cache do HealthShare Quando uma solicitação é feita para obtenção dos dados clínicos de um paciente para um determinado provedor, há três possíveis fontes para os dados: n Todos os dados clínicos podem estar armazenados e podem ser recuperados de um banco de dados central (por exemplo, localizado no Hub do HealthShare) n Uma solicitação pode ser feita ao sistema eletrônico de registros médicos do provedor ou aos sistemas originais do provedor n Uma solicitação pode ser feita a um Edge Cache, um banco que contém todos os dados clínicos que o provedor deseja compartilhar O HealthShare dá suporte às três estratégias, embora a abordagem Edge Cache seja geralmente a mais prática. Um banco de dados central costuma ser pesado demais e os fornecedores não têm mais controle sobre suas informações. Passar solicitações para sistemas originais de um provedor apresenta vários problemas: (a) muitos sistemas originais não têm uma arquitetura orientada a serviços (SOA) que possa responder às solicitações, em vez disso, eles simplesmente têm a capacidade de transmitir dados transacionais, tais como resultados de laboratório para outros sistemas à medida que eles ocorrem; (b) pode haver sérios problemas de tempo de resposta quando for preciso consultar múltiplos sistemas originais; e (c) pode haver momentos em que sistemas originais específicos estejam indisponíveis. Passar as solicitações para o Registro Eletrônico de Saúde de um provedor é mais prático, mas ainda pode sofrer dos mesmos problemas e, por razões de segurança, muitos provedores podem não acreditar que essa seja uma boa abordagem. No caso de atendimentos primários e pequenos grupos de atendimento (clínicas), os sistemas podem nem mesmo permanecer disponíveis por 24 horas em um dia. Outra vantagem significativa de se ter um Edge Cache é que ele pode ser consultado com o uso de serviços de inteligência de negócios (business intelligence) ou ferramentas de relatório SQL para originar informações de utilização, saúde pública, pesquisa e outras informações úteis. A terminologia em toda uma região ou país pode não ser normalizada, mas é a que provavelmente está dentro de um único Edge Cache que torna as consultas mais úteis. O Repositório Edge Cache do HealthShare é um sofisticado banco de dados de saúde que utiliza a tecnologia TrakCare a mesma usada no EPR do HealthShare e o banco de dados orientado a objetos Caché. Conforme ocorrem transações que possuem dados clínicos, os sistemas originais enviam mensagens ao Portal do provedor, o qual as transforma e envia para o Edge Cache do provedor, onde são armazenadas. Normalmente, cada Portal tem o seu próprio Edge Cache e cada grande provedor tem seu próprio Portal e Edge Cache associado a ele. Pequenos provedores (por exemplo, médicos de atendimento primário e pequenas clínicas), muitas vezes, compartilham um único computador para seus portais e Edge Caches. Cada Edge Cache apenas armazena as informações clínicas dos fornecedores compartilhando o mesmo Portal. No entanto, outras configurações são possíveis e, em um caso extremo, os Edge Caches ficam todos em um banco de dados centralizado. Como os dados nos sistemas originais (como um sistema de gestão de clínicas em um consultório de um médico ou no RES de um hospital) podem se tornar indisponíveis, o Edge Cache é importante para manter a disponibilidade dos dados durante qualquer interrupção. Ele é projetado para operar 24 horas por dia, todos os dias do ano. 17

20 O Portal do HealthShare O Portal do HealthShare é baseado no Ensemble, uma plataforma rápida de integração, amplamente utilizada no setor de saúde como um mecanismo de interface e de desenvolvimento, e execução de aplicações compostas. O Portal do HealthShare é responsável por todas as comunicações entre: n Um ambiente clínico e os Edge Caches associados a ele n Um ambiente clínico e o Hub n Comunicações Portal a Portal entre ambientes clínicos Cada Portal também proporciona: n Uma estrutura de gerenciamento de permissão que é usada para registrar declarações de permissão de pacientes e para garantir que essas declarações sejam cumpridas n Serviços de normalização de dados e de terminologia, se algum estiver disponível e requisitado n Transformações de protocolos de mensagens Quando o sistema de um provedor gera informações que podem ser compartilhadas, ele envia uma mensagem para o Portal (por exemplo, quando o laboratório conclui um exame, o resultado do laboratório é enviado). O Portal examina a mensagem para determinar a natureza da informação e sua adequação para ser armazenada no cache. Se for adequado, então ele transforma essa mensagem utilizando um protocolo padrão do HealthShare e a transmite para o Edge Cache para armazenamento. Quando um clínico solicita informações sobre um paciente geralmente por meio do RES do HealthShare o RES envia uma mensagem para o Portal do profissional de saúde, que, então, se comunica com o Hub do HealthShare. Assim que o Hub identifica quais outros Portais necessitam ser contatados, o Portal do profissional de saúde se comunica com eles e solicita os dados do paciente que constam nesses locais. Os Portais consultam seus Edge Caches associados e enviam os dados resultantes em um documento XML para o Portal de origem, que, então, fornece todos os documentos XML que recebeu de volta para o RES solicitante. O HealthShare tem a flexibilidade tanto de ter Portais diretamente se comunicando com outros Portais quanto de passar todas as mensagens do Portal pelo Hub. Em alguns casos, uma mistura desses métodos é apropriada. 18

21 19

22 20

23 III. Recursos Avançados Serviços de Terminologia Provedores diferentes podem usar terminologias diferentes, o que torna o compartilhamento de informações mais difícil. O ideal seria que os fornecedores realizassem uma conversão para uma terminologia em comum ou, pelo menos, concordassem com uma norma em comum para o intercâmbio de informações e dessem suporte a ela. No entanto, em muitos casos, isso não é prático ou, pelo menos, levará um tempo considerável. O HealthShare não necessita de uma terminologia comum. Seu RES e Edge Cache empregam uma tecnologia de dados de auto-documentação para que possam armazenar e exibir terminologias não-normalizadas provenientes de múltiplas origens. Para os provedores que desejam compartilhar terminologias normalizadas, o HealthShare oferece a opção de trabalhar com várias aplicações independentes, líderes em serviços de terminologia. Esses serviços fazem a tradução entre diferentes vocabulários médicos padrões, incluindo SNOMED, CID 9/10, CPT e LOINC, e podem ser incorporados ao Portal. A configuração desses serviços de tradução é de responsabilidade de cada organização provedora. Funcionalidade Elevada As organizações, assim como as pessoas, precisam crescer para sobreviver e um sistema de saúde conectada precisa ser capaz de evoluir conforme evoluem as necessidades da comunidade de saúde e de seus pacientes. A conexão inicial e o compartilhamento de informações é só o começo. Uma questão importante é: o sistema oferece as estruturas para o crescimento futuro e para rápida adaptação? A conectividade no HealthShare é proporcionada pelo Ensemble, que inclui suporte para processos de negócios e gerenciamento de fluxo de trabalho. Ele também ativa uma nova geração de aplicações chamadas aplicações compostas. Além disso, o HealthShare incorpora o Caché, tornando mais fácil adicionar mais funcionalidades. Processos de Negócios do Ensemble Muitas vezes, comunidades diferentes possuem necessidades diferentes. Por exemplo, uma comunidade pode desejar acionar alertas de saúde pública sobre diversos eventos. Além disso, a natureza dos eventos ou as medidas tomadas podem variar de um paciente para o outro os médicos podem precisar consultar um sistema de maternidade antes de tratar uma paciente do sexo feminino. Uma poderosa técnica para atender a essas necessidades envolve o uso dos processos de negócios do Ensemble. Ele permite a especificação de várias regras de negócios e processos exclusivos à organização e, em seguida, aplica automaticamente essas regras e processos. Já que as regras de negócios e processos são definidas num nível elevado e são totalmente encapsuladas, elas podem ser modificadas com facilidade. Assim, diferenças específicas de aplicações ou instalações e crescentes necessidades são rapidamente acomodadas, sem modificar o HealthShare ou seus adaptadores (descritos na página 22). 21

Software para Saúde Conectada

Software para Saúde Conectada TrakCare LAB Inovação na evolução dos pacientes, performance de laboratórios e comunicação entre os profissionais de saúde. Software para Saúde Conectada Mais poder para seu laboratório, mais benefícios

Leia mais

CONECTIVIDADE INOVADORA. MULTI-SITE E MULTI-FORNECEDORES. UMA ÚNICA LISTA DE TRABALHO GLOBAL. Vue Connect. Enterprise IMAGE/ARTWORK AREA

CONECTIVIDADE INOVADORA. MULTI-SITE E MULTI-FORNECEDORES. UMA ÚNICA LISTA DE TRABALHO GLOBAL. Vue Connect. Enterprise IMAGE/ARTWORK AREA Vue Connect Enterprise Workflow MULTI-SITE E MULTI-FORNECEDORES. UMA ÚNICA LISTA DE TRABALHO GLOBAL. Para empresas que possuem diversas unidades, uma ampla gama de instalações, fluxo de trabalho departamental

Leia mais

Uma solução de desempenho para a distribuição de documentos: Habilitando a distribuição de documentos em tempo real para corporações globais

Uma solução de desempenho para a distribuição de documentos: Habilitando a distribuição de documentos em tempo real para corporações globais Uma solução de desempenho para a distribuição de documentos: Habilitando a distribuição de documentos em tempo real para corporações globais Visão Geral Desafio Hoje, os aplicativos da web são um tremendo

Leia mais

Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte

Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte IBM Global Technology Services Manutenção e suporte técnico Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte Uma abordagem inovadora em suporte técnico 2 Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável

Leia mais

XDR. Solução para Big Data.

XDR. Solução para Big Data. XDR Solução para Big Data. ObJetivo Principal O volume de informações com os quais as empresas de telecomunicações/internet têm que lidar é muito grande, e está em constante crescimento devido à franca

Leia mais

Como posso permitir um acesso conveniente e seguro ao Microsoft SharePoint?

Como posso permitir um acesso conveniente e seguro ao Microsoft SharePoint? RESUMO DA SOLUÇÃO Solução de segurança do SharePoint da CA Technologies Como posso permitir um acesso conveniente e seguro ao Microsoft SharePoint? agility made possible A solução de segurança do SharePoint

Leia mais

INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa

INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa ACESSE Informações corporativas a partir de qualquer ponto de Internet baseado na configuração

Leia mais

Inovação InterSystems em Saúde

Inovação InterSystems em Saúde InterSystems, Ensemble e Caché são marcas da InterSystems Corporation. Outros nomes de produtos são marcas registradas de seus respectivos fabricantes. Copyright 2008 InterSystems Corporation. Todos os

Leia mais

CA ARCserve Backup. Visão geral

CA ARCserve Backup. Visão geral INFORME DE PRODUTO: CA ARCSERVE BACKUP R12.5 CA ARCserve Backup CA ARCSERVE BACKUP, O PRODUTO DE ALTA PERFORMANCE, LÍDER DA INDÚSTRIA DE PROTEÇÃO DE DADOS, COMBINA TECNOLOGIA INOVADORA DE ELIMINAÇÃO DE

Leia mais

Shavlik Protect. Guia de Atualização

Shavlik Protect. Guia de Atualização Shavlik Protect Guia de Atualização Copyright e Marcas comerciais Copyright Copyright 2009 2014 LANDESK Software, Inc. Todos os direitos reservados. Este produto está protegido por copyright e leis de

Leia mais

Alinhando a infra-estrutura de aplicações com os negócios através de Application Delivery orientado a serviços

Alinhando a infra-estrutura de aplicações com os negócios através de Application Delivery orientado a serviços Alinhando a infra-estrutura de aplicações com os negócios através de Application Delivery orientado a serviços Visão Geral Desafio Solução Uma implementação SOA (Service Oriented Architecture) bem-sucedida

Leia mais

Visão geral do XProtect

Visão geral do XProtect Milestone Systems Visão geral do Software de gerenciamento de vídeo Uma solução de vigilância que se ajusta a todas suas necessidades O da Milestone é um poderoso software de gerenciamento de vídeo (VMS)

Leia mais

Guia de administração. BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange. Versão: 4.1 Service pack: 4B

Guia de administração. BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange. Versão: 4.1 Service pack: 4B BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange Versão: 4.1 Service pack: 4B SWD-313211-0911044452-012 Conteúdo 1 Gerenciando contas de usuários... 7 Adicionar uma conta de usuário... 7 Adicionar

Leia mais

Registro Eletrônico de Saúde Unimed. Números do Sistema

Registro Eletrônico de Saúde Unimed. Números do Sistema Números do Sistema Números do Sistema 36 Prestadoras 300 Operadoras (30% das operadoras de saúde) 15 Federações Institucionais 351 Cooperativas 1 Confederação Nacional 1 Confederação Regional 1 Central

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Centro de Recursos Computacionais - CERCOMP Divisão de Sistemas. Criação de uma Serviço de Geração de Relatórios

Universidade Federal de Goiás Centro de Recursos Computacionais - CERCOMP Divisão de Sistemas. Criação de uma Serviço de Geração de Relatórios Universidade Federal de Goiás Centro de Recursos Computacionais - CERCOMP Divisão de Sistemas Criação de uma Serviço de Geração de Relatórios Goiânia 12/2011 Versionamento 12/12/2011 Hugo Marciano... 1.0

Leia mais

GERENCIAMENTO CENTRALIZADO DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC

GERENCIAMENTO CENTRALIZADO DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC GERENCIAMENTO CENTRALIZADO DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC RESUMO EXECUTIVO O PowerVault DL2000, baseado na tecnologia Symantec Backup Exec, oferece a única solução de backup em

Leia mais

Segurança do SharePoint em ação: melhores práticas orientam a colaboração segura. agility made possible

Segurança do SharePoint em ação: melhores práticas orientam a colaboração segura. agility made possible Segurança do SharePoint em ação: melhores práticas orientam a colaboração segura agility made possible Um dos aplicativos mais amplamente implantados em uso atualmente, o Microsoft SharePoint Server, conquistou

Leia mais

Solução completa de gerenciamento online de embalagens

Solução completa de gerenciamento online de embalagens Solução completa de gerenciamento online de embalagens WebCenter O WebCenter é uma poderosa plataforma baseada na web para gerenciamento de embalagens que administra seu processo de negócios e aprova ciclos

Leia mais

Gravador Digital SUPER MONITOR Descrição Geral

Gravador Digital SUPER MONITOR Descrição Geral Gravador Digital SUPER MONITOR Descrição Geral Documento confidencial Reprodução proibida 1 Introdução Em um mundo onde as informações fluem cada vez mais rápido e a comunicação se torna cada vez mais

Leia mais

Versão 1.0 Janeiro de 2011. Xerox Phaser 3635MFP Plataforma de interface extensível

Versão 1.0 Janeiro de 2011. Xerox Phaser 3635MFP Plataforma de interface extensível Versão 1.0 Janeiro de 2011 Xerox Phaser 3635MFP 2011 Xerox Corporation. XEROX e XEROX e Design são marcas da Xerox Corporation nos Estados Unidos e/ou em outros países. São feitas alterações periodicamente

Leia mais

A perspectiva e atuação da ANS no desenvolvimento de padrões no Brasil. Jussara M P Rötzsch ANS/DIDES/GGSUS

A perspectiva e atuação da ANS no desenvolvimento de padrões no Brasil. Jussara M P Rötzsch ANS/DIDES/GGSUS A perspectiva e atuação da ANS no desenvolvimento de padrões no Brasil Jussara M P Rötzsch ANS/DIDES/GGSUS Avanços (tecnológico e científico) na Saúde Maior conhecimento sobre os determinantes de saúde

Leia mais

ARQUITETURA TRADICIONAL

ARQUITETURA TRADICIONAL INTRODUÇÃO Atualmente no universo corporativo, a necessidade constante de gestores de tomar decisões cruciais para os bons negócios das empresas, faz da informação seu bem mais precioso. Nos dias de hoje,

Leia mais

Política de uso de dados

Política de uso de dados Política de uso de dados A política de dados ajudará você a entender como funciona as informações completadas na sua área Minhas Festas. I. Informações que recebemos e como são usadas Suas informações

Leia mais

O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem

O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem O Microsoft Office 365 é a suíte de Produtividade da Microsoft, que oferece as vantagens da Nuvem a empresas de todos os tamanhos, ajudando-as

Leia mais

Ferramentas Web para controle e supervisão: o que está por vir

Ferramentas Web para controle e supervisão: o que está por vir Artigos Técnicos Ferramentas Web para controle e supervisão: o que está por vir Marcelo Salvador, Diretor de Negócios da Elipse Software Ltda. Já faz algum tempo que ouvimos falar do controle e supervisão

Leia mais

PROGRAMA E-MOBILE DA AMILPAR DISPONIBILIZA CONTEÚDOS PARA BENEFICIÁRIOS, CORRETORES E MÉDICOS EM DISPOSITIVOS MÓVEIS

PROGRAMA E-MOBILE DA AMILPAR DISPONIBILIZA CONTEÚDOS PARA BENEFICIÁRIOS, CORRETORES E MÉDICOS EM DISPOSITIVOS MÓVEIS PROGRAMA E-MOBILE DA AMILPAR DISPONIBILIZA CONTEÚDOS PARA BENEFICIÁRIOS, CORRETORES E MÉDICOS EM DISPOSITIVOS MÓVEIS Perfil A AmilPar originou-se da Casa de Saúde São José, uma pequena clínica na cidade

Leia mais

Plataforma Sharp OSA VAÇÃO

Plataforma Sharp OSA VAÇÃO Plataforma Sharp OSA VAÇÃO A plataforma Sharp OSA abre sua MFP para se tornar um portal personalizado, localizado estrategicamente dentro do seu negócio. Associado a um amplo potencial de desenvolvimento

Leia mais

Product Architecture. Product Architecture. Aranda 360 ENDPOINT SECURITY. Conteúdos STANDARD & ENTERPRISE EDITION

Product Architecture. Product Architecture. Aranda 360 ENDPOINT SECURITY. Conteúdos STANDARD & ENTERPRISE EDITION Conteúdos Product Architecture Product Architecture Introdução Ambiente RedesdeTrabalho Configurações Políticas Servidores Componentes Agente Servidor Base de Dados Console Comunicação Console Servidor

Leia mais

RESUMO DA SOLUÇÃO CA ERwin Modeling. Como eu posso gerenciar a complexidade dos dados e aumentar a agilidade dos negócios?

RESUMO DA SOLUÇÃO CA ERwin Modeling. Como eu posso gerenciar a complexidade dos dados e aumentar a agilidade dos negócios? RESUMO DA SOLUÇÃO CA ERwin Modeling Como eu posso gerenciar a complexidade dos dados e aumentar a agilidade dos negócios? O CA ERwin Modeling fornece uma visão centralizada das principais definições de

Leia mais

Symantec Backup Exec.cloud

Symantec Backup Exec.cloud Proteção automática, contínua e segura que faz o backup dos dados na nuvem ou usando uma abordagem híbrida, combinando backups na nuvem e no local. Data Sheet: Symantec.cloud Somente 2% das PMEs têm confiança

Leia mais

monitoramento unificado

monitoramento unificado DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA monitoramento unificado uma perspectiva de negócios agility made possible sumário resumo executivo 3 Introdução 3 Seção 1: ambientes de computação emergentes atuais 4 Seção 2: desafios

Leia mais

PENSE ALÉM UM FLUXO DE TRABALHO ÚNICO E GLOBAL DENTRO DO SEU ALCANCE. Vue RIS. Radiology

PENSE ALÉM UM FLUXO DE TRABALHO ÚNICO E GLOBAL DENTRO DO SEU ALCANCE. Vue RIS. Radiology Vue RIS Radiology UM FLUXO DE TRABALHO ÚNICO E GLOBAL DENTRO DO SEU ALCANCE Produtividade. Retorno do investimento. Capacidade de comunicar rapidamente informações do paciente. Tudo isso, mais a pressão

Leia mais

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS.

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. A computação em nuvem é uma mudança de paradigma no gerenciamento de TI e de datacenters, além de representar a capacidade da TI

Leia mais

INDICE 3.APLICAÇÕES QUE PODEM SER DESENVOLVIDAS COM O USO DO SAXES

INDICE 3.APLICAÇÕES QUE PODEM SER DESENVOLVIDAS COM O USO DO SAXES w w w. i d e a l o g i c. c o m. b r INDICE 1.APRESENTAÇÃO 2.ESPECIFICAÇÃO DOS RECURSOS DO SOFTWARE SAXES 2.1. Funcionalidades comuns a outras ferramentas similares 2.2. Funcionalidades próprias do software

Leia mais

Balanceamento de carga: Conceitos básicos

Balanceamento de carga: Conceitos básicos Balanceamento de carga: Conceitos básicos Introdução A tecnologia de balanceamento de carga está viva e está bem; de fato, ela é a base sobre a qual operam os application delivery controller (ADCs). A

Leia mais

Sistema de Gestão dos Documentos da Engenharia [EDMS] O caminho para a Colaboração da Engenharia e Melhoria de Processos

Sistema de Gestão dos Documentos da Engenharia [EDMS] O caminho para a Colaboração da Engenharia e Melhoria de Processos Sistema de Gestão dos Documentos da Engenharia [EDMS] O caminho para a Colaboração da Engenharia e Melhoria de Processos O gerenciamento de informações é crucial para o sucesso de qualquer organização.

Leia mais

Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services

Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services - Windows SharePoint Services... Page 1 of 11 Windows SharePoint Services Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services Ocultar tudo O Microsoft Windows

Leia mais

CA Nimsoft Monitor. Guia do Probe Monitoramento de resposta do servidor LDAP. ldap_response série 1.3

CA Nimsoft Monitor. Guia do Probe Monitoramento de resposta do servidor LDAP. ldap_response série 1.3 CA Nimsoft Monitor Guia do Probe Monitoramento de resposta do servidor LDAP ldap_response série 1.3 Aviso de copyright do CA Nimsoft Monitor Este sistema de ajuda online (o Sistema ) destina-se somente

Leia mais

O que é o Virto ERP? Onde sua empresa quer chegar? Apresentação. Modelo de funcionamento

O que é o Virto ERP? Onde sua empresa quer chegar? Apresentação. Modelo de funcionamento HOME O QUE É TOUR MÓDULOS POR QUE SOMOS DIFERENTES METODOLOGIA CLIENTES DÚVIDAS PREÇOS FALE CONOSCO Suporte Sou Cliente Onde sua empresa quer chegar? Sistemas de gestão precisam ajudar sua empresa a atingir

Leia mais

arquitetura do join.me

arquitetura do join.me Uma visão geral técnica da arquitetura confiável e segura do join.me. 1 Introdução 2 Visão geral da arquitetura 3 Segurança de dados 4 Segurança de sessão e site 5 Visão geral de hospedagem 6 Conclusão

Leia mais

Sistema de Gestão dos Documentos da Engenharia [EDMS] O caminho para a Colaboração da Engenharia e Melhoria de Processos

Sistema de Gestão dos Documentos da Engenharia [EDMS] O caminho para a Colaboração da Engenharia e Melhoria de Processos Sistema de Gestão dos Documentos da Engenharia [EDMS] O caminho para a Colaboração da Engenharia e Melhoria de Processos O gerenciamento de informações é crucial para o sucesso de qualquer organização.

Leia mais

Tableau Online Segurança na nuvem

Tableau Online Segurança na nuvem Tableau Online Segurança na nuvem Autor(a): Ellie Fields Diretora Sênior de Marketing de Produtos, Tableau Software Junho de 2013 p2 A Tableau Software entende que os dados são um dos ativos mais estratégicos

Leia mais

Conheça a nova solução de servidor que ajuda pequenas empresas a fazer mais Com menos.

Conheça a nova solução de servidor que ajuda pequenas empresas a fazer mais Com menos. Conheça a nova solução de servidor que ajuda pequenas empresas a fazer mais Com menos. O papel de um servidor Introdução à rede básica Sua empresa tem muitas necessidades recorrentes, tais como organizar

Leia mais

GUIA DE DESCRIÇÃO DO PRODUTO

GUIA DE DESCRIÇÃO DO PRODUTO GUIA DE DESCRIÇÃO DO PRODUTO EMC CLOUDARRAY INTRODUÇÃO Atualmente, os departamentos de TI enfrentam dois desafios de armazenamento de dados críticos: o crescimento exponencial dos dados e uma necessidade

Leia mais

Infoestrutura: Pagamento Eletrônico

Infoestrutura: Pagamento Eletrônico Infoestrutura: Pagamento Eletrônico 1. Introdução O advento do comércio eletrônico significou que os sistemas de pagamento precisavam lidar com estas novas exigências. Com a ampla utilização da Internet,

Leia mais

Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center. Versão 5.4.2

Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center. Versão 5.4.2 Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center Versão 5.4.2 2006-2014 Avigilon Corporation. Todos os direitos reservados. A menos que seja expressamente concedido por escrito, nenhuma licença é

Leia mais

Que informações nós coletamos, e de que maneira?

Que informações nós coletamos, e de que maneira? Política de Privacidade Vivertz Esta é a política de privacidade da Affinion International Serviços de Fidelidade e Corretora de Seguros Ltda que dispõe as práticas de proteção à privacidade do serviço

Leia mais

Violin Tours Management

Violin Tours Management vtm Violin Tours Management Violin Tours Management tm vviolin Tours Management Visão Geral Bem-vindo ao Violin Tours Management, uma aplicação completa para que você automatize canais de relacionamento,

Leia mais

Uma visão mais detalhada do software HP LoadRunner

Uma visão mais detalhada do software HP LoadRunner Boletim técnico Uma visão mais detalhada do software HP LoadRunner Índice Um novo enfoque no teste de desempenho: a solução HP LoadRunner 3 A solução HP LoadRunner e a terminologia dos testes de desempenho

Leia mais

EXIN Cloud Computing Fundamentos

EXIN Cloud Computing Fundamentos Exame Simulado EXIN Cloud Computing Fundamentos Edição Maio 2013 Copyright 2013 EXIN Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser publicado, reproduzido, copiado ou armazenada

Leia mais

PARCEIRO DE CONFIANÇA.

PARCEIRO DE CONFIANÇA. PARCEIRO DE CONFIANÇA. Com mais de 2.500 sites e 10 infraestruturas em nuvem implementadas globalmente, nossa equipe de serviços se dedica a ajudá-lo desde o primeiro dia. Temos amplo conhecimento em uma

Leia mais

Como implantar o iphone e o ipad Gerenciamento de Dispositivos Móveis

Como implantar o iphone e o ipad Gerenciamento de Dispositivos Móveis Como implantar o iphone e o ipad Gerenciamento de Dispositivos Móveis O ios suporta Gerenciamento de Dispositivos Móveis (MDM), o que ajuda as empresas a administrar implantações em escala do iphone e

Leia mais

Escola Politécnica da USP MBA EPUSP em Gestão e Engenharia do Produto EP-018 O Produto Internet e suas Aplicações Professor: Márcio Lobo Netto Aluno:

Escola Politécnica da USP MBA EPUSP em Gestão e Engenharia do Produto EP-018 O Produto Internet e suas Aplicações Professor: Márcio Lobo Netto Aluno: Escola Politécnica da USP MBA EPUSP em Gestão e Engenharia do Produto EP-018 O Produto Internet e suas Aplicações Professor: Márcio Lobo Netto Aluno: Giovanni Pietro Vallone Cocco Portais Corporativos

Leia mais

PRIMAVERA PORTFOLIO MANAGEMENT DA ORACLE

PRIMAVERA PORTFOLIO MANAGEMENT DA ORACLE PRIMAVERA PORTFOLIO MANAGEMENT DA ORACLE RECURSOS GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO Entrega valor por meio de uma abordagem de estratégia em primeiro lugar para selecionar o conjunto ideal de investimentos Aproveita

Leia mais

Bem-vindo à apresentação do SAP Business One.

Bem-vindo à apresentação do SAP Business One. Bem-vindo à apresentação do SAP Business One. Neste tópico, responderemos à pergunta: O que é o Business One? Definiremos o SAP Business One e discutiremos as opções e as plataformas disponíveis para executar

Leia mais

Unimed do Brasil. Projeto Registro Eletrônico de Saúde

Unimed do Brasil. Projeto Registro Eletrônico de Saúde Unimed do Brasil Projeto Registro Eletrônico de Saúde Novembro /2015 Sistema Unimed Números do Sistema 36 Prestadoras 300 Operadoras (30% das operadoras de saúde) 15 Federações Institucionais 351 Cooperativas

Leia mais

Migração de sistemas antigos. Avançando para um futuro competitivo

Migração de sistemas antigos. Avançando para um futuro competitivo Migração de sistemas antigos Avançando para um futuro competitivo A automação e controle é um dos mais importantes investimentos para garantir o sucesso da manufatura de qualquer indústria. Porém, por

Leia mais

Transferindo a carga da autenticação remota dos servidores

Transferindo a carga da autenticação remota dos servidores Transferindo a carga da autenticação remota dos servidores Visão Geral Há três etapas usadas pela maioria dos computadores para proteger o acesso a operações, aplicativos e dados sensíveis: A identificação

Leia mais

Integração de Dados Plataforma Hub Magento E-Commerce

Integração de Dados Plataforma Hub Magento E-Commerce Integração de Dados Plataforma Hub Magento E-Commerce Facilitando Negócios Conectando softwares com Magento Plataforma de E-Commerce Integração de Dados Plataforma Hub Magento E-Commerce Este documento

Leia mais

IBM Cognos Business Intelligence Scorecarding

IBM Cognos Business Intelligence Scorecarding IBM Cognos Business Intelligence Scorecarding Unindo a estratégia às operações com sucesso Visão Geral O Scorecarding oferece uma abordagem comprovada para comunicar a estratégia de negócios por toda a

Leia mais

McAfee Security Management Center

McAfee Security Management Center Security Management Center O gerenciamento de segurança centralizado foi desenvolvido para ambientes de firewall de próxima geração e alto desempenho. Principais vantagens Um painel unificado por todo

Leia mais

Identificação rápida de gargalos Uma forma mais eficiente de realizar testes de carga. Um artigo técnico da Oracle Junho de 2009

Identificação rápida de gargalos Uma forma mais eficiente de realizar testes de carga. Um artigo técnico da Oracle Junho de 2009 Identificação rápida de gargalos Uma forma mais eficiente de realizar testes de carga Um artigo técnico da Oracle Junho de 2009 Identificação rápida de gargalos Uma forma mais eficiente de realizar testes

Leia mais

Conceitos de Segurança em Sistemas Distribuídos

Conceitos de Segurança em Sistemas Distribuídos Conceitos de Segurança em Sistemas Distribuídos Francisco José da Silva e Silva Laboratório de Sistemas Distribuídos (LSD) Departamento de Informática / UFMA http://www.lsd.ufma.br 30 de novembro de 2011

Leia mais

INFORMAÇÕES CONECTADAS

INFORMAÇÕES CONECTADAS INFORMAÇÕES CONECTADAS Soluções de Negócios para o Setor de Serviços Públicos Primavera Project Portfolio Management Solutions ORACLE É A EMPRESA Alcance excelência operacional com fortes soluções de gerenciamento

Leia mais

Núcleo Thomas Manual do usuário

Núcleo Thomas Manual do usuário Núcleo Thomas Manual do usuário Sua mais nova e aprimorada ferramenta online de avaliação e gerenciamento de pessoas Descubra a forma mais rápida e simples de gerenciar suas avaliações de funcionários

Leia mais

Sincronização do Catálogo de Endereços no MDaemon 6.x com o uso do ComAgent, LDAP, MAPI e WAB

Sincronização do Catálogo de Endereços no MDaemon 6.x com o uso do ComAgent, LDAP, MAPI e WAB Sincronização do Catálogo de Endereços no MDaemon 6.x com o uso do ComAgent, LDAP, MAPI e WAB Alt-N Technologies, Ltd 1179 Corporate Drive West, #103 Arlington, TX 76006 Tel: (817) 652-0204 2002 Alt-N

Leia mais

CA Nimsoft Monitor Snap

CA Nimsoft Monitor Snap CA Nimsoft Monitor Snap Guia de Configuração do Meu Monitor do SQL Server mysql série 1.4 Avisos legais Copyright 2013, CA. Todos os direitos reservados. Garantia O material contido neste documento é fornecido

Leia mais

Novas opções do Gerenciamento de Dispositivos do Windows *

Novas opções do Gerenciamento de Dispositivos do Windows * Informe Processadores Intel Core de 4ª geração e processadores Intel Atom Mobilidade com a Intel e o Windows 8.1* Novas opções do Gerenciamento de Dispositivos do Windows * O que levar em conta ao decidir

Leia mais

IDC TECHNOLOGY SPOTLIGHT

IDC TECHNOLOGY SPOTLIGHT IDC TECHNOLOGY SPOTLIGHT A importância da inovação em fornecedores de sistemas, serviços e soluções para criar ofertas holísticas Julho de 2014 Adaptado de Suporte a ambientes de datacenter: aplicando

Leia mais

IBM Software IBM Business Process Manager Simples e Poderoso

IBM Software IBM Business Process Manager Simples e Poderoso IBM Software IBM Business Process Manager Simples e Poderoso Uma única plataforma BPM que oferece total visibilidade e gerenciamento de seus processos de negócios 2 IBM Business Process Manager Simples

Leia mais

BLACKBOARD LEARNING SYSTEM ML

BLACKBOARD LEARNING SYSTEM ML BLACKBOARD LEARNING SYSTEM ML DA INFORMAÇÃO À EDUCAÇÃO Facilidade de uso e facilidade de integração têm sido as características de nossa implantação do Blackboard. Com 75.000 usuários e aproximadamente

Leia mais

Arcserve Backup: Como proteger ambientes NAS heterogêneos com NDMP

Arcserve Backup: Como proteger ambientes NAS heterogêneos com NDMP Arcserve Backup: Como proteger ambientes NAS heterogêneos com NDMP Phil Maynard UNIDADE DE SOLUÇÕES DE GERENCIAMENTO DE DADOS PARA O CLIENTE FEVEREIRO DE 2012 Introdução Em todos os lugares, o volume de

Leia mais

CSF Designer Intuition SOLUÇÕES DE OUTPUT FIS

CSF Designer Intuition SOLUÇÕES DE OUTPUT FIS SOLUÇÕES DE OUTPUT FIS O CSF Designer Intuition TM da FIS ajuda organizações que lidam com o cliente a criar, de forma instantânea e interativa, documentos comerciais respeitando as regulações vigentes,

Leia mais

A N O V A G E R AÇ Ã O E M G E R E N C I A M E N T O D E D A D O S E I M A G E N S

A N O V A G E R AÇ Ã O E M G E R E N C I A M E N T O D E D A D O S E I M A G E N S Janeiro A N O V A G E R AÇ Ã O E M G E R E N C I A M E N T O D E D A D O S E I M A G E N S Como uma ampla solução para administrar dados de pacientes, este sistema web-based para gerenciamento de imagens

Leia mais

Symantec Backup Exec 2012

Symantec Backup Exec 2012 Melhor Backup para todos Data Sheet: Backup e recuperação após desastres Visão geral O é um produto integrado que protege ambientes físicos e virtuais, simplifica o backup e a recuperação após desastres

Leia mais

Manual de referência do HP Web Jetadmin Database Connector Plug-in

Manual de referência do HP Web Jetadmin Database Connector Plug-in Manual de referência do HP Web Jetadmin Database Connector Plug-in Aviso sobre direitos autorais 2004 Copyright Hewlett-Packard Development Company, L.P. A reprodução, adaptação ou tradução sem permissão

Leia mais

Business Intelligence Embutido em Tempo Real. Descubra os Tesouros.

Business Intelligence Embutido em Tempo Real. Descubra os Tesouros. Business Intelligence Embutido em Tempo Real. Descubra os Tesouros. Torne Suas Aplicações Mais Valiosas com Business Intelligence Embutido em Tempo Real Você poderá aperfeiçoar suas aplicações transacionais

Leia mais

Anexo V - Planilha de Apuração Aquisição de Solução de Redes Sociais

Anexo V - Planilha de Apuração Aquisição de Solução de Redes Sociais Anexo V - Planilha de Apuração Aquisição de Solução de Redes Sociais Será utilizado o seguinte critério: Atende / Não atende (Atende em parte será considerado Não atende) Item Itens a serem avaliados conforme

Leia mais

O TRAFip é uma poderosa ferramenta de coleta e caracterização de tráfego de rede IP, que vem resolver esse problema de forma definitiva.

O TRAFip é uma poderosa ferramenta de coleta e caracterização de tráfego de rede IP, que vem resolver esse problema de forma definitiva. Não há dúvida de que o ambiente de rede está cada vez mais complexo e que sua gestão é um grande desafio. Nesse cenário, saber o que está passando por essa importante infraestrutura é um ponto crítico

Leia mais

Windows 2008 Server. Windows 2008 Server IFSP Boituva Prof. Sérgio Augusto Godoy. www.profsergiogodoy.com sergiogutogodoy@hotmail.

Windows 2008 Server. Windows 2008 Server IFSP Boituva Prof. Sérgio Augusto Godoy. www.profsergiogodoy.com sergiogutogodoy@hotmail. Windows 2008 Server IFSP Boituva Prof. Sérgio Augusto Godoy www.profsergiogodoy.com sergiogutogodoy@hotmail.com Windows 2008 Server Construído sob o mesmo código do Vista Server Core (Instalação somente

Leia mais

versa A solução definitiva para o mercado livreiro. Aumente a eficiência de seu negócio Tenha uma solução adequada para cada segmento

versa A solução definitiva para o mercado livreiro. Aumente a eficiência de seu negócio Tenha uma solução adequada para cada segmento Aumente a eficiência de seu negócio O Versa é um poderoso software de gestão de negócios para editoras, distribuidoras e livrarias. Acessível e amigável, o sistema foi desenvolvido especificamente para

Leia mais

Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2

Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2 Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2 Aula 2 Computação em Nuvem Desafios e Oportunidades A Computação em Nuvem

Leia mais

Projuris Enterprise Visão Geral da Arquitetura do Sistema

Projuris Enterprise Visão Geral da Arquitetura do Sistema Projuris Enterprise Visão Geral da Arquitetura do Sistema Março/2015 Página 1 de 17 Projuris Enterprise Projuris Enterprise é um sistema 100% Web, com foco na gestão de contencioso por empresas ou firmas

Leia mais

Guia de vendas Windows Server 2012 R2

Guia de vendas Windows Server 2012 R2 Guia de vendas Windows Server 2012 R2 Por que Windows Server 2012 R2? O que é um servidor? Mais do que um computador que gerencia programas ou sistemas de uma empresa, o papel de um servidor é fazer com

Leia mais

PORTFÓLIO www.imatec.com.br

PORTFÓLIO www.imatec.com.br História A IMATEC foi estabelecida em 1993 com o objetivo de atuar nos segmentos de microfilmagem, digitalização e guarda de documentos e informações, hoje conta com 300 colaboradores, têm em seu quadro,

Leia mais

Detecção e investigação de ameaças avançadas. VISÃO GERAL

Detecção e investigação de ameaças avançadas. VISÃO GERAL Detecção e investigação de ameaças avançadas. VISÃO GERAL DESTAQUES Introdução ao RSA Security Analytics, que oferece: Monitoramento da segurança Investigação de incidente Geração de relatórios de conformidade

Leia mais

COMPUTAÇÃO EM NUVEM: TENDÊNCIAS E OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS RELATÓRIO EXECUTIVO DE NEGÓCIOS

COMPUTAÇÃO EM NUVEM: TENDÊNCIAS E OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS RELATÓRIO EXECUTIVO DE NEGÓCIOS COMPUTAÇÃO EM NUVEM: TENDÊNCIAS E OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS TM RELATÓRIO EXECUTIVO DE NEGÓCIOS A visão da computação em nuvem por Aad van Schetsen, vicepresidente da Compuware Uniface, que mostra por que

Leia mais

Guia de Inicialização para o Windows

Guia de Inicialização para o Windows Intralinks VIA Versão 2.0 Guia de Inicialização para o Windows Suporte 24/7/365 da Intralinks EUA: +1 212 543 7800 Reino Unido: +44 (0) 20 7623 8500 Consulte a página de logon da Intralinks para obter

Leia mais

ADOBE FLASH PLAYER 10.3 Gerenciador de configurações locais

ADOBE FLASH PLAYER 10.3 Gerenciador de configurações locais ADOBE FLASH PLAYER 10.3 Gerenciador de configurações locais PRERELEASE 03/07/2011 Avisos legais Avisos legais Para consultar avisos legais, acesse o site http://help.adobe.com/pt_br/legalnotices/index.html.

Leia mais

Um White Paper da Websense Web Security Gateway: A Web 2.0 Protegida e Simplificada

Um White Paper da Websense Web Security Gateway: A Web 2.0 Protegida e Simplificada Um White Paper da Websense Web Security Gateway: A Web 2.0 Protegida e Simplificada Visão Geral do Mercado Embora o uso dos produtos da Web 2.0 esteja crescendo rapidamente, seu impacto integral sobre

Leia mais

Windows 2008 Server. Windows 2008 Server IFSP Boituva Prof. Sérgio Augusto Godoy. www.profsergiogodoy.com sergiogutogodoy@hotmail.

Windows 2008 Server. Windows 2008 Server IFSP Boituva Prof. Sérgio Augusto Godoy. www.profsergiogodoy.com sergiogutogodoy@hotmail. Windows 2008 Server IFSP Boituva Prof. Sérgio Augusto Godoy www.profsergiogodoy.com sergiogutogodoy@hotmail.com Serviços DHCP Server: O DHCP ("Dynamic Host Configuration Protocol" ou "protocolo de configuração

Leia mais

Política de privacidade do Movimento Certo Ginástica Laboral Online Última atualização: 17 de março de 2015

Política de privacidade do Movimento Certo Ginástica Laboral Online Última atualização: 17 de março de 2015 Política de privacidade do Movimento Certo Ginástica Laboral Online Última atualização: 17 de março de 2015 Esta Política de privacidade estabelece nossas políticas e procedimentos para coletar, usar e

Leia mais

Termos de Licença de Software da Microsoft para:

Termos de Licença de Software da Microsoft para: Termos de Licença de Software da Microsoft para: Windows Embedded For Point of Service 1.0 Estes termos de licença são um acordo entre você e a [OEM]. Por favor, leia-os. Eles aplicam-se ao software incluído

Leia mais

Introdução. O que é Serviços de Terminal

Introdução. O que é Serviços de Terminal Introdução Microsoft Terminal Services e Citrix MetaFrame tornaram-se a indústria padrões para fornecer acesso de cliente thin para rede de área local (LAN), com base aplicações. Com o lançamento do MAS

Leia mais

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual Aplicativo da Manifestação do Destinatário Manual Novembro de 2012 1 Sumário 1 Aplicativo de Manifestação do Destinatário...4 2 Iniciando o aplicativo...4 3 Menus...5 3.1 Manifestação Destinatário...5

Leia mais

3. ( ) Para evitar a contaminação de um arquivo por vírus, é suficiente salvá-lo com a opção de compactação.

3. ( ) Para evitar a contaminação de um arquivo por vírus, é suficiente salvá-lo com a opção de compactação. 1. Com relação a segurança da informação, assinale a opção correta. a) O princípio da privacidade diz respeito à garantia de que um agente não consiga negar falsamente um ato ou documento de sua autoria.

Leia mais

Eficiência na manutenção de dados mestres referentes a clientes, fornecedores, materiais e preços

Eficiência na manutenção de dados mestres referentes a clientes, fornecedores, materiais e preços da solução SAP SAP ERP SAP Data Maintenance for ERP by Vistex Objetivos Eficiência na manutenção de dados mestres referentes a clientes, fornecedores, materiais e preços Entregar a manutenção de dados

Leia mais

Gerência de Redes e Serviços de Comunicação Multimídia

Gerência de Redes e Serviços de Comunicação Multimídia UNISUL 2013 / 1 Universidade do Sul de Santa Catarina Engenharia Elétrica - Telemática 1 Gerência de Redes e Serviços de Comunicação Multimídia Aula 3 Gerenciamento de Redes Cenário exemplo Detecção de

Leia mais

UNIFIED. A nova geração de arquitetura para proteger seus dados D TA. em ambientes físicos ou virtuais de forma unificada PROTECTION

UNIFIED. A nova geração de arquitetura para proteger seus dados D TA. em ambientes físicos ou virtuais de forma unificada PROTECTION UNIFIED A nova geração de arquitetura para proteger seus dados D TA em ambientes físicos ou virtuais de forma unificada PROTECTION RESUMO DA SOLUÇÃO UNIFIED DATA PROTECTION Incentivadas pelo crescimento

Leia mais