DE MULHERES TRAICOES E RASTEI NA SUCESSÃO MUNI. CARTUNISTA DO NT Ë o ENTREVISTADO DA SEMANA. ASSUSTA PMDB TRÊS CASOS DE VIOLEN IA CZ$ 20,00

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DE MULHERES TRAICOES E RASTEI NA SUCESSÃO MUNI. CARTUNISTA DO NT Ë o ENTREVISTADO DA SEMANA. ASSUSTA PMDB TRÊS CASOS DE VIOLEN IA CZ$ 20,00"

Transcrição

1 CZ$ 20,00 Fz d Iguaçu. 22 de janeir de 988 An VIII N 293 HEITOR SAI DA. TOCA E MOSTRA A car^ CARTUNISTA DO NT Ë ENTREVISTADO DA SEMANA. Páginas 9.0 e SÃO MIGUEL DO IGUAÇU BISSOLOTTI ESPANCAMENTO CAffiAVAL 88 ASSUSTA DE MULHERES PMDB TRÊS CASOS DE VIOLEN IA Página 7 Página 2L TRAICOES E RASTEI NA SUCESSÃO MUNI Página 3

2 ESPANCAMENT E MULHERES Nss Temp é uma publicaçã da Editra liberaçã Ltda. CGC N Redaçã e administraçã: Rua Edmund de Barrs, 830 Fne: Fz d Iguaçu PR Diretres prprietéris: Aluísi Palmar juvênci Mazzarll Editr Nemi Osna Nss representantes: SÃO PAULO Praça Osvald Cruz, 24- Fne: (0) CURITIBA G. Cadamur Rua Tibagi andar Curitiba - PR RtODE JANEIRO Rua Senadr Dantas, 7 Ci. BOW 07- Fne: PORTO ALEGRE Av. Brges de Medeirs, 340 C. 95- Fne (052) BRASf LIA SBS - Edifíci Venénci IV Sala 30- Fne Operadr em Cmputadr Clan Garcia de Freitas Diagramaç e Arte: Reciel Rcha Um ds subprduts d desempreg, que chega hje a níveis intleráveis.é a desagregaçã familiar. Fz d Iguaçu, cm seus 200 mil habitantes, e cm mais ria metade da ppulaçã ecnõmicamente ativa recebend uma média salarial de seis mil cruzads, é umverdacleir labratóri de prblemas sciais. Para se ter uma idéia ds prblemas que surgem entre casais, basta dizer que a Vara de Família d Frum lcal está cngestinaria de ações, muitas delas esperand sentença há varis meses. Enquant as ruas de Fz d lguaçu, a cada rija que passa recebem, cada vez mais menres abandnads, exércit de assaltantes, carteiristas, pedintes, punquisas e arrmbadres aumenta. E a crise scial batend nas prtas da Turiscap. Este quadr de miséria ecnômica e scial, tem cm cnsequência váris prblemas na área plicial. Dianamente chegam na 6 SDP queixas de men res que fgem de casa, espancament de crianças e mulheres, sempre acmpanhads de ca OS de emhriaguês Lima das sluções paliativas que vem send prpstas é a criaçã cia Delegacia da Mulhe r e um setr especializao n trat (rsm m=pcz dnniientes Entretant, tud depende da repartiçã plicial de F7. ci Iguaçu passar para delegacia de primeira classe. Mas esta reivindicaçã nã tem sensibilizad suficientemente as autridades lcais, apesar da sua urgência quase vital para administrar s prblemas riunds da crise sóci-ecnômica. E vz crrente que nã se pde tratar a menr prstituta, as crianças delinquentes e a mulher espancada cm s critéris estabelecids pela repressã plicial. Uma delegacia especializada necessáriamente terá que ter psicól- TELEGRAMA O Diretóri Muncipal d PDT de Fz d Iguaçu, enviu hje seguinte telegrama a líder d partid Lenel Brizla. "Dutr Lenel de Mura Brizla, hje, em que a esperança d pv brasileir está deps itada em tuas mãs, pis subestes lutar pel humildes e dar esperança as mens afrtunads, pel teu passad de lutas, pe l teu exili frçadõ pr hmens que ntem eram teus algzes e hje teus bajuladres, pel carisma e pr tua humildade, queira receber abraç d pv iguaçuense e paranaense pel teu aniversári que transcrre nesta data. Fz d Iguaçu (PR) 22 de janeir de 988 Diretóri Municipal d Partid DemcrâtCO Trabalhista gs e assistentes sciais. Enfim, pessas especializadas n trat de prblemas sciais e familiares. Para se ter uma idéia d mviment na 6a SDP envlvend prblemas entre casais, basta citar três cass de mulheres e crianças espancadas, crrids na terça e quarta-feira desta semana. Manel da Silva, mradr da rua Naipi, n Jardim América, chegu n dia 9 em casa de cabeça quente e espancu sua mulher Rsilda ds Sants, 8 ans. Expulsu de casa a mça cm um filh de alguns meses e ainda nã Vivems um mment em que alv mair da precupaçã de tds é a vi'ência e a prcura da fórmula mágica que, um dia, virá a exterminá-la. E essa vilência cm a qual ns precupams tant é a vilência que ns atinge mais diretamente: assalts, sequestrs, hmicídis, lesões crprais... E para ajudar n seu cmbate, ns reunims, frmams cnselhs de segurança, ns ctizams... E assim erguems um grande mur prtetr entre nós e s "marginais". Esquecend, u tentand esquecer que prblema é muit mair, bem mais cmplex e ns eximind da parcela de culpa que ns cabe n cntext. Prque desempreg é vi- - lência. Fme é vilência. Falta de tet é vilência. Desampar à DIGA NÃO À VIOLÊNCIA deixu que ela levasse as rupas da criança. Sebastiã Alves, 24 ans, servente de pedreir, recebeu s trôcs d patrã e decidiu encher a cara. Chegu em casa descarregand s recalques pra cima de sua mulher Nelci Alves Pereira» 35 ans, que é inválida. Jã Rdrigues ds Sants, desemprgad, mradr da Favela d Cemitéri, tmu umas pingas na quartafeira e desceu sarraf em Eliane Vargas, 29 ans agredind vilentamente filh de ans, que está ameaçand fugir de casa. PSB REALIZA CONVENÇÃO E ELEGE DIRETÓRIO velhice, à infância é vilência. Vilência cruel. Milhares de crianças (sem cntar adults) mrrem, em nss país, de desnutriçã e iss é uma enrme vilência. Sã milhões de brasileirs que querem trabalhar para sua sbrevivência e nã cnseguem encntrar empreg. Os cmpristas que hje infestam Fz d Ijaçu para muarnbar n Paraguai sã, em sua grande mairia, desempregads u assalariads que n& têm cndições de se manterem cm salári de vergnha que recebem pr um mês de trabalh. E s saláris que se pagam n Brasil nada mais sã d que uma vilência. E quand cada um de nós se mite dizend: mas eu nã pss cnsertar mund - esta ms cmetend uma terrível vilência. (Rejane) I III Ii IJJi Técnic em Ft-Mecriica: Wanderiey A. Pcahy Impressã: Derlis Cabral Impress em Oficina própria ri'r Av, Csta e Silva, 3025 Parque Presidente Fz d igueçu - Paraná V3 COPA CULTURA DE FUTE- BOL SUIÇO "CAMPEONATO DE VERÃO" Cnvidams Vssa Snhria e sua valisa equipe de futebl para participar d sensacinal Campenat de Futebl Suiç. que realzar-se-á a partir d mês de fevereir de 988. Serã premiadas quatr equipes vencedras, melhr artilheir, gleir mens vazad e a equipe mais disciplinada, cm linds trféus. As inscrições pderã ser feas ns seguintes lcais: ***Rádi Cultura - cm Anési - até as :00 hras ***Livraria Nacinal - cm Dem - Hrári cmercial..piscina O Recant - até as 22:00 hras - Av. General Meira Km 06 grj,t,jwr IMPRESSOS GRAFICOS EM GERAL Rua Bartlmeu de Gusmã, Fne Fz d Iguaçu - Pr, CIDÃO MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO E EXPORTAÇAO Materiais para cnstruçã, sanitáris, cerâmicas, materiais elétrics, tintas, areia, pedra, brita, tijls e ferragens em geral Rua Jsé d Patrcíni Fne: Vila Prtes - Fz d Iguaçu - PR. 32 filiads vtaram na cnvençã d PSB O Partid Scialista Brasileir-PSB, realizu n últim dming sua Cnverã Municipal. Das it às 7 hras 32 filiads elegeram a chapa única denminada "Resistência". O nv diretóri ficu cnstituid pr. Luiz Carls Kssar (presidente), Francisc de Assis Rcha (vicepresidente), Sergi Benevides (secretári geral), Maur Andrade da Silva ( 9 secretári), Jã Messias (tesureir), Aparecid Ribeir (2 tesureir) e mais s seguintes membrs - Letícia Cmbi, Claudi Luiz Maced, Ademir Ferreira, Jaime Sena, Miltn Teixeira, Francisc Vedur ds Sants, Maria de Lurdes Rcha, Maria Sena Rcha, Gercin Rcha Junir, Sergi Cassanegr, Edsn Luiz de Suza, Luiz Carls ds Sants, Luiz Jsé Greilman, Waidrnir da Silva, Maria e Lázar Gnçalves. Os suplentes sã: Maria Helena AIves, Nlda Fraga e Aragã, Carls Albert Lin, Hilda de Jesus, Jan de Sena. Clenice A. Ribeir e Luiz Faustin Ferreira.

3 FMUB NtUtUt ULI IMIU YtHitAUIUH UIU IrU%N k,-^ MAQUIAVELISMO COME SOLTO NA DISPUTA ENTRE OS PREFEITURAVEIS queimads prematuramente. I hat chutu frte e acabu atirand na trave Claudi flrat fi descartad, pr Din, Spada e Ziz, devid as suas ligações cm alguns adversáris d grup, cm pr exempl Sacmn que nã escnde sua pretensã de sair candidat a deputad estaritial, cas Flrat seja futur prefeit. Cm a candidatura d atual presidente da Câmara vinha crescend ns últims dias e pderia acahar send um fat cnsumad dentr d PMDB, na última semana fi lançada a dbradinha Neumann e Tsi, que acabu cupand tds s espaçs da midia lcal. Segund alguns analistas da plítica iguaçuense é imprevisível a definiçã ria candidatura a prefeit pel PMDB. Mas uma cisa é certa, se as divergências se aprfundarem e chegarem a perigar a própria unidade peemedebista deputad federal Sergi Spada, será lançad cm candidat de cnsens. Seu nme está send guardad para a cartada final. Seria bmbeir quand as cisas esquentarem demais. " - Nadir Rafagnin cmprimenta Jni Palma, mais nv filiad d PMDB UM FELIZ E PRÓSPERO 987! O tir de misericórdia na bancada d PDS de Fz d Iguaçu, fi dad na reuniã d PMDB realizada na última quinta-feira. Trata-se da filiaçã d vereadr Jni Palma n partid gvernista. A reuniã fi cnvcada pr Nadir Rafagnin, secretári da Cmissã Prvisória, que crdenu s trabalhs diante da ausência d presidente e vice. Além da presença de aprximadamente itenta lideranças d partid, participaram prefeit em exercíci Carls R bert Campana e deputad federal Sérgi Spada. Na prtunidade fram feitas também as filiações d vice-presidente da Assciaçã de Mradres d Mrumhi, II e III; de Alcides de Mell, presidente da Assciaçã de Mradres da Chapar II e de Jã Lerias, presidente da UMANFI. Fram debatidas Várias questões, mas centr das atenções plíticas n mment, que é a questã sucessória, nã entru em pauta, a nã ser numa referência d deputad Spada, que saudu Nadir Rafagnin, cm pstulante a candidatura de prefeit pel PMDB. Tud indica que as lideranças peemedebistas estã prcurand evitar abrir debate intern sbre candidaturas a prefeit. Há um cnsens em transferir debate deste prblema para diretóri que será eleit na Cnvençã d dia 27 de març. Nesta prtunidade serã eleits 45 membrs efetivs, 5 suplentes, 0 delegads e 0 suplentes de delegad. Cmenta-se que a psiçã definitiva sbre esta chapa de 80 membrs será dada pel prefeit Dbrandin da Silva. Aliás serã s membrs efetivs ci diretóri, mais s delegads e representantes ds setres rganizads d partid que irã esclher s candidats a prefeit e vice. Apesar de se encntrar de férias, Din tem em mãs uma relaçã de nmes e na sua vlta futur diretóri d PMDB já deverá estar csturad. Esta cmpsiçã d futur diretóri, irá praticamente definir quem será candidat. Entre s váris pstulantes, quem tiver mairia de vts n diretóri será indicad. Pr iss serã muit imprtantes as futuras reuniões que a Cmissã Prvisória, Dbrandin e Spacla farã para mntar a pssível chapa única. Até lá s pstulantes a candidatura de prefeit pel PMDB cntinuarã fazend suas articulações e cupand espaçs na imprensa. Alguns nmes, inclusive, já fram Um feliz e prósper 987? Iss mesm! Apesar da dureza sem igual que fi este an, estams felizes prque cnseguims chegar a seu final cm um sald altamente psitiv, cm a cnslidaçã de váris empreendiments n Estad (bm dia, Curitiba, bm dia Fz d Iguaçu), cm a abertura de nvs mercads (bm dia, Sã Paul) e a viabilizaçã de utrs grandes prjets (bm dia, Brasil) A receita para se vencer em plena crise? É simples: trabalh, muit trabalh e uma cnfiança sem limites n Paraná. Afinal, é fácil acreditar nparaná./ E agra s vts mais sincers de um FELIZ 988 as nsss clientes, as nsss frnecedres e à brava equipe que faz grande assim a nssa empresa. )^^7 - Finalmente, uma verdadeira CASA DE SHOW em Fz d Iguaçu. OBA OBA/RAFAIN SAMBA FOZ - apresenta diáriamente as mulatas e passistas que cmpõem elenc de 35 figurantes cm seu maravilhs guarda-rupa que encantam Brasil e Mund. Músicas para dançar antes e após Shw. Czinha Internacinal OBA OBA/RAFAIN SAMBA FOZ, anex à RAFAIN CHURRASCARIA DAS CATARATAS RESERVAS PELO FONE

4 / O PMDB de Curitiba está prpnd a expulsã de Matheus lensen. As znais de Curitiba querem expulsar tds s deputads que esti defendend cinc ans para Sarney. Lembram que PMDB paranaense realizu um plebiscit e 77 pr cent ds. - filiads vtaram pels quatr ans. Pr utr lad diretóri nacinal d PDT, em reuniã extrardinária expulsu de suas fileiras s dis deputads que vtaram cm centrã e assinaram a emenda ds cinc ans. (Aluizi) HOTEL NO PARQUE Eclgistas de tda a regiã estã precupads cm váris aspects da depredaçã d Parque Nacinal d Iguaçu Um ds cass que mais chama a atençã ds defensres d mei ambiente é a existência de um htel dentr d pulmã verde d sul d Brasil. Ainda mais que Htel das Cataratas, pertencente à Varig, está instalad num prédi públic dad para explraçã em caráter de cmdat. (Aluizi) HOSPITAL DE ITAIPU Pde-se ter até divergências de cunh plític-idelógic cm dutr Wilsn Kaiser Batista, diretr d Hspital Itaipu Talvez ele seja até muit rígid na cnduçã d estabeleciment hspitalar, mas uma cisa é certa, dutr Wilsn abriu HI para a cmunidade de Fz d Iguaçu. Pel mens tem tentad clcá-l a ser ^ da cmunidade. Afinal 0 àquele ispital fi cnstruíd cm recurss públics. (Aljízi) sand pagament defuncináris. Na Santa Casa Mnsenhr Guilherme, pr exempl, existe ameaça de greve A administraçã alega atras n pagament pr parte d INAMPS. Mas utr dia fram tds encaminhar pedid de aument de ctas para internament. Dizem que existe em Fz d Iguaçu uma defasagem de mil ctas de internament, pis lnamps se baseia n levantament ppulacinal feit em 82. (Aluízi) DESBUNDE E..., de fat a Uniã Municipal de Assciações de Mradres de Fz d Iguaçu desbundu. A entidade que fi criada para unir as lutas ppulares, facilitar as trcas de experiéncias e dar mais frça, através da uniã, às reivindicações ds bairrs, agra está n ram ds cncurss de beleza. E que faltava, ver cmbativ Jã Lerias, cncrrend cm a Shirley, Marlene, Guilherme Rlón e Stela (Aluizi) PERIGO VERDE Na Argentina a cisa encrespu. Os milics se assanharam e tentaram urna quartelada que acabu send sufda. Pde muit bem ser um ensai para sentir a. reaçã ppular diante de um glpe. N Chile, pr exempl, "tancaz" de 72 fi a preliminar d glpe que derrubu AIlende em 73. Já n Brasil, 6 serviu de liçã as militares e criu as cndições para glpe de 64. Alfnsin que se cuide e nós brasileirs devems rezar para que nã haja retrcess n pais vizinh. Uma ditadura militar na Argentina, pde ser um glpe mrtal em nsss prjets de demcracia, mal exempl para a América Latina e bm negóci para s banqueirs internacinais. (Aluízi) ABRE ALAS Névi Rafagnin, secretári municipal de Turism, esteve n Ri de Janeir participand de um seminári sbre carnaval. N "cursinh" que Névi fez sbre carnaval, fi incluid cntats cm carnavalescs e critéris para julgament de "esclas de samba" e blcs. Dizem, inclusive, as más línguas d calçadã que secretári ensaiu até um passs de samba, na base d "baba zeriguidum dum dum". Pnificadf --' Bicu Wcrtninghff e (hapint(i Lida - ctft&zdacéd4de Atendems sb encmenda para festas de aniversáris, casaments etc. \bk.rf() DAS 6:(X) AS 2:(X) IIORAS. INCLUSI' L NOS SALtAD( ).. DOSIIN(iOS E FERIAIX)S Rua Sants )uiuunt, Fz d Iguaçu Áuux í3ea7 DRNH'S A melhr casa nturna da regiã SHÕWS DE SEGUNDA A SÁBADO * ARTISTAS DE RENOME INTERNACIONAL * A PARTIR DA 0:00 HORAS, STRIP-TEASE '. Basil - em frente às Casas Pernarnuanas 'a u na5 Vila &maila jrnass, irn - Si_,, ia.eca - Sauna úm.'.da - Fisiterapia e massagem - Ambulatón - Música ambiente - Execuhve Ba - Cttee Shpp - Scrf Gri e ampl estacinament privad (de 2askad) Parque resai.ecial Our Verde - Fne (0455) 74-3$6 - FOz de c 5 e- a, c (5 a, CM O e. E a, Ō 2 INAMPS, VAGAS E GREVE Vltand a terna saúde, alguns hspitais de Fz d lguaçu estã atramtel PLAY TIME - GRUPO GALL'- Pista de dança - Luz rítmica em câs nen - 02 TV crri cntrle remt - 03 canais de vide-cassete - Suítes triplex - 03 carra - 06 canais de sm siáre - Tet Slar crr cntrle elttôriic - Víde Game - Cama giratória - Painel de cntrle eletrônic - Clchã D'água térmic - 02 geladeiras Piscina cm hidrmassager - Restaurante 24 hras Sauna Churrascaria - Tabela de Preçs Apnrtam'tG L. '.0.. Hra icliçrial partarnnntr siper lux l-4ca adr.ioflri nrqjtr(iai Hra nc A.unia Csta ;ita, Fne: PbX) ( t j I_u, Il _' PRESIDENTE L, indisiiiu eisaunas lar mer, ercnlra-.e em Fz d Iguaçu. Su ítes c0 ( i a vapr e seca piscina hidrmassagem clchã d'água interfne ar cndicinad sm ambiente jardim além de manbrista. Tud ist acmpanhad de belas recepcinistas bilingues. Weicme t Fzi Enjy yur free time with ur etüective htess guides, In a vsry COITdOItblS place, where yu can havs agd massa9e and rsx Rua Nereu Rams, 25 - Parque Presidente (Na saida para Cascaveli TeI.: (0455) 74-58

5 DENTE DE COELHO De frma muit précarnavalesca ministr Aníbal Teixeira acabu caind d caval. Acusad de crrupçã ele ainda tentu se equilibrar n pst de td pders cacique mair d Ministéri d Planejament. Mas as acusações d prefeit de Vãlança fram cabeludas. O ministr estaria send cnivente cm firmas de tfltermediaçã de verbas públicas. O que nã deu para entender fi a entrada d SNI e a Plícia Federal nas investigações. Desde quand estes órgãs pliciais cmbatem a crrupçã? Nesta história tem dente de celh. Se tem... (Aluízi) CICCIOLINAS DE LÁ EDECA Está pegand a mda lançada pela atriz prnõ italiana Ilna Staller, a "ciccilina", que se elegeu deputada atacand s plítics tradicinais e mstrand s seis desnuds. N Recife, Partid Verde vai lançar candidata à Prefeitura, a ecólga e paisagista Sandra Feldens, Na Clômbia, mais precisamente em Cartagena, sai candidata a vereadra a mdel Eva Serran. Cm nã pdia deixar de ser Fz d Iguaçu nã fica fra da nda. A mdel e creógrafa Stela já anunciu sua candidatura a vereadra pel PDT. Sã as mulheres entrand na plítica de peit abert. (Aluízi) PIRATARIA NA IMPRENSA" De vez em quand pinta aqui pela Terra das Cataratas algum malandrã usand carr últim mdel e bem vestid, dizend representar esta u aquela autridade e pressinand s cmerciantes para anunciar em certas revistas que tem respald ficial. Geralmente cmerciante recebe um.telefnema, dizend ser d Frum, da Delegacia de Plícia u utra repartiçã qualquer. A pessa se identifica, nã fala qual é assunt e diz que a mand d juiz u delegad precisa falar urgente cm prprietári d estabeleciment. Assustad cmerciante adia tds seus cmprmisss e aguarda intrigad a visita inesperada. Nã demra muit chegam s elements (geralmente andam em dupla). Depis de uma cnversa cheia de rdeis, mas nde as ameaças ficam subentendidas, s visitantes apresentam umarevista que ninguém cnhece e lg em seguida cmerciante é cnvidad a veicular uma prpaganda na mesma. Cm med de retaliaçã a mairia ds cmerciantes visitads acabam cedend. Segund algumas denúncias que tem chegad aqui n jrnal, sã centenas s cmerciantes achacads pela gangue das revistas ficisas. (Aluízi) CARRETEIRO PEDETISTA Tem sid um verdadeir sucess as reuniões das segundas-feiras prmvidas pel PDT lcal. O pessal se reune na sede d partid nde é servid um carreteir e assunt é sempre plítica. Fala-se de tud. Candidaturas, campanha e festas para arrecadar funds. Apesar de nã ter nenhum candidat a prefeit até mment, PDT vive em clima pré-eleitral. Bm trabalh da Cmissã Prvisória, cmandada pr David. (Aluízi).... / 'j..._--.".-'...-. TAPETÕES E RASTEIRAS Pr utr lad n PMDB sbram pstulantes para cncrrer à sucessã de Dbrandin. As mais nvas estrelas lançadas na semana passada sã Alvar Neumann e Ornar Tsi, cm tud indicand serem eles s candidats d Paç Municipal. Claudi Rrat, Nadir Rafagnin, Ademar Hajak e Sergi Lbat, prmetem fazer sérias cbranças a Dbrandin assim que ele vltar. Dizem que nã está havend lealdade na disputa interna. (Aluízi) O DEBUT DE NEUMANN Pde chrar quem quiser, mas Alvar Neumann tem mstrad capacidade cm administradr e muita seriedade n trat da cisa pública. Tem atendid a tds igualmente, seja cntribuinte d bairr u d centr. Nã é plític prfissinal e pde até acabar se queimand nesta. Nã tem a malandragem, malícia e jg de cintura da mairia ds plítics brasileirs. E um tcadr de bras. CAIu ízio ENCONTRO COM BRIZO LA Das duas uma: sai eleiçã para presidente este an simultaneamente cm prefeits e vereadres u fica para an que vem ¼ junt cm eleições para deputads, senadres e gvernadres. Cm estes nã querem ter s seus mandats encurtads a direta fica para este an mesm. E Brasil terá seu encntr na história cm Lenel Brizla. Nada muda esta tendência. (A-!ui,i) OVERDOSE DE EROTISMO O carnaval está chegand e a cabeça d brasileir cmeça a se ligar a sex. As televisões já estã transmitind alguns clipes cm muits peits e bundas. Nss Temp publica nesta ediçã uma página de "grit de carnaval". Cmeça a ficar td mund cm libid a flr da pele. Até dia 7 de fevereir será muita alienaçã, cm puca gente se interessads pels prblemas sciais, plítics e ecnômics. A crise vai virar mtiv de sátira e a cnstituinte que já fi esperança servirá de inspiraçã para humr ds f-- liões. A válvula de escape este an vai ser uma verdse. (Aluízi) CH LES À VENDA VENDAS A VISTA OU FINANCIADAS EM 5 ANOS Cz$ MENSAL - RENDA FAMILIAR COMPROVADA c ,00 COM SALA EM DOIS AMBIENTES. COZINHA. BANHEIRO. Entrega em 90 dias DOIS DORMITÓRIOS E GARAGEM (ISOLAMENTO TÉRMICO) FONE j,aje.9 EM ALVENARIA APARENTE,e de bna ESTILO RUSTICO EXPOSÇÃO E VENDAS AV. J.K.. (AO LADO DO GRESFI) - FOZ DO IGUAÇU- PARANÁ

6 GRITO DE CARNAVAL Na última nite de sábad três clubes da cidade deram a largada para s festejs carnavalescs N Flresta grit " fi precedid pela eleiçã da rainha d carnaval. N júri, que fi presidid pel Vereadr Emersn Waqner. a presença de Paiva. d Nss Temp. E cm júri é sberan. ahstenhô-me de fazer cmentáris sbre resultad d cncurs. O Flresta estava ltad de animads fliões e a única falha da grande festa crreu pr cnta da banda (San Rem) que eslava mais ra fanfarra (-i an pra ca m a- vai N GRESFI também a nite estava muit ba. embra cm a mesma restriçã â banda (Ls Ange les) que nã cnseguiu cntagiar pessal Em Fz dó Iguaçu existem músics muit mais gaharitados d que s que estams trazend de fra O Pac cm rgã e a bateria faz um sm muit mais ca r OUVI-navalesc d que s que n final de semana N Oeste Paraná haiti acabu antes d previst, prque s participantes se exaltaram e nã huve mais clima para cntinuar a festa. Faltu um bm time de segurança pra segurar a peteca. PIRÂMIDE SÉRGIO MALLANDRO Esta é pra criançada! Será dia 30 de janeir, às 700 hs.. n Ginási de Esprtes Csta Cavalcanti. sbw d 'Capeta' Sérgi Mailandr. cnhecid e admirad apresentadr da linha de shws infantis da TVs A renda d espetácul vai para a Assciaçã Crista d Dente e Deficiente Físic (A COO) que precisa dar inici às bras de seu hspital-aljament Vams prestigiar esta iniciativa, que tem api de Nicletti Pr mções e prduçã e crdenaçã de Pac Os ingresss rxidnrn ser ndqii : ' 'ds na Casa Flórida, Renapef e Disc-Fz ^0j,NS ^&0t^ ffi. Rua Jrge Samways, Tel Fz d Iguaçu - Paraná çp \^ ^ D. PEDRO l PALACE HOTEL M N RQU F5N DE SNNTOS Música a viv de quarta a dmhng A partir das 22:00 hras Cm PACO SHOW Rdvia das Cataratas, Km 3 Tel.: (0455) Fz d Iguaçu- Pr CHAMOM CONFECCOE$ P Fabricaçã própria. Atacad e varej PREÇOS ESPECIAIS PARA REVENDEDORES Pijamas, camislas, enxvais para gestantes e um clrid mund de pções para decraçã d quart de seu bebé Av. Brasília Fne (0452) MEDIANEIRA - PARANÁ Crnemial Santi GELSO SANTI & CIA LTDA Papelaria, cnfecções, tecids, calçads, armarinhs, brinqueds e presentes Cnfira nsss preçs Rua das Enguias, 65 - Fne: Parque Residencial Our Verde FOZ DO IGUAÇU - PARANA. - Tratament cmplet para s pés (cals, unhas encravadas, etc) incluind massagens cm a especiista Linda As famsas crrentes estã de vlta, só que cm nme de Piramide Esta é a nva mania que assla Sã Paul. Ri e Brasília Cada participan te entra cm 20 mil cruzads (na base) e quand decla (chaga a tp) deveria receber pr vlta de 60 mil cruzads. Mas cm nas tradicinais crrentes, nas Pirâmides também tem muita gente que nã chega a "faraó, pis a turma da base nã cnsegue nvs adepts. Nessa jgada muita gente levu fria, cm Carta Camuratti, Miguel Falabella e Analu Prestes. uii'xão MIL IONARIO Dia 7 de fevereir a ACDD estará prmvend, n CTG Charrua, mnumental bing cm prêmis realmente tentadres. Na casiã serã bin gads 2 carrs, mts, TVs e uma infinidade de Drmitóri de casal nas arrjadas linhas de móveis de tub da Acncheg prendas A ACDD cnta cm api e participaçã de tds, pis a renda d hing reverterá pra cnstruçã de um nv pavilhã. REPANAS NO INTERNACIONAL Na semana que passu sefr hteleir de nssa cidade fi sacudid pela ntícia de que Guilherme Repanas assumiu a direçã d Htel Internacinal. Nessa história Burbn saiu perdend e Internacinal lucrand. A encerrarms a ediçã de 987, cmemiávams destaque que fi H. l. n an que passu, devid à incrementa çã que deu á vida nturna da cidade prmvend desfiles, shws, etc. e atraind um ft,ríadne DISTRIBUIDORA E TRANSPORTE DE GÁS ULTAAZ ARIADNE LTDA. Prjets, instalações e tubulações de gás para prédis residenciais e cmerciais, htéis, restaurantes e lanchnets AtendemOS a dmicili Fne: Av. JK, 3780' Anex a Pst AtI.ntic Fz d Iguaçu - Pr RUA ALMIRANTE BARROSG N FONE 72-3,45 FOZ DO IGUAÇU - PARANÁ grande públic em tdas as suas iniciativas. Mas faltava alguma cisa Agira está cmplet: tenh absluta certeza que sb a batuta de Repanas Internacinal cmeça a fazer jus às 5 estréias que stenta. Parabéns a H I. pela brilhante aquisiçã e a Repanas s nsss vts de grande êxit na nva casa. SWL4 BREGA Pis a nssa Snia Braga cmeçu a fazer sucess lá ns States e já cnseguiu entrar na lista das 0 mais deselegantes d mund elabrada pr um estilista imbecil /a daquela paragens. A mulher brasileira munca precisu que gring nenhum viesse cmandar as suas vestes. mesm prque lhe sbra charme. mlh e sensualidade. Qualquer cisa que vista fica bem A brasileira nã é nem nunca fi escrava desses estilistas de ara que. Felizmente! E ainda bem que nã parecems em nada cm aquelas mulheres engmadas que têm pr l.. Que a nssa Snia cntinue brega pra eles - prá nós ela é mair barat. FUNDAÇÃO CULTURAL A Fundaçã Cultural de Fz d Iguaçu transferiu a Mstra Cletiva / - Esculturas - marcada inicia/mente para 22 de janeir - para dia 26 de fevereir Mstra Cletiva - Esculturas - de 26 de fevereir a 23 de març de 988 -Vemissage dia 26 de fevereir às 2:00 hs -Sala Permanente de Expsições - Av Brasil ri Artistas participantes: Manha Beatriz (argila) Alvar Gandlphi (argila) Luiz Brecher (madeira) Harld Alvarenga (brnze)

7 í. TENHA MAIS ALEGRIA E ACONCHEGO NO SEU LAR MÓVEIS DE TUBO^» Wádis Benvenutti - presidente de Paranatur entreeandu cheque referente a cnstruçã d Centr de Cnvenções para Hmer Cirelli - da ('nfztur CURIOSIDADE Esta fica pr cnta de Brasília.' deputad Osmir Lima, d PMDB d Acre, apresentu a emenda mais inusitada entre tdas as apresentadas a prjet de Cnstituiçã. E a emenda n' que recnhece a existência plític-jurídica d Estad Independente d Acre, declarand nula sua incrpraçã a Brasil. ITAPU A Hidrelétrica de Itaipu encerru an de 987 registrand a visita de 626 mil turistas, send que de 02 nacinalidades diferentes. Iss representa 40 pr cent de turistas atraíds pela grande bra. Em Itaipu passeis sã inteiramente gratuits, e além de assistirem a um filme sbre a cnstruçã da hidrelétrica, s turistas sã levads para visitar canteir de bras - percrrend tda a usina - em ónibus frnecids Pela própria empresa. Evandr Tsi e Maria Erni, trcaram alianças n dia 6 na Igreja Sã Paul. Parabéns da cluna. rascaria Rafain Cataratas (Av. das Cataratas - Km 6.5) nde apresentarã a imprtância d espetácul OBA OBA - Samba R i em Fz d Iguaçu, uma das cidades mais imprtantes. de turism nacinal Detentr de váris prêmis de destaque ds órgãs de turism e da imprensa em geral OBA OBA apresenta um shw de muit clrid e tipicamente brasileir, num musical bem trpical que narra as rigens de nssa cultura O espetácul é levad a públic pr 5 mulatas. 0 baila- nnas e 0 ritmistas A cregrafia é de Jurandir Palma, guarda-rupa é criad pr Elza Farina e Laerte Rafael e a apresentaçã d shw é d tarimbad Olav Sargert te/ti PISCINA PÚBLICA Uma nta para s que snham em curtir as delícias de uma piscina num lugar d muita tranquilidade: este lcal já existe e já está em plen funcinament, aguardand a sua visita. E a antiga Lisba na Br sb a supervisã de Rqê ri Salgad. Yõy Pua Belarmin de Mendnça, 708 Fne: (0455) Esquina cm Mal. Dedr Fz d Iguaçu - Paranó Meias de tds s tips para criancas, senhras e hmens, malhas para 7"l e Bailei, langerie em geral, anáguas e Ca s a calcinhas, cintas, crpetes, e sutien de tdas as marcas das Preçs de Tabela Rua Almi:ante Barrs, 806 Meias Fzdlguaçu PR FONE: L/ t[b Ia esta nas bancas Campeões de Billiuicria. u'iia série de livrs muit especiais que vai trazer O tc.\l integral, cm traduçã primrsa das histórias que deram rigem as lumes de mair sucess n mund td, a um preç incrivelmente acessivel. CARUSO- DISTRIBUIDORA DA NOVA CULTURAL PARA FOZ DO IGUAÇU Av. J.K, 897. Filial - Av. Brasil, 20 Os empresáris Névi Raíagnin e Elias Abifadel darã entrevista cletiva dia 25 de jae neir, as 4.00 hs, na Chura. e- c N a AS MEIAS AMERICANAS MAIS FAMOSAS DO MUNDO PARA TODAS AS OCASIÕES ENCONTRAM-SE À VENDA wéa pelisqueira Av. M. Rdriguez, 80 Ciudad Pdte. Stressner - Paraguay

8 RODÍZIO - O :00/ San Rafael inauquru a sua Chparia e Pizzaua Trpical. ampliand as pções ds çpurmets em Fz d Iguaçu - Será na nite de 30 de janeir Baile Havaian prmvid pel Htel das Cataratàs cm shws, 3 huffets diferentes e utras atrações SUGESTÕES/SUG ESTÓESISUGESTÕES Móveis de tub ferece variadas pções pra decrar sua casa dentr de uma linha leve e mderna - Os bx para banheir em vidr blindex cinza da Alugiass, estã uma verdadeira tentaçã - Os artigs de cama e mesa de BARAKAT FREE SHOP cm descnt u pel crediári - Em LA PETISQUERA vcê encntra legitim perfume Tamang de Lenard - Ciudad pdte Stressener - Paraguai - A mda verã da Central Mdas r TAPETES PERSAS E ORIENTAIS É COMA fial Ri 5TArIBUIS.R.L. Atacad e Varej Tapetes das melhres prcedências pr preçs incrivelmente baixs SHOPPING CENTER NIJAZI 32 andar - a nível de Av. Antni Carls Lpes P. STROESSNER - PARAGUAI - Também n Htel das Cataratas - dia 2 de març shw cm a cnsagrada cantra Jana... - Gil da livraria Renapel. anunciand a vlta da venda de revistas e jrnais n hrari de 800 às 22:00hs A livraria Renapel ferece a public s últims lançaments literáris e é especializada em revistas estrangeiras... - N períd de 20 à 24 de març Fz d Iguaçu sediará / Encntr Prmcinal de Agentes de Viagem, que cntará cm as presenças de 250 agentes de viagem d Brasil e mais representantes da América Latina e Eurpa - O Partid Scialista Brasileir - PSB - realizu sua cnvençã municipal, nas dependências da Câmara Municipa l de Fz d Iguaçu. n dia 7 de janeir - Cláudi Cabeleireirs está fazend a cabeça das mais bnitas manequins da cidade - Pr hje e só : 'Se na saudade se canta. na alegria também se chra VISITE NOSSO II SETOR POPULAR ( COM DESCONTOS DE ATÉ. 35% Taissir Tarabain, da Casa Flórida, prestigiu cncurs de esclha da rainha ti carnaval d Flresta Clube. Na ft Taissir e a rainha Claudete CENTRO DE CONVENÇÕES O Presidente da Paranatur - Wádis Benvenutti - entregu. na última sexta-fe'ra, um cheque n valr de 25 milhões de cruzads a Diretr Administrativ e Financeir da C fztut- Hmer Gire/li cheque este que crrespnde à integralizaçã de capital da parcela que cabe a Gvern d Estad na cnstruçã d Centr de Cnvenções de Fz d Iquaçu. Wádis declaru que ainda este an' a primeira etapa d Centr de Cnvenções ia estará em cndições para ser utilizada para expsições e feiras, graças a esfrç cnjunt da Prefeitura de Fz d Iguaçu e d Gvern d Estad que tem clcad esta imprtante bra cm priridade. A Cnfztur que tem cm presidente Jã Antunes de Oliveira, é a empresa encarregada da cnstruçã e administraçã d Centr e vem tmand tdas as medidas para que crngrama seja seguid NOVO MUNDO -FOZ- A LOJA NOVO MUNDO está cm prmçã de Natal, desc-nts de 0 a 35% em td estque. NOVO MUNDO tud pel crediári em 03 vezes sem jurs u cheque pré-datad NOVO MUNDO, a lja de tds Flricultura e Adega J.K.jJ \ Omamentações para -J' testas de 5 ans - Aniversáris Debutantes e Casaments OS MELHORES,r À Decraçã em geral VINHOS DO SUL J' Av. JK, 47 Fnes Res e ACEITAMOS CHEQUES PRÉ-DATADOS CREDIÁRIO SEM JURO E SEM ACRÉSCIMO Avenida Brasil n Fnes e c 'e e. cn e e c e a ō 2

9 Desde 98 ele é cartunista d NOSSO TEMPO. Cmeçu a clabrar cm jrnal numa épca difícil, quand este semanári era únic veícul de cmunicaçã na regiã este que cmbatia a ditadura militar e se psicinava a favr das refrmas sciais. Heitr, desde sua trincheira - humr, lutu cntra arbítri, defendeu as liberdades demcráticas e cmbateu as injustiças. Primeir cartunista de Fz d Iguaçu e cnsiderad um ds melhres d Paraná. Ele é nss entrevistad da semana. Depis de muita insistência, deixu de lad a timidez, sltu a língua e falu de si mesm, de suas idéias e da prfissã. Cm a palavra este iguaçuense de 35 ans. Nss Temp - Desde quand vcê desenha? Heitr - Desde criança, u seja cmecei desenhar quand tinha seis ans. Pra valer mesm fi em Curitiba, n Salã de Artes Plásticas da Bibliteca Pública, nde fiz curs de pintura e desenh. Depis fiz, também em Curitiba, um curs n Institut Nacinal de Desenh, nde aprendi fazer prjets. Su prjetista de prfissã. Nss Temp - Nas desenh artístic, quand se manifestu? Heitr - Bem, desenh artístic eu cmecei desde criança, mas me desenvlvi mesm fi aqui n jrnal Nss Temp. Nss Temp - Mas quand vcê sentiu a necessidade de desenhar? Heitr Ist é instintiv. Muitas pessas sabem desenhar, mas nã aperfeiçam. Nss Temp - Quand vcê vltu de Cunba? III alit, - i a _Á Heitr - Fi em 973. Vim para trabalhar em prjets. Nss Temp - Mas sempre fazend desenhs em casa? Heitr - Sempre fàzend desenhs, pinturas... Nss Temp - Mas cartum ainda nã era seu frte? Heitr - Fazia alguma cisa, mas para meu cnsum. Desenhava caricaturas d pessal mais chegad, pr exempl s clegas da faculdade. A cisa fi se desenvlvend pr si só. NT - Cm fi que vcê apareceu n NOSSO TEMPO? Heitr - Bem aqui n jrnal cmecei assim que Aluízi me cnvidu. Meu debut n jrnal fi para ilustrar urna reprtagem denúncia NT - Mas cm fi que ele descbriu vcê? Hèitr - Apareci num mment de denúncia. Quand jrnal saiu para fazer uma matéria de critica a crnel Cunha Viana. Uma empresa de ônibus estava despejand água d lavadr de carrs em minha rua. O barr era permanente e a água crria dia e nite. O Aluízi fi lá fazer a reprtagem e falu cmig, uma das vítimas da tal empresa. Fi entã que dei para ele um desenh para ilustrar a matéria. Era crnel Viana remand um barc na crrenteza frmada pel despej de água na rua. Este fi cmeç. NT - O que cartum representa em terms de imprensa? Heitr - O cartum é n ram da imprensa escrita um fatr essencial. Ele expressa as vezes mais d que as palavras. Alguém já disse que cartum vale mais d que mil palavras. E instrument da crítica e reflete mment históric da sciedade. NT - E traç? Pr exempl um desenh d Heitr é característic, nã pdend ser bjet de pirataria. Cada cartunista tem seu traç. Henfil teve dele, Zirald é incfun-. divel, Jaguar idem, etc. O seu, fi elabrad de frma cnsciente? N temp da repressã tentei me escnder atrás de um pseudônim. Nã deu cert. Heitr - Olha, traç é cm a escrita de qualquer pessa. Cada um desenvlve sua caligrafia e cm temp vai adquirind persnalidade. Verdade que é incnfundível. Quand a repressã caiu pra valer em cima d jrnal, cmecei a assinar cm pseudônim. Mas as pessas que me cnhecem sabiam que s desenhs eram meus. O traç me denunciava. Tentei me escnder, pr mtiv pessal atrás de um pseudônim, mas nã deu cert. NT - Vcê acha que cartum, a crítica através d humr, prspera mais num períd de liberdade u durante uma ditadura? Heitr - Eu acredit que num períd de cerceament das liberdades é quand cartunista se expressa cm mair frça. Talvez pr que ele busca lad cômic, mesm numa tragédia, cm n cas da ditadura. NT - Vcê que deu pau na ditadura daqui e d Paraguai, que pegu n pé d Cunha Viana e denunciu muitas injustiças através ds cartuns, nunca teve med de um prcess? Heitr - Tds àqueles que cmbateram autritarism, de uma frma u de utra pdiam ser vitimas de um prcess. O cartunista nã escapa a regra. Zira Id é um exempl. Mas geralmente escapa da sanha inquisit-,.. rial, pis fica muit ridícul levar um cartunista para um tribunal militar e cndenar humr. NT - Vcê acha que cartum ajuda a leitura ds acnteciments? Heitr - Nã resta dúvida. Geralmente as pessas cmpram um jrnal e vã diret na página de humr, ainda mais quand ele é crític. NT - Quase tds s cartunistas criam um persnagem, para através dele transmitir suas idéias e fazer suas críticas. Henfil criu s "fradinhs", Veríssim "as cbras", Angeli "a Rebrssa", etc. E vcê Heitr, já tem alguma cisa deste nível criada? Fica dif levar um cartunista para tribunal militar e cndenar humr. Heitr - Já pensei em criar um persnagem mas ainda nã encntrei bjet de minha inspiraçã, estu buscand. Acredit que breve vu criar um persnagem que se identifique cmig. Nã adianta criar um persnagem que nã tenha cntinuidade. NT - Aqui n Paraná sã pucs s cartunistas. O que passa? Heitr - Na verdade existem muits, mas

10 HEITOR/ SAI DA TOCA E SOLTA A LÍNGUA e M. EMPR()RROGAÇk DE MAPIT0, O QUE EU FAÇO COM O MU rftu&. De ELEIVI.7 DÇpfl pucs se destacam. Mas eu cit Paixã, da Gazeta d Pv, cm um ds bns aqui d Paraná. NT - Vcê analisa seu trabalh e tem sbre eles uma visã crítica? Heitr - Tenh bastante. Muitas vezes vej meu trabalh depis de impress e sint que nã era bem daquele jeit que eu desejava me expressar. Busc sempre melhrar meu estil e ser mais diret pssível. NT - Fi bm vcê tcar neste tema. muitas vezes uç criticas de pessas que dizem ser seu trabalh muit bjetiv, u seja, seus desenhs nã estimulam racicíni. Pr Estu buscand a inspiraçã para criar um persnagem e fazer tias cômicas. utr lad desenh subjetiv frça leitr a pensar, a buscar a mensagem culta d autr. Heitr - Eu prcur ser diret e bjetiv. Este estil é de frma csciente. Desenh para a média da ppulaçã, que gsta das cisas claras, sem subterfúgis. Um exempl é a piada. A ppularesca tem mair repercussã d que a intelectual. Tentei fazer algum desenh cm mensagem embutida e muita gente entendeu de utra frma. Já acnteceu de cada pessa ter a sua própria interpretaçã e pucs entenderem que eu quis dizer. Alguns cartunistas seguem esta linha, digams subjetiva, cm mensagem subliminar, mas sã entendids smente pr camadas intelectualizadas da ppulaçã, u seja, pr uma minria. NT - Mas vcê já entru nesta nda mdernista. Lembr pr exempl quand vcê fez um trabalh sbre a luta ds clns desa prpriads pr Itaipu. O resultad fi um agricultr crucificad n lgtip da Binacinal. Heitr - Cert, n cas eu estilizei uma cruz cm lgtip. NT - Muita gente anda querend saber se Heitr desbundu. Antes vcê pegava diret n pé d crnel Cunha Viana, mas agra é muit rar sair alguma crítica a atual prefeit. Su diret e bjetiv prque pv gsta das cisas clara e sem suhterfigis. Heitr - É muit simples. Veja sentiment d pv naquela épca e veja agra. Viana era um ditadr municipal. Fi impst pels militares, nã fazia nada pel pv, nã tinha expressã plítica e acabu saind na marra. Era um lix em nssa sciedade. Nada fazia pel pv. O cntrári é Dbrandin. Fi eleit, está fazend um trabalh vltad a scial e uvind pv. Nã tem nada de desbunde nã. Se ele fizer alguma cisa errada eu desç pau. Mas tenh cnversad cm as nessas pr ai e a mairia apia Dbrandin. O humr crític deve ser uma expressã d estad de insatisfaçã da sciedade e nã uma cisa pessal minha. NT - Agra tem utr lad da meda. Existem alguns plítics pr aí dids para serem persnagens ds cartuns d Heitr. Parecein aquelas mcinhas lucas de desej.mas fazend charminh. Eu já fui abrdad pr alguns vereadres que me pediram na mair cara de pau, para encmendar de vcê algmas charges deles. Eu pegava n pé d crnel Viana pr ter sid ele impst pels milares e nã fazer nada pel pv. Heitr - Eu também já fui prcurad. Mas acntece que nem td plític é cartunável. NT- Mas qual critéri para ser cartunável? Heitr - Pra cmeçar tem que ser ntícia. Tem alguns que estã cmeçand agra e nã sã cnhecids da ppulaç. Outrs fazem as cagadas mas vivem n annimat. Para fazer uma charge de certs plítics aí, tenh que identificar s caras para a ppulaçã pnd nme deles embaix e ist pega muit mal para um cartunista. NT - Vams dar algum exempl? Heitr- Pdems dar váris. O Campana pr exempl já está se trnand cartunável e fez sua estréia na ediçã da semana passada. Agra é prefeit em exercíci e cmeçu a ser ntícia. Se a pessa nã é cnhecida tenh que fazer um retrat u entã pr nme n desenh. Mas n cas d Dbrandin, que é ntícia, pss dar alguns traçs pegand sua característica principal e leitr vai recnhecer n at. Veja Sarney, basta uns traçs e um bigde escvã e tds vã saber que é ele. NT - Mas vltand as exempls. A Lenir Spada é cartunável? Heitr - Já está send. Ela é bastante cnhecida. NT - Para ser cartunável basta ser cnhecid u precisa ser bjet de crftica? Heitr - Tant faz. Mesm nã send criticável plític pde ser persnagem de um cartum. NT - Mas vale elgiar através d humr? Heitr - Pr que nã? Td hmem públic dá a sua escrregada e mesm elgiand vcê pde fazer humr. NT - E Spada. Afinal ele é deputad federal da regiã e puc aparece em seus desenhs. Heitr - Nã resta dúvida que ele é cartunável. Inclusive ja fiz algum trabalh sbre ele. NT - E Sacmri? Heitr - Este entã é um ds pucs vereadres que aparecem. E um plític excêntric, chei da nta e cuja característica, pr exempl, está na pulseira de ur que usa. NT - Jni Palma é cartunâvel? Heitr - Nã cnheç. NT - Entã nã é. Mas e Eineisn? Heitr - Perfeit. Está n mei da bicharada. NT - Aria!ba? Heitr - E uma plítica cnhecida e perfeitamente cartunável. NT - Tdas as pessas sã fáls de serem caricaturáveis? Heitr - Umas mais d que as utras. De-pende ds traçs marcantes de cada um. NT - Mudand de assunt, qual a sluçã para s prblemas brasileirs? Heitr - Mudanças radicais. A safadeza e a crrupçã tmu cnta das elites brasileiras. O cara se elege e só pensa fazer seu pé de meia. Nã' há patritism nem interesse em '4- v-^- '!% M

11 defender bem públic. A mairia está lá para meter a mã e beneficiar sua panelinha. Talvez jgand uma bmba atômica em Brasília e cmeçand tud de nv. E uma pena, pis iria destruir a cidade e eliminar a ppulaçã que é incente. A República está pdre e câncer sã as elites. E precis renvar, clcand ns psts de mand, pessas d pv, líderes em ptencial que esti pr aí, mas que sã sufcads pel pder ecnômic. E a única salvaçã que tem pais. Pr este Brasil afra existem muitas pessas bem intencinads e que nã tem chance. NT - Mas cm mudar, se as elites mantém pv na miséria e na santa ignrância? Cm iss pdem manipular a vntade e vt trna-se mercenári. O humr critic deve; ser uma expressã d estad de insatisfaçã da sciedade e nã uma cisa pessal minha. Heitr - Eu já disse que a mudança precisa ser radical. Nã adianta dar analgésics, é precis extirpar tecid cancers antes que pais se trne inviável. NT - Vcê nã adia que s meis de cmunicaçã também sã respnsáveis pr esta situaçã? Heitr - Os jrnais, revistas, rádis e televisã, principalmente a televisã, sã instruments das elites dirigentes e cnduzem a piniã pública a bel prazer de quem está pr cima e pde pagar a mídia. NT - Vcê entã está vend as cisas pretas. A situaçã está russa ná? Heitr - Está mais para americana d que russa, pis grande respnsável pr este quadr de miséria e depravaçã das elites sã s Estads Unids. Eles dminam nssa ecnmia, nsss meis de cmunicaçã e s alts dirigentes da República. Sms um pais dependente, clônia ds interesses nrte-americans. Veja a questã desta divida impagável, mas que gvern teima em pagar às custas de nss desenvlviment, d sur e sangue ds brasileirs. Aí está a causa principal de tdas nssas mazelas. Da inflaçã, d alt cust de vida, d arrch salarial, da fme, desempreg e inaniçã de milhões de brasileirs. Su prcurad pr plítics para fazer charges e publicar n jrnal. NT - Vcê acha que pv vai vtar cntra gvern nas próximas eleições? Aliás, a tendõncia d vt é sempre ser mais cntra alguma cisa d que a favr. Heitr - Pel que eu sint pr aí, cnversand cm as pessas, pv vai vtar n atual gvern. Sint que existe uma esperança de mudança a nível de PMDB. Ach que ainda vai levar temp para pv cair na realidade e vtar em Outrs partids. NT - Mes PMDB já se descaracterizu. Nã é mais aquele partid mudancista. Hje é cnservadr e desempenha mesm papel que a Arena n passad. Heitr - Acntece que PMDB está td infiltrad de ex-arenistas e muits peemedebistas que se diziam mudancistas, demcratas e a favr d pv, hje estã mstrand as unhas. Sã tã u mais anti-pv d que s plítics que sustentaram a ditadura militar. Mas eu tenh dúvida, se a mairia d ppulaçã se deu cnta desta situaçã. NT - Os leitres aqui d jrnal, reclamam que vcê enfca muit a plítica nacinal e nã satiriza a nssa aldeia iguaçuense. Pr que? Heitr - E prque na área nacinal crrem muits acnteciments e que afetam diretamente a vida de cada um de nós. Mas busc de vez em quand fazer humr cm s plítics de Fz d Iguaçu e regiã. NT - Vcê acha que cartum prvca uma discussã, faz cm que as pessas debatam sbre um determinad tema? Heitr - Ach que sim, mas tem que ser auxiliad pel text. O cartum pr si só é insuficiente para gerar um prcess de cnscientizaçã. NT - Qual cnselh que vcê dá as nvs cartunistas que estã surgind pr ai, inclusive alguns inspirads pel seu trabalh aqui n jrnal. Cnheç váris garts que desenham e cnfessam que cmeçaram a partir da leitura d Heitr n jrnal Nss Temp. Heitr - Ler muit e se aperfeiçar. O Brasil precisa de cartunistas. As nvas gerações vã substituir Zirald, Jaguar, Angeli, Chic Carus Millr, etc. NT - Mas vale a pena ser cartunista. Vcê, pr exempl, acha que é rentável ecnômicamente? Heitr - Esta pergunta deix pr Aluízi respnder. Se eu dependesse d cartum para viver estaria mrand debaix da pnte e cmend rests de feira na Favela d Queij. NT - Peraí, iss é aqui n Jrnal Nss Temp. Tem cartunista pr aí que ganha bem. Heitr - Pde ser, mas estes cartunistas sã uma minria e estã nas grandes empresas jrnalísticas. Para chegar lá é precis participar de cncurss, salões de humr, etc. Aqui neste país, quem vive da arte é uma minria. NT - Mas vcê nã acha que s cartunistas, tda esta gente que trabalha neste ram e muits utrs que desejam aprender deveriam ser estimulads pel gvern através de blsas e subsídis? Heitr - Ist nunca vai acntecer. Eles nã sã lucs em criar cbras que irã desnudar sistema e criticar tda esta prcaria. Uma prefeitura, pr exempl, nã vai me cntratar para fazer releases-cartuns dand pau n própri prefeit, nã é? A mudança tem que ser radical, nã adianta dar analgésics. NT - Quais sã s seus plans para futur? Heitr - Estu me preparand para expr nuns salões de humr que estã prgramads pr aí, participar de uns cncurss e publicar um livr-cletânea cm minhas charges. Vai ser a paulada d Heitr. NT - Vcê já fi censurad alguma vez? Heitr - Sim e na Facisa. Eu e utrs clegas criams "Pensament Académic", órgã ficial d diretóri. Publiquei uma matéria, alguém nã gstu e me pribiram de cntinuar escrevend n jrnal. A pressã partiu de Itaipu, que inclusive pressinu presidente d DASJ na épca. NT - Prá terminar vcê pensa sair candidat a algum carg plític este an? Heitr - Tá luc. Se ist acntecer eu vu ser mtiv de minhas charges e críticas. Z'MTE ELO FORTE COMERCIAL E EXPORTADORA DE *DEI ERGENTES * DESINFETANTES AMACIANTES *SABONETES LÍQUIDOS IMPERMEABILIZANTES DESCARTA VEIS EM GERAL *PORTA GUARDANAPOS PRODUTOS DE LIMPEZA LTDA L Fz d Iguaçu Prduts fabricads pela GACM d BRASIL *Distnbuiçâ Exclusiva "ELO FORTE" - Rua Rui Barbsa, Fne

12 A NOVA GERAÇÃO DECARTUNISTAS A nvissima geraça de cartunistas iguaçuenses ia cmeça a aparecer. Nesta pá gína estams publicand s desenhs de Rub (Walter Gilbert Genz). Estuda na Es cla Estadual Bartlmeu Mitre, tem 3 ans e trabalha de ffice by aqui n jrnal. Pde se ver que Rub ia vai definind seu traç e sua linha critica e abrangente. refletind descntentament d pv cm s atuais dirigentes. Cm diz Heitr, humr critic deve ser expressa d sentiment p pular Ns tems incentivad estes nvs va lres, mas alertand sempre que ser cartu nista e saber utilizar a tecnica e criatividade para cmpr, segund sua visã pessa imagens subjetivas que text e a ftgrafia na cnseguem refletir. Na róxima edica vams ver se publi camas desenhs de utra nva revelaçã, e clega d Walter Trata-se d Eltn (Mauri ci de Suza), que alias ja clabra cm semanari Extra / L)TpO () MA4P0A 0y4ita... Qij5 Ti IPS IMO 4 qb us e' b m du saírvt' íu 4 QuE9dO.. _.jrâ MA \K\^ -' À rjoge LIXO t \cixf A ícl bu A 5spErLtW jíirá HOSPITAL SÃO VICENTE DE PAULA SENHOR EMPRESÀRIO PARA A SEGURANÇA DE SUA EMPRESA E DE SEUS EMPREGADOS LANÇAMOS rr PLANO DE SAÚDE EMPRESARIAL L Ej 6,4J& /EL ç7;( Dê Saúde a seu funcinári e retrn virá em prdutividade INFORMAÇÕES: Rua Jrge SchimmeIpfeng, Sala 208 Edifíci Center Fz - Fne Av. Brasil n Fne

13 CIÊNCIA E NEGõCIOS fr4'cla GACM DO BRASIL UMA INDOSTRIA EM FOZ DO IGUAÇU A fábrica é uma cnstruçã de alvenaria medind 700 metrs quadrads lima indústria de sã utilizads em grande limpeza está fabri- escala em residências, rescand prehits bi-de- taurantes, htéis psts de gradaveis em Fz d iguaçu lavagem de auts e até em desde 987. A indústria está máquinas pesadas. lcalizada na Avenida 3. a O empresári Eni lad da Vila A de Itaipu. A Mendes. prprietári da área da fábrica é de 700m 2. distribuidra El Frte, é pssuind dis misturad- idealizadr desta empresa res cm capacidade de dis - uma indústria que faltava mil litrs cada, smand na regiã, pis s prduts quatr mil litrs. Pssuí send fabricads aqui cheainda, diverss reservató- gam a cnsumidr a um ris para armazenament de preç abaix ds seus cnprduts já fabricads, e crrentes. estcad uma grande A prduçã atual da quantidade de matéria pri- fábrica é de vinte tneladas ma e embalagens - latas de pr mês. tend prém ca- 20 litrs e galões plástics. pacidade para prduzir até Há ainda na fábrica um seiscentas tneladas. Segrande reservatóri de 20 gund Eni Mendes, a inmil litrs para suprir a fábri- dústria fi implantada cm ca em cas de falta d'água. recurss própris,sem nenhum Os principais prduts api de qualquer enfabricads sã s ama- tidade. A empresa tem reciantes para rupa, deter- cebid muitas prpstas gentes para tdas as finali- para ampliaçã ds seus dades, desinfetantes. sab- negócis e atualmente está netes liquids e desengra- send csturad um cnchantes. Enfim tda uma li- trat de venda em grande nha para limpeza de ba- escala para uma rede de nheirs, luças, piss, vi supermercads de utr drs. autmóveis, saunas. Estad, que fará a distribuietc Os p rduts da fábrica ça para td territri - Cada misturadr pssui capacidade para dis mil litrs federal e talvez cm utr rtúl. A indústria pssui hje uma ba clientela em váris pnts d país e n Paraguai. Mas cnfirmand velh refrã de que sant de casa nã faz milagre, a industria de Eni Mende, ainda nã ganhu cmpletamente mercad iguaçuense. Tenh melhr preç e qualidade igual às melhres marcas, mas lugar nde mens vend é em Fz d Iguaçu, apesar de imens parque hteleir lcal, afirma industrial iguaçuen se. Êni Mendes, uma liçã de pineirism Atualmente a empresa frnece em grande escala para Santa Catarina, Ri Grande d Sul, Mat Grss, Sã Paul e n Paraná. principalmente na regiã nrte. Enfim a GACM d Brasil. uma indústria iguaçuense, vei para ficar mstran d que a industrializaçã passa pr iniciativas pineiras cm a de Eni Mendes e de sua espsa, a química respnsável pela prduçãq. Aparecida Amanci de Carvalh Mendes. A cntrári de utras indústrias de prduts de limpeza, a GAcM d Brasil usa sulfat de magnési na fabricaçã d estabilizadr e espessantes. A mairia ds cncrrentes usa sal cmum, q ue dá uma falsa impressã de espessura e estabilizaçã Entretant s prduts da GAcM d Brasil, fabricads a base de sulfat de magnési além de nã serem pluentes, sã altamente rentáveis. Um litr pr exemplq pde fazer vinte litrs d mesm prdut, u sej, que cmumente se encntra ns cmércis. - Futuramente / Eni Mendes pretende ampliar seus negócis lançand prduts para lavanderias. Para tant a indústria pssui uma grande area cm tdas as cndições para futuras ampliações. RESTAURANTE E LANCHONETE TAVARES COMIDA CASEIRA EA LA CARTE ABERTO 24 Av. Brasil, 55 (frente a Kamalit) Fne: Faz kilguaçu.pr. A Secretaria de Educaçã d Estad d Paraná acaba de se transf rmar num órgã pineir, dentr da estrutura d gvern daquele estad: ela adquiriu 50 mic rcmputadres SP 6 e 46 impressras P720 XT - de fabricaçã da Pr lógica - que serã instalads ns 22 núcles que a secretaria mantém em td Estad d Paraná. "Tdas as sec retarias estaduais já trabalham cm cmputadres, de frma centralizada. Nós estams na frente prque sms s primeirs a intrduzir micrs nesse sistema, para descentralizá-l e dar mais autnmia as núcles", explica assessr de Métds e Sistemas da secretaria de Educaçã, Silvi Kenji lir. Reservatóri para vinte mil litrs de água INFORMÁTICA AGILIZA A EDUCAÇÃO NO PARANÁ shii. O us ds SP6 vai facilitar, em primeir lugar, a gerência d cust de demanda e supriment de prfessres para a rede estadual de ensin, que hje gira em trn de um bilhã de cruzads. Os micrs servirã, também, para agilizar a estrutura administrativa d órgã. A instalaçã ds equipaments Prlógica já fi iniciada, de md que, n prinici'pi deste an letiv de 988, tud esteja prnt para entrar em plen funcinament. "Querems iniciar a pe raçã d sistema mais rapidamente pssíve l, inclusive na elabraçã das matrículas ds aluns para 88". intusiasma-se lhii

14 AWARO PROIBE AUMENTO DE DESPESAS Nã pdems aumentar as despesas". Essa pribiçã sintetiza as regras da plítica de austeridade para 988 definidas pel gvernadr Alvar Dias, na primeira reuniã d an cm seu secretariad. Para gvernadr, as medidas de cntençã de gasts aplicadas em 987, que pssibilitaram uma ecnmia de Cz$ 8 bilhões, serã ampliadas a partir de agra prque a situaçã financeira d Estad cntinua difícil. Uma das metas definidas revela que Gvern estadual nã gastará mais d que 75% da arrecadaçã d CM cm pessal. De acrd cm Alvar Dias. quand assumiu gvern gast cm pessal ultrapassava 009/6 d CM, mas cm a plítica de austeridade adtada em sua administraçã este percentual chegu a ser reduzid para 75%. fechand an cm um ttal de 92%. O gvernadr asseguru as secretáris que. apesar d rigr a ser adtad nas finanças d Estad, as bras em andament serã cumpridas. Outrs pnts estabelecids na reuniã fram de que quadr de pessal d Estad nã pderá crescer, sb qualquer hipótese. em percentual superir a cresciment da ppulaçã d Estad e que tda e qualquer vantagem cncedida a pessal. a titul de repsiçã salarial,, reestruturaçã de carreira, alteraçã de tabela, prmções e utras, terá de ser precedi e- c Dl 'O e e e 'e N da de crtes identificads em investiments e utrs custeis. Destaca-se tambem que nenhuma secretaria u órgã d gvern tera seu rçament au mentad sem que se identifique qual secretaria u ór.- gã terá reduçã equivalente n bl rçamentári. O gvernadr Alvar Dias asseguru que apesar d rigr a ser adtad nas finanças d Estad. tdas as bras, já em andament. serã cumpridas, apenas nenhuma bra será iniciada, assim cm nenhuma empresa estatal nva será criada, a nã ser cm resultad de fusões u intrprações. Quant a situaçáb financeira d Paraná, gvernadr Alvar Dias disse que em 87 Estad teve um ds menres dêficits d país, tend cnseguid. em funçã da plítica de cntençã de gasts reduziras despesas em Cz$ 8 bilhes. Esta reduçã, segund gvernadr. "é uma tarefa muit árdua principalmente prque Paraná tem um gast n valr de 8% de seu rçament cm Ensin Superir, que nã crre em utrs Estads'. AUSTERIDADE RIGOROSA. Sã s seguintes s principais pnts da nva plítica de austeridade anunciada pel gvernadr - Alvar Dias;' - O gvern tem cm meta,gastar. n máxim 75% d CM cm pessal cm mei de viabilizar- se CODEFI : PELA PRIMEIRA VEZ financeiramente; 2 - O quadr de pessal d Estad nã pderá crescer, sb qualquer hipótese, em percentual superir a d cresciment da ppulaçã d Paraná: 3 Tda e qualquer vantagem cncedida a pessal, a títul de repsi ça salarial, reestruturaçã de carreira, alteraçã de tabela, prmções e utras. terá de ser precedida de crtes identificads em investiments e utrs custeis; 4 - Nenhuma Secretaria u órgã d gvern terá seu rçament aumentadqy sem que se identifique qual a Secretaria u õrga tera reduçã equivalente n bl rçamentári; 5 - Neste gvern nenhuma empresa estatal nva será criada, a nã ser cm resultad de fusões u incrprações: 6 - Nenhum órgã u funções nvas serã criads nesta gesta; 7 - Nenhuma empresa estatal pderá ter prejuíz peracinal 8 - Tds s prgramas em andament e s prgramas nvs serã avaliads para adequaçã à efetiva dispnibilidade de recurss; 9 - O gvern definirá uma plítica para endividament públic a partir de agra; 0 - O gvern definirá pr rdem decrescente OS prjets e atividades priritáris para fins de crtes de repasses de recurss, à vista d desempenh de caixa. TUDO OK NO TRIBUNAL DE CONTAS Depis de treze ans,, as cntas da CODEFI fram aprvadas pel Tribunal em Curitiba sem necessidade de revisa. A veracidade da afirmaçã ficu cmprvada n cmentári feit pr OUvir Gabard, d Tribunal de Cntas, que elgiu trabalh d Departament Financeir da Cmpanhia de Desenvlviment de Fz d Iguaçu. Álvar Neumann. diretr presidente da Cdeti,, recebeu a ntícia sem muita surptesa, já que,. segund ela, 'existe plena cnvicçã e, acima de tud. transparência em tds s departaments da cmpanhia' - Analisand tds s prblemas encntrads nas administrações anterires dà cmpanhia, Alvar evitu qualquer tip de agressã as seus antecessres. Cmentu apenas que pde ter havid muit mais negligência que má fé nas perações financeiras". Quand assumims, alterams sistema de cbrança cm a utilizaçã de um métd que nã é nada invadr,, u seja,, deixams nas mãs ds bancs a tarefa de recebiment e cn - trle de nsss carnés', afirmu Alvar que salientu ainda a cntrataçã de Renê Hinterltz. para acmpanhar e gerenciar as cntas da Cdef'i, na funçã de Diretr Financeir. Outr pnt destacad pr Alvar. fi a reativaçã de seu departament juridic para as cbranças em pendência. "O estil utilizad anterirmente era ta estranh que. em muits cass nem devedr tinha cnheciment de sua divida". Cmpletu afirmand que 'anterirmente quem devia nã sabia e quand teve cnheciment da divida saldu seu débit. Prva diss é que as execuções judiciais fram desnecessárias. S4- qa S TER INFORMÁTICA Na trilha da evluçã Av. Juscelin Kubitscheck, Fne Fz d Iguaçu - PR Nss d, Temp te ai e 8 de bna AGORA EM FOZ DO IGUAÇU- Fabricaçã )rópria de lajes para frr s pés. Biquetes, murs pré-fabricads, artefats de ciment em- geral VENHA NOS VISITAR E FAÇA SEU.ORÇAMENTO SEM COMPROMISSO Avenida Juscelin Kubitschek, 600 (a lad d Gresfi) - Fne FOZ DO IGUAÇU ORGANIZACÃO. DE NADIR RAFAGNIN CONTABILIDADE - IMPOSTO DE RENDA CONTRATOS EM GERAL - ASSESSORIAS Av. Brasil, 22-2 andar Fne: Fz d Iguaçu-PR. MÁQUINAS DE CORTAR GRAMA MAQUINA MANUAL \ COSERVEA BELEZA DE SEU JARDIM COM wk ECONOMIA Rua Almirante Barrs 2* Fne: Fz d Iguaçu - PR a

15 2;bi. N FLORESTA, GRESF E OESTE ABREM O REINADO DE MOMO - 0 CARNAVAL NOTA DEZ DO FLORESTA O carnaval 88 de Fi d Iguaçu mstru n últim sábad que vai ser um ds melhres ds últims temps. Valeu aperitiv, cm "grits de carnaval" n Flresta Clube e Gresfi. O Oeste Paraná Clube realizu seu tradicinal Baile d Chpp que acabu virand também grit de carnaval. Muita animaçã ns três cuhes. nde a beleza da mulher iguaçuense deu clrid. O Flresta cm seu Carnaval Nta 0. ltu salã de flióes que brincaram a sm d San Rem Shw Band. de Santa Catarina A panterissima Claudete de Barrs fi eleita Rainha d Carnaval d Flresta e as princesas sã. Adriana Regina e Angelita Rsa, Já n Gresfi, presidente Alipi de Suza encerra seu mandat prmetend realzar um carnaval inesquecivel. Sa bad passad. cm Grit de Carnaval, deu pra ntar que prpósit de Alípi é pra valer. A animaçã cntagiu até s garçns que ensaiaram alquns passs de samba cm as ban - deijas nas mãs. Meire de Oh veira. linda e animada cm sempre. fi eleita Rainha d Carnaval d Gresfi e vai reinar até dia 6 de fevereir. BAILE DO CHOPP NO OESTE PARANÁ CLUBE Claudete de Barrs, Rainha d Carnaval Nta lo - Ft Elias Rei Mrn Valmr se atracu numa das princesas d Flresta Clube - Ft Paiva MUITA ANIMAÇAO NO GRESFI Tri beleza pura. Brincu tda a nite e levantu a mral da galera - Ft Paiva Outr ãngul de Claudete - Ft Flias MITO I Serviç especializad em lixament de assalh, tacs, parkets e móveis em gera!; aplicaçã de sintec e vemis Pliment de granit - Pintura de Parede Rua Rui Barbsa, Fne (0455) Bairr Maracan Fz d Iguaçu - Pa'an Canec na mã e samba n pé- Ft Paiva Presidente Alípi de Suza e rainha *deire de Oliveira - Ft Derci Rainha i princesas acmpanhadas pel presidente e primeira dama - Ft t)erci DUAS BORRACHAR IAS PARA VOCÈ SERVIÇO DE SOCORRO PLANTÃO DIRETO AOS DOMINGOS E FERIADOS e BORRACHARIA GOMES Fne (0455) BORRACHARIA IPIRANGA Fne(0455) Rua Rui Barbsa, esquina cm Avenida Brasil Fz d Iguaçu - Paraná NA CRISE, FERRO VELHO dlpi É A SOLUÇAO FERRO VELHO FEDERAL está vendendr peças pr utmóveis e caminhões, muit mais barat. peças usads custam mens ru Uruguai. 5 Fz d Iguaçu O FERRO VELHO FEDERAL MANTEM CONVNIOCO4 A ASSEFA2t FUNDAÇÃO DOS SERVIDORES DO MIMSTERO DA FAZENDA. tdespertar das paixés - Ft Paiva Meire (n centr) e as princesas Francine e Edna - Ft Derci Cmercial de Ferragens CF ]MERcÜRI0 Rua Almirante Barrs, 9 - ML Centr - Fne (0455) Fz d Iguaçu - Paraná

16 A.K.L.P TEM NOVA DIRETORIA rnfi PRONTO ATENDIMENTO INFANTIL PLANTAO PERMANENTE PEQUENAS CIRURGIAS INTERNAMENTOS DE CURTA DURAÇAO VACINAS - INALAÇAO TESTE DO PEZINHO (P RECEM NASCIDOS) EXAMES DE URGENCIA Rua Marechal Flrian Fne (0455) Fz d Iguaçu - Paraná r Drival S. Mendes (Oliveira) é nv presidente i da A.K.L.P. j ir Apesar d desmembrament zaçã e se iedade ds mradres ds três bairrs. d Jardim Paraná, a A.K.LP. que antes era A.K.L.P.P. realizu n A Assciaçã de Mradres últim dming eleiçã para renvaçã da diretria. Cmpare- ds r Jard ns Karla, Laran e as e Petróplis, é cnsiderada uma ceram.059 vtantes representand s bairrs Karla, das mais bem 'ganizadas de r Laranjeiras e Petróplis. Fz d r Iguaçu. Pssui sede próp ia, nde sã realizadas reuniões, festas, vá ris Curss, A disputa incentivu cmpareciment ds ppulares que atendiment médic,etc. Diversas cmeçaram a vta às 8:00 hras melh ias tem sid cnseguidas para s bairrs representads e terminaram às 7:00 hras. Cncrreram a Chapa ds Amigs e a Chapa Integraçã, cm a pela assciaçã estand previstas pa ra este an a cnstruçã vitória da primeira sh re a segunda da cancha plíesprtiva e términ das bras n camp de futebl pr 688 cntra 365. Teve um vt em branc e cinc nuls, que demnstru qrul de A nva diretria da A K LP COflSC!CfltI- está cnstiuida pr: Presidente - Drival S. Mendes (Oliveira)- 2 Vice-presidente 9 - Ricard rvcelin - 29 Vice-presidente Odne Zlbetti - 2 Secretári - Man A. Mrginski Seèretári - Man A. Neves - Tesureir - Aittn Thmassem - 29 Tesureir Rudi EXPERIÊNCIA EMPRESARIAL PARANAENSE, SERÁ VISTA NA TV BRASILEIRA i Duas experiências de desenv lviment empresarial realizadas n Paraná pel - Centr de Ap á Pequena e Média Empresa - serã mstradas para td Brasil, via televisã, ainda neste mês. r O prgrama "PEQUENAS i EMPRESAS GRANDES NE- GÓCIOS" - patrc inad pel CEBRAE - Centr B asileir de Api à Pequena e Méd a Empresa - vai a ar tds s dmrgs pela manhã, às 7 hras 45 minuts, cm infrmações especiais para empresáris, rtstrand também cass de sucess.,tinia das reprtagens gravadas n Paraná, pela Gbhtec, que prduz prgrama - será cm Best Seiler Ckih, uma empresa de Cura que empresta E livrs e se tmu exempl de pequena empresa de grande su.'.. CM CM. E - cess. O seu cas fi esclhid entre mais u mens 50 utrs cass apresentads pel à Gbbtec. O Best Selier Ckib será mstrad n dia 24. A utra reprtagem fi gravada em Uniã da Vitória, nde CEAG-Paraná desenvlveu um prjet de Fment d Cmérci. A equ ipe da Glbtec que passu pel Paraná esclheu Uniã da Vitória 9 cidades suqe'das, e segui para Ri Negrinh nde t' fumar um trabalh d CEAG de Santa Catarina. l As empresas de Uniã da Vitória entrevistadas fram aque as que mais tira ram prveit d Fment de Cmérci. Seu exempl divuad n últinx, dming de janeir, dia 3, às 7 hras 45 minuts, pela Re Glb, n prgrama "PEQUE- NAS EMPRESAS GRANDES KORPPUS DISCOTEK A casa das grandes prmções O melhr sm da praia Sexta, sábad e dming As dmings,a partir das 7:00 hras SANTA TEREZINHA DE ITAIPU - PARANÁ Karb. SUPLENTES - Fermin Luiz Brugnera, Pedr Jacó Lakus, Pedr A. Sturm, Valdir Cars Maraschim e Luiz Medeirs. CONSELHO FISCAL - Laurind Antni Striva, Eduard Mrginskí. Juveqtil de Aimeda, Nilsn Pereira Celh e Viii Seipar NEGOCIOS'. 9rM i ;cz.. WW~= 2 ~ Mrt~- (^ 9M rn et FONE: AV. BRASIL, 805 E EM BREVE NA FAGUNDES VARELA, 302- VILA PORTES Fz d Is ua çu - PR Assistêncla técnica especializada em máquinas de escritóri Técnics frmads - Grande estque de peças e cmpnentes eletrmcs Prnt Atendiment DISQUE COMERCIALIZAMOS MÁQUINAS NOVAS E USADAS Rua Xavier da Silva, 796 (esquina c/ Almirante Barrs) FONES: E FOZ DO IGUAÇU - PR. TAR FOZJOS Equipaments para Lavanderia Indústrial e Aspiradres de Pó Industrial VENDAS E ASSISTÊNCIA TÉCNICA FAZ A MELHOR CHAVE, COM RAPIDEZ E SEGURANÇA ATENDEMOS A DOMICÍLIO - FONE Rua Xavier da Silva, Fz d Iguaçu - PR. -

17 SÃO MIGUEL DO IGUACU POLITA ACREDITA QUE PODE FAZER SEU SUCESSOR APESAR DE BISSOLOTTI Se epener (Ias, psições, pleit de 5 de nvembr em Sã Miguel d Iguaçu deve esquentar e bastante Tud indica que PFL. PDT e PDS vã se unir e lançar candidat únic para fazer frente a PMDB. de Armand Palita O fantasma que ameaça a cntinuidade peemedebista na prefeitura sãmiguelense se chama Albin Bissltti, que exerceu carg cm prefeit nmead, n períd em que municípi era cnsiderad "área de segurança nacinal' Mesm send criticad pr váris segments da cmunidade, Pltta acredita que pde eleger seu sucessr, levand em cnta pes da máquima peemedebista. e prestigi d qvernadr Alvar Dias. Para tant cnta cm a candidatura d biquímic Ayres Gaspareil, chefe d Pst de Saúde lcal. Gasparei l tem feit um bm trabalh junt as camadas mais humildes da cmunidade e sua atuaçã 4 carr chefe da administraçâcy Armand Plita. Pr utr lad e tamhém cncrrend à vaga de candidat a prefeit está históric Francisc Kantrski. O ppular "Chic" tem sid lembrad pels seus cmpanhe i rs, principalmente aqueles que cm ele fundaram MDB e psterirmente PMDB. Ján arraial d PDT a questã sucessória está empacada. Apesar d partid brizlista passar pr um mment de cresciment, principalmente na área rural falta um candidat que cnsiga emplgar e eleitrade e chear a vitória. Um nme muit emhrad é d gerente de Minh Iguaçu, Auréli Nica- 'eta. Dessa de muit restíi mas que devid a prblemas amiliares vem resistind a ridiaçã, Mirn Niktievts, que fi andidat a vice-prefeit na dbrada PFLI'PDT em 85, assegu ra que a candidatura de Nicareta para prefeit teria pder de atrair tdas as frcas vivas tant, da sede cm na área rural 'E candidat para se ganhar eleiçã', cnclui e lamenta existirem p rblemas que impedem a sua candidatura Cas Auréli Nicareta manter sua atual pstura de nã se candidatar, PDT ele Sã Miguel d Iquacu, vai ter que ficar na ga rupa d PL. crrend risc de ter séris prblemas, cas saia a eleiçã para presidente da República simultaneamente cm as municipais Levand em cnta que a eleiçã presidencia l irá plariza r a piniã pública, PDT de Sã Miguel d Iguaçu, terá muitas di ficiildades para fazer a campanha d seu líder mair, Lenel Brizla. O PFL tend a cabeça de chapa, vai dminar tant' s palanques cm s hráris gratuits ci TRE, Este quadr plític é que terá pela frente prefeit Armand Plita e presidente d PMDB lcal, Francisc Kantrski. Plua acredita na mí s tica d partid situacinista, e jga cm a m pmó»a p0- pular tend em v i sta que B'ssltti foi prefeit nmead, e Plític ligad à tã diada Arena e seu sucedâne PDS. Para cmplicar as aiculaçôes, tant n acampament peemedebista cm d PF I, ainda pde surgir um fat nv na sucessã de Sã Miguel d Iguaçu. Tratase da candidatura ci sindicalista Miguel Sãvi. O presidente d Sindicat ds Trabalhadres Rurais cnfirma que seu nme f i cgitad pel PT e nã descarta sair para a luta, acrescentand que pde inclusive ter api d PDT lcal. "Tud é questã de cnversar", garante Miguelzinh. LUVLM INVbII: NU 2LIAL (,dt'íi abrind ruas e cnstruind bueirs Praças, quadras, calçament, pliédric, asfalt, esclas, psts de saúde, pntes e hueirs, rede de esgt e unidades habitacinais de prjets de desfavelament e mutirã sã s plans da Cde- i ti para an Cm as pssibilidades de execuçã de muitas hras cm auxíli de ppulaçã através d pian de bras cmunitárias, Alvar Neumann, diretr presidente da Cmpanhia garante que em 88 a Cdefi fará muit mais que n an passad O mt ' fi explicad pr ele cm uma questã de rganizaçã pis ba parte de 87 fi gast cm a refrmulaçã da cmpanhia e atualizaçã de seus cadastrs, débits e crédits. "Hje tud está em ti, cm Departament Jurídic mais atuante e Financeir também. Tds s funcináris da Cdefi, segund Alvar, tem cnsciência da impr- 'ãncia da uniã e da dedicaçã e quem ganha cm iss é a cidade, cnfrme salientu, "As pucs a Cdefi está penetrand ns bairrs e recebend a adesã da cmunidade". Ainda segund Álvar. a participaçã é de extrema imprtância, pis a cred i -bilidade da cmpanhia é que permite a realizaçã de várias bras Ṫdas as metas estipuladas para este an serã cumpridas e s funcináriis já firmaram um pact neste sentid. O clima de entrsament é perfeit e trabalh é feit em equipe. Quant a necessidade da cntrataçã de mais funcináris, Diretr Presidente deixu clar que nã é nteressante à Cdefi ter um quadr de mil funcináris quand puc mais de 60 pdem fazer td trabalh necessári. Deu cm exempl a fábrica de tubs de vá ri as bitlas para a Cdefi e para a venda à particulares. "Tems nze funcináris, tds bem pags. para fazer trabalh que, nrmalmente, em muits cas sã necessári', un C, rinta". Para Neumann, tud 6 uma questã de visã administrativa, e explica dizend que a Cdefi repassa s trahalhs para utras cnstrutras e elas se encarreqam de cntratar s funcináris, restand para a cmpanhia, apenas t rabalh d fiscabzaçá..' arblde CORCbO E EXPORTAÇÃO UDA, Tlds, luminss e fachadas Rua Juan Perón, Parque Presidente BR 277 (últim trev da Vila A) Telefne Fz d Iguaçu - PR TREVÃO Passe s melhres mments divertind-se n TREVAO Sm a viv tdas as quartas, sextas,, sábads e dmings O mair salã de mlas d Paraná O endereç cert d melhr sm,, Jardim Jupira, próxim a Trev da Pnte da Amizade -t feit pr nsss fiscais, que acmpanham, pass à pass, a execuçã das bras. "Eu mesm, frisu, façvistrias e a Cdefi ns últims treze meses fi transfrmada e passu a render dividends e nã deve á nimguém". diz ainda. vidraçaria guapré *047»z, BLINDEX BOX BLINDEX PRONTA ENTREGA PARA FOZ DO IGUACU E REGIÃO VIDROS -CRISTAIS ESPELHOS Rua Castel Branc, 62 (0455) Fz d Iguaçu - PR a Ï

18 CASA DE HOSPEDES MALIZIA Sinta-Se cm em sua ró pria casa. Hspede- se na Casa de Hspedes Malizia. Rua Edmund de Barrs fne a 00 metrs de ônibus para Paraguai e Argentina. VENDE-SE Apartament de 20m 2, cm 3 drmitóris ( suíte), sala de estar-jantar, cpa, czinha, garagem. playgrund, salã de festas, slarium cm churrasqueiras ttalmente financiad pela Caixa Ecnômica Federal. Outras pções em apartaments de alt padrã, em cndmíni a preç de cust. Tds s apartaments crri antena cletiva de TV e FM, interfnes e prtões eletrônics. I'Al)RA() l)f CONSlkit.'.'() IIRASÍI.IA Cnsulte-ns Rua Almirante Barrs, 925 n: CRECI J flóvei,l* I fle?9óc0 fl cikpje e lj :X STATUS CRECIJ859 PERGUNTE A QUEM JA TEM S.A NEGÓCIOS IMOBIL lá RIOS Av. JK Centr fne VENDE SE - Htel cm 43 apartaments, próxim á nva rdviária. - Cnjunt cm 6 chalés para htel u mtel, rdvia Itaipu - lte n Jardim das Laranjeiras à 50 metrs da Av. 3 - Edifíci cm 6 apartaments, para htel, rua das Missões. centr. - Restaurante e pizzaria. Av. JK. centr. - Casa cm suíte, 2 quarts, sala, cpa, czinha, piscina, dep, empregada, ar cndicinad. travessa Alegrete, Casa cm suíte, 2 quarts, sala, czinha, banheir, dep. empregada, ar cndicinad. rua Tarbá, Casa cm 3 quarts, sala, czinha, banheir, quintal lajtad, cm piscina, rua Bent Gnçalves, 35 Jardim Karla. - Barracã cm 360 metrs. Rua Assis Brasil, área exprtaçã. Vila Prtes. - Barracã cm 360 metrs. Rua República d Líban, exprtaçã, Jardim Jupira, Pnte. - Lja + casa cm prã. rua República d Líban, Jardim Jupira - Pnte. - Terren 30 x 30, Av. JK, metrs Terren: cm 6.000m 2. a lad express Maringá - frente BR Terren residencial na Vila Pstes. - Lja de mda feminina cm clientela frmada, centr, Av Brasil. ALUGA-SE Kitinets à 3 quadras da Av. Jl( - Centr - Casa cm suíte, 2 quarts, sala cm 4 ambientes, csinha, banheir, Vila llanda. - Apartament cm um quart, rua Naipi. - Kitnet. Edifíci Cataratas TRATAR FONE IMÓVEIS PARA VENDA Casa n Parque Residencial Our Verde, Av. Safira, cntend, 3 drmitóris, s salas. 2 czinhas. banheir scial e área de serviç. Casa de madeira n Jardim Alice li. cntend 4 drmitóris, 2 salas. 2 czinhas. banheir scial e área de serviç. LOCAÇÃO IMÕVEIS PARA LOCAÇÃO zffili IL IZIh IMOBILIÁRIA l'rav. Cristian Weirich, 9 - Cnj. 24 Edifíci Metróple - Fne Ir FLAMA creci J-874 s Depósit cntend dis escritóris. 2 banheirs, cm entradas para carretas, cntend 800m2 área ttal e 456m2 de área cnstruida. casa de alvenaria na Vila llanda cnt~ 3 drmitóris, sala, czinha, banheir, área de serviç e garagem Casa de alvenaria na Vila Matilde. próxm a Panificadra Clarabela. cm 3 drmitóris send suíte, tds acarpetads, sala, czinha, banheir scial, garagem.r I;tI.' O GRANDE NEGÓCIO DO MOMENTO - Cnsulte nss arquiv, tems diverss terrens, cm várias metragens em áreas residenciais u cmerciais COMPRA VENDA E ADMINITRAÇÃO DE IMÓVEIS ALUGA Casa em alvenaria cm 3 quarts sala czinha garagem e area de ser ric Av Amaznas Camps d Iguaçu Casa de madeir cm 3 q uarts sala cpa czinha garagem churras lueira e area de serviç cnstante de 0 ar cndicinad Camps d auaçti Casa de madeira cm 2 quarts sala cpa czinha banheir scial.'araqem e area de serviç rua Minas Gerais Maracana Casa mista cm 3 quarts cm 3 quarts sala cpa czinha banhe,ri scial garagem area de serviç e churrasqueira Av Amaznas Camp d Iguaçu Sala cmercial cm 50m" Av Carls Gmes Vila Prtes Sala cmercial cm 70m" Av Jse Maria de Brit VENDAS Casa e alvenaria cm 3 quarts sala cpa czinha banheir scial rua Espirit Sant area de serviç cnstante de 2 ar cndicinad M a rjca na Casa em alvenaria cm 3 quarts sala cpa czinha banheir scial garagem e dep para empregarh rua das Bandeiras Jd Scial II Casa em alvenaria cm 30m' Chapar Casa de madeira cm 00m 7 rua Tibagi Camps d Iguaçu Lte cm 350m 2 rua Tiradentes Centr Lte cm 557m cnstante de uma casa cm 60m 2 td murad P IP residente (lente Diverss ltes s/ rua Felix Martins Jd Scial II cm bsque natural 2. de uma casa de madeira crr CI-IACARA cm m 70m" lags para criame de peixes diversas especies de arvres frutiferas! mis d centr da cidade Rua Xavier da Silva.J - 2 andar - a!a 8 Fne74l6.Cm Flávi u Mamy Fz dlquacu - Paraná ABANDONO DE EMPREGO COMBINATO COMERCIO DE DIS COS LTDA firma situada a Av Brasil 509 prtadra d CGC cmunica que sua funcinaria MYRIAN CRISTY NA RUIZ CANON prtadra d CTPS Pr abandnu empreg desde dia 7 de de zembr de 987 Reiterams seu cmpareciment n praz legal sb pena de rescisa de cntrat cnfrme determina artig 482 letra da CLT Fz d lguaçu. 24 de janeir de 988 ABANDONO DE EMPREGO N R de ALMEIDA & CIA fuma situada a Br 277 Km 733 prtadra d CGC / cmu nica que seu funcinari JOSE CARLOS DE SOUZA prtadr da CTPS serie 002 Mat Grss d Sul abandnu empreg desde dia 3 de nvembr de 987 Reiterams seu cmpareciment n praz legal sb pena de rescisao de cntrat cnfrme determina artig 482 letra da CLT Fz d Iguaçu 22 de janeir de 988 EXTRAVIO DE CRACHÁ Vumi Fukuda funcinaria da Delegacia da Receita Federal c munica que extraviu sei funcinal, ficand mesm sem validade pr ia ter sid requerid 2 via Fz d Iguaçu 22 de janeir de 988 PINTURAS PREDIAL Pintr prfissinal de Prt Alegre - Pinturas em geral, aplicaçã de massas lisas e texturadas, de qualquer tip. Expsiça permanente na MA- DEBOM. Rua Jrge SanwaiS, Fne falcar cm Renat. Orçament sem cmprmiss. ATE NÇAO SR. COMECIANTE Furt de uma pasta preta que cn tinha 0 tala de cheques d Ban c Rural de Fz d Iguaçu cm as flhas n tal a de cheques d Banc Bandeirantes Ag Fz d Iguaçu cm as flhas de a 620 cruzadas e cm carimb VALIDO SOMENTE PARA DEPOSITO EM CONTA DO FAVO RECIDO assinad pel gerente d Ft Paulista lida s quais tinham destin a cmpra em Sa Paul 0 tala de cheques pertence aan gelina Destefani Cantalean cnta cnjuta cm Antni Carls Can talean cm s n a 436 d Banc Bamerindus Ag Centr Fz d Iguaçu PR Os mesms ia se encntram cancelads junt as bancs Fz d Iguaçu 22 de janeir de 988 FOTO ELIAS Casaments. battzs aniversos. desflss... Reprtagens ftgrificas em ger chame pei tns. n- i w4

19 á 'MOVEIS ALUGA-SE - Casa de alvenaria cm 3 quarts. uma suíte, amplas salas, dep. de empregada. garagem para 2 carrs, na rua Marechal Dedr, 650 VENDE - Chácara cm 4.000m 2 cm energia elétrica e água encanada Próxim a Clube 36 PRECISA-SE - Salas cmerciais n centr, pde ser n 2 andar - Apartaments n centr cm garagem. BETA MIL IMOVEIS LTDA. Av. Juscelin Kubitschek andar Sala 02 - CRECI 9 - Fne (0455) Fz d Iguaçu - Paraná ATENÇÃO IGUAÇU DIESEL VEICULOS SIA Br 277 Km Tres Lagas Está admitind- - Prmtr de vendas de peças que tenha veícul própri. Interessads enviar curriculum u apresentar-se n departament pessal, em hrári cmercial. 2- Auxiliar de crédit e cbrança - sex feminin cm algum cnheciment na funçã VENDO 0 Geladeira de 4 prtas 0 Freezer Cnsul 220 litrs 0 Fgã industrial 06 bcas - Frn chapa e banh maria 0 Fritadeira dupla elétrica, água e óle marca Scavne 0 Descascadr de batatas 0 Chapa para frituras grande (nçva) 0 Cifa grande 02 Mesas para preparaçã de aliments (frmica) Tud cm puc us. em estad semi-nv Preç de casiã Interessads tratar pel fne Fafmdcia Sant ri!itj Antni MEDICAMENTOS - PERFUMARIAS Matriz - Rua Alufzj Azeved - Jardim Jupira - Telefne 73'2527 Filial - Av. JK esq. Rebuças, n Telefne Filial 2- Av. Cataratas, 730- Telefne Vila llanda Aberta diariamente das 7:30 às 22:00 hras Ma iç E Rua Edmund de Barrs, 70 Fne (0455) Fz d Iguaçu PR. Para ter certeza que a melhr pupança é investir em imóveis a firma MAX IMÓVEIS lança s últims ltes à venda n JARDIM NAIPI :.., II do IN Esprte Sm Ltda. JUIZO DE DIREITO DA 2 VARA Cl IGUAÇU PR EDITAL DE CITAÇAO E INTIMAÇAO COMO PRAZO DE 20 (VINTE) DIAS O DOUTOR WILSON JOAO COPACK JUIZ DE D;REITO DA 2 VARA CIVEL DA COMARCA DE FOZ DO IGUAÇU ESTADO DO PARANA ETC FAZ SABER a tds quant presente euital virem u dele cnheci ment tiverem especialmente a Sr VITORINO RODRIGUES brasileir casad cmerciante residente e dmiciliad nesta cidade a rua Frederic Engel 673 (funds) Vila llarda prem atualmente em lugar incert e na sabid que em data de 04 de utubr d crrente an a Sra Ivete Liarie Arseg ajuizu uma Aça de EXECUÇAO DE TITULO EXTRA JU DICIAL sb rir cntra ra citad cujs auts esta a se prces sar neste Juiz sb rir bjetivand a cbrança de Cz$ representad pr uma nta prmissria cm venciment para 3 de abril de 987 de emissa d citand Vitrin Rdrigues Determinada a Cita ca pessal d devedr este na fi lcalizad na cidade pel Sr Oficial de Justiça pr estar mesm em lugar incert e nan sabid e pel Sr O ficial de Justiça as fls 3 fi prcedid AUTO DE ARROMBAMENTO ARRESTO E DEPOSITO As nze dias d mes de nvembr d an de mil nvecents e Oitenta e sete nesta cidade e cmarca de Fz d Iguaçu Estad d Pa rana. em cumpriment a madad d MM Juiz de Direit da 2 Vara Cvel extraid ds Auts de Execuçã rir 052/87 mvida pr vete Liane Arseg cntra Vitrin Rdrigues ns Oficiais de Justiça abai x assinads devidamente acmpanhads de um chaveir prfissinal e duas testemunhas arrladas pr ns prcedems ARROMBAMENTO e a seguir rcedems ARRESTO ds seguintes bens mveis pertencentes a executad abaix relacinads 0 jg de quart em aglmerad tip embuia cntend um guarda rupa cm qutr prtas penteadeira ban queta dis hides cama cm clchã de casal em mal estad de cnserva ça 0 armari de seis prtas em frmica cr vermelh em mau estadc de cnservaca 0 fgã quatr bcas marca Palace Htel cr vermelh em mau estad de cnservaçã 0 mesa em frmica cr vermelha em mau estad de cnservaça 0 qeladerira de marca Climax cr branca em bm estad de cnservaçã 0 Bicicleta de marca Mnark tip m nareta de cr azul e branc em bm estad de cnservaçã 0 ventiladr de marca Britania de cr vermelh em bm estad de cnserveça 0 mesa para televisã 03 cadeiras para varanda de cr vermelh Feit a arrest entreguei s bens em mas e guarda da Sra Depsitaria desta ci dade (a) Antni Crreira da Silva e Aristeu Nunes Of de Justiça Ia) Iraci Nazzari Depsitaria Publica (a) Cir Malherbi Testemunha Aps arrest Sr Oficial de Justiça prcuru devedr pr diversas vezes ns dez dias seguintes a medida na lcalizand e dand cm estand em lugar incert e na sabid Nestas cndiçes CITE SE Sr Vitrin R drigues ia qualificad para tds s ats e terms d prcess e para que n praz de 24 (vinte e quatr) hras cntads uma vez decrrids vinte dias da primeira publicaçã deste edit efetue pagament da di vida principal e cnsectaris legais u em igual nmeie bens a penhra sb pena de cnversa d arrest em de cuja eventual medida fica desde Ia intimads hiptese em q ue lera praz de 0 (dez) dias cntads da data em que arrest frcnvertidem penhra para fereder embargs a execuça sb pena de se presumirem aceits pel mesm cm verda deirs s fats afirmads pel exequente (art 285 d Cdig de Prcess Civil) prsseguind a execuçã seus demais terms ate fina) E para que chague a cnheciment de tds e ninguem venha alegar ignrancia ex pediu se presente edital que sera publicad na frma da lei e afixad cpia d mesm n lugar de cstume deste Juiz Dada e passada nesta cidade e Cmarca de Fz d Iguaçu Estad d Parana as vinte e um dias dmes de dezembr d an de mil nvecents e itenta e sete Eu. An gela Maria Francisc Arguell Escrivã datilgrafei e subescrevi. Wilsn Jã Cpack Juiz de Direit Prefeitura Municipal de Santa Terezinha de Itaipu ~d d Paraná EDITAL DE ALIENAÇÃO N! OOlI (RESUMIDO) A Prefeitura Municipal de Santa Terezinha de Itaipu, Estad d Paraná, ns terms da Legislaçã em vigr, trna públic para cnheciment ds interessads, que fará realizar-se n dia 05 de fevereir de 988, às :30 hras, n Edifici da Prefeitura Municipal, EDITAL DE ALIENAÇÃO DE 03 (TRES) AUTOMO- V EIS. Os interessads pderã retirar exemplar cmplet d edital na Prefeitura Municipal de Santa Terezinha de Itaipu, à rua das Cmunicações, 485, mediante pagament de Cz$ 500,00 (quinhents cruzads). Gabinete da Prefeita Municipal de Santa Terezinha de Itaipu - Pr, em 9 de janeir de 988. LENIR DOS REIS SPADA A LOJA QUE PELOS SEUS INÚMEROS DEPARTAMENTOS MAIS PODE AJUDAR VOCE JOALHERIA E RELOJOARIA: As mais lindas jóias para s mais distints gsts DEPARTAMENTO DE DECORAÇÃO: Cm rçaments e clcações grátis DEPARTAMENTO DE LOJAS: Equipaments de sm, s mais mderns - camping e cnfecções - artigs esprtivs em geral - tud para náutica e pescaria INDUSTRIA E METALURGICA: Cnfecçã de grades, janelas, aberturas, carretas para barcs - trabalhs artístics EXTRAVIO DE CRACHA Vumi Fuliejda funcinaria da Delegacia da Receita Federal c rriunica que extraviu seu cracha funcinal ficand mesm sem validade pr ia ter sid requerid 2 via Fz d Iguaçu 24 de janeir de 988 ABANDONO DE EMPREGO COMBINATO COMERCIO DE DIS COS LTDA firma situada a Av Brasil 509 prtadra d CGC cmunica que sua funcinaria MYRIAN CRISTY NA RUIZ CANON prtadra d CTPS Pr abandnu en'preg desde dia 7 de de zembr de 987 Reiterams seu cmpareciment n praz legal sb pena de resciça de Cntrat cnfrme determina artig 482 letra da CLT Fz d lguaçu 22 de janeir de 988 ABANDONO DE EMPREGO N R de ALMEIDA & CIA firma situada a Br 277 Km 733 prtadra d CGC / cmu nica que seu funcinarj JOSE CARLOS DE SOUZA prtadr da CTPS serie 002 Mat Grss d Sul abandnu empreg desde dia 3 de nvembr de 987 Reiterams seu cmpareciment n praz legal sb pena de rescisã de cntrat cnfrme determina artig 482 letra da CLT Fz d Iguaçu 24 de janeir de (988 ABANDONO DE EMPREGO N R de ALMEIDA & CIA firma situada a Br 277 Km 733 prtadra d CGC / Ccmu nica que seu funcinari JOSE CARLOS DE SOUZA prtadr da CTPS serie 002 Mat Grss d Sul abandnu empreg desde dia 3 de nvembr de 987 Reiterams seu cmpareciment n praz legal sb pena de resciça de cntrat cnfrme determina artig 482 letra da CLT Fz d Iguaçu 23 de janeir de 988 ABANDONO DE EMPREGO COMBINATO COMERCIO DE DIS COS LTDA firma situada a Av Brasil 509 prtadra d CGC cmunica que sua funcinaria MVRIAN CRISTY NA RUIZ CANON prtadra d CTPS Pr abandnu empreg desde dia 7 de de zembr de 987 Reiterams seu cmpareciment n praz legal, sb pena de rescisa de cntrat, cnfrme determina artig 482 letra da CLT Fz d Iguaçu 23 de janeir de 988 EXTRAVIO DE CRACHA Yumi Fukuda funcinaria da Delegacia da Receita Federal c munica que extraviu seu cracha funcinal, ficand mesm sem validade pr ja ter sid requerid 2 via Fz d Iguaçu 23 de janeir de 988 VENDE SE DEI REY GUIA Vende se Dei Rey Guia 85 cr azul mineral cm ar cndicinad di reçe hidraulica vidrs eletrics Interressads tratar na Thaba Im biliaria Fne cm Adria n 'e c 'e - e- e CY. E z

20 Cmpre cm pré cheques Atençã ppulaçã amiga de Fz datads Fre, Shp BARAKAI A SUA LOJA I rediar0 Li em jurs e sem acrésc im LANÇA ESPETACULAR OFERTA DE JANEIRO, COM DESCONTOS EXCEPCIONAIS, Maiôs e hiquinis, s mais clrids, cm 30% descnt CONFIR A: Rahy tlh para s gsts mais requintads cm 35% descnt Camisetas.,nfntis e mascijlinas, hnitas demais cm 50% descnt Calças leans. iiniss px. de marcas famsas cm 35% descnt VISITE NOSSO SETOR DE OFERTAS COM DESCONTO DE ATÉ, 507 Av. Juscelin Kubitscliek, Fne: (0455) Fz d Ijpiaçu ampl estacinament para carrs e õnibus Lja suvimiuvh -, AUTO COLOR TINTAS Rua Almiiante Barrs, 29 A -une Fz d Iguaçu - Pr Lja 2 CONDOR TINIAS Rua Oswald Cruz Vila Prtes Fne Fz d Iguaçu. Pr rtas a le, latex. sintética e autmtiva %ded : OFERTAS DA SEMANA Ptidura latex exterir 8 lts. Branc e gêl SELKI cm 8 Its. - - Branc suviinil SUvinjI IiaI l' lmpermeabikzantes para telhas e tij5v' IDEAL E POLDURA GL - A AAAA

CÂMARA DOS DEPUTADOS Gabinete do Deputado FERNANDO JORDÃO - PMDB/RJ Brasília, 21 de março de 2011.

CÂMARA DOS DEPUTADOS Gabinete do Deputado FERNANDO JORDÃO - PMDB/RJ Brasília, 21 de março de 2011. Gabinete d Deputad FERNANDO JORDÃO - PMDB/RJ Brasília, 21 de març de 2011. Quand ingressei cm Requeriment slicitand a presença de Vssas Senhrias na Cmissã, estava assustad, cm, aliás, tda a ppulaçã, cm

Leia mais

Artigo 12 Como montar um Lava Jato

Artigo 12 Como montar um Lava Jato Artig 12 Cm mntar um Lava Jat Antigamente era cmum bservar as pessas, n final de semana, cm seus carrs, bucha e sabã nas mãs. Apesar de ainda haver pessas que preferem fazer serviç suj szinhas, s lava

Leia mais

5. PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO DA MANUTENÇÃO:

5. PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO DA MANUTENÇÃO: 5. PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO DA MANUTENÇÃO: 5.1 INTRODUÇÃO A rganizaçã da manutençã era cnceituada, até há puc temp, cm planejament e administraçã ds recurss para a adequaçã à carga de trabalh esperada.

Leia mais

Pessoal, vislumbro recursos na prova de conhecimentos específicos de Gestão Social para as seguintes questões:

Pessoal, vislumbro recursos na prova de conhecimentos específicos de Gestão Social para as seguintes questões: Pessal, vislumbr recurss na prva de cnheciments específics de Gestã Scial para as seguintes questões: Questã 01 Questã 11 Questã 45 Questã 51 Questã 56 Vejams as questões e arguments: LEGISLAÇÃO - GESTÃO

Leia mais

Prefeitura Municipal de Belo Horizonte Vox Mercado Pesquisa e Projetos Ltda. Dados da organização

Prefeitura Municipal de Belo Horizonte Vox Mercado Pesquisa e Projetos Ltda. Dados da organização Data de elabraçã da ficha: Jun 2007 Prefeitura Municipal de Bel Hriznte Vx Mercad Pesquisa e Prjets Ltda. Dads da rganizaçã Nme: Prefeitura Municipal de Bel Hriznte Endereç: Av. Afns Pena, 1212 - Cep.

Leia mais

Pesquisa Oficial de Demanda Imobiliária SINDUSCON Grande Florianópolis. NÃO ASSOCIADOS Apresentação

Pesquisa Oficial de Demanda Imobiliária SINDUSCON Grande Florianópolis. NÃO ASSOCIADOS Apresentação Pesquisa Oficial de Demanda Imbiliária SINDUSCON Grande Flrianóplis. NÃO ASSOCIADOS Apresentaçã O presente trabalh tem cm principais bjetivs identificar perfil d frequentadr d Salã d Imóvel, suas demandas

Leia mais

Art. 2º. Trata-se de uma promoção de caráter exclusivamente de estimulo cultural, profissional e acadêmico sem vínculo com sorteios.

Art. 2º. Trata-se de uma promoção de caráter exclusivamente de estimulo cultural, profissional e acadêmico sem vínculo com sorteios. Prêmi Data Pint de Criatividade e Invaçã - 2011 N an em que cmpleta 15 ans de atuaçã n mercad de treinament em infrmática, a Data Pint ferece à cmunidade a prtunidade de participar d Prêmi Data Pint de

Leia mais

Passo 1 - Conheça as vantagens do employeeship para a empresa

Passo 1 - Conheça as vantagens do employeeship para a empresa Manual Cm intrduzir emplyeeship na empresa Índice Intrduçã Pass 1 - Cnheça as vantagens d emplyeeship para a empresa Pass 2 - Saiba que é a cultura emplyeeship Pass 3 - Aprenda a ter "bns" empregads Pass

Leia mais

FACULDADE QI MBA - GESTÃO DE PESSOAS E NEGÓCIOS NA QI SISTEMAS DE GESTÃO COM PESSOAS PROFESSORA VANDA MACHADO

FACULDADE QI MBA - GESTÃO DE PESSOAS E NEGÓCIOS NA QI SISTEMAS DE GESTÃO COM PESSOAS PROFESSORA VANDA MACHADO PORTARIA de RECONHECIMENTO N - 341/2008 Curs Superir de Tecnlgia em Prcesss Gerenciais FACULDADE QI MBA - GESTÃO DE PESSOAS E NEGÓCIOS NA QI SISTEMAS DE GESTÃO COM PESSOAS PROFESSORA VANDA MACHADO ABISMO

Leia mais

Jornal dos alunos do Externato Passos Manuel

Jornal dos alunos do Externato Passos Manuel Jrnal ds aluns d Externat Passs Manuel An XXXI * Númer 85 * Julh 2014 3º Trimestre * 1,50 Nesta ediçã: Atividades Dia Mundial d Livr 25 de Abril Dia da Mãe Dia Internacinal das Famílias Festa Uma incrível

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA. Pesquisador em Informações Geográficas e Estatísticas A I PROVA 3 FINANÇAS PÚBLICAS

PADRÃO DE RESPOSTA. Pesquisador em Informações Geográficas e Estatísticas A I PROVA 3 FINANÇAS PÚBLICAS Questã n 1 Cnheciments Específics O text dissertativ deve cmtemplar e desenvlver s aspects apresentads abaix. O papel d PPA é de instrument de planejament de médi/lng praz que visa à cntinuidade ds bjetivs

Leia mais

Poder e escola: Uma analise acerca das relações entre professor e aluno.

Poder e escola: Uma analise acerca das relações entre professor e aluno. Pder e escla: Uma analise acerca das relações entre prfessr e alun. Marcs Paul A. Rdrigues 1 Andersn Silva Nunes 2 Intrduçã: O presente trabalh expõe s tips de pder exercid pels prfessres sbre s aluns,

Leia mais

Capítulo VII Projetos de eficiência energética em iluminação pública Por Luciano Haas Rosito*

Capítulo VII Projetos de eficiência energética em iluminação pública Por Luciano Haas Rosito* 20 Api O Setr Elétric / Julh de 2009 Desenvlviment da Iluminaçã Pública n Brasil Capítul VII Prjets de eficiência energética em iluminaçã pública Pr Lucian Haas Rsit* Neste capítul abrdarems s prjets de

Leia mais

Turismo Sénior. Outono / Inverno 2011-12. Benalmadena Benidorm Maiorca

Turismo Sénior. Outono / Inverno 2011-12. Benalmadena Benidorm Maiorca Turism Sénir Outn / Invern 2011-12 Benalmadena Benidrm Mairca Entidades envlvidas Oriznia é descbrir e desfrutar. É fazer cm a cnfiança que smente uma rganizaçã líder n sectr turístic ibéric pde ferecer.

Leia mais

Apresentação do Curso

Apresentação do Curso At endi m ent acl i ent e Apr es ent aç ãdc ur s Apresentaçã d Curs O curs Atendiment a Cliente fi elabrad cm bjetiv de criar cndições para que vcê desenvlva cmpetências para: Identificar s aspects que

Leia mais

Supply Chain Game. EXERCÍCIOS PRÁTICOS DE LOGÍSTICA E CADEIA DE SUPRIMENTOS Autor: Prof. Dr. Daniel Bertoli Gonçalves

Supply Chain Game. EXERCÍCIOS PRÁTICOS DE LOGÍSTICA E CADEIA DE SUPRIMENTOS Autor: Prof. Dr. Daniel Bertoli Gonçalves Supply Chain Game EXERCÍCIOS PRÁTICOS DE LOGÍSTICA E CADEIA DE SUPRIMENTOS Autr: Prf. Dr. Daniel Bertli Gnçalves Exercíci Prátic 1 Simuland uma Cadeia e planejand seus estques Lcal: em sala de aula Material

Leia mais

PROJECTO EDUCATIVO ANO LECTIVO 2007-2008

PROJECTO EDUCATIVO ANO LECTIVO 2007-2008 PROJECTO EDUCATIVO ANO LECTIVO 2007-2008 INTRODUÇÃO Prject educativ dcument que cnsagra a rientaçã educativa da escla, elabrad e aprvad pels órgãs de administraçã e gestã, n qual se explicitam s princípis,

Leia mais

Anexo 03 Recomendação nº 3: estatuto padrão, estatuto fundamental e contrato social

Anexo 03 Recomendação nº 3: estatuto padrão, estatuto fundamental e contrato social Anex 03 Recmendaçã nº 3: estatut padrã, estatut fundamental e cntrat scial 1. Resum 01 Atualmente, Estatut da Crpraçã da Internet para a atribuiçã de nmes e númers (ICANN) tem um mecanism únic para alterações.

Leia mais

REP REGISTO DOS PROFISSIONAIS DO EXERCICIO

REP REGISTO DOS PROFISSIONAIS DO EXERCICIO REP REGISTO DOS PROFISSIONAIS DO EXERCICIO Um prject eurpeu em clabraçã cm a EHFA Eurpean Health and Fitness Assciatin, cm sede em Bruxelas Regist ds Prfissinais Intrduçã Estams numa fase em que a Tutela

Leia mais

Perguntas frequentes sobre o Programa Banda Larga nas Escolas

Perguntas frequentes sobre o Programa Banda Larga nas Escolas Perguntas frequentes sbre Prgrama Banda Larga nas Esclas 1. Qual bjetiv d Prgrama Banda Larga nas Esclas? O Prgrama Banda Larga nas Esclas tem cm bjetiv cnectar tdas as esclas públicas à internet, rede

Leia mais

Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher E s c r i t ó r i o R e g i o n a l p a r a o B r a s i l e o C o n e S u l

Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher E s c r i t ó r i o R e g i o n a l p a r a o B r a s i l e o C o n e S u l Fund de Desenvlviment das Nações Unidas para a Mulher E s c r i t ó r i R e g i n a l p a r a B r a s i l e C n e S u l Fnd de Desarrll de las Nacines Unidas para la Mujer O f i c i n a R e g i n a l p

Leia mais

Gabinete de Serviço Social

Gabinete de Serviço Social Gabinete de Serviç Scial Plan de Actividades 2009/10 Frmar hmens e mulheres para s utrs Despertar interesse pel vluntariad Experimentar a slidariedade Educaçã acessível a tds Precupaçã particular pels

Leia mais

Informações Importantes 2015

Informações Importantes 2015 Infrmações Imprtantes 2015 CURSOS EXTRACURRICULARES N intuit de prprcinar uma frmaçã cmpleta para alun, Clégi Vértice ferece curss extracurriculares, que acntecem lg após as aulas regulares, tant n períd

Leia mais

REGULAMENTO DA CAMPANHA DO DIA MUNDIAL DE COMBATE A PÓLIO 2015 1

REGULAMENTO DA CAMPANHA DO DIA MUNDIAL DE COMBATE A PÓLIO 2015 1 REGULAMENTO DA CAMPANHA DO DIA MUNDIAL DE COMBATE A PÓLIO 2015 1 DISPOSIÇÕES GERAIS A campanha d Dia Mundial de Cmbate à Plimielite (também cnhecida cm paralisia infantil), celebrad n dia 24 de utubr,

Leia mais

LEI Nº 8.069, DE 13 DE JULHO DE 1990.

LEI Nº 8.069, DE 13 DE JULHO DE 1990. LEI Nº 8.069, DE 13 DE JULHO DE 1990. O IASAe a Escla Municipal de SantAndré realizaram uma série de ações vltadas para a disseminaçã e efetivaçã ds Direits das Crianças e Adlescentes estabelecids pel

Leia mais

RELATOR: Senador EUNÍCIO OLIVEIRA

RELATOR: Senador EUNÍCIO OLIVEIRA De Plenári, err1 substituiçã à COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA, sbre Prjet de Lei da Câmara 209, de 2015, de autria d Deputad Aeltn Freitas, que altera a Lei n 8.906, de 4 de julh de 1994

Leia mais

Sua hora chegou. Faça a sua jogada. REGULAMENTO. Prêmio de Empreendedorismo James McGuire 2016

Sua hora chegou. Faça a sua jogada. REGULAMENTO. Prêmio de Empreendedorismo James McGuire 2016 Sua hra chegu. Faça a sua jgada. REGULAMENTO Prêmi de Empreendedrism James McGuire 2016 Salvadr, nvembr de 2015. REGULAMENTO Prêmi de Empreendedrism James McGuire 2016 é uma cmpetiçã interna da Laureate

Leia mais

GUIA DE RELACIONAMENTO MT-COR: 001 Revisão: 000

GUIA DE RELACIONAMENTO MT-COR: 001 Revisão: 000 GUIA DE RELACIONAMENTO MT-COR: 001 Revisã: 000 A Mercur S.A., empresa estabelecida desde 1924, se precupa em cnduzir as suas relações de acrd cm padrões étics e cmerciais, através d cumpriment da legislaçã

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO PIAUÍ. PROJETO OTIMIZAR Plano do Programa

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO PIAUÍ. PROJETO OTIMIZAR Plano do Programa 1. Escp u finalidade d prjet PROJETO OTIMIZAR Plan d Prgrama O Prjet Otimizar visa aprimrar ações implantadas que têm pr bjetiv a reduçã de cnsum de materiais e criar mecanisms de avaliaçã que pssam medir

Leia mais

1ª EDIÇÃO. Regulamento

1ª EDIÇÃO. Regulamento 1ª EDIÇÃO Regulament 1. OBJETIVO O Prêmi BRASILIDADE é uma iniciativa d Serviç de Api às Micr e Pequenas Empresas n Estad d Ri de Janeir SEBRAE/RJ, idealizad pr Izabella Figueired Braunschweiger e cm a

Leia mais

Florianópolis, 25 de janeiro de 2016 EDITAL PARA CANDIDATURA À SEDE DO 6º ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDANTES DE ENGENHARIA CIVIL 2017

Florianópolis, 25 de janeiro de 2016 EDITAL PARA CANDIDATURA À SEDE DO 6º ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDANTES DE ENGENHARIA CIVIL 2017 Flrianóplis, 25 de janeir de 2016 EDITAL PARA CANDIDATURA À SEDE DO 6º ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDANTES DE ENGENHARIA CIVIL 2017 1) Cnsiderações Gerais: A Federaçã Nacinal ds Estudantes de Engenharia Civil

Leia mais

Agenda. A interface de Agendamento é encontrada no Modulo Salão de Vendas Agendamento Controle de Agendamento, e será apresentada conforme figura 01.

Agenda. A interface de Agendamento é encontrada no Modulo Salão de Vendas Agendamento Controle de Agendamento, e será apresentada conforme figura 01. Agenda Intrduçã Diariamente cada um ds trabalhadres de uma empresa executam diversas atividades, muitas vezes estas atividades tem praz para serem executadas e devem ser planejadas juntamente cm utras

Leia mais

Plano de Assessoria de Comunicação do Projeto de Estágio e Empregabilidade - PROJEM

Plano de Assessoria de Comunicação do Projeto de Estágio e Empregabilidade - PROJEM XX Prêmi Expcm 2013 Expsiçã da Pesquisa Experimental em Cmunicaçã Plan de Assessria de Cmunicaçã d Prjet de Estági e Empregabilidade - PROJEM August Sares de Mel e SOUZA 1 Felipe de Oliveira TODESCHINI

Leia mais

PRÊMIO AUTOMAÇÃO - CATEGORIA DE JORNALISMO

PRÊMIO AUTOMAÇÃO - CATEGORIA DE JORNALISMO PRÊMIO AUTOMAÇÃO - CATEGORIA DE JORNALISMO REGULAMENTO 1. DOS OBJETIVOS DO PRÊMIO O PRÊMIO NA CATEGORIA DE JORNALISMO tem cm bjetiv premiar matérias veiculadas na imprensa nacinal relativas a temas ligads

Leia mais

Cm Criar Seu Própri Empreg em Apenas 5 Passs 1 1º Pass: A IDEIA 2º Pass: O CONTACTO COM VÁRIAS INSTITUIÇÕES E ENTIDADES 3º Pass: PLANO DE NEGÓCIOS 4º Pass: CRIAÇÃO DA EMPRESA E INÍCIO DE ACTIVIDADE 5º

Leia mais

ALTOS DIRIGENTES VISEU (PORTUGAL), - 2/3 2013 2-3 DEZEMBRO

ALTOS DIRIGENTES VISEU (PORTUGAL), - 2/3 2013 2-3 DEZEMBRO Encntr de Alt Dirigentes - Viseu 2/3 Dez 2013 Cm Invar para Ser Mais Cmpetitiv ENCONTRO de ALTOS DIRIGENTES VISEU (PORTUGAL), 2-3 DEZEMBRO 2013 Apresentaçã Crprativa Cnfidencial Cnclusões finais Página

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS OESTECIM A MINHA EMPRESA

REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS OESTECIM A MINHA EMPRESA 1. Intrduçã e Objetivs a) O Cncurs de Ideias OESTECIM a minha empresa pretende ptenciar apareciment de prjets invadres na regiã d Oeste sempre numa perspetiva de desenvlviment ecnómic e scial. b) O Cncurs

Leia mais

Lições de liderança aprendidas à duras penas Bill Hybels Duração 62:34

Lições de liderança aprendidas à duras penas Bill Hybels Duração 62:34 The Glbal Leadership Summit Ntas d Facilitadr Lições de liderança aprendidas à duras penas Bill Hybels Duraçã 62:34 Resum da Sessã Lições de liderança e estratégias que geram resultads tangíveis em nssas

Leia mais

PROJETO 22ª MOSTRA ESTUDANTIL TECNOLÓGICA Dias 22 e 23 DE OUTUBRO DE 2014 CURSO: GESTÃO EMPRESARIAL

PROJETO 22ª MOSTRA ESTUDANTIL TECNOLÓGICA Dias 22 e 23 DE OUTUBRO DE 2014 CURSO: GESTÃO EMPRESARIAL PROJETO 22ª MOSTRA ESTUDANTIL TECNOLÓGICA Dias 22 e 23 DE OUTUBRO DE 2014 CURSO: GESTÃO EMPRESARIAL Objetivs: Gestã Empresarial Desenvlver cmpetências para atuar n gerenciament de prjets, prestand cnsultria

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO VIAGEM DOS SONHOS COM CEAV JR

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO VIAGEM DOS SONHOS COM CEAV JR REGULAMENTO DA PROMOÇÃO VIAGEM DOS SONHOS COM CEAV JR Este srtei nã se enquadra nas dispsições da Lei 5.768/71 e suas respectivas regulamentações e, prtant, nã está sujeita as seus terms, inclusive n que

Leia mais

CURSO NOVA NBR 5419 Proteção contra Descargas Atmosféricas

CURSO NOVA NBR 5419 Proteção contra Descargas Atmosféricas CURSO NOVA NBR 5419 Prteçã cntra Descargas Atmsféricas Públic alv: Engenheirs eletricistas e eletrônics, técnics em eletricidade, prje6stas de sistemas elétrics, eletrônics, de telecmunicações e de cntrle

Leia mais

ISO 9001:2008 alterações à versão de 2000

ISO 9001:2008 alterações à versão de 2000 ISO 9001:2008 alterações à versã de 2000 Já passaram quase it ans desde que a versã da ISO 9001 d an 2000 fi publicada, que cnduziu à necessidade de uma grande mudança para muitas rganizações, incluind

Leia mais

Aula 19 Brasil Império: o Primeiro Reinado (1822 1831) A monarquia autoritária

Aula 19 Brasil Império: o Primeiro Reinado (1822 1831) A monarquia autoritária Aula 19 Brasil Impéri: Primeir Reinad (1822 1831) A mnarquia autritária 1. Assembléia Cnstituinte de 1823 Já havia sid cnvcada na regência de D. Pedr (03/06/1822) Abertura da Assembléia Cnstituinte (03/05/1823)

Leia mais

Volume I: Tecnologia Sesi cultura e as leis de incentivo à cultura. Brasília: SESI/DN, 2007, 50p.

Volume I: Tecnologia Sesi cultura e as leis de incentivo à cultura. Brasília: SESI/DN, 2007, 50p. Data de elabraçã da ficha: Jun 2007 SESI Serviç Scial da Indústria Dads da rganizaçã Nme: SESI Serviç Scial da Indústria Endereç: Av Paulista, 1313, Sã Paul, SP Site: www.sesi.rg.br Telefne: (11) 3146-7405

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Orientações gerais MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ESCOLA AGROTÉCNICA FEDERAL DE RIO DO SUL ESTRADA DO REDENTOR, 5665 BAIRRO CANTAGALO RIO DO SUL (SC) (47) 3521 3700 eafrs@eafrs.gv.br ORIENTAÇÕES GERAIS As rientações

Leia mais

O que é sucessão de responsabilidades?

O que é sucessão de responsabilidades? GLOSSÁRIO DO EMPREENDEDOR O que é capital inicial? É capital de gir necessári para iniciar as atividades de seu negóci e "rdar" as perações até cmeçar a gerar receita suficiente para equilibrar este capital.

Leia mais

Regulamento da Feira de Ciência

Regulamento da Feira de Ciência Regulament da Feira de Ciência A Feira A Feira de Ciência é um é um prject rganizad pel Núcle de Física d Institut Superir Técnic (NFIST). Esta actividade cnsiste em desenvlver um prject científic pr um

Leia mais

Supply Chain Game. EXERCÍCIOS PRÁTICOS DE LOGÍSTICA E CADEIA DE SUPRIMENTOS Autor: Prof. Dr. Daniel Bertoli Gonçalves

Supply Chain Game. EXERCÍCIOS PRÁTICOS DE LOGÍSTICA E CADEIA DE SUPRIMENTOS Autor: Prof. Dr. Daniel Bertoli Gonçalves Supply Chain Game EXERCÍCIOS PRÁTICOS DE LOGÍSTICA E CADEIA DE SUPRIMENTOS Autr: Prf. Dr. Daniel Bertli Gnçalves Exercíci Prátic Simuland Cadeias de Supriments v2.0 Lcal: em sala de aula Material Necessári:

Leia mais

Exercícios de Java Aula 17

Exercícios de Java Aula 17 Exercícis de Java Aula 17 Link d curs: http://www.liane.cm/2013/10/curs-java-basic-java-se-gratuit/ 1. Faça um prgrama que peça uma nta, entre zer e dez. Mstre uma mensagem cas valr seja inválid e cntinue

Leia mais

Regulamento para realização do Trabalho de Conclusão de Curso

Regulamento para realização do Trabalho de Conclusão de Curso Universidade Federal d Ceará Campus de Sbral Curs de Engenharia da Cmputaçã Regulament para realizaçã d Trabalh de Cnclusã de Curs Intrduçã Este dcument estabelece as regras básicas para funcinament das

Leia mais

INSTITUTO DE EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO DE SAÚDE IEES. Excelência na Formação através da Experiência e Aplicação MARKETING FARMACÊUTICO PRÁTICO

INSTITUTO DE EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO DE SAÚDE IEES. Excelência na Formação através da Experiência e Aplicação MARKETING FARMACÊUTICO PRÁTICO E IEES I EDUCAÇÃO DE SAÚDE INSTITUTO DE EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO DE SAÚDE IEES Excelência na Frmaçã através da Experiência e Aplicaçã MARKETING FARMACÊUTICO PRÁTICO 1.CARGA HORÁRIA 32 Hras 2.DATA E LOCAL

Leia mais

Boletim da Vila Noca e Jardim Cecy Nº 29 04 DE DEZEMBRO DE 2008 página 1

Boletim da Vila Noca e Jardim Cecy Nº 29 04 DE DEZEMBRO DE 2008 página 1 Bletim da Vila Nca e Jardim Cecy Nº 29 04 DE DEZEMBRO DE 2008 página 1 DIA 9, PALESTRA SOBRE SEGURANÇA Dia 9 de dezembr de 2008 às 20:00 hras, na Creche Barnesa de Limeira, R Antôni de Gebara, 75, Cap

Leia mais

Programa de Rádio. Ritmo Económico. Angola!Open!Policy!Initiative

Programa de Rádio. Ritmo Económico. Angola!Open!Policy!Initiative Prgrama de Rádi Ritm Ecnómic AnglaOpenPlicyInitiative 1 Rádi: Kairós da Igreja Metdista de Angla Nme d Prgrama: Ritm Ecnómic Géner: Talk shw Educativ Data da primeira ediçã: (pr definir) Apresentadres:

Leia mais

DISCIPLINA: Matemática. MACEDO, Luiz Roberto de, CASTANHEIRA, Nelson Pereira, ROCHA, Alex. Tópicos de matemática aplicada. Curitiba: Ibpex, 2006.

DISCIPLINA: Matemática. MACEDO, Luiz Roberto de, CASTANHEIRA, Nelson Pereira, ROCHA, Alex. Tópicos de matemática aplicada. Curitiba: Ibpex, 2006. DISCIPLINA: Matemática 1- BIBLIOGRAFIA INDICADA Bibliteca Virtual Pearsn MACEDO, Luiz Rbert de, CASTANHEIRA, Nelsn Pereira, ROCHA, Alex. Tópics de matemática aplicada. Curitiba: Ibpex, 2006. PARKIN, Michael.

Leia mais

MENSAGEM Nº 458, DE 30 DE JUNHO DE 2008.

MENSAGEM Nº 458, DE 30 DE JUNHO DE 2008. MENSAGEM Nº 458, DE 30 DE JUNHO DE 2008. Senhr Presidente d Senad Federal, Cmunic a Vssa Excelência que, ns terms d 1 d art. 66 da Cnstituiçã, decidi vetar parcialmente, pr incnstitucinalidade e cntrariedade

Leia mais

Cinco Passos para Proteger Nossas Crianças. O que é o Abuso Sexual Infantil? Base para Os Cinco Passos

Cinco Passos para Proteger Nossas Crianças. O que é o Abuso Sexual Infantil? Base para Os Cinco Passos Cinc Passs para Prteger Nssas Crianças 1º Pass: Infrme-se sbre s Fats 2º Pass: Reduza Oprtunidades 3º Pass: Cnverse sbre Assunt 4º Pass: Recnheça s Sinais 5º Pass: Reaja de Frma Respnsável Cinc Passs para

Leia mais

1. Objetivo Geral. Página 1 de 5 CURSO LEADER COACH BELÉM. SESI Serviço Social da Indústria. IEL Instituto Euvaldo Lodi

1. Objetivo Geral. Página 1 de 5 CURSO LEADER COACH BELÉM. SESI Serviço Social da Indústria. IEL Instituto Euvaldo Lodi O país d futur parece estar chegand para muits brasileirs que investiram em qualidade e prdutividade prfissinal, empresarial e pessal ns últims ans. O gigante adrmecid parece estar despertand. Dads d Centr

Leia mais

ENCONTROCAS 2º SEMESTRE 2012 - ORIENTAÇÕES GERAIS PARA O CURSO DE PEDAGOGIA. O ENCONTROCAS é um evento semestral realizado pelo Instituto Superior de

ENCONTROCAS 2º SEMESTRE 2012 - ORIENTAÇÕES GERAIS PARA O CURSO DE PEDAGOGIA. O ENCONTROCAS é um evento semestral realizado pelo Instituto Superior de Faculdade de Ciências Sciais Aplicadas de Bel Hriznte Institut Superir de Educaçã Curs de Pedaggia ENCONTROCAS 2º SEMESTRE 2012 - ORIENTAÇÕES GERAIS PARA O CURSO DE PEDAGOGIA O ENCONTROCAS é um event semestral

Leia mais

Este documento tem como objetivo definir as políticas referentes à relação entre a Sioux e seus funcionários.

Este documento tem como objetivo definir as políticas referentes à relação entre a Sioux e seus funcionários. OBJETIVO Este dcument tem cm bjetiv definir as plíticas referentes à relaçã entre a Siux e seus funcináris. A Siux se reserva direit de alterar suas plíticas em funçã ds nvs cenáris da empresa sem avis

Leia mais

Regulamento do programa de bolsas de estudos

Regulamento do programa de bolsas de estudos Regulament d prgrama de blsas de estuds Unidades Ri de Janeir e Sã Paul Data de publicaçã: 13/05/2015 Regulament válid até 30/08/2015 1 1. Sbre prgrama Através de um prcess seletiv, prgrama de blsas de

Leia mais

- Diretor do Programa Internacional de Ortodontia da New York University. - Autor do primeiro livro sobre o tema: Biomecânica Interativa Autoligante

- Diretor do Programa Internacional de Ortodontia da New York University. - Autor do primeiro livro sobre o tema: Biomecânica Interativa Autoligante CURSO INTENSIVO DE CAPACITAÇÃO BIOMECÂNICA INTERATIVA AUTOLIGANTE MINISTRADORES: Prf. Celestin Nóbrega - Diretr d Prgrama Internacinal de Ortdntia da New Yrk University - Autr d primeir livr sbre tema:

Leia mais

METAS DE COMPREENSÃO:

METAS DE COMPREENSÃO: 1. TÓPICO GERADOR: Vivend n sécul XXI e pensand n futur. 2. METAS DE COMPREENSÃO: Essa atividade deverá ter cm meta que s aluns cmpreendam: cm se cnstrói saber científic; cm as áreas d saber estã inter-relacinadas

Leia mais

Programa de coaching e inteligência relacional para mulheres Por Thirza Reis, Master Coach

Programa de coaching e inteligência relacional para mulheres Por Thirza Reis, Master Coach Vem Ser Mulher Prgrama de caching e inteligência relacinal para mulheres Pr Thirza Reis, Master Cach Sbre Thirza Reis Thirza Reis é master cach, especialista em Inteligência Relacinal; Cm mestrad em desenvlviment

Leia mais

CHIPRE Unido na Diversidade A UNIÃO EUROPEIA E OS DESAFIOS DO SÉCULO XX

CHIPRE Unido na Diversidade A UNIÃO EUROPEIA E OS DESAFIOS DO SÉCULO XX CHIPRE Unid na Diversidade A UNIÃO EUROPEIA E OS DESAFIOS DO SÉCULO XX CHIPRE Um país, duas bandeiras CHIPRE Um país dividid CHIPRE- Um país dividid REPUBLICA DE CHIPRE Capital: Nicósia Territóri: 5.895

Leia mais

SELEÇÃO PARA ESPECIALIZANDO EM ORL DA CLINICA SOS OTORRINO. (Credenciada pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial)

SELEÇÃO PARA ESPECIALIZANDO EM ORL DA CLINICA SOS OTORRINO. (Credenciada pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial) SELEÇÃO PARA ESPECIALIZANDO EM ORL DA CLINICA SOS OTORRINO (Credenciada pela Assciaçã Brasileira de Otrrinlaringlgia e Cirurgia Cérvic-Facial) MANUAL DO CANDIDATO 2013 2 SOS OTORRINO Crdenadr da Residencia

Leia mais

Aula 11 Bibliotecas de função

Aula 11 Bibliotecas de função Universidade Federal d Espírit Sant Centr Tecnlógic Departament de Infrmática Prgramaçã Básica de Cmputadres Prf. Vítr E. Silva Suza Aula 11 Biblitecas de funçã 1. Intrduçã À medida que um prgrama cresce

Leia mais

Semana 3: Distribuição em Serviços

Semana 3: Distribuição em Serviços 1 Semana 3: Distribuiçã em Serviçs 1. Distribuiçã O prcess de distribuiçã da ferta da empresa insere-se n cntext d cmpst de marketing cm a funçã respnsável pr trnar prdut acessível a cnsumidr. Em serviçs

Leia mais

Para a sua Casa Para a sua Casa A Shamah sabe a dificuldade que s clientes têm em arrumar uma empresa de cnfiança para slucinar a manutençã da sua casa, sabems a dificuldade de hráris que nsss clientes

Leia mais

POR UMA GEOGRAFIA MELHOR

POR UMA GEOGRAFIA MELHOR LISTA CANDIDATA ÀS ELEIÇÕES PARA OS CORPOS SOCIAIS DA ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE GEÓGRAFOS BIÉNIO 2006-2008 POR UMA GEOGRAFIA MELHOR Assembleia Geral Presidente Jsé Albert Ri Fernandes (FL, Universidade

Leia mais

REQUISITOS PRINCIPAIS: Regulamentação final sobre controles preventivos de alimentos para consumo humano Visão rápida

REQUISITOS PRINCIPAIS: Regulamentação final sobre controles preventivos de alimentos para consumo humano Visão rápida O FDA ferece esta traduçã cm um serviç para um grande públic internacinal. Esperams que vcê a ache útil. Embra a agência tenha tentad bter uma traduçã mais fiel pssível à versã em inglês, recnhecems que

Leia mais

GESTÃO DE LABORATÓRIOS

GESTÃO DE LABORATÓRIOS Seminári Luanda, 26,27,28,29 e 30 de Mai de 2014 - Htel **** Guia Prática GESTÃO DE LABORATÓRIOS Finanças Assegure uma gestã eficaz de tdas as áreas 40 hras de Frmaçã Especializada Cnceits ecnómic-financeirs

Leia mais

MANUAL dos LABORATÓRIOS De INFORMÁTICA

MANUAL dos LABORATÓRIOS De INFORMÁTICA MANUAL ds LABORATÓRIOS De INFORMÁTICA Objetiv 1. Oferecer as aluns a infra-estrutura e suprte necessári à execuçã de tarefas práticas, slicitadas pels prfessres, bservand s prazs estabelecids. 2. Oferecer

Leia mais

A SUPERINFLAÇÃO BRASILEIRA EM 1989: NOTAS E COMENTÁRIOS

A SUPERINFLAÇÃO BRASILEIRA EM 1989: NOTAS E COMENTÁRIOS A SUPERINFLAÇÃ BRASILEIRA EM 1989: NTAS E MENTÁRIS Gentil Crazza* "A inflaçã é uma frma de distribuir s ganhs e as perdas através das frças impessais d mercad." Charles Kindieberger Intrduçã A ecnmia e

Leia mais

Novo Sistema Almoxarifado

Novo Sistema Almoxarifado Nv Sistema Almxarifad Instruções Iniciais 1. Ícnes padrões Existem ícnes espalhads pr td sistema, cada um ferece uma açã. Dentre eles sã dis s mais imprtantes: Realiza uma pesquisa para preencher s camps

Leia mais

SEMINÁRIO FINANÇAS EFINANCIAMENTO VIABILIZANDO INVESTIMENTO NAS PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS 17 DE NOVEMBRO, 2014

SEMINÁRIO FINANÇAS EFINANCIAMENTO VIABILIZANDO INVESTIMENTO NAS PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS 17 DE NOVEMBRO, 2014 SEMINÁRIO FINANÇAS EFINANCIAMENTO VIABILIZANDO INVESTIMENTO NAS PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS 17 DE NOVEMBRO, 2014 ESTRATÉGIA DESEGMENTAÇÃO ESTRATÉGIA DE SEGMENTAÇÃO Estrutura segmentada vltada a estratégia

Leia mais

Resultado do Inquérito On-line aos Participantes dos Workshops Realizados pela Direção-Geral das Artes. Avaliação da Utilidade dos Workshops

Resultado do Inquérito On-line aos Participantes dos Workshops Realizados pela Direção-Geral das Artes. Avaliação da Utilidade dos Workshops Resultad d Inquérit On-line as Participantes ds Wrkshps Realizads pela Direçã-Geral das Artes Avaliaçã da Utilidade ds Wrkshps Títul: Resultad d Inquérit On-line as Participantes ds Wrkshps realizads pela

Leia mais

III Seminário do Agronegócio. Financiamento e Marketing 24 e 25 de novembro de 2005 Auditório da Biblioteca Central Universidade Federal de Viçosa

III Seminário do Agronegócio. Financiamento e Marketing 24 e 25 de novembro de 2005 Auditório da Biblioteca Central Universidade Federal de Viçosa III Seminári d Agrnegóci Financiament e Marketing 24 e 25 de nvembr de 2005 Auditóri da Bibliteca Central Universidade Federal de Viçsa RELATÓRIO FINAL O EVENTO O III Seminári d Agrnegóci fi realizad dias

Leia mais

Mestre Empresário, Seja bem-vindo.

Mestre Empresário, Seja bem-vindo. Mestre Empresári, T ems uma excelente prtunidade para vcê expr prduts e serviçs de sua empresa. Além de fidelizar sua marca, aprveite para abrdar clientes em ptencial através da apresentaçã de seus diferenciais

Leia mais

Programa Agora Nós Voluntariado Jovem. Namorar com Fair Play

Programa Agora Nós Voluntariado Jovem. Namorar com Fair Play Prgrama Agra Nós Vluntariad Jvem Namrar cm Fair Play INTRODUÇÃO A vilência na intimidade nã se circunscreve às relações cnjugais, estand presente quer nas relações de namr, quer nas relações juvenis casinais.

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL DE GEOGRAFIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL DE GEOGRAFIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL DE GEOGRAFIA Nme: Nº 8ºAn Data: / / 2015 Prfessres: Fabiana, Mayra e Olga. Nta: (valr: 1,0 para cada bimestre) 4º bimestre / 2º semestre A - Intrduçã Neste semestre, sua

Leia mais

Cabe destacar que todo o dinheiro obtido pela associação deve ser usado para cumprir a missão dela; não pode ser dividido entre os associados.

Cabe destacar que todo o dinheiro obtido pela associação deve ser usado para cumprir a missão dela; não pode ser dividido entre os associados. Quais sã as vantagens de criar uma assciaçã? A vantagem de criar uma assciaçã é pder agir legalmente em nme dela, mvimentand recurss e firmand cnvênis. Os cnvênis pdem ser firmads cm s órgãs públics e

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS Sã Paul 2013 1 1 INTRODUÇÃO Este Manual tem a finalidade de servir à nrmalizaçã da elabraçã de Trabalhs de Cnclusã de Curs TCC pr mei de artigs científics,

Leia mais

Emenda às Regras Gerais 2012

Emenda às Regras Gerais 2012 Emenda às Regras Gerais 2012 Intrduçã Tds s dcuments estatutáris requerem revisã e atualizaçã casinal. A última emenda às Regras Gerais das Olimpíadas Especiais ( Special Olympics ) fi feita em 2004, cm

Leia mais

Oficina de Capacitação em Comunicação

Oficina de Capacitação em Comunicação Oficina de Capacitaçã em Cmunicaçã APRESENTAÇÕES: DICAS E INSTRUMENTOS Marcele Basts de Sá Cnsultra de Cmunicaçã mbasts.sa@gmail.cm Prjet Semeand Águas n Paraguaçu INTERESSE DO PÚBLICO Ouvir uma ba história

Leia mais

Aliança Estratégica com a Delta Dezembro, 2011. Uma Consistente História de Investimento

Aliança Estratégica com a Delta Dezembro, 2011. Uma Consistente História de Investimento Aliança Estratégica cm a Delta Dezembr, 2011 Uma Cnsistente História de Investiment 1 Agenda Resum da Operaçã 1 Benefícis da Operaçã 2 2 Disclaimer O material a seguir é uma apresentaçã cnfidencial cntend

Leia mais

CAPÍTULO IV. Valores, Crenças, Missão, Visão.e Política da Qualidade. Waldemar Faria de Oliveira

CAPÍTULO IV. Valores, Crenças, Missão, Visão.e Política da Qualidade. Waldemar Faria de Oliveira CAPÍTULO IV Valres, Crenças, Missã, Visã.e Plítica da Qualidade. Waldemar Faria de Oliveira Há alguns ans, quand tínhams ótims atletas, perdíams a Cpa d Mund de futebl, as Olimpíadas, errand em cisas básicas.

Leia mais

Proposta. Treinamento Lean Thinking Mentalidade Enxuta. Apresentação Executiva

Proposta. Treinamento Lean Thinking Mentalidade Enxuta. Apresentação Executiva Treinament Lean Thinking Mentalidade Enxuta www.masterhuse.cm.br Prpsta Cm Treinament Lean Thinking Mentalidade Enxuta Apresentaçã Executiva Treinament Lean Thinking Mentalidade Enxuta Cpyright 2011-2012

Leia mais

Operação Metalose orientações básicas à população

Operação Metalose orientações básicas à população Operaçã Metalse rientações básicas à ppulaçã 1. Quem é respnsável pel reclhiment de prduts adulterads? As empresas fabricantes e distribuidras. O Sistema Nacinal de Vigilância Sanitária (Anvisa e Vigilâncias

Leia mais

Introdução: marco normativo internacional e nacional

Introdução: marco normativo internacional e nacional Cidade d Panamá, 21 de abril de 2014 A Assciaçã para a Prevençã da Trtura vem pr mei desta, em respsta a fíci n. 122/2014/CAO-DH enviad pel Centr de Api Operacinal das Prmtrias de Justiça de Defesa ds

Leia mais

Terremotos e Ressonância

Terremotos e Ressonância Ntas d Prfessr Terremts e Ressnância Pergunta em fc Cm mviment d sl causad pr um terremt afeta a estabilidade de edifícis de diferentes alturas? Ferramentas e materiais Dis pedaçs quadrads de madeira,

Leia mais

Eixo. Norte-Sul. Anhanguera Eixo. Preferenciais. Corredores

Eixo. Norte-Sul. Anhanguera Eixo. Preferenciais. Corredores Crredres Preferenciais Eix Anhanguera Eix Nrte-Sul Capital d Estad de Giás 200km a Sudeste de Brasília Fundada em 1933 1,4 milhões de habitantes Mais de 30 parques Em Giânia há uma única rede de serviçs

Leia mais

PROJETO 22ª MOSTRA ESTUDANTIL TECNOLÓGICA Dias 22 e 23 DE OUTUBRO CURSOS: Eletrônica, Informática, Mecânica, Mecatrônica, Química e Petróleo e Gás

PROJETO 22ª MOSTRA ESTUDANTIL TECNOLÓGICA Dias 22 e 23 DE OUTUBRO CURSOS: Eletrônica, Informática, Mecânica, Mecatrônica, Química e Petróleo e Gás PROJETO 22ª MOSTRA ESTUDANTIL TECNOLÓGICA Dias 22 e 23 DE OUTUBRO CURSOS: Eletrônica, Infrmática, Mecânica, Mecatrônica, Química e Petróle e Gás Objetiv: Elabrar e desenvlver um prjet na área prfissinal,

Leia mais

INDICE DE PREÇOS TURISTICO. Desenvolvido no quadro do Programa Comum de Estatística CPLP com o apoio técnico do INE de Portugal

INDICE DE PREÇOS TURISTICO. Desenvolvido no quadro do Programa Comum de Estatística CPLP com o apoio técnico do INE de Portugal INDICE DE PREÇOS TURISTICO Desenvlvid n quadr d Prgrama Cmum de Estatística CPLP cm api técnic d INE de Prtugal Estrutura da Apresentaçã INTRODUÇÃO. METODOLOGIA. FORMA DE CÁLCULO. PROCESSO DE TRATAMENTO.

Leia mais

Posição CELPA Associação da Indústria Papeleira

Posição CELPA Associação da Indústria Papeleira R. Marquês Sá da Bandeira, 74, 2º 1069-076 Lisba, Prtugal Tel. +351 217-611-510 Fax. +351 217-611-529 E-mail. celpa@celpa.pt http://www.celpa.pt Psiçã CELPA Assciaçã da Indústria Papeleira Para: De: Estatut:

Leia mais

1) A faculdade mediúnica é indício de algum estado patológico ou simplesmente anormal?

1) A faculdade mediúnica é indício de algum estado patológico ou simplesmente anormal? 1) A faculdade mediúnica é indíci de algum estad patlógic u simplesmente anrmal? - As vezes anrmal, mas nã patlógic. Há médiuns de saúde vigrsa. Os dentes sã pr utrs mtivs. 2) O exercíci da faculdade mediúnica

Leia mais

APLICAÇÃO DO SOFTWARE ELIPSE E3 NAS USINAS HIDRELÉTRICAS ILHA SOLTEIRA E ENGENHEIRO SOUZA DIAS (JUPIÁ)

APLICAÇÃO DO SOFTWARE ELIPSE E3 NAS USINAS HIDRELÉTRICAS ILHA SOLTEIRA E ENGENHEIRO SOUZA DIAS (JUPIÁ) APLICAÇÃO DO SOFTWARE ELIPSE E3 NAS USINAS HIDRELÉTRICAS ILHA SOLTEIRA E ENGENHEIRO SOUZA DIAS (JUPIÁ) Este case apresenta a aplicaçã da sluçã Elipse E3 para aprimrar mnitrament da temperatura encntrada

Leia mais

Objetivos. A quem se destina. Programa. Comportamento de Compra do Shopper. Natureza da compra. Lógica de escolha. Compras planejadas e não planejadas

Objetivos. A quem se destina. Programa. Comportamento de Compra do Shopper. Natureza da compra. Lógica de escolha. Compras planejadas e não planejadas Sluções in Stre Objetivs Evidenciar s pilares fundamentais para desenvlviment de um trabalh cm categrias e marcas n Pnt de Venda, munind s participantes de infrmações que permitam cnhecer shpper e sua

Leia mais

Plano de aulas 2010 1ª série 1ª aula 2ª etapa

Plano de aulas 2010 1ª série 1ª aula 2ª etapa Plan de aulas 2010 1ª série 1ª aula 2ª etapa Escla Clégi Eng Juarez Wanderley Prfessr Fernand Nishimura de Aragã Disciplina Infrmática Objetivs Cnstruçã de um website pessal para publicaçã de atividades

Leia mais