SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - STI

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - STI"

Transcrição

1 AUTOR: MÁRIO SÉRGIO CINTRA CAMARGO

2 ÍNDICE ACESSANDO O WEBMAIL TRABALHANDO COM O CORREIO ELETRÔNICO CONCEITOS BÁSICOS O VISUAL DO CORREIO ELETRÔNICO CONHECENDO A JANELA INICIAL DO CORREIO CRIANDO UM ANEXANDO ARQUIVOS AO TRABALHANDO COM A LISTA DE CONTATOS CRIANDO UMA NOVA LISTA DE CONTATOS INSERINDO NOVOS CONTATOS NA LISTA TRABALHANDO COM O CALENDÁRIO CRIANDO UM NOVO CALENDÁRIO INSERINDO COMPROMISSOS NO CALENDÁRIO USANDO O RECURSO DE MAIS DETALHES EDITANDO UM COMPROMISSO APAGANDO UM COMPROMISSO CRIANDO MENSAGEM DE AUSÊNCIA TEMPORÁRIA CRIANDO A RESPOSTA AUTOMÁTICA REDIRECIONANDO AS MENSAGENS DE RECEBIDAS CRIANDO UMA ASSINATURA PARA AS MENSAGENS COMPARTILHANDO O CATÁLOGO DE ENDEREÇOS COMPARTILHANDO O CALENDÁRIO... 39

3 ACESSANDO O WEBMAIL O acesso ao Webmail pode ser realizado tanto pela Internet, quanto pela Intranet. A partir da Intranet, acesse o endereço A partir da Internet, acesse o endereço https://correio.mp.ce.gov.br. Ao acionar um desses endereços, pelo browser (Internet Explorer ou Firefox), será visualizada a tela de Login do Webmail, conforme abaixo: Digitar do usuário Digitar Senha de rede O usuário deve digitar o seu e a respectiva senha e clicar no botão Entrar. Será então exibida a seguinte tela:

4 Após a inicialização da aplicação, surgirá a sua tela inicial, aberta na opção correspondente ao correio eletrônico. PAINEL DE PASTAS ÁREA DE AÇÃO BARRA DE MENUS ÁREA DE TRABALHO CATEGORIAS PARA MENSAGENS, COMPROMISSOS E CONTATOS CALENDÁRIO RELÓGIO E MENSAGENS DA APLICAÇÃO Esta janela é dividida em sete áreas básicas: Área de ação, Barra de menus, Lista de pastas, Área de trabalho, Relógio e Mensagens, Calendário e Categorias.

5 A Área de Ação indica qual parte do aplicativo está sendo utilizada no momento: , Lista de Contatos, Calendário ou as Opções de configuração do Zimbra. A Barra de Menus exibe as opções existentes, dependendo da Área de Ação selecionada. O Painel de pastas exibe as pastas do aplicativo ou aquelas criadas pelo usuário, de acordo com a Área de Ação selecionada: Caixa de Entrada, Itens Enviados, Rascunho, Lixo eletrônico e Lixeira; Lista de Contatos: Contatos, Contatos de e Lixeira; Calendário: os vários calendários criados pelos usuários. A Lista de Categorias exibe as categorias criadas pelo usuário, para classificar mensagens ou contatos, conforme sua necessidade. Exemplos de Categoria podem ser: Pessoal, Comercial, Particular, etc.

6 A Área de Calendário exibe o calendário atual, destacando o dia corrente. A Área de Relógio e de Mensagens exibe a hora do sistema ou as mensagens correspondentes a execução de uma tarefa solicitada pelo usuário. Exemplos: sua mensagem foi enviada com sucesso, novo contato foi criado com sucesso, etc. A Área de Trabalho exibe informações, dependendo do aplicativo em uso. Vejamos: ÁREA DE TRABALHO PARA AS PASTAS DO CORREIO ELETRÔNICO ÁREA DE TRABALHO PARA LISTA DE CONTATOS

7 ÁREA DE TRABALHO PARA O CALENDÁRIO ÁREA DE TRABALHO PARA AS OPÇÕES DE SISTEMA

8 TRABALHANDO COM O CORREIO ELETRÔNICO CONCEITOS BÁSICOS Antes de utilizar o Webmail (Correio Eletrônico), o usuário deve ter em mente alguns conceitos básicos do funcionamento deste aplicativo. O correio eletrônico, como qualquer outro aplicativo de Tecnologia da Informação, é executado em um servidor de rede, no qual ficam armazenadas as mensagens enviadas e recebidas. Como essas mensagens ocupam espaço no disco (dispositivo de armazenamento de informações) do referido equipamento, o qual possui um tamanho fixo e limitado, há a necessidade de se determinar uma quantidade máxima de espaço físico (cota) para armazenamento das informações de cada usuário. No caso do software utilizado pelo Tribunal, esse espaço serve para armazenar as mensagens, os contatos e os compromissos de cada usuário do sistema, estando limitado, atualmente, em 20 MBytes. Quando esse tamanho máximo é atingido, o usuário não consegue mais enviar ou receber mensagens, incluir novos contatos e compromissos, até que elimine o excesso de informações armazenadas no servidor de rede. Para tanto, o usuário pode proceder de duas formas: trazer as mensagens para o seu microcomputador, utilizando, por exemplo, os softwares MS Outlook ou MS Outlook Express, ou, simplesmente, apagando informações diretamente do servidor de rede, utilizando o próprio software Zimbra. Assim, os usuários são responsáveis pelo gerenciamento das informações armazenadas no Webmail, devendo consultá-lo regularmente. Cada pasta existente no Webmail tem a sua função. Na Caixa de Entrada ficam armazenadas todas as mensagens recebidas. Em Itens Enviados ficam armazenadas as mensagens enviadas para outros usuários. Na pasta Rascunhos, podem ser salvas as mensagens criadas, que ainda não foram enviadas, mas esse armazenamento não é automático, devendo o usuário clicar no botão Salvar como Rascunho. Finalmente, têm-se as pastas Lixo Eletrônico e Lixeira. A primeira pode ser configurada para receber mensagens indesejadas por meio da criação de filtros. A segunda recebe as mensagens que são apagadas, independentemente da pasta em que se encontravam. Recomendase que, antes de sair do Webmail, essas pastas sejam esvaziadas, para evitar o acúmulo de informações desnecessárias, que só ocupam espaço.

9 O VISUAL DO CORREIO ELETRÔNICO Conforme já mencionado, quando o Webmail é acessado, é exibida a tela abaixo, na opção Correio Eletrônico ( ). LISTA DE PASTAS BARRA DE MENUS DE AÇÕES ÁREA DE LISTA DE CORRESPONDÊNCIAS CONTIDAS NA PASTA SELECIONADA LISTA DE CATEGORIAS CALENDÁRIO CAIXA DE RELÓGIO E MENSAGENS

10 Na Barra de Menus encontram-se opções com ações específicas de Correio Eletrônico. Vejamos: Na opção acima, seleciona-se o tipo de visualização que se deseja ter das mensagens exibidas na Área de Lista de Correspondências: por conversa ou por mensagem. Por mensagem é a forma de visualização tradicional, onde cada mensagem é exibida de forma individualizada. Já na visualização por conversa, as mensagens com o mesmo assunto são agrupadas, aparecendo à frente do campo Assunto a quantidade de mensagens agrupadas. Assim, quando o usuário responde a uma mensagem recebida, ambas (mensagem recebida e resposta) ficam agrupadas, aparecendo a identificação (2) logo após o campo assunto. Essa forma de visualização facilita a localização de mensagens sobre o mesmo assunto. Ainda na opção acima, é possível optar pela exibição ou não do Painel de Leitura. Esse painel tem a finalidade de permitir a pré-visualização das mensagens selecionadas na Área de Lista de Correspondências. Vejamos: CORRESPONDÊNCIA SELECIONADA PAINEL DE VISUALIZAÇÃO

11 Caso o Painel de Leitura esteja desativado, é necessário realizar um duplo clique sobre a mensagem, para que ela seja exibida no Painel de Leitura. Vejamos: Dados referentes ao remetente Botão para fechar a visualização Conteúdo do

12 CONHECENDO A JANELA INICIAL DO CORREIO A Área de Lista de Correspondências tem o seguinte formato: SINALIZADOR CATEGORIA STATUS DA MENSAGEM REMETENTE DA MENSAGEM DATA E HORÁRIO DE RECEBIMENTO PASTA DE ORIGEM TAMANHO DO ARQUIVO ASSUNTO DO SINALIZADOR DE ARQUIVO ANEXADO O Sinalizador indica se a mensagem é ou não prioritária para o usuário. Para marcar uma mensagem como prioritária, basta clicar no espaço referente à linha da mensagem e coluna do sinalizador. A coluna Categoria sinaliza a categoria da mensagem, conforme opção feita pelo usuário, lembrando que as categorias representam um sistema de classificação pessoal para as Mensagens de Correio e os Contatos. A coluna de Status da Mensagem sinaliza se a mensagem foi lida ou não, respondida ou encaminhada. As colunas do Remetente da Mensagem e Assunto da Mensagem são autoexplicativas. A coluna do Sinalizador de Arquivo Anexado identifica se há ou não um arquivo anexado à mensagem. A coluna Pasta de Origem identifica em que pasta a mensagem está armazenada. A coluna Tamanho do Arquivo exibe o tamanho físico da mensagem, incluindo eventuais arquivos em anexo. Finalmente, tem-se a coluna Data e Horário de Recebimento que também é autoexplicativa.

13 CRIANDO UM Para criar uma nova mensagem, basta clicar no botão Novo da barra de submenus, conforme abaixo: BOTÃO NOVO Surgirá, então, a janela para edição da mensagem, tal como exibida abaixo: LISTA DE DESTINATÁRIOS LISTA DE DESTINATÁRIOS DE CÓPIAS ASSUNTO DO BARRA DE FORMATAÇÃO ÁREA DE EDIÇÃO Na caixa Para serão inseridos os destinatários da mensagem. Caso o usuário não saiba o do destinatário, basta iniciar a digitação do nome do destinatário, que o aplicativo exibirá automaticamente uma relação de destinatários cadastrados com aquele nome. Essa relação incluirá o nome de todos os servidores do Tribunal de Contas que possuem e os nomes das pessoas de contato que o usuário tiver previamente cadastrado no aplicativo.

14 Na caixa CC serão inseridos os destinatário que deverão receber uma cópia da mensagem. O seu funcionamento é igual ao da caixa Para. Na caixa Assunto deverá ser inserido o titulo da mensagem. Finalmente, na Área de Edição, será digitado o texto da mensagem, que poderá ser formatada por meio dos itens disponíveis na barra de formatação. Vejamos um exemplo: 1. Após acionar o botão novo, na Área de Edição deve ser digitado o seguinte texto: 2. Na caixa Assunto, deve ser digitado o assunto da mensagem, no caso SOLICITAÇÃO DE PONTOS DE REDE :

15 3. Clicando-se na caixa CC, é exibida a tela abaixo, em que será inserida, por meio da tecla de mesmo nome, a lista de pessoas para as quais se deseja enviar uma cópia da mensagem. Vejamos: CAIXA DE BUSCA 4. Na Caixa de busca deve ser digitado o nome da pessoa ou área para a qual se deseja enviar a cópia. Não é necessário digitar o nome completo, basta digitar qualquer parte do nome e clicar em Busca. Neste exemplo, será utilizado o critério de busca diretoria. Após clicar no botão Busca, obter-se-á o seguinte resultado:

16 5. Ainda neste exemplo, será selecionada a Diretoria de Expediente, clicando-se sobre seu nome e, em seguida, clicando-se sobre o botão Cc, realizando assim a transferência do endereço para a caixa à direita da janela. 6. Finalmente, clica-se no botão OK, para retornar à janela de edição da mensagem. 7. Para selecionar o destinatário, no caso o DTI, realiza-se a mesma operação (itens 3, 4, 5 e 6) acima, mas, desta vez, clicando-se no botão Para. Observa-se que a operação para escolha dos destinatários (Para, Cc e Cco) pode ser feita de uma única vez. 8. Finalmente, basta clicar no botão Enviar. da barra de menus.

17 ANEXANDO ARQUIVOS AO Após realizar as operações do item anterior, exceto o passo 8, pode-se ainda anexar um arquivo à mensagem. Para tanto, deve-se, acionar, na barra de menus, o botão Adicionar Arquivo. Nesse momento surgirá uma caixa para indicarmos o arquivo a ser anexado. Vejamos: Caixa de indicação de arquivo anexo Basta clicar no botão Procurar para localizar o arquivo em seu microcomputador, conforme mostrado abaixo: Após selecionar o arquivo e clicar no botão Abrir, o arquivo estará anexado à mensagem.

18 Para anexar outros arquivos, basta repetir a operação, clicando-se novamente no botão Adicionar Arquivo. Para remover um arquivo anexado por engano, basta clicar no link Remover.

19 TRABALHANDO COM A LISTA DE CONTATOS Neste capítulo iremos analisar a Lista de Contatos. Ela tem a finalidade de manter um banco de dados com informações a respeito das pessoas com as quais o usuário se relaciona. O usuário pode inserir seus contatos utilizando as listas já existentes (Contatos e Contatos de ) ou criar novas listas de contatos. Abaixo é apresentado o visual desta opção do aplicativo: BARRA DE MENUS BARRA DE BUSCAS LISTA DE CLASSES DE CONTATO BARRA DE SELEÇÃO DE LETRAS PARA PESQUISA DETALHES DO CONTATO CONTATOS PESQUISADOS

20 CRIANDO UMA NOVA LISTA DE CONTATOS Para criar uma nova Lista de Contatos, siga os seguintes passos: 1. Na tela de contatos, aciona-se, com o botão direito do mouse sobre a barra Lista de Contatos, conforme a figura. BARRA DE LISTA DE CONTATOS 2. Surgirá um menu, onde se deve escolher a opção Nova Pasta de Contatos: OPÇÃO A SER ESCOLHIDA

21 3. Isto fará surgir uma janela, onde será fornecido um nome para a nova lista de contatos e a cor de sua visualização: 4. Após escolher o Nome (por exemplo:teste) e escolher a cor, clique no botão OK, para criar a lista. LISTA CRIADA Cabe observar que não é necessária a criação de uma nova lista, podendo-se utilizar as listas já existentes. INSERINDO NOVOS CONTATOS NA LISTA Para adicionar contatos em uma lista existente, deve-se proceder da seguinte forma: 1. No menu referente ao Botão Novo, escolha a opção Contato. OPÇÃO À ESCOLHER

22 2. Isto fará surgir a janela de cadastramento de contatos, com várias caixas de texto nas quais serão inseridas as informações referentes a uma determinada pessoa. BOTÃO SALVAR 3. Após inserir todas as informações disponíveis sobre uma determinada pessoa, basta clicar no botão Salvar, da barra de menus.

23 TRABALHANDO COM O CALENDÁRIO Essa ferramenta do Zimbra, permite ao usuário manter uma agenda de compromissos. Vejamos o seu visual: BARRA DE MENUS LISTA DE CALENDÁRIOS CALENDÁRIO MENSAL CALENDÁRIO EXPANDIDO Na Barra de Menus encontram-se os atalhos para inserir novos compromissos no calendário e os modos de visualização do calendário expandido. Vejamos: LIXEIRA E IMPRESSÃO SELEÇÃO DE MÊS ATUALIZAÇÃO DO CALENDÁRIO CADASTRADO ENTRADA DE UM NOVO CALENDÁRIO OU COMPROMISSO MODO DE VISUALIZAÇÃO DO CALENDÁRIO EXPANDIDO

24 Na Lista de Calendários são visualizados os calendários que por ventura tenham sido criados. A área do Calendário Expandido, pode ser visualizada de 4 maneiras, dependendo da opção feita por meio do submenu Visualizar ou da Barra de Menus. Vejamos:

25 CRIANDO UM NOVO CALENDÁRIO Com esse recurso, o aplicativo possibilita criar vários calendários. Por exemplo, um calendário pessoal e outro profissional. Para realizar tal tarefa, basta clicar na opção Calendário do submenu Novo. Vejamos: OPÇÃO A SER ACIONADA Isto fará surgir a caixa de criação de calendários, conforme abaixo: Digite o Nome e escolha a Cor para exibição do novo Calendário. Após clicar no botão OK, um novo calendário surgirá na Lista de Calendários. Observa-se que não é necessária a criação de um novo calendário, podendo-se utilizar o já existente.

26 INSERINDO COMPROMISSOS NO CALENDÁRIO Para realizar tal tarefa, basta dar um duplo clique sobre o dia ou hora (dependendo do modo de visualização) do compromisso. Isto fará surgir na tela uma janela chamada Atalho para Compromisso. Vejamos: Nela serão cadastrados os dados básicos do compromisso, sendo: Na caixa Assunto, deve ser inserido um título para o compromisso; Na caixa Local, o local onde o compromisso será realizado; Na caixa de seleção Mostrar Como será definido como o compromisso será exibido no Calendário: o horário Livre, Tentativa, Ocupado e Fora do escritório; Na caixa de seleção Repetição, poderá ser selecionada a periodicidade do compromisso (uma única vez, todos os dias, todos os meses ou todos os anos); No botão Mais Detalhes, podem ser inseridas informações complementares para o compromisso.

27 USANDO O RECURSO DE MAIS DETALHES Clicando-se no Botão Mais Detalhes, mostrado acima na figura acima, será aberta uma nova janela, com seis abas para a realização de um cadastramento mais detalhado do evento. Vejamos: Barra de formatação Na aba Detalhes do Compromisso, exibida acima, além das informações já cadastradas na janela Atalho para Compromisso, podem ser cadastrados os participantes do evento, na caixa Participantes (isto também pode ser feito por meio da aba Encontrar Participantes), os recursos a serem utilizados, na caixa Recursos (isto também pode ser feito por meio da aba Encontrar Recursos), e um texto adicional na caixa de textos logo abaixo, sendo que este pode ser formatado por meio da barra de formatação exibida logo acima. Caso sejam escolhidos outros participantes para este compromisso, estes receberão uma mensagem, com todas as informações inseridas. A aba Programação exibe a programação de horário de todos os participantes do evento, sendo possível a inclusão de novos participantes. Vejamos:

28 Na aba Encontrar Participantes é possível localizar participantes cadastrados em alguma lista de contatos ou na lista Global do Webmail, que contém todos os servidores do Tribunal, que possuem correio eletrônico. Para localizar um participante, basta digitar uma parte de seu nome, escolher a Fonte da busca e clicar no botão Busca. As abas Encontrar Locais e Encontrar Recursos não estão disponíveis. EDITANDO UM COMPROMISSO Para realizar esta ação, basta executar um duplo clique sobre o evento e a tela de edição do evento surgirá, proporcionando a atualização dos dados necessários.

29 APAGANDO UM COMPROMISSO Para realizar tal ação, basta selecionar o evento, na grade de eventos, utilizando o mouse e depois clicar na lixeira da Barra de Menus. Se o evento possuir outros participantes, será possível editar uma mensagem, informando-os do cancelamento.

30 CRIANDO MENSAGEM DE AUSÊNCIA TEMPORÁRIA Também conhecida como mensagem de resposta automática, consiste em um recurso que permite a configuração do Servidor de , para que este responda, automaticamente, a qualquer mensagem que chegue à caixa postal do usuário, em um período de tempo que este esteja ausente e, conseqüentemente, não possa ler as mensagens recebidas. CRIANDO A RESPOSTA AUTOMÁTICA Para criar a mensagem de resposta automática, sigamos os seguintes passos: 1. Acione a aba de Opções. 2. Acione a aba . Mensagem de ausência temporária

31 3. Marque Mensagem de ausência temporária ativada. 4. Dentro da caixa de textos Mensagem de ausência temporária, entre com o texto a ser respondido automaticamente na mensagem. Exemplo: "Estarei de férias até 24 de janeiro de Acione o botão Salvar, que se encontra no topo da tela acima e a mensagem será habilitada imediatamente. OBSERVAÇÃO: Lembre-se de desativar a mensagem automática ao retornar de sua ausência, realizando a desativação do passo 3 acima. REDIRECIONANDO AS MENSAGENS DE RECEBIDAS Esta opção possibilita o redirecionamento das mensagens enviadas para a o usuário, para outra caixa postal por ele escolhida. Para fazer o redirecionamento, basta seguir os seguintes passos: 1. Acione a aba de Opções. 2. Acione a aba . Redirecionamento de

32 3. Na caixa Encaminhar para o endereço, digite o endereço do que deverá receber uma cópia das mensagens. 4. Se for marcada a caixa Não mantenha uma cópia local das mensagens, a mensagem recebida na caixa postal, após ser redirecionada, será excluída da caixa postal do usuário. 5. Finalmente, acione o botão Salvar, para que as configurações surtam efeito. CRIANDO UMA ASSINATURA PARA AS MENSAGENS Após compor uma mensagem eletrônica, é usual assinar tal mensagem, informando-se alguns dados do remetente. Por exemplo: José da Silva Promotor de Justiça MP / CE A isso se dá o nome de assinatura eletrônica. Para elaborar uma no Webmail, devem ser realizados os seguintes passos: 1. Acione a aba Opções. 2. Acione a aba Identidade do Acione a aba Assinatura.

33 Aba Identidade do Aba ASSINATURA 4. No caixa Assinatura da mensagem, digite as informações correspondentes à assinatura. 5. Na caixa de rolagem Colocar a Assinatura, seleciona-se o local onde deverá ficar a assinatura, no corpo da mensagem (ex: logo abaixo do texto). 6. Na outra caixa de rolagem Colocar a Assinatura, é possível selecionar como a assinatura será colocada na mensagem (automaticamente ou via botão na barra de ferramentas). 7. Finalmente acionamos o botão Salvar, para gravar as modificações efetuadas.

34 COMPARTILHANDO O CATÁLOGO DE ENDEREÇOS É possível compartilhar o catálogo de endereços, com outros usuários do Webmail, por meio das seguintes categorias: Usuários e Grupos internos. Seleciona-se o tipo de privilégio a ser concedido, sendo: Leitura. O usuário tem a permissão de ler as informações do catálogo, mas não pode alterar o seu conteúdo. Administrador. O usuário tem a permissão para visualizar, editar, adicionar, remover, aceitar e rejeitar contatos no catálogo de endereços. Nada é um item opcional para desabilitar temporariamente o compartilhamento do catálogo de endereços. Esta opção revoga os privilégios de compartilhamento. O usuário poderá ver o catálogo de endereços, mas não poderá visualizar ou administrar o seu conteúdo. Visitantes Externos. Permite a criação de uma senha para o catálogo de endereços, para que um visitante possa visualizar os contatos. O catálogo de endereços é exibido dentro de um arquivo.cvs. Os usuários externos não podem realizar alterações no conteúdo do catálogo de endereços. Público. Qualquer usuário que saiba o endereço em que o catálogo foi publicado, pode ter acesso ao seu conteúdo. O livro de endereços é exibido dentro de um arquivo.cvs. Não é possível realizar qualquer mudança no conteúdo do catálogo. Para compartilhar o Catálogo de Endereços, os seguintes passos devem ser seguidos: 1. Acione a tecla direita do mouse sobre a pasta a ser compartilhada e selecione Compartilhamento da Pasta de Contatos.. Menu de ações

35 2. Na caixa de dialogo Propriedades de Compartilhamento, seleciona-se o tipo de compartilhamento, conforme explicado anteriormente. Usuário Interno ou Grupos Visitante Externo Público Nesse ponto, se optarmos por Usuários e Grupos internos, a janela será exibida conforme abaixo, onde, na caixa , deve ser indicado o endereço de do Usuário ou Grupo que poderá acessar o catálogo de endereços.

36 Caso seja escolhida a opção visitantes externos, a janela a ser exibida será: Nas caixas e Senha, devem ser digitados o endereço de e a senha de acesso concedida ao usuário externo. No caso de acesso Público, será exibida a seguinte janela: Endereço da lista de contatos Nesta tela é exibido o endereço da lista de contatos que deve ser fornecida a quem se deseja conceder o acesso, somente para consulta.

37 4. Em seguida, deve ser determinada a mensagem de aviso que será encaminhada àquele que terá acesso ao catálogo de endereços, conforme as permissões de uso previamente escolhidas. Na caixa , seleciona-se o tipo de mensagem de aviso. Vejamos: 5. Finalmente, basta acionar o botão OK, para concretizar o compartilhamento.

38 COMPARTILHANDO O CALENDÁRIO De igual modo, é possível compartilhar o calendário com outros usuários, como realizado com o catálogo de endereço, conforme as opções abaixo: Usuários e Grupos internos. Estão disponíveis as seguintes opções: Leitura. O usuário tem a permissão de ler os compromissos e atividades marcadas no calendário, mas não poder fazer qualquer alteração. Administrador. O usuário tem a permissão para visualizar, editar, adicionar, remover, aceitar e rejeitar compromissos no calendário. Nada. é um item opcional para desabilitar temporariamente o compartilhamento do calendário, É uma opção que revoga temporariamente o acesso a um calendário compartilhado. Visitantes Externos. Permite a criação de uma senha para que um visitante externo possa acessar o calendário compartilhado. O visitante pode visualizar o calendário, mas não pode alterá-lo. Público. Qualquer usuário que saiba o endereço em que o calendário foi publicado, pode ter acesso ao seu conteúdo, mas não pode modificá-lo. Para compartilhar o Calendário, os seguintes passos devem ser seguidos: 1. Acione com a tecla direita do mouse o calendário a ser compartilhado e selecione Compartilhar Calendário.

39 2. Na caixa de dialogo Propriedades de Compartilhamento, que surgiu, selecione o modo de compartilhamento. Usuário Interno ou Grupos Visitantes Externos Público Nesse ponto, se optar por Usuários e Grupos internos será exibida a janela abaixo, onde, na caixa , deve ser indicado o endereço de do Usuário ou do Grupo que receberá a autorização. Caso seja escolhida a opção visitantes externos, a janela será:

40 Nas caixas e Senha, devem ser digitados o endereço de e a senha de acesso que será concedida ao usuário externo. Caso seja escolhida a opção Público, será exibida a seguinte janela: Endereço da lista de contatos Na tela acima é exibido o endereço do calendário que deve ser informado àqueles que poderão acessá-lo.

41 3. Em seguida, basta determinar o envio de mensagem de aviso aos usuários que poderão ter acesso ao calendário, considerando as permissões previamente configuradas. Na caixa , selecione o tipo de mensagem de aviso, conforme abaixo: 4. Finalmente, basta acionar o botão OK, para concretizar o compartilhamento.

Manual de Utilização COPAMAIL. Zimbra Versão 8.0.2

Manual de Utilização COPAMAIL. Zimbra Versão 8.0.2 Manual de Utilização COPAMAIL Zimbra Versão 8.0.2 Sumário ACESSANDO O EMAIL... 1 ESCREVENDO MENSAGENS E ANEXANDO ARQUIVOS... 1 ADICIONANDO CONTATOS... 4 ADICIONANDO GRUPOS DE CONTATOS... 6 ADICIONANDO

Leia mais

Departamento de Tecnologia da Informação DTI Coordenadoria de Relacionamento com o Cliente CRC. Treinamento Básico do Correio Eletrônico

Departamento de Tecnologia da Informação DTI Coordenadoria de Relacionamento com o Cliente CRC. Treinamento Básico do Correio Eletrônico Departamento de Tecnologia da Informação DTI Coordenadoria de Relacionamento com o Cliente CRC Treinamento Básico do Correio Eletrônico Brasília Março de 2012 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 1.1 Como acessar

Leia mais

Manual de Utilização do Zimbra

Manual de Utilização do Zimbra Manual de Utilização do Zimbra Compatível com os principais navegadores web (Firefox, Chrome e Internet Explorer) o Zimbra Webmail é uma suíte completa de ferramentas para gerir e-mails, calendário, tarefas

Leia mais

Manual das funcionalidades Webmail AASP

Manual das funcionalidades Webmail AASP Manual das funcionalidades Webmail AASP 1. Configurações iniciais 2. Regras 3. Histórico da conta 4. Autorresposta 5. Dados de acesso (alterando senha de acesso) 6. Identidade (assinatura) 7. Redirecionamento

Leia mais

Outlook 2003. Apresentação

Outlook 2003. Apresentação Outlook 2003 Apresentação O Microsoft Office Outlook 2003 é um programa de comunicação e gerenciador de informações pessoais que fornece um local unificado para o gerenciamento de e-mails, calendários,

Leia mais

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR 1 Índice: 01- Acesso ao WEBMAIL 02- Enviar uma mensagem 03- Anexar um arquivo em uma mensagem 04- Ler/Abrir uma mensagem 05- Responder uma mensagem

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

Manual de Operações Básicas. Thiago Passamani

Manual de Operações Básicas. Thiago Passamani Manual de Operações Básicas Thiago Passamani 1 - Entrando e saindo do sistema O Zimbra Suíte de Colaboração é um software de correio eletrônico open source com suporte para e-mail, contatos, calendário

Leia mais

Recursos do Outlook Web Access

Recursos do Outlook Web Access Recursos do Outlook Web Access Este material foi criado pela Secretaria de Tecnologia de Informação e Comunicação (SETIC) do Tribunal Regional do Trabalho da 17ª Região. Seu intuito é apresentar algumas

Leia mais

MANUAL PARA UTILIZAÇÃO DO CLIENTE DE E-MAIL: MICROSOFT OUTLOOK 2003

MANUAL PARA UTILIZAÇÃO DO CLIENTE DE E-MAIL: MICROSOFT OUTLOOK 2003 Universidade do Contestado UnC Campus Mafra/Rio Negrinho/Papanduva MANUAL PARA UTILIZAÇÃO DO CLIENTE DE E-MAIL: MICROSOFT OUTLOOK 2003 SUMÁRIO ENTENDENDO SUA TELA PRINCIPAL...3 Descrição da divisão da

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC SUMÁRIO 1 - Tela de Login...03 2 - Caixa de Entrada...04 3 - Escrever Mensagem...06 4 - Preferências...07 4.1 - Configurações Gerais...07 4.2 - Trocar Senha...07 4.3

Leia mais

USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL

USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL ATENÇÃO! Para utilizar este tutorial não se esqueça: Onde estiver escrito seusite.com.br substitua pelo ENDEREÇO do seu site (domínio). Ex.: Se o endereço do seu site é casadecarnessilva.net

Leia mais

outlook.office365.com

outlook.office365.com Guia de Referência Rápida do Exchange Online Log On Para acessar seu correio utilize o endereço outlook.office365.com inserindo seu e-mail completo e sua senha de rede. No primeiro acesso será solicitado

Leia mais

Expresso Livre Correio Eletrônico

Expresso Livre Correio Eletrônico Expresso Livre Correio Eletrônico 1. EXPRESSO LIVRE Para fazer uso desta ferramenta de correio eletrônico acesse seu Navegador de Internet e digite o endereço eletrônico expresso.am.gov.br. Figura 1 A

Leia mais

Manual de uso do e-mail institucional FMB e HC. Manual de uso do e-mail institucional FMB e HC

Manual de uso do e-mail institucional FMB e HC. Manual de uso do e-mail institucional FMB e HC Manual de uso do e-mail institucional FMB e HC 1 FICHA CATALOGRÁFICA ELABORADA PELA SEÇÃO TÉC. AQUIS. E TRAT. DA INFORMAÇÃO DIVISÃO TÉCNICA DE BIBLIOTECA E DOCUMENTAÇÃO - CAMPUS DE BOTUCATU - UNESP BIBLIOTECÁRIA

Leia mais

Cartilha. Correio eletrônico

Cartilha. Correio eletrônico Cartilha Correio eletrônico Prefeitura de Juiz de Fora Secretaria de Planejamento e Gestão Subsecretaria de Tecnologia da Informação Abril de 2012 Índice SEPLAG/Subsecretaria de Tecnologia da Informação

Leia mais

LGTi Tecnologia. Manual - Outlook Web App. Soluções Inteligentes. Siner Engenharia

LGTi Tecnologia. Manual - Outlook Web App. Soluções Inteligentes. Siner Engenharia LGTi Tecnologia Soluções Inteligentes Manual - Outlook Web App Siner Engenharia Sumário Acessando o Outlook Web App (Webmail)... 3 Email no Outlook Web App... 5 Criar uma nova mensagem... 6 Trabalhando

Leia mais

Usando o Outlook MP Geral

Usando o Outlook MP Geral Usando o Outlook MP Geral Este guia descreve o uso do Outlook MP. Este guia é baseado no uso do Outlook MP em um PC executando o Windows 7. O Outlook MP pode ser usado em qualquer tipo de computador e

Leia mais

Webmail UFMA Tutorial de Operações Básicas do Usuário Cliente Web

Webmail UFMA Tutorial de Operações Básicas do Usuário Cliente Web UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO - UFMA NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - NTI GERÊNCIA DE REDES - GEREDES Webmail UFMA Tutorial de Operações Básicas do Usuário Cliente Web São Luís 2014 1. INICIANDO...

Leia mais

Utilização do Webmail da UFS

Utilização do Webmail da UFS Universidade Federal de Sergipe Centro de Processamento de Dados Coordenação de Redes de Computadores Utilização do Webmail da UFS Procedimento Com o intuito de facilitar a execução dos passos, este tutorial

Leia mais

AULA 3 FERRAMENTAS E APLICATIVOS DE NAVEGAÇÃO, DE CORREIO ELETRÔNICO, DE GRUPOS DE DISCUSSÃO, DE BUSCA E PESQUISA (PARTE II)

AULA 3 FERRAMENTAS E APLICATIVOS DE NAVEGAÇÃO, DE CORREIO ELETRÔNICO, DE GRUPOS DE DISCUSSÃO, DE BUSCA E PESQUISA (PARTE II) AULA 3 FERRAMENTAS E APLICATIVOS DE NAVEGAÇÃO, DE CORREIO ELETRÔNICO, DE GRUPOS DE DISCUSSÃO, DE BUSCA E PESQUISA (PARTE II) A seguir vamos ao estudo das ferramentas e aplicativos para utilização do correio

Leia mais

Como acessar o novo webmail da Educação? Manual do Usuário. 15/9/2009 Gerencia de Suporte, Redes e Novas Tecnologias Claudia M.S.

Como acessar o novo webmail da Educação? Manual do Usuário. 15/9/2009 Gerencia de Suporte, Redes e Novas Tecnologias Claudia M.S. Como acessar o novo webmail da Educação? Manual do Usuário 15/9/2009 Gerencia de Suporte, Redes e Novas Tecnologias Claudia M.S. Tomaz IT.002 02 2/14 Como acessar o Webmail da Secretaria de Educação? Para

Leia mais

PESQUISAS NA WEB. 1. Para pesquisas na Internet www.google.com.br www.yahoo.com.br www.altavista.com.br

PESQUISAS NA WEB. 1. Para pesquisas na Internet www.google.com.br www.yahoo.com.br www.altavista.com.br PESQUISAS NA WEB 1. Para pesquisas na Internet www.google.com.br www.yahoo.com.br www.altavista.com.br No Laboratório do Paraná Digital o Google está configurado no sistema como buscador padrão. Para acessá-lo,

Leia mais

Procedimentos de uso do Web Mail no Office365

Procedimentos de uso do Web Mail no Office365 Procedimentos de uso do Web Mail no Office365 Classificação do Documento: Página 1 de 33 ÍNDICE ÍNDICE... 2 CONTROLE DOCUMENTO... 3 OBJETIVO... 4 USUÁRIOS DO DOCUMENTO... 4 INTER-RELACIONAMENTO COM OUTROS

Leia mais

15/8/2007 Gerencia de Tecnologia da Informação Claudia M.S. Tomaz

15/8/2007 Gerencia de Tecnologia da Informação Claudia M.S. Tomaz 15/8/2007 Gerencia de Tecnologia da Informação Claudia M.S. Tomaz MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL GETEC 01 2/13 Como acessar o Webmail da Secretaria de Educação? Para utilizar o Webmail da Secretaria de

Leia mais

Como funciona? SUMÁRIO

Como funciona? SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Introdução... 2 2. Benefícios e Vantagens... 2 3. Como utilizar?... 2 3.1. Criar Chave / Senha de Usuário... 2 3.2. Recursos da Barra Superior... 2 3.2.1. Opções... 3 3.2.1.1. Mover Para...

Leia mais

FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico).

FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico). FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico). CLIENTE DE EMAIL - OUTLOOK (Microsoft Office). - Outlook Express (Windows). - Mozilla Thunderbird (Soft Livre). - Eudora. - IncredMail.

Leia mais

Migrando para o Outlook 2010

Migrando para o Outlook 2010 Neste guia Microsoft O Microsoft Outlook 2010 está com visual bem diferente, por isso, criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Leia-o para saber mais sobre as principais

Leia mais

SECTEC / COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO

SECTEC / COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO Macaé, Outubro de 2010 SECTEC / COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO Página 1 de 38 Controle de Revisões Data Comentário Responsável 01/10/2010 Revisão e correção de texto Marcos Lemos 01/10/2010 Correção

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE SUPORTE DA PREFEITURA UNIVERSITÁRIA

Leia mais

1 ACESSO AO PORTAL UNIVERSITÁRIO 3 3 PLANO DE ENSINO 6 4 AULAS 7 5 AVALIAÇÃO E EXERCÍCIO 9 6 ENQUETES 12 7 QUADRO DE AVISOS 14

1 ACESSO AO PORTAL UNIVERSITÁRIO 3 3 PLANO DE ENSINO 6 4 AULAS 7 5 AVALIAÇÃO E EXERCÍCIO 9 6 ENQUETES 12 7 QUADRO DE AVISOS 14 portal@up.com.br Apresentação Este manual contém informações básicas, e tem como objetivo mostrar a você, aluno, como utilizar as ferramentas do Portal Universitário e, portanto, não trata de todos os

Leia mais

Portal do Senac: Área Exclusiva para Alunos Manual de Navegação e Operação

Portal do Senac: Área Exclusiva para Alunos Manual de Navegação e Operação Portal do Senac: Área Exclusiva para Alunos Índice 1. Introdução... 4 2. Acessando a área exclusiva... 5 3. Trocando a senha... 6 4. Mensagens... 7 4.1. Conhecendo a tela principal... 7 4.2. Criando uma

Leia mais

ÍNDICE. www.leitejunior.com.br 16/06/2008 16:47 Leite Júnior

ÍNDICE. www.leitejunior.com.br 16/06/2008 16:47 Leite Júnior ÍNDICE PROTOCOLOS DE EMAIL...2 ENVIO DE MENSAGEM - SAÍDA...2 SMTP...2 RECEBIMENTO DE MENSAGEM - ENTRADA...2 POP3...2 IMAP4...2 O E-MAIL...2 ENTENDENDO O ENDEREÇO ELETRÔNICO...2 IDENTIDADE...3 CONFIGURANDO

Leia mais

Manual do Sistema de Apoio Operadores CDL

Manual do Sistema de Apoio Operadores CDL N / Rev.: Manual 751.1/02 Este documento não deve ser reproduzido sem autorização da FCDL/SC Aprovação: Representante da Direção Ademir Ruschel Elaboração: Supervisor da Qualidade Sílvia Regina Pelicioli

Leia mais

WebMail --------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Manual do cliente

WebMail --------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Manual do cliente WebMail --------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Manual do cliente www.plugin.com.br 1 ÍNDICE Prefácio...3 Sobre Este Manual... 3

Leia mais

Manual de Apoio ao Treinamento. Expresso

Manual de Apoio ao Treinamento. Expresso Manual de Apoio ao Treinamento Expresso 1 EXPRESSO MAIL É dividido em algumas partes principais como: Caixa de Entrada: local onde ficam as mensagens recebidas. O número em vermelho entre parênteses refere-se

Leia mais

Manual Laboratório. ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014

Manual Laboratório. ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 2014 Manual Laboratório ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 Sumário Acesso ao Sistema... 2 Menu Cadastros... 4 Cadastro de usuários... 4 Inclusão de Novo Usuário... 5 Alteração de usuários...

Leia mais

CORREIO inotes. Para acessar o Correio inotes é necessário acessar a Internet.

CORREIO inotes. Para acessar o Correio inotes é necessário acessar a Internet. CORREIO inotes Para acessar o Correio inotes é necessário acessar a Internet. Na sua Área de Trabalho execute dois cliques rápidos no ícone do Internet Explorer. Ao ser exibida a primeira tela do Internet

Leia mais

MANUAL WEBMAIL HORDE-V.01 IBILCE/UNESP

MANUAL WEBMAIL HORDE-V.01 IBILCE/UNESP MANUAL WEBMAIL HORDE-V.01 IBILCE/UNESP ÍNDICE 01 - COMO UTILIZAR SEU EMAIL...02 02 CONFIGURANDO PARA SEMPRE QUE ABRIR O EMAIL ABRIR A CAIXA DE ENTRADA...03 03 - COMO LER OS EMAILS...05 04 - COMO RETIRAR

Leia mais

Manual da AGENDA GRACES 2011

Manual da AGENDA GRACES 2011 1 Agenda Graces Manual da AGENDA GRACES 2011 O Sistema Agenda Graces integrada ao Sistema Graces e Agenda Graces Grátis foi desenvolvido pela empresa Quorum Informática. Este Manual tem por objetivo atender

Leia mais

KalumaFin. Manual do Usuário

KalumaFin. Manual do Usuário KalumaFin Manual do Usuário Sumário 1. DICIONÁRIO... 4 1.1 ÍCONES... Erro! Indicador não definido. 1.2 DEFINIÇÕES... 5 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 7 3. ACESSAR O SISTEMA... 8 4. PRINCIPAL... 9 4.1 MENU

Leia mais

Base de Conhecimento Notes

Base de Conhecimento Notes Base de Conhecimento Notes DTI Divisão de Atenção ao Cliente Acesso aos Formulários Institucionais Renovação de Certificado Erro no servidor : Seu certificado expirou. Localização do arquivo ID através

Leia mais

Configuração do email da UFS no Outlook Express

Configuração do email da UFS no Outlook Express Universidade Federal de Sergipe Centro de Processamento de Dados Coordenação de Redes de Computadores Configuração do email da UFS no Outlook Express Conteúdo Pág Configuração Básica... 01 Teste da Configuração

Leia mais

Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br INFORMÁTICA AULA 11

Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br INFORMÁTICA AULA 11 INFORMÁTICA AULA 11 INTERNET (CONTINUAÇÃO) Outlook EXPRESS A janela principal do Outlook Express pode ser divida basicamente em: Área de Comando (superior) - Contém a barra de botões e a barra de menus.

Leia mais

Configuração do email da UFS no Outlook 2007

Configuração do email da UFS no Outlook 2007 Universidade Federal de Sergipe Centro de Processamento de Dados Coordenação de Redes de Computadores Configuração do email da UFS no Outlook 2007 Conteúdo Pág Configuração Básica... 01 Teste da Configuração

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Criação de Formulários no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Criação de Formulários no Google Drive Introdução...

Leia mais

Office 365 Manual Outlook 365 Web Application

Office 365 Manual Outlook 365 Web Application Office 365 Manual Outlook 365 Web Application Requisitos para usar o Office 365: Ter instalado pelo menos a versão 7 do Internet Explorer, Mozilla Firefox 15, Google Chrome 21 ou Safari no Mac. O que é

Leia mais

2. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO

2. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO INDICE 1. INTRODUÇÃO 2. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO 2.1. COMPARTILHANDO O DIRETÓRIO DO APLICATIVO 3. INTERFACE DO APLICATIVO 3.1. ÁREA DO MENU 3.1.2. APLICANDO A CHAVE DE LICENÇA AO APLICATIVO 3.1.3 EFETUANDO

Leia mais

Diveo Exchange OWA 2007

Diveo Exchange OWA 2007 Diveo Exchange OWA 2007 Manual do Usuário v.1.0 Autor: Cícero Renato G. Souza Revisão: Antonio Carlos de Jesus Sistemas & IT Introdução... 4 Introdução ao Outlook Web Access 2007... 4 Quais são as funcionalidades

Leia mais

MANUAL DE GABINETES SAJ/SG5

MANUAL DE GABINETES SAJ/SG5 MANUAL DE GABINETES SAJ/SG5 Seção de Implantação de Sistemas Divisão de Sistemas Judiciais de Segundo Grau Diretoria de Tecnologia da Informação DTI/TJSC suporte: saj2grau@tjsc.jus.br Índice: Página 1.

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ. Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM. Manual

UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ. Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM. Manual UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM Manual DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DIRGTI 2015 Sumário 1. Introdução... 3 2. Acessando o serviço...

Leia mais

Tutorial: Webmail. Dicas de Uso e Funcionalidades 02/2015. Versão 01

Tutorial: Webmail. Dicas de Uso e Funcionalidades 02/2015. Versão 01 Tutorial: Webmail Dicas de Uso e Funcionalidades 02/2015 Versão 01 Conteúdo Tutorial: Webmail 2015 Descrição... 2 Possíveis problemas... 5 Criando Regras de Mensagens (Filtros Automáticos)... 11 A partir

Leia mais

DIRETO. Manual do Usuário. PROCERGS Divisão 7

DIRETO. Manual do Usuário. PROCERGS Divisão 7 DIRETO Manual do Usuário PROCERGS Divisão 7 Este documento foi produzido pela PROCERGS Praça dos Açorianos, s/n - CEP 90010-340 Porto Alegre, RS (051) 210-3100 http:\\www.procergs.com.br Sumário Sobre

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

Google Drive: Acesse e organize seus arquivos

Google Drive: Acesse e organize seus arquivos Google Drive: Acesse e organize seus arquivos Use o Google Drive para armazenar e acessar arquivos, pastas e documentos do Google Docs onde quer que você esteja. Quando você altera um arquivo na web, no

Leia mais

CERTIDÕES UNIFICADAS

CERTIDÕES UNIFICADAS CERTIDÕES UNIFICADAS Manual de operação Perfil Cartório CERTUNI Versão 1.0.0 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Departamento de Inovação Tecnológica Divisão de Tecnologia da Informação Sumário LISTA DE FIGURAS... 2

Leia mais

Sistema de Controle de Cheques GOLD

Sistema de Controle de Cheques GOLD Sistema de Controle de Cheques GOLD Cheques GOLD é um sistema para controlar cheques de clientes, terceiros ou emitidos. Não há limitações quanto as funcionalidades do programa, porém pode ser testado

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO

MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Home -------------------------------------------------------------------------------------------------------- 7 2. Cadastros -------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor

Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor Sumário Pré-requisitos para o Moodle... Entrar no Ambiente... Usuário ou senha esquecidos?... Meus cursos... Calendário... Atividades recentes...

Leia mais

Manual do Usuário. WebmailMPPE. Coordenadoria Ministerial de Tecnologia da Informação

Manual do Usuário. WebmailMPPE. Coordenadoria Ministerial de Tecnologia da Informação Manual do Usuário WebmailMPPE CM Coordenadoria Ministerial de Tecnologia da Informação 2 01 - cessando seu Webmail MPPE: O acesso se dará da mesma forma anteriormente praticada, onde o usuário entrará

Leia mais

Índice. Para encerrar um atendimento (suporte)... 17. Conversa... 17. Adicionar Pessoa (na mesma conversa)... 20

Índice. Para encerrar um atendimento (suporte)... 17. Conversa... 17. Adicionar Pessoa (na mesma conversa)... 20 Guia de utilização Índice Introdução... 3 O que é o sistema BlueTalk... 3 Quem vai utilizar?... 3 A utilização do BlueTalk pelo estagiário do Programa Acessa Escola... 5 A arquitetura do sistema BlueTalk...

Leia mais

Versão 1.0 CARBON SYSTEM. Manual do Software Ponto Legal. Manual do PONTO LEGAL

Versão 1.0 CARBON SYSTEM. Manual do Software Ponto Legal. Manual do PONTO LEGAL Versão 1.0 CARBON SYSTEM Manual do Software Ponto Legal Manual do PONTO LEGAL S O F T W A R E P A R A E M I S S Ã O D O R E L A T Ó R I O E S P E L H O D E P O N T O Manual do Ponto Legal Versão 1.0 Carbon

Leia mais

MDaemon GroupWare. Versão 1 Manual do Usuário. plugin para o Microsoft Outlook. Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon

MDaemon GroupWare. Versão 1 Manual do Usuário. plugin para o Microsoft Outlook. Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon MDaemon GroupWare plugin para o Microsoft Outlook Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon Versão 1 Manual do Usuário MDaemon GroupWare Plugin for Microsoft Outlook Conteúdo 2003 Alt-N Technologies.

Leia mais

PROVA DE NOÇÕES DE INFORMÁTICA CÓD. 11

PROVA DE NOÇÕES DE INFORMÁTICA CÓD. 11 15 PROVA DE NOÇÕES DE INFORMÁTICA CÓD. 11 QUESTÃO 41 Para se imprimir no ambiente do Microsoft Windows, é necessário que a impressora esteja cadastrada no sistema. Na configuração padrão do sistema, o

Leia mais

ROTINAS PADRÕES DO SISTEMAS

ROTINAS PADRÕES DO SISTEMAS ROTINAS PADRÕES DO SISTEMAS Usando o Sistema pela primeira vez Ao executar o seu Sistema pela primeira vez a tela abaixo será apresentada para que você possa configurar os diretórios onde serão achados

Leia mais

Seu manual do usuário BLACKBERRY INTERNET SERVICE http://pt.yourpdfguides.com/dref/1117388

Seu manual do usuário BLACKBERRY INTERNET SERVICE http://pt.yourpdfguides.com/dref/1117388 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para BLACKBERRY INTERNET SERVICE. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

Secretaria de Tecnologia da Informação Coordenadoria de Suporte Técnico aos Usuários. Manual do Usuário Zimbra webmail 7.2.2

Secretaria de Tecnologia da Informação Coordenadoria de Suporte Técnico aos Usuários. Manual do Usuário Zimbra webmail 7.2.2 Secretaria de Tecnologia da Informação Coordenadoria de Suporte Técnico aos Usuários Manual do Usuário Zimbra webmail 7.2.2 Março de 2013 SUMÁRIO INICIANDO... 6 CONHECENDO SUA CAIXA DE E-MAILS... 6 ENTRANDO

Leia mais

TUTORIAL. 2. A página inicial do e-mail é a seguinte. Nela, são observadas várias barras contendo abas, e alguns espaços específicos:

TUTORIAL. 2. A página inicial do e-mail é a seguinte. Nela, são observadas várias barras contendo abas, e alguns espaços específicos: TUTORIAL Este tutorial visa explicar, aos colaboradores da REDESAT, como funciona o servidor de e-mail da Fundação, o Zimbra, para melhor entendimento das suas respectivas funcionalidades. 1. Para abrir

Leia mais

O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft.

O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft. WINDOWS O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft. Área de Trabalho Ligada a máquina e concluída a etapa de inicialização, aparecerá uma tela, cujo plano de fundo

Leia mais

Manual de E-Mail - Outlook Express

Manual de E-Mail - Outlook Express Manual de E-Mail - Outlook Express Usando o Catálogo de Endereços: 1. Clique no botão marcado como Correio na barra de ferramentas do Internet Explorer (você também pode acionar diretamente o Internet

Leia mais

Manual do Usuário CFCWeb BA

Manual do Usuário CFCWeb BA ÍNDICE Acesso ao sistema... 2 Tela Principal... 3 Cadastro de Candidatos... 5 Agenda Teórico... 6 Agenda Prático... 7 Consulta Agendamentos do Candidato por Serviço... 9 Cadastro de Grade Horária... 10

Leia mais

- Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus.

- Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus. - Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus. Ou digite www.simpo.com.br/protocolo/login.php, para ir diretamente

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP (CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS) TUTORIAL DE USO DO WEBMAIL - UFG

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP (CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS) TUTORIAL DE USO DO WEBMAIL - UFG UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP (CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS) TUTORIAL DE USO DO WEBMAIL - UFG Página 1 de 26 Sumário Introdução...3 Layout do Webmail...4 Zimbra: Nível Intermediário...5 Fazer

Leia mais

Presskit Guia Rápido. Release 2.0. Presskit

Presskit Guia Rápido. Release 2.0. Presskit Presskit Guia Rápido Release 2.0 Presskit 06/07/2009 Sumário 1 Login 2 Login e Senha...................................... 2 Esqueci minha senha.................................. 2 Fale Com o Suporte...................................

Leia mais

INTERNET OUTLOOK. 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta.

INTERNET OUTLOOK. 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta. Prof. Júlio César S. Ramos P á g i n a 1 INTERNET OUTLOOK 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta. A O Outlook Express permite criar grupo de pessoas

Leia mais

Apostila Oultlook 2007 Prof. Fabrício Melo

Apostila Oultlook 2007 Prof. Fabrício Melo INTRODUÇÃO O Microsoft Outlook 2007 é um programa de gestão de informações pessoais e de mensagens que auxilia no gerenciamento de mensagens, compromissos, contatos, tarefas e partilhar informações com

Leia mais

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual Aplicativo da Manifestação do Destinatário Manual Novembro de 2012 1 Sumário 1 Aplicativo de Manifestação do Destinatário...4 2 Iniciando o aplicativo...4 3 Menus...5 3.1 Manifestação Destinatário...5

Leia mais

1. Iniciando... 5. 1.1. Conhecendo sua caixa de email... 5. 1.2. Entrando e saindo do sistema... 5. 1.2.1. Entrando no sistema...

1. Iniciando... 5. 1.1. Conhecendo sua caixa de email... 5. 1.2. Entrando e saindo do sistema... 5. 1.2.1. Entrando no sistema... Manual de Operações Básicas do Zimbra SUMÁRIO 1. Iniciando... 5 1.1. Conhecendo sua caixa de email... 5 1.2. Entrando e saindo do sistema... 5 1.2.1. Entrando no sistema... 5 1.2.2. Saindo do sistema...

Leia mais

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR 1 Índice: 01- Acesso ao WEBMAIL 02- Enviar uma mensagem 03- Anexar um arquivo em uma mensagem 04- Ler/Abrir uma mensagem 05- Responder uma mensagem

Leia mais

COMO UTILIZAR O EXPRESSO LIVRE

COMO UTILIZAR O EXPRESSO LIVRE É uma forma de comunicação entre usuários da Internet, incluindo textos, imagens e arquivos. Pode ser usado entre uma pessoa e outra, ou entre várias pessoas, desde que exista uma lista específica para

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES. Professor Carlos Muniz

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES. Professor Carlos Muniz SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES Agendar uma tarefa Você deve estar com logon de administrador para executar essas etapas. Se não tiver efetuado logon como administrador, você só poderá alterar as configurações

Leia mais

Lotus Notes 8.5 para o Office 365 para empresas

Lotus Notes 8.5 para o Office 365 para empresas Lotus Notes 8.5 para o Office 365 para empresas Faça a migração O Microsoft Outlook 2013 pode parecer diferente do Lotus Notes 8.5, mas você rapidamente descobrirá que o Outlook permite fazer tudo o que

Leia mais

MANUAL DO INSTAR-MAIL 1.0. Pagina de login e senha do Instar-Mail

MANUAL DO INSTAR-MAIL 1.0. Pagina de login e senha do Instar-Mail 1º Passo: Acesse o seguinte endereço http://www.smtp.com.br/sg/cliente/logar.php MANUAL DO INSTAR-MAIL 1.0 2º Passo: Será apresentada uma tela solicitando o seu login e senha: Sendo assim: Digite o seu

Leia mais

SISTEMA DE CONTROLE DE DOCUMENTOS AVULSOS - SISDOC. Manual do Sistema v3.1

SISTEMA DE CONTROLE DE DOCUMENTOS AVULSOS - SISDOC. Manual do Sistema v3.1 SISTEMA DE CONTROLE DE DOCUMENTOS AVULSOS - SISDOC Manual do Sistema v3.1 JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO SISTEMA DE CONTROLE DE DOCUMENTOS AVULSOS 1- Introdução O Sistema

Leia mais

Manual para inserir documentos no sistema Projudi

Manual para inserir documentos no sistema Projudi TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE INFORMÁTICA Manual para inserir documentos no sistema Projudi O Projudi só aceita o envio de arquivos assinados, existem três formas de realizar a assinatura

Leia mais

SERVIÇO DE CORREIO ELETRÔNICO PADRÃO DO HUWC

SERVIÇO DE CORREIO ELETRÔNICO PADRÃO DO HUWC SERVIÇO DE CORREIO ELETRÔNICO PADRÃO DO HUWC Sumário Apresentação 3 Serviços oferecidos 3 1. Entrar 4 2. Enviar mensagem 5 3. Leitura das mensagens 6 4. Mensagens com arquivos anexados 6 5. Gerenciamento

Leia mais

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova.

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova. 3.5 Páginas: Ao clicar em Páginas, são exibidas todas as páginas criadas para o Blog. No nosso exemplo já existirá uma página com o Título Página de Exemplo, criada quando o WorPress foi instalado. Ao

Leia mais

OAB Online... 4. Acesso ao Sistema... 9. Publicações... 9. Marcar Prazo...10. Pesquisa por Publicações...11. Configuração de Preferências...

OAB Online... 4. Acesso ao Sistema... 9. Publicações... 9. Marcar Prazo...10. Pesquisa por Publicações...11. Configuração de Preferências... Índice Introdução OAB Online............................................ 4 Sistema OAB On-line Acesso ao Sistema........................................ 9 Publicações............................................

Leia mais

Guia de Inicialização para o Windows

Guia de Inicialização para o Windows Intralinks VIA Versão 2.0 Guia de Inicialização para o Windows Suporte 24/7/365 da Intralinks EUA: +1 212 543 7800 Reino Unido: +44 (0) 20 7623 8500 Consulte a página de logon da Intralinks para obter

Leia mais

MANUAL DA SECRETARIA

MANUAL DA SECRETARIA MANUAL DA SECRETARIA Conteúdo Tela de acesso... 2 Liberação de acesso ao sistema... 3 Funcionários... 3 Secretaria... 5 Tutores... 7 Autores... 8 Configuração dos cursos da Instituição de Ensino... 9 Novo

Leia mais

Bem vindo! Esta é a tela inicial do Webmail da Universidade federal de Juiz de Fora. O link de acesso é: http://correio.ufjf.edu.

Bem vindo! Esta é a tela inicial do Webmail da Universidade federal de Juiz de Fora. O link de acesso é: http://correio.ufjf.edu. Manual WebMail 1. Tela inicial... pág. 2 2. Caixa de Entrada... pág. 2 3. A pasta Lidas... pág. 3 4. Criando sua assinatura... pág. 3 5. Enviar Mensagens... pág. 3 6. Anexando arquivos... pág. 4 7. Adicionando

Leia mais

1. 1. COMO ACESSAR O CURSO

1. 1. COMO ACESSAR O CURSO 1. 1. COMO ACESSAR O CURSO 1.1. Para ter acesso ao curso, digite: https://www.nec.fct.unesp.br/~teleduc/ 1.2. Abrirá a página a seguir, então, é só posicionar o cursor sobre Cursos: 1.3. Em seguida clique

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO PARANÁ PROJUDI REFORMULAÇÃO DE CUMPRIMENTOS - MANDADOS

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO PARANÁ PROJUDI REFORMULAÇÃO DE CUMPRIMENTOS - MANDADOS TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO PARANÁ PROJUDI REFORMULAÇÃO DE CUMPRIMENTOS - MANDADOS 2 SUMÁRIO SEÇÃO 1 - FLUXO DAS VARAS QUE NÃO POSSUEM CENTRAL DE MANDADOS... 03 1. CUMPRIMENTOS (PERFIS DE ANALISTA E TÉCNICO

Leia mais

manual Sistema de Gestão de Contribuições

manual Sistema de Gestão de Contribuições manual Sistema de Gestão de Contribuições Conteúdo 1. Login 4 2. Home 5 3. Informações básicas 3.1. Menus 6 3.2. Números e status 7 3.3. Ações 8 4. Ambientes da ferramenta 4.1. Sindicato 13 4.2. Empresas

Leia mais

Orientações para o uso do Mozilla Thunderbird

Orientações para o uso do Mozilla Thunderbird Orientações para o uso do Mozilla Thunderbird Mozilla Thunderbird O Mozilla Thunderbird é um software livre feito para facilitar a leitura, o envio e o gerenciamento de e-mails. Índice Configurando o Mozilla

Leia mais

Manual do Usuário Layout Novo CMS WordPress Versão atual: 3.5.1

Manual do Usuário Layout Novo CMS WordPress Versão atual: 3.5.1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA UFJF Secretaria de Sistemas de Informação SSI Centro de Gestão do Conhecimento Organizacional CGCO Equipe de Desenvolvimento de Sites Manual do Usuário Layout Novo

Leia mais

Universidade de São Paulo Centro de Informática de Ribeirão Preto TUTORIAL HOTMAIL

Universidade de São Paulo Centro de Informática de Ribeirão Preto TUTORIAL HOTMAIL Universidade de São Paulo Centro de Informática de Ribeirão Preto TUTORIAL HOTMAIL Tutorial Hotmail Sobre o MSN Hotmail Acessando o Hotmail Como criar uma conta Efetuando o login Verificar mensagens Redigir

Leia mais