APLICAÇÃO DE MÉTODOS HEURÍSTICOS EM PROBLEMA DE ROTEIRIZAÇÃO DE VEICULOS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "APLICAÇÃO DE MÉTODOS HEURÍSTICOS EM PROBLEMA DE ROTEIRIZAÇÃO DE VEICULOS"

Transcrição

1 APLICAÇÃO DE MÉTODOS HEURÍSTICOS EM PROBLEMA DE ROTEIRIZAÇÃO DE VEICULOS Bianca G. Giordani (UTFPR/MD ) Lucas Augusto Bau (UTFPR/MD ) A busca pela minimização de custos é essencial. Uma empresa de transporte escolar de Medianeira-PR permitiu o estudo para melhoria da rota de uma de suas vans para minimizar seus custos. Obteve-se todas as distâncias entre os alunos, a garagem e a escola. Formulou-se um algoritmo baseado na heurística do Vizinho Mais Próximo considerando a restrição de que a van precisaria passar mais de uma vez na escola devido a desproporção da quantidade de alunos com a capacidade da van. Usou-se a heurística do Subcircuito Inverso pra buscar melhorias do circuito obtido. O resultado foi uma diminuição de 7,3 km, aproximadamente 32% a menos do original, atendendo ao objetivo do trabalho. Palavras-chaves: Caixeiro Viajante; Vizinho Mais Próximo; Subcircuito Inverso; Heurística.

2 1 Introdução O problema de roteirização de veículos consiste em definir roteiros que minimizem o custo total de atendimento cada um dos quais iniciando e terminando no depósito ou base dos veículos, assegurando que cada ponto seja visitado exatamente uma vez e a demanda em qualquer rota não exceda a capacidade do veículo que a atenda. (LAPORTE, GENDREAU, POTVIN e SEMET, 2000) Essa roteirização, que vem do inglês routing (ou routeing ) é usada para designar o processo que determina um ou mais roteiros ou sequências de paradas a serem cumpridos por veículos de uma frota, objetivando visitar um conjunto de pontos geograficamente dispersos, em locais pré-determinados, que necessitam de atendimento. (CUNHA, 1997) O primeiro problema de roteirização a ser estudado foi o do folclórico Caixeiro Viajante (no inglês Traveling Salesman Problem ou TSP), que consiste em encontrar o roteiro ou sequência de cidades a serem visitadas por um caixeiro viajante que minimize a distância total percorrida e assegure que cada cidade seja visitada exatamente uma vez. Desde então o TSP é um dos problemas mais estudados em otimização combinatória. (LAPORTE, 1992) Quanto à definição dos roteiros envolve não só aspectos espaciais ou geográficos, mas também temporais, tais como restrições de horários de atendimento nos pontos a serem visitados, os problemas são então denominados roteirização e programação de veículos. (CUNHA, 1997) O TSP é um dos mais proeminentes dentre um amplo conjunto de problemas de otimização combinatória. Ainda segundo o mesmo, o estudo do TSP tem atraído pesquisadores de diferentes áreas, entre os quais, destacasse a pesquisa operacional. Devido ao fato que, apesar da simplicidade da sua formulação, no TSP é possível encontrar a maioria das questões que envolvem otimização combinatória. (REINELT, 1994) Há várias restrições que podem ser incorporadas ao problema, deixando cada TSP com uma característica e modos diferente de resoluções. Um dos métodos para se resolver é através de heurísticas, que são algoritmos que buscam uma solução mais rápida do que alguns métodos exatos. Nem sempre essa solução mais rápida é uma solução ótima global, mas uma solução que atende as expectativas de certo modo. Portanto, o presente trabalho aplica uma heurística para encontrar uma rota que minimize as distâncias percorridas por uma das Vans de uma empresa de transporte escolar situada no 2

3 município de Medianeira, Paraná e outra que busca melhorar o circuito encontrado no primeiro momento. 2 Metodologia O estudo restringiu-se somente no primeiro trajeto que ocorre pelo período da manhã, pois apresenta maior variação na disposição da localização dos alunos a serem transportados. A van em questão é responsável pelo transporte de dezenove alunos dispostos em catorze pontos distintos, além dos pontos adicionais, que são a garagem da van e a escola de destino dos alunos, respectivamente o ponto de partida e termino do roteiro. Também foi informado pela empresa que a capacidade do veículo é de apenas doze lugares, obrigando que o motorista passe mais que uma vez na escola para deixar os alunos. A localização de cada uma das residências dos alunos foi repassada pela empresa, bem como o endereço de partida e destino. Para analise, foi considerado que a melhor rota fosse a qual apresentasse menor distância possível entre os pontos. Estas distâncias foram obtidas através do aplicativo Google Maps. Após os dados coletados, montou-se uma matriz com as respectivas distâncias entre os pontos do trajeto, onde o primeiro ponto é a origem e o último é o destino final dos alunos. O anexo 1 traz a matriz de distâncias. Desenvolveu-se um algoritmo que reproduzisse o problema do Caixeiro Viajante baseado na heurística do Vizinho Mais Próximo e utilizou-se e na do Subcircuito Inverso, para tentativa de melhoria do circuito proposto. Foi considerado a restrição que possibilita a van passar mais que uma vez em um ponto determinado (escola). Para executar o algoritmo, utilizou-se o software Scilab Resultados e Discussão Inicialmente foi realizada a heurística do Vizinho Mais Próximo para buscar uma rota que apresentasse a menor distância entre os pontos a serem percorridos, afim de posteriormente comparar com a rota atual que o motorista percorre de 23km. A rota (R 1 ) sugerida foi: R 1 = 1; 14; 15; 8; 7; 21; 18; 5; 6; 2; 4; 3; 17; 16; 21; 9; 10; 11; 12; 13; 21; 19; 20; 21. 3

4 A seguinte rota apresenta uma distância inferior que a rota atual realizada pela empresa, com 20 km. Pode-se notar que a heurística do Vizinho Mais Próximo, para este problema, sugere que a escola seja visitada quatro vezes, respeitando a condição de capacidade do veiculo, porém nota-se que na primeira vez que a van passa na escola estaria com apenas quatro alunos, na segunda com oito alunos, terceira vez com cinco e para a última apenas dois. Percebendo-se assim que em nem uma das ocasiões a van estaria com lotação máxima. Uma possível forma de reduzir a distância percorrida seria passando uma ou duas vezes a menos na escola, elevando o número de alunos dentro do veículo. Neste caso, evitando passar na escola na primeira e terceira reduziria a rota em 100m e não estaria infringindo a restrição de capacidade que não foi considerado no algoritmo. Buscando um melhor desempenho para a rota proposta, executou-se o algoritmo da heurística do Subcircuito Inverso usando o circuito (R 1 ) previamente sugerido pela heurística do Vizinho Mias Próximo. A nova rota (R 2 ) foi: R 2 = 1; 15; 14; 8; 7; 21; 18; 13; 12; 11; 10; 9; 21; 16; 17; 3; 4; 2; 6; 5; 21; 19; 20; 21. A rota R 2 apresentou uma sequencia diferente, alterando o valor da distância para 17,35 km, valor este ainda melhor que o apresentado pelo circuito anterior. Observado a frequência com que a van passa pela escola continua a mesma, sendo de quatro vezes, porém já nota-se que ouve uma melhor distribuição entre os alunos, sendo de quatro, seis, sete e dois respectivamente o número de alunos para cada vez que a van passa pelo colégio. Apontando o mesmo aspecto que pode ser observado na primeira rota, eliminando a primeira e terceira passagem pela escola, a distância alteraria para 15,7km, apontando uma redução mais expressiva do circuito. 4 Conclusões Pode-se observar que fazendo uso de ferramentas da Pesquisa Operacional é possível melhorar inúmeros processos de distribuições, um dos principais é a roteirização de veículos. Fazendo uso da heurística do vizinho mais próximo, foi possível reduzir significativamente a distância percorrida pela van da empresa, chegando a mais de 3 km (13%) de redução na trajetória. 4

5 Quando foi realizado o Subcircuito Inverso, essa redução foi ainda mais expressiva, chegando a aproximadamente 32%, ou 7,3 km, de redução na rota percorrida, oque possibilita menores tempos de serviço e custos para a empresa. Os métodos mostraram-se eficientes e a empresa aprovou o estudo. 5 Referências LAPORTE, G.; GENDREAU, M.; POTVIN, J. Y. e SEMET, F.; Classical and modern heuristics for the vehicle routing problem, International Transactions in Operational Research, v.7, n4/5, p CUNHA, C.B.; Uma contribuição para o problema de roteirização de veículos com restrições operacionais. São Paulo: EPUSP, Departamento de Engenharia de Transportes. 222p LAPORTE, G.; The vehicle routing problem: an overview of exact and approximate algorithms, European Journal of Operational Research, v.59, n.3, REINELT, G.; The Traveling Salesman Computational Solutions for TSP Applications. Berlin: SpringerVerlag

6 6

Técnicas para Programação Inteira e Aplicações em Problemas de Roteamento de Veículos 14

Técnicas para Programação Inteira e Aplicações em Problemas de Roteamento de Veículos 14 1 Introdução O termo "roteamento de veículos" está relacionado a um grande conjunto de problemas de fundamental importância para a área de logística de transportes, em especial no que diz respeito ao uso

Leia mais

MODELAGEM MATEMÁTICA PARA PROGRAMAÇÃO E ROTEIRIZAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇOS DE VERIFICAÇÃO DE LEITURA EM UMA DISTRIBUIDORA DE ENERGIA ELÉTRICA

MODELAGEM MATEMÁTICA PARA PROGRAMAÇÃO E ROTEIRIZAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇOS DE VERIFICAÇÃO DE LEITURA EM UMA DISTRIBUIDORA DE ENERGIA ELÉTRICA MODELAGEM MATEMÁTICA PARA PROGRAMAÇÃO E ROTEIRIZAÇÃO DAS ORDENS DE SERVIÇOS DE VERIFICAÇÃO DE LEITURA EM UMA DISTRIBUIDORA DE ENERGIA ELÉTRICA Jerusa Cristina Guimaraes de Medeiros (UFPB) jerusacgm@gmail.com

Leia mais

Introdução aos Conceitos de Problemas de Transporte e Roteamento de Veículos

Introdução aos Conceitos de Problemas de Transporte e Roteamento de Veículos Introdução aos Conceitos de Problemas de Transporte e Roteamento de Veículos Alexandre da Costa 1 1 Acadêmico do Curso de Matemática - Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas da Universidade Estadual

Leia mais

Zoneamento e Roteamento de Depósitos Auxiliares dos Correios Usando Algoritmos Genéticos

Zoneamento e Roteamento de Depósitos Auxiliares dos Correios Usando Algoritmos Genéticos Zoneamento e Roteamento de Depósitos Auxiliares dos Correios Usando Algoritmos Genéticos Fabrício Rocha Rebello Departamento de Engenharia Industrial, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro

Leia mais

Estudo de Roteirização de Veículos com Aplicação da Técnica de Varredura para Cargas Fracionadas

Estudo de Roteirização de Veículos com Aplicação da Técnica de Varredura para Cargas Fracionadas Estudo de Roteirização de Veículos com Aplicação da Técnica de Varredura para Cargas Fracionadas Daniel Barzan de Mattos Amaral danielbarzan@gmail.com UNISANTOS Anderson Willian de Souza andersonwillian7@gmail.com

Leia mais

ARTIGO ASPECTOS PRÁTICOS DA APLICAÇÃO DE MODELOS DE ROTEIRIZAÇÃO DE VEÍCULOS A PROBLEMAS REAIS

ARTIGO ASPECTOS PRÁTICOS DA APLICAÇÃO DE MODELOS DE ROTEIRIZAÇÃO DE VEÍCULOS A PROBLEMAS REAIS ARTIGO ASPECTOS PRÁTICOS DA APLICAÇÃO DE MODELOS DE ROTEIRIZAÇÃO DE VEÍCULOS A PROBLEMAS REAIS Claudio Barbieri da Cunha Departamento de Engenharia de Transportes Escola Politécnica da Universidade de

Leia mais

XX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2012-22 a 26 de outubro Rio de Janeiro - RJ - Brasil

XX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2012-22 a 26 de outubro Rio de Janeiro - RJ - Brasil XX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2012-22 a 26 de outubro Rio de Janeiro - RJ - Brasil HERMANN CLAY DE ALMEIDA LEITE ENERGISA PARAIBA DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A hermann@energisa.com.br

Leia mais

ROTEIRIZAÇÃO ESTÁTICA COM JANELAS DE TEMPO USANDO O TRANSCAD

ROTEIRIZAÇÃO ESTÁTICA COM JANELAS DE TEMPO USANDO O TRANSCAD ROTEIRIZAÇÃO ESTÁTICA COM JANELAS DE TEMPO USANDO O TRANSCAD Gabriela Ruiz Thedim Rafaela Goncalves Ourofino Hugo Miguel Varela Repolho ROTEIRIZAÇÃO ESTÁTICA COM JANELAS DE TEMPO USANDO O TRANSCAD Gabriela

Leia mais

Este artigo tem o objetivo de

Este artigo tem o objetivo de ARTIGO Muito além do roteirizador: distribuição de produtos de baixa densidade Divulgação Danilo Campos O roteamento de veículos tradicional contempla somente uma dimensão de capacidade, normalmente peso

Leia mais

Área Principal: Logística e Transportes

Área Principal: Logística e Transportes Uma Heurística para Roteamento de Frota de Veículos para a Distribuição de Bebidas em uma Região Urbana Marco Antônio Farah Caldas Universidade Federal Fluminense Rua Passo da Pátria, 156, Bloco E, Niterói,

Leia mais

PROTÓTIPO DE APLICAÇÃO PARA O PROBLEMA DE ROTEAMENTO DE VEÍCULOS EM DISPOSITIVOS MÓVEIS NA PLATAFORMA ANDROID

PROTÓTIPO DE APLICAÇÃO PARA O PROBLEMA DE ROTEAMENTO DE VEÍCULOS EM DISPOSITIVOS MÓVEIS NA PLATAFORMA ANDROID PROTÓTIPO DE APLICAÇÃO PARA O PROBLEMA DE ROTEAMENTO DE VEÍCULOS EM DISPOSITIVOS MÓVEIS NA PLATAFORMA ANDROID Acadêmica: Shaiane Mafra Casa Orientador: Jacques Robert Heckmann 07/2013 Roteiro Introdução

Leia mais

ROTEIRIZAÇÃO EM ARCOS COM O USO DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS: APLICAÇÃO EM COLETA DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS

ROTEIRIZAÇÃO EM ARCOS COM O USO DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS: APLICAÇÃO EM COLETA DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS ROTEIRIZAÇÃO EM ARCOS COM O USO DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS: APLICAÇÃO EM COLETA DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS Thiago Vitali De Vito Silva Josiane Palma Lima Renato da Silva Lima Instituto de

Leia mais

Manejo Florestal Sustentável: Dificuldade Computacional e Otimização de Processos

Manejo Florestal Sustentável: Dificuldade Computacional e Otimização de Processos Manejo Florestal Sustentável: Dificuldade Computacional e Otimização de Processos Daniella Rodrigues Bezerra 1, Rosiane de Freitas Rodrigues 12, Ulisses Silva da Cunha 3, Raimundo da Silva Barreto 12 Universidade

Leia mais

3. Problemas de Roteirização

3. Problemas de Roteirização 3. Problemas de Roteirização Para Ballou (2001), a roteirização é a atividade que tem por fim buscar os melhores trajetos que um veículo deve fazer através de uma malha. Esta busca, que geralmente tem

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE ROTEIRIZAÇÃO DINÂMICA DE VEÍCULOS APLICADO AO SERVIÇO DE TRANSPORTE DE CADEIRANTES

DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE ROTEIRIZAÇÃO DINÂMICA DE VEÍCULOS APLICADO AO SERVIÇO DE TRANSPORTE DE CADEIRANTES DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE ROTEIRIZAÇÃO DINÂMICA DE VEÍCULOS APLICADO AO SERVIÇO DE TRANSPORTE DE CADEIRANTES Aristides Fraga Neto Patricia Alcantara Cardoso DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE ROTEIRIZAÇÃO

Leia mais

LEONARDO JUNQUEIRA PRÊMIO ABRALOG

LEONARDO JUNQUEIRA PRÊMIO ABRALOG LEONARDO JUNQUEIRA PRÊMIO ABRALOG Documentação apresentada à Banca Examinadora do Prêmio ABRALOG como parte dos requisitos para participação do Prêmio ABRALOG (Edição 2013) na categoria Estudante de Logística.

Leia mais

Tecnologia e Comércio de Equipamentos Eletrônicos LTDA PORTAL DE TELEMETRIA SYSTEMTEK PARA GERENCIAMENTO DE FROTAS

Tecnologia e Comércio de Equipamentos Eletrônicos LTDA PORTAL DE TELEMETRIA SYSTEMTEK PARA GERENCIAMENTO DE FROTAS PORTAL DE TELEMETRIA SYSTEMTEK PARA GERENCIAMENTO DE FROTAS Características Design inovador Controle de acesso Permite criar usuários com senhas podendo-se definir no sistema quais as funcionalidades cada

Leia mais

Inteligência Computacional Aplicada a Engenharia de Software

Inteligência Computacional Aplicada a Engenharia de Software Inteligência Computacional Aplicada a Engenharia de Software Estudo de caso III Prof. Ricardo de Sousa Britto rbritto@ufpi.edu.br Introdução Em alguns ambientes industriais, pode ser necessário priorizar

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA - UNB FACULDADE UNB PLANALTINA - FUP LEONARDO PEIXOTO BARBOSA

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA - UNB FACULDADE UNB PLANALTINA - FUP LEONARDO PEIXOTO BARBOSA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA - UNB FACULDADE UNB PLANALTINA - FUP LEONARDO PEIXOTO BARBOSA ANÀLISE DA ROTEIRIZAÇÃO EM UMA EMPRESA DE TRANSPORTE E LOGÍSTICA DO DISTRITO FEDERAL PLANALTINA - DF 2013 LEONARDO

Leia mais

A coleta dos resíduos sólidos urbanos pode ser classificada em quatro tipos, que são: especial, particular, regular e seletiva.

A coleta dos resíduos sólidos urbanos pode ser classificada em quatro tipos, que são: especial, particular, regular e seletiva. ANÁLISE DE INFLUÊNCIA DO TRANSPORTE NA COLETA SELETIVA UTILIZANDO SISTEMA DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA L. A. Brasileiro e A. A. Martins Júnior RESUMO A coleta é ligada à etapa de transporte, independente do

Leia mais

FATEC Zona Leste. Teoria dos Gráfos. Métodos Quantitativos de Gestão MQG

FATEC Zona Leste. Teoria dos Gráfos. Métodos Quantitativos de Gestão MQG Teoria dos Gráfos Métodos Quantitativos de Gestão MQG Conceitualmente, um grafo consiste em um conjunto de vértices (pontos ou nós) e um conjunto de arestas (pontes ou arcos), ou seja, é uma noção simples,

Leia mais

III SAEPRO 2007 - UFV

III SAEPRO 2007 - UFV Roteirização das entregas de uma empresa panificadora localizada em Viçosa-MG Leandro Sobreira Vieira (UFV) lesobreira@gmail.com Ronaldo Custódio de Souza (UFV) nanau_custodio@yahoo.com.br Danielle Dias

Leia mais

Uma Heurística para o Problema de Redução de Padrões de Corte

Uma Heurística para o Problema de Redução de Padrões de Corte Uma Heurística para o Problema de Redução de Padrões de Corte Marcelo Saraiva Limeira INPE/LAC e-mail: marcelo@lac.inpe.br Horacio Hideki Yanasse INPE/LAC e-mail: horacio@lac.inpe.br Resumo Propõe-se um

Leia mais

OTIMIZAÇÃO DA COLETA DE RESÍDUOS SÓLIDOS DOMICILIARES NO MUNICÍPIO DE MARAU/RS: COLETA PORTA A PORTA

OTIMIZAÇÃO DA COLETA DE RESÍDUOS SÓLIDOS DOMICILIARES NO MUNICÍPIO DE MARAU/RS: COLETA PORTA A PORTA OTIMIZAÇÃO DA COLETA DE RESÍDUOS SÓLIDOS DOMICILIARES NO MUNICÍPIO DE MARAU/RS: COLETA PORTA A PORTA Moacir Kripka Universidade de Passo Fundo, Faculdade de Engenharia e Arquitetura Campus I - Bairro São

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CENTRO TECNOLÓGICO CURSO DE MESTRADO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO DAVIDSON DE ALMEIDA SANTOS

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CENTRO TECNOLÓGICO CURSO DE MESTRADO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO DAVIDSON DE ALMEIDA SANTOS UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CENTRO TECNOLÓGICO CURSO DE MESTRADO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO DAVIDSON DE ALMEIDA SANTOS ANÁLISE COMPARATIVA DAS HEURÍSTICAS DE UM SOFTWARE DE ROTEIRIZAÇÃO POR INTERMÉDIO

Leia mais

O PROBLEMA DE ROTEAMENTO NO TRANSPORTE ESCOLAR

O PROBLEMA DE ROTEAMENTO NO TRANSPORTE ESCOLAR Vol. 20, No. 1, junho de 2000 Pesquisa Operacional - 83 O PROBLEMA DE ROTEAMENTO NO TRANSPORTE ESCOLAR *Maria Teresinha Arns Steiner **Luzia Vidal S. Zamboni, **Deise M. Bertholdi Costa *Celso Carnieri

Leia mais

MODELAGEM HEURÍSTICA NO PROBLEMA DE DISTRIBUIÇÃO DE CARGAS FRACIONADAS DE CIMENTO

MODELAGEM HEURÍSTICA NO PROBLEMA DE DISTRIBUIÇÃO DE CARGAS FRACIONADAS DE CIMENTO MARCOS MIURA MODELAGEM HEURÍSTICA NO PROBLEMA DE DISTRIBUIÇÃO DE CARGAS FRACIONADAS DE CIMENTO Dissertação apresentada à Escola Politécnica da Universidade de São Paulo para obtenção do título de Mestre

Leia mais

BCC204 - Teoria dos Grafos

BCC204 - Teoria dos Grafos BCC204 - Teoria dos Grafos Marco Antonio M. Carvalho (baseado nas notas de aula do prof. Haroldo Gambini Santos) Departamento de Computação Instituto de Ciências Exatas e Biológicas Universidade Federal

Leia mais

6 Benefícios operacionais e financeiros atingidos após implantação do roteirizador de veículos

6 Benefícios operacionais e financeiros atingidos após implantação do roteirizador de veículos 6 Benefícios operacionais e financeiros atingidos após implantação do roteirizador de veículos 6.1 Introdução Esse capítulo tem o objetivo de descrever todos os ganhos observados após a implantação do

Leia mais

Uso de SAS/OR para diminuir o tempo de resposta com um melhor posicionamento de ambulâncias.

Uso de SAS/OR para diminuir o tempo de resposta com um melhor posicionamento de ambulâncias. Uso de SAS/OR para diminuir o tempo de resposta com um melhor posicionamento de ambulâncias. Fábio França 1, 1 Logical Optimization Rua Tanhaçu número 405, CEP 05679-040 São Paulo, Brasil fabio.franca@optimization.com.br

Leia mais

Além de minimizar o número de objetos processados, problema de corte unidimensional

Além de minimizar o número de objetos processados, problema de corte unidimensional imização do número de objetos processados e do setup no problema de corte unidimensional Márcia Ap. Gomes-Ruggiero, Antonio Carlos Moretti, Momoe Sakamori Depto de Matemática Aplicada, DMA, IMECC, UNICAMP,

Leia mais

Análise do uso de SIG no roteamento dos veículos de

Análise do uso de SIG no roteamento dos veículos de Análise do uso de SIG no roteamento dos veículos de coleta de resíduos sólidos domiciliares Analysis of the use of GIS in the collecting vehicle routing of domestic solid waste Luzenira Alves Brasileiro

Leia mais

DECISÕES SOBRE TRANSPORTES (PARTE I) Mayara Condé R. Murça TRA-53 Logística e Transportes

DECISÕES SOBRE TRANSPORTES (PARTE I) Mayara Condé R. Murça TRA-53 Logística e Transportes DECISÕES SOBRE TRANSPORTES (PARTE I) Mayara Condé R. Murça TRA-53 Logística e Transportes Agosto/2013 Introdução Estratégia de estoque Previsão Fundamentos de estocagem Decisões de estocagem Decisões na

Leia mais

Resolução do Problema de Roteamento de Veículos com Frota Heterogênea via GRASP e Busca Tabu.

Resolução do Problema de Roteamento de Veículos com Frota Heterogênea via GRASP e Busca Tabu. Resolução do Problema de Roteamento de Veículos com Frota Heterogênea via GRASP e Busca Tabu. Camila Leles de Rezende, Denis P. Pinheiro, Rodrigo G. Ribeiro camilalelesproj@yahoo.com.br, denisppinheiro@yahoo.com.br,

Leia mais

Pesquisa Operacional

Pesquisa Operacional Pesquisa Operacional Tópicos em Programação Linear e Inteira Prof. Dr.Ricardo Ribeiro dos Santos ricr.santos@gmail.com Universidade Católica Dom Bosco - UCDB Engenharia de Computação Roteiro Introdução

Leia mais

2 Problema das p-medianas

2 Problema das p-medianas 2 Problema das p-medianas 2.1 Definição O PMNC é definido da seguinte forma: determinar quais p facilidades (p m, onde m é o número de pontos onde podem ser abertas facilidades) devem obrigatoriamente

Leia mais

Problema de roteirização de veículos com janelas de tempo: revisão da literatura

Problema de roteirização de veículos com janelas de tempo: revisão da literatura XIII SIMPEP - Baur SP, Brasil, 6 a 8 de Novembro de 006 Problema de roteirização de veículos com janelas de tempo: revisão da literatura Patrícia Prado Belfiore (Centro Universitário da FEI) patricia.belfiore@fei.edu.br

Leia mais

5 Sistema americano. 5.1 Forma de Ressuprimento

5 Sistema americano. 5.1 Forma de Ressuprimento 5 Sistema americano O objetivo deste capítulo é descrever o sistema de programação de entregas e previsão de demanda para clientes VMI utilizado pela matriz da Empresa de Gases Alfa nos Estados Unidos.

Leia mais

Algoritmos Genéticos Aplicados a Gestão da Carteira de Clientes e Gerenciamento do Schedule Diário da Força de Vendas Bancária via Web

Algoritmos Genéticos Aplicados a Gestão da Carteira de Clientes e Gerenciamento do Schedule Diário da Força de Vendas Bancária via Web Algoritmos Genéticos Aplicados a Gestão da Carteira de Clientes e Gerenciamento do Schedule Diário da Força de Vendas Bancária via Web Autoria: Ricardo Soares Bôaventura, Christina Testa Marques, Keiji

Leia mais

Dimensionando uma Frota Heterogênea de Veículos Ótima em Tamanho e Composição

Dimensionando uma Frota Heterogênea de Veículos Ótima em Tamanho e Composição Manuela Coelho dos Passos Dimensionando uma Frota Heterogênea de Veículos Ótima em Tamanho e Composição Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre

Leia mais

S.D.R - Sistema de Dimensionamento de Rotas

S.D.R - Sistema de Dimensionamento de Rotas 147 - Encontro Anual de Tecnologia da Informação S.D.R - Sistema de Dimensionamento de Rotas Diego Bittencourt de Oliveira1, Daniela Scherer dos Santos1, Daniel Biasoli1, Márcio Daniel Puntel1, Rodrigo

Leia mais

2 Classificação dos problemas de roteirização de veículos

2 Classificação dos problemas de roteirização de veículos 2 Classificação dos problemas de roteirização de veículos Primeiramente são apresentados os conceitos básicos e os principais parâmetros que caracterizam um problema de roteirização de veículos. A partir

Leia mais

PLANEJAMENTO DA MANUFATURA

PLANEJAMENTO DA MANUFATURA 58 FUNDIÇÃO e SERVIÇOS NOV. 2012 PLANEJAMENTO DA MANUFATURA Otimizando o planejamento de fundidos em uma linha de montagem de motores (II) O texto dá continuidade à análise do uso da simulação na otimização

Leia mais

ORIENTAÇÕES SOBRE A PROVA DISCURSIVA

ORIENTAÇÕES SOBRE A PROVA DISCURSIVA IF SUDESTE MG REITORIA Av. Francisco Bernardino, 165 4º andar Centro 36.013-100 Juiz de Fora MG Telefax: (32) 3257-4100 CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGO EFETIVO ORIENTAÇÕES SOBRE A PROVA DISCURSIVA

Leia mais

2 Revisão da Literatura

2 Revisão da Literatura 2 Revisão da Literatura 2.1 Introdução aos Problemas de Roteamento O problema é específico do CECAN e do COMAER. Na literatura acadêmica, do melhor do conhecimento, ainda não existem estudos ou artigos

Leia mais

INVESTIGAÇÃO OPERACIONAL EM AÇÃO

INVESTIGAÇÃO OPERACIONAL EM AÇÃO INVESTIGAÇÃO OPERACIONAL EM AÇÃO CASOS DE APLICAÇÃO RUI CARVALHO OLIVEIRA JOSÉ SOEIRO FERREIRA (EDITORES) IMPRENSA DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA COIMBRA UNIVERSITY PRESS CASO 7 SISTEMA DE APOIO À DECISÃO

Leia mais

Análise estrutural do problema de programação da produção F3 r j, s ijk C max

Análise estrutural do problema de programação da produção F3 r j, s ijk C max Análise estrutural do problema de programação da produção F3 r j, s ijk C max Sânia da Costa Fernandes (UFG) saninha_fernandes@hotmail.com Tatiane Albuquerque Pires (UFG) tati_albuquerque_3@hotmail.com

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DA PRODUÇÃO EM PROCESSOS BATELADAS UTILIZANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS

PROGRAMAÇÃO DA PRODUÇÃO EM PROCESSOS BATELADAS UTILIZANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS IX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - Iniciação Científica 03 a 06 de julho de 2011 Maringá, Paraná, Brasil PROGRAMAÇÃO DA PRODUÇÃO EM PROCESSOS BATELADAS UTILIZANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS MIRANDA

Leia mais

Auxílio à distribuição geográca de recursos utilizando mineração de dados e aprendizado de máquina. M. G. Oliveira

Auxílio à distribuição geográca de recursos utilizando mineração de dados e aprendizado de máquina. M. G. Oliveira Auxílio à distribuição geográca de recursos utilizando mineração de dados e aprendizado de máquina M. G. Oliveira Technical Report - RT-INF_001-11 - Relatório Técnico June - 2011 - Junho The contents of

Leia mais

Introdução. 1. Introdução

Introdução. 1. Introdução Introdução 1. Introdução Se você quer se atualizar sobre tecnologias para gestão de trade marketing, baixou o material certo. Este é o segundo ebook da série que o PDV Ativo, em parceria com o Agile Promoter,

Leia mais

Pesquisa Operacional Programação em Redes

Pesquisa Operacional Programação em Redes Pesquisa Operacional Programação em Redes Profa. Alessandra Martins Coelho outubro/2013 Modelagem em redes: Facilitar a visualização e a compreensão das características do sistema Problema de programação

Leia mais

Universidade Federal de Alfenas

Universidade Federal de Alfenas Universidade Federal de Alfenas Algoritmos em Grafos Aula 01 História dos Grafos Prof. Humberto César Brandão de Oliveira Leonhard Euler Em 1735, Euler ganha fama mundial ao resolver um problema que por

Leia mais

ABORDAGEM HEURÍSTICA E META- HEURÍSTICA NA OTIMIZAÇÃO DO PROCESSO OPERACIONAL DE UMA EMPRESA DE TRANSPORTES RÁPIDOS

ABORDAGEM HEURÍSTICA E META- HEURÍSTICA NA OTIMIZAÇÃO DO PROCESSO OPERACIONAL DE UMA EMPRESA DE TRANSPORTES RÁPIDOS ABORDAGEM HEURÍSTICA E META- HEURÍSTICA NA OTIMIZAÇÃO DO PROCESSO OPERACIONAL DE UMA EMPRESA DE TRANSPORTES RÁPIDOS JULIO CESAR FERREIRA (PUCPR) ferreira.julio@pucpr.edu.br Maria Teresinha Arns Steiner

Leia mais

O MÉTODO HÚNGARO PARA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE OTIMIZAÇÃO

O MÉTODO HÚNGARO PARA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE OTIMIZAÇÃO O MÉTODO HÚNGARO PARA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE OTIMIZAÇÃO João Cesar Guirado Universidade Estadual de Maringá E-mail: jcguirado@gmail.com Márcio Roberto da Rocha Universidade Estadual de Maringá E-mail:

Leia mais

Lista 2 - Modelos determinísticos

Lista 2 - Modelos determinísticos EA044 - Planejamento e Análise de Sistemas de Produção Lista 2 - Modelos determinísticos Exercício 1 A Companhia Ferroviária do Brasil (CFB) está planejando a alocação de vagões a 5 regiões do país para

Leia mais

Software de rede e Modelo OSI André Proto UNESP - São José do Rio Preto andre.proto@sjrp.unesp.br O que será abordado Hierarquias de protocolos (camadas) Questões de projeto relacionadas às camadas Serviços

Leia mais

SERVIÇO DE ANÁLISE DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES APLICABILIDADE PARA CALL-CENTERS VISÃO DA EMPRESA

SERVIÇO DE ANÁLISE DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES APLICABILIDADE PARA CALL-CENTERS VISÃO DA EMPRESA SERVIÇO DE ANÁLISE DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES APLICABILIDADE PARA CALL-CENTERS VISÃO DA EMPRESA Muitas organizações terceirizam o transporte das chamadas em seus call-centers, dependendo inteiramente

Leia mais

Geomarketing na Prática

Geomarketing na Prática Geomarketing na Prática Otimização de Territórios 1 Conceito Um dos desafios de empresas que distribuem seus produtos através de forças de vendas organizadas em territórios é garantir que a divisão territorial

Leia mais

PROGRAMAÇÃO INTEIRA. Prof. Gustavo Peixoto Silva Departamento de Computação Univ. Federal de Ouro Preto 5 modelos

PROGRAMAÇÃO INTEIRA. Prof. Gustavo Peixoto Silva Departamento de Computação Univ. Federal de Ouro Preto 5 modelos PROGRAMAÇÃO INTEIRA Prof. Gustavo Peixoto Silva Departamento de Computação Univ. Federal de Ouro Preto 5 modelos M9.1 - Problema de Seleção de Projetos ver Taha Capítulo 9 Cinco projetos estão sob avaliação

Leia mais

UM MODELO MATEMÁTICO PARA UM PROBLEMA REAL DE ROTEAMENTO DE VEÍCULOS EM ÁREAS URBANAS

UM MODELO MATEMÁTICO PARA UM PROBLEMA REAL DE ROTEAMENTO DE VEÍCULOS EM ÁREAS URBANAS UM MODLO MATMÁTICO PARA UM PROBLMA RAL D ROTAMNTO D VÍCULOS M ÁRAS URBANAS José Ferreira de Souza Neto Universidade Federal de São Carlos UFSCar Rodovia Washington Luís, km 235 São Carlos SP josefneto@yahoo.com.br

Leia mais

SLAG - Resolvendo o Problema do Caixeiro Viajante Utilizando Algoritmos Genéticos

SLAG - Resolvendo o Problema do Caixeiro Viajante Utilizando Algoritmos Genéticos SLAG - Resolvendo o Problema do Caixeiro Viajante Utilizando Algoritmos Genéticos Fredson Vieira Costa 1, Fábio Silveira Vidal 1, Claudomiro Moura Gomes André 1 1 Curso de Bacharelado em Ciência da Computação

Leia mais

PROBLEMA DE TRANSPORTE: MODELO E MÉTODO DE SOLUÇÃO

PROBLEMA DE TRANSPORTE: MODELO E MÉTODO DE SOLUÇÃO PROBLEMA DE TRANSPORTE: MODELO E MÉTODO DE SOLUÇÃO Luciano Pereira Magalhães - 8º - noite lpmag@hotmail.com Orientador: Prof Gustavo Campos Menezes Banca Examinadora: Prof Reinaldo Sá Fortes, Prof Eduardo

Leia mais

Relatório para os participantes da Pesquisa Delphi. O desenvolvimento de veículos elétricos no Brasil.

Relatório para os participantes da Pesquisa Delphi. O desenvolvimento de veículos elétricos no Brasil. Relatório para os participantes da Pesquisa Delphi O desenvolvimento de veículos elétricos no Brasil. Caro colaborador, A partir da sua participação e de outros 496 especialistas em áreas relacionadas

Leia mais

Ajuste dos Parâmetros de um Controlador PI em uma Coluna de Destilação Binária

Ajuste dos Parâmetros de um Controlador PI em uma Coluna de Destilação Binária Ajuste dos Parâmetros de um Controlador PI em uma Coluna de Destilação Binária Marina Roberto Martins 1*, Fernando Palú 1 (1) Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Curso de Engenharia Química. e-mail:

Leia mais

Otimização de Funções Não Lineares por Meio do Algoritmo Árvore da Montanha

Otimização de Funções Não Lineares por Meio do Algoritmo Árvore da Montanha Otimização de Funções Não Lineares por Meio do Algoritmo Árvore da Montanha Amarildo de Vicente Colegiado do Curso de Matemática Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas da Universidade Estadual do Oeste

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE ROTEIRIZAÇÃO DE VEÍCULOS EM UM ARMAZÉM PARA APOIO NA DECISÃO DE COLETA DE PRODUTOS ACABADOS

DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE ROTEIRIZAÇÃO DE VEÍCULOS EM UM ARMAZÉM PARA APOIO NA DECISÃO DE COLETA DE PRODUTOS ACABADOS ISSN 1984-9354 DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE DE VEÍCULOS EM UM ARMAZÉM PARA APOIO NA DECISÃO DE COLETA DE PRODUTOS ACABADOS Aristides Fraga Neto, Patrícia Alcântara Cardoso (Universidade Federal do

Leia mais

Um método para o planejamento operacional da distribuição: aplicação para casos com abastecimento de granéis líquidos

Um método para o planejamento operacional da distribuição: aplicação para casos com abastecimento de granéis líquidos Leonardo Gondinho Botelho Um método para o planejamento operacional da distribuição: aplicação para casos com abastecimento de granéis líquidos Dissertação de Mestrado Departamento de Engenharia Industrial

Leia mais

Analisando viagens a pé e por bicicletas na integração com transporte de massa

Analisando viagens a pé e por bicicletas na integração com transporte de massa Analisando viagens a pé e por bicicletas na integração com transporte de massa Fernanda Borges Monteiro, Vânia Barcellos Gouvêa Campos arqnandy@gmail.com; vania@ime.eb.br Instituto Militar de Engenharia

Leia mais

IA Colônia de Formigas. Prof. Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

IA Colônia de Formigas. Prof. Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br IA Colônia de Formigas Prof. Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Introdução O Experimento da Ponte Binária. Ant System Aplicado ao PCV. Elitist Ant System. Introdução Otimização colônia

Leia mais

Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP Instituto de Ciências Exatas e Biológicas ICEB

Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP Instituto de Ciências Exatas e Biológicas ICEB Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP Instituto de Ciências Exatas e Biológicas ICEB PROBLEMA DE PROGRAMAÇÃO DE VEÍCULOS 1 (Vehicle Scheduling Problem) Cássio Roberto de Araújo cassio@em.ufop.br Elva

Leia mais

MOQ 43 PESQUISA OPERACIONAL. Professor: Rodrigo A. Scarpel rodrigo@ita.br www.mec.ita.br/~rodrigo

MOQ 43 PESQUISA OPERACIONAL. Professor: Rodrigo A. Scarpel rodrigo@ita.br www.mec.ita.br/~rodrigo MOQ PESQUISA OPERACIONAL Professor: Rodrigo A. Scarpel rodrigo@ita.br www.mec.ita.br/~rodrigo Programa do curso: Semana Conteúdo Apresentação da disciplina. Formulação em programação matemática (PM). Introdução

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO PAULO A IMPORTÂNCIA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NO SEGMENTO DE TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGA

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO PAULO A IMPORTÂNCIA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NO SEGMENTO DE TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO PAULO A IMPORTÂNCIA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NO SEGMENTO DE TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGA SÃO PAULO SP 2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO PAULO A IMPORTÂNCIA DA TECNOLOGIA

Leia mais

ROTEIRIZAÇÃO DE VEÍCULOS: IMPLEMENTAÇÃO E MELHORIA DO MÉTODO DE CLARKE E WRIGHT

ROTEIRIZAÇÃO DE VEÍCULOS: IMPLEMENTAÇÃO E MELHORIA DO MÉTODO DE CLARKE E WRIGHT UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Mateus Brito Gama ROTEIRIZAÇÃO DE VEÍCULOS: IMPLEMENTAÇÃO E MELHORIA DO MÉTODO DE CLARKE E WRIGHT Juazeiro - BA

Leia mais

Complexidade de Algoritmos. Edson Prestes

Complexidade de Algoritmos. Edson Prestes Edson Prestes Caminhos de custo mínimo em grafo orientado Este problema consiste em determinar um caminho de custo mínimo a partir de um vértice fonte a cada vértice do grafo. Considere um grafo orientado

Leia mais

Aspectos Teóricos e Computacionais do Problema de Alocação de Berços em Portos Marítmos

Aspectos Teóricos e Computacionais do Problema de Alocação de Berços em Portos Marítmos Aspectos Teóricos e Computacionais do Problema de Alocação de Berços em Portos Marítmos Flávia Barbosa Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) flaflabarbosa0@gmail.com Antônio Carlos Moretti Universidade

Leia mais

III Seminário da Pós-graduação em Engenharia Elétrica

III Seminário da Pós-graduação em Engenharia Elétrica ESTUDO SOBRE A EXPANSÃO DO SISTEMA DE TRANSMISSÃO DE ENERGIA NO BRASIL Tiago Forti da Silva Aluno do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica Unesp Bauru Prof. Dr. André Nunes de Souza Orientador

Leia mais

ROTEAMENTO DE VEÍCULOS COM BASE EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA

ROTEAMENTO DE VEÍCULOS COM BASE EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA ROTEAMENTO DE VEÍCULOS COM BASE EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA Roberto Diéguez Galvão COPPE/Universidade Federal do Rio de Janeiro Caixa Postal 68507-21945-970 - Rio de Janeiro - RJ Júlio Francisco

Leia mais

OTIMIZAÇÃO DE ROTA NA DISTRIBUIÇÃO DE PRODUTOS EM UMA EMPRESA DE PRODUTOS DE BELEZA

OTIMIZAÇÃO DE ROTA NA DISTRIBUIÇÃO DE PRODUTOS EM UMA EMPRESA DE PRODUTOS DE BELEZA OTIMIZAÇÃO DE ROTA NA DISTRIBUIÇÃO DE PRODUTOS EM UMA EMPRESA DE PRODUTOS DE BELEZA Liviam Silva Soares Pereira (UFERSA) liviam.soares@hotmail.com Rafael Bezerra Duarte (UFERSA) rafaelbezerra-duarte@hotmail.com

Leia mais

Grande parte dos planejadores

Grande parte dos planejadores ARTIGO Fotos: Divulgação Decidindo com o apoio integrado de simulação e otimização Oscar Porto e Marcelo Moretti Fioroni O processo de tomada de decisão Grande parte dos planejadores das empresas ainda

Leia mais

Um modelo matemático de programação linear inteira para a alocação de horários na Escola Estadual Effie Rolfs

Um modelo matemático de programação linear inteira para a alocação de horários na Escola Estadual Effie Rolfs Um modelo matemático de programação linear inteira para a alocação de horários na Escola Estadual Effie Rolfs Mateus Tartaglia (UFV) mateus.tartaglia@ufv.br Lana Mara Rodrigues dos Santos (UFV) lanamara@ufv.br

Leia mais

TerraNetwork: Sistema de Análise de Redes Urbanas

TerraNetwork: Sistema de Análise de Redes Urbanas TerraNetwork: Sistema de Análise de Redes Urbanas Geraldo Ribeiro Filho 1 Reinaldo Gen Ichiro Arakaki 2 Marcio Paim de Aquino 2 Luiz Antonio Nogueira Lorena 2 1 Instituto de Pesquisas em Tecnologia da

Leia mais

ALGORITMO EVOLUTIVO PARA A OTIMIZAÇÃO DA GRADE HORÁRIA DO CURSO DE ENGENHARIA ELÁTRICA DA FEIS-UNESP

ALGORITMO EVOLUTIVO PARA A OTIMIZAÇÃO DA GRADE HORÁRIA DO CURSO DE ENGENHARIA ELÁTRICA DA FEIS-UNESP INSTRUÇÕES PARA A PREPARAÇÃO E SUBMISSÃO DE TRABALHOS PARA CONGRESSO BRASILEIRO DE ENSINO DE ENGENHARIA 2003 ALGORITMO EVOLUTIVO PARA A OTIMIZAÇÃO DA GRADE HORÁRIA DO CURSO DE ENGENHARIA ELÁTRICA DA FEIS-UNESP

Leia mais

TMS e Roteirizadores. Breno Amorim brenoamorim@hotmail.com

TMS e Roteirizadores. Breno Amorim brenoamorim@hotmail.com TMS e Roteirizadores Breno Amorim brenoamorim@hotmail.com Definição TMS (Transportation Management System) é um produto para melhoria da qualidade e produtividade de todo o processo de distribuição. Este

Leia mais

Anais do XX Congresso Brasileiro de Automática Belo Horizonte, MG, 20 a 24 de Setembro de 2014

Anais do XX Congresso Brasileiro de Automática Belo Horizonte, MG, 20 a 24 de Setembro de 2014 ESTRATÉGIAS PARA A ALOCAÇÃO OTIMIZADA DE INDICADORES DE FALTA EM REDES DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA RODRIGO F. G. SAU, MADSON C. DE ALMEIDA Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação, DSEE, Unicamp

Leia mais

estratégias operações

estratégias operações MERCADO FERRAMENTA NECESSIDADE O que é LOGÍSTICA? estratégias Fator de Diferenciação Competitiva Fator de Tomada de Decisão operações Busca pela Excelência na Gestão O que buscamos? EXCELÊNCIA LOGÍSTICA

Leia mais

Preços de Frete Rodoviário no Brasil

Preços de Frete Rodoviário no Brasil Preços de Frete Rodoviário no Brasil Maria Fernanda Hijjar O Brasil é um país fortemente voltado para o uso do modal rodoviário, conseqüência das baixas restrições para operação e dos longos anos de priorização

Leia mais

Investigação Operacional e Gestão de Projectos

Investigação Operacional e Gestão de Projectos Investigação Operacional e Gestão de Projectos Victor Lobo, Maria do Carmo Lucas, Miguel Loureiro Programa 0 Introdução 1 - Programação Linear. Método Simplex e variantes 2 Problemas de Transportes 3 Problemas

Leia mais

OTIMIZANDO O SERVIÇO DE DELIVERY EM REDES DE FAST FOOD, UTILIZANDO O SISTEMA DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA GEO-ROTA

OTIMIZANDO O SERVIÇO DE DELIVERY EM REDES DE FAST FOOD, UTILIZANDO O SISTEMA DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA GEO-ROTA OTIMIZANDO O SERVIÇO DE DELIVERY EM REDES DE FAST FOOD, UTILIZANDO O SISTEMA DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA GEO-ROTA Carlos Leonardo Ramos Póvoa, D.Sc. (1) leo@loggeo.net Geraldo Galdino de Paula Jr., D.Sc.

Leia mais

INSPEÇÃO BASEADA EM RISCO SEGUNDO API 581 APLICAÇÃO DO API-RBI SOFTWARE

INSPEÇÃO BASEADA EM RISCO SEGUNDO API 581 APLICAÇÃO DO API-RBI SOFTWARE INSPEÇÃO BASEADA EM RISCO SEGUNDO API 581 APLICAÇÃO DO API-RBI SOFTWARE Carlos Bruno Eckstein PETROBRAS/CENPES/PDEAB/Engenharia Básica de Equipamentos Edneu Jatkoski PETROBRAS/REPLAN/MI/Inspeção de Equipamentos

Leia mais

Rastreamento Veícular

Rastreamento Veícular Manual de Instrução do Usuário Rastreamento Veícular Parabéns pela aquisição do seu Sistema de Rastreamento. Esperamos que ele supere suas expectativas e proporcione muito mais controle e proteção para

Leia mais

ESTRATÉGIAS DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE PESQUISA OPERACIONAL

ESTRATÉGIAS DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE PESQUISA OPERACIONAL ESTRATÉGIAS DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE PESQUISA OPERACIONAL André Luis Trevisan Universidade Tecnológica Federal do Paraná andrelt@utfpr.edu.br Magna Natalia Marin Pires Universidade Estadual de Londrina

Leia mais

Protocolo OSPF. O p e n S h o r t e s t P at h F i r s t. E s pec i a li s ta

Protocolo OSPF. O p e n S h o r t e s t P at h F i r s t. E s pec i a li s ta Ebook Exclusivo Protocolo OSPF O p e n S h o r t e s t P at h F i r s t E s pec i a li s ta em S e rv i ços G e r e n c i a do s Segurança de de Perímetro Sumário Introdução P.3 Ententendendo o Protocolo

Leia mais

MÉTODOS EFICIENTES PARA A SOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE ROTEAMENTO DE VEÍCULOS XVI ONPCE - 2014

MÉTODOS EFICIENTES PARA A SOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE ROTEAMENTO DE VEÍCULOS XVI ONPCE - 2014 MÉTODOS EFICIENTES PARA A SOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE ROTEAMENTO DE VEÍCULOS XVI ONPCE - 2014 LUIZ SATORU OCHI Professor Titular Instituto de Computação Universidade Federal Fluminense (IC-UFF) http://www.ic.uff.br/~satoru

Leia mais

CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO

CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) Instituto de Engenharia de Produção e Gestão www.rslima.unifei.edu.br rslima@unifei.edu.br Conceituacão Sistema de Distribuição um para um

Leia mais

MANUAL DO NOVO PORTAL GRUPO NEW VISION RASTREAMENTO E CONTROLE DE VEICULOS E FROTAS.

MANUAL DO NOVO PORTAL GRUPO NEW VISION RASTREAMENTO E CONTROLE DE VEICULOS E FROTAS. MANUAL DO NOVO PORTAL GRUPO NEW VISION RASTREAMENTO E CONTROLE DE VEICULOS E FROTAS. TELA DE LOGIN DO PORTAL LOGÍSTICA RASTREAMENTO Digite o endereço www.gruponewvision.com.br/rastreamento em seu navegador

Leia mais

APLICAÇÃO DA METAHEURÍSTICA COLÔNIA DE FORMIGAS AO PROBLEMA DE ROTEAMENTO DE VEÍCULOS

APLICAÇÃO DA METAHEURÍSTICA COLÔNIA DE FORMIGAS AO PROBLEMA DE ROTEAMENTO DE VEÍCULOS APLICAÇÃO DA METAHEURÍSTICA COLÔNIA DE FORMIGAS AO PROBLEMA DE ROTEAMENTO DE VEÍCULOS Mirlam Moro Lombardi e Jean Eduardo Glazar Departamento de Ciência da Computação Faculdade de Aracruz Uniaracruz {mirlam,

Leia mais

A Otimização Colônia de Formigas

A Otimização Colônia de Formigas A Otimização Colônia de Formigas Estéfane G. M. de Lacerda Departamento de Engenharia da Computação e Automação UFRN 22/04/2008 Índice A Inspiração Biológica O Ant System Aplicado ao PCV O Ant System Aplicado

Leia mais

5 Experiência de implantação do software de roteirização em diferentes mercados

5 Experiência de implantação do software de roteirização em diferentes mercados 5 Experiência de implantação do software de roteirização em diferentes mercados 5.1 Introdução Após apresentação feita sobre os processos para implantação de um software de roteirização de veículos da

Leia mais

PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE FRETAMENTO CONTÍNUO: ANÁLISE DE UMA EMPRESA DE ÔNIBUS DE CARUARU

PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE FRETAMENTO CONTÍNUO: ANÁLISE DE UMA EMPRESA DE ÔNIBUS DE CARUARU PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE FRETAMENTO CONTÍNUO: ANÁLISE DE UMA EMPRESA DE ÔNIBUS DE CARUARU Chardsoncley Jose Correia da Silva Melo (UFPE-CAA) charlesengprod2011.1@gmail.com Luana Justino Andrade do Nascimento

Leia mais

Sistema de Rastreamento WEB. Manual do usuário AVANÇADO. para. empresas

Sistema de Rastreamento WEB. Manual do usuário AVANÇADO. para. empresas Sistema de Rastreamento WEB Manual do usuário AVANÇADO para empresas INTERFACE... 3 SUAS FUNCIONALIDADES... 3 GERAL... 4 Aba Sumário... 4 Aba Localização... 4 Aba Trajeto... 5 Aba Últimos Registros...

Leia mais