PLANO DE AÇÕES SINDICAIS 2012 anexo ata de 03 de fevereiro de 2012 DEMANDA AÇÃO QUANDO FAZER COMO FAZER

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PLANO DE AÇÕES SINDICAIS 2012 anexo ata de 03 de fevereiro de 2012 DEMANDA AÇÃO QUANDO FAZER COMO FAZER"

Transcrição

1 PLANO DE AÇÕES SINDICAIS 2012 anexo ata de 03 de fevereiro de 2012 DEMANDA AÇÃO QUANDO FAZER COMO FAZER 1.1-Reunião com a diretoria /02 ( sexta feira ) 17h Convocar membros da diretoria por telefone, Data base 1.2-Publicação do edital de convocação Dia 06 ou 07/02 ( terça feira) durante o dia Publicar no jornal tribuna do interior; Afixar nos locais de trabalhos; Afixar na sede do sindicato Na semana da realização da Assembléia Divulgar no site do sindicato; Divulgar no site TR Notícias; Divulgar na radio união FM; Anunciar carro de som; Visitar locais de trabalho; convidando os servidores.

2 1. Data base 1.3 Realização da Assembléia /02 ( sexta feira) 20 h - Centro cultural Pegar assinatura no rol de entrada na lista de presença; Tratar com a plenária dos assuntos gerais; Leitura e discussão da pauta de reivindicação; Escolha da comissão de negociação; Sorteio de brindes Assinatura da ata da Assembléia pelo secretário, tesoureiro e presidente 1.4 Reunião de negociação dia 22/02 ( quarta feira) durante o dia Protocolizar no departamento de protocolo ofício com a pauta de reivindicação dando prazo de 10 dias para reunião de negociação Primeira quinzena de março Avisar os membros da Comissão de negociação a data e horário da reunião de negociação ; Agendar Centro Cultural data da continuação da Assembléia; Avisar setores de trabalho data e horário da continuação da Assembléia;

3 Fazer reunião de negociação com a administração; Realizar reunião com a diretoria logo após reunião com a administração para avaliação. 1. Data Base 1.5 Continuação da Assembléia Um dia após reunião de negociação Relatar rodada de negociação e avaliação da diretoria; Colocar em votação resultado das negociações Declarar encerrada a Assembléia ou dar prosseguimento nas negociações conforme decisão da plenária Elaborar junto ao jurídico do município TAC do resultado das negociações Publicação no jornal tribuna do Interior Afixação no mural do sindicato Afixar nos Locais de trabalho Aviso no site do sindicato; Aviso no site TR Notícias; Aviso na Radio união Fm; Anuncio através de carro de som; Passar convidando nos Locais de serviço.

4 2. Assembléia Geral Prestação de contas Edital de convocação dia 06 ou 07/02 ( terça feira) durante o dia Na semana da realização da Assembléia Recolher assinatura na lista de presença no rol de entrada do Centro cultural; Apresentar para plenária a prestação de contas anual de 2011, Colocar em votação ( escrutínio secreto) na plenária Contar e apresentar resultado para plenária; Encerrar Assembléia; Assinar ata pelo presidente, secretário e tesoureiro. 2.2 Realização da Assembléia Dia 17/02 ( sexta feira) 19 h Centro Cultural

5 3. Calendário de reuniões ( Diretoria e Conselho fiscal) 3.1 Plano Orçamentário Reuniões ordinárias ( Prestação de contas mensais conselho fiscal, Assuntos gerais diretoria executiva) Primeiro trimestre de Durante o ano todo Elaborar em reunião POA ; Divulgar no site do sindicato o POA Entregar calendário em mãos a todos membros da Diretoria e conselho Fiscal Colocar no Site do sindicato Calendário das Reuniões ordinárias; Enviar calendário via aos membros da diretoria e conselho fiscal. Afixar calendário no mural do sindicato. 4.Dia do servidor Público (28 de outubro) 4.1 realização da VIII Noite do Talento mês de agosto Mês de setembro Dia 26 de outubro Pedir colaboração do Executivo e Legislativo; Contratar show; ( afim) Compra e arrecadação de brindes para o servidor; Reserva do local de realização do evento; Entrega de brindes; Apresentação do show; Bingo; 5.Eleição Municipal 5.1 Promover debate entre candidatos a prefeito Inicio de agosto Encaminhar ofício ao Fórum Eleitoral pedindo autorização Avisar por ofício protocolado os candidatos Firmar parceria com a radio união para transmissão do debate

6 Reservar espaço para realização do debate Setembro Fazer reunião entre diretoria e representantes dos candidatos para elaborar regras do debate Avisar servidores para elaborarem perguntas aos candidatos Contratar empresa para filmagem e fotos do evento Ultima semana de setembro Realizar debate entre candicatos Fazer ata em tempo real do debate Enviar cópia da filmagem para os candidatos.

7 6. Aniversário de 10 anos do SISMMAM 6.1 Homenagem no dia da Assembléia Dia 17/02 19h Centro Cultural Passar slides contando um pouco da história do sindicato Entregar a Zélia e Luiz presente de agradecimento. 7. Conselhos Municipais 7.1 Manter atuação junto aos Conselhos Sempre CIPA-Comissão Interna de prevenção a Acidentes-obrigatório; Conselho de Alimentação Escolar; FUNDEB; Conselho Municipal de Assistência Social; Conselho Municipal da Saúde; Conselho Municipal dasaúde; Fórum Permanente da Agenda Outros. 8. Entidade Sindical de Grau superior. 8.1 FESMAPAR- Federação dos Sindicatos de Servidores Públicos Municipais e Estaduais do Paraná Sempre Manter-se filiado; Fazer parte da diretoria da FESMEPAR; Participar dos treinamentos ofertados participar das reuniões e Assembléias Participar dos Congressos e outros eventos organizados pela Federação.

8 8.2 CSPB Confederação dos Servidores Públicos do Brasil Sempre Manter-se filiado Ocasionalmente Participar de eventos promovidos pela entidade. 8.3 UGT-União Geral dos Trabalhadores Ocasionalmente Participar dos eventos promovidos pela entidade.

9 9. Campanhas do sindicato. 9.1 Campanha de filiação sindical Sempre ( diretores do setor, Presidente e secretária) Conversar individual com servidores novos incentivar servidores ainda não filiados Semestral texto de incentivo no site do sindicato; texto no boletim informativo. 9.2 boletim informativo Trimestral panfletos notícias e prestação de contas do sindicatos.

10 10. Formação Formação Sindical da diretoria Início do segundo semestre Cotação e viabilização do palestrante Reunião com a diretoria para marcar data Final do segundo semestre Reserva do espaço; Contração do palestrante; Contratação coquetel para participantes; Confecção de material para os participantes Ofício pedindo dispensa ao município dos participantes Realização do curso. 11. ARESMUM fusão sindicato ARESMUM primeiro semestre regularizar documentação da ARESMUM Alteração do estatuto do ARESMUM segundo semestre reunião com a diretoria do AREMUM para definir data da realização da Assembléia de alteração de estatuto

11 publicação no jornal Tribuna do Interior edital de convocação da assembléia para alteração de estatuto Realização de Assembléia do ARESMUM para aprovação da alteração do estatuto 12. reuniões setoriais 12.1 reunião nos setores de trabalho para montagem da pauta de reivindicação e outros assuntos bimestralmente enviar ofício antecipadamente para administração avisando das reuniões comunicar verbalmente ou por escrito o chefe ou secretário do setor sobre a realização das reuniões convocar os servidores para as reuniões realização das reuniões. Edilson Lima Glovienka PRESIDENTE

Constituição da CIPA: 5.2. Devem constituir CIPA, por estabelecimento...

Constituição da CIPA: 5.2. Devem constituir CIPA, por estabelecimento... 1 Modelos de Documentos para a constituição da CIPA Comissão Interna de Prevenção de Acidentes - Data: 02/01/2006. Realização: Gerência de Políticas de Prevenção e Saúde Ocupacional Objetivos da CIPA:

Leia mais

Área Emitente: Gestão com Pessoas/SESMT ASSUNTO: ELEIÇÃO DA CIPA COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES NR-5

Área Emitente: Gestão com Pessoas/SESMT ASSUNTO: ELEIÇÃO DA CIPA COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES NR-5 Código: Data emissão: Data de Vigência: Página 1 de 7 1- Objetivo: Prevenir acidentes e doenças decorrentes do trabalho aplicando as determinações da legislação NR-5. 2- Aplicação: Este procedimento aplica-se

Leia mais

Estatuto Grêmio Estudantil da Escola Estadual de Educação Profissional Estrela

Estatuto Grêmio Estudantil da Escola Estadual de Educação Profissional Estrela Estatuto Grêmio Estudantil da Escola Estadual de Educação Profissional Estrela Capítulo I Da denominação, da sede, fins e duração ART. 1º - O Grêmio Estudantil da Escola Estadual de Educação Profissional

Leia mais

EDITAL DE ELEIÇÃO Nº 001/2015-CACS/FUNDEB/PMJP/RO

EDITAL DE ELEIÇÃO Nº 001/2015-CACS/FUNDEB/PMJP/RO EDITAL DE ELEIÇÃO Nº 001/2015-CACS/FUNDEB/PMJP/RO Ji-Paraná, 07 de outubro de 2015. A Comissão Eleitoral para eleição de membros para o Conselho Municipal de Acompanhamento e Controle Social do Fundo de

Leia mais

EDITAL Nº 003/2013 ELEIÇÃO PARA CARGO DE DIRETOR ESCOLAR DAS UNIDADES EDUCATIVAS DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO PARA O BIÊNIO 2014/2015.

EDITAL Nº 003/2013 ELEIÇÃO PARA CARGO DE DIRETOR ESCOLAR DAS UNIDADES EDUCATIVAS DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO PARA O BIÊNIO 2014/2015. 1 EDITAL Nº 003/2013 ELEIÇÃO PARA CARGO DE DIRETOR ESCOLAR DAS UNIDADES EDUCATIVAS DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO PARA O BIÊNIO 2014/2015. A Secretaria, através da Comissão Eleitoral Central, designada pela

Leia mais

CIPA - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes

CIPA - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes CIPA - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes DO OBJETIVO A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes - CIPA - tem como objetivo a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho, de modo

Leia mais

2. Princípios fundamentais. 3. Objetivos

2. Princípios fundamentais. 3. Objetivos CARTA DE PRINCÍPIOS DO FÓRUM NACIONAL DOS TRABALHADORES DO SISTEMA ÚNICO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL FTSUAS. Princípios norteadores de funcionamento do Fórum 1. Natureza O Fórum Nacional dos Trabalhadores do

Leia mais

PRIMEIRA ALTERAÇÃO DO ESTATUTO DA ARESMUM- ASSOCIAÇÃO RECREATIVA E ESPORTIVA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE MAMBORÊ PARANÁ CAPÍTULO I

PRIMEIRA ALTERAÇÃO DO ESTATUTO DA ARESMUM- ASSOCIAÇÃO RECREATIVA E ESPORTIVA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE MAMBORÊ PARANÁ CAPÍTULO I PRIMEIRA ALTERAÇÃO DO ESTATUTO DA ARESMUM- ASSOCIAÇÃO RECREATIVA E ESPORTIVA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE MAMBORÊ PARANÁ CAPÍTULO I DA FUNDAÇÃO, DENOMINAÇÃO E FINALIDADES Artigo 1º - A Associação Recreativa

Leia mais

Alexandre Enzweiler, Gabriel de Almeida e Yvo Pitol 22/04/2013

Alexandre Enzweiler, Gabriel de Almeida e Yvo Pitol 22/04/2013 CIPA Comissão Interna de Prevenção de Acidentes NR-5 Alexandre Enzweiler, Gabriel de Almeida e Yvo Pitol 22/04/2013 Atribuições iniciais Criada em 1934 e regulamentada somente em 1978 juntamente com outras

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LEOPOLDO Estado do Rio Grande do Sul DECRETO Nº 5.541, DE 10 DE MARÇO DE 2008.

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LEOPOLDO Estado do Rio Grande do Sul DECRETO Nº 5.541, DE 10 DE MARÇO DE 2008. DECRETO Nº 5.541, DE 10 DE MARÇO DE 2008. Regulamenta o artigo 66, do Estatuto dos Servidores Públicos de São Leopoldo, Lei nº 6.055 de 14 de Setembro de 2006, Da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes-

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO FISCAL DO FUNDO DE APOSENTADORIA E PENSÃO DO SERVIDOR- FAPS

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO FISCAL DO FUNDO DE APOSENTADORIA E PENSÃO DO SERVIDOR- FAPS REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO FISCAL DO FUNDO DE APOSENTADORIA E PENSÃO DO SERVIDOR- FAPS CAPÍTULO I DA NATUREZA Art. 1.º - O Conselho Fiscal do Fundo de Aposentadoria e Pensão do Servidor- FAPS, criado

Leia mais

NR5 - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (205.000-5) DO OBJETIVO 5.1 A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes - CIPA - tem como objetivo a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho,

Leia mais

Caro XXXXX, O que é CIPA?

Caro XXXXX, O que é CIPA? Caro XXXXX, Para eleição da CIPA e empresa deve seguir rigorosamente o determinado na Nr 5 da Portaria 3214 do MTB, após a eleição ele deve comunicar a DRT da região bem como o respectivo sindicato da

Leia mais

Conselho Municipal de Assistencia Social. Lei Municipal 3848/2011 EDITAL 01/2015

Conselho Municipal de Assistencia Social. Lei Municipal 3848/2011 EDITAL 01/2015 EDITAL 01/2015 Abre inscrições de projetos para captação de recursos através do Fundo Municipal de Assistência Social CMAS para entidades da sociedade civil e programas governamentais que desenvolvam Programas

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO REGIMENTO INTERNO

CONSELHO MUNICIPAL DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO REGIMENTO INTERNO REGIMENTO INTERNO Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º O Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação (CMCTI/Campinas), criado pela Lei Municipal

Leia mais

Visão estratégica e projetos futuros

Visão estratégica e projetos futuros Visão estratégica e projetos futuros 4 Encontro de Secretários Executivos de Sindicatos - FIESC 15 de setembro de 2010 PDA Visão Estratégica Panorama SC Projetos 2011 Objetivos Visão Estratégica 1/9 Mapa

Leia mais

EDITAL DE COMPOSIÇÃO DO COMITÊ GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS

EDITAL DE COMPOSIÇÃO DO COMITÊ GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS EDITAL DE COMPOSIÇÃO DO COMITÊ GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS A Secretaria Municipal de Agricultura, Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente convida os Órgãos Públicos

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DO NOROESTE DE SANTA CATARINA AMNOROESTE ESTATUTO TÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, CONSTITUIÇÃO, SEDE E OBJETIVOS CAPÍTULO I

ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DO NOROESTE DE SANTA CATARINA AMNOROESTE ESTATUTO TÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, CONSTITUIÇÃO, SEDE E OBJETIVOS CAPÍTULO I ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DO NOROESTE DE SANTA CATARINA AMNOROESTE ESTATUTO TÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, CONSTITUIÇÃO, SEDE E OBJETIVOS CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO Art. 1º A Associação de Municípios do Noroeste

Leia mais

PALESTRA SOBRE ESTATUTO E ATAS PARA IGREAS EM 01/10/2011.

PALESTRA SOBRE ESTATUTO E ATAS PARA IGREAS EM 01/10/2011. PALESTRA SOBRE ESTATUTO E ATAS PARA IGREAS EM 01/10/2011. MINISTRADA PARA A ASSOCIAÇÃO DE PASTORES E LIDERES EVANGÉLICOS DE VIANA ES NA IGREJA PRESBITERIANA DO BAIRRO UNIVERSAL. Membro da PIB Cobilandia

Leia mais

Associação dos Participantes da CBS Nossa união é nossa força. Regimento Interno. apcbs@oi.com.br www.apcbs.com.br

Associação dos Participantes da CBS Nossa união é nossa força. Regimento Interno. apcbs@oi.com.br www.apcbs.com.br Associação dos Participantes da CBS Nossa união é nossa força. Regimento Interno apcbs@oi.com.br www.apcbs.com.br ÍNDICE SEÇÃO I - DOS SÓCIOS 1 SEÇÃO II - DA ASSEMBLÉIA GERAL 1 SEÇÃO III - DO CONSELHO

Leia mais

SUGESTÃO DE ROTEIRO PARA A REALIZAÇÃO DE ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA EM COOPERATIVAS

SUGESTÃO DE ROTEIRO PARA A REALIZAÇÃO DE ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA EM COOPERATIVAS SUGESTÃO DE ROTEIRO PARA A REALIZAÇÃO DE ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA EM COOPERATIVAS ABERTURA Pessoa da cooperativa que não fará parte da mesa verifica o número de associados presentes certificando o quorum

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

EDITAL DE CONVOCAÇÃO EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA O Secretário Executivo do SINDCONTAS, no uso das atribuições que lhe confere o Estatuto da entidade, convoca todos os filiados para comparecer a Assembléia

Leia mais

Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente

Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 001/2014 SELEÇÃO DE ENTIDADE DA SOCIEDADE CIVIL PARA INTEGRAR O CONSELHO MUNICIPAL DO DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

Leia mais

REGULAMENTO NORMATIVO DA ELEIÇÃO DO DIRETOR DE SAUDE DO TRABALHADORDO SINDSEMP. Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina

REGULAMENTO NORMATIVO DA ELEIÇÃO DO DIRETOR DE SAUDE DO TRABALHADORDO SINDSEMP. Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina REGULAMENTO NORMATIVO DA ELEIÇÃO DO DIRETOR DE SAUDE DO TRABALHADORDO SINDSEMP Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina Eleição triênio 2012/2015 A comissão eleitoral reunida no dia 14.08.2013

Leia mais

Prefeitura Municipal de São Pedra dos Ferros

Prefeitura Municipal de São Pedra dos Ferros CNPJ/MF. nº 19.243.500/0001-82 Código do Município: 847-8 Praça Prefeito Armando Rios, 186-Centro - 35360-000 São Pedra dos Ferros-MG lei no 101, de 08 de maio de 2014. DISPÕE SOBRE A CONSTITUiÇÃO DA COMISSÃO

Leia mais

NR 5 Comissão Interna de Prevenção de Acidentes LISTA DE ANEXOS

NR 5 Comissão Interna de Prevenção de Acidentes LISTA DE ANEXOS NR 5 Comissão Interna de Prevenção de Acidentes LISTA DE ANEXOS Ata de Eleição dos Membros da CIPA---------------------------------------------------------------------- 02 Cópia da Ata de Instalação e

Leia mais

CIRCULAR Nº 3.502. III - exercício de cargos em órgãos estatutários; V - cancelamento da autorização para funcionamento.

CIRCULAR Nº 3.502. III - exercício de cargos em órgãos estatutários; V - cancelamento da autorização para funcionamento. CIRCULAR Nº 3.502 Dispõe sobre os procedimentos a serem observados pelas cooperativas de crédito para instrução de processos referentes a pedidos de autorização e dá outras providências. A Diretoria Colegiada

Leia mais

III - Dos princípios gerais da gestão e ferramentas de gestão interna

III - Dos princípios gerais da gestão e ferramentas de gestão interna CAPITULO I - DOS PRINCÍPIOS GERAIS I Apresentação Ainda que não precisem gerar lucro, as organizações do terceiro setor demandam, cada vez mais, uma gestão profissionalizada, que lhes permita avaliar adequadamente

Leia mais

REGIMENTO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA DIRETORIA RIO GRANDE DO NORTE CAPITULO I. Da Caracterização, Sede, Foro e Objetivos

REGIMENTO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA DIRETORIA RIO GRANDE DO NORTE CAPITULO I. Da Caracterização, Sede, Foro e Objetivos REGIMENTO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA DIRETORIA RIO GRANDE DO NORTE CAPITULO I Da Caracterização, Sede, Foro e Objetivos Art.1º A Diretoria Regional (DR) da SBEM-RN é órgão executivo

Leia mais

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DAS AÇÕES DO PVCC

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DAS AÇÕES DO PVCC ESTADO: GOIÁS COORDENADOR: HENRIQUE RICARDO BATISTA PERÍODO DO RELATÓRIO: Ano de 20 RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DAS AÇÕES DO PVCC ATIVIDADE DATA N o DE HORAS LOCAL (Município) OBJETIVO N o PART RESULTADO/

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DA COMISSÃO ESTADUAL DE RESIDÊNCIA MÉDICA DO ESTADO DO PARANÁ

ESTATUTO SOCIAL DA COMISSÃO ESTADUAL DE RESIDÊNCIA MÉDICA DO ESTADO DO PARANÁ ESTATUTO SOCIAL DA COMISSÃO ESTADUAL DE RESIDÊNCIA MÉDICA DO ESTADO DO PARANÁ CAPÍTULO I DA SOCIEDADE, DENOMINAÇÃO, NATUREZA, SEDE, PRAZO E FINALIDADES Artigo 1 - A Comissão Estadual de Residência Médica

Leia mais

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários ESTATUTO DA LIGA ACADÊMICA DE HOMEOPATIA DA CIÊNCIAS MÉDICAS - LHCMA Capítulo I - Da Natureza e Finalidade ART. 1º - A LIGA DE HOMEOPATIA DA CIÊNCIAS MÉDICAS é uma entidade sem fins lucrativos, com duração

Leia mais

REGIMENTO INTERNO ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MANUTENÇÃO

REGIMENTO INTERNO ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MANUTENÇÃO REGIMENTO INTERNO ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MANUTENÇÃO Capítulo I da Finalidade Art. 1o. - Este Regimento Interno complementa e disciplina disposições do Estatuto da Associação Brasileira de Manutenção

Leia mais

SEÇÃO 111. -.,---+"r-. DAS ATlUBUXç6ES DE CADA DIRETOR INDIVIDUALMEN

SEÇÃO 111. -.,---+r-. DAS ATlUBUXç6ES DE CADA DIRETOR INDIVIDUALMEN :.. A -. ~ SINDICATO DOS SERVIDORES DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÁO PAULO Pessoa Jurldica de Direito Privado - Inscrito no 5 Registro Civil de Pessoas Juridicas da Comarca de São Paulo - Capital

Leia mais

Art. 2 A Liga possui estatuto, gestão e gerenciamento próprios, tendo a sua Diretoria direitos e deveres para exercer suas funções em estatuto.

Art. 2 A Liga possui estatuto, gestão e gerenciamento próprios, tendo a sua Diretoria direitos e deveres para exercer suas funções em estatuto. Estatuto da Liga de Cirurgia da Universidade Federal de São Carlos. 08/05/2013 Da Disposição Geral Sobre a Liga de Cirurgia da UFSCar Art. 1 - A Liga de Cirurgia da UFSCar é uma instituição acadêmica,

Leia mais

Modelo de Implantação da CIPA

Modelo de Implantação da CIPA PROCEDIMENTOS PARA ELEIÇÃO É de responsabilidade do empregador convocar eleições para escolha dos representantes dos empregados na CIPA, no prazo mínimo de 60 dias antes do término do mandato em curso.

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO - CONVITE N 01/2014 PROCESSO 08/2014

EDITAL DE LICITAÇÃO - CONVITE N 01/2014 PROCESSO 08/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO - CONVITE N 01/2014 PROCESSO 08/2014 I - DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Por determinação do(a) Senhor(a) GILMAR DE ALMEIDA BOEIRA, Prefeito Municipal, com a autoridade que lhe é atribuida

Leia mais

SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE PARANATINGA SISEMP SISEMP

SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE PARANATINGA SISEMP SISEMP SISEMP ESTATUTO ESTATUTO CAPÍTULO I Da denominação, constituição, sede e foro, natureza, jurisdição, duração e fins. Art. 1º - O Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Paranatinga MT - SISEMP,

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO FÓRUM ESTADUAL DE PREVENÇÃO E ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL

REGIMENTO INTERNO DO FÓRUM ESTADUAL DE PREVENÇÃO E ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL REGIMENTO INTERNO DO FÓRUM ESTADUAL DE PREVENÇÃO E ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL CAPÍTULO I DA FINALIDADE Art. 1º. O Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil, constituído em 2008,

Leia mais

FORUM PERMANENTE DA AGENDA 21 LOCAL DE SAQUAREMA REGIMENTO INTERNO. CAPITULO 1-Da natureza, sede, finalidade, princípios e atribuições:

FORUM PERMANENTE DA AGENDA 21 LOCAL DE SAQUAREMA REGIMENTO INTERNO. CAPITULO 1-Da natureza, sede, finalidade, princípios e atribuições: FORUM PERMANENTE DA AGENDA 21 LOCAL DE SAQUAREMA REGIMENTO INTERNO CAPITULO 1-Da natureza, sede, finalidade, princípios e atribuições: Artigo I: O Fórum Permanente da Agenda 21 de Saquarema, criado pelo

Leia mais

EDITAL Nº001, DE 13 DE JANEIRO DE 2015.

EDITAL Nº001, DE 13 DE JANEIRO DE 2015. EDITAL Nº001, DE 13 DE JANEIRO DE 2015. A Presidente do no uso de suas atribuições legais e regulamentadas pela Lei Nº 2.750 de 31 de Dezembro publica as normas para o processo eleitoral das entidades

Leia mais

REGIMENTO INTERNO CAPITULO I

REGIMENTO INTERNO CAPITULO I 1 Conselho Municipal do Idoso de São Caetano do Sul Lei n 4.179 de 23/10/2003. R. Heloísa Pamplona, 304 B. Fundação CEP 09520-310 São Caetano do Sul/SP. cmi@saocaetanodosul.sp.gov.br REGIMENTO INTERNO

Leia mais

ATA DA 105ª ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA (AGE) DA ASSOCIAÇÃO DE DOCENTES DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA

ATA DA 105ª ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA (AGE) DA ASSOCIAÇÃO DE DOCENTES DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA A D C E F E T - R J ASSOCIAÇÃO DE DOCENTES DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA SEÇÃO SINDICAL DA A N D E S - SINDICATO NACIONAL Av. Maracanã 229 - Rio de Janeiro - RJ - CEP

Leia mais

SOCIEDADE BRASILEIRA DE PATOLOGIA

SOCIEDADE BRASILEIRA DE PATOLOGIA O presente Regimento interno complementará e regulamentará o Estatuto da Sociedade Brasileira de Patologia (SBP), nas atribuições e competências da sua Diretoria executiva e coordenadores de departamentos,

Leia mais

Estatuto da APG Fiocruz Rio de Janeiro. Capítulo I Da entidade e seus fins

Estatuto da APG Fiocruz Rio de Janeiro. Capítulo I Da entidade e seus fins Estatuto da APG Fiocruz Rio de Janeiro Capítulo I Da entidade e seus fins Artigo 1. A Associação de Pós-Graduandos da Fundação Oswaldo Cruz do Rio de Janeiro (APG-Fiocruz Rio de Janeiro), fundada em 26

Leia mais

ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA, DA CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE TIRO PRÁTICO, REALIZADA NO DIA 15/08/2014

ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA, DA CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE TIRO PRÁTICO, REALIZADA NO DIA 15/08/2014 ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA, DA CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE TIRO PRÁTICO, REALIZADA NO DIA 15/08/2014 Aos quinze dias, do mês de agosto, do ano de dois mil e quatorze, em segunda e última convocação,

Leia mais

ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS DIRETOR GERAL: RUBENSMIDT RIANI

ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS DIRETOR GERAL: RUBENSMIDT RIANI ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS DIRETOR GERAL: RUBENSMIDT RIANI CREDENCIAMENTO DE DOCENTE ESP-MG Nº 022/2014 Curso de Qualificação para Conselheiros Municipais e Distritais de Saúde e

Leia mais

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS ANEXO À RESOLUÇÃO Nº 490, DE 24 DE JANEIRO DE 2008 REGULAMENTO DE CONSELHO DE USUÁRIOS DO STFC CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Este Regulamento estabelece as regras básicas para implantação,

Leia mais

Comissão Interna de Prevenção de Acidentes - CIPA. Sindilojas, 24 de julho de 2014

Comissão Interna de Prevenção de Acidentes - CIPA. Sindilojas, 24 de julho de 2014 Comissão Interna de Prevenção de Acidentes - CIPA Sindilojas, 24 de julho de 2014 Legislação da CIPA Decreto-lei nº 7.036 de 10/11/1944 (Lei de Acidentes do Trabalho): Art. 82. Os empregadores, cujo número

Leia mais

Capital e Região Metropolitana: Aparecida de Goiânia, Aragoiânia, Caldazinha, Hidrolândia e Senador Canedo Interior: demais municípios

Capital e Região Metropolitana: Aparecida de Goiânia, Aragoiânia, Caldazinha, Hidrolândia e Senador Canedo Interior: demais municípios Principais dúvidas dos bolsistas: Capital e Região Metropolitana: Aparecida de Goiânia, Aragoiânia, Caldazinha, Hidrolândia e Senador Canedo Interior: demais municípios 01- Como posso obter a Bolsa Universitária?

Leia mais

Principais dúvidas dos bolsistas:

Principais dúvidas dos bolsistas: 01- Como posso obter a Bolsa Universitária? Concorrendo ao Processo seletivo; 02- Onde fazemos a Inscrição para Bolsa Universitária? No site www.ovg.org.br; Portal Bolsa Universitária; Inscrições 03 Quantas

Leia mais

ESTATUTO DO GRÊMIO ESTUDANTIL

ESTATUTO DO GRÊMIO ESTUDANTIL ESTATUTO DO GRÊMIO ESTUDANTIL CAPÍTULO I Do Nome, Sede, Fins e Duração. Art. 1º - O Grêmio Estudantil Bom Conselho abreviadamente, Grêmio, é uma instituição sem fins lucrativos constituída pelos alunos

Leia mais

Edital de Convocação n.º 02, de 25 de julho de 2014

Edital de Convocação n.º 02, de 25 de julho de 2014 Edital de Convocação n.º 02, de 25 de julho de 2014 A MINISTRA DE ESTADO CHEFE DA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA no uso das atribuições que lhe confere o 3º do art. 3º da Lei

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DO SINDICATO DOS SERVIDORES PUBLICOS MUNICIPAIS DE IJUI

ESTATUTO SOCIAL DO SINDICATO DOS SERVIDORES PUBLICOS MUNICIPAIS DE IJUI 1 ESTATUTO SOCIAL DO SINDICATO DOS SERVIDORES PUBLICOS MUNICIPAIS DE IJUI Capitulo I DENOMINAÇÃO, CONSTITUIÇÃO, SEDE E FORO, NATUREZA, JURISDIÇÃO, DURAÇÃO E FINS Artigo 1º - O Sindicato dos Servidores

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÂO DE CONVENÇÃO MUNICIPAL.

EDITAL DE CONVOCAÇÂO DE CONVENÇÃO MUNICIPAL. EDITAL DE CONVOCAÇÂO DE CONVENÇÃO MUNICIPAL. O Presidente da Comissão Executiva ou Comissão Provisória Municipal do Partido Democrático Trabalhista - PDT do Município de..., do Estado do..., na forma do

Leia mais

ALTERAÇÃO DO ESTATUTO SOCIAL DA UNIÃO MUNICIPAL DAS ASSOCIAÇÕES DE MORADORES DE CONCÓRDIA UMAMC. CAPITULO I Da Denominação, Sede, Duração e Objetivos.

ALTERAÇÃO DO ESTATUTO SOCIAL DA UNIÃO MUNICIPAL DAS ASSOCIAÇÕES DE MORADORES DE CONCÓRDIA UMAMC. CAPITULO I Da Denominação, Sede, Duração e Objetivos. ALTERAÇÃO DO ESTATUTO SOCIAL DA UNIÃO MUNICIPAL DAS ASSOCIAÇÕES DE MORADORES DE CONCÓRDIA UMAMC CAPITULO I Da Denominação, Sede, Duração e Objetivos. Art. 1º Sob a denominação de União Municipal das Associações

Leia mais

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários ESTATUTO DA LIGA GERIATRIA E GERONTOLOGIA - LIG Capítulo I - Da Natureza e Finalidade ART. 1º - A LIGA DE GERIATRIA E GERONTOLOGIA é uma entidade sem fins lucrativos, com duração ilimitada, sob a supervisão

Leia mais

CALENDÁRIO ACADÊMICO 2016. Cursos de Graduação e Superiores de Tecnologia

CALENDÁRIO ACADÊMICO 2016. Cursos de Graduação e Superiores de Tecnologia Ultima atualização em 16 de novembro de 2015. Calendário Sujeito a alterações CALENDÁRIO ACADÊMICO 2016 Cursos de Graduação e Superiores de Tecnologia Aula Inaugural Ingressante 2016/1 25 de fevereiro

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO ELEITORAL PARA DIRETORIA DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FISIOTERAPIA TRAUMATO- ORTOPÉDICA ELEIÇÃO 2015 GESTÃO 2016/2017

EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO ELEITORAL PARA DIRETORIA DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FISIOTERAPIA TRAUMATO- ORTOPÉDICA ELEIÇÃO 2015 GESTÃO 2016/2017 EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO ELEITORAL PARA DIRETORIA DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FISIOTERAPIA TRAUMATO- ORTOPÉDICA ELEIÇÃO 2015 GESTÃO 2016/2017 A Associação Brasileira de Fisioterapia Traumato-Ortopédica

Leia mais

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários ESTATUTO DA LIGA ACADÊMICA DE ESPORTES E SAÚDE - LIES Capítulo I - Da Natureza e Finalidade ART. 1º - A Liga Acadêmica de Esportes e Saúde é uma entidade sem fins lucrativos, com duração ilimitada, sob

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 01, DE 02 DE OUTUBRO DE 2014

EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 01, DE 02 DE OUTUBRO DE 2014 EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 01, DE 02 DE OUTUBRO DE 2014 O CONSELHO NACIONAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE CONANDA, faz publicar o Edital de Convocação para a eleição das entidades da sociedade

Leia mais

Nº Versão/Data: Validade: 3.0 01/10/2014 OUTUBRO/2015 JUR. 02 - FILIAÇÃO MACROPROCESSO ADMINISTRATIVO PROCESSO FILIAÇÃO

Nº Versão/Data: Validade: 3.0 01/10/2014 OUTUBRO/2015 JUR. 02 - FILIAÇÃO MACROPROCESSO ADMINISTRATIVO PROCESSO FILIAÇÃO 1 de 16 FILIAÇÃO MACROPROCEO ADMINITRATIVO PROCEO FILIAÇÃO - FILIAÇÃO 1. OBJETIVO... 2 2. ABRANGÊNCIA... 2 3. DOCUMENTO RELACIONADO... 2 4. PROCEDIMENTO... 2 4.1. DEFINIÇÃO DO ERVIÇO E UA ABRANGÊNCIA...

Leia mais

REGIMENTO DO 1º CONGRESSO DA ARTICULAÇÃO DE ESQUERDA Tendência interna do Partido dos Trabalhadores

REGIMENTO DO 1º CONGRESSO DA ARTICULAÇÃO DE ESQUERDA Tendência interna do Partido dos Trabalhadores Tendência interna do Partido dos Trabalhadores 1. O 1º Congresso Nacional da AE se realizará nos dias 8, 9 e 10 de julho de 2011, em São Paulo (SP), para debater a seguinte pauta: a) balanço do período,

Leia mais

Regimento Interno da Associação Ambientalista Pimentão

Regimento Interno da Associação Ambientalista Pimentão Regimento Interno da Associação Ambientalista Pimentão página 1-4 Regimento Interno da Associação Ambientalista Pimentão CAPÍTULO I Da Regulamentação do Regimento Interno Art. 1º - O presente Regimento

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO FÓRUM NACIONAL DE PREVENÇÃO E ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL CAPÍTULO I DA FINALIDADE

REGIMENTO INTERNO DO FÓRUM NACIONAL DE PREVENÇÃO E ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL CAPÍTULO I DA FINALIDADE REGIMENTO INTERNO DO FÓRUM NACIONAL DE PREVENÇÃO E ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL CAPÍTULO I DA FINALIDADE Art. 1 o O Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil, constituído em 1994,

Leia mais

DELIBERAÇÃO PLENÁRIA N 44, DE 24 DE ABRIL DE 2015. (ALTERADA PELA DELIBERAÇÃO PLENÁRIA Nº 55, DE 17 DE JULHO DE 2015)

DELIBERAÇÃO PLENÁRIA N 44, DE 24 DE ABRIL DE 2015. (ALTERADA PELA DELIBERAÇÃO PLENÁRIA Nº 55, DE 17 DE JULHO DE 2015) DELIBERAÇÃO PLENÁRIA N 44, DE 24 DE ABRIL DE 2015. (ALTERADA PELA DELIBERAÇÃO PLENÁRIA Nº 55, DE 17 DE JULHO DE 2015) Institui o Colegiado Permanente de Entidades de Arquitetos e Urbanistas de Santa Catarina

Leia mais

Liga Acadêmica de Diabetes Estatuto

Liga Acadêmica de Diabetes Estatuto Liga Acadêmica de Diabetes Estatuto Capítulo I - Título, sede. Capítulo II - Finalidades da Liga de Diabetes. Capítulo III - Dos membros: direitos; deveres; código disciplinar. Capítulo IV - Dos órgãos

Leia mais

O Prefeito da Cidade do Recife, no uso das atribuições conferidas pelo Art. 54, item IV, da Lei Orgânica do Município.

O Prefeito da Cidade do Recife, no uso das atribuições conferidas pelo Art. 54, item IV, da Lei Orgânica do Município. DECRETO Nº 17.596/97 Ementa: Regulamenta o funcionamento das Comissões de Urbanização e Legalização das Zonas Especiais de Interesse Social, nos termos prescritos pela Lei Municipal nº 16.113/95. O Prefeito

Leia mais

EDITAL DE ELEIÇÃO E CONSTITUIÇÃO DOS CONSELHOS DE USUÁRIOS DA SKY

EDITAL DE ELEIÇÃO E CONSTITUIÇÃO DOS CONSELHOS DE USUÁRIOS DA SKY EDITAL DE ELEIÇÃO E CONSTITUIÇÃO DOS CONSELHOS DE USUÁRIOS DA SKY São convocados os senhores Usuários dos serviços de Telecomunicações e as associações ou entidades que possuam em seu objeto social características

Leia mais

REGIMENTO INTERNO CAPITULO I OBJETO E ÂMBITO DE APLICAÇÃO

REGIMENTO INTERNO CAPITULO I OBJETO E ÂMBITO DE APLICAÇÃO REGIMENTO INTERNO CAPITULO I OBJETO E ÂMBITO DE APLICAÇÃO 1. O presente Regimento tem por objetivo regulamentar as questões internas de funcionamento dos órgãos de direção, dos grupos de trabalho, assim

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO ABERTA E A DISTÂNCIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO ABERTA E A DISTÂNCIA CHAMADA PÚBLICA PARA SELEÇÃO DE CURSISTAS DO CURSO DE EXTENSÃO: FORMAÇÃO CONTINUADA DE CONSELHEIROS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO EDITAL DE SELEÇÃO, INSCRIÇÃO E MATRÍCULA PARA CURSO DE EXTENSÃO - FORMAÇÃO CONTINUADA

Leia mais

ESTATUTO DO DIRETÓRIO CENTRAL DOS ESTUDANTES DAS FACULDADES DE TECNOLOGIA DE SÃO PAULO. Capítulo I Da denominação, fundação e sede.

ESTATUTO DO DIRETÓRIO CENTRAL DOS ESTUDANTES DAS FACULDADES DE TECNOLOGIA DE SÃO PAULO. Capítulo I Da denominação, fundação e sede. ESTATUTO DO DIRETÓRIO CENTRAL DOS ESTUDANTES DAS FACULDADES DE TECNOLOGIA DE SÃO PAULO. Capítulo I Da denominação, fundação e sede. Artigo 1º O Diretório Central dos Estudantes das Faculdades de Tecnologia

Leia mais

Prefeitura Municipal de Jacobina publica:

Prefeitura Municipal de Jacobina publica: Prefeitura Municipal de Jacobina 1 Terça-feira Ano IX Nº 798 Prefeitura Municipal de Jacobina publica: Decreto Nº 089 de 10 de Fevereiro de 2014 - Prorroga a situação de emergência no Município de Jacobina

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO FISCAL DA FAPERN

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO FISCAL DA FAPERN REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO FISCAL DA FAPERN Este Regimento tem por finalidade estabelecer normas para o funcionamento do Conselho Fiscal da Fundação de Apoio a Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte

Leia mais

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários ESTATUTO DA LIGA ACADÊMICA DE CITOLOGIA CLÍNICA Capítulo I Da Natureza e Finalidade Art. 1º. A Liga de Citologia Clínica é uma entidade sem fins lucrativos, com duração ilimitada, sob a supervisão da da

Leia mais

REQUISITOS PARA FILIAÇÃO AO SINFAC-PA

REQUISITOS PARA FILIAÇÃO AO SINFAC-PA REQUISITOS PARA FILIAÇÃO AO SINFAC-PA DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA: 1- Cópia do Contrato Social ou Estatuto, registrado na Junta Comercial; 2- Cartão do CNPJ atualizado; 3- Formulários de Dados Cadastrais preenchidos

Leia mais

Da denominação, natureza e fins

Da denominação, natureza e fins REGULAMENTO DA ASSOCIAÇÃO DE PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AFONSO DE ALBUQUERQUE Capítulo I Da denominação, natureza e fins Artigo 1.º Denominação A Associação de Pais e Encarregados

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE INDAIATUBA

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE INDAIATUBA LEI N 2 6.047 DE 06 DE SETEMBRO DE 2012. "Dispõe sobre a criação do Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais COMPDA, e dá outras providências." REINALDO NOGUEIRA LOPEZ CRUZ, Prefeito do Município

Leia mais

REGIMENTO INTERNO ÍNDICE. CAPÍTULO I Da Sede. CAPÍTULO II Dos objetivos e finalidades. CAPITULO III Da estrutura organizacional básica

REGIMENTO INTERNO ÍNDICE. CAPÍTULO I Da Sede. CAPÍTULO II Dos objetivos e finalidades. CAPITULO III Da estrutura organizacional básica REGIMENTO INTERNO Aprovado na reunião dos Conselhos de Administração e Fiscal da ASSOCIAÇÃO DE TRANSPORTE DO NORTE CATARINENSE ASTRAN, inscrita no CNPJ n 10.437.997/0001-03, realizada em São Bento do Sul,

Leia mais

ESTRUTURA ORGÂNICA E FUNCIONAL

ESTRUTURA ORGÂNICA E FUNCIONAL ESTRUTURA ORGÂNICA E FUNCIONAL Diretor Geral O Diretor Geral supervisiona e coordena o funcionamento das unidades orgânicas do Comité Olímpico de Portugal, assegurando o regular desenvolvimento das suas

Leia mais

SUGESTÕES PARA O DEBATE SOBRE O REGIMENTO INTERNO

SUGESTÕES PARA O DEBATE SOBRE O REGIMENTO INTERNO SUGESTÕES PARA O DEBATE SOBRE O REGIMENTO INTERNO Os Fóruns estão começando a rever seus Regimentos Internos e conferindo se estes estão colaborando da melhor forma possível para seu funcionamento. Este

Leia mais

1 - DO CALENDÁRIO ELEITORAL 1.1 - Registro de chapas e candidatos: até o dia 19 de fevereiro de 2014;

1 - DO CALENDÁRIO ELEITORAL 1.1 - Registro de chapas e candidatos: até o dia 19 de fevereiro de 2014; REGIMENTO ELEITORAL ELEIÇÕES DA ASSOCIAÇÃO DOS TÉCNICOS DE NÍVEL SUPERIOR DA UFMG E OUTRAS IFES MINEIRAS, SEÇÃO SINDICAL DO SINDICATO NACIONAL DOS TÉCNICOS DE NÍVEL SUPERIOR DAS INSTITUIÇÕES FEDERAIS DE

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS EDITAL N o 01/2014, DO CONSELHO DA FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS Regulamenta a eleição

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO CBG Nº 001/2015 ASSESSORIA DE IMPRENSA. Data Evento Horário Forma Local

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO CBG Nº 001/2015 ASSESSORIA DE IMPRENSA. Data Evento Horário Forma Local EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO CBG Nº 001/2015 ASSESSORIA DE IMPRENSA A CBG Confederação Brasileira de Golfe, de acordo com a Lei 10.264 de 16 de julho de 2001 Lei Agnelo/Piva, regulamentada pelo

Leia mais

A Constituição Federal de 1988 estabeleceu:

A Constituição Federal de 1988 estabeleceu: A Constituição Federal de 1988 estabeleceu: Art. 8º É livre a associação profissional ou sindical, observado o seguinte: Art. 37º... VI - é garantido ao servidor público civil o direito à livre associação

Leia mais

CALENDÁRIO DAS ATIVIDADES DO 1 SEMESTRE DE 2014 PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA DO MARANHÃO

CALENDÁRIO DAS ATIVIDADES DO 1 SEMESTRE DE 2014 PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA DO MARANHÃO CALENDÁRIO DAS ATIVIDADES DO 1 SEMESTRE DE 2014 PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA DO MARANHÃO ATIVIDADES - OFICINAS DE TRABALHO - REUNIÕES - CURSOS - EVENTOS - SEMINÁRIOS - CONGRESSOS FEVEREIRO 10 (segunda)

Leia mais

PORTARIA No- 186, DE 10 DE ABRIL DE 2008

PORTARIA No- 186, DE 10 DE ABRIL DE 2008 PORTARIA No- 186, DE 10 DE ABRIL DE 2008 O MINISTRO DO TRABALHO E EMPREGO, no uso das suas atribuições legais e tendo em vista o disposto no art. 87, parágrafo único, inciso II, da Constituição, no Título

Leia mais

CÁRITAS ARQUIDIOCESANA DE BRASÍLIA REGIMENTO DO FUNDO ROTATIVO SOLIDÁRIO DA REDE DE EMPREENDIMENTOS SOLIDÁRIOS DO DISTRITO FEDERAL E ENTORNO

CÁRITAS ARQUIDIOCESANA DE BRASÍLIA REGIMENTO DO FUNDO ROTATIVO SOLIDÁRIO DA REDE DE EMPREENDIMENTOS SOLIDÁRIOS DO DISTRITO FEDERAL E ENTORNO CÁRITAS ARQUIDIOCESANA DE BRASÍLIA REGIMENTO DO FUNDO ROTATIVO SOLIDÁRIO DA REDE DE EMPREENDIMENTOS SOLIDÁRIOS DO DISTRITO FEDERAL E ENTORNO REGIMENTO INTERNO Brasília, 4 de junho de 2011 REGIMENTO INTERNO

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DAS ELEIÇÕES PARA DIRETORIA EXECUTIVA GESTÃO 2015-2018 TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGIMENTO INTERNO DAS ELEIÇÕES PARA DIRETORIA EXECUTIVA GESTÃO 2015-2018 TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGIMENTO INTERNO DAS ELEIÇÕES PARA DIRETORIA EXECUTIVA GESTÃO 2015-2018 TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - A Associação Nacional dos Técnicos de Fiscalização Federal Agropecuária - ANTEFFA

Leia mais

Estatuto da Associação de Pais e Professores do

Estatuto da Associação de Pais e Professores do CNPJ: 82.898.404/0001-09 Estatuto da Associação de Pais e Professores do CENTRO EDUCACIONAL MENINO JESUS Fundada em 1973, Florianópolis/SC C A P Í T U L O I Da Associação e seus fins Art. 1º. - A Associação

Leia mais

ARTº 1º Delegados ao Congresso. ARTº 2º São Delegados ao X Congresso:

ARTº 1º Delegados ao Congresso. ARTº 2º São Delegados ao X Congresso: REGULAMENTO ELEITORAL DO X CONGRESSO AVEIRO 13 DE JULHO DE 2013 ARTº 1º Delegados ao Congresso Podem ser eleitos delegados ao Congresso todos os associados que tenham sido admitidos como sócios do SINDEP

Leia mais

Das Inscrições. 1º Para o Processo ENEM são disponibilizadas 30% das vagas disponíveis de cada curso.

Das Inscrições. 1º Para o Processo ENEM são disponibilizadas 30% das vagas disponíveis de cada curso. EDITAL Nº 09/2015 O Diretor Geral da FACULDADE DE TECNOLOGIA LA SALLE ESTRELA, na forma do disposto no art. 44, Inciso II da Lei de Diretrizes e Bases Nº 9.394, de 20/12/96, Portaria Ministerial Normativa

Leia mais

A Associação é uma Instituição de Solidariedade Social sem fins lucrativos e durará por tempo indeterminado.

A Associação é uma Instituição de Solidariedade Social sem fins lucrativos e durará por tempo indeterminado. ESTATUTOS DA ASSOCIAÇÃO DIABÉTICO FEIRA Artigo 1º A associação denomina-se ASSOCIAÇÃO DIABÉTICO FEIRA, com sede no Hospital de São Sebastião, EPE,, concelho de Santa Maria da Feira, podendo ser transferida

Leia mais

MODELO 1 ELEIÇÕES SINDICAIS EDITAL DE CONVOCAÇÃO

MODELO 1 ELEIÇÕES SINDICAIS EDITAL DE CONVOCAÇÃO MODELO 1 ELEIÇÕES SINDICAIS EDITAL DE CONVOCAÇÃO Pelo presente Edital, faço saber que no dia...de...de..., no período de... às... horas, na Sede desta Entidade (endereço ou outros locais, se for o caso),

Leia mais

Igreja Presbiteriana do Brasil Confederação Nacional das SAFs. Quedriênio 2014/2018

Igreja Presbiteriana do Brasil Confederação Nacional das SAFs. Quedriênio 2014/2018 Igreja Presbiteriana do Brasil Confederação Nacional das SAFs Quedriênio 2014/2018 Tema do quadriênio: Que formosos são sobre os montes os pés do que anuncia boas-novas! (Is 52.7) O desafio do TF também

Leia mais

REGIMENTO DAS SEÇÕES REGIONAIS. Art. 41, 42 e 43 do Estatuto

REGIMENTO DAS SEÇÕES REGIONAIS. Art. 41, 42 e 43 do Estatuto REGIMENTO DAS SEÇÕES REGIONAIS Art. 41, 42 e 43 do Estatuto 1. OBJETIVOS São objetivos das Seções Regionais: 1.1 Propiciar aos associados estabelecidos no Estado de São Paulo e fora da sua capital, uma

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES CIPA DO SERVIÇO AUTÔNOMO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO SAMAE TÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO

REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES CIPA DO SERVIÇO AUTÔNOMO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO SAMAE TÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES CIPA DO SERVIÇO AUTÔNOMO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO SAMAE TÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO CAPÍTULO I DO OBJETIVO Art. 1º O presente Regimento Interno

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL ASSOCIAÇÃO TIME ENACTUS FACAMP

ESTATUTO SOCIAL ASSOCIAÇÃO TIME ENACTUS FACAMP Título I - Da Entidade Art. 1 - A Associação Time ENACTUS FACAMP (doravante denominado Time ENACTUS FACAMP), fundada em 04 de Outubro de 2012, associação civil, sem fins lucrativos, apartidária, de tempo

Leia mais

SECRETARIA DE RELAÇÕES DO TRABALHO. Nova Portaria que estabelece os procedimentos para o Registro Sindical

SECRETARIA DE RELAÇÕES DO TRABALHO. Nova Portaria que estabelece os procedimentos para o Registro Sindical SECRETARIA DE RELAÇÕES DO TRABALHO Nova Portaria que estabelece os procedimentos para o Registro Sindical Brasília DF 18 e19.07.2012 Organização dos dispositivos na seguinte ordem: Dos Pedidos - Dos sindicatos

Leia mais