Prefeitura Municipal de Osasco Elaboração do Plano Diretor de Mobilidade Urbana Sustentável de Osasco

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Prefeitura Municipal de Osasco Elaboração do Plano Diretor de Mobilidade Urbana Sustentável de Osasco"

Transcrição

1 Prefeitura Municipal de Osasco Elaboração do Plano Diretor de Mobilidade Urbana Sustentável de Osasco Nota Técnica - 8 Processamento dos dados da bilhetagem eletrônica Maio 2015

2 Prefeitura Municipal de Osasco Contrato nº 094/2014 Contratada: Oficina Engenheiros Consultores Associados Ltda. Objeto: Elaboração do Plano Diretor de Mobilidade Urbana Sustentável de Osasco Nota Técnica - 8 Processamento dos dados de bilhetagem (Operacional) Documento: NT-08 Volume: Único Revisão: 00 Emissão: 25/05/2015 Arquivo: (Planmob Osasco) - NT08- Processamento da Bilhetagem (Operacional) Este documento apresenta os resultados do processamento dos dados de bilhetagem eletrônica das linhas do sistema de transporte coletivo municipal de Osasco. Sub-atividade

3 NT 08 Processamento dos dados de bilhetagem eletrônica Pesquisa Operacional ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO PROCESSAMENTO DOS DADOS DE BILHETAGEM INFORMAÇÕES SOBRE AS LINHAS RESULTADOS Demanda por linha Distribuição temporal da demanda Oferta por linha Distribuição temporal da oferta Resultados por linha

4 NT 08 Processamento dos dados de bilhetagem eletrônica Pesquisa Operacional 1. Introdução Este documento apresenta a metodologia adotada e sintetiza os resultados do processamento dos dados de bilhetagem eletrônica das linhas de transporte coletivo municipal de Osasco, com o objetivo de apurar o total de passageiros transportados por linha e oferta de viagens por tipo de dia (útil / sábado / domingo). 2. Processamento dos dados de bilhetagem Os dados processados permitiram a análise da distribuição temporal da demanda e oferta, isto é, da quantidade de passageiros transportados e viagens ofertadas por faixas horárias e períodos do dia. A base de dados empregada é a do processamento dos bancos de dados da bilhetagem eletrônica. Os resultados são apresentados na forma de tabelas, que contém os seguintes valores por faixa horária: Passageiros transportados catracados; Total de viagens; Relação de passageiros transportados por viagem, obtida por quociente entre a quantidade de passageiros transportados e a quantidade de viagens. Associados a estas tabelas são apresentados gráficos ilustrativos da distribuição temporal. Para a utilização destes dados foi realizado uma análise prévia visando verificar a confiabilidade das informações, uma vez que por se tratar de um sistema automático, muitas falhas podem ocorrer. Foram analisados os dados de bilhetagem do mês de setembro de A partir dos dados diários por viagem foram extraídas médias de passageiros transportados e oferta de viagens realizadas por linha, tipo de dia (dias úteis, sábados e domingos), e faixas horárias. Através destas médias foi possível eliminar as incidências de desvios de informações, gerados principalmente pela falta de disciplinamento por parte dos operadores quanto aos registros das informações do sistema, mais especificamente sobre a precisão da abertura e fechamento das viagens. 3. Informações sobre as linhas A tabela a seguir apresenta a denominação, a empresa operadora e a extensão das linhas do sistema. 4

5 NT 08 Processamento dos dados de bilhetagem eletrônica Pesquisa Operacional Tabela 1 - Relação de linhas do sistema. Cod. Linha Empresa Operadora Denominação EXT_IDA EXT_VOLTA 1 VIAÇÃO OSASCO JD VELOSO / VILA YARA 8,74 9,52 2 VIAÇÃO OSASCO JARDIM SANTA MARIA / LARGO DE OSASCO 3 VIAÇÃO OSASCO JD. PADROEIRA II / VILA YARA 11,62 14,31 5 VIAÇÃO OSASCO ESTAÇÃO KM 21 - V. YARA 14,36 14,31 7 VIAÇÃO OSASCO JD.VELOSO - LARGO DE OSASCO 20,67 8 VIAÇÃO OSASCO JD. 1º DE MAIO - VILA YARA 13,25 15,73 10 VIAÇÃO OSASCO JD. BELMONTE - JD. IGUASSÚ 21,85 22,89 11 VIAÇÃO OSASCO QUITAÚNA - VILA YARA 11,00 11,90 12 VIAÇÃO OSASCO JD. NOVO OSASCO - VILA YARA 11,95 13,84 13 AUTO VIAÇÃO URUBUPUNGÁ LTDA NOVO OSASCO - JAGUARIBE - CIRCULAR 18,00 13 VIAÇÃO OSASCO NOVO OSASCO - JAGUARIBE - CIRCULAR 18,00 14 AUTO VIAÇÃO URUBUPUNGÁ LTDA OLARIA DO NINO - PRESIDENTE ALTINO 11,90 13,30 15 AUTO VIAÇÃO URUBUPUNGÁ LTDA OLARIA DO NINO - VILA YARA 8,10 8,60 16 AUTO VIAÇÃO URUBUPUNGÁ LTDA JARDIM D'ABRIL - LARGO DE OSASCO - CIRCULAR 5,70 7,50 17 AUTO VIAÇÃO URUBUPUNGÁ LTDA PORTAL D'OESTE II - VILA YARA 19,00 18,80 18 VIAÇÃO OSASCO CONJ. DOS METALÚRGICOS / VILA YARA 18,45 19,41 19 VIAÇÃO OSASCO UNIFESP / ESTAÇÃO KM AUTO VIAÇÃO URUBUPUNGÁ LTDA HELENA MARIA - VILA YARA 11,80 10,90 21 AUTO VIAÇÃO URUBUPUNGÁ LTDA GINÁSIO MUNHÓZ - VILA YARA 11,60 12,20 22 AUTO VIAÇÃO URUBUPUNGÁ LTDA MUNHÓZ JR. - VILA YARA 14,50 14,30 23 AUTO VIAÇÃO URUBUPUNGÁ LTDA JD. AÇUCARÁ - LGO DE OSASCO 12,06 11,21 24 AUTO VIAÇÃO URUBUPUNGÁ LTDA JD. BARONESA / MUNHOZ - VILA YARA 15,00 15,30 25 AUTO VIAÇÃO URUBUPUNGÁ LTDA JARDIM PIRATININGA - JARDIM D'ABRIL 22,10 19,70 26 AUTO VIAÇÃO URUBUPUNGÁ LTDA JARDIM SANTA FÉ - JARDIM ADALGISA 16,90 17,70 27 AUTO VIAÇÃO URUBUPUNGÁ LTDA VL. DOS REMÉDIOS - VL. YARA - CIRCULAR 27,90 28 VIAÇÃO OSASCO JD VELOSO - LARGO DE OSASCO 19,66 29 AUTO VIAÇÃO URUBUPUNGÁ LTDA PORTAL D'OESTE l - JARDIM TEREZA 19,30 18,50 30 VIAÇÃO OSASCO JD. SANTA MARIA / VILA YARA 15,83 17,85 31 AUTO VIAÇÃO URUBUPUNGÁ LTDA PORTAL D OESTE II - JARDIM DA GLÓRIA 16,80 16,60 32 AUTO VIAÇÃO URUBUPUNGÁ LTDA HELENA MARIA - NOVO OSASCO 19,90 17,90 32 VIAÇÃO OSASCO VILA YOLANDA - HELENA MARIA 19,70 17,81 33 AUTO VIAÇÃO URUBUPUNGÁ LTDA JD. SANTO ANTÔNIO - JARDIM D'AVILA 21,20 20,40 33 VIAÇÃO OSASCO JD. SANTO ANTÔNIO - JARDIM D'AVILA 21,00 20,23 35 VIAÇÃO OSASCO VILA YARA - PQ. DOS PALMARES 22,10 36 AUTO VIAÇÃO URUBUPUNGÁ LTDA CONJ. DOS METALURGICOS - MUNHÓZ JR 24,40 23,80 36 VIAÇÃO OSASCO CONJ. DOS METALURGICOS - MUNHÓZ JR 24,40 23,80 37 AUTO VIAÇÃO URUBUPUNGÁ LTDA JARDIM PADROEIRA - VL. DOS REMÉDIOS 20,70 22,30 37 VIAÇÃO OSASCO JARDIM PADROEIRA - VL. DOS REMÉDIOS 20,49 21,88 39 AUTO VIAÇÃO URUBUPUNGÁ LTDA PRES. ALTINO - JD. WILSON (CIRCULAR) 17,40 40 AUTO VIAÇÃO URUBUPUNGÁ LTDA VL. AYROSA - LGO OSASCO - CIRCULAR 8, VIAÇÃO OSASCO JAGUARIBE / VILA YARA 13, VIAÇÃO OSASCO JD. SANTA MARIA / LGO. DE OSASCO 11,49 12,64 5

6 NT 08 Processamento dos dados de bilhetagem eletrônica Pesquisa Operacional Cod. Linha Empresa Operadora Denominação EXT_IDA EXT_VOLTA VIAÇÃO OSASCO JD. NOVO OSASCO / LGO. DE OSASCO 20, VIAÇÃO OSASCO JD. SANTA MARIA - VILA YARA 15,55 14, VIAÇÃO OSASCO JD. SANTA MARIA - VILA YARA 11,81 13, VIAÇÃO OSASCO QUITAÚNA - VILA YARA 10,32 12, VIAÇÃO OSASCO CIDADE DAS FLORES - VILA YARA 10,18 12, VIAÇÃO OSASCO NOVO OSASCO - LARGO DE OSASCO 16, VIAÇÃO OSASCO NOVO OSASCO - LARGO DE OSASCO 10,32 12, RESULTADOS 4.1 Demanda por linha Ao todo são transportados passageiros por dia útil, aos sábados e aos domingos. A tabela a seguir apresenta a demanda transportada por linha e tipo de dia. Tabela 2 - Distribuição da demanda transportada por linha e tipo de dia Tipo Dia Linha Útil Sábado Domingo

7 NT 08 Processamento dos dados de bilhetagem eletrônica Pesquisa Operacional Tipo Dia Linha Útil Sábado Domingo Total Geral Através dos gráficos a seguir é possível observar o ranking das linhas por demanda transportada e tipo de dia. Observa-se que as linhas 26, 29 e 31 são as que transportam a maior quantidade de passageiros em quaisquer tipos de dia. 7

8 NT 08 Processamento dos dados de bilhetagem eletrônica Pesquisa Operacional Gráfico 1 - Distribuição da demanda transportada por linha Dia útil Passageiros Transportados por linha - Dia Útil Gráfico 2 - Distribuição da demanda transportada por linha Sábado 8

9 NT 08 Processamento dos dados de bilhetagem eletrônica Pesquisa Operacional Passageiros Transportados por linha - Sábado Gráfico 3 - Distribuição da demanda transportada por linha Domingo 9

10 NT 08 Processamento dos dados de bilhetagem eletrônica Pesquisa Operacional Passageiros Transportados por linha - Domingo 10

11 2,2% 6,5% 10,9% 15,2% 19,6% 23,9% 28,3% 32,6% 37,0% 41,3% 45,7% 54,3% 58,7% 63,0% 67,4% 71,7% 76,1% 80,4% 84,8% 89,1% 93,5% 97,8% % demanda 2,2% 6,5% 10,9% 15,2% 19,6% 23,9% 28,3% 32,6% 37,0% 41,3% 45,7% 54,3% 58,7% 63,0% 67,4% 71,7% 76,1% 80,4% 84,8% 89,1% 93,5% 97,8% % demanda NT 08 Processamento dos dados de bilhetagem eletrônica Pesquisa Operacional Ampliando a faixa de análise, verifica-se que nos dias úteis 50,7% dos passageiros são transportados em 11 linhas, ou 23,9% do conjunto. Já 50% das linhas concentram 78,5% da demanda. Aos sábados e domingos essa concentração é crescente. Aos sábados 50,7% dos passageiros são transportados em 10 linhas, ou 21,7% do conjunto, e 50% das linhas concentram 79,8% da demanda. Aos domingos 51,1% da demanda é transportada em 10 linhas, ou 21,7% das linhas, e 50% transportam 81% da demanda. Gráfico 4 - Correlação entre demanda e quantidade de linhas Dias Úteis 100,0% 90,0% 80,0% 70,0% 60,0% Correlação entre número de linhas e demanda - dias úteis 40,0% 30,0% 20,0% 10,0% 0,0% % Linhas Gráfico 5 - Correlação entre demanda e quantidade de linhas Sábado 100,0% 90,0% 80,0% 70,0% 60,0% Correlação entre número de linhas e demanda - sábado 40,0% 30,0% 20,0% 10,0% 0,0% % Linhas 11

12 NT 08 Processamento dos dados de bilhetagem eletrônica Pesquisa Operacional Gráfico 6 - Correlação entre demanda e quantidade de linhas Domingo 100,0% 90,0% 80,0% 70,0% Correlação entre número de linhas e demanda - domingo % demanda 60,0% 40,0% 30,0% 20,0% 10,0% 0,0% 2,2% 6,5% 10,9% 15,2% 19,6% 23,9% 28,3% 32,6% 37,0% 41,3% 45,7% 54,3% % Linhas 58,7% 63,0% 67,4% 71,7% 76,1% 80,4% 84,8% 89,1% 93,5% 97,8% 4.2 Distribuição temporal da demanda A distribuição dos passageiros ao longo do período operacional indicou, nos dias úteis, um pico de demanda no período da manhã na faixa das 6 horas, e no pico da tarde na faixa das 17 horas. Aos sábados o pico de demanda se deu na faixa das 12 horas, e no domingo na faixa das 17 horas. Tabela 3 - Distribuição da demanda por faixas horárias e tipo de dia Faixa horária Tipo de Dia Dia útil Sábado Domingo Total Geral

13 NT 08 Processamento dos dados de bilhetagem eletrônica Pesquisa Operacional Gráfico 7 - Distribuição horária da demanda por tipo de dia Distribuição horária da demanda por tipo de dia Passageiros Transportados Faixas Horárias Dia útil Sábado Domingo 4.3 Oferta por linha Ao todo foram ofertadas viagens no dia útil, no sábado e no domingo. A tabela a seguir apresenta a oferta de viagens por linha e tipo de dia. Tabela 4 - Distribuição da oferta de viagens por linha e tipo de dia Tipo Dia Linha Útil Sábado Domingo

14 NT 08 Processamento dos dados de bilhetagem eletrônica Pesquisa Operacional Tipo Dia Linha Útil Sábado Domingo Total Geral Através dos gráficos a seguir é possível observar o ranking das linhas por oferta e tipo de dia. 14

15 NT 08 Processamento dos dados de bilhetagem eletrônica Pesquisa Operacional Gráfico 8 - Distribuição da oferta de viagens por linha Dia Útil Oferta de viagens por linha - Dia Útil Gráfico 9 - Distribuição da oferta de viagens por linha Sábado 250 Oferta de viagens por linha - Sábado

16 NT 08 Processamento dos dados de bilhetagem eletrônica Pesquisa Operacional Gráfico 10 - Distribuição da oferta de viagens por linha Domingo Oferta de viagens por linha - Domingo 16

17 2,2% 6,5% 10,9% 15,2% 19,6% 23,9% 28,3% 32,6% 37,0% 41,3% 45,7% 54,3% 58,7% 63,0% 67,4% 71,7% 76,1% 80,4% 84,8% 89,1% 93,5% 97,8% % demanda NT 08 Processamento dos dados de bilhetagem eletrônica Pesquisa Operacional Da mesma forma que para a demanda, verifica-se que há uma grande concentração de oferta em um grupo reduzido de linhas. Nos dias úteis 51,2% das viagens são ofertadas em 14 linhas, ou 30,4% do conjunto. Já das linhas concentram 71,9% da oferta. Aos sábados e domingos essa concentração é ainda maior. Aos sábados 50,1% da oferta está concentrada em 13 linhas, ou 28,3% do conjunto, e 50% das linhas concentram 72,7% da oferta. Aos domingos 51,3% da oferta está concentrada em 14 linhas, ou 30,4% do conjunto, e das linhas ofertam 73,5% das viagens. Gráfico 11 - Correlação entre oferta de viagens e quantidade de linhas Dias Úteis 100,0% 90,0% 80,0% 70,0% 60,0% Correlação entre número de linhas e oferta de viagens - dias úteis 40,0% 30,0% 20,0% 10,0% 0,0% % Linhas 17

18 2,2% 6,5% 10,9% 15,2% 19,6% 23,9% 28,3% 32,6% 37,0% 41,3% 45,7% 54,3% 58,7% 63,0% 67,4% 71,7% 76,1% 80,4% 84,8% 89,1% 93,5% 97,8% % demanda 2,2% 6,5% 10,9% 15,2% 19,6% 23,9% 28,3% 32,6% 37,0% 41,3% 45,7% 54,3% 58,7% 63,0% 67,4% 71,7% 76,1% 80,4% 84,8% 89,1% 93,5% 97,8% % demanda NT 08 Processamento dos dados de bilhetagem eletrônica Pesquisa Operacional Gráfico 12 - Correlação entre oferta de viagens e quantidade de linhas Sábado Correlação entre número de linhas e oferta de viagens - sábado 100,0% 90,0% 80,0% 70,0% 60,0% 40,0% 30,0% 20,0% 10,0% 0,0% % Linhas Gráfico 13 - Correlação entre oferta de viagens e quantidade de linhas Domingo 100,0% 90,0% 80,0% 70,0% 60,0% Correlação entre número de linhas e oferta de viagens - domingo 40,0% 30,0% 20,0% 10,0% 0,0% % Linhas 18

19 NT 08 Processamento dos dados de bilhetagem eletrônica Pesquisa Operacional 4.4 Distribuição temporal da oferta A distribuição das viagens ao longo do período operacional indicou, nos dias úteis, um pico de oferta no período da manhã na faixa das 6 horas, e no período da tarde nas faixas das 16 e 17 horas. Aos sábados o pico de oferta se deu na faixa das 15 horas, e no domingo na faixa das 16 horas. Tabela 5 - Distribuição da oferta de viagens por faixas horárias e tipo de dia Faixa horária Tipo de Dia Dia útil Sábado Domingo Total Geral

20 NT 08 Processamento dos dados de bilhetagem eletrônica Pesquisa Operacional Gráfico 14 - Distribuição horária da oferta de viagens por tipo de dia 350 Distribuição horária da oferta de viagens por tipo de dia 300 Passageiros Transportados Faixas Horárias Dia útil Sábado Domingo 4.5 Resultados por linha A seguir são apresentados os resultados por linha, sentido e tipo de dia, onde é possível comparar a demanda e a oferta. Estes dados são apresentados através de tabelas para cada linha e sentido, por faixas horárias de uma hora, associados a estas tabelas são apresentados gráficos ilustrativos da distribuição temporal de passageiros e viagens. 20

Cadastro de Transporte Escolar. Antes de escolher o transporte escolar para seu(s) filho(s), recomenda atenção especial a alguns itens:

Cadastro de Transporte Escolar. Antes de escolher o transporte escolar para seu(s) filho(s), recomenda atenção especial a alguns itens: Cadastro de Transporte Escolar ESCOLA DUNGA LTDA Antes de escolher o transporte escolar para seu(s) filho(s), recomenda atenção especial a alguns itens: o Colégio 1) Lembre-se que os serviços de transporte

Leia mais

NUNES IMÓVEIS Informativo de Locação e Venda Osasco e Região Oeste - Dezembro de 2012

NUNES IMÓVEIS Informativo de Locação e Venda Osasco e Região Oeste - Dezembro de 2012 02 NUNES IMÓVEIS Informativo de Locação e Venda Osasco e Região Oeste - Dezembro de 2012 2 CÔMODOS Ref. J72971 Jd. Roberto Osasco R$ 350,00 wc, área de serviço, vaga p/ 01 auto á combinar c/ outro inquilino.

Leia mais

Ref. J14003 Apartamento Cohab 2 / Carapicuíba R$ 650,00 + condomínio 02 Dorms, sala, cozinha (piso cerâmica),

Ref. J14003 Apartamento Cohab 2 / Carapicuíba R$ 650,00 + condomínio 02 Dorms, sala, cozinha (piso cerâmica), 02 NUNES IMÓVEIS Informativo de Locação e Venda Osasco e Região Oeste - Fevereiro de 2013 APARTAMENTOS Ref. J14003 Apartamento Cohab 2 / Carapicuíba R$ 650,00 + condomínio wc, área de serviço, vaga p/

Leia mais

DENOMINAÇÃO EXTENSÃO TARIFA PARCELA PEDÁGIO COMUM 014 - C FRANCO DA ROCHA (PARQUE VITORIA)- CAIEIRAS (CENTRO) 26,120 3,75 - - 3,75 - -

DENOMINAÇÃO EXTENSÃO TARIFA PARCELA PEDÁGIO COMUM 014 - C FRANCO DA ROCHA (PARQUE VITORIA)- CAIEIRAS (CENTRO) 26,120 3,75 - - 3,75 - - (1)O usuário c/ origem no, paga o complemento no Ônibus Interm. (2) DENOMINAÇÃO EXTENSÃO + COMUM 014 - C FRANCO DA ROCHA (PARQUE VITORIA)- CAIEIRAS (CENTRO) 26,120 3,75 - - 3,75 - - COMUM 014 201 C Integração

Leia mais

Ref. 290621 Jd. Conceição / Osasco R$ 750,00 + condominio. 02 Dorms, sala, cozinha (piso ceramica ), wc, área de serviço, vaga p/ 01 auto.

Ref. 290621 Jd. Conceição / Osasco R$ 750,00 + condominio. 02 Dorms, sala, cozinha (piso ceramica ), wc, área de serviço, vaga p/ 01 auto. 02 NUNES IMÓVEIS Informativo de Locação e Venda Osasco e Região Oeste - Junho de 2013 APARTAMENTOS Ref.416321 Cohab II Carapicuiba R$ 550,00 + condominio. 02 Dorms, sala, cozinha (piso ceramica), wc, área

Leia mais

Ref. J844421 APARTAMENTO JD ORIENTAL - R$ 213.000,00 *** APTO NOVO *** 02 Dorms, Sala c/ sacada, Cozinha, Lazer completo.

Ref. J844421 APARTAMENTO JD ORIENTAL - R$ 213.000,00 *** APTO NOVO *** 02 Dorms, Sala c/ sacada, Cozinha, Lazer completo. 02 NUNES IMÓVEIS Informativo de Locação e Venda Osasco e Região Oeste - Fevereiro de 2013 S Ref. J154421 - JD DA GLÓRIA - R$ 155.000,00 Apto 2 doms, Sala, Cozinha, wc, lavanderia, vaga p/ 1 auto, todo

Leia mais

RELATÓRIO TARIFÁRIO - RMSP

RELATÓRIO TARIFÁRIO - RMSP EXTENSÃO ABC COMUM 195 - - SAO BERNARDO DO CAMPO (TERMINAL METROPOLITANO FERRAZOPOLIS)- DIADEMA (TERMINAL METROPOLITANO 13,096PIRAPORINHA) 3,55 via SAO -BERNARDO DO - CAMPO (BAIRRO 3,55 DOS CASA) - - ABC

Leia mais

TARIFA DO TRANSPORTE COLETIVO URBANO - 1980 a 2014

TARIFA DO TRANSPORTE COLETIVO URBANO - 1980 a 2014 COMUM/ IDOSO 6.295, DE 07/11/1980 09/11/1980 Cr$ 12,00 (1) 6.484, de 08/05/1981 10/05/1981 Cr$ 18,00 6.777, de 13/11/1981 15/11/1981 Cr$ 25,00 15,00 7.158, de 14/05/1982 16/05/1982 Cr$ 40,00 36,00 20,00

Leia mais

Ref. J534221 - APARTAMENTO JD. CALIFÓRNIA - R$ 222.000,00. ** Bom p/ financiamento ** 02 Dorms, Sala, Cozinha, WC, Lavanderia, Lazer Completo.

Ref. J534221 - APARTAMENTO JD. CALIFÓRNIA - R$ 222.000,00. ** Bom p/ financiamento ** 02 Dorms, Sala, Cozinha, WC, Lavanderia, Lazer Completo. 02 NUNES IMÓVEIS Informativo de Locação e Venda Osasco e Região Oeste - Janeiro de 2013 APARTAMENTOS Ref. J99749 - APARTAMENTO COHAB II - R$ 130.000,00 ** Bom p/ financiamento ** 02 dorms, sala p/ 2 ambts,

Leia mais

Ref Apartamento Jd. Conceição / Osasco R$ 700,00 + condomínio 02 Dorms, sala c/ sacada, cozinha. serviço, vaga p/ 01 auto.

Ref Apartamento Jd. Conceição / Osasco R$ 700,00 + condomínio 02 Dorms, sala c/ sacada, cozinha. serviço, vaga p/ 01 auto. 02 NUNES IMÓVEIS Informativo de Locação e Venda Osasco e Região Oeste - Março de 2013 APARTAMENTOS Ref. 14003 Apartamento Cohab 2 / Carapicuíba R$ 650,00 + condomínio piso cerâmica), wc, área de serviço,

Leia mais

Sistema de informações a usuários do Transporte Coletivo.

Sistema de informações a usuários do Transporte Coletivo. Sistema de informações a usuários do Transporte Coletivo. Autores: Celso Bersi; Economista - Diretor de Transporte Urbano 1) Empresa de Desenvolvimento Urbano e Social de Sorocaba - URBES Rua Pedro de

Leia mais

Licitação do Sistema Ônibus de Porto Alegre. Anexo IV Sistema de Avaliação da Qualidade do Serviço de Transporte Coletivo por Ônibus de Porto Alegre

Licitação do Sistema Ônibus de Porto Alegre. Anexo IV Sistema de Avaliação da Qualidade do Serviço de Transporte Coletivo por Ônibus de Porto Alegre Licitação do Sistema Ônibus de Porto Alegre Anexo IV Sistema de Avaliação da Qualidade do Serviço de Transporte Coletivo por Ônibus de Porto Alegre ANEXO IV SISTEMA DE AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DO SERVIÇO

Leia mais

Anexo II.1 Informações sobre a Cidade e seu Serviço de Transporte Coletivo Atual

Anexo II.1 Informações sobre a Cidade e seu Serviço de Transporte Coletivo Atual Anexo II.1 Informações sobre a Cidade e seu Serviço de Transporte Coletivo Atual PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO... 2 1.1 A Cidade... 2 1.2 Padrão de mobilidade... 5 1.2.1 Frota

Leia mais

Licitação do Sistema Ônibus de Porto Alegre. Anexo IV Sistema de Controle da Qualidade do Serviço de Transporte Coletivo por Ônibus de Porto Alegre

Licitação do Sistema Ônibus de Porto Alegre. Anexo IV Sistema de Controle da Qualidade do Serviço de Transporte Coletivo por Ônibus de Porto Alegre Licitação do Sistema Ônibus de Porto Alegre Anexo IV Sistema de Controle da Qualidade do Serviço de Transporte Coletivo por Ônibus de Porto Alegre ANEXO IV SISTEMA DE CONTROLE DA QUALIDADE DO SERVIÇO DE

Leia mais

REF. 921521 - Apartamento. Jardim Joelma OSASCO

REF. 921521 - Apartamento. Jardim Joelma OSASCO 02 NUNES IMÓVEIS Informativo de Locação e Venda Osasco e Região Oeste - Março de 2013 APARTAMENTOS REF. 562421- Apartamento Vila Osasco OSASCO **BOM PARA FINANCIAMENTO* **EXCELENTE LOCALIZAÇÃO** 4 dorms,

Leia mais

ANEXO III ESPECIFICAÇÃO REQUERIDA DO SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA.

ANEXO III ESPECIFICAÇÃO REQUERIDA DO SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA. EDITAL CONCORRÊNCIA 01/2015 ANEXO III ESPECIFICAÇÃO REQUERIDA DO SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA. Este Anexo apresenta as especificações requeridas para o Sistema de Bilhetagem Eletrônica SBE a ser implantado

Leia mais

Plano de Transporte Coletivo da Cidade de Bauru PTC Bauru. NT09 Pesquisa de imagem e opinião sobre o serviço de transporte coletivo municipal de Bauru

Plano de Transporte Coletivo da Cidade de Bauru PTC Bauru. NT09 Pesquisa de imagem e opinião sobre o serviço de transporte coletivo municipal de Bauru -EMDURB Plano de Transporte Coletivo da Cidade de Bauru PTC Bauru NT09 Pesquisa de imagem e opinião sobre o serviço de transporte coletivo municipal de Bauru Junho/2013 1- Apresentação O Plano de Transporte

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO DOS SERVIÇOS DE PRÉ-EMBARQUE

RELATÓRIO TÉCNICO DOS SERVIÇOS DE PRÉ-EMBARQUE RELATÓRIO TÉCNICO DOS SERVIÇOS DE PRÉ-EMBARQUE agosto/2005 Cenário São Paulo tem uma das maiores frotas de ônibus do mundo. São quase 15 mil ônibus, para o transporte diário de mais de 6 milhões de passageiros.

Leia mais

ÍNDICE. O Sistema de Transporte Coletivo. A Bilhetagem Eletrônica Instrumento da Política de Mobilidade

ÍNDICE. O Sistema de Transporte Coletivo. A Bilhetagem Eletrônica Instrumento da Política de Mobilidade Abril / 2007 ÍNDICE O Sistema de Transporte Coletivo A Bilhetagem Eletrônica Instrumento da Política de Mobilidade Perspectivas Município de São Paulo Base Legal Lei nº13.241, de 13/12/2001 organiza o

Leia mais

ÍNDICE. Carreta transportadora de plataforma Cod. AF-CTP_PÉS ILUSTRADA COM PLATAFORMA 03-04 MOD2 05-06 MOD4 07 MOD5 08 MOD6 09-10 MOD7 11-12

ÍNDICE. Carreta transportadora de plataforma Cod. AF-CTP_PÉS ILUSTRADA COM PLATAFORMA 03-04 MOD2 05-06 MOD4 07 MOD5 08 MOD6 09-10 MOD7 11-12 ÍNDICE 01 Cod. AF-CTP_PÉS ILUSTRADA COM PLATAFORMA 03-04 MOD2 05-06 MOD4 07 MOD5 08 MOD6 09-10 MOD7 11-12 02 Informativo 06/10/2012 19:47:38 1 Cod. AF-CTP_PÉS - ILUSTRADA COM PLATAFORMA Informativo 06/10/2012

Leia mais

Modelos de Concessão do Transporte Urbano por Ônibus Práticas e Tendências. Belo Horizonte: Verificação Independente dos Contratos de Concessão

Modelos de Concessão do Transporte Urbano por Ônibus Práticas e Tendências. Belo Horizonte: Verificação Independente dos Contratos de Concessão Modelos de Concessão do Transporte Urbano por Ônibus Práticas e Tendências Belo Horizonte: Verificação Independente dos Contratos de Concessão São Paulo, 15 de agosto de 2014 Agenda 1. Introdução - Belo

Leia mais

QUAL O NÚMERO DE VEÍCULOS QUE CIRCULA EM SÃO PAULO?

QUAL O NÚMERO DE VEÍCULOS QUE CIRCULA EM SÃO PAULO? QUAL O NÚMERO DE VEÍCULOS QUE CIRCULA EM SÃO PAULO? RESENHA Carlos Paiva Qual o número de veículos que circula em um dia ou a cada hora do dia na Região Metropolitana, no município e no centro expandido

Leia mais

MOBILIDADE URBANA EM SÃO PAULO APLICAÇÃO DE SOLUÇÕES IMEDIATAS E EFICAZES

MOBILIDADE URBANA EM SÃO PAULO APLICAÇÃO DE SOLUÇÕES IMEDIATAS E EFICAZES MOBILIDADE URBANA EM SÃO PAULO APLICAÇÃO DE SOLUÇÕES IMEDIATAS E EFICAZES JULHO 2015 SÃO PAULO UMA CIDADE A CAMINHO DO CAOS URBANO Fonte: Pesquisa de mobilidade 2012 SÃO PAULO UMA CIDADE A CAMINHO DO CAOS

Leia mais

Cicloativismo: uma experiência de participação. Melina Rombach Santiago, 01 de abril de 2016

Cicloativismo: uma experiência de participação. Melina Rombach Santiago, 01 de abril de 2016 Cicloativismo: uma experiência de participação Melina Rombach Santiago, 01 de abril de 2016 Plano de Mobilidade de Osasco e o cicloativismo: uma experiência de participação Introdução Leis e instituições

Leia mais

Plano Diretor de Trânsito e Transporte

Plano Diretor de Trânsito e Transporte Região Sudeste Rio de Janeiro servicospublicos@niteroi.rj.gov.br Baía de Guanabara Niterói Veículos = maior mobilidade, crescimento das cidades Aumento da frota = congestionamento menor mobilidade. Maiores

Leia mais

São Paulo Linha 4 - Amarela

São Paulo Linha 4 - Amarela São Paulo Linha 4 - Amarela ViaQuatro Composição Acionária 10% Mitsui 58% 30% Montgomery 1% BRT 1% RATP Assistência Técnica Assistência Técnica Linha 4 Projeto 30 anos de concessão operacional 1 Milhão

Leia mais

AVALIAÇÃO DE VIAGENS POR BICICLETAS: PESQUISA SOBRE OS HÁBITOS DOS CICLISTAS

AVALIAÇÃO DE VIAGENS POR BICICLETAS: PESQUISA SOBRE OS HÁBITOS DOS CICLISTAS AVALIAÇÃO DE VIAGENS POR BICICLETAS: PESQUISA SOBRE OS HÁBITOS DOS CICLISTAS Pablo de Barros Cardoso Professor, Universidade do Grande Rio, Brasil Vânia Barcellos Gouvêa Campos Professora, Instituto Militar

Leia mais

2. INFORMAÇÕES SOBRE OS ADMINISTRADORES, CONSULTORES E AUDITORES Administradores da Emissora Coordenador Líder Banco Mandatário e Depositário Agente

2. INFORMAÇÕES SOBRE OS ADMINISTRADORES, CONSULTORES E AUDITORES Administradores da Emissora Coordenador Líder Banco Mandatário e Depositário Agente 2. INFORMAÇÕES SOBRE OS ADMINISTRADORES, CONSULTORES E AUDITORES Administradores da Emissora Coordenador Líder Banco Mandatário e Depositário Agente Fiduciário Consultores Legais Auditores Independentes

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA Anexo II.6 Especificações do Sistema de Bilhetagem Eletrônica PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA ÍNDICE 1 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 2 2 CONCEPÇÃO DO SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA... 2 2.1 Processos

Leia mais

PALESTRA A SER PROFERIDA EM QUITO PELO SR SECRETÁRIO DE ESTADO DE TRANSPORTES DO DISTRITO FEDERAL

PALESTRA A SER PROFERIDA EM QUITO PELO SR SECRETÁRIO DE ESTADO DE TRANSPORTES DO DISTRITO FEDERAL PALESTRA A SER PROFERIDA EM QUITO PELO SR SECRETÁRIO DE ESTADO DE TRANSPORTES DO DISTRITO FEDERAL Senhoras e senhores É com grande satisfação que participo dessa primeira Conferência de Gerenciamento de

Leia mais

ANÁLISE DAS PLENÁRIAS

ANÁLISE DAS PLENÁRIAS ANÁLISE DAS PLENÁRIAS RELATÓRIO DO CICLO DE PLENÁRIAS DO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO ABRIL A AGOSTO / 2013 1 PRIMEIRA PLENÁRIA Região 6: Jardim Rochdale e Jardim Mutinga Realizada: 30/04/2013 Local: EMEF Terezinha

Leia mais

Licitação do Sistema Ônibus de Porto Alegre

Licitação do Sistema Ônibus de Porto Alegre Licitação do Sistema Ônibus de Porto Alegre Anexo III - C Manual de Regularização e Normas do Sistema de Oficialização e Monitoramento de Transporte Coletivo por Ônibus de Porto Alegre Anexo III - C Manual

Leia mais

29 de julho de 2014. 1ª Reunião do Observatório da Mobilidade Urbana de Belo Horizonte

29 de julho de 2014. 1ª Reunião do Observatório da Mobilidade Urbana de Belo Horizonte 1ª Reunião do Observatório da Mobilidade Urbana de Belo Horizonte Mesa 1: Acessibilidade e qualidade do transporte coletivo e das calçadas de Belo Horizonte Em que medida o PlanMob-BH considerou e avançou

Leia mais

METRÔ CURITIBANO. LINHA AZUL Santa Cândida / CIC Sul. Engº Cléver Ubiratan Teixeira de Almeida Presidente do IPPUC

METRÔ CURITIBANO. LINHA AZUL Santa Cândida / CIC Sul. Engº Cléver Ubiratan Teixeira de Almeida Presidente do IPPUC METRÔ CURITIBANO LINHA AZUL Santa Cândida / CIC Sul Engº Cléver Ubiratan Teixeira de Almeida Presidente do IPPUC PLANO DIRETOR LEI 11.266/2004 Diretrizes de Mobilidade Urbana e Transporte Capítulo II Da

Leia mais

www.supervia.com.br 1

www.supervia.com.br 1 www.supervia.com.br 1 Trens Urbanos no Rio de Janeiro Histórico Antes da privatização, sob condições de transporte inadequadas, o número de passageiros caiu consistentemente Média de passageiros dias úteis

Leia mais

Bus Rapid Transit. Possui desempenho e conforto semelhante aos sistemas sobre trilhos, mas com custo entre 4 a 20 vezes. menor;

Bus Rapid Transit. Possui desempenho e conforto semelhante aos sistemas sobre trilhos, mas com custo entre 4 a 20 vezes. menor; 1 BRT MANAUS 2 Bus Rapid Transit O BRT é um sistema de transporte com alta capacidade e baixo custo que utiliza parte segregada da infraestrutura viária existente e opera por controle centralizado, permitindo

Leia mais

Criada pela Lei Estadual nº 7.861 de 28 de Maio de 1.992. - CBTU STU/SP absorvida em 03 de Agosto de 1.993

Criada pela Lei Estadual nº 7.861 de 28 de Maio de 1.992. - CBTU STU/SP absorvida em 03 de Agosto de 1.993 HISTÓRICO Criada pela Lei Estadual nº 7.861 de 28 de Maio de 1.992. - CBTU STU/SP absorvida em 03 de Agosto de 1.993 linha 7 - Rubi - 60,4 Km 17 estações linha 10 - Turquesa - 37,2 Km 14 estações linha

Leia mais

Fórum Regional de Campinas. Desafios e Oportunidades em Logística e Infraestrutura Jurandir Fernandes Secretário dos Transportes Metropolitanos

Fórum Regional de Campinas. Desafios e Oportunidades em Logística e Infraestrutura Jurandir Fernandes Secretário dos Transportes Metropolitanos Fórum Regional de Campinas Desafios e Oportunidades em Logística e Infraestrutura Jurandir Fernandes Secretário dos Transportes Metropolitanos Hotel Royal Palm Plaza,Campinas, 11/08/2012 Transporte Metropolitano

Leia mais

Sistemas Inteligentes de Transporte (Intelligent Transportation Systems) é um conjunto de tecnologias de telecomunicações e de informática para

Sistemas Inteligentes de Transporte (Intelligent Transportation Systems) é um conjunto de tecnologias de telecomunicações e de informática para Sistemas Inteligentes de Transporte (Intelligent Transportation Systems) é um conjunto de tecnologias de telecomunicações e de informática para aplicação nos veículos e nos sistemas de transportes. Hoje

Leia mais

O Prefeito Municipal de Uberlândia, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela Lei Orgânica Municipal;

O Prefeito Municipal de Uberlândia, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela Lei Orgânica Municipal; DECRETO Nº 11.245, DE 26 DE JUNHO DE 2008. REGULAMENTA O PROCESSO DE TRANSIÇÃO DA VENDA DE PASSAGENS E CRÉDITOS ELETRÔNICOS DE TRANSPORTES NO SISTEMA DE TRANSPORTE COLETIVO DE PASSAGEIROS DE UBERLÂNDIA

Leia mais

RELATÓRIO TARIFÁRIO - RMSP

RELATÓRIO TARIFÁRIO - RMSP EXTENSÃO ABC COMUM 195 - - SAO BERNARDO DO CAMPO (TERMINAL METROPOLITANO FERRAZOPOLIS)- DIADEMA (TERMINAL METRO 13,096 3,90 - - 3,90 - - ABC COMUM 195 201 - Integração com 1 AZUL DO METRO - SAO BERNARDO

Leia mais

APARTAMENTOS. NUNES IMÓVEIS Informativo de Locação e Venda Osasco e Região Oeste - Agosto de 2013

APARTAMENTOS. NUNES IMÓVEIS Informativo de Locação e Venda Osasco e Região Oeste - Agosto de 2013 02 NUNES IMÓVEIS Informativo de Locação e Venda Osasco e Região Oeste - Agosto de 2013 APARTAMENTOS REF. 571421 APTO VILA OSASCO OSASCO R$ 245.000,00 Excelente Localização - Financia - 01 dorm com armários,

Leia mais

AVALIAÇÃO NACIONAL DO VALE-TRANSPORTE SISTEMA DE TRANSPORTE PÚBLICO COLETIVO POR ÔNIBUS

AVALIAÇÃO NACIONAL DO VALE-TRANSPORTE SISTEMA DE TRANSPORTE PÚBLICO COLETIVO POR ÔNIBUS AVALIAÇÃO NACIONAL DO VALE-TRANSPORTE SISTEMA DE TRANSPORTE PÚBLICO COLETIVO POR ÔNIBUS 1) Dados do Município/Região Metropolitana Município/RM: DADOS CADASTRAIS UF População Total: habitantes 2) Quem

Leia mais

Ajustes e Regulagem de TUEs com foco na Redução do Consumo de Energia

Ajustes e Regulagem de TUEs com foco na Redução do Consumo de Energia Ajustes e Regulagem de TUEs com foco na Redução do Consumo de Energia 2 de 9 Resumo do Trabalho O principal insumo (e o principal custo) para a operação do transporte ferroviário de passageiros é a energia

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo - Campus Guarulhos Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo - Campus Guarulhos Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas 1 - OBJETIVO Este estudo técnico visa apresentar os custos do atual modelo de transporte estudantil presente no Campus Guarulhos da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), assim como realizar uma

Leia mais

Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico

Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico 5305 Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico 4897 Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico 4898 Documento

Leia mais

Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico

Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico 4248 Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico 4249 Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico 4250 Documento

Leia mais

METRÔ 2020. Arquiteto e Urbanista Alberto Epifani Gerente de Planejamento e Integração de Transportes Metropolitanos do Metrô de São Paulo

METRÔ 2020. Arquiteto e Urbanista Alberto Epifani Gerente de Planejamento e Integração de Transportes Metropolitanos do Metrô de São Paulo METRÔ 2020 Expansão Metrô 2020, Novas Linhas já programadas, Linhas em estudo, Aspecto multimodal - Integração com outros meios de transporte Arquiteto e Urbanista Alberto Epifani Gerente de Planejamento

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS NAS FEIRAS LIVRES DO MUNICÍPIO DE SANTO ANDRÉ

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS NAS FEIRAS LIVRES DO MUNICÍPIO DE SANTO ANDRÉ 1 EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS NAS FEIRAS LIVRES DO MUNICÍPIO DE SANTO ANDRÉ A COMPANHIA REGIONAL DE ABASTECIMENTO INTEGRADO DE SANTO ANDRÉ CRAISA, no uso de suas atribuições

Leia mais

ANEXO III REQUISITOS MÍNIMOS PARA A PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS

ANEXO III REQUISITOS MÍNIMOS PARA A PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS ANEXO III REQUISITOS MÍNIMOS PARA A PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS 1 1. Estrutura Física / Equipamentos de Garagens e Pátios de Estacionamento 1.1. Especificação do Padrão das Garagens e Pátios de Estacionamento

Leia mais

A Prefeitura de Mogi das Cruzes apresenta:

A Prefeitura de Mogi das Cruzes apresenta: A Prefeitura de Mogi das Cruzes apresenta: SIM: em apenas 7 meses, mais de 1 milhão e 700 mil integrações. Mais economia, conforto e agilidade para suas viagens. Novo Terminal Estudantes A Prefeitura de

Leia mais

2010/11 [RELAÇÃO ESCOLAS GUARULHOS NORTE E GUARULHOS SUL] H I S T Ó R I A UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO UNIFESP CAMPUS GUARULHOS

2010/11 [RELAÇÃO ESCOLAS GUARULHOS NORTE E GUARULHOS SUL] H I S T Ó R I A UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO UNIFESP CAMPUS GUARULHOS H I UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO UNIFESP S T Ó R I A 2010/11 Estágio Supervisionado II Prof. Dr. Alexandre P. Godoy Profa. Dra. Maria Rita Toledo de Almeida CAMPUS GUARULHOS [RELAÇÃO ESCOLAS GUARULHOS

Leia mais

DIRETRIZES DA POLÍTICA DE TRANSPORTE COLETIVO EM SP

DIRETRIZES DA POLÍTICA DE TRANSPORTE COLETIVO EM SP DIRETRIZES DA POLÍTICA DE TRANSPORTE COLETIVO EM SP MAIO 2014 Fonte: Pesquisa de mobilidade 2012 DIMENSÃO DO DESAFIO EM TRANSPORTE COLETIVO PMSP Coletivo 16 milhões viagens 54% Individual 13 milhões viagens

Leia mais

ANEXO VI ESPECIFICAÇÃO DO SISTEMA DE MONITORAMENTO E CONTROLE OPERACIONAL

ANEXO VI ESPECIFICAÇÃO DO SISTEMA DE MONITORAMENTO E CONTROLE OPERACIONAL Anexo VI -fls.1/7 ANEXO VI ESPECIFICAÇÃO DO SISTEMA DE MONITORAMENTO E CONTROLE OPERACIONAL Serão apresentados a seguir os conceitos, requisitos e especificações básicas do Sistema de Monitoramento e Controle

Leia mais

Audiência Pública. Corredores de Transporte. 8h30 Assinatura da lista de presença. Apresentação da mesa e abertura dos trabalhos

Audiência Pública. Corredores de Transporte. 8h30 Assinatura da lista de presença. Apresentação da mesa e abertura dos trabalhos Audiência Pública Corredores de Transporte 8h30 Assinatura da lista de presença 9h00 9h30 10h30 11h40 12h00 Apresentação da mesa e abertura dos trabalhos Apresentação do projeto Esclarecimentos das questões

Leia mais

Você é muito importante para nós

Você é muito importante para nós Prefeitura de Agosto 2015 Você é muito importante para nós Edição especial Jorge Lapas Prefeito Oscar Buturi Secretário de Comunicação Social Gustavo Vilela Diretor de Informação Silvio Gurgel Diretor

Leia mais

A consolidação da rede de BRS do Rio de Janeiro.

A consolidação da rede de BRS do Rio de Janeiro. A consolidação da rede de BRS do Rio de Janeiro. Aline Leite 1 ; Diego Mateus da Silva 1 ; Eduardo Tavares da Silva 2 ; Luciana Brizon 2 ; Luciana Pires 2 ; Marcelo Mancini 1 ; Miguel Ângelo de Paula 2

Leia mais

Projetos de Expansão e Modernização

Projetos de Expansão e Modernização Projetos de Expansão e Modernização Mário Manuel Seabra Rodrigues Bandeira Diretor Presidente maio/2013 REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO Jundiaí Várzea Paulista Campo Limpo Paulista Francisco Morato Franco

Leia mais

Circular 349B 08/08/08. CCCF Eletrônico

Circular 349B 08/08/08. CCCF Eletrônico Circular 349B 08/08/08 Destinatários : Agentes de Viagem Prezados Agentes de Viagens, Esta circular substitui a de nº 349A de 31/07/2008. CCCF Eletrônico Dando continuidade ao processo de automação dos

Leia mais

ORIENTADORES DE TRÂNSITO PROJETO OPERAÇÃO DE TRÁFEGO

ORIENTADORES DE TRÂNSITO PROJETO OPERAÇÃO DE TRÁFEGO Companhia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) ORIENTADORES DE TRÂNSITO PROJETO OPERAÇÃO DE TRÁFEGO Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano do Recife (SEMOC) Implantação 11 de dezembro,

Leia mais

O Plano de Mobilidade Urbana Sustentável e a implantação do. MOVE, o BRT de Belo Horizonte

O Plano de Mobilidade Urbana Sustentável e a implantação do. MOVE, o BRT de Belo Horizonte O Plano de Mobilidade Urbana Sustentável e a implantação do MOVE, o BRT de Belo Horizonte BH, 2001-12 - Dinâmica recente: um colossal crescimento da frota de veículos automotores A frota de veículos mais

Leia mais

MUDANÇAS NAS LINHAS E ITINERÁRIOS DE ÔNIBUS

MUDANÇAS NAS LINHAS E ITINERÁRIOS DE ÔNIBUS MUDANÇAS NAS LINHAS E ITINERÁRIOS DE ÔNIBUS Devido a realização do GP de F1, em Interlagos, a SPTrans alterou o itinerário de ônibus municipais e intermunicipais que circulam no entorno do autódromo José

Leia mais

APARTAMENTOS. NUNES IMÓVEIS Informativo de Locação e Venda Osasco e Região Oeste - Fevereiro de 2013

APARTAMENTOS. NUNES IMÓVEIS Informativo de Locação e Venda Osasco e Região Oeste - Fevereiro de 2013 02 NUNES IMÓVEIS Informativo de Locação e Venda Osasco e Região Oeste - Fevereiro de 2013 APARTAMENTOS J095501 - APARTAMENTO JARDIM TURÍBIO OSASCO R$ 75.000,00 + SALDO ***não aceita financiamento*** 2

Leia mais

Promoções dos Cartões PrimeClub

Promoções dos Cartões PrimeClub Promoções dos Cartões de Crédito Bradesco Prime MasterCard. PrimeClub JuLho/AGOSTO 2013 ANO 3 nº 12 Retribua todo seu amor neste Dia dos Pais. Quem sempre cuidou bem de você merece uma homenagem. Aproveite

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA Anexo II.9 Especificações do Sistema de Monitoramento da Frota PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA ÍNDICE 1 OBJETIVOS... 2 2 ESPECIFICAÇÃO BÁSICA... 2 2.1 Aquisição de Dados Monitorados do Veículo...

Leia mais

CICLOVIAS EM SP INTEGRANDO E FAZENDO O BEM PARA A CIDADE

CICLOVIAS EM SP INTEGRANDO E FAZENDO O BEM PARA A CIDADE CICLOVIAS EM SP INTEGRANDO E FAZENDO O BEM PARA A CIDADE AGOSTO 2014 PROGRAMA DE METAS IMPLANTAR UMA REDE DE 400KM DE VIAS CICLÁVEIS. PROPICIA MAIOR EQUIDADE NO USO DA VIA PÚBLICA GANHOS SOCIO-AMBIENTAIS

Leia mais

PESQUISA DE MOBILIDADE DA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO PRINCIPAIS RESULTADOS PESQUISA DOMICILIAR DEZEMBRO DE 2013

PESQUISA DE MOBILIDADE DA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO PRINCIPAIS RESULTADOS PESQUISA DOMICILIAR DEZEMBRO DE 2013 PESQUISA DE MOBILIDADE DA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO PRINCIPAIS RESULTADOS PESQUISA DOMICILIAR DEZEMBRO DE 2013 SUMÁRIO Página Capítulo 3 Objetivos, conceitos utilizados e metodologia 12 Dados socioeconômicos

Leia mais

CAMPOS CAMPEONATO CUEBLA 2013

CAMPOS CAMPEONATO CUEBLA 2013 CAMPOS CAMPEONATO CUEBLA 2013 ZONA NORTE SÃO PAULO CP MEIO AMBIENTE / PRESÍDIO MILITAR ROMÃO GOMES ENDEREÇO DO CAMPO: Av. Tenente Júlio Prado Neves, 450, Tremembé, São Paulo - SP. CONTATO: Mamede (11)

Leia mais

Fábrica no Pólo Industrial de Manaus, 6.000m² de área construída, certificada pela norma NBR ISO 9001:2000

Fábrica no Pólo Industrial de Manaus, 6.000m² de área construída, certificada pela norma NBR ISO 9001:2000 FÁBRICA MANAUS/AM Fábrica no Pólo Industrial de Manaus, 6.000m² de área construída, certificada pela norma SALA DE LIMPEZA Entrada Funcionário recebe (1 minuto) jato de ar comprimido para eliminar poeira

Leia mais

CONCORRÊNCIA EMTU/SP Nº 014/2013

CONCORRÊNCIA EMTU/SP Nº 014/2013 CONCORRÊNCIA EMTU/SP Nº 014/2013 ANEXO 01 DETALHAMENTO DO OBJETO, DO SISTEMA E DAS CONDIÇÕES DA PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS ANEXO 01 1 DETALHAMENTO DO OBJETO 1. O OBJETO da PERMISSÃO compreende os serviços

Leia mais

FORD C-MAX + FORD GRAND C-MAX CMAX_Main_Cover_2014_V3.indd 1-3 23/08/2013 10:01:48

FORD C-MAX + FORD GRAND C-MAX CMAX_Main_Cover_2014_V3.indd 1-3 23/08/2013 10:01:48 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 12,999,976 km 9,136,765 km 1,276,765 km 499,892 km 245,066 km 112,907 km 36,765 km 24,159 km 7899 km 2408 km 76 km 12 14 16 9 10 1 8 12 7 3 1 6 2 5 4 3 11 18 20 21 22 23 24 26 28 30

Leia mais

YPS. nossos serviços. análise de viabilidade econômica de empreendimentos imobiliários; projetos arquitetônicos conceituais, básicos e de prefeitura;

YPS. nossos serviços. análise de viabilidade econômica de empreendimentos imobiliários; projetos arquitetônicos conceituais, básicos e de prefeitura; YPS Há oito anos foi fundada a YPS Construções e Incorporações LTDA. Ao longo desse período a YPS atuou no setor de incorporação e viabilização de empreendimentos residenciais. Participou da incorporação

Leia mais

Projetos de Expansão e Modernização

Projetos de Expansão e Modernização Projetos de Expansão e Modernização Março/2012 Jundiaí Várzea Paulista Campo Limpo Paulista Francisco Morato Franco da Rocha Caieiras REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO Itaquaquecetuba Osasco Barueri São

Leia mais

EMISSÃO DE RECIBO ou NOTA FISCAL

EMISSÃO DE RECIBO ou NOTA FISCAL EMISSÃO DE RECIBO ou NOTA FISCAL A SANTA BRANCA TRANSPORTES LTDA em toda a venda de crédito emitirá o cupom fiscal, caso a Empresa adquirente do crédito necessitar de nota fiscal deverá solicitar através

Leia mais

ANEXO II DIRETRIZES PARA A REESTRUTURAÇÃO DO TRANSPORTE COLETIVO DO RIO DE JANEIRO

ANEXO II DIRETRIZES PARA A REESTRUTURAÇÃO DO TRANSPORTE COLETIVO DO RIO DE JANEIRO ANEXO II DIRETRIZES PARA A REESTRUTURAÇÃO DO TRANSPORTE COLETIVO DO RIO DE JANEIRO 1. Perspectiva para o Sistema de Transporte Futuro 1.1. Introdução 1.2. Definições 2. Política Tarifária 3. Tecnologias

Leia mais

CONCORRÊNCIA PÚBLICA 1/2014 PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º 001.000925.14

CONCORRÊNCIA PÚBLICA 1/2014 PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º 001.000925.14 CONCORRÊNCIA PÚBLICA 1/2014 PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º 001.000925.14 A Comissão Especial de Licitação para concessão da prestação e exploração do serviço de transporte coletivo por ônibus no Município

Leia mais

Programa de Integração e Mobilidade Urbana da Região Metropolitana do Rio de Janeiro

Programa de Integração e Mobilidade Urbana da Região Metropolitana do Rio de Janeiro Programa de Integração e Mobilidade Urbana da Região Metropolitana do Rio de Janeiro Waldir Peres Superintendente Agência Metropolitana de Transportes Urbanos São Paulo Setembro de 2011 Plano Geral Rio

Leia mais

DOCUMENTO OPERACIONAL PROCESSO: FATURAMENTO DE SERVIÇOS AÉREOS E TERRESTRES SETOR RESPONSÁVEL: ADMINISTRATIVO

DOCUMENTO OPERACIONAL PROCESSO: FATURAMENTO DE SERVIÇOS AÉREOS E TERRESTRES SETOR RESPONSÁVEL: ADMINISTRATIVO PÁGINA: 1 de 8 1.0 OBJETIVO: Encaminhar as faturas para os clientes, em relação aos serviços prestados pela organização, conforme documentos de viagem emitidos (aéreos e terrestres), solicitados pelos

Leia mais

LOTEAMENTO RESIDENCIAL UNIP / CAMPO NOVO BAURU

LOTEAMENTO RESIDENCIAL UNIP / CAMPO NOVO BAURU LOTEAMENTO RESIDENCIAL UNIP / CAMPO NOVO BAURU ESTUDO DE IMPACTO NO TRÁFEGO ECOVITA INCORPORADORA E CONSTRUTORA MARÇO/2014 1 INDICE INTRODUÇÃO...2 1. EMPREENDIMENTO...3 1.1 ATIVIDADES E DIMENSÕES...3 1.2

Leia mais

Desafios para Melhoria da Mobilidade Urbana

Desafios para Melhoria da Mobilidade Urbana Desafios para Melhoria da Mobilidade Urbana O Desafio da CET 7,2 milhões de veículos registrados 12 milhões de habitantes 7,3 milhões de viagens a pé 156 mil viagens de bicicleta 15 milhões de viagens

Leia mais

Programação Inteligente para Transporte Urbano

Programação Inteligente para Transporte Urbano Programação Inteligente para Transporte Urbano Programação horária Também chamada de programação de linha, consiste em obter como resultado final, tabelas horárias de viagens para uma linha (ou linhas)

Leia mais

O Processo de Adensamento de Corredores de Transporte. Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba

O Processo de Adensamento de Corredores de Transporte. Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba O Processo de Adensamento de Corredores de Transporte Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba Curitiba SÃO PAULO População: 1.828.092 hab. Taxa de crescimento pop. 2000-2009: 1,71% 2008-2009:

Leia mais

TRANSDATA SMART BILHETAGEM ELETRÔNICA

TRANSDATA SMART BILHETAGEM ELETRÔNICA BRASIL ARGENTINA +55 19 3515.1100 www.transdatasmart.com.br SEDE CAMPINAS-SP RUA ANA CUSTÓDIO DA SILVA, 120 JD. NOVA MERCEDES CEP: 13052.502 FILIAIS BRASÍLIA RECIFE CURITIBA comercial@transdatasmart.com.br

Leia mais

CICLOVIAS EM SP INTEGRANDO E FAZENDO O BEM PARA A CIDADE JUNHO 2014

CICLOVIAS EM SP INTEGRANDO E FAZENDO O BEM PARA A CIDADE JUNHO 2014 CICLOVIAS EM SP INTEGRANDO E FAZENDO O BEM PARA A CIDADE JUNHO 2014 PROGRAMA DE METAS IMPLANTAR UMA REDE DE 400KM DE VIAS CICLÁVEIS. VIAS CICLÁVEIS CICLOVIAS CICLOFAIXAS CICLORROTAS 40KM/H PROPICIA MAIOR

Leia mais

METRÔ DE SÃO PAULO Gerência de Planejamento e Integração de Transportes Metropolitanos GPI / DM

METRÔ DE SÃO PAULO Gerência de Planejamento e Integração de Transportes Metropolitanos GPI / DM METRÔ DE SÃO PAULO Gerência de Planejamento e Integração de Transportes Metropolitanos GPI / DM Sistemas Estruturais de Transporte Alta e Média Capacidade Alberto Epifani Gerente de Planejamento e Integração

Leia mais

O EVENTO. CARGA HORÁRIA: 26 (vinte e seis) horas. PÚBLICO ALVO LOCAL DO EVENTO 09 A 12 DE NOVEMBRO FOZ DO IGUAÇU/PR

O EVENTO. CARGA HORÁRIA: 26 (vinte e seis) horas. PÚBLICO ALVO LOCAL DO EVENTO 09 A 12 DE NOVEMBRO FOZ DO IGUAÇU/PR O EVENTO O Encontro Brasileiro de Compras Públicas tem por finalidade debater os principais temas na área de contratações públicas de uma forma moderna e atualizada, utilizando metodologia diferenciada

Leia mais

Panorama do Plamus Julho de 2015

Panorama do Plamus Julho de 2015 Panorama do Plamus Julho de 2015 O PLAMUS foi elaborado por consórcio de três empresas LogitEngenharia, Strategy& e Machado Meyer Advogados, com cinco parceiros Consórcio Empresa brasileira, fundada há

Leia mais

A Curitiba de 2024. Entenda

A Curitiba de 2024. Entenda Emendas ao Plano Direitor propõem a paulistinização do trânsito em Curitiba Gazeta do Povo - Curitiba/PR - HOME - 04/10/2015-21:49:00 Modelo em gestão de mobilidade urbana para o restante do país nas décadas

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2013/023 ESCLARECIMENTOS

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2013/023 ESCLARECIMENTOS Esclarecimento I PERGUNTA 1: PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2013/023 ESCLARECIMENTOS 7.5.3. documentação técnica do fabricante dos componentes cotados, incluindo partes de manuais e catálogos, que comprovem o atendimento

Leia mais

CARACTERIZAÇÃO CLIMÁTICA DA ZONA LESTE DE SÃO PAULO, UM EXEMPLO DE INTERAÇÃO ENTRE A EACH-USP E O BAIRRO JARDIM KERALUX

CARACTERIZAÇÃO CLIMÁTICA DA ZONA LESTE DE SÃO PAULO, UM EXEMPLO DE INTERAÇÃO ENTRE A EACH-USP E O BAIRRO JARDIM KERALUX CARACTERIZAÇÃO CLIMÁTICA DA ZONA LESTE DE SÃO PAULO, UM EXEMPLO DE INTERAÇÃO ENTRE A EACH-USP E O BAIRRO JARDIM KERALUX Rita Yuri Ynoue Escola de Artes, Ciências e Humanidades, Universidade de São Paulo.

Leia mais

Junta de Freguesia de Casal de Cambra Sistema de Atendimento On Line http://www.jf casalcambra.pt. Transportes Públicos Casal de Cambra

Junta de Freguesia de Casal de Cambra Sistema de Atendimento On Line http://www.jf casalcambra.pt. Transportes Públicos Casal de Cambra Transportes Públicos Casal de Cambra Saiba como chegar à nossa freguesia... Rodoviária de Lisboa http://www.rodoviariadelisboa.pt/ 210 (Caneças Colégio Militar) 203 (Casal do Bispo Colégio Militar) 224

Leia mais

Evolução do congestionamento

Evolução do congestionamento Evolução do congestionamento Crescimento populacional estável Taxa de motorização crescente 2025 2005 Surgimento de novos pólos de atração de viagens Deslocamentos na cidade Rede de transporte para 2016

Leia mais

ANEXO 8. Quadro de Indicadores de Desempenho

ANEXO 8. Quadro de Indicadores de Desempenho ANEXO 8 Quadro de Indicadores de Desempenho 1 1. SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE O Sistema de Gestão da Qualidade a ser implantado tem por finalidades: 1. Estimular a melhoria contínua da qualidade dos

Leia mais

Que possíveis desenvolvimentos para a Marca INTEGRA?

Que possíveis desenvolvimentos para a Marca INTEGRA? Projeto START Workshop Que possíveis desenvolvimentos para a Marca INTEGRA? Source: Google Earth Mobilidade e Transportes Lisboa, 24 Maio 2012 A Marca INTEGRA (I) A Marca INTEGRA A marca Integra pretende

Leia mais

EMPRESA DE TRANSPORTE URBANO DE FORTALEZA - ETUFOR

EMPRESA DE TRANSPORTE URBANO DE FORTALEZA - ETUFOR EMPRESA DE TRANSPORTE URBANO DE FORTALEZA - Objetivo Apresentar a e as principais características do STTP. Conceito de Transporte - Transporte é o movimento de pessoas e cargas de um ponto a outro utilizando

Leia mais

PALAVRAS CHAVE Transporte Público, Prioridade ao transporte coletivo, Nível de serviço.

PALAVRAS CHAVE Transporte Público, Prioridade ao transporte coletivo, Nível de serviço. Análise da implantação do BRS da Avenida T63 Goiânia. Marcos de Luca Rothen Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia IFG Rua 75, nº46. Centro. CEP: 74055-110. Goiânia/GO (62)8122-9458 marcosrothen@hotmail.com

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS NA MODALIDADE DE ENSINO A DISTÂNCIA

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS NA MODALIDADE DE ENSINO A DISTÂNCIA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS NA MODALIDADE DE ENSINO A DISTÂNCIA Contrato de prestação de serviços educacionais que fazem entre si SOCIEDADE BENEFICENTE ISRAELITA BRASILEIRA HOSPITAL

Leia mais

Cheques - créditos e débitos de cheques compensados e/ou pagos no caixa serão enviados no dia seguinte da ocorrência em conta.

Cheques - créditos e débitos de cheques compensados e/ou pagos no caixa serão enviados no dia seguinte da ocorrência em conta. TERMO DE ADESÃO PARA O SERVIÇO INFOEMAIL: ENVIO DE DEMONSTRATIVOS DE DESPESAS EFETUADAS NA CONTA CORRENTE, CONTA POUPANÇA E CARTÃO DE CRÉDITO BRADESCO VIA ENDEREÇO ELETRÔNICO. Pelo presente instrumento,

Leia mais

Anderson Tavares de Freitas. Bruno Vieira Bertoncini

Anderson Tavares de Freitas. Bruno Vieira Bertoncini PROPOSTA METODOLÓGICA PARA CONSTRUÇÃO DE UMA MATRIZ ORIGEM/DESTINO DO SISTEMA DE TRANSPORTE PÚBLICO A PARTIR DOS DADOS DE BILHETAGEM ELETRÔNICA E GPS DOS VEÍCULOS Anderson Tavares de Freitas Bruno Vieira

Leia mais

SP 09/94 NT 183/94. Avaliação de Investimento no Sistema Viário Alça de Acesso da Av. dos Bandeirantes à Av. 23 de Maio. Luciana Soriano Barbuto

SP 09/94 NT 183/94. Avaliação de Investimento no Sistema Viário Alça de Acesso da Av. dos Bandeirantes à Av. 23 de Maio. Luciana Soriano Barbuto SP 09/94 NT 183/94 Avaliação de Investimento no Sistema Viário Alça de Acesso da Av. dos Bandeirantes à Av. 23 de Maio Engª Luciana Soriano Barbuto 1. Introdução A Prefeitura de SP visando a melhorar a

Leia mais