ATOS DO PODER EXECUTIVO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ATOS DO PODER EXECUTIVO"

Transcrição

1 ESTADO DA PARAÍBA Nº João Pessoa - Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2013 Preço: R$ 2,00 ATOS DO PODER EXECUTIVO DECRETO Nº DE 10 DE DEZEMBRO DE Dispõe sobre as Competências da da Ouvidoria Geral do Estado e dá outras providências. lhe confere o art. 86, inciso IV e VI, da Constituição do Estado, e da lei nº 9.332, de 25 de janeiro de 2011, Art. 1º Compete à Ouvidoria Geral do Estado exercer, em especial, as seguintes atribuições: I zelar pela legalidade, legitimidade, impessoalidade, moralidade, economicidade, publicidade e eficiência dos atos praticados pela administração pública estadual; II receber e apurar todas as manifestações referentes às reclamações, solicitações, informações, denúncias, sugestões e elogios que lhe forem dirigidas, notificando os respectivos órgãos e entidades estaduais para os esclarecimentos necessários e/ou conhecimento; III promover intercâmbio entre as instituições públicas do Estado no que se refere às ações de ouvidoria, através de um sistema integrado em rede; IV sistematizar informações sobre a atuação dos órgãos e entidades estaduais, no que se refere às respectivas ouvidorias, através do monitoramento e avaliação dos seus indicadores de desempenho; V orientar os órgãos e entidades da administração pública estadual quanto aos procedimentos necessários para implantação de novas ouvidorias; VI subsidiar tecnicamente as ouvidorias existentes, em relação aos procedimentos técnicos específicos da área; VII garantir a todos os usuários caráter de sigilo, discrição e fidelidade quanto ao conteúdo e providências de suas manifestações; VIII sugerir ações de melhoria para as ouvidorias, evitando a reincidência de manifestações pertinentes à ineficiência da máquina estatal; IX divulgar, de forma ampla e transparente, as ações por ela desenvolvidas; X promover e coordenar sistematicamente os Fóruns de Ouvidores Públicos; XI encaminhar periodicamente ao Gabinete do Governador relatórios gerenciais com dados estatísticos e qualitativos quanto ao desempenho das ouvidorias da administração pública estadual; XII desenvolver outras atividades correlatas. Parágrafo único. Não serão objeto de apreciação por parte da Ouvidoria Geral do Estado as questões pendentes de decisão judicial. Art. 2º A Ouvidoria Geral do Estado deverá, em especial, promover o atendimento externo destinado a todo e qualquer cidadão que a procure, considerando, em seu mérito, independentemente da forma, todas as manifestações que lhe forem dirigidas. Art. 3º Caberá à Ouvidoria Geral editar regulamento específico para regrar o rito procedimental dos serviços oferecidos, bem co estabelecer seus objetivos, missão e visão. Art. 4º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA, em João Pessoa, 10 de dezembro de 2013; 125º da Proclamação da República. DECRETO Nº DE 10 DE DEZEMBRO DE Declara de utilidade pública, para fins de desapropriação, o imóvel que menciona e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DA PARAÍBA no uso das atribuições que lhe confere o art. 86, inciso IV, da Constituição do Estado e tendo em vista o artigo 5º alínea 1 c e o artigo 6 do Decreto-Lei Federal n de 21 de junho de 1941, com suas posteriores modificações. DECRETA: Art. 1º Fica declarado de utilidade pública, para fins de desapropriação, o imóvel sem benfeitorias, da construção da Rodovia PB-139, Trecho:CAMPINA GRANDE/ CATOLÉ DE BOA VISTA, neste Estado, a seguir discriminados: I uma faixa de terras com uma área de ,72 m², sem benfeitorias, denominada Fazenda Rita Gaudêncio, localizada à margem da Rodovia PB-139, no Distrito de Catolé de Boa Vista, município de Campina Grande- PB, pertencente ao Sr.AMARO GAUDÊNCIO GOMES, localizada entre as estacas 06 à 129, do lado esquerdo. Art. 2º O imóvel a que se refere o artigo anterior destina-se à execução da obra de construção da Rodovia PB-139, Trecho: Campina Grande/Catolé de Boa Vista-PB. Art. 3º É de natureza urgente a desapropriação de que trata este Decreto, para efeito de imediata imissão na posse do imóvel descrito, de conformidade com o disposto no artigo 15 do Decreto Lei nº 3.365/41. Art. 4º Fica a Procuradoria Geral do Estado, através da Procuradoria do Domínio, e o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado da Paraíba DER-PB, por sua Assessoria Jurídica, autorizados a promover, em conjunto ou isoladamente, a desapropriação do imóvel por meios amigáveis ou judiciais. Art. 5º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA, em João Pessoa, 10 de dezembro de 2013; 125 da Proclamação da República. DECRETO Nº , DE 10 DE DEZEMBRO DE 2013 Dispõe sobre a locação temporária de espaços para armazenamento de bens ou mercadorias por contribuintes do ICMS. O GOVERNADOR DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso de suas atribuições que lhe confere o art. 86, inciso IV, da Constituição do Estado, D E C R E T A : Art. 1º O contribuinte do ICMS que locar, de empresa de Aluguel de Imóvel Próprio - Atividade Self-Storage, espaços para o armazenamento temporário de bens ou mercadorias, em território paraibano, deverá cumprir o disposto neste Decreto. Parágrafo único. Para efeito do disposto no caput, considera-se como empresa de Aluguel de Imóvel Próprio - Atividade Self-Storage aquela cuja atividade econômica preponderante seja a locação temporária de espaços individuais e privativos destinados ao armazenamento de bens ou mercadorias, na modalidade de autosserviço, ou seja, com a responsabilidade do locatário pela colocação, guarda, conservação, retirada dos bens depositados e o seu transporte. Art. 2º A empresa de Aluguel de Imóvel Próprio - Atividade Self-Storage, estabelecida neste Estado, poderá inscrever-se no Cadastro de Contribuintes do ICMS do Estado da Paraíba CCICMS com o CNAE /02 - Aluguel de Imóvel Próprio - Atividade Self- Storage, ficando dispensada da emissão e escrituração de documentos e de livros fiscais, também da apresentação dos documentos de informações econômico - fiscais de que trata a legislação do ICMS, sem prejuízo da responsabilidade tributária, seja solidária ou não, nos termos da legislação pertinente. 1º Fica vedada a concessão de inscrição para box ou módulo de forma individualizada. 2º Os contribuintes do ICMS somente poderão depositar bens do ativo imobilizado ou mercadorias em Self-Storage que for devidamente inscrito no Cadastro de Contribuintes do Estado da Paraíba - CICMS-PB. 3º A locação temporária de espaços físicos, denominados também de módulos metálicos, para contribuintes do ICMS deverá ser documentada por contrato particular entre as partes. Art. 3º As operações de remessa e de retorno de bens ou mercadorias, de que trata este Decreto, terão o mesmo tratamento tributário dispensado no inciso X do art. 4º do Regulamento do ICMS - RICMS, aprovado pelo Decreto nº , de 19 junho de Art. 4º O contribuinte do ICMS que locar os módulos metálicos de empresa Aluguel de Imóvel Próprio - Atividade Self-Storage deverá indicar no livro Registro de Utilização de Documentos Fiscais e Termos de Ocorrências - modelo 6, no mínimo, os seguintes dados do contrato referido no 3º do art. 2º deste Decreto: I o número do box ou módulo; II o nome da empresa locadora e a respectiva inscrição estadual; III a data de início e o término de vigência do contrato. Art. 5º Por ocasião da saída interna de mercadoria ou bem do ativo imobilizado, com destino à empresa de Aluguel de Imóvel Próprio - Atividade Self-Storage, o estabelecimento depositante deverá emitir Nota Fiscal Eletrônica - NF-e, que conterá, além dos demais requisitos previstos na legislação do ICMS: I o número do box ou módulo; II a inscrição estadual da empresa de Aluguel de Imóvel Próprio - Atividade Self-Storage ; III a natureza da operação: Outras Saídas - Remessa para Depósito Temporário - CFOP: 5.905; IV a indicação do fundamento legal relativo à não-incidência do imposto (inciso X do art. 4º do RICMS/PB); V no campo Informações Complementares a expressão: Remessa para Depósito Temporário, nos termos do Decreto nº.../13. Art. 6º Por ocasião da saída interna de mercadoria ou bem do ativo imobilizado em retorno ao estabelecimento depositante, este deverá emitir a Nota Fiscal Eletrônica NF-e relativa à entrada da mercadoria ou bem em seu estabelecimento, que conterá, além dos demais requisitos previstos na legislação do ICMS:

2 2 João Pessoa - Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2013 I o número do box ou módulo; II a inscrição estadual da empresa de Aluguel de Imóvel Próprio -Atividade Self-Storage ; III a natureza da operação: Outras Entradas - Retorno de Depósito Temporário - CFOP: 5.906; IV a indicação do fundamento legal relativo à não-incidência do imposto (inciso X do art. 4º do RICMS/PB); V no campo Informações Complementares a expressão: Retorno de Depósito Temporário, nos termos do Decreto nº.../13. Art. 7º No caso de saída de mercadoria ou bem do ativo imobilizado de depósito temporário - Self-Storage com destino a outro estabelecimento, ainda que da mesma empresa depositante, esta deverá: I emitir Nota Fiscal Eletrônica NF-e que conterá, além dos demais requisitos previstos na legislação do ICMS: a) o valor da operação; b) a natureza da operação; c) o destaque do valor do imposto, se devido; d) a indicação de que a mercadoria sairá de depósito temporário - Self-Storage, o endereço e os números de inscrição, no CCICMS-PB e no CNPJ/MF, deste; e) as indicações do número, série e data da emissão da Nota Fiscal, referida no inciso II do caput deste artigo, de que a mercadoria sairá de depósito temporário - Self- Storage, o endereço e os números de inscrição no CCICMS-PB e no CNPJ/MF, deste; II emitir Nota Fiscal Eletrônica - NF-e para fins de retorno simbólico do depósito temporário, contendo os requisitos previstos no art. 6º, explicitando, em relação às expressões contidas nos incisos III a V do caput do citado artigo, tratar-se de Retorno Simbólico - (CFOP: 5.907); III remeter à empresa de Aluguel de Imóvel Próprio Atividade Self-Storage cópia reprográfica do DANFE referente às Notas Fiscais de que tratam os incisos I e II do caput deste artigo, para serem mantidas à disposição do Fisco pelo prazo decadencial. Parágrafo único. A mercadoria ou bem será acompanhada em seu transporte do DANFE referente à Nota Fiscal Eletrônica NF-e prevista no inciso I do caput deste artigo, emitidos nos termos da legislação pertinente. Art. 8º A Nota Fiscal Eletrônica - NF-e referida no art. 6º ou no inciso II do caput do art. 7º, deste Decreto, deverá ser registrada pelo estabelecimento depositante no livro Registro de Entradas, nos moldes previstos na legislação. Art. 9º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA, em João Pessoa, 10 de dezembro de 2013; 125º da Proclamação da República. DECRETO Nº , DE 10 DE DEZEMBRO DE 2013 GOVERNO DO ESTADO Governador Ricardo Vieira Coutinho SECRETARIA DE ESTADO DA COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL A UNIÃO Superintendência de Imprensa e Editora BR Km 03 - Distrito Industrial - João Pessoa-PB - CEP Fernando Antônio Moura de Lima SUPERINTENDENTE Gilson Renato de Oliveira DIRETOR TÉCNICO Altera o Decreto nº , de 29 de novembro de 2004, que dispõe sobre o diferimento do imposto relativo à importação do exterior do país de insumos da indústria de informática e automação, e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso de suas atribuições que lhe confere o art. 86, inciso IV, da Constituição do Estado, e tendo em vista o disposto no art. 186, da Lei nº 6.379, de 2 de dezembro de 1996, D E C R E T A : Art. 1º Os dispositivos do Decreto nº , de 29 de novembro de 2004, a seguir enunciados, passam a vigorar com as seguintes redações: I o caput do inciso I e o inciso II do caput do art. 1º: Lúcio Falcão EDITOR DO DIÁRIO OFICIAL GOVERNO DO ESTADO José Arthur Viana Teixeira DIRETOR ADMINISTRATIVO Albiege Lea Araújo Fernandes DIRETORA DE OPERAÇÕES Fones: / Assinatura: (83) Anual... R$ 400,00 Semestral... R$ 200,00 Número Atrasado... R$ 3,00 I de insumos da indústria de informática e automação destinados aos estabelecimentos industriais fabricantes de máquinas e aparelhos elétricos, eletro-eletrônicos, eletrônicos e de telecomunicações e equipamentos de informática, cabos e fios de alumínio e fibra ótica, nas seguintes hipóteses: ; II de produtos acabados da indústria de informática e automação, destinados a estabelecimento industrial ou comercial atacadista, filial de indústria estabelecida neste Estado, para o momento em que ocorrer a saída; ; II o art. 2º: Art. 2º Fica igualmente diferido o recolhimento do imposto devido nas aquisições em outra unidade da Federação, relativamente ao diferencial de alíquotas de bens destinados ao ativo imobilizado dos estabelecimentos tratados no inciso I do caput do art. 1º, para o momento em que ocorrer a desincorporação. ; III o art. 5º: Art. 5º Os estabelecimentos industriais ou comerciais atacadistas, filiais de indústria, que promoverem saídas, internas ou interestaduais, de insumos recebidos do exterior com o diferimento previsto no inciso II do caput do art. 1º poderão recolher o imposto com a base de cálculo reduzida, de forma que a carga tributária resulte em 3,5% (três inteiros e cinco décimos por cento) do valor da operação. 1º Para fruição do benefício previsto no caput deste artigo, as saídas promovidas pelo estabelecimento industrial de produtos acabados, por ele importados, devem corresponder, no período de apuração, no máximo, ao valor dos produtos vendidos por ele fabricados. 2º Na hipótese do valor das vendas de produtos acabados importados pelo estabelecimento industrial ultrapassar, no período de apuração, o valor das vendas de produtos, por ele fabricados, deverá ser acrescido o percentual de 2% (dois por cento) de carga tributária sobre o montante das saídas internas dos produtos importados. 3º Nas saídas de produtos adquiridos no mercado nacional, fica concedido crédito presumido de ICMS, de forma que o imposto mensal a recolher resulte em uma carga tributária nunca inferior a 3% (três por cento) nas vendas internas, e 1% (um por cento) nas vendas interestaduais. 4º Nas aquisições interestaduais de insumos destinados à indústria, a empresa fica dispensada do recolhimento do ICMS Garantido e do ICMS Antecipado.. Art. 2º Fica acrescentado o art. 5º-A ao Decreto nº , de 29 de novembro de 2004, com a seguinte redação: Art. 5º-A Fica atribuída aos estabelecimentos industriais ou comerciais atacadistas, filiais de indústria, a condição de sujeito passivo por substituição, na qualidade de substituto tributário, para efeito de retenção e recolhimento do ICMS por ocasião das saídas de seus estabelecimentos, de insumos e produtos acabados da indústria de informática e automação constantes do Anexo 05 do Regulamento do ICMS - RICMS, aprovado pelo Decreto nº , de 19 de junho de 1997, e demais mercadorias adquiridas no mercado nacional, sujeitas ao regime de substituição tributária com previsão em convênios, protocolos ou decretos. Parágrafo único. Para apuração do ICMS Substituição Tributária será concedido crédito presumido de forma que a carga tributária corresponda a, no mínimo: I 4% (quatro por cento), para os produtos com alíquota interna de 17% (dezessete por cento); II 10% (dez por cento), para os produtos com alíquota interna de 25% (vinte e cinco por cento).. Art. 3º Fica prorrogado, até 31 de dezembro de 2020, os efeitos do Decreto nº , de 29 de novembro de Art. 4º Ficam revogados os seguintes dispositivos do Decreto nº , de 29 de novembro de 2004: I o art. 4º; II o Anexo Único. Art. 5º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, produzindo efeitos desde 1º de outubro de PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA, em João Pessoa, 10 de dezembro de 2013; 125º da Proclamação da República. DECRETO Nº , DE 10 DE DEZEMBRO DE 2013 Dispõe sobre a retificação do decreto nº de 16 de abril de 2013 e determina outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso de suas atribuições que lhe confere o art. 86, inciso IV, da Constituição do Estado, e tendo em vista o art. 5º, alínea i c/c o art.6º do Decreto-lei 3.365, de 21 de junho de D E C R E T A : Art. 1º Retificar as disposições do decreto declaratório de utilidade pública nº de 16 de abril de 2013, onde se lê: V- 01 (um) lote de terreno de número 01, da Quadra 12, do loteamento Camaçari 01, situado na Rua Projetada, s/n, na cidade de Lucena, neste Estado, medindo 12,00m de frente e fundos por 24,00m de extensão de ambos os lados, compreendendo uma área de 288,00m², de propriedade da GARCIA NEGÓCIOS MOBILIÁRIOS LTDA, conforme registro às fls. 28 do livro 2-F, sob nº de ordem Av-2 da matrícula em data de 11 de dezembro de 1978, junto ao 2º Ofício de Notas e Registro de Imóveis Ângela Maria de Souza, da comarca de Santa Rita, neste Estado, leia-se: V O lote de terreno de número 01, da Quadra 12, do loteamento Camaçari I,situado na Rua Projetada, s/n, na cidade de Lucena, neste Estado, medindo 14,00m de frente e fundos por 24,00m de extensão de ambos os lados, compreendendo uma área 336,00m², de propriedade da MARIA OLGARINA DE SOUSA LÔBO, conforme registro às fls. 95 do livro 2-K sob nº de matrícula 4185 em data de 29 de novembro de 2013, junto ao Serviço Notarial e Registral Dr. Josélio Paulo Neto, da comarca de Lucena, neste Estado..

3 João Pessoa - Quarta-feira, 11 de Dezembro de Art. 2º Revogam-se todas as disposições em contrário. Art. 3º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA, em João Pessoa, 10 de dezembro de 2013; 125º da Proclamação da República. DECRETO Nº , DE 10 DE DEZEMBRO DE 2013 Revoga disposições do decreto nº de 21 de maio de 2013 e determina outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso de suas atribuições que lhe confere o art. 86, inciso IV, da Constituição do Estado, e tendo em vista o art. 5º, alínea i c/c o art.6º do Decreto-lei 3.365, de 21 de junho de D E C R E T A : Art. 1º Fica revogado o decreto nº de 21 de maio de Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA, em João Pessoa, 10 de dezembro de 2013; 125º da Proclamação da República. da Lei nº 9.949, de 02 de janeiro de 2013, combinado com os artigos 1º e 2º, da Lei nº 9.978, de 09 de maio de 2013, e tendo em vista o que consta dos Processos SEPLAG/3443/3444/2013, Art. 1º - Fica aberto o crédito suplementar no valor de R$ ,00 (três milhões, quinhentos e noventa e cinco mil, trezentos reais), para reforço de dotações orçamentárias na forma abaixo discriminadas: SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DESENVOLVIMENTO E MANUTENÇÃO DO ENSINO MÉDIO , DESENVOLVIMENTO E MANUTENÇÃO DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS ,00 TOTAL ,00 Art. 2º - As despesas com o crédito suplementar aberto pelo artigo anterior correrão por conta de anulação de dotações orçamentárias, conforme discriminação a seguir: SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO TRANSPORTE ESCOLAR ,00 Decreto nº de 10 de dezembro de 2013 TAÇÃO CONSIGNADA NO VIGENTE ORÇAMENTO. lhe confere o artigo 86, inciso IV, da Constituição do Estado e, autorizado pelo artigo 6º, inciso III, da Lei nº 9.949, de 02 de janeiro de 2013, e tendo em vista o que consta do Processo SEPLAG/3427/2013, Art. 1º - Fica aberto o crédito suplementar no valor de R$ ,00 (noventa e nove mil, seiscentos reais), para reforço de dotação orçamentária na forma abaixo discriminada: SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE EXPANSÃO E MELHORIA DA REDE FÍSICA DE ESCOLAS ESTADUAIS , ALIMENTAÇÃO ESCOLAR , CORREÇÃO DE DISTORÇÃO IDADE-SÉRIE , DESENVOLVIMENTO E MANUTENÇÃO DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS ,00 TOTAL ,00 PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA, em João Pessoa, 10 de dezembro de 2013; 125º da Proclamação da República MANUTENÇÃO DO COMPLEXO DE SAÚDE CLEMENTINO FRAGA ,00 TOTAL ,00 Art. 2º - A despesa com o crédito suplementar aberto pelo artigo anterior correrá por conta de anulação de dotação orçamentária, conforme discriminação a seguir: SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE MANUTENÇÃO DO COMPLEXO DE SAÚDE CLEMENTINO FRAGA ,00 TOTAL ,00 PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA, em João Pessoa, 10 de dezembro de 2013; 125º da Proclamação da República. Decreto nº de 10 de dezembro de 2013 TAÇÕES CONSIGNADAS NO VIGENTE ORÇAMENTO. lhe confere o artigo 86, inciso IV, da Constituição do Estado e, autorizado pelo artigo 6º, inciso II, da Lei nº 9.949, de 02 de janeiro de 2013, e tendo em vista o que consta do Processo SEPLAG/3439/2013, Art. 1º - Fica aberto o crédito suplementar no valor de R$ ,00 (oitenta e oito mil, trezentos e sessenta e cinco reais), para reforço de dotações orçamentárias na forma abaixo discriminadas: SECRETARIA DE ESTADO DA INFRAESTRUTURA DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM ENCARGOS COM ÁGUA, ENERGIA E TELEFOFE ,00 Decreto nº de 10 de dezembro de 2013 TAÇÕES CONSIGNADAS NO VIGENTE ORÇAMENTO. lhe confere o artigo 86, inciso IV, da Constituição do Estado e, autorizado pelo artigo 6º, inciso III, MANUTENÇÃO DE SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS ,00 TOTAL ,00 Art. 2º - As despesas com o crédito suplementar aberto pelo artigo anterior correrão por conta do Excesso de Arrecadação de Receita da Cota-Parte do Fundo Especial do Petróleo FEP, de acordo com o artigo 43, 1º, inciso II, da Lei Federal nº 4.320/64.

4 4 João Pessoa - Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2013 PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA, em João Pessoa, 10 de dezembro de 2013; 125º da Proclamação da República SECRETARIA DE ESTADO DA JUVENTUDE, ESPORTE E LAZER SECRETARIA DE ESTADO DA JUVENTUDE, ESPORTE E LAZER ESPORTE PARA PESSOAS COM DEFI- CIÊNCIAS ,00 TOTAL 4.500,00 Art. 2º - A despesa com o crédito suplementar aberto pelo artigo anterior correrá por conta de anulação de dotação orçamentária, conforme discriminação a seguir: SECRETARIA DE ESTADO DA JUVENTUDE, ESPORTE E LAZER SECRETARIA DE ESTADO DA JUVENTUDE, ESPORTE E LAZER Decreto nº de 10 de dezembro de 2013 TAÇÕES CONSIGNADAS NO VIGENTE ORÇAMENTO lhe confere o artigo 86, inciso IV, da Constituição do Estado e, autorizado pelo artigo 6º, inciso II, da Lei nº 9.949, de 02 de janeiro de 2013, e tendo em vista o que consta do Processo SEPLAG/3059/2013, Art. 1º - Fica aberto o crédito suplementar no valor de R$ ,00 (um milhão, seiscentos e noventa mil reais), para reforço de dotações orçamentárias na forma abaixo discriminadas: CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DA PARAÍBA FUNDO ESPECIAL DO CORPO DE BOMBEIROS REALIZAÇÃO DE EVENTOS ,00 TOTAL 4.500,00 PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA, em João Pessoa, 10 de dezembro de 2013; 125º da Proclamação da República AQUISIÇÃO DE VIATURAS, PEÇAS, ACESSÓRIOS E SERVIÇOS , COMBATE A INCÊNDIO, SALVAMENTO E ATENDIMENTO PRÉ- HOSPITALAR ,00 TOTAL ,00 Art. 2º - As despesas com o crédito suplementar aberto pelo artigo anterior correrão a conta do Excesso de Arrecadação, em relação aos recursos das Receitas de Taxa de Prevenção Contra Incêndio e Salvamento e Outras Taxas pela Prestação de Serviços do Fundo Especial do Corpo de Bombeiro, de acordo com o artigo 43, 1º, inciso II, da Lei Federal nº 4.320/ 64, conforme discriminação a seguir: Especificação Fonte Valor Receita de Taxa de Prevenção Contra Incêndio e Salvamento ,00 Outras Taxas pela Prestação de Serviços , ,00 PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA, em João Pessoa, 10 de dezembro de 2013; 125º da Proclamação da República. Decreto nº de 10 de dezembro de 2013 TAÇÃO CONSIGNADA NO VIGENTE ORÇAMENTO. lhe confere o artigo 86, inciso IV, da Constituição do Estado e, autorizado pelo artigo 6º, inciso III, da Lei nº 9.949, de 02 de janeiro de 2013, e tendo em vista o que consta do Processo SEPLAG/3509/2013, Art. 1º - Fica aberto o crédito suplementar no valor de R$ ,00 (trezentos mil reais), para reforço de dotação orçamentária na forma abaixo discriminada: SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE MANUTENÇÃO DO HOSPITAL REGIONAL DE PIANCÓ ,00 TOTAL ,00 Art. 2º - A despesa com o crédito suplementar aberto pelo artigo anterior correrá por conta de anulação de dotação orçamentária, conforme discriminação a seguir: SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE ATENÇÃO À SAÚDE PREVENTIVA E CURATIVA ,00 Decreto nº de 10 de dezembro de 2013 TAÇÃO CONSIGNADA NO VIGENTE ORÇAMENTO. TOTAL ,00 PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA, em João Pessoa, 10 de dezembro de 2013; 125º da Proclamação da República. lhe confere o artigo 86, inciso IV, da Constituição do Estado e, autorizado pelo artigo 6º, inciso III, da Lei nº 9.949, de 02 de janeiro de 2013, e tendo em vista o que consta do Processo SEPLAG/3522/2013, Art. 1º - Fica aberto o crédito suplementar no valor de R$ 4.500,00 (quatro mil e quinhentos reais), para reforço de dotação orçamentária na forma abaixo discriminada:

5 João Pessoa - Quarta-feira, 11 de Dezembro de Decreto nº de 10 de dezembro de 2013 TAÇÕES CONSIGNADAS NO VIGENTE ORÇAMENTO. lhe confere o artigo 86, inciso IV, da Constituição do Estado e, autorizado pelo artigo 6º, inciso III, da Lei nº 9.949, de 02 de janeiro de 2013, combinado com os artigos 1º e 2º, da Lei nº 9.978, de 09 de maio de 2013, e tendo em vista o que consta do Processo SEPLAG/3499/2013, Art. 1º - Fica aberto o crédito suplementar no valor de R$ ,00 (dois milhões, setenta e um mil, seiscentos e quarenta e sete reais), para reforço de dotações orçamentárias na forma abaixo discriminadas: ENCARGOS GERAIS DO ESTADO RECURSOS SOB A SUPERVISÃO DA SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO ENCARGOS GERAIS DO ESTADO RECURSOS SOB A SUPERVISÃO DA SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRAÇÃO E MANUTENÇÃO DA FROTA DE VEÍCULOS , CONSERVAÇÃO, REFORMA E ADAP- TAÇÃO DE IMÓVEIS ,00 TOTAL ,00 PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA, em João Pessoa, 10 de dezembro de 2013; 125º da Proclamação da República MANUTENÇÃO DE SERVIÇOS ADMINIS- TRATIVOS , , MANUTENÇÃO DO CENTRO ADMINIS- TRATIVO ESTADUAL , ENCARGOS COM PESSOAL REQUISITADO , DESAPROPRIAÇÃO E INDENIZAÇÃO DE IMÓVEIS ,00 TOTAL ,00 Art. 2º - As despesas com o crédito suplementar aberto pelo artigo anterior correrão por conta de anulação de dotações orçamentárias, conforme discriminação a seguir: ENCARGOS GERAIS DO ESTADO RECURSOS SOB A SUPERVISÃO DA SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO VALE E AUXÍLIO TRANSPORTE , VALE REFEIÇÃO/ALIMENTAÇÃO E AUXÍLIO ALIMENTAÇÃO ,00 TOTAL ,00 PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA, em João Pessoa, 10 de dezembro de 2013; 125º da Proclamação da República. Decreto nº de 10 de dezembro de 2013 TAÇÕES CONSIGNADAS NO VIGENTE ORÇAMENTO. lhe confere o artigo 86, inciso IV, da Constituição do Estado e, autorizado pelo artigo 6º, inciso II, da Lei nº 9.949, de 02 de janeiro de 2013, combinado com os artigos 1º e 3º, da Lei nº , de 09 de dezembro de 2013, e tendo em vista o que consta dos Processos SEPLAG/2161/2381/2780/ 2826/2990/3207/3246/3294/2013, Art. 1º - Fica aberto o crédito suplementar no valor de R$ ,00 (duzentos e trinta e cinco milhões, seiscentos e trinta e três mil reais), para reforço de dotações orçamentárias na forma abaixo discriminadas: SECRETARIA DE ESTADO DO GOVERNO PARAÍBA PREVIDÊNCIA ENCARGOS COM INATIVOS E PENSIONISTAS DA SEGURANÇA , ENCARGOS COM INATIVOS E PENSIONISTAS DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA , ENCARGOS COM INATIVOS E PENSIONISTAS DA SAÚDE , ENCARGOS COM INATIVOS E PENSIONISTAS DA EDUCAÇÃO ,00 TOTAL DO ÓRGÃO ,00 Decreto nº de 10 de dezembro de 2013 TAÇÃO CONSIGNADAS NO VIGENTE ORÇAMENTO. lhe confere o artigo 86, inciso IV, da Constituição do Estado e, autorizado pelo artigo 6º, inciso III, da Lei nº 9.949, de 02 de janeiro de 2013, e tendo em vista o que consta dos Processos SEPLAG/ 3498/3500/2013, Art. 1º - Fica aberto o crédito suplementar no valor de R$ ,00 (trinta mil e duzentos reais), para reforço de dotação orçamentária na forma abaixo discriminada: ENCARGOS GERAIS DO ESTADO RECURSOS SOB A SUPERVISÃO DA SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO CONSERVAÇÃO, REFORMA E ADAP- TAÇÃO DE IMÓVEIS , POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DA PARAÍBA COMANDO GERAL DA POLÍCIA MILITAR ENCARGOS COM PESSOAL ATIVO , , SECRETARIA DE ESTADO DA RECEITA SECRETARIA DE ESTADO DA RECEITA TOTAL DO ÓRGÃO , ENCARGOS COM PESSOAL ATIVO , SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO TOTAL DO ÓRGÃO ,00 TOTAL ,00 Art. 2º - A despesa com o crédito suplementar aberto pelo artigo anterior correrá por conta de anulação de dotações orçamentárias, conforme discriminação a seguir: ENCARGOS COM PESSOAL ATIVO ,00 TOTAL DO ÓRGÃO ,00

6 6 João Pessoa - Quarta-feira, 11 de Dezembro de UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA, em João Pessoa, 10 de dezembro de 2013; 125º da Proclamação da República ENCARGOS COM PESSOAL ATIVO DA UEPB , ,00 TOTAL DO ÓRGÃO , CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DA PARAÍBA COMANDO GERAL DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR ENCARGOS COM PESSOAL ATIVO ,00 TOTAL DO ÓRGÃO , SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO PENITENCIÁRIA SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO PENITENCIÁRIA ENCARGOS COM PESSOAL ATIVO , , SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE Especificação TOTAL DO ÓRGÃO ,00 Natureza Font e Valor ENCARGOS COM PESSOAL ATIVO ,00 TOTAL DO ÓRGÃO ,00 TOTAL GERAL ,00 Art. 2º - As despesas com o crédito suplementar aberto pelo artigo anterior correrão a conta do Excesso de Arrecadação da Receita do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transportes Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação ICMS, de acordo com o artigo 43, 1º, inciso II, da Lei Federal nº 4.320/64. PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA, em João Pessoa, 10 de dezembro de 2013; 125º da Proclamação da República. Decreto nº de 10 de dezembro de 2013 TAÇÕES CONSIGNADAS NO VIGENTE ORÇAMENTO. lhe confere o artigo 86, inciso IV, da Constituição do Estado e, autorizado pelo artigo 6º, inciso III, da Lei nº 9.949, de 02 de janeiro de 2013, e tendo em vista o que consta do Processo SEPLAG/3449/2013, Art. 1º - Fica aberto o crédito suplementar no valor de R$ ,00 (quinhentos e vinte e sete mil e quinhentos reais), para reforço de dotações orçamentárias na forma abaixo discriminadas: CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DA PARAÍBA FUNDO ESPECIAL DO CORPO DE BOMBEIROS AQUISIÇÃO DE VIATURAS, PEÇAS, ACES- SÓRIOS E SERVIÇOS , , COMBATE A INCÊNDIO, SALVAMENTO E ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR ,00 T O T A L ,00 Art. 2º - As despesas com o crédito suplementar aberto pelo artigo anterior correrão por conta de anulação de dotações orçamentárias, conforme discriminação a seguir: CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DA PARAÍBA FUNDO ESPECIAL DO CORPO DE BOMBEIROS CONSTRUÇÃO E REFORMA DE IMÓVEIS , AQUISIÇÃO E LOCAÇÃO DE IMÓVEIS PARA O CORPO DE BOMBEIROS , PREVENÇÃO, FISCALIZAÇÃO E PERÍCIAS DE INCÊNDIO ,00 Decreto nº de 10 de dezembro de 2013 T O T A L ,00 PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA, em João Pessoa, 10 de dezembro de 2013; 125º da Proclamação da República. TAÇÃO CONSIGNADA NO VIGENTE ORÇAMENTO. lhe confere o artigo 86, inciso IV, da Constituição do Estado e, autorizado pelo artigo 6º, inciso I, da Lei nº 9.949, de 02 de janeiro de 2013, e tendo em vista o que consta do Processo SEPLAG/3505/2013, Art. 1º - Fica aberto o crédito suplementar no valor de R$ ,00 (cem mil reais), para reforço de dotação orçamentária na forma abaixo discriminada: SECRETARIA DE ESTADO DO DESENVOLVIMENTO HUMANO COMPANHIA ESTADUAL DE HABITAÇÃO POPULAR ENCARGOS COM PESSOAL ATIVO ,00 TOTAL ,00 Art. 2º - A despesa com o crédito suplementar aberto pelo artigo anterior correrá por conta do Superávit Financeiro, apurado em balanço patrimonial do exercício de 2012, de acordo com o artigo 43, 1º, inciso I, da Lei Federal nº 4.320/64. Decreto nº de 10 de dezembro de 2013 TAÇÕES CONSIGNADAS NO VIGENTE ORÇAMENTO lhe confere o artigo 86, inciso IV, da Constituição do Estado e, autorizado pelo artigo 6º, inciso III, da Lei nº 9.949, de 02 de janeiro de 2013, combinado com os artigos 1º e 2º, da Lei nº 9.978, de 09 de maio de 2013, e tendo em vista o que consta do Processo SEPLAG/3513/2013, Art. 1º - Fica aberto o crédito suplementar no valor de R$ ,00 (sessenta mil reais), para reforço de dotações orçamentárias na forma abaixo discriminadas:

7 João Pessoa - Quarta-feira, 11 de Dezembro de SECRETARIA DE ESTADO DO DESENVOLVIMENTO DA AGROPECUÁRIA E DA PESCA EMPRESA ESTADUAL DE PESQUISA AGROPECUÁRIA DA PARAÍBA MANUTENÇÃO DE SERVIÇOS ADMINIS- TRATIVOS , , GESTÃO DOS RECURSOS GENÉTICOS E BIOTECNOLOGIA VEGETAL , GESTÃO DOS RECURSOS GENÉTICOS E BIOTECNOLOGIA ANIMAL ,00 TOTAL ,00 Art. 2º - As despesas com o crédito suplementar aberto pelo artigo anterior correrão por conta de anulação de dotação orçamentária, conforme discriminação a seguir SECRETARIA DE ESTADO DO DESENVOLVIMENTO DA AGROPECUÁRIA E DA PESCA EMPRESA DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA E EXTENÇÃO RURAL DA PARAÍBA MANUTENÇÃO DE SERVIÇOS ADMINIS- TRATIVOS ,00 TOTAL ,00 PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA, em João Pessoa, 10 de dezembro de 2013; 125º da Proclamação da República. Decreto nº de 10 de dezembro de 2013 TAÇÃO CONSIGNADA NO VIGENTE ORÇAMENTO lhe confere o artigo 86, inciso IV, da Constituição do Estado e, autorizado pelo artigo 6º, inciso III, da Lei nº 9.949, de 02 de janeiro de 2013, e tendo em vista o que consta do Processo SEPLAG/3527/2013, Art. 1º - Fica aberto o crédito suplementar no valor de R$ ,00 (setenta mil reais), para reforço de dotação orçamentária na forma abaixo discriminada: JUSTIÇA COMUM FUNDO ESPECIAL DO PODER JUDICIÁRIO SERVIÇOS DE INFORMATIZAÇÃO ,00 TOTAL ,00 Art. 2º - A despesa com o crédito suplementar aberto pelo artigo anterior correrá a conta de anulação de dotação orçamentária, conforme discriminação a seguir: JUSTIÇA COMUM FUNDO ESPECIAL DO PODER JUDICIÁRIO SERVIÇOS DE INFORMATIZAÇÃO ,00 TOTAL ,00 PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA, em João Pessoa, 10 de dezembro de 2013; 125º da Proclamação da República. Decreto nº de 10 de dezembro de 2013 TAÇÕES CONSIGNADAS NO VIGENTE ORÇAMENTO. lhe confere o artigo 86, inciso IV, da Constituição do Estado e, autorizado pelo artigo 6º, inciso II, da Lei nº 9.949, de 02 de janeiro de 2013, e tendo em vista o que consta do Processo SEPLAG/3451/2013, Art. 1º - Fica aberto o crédito suplementar no valor de R$ ,62 (quatro milhões trezentos e setenta e um mil quinhentos e dezesseis reais e sessenta e dois centavos), para reforço de dotações orçamentárias na forma abaixo discriminadas: SECRETARIA DE ESTADO DO TURISMO E DO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO FUNDO ESTADUAL DE APOIO AO EMPREENDEDORISMO EMPREENDER PB TREINAMENTO E PALESTRAS GEREN- CIAIS PARA OS EMPREENDEDORES , , , FORTALECIMENTO DO MICROCRÉDITO ,96 TOTAL ,62 Art. 2º - As despesas com o crédito suplementar aberto pelo artigo anterior correrão por conta do Excesso de Arrecadação da Receita de Outras Receitas Diversas do Fundo Estadual de Apoio ao Empreendedorismo EMPREENDER PB, de acordo com o artigo 43, 1º, inciso II, da Lei Federal nº 4.320/64. PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA, em João Pessoa, 10 de dezembro de 2013; 125º da Proclamação da República. Decreto nº de 10 de dezembro de 2013 TAÇÃO CONSIGNADA NO VIGENTE ORÇAMENTO lhe confere o artigo 86, inciso IV, da Constituição do Estado e, autorizado pelo artigo 6º, inciso I, da Lei nº 9.949, de 02 de janeiro de 2013, e tendo em vista o que consta do Processo SEPLAG/3497/2013, DECRETA: Art. 1º - Fica aberto o crédito suplementar no valor de R$ ,43 (cento e trinta e quatro mil, quinze reais, quarenta e três centavos), para reforço de dotação orçamentária naforma abaixo discriminada: TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO INDENIZAÇÕES E RESTITUIÇÕES ,43 TOTAL ,43 Art. 2º - A despesacom o crédito suplementar aberto pelo artigo anterior correrá a conta de superávit financeiro apurado no Balanço Patrimonial de Exercício Anterior, em relação aos recursos do Convênio nº 00027/2006, firmado entre a União, por intermédio do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, e o Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, de acordo com o artigo 43, 1º, inciso I, da Lei nº 4.320/64. PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA, em João Pessoa, 10 de dezembro de 2013; 125º da Proclamação da República.

8 8 João Pessoa - Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2013 Ato Governamental nº João Pessoa-PB,10 de dezembro de O GOVERNADOR DO ESTADO DA PARAÍBA, usando das atribuições que lhe confere o artigo 86, XVIII, da Constituição do Estado e tendo em vista proposta do Comandante Geral da Polícia Militar, constante no Processo nº 0196/2013-DGP/4, Promover ao Posto de 2º TENENTE QPC, a contar de 18 de novembro de 2013, o SUBTENENTE QPC Matrícula JONAS DE SOUSA DA SILVA, classificado na Ajudância Geral de acordo com o artigo 1º da Lei nº 4.816, de 03 de junho de 1986, com a redação introduzida pela Lei nº 5.331, de 19 de novembro de 1990, e combinado com a alínea a do artigo 4º da Lei nº 3.908, de 14 de julho de Em consequência, o militar estadual ora promovido ficará adido ao Ajudância Geral, conforme os termos da letra c, do artigo 6, do Regulamento de Movimentação de Oficiais e Praças da PMPB, aprovado pelo Decreto n 9.143, de 08/09/1981. Ato Governamental Nº João Pessoa-PB, 10 de dezembro de O GOVERNADOR DO ESTADO DA PARAÍBA, usando das atribuições que lhe confere o artigo 86, XVIII, da Constituição do Estado, e tendo em vista proposta do Comandante Geral da Polícia Militar, constante no Processo nº 0184/2013-DGP/4, Promover ao Posto de 2º TENENTE PM, a contar de 03 de Novembro de 2013, o SUBTENENTE QPC Matrícula INALDO PEREIRA DA SILVA, classificado na AJUDÂNCIA GERAL, de acordo com o artigo 1º da Lei nº 4.816, de 03 de junho de 1986, com a redação introduzida pela Lei nº 5.331, de 19 de novembro de 1990, e combinado com a alínea a do artigo 4º da Lei nº 3.908, de 14 de julho de Em consequência, o militar estadual ora promovido ficará adido a AJUDÂNCIA GERAL, conforme os termos da letra c, do artigo 6, do Regulamento de Movimentação de Oficiais e Praças da PMPB, aprovado pelo Decreto n 9.143, de 08/09/1981. SECRETARIAS DE ESTADO Secretaria de Estado da Administração PORTARIA Nº 891/SEAD. João Pessoa, 10 de dezembro de O SECRETÁRIO DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO, no uso das atribuições que lhe confere o art. 6º, inciso XIV, do Decreto nº , de 02 de fevereiro de 2006, e de acordo com o art. 5º do Decreto nº , de 25 de agosto de 2009, R E S O L V E responsabilizar a servidora ANA MARIA ALMEIDA DE ARAÚJO NÓBREGA, matrícula nº , pela gestão do CONTRATO Nº 0096/2013 celebrado entre o Governo da Paraíba, através da Secretaria de Estado da Administração, e a Empresa Marco Antonio Braga Miranda Informática - ME, CNPJ / PORTARIA Nº 892/GS/SEAD João Pessoa, 10 de dezembro de O SECRETÁRIO DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO usando as atribuições que lhe confere o art. 2º, inciso V, do Decreto n. º 7.767, de 18 de setembro de 1978, e tendo em vista o que consta do Processo n. º /SEAD, RESOLVE de acordo com o art. 32, da Lei Complementar nº 58, de 30 de dezembro de 2003, exonerar, a pedido, JAIRO GOMES DE OLIVEIRA, do cargo de Técnico de Enfermagem, matrícula nº , lotado na Secretaria de Estado da Saúde. PORTARIA Nº 893/GS/SEAD João Pessoa, 10 de dezembro de O SECRETÁRIO DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO usando as atribuições que lhe confere o art. 2º, inciso V, do Decreto n. º 7.767, de 18 de setembro de 1978, e tendo em vista o que consta do Processo n. º /SEAD, RESOLVE de acordo com o art. 32, da Lei Complementar nº 58, de 30 de dezembro de 2003, exonerar, a pedido, ADENOR ALMEIDA PIMENTA FILHO, do cargo de Bioquímico, matrícula nº , lotado na Secretaria de Estado da Saúde. PORTARIA Nº 894/GS/SEAD João Pessoa, 10 de dezembro de O SECRETÁRIO DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO usando as atribuições que lhe confere o art. 2º, inciso V, do Decreto n. º 7.767, de 18 de setembro de 1978, e tendo em vista o que consta do Processo n. º /SEAD, RESOLVE de acordo com o art. 32, da Lei Complementar nº 58, de 30 de dezembro de 2003, exonerar, a pedido, ANITA LEOCADIA PEREIRA DOS SANTOS, do cargo de Professor de Educação Básica 1, matrícula n.º , lotada na Secretaria de Estado da Educação. PORTARIA Nº 895/GS/SEAD João Pessoa, 10 de dezembro de O SECRETÁRIO DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO usando as atribuições que lhe confere o art. 2º, inciso V, do Decreto n. º 7.767, de 18 de setembro de 1978, e tendo em vista o que consta do Processo n. º /SEAD, RESOLVE de acordo com o art. 32, da Lei Complementar nº 58, de 30 de dezembro de 2003, exonerar, a pedido, MARTA GERUZA DA COSTA OLIVEIRA, do cargo de Professor de Educação Básica 3, matrícula n.º , lotada na Secretaria de Estado da Educação. RESENHA Nº 181/2013 EXPEDIENTE DO DIA: 10 / 12 /2013 O SECRETÁRIO DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO, usando das atribuições que lhe são conferidas pelo art. 4º do Decreto nº de 12 de novembro de 1991, e de acordo com o artigo 34, inciso II, da Lei Complementar nº 58 de 30 de dezembro de 2003, D E F E R I U os seguintes pedidos de cessão das servidoras para serem colocadas À DISPOSIÇÃO: PROCESSO MATRÍCULA SERVIDOR LOTAÇÃO INSTITUIÇÃO OU ÓRGÃO MARCOS ANTONIO INÁCIO DA SILVA ANTONIO ARAÚJO LEITE DPGE SER Secretaria de Estado do Governo Secretaria de Estado do Governo RESENHA Nº 365/DEREH/GS EXPEDIENTE DO DIA: 21 / 11 / O SECRETÁRIO DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO, usando a atribuição que lhe confere o art. 6º, Inciso XVIII, do Decreto nº , de 02 de fevereiro de 2006, INDEFERIU os Processos dos Profissionais do Grupo Especial de PROGRESSÃO FUNCIO- NAL HORIZONTAL abaixo relacionados: PROC ESSO MATRICULA NOME MARYLUCIA VIDERES ARAGÃO ROSILEIDE MARIA DE MOURA REJANE DOS SANTOS SALES MARIA DE FÁTIMA MARTINS DE LIMA LENILDA BEZERRA DOS SANTOS MARIA DE LOURDES DE ARAUJO ARANTES NAZARE MARIA DOS SANTOS VALDEILSA DOS SANTOS CLARINDO MARIA DA PENHA SILVA PEREIRA RAIMUNDA FERREIRA MARTINS SOLANGE GOMES DE OLIVEIRA JOSINALDO DE LIMA SILVA ROSILEIDE MARIA DE MOURA SILENE ARAÚJO DA SILVA TEREZA OLIMPIA PAIVA COSTA MARIA DE LOURDES SILVA ROSEANE MARQUES FIGUEIREDO GIRLAN ROCHA GILVAN VIANA RODRIGUES ANA MARIA DOS SANTOS AMARAL ANA LUCIA GENUINO DOS SANTOS GERLANE PEREIRA DOS SANTOS GISELIA FELIPE DA SILVA MARIA NERIZIA NOBREGA VIEIRA MARIA MARILUCE FORMIGA RESENHA Nº 366/DEREH/GS EXPEDIENTE DO DIA: 21 / 11 / O SECRETÁRIO DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO, usando a atribuição que lhe confere o art. 6º, Inciso XVIII, do Decreto nº , de 02 de fevereiro de 2006, INDEFERIU os Processos dos Profissionais do Grupo Especial de PROGRESSÃO FUNCIO- NAL HORIZONTAL abaixo relacionados: PROC ESSO MATRICULA NOME VALDECI SILVA DE OLIVEIRA LUIZ CARLOS DA SILVA CARVALHO MARIA DO DESTERRO OLIVEIRA VALERIA DO O FERNANDES ANTONIO BATISTA GAMBARRA EDNA MARIA MAXIMO DE MEDEIROS MARIA JOSÉ DE SOUZA SILVA PEDRO PAULO SILVA RODRIGUES MARIA DO ROSARIO BARBOSA DA SILVA ACSA ANDRADE DE CASTRO INALDA PINTO FERREIRA SEVERINO RAMOS FERREIRA DA SILVA WILDMARK LEITE MOURA ANTONIO ADELSON DE ARAÚJO FRANCISCA FIRMINO LOPES MARIA DA PENHA OLIVEIRA CHAVES DIREMA FONSECA PIRES FERREIRA MANOEL ROBERTO VALERIANO FERNANDES FERNANDO ALEXIS GOMES DUARTE VILMA GOMES LIMA OTONI FLORENCIO BERENICE DE FÁTIMA SILVA GENILDA FERREIRA DA SILVA MARIA DALVA ALVES MARINHO JOÃO BATISTA DA SILVA

9 João Pessoa - Quarta-feira, 11 de Dezembro de RESENHA Nº 373/DEREH/GS EXPEDIENTE DO DIA: 28 / 11 / O SECRETÁRIO DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO, usando a atribuição que lhe confere o art. 6º, Inciso XVIII, do Decreto nº , de 02 de fevereiro de 2006, INDEFERIU os Processos dos Profissionais do Grupo Especial de PROGRESSÃO FUNCIO- NAL HORIZONTAL abaixo relacionados: PROC ESSO MATRICULA NOME VANUZIA TAVARES BARRETO JOSIMARY DE MELO PEREIRA MILLER GENIVAL SOARES DE OLIVEIRA JOSÉ FERREIRA SOBRINHO EDILEUZA LIMA SOARES ELVIRA MARIA SILVA RODRIGUES FRANCISCA MARIA DE JESUS MARIA DE FÁTIMA PEREIRA OLIVEIRA EDINALVA RODRIGUES DE ARAUJO LUCIENE RODRIGUES FERNANDES MARGARETH DE SOUZA LEÃO ROSA OLIVIA FERRARO MORAIS MARIA DAS NEVES DO NASCIMENTO AQUINO MARINETE RODRIGUES VIEIRA MARIA DE FÁTIMA AGUIAR JOÃO OLIVEIRA PEREIRA JOSÉ GOMES GERALDO SEBASTIÃO CAVALCANTI FEITOSA JUNIOR MARIA MAGALI VIEIRA DA SILVA MARIA AUXILIADORA DE LACERDA MARIA DO CARMO FERNANDES DA CRUZ MARIA JOSÉ LEITE NOBREGA NEVES VALMIRA FRANCISCO DE BARROS LINDACY PEREIRA DA CRUZ RESENHA Nº 374/DEREH/GS EXPEDIENTE DO DIA: 28 / 11 / O SECRETÁRIO DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO, usando a atribuição que lhe confere o art. 6º, Inciso XVIII, do Decreto nº , de 02 de fevereiro de 2006, INDEFERIU os Processos dos Profissionais do Grupo Especial de PROGRESSÃO FUNCIO- NAL HORIZONTAL abaixo relacionados: PROC ESSO MATRICULA NOME MARGARIDA PEREIRA LACERDA SANDRA CAVALCANTI DE ANDRADE ELIANE MARIA VIANA FRANÇA LAUDEICE DA SILVA CABRAL MARIA SUELI BARBOSA REMIGIO IVA ALMEIDA DE PAIVA MARIA BETANIA DE ARAUJO PAIVA JOSEFA DE ARAUJO IRMÃ ANITA GALDINO DOS SANTOS ANTÔNIA RIBEIRO DA SILVA MARIA DO SOCORRO ARAÚJO MARIA LUCIA GONÇALVES MARIA SONIA DOS SANTOS LIMA FRANCISCO ROSENDO DA SILVA MARIA LUCIA FELIX DA SILVA FERNANDO FREIRE DE ARAÚJO JOÃO FERREIRA DA SILVA ANTÔNIA LUIZ DOS SANTOS RESENHA Nº 375/DEREH/GS EXPEDIENTE DO DIA: 28 / 11 / O SECRETÁRIO DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO, usando a atribuição que lhe confere o art. 6º, Inciso XVIII, do Decreto nº , de 02 de fevereiro de 2006, INDEFERIU os Processos dos Profissionais do Grupo Especial de PROGRESSÃO FUNCIO- NAL VERTICAL abaixo relacionados: PROC ESSO MATRICULA NOME FERNANDO ALEXIS GOMES DUARTE SILVIA CRISTINA DE LUCENA LACERDA MARIA JOSELI GOMES SOLANO GERALDO CLEMENTINO DE OLIVEIRA ELBA JEANE PORTO DE MOURA SILVA ELIANE LADISLAU COELHO DE CARVALHO NILTON TAVARES VIEIRA ANITA GALDINO DOS SANTOS RESENHA Nº 392/DEREH/GS EXPEDIENTE DO DIA: 03 / 12 / O SECRETÁRIO DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO, usando das atribuições que lhe confere o artigo 6º, inciso XI, do Decreto n. º , de 02 de fevereiro de 2006 e tendo em vista Parecer da ASSESSORIA JURÍDICA desta Secretaria, despachou os Processos abaixo relacionados: PROCESSO N O M E MATRÍCULA PARECER DESPACHO RISOLEIDA UCHOA PONTES /2013/ASJUR-SEAD INDEFERIDO HELIO HOLANDA DE MEDEIROS JUNIOR DESPACHO/ASJUR-SEAD INDEFERIDO EDITH LOPES DE OLIVEIRA /2013/ASJUR-SEAD INDEFERIDO MARIA DE JESUS DUTRA DE OLIVEIRA /2013/ASJUR-SEAD INDEFERIDO ANTONIO FORMIGA DE MOURA /2013/ASJUR-SEAD INDEFERIDO HELENA NOGAIA DE LIMA /2013/ASJUR-SEAD INDEFERIDO MARIA DE FATIMA ALVES DA COSTA /2013/ASJUR-SEAD INDEFERIDO SEVERINA DO RAMO DE SANTANA DA SILVA /2013/ASJUR-SEAD INDEFERIDO ISABELLE MARTINS TEOTONIO /2013/ASJUR-SEAD INDEFERIDO CIBERIO LANDIM MACEDO /2013/ASJUR-SEAD INDEFERIDO ELANE CRISTINA SILVA DOS SANTOS /2013/ASJUR-SEAD INDEFERIDO RESENHA Nº 393/DEREH/GS EXPEDIENTE DO DIA: 06/ 12/ O SECRETÁRIO DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO, usando das atribuições que lhe confere o artigo 6º, inciso XVIII, do Decreto n. º , de 02 de fevereiro de 2006, e tendo em vista Parecer da ASSESSORIA JURÍDICA desta Secretaria, e em conformidade com a Lei n.º 99/2011 e Artigo 93 da Lei Complementar n.º 58/2003, despachou o Processo de CONCESSÃO DE HORÁRIO ESPECIAL abaixo relacionado: PROCESSO N O M E MAT. PARECER N.º DESPACHO MÁRIO ALVES AIRES JÚNIOR /2013/ASJUR/SEAD DEFERIDO RESENHA Nº 394/DEREH/GS EXPEDIENTE DO DIA: 03 / 12 / O SECRETÁRIO DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO, usando das atribuições que lhe confere o artigo 6º, inciso XI, do Decreto n. º , de 02 de fevereiro de 2006 e tendo em vista Parecer da ASSESSORIA JURÍDICA desta Secretaria, despachou o Processo abaixo relacionado: PROCESSO N O M E MAT. PARECER DESPACHO LUIZ GONZAGA CAVALCANTE /2013/ASJUR-SEAD DEFERIDO FRANCISCA NILZA LEITE /2013/ASJUR-SEAD DEFERIDO PARCIAL EUNICE FREITAS DE CASTRO LIMA /2013/ASJUR-SEAD DEFERIDO PARCIAL NICOLE GENTILINI CAROSI /2013/ASJUR-SEAD DEFERIDO PARCIAL NIRLEIDE DANTAS LOPES SOUSA /2013/ASJUR-SEAD DEFERIDO RESENHA Nº396/DEREH/GS EXPEDIENTE DO DIA: 05/12/2013. O SECRETÁRIO DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO, usando das atribuições que lhe confere o artigo 6º, inciso XVIII, do Decreto nº de 02 de fevereiro de 2006, e tendo em vista Laudo da GERÊNCIA DA CENTRAL DE PERÍCIA MÉDICA e PARECER da DIRETORIA EXECUTIVA DE RECURSOS HUMANOS, DEFERIU os Processos de READAPTAÇÃO DE CARGO, abaixo relacionados: PROCESSO N O M E MATRÍCULA CARGO LOTAÇÃO PERÍODO VERA LÚCIA MARTINS PROFESSOR SEE 06 MESES MARIA JOSÉ DE OLIVEIRA RAMALHO PROFESSOR SEE 06 MESES ERIVAN RODRIGUES DOS SANTOS PROFESSOR SEE 06 MESES MARILENE SERRANO INTERAMINENSE PROFESSOR SEE 01 ANO MARCOS ANTONIO BASTOS DA SILVA PROFESSOR SEE 01 ANO MARIA DE CÁSSIA C. DE OLIVEIRA REG. DE ENSINO SEE 01 ANO ANA GORETE FERNANDES PROFESSOR SEE 01 ANO FRANCISCA RUFINO BAIÃO DA SILVA PROFESSOR SEE 01 ANO MARCOS ANTONIO BASTOS DA SILVA PROFESSOR SEE 01 ANO MARIA FERREIRA MACAMBIRA PROFESSOR SEE 02 ANOS RISONEIDE DE FÁTIMA RODRIGUES RIBEIRO PROFESSOR SEE DEFINITIVO RESENHA N.º 397/DEREH/GS/SEAD EXPEDIENTE: 05/12/2013. O SECRETÁRIO DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO, usando a atribuição que lhe confere o art. 6º, Inciso XVIII, do Decreto nº , de 02 de fevereiro de 2006, DEFERIU os Processos de PROGRESSÃO FUNCIONAL VERTICAL do Grupo Ocupacional Divulgação e Promoção DPS 1600, abaixo relacionados: CLASSE PROCESSO MATRÍCULA NOME CARGO ANTERIOR ATUAL JOSÉ CARLOS DOS ANJOS WALLACH REDATOR A B MARIA DE FÁTIMA NOGUEIRA REDATOR B C IVO MARQUES DE MEDEIROS REDATOR B C KATIA BARRETO WANDERLEY DANTAS REPORTER B C RESENHA N.º 398/DEREH/GS/SEAD EXPEDIENTE: 05/12/2013. O SECRETÁRIO DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO, usando a atribuição que lhe confere o art. 6º, Inciso XVIII, do Decreto nº , de 02 de fevereiro de 2006, INDEFERIU os Processos de PROGRESSÃO FUNCIONAL VERTICAL do Grupo Ocupacional Divulgação e Promoção DPS 1600, abaixo relacionados: PROC ESSO MATRÍCULA NOME ANA MARIA RODRIGUES DE MEDEIROS VALQUIRIA PEREIRA DE ANDRADE CARLOS ROBERTO FREIRE RESENHA Nº 399/DEREH/GS EXPEDIENTE DO DIA: 06/ 12/ O SECRETÁRIO DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO, usando das atribuições que lhe confere o artigo 6º, inciso XVIII, do Decreto n. º , de 02 de fevereiro de 2006, tendo em vista Parecer da ASSESSORIA JURÍDICA desta Secretaria, e em conformidade com a Lei n.º 7.147, de 16 de julho de 2002, despachou o Processo de FLEXIBILIZAÇÃO DE HORÁRIO abaixo relacionado: PROCESSO N O M E MAT. PARECER N.º DESPACHO MARIA AMABLES BEZERRA DE SOUZA /2013/ASJUR/SEE DEFERIDO

10 10 João Pessoa - Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2013 DIRETORIA EXECUTIVA DE RECURSOS HUMANOS RESENHA N.º606/DEREH/SEAD EXPEDIENTE DO DIA: 09 / 12 / O DIRETOR EXECUTIVO DE RECURSOS HUMANOS, por delegação de competência que lhe foi ortogada pela Portaria n. º 2374/GS/SA, datada de , e tendo em vista Parecer da Gerência da Central de Perícia Médica, INDEFERIU os Processos de GRATIFICAÇAO DE INSALUBRIDADE abaixo relacionados:

11 João Pessoa - Quarta-feira, 11 de Dezembro de PROCESSO N O M E MATRICULA LUAN DA ROCHA LACERDA LINDEMBERG SILVA DE ARAÚJO FABIANO MICHEL TAVARES DA SILVA JEFFERSON DA COSTA SILVA Secretaria de Estado da Administração Penitenciária GERENCIA EXECUTIVA DO SISTEMA PENITENCIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA Portaria nº 039/GESIPE/SEAP/13 João Pessoa, 06 de dezembro de O GERENTE EXECUTIVO DO SISTEMA PENITENCIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso das atribuições legais, RESOLVE, prorrogar por 30 (trinta) dias o prazo para conclusão dos trabalhos sindicatórios, referente ao Processo nº , instaurado através da Portaria nº 082/ GESIPE/SEAP/13. PUBLIQUE-SE. CUMPRA-SE. Portaria nº 040/GESIPE/SEAP/13 João Pessoa, 06 de dezembro de O GERENTE EXECUTIVO DO SISTEMA PENITENCIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso das atribuições legais, RESOLVE, prorrogar por 30 (trinta) dias o prazo para conclusão dos trabalhos sindicatórios, referente ao Processo nº , instaurado através da Portaria nº 083/ GESIPE/SEAP/13. PUBLIQUE-SE. CUMPRA-SE. Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca PORTARIA nº. 181 João Pessoa, 09 de dezembro de O SECRETÁRIO DE ESTADO DO DESENVOLVIMENTO DA AGROPE- CUÁRIA E DA PESCA SEDAP, no uso das atribuições previstas na Lei Complementar nº 74 de 16 de março de 2007; Lei nº de 16 de março de 2007, c/c o artigo 18, inciso XV, do Decreto nº 7.532/78 de 13 de março de 1978, RESOLVE Art. 1º - Designar HAMILTON GONÇALVES BOTELHO, matrícula nº , CARLA MENTOR DE ARAÚJO, matrícula nº ; e ADRIANA FERREIRA DE FRANÇA, matrícula nº , para, sob a presidência do primeiro, constituírem a Comissão de Sindicância encarregada de apurar os fatos narrados no Memorando nº 088/2013, da Unidade Local de Sanidade Animal e Vegetal Alagoa Grande. Art. 2º - A comissão em o prazo de 60 (sessenta) dias para apresentação de relatório fundamentado e circunstanciado sobre o assunto. Art. 3º - A presente Portaria entra em vigor na data de sua publicação no DOE. confere o art. 3º, inciso VIII, alíneas a e g, da Lei 8.186, de 16 de março de 2007, R E S O L V E : Art. 1º O art. 1º da Portaria nº 256/GSER, de 20 de novembro de 2012, passa a vigorar com a seguinte redação: Art. 1º Dispensar os registros discriminados abaixo para os contribuintes obrigados a Escrituração Fiscal Digital EFD. Número do Registro C116 C165 C174 C176 C178 C179 CAMPO 12 DO C190 C197 C495 C800 C850 C860 C890 D Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. PORTARIA Nº 263/GSER João Pessoa, 10 de dezembro de O SECRETÁRIO DE ESTADO DA RECEITA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 131 da Lei Complementar nº 58, de 30 de dezembro de 2003, c/c o art. 14 do Decreto nº , de 09 de março de 2012, e Considerando as razões expostas no Ofício nº 093/2013/CF/SER, de 05 de dezembro de 2013, da Coordenadoria da Corregedoria Fiscal, à fl. 67 do Processo nº , R E S O L V E : Art. 1º Revogar, até ulterior deliberação, a Portaria nº 212/GSER, de 04 de outubro de Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. PORTARIA Nº 264/GSER João Pessoa, 10 de dezembro de O SECRETÁRIO DE ESTADO DA RECEITA, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo art. 822 do Regulamento do ICMS do Estado da Paraíba RICMS/PB, aprovado pelo Decreto nº , de 19 de junho de 1997, Art. 1º Atualizar o valor da Unidade Fiscal de Referência do Estado da Paraíba - UFR/PB de R$ 36,40 (trinta e seis reais e quarenta centavos), para R$ 36,60 (trinta e seis reais e sessenta centavos), com base na variação mensal do Índice de Preços ao Consumidor Ampliado IPCA. Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, produzindo efeitos a partir de 1º de janeiro de PORTARIA Nº 265/GSER João Pessoa, 10 de dezembro de Secretaria de Estado da Receita PORTARIA Nº 261/GSER João Pessoa, 10 de dezembro de O SECRETÁRIO DE ESTADO DA RECEITA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 3º, inciso VIII, alínea a, da Lei nº 8.186, de 16 de março de 2007, R E S O L V E : Art. 1º Designar FLÁVIO BERNARDINO DE OLIVEIRA, Auditor Fiscal Tributário Estadual de Mercadorias em Trânsito, matrícula nº , lotado nesta Pasta, para ficar à disposição da Subgerência de Recursos Humanos desta Secretaria. Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, retroagindo seus efeitos a 19 de novembro de PORTARIA Nº 262/GSER João Pessoa, 10 de dezembro de O SECRETÁRIO DE ESTADO DA RECEITA, no uso das atribuições que lhe O SECRETÁRIO DE ESTADO DA RECEITA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 3º, inciso VIII, alíneas a e g, da Lei nº 8.186, de 16 de março de 2007, e tendo em vista o disposto art. 5º, do Decreto nº , de 25 de agosto de 2009, bem como o contido no art. 67, da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993, Art. 1º Designar o servidor RÔMULO AGRA TAVARES DE SALES, matrícula nº , Gerente de Tecnologia da Informação desta Pasta, como GESTOR do Contrato Administrativo nº 0030/2013, celebrado entre a Secretaria de Estado da Receita e a empresa HEWLETT-PACKARD BRASIL Ltda., cujo objeto consiste na contratação de empresa para fornecimento de monitores para microcomputadores. Art. 2º Deverá o servidor designado acompanhar, fiscalizar e gerir a execução do objeto contratado, bem como observar e cumprir o disposto no art. 67 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993, e no art. 5º do Decreto Estadual nº , de 25 de agosto de Art. 3º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

12 12 João Pessoa - Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2013 PORTARIA Nº 266/GSER João Pessoa, 10 de dezembro de ENGERBRAS-ENGENHARIA LTDA EPP O SECRETÁRIO DE ESTADO DA RECEITA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 3º, inciso VIII, alíneas a e g, da Lei nº 8.186, de 16 de março de 2007, e tendo em vista o disposto art. 5º, do Decreto nº , de 25 de agosto de 2009, bem como o contido no art. 67, da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993, Art. 1º Designar o servidor RÔMULO AGRA TAVARES DE SALES, matrícula nº , Gerente de Tecnologia da Informação desta Pasta, como GESTOR do Contrato Administrativo nº 0031/2013, celebrado entre a Secretaria de Estado da Receita e a empresa SITECNET INFORMÁTICA Ltda., cujo objeto consiste na contratação da empresa para fornecimento de solução de conectividade de dados com o produto denominado LAN TO LAN FLEX. Art. 2º Deverá o servidor designado acompanhar, fiscalizar e gerir a execução do objeto contratado, bem como observar e cumprir o disposto no art. 67 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993, e no art. 5º do Decreto Estadual nº , de 25 de agosto de Art. 3º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação ALLIANCE PRIMUS DISTRIBUIDOR ATACADISTA LTDA CENTRAL DISTRIBUIDORA DE MEDICAMENTOS LTDA JARFRY TRANSPORTES E SERVIÇOS LTDA ME EMPRESA DE TRANSPORTE MARAJÓ LTDA EMPRESA DE TRANSPORTES MARAJÓ LTDA COMÉRCIO E TRANSPORTES RAMTHUN LTDA E & R SERVIÇOS DE COLETAS DE MALOTES LTDA TRANSPORTES NACIONAL LTDA TRANSPORTES NACIONAL LTDA LDB TRANSPORTES DE CARGAS LTDA IN IN PORTARIA Nº 267/GSER João Pessoa, 10 de dezembro de FRANCISCO LACERDA DE FIGUEIREDO O SECRETÁRIO DE ESTADO DA RECEITA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 3º, inciso VIII, alíneas a e g, da Lei nº 8.186, de 16 de março de 2007, e tendo em vista o disposto art. 5º, do Decreto nº , de 25 de agosto de 2009, bem como o contido no art. 67, da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993, Art. 1º Designar o servidor RÔMULO AGRA TAVARES DE SALES, matrícula nº , Gerente de Tecnologia da Informação desta Pasta, como GESTOR do Contrato Administrativo nº 0029/2013, celebrado entre a Secretaria de Estado da Receita e a empresa HEWLETT-PACKARD Brasil Ltda., cujo objeto consiste na contratação desta empresa, para fornecimento de microcomputadores sem monitor. Art. 2º Deverá o servidor designado acompanhar, fiscalizar e gerir a execução do objeto contratado, bem como observar e cumprir o disposto no art. 67 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993, e no art. 5º do Decreto Estadual nº , de 25 de agosto de Art. 3º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação REDE FÁCIL DISTRIBUIÇÃO E ATACADO DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO E SERVIÇOS LTDA SETTA COMBUSTÍVEIS S/A PETROX DISTRIBUIDORA LTDA B MELO PRODUTOS ODONTOLÓGICOS LTDA ME JOSÉ JÚLIO DE ARRUDA MELO ALINE FAGUNDES DAMACENO TRANSPORTADORA ESMERALDA LTDA ME ECLIPSE TRANSPORTES LTDA EMPRESA AUTOVIAÇÃO PROGRESSO S/A EMPRESA AUTO VIAÇÃO PROGRESSO S/A RESSARCIMENTO DE ICMS- SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA RESSARCIMENTO DE ICMS- SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA RESTITUIÇÃO DE ICMS RESTITUIÇÃO DE ICMS RESTITUIÇÃO DE ICMS EDJANE HENRIQUE SILVA MARA-JÁ TRANSPORTES E LOGISTICA LTDA MJR TRANSPORTES LTDA ME RESENHA N 050/ INTEGRAÇÃO TRANSPORTES LTDA O SECRETÁRIO DE ESTADO DA RECEITA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 45, inciso XVIII, do Decreto nº , de 15 de abril de 2005 e tendo em vista parecer da Gerência Executiva de Tributação, despachou os processos abaixo discriminados: F NAZARENO ENGENHARIA LTDA B & C CONSTRUÇÕES INCORPORAÇÕES E IMOBILIARIA LTDA PROCESSO NOME ASSUNTO DECISÃO G5 COMERCIO DE MADEIRAS LTDA ME ANDRADE CONSTRUÇÕES LTDA DISTRIBUIDORA ATRAENTE LTDA SEIXAS EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA ROSELENE LEMOS CARNEIRO ISENÇÃO DE ICMS DEFICIENTE FISICO MAGMATEC CONSTRUÇÕES E INCORPORAÇÕES LTDA GIANA CARLA LINS DE ALBUQUERQUE MEIRELES ISENÇÃO DE ICMS DEFICIENTE FISICO COMPACTA CONSTRUÇÕES E INCORPORAÇÕES LTDA FRANCISCA SANDRA DE SOUZA CRISPIM ISENÇÃO DE ITCD TECHINE ARQUITETURA,CONSTRUÇÃO E INCORPORAÇÃO LTDA ALLIANCE PAULO MIRANDA CONSTRUÇÕES SPE LTDA PARANASA ENGENHARIA E COMÉRCIO S/A CONSTRUTORA GABARITO LTDA FERNANDES QUEIROS EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA ME RM DISTRIBUIDORA E IMPORTADORA LTDA ATL ALIMENTOS DO BRASIL LTDA ELFA PRODUTOS FARMACEUTICOS E HOSPITALARES LTDA GUANABARA EXPRESS TRANSPORTES DE CARGAS S/A CONSTRUTORA SUCESSO S.A IN JULYNALDO CORREIA GALDINO JOSE AMADO MARIA DAS GRAÇAS MADRUGA PAIVA SANTIAGO KLECIA MONICA GUILHERME SILVA ROBISMAR LEAL MARTINEZ HENRIQUES DE LIMA PETROX DISTRIBUIDORA LTDA GREGORIO MAGNO MARIANO VIEIRA ATENCIO DE SOUSA LOURENÇO ISENÇÃO DE ICMS DEFICIENTE FISICO ISENÇÃO DE ICMS DEFICIENTE FISICO ISENÇÃO DE ICMS DEFICIENTE FISICO ISENÇÃO DE ICMS DEFICIENTE FISICO ISENÇÃO DE ICMS DEFICIENTE FISICO ISENÇÃO DE ICMS DEFICIENTE FISICO RESSARCIMENTO DE ICMS- SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ISENÇÃO DE ICMS DEFICIENTE FISICO RESTITUIÇÃO DE IPVA IN IN IN VALE E MELO CONSTRUÇÕES E INCORPORAÇÕES LTDA AGS & JCK CONSTRUÇÕES SPE LTDA EDNEIDE BRILHANTE DA SILVA JAIME ANCELMO DE FRANÇA ISENÇÃO DE ITCD RESTITUIÇÃO DE IPVA

13 João Pessoa - Quarta-feira, 11 de Dezembro de FRANCISCO VICTOR DA ROCHA ISRAEL BRUNO BARBOSA DE ATAYDE SINDICATO DA INDUSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL DE J PESSOA PETROX DISTRIBUIDORA LTDA AGRONIL AGRONEGOCIOS DO NORDESTE LTDA MARINA CARVALHO DE SOUZA VENDE TUDO MAGAZINE LTDA LEONIO SERGIO CESAR DE SOUZA GISEUDA DE OLIVEIRA G ABRANTES MARIA ZELIA LUCENA NUNES RESTITUIÇÃO DE IPVA RESTITUIÇÃO DE IPVA SOLICITA INFORMAÇÕES SOBRE O ICMS RESSARCIMENTO DE ICMS- SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA RESSARCIMENTO DE ICMS- SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA IN CONSULTA FISCAL PARCIAL ISENÇÃO DE ICMS-DEFICIENTE FISICO SOLICITA INFORMAÇÕES SOBRE O ICMS CONSULTA FISCAL ISENÇÃO DE ICMS-DEFICIENTE FISICO ISENÇÃO DE ICMS-DEFICIENTE FISICO ISENÇÃO DE ICMS-DEFICIENTE FISICO João Pessoa (PB), 09 de dezembro de GERÊNCIA OPERACIONAL DE FISCALIZAÇÃO DE MERCADORIAS EM TRÂNSITO PORTARIA Nº 009/GOFMT João Pessoa, 10 de dezembro de O GERENTE OPERACIONAL DE FISCALIZAÇÃO DE MERCADORIAS EM TRÂNSITO, no uso das atribuições que lhe confere o art. 6º da Portaria n 053/GSER, de 28 de fevereiro de 2013, e Considerando o disposto no art. 105 da Resolução CGSN nº 94, de 29 de novembro de 2011, do Comitê Gestor do Simples Nacional, que regra o desenquadramento de contribuintes na modalidade Microempreendedor Individual - MEI; Considerando, ainda, a necessidade de identificar e responsabilizar os contribuintes internos e externos que realizaram operações com mercadorias destinadas a contribuintes enquadrados como Microempreendedor Individual - MEI, sem observância dos critérios estabelecidos na legislação, em especial o disposto nos incisos IX e XI do art. 67 da Lei nº 6.379, de 2 de dezembro de 1996, Art. 1º Determinar o desenquadramento da condição de Microempreendedor Individual MEI os contribuintes relacionados no Anexo Único desta Portaria, por terem ultrapassado o limite de faturamento previsto no caput do art. 91 da Resolução CGSN nº 94, de 29 de novembro de Art. 2º Solicitar à Gerência Executiva de Arrecadação e Informações Fiscais que adote os procedimentos administrativos necessários a eficácia do cumprimento do desenquadramento dos contribuintes mencionados no art. 1º desta Portaria. Art. 3º Os contribuintes relacionados no Anexo Único terão o prazo de 10 (dez) dias, a contar da data de publicação desta Portaria, para comparecerem ao seu domicílio fiscal e prestarem as devidas explicações quanto ao valor de vendas e compras excedentes, se assim desejarem. Art. 4º Caberá ao Chefe de repartição fiscal notificar os contribuintes de sua circunscrição, que se encontrarem relacionados no Anexo Único e que não atenderem ao disposto no art. 3º, informando acerca da possibilidade de cancelamento da inscrição no Cadastro de Contribuintes do ICMS, nos termos do Regulamento do ICMS, aprovado pelo Decreto nº , de 19 de junho de Art. 5º As Gerências Regionais e a Gerência Operacional de Fiscalização de Estabelecimentos deverão identificar os contribuintes que realizaram operações com mercadorias para contribuintes enquadrados como Microempreendedor Individual - MEI, além do legalmente permitido, e providenciar ações de fiscalização para cobrança das vendas excessivas, em conformidade com o que dispõe a legislação. Art. 6º Em consonância com a Portaria n 053/GSER, de 28 de fevereiro de 2013, a Coordenadoria da Assessoria Técnica de Inteligência Fiscal, ouvidas as Gerências Regionais, deverá denunciar ao Ministério Público Estadual os contribuintes que efetuaram vendas de mercadorias para contribuintes enquadrados como Microempreendedor Individual - MEI sem observância do limite legal de compras destes e nem o contido nos incisos IX e XI do art. 67 da Lei nº 6.379, de 2 de dezembro de Art. 7º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. GERÊNCIA OPERACIONAL DE FISCALIZAÇÃO DE MERCADORIAS EM TRÂNSITO 1º NÚCLEO REGIONAL BAYEUX JOSE RONILSON DOS SANTOS CALDAS BRANDAO SABRINA BARROS DOS SANTOS CAPIM ANTONIO BENTO FRANCISCO ITABAIANA MARIZE ALVES DA SILVA JOAO PESSOA ANA MARIA SOARES DA SILVA DAVID JOSIMAR MARTINS FRANCISCA MONTEIRO DO NASCIMENTO FRANCISCO KENNEDY DINIZ DA SILVA IRACEMA ROQUE DE SIQUEIRA JARDES RAILSON MEIRA JHONATAN DOS SANTOS BARBOSA JOSILENE OLIVEIRA SILVA DE AZEVEDO LIVANA MENESES CORREA LUCIANA BARBOSA VIEIRA MARCELO DUARTE DE SOUSA MARCOS ANTONIO ALVES BEZERRA MARCUS VINICIUS MARIANO VIEIRA MARIA DE FATIMA DA FONSECA MARIA JOSE DA SILVA BATISTA PEDRO GOMES PEREIRA NETO ROSANGELA DA ROCHA PEDRO SETIMA MUNIZ GALDINO SEVERINO CARLOS DA SILVA FILHO SEVERINO MAXIMINO DA SILVA FILHO WANNA MARCULINO LOPES WILDES MAGALHAES DA SILVA SANTA RITA MARIA CRISTINA FIRMINO DA SILVA RENATA FORTUNATO GONCALVES ROBSON COELHO DO NASCIMENTO SEVERINO MARCOS BARBOSA DA SILVA º NÚCLEO REGIONAL ALAGOA GRANDE LEANDRO MAURICIO DOMINGOS FIGUEIREDO ARACAGI DIRCEU DE MENDONCA DA SILVA BELEM VAGNER ALVES PORPINO CACIMBAS JOSIVANIA FERREIRA TERTO GUARABIRA MARIA AMAVEL GREGORIO NUNES NOVA FLORESTA LILIANE PATRICIA FERREIRA DA SILVA PICUI CICERO VICENTE DOS SANTOS MARIA LUCIMAR DE MACEDO ARAUJO SERRARIA JEIAS ALUSTAL DE LIMA º Núcleo Regional CABACEIRAS MIGUEL ANGELO DE FARIAS BRAZ CAMPINA GRANDE GILCIMAR LINDOLFO DO NASCIMENTO JOSE CARLOS DA SILVA MARCONI MENEZES MATHEUS DE SOUSA RAMOS RAFAELA DOS SANTOS SILVA ESPERANCA GILCLEBER ALVES DOS SANTOS MARIA DO SOCORRO SANTIAGO DA SILVA ITATUBA SUELEIDE MARIA DE ARAUJO MONTEIRO SIZENANDO BELMIRO NETO

14 João Pessoa - Quarta-feira, 11 de Dezembro de PO CINH OS IRENALDO FREIRE DA SILVA QUEIMADAS EDILMA DEODATO NUNES MACILENE MARIA CAVALCANTE MARIA ELISABETH DA SILVA SAO JOAO DO CARIRI PEDRO DE QUEIROS PIMENTEL SOLEDADE ROBERTA SOARES PEREIRA TENORIO EDILEUZA DOS SANTOS PEREIRA ME º NÚCLEO REGIONAL AGUA BRANCA APARECIDA DE FATIMA TRAJANO DE ALMEIDA BATISTA COREMAS MARIA DO ROSARIO MENDES DOS SANTOS ITAPORANGA GEOVANDO DA SILVA ARAUJO NOVA OLINDA CARLOS CICERO DE SOUSA PATOS CLAUDIANO LEITE DE CARVALHO ROBERTO TORRES JERONIMO PRINCESA ISABEL RONALDO DE SOUSA OLIVEIRA º Núcleo Regional BREJO DO CRUZ CAMILA ALVES DANTAS CAJAZEIRAS CLAUDIVAN DE SOUSA SILVA LUCIANA GOMES ROCHA -ME CATOLE DO ROCHA ALEKSANDRA FIGUEIREDO E SILVA ME CONCEICAO IVANEIDE LIBERATO DE CARVALHO MONTE HOREBE VANDERLEIA DIAS PINHEIRO - ME POM BAL RAIMUNDO NOBREGA DA COSTA VALDEMI FERNANDES DE OLIVEIRA SAO BENTO KALINE KELY PEREIRA DE LIMA SAO JOSE DE PIRANHAS MARCELO MORAIS RIBEIRO SOUSA FRANCINEIDE DE MENEZES FERREIRA NATHALIA RAISSA GOMES DE OLIVEIRA UIRAUNA VALDECY DE OLIVEIRA SARMENTO RECEBEDORIA DE RENDAS DE JOAO PESSOA PORTARIA Nº 01434/2013/CAD 26 de Novembro de 2013 O Subgerente da RECEBEDORIA DE RENDAS DE JOAO PESSOA, usando das atribuições que são conferidas pelo art. 140, incisos I, c/c os seus 1º e 2º, do RICMS, aprovado pelo Decreto nº , de 19 de junho de1997, Considerando o que consta(m) no(s) processo(s) nº ; Considerando que o(s) contribuinte(s) relacionado(s) no anexo desta portaria está(ão) em situação irregular, em razão de não apresentação, durante 06(seis) meses consecutivos, ao(s) seu(s) domicílio(s) fiscal(is), da Guia de Informação Mensal GIM; Considerando, ainda, a necessidade de atualização perante o Cadastro de Contribuintes do ICMS e das informações econômico-fiscais por ele(s) geradas; I.CANCELAR, ex-offício, a(s) inscrição(ões) e o uso de talonários de notas fiscais e/ou cupons fiscais da(s) firma(s) relacionada(s) no anexo desta portaria; II.Declarar a(s) firma(s) referida(s) no item anterior como não inscrita(s) no Cadastro de Contribuinte do ICMS, ficando passíveis de apreensão as mercadorias que estiverem em poder da(s) mesma(s) ou que lhe(s) forem destinadas, bem como fichas de inscrição cadastral, livros e demais documentos fiscais, onde forem encontrados; a 26/11/2013. RECEBEDORIA DE RENDAS DE JOAO PESSOA PORTARIA Nº 01435/2013/CAD 26 de Novembro de 2013 O Subgerente da RECEBEDORIA DE RENDAS DE JOAO PESSOA, usando das atribuições que são conferidas pelo art. 140, incisos I, c/c os seus 1º e 2º, do RICMS, aprovado pelo Decreto nº , de 19 de junho de1997, Considerando o que consta(m) no(s) processo(s) nº ; Considerando que o(s) contribuinte(s) relacionado(s) no anexo desta portaria está(ão) em situação irregular, em razão de não apresentação, durante 06(seis) meses consecutivos, ao(s) seu(s) domicílio(s) fiscal(is), da Guia de Informação Mensal GIM;

15 15 João Pessoa - Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2013 Considerando, ainda, a necessidade de atualização perante o Cadastro de Contribuintes do ICMS e das informações econômico-fiscais por ele(s) geradas; I.CANCELAR, ex-offício, a(s) inscrição(ões) e o uso de talonários de notas fiscais e/ou cupons fiscais da(s) firma(s) relacionada(s) no anexo desta portaria; II.Declarar a(s) firma(s) referida(s) no item anterior como não inscrita(s) no Cadastro de Contribuinte do ICMS, ficando passíveis de apreensão as mercadorias que estiverem em poder da(s) mesma(s) ou que lhe(s) forem destinadas, bem como fichas de inscrição cadastral, livros e demais documentos fiscais, onde forem encontrados; a 26/11/2013. do das atribuições que são conferidas pelo art. 140, incisos I, c/c os seus 1º e 2º, do RICMS, aprovado pelo Decreto nº , de 19 de junho de1997, Considerando o que consta(m) no(s) processo(s) nº ; Considerando que o(s) contribuinte(s) relacionado(s) no anexo desta portaria está(ão) em situação irregular, em razão de não apresentação, durante 06(seis) meses consecutivos, ao(s) seu(s) domicílio(s) fiscal(is), da Guia de Informação Mensal GIM; Considerando, ainda, a necessidade de atualização perante o Cadastro de Contribuintes do ICMS e das informações econômico-fiscais por ele(s) geradas; I.CANCELAR, ex-offício, a(s) inscrição(ões) e o uso de talonários de notas fiscais e/ou cupons fiscais da(s) firma(s) relacionada(s) no anexo desta portaria; II.Declarar a(s) firma(s) referida(s) no item anterior como não inscrita(s) no Cadastro de Contribuinte do ICMS, ficando passíveis de apreensão as mercadorias que estiverem em poder da(s) mesma(s) ou que lhe(s) forem destinadas, bem como fichas de inscrição cadastral, livros e demais documentos fiscais, onde forem encontrados; a 26/11/2013. Anexo da Portaria Nº 01440/2013/CAD Inscrição Estadual Razão Social MANOEL COUTINHO DA SILVA Endereço Município / UF R ELIAS CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE, Nº JOAO PESSOA / PB CRISTO REDENTOR Regime de Apuração SIMPLES NACIONAL RECEBEDORIA DE RENDAS DE JOAO PESSOA PORTARIA Nº 01405/2013/CAD 19 de Novembro de 2013 O Subgerente da RECEBEDORIA DE RENDAS DE JOAO PESSOA, usando das atribuições que são conferidas pelo art. 140, 3º, do RICMS, aprovado pelo Decreto nº , de 19 de junho de 1997, Considerando que foi regularizado os motivos que originaram o cancelamento; I.RESTABELECER, a(s) inscrição(ões) e o uso de talonários de notas fiscais e/ou cupons fiscais, da(s) firma(s) constante na relação em anexo a esta Portaria. II.Declarar a(s) firma(s) referida(s) no item anterior como apta(s) no Cadastro de Contribuintes do ICMS. a 19/11/2013. Anexo da Portaria Nº 01405/2013/CAD Inscrição Estadual Razão Social MISTER TEM COMERCIO DE ACOS E METAIS LTDA Endereço R RODRIGUES CHAVES, Nº 390 TRINCHEIRAS Município / UF JOAO PESSOA / PB Regime de Apuração NORMAL RECEBEDORIA DE RENDAS DE JOAO PESSOA PORTARIA Nº 01416/2013/CAD 21 de Novembro de 2013 O Subgerente da RECEBEDORIA DE RENDAS DE JOAO PESSOA, usando das atribuições que são conferidas pelo art. 140, inciso III, c/c os seus 1º e 2º, do RICMS, aprovado pelo Decreto nº , de 19 de junho de1997, Considerando o que consta(m) no(s) processo(s) nº ; Considerando que através do(s) processo(s) administrativo(s) tributário(s) regular(es), ficou comprovado que o(s) contribuinte(s) relacionado(s) no anexo desta portaria não mais exerce(m) sua(s) atividade(s) no endereço cadastrado junto a este Órgão e não solicitou(aram) qualquer alteração de seu(s) domicílio(s) fiscal(is); Considerando, ainda, a necessidade de atualização perante o Cadastro de Contribuintes do ICMS das informações-fiscais por ele(s) geradas; I.CANCELAR, ex-offício, a(s) inscrição(ões) e o uso de talonários de notas fiscais e/ou cupons fiscais da(s) firma(s) relacionada(s) no anexo desta portaria. II.Declarar a(s) firma(s) referida(s) no item anterior como não inscrita(s) no Cadastro de Contribuinte do ICMS, ficando passíveis de apreensão as mercadorias que estiverem em poder da(s) mesma(s) ou que lhe(s) forem destinadas, bem como fichas de inscrição cadastral, livros e demais documentos fiscais, onde forem encontrados. a 21/11/2013. RECEBEDORIA DE RENDAS DE JOAO PESSOA PORTARIA Nº 01440/2013/CAD 26 de Novembro de 2013 Anexo da Portaria Nº 01416/2013/CAD Inscrição Estadual O Subgerente da RECEBEDORIA DE RENDAS DE JOAO PESSOA, usan Razão Social Endereço POSTO TRES LAGOAS COMERCIO R CORONEL JOAO COSTA E SILVA, Nº S/N E DERIVADOS DE PETROLEO ERNANI SATIRO LTDA - ME ED POSTO DE COMBUSTIVEIS E R CORONEL JOAO COSTA E SILVA, Nº S/N DERIVADOS DE PETROLEO LTDA ERNANI SATIRO Município / UF Regime de Apuração JOAO PESSOA / PB NORMAL JOAO PESSOA / PB NORMAL

16 16 João Pessoa - Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2013 C. E. DE SOLANEA PORTARIA Nº 01381/2013/CAD 13 de Novembro de 2013 O Coletor Estadual da C. E. DE SOLANEA, usando das atribuições que são conferidas pelo art. 140, 3º, do RICMS, aprovado pelo Decreto nº , de 19 de junho de 1997, Considerando que foi regularizado os motivos que originaram o cancelamento; I.RESTABELECER, a(s) inscrição(ões) e o uso de talonários de notas fiscais e/ou cupons fiscais, da(s) firma(s) constante na relação em anexo a esta Portaria. II.Declarar a(s) firma(s) referida(s) no item anterior como apta(s) no Cadastro de Contribuintes do ICMS. a 13/11/ , de 19 de junho de 1997, Considerando o que consta(m) no(s) processo(s) nº , , ; Considerando que através de processo administrativo tributário regular, ficou comprovado que o(s) contribuinte(s) relacionado(s) no anexo desta portaria não mais exerce(m) sua(s) atividade(s) no endereço cadastrado junto a esta Órgão e não solicitou(aram) qualquer alteração do(s) seu(s) domicílio(s) fiscal(is); Considerando, ainda, a necessidade de atualização perante o Cadastro de Contribuintes do ICMS das informações-fiscais por ele(s) gerada(s); I.CANCELAR, ex-offício, a(s) inscrição(ões) e o uso de talonários de notas fiscais e/ou cupons fiscais da(s) firma(s) relacionada(s) no anexo desta portaria. II.Declarar a(s) firma(s) referida(s) no item anterior como não inscrita(s) no Cadastro de Contribuinte do ICMS, ficando passíveis de apreensão as mercadorias que estiverem em poder da(s) mesma(s) ou que lhe(s) forem destinadas, bem como fichas de inscrição cadastral, livros e demais documentos fiscais, onde forem encontrados. a 03/06/2013. Anexo da Portaria Nº 01381/2013/CAD Inscrição Estadual Razão Social Endereço Município / UF Regime de Apuração GILMAR DE OLIVERA LEITE R DO VALERIO, Nº CENTRO CASSERENGUE / PB NORMAL C. E. DE SOLANEA PORTARIA Nº 01387/2013/CAD 14 de Novembro de 2013 O Coletor Estadual da C. E. DE SOLANEA, usando das atribuições que são conferidas pelo art. 140, 3º, do RICMS, aprovado pelo Decreto nº , de 19 de junho de 1997, Considerando que foi regularizado os motivos que originaram o cancelamento; I.RESTABELECER, a(s) inscrição(ões) e o uso de talonários de notas fiscais e/ou cupons fiscais, da(s) firma(s) constante na relação em anexo a esta Portaria. II.Declarar a(s) firma(s) referida(s) no item anterior como apta(s) no Cadastro de Contribuintes do ICMS. a 14/11/2013. Inscrição Estadual Anexo da Portaria Nº 01387/2013/CAD Razão Social Endereço Município/UF JOSE EUDES MARTINS ME R PERNAMBUCO, Nº 21 - CENTRO SOLANEA/PB Regime de Apuração NORMAL Anexo da Portaria Nº 00586/2013/CAD Inscrição Estadual Razão Social Endereço Município / UF Regime de Apuração POSTO DE COMBUSTIVEIS EST BR 230, Nº S/N - CENTRO CABEDELO / PB NORMAL CAMBOINHA LTDA DOM SABOR ALIMENTOS LTDA R ANTONIO M CARDOSO, Nº 47 - CENTRO CABEDELO / PB SIMPLES NACIONAL JANDEILSON FERNANDES DOS R RAUL SEIXAS, Nº RENASCER CABEDELO / PB SIMPLES NACIONAL SANTOS C. E. DE MAMANGUAPE PORTARIA Nº 01493/2013/CAD 3 de Dezembro de 2013 O Coletor Estadual da C. E. DE MAMANGUAPE, usando das atribuições que são conferidas pelo art. 140, 3º, do RICMS, aprovado pelo Decreto nº , de 19 de junho de 1997, Considerando que foi regularizado os motivos que originaram o cancelamento; I.RESTABELECER, a(s) inscrição(ões) e o uso de talonários de notas fiscais e/ou cupons fiscais, da(s) firma(s) constante na relação em anexo a esta Portaria. II.Declarar a(s) firma(s) referida(s) no item anterior como apta(s) no Cadastro de Contribuintes do ICMS. a 03/12/2013. C. E. DE CABEDELO PORTARIA Nº 00580/2013/CAD 31 de Maio de 2013 O Coletor Estadual da C. E. DE CABEDELO, usando das atribuições que são conferidas pelo art. 140, 3º, do RICMS, aprovado pelo Decreto nº , de 19 de junho de 1997, Considerando que foi regularizado os motivos que originaram o cancelamento; I.RESTABELECER, a(s) inscrição(ões) e o uso de talonários de notas fiscais e/ou cupons fiscais, da(s) firma(s) constante na relação em anexo a esta Portaria. II.Declarar a(s) firma(s) referida(s) no item anterior como apta(s) no Cadastro de Contribuintes do ICMS. a 31/05/2013. Anexo da Portaria Nº 00580/2013/CAD Inscrição Estadual Razão Social Endereço Município / UF Regime de Apuração AV FLAVIO RIBEIRO COUTINHO, Nº s/n - LOT TC ENGENHARIA LTDA CABEDELO / PB NORMAL PARQUE VERDE Anexo da Portaria Nº 01493/2013/CAD Inscrição Estadual Razão Social Endereço Município / UF Regime de Apuração ROCHA VIANA COMERCIO DE R MANGUEIRA, Nº 83 - CENTRO RIO TINTO / PB NORMAL PETROLEO LTDA. C. E. DE MAMANGUAPE PORTARIA Nº 01494/2013/CAD 3 de Dezembro de 2013 O Coletor Estadual da C. E. DE MAMANGUAPE, usando das atribuições que são conferidas pelo art. 140, 3º, do RICMS, aprovado pelo Decreto nº , de 19 de junho de 1997, Considerando que o(s) contribuinte(s) de que trata a relação em anexo teve(iveram) sua(s) inscrição(ões) cancelada(s), ex-offício, indevidamente; I.RESTABELECER, a(s) inscrição(ões) e o uso de talonários de notas fiscais e/ou cupons fiscais, da firma constante na relação em anexo a esta Portaria. II.Declarar a(s) firma(s) referida(s) no item anterior como apta(s) no Cadastro de Contribuintes do ICMS. a 03/12/2013. C. E. DE CABEDELO PORTARIA Nº 00586/2013/CAD 3 de Junho de 2013 O Coletor Estadual da C. E. DE CABEDELO, usando das atribuições que são conferidas pelo art. 140, inciso III, c/c os seus 1º e 2º, do RICMS, aprovado pelo Decreto nº Anexo da Portaria Nº 01494/2013/CAD Inscrição Estadual Razão Social Endereço Município / UF Regime de Apuração S. MORAIS & MEDEIROS LTDA R LUIZ VIEIRA, Nº CENTRO CAPIM / PB NORMAL

17 João Pessoa - Quarta-feira, 11 de Dezembro de RECEBEDORIA DE RENDAS DE JOAO PESSOA PORTARIA Nº 01417/2013/CAD 21 de Novembro de 2013 O Subgerente da RECEBEDORIA DE RENDAS DE JOAO PESSOA, usando das atribuições que são conferidas pelo art. 140, inciso VI, c/c os seus 1º e 2º, do RICMS, aprovado pelo Decreto nº , de 19 de junho de 1997, Considerando o que consta(m) no(s) processo(s) nº ; Considerando que o(s) contribuinte(s) relacionado(s) no anexo desta portaria, através de processo administrativo regular cometeu(eram) irregularidade(s) no fornecimento de informações referentes a(s) inscrição(ões); Considerando, ainda, a necessidade de atualização perante o Cadastro de Contribuintes do ICMS e das informações econômico-fiscais por ele(s) geradas; I.CANCELAR, ex-offício, a(s) inscrição(ões) e o uso de talonários de notas fiscais e/ou cupons fiscais da(s) firma(s) relacionada(s) no anexo desta portaria. II.Declarar a(s) firma(s) referida(s) no item anterior como não inscrita(s) no Cadastro de Contribuintes do ICMS, ficando passíveis de apreensão as mercadorias que estiverem em poder da(s) mesma(s) ou que lhe(s) forem destinadas, bem como fichas de inscrição cadastral livros e demais documentos fiscais, onde forem encontrados. a 21/11/2013. Anexo da Portaria Nº 01417/2013/CAD Inscrição Estadual Razão Social Endereço Município / UF Regime de Apuração HOME.NET COMERCIO E R TERCILIA DE ARRUDA LUNA, Nº JOAO PESSOA / PB SIMPLES NACIONAL SERVICOS DE INFORMATICA MANGABEIRA C. E. DE SAPE PORTARIA Nº01365/2013/CAD 8 de Novembro de 2013 O Coletor Estadual da C. E. DE SAPE, usando das atribuições que são conferidas pelo art. 140, 3º, do RICMS, aprovado pelo Decreto nº , de 19 de junho de 1997, Considerando que o(s) contribuinte(s) fez(fizeram) prova do pagamento da importância reclamada pelo Fisco; I.RESTABELECER, a(s) inscrição(ões) e o uso de talonários de notas fiscais e/ ou cupons fiscais, da(s) firma(s) constante na relação em anexo a esta Portaria. II.Declarar a(s) firma(s) referida(s) no item anterior como apta(s) no Cadastro de Contribuintes do ICMS. a 08/11/ , MATRICULA como gestor do Contrato de n 195/2013, firmado com a empresa ORIENTAL VIAGENS E TURISMO LTDA no processo administrativo n /2013/2013, que tramita nesta Secretaria. Portaria nº 588/2013 João Pessoa, 09 de dezembro de 2013 A SECRETÁRIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso das atribuições legais, em cumprimento ao disposto no artigo 67 da Lei Federal n.º de 21 de junho de 1993, R E S O L V E designar o servidor William Cordeiro Gomes, CPF , MATRICULA como gestor do Contrato de n 193/2013, firmado com a empresa JOÃO BATISTA DA ROCHA RIBEIRO no processo administrativo n /2013, que tramita nesta Secretaria. Portaria nº 589/2013 João Pessoa, 09 de dezembro de 2013 A SECRETÁRIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso das atribuições legais, em cumprimento ao disposto no artigo 67 da Lei Federal n.º de 21 de junho de 1993, R E S O L V E designar o servidor William Cordeiro Gomes, CPF , MATRICULA como gestor do Contrato de n 190/2013, firmado com a empresa PAPELARIA PEDRO II LTDA-EPP no processo administrativo n / 2013, que tramita nesta Secretaria. Portaria nº 590/2013 João Pessoa, 09 de dezembro de 2013 A SECRETÁRIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso das atribuições legais, em cumprimento ao disposto no artigo 67 da Lei Federal n.º de 21 de junho de 1993, R E S O L V E designar o servidor José Flávio Farias Barros, CPF , MATRICULA como gestora do Contrato de n 200/2013, firmado com a empresa A UNIÃO SUPERINTÊNDENCIA DE IMPRENSA E EDITORA no processo administrativo n /2013, que tramita nesta Secretaria. Portaria nº 591/2013 João Pessoa, 09 de dezembro de 2013 A SECRETÁRIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso das atribuições legais, em cumprimento ao disposto no artigo 67 da Lei Federal n.º de 21 de junho de 1993, R E S O L V E designar a servidora Ana Carolina Vieira Lubambo de Britto, CPF , MATRICULA como gestora do Contrato de n 213/2013, firmado com a empresa A UNIÃO SUPERINTÊNDENCIA DE IMPRENSA E EDITORA no processo administrativo n /2013, que tramita nesta Secretaria. Portaria nº 593 João Pessoa, 09 de dezembro de 2013 A SECRETÁRIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições legais, e tendo em vista o que consta do Processo nº /2013-SEE, R E S O L V E substituir MARIA DE FATIMA FIALHO FREIRE FREITAS, matrícula nº , pela servidora MARINALVA SILVA DE MEDEIROS SANTOS, matrícula nº , Integrante do Setor Financeiro-SIAF, na função de Reserva e Empenho da sede da 4ª Gerência Regional de Educação, na cidade de Cuité. Portaria nº 594/2013 João Pessoa, 09 de dezembro de 2013 Secretaria de Estado da Educação Anexo da Portaria Nº 01365/2013/CAD Inscrição Estadual Razão Social Endereço Município / UF Regime de Apuração PEDREIRA POTIGUAR LTDA - EPP SIT ANTAS DO SONO, Nº S/N - ZONA RURAL SOBRADO / PB NORMAL Portaria nº 584/2013 João Pessoa, 05 de dezembro de 2013 A SECRETÁRIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso das atribuições legais, em cumprimento ao disposto no artigo 67 da Lei Federal n.º de 21 de junho de 1993, R E S O L V E designar o(a) servidor(a) Aparecida de Fátima Uchôa Rangel, CPF , MATRÍCULA n , como gestor do Contrato de n 212/2013, firmado com a empresa FORMA EDITORIAL LTDA.-ME no processo administrativo n /2013, que tramita nesta Secretaria. Portaria nº 585/2013 João Pessoa, 05 de dezembro de 2013 A SECRETÁRIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso das atribuições legais, em cumprimento ao disposto no artigo 67 da Lei Federal n.º de 21 de junho de 1993, R E S O L V E designar a servidor WILLIAN CORDEIRO GOMES, CPF , MATRICULA , como gestor do Contrato de n 189/2013, firmado com a empresa MAX COMÉRCIO DE MATERIAIS PARA ESCRITÓRIO LTDA-ME., no processo administrativo n /2013, que tramita nesta Secretaria. Portaria nº 587/2013 João Pessoa, 09 de dezembro de 2013 A SECRETÁRIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso das atribuições legais, em cumprimento ao disposto no artigo 67 da Lei Federal n.º de 21 de junho de 1993, R E S O L V E designar a servidora Martha Pollyanna dos Santos Dias CPF A SECRETÁRIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso das atribuições legais, em cumprimento ao disposto no artigo 67 da Lei Federal n.º de 21 de junho de 1993, R E S O L V E designar a servidora Martha Pollyanna dos Santos Dias CPF , MATRICULA como gestor do Contrato de n 214/2013, firmado com a empresa LIDER EVENTOS E COSULTORIA EIRELI-EPP no processo administrativo n /2013, que tramita nesta Secretaria. RECURSOS FINANCEIROS LIBERADOS PELO FNDE, PARA A SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO EXERCÍCIO 2013.MÊS: OUTUBRO/2013 CA Nº / DE OUTUBRO DE 2013 Rede Estadual Programa Data de Emissão Valor em R$ ALIMENTAÇÃO ESCOLAR 30/09/2013 CRECHES ,00 ALIMENTAÇÃO ESCOLAR 30/09/2013 ENSINO FUNDAMENTAL ,00 ALIMENTAÇÃO ESCOLAR 30/09/2013 ENSINO MÉDIO ,00 ALIMENTAÇÃO ESCOLAR 30/09/2013 PRÉ-ESCOLA ,00 ALIMENTAÇÃO ESCOLAR 30/09/2013 INDÍGENA ,00 ALIMENTAÇÃO ESCOLAR 30/09/2013 EJA ,80 ALIMENTAÇÃO ESCOLAR 30/09/2013 ENSINO FUNDAMENTAL ,00 ALIMENTAÇÃO ESCOLAR 30/09/2013 AEE ,00 ALIMENTAÇÃO ESCOLAR 30/09/2013 QUILOMBOLA 5.724,00

18 18 João Pessoa - Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2013 CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Portaria n.º 003/2013 João Pessoa, 05 de dezembro de O PRESIDENTE DO CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DA PARAÍBA, no uso das suas atribuições legais e atendendo ao que dispõe a Resolução CEE/PB nº 235, de 24 de outubro de 2013, Art. 1 º - Designar a Conselheira MARIA DE FÁTIMA ROCHA QUIRINO para atuar como Ouvidora do Conselho Estadual de Educação da Paraíba - CEE/PB, para um mandato de 02 (dois) anos. Art. 2 º - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. Portaria n.º 004/2013 João Pessoa, 05 de dezembro de O PRESIDENTE DO CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DA PARAÍBA, no uso das suas atribuições legais e atendendo ao que dispõe o 1º e o inciso VII do Art. 24 do Regimento Interno do Conselho Estadual de Educação da Paraíba, Art. 1 º - Designar a Conselheira JANINE MARTA COELHO RODRIGUES e o Conselheiro JOSÉ CARLOS BELARMINO DA SILVA para atuarem como Presidente e Vice-Presidente da Câmara de Educação Infantil e Ensino Fundamental CEIEF, respectivamente, para um mandato de 01 (um) ano. Art. 2 º - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. Portaria n.º 005/2013 João Pessoa, 05 de dezembro de O PRESIDENTE DO CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DA PARAÍBA, no uso das suas atribuições legais e atendendo ao que dispõe o 1º e o inciso VII do Art. 24 do Regimento Interno do Conselho Estadual de Educação da Paraíba, Art. 1 º - Designar a Conselheira ELIANE DE MOURA SILVA e o Conselheiro BARTOLOMEU JOSÉ DE ARAÚJO PONTES para atuarem como Presidente e Vice-Presidente da Câmara de Ensino Médio, Educação Profissional e Ensino Superior CEMES, respectivamente, para um mandato de 01 (um) ano. Art. 2 º - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. Portaria n.º 006/2013 João Pessoa, 10 de dezembro de O PRESIDENTE DO CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DA PARAÍBA, no uso das suas atribuições legais e atendendo ao que dispõe os 2º, 3º e 4º do Art. 80 do Regimento Interno do referido Conselho, Art. 1 º - Designar os Conselheiros JOSÉ CARLOS BELARMINO DA SILVA, ELIANE DE MOURA SILVA e GALDINO TOSCANO DE BRITO FILHO para, sob a Presidência do primeiro, comporem a Comissão Especial de Recesso. Art. 2 º - Esta Portaria entra em vigor na data, tendo vigência de 20 de dezembro de 2013 a 20 de janeiro de RESOLUÇÃO Nº 235/2013 CA Nº / DE OUTUBRO DE 2013 Rede Estadual Programa Data de Emissão Valor em R$ MAIS EDUCAÇÃO 30809/2013 QUILOMBOLAS 900,00 MAIS EDUCAÇÃO 30/09/2013 INDÍGENA 6.570,00 Presidente do CEE/PB CRIA A OUVIDORIA COMO INSTÂNCIA INTEGRANTE DO CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DO ESTA- DO DA PARAÍBA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DA PARAÍBA CEE/PB, no uso de suas atribuições legais e conforme disposto no Parágrafo Único do Art. 84 do seu Regimento Interno; CONSIDERANDO que a Constituição Federal de 1988 estabelece, em seu Artigo 37, os princípios norteadores para prestação dos Serviços Públicos, entre os quais a Moralidade, a Publicidade e a Eficiência na prestação dos Serviços Públicos; CONSIDERANDO que a violação de tais princípios compromete a atuação da administração pública; CONSIDERANDO que a própria Constituição Federal prevê a ação de órgãos de atendimento às reclamações relativas às prestações dos serviços públicos; CONSIDERANDO, ainda, que a criação das Ouvidorias nas diversas esferas da Administração Pública e, inclusive, nos três Poderes da União, tem se colocado como uma proposta que visa não somente a melhoria da qualidade dos serviços prestados mais, sobretudo, o resgate da cidadania, a efetivação da transparência pública e do controle social; CONSIDERANDO, por fim, que a Ouvidoria é uma instância mediadora, sem caráter administrativo, e eficaz na busca de soluções de conflitos extrajudiciais. Art. 1º - Criar a Ouvidoria como instância que integra o Conselho Estadual de Educação da Paraíba CEE/PB, com o objetivo de mediar a relação com o usuário, possibilitando a expressão de sua opinião, por meio de denúncias, reclamações, solicitações, sugestões, críticas e elogios sobre a prestação dos serviços públicos, visando garantir os seus direitos. Art. 2º - A ouvidoria será exercida por um Conselheiro que não ocupe cargo no Órgão Diretor do CEE/PB. Parágrafo Único: O Ouvidor será eleito por seus pares em votação direta para um mandato de 02 (dois) anos. Art. 3º - A Presidência do CEE/PB deverá designar um servidor do quadro efetivo, com formação superior, para atuar como Assessor da Ouvidoria. Art. 4º - Para favorecer uma atuação mais ágil e uma melhor difusão das suas ações, a Ouvidoria será operacionalizada por meio do acesso virtual, em link específico na página oficial do CEE/PB. Parágrafo Único Caberá à Ouvidoria emitir informação inicial sobre as diversas demandas, no prazo máximo de 15 (quinze) dias, a contar da data do acesso virtual pelo usuário. Art. 5º - Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. Sala das Sessões do Conselho Estadual de Educação, 24 de outubro de Publicada D.O.E Republicada por incorreção Presidente do CEE/PB Presidente da Comissão de Legislação e Normas Relator UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PORTARIA/UEPB/GR/1113/2013. Campina Grande, 05 de dezembro de Dispõe sobre a renovação dos contratos de prestação de serviços gerais, e dá outras providências. O Reitor da Universidade Estadual da Paraíba, no uso das atribuições que lhes são conferidas pelo art. 46, XVII, do Estatuto da Instituição e, CONSIDERANDO que a vigência dos contratos de prestação de serviços gerais expira em 30 de novembro de CONSIDERANDO que o Pregão Eletrônico de nº 50/2013, realizado pela Comissão Permanente de Licitação, com o objetivo específico de contratação de empresa especializada na área de serviços gerais, ainda não chegou à sua inteira conclusão. CONSIDERANDO que os serviços de limpeza e de apoio à infraestrutura, pela essencialidade de que se revestem, não podem sofrer solução de continuidade. E CONSIDERANDO o processo nº /2013. Art. 1º. Prorrogar a vigência dos atuais contratos até 31 de dezembro do ano em curso conforme a relação constante do ANEXO I. Art. 2º. Os contratos, ora prorrogados, serão imediatamente rescindidos caso o PE nº 50/2013 chegue a seu término, com a homologação da empresa vencedora, antes do prazo previsto para final da vigência da prorrogação. Art. 3º. Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação. ANEXO I Nº NOME FUNÇÃO CONTRATO/ ADRIANA DA SILVA GOMES Auxiliar de Serviços Gerais 372 ALBERTO GOMES DA SILVA Auxiliar de Serviços Gerais 264 ALISON ALBINO MAURICIO Auxiliar de Serviços Gerais 363 ANA CLAUDIA BEZERRA CHAGAS Auxiliar de Serviços Gerais 335 ANA CRISTINA DA SILVA SILVEIRA BARBOSA Auxiliar de Serviços Gerais 405 ANA CRISTINA MAGALHÃES DE ANDRADE Auxiliar de Serviços Gerais 367 ANA LUCIA RODRIGUES FERREIRA GOMES Auxiliar de Serviços Gerais 281 ANA PRISCYLLA KELLY DO NASCIMENTO CARVALHO Auxiliar de Serviços Gerais 337 ANGELUCI PEREIRA DE SOUSA Auxiliar de Serviços Gerais 705 ANTÔNIA DE LIMA Auxiliar de Serviços Gerais 269 ANTONIO CLEMENTINO SOBRINHO Trabalhador de Campo 452 ANTÔNIO FERREIRA DE OLIVEIRA Trabalhador de Campo 342 ARLENILZA PEREIRA DOS SANTOS Auxiliar de Serviços Gerais 282 BEATRIZ BARBOSA Auxiliar de Serviços Gerais 302 BENEDITO BONIFÁCIO FRANCELINO Pedreiro 327 CARLA BEZERRA TAVARES Auxiliar de Serviços Gerais 283 CARLOS ROBERTO GOMES DE ARAÚJO FILHO Auxiliar de Serviços Gerais 294 CATARINA MEDEIROS DA SILVA Auxiliar de Serviços Gerais 373 CICERO DE FARIAS SANTOS Auxiliar de Serviços Gerais 368 COSMA PEREIRA RODRIGUES DA SILVA Auxiliar de Serviços Gerais 297 CRISTIANE SAYONARA SASAKURA BRANDÃO Auxiliar de Serviços Gerais

19 João Pessoa - Quarta-feira, 11 de Dezembro de CRISTINA GONÇALVES DOS SANTOS Auxiliar de Serviços Gerais 345 DAMIÃO SEVERINO JOSÉ Auxiliar de Serviços Gerais 303 DANILO VIANA GOMES Auxiliar de Serviços Gerais 298 EDILMA ALVES ARAÚJO Auxiliar de Serviços Gerais 304 EDNEIDE RIBEIRO DO NASCIMENTO Auxiliar de Serviços Gerais 321 ELIANE DA SILVA OLIVEIRA Auxiliar de Serviços Gerais 709 ELISETE SANTOS MELO Auxiliar de Serviços Gerais 261 ERENILSON EUCLIDES DA SILVA Trabalhador de Campo 284 FABIANA DA SILVA BARROS Auxiliar de Serviços Gerais 388 FABRÍCIO COÊLHO BARBOSA DOS SANTOS Auxiliar de Serviços Gerais 364 FRANCICLEIDE DA SILVA GUEDES DE OLIVEIRA Auxiliar de Serviços Gerais 278 FRANCISCA PEREIRA DA SILVA SALES Auxiliar de Serviços Gerais 328 FRANCISCO DAS CHAGAS ROCHA Auxiliar de Serviços Gerais 706 GEISA MARQUES LEÔNIDAS Auxiliar de Serviços Gerais 279 GERALDO FRANCISCO DE LIMA Auxiliar de Serviços Gerais 399 GILBERTO FALCÃO DE ABREU Auxiliar de Serviços Gerais 340 GISELMA PONTES DA SILVA Auxiliar de Serviços Gerais 272 HÉLIO COSTA DINIZ Trabalhador de Campo 348 IAPONIRA MARQUES DE LIMA Auxiliar de Serviços Gerais 336 INALDA RAIMUNDO DOS SANTOS Auxiliar de Serviços Gerais 339 IONE MARIA RAMOS Auxiliar de Serviços Gerais 288 IVANICE DA SILVA PEREIRA Auxiliar de Serviços Gerais 366 IVONEIDE CÂNDIDO DO NASCIMENTO Auxiliar de Serviços Gerais 404 IZABEL CRISTINA CLAUDINO DA SILVA Auxiliar de Serviços Gerais 332 IZABEL DE MEDEIROS RODRIGUES Auxiliar de Serviços Gerais 397 IZABEL LEOCÁDIO DOS SANTOS Auxiliar de Serviços Gerais 708 JADERLÂNIA DA SILVA OLIVEIRA Auxiliar de Serviços Gerais 331 JANAINA DA SILVA Auxiliar de Serviços Gerais 392 JANETE SOCORRO GOMES DA SILVA Auxiliar de Serviços Gerais 262 JOAB BARBOSA DA SILVA Auxiliar de Serviços Gerais 271 JOÃO BATISTA DA SILVA Trabalhador de Campo 448 JOÃO MARIA TEIXEIRA DE LIMA Trabalhador de Campo 374 JOÃO TAVARES DE LIMA Auxiliar de Serviços Gerais 289 JOELDA VIEIRA BARROS Auxiliar de Serviços Gerais 290 JOELMA MENDES DA SILVA Auxiliar de Serviços Gerais 350 JOSÉ ANDRADE DE ARAUJO JUNIOR Auxiliar de Serviços Gerais 447 JOSÉ ANTÔNIO SOARES Trabalhador de Campo 295 JOSÉ DA SILVA Auxiliar de Serviços Gerais 293 JOSÉ GOMES DA SILVA Trabalhador de Campo 384 JOSÉ GUILHERME FILHO Auxiliar de Serviços Gerais 306 JOSE MILTON DA SILVA Trabalhador de Campo 287 JOSÉ PEDRO DA SILVA NETO Auxiliar de Serviços Gerais 277 JOSÉ VADEREZ MARTINS DA SILVA Trabalhador de Campo 845 JOSECLEUDA SANTOS ARRUDA Auxiliar de Serviços Gerais 338 JOSEFA GOMES DOS SANTOS SOARES Auxiliar de Serviços Gerais 274 JOSEILMA SANTOS DE SOUSA Auxiliar de Serviços Gerais 385 JOSEMAR MARTINS DA SILVA Auxiliar de Serviços Gerais 280 JOSENILDA PEREIRA SALES Auxiliar de Serviços Gerais 356 JOSENILDO FELIZARDO DA SILVA Auxiliar de Serviços Gerais 972 JOSILENE FERREIRA DE MELO Auxiliar de Serviços Gerais 308 JOSIMAR NASCIMENTO OLIVEIRA Trabalhador de Campo 309 JOSIVAL DOS SANTOS ALVES Auxiliar de Serviços Gerais 319 JULIANA TEIXEIRA SILVA Auxiliar de Serviços Gerais 310 JURACI DA SILVA ALVES Trabalhador de Campo 382 JUSSARA MEIRA GOMES Auxiliar de Serviços Gerais 403 KALINNA MYLENA PEQUENO DE ARRUDA Auxiliar de Serviços Gerais 299 LINDINALVA NUNES PEREIRA Auxiliar de Serviços Gerais 301 LUCIANA APARECIDA Auxiliar de Serviços Gerais 343 LUCIANA DA SILVA RODRIGUES Auxiliar de Serviços Gerais 371 LUCIANA DIAS DE SOUZA Auxiliar de Serviços Gerais 311 LUCINEIDE RODRIGUES NASCIMENTO Auxiliar de Serviços Gerais 260 LUZIMAR BARBOSA SOUZA Auxiliar de Serviços Gerais 353 LUZIMAR TOMAZ DE LIMA Auxiliar de Serviços Gerais 296 MÁRCIA OLIVEIRA DE ALMEIDA Auxiliar de Serviços Gerais 276 MARCIA SUENIA GALVÃO NUNES Auxiliar de Serviços Gerais 354 MARIA ADELAIDE TAVARES RAMOS Auxiliar de Serviços Gerais 383 MARIA APARECIDA LOURENÇO DA SILVA Auxiliar de Serviços Gerais 285 MARIA APARECIDA RODRIGUES Auxiliar de Serviços Gerais 402 MARIA DA CONCEIÇÃO ARAÚJO Auxiliar de Serviços Gerais 645 MARIA DA GUIA GERALDO Auxiliar de Serviços Gerais 970 MARIA DA PENHA RAMOS DE QUEIROZ Auxiliar de Serviços Gerais 341 MARIA DAS GRAÇAS COSTA OLIVEIRA Auxiliar de Serviços Gerais 369 MARIA DAS GRAÇAS FERREIRA COUTO Auxiliar de Serviços Gerais 312 MARIA DE FÁTIMA ALMEIDA SILVA Auxiliar de Serviços Gerais 333 MARIA DE FATIMA LIMA DE ALMEIDA Auxiliar de Serviços Gerais 401 MARIA DE LOURDES DOS SANTOS SILVA Auxiliar de Serviços Gerais 395 MARIA DO SOCORRO DOS SANTOS Auxiliar de Serviços Gerais 393 MARIA DO SOCORRO MARTINS DE OLIVEIRA Auxiliar de Serviços Gerais 322 MARIA DO SOCORRO SOUSA CAETANO Auxiliar de Serviços Gerais 347 MARIA DO SOCORRO VELEZ Auxiliar de Serviços Gerais 610 MARIA ELIXANDRA DA ROCHA SILVA Auxiliar de Serviços Gerais 324 MARIA HELENA CAMPOS ALVES Auxiliar de Serviços Gerais 390 MARIA JOSÉ DE SOUSA PEREIRA Auxiliar de Serviços Gerais 391 MARIA JOSÉ GOUVEIA CABRAL Auxiliar de Serviços Gerais 313 MARIA JOSÉ RIBEIRO DA SILVA Auxiliar de Serviços Gerais 314 MARIA LUCIANE ARAÚJO FELIPE Auxiliar de Serviços Gerais 330 MARIA NAZARÉ DE ALMEIDA CAMPOS Auxiliar de Serviços Gerais 291 MARIA PEREIRA DE OLIVEIRA Auxiliar de Serviços Gerais 358 MARIA SALOMÉ SANTOS SILVA Auxiliar de Serviços Gerais 315 MARIELZA SILVA PONTES Auxiliar de Serviços Gerais 398 MARILENE ANCELMO DE FRANÇA Auxiliar de Serviços Gerais 400 MARLEIDE PEREIRA Auxiliar de Serviços Gerais 266 MARTO ANTONIO PEREIRA DE SOUZA Auxiliar de Serviços Gerais 349 MAURILIO GALIZA Auxiliar de Serviços Gerais 450 MAURO GOUVEIA CABRAL Trabalhador de Campo 323 MINERLÂNDIA FREIRE SILVA Auxiliar de Serviços Gerais 387 NELSON DE SOUZA RODRIGUES JUNIOR Auxiliar de Serviços Gerais 394 NILTON NÉLIO LOPES DA SILVA Auxiliar de Serviços Gerais 704 NOEMI DE SOUSA PEREIRA Auxiliar de Serviços Gerais 316 ORLANDO BENTO TRAJANO Trabalhador de Campo 703 PATRÍCIA DE LIMA BARBOSA Auxiliar de Serviços Gerais 361 POLIANA ALVES DA SILVA Auxiliar de Serviços Gerais 707 PRISCILA CORREIA GOMES Auxiliar de Serviços Gerais 360 RAFAELA BATISTA DA SILVA NUNES Auxiliar de Serviços Gerais 263 REJANE DANTAS DE SOUSA Auxiliar de Serviços Gerais 267 REJANE DE SOUSA MENDES DOMINGOS Auxiliar de Serviços Gerais 451 RICARDO BELO Trabalhador de Campo 449 ROBERTO RAMOS COSME Trabalhador de Campo 300 ROSÁRIA DA NÓBREGA MATIAS ARAUJO Auxiliar de Serviços Gerais 370 ROSEANE PEREIRA DE OLIVEIRA Auxiliar de Serviços Gerais 273 ROSELIVALDO BEZERRA CAVALCANTE Trabalhador de Campo 268 SANDRA LÚCIA BATISTA DOS SANTOS Auxiliar de Serviços Gerais 359 SANDRA SILVA Auxiliar de Serviços Gerais 270 SEBASTIÃO ANTONIO DA SILVA Pedreiro 320 SÍLVIA HELENA FERREIRA DE ALMEIDA SILVA Auxiliar de Serviços Gerais 351 SOLANGE BARBOSA DA SILVA Auxiliar de Serviços Gerais 973 SUELEN CRISTINA DA SILVA BERNARDO DE SOUZA Auxiliar de Serviços Gerais 318 SUZANA MILENA MENDES PEREIRA Encarregada 329 TATIANA PEREIRA DA COSTA Auxiliar de Serviços Gerais 292 TATIANE DE FÁTIMA DO NASCIMENTO Auxiliar de Serviços Gerais 286 UBIRACI DOS SANTOS SILVA Auxiliar de Serviços Gerais 365 VALMI LUIZ DE SOUSA Auxiliar de Serviços Gerais 389 VALQUIRIA MARIA NUNES DA SILVA Auxiliar de Serviços Gerais 275 VANUSA PEREIRA DE ARAUJO ANDRADE Auxiliar de Serviços Gerais 375 VERA LÚCIA BATISTA DE ALBUQUERQUE Auxiliar de Serviços Gerais 471 CRISTIANO CARVALHO RAPOSO Trabalhador de Campo 911 EDIEL BEZERRA CAMPOS Trabalhador de Campo 472 ERINALDO EUCLIDES DA SILVA Trabalhador de Campo 473 EDEMIR EUCLIDES DA SILVA Trabalhador de Campo 469 SÉRGIO RENATO GOMES DE LIMA Trabalhador de Campo PBPREV - Paraíba Previdência GABINETE DA PRESIDÊNCIA PORTARIA A Nº O Presidente da PBPREV, no uso de suas atribuições, consoante o disposto no art. 11, II, da Lei nº PBPREV, de 30 de dezembro de 2003 e de acordo com o Processo de nº , RESOLVE CONCEDER APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA POR TEMPO DE CON- TRIBUIÇÃO COM PROVENTOS INTEGRAIS à servidora JOSEFA MOREIRA BARREIRO, no cargo de Professor de Educação Básica 1, matrícula nº , lotada (o) na Secretaria de Estado da Educação, com base no art. 6º, incisos I a IV, da Emenda Constitucional nº. 41/ 2003, c/c o art. 40, 5º, da Constituição Federal. João Pessoa, 12 de março de Publicado em 18/03/2012. Republicar por Incorreção GABINETE DA PRESIDÊNCIA PORTARIA A Nº O Presidente da PBPREV, no uso de suas atribuições, consoante o disposto no art. 11, II, da Lei nº PBPREV, de 30 de dezembro de 2003 e de acordo com a revisão ex-officio procedida no Processo nº , RESOLVE RETIFICAR a Portaria A- Nº. 247 de publicada no DOE 14/02/2011 a qual passará a ter a seguinte redação: CONCEDER APOSENTADORIA COMPULSÓRIA COM PROVENTOS PROPORCIONAIS AO TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO à servidora MARIA LÚCIA NEVES DE MEDEIROS, Técnico de Nível Médio, matrícula nº , lotada na Secretaria de Estado da Educação, conforme o disposto no Artigo 40, 1º, inciso II, da CF/88, com redação dada pela EC nº. 41/03, c/c o artigo 1º da Lei nº /04. João Pessoa, 04 de dezembro de GABINETE DA PRESIDÊNCIA PORTARIA A Nº O Presidente da PBPREV, no uso de suas atribuições, consoante o disposto no art. 11, II, da Lei nº PBPREV, de 30 de dezembro de 2003 e de acordo com a revisão ex-officio procedida no Processo nº , RESOLVE

20 20 João Pessoa - Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2013 RETIFICAR a Portaria A- Nº. 837, publicada no DOE de 30/03/2012 a qual passará a ter a seguinte redação: CONCEDER APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA POR TEMPO DE CON- TRIBUIÇÃO COM PROVENTOS INTEGRAIS à servidora BERNADETE MARIA BIU, no cargo de Auxiliar de Serviço, matrícula nº , lotada (o) na Secretaria de Estado da Educação e Cultura, com base no art. 6º da Emenda Constitucional nº 41/03. João Pessoa, 04 de dezembro de RESENHA/PBPREV/GP/ Nº 897/2013 O Presidente da PBprev-Paraíba Previdência, no uso das atribuições que lhes são conferidas pelos incisos I, II e III do art. 11 da Lei 7.517, de 30 de dezembro de DEFERIU o (s) processo (s) abaixo relacionado (s): ( Republicar por incorreção) Processo Requerente MATRÍCULA Assunto FRANCISCA SANCHES MARCELINA João Pessoa, 09 de dezembro de 2013 RESENHA/PBPREV/GP/ Nº898/ ISENÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA O Presidente da PBprev-Paraíba Previdência, no uso das atribuições que lhes são conferidas pelos incisos I, II e III do art. 11 da Lei 7.517, de 30 de dezembro de INDEFERIU o (s) processo (s) abaixo relacionado (s): Processo Requerente MATRÍCULA Assunto CLEONICE BORGES VIEIRA ISENÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA IVA GOMES DA SILVA ISENÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA JOSÉ MURILO BERNARDO ISENÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA MARIA APARECIDA DE ALBUQUERQUE MACHADO SOARES RISOMAR NÓBREGA DE FREITAS DIAS ISENÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA ISENÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA RINELDA MARIA NEVES ISENÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA João Pessoa, 09 de dezembro de 2013 RESENHA/PBPREV/GP/nº. 902/2013 O Presidente da PBPREV-Paraíba Previdência, no uso das atribuições que lhes são conferidas pelos incisos I, II e III do art. 11 da Lei nº 7.517, de 30 de dezembro de 2003, INDEFERIU o(s) processo(s) de Aposentadoria, abaixo relacionado(s): Processo Requerente Matrícula SILVIO SUASSUNA FILHO MARIA APARECIDA MARQUES TORRES MARIA JOSÉ RODRIGUES FELISMINO João Pessoa, 10 de dezembro de RESENHA/PBPREV/GP/nº. 904/2013 O Presidente da PBPrev-Paraíba Previdência, no uso das atribuições que lhes são conferidas pelos incisos I, II e III do art. 11 da Lei nº 7.517, de 30 de dezembro de 2003, DEFERIU o(s) processo(s) de Aposentadoria por Idade, abaixo relacionado(s): PROCESSO NOME MATRÍCULA PORTARIA FUNDAMENTAÇÃO LEGAL ORGÃO DE ORIGEM AURICÉLIA CARNEIRO LUCENA art. 40, 1º, inciso III, alínea SESDS b da Constituição Federal c/c o art. 1º da Lei nº / MARIA DO SOCORRO LEITE DE MEDEIROS art. 40, 1º, inciso III, alínea b da Constituição Federal c/c o art. 1º da Lei nº /2004 SEE ZULEIDE SIMPLICIO DE OLIVEIRA MARIA DAS NEVES PEREIRA DE SOUSA MARIA DE LOURDES PEREIRA DE MELO João Pessoa, 10 de dezembro de RESENHA/PBPREV/GP/nº 906/ art. 40, 1º, inciso III, alínea b da Constituição Federal c/c o art. 1º da Lei nº / art. 40, 1º, inciso III, alínea b da Constituição Federal c/c o art. 1º da Lei nº / art. 40, 1º, inciso III, alínea b da Constituição Federal c/c o art. 1º da Lei nº /2004 O Presidente da PBPrev-Paraíba Previdência, no uso das atribuições que lhes SEE SEE SES são conferidas pelos incisos I, II e III do art. 11 da Lei nº 7.517, de 30 de dezembro de 2003, DEFERIU o(s) processo(s) de Aposentadoria por Tempo de Contribuição, abaixo relacionado(s): PROCESSO NOME MATRÍCULA PORTARIA FUNDAMENTAÇÃO LEGAL ORGÃO DE ORIGEM FRANCISCO SATURNINO LEITE art. 3º da Emenda DETRAN Constitucional nº 47/ PAULO GERLANDO DE LIRA art. 3º da Emenda DETRAN Constitucional nº 47/ SORAYA DE CASTRO SOARES art. 3º da Emenda SER Constitucional nº 47/ ELIZABETE RUFINO DE LIMA FARIAS art. 3º da Emenda SEE Constitucional nº 47/ MARIA LÚCIA DOS SANTOS LIRA art. 3º da Emenda SEE Constitucional nº 47/ LÚCIA ANACLETO DUARTE DE art. 3º da Emenda SEE ANDRADE Constitucional nº 47/ ISANETE LINS DE CARVALHO art. 3º da Emenda SES Constitucional nº 47/ FRANCISCO FRANCINEIDE DANTAS art. 3º da Emenda SES Constitucional nº 47/ REJANE MARTINS PEREIRA TONI art. 3º da Emenda SES Constitucional nº 47/ MARIA DEUSEVANIA DO art. 3º da Emenda SES NASCIMENTO Constitucional nº 47/ MARIA DALVA FORMIGA DE art. 3º da Emenda SES ALMEIDA ROCHA Constitucional nº 47/ MARIA DAS DORES SANTOS art. 3º da Emenda SES Constitucional nº 47/ ANTONIO MENDES DA SILVA art. 6º, incisos I a IV da EC nº 41/03, c/c 5º do art. 40 da CF/88 SEE João Pessoa, 10 de dezembro de 2013 Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social PORTARIA Nº 239 /SEDS, DE 05 DE DEZEMBRO DE O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SEGURANÇA E DA DEFESA SOCIAL, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo artigo 89, parágrafo 1º, incisos I e II da Constituição do Estado da Paraíba, com fulcro no artigo 131 da Lei Complementar nº 85, de 12 de agosto de 2008, Considerando o excelente trabalho realizado com compromisso, eficiência e espírito de equipe, pela resolutividade e produtividade, elevando a eficiência da DELEGACIA ESPECIALIZADA DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE DE CAMPINA GRANDE, em razão do empenho e dedicação policial, RESOLVE conceder ELOGIO, aos policiais civis abaixo relacionados, lotados na Delegacia acima referenciada: POLICIAIS CIVIS NOME CARGO MATRICULA NERCILIA MARIA QUIRINO DANTAS AGUIAR DELEGADA DE POLÍCIA FRANKNEYSON SANTOS BARBOSA ESCRIVÃO DE POLICIA MARCOS ANTONIO FERNANDES DE SOUTO AG. DE INVESTIGAÇÃO RODRIGO DE SOUZA CRUZ AG. DE INVESTIGAÇÃO PORTARIA Nº 240/SEDS, DE 05 DE DEZEMBRO DE O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SEGURANÇA E DA DEFESA SOCIAL, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo artigo 89, parágrafo 1º, incisos I e II da Constituição do Estado da Paraíba, com fulcro no artigo 131 da Lei Complementar nº 85, de 12 de agosto de 2008, Considerando o excelente trabalho realizado com compromisso, eficiência e espírito de equipe, pela resolutividade e produtividade, elevando a eficiência da DELEGACIA ESPECIALIZADA DE DEFRAUDAÇÕES E FALSIFICAÇÕES DE CAMPINA GRANDE, em razão do empenho e dedicação policial, RESOLVE conceder ELOGIO, aos policiais civis abaixo relacionados, lotados na Delegacia acima referenciada: POLICIAIS CIVIS NOME CARGO MATRICULA FRANCISCO IASLEY LOPES DE ALMEIDA DELEGADO DE POLÍCIA RENATTA SILVA DIAS DELEGADA DE POLÍCIA BRUNO SILVA TARGINO ESCRIVÃO DE POLICIA ADRIANO LIRA DA SILVA AG. DE INVESTIGAÇÃO JEPSON ALEX ROCHA GOMES DA SILVA AG. DE INVESTIGAÇÃO ROBERG WANDERLEY DOS SANTOS AG. DE INVESTIGAÇÃO PORTARIA Nº 241/SEDS, DE 05 DE DEZEMBRO DE O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SEGURANÇA E DA DEFESA SOCIAL, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo artigo 89, parágrafo 1º, incisos I e II da Constituição do Estado da Paraíba, com fulcro no artigo 131 da Lei Complementar nº 85, de 12 de agosto de 2008, CONSIDERANDO o excelente trabalho realizado com compromisso, eficiência e espírito de equipe, pela resolutividade e produtividade, elevando a eficiência da DELEGACIA ESPECIALIZADA DE ATENDIMENTO A MULHER DE CAMPINA GRANDE, em razão do empenho e dedicação policial,

Diário Oficial. Atos do Poder Legislativo PODER EXECUTIVO ESTADO DA PARAÍBA

Diário Oficial. Atos do Poder Legislativo PODER EXECUTIVO ESTADO DA PARAÍBA ESTADO DA PARAÍBA Nº 13.349 Atos do Poder Legislativo João Pessoa - Quarta-feira, 18 de Outubro de 2006 PODER EXECUTIVO Preço: R$ 2,00 2 João Pessoa - Quarta-feira, 18 de Outubro de 2006 Atos do Poder

Leia mais

LEI DELEGADA N.º 79, DE 18 DE MAIO DE 2.007

LEI DELEGADA N.º 79, DE 18 DE MAIO DE 2.007 LEI DELEGADA N.º 79, DE 18 DE MAIO DE 2.007 DISPÕE sobre a SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA SSP, definindo suas finalidades, competências e estrutura organizacional, fixando o seu quadro de cargos

Leia mais

PORTARIA Nº 135/GSER

PORTARIA Nº 135/GSER PORTARIA Nº 135/GSER João Pessoa, 9 de junho de 2015. O SECRETÁRIO DE ESTADO DA RECEITA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 3º, inciso VIII, alíneas a e g, da Lei nº 8.186, de 16 de março de

Leia mais

Governo do Estado do Amazonas Gabinete do Governador

Governo do Estado do Amazonas Gabinete do Governador Governo do Estado do Amazonas Gabinete do Governador DECRETO Nº 33.443, DE 25 DE ABRIL DE 2013. ABRE crédito adicional suplementar que especifica, no Orçamento Fiscal vigente da Administração Direta. O

Leia mais

- Decreto nº 33.466/12 DOE DE 11.11.12 (Protocolo ICMS 141/12) - Decreto nº 33.678/13 DOE DE 25.01.13 (Ajuste SINIEF 11/12)

- Decreto nº 33.466/12 DOE DE 11.11.12 (Protocolo ICMS 141/12) - Decreto nº 33.678/13 DOE DE 25.01.13 (Ajuste SINIEF 11/12) DECRETO Nº 30.478, DE 28 DE JULHO DE 2009 PUBLICADO NO DOE DE 29.07.09 ALTERAÇÃO PELOS DECRETOS: - Decreto nº 31.056/10 DOE DE 16.01.10 - Decreto nº 31.269/10 DOE DE 12.05.10 (Ajuste SINIEF 02/10) - Decreto

Leia mais

ATOS DO PODER EXECUTIVO

ATOS DO PODER EXECUTIVO 04/11/2014 Resenha D.O.U Seção 1 pág. 9 ATOS DO PODER EXECUTIVO DECRETO DE 3 DE NOVEMBRO DE 2014 Abre aos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União, em favor de diversos órgãos dos Poderes Judiciário

Leia mais

Palestra. ICMS/SP Substituição Tributária Regime Especial Distribuidor. Apoio: Elaborado por: Giuliano Kessamiguiemon Gioia

Palestra. ICMS/SP Substituição Tributária Regime Especial Distribuidor. Apoio: Elaborado por: Giuliano Kessamiguiemon Gioia Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

Pergunte à CPA Serviço de transporte considerações gerais 28/04/2014

Pergunte à CPA Serviço de transporte considerações gerais 28/04/2014 Pergunte à CPA Serviço de transporte considerações gerais 28/04/2014 Apresentador: José Alves F. Neto Transporte - conceito ICMS X ISS Como determinar a competência Fato gerador RICMS/SP Artigo 2º - Ocorre

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE LEI N. 1.522, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2003 Estima a Receita, fixa a Despesa do Estado para o exercício financeiro de 2004 e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE seguinte Lei: FAÇO SABER

Leia mais

ESTADO DO PARANÁ DECRETO Nº 1.742

ESTADO DO PARANÁ DECRETO Nº 1.742 Publicado no Diário Oficial Nº 8488 de 15/06/2011 DECRETO Nº 1.742 O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, inciso V, da Constituição Estadual, DECRETA Art. 1º

Leia mais

BOLETIM Nº 6087 Duque de Caxias Estado do Rio de Janeiro 19 de Novembro de 2013

BOLETIM Nº 6087 Duque de Caxias Estado do Rio de Janeiro 19 de Novembro de 2013 BOLETIM Nº 6087 Duque de Caxias Estado do Rio de Janeiro, Agricultura e Abastecimento PODER EXECUTIVO: ATOS DO PREFEITO MUNICIPAL ATOS DO SECRETÁRIO MUNICIPAL DE GOVERNO ATOS DO PROCURADOR GERAL DO MUNICÍPIO

Leia mais

SEMANÁRIO OFICIAL ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO

SEMANÁRIO OFICIAL ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO Semanário Oficial Nº 2.400 Campina Grande, 09 a 13 de Fevereiro de 2015 Pág. 1 SEMANÁRIO OFICIAL ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO Lei Municipal nº. 04

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DE MATO GROSSO, tendo em vista o que dispõe o Artigo 42 da Constituição Estadual, sanciona a seguinte lei:

O GOVERNADOR DO ESTADO DE MATO GROSSO, tendo em vista o que dispõe o Artigo 42 da Constituição Estadual, sanciona a seguinte lei: LEI Nº 7.263, DE 27 DE MARÇO DE 2000. Autor: poder Executivo Cria o Fundo de Transporte e Habitação-FETHAB, estabelece condições para o diferimento do ICMS em operações internas com os produtos agropecuários

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Página 1 de 5 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 7.405, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2010. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84,

Leia mais

Isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços - ICMS

Isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços - ICMS São Paulo, 12 de março de 2012 DIR CIR 03/2012 À TODOS OS USUÁRIOS DA FFM Ref.: Isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços - ICMS Prezados (as) senhores (as), O Governo do Estado de

Leia mais

LIVRO ÚNICO DO REGULAMENTO DO IMPOSTO ÚLTIMA ALTERAÇÃO DECRETO 26.278 DE 17 DE JULHO DE 2009.

LIVRO ÚNICO DO REGULAMENTO DO IMPOSTO ÚLTIMA ALTERAÇÃO DECRETO 26.278 DE 17 DE JULHO DE 2009. LIVRO ÚNICO DO REGULAMENTO DO IMPOSTO ÚLTIMA ALTERAÇÃO DECRETO 26.278 DE 17 DE JULHO DE 2009. ÍNDICE SISTEMÁTICO DO REGULAMENTO DO ICMS DECRETO Nº 21.400, DE 10/12/2002 - QUE APROVOU O NOVO REGULAMENTO

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa LEI COMPLEMENTAR Nº 11.977, DE 07 DE OUTUBRO DE 2003. (publicada no DOE nº 195, de 08 de outubro de 2003) Introduz

Leia mais

CONSIDERANDO a implantação do Sistema Digital de Consignações e a crescente demanda de averbações de consignações em folha de pagamento;

CONSIDERANDO a implantação do Sistema Digital de Consignações e a crescente demanda de averbações de consignações em folha de pagamento; DECRETO Nº 1843-R, DE 25 DE ABRIL DE 2007. Altera as disposições sobre consignação em folha de pagamento, nos termos do Art. 74 da Lei Complementar nº. 46 de 31 de Janeiro de 1994, e nos termos das Alíneas

Leia mais

O SECRETÁRIO DE ESTADO DE FINANÇAS E O COORDENADOR-GERAL DA RECEITA ESTADUAL, no uso de suas atribuições legais e

O SECRETÁRIO DE ESTADO DE FINANÇAS E O COORDENADOR-GERAL DA RECEITA ESTADUAL, no uso de suas atribuições legais e RESOLUÇÃO CONJUNTA N. 004 /2013/GAB/SEFIN/CRE Porto Velho, 09 de dezembro de 2013 Publicada no DOE n.2364, de 18.12.13 Disciplina a homologação, a apropriação e o aproveitamento de crédito fiscal do ICMS

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 7.405, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2010. Institui o Programa Pró-Catador, denomina Comitê Interministerial para Inclusão Social

Leia mais

... LEI N. 2.956, DE 9 DE ABRIL DE 2015

... LEI N. 2.956, DE 9 DE ABRIL DE 2015 LEI N. 2.956, DE 9 DE ABRIL DE 2015 Altera e acrescenta dispositivos à Lei n. 1.358, de 29 de dezembro de 2000 que Institui o Programa de Incentivo Tributário para Empresas, Cooperativas e Associações

Leia mais

PARECER Nº. 277/2013/GETRI/CRE/SEFIN Processo nº: 20100060000935

PARECER Nº. 277/2013/GETRI/CRE/SEFIN Processo nº: 20100060000935 Ementa: CONSULTA À LEGISLAÇÃO - TRIBUTAÇÃO DAS OPERAÇÕES DE ARRENDAMENTO MERCANTIL (LEASING) E SEUS PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS RELACIONADOS. 1. Relatório A encaminhou a esta Gerência de Tributação,

Leia mais

CONSIDERANDO ser necessário o aperfeiçoamento das normas que dispõem sobre a relação de atividades obrigadas ao uso da Nota Fiscal Eletrônica NF-e;

CONSIDERANDO ser necessário o aperfeiçoamento das normas que dispõem sobre a relação de atividades obrigadas ao uso da Nota Fiscal Eletrônica NF-e; PORTARIA N 018/2015-SEFAZ Altera a Portaria n 014/2008-SEFAZ, publicada em 1 /02/2008, que divulga relações de atividades econômicas por CNAE, em que se enquadram os contribuintes mato-grossenses obrigados

Leia mais

DECRETO Nº 15.490 DE 25 DE SETEMBRO DE 2014 (Publicado no Diário Oficial de 26/09/2014) O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições,

DECRETO Nº 15.490 DE 25 DE SETEMBRO DE 2014 (Publicado no Diário Oficial de 26/09/2014) O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições, DECRETO Nº 15.490 DE 25 DE SETEMBRO DE 2014 (Publicado no Diário Oficial de 26/09/2014) Altera o Decreto nº 13.780, de 16 de março de 2012, que regulamenta o Imposto sobre Operações Relativas à Circulação

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA/SP - NF-e 01/2011

ORIENTAÇÃO TÉCNICA/SP - NF-e 01/2011 ORIENTAÇÃO TÉCNICA/SP - NF-e 01/2011 ORIENTAÇÃO AOS AGENTES PÚBLICOS COM RELAÇÃO ÀS DISPOSIÇÕES PREVISTAS PELA PORTARIA CAT 162/08 A RESPEITO DA OBRIGATORIEDADE DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA. ÍNDICE

Leia mais

LEI Nº 3.262/07 DE 13/12/07

LEI Nº 3.262/07 DE 13/12/07 LEI Nº 3.262/07 DE 13/12/07 ESTIMA A RECEITA E FIXA A DESPESA DO MUNICÍPIO DE CAMPOS NOVOS PARA O EXERCÍCIO DE 2008 Cirilo Rupp, Prefeito em exercício do Município de Campos Novos, Estado de Santa Catarina,

Leia mais

20/09/2012 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ICMS -VINHO

20/09/2012 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ICMS -VINHO Treinamento atualizado com base na legislação vigente em: 20/09/2012 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ICMS -VINHO JP CONTÁBIL S/S LTDA AGOSTO/2012 Conceituação Consiste na alteração do momento do fato gerador,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ DECRETO N. 4.489

GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ DECRETO N. 4.489 Publicado no Diário Oficial Nº 8708 de 08/05/2012 O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, inciso V, da Constituição Estadual, e considerando o disposto na Lei

Leia mais

DECRETO N 29.240, DE 27 DE MARÇO DE 2008

DECRETO N 29.240, DE 27 DE MARÇO DE 2008 DECRETO N 29.240, DE 27 DE MARÇO DE 2008 * Publicado no DOE em 28/03/2008. ALTERA OS 14, 15 E 16 DO ART. 13 DO DECRETO Nº 24.569, DE 31 DE JULHO DE 1997, QUE DEFINEM CRITÉRIOS PARA REALIZAÇÃO DE OPERAÇÃO

Leia mais

LEI Nº 14.505, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2009

LEI Nº 14.505, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2009 ESTADO DO CEARÁ LEI Nº 14.505, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2009 Publicada no DOE em 19/11/2009. O GOVERNADOR DO ESTADO DO CEARÁ. DISPÕE SOBRE A REMISSÃO, A ANISTIA E A TRANSAÇÃO DE CRÉDITOS TRIBUTÁRIOS RELACIONADOS

Leia mais

PORTARIA Nº 1421/2013-GAB, DE 25 DE ABRIL DE 2013

PORTARIA Nº 1421/2013-GAB, DE 25 DE ABRIL DE 2013 Caderno I do dia 18 de Junho de 2013 Ano XV Nº 3536 PODER EXECUTIVO GABINETE DO PREFEITO PORTARIA Nº 1281/2013-GAB, DE 16 DE ABRIL DE 2013 RAIMUNDO MACEDO PREFEITO DE JUAZEIRO DO NORTE REPUBLICADA POR

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 1.210/15-GSF, DE 7 DE ABRIL DE 2015.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 1.210/15-GSF, DE 7 DE ABRIL DE 2015. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 1.210/15-GSF, DE 7 DE ABRIL DE 2015. Estabelece condições e critérios para implementação do Programa de Cidadania Fiscal - Nota Fiscal Goiana. A SECRETÁRIA DE ESTADO DA FAZENDA DO

Leia mais

DECRETO Nº 22.567, DE 23 DE FEVEREIRO DE 2012. (IMPORT-RN). CAPÍTULO I DISPOSIÇÃO GERAL E OBJETIVOS

DECRETO Nº 22.567, DE 23 DE FEVEREIRO DE 2012. (IMPORT-RN). CAPÍTULO I DISPOSIÇÃO GERAL E OBJETIVOS DOE Nº 12.651 Data: 24/02/2012 DECRETO Nº 22.567, DE 23 DE FEVEREIRO DE 2012. Regulamenta a Lei Estadual n.º 9.592, de 13 de dezembro de 2011, que dispõe sobre o Plano de Apoio às Importações do Exterior

Leia mais

CAPÍTULO I DA CARREIRA Seção I Disposições iniciais. Seção II Do quadro

CAPÍTULO I DA CARREIRA Seção I Disposições iniciais. Seção II Do quadro LEI COMPLEMENTAR Nº 442, de 13 de maio de 2009 Procedência Governamental Natureza PLC/0006.2/2009 DO. 18.604 de 14/05/2009 *Alterada pela LC 534/11 *Ver Lei LC 534/11 (art. 72) *Regulamentada pelo Dec.

Leia mais

ANO XXVI - 2015 5ª SEMANA DE JULHO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 31/2015

ANO XXVI - 2015 5ª SEMANA DE JULHO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 31/2015 ANO XXVI - 2015 5ª SEMANA DE JULHO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 31/2015 IPI ARTESANATO, OFICINA E TRABALHO PREPONDERANTE... Pág. 198 ICMS MG CARTA DE CORREÇÃO ELETRÔNICA - CC-E... Pág. 198 LEGISLAÇÃO MG

Leia mais

DECRETO N.º 3.952, DE 02 DE OUTUBRO DE 2013.

DECRETO N.º 3.952, DE 02 DE OUTUBRO DE 2013. DECRETO N.º 3.952, DE 02 DE OUTUBRO DE 2013. Disciplina a liberação, o cancelamento e a baixa de Alvará de Localização e Funcionamento no município de Erechim. O Prefeito Municipal de Erechim, Estado do

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Município de Venâncio Aires

Estado do Rio Grande do Sul Município de Venâncio Aires DECRETO Nº 5.204, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2012 Regulamenta a Lei Municipal nº 2533/1998 Código Tributário Municipal e Leis que a complementam, no que diz respeito à escrituração fiscal e ao registro de serviços

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CODÓ ESTADO DO MARANHÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CODÓ ESTADO DO MARANHÃO LEI Nº 1552, DE 18 DE AGOSTO DE 2011. Disciplina a dação em pagamento de obras, serviços e bem móvel como forma de extinção da obrigação tributária no Município de Codó, prevista no inciso XI do artigo

Leia mais

OBS: 2. Este material não esgota e não pretender ser material único para àqueles que decidirem implantar a NF-e. RICMS

OBS: 2. Este material não esgota e não pretender ser material único para àqueles que decidirem implantar a NF-e. RICMS OBS: 1. Este levantamento foi elaborado com base em cópia de textos do RICMS disponibilizados no site da Secretaria da Fazenda de SC em 05/12/2008 e serve como material de consulta para aqueles que querem

Leia mais

IPI ICMS - SP LEGISLAÇÃO - SP ANO XXI - 2010-5ª SEMANA DE OUTUBRO DE 2010 BOLETIM INFORMARE Nº 44/2010

IPI ICMS - SP LEGISLAÇÃO - SP ANO XXI - 2010-5ª SEMANA DE OUTUBRO DE 2010 BOLETIM INFORMARE Nº 44/2010 ANO XXI - 2010-5ª SEMANA DE OUTUBRO DE 2010 BOLETIM INFORMARE Nº 44/2010 IPI ALTERAÇÃO DE ENDEREÇO - ASPECTOS GERAIS Introdução - Emissão de Nota Fiscal/Procedimentos - Utilização Dos Mesmos Livros e Documentos

Leia mais

EXEMPLO DE EMISSÃO DA NOTA FISCAL

EXEMPLO DE EMISSÃO DA NOTA FISCAL GOVERNO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE ANÁLISE DA RECEITA PÚBLICA GERÊNCIA DE RECUPERAÇÃO DA RECEITA PÚBLICA DECRETO nº 2334/2010 de 18 de janeiro de 2010, Procedimentos

Leia mais

Imprimir "Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial do Estado."

Imprimir Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial do Estado. Imprimir "Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial do Estado." DECRETO Nº 10.710 DE 18 DE DEZEMBRO DE 2007 Procede à Alteração nº 98 ao Regulamento do ICMS e dá outras providências. O GOVERNADOR

Leia mais

Distrito Federal > Novembro/2015

Distrito Federal > Novembro/2015 OBS: As informações contidas nesta página são de caráter informativo, não dispensando a consulta a um profissional especializado, devido à freqüência com que os conteúdos sofrem alterações. Distrito Federal

Leia mais

DECRETO N.º 3.937, DE 27 DE MARÇO DE 2012.* (JOM DE 30/03 E 04/04/2012)

DECRETO N.º 3.937, DE 27 DE MARÇO DE 2012.* (JOM DE 30/03 E 04/04/2012) DECRETO N.º 3.937, DE 27 DE MARÇO DE 2012.* (JOM DE 30/03 E 04/04/2012) Institui a Nota Fiscal Eletrônica de Serviços, NFS e e o Recibo Provisório de Serviço RPS e dá outras providências. A PREFEITA MUNICIPAL

Leia mais

Câmara Municipal de Uberaba Sua Confiança. Nosso Trabalho. LEI N.º 9.623

Câmara Municipal de Uberaba Sua Confiança. Nosso Trabalho. LEI N.º 9.623 Sua Confiança. Nosso Trabalho. LEI N.º 9.623 Estima a receita e fixa a despesa do Município de Uberaba para o exercício de 2005, e contém outras disposições. O Povo do Município de Uberaba, Estado de Minas

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DE FINANÇAS COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL GERÊNCIA DE TRIBUTAÇÃO GETRI

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DE FINANÇAS COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL GERÊNCIA DE TRIBUTAÇÃO GETRI 1 Interessado: 6ª DRRE/ARIQUEMES. EMENTA: Diferencial de alíquota. Bens do ativo fixo. Produtor rural. Leasing. Incidência do ICMS na opção de compra. 1. DO RELATÓRIO: A 6ª DRRE, com suporte no disposto

Leia mais

DECRETO Nº. 531 DE 01 DE JULHO DE 2012.

DECRETO Nº. 531 DE 01 DE JULHO DE 2012. DECRETO Nº. 531 DE 01 DE JULHO DE 2012. Regulamenta o uso da Nota Fiscal de Serviços Eletrônica no ISSQN, a forma e o prazo de recolhimento dos tributos municipais e respectivos acréscimos perante o Código

Leia mais

DECRETO Nº 29.041, DE 26 DE OUTUBRO DE 2007

DECRETO Nº 29.041, DE 26 DE OUTUBRO DE 2007 DECRETO Nº 29.041, DE 26 DE OUTUBRO DE 2007 * Publicado no DOE em 31/10/2007. Acresce dispositivos ao Decreto nº 24.569, de 31 de julho de 1997, que regulamenta e consolida a legislação do Imposto sobre

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS O PREFEITO DE MANAUS LEI DELEGADA N 10, DE 31 DE JULHO DE 2013 (D.O.M. 31.07.2013 N. 3221 Ano XIV) DISPÕE sobre a estrutura organizacional da SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS, TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS ACÓRDÃO N o : 069/2015 REEXAME NECESSÁRIO N o : 3.224 PROCESSO N

Leia mais

EXECUTIVO/ADMINISTRAÇÃO

EXECUTIVO/ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRAÇÃO DO EXCELENTÍSSIMO SR. PREFEITO JAIME CALADO PEREIRA DOS SANTOS ANO IX SÃO GONÇALO DO AMARANTE, 06 DE JULHO DE 2015 Nº 122 EXECUTIVO/ADMINISTRAÇÃO Portaria nº 1270/2015-GP. Nomear em caráter

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA

ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DECRETO Nº 30.989, DE 31 DE JULHO DE 2015. D.O.E.: 03/09/15 ALTERADO PELO DECRETO Nº 31.064/15. Regulamenta a Lei nº 10.279, de 10 de julho de 2015, que institui o Programa de Estímulo à Cidadania Tributária

Leia mais

FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - FMAS

FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - FMAS FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL Órgão/Sigla: Natureza Jurídica: Vinculação: Finalidade: FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - FMAS FUNDO SECRETARIA MUNICIPAL DO TRABALHO, ASSISTÊNCIA SOCIAL E DIREITOS

Leia mais

IPI ICMS - DF/GO/TO LEGISLAÇÃO - DF LEGISLAÇÃO - TO ANO XX - 2009-3ª SEMANA DE FEVEREIRO DE 2009 BOLETIM INFORMARE Nº 08/2009

IPI ICMS - DF/GO/TO LEGISLAÇÃO - DF LEGISLAÇÃO - TO ANO XX - 2009-3ª SEMANA DE FEVEREIRO DE 2009 BOLETIM INFORMARE Nº 08/2009 ANO XX - 2009-3ª SEMANA DE FEVEREIRO DE 2009 BOLETIM INFORMARE Nº 08/2009 IPI SUSPENSÃO - LEI Nº 10.637/2002 - PROCEDIMENTOS Introdução - Estabelecimentos Com Direito à Suspensão - Preponderância de Faturamento

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL: Faço saber que a Assembléia Legislativa decreta e eu sanciono a seguinte Lei.

O GOVERNADOR DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL: Faço saber que a Assembléia Legislativa decreta e eu sanciono a seguinte Lei. (*) Os textos contidos nesta base de dados têm caráter meramente informativo. Somente os publicados no Diário Oficial estão aptos à produção de efeitos legais. LEI Nº 3.545, DE 17 DE JULHO DE 2008. Publicada

Leia mais

E S T A D O D O A C R E DiárioOficial

E S T A D O D O A C R E DiárioOficial IZAAC DA SILVA ALMEIDA Digitally signed by IZAAC DA SILVA ALMEIDA DN: cn=izaac DA SILVA ALMEIDA, o, ou, email=izaacalmeida@hotmail.com, c=br Date: 2014.06.11 21:02:49-05'00' ASSINATURA DIGITAL E S T A

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 493/01-GSF, DE 6 DE JULHO DE 2001

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 493/01-GSF, DE 6 DE JULHO DE 2001 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 493/01-GSF, DE 6 DE JULHO DE 2001 (PUBLICADA NO DOE DE 13.07.01) Este texto não substitui a norma publicada no Diário Oficial do Estado ALTERAÇÃO: Instrução Normativa nº 547/02-GSF,

Leia mais

DECRETO Nº 12.583 DE 09 DE FEVEREIRO DE 2011 D E C R E T A

DECRETO Nº 12.583 DE 09 DE FEVEREIRO DE 2011 D E C R E T A Publicado D.O.E. Em 10.02.2011 DECRETO Nº 12.583 DE 09 DE FEVEREIRO DE 2011 Estabelece procedimentos específicos sobre a execução orçamentária e financeira no âmbito da Administração Direta, suas autarquias,

Leia mais

2015 INFORMATIVO. PROTOCOLO ICMS 2, DE 17 DE FEVEREIRO DE 2014 Publicado no DOU de 13.03.14, pelo Despacho 41/14.

2015 INFORMATIVO. PROTOCOLO ICMS 2, DE 17 DE FEVEREIRO DE 2014 Publicado no DOU de 13.03.14, pelo Despacho 41/14. PROTOCOLO ICMS 2, DE 17 DE FEVEREIRO DE 2014 Publicado no DOU de 13.03.14, pelo Despacho 41/14. Concede tratamento diferenciado na prestação de serviço de transporte e na armazenagem de Etanol Hidratado

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DE ESTADO DA RECEITA 31506_31506

ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DE ESTADO DA RECEITA 31506_31506 Page 1 of 12 ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DE ESTADO DA RECEITA 31506_31506 DECRETO Nº 31.506, DE 10 DE AGOSTO DE 2010 PUBLICADO NO DOE DE 11.08.2010 ALTERADO PELO DECRETO Nº: - 31.848/10, DE 07.12.10 -

Leia mais

Saiba como funciona. www.cubatao.sp.gov.br

Saiba como funciona. www.cubatao.sp.gov.br IPTU BOM EMPREENDEDOR Saiba como funciona www.cubatao.sp.gov.br Descontos que são transformados em benefícios para a comunidade O IPTU do Bom Empreendedor é uma iniciativa inédita da Prefeitura de Cubatão.

Leia mais

TRANSPORTE DE CARGAS AÉREO - Tratamento Tributário relacionado ao ICMS/SC

TRANSPORTE DE CARGAS AÉREO - Tratamento Tributário relacionado ao ICMS/SC TRANSPORTE DE CARGAS AÉREO - Tratamento Tributário relacionado ao ICMS/SC Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 04.11.2011. SUMÁRIO: 1 - INTRODUÇÃO 2 - ALÍQUOTAS DO ICMS 2.1 - Operações

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DE MATO GROSSO, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo artigo 66, inciso III, da Constituição Estadual, e

O GOVERNADOR DO ESTADO DE MATO GROSSO, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo artigo 66, inciso III, da Constituição Estadual, e DECRETO N 2.475, DE 31 DE JULHO DE 2014 - Introduz alterações no Regulamento do ICMS, aprovado pelo Decreto n 1.944, de 6 de outubro de 1989, e dá outras providências. NOTA EXPLICATIVA O Fisco estabeleceu,

Leia mais

LEI Nº 13.924, DE 17 DE JANEIRO DE 2012.

LEI Nº 13.924, DE 17 DE JANEIRO DE 2012. LEI Nº 13.924, DE 17 DE JANEIRO DE 2012. Institui o Sistema Estadual de Apoio e Incentivo a Políticas Estratégicas do Estado do Rio Grande do Sul - SISAIPE/RS - e dá outras providências. O GOVERNADOR DO

Leia mais

LEI Nº 14.868, de 16 de dezembro de 2003 Dispõe sobre o Programa Estadual de Parcerias Público-Privadas.

LEI Nº 14.868, de 16 de dezembro de 2003 Dispõe sobre o Programa Estadual de Parcerias Público-Privadas. LEI Nº 14.868, de 16 de dezembro de 2003 Dispõe sobre o Programa Estadual de Parcerias Público-Privadas. O Povo de Minas Gerais, por seus representantes, decretou e eu, em seu nome, sanciono a seguinte

Leia mais

CONVÊNIO ICMS 113/96 CONVÊNIO

CONVÊNIO ICMS 113/96 CONVÊNIO Publicado no DOU de 18 e 20.12.96. CONVÊNIO ICMS 113/96 Ratificação Nacional DOU de 08.01.97 pelo Ato COTEPE-ICMS../1997/CV001_97.htm01/97. Alterado pelos Convs. ICMS 54/97, 34/98,107/01, 32/03, 61/03.

Leia mais

HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DO MARANHÃO Rua Barão de Itapary, 227 - Centro CEP: 65.070-020 São Luís-MA. NATALINO SALGADO FILHO Reitor

HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DO MARANHÃO Rua Barão de Itapary, 227 - Centro CEP: 65.070-020 São Luís-MA. NATALINO SALGADO FILHO Reitor 02 HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DO MARANHÃO Rua Barão de Itapary, 227 - Centro CEP: 65.070-020 São Luís-MA NATALINO SALGADO FILHO Reitor JOYCE SANTOS LAGES Superintendente EURICO SANTOS NETO Gerente Administrativo

Leia mais

Evento Especial Antecipação Tributária Art. 426 A do RICMS. Apresentação: Fernanda Silva Samyr H. M. Qbar

Evento Especial Antecipação Tributária Art. 426 A do RICMS. Apresentação: Fernanda Silva Samyr H. M. Qbar Evento Especial Antecipação Tributária Art. 426 A do RICMS Apresentação: Fernanda Silva Samyr H. M. Qbar 24/09/2014 Substituição Tributária A substituição tributária do ICMS é um regime jurídico em que

Leia mais

Art. 3º O art. 293, do RICMS, aprovado pelo Decreto n.º 13.640, de 13 de novembro de 1997, passa a vigorar com. a seguinte redação: Art. 293... (...

Art. 3º O art. 293, do RICMS, aprovado pelo Decreto n.º 13.640, de 13 de novembro de 1997, passa a vigorar com. a seguinte redação: Art. 293... (... DECRETO Nº 17.706, DE 9 DE AGOSTO DE 2004. Altera o Regulamento do ICMS, aprovado pelo Decreto n.º 13.640, de 13 de novembro de 1997, para dispor sobre isenção de produtos intermediários destinados à produção

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 313 DE 02 DE DEZEMBRO DE 2013.

RESOLUÇÃO Nº 313 DE 02 DE DEZEMBRO DE 2013. RESOLUÇÃO Nº 313 DE 02 DE DEZEMBRO DE 2013. DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DO CONTROLE INTERNO DO PODER LEGISLATIVO DE POCONÉ E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS O Presidente da Câmara Municipal de Poconé,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VENTANIA Estado do Paraná

PREFEITURA MUNICIPAL DE VENTANIA Estado do Paraná LEI Nº 591, DE 02 DE OUTUBRO DE 2012 AUTORIZA A DESAFETAÇÃO E A ALIENAÇÃO DE IMÓVEIS PARA FINS DE IMPLANTAÇÃO DE PARQUE INDUSTRIAL A EMPRESAS DEVIDAMENTE CONSTITUÍDAS NO MUNICÍPIO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Leia mais

Fortaleza, 31/03/15. com Paulo Almada

Fortaleza, 31/03/15. com Paulo Almada Fortaleza, 31/03/15 com Paulo Almada Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação ICMS Como

Leia mais

ALTERAÇÕES: Decreto nº 20.407/04, Decreto nº 20.914/04 RESPONSABILIDADE

ALTERAÇÕES: Decreto nº 20.407/04, Decreto nº 20.914/04 RESPONSABILIDADE Anexos 4.0 Substituição Tributária Anexos 4.2 Substituição Tributária das Operações com Água Mineral, Água Potável, Cerveja, Chope, Gelo e Refrigerante. Protocolo ICMS 11/1991 Alterações: Protocolo ICMS

Leia mais

Presidência da República

Presidência da República Presidência da República Casa Subchefia para Assuntos Jurídicos Civil DECRETO Nº 6.170, DE 25 DE JULHO DE 2007. Dispõe sobre as normas relativas às transferências de recursos da União mediante convênios

Leia mais

Decreto Nº 9.826, de 26 outubro de 2012. A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE NATAL, no uso de suas atribuições constitucionais e legais,

Decreto Nº 9.826, de 26 outubro de 2012. A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE NATAL, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, Decreto Nº 9.826, de 26 outubro de 2012 Dispõe sobre procedimentos e prazos relativos ao encerramento do exercício de 2012 e dá outras providências. A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE NATAL, no uso de suas atribuições

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 1.032, DE 30 DE MARÇO DE 2011

RESOLUÇÃO Nº 1.032, DE 30 DE MARÇO DE 2011 RESOLUÇÃO Nº 1.032, DE 30 DE MARÇO DE 2011 Dispõe sobre a celebração de convênios entre os Creas e as entidades de classe e as instituições de ensino e dá outras providências. O CONSELHO FEDERAL DE ENGENHARIA,

Leia mais

ESTATUTO DO DISTRITO ESTADUAL DE FERNANDO DE NORONHA

ESTATUTO DO DISTRITO ESTADUAL DE FERNANDO DE NORONHA DECRETO Nº 26.266, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2003. DOE 24.12.2003, p. 04. P.Execuitivo Altera o Estatuto do Distrito Estadual de Fernando de Noronha, aprovado pelo Decreto nº 25.297, de 12 de março de 2003,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA DECRETO N.19175, DE 22 DE SETEMBRO DE 2014. PUBLICADO NO DOE Nº 2547, DE 22.09.14 Incorpora ao RICMS/RO as alterações oriundas da 154ª reunião ordinária, das 220ª e 222ª reuniões extraordinárias do CONFAZ,

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Transferência de Crédito de ICMS de Fornecedor Optante do Simples Nacional

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Transferência de Crédito de ICMS de Fornecedor Optante do Simples Nacional 09/01/2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 4 3.1 Transferência de Crédito do ICMS pelos Optantes do... 4 3.2 Do Ressarcimento

Leia mais

EXPEDIENTE Produzido pela Assessoria de Comunicação Social

EXPEDIENTE Produzido pela Assessoria de Comunicação Social ÓRGÃO DE PUBLICAÇÃO DOS ATOS OFICIAIS DOS PODERES EXECUTIVO E LEGISLATIVO DO MUNICÍPIO DE IGUABA GRANDE - RJ - ANO X - 2ª QUINZENA -JULHO / 2015 - Nº 159 Rodovia Amaral Peixoto, Km 97 - nº 2275 Centro

Leia mais

Crédito Acumulado do ICMS

Crédito Acumulado do ICMS 17 de Abril de 2009 Transaction Services Agenda Page 1 Princípio da Não-Cumulatividade 1 2 Saldo Credor x Saldo Acumulado 6 3 Geração, Apropriação e Utilização do Crédito Acumulado 10 Fundamentos Legais

Leia mais

http://www.itcnet.com.br/materias/printable.php

http://www.itcnet.com.br/materias/printable.php Página 1 de 7 20 de Dezembro, 2010 Impresso por ANDERSON JACKSON TOASSI EQUIPAMENTOS DE CONTROLE FISCAL - Obrigatoriedade do Uso e Concessão de Benefício do Crédito Presumido de ICMS para sua Aquisição

Leia mais

I - Técnico de Apoio Fazendário e Financeiro, integrando a categoria funcional de Profissional de Apoio Operacional;

I - Técnico de Apoio Fazendário e Financeiro, integrando a categoria funcional de Profissional de Apoio Operacional; (*) Os textos contidos nesta base de dados têm caráter meramente informativo. Somente os publicados no Diário Oficial estão aptos à produção de efeitos legais. ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL DECRETO Nº 10.609,

Leia mais

ANEXO 4.7. Substituição Tributária nas Operações com Disco Fonográfico e Fita Virgem ou Gravada.

ANEXO 4.7. Substituição Tributária nas Operações com Disco Fonográfico e Fita Virgem ou Gravada. ANEXO 4.7 Substituição Tributária nas Operações com Disco Fonográfico e Fita Virgem ou Gravada. Protocolo ICMS 19/1985 Alterações: Protocolo ICMS 09/1986, 10/1987, 53/91, 05/98, 07/2000, 12/06, 72/07,

Leia mais

LEI N 4.549, DE 13 DE DEZEMBRO 2013. A CÂMARA MUNICIPAL DE PARAUAPEBAS, ESTADO DO PARÁ, APROVOU, E EU PREFEITO DO MUNICÍPIO, SANCIONO A SEGUINTE LEI:

LEI N 4.549, DE 13 DE DEZEMBRO 2013. A CÂMARA MUNICIPAL DE PARAUAPEBAS, ESTADO DO PARÁ, APROVOU, E EU PREFEITO DO MUNICÍPIO, SANCIONO A SEGUINTE LEI: LEI N 4.549, DE 13 DE DEZEMBRO 2013. L/DO NO QUADRODE AVISO DA Em: DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO, ORGANIZAÇÃO E ATRIBUIÇÕES DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SEGURANÇA INSTITUCIONAL E DEFESA DO CIDADÃO, E DÁ OUTRAS

Leia mais

Criado pela Lei Complementar Nº 15 de 02/07/2004 Ponta Porã-MS, 23 de Fevereiro de 2012 Edição 1467 R$ 1,00 EDITAL DE NOTIFICAÇÃO

Criado pela Lei Complementar Nº 15 de 02/07/2004 Ponta Porã-MS, 23 de Fevereiro de 2012 Edição 1467 R$ 1,00 EDITAL DE NOTIFICAÇÃO Diário Oficial de Ponta Porã-MS 23.02.2012 Criado pela Lei Complementar Nº 15 de 02/07/2004 Ponta Porã-MS, 23 de Fevereiro de 2012 Edição 1467 R$ 1,00 Poder Executivo Avisos SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

LEI 3.981/91 DE 7 DE JANEIRO DE 1991. O Prefeito Municipal de Natal, Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei:

LEI 3.981/91 DE 7 DE JANEIRO DE 1991. O Prefeito Municipal de Natal, Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: LEI 3.981/91 DE 7 DE JANEIRO DE 1991 Dispõe sobre o Grupo Ocupacional Fisco e dá outras providencias. O Prefeito Municipal de Natal, Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei:

Leia mais

ESTADO DE SÃO PAULO - BRASIL INCENTIVO FISCAL. Lei Complementar 405/07

ESTADO DE SÃO PAULO - BRASIL INCENTIVO FISCAL. Lei Complementar 405/07 INCENTIVO FISCAL Lei Complementar 405/07 REQUISITOS EXIGIDOS PARA OBTENÇÃO E CONCESSÃO DO BENEFÍCIO Do beneficiário: Regularidade fiscal no âmbito municipal da empresa e dos sócios; Quitação integral de

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 11.653, DE 7 ABRIL DE 2008. Mensagem de veto Dispõe sobre o Plano Plurianual para o período 2008/2011. seguinte Lei: O PRESIDENTE

Leia mais

Portaria CAT - 54, de 15-7-2002

Portaria CAT - 54, de 15-7-2002 Portaria CAT - 54, de 15-7-2002 Altera dispositivos das Portarias CAT-55/98, de 14/07/98, e CAT-86/01, de 13/11/01, que dispõem sobre o uso, credenciamento e demais procedimentos relativos a equipamento

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 411, DE 08 DE JANEIRO DE 2010.

RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 411, DE 08 DE JANEIRO DE 2010. RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 411, DE 08 DE JANEIRO DE 2010. Dispõe sobre a estrutura organizacional do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte e dá outras providências. A GOVERNADORA

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA DECRETO Nº 15689, DE 10 DE FEVEREIRO DE 2011 PUBLICADO NO DOE Nº 1673, DE 11.02.11 Altera o Decreto nº 11908, de 12 de dezembro de 2005, para incluir novos Códigos Fiscais de Operações e Prestações - CFOP

Leia mais

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 84, incisos IV e VI, da Constituição,

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 84, incisos IV e VI, da Constituição, DECRETO 3.100, de 30 de Junho de 1999. Regulamenta a Lei nº 9.790, de 23 de março de 1999, que dispõe sobre a qualificação de pessoas jurídicas de direito privado, sem fins lucrativos, como Organizações

Leia mais

Decreta nº 26.978, (DOE de 05/07/06)

Decreta nº 26.978, (DOE de 05/07/06) Decreta nº 26.978, (DOE de 05/07/06) Introduz alterações no Decreto nº 16106, de 30 de novembro de 1994, que regulamenta a Lei nº 657, de 25 de janeiro de 1994 e consolida a legislação referente ao processo

Leia mais

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA LEGISLATIVA NATAL, 25.03.2008 BOLETIM OFICIAL 2423 ANO XIX TERÇA-FEIRA

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA LEGISLATIVA NATAL, 25.03.2008 BOLETIM OFICIAL 2423 ANO XIX TERÇA-FEIRA A MESA DIRETORA Deputado ROBINSON FARIA PRESIDENTE Deputada MÁRCIA MAIA 1 VICE-PRESIDENTE Deputado RICARDO MOTTA 1 SECRETÁRIO Deputado LUIZ ALMIR 3 SECRETÁRIO Deputado EZEQUIEL FERREIRA 2 VICE-PRESIDENTE

Leia mais

Portaria CAT nº 53, de 12-08-1996 (DOE de 27-08-96 Retificação - DOE de 31-08-96)

Portaria CAT nº 53, de 12-08-1996 (DOE de 27-08-96 Retificação - DOE de 31-08-96) Portaria CAT nº 53, de 12-08-1996 (DOE de 27-08-96 Retificação - DOE de 31-08-96) Dispõe sobre a utilização de crédito acumulado do ICMS. O Coordenador da Administração Tributária, no uso de suas atribuições

Leia mais

REFIS OPORTUNIDADE PARA AS EMPRESAS

REFIS OPORTUNIDADE PARA AS EMPRESAS REFIS OPORTUNIDADE PARA AS EMPRESAS PROGRAMA DE PARCELAMENTO INCENTIVADO DE DÉBITOS FISCAIS Abrangência do Programa APRESENTAÇÃO Prezados (as) Industriais Desenvolvemos uma cartilha contendo uma síntese

Leia mais

ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE SUPERMERCADOS ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD

ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE SUPERMERCADOS ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE SUPERMERCADOS ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD 1 - Informações referentes à Escrituração Fiscal Digital EFD A Escrituração Fiscal Digital é um dos módulos do um sistema púbico

Leia mais