Proteção e Controle de Motores TeSys

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Proteção e Controle de Motores TeSys"

Transcrição

1 Proteção e Controle de Motores TeSys Capítulo Lista de Preços 2014

2

3 Comando B Blocos antiparasitas modelo K 47 Blocos de contatos para contatores - TeSys 22 Bobina para contatores modelo D - corrente alternada - TeSys 19 Bobina para contatores modelo D - corrente contínua - TeSys 21 Bobinas série D2 41 Bobinas série F 0, 1 C Chaves de partida direta em cofre TeSys LE1GZ1M 44 Chaves magnéticas em cofre LE1-E 43 Chaves reversoras modelo D - TeSys 1 Contatores - série F 49 Contatores - série K 48 Contatores aux. e contatores modelo D, 9 a 10 A, CA e CC - TeSys 9 Contatores auxiliares e contatores modelo K - 6 a 12 A 4, 46 Contatores com bobina série F 2 Contatores mod. D - corr. contínua, baixo consumo - TeSys 12, 13, 14 Contatores modelo D 9 a 10 A - corrente alternada - TeSys 10 Contatores modelo D 9 a 10 A - corrente contínua - TeSys 11 D Disjuntor magnético GK3 38 Disjuntores-motores GV2 - blocos de contatos - TeSys 31 Disjuntores-motores GV2 - TeSys 30 Disjuntores-motores GV3 - blocos de contatos - TeSys 3 Disjuntores-motores GV3 34 Disjuntores-motores GV7 37, 38 Disjuntor-motor GV3ME80 36 Índice de designações P Partidas combinadas de motores - TeSys 39, 40 Partidas Integradas de Motores Integral Partidas integradas de motores TeSys U 7 Peças de reposição série F 3 R Relés de proteção - relé inteligente Tesys T Relés de sobrecarga eletrônicos instantâneos LR97D e LT47 29 Relés térmicos série K 48 Relés térmicos modelo D 26 Relés térmicos modelo F 4 S Seccionadores VARIO 63 T Tabela auxiliar de motores 6 Tabela de correspondência TeSys 66 Tabela de dimensionamento de produtos 68 Fevereiro / 2014 i

4 Índice de referências Comando NAD NTW a A ASILUF 9 C CA2 KN 4, 48 CA3 KN 4, 48 CA4 KN 4 CAD 32 9 CAD CAD 0 9 CAD 03 9 D DA1TT 6 G GK2 AF01 32 GV 3S 2 GV1 G02 32 GV1 G09 32 GV1 G10 32 GV1 L3 31 GV1 V01 36 GV1 V02 36 GV2 AF01 a AF4 32 GV2 AF02 32 GV2 AK00 31 GV2 AP03 32 GV2 APN01 a APN04 32 GV2 DM102 a DM GV2 DM202 a DM GV2 DP102 a DP GV2 E01 a E02 33 GV2 G0 32 GV2 G24 a G GV2 K011 a K GV2 L03 a L32 30 GV2 LE03 a LE32 30 GV2 MC01 a MC03 33 GV2 ME01 a ME32 30 GV2 ME013 a ME GV2 ME06K1 a ME16K1 39 GV2 ME06K2 a ME16K2 39 GV2 MP01 33 GV2 MP02 33 GV2 N01 33 GV2 P01 a P32 30 GV2 P202 a P GV2 SN13 a SN17 33 GV2 SN23 a SN27 33 GV2 SN33 a SN37 33 GV2 V01 33 GV2 V03 3 GV3 A01 a A07 36 GV3 A08 e A09 36 GV3 APN01 a APN04 3 GV3 B11 a B38 36 GV3 D11 a D38 36 GV3 G264 e G362 3 GV3 G66 3 GV3 L2 a L4 34 GV3 L26 a L66 34 GV3 M80 36 GV3 P13 a P6 34 GV3 P136 a P66 34 GV7 AC 38 GV7 AD 37 GV7 AE 37 GV7 AP 38 GV7 AS 37 GV7 AU 37 GV7 RE 37 GV7 RS 37 GV7 V 38 GVA D1010 a D , 3 GVA E1 a E20 31, 3 GVA ED101 a ED011 3 GVA M11 31, 3 GVA N11 a N20 31, 3 GVA P 32, 3, 9 GVA S116 a S38 31, 3 GVA U116 a U38 31, 3 GVA X116 a X K KA 63 KZ 64 L LA1 DX02 a DZ31 22 LA1 KN 4, 48 LA1 LC 61, 62 LA1 LD 62 LA4 DA2E a DA2N 2 LA4 DB2B a DB3S 2 LA4 DC3U 2 LA4 DE2E a DE3U 2 LA4 DFB 24 LA4 DT0U a DT4U 24 LA4 DWB 24 LA4 KC 47 LA4 KE 47 LA D a D LA D LA F 3 LA FF 3 LA FG 3 LA FH 3 LA6 DK10 a DK20 24 LA7 D LA7 F 4 LA9 D 62 LA9 D4002 a D LA9 D0978 a D LA9 D8017 a D LA9 D90 e D92 32 LA9 FF 3 LA9 LB LA9 LB LA9 LC 62 LA9L 9 LAD 4CM 18 LAD 4RCE e 4RC3N 2 LAD 4TB e 4T3R 2 LAD 4VE a 4V3U 2 LAD 6K10 24 LAD 7B10 28 LAD 7C1 e 7C2 28 LAD 8N02 a 8N20 22 LAD 8N026 a 8N LAD e LAD LAD LAD 9R1 e 9R3 17 LAD 9R1V 17 LAD 9SD3 18 LAD 9V2 18 LAD ALLEN4 2 LAD C22 22 LAD C LAD C LAD N10 a N31 22 LAD N113 a N LAD N116 a N LAD N119 a N LAD T0 a R4 22 LAD T03 a R43 23 LAD T06 a R46 23 LAD T09 a R49 23 LB1 LD 60 LC1 D09 a D38 14 LC1 D09 a D10 9, 12 LC1 D093 a D LC1 D093 a D323 10, 12 LC1 D096 a D LC1 D096 a D106 10, 12 LC1 D0983 a D LC1 D0986 a D LC1 D099 e D LC1 D099 a D LC1 D099 e D LC1 D LC1 D LC1 DFK02 a DWK12 11 LC1 DT20 a D28 14 LC1 DT20 a DT80A 13 LC1 DT20 a D LC1 DT203 a D LC1 DT203 a DT LC1 DT203 a D LC1 DT206 a D LC1 DT206 a DT LC1 DT206 a D LC1 F 49, 2 LC1 K 4, 46, 48 LC2 D09 a D10 1 LC2 D09 a D38 16, 17 LC2 D093 a D323 1, 16, 17 LC2 D096 a D106 1 LC2 D096 a D386 16, 17 LC2 D099 e D129 1, 16, 17 LC2 K 4, 46 LC7 K 4, 46 LC8 K 4, 46 LD1 LD 60 LD4 LD 60 LD LD 60 LE1 E 43 LE1GZ1M 44 LP1 D40008 a D LP1 D a D LP1 K 46, 48 LP2 K 46, 47 LP4 K 46 LP K 46, 47 LR2 K 48 LR9 D367 e D LR9 D67 a D69 28 LR9 F 4 LR97 29 LRD 01 a LRD 013 a LRD 016 a LRD D108 a D LT47 29 LTME LTMR LU2 7 LU2B 7 LU6 7 LU9 APN21 a APN24 9 LU9 8 LU9S 9 LUA1 7 LUAL 9 LUB 7 LUCA 7 LUCB 7 LUCC 7 LUCD 7 LUCM 7 LUF 8 LUFC 9 LULC 9 LX1 D 41 LX1 D6B7 a D6R7 20 LX1 DB 41 LX1 DB8B7 a DB8S7 20 LX1 FF 0 LX1 FG 0 LX1 FH 0 LX1 FJ 0 LX1 FK 0 LX1 FL 0 LX1 FX 0 LX1 LD 62 LX4 D 41, 42 LX4 D6BD a D6RD 21 LX4 D6JW a D66MW 21 LX4 D7JD a D7RD 21 LX4 D7JW a D7MW 21 LX4 D8BD a D8RD 21 LX4 F8FW + DRTE4U 0 LX4 F8MW + DRTE4U 0 LX4 F8QW + DRTE4S 0 LX4 FF 1 LX4 FG 1 LX4 FH 1 LX4 FJ 1 LX4 FK 1 LX4 FL 1 LXD 1J17 19 T TSX CAN 8 TSX PBS 8 V V01/02/0/1/2/3/4//6 63 VCF 64 VCFN 64 VCFX 64 VW3 A VZ 63, 64 Z Z01 64 ii Fevereiro / 2014

5 Comando Contatores Contatores O contator eletromagnético é um dispositivo de manobra (conexão e desconexão) mecânico comandado por um eletroímã. Quando a bobina do eletroímã é alimentada, o contator fecha, estabelecendo por intermédio dos polos, o circuito entre a rede de alimentação e a carga. Os contatores são dispositivos robustos que podem ser submetidos a exigentes cadências de manobras com tipos distintos de cargas. A norma ABNT NBR IEC define os diferentes tipos de categorias de emprego que fixam os valores de corrente a estabelecer ou interromper mediante contatores. Citaremos somente as categorias para circuito de potência em corrente alternada (CA), sabendo-se que existem categorias similares para corrente contínua (CC) e circuitos de controle em CA e CC. Categorias de emprego para contatores segundo IEC As categorias de emprego normalizadas fixam os valores de corrente que o contator deve estabelecer ou interromper. Elas dependem: - da natureza do receptor controlado: motor de gaiola ou de anéis, resistências, - das condições nas quais são efetuados os fechamentos e aberturas: motor em regime ou bloqueado ou em partida, inversão do sentido de rotação, frenagem por contracorrente. Emprego em corrente alternada Categoria AC-1 Aplica-se a todas as cargas de utilização em CA (receptores), cujo fator de potência seja no mínimo igual a 0,9 (cos ϕ 0,9), geralmente circuitos resistivos ou pouco indutivos. Exemplos de utilização: aquecimento, distribuição. Categoria AC-2 Esta categoria compreende a partida, a frenagem em contracorrente, como também a partida por impulsos dos motores de anéis. No fechamento, o contator estabelece a corrente de partida, próximo de 2, vezes a corrente nominal do motor. Na abertura, ele deve interromper a corrente de partida, com uma tensão no mínimo igual à tensão da rede. Categoria AC-3 É relativa aos motores de gaiola, cujo desligamento é feito com o motor em regime. No fechamento, o contator estabelece a corrente de partida, que é de a 7 vezes a corrente nominal do motor. Na abertura, o contator interrompe a corrente nominal absorvida pelo motor, e neste momento, a tensão nos bornes de seus polos é da ordem de 20% da tensão da rede. A interrupção é fácil. Exemplos de utilização: todos os motores de gaiola normais, elevadores, escadas rolantes, correias transportadoras, elevadores de canecas, compressores, bombas, misturadores, condicionadores de ar, etc. Categoria AC-4 Esta categoria é relativa às aplicações com frenagem em contracorrente e acionamento por impulsos dos motores de gaiola ou de anéis. O contator fecha com um pico de corrente que pode atingir a 7 vezes a corrente nominal do motor. Ao abrir, ele interrompe esta mesma corrente sob uma tensão tanto maior quanto a velocidade do motor for menor. Esta tensão pode ser igual à tensão da rede. A interrupção é muito difícil. Exemplos de utilização: máquinas de impressão, de trefilação, de levantamento, de metalurgia. Fevereiro /

6 Contatores Comando Contatores Escolha Sem coordenação São grandes os riscos para o operador, como também podem ser grandes os danos físicos e materiais. Não permitido pelas normas: - NF C e IEC , artigo (regulamentos sobre instalações), - EN/IEC , artigo 7 (equipamentos elétricos em máquinas), - IEC , artigo 8.2. (partidas). Coordenação tipo 1 O custo do equipamento é reduzido. Após o evento de curto-circuito, antes de dar nova partida, a verificação do estado da partida de motor é necessária, a continuidade de serviço não é exigida. Consequências: tempo de parada da máquina significativo, pessoal de manutenção qualificado para reparar, controlar e substituir os produtos. Exemplo: ar condicionado no setor terciário,... Coordenação tipo 2 Após o evento de curto-circuito, a coordenação tipo 2 permite a continuidade de serviço, sendo admissível a colagem dos polos do contator. Consequências: tempo de parada da máquina reduzido, operação simples. Exemplo: escadas rolantes,... Coordenação total Após o evento de curto-circuito, a coordenação total é a solução em que não são aceitos quaisquer danos ao equipamento ou desregulagem. Consequências: retorno imediato ao serviço, nenhuma precaução especial. Exemplo: exaustor de fumaça, bombas contra incêndio,... Obs. Consultar a tabela de dimensionamento de componentes para a coordenacão desejada. Para maiores informações, contactar nosso Customer Care Centre. 2 Fevereiro / 2014

7 Comando Componentes de proteção Disjuntores-motores magnéticos e termomagnéticos GV2, GV3 e GV7 GV2 ME com parafuso GV2 ME com conexão por mola Apresentação Os disjuntores-motores GV2-LE, GV2-L, GK3 e GV3-L são disjuntores magnéticos, e os disjuntores-motores GV2 ME, GV2 P, GV3 ME, GV3 P e GV7 R são disjuntores termomagnéticos tripolares adaptados ao comando e à proteção dos motores, conforme as normas IEC e IEC Conexão GV2 Os disjuntores GV2 são previstos para conexão por parafuso. O disjuntor GV2 ME pode ser fornecido com conexão por mola ou por terminais tipo olhal. A conexão por mola permite garantir um aperto seguro e constante, resistente aos ambientes severos, vibrações e choques, sendo mais eficaz com condutores sem terminais. Cada conexão pode receber dois condutores independentes. GV3 P GV3 Os disjuntores GV3 possuem conexão por parafuso BTR tipo Allen com aperto por chave Allen nº 4. Esta conexão utiliza o sistema EverLink com compensação da dilatação e deformação dos condutores (patente ). Esta técnica permite assegurar um torque e alta qualidade de aperto permanente, para evitar a necessidade de reaperto dos cabos. Os disjuntores GV3 estão disponíveis com conexão por terminais tipo olhal. Este tipo de conexão atende às necessidades das aplicações com vibrações elevadas, como o transporte ferroviário GV7 Os disjuntores GV7 possuem conexão por parafuso (para barras e terminais tipo olhal) e por conectores encaixáveis. Funcionamento O comando é manual e local quando o disjuntor-motor for utilizado no controle da carga. É automático e a distância quando for associado a um contator. GV2 P GV2 ME e GV3 ME80 Comando por botões à impulsão. O fechamento é manual, pressionando o botão I 1. O desligamento é manual, pressionando o botão O 2 ou, automático, quando for comandado pelos dispositivos de proteção termomagnéticos ou por um aditivo disparador de tensão. GV2 P, GV3 P e GV7 R b Comando por botão rotativo: para GV2 P e GV3 P b Comando por alavanca basculante: para GV7 R. GV7 R O fechamento é manual, pressionando o botão ou a alavanca na posição I 1. O desligamento é manual, pressionando o botão ou a alavanca na posição O 2. O desligamento por defeito põe automaticamente o botão rotativo ou a alavanca na posição Trip 3. O novo fechamento somente é possível após ter recolocado o botão rotativo ou a alavanca na posição O. Ajuste térmico com lacre 4. Fevereiro /

8 Componentes de proteção Relés para proteção térmica LR2K, LRD e LR9F Comando Funções de proteção Proteção contra sobrecargas Generalidades A sobrecarga é a falha mais frequente. Ela se manifesta por uma elevação da corrente consumida pelo motor e pelos efeitos térmicos. É importante um retorno rápido às condições normais de funcionamento. As condições reais de operação (temperatura ambiente, altitude de operação e tipo de serviço padrão) são essenciais para determinar os valores de operação do motor (potência, corrente) e permitem escolher uma proteção eficaz contra as sobrecargas. Este valores de operação são fornecidos pelo fabricante do motor. Conforme o nível desejado, a proteção pode ser feita por: b relés de sobrecarga, relés térmicos (bimetálicos ou eletrônicos) que protegem os motores em caso de: v sobrecarga, pelo controle da corrente consumida por cada fase, v desequilíbrio ou falta de fases, pelo seu dispositivo diferencial. b relés com sondas a termistor PTC (Coeficiente de Temperatura Positivo), b relés de sobretorque, b relés multifunções. Relés de sobrecarga Estes relés protegem os motores contra as sobrecargas. Eles devem permitir a sobrecarga temporária da partida e só devem disparar se a partida estiver irregularmente longa. A escolha do relé de sobrecarga se faz em função do tempo de partida (classe de disparo) e da capacidade nominal do motor. Estes relés possuem uma memória térmica (exceto para certos relés eletrônicos de sobrecarga, indicados pelos seus fabricantes) e podem ser conectados: b em série com a carga, b a transformadores de corrente instalados em série com a carga. Relés térmicos de sobrecarga bimetálicos Combinados com um contator, efetuam a proteção do motor, da linha e dos equipamentos contra as sobrecargas baixas e prolongadas. Devem ser protegidos contra as fortes correntes de curtos-circuitos por um disjuntor ou fusíveis. Estes relés são utilizáveis em corrente alternada ou contínua e são geralmente: b tripolares, b compensados, isto é, insensíveis às variações da temperatura ambiente, b com rearme manual ou automático, b graduados em ampères motor : visualização direta da corrente na placa de identificação do motor. Podem também ser sensíveis a uma perda de fase: é a noção de diferencial. Esta funcionalidade atende às normas IEC e Este tipo de relé oferece uma excelente confiabilidade com baixo custo. Relés térmicos de sobrecarga eletrônicos Os relés térmicos de sobrecarga eletrônicos possuem as vantagens da eletrônica, que permite criar uma imagem térmica do motor mais elaborada. Permitem ser associados aos produtos com funções complementares, tais como: b controle da temperatura por sondas PTC, b proteção contra os bloqueios, sobretorques, b proteção contra as inversões de fase, b proteção contras as falhas de isolação, b proteção contra funcionamento em vazio, b função de alarme. 4 Fevereiro / 2014

9 Comando EverLink EverLink : uma conexão de potência forte, segura e durável EverLink, a nova tecnologia de borne patenteada Assegura uma qualidade de aperto permanente dos cabos. Mesmo em caso de dilatação ou deformação dos condutores, a pressão de conexão nos cabos é assegurada devido ao efeito mola dos conectores de potência. As vantagens da conexão EverLink são: b Diminuição dos tempos de manutenção, pois não é mais necessário reapertar os bornes. b Segurança das conexões devido ao parafuso BTR e à chave Allen de 4 mm, que permite obter um torque de aperto elevado (mín. N.m). b Segurança dos operadores pela proteção IP 20 contra contatos diretos. b Possibilidade de conexão de 2 cabos de diferentes secções. b Manutenção dos cabos assegurada pela pressão da mola e a deformação na lâmina de contato. b A mola compensa a deformação do cabo. O torque de aperto é assegurado. Não é mais requerida manutenção regular devido ao efeito de compensação da mola. Fevereiro / 2014

10 Partidas e equipamentos Partidas integradas de motores modelo U Comando Partida de motor TeSys U Apresentação A partida integrada TeSys modelo U é uma partida integrada de motores, até 32 Ampères (1), que assegura as funções: b De proteção e de comando de motores monofásicos ou trifásicos: v a isolação e o o seccionamento de potência, v a proteção contra sobrecorrentes e curtos-circuitos, v a proteção contra sobrecargas térmicas, v a comutação de potência. b De controle da aplicação: v alarmes das proteções, supervisão da aplicação (tempo de utilização, número de falhas, valores das correntes dos motores ), v históricos (registro das últimas falhas com o valor dos parâmetros dos motores). Estas funções integram-se por simples encaixe na base de potência sob a forma de unidades de controle e de módulos de funções. Esta personalização pode ser feita até o último momento, isto é, mesmo após que as fiações de potência e de controle tenham sido realizadas. O TeSys U é uma oferta avançada que atende às necessidades atuais e futuras dos instaladores, dos fabricantes de quadros e dos fabricantes de máquinas, assim como os sistemas integradores. Do projeto à operação, o TeSys U apresenta muitas vantagens e simplifica a escolha dos componentes comparando-se a uma solução convencional: - um único bloco assegura as funções do disjuntor, do seccionador e do contator; isto é, menos referências a encomendar, uma escolha fácil e sem erro, pois uma única referência atende as necessidades até 18, kw/440 Vca (2 CV). - a unidade de controle possui uma ampla faixa de regulagens. Ela pode ser alimentada tanto em corrente contínua quanto em corrente alternada. O número de referências é dividido por 10, em relação a uma oferta tradicional. Compactos, os componentes da oferta TeSys U otimizam o espaço dentro dos painéis elétricos e são fixados em um único trilho. Eliminando a fiação de potência entre disjuntor e contator, o TeSys U reduz os tempos de montagem nos painéis. Acessórios de instalação permitem simplificar e até suprimir a fiação dos objetos entre si, eliminando assim os riscos de erros. Click Partida integrada É composta de uma base de potência e uma unidade de controle. Bases de potência 1 A base de potência é independente da tensão de comando. É disponível de 0 a 18, kw em 440 Vca (2 CV). Ela integra a função disjuntor com um poder de interrupção de 0 ka em 400 Vca, coordenação total (continuidade de serviço) e a função de comutação. b 2 calibres 0 12 A e 0 32 A. b partida direta (LUB) e partida reversora (LU2B). Unidades de controle 2 A escolha deve ser em função da tensão de comando, da potência do motor a proteger e do tipo de proteção desejada. b Unidade de controle standard (LUCA): atende às necessidades elementares de proteção das partidas de motores: sobrecarga e curto-circuito. b Unidade de controle magnético (LUCL): instalada a montante de uma inversor de frequência ou de um conversor de partida e parada progressivas e associada à base LUB 12 ou LUB 32, ela assegura a isolação e a proteção contra curtos-circuitos da partida de motor. b Unidade de controle avançado (LUCB, LUCC ou LUCD): permite funções adicionais, tais como alarme, diferenciação das falhas, b Unidade de controle multifunção (LUCM): adaptada às mais elevadas exigências de controle e de proteção. As unidades de controle são intercambiáveis sem retirar fios e sem ferramenta. Possuem amplas faixas de ajustes (range de 4) e baixa dissipação térmica, pela supressão da utilização dos elementos bimetálicos de sobrecarga. (1) Utilizar em cargas resistivas e indutivas. O comando de cargas em corrente contínua ou capacitivas é impossível. 6 Fevereiro / 2014

11 Comando Partidas e equipamentos Partidas integradas de motores modelo U Opcionais de controle Módulos de funções permitem aumentar as funcionalidades da partida integrada. Módulos de funções 3 Devem ser utilizados em associação com as unidades de controle avançado. 4 tipos são disponíveis: b alarme por sobrecarga térmica (LUF W10). b diferenciação das falhas e rearme manual (LUF DH11). b diferenciação das falhas e rearme remoto ou automático (LUF DA01 e LUF DA10). b indicação da carga do motor (LUF V2) aplicável também em associação com a unidade de controle multifunção. Todas as informações processadas por estes módulos são acessíveis por contatos digitais. Módulos de comunicação 3 As informações processadas são trocadas através: b do módulo de ligação paralela: v módulo de ligação paralela (LUF C00). b da rede de comunicação: v módulos AS-Interface (ASILUF C e ASILUF C1), v módulo Profibus DP (LUL C07), v módulo CANopen (LUL C08), v módulo DeviceNet (LUL C09), v módulo Advantys STB (LUL C1), v módulos Modbus (LUL C033) v solução em Ethernet. Eles devem ser utilizados em conjunto com uma unidade de controle c 24 V e necessitam de uma tensão de comando c 24 V. A conexão com outros protocolos, tais como Fipio, torna-se possível através de gateways LUF P ou pela gateway TeSysPort para Ethernet. Módulos de contatos auxiliares (LUFN) 3 3 composições possíveis 2 NA, 1 NA + 1 NF ou 2 NF. Contatos aditivos 4 Fornecem as informações: sinalização de falha e estado do comutador na posição pronto. Opções de potência Bloco reversor Permite a transformação de uma base de potência de partida direta em base de potência de partida reversora. O bloco reversor (LU2M) é montado diretamente na base de potência sem modificar a largura do produto (4 mm). O bloco reversor (LU6M) é montado separadamente da base de potência quando a altura disponível for limitada. Limitador-seccionador LUA LB É montado diretamente na base de potência. Permite aumentar o poder de interrupção até 130 ka em 440 V, com uma interrupção visível. Acessórios de instalação Borneiras extraíveis 6 As borneiras de controle são extraíveis, permitindo assim o preparo da fiação fora do equipamento ou a substituição de produtos rapidamente. Sistema de pré-fiação de controle 7 Diversos acessórios de pré-fiação realizam, por simples encaixe, conexões tais como ligação dos bornes de controle do bloco reversor Fevereiro /

12 Componentes de proteção Sistema de gerenciamento de motores: Relé Inteligente TeSys T Comando Módulo de expansão LTM EV40BD 2 Relé LTM R08MBD Apresentação O TeSys T é um sistema de gerenciamento de motores que oferece funções de proteção, medição e monitoramento de motores de corrente alternada monofásicos e trifásicos, com velocidade constante, até 1000 A. Adequada para as aplicações mais exigentes, esta gama de produtos oferece: b proteção multifunção de alta performance, independente do sistema de automação, b unidade de interface homem-máquina local para leitura, visualização e modificação dos parâmetros monitorados, diagnósticos, etc b configuração da aplicação através do software PowerSuite, b conexão com o sistema de automação via rede de comunicação (escolha conforme os diferentes protocolos). Aplicação O sistema de gerenciamento de motores TeSys T é utilizado para a proteção e controle de motores nas aplicações industriais exigentes, onde os tempos de parada devem ser evitados, pois seus custos são consideráveis: Indústrias de petróleo e gás, química, metalúrgica, mineração, farmacêutica, microeletrônica, tratamento de água, túneis, aeroportos, etc. Com o TeSys T, as paradas intempestivas de um processo ou de uma fabricação, ligadas a um motor, são antecipadas através de uma análise preditiva das situações de falhas. As falhas de trip são assim reduzidas ao mínimo. Sua utilização em centro de controle de motores permite: b aumentar a disponibilidade de operação das instalações, b melhorar a flexibilidade da definição do projeto até a colocação em serviço, b aumentar a produtividade tornando disponível o conjunto de informações necessárias para o funcionamento do sistema. O sistema de gerenciamento de motores TeSys T integra-se perfeitamente aos equipamentos de baixa tensão da, tais como Blokset e Prisma. 1 Disjuntor magnético 2 Contator 3 Relé com módulo de expansão 4 Unidade de controle do operador 8 Fevereiro / 2014

13 Comando Contatores auxiliares e contatores modelo D 9 a 10 A corrente alternada e contínua CONTATORES AUXILIARES - CORRENTE ALTERNADA - 10 A Por referência Tensões usuais (1) Conexão por parafuso NA NF IPI a incluir: % B7 E7 F7 M7 Q7 R7 CAD 0-144,16 S Q D D Q Q ,16 D D D D M S Embalagem opcional contendo 20 peças. Conexão por mola NA NF B7 E7 F7 M7 Q7 R7 CAD 03-11,31 M2 M D M2 M2 F ,31 M M M M M2 M2 Corrente alternada Volts a /60 Hz B7 D7 E7 F7 FE7 M7 P7 U7 Q7 V7 N7 R7 CONTATORES AUXILIARES - CORRENTE CONTÍNUA - 10 A Por referência Tensões usuais (1) Conexão por parafuso NA NF JD BD ED FD GD MD CAD 0-292,18 Q D Q Q D M ,18 Q D D S D D Conexão por mola NA NF JD BD ED FD GD MD CAD ,49 F M M2 F2 F M ,49 M2 M M2 F2 F2 M2 Corrente contínua (bobinas com antiparasita incorporado) Volts c U de 0,7 a 1,2 Uc JD BD CD ED ND SD FD GD MD UD RD CONTATORES AUXILIARES - CORRENTE CONTÍNUA Por referência BAIXO CONSUMO - 10 A Tensões usuais (1) Conexão por parafuso NA NF AL BL EL SL CAD 0-30,43 M2 D M2 F ,43 M2 D M2 M2 Conexão por mola NA NF AL BL EL SL CAD ,6 F M M2 F ,6 M2 M F F Baixo consumo (bobinas com antiparasita incorporado) Volts c U de 0,7 a 1,2 Uc AL BL EL SL Obs.: Os blocos aditivos para os contatores auxiliares encontram-se na página 22. Nota: Substituir ( ) da referência por dígitos correspondentes à tensão do circuito de comando. Contatores Contatos aditivos instantâneos Temporizados Tipo Montagem lateral Montagem frontal Montagem frontal Montagem frontal 2 contatos 4 contatos a 1 à esquerda e 1 ou 1 ou 1 c 1 ou 1 ou 1 BC (*) 1 CONTATORES TRIPOLARES - CORRENTE ALTERNADA Por referência COM CONEXÃO POR PARAFUSO Tensões usuais (1) Corrente (A) AC3 Corrente (A) AC1 IPI a incluir: % B7 E7 F7 M7 Q7 R7 LC1 D09 (3) ,11 D D D D D D D12 (3) ,12 S D D D D D D18 (3) ,19 S D D D D D D2 (3) ,12 D D D D D D D32 (3) ,3 D D D D D D D38 (3) ,8 D D D D Q Q D40A (2) (4) ,71 D D D D D D D0A (2) (4) ,22 D D D D D M D6A (2) (4) ,4 D D D D M F2 D80 (4) ,4 D D D D M M D ,71 D M D D M M D ,06 G M D D G M D ,17 M M D D M M2 Obs.: A Tabela de Conversão de Referências da série D2 para TeSys na página 66. Corrente alternada Volts a LC1D09...D10 (para os contatores D11 e D10 bobinas com antiparasita incorporado) 0/60 Hz B7 D7 E7 F7 FE7 M7 P7 U7 Q7 V7 N7 R7 - (1) Para prazo de outras tensões, consultar nosso Call Center / (11) (2) Com conexão de potência Everlink. (3) Embalagem opcional contendo 20 peças. (4) Embalagem opcional contendo 10 peças. (*) Contatores de baixo consumo. Obs.: Os preços são unitários, ICMS 18% incluso. Fevereiro /

14 Contatores modelo D 9 a 10 A corrente alternada Comando CONTATORES TRIPOLARES - CORRENTE ALTERNADA Por referência COM CONEXÃO POR TERMINAIS OLHAL Tensões usuais (1) Corrente (A) AC3 Corrente (A) AC1 IPI a incluir: % B7 E7 F7 M7 Q7 R7 LC1 D ,4 F2 M M M G2 G2 D ,40 G2 G2 M M G2 G2 D ,83 M2 G2 M M F M2 D ,7 M2 M2 M M M2 M2 D ,82 M2 M2 M M M2 M2 D ,0 M2 M2 M2 M2 M2 M2 D40A ,94 F L M2 M2 F F D0A ,92 M2 L M2 F2 F F D6A ,49 M2 L M2 M2 F F D ,1 F L L M2 F2 L D ,2 L L L L L L D ,69 M2 G2 D D M2 G2 D , F2 M2 F2 D M2 M2 Corrente alternada Volts a LC1D09...D10 (para os contatores D11 e D10 bobinas com antiparasita incorporado) 0/60 Hz B7 D7 E7 F7 FE7 M7 P7 U7 Q7 V7 N7 R7 - CONTATORES TRIPOLARES - CORRENTE ALTERNADA Por referência COM CONEXÃO POR MOLA Tensões usuais (1) Corrente (A) AC3 Corrente (A) AC1 IPI a incluir: % B7 E7 F7 M7 Q7 R7 LC1 D ,4 M M2 M2 M M2 M2 D ,40 M M M M2 M2 M2 D ,83 G3 G3 G M2 F2 M2 D ,7 G3 M2 M2 M2 F2 M2 D ,82 G3 F2 M F2 F2 F2 D40A3 (2) ,69 L L F F F F D0A3 (2) ,78 L L F F F F D6A3 (2) ,62 L L F F F F COM CONEXÃO POR TERMINAIS FASTON Corrente (A) AC3 Corrente (A) AC1 B7 E7 F7 M7 Q7 R7 LC1-D ,68 L L F2 M2 F2 F D ,40 L L F2 F2 F2 F2 Corrente alternada Volts a LC1D09...D6A 0/60 Hz B7 D7 E7 F7 FE7 M7 P7 U7 Q7 V7 N7 R7 - Obs.: A Tabela de Conversão de Referências da série D2 para TeSys na página 66. CONTATORES TETRAPOLARES - CORRENTE ALTERNADA Por referência COM CONEXÃO POR PARAFUSO OU CONECTORES Tensões usuais (1) Corrente (A) Núm. de polos de potência AC1 NA NF B7 E7 F7 M7 Q7 R7 LC1 DT ,88 M M M M M2 M2 D ,88 M M M M M2 M2 DT ,10 D M M D M2 M2 D ,10 D D D D M2 M2 DT ,27 M M M D M2 M2 D ,27 M M M M F M2 DT ,38 M M D D M2 F2 D ,38 M2 D D D G M2 DT60A (2) ,26 M M D D F2 M2 D ,26 M2 M M D M2 Q DT80A (2) ,64 M M D D M2 F2 D ,64 F2 M D D D Q D ,06 M M M F2 M M2 D ,66 F2 D M D M M D ,74 L M2 F2 F2 M2 F2 Corrente alternada Volts a LC1D09...D11 e LC1DT20...DT80A (para o contator D11 bobinas com antiparasita incorporado) 0/60 Hz B7 D7 E7 F7 FE7 M7 P7 U7 Q7 V7 N7 R7 - Nota: Substituir ( ) da referência por dígitos correspondentes à tensão do circuito de comando. (1) Para prazo de outras tensões, consultar nosso Call Center / (11) (2) Com conexão de potência Everlink. 10 Fevereiro / 2014 Obs.: Os preços são unitários, ICMS 18% incluso.

15 Comando Contatores modelo D 9 a 10 A corrente alternada CONTATORES TETRAPOLARES - CORRENTE ALTERNADA Por referência COM CONEXÃO POR TERMINAIS OLHAL OU BARRA Tensões usuais (1) Corrente (A) Núm. de polos de potência AC1 NA NF IPI a incluir: % B7 E7 F7 M7 Q7 R7 LC1 DT ,28 M2 M2 M2 M2 F F D ,28 F2 F2 F F F2 F2 DT ,23 M2 M2 M2 F M2 M2 D ,23 M2 M2 M2 M2 M2 M2 DT ,64 M2 F2 F M2 F2 F2 D ,64 F F F M2 F F DT ,24 M2 F M2 F F F D ,24 M2 M2 M2 M2 F F DT60A ,00 F F F F F F D ,00 L L L L L L DT80A ,32 F F F F F F D ,32 L F F F F F D ,9 L L L L L L D ,9 L L L L L L D ,43 L M2 M2 M2 F2 F2 COM CONEXÃO POR MOLA Por referência Tensões usuais (1) Corrente (A) Núm. de polos de potência AC1 NA NF B7 E7 F7 M7 Q7 R7 LC1 DT ,28 M2 M2 M2 M2 M2 F D ,28 M2 M2 M2 F F F DT ,23 M2 M M2 M2 M2 F D ,23 M2 M2 M2 F F F DT ,64 M2 M2 M2 M2 M2 F D ,64 F M2 M2 F F F DT ,24 M2 M F M2 F F D ,24 M2 M2 M2 M2 F F DT60A3 (2) ,00 F F F F F F DT80A3 (2) ,32 F F F F F F Corrente alternada Volts a LC1D09...D11 e LC1DT20...DT80A (para o contator D11 bobinas com antiparasita incorporado) 0/60 Hz B7 D7 E7 F7 FE7 M7 P7 U7 Q7 V7 N7 R7 - Nota: Substituir ( ) da referência por dígitos correspondentes à tensão do circuito de comando. CONTATORES PARA COMANDO DO BANCO DE CAPACITORES Por referência Potências de emprego Tensões usuais (1) (em kvar) (em kvar) Cont. aux /240V 400/440V NA NF B7 E7 F7 M7 Q7 R7 LC1-DFK11 6,7 12, ,47 G L M D M F DFK02 6,7 12, ,47 L L L M L L DGK11 8, 16, ,68 G2 L G D G L DGK02 8, 16, ,68 L L L L L L DLK ,32 F L G D F F DLK ,32 L L L G L L DMK ,89 G L M D F F2 DMK ,89 L L F F L L DPK , ,82 M2 L M D F2 M2 DTK ,23 M2 M2 F2 D M2 M2 DWK ,73 L L D D M2 F2 Corrente alternada Volts /60 Hz B7 D7 E7 F7 FE7 M7 P7 U7 Q7 V7 N7 R7 (1) Para prazo de outras tensões, consultar nosso Call Center / (11) (2) Com conexão de potência Everlink. Obs.: A Tabela de Conversão de Referências da série D2 para TeSys na página 66. Obs.: Os preços são unitários, ICMS 18% incluso. Fevereiro /

16 Contatores modelo D corrente contínua Comando CONTATORES TRIPOLARES - CORRENTE CONTÍNUA Por referência COM CONEXÃO POR PARAFUSO Tensões usuais (1) Corrente (A) AC3 Corrente (A) AC1 IPI a incluir: % JD BD ED FD GD MD LC1 D ,03 Q D Q M D Q D ,8 Q D Q M D D D ,87 Q D Q Q D D D ,47 S D Q D Q S D ,72 D D Q D D Q D ,7 Q D Q Q Q Q D40A (2) ,04 M2 D M M F2 M D0A (2) ,47 F2 D M M D M D6A (2) ,24 M2 D M F F2 M D ,03 M2 D M M D F2 D ,3 M2 D L F2 F2 M2 D ,06 L D M2 F F2 F2 D ,17 L D F2 F2 M2 F2 COM CONEXÃO POR TERMINAIS OLHAL OU BARRAS Corrente (A) AC3 Corrente (A) AC1 JD BD ED FD GD MD LC1 D ,01 G2 M F2 G2 G2 G2 D ,0 G2 M F2 G2 M2 G2 D ,32 G2 M2 G2 G2 M2 M2 D , M2 M M2 M2 M2 M2 D ,2 M2 M2 M2 M2 M2 M2 D ,74 M2 M2 M2 M2 M2 M2 D40A ,26 L M F F F F D0A ,63 L M2 F F F F D6A ,7 L F F F F F D ,94 L M2 L M2 L M2 D ,77 L M2 L M2 L M2 D ,69 L M M2 G2 M2 M2 D , L M M2 M2 F2 F2 Corrente contínua Volts c LC1D09...D38 (bobinas com antiparasita incorporado) U de 0,7 a 1,2 Uc JD BD CD ED ND SD FD GD MD UD RD LC1D40A D6A (bobinas com antiparasita incorporado) U de 0,7 a 1,2 Uc JD BD CD ED ND SD FD GD MD UD RD LC1D80...D9 U de 0,8 a 1,1 Uc JD BD CD ED ND SD FD GD MD UD RD LC1D11...D10 (bobinas com antiparasita incorporado) U de 0,7 a 1,2 Uc - BD - ED ND SD FD GD MD UD RD CONTATORES TRIPOLARES - CORRENTE CONTÍNUA Por referência COM CONEXÃO POR MOLA Tensões usuais (1) Corrente (A) AC3 Corrente (A) AC1 JD BD ED FD GD MD LC1 D ,01 M2 M M2 M2 M2 M D ,0 M2 M M2 M2 M2 M2 D ,32 F2 M F2 F2 F2 F2 D ,89 F2 M F2 F2 F2 F2 D ,6 F2 F2 F2 F2 F2 F2 D40A3 (2) ,14 L F F F F F D0A3 (2) ,14 L F F F F F D6A3 (2) ,7 L F F F F F COM CONEXÃO POR TERMINAIS FASTON Corrente (A) AC3 Corrente (A) AC1 JD BD ED FD GD MD LC1 D ,04 F2 F2 F2 F2 F2 F2 D ,70 F2 F2 F2 F2 F2 F2 Obs.: A Tabela de Conversão de Referências da série D2 para TeSys na página 66. Corrente contínua Volts c LC1D09...D38 (bobinas com antiparasita incorporado) U de 0,7 a 1,2 Uc JD BD CD ED ND SD FD GD MD UD RD LC1D40A...D6A (bobinas com antiparasita incorporado) U de 0,7 a 1,2 Uc JD BD CD ED ND SD FD GD MD UD RD Nota: Substituir ( ) da referência por dígitos correspondentes à tensão do circuito de comando. (1) Para prazo de outras tensões, consultar nosso Call Center / (11) (2) Com conexão de potência Everlink. 12 Fevereiro / 2014 Obs.: Os preços são unitários, ICMS 18% incluso.

17 Comando Contatores modelo D corrente contínua CONTATORES TETRAPOLARES - CORRENTE CONTÍNUA Por referência COM CONEXÃO POR PARAFUSO OU CONECTORES Tensões usuais (1) Corrente (A) Núm. de polos de potência AC1 NA NF IPI a incluir: % JD BD ED FD GD MD LC1 DT ,33 M2 M M2 M M M2 D ,33 F M M2 F M2 F DT ,98 M2 D M M M M D ,98 M M2 M M F M2 DT ,24 M2 M M2 M2 M2 M2 D ,24 M2 M M2 M2 M2 F2 DT ,46 M2 M M2 M2 F2 M D ,46 M D M M M2 M2 DT60A (2) ,12 M2 M M2 M2 F2 M2 LP1 D ,12 M2 M M2 M2 F2 M2 LC1 DT80A (2) ,13 F M M M2 M2 F2 LP1 D ,13 M2 M2 M2 M2 F2 M2 D ,29 M2 M M2 M2 M2 F2 D ,29 M2 F2 M2 M2 M2 M2 LC1 D ,74 L M2 M2 F M2 M2 CONTATORES TETRAPOLARES - CORRENTE CONTÍNUA Por referência COM CONEXÃO POR TERMINAIS OLHAL OU BARRA Tensões usuais (1) Corrente (A) Núm. de polos de potência AC1 NA NF JD BD ED FD GD MD LC1 DT ,40 F M2 F M2 F F D ,40 M2 M2 M2 M2 M2 M2 DT ,78 M2 M2 F M2 M2 F D ,78 M2 M2 M2 M2 M2 M2 DT ,1 F2 M2 F2 M2 F2 F2 D ,1 F M2 F M2 F F DT ,8 F2 M2 F2 F M2 F2 D ,8 F M2 F M2 F F DT60A ,48 F F F F F F LP1 D ,48 L L L L L L LC1 DT80A ,14 F F F F F F LP1 D ,14 L L L L L L D ,7 L L L L L L D ,7 L L L L L L LC1 D ,43 L M2 M2 M2 M2 M2 Corrente contínua Volts c LC1D09...D2 e LC1DT20...DT40A (bobinas com antiparasita incorporado) U de 0,7 a 1,2 Uc JD BD CD ED ND SD FD GD MD UD RD LC1DT60A LC1DT80A (bobinas com antiparasita incorporado) U de 0,7 a 1,2 Uc JD BD CD ED ND SD FD GD MD UD RD LP1D40...D80 U de 0,8 a 1,1 Uc JD BD CD ED ND SD FD GD MD UD RD LC1D11 (bobinas com antiparasita incorporado) U de 0,7 a 1,2 Uc - BD - ED ND SD FD GD MD UD RD Nota: Substituir ( ) da referência por dígitos correspondentes à tensão do circuito de comando. Obs.: A Tabela de Conversão de Referências da série D2 para TeSys na página 66. CONTATORES TETRAPOLARES - CORRENTE CONTÍNUA Por referência COM CONEXÃO POR MOLA Tensões usuais (1) Corrente (A) Núm. de polos de potência AC1 NA NF JD BD ED FD GD MD LC1 DT ,40 F M2 M2 M2 F F D ,40 F M2 M2 M2 M2 F DT ,78 F M2 F M2 F F D ,60 F M2 M2 M2 F F DT ,1 F M2 M2 M2 F F D ,1 F M2 F F F F DT ,8 F F2 F F F F D ,8 F M2 F F F F DT60A3 (2) ,48 F F F F F F DT80A3 (2) ,14 F F F F F F Corrente contínua Volts c LC1D09...D2 e LC1DT20...DT40A (bobinas com antiparasita incorporado) U de 0,7 a 1,2 Uc JD BD CD ED ND SD FD GD MD UD RD LC1DT60A LC1DT80A (bobinas com antiparasita incorporado) U de 0,7 a 1,2 Uc JD BD CD ED ND SD FD GD MD UD RD Nota: Substituir ( ) da referência por dígitos correspondentes à tensão do circuito de comando. (1) Para prazo de outras tensões, consultar nosso Call Center / (11) (2) Com conexão de potência Everlink. Obs.: Os preços são unitários, ICMS 18% incluso. Fevereiro /

18 Contatores modelo D corrente contínua - baixo consumo Comando CONTATORES TRIPOLARES - BAIXO CONSUMO Por referência Tensões usuais (1) COM CONEXÃO POR PARAFUSO Corrente (A) AC3 Corrente (A) AC1 IPI a incluir: % AL BL EL SL LC1 D ,97 M2 D M2 M2 D ,99 M2 D M M2 D ,2 M2 D M M2 D ,87 L M M M2 D ,21 L D M2 M2 D ,68 L Q M2 M2 COM CONEXÃO POR TERMINAIS OLHAL OU BARRAS AL BL EL SL LC1 D ,62 G2 M G2 G2 D ,81 G2 M2 G2 G2 D ,7 G2 M G2 F D ,06 L M2 M2 M2 D ,38 L M M2 M2 D ,74 L M2 M2 M2 CONTATORES TRIPOLARES - BAIXO CONSUMO Por referência Tensões usuais (1) COM CONEXÃO POR MOLA Corrente (A) AC3 Corrente (A) AC1 AL BL EL SL LC1 D ,62 F2 D M2 M2 D ,81 M2 M M2 D D ,7 F2 M F2 F2 D ,06 L M L F2 D ,38 L M L F2 COM CONEXÃO POR TERMINAIS FASTON AL BL EL SL LC1 D ,36 F2 F2 F2 F2 D ,19 M2 M2 M2 M2 Baixo consumo Volts c LC1D09...D38 (bobina com antiparasita incorporado) U de 0,8 a 1,2 Uc AL BL EL SL CONTATORES TETRAPOLARES - BAIXO CONSUMO Por referência COM CONEXÃO POR PARAFUSO OU CONECTORES Tensões usuais (1) Corrente Número de polos de potência (A) AC1 NA NF AL BL EL SL LC1 DT ,88 M2 M M2 F D ,88 F2 F2 M2 F DT ,26 F M M2 M2 D ,3 M2 M2 M2 M2 DT ,4 F M M2 F D ,40 F2 M2 F2 F2 DT ,92 F M M2 M2 D ,9 M2 M2 M2 M2 COM CONEXÃO POR TERMINAIS OLHAL OU BARRA AL BL EL SL LC1 DT ,10 F M F F D ,10 M2 M2 M2 M2 DT ,04 F M2 F F D ,04 M2 M2 M2 M2 DT ,92 F M2 F M2 D ,92 F M2 F M2 DT ,1 F M2 M2 F D ,4 F M2 F M2 COM CONEXÃO POR MOLA AL BL EL SL LC1 DT ,10 F M M2 F D ,10 F M2 F F DT ,04 F M2 M2 F D ,04 F M2 F F DT ,92 F M2 F F D ,92 F M2 F F DT ,1 F M2 F F D ,1 F F F F Obs.: A Tabela de Conversão de Referências da série D2 para TeSys na página 66. Baixo consumo Volts c LC1D09...D2 e LC1DT20...DT40 (bobina com antiparasita incorporado) U de 0,8 a 1,2 Uc AL BL EL SL Nota: Substituir ( ) da referência por dígitos correspondentes à tensão do circuito de comando. (1) Para prazo de outras tensões, consultar nosso Call Center / (11) Fevereiro / 2014 Obs.: Os preços são unitários, ICMS 18% incluso.

19 Comando Chaves reversoras modelo D corrente alternada CHAVES REVERSORAS TRIPOLARES CORRENTE ALTERNADA Por referência COM CONEXÃO POR PARAFUSO OU CONECTORES Tensões usuais (1) Corrente (A) AC3 Corrente (A) AC1 IPI a incluir: % B7 E7 F7 M7 Q7 R7 LC2 D ,3 M Q D D L Q D ,79 Q Q M D M M D ,9 Q Q D Q Q Q D ,64 Q Q D D Q Q D ,90 Q Q D Q M2 Q D ,31 Q Q Q Q M Q D40A (2) ,83 M M D D Q Q D0A (2) ,23 F2 M M F F F D6A (2) ,9 F M D M F F D ,93 M M D D F F D ,3 F M2 M M F Q D ,81 L L M2 F2 L L D ,34 L L M2 F2 L L COM CONEXÃO POR TERMINAIS OLHAL B7 E7 F7 M7 Q7 R7 LC2 D ,6 L L M2 L L L D ,78 L L M2 L L L D ,32 L L L L L L D ,82 L L M2 L L L D ,69 L L L L L L D ,82 L L L L L L D ,83 L L M2 L L L D ,91 L L L L L L Corrente alternada Volts a LC2D09...D10 (para os contatores D11 e D10 bobinas com antiparasita incorporado) 0/60 Hz B7 D7 E7 F7 FE7 M7 P7 U7 Q7 V7 N7 R7 - COM CONEXÃO POR MOLA B7 E7 F7 M7 Q7 R7 LC2 D ,63 L L L F2 L L D ,78 M2 L L L L L D ,32 L L M2 L L L D ,82 L L L L L L D ,70 L L L L L L D40A3 (2) ,97 F F F F F F D0A3 (2) ,64 F F F F F F D6A3 (2) ,12 F F F F F F COM CONEXÃO POR TERMINAIS FASTON B7 E7 F7 M7 Q7 R7 LC2 D ,44 L L L L L L D ,7 L L L L L L Corrente alternada Volts a LC2-D09...D6A 0/60 Hz B7 D7 E7 F7 FE7 M7 P7 U7 Q7 V7 N7 R7 - Nota: Substituir ( ) da referência por dígitos correspondentes à tensão do circuito de comando. (1) Para prazo de outras tensões, consultar nosso Call Center / (11) (2) Com conexão de potência Everlink. Obs.: A Tabela de Conversão de Referências da série D2 para TeSys na página 66. Obs.: Os preços são unitários, ICMS 18% incluso. Fevereiro /

20 Chaves reversoras modelo D corrente contínua Comando CHAVES REVERSORAS TRIPOLARES CORRENTE CONTÍNUA Por referência COM CONEXÃO POR PARAFUSO OU CONECTORES Tensões usuais (1) Corrente (A) AC3 Corrente (A) AC1 JD BD ED FD GD MD LC2 D ,1 F D F M D M2 D ,19 F Q M2 F Q M2 D ,97 F M F F M M2 D ,1 Q Q Q F F F D ,6 Q Q F Q M Q D ,07 Q Q Q Q Q Q D40A (2) ,10 F Q F F F F D0A (2) ,87 F Q F F F F D6A (2) ,46 F Q F F F F COM CONEXÃO POR TERMINAIS OLHAL JD BD ED FD GD MD LC2 D ,98 L L L L L L D ,48 L L L L L L D ,27 L L L L L L D ,91 L L L L L L D ,69 L L L L L L D ,12 L L L L L L COM CONEXÃO POR MOLA JD BD ED FD GD MD LC2 D ,99 L L L L L L D ,48 L L L L M2 L D ,27 L L L L L L D ,91 L L L L L L D ,69 L L L M2 L L D40A3 (2) ,20 F L F F F F D0A3 (2) ,21 F L F F F F D6A3 (2) ,43 L L L L L L COM CONEXÃO POR TERMINAIS FASTON JD BD ED FD GD MD LC2 D ,41 L L L L L L D ,63 L L L L L L Corrente contínua Volts c LC2D09...D38 (bobinas com antiparasita incorporado) U de 0,7 a 1,2 Uc JD BD CD ED ND SD FD GD MD UD RD LC2D40A...D6A (bobinas com antiparasita incorporado) U de 0,7 a 1,2 Uc JD BD CD ED ND SD FD GD MD UD RD Nota: Substituir ( ) da referência por dígitos correspondentes à tensão do circuito de comando. (1) Para prazo de outras tensões, consultar nosso Call Center / (11) (2) Com conexão de potência Everlink. Obs.: A Tabela de Conversão de Referências da série D2 para TeSys na página Fevereiro / 2014 Obs.: Os preços são unitários, ICMS 18% incluso.

Confiabilidade e segurança em partidas de motores e componentes de proteção TeSys

Confiabilidade e segurança em partidas de motores e componentes de proteção TeSys Confiabilidade e segurança em partidas de motores e componentes de proteção TeSys Guia Essencial Sumário Partidas de motores, aplicações de potência e componentes de proteção TeSys Partidas de motores

Leia mais

Partidas de motores TeSys K, D e F

Partidas de motores TeSys K, D e F Partidas de motores TeSys K, D e F GV2ME LC1K Partidas de motores e equipamentos TeSys de 0,25 CV a 10 CV Partidas diretas com disjuntor-motor termomagnético cv Características (1) (2) (3) kw Icu Ics A

Leia mais

Você quer reduzir o custo com partidas de motores? TeSys U - Solução inteligente para partida de motores

Você quer reduzir o custo com partidas de motores? TeSys U - Solução inteligente para partida de motores Você quer reduzir o custo com partidas de motores? TeSys U - Solução inteligente para partida de motores Você quer reduzir o custo com partidas de motores? Opte pelo menor TCO*! Tente responder as seguintes

Leia mais

Disjuntor-motor MPW25

Disjuntor-motor MPW25 Disjuntor-motor MPW25! Solução Compacta para Proteção do circuito elétrico e partida/proteção de motores! Disparadores Térmico e Magnético! Alta capacidade de Interrupção! Completa Linha de Acessórios

Leia mais

RELÉS CONTATORES - BOTOEIRAS

RELÉS CONTATORES - BOTOEIRAS RELÉS CONTATORES - BOTOEIRAS Análise de Circuitos Contatores/Relés Aula 02 Prof. Luiz Fernando Laguardia Campos 3 Modulo Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina Cora Coralina Sobrecarga

Leia mais

CWC + ACESSÓRIOS. 3 e 4. 3 e 4. 3 e 4

CWC + ACESSÓRIOS. 3 e 4. 3 e 4. 3 e 4 Minicontator CWC ü Manobra em regime AC-3 até 16A. ü Acoplamento direto ao relé de sobrecarga RW17D ü Linhas com bobina CA e CC com mesmo dimensional ü Bobina CC de baixo consumo ü Operação em regime AC-4

Leia mais

Dispositivos de proteção

Dispositivos de proteção Dispositivos de proteção Introdução Panorama da linha Tipo 3RV10 3RV11 3RV13 3RV14 3RV16 3RV16 3RV17 Disjuntor 3RV1 até 100 A Aplicações Proteção de instalações 1) 1) Proteção de motores Proteção de motores

Leia mais

Produtos de Baixa Tensão. Contatores e mini contatores Soluções para manobra e proteção. Catálogo Contatores panorama_2011.indd 1

Produtos de Baixa Tensão. Contatores e mini contatores Soluções para manobra e proteção. Catálogo Contatores panorama_2011.indd 1 Produtos de Baixa Tensão Contatores e mini contatores Soluções para manobra e proteção Catálogo Contatores panorama_2011.indd 1 04/11/11 07:09 Soluções para manobra e proteção Contatores de alta performance

Leia mais

Disjuntores-motores TeSys GV2, GV3 e GV7

Disjuntores-motores TeSys GV2, GV3 e GV7 Disjuntores-motores TeSys GV2, GV3 e GV7 2007 uma marca Sumário 0 Disjuntores-motores Tesys GV2, GV3 e GV7 0 Disjuntores-motores termomanéticos e manéticos Disjuntores-motores termomanéticos - Guia de

Leia mais

Comandos Elétricos. Prof. Carlos T. Matsumi

Comandos Elétricos. Prof. Carlos T. Matsumi Comandos Elétricos Comandos Elétricos ACIONAMENTO CONVENCIONAL Conhecido como partidas convencionais de motores, utilizam se de dispositivos eletromecânicos para o acionamento (partida) do motor (ex. contatores

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Relés de Sobrecarga Térmico Linha RW

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Relés de Sobrecarga Térmico Linha RW Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Relés de Sobrecarga Térmico Linha RW Relés de Sobrecarga Térmico RW Informações Gerais - Local para identificação - Tecla Reset + Multifunção

Leia mais

2. DISPOSITIVOS DE COMANDO E CHAVES DE PARTIDA

2. DISPOSITIVOS DE COMANDO E CHAVES DE PARTIDA 2. DISPOSITIVOS DE COMANDO E CHAVES DE PARTIDA A instalação de máquinas diversas requer uma grande gama de dispositivos que possibilitem o perfeito funcionamento, de preferência o mais automatizado possível,

Leia mais

Mini-Disjuntores. GE Industrial Solutions. GE imagination at work. Aplicações comerciais e industriais Norma IEC (0,5-125A) GE Consumer & Industrial

Mini-Disjuntores. GE Industrial Solutions. GE imagination at work. Aplicações comerciais e industriais Norma IEC (0,5-125A) GE Consumer & Industrial GE Consumer & Industrial GE Industrial Solutions Produzidos no Brasil Séries G5 e G0 MiniDisjuntores Aplicações comerciais e industriais Norma IEC (0,5 A) GE imagination at work 2 1 Parte externa, termoplástica

Leia mais

CONTATORES E RELÉS DE SOBRECARGA

CONTATORES E RELÉS DE SOBRECARGA Mod. 0.0/0.0 Sujeito a alterações sem prévio aviso. WEG CIONMENTOS V. PREF. WLDEMR GRUBB, 00 800 JRGUÁ DO SUL SC TEL. (7) 700 FX (7) 70 http://www.weg.com.br email : wamkt@weg.com.br SÃO PULO: TEL. ()

Leia mais

Características Técnicas Série Quasar

Características Técnicas Série Quasar Descrição do Produto A Série Quasar é uma linha de painéis tipo CCMi (centro de controle de motores inteligente) para baixa tensão e correntes até 3150 A, ensaiados conforme a norma NBR/IEC 60439-1 - TTA

Leia mais

Motores Automação Energia Tintas. Automação Contatores e Relés de Sobrecarga

Motores Automação Energia Tintas. Automação Contatores e Relés de Sobrecarga Motores Automação Energia Tintas Automação Contatores Modulares CWM - Tripolares/Tetrapolares Bobinas em Corrente Alternada (CA): 50/60Hz ou 60Hz 2) Bobinas em Corrente Contínua (CC) 2) CWM9 CWM12 CWM18

Leia mais

www.siemens.com.br/3nj4 Sentron 3NJ4 e 3NJ5 Seccionadores Fusíveis Verticais Maior segurança em soluções compactas

www.siemens.com.br/3nj4 Sentron 3NJ4 e 3NJ5 Seccionadores Fusíveis Verticais Maior segurança em soluções compactas www.siemens.com.br/3nj4 Sentron 3NJ4 e 3NJ5 Seccionadores Fusíveis Verticais Maior segurança em soluções compactas Verticais SENTRON Maior segurança em soluções compactas SENTRON: Dispositivos para distribuição

Leia mais

Catalogo Técnico. Disjuntor Motor BDM-NG

Catalogo Técnico. Disjuntor Motor BDM-NG Catalogo Técnico Disjuntor Motor BDM-NG Disjuntores-Motor BDM-NG Generalidade: O disjuntor-motor BDM-NG,Tripolar, são termomagnéticos compactos e limitadores de corrente. Ideal para o comando e a proteção

Leia mais

Proteção e Seletividade. Sidnei Castro sidnei.castro@schneider-electric.com 48-8801.2013

Proteção e Seletividade. Sidnei Castro sidnei.castro@schneider-electric.com 48-8801.2013 Proteção e Seletividade Sidnei Castro sidnei.castro@schneider-electric.com 48-8801.2013 Conceitos Básicos de Proteção Elementos de Proteção - Disjuntores - Fusíveis - Reles Térmicos - Interruptores Diferenciais

Leia mais

Soluções modulares para proteção elétrica Minidisjuntores, interruptores diferenciais, blocos diferenciais e minidisjuntores diferenciais

Soluções modulares para proteção elétrica Minidisjuntores, interruptores diferenciais, blocos diferenciais e minidisjuntores diferenciais Produtos de Baixa Tensão Soluções modulares para proteção elétrica Minidisjuntores, interruptores diferenciais, blocos diferenciais e minidisjuntores diferenciais Soluções para aplicações residenciais

Leia mais

Disjuntores-Motor BDM-G. Dados Técnicos Características Gerais. Posições das teclas

Disjuntores-Motor BDM-G. Dados Técnicos Características Gerais. Posições das teclas Disjuntores-Motor BDM-G Generalidade: O disjuntor-motor BDM-G,Tripolar, são termomagnéticos compactos e limitadores de corrente. Ideal para o comando e a proteção dos motores. Possuem alta capacidade de

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Contatores para Aplicações de Segurança

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Contatores para Aplicações de Segurança Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Automação Contatores para Aplicações de Segurança Com a crescente conscientização da necessidade de avaliação dos riscos na operação de máquinas

Leia mais

Sistemas de Accionamento Electromecânico

Sistemas de Accionamento Electromecânico Sistemas de Accionamento Electromecânico Comando e protecção de motores Introdução SISTEMAS de ACCIONAMENTO ELECTROMECÂNICO, O que são? Sistemas capazes de converter energia eléctrica em energia mecânica

Leia mais

46.52 46.61. 2 reversíveis, 8 A Plug-in/terminais a solda. 2 reversíveis 8/15 250/440 2000 350 0.37. AgNi

46.52 46.61. 2 reversíveis, 8 A Plug-in/terminais a solda. 2 reversíveis 8/15 250/440 2000 350 0.37. AgNi Série - Mini relé industrial 8-16 SÉRIE Características.52.61 1 ou 2 contatos.52-2 contatos reversíveis 8.61-1 contato reversível 16 Montado diretamente em base ou via conectores Faston Bobinas em C ou

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Contatores para Aplicações de Segurança

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Contatores para Aplicações de Segurança Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Contatores para Aplicações de Segurança Contatores para Aplicações de Segurança Com a crescente conscientização da necessidade de avaliação dos

Leia mais

Lovato Electric do Brasil. Produtos e soluções para automação industrial

Lovato Electric do Brasil. Produtos e soluções para automação industrial Lovato Electric do Brasil Produtos e soluções para automação industrial www.lovatoelectric.com.br Controlador automático para grupo gerador - Funcionamento a microprocessador - Sistema completo de medição

Leia mais

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6 Contatores de Potência 3RT10, 3TF6 3RT10 26 3RT10 36 3RT10 65 3TF69 Motores trifásicos Contator 1) Potências máximas Corrente Corrente AC-2 / AC-3, 60 z em nominal nominal 220 V 380 V 440 V máxima máxima

Leia mais

Proteção Diferencial. GE Energy Services Industrial Solutions. imagination at work

Proteção Diferencial. GE Energy Services Industrial Solutions. imagination at work GE Consumer & Industrial GE Energy Services Industrial Solutions Proteção Diferencial DR - Interruptor Diferencial Residual DDR - Disjuntor com Proteção Diferencial DOC (Diff-o-Click) - Blocos Diferenciais

Leia mais

110,5 x 22,5 x 114 (term. mola)

110,5 x 22,5 x 114 (term. mola) Supervisão de parada de emergência e monitoramento de portas Supervisão de sensores de segurança magnéticos codificados Entrada para 1 ou 2 canais Categoria de Segurança até 4 conforme EN 954-1 Para aplicações

Leia mais

Proteção Diferencial

Proteção Diferencial GE Consumer & Industrial GE Energy Management Industrial Solutions Proteção Diferencial DR - Interruptor Diferencial Residual DDR - Disjuntor com Proteção Diferencial DOC (Diff-o-Click) - Blocos Diferenciais

Leia mais

V6 Características. A função de compensação de escorregamento permite uma operação estável mesmo com flutação de carga.

V6 Características. A função de compensação de escorregamento permite uma operação estável mesmo com flutação de carga. IBD# D-F-2-H-KSN-BR V6 Características Alta Performance [Alto torque de partida com 150% ou mais] Com um sistema simplificado de controle vetorial e função de controle de torque automático oferece uma

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Contatores e Relés de Sobrecarga

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Contatores e Relés de Sobrecarga Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Contatores e Relés de Sobrecarga Panorama Geral Contatores Modelos CW07 CWC07 CWC09 CWC02 CWC06 CWC025 Potência nominal de emprego em AC-3 )

Leia mais

PLANILHA DE PROPOSTA

PLANILHA DE PROPOSTA 0001 012186 INVERSOR DE FREQUENCIA 144 AMPERES / 220 VCA Inversor de freqüência para aplicação em motor elétrico trifásico com corrente nominal de serviço 140A, tensão nominal 220V, temperatura de funcionamento

Leia mais

Produtos de Baixa Tensão. Contatores e Proteção para motores

Produtos de Baixa Tensão. Contatores e Proteção para motores Produtos de Baixa Tensão Contatores e Proteção para motores Soluções para manobra e proteção Contatores de alta performance para aplicações de 9 à 5000 A Mini contatores para equipamentos compactos até

Leia mais

atéatéatéaté kw 45 90...450 90...450 37...450

atéatéatéaté kw 45 90...450 90...450 37...450 Réles de sobrecarga Introdução Tipo 3RU11 3RB20 3RB21 3RB22/3RB23 Relés de sobrecarga até 630A Aplicações Proteção de instalações 1) 1) 1) 1) Proteção de motores Corrente alternada, trifásica Corrente

Leia mais

Contatores e Relés de Sobrecarga SIRIUS. Answers for Industry.

Contatores e Relés de Sobrecarga SIRIUS. Answers for Industry. Contatores e Relés de Sobrecarga SIRIUS Answers for Industry. s 3RT10 Acessórios Descrição Execução S00 c b d a a Contatores 3RT10 15 / 3RT10 16 / 3RT10 17 b Bloco de contato auxiliar ( entrada de condutores

Leia mais

Capítulo 9. signum. Dispositivos de comando e sinalização

Capítulo 9. signum. Dispositivos de comando e sinalização Capítulo 9 signum Dispositivos de comando e sinalização SIGUARD Safety Integrated Técnica de segurança Sinalizador 8WD Com lâmpada incandescente e LED Diâmetro Ømm Pág. Tabela de escolha 9/ Acessórios

Leia mais

Soluções de proteção do motor. Protegendo seus investimentos

Soluções de proteção do motor. Protegendo seus investimentos Soluções de proteção do motor Protegendo seus investimentos Soluções de proteção do motor A linha de dispositivos de proteção de motores da Allen-Bradley abrange equipamentos de proteção simples para fins

Leia mais

Partidas para motores ultra-compactas SIRIUS 3RM1

Partidas para motores ultra-compactas SIRIUS 3RM1 Partidas para motores ultra-compactas SIRIUS 3RM1 Partidas para motores SIRIUS 3RM1 Multifuncionais e com apenas 22,5 mm de largura siemens.com/motorstarter/3rm1 Answers for industry. Acionamento de motores

Leia mais

W o r l d w i d e P a r t n e r

W o r l d w i d e P a r t n e r GE Consumer & Industrial Power Protection W o r l d w i d e P a r t n e r Série CB Contactores até 45kW NOVIDADE Série PB Unidades de Comando e Sinalização GE imagination at work Série CB Contactores Tipo

Leia mais

Comandos Elétricos Colégio Técnico de Campinas COTUCA/UNICAMP Prof. Romeu Corradi Júnior WWW.corradi.junior.nom.br

Comandos Elétricos Colégio Técnico de Campinas COTUCA/UNICAMP Prof. Romeu Corradi Júnior WWW.corradi.junior.nom.br Comandos Elétricos Colégio Técnico de Campinas COTUCA/UNICAMP Prof. Romeu Corradi Júnior WWW.corradi.junior.nom.br 1. INTRODUÇÃO A representação dos circuitos de comando de motores elétricos é feita normalmente

Leia mais

Siemens AG 2009 SIRIUS SENTRON SIVACON. Catálogo LV 90 2009. Baixa Tensão Corte, protecção e comando. Answers for industry.

Siemens AG 2009 SIRIUS SENTRON SIVACON. Catálogo LV 90 2009. Baixa Tensão Corte, protecção e comando. Answers for industry. SIRIUS SENTRON SIVACON Catálogo LV 90 2009 Baixa Tensão Corte, protecção e comando Answers for industry. Interruptores de corte em carga, sistemas de barramentos SENTRON 8US Introdução Apresentação geral

Leia mais

Soft Starters SIRIUS A proteção inteligente para motores, cargas e rede

Soft Starters SIRIUS A proteção inteligente para motores, cargas e rede Linha Solution Linha Plus Linha Master www.siemens.com.br/softstarters Soft Starters SIRIUS A proteção inteligente para motores, cargas e rede As soft starters Siemens protegem sua máquina e instalação

Leia mais

IND 1 DT MICROMASTER 430

IND 1 DT MICROMASTER 430 MICROMASTER 430 MICROMASTER 430 Uma visão geral l Inversores trifásicos de 400V projetados para aplicações com cargas de torque quadrático (bombas, ventiladores, etc.) l Quatro tamanhos de carcaça: FS

Leia mais

Equipamentos de manobra. Chaves Seccionadoras e Comutadoras Answers for industry.

Equipamentos de manobra. Chaves Seccionadoras e Comutadoras Answers for industry. Equipamentos de manobra Chaves Seccionadoras e Comutadoras Answers for industry. s A Índice Seccionadores S31 - tetrapolares... 2 Seccionadores S32, Ergon - tripolares e tetrapolares... 3 Seccionadores

Leia mais

www.siemens.com.br Manobra SIRIUS Contatores

www.siemens.com.br Manobra SIRIUS Contatores www.siemens.com.br Manobra SIRIUS Contatores Dispositivos de manobra Contatores Índice Contatores e combinações de contatores para manobra de motores Página Contatores tripolares 3RT10 (SIRIUS) 3 a 250

Leia mais

www.siemens.com/sion Disjuntores a vácuo SION 3AE5 e 3AE1 Equipamento de média tensão Catálogo HG 11.02 2014 Answers for infrastructure and cities.

www.siemens.com/sion Disjuntores a vácuo SION 3AE5 e 3AE1 Equipamento de média tensão Catálogo HG 11.02 2014 Answers for infrastructure and cities. www.siemens.com/sion Disjuntores a vácuo SION AE5 e AE1 Equipamento de média tensão Catálogo HG 11.0 014 Answers for infrastructure and cities. Disjuntores a vácuo SION AE5 e AE1 R-HG11-8.tif Siemens HG

Leia mais

DLB MAQ CE - Comandos elétricos DLB MAQCE - COMANDOS ELÉTRICOS LIVRO DE TEORIA E PRÁTICA

DLB MAQ CE - Comandos elétricos DLB MAQCE - COMANDOS ELÉTRICOS LIVRO DE TEORIA E PRÁTICA DLB MAQCE - COMANDOS ELÉTRICOS LIVRO DE TEORIA E PRÁTICA 1 Apresentação O livro Comandos Elétricos tem como objetivo dar subsídios teóricos e facilitar as atividades práticas propostas na Bancada Didática

Leia mais

COMPONENTES. Contatores de potência Tipo BMS09.08 / 18.08

COMPONENTES. Contatores de potência Tipo BMS09.08 / 18.08 COMPONENTES Contatores de potência Tipo 09.08 / 18.08 Informações gerais O contator, com mais de cem mil unidades em operação em todo o mundo, é um contator valorizado pelos construtores de vagões e operadores

Leia mais

Disjuntores a vácuo SION 3AE5 e 3AE1. Equipamento de média tensão. Totally Integrated Power SION. Catálogo HG 11.02. Edição 2015. siemens.

Disjuntores a vácuo SION 3AE5 e 3AE1. Equipamento de média tensão. Totally Integrated Power SION. Catálogo HG 11.02. Edição 2015. siemens. Disjuntores a vácuo SION AE5 e AE1 Equipamento de média tensão Totally Integrated Power SION Catálogo HG 11.0 Edição 015 siemens.com/sion Disjuntores a vácuo SION AE5 e AE1 R-HG11-8.tif Siemens HG 11.0

Leia mais

DRX caixa moldada Uma linha compacta, versátil e de alto desempenho

DRX caixa moldada Uma linha compacta, versátil e de alto desempenho [ PROTEÇÃO E COMANDO ] Produtos e sistemas DRX caixa moldada Uma linha compacta, versátil e de alto desempenho 1 VANTAGENS Permite a montagem frontal de acessórios elétricos por encaixe simples Fácil conexão

Leia mais

Contatores Contatores são dispositivos de manobra mecânica, eletromagneticamente, construídos para uma elevada freguência de operação.

Contatores Contatores são dispositivos de manobra mecânica, eletromagneticamente, construídos para uma elevada freguência de operação. Contatores Contatores são dispositivos de manobra mecânica, eletromagneticamente, construídos para uma elevada freguência de operação. De acordo com a potência (carga), o contator é um dispositivo de comando

Leia mais

GE Industrial Solutions. Disjuntores Industriais Norma IEC. TEDi / THEDi. GE imagination at work. GE Consumer & Industrial

GE Industrial Solutions. Disjuntores Industriais Norma IEC. TEDi / THEDi. GE imagination at work. GE Consumer & Industrial GE Consumer & Industrial GE Industrial Solutions Disjuntores Industriais Norma IEC TEDi / THEDi GE imagination at work 2 TEDi e THEDi Características técnicas do produto NBR IEC 609472 TIPO Nº de pólos

Leia mais

Mini-Disjuntores. MSA CONTROL Indústria Elétrica Ltda. Rua Iapó 334 - Casa Verde - São Paulo - SP - CEP:02512.02

Mini-Disjuntores. MSA CONTROL Indústria Elétrica Ltda. Rua Iapó 334 - Casa Verde - São Paulo - SP - CEP:02512.02 GE Consumer & Industrial GE Energy Management Industrial Solutions MSA CONTROL () 397 comercial@msacontrol.com.br Produzidos no Brasil s GE30/G5/G0 MiniDisjuntores Norma IEC (0,5 A) MSA CONTROL Indústria

Leia mais

Disjuntores a Vácuo SION Descrição. Índice. Título Aqui. Seção 1 Disjuntores a Vácuo SION Descrição. Seção 2 Disjuntor Padrão 3AE

Disjuntores a Vácuo SION Descrição. Índice. Título Aqui. Seção 1 Disjuntores a Vácuo SION Descrição. Seção 2 Disjuntor Padrão 3AE Disjuntores a Vácuo Descrição Disjuntores a Vácuo Título Aqui Índice Seção 1 Disjuntores a Vácuo Descrição Seção 2 Disjuntor Padrão 3AE Seção 3 Módulo Deslizante 3AE Anexo Siemens AG 2005 Disjuntores a

Leia mais

Proteção ao circuitos elétricos Baixo custo Conformidade IEC 60947-2

Proteção ao circuitos elétricos Baixo custo Conformidade IEC 60947-2 Proteção ao circuitos elétricos Baixo custo Conformidade IEC 60947-2 Disjuntores FM101 - Linha de Disjuntores em Caixa moldada Disjuntores FM101 - Linha de Disjuntores em Caixa moldada Os disjuntores FM

Leia mais

Disjuntores Abertos, Caixa Moldada e Interruptores Seccionadores

Disjuntores Abertos, Caixa Moldada e Interruptores Seccionadores Disjuntores Abertos, Caixa Moldada e Interruptores Seccionadores Capítulo Lista de Preços 014 Índice de designações Aparelhagem de baixa tensão Chassis para disjuntores abertos Masterpact NT 106 Chassis

Leia mais

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6 Contatores de Potência 3RT10, 3TF6 3RT10 26 3RT10 36 3RT10 65 3TF69 220 V ( cv/kw ) Motores trifásicos Contador 1) Fusíveis Potências Máximas AC2/AC3, 60 z 380 V ( cv/kw ) 440 V ( cv/kw ) Máxima Máxima

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Contatores para Manobra de Capacitores

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Contatores para Manobra de Capacitores Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Automação Contatores para Manobra de Capacitores Manobras de Capacitores para Correção do Fator de Potência A linha de contatores especiais CWMC

Leia mais

Série Quasar. Quadro Geral de Baixa Tensão Quadro de Distribuição Centro de Controle de Motores Inteligente. www.altus.com.br

Série Quasar. Quadro Geral de Baixa Tensão Quadro de Distribuição Centro de Controle de Motores Inteligente. www.altus.com.br Série Quasar Quadro Geral de Baixa Tensão Quadro de Distribuição Centro de Controle de Motores Inteligente www.altus.com.br Na medida exata para seu negócio Modular: ampla variedade de configurações para

Leia mais

Manobra e Proteção de Motores. sirius. Métodos de Partida

Manobra e Proteção de Motores. sirius. Métodos de Partida anobra e Proteção de otores sirius étodos de Partida étodos de partida Índice Páginas Partida direta coordenada com fusível... e Partida direta com reversão coordenada com fúsivel... 5 e 6 Partida estrela-triângulo

Leia mais

Produtos de Baixa Tensão. Novo SACE Emax 2 Referência em disjuntores de baixa tensão no mundo

Produtos de Baixa Tensão. Novo SACE Emax 2 Referência em disjuntores de baixa tensão no mundo Produtos de Baixa Tensão Novo SACE Emax 2 Referência em disjuntores de baixa tensão no mundo Novo Emax 2 A ABB criou a combinação perfeita de controle, facilidade de uso, conectividade e desempenho, para

Leia mais

SIRIUS Innovations. Comando, Manobra e Proteção. Controle Industrial. Answers for industry.

SIRIUS Innovations. Comando, Manobra e Proteção. Controle Industrial. Answers for industry. SIRIUS Innovations Comando, Manobra e. Controle Industrial nswers for industry. Contatores 38 Introdução Siemens Industry utomation inovou o seu Sistema Modular SIRIUS de Controles Industriais. Os produtos

Leia mais

Disjuntor em Caixa Moldada LZM. Design é compacto, já o controle da energia é enorme.

Disjuntor em Caixa Moldada LZM. Design é compacto, já o controle da energia é enorme. Disjuntor em Caixa Moldada LZM Design é compacto, já o controle da energia é enorme. Potência para os negócios no mundo todo Automotivo A Eaton fornece energia para centenas de produtos atendendo a demanda

Leia mais

Mód. 32 SD Relé NA - "Check Before Operate"

Mód. 32 SD Relé NA - Check Before Operate 1. Descrição do Produto O módulo AL-3202 é uma interface de saída digital, de 32 pontos, a relé, microprocessada, cuja principal característica é implementar a operação com "check before operate", sendo

Leia mais

RELÉS 24V CA / CC 24 240V CA/CC 3RR21 41-1AA30 3RR21 41-1AW30 3RR21 42-1AA30 3RR21 42-1AW30

RELÉS 24V CA / CC 24 240V CA/CC 3RR21 41-1AA30 3RR21 41-1AW30 3RR21 42-1AA30 3RR21 42-1AW30 Reles de Monitoramento de Corrente SIRIUS Os reles de monitoramento de corrente supervisionam não apenas os motores ou outras cargas, mas adicionam facilidades para o monitoramento da corrente ideal do

Leia mais

Produtos de Automação. Disjuntor em caixa moldada Baixa tensão Linha Formula

Produtos de Automação. Disjuntor em caixa moldada Baixa tensão Linha Formula Produtos de Automação Disjuntor em caixa moldada Baixa tensão Linha Formula Simplicidade e qualidade A linha de disjuntores em caixa moldada FORMULA é o resultado da longa experiência da ABB ao longo de

Leia mais

Disjuntor Nema. MSA CONTROL Indústria Elétrica Ltda. Rua Iapó 334 - Casa Verde - São Paulo - SP - CEP:02512.02

Disjuntor Nema. MSA CONTROL Indústria Elétrica Ltda. Rua Iapó 334 - Casa Verde - São Paulo - SP - CEP:02512.02 GE Energy Management Industrial Solutions MSA CONTROL (11) 39611171 comercial@msacontrol.com.br Disjuntor Nema Disjuntores (10 a 1200A) MSA CONTROL Indústria Elétrica Ltda. Rua Iapó 334 Casa Verde São

Leia mais

2 contatos, 10 A Conexão a parafuso Montagem em trilho 35 mm (EN 60715) Montagem em trilho 35 mm (EN 60715)

2 contatos, 10 A Conexão a parafuso Montagem em trilho 35 mm (EN 60715) Montagem em trilho 35 mm (EN 60715) Série - 7-0 A SÉRIE Características.3.33.34 Relé Modular de interface, 3 e 4 contatos, largura 7 mm. Interface ideal para sistemas eletrônicos e para PLC..3 - contatos 0 A (conexão a parafuso).33-3 contatos

Leia mais

Capacitores Correção do Fator de Potência. Motores Automação Energia Tintas

Capacitores Correção do Fator de Potência. Motores Automação Energia Tintas Capacitores Correção do Fator de Potência Motores Automação Energia Tintas Unidade Capacitiva Monofásica - UCW g As unidades capacitivas monofásicas WEG, tipo UCW, são produzidas com filme de polipropileno

Leia mais

Soluções para manobra e proteção

Soluções para manobra e proteção Catálogo Técnico Soluções para manobra e proteção Contatores Mini contatores Relés de sobrecarga 601/20060 Soluções para manobra e proteção ÍNDICE Correntes e potências nominais de operação do motor...

Leia mais

COMPONENTES. Chave sem carga para o tipo de Título Instalação fixa SW

COMPONENTES. Chave sem carga para o tipo de Título Instalação fixa SW COMPONENTES Chave sem carga para o tipo de Título Instalação fixa SW Informações gerais A chave SW sem carga é uma gama completa projetada para cobrir todas as aplicações a serem cumpridas em subestações

Leia mais

Na Placa de Comando estão montados os circuitos para partida direta, partida direta com reversão e partida estrelatriângulo;

Na Placa de Comando estão montados os circuitos para partida direta, partida direta com reversão e partida estrelatriângulo; 1) BANCADA PRINCIPAL MODELO POL-110 Fabricada em estrutura de alumínio, constituída por dois postos de trabalho que servirão de base para utilização de qualquer um dos kits didáticos a serem adquiridos.

Leia mais

Comandos Elétricos. Teoria e Aplicações. Ligação de Motores

Comandos Elétricos. Teoria e Aplicações. Ligação de Motores Comandos Elétricos Teoria e Aplicações Ligação de Motores 1 Motor Elétrico Transformar energia elétrica em energia mecânica Motores de Corrente Alternada Mais usados porque a transmissão de energia é alternada

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DO ITEM R$

ESPECIFICAÇÃO DO ITEM R$ ANEXO 2 Planilha Orçamentária Estimativa de Quantitativos e Preços Máximos Global e Unitários LOTE ÚNICO ESPECIFICAÇÃO DO ITEM Qtde. Unitário R$ Total R$ 01 02 03 04 05 CHAVE NIVEL TIPO BOIA,ATUACAO: ALARME

Leia mais

Descrição do Produto. Dados para compra

Descrição do Produto. Dados para compra Descrição do Produto A funcionalidade e versatilidade da linha de Inversores de Freqüência NXL da Altus fazem dela a solução ideal para as mais diversas aplicações. Visa atingir motores com menores potências

Leia mais

Chaves de Partida Manobra e Proteção de Motores Elétricos. Motores Automação Energia Tintas

Chaves de Partida Manobra e Proteção de Motores Elétricos. Motores Automação Energia Tintas Manobra e Proteção de Motores Elétricos Motores Automação Eneria Tintas Destinadas à manobra e proteção de motores elétricos trifásicos e monofásicos. De acordo com a aplicação a WEG disponibiliza uma

Leia mais

Chaves de Partida Manobra e Proteção de Motores Elétricos. Motores Energia Automação Tintas

Chaves de Partida Manobra e Proteção de Motores Elétricos. Motores Energia Automação Tintas Chaves de Partida Manobra e Proteção de Motores Elétricos Motores Eneria Automação Tintas Chaves de Partida Destinadas à manobra e proteção de motores elétricos trifásicos e monofásicos. De acordo com

Leia mais

Usina de Inovações Brasil Novembro 2008 SIPLUX E SIVACON S4

Usina de Inovações Brasil Novembro 2008 SIPLUX E SIVACON S4 Usina de Inovações Brasil Novembro 2008 SIPLUX E SIVACON S4 Painéis de distribuição e Centro de Controle de Motores para todas as aplicações em Baixa Tensão. O que se espera de um painel de Baixa tensão?

Leia mais

SYNCHROTACT 5. Sistemas e equipamentos de sincronização e paralelismo para redes e máquinas síncronas

SYNCHROTACT 5. Sistemas e equipamentos de sincronização e paralelismo para redes e máquinas síncronas SYNCHROTACT 5 Sistemas e equipamentos de sincronização e paralelismo para redes e máquinas síncronas Aplicação SYNCHROTACT 5 é a quinta geração dos equipamentos para sincronização produzidos pela ABB Switzerland

Leia mais

Relés de Sobrecarga Térmicos 3US

Relés de Sobrecarga Térmicos 3US Relés de Sobrecarga Térmicos US Relés de Sobrecarga Térmicos US /2 / /5 /8 Resumo Tabela de Seleção Informações Técnicas Esquema Dimensional catalogo TS_ cap.indd 1 Relés de Sobrecarga Térmicos US Relés

Leia mais

CONJUNTO DIDÁTICO PARA ESTUDO DE MÁQUINAS ELÉTRICAS OPENLAB

CONJUNTO DIDÁTICO PARA ESTUDO DE MÁQUINAS ELÉTRICAS OPENLAB CONJUNTO DIDÁTICO PARA ESTUDO DE MÁQUINAS ELÉTRICAS OPENLAB Este sistema é formado pelos seguintes elementos, compatíveis entre si e especialmente projetados para o estudo de máquinas elétricas. Código

Leia mais

I. Contator... 5. II. Carga Trifásica em Estrela e Triângulo... 11. III. Motor Monofásico... 15. IV. Ligação Subsequente Automática de Motores...

I. Contator... 5. II. Carga Trifásica em Estrela e Triângulo... 11. III. Motor Monofásico... 15. IV. Ligação Subsequente Automática de Motores... COMANDOS ELÉTRICOS 3 SUMÁRIO I. Contator... 5 II. Carga Trifásica em Estrela e Triângulo... 11 III. Motor Monofásico... 15 IV. Ligação Subsequente Automática de Motores... 19 V. Inversão do Sentido de

Leia mais

Automação Minicontatores. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

Automação Minicontatores. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Automação Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas CW e CWC Panorama Geral 2 5 7 4 7 6 7 9 3 4 8 7 2 Minicontator CW7(Terminal parafuso) 2 Minicontator intertravado mecanicamente CWI7(Terminal

Leia mais

KRAUS & NAIMER DISPOSITIVOS OPCIONAIS CATÁLOGO 101 BR LINHA AZUL. www.krausnaimer.com.br DESDE 1907

KRAUS & NAIMER DISPOSITIVOS OPCIONAIS CATÁLOGO 101 BR LINHA AZUL. www.krausnaimer.com.br DESDE 1907 KRAUS & NAIMER LINHA AZUL www.krausnaimer.com.br DESDE 1907 CATÁLOGO 101 BR DISPOSITIVOS OPCIONAIS DADOS CONSTRUTIVOS Os comutadores das séries C, CA e CAD oferecem infinitas aplicações e soluções para

Leia mais

Capacitores Correção do Fator de Potência. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

Capacitores Correção do Fator de Potência. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Capacitores Correção do Fator de Potência Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas www.we.net Sumário Tecnoloia dos Capacitores...4 Linha de Produtos...5 UCW - Unidade Capacitiva Monofásica...6

Leia mais

Equipamentos Elétricos e Eletrônicos de Potência Ltda.

Equipamentos Elétricos e Eletrônicos de Potência Ltda. Equipamentos Elétricos e Eletrônicos de Potência Ltda. Confiança e economia na qualidade da energia. Recomendações para a aplicação de capacitores em sistemas de potência Antes de iniciar a instalação,

Leia mais

GE Energy Management Industrial Solutions. Analisadores de energia MT Plus. Compacto, Inteligente e Flexível. GE imagination at work

GE Energy Management Industrial Solutions. Analisadores de energia MT Plus. Compacto, Inteligente e Flexível. GE imagination at work GE Energy Management Industrial Solutions Analisadores de energia MT Plus Compacto, Inteligente e Flexível GE imagination at work Analisadores de energia MT Plus Tabela de Parâmetros 5 MTDIN 6 Analisador

Leia mais

SSW05 Plus Micro Soft-Starter. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

SSW05 Plus Micro Soft-Starter. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas SSW05 Plus Micro Soft-Starter Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas www.weg.net SSW05 Plus - Micro Soft-Starters Soft-starters são chaves de partida estática, projetadas para a aceleração,

Leia mais

Disjuntores em Caixa Moldada DW. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

Disjuntores em Caixa Moldada DW. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Disjuntores em Caixa Moldada DW Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Disjuntores em Caixa Moldada DW Sumário Apresentação Características Gerais 6 Proteções e Ajustes no Disjuntor

Leia mais

30.22. Baixo consumo Contatos dourados Montagem em circuito impresso 0.8. Vista lado cobre. 2 reversíveis 2/3 125/250 125 25

30.22. Baixo consumo Contatos dourados Montagem em circuito impresso 0.8. Vista lado cobre. 2 reversíveis 2/3 125/250 125 25 Série 30 - Relé miniatura Dual in Line A Características 30. Montagem em circuito impresso A para comutação de sinais contatos reversíveis para comutação de baixas cargas Relé miniatura para padrão industrial

Leia mais

CATÁLOGO CCM INCOTEQ

CATÁLOGO CCM INCOTEQ INCOTEQ IND a E COM o TÉCNICO DE QUADROS ELÉTRICOS LTDA. CATÁLOGO CCM INCOTEQ GAVETAS EXTRAÍVEIS CLASSE 600V SÉRIE 7800 QUALIDADE INCONTESTÁVEL, ROBUSTO DISPENSA FERRAMENTAS PARA EXTRAÇÃO E INSERÇÃO, CONSTRUÍDOS

Leia mais

1 Indicações de segurança

1 Indicações de segurança Actuador regulador universal 1 canal, 50-210 W com entrada binária N.º art. 3210 UP Manual de instruções 1 Indicações de segurança A instalação e a montagem de aparelhos eléctricos apenas devem ser realizadas

Leia mais

Automação Centros de Controle de Motores de Baixa Tensão. Motores Automação Energia Tintas

Automação Centros de Controle de Motores de Baixa Tensão. Motores Automação Energia Tintas Automação Centros de Controle de Motores de Baixa Tensão Motores Automação Energia Tintas CCMs BT WEG Os CCMs BT WEG foram desenvolvidos para atender aos mais diversos segmentos de mercado, atendendo a

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Soluções em Segurança Chaves de Intertravamento e Sensores de Segurança

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Soluções em Segurança Chaves de Intertravamento e Sensores de Segurança Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Soluções em Segurança de Intertravamento e Sensores de Segurança de Intertravamento de Segurança Operada por Lingueta sem Solenóide CISC - Compacta

Leia mais

SSW-05 Micro Soft-starter

SSW-05 Micro Soft-starter Motores Automação Energia Tintas Micro Soft-starter g Compacto g Digital - DSP g Fácil operação g Elevado rendimento g By-pass incorporado REPLACE ME BY A PICTURE! Soft-Starters são chaves de partida estática,

Leia mais

Contatos em AgNi, para comutação de cargas resistivas ou levemente indutivas, como cargas de motores

Contatos em AgNi, para comutação de cargas resistivas ou levemente indutivas, como cargas de motores Características 22.32.0.xxx.1xx0 Série 22 - Contator modular 25 A 22.32.0.xxx.4xx0 Mini contator modular de 25A - 2 contatos Largura do módulo, 17.5 mm Contatos NA com abertura 3mm com dupla abertura Energização

Leia mais

Contatos em AgNi, para comutação de cargas resistivas ou levemente indutivas, como cargas de motores. 2000 fluorescente compacta (CFL) W

Contatos em AgNi, para comutação de cargas resistivas ou levemente indutivas, como cargas de motores. 2000 fluorescente compacta (CFL) W Características 22.32.0.xxx.1xx0 Série 22 - Contator modular 25 A 22.32.0.xxx.4xx0 Contator modular de 25A - 2 contatos Largura do módulo, 17.5 mm Contatos NA com abertura 3mm com dupla abertura Energização

Leia mais