REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS"

Transcrição

1 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 1. Livros e artigos citados 2. Legislação consultada 3. Fontes consultadas na escola 4. Outras fontes consultadas sobre a escola

2 Referências bibliográficas Livros e artigos citados ABRAHAMSSON, Bengt (1993). The Logic of Organizations. Newbury Park: Sage Publications. AFONSO, Almerindo (1995). "O Novo Modelo de Gestão das Escolas e a Conexão Tardia à Ideologia Neoliberal", in Revista Portuguesa de Educação, V.8, nº 1, pp AFONSO, Almerindo (1998). Políticas Educativas e Avaliação Educacional. Para Uma Análise Sociológica da Reforma Educativa em Portugal ( ). Braga: Instituto de Educação e Psicologia da Universidade do Minho. AFONSO, Almerindo (2000). "Políticas Educativas em Portugal ( ): a Reforma Global, o Pacto Educativo e os Reajustamentos Neo-Reformistas", in Afrânio M. Catani & Romualdo P. Oliveira (Orgs.). Reformas Educacionais em Portugal e no Brasil. Belo Horizonte: Autêntica, pp AFONSO, Almerindo e outros (1999). Projectos Educativos, Planos de Actividades e Regulamentos Internos. Avaliação de uma Experiência. Porto: Edições ASA. AFONSO, Natércio (1994). A Reforma da Administração Escolar. A Abordagem Política em Análise Organizacional. Lisboa: Instituto de Inovação Educacional. AINLEY, J. e outros (1987). School Organization and the Quality of Schooling: a Study of Victorian Government Secondary Schools. Melbourne: ACER Research Monograph nº 29. ALLAIRE, Yvan & FIRSIROTU, Mihaela E. (1984). "Theories of Organizational Culture". Organizations Studies, Vol. V (3), pp ALMEIDA, João F. & PINTO, José M. (1982). A Investigação nas Ciências Sociais. Lisboa: Editorial Presença. ALVESSON, Mats (1987). Organization Theory and Technocratic Consciousness. Rationality, Ideology, and Quality of Work. Berlin/New York: Walter de Gruyter. ALVESSON, Mats (2002). Understanding Organizational Culture. London: Sage Publications. ALVESSON, Mats & BERG, Per Olof (1992). Corporate Culture and Organizational Symbolism. An Overview. Berlin/New York: Walter de Gruyter. AMÉRICO, Padre (s/d). A Obra da Rua. Paço de Sousa: Editorial da Casa do Gaiato. AMIGUINHO, Abílio e outros (1999). "Da Dinâmica Educativa Local ao Agrupamento de Escolas", in Aprender, nº 23, pp APPLE, Michael W. (1999). Políticas Culturais e Educação. Porto: Porto Editora (1ª edição em 1996). APPLE, Michael W. (2001). "Reestruturação Educativa e Curricular e as Agendas Neoliberal e Neoconservadora: Entrevista com Michael Apple", in Currículo Sem Fronteiras, Vol. 1, nº 1, pp (www.curriculosemfronteiras.org.). APPLE, Michael W. (2002). "'Endireitar' a Educação: As Escolas e a Nova Aliança Conservadora", in Currículo Sem Fronteiras, Vol. 2, nº 1, pp (www.curriculosemfronteiras.org.).

3 Referências bibliográficas 546 ARAÚJO, Helena C. (1990). "As Mulheres e o Ensino Estatal", in Revista Crítica de Ciências Sociais, nº 29, pp ARAÚJO, Helena C. (1995). "As Professoras Primárias e as suas Histórias de Vida: das Origens aos Primeiros Anos de Vida Profissional", in Educação, Sociedade & Culturas, nº 3, pp ARAÚJO, Helena C. (1996). "Precocidade e 'retórica' na Construção da Escola de Massas em Portugal", in Revista Crítica de Ciências Sociais, nº 5, pp ARAÚJO, José A. (1997). Mudanças Ritualizadas em Contextos Organizacionais Ambíguos: O Caso da Avaliação do Aproveitamento Escolar dos Alunos. Dissertação de Mestrado em Educação, Área de Especialização em Administração Escolar. Braga: Universidade do Minho (policopiado). AVERCH, H. (1971). How Effective is Schooling?. Santa Monica: Rand Corporation. BALDRIDGE, Victor & DEAL, Kennedy (1975). Managing Change in Educational Organizations. Sociological Theories, Stategies and Case Studies. Berkeley, CA: McCutchan Publishing Corporation. BALDRIDGE, Victor & DEAL, Kennedy (1983). The Dynamics of Organizational Change in Education. Berkeley, CA: McCutchan Publishing Corporation. BALL, Stephen J (1994). Education Reform: A Critical and Post-Structural Approach. Buckingham: Open University Press. BALL, Stephen J. (2001). "Directrizes Políticas Globais e Relações Políticas Locais em Educação", in Currículo Sem Fronteiras, Vol. 1, nº 2, pp (www.curriculosemfronteiras.org.). BARDISA RUIZ, Teresa (1997). "Teoría Y Práctica de la Micropolítica en las Organizaciones Escolares", in Revista Iberoamericana de Educación, nº 15, pp BARLEY, Stephen e outros (1988). "Cultures of Culture: Academics, Practitioners, and the Pragmatics of Normative Control", in Administrative Science Quarterly, Vol. 33, pp BARLEY, Stephen (1991). "Semiotics and the Study of Occupational and Organizational Culture", in Peter J. Frost e outros (Eds.). Reframing Organizational Culture. London: Sage Publications, pp BARNARD, Chester I. (1971). As Funções do Executivo. São Paulo: Atlas (1ª edição em 1938). BARROSO, João (1993). A Organização Pedagógica e a Administração dos Liceus ( ). Dissertação de doutoramento em Educação, Área de Conhecimento em Ciências da Educação. Lisboa: Universidade de Lisboa (policopiado). BARROSO, João (1995a). Os Liceus. Organização Pedagógica e Administração ( ). Volume I e II. Lisboa Fundação Calouste Gulbenkian/JUICT.

4 Referências bibliográficas 547 BARROSO, João (1995b). "Para uma Abordagem Teórica da Reforma da Administração Escolar: Distinção entre 'Direcção' e 'Gestão'", in Revista Portuguesa de Educação, Vol. 8, nº 1, pp BARROSO, João (1996). Para o Desenvolvimento de uma Cultura de Participação na Escola. Lisboa: Instituto de Inovação Educacional. BARROSO, João (1998). "Descentralização e Autonomia: Devolver o Sentido Cívico e Comunitário à Escola Pública", Revista Colóquio/Educação e Sociedade, nº 4 (nova série), pp BARROSO, João (1999). "A Escola Entre o Local e o Global. Perspectivas para o Século XXI. O Caso de Portugal", in João Barroso (Org.). A Escola Entre o Local e o Global. Perspectivas para o Século XXI. Lisboa: Educa. BARROSO, João (2001). Relatório Global da Primeira Fase do Programa de Avaliação Externa. Lisboa: Centro de Estudos da Escola, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Lisboa. BARROSO, João (Org.) (2003). A Escola Pública. Regulação Desregulação Privatização. Porto: Edições ASA. BARROSO, João & PINHAL, João (Orgs.) (1996). A Administração da Educação. Os Caminhos da Descentralização. Lisboa: Edições Colibri. BATES, Richard J. (1987). "Corporate Culture, Schooling, and Educational Administration", in Educational Administration Quarterly, Vol. 23, nº 4, pp BECK, Ulrich (1998). La Sociedad del Riesgo. Hacia una Nueva Modernidad. Barcelona, Buenos Aires e Mexico: Paidós (1ª edição em 1986). BECK, Ulrich e outros (2000). Modernização Reflexiva. Política, Tradição e Estética no Mundo Moderno. Oeiras: Celta Editora (1ª edição em 1994). BELL, Les (1989). "Ambiguity Models and Secondary Schools: A Case Study", in Tony Bush (Ed.). Managing Education: Theory and Practice. Milton Keynes: Open University Press, pp BENAVENTE, Ana (1987). "Mudança e Estratégias de Mudança. Notas Sobre a Instituição Escolar", in Revista de Educação, Vol. 1, nº 2, pp BENAVENTE, Ana (1990). Escola, Professoras e Processos de Mudança. Lisboa: Livros Horizonte. BENDIX, Reinhard (1956). Work and Authority in Industry. Nova YorK: Harper and Row. BENNIS, Warren G. (1975). "The Decline of Bureaucracy and Organizations of the Future", in Edgar F. Huse, Readings on Behavior in Organizations. Readings Mass: Addinson-Wesley Publishing Company. BERGER, Peter & LUCKMANN, Thomas (1990). A Construção Social da Realidade. Petrópolis: Vozes (1ª edição original em 1966).

5 Referências bibliográficas 548 BERLE, Adolph A. & MEANS, Gardiner C. (1932). The Modern Corporation and Private Property. Nova Iorque: McMillan. BERNOUX, Philippe (1995). A Sociologia das Organizações. Porto: Rés (1ª edição original em 1981). BERNOUX, Philippe (1997). A Sociologia das Empresas. Porto: Rés (1ª edição original em 1995). BERNSTEIN, Basil (1970). Class, Codes and Control. Vol. 3. Towards a Theory of Educational Transmission. London: Routledge and Kegan Paul. BERNSTEIN, Basil e outros (1971). "Ritual in Education", in B. R. Cosin e outros. School and Society. A Sociological Reader. London: Routledge & Kegan Paul Ltd., pp BERTRAN, Alain & RUFFAT, Michèle (Dir.) (1991). Culture D'entreprise et Histoire. Paris: Les Éditions D'organization. BIDWEEL, Charles E. (2001). "Analysing Schools as Organizations: Long-Term Permanence and Short-Term Change", in Sociology of Education, Extra Issue, pp BIVAR, M. de F. (1975). Ensino Primário e Ideologia. Lisboa: Seara Nova. BLASE, Joseph (1986). "Socialization as Humanization: One Side of Becoming a Teacher", in Sociology of Education, Vol. 59, pp BLASE, Joseph (Ed.) (1991). The Politics of Life in Schools. Power, Conflict, and Cooperation. London: Sage Publications. BLAU, Peter & SCHOENHERR, Richard A. (1971). The Structures of Organizations. New York: Basic Books. BLAU, Peter M & SCOTT, Richard W. (1979). Organizações Formais. Uma Abordagem Comparativa. São Paulo: Editora Atlas, S.A. (Tradução da obra original de 1962). BOLMAN, Lee G. & DEAL, Terrence E. (1994). Becoming a Teacher Leader. From Isolation to Collaboration. Thousand Oaks: Corwin Press, Inc. BOLTANSKI, Luc & THÉVENOT, Laurent (1991). De La Justification. Les Économies de la Grandeur. Paris: Gallimard. BOSKER, Roel J. & SCHEERENS, Jaap (1992). "Definição de Critérios, Dimensões dos Efeitos e Estabilidade: Três Questões Fundamentais na Investigação Sobre a Eficácia Escolar", in António Nóvoa (Coord.). As Organizações Escolares em Análise. Lisboa: Publicações Dom Quixote, Lda., pp BOUDON, Raymond (1989). Effets Pervers et Ordre Social. Paris: Quadrige/PUF (1ª edição em 1977). BOUDON, Raymond (1990). O Lugar da Desordem. Lisboa: Gradiva (1ª edição original em 1984). BOUDON, Raymond (1992). Traité de Sociologie. Paris: PUF (edição portuguesa 1995). BOUDON, Raymond (1995). "Acção", in Raymond Boudon (Dir.). Tratado de Sociologia. Porto: Edições ASA, pp (1ª edição original em 1992).

6 Referências bibliográficas 549 BOUDON, Raymond (1998). O Justo e o Verdadeiro. Estudos Sobre a Objectividade dos Valores e do Conhecimento. Lisboa: Instituto Piaget. BOURDIEU, Pierre (1979). La Distinction. Critique Social du Jugement. Paris: Les Éditions de Minuit. BOURDIEU, Pierre (1989). O Poder Simbólico. Lisboa: Difel. BOURDIEU, Pierre (1997). Razões Práticas. Sobre a Teoria da Acção. Oeiras: Celta Editora (1ª edição original em 1994). BOURDIEU, Pierre (1998). Escritos de Educação. Petrópolis: Editora Vozes, Lda. BOURDIEU, Pierre (2001). As Estruturas Sociais da Economia. Lisboa: Instituto Piaget. BOURDIEU, Pierre (2002). Esboço de uma Teoria da Prática. Precedido de Três Estudos de Etnologia Cabila. Oeiras: Celta Editora (1ª edição original em 1972). BOURDIEU. Pierre & PASSERON, Jean-Claude (1985). Les Héritiers. Les Étudiants et la Culture. Paris: Les Éditions de Minuit (1ª edição em 1964). BOURDIEU. Pierre & PASSERON, Jean-Claude (s/d). A Reprodução. Elementos para uma Teoria do Sistema de Ensino. Lisboa: Editorial Vega (1ª edição original em 1970). BOURDIEU, Pierre e outros (1976). El Oficio de Sociólogo. Presupuestos Epistemológicos. Madrid: Siglo XXI de España Editores, S. A. BRAGA, Fátima (2001). Formação de Professores e Identidade Profissional. Lisboa: Quarteto Editora. BRANDÃO, M. (1997). "Notas Sobre a Ampliação dos Territórios Educativos em 1997/98", in Território Educativo, nº 2, pp BRESSOUX, Pascal (1994). "Les Recherches sur les Effets-Écoles et les Effets-Maîtres", in Revue Française de Pédagogie, nº 98, pp BROOKOVER, W. B. e outros (1978). "Elementary School Social Climate and School Achievement", in American Educational Research Journal, Vol. 15, pp BROOKOVER, W. B. e outros (1979). School Social Systems and Student Achievement: Schools Can Make a Difference. New York: Praeger. BRUNET, Luc (1992). "Clima de Trabalho e Eficácia de Escola", in António Nóvoa (Coord.). As Organizações Escolares em Análise. Lisboa: Publicações Dom Quixote, Lda., pp BURNS, Thomas & STALKER, G. M. (1961). The Management of Inovation. Londres: Tavistock. BUSH, Tony (1986). Theories of Educational Management. London: Harper & Row, publishers. CANÁRIO, Rui (1996). "Os Estudos Sobre a Escola: Problemas e Perspectivas", in João Barroso (Org.). O Estudo da Escola. Porto: Porto Editora, pp CARIA, Telmo (2000). A Cultura Profissional dos Professores. O Uso do Conhecimento em Contexto de Trabalho na Conjunctura da Reforma Educativa dos Anos 90. Lisboa:

7 Referências bibliográficas 550 Fundação Calouste Gulbenkian/ Fundação para a Ciência e Tecnologia/ Ministério da Ciência e da Tecnologia. CARON, François (1991). "L'Approche Culturelle, Une Tradition de la Recherche Historique", in Alain Bertrain e Michèle Ruffaf (Eds.). Culture D'Entreprise et Histoire. Paris: Les Éditions D'Organisation, pp CARVALHO, A. (1997). "Território Educativo uma Construção Sistémica", in Território Educativo, nº 1, pp CARVALHO, Luís Miguel de (1992). Clima de Escola e Estabilidade dos Professores. Lisboa: Educa. CASA-NOVA, M. José (2002). Etnicidade, Género e Escolaridade. Estudo em Torno das Socializações Familiares de Género Numa Comunidade Cigana da Cidade do Porto. Lisboa: Instituto de Inovação Educacional. CASTRO, Engrácia (1994). O Director de Turma nos 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico em Busca da Imagem Dominante. Dissertação de Mestrado em Educação, Área de Especialização em Administração Escolar. Braga: Universidade do Minho (policopiado). CAVACO, M. Helena (1990). "Retrato do Professor Enquanto Jovem", in Revista Crítica de Ciências Sociais, nº 29, pp CERTEAU, Michel De (1994). A Invenção do Quotidiano. Artes de Fazer. Petrópolis: Vozes (1ª edição original em 1980). CHANDLER, Alfred D. (1991). Strategy and Structure. Chapters in the History of the Industrial Enterprise. Cambridge, Mass: The MIT Press (1ª edição em 1962). CHILD, J. (1972). "Organizational Structure, Environment and Performance: The Role of Strategic Choice", in Sociology, Vol. 6, pp CIBULKA, James (1999). "Ideological Lenses for Interpreting Political and Economic Changes Affecting Schooling", in Joseph Murphy & Karen Louis (Eds.). Handbook of Research on Educational Administration. San Francisco: Jossey-Bass Publishers, pp CLEGG, Stewart (1998). As Organizações Modernas. Oeiras: Celta Editora. COHEN, E. e outros (1979). "Technology and Teaming in the Elementary School", in Sociology of Education, nº 52, pp COHEN, Ira J. (2002). "Teorias da Acção e da Praxis", in Bryan S. Turner (Ed.). Teoria Social. Lisboa: Difel, pp COHEN, M. D. & MARCH, J. G. (1986). Leadership and Ambiguity: The American College President. Boston MA: The Harvard Business School Press (1ª edição em 1974). COHEN, M. D., MARCH, J. G. & OLSEN, J. P. (1972). "A Garbage Can Model of Organizational Choice", in Administrative Science Quarterly, Vol. 17, pp COLEMAN e outros (1966). Equality of Educational Opportunity. Washington D. C: Governement Printing Office.

8 Referências bibliográficas 551 COMISSÃO GULBENKIAN Sobre a Reestruturação das Ciências Sociais (1996). Para Abrir as Ciências Sociais. Mem Martins: Publicações Europa América. CORIAT, Benjamim (1985). "O Taylorismo e a Expropriação do Saber Operário", in Duarte Pimentel e outros (Orgs). Sociologia do Trabalho. Organização do Trabalho Industrial. Antologia. Lisboa: A Regra do Jogo, Edições, pp CORREIA, José A. (1989). Inovação Pedagógica e Formação de Professores. Rio Tinto: Edições ASA. CORREIA, José A. (1991). "Elementos para uma Abordagem Sócio-Institucional dos Sistemas de Formação de Professores", in Stephen Stoer. Educação, Ciências Sociais e Realidade Portuguesa. Uma Abordagem Pluridisciplinar. Porto: Afrontamento, pp CORREIA, José A. (1994). "A Educação no Limiar do Século XXI: Perspectivas de Desenvolvimento Futuro", in Educação, Sociedade e Culturas, nº2, pp CORREIA, José A. (Coord.) (1999). "A Autonomia da Escola em Meio Rural: Partilha e Dependência com e da Comunidade", in Território Educativo, nº 6, pp CORREIA, José A. e outros (1993). "A Ideologia da Modernização no Sistema Educativo em Portugal", in Cadernos de Ciências Sociais, nº 12/13, pp CORTESÃO, Luíza (1982). Escola, Sociedade Que Relação?. Porto: Afrontamento. CORTESÃO, Luíza & PACHECO, N. (1991). "Interculturalismo e Realidade Portuguesa", in Inovação, Vol. 4, nº 2-3, pp CORTESÃO, Luíza & STOER, Stephen (1996). "A Interculturalidade e a Educação escolar: Dispositivos Pedagógicos e a Construção da Ponte Entre Culturas", in Inovação, Vol. 9, nº 1-2, pp CORTESÃO, Luíza & STOER, Stephen (1997). "Investigação-Acção e a Produção de Conhecimento no Âmbito de uma Formação de Professores para a Educação Inter/multicultural", in Educação, Sociedade & Culturas, nº 7, pp COSTA, Jorge A. (1995). Administração Escolar: Imagens Organizacionais e Projecto Educativo da Escola. Dissertação de doutoramento em Educação, Área de Conhecimento em Administração Educacional. Aveiro: Universidade de Aveiro (policopiado). COSTA, Jorge A. (1996). Imagens Organizacionais da Escola. Porto: ASA. COUSIN, Olivier & GUILLEMET, J. P. (1992). "Variations des Performances Scolaires et Effet D'ètablissement", in Education et Formation, nº 31, pp COUSIN, Olivier (1993). "L'Effet Établissement. Construction D'une Problématique", in Revue Française de Pédagogie, Vol. XXXIV, pp CROZIER, Michel (1990). Le Phénomène Bureaucratique. Paris: Éditions du Seuil (1ª edição original em 1963). CROZIER, Michel & FRIEDBERG, Erhard (1977). L'Acteur et le Système. Paris: Éditions du Seuil. CROZIER, Michel & FRIEDBERG, Erhard (1989). L'Acteur et le Système. Paris: Éditions du Seuil (1ª edição em 1977).

9 Referências bibliográficas 552 COMISSÃO DE REFORMA DO SISTEMA EDUCATIVO (1986). Projecto Global de Actividades (Documentos Preparatórios). Lisboa: Ministério da Educação e Cultura. COMISSÃO DE REFORMA DO SISTEMA EDUCATIVO (1988). Projecto Global de Actividades. Lisboa: Ministério da Educação, Gabinete de Estudos e Planeamento. CRUZ, L. B. (1997). "As Políticas Educativas e os Territórios", in Território Educativo, nº 2, pp CRUZ, M. Braga e outros (1988). "A Situação do Professor em Portugal", in Análise Social, vol. XXIV ( ), pp CUNNINGHAM, William G. & GRESSO, Donn W. (1993). Cultural Leadership: The Culture of Excellence in Education. Boston: Allyn and Bacon. DAHRENDORF, Ralf (1982). As Classes e seus Conflitos na Sociedade Industrial. Brasília: Editora Universidade de Brasília. DALE, Roger (2001). "Globalização e Educação: Demonstrando a Existência de uma «Cultura Educacional Mundial Comum» ou Localizando uma «Agenda Globalmente Estruturada para a Educação»?", in Educação, Sociedade & Culturas, nº 16, pp DALIN, Per & ROLFF, Hans-Gunter (1993). Changing the School Culture. London: Cassell. DEAL, Terrence (1975). "An Organizational Explanation of Alternative Schools Failures", in Educational Researcher, Vol. 4, nº 4, pp DEAL, Terrence (1982). "Alternative Schools: Struggle for Identity", in Changing Schools, Vol. 10, nº 2, pp DEAL, Terrence (1985). "National Commission Reports. Blueprints for Remodeling or Ceremonies for Revitalizing Public Schools", in Journal of Education and Urban Society, Vol. 17, nº 2. DEAL, Terrence (1988). "The Symbolism of Effective Schools", in Adam Westoby. Culture and Power in Educational Organizations. Milton Keynes: Open University Press, pp DEAL, Terrence & BALDRIDGE, Victor (Eds.) (1983). The Dynamics of Organizational Change in Education. Berkeley, CA: McCutchan Publishing Corporation. DEAL, Terrence & KENNEDY, Allen (1983). "Culture and School Performance", in Educational Leadership, Vol. 40, nº 5, pp DEAL, Terence & KENNEDY, Allan A. (1988). Corporate Cultures. The Rites and Rituals of Corporate Life. London: Penguin Books (1ª edição em 1982). DEAL, Terrence e outros (1977). Linking Knowledge to Schools: The Process of Change in Six Sites. Andover, MA: The Network. DEROUET, Jean-Louis (1996). "O Funcionamento dos Estabelecimentos de Ensino em França: Um Objecto Científico em Redefinição", in João Barroso (org.). O Estudo da Escola. Porto: Porto Editora, pp

10 Referências bibliográficas 553 DEROUET, Jean-Louis (2000). L'école dans Plusieurs Mondes. Bruxelles: De Boeck e Larcier. DERR, C. B. & GABARRO, J. J. (1972). "An Organizational Contingency Theory for Education", in Educational Administrative Quarterly, Vol. 8, pp DEWEY, John (1915). The School and Society. Chicago: The University of Chicago Press. DEWEY, John (1959). Democracia e Educação. São Paulo: Companhia Editora Nacional. DEWEY, John (1963). Experience and Education. New York: Mcmillan Publishing (1ª edição em 1938). DIMAGGIO, P. J. & POWELL, W. W. (1991). "Introduction", in W. Powell e P. DiMaggio (Ed.). The New Institutionalism in Organizational Analysis. Chicago: The University of Chicago Press, pp DIMAGGIO, P. J. (1997). "Culture and Cognition", in Annual Review of Sociology, nº 23, pp DIXON, Keith (1999). Os Evangelistas do Mercado. Oeiras: Celta Editora. DOMINGUES, Ivo e outros (1995). "O Associativismo Estudantil Numa Escola Secundária: Estruturas, Práticas e Paradoxos", in Inovação, Vol. 8 (1-2), pp DOMINGUES, Ivo e outros (1999). "O Associativismo Estudantil Numa Escola Secundária: Estruturas, Práticas e Paradoxos", in LIMA, Licínio C. (Coord.). Por Favor, Elejam a B. Associativismo Estudantil na Escola Secundária. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, pp DOMÍNGUEZ FERNÁNDEZ, Guillermo & MESANZA LÓPEZ, Jesús (Coords.) (1996). Manual de Organización de Instituciones Educativas. Madrid: Editorial Escuela Española, S.A. DUBAR, Claude (1997). A Socialização. Construção das Identidades Sociais e Profissionais. Porto: Porto Editora. DUBET, François (1996). Sociologia da Experiência. Lisboa: Instituto Piaget (1ª edição original em 1994). DURAND, Jean-Pierre & WEIL, Robert (Dir.) (1993). Sociologie Contemporaine. Paris: Éditions Vigot. DURKHEIM, Émile (1977). A Divisão do Trabalho Social. Vol. II. Lisboa: Editorial Presença (1ª edição original em 1893). DURKHEIM, Émile (1982). O Suícídio. Estudo Sociológico. Lisboa: Editorial Presença (1ª edição original em 1897). DURKHEIM, Émile (1984a). A Divisão do Trabalho Social. Vol.I. Lisboa: Editorial Presença (1ª edição original em 1893). DURKHEIM, Émile (1984b). As Regras do Método Sociológico. Lisboa: Editorial Presença (1ª edição original em 1895). DUTERCQ, Yves (1991). "Thé ou Café? Ou Comment L'analyse de Réseaux Peut Aider à Comprendre le Fonctionnement d'un Établissement Scolaire", in Revue Française de Pédagogie, nº 95, pp

11 Referências bibliográficas 554 DUTERCQ, Yves (1993). Les Professeurs. Paris: Hachette Livre. EDMONDS, R. R. (1979). "Some Schools Work and More Can", in Social Policy, Vol. 9. EISENSTAD, Shmuel N. (1971). "Burocracia, Burocratização e Desburocratização", in Edmundo Campos (Org.). Sociologia da Burocracia. Rio de Janeiro: Zahar Editores, pp (Tradução portuguesa de "Bureaucracy, Bureaucratization and Debureaucratization", in Amitai Etzioni. Complex Organizations: a Sociological Reader. New York: Rinehart and Winston, Inc., 1962, pp ). ELMORE, Richard F. (1987). "Reform and the Culture of Authority in Schools", in Educational Administration Quarterly, Vol. 23, nº 4, pp EMERY, F. & TRIST, E. L. (1965). "The Causal Texture of Organizational Environments", in Human Relations, Vol, 8, pp ENTEMAN, W. E. (1993). Managerialism The Emergence of a New Ideology. Madison: The University of Wisconsin Press. ERICKSON, Frederick (1987). "Conceptions of School Culture: An Overview", in Educational Administration Quarterly, Vol. 23, nº 4, pp ESTANQUE, Elísio (2000). Entre a Fábrica e a comunidade. Subjectividades e Práticas de Classe no Operariado do Calçado. Porto: Afrontamento. ESTÊVÃO, Carlos V. (1995a). "Inovação e mudança nas Organizações Educativas Públicas e Privadas", in Ciências da Educação: Investigação e Acção. Lisboa: Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação, pp ESTÊVÃO, Carlos V. (1995b). "O Novo Modelo de Direcção e Gestão das Escolas Portuguesas: Desvios e Aprofundamentos", in Revista Portuguesa de Educação, Vol. 8, nº 1, pp ESTÊVÃO, Carlos V. (1997). Redescobrir a Escola Privada Portuguesa Como Organização. Na Fronteira da sua Complexidade Organizacional. Dissertação de Doutoramento em Educação, Área de Conhecimento em Organização e Administração Escolar. Braga: Universidade do Minho (policopiado). ESTÊVÃO, Carlos V. (1998a). Redescobrir a Escola Privada Portuguesa Como Organização. Na Fronteira da sua Complexidade Organizacional. Braga: Universidade do Minho. ESTÊVÃO, Carlos V. (1998b). "As escolhas dos pais em educação: da parentocracia à astenia parental", in A. Estrela e J. Ferreira (Orgs.). A Decisão em Educação. Lisboa: Universidade de Lisboa (Actas do VIII Colóquio Nacional da Secção Portuguesa da AIPELF/AFIRSE), pp ESTÊVÃO, Carlos V. (1998c). "A Agenda Oculta da Gestão da Qualidade Total na Educação", in Organizações e Trabalho, n 20, pp ESTÊVÃO, Carlos V. (2001). Justiça e Educação. A Justiça Plural e a Igualdade Complexa na Escola. São Paulo: Cortez Editora.

12 Referências bibliográficas 555 ESTÊVÃO, Carlos V. (2002a). Globalização, Metáforas Organizacionais e Mudança Educacional. Dilemas e Desafios. Porto: Edições ASA. ESTÊVÃO, Carlos V. (2002b). "Justiça Complexa e Educação. Uma Reflexão Sobre a Dialectologia da Justiça em Educação", in Revista Crítica de Ciências Sociais, nº 64, pp ESTÊVÃO, Carlos V. (Coord.) (2002c). Training Policies and Practices in Organizations. Relatório de Investigação. Braga: Centro de Estudos em Educação e Psicologia da Universidade do Minho. ESTÊVÃO, Carlos V. & AFONSO, Almerido (1991). Contextos Organizacionais e Construção da Identidade Profissional. Profissionalidade Docente nos Ensinos Público e Privado", in Inovação, Vol. 4, nºs 2-3, pp ESTEVES, António J. (1992). "A Sociologia da Educação na Formação de Professores", in António J. Esteves & Stephen Stoer. A Sociologia na Escola. Professores, Educação e desenvolvimento. Porto: Afrontamento, pp ETZIONI, Amitai ( 1974). Análise Comparativa de Organizações Complexas. Sobre o Poder, o Engajamento e seus Correlatos. São Paulo: Zahar Editores (Tradução da obra publicada em ª edição) ETZIONI, Amitai (1984). Organizações Modernas. São Paulo: Pioneira (Tradução da obra original publicada em 1964). FEIMAN-NEMSER, Sharon & FLODEN, Robert E. (1986). "The Cultures of Teaching", in Merlin C. Wittrock (Ed.). Hanbook of Reaserch on Teaching. New York: Macmillan Publishing Company, pp FELDMAN, Martha S. (1991). "The Meaning of Ambiguity: Learning from Stories and Metaphors", in Peter J. Frost e outros (Eds.). Reframing Organizational Culture. London: Sage Publications, pp FERGUSSON, K. E (1994). "Managerialism in Education", in J. Clarke e outros (Orgs.). Managing Social Policy. London: Sage Publications, pp FERNANDES, António S. (1988). "A Distribuição de Competências entre a Administração Central, Local e Institucional da Educação Escolar Segundo a Lei de Bases do Sistema Educativo", in Comissão de Reforma do Sistema Educativo. Ministério da Educação. A Gestão do Sistema Escolar. Relatório de Seminário. Lisboa: Gabinete de Estudos e Planeamento do Ministério da Educação, pp FERNANDES, António S. (1992). A Centralização Burocrática do Ensino Secundário: Evolução do Sistema Educativo Português Durante os Períodos Liberal e Republicano ( ). Dissertação de Doutoramento em Educação, Área de Conhecimento em Organização e Administração Escolar. Braga: Universidade do Minho (policopiado).

13 Referências bibliográficas 556 FERNANDES, António S. (1997). "Descentralização Educativa e Projecto de Regionalização", in Território Educativo, nº 1, pp FERNANDES, António S. (1998). "Os Municípios Portugueses e a Educação: Entre os Fantasmas do Passado e os Desafios do Futuro", in Actas do Seminário Sobre Territorialização das Políticas Educativas. Guimarães: Centro de Formação Francisco de Holanda, pp FILLEAU, Marie-Georges & MARQUES-RIPOULL, Clotilde (2002). Teorias da Organização e da Empresa. Das Correntes Fundadoras às Práticas Actuais. Oeiras: Celta Editora. FINLAYSON, D. S. (1970). School Climate Index. Slough: NFER. FINLAYSON, D. S. (1973). "Measuring School Climate", in Trends in Education, nº 30. FIRESTONE, William A. & LOUIS, Karen S. (1999). "Scholls as Cultures", in Joseph Murphy e Karen S. Louis (Eds.). Handbook of Research on Educational Administration. San Francisco: Jossey-Bass Publishers. FORMOSINHO, João (1984). "A Renovação Pedagógica numa Administração Burocrática Centralizada", in O Ensino, nº 7-10, pp FORMOSINHO, João (1986). "A Regionalização do Sistema de Ensino", in Cadernos Municipais, Revista de Acção Regional e Local, nºs 38-39, pp FORMOSINHO, (1987). Educating for Passivity - A Study of Portuguese Education ( ). Ph. D. Thesis. University of London (policopiado). FORMOSINHO, João (1988). "Princípios para a Organização e Administração da Escola Portuguesa", in Comissão de Reforma do Sistema Educativo. Ministério da Educação. A Gestão do Sistema Escolar. Relatório de Seminário. Lisboa: Gabinete de Estudos e Planeamento do Ministério da Educação, pp FORMOSINHO, João (1989). "De Serviço de Estado a Comunidade Educativa: Uma Nova Concepção para a Escola Portuguesa", in Revista Portuguesa de Educação, Vol 2, nº 1, pp FORMOSINHO, João & MACHADO, Joaquim (1998). "Políticas Educativas Globais", in Actas do Seminário Sobre Territorialização das Políticas Educativas. Guimarães: Centro de Formação Francisco de Holanda, pp FORMOSINHO, João e outros (1999). Comunidades Educativas. Novos Desafios à Educação Básica. Braga: Livraria Minho. FORMOSINHO, João e outros (2000). Políticas Educativas e Autonomia das Escolas. Porto: Edições ASA. FOSKETT, Nicholas (Ed.) (1992). Managing External Relations in Schools. A Practical Guide. London and New York: Routledge. FREIRE, João (1992). Anarquistas e Operários. Ideologia, Ofício e Práticas Sociais: o Anarquismo e o Operariado em Portugal, Porto: Afrontamento. FREIRE, João (1997). Variações Sobre o Tema Trabalho. Porto: Edições Afrontamento.

14 Referências bibliográficas 557 FREITAS, Maria E. (1991). Cultura organizacional. Formação, Tipologias e Impacto. São Paulo: Mcgraw-Hill. FRENCH, R. P. & RAVEN, B. H. (1959). "The Basis of Social Power", in D. Cartwright. Studies in Social Power. University of Michigan Press. FREUND, Julien (1987). Sociologia de Max Weber. Rio de Janeiro: Forense-Universitária. FRIEDBERG, Erhard (1995a). O Poder e a Regra. Dinâmicas da Acção Organizada. Lisboa: Instituto Piaget (1ª edição original em 1993). FRIEDBERG, Erhard (1995b). "Organização", in Raymond Boudon. Tratado de Sociologia. Porto: Edições Asa, pp FROST, Peter J. e outros (Eds.) (1985). Organizational Culture. London: Sage Publications. FROST, Peter J. e outros (Eds.) (1991). Reframing Organizational Culture. London: Sage Publications. FULLAN, M. (1982). The Meaning of Educational Change. New York: Teachers College Press. GAIRÍN SALLÁN, Joaquín (2000). "Cambio de Cultura y Organizaciones que aprenden", in Educar, nº 27, pp GIDDENS, Anthony (1979). Central Problems in Social Theory. Londres: MacMillan. GIDDENS, Anthony (1984). Capitalismo e Moderna Teoria Social. Lisboa: Editorial Presença (edição original em 1972). GIDDENS, Anthony (1984). The Constitution of Society. Cambridge: Polity Press. GIDDENS, Anthony (1985). As Consequências da Modernidade. Oeiras: Celta Editora (1ª edição original em 1990). GIDDENS, Anthony (1989). A Constituição da Sociedade. São Paulo: Martins Fontes (1ª edição original em 1984). GIDDENS, Anthony (1996). Novas Regras do Método Sociológico. Uma Crítica Positiva às Sociologias Interpretativas. Lisboa: Gradiva (2ª edição inglesa em 1993). GIDDENS, Anthony (1997). Sociologia. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian (2ª edição inglesa em 1993). GIDDENS, Anthony (1998). Política, Sociologia e Teoria Social. Confrontos com o Pensamento Social Clássico e Contemporâneo. Oeiras: Celta Editora (1ª edição em 1995). GIDDENS, Anthony (2000). Dualidade da Estrutura. Agência e Estrutura. Oeiras: Celta Editora (1ª edição original em 1979). GIMENO SACRISTÁN, J. (1992). La Pedagogía por Objectivos: Obcesión por la Eficiencia. Madrid: Ediciones Morata. GOFMAN, Erving (1968). Asiles. Études sur la Condition Sociale des Malades Mentaux et Autres Reclus. Paris: Éditions de Minuit. GOMES, Adelino D. (1988). "Cultura Tecnológica e Cultura Organizacional", in Análise Psicológica, Vol VI (3-4), pp

15 Referências bibliográficas 558 GOMES, Adelino D. (1990). Cultura Organizacional. A Organização Comunicante e a Gestão da sua Identidade. Coimbra: Universidade de Coimbra (Dissertação de Doutoramento policopiado). GOMES, Adelino D. (1994). "Cultura: Uma Metáfora Paradigmática no Contexto Organizacional", in Psicologia,Vol. IX, nº 3, pp GOMES, Cândido A. (1989). A Educação em Perspectiva Sociológica. São Paulo: Editora Pedagógica e Universitária, Lda. GOMES, Carlos (1998). Conflito e Cooperação na Escola Secundária Portuguesa. Uma Análise Sociológica da Interacção na Sala de Aula. Dissertação de Doutoramento em Educação, na Especialidade de Sociologia da Educação. Braga: Universidade do Minho (policopiado). GOMES, Rui (1993). Culturas de Escola e Identidades dos Professores. Lisboa: Educa. GOMES, Rui (1996). "Teses Para uma Agenda de Estudo da Escola", in João Barroso (Org,). O Estudo da Escola. Porto: Porto Editora, pp GOMES, Rui (2001). Legitimação e Contingência na Escola Secundária Portuguesa ( ): Arqueologia, Genealogia e Simbólica da Escola. Dissertação de Doutoramento em Educação, Área de Conhecimento em Ciências da Educação. Lisboa: Universidade de Lisboa (policopiado). GOOD, Thomas L. & WEINSTEIN, Rhona S. (1992). "As Escolas Marcam a Diferença: Evidências, Críticas e Novas Perspectivas", in António Nóvoa (Coord.). As Organizações Escolares em Análise. Lisboa: Publicações Dom Quixote, Lda., pp GOULDNER, Alvin (1957/58). "Cosmopolitans and Locals: Towards an Analysis of Latent Social Roles", in Administrative Science Quarterly, 2, pp ; GOULDNER, Alvin W. (1964). Patterns of Industrial Bureaucracy. New York: The Free Press. GRAHAM, Pauline (1997). Mary Parker Follett: Profeta do Gerencialismo. Rio de Janeiro: Qualitymark Editora. GREENFIELD, Thomas B. (1989). "Organizations as Social Inventions: Rethinking Assumptions About Change", in Tony Bush (Ed.). Managing Education: Theory and Practice. Milton Keynes: Open University Press, pp (texto original de 1973). GREENFIELD, Thomas B. (1993). "Theory About Organizations: A New Perspective and its Implications for Schools", in Thomas Greenfield & Peter Ribbins. Greenfield on Educational Administration. London: Routledge, pp (texto original de 1975). GREENFIELD, W. D. (1985). "The Moral socialization of School Administrators: Informal Role Learning Outcomes", in Educational Administration Quarterly, Vol. 21, pp GREENWOOD, Malcolm & GAUNT, Helen (1994). Total Quality Management for Schools. London: Cassel. GREGORY, Kathleen, L. (1983). "Native-View Paradigms: Multiple Cultures and Cultures Conflicts in Organizations", in Administrative Science Quartely, nº 28, pp

16 Referências bibliográficas 559 GUTMAN, H. (1977). Work, Culture and Society in Industrialising America. Nova Yorque: Vintage Books. HALL, Richard H. (1971). "O Conceito de Burocracia: Uma Contribuição Empírica", in Edmundo Campos (Org.). Sociologia da Burocracia. Rio de Janeiro: Zahar Editores (Tradução portuguesa de "The Concept of Bureaucracy: An Empirical Assessent", The American Journal of Sociology, Vol. 69, nº 1, 1962). HALPIN, A. W. & CROFT, D. B. (1963). The Organization Climate of Schools. Chicago: University of Chicago. HARGREAVES, Andy (1996). Profesorado, Cultura Y Postmodernidade (Cambian los Tiempos, Cambia el profesorado). Madrid: Ediciones Morata, S. L. HARGREAVES, Andy (1999). "Helping Practitioners Explore Their School Culture", in Jon Prosser (Ed.). School Culture. London: Paul Chapman Publishing Lda., pp HARGREAVES, Andy & DAWE, Ruth (1990). "Paths of Professional Development: Contrived Collegiality, Collaborative, and the Case of Peer Coaching", in Teaching & Teacher Education, Vol. 6, nº 3, p HARGREAVES, David H (1980). "The Occupational Culture of Teachers", in Peter Woods. Teacher Strategies. Explorations in the Sociology of the School. London: Croom Helm, pp HARGREAVES, David H (1982). The Challenge for the Comprehensive School. Culture, Curriculum and Community. London: Routledge & Kegan Paul Lda. HELLER, Trudy (1985). "Changing Authority Patterns: A Cultural Perspective", in Academy of Management Review, Vol. 10, nº 3. HOFSTEDE, Geert (1984). Culture's Consequences. Beverly Hills: Sage. HOFSTEDE, Geert (1986). "The Usefulness of 'Organizational Culture' Concept", in Journal of Management Studies, Vol. 23, nº 3. HOFSTEDE, Geert (1997). Culturas e Organizações. Compreender a Nossa Programação Mental. Lisboa: Edições Sílabo (1ª edição original em 1991). HOFSTEDE, Geert e outros (1990). "Measuring Organizational Cultures: a Qualitative and Quantitative Study Across Twenty Cases", in Administrative Science Quarterly, nº 35, pp HOMANS, George C. (1950). The Human Group. New York: Harcourt, Brace and Company. HOY, Wayne K. & MISKEL, Cecil G. (1987). Educational Administration. Theory Research and Practice. New York: Random House. HOY, Wayne K. e outros (1990). "Organizational Climate, School Health, and Effectiveness: A Comparative Analysis, in Educational Administration Quarterly, Vol. 26, nº 3, pp

17 Referências bibliográficas 560 HUGHES, Mereddy e outros (eds.) (1987). Managing Education. The System and the Institution. London: Cassell Education. ISOU, Isidore (1966). Les Bases de la Culture Scolaire ou Introduction à la Kaléidologie. Paris: Centre de Créativité. JACQUES, Elliott (1972). Intervention et Changement dans L'Entreprise. Paris: Dunod (1ª edição em inglês publicada em 1951). JAMES, Chris (1999). "Institutional Transformation and Educational Management", in Tony Bush e outros (Eds.). Educational Management. Redefining Theory, Policy and Practice. London: Paul Chapman Publishing Ltd., pp JOLL, James (1982). A Europa desde Lisboa: Publicações Dom Quixote (1ª edição original em 1973). JOYNT, Pat & WARNER, Malcolm (1996). Managing Across Cultures. Issues and Perspectives. London: International Thomson Business Press. KARDOS, Susan M. e outros (2001). "Counting on Collegues: New Teachers Encounter the Professional Cultures of Their Schools", in Educational Administration Quarterly, Vol. 37, nº 2, pp KAST, Fremont & ROSENZWEIG, James E. (1976). Organization and Management. A System Approach. New York: McGraw-Hill. KATZ, D. & KAHN, D. (1970). Psicologia Social das Organizações. São Paulo: Editora Atlas (1ª edição original em 1966). KERR, Clark & STAUDOHAR, Paul D. (1994). Labor Economics and Industrial Relations: Markets and Institutions. Cambridge: Harvard University Press. KILMANN, Ralph H. e outros (1985). Gaining Control of the Corporate Culture. London: Jossey-Bass Publishers. KOTTKAMP, Robert B. e outros (1987). "Secondary School Climate: A Revision of the OCDQ", in Educational Administration Quarterly, Vol. 23, nº 3, pp KUHN, Thomas S. (1991). A Estrutura das Revoluções Científicas. São Paulo: Editora Perspectiva S. A. (1ª edição original em 1962). LAURENCE, Paul R. & LORSH, Jay W. (1989). Adapter les Structures de L'Entreprise: Intégration ou Différenciation. Paris: Les Éditions des Organisations (trad. Francesa de Organization and Environment, Harvard University Press, 1967) LE ROW, Caroline (1888). "the young idea" or Common School Culture. New York: Cassell & Campany, Limited.

18 Referências bibliográficas 561 LEE, Valerie E. e outros (1991). "The Effect of the Social Organization of Schools on Teachers' Efficacy and Satisfaction", in Sociology of Education, Vol. 64, pp LEMOS, Zeferino (1999). "Os Agrupamentos de Escolas ou a Construção da Unidade na Diversidade", in Território Educativo, nº 6, pp LEWIN, Kurt (1975). Teoria Dinâmica da Personalidade. São Paulo: Cultrix (1ª edição em 1935 traduzido do alemão). LEWIN, Kurt (1988). La Teoria Del Campo en la Ciencia Social. Barcelona: Ediciones Paidós (1ª edição em 1951). LEWIN, Kurt (1997). Resolving Social Conflicts and Field theory in Social Science. Washington: American Psychological association (1ª edição em 1948). LEWIN, Kurt (s/d). Problemas de Dinâmica de Grupo. São Paulo: Cultrix. LIKERT, Rensis (1975). A Organização Humana. São Paulo: Editora Atlas (1ª edição original em 1967). LIKERT, Rensis (1979). Novos Padrões de Administração. São Paulo: Livraria Pioneiro Editora (1ª edição original em 1961). LIMA, Jorge Á. (2000). "Questões Centrais no Estudo das Culturas Profissionais dos Professores: Uma Síntese Crítica da Bibliografia", in Educação, Sociedade & Culturas, nº 13, pp LIMA, Jorge Á. (2002a). As Culturas Colaborativas nas Escolas. Estruturas, Processos e Conteúdos. Porto: Porto Editora. LIMA, Jorge Á. (Org.) (2002b). Pais e Professores. Um desafio à Cooperação. Porto: Edições ASA. LIMA, Licínio C. (1988a). Gestão das Escolas Secundárias. A Participação dos Alunos. Lisboa: Livros Horizonte. LIMA, Licínio C. (1988b). "Inovação e Mudança em Educação de Adultos. Aspectos Organizacionais e de Política Educativa", in Forum, nº 4, pp LIMA, Licínio C. (1988c). "Modelos de Organização das Escolas Básica e Secundária. Para uma Direcção Democrática e uma Gestão Profissional", in Comissão de Reforma do Sistema Educativo. Ministério da Educação. A Gestão do Sistema Escolar. Relatório de Seminário. Lisboa: Gabinete de Estudos e Planeamento do Ministério da Educação, pp LIMA, Licínio C. (1991a). "O Ensino e a Investigação em Administração Educacional em Portugal. Situações e Perspectivas", in Ciências da Educação em Portugal. Situação Actual e Perspectivas. Porto: Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação, pp LIMA, Licínio C. (1991b). "Sociologia das Organizações Educativas e da Administração Educacional", in O Professor, nº 22, pp LIMA, Licínio C. (1992). A Escola como Organização e a Participação na Organização Escolar. Um Estudo da Escola Secundária em Portugal ( ). Braga: Universidade do Minho.

19 Referências bibliográficas 562 LIMA, Licínio C. (1994). "Modernização, Racionalização e Optimização: Perspectivas Neotaylorianas na Organização e Administração da Educação", in Cadernos de Ciências Sociais, nº 14, pp LIMA, Licínio C. (1995). "Reformar a Administração Escolar: A Recentralização por Controlo Remoto e a Autonomia como Delegação Política", in Revista Portuguesa de Educação, Vol. 8 (nº1), pp LIMA, Licínio C. (1996). "Construindo um Objecto: Para uma Análise Crítica da Investigação Portuguesa Sobre a Escola", in João Barroso (Org.). O Estudo da Escola. Porto: Porto Editora, pp LIMA, Licínio C. (1997a). "O Paradigma da Educação Contábil Políticas Educativas e Perspectivas Gerencialistas no Ensino Superior em Portugal", in Revista Brasileira de Educação, nº 4, pp LIMA, Licínio C. (1997b). "Prefácio", in Torres, Leonor L. Cultura Organizacional Escolar. Representações dos Professores Numa Escola Portuguesa. Oeiras: Celta Editora, pp. xixviii. LIMA, Licínio C. (1998a). "Dos Ofícios da Mudança em Educação", in Vários. Ensaios em Homenagem a Joaquim Ferreira Gomes. Coimbra: Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, pp LIMA, Licínio C. (1998b). "A Administração do Sistema Educativo e das Escolas (1986/1996)", in Ministério da Educação. A Evolução do Sistema Educativo e o PRODEP. Estudos Temáticos. Vol. I. Lisboa: Departamento de Avaliação, Prospectiva e Planeamento do Ministério da Educação, pp LIMA, Licínio C. (1998c). "Para Uma Análise Multifocalizada dos Modelos Organizacionais de Escola Pública", in Licínio C. Lima. A Escola como Organização e a Participação na Organização Escolar. Um Estudo da Escola Secundária em Portugal Braga: Universidade do Minho (2ª Edição), pp LIMA, Licínio C. (1999). "E Depois de 25 de Abril de Centro(s) e Periferia(s) das Decisões no Governo das Escolas", in Revista Portuguesa de Educação, Vol. 12, nº1, pp LIMA, Licínio C. (2000). "A Administração Escolar em Portugal: da Revolução, da Reforma e das Decisões Políticas Pós-Reformistas", in Afrânio M. Catani & Romualdo P. Oliveira (Orgs.). Reformas Educacionais em Portugal e no Brasil. Belo Horizonte: Autêntica, pp LIMA, Licínio C. & AFONSO, Almerindo (1993). "A Emergência das Políticas de Racionalização, de Avaliação e de Controle da Qualidade na Reforma Educativa em Portugal", in Educação & Sociedade (Campinas/Brasil), nº 44, pp LLANO, Rafael (1992). La Sociología Compreensiva Como Teoría de la Cultura. Un Análisis de las Categorías Fundamentales del Pensamiento de Max Weber. Madrid: Consejo Superior de Investigaciones Científicas/Instituto de Estudos Sociales Avanzados.

20 Referências bibliográficas 563 LODI, João B. (1984). História da Administração. São Paulo: Pioneira. LOPES, Albino & RETO, Luís (1988). "Cultura de Empresa Moda, Metáfora ou Paradigma?", in Revista de Gestão, nº II-III, pp LORTIE, Dan C. (1977). Schoolteacher. A Sociological Study. Chicago; London: The University Of Chicago Press. LOUIS, Karen e outros (1999). "Rethinking School Improvement", in Joseph Murphy & Karen Louis (Eds.). Handbook of Research on Educational Administration. San Francisco: Jossey-Bass Publishers, pp LOUIS, Meryl R. (1985). "An Investigator's Guide to Workplace Culture", in Peter J. Frost e outros (Eds.). Organizational Culture. London: Sage Publications, pp LOUREIRO, Carlos (2001). A Docência como Profissão. Culturas dos Professores e a (in)diferenciação profissional. Porto: Edições ASA. LUNDBERG, Craig C. (1985a). "On the Feasibility of Cultural Intervention in Organizations", in Peter J. Frost e outros (Eds). Organizational Culture. London: Sage Publications, pp LUNDBERG, Craig C. (1985b). "How Should Organizational Culture Be Studied?" (Introduction), in Peter J. Frost e outros (Eds.). Organizational Culture. Beverly Hills, Sage, pp MAANEN, John Van (1991). "The Smile Factory: Work at Disneyland", in Peter J. Frost e outros (Eds.). Reframing Organizational Culture. London: Sage Publications, pp MALGAIVE, G. (1990). Enseigner à des Adultes. Paris: PUF. MARCH, James G. (1982). "Theories of Choice and Making Decisions", in Society, Vol. 20, nº 1. MARCH, James G. (1991). Décisions et Organisations. Paris: Les Éditions D'Organisation (1ª edição em 1988). MARCH, James G. & OlSEN, J. P. (1976). Ambiguity and Choice in Organizations. Bergen: Universitetsforlaget. MARCH, James G. & SIMON, Herbert (1979). Les Organisations. Paris: Bordas. MARESCHAL, J. (1974). "Organisation et Système de Valeur", in Enseignement et Gestion, nº 7, pp MARQUES, M. (1998). "Comunidades Educativas e Parcerias", in Colóquio/Educação e Sociedade, nº 4, pp MARQUES, R. (1990). A Escola e os Pais Como Colaborar?. Lisboa: Texto Editora. MARTIN, Joanne (1992). Cultures in Organizations. Three Perspectives. New York, Oxford: Oxford University Press.London: Sage Publications, pp MARTIN, Joanne (2002). Organizational Culture. Mapping the Terrain. London: Sage Publications.

UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA Faculdade de Ciências Sociais e Humanas

UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA Faculdade de Ciências Sociais e Humanas 1ª Aula 22-2-2006 Apresentação: objectivos, programa e método de avaliação. 2ª Aula 24-2-2006 Introdução. Do que falamos quando falamos de quotidiano? Certeau, Michel de (1990 [1980, 1ª ed.]), L invention

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO ESPECIALIZADA CURSO DE VALORIZAÇÃO TÉCNICA ORIENTADA PARA A ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR FICHA DO MÓDULO CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

CURSO DE FORMAÇÃO ESPECIALIZADA CURSO DE VALORIZAÇÃO TÉCNICA ORIENTADA PARA A ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR FICHA DO MÓDULO CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CURSO DE FORMAÇÃO ESPECIALIZADA CURSO DE VALORIZAÇÃO TÉCNICA ORIENTADA PARA A ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR FICHA DO MÓDULO CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS Identificação do Módulo: Projecto: Problemas e Metodologias Técnicas

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo FACULDADE DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS-GRADUADOS EM EDUCAÇÃO: HISTÓRIA, POLÍTICA, SOCIEDADE

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo FACULDADE DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS-GRADUADOS EM EDUCAÇÃO: HISTÓRIA, POLÍTICA, SOCIEDADE PROJETO DE PESQUISA A VEICULAÇÃO DE CONHECIMENTOS SOBRE A ESCOLA NOS PROGRAMAS ESPECIAIS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM SERVIÇO Responsável: Profa. Dra. Alda Junqueira Marin Este projeto individual faz

Leia mais

Mestrado em Educação Supervisão Pedagógica

Mestrado em Educação Supervisão Pedagógica Mestrado em Educação Supervisão Pedagógica SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO Ano Lectivo : 2012/2013 Docente : Prof.ª Doutora Alice Mendonça E-mail: alice@uma.pt Página pessoal: http://www.uma.pt/alicemendonca/ Caixa

Leia mais

BIBLIOGRAFIA. ALVES J. M. (2003). Organização, Gestão e Projectos Educativos das Escolas. Cadernos Pedagógicos. 6ª ed. Porto: Ed.

BIBLIOGRAFIA. ALVES J. M. (2003). Organização, Gestão e Projectos Educativos das Escolas. Cadernos Pedagógicos. 6ª ed. Porto: Ed. BIBLIOGRAFIA ALVES J. M. (2003). Organização, Gestão e Projectos Educativos das Escolas. Cadernos Pedagógicos. 6ª ed. Porto: Ed. ASA ALVES P. C.; TORGAL, Luís Reis (1993). A Instrução Pública. In História

Leia mais

REDE SOCIAL L DO CONCELHO DE BRAGANÇA Bibliografia

REDE SOCIAL L DO CONCELHO DE BRAGANÇA Bibliografia REDE SOCIAL DO CONCELHO DE BRAGANÇA Bibliografia Bibliografia Bibliografia AAVV, Contrastes e transformações na cidade de Bragança 1974-2004, Bragança, Edição da CMB, 2004; Agendas 21 no Eixo Atlântico,

Leia mais

FORMULÁRIO DE CRIAÇÃO DE DISCIPLINA

FORMULÁRIO DE CRIAÇÃO DE DISCIPLINA 1 FORMULÁRIO DE CRIAÇÃO DE DISCIPLINA CD-01 1 NOME DO PROGRAMA: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS 2 Proposta de Criação de disciplina Exclusão de disciplina da grade curricular Mudança de denominação

Leia mais

PSICOSSOCIOLOGIA DAS ORGANIZAÇÕES

PSICOSSOCIOLOGIA DAS ORGANIZAÇÕES Programa, Avaliação e Bibliografia PSICOSSOCIOLOGIA DAS ORGANIZAÇÕES ANO LECTIVO DE 2005-2006 Instituto Superior de Economia e Gestão - UTL Departamento de Ciências Sociais Secção de Sociologia EQUIPA

Leia mais

tópicos Noção de liderança pressupostos Gestão e formação de lideranças na educação

tópicos Noção de liderança pressupostos Gestão e formação de lideranças na educação Gestão e formação de lideranças na educação tópicos pressupostos Gestão e liderança Tipos de liderança e modelos organizacionais especificidade Jorge Adelino Costa Universidade de Aveiro Portugal Especificidade

Leia mais

SOCIOLOGIA OBJECTO E MÉTODO

SOCIOLOGIA OBJECTO E MÉTODO Ano Lectivo 2008/2009 SOCIOLOGIA OBJECTO E MÉTODO Cursos: Licenciatura em Sociologia e Licenciatura em Sociologia e Planeamento (1º ciclo) Unidade Curricular: Sociologia Objecto e Método Localização no

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA Autorizado pela Portaria nº 960 de 25/11/08 DOU Nº 165 de 26/11/08 PLANO DE CURSO

CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA Autorizado pela Portaria nº 960 de 25/11/08 DOU Nº 165 de 26/11/08 PLANO DE CURSO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA Autorizado pela Portaria nº 960 de 25/11/08 DOU Nº 165 de 26/11/08 Componente Curricular: Sociologia Código: ENG - 000 Pré-requisito: ---- Período Letivo: 2013.1 Professor:

Leia mais

6 Referências bibliográficas

6 Referências bibliográficas 6 Referências bibliográficas BOIRAL, O. ISO 9000: Outside the iron cage. Organization Science, v. 14, n. 6, p. 720-737, nov-dez 2003. CARVALHO, C. A. P.; VIEIRA, M. M. F.; LOPES, F. D. Contribuições da

Leia mais

MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO

MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO PLANO DE ENSINO Curso: MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO Área de concentração: Organizações, Empreendedorismo e Internacionalização Disciplina: ESTRATÉGIA E PRÁTICA ORGANIZACIONAL Carga Horária semanal: 3 horas

Leia mais

Departamento de Sociologia, Instituto de Ciências Sociais, Universidade do Minho, Gualtar, 4710-057 Braga Portugal, Telef. 253604212, Fax 253678850

Departamento de Sociologia, Instituto de Ciências Sociais, Universidade do Minho, Gualtar, 4710-057 Braga Portugal, Telef. 253604212, Fax 253678850 Instituto de Ciências Sociais Departamento de Sociologia Licenciatura: Sociologia Unidade Curricular: Desenvolvimento, Sociedade e Estado Regime: 2º semestre Ano lectivo: 2007/2008 Docente: Maria Eugénia

Leia mais

Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico

Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico Centro de Competência de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Educação Programa Unidade Curricular: Prática de Ensino Supervisionada Curso do 2º Ciclo Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino

Leia mais

Grupo de Estudos - CRA/SP

Grupo de Estudos - CRA/SP Grupo de Estudos - CRA/SP Tema: Governança na Educação Superior Profa.Alexandra Mastella Coordenadora Curso de Administração - Faculdades de Valinhos - SP Assessora Pedagógica - Centro Univ. Anhänguera

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESCOLAR FCL/UNESP

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESCOLAR FCL/UNESP PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESCOLAR FCL/UNESP Disciplina: Escola, Currículo e Cultura Professoras responsáveis: Rosa Fátima de Souza; Maria Cristina de Senzi Zancul; Rosilene Batista Fiscarelli

Leia mais

Bibliografia sobre investigação e escrita de trabalhos académicos. Manuel Portugal

Bibliografia sobre investigação e escrita de trabalhos académicos. Manuel Portugal Bibliografia sobre investigação e escrita de trabalhos académicos Bibliografia BELL, J. Como realizar um projecto de investigação: Um guia para a pesquisa em Ciências Sociais e da Educação. Lisboa: Gradiva,

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIDADE CURRICULAR Competitividade, Planeamento e Controlo nos Serviços de Saúde MESTRADO

Leia mais

PROGRAMA DE CONCORRÊNCIA E COMPETITIVIDADE

PROGRAMA DE CONCORRÊNCIA E COMPETITIVIDADE INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO UNIVERSIDADE TECNICA DE LISBOA CURSO DE LICENCIATURA EM GESTÃO 2007/2008 (Regras de Bolonha) PROGRAMA DE CONCORRÊNCIA E COMPETITIVIDADE L I S B O A SETEMBRO 2 0

Leia mais

Correntes Críticas e Pós-críticas do Currículo

Correntes Críticas e Pós-críticas do Currículo Departamento de Ciências da Educação Doutoramento em Ciências da Educação Currículo Correntes Críticas e Pós-críticas do Currículo Carga horária: 30 horas Unidades de crédito: 10 ECTS Docente: Profª. Doutora

Leia mais

CURSO DE MESTRADO EM SUPERVISÃO UNIVERSIDADE DOS AÇORES

CURSO DE MESTRADO EM SUPERVISÃO UNIVERSIDADE DOS AÇORES CURSO DE MESTRADO EM SUPERVISÃO UNIVERSIDADE DOS AÇORES Disciplina de Metodologia de Ensino das Ciências 2003/04 1º Semestre Docente Responsável: Nilza Costa (*) (nilza@dte.ua.pt) Colaboradores: Luís Marques

Leia mais

Do desenvolvimento curricular ao conhecimento profissional

Do desenvolvimento curricular ao conhecimento profissional Do desenvolvimento curricular ao conhecimento profissional José Duarte jose.duarte@ese.ips.pt Escola Superior de Educação de Setúbal José Duarte iniciou a sua carreira como professor de Matemática do Ensino

Leia mais

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA ALARCÃO, l. (1991). Reflexão crítica sobre o pensamento de Shön e os programas de formação. Cadernos CIDnE, 1, 5-22. Reproduzido em I. Alarcão (org.) (1996), Formação reflexiva

Leia mais

Diagnóstico Social Santo Tirso Referências bibliográficas 426

Diagnóstico Social Santo Tirso Referências bibliográficas 426 Diagnóstico Social Santo Tirso Referências bibliográficas 425 Referências Bibliográficas Diagnóstico Social Santo Tirso Referências bibliográficas 426 Diagnóstico Social Santo Tirso Referências bibliográficas

Leia mais

BIBLIOGRAFIA. Abrantes, P. (coord), Precatado, A.; Lopes, A. V.; Baeta, A.; Ferreira, E.; et al. (1998).

BIBLIOGRAFIA. Abrantes, P. (coord), Precatado, A.; Lopes, A. V.; Baeta, A.; Ferreira, E.; et al. (1998). BIBLIOGRAFIA Abrantes, P. (coord), Precatado, A.; Lopes, A. V.; Baeta, A.; Ferreira, E.; et al. (1998). Diagnóstico e Recomendações para o Ensino e Aprendizagem da Matemática. Relatório preliminar. Lisboa:

Leia mais

Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC 3

Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC 3 CONSELHO CIENTÍFICO-PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE ESTÁGIO, PROJECTO, OFICINA DE FORMAÇÃO E CÍRCULOS DE ESTUDOS Formulário de preenchimento obrigatório,

Leia mais

GESTÃO FINANCEIRA. Departamento de Gestão de Empresas SUMÁRIO: I - OBJECTIVOS DA DISCIPLINA II - PROGRAMA III - AVALIAÇÃO DE CONHECIMENTOS

GESTÃO FINANCEIRA. Departamento de Gestão de Empresas SUMÁRIO: I - OBJECTIVOS DA DISCIPLINA II - PROGRAMA III - AVALIAÇÃO DE CONHECIMENTOS Departamento de Gestão de Empresas GESTÃO FINANCEIRA SUMÁRIO: I - OBJECTIVOS DA DISCIPLINA II - PROGRAMA III - AVALIAÇÃO DE CONHECIMENTOS IV - LOCAL E HORÁRIO DE APOIO AOS ALUNOS V - BIBLIOGRAFIA O Docente

Leia mais

os efeitos da aculturação no vaivém da emigração continental: um estudo de caso em melgaço

os efeitos da aculturação no vaivém da emigração continental: um estudo de caso em melgaço os efeitos da aculturação no vaivém da emigração continental: um estudo de caso em melgaço Joaquim Filipe Peres de Castro Resumo: Palavras-chave Códigos JEL Abstract: Keywords JEL Codes 67 estudos regionais

Leia mais

A Escola e o Poder Local O Conselho Municipal de Educação Ana Albuquerque Escola Secundária Fr. Rosa Viterbo - Sátão

A Escola e o Poder Local O Conselho Municipal de Educação Ana Albuquerque Escola Secundária Fr. Rosa Viterbo - Sátão A Escola e o Poder Local O Conselho Municipal de Educação Ana Albuquerque Escola Secundária Fr. Rosa Viterbo - Sátão Em Portugal, o sistema educativo tem-se caracterizado por uma forte tendência centralizadora

Leia mais

Centro de Competência de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Educação 1º Ciclo de Ciências da Educação. Programa. Unidade Curricular

Centro de Competência de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Educação 1º Ciclo de Ciências da Educação. Programa. Unidade Curricular Centro de Competência de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Educação 1º Ciclo de Ciências da Educação Programa Unidade Curricular Gestão de Projectos em Educação Área Científica Educação Regência

Leia mais

Bibliografia (de base)

Bibliografia (de base) Bibliografia (de base) AA. VV., (1983), Estúdios sobre Epistemologia y Pedagogia. Salamanca: Anya. AA.VV., (1985), O que é filosofia para Crianças?, São Paulo: CBFC. AA.VV. (1990), Filosofia de la educación

Leia mais

CURSO LIVRE HISTÓRIA DO ENSINO ARTÍSTICO EM PORTUGAL PROGRAMA. 2.1. Francisco da Holanda e a sua perspectiva sobre o ensino artístico.

CURSO LIVRE HISTÓRIA DO ENSINO ARTÍSTICO EM PORTUGAL PROGRAMA. 2.1. Francisco da Holanda e a sua perspectiva sobre o ensino artístico. CURSO LIVRE HISTÓRIA DO ENSINO ARTÍSTICO EM PORTUGAL 8 de Abril a 1 de Julho (interrupção no dia 10 de Junho que é feriado) 4ª feira, das 18h 30m às 20h 30m 24h, 12 sessões PROGRAMA 1. A Idade Média 1.1.

Leia mais

Bibliografia referente ao artigo Gestão baseada no valor, Isabel Ribeiro de Carvalho, Revista TOC, Fevereiro 2008

Bibliografia referente ao artigo Gestão baseada no valor, Isabel Ribeiro de Carvalho, Revista TOC, Fevereiro 2008 Bibliografia referente ao artigo Gestão baseada no valor, Isabel Ribeiro de Carvalho, Revista TOC, Fevereiro 2008 Bibliografía BREALEY, Richard A.; MYERS, Stewart C. - Princípios de Finanças Empresariais.

Leia mais

LIVRO DO MÊS - JUNHO 2008 NOTAS BIOGRÁFICA E BIBLIOGRÁFICA DO AUTOR

LIVRO DO MÊS - JUNHO 2008 NOTAS BIOGRÁFICA E BIBLIOGRÁFICA DO AUTOR Direcção de Serviços de Biblioteca e Documentação Avenida das Forças Armadas 1649-026 Lisboa Tel: 217903024 Fax: 217903025 URL: http://biblioteca.iscte.pt E-mail: biblioteca@iscte.pt LIVRO DO MÊS - JUNHO

Leia mais

IEP815 Política Ambiental, Descentralização e Qualidade de Vida Profa. Estela Neves

IEP815 Política Ambiental, Descentralização e Qualidade de Vida Profa. Estela Neves Objetivo: O objetivo do curso é familiarizar os alunos com a base teórica, marcos conceituais e questões operacionais da política ambiental no âmbito municipal, para capacitá-los para analisar propostas

Leia mais

UNIVERSIDADE DE CABO VERDE PROJECTO PATRIMÓNIO CULTURAL E EDUCAÇÃO EM CABO VERDE: Preservar materiais, desvendar práticas, divulgar patrimónios

UNIVERSIDADE DE CABO VERDE PROJECTO PATRIMÓNIO CULTURAL E EDUCAÇÃO EM CABO VERDE: Preservar materiais, desvendar práticas, divulgar patrimónios UNIVERSIDADE DE CABO VERDE PROJECTO PATRIMÓNIO CULTURAL E EDUCAÇÃO EM CABO VERDE: Preservar materiais, desvendar práticas, divulgar patrimónios MEMÓRIA DESCRITIVA DOA 1ª FASE DO PROJETO 1. ENQUADRAMENTO:

Leia mais

Reforma Educativa: o que é comum nos sistemas educativos de elevado desempenho

Reforma Educativa: o que é comum nos sistemas educativos de elevado desempenho Reforma Educativa: o que é comum nos sistemas educativos de elevado desempenho Stephen P. Heyneman Professor International Education Policy Vanderbilt University s.heyneman@vanderbilt.edu http://www.vanderbilt.edu/peabody/heyneman

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIDADE CURRICULAR Qualidade Total e Gestão das Operações MESTRADO Gestão Negócios ANO E

Leia mais

Formação de professores: constrangimentos e potencialidades

Formação de professores: constrangimentos e potencialidades Universidade do Minho Formação de professores: constrangimentos e potencialidades Maria Assunção Flores aflores@ie.uminho.pt Formação inicial: relevância e diversidade Diversidade de modelos, de contextos

Leia mais

FORMULÁRIO DE CRIAÇÃO DE DISCIPLINA. 1 NOME DO PROGRAMA: Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

FORMULÁRIO DE CRIAÇÃO DE DISCIPLINA. 1 NOME DO PROGRAMA: Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais 1 FORMULÁRIO DE CRIAÇÃO DE DISCIPLINA CD-01 1 NOME DO PROGRAMA: Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais 2 Proposta de Criação de disciplina Exclusão de disciplina da grade curricular Mudança de denominação

Leia mais

Curso de Mestrado em Arquivos, Bibliotecas e Ciências da Informação Ano Lectivo de 2006/2007- Ramo Bibliotecas

Curso de Mestrado em Arquivos, Bibliotecas e Ciências da Informação Ano Lectivo de 2006/2007- Ramo Bibliotecas 1 UNIVERSIDADE DE ÉVORA DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA Curso de Mestrado em Arquivos, Bibliotecas e Ciências da Informação Ano Lectivo de 2006/2007- Ramo Bibliotecas Seminário de Bibliotecas Prof. Dr. Francisco

Leia mais

Mestrado em Sociologia área de especialização em Desenvolvimento e Políticas Sociais Cidadania e Transformação Social Módulo de Sociologia Docente:

Mestrado em Sociologia área de especialização em Desenvolvimento e Políticas Sociais Cidadania e Transformação Social Módulo de Sociologia Docente: Ano Lectivo: 2007/2008 Curso: Mestrado em Sociologia área de especialização em Desenvolvimento e Políticas Sociais Unidade Curricular: Cidadania e Transformação Social Área Científica: Antropologia/Sociologia

Leia mais

M O D E L O E U R O P E U D E C U R R I C U L U M V I T A E

M O D E L O E U R O P E U D E C U R R I C U L U M V I T A E M O D E L O E U R O P E U D E C U R R I C U L U M V I T A E INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Cristina Maria de Gouveia Caldeira Morada RUA DOS FAISÕES, 301 1º C, QUINTA DA MARINHA, 2750-679, CASCAIS, PORTUGAL Telefone

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SETÚBAL ESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS EMPRESARIAIS. Departamento de Economia e Gestão (ce.deg@esce.ips.pt)

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SETÚBAL ESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS EMPRESARIAIS. Departamento de Economia e Gestão (ce.deg@esce.ips.pt) INSTITUTO POLITÉCNICO DE SETÚBAL ESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS EMPRESARIAIS Departamento de Economia e Gestão (ce.deg@esce.ips.pt) Curso de CONTABILIDADE E FINANÇAS 1º. Ciclo Curso de GESTÃO DE RECURSOS

Leia mais

Revista Portuguesa de Educação ISSN: 0871-9187 rpe@ie.uminho.pt Universidade do Minho Portugal

Revista Portuguesa de Educação ISSN: 0871-9187 rpe@ie.uminho.pt Universidade do Minho Portugal Revista Portuguesa de Educação ISSN: 0871-9187 rpe@ie.uminho.pt Universidade do Minho Portugal Lima Torres, Leonor A escola como entreposto cultural: o cultural e o simbólico no desenvolvimento democrático

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EM PORTUGAL

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EM PORTUGAL ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EM PORTUGAL PESQUISA NO CATÁLOGO BIBLIOGRÁFICO Administração pública AND Portugal ALMEIDA, António Henrique Gomes de - A aplicação do balanced scorecard às agências Públicas : um

Leia mais

ADELL, J. (1997) Tendencias en educación en la sociedad de lás tecnologias de la información. EDUTEC, Revista Electrónica de Tecnologia Educativa 7.

ADELL, J. (1997) Tendencias en educación en la sociedad de lás tecnologias de la información. EDUTEC, Revista Electrónica de Tecnologia Educativa 7. BIBLIOGRAFIA ADELL, J. (1997) Tendencias en educación en la sociedad de lás tecnologias de la información. EDUTEC, Revista Electrónica de Tecnologia Educativa 7. AFONSO, C. (1993) - Professores e Computadores.

Leia mais

II. Estrutura geral do curso:

II. Estrutura geral do curso: Disciplina: TEORIAS SOCIOLÓGICAS Professor: Sergio B. F. Tavolaro Semestre: 2012/1 Horário: I. Objetivos: 1) Proporcionar um retrato do amplo e variado leque de propostas teóricas e interpretativas no

Leia mais

Correntes Críticas do Currículo

Correntes Críticas do Currículo Departamento de Ciências da Educação Mestrados em Ciências da Educação - Inovação Pedagógica - Liderança e Administração Educacional - - Supervisão Pedagógica - Correntes Críticas do Currículo Carga horária:

Leia mais

1. DESIGNAÇÃO DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO Oficina de Formação de Professores em Empreendedorismo

1. DESIGNAÇÃO DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO Oficina de Formação de Professores em Empreendedorismo 1. DESIGNAÇÃO DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO Oficina de Formação de Professores em Empreendedorismo 2. RAZÕES JUSTIFICATIVAS DA ACÇÃO: PROBLEMA/NECESSIDADE DE FORMAÇÃO IDENTIFICADO Esta formação de professores visa

Leia mais

ISCED de Luanda FICHA DE UNIDADE CURRICULAR - 2011/2012

ISCED de Luanda FICHA DE UNIDADE CURRICULAR - 2011/2012 FICHA DE UNIDADE CURRICULAR - 2011/2012 Designação da Unidade Curricular ADMINISTRAÇÃO EDUCACIONAL Docente(s) (Indicar também qual o docente responsável pela U.C.) LUÍS LEANDRO DINIS [Instituto de Educação

Leia mais

PROGRAMA DE METODOLOGIA DE ENSINO DE INGLÊS

PROGRAMA DE METODOLOGIA DE ENSINO DE INGLÊS PROGRAMA DE METODOLOGIA DE ENSINO DE INGLÊS 11ª Classe Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário Ficha Técnica Título Programa de Metodologia de Ensino de Inglês - 11ª Classe Formação de

Leia mais

PLANO DE CURSO MESTRADO PROFISSIONAL EM PODER LEGISLATIVO

PLANO DE CURSO MESTRADO PROFISSIONAL EM PODER LEGISLATIVO CÂMARA DOS DEPUTADOS Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento Programa de Pós-Graduação PLANO DE CURSO MESTRADO PROFISSIONAL EM PODER LEGISLATIVO DISCIPLINA ESTRUTURA DO LEGISLATIVO Código: Carga

Leia mais

Programa de Mestrado e Doutorado em Administração - PMDA PROGRAMA DA DISCIPLINA

Programa de Mestrado e Doutorado em Administração - PMDA PROGRAMA DA DISCIPLINA Programa de Mestrado e Doutorado em Administração - PMDA Mestrado em Administração Disciplina: SEMINÁRIOS DE DISSERTAÇÃO 1º Semestre de 2010 Carga horária: 15 horas-aula Créditos: 1 Professores: Luciano

Leia mais

DISCIPLINA OPTATIVA: FUNDAMENTOS DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE DEFESA. 45h/3 créditos

DISCIPLINA OPTATIVA: FUNDAMENTOS DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE DEFESA. 45h/3 créditos DISCIPLINA OPTATIVA: FUNDAMENTOS DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE DEFESA 45h/3 créditos Ementa: A disciplina envolve as seguintes aproximações: a tecnologia e as inovações tecnológicas como instrumentos de defesa

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular

Ficha de Unidade Curricular Ficha de Unidade Curricular Unidade Curricular Designação INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO Área Científica Gestão Ciclo de Estudos Licenciatura em Som e Imagem Ramo de Vídeo e ramo de som Carácter: Obrigatória

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Graus Académicos

CURRICULUM VITAE. Graus Académicos 1 CURRICULUM VITAE Identificação Nome: João de Deus Santos Sàágua Nascido em: 24/02/1957, Lisboa Categoria Profissional: Professor Catedrático de Ciências da Comunicação Instituição onde exerce a actividade:

Leia mais

15. Outros Temas. LIVROS E OUTRAS PUBLICAÇÕES: Campos, Ezequiel de (1915),

15. Outros Temas. LIVROS E OUTRAS PUBLICAÇÕES: Campos, Ezequiel de (1915), 15. Outros Temas ATÉ Á DÉCADA DE 40 Campos, Ezequiel de (1915), Carvalho, Augusto da Silva (1903), Martins, João Lopes da Silva (1897), Sousa, Francisco Luíz Pereira (1919), A grei: subsídios para a demografia

Leia mais

BIBLIOGRAFIA DE FORMAÇÃO EM CONTEXTOS DE TRABALHO

BIBLIOGRAFIA DE FORMAÇÃO EM CONTEXTOS DE TRABALHO BIBLIOGRAFIA DE FORMAÇÃO EM CONTEXTOS DE TRABALHO Dossier 1 Índice 1 - ARTIGOS SELECCIONADOS PARA TRABALHOS DE GRUPO (para apresentação em sala de aula) Nunes, Luisa Arsénio. (1995); As dimensões formativas

Leia mais

Carla Tomazini Doutoranda em Ciência Política Unicamp/ IHEAL - Paris III carlatomazini@gmail.com

Carla Tomazini Doutoranda em Ciência Política Unicamp/ IHEAL - Paris III carlatomazini@gmail.com 1 ORIGENS E MUDANÇAS DA AÇÃO PÚBLICA: COMPARAÇÃO DOS PROGRAMAS DE TRANSFERÊNCIA DE RENDA NO BRASIL E NO MÉXICO Carla Tomazini Doutoranda em Ciência Política Unicamp/ IHEAL - Paris III carlatomazini@gmail.com

Leia mais

CV RESUMIDO DE LUÍS VALADARES TAVARES

CV RESUMIDO DE LUÍS VALADARES TAVARES CV RESUMIDO DE LUÍS VALADARES TAVARES Professor Catedrático do IST de Investigação Operacional e Engenharia de Sistemas Área Científica: Sistemas e Gestão I Dados Pessoais Nasceu em Lisboa, a 28/03/1946

Leia mais

Instituto Superior de Ciências da Educação. - Complementaridade e interdependência nas Ciências Sociais

Instituto Superior de Ciências da Educação. - Complementaridade e interdependência nas Ciências Sociais Instituto Superior de Ciências da Educação DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS CURSO DE LICENCIATURA EM ENSINO DE SOCIOLOGIA Tópicos de matérias para a prova de exame de admissão 1- As Ciências Sociais no

Leia mais

AS ONG(D) E A CRISE DO ESTADO SOBERANO

AS ONG(D) E A CRISE DO ESTADO SOBERANO A 350404 Rui Pedro Paula de Matos AS ONG(D) E A CRISE DO ESTADO SOBERANO UM ESTUDO DE CIÊNCIA POLÍTICA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS COLECÇÃO TESES Universidade Lusíada Editora Lisboa 2001 As ONGD e a crise

Leia mais

Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC 2

Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC 2 CONSELHO CIENTÍFICO-PEDAGÓGICO DE FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE ESTÁGIO, PROJECTO, OFICINA DE FORMAÇÃO E CÍRCULO DE ESTUDOS Formulário de preenchimento obrigatório,

Leia mais

Plano de Ensino. Seriação ideal 3

Plano de Ensino. Seriação ideal 3 Curso 1404 - Licenciatura Plena em Educação Artística Ênfase Identificação Disciplina 0003325 - Psicologia da Educação Unidade Faculdade de Ciências Departamento Departamento de Educação Créditos 4 60

Leia mais

Gestão Democrática e Humanização do Cuidado

Gestão Democrática e Humanização do Cuidado Gestão Democrática e Humanização do Cuidado Cuiabá, agosto/2013 Selma Loch (SMS Florianópolis) selmaloch@gmail.com Gestão Democrática e Humanização do Cuidado Projeto de pesquisa sobre liderança e gerência

Leia mais

MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO UNIVERSITÁRIA. Disciplina

MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO UNIVERSITÁRIA. Disciplina CURSO Ano / Semestre 2015/2 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO UNIVERSITÁRIA Disciplina CAD310026 - Internacionalização da Educação Superior e Gestão da Cooperação Internacional

Leia mais

Departamento de Ciências da Educação

Departamento de Ciências da Educação Departamento de Ciências da Educação 2010/2011 1º ciclo em Ciências da Educação Tecnologia e Inovação na Educação 1º ano 2º Semestre 7,5 ECTS Docente: Mestre Fernando Correia fcorreia@uma.pt Coordenador:

Leia mais

Programa e Planeamento Didáctico de EDUCAÇÃO COMPARADA

Programa e Planeamento Didáctico de EDUCAÇÃO COMPARADA Departamento de Pedagogia e Educação Programa e Planeamento Didáctico de EDUCAÇÃO COMPARADA Licenciatura em Ciências da Educação Ano Lectivo de 2008/2009 1 I INTRODUÇÃO Neste ano lectivo de 2007/2008 a

Leia mais

MESTRADO EM CONTABILIDADE E FINANÇAS

MESTRADO EM CONTABILIDADE E FINANÇAS MESTRADO EM CONTABILIDADE E FINANÇAS PROGRAMA DA UNIDADE CURRICULAR Unidade Curricular: NOVAS TENDÊNCIAS EM CONTABLIDADE DE GESTÃO Semestre 1º ECT s 6 Área Científica: Docente: CONTABILIDADE HUMBERTO RIBEIRO

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PLANO DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PLANO DE DISCIPLINA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PLANO DE DISCIPLINA Disciplina: DESENVOLVIMENTO ORGANIZACIONAL EAD - 5725 Área:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE INSTITUTO DE LETRAS E ARTES CONCURSO PÚBLICO PROFESSOR ASSISTENTE EM LÍNGUA INGLESA. EDITAL No.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE INSTITUTO DE LETRAS E ARTES CONCURSO PÚBLICO PROFESSOR ASSISTENTE EM LÍNGUA INGLESA. EDITAL No. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE INSTITUTO DE LETRAS E ARTES CONCURSO PÚBLICO PROFESSOR ASSISTENTE EM LÍNGUA INGLESA EDITAL No. 011/2009 Dados para o Edital do Concurso para Professor Assistente na área

Leia mais

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012 Universidade do Minho Escola de Engenharia UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13 11 de outubro 2012 1 2 2 courses offered in the first semestre: Métodos de Investigação em Engenharia

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA INSTITUTO DE ESTUDOS POLÍTICOS Curso de Licenciatura em Ciência Política

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA INSTITUTO DE ESTUDOS POLÍTICOS Curso de Licenciatura em Ciência Política Programa I Introdução Razão de ser: a União Europeia (UE), o sistema político internacional e a geoestratégia da UE. O alargamento. O que é a UE. O factor democrático. Ideais, Valores, Princípios e Objectivos

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE BRAGANÇA LÍNGUAS E RELAÇÕES INTERNACIONAIS 2-º ANO. CADEIRA: Cultura e Cidadania. (Semestral 45 Horas / 3 horas semanais)

INSTITUTO POLITÉCNICO DE BRAGANÇA LÍNGUAS E RELAÇÕES INTERNACIONAIS 2-º ANO. CADEIRA: Cultura e Cidadania. (Semestral 45 Horas / 3 horas semanais) INSTITUTO POLITÉCNICO DE BRAGANÇA ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO LÍNGUAS E RELAÇÕES INTERNACIONAIS 2-º ANO CADEIRA: Cultura e Cidadania (Semestral 45 Horas / 3 horas semanais) Programa 2005/2006 Docente:

Leia mais

Desempenho no trabalho: Revisão da literatura [I] Job performance: An overview of literature

Desempenho no trabalho: Revisão da literatura [I] Job performance: An overview of literature PSICOLOGIA ARGUMENTO doi: 10.7213/psicol.argum.5895 ARTIGOS [T] Desempenho no trabalho: Revisão da literatura [I] Job performance: An overview of literature [R] [A] Pedro Fernando Bendassolli Resumo Received

Leia mais

PLANEAMENTO ESTRATÉGICO PARA SOCIEDADES DE ADVOGADOS 2º EDIÇÃO LISBOA, 4, 5, 6 E 7 DE MAIO DE 2015. APOIO

PLANEAMENTO ESTRATÉGICO PARA SOCIEDADES DE ADVOGADOS 2º EDIÇÃO LISBOA, 4, 5, 6 E 7 DE MAIO DE 2015. APOIO PLANEAMENTO ESTRATÉGICO PARA SOCIEDADES DE ADVOGADOS 2º EDIÇÃO LISBOA, 4, 5, 6 E 7 DE MAIO DE 2015. APOIO 0 LEXDEBATA - PORTUGAL Fundada em 2006, em Lisboa, a LexDebata Seminários Jurídicos, Lda., tem

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular 2009/2010

Ficha de Unidade Curricular 2009/2010 Ficha de Unidade Curricular 2009/2010 Unidade Curricular Designação INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO Área Científica Gestão Ciclo de Estudos Licenciatura em Design de Ambientes Carácter: Obrigatória Semestre

Leia mais

Universidade*Nove*de*Julho*1*UNINOVE* Programa*de*Mestrado*Profissional*em*Administração* *Gestão*em*Sistemas*de*Saúde*

Universidade*Nove*de*Julho*1*UNINOVE* Programa*de*Mestrado*Profissional*em*Administração* *Gestão*em*Sistemas*de*Saúde* UniversidadeNovedeJulho1UNINOVE ProgramadeMestradoProfissionalemAdministração GestãoemSistemasdeSaúde Disciplina ProjetosComplexoseEstratégicosAplicadosàSaúde Códigodadisciplina GSEL04 Linhadepesquisa

Leia mais

ÚLTIMAS AQUISIÇÕES OUTUBRO 2013. Marques, Maj Aires Manuel Tavares, 2013,Forças Armadas Portuguesas Lisboa EMGFA, ISNB 978-972-99516-7-1

ÚLTIMAS AQUISIÇÕES OUTUBRO 2013. Marques, Maj Aires Manuel Tavares, 2013,Forças Armadas Portuguesas Lisboa EMGFA, ISNB 978-972-99516-7-1 Biblioteca ÚLTIMAS AQUISIÇÕES OUTUBRO 2013 Marques, Maj Aires Manuel Tavares, 2013,Forças Armadas Portuguesas Lisboa EMGFA, ISNB 978-972-99516-7-1 Global History and International Studies IV, 2012, New

Leia mais

Sumário / contents / contenido

Sumário / contents / contenido Sumário / contents / contenido EDITORIAL Perspectivas e comemorações na produção intelectual 415 de política e administração da educação Perspectives and celebrations in educational policies and administration

Leia mais

DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR CÓDIGO: CRÉDITOS ECTS: 5,0

DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR CÓDIGO: CRÉDITOS ECTS: 5,0 DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR Unidade Curricular: Gestão de Eventos Área Científica: Ciências da Comunicação CÓDIGO: CRÉDITOS ECTS: 5,0 CURSO: Comunicação e Relações Públicas Ano: 1º 2º 3º 4º Semestre:

Leia mais

A GESTÃO ENTRA EM CENA: UM ESTUDO DO PROGRAMA GESTÃO NOTA 10 DO INSTITUTO AYRTON SENNA

A GESTÃO ENTRA EM CENA: UM ESTUDO DO PROGRAMA GESTÃO NOTA 10 DO INSTITUTO AYRTON SENNA 1 Resumo A GESTÃO ENTRA EM CENA: UM ESTUDO DO PROGRAMA GESTÃO NOTA 10 DO INSTITUTO AYRTON SENNA Ana Maria Stabelini Orientadora: Profª. Drª Sandra Aparecida Riscal Mestrado Linha de Pesquisa: Educação,

Leia mais

Escola Nacional de Administração Pública Diretoria de Formação Profissional Coordenação-Geral de Formação

Escola Nacional de Administração Pública Diretoria de Formação Profissional Coordenação-Geral de Formação Curso de Formação Inicial para a Carreira de APO 2012 EIXO 3 ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Disciplina: D 3.2 Administração Pública Brasileira Professora titular: Eduardo Granha Magalhães Gomes Período: 2 a 4 de

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA INSTITUTO DE ESTUDOS POLÍTICOS Curso de Licenciatura em Ciência Política. Programa

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA INSTITUTO DE ESTUDOS POLÍTICOS Curso de Licenciatura em Ciência Política. Programa Programa PRIMEIRA PARTE A UNIÃO EUROPEIA NUM MUNDO GLOBALIZADO 1,5H Introdução à União Europeia Natureza e visão: uma organização internacional no contexto do sistema político internacional. As teorias

Leia mais

Economia dos Recursos Humanos

Economia dos Recursos Humanos Disciplina oferecida ao Curso de MBE Executivo (5ª edição) do Programa de Pós Graduação em Economia da UFRGS. Economia dos Recursos Humanos Professor Responsável: Giácomo Balbinotto Neto. Objetivo: A economia

Leia mais

E CONTROLE NAS ORGANIZAÇÕES

E CONTROLE NAS ORGANIZAÇÕES PLANO DE ENSINO Curso: MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO Área de concentração: Organizações, Empreendedorismo e Internacionalização Disciplina: PODER E CONTROLE NAS ORGANIZAÇÕES Carga Horária semanal: 3 horas

Leia mais

APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO. Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC 2

APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO. Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC 2 CONSELHO CIENTÍFICO PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC 2

Leia mais

FICHA DE DISCIPLINAS: ANO LECTIVO DE 2008/09 SERVIÇO SOCIAL. Questões Avançadas em Serviço Social

FICHA DE DISCIPLINAS: ANO LECTIVO DE 2008/09 SERVIÇO SOCIAL. Questões Avançadas em Serviço Social FICHA DE DISCIPLINAS: ANO LECTIVO DE 2008/09 SERVIÇO SOCIAL Nome da disciplina Questões Avançadas em Serviço Social Ciclo de estudos 2º Equipa docente com breve resenha curricular dos docentes (1) Nº de

Leia mais

PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR

PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR Unidade Curricular: Curso: INVESTIGAÇÃO Licenciatura em Enfermagem Ano Lectivo 2014-2015 Ano Curricular 1.º Semestre 2.º Nº de Ects 6 Equipa Pedagógica: Regente/Coordenador Docentes Maria Alice dos Santos

Leia mais

SISTEMAS DE CONTROLE GERENCIAL e CONTRATO PSICOLÓGICO. CX Discussões Metodológicas Ivan Canan Orientador: Prof. Dr. Gilberto de Andrade Martins

SISTEMAS DE CONTROLE GERENCIAL e CONTRATO PSICOLÓGICO. CX Discussões Metodológicas Ivan Canan Orientador: Prof. Dr. Gilberto de Andrade Martins SISTEMAS DE CONTROLE GERENCIAL e CONTRATO PSICOLÓGICO CX Discussões Metodológicas Ivan Canan Orientador: Prof. Dr. Gilberto de Andrade Martins Introdução Sistema de Controle Gerencial Discricionariedade

Leia mais

Responsabilidade Social Empresarial. Bibliografia

Responsabilidade Social Empresarial. Bibliografia Bibliografia ARAÚJO, M. R. M. (2006), Responsabilidade e Satisfação do Consumidor: um estudo de caso, Belém, Tese de Doutoramento, Universidade Federal do Pará. BAYLIS, J. e SMITH, S. (2005), The Globalization

Leia mais

CURRICULUM VITAE SÍNTESE JORGE JÚLIO LANDEIRO DE VAZ

CURRICULUM VITAE SÍNTESE JORGE JÚLIO LANDEIRO DE VAZ CURRICULUM VITAE SÍNTESE JORGE JÚLIO LANDEIRO DE VAZ MAIO DE 2012 1. DADOS PESSOAIS Nome: JORGE JÚLIO LANDEIRO DE VAZ 2. HABILITAÇÕES ACADÉMICAS 2011 Auditor de Defesa Nacional Curso de Defesa Nacional

Leia mais

DADOS BIOGRÁFICOS. Maria Catarina Vieira Trincão Machado Cordeiro. Documentação: B.I. n.º 8894709, de 15/12/1997 Arquivo de Identificação de Coimbra

DADOS BIOGRÁFICOS. Maria Catarina Vieira Trincão Machado Cordeiro. Documentação: B.I. n.º 8894709, de 15/12/1997 Arquivo de Identificação de Coimbra DADOS BIOGRÁFICOS Nome: Maria Catarina Vieira Trincão Machado Cordeiro Data de Nascimento: 03 de Março de 1970 Estado Civil: Solteira Documentação: B.I. n.º 8894709, de 15/12/1997 Arquivo de Identificação

Leia mais

CURRICULUM VITÆ. Licenciatura em Economia da Faculdade de Economia da Universidade do Porto, concluída em Julho de 1996.

CURRICULUM VITÆ. Licenciatura em Economia da Faculdade de Economia da Universidade do Porto, concluída em Julho de 1996. CURRICULUM VITÆ DADOS PESSOAIS Nome: Nascimento: Nacionalidade: Morada: Manuel Emílio Mota de Almeida Delgado Castelo Branco 30 de Dezembro de 1971, Porto (Portugal) Portuguesa Faculdade de Economia do

Leia mais

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino Corrida da Saúde Classificação geral do corta-mato, realizado no dia 23 de Dezembro de 2007, na Escola E.B. 2,3 de Valbom. Contou com a participação dos alunos do 4º ano e do 2º e 3º ciclos do Agrupamento

Leia mais

Referências bibliográficas

Referências bibliográficas Referências bibliográficas Barbier, J.-M. (1996). Elaboração de projetos de ação e planificação. Porto: Porto Editora. Bardin, L. (1995). Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70. Bertram, T., & Pascal,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS - PPGCC FICHA DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS - PPGCC FICHA DE DISCIPLINA FICHA DE DISCIPLINA Disciplina Metodologia do Ensino da Contabilidade Código Carga Horária 60 Créditos 4 Tipo: PPGCC19 Eletiva OBJETIVOS Analisar e entender os conceitos relativos à metodologia de ensino

Leia mais

Camargo, Aspásia. Capela, José

Camargo, Aspásia. Capela, José C Cabral, Eloísa Helena de Souza Possui a Licenciatura em Serviço Social pela Faculdade de Serviço Social de Araraquara (1976) e títulos de especialista em Administração pela Universidade Presbiteriana

Leia mais