Daniel Darlen. IV SDSL Brasília DF Dezembro de 2004

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Daniel Darlen. daniel.correa@planejamento.gov.br. IV SDSL Brasília DF Dezembro de 2004"

Transcrição

1 Introdução ao Samba Daniel Darlen IV SDSL Brasília DF Dezembro de 2004 Introdução ao Samba p.1/65

2 Introdução Introdução ao Samba p.2/65

3 Introdução SAMBA é um conjunto de programas integrados desenvolvido para autenticação de usuários e compartilhamento de arquivos e impressoras em redes mistas, distribuído sob licença GPL. Página oficial: Introdução ao Samba p.3/65

4 Introdução O SAMBA destaca-se por ser uma ferramenta extremamente útil para quem deseja utilizar sistemas Windows e Unix em sua rede. Introdução ao Samba p.4/65

5 Introdução Uma das principais aplicações do SAMBA referese à sua utilização como PDC em uma rede. PDC é a sigla de Primary Domain Controller, um servidor que mantém uma base de dados de usuários, autenticando-os no seu domínio e liberando automaticamente os acessos previstos para cada um. Introdução ao Samba p.5/65

6 Histórico e Características O SAMBA foi originalmente criado por Andrew Tridgell, que fez a engenharia reversa do protocolo SMB e publicou seu código em Introdução ao Samba p.6/65

7 Histórico e Características Surgimento como conseqüência da combinação de três fatores recentes na computação: 1. Necessidade de compartilhamento de arquivos. 2. Unix, e mais atualmente Linux x Windows, ou estabilidade e robustez x popularidade necessidade de conjugar duas plataformas tão antagônicas. 3. Redes de Computadores: rápida proliferação de redes locais (LAN). Introdução ao Samba p.7/65

8 Serviços Básicos compartilhamento de arquivos; impressão em rede; autenticação e autorização; resolução de nomes; anúncio de serviço (servidor de arquivos e pesquisa por impressora), entre outros. Introdução ao Samba p.8/65

9 Daemons de execução Esses serviços são executados por dois daemons a : smbd: implementa serviços de compartilhamento de arquivos e impressão, além de autenticação e autorização nmbd: fornece o serviço de resolução de nomes e anúncio de lista a Daemon é um programa que roda em background, sempre pronto para receber solicitações de outros programas, executar o que foi pedido e retornar uma resposta. Introdução ao Samba p.9/65

10 Instalação Duas formas: compilação de seus arquivos fontes, por meio de pacotes pré-compilados. A maioria das distribuições GNU/Linux já oferecem a instalação do SAMBA. Introdução ao Samba p.10/65

11 Instalação Compilação dos arquivos fontes. #./configure -> configuraç~ao do script para compilaç~ao; # make -> compilaç~ao do aplicativo; # make install -> instalaç~ao. Pode ser necessária a criação de links para a execução dos aplicativos e ajustes no arquivo /etc/services. Introdução ao Samba p.11/65

12 Formas de configuração Introdução ao Samba p.12/65

13 Arquivo de configuração Embora execute funções complexas, a configuração do SAMBA é relativamente simples e permanece concentrada em um único arquivo, smb.conf localizado em: /etc/smb.conf, ou /etc/samba/smb.conf Introdução ao Samba p.13/65

14 Formas de configuração A configuração do SAMBA pode ser feita de duas maneiras: edição direta do arquivo de configuração; configuração via Web, com a utilização da ferramenta SWAT a. a Samba Web Administration Tool. Introdução ao Samba p.14/65

15 O arquivo smb.conf Introdução ao Samba p.15/65

16 smb.conf O arquivo de configuração smb.conf consiste em um arquivo texto (ASCII) composto por seções e parâmetros. [CENP] comment = Centro de Planejamento path = /home/cenp valid users Introdução ao Samba p.16/65

17 smb.conf os parâmetros são escritos na forma diretiva = valor valor pode ser numérico, string ou booleano o arquivo de configuração não faz distinção entre maíusculas e minúsculas os caracteres # e ; são utilizados para inserção de comentários o símbolo \ indica continuação de linha, caso haja necessidade. Introdução ao Samba p.17/65

18 smb.conf SECAO DESCRICAO [global] [homes] Os par^ametros dessa seç~ao ser~ao aplicados ao servidor como um todo, ou ser~ao padr~oes para seç~oes que n~ao definirem especificamente certos itens. Quando definida, especifica opç~oes de acesso a diretórios particulares dos usuários. O compartilhamento é disponibilizado somente para seu dono após autenticaç~ao do usuário no sistema. Introdução ao Samba p.18/65

19 smb.conf SECAO DESCRICAO [printers] Se estiver definida, essa opç~ao permite que os clientes possam se conectar e utilizar qualquer impressora especificada e conectada à máquina local, por meio do arquivo /etc/printcap. [netlogon] Utilizada para ativar execuç~ao de scripts quando um usuário efetua logon no domínio especificado. Introdução ao Samba p.19/65

20 smb.conf SECAO DESCRICAO [profile] [seç~ao] Define um perfil de usuário quando o SAMBA é configurado como PDC, armazenando configuraç~oes de área de trabalho de clientes Windows. Qualquer outra refer^encia de [seç~ao] no arquivo smb.conf, que n~ao seja uma das anteriormente destacadas, será tratada como um compartilhamento ou impressora. Introdução ao Samba p.20/65

21 smb.conf Na eção global são definidos padrões essenciais para perfeito funcionamento do servidor, como domínio, identificação da máquina e níveis de autenticação As demais seções são formadas pelos nomes de compartilhamentos contendo opções específicas para cada um. Introdução ao Samba p.21/65

22 Seção global workgroup Identifica o domínio a qual a máquina pertencerá netbios name security Identifica o nome NetBIOS primário do servidor. Caso n~ao seja ajustado, o SAMBA usará o hostname da máquina como valor padr~ao. Define a política de acesso, autenticaç~ao e segurança dos compartilhamentos. Possui quatro níveis de autenticaç~ao:. share. user. domain. server Introdução ao Samba p.22/65

23 Demais seções comment browseable username path Descriç~ao do compartilhamento. Especifica se o compartilhamento será visualizado na lista de itens compartilhados. Também é reconhecido como browsable. Lista de usuários com permiss~ao para utilizaç~ao do recurso. Caminho em disco do serviço compartilhado. Introdução ao Samba p.23/65

24 Demais seções guest ok read only write list read list Também pode ser escrito como public, habilita acesso público (sem senha) ao compartilhamento. Especifica o compartilhamento como apenas de leitura. Lista os usuários que t^em acesso de escrita e leitura ao compartilhamento. Lista os usuários qe t^em acesso apenas de leitura ao compartilhamento. Introdução ao Samba p.24/65

25 Compartilhando Introdução ao Samba p.25/65

26 Primeiros compartilhamentos Demanda: Criar dois compartilhamentos no SAMBA. Um com acesso para todos os membros da empresa e outro com uma senha única para o setor contábil. Introdução ao Samba p.26/65

27 Primeiros compartilhamentos Definições: Nome da máquina: garcom Pasta de acesso geral: compartilha Pasta restrita: contabil senha única: insegura Introdução ao Samba p.27/65

28 Primeiros compartilhamentos Etapas criação das pastas no sistema configuração do smb.conf criação e habilitação de usuário com GNU/Linux para utilização da senha única; ativação do SAMBA testes Introdução ao Samba p.28/65

29 Primeiros compartilhamentos Criação das pastas no sistema # mkdir /home/empresa # mkdir /home/empresa/acesso_geral # mkdir /home/empresa/contabilidade # chmod -R 777 /home/empresa Introdução ao Samba p.29/65

30 Primeiros compartilhamentos Configuração do smb.conf - seção global [global] workgroup = EMPRESA netbios name = garcom server string = Samba %v em %h security = share Introdução ao Samba p.30/65

31 Primeiros compartilhamentos Configuração do smb.conf - pasta "compartilha" [compartilha] comment = Acesso para todos usuários path = /home/empresa/acesso_geral browseable = yes writeable = yes guest ok = yes Introdução ao Samba p.31/65

32 Primeiros compartilhamentos Configuração do smb.conf - pasta "contabil" [contabil] comment = Pasta para usuários da Contabilidade path = /home/empresa/contabilidade browseable = yes writeable = yes guest ok = no valid users = inseguro Introdução ao Samba p.32/65

33 Primeiros compartilhamentos Para testar a integridade do arquivo smb.conf utilize o comando testparm: # testparm Introdução ao Samba p.33/65

34 Primeiros compartilhamentos Criação do usuário inseguro no GNU/Linux. # adduser ou # useradd -d /home/inseguro -s /bin/bash inseguro # passwd inseguro # smbpasswd -a inseguro Introdução ao Samba p.34/65

35 Primeiros compartilhamentos Ativação do SAMBA: ou ou # /usr/sbin/smbd -D # /usr/sbin/nmbd -D # /etc/init.d/samba restart # samba start Introdução ao Samba p.35/65

36 Primeiros compartilhamentos A partir de uma máquina cliente: smbclient -L <nome net bios ou dominio> -U usuário Introdução ao Samba p.36/65

37 Primeiros compartilhamentos $ smbclient -L U inseguro Password: Domain=[EMPRESA] OS=[Unix] Server=[Samba Debian] Sharename Type Comment compartilha Disk Acesso para todos usu_rios contabil Disk Pasta para usuarios da Contabilidade IPC$ IPC IPC Service (Samba Debian em lightstar) ADMIN$ IPC IPC Service (Samba Debian em lightstar) Domain=[EMPRESA] OS=[Unix] Server=[Samba Debian] Server Comment GARCOM Samba Debian em lightstar Workgroup Master EMPRESA $ Introdução ao Samba p.37/65

38 Primeiros compartilhamentos $ smbclient // /contabil -U inseguro Password: Domain=[EMPRESA] OS=[Unix] Server=[Samba Debian] smb: \> $ smbclient // /compartilha -U inseguro Password: Domain=[EMPRESA] OS=[Unix] Server=[Samba Debian] smb: \> $ smbclient // /compartilha Password: Domain=[EMPRESA] OS=[Unix] Server=[Samba Debian] smb: \> Introdução ao Samba p.38/65

39 Primeiros compartilhamentos Com esses procedimentos o SAMBA estará disponibilizando dois compartilhamentos: um compartilhamento denominado "contabil" acessado por meio da senha "insegura" um compartilhamento de acesso geral denominado "compartilha" Introdução ao Samba p.39/65

40 Primeiros compartilhamentos Quais os riscos envolvidos na forma de compartilhamento estabelecida? Introdução ao Samba p.40/65

41 Primeiros compartilhamentos Quais os riscos envolvidos na forma de compartilhamento estabelecida? Quais soluções podem ser propostas? Introdução ao Samba p.41/65

42 SAMBA como PDC Introdução ao Samba p.42/65

43 SAMBA como PDC Demanda: Implementar compartilhamentos para a empresa SEGURA considerando autenticação de cada usuário e definindo controles de acesso aos arquivos e diretórios. Introdução ao Samba p.43/65

44 SAMBA como PDC A turma irá definir um esquema de compartilhamento para ser implementado como exercício. Introdução ao Samba p.44/65

45 SAMBA como PDC Etapas criação das pastas no sistema; criação e habilitação dos usuários no GNU/Linux; configuração do smb.conf; criação das senhas no SAMBA ativação do SAMBA; testes; Introdução ao Samba p.45/65

46 SAMBA como PDC Criação das pastas a serem compartilhadas # mkdir /home/segura # mkdir /home/segura/contabilidade # mkdir /home/segura/auditoria # mkdir /home/segura/producao # mkdir /home/segura/diretoria # Introdução ao Samba p.46/65

47 SAMBA como PDC Criação dos grupos de usuários # groupadd auditoria # groupadd contabilidade # groupadd producao # groupadd diretoria # Introdução ao Samba p.47/65

48 SAMBA como PDC CRIAÇ~AO DOS USUÁRIOS NO SISTEMA USUÁRIO GRUPOS alberto joaquim charles monica daniel diego felipe marco auditoria producao auditoria contabilidade contabilidade diretoria auditoria diretoria contabilidade producao producao via "adduser" ou "useradd" Introdução ao Samba p.48/65

49 SAMBA como PDC Configuração da seção Global no smb.conf [global] workgroup = SEGURA netbios name = COFRE security = user os level = 65 preferred master = Yes domain master = Yes local master = Yes Introdução ao Samba p.49/65

50 SAMBA como PDC Configuração da seção Global no smb.conf domain master local master preferred master os level Especifica se está máquina está configurada para ser o PDC da rede. Define se a máquina será o controlador principal do grupo de trabalho local. Forca nova eleiç~ao para definicao do servidor de lista de recursos. Define o numero com que o Samba irá participar da eleiç~ao. Introdução ao Samba p.50/65

51 SAMBA como PDC OS Level default dos sistemas operacionais Windows for Workgroups 1 Windows 95 1 Windows 98 2 Windows 98 Second Edition 2 Windows 2000 Server (standalone) 16 Windows 2000 Professional 16 Windows NT 4.0 Wks 17 Windows NT 3.51 Wks 16 Windows NT 3.51 Server 32 Windows NT 4.0 Server 33 Windows 2000 Server (Domain Controller) 32 SAMBA 32 Introdução ao Samba p.51/65

52 Samba como PDC Compartilhamentos: [audit] comment = Pastas de trabalho da Auditoria path = /home/segura/auditoria username daniel read only = no Introdução ao Samba p.52/65

53 Samba como PDC Compartilhamentos: [contabil] comment = Pastas de trabalho da Contabilidade path = /home/segura/contabilidade username = read only = no Introdução ao Samba p.53/65

54 Samba como PDC Compartilhamentos: [diretoria] comment = Pastas de trabalho da Diretoria path = /home/segura/diretoria read only = no Introdução ao Samba p.54/65

55 Samba como PDC Compartilhamentos: [producao] comment = Pastas de trabalho path = /home/segura/producao read list read only = no Introdução ao Samba p.55/65

56 Samba como PDC Criação das senhas no SAMBA: Para cada usuário: # smbpasswd -a <usuário> Introdução ao Samba p.56/65

57 Samba como PDC Realizar testes com o comando testparm, e finalmente utilizar os compartilhamentos. Introdução ao Samba p.57/65

58 Samba como PDC Para implementação de mapeamentos automáticos nos clientes windows, é interessante utilizar o compartilhamento [netlogon] Introdução ao Samba p.58/65

59 Samba como PDC Exemplo de um compartilhamento netlogon: [netlogon] path=/home/segura/netlogon/%u.bat read only = yes Introdução ao Samba p.59/65

60 Samba como PDC Na pasta [netlogon] podem ser criados scripts de inicialização para mapeamento automático dos compartilhamentos disponbilizados no SAMBA. Introdução ao Samba p.60/65

61 Samba como PDC Exemplo de script de inicialização net time \\COFRE /set /yes net use G: \\COFRE\homes net use H: \\COFRE\audit net use I: \\COFRE\diretoria net use J: \\COFRE\producao Introdução ao Samba p.61/65

62 Samba como PDC Exemplo de script de off cls rem if %OS%==Windows_NT goto NT-2000 net use G: \\COFRE\homes net use H: \\COFRE\contabil net time \\COFRE /set /yes goto fim :NT-2000 net use G: \\COFRE\homes /persistent:yes net use H: \\COFRE\contabil /persistent:yes net time \\COFRE /set /yes goto fim :fim Introdução ao Samba p.62/65

63 Samba como PDC SWAT Ferramenta de administração do SAMBA via Web Introdução ao Samba p.63/65

64 Samba como PDC Introdução ao Samba p.64/65

65 Referências SAMBA - Guia de Consulta Rápida Décio Jr. Guia Foca Linux samba.org Introdução ao Samba p.65/65

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Samba Gustavo Reis gustavo.reis@ifsudestemg.edu.br 1 Conhecido também como servidor de arquivos; Consiste em compartilhar diretórios do Linux em uma rede Windows e visualizar compartilhamentos

Leia mais

Após salvar, execute o comando testparm e ele deverá exibir a mensagem Server role: ROLE_DOMAIN_PDC".

Após salvar, execute o comando testparm e ele deverá exibir a mensagem Server role: ROLE_DOMAIN_PDC. Samba como Servidor de Domínio Ubuntu Server 14.04 1. Passo - Instalação do pacote: #apt-get install samba 2. Passo - Edição do smb.conf Após instalar o samba delete o arquivo padrão smb.conf. #rm /etc/samba/smb.conf

Leia mais

Linux Network Servers

Linux Network Servers Configuração do Servidor Samba como controlador primário de domínio (PDC). O objetivo desse roteiro é mostrar como configurar um servidor Samba PDC compartilhando o diretório home, impressora e um diretório

Leia mais

Arquivo smb.conf comentado

Arquivo smb.conf comentado Arquivo smb.conf comentado ######## Seção global #### Define configurações como nome do servidor, grupo de trabalho, e outras. #### Opções definidas aqui tem efeito em todos compartilhamentos, exceto quando

Leia mais

Utilizando o SAMBA - Parte I

Utilizando o SAMBA - Parte I Utilizando o SAMBA - Parte I Por: Victor Zucarino ( 28/03/2001 ) Introdução Antes de começar vamos entender o que é o Samba. Em uma rede é necessário compartilhar dados, por isso temos que pensar em obter

Leia mais

Linux Network Servers

Linux Network Servers Samba como compartilhador de arquivos & impressora O Samba surgiu da necessidade de integrar redes mistas (Windows com Linux). No Linux, há duas maneiras de se fazer isso, que é pelo uso do NFS e Samba.

Leia mais

Aula 06 Servidor de Arquivos e Impressora (SaMBa)

Aula 06 Servidor de Arquivos e Impressora (SaMBa) Aula 06 Servidor de Arquivos e Impressora (SaMBa) Prof. Roitier Campos Gonçalves Introdução O servidor de arquivos fornece um ponto centralizado na rede para armazenamento e compartilhamento de arquivos

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 13 Servidor Samba. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática

Sistema Operacional Unidade 13 Servidor Samba. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática Sistema Operacional Unidade 13 Servidor Samba Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 INSTALANDO O SAMBA... 3 Verificando a versão... 3 Criando uma cópia do servidor samba original... 3 COMPARTILHAMENTOS

Leia mais

Configuração Definitiva do Samba

Configuração Definitiva do Samba Configuração Definitiva do Samba 1 2 Sumário 1. Vantagens... 5 2. Desvantagem... 5 3. Conclusão Final... 5 4. Vamos botar a mão na massa!... 6 5. Instalação... 6 6. Configuração Parte 1 (Criando os diretórios)...

Leia mais

Compartilhamento de arquivos e diretórios

Compartilhamento de arquivos e diretórios Compartilhamento de arquivos e diretórios O compartilhamento de arquivos e diretórios foi uma das aplicações que motivou o desenvolvimento inicial da rede de computadores. 19 E xistem dois protocolos de

Leia mais

ActiveInfo. Treinamento GNU/Linux Servidores

ActiveInfo. Treinamento GNU/Linux Servidores ActiveInfo Treinamento GNU/Linux Servidores http://www.samba.org André Luiz andreluizsp@gmail.com 1 Conteúdo programático O que é SAMBA? Instalando o SAMBA Verificando o serviço SWAT - Samba Web Administrator

Leia mais

Integração Windows e Linux com Samba

Integração Windows e Linux com Samba Integração Windows e Linux com Samba Session Message Block - SMB Software livre, que permite que máquinas Unix/Linux e Windows convivam harmoniosamente em uma mesma rede Sistemas Windows em geral e OS/2

Leia mais

GLEYSON RODRIGUES JORGE. Manual de Configuração de um Servidor SAMBA: Compartilhamento, Autenticação e Construção de Scripts.

GLEYSON RODRIGUES JORGE. Manual de Configuração de um Servidor SAMBA: Compartilhamento, Autenticação e Construção de Scripts. GLEYSON RODRIGUES JORGE Manual de Configuração de um Servidor SAMBA: Compartilhamento, Autenticação e Construção de Scripts. Palmas 2006 GLEYSON RODRIGUES JORGE Manual de Configuração de um Servidor SAMBA:

Leia mais

TUTORIAL: CONFIGURAÇÃO DO SERVIDOR SAMBA

TUTORIAL: CONFIGURAÇÃO DO SERVIDOR SAMBA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ - UFC CURSO DE TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS LINUX Antonio Janael Pinheiro Maria Atrícia Sabino Maciel Luclécia Correia Lopes

Leia mais

Samba como PDC de um domínio Windows

Samba como PDC de um domínio Windows Relatório do Trabalho Prático nº 3 Samba como PDC de um domínio Windows Documento elaborado pela equipa: Jorge Miguel Morgado Henriques Ricardo Nuno Mendão da Silva Data de entrega: 22.11.2006 Índice Índice...

Leia mais

Como padrão o usuário root vem bloqueado por padrão, habilite o usuário root com os seguintes comandos:

Como padrão o usuário root vem bloqueado por padrão, habilite o usuário root com os seguintes comandos: Samba como controlador de domínio no Ubuntu Nesse artigo estaremos configurando o SAMBA, que consiste em um software que faz a comunicação entre Windows e Linux, sendo utilizado para compartilhar arquivos

Leia mais

SMB vs NFS. Técnico Integrado em Telecomunicações turma 6080822

SMB vs NFS. Técnico Integrado em Telecomunicações turma 6080822 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CAMPUS SÃO JOSÉ SANTA CATARINA SMB vs NFS Técnico Integrado em Telecomunicações

Leia mais

Instalação e Configuração Servidor Samba

Instalação e Configuração Servidor Samba Instalação e Configuração Servidor Samba Pág - 1 Instalação e Configuração Servidor Samba O Samba é o servidor que permite compartilhar arquivos e acessar compartilhamentos em máquinas Windows. Ele é dividido

Leia mais

Sistemas Distribuídos Aula-6

Sistemas Distribuídos Aula-6 6 SAMBA Histórico: O Samba foi criado por Andrew Tridgell. Ele precisava montar um espaço em disco em seu PC para um servidor Unix. Esse PC rodava DOS e, inicialmente, foi utilizado o sistema de arquivos

Leia mais

Suporte de Servidores Linux. Ezequiel Mendes Duque

Suporte de Servidores Linux. Ezequiel Mendes Duque Suporte de Servidores Linux Ezequiel Mendes Duque SAMBA Acidente?? O projeto nasceu no final de 1991, de forma acidental. O criador foi: Andrew Tridgell, um australiano que na época era estudante do curso

Leia mais

Samba PDC no Debian com Clamwin antivírus

Samba PDC no Debian com Clamwin antivírus Samba PDC no Debian com Clamwin antivírus Artigo extraído do link http://www.guiadohardware.net/artigos/pdc debian clamwin estacoes/ Introdução Esse artigo o guiará passo a passo na montagem de um servidor

Leia mais

Administração de Redes SAMBA

Administração de Redes SAMBA Administração de Redes SAMBA Rafael S. Guimarães IFES - Campus Cachoeiro de Itapemirim Baseado no material de João Paulo de Brito Gonçalves SAMBA SAMBA A finalidade do serviço Samba é permitir que estações

Leia mais

Samba - Aspectos Avançados

Samba - Aspectos Avançados Samba - Aspectos Avançados Por Conectiva Informática e Time de Desenvolvimento do Samba Certamente, no momento em que iniciamos a implantação de uma rede, nos deparamos com diversos aspectos não previstos,

Leia mais

CONFIGURANDO O SAMBA

CONFIGURANDO O SAMBA 1 CONFIGURANDO O SAMBA escrito por: Bruno T. Russo brusso@mackenzie.com.br http://www.btr.hpg.com.br criado com OpenOffice 1.0 Janeiro / 2003 2 SUMÁRIO 1. Introdução 3 2. Instalação 3 3. Configuração 3

Leia mais

Administração de Sistemas

Administração de Sistemas Administração de Sistemas Orlando Sousa Aula 11 Partilha de ficheiros e impressoras: SAMBA SAMBA Serviço que permite: Partilhar um directório com computadores Windows ou Linux Partilhar um directório de

Leia mais

Aula 9 Servidor Samba Linux

Aula 9 Servidor Samba Linux 1 Aula 9 Servidor Samba Linux Samba é o protocolo responsável pela integração de máquinas Linux com Windows, permitindo assim a criação de redes mistas utilizando servidores Linux e clientes Windows. Samba,

Leia mais

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Sistema Operacional Linux > Servidor de Arquivos (NFS) www.labcisco.com.br ::: shbbrito@labcisco.com.br Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Introdução ao NFS O NFS (Network File System) é um sistema de arquivos

Leia mais

Solução linux para compartilhamento de arquivos

Solução linux para compartilhamento de arquivos Solução linux para compartilhamento de arquivos Nataniel da Silva Vieira 1, André Moraes 1 1 Tecnologia em Redes de Computadores Faculdade de Tecnologia Senac Pelotas RS Brasil nataniel@pelotas.com.br,

Leia mais

Referências: http://www.debian.org/doc/manuals/reference/ch-tips.pt-br.html#s-cronjob

Referências: http://www.debian.org/doc/manuals/reference/ch-tips.pt-br.html#s-cronjob 1 Temas abordados: Escalonamento de tarefas Configuração do SAMBA Certificados de chave pública (OPENSSL) Escalonamento de tarefas Referências: http://www.debian.org/doc/manuals/reference/ch-tips.pt-br.html#s-cronjob

Leia mais

O que é e o que faz o samba?

O que é e o que faz o samba? Tutorial samba como controlador de domínio para Ubuntu ou Debian. Os procedimentos foram testados no ubuntu 10.04, em caso do debian ou outra versão pode mudar alguns detalhes ou algum procedimento como

Leia mais

NBT - é o protocolo que faz o mapeamento entre nomes (de computadores ) e IP s.

NBT - é o protocolo que faz o mapeamento entre nomes (de computadores ) e IP s. Capítulo 9 Serviços de ficheiros em rede Microsoft (SMB) Introdução Em 1984 a Microsoft fez uma API (Application Programming Interface) para que as suas aplicações pudessem partilhar dados numa rede. Esta

Leia mais

Capítulo 9. SMB (Server Message Block) Serviços de ficheiros em rede Microsoft. Gestão de Redes e Serviços (GRS) Capítulo 9 1/1

Capítulo 9. SMB (Server Message Block) Serviços de ficheiros em rede Microsoft. Gestão de Redes e Serviços (GRS) Capítulo 9 1/1 Capítulo 9 Serviços de ficheiros em rede Microsoft SMB (Server Message Block) Gestão de Redes e Serviços (GRS) Capítulo 9 1/1 Introdução Em 1984 a Microsoft fez uma API (Application Programming Interface)

Leia mais

Instalação de um Cliente Linux em um domínio de rede Microsoft Windows NT4

Instalação de um Cliente Linux em um domínio de rede Microsoft Windows NT4 Instalação de um Cliente Linux em um domínio de rede Microsoft Windows NT4 Projeto Libertas-BR http://www.libertasbr.org.br 8 de setembro de 2005 1 Introdução Esta documentação orienta a integração de

Leia mais

AULA 6. Bruno L. Albrecht Felipe A. Chies Lucas F. Zawacki. PET Computação UFRGS

AULA 6. Bruno L. Albrecht Felipe A. Chies Lucas F. Zawacki. PET Computação UFRGS M i n i - C u r s o d e I n t r o d u ç ã o a o G N U / L i n u x AULA 6 Bruno L. Albrecht Felipe A. Chies Lucas F. Zawacki PET Computação UFRGS Março/Abril 2008 A d m i n i s t r a c a o B á s i c a Arquivos

Leia mais

JOSÉ ELIAS DA SILVA JUSTO

JOSÉ ELIAS DA SILVA JUSTO JOSÉ ELIAS DA SILVA JUSTO SERVIDOR DE ARQUIVOS LINUX PARA CLIENTES WINDOWS UM ESTUDO DE CASO SOBRE A IMPLANTAÇÃO DO SAMBA NA FACULDADE DE MEDICINA DE CAMPOS Monografia apresentada ao Departamento de Ciência

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI DE DESENVOLVIMENTO GERENCIAL FATESG CURSO TÉCNICO EM REDES DE COMPUTADORES. Luís Antônio Neto Wallysson Santos Oliveira

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI DE DESENVOLVIMENTO GERENCIAL FATESG CURSO TÉCNICO EM REDES DE COMPUTADORES. Luís Antônio Neto Wallysson Santos Oliveira FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI DE DESENVOLVIMENTO GERENCIAL FATESG CURSO TÉCNICO EM REDES DE COMPUTADORES Luís Antônio Neto Wallysson Santos Oliveira ADMINISTRADOR DE REDES LINUX (DEBIAN) Goiânia 2011 Luís

Leia mais

Linux Caixa Mágica. Documentos Técnicos CM. Configurar a partilha de directorias Windows / Linux Caixa Mágica

Linux Caixa Mágica. Documentos Técnicos CM. Configurar a partilha de directorias Windows / Linux Caixa Mágica Linux Caixa Configurar a partilha de directorias Windows / Linux Caixa Date: Pages: Issue: State: Access: Reference: 01612/2003 16 Instalar e Configurar Final Público CM2003-2001 i Approved Version: RR

Leia mais

O que um Servidor Samba faz?

O que um Servidor Samba faz? O que é o Samba? O Samba é um "software servidor" para Linux (e outros sistemas baseados em Unix) que permite o gerenciamento e compartilhamento de recursos em redes formadas por computadores com o Windows

Leia mais

Instalação e configuração do server e client Samba.

Instalação e configuração do server e client Samba. Serviço Samba agosto/2015 Instalação e configuração do server e client Samba. 1 Histórico O nome Samba vem de SMB, Server Message Block, que é um protocolo frequentemente usado para compartilhamento de

Leia mais

Manual. Configuração do. Samba. Compartilhamento e Servidor Samba Linux. Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre

Manual. Configuração do. Samba. Compartilhamento e Servidor Samba Linux. Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração do Samba Compartilhamento e Servidor Samba Linux Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração do Samba Compartilhamento e Servidor Samba

Leia mais

FPROT. Fonte: www.lcad.icmc.usp.br/~jbatista/sce238/samba.ppt. SENAC TI Fernando Costa

FPROT. Fonte: www.lcad.icmc.usp.br/~jbatista/sce238/samba.ppt. SENAC TI Fernando Costa FPROT Fonte: www.lcad.icmc.usp.br/~jbatista/sce238/samba.ppt SENAC TI Fernando Costa Samba Introdução Fundamentos para criação de um domínio e serviços Windows em um servidor Linux. Motivação: O convívio

Leia mais

Configuração do Samba

Configuração do Samba LinuxFocus article number 177 http://linuxfocus.org Configuração do Samba by Éric Seigne About the author: Trabalho para o mundo de software livre e, entre outras coisas, desenvolvo

Leia mais

Tutorial para Instalação do Ubuntu Server 10.04

Tutorial para Instalação do Ubuntu Server 10.04 Tutorial para Instalação do Ubuntu Server 10.04 Autor: Alexandre F. Ultrago E-mail: ultrago@hotmail.com 1 Infraestrutura da rede Instalação Ativando o usuário root Instalação do Webmin Acessando o Webmin

Leia mais

Um pouco sobre a história do Samba

Um pouco sobre a história do Samba Um pouco sobre a história do Samba O projeto nasceu no final de 1991, de forma acidental. Andrew Tridgell, um australiano que na época era estudante do curso de PhD em ciências da computação da Universidade

Leia mais

Compartilhando arquivos com o samba

Compartilhando arquivos com o samba Compartilhando arquivos com o samba Para compartilhar arquivos em uma rede local windows, a microsoft utiliza o protocolo smb (server message block). O samba foi criado para que máquinas linux possam compartilhar

Leia mais

Projeto e Instalação de Servidores Servidores Linux Aula 7 Samba, SSH e Backup

Projeto e Instalação de Servidores Servidores Linux Aula 7 Samba, SSH e Backup Projeto e Instalação de Servidores Servidores Linux Aula 7 Samba, SSH e Prof.: Roberto Franciscatto Samba Samba Samba Samba Servidor de compartilhamento de arquivos e recursos de rede É compatível com

Leia mais

Introdução ------------------------------------------------------------

Introdução ------------------------------------------------------------ Manual de Configuração do SAMBA Por: Victor Zucarino / Atualização 7.0 - Agosto de 2002 Introdução Instalação Configuração Conhecendo os Parâmetros Seção [global] Seção [homes] Demais Seções Testando o

Leia mais

Manual de Configuração do SAMBA

Manual de Configuração do SAMBA Manual de Configuração do SAMBA Manual de Configuração do SAMBA Por: Victor Zucarino / Atualização 7.0a - Agosto de 2002 Tel: 219765-5230 vffzbr@yahoo.com.br -------------------------------------------------------------------

Leia mais

A grosso modo, é um servidor de arquivos que usa o mesmo protocolo de máquinas Windows para se comunicar.

A grosso modo, é um servidor de arquivos que usa o mesmo protocolo de máquinas Windows para se comunicar. 1 of 19 23/6/2010 22:45 Autor: Paulo Roberto Junior - WoLF Data: 15/10/2008 Introdução Servidor Samba A grosso modo, é um servidor de arquivos que usa o mesmo protocolo de máquinas

Leia mais

Uma rede na varanda. Imagine a seguinte situação: num. Capa. Criando uma pequena rede doméstica com o Samba

Uma rede na varanda. Imagine a seguinte situação: num. Capa. Criando uma pequena rede doméstica com o Samba Criando uma pequena rede doméstica com o Uma rede na varanda www.sxc.hu Mesmo quem tem uma pequena rede doméstica poderá algum dia querer centralizar os serviços de armazenamento de arquivos ou impressão.

Leia mais

/LQX[:LQGRZV 6DPED. Para executar os procedimentos abaixo você precisa estar logado como root. $YLVR

/LQX[:LQGRZV 6DPED. Para executar os procedimentos abaixo você precisa estar logado como root. $YLVR /LQX[:LQGRZV 6DPED (GLomR Autor E-mail Home-page Coadjuvante 'DQLHO3HUHLUD*XLPDUmHV WHPS#WHFQRE\WHFRPEU ZZZWHFQRE\WHFRPEU $QW{QLR3HUHLUD*XLPDUmHV,QWURGXomR Não podemos negar que a maior parte dos usuários

Leia mais

Manual. Configuração do. Samba. Compartilhamento e Servidor Samba Linux. Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre

Manual. Configuração do. Samba. Compartilhamento e Servidor Samba Linux. Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração do Samba Compartilhamento e Servidor Samba Linux Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração do Samba Compartilhamento e Servidor Samba

Leia mais

Integrando OpenLDAP e Samba no Fedora 7 como servidor de autenticacao

Integrando OpenLDAP e Samba no Fedora 7 como servidor de autenticacao Integrando OpenLDAP e Samba no Fedora 7 como servidor de autenticacao A primeira coisa a se fazer e instalar os softwares necessarios para o precedimento. Como root, digite em um terminal: # yum update

Leia mais

Instalação de Configuração do servidor SAMBA Rede TerraLAB

Instalação de Configuração do servidor SAMBA Rede TerraLAB Instalação de Configuração do servidor SAMBA Rede TerraLAB Igor Muzetti Pereira igormuzetti@gmail.com Tiago Garcia de Senna Carneiro tiago@iceb.ufop.br Departamento de Computação Universidade Federal de

Leia mais

Capítulo 1 DATAPREV DATAPREV. 1.1 Servidores de arquivos. www.dataprev.gov.br

Capítulo 1 DATAPREV DATAPREV. 1.1 Servidores de arquivos. www.dataprev.gov.br Capítulo 1 DATAPREV Instituição: Sítio: Caso: Responsável: Palavras- Chave: DATAPREV www.dataprev.gov.br Procedimentos adotados pela Dataprev na migração dos servidores Netware (Novell) para servidores

Leia mais

Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Recursos, Redes e Samba Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Módulo III Módulo III

Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Recursos, Redes e Samba Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Módulo III Módulo III 1 Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Prof.: Nelson Monnerat Recursos, Redes e Samba 1 Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Módulo

Leia mais

Rafael Nink de Carvalho

Rafael Nink de Carvalho Rafael Nink de Carvalho Conteúdos a serem trabalhados: Software de Matemática Math; Inserção de vídeos do YouTube no BrOffice.org Impress; Inserção de som no Impress; Converter cd de áudio; Instalar programas;

Leia mais

Escola de Educação Profissional SENAC-PELOTAS Centro Histórico PRONATEC. Jonathan Silveira Leandro Stein RELATÓRIO TÉCNICO PROJETO INTERDICIPLINAR

Escola de Educação Profissional SENAC-PELOTAS Centro Histórico PRONATEC. Jonathan Silveira Leandro Stein RELATÓRIO TÉCNICO PROJETO INTERDICIPLINAR Escola de Educação Profissional SENAC-PELOTAS Centro Histórico PRONATEC Jonathan Silveira Leandro Stein RELATÓRIO TÉCNICO PROJETO INTERDICIPLINAR PELOTAS/RS 2013 1 Jonathan Silveira, Leandro Stein Relatório

Leia mais

Squid autenticado no Active Directory com Winbind

Squid autenticado no Active Directory com Winbind 1 de 5 4/2/2007 14:40 Squid autenticado no Active Directory com Winbind Autor: Anderson Leite Data: 30/08/2006 Introdução Este é um artigo bem resumido, entrando em detalhes somente

Leia mais

CENTRALIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE INTRANET EM UMA REDE COM SISTEMAS OPERACIONAIS HETEROGÊNEOS

CENTRALIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE INTRANET EM UMA REDE COM SISTEMAS OPERACIONAIS HETEROGÊNEOS UniCEUB Centro Universitário de Brasília FATECS Faculdade de Tecnologia e Ciências Sociais Aplicadas Curso de Engenharia da Computação Projeto Final CENTRALIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE INTRANET EM UMA REDE COM

Leia mais

FACULDADE CAMPO REAL ESTER DE ARRUDA CAMPOS LUCAS PAULO ZUKOVSKI

FACULDADE CAMPO REAL ESTER DE ARRUDA CAMPOS LUCAS PAULO ZUKOVSKI FACULDADE CAMPO REAL ESTER DE ARRUDA CAMPOS LUCAS PAULO ZUKOVSKI AUDITORIAS E LIXEIRAS USANDO O SAMBA: compartilhamento de arquivos com acesso total em redes mistas GUARAPUAVA 2008 ESTER DE ARRUDA CAMPOS

Leia mais

SAMBA3 e LDAP. Base sólida para redes heterogêneas. Felipe Augusto van de Wiel (faw) Brasil, São Paulo, 06 de novembro de 2004. 06.novembro.

SAMBA3 e LDAP. Base sólida para redes heterogêneas. Felipe Augusto van de Wiel (faw) Brasil, São Paulo, 06 de novembro de 2004. 06.novembro. SAMBA3 e LDAP Base sólida para redes heterogêneas. Felipe Augusto van de Wiel (faw) Brasil, São Paulo, 06 de novembro de 2004. 06.novembro.2004 1 Quem sou eu? No mundo Admin. Redes e Sistemas Instrutor

Leia mais

FUNDAÇÃO DE ESTUDOS SOCIAIS DO PARANÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DO PARANÁ CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SAMBA

FUNDAÇÃO DE ESTUDOS SOCIAIS DO PARANÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DO PARANÁ CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SAMBA FUNDAÇÃO DE ESTUDOS SOCIAIS DO PARANÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DO PARANÁ CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SAMBA CURITIBA 2005 ALEXANDRE DIEGO SETNER JOSÉ ALTAIR RIBEIRO JUNIOR SAMBA

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Bacharelado em Ciência da Computação O SOFTWARE SAMBA NA INTEGRAÇAO DE REDES HETEROGÊNEAS Autores: Orientador:

Leia mais

Linux Caixa Mágica. Documentos Técnicos CM. Instalação por Rede e/ou Desacompanhada. Date: Pages: Issue: State: Access: Reference:

Linux Caixa Mágica. Documentos Técnicos CM. Instalação por Rede e/ou Desacompanhada. Date: Pages: Issue: State: Access: Reference: Linux Caixa Instalação por Rede e/ou Desacompanhada Date: Pages: Issue: State: Access: Reference: 02207/2005 15 Instalar e Configurar Final Público CM2005-2001 i Approved Version: RR Name Function Signature

Leia mais

Conteúdo do pacote de 05 cursos hands-on Linux

Conteúdo do pacote de 05 cursos hands-on Linux Conteúdo do pacote de 05 cursos hands-on Linux Linux Básico Linux Intermediário Proxy Squid Firewall Netfilter / Iptables Samba 4 C o n t e ú d o d o c u r s o H a n d s - on L i n u x 2 Sumário 1 Linux

Leia mais

ATIVIDADE 1. Redes Windows. 1.1 Histórico do SMB

ATIVIDADE 1. Redes Windows. 1.1 Histórico do SMB ATIVIDADE 1 Redes Windows Falar sobre Samba e redes mistas Windows / Linux, sem antes explicar o conceito básico de uma rede não parece correto e ao mesmo tempo, perder páginas e mais páginas explicando

Leia mais

ESET Remote Administrator ESET EndPoint Solutions ESET Remote Adminstrator Workgroup Script de Logon

ESET Remote Administrator ESET EndPoint Solutions ESET Remote Adminstrator Workgroup Script de Logon AGENDA 1. Download dos pacotes de instalação ESET Remote Administrator 2. Download dos pacotes de instalação ESET EndPoint Solutions 3. Procedimento de instalação e configuração básica do ESET Remote Adminstrator

Leia mais

Linux Caixa Mágica. Documentos Técnicos CM. Instalação por PXE Boot. Date: Pages: Issue: State: Access: Reference:

Linux Caixa Mágica. Documentos Técnicos CM. Instalação por PXE Boot. Date: Pages: Issue: State: Access: Reference: Linux Caixa Instalação por PXE Boot Date: Pages: Issue: State: Access: Reference: 02207/2005 9 Instalar e Configurar Final Público CM2005-2001 i Approved Version: RR Name Function Signature Date Paulo

Leia mais

Ferramenta para gerenciamento de impressão CURUPIRA

Ferramenta para gerenciamento de impressão CURUPIRA #20 Ferramenta para gerenciamento de impressão CURUPIRA VITEC Versão 1.0 Agosto/2007 1 Revisões Versão Data Descrição 1.0.0 03/08/2007 Elaboração do Manual. Página 2 de 18 Índice 1 REVISÕES... 2 2 PRÉ-REQUISITOS...

Leia mais

HOW TO Integração do OPIE com o Firewall Aker One time password

HOW TO Integração do OPIE com o Firewall Aker One time password Introdução HOW TO Página: 1 de 5 O presente documento explica como utilizar o com um sistema One Time Password implantado em um servidor Linux. Solução Sistemas One Time Password são uma evolução dos sistemas

Leia mais

Instalando e configurando o SAMBA no Debian 6.0

Instalando e configurando o SAMBA no Debian 6.0 Instalando e configurando o SAMBA no Debian 6.0 Julio Cesar Vitoria Moraes, Rafael de Figueiredo Rodrigues Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS (FATEC

Leia mais

IFSULDEMINAS - REITORIA - DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE INFRAESTRUTURA E REDES

IFSULDEMINAS - REITORIA - DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE INFRAESTRUTURA E REDES IFSULDEMINAS - REITORIA - DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE INFRAESTRUTURA E REDES TUTORIAL EXPRESSO LIVRE COM SAMBA MARCIO FELICIANO DO PRADO POUSO ALEGRE 2012 SUMÁRIO 1

Leia mais

1 SQL Injection A consulta normal SQL seria:

1 SQL Injection A consulta normal SQL seria: HTTP Testando aplicação Web. Pegaremos dois tipos de ataques dentre os top 10 do OWASP 1 SQL Injection A consulta normal SQL seria: SELECT * FROM Users WHERE Username='$username' AND Password='$password'

Leia mais

Mini Roteiro - Samba integrado ao LDAP

Mini Roteiro - Samba integrado ao LDAP Mini Roteiro - Samba integrado ao LDAP Procedimento de Instalação e configuração Procedimento baseado em DEBIAN, pode ser adaptado facilmente para outras distribuições. autor: e-mail: André Alexandre Gaio

Leia mais

http://www.samba.org No site poderão encontrar todas as informações sobre o SAMBA e inclusive arquivos binários para a instalação.

http://www.samba.org No site poderão encontrar todas as informações sobre o SAMBA e inclusive arquivos binários para a instalação. Capítulo 3 SAMBA Introdução Uma das utilizações mais interessantes no servidor Linux é a de poder compartilhar arquivos com outros S.O. (Sistemas Operacionais), o software mais utilizado para esta finalidade

Leia mais

Projeto Integrador Projeto de Redes de Computadores

Projeto Integrador Projeto de Redes de Computadores Projeto Integrador Projeto de Redes de Computadores IMPLEMENTAÇÃO DO PROTOCOLO 802.1x UTILIZANDO SERVIDOR DE AUTENTICAÇÃO FREERADIUS Aluno: Diego Miranda Figueira Jose Rodrigues de Oliveira Neto Romário

Leia mais

AVG Anti-Vírus 7.0 Atualização Centralizada (AVGADMIN 7.1)

AVG Anti-Vírus 7.0 Atualização Centralizada (AVGADMIN 7.1) AVG Anti-Vírus 7.0 Atualização Centralizada (AVGADMIN 7.1) Guia do Usuário Documento revisado 70.1 (12/27/2004) Copyright (c) 1992-2004 GRISOFT, s.r.o. Todos os direitos reservados. Este produto utiliza

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CATARINENSE CAMPUS SOMBRIO RONALDO BORGES DE QUADROS SERVIÇOS DE REDE

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CATARINENSE CAMPUS SOMBRIO RONALDO BORGES DE QUADROS SERVIÇOS DE REDE INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CATARINENSE CAMPUS SOMBRIO RONALDO BORGES DE QUADROS SERVIÇOS DE REDE Sombrio (SC) 2011 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CATARINENSE

Leia mais

Manual. Configuração Samba. tutorial de instalação. Samba - Linux. Francisco Willian Saldanha Analista de Teste de Sistemas MEC/SEED/DITEC/CETE

Manual. Configuração Samba. tutorial de instalação. Samba - Linux. Francisco Willian Saldanha Analista de Teste de Sistemas MEC/SEED/DITEC/CETE Manual Configuração Samba tutorial de instalação Samba - Linux Francisco Willian Saldanha Analista de Teste de Sistemas MEC/SEED/DITEC/CETE Manual Configuração Samba tutorial de instalação Samba - Linux

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS FUNDAMENTOS DE Visão geral sobre o Active Directory Um diretório é uma estrutura hierárquica que armazena informações sobre objetos na rede. Um serviço de diretório,

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

Formador: Paulo Ramos IGRI13: Rui Bárcia Nº15. Windows 2008 Server. Módulo 16. Instalação e configuração

Formador: Paulo Ramos IGRI13: Rui Bárcia Nº15. Windows 2008 Server. Módulo 16. Instalação e configuração Formador: Paulo Ramos IGRI13: Rui Bárcia Nº15 Módulo 16 Windows 2008 Server Instalação e configuração Roles DNS Nº 001 Começamos por selecionar o Server Manager. Roles DNS Nº 002 Visualização da janela

Leia mais

Manual de Utilização do TOTVS Restore

Manual de Utilização do TOTVS Restore Manual de Utilização do TOTVS Restore Atualização de Ambientes RM O TOTVS Restore é uma ferramenta desenvolvida pela equipe de Engenharia de Software do CD-BH com o intuito de permitir a criação e atualização

Leia mais

Introdução ao Sistema. Características

Introdução ao Sistema. Características Introdução ao Sistema O sistema Provinha Brasil foi desenvolvido com o intuito de cadastrar as resposta da avaliação que é sugerida pelo MEC e que possui o mesmo nome do sistema. Após a digitação, os dados

Leia mais

ATENÇÃO: Este manual foi feito para usuários que tenham conhecimentos de administrador Linux.

ATENÇÃO: Este manual foi feito para usuários que tenham conhecimentos de administrador Linux. INSTALL 2014-08-12 ================================================== Instalando e Executando o Siprev em Ambiente Linux ATENÇÃO: Este manual foi feito para usuários que tenham conhecimentos de administrador

Leia mais

Tutorial de Active Directory Parte 3

Tutorial de Active Directory Parte 3 Tutorial de Active Directory Parte 3 Introdução Prezados leitores, esta é a terceira parte de uma série de tutoriais sobre o Active Directory. O Active Directory foi a grande novidade introduzida no Windows

Leia mais

Compartilhamento de recursos de forma a racionar e otimizar o uso de equipamentos e softwares. Servidores e Workstations. Segurança é um desafio, por

Compartilhamento de recursos de forma a racionar e otimizar o uso de equipamentos e softwares. Servidores e Workstations. Segurança é um desafio, por $XWDUTXLD(GXFDFLRQDOGR9DOHGR6mR)UDQFLVFR± $(96) )DFXOGDGHGH&LrQFLDV6RFLDLVH$SOLFDGDVGH3HWUROLQD± )$&$3( &XUVRGH&LrQFLDVGD&RPSXWDomR $8',725,$'$7(&12/2*,$'$,1)250$d 2 &\QDUD&DUYDOKR F\QDUDFDUYDOKR#\DKRRFRPEU

Leia mais

SOFTWARE CACIC NA PREVIDÊNCIA SOCIAL

SOFTWARE CACIC NA PREVIDÊNCIA SOCIAL MANUAL DE IMPLANTAÇÃO DO SOFTWARE CACIC NA PREVIDÊNCIA SOCIAL Manual do Administrador Agosto de 2004 V2.00.x Dataprev ESES.P Índice 2INTRODUÇÃO... 3 2.1APRESENTAÇÃO DO SISTEMA... 3 2.2FUNCIONAMENTO BÁSICO...

Leia mais

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO MANUAL DE CONFIGURAÇÃO CONTMATIC PHOENIX SUMÁRIO CAPÍTULO I APRESENTAÇÃO DO ACESSO REMOTO... 3 1.1 O que é o ACESSO REMOTO... 3 1.2 Como utilizar o ACESSO REMOTO... 3 1.3 Quais as vantagens em usar o PHOENIX

Leia mais

--------------------------------------------------------------------------------------- SERVIÇOS WINDOWS 2000

--------------------------------------------------------------------------------------- SERVIÇOS WINDOWS 2000 --------------------------------------------------------------------------------------- SERVIÇOS WINDOWS 2000 2000S/2000P O Win2000 utiliza Serviços para realizar algumas tarefas. Eles são bastante úteis

Leia mais

LISTA DE COMANDOS DO LINUX 1

LISTA DE COMANDOS DO LINUX 1 LISTA DE COMANDOS DO LINUX 1 Comandos para manipulação de diretório 1. ls Lista os arquivos de um diretório. 2. cd Entra em um diretório. Você precisa ter a permissão de execução para entrar no diretório.

Leia mais

Projeto de Redes de Computadores. Servidor Radius

Projeto de Redes de Computadores. Servidor Radius Faculdade de Tecnologia Senac Goiás Projeto de Redes de Computadores Servidor Radius Alunos: Fabio Henrique, Juliano Pirozzelli, Murillo Victor, Raul Rastelo Goiânia, Dezembro de 2014 Radius Remote Authentication

Leia mais

Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid

Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid Tecgraf/PUC Rio infogrid@tecgraf.puc rio.br 1.Introdução O objetivo deste documento é podermos registrar em um único local todas as informações necessárias

Leia mais

Os clientes devem fornecer todos os materiais de operação necessários quando solicitados pelo engenheiro.

Os clientes devem fornecer todos os materiais de operação necessários quando solicitados pelo engenheiro. Análise Lista de de Verificação Dados OpenLAB da Instalação somente A.01.01 Estação de Obrigado por adquirir a solução de software da Agilent. Esta lista de verificação é usada pelo engenheiro que efetua

Leia mais

Active Directory - Criação de seu primeiro domínio Windows 2003

Active Directory - Criação de seu primeiro domínio Windows 2003 Active Directory - Criação de seu primeiro domínio Windows 2003 O Active Directory é o serviço de diretório utilizado em uma rede Windows 2003. O AD, sendo um serviço de diretório, serve à nossa rede como

Leia mais

Reestruturação Lógica da Rede do Instituto Federal do Paraná IFPR Campus Paranaguá

Reestruturação Lógica da Rede do Instituto Federal do Paraná IFPR Campus Paranaguá Reestruturação Lógica da Rede do Instituto Federal do Paraná IFPR Campus Paranaguá Diego Jonathan Hoss Curso de Redes e Segurança de Sistemas Semi-presencial Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Leia mais

RODC. Read-Only Domain Controller

RODC. Read-Only Domain Controller RODC Read-Only Domain Controller RODC O RODC é um controlador de domínio que mantém todas as funções de um ADDC (Active Directory Domain Controller) porém não tem permissão para alterar os dados do diretório

Leia mais

Apresentação de SISTEMAS OPERATIVOS

Apresentação de SISTEMAS OPERATIVOS Apresentação de SISTEMAS OPERATIVOS Curso Profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos MÓDULO V Configuração Avançada de Sistemas Operativos Servidores Duração: 42 tempos Conteúdos

Leia mais