if PRODUCT DESIGN AWARD 2013

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "if PRODUCT DESIGN AWARD 2013"

Transcrição

1 Versão em Português Lembre-se que todo o processo de iscrição, assim como toda a comuicação com a equipe do if será feita em iglês. Loewe AG Daimler AG Hasgrohe AG if PRODUCT DESIGN AWARD 2013 Iformações para participação Royal Phillips Desig N.V. Paasoic Cooperatio Whirlpool Cooperatio

2 if product desig award if desig awards 02 Júri do if 03 Excelêcia em marketig para iovação O if Product Desig Award é um dos prêmios mais importates do mudo a área de desig. Com o selo if, os premiados, tato empresas quato desigers podem cotar com um forte icetivo para estimular a compra de seus produtos. Desde 1953, o selo if é utilizado como uma ferrameta de marketig para produtos de excelêcia e recebe grade ateção da mídia e do público em geral. Etre os participates, estão grades corporações iteracioais, assim como empresas de pequeo e médio porte, além de estúdios de desig. A CÚPULA DE EXCELÊNCIA EM DESIGN Avaliar a qualidade do desig ão é uma tarefa fácil. A perguta sobre o que defie um bom desig resultará em muitas respostas diferetes. Existem algus pré-requisitos que devem ser atedidos para que seja possível avaliar um bom desig: cohecimeto amplo e específico, habilidade para compreeder tedêcias e aos de experiêcia. O desig os acompaha e os cerca. Está por todos os lados. O bom desig reflete as qualidades humaas: pode ser ousado, iteligete e apaixoado. Pode ser bem-humorado, sério e cofiate. Desde 1953, o bom desig pode também ser um desig premiado, horado com um if Desig Award. Brau Desig Sam Hecht INSCRIÇÕES ABERTAS ATÉ 19 SETEMBRO 2012 Todos INDEPENDENTE E RECONHECIDO NO MUNDO TODO: if DESIGN AWARDS O selo if de qualidade é recohecido o mudo todo, é etregue a projetos de excelêcia em três áreas: produto, comuicação e embalagem. Ao após ao, as empresas utilizam o prêmio if como um selo de qualidade e, pricipalmete, como ferrameta de marketig para seus produtos. E, mais uma vez, clietes do mudo todo saberão imediatamete: este é um produto premiado. Ieke Has Tadashi Koike James Irvie os aos, o if covida algumas das persoalidades iteracioais mais reomadas as áreas de desig, egócios, idústria e educação para participarem os três dias de júri. A portas fechadas, todas as iscrições são examiadas, tocadas, aalisadas e, pricipalmete discutidas. No if Desig Award 2012, projetos foram avaliados em itesos processos de decisão e por fim, o júri cocedeu o prêmio if a projetos, destes, 100 receberam o troféu if Gold pelo seu desig otável. Jeroe va Erp Etre os participates e premiados, ão estão apeas grades corporações iteracioais, mas também agêcias, estúdios de desig e empresas de pequeo e médio porte. Sejam produtos, ferrametas de comuicação ou embalages, os três prêmios if seguem exatamete a mesma ageda, com os mesmos prazos de iscrição, a mesma data para o júri e a mesma data de cerimôia de premiação.

3 231_234_Product_Bad2.idb :16 232_233_Commuicatio_Packagig.idb :12 Pagia 232_233_Commuicatio_Packagig.idb IF yearbooks.idd /12/ :12 231_234_Product_Bad2.idb :16 Serviços para os premiados 04 Serviços para os premiados 05 if yearbooks Como referêcia que mostra todos os projetos premiados do ao, o if Yearbook é uma parte costate e importate do if Desig Award. Cada iscrição premiada será apresetada em uma págia, com até duas images e a descrição em alemão e iglês. O Yearbook é utilizado iteracioalmete como guia para a excelêcia em desig, o que faz dele uma ferrameta de propagada de alto ível para os premiados. A data oficial de publicação do Yearbook é março de Cada premiado receberá gratuitamete uma ou mais cópias, depededo do úmero de iscrições premiadas: if awards ceremoy i the BMW Welt, Muich Gold ward wiers iscrições premiadas: 1 cópia gratuita 5-9 iscrições premiadas: 2 cópias gratuitas iscrições premiadas: 5 cópias gratuitas mais de 20 iscrições premiadas: 10 cópias gratuitas Serviço Opcioal forecido pelo if: Por mais EUR 400, é possível reservar uma págia 2/1. E pelo valor de EUR 50, podemos provideciar a tradução do iglês para o alemão de cada descrição. MAIS ATENÇÃO, MAIS SUCESSO Como premiado o if, você desfrutará de muitos beefícios. O selo if simboliza qualidade extraordiária e desig excelete. Sua marca será apresetada olie e em exposições o mudo todo. A equipe de impresa do if garatirá ateção costate da mídia ao logo de todo o ao. Create the differece. Mídia do if e RP if desig awards ight Como premiado, você será covidado para a if Desig Awards Night, que acotecerá dia 22 de fevereiro de 2013, o BMW World, em Muique, a Alemaha. Na cerimôia de premiação, serão auciados os 100 premiados com o troféu if Gold, eles serão apresetados e horados de forma especial perate um grade público: os mais ifluetes omes as áreas de desig iteracioal, mídia, egócios e política. Compartilhe suas experiêcias com outras metes criativas e coheça poteciais clietes, além de iteressates parceiros para discussão. Faça ovos e gratificates cotatos e amplie seus egócios. Como premiado com o if Gold, você receberá o troféu, criado por Herbert Schultes, em Gold ward wiers 2011 Ates, durate e depois do if Desig Award, o trabalho de mídia do if garate que os premiados recebam grade ateção da mídia acioal e iteracioal. Serão publicadas otícias sobre o elevado ível dos produtos premiados em revistas de estilo de vida e egócios, a mídia especializada, em jorais diários e semaais, assim como em programas de rádio e TV. A equipe de mídia do if cota com mais de cotatos o mudo todo e cuidará da tradicioal cobertura completa do if Desig Award. PUBLICIDADE O selo if represeta uma vatagem competitiva de valor iestimável. É um fator de imagem que você deve comuicar a clietes e parceiros e que deve ser utilizado para divulgar suas competêcias em desig. Para garatir que você receba toda a assistêcia esse processo, todos os premiados terão acesso as seguites ferrametas de publicidade:»der up! verkörpert eie Kultur, i der sich Größe icht allei i Dimesioe oder Leistug ausdrückt.«walter de Silva, Head of Volkswage Desig AG Der eue up!»der up! verkörpert eie Kultur, i der sich Größe icht allei i Dimesioe oder Leistug ausdrückt.«walter de Silva, Head of Volkswage Desig AG uso do logotipo por tempo idetermiado (sem taxas adicioais) certificado widgets e logotipo para o seu site Der eue up! códigos QR para mídia impressa modelo de impressão para o selo do if

4 Serviços para os premiados 06 Serviços para os premiados 07 SEU SUCESSO VAI VIRAR NOTÍCIA NO MUNDO TODO. EXPOSIÇÕES Exposições do if em Haover Todos os premiados de um ao serão apresetadas ao vivo ou por istalação multimídia a exposição do if em Haover, que ocorrerá paralelamete à CeBIT, o Cetro de Exposições de Haover. A CeBIT é amplamete cohecida por reuir um grade úmero de tomadores de decisão do mudo iteiro. Com a ligação etre a exposição do if e a CeBIT tato em termos de espaço quato de tempo garatimos a máxima ateção dos grupos de iteresse, que são de crucial importâcia como poteciais clietes e projetos. Exposição do if em Hamburgo Apresetaremos todos os premiados do if 2013 em uma exposição iterativa com duração de vários meses. Com o ovo projeto de desevolvimeto urbao, que revitalizou a área portuária de Hamburgo, a capital do desig oferece ovos e exceletes espaços para a exposição do if: um polo para tudo o que é ovo, jovem e focado em tedêcias. A ova zoa portuária é um grade atrativo para a mídia do setor de desig e iteressados. Exposição do if a cidade de Haikou, Ilha Haia, Chia Como premiado o if, você será apresetado iteracioalmete, atigido, assim, ovos grupos-alvo e acessado ovos mercados. Todos os projetos premiados serão exibidos em uma exposição multimídia a cidade de Haikou, Ilha de Haia (Chia), com duração de vários meses. A Ilha de Haia é um dos edereços mais atraetes da Chia em termos de turismo e egócios, com uma atmosfera vibrate, jovem e modera. EXPOSIÇÃO ONLINE Todos os premiados são represetados a exposição olie do if, que é apresetada em ovo formato desde fevereiro de A exposição olie pode ser acessada pelo site do if. Com mais de 3,5 milhões de visualizações de mais de 100 países, o site if está etre as plataformas de desig mais populares da Iteret. A exposição olie é uma plataforma de arquivos de projetos de excelêcia em termos de desig, oferece ferrametas de pesquisa completas para explorar o desig das últimas seis décadas. Além disso, a exposição olie oferece uma ampla gama de ovas fuções: como premiado, você terá sua própria págia de perfil ode poderá se apresetar e mostrar seu trabalho, icluido images, descrições, vídeos e logotipos. Você pode cotar sua história de sucesso pessoal relacioada ao if em uma arrativa visual, partido de seu trabalho atual e chegado a projetos premiados ateriormete. Você também pode vicular sua págia de perfil a págias exteras para icluí-la em seus cotatos e RP. Os pré-requisitos para ter direito às histórias de sucesso do if são: prêmios recebidos em pelo meos três if Desig Awards upload do logotipo da empresa upload da descrição da empresa if i Hagzhou Exposição do if em Hagzhou, Chia Todos os premiados serão exibidos por vários meses a exposição do if em Hagzhou. Os produtos serão apresetados em formato multimídia em um espaço de 500 metros quadrados. if desig exhibitio Haover if rakig Todos os premiados são icluídos o if rakig. O rakig do if é feito com base em todos os if Desig Award dos últimos três aos. A atualização será feita uma vez ao ao a data da cerimôia de premiação do if. São cocedidos 20 potos aos criativos (if rakig de criação) e fabricates, proprietários de projetos ou empresas (if rakig de empresas) por um prêmio if de desig e 100 potos para cada troféu if Gold. Assim, o if rakig reflete tato sua participação bem-sucedida em um if Desig Award quato sua excelêcia em desig como premiado avaliação objetiva que pode ser utilizada como a ferrameta ideal de publicidade e RP.

5 Categorias 08 Categorias e Critérios de avaliação 09 AS 16 CATEGORIAS AS 16 CATEGORIAS 01. trasportes desig de carros e carros de passageiros desig de exterior desig de iterior cores e acabametos detalhe e iovação (rodas, volates, luzes, compartimetos do motor, istrumetos, caixas de distribuição e cotroles operacioais) motocicletas patietes motorizados triciclos quadriciclos veículos comerciais ôibus aeroplaos bodes e tres avios e barcos 02. lazer / estilo de vida barcos a vela barcos de recreio iates a vela iates motorizados veículos esportivos trailers esporte diversão acampameto extero bicicletas e acessórios equipametos de giástica implemetos para jardiagem equipametos de jogos moda e vestuário bem-estar e produtos para o corpo equipametos para bebês bolsas e malas óculos jóias e relógios acessórios artigos em couro produtos ópticos istrumetos musicais 03. áudio / vídeo TV hi-fi DVD Blue Ray equipametos de apresetação projetores de tela cheia câmeras porta-retratos dispositivos de avegação GPS media players gravadores cotroles remotos MP3 players foes de ouvido alto-falates acessórios 04. telecomuicações telefoes celulares sistemas de telefoe VOIP DECT foes acessórios 05. computadores computadores PCs otebooks PDAs Tablets servidores cases impressoras moitores teclados mouse cosoles para jogos escâeres copiadoras mídia de armazeameto tecologia de rede dispositivos de etrada e saída sistemas de alto-falates periféricos acessórios 06. escritório / empresa acessórios de escritório móveis para escritório area de recepção móveis para salas de reuião materiais para escrever sistemas de preechimeto acessórios para escritório bebedouro 07. ilumiação e luzes abajures sistemas de ilumiação lateras ilumiação para veículos faróis para bicicleta ilumiação de seguraça e trabalho acessórios 08. móveis / tecidos móveis móveis para jardim istalações e equipametos tecidos pisos pavimetos papel de parede paiéis e revestimetos de parede decoração e acessórios ARKW HAT LLC 09. coziha / produtos para casa cozihas eletrodomésticos serviços de mesa louças talheres vidros cerâmicas porcelaas acessórios máquias de café sistemas profissioais de coziha istalações e tecologia 10. baehiro / bem-estar utesílios para baheiro baheiras de hidromassagem sauas móveis para baheiro baheiro e sala de bem-estar aparelhos acessórios sistemas e elemetos de cotrole 11. costruções tecologias de ecaameto tecologias de aquecimeto ar-codicioado e temperatura tecologias de cotrole tecologias de cabeameto tecologias de seguraça elemetos de costrução acessórios e sistemas jaelas portas sacadas marquises grades telhados solários garages sistemas de aquecimeto solar lareiras salamadras a pellet 12. desig público / desig iteriores arquitetura urbaa e paisagismo espaços móveis e sistemas de exibição para iteriores (para hotéis, restaurates, lojas, louges, bacos, bem-estar, saúde, espaços comus, museus, bibliotecas, catias, espaços sociais, iteração e comuicação) sistemas de loja acessórios de loja sistemas POS caixas eletrôicos sistemas de checkout espaços praças móveis e sistemas para espaços públicos (mobiliário urbao, paradas de ôibus, parques, playgrouds) termiais públicos de iformação sistemas de iformação sistemas de localização e orietação sistemas de publicidade exterior 13. medicia / saúde dispositivos istrumetos e equipametos equipametos hospitalares e para laboratórios reabilitação e cuidados produtos para vida assistida tecologia assistida 14. idústria máquias tecologia robótica sistemas de egeharia egeharia de produção mauseio de materiais sistemas logísticos tecologias de medição, esaio e laboratório escâeres idustriais ferrametas compoetes peças para forecedores 15. veículos especiais / costruções / agricultura veículos especiais costruções especiais guidastes reboques empilhadeiras veículos locais veículos agrícolas maquiários agrícolas tecologias agrícolas veículos de costrução máquias de costrução tecologias de costrução 16. pesquisa e desevolvimeto / projetos coceitos experimetações e coceitos que foram criados através de uma idéia e ão foram colocados o mercado protótipos que aida ão estão o mercado e ão estarão até 2014 estudos e projetos de pesquisa ovos materiais Para profissioais que trabalham em empresas, agêcias, istitutos e para desigers e arquitetos, (estudates ão podem participar). O material que deve ser eviado para o júri são o máximo 5 paiéis de 60 x 90 cm sob pracha rígida. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO qualidade do desig acabameto escolha do material grau de iovação impacto ambietal fucioalidade ergoomia percepção do uso seguraça bradig desig uiversal

6 Iscrição 10 Depois da avaliação do júri 11 REQUISITOS Os produtos iscritos: devem ser produzidos em escala idustrial ão devem estar o mercado há mais de três aos ou devem ser postos em produção o ao do prêmio, ou seja, até dezembro de Exceção a essas regras é a categoria 16. Estudos Avaçados, a qual podem ser iscritos iovações e protótipos que aida ão teham sido laçados o mercado. Para participação o júri, todos os produtos eviados a Haover devem ser produtos origiais. Em casos excepcioais (por exemplo, exposições de grade porte, protótipos de pré-produção, etc.), podem ser eviados modelos, maquetes ou fotografias sob pracha rígida de 60 x 90 cm. ENVIO DOS PRODUTOS PARA O JÚRI Após realizar com sucesso a iscrição olie de seus produtos, você receberá um covite para eviar seus produtos para avaliação do júri. Vários produtos iscritos podem ser eviados em uma úica remessa. Certifique-se de usar embalagem reaproveitável o evio dos produtos. Idetificação de produtos e embalagem Todos os produtos, assim como as embalages de produto, devem estar idetificados de forma legível com o etry-id de iscrição e o úmero da categoria. Se o seu evio cotiver mais de um produto, todos os etry-ids iscritos devem estar listados a embalagem. Data de chegada para todos os produtos: 1º de agosto a 1º de outubro de 2012 Edereço para etrega Kühe + Nagel (AG & Co.) KG etry-id: xxx-xxxxx / Categorie-No.: xx Karlsruher Straße Laatze / Haover / Germay Cotato a Kuehe + Nagel Michaela Busch tel Taxas de etrega Todos os produtos devem ser eviados, sem ecargos para o if, por correio, courier ou empresa de despacho aduaeiro para a Kuehe + Nagel, empresa de logística parceira do if. Ates de eviar, verifique com a trasportadora as ormas alfadegárias vigetes a Alemaha. Seu produto deve chegar à Kuehe + Nagel com os ecargos aduaeiros ou tributários pagos. Certifique-se de ter pago todas as obrigações aduaeiras de importação e exportação. PARA PREMIADOS Os produtos que receberem o if Product Desig Award 2013 serão armazeados para a exposição de Haover, eveto que acotece paralelo à CeBIT e será realizado de 05 a 09 de março de 2013, o Cetro de Exposições de Haover. Seus produtos ão serão devolvidos imediatamete. Exceção: Se você mesmo motou seus produtos, você também terá que desmotá-los os dias idicados (você receberá um do if) e remotá-los para a exposição. Soy Cooperatio PARA NÃO PREMIADOS Os produtos que ão tiverem sido premiados serão embalados pelo if após a avaliação do júri e etregues à Kuehe + Nagel para serem devolvidos, sedo que todas as despesas correm por sua cota. A partir do iício de dezembro, é possível iformar todos os dados ecessários para a devolução dos produtos o site do if, em my if. Se esses dados tiverem sido iformados corretamete, seus produtos estarão dispoíveis para devolução a partir de jaeiro de Se sua empresa de despacho aduaeiro for resposável por coletar os produtos a Kuehe + Nagel, o material estará proto a partir da metade de dezembro de Importate: fotografias de grades dimesões ão serão devolvidas. Todas as taxas relacioadas à devolução ou ao descarte dos produtos correm por sua cota. Samsug Electroics MONTAGEM DE PRODUTOS (COM NECESSIDADE) Produtos muito grades, que precisam ser motados, que são de difícil mauseio ou muito pesados, assim como peças complicadas ou delicadas podem ser iscritos para a automotagem. Se esse é o caso do seu produto, o site do if, em my if, acesse shippig iformatio (iformações de evio) e escolha a opção self-assembly (produtos que ecessitam de motagem). Se você optar por motar seus produtos, você será também resposável por desmotá-los e tirar o material relativo à motagem após a seção do júri. Isso também vale para os produtos premiados. O if lhe dá o direito de decidir se você quer motar seus produtos ou se a motagem será feita pelo if. Ateção: você ão está autorizado a motar produtos pequeos, como celulares ou equipametos de avegação. Se você optar por motar seus produtos, traga todos os materiais e ferrametas ecessários. Recursos como empilhadeiras e rampas também ficam por sua cota. Uma boa alterativa é alugar esses equipametos através da Kuehe + Nagel, parceira de logística do if. PARA PREMIADOS: DESMONTAGEM PELOS participates Se você mesmo motou seus produtos premiados, você deve desmotá-los os dias determiados. Se você ão coletar seus produtos, eles serão armazeados e você deverá arcar com as taxas de armazeameto. As iformações sobre os dias reservados para a desmotagem estarão dispoíveis em dezembro e serão eviadas por . Também é possível armazear seus produtos a Kuehe + Nagel, serviço pelo qual serão cobradas as devidas taxas. Para esses casos, etre em cotato diretamete com a Kuehe + Nagel. PARA NÃO PREMIADOS: DESMONTAGEM PELOS PARTICIPANTES Se você mesmo tiver motado seus produtos e se eles ão tiverem sido premiados, você deve desmotá-los e coletá-los os dias determiados. Se você ão coletar seus produtos, eles serão armazeados e você deverá arcar com as taxas de armazeameto. Elephat & Coral

7 Datas e taxas de participação 12 Datas e taxas de participação 13 TAXAS DE INSCRIÇÃO DO if DESIGN AWARDS 2013 TAXAS PARA PREMIADOS Para iscrições até 29 de juho de 2012 Para iscrições até 19 de setembro de 2012 if product desig award 2013 EUR EUR if commuicatio desig award 2013 EUR EUR if packagig desig award 2013 EUR EUR if product desig award 2013, por produto premiado EUR 2,600, if commuicatio desig award 2013, por peça premiada EUR 1,600, if packagig desig award 2013, por embalagem premiada EUR 2,600, As taxas icluem os seguites serviços: Admiistração Júri Orgaização dos produtos para a avaliação do júri As despesas de trasporte e seguro dos produtos são de resposabilidade dos participates. As taxas icluem os seguites serviços: Participação a if Deasig Awards Night, em Muique Alemaha Participação a exposição do if em Haover Alemaha Participação a exposição do if em Hamburgo Alemaha Participação a exposição do if em Haikou/Ilha de Haia Chia Participação a exposição do if em Hagzhou Chia Cosulte maiores detalhes sobre os serviços oferecidos as págias de 4 a 7, em serviços para premiados. Participação a exposição olie Logo do if rakig Uma págia 1/1 o Yearbook Mídia e RP Publicidade Apple RESUMO DAS DATAS Iittala Goup Oy Ab INSCRIÇÃO 29 de juho de 2012: Primeiro prazo para iscrições 19 de setembro de 2012: Último prazo para iscrições 1º de agosto a 1º de outubro de 2012: Evio dos produtos para Haover WMF JÚRI Júri: ovembro de 2012 Decisão do júri: até o fial de ovembro de 2012 SERVIÇOS PARA PREMIADOS 22 de fevereiro de 2013: if Desig Awards Night em Muique, a Alemaha 22 de fevereiro de 2013: Atualização da exposição olie e do if rakig Março 2013: Data de publicação do Yearbook a 09 de março de 2013: Exposição do if em Haover (paralela à CeBIT) 24 de fevereiro de 2013: Exposição do if em Hamburgo 24 de fevereiro de 2013: Exposição do if em Haikou/Ilha de Haia 24 de fevereiro de 2013: Exposição do if em Hagzhou Zumtobel Lightig GmbH Termos de pagameto Todos os custos são por iscrição premiada e são viculativos para cada produto iscrito. Nos custos ão está icluso o VAT, o qual pode icidir, depededo da atureza do serviço e do país ode o receptor do serviço tem seu escritório estabelecido. Eviaremos sua fatura via correio postal. O pagameto pode ser efetuado por trasferêcia bacária, cheque ou cartão de crédito. Você pode cacelar a iscrição gratuitamete detro do prazo de 14 dias a partir da data da sua iscrição, eviado um pedido de cacelameto por para: Ateção: Nossos Termos e Codições Gerais se aplicam aos demais casos. Iformações Bacárias Norddeutsche Ladesbak Haover Georgsplatz Haover, Germay Beeficiário if Iteratioal Forum Desig GmbH Accout o.: BLZ: IBAN: DE SWIFT-Code o.: NOLA DE 2 H

8 Iscrição 14 Cotatos 15 No site do if, use my if para se iscrever e cocorrer a este prêmio. O lik para my if está dispoível em todas as págias do site DO IF, localizado o cato superior direito, abaixo do cubo my if. SEU CONTATO PARA O if product desig award 2013 Escritório Represetativo do if o Brasil Juliaa Buso phoe Equipe do if em Haover, a Alemaha Frak Ziereberg tel Rylaa Büter tel Rosethal GmbH Festo AG & Co. KG Joh Deere Costructio & Forestry INFORMAÇÕES ADICIONAIS 1º passo: Iscrição Olie Para realizar sua iscrição, precisamos dos seguites dados e iformações: Dados do produto (ome e tipo). Tipo de produto é O que é o seu produto. Iformação sobre o produto: breve descrição em alemão e iglês (máx. 650 caracteres icluido espaços). A descrição em alemão pode ser feita após o resultado do júri, ou seja, apeas para premiados. Duas fotos por iscrição. Edereço do participate, fabricate, desiger e de cobraça. Observe que o edereço de cobraça ão pode ser alterado depois de registrado. Registre somete um edereço de cobraça para sua cota. Após ter realizado com sucesso a iscrição, você receberá um de cofirmação, icluido seu etry-id de iscrição. Use esse etry-id de iscrição em todos os s eviados para a equipe do if. 2º passo: Evio do seu produto Após ter realizado com sucesso a iscrição, você receberá um covite para apresetar seus produtos origiais ao júri. Para maiores iformações, cosulte os requisitos de iscrição e as codições de evio de produtos a págia 10. acessível PARA O if COMMUNICATION desig award 2013 Aja Kirschig tel Carme Wille tel A comuicação pode ser estimuladora, iformativa ou itecioalmete itrigate. Pode ser formal ou iformal. No etato, trata-se sempre de uma questão pessoal e isso também se reflete o if Commuicatio Desig Award Eviaremos uma ivoice o valor de sua taxa de iscrição via correio postal. Você pode cacelar a iscrição gratuitamete detro do prazo de 14 dias a partir da data de iscrição, eviado um pedido de cacelameto por escrito para: PARA O if PACKAGING desig award 2013 Sabie Böhmer tel Quais produtos se destacam as prateleiras dos supermercados? O que os istiga? O que os dá votade de pegar ou comprar? O if Packagig Desig Award, além de focar a aparêcia e fucioalidade da embalagem, também exige eficiêcia de custos e sustetabilidade ecológica.

9 if Bahhofstrasse Haover Germay phoe Haover Muich Taipei Seoul Hagzhou Curitiba Hamburg

if COMMUNICATION DESIGN AWARD 2013

if COMMUNICATION DESIGN AWARD 2013 Versão em Português Lembre-se que todo o processo de iscrição, assim como toda a comuicação com a equipe do if será feita em iglês. if COMMUNICATION DESIGN AWARD 2013 Iformações para participação if commuicatio

Leia mais

O QUE NOS UNE NO TRANSPORTE É A SEGURANÇA

O QUE NOS UNE NO TRANSPORTE É A SEGURANÇA O QUE NOS UNE NO TRANSPORTE É A SEGURANÇA A SEGURANÇA FAZ PARTE DA ESSÊNCIA DA VOLVO Ao lado da qualidade e do respeito ao meio ambiete, a seguraça é um dos valores corporativos que orteiam todas as ações

Leia mais

Artículo técnico CVM-NET4+ Cumpre com a normativa de Eficiência Energética. Novo analisador de redes e consumo multicanal Situação actual

Artículo técnico CVM-NET4+ Cumpre com a normativa de Eficiência Energética. Novo analisador de redes e consumo multicanal Situação actual 1 Artículo técico Joatha Azañó Departameto de Gestão Eergética e Qualidade de Rede CVM-ET4+ Cumpre com a ormativa de Eficiêcia Eergética ovo aalisador de redes e cosumo multicaal Situação actual As ormativas

Leia mais

Disciplina: Comunicação. Projetos que não tenham mais de 2 anos de idade no. serão realizados e publicados em 2015.

Disciplina: Comunicação. Projetos que não tenham mais de 2 anos de idade no. serão realizados e publicados em 2015. 1 O if DESIGN AWARD 2015 inclui as seguintes disciplinas: Produto Embalagem Comunicação Arquitetura e Interiores Conceito Profissional O if Design Award é organizado pela instituição if - International

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO

MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO A Empresa A Cozil produz equipametos para cozihas profissioais desde 1985. São aproximadamete três décadas de dedicação, seriedade e profissioalismo, ode costatemete vem iovado, aperfeiçoado e produzido

Leia mais

Termo de Condições de Participação no if DESIGN AWARD 2016 01

Termo de Condições de Participação no if DESIGN AWARD 2016 01 Termo de Condições de Participação no if DESIGN AWARD 2016 01 O if DESIGN AWARD é organizado pelo if International Forum Design GmbH (doravante denominado de if ). Condições de Participação A participação

Leia mais

Fundamentos de Bancos de Dados 3 a Prova

Fundamentos de Bancos de Dados 3 a Prova Fudametos de Bacos de Dados 3 a Prova Prof. Carlos A. Heuser Dezembro de 2008 Duração: 2 horas Prova com cosulta Questão (Costrução de modelo ER) Deseja-se projetar uma base de dados que dará suporte a

Leia mais

Sistema Computacional para Medidas de Posição - FATEST

Sistema Computacional para Medidas de Posição - FATEST Sistema Computacioal para Medidas de Posição - FATEST Deise Deolido Silva, Mauricio Duarte, Reata Ueo Sales, Guilherme Maia da Silva Faculdade de Tecologia de Garça FATEC deisedeolido@hotmail.com, maur.duarte@gmail.com,

Leia mais

SIME Sistema de Incentivos à Modernização Empresarial

SIME Sistema de Incentivos à Modernização Empresarial SIME Sistema de Icetivos à Moderização Empresarial O presete documeto pretede fazer um resumo da Portaria.º 687/2000 de 31 de Agosto com as alterações itroduzidas pela Portaria.º 865-A/2002 de 22 de Julho,

Leia mais

ESPECIALISTA EM EVENTOS E CONVENÇÕES

ESPECIALISTA EM EVENTOS E CONVENÇÕES ESPECIALISTA EM EVENTOS E CONVENÇÕES Bem-vido ao Almeat, um espaço ode tudo foi projetado especialmete para realizar desde pequeas reuiões e evetos até grades coveções, com coforto, praticidade e eficiêcia,

Leia mais

Esta Norma estabelece o procedimento para calibração de medidas materializadas de volume, de construção metálica, pelo método gravimétrico.

Esta Norma estabelece o procedimento para calibração de medidas materializadas de volume, de construção metálica, pelo método gravimétrico. CALIBRAÇÃO DE MEDIDAS MATERIALIZADAS DE VOLUME PELO MÉTODO GRAVIMÉTRICO NORMA N o 045 APROVADA EM AGO/03 N o 01/06 SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Campo de Aplicação 3 Resposabilidade 4 Documetos Complemetes 5 Siglas

Leia mais

06 a 10 de abril de 2016 Hotel Bourbon Cataratas Foz do Iguaçu - PR. REF: Exposição Paralela

06 a 10 de abril de 2016 Hotel Bourbon Cataratas Foz do Iguaçu - PR. REF: Exposição Paralela 2º CONGRESSO BRASILEIRO DE ONDAS DE CHOQUE 06 a 10 de abril de 2016 Hotel Bourbo Cataratas Foz do Iguaçu - PR REF: Exposição Paralela Motadora Oficial: Stads Solutios STTC Evetos e Turismo Telefoe: (45)

Leia mais

1. O Cartão ACP Master...2. 2. Precauções a ter com o seu Cartão ACP Master...2

1. O Cartão ACP Master...2. 2. Precauções a ter com o seu Cartão ACP Master...2 GUIA DO UTILIZADOR Cartão ACP Master Ídice 1. O Cartão ACP Master...2 2. Precauções a ter com o seu Cartão ACP Master...2 3. O que fazer em caso de perda, furto, roubo ou extravio do cartão...3 4. Ode

Leia mais

Fundamentos de Bancos de Dados 3 a Prova

Fundamentos de Bancos de Dados 3 a Prova Fudametos de Bacos de Dados 3 a Prova Prof. Carlos A. Heuser Dezembro de 2007 Duração: 2 horas Prova com cosulta Questão 1 (Costrução de modelo ER - Peso 3) Deseja-se costruir um sistema WEB que armazee

Leia mais

LAYOUT CONSIDERAÇÕES GERAIS DEFINIÇÃO. Fabrício Quadros Borges*

LAYOUT CONSIDERAÇÕES GERAIS DEFINIÇÃO. Fabrício Quadros Borges* LAYOUT Fabrício Quadros Borges* RESUMO: O texto a seguir fala sobre os layouts que uma empresa pode usar para sua arrumação e por coseguite ajudar em solucioar problemas de produção, posicioameto de máquias,

Leia mais

MAN TeleMatics. O caminho para uma frota eficiente.

MAN TeleMatics. O caminho para uma frota eficiente. Dowloadig % 99 SYSTEM Dowloadig % 71 % 25 Dowloadig % 25 % 16 % 88 START % 29 % 06 Dowloadig % 34 Dowloadig % 23 % 16 % 48 % 65 Dowloadig % 75 Dowloadig % 23 MAN TeleMatics. O camiho para uma frota eficiete.

Leia mais

Sistemas de Visualização Estéreo. Uma superior qualidade de imagem para aplicação em todos os tipos de inspeção. Inclui NOVA opção

Sistemas de Visualização Estéreo. Uma superior qualidade de imagem para aplicação em todos os tipos de inspeção. Inclui NOVA opção Iclui NOVA opção de captura de imagem Sistemas de Visualização Estéreo Uma superior qualidade de imagem para aplicação em todos os tipos de ispeção. Tecologia ótica pateteada para visualização livre de

Leia mais

CAPÍTULO 8 - Noções de técnicas de amostragem

CAPÍTULO 8 - Noções de técnicas de amostragem INF 6 Estatística I JIRibeiro Júior CAPÍTULO 8 - Noções de técicas de amostragem Itrodução A Estatística costitui-se uma excelete ferrameta quado existem problemas de variabilidade a produção É uma ciêcia

Leia mais

if design awards 2014 Informações sobre participação

if design awards 2014 Informações sobre participação if design awards 2014 Informações sobre participação if design awards 02 if design awards if product design award 03 Os if design awards Reconhecimento international Uma história de 60 anos falam por si

Leia mais

Modelando o Tempo de Execução de Tarefas em Projetos: uma Aplicação das Curvas de Aprendizagem

Modelando o Tempo de Execução de Tarefas em Projetos: uma Aplicação das Curvas de Aprendizagem 1 Modelado o Tempo de Execução de Tarefas em Projetos: uma Aplicação das Curvas de Apredizagem RESUMO Este documeto aborda a modelagem do tempo de execução de tarefas em projetos, ode a tomada de decisão

Leia mais

INF1383 -Bancos de Dados

INF1383 -Bancos de Dados INF1383 -Bacos de Dados Prof. Sérgio Lifschitz DI PUC-Rio Eg. Computação, Sistemas de Iformação e Ciêcia da Computação PROJETO DE BANCOS DE DADOS MODELAGEM CONCEITUAL: ABORDAGEM ENTIDADES E RELACIONAMENTOS

Leia mais

PIM da Janela Única Logística Vertente funcional

PIM da Janela Única Logística Vertente funcional Workshop Stakeholders Lisboa PIM da Jaela Úica Logística Vertete fucioal Coceito e Pricípios de Fucioameto Bruo Cima Lisboa, 9 de Maio de 0 Ageda. A compoete BB do projecto MIELE. Equadrameto da compoete

Leia mais

INTEGRAÇÃO DAS CADEIAS DE SUPRIMENTOS DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL COM BASE NA SELEÇÃO DE FORNECEDORES

INTEGRAÇÃO DAS CADEIAS DE SUPRIMENTOS DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL COM BASE NA SELEÇÃO DE FORNECEDORES INTEGRAÇÃO DAS CADEIAS DE SUPRIMENTOS DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL COM BASE NA SELEÇÃO DE FORNECEDORES Margaret Souza Schmidt Jobim (); Helvio Jobim Filho (); Valdeci Maciel (3) () Uiversidade Federal

Leia mais

Inspeção e medição em Full HD Excelente sistema de inspeção de vídeo digital, projetado para captura de imagens, documentação e medição fáceis

Inspeção e medição em Full HD Excelente sistema de inspeção de vídeo digital, projetado para captura de imagens, documentação e medição fáceis Ispeção e medição em Full HD Excelete sistema de ispeção de vídeo digital, projetado para captura de images, documetação e medição fáceis Realize ispeções, ampliações e medições em Full HD com o Makrolite

Leia mais

nanotecnologia na nossa vida e na soldagem de revestimento E mais: Economia de Energia Automação Aplicativos Android Aplicações Industriais

nanotecnologia na nossa vida e na soldagem de revestimento E mais: Economia de Energia Automação Aplicativos Android Aplicações Industriais ovacao revista iformativa trimestral da Eutectic Castoli º 1-213 aotecologia a ossa vida e a soldagem de revestimeto E mais: Ecoomia de Eergia Automação Aplicativos Adroid Aplicações Idustriais editorial

Leia mais

Gerência de Projetos de Software CMM & PMBOK. José Ignácio Jaeger Neto jaeger@via-rs.net Fernanda Schmidt Bocoli fernanda-bocoli@procergs.rs.gov.

Gerência de Projetos de Software CMM & PMBOK. José Ignácio Jaeger Neto jaeger@via-rs.net Fernanda Schmidt Bocoli fernanda-bocoli@procergs.rs.gov. Gerêcia de Projetos de Software CMM & PMBOK José Igácio Jaeger Neto jaeger@via-rs.et Ferada Schmidt Bocoli ferada-bocoli@procergs.rs.gov.br CMM Capability Maturity Model http://www.sei.cmu.edu/ Prefácio

Leia mais

Carteiras de Mínimo VAR ( Value at Risk ) no Brasil

Carteiras de Mínimo VAR ( Value at Risk ) no Brasil Carteiras de Míimo VAR ( Value at Risk ) o Brasil Março de 2006 Itrodução Este texto tem dois objetivos pricipais. Por um lado, ele visa apresetar os fudametos do cálculo do Value at Risk, a versão paramétrica

Leia mais

Fundamentos de Bancos de Dados 3 a Prova

Fundamentos de Bancos de Dados 3 a Prova Fudametos de Bacos de Dados 3 a Prova Prof. Carlos A. Heuser Julho de 2008 Duração: 2 horas Prova com cosulta Questão (Costrução de modelo ER - Peso 2 Deseja-se costruir um sistema WEB que armazee a comuicação

Leia mais

LEICHTMETALL-GETRIEBE MIT GLATTMOTOREN 0,37 1,1 kw

LEICHTMETALL-GETRIEBE MIT GLATTMOTOREN 0,37 1,1 kw Itelliget Drivesystems, Worldwide Services Services LEICHTMETALL-GETRIEBE MIT GLATTMOTOREN 0,37 1,1 kw BR PT REDUTORES E MOTORES EM ALUMÍNIO AS VANTAGENS DE REDUTORES DE LIGA LEVE Carcaça resistete à corrosão,

Leia mais

INE 5111- ESTATÍSTICA APLICADA I - TURMA 05324 - GABARITO LISTA DE EXERCÍCIOS SOBRE AMOSTRAGEM E PLANEJAMENTO DA PESQUISA

INE 5111- ESTATÍSTICA APLICADA I - TURMA 05324 - GABARITO LISTA DE EXERCÍCIOS SOBRE AMOSTRAGEM E PLANEJAMENTO DA PESQUISA INE 5111- ESTATÍSTICA APLICADA I - TURMA 534 - GABARITO LISTA DE EXERCÍCIOS SOBRE AMOSTRAGEM E PLANEJAMENTO DA PESQUISA 1. Aalise as situações descritas abaixo e decida se a pesquisa deve ser feita por

Leia mais

Anexo VI Técnicas Básicas de Simulação do livro Apoio à Decisão em Manutenção na Gestão de Activos Físicos

Anexo VI Técnicas Básicas de Simulação do livro Apoio à Decisão em Manutenção na Gestão de Activos Físicos Aexo VI Técicas Básicas de Simulação do livro Apoio à Decisão em Mauteção a Gestão de Activos Físicos LIDEL, 1 Rui Assis rassis@rassis.com http://www.rassis.com ANEXO VI Técicas Básicas de Simulação Simular

Leia mais

UM MODELO DE PLANEJAMENTO DA PRODUÇÃO CONSIDERANDO FAMÍLIAS DE ITENS E MÚLTIPLOS RECURSOS UTILIZANDO UMA ADAPTAÇÃO DO MODELO DE TRANSPORTE

UM MODELO DE PLANEJAMENTO DA PRODUÇÃO CONSIDERANDO FAMÍLIAS DE ITENS E MÚLTIPLOS RECURSOS UTILIZANDO UMA ADAPTAÇÃO DO MODELO DE TRANSPORTE UM MODELO DE PLANEJAMENTO DA PRODUÇÃO CONSIDERANDO FAMÍLIAS DE ITENS E MÚLTIPLOS RECURSOS UTILIZANDO UMA ADAPTAÇÃO DO MODELO DE TRANSPORTE Debora Jaesch Programa de Pós-Graduação em Egeharia de Produção

Leia mais

Dispensa e Redução de Contribuições

Dispensa e Redução de Contribuições Dispesa Temporária do Pagameto de Cotribuições Dec - Lei º 89/95, de 6 de Maio Dec - Lei º 34/96, de 18 de Abril Dec - Lei º 51/99, de 20 de Fevereiro Lei º 103/99, de 26 de Julho Taxa Cotributiva Dec

Leia mais

APOSTILA MATEMÁTICA FINANCEIRA PARA AVALIAÇÃO DE PROJETOS

APOSTILA MATEMÁTICA FINANCEIRA PARA AVALIAÇÃO DE PROJETOS Miistério do Plaejameto, Orçameto e GestãoSecretaria de Plaejameto e Ivestimetos Estratégicos AJUSTE COMPLEMENTAR ENTRE O BRASIL E CEPAL/ILPES POLÍTICAS PARA GESTÃO DE INVESTIMENTOS PÚBLICOS CURSO DE AVALIAÇÃO

Leia mais

PARABÉNS! ASSISTÊNCIA TÉCNICA DADOS DA EMPRESA. Assistência Técnica Autorizada Cozil MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO

PARABÉNS! ASSISTÊNCIA TÉCNICA DADOS DA EMPRESA. Assistência Técnica Autorizada Cozil MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO A Empresa A Cozil produz equipametos para cozihas profissioais desde 1985. São aproximadamete três décadas de dedicação, seriedade e profissioalismo, ode costatemete vem iovado, aperfeiçoado e produzido

Leia mais

OTIMIZAÇÃO DA OPERAÇÃO DE TORRES DE RESFRIAMENTO

OTIMIZAÇÃO DA OPERAÇÃO DE TORRES DE RESFRIAMENTO OTIMIZAÇÃO DA OPERAÇÃO DE TORRES DE RESFRIAMENTO Kelle Roberta de Souza (1) Egeheira Química pela UNIMEP, Especialista em Gestão Ambietal pela UFSCar, Mestre em Egeharia e Tecologia Ambietal pela Uiversidad

Leia mais

Banco de Dados. Linguagem SQL

Banco de Dados. Linguagem SQL Baco de Dados Liguagem SQL 1 A liguagem SQL: história Em juho de 1970, o matemático Edgar Frak Codd, publicou o artigo "A Relatioal Model of Data for Large Shared Data Baks" a revista "Commuicatios of

Leia mais

Mauá Prev Regime de tributação do Pao de Aposetadoria Mauá Prev será escohido peos próprios participates A Lei º 11.053, de 29/12/2004, dá aos participates de paos de previdêcia compemetar do tipo cotribuição

Leia mais

7. ANÁLISE COMBINATÓRIA Professor Fernando Vargas. n 1 Cuidado

7. ANÁLISE COMBINATÓRIA Professor Fernando Vargas. n 1 Cuidado 7. ANÁLISE COMBINATÓRIA Professor Ferado Vargas É a área da Matemática que trata dos problemas de cotagem. Estuda problemas que evolvem o cálculo do úmero de agrupametos que podem ser feitos com os elemetos

Leia mais

Modelo Matemático para Estudo da Viabilidade Econômica da Implantação de Sistemas Eólicos em Propriedades Rurais

Modelo Matemático para Estudo da Viabilidade Econômica da Implantação de Sistemas Eólicos em Propriedades Rurais Modelo Matemático para Estudo da Viabilidade Ecoômica da Implatação de Sistemas Eólicos em Propriedades Rurais Josiae Costa Durigo Uiversidade Regioal do Noroeste do Estado do Rio Grade do Sul - Departameto

Leia mais

O erro da pesquisa é de 3% - o que significa isto? A Matemática das pesquisas eleitorais

O erro da pesquisa é de 3% - o que significa isto? A Matemática das pesquisas eleitorais José Paulo Careiro & Moacyr Alvim O erro da pesquisa é de 3% - o que sigifica isto? A Matemática das pesquisas eleitorais José Paulo Careiro & Moacyr Alvim Itrodução Sempre que se aproxima uma eleição,

Leia mais

Guia do Professor. Matemática e Saúde. Experimentos

Guia do Professor. Matemática e Saúde. Experimentos Guia do Professor Matemática e Saúde Experimetos Coordeação Geral Elizabete dos Satos Autores Bárbara N. Palharii Alvim Sousa Karia Pessoa da Silva Lourdes Maria Werle de Almeida Luciaa Gastaldi S. Souza

Leia mais

Código de Conduta Empresarial Fazendo a diferença com Integridade

Código de Conduta Empresarial Fazendo a diferença com Integridade Código de Coduta Empresarial Fazedo a difereça com Itegridade Uma Mesagem do Presidete da Hospira Prezados Colegas da Hospira, Gostaria de lhes apresetar o Código de Coduta Empresarial da Hospira. Na Hospira,

Leia mais

Soluções em Engenharia Civil

Soluções em Engenharia Civil ENGECRAM K Soluções em Egeharia Civil 35 aos A ENGECRAM INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL LTDA foi costituída em 13 de dezembro de 1977, resultado de um ideal de prestar serviços a área de egeharia civil.

Leia mais

AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL O QUE É AUTOMAÇÃO? O QUE É TELEMETRIA?

AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL O QUE É AUTOMAÇÃO? O QUE É TELEMETRIA? AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL O QUE É AUTOMAÇÃO? Desevolvemos soluções para automação idustrial em idustrias gerais, telecomado e telemetria para supervisão e cotrole remotos, com desevolvimeto e fabricação de

Leia mais

PUCRS FAMAT DEPTº DE ESTATÍSTICA Estimação e Teste de Hipótese- Prof. Sérgio Kato

PUCRS FAMAT DEPTº DE ESTATÍSTICA Estimação e Teste de Hipótese- Prof. Sérgio Kato 1 PUCRS FAMAT DEPTº DE ESTATÍSTICA Estimação e Teste de Hipótese- Prof. Sérgio Kato 1. Estimação: O objetivo da iferêcia estatística é obter coclusões a respeito de populações através de uma amostra extraída

Leia mais

PROTÓTIPO DE MODELO DE DIMENSIONAMENTO DE ESTOQUE

PROTÓTIPO DE MODELO DE DIMENSIONAMENTO DE ESTOQUE ROTÓTIO DE MODELO DE DIMENSIONAMENTO DE ESTOQUE Marcel Muk E/COE/UFRJ - Cetro de Tecologia, sala F-18, Ilha Uiversitária Rio de Jaeiro, RJ - 21945-97 - Telefax: (21) 59-4144 Roberto Citra Martis, D. Sc.

Leia mais

BASES DE DADOS I LTSI/2. Universidade da Beira Interior, Departamento de Informática Hugo Pedro Proença, 2010/2011

BASES DE DADOS I LTSI/2. Universidade da Beira Interior, Departamento de Informática Hugo Pedro Proença, 2010/2011 BASES DE DADOS I LTSI/2 Uiversidade da Beira Iterior, Departameto de Iformática Hugo Pedro Proeça, 200/20 Modelo Coceptual Modelo Coceptual de uma Base de Dados Esquematização dos dados ecessários para

Leia mais

Lista 9 - Introdução à Probabilidade e Estatística

Lista 9 - Introdução à Probabilidade e Estatística UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Lista 9 - Itrodução à Probabilidade e Estatística Desigualdades e Teoremas Limites 1 Um ariro apota a um alvo de 20 cm de raio. Seus disparos atigem o alvo, em média, a 5 cm

Leia mais

O QUE SÃO E QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL EM ESTATÍSTICA PARTE li

O QUE SÃO E QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL EM ESTATÍSTICA PARTE li O QUE SÃO E QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL EM ESTATÍSTICA PARTE li Média Aritmética Simples e Poderada Média Geométrica Média Harmôica Mediaa e Moda Fracisco Cavalcate(f_c_a@uol.com.br)

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE TRANSPORTES E GESTÃO TERRITORIAL PPGTG DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ECV

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE TRANSPORTES E GESTÃO TERRITORIAL PPGTG DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ECV PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE TRANSPORTES E GESTÃO TERRITORIAL PPGTG DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ECV DISCIPLINA: TGT410026 FUNDAMENTOS DE ESTATÍSTICA 8ª AULA: ESTIMAÇÃO POR INTERVALO

Leia mais

Jornal Oficial da União Europeia. de 21 de Abril de 2004. que cria o título executivo europeu para créditos não contestados

Jornal Oficial da União Europeia. de 21 de Abril de 2004. que cria o título executivo europeu para créditos não contestados 30.4.2004 L 143/15 REGULAMENTO (CE) N. o 805/2004 DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO de 21 de Abril de 2004 que cria o título executivo europeu para créditos ão cotestados O PARLAMENTO EUROPEU E O CONSELHO

Leia mais

MANUAL DE RECOMENDAÇÕES GERAIS

MANUAL DE RECOMENDAÇÕES GERAIS A Empresa A Cozil produz equipametos para cozihas profissioais desde 1985. São aproximadamete três décadas de dedicação, seriedade e profissioalismo, ode costatemete vem iovado, aperfeiçoado e produzido

Leia mais

ActivALEA. ative e atualize a sua literacia

ActivALEA. ative e atualize a sua literacia ActivALEA ative e atualize a sua literacia N.º 29 O QUE É UMA SONDAGEM? COMO É TRANSMIITIIDO O RESULTADO DE UMA SONDAGEM? O QUE É UM IINTERVALO DE CONFIIANÇA? Por: Maria Eugéia Graça Martis Departameto

Leia mais

M = 4320 CERTO. O montante será

M = 4320 CERTO. O montante será PROVA BANCO DO BRASIL / 008 CESPE Para a veda de otebooks, uma loja de iformática oferece vários plaos de fiaciameto e, em todos eles, a taxa básica de juros é de % compostos ao mês. Nessa situação, julgue

Leia mais

www.partnervision.com.br

www.partnervision.com.br www.partervisio.com.br SERVIÇOS E SUPORTE PROCESSOS E INICIATIVAS PRODUTOS DE SOFTWARE SOLUÇÕES PARA A INDÚSTRIA Software para o Desevolvimeto de Coteúdo e Processos Para Otimizar o Desevolvimeto de Produtos

Leia mais

Revisão 01-2011. Exercícios Lista 01 21/02/2011. Questão 01 UFRJ - 2006

Revisão 01-2011. Exercícios Lista 01 21/02/2011. Questão 01 UFRJ - 2006 Aluo(a): Professor: Chiquiho Revisão 0-20 Exercícios Lista 0 2/02/20 Questão 0 UFRJ - 2006 Dois estados produzem trigo e soja. Os gráficos abaixo represetam a produção relativa de grãos de cada um desses

Leia mais

GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS E A SEGURANÇA DO ALIMENTO: UMA PESQUISA EXPLORATÓRIA NA CADEIA EXPORTADORA DE CARNE SUÍNA

GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS E A SEGURANÇA DO ALIMENTO: UMA PESQUISA EXPLORATÓRIA NA CADEIA EXPORTADORA DE CARNE SUÍNA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS E A SEGURANÇA DO ALIMENTO: UMA PESQUISA EXPLORATÓRIA NA CADEIA EXPORTADORA DE CARNE SUÍNA Edso Talamii CEPAN, Uiversidade Federal do Rio Grade do Sul, Av. João Pessoa, 3,

Leia mais

Sistemas de medição por vídeo para medição e inspeção precisas

Sistemas de medição por vídeo para medição e inspeção precisas S W IFT-DUO SWIFT Sistemas de medição por vídeo para medição e ispeção precisas S W IFT-DUO Sistemas de medição por vídeo 2 eixos, ideais para medir recursos em 2D de peças pequeas e itricadas Variação

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO AMOSTRAL DA MÉDIA E PROPORÇÃO ESTATISTICA AVANÇADA

DISTRIBUIÇÃO AMOSTRAL DA MÉDIA E PROPORÇÃO ESTATISTICA AVANÇADA DISTRIBUIÇÃO AMOSTRAL DA MÉDIA E PROPORÇÃO Ferado Mori DISTRIBUIÇÃO AMOSTRAL DA MÉDIA E PROPORÇÃO ESTATISTICA AVANÇADA Resumo [Atraia o leitor com um resumo evolvete, em geral, uma rápida visão geral do

Leia mais

MAC122 Princípios de Desenvolvimento de Algoritmos EP no. 1

MAC122 Princípios de Desenvolvimento de Algoritmos EP no. 1 MAC122 Pricípios de Desevolvimeto de Algoritmos EP o. 1 Prof. Dr. Paulo Mirada 1 Istituto de Matemática e Estatística (IME) Uiversidade de São Paulo (USP) 1. Estrutura dos arquivos de images o formato

Leia mais

CAPÍTULO 5 CIRCUITOS SEQUENCIAIS III: CONTADORES SÍNCRONOS

CAPÍTULO 5 CIRCUITOS SEQUENCIAIS III: CONTADORES SÍNCRONOS 60 Sumário CAPÍTULO 5 CIRCUITOS SEQUENCIAIS III: CONTADORES SÍNCRONOS 5.1. Itrodução... 62 5.2. Tabelas de trasição dos flip-flops... 63 5.2.1. Tabela de trasição do flip-flop JK... 63 5.2.2. Tabela de

Leia mais

CAPÍTULO 5 - INTRODUÇÃO À INFERÊNCIA ESTATÍSTICA

CAPÍTULO 5 - INTRODUÇÃO À INFERÊNCIA ESTATÍSTICA CAPÍTULO 5 - INTRODUÇÃO À INFERÊNCIA ESTATÍSTICA 5. INTRODUÇÃO É freqüete ecotrarmos problemas estatísticos do seguite tipo : temos um grade úmero de objetos (população) tais que se fossem tomadas as medidas

Leia mais

Aplicação de geomarketing em uma cidade de médio porte

Aplicação de geomarketing em uma cidade de médio porte Aplicação de geomarketig em uma cidade de médio porte Guilherme Marcodes da Silva Vilma Mayumi Tachibaa Itrodução Geomarketig, segudo Chasco-Yrigoye (003), é uma poderosa metodologia cietífica, desevolvida

Leia mais

Introdução ao Estudo de Sistemas Lineares

Introdução ao Estudo de Sistemas Lineares Itrodução ao Estudo de Sistemas Lieares 1. efiições. 1.1 Equação liear é toda seteça aberta, as icógitas x 1, x 2, x 3,..., x, do tipo a1 x1 a2 x2 a3 x3... a x b, em que a 1, a 2, a 3,..., a são os coeficietes

Leia mais

MINUTA DE CONTRATO DE MANUTENÇÃO EM VEÍCULOS CHEVROLET

MINUTA DE CONTRATO DE MANUTENÇÃO EM VEÍCULOS CHEVROLET 20 MINUTA DE CONTRATO DE MANUTENÇÃO EM VEÍCULOS CHEVROLET CONTRATANTE: TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO, iscrito o CNPJ/MF sob o.º 00.509.968/0001-48, sediado a Praça dos Tribuais Superiores, bloco D, s/.º,

Leia mais

PROFESSOR: SEBASTIÃO GERALDO BARBOSA

PROFESSOR: SEBASTIÃO GERALDO BARBOSA UNESPAR/Paraavaí - Professor Sebastião Geraldo Barbosa - 0 - PROFESSOR: SEBASTIÃO GERALDO BARBOSA Setembro/203 UNESPAR/Paraavaí - Professor Sebastião Geraldo Barbosa - - TÓPICOS DE MATEMÁTICA FINANCIEIRA

Leia mais

Estatística stica para Metrologia

Estatística stica para Metrologia Estatística stica para Metrologia Aula Môica Barros, D.Sc. Juho de 28 Muitos problemas práticos exigem que a gete decida aceitar ou rejeitar alguma afirmação a respeito de um parâmetro de iteresse. Esta

Leia mais

if DESIGN AWARD 2015 Informações para Participação

if DESIGN AWARD 2015 Informações para Participação if DESIGN AWARD 2015 Informações para Participação if design award 2015 02 if DESIGN AWARD 2015 Selo de Qualidade, Indicador de Mercado e Facilitador As diferentes disciplinas de design tornaram-se interligadas,

Leia mais

C O M P O S I T I O N No-break. S é r i e P r e m i u m. No-Break. para Rack CM COMANDOS LINEARES CM COMANDOS LINEARES

C O M P O S I T I O N No-break. S é r i e P r e m i u m. No-Break. para Rack CM COMANDOS LINEARES CM COMANDOS LINEARES C O P O S I T I O N No-break S é r i e P r e m i u m No-Break para Rack C E Iovação, qualidade, tecologia e cofiabilidade. arcas das soluções C Comados Lieares A E P R E S A Com mais de 30 aos de atuação,

Leia mais

QUALIDADE APLICADA EM LABORATÓRIO DE METROLOGIA: INCERTEZA DE MEDIÇÃO EM BLOCOS PADRÃO

QUALIDADE APLICADA EM LABORATÓRIO DE METROLOGIA: INCERTEZA DE MEDIÇÃO EM BLOCOS PADRÃO QUALIDADE APLICADA EM LABORATÓRIO DE METROLOGIA: INCERTEZA DE MEDIÇÃO EM BLOCOS PADRÃO Dr. Olívio Novaski Uiversidade Estadual de Campias - UNICAMP - DEF CP 6122 CEP 13083-970 CAMPINAS - SP - BRASIL MSc.

Leia mais

Calendário de inspecções em Manutenção Preventiva Condicionada com base na Fiabilidade

Calendário de inspecções em Manutenção Preventiva Condicionada com base na Fiabilidade Caledário de ispecções em Mauteção Prevetiva Codicioada com base a Fiabilidade Rui Assis Faculdade de Egeharia da Uiversidade Católica Portuguesa Rio de Mouro, Portugal rassis@rassis.com http://www.rassis.com

Leia mais

Educar na cibercultura: docência e aprendizagem no presencial e no online EDU/UERJ

Educar na cibercultura: docência e aprendizagem no presencial e no online EDU/UERJ Educar a cibercultura: docêcia e apredizagem o presecial e o olie Clique para Marco Silvaeditar o estilo do EDU/UERJ subtítulo mestre Poto de partida Revista Teias Dossiê CIBERCULTURA, EDUCAÇÃO ONLINE

Leia mais

Greg Horine Rio de Janeiro 2009

Greg Horine Rio de Janeiro 2009 Greg Horie Rio de Jaeiro 2009 Sumário Resumido Itrodução...1 Parte I Dado partida ao gereciameto de projeto...5 1 Paorama de Gereciameto de Projeto...7 2 O Gerete de Projeto...19 3 Elemetos esseciais para

Leia mais

JUROS SIMPLES. 1. Calcule os juros simples referentes a um capital de mil reais, aplicado em 4 anos, a uma taxa de 17% a.a.

JUROS SIMPLES. 1. Calcule os juros simples referentes a um capital de mil reais, aplicado em 4 anos, a uma taxa de 17% a.a. JUROS SIMPLES 1. Calcule os juros simples referetes a um capital de mil reais, aplicado em 4 aos, a uma taxa de 17% a.a. 2. Calcule o capital ecessário para que, em 17 meses, a uma taxa de juros simples

Leia mais

A ESEC para o Novo Aluno...

A ESEC para o Novo Aluno... Praça Heróis do Ultramar Solum, 3030-329 Coimbra, Portugal Tel: (+ 35) 239 79 3 45/ 22 Fax: (+ 35) 239 40 46 www.esec.pt A ESEC para o Novo Aluo... CONTEÚDO A ESEC Serviços Directores de Curso Iformações

Leia mais

CFTV GRAVAÇÃO DE VIDEO DIGITAL E GESTÃO O QUE É CFTV DIGITAL? EXISTEM 2 TIPOS DE CFTV DIGITAL

CFTV GRAVAÇÃO DE VIDEO DIGITAL E GESTÃO O QUE É CFTV DIGITAL? EXISTEM 2 TIPOS DE CFTV DIGITAL CFTV GRAVAÇÃO DE VIDEO DIGITAL E GESTÃO O QUE É CFTV DIGITAL? O CFTV que a verdade sigifica "circuito fechado de televisão", ou "circuito itero de televisão" é um sistema de câmeras baseados em computador

Leia mais

O SETOR DE PESQUISAS DE MARKETING,OPINIÃO E MÍDIA NO BRASIL

O SETOR DE PESQUISAS DE MARKETING,OPINIÃO E MÍDIA NO BRASIL O SETOR DE PESQUISAS DE MARKETING,OPINIÃO E MÍDIA NO BRASIL THE SECTOR OF MARKETING RESEARCH,OPINION AND MEDIA IN BRAZIL RESUMO Com base em dados da ABEP, o artigo faz um relato da evolução do setor de

Leia mais

Tabela Price - verdades que incomodam Por Edson Rovina

Tabela Price - verdades que incomodam Por Edson Rovina Tabela Price - verdades que icomodam Por Edso Rovia matemático Mestrado em programação matemática pela UFPR (métodos uméricos de egeharia) Este texto aborda os seguites aspectos: A capitalização dos juros

Leia mais

CFTV GRAVAÇÃO DE VIDEO DIGITAL E GESTÃO O QUE É CFTV DIGITAL? EXISTEM 2 TIPOS DE CFTV DIGITAL

CFTV GRAVAÇÃO DE VIDEO DIGITAL E GESTÃO O QUE É CFTV DIGITAL? EXISTEM 2 TIPOS DE CFTV DIGITAL O Lie com a ecessidade de sua empresa CFTV GRAVAÇÃO DE VIDEO DIGITAL E GESTÃO O QUE É CFTV DIGITAL? O CFTV que a verdade sigifica "circuito fechado de televisão", ou "circuito itero de televisão" é um sistema

Leia mais

REDUTORES DE LIGA LEVE COM MOTORES LISOS 0.37 1,1 kw

REDUTORES DE LIGA LEVE COM MOTORES LISOS 0.37 1,1 kw Itelliget Drivesystems, Worldwide Services Services REDUTORES DE LIGA LEVE COM MOTORES LISOS 0.37 1,1 kw BR PT REDUTORES E MOTORES DE ALUMÍNIO AS VANTAGENS DE REDUTORES DE LIGA LEVE Carcaça resistete à

Leia mais

MINISTÉRIO DAS CIDADES, ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E AMBIENTE Instituto do Ambiente PROCEDIMENTOS ESPECÍFICOS DE MEDIÇÃO DE RUÍDO AMBIENTE

MINISTÉRIO DAS CIDADES, ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E AMBIENTE Instituto do Ambiente PROCEDIMENTOS ESPECÍFICOS DE MEDIÇÃO DE RUÍDO AMBIENTE MINISÉRIO DAS CIDADES, ORDENAMENO DO ERRIÓRIO E AMBIENE Istituto do Ambiete PROCEDIMENOS ESPECÍFICOS DE MEDIÇÃO DE RUÍDO AMBIENE Abril 2003 . Equadrameto O presete documeto descreve a metodologia a seguir

Leia mais

Kit de ferramentas de Advocacy

Kit de ferramentas de Advocacy ROOTS 1+2 ROOTS Kit de ferrametas de Advocacy SEGUNDA EDIÇÃO ROOTS: Recursos para Orgaizações com Oportuidades de Trasformação e Socialização ROOTS 1 E 2 Kit de ferrametas de Advocacy Seguda edição De

Leia mais

Pesquisa Operacional

Pesquisa Operacional Faculdade de Egeharia - Campus de Guaratiguetá esquisa Operacioal Livro: Itrodução à esquisa Operacioal Capítulo 6 Teoria de Filas Ferado Maris fmaris@feg.uesp.br Departameto de rodução umário Itrodução

Leia mais

SISTEMA DE MEDIÇÃO DE DESEMPENHO

SISTEMA DE MEDIÇÃO DE DESEMPENHO CAPÍTULO 08 SISTEMA DE MEDIÇÃO DE DESEMPENHO Simplificação Admiistrativa Plaejameto da Simplificação Pré-requisitos da Simplificação Admiistrativa Elaboração do Plao de Trabalho Mapeameto do Processo Mapeameto

Leia mais

SISTEMA DE AMORTIZAÇÃO FRANCÊS DESENVOLVIDO ATRAVÉS DA LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA¹

SISTEMA DE AMORTIZAÇÃO FRANCÊS DESENVOLVIDO ATRAVÉS DA LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA¹ SISTEMA DE AMORTIZAÇÃO FRANCÊS DESENVOLVIDO ATRAVÉS DA RESUMO LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA¹ Deis C. L. Costa² Edso C. Cruz Guilherme D. Silva Diogo Souza Robhyso Deys O presete artigo forece o ecadeameto

Leia mais

RESISTORES E RESISTÊNCIAS

RESISTORES E RESISTÊNCIAS ELETICIDADE CAPÍTULO ESISTOES E ESISTÊNCIAS No Capítulo estudamos, detre outras coisas, o coceito de resistêcia elétrica. Vimos que tal costitui a capacidade de um corpo qualquer se opôr a passagem de

Leia mais

Modelagem Conceitual Entidade-Relacionamento. Projeto de Sistemas de Informação. Processo de Software. Fernanda Baião UNIRIO

Modelagem Conceitual Entidade-Relacionamento. Projeto de Sistemas de Informação. Processo de Software. Fernanda Baião UNIRIO Modelagem Coceitual Etidade-Relacioameto Ferada Baião UNIRIO Material parcialmete extraído a partir das otas de aula de Maria Luiza M. Campos, Araldo Vieira e Maria Cláudia Cavalcati Projeto de Sistemas

Leia mais

Matemática. Resolução das atividades complementares. M10 Progressões. 1 (UFBA) A soma dos 3 o e 4 o termos da seqüência abaixo é:

Matemática. Resolução das atividades complementares. M10 Progressões. 1 (UFBA) A soma dos 3 o e 4 o termos da seqüência abaixo é: Resolução das atividades complemetares Matemática M0 Progressões p. 46 (UFBA) A soma dos o e 4 o termos da seqüêcia abaio é: a 8 * a 8 ( )? a, IN a) 6 c) 0 e) 6 b) 8 d) 8 a 8 * a 8 ( )? a, IN a 8 ()? a

Leia mais

Prof. Eugênio Carlos Stieler

Prof. Eugênio Carlos Stieler http://wwwuematbr/eugeio SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO A ecessidade de recursos obriga aqueles que querem fazer ivestimetos a tomar empréstimos e assumir dívidas que são pagas com juros que variam de acordo

Leia mais

ANDRÉ REIS MATEMÁTICA. 1ª Edição NOV 2013

ANDRÉ REIS MATEMÁTICA. 1ª Edição NOV 2013 ANDRÉ REIS MATEMÁTICA TEORIA 6 QUESTÕES DE PROVAS DE CONCURSOS GABARITADAS EXERCÍCIOS RESOLVIDOS Teoria e Seleção das Questões: Prof. Adré Reis Orgaização e Diagramação: Mariae dos Reis ª Edição NOV 0

Leia mais

Plano de Aula. Teste de Turing. Definição. Máquinas Inteligentes. Definição. Inteligência Computacional: Definições e Aplicações

Plano de Aula. Teste de Turing. Definição. Máquinas Inteligentes. Definição. Inteligência Computacional: Definições e Aplicações Potifícia Uiversidade Católica do Paraá Curso de Especialização em Iteligêcia Computacioal 2004/2005 Plao de Aula Iteligêcia Computacioal: Defiições e Aplicações Luiz Eduardo S. Oliveira, Ph.D. soares@ppgia.pucpr.br

Leia mais

Parte I - Projecto de Sistemas Digitais

Parte I - Projecto de Sistemas Digitais Parte I - Projecto de Sistemas Digitais Na disciplia de sistemas digitais foram estudadas técicas de desevolvimeto de circuitos digitais ao ível da porta lógica, ou seja, os circuito digitais projectados,

Leia mais

ATRIBUTO REPRESENTAÇÃO

ATRIBUTO REPRESENTAÇÃO ATRIBUTO Dado que é associado a cada ocorrêcia de uma etidade ou de um relacioameto (característica, qualidade). REPRESENTAÇÃO EMPREGADO ATUAÇÃO fução tipo data código ome ENTIDADE RELACIONAMENTO Tipos:

Leia mais

Um arquivo digital para dados de monitorização

Um arquivo digital para dados de monitorização Um arquivo digital para dados de moitorização Fábio Costa, Gabriel David, Álvaro Cuha ViBest e INESC TEC, Faculdade de Egeharia Uiversidade do Porto {fabiopcosta, gtd, acuha}@fe.up.pt 1 Uidade de ivestigação

Leia mais

Ficha Técnica. TÍTULO Instituto Nacional de Aviação Civil, I.P. Desempenho Económico e Financeiro do Segmento de Manutenção de Aeronaves [2011-2013]

Ficha Técnica. TÍTULO Instituto Nacional de Aviação Civil, I.P. Desempenho Económico e Financeiro do Segmento de Manutenção de Aeronaves [2011-2013] Ficha Técica TÍTULO Istituto Nacioal de Aviação Civil, I.P. Desempeho Ecoómico e Fiaceiro do Segmeto de Mauteção de Aeroaves [2011-2013] EDIÇÃO INAC Istituto Nacioal de Aviação Civil, I.P. Rua B Edifícios

Leia mais

PG Progressão Geométrica

PG Progressão Geométrica PG Progressão Geométrica 1. (Uel 014) Amalio Shchams é o ome cietífico de uma espécie rara de plata, típica do oroeste do cotiete africao. O caule dessa plata é composto por colmos, cujas características

Leia mais

Área de Consultoria. Mais de 100 filiais e 800 profissionais na Europa e América. www.infosn.com 214 143 334. Edição Portuguesa

Área de Consultoria. Mais de 100 filiais e 800 profissionais na Europa e América. www.infosn.com 214 143 334. Edição Portuguesa Mais de 100 filiais e 800 profissioais a Europa e América www.ifos.com 214 143 334 Catálogo de Servicios Cosultoría Edição Portuguesa Catálogo de Serviços Área de Cosultoria Edição Portuguesa Catálogo

Leia mais

CPV seu Pé Direito no INSPER

CPV seu Pé Direito no INSPER CPV seu Pé Direito o INSPE INSPE esolvida /ovembro/0 Prova A (Marrom) MATEMÁTICA 7. Cosidere o quadrilátero coveo ABCD mostrado a figura, em que AB = cm, AD = cm e m(^a) = 90º. 8. No plao cartesiao da

Leia mais

a taxa de juros i está expressa na forma unitária; o período de tempo n e a taxa de juros i devem estar na mesma unidade de tempo.

a taxa de juros i está expressa na forma unitária; o período de tempo n e a taxa de juros i devem estar na mesma unidade de tempo. UFSC CFM DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA MTM 5151 MATEMÁTICA FINACEIRA I PROF. FERNANDO GUERRA. UNIDADE 3 JUROS COMPOSTOS Capitalização composta. É aquela em que a taxa de juros icide sempre sobre o capital

Leia mais