Aula 3 Tutorial 1: GERANDO UM DOCUMENTO HÁBIL SF. Olá,

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Aula 3 Tutorial 1: GERANDO UM DOCUMENTO HÁBIL SF. Olá,"

Transcrição

1 Aula 3 Tutorial 1: GERANDO UM DOCUMENTO HÁBIL SF Olá, Em geral, as despesas públicas precisam de um processo formal de contratação para serem realizadas. Por isso fazemos as licitações, os contratos administrativos, as notas de empenho, etc. Porém, excepcionalmente, há casos em que é preciso fazer algumas despesas consideradas de pequeno vulto, ou despesas em viagens, ou serviços especiais, ou ainda aquelas consideradas urgentes e inadiáveis, em que não é possível realizar o processo normal de contratação. Nesses casos, uma forma de resolver o problema é usar o instituto do suprimento de fundos. Trata-se de um recurso que o servidor suprido recebe, em geral em uma conta bancária especial, para, por exemplo, pagar pedágio na estrada, alugar um veículo e abastecê-lo, etc. Dentro do novo CPR, para iniciar a apropriação de uma despesa com suprimento de fundos, digite INCDH no campo de Transações e tecle ENTER, ou acesse MENU GERAL, CONTAS A PAGAR E A RECEBER, DOCUMENTO HÁBIL e, finalmente, INCLUIR DOCUMENTO HÁBIL.

2

3 Nesta tela, note que vem automaticamente preenchido o código da sua Unidade Gestora. No nosso exemplo, é a Como estamos querendo gerar um documento hábil SF, informe apenas SF no campo Tipo de Documento e clique em Confirmar. OBSERVAÇÃO: deixe o campo Número em branco. A numeração será automática após registrarmos o documento hábil.

4 Note que você foi direcionado para a aba Dados Básicos. Para registrar o documento hábil, será preciso preencher essa aba, juntamente com a aba Principal com Orçamento e a aba Dados de Pagamento. Portanto, ficarão em branco as demais abas: Dedução; Encargo; Despesa a Anular; e Outros Lançamentos. Na aba Dados Básicos, informe os seguintes dados:

5 No campo Data de Vencimento, digite a data em que será emitida a Ordem Bancária, no seguinte formato: dd/mm/aaaa. No nosso exemplo, colocaremos 31/1/2013. No campo Processo, coloque o número do processo de suprimento de fundos, no seguinte formato: TC / No nosso exemplo, digitaremos TC / No campo Valor do documento, coloque o valor do suprimento. No nosso exemplo, o valor é R$ 2.400,00. No campo Código do credor, insira o CPF do suprido. No GRID Dados de Documentos de Origem, clique em Incluir.

6 Note que o campo Emitente virá automaticamente preenchido com o CPF do favorecido. Altere esse campo para o código da UG que emitiu o ato de solicitação. No nosso exemplo, é a O documento de origem é o pedido formal de suprimento de fundos. Em geral, pode ser uma portaria ou um memorando. As informações que preencheremos a seguir constam nesse documento.

7 No campo Data de emissão, informe a data de emissão do ato (por exemplo, o memorando ou portaria), no seguinte formato: dd/mm/aaaa. No nosso exemplo, a data é 25/1/2013. No campo Número, informe o número do ato. No nosso exemplo, que é uma Portaria, digite PRT-FISC-1/2013. No campo Valor, insira novamente o valor do suprimento solicitado. No nosso exemplo, R$2.400,00. Após os dados preenchidos, clique no botão Confirmar. OBSERVAÇÃO: não preenchemos nada no GRID Documentos Relacionados. No campo Observação, preencha as informações relativas ao suprimento de fundos, que são a natureza da despesa, o prazo para aplicação, o prazo para comprovação e o nº do processo. No nosso exemplo, informaremos: SUPRIMENTO DE FUNDOS PARA DESPESAS COM MATERIAL DE CONSUMO. PRAZO PARA APLICAÇÃO: ATÉ 1º/3/2013. PRAZO PARA COMPROVAÇÃO: ATÉ 11/3/2013. TC / DICA: mais adiante, quando formos preencher o Pré-Doc que gerará a Ordem Bancária, haverá outro campo Observação, que deverá conter exatamente as mesmas informações que acabamos de digitar. Por isso, para você não ter que escrever tudo novamente, recomendamos que copie o texto que acabou de digitar para colá-lo depois. OBSERVAÇÃO: na Sede, não costumamos utilizar os campos Documentos Relacionados e Informações Adicionais. No nosso exemplo, portanto, esses campos permanecerão em branco. Por fim, clique em Confirmar Dados Básicos. Pronto, você acabou de concluir o preenchimento da aba Dados Básicos.

8 OBSERVAÇÃO: caso necessite fazer alguma alteração na aba Dados Básicos, você deverá clicar em Alterar, em seguida fazer as alterações, e por fim clicar novamente em Confirmar Dados Básicos. Agora, preencheremos a aba Principal com Orçamento. Clique nela.

9 No campo Situação, digite o código SPF002, que é o código que o TCU utiliza para o pagamento de suprimento de fundos. Em seguida, clique em Confirmar. OBSERVAÇÃO: o campo Tem Contrato? é sempre NÃO, pois não há contrato para suprimento de fundos. O campo UG do Empenho vem automaticamente preenchido com sua UG. No nosso exemplo, é a

10 No campo Nº do Empenho, informe o número da nota de empenho de suprimento de fundos, no seguinte formato: AAAANEXXXXXX. No nosso exemplo, é a 2013NE No campo Subitem, digite 96, que é o subitem para pagamento antecipado todo suprimento de fundos tem natureza de pagamento antecipado. No campo RP em Liquidação?, informe sempre NÃO. No campo Valor, informe o valor do suprimento. No nosso exemplo, R$ 2.400,00. Por fim, clique em Confirmar. OBSERVAÇÃO: Note que apareceu uma caixa amarela com uma advertência. No começo do ano, na sede, costumamos fazer uma estimativa do que gastaremos com suprimentos de fundos. Emitimos então uma única Nota de Empenho por natureza de despesa em nome do TCU, que é o credor, e vamos executando ao longo do ano todas as despesas de suprimentos de fundos nessas NE s, em nome dos servidores supridos. Como o credor e o favorecido são diferentes, aparece essa advertência. Se fosse para realizar pagamento de fornecedores, essa advertência seria muito importante, pois não se pode pagar um fornecedor favorecido que seja diferente do fornecedor credor da nota de empenho. Já no nosso caso, que é o de pagamento de suprimento de fundos, essa advertência é irrelevante. Pronto, você acabou de preencher a aba Principal com Orçamento.

11 IMPORTANTE: após preencher a aba Principal com Orçamento, recomendamos que você preencha logo a aba Dados de Pagamento, que é a última para registrar por completo o documento hábil SF. No entanto, o sistema permite que você registre o documento hábil sem preencher essa aba. Caso opte por registrar o documento neste momento, você precisará preencher essa aba mais tarde. Isso é útil para os casos em que você não tem tempo de preencher a última aba, mas quer salvar o que já fez (por exemplo, quando você precisa atender o telefone ou ir ao banheiro). Depois de registrado o documento hábil SF, para completá-lo com os Dados de Pagamento, utilize a transação CONDH. Para saber como fazer isso, veja o Tutorial 7 da Aula 2 ALTERANDO UM DOCUMENTO HÁBIL. Então, como recomendamos, vamos preencher de uma vez a aba Dados de Pagamento. Clique nela. Note que o campo Data de Pagamento vem automaticamente preenchido com a data que informamos na aba Dados Básicos. Para inserir os dados bancários do favorecido, ou seja, do servidor suprido, clique em Incluir.

12 O GRID Lista de Favorecidos apareceu com os campos Favorecido e Valor automaticamente preenchidos com o CPF do servidor suprido e o valor do suprimento de fundos, ambos informados na aba Dados Básicos. É uma oportunidade de checar se os dados estão corretos. Após checá-los, clique em Confirmar. Observe que o botão do Pré-Doc foi habilitado. Clique nele.

13 OBSERVAÇÃO: no TCU, há duas formas de se pagar o suprimento de fundos: a mais comum é a em que o crédito vai para uma conta bancária especial em nome do servidor suprido. Excepcionalmente, a disponibilização dos recursos poderá ser feita por meio de uma Ordem Bancária de Pagamento OBP. Caso a ordem bancária seja emitida para crédito na conta especial em nome do servidor suprido, preencha o campo Tipo de OB com OB Crédito. Caso o pagamento seja por OBP, preencha o Tipo de OB com OB Pagamento. Nesse caso, confirme a mensagem de Atenção que aparecerá na sequência. No nosso exemplo, como se trata de crédito em conta especial, selecionamos OB crédito.

14 No GRID OB, preencha os seguintes campos: No campo Processo, digite o número do Processo no seguinte formato: TC / No nosso exemplo, digitaremos TC /

15 No GRID Domicílio Bancário do Favorecido, digite os dados bancários do servidor suprido: número do Banco, Agência e Conta Corrente. Role a barra.

16 OBSERVAÇÃO: o GRID Domicílio Bancário do Pagador já vem preenchido automaticamente com os dados da UG Pagadora. Não mexa neles. No campo Observação, preencha-o exatamente igual ao informado na aba Dados Básicos lembra da dica de copiar as informações do campo Observação da aba Dados Básicos? Cole-as aqui. Por fim, clique no botão Confirmar. Pronto, você acabou de preencher o Pré- Doc da Ordem Bancária do Suprimento de Fundos. Voltamos automaticamente para a aba Dados de Pagamento. OBSERVAÇÃO: como havíamos dito no começo, para o pagamento de suprimento de fundos não preenchemos as abas Dedução, Encargo, Despesa a Anular e Outros Lançamentos. Por fim, clique em Registrar. Pronto, agora o documento hábil SF foi gerado e está completamente preenchido inclusive com Dados Bancários. Note que aparecerá uma tela com o número do documento hábil registrado, que é a SF, e o número do documento contábil, que é a NS. Para consultar a NS, clique sobre o número dela. Você será direcionado para uma tela do Siafiweb. OBSERVAÇÃO: caso não visualize a NS, acesse o Siafi antigo e acione a transação >CONNS e informe ou o número da NS, ou a data da emissão, ou o CPF do favorecido.

17 IMPORTANTE: após gerar o documento hábil SF, você deverá emitir a Ordem Bancária. Para tanto, acesse a transação GERCOMP. Para saber como, veja o tutorial 4 da Aula 2 EMITINDO UMA ORDEM BANCÁRIA. OBSERVAÇÃO: caso deseje pagar outro suprimento de fundos, ou seja, incluir outro documento SF, clique no botão Retornar para ser redirecionado à tela Incluir Documento Hábil INCDH. FIM

Aula 5 Pagamento de Fornecedor Caso 4: Aquisição de

Aula 5 Pagamento de Fornecedor Caso 4: Aquisição de Aula 5 Pagamento de Fornecedor Caso 4: Aquisição de material de consumo sem contrato e sem retenções: gerando documento hábil NP Tutorial 1: Introdução e checklist Olá, Conforme vimos no Tutorial 1 do

Leia mais

Aula 4 Pagamento de Fornecedor Caso 1: Serviço com contrato e com retenção de tributos: gerando documento hábil NP. Tutorial 1: Introdução e checklist

Aula 4 Pagamento de Fornecedor Caso 1: Serviço com contrato e com retenção de tributos: gerando documento hábil NP. Tutorial 1: Introdução e checklist 1 Aula 4 Pagamento de Fornecedor Caso 1: Serviço com contrato e com retenção de tributos: gerando documento hábil NP. Tutorial 1: Introdução e checklist Olá, Conforme vimos na aula introdutória, dentro

Leia mais

PAGAMENTOS (SIAFI) 1 APRESENTAÇÃO

PAGAMENTOS (SIAFI) 1 APRESENTAÇÃO PAGAMENTOS (SIAFI) 1 APRESENTAÇÃO 1.1 O subsistema Contas a Pagar e a Receber (CPR) do Sistema Integrado de Administração Financeira (SIAFI) que permite o gerenciamento de compromissos de pagamento e recebimento,

Leia mais

INCLUSÃO DE DOCUMENTOS NO SIAFI-WEB (CPR) - RESTOS A PAGAR NÃO PROCESSADOS E EMPENHOS DE 2015

INCLUSÃO DE DOCUMENTOS NO SIAFI-WEB (CPR) - RESTOS A PAGAR NÃO PROCESSADOS E EMPENHOS DE 2015 INCLUSÃO DE DOCUMENTOS NO SIAFI-WEB (CPR) - RESTOS A PAGAR NÃO PROCESSADOS E EMPENHOS DE 2015 Apresentamos, a seguir, as principais alterações no sistema SIAFI, decorrentes da implantação do novo Plano

Leia mais

RESTITUIÇÃO DE RECEITAS ARRECADADAS POR GRU

RESTITUIÇÃO DE RECEITAS ARRECADADAS POR GRU RESTITUIÇÃO DE RECEITAS ARRECADADAS POR GRU O processo de restituição visa atender o contribuinte que, por algum motivo, tenha recolhido receitas a maior ou indevidamente por meio da Guia de Recolhimento

Leia mais

1. SIAFI ATULC ( Lista de Credores ) TIPO DE PAGAMENTO: 1 ( Credito em Conta ) 1

1. SIAFI ATULC ( Lista de Credores ) TIPO DE PAGAMENTO: 1 ( Credito em Conta ) 1 1. SIAFI ATULC ( Lista de Credores ) TIPO DE PAGAMENTO: 1 ( Credito em Conta ) 1 1 Na hipótese dos valores serem objeto de saque na agência bancária, pelo favorecido, utilizar o código 2 ( Pagamento ).

Leia mais

TREINAMENTO PRÁTICO SICONV CELEBRAÇÃO

TREINAMENTO PRÁTICO SICONV CELEBRAÇÃO TREINAMENTO PRÁTICO SICONV CELEBRAÇÃO CONCEDENTE Disponibilização de Programa (CONCEDENTE) Cópia de Programa (CONCEDENTE) Cadastro de Proposta/Plano de Trabalho (PROPONENTE) Análise de Proposta/Plano de

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA DE ECONOMIA E FINANÇAS

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA DE ECONOMIA E FINANÇAS MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA DE ECONOMIA E FINANÇAS APRESENTAÇÃO A Diretoria de Contabilidade (D Cont), Setorial Contábil do Comando do Exército, integrante do Sistema de Contabilidade

Leia mais

Arquivo atualizado em 22/10/2013.

Arquivo atualizado em 22/10/2013. Arquivo atualizado em 22/10/2013. 2 Sumário Tópico Página Transação CONSIT 3 Funções de cada aba no documento FL 9 Exemplo Prático 16 Empenho 18 INCDH 26 Dados Básicos 28 Principal com Orçamento 30 Dedução

Leia mais

Manual Cartão de Pagamento do Governo Federal. Banco do Setor público

Manual Cartão de Pagamento do Governo Federal. Banco do Setor público Manual Cartão de Pagamento do Governo Federal Banco do Setor público Sumário Introdução 04 Cartão de Pagamento do Governo Federal CPGF 04 Passo a Passo 10 Perguntas e Respostas 12 Legislação I Ementa 17

Leia mais

Orientações para Pagamento de Diárias e Prestação de Contas Versão nº 05, 06/04/2011

Orientações para Pagamento de Diárias e Prestação de Contas Versão nº 05, 06/04/2011 Orientações para Pagamento de Diárias e Prestação de Contas Versão nº 05, 06/04/20 Sumário I - REQUISIÇÃO DE DIÁRIA / PAGAMENTO DE DIÁRIA... Solicitante (Servidor que irá realizar a viagem)... Aprovador

Leia mais

Portal dos Convênios SICONV. Orientações/Passo a Passo. Concedente

Portal dos Convênios SICONV. Orientações/Passo a Passo. Concedente Portal dos Convênios SICONV Orientações/Passo a Passo Concedente Programa, Analise de Proposta/Plano de Trabalho, Convênio, UGTV, Empenho, Conta Bancária, Celebração, TV - SIAFI, Documento Hábil, OB e

Leia mais

TREINAMENTO PRÁTICO SICONV

TREINAMENTO PRÁTICO SICONV TREINAMENTO PRÁTICO SICONV Instrutor: Rodrigo Lopes Porto Alegre/RS, outubro de 2012. 1/44 Disponibilização de Programa (CONCEDENTE) Cadastro de Proposta/Plano de Trabalho (PROPONENTE) Análise de Proposta/Plano

Leia mais

FOLHA DE PAGAMENTO. Novo Documento de Execução Orçamentária e Financeira da Folha de Pessoal - DOCUMENTO HÁBIL FL

FOLHA DE PAGAMENTO. Novo Documento de Execução Orçamentária e Financeira da Folha de Pessoal - DOCUMENTO HÁBIL FL FOLHA DE PAGAMENTO Novo Documento de Execução Orçamentária e Financeira da Folha de Pessoal - DOCUMENTO HÁBIL FL 1 Tela de Despesas Pontos Importantes Na Tela de Despesa, devem ser registrados todos os

Leia mais

Esta alteração é feita de duas formas: Cadastro de pedido de compra e ajuste de estoque.

Esta alteração é feita de duas formas: Cadastro de pedido de compra e ajuste de estoque. 5. ALTERAÇÃO DO ESTOQUE ATUAL Não é possível alterar o estoque de um produto na tela Cadastro de Produto. Esta alteração é feita de duas formas: Cadastro de pedido de compra e ajuste de estoque. 5.1. Cadastro

Leia mais

Alguns recursos da planilha são baseados em MACROS, e para que os mesmos funcionem perfeitamente é necessário que se habilitem as macros do Excel.

Alguns recursos da planilha são baseados em MACROS, e para que os mesmos funcionem perfeitamente é necessário que se habilitem as macros do Excel. SOBRE MACROS CONTABILIZAR CONTROLE DE CAIXA > MANUAL CONTAS A PAGAR Alguns recursos da planilha são baseados em MACROS, e para que os mesmos funcionem perfeitamente é necessário que se habilitem as macros

Leia mais

XI Semana de d Adminis minis ação Orç Or amen amen ária , Financeira r e d e e d Contr Con a tr t a ações Públi Púb cas Oficina nº Guia de Guia

XI Semana de d Adminis minis ação Orç Or amen amen ária , Financeira r e d e e d Contr Con a tr t a ações Públi Púb cas Oficina nº Guia de Guia Oficina nº 73 Guia de Recolhimento da União GRU (Retificação, Restituição, Anulação de despesas e outras Regularizações no Siafi) ABOP Slide 1 Guia de Recolhimento da União - GRU ABOP Slide 2 Guia de Recolhimento

Leia mais

Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP. Operacionalização - Solicitação de Viagem

Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP. Operacionalização - Solicitação de Viagem Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP FAQ Perguntas e Respostas Freqüentes Operacionalização - Solicitação de Viagem 1 - Quais as exigências legais para cadastramento de uma solicitação de

Leia mais

Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP FAQ PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES

Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP FAQ PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP FAQ PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES Operacionalização - Solicitação de Viagem 1 CADASTRAMENTO DE VIAGEM 1.1 Como reativar uma PCDP já cancelada? 1.2 -

Leia mais

NOVO CPR. Coordenação-Geral de Contabilidade e Custos da União STN / CCONT

NOVO CPR. Coordenação-Geral de Contabilidade e Custos da União STN / CCONT NOVO CPR Coordenação-Geral de Contabilidade e Custos da União STN / CCONT Objetivo: - Apresentar o Novo CPR, mostrando as suas principais alterações para o sistema atual, além da sua aderência às mudanças

Leia mais

Análise e Regularizações Contábeis

Análise e Regularizações Contábeis Análise e Regularizações Contábeis 1 Ordens Bancárias Canceladas O cancelamento de OB ocorre por meio da emissão de uma OB de cancelamento ou por NS Nota de Sistema, nos seguintes casos: 1 OB de cancelamento

Leia mais

Como Associar Veículos no Cadastro de um Cliente.

Como Associar Veículos no Cadastro de um Cliente. Como Associar Veículos no Cadastro de um Cliente. Essa opção serve para associar à qual veículo foi realizado um serviço ou uma venda de peças. Isso permite rastreamento futuro através de um relatório,

Leia mais

Art. 1º Aprovar Norma de Execução, na forma do Anexo a esta Portaria. ANEXO UNIDADE RESPONSÁVEL 31/12/2013 PROCESSO

Art. 1º Aprovar Norma de Execução, na forma do Anexo a esta Portaria. ANEXO UNIDADE RESPONSÁVEL 31/12/2013 PROCESSO PORTARIA Nº 2, DE 22 DE NOVEMBRO DE 2013 O AUDITOR-CHEFE DA AUDITORIA INTERNA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO, no uso de suas atribuições, e tendo em vista a competência que lhe foi atribuída pelo inciso

Leia mais

Geração Impressão - Consultas

Geração Impressão - Consultas TUTORIAL GERADOR DE INADIMPLÊNCIA (Pendênciia de Follha de Frequênciia) CONTEÚDO:: Gerador de IInadiimpllênciia Geração Impressão - Consultas 1 Gerador de Inadimplência (Pendência de Folha de Frequência)

Leia mais

Uma nota de importação é uma nota fiscal de entrada emitida em cada operação onde houver a aquisição de mercadorias em outros países.

Uma nota de importação é uma nota fiscal de entrada emitida em cada operação onde houver a aquisição de mercadorias em outros países. Dificuldade : (X) Fácil ( ) Médio ( ) Avançado - Página 1 de 6 Uma nota de importação é uma nota fiscal de entrada emitida em cada operação onde houver a aquisição de mercadorias em outros países. Neste

Leia mais

CAPITULO 020000 - SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DO GOVERNO FEDERAL - SIAFI

CAPITULO 020000 - SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DO GOVERNO FEDERAL - SIAFI CAPITULO 020000 - SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DO GOVERNO FEDERAL - SIAFI SECAO 021100 - OUTROS PROCEDIMENTOS ASSUNTO 021121 - SUPRIMENTO DE FUNDOS 1 - REFERÊNCIAS: 11 - RESPONSABILIDADE

Leia mais

Executor. Perfil Convenente/Concedente/Executor

Executor. Perfil Convenente/Concedente/Executor MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Executor Perfil Convenente/Concedente/Executor

Leia mais

Oficina 71 Modalidades de Pagamento

Oficina 71 Modalidades de Pagamento Modalidades de Pagamento Ordem Bancária Oficina 71 Oficina 71 Modalidades de Pagamento Conteúdo: 1. Regra geral das ordens bancárias. 1.1 Principais características 1.2 Utilização no SIAFI. 1.3 Relacionamento

Leia mais

MANUAL FINANCEIRO MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS

MANUAL FINANCEIRO MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS MANUAL FINANCEIRO MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO...3 2 REALIZANDO UMA ARRECADAÇÃO...4 2.1 IMPORTAÇÃO TRIBUTOS COM A CONTABILIDADE...4 2.2 BOLETIM DE ARRECADAÇÃO...4 2.1.1

Leia mais

FAQ Perguntas e Respostas Frequentes. Operacionalização - Solicitação de Viagem

FAQ Perguntas e Respostas Frequentes. Operacionalização - Solicitação de Viagem FAQ Perguntas e Respostas Frequentes Operacionalização - Solicitação de Viagem Março/2014 I CADASTRO DE USUÁRIO 1 - Como gerar uma nova senha para o usuário que não consegue acessar o sistema? 2 - Como

Leia mais

Dividimos esse módulo em duas partes, devido a extensão do conteúdo.

Dividimos esse módulo em duas partes, devido a extensão do conteúdo. MÓDULO 4 Entrada Bem-vindo(a) ao quarto módulo do curso! Nesse módulo, você aprenderá como realizar o registro de empenho, da entrada dos produtos e, também, do ajuste de lotes e transferência de endereço

Leia mais

Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP FAQ PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES. Operacionalização - Solicitação de Viagem

Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP FAQ PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES. Operacionalização - Solicitação de Viagem Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP FAQ PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES Operacionalização - Solicitação de Viagem I CADASTRO DE USUÁRIO 1 - Como gerar uma nova senha para o usuário que não

Leia mais

PROCEDIMENTO CONTÁBIL Nº 001/2015 (versão 0.0.1)

PROCEDIMENTO CONTÁBIL Nº 001/2015 (versão 0.0.1) PROCEDIMENTO CONTÁBIL Nº 001/2015 (versão 0.0.1) RESTOS A PAGAR PROCESSADOS E NÃO PROCESSADOS ÍNDICE 1 OBJETIVO... 1 2 CONCEITOS... 1 3 CLASSIFICAÇÃO NO PLANO DE CONTAS... 2 4 PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS...

Leia mais

Manual de aquisição de crédito no Sankhya-W. AR Soluti - Goiânia

Manual de aquisição de crédito no Sankhya-W. AR Soluti - Goiânia (ERP utilizado nos Departamentos da AC SOLUTI) AR Soluti - Goiânia Versão 1.0 de 7 de Janeiro de 2013 Classificação: Classificação: Catalogação do Documento Titulo Classificação Versão 1.0 de 7 de Janeiro

Leia mais

ROTINAS E PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS DA UNIÃO PARTE VII REGULARIZAÇÕES DE CONTAS CONTÁBEIS

ROTINAS E PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS DA UNIÃO PARTE VII REGULARIZAÇÕES DE CONTAS CONTÁBEIS ROTINAS E PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS DA UNIÃO PARTE VII REGULARIZAÇÕES DE S CONTÁBEIS Versão: 05.01.2015 2 MINISTRO DE ESTADO DA FAZENDA Guido Mantega SECRETÁRIO-EXECUTIVO Paulo Rogério Caffarelli SECRETÁRIO

Leia mais

Objetivos e principais documentos do Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal SIAFI

Objetivos e principais documentos do Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal SIAFI Objetivos e principais documentos do Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal SIAFI Amigos e amigas visitantes do Ponto dos Concursos! Desejo muita paz e tranqüilidade a todos os

Leia mais

MSF00185628761170999 A SIM 19951001 SISTEMA INTEGRADO DE ADM. FINANCEIRA DO GOVERNO FEDERAL - SIAFI

MSF00185628761170999 A SIM 19951001 SISTEMA INTEGRADO DE ADM. FINANCEIRA DO GOVERNO FEDERAL - SIAFI MINISTÉRIO DA FAZENDA MSF00185628761170999 A SIM 19951001 SISTEMA INTEGRADO DE ADM. FINANCEIRA DO GOVERNO FEDERAL - SIAFI [S] 11 A SIM 19970619 OUTROS PROCEDIMENTOS [A] 22 A SIM 20050225 SUPRIMENTO DE

Leia mais

Portal dos Convênios SICONV. Ajuste do Plano de Trabalho, Termo Aditivo e Prorroga de Ofício Perfis de Convenente e Concedente.

Portal dos Convênios SICONV. Ajuste do Plano de Trabalho, Termo Aditivo e Prorroga de Ofício Perfis de Convenente e Concedente. MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios SICONV Ajuste do Plano de Trabalho, Termo

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais

CAPITULO 020000 - SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DO GOVERNO FEDERAL - SIAFI

CAPITULO 020000 - SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DO GOVERNO FEDERAL - SIAFI CAPITULO 020000 - SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DO GOVERNO FEDERAL - SIAFI SECAO 020300 - MACROFUNÇÕES ASSUNTO 020317 - RESTOS A PAGAR 1 - REFERÊNCIAS: 1.1 - RESPONSABILIDADE - Coordenador-Geral

Leia mais

TREINAMENTO PRÁTICO SICONV

TREINAMENTO PRÁTICO SICONV TREINAMENTO PRÁTICO SICONV Instrutores: Fernando Henrique / Rodrigo Lopes Brasília/DF, 21 e 22 de agosto de 2012. 1 Introdução 1. Portal dos Convênios 2. Credenciamento 3. Cadastramento e atualização do

Leia mais

10 a 12/06/2013 - Florianópolis SC - CURSO DE SIAFI OPERACIONAL ATUALIZADO COM NOVO SIAFI

10 a 12/06/2013 - Florianópolis SC - CURSO DE SIAFI OPERACIONAL ATUALIZADO COM NOVO SIAFI Apresentação O curso visa ao conhecimento do Sistema Integrado de Administração Financeira SIAFI, a atualização das rotinas de execução orçamentária e financeira, ao conhecimento teórico sobre os assuntos

Leia mais

PROGRAMA TERRITÓRIOS DA CIDADANIA. # Manual Operacional # Relatório de Execução - Data Base: 30/09/2012

PROGRAMA TERRITÓRIOS DA CIDADANIA. # Manual Operacional # Relatório de Execução - Data Base: 30/09/2012 PROGRAMA TERRITÓRIOS DA CIDADANIA # Manual Operacional # Relatório de Execução - Data Base: 30/09/2012 Para informar os dados da Execução de sua(s) ação(ões), você deve seguir os seguintes passos: 1 Acesse

Leia mais

SISME Sistema de Minuta de Empenho Parte I

SISME Sistema de Minuta de Empenho Parte I MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS SISME Sistema de Minuta de Empenho Parte I MANUAL DO USUÁRIO

Leia mais

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria operados por OBTV

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria operados por OBTV MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Convênio, Contrato de Repasse

Leia mais

Treinamento Sistema Condominium Módulo III

Treinamento Sistema Condominium Módulo III Financeiro (Lançamentos Despesas e Saldos) Nesse módulo iremos apresentar os principais recursos da área contábil do sistema. Contábil> Lançamentos Nessa tela é possível lançar as despesas dos condomínios,

Leia mais

Manual Operacional para o Gestor Setorial do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Maio de 2008

Manual Operacional para o Gestor Setorial do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Maio de 2008 Manual Operacional para o Gestor Setorial do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Maio de 2008 Índice 1. Acesso ao Sistema Página 3 1.1 Acessar o Sistema de Concessão de Diárias e Passagens

Leia mais

Material de Apoio. SEB - Contas a Pagar. Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com

Material de Apoio. SEB - Contas a Pagar. Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com Material de Apoio SEB - Contas a Pagar Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com Conteúdo CONFIGURAÇÃO... 3 Cadastro de Fornecedores... 3 Métodos de Pagamento...

Leia mais

RESTITUIÇÃO DE RECEITAS ARRECADADAS POR GRU

RESTITUIÇÃO DE RECEITAS ARRECADADAS POR GRU RESTITUIÇÃO DE RECEITAS ARRECADADAS POR GRU O processo de restituição visa atender o contribuinte que, por algum motivo, tenha recolhido receitas a maior ou indevidamente por meio da Guia de Recolhimento

Leia mais

TAXA: OBSERVACAO TAXA DE COLETA DE LIXO 2009.

TAXA: OBSERVACAO TAXA DE COLETA DE LIXO 2009. SIAFI2009-DOCUMENTO-CONSULTA-CONNE (NOTA DE EMPENHO) 17/11/09 13:56 USUARIO : MARIA ANGELA DATA EMISSAO : 23Jan09 NUMERO : 2009NE000001 UG EMITENTE : 160261-1 INSPETORIA DE CONTABILIDADE E FINANÇAS DO

Leia mais

Treinamento Módulo Contas a Pagar

Treinamento Módulo Contas a Pagar Contas a Pagar Todas as telas de cadastro também são telas de consultas futuras, portanto sempre que alterar alguma informação clique em Gravar ou pressione F2. Teclas de atalho: Tecla F2 Gravar Tecla

Leia mais

MANUAL PRÁTICO PARA A DESCENTRALIZAÇÃO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA, FINANCEIRA E CONTÁBIL

MANUAL PRÁTICO PARA A DESCENTRALIZAÇÃO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA, FINANCEIRA E CONTÁBIL MANUAL PRÁTICO PARA A DESCENTRALIZAÇÃO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA, FINANCEIRA E CONTÁBIL DIRETORIA DE CONTABILIDADE, ORÇAMENTO E FINANÇAS - DCOF PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO - PROAD EQUIPE DCOF: Pró-Reitor

Leia mais

Câmara de Vereadores de Piracicaba Setor de Informática Dezembro/2015

Câmara de Vereadores de Piracicaba Setor de Informática Dezembro/2015 Seja bem vindo ao novo Portal da Transparência da Câmara de Vereadores de Piracicaba. Este manual lhe auxiliará a navegar pelo site, acessando diversas informações a respeito do Poder Legislativo Piracicabano.

Leia mais

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria operados por OBTV (Ordem Bancária de Transferências Voluntárias) Perfil Convenente

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria operados por OBTV (Ordem Bancária de Transferências Voluntárias) Perfil Convenente MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Convênio, Contrato de Repasse

Leia mais

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria operados por OBTV

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria operados por OBTV MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Convênio, Contrato de Repasse

Leia mais

Manual Cartão de Pagamento do Governo Federal. Banco do Setor público

Manual Cartão de Pagamento do Governo Federal. Banco do Setor público Manual Cartão de Pagamento do Governo Federal Banco do Setor público 2 Sumário Introdução 04 Cartão de Pagamento do Governo Federal CPGF 04 Passo a Passo 10 Perguntas e Respostas 12 Legislação I Ementa

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Acesso ao Sistema (AGOSTO 2010)

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Acesso ao Sistema (AGOSTO 2010) Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Acesso ao Sistema (AGOSTO 2010) Índice 1. Acesso ao Sistema...03 1.1. Perfis de Acesso...04 1.2. Acessar o Sistema de Concessão

Leia mais

Secretaria da Fazenda

Secretaria da Fazenda Secretaria da Fazenda Coordenação da Administração Financeira Centro de Apoio ao Usuário SIAFEM.NET Versão Mai/2013 Folha de Pagamento Manual de Utilização Página 1 de 20 Manual de utilização do sistema

Leia mais

PROCEDIMENTO CONTÁBIL Nº 02/2015 (versão 0.0.1)

PROCEDIMENTO CONTÁBIL Nº 02/2015 (versão 0.0.1) UNIDADE DE CONTÁBIL UNICON PROCEDIMENTO CONTÁBIL Nº 02/2015 (versão 0.0.1) GUIA DE RECEBIMENTO (GR) LANÇAMENTO DE RECEITAS ÍNDICE 1 OBJETIVO... 1 2 - CONCEITOS... 1 3 PREENCHIMENTO DA GR NO SIAFEM... 2

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SISTEMA INFORMATIZADO DE REGISTRO PROFISSIONAL - SIRPWEB MANUAL DO USUÁRIO

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SISTEMA INFORMATIZADO DE REGISTRO PROFISSIONAL - SIRPWEB MANUAL DO USUÁRIO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SISTEMA INFORMATIZADO DE REGISTRO PROFISSIONAL - SIRPWEB MANUAL DO USUÁRIO 1 Sumário 1. Solicitações... 3 1.1 Solicitação do registro profissional... 3 1.2 Prorrogação

Leia mais

SicoobNet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.0

SicoobNet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.0 SicoobNet Empresarial Manual do Versão 1.0 Manual do Data: 04/0/2008 Histórico Data Versão Descrição Autor 04/0/2008 1.0 Criação do Manual Ileana Karla GECOQ Gerência de Controle e Qualidade Página: 2/122

Leia mais

Manual Gestor Financeiro

Manual Gestor Financeiro Manual Gestor Financeiro Página inicial do Gestor Financeiro Página de Resumo Essa pág. Tem como finalidade mostrar os resumos do ultimo dia ou de um período prédeterminado, você pode escolher o período

Leia mais

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE SUPORTE À GESTÃO DO SISTEMA DE TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS DA UNIÃO Portal dos Convênios

Leia mais

Análise e Regularizações Contábeis no SIAFI

Análise e Regularizações Contábeis no SIAFI Análise e Regularizações Contábeis no SIAFI Painéis/Oficinas CANCELAMENTO DE ORDEM BANCÁRIA FASES DA DESPESA EMPENHO [L. 4320: arts. 58-61] LIQUIDAÇÃO [L. 4320: art. 63] PAGAMENTO [L.4320: arts. 62/64-67]

Leia mais

Contrato de Longo Prazo (LTA) para Agência de Viagens

Contrato de Longo Prazo (LTA) para Agência de Viagens Contrato de Longo Prazo (LTA) para Agência de Viagens Contratos de Longo Prazo (LTA) são tipos especiais de acordos firmados entre o PNUD e um fornecedor com o objetivo de garantir o fornecimento de um

Leia mais

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria Operados por OBTV (Ordem Bancária de Transferências Voluntárias) Passo a Passo - Convenente

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria Operados por OBTV (Ordem Bancária de Transferências Voluntárias) Passo a Passo - Convenente Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria Operados por OBTV (Ordem Bancária de Transferências Voluntárias) Passo a Passo - Convenente Sumário 01 O que é OBTV (Ordem Bancária de Transferências Voluntárias)...2

Leia mais

TUTORIAL PARA IMPORTAÇÃO DE E-MAILS DE CONTAS UAB PARA CONTAS GMAIL

TUTORIAL PARA IMPORTAÇÃO DE E-MAILS DE CONTAS UAB PARA CONTAS GMAIL TUTORIAL PARA IMPORTAÇÃO DE E-MAILS DE CONTAS UAB PARA CONTAS GMAIL 2 Acesse a conta do Gmail para a qual você deseja copiar os e- mails de sua conta UAB e clique no ícone Configurações. No menu que se

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS DIVULGAÇÃO DE COMPRAS DISPENSA / INEXIGIBILIDADE MANUAL DO USUÁRIO

Leia mais

Treinamento Sistema Folha Union Módulo V

Treinamento Sistema Folha Union Módulo V FOLHA DE PAGAMENTO Controle FGTS / Guias Recolhimento / Remessa para banco / Encerramento anual Folha Union> Movimento> Controle de FGTS> Importar depósitos As telas de Controle de FGTS são utilizadas

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA MÉDICOS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA MÉDICOS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA MÉDICOS 1 CADASTRANDO CLIENTES 1.1 BUSCANDO CLIENTES 1.1.1 BUSCANDO CLIENTES PELO NOME 1.1.2 BUSCANDO CLIENTES POR OUTRAS BUSCAS 1.2 CAMPO OBSERVAÇÕES 1.3

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA MÉDICOS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA MÉDICOS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA MÉDICOS 1 CADASTRANDO CLIENTES 1.1 BUSCANDO CLIENTES 1.1.1 BUSCANDO CLIENTES PELO NOME 1.1.2 BUSCANDO CLIENTES POR OUTRAS BUSCAS 1.2 CAMPO OBSERVAÇÕES

Leia mais

MANUAL CONTABILIDADE

MANUAL CONTABILIDADE MANUAL NOTA DE RESERVA MANUAL MANUAL ELABORAÇÃO DO PEDIDO DO DO ORÇAMENTO RH MANUAL - ORÇAMENTO MANUAL CONTABILIDADE MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS 1 SUMÁRIO 1 EMPENHO PEDIDOS RH...3 1.1 PEDIDO

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Fevereiro de 2008

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Fevereiro de 2008 Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Fevereiro de 2008 Índice 1. Acesso ao Sistema Página 3 1.1 Acessar o Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP com Login

Leia mais

COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML. Após abrir o sistema, localize o menu no canto superior esquerdo e clique em Movimentação > Entrada Material

COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML. Após abrir o sistema, localize o menu no canto superior esquerdo e clique em Movimentação > Entrada Material COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML Observação: O arquivo XML da nota fiscal deve estar salvo em seu computador. Se o seu fornecedor não enviou o arquivo por e-mail, você pode obter o arquivo pela internet,

Leia mais

SISTEMA DE CONCESSÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS

SISTEMA DE CONCESSÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS SLTI / MP SISTEMA DE CONCESSÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS MANUAL DO USUÁRIO Versão: 22/11/2004 SUMÁRIO SUMÁRIO...i SISTEMA DE CONCESSÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS...1 1. CONCEITOS...1 1. 1. DEFINIÇÃO...1 1. 2.

Leia mais

Portal dos Convênios SICONV. Ajuste do Plano de Trabalho, Termo Aditivo e Prorroga de Ofício Perfis de Convenente e Concedente.

Portal dos Convênios SICONV. Ajuste do Plano de Trabalho, Termo Aditivo e Prorroga de Ofício Perfis de Convenente e Concedente. MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios SICONV Ajuste do Plano de Trabalho, Termo

Leia mais

28 e 30/07/2014 BRASÍLIA - DF NOVO SIAFI - CPR VIA WEB: CONTAS A PAGAR E RECEBER PRÁTICO COM COMPUTADOR

28 e 30/07/2014 BRASÍLIA - DF NOVO SIAFI - CPR VIA WEB: CONTAS A PAGAR E RECEBER PRÁTICO COM COMPUTADOR Apresentação O curso visa ao conhecimento do Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal - SIAFI, para a atualização das rotinas de execução orçamentária e financeira, o conhecimento

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Compartilhamento de Arquivos no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução...

Leia mais

MBM Entrega Expressa www.terti.com.br. Índice

MBM Entrega Expressa www.terti.com.br. Índice Índice Instalação do programa 03 Cadastrar Usuário(s) 04 Iniciar Operações 06 Atalhos da Área de Trabalho do Sistema 08 Ícones da Área de Tarefas do Sistema 09 Cadastrar Grupos 10 Cadastrar Clientes/ Fornecedores/

Leia mais

TREINAMENTO PRÁTICO SICONV CADASTRAR PROGRAMA

TREINAMENTO PRÁTICO SICONV CADASTRAR PROGRAMA TREINAMENTO PRÁTICO SICONV CADASTRAR PROGRAMA 1/8 CONCEDENTE Disponibilização de Programa (CONCEDENTE) Cópia de Programa (CONCEDENTE) Cadastro de Proposta/Plano de Trabalho (PROPONENTE) Análise de Proposta/Plano

Leia mais

Tutorial contas a pagar

Tutorial contas a pagar Tutorial contas a pagar Conteúdo 1. Cadastro de contas contábeis... 2 2. Cadastro de conta corrente... 4 3. Cadastro de fornecedores... 5 4. Efetuar lançamento de Contas à pagar... 6 5. Pesquisar Lançamento...

Leia mais

Manual de Importação de Empenhos da Folha de Pagamento

Manual de Importação de Empenhos da Folha de Pagamento Pagina 1 Manual de Importação de Empenhos da Folha de Pagamento Pagina 2 SUMÁRIO 1. Tela - Importação de Empenhos da Folha de Pagamento... 3 2. Importar arquivo a rotina... 3 3. Preenchimento dos Empenhos...

Leia mais

Contas contábeis envolvidas na conferência do Almoxarifado

Contas contábeis envolvidas na conferência do Almoxarifado Sumário Contas contábeis envolvidas na conferência do Almoxarifado... 2 Entradas no SIPAC... 9 Entrada Extra/Avulsa no SIPAC...13 Baixas no Almoxarifado...15 Planilhas de conciliação...17 Tomada de Contas

Leia mais

15. Prestação de Contas operados por OBTV

15. Prestação de Contas operados por OBTV 15. Prestação de Contas operados por OBTV A inclusão da Prestação de Contas deverá ser feito no sistema SICONV pelo usuário que tem o perfil de Cadastrador de Prestação de Contas, e o envio para análise

Leia mais

Para fazer uma prestação de contas no sistema deverá seguir os seguintes passos:

Para fazer uma prestação de contas no sistema deverá seguir os seguintes passos: Prestação de Contas Para fazer uma prestação de contas no sistema deverá seguir os seguintes passos: Acessar o Sistema NEGOCIUS. Clicar em Tesouraria do menu lateral esquerdo, em seguida clicar em Prestação

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Financeiro)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Financeiro) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Financeiro) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 LANÇAMENTO DE CONTAS

Leia mais

Será exibido um painel de opções com 3 possibilidades: Cadastrar Cliente, Listagem de Cliente e Gerar Chave de Instalação.

Será exibido um painel de opções com 3 possibilidades: Cadastrar Cliente, Listagem de Cliente e Gerar Chave de Instalação. ATIVAÇÃO DA LICENÇA A partir do momento em que a revenda torna-se parceira comercial do produto ela pode efetuar compras de licenças no site e ativar essas licenças em seus usuários. O UNICO até pode ser

Leia mais

Configurando o Gerenciamento de Cheques Recebidos. 01. Na retaguarda entre no guia cadastro > Gerais

Configurando o Gerenciamento de Cheques Recebidos. 01. Na retaguarda entre no guia cadastro > Gerais Configurando o Gerenciamento de Cheques Recebidos 01. Na retaguarda entre no guia cadastro > Gerais 1.1 Formas de Pagamento 1.2 Cadastrar Forma de Pagamento Cheque 1.3 Marcar a Opção Cheque 2.0 Configurar

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Acesso ao Sistema (ABRIL 2009)

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Acesso ao Sistema (ABRIL 2009) Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Acesso ao Sistema (ABRIL 2009) Índice 1. Acesso ao Sistema...3 1.1. Perfis de Acesso...4 1.2. Acessar o Sistema de Concessão de

Leia mais

Manual de Treinamento. Site de Sistema de Gestão de Crédito Pessoal

Manual de Treinamento. Site de Sistema de Gestão de Crédito Pessoal Manual de Treinamento Site de Sistema de Gestão de Crédito Pessoal Sumário Introdução...3 Nova Proposta...9 Propostas Existentes...40 Configurações do Usuário...43 Histórico Consolidado do Cliente...47

Leia mais

Clique no botão novo

Clique no botão novo Tutorial para uso do programa Edilim Criado pela profª Carina Turk de Almeida Correa 1- Abra o programa Edilim. Clique no botão novo, como mostrado abaixo: Clique no botão novo 2- Todos os arquivos a serem

Leia mais

AJUDA NO CONTROLE DA EMPREGADA

AJUDA NO CONTROLE DA EMPREGADA Planilhas I Empregada doméstica AJUDA NO CONTROLE DA EMPREGADA CALCULE E EMITA RECIBOS E GUIAS DE PAGAMENTOS DE IMPOSTOS PARA EMPREGADOS DOMÉSTICOS Amelhor maneira de evitar dores de cabeça futuras em

Leia mais

Apostila nº 32 Contas a Pagar e a Receber; Como localizar, Incluir, Alterar, Eliminar, Baixar, reabrir e imprimir

Apostila nº 32 Contas a Pagar e a Receber; Como localizar, Incluir, Alterar, Eliminar, Baixar, reabrir e imprimir Apostila nº 32 Contas a Pagar e a Receber; Como localizar, Incluir, Alterar, Eliminar, Baixar, reabrir e imprimir Sumário Contas á Receber...3 Como atualizar a pesquisa no contas á receber?...3 Como efetuar

Leia mais

CAPITULO 020000 - SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DO GOVERNO FEDERAL - SIAFI

CAPITULO 020000 - SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DO GOVERNO FEDERAL - SIAFI CAPITULO 020000 - SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DO GOVERNO FEDERAL - SIAFI SECAO 021100 - OUTROS PROCEDIMENTOS ASSUNTO 021121 - SUPRIMENTO DE FUNDOS 1 - REFERÊNCIAS: 11 - RESPONSABILIDADE

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS 1 - A TELA AGENDA 1.1 - TIPOS DE AGENDA 1.1.1 AGENDA NORMAL 1.1.2 AGENDA ENCAIXE 2 - AGENDANDO CONSULTAS 2.1 - AGENDANDO UMA CONSULTA NA AGENDA

Leia mais

manual Sistema de Gestão de Contribuições

manual Sistema de Gestão de Contribuições manual Sistema de Gestão de Contribuições Conteúdo 1. Login 4 2. Home 5 3. Informações básicas 3.1. Menus 6 3.2. Números e status 7 3.3. Ações 8 4. Ambientes da ferramenta 4.1. Sindicato 13 4.2. Empresas

Leia mais

No campo 'Nome do agente financeiro', digite o nome do agente a ser cadastrado. Ex: Banco Bradesco, Itaú, Banco do Brasil, Cartão Visa, etc;

No campo 'Nome do agente financeiro', digite o nome do agente a ser cadastrado. Ex: Banco Bradesco, Itaú, Banco do Brasil, Cartão Visa, etc; 1.1 Agentes Financeiros Nesse item do menu Cadastros são inseridos todas as Instituições Financeiras que o escritório ou empresa possuem. Para cadastrar um agente financeiro acione o botão novo e a seguinte

Leia mais

PASSO A PASSO PARA CADASTRAR OFERTAS, PRODUTOS E SERVIÇOS WWW.WEBLUG.COM.BR.COM.BR

PASSO A PASSO PARA CADASTRAR OFERTAS, PRODUTOS E SERVIÇOS WWW.WEBLUG.COM.BR.COM.BR PASSO A PASSO PARA CADASTRAR OFERTAS, PRODUTOS E SERVIÇOS WWW.WEBLUG.COM.BR.COM.BR 1) Acesse na página principal, ANUNCIAR. 2) Preencha todos os campo 3) Escolha o plano de veiculação 4) Digite o nome

Leia mais