Há na Justiça uma guerra de titãs sobre o preço do direito autoral para a execução de músicas no Brasil.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Há na Justiça uma guerra de titãs sobre o preço do direito autoral para a execução de músicas no Brasil."

Transcrição

1 12/06/ h18 Critério de pagamento opõe Ecad e empresas em ações na Justiça ELVIRA LOBATO DO RIO ROBERTO KAZ DE SÃO PAULO Há na Justiça uma guerra de titãs sobre o preço do direito autoral para a execução de músicas no Brasil. Critério é "carta de alforria" para classe, diz Ecad As operadoras de TV por assinatura, mais as redes Globo, SBT e RedeTV! e alguns dos maiores grupos de exibidores de cinema recusam o critério de preço do Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição), que cobra 2,5% sobre o faturamento bruto das empresas. De acordo com cálculos do Ecad, se a entidade vencesse todos os processos que tramitam na Justiça contra televisões, receberia R$ 2,23 bilhões, relativos ao dinheiro devido nos últimos cinco anos (1,25 bilhão das TVs por assinatura mais R$ 975 milhões das TVs abertas). A dimensão da guerra fica evidente na comparação entre o faturamento dos setores e a arrecadação do Ecad. A televisão aberta faturou R$ 18 bilhões no ano passado, de acordo com a Abert (Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão). Se aplicado o critério de 2,5% do faturamento, implicaria um pagamento de R$ 450 milhões ao Ecad. Segundo o escritório, porém, o setor pagou bem menos: R$ 87,4 milhões. O tema é ainda mais explosivo na televisão por assinatura. O número de assinantes passou de 5,3 milhões para 10,6 milhões desde 2007, e o faturamento anual pulou de R$ 6,7 bi para R$ 12 bi. Pelo critério do Ecad, o setor deveria ter recolhido R$ 306 milhões em O valor não chegou a 10% disso. A disputa com as TVs abertas começou depois que o Ecad rompeu o convênio que tinha com a Abert, em Até então, os valores eram negociados entre as duas instituições --ainda é o que ocorre no caso das rádios. A partir daquele ano, o Ecad passou a discutir individualmente com cada emissora, elevando os preços. Sofreu várias ações na Justiça, questionando sua legitimidade para centralizar a cobrança de direitos autorais. O Supremo Tribunal Federal confirmou a legitimidade. Hoje, de acordo com o Ecad, Bandeirantes, Record e CNT obedecem ao critério. SBT obedecia até 2006, quando entrou na Justiça. A ação, que corre na 38ª Vara Cível do Fórum João Mendes, em São Paulo, compara a situação da emissora à da Globo, alegando que a "líder de audiência paga percentual sobre sua receita de 0,657, enquanto que o da Autora corresponde a 2,5%". O SBT também questiona o percentual pago pela Record. O argumento do SBT se baseia no que a Globo deposita todo mês em juízo, em nome do Ecad. O valor atual é de R$ 5 milhões por mês (calculado de acordo com o contrato que tinha com o escritório em 2005, com correção).

2 A emissora carioca também briga com o Ecad na Justiça. Contesta a vinculação do direito autoral ao faturamento e a prática do Ecad de cobrar por pacote fechado. De acordo com as regras atuais, as emissoras não podem pagar apenas pelas músicas que utilizarão. O valor cobrado pelo Ecad inclui o uso ilimitado de todas as músicas de seu cadastro. A ação da Globo está no Superior Tribunal de Justiça --a emissora perdeu em primeira instância e ganhou em segunda_ e é considerada determinante para resolver o conflito. Se o STJ julgar o percentual legítimo, abrirá um importante precedente para que todas as empresas em litígio paguem os R$ 2,23 bilhões que devem ao Ecad. Editoria de Arte

3

4 CINEMA Entre os exibidores de cinema, a diferença entre o valor pretendido pelo Ecad é menor do que nos outros setores (R$ 22 milhões) porque vários exibidores perderam as ações judiciais, que também se baseavam na tese da ilegitimidade do Ecad. Mas nenhum deles concorda com o critério de cobrança. O empresário gaúcho Ricardo Difini, diretor da GNC Cinemas e presidente da Federação Nacional das Empresas Exibidoras Cinematográficas, diz que o que paga ao Ecad lhe permitiria abrir uma sala de 300 lugares por ano. Os exibidores não concordam em pagar direitos autorais sobre filmes estrangeiros porque, segundo eles, os distribuidores já pagam os direitos no exterior. O mesmo dizem as TVs por assinatura em relação aos canais estrangeiros. O diretor jurídico da Sky, Ricardo Lagreca, aponta outro complicador: os serviços de TV paga, banda larga e telefone são vendidos em pacotes. "Se o Ecad cobrar sobre o faturamento bruto, o cálculo recairá também sobre o telefone e a internet. Como os custos acabam repassados ao consumidor, eles serão penalizados", diz Lagreca.

5 12/06/ h36 Critério é "carta de alforria" para classe, diz Ecad PUBLICIDADE ELVIRA LOBATO DO RIO ROBERTO KAZ DE SÃO PAULO O Ecad não cogita desistir do critério de remunerar os direitos autorais pela participação em 2,5% no faturamento bruto das empresas de televisão. Critério de pagamento opõe Ecad e empresas em ações na Justiça Para a superintendente executiva do órgão, Glória Braga, o percentual sobre a receita das empresas de TV aberta e paga representa "a carta de alforria" dos artistas. "Esta é uma decisão fundamental para os músicos, no momento em que a indústria do disco acabou e existe total incerteza sobre o faturamento na internet", afirmou a superintendente, em entrevista à Folha. Ela rebate as acusações de que o percentual seja abusivo, como afirmam as empresas em ações judiciais. Para Glória, este seria o sistema mais justo de cobrança, por ter impacto proporcional. "Como há grande disparidade entre as fatias de cada emissora na divisão da receita publicitária, o percentual é a única forma de dar um tratamento igualitário a todas. Ele incomoda cada uma em 2,5%", diz. As empresas sustentam que o percentual é cinco vezes maior do que a média que se paga nos EUA. Glória Braga defende-se dizendo que o Ecad segue as normas técnicas da Cisac (Confederação Internacional de Sociedade de Autores e Compositores), que recomenda a cobrança sobre o faturamento das empresas. Diz também que o percentual aplicado equivale aos de países europeus. Segundo a superintendente, Record, Bandeirantes e CNT cumprem a cláusula dos 2,5%; Globo e SBT fazem depósito judicial; e RedeTV! não deposita. A rede estatal EBC, do governo federal, também não paga e está em discussão com o Ecad. A reportagem indagou como o Ecad comprova que a Band, Record e CNT cumprem o percentual, uma vez que são empresas de capital fechado e seus balanços não são fiscalizados por órgãos reguladores. Segundo ela, as empresas enviam ao Ecad balancetes mensais, atestados por auditores.

FENEEC Entidade sindical que congrega todos os Sindicatos brasileiros que representam as empresas exibidoras cinematográficas

FENEEC Entidade sindical que congrega todos os Sindicatos brasileiros que representam as empresas exibidoras cinematográficas FENEEC Entidade sindical que congrega todos os Sindicatos brasileiros que representam as empresas exibidoras cinematográficas Atua na defesa dos interesses coletivos dos exibidores há várias décadas Representa:

Leia mais

Diversidade Cultural e Conteúdo

Diversidade Cultural e Conteúdo Diversidade Cultural e Conteúdo I Fórum da Internet no Brasil Comitê Gestor da Internet Expo Center Norte Outubro/2011 Oona Castro Instituto Overmundo Overmundo Missão: difundir a cultura brasileira em

Leia mais

LEGALIZAÇÃO DO COMPARTILHAMENTO DE ARQUIVOS DIGITAIS

LEGALIZAÇÃO DO COMPARTILHAMENTO DE ARQUIVOS DIGITAIS Anteprojeto de lei para LEGALIZAÇÃO DO COMPARTILHAMENTO DE ARQUIVOS DIGITAIS Considerações gerais A expansão da internet trouxe facilidades sem precedentes para o compartilhamento e reprodução de obras,

Leia mais

O que essas quatro precisam para serem efetivas e não mais administradas?

O que essas quatro precisam para serem efetivas e não mais administradas? Em entrevista exclusiva com a Superintendente Executiva do Ecad, Glória Braga, assuntos que vivem sendo debatidos nas ruas entre autores poderão agora ser explicados facilmente, e de forma didática, para

Leia mais

ECAD E OS NOVOS CONTORNOS DA GESTÃO COLETIVA NO BRASIL. Guilherme Coutinho Silva guilhermecoutinho@usp.br

ECAD E OS NOVOS CONTORNOS DA GESTÃO COLETIVA NO BRASIL. Guilherme Coutinho Silva guilhermecoutinho@usp.br ECAD E OS NOVOS CONTORNOS DA GESTÃO COLETIVA NO BRASIL Guilherme Coutinho Silva guilhermecoutinho@usp.br Constituição Federal Art. 5º - XXVIII - são assegurados, nos termos da lei: b) o direito de fiscalização

Leia mais

Avaliação do Marco Regulatório da TV por Assinatura: A Lei nº 12.485/2011 na ANCINE. Rosana dos Santos Alcântara Diretora

Avaliação do Marco Regulatório da TV por Assinatura: A Lei nº 12.485/2011 na ANCINE. Rosana dos Santos Alcântara Diretora Avaliação do Marco Regulatório da TV por Assinatura: A Lei nº 12.485/2011 na ANCINE. Rosana dos Santos Alcântara Diretora ABAR, Agosto de 2013 Agenda Contexto do mercado de TV por Assinatura Panorama econômico

Leia mais

Novas Súmulas do Superior Tribunal de Justiça - DIREITO PROCESSUAL CIVIL -

Novas Súmulas do Superior Tribunal de Justiça - DIREITO PROCESSUAL CIVIL - BOLETIM NR #28 Novas Súmulas do Superior Tribunal de Justiça - DIREITO PROCESSUAL CIVIL - O Superior Tribunal de Justiça editou quatro novas súmulas (nº 406 a 409), que trazem um teor bastante relevante

Leia mais

Experiência brasileira de gestão dos direitos de execução pública musical

Experiência brasileira de gestão dos direitos de execução pública musical Experiência brasileira de gestão dos direitos de execução pública musical ASSOCIAÇÔES EFETIVAS: ABRAMUS AMAR SBACEM SICAM SOCINPRO UBC ASSOCIAÇÕES ADMINISTRADAS: ABRAC ANACIM ASSIM SADEMBRA Lei 9.610/98

Leia mais

Gestão Coletiva http://www.sbacem.org.br/sbacem-novo/es/gestao-coletiva/132-gestao-coletiva.pdf

Gestão Coletiva http://www.sbacem.org.br/sbacem-novo/es/gestao-coletiva/132-gestao-coletiva.pdf No hay traducciones disponibles. O Sistema de Gestão Coletiva de Direitos no Brasil O Sistema de Gestão Coletiva de Direitos no Brasil A arrecadação dos direitos autorais e conexos musicais é realizada

Leia mais

ANÁLISE DOS ATENDIMENTOS DE 2003

ANÁLISE DOS ATENDIMENTOS DE 2003 ANÁLISE DOS ATENDIMENTOS DE 2003 1 - ATENDIMENTOS DE 2.003 Foram atendidas 74.531 pessoas no ano de 2.003, pelas seguintes formas de atendimento: Pessoalmente...23.060 Telefone:...25.739 Carta:...101 Internet:...11.859

Leia mais

INFORMATIVO JURÍDICO

INFORMATIVO JURÍDICO 1 ROSENTHAL E SARFATIS METTA ADVOGADOS INFORMATIVO JURÍDICO NÚMERO 5, ANO III MAIO DE 2011 1 ESTADO NÃO PODE RECUSAR CRÉDITOS DE ICMS DECORRENTES DE INCENTIVOS FISCAIS Fiscos Estaduais não podem autuar

Leia mais

Direitos autorais: você tem todo o direito de conhecer. www.ecad.org.br

Direitos autorais: você tem todo o direito de conhecer. www.ecad.org.br COMO RECEBER DIREITO AUTORAL Direitos autorais: você tem todo o direito de conhecer. www.ecad.org.br Como receber direito autoral 1 Todo compositor, intérprete, músico, produtor fonográfico ou editora

Leia mais

PROCURAÇÃO (Desenvolvimento na carreira - EMATER)

PROCURAÇÃO (Desenvolvimento na carreira - EMATER) PROCURAÇÃO (Desenvolvimento na carreira - EMATER) NOME:, NACIONALIDADE:, ESTADO CIVIL:, PROFISSÃO:, R.G.:, CPF:,ENDEREÇO:, BAIRRO:, CIDADE/ESTADO:, no fim assinado, por este instrumento particular, nomeia

Leia mais

REGULAMENTO REGULAMENTO DE DISTRIBUIÇÃO DOS DIREITOS AUTORAIS DE EXECUÇÃO PÚBLICA MUSICAL

REGULAMENTO REGULAMENTO DE DISTRIBUIÇÃO DOS DIREITOS AUTORAIS DE EXECUÇÃO PÚBLICA MUSICAL REGULAMENTO REGULAMENTO DE DISTRIBUIÇÃO DOS DIREITOS AUTORAIS DE EXECUÇÃO PÚBLICA MUSICAL Aprovado em 16 de setembro de 2015 ÍNDICE Í ndice Í. Princípios Gerais 1 ÍÍ. Cadastro e Documentaça o 2 ÍÍÍ. Distribuiça

Leia mais

Regulamento de Distribuição

Regulamento de Distribuição Regulamento de Distribuição Índice Capítulo I - Disposição Preliminar Artigo 1º - Critérios Capítulo II - Cadastro Artigo 2º - Informações preliminares Capítulo III - Organização do Cadastro Artigo 3º

Leia mais

11/29/13 Folha de S.Paulo - Mercado - Credores do Banco Santos querem quadros de ex-banqueiro Edemar Cid Ferreira - 24/11/2013

11/29/13 Folha de S.Paulo - Mercado - Credores do Banco Santos querem quadros de ex-banqueiro Edemar Cid Ferreira - 24/11/2013 24/11/2013-01h55 Credores do Banco Santos querem quadros de ex-banqueiro Edemar Cid Ferreira JULIO WIZIACK DE SÃO PAULO Os credores do Banco Santos pediram à Justiça brasileira que sequestre no exterior

Leia mais

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR Projeto Básico da Contratação de Serviços: Contratação de empresa para prestação de serviços de consultoria, análise e mapeamento em gestão comercial para a Gramadotur. Dos Fatos:

Leia mais

Indústria do Esporte. Análise de Faturamento FIFA Copa do Mundo

Indústria do Esporte. Análise de Faturamento FIFA Copa do Mundo Indústria do Esporte Análise de Faturamento FIFA Copa do Mundo Fevereiro 2013 Com a proximidade da Copa do Mundo no Brasil, a BDO RCS fez um levantamento sobre a evolução da receita da FIFA desde a sua

Leia mais

TV por Assinatura. Telefonia Fixa. Banda Larga. Respeito

TV por Assinatura. Telefonia Fixa. Banda Larga. Respeito Banda Larga TV por Assinatura Telefonia Fixa Respeito APIMEC RIO Rio de Janeiro, 22 de Novembro de 2013 A GVT é uma empresa autorizada pela Anatel a prestar serviços em todo o país A GVT tem licença STFC

Leia mais

CONSELHO CURADOR DO FUNDO DE COMPENSAÇÃO DE VARIAÇÕES SALARIAIS

CONSELHO CURADOR DO FUNDO DE COMPENSAÇÃO DE VARIAÇÕES SALARIAIS CONSELHO CURADOR DO FUNDO DE COMPENSAÇÃO DE VARIAÇÕES SALARIAIS RESOLUÇÃO No- 260, DE 7 DE JANEIRO DE 2010 O Presidente do CONSELHO CURADOR DO FUNDO DE COMPENSAÇÃO DE VARIAÇÕES SALARIAIS - CCFCVS, com

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA AJUIZAR AÇÃO DE RECUPERAÇÃO DE PERDAS NO FGTS

PROCEDIMENTOS PARA AJUIZAR AÇÃO DE RECUPERAÇÃO DE PERDAS NO FGTS PROCEDIMENTOS PARA AJUIZAR AÇÃO DE RECUPERAÇÃO DE PERDAS NO FGTS O Sindicato dos Administradores, dando continuidade aos procedimentos para ajuizar ação judicial contra a Caixa Econômica Federal, na Justiça

Leia mais

1.A Execução Pública da Música/Sociedade Moçambicana de Autores

1.A Execução Pública da Música/Sociedade Moçambicana de Autores 1.A Execução Pública da Música/Sociedade Moçambicana de Autores A Associação Moçambicana de Autores(SOMAS), tal como é frequentemente designada, é a única instituição em Moçambique que representa os autores

Leia mais

A indevida contribuição de 10% sobre o FGTS

A indevida contribuição de 10% sobre o FGTS Informe Jurídico - nº I - 2014 A indevida contribuição de 10% sobre o FGTS De acordo com o artigo 1º da Lei Complementar nº 110, de 29 de junho de 2001, em caso de demissão de empregado sem justa causa,

Leia mais

Processo de arbitragem n.º 78/2015. Sentença

Processo de arbitragem n.º 78/2015. Sentença Processo de arbitragem n.º 78/2015 Demandante: A Demandada: B Árbitro único: Jorge Morais Carvalho Sentença I Processo 1. O processo correu os seus termos em conformidade com o Regulamento do Centro Nacional

Leia mais

PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº DE 2014 (Do Sr. Luiz Fernando Machado)

PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº DE 2014 (Do Sr. Luiz Fernando Machado) PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº DE 2014 (Do Sr. Luiz Fernando Machado) Propõe que a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle com o auxílio do Tribunal de Contas da União e do Ministério Público

Leia mais

CADASTRO DE CLIENTES

CADASTRO DE CLIENTES CADASTRO DE CLIENTES (Indenização Danos Morais e Materiais) Empresas de Telefonia Fixa, Celulares e outras TIM CLARO OI VIVO Outras... PERGUNTAS: Período que a empresa telefônica deixou de prestar os serviços

Leia mais

ATA DA REUNIÃO DE DIRETORIA EM 03.04.2014

ATA DA REUNIÃO DE DIRETORIA EM 03.04.2014 ATA DA REUNIÃO DE DIRETORIA EM 03.04.2014 Ao terceiro dia de abril do ano de dois mil e quatorze, às dez horas, reuniu-se, ordinariamente, a diretoria da AJUT Associação dos Servidores na Justiça do Trabalho

Leia mais

LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA

LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA (versão simples da Lei da Comunicação Social Eletrônica) CAPÍTULO 1 PARA QUE SERVE A LEI Artigo 1 - Esta lei serve para falar como vai acontecer de fato o que está escrito em alguns

Leia mais

COMISSÃO ESPECIAL DE INVESTIGAÇÃO DO CONTRATO ENTRE FOZ DO BRASIL, PREFEITURA DE BLUMENAU E SAMAE.

COMISSÃO ESPECIAL DE INVESTIGAÇÃO DO CONTRATO ENTRE FOZ DO BRASIL, PREFEITURA DE BLUMENAU E SAMAE. 1 COMISSÃO ESPECIAL DE INVESTIGAÇÃO DO CONTRATO ENTRE FOZ DO BRASIL, PREFEITURA DE BLUMENAU E SAMAE. Síntese analítica: 1. Irregularidade na criação da Agir. A agência deveria ter sido criada para elaborar

Leia mais

ÍNDICE. Í ndice. Í. Finalidades 1 ÍÍ. Crite rios de arrecadaça o e distribuiça o 2 ÍÍÍ. Disposiço es finais 4

ÍNDICE. Í ndice. Í. Finalidades 1 ÍÍ. Crite rios de arrecadaça o e distribuiça o 2 ÍÍÍ. Disposiço es finais 4 REGULAMENTO REGULAMENTO PARA LICENCIAMENTO, ARRECADAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE DIREITOS DE REPRODUÇÃO, DISTRIBUIÇÃO E COMUNICAÇÃO AO PÚBLICO PARA SERVIÇOS DE ASSINATURA INTERATIVOS DE OFERTA DE OBRAS MUSICAIS

Leia mais

O AUMENTO DA RENDA DA POPULAÇÃO TEM EFEITO DIRETO SOBRE O AUDIOVISUAL.

O AUMENTO DA RENDA DA POPULAÇÃO TEM EFEITO DIRETO SOBRE O AUDIOVISUAL. 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 O AUMENTO DA RENDA DA POPULAÇÃO TEM EFEITO DIRETO SOBRE O AUDIOVISUAL. A CLASSE C IDENTIFICA CINEMA, INTERNET E TV POR ASSINATURA COMO

Leia mais

AÇÃO DE REVISÃO DO FGTS POR DEFASAGEM EM CORREÇÃO PELA TR

AÇÃO DE REVISÃO DO FGTS POR DEFASAGEM EM CORREÇÃO PELA TR COMUNICADO SINDECTEB 036/2013 AÇÃO DE REVISÃO DO FGTS POR DEFASAGEM EM CORREÇÃO PELA TR SINDECTEB orienta os trabalhadores a recuperarem as perdas do FGTS Ação na Justiça solicitando o recálculo retroativo

Leia mais

Recolhimento do ISSQN (2011)

Recolhimento do ISSQN (2011) Recolhimento do ISSQN (2011) Posicionamento sobre o atual recolhimento do ISSQN pelos cartórios da capital de cada Unidade da Federação, após decisão da ADI nº. 3089, onde a Anoreg-BR contestou a constitucionalidade

Leia mais

São serviços de comunicações eletrónicas os serviços oferecidos mediante

São serviços de comunicações eletrónicas os serviços oferecidos mediante O que são serviços de comunicações eletrónicas? São serviços de comunicações eletrónicas os serviços oferecidos mediante remuneração e que consistem no envio de sinais através de redes de comunicações

Leia mais

Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado Federal. JOÃO REZENDE Presidente da Anatel Anatel

Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado Federal. JOÃO REZENDE Presidente da Anatel Anatel Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado Federal JOÃO REZENDE Presidente da Anatel Anatel Brasília/DF Maio/2013 15 anos de LGT Em 1997, na corrida pelo usuário, a

Leia mais

Projetos de Novo Código Comercial

Projetos de Novo Código Comercial Projetos de Novo Código Comercial O que está em discussão? Câmara dos Deputados - Projeto de Lei nº 1.572/2011 (670 artigos) Autor: Dep. Vicente Cândido Relator: Dep. Paes Landim Idealizador: Fábio Ulhoa

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA PARA CADASTRO E SELEÇÃO DE OBRAS AUDIOVISUAIS BRASILEIRAS

CHAMADA PÚBLICA PARA CADASTRO E SELEÇÃO DE OBRAS AUDIOVISUAIS BRASILEIRAS CHAMADA PÚBLICA PARA CADASTRO E SELEÇÃO DE OBRAS AUDIOVISUAIS BRASILEIRAS 1. Sobre a Sétima A SÉTIMA quer ajudar os realizadores, artistas, coletivos de audiovisual, distribuidoras e produtoras, que não

Leia mais

08 a 11 de outubro de 2014

08 a 11 de outubro de 2014 EMPREENDER NA MÚSICA COMO TRANSFORMAR UMA BANDA NUMA MICRO EMPRESA 08 a 11 de outubro de 2014 08 a 11 de outubro de 2014 Sumário Ecossistema da música A música no Brasil Gestão da carreira musical O ecossistema

Leia mais

ÁREA DE FORMAÇÃO: CONTRAIR CRÉDITO CARTÃO DE CRÉDITO

ÁREA DE FORMAÇÃO: CONTRAIR CRÉDITO CARTÃO DE CRÉDITO ÁREA DE FORMAÇÃO: CONTRAIR CRÉDITO CARTÃO DE CRÉDITO Índice O que é o cartão de crédito? Ficha de Informação Normalizada (FIN) Modalidades de reembolso Custo do crédito Taxas máximas Livre revogação Contrato

Leia mais

GESTÃO COLETIVA DE DIREITOS AUTORAIS - música

GESTÃO COLETIVA DE DIREITOS AUTORAIS - música GESTÃO COLETIVA DE DIREITOS AUTORAIS - música CPI ECAD SENADO FEDERAL AUDIÊNCIA PÚBLICA 24.08.2011 por Daniel Campello Queiroz PONTOS PARA REFLEXÃO PONTOS PARA REFLEXÃO PONTOS PARA REFLEXÃO ECAD não é

Leia mais

1- CONTRATO DE TRABALHO

1- CONTRATO DE TRABALHO 1- CONTRATO DE TRABALHO 1.1 - ANOTAÇÕES NA CARTEIRA DE TRABALHO Quando o empregado é admitido - mesmo em contrato de experiência -, a empresa tem obrigatoriamente que fazer as anotações na carteira de

Leia mais

Divulgação do novo telefone da Central de Atendimento da Cemig: Análise da divulgação da Campanha

Divulgação do novo telefone da Central de Atendimento da Cemig: Análise da divulgação da Campanha XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2008-06 a 10 de outubro Olinda - Pernambuco - Brasil Divulgação do novo telefone da Central de Atendimento da Cemig: Análise da divulgação

Leia mais

Mais de 8,5 milhões de assinantes; Concentração de operadoras de TV por Assinatura; Poucas Programadoras Brasileiras;

Mais de 8,5 milhões de assinantes; Concentração de operadoras de TV por Assinatura; Poucas Programadoras Brasileiras; Mais de 8,5 milhões de assinantes; Concentração de operadoras de TV por Assinatura; Poucas Programadoras Brasileiras; Concentração de programadoras brasileiras; Pouco investimento na produção audiovisual.

Leia mais

Clipagem de Notícias da SEF - 12/05/11

Clipagem de Notícias da SEF - 12/05/11 Riscos Fiscais DUPLICAÇÃO DA SC-401 Matérias veiculadas na imprensa Clipagem de Notícias da SEF - 12/05/11 JORNAL: DIÁRIO CATARINENSE Estado consegue vitória parcial Tribunal Regional Federal decidiu ontem

Leia mais

PROVIMENTO nº 09/2007-CGJ

PROVIMENTO nº 09/2007-CGJ PROVIMENTO nº 09/2007-CGJ Dispõe sobre a nomeação de defensor dativo nas Comarcas onde não exista Defensoria Pública e dá outras providências atribuições legais, O CORREGEDOR-GERAL DA JUSTIÇA, no uso de

Leia mais

50 ANOS DO CASO LÜCH

50 ANOS DO CASO LÜCH Faculdade 7 de Setembro CURSO DE DIREITO 50 ANOS DO CASO LÜCH BRUNA SOBRAL DE QUEIROZ FORTALEZA 2008 2 Faculdade 7 de Setembro CURSO DE DIREITO 50 ANOS DO CASO LÜCH BRUNA SOBRAL DE QUEIROZ 1 1 Aluna: Bruna

Leia mais

MENSALIDADES ESCOLARES

MENSALIDADES ESCOLARES MENSALIDADES ESCOLARES O aumento das mensalidades escolares deve obedecer a algum parâmetro legal? O assunto mensalidades escolares é regulado pela Lei 9870, de 23 de novembro de 1999. Esta Lei, dentre

Leia mais

Regulamento de Distribuição

Regulamento de Distribuição Regulamento de Distribuição Índice Apresentação Capítulo I - Disposição Preliminar Artigo 1º - Critérios Capítulo II - Cadastro Artigo 2º - Informações preliminares Capítulo III - Organização do Cadastro

Leia mais

Como harmonizar a relação entre cidadãos/consumidores e sus/operadoras de planos de saúde e reduzir as demandas judiciais

Como harmonizar a relação entre cidadãos/consumidores e sus/operadoras de planos de saúde e reduzir as demandas judiciais Como harmonizar a relação entre cidadãos/consumidores e sus/operadoras de planos de saúde e reduzir as demandas judiciais João Baptista Galhardo Júnior Membro do Comitê Estadual da Saúde do Conselho Nacional

Leia mais

Mobile Virtual Network Operator. Simplificando a tecnologia para lhe dar acesso ao sucesso. Serviços e produtos essenciais para a vida no dia a dia.

Mobile Virtual Network Operator. Simplificando a tecnologia para lhe dar acesso ao sucesso. Serviços e produtos essenciais para a vida no dia a dia. Mobile Virtual Network Operator Simplificando a tecnologia para lhe dar acesso ao sucesso. Serviços e produtos essenciais para a vida no dia a dia. A Empresa Mercado de Comunicação e tecnologias Nossos

Leia mais

Art. 2º Recebidos os ofícios requisitórios (precatórios) da Autarquia, estes serão remetidos, de imediato, à Procuradoria Jurídica.

Art. 2º Recebidos os ofícios requisitórios (precatórios) da Autarquia, estes serão remetidos, de imediato, à Procuradoria Jurídica. NORMA DE EXECUÇÃO/INCRA/Nº 14, DE 31 DE MAIO DE 2001 (Publicação: Diário Oficial n 110-E, de 7/6/2001, seção 1, pág. 123 e Boletim de Serviço n 24, de 11/6/2001) Estabelece procedimentos técnicos e administrativos

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL: Faço saber que a Assembléia Legislativa decreta e eu sanciono a seguinte Lei.

O GOVERNADOR DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL: Faço saber que a Assembléia Legislativa decreta e eu sanciono a seguinte Lei. (*) Os textos contidos nesta base de dados têm caráter meramente informativo. Somente os publicados no Diário Oficial estão aptos à produção de efeitos legais. LEI Nº 3.545, DE 17 DE JULHO DE 2008. Publicada

Leia mais

Justiça suspende licitação do lixo na cidade de São Paulo

Justiça suspende licitação do lixo na cidade de São Paulo A Vega Ambiental recebeu ontem a segunda decisão desfavorável da Justiça em uma semana. Na quarta-feira, o Tribunal de Justiça manteve condenação em primeira instância por improbidade administrativa, obrigando

Leia mais

II PRÊMIO OCB/MS DE JORNALISMO

II PRÊMIO OCB/MS DE JORNALISMO O II PRÊMIO OCB/MS DE JORNALISMO é um programa institucional desenvolvido pelo Sistema OCB-SESCOOP/MS - Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras do Estado no Mato Grosso do Sul e Serviço Nacional

Leia mais

Marinho Pinto. O Ministério da Justiça está a ser usado para ajustes de contas

Marinho Pinto. O Ministério da Justiça está a ser usado para ajustes de contas Cavaco Silva convoca mandões da Justiça para Belém Marinho Pinto. O Ministério da Justiça está a ser usado para ajustes de contas De acordo com a Ordem dos Advogados, apenas 2238 processos estavam irregulares

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES ATO Nº 62.817, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2006

AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES ATO Nº 62.817, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2006 AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES ATO Nº 62.817, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2006 O SUPERINTENDENTE DE SERVIÇOS PÚBLICOS DA AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES - ANATEL, no uso da atribuição que lhe foi conferida

Leia mais

Filho de ex-braço direito de Dilma trabalhou no governo

Filho de ex-braço direito de Dilma trabalhou no governo 13/09/2010 Filho de ex-braço direito de Dilma trabalhou no governo Israel Guerra tinha cargo comissionado na Anac; irmão dela atuou na Infraero Acusado de atuar como lobista para intermediar interesses

Leia mais

SISTEMA BRASILEIRO DE TELEVISÃO DIGITAL

SISTEMA BRASILEIRO DE TELEVISÃO DIGITAL SISTEMA BRASILEIRO DE TELEVISÃO DIGITAL Questões Centrais Manoel Rangel, Diretor da Agência Nacional do Cinema. Esta apresentação: De que maneira a tecnologia deve ser ponderada na decisão? O uso do espectro

Leia mais

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO E DO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO E DO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, ATO CONJUNTO N.º 21/2010 TST.CSJT.GP.SG Dispõe sobre o recolhimento de custas e emolumentos na Justiça do Trabalho. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO E DO, no uso de suas atribuições legais

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XVI EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XVI EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL A pessoa jurídica A, fabricante de refrigerantes, recolheu em montante superior ao devido o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) incidente nas operações

Leia mais

SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE E LEGISLAÇÃO DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL ADRIANO CRISTIAN CARNEIRO

SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE E LEGISLAÇÃO DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL ADRIANO CRISTIAN CARNEIRO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE E LEGISLAÇÃO DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL ADRIANO CRISTIAN CARNEIRO Fortalecimento do SUS Constituição Federal de 1988, artigos 196 a 200; Lei Federal nº. 8.080, de 19/09/1990 Lei

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL OAB XIII EXAME DE ORDEM C006 DIREITO TRIBUTÁRIO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL OAB XIII EXAME DE ORDEM C006 DIREITO TRIBUTÁRIO C006 DIREITO TRIBUTÁRIO PEÇA PRÁTICO-PROFISSIONAL C006042 Responsabilidade Tributária. Exceção de pré-executividade. Determinada pessoa jurídica declarou, em formulário próprio estadual, débito de ICMS.

Leia mais

36,6% dos empresários gaúchos julgam que o. 74,4% dos empresários gaúchos consideram que. 66,0% das empresas contempladas pela medida a

36,6% dos empresários gaúchos julgam que o. 74,4% dos empresários gaúchos consideram que. 66,0% das empresas contempladas pela medida a 36,6% dos empresários gaúchos julgam que o faturamento é a melhor base tributária para a contribuição patronal. 74,4% dos empresários gaúchos consideram que a medida contribuirá parcialmente ou será fundamental

Leia mais

A Sombra do Imposto. Propostas para um sistema de impostos mais simples e justo Simplifica Já

A Sombra do Imposto. Propostas para um sistema de impostos mais simples e justo Simplifica Já A Sombra do Imposto Propostas para um sistema de impostos mais simples e justo Simplifica Já Expediente A Sombra do Imposto Cartilha produzida pelo Sistema Fiep (Federação das Indústrias do Estado do Paraná).

Leia mais

INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE O SEGURO DESEMPREGO

INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE O SEGURO DESEMPREGO INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE O SEGURO DESEMPREGO Benefício temporário concedido ao trabalhador desempregado dispensado sem justa causa é composto por 3 a 5 parcelas mensais, pagas em dinheiro, de valores

Leia mais

COMO? Como você recebe direitos autorais pelo uso de suas músicas?

COMO? Como você recebe direitos autorais pelo uso de suas músicas? O QUÊ?é União Brasileira de Compositores - UBC uma associação de criadores de música que realiza a gestão coletiva dos direitos autorais musicais. Foi fundada em 1942 por autores com o objetivo de garantir

Leia mais

"CURSO DE FORMAÇÃO DE PERITOS JUDICIAIS e ASSISTENTES TÉCNICOS"

CURSO DE FORMAÇÃO DE PERITOS JUDICIAIS e ASSISTENTES TÉCNICOS "CURSO DE FORMAÇÃO DE PERITOS JUDICIAIS e ASSISTENTES TÉCNICOS" 1. Objetivo do Curso: Torne-se um perito judicial, profissão com grande flexibilidade de horários, prazos e que figura como uma das atividades

Leia mais

SENTENÇA. Processo nº: 1026847-91.2015.8.26.0100 Classe Assunto: Procedimento Ordinário - Rescisão do contrato e devolução do dinheiro

SENTENÇA. Processo nº: 1026847-91.2015.8.26.0100 Classe Assunto: Procedimento Ordinário - Rescisão do contrato e devolução do dinheiro fls. 375 SENTENÇA Processo nº: 1026847-91.2015.8.26.0100 Classe Assunto: Procedimento Ordinário - Rescisão do contrato e devolução do dinheiro Requerente: Luiz Eduardo Possagnolo Requerido: Gafisa Spe-127

Leia mais

Lei 12.485/2011. SeAC Serviço de Acesso condicionado. Lei da TV Paga

Lei 12.485/2011. SeAC Serviço de Acesso condicionado. Lei da TV Paga Lei 12.485/2011 SeAC Serviço de Acesso condicionado Lei da TV Paga Segundo a Anatel, o serviço de TV por assinatura atende aproximadamente 54,2 milhões de lares brasileiros e 27,9% das residências do país.

Leia mais

COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR

COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR SUBSTITUTIVO AO PROJETO DE LEI Nº 29, DE 2007 (APENSOS OS PROJETOS DE LEI Nº 70, DE 2007, Nº 332, DE 2007 E Nº 1908, DE 2007) Dispõe sobre a comunicação audiovisual eletrônica

Leia mais

mdic.empauta.com Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior Clipping da imprensa Brasília, 27 de maio de 2008 às 16h19

mdic.empauta.com Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior Clipping da imprensa Brasília, 27 de maio de 2008 às 16h19 Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior Clipping da imprensa Brasília, 27 de maio de 2008 às 16h19 Gazeta do Povo PR Vitórias na Justiça mostram força da lei do consumidor...................................

Leia mais

GESTÃO DE PROJETOS SICONV APRENDIZADO QUE GERA RESULTADOS

GESTÃO DE PROJETOS SICONV APRENDIZADO QUE GERA RESULTADOS GESTÃO DE PROJETOS SICONV APRENDIZADO QUE GERA RESULTADOS ABORDAGEM Conceitos relacionados ao tema; Legislação aplicável à execução; Modelo de gestão e processo adotado pela Fundep. O que é o SICONV? CONCEITOS

Leia mais

Legislação Tributária ARRECADAÇÃO. Início dos Efeitos 10057/2014 14-02-2014 14-02-2014 1 14/02/2014 14/02/2014

Legislação Tributária ARRECADAÇÃO. Início dos Efeitos 10057/2014 14-02-2014 14-02-2014 1 14/02/2014 14/02/2014 Legislação Tributária ARRECADAÇÃO Ato: Lei Número/Complemento Assinatura Publicação Pág. D.O. Início da Vigência Início dos Efeitos 10057/2014 14-02-2014 14-02-2014 1 14/02/2014 14/02/2014 Ementa: Cria

Leia mais

C L I P P I N G DATA: 27.11.2015

C L I P P I N G DATA: 27.11.2015 C L I P P I N G DATA: 27.11.2015 Boa notícia para o mercado: Rollemberg reduz para 30 meses prazo para pagamento de dívidas O governador Rodrigo Rollemberg (PSB) decidiu encurtar de 60 para 30 meses o

Leia mais

Companheiros e companheiras,

Companheiros e companheiras, Companheiros e companheiras, Utilizada sob o falso argumento de modernizar as relações de trabalho e garantir a especialização no serviço, a terceirização representa na realidade uma forma de reduzir o

Leia mais

Plano de Ação Anatel Vivo TV Versão Pública. São Paulo/SP, Novembro/2012

Plano de Ação Anatel Vivo TV Versão Pública. São Paulo/SP, Novembro/2012 Plano de Ação Anatel Vivo TV Versão Pública São Paulo/SP, Novembro/2012 2 Índice 01 Introdução 02 Ofensores TV 03 Plano de Ação -Curto Prazo 04 Considerações Finais 3 01 Introdução Telefônica Vivo 90 milhões

Leia mais

Nova Lei da TV Paga estimula concorrência e liberdade de escolha Preços de pacotes devem cair e assinantes terão acesso a programação mais

Nova Lei da TV Paga estimula concorrência e liberdade de escolha Preços de pacotes devem cair e assinantes terão acesso a programação mais Nova Lei da TV Paga estimula concorrência e liberdade de escolha Preços de pacotes devem cair e assinantes terão acesso a programação mais diversificada A Lei 12.485/2011 destrava a concorrência no setor,

Leia mais

Objetivo Renegociar o pagamento para um prazo que não ultrapasse 30 dias do vencimento.

Objetivo Renegociar o pagamento para um prazo que não ultrapasse 30 dias do vencimento. Tempo é mesmo dinheiro 25.11.2008 Telefonar ou mandar carta? acionar uma firma de cobrança? E entrar na Justiça? O que uma pequena ou média empresa deve fazer para receber o quanto antes um pagamento atrasado

Leia mais

----------------------------------------------------------------------------------------------

---------------------------------------------------------------------------------------------- CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ Data: 10/09/2012 Curso: DIREITO Disciplina: Direito Financeiro e Tributário I e Estágio II Professor: Arnaldo Santos Filho e Ilza Maria da Silva Facundes Turmas: 7º DIN

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 5.054, DE 23 DE ABRIL DE 2004.

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 5.054, DE 23 DE ABRIL DE 2004. Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 5.054, DE 23 DE ABRIL DE 2004. Dispõe sobre o procedimento administrativo para aplicação de penalidades por infrações cometidas

Leia mais

Incentivar, desenvolver, regulamentar e promover o uso dos meios interativos;

Incentivar, desenvolver, regulamentar e promover o uso dos meios interativos; Missão do IAB Brasil Incentivar, desenvolver, regulamentar e promover o uso dos meios interativos; Criar normas e padrões para o planejamento, criação, compra, venda, veiculação e mensuração de mensagens

Leia mais

CARTÕES DE CRÉDITO PROBLEMAS QUE MAIS AFETAM O CONSUMIDOR

CARTÕES DE CRÉDITO PROBLEMAS QUE MAIS AFETAM O CONSUMIDOR CARTÕES DE CRÉDITO PROBLEMAS QUE MAIS AFETAM O CONSUMIDOR Roberto Augusto Castellanos Pfeiffer Professor da DIREITO GV Diretor Executivo da Fundação PROCON SP Abril de 2008 PRINCIPAIS IRREGULARIDADES OCORRIDAS

Leia mais

IPVA 2015. Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL

IPVA 2015. Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL IPVA 2015 Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores número de contribuintes Aproximadamente, 1.150.000 veículos tributáveis destinação dos recursos O valor arrecadado deve ser preferencialmente

Leia mais

Advogados fazem ato contra sistema de Processo Judicial Eletrônico e TRT admite falha

Advogados fazem ato contra sistema de Processo Judicial Eletrônico e TRT admite falha Fonte: Dra. Cláudia Brum Mothé Seção: Rio Versão: Online Data: 31/07 Advogados fazem ato contra sistema de Processo Judicial Eletrônico e TRT admite falha Presidente da OAB do Rio recorre ao STF para garantir

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO PARÁ Secretaria de Informática MANUAL. Sistema de Depósito Judicial

PODER JUDICIÁRIO DO PARÁ Secretaria de Informática MANUAL. Sistema de Depósito Judicial PODER JUDICIÁRIO DO PARÁ Secretaria de Informática MANUAL Sistema de Depósito Judicial Sistema desenvolvido pela Secretária de Informática- TJE/PA Belém/PA Agosto de 2012 SUMÁRIO: 1- Apresentação... 3

Leia mais

I N F O R M A T I V O

I N F O R M A T I V O I N F O R M A T I V O L E G A L N.º 002/2011-17/01 ASSUNTOS GERAIS: - VALOR MÍNIMO DE BENEFÍCIOS PORTARIA MPS/MF N.º 568: Portaria dos ministérios da Fazenda e da Previdência, publicada no dia 03, fixou

Leia mais

Análise de Conjuntura

Análise de Conjuntura Análise de Conjuntura Boletim periódico da Consultoria Legislativa da Câmara dos Deputados Os textos são da exclusiva responsabilidade de seus autores. O boletim destina-se a promover discussões sobre

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos MEDIDA PROVISÓRIA Nº xxx, DE 11 DE AGOSTO DE 2014. Exposição de Motivos Anexo I Cria o Programa de Recuperação Previdenciária dos Empregadores

Leia mais

BOLETIM JURÍDICO INFORMATIVO

BOLETIM JURÍDICO INFORMATIVO BOLETIM JURÍDICO INFORMATIVO Ano 03 nº 15 - Novembro/ 2.006 I INFORMAÇÕES GERAIS II Congresso Internacional de Direito Autoral A Associação Brasileira de Direitos Autorais ABDA realizou, no Hotel Intercontinental

Leia mais

O Simples Nacional e o PLP 25/2007. Senador José Pimentel PT/CE Brasília, setembro/2015

O Simples Nacional e o PLP 25/2007. Senador José Pimentel PT/CE Brasília, setembro/2015 O Simples Nacional e o PLP 25/2007 Senador José Pimentel PT/CE Brasília, setembro/2015 Histórico da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa Fonte: Portal Observatório da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa

Leia mais

AÇÃO VISANDO O PAGAMENTO/RECOMPOSIÇÃO DO SALDO DO FGTS DECORRENTE DOS JUROS PROGRESSIVOS E PLANOS ECONÔMICOS

AÇÃO VISANDO O PAGAMENTO/RECOMPOSIÇÃO DO SALDO DO FGTS DECORRENTE DOS JUROS PROGRESSIVOS E PLANOS ECONÔMICOS 1 AÇÃO VISANDO O PAGAMENTO/RECOMPOSIÇÃO DO SALDO DO FGTS DECORRENTE DOS JUROS PROGRESSIVOS E PLANOS ECONÔMICOS Os empregados/trabalhadores com carteira registrada de modo geral no período de janeiro/1967

Leia mais

INSTRUÇÃO CVM Nº 51, DE 09 DE JUNHO DE 1986.

INSTRUÇÃO CVM Nº 51, DE 09 DE JUNHO DE 1986. INSTRUÇÃO CVM Nº 51, DE 09 DE JUNHO DE 1986. Regulamenta a concessão de financiamento para compra de ações pelas Sociedades Corretoras e Distribuidoras. O Presidente da Comissão de Valores Mobiliários

Leia mais

O trabalho do tradutor e a lei

O trabalho do tradutor e a lei O trabalho do tradutor e a lei Danilo Nogueira Kelli Semolini 2013 Danilo Nogueira e Kelli Semolini 1ª edição, Agosto de 2013 Copie e distribua a vontade, desde que mantenha os nomes dos autores e todo

Leia mais

Alterações na Poupança

Alterações na Poupança PRODUTOS E SERVIÇOS FINANCEIROS INVESTIMENTOS POUPANÇA A conta de poupança foi criada para estimular a economia popular e permite a aplicação de pequenos valores que passam a gerar rendimentos mensalmente.

Leia mais

Vou tratar das barreiras e lacunas para a destinação dos bens apreendidos em crimes ambientais e das mudanças necessárias para tornar este processo

Vou tratar das barreiras e lacunas para a destinação dos bens apreendidos em crimes ambientais e das mudanças necessárias para tornar este processo Vou tratar das barreiras e lacunas para a destinação dos bens apreendidos em crimes ambientais e das mudanças necessárias para tornar este processo mais eficaz. 1 Para começar, é importante destacar que

Leia mais

Solicitando o Cartão BNDES no Portal de Operações do BNDES

Solicitando o Cartão BNDES no Portal de Operações do BNDES SOLICITANDO O CARTO BNDES NO PORTAL DE OPERAÇÕES DO BNDES CARTO Solicitando o Cartão BNDES no Portal de Operações do BNDES - Cartão BNDES Formatados: Marcadores e numeração C:\BNDES - SOLICITACAO DE CARTAO.doc

Leia mais

Ladir & Franco. RESPONSABILIDADE CRIMINAL DOS CONTABILISTAS O contabilista pode ser preso por atos praticados no exercício profissional?

Ladir & Franco. RESPONSABILIDADE CRIMINAL DOS CONTABILISTAS O contabilista pode ser preso por atos praticados no exercício profissional? L F Ladir & Franco A D V O G A D O S RESPONSABILIDADE CRIMINAL DOS CONTABILISTAS O contabilista pode ser preso por atos praticados no exercício profissional? Túlio Arantes Bozola Advogado - Ladir & Franco

Leia mais

DISPONIBILIDADE OBSTÉTRICA Historico da cobranca do parto a paciente da rede suplementar MARIA INES DE MIRANDA LIMA

DISPONIBILIDADE OBSTÉTRICA Historico da cobranca do parto a paciente da rede suplementar MARIA INES DE MIRANDA LIMA DISPONIBILIDADE OBSTÉTRICA Historico da cobranca do parto a paciente da rede suplementar MARIA INES DE MIRANDA LIMA INTRODUÇÃO Serviço oferecido a gestante onde o obstetra fica a disposição durante o pré-natal

Leia mais

invalidez complementadas/pagas pelo INSS e pelos Fundos de Pensão. A Lei n. 7.713/1988 e demais legislação aplicável prevêem que a

invalidez complementadas/pagas pelo INSS e pelos Fundos de Pensão. A Lei n. 7.713/1988 e demais legislação aplicável prevêem que a 1 AÇÃO VISANDO A TRIBUTAÇÃO DA APOSENTADORIA POR INVALIDEZ, INCLUSIVE, COMPLEMENTAÇÃO/SAQUE PAGOS PELOS FUNDOS DE PENSÃO (FUNCEF, PREVI, TELOS, outros) CONTRA A UNIÃO A legislação tributária garante a

Leia mais

Operadora: Indicadores econômico-financeiros

Operadora: Indicadores econômico-financeiros Número 02 São Paulo, 13 de agosto de 2013 Operadora: Indicadores econômico-financeiros RESUMO A GVT tem apresentado variações positivas significativas na quantidade de acessos nos últimos três anos, e

Leia mais