Coletânea Turística 2010

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Coletânea Turística 2010"

Transcrição

1

2 Coletânea Turística 2010

3

4 Rio de Janeiro 2010

5 As matérias podem ser livremente reproduzidas integral ou parcialmente, desde que citada a fonte. Publicação disponível também em: Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo Presidente: Antonio Oliveira Santos Vice-Presidentes: 1º Abram Abe Szajman, 2º Renato Rossi, 3º Orlando Santos Diniz; Adelmir Araujo Santana, Carlos Fernando Amaral, José Arteiro da Silva, José Evaristo dos Santos, José Marconi M. de Souza, José Roberto Tadros, Josias Silva de Albuquerque, Lélio Vieira Carneiro. Vice-Presidente Administrativo: Antonio Airton Oliveira Dias. Vice-Presidente Financeiro: Luiz Gil Siuffo Pereira. Diretores: Antônio Osório; Bruno Breithaupt; Canuto Medeiros de Castro; Carlos Marx Tonini; Darci Piana; Euclides Carli; Francisco Valdeci de Sousa Cavalcante; Jerfferson Simões; Joseli Angelo Agnolin; Ladislao Pedroso Monte; Laércio José de Oliveira; Leandro Domingos Teixeira Pinto; Luiz Gastão Bittencourt da Silva; Marcantoni Gadelha de Souza; Marco Aurélio Sprovieri Rodrigues; Moacyr Schukster; Norton Luiz Lenhart; Pedro Coelho Neto; Pedro Jamil Nadaf; Walker Martins Carvalho. Conselho Fiscal: Hiram dos Reis Corrêa; Arnaldo Soter Braga Cardoso; Antonio Vicente da Silva. Brasília SBN Quadra 01 Bloco B n o 14, 15 o ao 18 o andar Edifício Confederação Nacional do Comércio CEP PABX (61) Rio de Janeiro Avenida General Justo, 307 CEP Rio de Janeiro Tel.: (21) Fax (21) Coordenação: Conselho de Turismo da CNC Edição, capa e diagramação: Assessoria de Comunicação / ProgramaçãoVisual CONFEDERAÇÃO NACIONAL DO COMÉRCIO DE BENS, SERVIÇOS E TURISMO Coletânea Turística. Rio de Janeiro: CNC, Conselho de Turismo, p. 1. Turismo. I. Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo. II. Conselho de Turismo. III. Título.

6 Coletânea Turística 2010 Publicação bianual composta das palestras proferidas no Conselho de Turismo da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo

7 PRESIDENTE Oswaldo Trigueiros Jr. Vice-presidente Eraldo Alves da Cruz ASSESSORA Maria Joseneide Amorim Fernandes MEMBROS Aimone Camardella Diretor da Câmara de Consultores Associados; Professor e Escritor Alex Canziani Deputado Federal pelo Estado do Paraná e Presidente da Frente Parlamentar de Turismo da Câmara de Deputados Alexandre Sampaio de Abreu Presidente da Federação Nacional de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares; e Diretor Financeiro da ABIH NACIONAL Alfredo Laufer Consultor Empresarial de Turismo e Professor da FGV Allemander Jesus Pereira Filho, Ph.D. Brigadeiro R1; Diretor da AIRCON Consultoria de Aviação Civil Ltda.; Ex-Diretor da Anac e Ex-Diretor do DAC Antonio Henrique Borges de Paula Gerente de Projetos Estratégicos do Senac/DN e Ex-Secretário de Estado de Turismo de Minas Gerais Antonio Paulo Solmucci Júnior Presidente da Abrasel Associação Brasileira de Bares e Restaurantes Antonio Pedro Figueira de Mello Secretário Municipal de Turismo do Rio de Janeiro e Presidente da RioTur Aquiléa Correa Homem de Carvalho Presidente da ABEOC Nacional e Diretora da Meta Marketing e Eventos Arnaldo Ballesté Filho Diretor-Vice-Presidente do Touring Club do Brasil Aroldo Araújo Diretor-Presidente da Aroldo Araújo Propaganda Arthur Bosisio Junior Assessor de Relações Institucionais do Senac Nacional CONSELHO DE TURISMO Aspásia Camargo Vereadora da Câmara Municipal da Cidade do Rio de Janeiro; Ex-Secretária Executiva do Ministério do Meio Ambiente; Ex-Presidente do IPEA e Ex-Assessora Especial da Presidência da República Bayard do Coutto Boiteux Coordenador-Geral dos cursos de Turismo e Hotelaria da UniverCidade e Presidente do Site Consultoria em Turismo-Bayard Boiteux Beatriz Helena Biancardini Scvirer Pesquisadora e Redatora do Arquivo Nacional Caio Luiz de Carvalho Presidente da São Paulo Turismo S/A; Ex-Presidente da Embratur e Ex-Ministro de Estado dos Esportes e Turismo Carlos Alberto Amorim Ferreira Presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagens ABAV Nacional Carlos Alberto Raggio Davies Diretor de Turismo e Hotelaria do Instituto Internacional de Desenvolvimento Gerencial Carmen Fridman Sirotsky Conselheira do Clube de Engenharia Claudio Magnavita Castro Presidente da Abrajet Nacional e Presidente do Jornal de Turismo AVER Editora Cleber Brisis de Oliveira Gerente Geral do Royal Rio Palace Hotel Constança Ferreira de Carvalho Diretora da C&M Congresses and Meetings e Ex-Presidente da ABEOC Daltro Assunção Nogueira Presidente da Câmara Empresarial de Turismo da Federação do Comércio do Estado de Minas Gerais Fecomércio/MG e Tradicional Agente de Viagem de Belo Horizonte Dirceu Ezequiel de Azevedo Jornalista representante do Brasilturis Jornal no Rio de Janeiro Eduardo Jenner Farah de Araújo Diretor-Presidente do Grupo IETUR Instituto de Estudos Turísticos do RJ Genaro Cesário Consultor de Turismo Representante da Federação do Comércio do Estado do Amazonas

8 George Irmes Presidente do Sindicato das Empresas de Turismo do RJ (SINDETUR/RJ); Professor de Turismo da UniverCidade e Professor da Universidade Estácio de Sá Gérard Raoul Jean Bourgeaiseau Diretor de Relações Institucionais da Rede de Hotéis Windsor; Ex-Presidente da Riotur e Ex-Presidente do Rio Convention Visitors Bureau Gilson Campos Editor da Revista do Turismo Gilberto F. Ramos Presidente da Câmara Brasil-Rússia de Comércio, Indústria & Turismo Gilson Gomes Novo Diretor do Grupo Águia; Coordenador no Grupo para a Copa do Mundo de 2014 e Ex-Presidente do Amadeus Glória de Britto Pereira Diretora de Marketing da RIOTUR Guilherme Paulus Presidente do Conselho de Administração do grupo CVC e Membro representan te da Presidência da República do Conselho Nacional de Turismo Harvey José Silvello Consultor e Representante do Lions Internacional Hélio Alonso Presidente da Organização Hélio Alonso Educação e Cultura Horácio Neves Diretor e Editor do Brasilturis Jornal Isaac Haim Presidente Honorário SKAL Internacional/Brasil Itamar da Silva Ferreira Filho Diretor-Presidente da Ponto Forte Segurança Turística Joandre Antonio Ferraz Advogado e Consultor de Empresas e Entidades de Turismo e Sindicato das Empresas de Turismo no Estado de São Paulo Sindetur; Professor da FGV/EAESP e Ex-Diretor de Operações da Embratur João Augusto de Souza Lima Presidente da Federação das Câmaras de Comércio Exterior José Antônio de Oliveira Presidente da New Century Technology do Brasil Ltda. e Ex-Superintendente da Varig João Flávio Pedrosa Presidente da Sociedade Náutica Brasileira (SNB) e Presidente do Movimento Asas da Paz Jomar Pereira da Silva Roscoe Jornalista, Publicitário e Presidente da ALAP Associação Latino-Americana de Agências de Publicidade Jonathan Van Speier Professor FGV e da University of Southern Califórnia José Guillermo Condomí Alcorta Presidente da Panrotas Editora Ltda. José Hilário de Oliveira e Silva Júnior Advogado e Diretor da AL Viagens e Turismo Ltda. Jorge Saldanha de Araújo Membro Conselheiro da Associação Brasileira de Imprensa (ABI); Jornalista credenciado na Presidência da República, Ministério das Relações Exteriores, Ministério da Justiça e Senado Federal, Brasília-DF Leila Serra Menezes Farah de Araújo Diretora do Grupo IETUR Instituto de Estudos Turísticos do RJ Leonardo de Castro França Presidente do Touring Club do Brasil Luiz Strauss de Campos Presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens ABAV/RJ Luiz Brito Filho Assessor de Relações Institucionais TURISRIO e especialista em Portos e Aeroportos Luiz Carlos Barboza Sócio Principal da Consultoria Organizacional (LCB) Luiz Gustavo Medeiros Barbosa Coordenador do Núcleo de Turismo da Fundação Getúlio Vargas Malú Santa Rita Diretora do Hotel da Cachoeira Penedo/RJ Marco Aurélio Gomes Maia Ex-Secretário Executivo de Turismo do Município de Macaé e Proprietário do Hotel Glória Garden Suites Maria Constança Madureira Homem de Carvalho Advogada Especialista em Direito Ambiental; Ex-Diretora do Blue Tree Park Hotel Maria Eliza de Mattos Diretora Winners Travel e Ex-Presidente do SKAL Brasil Maria Ercília Baker Botelho Leite de Castro Diretora-Geral da Cia. Caminho Aéreo Pão de Açúcar Maria Luiza de Mendonça Procuradora da Fazenda Nacional

9 Mário Braga Diretor M. BRAGA Representações e Consultoria Ltda. e Consultor Empresarial de Turismo e Hotelaria Mário Reynaldo Tadros Presidente do Sindicato das Empresas de Turismo no Estado do Amazonas e Membro do Conselho da ABAV Nacional Maureen Flores Pesquisadora da Fundação Getúlio Vargas do Núcleo de Estudos Avançados de Turismo e Hotelaria Maurício de Maldonado Werner Filho Coordenador do Curso de Turismo da UniverCidade; Diretor-Presidente da Planet Work-Empreendimentos Mauro José Miranda Gandra Presidente-Executivo da Associação Nacional de Concessionária de Aeroportos Brasileiros; Brigadeiro do AR reformado e Ex-Ministro da Aeronáutica Mauro Pereira de Lima e Câmara Vice-Presidente da Liga de Defesa Nacional Murillo Couto Consultor de Aviação e Turismo Nely Wyse Abaurre Assessora Técnica de Turismo do Senac/DN Nilo Sergio Félix Presidente da Turisrio e Ex-Subsecretário de Estado do Turismo do Rio de Janeiro Norton Luiz Lenhart Vice-Presidente dos membros Afiliados da Organização Mundial de Turismo (OMT) e Diretor da CNC Orlando Kremer Machado Clube Mutua Recreação e Lazer; e Executivo de Turismo Orlando Machado Sobrinho Presidente do Movimento da União para o Progresso do Estado do Rio de Janeiro (Muperj); Jornalista e Executivo de Turismo Paulo Barreto de Araújo Advogado Paulo Roberto Wiedmann Consultor Jurídico da ABAV Nacional e ABAV/RJ e Titular da Wiedmann Advogados Associados Pedro Fortes Superintendente de Operações da Rede Tropical Hotels & Resorts Brasil; Ex-Diretor da ABIH Nacional e tradicional hoteleiro no Rio de Janeiro Percy Lourenço Rodrigues Ex-Presidente da Rio Sul e Nordeste Cias Aéreas Respício Antonio do Espírito Santo Jr. Presidente do Instituto Brasileiro de Estudos Estratégicos e de Políticas Públicas em Transporte Aéreo e Professor-Adjunto da Escola Politécnica da Universidade Federal do Rio de Janeiro Ricardo Cravo Albin Presidente do Instituto Cultural Cravo Alvin Roberta Guimarães Werner Diretora do Setor de Curso e Treinamento Empresarial da Planet Work Consultoria em Turismo e Gerente de Eventos Roberto de Almeida Dultra Diretor da GB Internacional Operadora de Turismo Receptivo e Ex-Presidente da Brazilian Incoming Travel Organization (BITO) Roque Vicente Ferrer Subprocurador-Geral da Justiça do Trabalho Ministério Público Rosele Brum Fernandes Pimentel Diretora da ABAV/RJ Rubens Moreira Mendes Filho Deputado Federal Estado Rondônia; Presidente do Sindetur Sindicato das Empresas de Turismo de Rondônia e Ex-Senador da República Sávio Neves Filho Diretor do Trem do Corcovado; Presidente da Associação Brasileira de Trens Turísticos Urbanos; Presidente do Conselho de Turismo da Associação Comercial do Rio de Janeiro; Vice-Presidente do Sindepat Sindicato Nacional de Parques Temáticos e Membro do Conselho Nacional de Turismo Sérgio Pamplona Pinto Advogado e Ex-Diretor/Assessor da Presidência Riotur Sonia Chami Diretora do Sol Ipanema e Diretoria Jurídica ABIH Nacional Tânia Guimarães Omena Presidente da Associação Brasileira de Bacharéis em Turismo (ABBTUR/RJ) Venâncio Grossi Presidente-Diretor VG Assessoria & Consultoria Aeronáutica Ltda.; Brigadeiro da Aeronáutica e Ex-Diretor Geral do DAC

10 sumário Apresentação Antonio Oliveira Santos Prefácio Oswaldo Trigueiros Jr. Macaé: o turismo e o social Marco Aurélio Gomes Maia Políticas públicas de turismo: realidade ou utopia Bayard do Coutto Boiteux Case da CVC Guilherme Paulus Mudar ou morrer, a necessidade da inovação no século XXI Maurício de Maldonado Werner Filho Venha a Petrópolis como vinha o Imperador um resgate histórico da primeira ferrovia do Brasil Luiz Brito Filho A violência urbana e o turismo no Rio de Janeiro Rodrigo Rodrigues Pimentel A malha aérea na região Nordeste Virgínio Loureiro O Case Gol Tarcísio Geraldo Gargioni Lei Geral do Turismo Norton Luiz Lenhart A aviação comercial diante da crise econômica internacional Klaus Kuhnast Viagem dos sonhos Oswaldo Trigueiros Jr. Política de concessão de vistos soberania e reciprocidade João Clemente Baena Soares Política de concessão de vistos soberania e reciprocidade Pedro Fortes; Eduardo Jenner Farah de Araújo; João Flávio Pedrosa e Harvey José Silvello Projetos de lei sobre flexibilização de vistos que tramitam no Legislativo Samuel Buzaglo O futuro da aviação comercial brasileira liberdade tarifária e reflexos no turismo Allemander Jesus Pereira Filho

11 Aviação executiva Eduardo Pereira Vaz Um marco regulatório para a aviação regional no Brasil Lucia Helena Salgado e Silva Pedra Aviação comercial mundial Respício Antonio do Espírito Santo Junior O case da Azul Pedro Janot O turismo como vocação: como construir a cultura do turismo no Brasil Aspásia Camargo Valor econômico do turismo Caio Luiz de Carvalho Quatro Temas Os impactos da economia turística na população anfitriã Bayard do Coutto Boiteux A importância do turismo receptivo na economia do País Gérard Raoul Jean Bourgeaiseau Competividade e impacto na economia Luiz Gustavo Medeiros Barbosa O turismo como fator de exportação Alexandre Sampaio de Abreu A contribuição do microempreendedorismo na economia do turismo Silvio Magalhães Barros II O turismo nos estados e suas respectivas economias Nilde Clara de Souza Benites Brun

12 APRESENTAÇÃO Antonio Oliveira Santos Presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo Esta obra não é fruto do acaso. Não nasceu de um insight, da iluminação de alguns. A Coletânea Turística 2010, ora lançada pelo Conselho de Turismo da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo da CNC, é a consolidação de um trabalho que vem sendo, cuidadosamente, desenvolvido a muitas mãos e há muitos anos. O Conselho de Turismo é um espaço de construção do pensamento técnico-científico e gerencial da atividade turística. Reúne os mais privilegiados cérebros da academia, do segmento empresarial, do Executivo, do Legislativo e da Sociedade Civil Organizada para troca de informações e conhecimentos que contribuem, de forma decisiva, para o fortalecimento da atividade enquanto importante segmento econômico e social. Nesse Conselho, o turismo não é tratado como panaceia, com antídoto para todos os males e mazelas do Brasil ou do mundo moderno. Não, ele é analisado por suas diferentes faces, das mais perversas ou das mais libertárias. O turismo, aqui, é tratado como atividade produtiva capaz de gerar riquezas, mas também de acentuar desigualdades. É avaliado não no simplismo da análise de causa e efeito, mas em todo a complexidade que faz da cadeia produtiva do turismo um campo vasto para o desenvolvimento social, técnico e científico no Brasil. A Coletânea Turística 2010 reforça essa visão holística do setor ao tratar de temas como: infraestrutura, inovação, políticas públicas, violência urbana, marcos regulatórios e de economia, também. Como atividade econômica e fenômeno social, o turismo não pode, nem deverá nunca ser visto com um olhar unilateral. A CNC reconhece na atividade turística uma força transformadora ímpar que precisa ser canalizada de 11

13 modo consequente e responsável para o soerguimento de uma nova ordem social e econômica, mais justa e equânime. Assim, recomendo a todos a leitura atenta desta publicação que, junta-se a outras edições dessa série editorial em um profícuo registro da intelligenzia disponível no setor e que em muito poderão contribuir para traçar novos cenários para o Turismo Brasileiro, como agente de transformação social e de desenvolvimento econômico. 12

14 prefácio Oswaldo Trigueiros Jr. Presidente do Conselho de Turismo da CNC Em 2010, o Conselho de Turismo completará 55 anos de atividades ininterruptas. Sem dúvida, um marco do qual devemos muito nos orgulhar. E abrindo esse ano marcante da história deste Conselho, apresentamos mais uma edição da série Coletânea Turística, cujo primeiro número foi lançado em 1994, portanto irá completar 16 anos e 09 publicações. A cada edição, um rico universo de ideias, opiniões e estudos sobre a atividade turística se descortina para nossos leitores. Em cada um dos exemplares dessa coleção, a memória do Setor de Turismo no Brasil e no mundo é registrada, gravada e difundida entre milhares de mentes nacionais e até internacionais que fazem da leitura regular de nossa coletânea uma fonte de inspiração e trabalho. A Coletânea 2010 não foge à regra. Pauta-se na atualidade e na pertinência dos temas tratados, trazendo à discussão nacional aspectos relevantes para os estudiosos e construtores de políticas públicas. Não se esquiva de discutir e rediscutir aspectos basilares da economia turística como: a malha aérea nacional e regional, a política de concessão de vistos, a interação entre turismo e cultura, ou entre turismo e desenvolvimento social. Nessa obra, nomes importantes do turismo nacional deixam marcadas suas opiniões, sejam elas polêmicas ou consensuais, mas que mostram-se como o registro vivo da multiplicidade de pensamentos que permeiam a atividade e o seu fomento no Brasil. Nomes como: o do ex-ministro do Turismo e Esporte, Caio Luiz de Carvalho, hoje presidente da São Paulo Turismo; do ex-secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), João Clemente Baena Soares; da socióloga e vereadora do Rio, Aspásia Camargo; ou do 13

15 roteirista do filme Tropa de Elite, Ricardo Rodrigues Pimentel. A publicação abriu espaço também para Academia, na pessoa dos professores Bayard do Coutto Boiteux e Maurício Werner; para gestores públicos, como: Marco Aurélio Gomes Maia, da Empresa de Turismo de Macaé/RJ; Vírgílio Loureiro, secretário de Turismo do Estado de Alagoas; Silvio Magalhães Barros II, prefeito do Município de Maringá/PR; e Nilde Brum, presidente da Fundação de Turismo do Mato Grosso e do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo (Fornatur); e, muito especialmente, para o setor empresarial, com as participações de: Norton Luiz Lenhart, presidente da Federação Nacional de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares; Guilherme Paulus, do Grupo CVC; Tarcisio Gargioni, da Gol; Klaus Kuhnast, da TAM; Pedro Janot, da Azul; e muitos outros. Enfim, personalidades e ideias que temos a confiança muito poderão contribuir para o encontro de soluções e o fortalecimento da atividade turística no Brasil. A todos uma ótima leitura. 14

16 Macaé: o turismo e o social Marco Aurélio Gomes Maia Secretário Executivo de Turismo do Município de Macaé Macaé é essa terra querida, meu País. Macaé, que remonta aos idos de 1627, com a chegada dos portugueses. Até mesmo no turismo, temos toda uma dinâmica a que os nossos arquivos remontam, com acervo histórico e arquitetônico, que hoje preservamos. Inclusive lendas como a de Mota Coqueiro, que, ao ser julgado e condenado à morte, proferiu uma praga de que Macaé teria 100 anos de azar. Coincidência ou não, após esses 100 anos, ocorre a chegada da Petrobras e, com isso, a rede hoteleira, o turismo e demais ações. Em relação a todas as dinâmicas que pretendemos lhes apresentar, o faremos através de alguns vídeos, após os quais, coloco-me à disposição para quaisquer questionamentos. Hoje, as ações de Macaé se conduzem com ênfase no social, como jamais foi desenvolvido por outro governo. Tenho a honra de dizer, também, que a letra do hino de Macaé foi elaborada por um professor e escritor, Antônio Alvarez Parada, Tonito, como era conhecido; e a música foi composta pelo musicista Lucas. Não sou tão velho assim, mas fui aluno dos dois. Macaé, minha terra querida, será apresentada a vocês em vídeo, para que depois possamos conversar, após vocês compreenderem quais são as dinâmicas que a cidade apresenta aos macaenses e aos nossos visitantes, que vêm a trabalho ou a passeio e acabam multiplicando o município. Macaé teve crescimento exorbitante, maior do que o da China, considerados os últimos 10 anos: 600% de aumento em indústrias em Produto Interno Bruto (PIB) e em outras dinâmicas que vocês estarão assistindo agora. Senhores, essa é a nossa querida Macaé. Eu muito lhes agradeço pela atenção, por esses 18 minutos. Essa imersão já lhes dá o direito da cidadania macaense. 15

17 16 Fica, agora, um convite ao Dr. Trigueiros para que venha, com todos os nossos Conselheiros, nos visitar. A Macaé que apresentamos é uma cidade que está a 40 minutos falando de turismo especificamente, entre o mar e o topo da montanha, no Sana. A Secretaria de Turismo tem como principal finalidade promover todas as ações e políticas visando ao desenvolvimento e à expansão turística do município. Temos, também, diretamente ligados à nossa Secretaria, programas e projetos de desenvolvimento turístico, com o intuito de dotar o município de uma estrutura especial, capaz de atrair novos fluxos e colocar Macaé em condições de competitividade qualitativa no setor. Todas as demais dinâmicas relacionadas ao turismo são aplicadas, portanto, à nossa Secretaria. Em Macaé, a atuação na área social não segue fórmulas prontas ou ações pré-moldadas. Ela é construída e definida dia a dia, tendo por base as demandas do cidadão uma realidade que fica mais próxima e palpável agora com a Rede de Proteção Social que será apresentada no dia 14 de março. Com esta rede, a Prefeitura passa a contar com um cadastro único do cidadão, para conhecimento de demandas, permitindo atuação planejada junto à sua população. Também com este foco de trabalho é que a Prefeitura de Macaé implantará, ainda neste mês, o passe social, que permitirá o uso gratuito dos transportes coletivos, com a finalidade de tratamento hospitalar aos portadores de deficiência, doenças renais crônicas e pessoas com idade a partir de 60 anos. Queremos estar cada dia mais perto dos macaenses. Estamos presentes em todos os bairros, quer centrais ou periféricos, bem como na região serrana. Atuamos em todas as reestruturações. Temos como meta que cada cidadão seja respeitado e atendido em suas necessidades. É oportuno e correto salientar que Macaé é um município de atuação plena, porque dispõe de verdadeiros parceiros sociais nessa empreitada por um município que tem como meta o desenvolvimento para todos. A população conta com a dedicação de instituições subvencionadas pelo município, atuando em diversas frentes e com diversos perfis. Cidadania não é, no Governo, um simples conceito de valorização do ser humano. Cidadania é sinônimo de oportunidade e de inclusão social para todos. Cumprimentando vocês uma vez mais e agradecendo por essa acolhida, eu gostaria de informá-los que, no próximo dia 14, teremos o Fórum Estadual dos Secretários de Turismo (FEST). Paralelamente, em 27 de fevereiro próximo passado, fui eleito e presidirei, por um ano, a região Costa do Sol, isto é, de Saquarema a Quissamã, passando pela região serrana. Nesse contexto, enquanto temos Conservatória como um dos destinos da seresta e Rio das Ostras como um dos destinos do jazz and blues, apresentamos Benedito Lacerda, macaense, que nasceu em 14 de março. Com isso, estamos iniciando o Programa Benedito Lacerda, pai do choro e do samba de breque, já fazendo parte do calendário oficial de Macaé a Semana Benedito Lacerda, em que teremos, doravante, um incentivo maior às nossas raízes musicais. Macaé se consolidará com o chorinho brasileiro, tão gostoso de ouvir, diante de tantos outros estilos de música que são praticados. De sorte que convido todos, uma vez mais, para que conheçam Macaé. Macaé também tem dificuldades. Ela traz, hoje, uma

18 marca negativa, em função do crescimento refiro-me à criminalidade. Também estou apto a respondê-los a esse respeito, pois presido o Conselho Comunitário de Segurança Pública. 12 de março,

19 políticas públicas de Turismo: realidade ou utopia Bayard do Coutto Boiteux Coordenador-Geral dos cursos de Turismo e Hotelaria da UniverCidade e Presidente do Site Consultoria em Turismo 18 Eu gostaria de começar a minha apresentação sobre Políticas Públicas de Turismo com um poema de Fernando Pessoa que se chama Autopsicografia. Autopsicografia O poeta é um fingidor. Finge tão completamente Que chega a fingir que é dor A dor que deveras sente. E os que leem o que escreve, Na dor lida sentem bem, Não as dores que ele teve, Mas só a que eles não têm. E assim nas calhas de roda Gira, a entreter a razão, Esse comboio de corda Que se chama coração. Com esse poema de Fernando Pessoa porque vamos falar sobre Políticas Públicas de Turismo: utopia ou realidade? Talvez Fernando Pessoa nos diga que a utopia é possível e que a realidade, talvez, não seja mais possível. Vou apresentar minha palestra com intervenção em quatro eixos temáticos. No primeiro momento, tecerei algumas considerações sobre políticas públicas de turismo. Depois, farei uma pergunta: é necessário ou não uma cidade se tornar destino turístico? A única

20 solução é a atividade turística? Depois, darei alguns exemplos de políticas públicas de turismo. Falarei sobre a política do Governo César Maia, que é um exemplo, da política de Paulo Gaudenzi, na Bahia, que é outro exemplo, e da política da Prefeitura de Niterói, que é, ainda, um outro exemplo. Falarei, finalmente, da política de turismo e da cidade de São Paulo, que tem, hoje, à frente o Caio Luiz de Carvalho. E vou terminar com a apresentação de um modelo de planejamento turístico para o Brasil. Vamos começar a apresentação definindo política pública de turismo. O que é uma política pública de turismo? É um conjunto de ações. Na realidade, é um conjunto de programas, que devem ser implementados pelo poder público em consonância com os anseios da iniciativa privada, para viabilizar uma cidade como núcleo receptor, de forma sustentável. Acho que aqui temos um conceito básico do que é política pública de turismo. E como esse conceito se materializa? Ele se materializa, sem dúvida alguma, por meio de um plano. Não existe política pública de turismo sem plano de turismo. O que os governos municipais, estaduais e federais têm feito, em regra, são ações pontuais. Não se concebe, em um país como o Brasil, que um governo estadual realize uma pesquisa de turismo pensando que isso é política pública. Isso não é política pública de turismo. As pesquisas têm de ser feitas ao longo do ano inteiro, em vários momentos. Só que, agora, as pessoas resolveram fazer pesquisa porque isso dá visibilidade política. Então, elas fazem as pesquisas, apresentam-nas, de repente lançam um pequeno curso, um programa no verão para atender aos turistas, sem que isso esteja, na realidade, imbuído de um plano de turismo. Então, vejam bem: qualquer política pública de turismo tem de nascer de um plano de turismo. Talvez tenha sido por isso que o Ministro Walfrido dos Mares Guia, nosso primeiro Ministro de Turismo, tenha funcionado tão bem. Por quê? Porque quando assumiu o poder, o que ele fez, basicamente, foi apresentar um Plano Nacional de Turismo, com metas mensuráveis. Mas o que queria dizer para os senhores, basicamente, é o seguinte: esse plano de turismo nem sempre é muito fácil de ser concebido. É muito mais fácil para uma empresa de turismo que perdeu seus grandes técnicos. A realidade brasileira é essa, porque hoje o poder público paga muito pouco. Então, na realidade, todos os grandes técnicos das empresas de turismo brasileiras foram embora; não temos mais técnicos nas empresas. Estas passaram a ser cabides de emprego, em que só estão pessoas com cargos de confiança; até porque nenhum órgão público de turismo no Brasil, nos últimos anos, fez concurso público para admissão de técnicos. Então, temos um conjunto de pessoas que estão ocupando cargos em comissão, porque é a única maneira de serem contratadas; e todos os técnicos foram embora. Vou dar um exemplo para os senhores: no ano retrasado, participei de uma banca de seleção de professores na Universidade Federal Fluminense (UFF) e fiquei triste quando percebi que Agnaldo Fratuci, um dos maiores técnicos que a Companhia de Turismo do Estado do Rio de Janeiro (TurisRio) já teve, deixou a empresa porque os salários eram incompatíveis com a realidade, e foi procurar na UFF uma forma de sobrevivência como professor. Só para os senhores verem que esses planos de turismo têm de nascer no âmbito das empresas, no âmbito das Secretarias ou no âmbito dos governos. Se os governos não 19

21 20 têm condições técnicas de fazê-lo, o mínimo é contratar uma consultoria. É muito mais barato contratar uma consultoria do que passar quatro anos tomando ações pontuais. É muito mais barato, porque pelo menos a consultoria vai dar uma orientação técnica de como o governo deve proceder. Mas esse plano de turismo não pode ser apenas um plano do turismo. Esse é o grande equívoco brasileiro. As pessoas elaboram um plano no âmbito da Secretaria de Turismo. Mas ele tem de ser um plano do turismo, da saúde, das obras. Tem de ser um plano de todas as outras áreas do Governo, não pode ser apenas o plano de turismo. E, em regra, o que acontece? A atividade turística quer se manter fechada em um casulo. O turismo, na realidade, não quer se relacionar com as outras áreas do Governo. Tenho um exemplo para os senhores: um dos presidentes que mais motivou a TurisRio depois de Trajano Ribeiro chama-se Roberto Gherardi. Sérgio Ricardo também foi um dos presidentes atuantes que a TurisRio teve. Ele era um verdadeiro embaixador. Participava de todos os eventos, era gentil, fazendo-se presente em todos os lugares. Mas, sem dúvida alguma, quando Roberto Gherardi foi Presidente da TurisRio, ele criou o Conselho de Desenvolvimento Turístico do Estado. Como funcionava esse conselho? Ele se reunia uma vez por mês e tinha representantes da Secretaria de Saúde e da Secretaria de Obras. Cada uma das secretarias estava presente ali. E quando ele resolvia desenvolver alguma ação, todas as pessoas estavam presentes na hora do desenvolvimento da ação. Mas hoje do que vivemos? De conselhos pontuais que, de repente, resolvem reclamar da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (INFRAERO). Governos que têm relações diretas com o Governo Federal e resolvem reunir o Conselho e reclamar da Infraero. Uma outra coisa também: quem deve tomar conta da gestão política? Um tecnocrata ou um político? Muitas vezes, pensamos que a solução é entregar a gestão do turismo a um agente de viagens ou a um hoteleiro. Será que é o perfil de pessoa mais preparado para tomar conta da gestão do turismo, ou será que não precisamos de um misto, ou seja, de alguém que seja político e tecnocrata? Vejam uma coisa: quando falamos em política pública de turismo, tenho de dizer aos senhores que o Governo está totalmente engessado com a Lei nº O que isso quer dizer? Tudo o que acontece no Governo só pode acontecer por meio de licitação. Então, não se pode admitir ninguém, não se pode contratar nenhum serviço. Os valores que dispensam licitação são extremamente reduzidos. Então, o Governo está totalmente engessado. Outra coisa também: os atores de uma política pública de turismo são, sem dúvida alguma, a iniciativa privada, o poder público e, sobretudo, a população anfitriã. Só podemos entender uma política pública de turismo quando essa política tiver sido concebida não só para a iniciativa privada, porque, normalmente, a iniciativa privada, infelizmente, tem demonstrado, nos últimos tempos, no Brasil, falta de liderança. É lamentável, por exemplo, quando vemos o Conselho Nacional de Turismo, em Brasília, em que as lideranças não fazem absolutamente nada; elas ficam caladas e vão aderindo a tudo o que o Governo apresenta. Não vejo ninguém em Brasília contrário ao Governo Federal. Nunca vi um Conselho Nacional de Turismo em que todas as pessoas aderem e não sabemos porque aderem. Se é por pequenos convênios... Enfim, o que as faz aderir

IV SIMPOTEL acontece em São Luís

IV SIMPOTEL acontece em São Luís IV SIMPOTEL acontece em São Luís Nos dias 20 e 21 de março aconteceu no Grand São Luís Hotel o IV SIMPOTEL, Simpósio de Turismo e Hotelaria, promovido pela disciplina Empreendimentos Turísticos e Organização

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 68 Discurso na cerimónia de lançamento

Leia mais

Itaguaí realiza Fórum

Itaguaí realiza Fórum Edição Extra nº 426 Ano: 08 Publicado Semanalmente quarta-feira, 12 de agosto de 2015 Distribuição Gratuita Itaguaí realiza Fórum de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva Meta é formular proposta de incentivo

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Turismo, Hotelaria e Gastronomia

Universidade. Estácio de Sá. Turismo, Hotelaria e Gastronomia Universidade Estácio de Sá Turismo, Hotelaria e Gastronomia A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades

Leia mais

SLCVB participa de feiras internacionais

SLCVB participa de feiras internacionais SLCVB participa de feiras internacionais O superintendente do São Luís Convention & Visitors Bureau, Liviomar Macatrão, e o presidente do São Luís Convention & Visitors Bureau, Nan Souza, embarcaram nesta

Leia mais

Estrada Real é Nossa vai dar descontos em restaurantes. Passaporte ER chega ao Caminho do Sabarabuçu. Programa do IER treina condutores dos parques

Estrada Real é Nossa vai dar descontos em restaurantes. Passaporte ER chega ao Caminho do Sabarabuçu. Programa do IER treina condutores dos parques Ano 1 Nº 3 Informativo Estrada Real é Nossa vai dar descontos em restaurantes Pág. 02 Novo portal do Instituto Estrada Real é lançado Pág. 03 Passaporte ER chega ao Caminho do Sabarabuçu Pág. 05 Programa

Leia mais

Jornalista: Eu queria que o senhor comentasse (incompreensível)?

Jornalista: Eu queria que o senhor comentasse (incompreensível)? Entrevista concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após cerimônia de apresentação dos resultados das ações governamentais para o setor sucroenergético no período 2003-2010 Ribeirão

Leia mais

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL WWW.SUPERVISORPATRIMONIAL.COM.BR SUPERVISOR PATRIMONIAL ELITE 1 OS 3 PASSOS PARA O SUCESSO NA CARREIRA DA SEGURANÇA PATRIMONIAL Olá, companheiro(a) QAP TOTAL. Muito prazer, meu nome e Vinicius Balbino,

Leia mais

A UNIÃO ENTRE OS DESTINOS

A UNIÃO ENTRE OS DESTINOS unedestinos 1 A UNIÃO ENTRE OS DESTINOS A cadeia produtiva de turismo, eventos e viagens naturalmente possui engrenagens interdependentes, em uma máquina onde cada peça precisa da outra para avançar. Com

Leia mais

45ª Reunião Ordinária do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo. 12 de setembro no Tropical Hotel Manaus - Amazonas

45ª Reunião Ordinária do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo. 12 de setembro no Tropical Hotel Manaus - Amazonas 45ª Reunião Ordinária do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo. 12 de setembro no Tropical Hotel Manaus - Amazonas (inserida na Programação da IV FIAM). Síntese das Deliberações

Leia mais

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS Técnico de Multimédia 10 H 7536 Alberto Filipe Cardoso Pinto 7566 Ana Isabel Lomar Antunes 7567 Andreia Carine Ferreira Quintela 7537 Bruno Manuel Martins Castro 7538 Bruno Miguel Ferreira Bogas 5859 Bruno

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 37 Discurso na cerimónia de retomada

Leia mais

OUTROS INSTRUMENTOS CONTRATUAIS - EXERCÍCIO 2015 - TCE/RJ

OUTROS INSTRUMENTOS CONTRATUAIS - EXERCÍCIO 2015 - TCE/RJ 1 Doação 303.762-1/14 SN 23/02/2015 Doação de Bens móveis de propriedade do TCE-RJ, relacionados no Anexo I. 00.517.666/0001-11 RIO SOLIDÁRIO - OBRA SOCIAL DO RIO DE JANEIRO R$ 0,00 2 3 4 300.781-8/15

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

##ATO EDITAL DE HOMOLOGAÇÃO RESULTADO FINAL CONCURSO NCP 001/2010 PROVA PRÁTICA REPUBLICAÇÃO

##ATO EDITAL DE HOMOLOGAÇÃO RESULTADO FINAL CONCURSO NCP 001/2010 PROVA PRÁTICA REPUBLICAÇÃO ##ATO EDITAL DE HOMOLOGAÇÃO RESULTADO FINAL CONCURSO NCP 001/2010 PROVA PRÁTICA REPUBLICAÇÃO ##TEX Nos termos do Subitem 5.3. Provas Práticas do Item 5. PROCESSO SELETIVO e da segunda parte do subitem

Leia mais

6) Escolha do Grupo Gestor do Fórum, conforme Termo de Referência aprovada;

6) Escolha do Grupo Gestor do Fórum, conforme Termo de Referência aprovada; FÓRUM DAS ENTIDADES DO SETOR DE EVENTOS Data: 09 de setembro de 2011 Local: Auditório João De Simoni - Rua Padre Garcia Velho, 73 cobertura - São Paulo/SP. OBJETIVOS DO FÓRUM: 1) Memória da reunião de

Leia mais

Fam Tours Press Trips. Cliente Oculto

Fam Tours Press Trips. Cliente Oculto Embarque na Viagem Seu portal de Turismo, Lazer, Entretenimento e Gastronomia. Media Kit 2013 Notícias Fam Tours Press Trips Redes Sociais Publicidade Difenciada Projetos Especiais Perfil Cliente Oculto

Leia mais

RESUMO DO DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO

RESUMO DO DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO Diário Oficial da União RESUMO DO DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO ATOS PUBLICADOS DE INTERESSE DO TRABALHADOR De 29 a 03 de julho Destaques da semana Lei 11.958, de 26 de junho de 2009. Altera as Leis nos 7.853,

Leia mais

DISCURSO DE POSSE. Sinto-me extremamente honrado ao assumir a Presidência da ACISB/CDL nesta cerimônia, agradeço a Deus por este momento.

DISCURSO DE POSSE. Sinto-me extremamente honrado ao assumir a Presidência da ACISB/CDL nesta cerimônia, agradeço a Deus por este momento. DISCURSO DE POSSE Boa Noite a todos! Cumprimento o ex-diretor presidente Sebastião Calais, o Prefeito Leris Braga, o vice-prefeito Alcemir Moreira, o presidente da Câmara de Vereadores Juarez Camilo, o

Leia mais

1. LAhotels apresenta planos e estratégias para o Brasil

1. LAhotels apresenta planos e estratégias para o Brasil 1. LAhotels apresenta planos e estratégias para o Brasil 30/07/2009 Brasilturis Online Online Invest Tur LAhotels apresenta planos e estratégias para o Brasil30/07/2009 Ir para a lista de matérias André

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO RCVB (RECIFE CONVENTION &VISITORS BUREAU) PARA A CONSOLIDAÇÃO DO TURISMO DE EVENTOS EM RECIFE.

A IMPORTÂNCIA DO RCVB (RECIFE CONVENTION &VISITORS BUREAU) PARA A CONSOLIDAÇÃO DO TURISMO DE EVENTOS EM RECIFE. A IMPORTÂNCIA DO RCVB (RECIFE CONVENTION &VISITORS BUREAU) PARA A CONSOLIDAÇÃO DO TURISMO DE EVENTOS EM RECIFE. Autor: ANTÔNIO CARLOS DE SOUZA E SÁ FILHO Introdução O Turismo de Eventos está em plena ascensão

Leia mais

CONHEÇA O NOVO CENTAURO-ON NEWS. MAIS MODERNO E VERSÁTIL, PARA VOCÊ.

CONHEÇA O NOVO CENTAURO-ON NEWS. MAIS MODERNO E VERSÁTIL, PARA VOCÊ. Ano VII Nº 37 Outubro/Dezembro 2015 CONHEÇA O NOVO CENTAURO-ON NEWS. MAIS MODERNO E VERSÁTIL, PARA VOCÊ. LEIA TAMBÉM 2015: Ano de grandes realizações Pág. 02 Seguro Vida Individual: Tranquilidade para

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 40 Discurso na cerimónia comemorativa

Leia mais

Legado da Copa do Mundo e das Olimpiadas - Rio AMCHAM - Rio. Rio de Janeiro setembro 2013

Legado da Copa do Mundo e das Olimpiadas - Rio AMCHAM - Rio. Rio de Janeiro setembro 2013 Legado da Copa do Mundo e das Olimpiadas - Rio AMCHAM - Rio Rio de Janeiro setembro 2013 Sistema Brasileiro de CVBx Confederação Brasileira Federação de CVBx do RJ CVBx do RJ Federados a FCVB-RJ Convention

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 42 Discurso no Hotel Tropical MANAUS,

Leia mais

Fecomércio-RJ realiza festa de confraternização no hotel Sheraton

Fecomércio-RJ realiza festa de confraternização no hotel Sheraton dezembro 2007, nº 014 Fecomércio-RJ realiza festa de confraternização no hotel Sheraton DESTAQUES: Secovi Rio recebe Medalha Tiradentes da Alerj Fecomércio-RJ discute a nova metodologia dos PIBs estaduais

Leia mais

MISSÃO TÉCNICA INTERNACIONAL SENAC TURISMO

MISSÃO TÉCNICA INTERNACIONAL SENAC TURISMO MISSÃO TÉCNICA INTERNACIONAL SENAC TURISMO ORLANDO 2013 MISSÃO TÉCNICA INTERNACIONAL SENAC TURISMO ORLANDO 2013 A busca pelas melhores práticas que conduzem uma empresa ou instituição à maximização da

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE NITERÓI (COMCITEC)

CONSELHO MUNICIPAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE NITERÓI (COMCITEC) CONSELHO MUNICIPAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE NITERÓI (COMCITEC) COMCITEC Gestão Plenárias Conferência Eventos Legislação QUEM SOMOS? O COMCITEC é um órgão autônomo que atua em estreita articulação com

Leia mais

Síntese dos Assuntos/Deliberações 2003/2004: 1. 15 de janeiro de 2003, Brasília (DF) 14ª Reunião Ordinária/Extraordinária.

Síntese dos Assuntos/Deliberações 2003/2004: 1. 15 de janeiro de 2003, Brasília (DF) 14ª Reunião Ordinária/Extraordinária. Síntese dos Assuntos/Deliberações 2003/2004: 1. 15 de janeiro de 2003, Brasília (DF) 14ª Reunião Ordinária/Extraordinária. Eleição da Diretoria 2003/2005. Redefinição das 10 Prioridades - Oficio ao Ministro

Leia mais

APRESENTAÇÃO... 2 1. ESTUDO DE COMPETITIVIDADE... 4 2. RESULTADOS... 6. 2.1 Total geral... 6. 2.2 Infraestrutura geral... 7. 2.3 Acesso...

APRESENTAÇÃO... 2 1. ESTUDO DE COMPETITIVIDADE... 4 2. RESULTADOS... 6. 2.1 Total geral... 6. 2.2 Infraestrutura geral... 7. 2.3 Acesso... PORTO SEGURO APRESENTAÇÃO Qualquer forma de desenvolvimento econômico requer um trabalho de planejamento consistente para atingir o objetivo proposto. O turismo é apresentado hoje como um setor capaz de

Leia mais

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri Copenhague-Dinamarca, 01 de outubro de 2009 Bem, primeiro dizer a vocês da alegria de poder estar

Leia mais

55ª Reunião Ordinária do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo. (72 FORNATUR).

55ª Reunião Ordinária do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo. (72 FORNATUR). 55ª Reunião Ordinária do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo. (72 FORNATUR). 9 de dezembro de 2009 16h00 às 17h30 horas MinasCentro Salão Ouro Sala 1 Belo Horizonte Minas Gerais.

Leia mais

Observatório do Turismo

Observatório do Turismo USUS 2012 Observatório do Turismo Cidade de São Paulo Brasil Turismo no Mundo 9,0% Representatividade no PIB Mundial em 2011 US$ 6,3 TRILHÕES Movimentação Financeira em 2011 980 MILHÕES Viagens no Mundo,

Leia mais

I ATOS E PORTARIAS DA DIREÇÃO DO FORO 1. Portarias

I ATOS E PORTARIAS DA DIREÇÃO DO FORO 1. Portarias PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE 1º GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DA BAHIA Boletim Interno Informativo Nº 186/2005 Salvador, 20 de outubro de 2005 (Quinta-feira). TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO Presidente:

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na audiência com personalidades do mundo do livro

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na audiência com personalidades do mundo do livro , Luiz Inácio Lula da Silva, na audiência com personalidades do mundo do livro Brasília - DF, 21 de setembro de 2006 Eu poderia deixar você falar, Paim, mas o microfone é alto e você não vai alcançar aqui.

Leia mais

FENEIS FEDERAÇÃO NACIONAL DE EDUCAÇÃO E INTEGRAÇÃO DOS SURDOS

FENEIS FEDERAÇÃO NACIONAL DE EDUCAÇÃO E INTEGRAÇÃO DOS SURDOS FENEIS FEDERAÇÃO NACIONAL DE EDUCAÇÃO E INTEGRAÇÃO DOS SURDOS Dia dos Surdos 2009 Apresentação No dia 26 de setembro, a Comunidade Surda Brasileira comemora o Dia Nacional do Surdo, data em que são relembradas

Leia mais

Hermann Braga de Lyra Neto Coordenador de Gestão Estratégica e Técnica SP 25 R$ 8.040,00

Hermann Braga de Lyra Neto Coordenador de Gestão Estratégica e Técnica SP 25 R$ 8.040,00 A transparência é um dos eixos do meu mandato. Desde o início do ano legislativo, fui o primeiro deputado a cobrar uma postura de transparência dentro da Assembleia Legislativa de Alagoas e a solicitar

Leia mais

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: TURISMO DE EXCELÊNCIA

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: TURISMO DE EXCELÊNCIA Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor Vencedores Estaduais na categoria Promoção do turismo de excelência CATEGORIA: TURISMO DE EXCELÊNCIA Município de Nova Friburgo RJ Vencedores do 4º

Leia mais

Meio: Site Blog da Floresta Editoria:-- Caderno:-- Data:4/8/2015

Meio: Site Blog da Floresta Editoria:-- Caderno:-- Data:4/8/2015 Meio: Site Blog da Floresta Editoria:-- Caderno:-- Data:4/8/2015 Fecomércio AM e PMM debatem obras e mobilidade urbana para os jogos olímpicos de 2016 Meio: Site G1 Amazonas Editoria:-- Hora: 20h18 Data:4/8/2015

Leia mais

ConstruBusiness - Rumo a 2022

ConstruBusiness - Rumo a 2022 ConstruBusiness - Rumo a 2022 EXPRESS ANO 1/12 Nº44 DEZ/12 CONSTRUBUSINESS 2012 10º CONGRESSO BRASILEIRO DA CONSTRUÇÃO Em sua 10ª edição, o Construbusiness elaborou o programa Compete Brasil, com soluções

Leia mais

Rio de Janeiro, 3 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 3 de junho de 2008 Rio de Janeiro, 3 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Elias Nunes Júnior, 20 do 10 de 1958. Nasci em Bom Jesus de Itabapoana, interior do estado. FORMAÇÃO Eu sou formado em Ciências Contábeis, tenho Pós em

Leia mais

CONSTRUINDO A DEMOCRACIA SOCIAL PARTICIPATIVA

CONSTRUINDO A DEMOCRACIA SOCIAL PARTICIPATIVA CONSTRUINDO A DEMOCRACIA SOCIAL PARTICIPATIVA Clodoaldo Meneguello Cardoso Nesta "I Conferência dos lideres de Grêmio das Escolas Públicas Estaduais da Região Bauru" vamos conversar muito sobre política.

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 66 Discurso na solenidade de comemoração

Leia mais

ATA DA REUNIÃO CONJUNTA DAS CÂMARAS SETORIAIS DE HABITAÇÃO E URBANISMO/MEIO AMBIENTE/ AGRICULTURA E ABASTECIMENTO E IND. COM.

ATA DA REUNIÃO CONJUNTA DAS CÂMARAS SETORIAIS DE HABITAÇÃO E URBANISMO/MEIO AMBIENTE/ AGRICULTURA E ABASTECIMENTO E IND. COM. ATA DA REUNIÃO CONJUNTA DAS CÂMARAS SETORIAIS DE HABITAÇÃO E URBANISMO/MEIO AMBIENTE/ AGRICULTURA E ABASTECIMENTO E IND. COM. E MINERAÇÃO Aos seis dias do mês de fevereiro do ano de dois mil e sete, reuniu-se

Leia mais

23º FESTIVAL DO TURISMO DE GRAMADO PROGRAMAÇÃO GERAL

23º FESTIVAL DO TURISMO DE GRAMADO PROGRAMAÇÃO GERAL 23º FESTIVAL DO TURISMO DE GRAMADO PROGRAMAÇÃO GERAL 17 de novembro / 2011 - quinta-feira 20:00 - Solenidade de Abertura Local: Palácio dos Festivais 18 de novembro / 2011 sexta-feira 09:00 - CONGRESSO

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 98 Discurso no espaço cultural, em

Leia mais

ESCOLA E.B. 2,3 DE LAMAÇÃES 2013-2014

ESCOLA E.B. 2,3 DE LAMAÇÃES 2013-2014 5º1 1 ANA CATARINA R FREITAS SIM 2 BEATRIZ SOARES RIBEIRO SIM 3 DIOGO ANTÓNIO A PEREIRA SIM 4 MÁRCIO RAFAEL R SANTOS SIM 5 MARCO ANTÓNIO B OLIVEIRA SIM 6 NÁDIA ARAÚJO GONÇALVES SIM 7 SUNNY KATHARINA G

Leia mais

Ano: 08 Publicado Semanalmente sexta-feira, 04 de setembro de 2015 Distribuição Gratuita

Ano: 08 Publicado Semanalmente sexta-feira, 04 de setembro de 2015 Distribuição Gratuita Edição nº 432 Ano: 08 Publicado Semanalmente sexta-feira, 04 de setembro de 2015 Distribuição Gratuita Agora, a população de Itaguaí pode aproveitar melhor o espaço da Secretaria de Meio Ambiente, que

Leia mais

COMÉRCIO INTERNACIONAL CURSO DE ECONOMIA

COMÉRCIO INTERNACIONAL CURSO DE ECONOMIA COMÉRCIO INTERNACIONAL CURSO DE ECONOMIA CLASSIFICAÇÕES DO SEGUNDO TESTE E DA AVALIAÇÃO CONTINUA Classificações Classificação Final Alex Santos Teixeira 13 13 Alexandre Prata da Cruz 10 11 Aleydita Barreto

Leia mais

RESULTADOS. Nome Global ( /100) PT1840719 ADÃO AZEVEDO MALHEIRO MATOS BARBOSA 94 B1 PT1840720 ADRIANA MORAIS SOUSA 52 A1

RESULTADOS. Nome Global ( /100) PT1840719 ADÃO AZEVEDO MALHEIRO MATOS BARBOSA 94 B1 PT1840720 ADRIANA MORAIS SOUSA 52 A1 PT1840719 ADÃO AZEVEDO MALHEIRO MATOS BARBOSA 94 B1 PT1840720 ADRIANA MORAIS SOUSA 52 A1 PT1840721 ADRIANA XAVIER DA SILVA FERNANDES 38 Pré-A1 PT1840722 ALEXANDRA FILIPA AZEVEDO SANTOS 52 A1 PT1840723

Leia mais

Prefeito Empreendedor. Guia de Recomendações Preliminares para o Fomento do Empreendedorismo nos Municípios

Prefeito Empreendedor. Guia de Recomendações Preliminares para o Fomento do Empreendedorismo nos Municípios Prefeito Empreendedor Guia de Recomendações Preliminares para o Fomento do Empreendedorismo nos Municípios Março/2012 Expediente Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior MDIC Fernando

Leia mais

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino Corrida da Saúde Classificação geral do corta-mato, realizado no dia 23 de Dezembro de 2007, na Escola E.B. 2,3 de Valbom. Contou com a participação dos alunos do 4º ano e do 2º e 3º ciclos do Agrupamento

Leia mais

RELAÇÃO DOS DIRIGENTES E COORDENADORES DE CURSOS

RELAÇÃO DOS DIRIGENTES E COORDENADORES DE CURSOS RELAÇÃO DOS DIRIGENTES E COORDENADORES DE CURSOS Fundação Mineira de Educação e Cultura Presidente Prof. Tiago Fantini Magalhães Vice-Presidente Prof. Pedro Arthur Victer Conselho de Curadores Prof. Antônio

Leia mais

FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 02.12.15 EDITORIA: NOTAS DA REDAÇÃO

FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 02.12.15 EDITORIA: NOTAS DA REDAÇÃO FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 02.12.15 EDITORIA: NOTAS DA REDAÇÃO VEÍCULO: NATAL NOTÍCIAS DATA: 02.12.15 01 Dez 2015 Presidente Marcelo Queiroz participa da 17ª Convenção do Comércio e Serviços

Leia mais

IATE CLUBE PETROLINA IATE: ANO 10

IATE CLUBE PETROLINA IATE: ANO 10 IATE CLUBE PETROLINA IATE: ANO 10 Corria o ano de 1966 e um grupo de freqüentadores mais assíduos da chácara de Dr. Balbino Oliveira, em Juazeiro próximo a Faculdade de Agronomia, se reuniam a beira de

Leia mais

08/06/2010. Entrevista do Presidente da República

08/06/2010. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após visita ao banco de sangue de cordão umbilical e placentário - Rede BrasilCord Fortaleza-CE, 08 de junho de 2010

Leia mais

Elas formam um dos polos mais dinâmicos da economia brasileira, e são o principal sustentáculo do emprego e da distribuição de renda no país.

Elas formam um dos polos mais dinâmicos da economia brasileira, e são o principal sustentáculo do emprego e da distribuição de renda no país. Fonte: http://www.portaldaindustria.org.br 25/02/2015 PRONUNCIAMENTO DO PRESIDENTE DO CONSELHO DELIBERATIVO NACIONAL (CDN) DO SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS (SEBRAE), NA SOLENIDADE

Leia mais

Palestra 1 Mudança Organizacional. Texto base: 10 +1 Mandamentos para ter sucesso em um mundo em constantes mudanças

Palestra 1 Mudança Organizacional. Texto base: 10 +1 Mandamentos para ter sucesso em um mundo em constantes mudanças Palestra 1 Mudança Organizacional Texto base: 10 +1 Mandamentos para ter sucesso em um mundo em constantes mudanças 02 de Dezembro de 2009 10 +1 Mandamentos para ter sucesso em um mundo em constantes mudanças

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 28 Discurso na solenidade de inauguração

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE BELO HORIZONTE REQUERIMENTO N. Solicito convidar as seguintes autoridades e representantes:

CÂMARA MUNICIPAL DE BELO HORIZONTE REQUERIMENTO N. Solicito convidar as seguintes autoridades e representantes: REQUERIMENTO N 1457/2012 Senhor Presidente, Requeiro a esta Comissão, nos termos do art. 48 do Regimento Interno, que seja antecipada data e local de audiência pública aprovada pelo requerimento 1449/2012

Leia mais

Qual o Sentido do Natal?

Qual o Sentido do Natal? Qual o Sentido do Natal? Por Sulamita Ricardo Personagens: José- Maria- Rei1- Rei2- Rei3- Pastor 1- Pastor 2- Pastor 3-1ª Cena Uma música de natal toca Os personagens entram. Primeiro entram José e Maria

Leia mais

www.panrotas.com.br/forum

www.panrotas.com.br/forum 2016 15 E 16 DE MARÇO - SÃO PAULO BRASIL O evento que oferece a melhor oportunidade de encontrar os líderes do setor de Turismo no Brasil está em sua 14a edição. Participe! www.panrotas.com.br/forum 15

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 27 Discurso na solenidade de assinatura

Leia mais

TURISMO DE NEGÓCIOS EM VOLTA REDONDA, RJ: ESTUDO COMPARATIVO DE GESTÃO HOTELEIRA

TURISMO DE NEGÓCIOS EM VOLTA REDONDA, RJ: ESTUDO COMPARATIVO DE GESTÃO HOTELEIRA TURISMO DE NEGÓCIOS EM VOLTA REDONDA, RJ: ESTUDO COMPARATIVO DE GESTÃO HOTELEIRA Alexandro Ferreira Reis Carlos Eduardo Brasil Campos Rossana Souza Almeida, Esp. (Orientadora) Este estudo tem como objetivo

Leia mais

Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil

Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Este guia pretende nortear os Grupos Escoteiros do Brasil a desenvolverem um

Leia mais

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: GRANDES CIDADES

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: GRANDES CIDADES Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor Vencedores Estaduais na categoria Grandes Cidades CATEGORIA: GRANDES CIDADES Município de Feira de Santana BA Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito

Leia mais

Secretaria Municipal de Cultura e Turismo PLANO DE AÇÃO MUNICIPAL 2013/2016

Secretaria Municipal de Cultura e Turismo PLANO DE AÇÃO MUNICIPAL 2013/2016 Secretaria Municipal de Cultura e Turismo PLANO DE AÇÃO MUNICIPAL 2013/2016 RESULTADOS ESPERADOS Gestão estratégica integrada e descentralizada; Ações realizadas na busca pela excelência da hospitalidade;

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO COM ARMAS DE CAÇA. FOSSO UNIVERSAL CAMPEONATO REGIONAL NORTE - 2007 2ª. CONTAGEM - 24 e 25 de Março

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO COM ARMAS DE CAÇA. FOSSO UNIVERSAL CAMPEONATO REGIONAL NORTE - 2007 2ª. CONTAGEM - 24 e 25 de Março GERAL 1 1 129 00817 Herculano Lopes do Nascimento 8 C.C. Matosinhos S 25 24 25 25 1 99 2 113 00540 Rodrigo Dourado Fernandes 10 C.T. S. Pedro de Rates S 25 25 24 25 0 99 3 88 00588 Carlos Augusto Torres

Leia mais

MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre

MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre Jorge Costelha Seabra 2 18,2 110402182 Ana Catarina Linhares

Leia mais

SEVERINE CARMEM MACEDO Secretária Nacional de Juventude da Secretaria-Geral da Presidência da República

SEVERINE CARMEM MACEDO Secretária Nacional de Juventude da Secretaria-Geral da Presidência da República A G E N D A SEVERINE CARMEM MACEDO Secretária Nacional de Juventude da Secretaria-Geral da Presidência da República 01/10/2013 ATIVIDADE Reunião com diretora Regional para América Latina e Caribe - UNFPA,

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL. Presidente da República Dilma Vana Rousseff. Vice-Presidencia da República Michel Miguel Elias Temer Lulia

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL. Presidente da República Dilma Vana Rousseff. Vice-Presidencia da República Michel Miguel Elias Temer Lulia 1 3 4 REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL Presidente da República Dilma Vana Rousseff Vice-Presidencia da República Michel Miguel Elias Temer Lulia Ministra de Estado Chefe da Casa civil da Presidência da

Leia mais

coleção Conversas #26 Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #26 Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. Saí da prisão volto coleção Conversas #26 - setembro 2015 - e estou ou não desempregado, para o crime? Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS, da

Leia mais

com segurança Saiba quem faz a sua viagem acontecer Uma publicação da Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil da CUT Edição - 1

com segurança Saiba quem faz a sua viagem acontecer Uma publicação da Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil da CUT Edição - 1 com segurança BOARDING PASS BOARDING PASS com segurança BOARDING PASS BOARDING PASS Uma publicação da Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil da CUT Edição - 1 Saiba quem faz a sua viagem

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 65 Discurso na solenidade do Dia

Leia mais

AS RECENTES MUDANÇAS NAS VAGAS DOS LEGISLATIVOS MUNICIPAIS DO BRASIL

AS RECENTES MUDANÇAS NAS VAGAS DOS LEGISLATIVOS MUNICIPAIS DO BRASIL Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 18 a 22 de outubro, 2010 770 AS RECENTES MUDANÇAS NAS VAGAS DOS LEGISLATIVOS MUNICIPAIS DO BRASIL Tiago Valenciano Mestrando do Programa de

Leia mais

PANORAMA DOS MERCADOS Sul-Americanos

PANORAMA DOS MERCADOS Sul-Americanos Boletim PANORAMA DOS MERCADOS Sul-Americanos Edição nº 1 Julho/2015 Coordenação Geral de Mercados Americanos/Asiático - CGMA Diretoria de Mercados Internacionais - DMINT Apresentação A série Boletim Panorama

Leia mais

UM RETRATO DAS CIDADES DE MENOS DE 100 MIL HABITANTES DO BRASIL

UM RETRATO DAS CIDADES DE MENOS DE 100 MIL HABITANTES DO BRASIL A P R E S E N T A M UM RETRATO DAS CIDADES DE MENOS DE 100 MIL HABITANTES DO BRASIL POR QUE FAZER ESSA PESQUISA? PELA RELEVÂNCIA QUE ESSES PEQUENOS MUNICÍPIOS TÊM. 95% Dos municípios brasileiros têm menos

Leia mais

Plano de Trabalho 3 Pilares

Plano de Trabalho 3 Pilares Vote na Chapa 2 VOTAÇÃO Dia 10/09 segunda-feira No Auditório do Edifício Redenção Entre 19h e 20h30 Na Avenida Tancredo Neves, nº 2421 - Térreo Prédio ao lado do prédio da ABRH-BA Você merece o melhor!

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher Palácio do Planalto, 12 de março de 2003 Minha cara ministra Emília Fernandes, Minha cara companheira Benedita da

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 62 Discurso na cerimónia de apresentação

Leia mais

E já surgia vitoriosa! Pois todos os vetos de Goulart foram rejeitados.

E já surgia vitoriosa! Pois todos os vetos de Goulart foram rejeitados. Senhoras e senhores Companheiros da Radiodifusão, É para mim e para todos os meus colegas da ABERT uma enorme alegria e uma honra receber tantos amigos e presenças ilustres nesta noite em que comemoramos

Leia mais

Carta da Indústria 2014 (PDF 389) (http://arquivos.portaldaindustria.com.br/app/conteudo_18/2013/06/06/481/cartadaindstria_2.pdf)

Carta da Indústria 2014 (PDF 389) (http://arquivos.portaldaindustria.com.br/app/conteudo_18/2013/06/06/481/cartadaindstria_2.pdf) www.cni.org.br http://www.portaldaindustria.com.br/cni/iniciativas/eventos/enai/2013/06/1,2374/memoria-enai.html Memória Enai O Encontro Nacional da Indústria ENAI é realizado anualmente pela CNI desde

Leia mais

Legado turístico pós-copa: as potencialidades de BH. Roberto Luciano Fagundes Presidente do BHC&VB

Legado turístico pós-copa: as potencialidades de BH. Roberto Luciano Fagundes Presidente do BHC&VB Legado turístico pós-copa: as potencialidades de BH Roberto Luciano Fagundes Presidente do BHC&VB Legado turístico pós-copa: as potencialidades de BH O que é Belo Horizonte Convention & Vistors Bureau

Leia mais

O que é o Ação Integrada?

O que é o Ação Integrada? O que é o Ação Integrada? Resultado de uma articulação entre a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE/MT), o Ministério Público do Trabalho (MPT/MT), a Fundação Uniselva da Universidade

Leia mais

Resultado dos Processos Seletivos do Sescoop-RJ 2010

Resultado dos Processos Seletivos do Sescoop-RJ 2010 Resultado dos Processos Seletivos do Sescoop-RJ 2010 1ª Etapa: Análise Curricular INSTRUÇÕES GERAIS PARA TODOS OS CANDIDATOS a) O candidato deverá chegar ao local com uma hora de antecedência do i nício

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita às obras da usina hidrelétrica de Jirau

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita às obras da usina hidrelétrica de Jirau , Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita às obras da usina hidrelétrica de Jirau Porto Velho-RO, 12 de março de 2009 Gente, uma palavra apenas, de agradecimento. Uma obra dessa envergadura não poderia

Leia mais

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA LEGISLATIVA NATAL, 25.03.2008 BOLETIM OFICIAL 2423 ANO XIX TERÇA-FEIRA

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA LEGISLATIVA NATAL, 25.03.2008 BOLETIM OFICIAL 2423 ANO XIX TERÇA-FEIRA A MESA DIRETORA Deputado ROBINSON FARIA PRESIDENTE Deputada MÁRCIA MAIA 1 VICE-PRESIDENTE Deputado RICARDO MOTTA 1 SECRETÁRIO Deputado LUIZ ALMIR 3 SECRETÁRIO Deputado EZEQUIEL FERREIRA 2 VICE-PRESIDENTE

Leia mais

Turismo de Negócios, Congressos e Eventos. 1º. Encontro de Secretários de Turismo da Rede Mercocidades. Mercodestinos Capitais Gauchas Rotas Tchê

Turismo de Negócios, Congressos e Eventos. 1º. Encontro de Secretários de Turismo da Rede Mercocidades. Mercodestinos Capitais Gauchas Rotas Tchê Turismo de Negócios, Congressos e Eventos 1º. Encontro de Secretários de Turismo da Rede Mercocidades Mercodestinos Capitais Gauchas Rotas Tchê Visão, Acordos, Compromissos, Estratégias e Ações Porto Alegre,

Leia mais

METODOLOGIA SEBRAE BAHIA PARA PÓLOS DE EMPREENDEDORISMO CULTURAL

METODOLOGIA SEBRAE BAHIA PARA PÓLOS DE EMPREENDEDORISMO CULTURAL Trabalho apresentado no III ENECULT Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura, realizado entre os dias 23 a 25 de maio de 2007, na Faculdade de Comunicação/UFBa, Salvador-Bahia-Brasil. METODOLOGIA

Leia mais

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 17, DE 2012

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 17, DE 2012 PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 17, DE 2012 Primeira sessão de discussão, em primeiro turno, da Proposta de Emenda à Constituição nº 17, de 2012, tendo como primeiro signatário o Deputado Maurício

Leia mais

FECOMÉRCIO FALTOU NO CLIPPING VEÍCULO: GAZETA DO OESTE DATA: 08.02.15 EDITORIA: CIDADES

FECOMÉRCIO FALTOU NO CLIPPING VEÍCULO: GAZETA DO OESTE DATA: 08.02.15 EDITORIA: CIDADES FECOMÉRCIO FALTOU NO CLIPPING VEÍCULO: GAZETA DO OESTE DATA: 08.02.15 EDITORIA: CIDADES VEÍCULO: GAZETA DO OESTE DATA: 08.02.15 EDITORIA: LISTZ MADRUGA VEÍCULO: GAZETA DO OESTE DATA: 08.02.15 EDITORIA:

Leia mais

ORÇAMENTOS DA UNIÃO EXERCÍCIO FINANCEIRO 2006 PROJETO DE LEI ORÇAMENTÁRIA

ORÇAMENTOS DA UNIÃO EXERCÍCIO FINANCEIRO 2006 PROJETO DE LEI ORÇAMENTÁRIA Mensagem Presidencial Projeto de Lei Orçamentária - 2006 Secretaria de Orçamento Federal Ministério do Planejamento REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA

Leia mais

RELAÇÃO DOS DIRIGENTES E COORDENADORES DE CURSOS Fundação Mineira de Educação e Cultura

RELAÇÃO DOS DIRIGENTES E COORDENADORES DE CURSOS Fundação Mineira de Educação e Cultura Presidente RELAÇÃO DOS DIRIGENTES E COORDENADORES DE CURSOS Fundação Mineira de Educação e Cultura Prof. Tiago Fantini Magalhães Vice-Presidente Prof. Pedro Arthur Victer Conselho de Curadores Prof. Antônio

Leia mais

Personalidades que serão condecoradas com a medalha da Ordem do Mérito Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da Primeira Região em 2012

Personalidades que serão condecoradas com a medalha da Ordem do Mérito Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da Primeira Região em 2012 Personalidades que serão condecoradas com a medalha da Ordem do Mérito Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da Primeira Região em 2012 DILMA VANA ROUSSEFF Presidenta da República GRAU GRÃO-COLAR

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Discurso na cerimónia de lançamento

Leia mais

RELATÓRIO DA 2ª CONFERÊNCIA DOS MUNICÍPIOS DA MICRORREGIÃO DE FEIRA DE SANTANA

RELATÓRIO DA 2ª CONFERÊNCIA DOS MUNICÍPIOS DA MICRORREGIÃO DE FEIRA DE SANTANA RELATÓRIO DA 2ª CONFERÊNCIA DOS MUNICÍPIOS DA MICRORREGIÃO DE FEIRA DE SANTANA FEIRA DE SANTANA BA AGOSTO DE 2005 1 APRESENTAÇÃO A 2ª Conferência dos Municípios da Microrregião de Feira de Santana, aconteceu

Leia mais

Evento acontece na cidade de Caxambu e começa nesta sexta (18)

Evento acontece na cidade de Caxambu e começa nesta sexta (18) https://www.educacao.mg.gov.br/imprensa/noticias/178 3-educacao-amplia-interlocucao-com-representantes- do-movimento-sindical Notícia veicula no site Portal da Educação em 17/02/11 Secretária Ana Lúcia

Leia mais

PROJETO ESTRADA SUSTENTÁVEL

PROJETO ESTRADA SUSTENTÁVEL PROJETO ESTRADA SUSTENTÁVEL PATROCÍNIO CATEGORIA PRATA CATEGORIA OURO CATEGORIA BRONZE PARCEIRO TÉCNICO INSTITUCIONAL APOIO INSTITUCIONAL CONSULTORIA I ENCONTRO SOBRE EDUCAÇÃO E EMPREENDEDORISMO 26 de

Leia mais

CREA-RJ Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Rio de Janeiro Classificação Final dos Candidatos Aptos - Nível Médio

CREA-RJ Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Rio de Janeiro Classificação Final dos Candidatos Aptos - Nível Médio Local de atuação : ARMAÇÃO DE BUZIOS 1 15 Bárbara Audára Brito Gomes APTO 19/02/1965 11 8 9 6 34 2 22 Wellington Santos da Luz APTO 19/05/1976 10 7 9 6 32 segunda-feira, 18 de abril de 2005 Pag. 1 de 19

Leia mais

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: TURISMO DE EXCELÊNCIA

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: TURISMO DE EXCELÊNCIA Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor Vencedores Estaduais na categoria Promoção do turismo de excelência CATEGORIA: TURISMO DE EXCELÊNCIA Município de Santo Antônio da Patrulha RS Vencedores

Leia mais