CÂMPUS INCONFIDENTES DEZEMBRO/2014

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CÂMPUS INCONFIDENTES DEZEMBRO/2014"

Transcrição

1 CÂMPUS INCONFIDENTES DEZEMBRO/2014

2 GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL DE MINAS GERAIS PRESIDENTE DA REPÚBLICA Dilma Vana Rousseff MINISTRO DA EDUCAÇÃO José Henrique Paim Fernandes SECRETÁRIO EXECUTIVO Luiz Cláudio Costa SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA Aléssio Trindade de Barros REITOR DO INSTITUTO FEDERAL SUL DE MINAS GERAIS Marcelo Bregagnoli DIRETOR DO CÂMPUS INCONFIDENTES Miguel Angel Isaac Toledo Del Pino DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO Vladmir Fernandes DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL Sindynara Ferreira IFSULDEMINAS BOLETIM DE SERVIÇO 2

3 Sumário ATOS DO CÂMPUS INCONFIDENTES...4 Portarias...4 ADICIONAL NOTURNO...17 AUXÍLIO NATALIDADE...19 AUXÍLIO PRÉ-ESCOLA...19 CONCESSÃO...20 CONCESSÃO DE HORAS...20 DISPENSA DO SERVIÇO DEVIDO A TRABALHOS PRESTADOS À JUSTIÇA ELEITORAL - CONCESSÃO...20 LICENÇA À GESTANTE...22 LICENÇA PARA CASAMENTO HOMOLOGAÇÃO...22 LICENÇA PARA TRATAMENTO DE SAÚDE HOMOLOGAÇÃO...23 LICENÇA PATERNIDADE...23 PROGRAMAÇÃO/REPROGRAMAÇÃO ANUAL DE FÉRIAS 2014 TÉCNICO ADMINISTRATIVO...24 SUBSTITUIÇÃO REMUNERADA...24 CONCESSÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS...26 IFSULDEMINAS BOLETIM DE SERVIÇO 3

4 ATOS DO CÂMPUS INCONFIDENTES PORTARIAS PORTARIA Nº 313, DE 01 DE DEZEMBRO DE O DIRETOR-GERAL DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS CÂMPUS INCONFIDENTES, no uso de suas atribuições legais, resolve: Designar os servidores JÚLIO CESAR DE ALMEIDA, matrícula SIAPE 53099, CPF e JOSÉ ROBERTO DE CARVALHO, matrícula SIAPE 53482, CPF , respectivamente como Gestor de Contrato e Fiscal Administrativo, do Contrato nº 34/2014, que tem por objeto os serviços de controle sanitário integrado de pragas e vetores urbanos, englobando desinfestação, desinsetização, desratização e descupinização, junto a empresa DD Minas Imunização e Controle de Pragas Ltda - Me, inscrita no CNPJ / , Processo nº , Pregão Eletrônico nº 039/2014. II. Revogar a Portaria nº 309, de 25 de novembro de PORTARIA Nº 314, DE 01 DE DEZEMBRO DE O DIRETOR-GERAL DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS CÂMPUS INCONFIDENTES, no uso de suas atribuições legais, resolve: Dispensar os servidores Gerson de Freitas Silva Valente, matrícula SIAPE e Flávia de Floriani Pozza Rebello, matrícula SIAPE , do Núcleo Docente Estruturante (NDE) do Curso de Bacharelado em Engenharia de Alimentos. II. Atualizar a Portaria nº 125, de 22 de abril de 2014, que nomeia os servidores para o Núcleo Docente Estruturante (NDE) do Curso de Bacharelado em Engenharia de Alimentos, ficando a mesma assim constituída: Luisa Pereira Figueiredo Matrícula SIAPE Mariana Borges de Lima Dutra Matrícula SIAPE Alison Geraldo Pacheco Matrícula SIAPE Marcelo Augusto dos Reis Matrícula SIAPE PORTARIA Nº 315 DE 01 DE DEZEMBRO DE O DIRETOR-GERAL DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS CÂMPUS INCONFIDENTES, no uso de suas atribuições legais, resolve: Declarar a necessidade de residência do servidor Francisco Carlos Bonamichi do Couto, Técnico em Contabilidade, matrícula SIAPE 49502, na residência funcional PN 10, situado à Praça Tiradentes, 248, visando o pronto atendimento do Setor de Almoxarifado para manter as atividades desta Instituição de Ensino. IFSULDEMINAS BOLETIM DE SERVIÇO 4

5 PORTARIA Nº 316, DE 04 DE DEZEMBRO DE O DIRETOR-GERAL DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS CAMPUS INCONFIDENTES, no uso de suas atribuições legais, resolve: Constituir Comissão incumbida de proceder Inventário Anual de bens móveis, imóveis e semoventes existentes em 31 de dezembro de 2014, composta pelos seguintes membros: Presidente: Francisco Carlos Bonamichi do Couto matrícula SIAPE Membros: Antônio Evanil de Souza, matrícula SIAPE Rita Maria Paraíso Vieira matrícula SIAPE II. O Presidente da Comissão será substituído nos seus impedimentos pela servidora Laodicéia Vaz de Lima Souza matrícula SIAPE III. Os demais membros da Comissão serão substituídos, nos seus impedimentos pelo servidor Wagner Roberto Pereira matrícula SIAPE PORTARIA Nº 317, DE 04 DE DEZEMBRO DE O DIRETOR-GERAL DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS CAMPUS INCONFIDENTES, no uso de suas atribuições legais, resolve: Constituir Comissão incumbida de proceder levantamento do material existente em estoque no Setor de Almoxarifado em 31 de dezembro de 2014, composta pelos seguintes membros: Presidente: Fernando Jacometti Soares matrícula SIAPE Membros: Joana Maria Silva do Vale, matrícula SIAPE Flávio Favilla matrícula SIAPE II. O Presidente da Comissão será substituído nos seus impedimentos pelo servidor Orivaldo Donizeti Pereira Pinto matrícula SIAPE III. Os demais membros da Comissão serão substituídos, nos seus impedimentos pela servidora Tânia Gonçalves Bueno da Silva matrícula SIAPE PORTARIA Nº 318, DE 04 DE DEZEMBRO DE O DIRETOR-GERAL DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS CAMPUS INCONFIDENTES, no uso de suas atribuições legais, resolve: Designar os servidores abaixo relacionados para, sob a presidência do primeiro, constituirem comissão incumbida de elaborar o Plano de Cultura para 2015 e atuarem nos demais assuntos relacionados à Arte e Cultura, do Câmpus Inconfidentes. Luís Carlos Negri matrícula SIAPE Cristiane Cordeiro de Camargo matrícula SIAPE Fábio Caputo Dalpra matrícula SIAPE Hugo Sarapo Costa matrícula SIAPE IFSULDEMINAS BOLETIM DE SERVIÇO 5

6 Keila Miotto matrícula SIAPE Lidiane Teixeira Xavier Alves matrícula SIAPE Márcia Sibele Lisboa Tavares matrícula SIAPE Paula Inácio Coelho matrícula SIAPE Vladmir Fernandes matrícula SIAPE PORTARIA Nº 319, DE 04 DE DEZEMBRO DE O DIRETOR-GERAL DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS CAMPUS INCONFIDENTES, no uso de suas atribuições legais, resolve: Prorrogar até 31/01/2015 o mandato dos membros do Colegiado do Curso de Bacharelado em Engenharia de Alimentos, designados pela Portaria nº 190 de 28/11/2012. PORTARIA Nº 320, DE 08 DE DEZEMBRO DE O DIRETOR-GERAL DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS CÂMPUS INCONFIDENTES, no uso de suas atribuições legais, resolve: Interromper, por motivo de interesse público, as férias da servidora Paula Érika Goedert Doná, Assistente em Administração, matrícula SIAPE , a partir do dia 09/12/2014, devendo esse período ser usufruído de 05/01/2015 a 15/01/2015. PORTARIA Nº 321, DE 11 DE DEZEMBRO DE O DIRETOR-GERAL DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS CÂMPUS INCONFIDENTES, no uso de suas atribuições legais, resolve: Dispensar, o servidor José Carlos Costa, Médico Veterinário, matrícula SIAPE , de atuar como Responsável pelo Setor de Bovino de Corte, deste Câmpus. II. Designar, o servidor Jésus Bento da Silva, Técnico em Agropecuária, matrícula SIAPE 49496, para atuar como Responsável pelo Setor de Bovino de Corte, deste Câmpus. PORTARIA Nº 322, DE 15 DE DEZEMBRO DE O DIRETOR-GERAL DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS CÂMPUS INCONFIDENTES, no uso de suas atribuições legais, resolve: Publicar a regulamentação aprovada em reunião do Colegiado Acadêmico deste Câmpus, em Regulamentação do Decreto-Lei nº 1044/69 e da Lei nº 6202/75, que dispõe sobre regime de exercício Domiciliar em caso de afastamento discente. Considerando o que dispõem o Decreto-Lei nº 1044, de 21 de outubro de 1969 e a Lei Nº 6.202, de 17 de abril de 1975, o Diretor-Geral do Instituto Federal de Educação, Ciência e IFSULDEMINAS BOLETIM DE SERVIÇO 6

7 Tecnologia do Sul de Minas Gerais Câmpus Inconfidentes, no uso de suas atribuições, regulamenta os procedimentos para os casos em que as condições de saúde impeçam a atividade acadêmica normal do discente: Artigo 1º - O discente ou seu representante legal deverá requerer em formulário específico, o regime de exercício domiciliar previsto no Decreto-Lei nº 1044/69 ou da Lei Nº 6202/75, em até 10 dias úteis, contados a partir do início do impedimento, expressamente comprovado por laudo médico circunstanciado, em que deverá constar o início e o término do afastamento, como também o Código Internacional de Doenças (CID). Para o Ensino Superior, o formulário de requerimento estará disponível na Seção de Registros Acadêmicos (SRA) e para o Ensino Técnico, na Seção de Registros Escolares (SRE), que encaminhará a solicitação para deferimento. I. Caso o requerimento não seja protocolado no prazo de 10 dias úteis, conforme descrito acima, o requerente perderá o direito ao benefício. II. Para efeito deste regulamento, considera-se como representante legal o responsável ou qualquer pessoa portadora de procuração com poderes para tal. Artigo 2º - Os requerimentos encaminhados à SRE e SRA dependem de deferimento do Diretor de Desenvolvimento Educacional e do Coordenador do Curso no qual o discente esteja regularmente matriculado, serão ouvidos também os Coordenadores de Área para o caso de discentes dos Cursos Técnicos Integrados. Os casos deferidos serão encaminhados à Coordenação Geral de Ensino. I. I - O prazo para resposta da solicitação e ciência aos professores não poderá exceder 10 dias úteis após o discente protocolar a solicitação na secretaria. Artigo 3º - O regime de exercício domiciliar não será extensivo às disciplinas que implicam estágios, atividades supervisionadas, laboratoriais e práticas ou práticas como componentes curriculares. Artigo 4º - Na impossibilidade de aplicar ao discente o regime de exercício domiciliar na forma prevista por esta norma, ser-lhe-á assegurado o direito ao trancamento de matrícula em caráter excepcional, em qualquer época do semestre ou ano letivo. Parágrafo único - Para o Curso Técnico, nos casos de em que o aluno tenha cumprido, no mínimo 75% do ano letivo, a situação será avaliada no último conselho de classe do ano letivo. Artigo 5º - Visando o não prejuízo pedagógico e acadêmico para continuidade do curso, é condição para deferimento do regime de exercício domiciliar: a) no Decreto-Lei nº 1044/69, que o período de afastamento seja superior a 15 (quinze) dias de efetivo exercício escolar e não exceda 45 (quarenta e cinco) dias consecutivos dentro do semestre letivo; b) no caso de gestantes será aplicado o disposto na Lei Nº 6202/75. Parágrafo 1º - O benefício poderá ser usufruído por apenas um período por semestre letivo. Parágrafo 2º - Caso o período de afastamento abranja parte de um semestre letivo e parte de outro semestre letivo, considerar-se-á que o discente foi beneficiado nos dois semestres letivos. Artigo 6º - O discente afastado deverá, obrigatoriamente, cumprir, durante seu afastamento, os exercícios domiciliares determinados pelo professor de cada disciplina em que se encontrar matriculado, que compensarão, de acordo com a legislação vigente, a ausência às aulas, sem prejuízo ao processo avaliativo. Parágrafo 1º - Para a compensação de faltas, os professores deverão registrar e encaminhar o tema e as propostas dos trabalhos a serem desenvolvidos pelo discente, cujo conteúdo deverá corresponder ao assunto lecionado durante o período de afastamento. I. No prazo máximo de 10 (dez) dias úteis, após a notificação da Coordenação Geral de Ensino sobre o atendimento domiciliar, os temas dos trabalhos deverão ser disponibilizados pelos respectivos professores ao Coordenador- Geral de Ensino que se incumbirá de dar ciência ao discente afastado. II. No prazo máximo de 5 (cinco) dias úteis após o encerramento do afastamento, o discente IFSULDEMINAS BOLETIM DE SERVIÇO 7

8 deverá entregar os trabalhos domiciliares indicados pelos professores ao Coordenador-Geral de Ensino. III. O Coordenador-Geral de Ensino encaminhará ao Professor da disciplina em até 5 (cinco) dias úteis, os trabalhos recebidos. IV. O professor terá um prazo máximo de 5 (cinco) dias úteis para emitir o parecer sobre os trabalhos, após o recebimento. a) A ausência da entrega desses trabalhos no prazo estipulado, ou parecer de insuficiência emitido pelo professor, acarretará na permanência do efetivo registro de faltas ao discente. b) O parecer do professor deverá ser encaminhado à Coordenador-Geral de Ensino que emitirá um documento, em caso de suficiência, com a justificativa de faltas do discente. c) O professor será responsável pelo lançamento das notas e compensação das faltas no sistema acadêmico. Parágrafo 2º - O agendamento das avaliações deverá ser requerido pelo discente no prazo de 5 (cinco) dias úteis junto à SRA ou SRE, a partir da data de encerramento do afastamento, sendo que, ultrapassando esse prazo, o discente perderá o direito às avaliações. A SRA/SRE deverá, no prazo de 2 (dois) dias úteis, encaminhar oficialmente o requerimento à Coordenação do Curso. I. Para alunas gestantes, caso seja possível o comparecimento à Instituição durante o período de afastamento, as avaliações poderão ser realizadas normalmente, antes mesmo do término do período de atendimento domiciliar. II. A critério de cada professor, os trabalhos realizados em domicílio poderão ser utilizados também como parte do processo avaliativo. Parágrafo 3º - As avaliações deverão ser realizadas pelo discente até 30 (trinta) dias após a data de retorno do afastamento. I. Caso o fim do afastamento coincida com o fim do período letivo, as avaliações deverão ser realizadas no início do período subsequente, num prazo máximo de 15 (quinze) dias, contados a partir do início do período letivo. II. A conclusão do processo avaliativo não poderá exceder o prazo máximo de 20 (vinte) dias contados do início das aulas do período letivo subsequente. III. Nesse caso o discente disporá de período excepcional de solicitação de dependências de disciplinas e trancamento de matrículas e disciplinas no Curso Superior e de solicitação de matrícula quando se tratar de Curso Técnico. Parágrafo 4º - O não comparecimento do discente às avaliações, que serão agendadas em comum acordo com o professor, implicará na perda do direito à(s) respectiva(s) avaliação(ões), ficando resguardado o direito à recuperação e exame final conforme previsto nas Normas Acadêmicas do Ensino Técnico Integrado e Superior. Artigo 7º - Nas avaliações do discente, amparado pelo Decreto-Lei 1044/69 e Lei 6202/75, deverão ser aplicados instrumentos e critérios de avaliação adotados para sua turma. Artigo 8º - Os casos omissos serão analisados pelo colegiado dos cursos, e na sua ausência pelo Coordenador de Curso e Área, juntamente com o Coordenador-Geral de Ensino e Diretor do Departamento de Desenvolvimento Educacional. Artigo 9º - Estas normas entrarão em vigor a partir da data de sua publicação. PORTARIA Nº 323, DE 15 DE DEZEMBRO DE O DIRETOR-GERAL DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS CÂMPUS INCONFIDENTES, no uso de suas atribuições legais, resolve: Publicar, em anexo, o Regimento Geral dos Laboratórios do Câmpus Inconfidentes aprovado em reunião do Colegiado Acadêmico deste Câmpus, em IFSULDEMINAS BOLETIM DE SERVIÇO 8

9 REGIMENTO GERAL DOS LABORATÓRIOS DO CÂMPUS INCONFIDENTES CAPÍTULO I DA FINALIDADE E DA APLICAÇÃO Art. 1º- Os laboratórios do IFSULDEMINAS - Câmpus Inconfidentes são ambientes que poderão ser utilizados para fortalecer as relações de ensino-aprendizagem nos cursos ofertados por este Instituto. Os laboratórios, descritos abaixo, bem como a Sala do PIBID e o Museu de História Natural "Professor Laércio Loures, são providos de diversos tipos de materiais, devidamente organizados e facilmente acessíveis. 1. Laboratório de Sistemática e Morfologia Vegetal 2. Laboratório de Biologia Celular 3. Laboratório de Zoologia 4. Laboratório de Coleção Biológica de Vespas Sociais 5. Laboratório de Química 6. Laboratório de Anatomia Humana 7. Laboratório Interdisciplinar de Formação de Educadores (LIFE) 8. Laboratório de Produção Vegetal 9. Laboratório de Microbiologia de Alimentos 10. Laboratório de Ensino de Matemática 11. Laboratório de Análise Sensoriais 12. Laboratório de Física do Solo 13. Laboratório de Bromatologia 14. Laboratório de Entomologia e Agroecologia 15. Laboratório de Resíduos Sólidos 16. Laboratório de Análises Física e Química da Água 17. Laboratório de Biotecnologia 18. Laboratório de Pesquisa em Biociências 19. Laboratório de Manejo de Bacias Hidrográficas 20. Laboratório de Geologia 21. Laboratório de Inseminação Artificial 22. Laboratório de Mecanização Agrícola 23. Laboratório de Fisiologia Vegetal 24. Laboratório de Fitopatologia 25. Laboratório de Sementes 26. Laboratório de Física 27. Laboratório de Sensoriamento Remoto 28. Laboratórios de Topografia e Geodésia 29. Laboratório de Geoprocessamento 30. Laboratório de Informática Laboratório de Informática Laboratório de Informática Laboratório de Informática Laboratório de Informática Orientada 35. Laboratório de Informática e Empreendedorismo 36. Laboratório de Hardware 37. Laboratório de Redes IFSULDEMINAS BOLETIM DE SERVIÇO 9

10 38. Laboratório Aberto de Hidráulica e Irrigação 39. Sala do PIBID 40. Museu de História Natural "Professor Laércio Loures" Art. 2º- Os Laboratórios citados no artigo 1º, têm como principais funções: I. Fornecer aos servidores equipamentos e materiais que lhes permitam exercer a sua ação profissional. II. Fornecer apoio aos docentes nas suas atividades práticas (ensino, pesquisa e extensão). III. Fornecer à comunidade escolar, o suporte para a realização de atividades propostas no plano semestral dos docentes do IFSULDEMINAS e para atividades de caráter essencialmente didáticos em consonância com projetos curriculares dos cursos do IFSULDEMINAS. Art. 3º- Para o desenvolvimento das atividades profissionais, a instituição deve assegurar, ao longo do semestre, a disponibilização dos equipamentos e materiais necessários para a preparação e realização das atividades práticas. CAPÍTULO II DO FUNCIONAMENTO Art. 4º- O horário de funcionamento dos laboratórios citados no Art. 1º é de segunda a sexta-feira de 07:00 às 11:00, de 13:00 às 17:00 e de 19:00 às 22:30 horas. O servidor deverá solicitar o agendamento de acordo com termo de solicitação (Anexo I). Nos pedidos de agendamento, será respeitada a ordem temporária pela qual foi feito o pedido. Parágrafo único: outros dias e horários poderão ocorrer mediante prévio agendamento com Núcleo de Tecnologia em Laboratórios (NTL). Nestes casos as atividades deverão ser acompanhadas pelo técnico responsável e/ou pelo servidor orientador. Art. 5º- As chaves dos laboratórios ficarão sob a guarda do NTL, do coordenador do laboratório e do Departamento de Desenvolvimento Educacional (DDE). Parágrafo único: O coordenador do laboratório terá uma chave e livre acesso, porém deverá registrar suas atividades junto ao NTL para não haver conflito de horários, com prioridade para a realização de aulas práticas. Art. 6 - Quando a utilização dos laboratórios ocorrer fora do horário de expediente, os servidores e/ou estudantes (exceto os técnicos responsáveis e coordenador do laboratório) deverão requisitar a chave do laboratório ao NTL e apresentar um termo de responsabilidade devidamente assinado (Anexo II). Parágrafo único: Nenhum servidor do NTL está autorizado a ceder as chaves dos laboratórios para outros fins e/ou quando não houver a apresentação do termo de responsabilidade. Art. 7º A gestão dos materiais e dos equipamentos do laboratório é de responsabilidade do técnico responsável e dos docentes que os utilizam, devendo estes zelar pela sua funcionalidade e economicidade. Art. 8º - O uso dos laboratórios é de prioridade dos professores da área a que corresponde o laboratório. IFSULDEMINAS BOLETIM DE SERVIÇO 10

11 Parágrafo único: Professores e alunos de outra área poderão requisitar e utilizar qualquer laboratório, desde que respeitada as atividades previamente agendadas. Art. 9º - É de responsabilidade do técnico de laboratório a seleção e preparação do material existente e solicitado pelo usuário, mediante apresentação antecipada do Roteiro de Práticas (Anexo III). Art O manuseio dos materiais e equipamentos deverá obedecer as normas internas de segurança e recomendações técnicas específicas, que deverão, obrigatoriamente, estar afixadas em local visível e de fácil acesso aos usuários de cada laboratório. Art O laboratório deverá ser utilizado, prioritariamente, para realização de atividades práticas voltadas ao ensino. Havendo disponibilidade o laboratório também poderá ser utilizado em atividades relacionadas a projetos de pesquisa e extensão desde que acompanhadas pelo responsável do projeto. Parágrafo único: deverá ser respeitada o modo de aquisição do equipamento, se ele foi adquirido por projeto, durante a vigência deste, a prioridade é do desenvolvimento do projeto, e se disponível, para demais atividades. Art O material de laboratório, quando não estiver em uso, deverá estar organizado em local adequado. Art Salvo em casos excepcionais, os quais deverão ser do conhecimento do técnico responsável com consentimento do coordenador do laboratório, não será permitida a retirada de materiais e equipamentos dos laboratórios. Parágrafo único: A retirada de equipamentos e materiais de laboratório deverá observar os seguintes procedimentos: I.Podem ser requisitados os equipamentos/materiais que existam em quantidade sobressalente. Excepcionalmente, podem ser requisitados outros materiais, desde que seja provado que são indispensáveis para realização da atividade desejada e, por último, que não haja coincidência com atividades pré-agendadas; II.Nos pedidos de agendamento, será respeitada a ordem temporária pela qual foi feito o pedido; III.A decisão final de ceder temporariamente ou não os equipamentos e/ou materiais solicitados caberá ao técnico responsável pelo laboratório com consentimento do coordenador do laboratório; IV.Os usuários dos equipamentos e/ou materiais assumem responsabilidade pelos mesmos. Em caso de danos, quebras, entre outras avarias, a ocorrência deverá ser encaminhada ao responsável pelo laboratório, para posteriores providências. Art Nos momentos em que o laboratório estiver sendo utilizado para aulas práticas, não será permitida a utilização de materiais e equipamentos por outros, salvo com autorização antecipada do professor. IFSULDEMINAS BOLETIM DE SERVIÇO 11

12 CAPÍTULO III DO ACESSO E DA PERMANÊNCIA NOS LABORATÓRIOS Art Servidores, estudantes do IFSULDEMINAS, pesquisadores e convidados devidamente identificados e autorizados, poderão ter acesso aos laboratórios. Art É vedado o desenvolvimento de atividades no laboratório fora do horário administrativo e em finais de semana por um único estudante, exceto se este tiver o consentimento e acompanhamento do coordenador do projeto e/ou orientador, mediante apresentação do termo de responsabilidade (ANEXO I) pelas atividades desenvolvidas, assinado pelo orientador e pelo estudante, seguido do deferimento do NTL. Art Todos os dispositivos e normas descritos neste Regulamento são válidos também para visitantes. O acesso e a permanência de visitantes em laboratórios ficam condicionados ao recebimento de instruções de segurança pelo técnico responsável ou servidor autorizado pelo NTL. CAPÍTULO IV DAS ATIVIDADES PRÁTICAS LABORATORIAIS Art Os Roteiros de Práticas (Anexo III) deverão ser encaminhados ao NTL pelos docentes e demais usuários, com antecedência de, no mínimo, 10 dias úteis. Neste documento as especificações de reagentes, materiais e equipamentos necessários devem estar descritos de forma clara e objetiva para facilitar o preparo das aulas e/ou de materiais que serão usados. Art No final de cada atividade prática, caso ocorra quebra de materiais, avarias de equipamentos, acidentes ou qualquer fato anormal, o responsável pela prática deverá preencher o livro de ocorrências do laboratório que se encontra disponível a qualquer usuário. CAPÍTULO V DAS ATIVIDADES LABORATORIAIS DE ESTUDANTE(S) ENVOLVIDO(S) EM PESQUISA E/OU EXTENSÃO Art Todas as análises desenvolvidas no âmbito dos projetos de pesquisa deverão ser registradas nos formulários de solicitação de uso do laboratório, termo de responsabilidade e roteiro de práticas. Estes documentos, após correto preenchimento, deverão ser entregues ao NTL com antecedência mínima de 10 dias úteis. Art O aluno deve registrar no livro de registro de utilização do equipamento, as informações referentes ao uso do equipamento com data e horário de uso. Art Qualquer quebra de material e avaria de equipamento deverá ser registrado no livro de registros, ficando este preenchimento a cargo do usuário. Art Compete ao coordenador do projeto e/ou orientador acompanhar o estudante na fase de instalação e realização dos trabalhos, até a verificação de aptidão do estudante para conduzir os trabalhos individualmente. Art Quando houver disponibilidade, compete ao técnico responsável pelo laboratório IFSULDEMINAS BOLETIM DE SERVIÇO 12

13 dar suporte e acompanhamento do estudante em atividades relacionadas a projetos de pesquisa e/ou extensão. Art Os materiais, equipamentos e reagentes necessários nas atividades deverão ser requisitados pelo coordenador e/ou orientador através do roteiro de práticas. CAPÍTULO VI DAS DISPOSIÇÕES FINAIS Art Cabe aos servidores e estudantes usuários dos laboratórios do IFSULDEMINAS - Câmpus Inconfidentes, seguir as normas descritas neste regulamento. Art Os casos omissos serão resolvidos em primeira estância pelo NTL junto com o coordenador do laboratório e em segunda instância pelo Departamento de Desenvolvimento Educacional, ouvindo, caso necessário, outros setores. Art Cada coordenador de laboratório, juntamente com o NTL e um técnico/engenheiro de segurança do trabalho, deverá elaborar as normas de segurança, utilização e conduta, específicas do laboratório. Art Este regimento entra em vigor a partir da data de sua aprovação. Inconfidentes, 15 de dezembro de ANEXO I SOLICITAÇÃO DE USO DO LABORATÓRIO Eu..., CPF nº... e RG nº..., matrícula SIAPE nº..., servidor do IFSULDEMINAS Câmpus Inconfidentes, por meio deste termo, solicito o uso do laboratório de... para fins de: ( ) Aulas Práticas ( ) Projeto de Pesquisa ( ) Projeto de Extensão Para as datas e horários especificados abaixo: Mês: Dia(s) e horário(s): das às das às das às das às das às Nome Completo:... Assinatura:... Inconfidentes/MG,... de... de IFSULDEMINAS BOLETIM DE SERVIÇO 13

14 ANEXO II TERMO DE RESPONSABILIDADE Eu..., CPF nº... e RG nº..., servidor (ou discente) do IFSULDEMINAS Câmpus Inconfidentes, ..., telefone/celular... por meio deste termo, assumo total responsabilidade ao manipular quaisquer equipamentos, utensílios, reagentes, vidrarias entre outros, pertencentes ao laboratório de... Comprometo-me ainda, a realizar o uso correto destes equipamentos, utensílios, reagentes, vidrarias e, em caso de acidente provocado pelo uso incorreto com consequente dano aos equipamentos e demais materiais, assumo a responsabilidade de anotar no livro de registro de ocorrências do laboratório além tomar as providências cabíveis para a reposição dos danos/reposição. Nome Completo:... Assinatura:... Inconfidentes/MG,... de... de ANEXO III ROTEIRO DE PRÁTICAS Laboratório de... Preencher quando for aulas práticas Docente/telefone/celular: Disciplina: Curso: Aula para dia: Assunto da aula prática: Semestre: Horário: Número de montagens: Preencher quando estiver relacionado a projetos Projeto e número de protocolo: Discente que desenvolverá/telefone/celular: Preencher para ambos Objetivo: Materiais de consumo que serão utilizados (especificar a quantidade) Equipamentos e materiais permanentes que serão utilizados (especificar a quantidade) Inconfidentes/MG,... de... de Nome Completo:... Assinatura:... Obs.: Para aulas práticas se o docente possuir uma apostila, não há necessidade de preencher todo o formulário, somente entregar um cronograma das aulas com as informações das turmas. IFSULDEMINAS BOLETIM DE SERVIÇO 14

15 PORTARIA Nº 324, DE 17 DE DEZEMBRO DE A DIRETORA-GERAL SUBSTITUTA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS CÂMPUS INCONFIDENTES, no uso de suas atribuições legais, resolve: Interromper, por motivo de interesse público, as férias do servidor Miguel Angel Isaac Toledo del Pino, Professor do Ensino Básico Técnico e Tecnológico, matrícula SIAPE , no dia 18/12/2014, devendo esse dia ser usufruido em 30/12/2014. II. Retificar a Portaria 290, de 29 de outubro de 2014, onde consta: período a ser usufruido em 16 a 30/12/2014; passe a constar: período a ser usufruido: 16 a 29/12/2014. PORTARIA Nº 325, DE 17 DE DEZEMBRO DE A DIRETORA-GERAL SUBSTITUTA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS CÂMPUS INCONFIDENTES, no uso de suas atribuições legais, resolve: Designar os servidores, abaixo relacionados, para atuarem como coordenadores dos laboratórios existentes neste Câmpus, bem como, Sala do PIBID e Museu de História Natural. 1 Laboratório Aberto de Hidráulica e Irrigação Coordenador: Marcos Caldeira Ribeiro matrícula SIAPE Laboratório de Análise do Solo Coordenador: Eduardo de Oliveira Rodrigues matrícula SIAPE Laboratório de Análises Física e Química da Água Coordenadores: Lilian Vilela Andrade Pinto matrícula SIAPE Tone Vander Marcílio matrícula SIAPE Laboratório de Anatomia Humana Coordenadores: Cristiane Cordeiro de Camargo matrícula SIAPE Rafael César Bolleli Faria matrícula SIAPE Laboratório de Biologia Celular Coordenadora: Constantina Dias Paparidis matrícula SIAPE Laboratório de Biotecnologia Coordenador: Jamil de Morais Pereira matrícula SIAPE Laboratório de Bromatologia Coordenadora: Mariana Borges de Lima Dutra matrícula SIAPE Laboratório de Coleção Biológica de Vespas Sociais Coordenador: Marcos Magalhães de Souza, matrícula SIAPE Laboratório de Ensino de Matemática Coordenador: João Paulo Rezende matrícula SIAPE Laboratório de Entomologia e Agroecologia Coordenador: Luiz Carlos Dias da Rocha matrícula SIAPE Laboratório de Física Coordenador: Marcelo Augusto dos Reis matrícula SIAPE Laboratório de Física do Solo Coordenador: Cleber kouri de Souza matrícula SIAPE Laboratório de Fisiologia Vegetal Coordenador: Wallace Ribeiro Correa matrícula SIAPE Laboratório de Fitopatologia Coordenadora: Hebe Perez de Carvalho matrícula SIAPE IFSULDEMINAS BOLETIM DE SERVIÇO 15

16 15 Laboratório de Geologia Coordenadores: Ademir José Pereira matrícula SIAPE Cleber kouri de Souza matrícula SIAPE Laboratório de Geoprocessamento Coordenador: Marcos Roberto dos Santos matrícula SIAPE Laboratório de Hardware Coordenador: Vinícius Ferreira de Souza matrícula SIAPE Laboratório de Informática 1 Coordenadora: Roberta Bonamichi Guidi Garcia matrícula SIAPE Laboratório de Informática 2 Coordenador: Roberta Bonamichi Guidi Garcia matrícula SIAPE Laboratório de Informática 3 Coordenador: Roberta Bonamichi Guidi Garcia matrícula SIAPE Laboratório de Informática 4 Coordenador: Roberta Bonamichi Guidi Garcia matrícula SIAPE Laboratório de Informática e Empreendedorismo Coordenador: Gilcimar Dalló matrícula SIAPE Laboratório de Informática Orientada Coordenador: Gilcimar Dalló matrícula SIAPE Laboratório de Inseminação Artificial Coordenador: Claudino Ortigara matrícula SIAPE Laboratório de Manejo de Bacias Hidrográficas Coordenadora: Lilian Vilela Andrade Pinto matrícula SIAPE Laboratório de Mecanização Agrícola Coordenador: Carlos Magno de Lima matrícula SIAPE Laboratório de Microbiologia de Alimentos Coordenador: Taciano Benedito Fernandes matrícula SIAPE Laboratório de Pesquisa em Biociências Coordenador: Wallace Ribeiro Correa matrícula SIAPE Laboratório de Produção Vegetal Coordenadora: Hebe Perez de Carvalho matrícula SIAPE Laboratório de Química Coordenador: Alison Geraldo Pacheco matrícula SIAPE Laboratório de Redes Coordenador: Vinícius Ferreira de Souza matrícula SIAPE Laboratório de Resíduos Sólidos Coordenador: Luiz Flávio Reis Fernandes matrícula SIAPE Laboratório de Sementes Coordenadora: Hebe Perez de Carvalho matrícula SIAPE Laboratório de Sensoriamento Remoto Coordenador: Marcos Roberto dos Santos matrícula SIAPE Laboratório de Sistemática e Morfologia Vegetal Coordenador: Constantina Dias Paparidis matrícula SIAPE Laboratório de Zoologia Coordenador: Marcos Magalhães de Souza, matrícula SIAPE Laboratórios de Topografia e Geodésia Coordenador: Marcos Roberto dos Santos matrícula SIAPE Laboratório Interdisciplinar de Formação de Educadores (LIFE) Coordenadores: Cristiane Cordeiro de Camargo matrícula SIAPE IFSULDEMINAS BOLETIM DE SERVIÇO 16

17 Rafael César Bolleli Faria matrícula SIAPE Sala do PIBID Coordenadores: Cristiane Cordeiro de Camargo matrícula SIAPE Rafael César Bolleli Faria matrícula SIAPE Museu de História Natural "Professor Laércio Loures" Coordenador: Marcus Henriques da Silva matrícula SIAPE II. Revogar as seguintes portarias: Portaria 179, de 29/10/2010; Portaria 084, de 29/05/2012; Portaria 185, de 21/11/2012; Portaria 096, de 09/04/2013; Portaria 153, de 13/06/2013; Portaria 201, de 31/07/2013; Portaria 260, de 12/09/2014; Portaria 291, de 30/10/2014. PORTARIA Nº 326, DE 19 DE DEZEMBRO DE A DIRETORA-GERAL SUBSTITUTA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS CÂMPUS INCONFIDENTES, no uso de suas atribuições legais, resolve: Interromper, por motivo de interesse público, as férias do servidor André Luigi Amaral Di Salvo, Professor do Ensino Básico Técnico e Tecnológico, matrícula SIAPE , no dia 19/12/2014, devendo esse dia ser usufruido em 24/01/2015. ADICIONAL NOTURNO ESCALA DE ADICIONAL NOTURNO - DOCENTES- MÊS NOVEMBRO/2014 Fundamento Legal: Art. 75 da Lei nº de 12/12/90. Adicional Noturno das 22 (vinte e duas) horas de um dia e 05 (cinco) horas do dia seguinte um total de 07 (sete) horas. NOME MATRÍCULA PERÍODO HORÁRIO Alice Gontijo de Godoy ,06,12,13,19,20,26,27 22:00 às 22:30 Cibelle Barcelos Filipini ,04,05,10,11,12,17,18,19,24,25,26 22:00 às 22:30 Júlio César Domingos Pereira ,10,17,24 Maurílio de Carvalho ,11,18,25 22:00 às 22:30 Poliana Ester da Silva ,04,06,07,10,11,13,14,17,18,20,21,24, 22:00 às 22:30 25,27,28 Renata Araújo de Carvalho Batista :00 às 22:30 Thiago Manoel Pereira ,14,28 22:00 às 22:30 Verônica Andrade Gonçalves ,04,10,11,17,18,24,25 22:00 às 22:30 IFSULDEMINAS BOLETIM DE SERVIÇO 17

18 ESCALA DE ADICIONAL NOTURNO - VIGILANTES MÊS DEZEMBRO/2014 Fundamento Legal: Art. 75 da Lei nº e 12/12/90. Adicional Noturno das 22 (vinte e duas) horas de um dia e 05 (cinco) horas do dia seguinte um total de 07 (sete) horas. MATRICULA NOME PERÍODO HORÁRIO Agnaldo Tadeu Hermógenes - 15AN-07hs- 01/12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ :00 as 04:00 MATRICULA NOME PERÍODO HORÁRIO Claudino Pinto Cardoso 22:00 ÀS 05:00-15AN-07hs- 01/12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/2014 MATRICULA NOME PERÍODO HORÁRIO Neivaldo J. Salgueiro 22:00 as 05:00-15AN-07hs- 01/12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/2014 MATRICULA NOME PERÍODO HORÁRIO Ricardo Silvério Dias 22:00 as 05:00-15AN-07hs- 01/12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/2014 IFSULDEMINAS BOLETIM DE SERVIÇO 18

19 12/12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/2014 AUXÍLIO NATALIDADE PROCESSO Nº Nome do Servidor: EDUARDO DE OLIVEIRA RODRIGUES Matrícula: Cargo/Emprego: Engenheiro Quimico Regime Jurídico: Único. Órgão de Lotação: IFSULDEMINAS - Câmpus Inconfidentes. Nome do Dependente: Amanda Coelho Rodrigues Data de Nascimento: Certidão de Nascimento: Número da declaração de nascidos vivos : Fundamento Legal: Artigo 196 da Lei nº AUXÍLIO PRÉ-ESCOLA PROCESSO Nº Nome do Servidor: EDUARDO DE OLIVEIRA RODRIGUES Matrícula: Cargo/Emprego: Engenheiro Químico Regime Jurídico: Único. Órgão de Lotação: IFSULDEMINAS - Câmpus Inconfidentes. Nome do Dependente: Amanda Coelho Rodrigues Data de Nascimento: Certidão de Nascimento: Número da declaração de nascidos vivos : Término do Benefício: 12/2020. Fundamento Legal: Artigo 1º do Decreto nº. 977/93 e IN de nº. 12/93 e Artigo 1º da EC nº. 53 de 19/12/2006. IFSULDEMINAS BOLETIM DE SERVIÇO 19

20 CONCESSÃO O DIRETOR GERAL DO CÂMPUS INCONFIDENTES DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS, nomeado pela Portaria nº 1.428, Publicada no DOU de 14/08/14, seção 2, página, página considerando: I o teor do artigo 10, inciso II, alínea b, do Ato das disposições Constitucionais da Constituição Federal; II o disposto na Nota Informativa nº 167/2014/CGNOR/DENOP/SEGEP/MP; III a emissão do parecer nº 669 D/2014/PGF/PF IFSULDEMINAS; IV o conteúdo do processo / ; RESOLVE: Conceder a Renata Araújo de Carvalho Batista, ocupante do cargo de Professora Substituta, lotada no Câmpus Inconfidentes, a estabilidade garantida pela Constituição Federal de 1988, por 05 (cinco) meses após o parto, Período da concessão: a CONCESSÃO DE HORAS Nome do Servidor: MARIA JOSÉ ADAMI BUENO Cargo: Médico Matrícula: Regime Jurídico: RJU Órgão de Lotação: IFSULDEMINAS Campus Inconfidentes Horário Normal: Segunda à Sexta-feira - Das 07h às 11h das 13h às 17hs e/ou 18hs às 22hs. Horas Concedido ao servidor: Sextas-feiras das 07h às 11h das 13h às 17hs. Período da concessão: 02 de fevereiro de 2015 a 04 de julho de Fundamento: Resoluçãonº05/2014 e 26/2013, Conselho Superior DISPENSA DO SERVIÇO DEVIDO A TRABALHOS PRESTADOS À JUSTIÇA ELEITORAL - CONCESSÃO Nome do Servidor: CRISTIANE DE FREITAS Cargo: ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO Matrícula: Regime Jurídico: Único Órgão de Lotação: IFSULDEMINAS Câmpus Inconfidentes. Período de Afastamento: ( 01 dia ) Fundamento Legal: Resolução TSE n FALTAS NÃO JUSTIFICADAS Nome do Servidor: ANDRÉ MOREIRA Matrícula: Cargo/Emprego: Professor EBTT - Substituto Órgão de Lotação: IFSULDEMINAS - Câmpus Inconfidentes. Números de dias descontado: das 14:00 às 17:00 IFSULDEMINAS BOLETIM DE SERVIÇO 20

prorrogação CÂMPUS POUSO ALEGRE

prorrogação CÂMPUS POUSO ALEGRE prorrogação CÂMPUS POUSO ALEGRE NOVEMBRO/2014 GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONA0L E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL DE MINAS

Leia mais

prorrogação Pouso Alegre

prorrogação Pouso Alegre prorrogação Pouso Alegre Fevereiro/2012 GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONA0L E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL DE MINAS GERAIS

Leia mais

CÂMPUS MUZAMBINHO JANEIRO/2015 IFSULDEMINAS BOLETIM DE SERVIÇO 1

CÂMPUS MUZAMBINHO JANEIRO/2015 IFSULDEMINAS BOLETIM DE SERVIÇO 1 CÂMPUS MUZAMBINHO JANEIRO/2015 IFSULDEMINAS BOLETIM DE SERVIÇO 1 GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Leia mais

BOLETIM DE SERVIÇO Nº 07/2013 31 de julho de 2013

BOLETIM DE SERVIÇO Nº 07/2013 31 de julho de 2013 BOLETIM DE SERVIÇO Nº 07/2013 31 de julho de 2013 Campus Muriaé Av. Monteiro de Castro, nº 550, Barra Muriaé MG CEP:36.880-000 Página 1 PRESIDENTA DA REPÚBLICA DILMA VANA ROUSSEFF MINISTRO DA EDUCAÇÃO

Leia mais

CÂMPUS INCONFIDENTES JULHO/2014

CÂMPUS INCONFIDENTES JULHO/2014 CÂMPUS INCONFIDENTES JULHO/2014 GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL DE MINAS GERAIS PRESIDENTE

Leia mais

CÂMPUS PASSOS ABRIL/2013

CÂMPUS PASSOS ABRIL/2013 CÂMPUS PASSOS ABRIL/2013 GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL DE MINAS GERAIS PRESIDENTE DA REPÚBLICA

Leia mais

Regulamento dos Laboratórios do Departamento de Ciências Agrárias

Regulamento dos Laboratórios do Departamento de Ciências Agrárias Regulamento dos Laboratórios do Departamento de Ciências Agrárias Laboratório de Bromatologia e Nutrição Animal- ( LABNA ) Laboratório Multidisciplinar de Biologia- ( LAMUBI ) Laboratório de Análises Microbiológicas

Leia mais

Brasília, 16 de julho de 2015. Boletim de Serviço da FUNAI Ano 28 Número 07. SUMÁRIO Presidência... 01 Coordenações Regionais...

Brasília, 16 de julho de 2015. Boletim de Serviço da FUNAI Ano 28 Número 07. SUMÁRIO Presidência... 01 Coordenações Regionais... p. 1 SUMÁRIO Presidência... 01 Coordenações Regionais...05 PORTARIA Nº 659/PRES, de 15 de julho de 2015. PRESIDÊNCIA Dispõe sobre a regulamentação quanto à concessão de licença por motivo de doença em

Leia mais

CAMPUS INCONFIDENTES ABRIL/2015

CAMPUS INCONFIDENTES ABRIL/2015 CAMPUS INCONFIDENTES ABRIL/2015 GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL DE MINAS GERAIS PRESIDENTE

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 194, DE 22 DE FEVEREIRO DE 2000.

RESOLUÇÃO Nº 194, DE 22 DE FEVEREIRO DE 2000. RESOLUÇÃO Nº 194, DE 22 DE FEVEREIRO DE 2000. Dispõe sobre as férias dos servidores do Supremo Tribunal Federal. O PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, no uso das atribuições que lhe confere o art.

Leia mais

RESOLUÇÃO N.º XXX, DE XX DE XXXXXX DE 2013

RESOLUÇÃO N.º XXX, DE XX DE XXXXXX DE 2013 RESOLUÇÃO N.º XXX, DE XX DE XXXXXX DE 2013 O PRESIDENTE DO CONSELHO SUPERIOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO, no uso de suas atribuições regulamentares e, considerando

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 62 DE 26 DE SETEMBRO DE 2013

RESOLUÇÃO Nº 62 DE 26 DE SETEMBRO DE 2013 RESOLUÇÃO Nº 62 DE 26 DE SETEMBRO DE 2013 O CONSELHO UNIVERSITÁRIO da Universidade Federal do Pampa, em sua 45ª Reunião Ordinária, realizada no dia 26 de setembro de 2013, no uso das atribuições que lhe

Leia mais

Em 21 de agosto de 2014, a Reitora da Universidade Federal de São João del- Rei UFSJ, usando de suas atribuições, e considerando:

Em 21 de agosto de 2014, a Reitora da Universidade Federal de São João del- Rei UFSJ, usando de suas atribuições, e considerando: ORDEM DE SERVIÇO N o 062/2014 Em 21 de agosto de 2014, a Reitora da Universidade Federal de São João del- Rei UFSJ, usando de suas atribuições, e considerando: - a Lei n o 8.112 de 11 de dezembro de 1990,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 555, DE 19 DE JUNHO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 555, DE 19 DE JUNHO DE 2015 Publicada no DJE/STF, n. 122, p. 1-2 em 24/6/2015. RESOLUÇÃO Nº 555, DE 19 DE JUNHO DE 2015 Dispõe sobre as férias dos servidores do Supremo Tribunal Federal. O PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL,

Leia mais

Credenciada pelo Decreto Federal de 03/07/97 - D. O. U. Nº 126, de 04/07/97

Credenciada pelo Decreto Federal de 03/07/97 - D. O. U. Nº 126, de 04/07/97 Resolução CONSUN nº 042/2003. Credenciada pelo Decreto Federal de 03/07/97 - D. O. U. Nº 126, de 04/07/97 Aprova o Regulamento do Laboratório de Rádio, integrante do conjunto de Laboratórios de Rádio e

Leia mais

REGULAMENTO/DIGEP Nº 002, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014.

REGULAMENTO/DIGEP Nº 002, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014. REGULAMENTO/DIGEP Nº 002, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014. Dispõe acerca das regras e procedimentos para a concessão, indenização, parcelamento e pagamento da remuneração de férias dos servidores do Instituto

Leia mais

REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DOS LABORATÓRIOS DIDÁTICOS DO IF BAIANO CAMPUS SANTA INÊS

REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DOS LABORATÓRIOS DIDÁTICOS DO IF BAIANO CAMPUS SANTA INÊS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE Campus SANTA INÊS REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DOS LABORATÓRIOS DIDÁTICOS DO IF CAMPUS SANTA INÊS Aprovado pelo

Leia mais

REGULAMENTO/COGEP Nº 001, DE 1º DE JUNHO DE 2012. 2ª Edição Atualizada em 29 de janeiro de 2013.

REGULAMENTO/COGEP Nº 001, DE 1º DE JUNHO DE 2012. 2ª Edição Atualizada em 29 de janeiro de 2013. REGULAMENTO/COGEP Nº 001, DE 1º DE JUNHO DE 2012. 2ª Edição Atualizada em 29 de janeiro de 2013. Dispõe acerca da Política de uso do PONTO ELETRÔNICO E DA JORNADA DE TRABALHO dos servidores do Instituto

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 13/2013

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 13/2013 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 13/2013 Regulamenta o processo de implementação e avaliação da flexibilização para ajuste de jornada de trabalho

Leia mais

AGÊNCIA REGULADORA DE ÁGUAS, ENERGIA E SANEAMENTO BÁSICO DO DISTRITO FEDERAL PUBLICADA NO BOLETIM ADMINISTRATIVO Nº 03, DE 02/02/2015, PÁGINAS 03 A 08

AGÊNCIA REGULADORA DE ÁGUAS, ENERGIA E SANEAMENTO BÁSICO DO DISTRITO FEDERAL PUBLICADA NO BOLETIM ADMINISTRATIVO Nº 03, DE 02/02/2015, PÁGINAS 03 A 08 AGÊNCIA REGULADORA DE ÁGUAS, ENERGIA E SANEAMENTO BÁSICO DO DISTRITO FEDERAL PUBLICADA NO BOLETIM ADMINISTRATIVO Nº 03, DE 02/02/2015, PÁGINAS 03 A 08 PORTARIA Nº. 17, DE 23 DE JANEIRO DE 2015. Aprova

Leia mais

A Câmara Superior de Gestão Administrativo-Financeira, no uso das atribuições que lhe conferem o Estatuto e o Regimento Geral desta Instituição, e

A Câmara Superior de Gestão Administrativo-Financeira, no uso das atribuições que lhe conferem o Estatuto e o Regimento Geral desta Instituição, e SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE GESTÃO ADMINISTRATIVO-FINANCEIRA RESOLUÇÃO N.º 05/2013 Regulamenta o sistema de registro eletrônico

Leia mais

Prof Dr. Antonio Guedes Rangel Junior

Prof Dr. Antonio Guedes Rangel Junior RESOLUÇÃO/UEPB/CONSEPE/065/2014 Regulamenta o processo de afastamento para capacitação de Docentes da UEPB. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONSEPE, da UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA UEPB,

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE GESTÃO PÚBLICA ORIENTAÇÃO NORMATIVA Nº 4, DE 4 DE JULHO DE 2014

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE GESTÃO PÚBLICA ORIENTAÇÃO NORMATIVA Nº 4, DE 4 DE JULHO DE 2014 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE GESTÃO PÚBLICA ORIENTAÇÃO NORMATIVA Nº 4, DE 4 DE JULHO DE 2014 Estabelece orientações sobre a aceitação de estagiários no âmbito da Administração

Leia mais

O Presidente da Câmara Superior de Pós-Graduação da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições,

O Presidente da Câmara Superior de Pós-Graduação da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições, SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE PÓS-GRADUAÇÃO RESOLUÇÃO Nº 13/2008 Revoga a Resolução Nº 13/2007 desta Câmara, e dá nova redação

Leia mais

DECRETO Nº. 1.370/2015 DE 05 DE JANEIRO DE 2015. O Prefeito Municipal de Querência - MT, no uso de suas

DECRETO Nº. 1.370/2015 DE 05 DE JANEIRO DE 2015. O Prefeito Municipal de Querência - MT, no uso de suas DECRETO Nº. 1.370/2015 DE 05 DE JANEIRO DE 2015. Dispõe acerca da Política de uso do ponto eletrônico e da jornada de trabalho dos servidores públicos do Poder Executivo município de Querência - MT. atribuições,

Leia mais

MINISTÉRIO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS ORIENTAÇÃO NORMATIVA Nº 7, DE 30 DE OUTUBRO DE 2008.*

MINISTÉRIO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS ORIENTAÇÃO NORMATIVA Nº 7, DE 30 DE OUTUBRO DE 2008.* MINISTÉRIO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS ORIENTAÇÃO NORMATIVA Nº 7, DE 30 DE OUTUBRO DE 2008.* Estabelece orientação sobre a aceitação de estagiários no âmbito da Administração

Leia mais

PORTARIA-R N.º 634/2011, de 17 de agosto de 2011

PORTARIA-R N.º 634/2011, de 17 de agosto de 2011 PORTARIA-R N.º 634/2011, de 17 de agosto de 2011 O Reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais, no uso de suas atribuições legais e tendo em vista a subdelegação

Leia mais

ATO Nº 20/2011. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

ATO Nº 20/2011. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, ATO Nº 20/2011 Disciplina a concessão de licenças-médicas aos servidores em exercício neste Regional e dá outras providências. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul EDITAL Nº 031/2015 PROCESSO CLASSIFICATÓRIO DE AFASTAMENTO DE SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DA UNIDADE ORGANIZACIONAL CAMPUS BENTO GONÇALVES DO IFRS O Diretor-Geral da Unidade Organizacional

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA RESOLUÇÃO N 016/2014 DE 27 DE MAIO DE 2014

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA RESOLUÇÃO N 016/2014 DE 27 DE MAIO DE 2014 RESOLUÇÃO N 016/2014 DE 27 DE MAIO DE 2014 Normatiza os procedimentos para concessão de Afastamentos de Curta Duração, Licença para Capacitação, Afastamentos para Pós- Graduação Stricto Sensu e Pós-Doutorado

Leia mais

Boletim Interno. Edição Extraordinária nº 19

Boletim Interno. Edição Extraordinária nº 19 Boletim Interno Edição Extraordinária nº 19 Fundação Escola Nacional de Administração Pública SAIS Área 2-A 70610-900 Brasília, DF Tel.: (61) 2020-3000 Miriam Aparecida Belchior Ministra de Estado do Planejamento,

Leia mais

- o princípio constitucional da garantia de celeridade na tramitação dos processos, incluído pela Emenda Constitucional 45/2004;

- o princípio constitucional da garantia de celeridade na tramitação dos processos, incluído pela Emenda Constitucional 45/2004; ATO DO CONSELHO DE ENSINO PESQUISA E EXTENSÃO - CONSEPE Resolução Nº xx, de xx de xxx de 2015 Regulamenta o afastamento de docentes efetivos da UFRA, para fins de estudo e cooperação. O Reitor da Universidade

Leia mais

Resolução nº 283/CONSEA, de 30 de abril de 2013.

Resolução nº 283/CONSEA, de 30 de abril de 2013. Resolução nº 283/CONSEA, de 30 de abril de 2013. Fixa Normas para Afastamento de Docentes da UNIR para Realizar Cursos de Pós-Graduação (Alteração da Resolução 091/CONSEA/2005). O Conselho Superior Acadêmico

Leia mais

Boletim de Serviço Edição nº 01

Boletim de Serviço Edição nº 01 PRESIDENTE DA REPÚBLICA DILMA ROUSSEFF Boletim de serviço - PROPA MINISTRO DA EDUCAÇÃO HERINQUE PAIM REITOR NAOMAR MONTEIRO DE ALMEIDA FILHO VICE-REITORA JOANA ANGÉLICA GUIMARÂES PRÓ-REITOR DE PLANEJAMENTO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 372, DE 31 DE JULHO DE 2008

RESOLUÇÃO Nº 372, DE 31 DE JULHO DE 2008 RESOLUÇÃO Nº 372, DE 31 DE JULHO DE 2008 Dispõe sobre as férias dos servidores do Supremo Tribunal Federal. O PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, no uso das atribuições que lhe confere o art. 363,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 30, DE 28 DE ABRIL DE 2011

RESOLUÇÃO Nº 30, DE 28 DE ABRIL DE 2011 RESOLUÇÃO Nº 30, DE 28 DE ABRIL DE 2011 Dispõe sobre as normas para a pós-graduação na modalidade lato sensu ofertada pela Universidade Federal do Pampa. O CONSELHO UNIVERSITÁRIO da Universidade Federal

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.169, DE 23 DE AGOSTO DE 2011

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.169, DE 23 DE AGOSTO DE 2011 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.169, DE 23 DE AGOSTO DE 2011 Disciplina o afastamento de servidores docentes e técnico-administrativos

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO ATO Nº 342/DILEP.CDEP.SEGPES.GDGSET.GP, DE 25 DE JUNHO DE 2014.

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO ATO Nº 342/DILEP.CDEP.SEGPES.GDGSET.GP, DE 25 DE JUNHO DE 2014. TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO ATO Nº 342/DILEP.CDEP.SEGPES.GDGSET.GP, DE 25 DE JUNHO DE 2014. Dispõe sobre a concessão de bolsa de estudo para curso de língua estrangeira no âmbito do Tribunal Superior

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 28/2015/CS/IFS

RESOLUÇÃO Nº 28/2015/CS/IFS RESOLUÇÃO Nº 28/2015/CS/IFS Aprova a reformulação do Regulamento para concessão de afastamento de docentes para participação em programas de pósgraduação stricto sensu no âmbito do IFS. O PRESIDENTE DO

Leia mais

RESOLUÇÃO N o 448, DE 22 DE ABRIL DE 2015 Documento nº 00000.022337/2015-62

RESOLUÇÃO N o 448, DE 22 DE ABRIL DE 2015 Documento nº 00000.022337/2015-62 RESOLUÇÃO N o 448, DE 22 DE ABRIL DE 2015 Documento nº 00000.022337/2015-62 Dispõe sobre os procedimentos e critérios para concessão de Licença para Capacitação no âmbito da Agência Nacional de Águas ANA

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE GESTÃO ADMINISTRATIVO-FINANCEIRA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE GESTÃO ADMINISTRATIVO-FINANCEIRA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE GESTÃO ADMINISTRATIVO-FINANCEIRA RESOLUÇÃO Nº 03/2014 Revoga a Resolução nº 05/2013 e dá nova redação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA (UNILA) COMISSÃO SUPERIOR DE ENSINO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA (UNILA) COMISSÃO SUPERIOR DE ENSINO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA (UNILA) COMISSÃO SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO COSUEN N 025, DE 01 DE SETEMBRO DE 2014. Aprova o Regulamento do Estágio Supervisionado

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA RESOLUÇÃO N 008/2014 DE 30 DE ABRIL DE 2014

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA RESOLUÇÃO N 008/2014 DE 30 DE ABRIL DE 2014 RESOLUÇÃO N 008/2014 DE 30 DE ABRIL DE 2014 Normatiza os procedimentos para concessão de afastamentos para capacitação de servidores docentes da Universidade Federal da Integração Latino-Americana - UNILA.

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 030/2012 CONEPE

RESOLUÇÃO Nº 030/2012 CONEPE RESOLUÇÃO Nº 030/2012 CONEPE Dispõe sobre o Trabalho de Conclusão de Curso TCC dos cursos de Graduação da Universidade do Estado de Mato Grosso UNEMAT. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DOS COLEGIADOS DE CURSOS DE GRADUAÇÃO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE SETE LAGOAS UNIFEMM

REGIMENTO INTERNO DOS COLEGIADOS DE CURSOS DE GRADUAÇÃO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE SETE LAGOAS UNIFEMM REGIMENTO INTERNO DOS COLEGIADOS DE CURSOS DE GRADUAÇÃO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE SETE LAGOAS UNIFEMM Sete Lagoas, 2010 2 REGIMENTO INTERNO DOS COLEGIADOS DE CURSOS DE GRADUAÇÃO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO

Leia mais

Portaria nº 962/2011 Florianópolis, 11 de julho de 2011.

Portaria nº 962/2011 Florianópolis, 11 de julho de 2011. Portaria nº 962/2011 Florianópolis, 11 de julho de 2011. O Reitor pro tempore do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela

Leia mais

Boletim de Serviço Edição nº 11 - EXTRAORDINÁRIO

Boletim de Serviço Edição nº 11 - EXTRAORDINÁRIO PRESIDENTE DA REPÚBLICA DILMA ROUSSEFF Boletim de serviço - PROPA MINISTRO DA EDUCAÇÃO RENATO JANINE RIBEIRO REITOR NAOMAR MONTEIRO DE ALMEIDA FILHO VICE-REITORA JOANA ANGÉLICA GUIMARÂES PRÓ-REITOR DE

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO IMOBILIÁRIO

REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO IMOBILIÁRIO REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO IMOBILIÁRIO Cabedelo - PB Página 1 de 9 FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DA PARAÍBA - FESP, PESQUISA E EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

PRESIDENTE DA REPÚBLICA Dilma Vana Rousseff. MINISTRO DA EDUCAÇÃO Aloizio Mercadante

PRESIDENTE DA REPÚBLICA Dilma Vana Rousseff. MINISTRO DA EDUCAÇÃO Aloizio Mercadante PRESIDENTE DA REPÚBLICA Dilma Vana Rousseff MINISTRO DA EDUCAÇÃO Aloizio Mercadante SECRETÁRIO EXECUTIVO DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO José Henrique Paim Fernandes SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA

Leia mais

ATO Nº 382/2011. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

ATO Nº 382/2011. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, ATO Nº 382/2011 Dispõe sobre a concessão de férias no âmbito do Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região e dá outras providências. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de

Leia mais

ORIENTAÇÕES SOBRE PROGRAMAÇÃO DE FÉRIAS NO ÂMBITO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

ORIENTAÇÕES SOBRE PROGRAMAÇÃO DE FÉRIAS NO ÂMBITO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA ORIENTAÇÕES SOBRE PROGRAMAÇÃO DE FÉRIAS NO ÂMBITO DA 1-OBJETIVO Estabelecer critérios e uniformizar os procedimentos relativos à programação de férias, garantindo o funcionamento adequado das atividades

Leia mais

REGULAMENTO DOS COLEGIADOS DOS CURSOS SUPERIORES DO IF BAIANO CAMPUS SANTA INÊS

REGULAMENTO DOS COLEGIADOS DOS CURSOS SUPERIORES DO IF BAIANO CAMPUS SANTA INÊS REGULAMENTO DOS COLEGIADOS DOS CURSOS SUPERIORES DO IF BAIANO CAMPUS SANTA INÊS Aprovado pelo Colegiado do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas em 26/03/2014. Aprovado pelo Colegiado do Curso de

Leia mais

64 São Paulo, 124 (238) Diário Oficial Poder Executivo - Seção I quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

64 São Paulo, 124 (238) Diário Oficial Poder Executivo - Seção I quarta-feira, 17 de dezembro de 2014 64 São Paulo, 124 (238) Diário Oficial Poder Executivo - Seção I quarta-feira, 17 de dezembro de 2014 quarta-feira, 17 de dezembro de 2014 Diário Oficial Poder Executivo - Seção I São Paulo, 124 (238)

Leia mais

SENAC/DF - SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL

SENAC/DF - SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL CAMPANHA SALARIAL - 2014/2015 ELENCO DE REIVINDICAÇÃO DOS TRABALHADORES DO SENAC-SERVICO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COM COMERCIAL-ADMINISTRACAO REGIONAL DO DF O SINDICATO DOS EMPREGADOS EM ENTIDADES DE ASSISTÊNCIA

Leia mais

RESOLUÇÃO FADISA N.º 005/2008 CONSELHO SUPERIOR DA FACULDADE DE DIREITO SANTO AGOSTINHO FADISA

RESOLUÇÃO FADISA N.º 005/2008 CONSELHO SUPERIOR DA FACULDADE DE DIREITO SANTO AGOSTINHO FADISA RESOLUÇÃO FADISA N.º 005/2008 CONSELHO SUPERIOR DA FACULDADE DE DIREITO SANTO AGOSTINHO FADISA O Presidente do CONSELHO SUPERIOR DA FACULDADE DE DIREITO SANTO AGOSTINHO - FADISA, Professor Ms. ANTÔNIO

Leia mais

1. REGULAMENTO DO PROGRAMA PÓS-GRADUAÇÃO EM TECNOLOGIAS E INOVAÇÕES AMBIENTAIS MODALIDADE MESTRADO PROFISSIONAL

1. REGULAMENTO DO PROGRAMA PÓS-GRADUAÇÃO EM TECNOLOGIAS E INOVAÇÕES AMBIENTAIS MODALIDADE MESTRADO PROFISSIONAL 1. REGULAMENTO DO PROGRAMA PÓS-GRADUAÇÃO EM TECNOLOGIAS E INOVAÇÕES AMBIENTAIS MODALIDADE MESTRADO PROFISSIONAL O Programa de Pós-Graduação em Tecnologias e Inovações Ambientais modalidade mestrado profissional

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA UNIVERSIDADE BRAZ CUBAS TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA UNIVERSIDADE BRAZ CUBAS TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA UNIVERSIDADE BRAZ CUBAS TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Os Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da Universidade Braz Cubas oferecidos nas

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais Pró-Reitoria de Recursos Humanos Departamento de Administração de Pessoal

Universidade Federal de Minas Gerais Pró-Reitoria de Recursos Humanos Departamento de Administração de Pessoal FÉRIAS Cód.: FER Nº: 55 Versão: 10 Data: 05/12/2014 DEFINIÇÃO Período de descanso remunerado com duração prevista em lei. REQUISITOS BÁSICOS 1. Servidor efetivo: - Possuir 12 (doze) meses de efetivo exercício

Leia mais

MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO FEDERAL E REFORMA DO ESTADO SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS PORTARIA NORMATIVA SRH Nº 2, DE 14 DE OUTUBRO DE 1998

MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO FEDERAL E REFORMA DO ESTADO SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS PORTARIA NORMATIVA SRH Nº 2, DE 14 DE OUTUBRO DE 1998 MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO FEDERAL E REFORMA DO ESTADO SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS PORTARIA NORMATIVA SRH Nº 2, DE 14 DE OUTUBRO DE 1998 Dispõe sobre as regras e procedimentos a serem adotados pelos

Leia mais

Professor Rodrigo Marques de Oliveira Presidente do Conselho Acadêmico do IFMG - Campus Governador Valadares

Professor Rodrigo Marques de Oliveira Presidente do Conselho Acadêmico do IFMG - Campus Governador Valadares SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS GOVERNADOR VALADARES - CONSELHO ACADÊMICO Av. Minas Gerais, 5.189 - Bairro Ouro

Leia mais

APROVAR as normas para concessão de afastamento para pós-graduação aos servidores do IF-SC. CAPÍTULO I DOS TIPOS DE PÓS-GRADUAÇÃO

APROVAR as normas para concessão de afastamento para pós-graduação aos servidores do IF-SC. CAPÍTULO I DOS TIPOS DE PÓS-GRADUAÇÃO RESOLUÇÃO N o 019/2012/CDP Florianópolis, 03 de maio de 2012. A PRESIDENTE DO DO INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA, no uso das atribuições que lhe foram conferidas pelo Regimento Geral do IF-SC e pelo

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MUNIZ FREIRE - ES

PREFEITURA MUNICIPAL DE MUNIZ FREIRE - ES DECRETO Nº 6.106/2013 REGULAMENTA AS LICENÇAS PARA TRATAMENTO DE SAÚDE, DE QUE TRATAM OS ARTS. 80, I; 82 A 100, DA LEI MUNICIPAL Nº 1.132, DE 02 DE JULHO DE 1990 (ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO

Leia mais

Regimento da Atividade de Embarque do Curso de Oceanografia da UFSC Aprovado no Colegiado do Curso de Oceanografia em 24/ 04/ 2014

Regimento da Atividade de Embarque do Curso de Oceanografia da UFSC Aprovado no Colegiado do Curso de Oceanografia em 24/ 04/ 2014 Regimento da Atividade de Embarque do Curso de Oceanografia da UFSC Aprovado no Colegiado do Curso de Oceanografia em 24/ 04/ 2014 TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º As Atividades de Embarque,

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DA PÓS-GRADUAÇÃO (cursos stricto sensu)

REGULAMENTO GERAL DA PÓS-GRADUAÇÃO (cursos stricto sensu) REGULAMENTO GERAL DA PÓS-GRADUAÇÃO (cursos stricto sensu) Título I INTRODUÇÃO GERAL Art. 1 O presente Regulamento se constitui, em conjunção com o Estatuto e o Regimento Geral da Universidade Federal do

Leia mais

DECRETO JUDICIÁRIO Nº 135/2009

DECRETO JUDICIÁRIO Nº 135/2009 DECRETO JUDICIÁRIO Nº 135/2009 Dispõe sobre o registro e controle da freqüência dos servidores do Poder Judiciário. PUBLICADO NO DIÁRIO DO PODER JUDICIÁRIO NO DIA 24 DE AGOSTO DE 2009. A PRESIDENTE DO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA COMISSÃO SUPERIOR DE ENSINO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA COMISSÃO SUPERIOR DE ENSINO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA COMISSÃO SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO COSUEN N 015 DE 26 DE NOVEMBRO DE 2015 Revoga e substitui, ad referendum, a Resolução CONSUN

Leia mais

BOLETIM DE SERVIÇO Nº 01/2014 28 de fevereiro de 2014

BOLETIM DE SERVIÇO Nº 01/2014 28 de fevereiro de 2014 BOLETIM DE SERVIÇO Nº 01/2014 28 de fevereiro de 2014 CÂMPUS SÃO JOÃO DEL-REI Rua Américo Davim Filho, s/nº - Bairro Vila São Paulo CEP: 36.301-358 São João del-rei MG BOLETIM DE SERVIÇO Nº. 01/2014 28/02/2014

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS Rua Ciomara Amaral de Paula, 167 Medicina CEP: 37.550-00

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB) CONSELHO UNIVERSITÁRIO (CONSU)

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB) CONSELHO UNIVERSITÁRIO (CONSU) UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB) CONSELHO UNIVERSITÁRIO (CONSU) RESOLUÇÃO N.º 700/2009 Publicada no D.O.E. de 07-07-2009, p.16 Altera a Resolução nº 507/07 CONSU, que aprova o Regulamento de Monitorias

Leia mais

Sebastião Rildo Fernandes Diniz Presidente do Conselho Diretor

Sebastião Rildo Fernandes Diniz Presidente do Conselho Diretor SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO Nº 13 DO CONSELHO DIRETOR DE 05 DE OUTUBRO DE 2005. O Presidente do Conselho Diretor do Centro Federal de Educação Tecnológica de Petrolina, no

Leia mais

NORMA PROCEDIMENTAL PROGRAMAÇÃO, REPROGRAMAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO DE FÉRIAS. Servidores docentes e técnico-administrativos da UFTM.

NORMA PROCEDIMENTAL PROGRAMAÇÃO, REPROGRAMAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO DE FÉRIAS. Servidores docentes e técnico-administrativos da UFTM. 50.05.009 1/7 1. FINALIDADE Regulamentar os procedimentos relacionados à programação, reprogramação e homologação de férias dos servidores da UFTM. 2. ÂMBITO DE APLICAÇÃO Servidores docentes e técnico-administrativos

Leia mais

CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS

CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO NÃO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA FACULDADE ARTHUR THOMAS CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS Art. 1º. O presente Regulamento estabelece as políticas

Leia mais

CAPÍTULO I DO AFASTAMENTO DE SERVIDORES DOCENTES E TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS

CAPÍTULO I DO AFASTAMENTO DE SERVIDORES DOCENTES E TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS RESOLUÇÃO Nº. 27 - CONSUP/IFAM, de 06 de outubro de 2011. Dispõe sobre a Proposta que Regulamenta o Afastamento dos Servidores Docentes e Técnico-Administrativos do IFAM, para cursos de curta duração,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 3.736, DE 15 DE SETEMBRO DE 2011

RESOLUÇÃO Nº 3.736, DE 15 DE SETEMBRO DE 2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO RESOLUÇÃO Nº 3.736, DE 15 DE SETEMBRO DE 2011 Dispõe sobre o afastamento do país e concessão de passagens para servidores da UNIRIO. O Conselho de

Leia mais

P refeitu ra d o M u n icíp io d e L o n d rin a E stad o d o P araná

P refeitu ra d o M u n icíp io d e L o n d rin a E stad o d o P araná P refeitu ra d o M u n icíp io d e L o n d rin a E stad o d o P araná DECRETO N 526 DE 30 DE MAIO DE 2011 SÚMULA: Dispõe sobre a concessão de licença para tratamento de saúde do servidor e para o acompanhamento

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA 03/2015/SMEC

INSTRUÇÃO NORMATIVA 03/2015/SMEC INSTRUÇÃO NORMATIVA 03/2015/SMEC Dispõe sobre o processo anual de atribuição de classes e ou aulas ao pessoal docente pertencentes ao quadro efetivo e com contrato temporário nas Unidades Escolares da

Leia mais

RESOLUÇÃO N. 128/2013/TCE-RO

RESOLUÇÃO N. 128/2013/TCE-RO RESOLUÇÃO N. 128/2013/TCE-RO Dispõe sobre a concessão de folgas compensatórias e o gozo de Licença-Prêmio por Assiduidade dos servidores do Tribunal de Contas do Estado de Rondônia. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DO MARAJÓ BREVES FACULDADE DE MATEMÁTICA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DO MARAJÓ BREVES FACULDADE DE MATEMÁTICA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DO MARAJÓ BREVES FACULDADE DE MATEMÁTICA REGIMENTO INTERNO DA FACULDADE DE MATEMÁTICA, CAMPUS UNIVERSITÁRIO DO MARAJÓ BREVES, UFPA.

Leia mais

prorrogação Reitoria Março / 2011

prorrogação Reitoria Março / 2011 prorrogação Reitoria Março / 2011 GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL DE MINAS GERAIS PRESIDENTE

Leia mais

CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO BOLETIM INTERNO N o 29

CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO BOLETIM INTERNO N o 29 CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO BOLETIM INTERNO N o 29 Brasília-DF, 18 de julho de 2014 - Para conhecimento e devida execução, publica-se o seguinte: ASSUNTOS GERAIS E ADMINISTRATIVOS CONTROLADORIA-GERAL

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 04, DE 20 DE OUTUBRO DE 2014.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 04, DE 20 DE OUTUBRO DE 2014. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 04, DE 20 DE OUTUBRO DE 2014. Estabelece orientações acerca do registro eletrônico de frequência dos servidores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande

Leia mais

o Conselho Universitário - CONSU, conforme o

o Conselho Universitário - CONSU, conforme o CENTRO UNIVERSITARlO EURÍPIDES DE MARÍLIA - UNIVEM Mantido pela Fundação de Ensino Euripides Soares da Rocha Internet: \\www.univem.edu.br - e-mail: fundação@univem.edu.br RESOLUÇÃO DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO

Leia mais

Perguntas frequentes:

Perguntas frequentes: Perguntas frequentes: O equipamento é regulado para bater ponto só às 7 ou às 8 horas, nos horários tradicionais? Não, você pode bater o ponto em qualquer horário tendo como norte os horários institucionais.

Leia mais

Art. 2 Revogadas as disposições em contrário, a presente Resolução passa a vigorar a partir de 12 de abril de 1996.

Art. 2 Revogadas as disposições em contrário, a presente Resolução passa a vigorar a partir de 12 de abril de 1996. RESOLUÇÃO N 008, DE 17 DE ABRIL DE 1996, DO DIRETOR DA FMTM. Fixa diretrizes e normas para os Cursos da Central de Idiomas Modernos - CIM. O DIRETOR DA FACULDADE DE MEDICINA DO TRIÂNGULO MINEIRO, no uso

Leia mais

RESOLUÇÃO CAS Nº. 25, DE 6 DE AGOSTO DE 2009.

RESOLUÇÃO CAS Nº. 25, DE 6 DE AGOSTO DE 2009. RESOLUÇÃO CAS Nº. 25, DE 6 DE AGOSTO DE 2009. Regulamenta o processo de dependência e atendimento especial e dá outras providências. O PRESIDENTE DO CONSELHO ACADÊMICO SUPERIOR DO CENTRO UNIVERSITÁRIO

Leia mais

(CONFORME LEI Nº 4.965, DE 5 DE MAIO DE 1966)

(CONFORME LEI Nº 4.965, DE 5 DE MAIO DE 1966) BOLETIM DE SERVIÇO (CONFORME LEI Nº 4.965, DE 5 DE MAIO DE 1966) Nº. 02/2010 28 de FEVEREIRO de 2010. Ministério da Educação GOVERNO FEDERAL PRESIDENTE DA REPÚBLICA LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA MINISTRO DA

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS REITORIA PORTARIA Nº 1.254, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2014.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS REITORIA PORTARIA Nº 1.254, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2014. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS REITORIA PORTARIA Nº 1.254, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2014. Dispõe sobre o sistema de registro eletrônico de ponto e o controle de frequência dos servidores

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO IF BAIANO,

REGULAMENTO INTERNO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO IF BAIANO, REGULAMENTO INTERNO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO IF BAIANO, Campus SENHOR DO BONFIM LICENCIATURA EM CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO LICENCIATURA EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS (Aprovado em reunião

Leia mais

GOVERNO FEDERAL COMISSÃO INTERNA DE SUPERVISÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS

GOVERNO FEDERAL COMISSÃO INTERNA DE SUPERVISÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS GOVERNO FEDERAL COMISSÃO INTERNA DE SUPERVISÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS 2011 GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL

Leia mais

REGULAMENTO/DIGEP Nº 003, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014. considerando o Decreto nº 7.003/2009, de 9 de novembro de 2009;

REGULAMENTO/DIGEP Nº 003, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014. considerando o Decreto nº 7.003/2009, de 9 de novembro de 2009; REGULAMENTO/DIGEP Nº 003, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014. Estabelece orientações sobre a LICENÇA PARA TRATAMENTO DE SAÚDE E RESSARCIMENTO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE SUPLEMENTAR dos servidores do Instituto Federal

Leia mais

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 84, DE 23 DE JULHO DE

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 84, DE 23 DE JULHO DE O Diretor Geral do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão Campus São Luís Centro Histórico, no uso de suas atribuições, torna público que estarão abertas no período de 24/07/2014

Leia mais

EDITAL 2º PROCESSO SELETIVO UNIFEG 2015 CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL GUAXUPÉ UNIFEG

EDITAL 2º PROCESSO SELETIVO UNIFEG 2015 CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL GUAXUPÉ UNIFEG EDITAL 2º PROCESSO SELETIVO UNIFEG 2015 CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL GUAXUPÉ UNIFEG Em conformidade com o disposto no Inciso II do Artigo 44 da Lei 9.394 de 20/12/1996, Portaria nº 391

Leia mais

Parágrafo único - Exige-se que os candidatos mencionados nos incisos I e II tenham sido aprovados em alguma disciplina na IES de origem.

Parágrafo único - Exige-se que os candidatos mencionados nos incisos I e II tenham sido aprovados em alguma disciplina na IES de origem. RESOLUÇÃO GR 44, de 7-8-2013 Dispõe sobre normas para o Processo Seletivo Aberto a Graduados ou Alunos Regularmente Matriculados em Instituições de Ensino Superior (Processo Seletivo para as Vagas Remanescentes

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA UNILA RESOLUÇÃO N 003/2013 DE 10 DE SETEMBRO DE 2013

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA UNILA RESOLUÇÃO N 003/2013 DE 10 DE SETEMBRO DE 2013 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA UNILA RESOLUÇÃO N 003/2013 DE 10 DE SETEMBRO DE 2013 Institui e regulamenta o Estágio Supervisionado, nos Cursos de Graduação

Leia mais

REGULAMENTO DA FLEXIBILIZAÇÃO DA JORNADA DE TRABALHO DOS SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL GOIANO

REGULAMENTO DA FLEXIBILIZAÇÃO DA JORNADA DE TRABALHO DOS SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL GOIANO REGULAMENTO DA FLEXIBILIZAÇÃO DA JORNADA DE TRABALHO DOS SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL GOIANO CAPÍTULO I DA APRESENTAÇÃO Art. 1 º. O presente regulamento visa disciplinar

Leia mais

PORTARIA Nº 2.113, DE 09 DE NOVEMBRO DE 2010

PORTARIA Nº 2.113, DE 09 DE NOVEMBRO DE 2010 PORTARIA Nº 2.113, DE 09 DE NOVEMBRO DE 2010 O REITOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO, no uso de suas atribuições legais e, CONSIDERANDO o disposto no Decreto nº 7003,

Leia mais

Parágrafo único - Exige-se que os candidatos mencionados nos incisos I e II tenham sido aprovados em alguma disciplina na IES de origem.

Parágrafo único - Exige-se que os candidatos mencionados nos incisos I e II tenham sido aprovados em alguma disciplina na IES de origem. RESOLUÇÃO GR 27/2014 Dispõe sobre normas para o Processo Seletivo Aberto a Graduados ou Alunos Regularmente Matriculados em Instituições de Ensino Superior (Processo Seletivo para as Vagas Remanescentes

Leia mais

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS Técnico de Multimédia 10 H 7536 Alberto Filipe Cardoso Pinto 7566 Ana Isabel Lomar Antunes 7567 Andreia Carine Ferreira Quintela 7537 Bruno Manuel Martins Castro 7538 Bruno Miguel Ferreira Bogas 5859 Bruno

Leia mais