FACULDADES ALVES FARIA - ALFA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FACULDADES ALVES FARIA - ALFA"

Transcrição

1 FACULDADES ALVES FARIA - ALFA CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E MERCADOLÓGICAS CDL/ALFA PESQUISA : ENDIVIDAMENTO DO CONSUMIDOR GOIANIENSE GOIÂNIA 2013

2 1. INTRODUÇÃO. Este trabalho apresenta os resultados da pesquisa social aplicada, baseada em questionários, sobre Endividamento do Consumidor Goianiense Realizada pelo Centro de Pesquisas Econômicas e Mercadológicas CDL/ALFA, entre os dias 22 a 26 de Fevereiro de A pesquisa teve como objetivo mensurar o grau de endividamento dos consumidores goianos. Foram utilizados os seguintes critérios: Foram realizadas 477 entrevistas em diversos locais da grande Goiânia, dentre eles se destacam corredores de grandes circulação e shopping. A pesquisa colheu informações sócio-econômicas, utilização de crédito, pagamento, consumo e avalista. Na seção sócio-econômica os entrevistados responderam as seguintes questões: Sexo 1? Qual é a sua faixa etária? Qual o seu estado civil? Qual a sua escolaridade? Qual a renda mensal de sua família? Você trabalha? Se a resposta for SIM. A quanto tempo? De posse dessas informações, os pesquisadores puderam identificar o perfil sócio econômico dos consumidores goianos. 1 Essa pergunta não foi feita diretamente ao entrevistado, e sim, respondida pelo entrevistador através dos traços físicos do entrevistado.

3 Na seção CRÉDITO os entrevistados responderam as seguintes questões: Com quais destes instrumentos financeiros você trabalha? Caso utilize alguns dos instrumentos financeiros acima. Qual o valor limite somando todos? Com que freqüência você utiliza seus cartões de Crédito? Quais os critérios utilizados por você na hora da compra? Você costuma usar o limite de seu cheque especial frequentemente? Você complementa seu salário mensal com os limites do cheque especial ou do cartão de crédito? Consegue fazer poupança? De posse dessas informações, os pesquisadores puderam identificar com quais instrumentos financeiros o goianiense costuma utilizar para consumo. Na seção Pagamento os entrevistados responderam as seguintes questões: Qual a forma de pagamento você mais utiliza na hora das compras? Você costuma liquidar todas as suas contas dentro do mês vigente? Você costuma pagar as parcelas de seu cartão de crédito integralmente? De posse dessas informações, os pesquisadores puderam identificar quais os meios os goianiense utilizam para liquidar as suas dividas. Na seção Consumo os entrevistados responderam as seguintes questões: Você se considera um consumidor compulsivo? Costuma consumir mais do que ganha?

4 Na seção Avalista os entrevistados responderam as seguintes questões: Você já foi avalista de alguém? Se a resposta anterior for "SIM". Você teve algum tipo de problema. Qual? Você faz algum tipo de planejamento familiar? De posse destas informações os pesquisadores puderam identificar quais os prováveis problemas em avaliza alguém..

5 2. METODOLOGIA. A pesquisa realizada seguiu os critérios teóricos e práticos de uma pesquisa social aplicada baseada em questionários realizados pessoalmente, onde o entrevistado é questionado diretamente pelo entrevistador. Como população útil para essa pesquisa, foi considerada todas as pessoas de ambos os sexos com faixa etária de 15 anos a acima de 50 anos de idade. A amostra foi selecionada seguindo o critério da conveniência, onde o entrevistador escolhe o entrevistado de forma aleatória. Foram aplicados 477 questionários, segundo a teoria da amostragem, populações acima de cem mil elementos são consideradas grandes populações, como é o caso do número de consumidores na cidade de Goiânia. A amostra mínima com um nível de significância de 95% e com margem de erro de 5% seria de aproximadamente 378 questionários. Os entrevistadores foram recrutados e selecionados dentro dos quadros discentes das Faculdades Alves Faria nos cursos de Ciências Econômicas, Administração de empresas e Turismo, e receberam treinamento especifico para esse trabalho. Foi realizada uma pesquisa piloto nos limites das Faculdades Alves Faria, com aplicação de 100 questionários, para servir como refinamento do questionário e treinamento dos entrevistadores e os resultados obtidos na pesquisa piloto foram corroborados pelos resultados da pesquisa definitiva. A equipe técnica responsável pela pesquisa é formada por professores da ALFA, Coordenados pelo Profº MS.Aurélio Troncoso.

6 3. CONSTATAÇÕES DA PESQUISA. A população pesquisada apresentou as seguintes distribuições sócioeconômicas: a. DISTRIBUIÇÕES SÓCIO-ECONÔMICAS. Sexo 2? SEXO 2013 Masculino 52,6% Feminino 47,4% Qual é a sua faixa etária? 2013 De 15 a 20 anos 17,0% De 21 a 25 anos 24,5% De 26 a 30 anos 18,9% De 31 a 35 anos 14,0% De 36 a 40 anos 6,1% De 41 a 45 anos 5,7% De 46 a 50 anos 7,5% Acima de 50 anos 6,3% 2 Essa pergunta não foi feita diretamente ao entrevistado, e sim, respondida pelo entrevistador através dos traços físicos do entrevistado.

7 Qual o seu estado civil? ESTADO CIVIL 2013 Casado(a) 39,0% Solteiro(a) 49,7% Divorciado(a) 7,3% Viúvo(a) 1,3% Outros 2,7% Qual a sua escolaridade? ESCOLARIDADE 2013 Sem estudo 0,8% Ensino fundamental 16,6% Ensino médio 68,1% Graduado 13,2% Pós graduado 1,3% Qual a renda mensal de sua família? RENDA FAMILIAR 2013 Menos de R$ 622,00 ( 1SM) 8,6% De R$ 622,00 a R$ 1.244,00 (2SM) 31,4% De R$ 1.244,00 a R$ 1.866,00 (3SM) 16,8% De R$ 1.866,00 a R$ 2.488,00 (4SM) 16,4% De R$ 2.488,00 a R$ 3.100,00 (5SM) 13,0% De R$ 3.100,00 a R$ 3.732,00 (6SM) 5,0% De R$ 3.732,00 a R$ 4.354,00 (7SM) 3,1% De R$ 4.354,00 a R$ 4.976,00 ( 8SM) 1,5% De R$ 4.976,00 a R$ 5.598,00 (9SM) 1,5% Acima de 5.598,00 2,7%

8 Você trabalha? TRABALHO 2013 Sim 89,7% Não 10,3% Se a resposta for SIM. A quanto tempo? QUANTO TEMPO TRABALHA 2013 Não resposta 10,3% Menos de 1 ano 11,7% Mais de 1 ano 11,7% Mais de 3 anos 10,1% Mais de 5 anos 14,9% Mais de 7 anos 9,4% Mais de 10 anos 7,5% Mais de 12 anos 5,2% Mais de 15 anos 3,8% Mais de 16 anos 2,1% Mais de 18 anos 2,9% Mais de 20 anos 2,5% Mais de 23 anos 1,7% Acima de 25 anos 6,1%

9 b. DISTRIBUIÇÃO CRÉDITO. Com quais destes instrumentos financeiros você trabalha? INSTRUMENTOS FINANCEIROS Cartão de crédito 35,4% Não tenho nenhum destes 21,7% Cartão de lojas 16,3% Cheque especial 11,7% Cartão de supermercado 5,2% Cheque normal 3,9% Cartão de plano de saúde 3,4% Cartão salário 1,6% Cartão de financeira de crédito (empréstimo) 0,8% Caso utilize alguns dos instrumentos financeiros acima. Qual o valor limite somando todos? VALOR LIMITE DO CARTÃO 2013 Não ultilizo 34,8% De R$ 622,00 a R$ 1.244,00 (2SM) 21,6% Menos de R$ 622,00 ( 1SM) 13,6% De R$ 1.244,00 a R$ 1.866,00 (3SM) 10,5% De R$ 1.866,00 a R$ 2.488,00 (4SM) 6,9% Acima de 5.598,00 4,0% De R$ 2.488,00 a R$ 3.100,00 (5SM) 3,4% De R$ 3.732,00 a R$ 4.354,00 (7SM) 1,9% De R$ 3.100,00 a R$ 3.732,00 (6SM) 1,5% De R$ 4.354,00 a R$ 4.976,00 ( 8SM) 1,0% De R$ 4.976,00 a R$ 5.598,00 (9SM) 0,8%

10 Com que freqüência você utiliza seus cartões de Crédito? FREQUÊNCIA - UTILIZAÇÃO CARTÃO DE CRÉDITO 2013 Com pouca frequência 47,3% Com frequência 31,8% Com muita frequência 20,9% FONTE: CEPEM CDL/ ALFA-2013 Quais os critérios utilizados por você na hora da compra? CRITÉRIOS UTILIZADOS NA HORA DE COMPRAR 2013 Compro a vista 27,2% Descontos 25,2% Aguardo promoção (liquidação) 21,0% Guardo o dinheiro para comprar a vista 10,1% Outros 8,7% Parcelamento a perder de vista 7,9% Você costuma usar o limite de seu cheque especial freqüentemente? USO DO LIMITE DO CHEQUE ESPECIAL 2013 Quase sempre 24,2% Sempre 13,4% Nunca 62,4% FONTE: CEPEM CDL/ ALFA-2013

11 Você complementa seu salário mensal com os limites do cheque especial ou do cartão de crédito? COMPLEMENTO SALARIAL COM O LIMITE/CH.ESPECIAL /CARTÃO 2013 Quase sempre 24,4% Sempre 9,1% Nunca 66,5% Consegue fazer poupança? CONSEGUE FAZER POUPANÇA 2013 Quase sempre 34,8% Sempre 24,3% Nunca 40,9% c. DISTRIBUIÇÃO PAGAMENTO Qual a forma de pagamento você mais utiliza na hora das compras? FORMA DE PAGAMENTO 2013 Á vista no dinheiro 55,4% Cartão parcelado 23,5% Cartão com pagamentos á vista 8,9% Outros 7,6% Cheque cartão pré- datado 3,1% Á vista no cheque 1,1% Cartão convênio (desconto em folha) 0,4% FONTE: CEPEM CDL/ ALFA-2013

12 Você costuma liquidar todas as suas contas dentro do mês vigente? COSTUMA LIQUIDAR DÍVIDAS DENTRO DO MÊS 2013 Quase sempre 30,6% Sempre 57,9% Nunca 11,5% Você costuma pagar as parcelas de seu cartão de crédito integralmente? FAZ PAGAMENTO INTEGRAL DO CARTÃO/CRÉDITO 2013 Quase sempre 34,7% Sempre 59,3% Nunca 6,0% d. DISTRIBUIÇÃO CONSUMO. Você se considera um consumidor compulsivo? SE CONSIDERA CONSUMIDOR COMPULSIVO 2013 Quase sempre 25,6% Sempre 17,4% Nunca 57,0%

13 Costuma consumir mais do que ganha? CONSOME MAIS DO QUE GANHA 2013 Quase sempre 24,7% Sempre 15,5% Nunca 59,7% FONTE: CEPEM CDÇ/ALFA-2013 e. DISTRIBUIÇÃO AVALISTA. Você já foi avalista de alguém? FOI AVALISTA DE ALGUÉM 2013 Sim 35,2% Não 64,8% Se a resposta anterior for "SIM". Você teve algum tipo de problema. Qual? PROBLEMAS POR AVALIZAR ALGUÉM 2013 Nunca tive problemas 27,2% Tive que pagar dívida 23,4% Meu nome ficou sujo 21,7% Fui cobrado várias vezes 8,5% Tive que negociar a dívida 7,7% Fiquei sem crédito no mercado 5,5% Outros 4,3% Fui protestado 1,7%

14 Você faz algum tipo de planejamento familiar? PLANEJAMENTO FAMILIAR 2013 Quase sempre 27,7% Sempre 33,8% Nunca 38,6% CRUZAMENTO DE DADOS

15 A. CRUZAMENTOS RELACIONANDO SEXO COM AS OUTRAS VARIÁVEIS: SEXO De 15 a 20 anos De 21 a 25 anos De 26 a 30 anos De 31 a 35 anos De 36 a 40 anos De 41 a 45 anos De 46 a 50 anos Acima de 50 anos Masculino Feminino 8,4% ( 40) 8,6% ( 41) 17,0% ( 81) 13,6% ( 65) 10,9% ( 52) 24,5% (117) 10,7% ( 51) 8,2% ( 39) 18,9% ( 90) 6,3% ( 30) 7,8% ( 37) 14,0% ( 67) 3,4% ( 16) 2,7% ( 13) 6,1% ( 29) 3,6% ( 17) 2,1% ( 10) 5,7% ( 27) 4,0% ( 19) 3,6% ( 17) 7,5% ( 36) 2,7% ( 13) 3,6% ( 17) 6,3% ( 30) 52,6% (251) 47,4% (226) 100% (477) SEXO VALOR LIMITE Menos de R$ 622,00 ( 1SM) De R$ 622,00 a R$ 1.244,00 (2SM) De R$ 1.244,00 a R$ 1.866,00 (3SM) De R$ 1.866,00 a R$ 2.488,00 (4SM) De R$ 2.488,00 a R$ 3.100,00 (5SM) De R$ 3.100,00 a R$ 3.732,00 (6SM) De R$ 3.732,00 a R$ 4.354,00 (7SM) De R$ 4.354,00 a R$ 4.976,00 ( 8SM) De R$ 4.976,00 a R$ 5.598,00 (9SM) Acima de 5.598,00 Não ultilizo Masculino Feminino 5,2% ( 25) 8,4% ( 40) 13,6% ( 65) 10,9% ( 52) 10,7% ( 51) 21,6% (103) 4,6% ( 22) 5,9% ( 28) 10,5% ( 50) 3,4% ( 16) 3,6% ( 17) 6,9% ( 33) 2,3% ( 11) 1,0% ( 5) 3,4% ( 16) 0,4% ( 2) 1,0% ( 5) 1,5% ( 7) 0,8% ( 4) 1,0% ( 5) 1,9% ( 9) 0,4% ( 2) 0,6% ( 3) 1,0% ( 5) 0,6% ( 3) 0,2% ( 1) 0,8% ( 4) 3,1% ( 15) 0,8% ( 4) 4,0% ( 19) 20,8% ( 99) 14,0% ( 67) 34,8% (166) 52,6% (251) 47,4% (226) 100% (477) TRABALHO SEXO Masculino Feminino Sim Não 48,6% (232) 4,0% ( 19) 52,6% (251) 41,1% (196) 6,3% ( 30) 47,4% (226) 89,7% (428) 10,3% ( 49) 100% (477)

16 SEXO QUANTO TEMPO TRABALHA Menos de 1 ano Mais de 1 ano Mais de 3 anos Mais de 5 anos Mais de 7 anos Mais de 10 anos Mais de 12 anos Mais de 15 anos Mais de 16 anos Mais de 18 anos Mais de 20 anos Mais de 23 anos Acima de 25 anos Masculino Feminino 6,5% ( 28) 6,5% ( 28) 13,1% ( 56) 6,8% ( 29) 6,3% ( 27) 13,1% ( 56) 6,3% ( 27) 4,9% ( 21) 11,2% ( 48) 8,4% ( 36) 8,2% ( 35) 16,6% ( 71) 4,9% ( 21) 5,6% ( 24) 10,5% ( 45) 5,4% ( 23) 3,0% ( 13) 8,4% ( 36) 2,1% ( 9) 3,7% ( 16) 5,8% ( 25) 2,8% ( 12) 1,4% ( 6) 4,2% ( 18) 1,6% ( 7) 0,7% ( 3) 2,3% ( 10) 1,4% ( 6) 1,9% ( 8) 3,3% ( 14) 2,3% ( 10) 0,5% ( 2) 2,8% ( 12) 1,2% ( 5) 0,7% ( 3) 1,9% ( 8) 4,4% ( 19) 2,3% ( 10) 6,8% ( 29) 54,2% (232) 45,8% (196) 100% (428) SEXO FREQUÊNCIA- UTILIZAÇÃO CARTÃO DE CRÉDITO Com muita frequência Com frequência Com pouca frequência Masculino Feminino 12,9% ( 40) 8,0% ( 25) 20,9% ( 65) 14,1% ( 44) 17,7% ( 55) 31,8% ( 99) 22,2% ( 69) 25,1% ( 78) 47,3% (147) 49,2% (153) 50,8% (158) 100% (311) SEXO CRITÉRIOS UTILIZADOS NA HORA DE COMPRAR Descontos Aguardo promoção (liquidação) Parcelamento a perder de vista Guardo o dinheiro para comprar a vista Compro a vista Outros Masculino Feminino 13,0% ( 98) 12,1% ( 91) 25,2% (189) 9,3% ( 70) 11,7% ( 88) 21,0% (158) 3,9% ( 29) 4,0% ( 30) 7,9% ( 59) 4,3% ( 32) 5,9% ( 44) 10,1% ( 76) 13,2% ( 99) 14,0% (105) 27,2% (204) 3,5% ( 26) 5,2% ( 39) 8,7% ( 65) 47,1% (354) 52,9% (397) 100% (751)

17 SEXO USO DO LIMITE DO CHEQUE ESPECIAL Quase sempre Sempre Nunca Masculino Feminino 11,4% ( 17) 12,8% ( 19) 24,2% ( 36) 8,1% ( 12) 5,4% ( 8) 13,4% ( 20) 30,9% ( 46) 31,5% ( 47) 62,4% ( 93) 50,3% ( 75) 49,7% ( 74) 100% (149) SEXO COMPLEMENTO SALARIAL COM CARTÃO/ LIMITE Quase sempre Sempre Nunca Não tenho Masculino Feminino 6,5% ( 31) 5,9% ( 28) 12,4% ( 59) 2,7% ( 13) 1,9% ( 9) 4,6% ( 22) 17,6% ( 84) 16,1% ( 77) 33,8% (161) 25,8% (123) 23,5% (112) 49,3% (235) 52,6% (251) 47,4% (226) 100% (477) SEXO CONSEGUE FAZER POUPANÇA Quase sempre Sempre Nunca Masculino Feminino 15,9% ( 76) 18,9% ( 90) 34,8% (166) 15,1% ( 72) 9,2% ( 44) 24,3% (116) 21,6% (103) 19,3% ( 92) 40,9% (195) 52,6% (251) 47,4% (226) 100% (477) SEXO FORMA DE PAGAMENTO Á vista no dinheiro Cartão parcelado Cheque cartão pré- datado Á vista no cheque Cartão com pagamentos á vista Cartão convênio (desconto em folha) Outros Masculino Feminino 29,0% (203) 26,3% (184) 55,4% (387) 9,9% ( 69) 13,6% ( 95) 23,5% (164) 1,4% ( 10) 1,7% ( 12) 3,1% ( 22) 0,9% ( 6) 0,3% ( 2) 1,1% ( 8) 4,1% ( 29) 4,7% ( 33) 8,9% ( 62) 0,1% ( 1) 0,3% ( 2) 0,4% ( 3) 2,4% ( 17) 5,2% ( 36) 7,6% ( 53) 47,9% (335) 52,1% (364) 100% (699)

18 SEXO COSTUMA LIQUIDAR DÍVIDAS DENTRO DO MÊS Quase sempre Sempre Nunca Masculino Feminino 14,5% ( 69) 16,1% ( 77) 30,6% (146) 33,1% (158) 24,7% (118) 57,9% (276) 5,0% ( 24) 6,5% ( 31) 11,5% ( 55) 52,6% (251) 47,4% (226) 100% (477) SEXO FAZ PAGAMENTO INTEGRAL DO CARTÃO/CRÉDITO Quase sempre Sempre Nunca Masculino Feminino 15,8% ( 45) 18,9% ( 54) 34,7% ( 99) 33,3% ( 95) 26,0% ( 74) 59,3% (169) 2,1% ( 6) 3,9% ( 11) 6,0% ( 17) 51,2% (146) 48,8% (139) 100% (285) SEXO SE CONSIDERA CONSUMIDOR COMPULSIVO Quase sempre Sempre Nunca Masculino Feminino 10,5% ( 50) 15,1% ( 72) 25,6% (122) 10,1% ( 48) 7,3% ( 35) 17,4% ( 83) 32,1% (153) 24,9% (119) 57,0% (272) 52,6% (251) 47,4% (226) 100% (477) SEXO CONSOME MAIS DO QUE GANHA Quase sempre Sempre Nunca Masculino Feminino 10,7% ( 51) 14,0% ( 67) 24,7% (118) 9,6% ( 46) 5,9% ( 28) 15,5% ( 74) 32,3% (154) 27,5% (131) 59,7% (285) 52,6% (251) 47,4% (226) 100% (477)

19 SEXO FOI AVALISTA DE ALGUÉM Sim Não Masculino Feminino 18,7% ( 89) 16,6% ( 79) 35,2% (168) 34,0% (162) 30,8% (147) 64,8% (309) 52,6% (251) 47,4% (226) 100% (477) SEXO PROBLEMAS POR AVALIZAR ALGUÉM - QUAL Meu nome ficou sujo Tive que pagar dívida Fiquei sem crédito no mercado Fui cobrado várias vezes Tive que negociar a dívida Fui protestado Nunca tive problemas Outros Masculino Feminino 10,6% ( 25) 11,1% ( 26) 21,7% ( 51) 14,5% ( 34) 8,9% ( 21) 23,4% ( 55) 2,1% ( 5) 3,4% ( 8) 5,5% ( 13) 4,3% ( 10) 4,3% ( 10) 8,5% ( 20) 2,6% ( 6) 5,1% ( 12) 7,7% ( 18) 0,9% ( 2) 0,9% ( 2) 1,7% ( 4) 13,6% ( 32) 13,6% ( 32) 27,2% ( 64) 1,7% ( 4) 2,6% ( 6) 4,3% ( 10) 50,2% (118) 49,8% (117) 100% (235) SEXO PLANEJAMENTO FAMILIAR Quase sempre Sempre Nunca Masculino Feminino 14,3% ( 68) 13,4% ( 64) 27,7% (132) 18,0% ( 86) 15,7% ( 75) 33,8% (161) 20,3% ( 97) 18,2% ( 87) 38,6% (184) 52,6% (251) 47,4% (226) 100% (477)

20 B. CRUZAMENTO COM OUTRAS VARIÁVEIS De 15 a 20 anos De 21 a 25 anos De 26 a 30 anos De 31 a 35 anos De 36 a 40 anos De 41 a 45 anos De 46 a 50 anosacima de 50 anos INSTRUMENTOS FINANCEIROS Cartão de crédito 5,3% ( 32) 8,8% ( 53) 9,2% ( 55) 8,3% ( 50) 3,3% ( 20) 2,5% ( 15) 4,7% ( 28) 3,0% ( 18) 45,2% (271) Cartão de lojas 1,3% ( 8) 3,5% ( 21) 3,7% ( 22) 4,8% ( 29) 1,8% ( 11) 1,2% ( 7) 2,7% ( 16) 1,8% ( 11) 20,8% (125) Cheque especial 0,3% ( 2) 3,3% ( 20) 3,3% ( 20) 3,2% ( 19) 1,0% ( 6) 1,0% ( 6) 1,7% ( 10) 1,2% ( 7) 15,0% ( 90) Cartão de supermercado 0,2% ( 1) 1,2% ( 7) 2,3% ( 14) 1,2% ( 7) 0,5% ( 3) 0,0% ( 0) 1,3% ( 8) 0,0% ( 0) 6,7% ( 40) Cheque normal 0,5% ( 3) 1,5% ( 9) 1,0% ( 6) 1,0% ( 6) 0,5% ( 3) 0,0% ( 0) 0,3% ( 2) 0,2% ( 1) 5,0% ( 30) Cartão de plano de saúde 0,5% ( 3) 0,7% ( 4) 0,8% ( 5) 0,5% ( 3) 0,7% ( 4) 0,5% ( 3) 0,3% ( 2) 0,3% ( 2) 4,3% ( 26) Cartão salário 0,2% ( 1) 0,5% ( 3) 0,5% ( 3) 0,3% ( 2) 0,0% ( 0) 0,0% ( 0) 0,3% ( 2) 0,2% ( 1) 2,0% ( 12) Cartão de financeira de crédito (empréstimo) 0,0% ( 0) 0,2% ( 1) 0,3% ( 2) 0,2% ( 1) 0,0% ( 0) 0,0% ( 0) 0,3% ( 2) 0,0% ( 0) 1,0% ( 6) 8,3% ( 50) 19,7% (118) 21,2% (127) 19,5% (117) 7,8% ( 47) 5,2% ( 31) 11,7% ( 70) 6,7% ( 40) 100% (600) VALOR LIMITE Menos de R$ 622,00 ( 1SM) De R$ 622,00 a R$ 1.244,00 (2SM) De R$ 1.244,00 a R$ 1.866,00 (3SM) De R$ 1.866,00 a R$ 2.488,00 (4SM) De R$ 2.488,00 a R$ 3.100,00 (5SM) De R$ 3.100,00 a R$ 3.732,00 (6SM) De R$ 3.732,00 a R$ 4.354,00 (7SM) De R$ 4.354,00 a R$ 4.976,00 ( 8SM) De R$ 4.976,00 a R$ 5.598,00 (9SM) Acima de 5.598,00 Não ultilizo De 15 a 20 anos De 21 a 25 anos De 26 a 30 anos De 31 a 35 anos De 36 a 40 anos De 41 a 45 anos De 46 a 50 anos Acima de 50 anos 4,6% 1,9% 2,5% 0,6% 1,0% 1,3% 0,8% 0,8% 13,6% 1,7% 6,3% 4,8% 4,0% 0,6% 1,3% 2,1% 0,8% 21,6% 0,8% 2,1% 2,1% 2,1% 1,3% 0,0% 1,5% 0,6% 10,5% 0,6% 1,3% 1,7% 1,3% 0,6% 0,4% 1,0% 0,0% 6,9% 0,0% 0,2% 0,6% 1,7% 0,4% 0,0% 0,2% 0,2% 3,4% 0,0% 0,0% 0,4% 0,4% 0,0% 0,2% 0,2% 0,2% 1,5% 0,0% 0,2% 0,6% 0,2% 0,2% 0,2% 0,2% 0,2% 1,9% 0,0% 0,2% 0,4% 0,0% 0,0% 0,0% 0,0% 0,4% 1,0% 0,0% 0,2% 0,0% 0,0% 0,2% 0,0% 0,4% 0,0% 0,8% 0,6% 0,6% 0,2% 0,6% 0,4% 0,4% 0,2% 0,8% 4,0% 8,6% 11,5% 5,5% 3,1% 1,3% 1,9% 0,8% 2,1% 34,8% 17,0% 24,5% 18,9% 14,0% 6,1% 5,7% 7,5% 6,3% 100% FREQUÊNCIA- UTILIZAÇÃO CARTÃO DE CRÉDITO De 15 a 20 anos De 21 a 25 anos De 26 a 30 anos De 31 a 35 anos De 36 a 40 anos De 41 a 45 anos De 46 a 50 anos Acima de 50 anos Com muita frequência Com frequência Com pouca frequência 2,6% ( 8) 4,5% ( 14) 5,8% ( 18) 12,9% ( 40) 4,2% ( 13) 6,4% ( 20) 9,3% ( 29) 19,9% ( 62) 4,2% ( 13) 7,1% ( 22) 9,6% ( 30) 20,9% ( 65) 4,5% ( 14) 5,5% ( 17) 6,8% ( 21) 16,7% ( 52) 1,3% ( 4) 1,0% ( 3) 4,8% ( 15) 7,1% ( 22) 1,9% ( 6) 1,6% ( 5) 2,3% ( 7) 5,8% ( 18) 1,9% ( 6) 3,2% ( 10) 5,1% ( 16) 10,3% ( 32) 0,3% ( 1) 2,6% ( 8) 3,5% ( 11) 6,4% ( 20) 20,9% ( 65) 31,8% ( 99) 47,3% (147) 100% (311)

21 CRITÉRIOS UTILIZADOS NA HORA DE COMPRAR De 15 a 20 anos De 21 a 25 anos De 26 a 30 anos De 31 a 35 anos De 36 a 40 anos De 41 a 45 anos De 46 a 50 anos Acima de 50 anos Descontos Aguardo promoção (liquidação) Parcelamento a perder de vista Guardo o dinheiro para comprar a vista Compro a vista Outros 4,0% ( 30) 2,5% ( 19) 1,9% ( 14) 2,1% ( 16) 3,9% ( 29) 1,2% ( 9) 15,6% (117) 6,4% ( 48) 4,9% ( 37) 2,4% ( 18) 1,9% ( 14) 5,3% ( 40) 1,3% ( 10) 22,2% (167) 4,7% ( 35) 3,9% ( 29) 1,2% ( 9) 1,9% ( 14) 5,3% ( 40) 1,7% ( 13) 18,6% (140) 3,6% ( 27) 3,6% ( 27) 0,1% ( 1) 1,5% ( 11) 4,8% ( 36) 2,5% ( 19) 16,1% (121) 2,0% ( 15) 1,2% ( 9) 0,4% ( 3) 0,9% ( 7) 2,0% ( 15) 0,3% ( 2) 6,8% ( 51) 1,1% ( 8) 1,2% ( 9) 0,7% ( 5) 0,4% ( 3) 2,0% ( 15) 0,3% ( 2) 5,6% ( 42) 2,5% ( 19) 2,1% ( 16) 0,7% ( 5) 0,8% ( 6) 2,0% ( 15) 0,9% ( 7) 9,1% ( 68) 0,9% ( 7) 1,6% ( 12) 0,5% ( 4) 0,7% ( 5) 1,9% ( 14) 0,4% ( 3) 6,0% ( 45) 25,2% (189) 21,0% (158) 7,9% ( 59) 10,1% ( 76) 27,2% (204) 8,7% ( 65) 100% (751) USO DO LIMITE DO CHEQUE ESPECIAL De 15 a 20 anos De 21 a 25 anos De 26 a 30 anos De 31 a 35 anos De 36 a 40 anos De 41 a 45 anos De 46 a 50 anos Acima de 50 anos Quase sempre Sempre Nunca 0,0% ( 0) 0,0% ( 0) 4,7% ( 7) 4,7% ( 7) 4,0% ( 6) 0,7% ( 1) 16,1% ( 24) 20,8% ( 31) 9,4% ( 14) 4,7% ( 7) 9,4% ( 14) 23,5% ( 35) 5,4% ( 8) 2,7% ( 4) 12,8% ( 19) 20,8% ( 31) 1,3% ( 2) 0,7% ( 1) 4,0% ( 6) 6,0% ( 9) 0,7% ( 1) 1,3% ( 2) 3,4% ( 5) 5,4% ( 8) 2,0% ( 3) 2,0% ( 3) 9,4% ( 14) 13,4% ( 20) 1,3% ( 2) 1,3% ( 2) 2,7% ( 4) 5,4% ( 8) 24,2% ( 36) 13,4% ( 20) 62,4% ( 93) 100% (149) COMPLEMENTO SALARIAL COM CARTÃO/ LIMITE De 15 a 20 anos De 21 a 25 anos De 26 a 30 anos De 31 a 35 anos De 36 a 40 anos De 41 a 45 anos De 46 a 50 anos Acima de 50 anos Quase sempre Sempre Nunca 1,7% ( 4) 0,8% ( 2) 6,6% ( 16) 9,1% ( 22) 4,1% ( 10) 1,2% ( 3) 16,9% ( 41) 22,3% ( 54) 9,1% ( 22) 1,2% ( 3) 10,7% ( 26) 21,1% ( 51) 5,0% ( 12) 2,1% ( 5) 12,0% ( 29) 19,0% ( 46) 0,8% ( 2) 1,7% ( 4) 4,1% ( 10) 6,6% ( 16) 0,4% ( 1) 1,2% ( 3) 3,7% ( 9) 5,4% ( 13) 2,5% ( 6) 0,8% ( 2) 7,0% ( 17) 10,3% ( 25) 0,8% ( 2) 0,0% ( 0) 5,4% ( 13) 6,2% ( 15) 24,4% ( 59) 9,1% ( 22) 66,5% (161) 100% (242)

22 CONSEGUE FAZER POUPANÇA De 15 a 20 anos De 21 a 25 anos De 26 a 30 anos De 31 a 35 anos De 36 a 40 anos De 41 a 45 anos De 46 a 50 anos Acima de 50 anos Quase sempre Sempre Nunca 6,7% ( 32) 3,1% ( 15) 7,1% ( 34) 17,0% ( 81) 7,1% ( 34) 6,9% ( 33) 10,5% ( 50) 24,5% (117) 6,5% ( 31) 5,2% ( 25) 7,1% ( 34) 18,9% ( 90) 6,1% ( 29) 2,5% ( 12) 5,5% ( 26) 14,0% ( 67) 2,1% ( 10) 1,5% ( 7) 2,5% ( 12) 6,1% ( 29) 1,7% ( 8) 1,3% ( 6) 2,7% ( 13) 5,7% ( 27) 2,3% ( 11) 1,7% ( 8) 3,6% ( 17) 7,5% ( 36) 2,3% ( 11) 2,1% ( 10) 1,9% ( 9) 6,3% ( 30) 34,8% (166) 24,3% (116) 40,9% (195) 100% (477) SE CONSIDERA CONSUMIDOR COMPULSIVO De 15 a 20 anos De 21 a 25 anos De 26 a 30 anos De 31 a 35 anos De 36 a 40 anos De 41 a 45 anos De 46 a 50 anos Acima de 50 anos Quase sempre Sempre Nunca 4,8% ( 23) 5,0% ( 24) 7,1% ( 34) 17,0% ( 81) 7,8% ( 37) 4,2% ( 20) 12,6% ( 60) 24,5% (117) 5,0% ( 24) 3,4% ( 16) 10,5% ( 50) 18,9% ( 90) 3,1% ( 15) 1,7% ( 8) 9,2% ( 44) 14,0% ( 67) 1,3% ( 6) 0,6% ( 3) 4,2% ( 20) 6,1% ( 29) 1,3% ( 6) 1,0% ( 5) 3,4% ( 16) 5,7% ( 27) 1,3% ( 6) 0,8% ( 4) 5,5% ( 26) 7,5% ( 36) 1,0% ( 5) 0,6% ( 3) 4,6% ( 22) 6,3% ( 30) 25,6% (122) 17,4% ( 83) 57,0% (272) 100% (477) CONSOME MAIS DO QUE GANHA De 15 a 20 anos De 21 a 25 anos De 26 a 30 anos De 31 a 35 anos De 36 a 40 anos De 41 a 45 anos De 46 a 50 anos Acima de 50 anos Quase sempre Sempre Nunca 4,8% ( 23) 3,6% ( 17) 8,6% ( 41) 17,0% ( 81) 6,1% ( 29) 5,2% ( 25) 13,2% ( 63) 24,5% (117) 5,2% ( 25) 3,1% ( 15) 10,5% ( 50) 18,9% ( 90) 3,8% ( 18) 1,7% ( 8) 8,6% ( 41) 14,0% ( 67) 1,5% ( 7) 0,4% ( 2) 4,2% ( 20) 6,1% ( 29) 0,6% ( 3) 0,6% ( 3) 4,4% ( 21) 5,7% ( 27) 1,9% ( 9) 0,4% ( 2) 5,2% ( 25) 7,5% ( 36) 0,8% ( 4) 0,4% ( 2) 5,0% ( 24) 6,3% ( 30) 24,7% (118) 15,5% ( 74) 59,7% (285) 100% (477)

23 FOI AVALISTA DE ALGUÉM De 15 a 20 anos De 21 a 25 anos De 26 a 30 anos De 31 a 35 anos De 36 a 40 anos De 41 a 45 anos De 46 a 50 anos Acima de 50 anos Sim Não 2,7% ( 13) 14,3% ( 68) 17,0% ( 81) 6,5% ( 31) 18,0% ( 86) 24,5% (117) 7,5% ( 36) 11,3% ( 54) 18,9% ( 90) 4,4% ( 21) 9,6% ( 46) 14,0% ( 67) 2,9% ( 14) 3,1% ( 15) 6,1% ( 29) 3,1% ( 15) 2,5% ( 12) 5,7% ( 27) 4,2% ( 20) 3,4% ( 16) 7,5% ( 36) 3,8% ( 18) 2,5% ( 12) 6,3% ( 30) 35,2% (168) 64,8% (309) 100% (477) PROBLEMAS POR AVALIZAR ALGUÉM - QUAL Meu nome ficou sujo Tive que pagar dívida Fiquei sem crédito no mercado Fui cobrado várias vezes Tive que negociar a dívida Fui protestado Nunca tive problemas Outros De 15 a 20 anos De 21 a 25 anos De 26 a 30 anos De 31 a 35 anos De 36 a 40 anos De 41 a 45 anos De 46 a 50 anos Acima de 50 anos 1,7% 6,0% 4,3% 2,6% 1,7% 1,7% 3,0% 0,9% 21,7% 0,9% 4,3% 5,1% 3,0% 3,4% 2,1% 2,6% 2,1% 23,4% 0,4% 1,3% 2,1% 0,9% 0,0% 0,0% 0,9% 0,0% 5,5% 0,9% 1,7% 1,7% 0,9% 1,7% 0,0% 0,9% 0,9% 8,5% 0,4% 1,3% 1,3% 1,3% 0,9% 0,0% 0,9% 1,7% 7,7% 0,0% 0,0% 0,0% 0,9% 0,0% 0,0% 0,4% 0,4% 1,7% 2,6% 3,4% 6,4% 3,4% 1,3% 3,4% 3,8% 3,0% 27,2% 0,0% 0,0% 0,4% 0,9% 0,4% 0,4% 1,3% 0,9% 4,3% 6,8% 17,9% 21,3% 13,6% 9,4% 7,7% 13,6% 9,8% 100% PLANEJAMENTO FAMILIAR De 15 a 20 anos De 21 a 25 anos De 26 a 30 anos De 31 a 35 anos De 36 a 40 anos De 41 a 45 anos De 46 a 50 anos Acima de 50 anos Quase sempre Sempre Nunca 3,6% ( 17) 6,9% ( 33) 6,5% ( 31) 17,0% ( 81) 8,0% ( 38) 8,8% ( 42) 7,8% ( 37) 24,5% (117) 5,0% ( 24) 8,0% ( 38) 5,9% ( 28) 18,9% ( 90) 3,8% ( 18) 3,6% ( 17) 6,7% ( 32) 14,0% ( 67) 2,3% ( 11) 1,5% ( 7) 2,3% ( 11) 6,1% ( 29) 1,3% ( 6) 2,1% ( 10) 2,3% ( 11) 5,7% ( 27) 2,1% ( 10) 1,7% ( 8) 3,8% ( 18) 7,5% ( 36) 1,7% ( 8) 1,3% ( 6) 3,4% ( 16) 6,3% ( 30) 27,7% (132) 33,8% (161) 38,6% (184) 100% (477)

24 COSTUMA LIQUIDAR DÍVIDAS DENTRO DO MÊS De 15 a 20 anos De 21 a 25 anos De 26 a 30 anos De 31 a 35 anos De 36 a 40 anos De 41 a 45 anos De 46 a 50 anos Acima de 50 anos Quase sempre Sempre Nunca 5,5% ( 26) 8,8% ( 42) 2,7% ( 13) 17,0% ( 81) 8,8% ( 42) 14,5% ( 69) 1,3% ( 6) 24,5% (117) 5,9% ( 28) 10,1% ( 48) 2,9% ( 14) 18,9% ( 90) 4,6% ( 22) 8,2% ( 39) 1,3% ( 6) 14,0% ( 67) 1,0% ( 5) 4,0% ( 19) 1,0% ( 5) 6,1% ( 29) 1,0% ( 5) 4,2% ( 20) 0,4% ( 2) 5,7% ( 27) 2,1% ( 10) 4,6% ( 22) 0,8% ( 4) 7,5% ( 36) 1,7% ( 8) 3,6% ( 17) 1,0% ( 5) 6,3% ( 30) 30,6% (146) 57,9% (276) 11,5% ( 55) 100% (477) FAZ PAGAMENTO INTEGRAL DO CARTÃO/CRÉDITO De 15 a 20 anos De 21 a 25 anos De 26 a 30 anos De 31 a 35 anos De 36 a 40 anos De 41 a 45 anos De 46 a 50 anos Acima de 50 anos Quase sempre Sempre Nunca 4,2% ( 12) 7,4% ( 21) 0,4% ( 1) 11,9% ( 34) 7,7% ( 22) 12,3% ( 35) 1,4% ( 4) 21,4% ( 61) 8,1% ( 23) 11,9% ( 34) 0,7% ( 2) 20,7% ( 59) 6,7% ( 19) 10,2% ( 29) 0,7% ( 2) 17,5% ( 50) 2,5% ( 7) 4,2% ( 12) 0,4% ( 1) 7,0% ( 20) 1,1% ( 3) 3,9% ( 11) 0,4% ( 1) 5,3% ( 15) 2,1% ( 6) 7,0% ( 20) 1,1% ( 3) 10,2% ( 29) 2,5% ( 7) 2,5% ( 7) 1,1% ( 3) 6,0% ( 17) 34,7% ( 99) 59,3% (169) 6,0% ( 17) 100% (285)

25 Análise do pesquisador Ganhar dinheiro é trabalhoso, gastar dinheiro e prazeroso, só que tem pessoas que costumam gastar mais do que ganham, a pesquisa mostra que 39,2% dos consumidores gastam ou já gastaram mais do que ganham, tanto os homens quanto as mulheres aproximadamente 20% respectivamente gastam mais do ganham (empate técnico em consumo entre os sexos). Quando o assunto e poupar mais de 40% dos entrevistados disseram nunca conseguiram poupar, sendo que dentre aqueles que disseram conseguem fazer poupança então entre 15 a 35 anos. Quando perguntados se conseguem pagar suas dividas dentro do mês 42,1% disseram quase sempre e nunca. Em relação à liquidação do valor integral do cartão de crédito 40,7% dos que disseram ter cartão de crédito informaram que quase sempre e nunca. Ter dinheiro disponível é sempre bom, mas o que uma grande maioria das pessoas se esquece que aquele dinheiro chamado de limite do cartão ou cheque especial se torna muito caro a partir do momento em que você não o liquida na data prevista de vencimento, para muitos consumidores 33,5% dos entrevistados disseram utilizar o limite do cartão de crédito e cheque especial para complementar o salário. Quando o assunto é compra por compulsão 43% disseram ter algum momento que compraram por compulsão sendo que destes 17,4% são totalmente compulsivos. Ser amigo e ser companheiro solidário, mas muitas amizades já acabaram por uma palavra AVALISTA. Os avalistas ou fiadores são figuras conhecidas do cotidiano econômico brasileiro. Mas quem se oferece solidariamente para possibilitar o negócio para algum parente ou amigo pode pôr a perder a sua tranqüilidade. Por quê? De acordo com o CDL Goiânia o avalista é aquele que presta garantia pessoal em favor de alguém em título cambial, obrigando-se solidariamente. O aval é forma específica de garantia cambial, em que o avalista fica obrigado e responsável, pelo pagamento do título, nas mesmas condições do seu avalizado. A obrigação do aval mantém-se mesmo no caso de a obrigação que ele garantiu ser nula por qualquer razão que não seja um vício de forma. Neste sentido a pesquisa mostra que 32% dos entrevistados já foram avalista de alguém 13% disseram que nunca tiveram problemas e 19% disseram que a tranqüilidade realmente acabou. O segredo para quem quer ter suas finanças sobre controle é simples é só gastar menos do que ganha, mas para 36% dos entrevistados esta realidade está muito longe, então por que não começar a fazer um planejamento familiar, é só através de um planejamento bem feito é que

26 você consumidor passará a entender como manter as suas despesas dentro do planejado. Existem três palavrinhas mágicas para controle de consumo: Eu preciso...(só se for algo para o seu trabalho ou para ganhar dinheiro) Eu posso...(só se estiver dentro de seu orçamento planejado) Eu quero...(a fé remove montanhas mas pode deixar para depois) Profº Ms Aurélio Troncoso Coordenador do Centro de Pesquisas Econômicas e Mercadológicas CDL/ALFA (62)

CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E MERCADOLÓGICAS CDL/ALFA INTENÇÃO DE COMPRAS PARA O DIA DOS PAIS DO ANO DE 2011

CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E MERCADOLÓGICAS CDL/ALFA INTENÇÃO DE COMPRAS PARA O DIA DOS PAIS DO ANO DE 2011 CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E MERCADOLÓGICAS CDL/ALFA INTENÇÃO DE COMPRAS PARA O DIA DOS PAIS DO ANO DE 2011 GOIÂNIA 2011 1. INTRODUÇÃO. Este trabalho apresenta os resultados da pesquisa social aplicada,

Leia mais

FACULDADES ALVES FARIA - ALFA

FACULDADES ALVES FARIA - ALFA FACULDADES ALVES FARIA - ALFA CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS ALFA/CDL PESQUISA INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DAS CRIANÇAS 2013 GOIÂNIA 2013 1. INTRODUÇÃO. Este trabalho apresenta os resultados da pesquisa social

Leia mais

CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E MERCADOLÓGICAS SINDILOJAS/ALFA INTENÇÃO DE COMPRAS PARA O DIA DOS PAIS DO ANO DE 2015

CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E MERCADOLÓGICAS SINDILOJAS/ALFA INTENÇÃO DE COMPRAS PARA O DIA DOS PAIS DO ANO DE 2015 CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E MERCADOLÓGICAS SINDILOJAS/ALFA INTENÇÃO DE COMPRAS PARA O DIA DOS PAIS DO ANO DE 2015 GOIÂNIA 2015 1. INTRODUÇÃO. Este trabalho apresenta os resultados da pesquisa social

Leia mais

FACULDADES ALVES FARIA - ALFA

FACULDADES ALVES FARIA - ALFA FACULDADES ALVES FARIA - ALFA CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E MERCADOLÓGICAS CDL/ALFA PESQUISA : ENDIVIDAMENTO DO CONSUMIDOR GOIANIENSE 2014 GOIÂNIA 2014 1. INTRODUÇÃO. Este trabalho apresenta os resultados

Leia mais

Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012

Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012 Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012 METODOLOGIA Plano amostral Público alvo: Consumidores de todas as Capitais do Brasil. Tamanho amostral da Pesquisa: 623 casos, gerando um erro máximo de 3,9%

Leia mais

FACULDADE ALVES FARIA - ALFA CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS CDL/ALFA

FACULDADE ALVES FARIA - ALFA CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS CDL/ALFA FACULDADE ALVES FARIA - ALFA CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS CDL/ALFA PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS NATAL 2013 GOIÂNIA 2013 1. INTRODUÇÃO Resultados da pesquisa social aplicada, baseada em questionários,

Leia mais

Dia das Crianças 2013 - ACIT

Dia das Crianças 2013 - ACIT NÚCLEO DE PESQUISAS ECONÔMICO-SOCIAIS NUPES DEPARTAMENTO DE ECONOMIA, CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO. PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E RELAÇÕES COMUNITÁRIAS UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ Dia das Crianças 2013 - ACIT

Leia mais

Como o consumidor brasileiro paga as contas (consumidores) Outubro 2012

Como o consumidor brasileiro paga as contas (consumidores) Outubro 2012 Como o consumidor brasileiro paga as contas (consumidores) Outubro 2012 METODOLOGIA Plano amostral Público alvo: Consumidores de todas as Capitais do Brasil. Tamanho amostral da Pesquisa Perfil Adimplente

Leia mais

Previdência Privada no Mercado Brasileiro. Nobody s Unpredictable

Previdência Privada no Mercado Brasileiro. Nobody s Unpredictable Previdência Privada no Mercado Brasileiro Nobody s Unpredictable Objetivos e Características 2 Objetivos e metodologia Metodologia Quantitativa, por meio de pesquisa amostral com questionário estruturado

Leia mais

Enquete DÉCIMO TERCEIRO

Enquete DÉCIMO TERCEIRO Enquete DÉCIMO TERCEIRO Uma prática comum entre as empresas do Brasil está no pagamento do décimo terceiro salário. Algumas cumprem, exatamente, o que está previsto na legislação. Outras, mais inovadoras,

Leia mais

INTENÇÃO DE COMPRAS PARA O DIA DOS PAIS 2013 GOIÂNIA

INTENÇÃO DE COMPRAS PARA O DIA DOS PAIS 2013 GOIÂNIA CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E MERCADOLÓGICAS CDL INTENÇÃO DE COMPRAS PARA O DIA DOS PAIS 2013 GOIÂNIA 1. INTRODUÇÃO. Este trabalho apresenta os resultados de pesquisa social aplicada, baseada em questionários,

Leia mais

PESQUISA DE POTENCIAL DE COMPRAS PARA O NATAL

PESQUISA DE POTENCIAL DE COMPRAS PARA O NATAL PESQUISA DE POTENCIAL DE COMPRAS PARA O NATAL Macapá-AP, Dezembro de 2014 RESULTADOS DA PESQUISA O Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Comércio do Estado do Amapá (IPDC), ligado a Fecomércio Amapá,

Leia mais

FINANÇAS PESSOAIS: VOCÊ SABE ADMINISTRÁ-LAS?

FINANÇAS PESSOAIS: VOCÊ SABE ADMINISTRÁ-LAS? PESQUISA COMPORTAMENTAL FINANÇAS PESSOAIS: VOCÊ SABE ADMINISTRÁ-LAS? PROCON GOIÁS GERÊNCIA DE PESQUISA E CÁLCULO JULHO/2009 OBJETIVO Mesmo através de orientações, fornecidas aos consumidores pela Superintendência

Leia mais

Pesquisa de Orçamento Doméstico

Pesquisa de Orçamento Doméstico Fonte: Sistema Fecomércio MG EE A Pesquisa de Orçamento Doméstico de Belo Horizonte é um balizador do comportamento das famílias, relativo aos seus compromissos correntes e financeiros. A falta de planejamento,

Leia mais

Pesquisa Hábitos do Consumidor da Classe C. 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1

Pesquisa Hábitos do Consumidor da Classe C. 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1 Pesquisa Hábitos do Consumidor da Classe C 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1 Índice Objetivo, metodologia e amostra... 03 Perfil dos Respondentes... 04 Principais constatações sobre os hábitos de consumo

Leia mais

A relação dos portugueses com o dinheiro e o crédito. 2 de Abril de 2008

A relação dos portugueses com o dinheiro e o crédito. 2 de Abril de 2008 A relação dos portugueses com o dinheiro e o crédito 2 de Abril de 2008 Caracterização dos inquiridos Sexo 37% 63% Feminino Masculino Idade 12% 18-25 anos 18% 26-35 anos 36-45 anos 54% 16% > de 45 anos

Leia mais

RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS NATAL 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG

RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS NATAL 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS NATAL 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG 15/12/2012 RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS NATAL 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG Professores Responsáveis:

Leia mais

Manual de. Educação Financeira. Dicas para planejar e poupar seu dinheiro. Cecreb MANUAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA

Manual de. Educação Financeira. Dicas para planejar e poupar seu dinheiro. Cecreb MANUAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA Manual de Educação Financeira MANUAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA Dicas para planejar e poupar seu dinheiro 1 A filosofia da Manual de Educação Financeira 2 Um dos princípios básicos das Cooperativas de Crédito

Leia mais

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar.

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Guia do uso consciente do crédito O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Afinal, o que é crédito? O crédito é o meio que permite a compra de mercadorias, serviços

Leia mais

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo.

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo. 1 MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo Maio/ 2014 Metodologia 2 Metodologia 3 Técnica Pesquisa quantitativa,

Leia mais

Câmara de Dirigentes Lojistas de Goiânia (CDL Goiânia)

Câmara de Dirigentes Lojistas de Goiânia (CDL Goiânia) Câmara de Dirigentes Lojistas de Goiânia (CDL Goiânia) INTENÇÃO DE COMPRAS PARA O DIA DAS MÃES GOIÂNIA INTRODUÇÃO Resultado da pesquisa social aplicada, baseada em questionários, sobre intenção de compras

Leia mais

GUIA DE PLANEJAMENTO FINANCEIRO

GUIA DE PLANEJAMENTO FINANCEIRO GUIA DE PLANEJAMENTO FINANCEIRO VOCÊ TEM MAIS DINHEIRO DO QUE IMAGINA PLANEJAMENTO FINANCEIRO; COMO ORGANIZAR SEU ORÇAMENTO; A IMPORTÂNCIA DE TER AS CONTAS EM DIA; DESCUBRA COMO FAZER PARA QUE SOBRE UM

Leia mais

O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente

O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente Maio de 2015 Slide 1 OBJETIVOS DO ESTUDO Mapear atitudes e comportamentos das pessoas que não possuem conta corrente em banco com relação

Leia mais

PESQUISA DIA DOS PAIS - NATAL

PESQUISA DIA DOS PAIS - NATAL PESQUISA DIA DOS PAIS - NATAL 1 Natal, julho de 2015 Sumário 1. ASPECTOS TÉCNICOS... 3 2. SÍNTESE DOS RESULTADOS... 4 Presentes... 4 Gastos... 4 Local e quando compra... 4 Estratégias... 5 Passeio... 5

Leia mais

RELATÓRIO DA PESQUISA SOBRE O PERFIL DO CONSUMIDOR CURITIBANO

RELATÓRIO DA PESQUISA SOBRE O PERFIL DO CONSUMIDOR CURITIBANO RELATÓRIO DA PESQUISA SOBRE O PERFIL DO CONSUMIDOR CURITIBANO 1. APRESENTAÇÃO O PROCON/PR, através da Divisão de Estudos, Orientação, Pesquisas e Divulgação ao Consumidor - DEP, realizou uma pesquisa sobre

Leia mais

Quem escutamos? Renda do plano amostral 27% 59% Dados sistematizados pela ABEP. Classe A. Classe A: mais de 16 mil (acima de 20 SM) Classe B.

Quem escutamos? Renda do plano amostral 27% 59% Dados sistematizados pela ABEP. Classe A. Classe A: mais de 16 mil (acima de 20 SM) Classe B. Contexto Realização de um estudo de mercado para conhecer o perfil de quem irá presentear no Natal bem como as intenções de compra de presentes para a data. Quem escutamos? Classe A 7% Renda do plano amostral

Leia mais

GESTÃO FINANCEIRO FAMILIAR: COMPORTAMENTO E CONTROLE

GESTÃO FINANCEIRO FAMILIAR: COMPORTAMENTO E CONTROLE Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração. Mateus 6:21 Cenário das famílias brasileiras 2006/2010 Pesquisa de Orçamento Familiar IBGE Famílias brasileiras: GASTO MÉDIO: R$ 2.626,31/mês

Leia mais

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 3: Gerenciamento de dívidas

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 3: Gerenciamento de dívidas Educação Financeira Crédito Consignado Módulo 3: Gerenciamento de dívidas Objetivo Auxiliar no gerenciamento de dívidas e de como quitá-las, conscientizando as pessoas da importância em diminui-las e de

Leia mais

Veja dicas para se livrar das dívidas e usar bem o crédito

Veja dicas para se livrar das dívidas e usar bem o crédito Veja dicas para se livrar das dívidas e usar bem o crédito Especialistas dão dicas para sair do vermelho. É fundamental planejar gastos e usar bem o crédito. Por Anay Cury e Gabriela Gasparin Do G1, em

Leia mais

POR QUE PRECISAMOS SER RACIONAIS COM O DINHEIRO?

POR QUE PRECISAMOS SER RACIONAIS COM O DINHEIRO? ORGANIZE SUA VIDA POR QUE PRECISAMOS SER RACIONAIS COM O DINHEIRO? - Para planejar melhor como gastar os nossos recursos financeiros QUAIS OS BENEFÍCIOS DE TER UM PLANEJAMENTO FINANCEIRO? - Para que possamos

Leia mais

M = C. (1 + (i. T)) Juros compostos:- Como calcular juros compostos: montante, capital inicial, fórmula, taxa, tempo, etc.

M = C. (1 + (i. T)) Juros compostos:- Como calcular juros compostos: montante, capital inicial, fórmula, taxa, tempo, etc. Material de Estudo para Recuperação 9 ano. Juros Simples O regime de juros será simples quando o percentual de juros incidirem apenas sobre o valor principal. Sobre os juros gerados a cada período não

Leia mais

Plano de Negócios. Passo a passo sobre como iniciar um Plano de Negócios para sua empresa. Modelo de Planejamento prévio

Plano de Negócios. Passo a passo sobre como iniciar um Plano de Negócios para sua empresa. Modelo de Planejamento prévio Plano de Negócios Passo a passo sobre como iniciar um Plano de Negócios para sua empresa Modelo de Planejamento prévio Fraiburgo, 2015 Plano de Negócios Um plano de negócios é uma descrição do negócio

Leia mais

08 Capital de giro e fluxo de caixa

08 Capital de giro e fluxo de caixa 08 Capital de giro e fluxo de caixa Qual o capital que sua empresa precisa para funcionar antes de receber o pagamento dos clientes? Como calcular os gastos, as entradas de dinheiro, e as variações de

Leia mais

PESQUISA EXPECTATIVA DE CONSUMO PÁSCOA 2014. Palmas-TO, 20 de março de 2014.

PESQUISA EXPECTATIVA DE CONSUMO PÁSCOA 2014. Palmas-TO, 20 de março de 2014. PESQUISA EXPECTATIVA DE CONSUMO PÁSCOA 2014 Palmas-TO, 20 de março de 2014. 2 EXPEDIENTE DE PESQUISA Corpo Docente UFT Colegiado do Curso de Graduação em Tecnologia Logística Câmpus de Araguaína Delson

Leia mais

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL Natal, setembro de 2015 1 Sumário 1. Aspectos Metodológicos... 3 2. Descrição dos Resultados... 4 Itens de comemoração... 4 Gastos com presente... 4 Local e quando compra...

Leia mais

O Financiamento dos Pequenos Negócios no Brasil em 2014

O Financiamento dos Pequenos Negócios no Brasil em 2014 O Financiamento dos Pequenos Negócios no Brasil em 2014 Novembro 2014 1 Introdução Objetivos: - Avaliar as principais características do universo dos Pequenos Negócios no Brasil, quanto à questão do seu

Leia mais

COMO LIDAMOS COM O NOSSO DINHEIRO? FINANÇAS PESSOAIS COMO LIDAMOS COM O DIHEIRO DOS OUTROS?

COMO LIDAMOS COM O NOSSO DINHEIRO? FINANÇAS PESSOAIS COMO LIDAMOS COM O DIHEIRO DOS OUTROS? 1 COMO LIDAMOS COM O NOSSO DINHEIRO? FINANÇAS PESSOAIS COMO LIDAMOS COM O DIHEIRO DOS OUTROS? 2 ALGUNS CONCEITOS 3 CONCEITOS ECONÔMICO PATRIMÔNIO FINANCEIRO RECEITAS/DESPESAS DE PATRIMÔNIO CAPITAL FÍSICO

Leia mais

Pesquisa Hábitos de Consumo Dia dos Pais 2015

Pesquisa Hábitos de Consumo Dia dos Pais 2015 Pesquisa Hábitos de Consumo Dia dos Pais 2015 Agosto de 2015 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1 Índice o Objetivo, metodologia e amostra... 03 o Sumário... 04 o Perfil dos respondentes... 05 o Pretensão

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: INCLUSÃO FINANCEIRA JUNHO/2012

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: INCLUSÃO FINANCEIRA JUNHO/2012 RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: INCLUSÃO FINANCEIRA JUNHO/2012 Pesquisa CNI-IBOPE CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI Presidente: Robson Braga de Andrade DIRETORIA DE POLÍTICAS E ESTRATÉGIA José

Leia mais

RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DAS CRIANÇAS 2012

RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DAS CRIANÇAS 2012 RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DAS CRIANÇAS 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG 26/09/2012 RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DAS CRIANÇAS 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG

Leia mais

PESQUISA DIA DOS PAIS - MOSSORÓ

PESQUISA DIA DOS PAIS - MOSSORÓ PESQUISA DIA DOS PAIS - MOSSORÓ 1 Mossoró, julho de 2015 Sumário 1. ASPECTOS TÉCNICOS... 3 2. SÍNTESE DOS RESULTADOS... 4 Presentes... 4 Gastos... 4 Estratégias... 5 Passeio... 5 Momento... 5 3. GRÁFICOS

Leia mais

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 2: Como Poupar

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 2: Como Poupar Educação Financeira Crédito Consignado Módulo 2: Como Poupar Objetivo Dar dicas importantes para que nossos clientes consigam ter uma poupança e vivam com mais segurança e tranquilidade O conteúdo deste

Leia mais

Mensurar a inclusão financeira Uma abordagem focada no cliente. Caitlin Sanford

Mensurar a inclusão financeira Uma abordagem focada no cliente. Caitlin Sanford Mensurar a inclusão financeira Uma abordagem focada no cliente Caitlin Sanford 2 O caminho em direção a uma mensuração da inclusão financeira Mensurar a EXISTÊNCIA dos serviços financeiros em um país (

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO FEVEREIRO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3

Leia mais

3.SuasFinanças.com: Os 101 melhores sites pa ra cuidar do seu dinheiro e ajudá-lo a enriquecer de Marcelo Junqueira Angulo

3.SuasFinanças.com: Os 101 melhores sites pa ra cuidar do seu dinheiro e ajudá-lo a enriquecer de Marcelo Junqueira Angulo O evento foi a maneira encontrada pela presidente da Colméia da GLEG, Cunhada Claudia Regina de comemorar o Dia Internacional da Mulher. A palestra atraiu um grande número de Cunhadas, Irmãos e Sobrinhos.

Leia mais

CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro

CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro Março de 2015 PEIC Síntese dos Resultados Síntese dos Resultados Total de Endividados Dívidas ou Contas em Atrasos Não Terão Condições de Pagar mar/14 61,0% 20,8%

Leia mais

Pesquisa de Opinião Pública do Comércio Varejista de Chapadão do Sul. Uso do 13º. Salário e Compras de Natal de 2015

Pesquisa de Opinião Pública do Comércio Varejista de Chapadão do Sul. Uso do 13º. Salário e Compras de Natal de 2015 Pesquisa de Opinião Pública do Comércio Varejista de Chapadão do Sul Uso do 13º. Salário e Compras de Natal de 2015 Novembro de 2015 Catalogação Bibliográfica Pesquisa de Opinião Pública do Comércio Varejista

Leia mais

Aprenda como renegociar suas dívidas e A TER

Aprenda como renegociar suas dívidas e A TER Aprenda como renegociar suas dívidas e VOLTAR A TER CRÉDITO O PROBLEMA FINANCEIRO PODE LEVAR SUA FAMÍLIA À RUÍNA. A dívida entra pela porta da frente e o amor sai pela porta dos fundos. É fácil identificar

Leia mais

SUPERENDIVIDAMENTO. Saiba planejar seus gastos e evite dívidas.

SUPERENDIVIDAMENTO. Saiba planejar seus gastos e evite dívidas. SUPERENDIVIDAMENTO Saiba planejar seus gastos e evite dívidas. Nos últimos anos, houve um crescimento significativo de endividados no Brasil. A expansão da oferta de crédito e a falta de controle do orçamento

Leia mais

Fique tranqüilo e. pague menos. Dicas para você saber como usar sua conta corrente e economizar no dia-a-dia.

Fique tranqüilo e. pague menos. Dicas para você saber como usar sua conta corrente e economizar no dia-a-dia. Fique tranqüilo e pague menos Dicas para você saber como usar sua conta corrente e economizar no dia-a-dia. Controle seu orçamento Evite gastar mais do que você possui na conta corrente, incluindo seu

Leia mais

Orçamento Use o Dinheiro com Sabedoria

Orçamento Use o Dinheiro com Sabedoria Orçamento Use o Dinheiro com Sabedoria Use o Dinheiro com Sabedoria Serasa Experian e Educação Financeira O Programa Serasa Experian de Educação Financeira Sonhos Reais é uma iniciativa que alia o conhecimento

Leia mais

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Agosto de 2008 Apresentado por Fernando Chacon Diretor de Marketing do Banco Itaú Indicadores de Mercado 2 Mercado de Cartões 2008 Indicadores de

Leia mais

Seguros de Vida no Mercado Brasileiro

Seguros de Vida no Mercado Brasileiro Seguros de Vida no Mercado Brasileiro São Paulo, /06/0 Job -034743 Nobody s Unpredictable Objetivos e metodologia Metodologia Quantitativa, por meio de pesquisa amostral com questionário estruturado a

Leia mais

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito ficaram praticamente estáveis em janeiro/2013 frente a dezembro/2012. Pessoa Física Das seis

Leia mais

LEVÍTICO 27.30 TODOS OS DÍZIMOS DA TERRA SEJA DOS CEREAIS, SEJA DAS FRUTAS PERTENCEM AO SENHOR; SÃO CONSAGRADOS AO SENHOR.

LEVÍTICO 27.30 TODOS OS DÍZIMOS DA TERRA SEJA DOS CEREAIS, SEJA DAS FRUTAS PERTENCEM AO SENHOR; SÃO CONSAGRADOS AO SENHOR. LEVÍTICO 27.30 TODOS OS DÍZIMOS DA TERRA SEJA DOS CEREAIS, SEJA DAS FRUTAS PERTENCEM AO SENHOR; SÃO CONSAGRADOS AO SENHOR. DEUTERONOMIO 14.22 CERTAMENTE, DARÁS OS DÍZIMOS DE TODO O FRUTO DAS TUAS SEMENTES,

Leia mais

O ENSINO DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA NA EDUCAÇÃO DOS JOVENS E ADULTOS EM UMA ABORDAGEM CTS 1. Educação Matemática na Educação de Jovens e Adultos GT 11

O ENSINO DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA NA EDUCAÇÃO DOS JOVENS E ADULTOS EM UMA ABORDAGEM CTS 1. Educação Matemática na Educação de Jovens e Adultos GT 11 O ENSINO DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA NA EDUCAÇÃO DOS JOVENS E ADULTOS EM UMA ABORDAGEM CTS 1 Educação Matemática na Educação de Jovens e Adultos GT 11 Ana Luiza Araujo COSTA anaepietro26@gmail.com Maria Simone

Leia mais

Mensagem do Administrador

Mensagem do Administrador Educação Financeira Índice 1. Mensagem do administrador... 01 2. O Cartão de crédito... 02 3. Conhecendo sua fatura... 03 4. Até quanto gastar com seu cartão... 07 5. Educação financeira... 08 6. Dicas

Leia mais

ANEFAC Associação Nacional dos Executivos de Finanças Administração e Contabilidade

ANEFAC Associação Nacional dos Executivos de Finanças Administração e Contabilidade PESQUISA DE UTILIZAÇÃO DO 13º SALÁRIO A Associação Nacional dos Executivos de Finanças Administração (ANEFAC) realizou durante o mês de outubro de a 15ª edição da Pesquisa de Utilização do 13º salário.

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC CAMPO GRANDE - MS JANEIRO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC CAMPO GRANDE - MS JULHO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO JULHO/2014 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 - Famílias

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO ABRIL/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 - Famílias

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO JANEIRO/2014 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 -

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE ENDEREÇO/ CONTATOS

INFORMAÇÕES SOBRE ENDEREÇO/ CONTATOS Rascunho do formulário modelo DS 160 para pedido de visto de entrada nos EUA: as informações abaixo descritas serão transferidas para o sistema de informações dos EUA e são de responsabilidade do requerente

Leia mais

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Objetivo geral Disseminar conhecimento financeiro e previdenciário dentro e fora da SP-PREVCOM buscando contribuir

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO DEZEMBRO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3

Leia mais

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 1: Orçamento

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 1: Orçamento Educação Financeira Crédito Consignado Módulo 1: Orçamento Objetivo Conscientizar nossos clientes sobre a importância da organização financeira e do planejamento orçamentário como alicerce de conforto,

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO JUNHO/2013 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 - Famílias

Leia mais

Planejamento Financeiro

Planejamento Financeiro Maio 2009 ... O Brasil é onde mais pessoas se preocupam com o futuro e onde menos se faz poupança Pesquisa realizada em 12 países, pelo Principal Financial Group (03/2004) ... Famílias se endividam mais

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO FEVEREIRO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 -

Leia mais

GUIA DO CRÉDITO CONSCIENTE

GUIA DO CRÉDITO CONSCIENTE GUIA DO 1 FAMILIAR GUIA DO 2 Existem várias maneiras de usar o dinheiro de forma consciente. Uma delas é definir suas necessidades e planejar todos os seus gastos levando em conta a renda disponível. Para

Leia mais

PESQUISA EXPECTATIVA DE CONSUMO DIA DOS PAIS 2014. Palmas-TO, 11 de julho de 2014.

PESQUISA EXPECTATIVA DE CONSUMO DIA DOS PAIS 2014. Palmas-TO, 11 de julho de 2014. PESQUISA EXPECTATIVA DE CONSUMO DIA DOS PAIS 2014 Palmas-TO, 11 de julho de 2014. 2 EXPEDIENTE DE PESQUISA Corpo Docente UFT Colegiado do Curso de Graduação em Tecnologia Logística Campus de Araguaína

Leia mais

PESQUISA DE JUROS. Estas reduções podem ser atribuídas aos fatores abaixo:

PESQUISA DE JUROS. Estas reduções podem ser atribuídas aos fatores abaixo: PESQUISA DE JUROS Após longo período de elevação das taxas de juros das operações de crédito, as mesmas voltaram a ser reduzidas em setembro/2014 interrompendo quinze elevações seguidas dos juros na pessoa

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Faculdade de Tecnologia Núcleo de Engenharia de Produção

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Faculdade de Tecnologia Núcleo de Engenharia de Produção UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Faculdade de Tecnologia Núcleo de Engenharia de Produção DIAGNÓSTICO DO PERFIL FINANCEIRO DOS MÉDICOS DE BRASÍLIA: Os principais motivos de seu endividamento. Bárbara barbara.magaldi@gmail.com

Leia mais

Investimento para Mulheres

Investimento para Mulheres Investimento para Mulheres Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência de mercado. Cem

Leia mais

1 USE SUA RAZÃO E DEIXE AS EMOÇÕES POR ÚLTIMO

1 USE SUA RAZÃO E DEIXE AS EMOÇÕES POR ÚLTIMO BEM VINDO AO GUIA DE 10 PASSOS DE COMO MELHORAR MUITO A SUA VIDA FINANCEIRA! APROVEITE! 1 USE SUA RAZÃO E DEIXE AS EMOÇÕES POR ÚLTIMO Quando se trata do nosso dinheiro, a emoção sempre tende a ser um problema.

Leia mais

INTENÇÃO DE COMPRA DIA DAS CRIANÇAS 2014

INTENÇÃO DE COMPRA DIA DAS CRIANÇAS 2014 PE MPRA DIA DAS CRIANÇAS 2014 1 MPRA DIA DAS CRIANÇAS 2014 PE MPRA DIA DAS CRIANÇAS 2014 2 Faculdade Estácio de Sá de Campo Grande Intenção de Compra para o Dia das Crianças 2014 Rua Venâncio Borges do

Leia mais

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em fevereiro/2015. Estas elevações podem ser atribuídas aos seguintes

Leia mais

REALIZAÇÃO: PARCERIA:

REALIZAÇÃO: PARCERIA: REALIZAÇÃO: PARCERIA: A partir de agora você descobrirá a importância do planejamento financeiro pessoal e familiar, aprenderá a lidar melhor com o seu dinheiro, controlar suas despesas e tomar decisões

Leia mais

IPA INSTITUTO DE PESQUISA AVANTIS Professor Coordenador Thiago Santos IPA@AVANTIS.EDU.BR

IPA INSTITUTO DE PESQUISA AVANTIS Professor Coordenador Thiago Santos IPA@AVANTIS.EDU.BR IPA INSTITUTO DE PESQUISA AVANTIS Professor Coordenador Thiago Santos IPA@AVANTIS.EDU.BR IPA Instituto de Pesquisa Avantis Objetivos: - Socializar os conhecimentos e informações originadas por pesquisas

Leia mais

QUEDA NO NÍVEL DE ENDIVIDAMENTO DO CATARINENSE É ACOMPANHADA POR PEQUENA DETERIORAÇÃO DA QUALIDADE DAS DÍVIDAS

QUEDA NO NÍVEL DE ENDIVIDAMENTO DO CATARINENSE É ACOMPANHADA POR PEQUENA DETERIORAÇÃO DA QUALIDADE DAS DÍVIDAS QUEDA NO NÍVEL DE ENDIVIDAMENTO DO CATARINENSE É ACOMPANHADA POR PEQUENA DETERIORAÇÃO DA QUALIDADE DAS DÍVIDAS O percentual de famílias endividadas em Santa Catarina caiu de 93% em julho para 90% em agosto.

Leia mais

METODOLOGIA. Questões: 1 a 4 (sexo/faixa etária/escolaridade e renda mensal) Objetivo: traçar o perfil do usuário reclamante de cartão de crédito.

METODOLOGIA. Questões: 1 a 4 (sexo/faixa etária/escolaridade e renda mensal) Objetivo: traçar o perfil do usuário reclamante de cartão de crédito. INTRODUÇÃO O cartão de crédito é uma forma de pagamento muito utilizada no comércio convencional e, mais moderadamente, em compras eletrônicas. A praticidade, a ampla aceitação do mercado, a possibilidade

Leia mais

Relatório de Intenções de compras para o Dia dos Namorados

Relatório de Intenções de compras para o Dia dos Namorados Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Relatório de Intenções de compras para o Dia dos Namorados O perfil do consumidor e sua expectativa de compra na data comemorativa mais romântica do ano.

Leia mais

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em janeiro/2015. Estas elevações podem ser atribuídas aos seguintes

Leia mais

10 dicas infalíveis para fazer sobrar dinheiro

10 dicas infalíveis para fazer sobrar dinheiro Diego Medeiros 10 dicas infalíveis para fazer sobrar dinheiro Para pessoas que precisam poupar mas não conseguem começar Versão 1.0 2 3 Índice 4 Prefácio 5 Por que este conteúdo é importante 5 Para quem

Leia mais

Crédito Consignado II. Job 511/05 Agosto de 2005 1

Crédito Consignado II. Job 511/05 Agosto de 2005 1 Crédito Consignado II Job 511/05 Agosto de 2005 1 Background O empréstimo consignado ao INSS é uma modalidade de crédito que vem ganhando espaço no mercado, desde que foi aprovada pelo Governo Federal.

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PORTO ALEGRE - RS JULHO/2014 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3

Leia mais

Sexo. Faixa etária. Questionário Sociocultural Campus Campo Grande - RJ 2011. Geral 1 - Sexo: % MASCULINO 44,4% FEMININO 55,6% Total 1204

Sexo. Faixa etária. Questionário Sociocultural Campus Campo Grande - RJ 2011. Geral 1 - Sexo: % MASCULINO 44,4% FEMININO 55,6% Total 1204 1 - Sexo: MASCULINO 44,4 FEMININO 55,6 Sexo FEMININO; 55,6 MASCULINO; 44,4 2 - Qual a sua faixa etária? ATÉ 17 ANOS 0,7 DE 18 A 24 ANOS 36,3 DE 25 A 35 ANOS 42,8 DE 36 A 50 ANOS 17,4 A PARTIR DE 51 ANOS

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PORTO ALEGRE - RS JANEIRO/2014 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela

Leia mais

PERFIL. Alcimone Vidal

PERFIL. Alcimone Vidal PERFIL Alcimone Vidal DIRETORA DA CENTRAL DE CUMPRIMENTO DE MANDADOS DAS VARAS CÍVEIS, EMPRESARIAIS E REGISTROS PÚBLICOS DA CAPITAL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO RIO DE JANEIRO. GRADUADA EM DIREITO MBA EM

Leia mais

Opinião da População Sobre a Cobrança das Sacolas Plásticas Reutilizáveis. Agosto de 2015

Opinião da População Sobre a Cobrança das Sacolas Plásticas Reutilizáveis. Agosto de 2015 Opinião da População Sobre a Cobrança das Sacolas Plásticas Reutilizáveis Agosto de 2015 2 A Lei nº 15.374 de 2011 proíbe a disponibilização de sacolas plásticas descartáveis nos estabelecimentos comerciais

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PORTO ALEGRE - RS JULHO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC CURITIBA - PR DEZEMBRO/2013 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC VITÓRIA - ES ABRIL/2014 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 - Famílias

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC CURITIBA - PR SETEMBRO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3

Leia mais

PLANO DE SAÚDE SETEMBRO DE 2011 1

PLANO DE SAÚDE SETEMBRO DE 2011 1 PLANO DE SAÚDE SETEMBRO DE 2011 1 CRESCEU O NÚMERO DE USUÁRIOS DE PLANOS DE SAÚDE Emmanuelle Serrano Queiroz Segundo reportagem publicada pela revista Exame, o crescimento dos gastos com saúde é tendência

Leia mais

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 5: Serviços Bancários

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 5: Serviços Bancários Educação Financeira Crédito Consignado Módulo 5: Serviços Bancários Objetivo Conscientizar nossos clientes sobre os serviços bancários e as funções de cada funcionário O conteúdo deste material é baseado

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC CUIABÁ - MT JUNHO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 - Famílias

Leia mais

Com inflação e juros em alta, hora de fazer 'ajuste fiscal' em casa

Com inflação e juros em alta, hora de fazer 'ajuste fiscal' em casa Veículo: O Globo Data: 07/09/15 Com inflação e juros em alta, hora de fazer 'ajuste fiscal' em casa Em tempos de desaceleração da economia e inflação e juros em alta, a cada mês as famílias se deparam

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Hotelaria

Curso Superior de Tecnologia em Hotelaria Curso Superior de Tecnologia em Hotelaria Avaliação Sócio-Econômica Discentes Semestre: 2006/2 Capivari de Baixo, Outubro de 2006 Introdução O processo de avaliação institucional é uma ação flexível, e

Leia mais