Guerras tribais ou conflitos étnicos?

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Guerras tribais ou conflitos étnicos?"

Transcrição

1 Guerras tribais ou conflitos étnicos? O continente africano padece das conseqüências de um longo e interminável processo de exploração que espoliou a maior parte de suas nações, determinando, na maioria das vezes, uma situação de miséria quase que absoluta. Para entendermos melhor essa situação, basta observarmos o recente relatório de desenvolvimento humano (RDH-2005), divulgado pelo PNUD no mês de setembro, que apresenta dados estarrecedores, confirmando aquilo que já se verificava em relatórios anteriores. Dos trinta e um países com índice de desenvolvimento humano baixo, isto é, inferior a 0,499, de uma escala que varia de 1 a 0, vinte e nove são países africanos. Na maioria das vezes, resultado dos atuais conflitos que avassalam o continente. As fronteiras do continente africano, herdadas pelos europeus, desrespeitaram os limites naturais e humanos, criando graves problemas nos dias atuais. 1

2 A idéia que temos dos conflitos na África é aquela reproduzida pela mídia, de que esses conflitos são gerados por guerras civis entre tribos, isto é, entre povos não civilizados que vivem como verdadeiros animais. Nem sempre é analisado o contexto que determinou todo esse processo sangrento que caracteriza a África como um continente em chamas. O fato, isto é, o conflito entre povos distintos, é apresentado como iniciado e terminado em si mesmo. Assim, verificamos os problemas de uma forma simplificada, uma tribo enfrentando outra por razões pífias, principalmente para quem não vive esse cotidiano. Mas antes de qualquer coisa, precisamos refletir sobre as palavras, é correto se falar em tribo? O que significa isso? Ou seriam culturas... porque tribo tem uma conotação muito pejorativa, acentuando-se assim a miséria que caracteriza a maioria dos países desse continente. No momento em que se descontextualiza o problema, não se consegue entender as causas e muito menos prever as conseqüências e possíveis saídas para esses conflitos. Assim, é comum pensar que são culturas sem valores, primitivas, que a única coisa que sabem fazer é ficar em guerra uma com a outra, sem saber nem bem o porquê dessa rivalidade. Há vários problemas sérios na África, entretanto a análise do processo histórico é fundamental para a real compreensão dos acontecimentos atuais. No período do capitalismo comercial, compreendido como colonialismo, ocorrido entre os séculos XVI e XVIII, a África foi saqueada naquilo que existe de mais importante no espaço geográfico, o seu povo. Visando atender à demanda de mão-de-obra nas novas áreas coloniais, os europeus desrespeitaram o africano enquanto ser humano e acentuaram as diferenças étnicas cooptando alguns grupos étnicos para facilitar a escravização de outros. Posteriormente, já na fase do capitalismo industrial, a partir do século XIX, o imperialismo europeu visualiza o continente com outros olhos, é o período do neocolonialismo. No 2

3 Congresso de Berlim ( ) a África é partilhada entre as grandes potências européias, sem o mínimo interesse na avaliação do espaço natural e humano dessa região. Os Estados que atualmente existem na África tiveram suas fronteiras definidas por esse colonialismo europeu. Assim, foram criações que desrespeitaram na sua origem os aspectos naturais, as verdadeiras culturas e as limitações que historicamente existiam na África. Os colonizadores europeus ignoraram todo o passado desse continente, imaginaram eles que era uma terra de ninguém, criaram uma superposição com uma cultura trazida de fora, muitas vezes imposta. E disso saiu uma aberração, como não poderia deixar de ser, como é a maior parte dos países africanos hoje. Não têm unidade lingüística, não têm unidade cultural, não têm unidade religiosa e não têm o sentimento de pertencer a uma nação. Somados a isso, por ser um continente rico, existem grandes interesses internacionais que estão interferindo diretamente na problemática local, com aquele velho ditado de: divide e vencerás, divide e reinarás. Então, muitos dos conflitos que acreditamos ter raízes internas, na verdade, não as têm. É fruto da cobiça internacional. É mais fácil explorar o petróleo, o diamante, o urânio, ou o que seja dentro de um contexto de luta. Com esses ingredientes, e mais a herança colonialista do subdesenvolvimento, é possível entender grande parte dos conflitos que estão acontecendo na África. Os conflitos atuais da África são motivados pela combinação de causas variadas, embora predomine, neste ou naquele caso, um determinado componente étnico, e não tribal, como é o caso de Ruanda, Mali, Somália e Senegal, religioso na Argélia, Nigéria e Sudão, ou político em Angola, Libéria, Uganda e República Democrática do Congo. Isso sem contar os litígios territoriais, muito freqüentes na África ocidental. No meio desses conflitos que atormentam a África atualmente, estão vários povos e nações que buscam sua autonomia e sua 3

4 autodeterminação diante de poderes centrais autoritários, exercidos muitas vezes por uma etnia majoritária. Algumas dessas guerras te m ultrapassado todos os limites de crueldade, como a que se verifica em Ruanda e Burundi, opondo as etnias tutsi e hutu. Os hutus são maioria na população, mas são os tutsis que dominam a vida política e econômica desses países desde que os antigos colonialistas belgas promoveram representantes desta etnia a postos de mando administrativo. Na Somália, oito clãs disputam o poder numa guerra civil que dilacerou completamente o país. Na Libéria, a guerra interna matou mais de 150 mil pessoas e produziu cerca de 700 mil refugiados. Cifra semelhante pode ser verificada na vizinha Serra Leoa. A situação não é muito diferente em países como o Chade ou Sudão; neste último o governo islâmico tem dizimado a população que não aderiu a esse princípio religioso, concentrado na região de Darfur, situada na porção oeste do país. Enfim, são vários e vários conflitos sem perspectivas imediatas de pacificação. Acordos e negociações têm sido tentados, mas sem muito sucesso. À exceção da saliência das questões étnicas, grande parte dos problemas que afetam a África são também comuns à maioria dos países do chamado sul pobre. São problemas com raízes estruturais que só serão resolvidos no marco de uma nova ordem internacional capaz de eliminar as contradições entre o mundo econômico e tecnologicamente desenvolvido e o mundo subdesenvolvido e marginalizado, condenado a esta situação pelo próprio processo histórico de dominação política e pilhagem econômica do primeiro. Ademir Aquino Professor de geografia e história no ensino médio e pré-vestibular 4

5 Proposta de atividade Utilizando-se das informações do texto, do conteúdo do material didático e do assunto trabalhado em sala de aula, responda à questão da segunda fase da Unicamp no ano de (Unicamp - SP) Com base no texto a seguir, faça o que se pede: Darfur, no oeste do Sudão, é a bola humanitária da vez. Recebeu a visita de Kofi Annan e Colin Powell, cobertura especial na BBC e CNN, e é vendida para o mundo como um genocídio em curso. Não há dúvidas de que se trata de uma calamidade de virar o estômago, mas há de se perguntar por que os 30 mil a 50 mil mortos de Darfur valem mais que os 2 milhões de vítimas no Congo, ou os 300 mil dizimados em Burundi, ou mesmo os 2 milhões de vítimas da guerra civil no sul do Sudão, que se estende desde (Adaptado de Simantob.Eduardo, Sob fogo cruzado. São Paulo: Primeira Leitura Ltda., p.77.) a) Analise por que os conflitos de Darfur, no Sudão, despertam o interesse de países como os EUA e a Inglaterra. b) O conflito do Congo é considerado o maior conflito armado do continente. Quais as principais razões desse conflito? 5

6 c) A Nigéria, o mais populoso país africano, também é palco de conflitos. Quais as suas principais causas? Resposta esperada pela banca examinadora da Comvest Comissão Permanente para os Vestibulares, retirada do site: a) O Sudão é um país rico em petróleo, recurso em franco processo de escassez no mundo, e possui uma localização estratégica para o controle do mar Vermelho, importante rota de petroleiros. No Sudão, há o encontro e os conflitos da África árabe e da África negra, região conhecida como rota do terror, sendo inclusive esconderijo de grupos terroristas. b) Mais de 2 milhões de pessoas já morreram de fome e de doenças na República Democrática do Congo, onde milhares de rebeldes da etnia hutu massacram membros da etnia tutsi. São etnias rivais de longa data, colocadas em um mesmo território pelos colonizadores belgas, assim como em outros países como Burundi e Ruanda, também envolvidos no conflito. Há a disputa pelo controle de territórios ricos em recursos naturais, como diamantes e ouro. c) Os islâmicos do norte lutam contra a população do sul, em tentativa de imposição da sharia, a lei islâmica, a toda população do país. São etnias inimigas reunidas sob um mesmo país pelos ingleses, que traçaram fronteiras artificiais. 6

África. Palavras amáveis não custam nada e conseguem muito. Blaise Pascal 30. www1.folha.uol.com.br

África. Palavras amáveis não custam nada e conseguem muito. Blaise Pascal 30. www1.folha.uol.com.br África Acredita-se que a situação atual da África seja resultado da maneira em que foi colonizado pelos Europeus. Por meio de colônia de exploração de recursos mineiras, separação dos territórios tribais

Leia mais

GEOGRAFIA. Prof. Daniel San. daniel.san@lasalle.org.br

GEOGRAFIA. Prof. Daniel San. daniel.san@lasalle.org.br GEOGRAFIA Prof. Daniel San daniel.san@lasalle.org.br África -Físico Segundo maior continente (Ásia), tanto em população quanto em extensão. Maior deserto do planeta: Saara, desconsiderando a Antártica

Leia mais

Jogli - 2012!! Gabarito: 1.E. 2.A. 3.E. 4.B. Geografia 2012!!!

Jogli - 2012!! Gabarito: 1.E. 2.A. 3.E. 4.B. Geografia 2012!!! Jogli - 2012!! Gabarito: 1.E. 2.A. 3.E. 4.B. Geografia 2012!!! 1.(UFABC 2009) Exibicionismo burguês. Verdadeiros espetáculos da evolução humana (as e xposições universais) traziam um pouco de tudo: de

Leia mais

ATIVIDADES 8º ANO 1) a) Identifique no mapa abaixo, de acordo com a regionalização da África, a região em amarelo e a região representada em verde.

ATIVIDADES 8º ANO 1) a) Identifique no mapa abaixo, de acordo com a regionalização da África, a região em amarelo e a região representada em verde. ATIVIDADES 8º ANO 1) a) Identifique no mapa abaixo, de acordo com a regionalização da África, a região em amarelo e a região representada em verde. b) Aponte as principais diferenças (naturais e humanas)

Leia mais

CONFLITOS ATUAIS. Metade dos países africanos estão em guerra. Metade das guerras no mundo são na África.

CONFLITOS ATUAIS. Metade dos países africanos estão em guerra. Metade das guerras no mundo são na África. África CONFLITOS ATUAIS Metade dos países africanos estão em guerra. Metade das guerras no mundo são na África. ORIGENS HISTÓRICAS.Ódio tribal exacerbado por três séculos de Tráfico Negreiro: Mercantilismo.

Leia mais

O continente africano

O continente africano O continente africano ATIVIDADES Questão 04 Observe o mapa 2 MAPA 2 Continente Africano Fonte: . A região do Sahel, representada

Leia mais

RESUMO PARA RECUPERAÇÃO 2º TRIMESTRE

RESUMO PARA RECUPERAÇÃO 2º TRIMESTRE RESUMO PARA RECUPERAÇÃO 2º TRIMESTRE Conceitos Diversos Estado É uma organização políticoadministrativa da sociedade. Estado-nação - Quando um território delimitado é composto de um governo e uma população

Leia mais

Resumo. 3º TRIMESTRE 8º Ano

Resumo. 3º TRIMESTRE 8º Ano Resumo 3º TRIMESTRE 8º Ano Chegada do homem à América Duas hipóteses Primeira: De que os primeiros habitantes tenham vindo da Ásia, atravessando o Estreito de Bering, num período glacial de cerca de 20

Leia mais

Construção do Espaço Africano

Construção do Espaço Africano Construção do Espaço Africano Aula 2 Colonização Para melhor entender o espaço africano hoje, é necessário olhar para o passado afim de saber de que forma aconteceu a ocupação africana. E responder: O

Leia mais

ÁFRICA: ESPAÇO GEO(FÍSICO, ECONÔMICO, POLÍTICO); CARACTERÍSTICAS GEOAMBIENTAIS E GEOPOLÍTICAS

ÁFRICA: ESPAÇO GEO(FÍSICO, ECONÔMICO, POLÍTICO); CARACTERÍSTICAS GEOAMBIENTAIS E GEOPOLÍTICAS ÁFRICA: ESPAÇO GEO(FÍSICO, ECONÔMICO, POLÍTICO); CARACTERÍSTICAS GEOAMBIENTAIS E GEOPOLÍTICAS INFORMAÇÕES GERAIS LIMITES: Norte: mar Mediterrâneo Oeste: Oceano Atlântico Leste: oceano índico Zonas:

Leia mais

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO PROFESSOR JULIO BESSA DISCIPLINA GEOGRAFIA SIMULADO: P4 Estrada da Água Branca, 2551 Realengo RJ Tel: (21) 3462-7520 www.colegiomr.com.br ALUNO TURMA 901 Questão 1

Leia mais

Professor Thiago Espindula - Geografia. África

Professor Thiago Espindula - Geografia. África África A seguir, representação cartográfica que demonstra a localização da África, em relação ao mundo. (Fonte: www.altona.com.br) Europeus partilham a África A Conferência de Berlim, entre 1884 e 1885,

Leia mais

Desafios Africanos. Apartheid, Ruanda, Ebola. Prof. Alan Carlos Ghedini

Desafios Africanos. Apartheid, Ruanda, Ebola. Prof. Alan Carlos Ghedini Desafios Africanos Apartheid, Ruanda, Ebola Prof. Alan Carlos Ghedini Continente Africano Magreb Também chamado África Menor É a porção mais ocidental do mundo muçulmano Em 1989 os países dessa região

Leia mais

ÁFRICA SUBSAARIANA: Características Básicas, Partilha Europeia e Alguns Conflitos. Rui Ribeiro de Campos

ÁFRICA SUBSAARIANA: Características Básicas, Partilha Europeia e Alguns Conflitos. Rui Ribeiro de Campos ÁFRICA SUBSAARIANA: Características Básicas, Partilha Europeia e Alguns Conflitos Rui Ribeiro de Campos ÁFRICA SUBSAARIANA: Características Básicas, Partilha Europeia e Alguns Conflitos Esta obra aborda

Leia mais

Exercícios de Revisão RECUPERAÇÃO FINAL/ 2015 8º ANO

Exercícios de Revisão RECUPERAÇÃO FINAL/ 2015 8º ANO Nome: Exercícios de Revisão RECUPERAÇÃO FINAL/ 2015 8º ANO Componente de Geografia Série e Turma: 8º (A) (B) Data: Professora: Ana Lúcia Questão 01 (UEFS 2012.2) Sobre as consequências da queda do regime

Leia mais

POPULAÇÃO SUBNUTRIDA - 2006

POPULAÇÃO SUBNUTRIDA - 2006 PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES - GEOGRAFIA - 8º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================== 01- Observe os

Leia mais

A DIFÍCIL CONVIVÊNCIA

A DIFÍCIL CONVIVÊNCIA A DIFÍCIL CONVIVÊNCIA Foto: Mariana Della Barba Angolano caminha por um musseque, como são chamadas as favelas na Angola. Quais os fatores responsáveis pela instabilidade política que caracterizam o continente

Leia mais

ÁFRICA: DE MUNDO EXÓTICO A PERIFERIA ESQUECIDA. PROF.: ROBERT OLIVEIRA - robertgeografia@gmail.com

ÁFRICA: DE MUNDO EXÓTICO A PERIFERIA ESQUECIDA. PROF.: ROBERT OLIVEIRA - robertgeografia@gmail.com ÁFRICA: DE MUNDO EXÓTICO A PERIFERIA ESQUECIDA PROF.: ROBERT OLIVEIRA - robertgeografia@gmail.com Regiões Africanas Problemáticas O MAGREB Corresponde a porção oeste (ocidental) do Norte da África. Onde

Leia mais

PROVA DE GEOGRAFIA 1 o TRIMESTRE DE 2010

PROVA DE GEOGRAFIA 1 o TRIMESTRE DE 2010 PROVA DE GEOGRAFIA 1 o TRIMESTRE DE 2010 PROF. FERNANDO NOME N o 9 o ANO A compreensão do enunciado faz parte da questão. Não faça perguntas ao examinador. A prova deve ser feita com caneta azul ou preta.

Leia mais

GEOGRAFIA BÁSICA. Características Gerais dos Continentes: África

GEOGRAFIA BÁSICA. Características Gerais dos Continentes: África GEOGRAFIA BÁSICA Características Gerais dos Continentes: África Atualmente temos seis continentes: África, América, Antártida, Europa, Ásia e Oceania. Alguns especialistas costumam dividir o planeta em

Leia mais

Espaço Geográfico (Tempo e Lugar)

Espaço Geográfico (Tempo e Lugar) Espaço Geográfico (Tempo e Lugar) Somos parte de uma sociedade, que (re)produz, consome e vive em uma determinada porção do planeta, que já passou por muitas transformações, trata-se de seu lugar, relacionando-se

Leia mais

Conflitos Geopolíticos II. Oriente Médio, África, Índia, Curdistão e Timor Leste

Conflitos Geopolíticos II. Oriente Médio, África, Índia, Curdistão e Timor Leste Conflitos Geopolíticos II Oriente Médio, África, Índia, Curdistão e Timor Leste Oriente Médio Histórico Israel X Palestina 1947 Partilha da Palestina/Israel pela ONU 1948-49 implantação do Estado de Israel

Leia mais

África/Brasil EM QUE ESPELHO FICOU PERDIDA A MINHA FACE. (Cecília Meireles)

África/Brasil EM QUE ESPELHO FICOU PERDIDA A MINHA FACE. (Cecília Meireles) África/Brasil EM QUE ESPELHO FICOU PERDIDA A MINHA FACE (Cecília Meireles) https://www.youtube.com/watch?v=nbbia67areq first taste of chocolate ivory coast ÁFRICA Entre 1950 e 1970, descolonização dá

Leia mais

História. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo

História. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo História baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo 1 PROPOSTA CURRICULAR DA DISCIPLINA DE HISTÓRIA Middle e High School 2 6 th Grade A vida na Grécia antiga: sociedade, vida cotidiana, mitos,

Leia mais

O continente esquecido

O continente esquecido A U A UL LA O continente esquecido Nesta aula vamos estudar a porção da África ao sul do deserto do Saara. Vamos verificar que os efeitos do processo de colonização estão presentes até hoje nos conflitos

Leia mais

TEMA I A EUROPA E O MUNDO NO LIMIAR DO SÉC. XX

TEMA I A EUROPA E O MUNDO NO LIMIAR DO SÉC. XX TEMA I A EUROPA E O MUNDO NO LIMIAR DO SÉC. XX A supremacia Europeia sobre o Mundo A Europa assumia-se como 1ª potência Mundial DOMÍNIO POLÍTICO Inglaterra, França, Alemanha, Portugal e outras potências

Leia mais

ATIVIDADES ONLINE 9º ANO

ATIVIDADES ONLINE 9º ANO ATIVIDADES ONLINE 9º ANO 1) (UFV) Das alternativas, aquela que corresponde à causa do acordo entre Israel e a Organização para Libertação da Palestina (OLP) é: a) o fortalecimento do grupo liderado por

Leia mais

ATUDALIDADES - Conflitos na Atualidade

ATUDALIDADES - Conflitos na Atualidade ATUDALIDADES - Conflitos na Atualidade Origem dos povos ORIENTE MÉDIO: Conflitos árabes-israelenses: 1948 Independência de Israel 1949 Guerras da Independência 1956 Crise de Suez 1964 Criação da OLP` 1967

Leia mais

UM CONTINENTE POBRE E COBIÇADO

UM CONTINENTE POBRE E COBIÇADO 1 de 7 23/10/2014 15:47 Aumentar a fonte Diminuir a fonte UM CONTINENTE POBRE E COBIÇADO Rica em recursos naturais, a África recebe pesados investimentos estrangeiros, mas ainda enfrenta conflitos sangrentos,

Leia mais

Qual foi o resultado da Primeira Campanha Sorriso na África?

Qual foi o resultado da Primeira Campanha Sorriso na África? SORRISO NA ÁFRICA COMO SURGIU A IDÉIA Motivados pelas aulas e seus professores, os alunos da 8ª série tiveram a idéia de uma campanha de ajuda a África. Parecia um sonho inatingível, porém em um mês de

Leia mais

O continente africano pode ser caracterizado pela influência não uniforme das atividades humanas sobre seu espaço.

O continente africano pode ser caracterizado pela influência não uniforme das atividades humanas sobre seu espaço. EXERCÍCIOS TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO (Puc-rio 2006) Leia o texto a seguir e responda às questões propostas: A história das Copas do Mundo de Futebol está, em diversos aspectos, associada às transformações

Leia mais

África Quadro econômico e político

África Quadro econômico e político África Quadro econômico e político Nessa aula vamos destacar mais alguns aspectos do continente africano. Vamos tratar de suas atividades econômicas e alguns destaques geopolíticos. Economia O continente

Leia mais

A formação do Estado de Israel

A formação do Estado de Israel A formação do Estado de Israel 1946: 500 mil judeus na Palestina querem a independência de Israel do domínio britânico Aumento da tensão entre israelenses e ingleses: centenas de ataques de judeus a britânicos

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Colégio Santa Dorotéia Área de Ciências Humanas Disciplina: Geografia Série: 8ª Ensino Fundamental Professores: Carlos Afonso e Daniel Geografia Atividades para Estudos Autônomos GABARITO Data: 28 / 9

Leia mais

RESPOSTAS DAS SUGESTÕES DE AVALIAÇÃO GEOGRAFIA 9 o ANO

RESPOSTAS DAS SUGESTÕES DE AVALIAÇÃO GEOGRAFIA 9 o ANO RESPOSTAS DAS SUGESTÕES DE AVALIAÇÃO GEOGRAFIA 9 o ANO Unidade 7 1. (V) a maior parte do relevo africano é formada de planaltos elevados, sem variações significativas em seu modelado. (F) por ter formações

Leia mais

Superfície de 9 596 960 km².

Superfície de 9 596 960 km². CHINA E ÍNDIA CHINA O território A história da China cerca de 5 mil anos. Há mais de 2 mil anos 55 milhões de habitantes. Hoje Mais de 1 bilhão e 300 milhões de pessoas. Terceiro país mais extenso do globo.

Leia mais

E.E. Dr. João Thienne Geografia

E.E. Dr. João Thienne Geografia E.E. Dr. João Thienne Geografia INTRODUÇÃO O presente trabalho é sobre conflitos no Cáucaso, mais concretamente o caso da Chechênia. São objetivos deste trabalho adquirir conhecimentos sobre o assunto,

Leia mais

AS ORIGENS DO SUBDESENVOLVIMENTO

AS ORIGENS DO SUBDESENVOLVIMENTO AS ORIGENS DO SUBDESENVOLVIMENTO 1. A TEORIA LIBERAL Os Países pobres são pobres porque não atingiram ainda a eficiência produtiva e o equilíbrio econômico necessário à manutenção de um ciclo de prosperidade

Leia mais

Prof. Alan Carlos Ghedini TERRORISMO. A ameaça sem bandeira...

Prof. Alan Carlos Ghedini TERRORISMO. A ameaça sem bandeira... Prof. Alan Carlos Ghedini TERRORISMO A ameaça sem bandeira... TERRORISMO NO ORIENTE MÉDIO De modo geral, a desagregação do Império Turco- Otomano entre fins do séc XIX e início do XX, criou um vácuo de

Leia mais

O IMPERIALISMO EM CHARGES. Marcos Faber www.historialivre.com marfaber@hotmail.com. 1ª Edição (2011)

O IMPERIALISMO EM CHARGES. Marcos Faber www.historialivre.com marfaber@hotmail.com. 1ª Edição (2011) O IMPERIALISMO EM CHARGES 1ª Edição (2011) Marcos Faber www.historialivre.com marfaber@hotmail.com Imperialismo é a ação das grandes potências mundiais (Inglaterra, França, Alemanha, Itália, EUA, Rússia

Leia mais

TRABALHOS E PESQUISAS 1º B 9ºANO

TRABALHOS E PESQUISAS 1º B 9ºANO TRABALHOS E PESQUISAS 1º B 9ºANO Prezado aluno (a): Essas orientações serão importantes para a realização de seus TRABALHOS E PESQUISAS, esteja atento aos prazos de entrega e qualquer dúvida procure seu

Leia mais

Sumário. David Justino e Sílvia de Almeida

Sumário. David Justino e Sílvia de Almeida Sumário 3. Para uma -pologia da formação das nações e dos nacionalismos 3.3. A unificação da Alemanha e as origens do nacionalismo alemão 3.4 A unificação italiana e o Rissorgimento 3.5 Crise dos impérios

Leia mais

A expansão dos EUA (séc. XVIII-XX)

A expansão dos EUA (séc. XVIII-XX) 1803 Os Estados Unidos compram a Louisiana da França. Cronologia 1846 a 1848 Guerra do México. Os Estados Unidos conquistam e anexam os territórios da Califórnia, Novo México, Nevada, Arizona e Utah. 1810

Leia mais

África FRONTEIRAS ARBITRÁRIAS OU GEODÉSICAS

África FRONTEIRAS ARBITRÁRIAS OU GEODÉSICAS África FRONTEIRAS ARBITRÁRIAS OU GEODÉSICAS Com a colonização e, posteriormente, com a descolonização, um dos grandes problemas vividos pelos africanos foi o da formação dos países independentes. Antes

Leia mais

Minerva Studio/ Shutterstock. O passado colonial do continente africano: dominação e espoliação

Minerva Studio/ Shutterstock. O passado colonial do continente africano: dominação e espoliação Minerva Studio/ Shutterstock O passado colonial do continente africano: dominação e espoliação Mark Schwettmann/ Shutterstock Elena Niccolai/ Dreamstime.com O processo de exploração e colonização do continente

Leia mais

REFUGIADOS AFRICANOS NO BRASIL ALGUNS ASPECTOS POLÍTICOS, CULTURAIS, HISTÓRICOS E SOCIAIS. Vergueiro, C. M. A. Faculdade de Ciências e Letras de

REFUGIADOS AFRICANOS NO BRASIL ALGUNS ASPECTOS POLÍTICOS, CULTURAIS, HISTÓRICOS E SOCIAIS. Vergueiro, C. M. A. Faculdade de Ciências e Letras de REFUGIADOS AFRICANOS NO BRASIL ALGUNS ASPECTOS POLÍTICOS, CULTURAIS, HISTÓRICOS E SOCIAIS. Vergueiro, C. M. A. Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara, Universidade Estadual Paulista INTRODUÇÃO Em

Leia mais

Reunião de Seção CONFERÊNCIA RELIGIOSA MUNDIAL

Reunião de Seção CONFERÊNCIA RELIGIOSA MUNDIAL Reunião 08 Reunião de Seção CONFERÊNCIA RELIGIOSA MUNDIAL Área de Desenvolvimento enfatizada: ESPIRITUAL Ramo: Sênior Mês recomendado para desenvolver esta reunião: Indiferente. Recomendada para abertura

Leia mais

PLANO DE ENSINO DE HISTÓRIA 5ª. SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL 1º BIMESTRE

PLANO DE ENSINO DE HISTÓRIA 5ª. SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL 1º BIMESTRE PLANO DE ENSINO DE HISTÓRIA 5ª. SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL 1º BIMESTRE - Sistemas sociais e culturais de notação de tempo ao longo da história, - As linguagens das fontes históricas; - Os documentos escritos,

Leia mais

Total aulas previstas

Total aulas previstas ESCOLA BÁSICA 2/3 DE MARTIM DE FREITAS Planificação Anual de História do 7º Ano Ano Lectivo 2011/2012 LISTAGEM DE CONTEÚDOS TURMA Tema 1.º Período Unidade Aulas Previas -tas INTRODUÇÃO À HISTÓRIA: DA ORIGEM

Leia mais

Exercícios sobre África: Características Físicas e Organizações Territoriais

Exercícios sobre África: Características Físicas e Organizações Territoriais Exercícios sobre África: Características Físicas e Organizações Territoriais 1. Observe o mapa a seguir. As partes destacadas no mapa indicam: a) Áreas de clima desértico. b) Áreas de conflito. c) Áreas

Leia mais

Conflitos: século XX e XXI

Conflitos: século XX e XXI Conflitos: século XX e XXI 1ª Guerra Mundial Vários problemas atingiam as principais nações européias no início do século XX. O século anterior havia deixado feridas difíceis de curar. Alguns países estavam

Leia mais

ATIVIDADES ON-LINE: DESCOLONIZAÇÃO ÁFRICA E ÁSIA PROF. JOSE CARLOS

ATIVIDADES ON-LINE: DESCOLONIZAÇÃO ÁFRICA E ÁSIA PROF. JOSE CARLOS ATIVIDADES ON-LINE: DESCOLONIZAÇÃO ÁFRICA E ÁSIA PROF. JOSE CARLOS 1- "Morre um homem por minuto em Ruanda. Um homem morre por minuto numa nação do continente onde o Homo Sapiens surgiu há um milhão de

Leia mais

O USO DE FILMES COMO RECURSO DIDÁTICO NAS AULAS DE GEOGRAFIA: UMA ABORDAGEM DOS CONFLITOS ÉTNICOS NA ÁFRICA SUBSARIANA

O USO DE FILMES COMO RECURSO DIDÁTICO NAS AULAS DE GEOGRAFIA: UMA ABORDAGEM DOS CONFLITOS ÉTNICOS NA ÁFRICA SUBSARIANA O USO DE FILMES COMO RECURSO DIDÁTICO NAS AULAS DE GEOGRAFIA: UMA ABORDAGEM DOS CONFLITOS ÉTNICOS NA ÁFRICA SUBSARIANA Sebastião bezerra de medeiros júnior Graduando do curso de licenciatura de Geografia

Leia mais

Professor: MARCOS ROBERTO Disciplina: HISTÓRIA Aluno(a): Série: 9º ano - REGULAR Turno: MANHÃ Turma: Data:

Professor: MARCOS ROBERTO Disciplina: HISTÓRIA Aluno(a): Série: 9º ano - REGULAR Turno: MANHÃ Turma: Data: Professor: MARCOS ROBERTO Disciplina: HISTÓRIA Aluno(a): Série: 9º ano - REGULAR Turno: MANHÃ Turma: Data: REVISÃO FINAL PARA O SIMULADO 1ª Avaliação: Imperialismo na Ásia e na África 01. Podemos sempre

Leia mais

07. Alternativa c. Seja PABC a pirâmide regular, com as medidas indicadas. Tem-se:

07. Alternativa c. Seja PABC a pirâmide regular, com as medidas indicadas. Tem-se: + + = = = + = = = = = = 07. Alternativa c. Seja PABC a pirâmide regular, com as medidas indicadas. Tem-se: (1) PP'A: 4 = cos60º = 1 = () PABC é regular P' é baricentro y = y = () ABC é equilátero + y =

Leia mais

A questão da Irlanda do Norte

A questão da Irlanda do Norte A presença de vários grupos étnicos e religiosos num determinado país pode desencadear conflitos internos, principalmente quando um desses grupos aspira à conquista de sua autodeterminação política. Enquadraram-se

Leia mais

É o estudo do processo de produção, distribuição, circulação e consumo dos bens e serviços (riqueza).

É o estudo do processo de produção, distribuição, circulação e consumo dos bens e serviços (riqueza). GEOGRAFIA 7ª Série/Turma 75 Ensino Fundamental Prof. José Gusmão Nome: MATERIAL DE ESTUDOS PARA O EXAME FINAL A GEOGRAFIA DO MUNDO SUBDESENVOLVIDO A diferença entre os países que mais chama a atenção é

Leia mais

Imperialismo dos EUA na América latina

Imperialismo dos EUA na América latina Imperialismo dos EUA na América latina 1) Histórico EUA: A. As treze colônias, colonizadas efetivamente a partir do século XVII, ficaram independentes em 1776 formando um só país. B. Foram fatores a emancipação

Leia mais

A era dos impérios. A expansão colonial capitalista

A era dos impérios. A expansão colonial capitalista A era dos impérios A expansão colonial capitalista O século XIX se destacou pela criação de uma economia global única, caracterizado pelo predomínio do mundo industrializado sobre uma vasta região do planeta.

Leia mais

ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA Causas da Hegemonia atual dos EUA Hegemonia dos EUA Influência Cultural: músicas, alimentações, vestuários e língua Poderio Econômico: 20% do PIB global Capacidade Militar sem

Leia mais

Colégio A. LIESSIN Scholem Aleichem - 2 - NANDA/OUT/2014-1309

Colégio A. LIESSIN Scholem Aleichem - 2 - NANDA/OUT/2014-1309 Aluno (a): Série: 3ª Turma: TUTORIAL 13B Ensino Médio Equipe de Geografia Data: GEOGRAFIA ÁFRICA Neocolonialismo: A presença européia na África sempre se fez presente, desde o século XV. Porém, é a partir

Leia mais

SERRANO, Carlos, WALDMAN, Maurício. Memória d África: a temática africana em sala de aula. São Paulo: Cortez, 2007. 327 p.

SERRANO, Carlos, WALDMAN, Maurício. Memória d África: a temática africana em sala de aula. São Paulo: Cortez, 2007. 327 p. SERRANO, Carlos, WALDMAN, Maurício. Memória d África: a temática africana em sala de aula. São Paulo: Cortez, 2007. 327 p. Ana Cláudia da SILVA A publicação da Lei Nº. 10.639, de 9 de janeiro de 2003,

Leia mais

PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA TREZE COLÔNIAS Base de ocupação iniciativa privada: Companhias de colonização + Grupos de imigrantes = GRUPOS DISTINTOS [excedente da metrópole;

Leia mais

Dividir para dominar

Dividir para dominar ÁFRICA Contexto histórico África século XV: -Grandes navegações -Estabelecimento de feitorias na África A partir do século XIX: -Colonialismo europeu -Partilha da África (Conferência de Berlim, em 1885)

Leia mais

Prof. Thiago. Os Imperialismos

Prof. Thiago. Os Imperialismos Prof. Thiago Os Imperialismos TECNOLOGIA x TRABALHADORES DIMINUIÇÃO DO CUSTO MENOR Nº DE TRABALHADORES MENOS CONSUMO 1ª GRANDE DEPRESSÃO DO CAPITALISMO SOLUÇÕES PARA CRISE A) Concentração de capitais Grandes

Leia mais

HISTÓRIA - 6º AO 9º ANO

HISTÓRIA - 6º AO 9º ANO A FORMAÇÃO DO CURRÍCULO DA REDE O solicitou-nos uma base para colocar em discussão com os professores de história da rede de São Roque. O ponto de partida foi a grade curricular formulada em 2008 pelos

Leia mais

01. Quais fatores justificaram a disputa por territórios na África e na Ásia pelos países europeus a partir da segunda metade do século XIX?

01. Quais fatores justificaram a disputa por territórios na África e na Ásia pelos países europeus a partir da segunda metade do século XIX? TD DE RECUPERAÇÃO FINAL DISCIPLINA: GEOGRAFIA SÉRIE: 8º ANO ALUNO(A): PROFESSOR(A): OSG: Caro(a) aluno(a), Você está recebendo o TD DE RECUPERAÇÃO 2015, que deve ser feito em casa. O TD vale de zero a

Leia mais

RELATÓRIO DO RESUMO DA ALMA 1º TRIMESTRE DE 2015

RELATÓRIO DO RESUMO DA ALMA 1º TRIMESTRE DE 2015 RELATÓRIO DO RESUMO DA ALMA 1º TRIMESTRE DE 2015 Introdução A África alcançou um ponto de viragem crítico na sua luta contra a malária este ano à medida que objectivos, estratégias e planos globais e regionais

Leia mais

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PARECER DOS RECURSOS

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PARECER DOS RECURSOS 11) China, Japão e Índia são três dos principais países asiáticos. Sobre sua História, cultura e relações com o Ocidente, analise as afirmações a seguir. l A China passou por um forte processo de modernização

Leia mais

Pontuação do bimestre

Pontuação do bimestre História- Goretti 8º ano Conteúdos do 4º bimestre: 1 - A Revolução Industrial OBS.: As atividades referentes ao conteúdo de Revolução Industrial foram apresentados no Estudo Dirigido do 3º. 2 A crise do

Leia mais

MAHATMA GANDHI. Cronologia

MAHATMA GANDHI. Cronologia Cronologia 1869 Data de nascimento de Gandhi 1888 1891 Estudou direito em Londres 1893 1914 Período em que viveu na África do Sul 1920 Lutou pelo boicote aos produtos ingleses 1930 Campanhas de desobediência

Leia mais

META Apresentar os diferentes estados colonizados, apontando as diversas apropriações decorrentes dessa colonização.

META Apresentar os diferentes estados colonizados, apontando as diversas apropriações decorrentes dessa colonização. O COLONIALISMO FRANCÊS NA ÁSIA E NA ÁFRICA META Apresentar os diferentes estados colonizados, apontando as diversas apropriações decorrentes dessa colonização. OBJETIVOS Ao fi nal desta aula, o aluno deverá:

Leia mais

1º ano. A reconquista ibérica e as grandes navegações Capítulo 10: Item 2 A revolução comercial Capítulo 12: Item 3 O Novo Mundo Capítulo 10: Item 2

1º ano. A reconquista ibérica e as grandes navegações Capítulo 10: Item 2 A revolução comercial Capítulo 12: Item 3 O Novo Mundo Capítulo 10: Item 2 1º ano O absolutismo e o Estado Moderno Capítulo 12: Todos os itens A reconquista ibérica e as grandes navegações Capítulo 10: Item 2 A revolução comercial Capítulo 12: Item 3 O Novo Mundo Capítulo 10:

Leia mais

Nome: Nº: Turma: Português. 2º ano Ficha 06 Mérope Jun/09

Nome: Nº: Turma: Português. 2º ano Ficha 06 Mérope Jun/09 Nome: Nº: Turma: Português 2º ano Ficha 06 Mérope Jun/09 (UFRJ) AVES DE RAPINA 1. Há muitos anos que os caminhos se arrastavam subindo para as montanhas. Percorriam as florestas perseguindo a distância,

Leia mais

Gabarito 7º Simulado Humanas

Gabarito 7º Simulado Humanas GEOGRAFIA QUESTÃO 01 a) Alguns fatores físico-naturais são: relevo, área de encosta de forte declividade; clima, elevada precipitação pluviométrica e infiltrações em áreas desflorestadas, levando a deslizamentos

Leia mais

Lista de Recuperação de Geografia 2013

Lista de Recuperação de Geografia 2013 1 Nome: nº 9ºano Manhã Prof: Francisco Castilho Lista de Recuperação de Geografia 2013 Conteúdo da recuperação: Europa: industrialização e agropecuária, economia dos países europeues, Ásia: divisão regional,

Leia mais

A Irlanda do Norte, ou Ulster, e a República da Irlanda, ou Eire, situam-se na Ilha da Irlanda. Na Irlanda do Norte, que integra o Reino Unido, vivem

A Irlanda do Norte, ou Ulster, e a República da Irlanda, ou Eire, situam-se na Ilha da Irlanda. Na Irlanda do Norte, que integra o Reino Unido, vivem QUESTÃO IRLANDESA A Irlanda do Norte, ou Ulster, e a República da Irlanda, ou Eire, situam-se na Ilha da Irlanda. Na Irlanda do Norte, que integra o Reino Unido, vivem cerca de 1,8 milhão de habitantes,

Leia mais

Palestina - em defesa da nação oprimida

Palestina - em defesa da nação oprimida Palestina - em defesa da nação oprimida Que o Hamas entregue armas à população! Derrotar a ofensiva sionista com o levante das massas palestinas! Unidade dos explorados do Oriente Médio para enfrentar

Leia mais

A nova lei anti-secessão e as relações entre a China e Taiwan. Análise Segurança

A nova lei anti-secessão e as relações entre a China e Taiwan. Análise Segurança A nova lei anti-secessão e as relações entre a China e Taiwan Análise Segurança Bernardo Hoffman Versieux 15 de abril de 2005 A nova lei anti-secessão e as relações entre a China e Taiwan Análise Segurança

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE GEOGRAFIA

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE GEOGRAFIA COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE GEOGRAFIA Aluno(a): Nº Ano: 9º Turma: Data: / /2012 Nota: Professor(a): Edvaldo Valor da Prova: 65 pontos Orientações gerais: 1)

Leia mais

Colégio Senhora de Fátima

Colégio Senhora de Fátima Colégio Senhora de Fátima A formação do território brasileiro 7 ano Professora: Jenifer Geografia A formação do território brasileiro As imagens a seguir tem como principal objetivo levar a refletir sobre

Leia mais

GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 64 ÁFRICA: OS PROBLEMAS HUMANITÁRIOS

GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 64 ÁFRICA: OS PROBLEMAS HUMANITÁRIOS GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 64 ÁFRICA: OS PROBLEMAS HUMANITÁRIOS Como pode cair no enem A representação da África permite várias interpretações, como as que seguem abaixo: I) A África chora a destruição

Leia mais

Expedição 1. 7º ANO_ PROFª BRUNA ANDRADE

Expedição 1. 7º ANO_ PROFª BRUNA ANDRADE Expedição 1. 7º ANO_ PROFª BRUNA ANDRADE O Brasil é considerado um país de dimensões CONTINENTAIS, pois sua área de 8.514.876 Km² é quase igual a do Continente Oceânico. Ele é o 5º país em extensão territorial

Leia mais

As Novas Migrações Internacionais

As Novas Migrações Internacionais As Novas Migrações Internacionais As novas migrações ganharam novas direções, as realizações partem de países subdesenvolvidos para países desenvolvidos, e o novo modelo de migração internacional surge

Leia mais

a) Identifique e caracterize a situação histórica a que a charge se refere.

a) Identifique e caracterize a situação histórica a que a charge se refere. Revisão Específicas 1. (FUVEST) Observe esta charge: a) Identifique e caracterize a situação histórica a que a charge se refere. b) Explique quais são os principais elementos do desenho que permitem identificar

Leia mais

Oriente Médio Oceania

Oriente Médio Oceania 1 Fonte: Para viver juntos: Geografia, 9º ano: ensino fundamental. São Paulo: Edições SM, 2008, p. 206. O mapa acima nos mostra uma região que tem sido motivo de disputas e conflitos entre os europeus

Leia mais

Aula 4 A FOME NO MUNDO CONTEMPORÂNEO. Christian Jean-Marie Boudou

Aula 4 A FOME NO MUNDO CONTEMPORÂNEO. Christian Jean-Marie Boudou Aula 4 A FOME NO MUNDO CONTEMPORÂNEO OBJETIVOS Compreender a abordagem geográfica da fome; Discorrer sobre fome e desnutrição; Conhecer a problemática de má distribuição de renda e alimentos no Brasil

Leia mais

Colégio Visão. História Prof. Alexandre. Discursiva D4. Analise as seguintes figuras e leia o texto abaixo.

Colégio Visão. História Prof. Alexandre. Discursiva D4. Analise as seguintes figuras e leia o texto abaixo. Colégio Visão História Prof. Alexandre Discursiva D4 Questão 01 - (UFJF MG) Analise as seguintes figuras e leia o texto abaixo. Figura 1: Imperador Napoleão III (left) em Sedan, a 2 de Setembro de 1870,

Leia mais

Questão 13. Questão 14. Questão 15. Resposta. Resposta

Questão 13. Questão 14. Questão 15. Resposta. Resposta Questão 13 A população brasileira, segundo o Censo Demográfico 2000, atingiu um total de 169.799.170 pessoas em 1º de agosto de 2000. A série histórica dos censos brasileiros revela o importante crescimento

Leia mais

Atividade extra. Fascículo 2 Geografia Unidade 3 Espaço e Fronteiras. Questão 1. Ciências Humanas e suas Tecnologias Filosofia

Atividade extra. Fascículo 2 Geografia Unidade 3 Espaço e Fronteiras. Questão 1. Ciências Humanas e suas Tecnologias Filosofia Atividade extra Fascículo 2 Geografia Unidade 3 Espaço e Fronteiras Questão 1 Localize, no mapa do Brasil, os Estados que fazem limite com o Estado do Rio de Janeiro e escreva seus nomes abaixo: Fonte:

Leia mais

DATA: /12/2014 VALOR: 20 pontos NOTA: ASSUNTO: Trabalho recuperação final SÉRIE: 9º TURMA: NOME COMPLETO:

DATA: /12/2014 VALOR: 20 pontos NOTA: ASSUNTO: Trabalho recuperação final SÉRIE: 9º TURMA: NOME COMPLETO: DISCIPLINA: GEOGRAFIA PROFESSORES: Marina Monteiro e Fábio Luiz DATA: /12/2014 VALOR: 20 pontos NOTA: ASSUNTO: Trabalho recuperação final SÉRIE: 9º TURMA: NOME COMPLETO: Nº: A PROVA FINAL NÃO SERÁ LIMITADA

Leia mais

MENSAGEM AOS ALUNOS DA UNIVERSIDADE FMU

MENSAGEM AOS ALUNOS DA UNIVERSIDADE FMU MENSAGEM AOS ALUNOS DA UNIVERSIDADE FMU OS REFUGIADOS: * A MAIOR TRAGÉDIA HUMANA DA NOSSA ÉPOCA * A AMEAÇA DE MORTE VIOLENTA DOS REFUGIADOS * E A MORTE CERTA PELA MISÉRIA E PELA FOME * DESAFIO DE UMA UNIVERSIDADE

Leia mais

TRÁFICO HUMANO E AS MIGRAÇÕES INTERNACIONAIS

TRÁFICO HUMANO E AS MIGRAÇÕES INTERNACIONAIS TRÁFICO HUMANO E AS MIGRAÇÕES INTERNACIONAIS MOVIMENTOS MIGRATÓRIOS INTERNACIONAIS 1. RAZÕES DAS MIGRAÇÕES FATORES ATRATIVOS X FATORES REPULSIVOS - CONDIÇÕES DE VIDA - OFERTAS DE EMPREGO - SEGURANÇA -

Leia mais

Cite e analise UMA SEMELHANÇA e UMA DIFERENÇA entre a religião muçulmana e a religião cristã durante a Idade Média.

Cite e analise UMA SEMELHANÇA e UMA DIFERENÇA entre a religião muçulmana e a religião cristã durante a Idade Média. Questão 1: Leia o trecho abaixo a responda ao que se pede. COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO COPESE Quando Maomé fixou residência em Yatrib, teve início uma fase decisiva na vida do profeta, em seu empenho

Leia mais

André Galhardo Fernandes

André Galhardo Fernandes CRESCIMENTO, DESENVOLVIMENTO E DEPENDÊNCIA INVESTIMENTO DIRETO ESTRANGEIRO NA ÁFRICA SUBSAARIANA: UM ESTUDO SOBRE CRESCIMENTO E DEPENDÊNCIA Dissertação de mestrado André Galhardo Fernandes São Paulo, 19

Leia mais

Alecleide de Sousa Série: 6ª alecleide_27@hotmail.com

Alecleide de Sousa Série: 6ª alecleide_27@hotmail.com Formação do Estado e do território Alecleide de Sousa Série: 6ª alecleide_27@hotmail.com Sociedade humana kei É um conjunto de pessoas Que vivem em determinado espaço e tempo e de acordo com certas regras

Leia mais

O imperialismo. Prof Ferrari

O imperialismo. Prof Ferrari O imperialismo Prof Ferrari Imperialismo ou neocolonialismo do séc. XIX Conceitos e definições sobre o imperialismo O imperialismo dos séculos XIX e XX resultou da expansão capitalista e atendia aos interesses

Leia mais

Unidade IV Natureza-Sociedade: questões ambientais Aula 21. 1 Conteúdo A conquista do Oeste; Acordos, guerra e ouro; A guerra civil norte-americana.

Unidade IV Natureza-Sociedade: questões ambientais Aula 21. 1 Conteúdo A conquista do Oeste; Acordos, guerra e ouro; A guerra civil norte-americana. CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade IV Natureza-Sociedade: questões ambientais Aula 21. 1 Conteúdo A conquista do Oeste; Acordos, guerra e ouro; A guerra civil norte-americana.

Leia mais

Região de conflitos 1) Irã x Iraque: 2) Guerra do Golfo ou Iraque x Kuwait 3) Guerra no Afeganistão: 4) Guerra no Iraque ou Iraque x EUA:

Região de conflitos 1) Irã x Iraque: 2) Guerra do Golfo ou Iraque x Kuwait 3) Guerra no Afeganistão: 4) Guerra no Iraque ou Iraque x EUA: AVALIAÇÃO MENSAL DE GEOGRAFIA 1º Bim./2012 GABARITO Professor(a): Marcelo Duílio / Mônica Moraes Curso: Fund. II 9º ano Data: 08 / 03 / 2012 Tarde versão 2 Nome: BOA PROVA!!! Nº.: Instruções gerais Para

Leia mais

Entender o capitalismo e suas fases; Caracterizar a segunda fase da Revolução Industrial e conhecer suas principais invenções.

Entender o capitalismo e suas fases; Caracterizar a segunda fase da Revolução Industrial e conhecer suas principais invenções. Componente Curricular: História Professor: Fernando Assumpção Ano/ Série: 9º Turma: A Mês: Março Data Habilidades Objetivos para adaptação curricular 05/03 Compreender a Conquista do Oeste norte americano

Leia mais