- Imani é a nova casa de campo da Região - Hebe Camargo nomeada Embaixadora do Alentejo no Brasil

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "- Imani é a nova casa de campo da Região - Hebe Camargo nomeada Embaixadora do Alentejo no Brasil"

Transcrição

1 NEWSLETTER Junho 2011 destaques: - Imani é a nova casa de campo da Região - Hebe Camargo nomeada Embaixadora do Alentejo no Brasil Indice: P2 - Editorial P5 - Destaque P7 - Promoção P10 - Promoção Externa P14 - Melhoria do Produto P17 - Observatório P19 - Apoio ao Investidor P22 - Estatísticas P23 - Colóquios / Debates P25 - Iniciativas / Inaugurações P31 - Turismo do Alentejo é Notícia

2 Chegados sensivelmente a meio do ano, é tempo de fazer um breve ponto de situação sobre a execução das principais linhas de intervenção da Turismo do Alentejo, ERT e, simultaneamente, perspectivar o trabalho para os próximos meses, apontando energias para os principais desafios que se avizinham. Editorial No capítulo promocional teve início no mês passado a segunda vaga da campanha Alentejo, tempo para ser feliz, com a continuação do plano publicitário na imprensa escrita e na internet que se prolongará nos próximos meses. A comunicação da renovada imagem do turismo regional teve entretanto também em Maio dois pontos altos, no quadro de acções de marketing de guerrilha com as quais o Alentejo invadiu Lisboa e Porto, posicionando o destino com grande destaque nas redes sociais. Por outro lado, e ao nível das edições de material promocional, encontram-se já prontos os primeiros folhetos concelhios que serão distribuídos ainda em Junho, perspectivando-se até ao final do ano a edição da totalidade dos 47 suportes. Em simultâneo estamos a ultimar a edição em português de uma versão ligeira da brochura genérica, exclusivamente dirigida ao circuito das feiras e dos eventos regionais. Em bom ritmo evolui também a preparação dos guias temáticos orientados para segmentos de mercados, cuja publicação se encontra programada para o final do ano. No apoio à comercialização da oferta turística foi lançada em Abril a campanha Parece Anedota, dirigida principalmente ao segmento de turismo sénior. Neste contexto temo-nos ocupado da execução da componente promocional da operação, através de campanhas radiofónicas, inserções de anúncios na imprensa nacional e em diversas publicações regionais com expressão nos principais centros emissores de turistas para o Alentejo. No que diz respeito ao canal Internet encontra-se em preparação o novo website, o qual deverá estar on-line depois do Verão. Desenvolvida em conjunto com a Agência Regional de Promoção Turística, trata-se de uma plataforma fortemente inovadora que arrastará uma presença global do Alentejo nas redes sociais, com um canal específico no Youtube, uma página renovada no Facebook e um trabalho constante de posicionamento do domínio visitalentejo nos motores de busca da Web. Em complemento será ainda lançado um plano de web-marketing. P2

3 Na frente dos eventos e da animação turística, a Turismo do Alentejo foi uma das duas entidades regionais do país que conseguiu mobilizar apoio financeiro para cinco eventos integrados no Calendário Nacional lançado pelo Turismo de Portugal. Em complemento candidatámos a operação Alentejo Eventos ao Inalentejo, procurando reforçar o apoio aos Municípios na organização e promoção de acontecimentos turísticos com impacte na atracção de visitantes ao território. Editorial Na área da reengenharia do produto turístico, encontra-se em desenvolvimento o projecto que visa a criação de uma Rota dos Mármores. Prevê-se que a operação entre em velocidade de cruzeiro no segundo semestre do ano com a estruturação dos primeiros itinerários e a montagem de esquemas de visitação nas pedreiras, ao mesmo tempo que se afinarão as estratégias de distribuição e de comunicação. Em complemento a esta iniciativa, candidatou-se também ao Inalentejo o projecto Escultura na Cidade, que tendo como mote o Simpósio de Escultura realizado em Évora há 30 anos, assinalará igualmente um quarto de século da Cidade como Património da Humanidade. O Congresso Alentejo Património do Tempo - realizado no passado mês de Abril em Portalegre permitiu por outro lado e no que toca ao produto Touring Cultural, estabelecer as principais direcções do respectivo projecto de reconfiguração, o qual será preparado e candidatado aos Fundos Comunitários até ao final de Já em análise no Programa Operacional Regional do Alentejo, encontra-se o projecto de estruturação do produto Gastronomia e Vinhos, que terá em Setembro a sua primeira acção, com a realização da segunda edição do Alentejo das Gastronomias Mediterrânicas, em Beja. As primeiras actividades deste projecto, designado por Alentejo Bom Gosto, serão dirigidas à dinamização de programas de visita ao Alentejo e incluirão ainda a elaboração da Carta Gastronómica da região e o desenvolvimento de um mecanismo de certificação dos restaurantes. No âmbito da monitorização do turismo regional, o Observatório de Turismo prosseguirá o seu trabalho de divulgação mensal dos principais indicadores da operação turística, através da publicação do Barómetro Regional. Ao longo do segundo semestre serão apresentados novos indicadores, mais completos e com informação desagregada por concelho e sub-região, facilitando a aplicação da mesma aos negócios dos empresários da região. Antes do Verão serão igualmente divulgados os primeiros dados de natureza qualitativa resultantes do Estudo do Perfil do Visitante, que permitirá estabelecer o perfil sócio-demográfico e económico e a matriz motivacional por produto dos turistas que nos visitam. P3

4 Na área do acolhimento e da hospitalidade, dar-se-á inicio em Setembro próximo à implementação de uma Rede de Informação Turística no Alentejo, projecto que se traduzirá na instalação de quiosques interactivos nos postos de turismo e na implementação de uma plataforma colaborativa a qual ligará em rede os profissionais do sector que trabalham nestas estruturas. Ainda ao nível do acolhimento turístico, encontra-se em fase adiantada de preparação, a criação de um conjunto de guias transversais e concelhios, que serão distribuídos através de telemóvel. Esta iniciativa permitirá a disponibilização de conteúdos turístico-culturais, agendas de eventos e informações úteis a qualquer hora, suprindo assim os períodos em que os postos de turismo se encontram encerrados. Editorial Na componente da Identidade aguarda-se com grande expectativa a decisão do Inalentejo, relativamente ao projecto que visa candidatar o Montado a Património Cultural da Humanidade, o qual foi desenvolvido nos primeiros meses deste ano no quadro de um trabalho intenso e muito complexo. Ao nível da dinamização da Rede de Apoio ao Investimento e da Iniciativa Turística prosseguirá, entre outras iniciativas, a aplicação da agenda para a competitividade e inovação no sector turístico do Alentejo, com a realização do road-show informativo sobre Eficiência Energética, isto depois das primeiras acções subordinadas ao Aumento das Vendas na Internet, terem sido muito bem acolhidas pelos empresários e profissionais. A par disso começarão a ser preparadas as acções de captação e de promoção do investimento turístico no Alentejo, num trabalho que inclui ainda a sistematização das oportunidades de negócio no Alentejo e a procura de potenciais parceiros. Ceia da Silva Presidente da Turismo do Alentejo, ERT P4

5 Imani Country House Inaugurada a 6 de Maio, a Imani Country House é a mais recente casa de campo do Alentejo que, situada em Évora, promete acreditar na qualidade e excelência do serviço para conquistar os turistas. Destaque Imani - que em Swahili significa acreditar - está a 60 minutos de distância de Lisboa, a 10 minutos de Évora, cidade Património Mundial da UNESCO e a 2 minutos do Cromeleque dos Almendres, um dos monumentos megalíticos mais importantes da Península Ibérica. Localiza-se na Quinta de Montemuro, uma quinta com características únicas no Alentejo, repleta de antigos jardins, relvados, tanques de pedra, esculturas e ligada por um bosque de cedros centenários. Os quartos e suites com áreas compreendidas entre os 35m2 e os 80m2, têm esplanada sobre o jardim e estão equipados com ar condicionado, lareira, tv, dvd, rádio, ipod deck, free internet e mini-bar groumet. Os pequenos-almoços são servidos até ao meio-dia, com o jornal diário à escolha do cliente. A Imani Country House tem ainda à disposição dos seus hóspedes piscinas e o restaurante Improvável, que serve almoços, brunches e jantares. De portas abertas desde o dia 6 de Maio, a unidade de alojamento promete oferecer um serviço diferenciador e contribuir para a excelência da região. Saiba mais em P5

6 Hebe Camargo nomeada Embaixadora do Alentejo no Brasil A Turismo do Alentejo, ERT e a Agência Regional de Promoção Turística atribuíram à ilustre apresentadora brasileira Hege Camargo o título de Embaixadora do Alentejo no Brasil. Destaque A cerimónia teve lugar no Hotel Convento do Espinheiro, em Évora, no dia 15 de Maio, na presença de alguns empresários do sector - entre os quais o Director da unidade de alojamento, Dinis Pires - e do Director do Turismo de Portugal no Brasil, Paulo Machado. A condecoração atribuída pelo Presidente da ERT, António Ceia da Silva, e pelo Presidente da Agência, Vítor Silva é inédita, pois nunca uma personalidade brasileira tinha recebido este título. Recorde-se que o Brasil tem vindo a crescer entre os mercados emissores de turistas para o Alentejo. Nas declarações de agradecimento, Hebe Camargo afirmou levarei nos olhos as paisagens do Alentejo; no coração, o carinho e o acolhimento dos alentejanos; nos ouvidos, os cantares alentejanos e na alma, as emoções que dividirei com o meu público telespectador por meio das reportagens que apresentarei em meu programa especial sobre Portugal. A ilustre apresentadora deslocou-se a Portugal com uma equipa de produção para fazer várias reportagens sobre o país para o seu novo programa da Rede TV. P6

7 Acção de guerrilha em Lisboa e no Porto Sob o mote Alentejo pára Lisboa e Porto, a Turismo do Alentejo promoveu, a 18 e 19 de Maio, uma acção de guerrilha nas duas cidades para dar a conhecer o potencial da região e conquistar mais turistas. Promoção Durante dois dias, o Alentejo invadiu as principais ruas de Lisboa e do Porto, com uma acção de guerrilha que, ao surpreender automobilistas e transeuntes, comunicou os valores do destino. A iniciativa envolveu carros e motas decorados com as imagens da linha Alentejo, tempo para ser feliz, cantares alentejanos e a distribuição de vouchers com 30% de desconto em estadias, em vários empreendimentos turísticos da região. Foi ainda feito um video para divulgação da acção de guerrilha nas redes sociais - nomeadamente na página de facebook da Turismo do Alentejo e no youtube -, com o objectivo de dar continuidade a uma estratégia que aposta em atrair para a região os habitantes das principais cidades portuguesas. Recorde-se que, para a Turismo do Alentejo, a conquista dos moradores de Lisboa e do Porto é muito importante para o crescimento turismo da região. Veja aqui o vídeo da acção de guerrilha P7

8 Campanha Parece Anedota na rádio e na imprensa Durante o mês de Maio, a Entidade Regional de Turismo apostou na rádio e na imprensa para comunicar a campanha de pacotes turísticos Parece Anedota. Promoção As revistas de fim-desemana do Correio da Manhã, o Região de Leiria, os Diários de Coimbra, Viseu, Minho e Aveiro, assim com a TSF foram os órgãos de comunicação social escolhidos pela Turismo do Alentejo para a primeira vaga publicitária da campanha Parece Anedota, decorrida durante o mês de Maio. Recorde-se que esta campanha, inspirada no bom humor dos alentejanos, comunica pacotes turísticos dirigidos ao segmento dos seniores activos com tempo para viajar e disponibilidade financeira para desfrutar da vasta e qualificada oferta turista da região. Os pacotes estão a ser comercializados pela Alentejo Tours. Campanha Imprensa P8 Campanha radiofónica Ouça aqui o anúncio na TSF

9 Turismo do Alentejo presente nas feiras regionais Promoção Entre os dias 4 e 8 de Maio, a Turismo do Alentejo marcou presença com um stand promocional na Ovibeja, realizada no Parque de Feiras e Exposições de Beja. A iniciativa contou ainda com a visita do Presidente da ERT, António Ceia da Silva. No mesmo mês, a Entidade Regional de Turismo esteve também representada na Patrimonius, realizada em Elvas de 27 a 29, e na Santiagro, decorrida em Santiago do Cacém, nas mesmas datas. NERPOR ROAD TOUR No âmbito da área da promoção, a Turismo do Alentejo colaborou com a organização da iniciativa NERPOR ROAD TOUR, realizada pelo NERPOR-AE, entre os dias 27 e 29 de Maio, no distrito de Portalegre. Neste sentido, a instituição disponibilizou diversos materiais promocionais e folhetos informativos da região, organizou provas de vinhos e degustações e esteve presente com um stand promocional na área da exposição do evento. P9

10 É lançada em Junho, e vai ter a segunda vaga no mês de Novembro, uma forte campanha de promoção do Alentejo em quatro regiões de Espanha. conquistaelalentejo.com já está no mercado Promoção Externa Dirigida directamente ao potencial turista e com uma mensagem provocadora, a campanha desafia os espanhóis a conquistarem o Alentejo. Para que o desafio seja ainda mais apetecível - nesta campanha que envolve os sócios da Agência Regional de Promoção Turística do Alentejo e a Galp Espanha-, vamos oferecer um bónus aos espanhóis que reservem um mínimo de três noites. O prémio é um cartão Galp com um carregamento de combustível, para ser usado num dos 620 postos que a companhia tem em Espanha, refere Vítor Fernandez da Silva, Presidente da Agência. A campanha vai ocupar mais de 500 posições entre outdoors 8 x 3 m, nas comunidades de Madrid, Catalunha, País Basco e Galiza, decoração de autocarros e nas redes de painéis publicitários instaladas nos metros de Madrid, Barcelona e Bilbao. Esta campanha, inovadora no conceito, inclui igualmente a participação de algumas das empresas que estão integradas no plano de internacionalização do Alentejo, financiado com fundos comunitários pelo Sistema de Incentivo à Internacionalização e que escolheram a Espanha como um dos seus mercados prioritários. TV Globo vem filmar o Alentejo P10 Entre os dias 15 e 30 de Junho, uma equipa de produção da TV Globo vai realizar filmagens no Alentejo, para o programa informativo semanal Globo Repórter. Está previsto que as filmagens decorram um pouco por toda a região, já que a imagem que pretendem transmitir é a da diversidade que a região oferece, das montanhas às planícies, do interior ao litoral ou dos campos às cidades. Especial atenção vai ser dada ao legado megalítico na região, com especial destaque para o Cromeleque dos Almendres, mas também à gastronomia baseada no pão e à forte presença de cegonhas.

11 Alentejo em promoção no Brasil Promoção Externa O Alentejo apresenta, pela primeira vez, as paisagens exuberantes, as belas praias e as aldeias pitorescas aos agentes de viagens em roadshow nas cidades brasileiras de Belo Horizonte, Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo. A capital mineira vai ser a primeira a receber profissionais de sete hotéis/grupos hoteleiros alentejanos, além da Agência de Promoção Turística do Alentejo e do Turismo de Portugal, entidades responsáveis pela divulgação do Alentejo e de Portugal, respectivamente. A cada ano o número de brasileiros que visita a região aumenta e acreditamos no grande potencial deste mercado. Por isso decidimos desenvolver uma campanha inédita e autónoma no Brasil, inicialmente em quatro grandes capitais brasileiras, para reforçar o potencial turístico desta região, adianta Vitor Fernandez da Silva, Presidente da Agência de Promoção do Alentejo. Segundo dados do INE, em 2010 a região recebeu hóspedes brasileiros, deixando o Brasil em quarto lugar no ranking dos principais emissores estrangeiros, atrás apenas de Espanha, França e Alemanha. O número é 32,86% maior que em 2009, quando hóspedes brasileiros estiveram na região. Em 2010 também houve aumento do número de pernoites. Ao todo, foram pernoites de brasileiros nos estabelecimentos hoteleiros do Alentejo, 35,31% mais que em 2009, quando foram registrados pernoites. No que respeita à acção de promoção no Brasil, participaram 220 agentes num roadshow que decorreu a 30 de Maio em Belo Horizonte, dia 31 de Maio no Rio de Janeiro, a 1 de Junho em Curitiba e dia 2 de Junho em São Paulo. Em cada cidade, foi entregue material de divulgação da região e dos hotéis/grupos hoteleiros participantes, designadamente Grupo Pousadas de Portugal, Grupo Vila Galé, Convento do Espinheiro, Grupo Hotéis Mar D'Ar (Mar D'ar Aqueduto e Mar D'Ar Muralhas), Casino Hotel Troia/Tróia Design Hotel, Evorahotel e o restaurante O Aqueduto, além da Agência de Promoção Turística do Alentejo e do Turismo de Portugal. P11

12 Região supera objectivos operacionais no primeiro trimestre No primeiro trimestre de 2011, o Alentejo realizou 29,6% dos objectivos operacionais definidos no Plano Estratégico Nacional do Turismo (PENT) para a promoção regional externa. Promoção Externa Sublinhe-se que o crescimento considera a evolução face ao ano de 2010, ano em que o Alentejo registou o maior número de dormidas de sempre. Os mercados que mais contribuíram para a boa prestação, em que superámos os objectivos do trimestre, foram a Espanha e a França, permitindo-me chamar a atenção para o facto de este ano a Semana Santa se ter prolongado para o mês de Abril, pelo que será expectável que os dados que o INE irá brevemente revelar sobre a actividade turística nesse mês, venham confirmar a continuação desta dinâmica de crescimento dos mercados, referiu Vítor Fernandez da Silva, Presidente da Agência Regional de Promoção Turística do Alentejo. É de referir ainda que o balanço do trimestre para Portugal no seu todo, sendo positivo, acusa ainda um desvio face aos objectivos operacionais definidos no PENT, estando nos 15,9%. P12

13 The Guardian e Sunday Times destacam a Região Duas das maiores publicações editadas no Reino Unido conferiram um destaque muito especial ao Alentejo, no âmbito do primeiro voo comercial entre os aeroportos de Heathrow/ Londres e Beja. Promoção Externa O The Guardian dedicou ao Alentejo uma reportagem de uma página inteira, na edição do dia 21 de Maio, véspera do primeiro voo. Já no suplemento de viagens do Sunday Times, a região mereceu um destaque de duas páginas. Ambas as reportagens são assinadas por jornalistas que a Agência Regional de Promoção Turística do Alentejo convidou a apreciar os activos turísticos que o Alentejo têm para oferecer, assim como os de algumas empresas do sector, que foram por eles visitadas. Noel Josephides, responsável pelo operador turístico Sunvil - que lançou no mercado do Reino Unido os programas Alentejo que estão na base da criação da ligação aérea Londres/Beja -, teve a oportunidade de manifestar junto de Vítor Fernadez da Silva, Presidente da Agência Regional de Promoção, o quanto importante é para o sucesso desta operação a cobertura que a imprensa inglesa está a dar ao destino. P13

14 Melhoria do Produto P14 14 escolas premiadas no concurso Um turista, um amigo no Alentejo No âmbito do concurso Um turista, um amigo no Alentejo, a Turismo do Alentejo, ERT distinguiu os trabalhos de alunos de 14 instituições escolares. Os galardoados foram anunciados a 1 de Junho, Dia Mundial da Criança, na página institucional da Internet da Turismo do Alentejo, e a entrega simbólica dos prémios está agendada para 13, na Escola do Atalaião, em Portalegre e na EB 2/3 José Gomes Ferreira, em Ferreira do Alentejo. As cerimónias - presididas pelo Presidente da Turismo do Alentejo, António Ceia da Silva -, vão contar com a presença dos alunos e dos responsáveis de cada uma das turmas distinguidas. Recorde-se que o concurso, lançado em Novembro sob o tema Património Segredos para descobrir e para admirar tem por objectivo sensibilizar a comunidade escolar, em particular os alunos, para a importância da valorização do património cultural da região, um recurso turístico singular pela qualidade e diversidade. Os trabalhos premiados foram seleccionados entre as dezenas de candidaturas apresentadas pelas Escolas do Ensino Básico, Secundário e Agrupamentos de todos os concelhos da região, por um júri composto por representantes da Entidade Regional de Turismo, da Direcção Regional de Educação do Alentejo e do Instituto Português da Juventude. Premiados Um turista, um amigo no Alentejo 1º ciclo do Ensino Básico: -Escola E B 1/Jardim de Infância Atalaião, Portalegre - 3º F 2º ciclo do Ensino Básico: -EB 2/3 José Gomes Ferreira - Ferreira do Alentejo - 6º B -EBI/JI das Álcáçovas - 5º A -EB 2/3 João Pedro de Andrade - Ponte de Sôr - 6º G -EB 2/3 Nª Srª da Luz - Arronches - 6º e 9º A 3º ciclo do Ensino Básico: -Escola de Nª Srª da Luz - Arronches - 8º B -EBI Stª Maria de Beja - 8º A -EBI Stª Maria de Beja - 8º A -EB1 c/ji de Ammaia - Portagem - 9º A Ensino Secundário: -Agrupamento de Escolas de Mértola - 10º C - Curso Profissional de Turismo Ambiental e Rural -Associação Agostinho Roseta Pólo do Crato 10º A -Associação Agostinho Roseta Pólo do Crato 11º A -Escola Secundária c/3º ciclo de Serpa 12º C -Escola Secundária c/ 3º Ciclo Diogo Gouveia Beja 10º

15 Turismo do Alentejo abre Posto de Informação no Aeroporto de Beja A Entidade Regional de Turismo inaugurou um Posto de Informação Turística no Aeroporto de Beja, a 22 de Maio. Melhoria do Produto P15 O novo Posto de Informação Turística está aberto todos os domingos, de acordo com o horário das chegadas e partidas dos voos do operador turístico Sunvil. Deste modo, a Turismo do Alentejo vai contribuir para um acolhimento de qualidade e fornecer aos turistas toda a informação disponível sobre a oferta da região. Recorde-se que o operador turístico inglês Sunvil Discovery iniciou a 22 de Maio uma operação no Aeroporto de Beja que vai garantir durante 22 semanas - até Outubro - a chegada de turistas oriundos de Heathrow (Londres) ao Alentejo. Este operador está a vender pacotes de sete dias no Alentejo e os voos associados à operação têm chegada aos domingos pelas 8h40 e partida, também aos domingos, pelas 9h40. A reunião regional do Roteiro das Minas e Pontos de Interesse Mineiro e Geológico de Portugal realizou-se, a 13 de Maio, no Fórum Municipal de Castro Verde. O projecto é uma iniciativa da Direcção Geral de Energia e Geologia e da Empresa de Desenvolvimento Mineiro- EDM, ao qual se associaram parceiros locais que, no caso do Alentejo, são a Fundação Serrão Martins (Mina de S. Domingos); o município de Aljustrel (Minas de Aljustrel), o Centro de Ciência Viva do Lousal (Centro Mineiro do Lousal), o Centro de Ciência Viva de Estremoz e o município de Vila Viçosa (Museu do Mármore de Vila Viçosa). Na reunião foi equacionada a possibilidade de outros parceiros integrarem o projecto, nomeadamente o município de Castro Verde. O encontro, destinado a apresentar o projecto Roteiro das Minas aos agentes turísticos da região, Reunião do Roteiro das Minas permitiu que estes conhecessem não só a ferramenta criada para promover os locais visitáveis associados ao tema minas e locais de interesse geológico - o site -, mas também para que os diferentes parceiros do projecto no Alentejo apresentassem o potencial turístico dos seus locais. Foram identificados alguns problemas destes locais no respeitante às visitas turísticas e, exceptuando o caso do Centro Mineiro do Lousal, verificou-se que a oferta disponível está ainda por estruturar e organizar enquanto produto turístico. A organização da reunião foi da responsabilidade da Turismo do Alentejo que se fez representar pelo seu Presidente António Ceia da Silva e pelos Vice-presidentes José Godinho e Vítor Silva, o último dos quais representou ainda a Agência Regional de Promoção Turística, instituição onde exerce o cargo de Presidente.

16 Projecto REHMINE Melhoria do Produto Na perspectiva do desenvolvimento do Produto Turismo Mineiro, a Turismo do Alentejo, ERT participou, a 6 de Maio, numa reunião sobre o projecto de investigação REHMINE da Universidade Técnica de Lisboa, na Mina de S. Domingos. O encontro de trabalho teve como objectivo ampliar o conhecimento sobre as potencialidades do desenvolvimento da localidade e, simultaneamente, criar um ponto de partida comum para a reflexão sobre o futuro da Mina de S. Domingos. Para o efeito foram convidados peritos de diferentes áreas - como turismo, património, desenvolvimento rural e participação social - para apresentarem perspectivas sobre as possibilidades de desenvolvimento e confrontarem-nas com as expectativas e probabilidades dos actores sociais locais. O projecto pretende contribuir para a maximização do valor gerado pela reabilitação ambiental prevista pela EDM (Empresa de Desenvolvimento Mineiro) para a Mina de S. Domingos, envolvendo para o efeito os interesses e as esperanças de todos os actores sociais. A Turismo do Alentejo, ERT fez-se representar na sessão pela Coordenadora dos Serviços de Estratégia e Planeamento, Maria Manuel Macedo. Na reunião marcou ainda presença o Turismo do Alentejo Litoral, através do Vice-presidente, Carlos Silva. P16

17 Site do Observatório já entrou em funcionamento Observatório P17 O lançamento e apresentação do site do Observatório Regional de Turismo e dos primeiros dados do Barómetro decorreram a 5 e 9 de Maio, em Portalegre, Évora, Alcácer do Sal e Beja na presença de agentes de toda a região. Aos parceiros foi dada a conhecer a análise dos primeiros três meses deste ano, obtida a partir dos dados do Barómetro de Turismo do Alentejo, com uma amostra correspondente a 19,69% do total do universo da oferta de alojamento do Alentejo, em número de unidades. Decomposta por categoria de alojamento, destacaram-se as amostras dos hotéis de quatro estrelas (46,1%), dos hotéis de três estrelas (46,43%), das pousadas (83,3 %), dos hotéis rurais (26,2%), dos parques de campismo (20%) e das pousadas de juventude (100%). Apesar de não existirem dados de 2010, que permitam fazer uma comparação homóloga, foi possível transmitir aos parceiros a seguinte análise sobre o primeiro trimestre de 2011: -O aumento da taxa de ocupação de uma forma progressiva e sistemática no decurso do período em todas as categorias de alojamento -a estabilização da estadia média para a mesma sequência mensal -o desempenho excepcional do mercado finlandês, acompanhado à distância mas com valores significativos pela Suécia e Noruega -a forte presença dos hotéis de quatro estrelas, hotéis de três estrelas e pousadas na captação do mercado português, apresentando alguma relevância também nos parques de campismo -nos hotéis de três estrelas destaca-se o desempenho do mercado espanhol seguido pelos hotéis de quatro estrelas, sobretudo em Março -nos parques de campismo o mercado finlandês revelou uma dimensão inesperadamente muito forte.

18 Observatório Síntese de Abril No mês de Abril, que inclui o período da Páscoa, verificou-se a natural subida das taxas de ocupação em todas as categorias de alojamento classificado, particularmente notória nos hotéis rurais. Os principais emissores foram os mercados tradicionais, ou seja Portugal, Espanha, Alemanha, Reino Unido, Holanda e França. Na estada média, o mercado português melhorou em relação aos três primeiros meses do ano (o valor de 1,88 dias significa que as permanências de dois dias foi superior às de um dia) e os outros mercados estabilizaram os seus valores, com a Holanda e o Reino Unido a apresentar estadas superiores aos dois dias. Analisando a procura por categoria, todos os mercados, com algumas variações percentuais, concentram a sua escolha na oferta mais classificada - 4 e 3 estrelas e pousadas - e nos parques de campismo. O Observatório conta já com 116 aderentes dos quais 94 enviam dados. Assim os últimos resultados foram construídos com base numa amostra correspondente a 29,20% do universo total de quartos do Alentejo. Recorde-se que o Observatório Regional do Turismo do Alentejo tem como propósito a produção e a disponibilização alargada de informação de carácter prospectivo, visando a sustentação das decisões operativas e das estratégias de negócio das empresas. O projecto é co-financiado pela União Europeia (FEDER - Fundo Europeu do Desenvolvimento Regional) no âmbito do Programa Operacional Regional do Alentejo - Inalentejo. Saiba mais sobre os dados do Barómetro do Turismo do Alentejo em: Turismo do Alentejo reúne com parceiros do projecto Durante o mês de Maio, os técnicos da Turismo do Alentejo responsáveis pelo Observatório Regional de Turismo do Alentejo realizaram várias reuniões de trabalho com os parceiros do projecto. P18 A actividade Sistema de Informação Geográfica (SIG) foi o assunto principal da reunião de 3 Maio que contou com a presença de representantes da Universidade de Évora, do Instituto Politécnico de Portalegre e do Instituto Politécnico de Beja. O encontro contou com a presença de representantes da UE, do Instituto Politécnico de Portalegre e do Instituto Politécnico de Beja. Já no dia 10 de Maio, os mesmos parceiros do ensino superior e os técnicos da Turismo do Alentejo analisaram a última reprogramação da candidatura do Observatório, alguns aspectos financeiros e as várias actividades e rubricas e definiram o cronograma para apresentação de todas as alterações para que, até 10 de Junho, tudo seja entregue no Inalentejo. No que respeita à reunião de 20 de Maio, entre a Turismo de Alentejo e os parceiros dos núcleos empresariais, a agenda ficou marcada pela última reprogramação da candidatura do Observatório, pela avaliação dos aspectos financeiros e pela análise da execução da actividade 8.

19 Sessão Informativa - SI Qualificação e Internacionalização de PME - Aviso 10/SI/ Projectos conjuntos - Internacionalização Apoio ao Investidor A Turismo do Alentejo, ERT e a Agência Regional de Promoção Turística do Alentejo (ARPTA) promoveram em conjunto uma sessão informativa sobre Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME - Aviso 10/SI/ Projectos Conjuntos - Internacionalização, a 3 de Junho, no hotel Convento do Espinheiro, em Évora. A iniciativa contou com a presença de António Ceia da Silva, Presidente da Turismo do Alentejo, ERT; Vítor Fernandez da Silva, Presidente da Agência Regional de Promoção Turística do Alentejo; Carlos Abade, representante do Turismo de Portugal, IP e João Sequeira, representante da AICEP. Entrega de certificados de formação O Presidente da Turismo do Alentejo, Ceia da Silva, e a Directora da Escola de Hotelaria e Turismo de Portalegre, Conceição Grilo entregaram aos participantes nos cursos de formação contínua de Legislação Laboral e de Itinerários e Circuitos Turísticos - Rota do Fresco os respectivos diplomas. A sessão teve lugar a 9 de Maio, na sede da Entidade Regional de Turismo, em Beja. P19

20 Turismo de Portugal confirma utilidade turística do M'AR de AR Aqueduto O Turismo de Portugal, confirmou para definitiva, por despacho no Diário da República de 18 de Maio de 2011, a utilidade turística ao hotel M'AR de AR Aqueduto Historic Design Hotel & Spa, de 5 estrelas, em Évora. Refira-se que a declaração de utilidade turística é uma qualificação atribuída a determinados empreendimentos turísticos e outros empreendimentos com relevância para o sector do turismo. Apoio ao Investidor Acção de Informação/Formação em Legislação Turística A Turismo do Alentejo, ERT fez-se representar pela coordenadora do Gabinete de Apoio ao Investimento e à Iniciativa Turística, Maria João Macedo, na acção de Informação/Formação em Legislação Turística, dirigida aos técnicos das entidades regionais de turismo que decorreu no Turismo de Portugal, IP no passado a 24 de Maio. Diploma Chave Verde A edição de 2011 do Galardão Chave Verde contou com três candidaturas de empreendimentos turísticos do Alentejo. Às três candidaturas foi atribuído o diploma que tem a validade de 12 meses, sendo possível a sua renovação. Os empreendimentos distinguidos, este ano, são o Hotel Vila Park - Santo André, a Quinta da Dourada (TER) - Portalegre e a Casa do Terreiro do Poço (TER) - Borba. Sistema de Incentivos à Inovação Das candidaturas apresentadas ao Sistema de Incentivos à Inovação (Aviso 04/SI/2010) foram aprovados 8 projectos no Alentejo, nomeadamente: P20 - Torre de Palma, Lda. - Monforte - SÍTIOS - Serviço de Informação Turística, SA - Évora - PORTUGALRES LDA. - Évora - Cabeças do Reguengo, Lda. - Portalegre - HACIENDA BRANCA - UNIPESSOAL, Lda - Vidigueira - Hotel Pallas, Lda. - Elvas - ALENTREL, SA - Aljustrel - Milagrete, Lda. - Mourão

indicadores 1. Hóspedes 2.1. Número total de hóspedes 2.2. Hóspedes por tipologia de alojamento 2.3. Hóspedes por país de origem

indicadores 1. Hóspedes 2.1. Número total de hóspedes 2.2. Hóspedes por tipologia de alojamento 2.3. Hóspedes por país de origem boletim trimestral - n.º 6 - outubro 2014 algarve conjuntura turística indicadores 1. Hóspedes 2.1. Número total de hóspedes 2.2. Hóspedes por tipologia de alojamento 2.3. Hóspedes por país de origem 1.

Leia mais

indicadores 1. Hóspedes 1.1. Número total de hóspedes 1.2. Hóspedes por tipologia de alojamento 1.3. Hóspedes por país de origem

indicadores 1. Hóspedes 1.1. Número total de hóspedes 1.2. Hóspedes por tipologia de alojamento 1.3. Hóspedes por país de origem boletim trimestral - n.º 2 - setembro 2013 algarve conjuntura turística indicadores 1. Hóspedes 1.1. Número total de hóspedes 1.2. Hóspedes por tipologia de alojamento 1.3. Hóspedes por país de origem

Leia mais

Enquadramento Turismo Rural

Enquadramento Turismo Rural Enquadramento Turismo Rural Portugal é um País onde os meios rurais apresentam elevada atratividade quer pelas paisagens agrícolas, quer pela biodiversidade quer pelo património histórico construído o

Leia mais

boletim trimestral - n.º 1 - junho 2013 algarve conjuntura turística

boletim trimestral - n.º 1 - junho 2013 algarve conjuntura turística boletim trimestral - n.º 1 - junho 2013 algarve conjuntura turística indicadores 1. Movimento de passageiros no aeroporto de Faro 1.1. Movimento total de passageiros 1.2. Passageiros desembarcados por

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS 1 de 6 - mobilidade humana e OBJECTIVO: Identifica sistemas de administração territorial e respectivos funcionamentos integrados. O Turismo Guião de Exploração Indicadores sobre o turismo em Portugal 27

Leia mais

ANEXO TURISMO SUSTENTÁVEL BASES PARA A DEFINIÇÃO DE UM PROGRAMA DE VER PLANTA CASAS E MONTES AGRÍCOLAS ESTRATÉGIA DE TURISMO SUSTENTÁVEL -

ANEXO TURISMO SUSTENTÁVEL BASES PARA A DEFINIÇÃO DE UM PROGRAMA DE VER PLANTA CASAS E MONTES AGRÍCOLAS ESTRATÉGIA DE TURISMO SUSTENTÁVEL - ANEXO BASES PARA A DEFINIÇÃO DE UM PROGRAMA DE TURISMO SUSTENTÁVEL VER PLANTA CASAS E MONTES AGRÍCOLAS ESTRATÉGIA DE TURISMO SUSTENTÁVEL - ANEXO AO RELATÓRIO 3 ANEXO AO RELATÓRIO 3_ PROGRAMA DE EXECUÇÃO

Leia mais

Licenciatura em Ciências da Comunicação, Vertente Jornalismo, pela Universidade Autónoma de Lisboa, completada com média final de 13 valores

Licenciatura em Ciências da Comunicação, Vertente Jornalismo, pela Universidade Autónoma de Lisboa, completada com média final de 13 valores Informação Pessoal Nome Nuno Miguel Fernandes Aires Data de Nascimento 24 de Julho de 1971 Morada Avenida 5 Outubro, 25 6º andar 8000 Faro Nacionalidade Portuguesa Telemóvel 915 333 112 E-mail naires@msn.com

Leia mais

Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde Estatísticas do Turismo Movimentação de Hospedes 2º Trimestre 2015

Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde Estatísticas do Turismo Movimentação de Hospedes 2º Trimestre 2015 FICHA TÉCNICA Presidente António dos Reis Duarte Editor Instituto Nacional de Estatística Direcção de Contas Nacionais, Estatísticas Económicas e dos Serviços Divisão de Estatísticas do Turismo Av. Amilcar

Leia mais

Relatório de Estágio. Análise dos dados constantes na Base de Dados das Rotas do Vinho

Relatório de Estágio. Análise dos dados constantes na Base de Dados das Rotas do Vinho Relatório de Estágio Análise dos dados constantes na Base de Dados das Rotas do Vinho Rui Neves Lisboa, 21 de Junho de 2011 Índice Introdução... 3 Caracterização da Base de Dados... 4 Recolha e validação

Leia mais

IV Seminário Plataformas Logísticas Ibéricas

IV Seminário Plataformas Logísticas Ibéricas IV Seminário Plataformas Logísticas Ibéricas Preparar a Retoma, Repensar a Logística 10 de Novembro NOVOHOTEL SETUBAL Comunicação: Factores de Atractividade da oferta logística do Alentejo Orador: Dr.

Leia mais

TURISMO DE PORTUGAL HORIZONTE 2015

TURISMO DE PORTUGAL HORIZONTE 2015 TURISMO DE PORTUGAL HORIZONTE 2015 João Cotrim de Figueiredo 10 Out 2014 Turismo: crescimento e resiliência No século do Turismo? Mais de 1.100 milhões de turistas em 2014 OMT prevê crescimento médio anual

Leia mais

INTERVENÇÃO DE S.EXA. O SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO, DR.BERNARDO TRINDADE, NA SESSÃO DE ABERTURA DO XXXIII CONGRESSO DA APAVT

INTERVENÇÃO DE S.EXA. O SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO, DR.BERNARDO TRINDADE, NA SESSÃO DE ABERTURA DO XXXIII CONGRESSO DA APAVT INTERVENÇÃO DE S.EXA. O SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO, DR.BERNARDO TRINDADE, NA SESSÃO DE ABERTURA DO XXXIII CONGRESSO DA APAVT TURISMO: TENDÊNCIAS E SOLUÇÕES Exmos. Senhores Conferencistas, Antes de

Leia mais

indicadores 1. Capacidade de alojamento na Hotelaria Global

indicadores 1. Capacidade de alojamento na Hotelaria Global boletim trimestral - n.º 4 - março 2014 algarve conjuntura turística indicadores 1. Capacidade de alojamento na Hotelaria Global 2. Hóspedes 2.1. Número total de hóspedes 2.2. Hóspedes por tipologia de

Leia mais

No pavilhão 2, com 108 stands, estavam representadas as regiões de turismo, câmaras municipais, associações e juntas de turismo, para além de hotéis,

No pavilhão 2, com 108 stands, estavam representadas as regiões de turismo, câmaras municipais, associações e juntas de turismo, para além de hotéis, VIII Legislatura II Sessão Plenária Horta, 26 de Janeiro de 2005 Grupo Parlamentar do Partido Socialista Deputada Ana Isabel Moniz Assunto: Bolsa de Turismo de Lisboa Senhor Presidente da Assembleia, Senhoras

Leia mais

Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde Estatísticas do Turismo Movimentação de Hóspedes 1º Tr. 2015

Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde Estatísticas do Turismo Movimentação de Hóspedes 1º Tr. 2015 1 FICHA TÉCNICA Presidente António dos Reis Duarte Editor Instituto Nacional de Estatística Direcção de Método e Gestão de Informação Serviço de Conjuntura Direcção de Contas Nacionais, Estatísticas Económicas

Leia mais

MINISTÉRIO DA ECONOMIA E INOVAÇÃO

MINISTÉRIO DA ECONOMIA E INOVAÇÃO MINISTÉRIO DA ECONOMIA E INOVAÇÃO Direcção de Serviços de Estudos e Estratégia Turísticos Divisão de Recolha e Análise Estatística Índice Introdução Proveito Médio de Aposento Conceitos Anexos Proveitos

Leia mais

ANÁLISE ESTATÍSTICA j a n e i r o m a i o 2011 1

ANÁLISE ESTATÍSTICA j a n e i r o m a i o 2011 1 ANÁLISE ESTATÍSTICA j a n e i r o m a i o 2011 1 ANÁLISE DE DORMIDAS NACIONAIS E ESTRANGEIRAS Estabelecimentos Hoteleiros, Aldeamentos e Apartamentos Turísticos Acumulado Janeiro Maio 2010/2011 A Turismo

Leia mais

Marca Priolo Balanço do desenvolvimento e implementação (2013-2014)

Marca Priolo Balanço do desenvolvimento e implementação (2013-2014) 2015 Marca Priolo Balanço do desenvolvimento e implementação (2013-2014) Azucena de la Cruz Martin Gabinete CETS Terra do Priolo 01-01-2015 Marca Priolo Balanço do desenvolvimento e implementação (2013-2014)

Leia mais

boletim trimestral - edição especial - n.º 0 - abril 2013 algarve conjuntura turística 2. Capacidade de alojamento na hotelaria global

boletim trimestral - edição especial - n.º 0 - abril 2013 algarve conjuntura turística 2. Capacidade de alojamento na hotelaria global boletim trimestral - edição especial - n.º 0 - abril 2013 algarve conjuntura turística indicadores 1. Movimento de passageiros no Aeroporto de Faro 1.1. Movimento total de passageiros 1.2. Movimento mensal

Leia mais

Plano de Actividades Ano de 1999

Plano de Actividades Ano de 1999 Plano de Actividades Ano de 1999 O ano de 1999 ficará assinalado pela reorganização da Central de Reservas com o lançamento da CENTER - Central Nacional de Turismo no Espaço Rural. CENTER - Central Nacional

Leia mais

«Concurso Jovem Agricultor Português»

«Concurso Jovem Agricultor Português» «Concurso Jovem Agricultor Português» Como já é tradição, desde há muito, que a Caixa não descura a intenção de apoiar e estimular a economia nacional, assim como outras áreas de interesse, mostrando com

Leia mais

Compromisso para o Crescimento Verde e o Turismo

Compromisso para o Crescimento Verde e o Turismo www.pwc.pt Compromisso para o Crescimento Verde e o Turismo 16 Cláudia Coelho Diretora Sustainable Business Solutions da Turismo é um setor estratégico para a economia e sociedade nacional o que se reflete

Leia mais

INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS?

INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS? INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS? HOTEL TIVOLI LISBOA, 18 de Maio de 2005 1 Exmos Senhores ( ) Antes de mais nada gostaria

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2008/2009 PROJECTO ECOXXI

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2008/2009 PROJECTO ECOXXI RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2008/2009 PROJECTO ECOXXI 1. O ECOXXI 2008/2009 1.1. O PROJECTO: objectivos e indicadores Os principais objectivos do Projecto são: Sensibilizar os municípios para uma maior integração

Leia mais

PROVERE - ZONA DOS MÁRMORES CARACTERIZAÇÃO

PROVERE - ZONA DOS MÁRMORES CARACTERIZAÇÃO PROVERE - ZONA DOS MÁRMORES CARACTERIZAÇÃO A Estratégia de Eficiência Colectiva (EEC) PROVERE Zona dos Mármores assume como foco temático o aproveitamento do recurso endógeno mármore, com uma abrangência

Leia mais

Assunto: DescubraPortugal / Canal de promoções comerciais

Assunto: DescubraPortugal / Canal de promoções comerciais CIRCULAR Nº 021/2009 (G) CP/MS Lisboa, 04 de Março de 2009 Assunto: DescubraPortugal / Canal de promoções comerciais Caro Associado, A campanha Descubra um Portugal Maior, lançada pelo Turismo de Portugal

Leia mais

PREÂMBULO. Artigo 1.º - Enquadramento

PREÂMBULO. Artigo 1.º - Enquadramento 2014 [REGULAMENTO] PREÂMBULO Considerando a conjuntura nacional em que se vive, torna-se vital incentivar e apoiar a economia local. Num período em que a oferta de emprego é muito baixa, o autoemprego

Leia mais

Associação para o Desenvolvimento do Baixo Guadiana

Associação para o Desenvolvimento do Baixo Guadiana Associação para o Desenvolvimento do Baixo Guadiana A Associação Odiana Esta Associação, sem fins lucrativos, fundada pelos municípios de Alcoutim, Castro Marim e Vila Real de Santo António em Dezembro

Leia mais

Apoio à Internacionalização. CENA 3 de Julho de 2012

Apoio à Internacionalização. CENA 3 de Julho de 2012 Apoio à Internacionalização CENA 3 de Julho de 2012 Enquadramento Enquadramento Comércio Internacional Português de Bens e Serviços Var. 13,3% 55,5 68,2 57,1 73,4 48,3 60,1 54,5 66,0 67,2 61,7 Exportação

Leia mais

2006-2015. Bolsa de Turismo de Lisboa 18 de Janeiro 2006

2006-2015. Bolsa de Turismo de Lisboa 18 de Janeiro 2006 2006-2015 Bolsa de Turismo de Lisboa 18 de Janeiro 2006 Portugal 2015 Portugal 2015 - Metas 2005 2015 Douro Douro Oeste Oeste Serra da Estrela Serra da Estrela Alqueva Litoral Alentejano Litoral Alentejano

Leia mais

Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020

Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020 Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020 Universidade de Évora, 10 de março de 2015 Identidade, Competitividade, Responsabilidade Lezíria do Tejo Alto Alentejo Alentejo Central Alentejo Litoral

Leia mais

Empreendimentos Turísticos Como Instalar ou Reconverter Novo Regime Jurídico

Empreendimentos Turísticos Como Instalar ou Reconverter Novo Regime Jurídico Empreendimentos Turísticos Como Instalar ou Reconverter Novo Regime Jurídico, Turismo de Portugal, I.P. Rua Ivone Silva, Lote 6, 1050-124 Lisboa Tel. 211 140 200 Fax. 211 140 830 apoioaoempresario@turismodeportugal.pt

Leia mais

Memória descritiva do projecto Sanjonet Rede de Inovação e Competitividade

Memória descritiva do projecto Sanjonet Rede de Inovação e Competitividade Memória descritiva do projecto Sanjonet Rede de Inovação e Competitividade Candidatura aprovada ao Programa Política de Cidades - Redes Urbanas para a Competitividade e a Inovação Síntese A cidade de S.

Leia mais

ECO XXI Acção de formação. 11 de fevereiro de 2014 Amadora

ECO XXI Acção de formação. 11 de fevereiro de 2014 Amadora ECO XXI Acção de formação 11 de fevereiro de 2014 Amadora Júri Sérgio Guerreiro Director do Departamento de Estudos e Planeamento António Fontes Director, Área Institucional Ana Isabel Fonseca Moiteiro

Leia mais

APRESENTAÇÃO PRÉMIOS AHRESP. Porto e Norte de Portugal Centro de Portugal Lisboa e Vale do Tejo Alentejo e Ribatejo Algarve Açores Madeira

APRESENTAÇÃO PRÉMIOS AHRESP. Porto e Norte de Portugal Centro de Portugal Lisboa e Vale do Tejo Alentejo e Ribatejo Algarve Açores Madeira APRESENTAÇÃO PRÉMIOS AHRESP Porto e Norte de Portugal Centro de Portugal Lisboa e Vale do Tejo Alentejo e Ribatejo Algarve Açores Madeira PRÉMIOS AHRESP A primeira edição dos Prémios da Associação da Hotelaria,

Leia mais

A Estratégia Nacional para o Turismo em Espaços de Baixa Densidade

A Estratégia Nacional para o Turismo em Espaços de Baixa Densidade A Estratégia Nacional para o Turismo em Espaços de Baixa Densidade Maria José Catarino Vogal do Conselho Directivo Trancoso, 28 de Outubro de 2009 TURISMO - Contributo para o desenvolvimento sustentado

Leia mais

VISITA DE PRESCRITORES À REGIÃO DA BEIRA INTERIOR

VISITA DE PRESCRITORES À REGIÃO DA BEIRA INTERIOR VISITA DE PRESCRITORES À REGIÃO DA BEIRA INTERIOR VISITA DE PRESCRITORES À REGIÃO DA BEIRA INTERIOR À convite do NERGA Associação Empresarial da Região da Guarda e NERCAB Associação Empresarial de Castelo

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO VINHO NA PROMOÇÃO DO TURISMO. Fórum Anual Vinhos de Portugal 26 de novembro 2014 João Cotrim de Figueiredo

A IMPORTÂNCIA DO VINHO NA PROMOÇÃO DO TURISMO. Fórum Anual Vinhos de Portugal 26 de novembro 2014 João Cotrim de Figueiredo A IMPORTÂNCIA DO VINHO NA PROMOÇÃO DO TURISMO Fórum Anual Vinhos de Portugal 26 de novembro 2014 João Cotrim de Figueiredo O potencial competitivo de Portugal Vinhos únicos no mundo Porto e Madeira Vinhos

Leia mais

ACGD vai aproveitar a 14a edição

ACGD vai aproveitar a 14a edição CGD vai leiloar casas no SIL com descontos de 25 % A 14 a edição do Salão Imobiliário de Lisboa (11 a 16 de Outubro) é marcada pelos leilões de 237 imóveis da CGD. A Century 21 venderá 230 imóveis da banca.

Leia mais

Painel Temático 2: A Educação para o Desenvolvimento Sustentável Sala G4 10H45 12H15 Moderadora: Cristina Gomes Ferreira Relatora: Elizabeth Silva

Painel Temático 2: A Educação para o Desenvolvimento Sustentável Sala G4 10H45 12H15 Moderadora: Cristina Gomes Ferreira Relatora: Elizabeth Silva Painel Temático 2: A Educação para o Desenvolvimento Sustentável Sala G4 10H45 12H15 Moderadora: Cristina Gomes Ferreira Relatora: Elizabeth Silva Apresentação dos seguintes projectos: 1) Câmara de Lobos.

Leia mais

O presente documento suporta a apreciação do ponto 3 da Agenda da reunião da Comissão de Acompanhamento de 13/11/07, sendo composto por duas partes:

O presente documento suporta a apreciação do ponto 3 da Agenda da reunião da Comissão de Acompanhamento de 13/11/07, sendo composto por duas partes: EIXO I COMPETITIVIDADE, INOVAÇÃO E CONHECIMENTO INSTRUMENTO: SISTEMA DE INCENTIVOS À QUALIFICAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DE PME (SI QUALIFICAÇÃO PME) O presente documento suporta a apreciação do ponto 3

Leia mais

Realização das Noites de Sociologia, encontro tertúlia subordinado a um tema, e que habitualmente se realiza em junho.

Realização das Noites de Sociologia, encontro tertúlia subordinado a um tema, e que habitualmente se realiza em junho. Índice 1. Introdução... 3 2. Atividades científicas, de formação e divulgação....3 3. Publicações.. 3 4. Internet... 4 5. Secções Temáticas e Núcleos Regionais 4 6. Outras atividades....4 2 1. Introdução

Leia mais

1º FÓRUM UNIÃO DE EXPORTADORES CPLP 26 E 27 DE JUNHO DE 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA. JUNTOS IREMOS LONGE www.uecplp.org

1º FÓRUM UNIÃO DE EXPORTADORES CPLP 26 E 27 DE JUNHO DE 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA. JUNTOS IREMOS LONGE www.uecplp.org 1º FÓRUM UNIÃO DE EXPORTADORES CPLP 26 E 27 DE JUNHO DE 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA JUNTOS IREMOS LONGE www.uecplp.org CONCEITO Realização do 1º Fórum União de Exportadores CPLP (UE-CPLP) que integra:

Leia mais

TOURING CULTURAL produto estratégico para Portugal

TOURING CULTURAL produto estratégico para Portugal TOURING CULTURAL produto estratégico para Portugal O TURISMO CULTURAL HOJE 44 milhões de turistas procuram turismo cultural na Europa O património cultural aproxima civilizações e motiva a viagem A preservação

Leia mais

Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia (BGCT) (M/F) AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO

Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia (BGCT) (M/F) AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia (BGCT) (M/F) AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO O Exploratório - Centro Ciência Viva de Coimbra torna pública a abertura de concurso para a atribuição de uma Bolsa de

Leia mais

Cerimónia Oficial da XIII - Edição do Festival Músicas do Mundo 22 de Julho 2011. Caros Sineenses Visitantes e participantes do F.M.

Cerimónia Oficial da XIII - Edição do Festival Músicas do Mundo 22 de Julho 2011. Caros Sineenses Visitantes e participantes do F.M. Câmara Municipal Presidência Cerimónia Oficial da XIII - Edição do Festival Músicas do Mundo 22 de Julho 2011. Caros Sineenses Visitantes e participantes do F.M.M de Sines Bem vindos à nossa grande festa

Leia mais

Projectar o Algarve no Futuro

Projectar o Algarve no Futuro Projectar o Algarve no Futuro Os Novos Desafios do Algarve Região Digital paulo.bernardo@globalgarve.pt 25 Maio 2007 Auditório Portimão Arena Um mundo em profunda mudança O Mundo enfrenta hoje um processo

Leia mais

P l a n o d e A c t i v i d a d e s

P l a n o d e A c t i v i d a d e s P l a n o d e A c t i v i d a d e s A n o d e 2 0 1 4 A TURIHAB Associação do Turismo de Habitação, em 2014, desenvolverá o seu plano de actividades em três vertentes fundamentais: - Inovação e Desenvolvimento

Leia mais

SUMÁRIO O TERRITÓRIO, A BICICLETA E A GÉNESE DO PROJECTO MURTOSA CICLÁVEL REDE DE CICLOVIAS E INFRAESTRUTURAS DE APOIO AS PESSOAS E A BICICLETA

SUMÁRIO O TERRITÓRIO, A BICICLETA E A GÉNESE DO PROJECTO MURTOSA CICLÁVEL REDE DE CICLOVIAS E INFRAESTRUTURAS DE APOIO AS PESSOAS E A BICICLETA A BICICLETA NA MOBILIDADE URBANA E NA FRUIÇÃO DA NATUREZA MURTOSA, 23 DE SETEMBRO DE 2011 SUMÁRIO O TERRITÓRIO, A BICICLETA E A GÉNESE DO PROJECTO MURTOSA CICLÁVEL REDE DE CICLOVIAS E INFRAESTRUTURAS DE

Leia mais

Apoios Financeiros ao Investimento no Turismo. Anadia, 25 de Fevereiro de 2008 Miguel Mendes

Apoios Financeiros ao Investimento no Turismo. Anadia, 25 de Fevereiro de 2008 Miguel Mendes Apoios Financeiros ao Investimento no Turismo Anadia, 25 de Fevereiro de 2008 Miguel Mendes 2 Apoios Financeiros ao Investimento no Turismo Índice 1 Plano Estratégico Nacional do Turismo (PENT) 2 Crédito

Leia mais

Linhas de Acção. 1. Planeamento Integrado. Acções a desenvolver: a) Plano de Desenvolvimento Social

Linhas de Acção. 1. Planeamento Integrado. Acções a desenvolver: a) Plano de Desenvolvimento Social PLANO DE ACÇÃO 2007 Introdução O CLASA - Conselho Local de Acção Social de Almada, de acordo com a filosofia do Programa da Rede Social, tem vindo a suportar a sua intervenção em dois eixos estruturantes

Leia mais

Missão empresarial a Santiago do Chile. Multisetorial

Missão empresarial a Santiago do Chile. Multisetorial Missão empresarial a Santiago do Chile Multisetorial 25 a 29 de Novembro de 2013 Enquadramento: Missão empresarial Chile multisetorial O Chile constitui uma das economias mais desenvolvidas, estáveis e

Leia mais

PARCERIA DE FUTURO 2015 年 第 二 届 中 国 葡 萄 牙 庆 典 未 来 的 合 作 关 系 COM FÓRUM EMPRESARIAL E CONFERÊNCIA DE NEGÓCIOS 含 商 务 论 坛 及 商 业 贸 易 会 议

PARCERIA DE FUTURO 2015 年 第 二 届 中 国 葡 萄 牙 庆 典 未 来 的 合 作 关 系 COM FÓRUM EMPRESARIAL E CONFERÊNCIA DE NEGÓCIOS 含 商 务 论 坛 及 商 业 贸 易 会 议 II GALA PARCERIA DE FUTURO 2015 年 第 二 届 中 国 葡 萄 牙 庆 典 未 来 的 合 作 关 系 COM FÓRUM EMPRESARIAL E CONFERÊNCIA DE NEGÓCIOS 含 商 务 论 坛 及 商 业 贸 易 会 议 PRAÇA DO COMÉRCIO LISBOA 2015 年 10 月 29 日, 里 斯 本 商 业 广 场, Pátio

Leia mais

XXXVII Congresso Nacional APAVT - Turismo: Prioridade Nacional Viseu, 01 a 04 de Dezembro de 2011. Diogo Gaspar Ferreira

XXXVII Congresso Nacional APAVT - Turismo: Prioridade Nacional Viseu, 01 a 04 de Dezembro de 2011. Diogo Gaspar Ferreira XXXVII Congresso Nacional APAVT - Turismo: Prioridade Nacional Viseu, 01 a 04 de Dezembro de 2011 Diogo Gaspar Ferreira 1. PONTOS FRACOS E FORTES DO TURISMO RESIDENCIAL PORTUGUÊS 2. PLANO ESTRATÉGICO A

Leia mais

REGULAMENTO Mobilidade Macau

REGULAMENTO Mobilidade Macau Face à parceria estabelecida entre a Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril (ESHTE) e o Instituto de Formação Turística em Macau (IFT Macau) no âmbito da qual são facultadas possibilidades de

Leia mais

RELATÓRIO DE CONJUNTURA AEP / GABINETE DE ESTUDOS

RELATÓRIO DE CONJUNTURA AEP / GABINETE DE ESTUDOS HOTELARIA RELATÓRIO DE CONJUNTURA AEP / GABINETE DE ESTUDOS Julho de 2005 A actividade da hotelaria insere-se na CAE 55 Alojamento e Restauração, que, por sua vez, integra o sector do turismo, um dos sectores

Leia mais

Especialmente criado para: Soluções criativas para empresas vencedoras

Especialmente criado para: Soluções criativas para empresas vencedoras Especialmente criado para: Soluções criativas para empresas vencedoras Alentejo 08 a 10 de Abril 2016 Itinerário 1º Dia 08 de Abril (Sex.) LISBOA / TRÓIA / CASTRO VERDE Em hora e local a combinar, partida

Leia mais

O Concelho de Beja. Localização

O Concelho de Beja. Localização O Concelho de Beja Localização Beja, capital de distrito, situa-se na região do Baixo Alentejo, no coração da vasta planície alentejana. É sede de um dos maiores concelhos de Portugal, com cerca de 1150

Leia mais

2.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA

2.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA 2.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA Gestão Inteligente e Competitividade 15 de Setembro 2011 Museu da Carris Conheça as estratégias nacionais e internacionais para uma gestão eficiente da mobilidade urbana

Leia mais

ÍNDICE: Novembro de 2009

ÍNDICE: Novembro de 2009 ÍNDICE: 1. Início Ano Lectivo 2. Portugal Tecnológico 3. Gripe A Plano Contingência 4. Espaço de Leitura 5. Sonangol 6. Novos Órgãos Sociais da ETLA 7. Medalha de Mérito Concelho de Santiago do Cacém 8.

Leia mais

3. PRINCIPAIS TEMÁTICAS E CARACTERÍSTICAS DE ORGANIZAÇÃO DOS OPEN DAYS 2008

3. PRINCIPAIS TEMÁTICAS E CARACTERÍSTICAS DE ORGANIZAÇÃO DOS OPEN DAYS 2008 1. INTRODUÇÃO Em apenas 5 anos os OPEN DAYS Semana Europeia das Regiões e Cidades tornaram-se um evento de grande importância para a demonstração da capacidade das regiões e das cidades na promoção do

Leia mais

PROGRAMA OPERACIONAL DA CULTURA

PROGRAMA OPERACIONAL DA CULTURA PROGRAMA OPERACIONAL DA CULTURA Relatório de 2000 1. Introdução e enquadramento. 1.1 Apresentação e síntese do documento O relatório de 2000 do Programa Operacional da Cultura, constitui o 1º relatório

Leia mais

SISTEMA DE INCENTIVOS À

SISTEMA DE INCENTIVOS À SISTEMA DE INCENTIVOS À INOVAÇÃO AVISOS PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS INOVAÇÃO PRODUTIVA EMPREENDEDORISMO QUALIFICADO Elisabete Félix Turismo de Portugal, I.P. - Direcção de Investimento PRIORIDADE

Leia mais

OBJECTIVOS DO OBSERVATÓRIO:

OBJECTIVOS DO OBSERVATÓRIO: ENQUADRAMENTO: O Observatório do Turismo de Lisboa é uma estrutura interna da Associação Turismo de Lisboa, criada em 1999. A ATL é uma associação privada de utilidade pública, que conta actualmente com

Leia mais

Hotelaria manteve crescimento de dois dígitos mas com desaceleração particularmente no mercado interno

Hotelaria manteve crescimento de dois dígitos mas com desaceleração particularmente no mercado interno Atividade Turística Novembro de 2014 19 de janeiro de 2015 Hotelaria manteve crescimento de dois dígitos mas com desaceleração particularmente no mercado interno As dormidas na hotelaria fixaram-se em

Leia mais

ENERGIA PARA O DESENVOLVIMENTO DA CPLP

ENERGIA PARA O DESENVOLVIMENTO DA CPLP I CONFERÊNCIA ENERGIA PARA O DESENVOLVIMENTO DA CPLP CADERNO DE CONFERENCISTA ÍNDICE 2 4 6 7 8 9 10 11 12 ENQUADRAMENTO A ENERGIA NA CPLP OBJETIVOS A ENERGIA NA CPLP ESTRUTURA DO EVENTO LOCAL ALTO PATROCÍNIO

Leia mais

Ciência na Cidade de Guimarãeswww.ciencianacidade.com

Ciência na Cidade de Guimarãeswww.ciencianacidade.com Ciência na Cidade de Guimarãeswww.ciencianacidade.com Cidade de Guimarães Faixas Etárias do Concelho 65 ou mais 24-64 anos 15-24 anos 0-14 anos 0 20000 40000 60000 80000 100000 População do Concelho 159.576

Leia mais

MINHO INOVAÇÃO APRESENTAÇÃO AOS PROMOTORES DE PROJETOS COMPLEMENTARES

MINHO INOVAÇÃO APRESENTAÇÃO AOS PROMOTORES DE PROJETOS COMPLEMENTARES APRESENTAÇÃO AOS PROMOTORES DE PROJETOS COMPLEMENTARES O QUE É UMA ESTRATÉGIA DE EFICIÊNCIA COLETIVA PROVERE? É uma iniciativa conjunta levada a cabo por uma parceria / consórcio que integra entidades

Leia mais

CONCURSO EMPREENDER BATALHA TURISMO

CONCURSO EMPREENDER BATALHA TURISMO CONCURSO EMPREENDER BATALHA TURISMO Pressupostos iniciais O Concurso Empreender BATALHA-TURISMO tem como principal objetivo estimular o surgimento de negócios inovadores, criados por jovens residentes

Leia mais

ALENTEJO. UM PRODUTO TURÍSTICO QUE VENDE. Abril 2011

ALENTEJO. UM PRODUTO TURÍSTICO QUE VENDE. Abril 2011 ALENTEJO. UM PRODUTO TURÍSTICO QUE VENDE. Abril 2011 sobre nós A impressão digital da Agência Abreu tem o relevo da experiência única mais de 170 anos de história, o que torna na mais antiga agência de

Leia mais

Oportunidades a explorar

Oportunidades a explorar Oportunidades a explorar 1. Candidatura ao reconhecimento da Dieta Mediterrânica de PORTUGAL (liderada por Tavira) 2. Notoriedade do ALGARVE nos principais mercados turísticos europeus [Reino Unido, Alemanha,

Leia mais

Programa Nacional de Desenvolvimento do Empreendedorismo,, Inovação e Emprego no Sector Cultural e Criativo Cri[activo]

Programa Nacional de Desenvolvimento do Empreendedorismo,, Inovação e Emprego no Sector Cultural e Criativo Cri[activo] Programa Nacional de Desenvolvimento do Empreendedorismo,, Inovação e Emprego no Sector Cultural e Criativo Cri[activo] 1. ENQUADRAMENTO Ao longo de 2009 consolidou-se em Portugal o reconhecimento de que

Leia mais

Levantamento dos Temas Prioritários 2006 nos Programas de Trabalho dos Centros Europe Direct

Levantamento dos Temas Prioritários 2006 nos Programas de Trabalho dos Centros Europe Direct Levantamento dos Temas Prioritários 2006 nos Programas de Trabalho dos Centros Europe Direct CENTROS Europe Direct 9 de Maio 20 anos de adesão Primavera da Europa Estratégia de Lisboa (Crescimento & Emprego)

Leia mais

Actual contexto do mercado turístico e perspectivas futuras. Luis Patrão Porto, 18 de Junho de 2009

Actual contexto do mercado turístico e perspectivas futuras. Luis Patrão Porto, 18 de Junho de 2009 Actual contexto do mercado turístico e perspectivas futuras Luis Patrão Porto, 18 de Junho de 2009 Portugal um dos principais destinos turísticos mundiais Turistas do Estrangeiro 12,3 milhões 12º na Europa

Leia mais

>>>>>>>>>>>>>>>> passeio fotográfico. as nossas cidades retratadas por crianças

>>>>>>>>>>>>>>>> passeio fotográfico. as nossas cidades retratadas por crianças >>>>>>>>>>>>>>>> passeio fotográfico as nossas cidades retratadas por crianças ----------------------------------------------------------- departamento de promoção da arquitectura educação pela arquitectura

Leia mais

AGENDA 21 LOCAL CONDEIXA-A-NOVA

AGENDA 21 LOCAL CONDEIXA-A-NOVA AGENDA 21 LOCAL CONDEIXA-A-NOVA PLANO DE COMUNICAÇÃO E DIVULGAÇÃO Deliverable 4 Fase 2 Novembro 2008 1 P á g i n a Índice 1. Objectivos... 3 2. Públicos-alvo... 4 3. Estratégia de Comunicação... 5 3.1

Leia mais

A procura dos cursos da Escola de Hotelaria e Turismo do Estoril triplicou

A procura dos cursos da Escola de Hotelaria e Turismo do Estoril triplicou Pág: 12 Área: 18,37 x 22,86 cm² Corte: 1 de 5 Entrevista ALEXANDRA PEREIRA Directora da Escola de Hotelaria e Turismo do Estoril A procura dos cursos da Escola de Hotelaria e Turismo do Estoril triplicou

Leia mais

P l a n o d e A c t i v i d a d e s

P l a n o d e A c t i v i d a d e s P l a n o d e A c t i v i d a d e s A n o d e 2 0 1 3 O ano de 2013 ficará assinalado pela comemoração dos 30 anos da TURIHAB Associação do Turismo de Habitação, ao serviço dos seus Associados e do Turismo.

Leia mais

ALENTEJO. Instituto Politécnico de Beja, 3 de Maio 2012

ALENTEJO. Instituto Politécnico de Beja, 3 de Maio 2012 OBSERVATÓRIO de TURISMO do ALENTEJO Instituto Politécnico de Beja, 3 de Maio 2012 Razões para a Criação do Observatório Regional de Turismo do Alentejo As lacunas da informação estatística sobre o turismo

Leia mais

NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE

NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE A LINK THINK AVANÇA COM PROGRAMA DE FORMAÇÃO PROFISSONAL PARA 2012 A LINK THINK,

Leia mais

Missão Empresarial Banco Asiático de Desenvolvimento (BAsD) Sector: Energia

Missão Empresarial Banco Asiático de Desenvolvimento (BAsD) Sector: Energia Missão Empresarial Banco Asiático de Desenvolvimento (BAsD) Sector: Energia Manila, 18 a 22 de Março de 2013 1 Enquadramento: No âmbito do Acordo de Parceiros celebrado entre a AICEP e o GPEARI (Ministério

Leia mais

MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DA INOVAÇÃO

MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DA INOVAÇÃO MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DA INOVAÇÃO Índice Introdução Preço Médio por Dormida Proveito Médio de Aposento por Cama Conceitos Anexos 2 Introdução Com base em indicadores estatísticos disponibilizados pelo

Leia mais

Projecto Nestum Rugby nas Escolas. Balanço 2009/2010

Projecto Nestum Rugby nas Escolas. Balanço 2009/2010 Projecto Nestum Rugby nas Escolas Balanço 2009/2010 No segundo ano (2009/2010) de implementação do projecto Nestum Rugby nas Escolas, projecto este que resulta da parceria entre a Federação Portuguesa

Leia mais

Regulamento do NNIES Ninho de Novas Iniciativas Empresariais de Setúbal

Regulamento do NNIES Ninho de Novas Iniciativas Empresariais de Setúbal Regulamento do NNIES Ninho de Novas Iniciativas Empresariais de Setúbal 1 Preâmbulo O Ninho de Novas Iniciativas Empresariais de Setúbal, adiante designado por NNIES, é um equipamento municipal criado

Leia mais

O TURISMO NO ESPAÇO RURAL 2005

O TURISMO NO ESPAÇO RURAL 2005 O TURISMO NO ESPAÇO RURAL 2005 Elaborado por: Maria Julieta Martins Coordenado por: Teresinha Duarte Direcção de Serviços de Estudos e Estratégia Turísticos Divisão de Recolha e Análise Estatística Índice

Leia mais

Hotelaria mantém crescimento mas com desaceleração no número de hóspedes e de dormidas

Hotelaria mantém crescimento mas com desaceleração no número de hóspedes e de dormidas Atividade Turística Fevereiro de 20 15 de Abril de 20 Hotelaria mantém crescimento mas com desaceleração no número de hóspedes e de dormidas Os estabelecimentos hoteleiros registaram cerca de 2 milhões

Leia mais

75% 15 a 18 de Maio 2015 Praça da Independência - Maputo Moçambique Pavilhão de Portugal

75% 15 a 18 de Maio 2015 Praça da Independência - Maputo Moçambique Pavilhão de Portugal aposta no Sistema Educativo Formação e Criação de Novas Infra-Estruturas UMA OPORTUNIDADE PARA O SEU SECTOR CO-FINANCIADO 75% 1ª PARTICIPAÇÃO PORTUGUESA DA FILEIRA DA EDUCAÇÃO AIP - Feiras, Congressos

Leia mais

Não residentes foram cruciais para o crescimento da atividade turística em 2013

Não residentes foram cruciais para o crescimento da atividade turística em 2013 Estatísticas do Turismo 2013 24 de junho de 2014 Não residentes foram cruciais para o crescimento da atividade turística em 2013 Em 2013, de acordo com os dados provisórios da Organização Mundial de Turismo,

Leia mais

5ª Edição do Projeto "Energia com vida"

5ª Edição do Projeto Energia com vida 5ª Edição do Projeto "Energia com vida" Maria Isabel Junceiro Agrupamento de Escolas de Marvão No presente ano letivo 2014-15, quatro turmas do Agrupamento de Escolas do Concelho de Marvão (8º e 9º anos),

Leia mais

SI INOVAÇÃO INOVAÇÃO PRODUTIVA E EMPREENDEDORISMO QUALIFICADO

SI INOVAÇÃO INOVAÇÃO PRODUTIVA E EMPREENDEDORISMO QUALIFICADO SI INOVAÇÃO INOVAÇÃO PRODUTIVA E EMPREENDEDORISMO QUALIFICADO CRITÉRIOS DE INSERÇÃO DE PROJECTOS NO PÓLO DE COMPETITIVIDADE E TECNOLOGIA TURISMO 2015 TIPOLOGIAS DE INVESTIMENTO ELEGÍVEIS 1. No âmbito dos

Leia mais

O TURISMO NO ESPAÇO RURAL 2006

O TURISMO NO ESPAÇO RURAL 2006 O TURISMO NO ESPAÇO RURAL 2006 Elaborado por: Ana Paula Gomes Bandeira Coordenado por: Teresinha Duarte Direcção de Serviços de Estudos e Estratégia Turísticos Divisão de Recolha e Análise Estatística

Leia mais

Programa de Promoção Turística e Cultural

Programa de Promoção Turística e Cultural Programa de Promoção Turística e Cultural Sintra encontra-se em 11º lugar no ranking dos 50 melhores lugares a visitar, nas escolhas dos leitores do jornal New York Times? Sintra é uma das 21 finalistas

Leia mais

O PROJETO PROMOINVEST Município de Vendas Novas

O PROJETO PROMOINVEST Município de Vendas Novas O PROJETO PROMOINVEST Município de Vendas Novas Alentejo no horizonte 2020 desafios e oportunidades Auditório Municipal de Vendas Novas, 02 de julho de 2013 página 2 I. Rede Corredor Azul A Rede Urbana

Leia mais

Ideias finais (Concurso Nacional de Ideias Cidades Criativas )

Ideias finais (Concurso Nacional de Ideias Cidades Criativas ) Ideias finais (Concurso Nacional de Ideias Cidades Criativas ) O Concurso "Cidades Criativas", iniciativa dirigida a jovens alunos de Área de Projecto do 12.º ano, chegou ao fim. Durante cerca de nove

Leia mais

Conferência de Imprensa Apresentação do Congresso aos Meios de Comunicação Social Horácio Pina Prata Presidente da Direcção da ACIC

Conferência de Imprensa Apresentação do Congresso aos Meios de Comunicação Social Horácio Pina Prata Presidente da Direcção da ACIC Conferência de Imprensa Apresentação do Congresso aos Meios de Comunicação Social Horácio Pina Prata Presidente da Direcção da ACIC Coimbra, 18 de Março de 2004 As métricas O Projecto TIM, globalmente,

Leia mais

Sistema de Informação e Comunicação da Rede Social de Alcochete. Sistema de Informação e Comunicação - REDE SOCIAL DE ALCOCHETE

Sistema de Informação e Comunicação da Rede Social de Alcochete. Sistema de Informação e Comunicação - REDE SOCIAL DE ALCOCHETE . Sistema de Informação e Comunicação da Rede Social de Alcochete . Objectivos e Princípios Orientadores O Sistema de Informação e Comunicação (SIC) da Rede Social de Alcochete tem como objectivo geral

Leia mais

Adenda aos Critérios de Selecção

Adenda aos Critérios de Selecção Adenda aos Critérios de Selecção... Critérios de Selecção SI Qualificação PME EIXO I COMPETITIVIDADE, INOVAÇÃO E CONHECIMENTO INSTRUMENTO: SISTEMA DE INCENTIVOS À QUALIFICAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DE

Leia mais

SISTEMA DE INFORMAÇÃO PARA OBSERVATÓRIO SÓCIO-AMBIENTAL

SISTEMA DE INFORMAÇÃO PARA OBSERVATÓRIO SÓCIO-AMBIENTAL SISTEMA DE INFORMAÇÃO PARA OBSERVATÓRIO SÓCIO-AMBIENTAL FICHA DE APRESENTAÇÃO SISTEMA INTERATIVO DE MONITORAÇÃO E PARTICIPAÇÃO PARA O APOIO À IMPLEMENTAÇÃO DA PLATAFORMA DE C O O P E R A Ç Ã O A M B I

Leia mais

Comissão Vitivinícola Regional Alentejana www.vinhosdoalentejo.pt Copyright fotos e textos: Comissão Vitivinícola Regional Alentejana Reprodução

Comissão Vitivinícola Regional Alentejana www.vinhosdoalentejo.pt Copyright fotos e textos: Comissão Vitivinícola Regional Alentejana Reprodução Comissão Vitivinícola Regional Alentejana www.vinhosdoalentejo.pt Copyright fotos e textos: Comissão Vitivinícola Regional Alentejana Reprodução interdita CVRA COMISSÃO VITIVINÍCOLA REGIONAL ALENTEJANA

Leia mais

AGENDA 21 escolar. Pensar Global, agir Local. Centro de Educação Ambiental. Parque Verde da Várzea 2560-581 Torres Vedras 39º05'08.89" N 9º15'50.

AGENDA 21 escolar. Pensar Global, agir Local. Centro de Educação Ambiental. Parque Verde da Várzea 2560-581 Torres Vedras 39º05'08.89 N 9º15'50. AGENDA 21 escolar Pensar Global, agir Local Centro de Educação Ambiental Parque Verde da Várzea 2560-581 Torres Vedras 39º05'08.89" N 9º15'50.84" O 918 773 342 cea@cm-tvedras.pt Enquadramento A Agenda

Leia mais