CENTRO UNIVERSITÁRIO ADVENTISTA DE SÃO PAULO CURSO DE TRADUTOR E INTÉRPRETE JAQUES CARDOSO LEAL TECNOLOGIA DE TRADUÇÃO AUTOMÁTICA: O GOOGLE TRADUTOR

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CENTRO UNIVERSITÁRIO ADVENTISTA DE SÃO PAULO CURSO DE TRADUTOR E INTÉRPRETE JAQUES CARDOSO LEAL TECNOLOGIA DE TRADUÇÃO AUTOMÁTICA: O GOOGLE TRADUTOR"

Transcrição

1 CENTRO UNIVERSITÁRIO ADVENTISTA DE SÃO PAULO CURSO DE TRADUTOR E INTÉRPRETE JAQUES CARDOSO LEAL TECNOLOGIA DE TRADUÇÃO AUTOMÁTICA: O GOOGLE TRADUTOR ENGENHEIRO COELHO 2011

2 JAQUES CARDOSO LEAL TECNOLOGIA DE TRADUÇÃO AUTOMÁTICA: O GOOGLE TRADUTOR Trabalho de Conclusão de Curso do Centro Universitário Adventista de São Paulo do curso de Tradutor e Intérprete, sob orientação da Prof.ª Dr.ª Ana Maria de Moura Schäffer. ENGENHEIRO COELHO 2011

3 Trabalho de Conclusão de Curso do Centro Universitário Adventista de São Paulo, do curso de Tradutor e Intérprete apresentado e aprovado em 20 de novembro de Orientadora: Prof.ª Dr.ª Ana Maria de Moura Schäffer Segundo leitor: Prof.º Ms. Edley Matos dos Santos

4 Dedico este trabalho àqueles que acreditaram em mim e colaboraram direta e indiretamente para esta conquista.

5 AGRADECIMENTOS Minha eterna gratidão a Deus, por estar ao meu lado em todos os momentos e circunstâncias de minha vida, guiando-me, deixando-me cair ao tomar minhas decisões por minha conta e por me dar forças para conseguir me reerguer; A todos os meus familiares, em especial, a minha avó, Maria Amélia (In Memoriam). Minha gratidão às famílias Batista, Café, Costa, Dias, Gusmão, Miranda, Oliveira, que sempre estiveram ao meu lado, colaborando direta e indiretamente, dando-me sempre motivação; À instituição UNASP, pela concessão de minha bolsa e pela experiência de viver num ambiente maravilhoso e que será inesquecível; À maravilhosa pessoa da minha amiga Prof.ª Dr.ª Ana Maria de Moura Schäffer, que, mesmo antes de iniciar o meu curso, foi um braço forte a me ajudar em qualquer momento de necessidade; A todos os meus professores do curso de Tradutor e Intérprete pelo conhecimento e aprendizado transmitidos durante os anos de faculdade, os quais me prepararam profissionalmente; Aos meus amigos, pelo apoio e companheirismo.

6 No pain no gain. Sem sacrifício não há benefício. Tradução: Jaques Cardoso

7

8 RESUMO A Tecnologia de Informação (TI) tem proporcionado um desenvolvimento imensurável ao ramo da tradução e como o principal objetivo da tradução é quebrar as barreiras na comunicação, buscando com isso conectar países de línguas diferentes, a TI tem colaborado para o surgimento de centenas de sistemas de computador capazes de traduzir vários idiomas de forma instantânea, o que, de forma rápida e aparentemente simples, tem desfeito as fronteiras linguísticas. Com isso em mente, esta pesquisa tem o propósito de discutir e problematizar as traduções oferecidas por esses sistemas, conhecidos como softwares de tradução automática (TA). Dentre essas muitas opções de softwares de tradução automática que um tradutor tem à sua disposição, existe um que é objeto central dessa pesquisa: o Google Tradutor. Este é considerado como um dos melhores da atualidade, oferecendo serviço gratuito de tradução instantânea on-line em 57 idiomas. A metodologia usada é a qualitativa, seguida da pesquisa bibliográfica que se concentra em consultas a livros, revistas e, principalmente blogs e sites da internet que tenham algo a ver com o nosso objeto de estudo. Além disso, fizemos algumas entrevistas com tradutores profissionais, professores e estudantes de vários cursos universitários, incluindo o curso de Tradutor e Intérprete do UNASP campus Engenheiro Coelho, buscando entender o que pensam profissionais da área, estudantes e leigos sobre a viabilidade da tradução oferecida pelo Google Tradutor e, em que medida, esse sistema tem auxiliado no propósito de desfazer as fronteiras linguísticas. Palavras-chave: Tecnologia da Informação (TI); Google Tradutor; Tradução Automática (TA)

9 ABSTRACT The Information Technology (IT) has provided an immeasurable development in the translation industry, and as the main purpose of the translation is to break down barriers in communication, seeking to connect countries of different languages, the IT has contributed to the emergence of hundreds of systems computer that can translate different languages instantly, which quickly and seemingly simple has broken language barriers. With this in mind, this research aimed to discuss and problematize the translations offered by these systems, known as machine translation (MT) tools. Among these many choices of machine translation tools that a translator has at his disposal, there is one which is the main issue of this research: Google Translator. It is currently considered as one of the best tool, offering free service for online instant translation in 57 languages. We used the qualitative method in this research, followed by a bibliographical research that focused on the research of books, magazines, and especially blogs and websites that have something to do with our subject. In addition, we did some interviews with professional translators, professors and students from various university courses, including the Translator and Interpreter course at UNASP Engenheiro Coelho campus, trying to understand what they, professionals from the translation industry, students and lay, think about the feasibility of the translation provided by Google Translator, and to what extent this system has helped them in order to break the language barriers. Keywords: Information Technology (IT), Google Translator, Machine Translation (MT)

10 LISTA DE ILUSTRAÇÕES Imagem Google Tradutor 20 Imagem Bing Tradutor 21 Imagem mtbot 22 Imagem Yahoo Babel Fish 23 Imagem Babylon 9 24 Imagem SYSTRANnet 26

11 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO METODOLOGIA Perguntas do questionário: A TECNOLOGIA E A TRADUÇÃO A Tradução Automática As dificuldades da TA Sistemas de TA bem sucedidos Google Tradutor Bing Tradutor Tradutor Yahoo Babel Fish O Babylon Tradutor Tradutor SYSTRANet O GOOGLE TRADUTOR Como funciona? O usuário do Google Tradutor e a melhora da qualidade das traduções O Translator Toolkit GOOGLE TRADUTOR: O QUE DIZEM DELE? Tradutores profissionais Professores de áreas variadas Usuários leigos A APLICABILIDADE DA TRADUÇÃO AUTOMÁTICA NO ENSINO DE LÍNGUAS CONSIDERAÇÕES FINAIS REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS... 37

12 10 1 INTRODUÇÃO No mercado globalizado da tradução, a Tecnologia da Informação tem apresentado inúmeras opções de ferramentas de Tradução Automática (TA). Existem desde os aplicativos mais simples capazes de traduzir uma única palavra, até os mais complexos, que podem traduzir textos curtos ou longos, com um processo de tradução instantânea, que ainda contam com a pronúncia de voz robótica ou humana. Nessa imensidão de opções de ferramentas de tradução, uma delas será especificamente abordada: O Google Tradutor, que é o objeto de estudo desta pesquisa, por ser considerado como uma das melhores opções que o mercado apresenta atualmente, além de ser o mais utilizado. Para profissionais que já trabalham com tradução é mais fácil reconhecer a grande utilidade desse aplicativo, mas ainda há aqueles que, mesmo sem proficiência em qualquer idioma, consideram-se entendidos e buscam apoio no Google Tradutor para desenvolverem seus trabalhos, chegando a afirmar, de forma insipiente: Hoje para ser um tradutor não é necessário saber muito sobre qualquer idioma, pois o Google Tradutor faz todo o trabalho de tradução. É com essa ideia em perspectiva que esse tema se torna relevante, uma vez que como formando do curso de tradutor, e ciente das exigências mercadológicas quanto à qualidade de tradução, sabendo o quanto se exige dessa considerada simples transferência de uma língua para outra que é a tradução, essa pesquisa busca discutir como utilizar tal ferramenta e aproveitá-la de modo que atenda às necessidades requeridas para uma boa tradução. As discussões em torno da tradução automática cada vez mais apontam os sistemas à disposição como grandes auxiliares do processo de tradução. Formulamos, então, a hipótese de que os sistemas de tradução automática reduzirão em muito a contratação de tradutores humanos por empresas que se utilizam de traduções mais técnicas. Diante disto, a grande pergunta a que todos querem resposta: o Google Tradutor é confiável? Temos opiniões muito variadas e divergentes sobre essa questão e isso já se configura uma problemática. Daí que nossa pesquisa procurará responder tal questionamento. Por meio desta pesquisa, temos como objetivos discutir a viabilidade da ferramenta Google Tradutor no processo de tradução, analisando as melhores opções de uso desse sistema para ajudar desde tradutores profissionais, até simples pesquisadores que buscam uma

13 11 tradução rápida e satisfatória. Iremos refletir de forma concisa sobre o processo de criação e desenvolvimento do Google Tradutor, apresentaremos outras opções de softwares de tradução automática e buscaremos apontar as impossibilidades de uma tradução automática perfeita, considerando-se que mesmo profissionais proficientes em tradução não podem alimentar a ilusão de que suas traduções sejam perfeitas, pois a perfeição em se tratando de contatos linguísticos é sempre uma grande falácia que nos enreda facilmente. Como estudantes do curso de Tradução somos ativos pesquisadores de ferramentas que auxiliem e facilitem o trabalho braçal do tradutor. À medida que a TI avança, impressionamo-nos. Como já dissemos, já existem vários softwares de tradução automática que contribuem aumentando a produtividade dos tradutores profissionais, o que acarreta, também, a redução de custos e ajuda quebrando as barreiras impostas pelos idiomas. Daí a relevância ao desenvolver este estudo, já que é claro que como diligentes tradutores não podemos abrir mão das opções que a tecnologia tem apresentando tentando favorecer o trabalho do tradutor, mas cabe a nós estarmos atentos aos pontos positivos e negativos que este tradutor automático nos introduz: ser críticos e colaboradores entusiastas para termos melhores opções de auxílio em momentos de grande necessidade. Aludindo especificamente ao Google Tradutor, objeto de estudo deste trabalho e, considerado por muitos a melhor opção dentre as ferramentas de tradução automática, imaginamos ser muito relevante o estudo da proposta de tradução apresentada por esse software, pois existe um grande impasse quando há referência à qualidade e eficácia que essa ferramenta proporciona. A globalização exige que indivíduos busquem o domínio de, pelo menos, uma segunda língua e saibam utilizar os dispositivos eletrônicos à disposição para se comunicarem melhor. Por isso, desde os mais leigos até os mais entendidos da área de idiomas são convidados a utilizar o Google Tradutor. É nesse sentido que, a pesquisa revestese de relevância social, pois serão apresentadas opiniões de usuários falantes de outros idiomas, profissionais da tradução, professores e estudantes que usam a ferramenta de tradução automática em discussão, em seu cotidiano. Partindo dos pressupostos apresentados acima, consideramos que esta pesquisa influenciará os usuários em geral e, de maneira especial, os estudantes que estão no processo inicial de aquisição de um novo idioma, além de contribuir àqueles que já têm o conhecimento mais avançado de qualquer língua de modo a serem mais críticos ao utilizarem as ferramentas de TA que o mercado apresenta.

14 12 2 METODOLOGIA Os passos dados para o desenvolvimento desta pesquisa adotaram a metodologia de pesquisa qualitativa e bibliográfica, visto que se concentraram em consultas a livros, revistas e, por ser um tema muito atual e com poucas referências bibliográficas, utilizamos, principalmente, blogs e sites da internet que tinham algo a ver com o nosso objeto de estudo. A pesquisa foi dividida em quatro partes: a primeira foi teórica, quando apresentamos de forma geral e de modo cronológico os desenvolvimentos históricos da tradução automática, cujas referências foram Alfaro (1998) e Araújo (1993), as quais apresentam também alguns dos sistemas mais utilizados na atualidade; na segunda parte, abordamos o tema central desta pesquisa, o Google Tradutor, quando apresentamos o desenvolvimento e as funções deste sistema; na terceira parte, entrevistamos profissionais da área de tradução, professores e alunos de vários cursos do UNASP, campus Engenheiro Coelho, que responderam um questionário cujo teor dizia respeito ao uso da ferramenta, à qualidade, à precisão e à aceitação da tradução oferecida pelo Google Tradutor ; na quarta e última parte,, discutimos sobre a aplicabilidade da TA no processo de aquisição e ensino de idiomas, visto que essa possibilidade emergiu nas respostas trazidas ao questionário. 2.1 Perguntas do questionário: 1 - Nome do sujeito. 2 - Fala algum idioma estrangeiro? 3 - Já usou o Google tradutor? 4 - Qual a finalidade do uso? 5 - A tradução automática foi satisfatória ou precisou de ajuda humana? Explique. 6 - Você acha que a tradução do Google pode ser definitiva ou somente uma sugestão para quem busca uma boa tradução? Explique.

15 13 3 A TECNOLOGIA E A TRADUÇÃO Grandes impactos tecnológicos têm influenciado de diversas formas a vida moderna. Os benefícios da tecnologia são de abrangência global e todas as áreas do conhecimento são afetadas pela grande influência tecnológica. Não poderia ser diferente para o ramo da tradução. Os avanços na tecnologiada informação (TI) têm tentado incessante conexão com as exigências modernas de comunicação para promover a automatização de tradução. Na atualidade é possível encontrar desde a ferramenta mais simples que um tradutor pode utilizar, como o encanecido e fiel dicionário, até um instrumento de trabalho moderno e mais complexo: um exemplo pode ser um aplicativo de computador que pode ou não ser utilizado em acesso à internet e com múltiplas funções que o profissional poderá utilizar para desenvolver seu trabalho de tradução de forma prática e rápida, economizando tempo e acelerando a produção, como muitos acreditam. É evidente que a tecnologia da informação tem favorecido o profissional da tradução de forma incomparável. Um grande passo dado pela tecnologia de informação e que tem favorecido cada vez mais o trabalho do tradutor foi o desenvolvimento das ferramentas de tradução automática. É importante esclarecer desde já que existe uma distinção entre três termos que estão intimamente relacionados e que muitos tendem a confundir: os termos Tradução Assistida por Computador (Computer-Assisted Translation CAT); tradução por máquina (Machine Translation MT); e memória de tradução MT (Translation Memory TM). É preciso atenção por parte de quem discute o assunto, para não confundir os termos em inglês e em português. Aos softwares que são projetados para apoiar e facilitar o processo de tradução, chamamos, então, de CATs; conhecemos como tradução por máquina aquela tradução produzida por um programa de tradução automática sem a intervenção humana. A função dos programas de memória de tradução é memorizar uma palavra ou frase já traduzida por um tradutor humano e, se mais adiante, o texto original apresentar novamente sentenças com a mesma palavra ou frase, o programa irá indicar ou apresentar a tradução empregada anteriormente, ficando a critério do tradutor empregá-la ou não no contexto em tradução. Atualmente existem várias opções de sistemas de computador que são programados para facilitar todo o processo do trabalho braçal que seria do tradutor e, que depois de todo o longo processo de tradução requer somente um simples toque humano. Apresentaremos

16 14 mais adiante alguns exemplos de ferramentas que foram bem sucedidas no processo de tradução. Embora muitos acreditem que tais ferramentas de tradução automática possam economizar tempo e acelerar a produção, de modo a facilitar o trabalho braçal do tradutor, nem sempre o resultado oferecido por esses sistemas é coerente e aproveitável; daí a grande necessidade de conhecimento por parte do tradutor para dar não somente um simples toque humano, mas abraçar, cheirar, avaliar minuciosamente cada sentença para que o leitor ou quem receber o trabalho traduzido possa conseguir degustar o sabor da informação, sem nem mesmo notar um gostinho de tradução. O profissional da tradução deve manter um grande arsenal de armas que o auxilie em seus momentos de batalha, sim, porque o processo de tradução pode ser uma batalha e, infelizmente, muitas vezes uma batalha perdida para muitos. 3.1 A Tradução Automática A fala é um dos processos de comunicação mais utilizados pelo homem e, segundo o relato bíblico, foi somente depois da confusão de línguas na ocasião da construção da Torre de Babel a história é encontrada em Gênesis 11:1-9 que o homem começou a enfrentar problemas com a comunicação interpessoal por parte da linguagem falada. Desde então, e até os dias de hoje, são incessantes e diversas as investidas na tentativa de uma troca de informações sem conflitos e que alcance todas as sociedades. Tal troca de informações ocorre através de diversas formas de linguagem, consistindo da troca de conhecimentos que surgem de todas as formas de relações humanas. Ao analisarmos o enredo do desenvolvimento da tradução automática e o contexto histórico em que esse processo evolutivo ocorre, podemos observar que os objetivos que os pioneiros designaram para a tradução automática não foram tão eficazes em seu incremento. E muito embora a tecnologia tenha avançado de modo assustador e proporcionado o desenvolvimento de grandes sistemas que facilitam a troca de informações e a comunicação instantânea, ainda enfrentamos problemas com a comunicação de modo global e, o que a princípio, surgiu com o objetivo de facilitar o trabalho dos tradutores, já que havia muitos documentos técnicos a serem traduzidos, hoje, para alguns, é visto como uma ameaça a essa profissão. Por isso, daremos breve ênfase neste subtópico à história sobre o surgimento da TA e, como esta pesquisa é baseada em homepages e artigos acadêmicos de pessoas que já estão

17 15 envolvidas no ramo da tradução, faremos algumas citações de um dos grandes pioneiros na história da tradução automática, isto é, Bar-Hillel (apud ARAÚJO, 1993). Conforme pesquisas de Araújo, podemos constatar duas das premissas básicas que levaram ao estudo da tradução automática: A primeira premissa era a crença na possibilidade de uma linguagem universal de onde decorre a possibilidade da literalidade de do significado e a ideia de tradução como decodificação desse significado e, a segunda, a restrição de seu emprego apenas a textos considerados científicos ou não literários. Mais adiante Bar-Hillel (idem) faz menção a outras necessidades que levaram ao desenvolvimento da tradução automática: O interesse pela tradução automática pode surgir através de uma simples curiosidade em relação a um problema cujas soluções ou talvez simples hipóteses formuladas em direção a essas soluções certamente irão proporcionar valiosos insights acerca do funcionamento da comunicação linguística. Bar-Hillel ainda aponta a necessidade da tradução com grande precisão e num tempo cada vez mais rápido, publicações estrangeiras de caráter científico, econômico ou diplomático. A escassez de especialistas bilíngues dificultava a tradução de textos ditos científicos, o que contribuía para onerar ainda mais os gastos com pesquisas. Havia ainda a necessidade de escanear rapidamente, embora com baixa precisão, jornais, revistas e publicações similares provenientes de países inimigos, ou inimigos em potencial. Com base em Alfaro (1998), apresentamos os principais acontecimentos em ordem cronológica, que marcaram a história da tradução automática: O cientista russo Smirnov-Trojanskij apresentou uma máquina que ele considerava traduzir diversas línguas simultaneamente e à distância; Linguistas soviéticos desconsideraram o dispositivo científico de Smirnov- Trojanskij, e a opinião foi reforçada pelo Instituto de Automatização e Telemática da Academia das Ciências da U.R.S.S.; 1944 O Instituto de Automatização e Telemática da Academia das Ciências da U.R.S.S. reforçou a opinião dos linguistas soviéticos, reprovando a eficiência da máquina do russo; 1946 A tradução automática teve sua primeira investida ativa em 1946, logo depois da segunda Guerra Mundial e início da Guerra Fria, e foi desenvolvida principalmente por americanos e ingleses. Nesse contexto, o principal objetivo do uso dessa nova tecnologia era obter informações soviéticas científicas à distância e de modo mais rápido possível.

18 16 No mesmo período, conforme Alfaro, o inglês Andrew Donald Booth e o americano Warren Weaver desenvolverem um dispositivo de tradução automática. Este dispositivo nada mais era do que uma calculadora científica que tinha capacidade de traduzir palavra por palavra numa determinada língua, mas a tradução resultante dessa calculadora desconsiderava os aspectos sintáticos e a ordem léxica. Utilizando essa máquina, que apresentava uma lista de palavras-chave de um determinado texto, um conhecedor da área específica poderia captar a ideia principal do conteúdo da mensagem. Continuando a sua sequência cronológica, temos, a partir de Alfaro (idem): O inglês Richens introduziu, no programa desenvolvido por Booth e Weaver, informações relativas à análise gramatical das desinências russas. Além de proporcionar ao leitor informações mais precisas sobre a função da palavra na sentença, esse processo causou a diminuição de entradas no dicionário, o que acelerou a consulta automática; Reifler já expressara, num estudo, a necessidade da preparação dos textos a serem submetidos à tradução automática, provada pelos primeiros resultados práticos. Desde então, a pré-edição, o auxílio humano durante a tradução e/ou a revisão posterior dos textos, tornou-se prática indispensável ao processo; No congresso do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, sobre os problemas da tradução automática, concluiu-se que deveriam ser investigadas, em primeiro lugar, a frequência das palavras, equivalências linguísticas, memórias eletrônicas e outros aspectos técnicos, para depois passar-se à análise sintática e à construção propriamente dita de programas de tradução. Além disso, ficou determinado que o objetivo mais próximo seria o desenvolvimento de um programa que realizasse a tradução em um único sentido entre duas línguas, sem a preocupação imediata com a produção de máquinas multilíngues; 1954 Foi realizada, na Universidade de Georgetown, a primeira experiência de tradução automática do russo para o inglês com um computador - ao invés das calculadoras científicas - considerada satisfatória. O vocabulário continha 250 palavras e seis regras sintáticas. No ano seguinte, a União Soviética publica resultados satisfatórios utilizando calculadoras. É somente no final dos anos 50, após quase uma década de desenvolvimento científico e tecnológico nos Estados Unidos, na Inglaterra e na União Soviética, que alguns outros países europeus começam a entrar nessa área. Os estudos prosseguem, muitas vezes em áreas linguísticas bastante específicas, na maioria dos casos visando a tradução do russo para o inglês. Na Europa, tem início a pesquisa também para o francês;

19 17 Anos 60: Era do desânimo; A tradução automática foi desacreditada, culminando com a emissão do Relatório ALPAC pela Academia de Ciências americana; Apesar de criticado como sendo tendencioso e limitado, seu conteúdo fortemente negativo com relação às chances de sucesso da tradução automática provocou um corte radical de verbas governamentais norte-americanas, remanescendo apenas três projetos neste ano; 1975 Não havia mais nenhum projeto. De acordo com Alfaro (1998), os sistemas de tradução automática desenvolvidos nos anos 1960 continuaram a ser comercializados nos anos 1970 por falta de alternativas, a despeito do Relatório ALPAC. Já nos anos 1980 surgiram novos interesses pela tradução automática; daí foi criada a Comunidade Econômica Europeia, que aprovou o sistema EUROTRA e outros produtos já haviam sido comercializados, como o SYSTRAN e o METAL. A explosão da informatização, o desenvolvimento e o estabelecimento de teorias no âmbito da linguística formal, com grande investigação semântica, o processamento informatizado de línguas naturais com base em gramáticas de análise e de geração foram fenômenos que abriram um novo espaço para a inteligência artificial, a linguística computacional e a tradução automática, que começaram ser apoiadas por muitos países, principalmente da Europa. Não podemos esquecer que, como é sabido por todos, Noam Chomsky foi quem desenvolveu um modelo formal de linguagem e por isso os estudos sobre tradução automática tomaram outros rumos, porque graças a isso foi possível entender o funcionamento do cérebro e o processamento das informações linguísticas, mas também é fato que são muitos os fatores que contribuíram para o processo de evolução da TA. Como já mencionamos, apresentamos somente um histórico muito breve dos acontecimentos mais relevantes na história da TA para entrarmos no assunto principal dessa pesquisa, qual seja, Google Tradutor. Este dispositivo foi lançado em 2006 e, embora não tenha sido apresentado nesses acontecimentos históricos supracitados por ser um dos mais novos sistemas de TA, tem impressionado a muitos com a qualidade de tradução que apresenta. O fato é que nos dias de hoje já existem inúmeros sistemas de tradução automática e, e essa busca por um melhor software nunca irá se findar. E apesar da tecnologia de informação ter avançado, a inteligência humana ainda não foi superada e a possibilidade de conseguir a tão esperada Fully Automatic High Quality Trasnslation FAHQT (tradução de alta

20 18 qualidade totalmente automática) expressão que os pioneiros do projeto de tradução automática criaram para indicar o forte desejo de que o computador substituísse e superasse o tradutor humano uma tradução completamente independente do tradutor humano ainda é desacreditada. É possível encontrar opções de sistemas, desde os mais caros até os de uso grátis e de livre acesso na internet, cabendo ao usuário escolher a melhor opção. Trazendo um conceito geral para o significado de tradução automática, podemos dizer que a TA, como é abreviada, é o processo automático de tradução de um idioma original para outro por meio de um programa de computador. Podemos dizer também que a TA pertence à linguística computacional e faz uso de softwares para traduzir textos de um idioma natural para outro sem interferência humana. 3.2 As dificuldades da TA Se, com toda a evolução tecnológica, até hoje foi impossível o desenvolvimento de sistemas de tradução automática capazes de substituir a competência humana, logo podemos constatar que existem pontos negativos que são característicos de uma tradução automática, ou seja, não podemos confiar inteiramente na tradução oferecida por tais softwares. Mas quais seriam esses elementos negativos? Por que os sistemas não conseguem substituir os tradutores humanos? Quais são, portanto, os limites da tradução automática? O dicionário Houaiss define o ato de traduzir como: passar texto ou frase de uma língua para outra; dar sentido a, considerar, interpretar; tornar (-se) evidente, perceptível; manifestar (-se); ser representação de, simbolizar; tornar conhecido ou compreensível; explicar. Podemos falar, portanto, que tradução é uma atividade que envolve a interpretação do significado de um texto em uma língua e a produção de um novo texto em outra língua, mas que apresente o texto original da forma mais exata possível na língua destino. Como é sabido por todos, no processo da tradução humana, o tradutor explora e utiliza todas as suas habilidades para conseguir dar sentido, para representar e tornar compreensível o objeto de tradução. Ao traduzir, o ser humano pensa e constitui pensamentos; ele faz deduções das questões morfológicas, sintáticas, linguísticas e semânticas e aplica cada informação de maneira correta precisa. Ao contrário da máquina, que não tem a capacidade de deduzir nem constitui pensamento e, portanto, não consegue fazer aplicação das informações no processo da tradução. Podemos dizer que o computador é incapaz de interpretar pensamento com perfeição, já que a máquina não tem características que o ser humano possui,

21 19 principalmente no que concerne à interação humana. Esses são os elementos negativos da tradução automática. De acordo com Santos (2009), há outro fator relevante a ser considerado, além da análise semântica e sintática: o fator interlinguístico. Ela declara: A interlíngua está se desenvolvendo quase que exclusivamente no campo da inteligência artificial, de onde a tradução automática a empresta. Basicamente, um texto na língua fonte é analisado e mapeado, gerando uma representação conceitual numa linguagem neutra e independente de qualquer outra língua. Então são feitas inferências através das quais é acrescentado um conhecimento global que torna a representação mais completa. Finalmente, um programa gerador de linguagem natural volta a mapear essa representação conceitual para produzir o texto na língua alvo. Como tradutores, também sabemos que outro fator problemático na tradução é o problema da impossibilidade de equivalência: duas palavras em dois idiomas que cobrem o mesmo campo semântico, mas os sentidos de equivalência são diferentes. Santos declara que estes podem ser classificados como falsos cognatos, e exemplifica o problema nas traduções do português para o espanhol e vice versa. Ela ainda afirma que o mais comum não é tratar de traduzir unidades de código separadas, mas mensagens completas. É um processo em que o tradutor deve estar apto no domínio dos níveis linguístico-discursivos dos idiomas aos quais ele pretende corresponder para obter um resultado satisfatório aos interlocutores de duas línguas diferentes. Para alcançar a meta satisfatória no que diz respeito a uma tradução, é necessário ir além de uma mera decodificação e adaptação linguística de um texto da língua-fonte para uma língua-alvo. É indispensável que o tradutor saiba ler, compreender, interpretar, analisar, decidir e adequar termos, enunciados e palavras para obter uma tradução mais próxima possível da original na língua pretendida. Dessa forma, é possível verificar que os tradutores automáticos mostram dificuldades no que tange a evolução das línguas dentro das mais variadas culturas (diacrônico / sincrônico / ambiguidade-semântica / polissemia vocabular) gerando, em alguns textos, problemas de compreensão de gravidade variável em função da importância do termo não reconhecido e/ou não traduzido, pois os sistemas de tradução automática não possuem conhecimento e habilidades humanas para codificar uma língua para outra de maneira adequada (SANTOS, 2009, p. 5). Com base nas ideias aqui apresentadas, podemos concluir esse assunto declarando que a tradução automática pode até oferecer uma tradução, mas esta será problemática e indigna de plena confiança, já que é impossível encontrar numa máquina as habilidades que são de natureza humana. Não podemos esperar que a TA apresente uma qualidade de tradução com o mesmo nível de uma tradução feita por um tradutor profissional. Podemos observar em toda a história da TA, que nunca foi possível conseguir uma tradução perfeita por meio de sistemas e seus resultados, até hoje, não puderam concorrer com as proezas da tradução humana. No

22 20 entanto, há sistemas que têm alcançado certo sucesso, não de qualidade total, mas que auxiliam e melhoram a atividade tradutória. 3.3 Sistemas de TA bem sucedidos No tópico 1.1, apresentamos a história cronológica dos desenvolvimentos da TA. No entanto, considerando que anos se passaram e a tecnologia de informação tem oferecido novas opções mais bem sucedidas, iremos fazer uma breve apresentação de cinco dos principais sistemas de TA que são atualmente considerados como os melhores, por muitos dos usuários Google Tradutor Por ser objeto de estudo dessa pesquisa, iremos apresentar informações mais detalhadas sobre o Google Tradutor. Basicamente o Google Tradutor é um serviço virtual gratuito da empresa Google Inc. que oferece serviço de traduções instantâneas on-line de textos e websites entre qualquer combinação dos idiomas que são o total de 57 já aceitos. O Google introduziu o seu próprio software de tradução em 2006, e vem sendo aprimorado em seus recursos e implantado cada vez mais funções ao seu mecanismo, o que o torna um dos serviços líderes em tradução automática. A imagem a seguir apresenta a versão atual do Google Tradutor: Imagem Fonte: 20 de setembro de 2011

23 Bing Tradutor Outro tradutor disponível com serviço de tradução grátis on-line é o Bing Tradutor criado pela Microsoft. É considerado como um sistema muito útil para quem precisa traduzir rapidamente pedaços de textos e páginas inteiras da web. O Bing Tradutor já foi adotado por vários serviços de boa reputação; dentre eles estão os conhecidos mundialmente Facebook, ebay e Trip Advisor. O primeiro o torna muito reconhecido, as duas últimas, são grandes marcas que estão comprometidas com a Microsoft para o trabalho de tradução. O Bing Tradutor tem a capacidade de traduzir em 37 línguas diferentes, conta com uma ferramenta especial que detecta automaticamente qual idioma você inseriu no campo para traduzir para o seu idioma de origem e/ou até mesmo outro idioma, e está constantemente em processo de atualização. A imagem a seguir apresenta o Bing Tradutor em versão atual. É possível notar a quantidade de idiomas que o sistema é capaz de traduzir: Imagem Fonte: 25 de outubro de

24 22 De acordo com um dos sites da Microsoft, uma das propriedades inclusas no Bing Tradutor é o Tbot, considerado como um amigo capaz de fazer traduções de modo instantâneo durante uma conversação no Windows Live Messenger. Foi lançado pela primeira vez em 2008, como um protótipo e desde então tem se tornado muito popular. É possível conversar individualmente com o Tbot e/ou convidar amigos que falam diferentes idiomas para que o Tbot traduza, automaticamente, as conversas. De acordo com o site do professor Marcos Monteiro: O Tbot foi inicialmente baseado na tecnologia Windows Live Agents (WLA), que permite criar programas-robôs que interagem com o usuário via Messenger. A Microsoft, porém, anunciou, no final do ano passado, que está descontinuando a WLA. Para manter o Tbot, a equipe esponsável pelo software incorporou seu próprio runtime a ele no lugar do Live Agents. Assim nasceu o Tbot2, a versão atual, ainda em fase alfa. Já o mecanismo de tradução é o mesmo do Microsoft Translator, que, recentemente, passou a ser chamado de Bing Translator. Na imagem a seguir, é possível observar a tradução oferecida pelo mtbot do Windows Live Messenger. É possível adicionar outro contato que fale o idioma alvo e o mtbot fará a tradução simultaneamente: Imagem Fonte: 30 de outubro de 2011 Windows Live Messenger

25 Tradutor Yahoo Babel Fish Conforme informações contidas nas páginas do sistema, este tradutor foi desenvolvido pela empresa Yahoo. O serviço de tradução Babel Fish utiliza tecnologia de tradução por máquina para traduzir frases e textos de um idioma para outro. O Babel Fish também é capaz de traduzir páginas inteiras da Internet de até 10k para uma das opções de línguas estrangeiras. Para a tradução de textos e frases mais longas, o mesmo serviço é capaz de traduzir até 150 palavras por vez. Este tradutor é considerado como uma ótima referência para quem tem dificuldades com a gramática. O Babel Fish, além do inglês fornece tradução para até 37 pares de idiomas simultaneamente. O tradutor automático, para um melhor resultado de pesquisa do tradutor humano, facilita o trabalho ao indicar ao usuário que o texto desejado para a tradução utilize a gramática correta. O uso de gírias, por exemplo, palavras com erros de digitação ou até mesmo pontuação mal colocada, podem fazer com que o texto seja traduzido incorretamente. A imagem a seguir apresenta o sistema em sua versão atual. É possível notar a limitação da quantidade de palavras e algumas dicas para uma tradução mais eficaz: Imagem Fonte: 30 de outubro de

26 O Babylon Tradutor De acordo com o site oficial do Tradutor Babylon, este sistema coloca à disposição do usuário a melhor ferramenta de tradução disponível online. Segundo ele, usando este tradutor automático, é possível a tradução de textos inteiros, frases ou palavras separadas em mais de 800 pares de idiomas. Graças a uma base de dados pesquisando em mais de 2 mil dicionários e glossários, a Babylon poderá oferecer definições de palavras, traduções, dicionário de sinônimos e antônimos, e até mesmo termos técnicos, declara. Segundo a afirmação do site, o Babylon já está no mercado de dicionários e glossários online há mais de 10 anos. Já existem 9 versões e é considerado como uma das companhias mais bem sucedidas e respeitadas no ramo de tradução com milhões de usuários ao redor do mundo. A Babylon criou o site de tradução automática online para aqueles que não possuem o programa de tradução, que é uma das ferramentas, que ela considera, mais úteis para aqueles que precisam realizar pesquisas, traduzir textos, ler ou escrever em seu computador, sobretudo usado uma língua estrangeira. Para aqueles que têm o programa Babylon instalado no computador, tudo o que é necessário fazer para traduzir ou definir palavras e frases, é clicar sobre elas e a tradução aparece imediatamente. Segundo a empresa Babylon, todos os usuários deste sistema elogiam a conveniência de trabalhar com esta ferramenta de tradução, pois, é possível obter acesso a milhares de dicionários e glossários em um só clique, sem precisar interromper o que está fazendo. Na imagem a seguir, apresentamos a última versão do Babylon Tradutor Online 9. Imagem Fonte: 01 de novembro de

27 Tradutor SYSTRANet Muitas mudanças já aconteceram nesse sistema desde a pesquisa de Alfaro (1998) até os dias de hoje. Segundo ela, o tradutor Systran, que hoje recebe o nome de SYSTRANet para a versão de uso virtual, foi o primeiro sistema. Instalado em 1970 e ainda opera. Os primeiros resultados foram negativos e considerados inúteis para os objetivos propostos. Apesar disso, as investidas em pesquisas relacionadas aos dicionários, principalmente pelo fato dos tradutores da época estarem sobrecarregados. Outras versões do programa foram adquiridas com novos pares de idiomas e foram notáveis o entusiasmo e incentivo demonstrados pelos próprios tradutores. Hoje o SYSTRANet é considerado como um dos melhores serviços de tradução online disponível gratuitamente na web. Desenvolvido por SYSTRAN, o fornecedor líder desoftware de tradução de idiomas, o SYSTRANet permite a compreensão de informações de línguas estrangeiras em sua língua nativa em tempo real. É possível a tradução de e para mais de 15 línguas e disponível em 36 pares de idiomas. Com ele também é possível traduzir textos curtos, com até mil palavras, traduzir páginas da Web e sites completos, pode-se fazer busca de traduções de palavras e expressões nos dicionários: Larousse e Systran, receber em língua estrangeira feeds no seu idioma nativo, traduzir documentos do Microsoft Office, dentre outras funções. A qualidade do sistema por si só é limitada, porém nunca foi expresso o objetivo de se eliminar a dependência da revisão. Por outro lado, há relatórios que tratam de uma relação entre melhoria e degradação funcional do sistema: por exemplo, quando o dicionário se torna volumoso demais, uma nova inserção pode prejudicar dados já existentes. O uso dos serviços e produtos SYSTRAN aumenta a produtividade dos negócios em colaboração empresarial, no comércio eletrônico, suporte ao cliente, gestão do conhecimento, pesquisa, e outras iniciativas. Em 2009, a empresa SYSTRAN estendeu a sua posição como líder inovadora do setor ao introduzir o primeiro mecanismo de tradução híbrida. Esta descoberta combina as vantagens da tecnologia linguística com técnicas estatísticas para que o software automaticamente aprenda a partir de traduções existentes e validadas. A solução do mecanismo de tradução híbrida da empresa SYSTRAN é de fácil e rápida personalização. As técnicas de autoaprendizagem permitem aos usuários treinar o software para qualquer domínio específico ou objetivo de negócio para atingir o custo-benefício de traduções de qualidade publicável.

28 26 A imagem a seguir apresenta o tradutor SYSTRANet em versão atual: Imagem Fonte: 01 de novembro de trabalho. No capítulo seguinte, daremos atenção ao Google Tradutor, por ser ele o foco do nosso

Inglesar.com.br. asasasadsddsçlf

Inglesar.com.br. asasasadsddsçlf 1 Sumário Introdução...04 Passo 1...04 Passo 2...05 Passo 3...05 É possível Aprender Inglês Rápido?...07 O Sonho da Fórmula Mágica...07 Como Posso Aprender Inglês Rápido?...09 Porque isto Acontece?...11

Leia mais

O uso de Software Livre no ensino e aprendizagem de língua estrangeira Carlota Kapp Silva e Lívia Cristina Lopes Chaves

O uso de Software Livre no ensino e aprendizagem de língua estrangeira Carlota Kapp Silva e Lívia Cristina Lopes Chaves 1 O uso de Software Livre no ensino e aprendizagem de língua estrangeira Carlota Kapp Silva e Lívia Cristina Lopes Chaves Resumo No presente artigo, mensuramos os benefícios do uso de Softwares Livres

Leia mais

Traduza textos com um clique, usando o excelente Babylon

Traduza textos com um clique, usando o excelente Babylon Traduza textos com um clique, usando o excelente Babylon Introdução: Você já teve problemas com a tradução de algum texto? Com a Internet cada vez mais popular graças à banda larga, isto é relativamente

Leia mais

Alfabetização e Letramento: caminhos e descaminhos*

Alfabetização e Letramento: caminhos e descaminhos* Alfabetização e Letramento: caminhos e descaminhos* Magda Soares Doutora e livre-docente em Educação e professora titular emérita da Universidade Federal de Minas Gerais. Um olhar histórico sobre a alfabetização

Leia mais

MANUAL DO PROFESSOR MODERNO: 15 FERRAMENTAS TECNOLÓGICAS PARA MELHORAR A SUA PRODUTIVIDADE

MANUAL DO PROFESSOR MODERNO: 15 FERRAMENTAS TECNOLÓGICAS PARA MELHORAR A SUA PRODUTIVIDADE MANUAL DO PROFESSOR MODERNO: 15 FERRAMENTAS TECNOLÓGICAS PARA MELHORAR A SUA PRODUTIVIDADE SUMÁRIO >> Introdução... 3 >> Não confie em sua memória: agendas e calendários online estão a seu favor... 5 >>

Leia mais

Future School Idiomas

Future School Idiomas Future School Idiomas Sumário Quem somos... pag 2 Sobre o curso... pag 3 Sobre a aula... pag 4 Vantagens em se fazer nosso curso on line... pag 5 Objetivo do curso... pag 6 Como entrar na sala de aula...

Leia mais

Inglesar.com.br Aprender Inglês Sem Estudar Gramática

Inglesar.com.br Aprender Inglês Sem Estudar Gramática 1 Sumário Introdução...04 O segredo Revelado...04 Outra maneira de estudar Inglês...05 Parte 1...06 Parte 2...07 Parte 3...08 Por que NÃO estudar Gramática...09 Aprender Gramática Aprender Inglês...09

Leia mais

UNIDADE IV AUTO RESPONDER

UNIDADE IV AUTO RESPONDER UNIDADE IV AUTO RESPONDER Vamos agora entrar num dos pontos mais importantes do e-mail marketing. O serviço de auto responder. O QUE É O AUTO RESPONDER? Esse serviço muda de nome dependendo da ferramenta

Leia mais

INGLÊS INSTRUMENTAL: PRÉ-REQUISITO INDISPENSÁVEL À FORMAÇÃO DO ENGENHEIRO QUÍMICO

INGLÊS INSTRUMENTAL: PRÉ-REQUISITO INDISPENSÁVEL À FORMAÇÃO DO ENGENHEIRO QUÍMICO INGLÊS INSTRUMENTAL: PRÉ-REQUISITO INDISPENSÁVEL À FORMAÇÃO DO ENGENHEIRO QUÍMICO Adriana Recla Pós-graduada em Língua Inglesa e Língua Portuguesa Professora da Faculdade de Aracruz - UNIARACRUZ Professora

Leia mais

1. Apresentação. 1.1. Conexão Digital para o Desenvolvimento Social. 1.2. Engajamento na Iniciativa

1. Apresentação. 1.1. Conexão Digital para o Desenvolvimento Social. 1.2. Engajamento na Iniciativa 1. Apresentação 1.1. Conexão Digital para o Desenvolvimento Social A conexão Digital para o Desenvolvimento Social é uma iniciativa que abrange uma série de atividades desenvolvidas por ONGs em colaboração

Leia mais

Guia #5. Agradecimento - Agradeça o contato da pessoa e pergunte como poderá ajudar

Guia #5. Agradecimento - Agradeça o contato da pessoa e pergunte como poderá ajudar Guia #5 Como fazer o melhor atendimento ao cliente Você sabia que... O atendimento é o setor da empresa que se relaciona com os clientes. Ele é determinante para a imagem do negócio pois é o espelho da

Leia mais

1) A prática e o aprofundamento das habilidades comunicativas específicas que serão avaliadas nos exames.

1) A prática e o aprofundamento das habilidades comunicativas específicas que serão avaliadas nos exames. C U R S O S ESPECIAIS I n s t i t u t o C e r v a n t e s d e B r a s i l i a CURSOS ESPECIAIS O Instituto Cervantes de Brasília dispõe de uma ampla oferta de cursos especiais para se adaptar as necessidades

Leia mais

MANUAL. Perfil de Professor

MANUAL. Perfil de Professor MANUAL Perfil de Professor Índice 1. Acesso 1.1. Acessando o Canal do Norte... 03 2. Disciplinas 2.1. Acessando Disciplinas... 07 3. Recursos 3.1. Adicionando Recursos... 10 3.2. Página de texto simples...

Leia mais

APOSTILA BÁSICA INFORMÁTICA: 1. PROCESSADOR DE TEXTOS 1.1 Conhecendo o aplicativo Word 2007 2.EDITOR DE PLANILHAS

APOSTILA BÁSICA INFORMÁTICA: 1. PROCESSADOR DE TEXTOS 1.1 Conhecendo o aplicativo Word 2007 2.EDITOR DE PLANILHAS APOSTILA BÁSICA INFORMÁTICA: 1. PROCESSADOR DE TEXTOS 1.1 Conhecendo o aplicativo Word 2007 2.EDITOR DE PLANILHAS 3.INTERNET 3.1. Internet: recursos e pesquisas 3.2. Conhecendo a Web 3.3. O que é um navegador?

Leia mais

UNIDADE II Conhecendo o Ambiente Virtual de Aprendizagem

UNIDADE II Conhecendo o Ambiente Virtual de Aprendizagem UNIDADE II Conhecendo o Ambiente Virtual de Aprendizagem 2.1 Introdução Caro Pós-Graduando, Nesta unidade, abordaremos o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) que será utilizado no curso: o Moodle. Serão

Leia mais

Manual do Usuário Microsoft Apps for Symbian

Manual do Usuário Microsoft Apps for Symbian Manual do Usuário Microsoft Apps for Symbian Edição 1.0 2 Sobre os aplicativos da Microsoft Sobre os aplicativos da Microsoft Os aplicativos Microsoft oferecem aplicativos corporativos Microsoft para o

Leia mais

MELHORES PRÁTICAS ALUNO VERSÃO 1.0

MELHORES PRÁTICAS ALUNO VERSÃO 1.0 MELHORES PRÁTICAS ALUNO VERSÃO 1.0 APRESENTANDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Um ambiente virtual de aprendizagem é um sistema para gerenciar cursos a distância que utilizam a Internet, ou para complementar

Leia mais

Ferramentas de informações e comunicações e as interações possíveis Tecnologias populares para uma Educação à Distância mais Popular.

Ferramentas de informações e comunicações e as interações possíveis Tecnologias populares para uma Educação à Distância mais Popular. Trabalha de Conclusão do Curso Educação a Distância : Um Novo Olhar Para a Educação - Formação de Professores/Tutores em EaD pelo Portal Somática Educar Ferramentas de informações e comunicações e as interações

Leia mais

Guia definitivo de ferramentas de Planejamento para Micro Empreendedores Individuais

Guia definitivo de ferramentas de Planejamento para Micro Empreendedores Individuais Guia definitivo de ferramentas de Planejamento para Micro Empreendedores Individuais Introdução O Brasil já tem 4,7 milhões de microempreendedores individuais, segundo dados de janeiro de 2015 da Receita

Leia mais

ÍNDICE BLUELAB A UTILIZAÇÃO DO BLUELAB PELO PROFESSOR RECURSOS PARA PROFESSORES E ALUNOS...05 INICIANDO O BLUELAB PROFESSOR...06

ÍNDICE BLUELAB A UTILIZAÇÃO DO BLUELAB PELO PROFESSOR RECURSOS PARA PROFESSORES E ALUNOS...05 INICIANDO O BLUELAB PROFESSOR...06 ÍNDICE BLUELAB RECURSOS PARA PROFESSORES E ALUNOS...05 INICIANDO O BLUELAB PROFESSOR...06 ELEMENTOS DA TELA INICIAL DO BLUELAB PROFESSOR guia Meu Espaço de Trabalho...07 A INTERFACE DO BLUELAB...07 INICIANDO

Leia mais

Guia definitivo da pesquisa de mercado online

Guia definitivo da pesquisa de mercado online Guia definitivo da pesquisa de mercado online Noções básicas de pesquisa de mercado e um guia para usar o Opinion Box Índice Introdução 3 1. O que é pesquisa de mercado 4 2. Como fazer uma pesquisa de

Leia mais

Manual do Usuário Microsoft Apps

Manual do Usuário Microsoft Apps Manual do Usuário Microsoft Apps Edição 1 2 Sobre os aplicativos da Microsoft Sobre os aplicativos da Microsoft Os aplicativos da Microsoft oferecem aplicativos para negócios para o seu telefone Nokia

Leia mais

LEITURA EM LÍNGUA ESPANHOLA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: COMPREENSÃO E EXPRESSÃO CRIATIVA

LEITURA EM LÍNGUA ESPANHOLA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: COMPREENSÃO E EXPRESSÃO CRIATIVA LEITURA EM LÍNGUA ESPANHOLA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: COMPREENSÃO E EXPRESSÃO Instituto Federal Farroupilha Câmpus Santa Rosa ledomanski@gmail.com Introdução Ler no contexto mundial globalizado

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL ALUNO Versão 1.0 2014 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE

Leia mais

DESAFIO ETAPA 1 Passo 1

DESAFIO ETAPA 1 Passo 1 DESAFIO Um dos maiores avanços percebidos pela área de qualidade de software foi comprovar que a qualidade de um produto final (software) é uma consequência do processo pelo qual esse software foi desenvolvido.

Leia mais

O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem

O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem O Microsoft Office 365 é a suíte de Produtividade da Microsoft, que oferece as vantagens da Nuvem a empresas de todos os tamanhos, ajudando-as

Leia mais

Prêmio Victor Civita 2010 Educador Nota 10

Prêmio Victor Civita 2010 Educador Nota 10 1 Prêmio Victor Civita 2010 Educador Nota 10 LÍNGUAS ESTRANGEIRAS Relatório analítico do processo de seleção de trabalhos Selecionadora: Sandra Baumel Durazzo Com a crescente intergração dos diferentes

Leia mais

Edições Edge do SAP InfiniteInsight Visão geral Viabilizando insights preditivos apenas com cliques de mouse, sem códigos de computador

Edições Edge do SAP InfiniteInsight Visão geral Viabilizando insights preditivos apenas com cliques de mouse, sem códigos de computador Soluções de análise da SAP Edições Edge do SAP InfiniteInsight Visão geral Viabilizando insights preditivos apenas com cliques de mouse, sem códigos de computador Índice 3 Um caso para análise preditiva

Leia mais

Questão em foco: Colaboração de produto 2.0. Uso de técnicas de computação social para criar redes sociais corporativas

Questão em foco: Colaboração de produto 2.0. Uso de técnicas de computação social para criar redes sociais corporativas Questão em foco: Colaboração de produto 2.0 Uso de técnicas de computação social para criar redes sociais corporativas Tech-Clarity, Inc. 2009 Sumário Sumário... 2 Introdução à questão... 3 O futuro da

Leia mais

44 Summit Road, Suite 101 Riverside, CT 06878 (800) 573-4756 (203) 698-9323

44 Summit Road, Suite 101 Riverside, CT 06878 (800) 573-4756 (203) 698-9323 oferece consistência de suporte entre grupos de desenvolvimento Michel Vrinat, Diretor de Programa, PLM, CAE/Europa; Don Brown, Presidente Medição do desafio confrontando o desenvolvimento do produto A

Leia mais

Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina

Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Programação para Internet Rica 1 Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Objetivo: Identificar os princípios que se destacam como características da Web 2.0. INTRODUÇÃO

Leia mais

C.P.F. DOS ENVOLVIDOS: 105111179-06 085997089-29 093745209-23 KRIO. A integração entre a tecnologia e a comunicação para Jovens Aprendizes

C.P.F. DOS ENVOLVIDOS: 105111179-06 085997089-29 093745209-23 KRIO. A integração entre a tecnologia e a comunicação para Jovens Aprendizes C.P.F. DOS ENVOLVIDOS: 105111179-06 085997089-29 093745209-23 KRIO A integração entre a tecnologia e a comunicação para Jovens Aprendizes FLORIANÓPOLIS 2014 2 RESUMO: O projeto apresentado é resultado

Leia mais

NAVEGANDO NA INTERNET

NAVEGANDO NA INTERNET UNIDADE 2 NAVEGANDO NA INTERNET OBJETIVOS ESPECÍFICOS DE APRENDIZAGEM Ao finalizar esta Unidade você deverá ser capaz de: Definir a forma de utilizar um software de navegação; Debater os conteúdos disponibilizados

Leia mais

Nosso Planeta Mobile: Brasil

Nosso Planeta Mobile: Brasil Nosso Planeta Mobile: Brasil Como entender o usuário de celular Maio de 2012 1 Resumo executivo Os smartphones se tornaram indispensáveis para nosso cotidiano. A difusão dos smartphones atinge 14% da população,

Leia mais

COMPUTAÇÃO EM NUVEM: TENDÊNCIAS E OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS RELATÓRIO EXECUTIVO DE NEGÓCIOS

COMPUTAÇÃO EM NUVEM: TENDÊNCIAS E OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS RELATÓRIO EXECUTIVO DE NEGÓCIOS COMPUTAÇÃO EM NUVEM: TENDÊNCIAS E OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS TM RELATÓRIO EXECUTIVO DE NEGÓCIOS A visão da computação em nuvem por Aad van Schetsen, vicepresidente da Compuware Uniface, que mostra por que

Leia mais

Marketing Digital de resultado para PMEs. Monitoramento na Internet A arma competitiva das pequenas e médias empresas

Marketing Digital de resultado para PMEs. Monitoramento na Internet A arma competitiva das pequenas e médias empresas Monitoramento na Internet A arma competitiva das pequenas e médias empresas 1 Sumário I II V Porque monitorar? O que monitorar? Onde monitorar? Como engajar? 2 Por que Monitorar? 3 I II V Nas mídias sociais

Leia mais

Atividade - Sequência Conrado Adolpho

Atividade - Sequência Conrado Adolpho Atividade - Sequência Conrado Adolpho Agora, eu quero lhe apresentar os 6 e-mails do conrado adolpho para vender o 8ps. Quero que você leia está sequência com muita atenção e, depois, responda às provocações

Leia mais

Planejamento de TI usando Cenários Prospectivos: Tecnologias de Desenvolvimento de Sistemas

Planejamento de TI usando Cenários Prospectivos: Tecnologias de Desenvolvimento de Sistemas Planejamento de TI usando Cenários Prospectivos: Tecnologias de Desenvolvimento de Sistemas Sidnei da Silva 11 de julho de 2007 1 Sumário 1 Dados Fundamentais 3 2 Definição do Problema 3 2.1 Questão...............................

Leia mais

Dashboards dinâmicos para executivos

Dashboards dinâmicos para executivos dos produtos SAP Soluções SAP Crystal SAP Crystal Dashboard Design Objetivos Dashboards dinâmicos para executivos Transforme dados complexos em dashboards atraentes e interativos Transforme dados complexos

Leia mais

Precisa. falar inglês. no trabalho, mas tem medo? Conheça 4 maneiras para superar esta barreira.

Precisa. falar inglês. no trabalho, mas tem medo? Conheça 4 maneiras para superar esta barreira. Precisa falar inglês no trabalho, mas tem medo? Conheça 4 maneiras para superar esta barreira. Aprender um novo idioma é se sentir como uma criança novamente: faltam palavras para se expressar e a insegurança

Leia mais

Tradução Automática: Superando as Barreiras entre Línguas Européias e Chinesas

Tradução Automática: Superando as Barreiras entre Línguas Européias e Chinesas UFSC / PPGEP / UNL Tradução Automática: Superando as Barreiras entre Línguas Européias e Chinesas Maio, 2002 Paper 4 Irineu Theiss Automatic Translation: Overcome Barriers between European and Chinese

Leia mais

Integração com a Mídia Social

Integração com a Mídia Social Guia rápido sobre... Integração com a Mídia Social Neste guia... Vamos mostrar como integrar seu marketing com as mídias sociais para você tirar o maior proveito de todo esse burburinho online! Nós ajudamos

Leia mais

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 Este tutorial não tem como finalidade esgotar todas as funcionalidades do Ambiente, ele aborda de forma prática

Leia mais

A- Leia atentamente o texto A língua do Google, adaptado da Revista Veja on-line, e responda as questões de 1 a 5:

A- Leia atentamente o texto A língua do Google, adaptado da Revista Veja on-line, e responda as questões de 1 a 5: BOM TRABALHO! Nota: A- Leia atentamente o texto A língua do Google, adaptado da Revista Veja on-line, e responda as questões de 1 a 5: Home» Revistas» Edição 2163 / 5 de maio de 2010 1 Internet A língua

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA RELAÇÃO DE RESUMOS DE MONOGRAFIAS E ARTIGOS DE PÓS- GRADUAÇÃO Lato sensu Curso: Língua Inglesa/2003 - Érika Nunes Martins Simões Formação do Professor de - Sheila Andrade

Leia mais

Boletim de Guia para os Pais das Escolas Públicas Elementar de Central Falls

Boletim de Guia para os Pais das Escolas Públicas Elementar de Central Falls Boletim de Guia para os Pais das Escolas Públicas Elementar de Central Falls O objetivo principal do cartão de relatório elementar é comunicar o progresso do aluno para os pais, alunos e outros funcionários

Leia mais

Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte

Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte IBM Global Technology Services Manutenção e suporte técnico Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte Uma abordagem inovadora em suporte técnico 2 Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável

Leia mais

Linux. Educacional. Tutorial Buzzword

Linux. Educacional. Tutorial Buzzword Linux Educacional Tutorial Buzzword Para trabalhar com o programa Buzzword online, é necessário que crie uma conta no site. Para isso acesse o endereço - https://buzzword.acrobat.com/ Para criar uma conta

Leia mais

CURSOS INGLÊS RÁPIDO Liberdade de Escolha

CURSOS INGLÊS RÁPIDO Liberdade de Escolha 1 Nossos cursos são dirigidos a adolescentes, jovens e adultos que querem aprender inglês de forma rápida e eficiente. Pessoas que já tentaram estudar inglês e tiveram dificuldades vão se surpreender com

Leia mais

:: Cuidados na Elaboração de uma Redação Científica

:: Cuidados na Elaboração de uma Redação Científica :: Cuidados na Elaboração de uma Redação Científica José Mauricio Santos Pinheiro em 21/04/2005 Os princípios indispensáveis à redação científica podem ser resumidos em quatro pontos fundamentais: clareza,

Leia mais

Nosso Planeta Mobile: Brasil

Nosso Planeta Mobile: Brasil Nosso Planeta Mobile: Brasil Como entender o usuário de celular Maio de 2013 1 Resumo executivo Os smartphones se tornaram indispensáveis para nosso cotidiano. A difusão dos smartphones atinge 26 % da

Leia mais

Capítulo 1. Introdução. 1.1 Linguagens. OBJETIVOS DO CAPÍTULO Ao final deste capítulo você deverá ser capaz de:

Capítulo 1. Introdução. 1.1 Linguagens. OBJETIVOS DO CAPÍTULO Ao final deste capítulo você deverá ser capaz de: i Sumário 1 Introdução 1 1.1 Linguagens....................................... 1 1.2 O que é um Compilador?................................ 2 1.3 Processadores de Programas: Compiladores, Interpretadores

Leia mais

COMO ABORDAR O TEMA ACESSIBILIDADE EM SALA DE AULA

COMO ABORDAR O TEMA ACESSIBILIDADE EM SALA DE AULA COMO ABORDAR O TEMA ACESSIBILIDADE EM SALA DE AULA Fabiane Caron Novaes 1 Roberta Aparecida Diadio 2 Resumo: Considerando as recomendações contidas no referencial teórico dos Parâmetros Curriculares Nacionais

Leia mais

A confluência dos vídeos e a Internet

A confluência dos vídeos e a Internet WHITEPAPER A confluência dos vídeos e a Internet Por que sua empresa deveria investir em vídeos em 2013 e como a Construção Civil pode utilizar os vídeos como diferencial competitivo. 1 Saiba como os vídeos

Leia mais

GANHE DINHEIRO FACIL GASTANDO APENAS ALGUMAS HORAS POR DIA

GANHE DINHEIRO FACIL GASTANDO APENAS ALGUMAS HORAS POR DIA GANHE DINHEIRO FACIL GASTANDO APENAS ALGUMAS HORAS POR DIA Você deve ter em mente que este tutorial não vai te gerar dinheiro apenas por você estar lendo, o que você deve fazer e seguir todos os passos

Leia mais

MOODLE é o acrónimo de "Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment. Executado em um AVA - Ambiente Virtual de Apresendizagem;

MOODLE é o acrónimo de Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment. Executado em um AVA - Ambiente Virtual de Apresendizagem; MOODLE é o acrónimo de "Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment Software livre, de apoio à aprendizagem; Executado em um AVA - Ambiente Virtual de Apresendizagem; A expressão designa ainda

Leia mais

PROPOSTA DE PARCERIA WIZARD E Aspuv

PROPOSTA DE PARCERIA WIZARD E Aspuv PROPOSTA DE PARCERIA WIZARD E Aspuv Viçosa Agosto 2015 APRESENTAÇÃO A Wizard Idiomas é a maior rede de franquias no segmento de ensino de idiomas do Brasil. Os dados são da Associação Brasileira de Franchising

Leia mais

Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail...

Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail... FACEBOOK Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail... 8 Características do Facebook... 10 Postagens... 11

Leia mais

Pós-Graduação em Educação: Novos Paradigmas GUIA DO ALUNO

Pós-Graduação em Educação: Novos Paradigmas GUIA DO ALUNO GUIA DO ALUNO Prezado(a) Aluno(a), O Guia do Aluno é um instrumento normativo que descreve os padrões de qualidade dos processos acadêmicos e administrativos necessários ao desenvolvimento dos cursos de

Leia mais

GUIA DE SOCIAIS EM REDES BOAS PRÁTICAS EM GESTÃO DO ATENDIMENTO E RELACIONAMENTO MELHORES PRÁTICAS. MELHORES RESULTADOS.

GUIA DE SOCIAIS EM REDES BOAS PRÁTICAS EM GESTÃO DO ATENDIMENTO E RELACIONAMENTO MELHORES PRÁTICAS. MELHORES RESULTADOS. GUIA DE BOAS PRÁTICAS EM GESTÃO DO ATENDIMENTO E RELACIONAMENTO EM REDES SOCIAIS MELHORES PRÁTICAS. MELHORES RESULTADOS. APRESENTAÇÃO OBJETIVO A ABA - Associação Brasileira de Anunciantes, por meio de

Leia mais

Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br

Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br Índice Como acessar o Moodle Editando seu PERFIL Editando o curso / disciplina no Moodle Incluindo Recursos

Leia mais

Nós fazemos fácil o difícil

Nós fazemos fácil o difícil TrustThisProduct - Um serviço de marketing on-line internacional para fabricantes do mundo todo. As principais características que o serviço TrustThisProduct fornece aos fabricantes: - Criação e edição

Leia mais

VOCÊ SABE O QUE É E-MAIL MARKETING? [[ ][ Aprenda como funciona e quais resultados você pode obter

VOCÊ SABE O QUE É E-MAIL MARKETING? [[ ][ Aprenda como funciona e quais resultados você pode obter VOCÊ SABE O QUE É E-MAIL MARKETING? [[ ][ Aprenda como funciona e quais resultados você pode obter Vivemos a era do conteúdo na Internet. Um e-mail com o conteúdo certo, distribuído às pessoas certas é

Leia mais

10 DICAS DE TECNOLOGIA PARA AUMENTAR SUA PRODUTIVIDADE NO TRABALHO

10 DICAS DE TECNOLOGIA PARA AUMENTAR SUA PRODUTIVIDADE NO TRABALHO 10 DICAS DE TECNOLOGIA PARA AUMENTAR SUA PRODUTIVIDADE NO TRABALHO UMA DAS GRANDES FUNÇÕES DA TECNOLOGIA É A DE FACILITAR A VIDA DO HOMEM, SEJA NA VIDA PESSOAL OU CORPORATIVA. ATRAVÉS DELA, ELE CONSEGUE

Leia mais

Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software

Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE Curso Técnico em Informática ENGENHARIA DE SOFTWARE Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br Clayton Maciel Costa

Leia mais

Montando um Site. Wordpress

Montando um Site. Wordpress Montando um Site Wordpress O Sistema Wordpress O Wordpress é uma plataforma de vanguarda para publicação pessoal, com foco na estética, nos Padrões Web e na usabilidade. Ao mesmo tempo um software livre

Leia mais

EXPERIÊNCIAS DE LEITURA, ESCRITA E MÚSICA

EXPERIÊNCIAS DE LEITURA, ESCRITA E MÚSICA EXPERIÊNCIAS DE LEITURA, ESCRITA E MÚSICA Aline Mendes da SILVA, Marcilene Cardoso da SILVA, Reila Terezinha da Silva LUZ, Dulcéria TARTUCI, Maria Marta Lopes FLORES, Departamento de Educação UFG - Campus

Leia mais

MANUAL PARA GERAÇÃO DE CAT52 IMPRESSORA BEMATECH

MANUAL PARA GERAÇÃO DE CAT52 IMPRESSORA BEMATECH MANUAL PARA GERAÇÃO DE CAT52 IMPRESSORA Sumário Gerando a CAT52... 3 Erros ao gerar os registros da CAT52... 5 Compartilhando o arquivo gerado na Rede Privada(XP) (Versão 1)... 6 Compartilhando o arquivo

Leia mais

MANUAL PARA GERAÇÃO DE CAT52 IMPRESSORA BEMATECH

MANUAL PARA GERAÇÃO DE CAT52 IMPRESSORA BEMATECH MANUAL PARA GERAÇÃO DE CAT52 IMPRESSORA BEMATECH Sumário Gerando a CAT52... 3 Compartilhando o arquivo gerado na Rede Privada(XP)(Versão 1)... 7 Compartilhando o arquivo gerado na Rede Privada(XP)(Versão

Leia mais

Um produto para jogar um conteúdo matemático e estudar um jogo social

Um produto para jogar um conteúdo matemático e estudar um jogo social Um produto para jogar um conteúdo matemático e estudar um jogo social 1 2 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 OBJETIVOS... 4 3 DESENVOLVIMENTO... 5 4 CONCLUSÃO... 11 5 REFERÊNCIA... 11 TABELA DE FIGURAS Figura

Leia mais

AMBIENTES ONLINE: que formato tem o ambiente que os jovens procuram online?

AMBIENTES ONLINE: que formato tem o ambiente que os jovens procuram online? AMBIENTES ONLINE: que formato tem o ambiente que os jovens procuram online? Edgar Marcucci Reis 1 Jéssica Naiara dos Santos Batista 2 Resumo: O artigo apresenta uma visão sobre os ambientes online encontrados

Leia mais

SUMÁRIO 1. AULA 7 INTRODUÇÃO À REDES PONTO A PONTO = PARTE 1:... 2

SUMÁRIO 1. AULA 7 INTRODUÇÃO À REDES PONTO A PONTO = PARTE 1:... 2 SUMÁRIO 1. AULA 7 INTRODUÇÃO À REDES PONTO A PONTO = PARTE 1:... 2 1.1 Introdução... 2 1.2 Montando Redes Ponto-a-Ponto... 3 1.2.1 Parte lógica... 3 1.2.2 Escolhendo o sistema operacional... 3 1.2.3 Instalação

Leia mais

- GUIA DO EMPRESÁRIO - Lucros Bons e Lucros Ruins

- GUIA DO EMPRESÁRIO - Lucros Bons e Lucros Ruins - GUIA DO EMPRESÁRIO - Lucros Bons e Lucros Ruins Planeta Contábil 2008 Todos os Direitos Reservados (www.planetacontabil.com.br) 1/5 Lucros Bons e Lucros Ruins Podemos pensar que lucrar é sempre bom,

Leia mais

As cinco disciplinas

As cinco disciplinas As cinco disciplinas por Peter Senge HSM Management julho - agosto 1998 O especialista Peter Senge diz em entrevista exclusiva que os programas de aprendizado podem ser a única fonte sustentável de vantagem

Leia mais

...E descubra quais são os

...E descubra quais são os 2...E descubra quais são os PASSOS FUNDAMENTAIS PARA FALAR INGLÊS, E DECIDA QUANDO VOCÊ ESTARÁ FALANDO INGLÊS! Como você deve imaginar, ninguém vai dormir sem falar inglês e acorda falando inglês como

Leia mais

Introdução ao Moodle (1.6.5+)

Introdução ao Moodle (1.6.5+) Introdução ao Moodle (1.6.5+) 2 Athail Rangel Pulino Ficha Técnica Título Introdução ao Moodle Autor Athail Rangel Pulino Filho Copyright Creative Commons Edição Agosto 2007 Introdução ao Moodle 3 Índice

Leia mais

G-Bar IGV. Instalação Versão 4.0

G-Bar IGV. Instalação Versão 4.0 G-Bar Software para Gerenciamento de Centrais de Corte e Dobra de Aço IGV Software Interpretador/ Gerenciador/ Visualizador de dados digitais de projetos CAD-TQS Instalação Versão 4.0 Manual do Usuário

Leia mais

CURSO DE INGLÊS ONLINE PARA SERVIDORES

CURSO DE INGLÊS ONLINE PARA SERVIDORES GUIA DO ALUNO CURSO DE INGLÊS ONLINE PARA SERVIDORES Versão autoinstrucional 1 SUMÁRIO CONHEÇA O CURSO DE INGLÊS ONLINE PARA SERVIDORES... 3 OBJETIVOS DO CURSO... 3 ORGANIZAÇÃO DO CURSO... 3 HABILIDADES

Leia mais

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas?

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? 2 Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? É SOBRE ISSO QUE VOU FALAR NESTE TEXTO. A maioria das empresas e profissionais

Leia mais

Quer Criar um Blog Mas não sabe Como? Essas 5 Dicas vão trazer muitos esclarecimentos.

Quer Criar um Blog Mas não sabe Como? Essas 5 Dicas vão trazer muitos esclarecimentos. Quer Criar um Blog Mas não sabe Como? Essas 5 Dicas vão trazer muitos esclarecimentos. Quero criar um blog mas nem sei por onde começar direito?!? Essa é uma dúvida comum para muitos, não se preocupe,

Leia mais

PARANÁ GOVERNO DO ESTADO

PARANÁ GOVERNO DO ESTADO PARANÁ GOVERNO DO ESTADO COLÉGIO ESTADUAL DE PARANAVAÍ ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO, NORMAL E PROFISSIONAL CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA DISCIPLINA: INTERNET E PROGRAMAÇÃO WEB 1º MÓDULO SUBSEQUENTE MECANISMOS

Leia mais

Aplicativos gratuitos de ensino de inglês para Android: breve relato de testes

Aplicativos gratuitos de ensino de inglês para Android: breve relato de testes Aplicativos gratuitos de ensino de inglês para Android: breve relato de testes 1 CASTRO, Carlos Henrique Silva de. 1 Considerações Iniciais Há algum tempo os telefones móveis são usados para diversas outras

Leia mais

AULA 3: BrOffice Writer Numeração de páginas e outros comandos. Ao final dessa aula, você deverá ser capaz de:

AULA 3: BrOffice Writer Numeração de páginas e outros comandos. Ao final dessa aula, você deverá ser capaz de: AULA 3: BrOffice Writer Numeração de páginas e outros comandos Objetivo Ao final dessa aula, você deverá ser capaz de: Conhecer o controle de exibição do documento; Fazer a correção ortográfica do documento

Leia mais

As Leis Fundamentais do Projeto de Software

As Leis Fundamentais do Projeto de Software As Leis Fundamentais do Projeto de Software Max Kanat-Alexander Novatec Authorized Portuguese translation of the English edition of titled Code Simplicity, First Edition ISBN 9781449313890 2011 Max Kanat-Alexander.

Leia mais

MONITORAMENTO E GOOGLE PLUS. Leonardo Alvez Letícia Chibior Patrick Miguel Ruth Derevecki Samara Bark / / 4MA

MONITORAMENTO E GOOGLE PLUS. Leonardo Alvez Letícia Chibior Patrick Miguel Ruth Derevecki Samara Bark / / 4MA MONITORAMENTO E GOOGLE PLUS Leonardo Alvez Letícia Chibior Patrick Miguel Ruth Derevecki Samara Bark / / 4MA MONITORAMENTO As empresas sabem que o planejamento digital, gestão de conteúdo, anúncios, campanhas

Leia mais

Estratégias de Pesquisa

Estratégias de Pesquisa Estratégias de Pesquisa Ricardo de Almeida Falbo Metodologia de Pesquisa Departamento de Informática Universidade Federal do Espírito Santo Agenda Survey Design e Criação Estudo de Caso Pesquisa Ação Experimento

Leia mais

http://emailsgratis.net

http://emailsgratis.net E-book GRATUITO Brinde aos visitantes do site Copyright 2014 Daniel Neves Todos os Direitos Reservados REVENDA PROIBIDA Conteúdo Introdução... 3 Pronto pra aprender o método que aplicará a sua lista de

Leia mais

Educação inclusiva para surdos: desmistificando pressupostos

Educação inclusiva para surdos: desmistificando pressupostos Educação inclusiva para surdos: desmistificando pressupostos Paula Botelho Mestre em Educação pela Faculdade de Educação da UFMG. Coordenadora do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação de Surdos (GEPES),

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E DA COMUNICAÇÃO. Unidade I - Recursos Básicos de Tecnologia

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E DA COMUNICAÇÃO. Unidade I - Recursos Básicos de Tecnologia TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E DA COMUNICAÇÃO Unidade I - Recursos Básicos de Tecnologia 0 UNIDADE I RECURSOS BÁSICOS DE TECNOLOGIA CONTEÚDO TEÓRICO Estamos iniciando, agora, nossa primeira aula em EAD da

Leia mais

Como criar. um artigo. em 1h ou menos. Por Natanael Oliveira

Como criar. um artigo. em 1h ou menos. Por Natanael Oliveira Como criar um artigo em 1h ou menos Por Natanael Oliveira 1 Como escrever um artigo em 1h ou menos Primeira parte do Texto: Gancho Inicie o texto com perguntas ou promessas, algo que prenda atenção do

Leia mais

CURSO SOBRE ACESSO ÀS BIBLIOTECAS ON-LINE DA MEDLINE/PubMed

CURSO SOBRE ACESSO ÀS BIBLIOTECAS ON-LINE DA MEDLINE/PubMed TUTORIAL PARA ACESSO BIBLIOTECA ON-LINE da MEDLINE/PUBMED CURSO SOBRE ACESSO ÀS BIBLIOTECAS ON-LINE DA MEDLINE/PubMed Este tutorial faz parte do curso de extensão da UNIFESP sobre acesso on-line às publicações

Leia mais

ebook Aprenda como aumentar o poder de captação do seu site. por Rodrigo Pereira Publicitário e CEO da Agência Retina Comunicação

ebook Aprenda como aumentar o poder de captação do seu site. por Rodrigo Pereira Publicitário e CEO da Agência Retina Comunicação por Rodrigo Pereira Publicitário e CEO da Agência Retina Comunicação Sobre o Autor: Sempre fui comprometido com um objetivo de vida: TER MINHA PRÓPRIA EMPRESA. Mas assim como você, eu também ralei bastante

Leia mais

TEMA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO -Tipos de SI e Recursos de Software parte2. AULA DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROFa. ROSA MOTTA

TEMA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO -Tipos de SI e Recursos de Software parte2. AULA DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROFa. ROSA MOTTA TEMA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO -Tipos de SI e Recursos de Software parte2 AULA DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROFa. ROSA MOTTA CONTEÚDO DA AULA Tipos de Software Serviços Web Tendências 2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 10 PROFª BRUNO CALEGARO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 10 PROFª BRUNO CALEGARO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 10 PROFª BRUNO CALEGARO Santa Maria, 10 de Outubro de 2013. Revisão aula anterior Documento de Requisitos Estrutura Padrões Template Descoberta

Leia mais

Guia do Usuário. Introdução

Guia do Usuário. Introdução Guia do Usuário Introdução Nosso objetivo ao criar o Auditorbook foi valorizar o tempo de profissionais que realizam auditorias, verificações ou inspeções. Com este aplicativo desenvolvido pela VL Corrêa

Leia mais

GÊNERO TEXTUAL- USO DAS VARÍAVEIS DE TRADUÇÕES MUSICAIS NO ENSINO DA LÍNGUA INGLESA.

GÊNERO TEXTUAL- USO DAS VARÍAVEIS DE TRADUÇÕES MUSICAIS NO ENSINO DA LÍNGUA INGLESA. GÊNERO TEXTUAL- USO DAS VARÍAVEIS DE TRADUÇÕES MUSICAIS NO ENSINO DA LÍNGUA INGLESA. Izadora Cabral de Cerqueira* Jean Marcelo Barbosa de Oliveira** Universidade Estadual de Alagoas/UNEAL RESUMO Esse trabalho

Leia mais

MIDIA KIT EMPRESTIMO.ORG ANUNCIE EM UM DOS PRINCIPAIS MEIOS DE INFORMAÇÃO SOBRE EMPRÉSTIMOS NO BRASIL

MIDIA KIT EMPRESTIMO.ORG ANUNCIE EM UM DOS PRINCIPAIS MEIOS DE INFORMAÇÃO SOBRE EMPRÉSTIMOS NO BRASIL MIDIA KIT EMPRESTIMO.ORG ANUNCIE EM UM DOS PRINCIPAIS MEIOS DE INFORMAÇÃO SOBRE EMPRÉSTIMOS NO BRASIL POR QUE ANUNCIAR NO EMPRESTIMO.ORG? Emprestimo.org é um guia de finanças cujo objetivo principal é

Leia mais

PROF. DR. PAULO ROBERTO SCHROEDER DE SOUZA

PROF. DR. PAULO ROBERTO SCHROEDER DE SOUZA Inteligência Artificial CONCEITOS PROF. DR. PAULO ROBERTO SCHROEDER DE SOUZA O que é Inteligência Artificial O que é Inteligência Artificial? É a ciência e engenharia de projetar/construir máquinas inteligentes,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS GIZ/PROGRAD. Tutorial UFMG Virtual Os primeiros passos do docente

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS GIZ/PROGRAD. Tutorial UFMG Virtual Os primeiros passos do docente UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS GIZ/PROGRAD Tutorial UFMG Virtual Os primeiros passos do docente Nereu Agnelo Cavalheiro contato@nereujr.com Tutorial UFMG Virtual Primeiros passos do docente Este

Leia mais

Dicas fantásticas de marketing para micro e pequenas empresas

Dicas fantásticas de marketing para micro e pequenas empresas Dicas fantásticas de marketing para micro e pequenas empresas SUMáriO >> Introdução 3 >> Como o marketing pode alavancar as vendas da sua empresa 6 >> Dicas campeãs de marketing para seu negócio 9 >> Não

Leia mais