ENDOMARKETING UM RECURSO ESTRATÉGICO NA MELHORIA DO RELACIONAMENTO COM O CLIENTE EXTERNO ENDOMARKETING A STRATEGIC RESOURCE IN THE IMPROVEMENT OF THE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ENDOMARKETING UM RECURSO ESTRATÉGICO NA MELHORIA DO RELACIONAMENTO COM O CLIENTE EXTERNO ENDOMARKETING A STRATEGIC RESOURCE IN THE IMPROVEMENT OF THE"

Transcrição

1 1 ENDOMARKETING UM RECURSO ESTRATÉGICO NA MELHORIA DO RELACIONAMENTO COM O CLIENTE EXTERNO ENDOMARKETING A STRATEGIC RESOURCE IN THE IMPROVEMENT OF THE RELATIONSHIP WITH THE EXTERNAL CUSTOMER Marciana Alves Barbosa Administradora de Empresas, Especialista em Marketing e Professora da FMB/ISEMB RESUMO: Este trabalho tem como objetivo mostrar as empresas a importância de uma política arrojada de Endomarketing voltada para o cliente interno. Precisamos compreender que o relacionamento com o cliente externo depende e muito do cliente interno. Vejamos, Colaboradores satisfeitos com a empresa, desenvolve melhor sua atribuição e conseqüentemente consegue se relacionar melhor com o grande ativo das empresas que são os clientes externos. Palavras chave: Endomarketing, Cliente Interno e Externo, Comunicação Empresarial. ABSTRACT: This work has as objective shows the companies the importance of a bold politics of Endomarketing gone back to the internal customer. We needed to understand that the relationship with the external customer depends and a lot of the customer internal. Let us see, Collaborators satisfied with the company, it develops his better attribution and consequently it gets if it relates better with the great assets of the companies that they are the external customers. Key words: Endomarketing, Internal and External customer, Business Communication.

2 2 INTRODUÇÃO O grande desafio do Endomarketing é proporcionar aos empregados uma condição de aplicação de valores como: transparência, empatia, afetividade, comprometimento e cooperação, transformando esses valores em crescimento e desenvolvimento dos empregados, e conseqüentemente, em ganhos no relacionamento com os clientes. Os tempos estão cada vez mais difíceis. A competição acirrada aliada à Globalização obriga as empresas a tomar decisões rápidas, porém, nem sempre adequadas. Uma das primeiras medidas que algumas empresas tomam é diminuir o gasto em treinamento e desenvolvimento esperando retorná-los mais tarde, quando as coisas começarem a melhorar. Porém, a lição de casa precisa ser feita, e a empresa que implanta uma base de valores sólida e consistente consegue manter os empregados e ainda sair na frente dos concorrentes. Uma definição simples de Endomarketing. (Bekin, 1995)...ações de Marketing para o público interno - FUNCIONÁRIOS - das empresas e organizações. Avaliando grandes empresas que implantaram o processo de Endomarketing (mesmo implantando parte do processo), observamos que os ganhos de produtividade foram enormes. Basta verificar no Guia das melhores empresas do Brasil para você trabalhar, da Revista Exame. Comparando os dados atuais das empresas com os dados de anos anteriores, podemos identificar grandes mudanças. A comunicação ficou mais clara, os empregados têm mais liberdade para expor suas idéias, os níveis hierárquicos foram simplificados e os empregados chegam a seus gerentes com mais facilidade. A horizontalização chegou, e com isso, os empregados sentem-se mais seguros para tomar atitudes, pois conhecem muito mais a empresa que trabalham, a missão, visão, enfim, estão mais

3 3 preparados para fazer a empresa crescer e a empresa também está preparada para permitir o crescimento e desenvolvimento de seus empregados, agora chamados com orgulho, de colaboradores. Um dos princípios básicos do Endomarketing é conhecer os valores dos empregados, respeitar a cultura da empresa, proporcionar um bem estar geral que condicione a um nível de satisfação e motivação e ainda, se transforme em ganhos reais de produtividade. Melhorar o nível de escolaridade, treinar, diminuir o turn over, promover melhorias na comunicação interna e externa, incentivar os empregados a se relacionarem da melhor forma com os clientes externos, produzir trabalhos que reduzam custos e ainda manter os empregados satisfeitos é uma tarefa muito difícil para as empresas, mas, se o trabalho for levado a sério, partir da diretoria e contaminar os empregados de menor escalão, os ganhos serão enormes a médio e longo prazo. O processo de implantação e consolidação do Endomarketing requer persistência, apoio do pessoal da área de Recursos Humanos, Marketing, Operacional, e, acima de tudo, da Diretoria. Os ganhos são imediatos, mas os resultados começarão a aparecer lentamente. O gerenciamento do processo deve ser constante e os ajustes devem ser imediatos, para coibir falhas futuras. Um grupo deve coordenar o processo e formar multiplicadores nas diversas áreas da empresa, avaliando e implementando melhorias de acordo com a necessidade de cada área. ETAPAS DO PROCESSO DE ENDOMARKETING O processo deve ser feito em etapas. A primeira etapa do projeto: Estabelecer objetivos. Os objetivos podem ser imediatos, intermediários e definitivos. Os imediatos e intermediários são definidos como uma meta para alcance parcial, porém devem sempre ser afinado com os objetivos definitivos. Os objetivos definitivos são como metas que necessitam de consolidação e envolve toda a organização. Como exemplo, podemos citar a eliminação de acidentes de trabalho. O projeto de Endomarketing terá por função buscar objetivos traçados pela empresa, tanto em nível macro como em

4 4 nível local, bem como levantar quais são os obstáculos iminentes ao alcance destes objetivos, planejando ações dinâmicas, integradas e de repercussão imediata junto ao Recursos Humanos. Para que isso se torne realidade é necessário uma série de entrevistas com a área de Recursos Humanos, com gerentes de departamentos, estabelecimento de trabalho em grupo interno, dando a esta etapa um caráter compartilhado e estratégico. Segunda etapa do projeto: Relacionamento e Comunicações: Estes constituem a excelência do Endomarketing. Sem que eles funcionem de maneira adequada, nenhum esforço corporativo será duradouro ou atingirá a eficácia necessária. Assim que os objetivos gerais e locais forem localizados, inicia-se um importante trabalho de análise das comunicações e relacionamentos no âmbito da empresa. Respostas importantes devem ser dadas as seguintes perguntas: Até que ponto os funcionários sabem o que as empresas esperam dele? Qual o seu grau de motivação? Quais os obstáculos para que se sintam mais motivados? O que o funcionário espera da empresa? Quais são os critérios de comunicação adotados pela empresa. O Clima Organizacional será elaborado através da análise das comunicações e relacionamentos no âmbito interno da empresa. O Clima Organizacional é um dos elementos fundamentais para o sucesso do Endomarketing. Por que partimos da premissa de que o Endomarketing tem em sua natureza o Marketing intra-corporativo, e é nesse aspecto que o Clima Organizacional entra, pela análise dos ciclos de comunicações e relacionamentos internos. Terceira etapa do projeto: Planejamento de Ações Tendo em mãos um retrato dos objetivos alcançados bem como do perfil das comunicações e relacionamentos da empresa, inicia-se o planejamento das ações baseado em: Uma consultoria específica inserida no contexto da rotina da empresa, para diagnosticar elementos preponderantes no planejamento do projeto de endomarketing. O consultor deverá se manifestar sugerindo ações, estratégias e táticas a partir da análise dos objetivos que se deseja alcançar e emitir relatórios que poderão ser usados de forma ampla pela empresa;

5 5 Estabelecer grupos de trabalho e cooperação entre os vários setores e departamentos abrangidos. O envolvimento de todos é um grande desafio, sem ele nenhum projeto de Endomarketing obterá sucesso. A formação de grupos e equipes permite a divisão de responsabilidades, o envolvimento, a cooperação entre setores e a análise das melhores táticas de ação; Estabelecer um cronograma de reuniões periódicas, com metas claras, tornando as ações do grupo de trabalho objetivas; Utilizar de materiais visuais, de comunicação, símbolos, cartazes, buttons, etc; Definir parceiros, fornecedores e agregados. Endomarketing depende de parcerias internas e externas. Internas (funcionários comuns, gerentes, supervisores). Externas (fornecedores de materiais e demais serviços) e agregados são profissionais que, pela especialidade de seus campos de atuação, podem vir a contribuir decisivamente com algumas etapas do projeto, na área motivacional, nas atividades de equipe, na orientação de grupos, etc; Escolher qual a estratégia de comunicação que será utilizada. Divulgação eficaz do início do projeto de Endomarketing, materiais impressos quer na forma de vídeo, cartazes, buttons e outros. Painéis informativos sobre o andamento dos resultados alcançados pelo programa de Endomarketing; Realização de eventos macro (participação diretoria e todos os funcionários), Eventos setoriais de informações, reuniões para avaliar o andamento do projeto e seus resultados e encontros periódicos de caráter motivacional e de comemoração pelos resultados alcançados, motivando outros a continuar no desafio; Promover treinamento e desenvolvimento. Identificar necessidades de treinamento e também descobrir membros corretos dos grupos de trabalho e que eles sejam preparados para serem

6 6 multiplicadores eficazes do projeto de Endomarketing. Um programa de Endomarketing demanda uma preparação mínima de agentes multiplicadores via treinamento; Promover o equilíbrio de três fatores fundamentais para o Endomarketing: Motivação, Participação e Premiação. O projeto de endomarketing deve ser farto em dar motivos, em estimular e entusiasmar os envolvidos em prol da mudança, da vitória e da conquista dos resultados. Deve haver uma ampla participação de todos os envolvidos. Toda conquista deve ser exaltada e premiada. A premiação pode ser honorífica e material; É fundamental que periodicamente seja realizada a medição de resultados, os ajustes e aperfeiçoamentos necessários; Um projeto de endomarketing deve ter a validade, no mínimo semestral, sendo ideal que tenha metas a serem conquistadas em período de um ano. Cada etapa, o programa deve ser reavaliado para então continuar na etapa seguinte. Alguns programas de primeira etapa poderão ser consolidados na etapa seguinte, mas devem estar em andamento. Vale ressaltar que, após a implantação da base de valores e consolidação do processo de Endomarketing, todos os programas de melhorias operacionais ficarão mais fáceis de implantar, porque os empregados já estarão mais comprometidos com os resultados da empresa; e nessa etapa começam a aparecer os resultados concretos e visíveis pela Diretoria.

7 7 CONCLUSÃO Quando o marketing interno é bem feito, o marketing externo será muito mais abrangente. Basta perceber o que os empregados dizem das empresas classificadas pela revista Exame como melhores empresas no Brasil para se trabalhar. Se cada empregado for multiplicador da boa imagem da empresa, os produtos fabricados por ela também serão bem aceitos pelos seus clientes. Segundo a Marketing Corporate Magazine, publicação especializada em Marketing Corporativo, dentre as várias modalidades de otimização de resultados empresariais e administração de mudança e conflitos, a experiência de Endomarketing é responsável pela maior ampliação de resultados com menor curva de investimentos. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ALBRECHT, Karl. Serviços internos. Tradução A.T. Carneiro. São Paulo: Pioneira, BEKIN, Saul F. Conversando sobre Endomarketing. São Paulo: Makron Books, BERGAMINI, Cecília W., CODA, Roberto. Psicodinâmica da vida organizacional: Motivação e liderança/ organização. 2ed. São Paulo: Atlas, BRUM, Analisa de Medeiros. Um olhar sobre o marketing interno. Porto Alegre: L&PM, CERQUEIRA, Wilson. Endomarketing: educação e cultura para a qualidade. Rio de Janeiro: Qualitymark, GRONROOS, Christian. Marketing: gerenciamento e serviços. Rio de Janeiro: Campus, MATOS, Francisco Gomes de. Estratégia de empresa. São Paulo: Makron Books, 1993.

ENDOMARKETING COMO FERRAMENTA DE ESTRATÉGIA EMPRESARIAL

ENDOMARKETING COMO FERRAMENTA DE ESTRATÉGIA EMPRESARIAL ENDOMARKETING COMO FERRAMENTA DE ESTRATÉGIA EMPRESARIAL Fabiana Letícia Pereira Alves Universidade Federal de Santa Maria - PPGEP Campus Universitário Fone: (55) 220 8442 - Santa Maria/RS CEP: 97105-900

Leia mais

ENDOMARKETING COMO FERRAMENTA DE COMUNICAÇÃO COM O PÚBLICO INTERNO

ENDOMARKETING COMO FERRAMENTA DE COMUNICAÇÃO COM O PÚBLICO INTERNO 1 ENDOMARKETING COMO FERRAMENTA DE COMUNICAÇÃO COM O PÚBLICO INTERNO Por Regina Stela Almeida Dias Mendes NOVEMBRO 2004 UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA 2 ENDOMARKETING COMO FERRAMENTA DE COMUNICAÇÃO

Leia mais

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado Professora Débora Dado Prof.ª Débora Dado Planejamento das aulas 7 Encontros 19/05 Contextualizando o Séc. XXI: Equipes e Competências 26/05 Competências e Processo de Comunicação 02/06 Processo de Comunicação

Leia mais

COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÕES GERENCIAIS UM ESTUDO DE CASO

COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÕES GERENCIAIS UM ESTUDO DE CASO COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÕES GERENCIAIS UM ESTUDO DE CASO Fábio William da Silva Granado 1 Marluci Silva Botelho 2 William Rodrigues da Silva 3 Prof Ms. Edson Leite Lopes Gimenez 4 RESUMO O presente trabalho

Leia mais

CONSTRUINDO UM EXCELENTE LUGAR PARA TRABALHAR LISTA GREAT PLACE TO WORK BRASIL - 2014

CONSTRUINDO UM EXCELENTE LUGAR PARA TRABALHAR LISTA GREAT PLACE TO WORK BRASIL - 2014 CONSTRUINDO UM EXCELENTE LUGAR PARA TRABALHAR LISTA GREAT PLACE TO WORK BRASIL - 2014 MISSÃO: CONSTRUIR UMA SOCIEDADE MELHOR, AJUDANDO EMPRESAS A TRANSFORMAR SEU AMBIENTE DE TRABALHO PRESENÇA GLOBAL 53

Leia mais

Endomarketing: os desafios na formação de equipes conscientemente comprometidas.

Endomarketing: os desafios na formação de equipes conscientemente comprometidas. Endomarketing: os desafios na formação de equipes conscientemente comprometidas. Maria de Lourdes Nunes¹ Ana Cláudia Souza² ¹Docente de Gestão Comercial - Unibalsas (Faculdade de Balsas) - marialnunes.49@gmail.com

Leia mais

APLICANDO O CONCEITO DE ENDOMARKETING COM OBJETIVO DE CRIAR VALOR NO COOPERATIVISMO DE CRÉDITO JULIANA KOGA

APLICANDO O CONCEITO DE ENDOMARKETING COM OBJETIVO DE CRIAR VALOR NO COOPERATIVISMO DE CRÉDITO JULIANA KOGA APLICANDO O CONCEITO DE ENDOMARKETING COM OBJETIVO DE CRIAR VALOR NO COOPERATIVISMO DE CRÉDITO JULIANA KOGA ARTIGO DE CONCLUSÃO DE CURSO MBA EXECUTIVO GESTÃO DE COOPERATIVAS DE CRÉDITO APROVADO POR RESUMO

Leia mais

ENDOMARKETING: Utilização como ferramenta de crescimento organizacional

ENDOMARKETING: Utilização como ferramenta de crescimento organizacional ENDOMARKETING: Utilização como ferramenta de crescimento organizacional Carlos Henrique Cangussu Discente do 3º ano do curso de Administração FITL/AEMS Marcelo da Silva Silvestre Discente do 3º ano do

Leia mais

CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS. Maria Eunice da Silva Soares Solange das Dores Vieira Maia Viana

CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS. Maria Eunice da Silva Soares Solange das Dores Vieira Maia Viana 1 CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Maria Eunice da Silva Soares Solange das Dores Vieira Maia Viana ENDOMARKETING: UM ESTUDO DE CASO SOBRE A COMUNICAÇÃO INTERNA COMO INTERFERÊNCIA NA MOTIVAÇÃO

Leia mais

Gestão Financeira e Orçamentária. Professor Tirlê

Gestão Financeira e Orçamentária. Professor Tirlê Gestão Financeira e Orçamentária Professor Tirlê Gestão Financeira e Orçamentária Gerente de Distribuidora Alimentícia; Gerente Adm. Financeiro Eng. Civil; Gerente de Empresas de Agenciamento de Carga

Leia mais

Portfolio de cursos TSP2

Portfolio de cursos TSP2 2013 Portfolio de cursos TSP2 J. Purcino TSP2 Treinamentos e Sistemas de Performance 01/07/2013 Como encantar e fidelizar clientes Visa mostrar aos participantes a importância do conhecimento do cliente,

Leia mais

Líder em consultoria no agronegócio

Líder em consultoria no agronegócio MPRADO COOPERATIVAS mprado.com.br COOPERATIVAS 15 ANOS 70 Consultores 25 Estados 300 cidade s 500 clientes Líder em consultoria no agronegócio 3. Gestão empresarial 3.1 Gestão empresarial Objetivo: prover

Leia mais

Pesquisa de Clima tornou-se uma ação estratégica de Gestão de Pessoas

Pesquisa de Clima tornou-se uma ação estratégica de Gestão de Pessoas Pesquisa de Clima tornou-se uma ação estratégica de Gestão de Pessoas Boas propostas são essenciais para que uma gestão tenha êxito, mas para que isso ocorra é fundamental que os dirigentes organizacionais

Leia mais

TÍTULO: A IMPORTÂNCIA DO MARKETING DE VENDAS PARA MELHORAR O DESEMPENHO DA EQUIPE DE VENDAS

TÍTULO: A IMPORTÂNCIA DO MARKETING DE VENDAS PARA MELHORAR O DESEMPENHO DA EQUIPE DE VENDAS Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: A IMPORTÂNCIA DO MARKETING DE VENDAS PARA MELHORAR O DESEMPENHO DA EQUIPE DE VENDAS CATEGORIA:

Leia mais

UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS UNISINOS COMUNICAÇÃO SOCIAL RELAÇÕES PÚBLICAS SEMINÁRIO AVANÇADO EM RELAÇÕES PÚBLICAS. Ana Paula do Amaral Silva

UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS UNISINOS COMUNICAÇÃO SOCIAL RELAÇÕES PÚBLICAS SEMINÁRIO AVANÇADO EM RELAÇÕES PÚBLICAS. Ana Paula do Amaral Silva UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS UNISINOS COMUNICAÇÃO SOCIAL RELAÇÕES PÚBLICAS SEMINÁRIO AVANÇADO EM RELAÇÕES PÚBLICAS Ana Paula do Amaral Silva RESENHA DO ARTIGO CIENTÍFICO Marketing Interno: Uma

Leia mais

Desenvolvendo líderes e transformando empresas para um mundo melhor

Desenvolvendo líderes e transformando empresas para um mundo melhor Desenvolvendo líderes e transformando empresas para um mundo melhor Quem Somos A Caput Consultoria chega aos seus quinze anos com muito a comemorar! Temos desenvolvido projetos relevantes em companhias

Leia mais

ENDOMARKETING: FERRAMENTA DE GESTÃO PARA MOTIVAR E CONQUISTAR O CLIENTE INTERNO.

ENDOMARKETING: FERRAMENTA DE GESTÃO PARA MOTIVAR E CONQUISTAR O CLIENTE INTERNO. Centro Universitário de Belo Horizonte UNI-BH Pró-reitoria de Pós-graduação, Pesquisa e Extensão Curso de Especialização Lato Sensu em Marketing e Comunicação ENDOMARKETING: FERRAMENTA DE GESTÃO PARA MOTIVAR

Leia mais

Rotinas de DP- Professor: Robson Soares

Rotinas de DP- Professor: Robson Soares Rotinas de DP- Professor: Robson Soares Capítulo 2 Conceitos de Gestão de Pessoas - Conceitos de Gestão de Pessoas e seus objetivos Neste capítulo serão apresentados os conceitos básicos sobre a Gestão

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014 #5 EMPREENDEDORISMO Outubro de 2014 ÍNDICE 1. Apresentação 2. Definição 3. Empreendedorismo: necessidade ou oportunidade? 4. Características do comportamento empreendedor 5. Cenário brasileiro para o empreendedorismo

Leia mais

PESQUISA DE CLIMA MOTIVACIONAL

PESQUISA DE CLIMA MOTIVACIONAL PESQUISA DE CLIMA MOTIVACIONAL Relatório e Análise 2005 Introdução: ``Para que a Construtora Mello Azevedo atinja seus objetivos é necessário que a equipe tenha uma atitude vencedora, busque sempre resultados

Leia mais

Competindo com Tecnologia da Informação. Objetivos do Capítulo

Competindo com Tecnologia da Informação. Objetivos do Capítulo Objetivos do Capítulo Identificar as diversas estratégias competitivas básicas e explicar como elas podem utilizar a tecnologia da informação para fazer frente às forças competitivas que as empresas enfrentam.

Leia mais

RDPG - Programa de Desenvolvimento da Liderança com foco nas Estratégias

RDPG - Programa de Desenvolvimento da Liderança com foco nas Estratégias RDPG - Programa de Desenvolvimento da Liderança com foco nas Estratégias A. A OPORTUNIDADE A.1 Qual foi a oportunidade de melhoria de gestão (problema, desafio, dificuldade), solucionada pela prática

Leia mais

UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS UNISINOS COMUNICAÇÃO SOCIAL RELAÇÕES PÚBLICAS SEMINÁRIO AVANÇADO EM RELAÇÕES PÚBLICAS. Ana Paula do Amaral Silva

UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS UNISINOS COMUNICAÇÃO SOCIAL RELAÇÕES PÚBLICAS SEMINÁRIO AVANÇADO EM RELAÇÕES PÚBLICAS. Ana Paula do Amaral Silva UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS UNISINOS COMUNICAÇÃO SOCIAL RELAÇÕES PÚBLICAS SEMINÁRIO AVANÇADO EM RELAÇÕES PÚBLICAS Ana Paula do Amaral Silva MARKETING DE BENEFÍCIOS COMO INSTRUMENTO DO MARKETING

Leia mais

ESTRUTURA ISO 9.001:2008

ESTRUTURA ISO 9.001:2008 Sistema de Gestão Qualidade (SGQ) ESTRUTURA ISO 9.001:2008 Objetivos: Melhoria da norma existente; Melhoria do entendimento e facilidade de uso; Compatibilidade com a ISO 14001:2004; Foco Melhorar o entendimento

Leia mais

O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO

O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO Josiane Corrêa 1 Resumo O mundo dos negócios apresenta-se intensamente competitivo e acirrado. Em diversos setores da economia, observa-se a forte

Leia mais

BENEFÍCIOS COM A SMALL

BENEFÍCIOS COM A SMALL BENEFÍCIOS COM A SMALL 2012. Small Consultoria Avenida Engenheiro Caetano Álvares, 530 Casa Verde, São Paulo S.P. Tel. 11 2869.9699 / 11 2638.5372 Todos os direitos reservados. A IDEIA Dentre os exemplos

Leia mais

DAMIÃO, Anna Karoline Cavalcante 2. Palavras-chave: comunicação interna; marketing interno; endomarketing; empresa familiar.

DAMIÃO, Anna Karoline Cavalcante 2. Palavras-chave: comunicação interna; marketing interno; endomarketing; empresa familiar. A Comunicação Interna, o Marketing Interno e o Endomarketing Como Ferramentas Para o Sucesso de Uma Empresa Familiar: Um Estudo de Caso da Müller Alimentos 1 DAMIÃO, Anna Karoline Cavalcante 2 Resumo Este

Leia mais

Hermes Management Consulting T: +54 11 4393 2019 www.hermesmc.com.ar

Hermes Management Consulting T: +54 11 4393 2019 www.hermesmc.com.ar Análise dos custos nas agências de viagem e formas de aperfeiçoamento do setor Hermes Management Consulting T: +54 11 4393 2019 www.hermesmc.com.ar Análise dos custos nas agências de viagem e formas de

Leia mais

ARTIGOS AÇÕES MOTIVACIONAIS

ARTIGOS AÇÕES MOTIVACIONAIS ARTIGOS AÇÕES MOTIVACIONAIS ÍNDICE em ordem alfabética: Artigo 1 - ENDOMARKETING: UMA FERRAMENTA ESTRATÉGICA PARA DESENVOLVER O COMPROMETIMENTO... pág. 2 Artigo 2 - MOTIVANDO-SE... pág. 4 Artigo 3 - RECURSOS

Leia mais

SISTEMAS DE REMUNERAÇÃO

SISTEMAS DE REMUNERAÇÃO SISTEMAS DE REMUNERAÇÃO ESTRATÉGIAS DE REMUNERAÇÃO REMUNERAÇÃO ESTRATÉGICA É O USO INTELIGENTE DAS VÁRIAS FORMAS DE REMUNERAÇÃO, CUJO CONJUNTO ESTABELECE UM FORTE VÍNCULO COM A NOVA REALIDADE DAS ORGANIZAÇÕES

Leia mais

2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1 2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Fundamentos da Vantagem Estratégica ou competitiva Os sistemas de informação devem ser vistos como algo mais do que um conjunto de tecnologias que apoiam

Leia mais

Alimentamos Resultados

Alimentamos Resultados Alimentamos Resultados www..pt Somos uma equipa que defende que cada empresa é única, tem as suas características e necessidades e por isso cada projeto é elaborado especificamente para cada cliente. Feed

Leia mais

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva.

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva. COMPREENDENDO A GESTÃO DE PESSOAS Karina Fernandes de Miranda Helenir Celme Fernandes de Miranda RESUMO: Este artigo apresenta as principais diferenças e semelhanças entre gestão de pessoas e recursos

Leia mais

ENDOMARKETING E TECNOLOGIA: A ALIANÇA PARA MELHORIA DA COMUNICAÇÃO INTERNA

ENDOMARKETING E TECNOLOGIA: A ALIANÇA PARA MELHORIA DA COMUNICAÇÃO INTERNA Revista Eletrônica da Faculdade Metodista Granbery http://re.granbery.edu.br - ISSN 1981 0377 Curso de Administração - N. 14, JAN/JUL 2013 ENDOMARKETING E TECNOLOGIA: A ALIANÇA PARA MELHORIA DA COMUNICAÇÃO

Leia mais

ENDOMARKETING: CONTRIBUIÇÃO PARA COMUNICAÇÃO INTERNA E MOTIVAÇÃO DOS COLABORADORES DE UMA ORGANIZAÇÃO

ENDOMARKETING: CONTRIBUIÇÃO PARA COMUNICAÇÃO INTERNA E MOTIVAÇÃO DOS COLABORADORES DE UMA ORGANIZAÇÃO 1 ENDOMARKETING: CONTRIBUIÇÃO PARA COMUNICAÇÃO INTERNA E MOTIVAÇÃO DOS COLABORADORES DE UMA ORGANIZAÇÃO Alex Sandre dos Anjos (Discente do 4º ano do curso de Administração- AEMS) Elisângela de Aguiar Alcalde

Leia mais

Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO

Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO Comunicação empresarial eficiente: Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO Sumário 01 Introdução 02 02 03 A comunicação dentro das empresas nos dias de hoje Como garantir uma comunicação

Leia mais

Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS

Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS Adm.Walter Lerner 1.Gestão,Competência e Liderança 1.1.Competências de Gestão Competências Humanas e Empresariais são Essenciais Todas as pessoas estão, indistintamente,

Leia mais

GESTÃ T O O E P RÁ R TI T C I AS DE R E R CUR U S R OS

GESTÃ T O O E P RÁ R TI T C I AS DE R E R CUR U S R OS Ensinar para administrar. Administrar para ensinar. E crescermos juntos! www.chiavenato.com GESTÃO E PRÁTICAS DE RECURSOS HUMANOS Para Onde Estamos Indo? Idalberto Chiavenato Algumas empresas são movidas

Leia mais

MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS. 1 Prof. Martius v. Rodriguez y Rodriguez, pdsc.

MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS. 1 Prof. Martius v. Rodriguez y Rodriguez, pdsc. MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1 Prof. Martius v. Rodriguez y Rodriguez, pdsc. PRINCÍPIOS ANÁLISE ESTRATÉGICA (FOfA) BALANCED SCORECARD (BSC) EVOLUÇÃO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. ESCOLAS DE PENSAMENTO

Leia mais

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex...

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... (/artigos /carreira/comopermanecercalmosob-pressao /89522/) Carreira Como permanecer calmo sob pressão (/artigos/carreira/como-permanecer-calmosob-pressao/89522/)

Leia mais

Gestão estratégica por KPIs 1

Gestão estratégica por KPIs 1 Gestão estratégica por KPIs 1 Sumário Introdução 03 Por que usar indicadores na gestão 05 Dado, informação ou indicadores? 07 KPI: Os indicadores chave de desempenho 09 KPIs do PMO Conclusão Sobre a Project

Leia mais

AGENDA. 5ª Edição. Hotel Staybridge. Realização:

AGENDA. 5ª Edição. Hotel Staybridge. Realização: AGENDA 5ª Edição D? 06 de Maio de 2015 Hotel Staybridge Realização: w w w.c o r p b us i n e s s.c o m.b r Patrocínio Gold Patrocínio Bronze Apoio Realização: APRESENTAÇÃO C GESTÃO DE PESSOAS: DESAFIOS

Leia mais

Veículo: Site Catho Data: 18/09/2009

Veículo: Site Catho Data: 18/09/2009 Veículo: Site Catho Data: 18/09/2009 Seção: Estilo&Gestão RH Pág.: www.catho.com.br Assunto: Entrevista Marly Vidal Marly Macedo ajuda a Sabin a ser uma das melhores empresas para trabalhar Tatiana Aude

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATEGICO NAS EMPRESAS DA AMAZÔNIA: O CASO DE CRUZEIRO DO SUL/AC.

PLANEJAMENTO ESTRATEGICO NAS EMPRESAS DA AMAZÔNIA: O CASO DE CRUZEIRO DO SUL/AC. PLANEJAMENTO ESTRATEGICO NAS EMPRESAS DA AMAZÔNIA: O CASO DE CRUZEIRO DO SUL/AC. César Gomes de Freitas, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre, Campus Cruzeiro do Sul/Acre, Brasil

Leia mais

Business & Executive Coaching - BEC

Business & Executive Coaching - BEC IAC International Association of Coaching Empresas são Resultados de Pessoas José Roberto Marques - JRM O Novo Cenário no Mundo dos Negócios O mundo dos negócios está cada vez mais competitivo e as empresas

Leia mais

9001:2000 - EPS - UFSC)

9001:2000 - EPS - UFSC) Implantação de um sistema de gestão da qualidade conforme a norma ISO 9001:2000 numa pequena empresa de base tecnológica, estudo de caso: Solar Instrumentação, Monitoração e Controle Ltda. Gustavo Slongo

Leia mais

ENDOMARKETING: FERRAMENTA DE GESTÃO ESTRATÉGICA PARA AS EMPRESAS RESUMO

ENDOMARKETING: FERRAMENTA DE GESTÃO ESTRATÉGICA PARA AS EMPRESAS RESUMO ENDOMARKETING: FERRAMENTA DE GESTÃO ESTRATÉGICA PARA AS EMPRESAS Jovira Maria Sarraceni jô@unisalesiano.edu.br Letícia Lelis Diniz leticia_lelis@hotmail.com Lívia Garcia Alves de Souza liviagasouza@gmail.com

Leia mais

Business & Executive Coaching - BEC

Business & Executive Coaching - BEC IAC International Association of Coaching Empresas são Resultados de Pessoas José Roberto Marques - JRM O Atual Cenário no Mundo dos Negócios O mundo dos negócios está cada vez mais competitivo, nesse

Leia mais

PLANO DE CARREIRA. Rosangela Ferreira Leal Fernandes *

PLANO DE CARREIRA. Rosangela Ferreira Leal Fernandes * PLANO DE CARREIRA Rosangela Ferreira Leal Fernandes * As mudanças no cenário político, econômico, social e ambiental das últimas décadas vêm exigindo uma mudança de postura das organizações e dos profissionais

Leia mais

MANUAL DA QUALIDADE Viva Vida Produtos de Lazer Ltda. Manual da Qualidade - MQ V. 1 Sistema de Gestão da Qualidade Viva Vida - SGQVV

MANUAL DA QUALIDADE Viva Vida Produtos de Lazer Ltda. Manual da Qualidade - MQ V. 1 Sistema de Gestão da Qualidade Viva Vida - SGQVV MANUAL DA QUALIDADE Manual da Qualidade - MQ Página 1 de 15 ÍNDICE MANUAL DA QUALIDADE 1 INTRODUÇÃO...3 1.1 EMPRESA...3 1.2 HISTÓRICO...3 1.3 MISSÃO...4 1.4 VISÃO...4 1.5 FILOSOFIA...4 1.6 VALORES...5

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE MARKETING INTERNO

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE MARKETING INTERNO UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE MARKETING INTERNO Por: Camilla de Carvalho Orientador Profª. Aleksandra Sliwowska Bartsch M.SC. Niterói 2 2005 UNIVERSIDADE

Leia mais

O PROCESSO NO GERENCIAMENTO DE EQUIPES NA EMPRESA RS CALDEIRARIA

O PROCESSO NO GERENCIAMENTO DE EQUIPES NA EMPRESA RS CALDEIRARIA O PROCESSO NO GERENCIAMENTO DE EQUIPES NA EMPRESA RS CALDEIRARIA Ana Priscila da Silva Vieira 1 Elizabete Rodrigues de Oliveira 2 Tatiana Nogueira Dias 3 Élcio Aloisio Fragoso 4 Edson Leite Gimenez 5 RESUMO

Leia mais

Desenvolvendo um Plano de Comunicação

Desenvolvendo um Plano de Comunicação Desenvolvendo um Plano de SEBRAE Brasília - DF 05 de março de 2008 Três Momentos da Marketing Plantar a Semente Apresentar o Projeto Convidar os participantes Apresentar cronograma, conceitos / metodologias

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL www.pmquality.com.br SOBRE A CONSULTORIA CONHEÇA A PMQUALITY A PMQuality é uma empresa 100% brasileira, criada em 2004 com o objetivo de atender o mercado de energia e que com

Leia mais

Pessoas e negócios em evolução.

Pessoas e negócios em evolução. Silvestre Consultoria Pessoas e negócios em evolução. Silvestre Consultoria desde 2001 Nossos Serviços: Pesquisa de Clima Cargos e Salários Avaliação de Desempenho Recrutamento Especializado Mapeamento

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU AVM FACULDADE INTEGRADA

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU AVM FACULDADE INTEGRADA UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU AVM FACULDADE INTEGRADA A IMPORTÂNCIA DA APLICAÇÃO ESTRATÉGICA DO ENDOMARKETING EM SEGURADORAS Por: Wagner André Correa Lírio Orientador Prof. Samuel

Leia mais

Pessoas e Negócios em Evolução

Pessoas e Negócios em Evolução Empresa: Atuamos desde 2001 nos diversos segmentos de Gestão de Pessoas, desenvolvendo serviços diferenciados para empresas privadas, associações e cooperativas. Prestamos serviços em mais de 40 cidades

Leia mais

Comunicação Interna e Publicidade: uma relação de ajuda mútua 1

Comunicação Interna e Publicidade: uma relação de ajuda mútua 1 1 Comunicação Interna e Publicidade: uma relação de ajuda mútua 1 Danielle Rocha Gonzales 2 Resumo: A comunicação de uma organização, para ser eficiente depende de diversos setores e de como os diversos

Leia mais

ENDOMARKETING: como diferencial competitivo

ENDOMARKETING: como diferencial competitivo ENDOMARKETING: como diferencial competitivo RESUMO 1 Karin Birck 2 Luciane da Silva Gomes Atualmente, com a profissionalização das empresas e com a grande concorrência no mercado, observa-se uma demanda

Leia mais

MICRO E PEQUENAS EMPRESAS E A SUSTENTABILIDADE

MICRO E PEQUENAS EMPRESAS E A SUSTENTABILIDADE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS E A SUSTENTABILIDADE JULIANA APARECIDA DE SOUZA REIS MAIARA NATALIA MARINHO DUARTE SUSELI SANTOS DIAS RESUMO Neste artigo temos por objetivo apresentar que as micros e pequenas

Leia mais

Uma visão abrangente dos negócios. Solução para superar barreiras e otimizar recursos na sua empresa

Uma visão abrangente dos negócios. Solução para superar barreiras e otimizar recursos na sua empresa Uma visão abrangente dos negócios Solução para superar barreiras e otimizar recursos na sua empresa Negócios sem barreiras O fenômeno da globalização tornou o mercado mais interconectado e rico em oportunidades.

Leia mais

FACULDADE FAMA ALEXSANDRA SOARES DA SILVA

FACULDADE FAMA ALEXSANDRA SOARES DA SILVA FACULDADE FAMA ALEXSANDRA SOARES DA SILVA A NECESSIDADE DE CONSULTORIA NAS EMPRESAS RECIFE DEZ/2014 ALEXSANDRA SOARES DA SILVA A NECESSIDADE DE CONSULTORIA NAS EMPRESAS Artigo científico apresentado em

Leia mais

AULA 16 Marketing de Serviços

AULA 16 Marketing de Serviços AULA 16 Marketing de Serviços A cadeia de lucro de serviço Ligações da cadeia de lucro de serviço Fidelidade do cliente estimula lucratividade e crescimento. Satisfação do cliente estimula sua fidelidade.

Leia mais

Aula 07 Planejamento Estratégico de RH

Aula 07 Planejamento Estratégico de RH Aula 07 Planejamento Estratégico de RH Objetivos da aula: Nesta aula o objetivo será Apresentar uma visão diferenciada sobre como as ações integradas de planejamento estratégico de Recursos Humanos (RH)

Leia mais

CONSULTORIA DE DESENVOLVIMENTO ORGANIZACIONAL

CONSULTORIA DE DESENVOLVIMENTO ORGANIZACIONAL CONSULTORIA DE DESENVOLVIMENTO ORGANIZACIONAL Somos especializados na identificação e facilitação de soluções na medida em que você e sua empresa necessitam para o desenvolvimento pessoal, profissional,

Leia mais

Estratégias em Tecnologia da Informação. Planejamento Estratégico Planejamento de TI

Estratégias em Tecnologia da Informação. Planejamento Estratégico Planejamento de TI Estratégias em Tecnologia da Informação Capítulo 7 Planejamento Estratégico Planejamento de TI Material de apoio 2 Esclarecimentos Esse material é de apoio para as aulas da disciplina e não substitui a

Leia mais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Capítulo 3: Sistemas de Apoio Gerenciais Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos,

Leia mais

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG Capítulo 3: Sistemas de Negócios Colaboração SPT SIG Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos, gerentes e profissionais de empresas.

Leia mais

TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS: O SUCESSO DAS ORGANIZAÇÕES

TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS: O SUCESSO DAS ORGANIZAÇÕES TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS: O SUCESSO DAS ORGANIZAÇÕES Cassia Uhler FOLTRAN 1 RGM: 079313 Helen C. Alves LOURENÇO¹ RGM: 085342 Jêissi Sabta GAVIOLLI¹ RGM: 079312 Rogério Bueno ROSA¹ RGM:

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) MBA em Gestão de Pessoas Coordenação Acadêmica: Drª. Ana Maria Viegas Reis

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) MBA em Gestão de Pessoas Coordenação Acadêmica: Drª. Ana Maria Viegas Reis CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) MBA em Gestão de Pessoas Coordenação Acadêmica: Drª. Ana Maria Viegas Reis APRESENTAÇÃO A FGV é uma instituição privada sem fins lucrativos, fundada em

Leia mais

GLEISON CORTINA BENASSI OBJETIVOS PROFISSIONAIS. Áreas: Gestão Empresarial; Gestão Administrativo-Financeira; Comercial; Nível Hierárquico: Gerente

GLEISON CORTINA BENASSI OBJETIVOS PROFISSIONAIS. Áreas: Gestão Empresarial; Gestão Administrativo-Financeira; Comercial; Nível Hierárquico: Gerente GLEISON CORTINA BENASSI Estado Civil Casado, com filhos. Telefone (62) 8141-9485 - (62) 9693-2773 Natural Erechim - RS E-mail benassirs@gmail.com Redes Sociais Facebook: Gleison Benassi Linkedin: Gleison

Leia mais

GESTÃO DE SERVIÇOS NA CADEIA LOGÍSTICA

GESTÃO DE SERVIÇOS NA CADEIA LOGÍSTICA GESTÃO DE SERVIÇOS NA CADEIA LOGÍSTICA Management services in the supply chain MARION, Arnaldo Faculdade de Jaguariúna Resumo: Este trabalho tem como objetivo central organizar uma discussão sobre como

Leia mais

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 PROSPERE NA NOVA ECONOMIA A SPEKTRUM SUPORTA A EXECUÇÃO DA SUA ESTRATÉGIA Para as empresas que buscam crescimento

Leia mais

Liderança e Motivação para Construtoras, Incorporadoras, Escritórios de Arquitetura e Imobiliárias

Liderança e Motivação para Construtoras, Incorporadoras, Escritórios de Arquitetura e Imobiliárias Liderança e Motivação para Construtoras, Incorporadoras, Escritórios de Arquitetura e Imobiliárias Antes de tudo como sugestão aos donos de construtoras, incorporadoras, imobiliárias e escritórios de arquitetura

Leia mais

Acreditamos em formas criativas e inovadoras de crescimento e desenvolvimento. Elas agregam valor ao cliente

Acreditamos em formas criativas e inovadoras de crescimento e desenvolvimento. Elas agregam valor ao cliente Portfólio QUEM SOMOS Somos uma empresa de consultoria organizacional que vem desenvolvendo e implementando em diversas clientes projetos nas áreas de Gestão Recursos Humanos e Comercial/Vendas. Silmar

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO SISTEMA DE INFORMAÇÃO GERENCIAL PARA AS EMPRESAS

A IMPORTÂNCIA DO SISTEMA DE INFORMAÇÃO GERENCIAL PARA AS EMPRESAS A IMPORTÂNCIA DO SISTEMA DE INFORMAÇÃO GERENCIAL PARA AS EMPRESAS Gilmar da Silva, Tatiane Serrano dos Santos * Professora: Adriana Toledo * RESUMO: Este artigo avalia o Sistema de Informação Gerencial

Leia mais

O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações

O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações Projeto Saber Contábil O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações Alessandra Mercante Programa Apresentar a relação da Gestão de pessoas com as estratégias organizacionais,

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado plea Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 PLANO DE CURSO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado plea Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 PLANO DE CURSO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado plea Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: ADMINISTRAÇÃO DE SERVIÇOS Código: ADM 452 Pré-requisito: - - - - - - Período Letivo: 2013.2 Professor:

Leia mais

Ajudando você a fazer a diferença!

Ajudando você a fazer a diferença! Diretores da Lannes Consulting Luciano Lannes Consultor Organizacional e Palestrante com foco no Trabalho em Equipe e o processo de aprendizagem organizacional, visa o desenvolvimento empresarial e a educação

Leia mais

ONSTRUINDO UM EXCELENTE LUGAR PARA TRABALHAR. 2014 Great Place To Work Institute, Inc. All rights reserved.

ONSTRUINDO UM EXCELENTE LUGAR PARA TRABALHAR. 2014 Great Place To Work Institute, Inc. All rights reserved. ONSTRUINDO UM EXCELENTE LUGAR PARA TRABALHAR 2014 GREAT PLACE TO WORK MISSÃO: CONSTRUIR UMA SOCIEDADE MELHOR, AJUDANDO EMPRESAS A TRANSFORMAR SEU AMBIENTE DE TRABALHO 6.200 EMPRESAS PARTICIPANTES PRESENÇA

Leia mais

BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos

BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos Terceirização de Processos Empresariais da Capgemini Um componente da área de Serviços Públicos da Capgemini As concessionárias de serviços

Leia mais

Biblioteca Informa Novas Informações

Biblioteca Informa Novas Informações Biblioteca Informa Novas Informações Lista das informações incorporadas ao acervo da biblioteca adquiridas através de compra. Os vídeos estão disponíveis para consulta local. Administração Qualidade Nº

Leia mais

O QUE SE ESPERA DE UMA GERENTE BARRED S

O QUE SE ESPERA DE UMA GERENTE BARRED S O QUE SE ESPERA DE UMA GERENTE BARRED S Ela lidera a equipe, contrata, acompanha e desenvolve equipes, faz o plano de vendas, cuida do ponto de venda e da vitrine, controla o estoque, monitora e motiva

Leia mais

O PEDAGOGO NAS ORGANIZAÇÕES

O PEDAGOGO NAS ORGANIZAÇÕES O PEDAGOGO NAS ORGANIZAÇÕES KOWALCZUK, Lidiane Mendes Ferreira - PUCPR lidianemendesf@gmail.com VIEIRA, Alboni Marisa Dudeque Pianovski - PUCPR alboni@alboni.com Eixo Temático: Formação de Professores

Leia mais

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS METODOLOGIA DE AUDITORIA PARA AVALIAÇÃO DE CONTROLES E CUMPRIMENTO DE PROCESSOS DE TI NARDON, NASI AUDITORES E CONSULTORES CobiT

Leia mais

A APLICAÇÃO FOI DRASTICAMENTE REDUZIDA

A APLICAÇÃO FOI DRASTICAMENTE REDUZIDA Bernardo Leite AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO HÁ TEMPOS... Objetivos principais: Aumento de salário Demissão CONCLUSÃO: A APLICAÇÃO FOI DRASTICAMENTE REDUZIDA A AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO É um processo natural e

Leia mais

Empresa como Sistema e seus Subsistemas. Professora Cintia Caetano

Empresa como Sistema e seus Subsistemas. Professora Cintia Caetano Empresa como Sistema e seus Subsistemas Professora Cintia Caetano A empresa como um Sistema Aberto As organizações empresariais interagem com o ambiente e a sociedade de maneira completa. Uma empresa é

Leia mais

5 CCN 1 Apostila baseada exclusivamente na Obra de Clovis Luis Padoveze 1

5 CCN 1 Apostila baseada exclusivamente na Obra de Clovis Luis Padoveze 1 SISTEMAS DE INFORMAÇÕES CONTÁBEIS PROFESSOR Edmundo Tork APOSTILA 3 TURMA: EMPRESA E SISTEMA 5 CCN 1 Apostila baseada exclusivamente na Obra de Clovis Luis Padoveze 1 2 EMPRESA COMO SISTEMA E SEUS SUBSISTEMAS

Leia mais

Classificações dos SIs

Classificações dos SIs Classificações dos SIs Sandro da Silva dos Santos sandro.silva@sociesc.com.br Classificações dos SIs Classificações dos sistemas de informação Diversos tipo de classificações Por amplitude de suporte Por

Leia mais

Visão, Missão e Valores do Grupo Bravante

Visão, Missão e Valores do Grupo Bravante CÓDIGO DE ÉTICA O Grupo Bravante apresenta a todos os seus colaboradores o seu Código de Ética. O objetivo deste é definir com clareza os princípios e valores éticos que norteiam todos os procedimentos

Leia mais

QUEM SOMOS. Consultoria especializada em desenvolvimento de pessoas e em soluções sustentáveis para sua empresa.

QUEM SOMOS. Consultoria especializada em desenvolvimento de pessoas e em soluções sustentáveis para sua empresa. QUEM SOMOS Consultoria especializada em desenvolvimento de pessoas e em soluções sustentáveis para sua empresa. Há mais de 10 anos desenvolvemos soluções para recursos humanos e administração estratégica.

Leia mais

AULA 07. Tecnologia hoje nas empresas. Prof. André Luiz Silva de Moraes

AULA 07. Tecnologia hoje nas empresas. Prof. André Luiz Silva de Moraes 1 AULA 07 Tecnologia hoje nas empresas 2 Função de um gerente? Tomar decisões e definir políticas baseadas na informação a partir de dados gerados no seu trabalho diário Problema? Quantidade de dados Solução?

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE

IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE Luciana de Souza Martins Ferreira Celso Yamamoto reluferreira@ig.com.br celsoyamamoto@uol.com.br Resumo. Este artigo tem como objetivo avaliar os resultados

Leia mais

AGENDA. Interação entre comunicação interna corporativa e endomarketing. 02 de Julho. Hotel Intercontinental São Paulo/SP 5ª EDIÇÃO.

AGENDA. Interação entre comunicação interna corporativa e endomarketing. 02 de Julho. Hotel Intercontinental São Paulo/SP 5ª EDIÇÃO. AGENDA Interação entre comunicação interna corporativa e endomarketing 5ª EDIÇÃO D 02 de Julho? Hotel Intercontinental São Paulo/SP Realização: www.corpbusiness.com.br Patrocínio Bronze Apoio Realização:

Leia mais

Accountable Marketing Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração

Accountable Marketing Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Gestão estratégica em finanças

Gestão estratégica em finanças Gestão estratégica em finanças Resulta Consultoria Empresarial Gestão de custos e maximização de resultados A nova realidade do mercado tem feito com que as empresas contratem serviços especializados pelo

Leia mais

PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL. PERSPECTIVA Consultores Associados Ltda. NOME DA EMPRESA

PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL. PERSPECTIVA Consultores Associados Ltda. NOME DA EMPRESA PERSPECTIVA Consultores Associados Ltda. PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL NOME DA EMPRESA A pesquisa foi desenvolvida e aplicada pela PERSPECTIVA Consultores Associados. Coordenador Interno: Ricardo Lezana

Leia mais

Planejamento Estratégico de TI. Prof.: Fernando Ascani

Planejamento Estratégico de TI. Prof.: Fernando Ascani Planejamento Estratégico de TI Prof.: Fernando Ascani Ementa Conceitos básicos de informática; evolução do uso da TI e sua influência na administração; benefícios; negócios na era digital; administração

Leia mais

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler AULA 5 - PERSPECTIVA DE APRENDIZADO E CRESCIMENTO Abertura da Aula Uma empresa é formada

Leia mais