SUCH Serviço de Utilização Comum dos Hospitais

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SUCH Serviço de Utilização Comum dos Hospitais"

Transcrição

1

2 Derechos

3 Quem Somos O Serviço de Utilização Comum dos Hospitais é uma associação privada sem fins lucrativos, organizada e posicionada para a oferta integrada de Serviços Partilhados para o sector da Saúde.

4 Missão Ser uma instituição sem fins lucrativos que visa promover a redução de custos e o aumento da qualidade e eficiência dos seus Associados e, consequentemente, do Serviço Nacional de Saúde.

5 Parceiro dedicado Assumimos a posição de parceiro dedicado, especializado e criador de soluções que satisfaçam necessidades comuns e específicas de cada um dos nossos Associados e Clientes, através de estruturas e equipas de natureza partilhada. Somos o parceiro de confiança. Somos Serviços Partilhados em Saúde.

6 O SUCH agrupa actualmente 96 associados e serve cerca de 1000 clientes, entre hospitais, ARS, misericórdias e outras instituições prestadoras de cuidados de saúde. Centros Hospitalares Institutos Hospitais ARS Misericórdias ULS

7 O mundo que Somos 7 áreas de actuação

8 O que nos move Prestar o melhor serviço com Qualidade, Rigor e Escala Diminuir Custos e Gerar Poupanças avultadas aos Associados Concentrar actividades, Partilhar know how e Competências Aplicar as Melhores Práticas e modernizar Processos Ser parceiro dedicado especializado e criador de soluções

9 Objectivos dos SPS Libertar as instituições prestadoras de serviços de saúde da gestão dos recursos de back-office, permitindo-lhes ganhos de eficiência e o enfoque na sua missão prioritária - a prestação de cuidados de saúde. Esta libertação verifica-se ao nível da gestão transaccional, mantendo cada instituição a respectiva gestão estratégica.

10 Objectivos dos SPS Suprir necessidades dos associados, sem resposta estruturada no mercado, e proporcionar serviços e investimentos partilhados que, pela sua dimensão, não poderiam ser suportados individualmente por cada entidade aderente.

11 Objectivos dos SPS Permitir poupanças significativas às instituições de saúde e, desta forma, a todo o sector, na gestão e negociação conjunta de serviços.

12 Mais-valias dos Serviços Partilhados Acesso à especialização Partilha de custos Economias de Escala Poder de Negociação Informação de Gestão de Apoio à Decisão

13 As tecnologias de informação no coração dos Serviços Partilhados

14 O desenvolvimento recente de Sistemas de informação robustos e facilmente escaláveis proporcionam a centralização e deslocalização de funções tradicionalmente operadas localmente, favorecendo o desenvolvimento de serviços partilhados nos domínios da gestão de recursos humanos, gestão financeira, dos sistemas de informação ou das compras e logística. Aproveitando a oportunidade, o SUCH implementou, no âmbito dos ACE criados, uma plataforma tecnológica de última geração para suportar a prestação e integração dos diversos Serviços Partilhados.

15 As tecnologias de informação no coração dos Serviços Partilhados

16 As estruturas Somos COMPRAS, ACE Somos CONTAS, ACE e Somos PESSOAS, ACE oferecem às instituições prestadoras de cuidados de saúde o acesso a infraestruturas e serviços de tecnologia de informação inovadores no sector da Saúde.

17 Tecnologia somos Prestador de serviços especializados COMPRAS CONTAS PESSOAS... Clientes Abordagem BPO e SaaS Instituições aderentes (PCS e ARS) BPO Plataforma Tecnológica para Suporte aos Serviços Partilhados SaaS BPO - Business Process Outsourcing SaaS - Software as a Service

18 Competências de especialistas Pela primeira vez na área da Saúde, foram integradas diferentes tecnologias, que se baseiam numa abordagem BPO Business Process Outsourcing e SaaS- Software as a Service. O nível de integração exigiu desenvolvimento interno, reunindo as competências de especialistas de saúde, especialistas funcionais e especialistas tecnológicos. Especialistas de Saúde

19 Plataforma Aplicacional Robusta O modelo de partida foi uma soluçâo de EBS - E-Business Suite, concretamente o ERP da Oracle, já testada pelo Serviço Nacional de Saúde Britânico. A Plataforma Aplicacional teve desenvolvimento específico face a objectivos mais ambiciosos. O sistema de comunicações da plataforma de SPS é suportado no serviço prestado através da Rede Informática da Saúde da ACSS - Administração Central do Sistema de Saúde.

20 Camada Infra-estrutura Camada Aplicacional Camada Utilizador Plataforma Aplicacional Robusta Hospitais ARS SCM SUCH CSP... Infraestrutura local Infraestrutura local Infraestrutura local Infraestrutura local Infraestrutura local Infraestrutura local Camada de Comunicações Sistema Central BPO Aplicações de back-office partilhadas ERP SaaS Infra-estrutura centralizada, normalizada e virtualizada de suporte global às aplicações Datacenter de Produção Datacenter de Disaster Recovery

21 As tecnologias de informação no coração dos Serviços Partilhados ERP Atendimento Multicanal com elevada capacidade Employee Self Service Datawarehousing robusto e seguro Centros de dados, segurança e disaster recovery Electronic Data Interchange (EDI) Help Desk 24/24

22 Somos pela Aprendizagem

23 Eficiência e níveis de automatização Aplicação Meta4 Emind Peoplenet Portal empregado Processamento de Remunerações Formação Indicadores de Gestão Selecção e Recrutamento Mobilidade Interna/Externa Avaliação de desempenho SIADAP Cedências Transferência s temporárias... 5-Ago-09 Gestão de Organização Organigramas Administração de RH Gestão documental associada a contratos Planificação de 44

24 Arquitectura Somos PESSOAS Aderentes Colaboradores Remunerações Desenvolvimento de Recursos Humanos ESS Finishing DGT Meta 4

25 Modelo de Interacção

26 Somos pelo Rigor

27 Eficiência e qualidade de informação na Contabilidade e gestão financeira Tesouraria Planeamento e Preparação Orçamento Controlo Orçamental Imobilizado Controlo de Gestão Contabilidade Analítica e Geral Gestão de Contratos

28 Arquitectura Fornecedores Clientes Somos CONTAS, ACE Entidades de Saúde Aderentes ao Somos CONTAS, ACE Definição da Estratégia Financeira Execução Orçamental Planeamento e Preparaçãoa do Orçamento Controlo Orçamental Controlo de Gestão Contabilidade Analitica Contabilidade Geral Contas a Pagar Contas a Receber Imobilizado Coordenação e Supervisão da Área Financeira Tesouraria ERP Oracle

29 Somos Parceiros da Saúde

30 Somos COMPRAS, Negociação e Logística SPS tem como missão a centralização, optimização e racionalização da aquisição de bens e serviços destinados aos prestadores de cuidados de saúde. É considerada Central de Compras Públicas no sector da Saúde (Decreto-lei nº 200/2008 de 9 de Outubro) Agrupados C.H. Lisboa Central C.H.Lisboa Ocidental C.H. Lisboa Norte. SUCH

31 Monitorização Planeamento Estratégia de compras Negociação e contratação Pagamento Gestão Armazéns e Distribuição Aprovisionamento Plataforma Contratação Pública

32 Arquitectura Funcional Entidade Hospitalar Área Financeira Hospitalar Pagamentos Banco Informação financeira Âmbito do Sistema de informação Cedência de facturas Pagamento Pagamento Serviços Hospitalares Requisição Armazéns Hospitalares Pedido de encomenda Compras Hospitalares Encomenda Factura Somos COMPRAS < Ordem de compra Factura Fornecedores Distribuição Entrega

33 Sistema de Informação Sistema de informação Arquitectura aplicacional Instituições de Saúde Aderentes ao Serviço Interfaces com sistemas externos ERP Módulos de Compras, Logísticos e Financeiros Gestão de Tesouraria Gestão de Desempenho Troca electrónica documentos Facturação electrónica Sincronização catálogos Plataforma Electrónica Contratação Pública Candidatos/ Concorrentes Bancos Fornecedores

34 Consulta ao mercado para a aquisição de bens e serviços Sistema de gestão de facturação Sistema de garantia de pagamento aos fornecedores Gestão de catálogos Ficheiro-mestre único na Saúde (bases dados de medicamentos e material de consumo clínico) Contratação Electrónica

35 Plataforma Electrónica de Contratação Pública da Saúde

36 Plataforma Electrónica

37 Plataforma Electrónica de Contratação Pública da Saúde Suporte integral aos procedimentos de contratação. Transacções seguras: assinaturas digitais selos temporais encriptação de comunicações e registos Acesso independente dos diferentes utilizadores por Internet Formação dos utilizadores na adesão Apoio multicanal com Helpdesk permanente 24x7

38 Plataforma Electrónica Plataforma Electrónica de Contratação Pública Cobertura funcional MERCADO Candidatos / Concorrentes / Adjudicatários 1 Publicação anúncios e disponibilização das peças dos procedimentos 2 Tratamento dos pedidos de esclarecimento e das rectificações e omissões 8 Habilitação do Adjudicatário 3 Suporte da elaboração e submissão electrónica de propostas e documentos anexos 7 Notificação de adjudicação 4 Abertura de candidaturas e propostas e tratamento de esclarecimentos 6 Análise de candidaturas e propostas 5 Publicação de listas e divulgação de candidaturas e propostas Técnicos de Compras / Júris dos Procedimentos ENTIDADES ADJUDICANTES

39 Somos Serviços Partilhados em Saúde SPS Criar Valor e Gerar Escala Manter controlo sobre a despesa Libertar fundos para a prestação de saúde e centrar os cuidados no CIDADÃO Devolver poupanças aos Associados

40 Somos especialistas. SUCH SERVIÇO DE UTILIZAÇÃO COMUM DOS HOSPITAIS Parque de Saúde de Lisboa, Avª. do Brasil, n.º 53, Pavilhão 33-A Lisboa T: Derechos

Os Serviços Partilhados do SUCH

Os Serviços Partilhados do SUCH Os Serviços Partilhados do SUCH ONI e-powered: 1ª Conferência sobre Soluções Integradas para o Sector Público 8 de Abril de 2008 Serviço de Utilização Comum dos Hospitais 7 áreas de negócio Todas operando

Leia mais

A experiência no domínio dos Serviços Partilhados em Saúde

A experiência no domínio dos Serviços Partilhados em Saúde A experiência no domínio dos Serviços Partilhados em Saúde Joaquina Matos Vilamoura, 23 Maio 2009 Quem Somos O que Somos? Visão Missão Ser referência como entidade de Serviços Partilhados na área da Saúde,

Leia mais

no domínio dos em Saúde Vilamoura, 23 Maio 2009 SUCH Serviço de Utilização Comum dos Hospitais

no domínio dos em Saúde Vilamoura, 23 Maio 2009 SUCH Serviço de Utilização Comum dos Hospitais A experiência no domínio dos Serviços Partilhados em Saúde Joaquina Matos Vilamoura, 23 Maio 2009 Quem Somos O que Somos? Visão Missão Ser referência como entidade de Serviços Partilhados na área da Saúde,

Leia mais

Serviços Partilhados em Saúde. Interface Jornadas da Saúde Paula Nanita

Serviços Partilhados em Saúde. Interface Jornadas da Saúde Paula Nanita Serviços Partilhados em Saúde Interface Jornadas da Saúde Paula Nanita Lisboa, 22 de Maio de 2007 Unidades de Serviços Partilhados Processos A divisão dos processos entre actividades locais e actividades

Leia mais

Primeira Unidade Empresarial de Serviços Partilhados em Saúde arranca em Portugal

Primeira Unidade Empresarial de Serviços Partilhados em Saúde arranca em Portugal Primeira Unidade Empresarial de Serviços Partilhados em Saúde arranca em Portugal É hoje apresentada publicamente a primeira Unidade Empresarial de Serviços Partilhados em Saúde a funcionar em Portugal.

Leia mais

Desafios Tecnológicos do Novo Código dos Contratos Públicos

Desafios Tecnológicos do Novo Código dos Contratos Públicos As Compras Como Fonte de Inovação e Valorização Impactos Apresentação da nova Corporativa legislação Confidencial Desafios Tecnológicos do Novo Código dos Contratos Públicos Miguel Sobral Administrador

Leia mais

1. Agência Nacional de Compras Públicas - Enquadramento. 2. Estratégia para as Compras Públicas. 3. Modelo de Compras Públicas Electrónicas

1. Agência Nacional de Compras Públicas - Enquadramento. 2. Estratégia para as Compras Públicas. 3. Modelo de Compras Públicas Electrónicas Agenda 1. Agência Nacional de Compras Públicas - Enquadramento 2. Estratégia para as Compras Públicas 3. Modelo de Compras Públicas Electrónicas 4. Desafios para 2009 2 Propósito Estratégico: Agência Nacional

Leia mais

Certificação ISO 22000 motivações e desafios

Certificação ISO 22000 motivações e desafios Certificação ISO 22000 motivações e desafios SUCH Serviço de Utilização Comum dos Hospitais Maria Isabel Carvalho Setembro de 2008 Apresentação QUEM SOMOS ÁREAS DE NEGÓCIO SOMOS NUTRIÇÃO 2 Visão Ser referência

Leia mais

Gestão de Recursos Humanos na área da Saúde - Perspectivas e desafios

Gestão de Recursos Humanos na área da Saúde - Perspectivas e desafios Gestão de Recursos Humanos na área da Saúde - Perspectivas e desafios II Seminário de Gestão em Saúde Universidade da Beira Interior 2007 18 de Maio O FUTURO É INEVITÁVEL Oscar Wilde Podemos afirmar com

Leia mais

SPMS, E.P.E 1º Trimestre 2012

SPMS, E.P.E 1º Trimestre 2012 1º Trimestre 2012 Indicadores de Gestão Interna 0 Indicadores de Gestão 1º Trimestre 2012 Enquadramento No presente documento apresentam-se os Indicadores de Gestão Interna da SPMS, EPE, relativos ao primeiro

Leia mais

Características de Serviços Partilhados

Características de Serviços Partilhados Características de Serviços Partilhados Os Serviços Partilhados caracterizam-se pela prestação de funções de suporte a várias organizações, por uma organização vocacionada para estes serviços. Ministério

Leia mais

Procedimentos de Aquisição de Bens e Serviços na AP

Procedimentos de Aquisição de Bens e Serviços na AP PROGRAMA DE ESTÁGIOS PROFISSIONAL NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 3ª EDIÇÃO Procedimentos de Aquisição de Bens e Serviços na AP Cristino Sanches Praia 12 a 26 de Abril 2011-1- OBJECTIVOS 1 Conhecer o quadro legislativo

Leia mais

Plataforma de. Sessões de Esclarecimento. Electrónica BizGov Porto, 30 de Abril de 2009

Plataforma de. Sessões de Esclarecimento. Electrónica BizGov Porto, 30 de Abril de 2009 Plataforma de Sessões de Esclarecimento Contratação Pública "Contratação Electrónica Electrónica BizGov Porto, 30 de Abril de 2009 Agenda 1 Introdução 2 Plataforma de Contratação Pública Electrónica BizGov

Leia mais

Contratação Pública. apresentação OASiS. Porto Salvo, 23 de Setembro de 2008

Contratação Pública. apresentação OASiS. Porto Salvo, 23 de Setembro de 2008 Contratação Pública apresentação OASiS Porto Salvo, 23 de Setembro de 2008 apresentação da Oracle Dr. Homero Silveira 2 apresentação da AthiniA Dr. José Pedro Gonçalves 3 apresentação da AthiniA Somos

Leia mais

2012 Plano Actividades

2012 Plano Actividades 2012 Plano Actividades Índice 1. Enquadramento... 2 2. Órgãos Sociais... 4 3. Organograma... 4 4. Recursos Existentes... 6 5. Objectivos Estratégicos, Operacionais e Actividades... 7 1 Plano de Actividades

Leia mais

Nuno Fernandes Mara Ferreira & João Grilo. HR BPO Desafios nos próximos anos. 14 de Março 2012 Centro Congressos do Estoril

Nuno Fernandes Mara Ferreira & João Grilo. HR BPO Desafios nos próximos anos. 14 de Março 2012 Centro Congressos do Estoril Nuno Fernandes Mara Ferreira & João Grilo HR BPO Desafios nos próximos anos Agenda Enquadramento Serviços HR BPO Selecção de parceiros Implementação e operação do HR BPO Exemplo prático Meta4 Agenda Enquadramento

Leia mais

Projectos ISCTE. Projectos Portal do Conhecimento. Junho de 2007. 2004 Capgemini - All rights reserved 2004 Capgemini - All rights reserved

Projectos ISCTE. Projectos Portal do Conhecimento. Junho de 2007. 2004 Capgemini - All rights reserved 2004 Capgemini - All rights reserved Projectos ISCTE Junho de 2007 Projectos Portal do Conhecimento rights reserved 1 O conhecimento é a base da oferta das empresas prestadoras de serviços. Manter o conhecimento nas organizações é um desafio

Leia mais

O SECTOR A SOLUÇÃO Y.make Num mundo cada vez mais exigente, cada vez mais rápido e cada vez mais competitivo, o papel dos sistemas de informação deixa de ser de obrigação para passar a ser de prioridade.

Leia mais

Ambiente na Saúde. SUCH Serviço de Utilização Comum dos Hospitais. 21 de Novembro de 2008

Ambiente na Saúde. SUCH Serviço de Utilização Comum dos Hospitais. 21 de Novembro de 2008 Ambiente na Saúde SUCH Serviço de Utilização Comum dos Hospitais 21 de Novembro de 2008 21-Nov-08 Direitos reservados SUCH Serviço de Utilização Comum dos Hospitais 1 de 46 Agenda da Sessão Breve apresentação

Leia mais

Cloud Computing Visão PT Cisco Roadshow 2010. Bruno Berrones Funchal, 27 de Maio de 2010

Cloud Computing Visão PT Cisco Roadshow 2010. Bruno Berrones Funchal, 27 de Maio de 2010 Cloud Computing Visão PT Cisco Roadshow 2010 Bruno Berrones Funchal, 27 de Maio de 2010 Agenda Desafios para as Empresas Extrair valor do Cloud Computing O papel da PT 1 Inovação é a resposta para garantir

Leia mais

Em início de nova fase, forumb2b.com alarga a oferta

Em início de nova fase, forumb2b.com alarga a oferta Em início de nova fase, alarga a oferta Com o objectivo de ajudar as empresas a controlar e reduzir custos relacionados com transacções de bens e serviços, o adicionou à sua oferta um conjunto de aplicações

Leia mais

As TIC e a Saúde no Portugal de 2013

As TIC e a Saúde no Portugal de 2013 As TIC e a Saúde no Portugal de 2013 20 de fevereiro de 2014 Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa Patrocinadores Bronze Apoios Patrocinadores Globais Conferência As TIC e a Saúde no Portugal de 2013

Leia mais

Plataforma de Compras Electrónicas. Sessão de Apresentação do Projecto

Plataforma de Compras Electrónicas. Sessão de Apresentação do Projecto Plataforma de Compras Electrónicas Sessão de Apresentação do Projecto 16 de Abril de 2007 Dr.ª Rosário Fernandes Estatísticas do Projecto (Fevereiro e Março de 2007) Utilizadores Orgânicas Fornecedores

Leia mais

Maia, 4 e 5 de Abril de 2011 Lisboa, 7 e 8 de Abril de 2011

Maia, 4 e 5 de Abril de 2011 Lisboa, 7 e 8 de Abril de 2011 Maia, 4 e 5 de Abril de 2011 Lisboa, 7 e 8 de Abril de 2011 1 Agenda 1. O Sistema Nacional de Compras Públicas (SNCP) 2. O Papel das Unidades Ministeriais de Compras e da ANCP 3. A Formação de Acordos

Leia mais

Your Partner for a Safe IT Operation

Your Partner for a Safe IT Operation Your Partner for a Safe IT Operation is Integrated Systems AG Öschlestrasse 77 78315 Radolfzell Germany Tel. +(49) (0) 7732/9978 0 Fax +(49) (0) 7732/9978 20 info@integratedsystems.de www.integratedsystems.de

Leia mais

Avaliação de Investimentos Logísticos e. Outsourcing Logístico

Avaliação de Investimentos Logísticos e. Outsourcing Logístico APLOG Centro do Conhecimento Logístico Avaliação de Investimentos Logísticos e Outsourcing Logístico Guilherme Loureiro Cadeia de Abastecimento- Integração dos processos de gestão Operador Logístico vs

Leia mais

SISTEMAS DEGESTÃO EMPRESARIAL

SISTEMAS DEGESTÃO EMPRESARIAL SISTEMAS DEGESTÃO EMPRESARIAL Imagine um mundo onde a sua Empresa se desenvolve facilmente, onde a cooperação entre os seus funcionários, as suas filiais e o seu ambiente de negócio é simples e em que

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO GRUPO INCENTEA

APRESENTAÇÃO DO GRUPO INCENTEA APRESENTAÇÃO DO GRUPO INCENTEA Quem Somos Somos um grupo de empresas de prestação de serviços profissionais nas áreas das Tecnologias de Informação, Comunicação e Gestão. Estamos presente em Portugal,

Leia mais

A simplicidade do desafio do e.commerce nas PME s: Desmaterialização de Documentos via EDI. Nuno Miranda 04 de junho de 2015

A simplicidade do desafio do e.commerce nas PME s: Desmaterialização de Documentos via EDI. Nuno Miranda 04 de junho de 2015 A simplicidade do desafio do e.commerce nas PME s: Desmaterialização de Documentos via EDI Nuno Miranda 04 de junho de 2015 Apresentação GS1 2015 2 Iniciação ao EDI (Electronic Data Interchange) EDI -

Leia mais

Referencial para análise do posicionamento das áreas de negócio do SUCH

Referencial para análise do posicionamento das áreas de negócio do SUCH PLANO ESTRATÉGICO 2007 2009 ANEXOS Referencial para análise do posicionamento das áreas de negócio do SUCH ANEXO I Matriz de definição de posicionamento competitivo Sim Actuação no apoio à eficiente contratação

Leia mais

Gestão documental. http://www.logicworks.pt info@logicworks.pt Tel.: 214 261 698

Gestão documental. http://www.logicworks.pt info@logicworks.pt Tel.: 214 261 698 Gestão documental http://www.logicworks.pt info@logicworks.pt Tel.: 214 261 698 A EMPRESA A Filedoc Software dedica-se ao desenvolvimento e comercialização de soluções na área de gestão documental e de

Leia mais

TERMOS DE REFERÊNCIA. Diretor/a de Administração e Finanças

TERMOS DE REFERÊNCIA. Diretor/a de Administração e Finanças TERMOS DE REFERÊNCIA Diretor/a de Administração e Finanças O Secretariado Executivo da CPLP pretende contratar um/a (1) Diretor/a de Administração e Finanças para exercer funções nas instalações da sua

Leia mais

Premier. Quando os últimos são os Primeiros

Premier. Quando os últimos são os Primeiros Premier Quando os últimos são os Primeiros Fundada em 1997 Especializada no desenvolvimento de soluções informáticas de apoio à Gestão e consultoria em Tecnologias de Informação. C3im tem como principais

Leia mais

Modernização dos Sistemas de Informação do Grupo Prosegur

Modernização dos Sistemas de Informação do Grupo Prosegur Modernização dos Sistemas de Informação do Grupo Prosegur Rogério Machado Director Técnico José Monteiro Ferreira Director Informática e Telecomunicações AGENDA 1. A APR 2. APRESENTAÇÃO DO PROJECTO 3.

Leia mais

PRIMAVERA MAINTENANCE PARA UMA GESTÃO EFICAZ DE EQUIPAMENTOS

PRIMAVERA MAINTENANCE PARA UMA GESTÃO EFICAZ DE EQUIPAMENTOS PRIMAVERA MAINTENANCE PARA UMA GESTÃO EFICAZ DE EQUIPAMENTOS PRIMAVERA MAINTENANCE PARA UMA GESTÃO EFICAZ DE EQUIPAMENTOS 3 A importância de uma Manutenção planeada e estruturada As organizações fazem,

Leia mais

O GRUPO AITEC. Breve Apresentação

O GRUPO AITEC. Breve Apresentação O GRUPO AITEC Breve Apresentação Missão Antecipar tendências, identificando, criando e desenvolvendo empresas e ofertas criadoras de valor no mercado mundial das Tecnologias de Informação e Comunicação

Leia mais

PRIMAVERA MAINTENANCE PARA UMA GESTÃO EFICAZ DE EQUIPAMENTOS

PRIMAVERA MAINTENANCE PARA UMA GESTÃO EFICAZ DE EQUIPAMENTOS PRIMAVERA MAINTENANCE PARA UMA GESTÃO EFICAZ DE EQUIPAMENTOS 3 PRIMAVERA MAINTENANCE PARA UMA GESTÃO EFICAZ DE EQUIPAMENTOS A importância de uma Manutenção planeada e estruturada As organizações fazem,

Leia mais

Paulo Alves / CEO. paulo.alves@proside.pt

Paulo Alves / CEO. paulo.alves@proside.pt Paulo Alves / CEO paulo.alves@proside.pt Sistemas Integrados de Atendimento O que fazemos A Empresa Concepção, Arquitectura e Implementação de Sistemas de Informação; Consultoria Tecnológica de Sistemas

Leia mais

Paulo Alves / CEO. paulo.alves@proside.pt

Paulo Alves / CEO. paulo.alves@proside.pt Paulo Alves / CEO paulo.alves@proside.pt Sistemas Integrados de Atendimento O que fazemos A Empresa Concepção, Arquitectura e Implementação de Sistemas de Informação; Consultoria Tecnológica de Sistemas

Leia mais

DOSSIER DE IMPRENSA 2015

DOSSIER DE IMPRENSA 2015 DOSSIER DE IMPRENSA 2015 A Empresa A Empresa A 2VG é uma empresa tecnológica portuguesa criada em 2009, que surgiu para colmatar uma necessidade detetada no mercado das tecnologias de informação e comunicação

Leia mais

EDP Soluções Comerciais. A perspectiva do Cliente. Business Transformation Outsourcing Os novos modelos de outsourcing

EDP Soluções Comerciais. A perspectiva do Cliente. Business Transformation Outsourcing Os novos modelos de outsourcing EDP Soluções Comerciais Business Transformation Outsourcing Os novos modelos de outsourcing A perspectiva do Cliente Associação Portugal Outsourcing 18 de Junho 2013 A EDP Soluções Comerciais nasceu com

Leia mais

Inovar em rede. A cidadania na Gestão Pública. www.quidgest.com quidgest@quidgest.com

Inovar em rede. A cidadania na Gestão Pública. www.quidgest.com quidgest@quidgest.com www.quidgest.com quidgest@quidgest.com Inovar em rede A cidadania na Gestão Pública Quidgest Portugal R. Castilho n.º 63 6.º 1250-068 Lisboa Portugal tel. (+351) 213 870 563 / 652 / 660 fax. (+351) 213

Leia mais

Objectivos Estratégicos (OE) Meta 2008 Taxa de Realização

Objectivos Estratégicos (OE) Meta 2008 Taxa de Realização Ministério: Organismo: MISSÃO: Ministério das Finanças e da Administração Pública Direcção-Geral do Orçamento A Direcção-Geral do Orçamento (DGO) tem por missão superintender na elaboração e execução do

Leia mais

Programas das cadeiras

Programas das cadeiras Programas das cadeiras Gestão de Unidades de Saúde Pretende-se que os participantes identifiquem os conceitos fundamentais de gestão e a sua aplicabilidade no contexto das unidades de saúde. Desenvolverse-á

Leia mais

25 Maio Reitoria UNL

25 Maio Reitoria UNL 25 Maio Reitoria UNL 25 Maio Reitoria UNL Gestão de Serviços Partilhados na Administração Pública José Cordeiro Gomes Gestão de Serviços Partilhados na AP Agenda: 1. Enquadramento dos Serviços Partilhados

Leia mais

Solução para emissores e receptores de facturas. Carlos César 24 de Junho de 2008

Solução para emissores e receptores de facturas. Carlos César 24 de Junho de 2008 Solução para emissores e receptores de facturas Carlos César 24 de Junho de 2008 1 Agenda 36:,/7,20394/,,.9:7, 0.97 3., 507 3.,!%3,02 88 4/0 3, 02 88 4 $4 : 4!%5,7,02 884708070.0594708 $ 2 Agenda 36:,/7,20394/,,.9:7,

Leia mais

ENQUADRAMENTO DO IGFIJ NA JUSTIÇA PORTUGUESA

ENQUADRAMENTO DO IGFIJ NA JUSTIÇA PORTUGUESA 1 Boas Práticas DESMATERIALIZAÇÃO PROCESSOS NA JUSTIÇA Instituto de Gestão Financeira e Infra-Estruturas da Justiça, I.P. 2 Boas Práticas GRAÇA NAMORA Coordenadora Gabinete Sistemas de Informação 29.10.2010

Leia mais

Advisory(Assessoria de Gestão)

Advisory(Assessoria de Gestão) Advisory(Assessoria de Gestão) Explorar a floresta aproveitando a incerteza, sem se perder entre as árvores As empresas que estão claramente focadas na criação de valor demonstram que sabem o que fazem,

Leia mais

Princípios de Bom Governo

Princípios de Bom Governo Princípios de Bom Governo Regulamentos internos e externos a que a empresa está sujeita Foi aprovado pela tutela no ano de 2008 o Regulamento Interno do Centro Hospitalar do Porto que passou a reger a

Leia mais

Contratação Pública Electrónica Sessão Técnica

Contratação Pública Electrónica Sessão Técnica Contratação Pública Electrónica Sessão Técnica CONSTRULINK 30 de Abril de 2009 Construlink2008. All rights reserved Agenda 1 2 3 Sessão II.1 As Plataformas Electrónicas Meios necessários ao funcionamento

Leia mais

egovernment & ehealth 2007 O papel fundamental das tecnologias no bem estar do Cidadão

egovernment & ehealth 2007 O papel fundamental das tecnologias no bem estar do Cidadão egovernment & ehealth 2007 O papel fundamental das tecnologias no bem estar do Cidadão 01 02 03 Indra A Nossa Visão do Sector Público A Administração ao serviço do Cidadão Página 2 Quem Quiénes somos somos

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SAÚDE DO NORTE, I.P. CADERNO DE ENCARGOS

ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SAÚDE DO NORTE, I.P. CADERNO DE ENCARGOS ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SAÚDE DO NORTE, I.P. CADERNO DE ENCARGOS CONCURSO PÚBLICO Aquisição de Serviços de Consultoria para Apoio à Implementação do Modelo Logístico e redesenho da Cadeia Logística de

Leia mais

Balanço das Medidas do Domínio de Valorização do Capital Humano e Gestão de Apoio à Segurança Social

Balanço das Medidas do Domínio de Valorização do Capital Humano e Gestão de Apoio à Segurança Social Balanço das do Domínio de Valorização do Capital Humano e Gestão de Apoio à Segurança Social Dr. Hugo Brás ENAD. 31 de Agosto de 2015 AGENDA Academia INSS Transferência de Conhecimento Apoio Operacional

Leia mais

Luís Magalhães Presidente, UMIC - Agência para a Sociedade do Conhecimento

Luís Magalhães Presidente, UMIC - Agência para a Sociedade do Conhecimento A Internet,os computadores, os telefones móveis, a TV digital estão a transformar profundamente a maneira como as pessoas vivem - como aprendem, trabalham, ocupam os tempos livres e interagem, tanto nas

Leia mais

Identificação da empresa. Missão

Identificação da empresa. Missão Identificação da empresa SPMS - Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, EPE, pessoa coletiva de direito público de natureza empresarial, titular do número único de matrícula e de pessoa coletiva 509

Leia mais

Perfil de investimentos em TI de 550 empresas e organizações em 2010 (Ferramenta de Geração de Leads)

Perfil de investimentos em TI de 550 empresas e organizações em 2010 (Ferramenta de Geração de Leads) Perfil de investimentos em TI de 550 empresas e organizações em 2010 (Ferramenta de Geração de Leads) O ISF entrevistou 1.140 empresas entre os meses de dezembro de 2009 e fevereiro de 2010, com o objetivo

Leia mais

O Sistema de Compras Electrónicas

O Sistema de Compras Electrónicas Seminário Novas Perspectivas na Contratação Pública Tribunal de Contas, INA, CCSCI 20-21 Nov 2006 O Sistema de Compras Electrónicas Luis Magalhães Programa Nacional de Compras Electrónicas (PNCE) Aprovado

Leia mais

Plano Estratégico de Sistemas de Informação 2009

Plano Estratégico de Sistemas de Informação 2009 v.1.6. Plano Estratégico de Sistemas de Informação 2009 Versão reduzida Hugo Sousa Departamento de Tecnologias PESI 2009 Calendário de Projectos Calendário Direcção de projectos para 2009Projecto Licenciamento

Leia mais

A Normática. Compromisso NORMÁTICA. Presença. Internacional. Conhecer, a fundo, a actividade dos nossos Clientes e

A Normática. Compromisso NORMÁTICA. Presença. Internacional. Conhecer, a fundo, a actividade dos nossos Clientes e A Normática 25 anos Experiência 60 Profissionais ao seu dispor Facturação 2010 32 milhões Presença Presença Internacional Internacional efectiva Conhecer, a fundo, a actividade dos nossos Clientes e Compromisso

Leia mais

SAMA2020 OPERAÇÕES TEMÁTICAS RACIONALIZAÇÃO DAS TIC

SAMA2020 OPERAÇÕES TEMÁTICAS RACIONALIZAÇÃO DAS TIC AGÊNCIA PARA A MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA SAMA2020 OPERAÇÕES TEMÁTICAS RACIONALIZAÇÃO DAS TIC 1 DE JULHO DE 2015 OPERAÇÕES TEMÁTICAS OPERAÇÃO TEMÁTICA M/C DOTAÇÃO ORÇAMENTAL CAPACITAÇÃO PARA AVALIAÇÕES

Leia mais

A different way of doing business

A different way of doing business A different way of doing business SOBRE NÓS Sobre Nós A Bizdirect, é uma empresa tecnológica do universo SSI/ Sonaecom, fundada em 2000, e posiciona-se como um player de referência na comercialização

Leia mais

Código dos Contratos Públicos

Código dos Contratos Públicos Código dos Contratos Públicos DL 18/2008 (18.01.2008) A que contratos se aplicam as regras da contratação pública As regras da contratação pública previstas no CCP aplicam-se a todo e qualquer contrato

Leia mais

O seu parceiro de negócios. APRESENTAÇÃO AGEMPER LISBOA XX de junho de 2013 1

O seu parceiro de negócios. APRESENTAÇÃO AGEMPER LISBOA XX de junho de 2013 1 O seu parceiro de negócios APRESENTAÇÃO AGEMPER LISBOA XX de junho de 2013 1 Serviços prestados A AGEMPER iniciou a sua actividade há mais de 50 anos e actualmente presta serviços em diversas áreas Contabilidade

Leia mais

ACSS Administração Central do Sistema de Saúde

ACSS Administração Central do Sistema de Saúde ACSS Administração Central do Sistema de Saúde Projecto: Definição do Plano de Transformação dos Sistemas de Informação Integrados da Saúde (PTSIIS) Sumário executivo Versão final (v3.0) Lisboa, 30 de

Leia mais

Id Serviços de Apoio

Id Serviços de Apoio Id Serviços de Apoio Cafetaria do Museu Calouste Gulbenkian e seu prolongamento no jardim. Serviços Centrais Valores em euros Encargos com pessoal 6 219 770 Despesas de funcionamento 9 606 628 Investimento

Leia mais

MUNICÍPIO DO PORTO SANTO CÂMARA MUNICIPAL

MUNICÍPIO DO PORTO SANTO CÂMARA MUNICIPAL CADERNO DE ENCARGOS PROCESSO Nº 3 RH-2015 Apoio Técnico na área de Gestão de Recursos Humanos - Prestação de Serviços Ajuste Direto 1 de 10 ÍNDICE CAPÍTULO I - DISPOSIÇÕES GERAIS... 3 Cláusula 1.ª - Objecto...

Leia mais

Enterprise Services Integration Transformar Funcionalidades em Serviços

Enterprise Services Integration Transformar Funcionalidades em Serviços Enterprise Services Integration Transformar Funcionalidades em Serviços A complexidade dos sistemas de informação para as organizações no sector da saúde representa um desafio global que se traduz no aumento

Leia mais

MEDI T FINANCE CONTABILIDADE CONSULTORIA

MEDI T FINANCE CONTABILIDADE CONSULTORIA AMedi T Finance é a mais recente aposta do Grupo Medi T. É uma organização multidisciplinar que presta serviços profissionais nasáreas da Assessoria Financeira, Contabilidade, Auditoria e Consultoria.

Leia mais

Business Transformation Outsourcing Os novos modelos de outsourcing

Business Transformation Outsourcing Os novos modelos de outsourcing Business Transformation Outsourcing Os novos modelos de outsourcing A perspetiva do cliente - 18 de Junho de 2013 - Agenda Enquadramento Atividades em Outsourcing Caraterísticas do Modelo Prestação de

Leia mais

Sistema de Informação Único da Universidade de Aveiro. Osvaldo Rocha Pacheco orp@ua.pt

Sistema de Informação Único da Universidade de Aveiro. Osvaldo Rocha Pacheco orp@ua.pt Sistema de Informação Único da Universidade de Aveiro Osvaldo Rocha Pacheco orp@ua.pt Agenda Caracterização do SI da UA Subsistemas estruturantes Exemplos de subsistemas integradores PADUA Gestão da Investigação

Leia mais

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio!

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio! Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP Otimize a Gestão do Seu Negócio! Universo da Solução de Gestão SENDYS ERP Financeira Recursos Humanos Operações & Logística Comercial & CRM Analytics & Reporting

Leia mais

Estudo de Remuneração 2015

Estudo de Remuneração 2015 2015 FINANCE Temporary & permanent recruitment www.pagepersonnel.pt Editorial Page Personnel ir ao encontro do talento A Page Personnel recruta para os seus clientes os melhores perfis qualificados, sendo

Leia mais

Empresa RECURSOS HUMANOS ENSINO INTERNET MULTIMEDIA. Tel.: +351 213 102 330 Fax: +351 213 102 339 E-mail: inf@acinet.pt

Empresa RECURSOS HUMANOS ENSINO INTERNET MULTIMEDIA. Tel.: +351 213 102 330 Fax: +351 213 102 339 E-mail: inf@acinet.pt Empresa Foi fundada em 1998 com capitais100% portugueses, desenvolve a sua actividade na análise, desenvolvimento e implementação de projectos.tem vindo a concentrar o seu core-business nas áreas: Gestão

Leia mais

PROJECTO DE REGULAMENTO DOS SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS E FINANCEIROS

PROJECTO DE REGULAMENTO DOS SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS E FINANCEIROS PROJECTO DE REGULAMENTO DOS SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS E FINANCEIROS Artigo 1.º (Âmbito) 1 - O presente Regulamento estabelece a estrutura orgânica e as competências dos Serviços Administrativos e Financeiros

Leia mais

Manual do Sistema de Gestão da Qualidade

Manual do Sistema de Gestão da Qualidade Formamos Pessoas! Concebemos Soluções! Manual do Sistema de Gestão da Qualidade Elaborado por Revisto por Aprovado por GT-ISO GT-ISO DT 17 de Novembro de 2011 Código do Documento : MP_DG_MSGQ Versão 2.1

Leia mais

Relatório e Parecer da Comissão de Execução Orçamental

Relatório e Parecer da Comissão de Execução Orçamental Relatório e Parecer da Comissão de Execução Orçamental Auditoria do Tribunal de Contas à Direcção Geral do Tesouro no âmbito da Contabilidade do Tesouro de 2000 (Relatório n.º 18/2002 2ª Secção) 1. INTRODUÇÃO

Leia mais

Escritórios de Barcelona: 143 Sobreático 08011 Barcelona - Espanha Telefone +34 937 247 477

Escritórios de Barcelona: 143 Sobreático 08011 Barcelona - Espanha Telefone +34 937 247 477 Perfil Corporativo Configuração, Implementação e Integração de Sistemas Aplicacionais de Negócio: Fundada em 1989 Presença directa em Portugal e Espanha +100 Clientes de média/grande dimensão, em vários

Leia mais

Normas e Procedimentos

Normas e Procedimentos Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Norte Direcção de Serviços de Apoio e Gestão de Recursos Normas e Procedimentos Definidos ao abrigo do Plano de Gestão de Riscos de Corrupção e Infracções Conexas

Leia mais

Implementação de projecto EDI e Factura Electrónica FILOMENA CARVALHO MÁRIO MAIA. Collaborative Business

Implementação de projecto EDI e Factura Electrónica FILOMENA CARVALHO MÁRIO MAIA. Collaborative Business Implementação de projecto EDI e Factura Electrónica FILOMENA CARVALHO MÁRIO MAIA Collaborative Business Generix Group em resumo Editor de soluções de Comércio Colaborativo > Soluções colaborativas intra

Leia mais

Versão 2.0.0 FEVEREIRO 2011. Copyright ano Sistemas de Informática e Serviços, Lda.

Versão 2.0.0 FEVEREIRO 2011. Copyright ano Sistemas de Informática e Serviços, Lda. Versão 2.0.0 FEVEREIRO 2011 Copyright ano Sistemas de Informática e Serviços, Lda. Este Manual e o seu conteúdo são propriedade intelectual da ano Sistemas de Informática e Serviços, Lda., protegida nos

Leia mais

Jornadas Saúde. Contributo das TIC. mais Racional e Adequada

Jornadas Saúde. Contributo das TIC. mais Racional e Adequada Unidades de Saúde : Processos de Integração e Partilha de Informação Contributo das TIC para uma Prestação de Cuidados de Saúde mais Racional e Adequada Espinho, 26 de Outubro de 2005 José Castanheira,

Leia mais

Índice. QLD_MN_ManualQualidade_03_Pt; Data: 17/01/2011

Índice. QLD_MN_ManualQualidade_03_Pt; Data: 17/01/2011 Manual da Qualidade 1 Índice Índice Apresentação da Empresa.. Politica da Qualidade Organograma. Âmbito da Certificação Exclusões Estrutura do SGQ. Processos.. Interligação Processos 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Leia mais

O sucesso dos nossos clientes é o nosso sucesso

O sucesso dos nossos clientes é o nosso sucesso Na atitude está a nossa diferença O sucesso dos nossos clientes é o nosso sucesso Faturação Eletrónica Desmaterialização Documental Outsourcing TI Solução integrada para desmaterialização de documentos

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO(A) DE APROVISIONAMENTO E VENDA DE PEÇAS DE VEÍCULOS AUTOMÓVEIS

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO(A) DE APROVISIONAMENTO E VENDA DE PEÇAS DE VEÍCULOS AUTOMÓVEIS TÉCNICO(A) DE APROVISIONAMENTO E VENDA DE PEÇAS DE VEÍCULOS AUTOMÓVEIS CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/7 ÁREA DE ACTIVIDADE - AUTOMÓVEL OBJECTIVO GLOBAL - Planear, organizar, acompanhar e efectuar

Leia mais

Gestão Total da Manutenção: Sistema GTM

Gestão Total da Manutenção: Sistema GTM Gestão Total da Manutenção: Sistema GTM por Engº João Barata (jbarata@ctcv.pt), CTCV Inovação Centro Tecnológico da Cerâmica e do Vidro 1. - INTRODUÇÃO Os sub-sistemas de gestão, qualquer que seja o seu

Leia mais

PHC Clínica CS. A Gestão operacional total da clínica ou consultório

PHC Clínica CS. A Gestão operacional total da clínica ou consultório PHCClínica CS DESCRITIVO O módulo PHC Clínica permite a gestão da informacão interna em duas vertentes: por um lado a informação confidencial sobre cada Paciente e o seu historial, por outro, se integrado

Leia mais

Definição e Implementação de Metodologia, Modelo e Ferramentas para Avaliação de Projectos e Despesas TIC

Definição e Implementação de Metodologia, Modelo e Ferramentas para Avaliação de Projectos e Despesas TIC Definição e Implementação de Metodologia, Modelo e Ferramentas para Avaliação de Projectos e Despesas TIC Overview do Processo de Avaliação de Projectos e Despesas TIC www.ama.pt Índice 1. Enquadramento

Leia mais

Missão da AproCS. Apoiar o Desenvolvimento do Profissional de Customer Service e/ou Contact Center

Missão da AproCS. Apoiar o Desenvolvimento do Profissional de Customer Service e/ou Contact Center Missão da AproCS Apoiar o Desenvolvimento do Profissional de Customer Service e/ou Contact Center Valores e Princípios isenta e apartidária sem fins lucrativos promotora da excelência e qualidade coloca

Leia mais

CENTRAL DE COMPRAS PORTUGAL MAIS

CENTRAL DE COMPRAS PORTUGAL MAIS CENTRAL DE COMPRAS PORTUGAL MAIS APRESENTAÇÃO PARCEIROS: Introdução Preparámos-lhe esta apresentação porque acreditamos que são importantes para si e para a sua Entidade os seguintes princípios: OPORTUNIDADE

Leia mais

Gestão Documental e Arquivo do INSS

Gestão Documental e Arquivo do INSS Gestão Documental e Arquivo do INSS Dr. Isaac Chipalanga Chefe do Departamento de Contabilidade e Administração do Instituto Nacional de Segurança Social Workshop Protecção Social Obrigatória: Níveis de

Leia mais

Planeam/ Estratégico de SI

Planeam/ Estratégico de SI Planeam/ Estratégico de SI Curso de Engenharia de Sistemas e Informática - 4º ANO Frequência de Planeamento Estratégico de Sistemas de Informação (Teórica) 2002 / 2003 - Data: 2003/07/05 Duração 60 Minutos

Leia mais

ENQUADRAMENTO Projeto Conjunto COMPETE 2020 Formulação Estratégica Controlo de Gestão Avaliação de Desempenho. 40% 50% 22.12.2015

ENQUADRAMENTO Projeto Conjunto COMPETE 2020 Formulação Estratégica Controlo de Gestão Avaliação de Desempenho. 40% 50% 22.12.2015 PROJETO ENQUADRAMENTO A Associação Industrial Portuguesa concebeu um Projeto Conjunto no âmbito do COMPETE 2020 que tem por objetivo apoiar as PME na sua (re)formulação Estratégica, na implementação de

Leia mais

Bashen Agro Consultoria e sistemas de gestão AgroPecuária

Bashen Agro Consultoria e sistemas de gestão AgroPecuária Abril de 2008 Bashen Agro Consultoria e sistemas de gestão AgroPecuária 1 Bashen Agro Um projecto Consultoria e sistemas de gestão AgroPecuária Parceria FZ AGROGESTÃO Consultoria em Meio Rural, Lda Av.

Leia mais

PHC TeamControl CS. A gestão de equipas e de departamentos

PHC TeamControl CS. A gestão de equipas e de departamentos PHC TeamControl CS A gestão de equipas e de departamentos A solução que permite concretizar projectos no tempo previsto e nos valores orçamentados contemplando: planeamento; gestão; coordenação; colaboração

Leia mais

Da administração à gestão dos recursos, o papel dos sistemas e tecnologias da

Da administração à gestão dos recursos, o papel dos sistemas e tecnologias da Instituto de Informática Da administração à gestão dos recursos, o papel dos sistemas e tecnologias da informação João Catarino Tavares 22 de Junho de 2005 23-06-2005 Agenda Situação actual e principais

Leia mais

Empresa Digital: Da quimera à sobrevivência. Nuno Queirós nuno.queiros@primaverasoft.pt

Empresa Digital: Da quimera à sobrevivência. Nuno Queirós nuno.queiros@primaverasoft.pt Empresa Digital: Da quimera à sobrevivência Nuno Queirós nuno.queiros@primaverasoft.pt Enquadramento tecnológico Democratização da tecnologia Presença a da PRIMAVERA Software MFrames 1950...70 O DOS O

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação Gestão da Tecnologia da Informação A TCI BPO Com atuação em todo o Brasil, a TCI oferece excelência na prestação dos serviços em BPO - Business Process Outsourcing, levando aos seus clientes as melhores

Leia mais

Secretaria-Geral do MAOT

Secretaria-Geral do MAOT Secretaria-Geral do MAOT Paula Vieira 8 Outubro 2010 SIAP 2010 1 IMPLEMENTAÇÃO DE UMA INTRANET SIAP 2010 2 AGENDA Objectivos do projecto Arranque do projecto Implementação do projecto Resultados: - Conteúdos

Leia mais

Princípios de Bom Governo

Princípios de Bom Governo Princípios de Bom Governo Regulamentos internos e eternos a que a empresa está sujeita A Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM), rege-se pelos Estatutos constantes do aneo ao Decreto-Lei nº 183/2008

Leia mais

MESTRADO EM GESTÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE

MESTRADO EM GESTÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE MESTRADO EM GESTÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE Programas das cadeiras Gestão de Unidades de Saúde Pretende-se que os participantes identifiquem os conceitos fundamentais de gestão e a sua aplicabilidade no contexto

Leia mais