MAR/11. Consulte mais rapidamente em

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MAR/11. Consulte mais rapidamente em www.mies.com.br"

Transcrição

1 Consulte mais rapidamente em 1

2 2 Consulte mais rapidamente em Mais informações pelo código 16968

3 EDITORIAL Microcomputador industrial Portas seccionais 28 Medidor de nível Destaques da edição Eletroeletrônica: 12 Mesmo 16 Conheça 20 Saiba 22 Veja 27 Destaques Agenda Entre os eventos programados para abril, destaque para a CeMAT South America, voltada à movimentação e intralogística. Veja também reportagem especial nesta edição. Tema em Destaque avanços em semicondutores, integração entre sistemas de comunicação e computacionais e dispositivos de controle. Acompanhe os destaques da Feira FIEE Atualidades com o crescimento consecutivo, o comércio exterior demanda maior participação dos produtos industrializados Prévia antecipadamente lançamentos e novidades que serão destaque na primeira edição da mostra CeMAT South America Especial como será a edição 2011 da Hannover Messe, maior mostra mundial de tecnologias para a indústria, com cerca de expositores Notícias do setor importantes notícias do mercado Suprimentos & Serviços dos principais fornecedores do segmento R$ 3,3 trilhões até 2014 De acordo com estudo divulgado recentemente pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o investimento será o motor para o crescimento da economia brasileira nos próximos anos, alcançando uma injeção de recursos próxima a R$ 3,3 trilhões entre 2011 e Os números, que somam a previsão de entrada de capital externo e nacional, foram obtidos a partir de informações sobre projetos e perspectivas na indústria, construção civil e infraestrutura, em 15 diferentes setores, os quais representam juntos metade do investimento total na economia. Essa soma alcançou mais de R$ 1,6 trilhão, 62% a mais do que no período entre 2006 e O dado também representa o dobro do que o banco havia detectado em levantamento anterior para o período Entre as áreas que chamam a atenção no estudo estão petróleo e energia elétrica, os quais devem demandar recursos que somam mais de meio trilhão. Na área de infraestrutura, destaque para os projetos de geração de energia elétrica, como o das hidrelétricas em construção na Região Norte. Segundo o banco governamental, só a usina de Belo Monte, que aguarda ainda licença para ser instalada no Pará, responderá por 10% dos R$ 139 bilhões que o setor elétrico receberá até 2014, 33,6% a mais do que o aplicado entre 2006 e Outra área em destaque é a de produção de energia eólica. Só para se ter uma ideia, o próprio BNDES aprovou recentemente financiamentos de R$ 790 milhões para nove parques produtores no Nordeste e no Sul. Oito deles serão construídos no Ceará e o outro no Rio Grande do Sul. Além destes, mais 18 projetos estão em construção, com mais 500,8 MW para entrar em operação ao longo de 2011, incluindo o parque eólico de Tramandaí. Para imaginarmos os reflexos destes investimentos nas indústrias presentes no País, somente a argentina Impsa, de olho no mercado, está investindo R$ 300 milhões na implantação de uma linha para fabricação de turbinas hidrelétricas na sua planta de aerogeradores em Suape, PE. A previsão é que a unidade entre em operação em abril deste ano, gerando postos de trabalho no Estado. No início de fevereiro, a empresa, que está presente no Brasil desde 2008, anunciou a assinatura de um contrato de R$ 600 milhões com a Eletrobras Chesf. O acordo envolve o fornecimento de aerogeradores para o parque eólico que a estatal construirá em Casa Nova, na Bahia, com previsão de entrada em funcionamento até 2012 e que contará com 120 turbinas. Se para alguns as estimativas do BNDES estão no campo das projeções de curto prazo e podem ser afetadas com movimentações no mercado externo, para outros são confirmações de que o País está no caminho do crescimento e do desenvolvimento, que o leva cada vez mais a atrair a atenção internacional. Além disso, a crise global vivida nos últimos anos, não afetou o panorama positivo no Brasil. Assim, o estudo do banco deve ser entendido como uma sinalização de oportunidades e uma recomendação de que o momento é propício e estratégico e não pode ser perdido. INSTITUTO VERIFICADOR DE CIRCULAÇÃO Afiliada a: Capa A foto ilustra a aplicação dos garfos Iforks para empilhadeiras, da empresa Cascade, lançamento na Feira CeMAT Veja mais informações na página 18 Consulte mais rapidamente em 3

4 AGENDA MAR/11 ABRIL 2011 CeMAT SOUTH AMERICA Feira Intern. de Movimentação de Materiais e Logística Data: 4 a 7 Local: Centro de Exposições Imigrantes São Paulo, SP Informações: (11) Site: Manutenção ª Feira de Manutenção e Equipamentos Industriais Data: 12 a 15 Local: Pq. Vila Germânica - Blumenau, SC Informações: (47) Site: ISC Brasil - 6ª Feira e Conferência Internacional de Segurança Eletrônica Data: 26 a 28 Local: Expo Center Norte - São Paulo,SP Informações: (11) Site: Resilimp - 6ª Feira Internacional de Resíduos Sólidos e Serviços Públicos Data: 26 a 28 Local: Centro de Exposições Imigrantes - São Paulo, SP Informações: (11) Site: Maio MAIO Brasilplast - 13ª Feira Internacional da Indústria do Plástico Data: 9 a 13 Local: Pavilhão de Exposições do Parque Anhembi - São Paulo,SP Informações: (11) Site: Inovabrasil ª Feira Empresarial de Incubadoras e Parques Tecnológicos Data: 25 a 27 Local: Deck de Exposições do Shopping Iguatemi - Campinas,SP Informações: (19) Site: Mais informações pelo código INFORME SEU CÓDIGO DE ASSINANTE QUE ESTÁ NA ETIQUETA DE ENDEREÇAMENTO CONSULTE VIA FAX: Nome completo: Cargo: Área em que trabalha: Nome do estabelecimento: CEP: - Cidade: UF: País: Fax: ( ) Fax: ( ) Endereço: Home page: Indústria Comércio Representante/Distribuidor Outros: Cons. de energia/mês em kw: Área constr. (m 2 ): TIPO: Nº de funcionários: até a a a a 500 de 501 a acima de ATENÇÃO! Qual a sua participação na decisão de compras em seu estabelecimento? 1- Indica a necessidade 2- Justifica a necessidade 3- Recomenda a marca e modelo 4- Dá a aprovação final 5- Executa a compra 6- Não tem participação Anote os códigos Anote os Códigos MIES e assinale produtos ou serviços que deseja consultar Solicita Anote os códigos Solicita Anote os códigos Solicita Representante Lista de Catálogo Preços Representante Lista de Catálogo Preços Representante Lista de Preços Você deseja continuar recebendo gratuitamente a / / revista MIES? sim não Data Assinatura e Carimbo Catálogo 4 Consulte mais rapidamente em

5 TEMA EM DESTAQUE Atualidades da eletrônica industrial Avanços em semicondutores, interligação entre sistemas de comunicação e computacionais, e dispositivos de controle são destaques na área. Feira no final de março é palco de diversos lançamentos Se por um lado os equipamentos eletrônicos industriais tem um projeto básico composto por uma interface homem-máquina (IHM), inteligência computacional, sistema de comunicações e atuadores ou sensores, por outro há uma forte tendência de que cada vez mais os dispositivos inteligentes e uma importante capacidade de comunicação sejam agregadas às máquinas. Assim destaca Luiz Alberto Luz de Almeida, professor da Escola Técnica da Universidade Estadual da Bahia (UFBA), comentando, com exclusividade para a MIES, a respeito da área de eletroeletrônica para o segmento. Almeida enfatiza que atualmente os sistemas operacionais e linguagens de tempo real crítico, as quais estão disponíveis para inúmeras arquiteturas em eletrônica embarcada, permitem que o desenvolvimento do firmware das soluções seja definido em nível conceitual e o código executável gerado automaticamente, demandando apenas poucos ajustes posteriores. Ele lembra que, para projeto de controladores de processos ou comando de equipamentos de eletrônica de potência, qualquer algoritmo complexo de controle pode ser facilmente embarcado em um processador digital de sinais, a exemplo de filtros ativos para rede elétrica ou acionadores de máquinas. As redes sem fio, como ZigBee, Bluetooth, Wi-Fi, WiMax, aliadas a comunicação via celular 3D/4D, satélite e PLC (Powerline Communications), trazem possibilidades de empacotar protocolos tradicionais, aumentando sensivelmente a capilaridade e alcance de comandos e sensoriamentos remotos, diz. OUTROS CAMINHOS O docente aponta que avanços na tecnologia dos materiais de semicondutores de potência e dos inúmeros dispositivos de conversão eletromecânica têm permitido a redução de dimensões e aumento de eficiência de atuadores, bem como a captura de energia do próprio meio ambiente (Energy Harvesting). Nesta área de eletrônica de potência, os novos dispositivos semicondutores tipo SiC (carboneto de silicone) substituirão os convencionais IGBTs (transistores bipolares de porta isolada) e MOSFETs (transistores de efeito de campo de semicondutor de óxido metálico), permitindo a fabricação de conversores de po Consulte mais rapidamente em 5

6 TEMA EM DESTAQUE MAR/11 Servomotores diferenciados, lançamentos da empresa AMK no evento ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA INDUSTRIAL O Programa de Pós-Graduação em Engenharia Industrial da Universidade Federal da Bahia (PEI-UFBA) foi criado com o objetivo de reunir pesquisadores e profissionais das mais diferentes áreas do conhecimento científico e tecnológico, que de forma colaborativa possam solucionar problemas complexos e interdisciplinares. A meta é preparar recursos humanos, mestres e doutores, com a formação metodológica necessária para criar as inovações demandadas pelo segmento. Busca assim conectar o conhecimento acadêmico às necessidades do mercado, em áreas distintas que vão desde o desenvolvimento de biotecnologia, passando por eletrônica e indo até a síntese de materiais nanoestruturados. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (71) , ou no site tência de alta densidade, com grandes reduções no tamanho, peso, refrigeração e custo. Os SiCs possibilitarão ainda aplicações em conversores trifásicos AC-DC- AC de alta potência, e espera-se que seu uso melhore significativamente, por exemplo, o desempenho de veículos elétricos híbridos (os chamados HEV - Hybrid Electric Vehicles). Almeida complementa lembrando que os sistemas microeletromecânicos (MEMS, em inglês), em conjunto com a nanotecnologia, estão colocando no mercado sensores de maior sensibilidade, mais compactos e com menor custo. Assim, uma infinidade de componentes eletrônicos e módulos OEM (Original Equipment Manufacturer) estão largamente disponíveis no mercado, a baixo custo, sendo considerados commodities tecnológicas. Já as ferramentas computacionais de projeto em engenharia, design de produtos e impressão 3D estão tornando-se extremamente poderosas e com uso cada vez mais difundido. Isso tem permitido a redução do tempo entre o resultado de pesquisa acadêmica e sua aplicação no mercado, salienta. Dessa forma, com a democratização do acesso à tecnologia e custos despencando anualmente devido às altas escalas de produção, as definições estratégicas dos produtos e a capacidade de integração de componentes produzidos por terceiros passam a ter maior relevância no sucesso dos itens a serem lançados, completa. CENÁRIO Para Almeida, o panorama da eletrônica industrial e de demais áreas da tecnologia no Brasil é bastante favorável em termos de oportunidades. Mas é necessária uma maior interação e integração entre indústria, universidade e governo. Se fizermos uma análise SWOT (strengths, weaknesses, opportunities, threats, respectivamente, forças, fraquezas, oportunidades e ameaças), 6 Consulte mais rapidamente em

7 TEMA EM DESTAQUE veremos que há vários fatores que precisam ser melhorados para que as oportunidades sejam aproveitadas, tornando o ensino superior e indústrias importantes atores internacionais, com forte ação e expansão também no mercado interno, diz. O professor enfatiza que no ambiente acadêmico, o qual para ele já amadureceu na formação de recursos humanos e produção científica, há um longo caminho ainda a se perseguir na direção à integração com o meio industrial para gerar inovações. Entretanto, ressalta que é preciso um novo entendimento a respeito do conceito de inovação. Internacionalmente o significado aceito, que não é bem consolidado, é de que não corresponde à invenção de uma teoria, um algoritmo, ou um dispositivo físico de engenharia. Podemos até associar essas coisas aos conceitos de patente e de propriedade intelectual. Mas a palavra inovação é reservada a alguma criação que realmente incremente algo ou causa ruptura de um conceito anterior, que agregue valor em relação à posição mais competitiva do mercado em determinado nicho. Não somente isso: a criação com estas características de potencial mercadológico tem que chegar de fato ao segmento e ser vendida em quantitativos que produzam lucro suficiente para haver o adequado retorno de investimento, tornando a linha de produção sustentável. No que tange às indústrias, mesmo com o tão temido e pesado custo-brasil, é preciso adotar a cultura de investimentos de risco na área, ter forte interação com a academia e buscar internacionalizar suas atividades. Uma forma hoje já bastante utilizada por países emergentes, especialmente China e Índia, é a atração de parceiros nacionais e internacionais para distribuir os riscos e sair em bloco para o exterior na busca de novas oportunidades e sinergias geradoras de competitividade e volume de negócios, finaliza. INOVAÇÕES E LANÇAMENTOS Uma ótima oportunidade para conhecer novas soluções e tendências tecnológicas da indústria elétrica e eletrônica é a 26 a edição da FIEE Elétrica (Feira Internacional da Indústria Elétrica, Energia e Automação), que ocorre em conjunto com 6 a ElectronicAmeri- Se fizermos uma análise SWOT ( (strengths, weaknesses, opportunities, threats,, respectivamente, forças, fraquezas, oportunidades e ameaças), veremos que há vários fatores que precisam ser melhorados para que as oportunidades sejam aproveitadas cas (Feira Internacional de Componentes, Subconjuntos, Equipamentos para Produção de Componentes, Tecnologia Laser e Optoeletrônica), no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo, capital. Entre os expositores do evento está a alemã AMK, que atua em áreas como de acionamentos e controladores, motorredutores e automação de máquinas e processos. Angelo Luís Pagliosa, diretor geral da filial da companhia no País aberta em 2007, em Curitiba, PR, voltada para o segmento de Motion Control, lembra que um dos objetivos é desenvolver tecnologia inovadora em acionamentos elétricos e controladores com alto nível tecnológico, voltado para o benefício do cliente Pagliosa destaca que na área de eletrônica industrial tem se falado muito nos últimos anos em energia limpa e sustentabilidade. Com o avanço dos carros elétricos, nossa divisão de negócio automotivo tem crescido assustadoramente, motivada pelo desenvolvimento de acionamentos e motores para estes veículos. Destaco também soluções como conversores regenerativos, os quais devolvem a energia em excesso para a rede elétrica de modo eficiente, além de motores elétricos com refrigeração a água, que fornecem dentro de um mesmo tamanho físico (carcaça) o dobro de torque e até quatro vezes a potência quando comparados aos motores convencionais (refrigerado por convecção), complementa. Na ocasião da FIEE, a AMK apresentará diversas novidades, entre elas o servomotor IDT5, que se integra com o conversor em uma única mecânica, permitindo assim maior economia de espaço físico no painel elétrico e também em cabeamento. Está disponível com torques até 23 Nm, rotações de rpm e o encoder já está incorporado ao motor. Devido à flexibilidade de controle, pode ser interligado a CLPs através da rede EtherCAT. NÚMEROS De acordo com informações da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), o faturamento das indústrias do segmento em 2010 deverá chegar a R$ 124 bilhões, o que representa crescimento de 11% em relação a 2009 (até o fechamento desta reportagem o balanço ainda não estava finalizado). Para 2011, a previsão é de que o faturamento da indústria eletroeletrônica crescerá 13% em relação ao ano passado, atingindo cerca de R$ 140 bilhões. Consulte mais rapidamente em 7

8 TEMA EM DESTAQUE MAR/11 MAIS EXPOSITORES DA FIEE 2011 GRUPOS GERADORES Expositora da 26 a edição da Fiee, a Cummins Soluções destacará uma linha completa de grupos geradores de 8 kva até kva, além de diferentes sistemas de energia. Um dos destaques são grupos geradores de alta potência movidos a diesel e gás natural, com baixos níveis de emissões, que podem ser configurados para as mais diversas aplicações na indústria. A empresa também demonstrará os sistemas de paralelismo para controle automático de transferência de carga em geradores. Entre os modelos, destaque para o C1000, produzido com motor eletrônico QST30, e disponível com capacidades de kva ou kw (em espera/emergência) e kva ou 920 kw (Prime Power, funcionamento contínuo). Já para aplicações de média potência, a Cummins destaca o grupo gerador carenado/fechado C200 equipado com motor 6C, que suporta 260 kva ou 208 kw (standby) e 240 kva ou 192 kw (Prime). Investimos constantemente em novas tecnologias, que resultam em maior custo benefício para os nossos clientes. Os produtos agregam diferenciais como design mais compacto, comunicação remota e conectividade via Internet, afirma Fausto Ferrari, diretor de Vendas & Marketing da Cummins Power Generation. Cummins - (11) Mais informações pelo código Conex: fabrica e comercializa uma vasta linha de conexões para eletroduto pesado, acessórios e eletroblindados, como luminárias, projetores, caixas de ligação, painéis e comandos, tomadas e plugues. Em nossa linha de fabricação constam aproximadamente itens fabricados em ferro, alumínio, aço inox, latão, entre outras ligas, confeccionadas dentro de normas nacionais e internacionais, destaca Filipe Valente Braz, gerente de Marketing. Nossos produtos são indicados para áreas industriais, usinas, refinarias de petróleo, indústrias químicas, mineradoras, alimentícias, áreas off-shore Luminárias desenvolvidas pela Conex, com leds e todos outros segmentos que exijam soluções que fiquem expostas ao tempo, gases, vapores e pós, ou ainda em áreas com atmosferas potencialmente explosivas. Entre os destaques da empresa no evento está a Iuminária industrial por LED modelo CLI-HB003, que substitui lâmpadas até 400 W HPS (vapor de sódio). Resistente a choques e vibrações e de longa vida útil, proporciona economia de energia de até 80% e tem manutenção próxima de zero, com durabilidade de horas. (11) Mais informações pelo código Lapp Kabel: especializada em soluções flexíveis, a empresa apresenta uma linha especial de cabos extraflexíveis de controle e comando, cabos de dados e sinal, fibra ótica, prensa-cabos, conectores industriais e acessórios. Presente no Brasil há cinco anos, tem sede em Stuttgart, Alemanha, possuindo mais de 16 fábricas de produção na Europa, Ásia e América. Participaremos do evento para gerar novos negócios e solidificar a marca no Brasil, aponta Luciene Romandini, gerente comercial. Informações: (11) Mais informações pelo código Consulte mais rapidamente em

9 9 Consulte mais rapidamente Mais em informações pelo código 16973

10 TEMA EM DESTAQUE MAR/11 Megabras: fundada em 1982, conta com diversas soluções, entre elas megôhmetros (desde 50 V até 20 kv, equipamentos analógicos, digitais e inteligentes, com memória e porta para se comunicar com PC); terrômetros digitais e microprocessados (tais como alicates para medição em torres de linhas de alta tensão), microhmímetros, miliohmímetros, equipamentos para medição de baixas resistências (enrolamentos, motores, disjuntores, etc.), câmeras infravermelhas, termovisores, analisadores de redes, caixas de calibração de relês e medidores de vibração. O mercado de câmeras infravermelhas está crescendo e os técnicos estão se acostumando com a apurada tecnologia aplicada, que torna as soluções cada vez mais amigáveis, destaca Luis Alberto Pettoruti, administrador. Entre as novidades que a empresa apresentará no evento estão o megôhmetro digital MD10KVe, de V, o medidor de relação de transformação DTR 8510 com comunicação para PC; a nova linha de câmeras infravermelhas Easir 1, Easir 2, Easir 4 e Easir 9; e o relógio de ponto Cronoplus 6, que dispõe de sensores biométrico e de proximidade e cumpre com a Portaria Informações: (11) B&R Automotion: lançaremos na feira modelos de inversores de frequência diferenciados, pois não requerem programação e parametrização próprias. O CLP incorporará esta tarefa. Atualmente isto é o tendão de Aquiles de uma linha de produção de máquinas. Neste novo conceito, além de otimizar o tempo de start-up e comissionamento de equipamentos, no caso de troca de equipamento em campo não há nada a se fazer além da retirada do equipamento antigo e conexão do novo. Outro ponto diferencial é que este sistema nasceu para ser empregado em rede digital, e não requer implementação de comunicação em intrincados protocolos e portanto não está sujeito a incompatibilidades de múltiplos fabricantes, enfatiza o diretor Evandro Avancini. A companhia foi fundada com o foco no segmento de automação industrial, com especial atuação junto a fabricantes de máquinas. Para tanto, desenvolveu um portfólio completo com CLPs, IHMs, servomotores, drives, inversores de frequência, I/Os distribuídos com grande diferencial na facilidade de integração de todos esses equipamentos. Tem crescido o uso de dispositivos para posicionamento. Há o emprego de drives para servomotores e inversores com comunicação digital, principalmente em mercados como de máquinas para embalagem, impressão, metal e plástico. Contatos: (19) Mais informações pelo código Mais informações pelo código OBO Better- mann: mann: apresentaremos na feira acessórios de eletrocalhas e leitos que dispensam o uso de talas e emendas. Essa novidade oferece mais velocidade, resistência e redução de custos na instalação, antecipa Gabriel Garrido, coordenador de marketing da empresa que é voltada para instalações elétricas, oferecendo mais de itens. Entre eles, destacam-se protetores contra descargas atmosféricas (DPS), canaletas de PVC para cabeamento estruturado, caixas de tomada para piso elevado, prensa-cabos e uma infinidade de sistemas de suportação e fixação, incluindo abraçadeiras é um ano especial para a companhia alemã, pois completa 100 anos de fundação. No Brasil, tem fábrica situada na cidade de Sorocaba, SP, instalada há 13 anos e que atende todo o mercado nacional, bem como países da América do Sul. Contatos: (15) Mais informações pelo código RVD: VD: VD: tradicional parceira de fabricantes de motores elétricos, transformadores, componentes eletrônicos, eletrodomésticos e itens para telecomunicação, a RVD comercializa uma grande variedade de resinas em epóxi (linha Royapox) e poliéster insaturado (Diapol) para utilização em encapsulamento e proteção, ou ainda para gotejamento e impregnação convencional ou VPI. Vernizes de impregnação e laminados dielétricos Classe 155 e 180 o C (Thernomid) e Classe 130 o C (Tercott) também estão disponíveis. Uma das áreas em destaque hoje é a de energia eólica, que é uma tecnologia que tem se difundido recentemente no Brasil. Aproveitaremos a Fiee para apresentar nossa linha de materiais isolantes para aerogeradores, esclarece Paulo Ricardo de Mattos Oliveira, gerente comercial. (19) Mais informações pelo código Consulte mais rapidamente em

11 TEMA EM DESTAQUE MAIS EMPRESAS DA FIEE 2011 LRI: atua em sistemas de aquisição e dados, sistemas de comunicação, computadores e estações de trabalho e sistemas de alimentação industrial, dispondo, nessas áreas, de uma completa gama de produtos com a mais alta tecnologia. No estande da empresa, os visitantes poderão conferir os microcomputadores ebox, apropriados para uma ampla gama de aplicações industriais, tais como ATMs, automação predial, displays, entre muitas outras. Nos últimos anos, a LRI vem atingindo cada vez mais o mercado sul-americano. Além de países como Colômbia, Uruguai e Peru, grandes empresas europeias estão entrando em contato conosco para contar com nossa ajuda na busca de soluções para novos projetos, destaca Kelly Cevallos, diretora de Estratégias (CSO) da empresa. Outras informações: (51) Mais informações pelo código Corona Brasil: distribuidora autorizada de semicondutores de alta potência e capacitores eletrolíticos em alumínio. Sua linha possui capacitores para solda em placas de circuito impresso. (19) Mais informações pelo código ABC Drives: fornecedora de tecnologia para clientes de setores como automação e instrumentação, componentes elétricos para máquinas e equipamentos industriais. Oferece soluções em assistência técnica especializada em inversores de frequência, conversores CA/CC e soft-starters. (11) Mais informações pelo código Pressmat: destacará os centros de controle de motores, modelos CCM-CF e CCM-CA, com gavetas intercambiáveis, equipadas com garras de potência e roletes que tornam suaves a sua operação. (11) Mais informações pelo código Correias Schneider: no estande poderão ser encontradas as correias em V, disponíveis em metros lineares, de fácil colocação, sem necessidade de desmontar os mancais e os eixos. Fabricadas em poliuretano com trama de poliéster, resistem a óleos solúveis e lubrificantes, graxa, produtos químicos e abrasivos, entre outros. (11) Mais informações pelo código Novus: com oito entradas analógicas configuráveis por software para sinais de termopares, mv, ma, Pt100 e Pt1000, o novo FieldLogger que será apresentado pela companhia alia a precisão de um conversor A/D de 24 bits à alta velocidade e aquisição de amostras por segundo. (51) Mais informações pelo código Finder: para o mercado de energias renováveis, apresentará uma série de relés especialmente dedicada ao setor fotovoltáico, além de novas linhas de relés de controle de tensão e corrente, e uma para controle de nível de líquidos condutivos, denominada Série 72. (11) Mais informações pelo código Proauto: especializada em produtos para automação industrial, mostrará um novo sistema de tomadas multipolares com conexão à mola; um sistema de proteção para fios e cabos com terminações diferenciadas e o sistema de identificação ThermoSystem, com impressora de baixo custo e grande eficiência na identificação de painéis elétricos. (15) Mais informações pelo código Sob Schurter: joint-venture entre as empresas Schurter (Suíça) e OKW (Alemanha), fornece os mais variados componentes, produtos e soluções para o setor de automação industrial, entre outros. Irá exibir uma nova série de conectores cilíndri- cos chamada AMC; 5 novas famílias de gabinetes plásticos; e serviços que executa no Brasil (montagens de cabos e painéis). (11) Mais informações pelo código Yaskawa: lançará o inversor de fre- quência vetorial A1000, que atende a inúmeras soluções e aplicações, possuindo opcionais para comunicação em diversas redes, realimentação de velocidade, entradas e saídas expansíveis para controlar desde simples ventiladores e bombas até máquinas mais complexas. (11) Mais informações pelo código Consulte mais rapidamente em 11

12 ATUALIDADES MAR/11 De olho no mercado externo Apesar dos números expressivos, exportações ainda demandam maior participação dos produtos industrializados Foto: divulgação Em 2010 o Brasil exportou US$ 202 bilhões, um recorde conforme aponta a Secretaria de Comércio Exterior do Ministério de Desenvolvimento Indústria e Comércio (Secex/ MDIC) e crescimento de 32% sobre o resultado de O balanço comprova a boa recuperação brasileira em vendas externas, acima das médias do comércio mundial, retornando ao nível de 2008, antes da crise. Entretanto, esse expressivo montante se deu basicamente pela ampliação da receita com produtos básicos (agropecuários e minerais), o que evidencia a preocupação do setor industrial com o menor nível de participação de produtos industrializados. A Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB) alerta que os produtos de maior valor agregado (industrializados) perderam participação total na pauta exportadora brasileira, caindo de 57,4% em 2009 para 53,4% Porto de Itajaí, SC, uma das principais vias de escoamento da produção brasileira em Embora a balança comercial tenha sido superavitária, com saldo de US$ 20,3 bilhões, quando considerados apenas os produtos da indústria de transformação há um saldo negativo de US$ 34,8 bilhões, de acordo com dados do Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (IEDI), afirma o vice-presidente da AEB, Fábio Martins Faria. Houve déficit também em 2009, mas em uma cifra bem menor (US$ 8,4 bilhões). O melhor saldo havia sido alcançado em 2005, quando registrou superávit de US$ 31,1 bilhões. A balança de industrializados que era positiva veio se deteriorando desde então até voltar a ser negativa em 2008, completa. A avaliação desses dados não é unanimidade. A Secretária de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Tatiana Lacerda Prazeres, apresenta números mais otimistas para o mercado industrial do Brasil. As exportações de produtos manufaturados cresceram 18,1% em 2010 na comparação com Isso mostra o bom momento da economia do País e o crescimento da competitividade de nossos itens que, além de atender ao mercado interno, estão cada vez mais presentes e no exterior. Houve expansão significativa nas vendas por exemplo para o Mercosul (38,1%), Oriente Médio (28,4%), Europa Oriental (20,9%) e União Europeia (12,6%), afirma. Vários setores industriais tiveram uma franca recuperação no comparativo Houve incremento das vendas de veículos e materiais para vias férreas (182%), máquinas e aparelhos para terraplanagem e perfuração (125%), veículos de carga (75%), partes e peças para automotores e tratores (41%), automóveis de passageiros (36%), entre outros, completa Tatiana, ressaltando o panorama positivo das exportações de manufaturados brasileiros. Embora se queixe da perda de participação dos manufaturados no total das exportações brasileiras, Faria também indica dados que comprovam um aumento dos valores nas exportações da indústria. As vendas externas deste segmento no ano passado apresentaram expansão de 22,7%, alcançando US$ 108 bilhões, 23% acima de Os negócios com os semimanufaturados subiram 40%, chegando a US$ 28 bilhões, e as de manufaturados aumentaram 20%, alcançando US$ 80 bilhões, diz. Segundo dados repassados pela própria AEB, entre as mercadorias classificadas como semi manufaturadas, os maiores aumentos foram: açúcar bruto (+55,7%), couros e peles (+50,3%), produtos de ferro e 12 Consulte mais rapidamente em

13 ATUALIDADES aço (+49,5%), celulose (+43,6%), ferro-liga (+42,9%) e borracha sintética (+36%). PONTO DE CONVERGÊNCIA Se por um lado a análise dos números pode ter pontos dissonantes, a preocupação une pontos de vista em relação às barreiras a serem vencidas pelo mercado industrial brasileiro para ampliar as exportações. Existem obstáculos tarifários e não tarifários para acessar os principais compradores, o que limita a capacidade de expansão das vendas externas. Como exemplo dessas medidas há o que se denomina escalada tarifária, ou seja, quanto maior o grau de industrialização mais alta a tarifa de importação nos países compradores, como o caso da soja em grão e óleo no Japão e na China, comenta Faria. Há também a situação de adicional de tarifa, como na aplicação de direito antidumping. Exemplo são as exportações de chapas de aço para o Canadá, completa o vice-presidente da AEB. Para a Secretária de Comércio Exterior do MDIC, o Brasil já é bastante competitivo em diversas áreas, mas, em especial, em produtos industriais de setores como alimentos, têxteis, calçados, etc. Infelizmente, porém, este fluxo comercial é afetado por diversas políticas protecionistas, como subsídios, escalada tarifária e excesso de barreiras fitossanitárias, que prejudicam o País no mercado internacional, afirma. Para o professor de Comércio Exterior e Macroeconomia da Escola de Administração de Empresas da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (EAESP-FGV), Evaldo Alves, precisamos superar alguns problemas para aumentar as exportações de industrializados. As limitações ao crescimento econômico estão situadas na débil e fragilizada infraestrutura, a qual, no que se refere ao transporte, portos e rodovias, cria empecilhos ao desenvolvimento. Temos também a energia que está atingindo seu limite, ameaçando com apagões caso a economia cresça um pouco mais. Ou seja, estamos diante de um dilema: ou solucionamos os problemas ou perdemos os ventos favoráveis que sopram nas economias emergentes, indigna-se o professor. CAMINHOS Incentivos do governo para empresas exportadoras e financiamentos para a área são caminhos a serem explorados. As companhias podem contar com apoios como o Programa de Financiamento às Exportações (Proex) que concede recursos em duas modalidades: Proex Financiamento e Proex Equalização. O agente financeiro destas operações é o Banco do Brasil, lembra o professor Alves. O segundo programa de apoio é o BNDES Exim, que oferece recursos nas modalidades pré-embarque e pós-embarque. O terceiro programa é o Drawback, um regime aduaneiro especial que oferece vantagens relativas a impostos e taxas incidentes sobre matérias-primas que serão utilizadas na produção de bens ou produtos a serem exportados, conclui. (confira detalhes dos programas na próxima página). Para Tatiana Prazeres, o Governo Federal tem prioridade em relação às exportações do setor industrial no País. A meta é exportar, em 2011, US$ 228 bilhões, o que irá representar um aumento de 13% sobre o valor comercializado em Este objetivo será cumprido com o fortalecimento de nossa posição nos mercados tradicionais que ainda estão se recuperando da crise financeira internacional, como os Estados Unidos, União Européia, e Mercosul, e também com a nossa expansão em mercados emergentes na Ásia, África e Oriente Médio Representantes da indústria brasileira também se encontram no centro do debate. Para Luciano Rodrigues, gerente de exportação da indústria Schioppa, fabricante de rodas e rodízios, o momento de vendas para o exterior é bom. A própria companhia aumentou em 40% suas vendas no exterior em É importante melhorar a tecnologia das produtoras, focando em automação, inovação, pesquisa e desenvolvimento, aprimorando qualidade, cortando custos e oferecendo bons serviços, diz Rodrigues, que ainda comenta alguns dos obstáculos a serem superados pelo setor industrial brasileiro. Hoje as principais barreiras são a valorização da moeda, o baixo valor do produto chinês e a falta de infraestrutura dos portos e aeroportos brasileiros, além da burocracia. CONSULTORIA PARA NEGÓCIOS COM A CHINA Embora tenha se iniciado em meados década de 1980, a abertura comercial com a China motivou poucas empresas brasileiras a se aventurarem por lá. Nos EUA este movimento foi mais intenso, e estima-se que até 2020, 42% das TI PARA COMÉRCIO EXTERIOR A New Soft Intelligence (NSI), desenvolvedora de software de gestão para operações de comércio exterior, detentora da marca Ecomex, ampliou seu faturamento em 94,3% em O volume de projetos cresceu 28% no período, superando a meta projetada para o ano em 10%. De acordo com a gerente comercial e de marketing da NSI, Valquíria Coelho, em 2010 a companhia venceu 60% das concorrências que participou e que foram concluídas. No ano passado assistimos a uma retomada das atividades de comércio internacional no País, o que nos permitiu elevar significativamente o número de prospecções, explica. O trabalho da NSI visa a levar às empresas atuantes no comércio exterior, sejam elas pequenas, médias ou grandes, modernas tecnologias em relação à gestão de seus processos. Entre os contratos firmados em 2010, destacam-se os segmentos de Oil & Gas, alimentos, transporte, varejo, comunicação, vestuário, saúde e energia. Além da forte atuação na região Sudeste, que se expande a cada ano, a NSI tem ampliado sua presença nas regiões Sul, Norte e Nordeste. No ano passado, realizou também a primeira venda através do Cartão BNDES. Dois módulos do aplicativo Ecomex, importação e portal, foram negociados com uma prestadora de serviços de despacho aduaneiro e logística situada na cidade do Rio de Janeiro. O aplicativo Ecomex Suite é capaz de informatizar e integrar as diversas áreas envolvidas nas operações. Está dividido em quatro módulos principais: exportação, importação, drawback e câmbio, além de módulos específicos para regimes especiais como Depósito Especial (DE) e Depósito Afiançado (DAF). Está integrado aos principais sistemas de gestão corporativa do mercado, como: Oracle EBS, Oracle JDE, SAP, BAAN, entre outros, além de possuir interfaces que permitem a sua integração com qualquer ERP disponível. Entre os clientes da NSI estão empresas como a Vale, Fiat, CNH, Bosch, Starrett, Xerox, FAG, Continental, Epson, Romi, Iveco, Albras, Alunorte, Portobello, Vitopel e GE Healthcare. New Soft Intelligence (NSI) (19) Mais informações pelo código Consulte mais rapidamente em 13

14 ATUALIDADES MAR/11 LINHAS DE FINANCIAMENTO ÀS EXPORTAÇÕES O Programa de Financiamento às Exportações (Proex) do Banco do Brasil foi criado com o objetivo de conceder condições equivalentes às do mercado internacional. Está disponível em duas modalidades operacionais: financiamento e equalização. A primeira, realizada diretamente ao exportador brasileiro ou importador, conta com recursos financeiros obtidos junto ao Tesouro Nacional. É voltada fundamentalmente para o atendimento às empresas com faturamento bruto anual de até R$ 600 milhões. Entre os benefícios estão prazos de pagamentos que podem variar de sessenta dias a dez anos, de acordo com o valor da mercadoria ou a complexidade do serviço prestado. Já na modalidade equalização a exportação é financiada pelas instituições financeiras estabelecidas no País ou no exterior e o Proex arca com parte dos encargos financeiros incidentes, de forma a tornar as taxas de juros equivalentes às praticadas internacionalmente. As características do financiamento (prazo e percentual financiável, taxa de juros e garantias) podem ser livremente acordadas entre as partes, e não necessariamente devem coincidir com as condições de equalização. Em qualquer dessas modalidades, o exportador recebe à vista o valor da respectiva exportação. O apoio do BNDES destinado à exportação de bens e serviços pode ser aplicado tanto na fase pré-embarque como na fase pós-embarque, por meio de dois produtos: BNDES Exim Pré-embarque: apoio à produção de bens e serviços destinados à exportação. Voltado a empresas exportadoras, de qualquer porte, constituídas sob as leis brasileiras e que tenham sede e administração no País. O programa BNDES PSI - Exportação Pré-Embarque oferece condições financeiras mais favoráveis para a produção de bens de capital. BNDES Exim Pós-embarque: apoio à comercialização de bens e serviços nacionais, através da modalidade Supplier s credit (refinanciamento ao exportador) ou da modalidade Buyer s credit (financiamento direto ao importador). INFORMAÇÕES: Banco do Brasil - (61) Mais informações pelo código Banco BNDES - (21) Mais informações pelo código companhias norte-americanas exigirão o domínio do mandarim na área de negócios. No Brasil, o interesse começou a surgir a partir do ano 2000 especialmente com a entrada da China na Organização Mundial do Comércio (OMC). Hoje, isso é indiscutível, e a China está no centro das atenções quando se trata de negócios. Só para se ter uma ideia, de acordo com dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, no ano passado, empresas chinesas investiram mais de 17 bilhões de dólares em negócios na economia brasileira, colocando a China, pela primeira vez, como líder em investimento estrangeiro direto no País. Porém, existem barreiras culturais a serem superadas para estreitar o relacionamento entre empresas e profissionais brasileiros e chineses. Visando a preencher essa demanda no mercado, a executiva Ling Wang abriu há 8 anos a Consultoria WIN. Por eu ser chinesa, muitos amigos e contatos de trabalho pediam ajuda para localizar parceiros comerciais, traduzir ou explicar o teor de documentos e contavam cases de negociações para ouvir minha opinião. Com o tempo, muitas consultas vinham de empresas de porte expressivo, conta Ling sobre o momento em que vislumbrou a oportunidade de oferecer serviços sob medida para as companhias que compravam da China. As diferenças culturais impactam nos negócios, garante. Atualmente a consultoria oferece serviços como acompanhamento de grupos ao País, treinamentos e workshops. Os trabalhos visam a proporcionar maior compreensão a respeito das diferenças de costumes, hábitos e a cultura de negociação dos chineses, que adoram competir e negociar, explica Ling. Dessa forma, nosso cliente consegue antecipar as potenciais áreas de conflito e se preparar para ganhar o respeito dos parceiros chineses, completa. Instituições financeiras, governos e indústrias procuram a WIN para conhecer melhor as características do mercado chinês, identificar parceiros adequados e aprender maneiras de interagir e negociar com chineses. Observando também esse mercado, a PUC-SP, em parceria com a BG Corporativa Cultural e com apoio da Câmara Brasil-China de Desenvolvimento Econômico (CBCDE), oferecerá um workshop que discutirá e refletirá sobre os desafios e oportunidades entre os dois países, suas instituições, empresas e pessoas. O curso Negócios com a China: Ambiente Cultural e Econômico" pretende preparar empresários, acadêmicos e profissionais em geral que atuam no comércio exterior e no plano da cultura internacional. O objetivo é que possam dominar os conceitos e ferramentas de gestão intercultural por meio do estudo, da reflexão e de vivências que permitam compreender o lugar que esse país ocupa no cenário mundial e na agenda das relações comerciais, culturais e institucionais do Brasil. Durante o programa, serão desenvolvidos estudo de casos de empresas brasileiras com experiência no comércio com os chineses. O curso será realizado de 26 de abril a 30 de junho de 2011, às terças e quintas-feiras, das 19 às 22h. ASSESSORAMENTO Desde 2002, a Eloex oferece consultoria e serviços personalizados na área de comércio exterior. Já atuou em 25 países como representante de empresas brasileiras, participando de grandes eventos, missões comerciais, das maiores feiras internacionais e também prospectando mercado e manutenção de clientes ativos no exterior. De acordo com Diogo Nóbrega P. Oliveira, executivo da companhia, a Eloex atua não só na área de exportação mas também em importações, oferecendo total suporte nas seguintes áreas: plano de negócios internacionais (PNI); pesquisa de mercado; terceirização do departamento de comércio de exterior; representação comercial (trader); projetos especiais tipo door-to-door; serviços aduaneiros; assuntos cambiais; transportes e seguros internacionais e nacionais; exportações via correios (Programa Exporta Fácil). Eloex - (19) Mais informações pelo código Mais informações: WIN Business: (11) Mais informações pelo código PUC-SP: (11) cogeae.pucsp.br/cogeae/curso/2823 Mais informações pelo código Consulte mais rapidamente em

15 Mais informações pelo código Consulte mais rapidamente em 15

16 PRÉVIA CeMAT MAR/11 Mais sobre a CeMAT South America Complementando as novidades apresentadas em primeira mão pela revista na edição passada, confira a seguir mais destaques da primeira edição sulamericana do evento Por isso a CeMAT será uma vitrine ideal para apresentarmos lançamentos e os diferencias técnicos presentes em nossos produtos, diz. A também alemã Miebach, que oferece consultoria e engenharia logística, também vê na CeMAT a oportunidade para potencializar e identificar novos negócios. Vamos apresentar casos de sucesso de projetos realizados pela companhia para diversos setores do mercado e esperamos alavancar as vendas, além de criar intercâmbio comercial permanente, afirma o sócio-diretor Alexander Supply. Soluções em paletização, empilhadeiras e baterias são algumas das novidades que serão apresentadas. A Clark, que também participa das edições da CeMAT no exterior, lançará três novas famílias de empilhadeiras. Queremos divulgar nossa empresa e seus produtos para um público altamente selecionado, comenta Daniela Gomes, executiva da companhia. Organizada pela Deutsche Messe AG e sua subsidiária no País, a Hannover Fairs Sulamerica, a primeira edição da CeMAT no Brasil tem criado ótimas expectativas para os expositores. A feira, voltada à movimentação, logística e intralogística e que será realizada de 4 a 7 de abril na capital paulista, terá quase 200 empresas. O momento é oportuno para a realização da mostra, conforme explica Frank Bender, presidente da Câmara Setorial da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos responsável pela área (CSMAN/Abimaq): o mercado de movimentação e armazenagem no País está em franco crescimento. Em 2010 observamos o melhor ano do segmento até então, com faturamento médio de 60% acima de 2009, época da crise, mas ainda melhor que 2008, que até então havia sido o mais produtivo para a maioria das indústrias do nosso segmento. OPORTUNIDADES E NOVIDADES Gilberto Viviani, gerente nacional de Vendas de Pneus para Veículos Comerciais da alemã Continental, expositora do evento, comenta que com a realização da Copa do Mundo da Fifa 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016, o Brasil deverá receber grandes investimentos em infraestrutura, logística e no setor aeroportuário, o que irá estimular ainda mais a comercialização de pneus industriais. Nossa meta é acompanhar esse crescimento do País. Vamos apresentar casos de sucesso de projetos realizados pela companhia para diversos setores do mercado e esperamos alavancar as vendas Alexander Supply, sócio-diretor da Miebach Já a Marcamp destacará projetos de locação e vendas de empilhadeiras elétricas e transpaleteiras; comercialização de peças de reposição; venda de coletores e leitores de dados; impressoras térmicas; e oferecimento de suprimentos. MAIS DESTAQUES A Sunnyvale, fornecedora de robôs para paletização, entre outras soluções, apresentará o mo- 16 Consulte mais rapidamente em

17 PRÉVIA CeMAT TRANSPALETEIRAS ALETEIRAS IMPORTADAS A Commat está lançando a linha WT 3000 de transpaleteiras com operador a bordo, produzidas pela norte-americana Crown. Entre os modelos disponíveis estão o WT 3020, com capacidade para kg; WT 3040, também para kg; e WT 3060, com capacidade para kg de carga. A linha incorpora diversos elementos para promover o conforto e alta produtividade do operador: a plataforma reduz o impacto dos choques transmitidos em mais de 80% e a vida útil da suspensão da plataforma não exige intervenções para evitar problemas causados por agentes contaminantes. A bateria elétrica que alimenta o equipamento tem capacidades entre 240 Ah e 460 Ah, podendo ser removida verticalmente ou horizontalmente. As transpaleteiras estão equipadas com sistema que proporciona uma frenagem regenerativa e sem fricção elétrica. Contatos: (21) Mais informações pelo código delo Fuji Robotics EC-201. O desenho de uma das linhas, a Fuji-Ace, leva em consideração os movimentos necessários à função de paletizar caixas, sacos, fardos ou outros produtos unitários, conta Luiz Gushiken, gerente de vendas. Segundo ele, o resultado é uma construção simples e robusta com baixo consumo de energia, 50% menor do que robôs convencionais. Identificamos a forte tendência em automatizar o processo de paletização para aumentar a eficiência da operação e prevenir problemas ergonômicos Vista da edição asiática do evento, realizada anualmente em Shangai, China comuns aos processos manuais, os quais acarretam afastamento do trabalhador e outras consequências, conta o executivo. Paletes de madeira, plástico, aço e outros produtos como racks e empilhadeiras para compra ou locação poderão ser encontrados no estande da José Bráulio Paletes. Entre os destaques estarão versões PBR, oneway, racks e do tipo block. Mais informações sobre a feira podem ser obtidas no site: CONTATOS: TOS: Continental - (11) Mais informações pelo código Miebach - (11) Mais informações pelo código Clark Empilhadeiras - (19) Mais informações pelo código Marcamp - (19) Mais informações pelo código Sunnyvale - (11) Mais informações pelo código José Braulio Paletes - (11) Mais informações pelo código Consulte mais rapidamente em 17

18 PRÉVIA CeMAT MAR/11 Sistema de movimentação sem operador Expositora do evento, a Jungheinrich foi fundada em 1953 em Hamburgo, Alemanha, e estabelecida no Brasil em Oferece uma completa linha de transpaleteiras manuais, elétricas, empilhadeiras patoladas, de contrapeso, elétricas e a combustão, retráteis, selecionadoras de pedidos, rebocadores, empilhadeiras trilaterais e estruturas de armazenagem. Iremos expor toda a nossa linha, que vem se inovando a cada ano com diversas opções e tecnologias mais avançadas, visando ao conforto do usuário e operações mais econômicas, explica Denise Fussi, gerente comercial. A Jungheinrich tem consciência da importância do desenvolvimento de novidades, e vem fazendo isso muito bem ao longo dos anos. Somente no ano de 2009 foram investidos mais de 38 milhões de euros em pesquisa e tecnologia, permitindo que nossos produtos estejam muito a frente, completa. Em 2011, a Jungheinrich apresentará o Auto Pallet Mover (APM), uma solução automatizada desenvolvida para se mover independentemente dentro de um armazém, cuja principal aplicação é nas rotinas de acondicionamento da chegada da mercadoria à colocação nas estruturas. A matriz do grupo Jungheinrich irá realizar o lançamento mundial do equipamento em maio, na edição alemã da feira CeMAT. O APM não assegura apenas um planejamento de rota adequado, mas também otimiza o fluxo. Diversos recursos de segurança garantem que as operações trabalhem livre de colisões e com segurança garantida em todos os ambientes. Informações: (11) Mais informações pelo código Garfos para empilhadeiras e outros Especializada no desenvolvimento, fabricação e comercialização de acessórios e garfos para movimentação de material em empilhadeiras, a Cascade foi fundada em 1943, em Oregon, nos Estados Unidos. Os segmentos de papel, celulose, eletrodomésticos e de bebidas são os que mais têm se destacado nos últimos anos na demanda da área. Acreditamos que o ritmo de crescimento de dois dígitos permanecerá pelos próximos anos, em função da estabilidade da economia brasileira aliada à demanda internacional de alguns desses produtos, detalha Ramatis Fernandes, diretor presidente da companhia no País. A Cascade trará pela primeira vez ao Brasil duas tecnologias que, segundo o porta-voz, já revolucionam a movimentação de cargas em empilhadeira no mundo inteiro. Uma delas é o Layer Picker, um sistema de movimentação rápido e versátil para paletes de carga mista. Pode montar camadas simples ou múltiplas de produtos enlatados, engarrafados ou em caixas, substituindo os sistemas de picking (coleta) manuais. Um único operador de empilhadeira com o Layer Picker pode montar cargas/hora, enquanto a produção do mesmo trabalho feita manualmente é de 250. Ao diminuir o número de pessoas necessárias para fazer o trabalho e reduzir o esforço físico, este equipamento é uma maneira econômica de agilizar o processo de coleta e aumentar a velocidade da produção de paletes. A outra novidade são os garfos para empilhadeiras Lforks, capazes de pesar o produto enquanto ele é movimentado. Utilizam a tecnologia bluetooth para transmitir os dados para um display sem fio instalado na cabine do operador. Com tempo de instalação de 5 minutos, os iforks são uma maneira fácil e econômica de aumentar a precisão da pesagem e melhorar a eficiência em diferentes aplicações. (13) Mais informações pelo código Consulte mais rapidamente em

19 PRÉVIA CeMAT Portas seccionais e niveladores Empresa 100% nacional, a Rayflex tem em sua linha portas industriais especiais, de abertura e fechamento rápidos, que atendem aos mais rigorosos padrões de segurança para áreas que necessitam de isolamento e proteção de ambientes ou que demandam cuidados especiais de esterilidade, preservação de temperatura e pressão, isenção de poeira, insetos, ruídos, raios UV, entre outros. São apropriadas para indústria alimentícia, farmacêutica, automobilística, metalúrgica, além de inúmeros armazéns logísticos. O principal produto na CeMAT será um conjunto de portas seccionais e niveladores, que constituem um sistema seguro e confiável de fechamento de grandes vãos. Fabricadas com painéis metálicos isolantes, pintados, formando um sanduíche de 40 mm preenchido com poliuretano e dotados de janelas termoacrílicas de parede dupla, as seccionais são resistentes, práticas e funcionais, de operação lenta e silenciosa, sem vibrações, explica Elenice Fernandes, gerente de Marketing. A Rayflex aproveitará a oportunidade para oficializar a parceria com a empresa espanhola SL Inkema Sistemas, fabricante de plataformas eletro-hidráulicas (niveladores), as quais passarão a compor seus conjuntos especiais para docas. São dotadas de parada de emergência (acionada por chave ou falha de energia); válvula de segurança em cilindro de elevação, para o bloqueio em caso de ruptura da mangueira; saias laterais móveis que fazem o papel de guardas de pé e relevo antiderrapante superior. Podem suportar cargas dinâmicas até 10 toneladas estáticas. (11) Mais informações pelo código Mais informações pelo código Consulte mais rapidamente em 19

20 HANNOVER MESSE MAR/11 Sob o lema da eficiência Maior feira mundial voltada à indústria, a edição 2011 da Hannover Messe destaca estratégias e inteligência empresarial na área. Mostra alemã será de 4 a 8 de abril Foto: divulgação Smart Efficiency será o tema dominante da feira industrial Hannover Messe 2011, destacando a interação inteligente do processo em diferentes áreas. Segundo Constantino Bäumle, diretor da Hannover Fairs do Brasil, representante exclusiva da organizadora do evento no País, a eficiência em diferentes áreas tem sido o assunto-chave na indústria nos últimos anos. Mas, na concepção atual dos processos industriais, é preciso fazer uso inteligente dos componentes individuais e potenciais de eficiência. E é disso que trata o tema, ao combinar especificamente as áreas de processos, custos e recursos. Para Wolfram von Fritsch, presidente do conselho da Deutsche Messe AG, promotora da Hannover Messe, somente através da exploração e interconexão inteligente de todos os fatores de eficiência é que as empresas poderão se manter competitivas a longo prazo e internacionalmente. Especificamente isso significa a utilização inteligente de recursos de economia de materiais e energia, processos de produção e melhora na gestão preço-qualidade", explica. Automação industrial, tecnologia, fornecimento de serviços e de transmissão de energia e tecnologia para controle estarão presentes na mostra, que apresenta anualmente cerca de expositores. A estimativa dos organizadores é de que mais de inovações sejam apresentadas nesta edição do evento. Tendo como centro de discussões o tema Inovação para o Crescimento Sustentável", a França será o país parceiro da Hannover Messe. A Alemanha foi o principal parceiro comercial dos franceses nos últimos anos, com um volume comercial de 114 bilhões de euros em Mais informações sobre o evento podem ser obtidas pelos sites ou Especificamente isso significa a utilização inteligente de recursos de economia de materiais e energia, processos de produção e melhora na gestão preço-qualidade" BRASILEIRAS NO EVENTO Entre as que já confirmaram presença está a Treetech Sistemas Digitais, especializada em gestão de ativos de subestações de energia elétrica. Com base em tecnologia própria e inovadora em âmbito mundial, a companhia desenvolveu uma solução completa, composta por sensores inteligentes (Smart Devices) integrados a um software específico, o Sigma. A empresa, que também participará no Brasil da 26 a edição da Feira Internacional da Indústria Elétrica, Energia e Automação (Fiee-2011), atende a fabricantes de equipamentos de alta tensão. Entre os destaques está o GMP, um monitor inteligente para gás e umidade destinado ao acompanhamento de óleo isolante de transformadores de potência. Já a Kitframe, que também estará nos dois eventos, é fabricante de armários indoor para montagens elétricas, gabinetes outdoor para telecomunicações, condicionadores de ar e trocadores de calor ar/ar para montagens elétricas e telecomunicações. Os condicionadores de ar indoor da companhia são desenvolvidos especialmente para painéis elétricos e eletrônicos. Evitam problemas causados pelo calor excessivo, garantindo a estabilidade térmica na temperatura adequada ao correto funcionamento dos componentes. 20 Consulte mais rapidamente em

AUTOMATION. Soluções em sensoriamento industrial. Sensores fotoelétricos e laser, digitais e analógicos

AUTOMATION. Soluções em sensoriamento industrial. Sensores fotoelétricos e laser, digitais e analógicos Sensores fotoelétricos e laser, digitais e analógicos Sensores Indutivos, capacitivos e ultrassônicos Sistemas de medição laser e visão industrial Cabos e conectores de campo AUTOMATION. Soluções em sensoriamento

Leia mais

M A C R O C H I N A Ano 2 Nº 8 15 de maio de 2007

M A C R O C H I N A Ano 2 Nº 8 15 de maio de 2007 M A C R O C H I N A Ano 2 Nº 8 1 de maio de 27 Síntese gráfica trimestral do comércio bilateral e do desempenho macroeconômico chinês Primeiro trimestre de 27 No primeiro trimestre de 27, a economia chinesa

Leia mais

Fundamentos de Automação. Controladores

Fundamentos de Automação. Controladores Ministério da educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Técnica SETEC Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Rio Grande Fundamentos de Automação Controladores

Leia mais

Elevador para Cabinas Elevador para Cabinas / Montacarga Elevador para Paletes Elevador Contínuo / Elevador para Pequenos Volumes

Elevador para Cabinas Elevador para Cabinas / Montacarga Elevador para Paletes Elevador Contínuo / Elevador para Pequenos Volumes Forma Construtiva dos Transelevadores Modo de Funcionamento dos Transelevadores Sistemas de Transferência Transelevadores para Armazém Autoportante Transelevadores para Armazém Autoportante Climatizado

Leia mais

SOLUÇÕES INTEGRADAS PARA PROCESSOS ININTERRUPTOS DE PRODUÇÃO

SOLUÇÕES INTEGRADAS PARA PROCESSOS ININTERRUPTOS DE PRODUÇÃO SOLUÇÕES INTEGRADAS PARA PROCESSOS ININTERRUPTOS DE PRODUÇÃO Quem Somos Missão: Ser reconhecida como referência em sistema de adequação de energia com responsabilidade social e ambiental e alto grau de

Leia mais

Rodrigo Baleeiro Silva Engenheiro de Controle e Automação. Introdução à Engenharia de Controle e Automação

Rodrigo Baleeiro Silva Engenheiro de Controle e Automação. Introdução à Engenharia de Controle e Automação Rodrigo Baleeiro Silva Engenheiro de Controle e Automação (do latim Automatus, que significa mover-se por si) ; Uso de máquinas para controlar e executar suas tarefas quase sem interferência humana, empregando

Leia mais

Turbocompressor modelo ABS HST 20

Turbocompressor modelo ABS HST 20 Turbocompressor modelo ABS HST 20 Principais Aplicações O turbocompressor modelo ABS HST 20 é altamente adequado para as seguintes áreas de aplicação: Aeração de água, efluentes ou outros líquidos Flotação

Leia mais

O Mercado de Energia Eólica E e no Mundo. Brasil: vento, energia e investimento. São Paulo/SP 23 de novembro de 2007

O Mercado de Energia Eólica E e no Mundo. Brasil: vento, energia e investimento. São Paulo/SP 23 de novembro de 2007 O Mercado de Energia Eólica E no Brasil e no Mundo Brasil: vento, energia e investimento São Paulo/SP 23 de novembro de 2007 Energia: importância e impactos A energia é um dos principais insumos da indústria

Leia mais

Resumo dos resultados da enquete CNI

Resumo dos resultados da enquete CNI Resumo dos resultados da enquete CNI Brasil - México: Interesse empresarial para ampliação do acordo bilateral Março 2015 Amostra da pesquisa No total foram recebidos 45 questionários de associações sendo

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Automação Industrial. Curso Superior de Tecnologia em Construção Naval

Curso Superior de Tecnologia em Automação Industrial. Curso Superior de Tecnologia em Construção Naval Automação Industrial Indústria O Tecnólogo em Automação Industrial é um profissional a serviço da modernização das técnicas de produção utilizadas no setor industrial, atuando na execução de projetos,

Leia mais

Transformando energia em soluções. Motores de. Alta Tensão

Transformando energia em soluções. Motores de. Alta Tensão Transformando energia em soluções Motores de Alta Tensão Motores de alta tensão A WEG desenvolveu em conjunto com consultoria internacional especializada uma linha de motores de carcaça de ferro fundido

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Superação dos resultados Inovação Integridade Valorização Humana Melhoria Continua

APRESENTAÇÃO. Superação dos resultados Inovação Integridade Valorização Humana Melhoria Continua APRESENTAÇÃO EMPRESA A LHS Engenharia tem como principal objetivo a prestação de serviços e apoio adequado que garantem soluções eficazes com resultado garantido, durabilidade e excelente relação custo/benefício.

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE SOFTWARE PANORAMA E TENDÊNCIAS

MERCADO BRASILEIRO DE SOFTWARE PANORAMA E TENDÊNCIAS MERCADO BRASILEIRO DE SOFTWARE PANORAMA E TENDÊNCIAS 2009 Introdução Resumo Executivo Apesar das turbulências que marcaram o ano de 2008, com grandes variações nos indicadores econômicos internacionais,

Leia mais

WAMAS SOFTWARE DE LOGÍSTICA. Eficiente. Flexível. Confiável.

WAMAS SOFTWARE DE LOGÍSTICA. Eficiente. Flexível. Confiável. WAMAS SOFTWARE DE LOGÍSTICA Eficiente. Flexível. Confiável. Automação SSI Schaefer: Pensamento Global Ação Local Liderança de mercado A SSI SCHAEFER é uma empresa mundialmente conhecida quando se trata

Leia mais

INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E A ESTRATÉGIA DO SENAI PARA APOIAR A COMPETITIVIDADE DA INDÚSTRIA BRASILEIRA

INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E A ESTRATÉGIA DO SENAI PARA APOIAR A COMPETITIVIDADE DA INDÚSTRIA BRASILEIRA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E A ESTRATÉGIA DO SENAI PARA APOIAR A COMPETITIVIDADE DA INDÚSTRIA BRASILEIRA Inovação é o que distingue um líder de um seguidor. Steven Paul Jobs Grandes ideias mudam o mundo. Missão

Leia mais

M A C R O C H I N A Ano 2 Nº 4 11 de maio de 2006

M A C R O C H I N A Ano 2 Nº 4 11 de maio de 2006 M A C R O C H I N A Ano Nº 11 de maio de 6 Síntese gráfica trimestral do comércio bilateral e do desempenho macroeconômico chinês - Primeiro trimestre de 6. Para surpresa de muitos analistas, o Banco Central

Leia mais

4-8 TRANSFORME BONS NEGÓCIOS EM SUCESSO MAIO 2015. d a s 11 h à s 2 0 h Anhembi São Paulo - SP. www.feiplastic.com.br. facebook.

4-8 TRANSFORME BONS NEGÓCIOS EM SUCESSO MAIO 2015. d a s 11 h à s 2 0 h Anhembi São Paulo - SP. www.feiplastic.com.br. facebook. 4-8 MAIO 2015 d a s 11 h à s 2 0 h Anhembi São Paulo - SP TRANSFORME BONS NEGÓCIOS EM SUCESSO www.feiplastic.com.br Apoio Institucional: facebook.com/feiplastic Organização e Promoção: O EVENTO Com a ampliação

Leia mais

Grupos Geradores OnPower para Locação.

Grupos Geradores OnPower para Locação. Grupos Geradores OnPower para Locação. Você é o protagonista desse sucesso OnPower é uma montadora de usinas termelétricas modulares e grupos geradores que atua exclusivamente com motores e alternadores

Leia mais

RENEX SOUTH AMERICA 2014

RENEX SOUTH AMERICA 2014 RENEX SOUTH AMERICA 2014 O mercado sul-americano de energia renovável em um só lugar 26a 28 Novembro 2014 Porto Alegre - 14h às 20h no Centro de Eventos FIERGS Entre em contato e acompanhe a RENEX pelas

Leia mais

Quadro de Comando 24V SMD CAN ISO 9001. 32 bits. A modernização necessária para seu elevador! 240m/min. Até 48. Componentes. Alimentação.

Quadro de Comando 24V SMD CAN ISO 9001. 32 bits. A modernização necessária para seu elevador! 240m/min. Até 48. Componentes. Alimentação. Quadro de Comando Componentes SMD Processador 32 bits Alimentação 24V Até 48 Comunicação CAN pavimentos Velocidade até Apenas conexões* 240m/min 27 Empresa com Duplex, Triplex e Quadriplex ISO 9001 A modernização

Leia mais

Bosch Rexroth no Brasil

Bosch Rexroth no Brasil Electric Drives and Controls Hydraulics Linear Motion and Assembly Technologies Pneumatics Service Bosch Rexroth no Brasil The Drive & Control Company Nossa Meta: ser líder mundial em benefícios ao cliente

Leia mais

2 A 4 ABRIL 2013 Transamerica Expo Center São Paulo Brasil

2 A 4 ABRIL 2013 Transamerica Expo Center São Paulo Brasil SOBRE O EVENTO QUEM VISITA QUEM EXPÕE DEPOIMENTOS COMO PARTICIPAR FEIRA INTERNACIONAL DE LOGÍSTICA, TRANSPORTE DE CARGAS E COMÉRCIO EXTERIOR 2 A 4 ABRIL 2013 Transamerica Expo Center São Paulo Brasil ONDE

Leia mais

Tecnologia com Máxima Economia. RECURSO EXCLUSIVO INOVANDO SEMPRE. Balança Computadora Urano Maximus II. Automação Comercial e Balanças Eletrônicas

Tecnologia com Máxima Economia. RECURSO EXCLUSIVO INOVANDO SEMPRE. Balança Computadora Urano Maximus II. Automação Comercial e Balanças Eletrônicas Tecnologia com Máxima Economia. RECURSO EXCLUSIVO INOVANDO SEMPRE Comunicação po r Cabo ou Rádio Frequência Etiquetador conjugado Produt o patenteado P I 8502136 Balança Computadora Urano Maximus II Automação

Leia mais

THE POWER OF DELIVERY. Máquinas de armazenamento e retirada Mais poder no armazém

THE POWER OF DELIVERY. Máquinas de armazenamento e retirada Mais poder no armazém THE POWER OF DELIVERY Máquinas de armazenamento e retirada Mais poder no armazém Sempre a solução adequada As máquinas de armazenamento e retirada da viastore são sempre a solução ideal para você. Entregamos

Leia mais

Soluções em sistemas de segurança, automação e comunicação industrial

Soluções em sistemas de segurança, automação e comunicação industrial Soluções em sistemas de segurança, automação e comunicação industrial Segurança de máquinas e processos Comando e sinalização industrial Sensores e sistema de visão Controladores programáveis e interfaces

Leia mais

Resumo Técnico: Avaliação técnica e econômica do mercado potencial de co-geração a Gás Natural no Estado de São Paulo

Resumo Técnico: Avaliação técnica e econômica do mercado potencial de co-geração a Gás Natural no Estado de São Paulo Resumo Técnico: Avaliação técnica e econômica do mercado potencial de co-geração a Gás Natural no Estado de São Paulo São Paulo 2008 1. Introdução. Este estudo tem como finalidade demonstrar a capacidade

Leia mais

grandes profissionais.

grandes profissionais. Soluções e Equipamentos para Controle Térmico Negócios empresariais, o resultado dos grandes profissionais. Relação entre pessoas geram negócios empresariais O termo (B2B - business to business em inglês)

Leia mais

Tecnologia de sistemas.

Tecnologia de sistemas. Tecnologia de sistemas. HYDAC Dinamarca HYDAC Polônia HYDAC Brasil HYDAC Índia HYDAC China HYDAC França HYDAC Alemanha Seu parceiro profissional para a tecnologia de sistemas. Com mais de 7.500 colaboradores

Leia mais

SOLUÇÕES INDUSTRIAIS

SOLUÇÕES INDUSTRIAIS Soluções em Tecnologia de Automação e Informação SOLUÇÕES INDUSTRIAIS LOGANN Soluções Especiais ESPECIALIDADES AUTOMAÇÃO E CONTROLE INDUSTRIAL Atuação em sistemas de controle, aquisição de dados e supervisão

Leia mais

M A C R O C H I N A Ano 2 Nº 7 7 de fevereiro de 2007

M A C R O C H I N A Ano 2 Nº 7 7 de fevereiro de 2007 M A C R O C H I N A Ano Nº 7 7 de fevereiro de 7 Síntese gráfica trimestral do comércio bilateral e do desempenho macroeconômico chinês - Consolidado de. Em, a China registrou o maior crescimento anual

Leia mais

Rexroth 4EE Rexroth para Eficiência Energética

Rexroth 4EE Rexroth para Eficiência Energética Rexroth 4EE Rexroth para Eficiência Energética Procurando reduzir gastos com energia? Por que não aumentar a produtividade ao mesmo tempo? Reduzir os custos operacionais usando a energia com eficiência

Leia mais

PORTA-PALETES PARA APLICAÇÕES ESPECÍFICAS

PORTA-PALETES PARA APLICAÇÕES ESPECÍFICAS Porta-Paletes Manuais Porta-Paletes Elétricos Porta-Paletes de Tesoura Porta-Paletes em Inox Porta-Paletes com Balança Porta-Paletes TODO-O-TERRENO Porta-Paletes Aplicações Específicas Compre Produtos

Leia mais

A eficiência do laser. The Bend The Combi The Laser The Punch The System The Software

A eficiência do laser. The Bend The Combi The Laser The Punch The System The Software A eficiência do laser The Bend The Combi The Laser The Punch The System The Software Inovação e experiência Econômica e ecológica A máquina de corte a laser PLATINO Fiber 2D tem perfeito balanço entre

Leia mais

Acumuladores hidráulicos na tecnologia híbrida.

Acumuladores hidráulicos na tecnologia híbrida. Acumuladores hidráulicos na tecnologia híbrida. HYDAC Matriz na Alemanha Seu parceiro competente para acumuladores hidráulicos inovadores e sistemas híbridos. Todos os requerimentos para eficientes soluções

Leia mais

Bancada Didática para CLP SIEMENS (LOGO!) - XC123 -

Bancada Didática para CLP SIEMENS (LOGO!) - XC123 - T e c n o l o g i a Bancada Didática para CLP SIEMENS (LOGO!) - XC123 - Os melhores e mais modernos MÓDULOS DIDÁTICOS para um ensino tecnológico de qualidade. Bancada Didática para CLP SIEMENS (LOGO!)

Leia mais

O Mercado de Energia Eólica E e no Mundo

O Mercado de Energia Eólica E e no Mundo O Mercado de Energia Eólica E no Brasil e no Mundo Audiência Pública P - Senado Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle Brasília/DF 19 de junho de 2008 Energia: importância

Leia mais

Comunicado à Imprensa

Comunicado à Imprensa Industry 4.0 Página 1 de 6 Beckhoff na Hanover Messe: Hall 9 Stand F06 Indústria 4.0 Fórum: Controle baseado em PC como base tecnológica para aplicações em fabricas inteligentes Com o Indústria Integrada

Leia mais

1. Sistemas de Produção

1. Sistemas de Produção UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS CCT DEPARTAMENTO DE ENG. DE PRODUÇÃO E SISTEMAS - DEPS INFORMÁTICA INDUSTRIAL IFD 1. Sistemas de Produção Igor Kondrasovas

Leia mais

Experiência e confiabilidade são fundamentais. corrente contínua. Conversores CA/CC e Motores CC

Experiência e confiabilidade são fundamentais. corrente contínua. Conversores CA/CC e Motores CC Experiência e confiabilidade são fundamentais corrente contínua Conversores CA/CC e Motores CC 1 04 Introdução 06 Motores de Corrente Contínua 08 Simoreg DC Master 10 Simoreg CM 11 Atenção ao Cliente Acionamento

Leia mais

Controle de Processo Ideal: PCS 7 Library SIMOCODE pro SIRIUS. Respostas para a indústria.

Controle de Processo Ideal: PCS 7 Library SIMOCODE pro SIRIUS. Respostas para a indústria. Controle de Processo Ideal: PCS 7 Library SIMOCODE pro Respostas para a indústria. Percepção, previsão, visão ampliada: SIMOCODE pro integrado no SIMATIC PCS7 O sistema flexível de gerenciamento de motores

Leia mais

Energia Eólica e Solar

Energia Eólica e Solar Energia Eólica e Solar DIRETRIZ PRINCIPAL Para exercerem sua responsabilidade sócio-ambiental, adequarem-se a novos paradigmas, cativarem seus clientes e assegurarem lucros no futuro, as empresas necessitam

Leia mais

Experiência Sólida e Orientada para o Futuro: Soluções em acionamentos de Média Tensão. média tensão

Experiência Sólida e Orientada para o Futuro: Soluções em acionamentos de Média Tensão. média tensão Experiência Sólida e Orientada para o Futuro: Soluções em acionamentos de Média Tensão média tensão s Conhecimento em evolução há décadas: Conhecimento com o qual você pode contar. Ter mais de 35 anos

Leia mais

PT SOLUÇÕES EM ACIONAMENTOS PARA TRANSPORTADORES DE BAGAGENS

PT SOLUÇÕES EM ACIONAMENTOS PARA TRANSPORTADORES DE BAGAGENS INTELLIGENT DRIVESYSTEMS, WORLDWIDE SERVICES BR PT SOLUÇÕES EM ACIONAMENTOS PARA TRANSPORTADORES DE BAGAGENS NORD DRIVESYSTEMS Intelligent Drivesystems, Worldwide Services SOLUÇÕES EM ACIONAMENTOS NORD

Leia mais

O Mercado americano de Tecnologia 2014/2015

O Mercado americano de Tecnologia 2014/2015 O Mercado americano de Tecnologia 2014/2015 1. Considerações Gerais Os Estados Unidos, maior potência mundial e tecnológica, apresenta projeções cada vez mais otimistas. Desde 2008, no estouro da crise

Leia mais

catálogo de PRodutos

catálogo de PRodutos catálogo de PRodutos Linhas de trabalho Equipamentos como os fabricados pela eixomaq reduzem o esforço físico, tornando a jornada de trabalho muito mais prática e produtiva, além de, na maioria das vezes,

Leia mais

Apimec Florianópolis. Dezembro 2013

Apimec Florianópolis. Dezembro 2013 Apimec Florianópolis Dezembro 2013 Exoneração de Responsabilidades Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer forma, para a subscrição ou compra de ações ou qualquer outro

Leia mais

Recife terá ônibus HíbridoBR durante a Copa das Confederações

Recife terá ônibus HíbridoBR durante a Copa das Confederações Ônibus Informação à imprensa Recife terá ônibus HíbridoBR durante a Copa das Confederações 10 de junho de 2013 Veículo tem tecnologia nacional e baixa emissão de poluentes A Eletra, empresa brasileira

Leia mais

energia de forma simples

energia de forma simples energia de forma simples www,fgwilson,com LINHA DE 8,5 A 290 KVA Desempenho I Durabilidade I Manutenção A vida moderna é complicada, mas garantir o fornecimento de energia para seu negócio pode ser algo

Leia mais

Alessandro F. Cunha O que são sistemas embarcados?

Alessandro F. Cunha O que são sistemas embarcados? Alessandro F. Cunha O que são sistemas embarcados? 1. Introdução Alguma vez você já se deu conta que o microondas de sua casa tem uma capacidade computacional maior do que tinha o projeto Apolo, que levou

Leia mais

HYDAC KineSys Sistemas de acionamento

HYDAC KineSys Sistemas de acionamento HYDAC KineSys Sistemas de acionamento Veículos de manuseio de materiais Usinas termelétricas Máquinas injetoras de plástico Seu parceiro profissional para soluções de acionamento Todas as condições para

Leia mais

INTRODUÇÃO À AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

INTRODUÇÃO À AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL INTRODUÇÃO À AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL Treinamento Branqs Automação, 2007 Elaboração: Kauê Leonardo Gomes Ventura Lopes Aprovação: Fernando José Cesilio Branquinho Branqs Automação Ltda. Rua do Comércio, nº

Leia mais

Amboretto Skids. Soluções e manuseio de fluidos para indústria de óleo, gás, papel e água

Amboretto Skids. Soluções e manuseio de fluidos para indústria de óleo, gás, papel e água Soluções e manuseio de fluidos para indústria de óleo, gás, celulose e água 1 Disponível para Locação, Leasing e Cartão Amboretto Skids Soluções e manuseio de fluidos para indústria de óleo, gás, papel

Leia mais

AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL SEGURANÇA NR12 SISTEMAS DE AUTOMAÇÃO E SEGURANÇA INDUSTRIAL. Comando e Sinalização. Sinalização Áudio Visual

AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL SEGURANÇA NR12 SISTEMAS DE AUTOMAÇÃO E SEGURANÇA INDUSTRIAL. Comando e Sinalização. Sinalização Áudio Visual SISTEMAS DE AUTOMAÇÃO E SEGURANÇA INDUSTRIAL Comando e Sinalização Sinalização Áudio Visual Sensores e Sistema de Visão Movimentação de Cargas Controle, Posicionamento e Visualização Controladores de Movimento

Leia mais

Chiller Industrial Quando confiabilidade faz a diferença

Chiller Industrial Quando confiabilidade faz a diferença Chiller Industrial Quando confiabilidade faz a diferença Produzidos com os melhores componentes disponíveis no mundo e projetados com foco em economia de energia e facilidade de operação e manutenção,

Leia mais

TRATOR DE ESTEIRA 7D. 9.400 kg a 10.150 kg. Potência líquida no volante. 90 hp (67 kw) Peso operacional. CAPACIDADE DA LÂMINA (SAE J1265) 1,8 m 3

TRATOR DE ESTEIRA 7D. 9.400 kg a 10.150 kg. Potência líquida no volante. 90 hp (67 kw) Peso operacional. CAPACIDADE DA LÂMINA (SAE J1265) 1,8 m 3 TRATOR DE ESTEIRA 7D Potência líquida no volante Peso operacional 90 hp (67 kw) 9.400 kg a 10.150 kg CAPACIDADE DA LÂMINA (SAE J1265) 1,8 m 3 7D A New Holland é reconhecida em todo o mundo pelas inovações

Leia mais

ENCONTRO 1 Logística e Transporte

ENCONTRO 1 Logística e Transporte ENCONTRO 1 Logística e Transporte ENCONTRO 1 Logística e Transporte TÓPICO 1: Contextualizando o encontro Olá! Você está iniciando o primeiro encontro do curso Logística Internacional. Neste encontro,

Leia mais

TÉCNICA DE PESAGEM DA NOVA GERAÇÃO

TÉCNICA DE PESAGEM DA NOVA GERAÇÃO matéria de capa TÉCNICA DE PESAGEM DA NOVA GERAÇÃO A Sartorius prepara-se para em breve apresentar o mais moderno portfólio de balanças de laboratório no Brasil Com três novas séries de modelos, a Sartorius

Leia mais

Sensores de condição. Projetado para produzir resultados de alta qualidade em uma variedade de ambientes robustos

Sensores de condição. Projetado para produzir resultados de alta qualidade em uma variedade de ambientes robustos Sensores de condição Projetado para produzir resultados de alta qualidade em uma variedade de ambientes robustos DETECÇÃO DE CONDIÇÃO A Rockwell Automation oferece uma linha impressionante de produtos

Leia mais

Apoio do BNDES às Empresas de Comércio e Serviços. São Paulo - SP 24.jun.2015

Apoio do BNDES às Empresas de Comércio e Serviços. São Paulo - SP 24.jun.2015 Apoio do BNDES às Empresas de Comércio e Serviços São Paulo - SP 24.jun.2015 Quem somos Fundado em 20 de Junho de 1952 Empresa pública de propriedade integral da União Principal fonte de crédito de longo

Leia mais

Análise das Necessidades do Cliente da SKF. Energia e Sustentabilidade

Análise das Necessidades do Cliente da SKF. Energia e Sustentabilidade Análise das Necessidades do Cliente da SKF Energia e Sustentabilidade Análise das Necessidades do Cliente da SKF Energia e Sustentabilidade A indústria responde por um terço de todo o consumo de energia.

Leia mais

Sistemas de esteiras transportadoras de paletes

Sistemas de esteiras transportadoras de paletes Sistemas de esteiras transportadoras de paletes Sistemas de esteiras transportadoras de paletes Intelligrated A Intelligrated oferece uma linha completa de sistemas de esteiras transportadoras de paletes

Leia mais

Nova Linha de Equipamentos Trifásicos Classic-DSP

Nova Linha de Equipamentos Trifásicos Classic-DSP Nova Linha de Equipamentos Trifásicos Classic-DSP Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento - CP Eletrônica S.A. Rua da Várzea 379 CEP: 91040-600 Porto Alegre RS Brasil Fone: (51)2131-2407 Fax: (51)2131-2469

Leia mais

CONTROLE DE ACESSO. Eldorado Business Tower São Paulo

CONTROLE DE ACESSO. Eldorado Business Tower São Paulo CONTROLE DE ACESSO Eldorado Business Tower São Paulo As catracas Digicon foram projetadas para garantir mais segurança e agilidade ao mercado. São diferentes linhas que atendem às mais diversas aplicações,

Leia mais

UNITON MUITO MAIS QUE UMA PONTE ROLANTE

UNITON MUITO MAIS QUE UMA PONTE ROLANTE PONTES ROLANTES INDUSTRIAIS EQUIPAMENTOS PARA USINAS NUCLEARES GUINDASTES PORTUÁRIOS EMPILHADEIRAS PESADAS SERVIÇOS MUITO MAIS QUE UMA PONTE ROLANTE 2 Konecranes A PONTE CERTA PARA VOCÊ 2 5 41 9 3 6 4

Leia mais

Gestão de Clientes no Mercado de Consórcios

Gestão de Clientes no Mercado de Consórcios Relatório de pesquisa Gestão de Clientes no Mercado de Consórcios Via Consulting Maio de 2009 1 Caro leitor, Gostaria de convidá-lo a conhecer o resultado de uma pesquisa patrocinada pela Via Consulting

Leia mais

Tabelas anexas Capítulo 7

Tabelas anexas Capítulo 7 Tabelas anexas Capítulo 7 Tabela anexa 7.1 Indicadores selecionados de inovação tecnológica, segundo setores das indústrias extrativa e de transformação e setores de serviços selecionados e Estado de São

Leia mais

Software de gerenciamento de trabalho

Software de gerenciamento de trabalho Software de gerenciamento de trabalho Software de gerenciamento de trabalho GoalPost O software de gerenciamento de trabalho (LMS) GoalPost da Intelligrated fornece informações sob demanda para medir,

Leia mais

Visão Geral dos Equipamentos de Diagnostico Hidráulico

Visão Geral dos Equipamentos de Diagnostico Hidráulico Webtec Products Limited Visão Geral dos Equipamentos de Diagnostico Hidráulico Fabricante de componentes e equipamentos de teste para o setor Mobil, Industrial e Agrícola Teste de sistemas hidráulicos

Leia mais

CONTROLADOR CONDAR MP3000.

CONTROLADOR CONDAR MP3000. CONTROLADOR CONDAR MP3000. O equipamento CONDAR MP3000 é um Controlador Eletrônico Microprocessado desenvolvido especificamente para automação de até três Condicionadores de Ar instalados em um mesmo ambiente

Leia mais

As Megatendências por Setores da Economia CRI Minas 25 de Setembro de 2014

As Megatendências por Setores da Economia CRI Minas 25 de Setembro de 2014 As Megatendências por Setores da Economia CRI Minas 25 de Setembro de 2014 Fortune Top companies: Biggest by Market Value Fortune Top companies: Most profitable VALOR V = Valor percebido pelo cliente (

Leia mais

PORTAL LUX FRANCHISING

PORTAL LUX FRANCHISING Apresentação PORTAL LUX FRANCHISING é um empreendimento inovador e diferenciado voltado para sustentabilidade e meio ambiente. Consiste no desenvolvimento de uma rede nacional internacional de lojas. Para

Leia mais

elevador de cremalheira

elevador de cremalheira elevador de cremalheira Equipamento moderno e de alta tecnologia; Grande versatilidade para a elevação de pessoas e cargas em alturas mais elevadas; Segurança e economia de tempo no deslocamento de pessoas

Leia mais

Aspectos recentes do Comércio Exterior Brasileiro

Aspectos recentes do Comércio Exterior Brasileiro Aspectos recentes do Comércio Exterior Brasileiro Análise Economia e Comércio / Integração Regional Jéssica Naime 09 de setembro de 2005 Aspectos recentes do Comércio Exterior Brasileiro Análise Economia

Leia mais

Fornecemos energia que gera desenvolvimento e segurança de forma inteligente e sustentável. A P3 Engenharia Elétrica é especializada no

Fornecemos energia que gera desenvolvimento e segurança de forma inteligente e sustentável. A P3 Engenharia Elétrica é especializada no Energia ao seu alcance Fornecemos energia que gera desenvolvimento e segurança de forma inteligente e sustentável. A P3 Engenharia Elétrica é especializada no desenvolvimento de projetos elétricos, laudos,

Leia mais

PRIORIDADES E DESAFIOS PARA POLÍTICAS EM NÍVEL SUB-NACIONAL

PRIORIDADES E DESAFIOS PARA POLÍTICAS EM NÍVEL SUB-NACIONAL Políticas de Inovação para o Crescimento Inclusivo: Tendências, Políticas e Avaliação PRIORIDADES E DESAFIOS PARA POLÍTICAS EM NÍVEL SUB-NACIONAL Rafael Lucchesi Confederação Nacional da Indústria Rio

Leia mais

VÁLVULAS SÉRIES VM ADVANTAGE

VÁLVULAS SÉRIES VM ADVANTAGE Faixa de fluxo insuperável: opções de 430 e 1,000 l/min Conexão individual, multipolo e fieldbus Altamente flexível e versátil Leve e compacto Fácil de configurar e ligar Milhões de opções disponíveis

Leia mais

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...9

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...9 1 ÍNDICE Apresentação...3 Vantagens...3 Instalação...4 Informações Técnicas...5 Especificações Técnicas...9 2 APRESENTAÇÃO: O SS100 Moto é um rastreador exclusivo para Motos desenvolvido com os mais rígidos

Leia mais

RELATÓRIO DE MISSÃO INTERNACIONAL À ALEMANHA

RELATÓRIO DE MISSÃO INTERNACIONAL À ALEMANHA RELATÓRIO DE MISSÃO INTERNACIONAL À ALEMANHA Participantes: Dr. Roberto Simões, presidente do CDN (Conselho Deliberativo Nacional) e Dr. Carlos Alberto dos Santos, Diretor Técnico do Sebrae Nacional. Objetivo:

Leia mais

Soluções em Tecnologia da Informação

Soluções em Tecnologia da Informação Soluções em Tecnologia da Informação Curitiba Paraná Salvador Bahia A DTS Sistemas é uma empresa familiar de Tecnologia da Informação, fundada em 1995, especializada no desenvolvimento de soluções empresariais.

Leia mais

AVISO DE RESULTADO DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 039/2015 - SAÚDE MENOR PREÇO POR ITEM

AVISO DE RESULTADO DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 039/2015 - SAÚDE MENOR PREÇO POR ITEM AVISO DE RESULTADO DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 039/25 - SAÚDE MENOR PREÇO POR ITEM A Pregoeira Pollyanna Allen Gomes de Jesus, designado pela Portaria nº 092/24 da Prefeitura Municipal de Goiânia / Secretaria

Leia mais

Rodada de negócios com empresários de Rheinland-Pfalz Rio Grande do Sul e Natal 20-27 de outubro

Rodada de negócios com empresários de Rheinland-Pfalz Rio Grande do Sul e Natal 20-27 de outubro 1 Segurança / POLÍCIA / MILITAR Equipamentos de proteção individual para a polícia e militares: Tonfas Sistemas de algemas Aparelhos de busca e localização Proteção para o corpo (especial) Equipamento

Leia mais

Seja um Profissional em Energia Solar

Seja um Profissional em Energia Solar Seja um Profissional em Energia Solar Nós, da Blue Sol, acreditamos no empoderamento de todos os consumidores de energia elétrica no Brasil através da possibilidade de geração própria da energia consumida.

Leia mais

Northern Telecom Ltd (Nortel). Isto devido ao seu atraso na substituição da tecnologia analógica pela digital.

Northern Telecom Ltd (Nortel). Isto devido ao seu atraso na substituição da tecnologia analógica pela digital. MOTOROLA A empresa alcançou um faturamento global da ordem de US$ $37.6 bilhões em 2000. É líder mundial em sistemas e serviços eletrônicos avançados. Atuando de maneira globalizada em 45 países, mais

Leia mais

Soluções em Sensores e Sistemas

Soluções em Sensores e Sistemas Soluções em Sensores e Sistemas Balluff 30 anos no Brasil Com uma história de sucesso de mais de 90 anos, iniciada em 1921, em Neuhausen, Alemanha, a Balluff é especializada na fabricação de sensores e

Leia mais

COREIA DO SUL Comércio Exterior

COREIA DO SUL Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC COREIA DO SUL Comércio Exterior Dezembro de 2014 Índice. Dados

Leia mais

Energia sob medida com tecnologia Fockink

Energia sob medida com tecnologia Fockink Energia sob medida com tecnologia Fockink Grupo Fockink ISO 9001 Sistema de Gestão da Qualidade Certificado AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL E AGROINDUSTRIAL. CONCEPÇÃO, PROJETO, DESENVOLVIMENTO E MONTAGEM DE PAINÉIS

Leia mais

DIAGNÓSTICO E DEFINIÇÃO DE SOLUÇÕES

DIAGNÓSTICO E DEFINIÇÃO DE SOLUÇÕES Somos uma empresa brasileira, especializada em soluções de automação de máquinas e processos industriais, instalação, comissionamento e segurança de infraestrutura elétrica e de máquinas, microgeração

Leia mais

2.3 Transformados Plásticos. Diagnóstico

2.3 Transformados Plásticos. Diagnóstico 2.3 Transformados Plásticos Diagnóstico A indústria de plásticos vem movendo-se ao redor do mundo buscando oportunidades nos mercados emergentes de alto crescimento. O setor é dominado por um grande número

Leia mais

PAÍSES BAIXOS Comércio Exterior

PAÍSES BAIXOS Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC PAÍSES BAIXOS Comércio Exterior Outubro de 2014 Índice. Dados Básicos.

Leia mais

Regulador Digital de Tensão DIGUREG

Regulador Digital de Tensão DIGUREG Regulador Digital de Tensão DIGUREG Totalmente digital. Software para parametrização e diagnósticos extremamente amigável. Operação simples e confiável. Ideal para máquinas de pequena a média potência.

Leia mais

Soluções para alimentos e bebidas. Projeto higiênico, confiabilidade e produtividade para suas operações.

Soluções para alimentos e bebidas. Projeto higiênico, confiabilidade e produtividade para suas operações. Soluções para alimentos e bebidas. Projeto higiênico, confiabilidade e produtividade para suas operações. Energia e produtividade para um mundo melhor A ABB é líder em tecnologias de energia e automação

Leia mais

Monitor do Déficit Tecnológico. Análise Conjuntural das Relações de Troca de Bens e Serviços Intensivos em Tecnologia no Comércio Exterior Brasileiro

Monitor do Déficit Tecnológico. Análise Conjuntural das Relações de Troca de Bens e Serviços Intensivos em Tecnologia no Comércio Exterior Brasileiro Monitor do Déficit Tecnológico Análise Conjuntural das Relações de Troca de Bens e Serviços Intensivos em Tecnologia no Comércio Exterior Brasileiro de 2012 Monitor do Déficit Tecnológico de 2012 1. Apresentação

Leia mais

Família PS 6000 A perfeição da engenharia em solda por resistência

Família PS 6000 A perfeição da engenharia em solda por resistência Família PS 6000 A perfeição da engenharia em solda por resistência 2 Família PS 6000 A perfeição da engenharia em solda por resistência A Família PS 6000 é o mais recente sistema de solda por resistência

Leia mais

CONSUMO APARENTE DE AÇO NO BRASIL DEVE VOLTAR AO PATAMAR DE

CONSUMO APARENTE DE AÇO NO BRASIL DEVE VOLTAR AO PATAMAR DE Aço AÇO BRASIL ABRIL I N F O R M A 28ª 28EDIÇÃO ABRIL 2015 CONSUMO APARENTE DE AÇO NO BRASIL DEVE VOLTAR AO PATAMAR DE 2007 O consumo aparente de aço no País deve fechar o ano de 2015 com queda de 7,8%

Leia mais

Post Show. 2015 www.fispaltecnologia.com.br

Post Show. 2015 www.fispaltecnologia.com.br Post Show 2015 www.fispaltecnologia.com.br 31ª Fispal Tecnologia registra sucesso em geração de negócios e impressiona expositores A cada edição, a Fispal Tecnologia - Feira Internacional de Processos,

Leia mais

Fábio Tozeto Ramos, Engenheiro Mecatrônico e Gerente de Produto da Siemens Ltda.

Fábio Tozeto Ramos, Engenheiro Mecatrônico e Gerente de Produto da Siemens Ltda. Artigos Técnicos Profibus: para todas as exigências Fábio Tozeto Ramos, Engenheiro Mecatrônico e Gerente de Produto da Siemens Ltda. No novo contexto da automação, os barramentos de campo são normalmente

Leia mais

Prof. Manuel A Rendón M

Prof. Manuel A Rendón M Prof. Manuel A Rendón M AGUIRRE, L. A. Enciclopédia da Automática, Volume II, Cap. 16 MORAES, C. C. Engenharia de Automação Industrial, Cap. 6 Microeletrônica equipamentos microprocessados necessidade

Leia mais

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010 Metodologia Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Através de e-survey - via web Público Alvo: Executivos de empresas associadas e não associadas à AMCHAM Amostra: 500 entrevistas realizadas Campo: 16

Leia mais