2012-2º SIMULADO ENEM - 1º ANO. 70 Questões. 07 de junho. Sábado: das 7h às 12h. Duração: 5h.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "2012-2º SIMULADO ENEM - 1º ANO. 70 Questões. 07 de junho. Sábado: das 7h às 12h. Duração: 5h."

Transcrição

1 2012-2º SIMULADO ENEM - 1º ANO Linguagens, Códigos e suas Tecnologias Matemática e suas Tecnologias Ciências da Natureza e suas Tecnologias Ciências Humanas e suas Tecnologias 70 Questões. 07 de junho. Sábado: das 7h às 12h. Duração: 5h.

2

3 LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS 1. Leia a charge. Nas duas ocorrências, a palavra que poderia ser substituída por: a) e, com sentido restritivo. b) mas, com sentido adversativo. c) a fim de, com sentido de finalidade. d) pois, com sentido explicativo. e) portanto, com sentido conclusivo. 2. A pergunta da personagem Mafalda, no segundo quadrinho, inicia-se com a palavra então, que estabelece uma relação de sentido com a situação anterior. Identifique a relação de sentido estabelecida: a) Adição. b) Conclusão. c) Explicação. d) Alternância. e) Oposição. 1

4 3. Considere a charge e as afirmações. (www.acharge.com.br) I. O advérbio já, indicativo de tempo, atribui à frase o sentido de mudança. II. Entende-se pela frase da charge que a população de idosos atingiu um patamar inédito no país. III. Observando a imagem, tem-se que a fila de velhinhos esperando um lugar no banco sugere o aumento de idosos no país. Está correto o que se afirma em a) I apenas. b) II apenas. c) I e II apenas. d) II e III apenas. e) I, II e III. GABARITO: E 4. No rush, carro está tão veloz quanto galinha Velocidade média no pico da tarde em SP passou de 18 km/h para 15 km/h em um ano, segundo relatório da CET concluído em fevereiro. No pico da manhã, velocidade também caiu; principal explicação é a expansão da frota - em 2009, SP ganhou mais de 335 mil veículos. (Folha de São Paulo, 05/03/2010) A respeito do título No rush, carro está tão veloz quanto galinha, é correto afirmar que ele: a) cria, por meio da polissemia da palavra rush, o pressuposto de que a lentidão do tráfego paulistano é algo premeditado. b) apresenta uma variante coloquial de linguagem, incompatível com a seriedade exigida por esse gênero textual. c) recorre ao grau superlativo analítico com o intuito de produzir um efeito de realce a um grave problema da capital paulista. d) emprega o grau comparativo de igualdade como recurso irônico, já que, em geral, o adjetivo veloz não se aplica a galinha. e) utiliza a comparação para criticar o aumento da frota paulistana, principal agente poluidor da cidade. 2

5 TEXTO: 5 O labirinto da internet Um paradoxo da cultura contemporânea é a incapacidade da maioria dos políticos de entender a comunicação política. Essa disfunção provoca, muitas vezes, resultados trágicos. É o caso da lei votada pela Câmara dos Deputados para regular o uso da internet nas eleições. Se aprovada sem mudanças pelo Senado, vai provocar um forte retrocesso numa área em que o Brasil, quase milagrosamente, se destaca no mundo sua legislação de comunicação eleitoral. Sim, a despeito da má vontade de alguns e, a partir daí, de certos equívocos interpretativos, o Brasil tem uma das mais modernas legislações de comunicação eleitoral do mundo. O nosso modelo de propaganda gratuita, via renúncia fiscal, é tão conceitualmente poderoso que se sobressai a alguns anacronismos da lei, como o excesso de propaganda partidária em anos não eleitorais ou a ridícula proibição de imagens externas em comerciais de TV. Os deputados decidiram errar onde não poderiam. Mas era um erro previsível. A internet é o meio mais perturbador que já surgiu na comunicação. Para nós da área, ela abre fronteiras tão imprevisíveis e desconcertantes como foram a Teoria da Relatividade para a física, a descoberta do código genético para a biologia, o inconsciente para a psicologia ou a atonalidade para a música. Na comunicação política, a internet é rota ainda difícil de navegar. [...] Desde sua origem nas cavernas, o modo de expressão política tem dado pulos evolutivos sempre que surge um novo meio. [...] Foram enormes os pulos causados pela imprensa, pelo rádio, pelo cinema e pela TV na forma e no modo de fazer política. Mas nada perto dos efeitos que trará a internet. Não só por ser uma multimídia de altíssima concentração, mas também porque sua capilaridade e interatividade planetária farão dela não apenas uma transformadora das técnicas de indução do voto, mas o primeiro meio na história a mudar a maneira de votar. Ou seja, vai transformar o formato e a cara da democracia. No futuro, o eleitor não vai ser apenas persuadido, por meio da internet, a votar naquele ou naquela candidata. Ele simplesmente vai votar pela internet de forma contínua e constante. (Adaptado de: SANTANA, João. O labirinto da internet. Disponível em: <http://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/fz htm>.acesso em: 20 jul. 2009). 5. Observe a frase: Os deputados decidiram errar onde não poderiam. Assinale a alternativa que corresponde ao uso correto do termo onde. a) Aquele era um tempo onde as pessoas se compreendiam melhor. b) Este é um povo onde a fé é inabalável e a alegria é constante. c) Este é um homem onde fazer ciência é um dos maiores objetivos. d) Onde quer que esteja, hão de se lembrar de você. e) Aquele é um pensamento onde é tudo muito arriscado. 6. No quadrinho acima, observamos um problema de comunicação entre os personagens. Assinale a alternativa que apresenta o elemento da comunicação que levou a esse problema. a) Canal. b) Código. c) Referente. d) Mensagem. e) Emissor. 3

6 7. A famosa frase em inglês da propaganda da NIKE, num sentido literal, significa Apenas faça. Num sentido mais amplo, significa Faça sem perguntar o porquê. A imagem pode ter várias leituras. Assinale a única descabida: a) Há um flagrante contraste entre um garoto, imagem da pobreza (magro, sem camisa e descalço), e um dos mais famosos ícones de consumo do mundo capitalista. b) A imagem do garoto pode lembrar que nem todos possuem acesso aos bens de consumo da sociedade capitalista. c) O comportamento do garoto poderia ser entendido como atitude de desprezo, de rebeldia ou de irreverência para com aquilo que é símbolo de culto ao esporte ou até de status (uso da marca). d) A propaganda, por intenção irônica, mostra um garoto cumprindo em atitude aquilo que a frase ordena em inglês. e) O cachorro, olhando para a cena, simboliza inequivocamente a humanidade animalizada, apenas plateia do conflito pobreza e riqueza. GABARITO: E 8. Leia os quadrinhos a seguir. Nos quadrinhos acima, destaca-se a seguinte ideia: QUINO, Mafalda 10. São Paulo: Martins Fontes, p. 20. a) A constatação de que existem erros de impressão num conhecido jornal forma o efeito humorístico da tira. b) A notícia de jornal é compreendida de forma diferente, conforme a faixa etária e a perspectiva do leitor. c) A formatação diferenciada do jornal, no terceiro quadrinho, enfatiza a falta de objetividade da notícia. d) A semelhança entre a perspectiva do adulto e a das crianças fica evidente no quarto quadrinho. e) A notícia de jornal não pode ser compreendida de formas diferentes. 4

7 TEXTO: Considere a música da dupla sertaneja Alvarenga e Ranchinho. Trabalha, trabalha, trabalha Trabalha, trabalha, trabalha Só no fim do mês recebe Paga, paga, paga, paga Tudo o que deve No domingo eu vou na missa, Não posso trabalhar Segunda-feira preguiça, Preciso descansar Terça-feira é dia santo, Se eu trabalho é pecado Quarta-feira eu tô doente, Quinta-feira é feriado Não trabalho na sexta, que é dia de azar Sábado é fim de semana Tenho que descansar. 9. Considere o trecho da música: Não trabalho na sexta, que é dia de azar Sábado é fim de semana Tenho que descansar. Sobre a ocorrência da palavra que, é correto afirmar que ela: a) poderia ser substituída, no primeiro caso, por no qual, e por qual, no segundo. b) tem valor de conclusão nos dois casos, podendo ser substituída por então. c) poderia ser substituída por quando no primeiro caso e por logo que, no segundo. d) tem valor causal no primeiro caso e equivale a no entanto, no segundo. e) tem valor explicativo no primeiro caso e equivale à preposição de, no segundo. GABARITO: E TEXTO O que as câmeras ainda não mostram Os bisbilhoteiros virtuais se refestelaram na semana passada, quando chegou ao Brasil o Google Street View, serviço que coloca na tela do computador fotos em 360 graus das ruas de, por enquanto, 51 municípios brasileiros. Em sua maioria, as primeiras pesquisas feitas por brasileiros se concentraram na busca do próprio endereço, da sede do trabalho, da casa da namorada. E houve também muita gente que passou horas procurando imagens bizarras ou engraçadas captadas pelo programa. Passada essa primeira onda de voyeurismo, comum em todos os países que já contam com o serviço, começam a aparecer outras utilidades. Num futuro não muito distante, o internauta brasileiro vai poder planejar suas férias, adquirir um imóvel ou visitar um museu por meio da ferramenta. O Street View faz parte de outro produto da empresa, o Google Maps. Bem mais detalhista que seu irmão maior, permite ao usuário navegar pelas ruas, com uma visão de todos os pontos cardeais, do chão e do céu. É como se você andasse até a porta de um prédio, admirasse sua fachada, comparasse com a dos vizinhos etc., num passeio em que o mouse cumpre a função das pernas. Lançada em maio de 2007, a ferramenta originalmente cobria cinco grandes cidades nos EUA e seus arredores. Hoje, se estende a todo território americano, assim como à maior parte do Canadá, Japão, Austrália e vários países europeus. No Brasil, até agora apenas São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e cidades vizinhas dessas capitais foram fotografadas pelos carros do Google. (...) Muitos varejistas se animaram com a possibilidade de ter seus estabelecimentos fotografados pelas poderosas câmeras do produto. Seria a chance de, num primeiro momento, o cliente fazer um passeio virtual para depois fechar uma compra real e feita de forma presencial. Atualmente isso esbarra em dois problemas. O primeiro é que o programa não é ao vivo. As imagens são coletadas em média um ano antes de irem ao ar. Ou seja, quando o visitante entrasse na loja, as prateleiras estariam desatualizadas. O outro 5

8 problema é o fato de que, segundo a empresa, a produção de fotos de estabelecimentos comerciais não passa de mero boato. Bem mais acessível aos lojistas, pelo menos por enquanto, é a oferta de espaços publicitários nas ruas flagradas pelo Google. A empresa aposta tanto nisso que patenteou um sistema que automaticamente apaga as mensagens publicitárias estampadas em outdoors e cartazes. No lugar delas seriam colocados anúncios pagos. As empresas americanas ainda não adotaram essa estratégia. Não tem nada de anúncio ali, diz Pedro Sorrentino, professor da São Paulo Digital School e autor do vídeo Obama Digital. Em muitas áreas, o Street View ainda é uma ferramenta em busca de uma utilidade. (Istoé, edição 2135, 08/10/2010) 10. O texto O que as câmeras ainda não mostram apresenta como principal finalidade: a) noticiar objetiva e imparcialmente um fato: a implantação de um serviço da web, inédito no Brasil. b) analisar, do ponto de vista de diferentes grupos, o impacto produzido pela implantação do Google View no Brasil e no mundo. c) persuadir os internautas a usarem a ferramenta e os empresários a explorarem o potencial comercial do produto. d) expor, tecnicamente, o conteúdo de uma ferramenta da Internet e revelar um julgamento a respeito dela. e) tratar de fatos do cotidiano (a implantação de um novo serviço da web) de forma bem-humorada. 11. A respeito da arte Barroca julgue nos itens: ( ) Tudo na arte barroca invocava a teatralidade e o movimento. ( ) Na pintura, temas religiosos eram transmitidos através da emoção. ( ) Composição em diagonal e contraste de claro e escuro, não constituíram características da pintura barroca. ( ) O barroco tinha um caráter extremamente racional. ( ) O período barroco caracteriza-se, dentre outros temas, pela presença da religiosidade por meio de ideias contrárias como pecado e perdão, castigo e arrependimento, e da morte como expressão da fragilidade da vida. GABARITO: A (FVFFV) a) F V F F V b) V V F V F c) F V V V F d) V F F V V e) F V F V V 12. Leia, atentamente, este soneto: Ao Mesmo Assunto e na Mesma Ocasião (A Cristo N. S.Crucificado, Estando o Poeta na Última Hora de Sua Vida) Pequei, Senhor, mas não porque hei pecado, Da vossa piedade me despido, Porque quanto mais tenho delinquido, Vos tenho a perdoar mais empenhado. Se basta a vós tirar tanto um pecado, A abrandar-vos sobeja um só gemido, Que a mesma culpa, que vos há ofendido, Vos tem para o perdão lisonjeado. Se uma ovelha perdida, e já cobrada Glória tal, e prazer tão repentino vos deu, como afirmais na Sacra História: Eu sou, Senhor, a ovelha desgarrada. Cobrai-a, e não queirais, Pastor Divino, Perder na vossa ovelha a vossa glória. Vocabulário: hei: ter; tenho. despido: afasto. sobeja: basta. cobrada: recuperada. Sacra História: Sagradas Escrituras; a Bíblia. delinquido: que cometeu uma falta; um pecado. lisonjeado: agradado, que dá prazer. (Antologia Poética de Gregório de Matos, seleção de Walmir Ayala. Rio de Janeiro: Ediouro, 1991, p.20) 6

9 O soneto transcrito é de autoria de Gregório de Matos e nele se encontram as principais características da poesia barroca. Identifique o que for correto na(s) alternativa(s) abaixo. (01) O período barroco caracteriza-se, dentre outros temas, pela presença da religiosidade por meio de ideias contrárias como pecado e perdão, castigo e arrependimento, e da morte como expressão da fragilidade da vida. (02) A revolta contra Deus é uma das principais características da poesia barroca brasileira. (04) O eu lírico do texto não se arrepende de seus pecados, mas exige a clemência de Deus. (08) Identificando-se com a ovelha desgarrada, que na parábola bíblica foi recuperada por Deus, o eu lírico também deseja ser perdoado. (16) No soneto acima, pode-se reconhecer o caráter de jogo verbal próprio do estilo barroco, relacionado ao arrependimento do poeta pecador. A soma das alternativas verdadeiras é: a) 7 b) 25 c) 20 d) 12 e) 14 ( = 25) Responda as perguntas 13 e 14 com base no texto a seguir. "O trigo que semeou o pregador evangélico, diz Cristo que é a palavra de Deus. Os espinhos, as pedras, o caminho e a terra boa, em que o trigo caiu, são os diversos corações dos homens. Os espinhos são os corações embaraçados com cuidados, com riquezas, com delícias; e nestes afoga-se a palavra de Deus. As pedras são os corações duros e obstinados; e nestes seca-se a palavra de Deus, e se nasce, não cria raízes. Os caminhos são os corações inquietos e perturbados com a passagem e tropel e das coisas do Mundo, uma que vão, outras que vêm, outras que atravessam - e todas passam; e nestes é pisada a palavra de Deus, porque a desatendem ou a desprezam. Finalmente, a terra boa são os corações bons ou os homens de bom coração; e nestes prende e frutifica a palavra divina, com tanta fecundidade e abundância, que se colhe cento por um..." (Pe. Antônio Vieira) 13. Assinale a metáfora mal explicada. a) Trigo semeado - palavra de Deus. b) Espinhos - corações ligados aos bens materiais. c) Pedras - corações de homens sem amor. d) Caminhos - corações dos que seguem as palavras de Deus. e) Terra boa - é a da palavra que frutifica. 14. Na frase "e todas passam", está clara a ideia de que: a) a vida terrena é muito valiosa; b) o mundo material deve ser muito valorizado; c) os bens da terra não perdem seu valor; d) a existência humana não é perene; e) a vida terrena é a que realmente conta. GABARITO: A 15. Considere as seguintes afirmações sobre o Barroco brasileiro: I. A arte barroca caracteriza-se por apresentar dualidades, conflitos, paradoxos e contrastes, que convivem tensamente na unidade da obra. II. O conceptismo e o cultismo, expressões da poesia barroca, apresentam um imaginário bucólico, sempre povoado de pastoras e ninfas. III. A oposição entre Reforma e Contra--Reforma expressa, no plano religioso, os mesmos dilemas de que o Barroco se ocupa. 7

10 Quais estão corretas? a) Apenas I. b) Apenas II. c) Apenas III. d) Apenas l e III. e) I, II e III. 16. Assim como na relação entre o perfil de um corte de um torno e a peça torneada, sólidos de revolução resultam da rotação de figuras planas em torno de um eixo. Girando-se as figuras abaixo em torno da haste indicada obtêm-se os sólidos de revolução que estão na coluna da direita. A correspondência correta entre as figuras planas e os sólidos de revolução obtidos é: a) 1A, 2B, 3C, 4D, 5E. b) 1B, 2C, 3D, 4E, 5A. c) 1B, 2D, 3E, 4A, 5C. d) 1D, 2E, 3A, 4B, 5C. e) 1D, 2E, 3B, 4C, 5A. 17. Um decorador utilizou um único tipo de transformação geométrica para compor pares de cerâmicas em uma parede. Uma das composições está representada pelas cerâmicas indicadas por I e II. Utilizando a mesma transformação, qual é a figura que compõe par com a cerâmica indicada por III? a) d) b) e) c) 8

11 18. Uma das expressões artísticas mais famosas associada aos conceitos de simetria e congruência é, talvez, a obra de Maurits Comelis Escher, artista holandês cujo trabalho é amplamente difundido. A figura apresentada, de sua autoria, mostra a pavimentação do plano com cavalos claros e cavalos escuros, que são congruentes e se encaixam sem deixar espaços vazios. Realizando procedimentos análogos aos feitos por Escher, entre as figuras abaixo, aquela que poderia pavimentar um plano, utilizandose peças congruentes de totalidades claras e escuras é: a) d) b) e) c) 19. Na busca constante pela sua evolução, o ser humano vem alternando a sua maneira de pensar, de sentir e de criar. Nas últimas décadas do século XVIII e no início do século XIX, os artistas criaram obras em que predominam o equilíbrio e a simetria de formas e cores, imprimindo um estilo caracterizado pela imagem da respeitabilidade, da sobriedade, do concreto e do civismo. Esses artistas misturaram o passado ao presente, retratando os personagens da nobreza e da burguesia, além de cenas míticas e históricas cheias de vigor. RAZOUK, J. J. (Org.). Histórias reais e belas nas telas. Posigraf: Atualmente, os artistas apropriam-se de desenhos, charges, grafismo e até de ilustrações de livros para compor obras em que se misturam personagens de diferentes épocas, como na seguinte imagem: a) b) c) Carnaval Frida Kahlo. Pablo Picasso. Retrato de Jaqueline Roque. Tarsila do Amaral. Auto retrato. 9

12 d) e) Andy Warhol. Che. Maurício de Sousa, Mônica Lisa. GABARITO: E 20. As histórias em quadrinhos, por vezes, utilizam animais como personagens e a eles atribuem comportamento humano. O gato Garfield é exemplo desse fato. Fonte: Caderno Vida e Arte, Jornal do Povo, Fortaleza Van Gogh, pintor holandês nascido em 1853, é um dos principais nomes da pintura mundial. É dele o quadro abaixo. O 3º quadrinho sugere que Garfield: VAN GOGH Auto-retrato de orelha cortada a) desconhece tudo sobre arte, por isso faz a sugestão. b) acredita que todo pintor deve fazer algo diferente. c) defende que para ser pintor a pessoa tem de sofrer. d) conhece a história de um pintor famoso e faz uso da ironia. e) acredita que seu dono tenha tendência artística e, por isso, faz a sugestão. 10

13 Texto para próxima questão. Vocabulary: Report: relatório 21. Na fase escolar, é comum que os professores passem atividades extraclasses e marquem uma data para que as mesmas sejam entregues para correção. No caso da cena da charge, a professora ouve uma estudante apresentando argumentos para: a) discutir sobre o conteúdo já entregue. b) elogiar o tema proposto para o relatório solicitado. c) sugerir temas para novas pesquisas e relatórios. d) reclamar do curto prazo para entrega do trabalho. e) convencer de que fez o relatório solicitado. GABARITO: E Resposta: Justifica-se pela fala da aluna: I ll send it to you telepathically (Eu o enviarei a você telepaticamente) para convencê-lo de que ela fez o relatório. 22. For an interesting attempt to measure cause and effect try Mappiness, a project run by the London School of Economics, which offers a phone app that prompts you to record your mood and situation. The Mappiness website says: We are particularly interested in how people s happiness is affected by their local environment air pollution, noise, green spaces, and so on- which the data from Mappiness will be absolutely great for investigating. Will it work? With enough people, it might. But there are other problems. We ve been using happiness and wellbeing interchangebly. Is that ok? The difference comes out in a sentiment like: We were happier during the war. But was our well-being also greater then? Vocabulary: Mood: humor O projeto Mappiness, idealizado pela London School of Economics, ocupa-se do tema relacionado: a) ao nível de felicidade das pessoas em tempos de guerra. b) à dificuldade de medir o nível de felicidade das pessoas a partir de seu humor. c) ao nível de felicidade das pessoas enquanto falam ao celular com seus familiares. d) à relação entre o nível de felicidade das pessoas e o ambiente no qual se encontram. e) à influência das imagens grafitadas pelas ruas no aumento do nível de felicidade das pessoas. 11

14 RESPOSTA: A resposta justifica-se pelo trecho:...happiness is affected by their local environment air pollution, noise, green spaces... (...felicidade é afetada pelo ambiente local- poluição do ar, barulho, espaços verdes...) 23. Most people know what an ipod is, but what does this word mean? According to one theory, it s an acronym for Interface Protocol Option Devices. According to another, i stands for internet, while Pod stands for portable device. A pod also refers to a container provided by nature: peas grow in a pod, and an ipod contains music. Podcasting, on the other hand, is a variation of broadcasting. Now you can download programs from the internet onto your ipod, instead of listening to them on the radio. (Speak Up, n 231) De acordo com o texto: a) o ipod, segundo mais de uma teoria, é um invólucro natural. b) o ipod, de acordo com mais de uma teoria, é um anacronismo. c) o ipod é algo conhecido pela maioria das pessoas. d) a internet permitiu a criação, ainda que teórica, de uma variante de gravador de músicas. e) o ipod, um aparelho portátil, pode ser usado como internet. GABARITO: C RESPOSTA: A resposta encontra-se logo no início do parágrafo: Most people know what an ipod is. (A maioria das pessoas sabe o que é um ipod) 24. No texto anterior, a analogia entre o ipod e a vagem justifica-se porque: a) ambos são invólucros naturais. b) ambos abrigam algo em seu interior. c) os dois são portáteis. d) nenhum dos dois é de grande porte. e) os dois desempenham funções orgânicas. Resposta: Justifica-se a resposta no quarto período do texto: A pod also refers to a container provided by nature: peas grow in a pod, and na ipod contains music.a referência analógica de abrigar algo em seu interior reside no fato de que as ervilhas crescem (estão) em seu invólucro(casca) e um ipod contém música. Texto para próxima questão. 25. A partir da leitura do cartum, pode-se concluir que: a) a moça percebe que Garfield comeu o peixe. b) John acredita que a moça está escondendo o peixe. c) Garfield salva o peixe. d) a moça acredita que o peixe está se escondendo. e) John escondeu o peixe. Resposta: Justifica-se a resposta pela fala da moça: It s probably hiding. (ele está provavelmente se escondendo) 12

15 Texto 26. La expresión coloquial, A qué viene esta gente?, contenida en el globo del texto, sugiere: a) la alegría de los nativos al ver a aquellos hombres desconocidos y armados. b) la arrogancia con que son recibidos los recién llegados. c) el sentimiento de odio revelado por los habitantes del nuevo Mundo. d) la simpatía que los indígenas sentían por aquellos hombres barbudos. e) el desconocimiento, por parte de los indígenas, en relación a los conquistadores. GABARITO: E 27. Todas las palabras siguientes forman el plural siguiendo la misma regla, EXCEPTO. a) jugador. b) chico. c) infantil. d) balón. e) Papel. 28. Cómo se escriben en el plural las expresiones "luz oscura" y "mi última"? a) luces oscuras, mis últimas. b) luses oscuras, mías últimas. c) luxes oscuras, miz últimas. d) luzes oscuras, mis últimas. e) Luses oscuras, mis últimas. GABARITO: A 29. La redacción correcta de los números 18 y 21 es respectivamente: a) dieziocho; veintiun. b) dieciocho; veintiuno. c) dezoito; veintiún. d) diezoito; vienteuno. e) dieciocho; veinte y uno. 13

16 30. Indique los pronombres para rellenar los espacios en la frase: a) Mía mío míos. b) Mi mío mis. c) Mi mi mis. d) Mía mi mis. e) Mía mío mis. GABARITO: C tía y tío compraran todos zapatos para ayudarme. MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 31. Sendo A 1,2,3,4,5 e B, dados os diagramas a seguir, marque a alternativa que contém apenas aquele(s) que representa(m) uma função. a) I e II b) I e III c) II e III d) Todos e) Nenhum GABARITO: C RESOLUÇAO: Dos diagramas apresentados, os únicos que apresentam todos os elementos do domínio se relacionando com apenas um elemento do contradomínio são o II e o III. 32. O domínio da função gx ( ) x 3 2 é: a) Dom( g) x x 2 b) Dom( g) x x 2 c) Dom( g) x x 2 d) Dom( g) x x 2 e) Dom( g) x x 2 GABARITO: A RESOLUÇÃO: A condição de existência da função é x 2 0, de onde tiramos que, de todos os números reais, apenas aqueles que satisfazem a condição x 2 pertencem ao domínio dessa função. 14

17 33. Sendo A e B, qual dos gráficos representa uma função de A em B? a) b) c) d) e) RESOLUÇÃO: Dos gráficos apresentados o único em que todos os elementos do domínio se relacionam com a apenas um elemento do contradomínio é o apresentado no item D. 34. O gráfico que melhor representa a função do 1º grau h( x) 2x 1 é o do item: a) b) c) d) e) RESOLUCÃO: Podemos calcular a imagem de alguns elementos do domínio dessa função para determinar o gráfico da função h. Por exemplo, h(0) 1 e h(1) 3. Dos gráficos apresentados o único que contém os pontos (0;1) e (1;3) é o apresentado no item. 15

18 35. Uma fábrica de sorvetes recebe encomendas de picolés das sorveterias de uma região e cobra R$ 2,00 por unidade do produto. O gráfico que melhor representa essa situação é o do item: a) b) c) d) e) GABARITO: A RESOLUÇÃO: O domínio dessa função é necessariamente natural, uma vez que a fábrica vende um número inteiro de picolés. Como o preço é o dobro número de picolés, o gráfico que melhor representa essa situação é o do item A. 36. Os ângulos internos de um quadrilátero A, B, C e D são proporcionais aos números 2, 3, 4 e 6, respectivamente. Assinale a opção que contém os valores de dois desses ângulos: a) A = 48 0 e D = b) A = 72 0 e B = 24 0 c) C = 96 0 e B = 24 0 d) C = e A = 24 0 e) A = e B = 72 0 GABARITO: A 37. A figura ao lado indica três lotes de terreno com frente para a Rua A e para rua B. As divisas dos lotes são perpendiculares à rua A. As frentes dos lotes 1, 2 e 3 para a rua A medem, respectivamente, 15 m, 20 m e 25 m. A frente do lote 2 para a rua B mede 28 m. Qual é a medida da frente para a rua B dos lotes 1 e 3? a) 22 m e 24 m b) 15 m e 20 m c) 21 m e 35 m d) 25 m e 30 m e) 36 m e 45 m GABARITO: C 16

19 38. No triângulo ABC, da figura, AM e CN são medianas que se interceptam em G. Sendo AG = 10 cm e CN = 18 cm, determine os valores de x, y e z respectivamente. a) 3, 4 e 14 b) 20, 7 e 11 c) 15, 13 e 5 d) 5, 12 e 6 e) 4, 6 e Considere as seguintes proposições. I. Todo quadrado é um losango. II. Todo quadrado é um retângulo. III. Todo retângulo é um paralelogramo. IV. Todo triângulo equilátero é isósceles. Pode-se afirmar que: a) só uma é verdadeira. b) todas são verdadeiras. c) só uma é falsa. d) duas são verdadeiras e duas são falsas. e) todas são falsas. 40. No retângulo ABCD abaixo, AC e BD são as diagonais. Determine as medidas dos ângulos x e y respectivamente. a) 60 e 120 b) 61 e 119 c) 62 e 118 d) 63 e 117 e) 64 e 116 GABARITO: E CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS 41. Os instrumentos ópticos são equipamentos construídos para auxiliar a visualização do que seria muito difícil ou impossível de enxergar. As peças fundamentais que compõem a maioria dos instrumentos ópticos são os espelhos e lentes. Uma máquina fotográfica é um instrumento óptico composto basicamente por duas lentes, uma objetiva e uma ocular, responsáveis pela formação da imagem em seu interior. 17

20 Com base nos conhecimentos de óptica, pode-se inferir corretamente sobre uma máquina fotográfica que: a) a objetiva deve ser uma lente divergente, a ocular uma lente convergente e a imagem que se forma no seu interior é virtual e menor que o objeto. b) a objetiva deve ser uma lente divergente, a ocular uma lente convergente e a imagem que se forma no seu interior é real e menor que o objeto. c) a objetiva deve ser uma lente convergente, a ocular uma lente divergente e a imagem que se forma no seu interior é real e menor que o objeto. d) a objetiva e a ocular devem ser uma lente convergente e a imagem que se forma no seu interior é virtual e menor que o objeto. e) a objetiva e a ocular devem ser uma lente divergente e a imagem que se forma no seu interior é virtual e menor que o objeto. GABARITO: C 42. Cinema (do grego: kinema "movimento") significa a técnica e a arte de fixar e de reproduzir imagens que suscitam impressão de movimento, tal como significa a indústria que produz estas imagens. As obras cinematográficas (ou filmes) são produzidas através da gravação de imagens do mundo real ou de mundos criados a partir de técnicas de animação e efeitos visuais específicos, com câmeras (câmaras) adequadas. A tela do cinema é o anteparo onde são projetadas as imagens que, por definição física, tratam-se de: a) Imagens reais e, portanto, invertidas em relação ao filme e direitas em relação aos espectadores. b) Imagens reais e direitas, tanto em relação ao filme quanto aos espectadores. c) Imagens virtuais, portanto, invertidas em relação ao filme e em relação aos espectadores. d) Imagens virtuais, portanto direitas em relação aos espectadores. e) Imagens reais, portanto invertidas em relação aos espectadores. GABARITO: A 43. A localização de um lago, em relação a uma caverna pré-histórica, exigia que se caminhasse 200 m numa certa direção e, a seguir, 480 m numa direção perpendicular à primeira. A distância em linha reta, da caverna ao lago era, em metros, a) 680 b) 600 c) 540 d) 520 e) Na figura, são dados os vetores a, ω e v. Sendo u a unidade de medida do módulo desses vetores, pode-se afirmar que o vetor g = a - ω + v tem módulo: a) 2u, e sua orientação é vertical, para cima. b) 2u, e sua orientação é vertical, para baixo. c) 4u, e sua orientação é horizontal, para a direita. d) ( 2 )u, e sua orientação forma 45 com a horizontal, no sentido horário. e) ( 2 )u, e sua orientação forma 45 com a horizontal, no sentido anti-horário. 45. Num bairro, onde todos os quarteirões são quadrados e as ruas paralelas distam 100m uma da outra, um transeunte faz o percurso de P a Q pela trajetória representada no esquema a seguir. 18

ENEM 2011 English. Linguagens, códigos e suas tecnologias QUESTÃO 91

ENEM 2011 English. Linguagens, códigos e suas tecnologias QUESTÃO 91 Linguagens, códigos e suas tecnologias QUESTÃO 91 GLASBERGEN, R. Today s cartoon. Disponível em: http://www.glasbergen.com. Acesso em: 23 jul. 2010. Na fase escolar, é prática comum que os professores

Leia mais

COMUNICADO Nº 32/2014 SÉRIE: 1º ano / Ensino Médio ASSUNTO: Conteúdo das Avaliações Bimestrais. 1º ano D. Arte

COMUNICADO Nº 32/2014 SÉRIE: 1º ano / Ensino Médio ASSUNTO: Conteúdo das Avaliações Bimestrais. 1º ano D. Arte COMUNICADO Nº 32/2014 SÉRIE: 1º ano / Ensino Médio ASSUNTO: Conteúdo das Avaliações Bimestrais Arte -Resumo Arte feminino plural Função pragmática ou utilitária Função naturalista As linguagens artísticas

Leia mais

RESOLVIDO 1º SIMULADO DISCURSIVO PROVA 02. GEOGRAFIA Horário: das 9h às 12h Dia: 01 de julho.

RESOLVIDO 1º SIMULADO DISCURSIVO PROVA 02. GEOGRAFIA Horário: das 9h às 12h Dia: 01 de julho. RESOLVIDO 2012 1º SIMULADO DISCURSIVO PROVA 02 GEOGRAFIA Horário: das 9h às 12h Dia: 01 de julho. GEOGRAFIA 1ª QUESTÃO As figuras a seguir apresentam os mapas com a atuação das massas de ar no inverno

Leia mais

Av. Moaci, 965 Moema São Paulo SP CEP: 04083-002 Tel. +55 (11) 2532-4813 www.geekie.com.br. Prezados colégios,

Av. Moaci, 965 Moema São Paulo SP CEP: 04083-002 Tel. +55 (11) 2532-4813 www.geekie.com.br. Prezados colégios, Prezados colégios, Buscando atender a demanda por GeekieTestes para o 1º e 2º anos do Ensino Médio, elaboramos nossa Matriz Geekie de Avaliação para 2014. Nela, buscamos contemplar os principais conteúdos

Leia mais

PROFESSOR: Daniel. ALUNO (a): Data da prova: 09/05/15

PROFESSOR: Daniel. ALUNO (a): Data da prova: 09/05/15 GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: Daniel DISCIPLINA: Literatura SÉRIE: 2 ano ALUNO (a): Data da prova: 09/05/15 No Anhanguera você é + Enem LISTA DE EXERCÍCIOS P1 2 BIMESTRE O Barroco - a arte que predominou

Leia mais

Município D 8.902 545 6,12 Município E 231.977 3.544 1,53 Município F 93.655 1.280 1,37

Município D 8.902 545 6,12 Município E 231.977 3.544 1,53 Município F 93.655 1.280 1,37 01 - Os problemas ambientais estão na ordem do dia dos debates científicos, das agendas políticas, da mídia e das relações econômicas. Até muito recentemente, ao se falar de meio ambiente, as instituições

Leia mais

1. (Unesp) A ilustração apresenta o resultado de um teste de paternidade obtido pelo método do DNA-Fingerprint, ou "impressão digital de DNA".

1. (Unesp) A ilustração apresenta o resultado de um teste de paternidade obtido pelo método do DNA-Fingerprint, ou impressão digital de DNA. Ácidos Nuclêicos 1. (Unesp) A ilustração apresenta o resultado de um teste de paternidade obtido pelo método do DNA-Fingerprint, ou "impressão digital de DNA". a) Segundo o resultado acima, qual dos homens,

Leia mais

Questões Estruturais do Currículo

Questões Estruturais do Currículo Questões Estruturais do Currículo Embora as questões abaixo sejam divididas em três níveis gerais de ensino, muitas delas podem ser usadas em praticamente qualquer série. Questões Estruturais do Currículo

Leia mais

Recursos para Estudo / Atividades

Recursos para Estudo / Atividades COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Final Disciplina: Química Ano: 2012 Professor (a): Elisa Landim Turma: 1º FG Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação. Faça a lista

Leia mais

CADERNO DE ATIVIDADES

CADERNO DE ATIVIDADES COLÉGIO ARNALDO 2014 CADERNO DE ATIVIDADES GEOGRAFIA Aluno (a): 4º ano Turma: Professor (a): Valor: 20 pontos Conteúdo de Recuperação Sistema Solar. Mapa político do Brasil: Estados e capitais. Regiões

Leia mais

CONTEÚDO DE PROVA DO 1º BIMESTRE 1º ANO ENSINO MÉDIO

CONTEÚDO DE PROVA DO 1º BIMESTRE 1º ANO ENSINO MÉDIO CONTEÚDO DE PROVA DO 1º BIMESTRE 1º ANO ENSINO MÉDIO IMPORTANTE!!! O ALUNO DEVE ESTUDAR ALÉM DOS CONTEÚDOS ABAIXO, O DO CADERNO, LIVRO E CADERNO DE ATIVIDADES. Disciplina Data da prova Conteúdo Apresentação

Leia mais

07. Alternativa c. Seja PABC a pirâmide regular, com as medidas indicadas. Tem-se:

07. Alternativa c. Seja PABC a pirâmide regular, com as medidas indicadas. Tem-se: + + = = = + = = = = = = 07. Alternativa c. Seja PABC a pirâmide regular, com as medidas indicadas. Tem-se: (1) PP'A: 4 = cos60º = 1 = () PABC é regular P' é baricentro y = y = () ABC é equilátero + y =

Leia mais

ATIVIDADE DE FÍSICA PARA AS FÉRIAS 9. OS A/B/C PROF. A GRAZIELA

ATIVIDADE DE FÍSICA PARA AS FÉRIAS 9. OS A/B/C PROF. A GRAZIELA ATIVIDADE DE FÍSICA PARA AS FÉRIAS 9. OS A/B/C PROF. A GRAZIELA QUESTÃO 1) Atente para a ilustração e os fragmentos de texto abaixo. Utilize-os para responder aos itens da questão 1. [ 1 ] Em muitos parques

Leia mais

Modulo I Mudanças Climáticas

Modulo I Mudanças Climáticas Nome: Nº: Turma: Geografia 1º ano Exercícios Extras Silvia Set/09 Modulo I Mudanças Climáticas 1. (UFRJ) A maior parte do aquecimento da atmosfera é proveniente da radiação terrestre: a atmosfera deixa

Leia mais

Compreendendo o espaço

Compreendendo o espaço Módulo 1 Unidade 2 Compreendendo o espaço Para início de conversa... A forma como você se locomove na cidade para ir de um lugar a outro tem a ver com as direções que você toma e com o sentido para o qual

Leia mais

GEOGRAFIA. transformadas

GEOGRAFIA. transformadas GEOGRAFIA Disciplina A (currículo atual 2008) Disciplina B (currículos extintos) 1ª período 59480 Cartografia Geral 68 Geografia Cartografia B 136 37230 Geografia Contida Ementa: Aborda os fundamentos

Leia mais

Enem, fantasias e verdades. Rommel Fernandes

Enem, fantasias e verdades. Rommel Fernandes 2014 Enem, fantasias e verdades. Rommel Fernandes Enem, fantasias e verdades. 3 Eu sou Rommel Fernandes, Diretor de Ensino do Bernoulli, e vou expor um tema interessantíssimo, que envolve o Enem. O exame

Leia mais

Nome: N.º: endereço: data: telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA A 1 ạ SÉRIE DO ENSINO MÉDIO EM 2012. Disciplina: matemática

Nome: N.º: endereço: data: telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA A 1 ạ SÉRIE DO ENSINO MÉDIO EM 2012. Disciplina: matemática Nome: N.º: endereço: data: telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA A 1 ạ SÉRIE DO ENSINO MÉDIO EM 2012 Disciplina: matemática Prova: desafio nota: QUESTÃO 16 Uma caixa contém 100 bolas apenas. Destas,

Leia mais

A) Ação global. B) Ação Antrópica. C) Ação ambiental. D) Ação tectônic

A) Ação global. B) Ação Antrópica. C) Ação ambiental. D) Ação tectônic Disciplina: Geografia Roteiro de Recuperação Ano / Série: 6º Professor (a): Gabriel Data: / / 2013 Matéria da recuperação. Superficie da Terra. Litosfera, solo e relevo 1- Analise a imagem. www.trabanca.com-acesso:

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PREFEITURA MUNICIPAL DE GOIÂNIA CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 001 /2007

LÍNGUA PORTUGUESA PREFEITURA MUNICIPAL DE GOIÂNIA CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 001 /2007 LÍNGUA PORTUGUESA Para responder às questões de 01 a 09, leia o texto que se segue. 1 2 3 4 5 6 (C) representando uma peça teatral. (D) tentando convencer um ao outro. QUESTÃO 04 No quadrinho 1, sem mudar

Leia mais

Linguagem Visual e Intertextualidade

Linguagem Visual e Intertextualidade Aula n ọ 06 Linguagem Visual e Intertextualidade 01. (ENEM) De acordo com a história em quadrinhos protagonizada por Hagar e seu filho Hamlet, pode-se afirmar que a postura de Hagar a) valoriza a existência

Leia mais

Geografia. Professor: Jonas Rocha

Geografia. Professor: Jonas Rocha Geografia Professor: Jonas Rocha Questões Ambientais Consciência Ambiental Conferências Internacionais Problemas Ambientais Consciência Ambiental Até a década de 1970 o homem acreditava que os recursos

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Cultura Brasileira 1º PERÍODO O fenômeno cultural. Cultura(s) no Brasil. Cultura regional e

Leia mais

Neste trabalho, a intenção é trabalhar aspectos de pesquisa, de planejamento e ações para realizar uma tarefa digital sobre uma UNIDADE do LIVRO

Neste trabalho, a intenção é trabalhar aspectos de pesquisa, de planejamento e ações para realizar uma tarefa digital sobre uma UNIDADE do LIVRO Neste trabalho, a intenção é trabalhar aspectos de pesquisa, de planejamento e ações para realizar uma tarefa digital sobre uma UNIDADE do LIVRO DIDÁTICO, aproveitando RECURSOS DIGITARIS que estão disponibilizados

Leia mais

CONTEÚDOS DAS AVALIAÇÕES 6º ANOS. - Flexão dos substantivos e dos adjetivos: gênero e número (p. 126 a 132) - Encontros vocálicos (p.

CONTEÚDOS DAS AVALIAÇÕES 6º ANOS. - Flexão dos substantivos e dos adjetivos: gênero e número (p. 126 a 132) - Encontros vocálicos (p. 6º ANOS Cap. 4 - Sociedade: história e cultura Cap. 5 - As primeiras sociedades Cap. 7 - Os Egípcios Cap. 8 - Outros povos africanos Percursos: 7- Representação Gráfica do relevo 8- Os gráficos 9- A Terra

Leia mais

PADRÃO PLÁSTICO TOM.

PADRÃO PLÁSTICO TOM. PADRÃO PLÁSTICO TOM. Os princípios de dinâmica de um padrão tonal são muito parecidos com o que vimos em relação aos da linha. Ao colocarmos algumas pinceladas de preto sobre um campo, eles articulam uma

Leia mais

Tipo de itens. O sangue é o principal fluído que circula no organismo humano.

Tipo de itens. O sangue é o principal fluído que circula no organismo humano. Tipo de itens O sangue é o principal fluído que circula no organismo humano. 1. Quais são as suas principais funções? Transporte de nutrientes, defesa, regulação térmica e controlo 2. Quais os seus constituintes?

Leia mais

INGLÊS E N E M. Profa. Cláudia

INGLÊS E N E M. Profa. Cláudia INGLÊS E N E M Profa. Cláudia Desde 2010, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) cobra dos candidatos conhecimentos em língua estrangeira. Na prova de inglês, não existe mistério: questões gramaticais

Leia mais

Professores: Gilberto / Gustavo / Luciano / Maragato CURSO DOMÍNIO. Comentário: Energia de Capacitor. Comentário: Questão sobre atrito

Professores: Gilberto / Gustavo / Luciano / Maragato CURSO DOMÍNIO. Comentário: Energia de Capacitor. Comentário: Questão sobre atrito Professores: Gilberto / Gustavo / Luciano / Maragato CURSO DOMÍNIO A prova de física exigiu um bom conhecimento dos alunos. Há questões relacionadas principalmente com a investigação e compreensão dos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ BIOLOGIA PROVA DE TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA E PARA PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ BIOLOGIA PROVA DE TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA E PARA PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ BIOLOGIA PROVA DE TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA E PARA PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR 02/12/2012 Candidato: GABARITO Curso Pretendido: OBSERVAÇÕES: 01 Prova SEM consulta

Leia mais

SIMULADO 4 JORNAL EXTRA ESCOLAS TÉCNICAS HISTÓRIA

SIMULADO 4 JORNAL EXTRA ESCOLAS TÉCNICAS HISTÓRIA SIMULADO 4 JORNAL EXTRA ESCOLAS TÉCNICAS HISTÓRIA QUESTÃO 01 De uma forma inteiramente inédita, os humanistas, entre os séculos XV e XVI, criaram uma nova forma de entender a realidade. Magia e ciência,

Leia mais

LIGAÇÕES QUÍMICAS TEORIA CORPUSCULAR

LIGAÇÕES QUÍMICAS TEORIA CORPUSCULAR LIGAÇÕES QUÍMICAS 5 TEORIA CORPUSCULAR 1 INTRODUÇÃO O fato de os gases nobres existirem na natureza como átomos isolados, levou os cientistas KOSSEL e LEWIS a elaborar um modelo para as ligações químicas.

Leia mais

Comportamento Físico dos Gases 3ª Parte

Comportamento Físico dos Gases 3ª Parte RECIFE Colégio Salesiano Sagrado Coração ] Aluna(o): Nº: Turma: 3º ano Recife, de de 03 Disciplina: Química Professor: Eber Barbosa Comportamento Físico dos Gases 3ª Parte 0 Energia Cinética Média dos

Leia mais

EXAME DE BIOLOGIA Prova de Acesso - Maiores 23 Anos (21 de Abril de 2009)

EXAME DE BIOLOGIA Prova de Acesso - Maiores 23 Anos (21 de Abril de 2009) INSTITUTO POLITÉCNICO DE BEJA EXAME DE BIOLOGIA Prova de Acesso - Maiores 23 Anos (21 de Abril de 2009) Nome do Candidato Classificação Leia as seguintes informações com atenção. 1. O exame é constituído

Leia mais

Florianópolis: / /2014 Professor(a): 2º Trimestre EXERCÍCIO ESTRUTURAL FINAL 4ª UNIDADE

Florianópolis: / /2014 Professor(a): 2º Trimestre EXERCÍCIO ESTRUTURAL FINAL 4ª UNIDADE Aluno(a): 6º ano Florianópolis: / /2014 Professor(a): 2º Trimestre NOTA EXERCÍCIO ESTRUTURAL FINAL 4ª UNIDADE 01) Considerando-se que não somente as palavras, mas também as imagens dizem algo, analise

Leia mais

Nome: Turma: Unidade: 1º SIMULADO - 9º ANO LÓGICA, CONTEÚDO. 45 Questões Dia: 07 de Maio - quinta-feira EDUCANDO PARA SEMPRE

Nome: Turma: Unidade: 1º SIMULADO - 9º ANO LÓGICA, CONTEÚDO. 45 Questões Dia: 07 de Maio - quinta-feira EDUCANDO PARA SEMPRE Nome: 015 Turma: Unidade: 1º SIMULADO - 9º ANO LÓGICA, CONTEÚDO. 45 Questões Dia: 07 de Maio - quinta-feira EDUCANDO PARA SEMPRE Nome: Turma: Unidade: 3 5 1. A expressão 10 a) 5. 11 b) 5. c) 5 d) 30 5

Leia mais

Rotação de Espelhos Planos

Rotação de Espelhos Planos Rotação de Espelhos Planos Introdução Um assunto que costuma aparecer em provas, isoladamente ou como parte de um exercício envolvendo outros tópicos, é a rotação de espelhos planos. Neste artigo, exploraremos

Leia mais

EXERCÍCIOS SOBRE RENASCIMENTO

EXERCÍCIOS SOBRE RENASCIMENTO EXERCÍCIOS SOBRE RENASCIMENTO TEXTO O termo Renascimento é comumente aplicado à civilização européia que se desenvolveu entre 1300 e 1650. Além de reviver a antiga cultura greco-romana, ocorreram nesse

Leia mais

IESA-ESTUDO DIRIGIDO 1º SEMESTRE 8º ANO - MANHÃ E TARDE- DISCIPLINA: CIÊNCIAS PROFESSORAS: CELIDE E IGNÊS. Aluno(a): Turma:

IESA-ESTUDO DIRIGIDO 1º SEMESTRE 8º ANO - MANHÃ E TARDE- DISCIPLINA: CIÊNCIAS PROFESSORAS: CELIDE E IGNÊS. Aluno(a): Turma: IESA-ESTUDO DIRIGIDO 1º SEMESTRE 8º ANO - MANHÃ E TARDE- DISCIPLINA: CIÊNCIAS PROFESSORAS: CELIDE E IGNÊS Aluno(a): Turma: Querido (a) aluno (a), Este estudo dirigido foi realizado para que você revise

Leia mais

Física PRÉ VESTIBULAR / / Aluno: Nº: Turma: PRÉ-VESTIBULAR VETORES. O puxão da corda efetuado pelo trabalhador pode ser descrito como uma força que

Física PRÉ VESTIBULAR / / Aluno: Nº: Turma: PRÉ-VESTIBULAR VETORES. O puxão da corda efetuado pelo trabalhador pode ser descrito como uma força que PRÉ VESTIBULAR Física / / PRÉ-VESTIBULAR Aluno: Nº: Turma: VETORES 01. (UEM) Um corpo está sendo arrastado em uma superfície lisa (atrito desprezível), tracionado por duas cordas, conforme o diagrama de

Leia mais

PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS

PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - PORTUGUÊS - 8º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================== BRINCADEIRA Começou

Leia mais

Gestalt. Gestalt é o termo intradutível do alemão utilizado para abarcar a teoria da percepção visual baseada na psicologia da forma.

Gestalt. Gestalt é o termo intradutível do alemão utilizado para abarcar a teoria da percepção visual baseada na psicologia da forma. Gestalt 29 de setembro de 2006 Gestalt é o termo intradutível do alemão utilizado para abarcar a teoria da percepção visual baseada na psicologia da forma. '''ORIGEM DA PSICOLOGIA DA FORMA''' Durante o

Leia mais

GEOGRAFIA. 49 TOPOGRAFIA As curvas de nível são linhas que unem pontos com a mesma altitude. A partir delas pode ser

GEOGRAFIA. 49 TOPOGRAFIA As curvas de nível são linhas que unem pontos com a mesma altitude. A partir delas pode ser GEOGRAFIA 49 TOPOGRAFIA As curvas de nível são linhas que unem pontos com a mesma altitude. A partir delas pode ser determinada a declividade do terreno e pode ser traçado seu perfil. Observe a figura.

Leia mais

O processo fisiológico que está representado no gráfico é

O processo fisiológico que está representado no gráfico é Questão 01) Analise o gráfico a seguir. Disponível em: . Acesso em: 22 set. 2014. O processo fisiológico que está representado no gráfico é a) o efeito do aumento

Leia mais

CALENDÁRIO DE AVALIAÇÕES 1º TRIMESTRE MAIO/2014 TURMA 311. Professora Simone

CALENDÁRIO DE AVALIAÇÕES 1º TRIMESTRE MAIO/2014 TURMA 311. Professora Simone TURMA 311 Professora Simone Minha cidade. Criar fantoches e apresentar uma história (em trio) Prova de Ciências: Animais (mamíferos, répteis, anfíbios, aves e peixes), zona rural e urbana 11 12 Desenhar

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DE AVALIAÇÕES DE MAIO / 2010 6º ANO MATUTINO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DE AVALIAÇÕES DE MAIO / 2010 6º ANO MATUTINO São Luís (MA),19/05/2010. 6º ANO MATUTINO História A civilização mesopotâmica Planos do desenho, p.38 42; Perspectiva; Renascimento, p. 45 46; Imagens 3D / Encher, p.48 51. Sistema operacional, p.12; Conceitos

Leia mais

PROVA BIMESTRAL História

PROVA BIMESTRAL História 8 o ano o bimestre PROVA BIMESTRAL História Escola: Nome: Turma: n o :. Leia os textos e responda às questões e. Texto Na Grécia Antiga, Aristóteles (384 a.c.-3 a.c.) já defendia a ideia de que o Universo

Leia mais

A Terra em Realidade Aumentada

A Terra em Realidade Aumentada A Terra em Realidade Aumentada www.constellatius.com Edmilson Souza Barreto Simone de Oliveira Tenório A Terra em Realidade Aumentada Edmilson Souza Barreto Simone de Oliveira Tenório Livro com aplicação

Leia mais

Walter Benjamin - Questões de Vestibulares

Walter Benjamin - Questões de Vestibulares Walter Benjamin - Questões de Vestibulares 1. (Uem 2011) A Escola de Frankfurt tem sua origem no Instituto de Pesquisa Social, fundado em 1923. Entre os pensadores expoentes da Escola de Frankfurt, destaca-se

Leia mais

Composição fotográfica

Composição fotográfica 3. Uso de diagonais 4. Regra dos terços 5. O Ponto Dourado Composição fotográfica 15 dicas para ter imagens com harmonia e proporção. Este tutorial vai ajudá-lo a usar melhor uma câmera fotográfica, compacta

Leia mais

CURSOS (Grupo CETE I)

CURSOS (Grupo CETE I) PROCESSO SELETIVO UEG 010/1 Domingo, 13 de dezembro de 009 CADERNO DE RESPOSTA DISCURSIVA ESPECÍFICA RESPOSTAS ESPERADAS PELAS BANCAS ELABORADORAS CURSOS (Grupo CETE I) Curso Superior de Tecnologia em

Leia mais

COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO 53 ANOS DE HISTÓRIA ENSINO E DISCIPLINA

COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO 53 ANOS DE HISTÓRIA ENSINO E DISCIPLINA GABARITO 4ª Chamada Bim. DISCIPLINA: FÍS. I E II / GEO. COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO 53 ANOS DE HISTÓRIA ENSINO E DISCIPLINA QUEM NÃO É O MAIOR TEM QUE SER O MELHOR Rua Frei Vidal, 1621 São João do

Leia mais

ANEXO I CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 1 º ANO DO ENSINO MÉDIO DA ESCOLA TÉCNICA DE SAÚDE DE CAJAZEIRAS PARA O ANO 2014.

ANEXO I CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 1 º ANO DO ENSINO MÉDIO DA ESCOLA TÉCNICA DE SAÚDE DE CAJAZEIRAS PARA O ANO 2014. ANEXO I CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 1 º ANO DO ENSINO MÉDIO DA ESCOLA TÉCNICA DE SAÚDE DE CAJAZEIRAS PARA O ANO 2014. LÍNGUA PORTUGUESA: 1. Classes de palavras: - Substantivo - Adjetivo - Artigo - Numeral

Leia mais

COLÉGIO MARISTA DE BRASÍLIA Educação Infantil e Ensino Fundamental Aluno(a): 8º Ano: Nº Professor(a): Data: / / Componente Curricular: HISTÓRIA

COLÉGIO MARISTA DE BRASÍLIA Educação Infantil e Ensino Fundamental Aluno(a): 8º Ano: Nº Professor(a): Data: / / Componente Curricular: HISTÓRIA COLÉGIO MARISTA DE BRASÍLIA Educação Infantil e Ensino Fundamental Aluno(a): 8º Ano: Nº Professor(a): Data: / / Componente Curricular: HISTÓRIA 2011/HIST8ANOEXE2-PARC-1ºTRI-I AVALIAÇÃO PARCIAL 1º TRIMESTRE

Leia mais

Apostila de Química Geral

Apostila de Química Geral Cursinho Vitoriano UNESP - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Câmpus de São José do Rio Preto Apostila de Química Geral Período noturno Ligações químicas interatômicas Vanessa R.

Leia mais

Processo Seletivo 2015-1 RV Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA

Processo Seletivo 2015-1 RV Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA Processo Seletivo 2015-1 RV Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES 1 - A duração da prova é de 3 horas, já incluído o tempo de preenchimento do cartão de respostas e

Leia mais

Momento com Deus Crianças de 10 a 11 anos NOME: DATA: 14/04/2013 AULA 02: O DILÚVIO

Momento com Deus Crianças de 10 a 11 anos NOME: DATA: 14/04/2013 AULA 02: O DILÚVIO Momento com Deus Crianças de 10 a 11 anos NOME: DATA: 14/04/2013 AULA 02: O DILÚVIO Versículo para Decorar: 1 Toda vez que o arco-íris estiver nas nuvens, olharei para ele e me lembrarei da aliança eterna

Leia mais

Óptica. Feixe de Raios Paralelos: A luz do sol que atinge a terra pode ser considerada um feixe de raios paralelos.

Óptica. Feixe de Raios Paralelos: A luz do sol que atinge a terra pode ser considerada um feixe de raios paralelos. Óptica Os fenômenos ópticos que observamos através do nosso aparelho de visão (Olho Humano) são todos devidos às propriedades da luz. Para estudarmos a óptica, ou seja, os efeitos sofridos pela luz, utilizaremos

Leia mais

Lista 2 Espelhos Planos Construções Extensivo Noite

Lista 2 Espelhos Planos Construções Extensivo Noite 1. (Fuvest 2007) A janela de uma casa age como se fosse um espelho e reflete a luz do Sol nela incidente, atingindo, às vezes, a casa vizinha. Para a hora do dia em que a luz do Sol incide na direção indicada

Leia mais

CRIACIONISMO E EVOLUCIONISMO

CRIACIONISMO E EVOLUCIONISMO CRIACIONISMO E EVOLUCIONISMO INTRODUÇÃO Síntese sobre a Teoria da Evolução Química. Criacionismo (fundamentado na fé e na religião). É a primeira explicação para perguntas sobre a origem do Universo, da

Leia mais

Teoria da Comunicação Funções da Linguagem

Teoria da Comunicação Funções da Linguagem Teoria da Comunicação Funções da Linguagem Professor Rafael Cardoso Ferreira O que é linguagem? A linguagem é o instrumento graças ao qual o homem modela seu pensamento, seus sentimentos, suas emoções,

Leia mais

RESOLUÇÕES E RESPOSTAS

RESOLUÇÕES E RESPOSTAS GEOGRAFIA 1 GRUPO CV 10/2009 RESOLUÇÕES E RESPOSTAS QUESTÃO 1: a) Os gráficos destacam que conforme ocorreu o aumento da população na grande São Paulo aumentaram também o número de viagens da população

Leia mais

Fotografia e Escola. Marcelo Valle 1

Fotografia e Escola. Marcelo Valle 1 Fotografia e Escola Marcelo Valle 1 Desde 1839, ano do registro da invenção da fotografia na França, quase tudo vem sendo fotografado, não há atualmente quase nenhuma atividade humana que não passe, direta

Leia mais

36ª OLIMPÍADA BRASILEIRA DE MATEMÁTICA Primeira Fase Nível 3 Ensino Médio

36ª OLIMPÍADA BRASILEIRA DE MATEMÁTICA Primeira Fase Nível 3 Ensino Médio 36ª OLIMPÍADA BRASILEIRA DE MATEMÁTICA Primeira Fase Nível 3 Ensino Médio Esta prova também corresponde à prova da Primeira Fase da Olimpíada Regional nos Estados de: AL BA ES MG PA RS RN SC Terça-feira,

Leia mais

QUÍMICA QUESTÃO 41 QUESTÃO 42

QUÍMICA QUESTÃO 41 QUESTÃO 42 Processo Seletivo/UNIFAL- janeiro 2008-1ª Prova Comum TIPO 1 QUÍMICA QUESTÃO 41 Diferentes modelos foram propostos ao longo da história para explicar o mundo invisível da matéria. A respeito desses modelos

Leia mais

Educadora: Daiana Araújo C. Curricular:Ciências Naturais Data: / /2013 Estudante: 8º Ano

Educadora: Daiana Araújo C. Curricular:Ciências Naturais Data: / /2013 Estudante: 8º Ano Educadora: Daiana Araújo C. Curricular:Ciências Naturais Data: / /2013 Estudante: 8º Ano O termo célula foi usado pela primeira vez pelo cientista inglês Robert Hooke, em 1665. Por meio de um microscópio

Leia mais

URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE

URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE. DA REPRODUÇÃO DA VIDA E PODE SER ANALISADO PELA TRÍADE HABITANTE- IDENTIDADE-LUGAR. OBJETIVOS ESPECÍFICOS A. Caracterizar o fenômeno da urbanização como maior intervenção humana

Leia mais

Estudo de funções parte 2

Estudo de funções parte 2 Módulo 2 Unidade 13 Estudo de funções parte 2 Para início de conversa... Taxa de desemprego no Brasil cai a 5,8% em maio A taxa de desempregados no Brasil caiu para 5,8% em maio, depois de registrar 6%

Leia mais

A EVOLUÇÃO DA ESCRITA

A EVOLUÇÃO DA ESCRITA A EVOLUÇÃO DA ESCRITA Percebemos a partir da observação das imagens exibidas no vídeo A EVOLUÇÃO DA ESCRITA que o homem sempre buscou muitas formas de transmitir pensamentos. O texto é uma das formas mais

Leia mais

PRO CAMPUS 31 anos de serviços prestados à educação do Piauí PRO CAMPUS - procampus@procampus.com.br - www.procampus.com.br

PRO CAMPUS 31 anos de serviços prestados à educação do Piauí PRO CAMPUS - procampus@procampus.com.br - www.procampus.com.br A Paz está na boa Educação 1 01. A partir do século XVI, artistas estrangeiros, integrantes das diversas expedições artísticas e científicas que percorreram o território brasileiro, produziram imagens

Leia mais

Aluno(a) Nº. Série: Turma: Ensino Médio Trimestre [ ] Data: / / Disciplina: Professor: Linguagem e língua

Aluno(a) Nº. Série: Turma: Ensino Médio Trimestre [ ] Data: / / Disciplina: Professor: Linguagem e língua Aluno(a) Nº. Série: Turma: Ensino Médio Trimestre [ ] Data: / / Disciplina: Professor: Linguagem e língua É a palavra que identifica o ser humano, é ela seu substrato que possibilitou a convivência humana

Leia mais

TRABALHO DE GEOGRAFIA ESTUDOS ORIENTADOS 1º ANO ENSINO MÉDIO NOTURNO

TRABALHO DE GEOGRAFIA ESTUDOS ORIENTADOS 1º ANO ENSINO MÉDIO NOTURNO TRABALHO DE GEOGRAFIA ESTUDOS ORIENTADOS 1º ANO ENSINO MÉDIO NOTURNO 1) O gráfico baixo indica uma forma de organização do espaço rural. Sobre esse gráfico é possível inferir: a) Trata-se da representação

Leia mais

MATÉRIA 6º 2º Dez/13 NOTA

MATÉRIA 6º 2º Dez/13 NOTA Valores eternos. TD Recuperação MATÉRIA Geografia ANO/TURMA SEMESTRE DATA 6º 2º Dez/13 ALUNO(A) PROFESSOR(A) Tiago Bastos TOTAL DE ESCORES ESCORES OBTIDOS NOTA VISTO DOS PAIS/RESPONSÁVEIS 1. Analise e

Leia mais

QUESTÃO 1 Nessa charge, o autor usou três pontos de exclamação, na fala da personagem, para reforçar o sentimento de

QUESTÃO 1 Nessa charge, o autor usou três pontos de exclamação, na fala da personagem, para reforçar o sentimento de Nome: N.º: endereço: data: telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 6.O ANO EM 2013 Disciplina: Prova: português desafio nota: Texto para a questão 1. (Disponível em: )

Leia mais

São grandezas que para que a gente possa descrever 100%, basta dizer um número e a sua unidade.

São grandezas que para que a gente possa descrever 100%, basta dizer um número e a sua unidade. Apostila de Vetores 1 INTRODUÇÃO Fala, galera! Essa é a primeira apostila do conteúdo de Física I. Os assuntos cobrados nas P1s são: Vetores, Cinemática Uni e Bidimensional, Leis de Newton, Conservação

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

32. Um sistema termodinâmico realiza um ciclo conforme representado na figura abaixo:

32. Um sistema termodinâmico realiza um ciclo conforme representado na figura abaixo: 0 GABARITO O DIA o PROCESSO SELETIVO/005 FÍSICA QUESTÕES DE 3 A 45 3. Uma fonte de luz monocromática está imersa em um meio líquido de índice de refração igual a,0. Os raios de luz atingem a superfície

Leia mais

Projeto Embuá Unidade de Aprendizagem: ENERGIA

Projeto Embuá Unidade de Aprendizagem: ENERGIA Projeto Embuá Unidade de Aprendizagem: ENERGIA Energia para realizar reações químicas: eletrólise do iodeto de potássio aquoso Existem reações químicas não espontâneas, mas que são realizadas com rapidez

Leia mais

www.concursovirtual.com.br

www.concursovirtual.com.br Geografia Professor Marcelo saraiva Principais Temas: Noções básicas de cartografia Natureza e meio ambiente no Brasil As atividades econômicas e a organização do espaço Formação Territorial e Divisão

Leia mais

LISTA DE RECUPERAÇÃO 1ª SÉRIE EM

LISTA DE RECUPERAÇÃO 1ª SÉRIE EM COLÉGIO FRANCO-BRASILEIRO NOME: N : TURMA: PROFESSOR(A): ANO: 9º DATA: / / 2014 LISTA DE RECUPERAÇÃO 1ª SÉRIE EM 1. Analise a figura e o texto apresentados a seguir. Atualmente existem três categorias

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 5.º ANO/EF 2015

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 5.º ANO/EF 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 5.º ANO/EF 2015 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados na

Leia mais

O MUNDO MEDIEVAL. Prof a. Maria Fernanda Scelza

O MUNDO MEDIEVAL. Prof a. Maria Fernanda Scelza O MUNDO MEDIEVAL Prof a. Maria Fernanda Scelza Antecedentes Crises políticas no Império Romano desgaste; Colapso do sistema escravista; Problemas econômicos: aumento de impostos, inflação, descontentamento;

Leia mais

Teorema de Pitágoras. Módulo 1 Unidade 10. Para início de conversa... Matemática e Suas Tecnologias Matemática 1

Teorema de Pitágoras. Módulo 1 Unidade 10. Para início de conversa... Matemática e Suas Tecnologias Matemática 1 Módulo 1 Unidade 10 Teorema de Pitágoras Para início de conversa... Certamente, você já deve ter ouvido falar no Teorema de Pitágoras. Pois bem, nesta unidade, ele será o centro das atenções, mas vamos

Leia mais

Exercícios Questões Inéditas Modelo ENEM

Exercícios Questões Inéditas Modelo ENEM Exercícios Questões Inéditas Modelo ENEM 1. Psicologia de um vencido Eu, filho do carbono e do amoníaco, Monstro de escuridão e rutilância, Sofro, desde a epigênese da infância, A influência má dos signos

Leia mais

CICLOS BIOGEOQUÍMICOS

CICLOS BIOGEOQUÍMICOS CICLOS BIOGEOQUÍMICOS O fluxo de energia em um ecossistema é unidirecional e necessita de uma constante renovação de energia, que é garantida pelo Sol. Com a matéria inorgânica que participa dos ecossistemas

Leia mais

DATA: 17/11/2015. 2. (ENEM) Discutindo sobre a intensificação do efeito estufa, Francisco Mendonça afirmava:

DATA: 17/11/2015. 2. (ENEM) Discutindo sobre a intensificação do efeito estufa, Francisco Mendonça afirmava: EXERCÍCIOS REVISÃO QUÍMICA AMBIENTAL (EFEITO ESTUFA, DESTRUIÇÃO DA CAMADA DE OZÔNIO E CHUVA ÁCIDA) e EQUILÍBRIO QUÍMICO DATA: 17/11/2015 PROF. ANA 1. Na década de 70, alguns cientistas descobriram quais

Leia mais

1. O feminino e a publicidade: em busca de sentido

1. O feminino e a publicidade: em busca de sentido 1. O feminino e a publicidade: em busca de sentido No estudo da Comunicação, a publicidade deve figurar como um dos campos de maior interesse para pesquisadores e críticos das Ciências Sociais e Humanas.

Leia mais

CALENDÁRIO DE AVALIAÇÕES 2º TRIMESTRE AGOSTO/2014 TURMA 311. Professora Simone

CALENDÁRIO DE AVALIAÇÕES 2º TRIMESTRE AGOSTO/2014 TURMA 311. Professora Simone TURMA 311 Professora Simone 3 4 Língua Portuguesa: Produção textual. Tabela e gráfico, histórias matemáticas (adição, subtração e multiplicação) e prova real (adição e subtração). 17 18 animais do zoo

Leia mais

CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS

CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS 1. Apesar de todas as tentativas portuguesas, os indígenas não se adaptaram ao modelo de exploração mercantil. Sua cultura baseada na subsistência não permitia facilmente

Leia mais

Prof.: Ramon L. O. Junior 1

Prof.: Ramon L. O. Junior 1 CURSO: ENGENHARIA AMBIENTAL DISCIPLINA: BIOLOGIA UNIDADE II NOÇÕES DE MORFOLOGIA E FISIOLOGIA CELULAR Prof.: Ramon Lamar de Oliveira Junior TIPOS CELULARES CÉLULA PROCARIOTA X 1 a 2 micrômetros (mm) Ausência

Leia mais

BANCO DE QUESTÕES - BIOLOGIA - 1ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO ==============================================================================================

BANCO DE QUESTÕES - BIOLOGIA - 1ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO ============================================================================================== PROFESSOR: Leonardo Mariscal BANCO DE QUESTÕES - BIOLOGIA - 1ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO ============================================================================================== Ácidos Nucleicos 01- Os

Leia mais

Para a grande maioria das. fazer o que desejo fazer, ou o que eu tenho vontade, sem sentir nenhum tipo de peso ou condenação por aquilo.

Para a grande maioria das. fazer o que desejo fazer, ou o que eu tenho vontade, sem sentir nenhum tipo de peso ou condenação por aquilo. Sonhos Pessoas Para a grande maioria das pessoas, LIBERDADE é poder fazer o que desejo fazer, ou o que eu tenho vontade, sem sentir nenhum tipo de peso ou condenação por aquilo. Trecho da música: Ilegal,

Leia mais

QUESTÕES DE CARACTERIZAÇÃO E ANÁLISE AMBIENTAL. O 2(g) O 2(aq)

QUESTÕES DE CARACTERIZAÇÃO E ANÁLISE AMBIENTAL. O 2(g) O 2(aq) QUESTÕES DE CARACTERIZAÇÃO E ANÁLISE AMBIENTAL Questão 01 O agente oxidante mais importante em águas naturais é, sem a menor dúvida, o oxigênio molecular dissolvido, O 2. O equilíbrio entre o oxigênio

Leia mais

ALUNO(a): Observe o esquema a seguir, no qual I e II representam diferentes estruturas citoplasmáticas.

ALUNO(a): Observe o esquema a seguir, no qual I e II representam diferentes estruturas citoplasmáticas. GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: DISCIPLINA: SÉRIE: 3º ano ALUNO(a): Lista de Exercícios NOTA: No Anhanguera você é + Enem Questão 01) Observe o esquema a seguir, no qual I e II representam diferentes estruturas

Leia mais

VIVER ALÉM DA RELIGIOSIDADE

VIVER ALÉM DA RELIGIOSIDADE VIVER ALÉM DA RELIGIOSIDADE É Preciso saber Viver Interpretando A vida na perspectiva da Espiritualidade Cristã Quem espera que a vida seja feita de ilusão Pode até ficar maluco ou morrer na solidão É

Leia mais

O homem e o meio ambiente

O homem e o meio ambiente A U A UL LA O homem e o meio ambiente Nesta aula, que inicia nosso aprendizado sobre o meio ambiente, vamos prestar atenção às condições ambientais dos lugares que você conhece. Veremos que em alguns bairros

Leia mais

Massa... 6 x 10 27 grm Gases principais... N2 (77%), O2 (21%) CO2 (95%), N2 (2.7%)

Massa... 6 x 10 27 grm Gases principais... N2 (77%), O2 (21%) CO2 (95%), N2 (2.7%) Período de translação... 365 dias (um ano) Período de rotação... 23 h 56 m 04 s (um dia) Massa... 6 x 10 27 grm Gases principais... N2 (77%), O2 (21%) 1.88 anos = 687 dias terrestres 24 h 37 m 22.6 s.

Leia mais

1- Considere as características das células A, B e C da tabela: ela indica a presença (+) ou ausência (- ) de alguns componentes.

1- Considere as características das células A, B e C da tabela: ela indica a presença (+) ou ausência (- ) de alguns componentes. Membrana Plasmática 1- Considere as características das células A, B e C da tabela: ela indica a presença (+) ou ausência (- ) de alguns componentes. Componentes celulares Célula A Célula B Célula C Membrana

Leia mais

Filosofia - Introdução à Reflexão Filosófica

Filosofia - Introdução à Reflexão Filosófica Filosofia - Introdução à Reflexão Filosófica 0 O que é Filosofia? Essa pergunta permite muitas respostas... Alguns podem apontar que a Filosofia é o estudo de tudo ou o nada que pretende abarcar tudo.

Leia mais

RAIOS, RELÂMPAGOS E TROVÕES. Resumo. Introdução

RAIOS, RELÂMPAGOS E TROVÕES. Resumo. Introdução RAIOS, RELÂMPAGOS E TROVÕES Resumo Angelita Ribeiro da Silva angelita_ribeiro@yahoo.com.br O tema do trabalho foi Raios, Relâmpagos e Trovões. Os alunos investigaram como se dá a formação dos três fenômenos.

Leia mais