Tópicos: Acessar o módulo Domínio Contabilidade:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Tópicos: Acessar o módulo Domínio Contabilidade:"

Transcrição

1 Tópicos: *acessar o modulo domínio contabilidade; *definir parâmetros *cadastrar plano de contas, históricos, entre outros *efetuar lançamentos contábeis *conciliação bancária e conciliação cliente/fornecedor *emissão de livros contábeis *contabilidade centralizada entre a matriz e filial *contabilidade por centro de cursos *entre outros Acessar o módulo Domínio Contabilidade: Onde são realizados os lançamentos contábeis: fiscal, orçamentária, gerencial e por centro de custos, emissão de livros contábeis, diversos relatórios para análise. Lembrando que sempre que for atualizado ou instalado ou uma nova versão no sistema, aparecerá na tela inicial: Bem Vindo, com as novidades da ultima versão. Menu Controle: Paramentos: usados para definir a forma que cada módulo deve operar, conforme as opções possíveis de personalização. MENU CONTROLE PARAMETROS Na guia geral: Usar como: Contabilidade fiscal: emitidos os livros contábeis Contabilidade gerencial: recursos da contabilidade fiscal, rateio de custos por contas gerenciais Livro Caixa: realizada para controle do caixa. Informar a conta:(débito ou crédito) por código ( exemplo 5) ou por classificação contábil ( exemplo ). Repetir após gravar o lançamento: esta opção permite que seja selecionado os campos que o serão repetidos a cada novo lançamento, evitando que seja redigitado, o fato de repetir um dos campos não significa que não possa ser mudado manualmente. Cursor em: selecionar um campo da janela que sempre irá ser o ponto de partida de cada novo lançamento. Se você deseja que as configurações desse quadro sejam válidas desde o primeiro lançamento contábil, o campo Repetir dados no 1º lançamento deve ser selecionado. Caso contrário, as configurações serão válidas somente a partir do segundo lançamento contábil. Repetir a cada partida do lançamento: permite selecione que um dos campos para que os dados informados no respectivo campo, seja repetido na partida seguinte do lançamento. Contabilidade por centro de custo: para as empresas que fazem contabilidade com rateio dos lançamentos contábeis por centro de custos ( que são subdivididos em vários centros de custos). Contabilidade orçamentária: permite fazer ao final do exercício uma comparação entre o orçado e realizado. Gera informativo SPED: deverá ser selecionado por todas as empresas que forem obrigadas a gerar o informativo do Sistema Escrituração Contábil Digital - ECD, também chamado de SPED-Contábil.A Guia SPED contábil será habilitada quando marcada esta opção no parâmetros. Plano de Contas referencial: Esta guia será habilitada, somente quando a guia GERA INFORMATIVO SPED, estiver selecionada. Gera informativo FCONT: Selecione este campo para empresas obrigadas a gerar o informativo FCONT. O FCONT é um sistema desenvolvido pela Receita Federal do Brasil onde são evidenciadas as diferenças entre as duas escriturações (a societária e a fiscal). Serão informados os registros da escrituração societária que não devem constar da escrituração fiscal e os da escrituração fiscal que não constaram da escrituração societária.o campo Gera informativo FCONT somente estará habilitado, caso o campo Gera informativo SPED estiver selecionado. Na janela Lançamentos em Lote e Lançamentos Padrões em Lote será disponibilizado um campo para identificar se o lançamento contábil terá ou não lançamento de RTT Regime Tributário de Transição, e portanto exportar esta informação para o informativo FCONT. Quais os demonstrativos que esta empresa utiliza: No quadro Quais os

2 demonstrativos que esta empresa utiliza, você deve selecionar os demonstrativos contábeis que serão utilizados pela empresa. Ao selecionar os demonstrativos, são habilitados novos campos no cadastro de contas e na janela de lançamentos contábeis, além da possibilidade de emitir estes demonstrativos através do menu Relatórios. Data ínicio dos lançamentos: informar quando sera iniciado no modulo contabilidade os lançamentos contábeis da empresa, não permitindo que seja realizada movimentação anterior a esta data. Máscara Contábil: determina a quantidade de quebras que irá ser utilizada na classificação do plano de contas ( exemplo: ).Máscara para Relatório: determina uma estrutura contábil diferente da máscara contábil utilizada pela empresa, somente com a finalidade de emissão dos relatórios.máscara gerencial: estara habilitada apenas quando o tópico: USAR COMO, for usado a opção CONTABILIDADE GERENCIAL. Na Guia Opções: Plano de Contas: o sistema permite compartilhar o mesmo plano de contas com várias empresas, desta forma cada vez que for inclusa no sistema um novo plano de contas, todas as empresas poderão usar. Caso a empresa compartilhe o seu plano de contas com as demais, selecione a opção Sim, caso contrário, selecione a opção Não e identifique a empresa servidora do plano de contas através do campo Origem do Plano de Contas. Quando selecionado a opção SIM, o campo Origem do plano de contas será desabilitado. Históricos: Neste campo existem as opções de compartilhar históricos ou usar de outras empresas. Centralizar a contabilidade entre matriz e filial: pode ser selecionado para que a contabilidade da matriz e suas filiais seja centralizada, podendo emitir relatórios consolidados e também individualizados. Informar o código da filial no lançamento: somente estará habilitado, se o campo Centralizar a Contabilidade entre Matriz e Filiais estiver selecionado. Você pode selecionar esse campo para que, no momento do lançamento contábil, o sistema permita informar se o lançamento é da matriz ou de uma das filiais. Consolidar relatórios entre Empresas sem vínculo Matriz e Filiais :somente estará habilitado para as empresas que compartilham do mesmo plano de contas. Selecionando este campo, você poderá emitir, por exemplo, relatórios de empresas distintas do mesmo acionista demonstrando os valores acumulados. Rateio gerencial por filiais: somente estará habilitado se o campo Centralizar a Contabilidade entre Matriz e Filiais estiver selecionado e também se no campo Usar como, da guia Geral, estiver selecionada a opção Contabilidade Gerencial. Selecionando esse campo, você poderá configurar o rateio gerencial por cada filial. Rateio centro de custos por filiais:somente estará habilitado se os campos Centralizar a Contabilidade entre Matriz e Filiais e Contabilidade por centro de custos estiverem selecionados. Selecionando esse campo, você poderá configurar o rateio por centro de custos também por filiais. Mostrar tela do lançamento gerencial: somente estará habilitado, se no campo Usar como, da guia Geral, estiver selecionada a opção Contabilidade Gerencial. Selecionando este campo, ao realizar lançamentos contábeis sempre será exibida a tela dos lançamentos gerenciais, seja para preenchimento ou para conferência em casos de rateio automático. Altera lançamentos de outros sistemas: você estará permitindo que todos os usuários alterem lançamentos contábeis originados de outros módulos por meio da integração contábil. Exemplo: Lançamento contábil de uma nota fiscal lançada no módulo Domínio Escrita Fiscal. Digitação obrigatória de históricos: deve ser selecionado para as empresas em que seja obrigatório digitar um histórico para cada lançamento contábil. Permite gravar lançamentos com valor zero: Permite gravar lançamentos com valor zero deve ser selecionado para as empresas em que é necessário fazer lançamentos contábeis com valor zerado. Informar localizador na tela de lançamentos: para que o usuário ao efetuar lançamentos possa informar um localizador, algumas empresas utilizam uma outra informação além do número do Lote para os registros contábeis, este campo tem como finalidade auxiliar a localização dos lançamentos. Utiliza Domínio Cliente: deve ser selecionado pelos clientes da Domínio Sistemas que tenham licença de uso do Domínio Cliente e se a empresa para qual se está configurando os parâmetros faça uso desse módulo. Emite relatórios em outros idiomas: deve ser selecionado para que as opções referentes ao cadastro de idiomas sejam habilitadas e desta forma possam ser emitidos alguns relatórios em outro idioma. Controle de diferença DxC por: Quando existirem duas ou mais pessoas realizando lançamentos contábeis na mesma empresa, você pode ter o controle individual dos valores, sabendo exatamente qual usuário gerou uma diferença de Débito ou Crédito: Selecione a opção Usuário para que o

3 controle da diferença seja feita por usuário, ou seja, o usuário que gerar a diferença terá que efetuar o lançamento de contra partida para zerar essa diferença, ou selecione a opção Empresa para que o controle da diferença seja feito por empresa, ou seja, um usuário pode fazer o lançamento de contra partida para zerar a diferença do outro. Como ainda não foi cadastrado um plano de contas para essa empresa, o campo Conta Patrimônio Líquido e as guias Natureza das contas, Zeramento e Livro Caixa serão demonstradas posteriormente no tópico Plano de Contas. Na guia Assinatura: Nessa guia, você poderá configurar o modo que as assinaturas do contador, responsável legal e do sócio da empresa serão apresentadas nos relatórios contábeis. O modelo de assinatura visualizado nesta janela já vem como padrão e você pode alterá-lo. Exemplo: você precisa inserir a variável que representa o R.G. do responsável legal da empresa. Clique em Responsável Legal.Clique na opção RG. Observe a variável inserida. Agora você fará o mesmo com a assinatura da direita e informe: RG. Nesse segundo exemplo, você deve inserir a variável que representa o RG do contador. Clique no campo Contador.Clique na opção Identidade. No quadro Imprimir esta assinatura no(s) relatório(s), selecione os relatórios que terão esta configuração de assinaturas. Mesmo depois dos parâmetros já terem sido definidos, você poderá alterá-los. Para isso, basta acessar novamente a opção Parâmetros do menu Controle. Fechamento: Neste tópico, você verá como definir um período para que sejam permitidos lançamentos contábeis somente no período informado. MENU CONTROLE - FECHAMENTO. Para o módulo Domínio Contabilidade não é necessário determinar o ano de trabalho, pois ele permite realizar lançamentos em qualquer período a partir da data mínima informada no campo Data início dos lançamentos. Para impedir que os usuários efetuem lançamentos fora de um período correspondente, você pode utilizar o Fechamento. Informe o intervalo de datas para o qual será permitida a realização dos lançamentos contábeis. No quadro Lançamento em data diferente, você define a forma como o sistema procederá caso um usuário tente realizar lançamentos contábeis fora do período especificado. Selecionando o campo Livre, o usuário poderá realizar lançamentos fora do período definido. Selecionando o campo Avisar, o sistema emitirá uma mensagem de alerta, e o usuário confirmará se deseja gravar, ou não, o lançamento mesmo sabendo que está fora do período. Selecionando o campo Não Permitir, o sistema não permitirá efetuar lançamentos fora do período especificado. Confirmar no OK. Menu Arquivos: realizar todos os cadastros referentes ao módulo Domínio Contabilidade. * Contas: As contas são figuras existentes na contabilidade e têm como papel principal alocar o registro contábil em seu devido lugar, para que o registro seja efetuado com exatidão e para expressar a movimentação exata ocorrida na contabilidade. O nome da conta deve ser dado de tal forma que especifique o movimento nela registrado. Existem quatro tipos de contas bem conhecidas, que são: contas de ativo, passivo, receita e despesa. O conjunto dessas contas, respeitando os princípios e leis contábeis, forma o plano de contas. Para iniciar o cadastro do plano de contas dessa empresa: MENU ARQUIVOS CONTAS - Caso não haja nenhuma conta cadastrada será exibida a mensagem: "Este cadastro está vazio. Entrando em modo de inclusão". Para entrar no modo de inclusão de contas, clique no botão OK. GUIA CONTAS: O campo Código é preenchido automaticamente pelo sistema, seguindo uma sequência numérica. Apenas no momento do cadastro da conta é possível alterá-lo de acordo com a sua necessidade. O campo Classificação é de vital importância para o módulo Domínio Contabilidade. Essa classificação deve ser feita com base nos princípios fundamentais da contabilidade e as normas técnicas, pois a classificação das contas é que

4 determina a estrutura do plano de contas. No campo Tipo: Analítico ou Sintética. As contas sintéticas são denominadas também de contas títulos, que são contas totalizadoras das contas analíticas a elas vinculadas. Sendo assim, não podem receber lançamentos. As contas analíticas são aquelas usadas para efetuar os lançamentos contábeis onde serão lançados todos os atos e fatos contábeis. No campo Descrição: informe o nome da conta. Esse nome deve expressar tanto quanto possível, o verdadeiro significado das transações ocorridas. No campo Data cadastro: informe a data em que a conta foi ou está sendo cadastrada. No campo Situação selecione a opção correspondente. Ao selecionar a opção Inativa, no campo a partir de, informe a partir de que data esta conta tornou-se inativa. O campo Grupo DLPA somente estará habilitado caso nos parâmetros da empresa, você selecionar o campo D.L.P.A. Neste campo, selecione a opção de acordo com o enquadramento da conta na DLPA. O campo Grupo DOAR somente estará habilitado caso nos parâmetros da empresa, você selecionar o campo D.O.A.R. Neste campo, selecione a opção de acordo com o enquadramento da conta na DOAR. Observe que o campo Grupo DRE está habilitado, pois o demonstrativo DRE foi selecionado nos parâmetros da empresa. Selecione a opção de acordo com o enquadramento da conta na DRE. O campo Grupo DMPL somente estará habilitado caso nos parâmetros da empresa, você selecionar o campo D.M.P.L. Neste campo, selecione a opção de acordo com o enquadramento da conta na DMPL. GUIA PLANO REFERENCIAL SPED- Esta guia, somente estará habilitada, se nos parâmetros da empresa, você selecionar o campo Gera informativo SPED. É através desta guia, que você poderá cadastrar o Plano de Contas Referencial, conforme a aprovação da Receita Federal. O Plano Referencial do SPED Contábil passou a vigorar a partir de 1 de janeiro de Sendo assim a Escrituração Contábil Digital - ECD deverá ser encaminhada obedecendo ao formato estabelecido pelo Plano de Contas Referencial. Nos campos Classificação e Conta serão exibidos, respectivamente, a classificação e o nome da conta informados na guia Conta. Para incluir as contas referencias conforme o plano de contas informado nos parâmetros da empresa, clique no botão Incluir. Para listar o plano de contas conforme o plano de contas referencial informado nos parâmetros, pressione a tecla F2. Será exibido o plano de contas referencial, conforme a Receita Federal. Caso você relacione uma conta sintética, não será permitido o relacionamento de suas analíticas, pois todas já estarão automaticamente relacionadas. Após clicar no botão Gravar, o sistema entra em modo de inclusão de uma nova conta. GUIA OUTROS IDIOMAS: informar a tradução da conta desejada. Descrição da conta: Informe como tradução da conta ( exemplo: Cash ), GRAVAR, Clique no botão Listagem. Com o plano de contas dessa empresa já cadastrado, você precisa retornar aos parâmetros e terminar as configurações. Para isso, clique no MENU CONTROLE PARÂMETROS : Clique na guia Opções. Clique no campo Conta Patrimônio Líquido: Informe o código da conta do Patrimônio Líquido. Se o saldo dessa conta for negativo, na emissão do balanço, o sistema vai posicionar o grupo do Passivo a Descoberto, conforme determinado pela Resolução CFC nº. 049/2005. Para listar as contas cadastradas, pressione a tecla F2. Clique na guia Natureza das contas. Clique na guia Natureza das contas: Nesta guia, informe a natureza dos grupos contábeis do seu plano de contas. Clique no botão Incluir. Na coluna Classificação, informe a classificação da conta a ser incluída. Para listar as contas cadastradas, pressione a tecla F2. Informe também o tipo de natureza e Grupo. Com a guia Natureza das contas já configurada, clique na guia Zeramento: Nessa guia, você poderá configurar o sistema para fazer o zeramento das contas de resultado, transferindo o saldo automaticamente para o patrimônio líquido. Clique no campo Conta destino: Informe o código da conta que receberá os lançamentos de contra partida das contas de resultado. Esta é uma conta transitória que obrigatoriamente precisa ser do tipo analítica, e não poderá pertencer ao mesmo grupo da conta origem. Para listar as contas cadastradas, pressione a tecla F2. Você poderá selecionar o campo Transferir automaticamente o resultado para o Patrimônio Líquido, para que o sistema faça, automaticamente, a transferência do saldo da conta destino para a conta lucro ou prejuízo conforme o seu saldo (credor ou devedor). No campo Conta Lucro do Período, informe o código da conta que receberá, em caso de lucro no período, o saldo da conta destino. No campo Conta Prejuízo do Período, informe o código da conta que receberá, em caso de prejuízo no período, o saldo da conta destino. Pressione a tecla F2.O próximo passo é definir quais grupos contábeis

5 serão zerados. Clique no botão Incluir.Na coluna Código, informe o código da conta que deverá ser zerada. Ou se desejar, no campo Classificação, informe a classificação da conta. Observe o grupo de Receitas do DRE. O processo de zeramento do período será explicado no tópico Zeramento. Campo Livro Caixa: Você deverá informar o(s) código(s) da(s) conta(s) caixa. Para adicionar uma conta, clique no botão Incluir. Para listar as contas cadastradas, pressione a tecla F2. O campo Informar a conta caixa no lançamento somente estará habilitado, se no campo Usar como, da guia Geral, estiver selecionada a opção Livro Caixa. * Históricos: como cadastrar os históricos padrões, que posteriormente serão utilizados nos lançamentos contábeis. MENU ARQUIVOS - HISTÓRICOS : O campo Código é preenchido automaticamente pelo sistema. Existem alguns históricos que, no momento do lançamento contábil, necessitam ser complementados com algumas informações, tais como: despesa, nome do fornecedor, nº do cheque, etc. Nesse caso, para facilitar seu trabalho, você poderá fazer uso do caractere # (sustenido). Veja um exemplo: Informe como descrição: PAGAMENTO DE # COM O CHEQUE Nº #. Ao realizar os lançamentos contábeis, o cursor do teclado será deslocado para o lugar de cada #, toda vez que a tecla Enter for pressionada, evitando o uso do mouse ou das setas de navegação de texto. Essas situações serão exemplificadas no tópico Lançamentos Contábeis. Clique no botão Gravar ou pressione a tecla Enter. Você também poderá fazer uso de variáveis disponíveis. São elas: #D para o nome da conta débito, #C para o nome da conta crédito, #M para a data do lançamento, #N para o mês e ano do lançamento, #V para o valor e #A para o mês e ano anterior ao lançamento. Veja um exemplo: informe como descrição: PAGAMENTO DE #D REFERENTE AO MÊS #A. * Índices: como cadastrar os índices. Esse cadastro é necessário para possibilitar a emissão dos relatórios contábeis em outras moedas, como Dólar, Euro, etc. Este cadastro serve para todas as empresas. MENU ARQUIVOS INDICES - Nesta janela, são cadastrados todos os índices utilizados pelo sistema. Veja alguns exemplos. Clique no campo A partir de: informe a data. Para selecionar o índice a ser listado, clique no campo Índices: selecione o tipo de moeda desejada. O botão Duplicar, cria o índice do dia seguinte igual ao índice do dia anterior. Gravar. * Notas Explicativas: Neste tópico, você verá como cadastrar as notas explicativas para anexá-las na emissão do balanço. As notas explicativas são compostas por informações complementares e/ou suplementares àquelas não suficientemente evidenciadas ou não constantes nas demonstrações contábeis. MENU ARQUIVOS - NOTAS EXPLICATIVAS : Informar descrição, balanço encerrado em, Para emitir as notas explicativas, você precisa ter o Microsoft Word, com versão 97 ou superior, instalado em seu computador. A nota explicativa criada será vinculada a este cadastro e ficará gravada dentro do seu banco de dados, podendo ser consultada a qualquer momento. Clique no botão Novo Documento... Observe o documento aberto dentro do Microsoft Word. Você deverá criar a nota explicativa, conforme suas necessidades. Você pode informar os dados do Responsável legal e do Contador da empresa por meio do uso de variáveis. Para isso, clique com o botão auxiliar do mouse em qualquer parte do texto. Observe que foi exibido no canto superior esquerdo da tela o menu de variáveis da Domínio Sistemas. Primeiramente você irá inserir o nome do responsável legal da empresa. Para isso, dê um duplo clique na parte destacada no texto. Observe que agora no campo Documento vinculado, existe um arquivo.doc, que é exatamente o arquivo que você acabou de criar. Clique no botão Gravar. Idiomas: como cadastrar todos os idiomas que a empresa precisa para emitir os relatórios contábeis. MENU ARQUIVOS - IDIOMAS: Nas guias da janela Idiomas têm todos os campos e colunas que são emitidos nos relatórios contábeis. O campo código é preenchido automaticamente pelo sistema de forma sequencial. Informe como nome do idioma que está sendo cadastrado. Agora

6 descreva a tradução de cada campo. Tradução do razão. Tradução do Balancete. Tradução Balanço. Tradução Plano de Contas. Tradução Resumo Balancete. A opção de emissão em outro idioma somente está disponível para os relatórios contábeis como diário, razão, balancete e balanço, além do relatório cadastral de plano de contas. Guia Cabeçalho: Descreva o nome dos campos para que seja demonstrado o cabeçalho dos relatórios. Guia Colunas: Descreva a tradução de cada campo conforme o idioma que está sendo cadastrado. Nos relatórios as colunas serão demonstradas conforme as descrições informadas, caso as descrições dos campos não sejam informadas, nos relatórios as descrições serão demonstradas com o próprio nome do campo. Guia Totalizadores: Descreva a tradução de cada campo conforme o idioma que está sendo cadastrado. Gravar. Abreviaturas: Veja neste tópico como cadastrar abreviaturas, para posteriormente emitir o relatório de abreviaturas que será anexado ao Livro Diário. MENU ARQUIVOS ABREVIATURAS: Veja um exemplo de cadastro de uma abreviatura. Informe: Ref.. Descrição: Referente. Gravar. Extrato Bancário: como importar a movimentação das contas bancárias através dos extratos bancários do cliente, utilizando essas informações para posteriormente realizar a conciliação bancária. MENU ARQUIVOS - EXTRATO BANCÁRIO - Informar a competência que sera importada o arquivo do extrato. Informe também o código da conta contábil do banco que deseja importar o extrato. Se você possuir várias contas bancárias, esse processo deve ser realizado várias vezes. Para consultar o plano de contas, pressione a tecla F2. Informar o saldo inicial da conta. Clique em importar. Para realizar a importação do extrato bancário, seu cliente deve acessar a conta via internet e exportar o arquivo no formato Microsoft Money. A maioria dos bancos disponibiliza esse arquivo a seus clientes. Caso tenha dúvidas em como obter o arquivo, deve-se entrar em contato com o banco, e o mesmo passará as instruções. Os arquivos a serem importados pelo sistema devem ter a extensão (.OFC ou.ofx), que são baseados no leiaute do programa Microsoft Money. Confirme a importanção SIM, Observe o extrato bancário importado. Quando necessário você poderá fazer alterações, exclusões ou inclusões manualmente no extrato. Para excluir esse registro do extrato, clique no botão Excluir. Caso o seu cliente não lhe envie o extrato nos formatos apresentados, você poderá digitá-lo manualmente, e ainda assim fazer uso da conciliação bancária. Clicar em NOVO, Laçamentos padrões: como criar modelos de lançamentos contábeis, os chamados lançamentos padrões. A finalidade deste cadastro é otimizar o processo da digitação de lançamentos que são comuns no dia-a-dia. Este recurso também representa mais segurança ao usuário, pois como não será necessário escolher as contas contábeis repetidamente, diminuirá as chances de erro. MENU ARQUIVOS LANÇAMENTOS PADRÕES Campo Tipo: Informar o tipo de, A descrição do lançamento padrão precisa representar, de forma clara, o tipo de lançamento que está sendo feito, exemplo : DEPÓSITO EM DINHEIRO NO BANCO DO BRASIL, selecionar o banco desejado, no caso Banco do Brasil. Caso uma das contas tenha variação, você pode criar dois modelos distintos ou então deixar a conta em branco para ser escolhida no momento do lançamento contábil. Você pode escolher um histórico previamente cadastrado e, se houver necessidade, pode completá-lo no momento do lançamento. Para listar os históricos cadastrados, pressione a tecla F2. Marcando o campo Posicionar cursor no campo padrão, ao gravar um lançamento, o cursor do teclado iniciará o próximo lançamento no campo padrão, possibilitando que seja escolhido outro modelo de lançamento. O campo Posicionar cursor no campo data somente estará habilitado se o campo anterior não for selecionado. Esse campo serve para que, após gravar um lançamento, o cursor do teclado inicie o novo lançamento no campo Data. Selecione o campo Permite complementar histórico, caso você queira que no momento de efetuar o lançamento padrão, o sistema permita que o usuário complemente ou altere o histórico selecionada. O campo RTT - Regime Tributário de Transição somente estará habilitado, caso nos parâmetros da empresa estiver marcado o campo Gera informativo FCONT. Caso estiver habilitado este campo nos parâmetros

7 você deverá escolher uma das opções de escrituração de lançamentos para a mesma. GRAVAR. * Menu Movimentos: você poderá efetuar os lançamentos contábeis, os lançamentos padrões, a conciliação bancária e a conciliação de clientes/fornecedores. Lançamentos em lote: Lançamento em lote é o método pelo qual poderá ser lançada uma conta contábil à crédito para vários débitos e vice-versa, através dessa opção o usuário terá maior facilidade para efetuar o controle dos lançamentos contábeis. Um débito para uma crédito: Neste tópico, você verá como efetuar um lançamento do tipo: Um Débito para um Crédito. Para iniciar, clique no menu Movimentos. Lançamentos em lote. Clique no campo Data. Informe a data correspondente a esse lançamento. Selecione o tipo: Um débito para vários créditos, para informar uma conta débito para vários lançamentos a crédito. Um crédito para vários débitos, para informar uma conta crédito para vários lançamentos a débito. Um débito para um crédito, para informar lançamentos de um débito para um crédito, esses lançamentos serão efetuados a partir de 2008, pelas empresas que geram o informativo SPED; Vários débitos para vários créditos, para informar lançamentos de vários débitos para vários créditos. No campo Debitar, informe a conta débito referente ao lançamento que está sendo realizado. Para listar as contas cadastradas, pressione a tecla F2. No campo Creditar, informe a conta crédito referente ao lançamento que está sendo realizado. Para listar as contas cadastradas, pressione a tecla F2. No campo Histórico, informe o histórico correspondente ao lançamento e no campo ao lado será informada a descrição do histórico, se necessário essa descrição poderá ser alterada. Para listar os históricos cadastrados, pressione a tecla F2. No quadro Totais são exibidos os valores a débito e a crédito do lançamento, caso haja diferença entre os valores também será exibido o valor dessa diferença. Para finalizar, clique no botão Gravar. Implantação do Saldo de Abertura: Neste tópico, você verá como fazer um lançamento para implementação de saldo de abertura. Clique no botão Novo. Clique no campo Tipo. Clique na opção Vários débitos para vários créditos. Observe que os campos Debitar, Creditar, Valor e Histórico foram desabilitados, pois os mesmos serão informados no quadro abaixo. Para incluir uma conta, clique no botão Incluir. Observe os campos habilitados. Caso a conta a ser incluída for uma conta débito, você deverá informar a mesma no campo Debitar. Caso for uma conta crédito, a mesma deverá ser informada no campo Creditar. Primeiramente você informará uma conta débito. Para isso, com o cursor do teclado no campo Debitar pressione a tecla F2. Informe o valor. Para listar os históricos cadastrados, no campo Cód. Hist., pressione a tecla F2. Gravar. Um débito para vários créditos: Clique no campo Data. Clique no campo Tipo. Informe valor. Informar código histórico.no campo Creditar, pressione a tecla F2. Informe o Valor e o código do histórico. Um Crédito para vários débitos: Neste tópico, você verá como efetuar um lançamento do tipo: Um crédito para vários débitos. Para iniciar, clique no botão Novo ou pressione a tecla Enter. Clique no campo Tipo. Clique no campo Tipo. Informe como conta crédito: 5.Informe como valor: 2752.No campo histórico informe: 54 e pressione a tecla Enter. Clique no botão Incluir. No campo Debitar, pressione a tecla F2.Para finalizar, clique no botão Gravar. Lançamentos padrões em lote: Neste tópico, você verá como efetuar lançamentos padrões em lote, os lançamentos padrões foram previamente cadastrados. Para iniciar, clique no menu Movimentos. Agora, clique na opção Lançamentos Padrões em Lote. No campo Padrão, informe o código do lançamento padrão previamente cadastrado. Para listar os lançamentos padrões cadastrados, pressione a tecla F2. Observe que os campos que foram cadastrados para esse lançamento padrão foram preenchidos automaticamente. O campo Data é preenchido automaticamente com a data atual, e poderá ser trocada caso necessário. Clique no campo Data. Clique no campo Valor. Ao clicar no botão Gravar, o sistema salva o lançamento, e entra em modo de inclusão de um novo lançamento já com os dados preenchidos. No campo Padrão informe: 2. Clique no botão Gravar.

8 Lançamentos: Desde a versão 7.2A05, quando o sistema foi totalmente adequado para trabalhar com lançamentos em lote, não é mais permitido efetuar lançamentos contábeis através da opção Lançamentos do menu Movimentos. Apenas em algumas situações, os lançamentos em lote, poderão ser alterados através desta tela. São elas: Alterar o valor do lançamento, alterar o código conta débito, alterar o código conta crédito e alterar o histórico do lançamento. Para iniciar, clique no menu Movimentos. Agora, clique na opção Lançamentos. Quando o lançamento é de partida dobrada, o sistema não permite desvincular a outra conta, fazendo com que o lançamento fique de partida simples. Caso tente fazer essa alteração, o sistema exibe a mensagem: Esse lançamento em lote deve ser de partida dobrada. Para visualizar o próximo lançamento, clique no botão Próximo Registro(>>). Quando o lançamento é de partida simples, o sistema não permite inverter o lançamento, por exemplo: tem apenas a conta crédito informada e você tenta excluir esta conta crédito e informar uma conta a débito. Caso isso aconteça, o sistema exibe a mensagem: Esse lançamento deve ser a crédito. Para fechar a janela Lançamentos, clique no botão Fechar(X) ou pressione a tecla Esc. Conciliação: Neste tópico, você verá como realizar conciliações bancárias e conciliações clientes/fornecedores. Bancária: Neste tópico, você verá como fazer a conciliação dos lançamentos contábeis com os lançamentos dos extratos. Para iniciar, clique no menu Movimentos. Movimentação. Clique na opção Bancária. É através dessa janela que você pode realizar a conciliação bancária, entre um extrato bancário e os extratos realizados no módulo Domínio Contabilidade. No campo Conta, você precisa informar o código da conta contábil referente ao banco que deseja fazer a conciliação. Informe: 8. No quadro Critérios para conciliar os lançamentos, selecione os critérios que serão utilizados para comparar o lançamento de extrato com o lançamento contábil. Para listar os lançamentos efetuados no sistema, e os lançamentos do extrato, clique no botão Listar lançamentos ou pressione a tecla Enter. No quadro Critérios para conciliar os lançamentos, selecione os critérios que serão utilizados para comparar o lançamento de extrato com o lançamento contábil. Para listar os lançamentos efetuados no sistema, e os lançamentos do extrato, clique no botão Listar lançamentos ou pressione a tecla Enter. Observe no quadro Lançamentos Extrato, os lançamentos do extrato bancário e no quadro Lançamentos Contábeis, os lançamentos contábeis da empresa. Primeiramente você realizará uma conciliação automática, a qual irá se basear nas opções definidas no quadro Critérios para conciliar os lançamentos. Clique no botão Conciliação automática. Observe que o sistema conciliou os lançamentos de acordo com os critérios selecionados, ou seja: Data, Valor e Tipo. Clique na parte direita da barra de rolagem. Para fazer a conciliação manualmente, você precisa selecionar um ou mais lançamentos do extrato, os quais você deseja conciliar com os lançamentos contábeis. Para isso, clique no lançamento destacado. Observe que o sistema irá permitir a conciliação, pois a data, o tipo, e soma dos valores dos lançamentos do sistema, são iguais aos do extrato. Isso muitas vezes é utilizado, quando entra um cheque na conta, referente ao pagamento de duas contas. Agora, com os lançamentos que devem ser conciliados já selecionados, clique no botão Conciliação manual. Agora, você irá tentar realizar uma conciliação com os critérios do extrato, diferentes do lançamento contábil. Selecione o lançamento destacado. Observe que os critérios dos lançamentos destacados são diferentes. Clique no botão Conciliação manual. O sistema emitiu um aviso, perguntando se você deseja continuar a conciliação mesmo sabendo que as datas dos lançamentos selecionados são diferentes. Clique no botão Sim ou pressionando a tecla Enter. É emitido o mesmo aviso para os tipos. Clique no botão Sim ou pressione a tecla Enter. Observe que ao realizar uma conciliação com algum critério dos lançamentos do extrato, diferente dos lançamentos contábeis, o sistema emite um aviso, perguntando se você tem certeza que deseja continuar mesmo sabendo que os critérios são diferentes. Selecione a conciliação destacada. Observe que ao realizar uma conciliação com algum critério dos lançamentos do extrato, diferente dos lançamentos contábeis, o sistema emite um aviso, perguntando se você tem certeza que deseja continuar mesmo sabendo que os critérios são diferentes. Selecione a conciliação destacada. Neste caso, como esta conciliação foi feita de maneira errada, ou seja com os critérios diferentes, você fará a desconciliação da mesma. Para isso, clique

9 no botão Desconciliação. Para confirmar a desconciliação dos lançamentos, clique no botão Sim ou pressione a tecla Enter. Gravar. Cliente/Fornecedor: Nesta opção, o sistema fará a conciliação de clientes e fornecedores dos lançamentos feitos no módulo Domínio Escrita Fiscal e que não foram gerados os respectivos lançamentos contábeis, estes foram feitos manualmente no módulo Domínio Contabilidade. Para iniciar, clique no menu Movimentos. Agora, posicione o mouse sobre o submenu Conciliação. Clique na opção Cliente/Fornecedor. Para este exemplo foi realizado o lançamento de uma Nota Fiscal no módulo Domínio Escrita Fiscal, e um lançamento contábil no módulo Domínio Contabilidade para você. Clique no campo Conciliar. Para este exemplo foi realizado o lançamento de uma Nota Fiscal no módulo Domínio Escrita Fiscal, e um lançamento contábil no módulo Domínio Contabilidade para você. Clique no campo Conciliar. Selecione a opção: Cliente, para fazer a conciliação de um determinado cliente; Fornecedor, para fazer a conciliação de um determinado fornecedor. Clique na opção Cliente. No campo Conta, informe o código da conta, que se refere ao cliente ou fornecedor, a ser conciliada. Neste exemplo informe: 495 Para realizar a conciliação, clique no botão Conciliar ou pressione a tecla Enter. Observe que o sistema localizou o lançamento contábil. Agora, no campo Nota, você precisa selecionar com qual lançamento de Nota Fiscal, o lançamento da contabilidade será conciliado. Clique no campo Nota. O sistema lista as notas para as quais você poderá realizar o conciliamento. Clique na nota destacada. Para salvar esta conciliação, clique no botão Gravar. Zeramento: Neste tópico, você verá como realizar o zeramento das contas de resultado que consistem na transferência dos saldos destas contas específicas. Se o processo de zeramento já foi executado, você ainda poderá emitir um balanço ou balancete ignorando este processo. Para iniciar, clique no menu Utilitários. Agora, clique na opção Zeramento. Nessa janela, você precisa informa uma data e um histórico para os lançamentos de zeramento. Para apagar a seleção atual, pressione a tecla Delete. Para listar os históricos cadastrados, pressione a tecla F2. OK. Confirme o início do zeramento, clicando no botão Sim ou pressionando a tecla Enter. Para verificar os lançamentos gerados pelo processo de zeramento, clique no menu Movimentos. Clique na opção Lançamentos em Lote. Veja no campo Origem, que esse lançamento foi gerado pelo processo de Zeramento. Clique no botão Último Registro( >). Veja no campo Origem, que esse lançamento foi gerado pelo processo de Zeramento. Para fechar a janela Lançamentos em Lote, clique no botão Fechar(X) ou pressione a tecla Esc. Menu Relatórios: Neste tópico, você verá como emitir os relatórios de todos os movimentos realizados no módulo Domínio Contabilidade. Diário: empresa e/ou entidade. Para iniciar, clique no menu Relatórios.Agora, clique na opção Diário. Você precisa realizar todas as configurações necessárias para a emissão do diário. Lembrando que você poderá configurar de acordo com as suas necessidades. Veja um exemplo: clique no campo Inicial. No campo Emitir nº do livro, você pode informar o número do Livro Diário que será emitido. Como este é o primeiro livro que você emitirá, mantenha o número atual. No campo Folhas por livro, informe a quantidade máxima de folhas que o diário poderá conter. No campo Folha inicial, informe o número da folha inicial do Livro Diário. Clique no campo Descrição paginação. Selecione a opção correspondente para que no cabeçalho do Livro Diário a numeração seja indicada por Folha ou Página. Clique na opção Folha. Clique no campo Identificação da conta. Selecione a opção desejada para que na emissão do relatório o sistema demonstre as informações por Código ou Classificação. O campo Imprimir número, deverá ser selecionado caso você deseja que seja impresso no Livro Diário, o número do lançamento contábil ou o número do lote do lançamento contábil. O número de identificação do lançamento poderá ser por: Lançamento, para que seja impresso o número específico do lançamento contábil, ou Lote, para que seja impresso o número do lote ao qual o lançamento pertence. O campo Salto de página por dia, deverá ser selecionado, caso você deseje que no Livro Diário se inicie uma nova página sempre que for alterado o dia do lançamento. O campo Totaliza apenas por mês, deve ser selecionado caso você queira que o diário não seja totalizado por dia e sim por mês. O campo Inutilizar página final, deve ser selecionado, caso você deseje inutilizar o espaço em branco da última página na impressão do

10 Livro Diário. O campo Salto de página por mês, deve ser selecionado, caso você deseje que o Livro Diário mude de página sempre que for alterado o mês do lançamento. Para que no diário as contas crédito e débito sejam impressas em uma mesma linha, clique no campo Conta crédito e débito na mesma linha. Para imprimir no cabeçalho do Diário, o número e a data da inscrição da empresa na junta comercial. Para que no cabeçalho do diário seja impressa a data e a hora de emissão no diário, clique no campo Emitir data de emissão/hora. O destacamento de linhas somente acontecerá para relatórios impressos em impressoras jato de tinta ou laser. Para emitir o diário em outro idioma clique no campo Emitir em outro idioma. O botão Consolidar Empresas..., serve para emitir o relatório consolidado do Livro Diário entre as empresas que utilizam o mesmo plano de contas da empresa corrente. Este botão somente estará habilitado se nos parâmetros da empresa, o campo Consolidar relatórios entre Empresas sem vínculo Matriz e Filiais estiver selecionado. Para emitir o relatório com as configurações realizadas, clique no botão OK. Razão: O razão representa uma ficha em que são escrituradas as operações referentes à cada conta. Sua finalidade específica é controlar individualmente cada uma das contas utilizadas pela empresa. O razão fornece o movimento de débito, de crédito e o respectivo saldo devedor ou credor. Para iniciar, clique no menu Relatórios. Razão. Os campos que possuem a mesma funcionalidade dos campos visto no tópico anterior, não serão explicados novamente. Selecione o campo Imprimir número. O campo Contas pode ser selecionado para informar a conta inicial e final que serão emitidas no livro razão. Selecione o campo Salta página por conta. O campo Totalizar por conta, pode ser selecionado para que seja totalizado, no final de cada conta, os saldos das mesmas. O campo Totalizar por mês, para que o razão seja totalizado por mês. E o campo Totalizar por dia, para que o razão seja totalizado por dia. O campo Omitir coluna saldo, poderá ser selecionado caso você queira que seja omitida a coluna saldo da conta. O campo Emitir apenas contas com movimento, deve ser selecionado caso você deseje que no momento da impressão do livro razão sejam emitidas somente as contas que tenham movimentação no período informado. Selecione também o campo Emitir data de emissão/hora. E por último, selecione o campo Destacar linhas. Para emitir o razão, clique no botão OK. Agora você emitirá o razão, definindo previamente as contas que devem aparecer. Para isso, clique na guia Contas.Nessa guia, você poderá configurar a emissão do razão, definindo quais contas deverão ser incluídas. Caso você não defina nada nessa guia, será emitido o razão de todas as contas. Clique no campo Conta. No campo conta informe o código da referida conta que você queira incluir. Para listar as contas cadastradas, pressione a tecla F2. Para incluir a conta, clique no botão Incluir. Para emitir o razão, clique no botão OK. Observe que agora, foram listadas somente as contas informadas na guia Contas. Para fechar o relatório, clique no botão Fechar(X) da barra de ferramentas do sistema ou pressione a tecla Esc. Balancete: O balancete é uma relação de todas as contas com seus respectivos saldos devedores ou credores, dispostas na mesma ordem do plano de contas adotado. Para iniciar, clique no menu Relatórios. Balancete. Você precisa realizar algumas configurações necessárias para emissão do balancete. Os campos já explicados em relatórios anteriores não serão explicados novamente. Clique no campo Grau máximo. Informe o grau máximo da classificação contábil. Por exemplo: se o seu plano de contas possui uma máscara do tipo , e você deseja emitir um balancete das contas de grau 1, 2 e 3, nesse caso deverá ser informado o grau 3 nesse campo. Por padrão o sistema já traz o grau que foi definido nos parâmetros. Quando selecionado o campo Destacar contas sintéticas, as contas sintéticas serão impressas em negrito no balancete. O campo Desconsiderar zeramento, é utilizado para que o sistema emita o balancete desconsiderando os lançamentos de zeramento das contas de resultado. Dessa maneira, mesmo depois de ter os saldos das contas de resultado zerados, você ainda poderá emitir o balancete com os saldos das mesmas. Quando selecionado o campo Imprimir classificação, será emitida no balancete a classificação contábil correspondente a cada conta.o campo Avança página na troca do grupo, serve para que na emissão do balancete, o sistema faça a mudança de página na troca de grupo (primeiro dígito da classificação). O campo Imprimir valores negativos entre parênteses, pode ser selecionado para que os saldos das contas que estiverem com valores negativos, sejam impressos entre parênteses. O campo Emitir resumo no final, serve para que no final do balancete, o sistema

11 emita um resumo do balancete de acordo com a configuração feita através do botão Resumo, desta mesma janela. O campo Emitir o balancete diário, é utilizado para que seja emitida a movimentação das contas diariamente no balancete. O campo Não imprimir código da conta, serve para que não seja emitido no balancete o código correspondente a cada conta. O campo Não imprimir contas com saldo anterior e atual zero, serve para que as contas que tenham saldo anterior e atual com valor zero, não sejam impressas no balancete. O campo Imprimir somente contas sintéticas, pode ser selecionado para que sejam impressos somente os lançamentos efetuados nas contas sintéticas. OK. Veja agora como emitir o balancete com outras configurações, clique no campo Modelo. Selecione a opção correspondente, de acordo com a forma que você deseja visualizar o balancete. Clique no campo Índice. Selecione o índice correspondente para que, no balancete, os valores sejam convertidos por ele. No quadro Imprimir plano, você deverá definir o plano correspondente. Se selecionar o campo Total, o sistema emitirá um balanço de todas as contas, enquanto que se você selecionar o campo Parcial, será permitido que você selecione o grupo de contas correspondente. Clique no campo Grupo. Clique no botão Descrição final...nessa janela, você poderá informar uma descrição que será impressa no fim do balancete. Neste exemplo, não será informada nenhuma descrição. Clique no botão Título Balancete...Nessa janela, você poderá informar um título para o balancete. Lembrando que o título do balancete será determinado para cada empresa, exemplo: Impostos a recolher. O botão Consolidar Empresas..., serve para emitir o balancete consolidado entre as empresas que utilizam o mesmo plano de contas da empresa corrente. Este botão somente estará habilitado se nos parâmetros da empresa ativa, o campo Consolidar relatórios entre Empresas sem vínculo Matriz e Filiais estiver selecionado. O botão Resumo..., serve para definir as contas que serão incluídas no resumo do balancete, para que esse resumo seja impresso é necessário que o campo Emitir resumo no final, esteja selecionado. OK para visualizar o balancete. Agora você emitirá o balancete, com as contas previamente definidas. Clique no campo Total. Agora, clique na guia Contas. No campo Conta informe o histórico desejado. Clique no botão Incluir. Balanço: O balanço patrimonial é a demonstração contábil destinada a evidenciar, quantitativa e qualitativamente, numa determinada data, o patrimônio líquido da empresa e/ou entidade. Além disso, o balanço é que encerra a sequência de procedimentos contábeis, apresentando, de forma ordenada, os três elementos componentes do patrimônio: Ativo - Passivo - Patrimônio Líquido. Essa demonstração deve ser estruturada de acordo com os preceitos da Lei n.º , e segundo os princípios fundamentais de contabilidade e as normas brasileiras de contabilidade. Para iniciar, clique no menu Relatórios. Agora, clique na opção Balanço. Os campos já explicados em relatórios anteriores não serão explicados novamente. O campo Imprimir local e data em todas as folhas, serve para que em todas as folhas sejam impressos o local e a data da impressão do balanço. Os campos Local e Data somente estarão habilitados se o campo Imprimir local e data em todas as folhas estiver selecionado. Clique no campo Moeda. Selecione a opção correspondente para que na declaração final do balanço, a declaração com a descrição do valor ativo/passivo por extenso saia de acordo com a moeda selecionada. O campo Imprime valor Ativo/Passivo por extenso, pode ser selecionado para imprimir no final do balanço o valor por extenso do ativo/passivo. Este campo, somente estará habilitado, se os valores de ativo e passivo forem iguais. O campo Imprimir Declaração final, é utilizado para que no balanço patrimonial seja impressa uma declaração final conforme configurada no botão Declaração final... O campo Imprimir Declaração final em todas as folhas, somente estará habilitado se o campo Imprimir Declaração final estiver selecionado. O campo Imprimir coluna de saldo anterior, é utilizado para imprimir o valor do saldo anterior para cada conta. Clique no botão Declaração final...você poderá informar e configurar a declaração que será impressa no final do balanço. O sistema já traz uma declaração como padrão, caso necessário você poderá alterá-la. Para este curso mantenha a declaração atual. Para emitir o balanço patrimonial, clique no botão OK. Balanço Social: O Balanço Social é um demonstrativo publicado anualmente pela empresa, reunindo um conjunto de informações sobre os projetos, benefícios e ações sociais dirigidas aos empregados, investidores, analistas de mercado, acionistas e à comunidade. É também um investimento estratégico para avaliar e multiplicar o exercício da responsabilidade social

12 corporativa. Para iniciar, clique no menu Relatórios.Agora, clique na opção Balanço Social.Para emitir o balanço social, clique no botão OK. Caixa: O Livro Caixa tem como finalidade demonstrar a movimentação da conta caixa em um determinado período. Para emitir a movimentação do caixa, é necessário que nos Parâmetros, na guia Livro Caixa esteja definida a conta caixa. Para iniciar, clique no menu Relatórios.Agora, clique na opção Caixa. Você deve fazer todas as configurações necessárias para emissão do livro caixa. No quadro Data, informe a data inicial e final correspondente. Clique no campo Emitir nº do livro. Nesse campo, você precisa informar o número do referido livro caixa que está sendo emitido. Clique no campo Modelo. Selecione um dos modelos de Livro Caixa disponível. Selecione o campo Emitir data de emissão/hora. O campo Emitir total por mês, é utilizado para que seja emitido um total para cada mês impresso no relatório. Este campo somente estará habilitado, se no quadro Modelo, você selecionar o modelo IV. O campo Separa os dias por traço, deve ser selecionado caso você deseje que o sistema imprima no Livro Caixa um traço a cada mudança de data. Este campo somente estará habilitado, se você não selecionar o campo Quebra de página por dia.para emitir o livro caixa, clique no botão OK. Termos: Para todos os livros contábeis é necessário que exista um termo de abertura e encerramento. O módulo Domínio Contabilidade, permite que você emita esses termos com muita facilidade. Para iniciar, clique no menu Relatórios. Agora, clique na opção Termos.No quadro Termo de, selecione a opção: Abertura, para emitir o termo de abertura, ou selecione a opção: Encerramento, para emitir o termo de encerramento. Neste exemplo, você emitirá o termo de abertura. No quadro Tipo, selecione a opção correspondente ao livro para o qual você deseja emitir o termo. Selecione o modelo de acordo com sua impressora e com o formulário utilizado. Clique no campo Número do Livro e informe o numero correspondente ao livro que você esta emitindo. Como número da primeira página do termo informe: 1. Como número da última página do termo informe: 23.Selecione o campo Imprimir período inicial e final. Para emitir o termo, clique no botão OK. Abreviaturas: O relatório de legenda de abreviaturas permite que você visualize todas as abreviaturas cadastradas. Esse relatório será anexado junto à emissão do Livro Diário. Para iniciar, clique no menu Relatórios.Selecione o campo Emitir nº do livro. Como o restante das opções tem as mesmas funções dos relatórios anteriores, essas não serão explicadas novamente. Para emitir o relatório de abreviaturas, clique no botão OK. Livros Contábeis: como emitir todos os livros contábeis em uma única janela. Para iniciar, clique no menu Relatórios. Agora, clique na opção Livros Contábeis. Nessa janela, você tem a opção de configurar todos os livros contábeis vistos anteriormente, para que os mesmos sejam emitidos todos de uma vez. Como você já aprendeu a configurar todos os livros, neste tópico você aprenderá apenas como configurar a guia geral. As configurações realizadas na guia Geral serão utilizadas em todos os livros contábeis emitidos através dessa opção. Selecione ou deixe selecionadas as opções: Termos (Abertura e Encerramento), para emitir os termos de abertura e encerramento; Diário, para emitir o Livro Diário e no campo Número do Livro, informe o número do livro Diário, e consequentemente no quadro Anexar, selecione os livros que serão anexados ao Diário. O campo Balancete, é utilizado para emitir o balancete de verificação anexo ao diário. Na coluna Ordem, selecione a ordem em que cada anexo será impresso. Neste curso será usado o padrão do sistema, mas caso necessário você poderá alterar. você poderá configurar o balancete que será emitido juntamente com os livros contábeis. Clique na guia Geral.O campo Balanço, é utilizado para emitir o balanço patrimonial anexo ao diário. Selecione o campo Balanço.Clique na guia Balanço.Através dessa guia, você poderá configurar o balanço que será emitido juntamente com os livros contábeis. Como você já viu como configurar o balanço anteriormente no tópico Balanço, não será visto novamente. Por isso os campos referentes ao tópico balanço já foram preenchidos para você. Selecione o campo Anexar notas explicativas. Para listar as notas explicativas cadastradas, pressione a tecla F2. Com a guia Balanço configurada, clique na guia Geral. Os campos referentes aos demonstrativos, somente estarão habilitados, se os demonstrativos forem selecionados nos parâmetros da empresa. Selecione o campo D.R.E.A guia DRE não será demonstrada agora, pois você verá posteriormente no tópico Demonstrativos/DRE.Para emitir o

13 plano de contas anexo ao diário, selecione o campo Plano de Contas. A guia Contas não será demonstrada agora, pois você verá posteriormente no tópico Cadastrais/Contas. Para emitir o balanço patrimonial anexo ao razão, selecione o campo Balanço. Para emitir o relatório da D.R.E anexo ao razão, selecione o campo D.R.E. O campo Caixa, pode ser selecionado para emitir também o Livro Caixa. No quadro Data, você precisa informar as datas correspondentes para emissão dos livros.clique no campo Descrição paginação.selecione a opção correspondente para que nos livros contábeis a numeração seja indicada por Folha ou Página. Os campos Imprimir a expressão Em Branco no verso, quando não houver informações e Não contar o verso em branco como página, somente estarão habilitados se no campo Descrição paginação estiver selecionada a opção Página. O campo Imprimir número nas páginas com a expressão em branco, somente estará habilitado se o campo Imprimir a expressão em branco no verso, quando não houver informações, estiver selecionado e o campo Não contar o verso em branco como página estiver desmarcado. Este campo serve para que sejam impressos os números das páginas que tenham a expressão em branco. Para emitir o livros contábeis, clique no botão OK. Clique no campo Relatórios. Através desse campo você poderá visualizar todos os relatórios emitidos. Informativos: * SPED CONTÁBIL: O SPED contábil, visa a substituição da emissão dos livros contábeis (Diário e Razão) em papel pela sua existência apenas em arquivo digital e uma fiscalização mais efetiva da Receita Federal. Esta opção somente estará habilitada, se nos parâmetros da empresa, você selecionar a opção Gera informativo SPED. Para conferir, clique no menu Controle. Clique na opção Parâmetros.Na guia SPED, você informará a forma de escrituração contábil do livro diário e no campo nome será informada a descrição para os registros do SPED. Esta descrição é obrigatória para que não ocorra inconsistências na validação. Para confirmar, as alterações realizadas, clique no botão OK. Depois de finalizado o período dos lançamentos contábeis e as rotinas para o fechamento do exercício, poderá ser gerado o arquivo do informativo SPED Contábil. Clique no menu Relatórios.Agora, posicione o mouse sobre o submenu Informativos. No quadro Período, informe no campo Inicial a data inicial para emissão do informativo; no campo Final a data final do período, para este exemplo serão mantidas as datas atuais. No campo Caminho, informe o caminho da unidade de disco onde o arquivo será gerado, serão aceitos 255 caracteres conforme limite do leiaute do SPED Contábil.Nessa janela você informa as entidades que possuem direito de acesso ao livro.nessa janela você informa as entidades que possuem direito de acesso ao livro. Para incluir uma entidade, clique no botão Incluir. Para gerar o informativo SPED Contábil com os dados completos, ou seja, resultando em nenhuma inconsistência na validação, o usuário deverá clicar no botão Outros Dados para serem definidas informações a serem geradas no arquivo. Clique no botão Outros Dados...No campo Data do arquivamento dos atos constitutivos, informe a data, lembrando que esta data deve ser menor ou igual ao período final da geração do arquivo SPED, pois conforme leiaute do SPED Contábil existe a obrigatoriedade de se gerar esta informação. Clique na opção Situação Especial.O campo Situação Especial, deve ser selecionado caso a emissão do arquivo seja por algum motivo especial. No campo ao lado serão habilitadas as opções para a seleção dessa situação. O campo Gerar Lançamentos por centro de custo, somente estará habilitado, se nos parâmetros, o campo Contabilidade por centro de custo estiver selecionado. Selecione este campo, caso você deseje que os lançamentos sejam gerados por centro de custo. No campo Informar data de arquivamento do ato de conversão da sociedade simples em sociedade empresária, informe a data que ocorreu esta alteração, esta informação será gerada no arquivo do SPED Contábil. No campo Número do Livro, informe o número de ordem do livro diário. Clique na guia Demonstrativos. Para que a Demonstração do Resultado do Exercício também seja emitida em forma eletrônica, selecione o campo Demonstrativo do Resultado do Exercício (DRE).Clique na guia Escrituração auxiliar.na guia Escrituração auxiliar deve-se inserir linhas para outras formas de apresentação da escrituração. A guia Escrituração auxiliar só será habilitada quando na guia SPED dos parâmetros for selecionada a opção livro Diário com escrituração resumida ou livros Balancetes Diários e Balanços. Para informar os livros auxiliares que serão gerados, clique no botão Incluir.Clique na parte direita da barra de rolagem.para incluir uma conta, na coluna Contas, clique no botão Reticências.Clique no

14 botão Incluir.Informe como código da conta:5 e pressione a tecla Enter.Clique no botão Gravar.Na coluna Código Hash, informe o código hash do arquivo correspondente ao livro auxiliar, o código hash é recebido pela Receita Federal quando for necessário gerar um arquivo de complemento. Para este exemplo este campo não será alterado, na coluna Tipo, clique na opção Outros.Selecione a opção do tipo de escrituração. Digital (Informado no SPED), para identificar que a escrituração auxiliar dos livros serão de forma digital ou selecione a opção Outros, para identificar que a escrituração dos livros auxiliares será através de outras modalidades. Clique na opção Outros.Informe como número do livro: 1.Para confirmar as alterações realizadas, clique no botão OK.Para realizar a exportação, clique no botão OK.Para confirmar, clique no botão OK ou pressione a tecla Enter. Sinco Contábeis: Neste tópico, você verá como fazer a exportação de dados para serem importados no Sistema Simplificado de Coletas, conforme IN 68/1995 e IN 86/2001. Para iniciar, clique no menu Relatórios - Informativos Sinco Contábeis. No quadro Portaria, selecione a opção IN 68/1995, para gerar o arquivo de períodos até 12/2000, ou selecione a opção IN 86/2001, para gerar o arquivo de períodos a partir de 01/2001. Para gerar o arquivo com o cadastro do plano de contas, selecione o campo Contas. O campo Históricos, somente estará habilitado se no quadro Portaria estiver selecionado o campo IN 68/1995. Para gerar o arquivo com os lançamentos contábeis, selecione o campo Lançamentos. Para gerar o arquivo com o saldo das contas, selecione o campo Saldos. No campo Caminho, você precisa informar o caminho da unidade de disco para onde o arquivo (.txt) contendo os dados será exportado. OK. Balancete ANTT: Neste tópico, você verá como fazer a exportação do balancete ANTT na forma de arquivo XML, considerando as transformações ocorridas na área de transportes terrestres, o Governo Federal constatou a necessidade de criar um órgão com a finalidade de regular e supervisionar a prestação de serviços delegados de transporte ferroviário de cargas, rodoviário interestadual e internacional de passageiros, bem como de exploração da infraestrutura rodoviária federal. Como a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) possui normas padrões com relação ao plano de contas, foi cadastrada uma nova empresa para você onde foi configurado o plano de contas conforme padrão da ANTT. O Manual de Fiscalização aprovado pela Diretoria Colegiada da ANTT vem sendo atualizado periodicamente e neste manual é definido para as empresas um plano de contas diferenciado. A máscara contábil conforme padrão do manual é Será demonstrado o plano de contas padrão da ANTT da empresa. Clique no menu Arquivos Contas Listagem- Buscar. Para conferir a natureza das contas, primeiramente ir no parâmetros controle guia natureza das contas. Agora será feita a geração do arquivo ANTT em XML, clique no menu Relatórios Informativos balancete antt. No quadro modalidade selecione a modalidade de prestação de serviço da empresa ativa. Selecione o campo Encerramento do Exercício, para indicar que o arquivo corresponde ao encerramento do exercício ou selecione o campo Retificador, para retificar informações constantes de declaração original ou retificadora anteriormente apresentada. OK. Para conferir o arquivo gerado, no menu Iniciar, clique com o botão auxiliar do mouse. Clique na opção Explorar a pasta All Users.Observe o arquivo XML gerado pelo sistema, que traz o nome do balancete, seguido do código da empresa e o período, para este exemplo foi informado o mesmo período por isso, foi gerada apenas uma data. Análises: Como emitir relatórios de análise: * Vertical do Balanço: Neste tópico, você verá como emitir um relatório de análise vertical do balanço, o relatório vertical do balanço é importante para indicar a estrutura das demonstrações contábeis na evolução do tempo. Para iniciar, clique no menu Relatórios Análises Vertical do Balanço. Exemplo: Você deseja fazer a análise vertical dos meses de Julho, Agosto e Setembro. Você deverá informar o mês 09 no campo Período, no campo Quantas Colunas deverá informar 3 e no campo Variação informar 1, pois não quer que ocorra a variação dos meses. Se você deseja fazer a Análise Vertical dos 2 primeiros trimestres, então no campo Período, você deverá informar o mês 06, no campo Quantas Colunas deverá informar 2 e no campo Variação informar 3.Observe que ao informar no campo Quantas Colunas um número maior que um, o campo Variação (meses) é

15 habilitado, pois não é possível realizar uma variação de meses com apenas uma coluna.o campo Exibir em modo de Gráfico, é utilizado para emitir o relatório em modo gráfico. O campo Salto de página Ativo/Passivo, deve ser selecionado caso você deseje emitir o relatório com o Ativo e Passivo em páginas separadas. O campo Somente sintéticas, é utilizado para emitir o relatório somente das contas sintéticas. No campo estrutura, você deve definir as contas para emitir o relatório. Você poderá definir a estrutura, arrastando as contas uma a uma conforme o necessário, ou ainda arrastar todos de uma vez só, através do botão Arrastar todas as contas. OK. Para emitir o relatório clique OK. Observe que ao clicar no botão OK, para emitir o relatório em modo gráfico, abrirá a janela Selecione um dos grupos para montar o gráfico, onde você deverá selecionar o grupo correspondente. Para visualizar o gráfico em outro modelo. Na barra de ferramentas do sistema, clique no botão Gráficos. Horizontal do Balanço: como emitir o relatório de análise horizontal do balanço. A principal finalidade desse relatório é observar o crescimento dos itens das demonstrações através dos períodos, a fim de caracterizar tendências. Para iniciar, clique no menu Relatórios Análises Horizontal do balanço. Exemplo: Você deseja fazer a análise horizontal dos meses de Junho, Julho, Agosto e Setembro. Você deverá informar o mês 09 no campo Período, no campo Quantas Colunas deverá informar 4 e no campo Variação informar 1, pois não quer que ocorra a variação dos meses. Se você deseja fazer a Análise Horizontal dos 2 primeiros trimestres, então no campo Período, deverá informar o mês 06, no campo Colunas deverá informar 2 e no campo Variação informar 3. OK. * Vertical DRE: verá como emitir o relatório de análise vertical da D.R.E., esse relatório é importante para indicar a estrutura das demonstrações contábeis na evolução do tempo. Para iniciar, clique no menu Relatórios Análises vertical dre. Clique no botão Estrutura DRE.Nessa janela, você precisa definir os grupos para a emissão do relatório. Essa opção será melhor detalhada no tópico DRE. Ok. Agora você emitirá o relatório em modo gráfico, para isso, selecione o campo Exibir em modo de Gráfico. Antes de emitir o relatório, você precisa selecionar os grupos que fazem parte da receita. O sistema já traz alguns grupos selecionados, caso necessário você poderá alterá-los, para isso, basta clicar sobre os mesmos. Clique no botão OK. * Horizontal do DRE: você verá como emitir o relatório de análise horizontal da D.R.E. A principal finalidade desse relatório é observar o crescimento dos itens das demonstrações contábeis através dos períodos, a fim de caracterizar tendências. Para iniciar, clique no menu Relatórios Análises Horizontal da DRE. Clique no botão Estrutura DRE.Nessa janela, você precisa definir os grupos para a emissão do relatório. Essa opção será melhor detalhada no tópico DRE. Clique no botão OK. OK. Coeficientes: como emitir o relatório de análise de coeficientes. A principal finalidade deste relatório é permitir ao analista extrair tendências e comparar os coeficientes com padrões préestabelecidos. Para iniciar, clique no menu Relatórios Análises Coeficientes. No campo Data inicial e Data final, informe as datas inicial e final correspondentes para emitir esse relatório. No campo Folha inicial, informe o número inicial da folha para esse relatório. Selecione o Campo em destaque, caso deseje habilitar um campo no relatório em que poderão ser informadas observações sobre todas as análises realizadas. Você precisa definir as contas de cada um dos índices que serão emitidos nesse relatório. Para listar as contas cadastradas, pressione a tecla F2. Gravar. Para emitir o relatório, OK. Demonstrativos: Neste tópico, você verá como emitir os relatórios de todos os demonstrativos definidos para a empresa. * DRE: A Demonstração do Resultado do Exercício (DRE), é a demonstração contábil destinada a evidenciar a composição do lucro ou prejuízo líquido do exercício formado num determinado período de operações da entidade. Na DRE serão discriminados a receita bruta de vendas e serviços, as deduções das vendas, os abatimentos, bem como a receita líquida das vendas e serviços. Para iniciar, clique no menu Relatórios Demonstrativos DRE.Você precisa realizar as configurações necessárias para emissão do relatório. No quadro Data, você precisa informar a data inicial e final

16 correspondentes. No quadro Dados, no campo: Número do livro, informe o número do livro a ser emitido; Folha inicial, informe o número da folha a ser impresso na primeira página da demonstração; Descrição paginação, selecione a opção correspondente para que no demonstrativo a numeração seja indicada por Folha ou Página. O campo Inverter sinal Ativo/Passivo, é utilizado para inverter o sinal dos grupos ativo e passivo. Para que as linhas da D.R.E. sejam destacadas, selecione o campo Destacar linhas. Para imprimir no cabeçalho do relatório o número da inscrição na junta comercial da empresa, selecione o campo Imprimir inscrição na Junta Comercial. Para que as estruturas que possuem saldo zero também sejam demonstradas no relatório, selecione o campo Imprimir estrutura com saldo zero. Para que no demonstrativo seja impressa uma declaração final, selecione o campo Imprimir Declaração final. O campo Imprimir Declaração final em todas as folhas, pode ser selecionado para que a declaração final seja impressa em todas as folhas do demonstrativo. Este campo, somente estará habilitado se o campo Imprimir Declaração final estiver selecionado. No campo indice, Selecione o índice correspondente para que, na demonstração, os valores sejam convertidos por ele. No campo Modelo, Selecione o modelo de acordo com sua impressora e com o formulário utilizado. Para que em todas as folhas sejam impressos o local e a data da impressão do demonstrativo, selecione o campo Imprimir local e data em todas as folhas.no campo Local, é informado automaticamente o município da empresa, caso seja necessário, informe outro local. Para emitir a demonstração, clique no botão OK. Clique no botão Estrutura DRE... Nessa janela, você precisa definir os grupos para a emissão da demonstração do resultado de exercício. Clique no menu Arquivos, Contas, Clique no botão Próximo Registro(>>).Fechar, Clique no botão Relação...Observe que o sistema emitiu um relatório com todas a contas contábeis associadas à estrutura da DRE. Esse relatório é utilizado para fazer a conferência das contas associadas à DRE. DVA: A Demonstração do Valor Adicionado (DVA), é a demonstração contábil destinada a evidenciar, de forma concisa, os dados e as informações do valor da riqueza gerada pela entidade em determinado período e sua distribuição. Para iniciar, clique no menu Relatórios - demonstrativos DVA: Veja um exemplo de emissão da DVA. Clique no campo Tipo. Selecione o tipo de demonstração a ser emitida, Os campos Mês e Trimestre serão habilitados conforme a opção selecionada no campo Tipo. No campo trimestre, selecionar o trimestre correspondente a emissão da demonstração. Para imprimir na demonstração uma coluna com os dados do período anterior, selecione o campo Imprimir coluna com dados do período anterior. Selecionando o campo Imprimir contas contábeis, as contas contábeis serão impressas seguindo a mesma ordem da máscara da contabilidade ou a ordem alfabética conforme a definição do plano de contas. Selecionando o campo Totalizar no final de cada grupo, será impressa uma totalização ao final de cada grupo. Caso contrário, os valores serão totalizados sempre nas contas sintéticas. Para que seja impressa uma declaração final no demonstrativo, selecione o campo Imprimir declaração final. Clique no botão Estrutura DVA...Você precisa definir a estrutura dos grupos para a emissão da Demonstração do Valor Adicionado. Para incluir um novo grupo à estrutura, clique no botão Adicionar. A natureza analítica é aquela usada para vincular as contas contábeis. A natureza sintética é a soma de todas as naturezas analíticas vinculadas. Na opção Sub-Total serão somadas todas as contas analíticas acima dela. Na opção Lucro/Prejuízo, serão somados os saldos das contas selecionadas, informar o tipo, Para incluir um novo grupo, clique no botão Incluir. Você poderá definir a vinculação das contas contábeis. Clique no botão Reticências. Selecione as contas que estarão vinculadas ao grupo. Ok. Para emitir a demonstração, clique no botão OK. Balanço Demonstração: Neste tópico, você verá como emitir o relatório de um balanço simplificado. Esse relatório tem as mesmas funcionalidades da DRE, porém, as contas analíticas devem ser informadas na janela da estrutura. Você pode informar uma conta sintética do plano contábil. Para iniciar, clique no menu Relatórios - Demonstrativos Balanço Demonstração. Os Campos que já foram explicados anteriormente, foram preenchidos automaticamente para você. Para imprimir o valor do ativo e do passivo por extenso, selecione o campo Imprime valor Ativo/Passivo por extenso. Clique no botão Estrutura Balanço...Você deve definir as contas para emitir o relatório. Você poderá definir a estrutura arrastando as contas uma a uma conforme o

17 necessário, ou ainda arrastar todas de uma vez só, através do botão Arrastar todas as contas. OK. Clique no botão Descrição final...informe uma descrição acompanhada do valor por extenso que será impresso no final do balanço de demonstração se houver diferença entre ativo e passivo. Clique no botão OK. Clique no botão Título balanço... Informe o título. Para emitir o relatório OK. Notas Explicativas: Neste tópico, você verá como emitir as notas explicativas de forma individual, ou seja, não anexadas ao balanço. Para iniciar, clique no menu Relatórios Demonstrativos Notas Explicativas. No campo Código, informe o código da nota explicativa, previamente cadastrada, a ser emitida. Para consultar as notas explicativas cadastradas, pressione a tecla F2. Para emitir a nota explicativa, clique em Ok, Acompanhamentos: como emitir os relatórios de acompanhamento. Acompanhamento Diário: Neste tópico, você verá como emitir o relatório de acompanhamento que tem por finalidade consultar os totais de débitos, créditos e saldos de uma conta específica. Para iniciar, clique no menu Relatórios Acompanhamento Acompanhamento Diario. No quadro Período, informe a Data Inicial e Final correspondentes. No quadro Tipo, selecione a opção: Diário, para emitir o relatório somente de um determinado dia, ou selecione a opção Mensal, para emitir o relatório de um determinado mês. Para que as linhas do relatório sejam destacadas, selecione o campo Destacar linhas. Clique no botão Contas... Você precisa incluir pelo menos uma conta para ser emitida no relatório. Clique no botão Incluir. Para listar as contas cadastradas, pressione a tecla F2.Clique no botão Incluir. Observe que na medida em que você vai incluindo as contas, as mesmas são listadas no quadro Contas selecionadas. Pressione a tecla F2. Ok. Para emitir o relatório, clique no botão OK.Para emitir o relatório de acompanhamento mensal. No quadro Tipo, clique no campo Mensal. Lançamentos: como emitir um relatório de acompanhamento diario ou mensal de todos os lançamentos efetuados no sistema. Para iniciar, clique no menu Relatórios Acompanhamento lançamentos: No quadro Selecionar por, selecione o campo: Data, para definir a data inicial e final dos lançamentos a serem relacionados no relatório; Número, para definir o código inicial e final dos lançamentos a serem relacionados no relatório; Lote, para definir o código do lote inicial e final dos lançamentos a serem relacionados no relatório. Selecione a opção Todos, para relacionar os lançamentos efetuados por todos os usuários do sistema, ou selecione um usuário específico, para que sejam relacionados somente os lançamentos efetuados pelo mesmo. Este campo, somente estará habilitado se no campo Emitir, estiver selecionada a opção Lançamentos. No campo tipo, Selecione o tipo de lançamento que você deseja que seja listado no relatório. No campo ordem, Selecione a opção: Data, para que os lançamentos sejam ordenados por data; Número, para que os lançamentos sejam ordenados por código. No campo Emitir, Selecione a opção: Lançamentos, para que sejam emitidos no relatório todos os lançamentos efetuados; Totalizador por data, para que sejam emitidos no relatório, os totais de débito e crédito de cada dia. Para que no relatório o número do lote seja impresso, selecione o campo Imprimir o número do lote. Para emitir o relatório, clique em OK, Agora, você emitirá o relatório totalizando o débito e crédito por data. Para isso, clique no campo Emitir, na opção totalizador por data. Para emitir novamente o relatório, clique em Ok. Conferência: O relatório de conferência tem por finalidade listar a diferença que possa existir entre débito e crédito. Para iniciar, clique no menu Relatórios Acompanhamento Conferência: No campo Relatórios, você precisa selecionar o tipo de relatório que deseja emitir. Observe no campo Descrição do relatório, a descrição da opção atualmente selecionada. Clique no campo Relatórios e selecione a opção desejada, no campo abaixo aparecerá a descrição de cada relatório escolhido. Comparativo de movimento: O relatório de comparativo de movimento tem por finalidade listar os saldos de cada conta nos períodos informados. Para iniciar, clique no menu Relatórios - Acompanhamentos Comparativo de movimento; No quadro Período, informe os períodos inicial e final correspondentes. O campo Desconsiderar zeramento, pode ser selecionado para que o relatório seja emitido desconsiderando os lançamentos de zeramento das contas de resultados. Para que as linhas do relatório sejam destacadas, selecione o campo Destacar linhas. O campo Desconsiderar

18 saldo anterior, é utilizado para que o sistema emita o relatório considerando somente o saldo apurado no período informado. Para emitir o relatório, clique no botão OK. Conciliação: como emitir os relatórios de conciliação: Bancária: O relatório de conciliação bancária serve para verificar todos os lançamentos conciliados e não conciliados de uma determinada conta bancária. Para iniciar, clique no menu Relatórios Conciliação bancária: No campo Conta, informe o código da conta para a qual deseja emitir o relatório. Para listar as contas cadastradas, pressione a tecla F2. No quadro Modelo, selecione a opção: Contábil x Extrato, para emitir o relatório de conciliação ordenado pelo Contábil e Extrato; Extrato x Contábil, para emitir o relatório de conciliação ordenado pelo Extrato e Contábil. No quadro Somente os, selecione o campo: Conciliados, para emitir o relatório de conciliação, somente dos lançamentos que já estão conciliados; Não conciliados, para emitir o relatório de conciliação, somente dos lançamentos que não foram conciliados; Todos, para emitir o relatório de conciliação de todos os lançamentos. Para emitir o relatório, clique no botão OK. Relatório Cadastrais: Empresas: como emitir o relatório de todas as empresas cadastradas. Para iniciar, clique no menu Relatórios Cadastrais Empresa. Contas: Neste tópico, você verá como emitir o relatório do plano de contas da empresa. Para iniciar, clique no menu Relatórios Cadastrais Contas: No quadro Ordem, defina se você deseja emitir o relatório do plano de contas por ordem de classificação, código ou nome. Para que as contas sintéticas sejam impressas em negrito no relatório, selecione o campo Destacar contas sintéticas. Para que as linhas do relatório sejam destacadas, selecione o campo Destacar linhas. Selecione o campo Avança página na troca do grupo, para que na emissão do plano de contas, o sistema faça a mudança de página na troca de grupo (primeiro dígito da classificação). Para emitir o relatório, clique no botão OK. Históricos: como emitir um relatório dos históricos padrões cadastrados. Para iniciar, clique no menu Relatórios cadastrais históricos. No quadro Ordem, selecione a opção Código, caso você queira listar os históricos por ordem de código, ou selecione a opção Descrição, caso você queira listar os históricos por ordem de descrição. OK. Índices: como emitir o relatório dos índices cadastrados. Para iniciar, clique no menu Relatórios cadastrais índices: No quadro Opção, selecione o campo: Diário, para emitir o relatório com os valores diários dos índices, ou selecione o campo Médio, para emitir o relatório com os valores médios dos índices. Informe o índice, informe a data inicio e fim, para visualizar o relatório, clique em OK. Lançamentos Padrões: como emitir o relatório dos lançamentos padrões cadastrados. Para iniciar, clique no menu Relatórios cadastrais lançamentos padrões: No quadro Ordem, selecione a opção Código, caso você queira listar os históricos por ordem de código, ou selecione a opção Descrição, caso você queira listar os históricos por ordem de descrição. OK. Relatórios em excel: como emitir uma DRE utilizando o programa Microsoft Excel. Para iniciar, clique no menu Relatórios Gerenciador de relatórios: você emitirá um relatório a partir de um modelo padrão do sistema. Para isso, clique no Modelo I. Para abrir o modelo selecionado, clique no botão Executar... Clique na guia D.R.E. (planinha quadro embaixo) Agora, você criará um modelo a partir desse modelo já existente. Para isso, clique no botão Salvar como. Informe o titulo do relatório desejado. Ok. Com o modelo feito selecionado, clique no botão executar. Primeiramente, você precisa inserir uma nova linha. Para inserir uma nova linha na posição atual, clique no menu Inserir / linhas. Você precisa inserir a função que retornará a descrição da conta. Com a célula desejada selecionada, você precisa informar a função que irá retornar a descrição da conta correspondente. Clique no menu Inserir / Função / Você precisa localizar as funções da Domínio Sistemas. Clique no campo: Selecione uma categoria. Clique na opção : Funções domínio sistemas. Agora, você precisa inserir os argumentos da função. No campo Conta, informe o código da conta, da qual deverá ser retornado o nome. Observe que o Excel já informa qual será o possível

19 resultado da função selecionada. Para confirmar, clique no botão OK. Observe no campo Função a fórmula criada, e na célula C8 o resultado da mesma. Agora, você irá selecionar uma função que retornará o saldo da conta. Clique na célula desejada, menu inserir/funções. Ok. No campo conta, você deve informar o código da conta. Observe que no quadro Retorna valores, o Microsoft Excel vai informando quais as opções possíveis de preenchimento para os campos. No campo Tipo, informe o tipo da conta que será inserida. A opção SE informada no campo Tipo, indica que deve retornar o saldo do exercício.no campo DesprezaZer, informe S para desprezar o zeramento, ou informe N para que o zeramento não seja desprezado.no campo Filial, caso necessário informe o código da filial. Clique no botão OK. Para salvar o modelo criado, clique no botão salvar. Após salvar o modelo, o mesmo estará disponível para todas as empresas cadastradas no sistema. Menu Utilitários: como utilizar alguns utilitários do sistema. Consulta: Como realizar algumas consultas pelo sistema: contas: como consultar as contas cadastradas. Para iniciar, clique no menu Utilitários consultas contas: Observe que você pode realizar dois tipos de consulta de contas, uma por nome e outra por classificação. A consulta por nome pode ser acionada pela tecla de função F3 e a consulta por classificação pode ser acionada pela tecla de função F4. Através dessa janela, você poderá ainda entrar em modo de inclusão de uma nova conta, pressionando as teclas CTRL+A. Saldos: como consultar os saldos das contas contábeis. Para iniciar, clique no menu Utilitários consultas saldos: Nos campos Data inicial e Data final, você precisa informar qual o período que você deseja realizar a consulta. No campo conta, informar o código da conta que deseja consultar os saldos. Confirmar ok. Nos campos Saldo anterior, Débitos, Créditos e Saldo final, são mostrados os saldos correspondentes. Agora, você realizará uma consulta através da classificação da conta e utilizará um atalho que está disponível na barra de ferramentas do sistema. Para isso, na barra de ferramentas do sistema, clique no botão Saldos. Ao lado do campo conta, informar a classificação, Observe que agora o sistema localizou a conta através da classificação informada. Para confirmar, clique no botão OK. Contas X Lançamentos: Neste tópico, você verá como consultar todos os lançamentos de uma determinada conta, e ainda, como emitir um gráfico dos saldos das contas dos últimos 12 meses. Para iniciar, clique no menu Utilitários Consultas contasxlançamentos: Na coluna do lado esquerdo dessa janela, são mostradas todas as contas do plano de contas, onde você poderá localizar a conta o qual você deseja consultar, ou ainda, no campo destacado você poderá informar o nome da referida conta. Informe a conta que irá ser consultada, Observe que o sistema também localiza a conta informada no quadro ao lado esquerdo. Clique no botão Saldo. Observe que ao lado do botão Saldo, foi exibido o saldo da conta informada. Clique no botão Mostrar lançamentos. Observe que o sistema emitiu todos os lançamentos realizados na conta informada. Para entrar em modo de edição do lançamento selecionado, clique no botão Edita lançamento. Faça a alteração desejada e clique em gravar. Para atualizar a lista dos lançamentos, clique novamente no botão Mostrar lançamentos. Para visualizar o gráfico com o saldo acumulado dos últimos 12 (doze) meses. Clique no botão Gráfico saldo acumulado.clique com o botão auxiliar do mouse em qualquer lugar do gráfico. Observe os tipos de gráfico que você tem disponível para visualização.para visualizar o gráfico com o saldo mensal dos últimos 12 (doze) meses. Clique no botão Gráfico saldo mensal. Na barra de ferramentas do sistema, clique no botão Consulta Contas.Observe que através do atalho na barra de ferramentas do sistema, você também tem acesso a janela Plano de contas. Alteração de Lançamentos: Neste tópico, você verá como alterar lançamentos, tendo a opção de fazer de apenas um ou de vários ao mesmo tempo. Para iniciar, clique no menu Utilitários Alteração de lançamentos: Informe na linha da coluna data a data desejada, Para localizar os lançamentos com a data informada, clique no botão Buscar. Com os lançamentos localizados, você precisa selecionar quais deseja alterar. Para alterar os lançamentos selecionados, clique no botão Alterar... No quadro Aplicar alteração para, selecione o campo: Todos os lançamentos listados, para alterar todos os lançamentos encontrados na busca, ou selecione o campo Somente os lançamentos selecionados, para alterar somente os lançamentos selecionados após a busca. Para realizar a

20 alteração de data nos lançamentos selecionados, clique no botão Alterar. Ok. Exclusão: como efetuar a exclusão de lançamentos, contas e históricos. Lançamentos: como excluir um grupo de lançamentos. Para iniciar, clique no menu Utilitários Exclusão Lançamentos: Você precisa selecionar os critérios pelos quais deseja fazer a exclusão. OK. Pela opção excluir por data, o sistema não aceita excluir lançamentos que sejam através do lançamentos em lote. Para visualizar os lançamentos que foram excluídos, clique no botão Consultar. Para que o último grupo de lançamentos excluídos seja reincluído no sistema, clique no botão Reincluir. Confirme clicando no botão Sim, ou pressionando a tecla Enter. Lançamentos em lote: como excluir um grupo de lançamentos em lote. Para iniciar, clique no menu Utilitários Exclusão Lançamentos em lote: O processo para realizar a exclusão de lançamentos em lote, é o mesmo mostrado no tópico anterior, por isso não será mostrado novamente. Você poderá realizar também a exclusão do zeramento do período, através do campo origem, opção zeramento, confirme a opção de exclusão de lançamentos de zeramento clique em Ok. Contas: como excluir um grupo ou todas as contas contábeis. As contas somente poderão ser excluídas se não possuírem lançamentos. Para iniciar, clique no menu Utilitários Exclusão Contas: Selecione o campo Todas as contas, para excluir todas as contas, ou selecione o campo Informar, para excluir um intervalo de contas, devendo informar este intervalo nos campos correspondentes. Clique no botão Excluir. Históricos: como excluir um grupo ou todos os históricos padrões cadastrados. Para iniciar, clique no menu Utilitários exclusão históricos: selecione o campo todos os históricos, para excluir todos os históricos, ou informar, para excluir um intervalo de históricos, devendo informar este intervalo nos campos correspondentes. Clique no botão Excluir. Elimina Período: Este processo é executado a fim de que seja mantido um limite de capacidade física em seu equipamento, pois os lançamentos vão aumentando o tamanho dos arquivos, além de deixar o equipamento cada vez mais lento. Esta operação poderá ser executada a cada mês contábil, mas sugerimos que ela seja feita na mudança do ano contábil. Sua função consiste em "enxugar" os lançamentos contábeis anteriores à data informada. Para iniciar, clique no menu Utilitários Elimina Período: No campo Até(exclusive), informe a data final que deseja excluir os lançamentos contábeis. Todos os lançamentos anteriores a esta data serão eliminados do arquivo de lançamentos. Recomenda-se que antes de você realizar este processo, faça um backup do seu banco de dados. Centralizar a contabilidade entre matriz e filiais: Neste tópico, você verá como realizar a contabilidade centralizada entre matriz e filiais. Será visto desde a configuração dos parâmetros até a emissão dos relatórios. Parâmetros: Neste tópico, você verá como configurar os parâmetros da empresa, para que sejam habilitadas as opções de se fazer a contabilidade centralizada entre matriz e filiais. Primeiramente, será cadastrada a filial da empresa. Para isso, clique no menu Controle Empresas: Observe que o CNPJ da empresa, indicará que ela é matriz ou não. Você precisa configurar os parâmetros da empresa, para que a mesma possa realizar a contabilidade centralizada entre matriz e filiais. Para isso, clique no menu Controle Parâmetros: Guia Opções, O campo Centralizar a Contabilidade entre Matriz e Filiais somente poderá ser selecionado, se a empresa ativa for matriz, opção essa que será verificada através do CNPJ da mesma. Observe que ao selecionar o campo Centralizar a Contabilidade entre Matriz e Filiais, o botão Definir ativa foi habilitado. Clique no botão Definir ativa...você selecionará a matriz ou uma das filiais para efetuar os lançamentos contábeis e emitir os relatórios. Ainda, através do botão Consolidado, você selecionará mais de uma empresa para consolidar os relatórios da matriz e filiais. Para confirmar a seleção, clique no botão OK.O campo Informar o código da filial no lançamento, pode ser selecionado para que se possa alterar o código da filial no momento em que estiver efetuando os lançamentos, caso contrário, o lançamento será sempre para a filial ativa. Para confirmar as alterações realizadas nos parâmetros, clique no botão OK. Observe na barra de títulos do sistema, que a empresa ativa agora, passou a ser

1. Controle de exercício

1. Controle de exercício 1 1. Controle de exercício Para realizar lançamentos e emitir relatório o módulo Contabil obriga a criação de exercícios, que na verdade representam os anos de atividade da empresa. Confira algumas dicas

Leia mais

Em 2012, a Prosoft planejou o lançamento da Versão 5 dos seus produtos.

Em 2012, a Prosoft planejou o lançamento da Versão 5 dos seus produtos. VERSÃO 5 Outubro/2012 Release Notes Não deixe de atualizar o seu sistema Planejamos a entrega ao longo do exercício de 2012 com mais de 140 melhorias. Mais segurança, agilidade e facilidade de uso, atendendo

Leia mais

TREINAMENTO. Estar posicionada entre as maiores e melhores provedoras de solução de gestão empresarial do Brasil.

TREINAMENTO. Estar posicionada entre as maiores e melhores provedoras de solução de gestão empresarial do Brasil. TREINAMENTO Visão Estar posicionada entre as maiores e melhores provedoras de solução de gestão empresarial do Brasil. Missão Desenvolvimento e fornecimento de soluções e serviços através de softwares

Leia mais

APRESENTAÇÃO... 3 OBJETIVO... 3 QUEM DEVE USAR... 3 CAPÍTULO 1 - INICIANDO O SISTEMA... 4

APRESENTAÇÃO... 3 OBJETIVO... 3 QUEM DEVE USAR... 3 CAPÍTULO 1 - INICIANDO O SISTEMA... 4 INDICE APRESENTAÇÃO... 3 OBJETIVO... 3 QUEM DEVE USAR... 3 CAPÍTULO 1 - INICIANDO O SISTEMA... 4 1.1 - ENTRADA NO SISTEMA... 4 1.2 - TELA DO ORGANIZADOR DO MULTICONTAS... 4 CAPÍTULO 2 - FUNCIONALIDADES

Leia mais

Í N D I C E A N A L Í T I C O

Í N D I C E A N A L Í T I C O EXTRATUS V1.09 PROGRAMA PARA IMPORTAÇÃO DE EXTRATOS BANCÁRIOS OFC, OFX, QIF E HTML E EXPORTAÇÃO DE LANÇAMENTOS CONTÁBEIS Stactus Informática Ltda Agosto / 2010 Í N D I C E A N A L Í T I C O 1 Introdução...1

Leia mais

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 2013 GVDASA Sistemas Caixa AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

1º No módulo de Gestão Contábil é possível acessar o relatório através do menu Relatórios Razão.

1º No módulo de Gestão Contábil é possível acessar o relatório através do menu Relatórios Razão. Impairment Produto : TOTVS Gestão Contábil 12.1.1 Processo : Relatórios Subprocesso : Razão Data publicação da : 12/11/2014 O relatório razão tem a finalidade de demonstrar a movimentação analítica das

Leia mais

Roteiro Básico de Utilização

Roteiro Básico de Utilização Neste roteiro apresentamos alguns passos iniciais para quem nunca utilizou o sistema ter uma noção básica de por onde começar a utilizar o Account. Cadastramento da Empresa base do Exercício O cadastro

Leia mais

Treinamento Sistema Condominium Módulo III

Treinamento Sistema Condominium Módulo III Financeiro (Lançamentos Despesas e Saldos) Nesse módulo iremos apresentar os principais recursos da área contábil do sistema. Contábil> Lançamentos Nessa tela é possível lançar as despesas dos condomínios,

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 Vendas... 3 1.1

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA WCONTÁBIL GERAÇÃO DO ARQUIVO FCONT

MANUAL DO SISTEMA WCONTÁBIL GERAÇÃO DO ARQUIVO FCONT MANUAL DO SISTEMA WCONTÁBIL GERAÇÃO DO ARQUIVO FCONT Página 1 INTRODUÇÃO Este material traz as informações necessárias de como proceder a preparação os dados e configuração do sistema Wcontábil na geração

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO 3.0

MANUAL DO USUÁRIO 3.0 MANUAL DO USUÁRIO 3.0 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 04 1.1 Sobre o SIScont 04 1.2 Licença de uso 05 1.3 Pré-requisitos 07 2. INSTALAÇÃO 08 2.1 Instalar o SIScont 08 3. CADASTROS 09 3.1 Empresas 09 3.2 Usuários

Leia mais

Domínio Registro. Teclas de atalho para ajudar na utilização do Sistema e cadastros em todos dos Módulos. Menu Controle

Domínio Registro. Teclas de atalho para ajudar na utilização do Sistema e cadastros em todos dos Módulos. Menu Controle Domínio Registro O Domínio Registro foi desenvolvido para gerenciar todos os processos referentes à abertura e fechamento de empresas, permite a confecção de contratos, alterações e distratos sociais,

Leia mais

MANUAL DE CONCILIAÇÃO BANCÁRIA MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS

MANUAL DE CONCILIAÇÃO BANCÁRIA MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS MANUAL DE CONCILIAÇÃO BANCÁRIA MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO...3 2 APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA...4 2.1 CONCILIAÇÃO MOVIMENTOS COM LANÇAMENTOS...6 3 PASSO A PASSO: CONCILIAÇÃO

Leia mais

1998-2011 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2011 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas poderá ter

Leia mais

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE GERAÇÃO DE BOLETOS CAIXA ECONÔMICA FEDERAL NO FINANCE Finance V10 New 2 Índice Como gerar Boleto Bancário pela Caixa Econômica... 3 Como efetuar a Conciliação por Extrato

Leia mais

Guia rápido para configuração e geração do SPED Contábil

Guia rápido para configuração e geração do SPED Contábil Guia rápido para configuração e geração do SPED Contábil Acessar no módulo Domínio Contabilidade o menu controle/parâmetros e marcar a opção Gera informativo SPED. No campo Plano de contas referencial

Leia mais

Material de Apoio. SEB - Contas a Pagar. Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com

Material de Apoio. SEB - Contas a Pagar. Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com Material de Apoio SEB - Contas a Pagar Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com Conteúdo CONFIGURAÇÃO... 3 Cadastro de Fornecedores... 3 Métodos de Pagamento...

Leia mais

Livro Caixa. www.controlenanet.com.br. Copyright 2015 - ControleNaNet

Livro Caixa. www.controlenanet.com.br. Copyright 2015 - ControleNaNet www.controlenanet.com.br Copyright 2015 - ControleNaNet Conteúdo Tela Principal... 3 Como imprimir?... 4 As Listagens nas Telas... 7 Clientes... 8 Consulta... 9 Inclusão... 11 Alteração... 13 Exclusão...

Leia mais

SUPORTE TÉCNICO EBS. E-mail: Envie-nos suas dúvidas e/ou sugestões para suporte@ebs.com.br.

SUPORTE TÉCNICO EBS. E-mail: Envie-nos suas dúvidas e/ou sugestões para suporte@ebs.com.br. C S C SUPORTE TÉCNICO EBS Horário de atendimento: Das 08h30min às 18h, de Segunda a Sexta-feira. Formas de atendimento: E-mail: Envie-nos suas dúvidas e/ou sugestões para suporte@ebs.com.br. Suporte On-Line

Leia mais

PRONIM ED - EDUCAÇÃO Financeiro

PRONIM ED - EDUCAÇÃO Financeiro PRONIM ED - EDUCAÇÃO Financeiro SUMÁRIO 1. FINANCEIRO... 5 1.1. ED - SECRETARIA... 5 1.2. ED - ESCOLA... 5 1.3. USUÁRIOS POR ENTIDADE NO ED SECRETARIA E ESCOLA... 6 2. FINANCEIRO - SECRETARIA... 7 2.1.

Leia mais

SUPORTE TÉCNICO EBS. E-mail: Envie-nos suas dúvidas e/ou sugestões para suporte@ebs.com.br.

SUPORTE TÉCNICO EBS. E-mail: Envie-nos suas dúvidas e/ou sugestões para suporte@ebs.com.br. SUPORTE TÉCNICO EBS Horário de atendimento: Das 08h30min às 18h, de Segunda a Sexta-feira. Formas de atendimento: E-mail: Envie-nos suas dúvidas e/ou sugestões para suporte@ebs.com.br. Suporte On-Line

Leia mais

Versão 8.2C-03. Versão da Apostila de Novidades: 2

Versão 8.2C-03. Versão da Apostila de Novidades: 2 Versão 8.2C-03 Versão da Apostila de Novidades: 2 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda.

Leia mais

Manual Ciaf NFC-e Gratuito. Cadastro de Clientes 2 Cadastro de Produtos 4 Caixa Diário 9 Cadastro de formas de Pagamento NFCe 13 Emissão NFC-e 17

Manual Ciaf NFC-e Gratuito. Cadastro de Clientes 2 Cadastro de Produtos 4 Caixa Diário 9 Cadastro de formas de Pagamento NFCe 13 Emissão NFC-e 17 Manual Ciaf NFC-e Gratuito Cadastro de Clientes 2 Cadastro de Produtos 4 Caixa Diário 9 Cadastro de formas de Pagamento NFCe 13 Emissão NFC-e 17 1 Cadastro de Clientes Nesta opção iremos armazenar no sistema

Leia mais

Manual Operacional Versão 2.2

Manual Operacional Versão 2.2 1 Manual Operacional Versão 2.2 2 SUMÁRIO 1) Assistente de configuração 4 2) Módulo Geral 9 2.1) Administradora 9 2.2) Empresa 9 2.3) Grupo de Empresa 12 2.4) Responsável 13 2.5) CEP 13 2.6) Configurações

Leia mais

Sumário. www.samisistemas.com.br Porto Alegre 51 3254.5454 Florianópolis 48 3094.1775 São Paulo 11 3076.499 Rio de Janeiro 21 3031.

Sumário. www.samisistemas.com.br Porto Alegre 51 3254.5454 Florianópolis 48 3094.1775 São Paulo 11 3076.499 Rio de Janeiro 21 3031. Sumário Legenda... 3 1. Cadastros e Lançamentos... 4 1.1. Recebimento de Doc s... 4 1.2. Baixa de Proprietários... 7 1.3. Lançamento em Lote (Manual)... 10 1.4. Alteração/ Exclusão de Lançamentos... 11

Leia mais

MANUAL ELETRÔNICO SUMÁRIO

MANUAL ELETRÔNICO SUMÁRIO SUMÁRIO 1 OPÇÕES... 6 1.1 Selecionar Empresa... 7 1.2 Conexão... 9 1.3 Autorização... 10 1.4 Controle de Acesso... 11 1.4.1 Controle de Acessos... 11 1.4.2 Configura Acesso... 16 1.5 Outro Usuário... 19

Leia mais

TUTORIAL WINTHOR CONTABIL PARAMETRIZAÇÃO CONTABIL

TUTORIAL WINTHOR CONTABIL PARAMETRIZAÇÃO CONTABIL TUTORIAL WINTHOR CONTABIL PARAMETRIZAÇÃO CONTABIL Tutorial do Sistema WinThor Módulo Contábil Copyright - PC Informática Ltda. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total por qualquer

Leia mais

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE GERAÇÃO DE BOLETOS BRADESCO NO FINANCE 2 Índice Como gerar Boleto Bancário pelo Bradesco... 3 Como gerar os arquivos de Remessa para o Banco pelo Finance... 14 Como enviar

Leia mais

PARAMETRIZACAO MODULO ESCRITA FISCAL

PARAMETRIZACAO MODULO ESCRITA FISCAL PARAMETRIZACAO MODULO ESCRITA FISCAL Primeiro passo: importar impostos, para isso proceda da seguinte maneira: entre na empresa EXEMPLO, no menu Arquivos clique em Impostos, logo após, do lado direito

Leia mais

Digitação de Centros de Custo pela movimentação de produtos dos documentos fiscais (Pacotes: 3102,3103,3270,3271,3272).

Digitação de Centros de Custo pela movimentação de produtos dos documentos fiscais (Pacotes: 3102,3103,3270,3271,3272). Lista completa das atualizações JBCepil: Inovações: Digitação de Centros de Custo pela movimentação de produtos dos documentos fiscais (Pacotes: 3102,3103,3270,3271,3272). Disponibilizada no sistema nova

Leia mais

2015 GVDASA Sistemas Contabilidade 1

2015 GVDASA Sistemas Contabilidade 1 2015 GVDASA Sistemas Contabilidade 1 2015 GVDASA Sistemas Contabilidade 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso

Leia mais

Treinamento Módulo Contas a Pagar

Treinamento Módulo Contas a Pagar Contas a Pagar Todas as telas de cadastro também são telas de consultas futuras, portanto sempre que alterar alguma informação clique em Gravar ou pressione F2. Teclas de atalho: Tecla F2 Gravar Tecla

Leia mais

Módulo Domínio Atendimento - Versão 8.0A-06

Módulo Domínio Atendimento - Versão 8.0A-06 Módulo Domínio Atendimento - Versão 8.0A-06 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.07 Movimentações... 4 Movimentações de Caixa... 4 Entradas... 6 Recebimento em Dinheiro... 8 Recebimento em Cheque... 8 Troco... 15 Saídas... 17 Movimentações de Banco... 22

Leia mais

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

www.gerenciadoreficaz.com.br

www.gerenciadoreficaz.com.br Fone: (62) 4141-8464 E-mail: regraconsultoria@hotmail.com www.gerenciadoreficaz.com.br Guia Prático do Usuário Manual de Instalação Gerenciador Eficaz 7 2 Manual do Usuário Gerenciador Eficaz 7 Instalando

Leia mais

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS. 11 2699-0008 www.rms.com.br

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS. 11 2699-0008 www.rms.com.br CONTABILIDADE RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio e varejo. Este

Leia mais

Tutorial contas a pagar

Tutorial contas a pagar Tutorial contas a pagar Conteúdo 1. Cadastro de contas contábeis... 2 2. Cadastro de conta corrente... 4 3. Cadastro de fornecedores... 5 4. Efetuar lançamento de Contas à pagar... 6 5. Pesquisar Lançamento...

Leia mais

É necessário que a contabilidade de 2013 da empresa esteja com o período encerrado.

É necessário que a contabilidade de 2013 da empresa esteja com o período encerrado. Geração do SPED ECD e FCONT referente ao exercício de 2013. É necessário que a contabilidade de 2013 da empresa esteja com o período encerrado. Porém antes de encerrar o exercício, efetue os procedimentos

Leia mais

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação

Leia mais

Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica

Manual do Sistema Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Editorial Brazil Informatica Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica I Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Conteúdo Part I Introdução

Leia mais

Manual do Usuário. Sistema Financeiro e Caixa

Manual do Usuário. Sistema Financeiro e Caixa Manual do Usuário Sistema Financeiro e Caixa - Lançamento de receitas, despesas, gastos, depósitos. - Contas a pagar e receber. - Emissão de cheque e Autorização de pagamentos/recibos. - Controla um ou

Leia mais

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Financeiro)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Financeiro) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Financeiro) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 LANÇAMENTO DE CONTAS

Leia mais

1. FCONT CONTROLE FISCAL CONTÁBIL DE TRANSIÇÃO

1. FCONT CONTROLE FISCAL CONTÁBIL DE TRANSIÇÃO 1. FCONT CONTROLE FISCAL CONTÁBIL DE TRANSIÇÃO Conforme disciplina a Instrução Normativa RFB nº 949/09, O FCONT é uma escrituração, das contas patrimoniais e de resultado, em partidas dobradas, que considera

Leia mais

DFC - DEMOSNTRAÇÕES DE FLUXO DE CAIXA EMITIR DFC NO SISTEMA DOMÍNIO CONTÁBIL

DFC - DEMOSNTRAÇÕES DE FLUXO DE CAIXA EMITIR DFC NO SISTEMA DOMÍNIO CONTÁBIL DFC - DEMOSNTRAÇÕES DE FLUXO DE CAIXA A DFC tem como função demonstrar a variação do fluxo de caixa da empresa, evidenciando os valores das atividades operacionais, atividades de investimento, e atividades

Leia mais

Caso tenha dúvida no preenchimento das informações solicitadas pelo sistema, esclareça cada uma delas com a pessoa responsável.

Caso tenha dúvida no preenchimento das informações solicitadas pelo sistema, esclareça cada uma delas com a pessoa responsável. Manual Estoque Prezado Cliente, Este é o material de apoio aos usuários e implantadores do SOFTLAND COMERCIAL, o seu sistema integrado de gestão empresarial. O bom uso deste manual o habilitará a extrair

Leia mais

SSE 3.0. Guia Rápido. Módulo Secretaria. Nesta Edição

SSE 3.0. Guia Rápido. Módulo Secretaria. Nesta Edição SSE 3.0 Guia Rápido Módulo Secretaria Nesta Edição 1 Acessando o Módulo Secretaria 2 Cadastros Auxiliares 3 Criação de Modelos Definindo o Layout do Modelo Alterando o Layout do Cabeçalho 4 Parametrização

Leia mais

Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria

Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria Financeira...4 2.1.2.Formas de Registro do Pagamento e Recebimento

Leia mais

1998-2013 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2013 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.0A-01 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

APOSTILA PROVISÃO E CONTABILIZAÇÃO

APOSTILA PROVISÃO E CONTABILIZAÇÃO APOSTILA PROVISÃO E CONTABILIZAÇÃO ANO 2004 1 ÍNDICE 1 - Provisão de 13º Salário e Férias Preparando a Provisão 1.1 Cadastro de Provisão de férias 1.2 Cadastro de provisão de 13º Salário 1.3 Relatório

Leia mais

SCPI 8.0. Novas funcionalidades. Conciliação Bancária Automática:

SCPI 8.0. Novas funcionalidades. Conciliação Bancária Automática: SCPI 8.0 Novas funcionalidades A partir de agora o SCPI conta com algumas novas funcionalidades que valem a pena serem comentadas, e dar uma breve introdução de seu funcionamento. Entre elas podemos destacar:

Leia mais

GUIA DO USUÁRIO GUIA DO USUÁRIO

GUIA DO USUÁRIO GUIA DO USUÁRIO GUIA DO USUÁRIO www.accountcontabilidade.com.br 1 SUMÁRIO Acessando o sistema 04 Atalhos 05 Importando Exercícios Eletrônicos 06 Apresentação dos Exercícios Eletrônicos 07 Procedimentos para resolver exercícios

Leia mais

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

Treinamento Sistema Condominium Módulo V

Treinamento Sistema Condominium Módulo V Módulo V Prestação de Contas Condomínio> Prestação de Contas Em Prestação de Contas Serão impressos todos os relatórios que irão compor sua Pasta mensal. Estão disponíveis diversos modelos para balancete,

Leia mais

PRACTICO LIVE! FINANCEIRO CONCILIAÇÃO BANCÁRIA

PRACTICO LIVE! FINANCEIRO CONCILIAÇÃO BANCÁRIA PRACTICO LIVE! FINANCEIRO CONCILIAÇÃO BANCÁRIA O que é? É um comparativo entre as movimentações existentes em uma conta bancária e as existentes no controle financeiro. Todos sabem, por exemplo, que existe

Leia mais

jfinanç as Pessoal Versão 2.0 - Fevereiro/2015

jfinanç as Pessoal Versão 2.0 - Fevereiro/2015 jfinanças Pessoal Versão 2.0 - Fevereiro/2015 Índice 1 INTRODUÇÃO E VISÃO GERAL... 1 2 INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO INICIAL DO JFINANÇAS PESSOAL... 2 2.1 Download... 3 2.2 Instalação do jfinanças Pessoal...

Leia mais

No campo 'Nome do agente financeiro', digite o nome do agente a ser cadastrado. Ex: Banco Bradesco, Itaú, Banco do Brasil, Cartão Visa, etc;

No campo 'Nome do agente financeiro', digite o nome do agente a ser cadastrado. Ex: Banco Bradesco, Itaú, Banco do Brasil, Cartão Visa, etc; 1.1 Agentes Financeiros Nesse item do menu Cadastros são inseridos todas as Instituições Financeiras que o escritório ou empresa possuem. Para cadastrar um agente financeiro acione o botão novo e a seguinte

Leia mais

1-Outras Informações, 2-Balanço (Ativo e Passivo), 3-DRE (Custos, Despesas e Resultado), 4- DLPA, 5-REFIS e 6-PAES.

1-Outras Informações, 2-Balanço (Ativo e Passivo), 3-DRE (Custos, Despesas e Resultado), 4- DLPA, 5-REFIS e 6-PAES. Prezado Cliente, Para exportar os dados do programa JBCepil- Windows para a -2012 (Declaração de Informações Econômico-Fiscais da Pessoa Jurídica), segue configurações abaixo a serem realizadas. Configurações

Leia mais

Neste bip. EFD Contribuições. Você sabia? Prazo final para entrega dos arquivos ECD e FCONT. edição 22 Junho de 2012

Neste bip. EFD Contribuições. Você sabia? Prazo final para entrega dos arquivos ECD e FCONT. edição 22 Junho de 2012 Neste bip EFD Contribuições... 1 Prazo final para entrega dos arquivos ECD e FCONT... 1 Configuração da Demonstração do Fluxo de Caixa... Configuração do Plano de Contas de acordo com a Lei 11.638/07...

Leia mais

Demonstração dos Fluxos De Caixa. (DFC)

Demonstração dos Fluxos De Caixa. (DFC) Demonstração dos Fluxos De Caixa. (DFC) Índice 1. DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXAS - DFC... 1 1.1. Objetivo... 1 1.2. Obrigatoriedade e Período de Apuração... 1 1.3. Definições... 1 1.4. Método e Estrutura

Leia mais

Apostila nº 32 Contas a Pagar e a Receber; Como localizar, Incluir, Alterar, Eliminar, Baixar, reabrir e imprimir

Apostila nº 32 Contas a Pagar e a Receber; Como localizar, Incluir, Alterar, Eliminar, Baixar, reabrir e imprimir Apostila nº 32 Contas a Pagar e a Receber; Como localizar, Incluir, Alterar, Eliminar, Baixar, reabrir e imprimir Sumário Contas á Receber...3 Como atualizar a pesquisa no contas á receber?...3 Como efetuar

Leia mais

Sistema de Contabilidade Empresa Administradora de Fundos

Sistema de Contabilidade Empresa Administradora de Fundos Sistema de Contabilidade Empresa Administradora de Fundos 29/03/2013 Sumário 1. Objetivo... 3 2. Configurações... 3 2.1. Módulo Parâmetros...... 4 2.1.1. Cadastro de Administradora de Fundos (ver Fluxo)...

Leia mais

Sumário. www.samisistemas.com.br Porto Alegre 51 3254.5454 Florianópolis 48 3094.1775 São Paulo 11 3076.499 Rio de Janeiro 21 3031.

Sumário. www.samisistemas.com.br Porto Alegre 51 3254.5454 Florianópolis 48 3094.1775 São Paulo 11 3076.499 Rio de Janeiro 21 3031. Sumário Legenda... 3 1. Caixa... 4 1.1. Caixa... 4 1.1.1. Abertura de Caixa... 4 1.1.1.1. Lançamentos de Caixa... 6 1.1.2. Fechamento de Caixa... 38 1.2. Consultas... 39 1.2.1. Fita do Caixa... 39 1.2.2.

Leia mais

Manual. Sistema Venus. (Introdução)

Manual. Sistema Venus. (Introdução) Manual Do Sistema Venus (Introdução) 1 Este Manual tem com o objetivo demonstrar os padrões utilizados no sistema, e o início para usar o Vênus com sucesso. Ícone para acesso ao Vênus, para entrar, basta

Leia mais

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE ❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE a) Checagem de Estoque - Verifique o estoque dos produtos desejados. b) Listar produtos com a quantia de estoque mínimo atingido: ESTOQUE / RELATÓRIO / ALERTA DE COMPRA

Leia mais

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA Manual do Usuário SisCommercePDV NFC-e Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA MANUAL DO USUÁRIO SisCommercePDV Emissor de Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e) *Manual em desenvolvimento

Leia mais

Foram criadas três empresas padrões que podem ser importadas na criação de novas siglas no SIGER, sendo uma para cada forma de tributação.

Foram criadas três empresas padrões que podem ser importadas na criação de novas siglas no SIGER, sendo uma para cada forma de tributação. Foram implementadas no módulo de Contabilidade do ERP SIGER, a partir da versão 15.30a, melhorias que visam agilizar e facilitar principalmente o trabalho dos Escritórios Contábeis e também poderá ser

Leia mais

Movimento. Financeiro. Bancário. Contas a Pagar. Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber. Lançamento de Contas a Receber (simples)

Movimento. Financeiro. Bancário. Contas a Pagar. Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber. Lançamento de Contas a Receber (simples) Movimento Financeiro Contas a Pagar Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber Lançamento de Contas a Receber (simples) Movimento de Caixa Fechamento Caixa Bancos Apropriações de Centros de

Leia mais

NOVO PROCESSO DE CENTRO DE CUSTO DO WINTHOR

NOVO PROCESSO DE CENTRO DE CUSTO DO WINTHOR NOVO PROCESSO DE CENTRO DE CUSTO DO WINTHOR Todos os direitos reservados. PC Sistemas 1.0 - Data: 28/08/2012 Página 1 de 47 Sumário Apresentação... 4 1. PROCEDIMENTOS INICIAIS... 5 1.1. Realizar Atualizações...

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO GONDOLA

MANUAL DO USUÁRIO GONDOLA NOÇÕES GERAIS MANUAL DO USUÁRIO GONDOLA Para melhor compreender o ambiente de trabalho do sistema GONDOLA, é necessário que sejam apresentadas algumas noções gerais, antes de se aprofundar em cada módulo

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Versão 8.2A-01. Versão Final da Apostila de Novidades

Versão 8.2A-01. Versão Final da Apostila de Novidades Versão 8.2A-01 Versão Final da Apostila de Novidades Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas

Leia mais

Portaria Conjunta STN/SOF nº 3/2008 Manual de Despesa Nacional;

Portaria Conjunta STN/SOF nº 3/2008 Manual de Despesa Nacional; Código: MAP-DIFIN-001 Versão: 00 Data de Emissão: XX/XX/XXXX Elaborado por: Gerência de Contabilidade Aprovado por: Diretoria de Finanças e Informações de Custos 1 OBJETIVO Estabelecer os procedimentos

Leia mais

Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica

Manual do Sistema Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Editorial Brazil Informatica Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica I Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Conteúdo Part I Introdução

Leia mais

Será exibido um painel de opções com 3 possibilidades: Cadastrar Cliente, Listagem de Cliente e Gerar Chave de Instalação.

Será exibido um painel de opções com 3 possibilidades: Cadastrar Cliente, Listagem de Cliente e Gerar Chave de Instalação. ATIVAÇÃO DA LICENÇA A partir do momento em que a revenda torna-se parceira comercial do produto ela pode efetuar compras de licenças no site e ativar essas licenças em seus usuários. O UNICO até pode ser

Leia mais

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA COOL 2.0V (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO ÍNDICE Pré-requisitos para utilização do sistema....2 Parte I Navegador...2 Parte II Instalação do Interpretador de PDF...2 Parte III

Leia mais

ECF ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL

ECF ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL ECF ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL Geração da ECF para empresas optantes pelo Lucro Presumido Informações importantes A Escrituração Contábil Fiscal é uma nova obrigação acessória, cuja primeira entrega

Leia mais

Manual Usuário Sistema Audatex

Manual Usuário Sistema Audatex Manual Usuário Sistema Audatex Conhecimento global. Foco local. www.audatex.com.br / www.solerainc.com Versão 1.0 Histórico das versões VER DATA AUTOR DESCRIÇÃO DA MODIFICAÇÃO 2.0 24.08.2010 MT Versão

Leia mais

Departamento de Treinamentos BIG SISTEMAS. Certificação em Entradas Configurações Gerais Entrada Manual Entrada NFe Conferência

Departamento de Treinamentos BIG SISTEMAS. Certificação em Entradas Configurações Gerais Entrada Manual Entrada NFe Conferência Departamento de Treinamentos BIG SISTEMAS Certificação em Entradas Configurações Gerais Entrada Manual Entrada NFe Conferência Sumário Índice de Figuras... 3 Histórico de Revisões... 4 Introdução... 5

Leia mais

Manual do SPED contábil

Manual do SPED contábil o que fazemos > módulos > contabilidade > manuais > Manual do SPED contábil Conteúdo 1 Requisitos Básicos para utilização do Sped Contábil 2 Configuração e Geração do Arquivo no Sistema 2.1 Empresas 2.1.1

Leia mais

Cordilheira Escrita Fiscal 2.109A

Cordilheira Escrita Fiscal 2.109A LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais

Manual de utilização do. sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR

Manual de utilização do. sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR Manual de utilização do sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR Sistema integrado de controle médico Acesso... 3 Menu principal... 4 Cadastrar... 6 Cadastro de pacientes... 6 Convênios... 10

Leia mais

Passo a Passo do Fluxo de Caixa no SIGLA Digital

Passo a Passo do Fluxo de Caixa no SIGLA Digital Página 1 de 9 Passo a Passo do Fluxo de Caixa no SIGLA Digital Este é um dos principais módulos do Sigla Digital. Ferramenta de controle financeiro das empresas cadastradas no Sigla Digital. Por essa ferramenta

Leia mais

Manual do Sistema "Vida - Controle Financeiro" Editorial Brazil Informatica

Manual do Sistema Vida - Controle Financeiro Editorial Brazil Informatica Manual do Sistema "Vida - Controle Financeiro" Editorial Brazil Informatica I Vida - Controle Financeiro Conteúdo Part I Introdução 2 1 Vida Controle... Financeiro 2 Part II Novidades Versão 2.9 (Contas)

Leia mais

Boletim Técnico. Geração Sped Contábil Layout 2.00. Procedimento para Implementação. Procedimentos para Utilização

Boletim Técnico. Geração Sped Contábil Layout 2.00. Procedimento para Implementação. Procedimentos para Utilização Boletim Técnico Geração Sped Contábil Layout 2.00 Produto : Data da criação EMS2/TOTVS 11 MLF - Layout Fiscal/Gerador de Arquivos do Layout Sped Contábil : 01/07/2013 País(es) : Brasil Chamado : THOGB3

Leia mais

Max Fatura Sistema de Gestão

Max Fatura Sistema de Gestão Sumário 1 Tela Inicial... 2 2 Tela de Pesquisa... 3 3 Tela de Vendas... 4 5 Aproveitamento de Icms... 5 6 Salvar... 5 9 Para emissão da nota fiscal... 7 10 Impressão de relatórios... 7 11 Contas a Pagar

Leia mais

Para iniciar um Inventário, clique no botão Inserir ( primeiramente os campos solicitados na aba Identificação.

Para iniciar um Inventário, clique no botão Inserir ( primeiramente os campos solicitados na aba Identificação. Incluir um Inventário Para iniciar um Inventário, clique no botão Inserir ( primeiramente os campos solicitados na aba Identificação. ) e preencha Clique na aba Itens e depois no botão Carregar Produtos

Leia mais

SCPI 8.0. Guia Rápido. Parametrizando o Módulo CONTAS. Introdução. Informações da Entidade. Nesta Edição

SCPI 8.0. Guia Rápido. Parametrizando o Módulo CONTAS. Introdução. Informações da Entidade. Nesta Edição SCPI 8.0 Guia Rápido Parametrizando o Módulo CONTAS Introdução Nesta Edição 1 Informações da Entidade 2 Cadastro das Entidades 3 Cargos e Nomes 4 Parâmetros Gerais Antes de iniciar os trabalhos diários

Leia mais

Manual do Módulo de PC Online

Manual do Módulo de PC Online do Módulo de PC Online Agilis Conteúdo Introdução... 4 Acesso à Funcionalidade... 5 1. Internet Explorer 6.x... 7 2. Internet Explorer 7.x... 9 3. Netscape Navigator 7.x... 10 4. Netscape Navigator 7.2x...

Leia mais

Manual Sistema Curumim. Índice

Manual Sistema Curumim. Índice Versão 1.0 Índice 1. Instalação do Sistema... 3 2. Botões e Legenda... 4 3. Login do Sistema... 5 4. Tela Principal... 6 5. Dados Cadastrais da Empresa... 7 6. Aluno Cadastro... 8 7. Aluno - Cadastro de

Leia mais

Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X.

Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X. Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X. Para iniciar o sistema dê um duplo clique no ícone, que se encontra na área de trabalho. 1 Login do sistema. Esta é a tela de login

Leia mais

Pagamentos MT-212-00137-6 Última Atualização 06/01/2015

Pagamentos MT-212-00137-6 Última Atualização 06/01/2015 Pagamentos MT-212-00137-6 Última Atualização 06/01/2015 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: Carregar Documentos Fiscais Verificar o status de envio dos documentos fiscais Consultar

Leia mais

Manual do Software de Cobrança Itaú

Manual do Software de Cobrança Itaú Banco Itaú SA Manual do Software de Cobrança Itaú Última atualização: agosto/2006 Índice 1 Visão Geral 03 2 Instalação 03 3 Inserindo os dados de sua empresa 03 4 Inserindo os dados dos títulos de Cobrança

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Sumário 1 CONCEITO... 4 2 REQUISITOS... 4 3 CONFIGURAÇÕES... 4 3.1 Permissões de Acesso... 4 3.2 Plano de Contas... 5 3.2.1 Parcelado... 6 3.2.2 Parcelamento Notas a Prazo...

Leia mais