Este material foi desenvolvido pela equipe multiprofissional da Liga de Hipertensão Arterial do Belém-SP e da Associação Paulista de Assistência ao

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Este material foi desenvolvido pela equipe multiprofissional da Liga de Hipertensão Arterial do Belém-SP e da Associação Paulista de Assistência ao"

Transcrição

1 Este material foi desenvolvido pela equipe multiprofissional da Liga de Hipertensão Arterial do Belém-SP e da Associação Paulista de Assistência ao Hipertenso, com apoio da Coordenação de Doenças Crônico-Degenerativas do Ministério da Saúde e patrocínio dos Laboratórios Pfizer Ltda. E tem como objetivo, ajudar aos profissionais de saúde, que queiram iniciar um serviço de atendimento à pacientes portadores de hipertensão arterial onde a educação em saúde e o estímulo às mudanças no estilo de vida sejam metas principais ou desenvolver uma ação educativa na comunidade (escolas, igrejas, clubes de serviços, etc.). Foi elaborado em uma linguagem bastante simples, para uso de qualquer profissional ligado à saúde ou por pessoas leigas interessadas em promoverem educação em saúde.

2 A Hipertensão Arterial no contexto Epidemiológico do Brasil e de Santa Catarina Mortalidade Proporcional por Grupos de Causas, Brasil e Santa Catarina, Grupos de Causas Brasil Santa Catarina Óbitos % Óbitos % Aparelho Circulatório , Doença Hipertensiva Cerebrovasculares Isquêmicas do coração Total (causas definidas) , Considerando que a hipertensão contribui para 80% da morbimortalidade por doenças cerebrovasculares e 40% das isquêmicas do coração, podemos somar aos óbitos por doenças hipertensivas: Brasil Santa Catarina Óbitos por doença hipertensiva % das Cerebrovasculares % das Isquêmicas do Coração Total de óbitos por hipertensão arterial % de óbitos por hipertensão arterial 14,9 15.6

3

4

5

6 É importante salientar que a predisposição genética para vir a desenvolver Hipertensão Arterial, permitir-nos prevení-la da seguinte forma: Orientar os filhos de hipertensos a desenvolverem hábitos de vida saudáveis, controlando o peso e evitando a obesidade, praticando exercícios físicos regularmente, não exceder o uso de 6 gramas diárias de sal, não fumando, não usando bebidas alcoólicas, controlando as tensões do dia a dia, enfim, criando um ambiente familiar saudável e evitando o uso de drogas que possam aumentar a pressão arterial.

7 Raça: Os estudos mostram que a hipertensão arterial é mais prevalente na raça negra; sendo que os indivíduos deste grupo étnico evoluem mais freqüentemente para insuficiência cardíaca, insuficiência renal e acidente vascular encefálico, portanto merecendo um tratamento mais agressivo.

8

9 Bebida Alcoólica: O consumo excessivo de bebida alcoólica, eleva a pressão arterial e a variabilidade pressórica, aumenta a prevalência de hipertensão, é fator de risco para acidente vascular encefálico, além de ser uma das causas de resistência à terapêutica antihipertensiva. Para os hipertensos do sexo masculino que fazem uso de bebida alcoólica, orienta-se, que o consumo não ultrapasse 30 ml de etanol/dia, contidos em 60 ml de bebidas destiladas (uísque, vodca, aguardente etc), 240 ml de vinho ou 720 ml de cerveja. Em relação às mulheres e indivíduos de baixo peso, a ingestão alcoólica não deve ultrapassar 15 ml de etanol/dia. Aos pacientes que não se conseguem enquadrar nesses limites de consumo, sugere-se o abandono do uso de bebidas alcoólicas. Exercício Físico: O exercício físico regular reduz a pressão arterial, além de produzir benefícios adicionais, tais como diminuição do peso corporal, controle do colesterol, diabetes, do abandono do tabagismo e do controle do estresse, contribuindo também para a redução do risco de indivíduos normotensos desenvolverem hipertensão, orienta-se a prática de exercícios físicos aeróbicos, 30 a 45 minutos por dia, 3 ou mais vezes por semana e tentar aumentar também a atividade física diária. Os exercícios melhores para os pacientes hipertensos são, andar, nadar, andar de bicicleta e correr. Exercícios como musculação e halterofilismo não são recomendáveis para pacientes hipertensos. Peso: Os estudos mostram que toda vez que a pessoa engorda, a pressão aumenta e toda vez que emagrece a pressão diminui. Muitas vezes só com a redução do peso conseguimos controlar a pressão e quando isto não ocorre, no mínimo conseguimos dimunuir a dose de medicação..

10 Tabagismo: É a mais importante causa modificável de morte, sendo responsável por 1 em cada 6 óbitos. No Brasil, a prevalência do tabagismo é elevada. O tabagismo eleva agudamente a pressão arterial e favorece o desenvolvimento e as complicações da arteriosclerose. Sua interrupção reduz o risco de acidente vascular encefálico, doença isquêmica do coração e de doença vascular arterial periférica. A exposição ao fumo (tabagismo passivo) também deve ser evitada. Redução da ingestão de sódio: Deve-se limitar a ingestão diária de sódio ao máximo de 2.4 g de sódio ou 6 g de cloreto de sódio (1 colher de chá de sal de cozinha). Esse total deve incluir o sódio contidos nos alimentos naturais manufaturados. Além da redução da pressão arterial, alguns estudos demonstraram benefícios na redução da mortalidade por acidente vascular encefálico e na regressão da hipertrofia ventricular esquerda. A restrição de sal pode ainda reduzir a excreção urinária de cálcio, contribuindo para a prevenção da osteoporose em idosos. Salientar a importância da retirada do saleiro da mesa.

11 Estresse: O Estresse é uma reação biológica do organismo caracterizada pelo desequilíbrio interno, em resposta a certos estímulos ambientais. Em conseqüência há um excesso de produção de adrenalina, elevação dos batimentos cardíacos e dos níveis de pressão arterial. Várias situações em nosso dia-a-dia podem gerar estes estímulos que nos levarão a uma situação de estresse: dificuldades econômicas, desemprego, problemas familiares, ruídos etc. A arte de viver está exatamente na nossa habilidade em administrar estas situações. O segredo para se conseguir os melhores resultados nas tentativas de vencer o estresse é simples: descubra as atividades que lhe dão prazer e quando você as praticar, empenhe sua energia em obter total bem estar físico e mental, seja ela, ler um livro, fazer trabalhos manuais, participar de atividades comunitárias, jardinagem, dançar, usar técnicas de relaxamento ou... qualquer coisa que lhe dê prazer, dê asas à sua imaginação!!!

12 A Hipertensão Arterial apesar de assintomática inicialmente, causa alterações importantes em órgãos alvos, como coração, rins, cérebro, artérias e olhos, que na maioria das vezes, os sintomas atribuídos a hipertensão como dores de cabeça, hemorragia nasal, alterações visuais, tonturas nem sempre tem uma relação de causa e feito com a hipertensão arterial. Podemos citar como exemplo, aqueles pacientes submetidos a Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial (MAPA) (Explicar aos pacientes o que é MAPA) que em determinados horários do dia em que ele apresenta sintomas atribuídos a hipertensão arterial e a pressão está normal e em outros horários em que ele está assintomático e a pressão está aumentada.

13 Enfatizar sempre que apesar de assintomática inicialmente, ela lesa órgãos alvos importantes do organismo, como coração, cérebro, ríns, olhos e artérias e que se o indivíduo fizer o tratamento adequadamente ele vai estar protegendo estes órgãos, prolongando sua vida e o que é mais importante, melhorando ou mantendo sua qualidade de vida.

14 A Hipertensão Arterial inicialmente leva a um aumento da massa muscular do coração (hipertrofia ventricular esquerda). Fazer uma analogia com o indivíduo que carrega peso e que por isso tem um aumento da massa muscular de seu braço. Lembrar que com o coração acontece a mesma coisa, e que o aumento da massa muscular não é acompanhada de um aumento da oferta de oxigênio e de nutrientes e que portanto sofre, aumentando o risco de infarto, angina e arritmia. Lembrar também que a hipertrofia miocárdica quando adequadamente tratada é reversível e em caso contrário pode evoluir para uma dilatação, levando o paciente à insuficiência cardíaca.

15 A Hipertensão Arterial leva a alterações na parede das artérias acelerando o processo aterosclerótico. Fazer analogia com um rio quando as águas estão tranqüilas não ocorre erosão nas margens, mas quando as águas estão muito revoltas vai fazendo esta erosão; da mesma forma, se a pressão estiver normal não altera a parede das artérias, mas quando a pressão permanece aumentada por muito tempo ocorre alterações na parede das artérias facilitando o depósito de gordura, acelerando o processo aterosclerótico.

16 Os rins são um dos principais órgãos alvo lesados pela hipertensão arterial, levando o paciente a um quadro de insuficiência renal. A hipertensão arterial é responsável por 25% dos casos de pacientes com insuficiência renal submetidos a diálise. Nossos rins tem uma função de filtração, as coisas boas são reabsorvidas e as coisas ruins saem na urina. Fazer a seguinte analogia: se colocarmos uma peneira em um cano de água com o objetivo de filtrar suas impurezas e em um determinado momento aumentarmos a pressão dentro deste cano iremos romper esta peneira, de modo semelhante, quando a pressão arterial é mantida elevada por muito tempo ela lesa os rins, que funcionam como uma peneira que filtra as impurezas do sangue.

17 A Hipertensão Arterial é o maior fator de risco para doença vascular encefálica. Um paciente que tem a hipertensão arterial como único fator de risco tem uma probabilidade dez vezes maior de vir a desenvolver um acidente vascular encefálico que uma pessoa que tem a pressão normal.

18 A Hipertensão Arterial leva a alterações vasculares na retina (vasoespasmos, hemorragias, exsudatos e edema de papila) que comprometem a visão.

19 A Hipertensão Arterial não tem cura, mas pode ser controlada. O tratamento deve ser feito de duas formas: com mudanças no estilo de vida tratamento não medicamentoso e com medicamentos tratamento medicamentoso.

20 As mudanças no estilo de vida, quando feitas adequadamente, muitas vezes pode ser suficiente para o controle da pressão, e quando isso não acontece, no mínimo o paciente vai necessitar de uma dose menor de medicamentos. A mudança nos hábitos alimentares é uma das primeiras medidas a serem tomadas pelo paciente hipertenso. Os pacientes devem ter consciência que estas mudanças devem ser para sempre, inicialmente estas são difíceis, mas com o tempo ele vai habituando-se.

21 A primeira medida é a diminuição do sal na comida, nunca exceder ás 6 g de cloreto de sódio por dia: Fontes de sódio: Sal de cozinha e temperos industrializados. Alimentos industrializados (ketchup, mostarda, shoyo, caldos concentrados). Embutidos (salsicha, mortadela, lingüiça, presunto, salame, paio). Conservas (picles, azeitona, aspargo, palmito). Bacalhau, charque, carne sêca, defumados. Aditivos (glutamato monossódico) utilizados em alguns condimentos e sopas importados. Queijos em geral. Enlatados (extrato de tomate, milho, ervilha). Dicas: Tirar o saleiro da mesa, pois, muitas vezes a pessoa nem experimenta o alimento e adiciona sal. Substituir o sal por temperos naturais como limão, cebola, alho e cheiro verde. Outra medida é a redução de alimentos com muitas calorias, que faz com que a pessoa aumente de peso, pois a diminuição do peso é importante no controle da pressão. Reduzir a ingestão de gordura de origem animal (abandonando o uso da banha e gorduras de carne em geral) é importante na prevenção da arteriosclerose. Substitua sempre que possível a manteiga pela margarina. Utilize óleos vegetais (milho, girassol, soja ou canola)

22 Outra regra importante é preferir alimentos frescos, verduras, legumes e frutas da época, pois assim você garante produtos com melhor qualidade e preços mais baixos. Salientar que muitas vezes a mudança de hábitos alimentares é suficiente para o controle da pressão

23 Lembrar que como esta mudança nos hábitos alimentares será para sempre, esta deve ser encarada e feita de forma prazeirosa, usando os alimentos recomendados, criando receitas novas com belos visuais, pois também nos alimentamos com os olhos. Faça os alimentos sempre cozidos, grelhados ou assados, nunca fritos.

24 A dose permitida de etanol por dia é 30 ml, ou seja, o equivalente a 1 garrafa de cerveja, 1 copo de vinho, 1 dose de uísque ou 1 dose de vodka. Entretanto o álcool é tóxico para o fígado, cérebro, estômago, em excesso aumenta a pressão arterial, sem contar que o alcoolismo é um grande problema social, portanto, o ideal é a abstinência. As mulheres absorvem mais etanol do que os homens e as pessoas mais magras são mais suscetíveis aos efeitos do álcool do que as pessoas mais pesadas. Esses grupos devem ser orientados a limitar a ingestão a não mais que 15 ml de etanol por dia.

25 Salientar que o exercício físico adequado, além de ser ótimo para a saúde não tem efeitos colaterais. Os exercícios físicos mais adequados para o hipertenso são andar, nadar, correr, andar de bicicleta, dançar etc. Procure não fazer exercícios sob sol muito forte e em locais abafados ou quentes, uma caminhada diária pelo seu bairro vai ser ótimo. Use sempre trajes adequados, como roupas leves e claras, calçados adequados (tênis com solados altos no calcanhar são recomendados por diminuir o impacto com o chão e, portanto, evitar lesões).

26 Quando após todas as medidas de mudanças no estilo de vida, não foram suficientes para o controle da hipertensão arterial iniciamos o tratamento medicamentoso. Aqui devemos sempre salientar que a medicação deve ser somente com prescrição médica (não tomar medicação por orientação da vizinha, comadre ou do balconista da farmácia da esquina). Tomar a medicação conforme a orientação, se prescrito uma vez ao dia é assim que deve ser feito e não em dias alternados ou de outra forma. Lembrar que atualmente o tratamento para hipertensão arterial é individualizado, portanto, o que é bom para uma pessoa pode não ser para outra. Se após o início do tratamento o paciente começar a sentir qualquer sintoma que não apresentava anteriormente, procure entrar em contato com seu médico, pois existem efeitos colaterais que desaparecem com a continuidade do tratamento e outros nos quais o remédio precisa ser trocado. Com as mudanças no estilo de vida e o tratamento medicamentoso conseguimos controlar a pressão de todos os hipertensos.

27 Se vocês seguirem todas as orientações naturalmente vão prolongar a vida, mas mais importante que isso, é manter a qualidade de vida. Portanto viva bem e feliz e procure passar a outras pessoas as informações que receberam hoje aqui, pois com 30 milhões de hipertensos como existem hoje no Brasil, é preciso que toda comunidade envolva-se com este processo.

28

29 Informações Importantes: Ao iniciarmos o tratamento de um paciente hipertenso o nosso objetivo é protegermos todos os seus órgãos alvos, evitando que este venha a ter um evento cardiovascular. Para isso, devemos nos empenhar para que os mesmos sigam adequadamente todas as orientações já discutidas, quando isso conseguimos, podemos dizer que este paciente é aderente ao tratamento. Entretanto sabemos que vários fatores interferem com a adesão ao tratamento: 1) Relacionados ao médico: Relação médico paciente difícil. A base de todo tratamento é uma boa relação médico-paciente, onde exista realmente uma relação de confiança. Citar que muitas vezes o paciente vai ao médico e como este não o convence ele nem compra o remédio, portanto, se você não confia em seu médico, deve mudar, mas encontrar um em que acredita e siga todas suas orientações. Imposição de esquemas terapêuticos complexos: Lembrar que isso não depende muito do médico, mas sim dos seus níveis pressóricos e de outras doenças, tem pessoas que conseguem controlar sua pressão com um medicamento uma vez ao dia, outros precisam de duas ou mais drogas em mais de uma tomada ao dia, o ideal seria que conseguíssemos comtrolar a pressão usando somente o tratamento não mediamentoso e quando não fosse conseguido, que pudéssemos usar uma só droga. Como nem sempre isso é possível, lembrar que apesar de usar vários medicamentos, ele tem uma doença controlável, e que seguindo o tratamento adequadamente ele vai estar protegendo seus órgãos alvos.

30 2) Relacionados às medidas higieno-dietéticas: Importante salientar que estas medidas, conforme já comentadas anteriormente, são fundamentais no controle da hipertensão, muitas vezes quando bem implementadas são suficientes para normalizar a pressão, mas quando isso não acontece com certeza vai precisar de menos remédio, portanto, use sua criatividade: Retire o saleiro da mesa, diminua o sal dos alimentos, substitua-o por limão, cebola, alho e cheiro verde. Dimunia seu peso usando alimentos com valores calóricos menores, pois sempre que as pessoas aumentam de peso a pressão aumenta e todas as vezes que a pessoa emagrece a pressão abaixa. Prática diária de exercício também é necessária no controle da hipertensão, pois além dos benefícios já comentados do exercício, a pessoa que o pratica regularmente é quem toma a medicação e segue a dieta mais adequadamente, pois é alguém que tirou um horário do dia só para ela; além de ajudar a aliviar as tensões do dia a dia. A importância da tranqüilidade é outro ponto que sempre devemos buscar. Procure alguma coisa que lhe dê prazer e coloque ali toda a sua energia, seja através da dança, da pintura, dos trabalhos manuais, de um trabalho doméstico, da participação de um grupo de relaxamento etc. Observar sempre uso discreto ou abstinência de bebidas alcoólicas, pois seu excesso aumenta a pressão, além de ser uma das causas de resistência à terapêutica antihipertensiva, podendo também causar gastrite, úlceras no estômago, problema no fígado e ser também um grande problema social. 3) Relacionados aos medicamentos: Número exagerado de medicamentos: O ideal seria quando necessário, pudéssemos fazê-lo usando um único medicamento. Lembramos que a hipertensão arterial até 50 anos atrás matava 50% dos pacientes no primeiro ano e o restante nos próximos 5 anos. Hoje com todos os conhecimentos e todo arsenal terapêutico conseguimos controlar a pressão de 100% de seus portadores, desde que o tratamento seja seguido adequadamente, usando uma ou mais drogas junto às mudanças no estilo de vida. Necessidade de tratamento

31 prolongado: O tratamento é para o resto da vida, pode ser que não vá ser sempre com o mesmo remédio, com a mesma dose ou depois de um certo tempo poderá até ser sem remédio, mas o tratamento somente poderá ser interrompido por orientação médica. Existência de efeitos colaterais: Hoje o tratamento da hipertensão é individualizado, portanto, quando o médico escolhe um medicamento é porque ele acha que este é o ideal para o paciente. Podem aparecer efeitos colaterais que devem ser comunicados imediatamente ao médico; o sintoma pode desaparecer com a continuidade do tratamento ou o medicamento precisará ser substituído ou ter sua dose ajustada. O tratamento nunca deverá ser interrompido sem orientação médica, pois existem inúmeras drogas seguras que podem substituir as que estão em uso. Preço elevado do medicamento: Hoje existem drogas extremamente eficazes, seguras com quase nenhum efeito colateral, mas que são muito mais caras que as drogas mais antigas. Como comentamos anteriormente, o tratamento da hipertensão é individualizado, portanto precisamos, as vezes, fazermos uso destas. O que sugerimos é que os pacientes unam-se em associações de pacientes, formando grupos de compras de medicamentos com intuito de baratear custos, conforme vem sendo demonstrado pela Associação Paulista de Assistência ao Hipertenso e outras Associações existentes no Brasil onde pacientes de baixo poder aquisitivo podem ter acesso a medicamentos compatíveis com seu quadro clínico. 4) Relacionados à doença: Ausência de sintomas nas hipertensões limítrofe, leve e moderada. Como a maioria dos pacientes inicialmente não apresentam nenhum sintoma, torna-se muito difícil convencê-los a iniciar e manter um tratamento, tendo que mudar seus hábitos de vida e fazer uso de medicamentos pelo resto da vida. É muito importante enfatizarmos que ao seguir um tratamento adequadamente, ele vai estar protegendo o coração, rins, cérebro, olhos e artérias e com isso mantendo ou melhorando sua qualidade de vida. Ausência de conseqüências a curto

32 prazo: A maioria das pessoas são assintomáticas e após o diagnóstico de Hipertensão Arterial e a orientação do tratamento onde exige-se mudanças de estilo de vida, além da necessidade de uso de medicamentos leva o paciente a perguntar-se: que tenho que fazer tudo isso? O que vou ganhar com isso? Toda vez que após um diagnóstico de hipertensão, o paciente iniciar o tratamento e o fizer adequadamente ele estará diminuindo o risco de vir a ter um enfarte do miocárdio, insufuciência cardíaca, insuficiência renal, um derrame ou alterções no olho que podem comprometer a visão. 5) Relacionados a instituição: Grande distância do domicílio: o idela seria que todos os pacientes tratassem o mais próximo possível da sua residência, mas isso, nem sempre acontece, e não deve ser motivo para abandono do tratamento. Sua saúde vale qualquer sacrifício. Longo intervalo entre as consultas: as pessoas que se tratam no serviço público estão tendo sérios problemas, pois o sistema de saúde está passando por grandes dificuldades, com poucos profissionais o que sobrecarrega os que ali trabalham, portanto, se o intervalo entre as consultas for grande, o paciente deverá, neste intervalo comparecer às consultas de enfermagem e dos outros integrantes da equipe multidisciplinar. Mudança freqüente de médico: essa é uma das causas de abandono do tratamento. Ao ser informado que seu médico não trabalha mais naquela unidade, o paciente deverá manter as orientações anteriores e procurar outro médico o mais breve possível. Esperas muito prolongadas: Se você ao ir marcar consulta e for informado, que vai demorar, às vezes mais de um mês, não desista, marque a consulta para quando for possível e se for urgente procure um pronto socorro. Mau atendimento: O sistema de saúde passa por grandes dificuldades no momento, e não querendo justificar, acreditamos que muitos funcionários também são vítimas deste sistema, e se você agir com tranquilidade e cordialidade a chance de você ter um bom

33 atendimento é muito grande. Mas se isso não acontecer não deixe que um mau atendimento coloque em risco sua saúde. 6) Relacionados ao paciente: Baixo padrão cultural e de educação: Em um país onde temos um grande contingente de analfabetos e semi-analfabetos e onde até muito pouco tempo não tínhamos uma tradição em fazermos educação em saúde, não podemos pretender que vocês tivessem todas as informações que acabamos de lhes passar. Agora têm às informações, portanto não podem abandonar seu tratamento. Ignorância sobre as consequências da hipertensão: A maioria das pessoas não têm conhecimento que apesar de assintomática inicialmente, a hipertensão lesa órgãos alvos importantes do nosso organismo, conforme mostramos anteriormente. Ausência de apoio familiar: Este também é um fator importante de não adesão ao tratamento. Sabemos que quando a família está envolvida no tratamento o resultado é muito melhor, portanto, se você está tendo problema com algum familiar, traga-o à consulta ou convide-o a participar de uma reunião como esta ou então converse com o serviço social e este familiar poderá ser convocado a comparecer a uma consulta onde será esclarecido da importância da sua participação em seu tratamento. Impressão de já estar curado: Se vocês esquecerem de tudo que foi falado aqui hoje, mas se lembrarem que a Hipertensão Arterial ainda não tem cura, que o tratamento é para o resto da vida, pode nem ser sempre com mesmo remédio, ou com a mesma dosagem, depois de um certo tempo às vezes sem medicamento, mas sempre sob orientação se seu médico, nós estaremos satisfeitos. Pense sobre tudo que discutimos, na importância do tratamento, multiplique estas informações, converse com seus familiares e entre nesta batalha contra a hipertensão arterial.

O TAMANHO DO PROBLEMA

O TAMANHO DO PROBLEMA FÍSICA MÉDICA O TAMANHO DO PROBLEMA Quantos hipertensos existem no Brasil? Estimativa de Prevalência de Hipertensão Arterial (1998) 13 milhões se considerar cifras de PA > 160 e/ou 95 mmhg 30 milhões

Leia mais

HIPERTENSÃO ARTERIAL Que conseqüências a pressão alta pode trazer? O que é hipertensão arterial ou pressão alta?

HIPERTENSÃO ARTERIAL Que conseqüências a pressão alta pode trazer? O que é hipertensão arterial ou pressão alta? HIPERTENSÃO ARTERIAL O que é hipertensão arterial ou pressão alta? A hipertensão arterial ou pressão alta é quando a pressão que o sangue exerce nas paredes das artérias para se movimentar é muito forte,

Leia mais

HIPERTENSÃO ARTERIAL

HIPERTENSÃO ARTERIAL HIPERTENSÃO ARTERIAL O que é hipertensão arterial ou pressão alta? A hipertensão arterial ou pressão alta é quando a pressão que o sangue exerce nas paredes das artérias para se movimentar é muito forte,

Leia mais

Hipert r en e são ã A rteri r a i l

Hipert r en e são ã A rteri r a i l Hipertensão Arterial O que é a Pressão Arterial? Coração Bombeia sangue Orgãos do corpo O sangue é levado pelas artérias Fornece oxigénio e nutrientes Quando o sangue é bombeado gera uma pressão nas paredes

Leia mais

Colesterol O que é Isso? Trabalhamos pela vida

Colesterol O que é Isso? Trabalhamos pela vida Colesterol O que é Isso? X O que é o Colesterol? Colesterol é uma gordura encontrada apenas nos animais Importante para a vida: Estrutura do corpo humano (células) Crescimento Reprodução Produção de vit

Leia mais

Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes

Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes Objetivos: - Desenvolver uma visão biopsicossocial integrada ao ambiente de trabalho, considerando

Leia mais

HIPERTENSÃO O QUE É ISSO?

HIPERTENSÃO O QUE É ISSO? AGENTE DE FÉ E DO CORAÇÃO PASTORAL NACIONAL DA SAÚDE 04 de outubro de 2013 HIPERTENSÃO O QUE É ISSO? Carlos Alberto Machado O TAMANHO do problema Mortes por grupos de causas OMS Regiões 2000 75 50 % 25

Leia mais

Iremos apresentar alguns conselhos para o ajudar a prevenir estes factores de risco e portanto a evitar as doenças

Iremos apresentar alguns conselhos para o ajudar a prevenir estes factores de risco e portanto a evitar as doenças FACTORES DE RISCO Factores de risco de doença cardiovascular são condições cuja presença num dado indivíduo aumentam a possibilidade do seu aparecimento. Os mais importantes são o tabaco, a hipertensão

Leia mais

CUIDANDO DO SEU CORAÇÃO Controle e Prevenção da Doença Aterosclerótica Coronariana

CUIDANDO DO SEU CORAÇÃO Controle e Prevenção da Doença Aterosclerótica Coronariana HOSPITAL DAS CLÍNICAS - UFMG Programa de Reabilitação Cardiovascular e Metabólica Residência Multiprofissional em Saúde Cardiovascular CUIDANDO DO SEU CORAÇÃO Controle e Prevenção da Doença Aterosclerótica

Leia mais

sobre pressão alta Dr. Decio Mion

sobre pressão alta Dr. Decio Mion sobre pressão alta Dr. Decio Mion 1 2 Saiba tudo sobre pressão alta Dr. Decio Mion Chefe da Unidade de Hipertensão do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP)

Leia mais

Saiba mais sobre. Hipertensão

Saiba mais sobre. Hipertensão Saiba mais sobre Hipertensão Saiba mais sobre Hipertensão Dr. Marcus Vinícius Bolívar Malachias CRM-MG 16.454 Doutor em Cardiologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, SP. Diretor

Leia mais

SENADO FEDERAL PRESSÃO CONTROLADA SENADOR CLÉSIO ANDRADE

SENADO FEDERAL PRESSÃO CONTROLADA SENADOR CLÉSIO ANDRADE SENADO FEDERAL PRESSÃO CONTROLADA SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Pressão controlada apresentação Chamada popularmente de pressão alta, a hipertensão é grave por dois motivos: não apresenta sintomas, ou seja,

Leia mais

Colesterol 3. Que tipos de colesterol existem? 3. Que factores afectam os níveis de colesterol? 4. Quando está o colesterol demasiado elevado?

Colesterol 3. Que tipos de colesterol existem? 3. Que factores afectam os níveis de colesterol? 4. Quando está o colesterol demasiado elevado? Colesterol Colesterol 3 Que tipos de colesterol existem? 3 Que factores afectam os níveis de colesterol? 4 Quando está o colesterol demasiado elevado? 4 Como reduzir o colesterol e o risco de doença cardiovascular?

Leia mais

CORAÇÃO. Na Saúde combata...os inimigos silenciosos! Trabalho Elaborado por: Ana Cristina Pinheiro Mário Quintaneiro

CORAÇÃO. Na Saúde combata...os inimigos silenciosos! Trabalho Elaborado por: Ana Cristina Pinheiro Mário Quintaneiro Trabalho Elaborado por: Na Saúde combata...os inimigos silenciosos! Ana Cristina Pinheiro Mário Quintaneiro CORAÇÃO Olá! Eu sou o seu coração, trabalho dia e noite sem parar, sem descanso semanal ou férias.

Leia mais

DOENÇAS CARDÍACAS NA INSUFICIÊNCIA RENAL

DOENÇAS CARDÍACAS NA INSUFICIÊNCIA RENAL DOENÇAS CARDÍACAS NA INSUFICIÊNCIA RENAL As doenças do coração são muito freqüentes em pacientes com insuficiência renal. Assim, um cuidado especial deve ser tomado, principalmente, na prevenção e no controle

Leia mais

Consulta de Enfermagem para Pessoas com Hipertensão Arterial Sistêmica. Ms. Enf. Sandra R. S. Ferreira

Consulta de Enfermagem para Pessoas com Hipertensão Arterial Sistêmica. Ms. Enf. Sandra R. S. Ferreira Consulta de Enfermagem para Pessoas com Hipertensão Arterial Sistêmica Ms. Enf. Sandra R. S. Ferreira O QUE É HIPERTENSÃO ARTERIAL? Condição clínica multifatorial caracterizada por níveis elevados e sustentados

Leia mais

EXERCÍCIO E DIABETES

EXERCÍCIO E DIABETES EXERCÍCIO E DIABETES Todos os dias ouvimos falar dos benefícios que os exercícios físicos proporcionam, de um modo geral, à nossa saúde. Pois bem, aproveitando a oportunidade, hoje falaremos sobre a Diabetes,

Leia mais

TERAPÊUTICA DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA

TERAPÊUTICA DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA Disciplina: Farmacologia Curso: Enfermagem TERAPÊUTICA DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA Professora: Ms. Fernanda Cristina Ferrari Controle da Pressão Arterial Sistêmica Controle Neural estimulação dos

Leia mais

O HDL é conhecido como o bom colesterol porque remove o excesso de colesterol e traz de volta ao fígado onde será eliminado. O LDL-colesterol é o

O HDL é conhecido como o bom colesterol porque remove o excesso de colesterol e traz de volta ao fígado onde será eliminado. O LDL-colesterol é o DISLIPIDEMIA Introdução Dislipidemias, também chamadas de hiperlipidêmicas, referem-se ao aumento dos lipídios no sangue, principalmente do colesterol e dos triglicerídeos. O colesterol é uma substância

Leia mais

HIPERTENSÃO ou Pressão Alta

HIPERTENSÃO ou Pressão Alta HIPERTENSÃO ou Pressão Alta PRESSÃO ALTA O que é pressão alta? A hipertensão, ou pressão alta, existe quando a pressão, medida várias vezes em consultório médico, é igual a 14 por 9 ou maior. Isso acontece

Leia mais

Entendendo a lipodistrofia

Entendendo a lipodistrofia dicas POSITHIVAS Entendendo a lipodistrofia O que é a lipodistrofia? Lipodistrofia é quando o corpo passa a absorver e a distribuir as gorduras de maneira diferente. Diminui a gordura nas pernas, braços,

Leia mais

hipertensão arterial

hipertensão arterial hipertensão arterial Quem tem mais risco de ficar hipertenso? Quais são as consequências da Hipertensão Arterial? quem tem familiares Se a HTA» hipertensos não for controlada, causa lesões em diferentes

Leia mais

Coração Saudável! melhor dele?

Coração Saudável! melhor dele? As doenças cardiovasculares (DCV s) - incluem as doenças coronarianas e o acidente vascular cerebral (AVC) também conhecido como derrame afetam pessoas de todas as idades, até mesmo mulheres e crianças.

Leia mais

azul NOVEMBRO azul Saúde também é coisa de homem. Doenças Cardiovasculares (DCV)

azul NOVEMBRO azul Saúde também é coisa de homem. Doenças Cardiovasculares (DCV) Doenças Cardiovasculares (DCV) O que são as Doenças Cardiovasculares? De um modo geral, são o conjunto de doenças que afetam o aparelho cardiovascular, designadamente o coração e os vasos sanguíneos. Quais

Leia mais

O QUE É? HIPERTENSÃO PRESSÃO ALTA. Cartilha do hipertenso nº 1 de 8 CARDIOVASCULAR. Segurança. Com a responsabilidade do líder

O QUE É? HIPERTENSÃO PRESSÃO ALTA. Cartilha do hipertenso nº 1 de 8 CARDIOVASCULAR. Segurança. Com a responsabilidade do líder HIPERTENSÃO OU PRESSÃO ALTA O QUE É? Cartilha do hipertenso nº 1 de 8 Informações: Sociedade Brasileira de Hipertensão Tel. (11) 284-0215 Fax (11) 289-3279 E-mail: sbh@uol.com.br Homepage: http://www.sbh.org.br

Leia mais

O sódio é um mineral presente em diversos alimentos, mas é constituinte principal do sal de cozinha (cloreto de sódio NaCl).

O sódio é um mineral presente em diversos alimentos, mas é constituinte principal do sal de cozinha (cloreto de sódio NaCl). SODIO O sódio é um mineral presente em diversos alimentos, mas é constituinte principal do sal de cozinha (cloreto de sódio NaCl). Em quantidades excessivas, este mineral pode prejudicar a saúde. Mas você

Leia mais

Universidade Fernando Pessoa Faculdade de Ciências da Saúde Unidade de Ponte de Lima

Universidade Fernando Pessoa Faculdade de Ciências da Saúde Unidade de Ponte de Lima Universidade Fernando Pessoa Faculdade de Ciências da Saúde Unidade de Ponte de Lima QUESTIONÁRIO Mudança dos Hábitos de Vida das Pessoas com Diagnóstico de Hipertensão Arterial Rita Catarina Alves Gomes,

Leia mais

Praticando vitalidade. Sedentarismo. corra desse vilão!

Praticando vitalidade. Sedentarismo. corra desse vilão! Praticando vitalidade Sedentarismo corra desse vilão! O que é sedentarismo? Sedentarismo é a diminuição de atividades ou exercícios físicos que uma pessoa pratica durante o dia. É sedentário aquele que

Leia mais

E E R D A B DISEB SO O RA S FALOM VA

E E R D A B DISEB SO O RA S FALOM VA VAMOS FALAR SOBRE OBESIDADE OBESIDADE A obesidade é uma doença crônica caracterizada pelo excesso de gordura corporal no organismo ou quando o peso do corpo ultrapassa em 20% o peso ideal. É atualmente

Leia mais

Prof.: Luiz Fernando Alves de Castro

Prof.: Luiz Fernando Alves de Castro Prof.: Luiz Fernando Alves de Castro Dia Nacional de Combate ao Câncer O Dia 27 de Novembro, Dia Nacional de Combate ao Câncer, é uma data que deve ser lembrada não para comemorarmos e, sim, para alertarmos

Leia mais

Coração saudável. Dr. Carlos Manoel de Castro Monteiro MD,PhD

Coração saudável. Dr. Carlos Manoel de Castro Monteiro MD,PhD Coração saudável Dr. Carlos Manoel de Castro Monteiro MD,PhD Qual a importância da doença cardiovascular? Milhões de Mortes* Mortalidade por doenças cardiovasculares em 1990 e 2020 Países desenvolvidos

Leia mais

III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família IV Seminário Internacional de Atenção Primária/ Saúde da Família. Brasília, 08 de Agosto de 2008

III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família IV Seminário Internacional de Atenção Primária/ Saúde da Família. Brasília, 08 de Agosto de 2008 Oficina de Promoção da Alimentação Saudável para Agentes Comunitários de Saúde III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família IV Seminário Internacional de Atenção Primária/ Saúde da Família Brasília,

Leia mais

O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL Alimentação saudável É saborosa, variada, colorida e com harmonia entre quantidades e qualidade! Sempre que possível faça as refeições junto à família,

Leia mais

O que é O que é. colesterol?

O que é O que é. colesterol? O que é O que é colesterol? 1. O que é colesterol alto e por que ele é ruim? Apesar de a dislipidemia (colesterol alto) ser considerada uma doença extremamente prevalente no Brasil e no mundo, não existem

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA O PROFESSOR PRESENCIAL

ORIENTAÇÕES PARA O PROFESSOR PRESENCIAL ORIENTAÇÕES PARA O PROFESSOR PRESENCIAL Componente Curriculares Educação Física Professores Ministrantes: Kim Raone e Marcus Marins Série/ Ano letivo: 2º ano/ 2014 Data: 26/03/2014 AULA 5.1 Conteúdo: Doenças

Leia mais

Você sabe os fatores que interferem na sua saúde?

Você sabe os fatores que interferem na sua saúde? DICAS DE SAÚDE 2 Promova a sua saúde. Você sabe os fatores que interferem na sua saúde? Veja o gráfico : 53% ao estilo de vida 17% a fatores hereditários 20% a condições ambientais 10% à assistência médica

Leia mais

Sybelle de Araujo Cavalcante Nutricionista

Sybelle de Araujo Cavalcante Nutricionista Secretaria de Estado da Saúde - SESAU Superintendência de Assistência em Saúde SUAS Diretoria de Atenção Básica - DAB Gerência do Núcleo do Programa Saúde e Nutrição Sybelle de Araujo Cavalcante Nutricionista

Leia mais

GUIA ALIMENTAR COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

GUIA ALIMENTAR COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL GUIA ALIMENTAR COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL A promoção da alimentação saudável é uma diretriz da Política Nacional de Alimentação e Nutrição e uma das prioridades para a segurança alimentar e nutricional

Leia mais

POR QUE SER ATIVO ALBERTO OGATA

POR QUE SER ATIVO ALBERTO OGATA POR QUE SER ATIVO ALBERTO OGATA O nosso corpo é uma máquina fantástica, que não foi feita para ficar parada. Se você estiver realmente decidido a ter uma atitude positiva em relação a sua saúde e ao seu

Leia mais

Cadernos UniFOA. Palavras-chaves: Resumo

Cadernos UniFOA. Palavras-chaves: Resumo 76 Estudo comparativo entre hipertensos que utilizam e os que não utilizam medicamentos fornecidos pelo SUS na unidade de saúde Três Poços Geraldo Assis Cardoso 1 Ana Paula Ferreira Vilarinho 2 Douglas

Leia mais

SUMÁRIO OBESIDADE...4 OBESIDADE EM ADULTOS...5 PREVENÇÃO...6 EM BUSCA DO PESO SAUDÁVEL...7 TRATAMENTO...9 CUIDADOS DIÁRIOS COM A ALIMENTAÇÃO...

SUMÁRIO OBESIDADE...4 OBESIDADE EM ADULTOS...5 PREVENÇÃO...6 EM BUSCA DO PESO SAUDÁVEL...7 TRATAMENTO...9 CUIDADOS DIÁRIOS COM A ALIMENTAÇÃO... 2 SUMÁRIO OBESIDADE...4 OBESIDADE EM ADULTOS...5 PREVENÇÃO...6 EM BUSCA DO PESO SAUDÁVEL...7 TRATAMENTO...9 CUIDADOS DIÁRIOS COM A ALIMENTAÇÃO...12 OUTROS HÁBITOS SAUDÁVEIS...14 ATIVIDADE FÍSICA...14 CUIDADOS

Leia mais

Conheça o lado bom e o lado ruim desse assunto. Colesterol

Conheça o lado bom e o lado ruim desse assunto. Colesterol Conheça o lado bom e o lado ruim desse assunto. Colesterol COLESTEROL O nome colesterol vem do grego e significa cálculo biliar. Ele foi batizado pelo químico francês Michel Eugene Chevreul, em 1815.

Leia mais

O TRATAMENTO DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA (HAS)

O TRATAMENTO DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA (HAS) O TRATAMENTO DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA (HAS) ANA CLÁUDIA LIMA RODRIGUES, KARINA FEITAL E VANESSA DINIZ DO NASCIMENTO 1. Introdução O tratamento da Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) inclui estratégias

Leia mais

Unidade IV Nutrição no diabetes melitus e doenças cardiovasculares NUTRIÇÃO APLICADA À ENFERMAGEM. Profa Dra Milena Baptista Bueno

Unidade IV Nutrição no diabetes melitus e doenças cardiovasculares NUTRIÇÃO APLICADA À ENFERMAGEM. Profa Dra Milena Baptista Bueno Unidade IV Nutrição no diabetes melitus e doenças cardiovasculares NUTRIÇÃO APLICADA À ENFERMAGEM Profa Dra Milena Baptista Bueno Diabetes melitus A dieta adequada para pacientes diabéticos poderá reduzir

Leia mais

24 motivos. academia. para entrar na

24 motivos. academia. para entrar na para entrar na academia Mais um ano se inicia e com ele chegam novas perspectivas e objetivos. Uma das principais promessas feitas é deixar o sedentarismo de lado e entrar na academia! Nesta época é comum

Leia mais

Agora que tenho diabetes... O que posso fazer para permanecer no controle?

Agora que tenho diabetes... O que posso fazer para permanecer no controle? Agora que tenho diabetes... O que posso fazer para permanecer no controle? Tenho diabetes: o que isso significa, afinal? Agora que você recebeu o diagnóstico de diabetes, você começará a pensar em muitas

Leia mais

A importância do tratamento contra a aids

A importância do tratamento contra a aids dicas POSITHIVAS A importância do tratamento contra a aids Por que tomar os medicamentos (o coquetel) contra o HIV? A aids é uma doença que ainda não tem cura, mas tem tratamento. Tomando os remédios corretamente,

Leia mais

VIVER BEM OS RINS DO SEU FABRÍCIO AGENOR DOENÇAS RENAIS

VIVER BEM OS RINS DO SEU FABRÍCIO AGENOR DOENÇAS RENAIS VIVER BEM OS RINS DO SEU FABRÍCIO AGENOR DOENÇAS RENAIS Leia o código e assista a história de seu Fabrício Agenor. Este é o seu Fabrício Agenor. Ele sempre gostou de comidas pesadas e com muito tempero

Leia mais

LOSARTANA POTÁSSICA Hypermarcas S/A Comprimido revestido 50mg e 100mg

LOSARTANA POTÁSSICA Hypermarcas S/A Comprimido revestido 50mg e 100mg LOSARTANA POTÁSSICA Hypermarcas S/A Comprimido revestido 50mg e 100mg I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO: LOSARTANA POTÁSSICA Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999 APRESENTAÇÕES Comprimido revestido

Leia mais

HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS (SERVIÇO DE CARDIOLOGIA E CIRURGIA CARDIOVASCULAR)

HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS (SERVIÇO DE CARDIOLOGIA E CIRURGIA CARDIOVASCULAR) HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS (SERVIÇO DE CARDIOLOGIA E CIRURGIA CARDIOVASCULAR) REVISÃO DE DOENÇA DE ARTÉRIA CORONÁRIA Seu coração é uma bomba muscular poderosa. Ele é

Leia mais

APRENDER A APRENDER EDUCAÇÃO FÍSICA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES HOJE EU APRENDI. AULA: 5.2 Conteúdo: Atividade Física e Saúde

APRENDER A APRENDER EDUCAÇÃO FÍSICA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES HOJE EU APRENDI. AULA: 5.2 Conteúdo: Atividade Física e Saúde A AULA: 5.2 Conteúdo: Atividade Física e Saúde A AULA: 5.2 Habilidades: Compreender os benefícios dos exercícios físicos na promoção da saúde e qualidade de vida A BENEFÍCIOS DA ATIVIDADE A Benefícios

Leia mais

GRUPOS DE ATIVIDADES EDUCATIVAS PARA OS PROGRAMAS DE ASSISTÊNCIA AO HIPERTENSO, DIABÉTICOS E IDOSO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE JATAÍ-GO*.

GRUPOS DE ATIVIDADES EDUCATIVAS PARA OS PROGRAMAS DE ASSISTÊNCIA AO HIPERTENSO, DIABÉTICOS E IDOSO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE JATAÍ-GO*. GRUPOS DE ATIVIDADES EDUCATIVAS PARA OS PROGRAMAS DE ASSISTÊNCIA AO HIPERTENSO, DIABÉTICOS E IDOSO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE JATAÍ-GO*. SILVA, Kelvia Donato¹; SILVA, Lorrayne Emanuela Duarte¹;

Leia mais

DOENÇAS CARDIOVASCULARES

DOENÇAS CARDIOVASCULARES DOENÇAS CARDIOVASCULARES A prática médica caminha, atualmente, para a valorização da medicina preventiva e para o diagnóstico cada vez mais precoce de doenças que podem ser curadas ou tratadas de forma

Leia mais

O QUE É COLESTEROL? Sinônimos: colesterol hdl, colesterol ldl

O QUE É COLESTEROL? Sinônimos: colesterol hdl, colesterol ldl O QUE É COLESTEROL? Sinônimos: colesterol hdl, colesterol ldl O colesterol pode ser considerado um tipo de lipídio (gordura) produzido em nosso organismo. Ele está presente em alimentos de origem animal

Leia mais

Cartilha. pela Saúde da Mulher

Cartilha. pela Saúde da Mulher Cartilha pela Saúde da Mulher Cólica Menstrual Excesso de Gorduras no Sangue A cólica menstrual ou dismenorreia é uma dor abdominal provocada pelas contrações uterinas que ocorrem durante a menstruação.

Leia mais

Alimentos para limpar as artérias e prevenir a aterosclerose

Alimentos para limpar as artérias e prevenir a aterosclerose Alimentos para limpar as artérias e prevenir a aterosclerose Fonte:http://melhorcomsaude.com/10-alimentos-limpar-as-arterias-prevenir-aterosclerose/ A aterosclerose é uma doença de nome complicado, mas

Leia mais

COLESTEROL E TRIGLICÉRIDES

COLESTEROL E TRIGLICÉRIDES COLESTEROL E TRIGLICÉRIDES Muitas pessoas já ouviram falar deles. Algumas podem até imagine que colesterol e triglicérides sejam sinônimos de doença. Para desfazer a imagem de vilões que essas duas substâncias

Leia mais

SUMÁRIO O QUE É...4 PREVENÇÃO...5 DIAGNÓSTICO...6 TRATAMENTO...7 ORIENTAÇÕES...8 ALIMENTAÇÃO CORRETA...9 OUTRAS DICAS...12 ATIVIDADE FÍSICA...

SUMÁRIO O QUE É...4 PREVENÇÃO...5 DIAGNÓSTICO...6 TRATAMENTO...7 ORIENTAÇÕES...8 ALIMENTAÇÃO CORRETA...9 OUTRAS DICAS...12 ATIVIDADE FÍSICA... 2 SUMÁRIO O QUE É...4 PREVENÇÃO...5 DIAGNÓSTICO...6 TRATAMENTO...7 ORIENTAÇÕES...8 ALIMENTAÇÃO CORRETA...9 OUTRAS DICAS...12 ATIVIDADE FÍSICA...14 FIQUE SABENDO...16 3 O QUE É A dislipidemia é o aumento

Leia mais

Para desfrutar a vida plenamente, você precisa ter um coração saudável. Então, a FEDERAÇÃO MUNDIAL DO CORAÇÃO organizou o DIA MUNDIAL DO CORAÇÃO, para conscientizar todas as pessoas do mundo de como seus

Leia mais

Proposta para Implantação do Programa Atividade Física & Mulheres

Proposta para Implantação do Programa Atividade Física & Mulheres 2 Proposta para Implantação do Programa Atividade Física & Mulheres Ana Paula Bueno de Moraes Oliveira Graduada em Serviço Social Pontifícia Universidade Católica de Campinas - PUC Campinas Especialista

Leia mais

CONSULTA DE CLÍNICA MÉDICA NO PROGRAMA DE HIPERTENSÃO

CONSULTA DE CLÍNICA MÉDICA NO PROGRAMA DE HIPERTENSÃO Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil Sub-Secretaria de Promoção, Atenção Primária e Vigilância em Saúde Gerência do Programa de Hipertensão CONSULTA DE CLÍNICA MÉDICA NO PROGRAMA DE HIPERTENSÃO

Leia mais

PRESSURE POINTS SERIES: Introdução à tensão arterial elevada

PRESSURE POINTS SERIES: Introdução à tensão arterial elevada PRESSURE POINTS SERIES: NO.1 Introdução à tensão arterial elevada BLOOD PRESSURE ASSOCIATION A tensão arterial elevada é a maior causa conhecida de invalidez e morte prematura no Reino Unido através de

Leia mais

Prevalência, Conhecimento, Tratamento e Controle da Hipertensão em Adultos dos Estados Unidos, 1999 a 2004.

Prevalência, Conhecimento, Tratamento e Controle da Hipertensão em Adultos dos Estados Unidos, 1999 a 2004. Artigo comentado por: Dr. Carlos Alberto Machado Prevalência, Conhecimento, Tratamento e Controle da Hipertensão em Adultos dos Estados Unidos, 1999 a 2004. Kwok Leung Ong, Bernard M. Y. Cheung, Yu Bun

Leia mais

O QUE É COLESTEROL? TIPOS

O QUE É COLESTEROL? TIPOS O QUE É COLESTEROL? O colesterol pode ser considerado um tipo de lipídio (gordura) produzido em nosso organismo. Ele está presente em alimentos de origem animal (carne, leite integral, ovos etc.). Em nosso

Leia mais

CUIDADOS COM A ALIMENTAÇÃO

CUIDADOS COM A ALIMENTAÇÃO SENADO FEDERAL CUIDADOS COM A ALIMENTAÇÃO SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Cuidados com a alimentação apresentação Uma boa saúde é, em grande parte, resultado de uma boa alimentação. Há muita verdade no dito

Leia mais

MELHORE A SUA VIDA CUIDE DO SEU CORAÇÃO!

MELHORE A SUA VIDA CUIDE DO SEU CORAÇÃO! MAIO, MÊS DO CORAÇÃO MELHORE A SUA VIDA CUIDE DO SEU CORAÇÃO! 12 A 31 DE MAIO DE 2008 EXPOSIÇÃO ELABORADA PELA EQUIPA DO SERVIÇO DE CARDIOLOGIA, COORDENADA PELA ENFERMEIRA MARIA JOÃO PINHEIRO. B A R R

Leia mais

Sal Sal Sal Substitua por: Açúcar Açúcar Açúcar Substitua por: Substitua por Subs titua por: Substitua por:

Sal Sal Sal Substitua por: Açúcar Açúcar Açúcar Substitua por: Substitua por Subs titua por: Substitua por: Dia mundial da saúde No dia 7 de Abril de cada ano é comemorado o Dia Mundial da Saúde. Este dia foi criado em 1948 pela OMS (Organização Mundial de Saúde), fundamentado no direito de cada cidadão à saúde.

Leia mais

O QUE SÃO ALIMENTOS FUNCIONAIS?

O QUE SÃO ALIMENTOS FUNCIONAIS? O QUE SÃO ALIMENTOS FUNCIONAIS? São alimentos que além de fornecerem energia para o corpo e uma nutrição adequada, produzem outros efeitos que proporcionam benefícios à saúde, auxiliando na redução e prevenção

Leia mais

Proteger nosso. Futuro

Proteger nosso. Futuro Proteger nosso Futuro A Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) é uma entidade sem fins lucrativos criada em 1943, tendo como objetivo unir a classe médica especializada em cardiologia para o planejamento

Leia mais

Tudo sobre Detox em apenas 5 minutos mais 3 receitas Bônus

Tudo sobre Detox em apenas 5 minutos mais 3 receitas Bônus 2 Opa, aqui é Augusto Marmo idealizador do #Dietadafibra e neste e-book vou te mostrar um ponto chave para você atingir o seu peso ideal de forma fácil e saborosa. Eu utilizei os sucos detox para a desintoxicação

Leia mais

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL ISABEL MARQUES DIETISTA DO SERVIÇO DE ALIMENTAÇÃO E DIETÉTICA DO CHTV, E.P.E. 30 DE NOVEMBRO DE 2011

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL ISABEL MARQUES DIETISTA DO SERVIÇO DE ALIMENTAÇÃO E DIETÉTICA DO CHTV, E.P.E. 30 DE NOVEMBRO DE 2011 ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL ISABEL MARQUES DIETISTA DO SERVIÇO DE ALIMENTAÇÃO E DIETÉTICA DO CHTV, E.P.E. 30 DE NOVEMBRO DE 2011 ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL Uma alimentação equilibrada proporciona uma quantidade correcta

Leia mais

conhecer e prevenir DIABETES MELLITUS

conhecer e prevenir DIABETES MELLITUS conhecer e prevenir DIABETES MELLITUS 2013 Diretoria Executiva Diretor-Presidente: Cassimiro Pinheiro Borges Diretor Financeiro: Eduardo Inácio da Silva Diretor de Administração: André Luiz de Araújo Crespo

Leia mais

CLÍNICA UPTIME TRATAMENTO DA DOR E PROBLEMAS EMOCIONAIS OBESIDADE A ESCOLHA DE ALIMENTOS COMO MANTER O CORPO. (segunda parte) A ESCOLHA

CLÍNICA UPTIME TRATAMENTO DA DOR E PROBLEMAS EMOCIONAIS OBESIDADE A ESCOLHA DE ALIMENTOS COMO MANTER O CORPO. (segunda parte) A ESCOLHA OBESIDADE A ESCOLHA DE ALIMENTOS COMO MANTER O CORPO (segunda parte) A ESCOLHA Responda à seguinte pergunta: Você gosta de carro? Se você gosta, vamos em frente. Escolha o carro de seus sonhos: Mercedes,

Leia mais

50% dos acidentes automobilísticos. 25% dos suicídios

50% dos acidentes automobilísticos. 25% dos suicídios A mensagem que induz a beber com moderação abre o caminho para todos os problemas que o alcoolismo traz. Crescem as pressões sobre o uso abusivo de álcool. Esse hábito remonta a épocas imemoriais e os

Leia mais

Dia Mundial da Diabetes - 14 Novembro de 2012 Controle a diabetes antes que a diabetes o controle a si

Dia Mundial da Diabetes - 14 Novembro de 2012 Controle a diabetes antes que a diabetes o controle a si Dia Mundial da Diabetes - 14 Novembro de 2012 Controle a diabetes antes que a diabetes o controle a si A função da insulina é fazer com o que o açúcar entre nas células do nosso corpo, para depois poder

Leia mais

Leia sem moderação. Alcoolismo

Leia sem moderação. Alcoolismo Leia sem moderação. Alcoolismo ALCOOLISMO O alcoolismo é uma doença grave causada pela ingestão contínua de bebidas alcoólicas. A pessoa torna-se prisioneira do ato de beber, sofrendo conseqüências sociais,

Leia mais

INTRODUÇÃO. Diabetes & você

INTRODUÇÃO. Diabetes & você INTRODUÇÃO Diabetes & você Uma das coisas mais importantes na vida de uma pessoa com diabetes é a educação sobre a doença. Conhecer e saber lidar diariamente com o diabetes é fundamental para levar uma

Leia mais

Perder peso Comendo. Pare de comer depressa

Perder peso Comendo. Pare de comer depressa Vou passar a você, algumas receitas que usei para poder emagrecer mais rápido e com saúde. Não direi apenas só sobre como preparar algumas receitas, mas também direi como perder peso sem sofrimento e de

Leia mais

Dicas de Saúde. Quero e preciso emagrecer! Uma Abordagem Realista

Dicas de Saúde. Quero e preciso emagrecer! Uma Abordagem Realista Dicas de Saúde Quero e preciso emagrecer! O sucesso no emagrecimento e manutenção de peso saudável depende de metas e expectativas sensatas. Se você traçar para si mesmo metas sensatas, terá maior probabilidade

Leia mais

ESTRATIFICAÇÃO DE RISCO

ESTRATIFICAÇÃO DE RISCO ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE SUPERINTENDÊNCIA DE REDES DE ATENÇÃO A SAÚDE DIRETORIA DE REDES ASSISTÊNCIAIS COORDENADORIA DA REDE DE HIPERTENSÃO E DIABETES ESTRATIFICAÇÃO DE RISCO

Leia mais

Algumas medidas podem salvar vidas durante uma onda de calor

Algumas medidas podem salvar vidas durante uma onda de calor Algumas medidas podem salvar vidas durante uma onda de calor Quando ocorre uma Onda de Calor emitem-se Alertas: Amarelo ou Vermelho, com menos e mais gravidade, respectivamente. Devem adoptar-se cuidados

Leia mais

A patroa quer emagrecer

A patroa quer emagrecer A patroa quer emagrecer A UU L AL A Andando pela rua, você passa em frente a uma farmácia e resolve entrar para conferir seu peso na balança. E aí vem aquela surpresa: uns quilinhos a mais, ou, em outros

Leia mais

PREVENÇÃO DAS DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS PREVENIR É PRECISO MANUAL DE ORIENTAÇÕES AOS SERVIDORES VIGIAS DA PREFEITURA DE MONTES CLAROS

PREVENÇÃO DAS DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS PREVENIR É PRECISO MANUAL DE ORIENTAÇÕES AOS SERVIDORES VIGIAS DA PREFEITURA DE MONTES CLAROS PREVENÇÃO DAS DOENÇAS MANUAL DE ORIENTAÇÕES AOS SERVIDORES CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS VIGIAS DA PREFEITURA DE MONTES CLAROS design ASCOM-PMMC PREVENIR É PRECISO DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS No

Leia mais

GORDURAS E COLESTEROL NOS ALIMENTOS:

GORDURAS E COLESTEROL NOS ALIMENTOS: 1 GORDURAS E COLESTEROL NOS ALIMENTOS: 1) MODIFICAÇÃO NA INGESTÃO DE GORDURA: O consumo de menos gordura é um aspecto importante da orientação nutricional para comer de maneira mais saudável, para a protecção

Leia mais

DIABETES MELLITUS. Ricardo Rodrigues Cardoso Educação Física e Ciências do DesportoPUC-RS

DIABETES MELLITUS. Ricardo Rodrigues Cardoso Educação Física e Ciências do DesportoPUC-RS DIABETES MELLITUS Ricardo Rodrigues Cardoso Educação Física e Ciências do DesportoPUC-RS Segundo a Organização Mundial da Saúde, existem atualmente cerca de 171 milhões de indivíduos diabéticos no mundo.

Leia mais

saúde Sedentarismo Os riscos do Saiba as causas e consequências de ficar parado e mexa-se!

saúde Sedentarismo Os riscos do Saiba as causas e consequências de ficar parado e mexa-se! saúde Sinal Canal de Comunicação da Sistel para os Usuários de Saúde Ano I - Nº 4 - Dezembro 2014 Os riscos do Sedentarismo Saiba as causas e consequências de ficar parado e mexa-se! O sedentarismo é resultado

Leia mais

Importância da Nutrição na Qualidade de Vida. Aline T. Carrera CRN3 21498 Nutricionista Clinica Funcional

Importância da Nutrição na Qualidade de Vida. Aline T. Carrera CRN3 21498 Nutricionista Clinica Funcional Importância da Nutrição na Qualidade de Vida Aline T. Carrera CRN3 21498 Nutricionista Clinica Funcional Repensar Mudanças (constante); Adaptações (necessárias); Escolhas (depende de você) o que você

Leia mais

Tudo sobre Detox em apenas 5 minutos mais 3 receitas Bônus

Tudo sobre Detox em apenas 5 minutos mais 3 receitas Bônus 2 Opa, aqui é Augusto Marmo idealizador do #Dietadafibra e neste e-book vou te mostrar um ponto chave para você atingir o seu peso ideal de forma fácil e saborosa. Eu utilizei os sucos detox para a desintoxicação

Leia mais

à diabetes? As complicações resultam da de açúcar no sangue. São frequentes e graves podendo (hiperglicemia).

à diabetes? As complicações resultam da de açúcar no sangue. São frequentes e graves podendo (hiperglicemia). diabetes Quando Acidente a glicemia vascular (glicose cerebral no sangue) (tromboses), sobe, o pâncreas uma das principais O que Quais é a diabetes? as complicações associadas à diabetes? produz causas

Leia mais

Aprenda como fazer frituras de um modo mais saudável Qua, 28 de Novembro de 2012 17:04 - Última atualização Qua, 28 de Novembro de 2012 17:11

Aprenda como fazer frituras de um modo mais saudável Qua, 28 de Novembro de 2012 17:04 - Última atualização Qua, 28 de Novembro de 2012 17:11 Alimentos fritos costumam ser mais gostosos que os assados, mas também são mais calóricos e contêm gorduras que fazem mal à saúde. Por isso, o Bem Estar desta quarta-feira, 28, ensinou opções melhores

Leia mais

atitudeé prevenir-se Moradores da Mooca:

atitudeé prevenir-se Moradores da Mooca: atitudeé prevenir-se Moradores da Mooca: Nós temos atitude, e você? O Câncer do Intestino pode ser prevenido com um teste simples e indolor que pode ser realizado em sua casa. O teste é GRATUITO oferecido

Leia mais

TABAGISMO. O tema deste informe foi sugerido pelo Laboratorista Edmund Cox

TABAGISMO. O tema deste informe foi sugerido pelo Laboratorista Edmund Cox Informativo Semanal O tema deste informe foi sugerido pelo Laboratorista Edmund Cox O tabagismo é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) a principal causa de morte evitável em todo o mundo.

Leia mais

Hipertensão Arterial no idoso

Hipertensão Arterial no idoso Hipertensão Arterial no idoso Prof. Dr. Sebastião Rodrigues Ferreira-Filho Universidade Federal de Uberlândia, MG, Brasil Departamento de Hipertensão Sociedade Brasileira de Nefrologia Uma história americana:

Leia mais

Saúde e Desporto. Manuel Teixeira Veríssimo Hospitais da Universidade de Coimbra. Relação do Desporto com a Saúde

Saúde e Desporto. Manuel Teixeira Veríssimo Hospitais da Universidade de Coimbra. Relação do Desporto com a Saúde Saúde e Desporto Manuel Teixeira Veríssimo Hospitais da Universidade de Coimbra Relação do Desporto com a Saúde Dum modo geral aceita-se que o desporto dá saúde Contudo, o desporto também comporta malefícios

Leia mais

Apresentação. O que significam os itens da Tabela de Informação Nutricional dos rótulos

Apresentação. O que significam os itens da Tabela de Informação Nutricional dos rótulos O que significam os itens da Tabela de Informação Nutricional dos rótulos Valor Energético É a energia produzida pelo nosso corpo proveniente dos carboidratos, proteínas e gorduras totais. Na rotulagem

Leia mais

TRATAMENTO NÃO-MEDICAMENTOSO PARA HIPERTENSÃO ARTERIAL. Louisy Oliveira Lopes 1 ; Elzira Diniz de Moraes 2

TRATAMENTO NÃO-MEDICAMENTOSO PARA HIPERTENSÃO ARTERIAL. Louisy Oliveira Lopes 1 ; Elzira Diniz de Moraes 2 TRATAMENTO NÃO-MEDICAMENTOSO PARA HIPERTENSÃO ARTERIAL Louisy Oliveira Lopes 1 ; Elzira Diniz de Moraes 2 RESUMO A hipertensão arterial (HA) constitui-se em grave risco para as doenças cardiovasculares,

Leia mais