2. Laboratório: uso do avental, organização e relatório 3. Tarefas. 1. Avaliação da Semana de Geociências e Meio Ambiente 2.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "2. Laboratório: uso do avental, organização e relatório 3. Tarefas. 1. Avaliação da Semana de Geociências e Meio Ambiente 2."

Transcrição

1 PIC VERSÃO PARA O PROFESSOR Produção Integrada ao Conteúdo 6. o ano Ensino Fundamental Componentes da PIC 2. o bimestre Arte Ciências A nota da PIC é a média entre a nota de tarefa (avaliação do conjunto de tarefas) e a nota de toda a produção ao longo do bimestre, que envolve o produto final e o processo percorrido pelo aluno no desenvolvimento das diversas atividades propostas nas aulas de Arte. 1. Semana de Geociências e Meio Ambiente: pesquisa, montagem e apresentação 2. Laboratório: uso do avental, organização e relatório 3. Tarefas Geografia 1. Avaliação da Semana de Geociências e Meio Ambiente 2. Tarefas História 1. Duas tarefas (as das páginas 16 e 27) a serem entregues em folha pautada, segundo a orientação do professor, que deverá ser feita com antecedência e anotada na agenda do aluno e na da classe (2 pontos). 2. Produção coletiva da sala de aula (1 ponto). 3. Tarefas de casa (1 ponto). 4. Trabalho: Você é o historiador arqueólogo (6 pontos). Informática 1. Atividades diárias 2. Prova bimestral 1. Tarefas Inglês Língua Portuguesa 2. Trabalho móbile: The lion king 3. Oral production 1. Redações 2. Tarefas 3. Trabalho 1. Tarefas: todas as tarefas receberão visto do professor. Algumas serão corrigidas pela internet, outras serão corrigidas na lousa. Matemática 2. Trabalho: lista de exercícios de revisão para a prova P. 3. Verificação da aprendizagem: será aplicada uma prova logo no início do 2. o bimestre com conteúdo ainda do caderno 1. 1

2 Orientações dos trabalhos e P1 de Arte Trabalho ARTE (P1) Tema: A Flor da Lua Apresentação: Estamos estudando nas aulas de Arte as pinturas botânicas de Margaret Mee. Uma de suas importantes obras é a que representa a flor da lua, a qual exigiu que a artista trabalhasse durante a madrugada no meio da mata. Este trabalho aprofunda os estudos sobre a obra da artista. Margaret Mee pintando a Flor da Lua durante a madrugada acompanhada de sua assistente. Objetivo geral: Pesquisar sobre uma flor pintada por Margaret Mee. Objetivos específicos: Conhecer a flor da lua. Analisar a pintura Flor da Lua, de Margaret Mee. Etapas: 1. Pesquise e escreva em seu trabalho: Definição de botânica: O que é a Flor da Lua? 2. Observe a pintura abaixo e responda às questões: Flor da Lua, aquarela de Margaret Mee 2

3 a) Quais cores, linhas e formas predominam nessa pintura? b) Quais detalhes chamam a sua atenção? c) O que a Flor da Lua pode significar? 3. Procure a fotografia de uma flor da lua e cole-a em seu trabalho. 4. Assista ao trailer do filme documentário Margaret Mee e a Flor da Lua, disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=mwrx8bjrmp8> e escreva um resumo do que você observou. Referências bibliográficas: Caso tenha utilizado livros, não se esqueça de informar o nome dos autores e os títulos. Se você buscou informações em sites, informe os endereços eletrônicos. Observação: Este trabalho poderá ser digitado. Critérios de avaliação: Etapa 1: 2 pontos Etapa 2: 3 pontos Etapa 3: 1 ponto Etapa 4: 2 pontos Acabamento: 2 pontos Data de entrega: a ser definida pelo professor. CIÊNCIAS E GEOGRAFIA 8. a Semana de Geociências e Meio Ambiente do Colégio Objetivo (de 8 a 12 de junho) As atividades programadas para os alunos do 6. o ao 9. o ano estão diretamente relacionadas às questões ambientais e de sustentabilidade. As Ciências da Terra ou Geociências abrangem o conjunto das ciências que estudam o planeta Terra, o qual se configura como um sistema complexo, formado por diferentes camadas a litosfera, a hidrosfera, a atmosfera e a biosfera num equilíbrio harmonioso. Sendo assim, as Geociências englobam assuntos comuns às disciplinas de Ciências e Geografia, examinando as questões que cercam o estudo do planeta. A programação foi elaborada pelos professores das áreas de Ciências e Geografia a partir da discussão e reflexão sobre o tema e sua importância. Os assuntos serão abordados de modo a articular os domínios das duas disciplinas com a intenção de que o conhecimento gerado ajude os alunos a compreenderem e problematizarem fenômenos que fazem parte da realidade que os cerca e do planeta em que vivem. Em cada ano serão desenvolvidas atividades específicas, com base em um tema gerador, a saber: 6. o ano: Pensando em outros mundos possíveis... Exibição de vídeo sobre o tema, roda de discussão, elaboração de roteiros e maquetes. 7. o ano: Construções sustentáveis Exibição de vídeo sobre o tema, roda de leitura e discussão de textos, elaboração de projetos e maquetes. 3

4 8. o ano: Lixo eletrônico o e-lixo Exibição de vídeo, leitura e discussão de textos e representação plástica. 9. o ano: O planeta e a energia, uma discussão a ser feita Exibição de vídeo, leitura e discussão de textos, elaboração de projetos para a montagem de protótipos e painéis sobre o tema. Observação: Todas as atividades serão feitas em grupos, em sala de aula, e o conjunto dos trabalhos realizados durante essa semana será exposto na escola. As atividades serão avaliadas pelos professores de Geografia e Ciências e a nota entrará na composição da nota da Produção Integrada ao Conteúdo dessas disciplinas. Essa avaliação abrangerá o seguinte: pesquisa; organização do grupo; elaboração de painéis, maquetes ou outros materiais; apresentação final. HISTÓRIA Trabalho: Você é o historiador arqueólogo Objetivo: Divulgar as primeiras civilizações orientais. Procedimento: Você realizará uma atividade de divulgação das primeiras civilizações orientais, tendo como base o Egito e as cidades da região conhecida como Mesopotâmia. Para isso, siga as orientações registradas na página 58 do caderno de atividades. Critérios de avaliação: os registrados na página 58 do caderno de atividades. Datas de entrega: a serem definidas pelo professor. Trabalho INGLÊS Tema: The lion king Apresentação: Continuando com a perspectiva de que imagem e texto combinam perfeitamente e enriquecem muito o aprendizado da criança, propomos a criação de um móbile com imagens e texto do livro trabalhado em sala. Objetivo: Encerrar o trabalho de leitura do livro The lion king. 4

5 Procedimentos: Você deverá escolher dez trechos do livro The lion king e ilustrá-los. As ilustrações poderão ser impressas ou desenhadas. Cada imagem deverá ter uma legenda (uma frase) explicativa. Como montagem final, você deverá criar um móbile para a apresentação de suas imagens e frases. Seja criativo e divirta-se. Observação: O trabalho poderá ser feito individualmente ou em grupos, cujo número de integrantes será definido pelo professor. Datas de entrega: a serem definidas pelo professor e sua turma. LÍNGUA PORTUGUESA Trabalho Tema: Jogo de percurso ou reescrita de percurso com apresentação oral, com base no livro Coração acelerando. Objetivos: Estimular a leitura do livro do bimestre, bem como desenvolver a oralidade e a criatividade. Adaptar a história do livro a um jogo de percurso. Procedimentos: Para aqueles que optarem pela adaptação: Após a leitura do livro do bimestre, o professor dividirá a sala em duplas ou grupos. Cada dupla ou grupo deverá pesquisar sobre jogos de percurso, bem como suas regras. Os alunos, seguindo orientações do professor, devem transformar a história do livro Coração acelerando em um jogo de percurso. As regras do jogo devem ser claras, de maneira que outra pessoa possa jogar sem quaisquer explicações. Os elementos do jogo (tabuleiro, peças, cartas, regras, caixas) devem ser apresentados com ilustrações ou figuras relativas ao tema. Para aqueles que optarem pela reescrita: Após a leitura do livro do bimestre, o professor dividirá a sala em duplas ou trios. Cada dupla ou trio deverá criar uma nova versão para a história, um novo encaminhamento, relatando diferentes ações e perigos. A nova versão poderá ser feita em forma de texto verbal ou não verbal e deve ser apresentada à turma. Orientações ao professor (sugestões): Como é difícil para alunos do 6. o ano reunirem-se fora da escola sem que os pais tenham que acompanhá-los, inicie as atividades o quanto antes e divida-as de forma que cada aluno faça 5

6 uma parte do trabalho em sua casa individualmente e, durante algumas aulas, dê alguns minutos para que os grupos se reúnam e troquem informações. Sugestão de encaminhamento Para confeccionar os jogos de percurso, é importante que os alunos ampliem seus conhecimentos sobre o assunto. Para isso, peça aos que tiverem esses jogos em casa que os tragam à escola para apresentá-los aos colegas e, para se familiarizarem com a proposta, proponha que joguem. Transformando a história em jogo Para auxiliar os alunos nessa transformação da história em jogo, algumas atividades precisam ser organizadas: Uma delas é planejar situações em que possam recontar oralmente a história (mesmo que apenas para os colegas do próprio grupo), para conhecer melhor as ações, personagens e fases por que passam a história, apropriando-se de seu enredo. Isso será de grande importância no momento em que forem produzir as cartas, os peões, o texto das cartas e o tabuleiro. A próxima atividade que pode ser proposta é a escrita de uma lista de personagens a serem transformados em peões ou utilizados para marcar determinadas casas do percurso. (Como o leitor é personagem da história, cada um dos integrantes do grupo poderá ser um dos peões.) Orientações para a montagem do tabuleiro A etapa seguinte é orientar os alunos na construção do tabuleiro. Para que ele fique firme, é importante que a base seja confeccionada com papelão, papel-cartão ou cartolina. Após ser recortada no tamanho desejado, a base será forrada com papel, sobre o qual o percurso do jogo será desenhado. Planejando como será o percurso do jogo Antes de desenhar o percurso sobre o tabuleiro, oriente os alunos a fazer um esboço do trajeto. É importante que elaborem uma lista do que precisam definir antes da confeccção do tabuleiro: resolver como será o seu formato e quantas casas ele terá; combinar como a trilha será desenhada (quem traçará o percurso? Ele será traçado só por um aluno? Qual será a participação dos outros? etc.); selecionar as casas que serão demarcadas com ilustrações de lugares e quem vai desenhálos. Definindo o formato do percurso Chamar a atenção para as diferenças entre os vários percursos: alguns são retangulares, outros têm várias curvas, há os que foram traçados em espiral; assim, eles perceberão que há vários formatos possíveis e cada grupo escolherá a forma que pretende dar ao seu percurso. Lembre-se de que, na história do livro, o leitor escolhe o percurso que quer seguir e a história continua a partir desse novo trajeto Depois, cada grupo esboça o seu percurso da forma como seus integrantes combinaram. Traçando o percurso e finalizando o tabuleiro Uma vez que o esboço realizado for aprovado pelo grupo, a próxima etapa é desenhar o percurso no tabuleiro. Quando ele estiver pronto, é o momento de decorar o espaço em torno do percurso, decidindo se produzirão imagens ou se pretendem complementá-lo com algum 6

7 texto. Alguns jogos trazem seu título escrito no tabuleiro ou algumas frases que orientam o percurso. Você pode sugerir que observem em casa ou pesquisem na internet alguns tabuleiros para se familiarizarem com os textos que costumam fazer parte desses jogos. Confeccionando e escrevendo as cartas A confecção das cartas precisa ser planejada com a sua ajuda, pois cada uma deve conter um texto baseado na história lida. Produzindo os peões e a caixa do jogo A última etapa de produção do jogo corresponde à produção dos peões. Cada um deles representará um personagem da história escolhida. Eles podem ser desenhados em papel ou cartolina, recortados e colados em uma base que fique em pé (tampinhas de pasta de dente, por exemplo). A seguir, os alunos devem produzir uma caixa para guardar o jogo e seus componentes, que pode ser feita com papelão ou papel-cartão. Os dados podem ser confeccionados com cartolina ou os alunos podem aproveitar os de outros jogos. Escrevendo as regras do jogo Você pode propor que os alunos expliquem oralmente como jogar, o que facilitará a produção escrita, uma vez que os alunos já saberão o que escrever. Assim, poderão se concentrar na linguagem utilizada em instruções de jogos. Organizando o festival de jogos É importante organizar um dia em que um grupo brinque com o jogo produzido por outro grupo. Para isso, é necessário que as regras do jogo estejam bem claras para que não haja dúvidas entre os jogadores. Critérios de avaliação: Organização geral: 3 pontos Coerência com os objetivos propostos: 3 pontos Adequação ao tema: 2 pontos Participação nas apresentações dos outros grupos: 2 pontos Datas da entrega e apresentação: 1. a : / / 2015 entrega do trabalho 2. a : / / 2015 apresentação 7

PIC. Componentes da PIC 2. o bimestre. Produção Integrada ao Conteúdo

PIC. Componentes da PIC 2. o bimestre. Produção Integrada ao Conteúdo PIC Produção Integrada ao Conteúdo 8. o ano Ensino Fundamental Componentes da PIC 2. o bimestre Arte Ciências Geografia A nota da PIC é a média entre a nota de tarefa (avaliação do conjunto de tarefas)

Leia mais

PIC. Componentes da PIC 2. o bimestre. Produção Integrada ao Conteúdo

PIC. Componentes da PIC 2. o bimestre. Produção Integrada ao Conteúdo PIC VERSÃO PARA O PROFESSOR VERSÃO PARA O PROFESSOR 9. o ano Ensino Fundamental Produção Integrada ao Conteúdo Componentes da PIC 2. o bimestre Arte Ciências Geografia História A nota da PIC é a média

Leia mais

PIC. Componentes da PIC 1. o bimestre. Produção Integrada ao Conteúdo

PIC. Componentes da PIC 1. o bimestre. Produção Integrada ao Conteúdo PIC VERSÃO PARA O PROFESSOR VERSÃO PARA O PROFESSOR 9. o ano Ensino Fundamental Produção Integrada ao Conteúdo Componentes da PIC 1. o bimestre Arte Ciências Geografia A nota de PIC é a média entre a nota

Leia mais

Orientações de Como Estudar Segmento II

Orientações de Como Estudar Segmento II Orientações de Como Estudar Segmento II Aprender é uma tarefa árdua que exige esforço e método e por isso organizamos algumas dicas para ajudá-lo(la) a aprender Como Estudar! Você verá que as orientações

Leia mais

dicas para usar o celular nas aulas

dicas para usar o celular nas aulas E-book 11 dicas para usar o celular nas aulas Sugestões de atividades com os aplicativos mais básicos e simples de um aparelho Por Talita Moretto É permitido compartilhar e adaptar este material, desde

Leia mais

Projeto Quem sou eu? Tema: Identidade e Autonomia Público alvo: Educação Infantil Disciplina: Natureza e Sociedade Duração: Seis semanas

Projeto Quem sou eu? Tema: Identidade e Autonomia Público alvo: Educação Infantil Disciplina: Natureza e Sociedade Duração: Seis semanas Projeto Quem sou eu? Image URI: http://mrg.bz/q6vqo3 Tema: Identidade e Autonomia Público alvo: Educação Infantil Disciplina: Natureza e Sociedade Duração: Seis semanas Justificativa: Tendo em vista a

Leia mais

Exercícios orientadores da aprendizagem e sua solução; Indicação das referências complementares para cada

Exercícios orientadores da aprendizagem e sua solução; Indicação das referências complementares para cada 9 MATERIAIS DIDÁTICOS - Com base no conhecimento adquirido nas reuniões anteriores, o professor deve preparar uma proposta dos materiais que pretende produzir para o seu curso/disciplina. - É importante

Leia mais

Nada melhor do que colocar em prática os conhecimentos obtidos em nossas aulas, confeccionando um incrível álbum de vegetais.

Nada melhor do que colocar em prática os conhecimentos obtidos em nossas aulas, confeccionando um incrível álbum de vegetais. Nome: Nº: 2º ano Trabalho Interdisciplinar de Ciências e Informática 3º Bimestre Data: Durante este bimestre aprendemos que as plantas, também chamadas de vegetais, são seres vivos, já que nascem, crescem

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA SILVA VERA DE PAULA GARCIA CLEUZA ORTIZ MARTINS A IMPORTÂNCIA DA ÁGUA PARA OS ALUNOS DO 3º ANO

ESCOLA ESTADUAL IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA SILVA VERA DE PAULA GARCIA CLEUZA ORTIZ MARTINS A IMPORTÂNCIA DA ÁGUA PARA OS ALUNOS DO 3º ANO ESCOLA ESTADUAL IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA SILVA VERA DE PAULA GARCIA CLEUZA ORTIZ MARTINS A IMPORTÂNCIA DA ÁGUA PARA OS ALUNOS DO 3º ANO NOVA ANDRADINA - 2009 ESCOLA ESTADUAL IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA SILVA

Leia mais

Projeto Água Nossa de Cada Dia

Projeto Água Nossa de Cada Dia Projeto Água Nossa de Cada Dia http://pixabay.com/pt/gota-%c3%a1gua-macro-628142/ Público alvo: O projeto é destinado a todos os alunos da escola, devendo ser estendido também aos pais e comunidade escolar.

Leia mais

Orientações para Professores. Prezado professor,

Orientações para Professores. Prezado professor, Orientações para Professores Prezado professor, No ano em que a Oficina do texto comemora 10 anos, todos os olhares se voltam para um país em especial: a África do Sul sede da Copa do Mundo de Futebol.

Leia mais

OFICINA. Jogos matemáticos - cores, notações numéricas e quantidades. Letícia Fonseca Reis F. Castro Matemática e Livro das Formas 01/10/2011

OFICINA. Jogos matemáticos - cores, notações numéricas e quantidades. Letícia Fonseca Reis F. Castro Matemática e Livro das Formas 01/10/2011 OFICINA Jogos matemáticos - cores, notações numéricas e quantidades Letícia Fonseca Reis F. Castro Matemática e Livro das Formas 01/10/2011 Matemática Uma das finalidades de estudar matemática é aprender

Leia mais

ESCOLA MONTEIRO LOBATO Unidade 2 Luís Eduardo Magalhães Bahia

ESCOLA MONTEIRO LOBATO Unidade 2 Luís Eduardo Magalhães Bahia PROFESSOR (A): MARGARIDA MIEKO NOCE KURODA DISCIPLINA: LÍNGUA PORTUGUESA / REDAÇÃO ATIVIDADES PROJETO DE LEITURA (OBRAS): - AS MIL E UMA NOITES (CONTOS), VERSÃO ADAPTADA DE PAULO SÉRGIO DE VACONCELOS.

Leia mais

Ensino Fundamental I Regra de Jogo. Gêneros Textuais. Links para os conteúdos sugeridos neste plano estão disponíveis na aba Saiba Mais.

Ensino Fundamental I Regra de Jogo. Gêneros Textuais. Links para os conteúdos sugeridos neste plano estão disponíveis na aba Saiba Mais. Ensino Fundamental I Regra de Jogo. Gêneros Textuais. Competência(s) / Objetivo(s) de Aprendizagem: Reconhecer as características do gênero textual regra de jogo. Analisar e compreender um texto prescritivo..

Leia mais

Disponível em: http://www.portacurtas.com.br/filme.asp?cod=2844

Disponível em: http://www.portacurtas.com.br/filme.asp?cod=2844 Filme: Juro que vi: O Curupira Gênero: Animação Diretor: Humberto Avelar Ano: 2003 Duração: 11 min Cor: Colorido Bitola: 35mm País: Brasil Disponível em: http://www.portacurtas.com.br/filme.asp?cod=2844

Leia mais

PLANEJAMENTO BIMESTRAL QUARTO BIMESTRE 2012 (01/10 a 20/12)

PLANEJAMENTO BIMESTRAL QUARTO BIMESTRE 2012 (01/10 a 20/12) PLANEJAMENTO BIMESTRAL QUARTO BIMESTRE 2012 (01/10 a 20/12) PROFESSORA: Bianca de Souza 6ª SÉRIE - TURMAS: 61 e 62 ÁREA DE CONHECIMENTO: Geografia SEQUÊNCIA DIDÁTICA: O clima, o relevo, a hidrografia,

Leia mais

Normas para elaboração de trabalhos escolares

Normas para elaboração de trabalhos escolares Normas para elaboração de trabalhos escolares Ensino Fundamental 8 os e 9 os anos Ensino Médio fevereiro/2012 O que é um trabalho escolar? É uma atividade relacionada a um tema ou assunto sobre o conteúdo

Leia mais

COMO DEVOLVER AO TEXTO O QUE É DO TEXTO? 1. Maria José Nóbrega

COMO DEVOLVER AO TEXTO O QUE É DO TEXTO? 1. Maria José Nóbrega COMO DEVOLVER AO TEXTO O QUE É DO TEXTO? 1 Ou da importância de auxiliar o escritor iniciante a aplicar em atividades mais complexas as regularidades aprendidas a respeito dos padrões da escrita. Maria

Leia mais

Olá Professor, seja bem vindo!

Olá Professor, seja bem vindo! Olá Professor, seja bem vindo! O trabalho Aula Zuggi de Zuggi foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição- CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada. Atribuição: Zuggi www.zuggi.com.br http://bit.ly/16si4pb

Leia mais

Alunos de 6º ao 9 anos do Ensino Fundamental

Alunos de 6º ao 9 anos do Ensino Fundamental Alunos de 6º ao 9 anos do Ensino Fundamental Resumo Este projeto propõe a discussão da Década de Ações para a Segurança no Trânsito e a relação dessa com o cotidiano dos alunos, considerando como a prática

Leia mais

Atividades para Nota

Atividades para Nota Atividades para Nota 1º TRIMESTRE / 2014 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS GRAMÁTICA REFLEXIVA Profª Virginia Maria Zanfelici 2. Atividades Extras Tarefas de casa, material

Leia mais

Criar perfil de personagens literários na rede

Criar perfil de personagens literários na rede Criar perfil de personagens literários na rede Que tal aliar as leituras literárias da turma ao uso das redes sociais digitais? A proposta desta atividade é que os alunos criem, em rede social, perfis

Leia mais

Jogo ProvocAção. ProvocAção 5.-

Jogo ProvocAção. ProvocAção 5.- Jogo ProvocAção Aprender brincando! Este foi o objetivo do desenvolvimento desse jogo. É um importante instrumento de aprendizagem, possuiu múltiplos usos e garante muita diversão e conhecimento para crianças,

Leia mais

MOSTRA DE CULTURA, CIÊNCIA E TECNOLOGIA ORIENTAÇÕES PARA MONTAGEM DO DOSSIÊ

MOSTRA DE CULTURA, CIÊNCIA E TECNOLOGIA ORIENTAÇÕES PARA MONTAGEM DO DOSSIÊ MOSTRA DE CULTURA, CIÊNCIA E TECNOLOGIA ORIENTAÇÕES PARA MONTAGEM DO DOSSIÊ Prezada Equipe, É com grande prazer que recebemos sua proposta de participação na I Mostra de Cultura, Ciência e Tecnologia do

Leia mais

Caro(a) aluno(a), Estaremos juntos nesta caminhada. Coordenação NEO

Caro(a) aluno(a), Estaremos juntos nesta caminhada. Coordenação NEO Caro(a) aluno(a), seja bem-vindo às Disciplinas Online da Faculdade Presidente Antônio Carlos de Bom Despacho e Faculdade de Educação de Bom Despacho. Em pleno século 21, na era digital, não poderíamos

Leia mais

PLANEJAMENTO TRIMESTRAL III Trimestre / 2009. PROFESSORA: Bianca de Souza NÚCLEO 3 TURMA N3-8 OBJETIVOS 1

PLANEJAMENTO TRIMESTRAL III Trimestre / 2009. PROFESSORA: Bianca de Souza NÚCLEO 3 TURMA N3-8 OBJETIVOS 1 PLANEJAMENTO TRIMESTRAL III Trimestre / 2009 PROFESSORA: Bianca de Souza OBJETIVOS 1 Os objetivos para o terceiro trimestre com a turma N3-8 é o estudo e a construção de uma maquete da escola. Uma sequência

Leia mais

ESCOLA MONDRIAN FUNDAMENTAL SÃO GABRIEL - RS

ESCOLA MONDRIAN FUNDAMENTAL SÃO GABRIEL - RS ESCOLA MONDRIAN FUNDAMENTAL SÃO GABRIEL - RS PROJETO CINEMA MUDO CONSTRUINDO HISTÓRIAS NO DIA DOS PAIS PROFESSORA LIA HEBERLÊ DE ALMEIDA TURMA KANDINSKY PROJETO CINEMA MUDO CONSTRUINDO HISTÓRIAS NO DIA

Leia mais

O que é um Objeto Educacional? página 01. Objeto Educacional passo a passo página 05

O que é um Objeto Educacional? página 01. Objeto Educacional passo a passo página 05 O que é um Objeto Educacional? página 01 Objeto Educacional passo a passo página 05 O que é um Objeto Educacional A definição de Objeto Educacional, adotada pela equipe do projeto Arte com Ciência, é um

Leia mais

ISBN 5708-9594. Apresentação

ISBN 5708-9594. Apresentação Laboratório Inorgânico Apresentação O Laboratório Inorgânico é um jogo de tabuleiro que tem como objetivo ensinar, de forma lúdica, a associação de alguns compostos inorgânicos de uso comum e suas aplicações,

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊNCIA. Sequência Didática II Brincadeira Amarelinha

RELATO DE EXPERIÊNCIA. Sequência Didática II Brincadeira Amarelinha ESCOLA MUNICIPAL JOSÉ EVARISTO COSTA RELATO DE EXPERIÊNCIA Sequência Didática II Brincadeira Amarelinha Professoras: Maria Cristina Santos de Campos. Silvana Bento de Melo Couto. Público Alvo: 3ª Fase

Leia mais

LIVRO DO PROFESSOR LIBRAS 1 O ANO 35. Espaços da escola. Encaminhamento

LIVRO DO PROFESSOR LIBRAS 1 O ANO 35. Espaços da escola. Encaminhamento Atividade 9 Espaços da escola Encaminhamento Leve os alunos para conhecer os espaços da escola: sala de leitura, informática, refeitório, quadra de futebol, parque, etc. Peça para os alunos registrarem

Leia mais

PROJETO MEIO AMBIENTE / PRIMAVERA

PROJETO MEIO AMBIENTE / PRIMAVERA Escola Estadual Leontino Alves de Oliveira PROJETO MEIO AMBIENTE / PRIMAVERA Rio Negro MS, Setembro de 2012. Identificação Escola Estadual Leontino Alves de Oliveira Cidade: Rio Negro MS Período: Setembro

Leia mais

A árvore das árvores

A árvore das árvores A árvore das árvores Resumo O documentário apresenta os múltiplos usos do carvalho para as sociedades, desde tempos remotos até os dias de hoje; além de retratar lendas e histórias sobre essas árvores

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE GEOGRAFIA 2015

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE GEOGRAFIA 2015 ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE GEOGRAFIA 2015 Nome: Nº 6º ano Data: / /2015 Professor: Nota: (valor: 2.0) A - Introdução Neste ano, sua pontuação foi inferior a 60,0 pontos e você não assimilou os conteúdos

Leia mais

CALENDÁRIO 2014 MATERIAIS COMPLEMENTARES DIA 1 DE AGOSTO DIA DO ESTUDANTE

CALENDÁRIO 2014 MATERIAIS COMPLEMENTARES DIA 1 DE AGOSTO DIA DO ESTUDANTE DIA 1 DE AGOSTO DIA DO ESTUDANTE ATIVIDADE 1: GINCANA ESTUDANTIL 1. RESUMO DA AÇÃO 1.1 Proposta Organizar uma gincana para que os estudantes de diferentes salas possam participar e competir, com provas

Leia mais

PROJETO O MUNDO DOS DINOSSAUROS

PROJETO O MUNDO DOS DINOSSAUROS PROJETO O MUNDO DOS DINOSSAUROS http://pixabay.com/pt/tiranossauro-rex-dinossauro-r%c3%a9ptil-284554/ Público alvo: Educação Infantil / Crianças a partir de 3 anos Disciplina: Natureza e Sociedade Duração:

Leia mais

ISBN 5708-9594. Apresentação

ISBN 5708-9594. Apresentação Laboratório Orgânico Apresentação O Laboratório Orgânico é um jogo de tabuleiro que tem como objetivo ensinar, de forma lúdica, a associação dos compostos pertencentes às funções orgânicas: ácido orgânico,

Leia mais

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim I

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim I EDUCAÇÃO INFANTIL Maceió, 12 de março de 2015. GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim I Senhores pais ou responsáveis Iniciamos esta semana os projetos pedagógicos do 1 Trimestre letivo. As turmas de Jardim

Leia mais

ÍNDICE BLUELAB A UTILIZAÇÃO DO BLUELAB PELO PROFESSOR RECURSOS PARA PROFESSORES E ALUNOS...05 INICIANDO O BLUELAB PROFESSOR...06

ÍNDICE BLUELAB A UTILIZAÇÃO DO BLUELAB PELO PROFESSOR RECURSOS PARA PROFESSORES E ALUNOS...05 INICIANDO O BLUELAB PROFESSOR...06 ÍNDICE BLUELAB RECURSOS PARA PROFESSORES E ALUNOS...05 INICIANDO O BLUELAB PROFESSOR...06 ELEMENTOS DA TELA INICIAL DO BLUELAB PROFESSOR guia Meu Espaço de Trabalho...07 A INTERFACE DO BLUELAB...07 INICIANDO

Leia mais

A Turma da Tabuada 3

A Turma da Tabuada 3 A Turma da Tabuada 3 Resumo Aprender brincando e brincando para aprender melhor. É dessa forma que a turma da tabuada nos levará a mais uma grande aventura pelo mundo do espaço e das formas. Na primeira

Leia mais

Propostas para melhorias da fala de crianças com síndrome de down

Propostas para melhorias da fala de crianças com síndrome de down Propostas para melhorias da fala de crianças com síndrome de down Resumo Esse vídeo pretende oferecer instrumentos aos professores da educação infantil e do ensino fundamental para as tarefas da educação

Leia mais

Nome: Nº: Ano/Série: 3º Ano. Trabalho Bimestral de arte Bimestre: 2º Data:

Nome: Nº: Ano/Série: 3º Ano. Trabalho Bimestral de arte Bimestre: 2º Data: Nome: Nº: Ano/Série: 3º Ano Disciplina: Professor: Trabalho Bimestral de arte Bimestre: 2º Data: Aprendemos texturasnas aulas de arte, descobrimos que são características de uma determinada superfície,

Leia mais

Fonte: http://revistaescola.abril.com.br/gestao-escolar/coordenador-pedagogico/projeto-formacao-professoresmatematica-623627.shtml

Fonte: http://revistaescola.abril.com.br/gestao-escolar/coordenador-pedagogico/projeto-formacao-professoresmatematica-623627.shtml Fonte: http://revistaescola.abril.com.br/gestao-escolar/coordenador-pedagogico/projeto-formacao-professoresmatematica-623627.shtml Projeto de formação de professores em Matemática Um projeto exclusivo

Leia mais

EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PORTUGUESA DE LÍNGUA. Anos Iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) MARÇO

EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PORTUGUESA DE LÍNGUA. Anos Iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) MARÇO EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESA MARÇO 2013 Expectativas de Aprendizagem de Língua Portuguesa dos anos iniciais do Ensino Fundamental 1º ao 5º ano Anos Iniciais do Ensino Fundamental (1º

Leia mais

Projeto Escola e família: construindo novos caminhos

Projeto Escola e família: construindo novos caminhos Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO Projeto Escola e família: construindo novos caminhos ELIZÂNGELA. S. VIEIRA COORDENADORA DE PROJETOS EDUCACIONAIS

Leia mais

Matemática na Vida. Série: Razão e Proporção Conceito no dia a dia

Matemática na Vida. Série: Razão e Proporção Conceito no dia a dia Matemática na Vida Série: Razão e Proporção Conceito no dia a dia Resumo Com uma câmera nas mãos, o nosso curioso personagem Euclides, procura compreender os mistérios da Matemática por de trás de situações

Leia mais

No quadro abaixo, transcreva sua resenha, organizando-a conforme solicitado:

No quadro abaixo, transcreva sua resenha, organizando-a conforme solicitado: Colégio Pedro II Unidade Escolar Realengo II Informática Educativa 2014 Professores: Simone Lima e Alexandra Alves (informática educativa) Raquel Cristina, Reni Nogueira e Marcos Ponciano (Língua Portuguesa)

Leia mais

8ª Série Datas de Provas e Trabalhos. Turma 81. Filosofia Data Atividade Conteúdo Postado 03/07 Trabalho de Pesquisa Laboratório de Informática

8ª Série Datas de Provas e Trabalhos. Turma 81. Filosofia Data Atividade Conteúdo Postado 03/07 Trabalho de Pesquisa Laboratório de Informática 8ª Série Datas de Provas e Trabalhos Turma 81 Filosofia 03/07 Trabalho de Pesquisa Laboratório de Informática Conceito de Bem e Justiça Língua Inglesa 14/06 Tradução Escolher texto da página 19 e 20 ou

Leia mais

Tempo e Clima. Episódios: Luz solar e temperatura, Montanhas, Nuvens, Tempestades, Tempestades, ciclones e furacões, Ventos.

Tempo e Clima. Episódios: Luz solar e temperatura, Montanhas, Nuvens, Tempestades, Tempestades, ciclones e furacões, Ventos. Tempo e Clima Episódios: Luz solar e temperatura, Montanhas, Nuvens, Tempestades, Tempestades, ciclones e furacões, Ventos. Resumo A série Tempo e Clima constitui-se de documentários que descrevem grandes

Leia mais

Aprendendo a escrever com Ciências: A gotinha d água

Aprendendo a escrever com Ciências: A gotinha d água Aprendendo a escrever com Ciências: A gotinha d água Sala 4 Língua Portuguesa EF I EE PROFA. ZENAIDE AVELINO MAIA Professora Apresentadora: Sueli Aparecida Valente Realização: Justificativa Através da

Leia mais

JUQUERIQUERÊ. Palavras-chave Rios, recursos hídricos, meio-ambiente, poluição, questão indígena.

JUQUERIQUERÊ. Palavras-chave Rios, recursos hídricos, meio-ambiente, poluição, questão indígena. JUQUERIQUERÊ Resumo Neste breve documentário, um índio faz uma retrospectiva de como ele vivia na região do Rio Juqueriquerê, localizada no litoral norte do Estado de São Paulo. Em seu relato, compara

Leia mais

Cores e Formas. Aplicando os conceitos da reciclagem, fazer uso das formas geométricas como materiais para a composição e decomposição de figuras.

Cores e Formas. Aplicando os conceitos da reciclagem, fazer uso das formas geométricas como materiais para a composição e decomposição de figuras. Cores e Formas 1) Objetivo Geral Aplicando os conceitos da reciclagem, fazer uso das formas geométricas como materiais para a composição e decomposição de figuras. 2) Objetivo Específico Reconhecimento,

Leia mais

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL 1. TÍTULO DO PROGRAMA As histórias do Senhor Urso. 2. EPISÓDIO TRABALHADO "A peça". 3. SINOPSE DO EPISÓDIO ESPECÍFICO Em um dia de verão, os brinquedos aproveitam o sol

Leia mais

Plano de Trabalho com Projetos

Plano de Trabalho com Projetos PREFEITURA DE JARAGUÁ DO SUL SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO FUNDAMENTAL 1. Identificação: Plano de Trabalho com Projetos Escola Municipal de Ensino Fundamental Renato Pradi Professora:

Leia mais

:: NOVA ESCOLA ON-LINE ::

:: NOVA ESCOLA ON-LINE :: Page 1 of 7 Planos de aula Educação Infantil Conhecimento de Mundo Natureza e Sociedade Seres Vivos Plano de trabalho O ovo vira pinto Introdução Muito freqüentemente, o trabalho com as ciências naturais,

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO 1

PROJETO PEDAGÓGICO 1 PROJETO PEDAGÓGICO 1 Projeto Pedagógico Por Beatriz Tavares de Souza* Silêncio criativo Em Catador de Palavras, o jovem leitor tem a oportunidade de escolher as palavras mais adequadas que o ajudarão a

Leia mais

Guia de Discussão Série Eu e meu dinheiro Episódio: O pão da avó

Guia de Discussão Série Eu e meu dinheiro Episódio: O pão da avó Guia de Discussão Série Eu e meu dinheiro Episódio: O pão da avó Sumário Sobre a série... 3 Material de apoio... 3 Roteiro para uso dos vídeos em grupos... 4 Orientações para o facilitador... 4 Conduzindo

Leia mais

Elaboramos algumas atividades referentes a revisão de prérequisitos. Faça as atividades com calma e capricho. Lembre-se de trazer todas

Elaboramos algumas atividades referentes a revisão de prérequisitos. Faça as atividades com calma e capricho. Lembre-se de trazer todas Srs. Pais e alunos, Elaboramos algumas atividades referentes a revisão de prérequisitos para iniciação de novos conteúdos. Faça as atividades com calma e capricho. Lembre-se de trazer todas quando voltarmos,

Leia mais

Tema: Tradições religiosas e mítico-filosóficas

Tema: Tradições religiosas e mítico-filosóficas PLANEJAMENTO DA APRENDIZAGEM O TRABALHO PEDAGÓGICO NO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA Professora Sileane Ribeiro matrícula 135.277 Duração: 8 aulas de 50 minutos = 2 meses Série: 5ª Ensino Fundamental Número

Leia mais

Questão 1 / Tarefa 1. Questão 1 / Tarefa 2. Questão 1 / Tarefa 3. Questão

Questão 1 / Tarefa 1. Questão 1 / Tarefa 2. Questão 1 / Tarefa 3. Questão Neste teste, a resolução da questão 1 exige a audição de uma sequência de três músicas que serão executadas sem interrupção: uma vez, no início do teste; uma vez, dez minutos após o término da primeira

Leia mais

OFICINA. Jogos matemáticos - Notações numéricas, quantidades e operações. Letícia Fonseca Reis F. Castro Matemática 08/10/2011

OFICINA. Jogos matemáticos - Notações numéricas, quantidades e operações. Letícia Fonseca Reis F. Castro Matemática 08/10/2011 OFICINA Jogos matemáticos - Notações numéricas, quantidades e operações Letícia Fonseca Reis F. Castro Matemática 08/10/2011 Matemática Uma das finalidades de estudar matemática é aprender como se resolvem

Leia mais

CADERNO DE ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO. Artes

CADERNO DE ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO. Artes COLÉGIO ARNALDO 2015 CADERNO DE ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO. Artes Aluno (a): 5º ano: Turma: Professor (a): Valor: 20 pontos Este trabalho deverá ser entregue IMPRETERIVELMENTE no dia da prova. Prezado(a)

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE MATEMÁTICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE MATEMÁTICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE MATEMÁTICA ANÁLISE COMBINATÓRIA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: UMA PROPOSTA DE ENSINO A PARTIR

Leia mais

Manual e Normas Sistema Disciplina Online

Manual e Normas Sistema Disciplina Online Manual e Normas Sistema Disciplina Online 2011-2 1 SUMÁRIO Pág. 1. Sistema Disciplina Online - Aluno (UNIP). 05 1.1. Acesso ao sistema Disciplina Online - Aluno (UNIP). 05 1.2. Observações. 05 2. Sistema

Leia mais

Sistema Maxi no Ensino Fundamental I

Sistema Maxi no Ensino Fundamental I Sistema Maxi no Ensino Fundamental I Características do segmento Ensino Fundamental: Anos Iniciais compreende do 1º ao 5º ano a criança ingressa no 1º ano aos 6 anos de idade Fonte: shutterstock.com Material

Leia mais

Plano de Trabalho com Projetos

Plano de Trabalho com Projetos PREFEITURA DE JARAGUÁ DO SUL SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO FUNDAMENTAL Plano de Trabalho com Projetos 1. Identificação: Escola Municipal de Ensino Fundamental Renato Pradi Professora:

Leia mais

15. OLHA QUEM ESTÁ NA WEB!

15. OLHA QUEM ESTÁ NA WEB! 7 a e 8 a SÉRIES / ENSINO MÉDIO 15. OLHA QUEM ESTÁ NA WEB! Sua home page para publicar na Internet SOFTWARES NECESSÁRIOS: MICROSOFT WORD 2000 MICROSOFT PUBLISHER 2000 SOFTWARE OPCIONAL: INTERNET EXPLORER

Leia mais

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 3 Planejando a Ação Voluntária

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Organizando Voluntariado na Escola Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Objetivos 1 Entender a importância de fazer um planejamento. 2 Aprender como planejar o projeto de voluntariado. 3 Conhecer ferramentas

Leia mais

Áreas de conhecimento: Língua Portuguesa, História e Temas Transversais.

Áreas de conhecimento: Língua Portuguesa, História e Temas Transversais. Projeto Bolsa Escola pública e Universidade na Alfabetização Faculdade Morumbi Sul E.E. Prof.ª Maria JAnnuzzi Mascari Série: 4ª série H PIC Professor Responsável: Tiago Aquilano Aluna Pesquisadora: Milena

Leia mais

Seminário Sobre Reunir Registros

Seminário Sobre Reunir Registros Seminário Sobre Reunir Registros Esta lição e seus recursos de aprendizado podem ser usados para preparar um seminário de três a quatro horas sobre preparar, reunir, processar e entregar os registros a

Leia mais

SUMÁRIO TUTORIAL DO HQ. 2 DICAS PEDAGÓGICAS:. 2 DOWNLOAD DA INSTALAÇÃO. 2 PASSO 1 FORMULÁRIO PARA DOWNLOAD. 2 PASSO 2 ESCOLHENDO A VERSÃO.

SUMÁRIO TUTORIAL DO HQ. 2 DICAS PEDAGÓGICAS:. 2 DOWNLOAD DA INSTALAÇÃO. 2 PASSO 1 FORMULÁRIO PARA DOWNLOAD. 2 PASSO 2 ESCOLHENDO A VERSÃO. SUMÁRIO TUTORIAL DO HQ... 2 DICAS PEDAGÓGICAS:... 2 DOWNLOAD DA INSTALAÇÃO... 2 PASSO 1 FORMULÁRIO PARA DOWNLOAD... 2 PASSO 2 ESCOLHENDO A VERSÃO... 3 PASSO 3 INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO... 4 CRIANDO NOVAS

Leia mais

Jogos matemáticos para as Séries Iniciais do Ensino Fundamental Marli Teresinha Quartieri (mtquartieri@univates.br) Ieda Maria Giongo

Jogos matemáticos para as Séries Iniciais do Ensino Fundamental Marli Teresinha Quartieri (mtquartieri@univates.br) Ieda Maria Giongo Jogos matemáticos para as Séries Iniciais do Ensino Fundamental Marli Teresinha Quartieri (mtquartieri@univates.br) Ieda Maria Giongo (igiongo@univates.br) Márcia Jussara Hepp Rehfeldt (mrefeldt@univates.br)

Leia mais

Agora elabore duas perguntas que você gostaria de fazer para as meninas.

Agora elabore duas perguntas que você gostaria de fazer para as meninas. Nome: Data: / /2013 Professora: Classe: F-3 A TAREFA DE LÍNGUA PORTUGUESA Como já sabemos, no dia 12/9 receberemos Laura, Tamara e Marininha Klink, autoras do livro Férias na Antártica. Se você quiser

Leia mais

PROJETO DE LEITURA E ESCRITA. Era uma vez... E conte outra vez.

PROJETO DE LEITURA E ESCRITA. Era uma vez... E conte outra vez. PROJETO DE LEITURA E ESCRITA Era uma vez... E conte outra vez. CARACTERIZAÇÃO DO PROJETO TEMA; PROJETO DE LEITURA E ESCRITA. Era uma vez... E conte outra vez. INSTITUIÇÃO Escola Estadual Lino Villachá

Leia mais

Professores Formadores NTE Uruaçu-GO

Professores Formadores NTE Uruaçu-GO Professores Formadores NTE Uruaçu-GO Núcleo de Tecnologia Educacional de Uruaçu NTE - 1 - INTRODUÇÃO O Aplicativo KolourPaint é utilizado para edição de desenhos e construção de conhecimento utilizando

Leia mais

Atividades. Caro professor, cara professora,

Atividades. Caro professor, cara professora, Atividades Caro professor, cara professora, Apresentamos mais uma nova proposta de atividade sobre alguns dos temas abordados pelo programa Escravo, nem pensar!, da ONG Repórter Brasil*. Ela inaugura a

Leia mais

Conhecendo os países, os continentes e os oceanos

Conhecendo os países, os continentes e os oceanos Conhecendo os países, os continentes e os oceanos nós na sala de aula - módulo: geografia 4º e 5º anos - unidade 5 As atividades propostas pretendem estimular as crianças a perceber as ideias de continente,

Leia mais

GUIA DO ALUNO. Bom trabalho e conte conosco para trilhar este caminho com sucesso!

GUIA DO ALUNO. Bom trabalho e conte conosco para trilhar este caminho com sucesso! GUIA DO ALUNO Olá! Seja bem-vindo novamente! Este guia apresenta algumas informações e orientações para auxiliá-lo na sua participação e aprendizagem. Também lhe ajudará a organizar seu estudo no decorrer

Leia mais

Bumba meu boi. Conhecer a diversidade cultural brasileira. Conhecer a lenda do bumba meu boi. Conhecer a origem das danças e folguedos.

Bumba meu boi. Conhecer a diversidade cultural brasileira. Conhecer a lenda do bumba meu boi. Conhecer a origem das danças e folguedos. e ucáçá~o I fa til Justificativa O projeto possibilita à criança conhecer e comparar os diferentes grupos sociais e suas tradições históricas. Consiste em apresentar atividades com a intenção de propiciar

Leia mais

Sugestão de Planejamento da Semana Pedagógica

Sugestão de Planejamento da Semana Pedagógica GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA EDUCAÇÃO E CULTURA DIRETORIA REGIONAL DE ENSINO DE ARAGUAINA SETOR REGIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO E ENSINO INTEGRAL Sugestão de Planejamento da Semana

Leia mais

Como adquirir os materiais didáticos do Moderna.Compartilha

Como adquirir os materiais didáticos do Moderna.Compartilha Como adquirir os materiais didáticos do Moderna.Compartilha MODERNA.COMPARTILHA: INTEGRAR TECNOLOGIA E CONTEÚDOS A FAVOR DO APRENDIZADO. Os alunos deste século estão conectados com novas ideias, novas

Leia mais

Meio Ambiente PROJETOS CULTURAIS. 4 0 a O - fu dame tal. Cuidar da vida também é coisa de criança. Justificativa

Meio Ambiente PROJETOS CULTURAIS. 4 0 a O - fu dame tal. Cuidar da vida também é coisa de criança. Justificativa Meio Ambiente 4 0 a O - fu dame tal Cuidar da vida também é coisa de criança Justificativa PROJETOS CULTURAIS Na idade escolar, as crianças estão conhecendo o mundo (Freire, 1992), sentindo, observando,

Leia mais

Cartão postal. CONSULTORAS Patrícia Corsino e Hélen A. Queiroz

Cartão postal. CONSULTORAS Patrícia Corsino e Hélen A. Queiroz Cartão postal CONSULTORAS Patrícia Corsino e Hélen A. Queiroz SINOPSE geral da série Chico, 6 anos, adora passar as tardes na estamparia de fundo de quintal do seu avô. Nela, Vô Manu construiu um Portal

Leia mais

Fazendo cinema na escola

Fazendo cinema na escola Fazendo cinema na escola Arte audiovisual dentro e fora da sala de aula Alex Moletta FAZENDO CINEMA NA ESCOLA Arte audiovisual dentro e fora da sala de aula Copyright 2014 by Alex Moletta Direitos desta

Leia mais

Manual do Aluno ENSINO MÉDIO - 2015. Dicas do professor para sua Organização Pessoal

Manual do Aluno ENSINO MÉDIO - 2015. Dicas do professor para sua Organização Pessoal Ensino. Médio Quando mudamos de ciclo mudam-se também as exigências na confecção dos trabalhos, e entre as principais 2015 Manual do Aluno exigências, surge à nova formatação dos chamados TRABALHOS CIENTÍFICOS,

Leia mais

PORTFÓLIO NA ED. INFANTIL COMO ORGANIZÁ-LO E O QUE USAR NA AVALIAÇÃO

PORTFÓLIO NA ED. INFANTIL COMO ORGANIZÁ-LO E O QUE USAR NA AVALIAÇÃO Copyright Eduqa.me 2015 Todos os direitos reservados. PORTFÓLIO NA ED. INFANTIL COMO ORGANIZÁ-LO E O QUE USAR NA AVALIAÇÃO SUMÁRIO Tipos de portfólio...3 Como organizar...5 Avaliando...7 a) Oralidade...8

Leia mais

REGRAS DOS JOGOS TRABALHADOS NO PROJETO BRINCANDO COM A MATEMÁTICA

REGRAS DOS JOGOS TRABALHADOS NO PROJETO BRINCANDO COM A MATEMÁTICA REGRAS DOS JOGOS TRABALHADOS NO PROJETO BRINCANDO COM A MATEMÁTICA 1- JOGO DAS OPERAÇÕES a) Aprendizagem: Resolver adições e subtrações em situações-problema referentes ao campo aditivo. 1 dado com os

Leia mais

Plano de Trabalho Docente - 2014. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente - 2014. Ensino Médio Plano de Trabalho Docente - 2014 Ensino Médio Código: 0262 ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Área de Conhecimento: Linguagens, códigos e suas tecnologias. Componente Curricular: Artes Série:

Leia mais

MATEMÁTICA EM TODA PARTE II

MATEMÁTICA EM TODA PARTE II MATEMÁTICA EM TODA PARTE II Episódio: Matemática na Cidade Resumo O Episódio Matemática na Cidade, o segundo da série Matemática em Toda Parte II, vai abordar situações envolvendo fluxo e movimento nas

Leia mais

Ministério da Educação. Primavera 2014. Atualização do Redesenho do Currículo

Ministério da Educação. Primavera 2014. Atualização do Redesenho do Currículo Ministério da Educação Primavera 2014 Atualização do Redesenho do Currículo Em 2010, o Ministério da Educação começou a transformar o sistema educacional de British Columbia, Canadá, Ensino Infantil Médio

Leia mais

1ª a 5ª série. (Pró-Letramento, fascículo 1 Capacidades Linguísticas: Alfabetização e Letramento, pág.18).

1ª a 5ª série. (Pró-Letramento, fascículo 1 Capacidades Linguísticas: Alfabetização e Letramento, pág.18). SUGESTÕES PARA O APROVEITAMENTO DO JORNAL ESCOLAR EM SALA DE AULA 1ª a 5ª série A cultura escrita diz respeito às ações, valores, procedimentos e instrumentos que constituem o mundo letrado. Esse processo

Leia mais

1. Ao clicar no link http://edukatu.org.br/ você verá a página inicial do Edukatu.

1. Ao clicar no link http://edukatu.org.br/ você verá a página inicial do Edukatu. Bem vindo ao Edukatu! Para nós, do Instituto Akatu, é uma grande alegria contar com sua participação e engajamento no Edukatu Rede de Aprendizagem para o Consumo Consciente! Para participar, é fácil! Siga

Leia mais

Pedagogia Profª Silvia Perrone. Ensino de Língua Portuguesa. Roteiro. Teorias que orientam o ensino

Pedagogia Profª Silvia Perrone. Ensino de Língua Portuguesa. Roteiro. Teorias que orientam o ensino Pedagogia Profª Silvia Perrone Ensino de Língua Portuguesa Roteiro Teorias que orientam o ensino: empirista e construtivista. A visão de texto nas diferentes teorias. Ensinar a produzir textos na escola.

Leia mais

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Mestrado Profissional em Ensino de Ciências Campus Nilópolis Ana Paula Inacio Diório AS MÍDIAS

Leia mais

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim II

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim II EDUCAÇÃO INFANTIL Maceió, 05 de outubro de 2015. GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim II Senhores pais ou responsáveis Seguem abaixo os temas, objetivos, atividades e evento de culminância dos projetos

Leia mais

Mapa. CONSULTORAS Patrícia Corsino e Hélen A. Queiroz

Mapa. CONSULTORAS Patrícia Corsino e Hélen A. Queiroz Mapa CONSULTORAS Patrícia Corsino e Hélen A. Queiroz SINOPSE geral da série Chico, 6 anos, adora passar as tardes na estamparia de fundo de quintal do seu avô. Nela, Vô Manu construiu um Portal por onde

Leia mais

Teorema de Pitágoras. Módulo 1 Unidade 10. Para início de conversa... Matemática e Suas Tecnologias Matemática 1

Teorema de Pitágoras. Módulo 1 Unidade 10. Para início de conversa... Matemática e Suas Tecnologias Matemática 1 Módulo 1 Unidade 10 Teorema de Pitágoras Para início de conversa... Certamente, você já deve ter ouvido falar no Teorema de Pitágoras. Pois bem, nesta unidade, ele será o centro das atenções, mas vamos

Leia mais

PLANO DE UTILIZAÇÃO DO MATERIAL ESCOLAR 2015 EDUCAÇÃO INFANTIL - MATERNAL. Material Plano de Utilização Componente Curricular Trimestre Letivo

PLANO DE UTILIZAÇÃO DO MATERIAL ESCOLAR 2015 EDUCAÇÃO INFANTIL - MATERNAL. Material Plano de Utilização Componente Curricular Trimestre Letivo UNBEC UNIÃO NORTE BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO E CULTURA COLÉGIO MARISTA CHAMPAGNAT Portaria de Recredenciamento nº 192, de 25/8/2014 SEEDF QSD Área Especial nº 1, Taguatinga DF Telefone: (61) 2191-1522 PLANO

Leia mais

CONCEITOS. Artes História do retrato-pintura. História do retrato-fotografia. Arte e tecnologia. Matemática Transformações.

CONCEITOS. Artes História do retrato-pintura. História do retrato-fotografia. Arte e tecnologia. Matemática Transformações. Sala de Professor MESTRE JÚLIO: RETRATO PINTADO CONCEITOS Artes História do retrato-pintura. História do retrato-fotografia. Arte e tecnologia. Matemática Transformações. Sociologia Indústria cultural.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA/UFSC/SC RELATÓRIO SUCINTO: MÊS JUNHO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA/UFSC/SC RELATÓRIO SUCINTO: MÊS JUNHO 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA/UFSC/SC 1. Dados do Município ou GERED a) Município: FLORIANÓPOLIS b)município/gered: SECRETARIA MUNICIPAL RELATÓRIO

Leia mais