07/2009. Termo de Referência para o Desenvolvimento do Portal do Idec e do Banco de Informações sobre Participação do Consumidor na Regulação Anexo 1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "07/2009. Termo de Referência para o Desenvolvimento do Portal do Idec e do Banco de Informações sobre Participação do Consumidor na Regulação Anexo 1"

Transcrição

1 07/2009 Termo de Referência para o Desenvolvimento do Portal do Idec e do Banco de Informações sobre Participação do Consumidor na Regulação Anexo 1

2 Índice 2 Índice Introdução... 3 Objetivos do Portal... 4 Contexto e desafios do Portal do Idec... 5 Perfis de utilização e busca de informação do Portal... 5 Conteúdo do Portal do Idec... 6 Dimensões institucionais do Portal... 6 Mapa do Conteúdo... 7 Principais conteúdos e funcionalidades... 8 Página Inicial... 8 Banco de Informações sobre participação dos consumidores na regulação... 8 Revista do Idec...10 Área do Associado...10 Institucional...11 Biblioteca...12 Notícias...12 Idec em Ação...13 Eventos...13 Hotsites e Campanhas...14 Áreas de atuação...14 Educação para o Consumo...14 Orientações...15 Objetos do termo de referência Mapeamento dos requisitos de funcionalidades e conteúdo Elaboração da arquitetura e da taxonomia da informação a serem utilizadas no Portal do Idec para a organização das informações Elaboração do diagrama de navegação nos conteúdos Elaboração do sistema de busca Elaboração do banco de informações sobre participação dos consumidores na regulação Elaboração do projeto gráfico (design) do Portal Implementação do Portal do Idec Suporte e manutenção...18 Pressupostos do Desenvolvimento... 19

3 Introdução 3 Introdução A quantidade e a velocidade com que as com que informações são disponibilizadas na web cresce a cada dia. Em meio à guerra virtual de informação, ganham destaque conteúdos de qualidade, produzidos de forma independente. Entretanto, as informações que deixam de ser indexadas ou que complicam o acesso direto e rápido são condenadas à irrelevância, além de não colaborarem para a construção de conhecimento. O site do Idec possui um grande conteúdo informativo que trata aborda de diversos temas de interesse do consumidor, tanto para a sua vida cotidiana quanto informações sobre as discussões técnicas e políticas que podem afetar os direitos do consumidor. A proposta em pauta para o portal do Idec visa organizar todo o conteúdo online do Instituto e de facilitar o acesso à informação pelos interessados, incluindo o público em geral e os associados do Idec. Uma atenção especial deve ser dada ao banco de informações sobre a participação dos consumidores no processo regulatório, que será utilizado pelos profissionais do Idec e de outras organizações de defesa do consumidor. Além disso, o Portal do Idec também tem como objetivo auxiliar a organização na busca de sua auto-sustentação institucional, permitindo tanto ampliar o número de associados como e fidelizar os existentes por meio de ferramentas de relacionamento e de serviços.

4 Objetivos do Portal 4 Objetivos do Portal Os objetivos principais do Portal do Idec são: 1. Informação e organização 1.1. Organizar e relacionar a diversidade de informações e conteúdos do site, incluindo ferramentas de busca eficientes e lógicas de navegação que permitam localizar conteúdos mais antigos; 1.2. Facilitar e tornar mais intuitiva a busca de informações e orientação sobre problemas de consumo, de acordo com os interesses dos diversos perfis dos internautas; 1.3. Conferir mais flexibilidade na apresentação da informação; 1.4. Implementar um banco de informações sobre participação dos consumidores nos processos regulatórios. 2. Funcionalidades e serviços para o público e os associados 2.1. Aumentar o conteúdo de serviços e ferramentas disponíveis (matérias, calculadoras, simuladores...); 2.2. Personalizar os serviços aos associados, facilitando seu acesso e utilização (ações judiciais em que a pessoa está envolvida, dados da associação, mensagens, etc...); 2.3. Facilitar a comunicação entre o Idec e seus associados; 2.4. Utilizar ferramentas multimídia e recursos visuais (vídeos, áudios, etc); 3. Interatividade 3.1. Ampliar os canais de participação e mobilização do público, tornando-os mais atrativos e integrados ao site; 3.2. Integrar o Portal e sua operação com ferramentas e recursos de redes sociais e notícias, tais como RSS, blogs, Twitter, Orkut Marketing e comercial 4.1. Facilitar e incentivar a associação e a doação ao Idec; 4.2. Integrar as lojas ao site (e ao conteúdo circunstancial) e com identidade visual harmônica.

5 Contexto e desafios do Portal do Idec 5 Contexto e desafios do Portal do Idec O planejamento e a implementação de um novo Portal do Idec deve levar em conta diversos elementos explicados a seguir. Além disso, a Empresa deve considerar que diversas estruturas enunciadas já existem no atual Portal e deverão ser reaproveitadas com aperfeiçoamentos, de forma a aperfeiçoar os esforços de todas as partes e maximizar os recursos. Perfis de utilização e busca de informação do Portal Apesar de não possuirmos uma pesquisa no assunto, a nossa experiência com diversos públicos do Idec indicam que os perfis de interesses de informação englobam as seguintes necessidades: Orientação sobre direitos; Ativismo e redes; Serviços e dicas de consumo (inclui testes e pesquisas); Informações e discussões sobre políticas públicas e regulação; Atualidades na defesa do consumidor, incluindo discussões das políticas públicas sobre consumo e direitos; Fonte de consulta para acadêmicos e pesquisadores; Consultas jurídicas (advogados, juízes, Ministério Público, Procons); Conhecer o Idec; Material sobre educação para o consumo responsável. A atividade do Idec possui várias dimensões que devem ser contempladas e combinadas no seu Portal. A s dimensões orientam estratégias editoriais e de conteúdo.

6 Conteúdo do Portal do Idec 6 Conteúdo do Portal do Idec DIMENSÕES INSTITUCIONAIS DO PORTAL As atividades do Idec abrangem uma variada gama de assuntos e forma de atuação. Essa gama se reflete nas dimensões institucionais que deverão ser contempladas pelo Portal do Idec por meio do conteúdo e da sua organização. Assim, as dimensões do site do Idec podem ser classificadas da seguinte forma: Institucional: objetiva mostrar o que é o Idec para o público geral. Contempla seções que tratam de tornar pública a missão da instituição e todo conteúdo a respeito da sua composição, regras e funcionamento. Também se incluem aqui os materiais de divulgação para imprensa (spots, releases, fotos e currículos etc). Informativa: estão incluídas nesta dimensão matérias sobre dicas e especiais, matérias sobre testes e pesquisas, revista do Idec, etc. O conteúdo possui caráter mais informativo e de utilidade prática para o associado e para o internauta em geral e inclui áreas abertas e fechadas do site. Serviço: Prestação de serviço ao associado, como orientações sobre problemas de consumo, auto-consulta, andamento de ações judiciais, ferramentas online, etc. O site deve se constituir em um importante diferencial e elemento de relacionamento e fidelização com os associados do Idec. Política e advocacy: nesta dimensão estão às opiniões e posições da organização, mesmo as referentes a fatos, notícias e acontecimentos. Exemplos: Idec em Ação, textos de opinião, posicionamento, assim como os espaços de cyber ativismo e campanhas. Nesta função podem ser pensados também os blogs, dependendo de seu conteúdo. Comercial: tratam dos aspectos relativos ao marketing em geral e também a atividades comerciais, como a venda de publicações, produtos, a associação do Idec e a assinatura da revista. Essas dimensões classificam e indicam o relacionamento entre os conteúdos e tipos de informações que podem estar contempladas nas páginas do portal.

7 Conteúdo do Portal do Idec 7 MAPA DO CONTEÚDO O mapa a seguir mostra o atual conteúdo do Portal do Idec. As áreas de atuação, além de se constituirem em seções específicas do site, servem também para classificar o conteúdo informativo (matérias da revista, notícias, Idec em ação), permitindo uma navegação cruzada no Portal.

8 Conteúdo do Portal do Idec 8 É importante ter em mente que, no novo Portal do Idec, ao conteúdo de qualquer seção deve se relacionar com conteúdos relevantes da mesma ou de uma outra seção do site. Por exemplo, uma matéria do Idec em Ação (seção do site atual) sobre o tema planos de saúde deve se relacionar com matérias da seção Notícias e da revista sobre o mesmo tema, com orientações sobre os direitos e com eventuais livros da Loja do Idec, além da possibilidade da pessoa se associar. O Portal deve permitir uma navegação não linear entre diversas seções do portal, considerando os temas e palavras chaves do conteúdo acessado. PRINCIPAIS CONTEÚDOS E FUNCIONALIDADES O portal do Idec suportará diferentes sites e diversas páginas de conteúdo, onde o mesmo poderá ser textual ou multimídia. No entanto algumas seções terão funcionalidades especificas, são elas: Página Inicial Descrição: Contém os links para todas as áreas de conteúdo do portal e conteúdo/notícias mais relevantes e recentes. Abordagem do design deve refletir sentimento de união, transparência, otimismo, pessoas, coletividade, protagonismo e ação coletiva no sentido de trabalho pelo bem comum. A página tem que refletir que somos agentes da mudança. Deve ser uma página onde possa acessar qualquer informação ou serviço do Idec. Precisa possuir um layout agradável e clean. Utilizar uma navegação fácil e intuitiva. Identificação. Área de login e senha para os associados. Busca. Campo para busca de conteúdo do portal. Banner. Espaço de destaque para publicação de banners de campanha e associação Cadastro Boletim. Mini formulário de cadastro para recebimento do informativo eletrônico. Banco de Informações sobre participação dos consumidores na regulação Descrição: é um banco aberto para o público em geral consultar informações sobre às consultas e audiências públicas promovidas pelas agências reguladoras. Integrar-se visualmente com a identidade do portal. Visual limpo e arrojado, facilitando a leitura e as áreas de destaque. Deve ser perceptível e sutil a diferença visual entre essa seção e as outras do portal.

9 Conteúdo do Portal do Idec 9 Cadastro de usuários. A participação é um ponto chave desta seção, por isto, será necessário um cadastro para que os usuários possam comentar e, até mesmo, publicar conteúdos. Este cadastro terá níveis de permissão de publicação de conteúdo. Notícias. Esta terá conteúdo relevante as consultas, audiências e setores regulados. O mesmo deve contar ainda com um sistema de Really Simple Syndication (RSS 1 ) para divulgação de atualização de conteúdo. Consultas Públicas. São compostas pelo seguinte conteúdo: o Texto do regulamento posto em consulta o Formulário oficial para contribuição o Link para o site da agência o Documentos relacionados ao tema Oficiais disponibilizados pela agência upload realizado pelo usuário administrador. Estudos; Notícias; Apresentações. Produzidos pelo Idec upload realizado pelo usuário administrador. Estudos; Testes e pesquisas; Apresentações; Comentários; Contribuições. Disponibilizados por outras organizações upload realizado pelo usuário editor. Comentários; Textos; Contribuições. Audiências Públicas. São compostas pelo seguinte conteúdo: o Data; o Local; o Convocação/Convite; o Outras informações; o Link para o site da agência; o Ata /relatório [para audiências já realizadas]; o Participantes [para audiências já realizadas]. Busca e Acesso. Os dados no banco são acessados da seguinte forma: Por status; Por setores regulados; Por agência reguladora. 1 RSS é um subconjunto de "dialetos" XML que servem para agregar conteúdo ou "Web syndication", podendo ser acessado mediante programas ou sites agregadores. É usado principalmente em sites de notícias e blogs.

10 Conteúdo do Portal do Idec 10 Revista do Idec Descrição: é uma publicação mensal impressa, também disponibilizada online para seus associados, na qual são publicados testes, pesquisas, orientações e o andamento das ações judiciais e campanhas do Idec. Ter a imagem de capa da última edição e os principais títulos das chamadas. Assinatura. Possuir integração com o sistema de assinatura/renovação. Busca Edições. Ter um sistema de busca de conteúdo para edições anteriores. o Possuir sistema de identificação para leitura de edições anteriores exclusiva para assinante e/ou associado. Área do Associado Descrição: área exclusiva para os associados do Idec. Entre os principais atuais serviços destacam-se a Auto-Consulta. Diferenciar o layout/design do portal quando o associado estiver logado. Isto ajuda a rápida identificação visual quanto a sua sessão for ativa. Utilizar ícones para acessar as principais funcionalidades desta área. Atualização dos dados. Quando o associado clicar nesta funcionalidade os dados ficam disponíveis para revisão e alteração do que for necessário. Lembrete de senha. Possibilidade de alteração de senhas e lembretes para recuperálas em caso de esquecimento. Informações de contato. Disponibilizar na mesma página, após o login, as informações de contato com o Idec de acordo com a sua modalidade de associação. Áreas de interesse. Área para cadastramento dos temas de interesse dos associados, com o objetivo de conseguir incluí-los em mailings específicos, fornecendo uma comunicação mais relevante. Conteúdo personalizado. Página com a seleção do conteúdo de interesse, além da divulgação de eventos, reuniões temáticas, manifestações, assembléias e balanço social. Migrar/Renovar associação. Permitir que o associado possa mudar a modalidade de associação a qualquer momento. Nos casos de termino do período da associação, permitir também, a opção de renovação da associação. Histórico de Faturas. Relação de todas as transações bancárias realizadas relacionadas aquele associado. Isto traz transparência quanto a valores e formas de pagamento já utilizadas. Impressão de boletos. Em casos de débitos em abertos será possível imprimir um boleto de cobrança para regularização. Auto-consulta. É o repositório de orientações e modelos de cartas para auxiliar a solucionar algum problema de relação de consumo. Esta seção deve permitir busca por

11 Conteúdo do Portal do Idec 11 palavra chave e usar ícones para distinguir as áreas de segmentação. Esta seção requer muito atenção e uma arquitetura da informação diferenciada. Ações Judiciais. Segmentar as ações: ações movidas pelo Idec e ações que o associado participa. Idec Responde. Um formulário de contato direto do Idec com o associado, segmentado por assunto. Por exemplo: Código de Defesa do Consumidor, Questões institucionais, Dúvidas sobre a associação e sugestões/reclamações. Atendimento online. Ferramenta no estilo chat para contato instantâneo com o Idec, com a finalidade de esclarecer dúvidas sobre o novo site, Código de Defesa do Consumidor e dúvidas administrativas e institucionais do Idec. Área de Download. Espaço reservado para download de arquivos, papel de parede, calculadoras, jogos ou qualquer material exclusivo para o Associado. Institucional Descrição: é o conteúdo que fornece informações a cerca do Instituto e suas atividades. Este conteúdo pode ser textual, ilustrativo ou multimídia. Utilizar recursos visuais, imagem ou vídeo, para tornar o conteúdo mais agradável e de fácil compreensão. Canal Divulgue o Idec. Seção com arquivos de campanhas, imagens, filmes, spot, impressos ou material para internet disponível para consulta e download, possibilitando que o internauta faça divulgação voluntária dos mesmos. Canal Imprensa. Área contendo os press releases, clipping, cadastro de jornalista (mailing) e um formulário de contato direto com a assessoria de imprensa. Galeria do Idec. Repositório de vídeos de interesse, fotos e matérias sobre o Idec. Vídeos serão replicados também para o canal do Youtube. Blogs. Ferramenta de publicação de conteúdo com uma linguagem mais informal. Inicialmente com dois blogs. Trabalhe Conosco. Página com oportunidades de trabalhos no Idec, assim como um formulário de cadastro de currículos para futuras vagas.

12 Conteúdo do Portal do Idec 12 Biblioteca Descrição: repertório de publicações e arquivos para consultas. Utilizar ícones para classificar o formato do arquivo a ser acessado (vídeo, foto, PDF). Classificação de conteúdo. Utilizar Tags para classificar e facilitar a busca por conteúdo. Material Educativo. Permitir, além da disponibilização de arquivos e publicações em PDF, possa a ofertar de aplicativos/jogos (Flash) educativos para download ou utilização na página. Acesso restrito. Qualquer conteúdo dessa biblioteca poderá ser restrito a associados, assinantes ou parceiros. Notícias Descrição: são notas, textos ou artigos publicados referente às atividades, ações ou novidades do Idec, de leis, testes ou qualquer assunto que envolva relação de consumo. Utilizar ícones ou cores para ilustrar ou segmentar as notícias por tema. Busca. Ao final de todas as notícias, um espaço para busca de notícias por temas, interesses ou de maior audiência. Tags. Utilizar tags para relacionar as noticia de temas diferentes, mas de assuntos relacionados. Multimídia. O gerenciador de conteúdo deve fornecer maneiras rápidas e simples de publicar o conteúdo em outros formatos, como áudio, vídeo ou imagem. Comentários. Ferramenta para comentar as notícias. Os comentários de associados serão exibidos com nome e foto. Replicação. Fornecer uma meio fácil e rápido de enviar a notícia por , para Delicious, Twitter, Facebook, blog e outras redes sociais. Além de versão amigável para impressora e conversão do conteúdo para PDF. RSS. Multiplicação do conteúdo geral ou segmentado por área/tema por meio de Really Simple Syndication.

13 Conteúdo do Portal do Idec 13 Idec em Ação Descrição: informações sobre a atuação direta do Idec em ações de interesse público. Utilizar ícones ou cores para ilustrar ou segmentar as informações por tema. As mesmas funcionalidades desejáveis pra a área de notícias devem ser aplicadas a esta seção. Eventos Descrição: seção com informações e inscrições para os eventos realizados ou apoiados pelo Idec. Histórico. Armazenar os eventos já realizados e torná-los disponíveis para eventuais consultas. Agenda/Calendário. Utilizar o recurso de calendário para destacar os próximos ou eventos já realizados. Ficha de Inscrição. Fornecer formulário para inscrição ao evento. Cadastro Integrado. Integrar, junto à base de associados, a ficha de inscrição, facilitando a inserção de dados para quem é associado ou já participou de outro evento. Boleto. Gerar boleto para eventos com taxas de inscrição. Código Promocional. Inserção de código para conceder descontos ou gratuidades. Download/Upload. Inserção de arquivos dos eventos: palestras, currículos de palestrantes ou qualquer informação adicional pré ou pós-evento. Envio de mensagem. Disparo automático de status de inscrição e/ou pagamento. Multimídia. As páginas sobre os eventos devem permitir fácil inserção de imagens, vídeos ou áudio.

14 Conteúdo do Portal do Idec 14 Hotsites e Campanhas Descrição: Essas seções do site dizem respeito a conteúdos especiais e de temática única. Encontram-se dentro do próprio site do Idec, apenas em um diretório especifico. Outros estão em formados de hotsites 2, com endereços (URL) próprios de acesso, mesmo não sendo, de fato, conteúdos atemporais. Harmonizar e padronizar o layout desses vários conteúdos, deixando-os com um aspecto diferenciado dos outros conteúdos, porém em harmonia com a identidade do portal. Link Permanente. Ferramenta que determina exatamente qual deve ser a URL da campanha. Envio de s. Disparo de s para uma lista de empresas ou a quem a campanha se refere. Gerenciamento. Facilitar a publicação do conteúdo seja texto, imagem, áudio ou vídeo. Integração de base de dados. Integrar os bancos de dados de recepção de s ou cadastros, visando facilitar e segmentar o envio de comunicados (newsletters) posteriores. Mobilização. Ferramenta que facilite a mobilização para campanhas; petição online. Áreas de atuação Descrição: seção com lista, descrição e conteúdo relacionado às áreas de atuação do Idec. Utilizar ícones e cores para diferenciar e classificar os temas e os conteúdos relacionados. Permitir que o acesso por temas/áreas de atuação seja acessível a qualquer momento em qualquer seção do site. Educação para o Consumo Descrição: área que disponibiliza material de apoio para ser utilizado em escolas ou em comunidades para disseminar o conceito de consumo sustentável e direitos do consumidor. Interface amigável e de fácil navegação, direcionado aos públicos de diversas idades. Artigos. Textos, vídeos, áudio para apoio na educação para o consumo. Material Didático. Download de material de apoio, distribuído em PDF ou em outro formato de arquivo digital. Jogos Educativos. Aplicativos em Flash para interação online. 2 Site de pequeno porte destinado à divulgação, normalmente por curto período, de um produto ou serviço.

15 Objetos do termo de referência 15 Orientações Descrição: seção cujo objetivo é, de forma simples e didática, fornecer parâmetros para que o consumidor possa resolver os problemas mais comuns relacionados a consumo. Contém artigos explicativos, analises e comparativos. Assim como referencia a modelos de cartas disponibilizados no auto-consulta. Integração visual com a área do associado e, para os não associados, para a página de associação. Integração. Fornecer integração a seção auto-consulta e a área para associação. Ferramentas. Aplicativos web para cálculos, comparações, simulações e outros objetivos relacionados a consumo. Objetos do termo de referência Os serviços objeto deste Termo de Referência e que deverão ser contemplados pela empresa referem-se aos itens abaixo relacionados: 1. Mapeamento dos requisitos de funcionalidades e conteúdo Consiste em realizar um levantamento exaustivo dos requisitos que deverão ser implementados no novo Portal, mencionados neste Termo de Referência. 2. Elaboração da arquitetura e da taxonomia da informação a serem utilizadas no Portal do Idec para a organização das informações É a atividade que servirá de base para a organização do Portal do Idec. A definição da arquitetura da informação consiste no agrupamento e classificação das informações do Portal conforme a taxonomia que será definida e servirá para a composição das diversas seções e subseções do Portal do Idec. Um mapeamento preliminar dessa arquitetura e das seções e subseções principais do Portal encontra-se abaixo. As partes em itálico ainda não existem no atual Portal.

16 Objetos do termo de referência 16

17 Objetos do termo de referência 17 A taxonomia a ser utilizada no Portal deve ser subdividida em classes, subclasses e subgrupos de informação, tendo como balizador para a quantidade de níveis na estrutura e o esforço a ser despendido pela pessoa que utilizará o Portal. Como regra geral, todos os conteúdos deverão estar disponíveis a, no máximo, três cliques do mouse ou, se isso não for possível, deverão estar estruturados de maneira a facilitar sua localização com pouco esforço e de forma amigável. Ela deve contemplar o banco de informações sobre participação dos consumidores na regulação descrita no próximo item. Os produtos desta atividade serão (a) um documento descritivo do padrão de nomenclatura proposto para o portal, contendo exemplos para cada um dos elementos de arquitetura identificados; e (b) um documento descritivo da forma de organização dos conteúdos em uma hierarquia informacional, contendo ilustrações que permitam uma visão macro das principais classes, subclasses e subgrupos de conteúdos do Portal. 3. Elaboração do diagrama de navegação nos conteúdos Definição e documentação das estruturas de navegação a serem adotadas e da abordagem de navegação adequada para cada uma das estruturas definidas. A elaboração do diagrama de navegação nos conteúdos deverá buscar os melhores padrões de acessibilidade e navegabilidade para sites e portais. A estrutura de navegação deverá facilitar a localização dos conteúdos e deverão estar disponíveis informações acerca da localização atual do usuário dentro da estrutura de navegação atual. Além disso, sob os devidos cuidados, a estrutura de navegação deverá ser flexível e capaz de manter-se consistente mesmo após a inclusão, alteração ou exclusão de classes, subclasses ou subgrupos de informação. A estrutura de navegação deverá ser flexível, para permitir a navegação entre tópicos de uma mesma categoria, e para permitir saltar de tópicos de uma determinada categoria para outras categorias de informação. O produto desta atividade deve ser um documento descritivo das estruturas de navegação propostas para os diversos tipos de conteúdo do portal, coerente com a proposta de organização das informações elaborada no item anterior e ilustrado com exemplos que permitam o perfeito entendimento do funcionamento dessas estruturas para a continuação da utilização do Portal do Idec. 4. Elaboração do sistema de busca Definição do sistema de busca de informação e de apresentação dos resultados. O sistema deve permitir que o usuário possa refinar a busca e deve minimamente apresentar os resultados de forma estruturada de acordo com o tipo de conteúdo. 5. Elaboração do banco de informações sobre participação dos consumidores na regulação O objetivo deste banco de informações é trazer subsídios às organizações de consumidores ou aos consumidores individuais que desejam participar ativamente do processo regulatório conduzido pelas agências reguladoras e instituições governamentais, principalmente das consultas e audiências públicas. Para tanto esse banco de informações deverá permitir a divulgação de uma agenda de eventos relevantes (o que inclui consultas e audiências públicas, reuniões, capacitações,

18 Objetos do termo de referência 18 entre outros), a criação de redes para acompanhar e discutir os diversos temas em pauta e mecanismos para disponibilizar material técnico para subsidiar as discussões. O banco abrangerá informações tais como: Mecanismos e procedimentos para participação em consultas e audiências públicas; Agenda de eventos, consultas ou públicas do interesse dos consumidores; Séries históricas com dados sobre consultas e audiências realizadas; Documentos e análises que possam auxiliar o posicionamento das instituições de proteção do consumidor nas discussões regulatórias, produzidos pelas agências reguladoras, pelo Idec ou por outras instituições; Indicações de referências úteis na área de regulação e defesa do consumidor. O tipo de acesso ao banco dependerá de cadastro dos usuários. O banco de informações deve permitir fazer levantamentos históricos das consultas e audiências públicas realizadas. O banco de informações deve também permitir a classificação das informações por temas e pelas instituições governamentais que realizaram as consultas e audiências, de acordo com a arquitetura e taxonomia de informação propostas no item anterior. Em termos de atualizações, as páginas web publicadas com as informações do banco deverão trazer uma seção de notícias organizadas por datas e setores regulados. 6. Elaboração do projeto gráfico (design) do Portal Definição e documentação do padrão visual do Portal. O projeto gráfico deverá privilegiar a facilidade de uso do Portal, tanto pelas pessoas que o manterão atualizado quanto pelos usuários que utilizarão os conteúdos. Os elementos visuais deverão facilitar a experiência do usuário, dando-lhe pistas visuais de sua localização atual dentro de determinado contexto. O projeto gráfico do Portal deverá suportar totalmente a arquitetura da informação proposta e deverá prever um sistema de publicação e gerenciamento do conteúdo. Nesta atividade devem ser gerados os seguintes produtos: (a) documento descritivo e ilustrativo do padrão visual proposto para o portal; (b) documento contendo prévias de todas as interfaces com o usuário utilizadas no portal, coerente com a arquitetura da informação proposta. 7. Implementação do Portal do Idec Consiste na execução e implementação das propostas listadas anteriormente. 8. Suporte e homologação Corrigir possíveis defeitos ou comportamentos inadequados que causem problemas de uso ou funcionamento, sem inserção de novas funcionalidades, não detectados na fase de testes. Visa garantir a estabilidade da aplicação após a implementação dentro de um período determinado. Após os ajustes necessários e aceite, a empresa contratada tem o prazo de 15 dias úteis para entregar a documentação e seus respectivos manuais de utilização.

19 Pressupostos do Desenvolvimento 19 Pressupostos do Desenvolvimento Independente da linguagem, da tecnologia ou qualquer aspecto tecnológico que possa ser aplicado ao projeto, os seguintes itens de metodologia e qualidade devem, essencialmente, fazer parte da fase de desenvolvimento. Analise de Infraestrutura. Levantamento e documentação de infraestrutura existente, incluindo bancos de dados e plataformas técnicas, licenças de ferramentas que já existem e que podem ser utilizadas e sistemas que devem ser integrados. Prazo. O projeto descrito neste documento deverá ser realizado em até 5 (cinco) meses corridos. Tecnologia. A prioridade é usar de PHP como linguagem de programação e uso de banco de dados MySQL. Código Semântico. A programação deve contemplar os conceitos e padronizações da World Wide Web Consortium (W3C), utilizando versão mais recente de Cascading Style Sheets (CSS) e extensible Hypertext Markup Language (XHTML). É desejável que o XHTML possua validação Strict. Search Engine Optimization (SEO). Utilizar conceitos básicos de otimização de busca, como meta-tags de conteúdo. Planejamento, concomitante, ao projeto de: o Analise de usabilidade; o Acessibilidade e portabilidade entre browsers diferentes; o Produção de Wireframes para definição de navegação e conteúdo; o Arquitetura da Informação; o Seguranças de Dados; e o Banco de Dados. Analise de risco. Detectar e contornar os riscos desse novo portal, como a migração de conteúdo do site atual, tempo de migração, período ao qual o servidor pode ficar off-line, etc. Documentação. Todo o processo de planejamento deve ser devidamente documentado e, ao final do projeto, o mesmo deve possuir toda documentação necessária e seus respectivos manuais de utilização.

Proposta Revista MARES DE MINAS

Proposta Revista MARES DE MINAS SATIS 2011 Proposta Revista MARES DE MINAS 21/03/2011 A SATIS Índice 1 A Satis 1 A Proposta 1 Serviços 2 Mapa do Site 2 SEO 3 Sistema de gerenciamento de conteudo 4 Cronograma e Prazos 5 Investimento 6

Leia mais

Tabela de Preços Sugeridos

Tabela de Preços Sugeridos WEBSITE Estrutura básica Área institucional Área estática: quem somos, o que fazemos, onde estamos etc. Área de contato E-mail, telefone, formulário etc. Área core Gerenciador de conteúdo para cadastro

Leia mais

ESTRUTURA PARA PORTAIS ELETRÔNICOS MUNICIPAIS

ESTRUTURA PARA PORTAIS ELETRÔNICOS MUNICIPAIS ESTRUTURA PARA PORTAIS ELETRÔNICOS MUNICIPAIS 1. Apresentação Os sites e sistemas web desenvolvidos pela Dynamika apresentam um conjunto de critérios de desenvolvimento que visam entregar o projeto de

Leia mais

Entre em contato com a Masterix e agende uma reunião para conhecer melhor o SMGC.

Entre em contato com a Masterix e agende uma reunião para conhecer melhor o SMGC. Conheça melhor os sistemas Masterix: O que é SMGC? O Sistema Masterix de Gestão de Conteúdo é um conjunto de ferramentas de atualização dinâmica que permitem aos nossos clientes o abastecimento e atualização

Leia mais

Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil. Região do Rio Grande do Sul

Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil. Região do Rio Grande do Sul Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil Após um mais de ano de trabalho e experiências adquiridas a CRIC apresenta à diretoria regional as diretrizes que regem

Leia mais

1. Objetivo do Projeto

1. Objetivo do Projeto PROPOSTA DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS VISNET - INTERNET E COMUNICAÇÃO Desenvolvimento de Site para CDL 1. Objetivo do Projeto O CDL Online é o mais novo sistema interativo especialmente projetado para criar

Leia mais

Proposta Concessionária Terra Nova Land Rover

Proposta Concessionária Terra Nova Land Rover SATIS 2011 Proposta Concessionária Terra Nova Land Rover 21/03/2011 A SATIS Índice 1 A Satis 1 A Proposta 1 Serviços 2 Mapa do Site 2 SEO 3 Sistema de gerenciamento de conteudo 4 Cronograma e Prazos 5

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org documento inicial Portal do Fórum Social Mundial introdução Entendemos que um site como do Fórum

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES Via N1 Leste s/n, Pavilhão das Metas, Praça dos Três Poderes - Zona Cívico Administrativa - CEP: 70.150-908 Telefones: (061) 3411.4246

Leia mais

Cetac - Centro de Ensino e Treinamento em Anatomia e Cirurgia Veterinária Manual Técnico do Sistema Administrativo do site Cetacvet.com.

Cetac - Centro de Ensino e Treinamento em Anatomia e Cirurgia Veterinária Manual Técnico do Sistema Administrativo do site Cetacvet.com. Manual Técnico do Sistema Administrativo do site Cetacvet.com.br SÃO PAULO - SP SUMÁRIO Introdução... 3 Autenticação no sistema administrativo... 4 Apresentação do sistema administrativo... 5 Gerenciamento

Leia mais

Portfolio de Produtos

Portfolio de Produtos Introdução O Guia de Produtos e Serviços da Assessoria de Comunicação (ASCOM) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) foi elaborado com o objetivo de apresentar os produtos e serviços prestados

Leia mais

MANUAL PARA UTILIZAÇÃO DO MOODLE FACULDADE INTERAÇÃO AMERICANA VIRTUAL - Versão: Aluno

MANUAL PARA UTILIZAÇÃO DO MOODLE FACULDADE INTERAÇÃO AMERICANA VIRTUAL - Versão: Aluno 1 MANUAL PARA UTILIZAÇÃO DO MOODLE FACULDADE INTERAÇÃO AMERICANA VIRTUAL - Versão: Aluno Acessando o sistema 1- Para acessar a Faculdade Interação Americana Virtual digite o seguinte endereço: http://ead.fia.edu.br/

Leia mais

Desenvolvimento de Sistema WEB de Gerenciamento de Conteúdo para o Colégio Menino Jesus

Desenvolvimento de Sistema WEB de Gerenciamento de Conteúdo para o Colégio Menino Jesus PROJETO Desenvolvimento de Sistema WEB de Gerenciamento de Conteúdo para o Colégio Menino Jesus Etapas / Atividades Registro de Domínio Hospedagem de Sistema Desenvolvimento de Site (CMS) Gerenciamento

Leia mais

PROPOSTA DE CRIAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE WEBSITE

PROPOSTA DE CRIAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE WEBSITE PROPOSTA DE CRIAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE WEBSITE Através do presente documento, a agência ACNBRASIL tem como objetivo apresentar uma proposta de criação e desenvolvimento de Website para COOPERATIVA DE

Leia mais

Desenvolvimento de Sistema WEB de Gerenciamento de Conteúdo para a empresa SC PRINT

Desenvolvimento de Sistema WEB de Gerenciamento de Conteúdo para a empresa SC PRINT PROJETO Desenvolvimento de Sistema WEB de Gerenciamento de Conteúdo para a empresa SC PRINT Etapas / Atividades Registro de Domínio Hospedagem de Sistema Desenvolvimento de Site (CMS) Gerenciamento do

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL ALUNO Versão 1.0 2014 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA 1. ANTECEDENTES:

TERMO DE REFERÊNCIA 1. ANTECEDENTES: TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA OU PROFISSIONAL CONSULTOR PARA O DESENHO, HABILITAÇÃO E MANUTENÇÃO DO PORTAL NA WEB DO INSTITUTO SOCIAL DO MERCOSUL. 1. ANTECEDENTES: Atualmente o site do Instituto

Leia mais

Proposta Loja Virtual. Schmitt Tricot

Proposta Loja Virtual. Schmitt Tricot Proposta Loja Virtual Schmitt Tricot Apresentação: Atualmente atuo no mercado de sites e lojas virtuais desde 2010, desenvolvendo novas ideias, trabalhando com agilidade, para sempre atender a todas as

Leia mais

Portal Anexo II B - Especificação Funcional

Portal Anexo II B - Especificação Funcional Portal Anexo II B - Especificação Funcional Sumário 1. INTRODUÇÃO... 2 1.1. Visão geral do documento... 2 2. DESCRIÇÃO GERAL DO SISTEMA... 3 3. ESPECIFICAÇÃO DOS COMPONENTES... 4 4. ESPECIFICAÇÃO DAS PÁGINAS...

Leia mais

EFEITO MARKETING DIGITAL

EFEITO MARKETING DIGITAL EFEITO MARKETING DIGITAL Ajudamos empresas a aumentar as vendas por meio da internet Cada vez mais pessoas estão conectadas e habituadas a pesquisar e escolher produtos e serviços na internet. As empresas

Leia mais

Identidade Digital Padrão de Governo

Identidade Digital Padrão de Governo Identidade Digital Padrão de Governo Participantes do Projeto Presidência da República Secretaria de Comunicação SECOM Diretoria de Tecnologia DITEC Ministério do Planejamento Secretaria de Logística e

Leia mais

1. Áudio. Esta seção servirá para o cliente inserir músicas em formato mp3 para que os visitantes do site possam ouvi-las através do site.

1. Áudio. Esta seção servirá para o cliente inserir músicas em formato mp3 para que os visitantes do site possam ouvi-las através do site. 1. Áudio Esta seção servirá para o cliente inserir músicas em formato mp3 para que os visitantes do site possam ouvi-las através do site. 2. Atendimento online Seção destinada para que os visitantes do

Leia mais

Manual do Painel Administrativo

Manual do Painel Administrativo Manual do Painel Administrativo versão 1.0 Autores César A Miggiolaro Marcos J Lazarin Índice Índice... 2 Figuras... 3 Inicio... 5 Funcionalidades... 7 Analytics... 9 Cidades... 9 Conteúdo... 10 Referência...

Leia mais

Desenvolvimento de Jogos Eletrônicos para campanhas publicitárias (Advergames) e jogos para treinamento/educação.

Desenvolvimento de Jogos Eletrônicos para campanhas publicitárias (Advergames) e jogos para treinamento/educação. A VIRTUALIZE A Virtualize Interatividade Digital é uma Agência Digital, especializada na produção de conteúdos multimídia com rico grau de interatividade. Principais Serviços Desenvolvimento de Jogos Eletrônicos

Leia mais

PRÁTICA. Portal do Consumidor da Anatel (www.anatel.gov.br/consumidor)

PRÁTICA. Portal do Consumidor da Anatel (www.anatel.gov.br/consumidor) PRÁTICA 1) TÍTULO Portal do Consumidor da Anatel (www.anatel.gov.br/consumidor) 2) DESCRIÇÃO DA PRÁTICA - limite de 4 (quatro) páginas: O Portal do Consumidor (www.anatel.gov.br/consumidor) foi criado

Leia mais

ANEXO II - TERMO DE REFERÊNICA EDITAL Nº 05373/2009

ANEXO II - TERMO DE REFERÊNICA EDITAL Nº 05373/2009 ANEXO II - TERMO DE REFERÊNICA EDITAL Nº 05373/2009 OBJETO: Contratação de serviços de desenvolvimento de software para criar o Website da Sudam, utilizando a linguagem de programação PHP, com o Banco

Leia mais

MANUAL DO MOODLE VISÃO DO ALUNO

MANUAL DO MOODLE VISÃO DO ALUNO MANUAL DO MOODLE VISÃO DO ALUNO Desenvolvido por: Patricia Mariotto Mozzaquatro SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO....03 2 O AMBIENTE MOODLE......03 2.1 Quais as caixas de utilidade que posso adicionar?...04 2.1.1 Caixa

Leia mais

Desenvolvimento de Sistema WEB com orçamento ajustável

Desenvolvimento de Sistema WEB com orçamento ajustável PROPOSTA DE PROJETO Desenvolvimento de Sistema WEB com orçamento ajustável Etapas / Atividades Desenvolvimento de Site (CMS) Hospedagem de Sistema e Suporte Técnico Gerenciamento do Sistema (opcional)

Leia mais

SEMINÁRIO ABMES BASES DO MARKETING DIGITAL. Expositor. Júlio César de Castro Ferreira julio.ferreira@produtoranebadon.com.

SEMINÁRIO ABMES BASES DO MARKETING DIGITAL. Expositor. Júlio César de Castro Ferreira julio.ferreira@produtoranebadon.com. SEMINÁRIO ABMES BASES DO MARKETING DIGITAL Expositor Júlio César de Castro Ferreira julio.ferreira@produtoranebadon.com.br (61) 9613-6635 5 PILARES DO MARKETING DIGITAL 1 2 3 4 5 Presença digital: Ações

Leia mais

Intranet Embrapa. Princípios e conceitos

Intranet Embrapa. Princípios e conceitos Intranet Embrapa Princípios e conceitos Brasília, 9 de setembro de 2014 2 1. Apresentação O projeto de uma Nova Intranet para a Embrapa teve início em julho de 2012, com o diagnóstico das Intranets das

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org documento inicial Site preparatório FSM Dacar introdução Neste documento, a Ethymos apresenta uma

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE MODERNIZAÇÃO E INFORMÁTICA

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE MODERNIZAÇÃO E INFORMÁTICA MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE MODERNIZAÇÃO E INFORMÁTICA SACI LIVRE SISTEMA DE ADMINISTRAÇÃO DE CONTEÚDO INSTITUCIONAL

Leia mais

Manual da Ferramenta BLOG Programa de Formação Continuada 2012

Manual da Ferramenta BLOG Programa de Formação Continuada 2012 Manual da Ferramenta BLOG Programa de Formação Continuada 2012 1º Semestre/2012 Joice Lopes Leite e Ana Paula Daikubara 0 Índice Utilização da ferramenta BLOG...02 Criando um BLOG...04 Como administrar

Leia mais

Design, SEO, Marketing, Hospedagem e Administração de sites. Esta apresentação contém links para acesso de conteúdo na Internet.

Design, SEO, Marketing, Hospedagem e Administração de sites. Esta apresentação contém links para acesso de conteúdo na Internet. Design, SEO, Marketing, Hospedagem e Administração de sites Esta apresentação contém links para acesso de conteúdo na Internet. Agência de Publicidade Divulgando, criando e comunicando nas mais diversas

Leia mais

Edital Nº 01/2008 Seleção de empresa para a criação do layout do novo site da Feevale

Edital Nº 01/2008 Seleção de empresa para a criação do layout do novo site da Feevale Edital Nº 01/2008 Seleção de empresa para a criação do layout do novo site da Feevale A Associação Pró Ensino Superior em Novo Hamburgo ASPEUR, mantenedora do Centro Universitário Feevale, com sede na

Leia mais

Pedro F. Carvalho Analista de Sistemas/Gerente de Projetos contato@pedrofcarvalho.com.br OCP Oracle 10g ITIL FoundationV3 PROJETO DE WEB SITE

Pedro F. Carvalho Analista de Sistemas/Gerente de Projetos contato@pedrofcarvalho.com.br OCP Oracle 10g ITIL FoundationV3 PROJETO DE WEB SITE PROJETO DE WEB SITE EAP Estrutura Analitica de Projeto Preparação Estudar as particularidades do serviço e do cliente; Observar projetos semelhantes (Beanchmark); Definir metas e estratégias; Elaborar

Leia mais

PORTFÓLIO. Metodologia de Trabalho (perguntas freqüentes) Quanto aos textos e fotos, eu devo fornecê-los a vocês?

PORTFÓLIO. Metodologia de Trabalho (perguntas freqüentes) Quanto aos textos e fotos, eu devo fornecê-los a vocês? A 3wow Studios apresenta a forma de funcionamento e desenvolvimento de Websites aplicada para os seus clientes. Iremos abordar nesta apresentação: Portfólio de Websites e Lojas Virtuais Metodologia de

Leia mais

Apostila da Ferramenta AdminWEB

Apostila da Ferramenta AdminWEB Apostila da Ferramenta AdminWEB Apostila AdminWEB SUMÁRIO OBJETIVO DO CURSO... 3 CONTEÚDO DO CURSO... 4 COMO ACESSAR O SISTEMA... 5 CONHEÇA OS COMPONENTES DA PÁGINA... 6 COMO EFETUAR O LOGIN... 9 MANTER

Leia mais

Proposta. Soluções Comunicação Digital

Proposta. Soluções Comunicação Digital Proposta Soluções Comunicação Digital Fevereiro 2013 Proposta Proposta para fornecimento de soluções digitais para comunicação, gestão do conhecimento e aprendizagem para o CBVE. Portal Institucional Plataforma

Leia mais

A. O Sindepark. 1. História

A. O Sindepark. 1. História Reestruturação de todo o site utilizando outras tecnologias, nova identidade visual, que seja adaptável à realidade dos smartphones e inserir novas ferramentas. Web Site - Versão Desktop O site seguirá

Leia mais

Manual da Ferramenta Construtor de Página Programa de Formação Continuada 2012

Manual da Ferramenta Construtor de Página Programa de Formação Continuada 2012 Manual da Ferramenta Construtor de Página Programa de Formação Continuada 2012 1º Semestre/2012 Joice Lopes Leite e Ana Paula Daikubara 1 Índice Criando um site...03 Configurações gerais...04 Visual e

Leia mais

ANEXO I Sumário Manual de Preços e Serviços Digitais

ANEXO I Sumário Manual de Preços e Serviços Digitais Sumário 1 -LANDING PAGE...2 1.1)Layout, texto e produção do HTML...2 2 -MÍDIA...2 2.1)Planejamento de mídia...2 2.2)Criação das Campanhas...2 2.3)Mensuração dos resultados...2 2.4)Criação e Produção das

Leia mais

Grupo Projeção. Portal Acadêmico. - Ambiente do Aluno -

Grupo Projeção. Portal Acadêmico. - Ambiente do Aluno - Grupo Projeção Portal Acadêmico - Ambiente do Aluno - Março / 2011 1 Índice Apresentando o Portal Acadêmico: Ambiente do Aluno... 3 Iniciando no ambiente do Aluno... 4 Meu Perfil... 6 Avisos... 6 Processos

Leia mais

MEDIA KIT 2014 ÍNDICE. Apresentação. Quem já anunciou conosco. Por que anunciar. Audiência. Espaço para publicidade. Contato. Versão 1.2.

MEDIA KIT 2014 ÍNDICE. Apresentação. Quem já anunciou conosco. Por que anunciar. Audiência. Espaço para publicidade. Contato. Versão 1.2. MEDIA KIT 2014 ÍNDICE Apresentação Quem já anunciou conosco Por que anunciar Audiência Espaço para publicidade Contato 02 03 03 04 07 Versão 1.2.3-06/2011 APRESENTAÇÃO O Economista é um dos principais

Leia mais

2013 GVDASA Sistemas Configuração dos Portais 2

2013 GVDASA Sistemas Configuração dos Portais 2 2013 GVDASA Sistemas Configuração dos Portais 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta

Leia mais

PROPOSTA COMERCIAL CRIAÇÃO DE SITE GERENCIÁVEL PROPOSTA_1408_0401_(FLAMEL_FACTORY) Página 1 de 10 PROPOSTA COMERCIAL CRIAÇÃO DE SITE GERENCIÁVEL

PROPOSTA COMERCIAL CRIAÇÃO DE SITE GERENCIÁVEL PROPOSTA_1408_0401_(FLAMEL_FACTORY) Página 1 de 10 PROPOSTA COMERCIAL CRIAÇÃO DE SITE GERENCIÁVEL Página 1 de 10 Santo André, 04 de Agosto de 2014. À Flamel Factory A/c.: Sra. Lucenir Ramos de Andrade Hott PROPOSTA COMERCIAL SOBRE A PROPOSTA A proposta desenvolvida pela World Online tem como objetivo

Leia mais

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Especialista em Internet

Especialista em Internet Especialista em Internet SEDES: Fortaleza, São Paulo e Brasília EQUIPE TÉCNICA: cerca de 60 funcionários, entre publicitários, analistas de sistemas, webdesigners, programadores, analistas de métricas

Leia mais

Email marketing: os 10 erros mais comuns

Email marketing: os 10 erros mais comuns Email marketing: os 10 erros mais comuns Publicado em: 18/02/2008 Não ter permissão dos contatos para enviar mensagens Um dos princípios fundamentais do email marketing é trabalhar apenas com contatos

Leia mais

PORTAL EJ@ (www.educacao.org.br/eja)

PORTAL EJ@ (www.educacao.org.br/eja) 1 Videoconferência PORTAL EJ@ (www.educacao.org.br/eja) Setor de Educação de Jovens e Adultos 20/08/2009 Agenda 2 Por que um portal da EJA? Modalidade EAD e integração Portal, SIAE EJA/EAD e Banco de Itens

Leia mais

Sistema de Gestão de Recursos de Aprendizagem

Sistema de Gestão de Recursos de Aprendizagem Sistema de Gestão de Recursos de Aprendizagem Ambiente Virtual de Aprendizagem (Moodle) - - Atualizado em 29/07/20 ÍNDICE DE FIGURAS Figura Página de acesso ao SIGRA... 7 Figura 2 Portal de Cursos... 8

Leia mais

Scientific Electronic Library Online Sistema SciELO de Publicação Guia do usuário

Scientific Electronic Library Online Sistema SciELO de Publicação Guia do usuário Scientific Electronic Library Online Sistema SciELO de Publicação Guia do usuário São Paulo, junho de 2007 1º Versão SUMÁRIO 1 Introdução... 3 2 Autor... 5 2.1 Cadastro no sistema (http://submission.scielo.br),

Leia mais

Potencialidades Tecnológicas e Educacionais - Parte II

Potencialidades Tecnológicas e Educacionais - Parte II UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA V SEMINÁRIO DE DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DOCENTE Patric da Silva Ribeiro patricribeiro@unipampa.edu.br Maicon Isoton maiconisoton@gmail.com Potencialidades Tecnológicas

Leia mais

Manual do Professor versão 2.0. FTD Sistema de Ensino

Manual do Professor versão 2.0. FTD Sistema de Ensino Manual do Professor versão 2.0 FTD Sistema de Ensino Plataforma Digital do FTD Sistema de Ensino Concepção Fernando Moraes Fonseca Jr Arquitetura e coordenação de desenvolvimento Rodrigo Orellana Arquitetura,

Leia mais

apresentação iagente shop

apresentação iagente shop apresentação iagente shop Rua Sport Clube São José, 54 506. Porto Alegre Rio Grande do Sul CEP: 91030-510 Fone: (51) 3398.7638 e-mail: www.iagenteshop.com.br www.iagente.com.br Data: 01 de Abril de 2009

Leia mais

APRESENTAÇÃO. É com grande satisfação que apresentamos a você uma proposta de desenvolvimento de website para sua empresa.

APRESENTAÇÃO. É com grande satisfação que apresentamos a você uma proposta de desenvolvimento de website para sua empresa. APRESENTAÇÃO É com grande satisfação que apresentamos a você uma proposta de desenvolvimento de website para sua empresa. A proposta consiste em um website com uma área administrativa que permite a você

Leia mais

Tribunal Regional Federal da 1 a Região

Tribunal Regional Federal da 1 a Região Tribunal Regional Federal da 1 a Região Sistema de Transmissão Eletrônica de Atos Processuais e-proc Manual do Usuário 1 1. Disposições Provisórias O Sistema de Transmissão Eletrônica de Atos Processuais

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO PRESENCIAL Nº. 002/2008

EDITAL DO PREGÃO PRESENCIAL Nº. 002/2008 EDITAL DO PREGÃO PRESENCIAL Nº. 002/2008 ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO: 1.1 - O presente Termo de Referência tem por objeto a contratação de empresa especializada em: a) desenvolvimento de software

Leia mais

Projeto: Site Everlast Cliente: Rodrigo. Analista: Adriano Cortez Designer: Davi Barbosa Contatos: Informações importantes: Descrição do projeto:

Projeto: Site Everlast Cliente: Rodrigo. Analista: Adriano Cortez Designer: Davi Barbosa Contatos: Informações importantes: Descrição do projeto: Projeto: Site Everlast Cliente: Rodrigo Mariana Esteban Analista: Adriano Cortez Designer: Davi Barbosa Contatos: E-mail do cliente: rodrigo@megagroupint.com.br, marianamkt@megagroupint.com.br, estebanflorio@hotmail.com

Leia mais

Portal RH WEB Versão 3.6.6 - Full

Portal RH WEB Versão 3.6.6 - Full Portal RH WEB Versão 3.6.6 - Full = z A principal característica do portal RH é permitir a descentralização das informações dos colaboradores, possibilitando que o gestor de área se transforme também num

Leia mais

DISCIPLINAS CURRICULARES (PCN) INFORMÁTICA PRODUÇÃO DE MATERIAL

DISCIPLINAS CURRICULARES (PCN) INFORMÁTICA PRODUÇÃO DE MATERIAL A nossa meta é envolver alunos e professores num processo de capacitação no uso de ferramentas tecnológicas. Para isto, mostraremos ao professor como trabalhar as suas disciplinas (matemática, português,

Leia mais

Passo-a-Passo Curso do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas para Editor-Gerente

Passo-a-Passo Curso do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas para Editor-Gerente Passo-a-Passo Curso do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas para Editor-Gerente Versão do OJS/SEER 2.3.4 Universidade Federal de Goiás Sistema de Bibliotecas da UFG (SiBi) Gerência de Informação

Leia mais

Centro de Agricultura Alternativa CAA Manual do Usuário do Portal Ypadê Balaio Digital Tecnologia em Gestão Ltda ME. Manual do Usuário Portal Ypadê

Centro de Agricultura Alternativa CAA Manual do Usuário do Portal Ypadê Balaio Digital Tecnologia em Gestão Ltda ME. Manual do Usuário Portal Ypadê Centro de Agricultura Alternativa CAA Manual do Usuário Portal Ypadê Montes Claros, 16 de Julho de 2011 Revisão 3 Sumário 1. Apresentação do portal e escopo deste documento... 2 2. Acessando o Portal Ypadê...

Leia mais

We! Shop. Loja Virtual. Design Gráfico Webdesign E-commerce Social Media Marketing Digital SEO. contato@wedesign.net.br www.wedesign.net.

We! Shop. Loja Virtual. Design Gráfico Webdesign E-commerce Social Media Marketing Digital SEO. contato@wedesign.net.br www.wedesign.net. We! Shop Loja Virtual Design Gráfico Webdesign E-commerce Social Media Marketing Digital SEO contato@wedesign.net.br contato@wedesign.net.br 01 A plataforma WE! SHOP Plataforma de e Commerce do WE! SHOP

Leia mais

MANUAL PORTAL ACADÊMICO

MANUAL PORTAL ACADÊMICO MANUAL PORTAL ACADÊMICO Sumário Sumário... 2 1. Apresentação... 3 2. Navegação no site da Escola do Legislativo... 4 3. Ministrante... 6 3.1.Cadastro de ministrante... 6 3.2. Preencher os campos... 7 3.3

Leia mais

Novell Vibe 3.4. Novell. 1º de julho de 2013. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos

Novell Vibe 3.4. Novell. 1º de julho de 2013. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos Novell Vibe 3.4 1º de julho de 2013 Novell Inicialização Rápida Quando você começa a usar o Novell Vibe, a primeira coisa a se fazer é configurar sua área de trabalho pessoal e criar uma área de trabalho

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org REFORMULAÇÃO DO SITE FSM (www.forumsocialmundial.org.br) O processo FSM passa por uma nova fase

Leia mais

UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO. Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012

UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO. Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012 UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012 Cruz das Almas BA 2013 UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL AMBIENTE VIRTUAL INSTITUCIONAL MOODLE/UFFS

UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL AMBIENTE VIRTUAL INSTITUCIONAL MOODLE/UFFS UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL AMBIENTE VIRTUAL INSTITUCIONAL MOODLE/UFFS Guia Inicial de Acesso e Utilização Para Docentes Versão 1.0b Outubro/2010 Acesso e utilização do Ambiente Virtual de Ensino

Leia mais

O QUE FAZEMOS MISSÃO VISÃO QUEM SOMOS

O QUE FAZEMOS MISSÃO VISÃO QUEM SOMOS O QUE FAZEMOS Provemos consultoria nas áreas de comunicação online, especializados em sites focados na gestão de conteúdo, sincronização de documentos, planilhas e contatos online, sempre integrados com

Leia mais

O que é a BuenitStore

O que é a BuenitStore O que é a A é a plataforma desenvolvida pela Buenit para projetos de comércio eletrônico, baseada no modelo SaaS, onde é possível criar lojas virtuais de forma rápida, prática e funcional, com foco total

Leia mais

Vamos, juntos. Equipe de Atendimento.

Vamos, juntos. Equipe de Atendimento. Vamos, juntos Somos agência de publicidade e consultoria em marketing digital com a missão de atender as necessidades de comunicação da sua empresa, com serviços que abrangem desde campanhas integradas

Leia mais

Facilidade e flexibilidade na web

Facilidade e flexibilidade na web Facilidade e flexibilidade na web palavras-chave: acessibilidade, usabilidade, web 2.0 Tersis Zonato www.tersis.com.br Web 2.0 o termo de marketing x a nova forma de conhecimento Web 2.0 O conceito começou

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE INTRODUÇÃO O portal do Afrafep Saúde é um sistema WEB integrado ao sistema HEALTH*Tools. O site consiste em uma área onde os Usuários e a Rede Credenciada,

Leia mais

D E S E N V O L V I M E N T O D E W E B S I T E. P r o j e t o M a s s a p ê. 2 4 d e j a n e i r o d e 2 0 1 3

D E S E N V O L V I M E N T O D E W E B S I T E. P r o j e t o M a s s a p ê. 2 4 d e j a n e i r o d e 2 0 1 3 D E S E N V O L V I M E N T O D E W E B S I T E P r o j e t o M a s s a p ê 2 4 d e j a n e i r o d e 2 0 1 3 A Empresa: CRISEPE - UFRPE Projeto Massapê Responsável: Caroline Biondi E-mail: carolinebiondi@yahoo.com

Leia mais

Frequências: São Paulo 102,1 MHz; Litoral Paulista MHz 90,1; Endereço: Av. Paulista, 2.200 15º andar CEP 01310-300 São Paulo SP

Frequências: São Paulo 102,1 MHz; Litoral Paulista MHz 90,1; Endereço: Av. Paulista, 2.200 15º andar CEP 01310-300 São Paulo SP Empresa Nome fantasia: Rádio Kiss FM Razão Social: Kiss Telecomunicações LTDA. Frequências: São Paulo 102,1 MHz; Litoral Paulista MHz 90,1; Campinas 107,9 MHz; Brasília 94,1 MHz CNPJ: 59.477.240/0001-24.

Leia mais

1. ACESSO AO SISTEMA. LOGIN E SENHA Para ter acesso ao painel administrativo de seu site, acesse o link: http://atualiza.urldosite.com.

1. ACESSO AO SISTEMA. LOGIN E SENHA Para ter acesso ao painel administrativo de seu site, acesse o link: http://atualiza.urldosite.com. Manual de uso 1. ACESSO AO SISTEMA LOGIN E SENHA Para ter acesso ao painel administrativo de seu site, acesse o link: http://atualiza.urldosite.com.br Após acessar o link acima, favor digitar seu LOGIN

Leia mais

Copyright 2010, MundoClick Produtora de Internet. Todos os Direitos Reservados

Copyright 2010, MundoClick Produtora de Internet. Todos os Direitos Reservados 1 Apresentação Este manual tem o intuito de orientar a utilização da ferramenta Loja Virtual. Através de descrições, passo a passo e imagens o objetivo é facilitar o uso, oferecer dicas e mostrar os pontos

Leia mais

Thursday, October 18, 12

Thursday, October 18, 12 O Site Legado do IFP é uma comunidade online e global dos ex-bolsistas do programa. É um recurso e um lugar para você publicar notícias profissionais, recursos e teses para a comunidade global do IFP,

Leia mais

INTEGRADOR WEB INTEGRADOR

INTEGRADOR WEB INTEGRADOR O produto e seus processos. - Automatização das operações repetitivas. - Formatação de estilos de entrada e de saída para as várias mídias. Acesso remoto via Web. Diagrama Base INTEGRADOR WEB INTEGRADOR

Leia mais

LISTA COMPLETA DE FUNCIONALIDADES DA PLATAFORMA DE COMÉRCIO NO3 COMMERCE

LISTA COMPLETA DE FUNCIONALIDADES DA PLATAFORMA DE COMÉRCIO NO3 COMMERCE LISTA COMPLETA DE FUNCIONALIDADES DA PLATAFORMA DE COMÉRCIO NO3 COMMERCE Seguem abaixo os detalhes das funcionalidades da nossa plataforma separados por áreas Gestão Administrativa 1. Módulo gestão da

Leia mais

www.siteware.com.br Versão 2.6

www.siteware.com.br Versão 2.6 www.siteware.com.br Versão 2.6 Sumário Apresentação... 4 Login no PortalSIM... 4 Manutenção... 5 Unidades... 5 Unidades... 5 Grupos de CCQ... 5 Grupos de unidades... 6 Tipos de unidades... 6 Sistema de

Leia mais

RELEASE F-STORE v. 3.0.0.0

RELEASE F-STORE v. 3.0.0.0 Curitiba (2015) ÍNDICE Aumento de performance no carregamento de imagens Assinatura de produtos Barra de busca flutuante Boleto como imagem Cadastro de cliente com Double opt-in Cadastro de SEO Carrinho

Leia mais

R.A. MKT. Soluções em Mídias Sociais, E-Marketing, Branding e Design

R.A. MKT. Soluções em Mídias Sociais, E-Marketing, Branding e Design R.A. MKT Soluções em Mídias Sociais, E-Marketing, Branding e Design Soluções em Mídias Sociais, E-Marketing, Branding e Design Principais serviços que realizamos: Criação da Identidade Visual, desde Logo

Leia mais

1. INICIANDO NO FOTOÍ

1. INICIANDO NO FOTOÍ 1. INICIANDO NO FOTOÍ Após ter criado uma conta no site Fotoí (www.fotoi.com.br) e efetuado a contratação de um plano do tipo PRO (com venda de arquivos digitais, impressão de fotos e seleção de fotos),

Leia mais

A barra de menu a direita possibilita efetuar login/logout do sistema e também voltar para a página principal.

A barra de menu a direita possibilita efetuar login/logout do sistema e também voltar para a página principal. MANUAL DO SISCOOP Sumário 1 Menu de Navegação... 3 2 Gerenciar País... 5 3- Gerenciamento de Registro... 8 3.1 Adicionar um registro... 8 3.2 Editar um registro... 10 3.3 Excluir um registro... 11 3.4

Leia mais

GUIA DE USO FRAMEWORK APLANAR Versão 0.1 21/07/2014 Cópia distribuída e controlada

GUIA DE USO FRAMEWORK APLANAR Versão 0.1 21/07/2014 Cópia distribuída e controlada GUIA DE USO SUMÁRIO 1. Utilizando o FrameWork Aplanar... 2 1.1 GRID... 2 1.1.1 Barra de menus:... 2 1.1.2 Barra de ferramentas:... 3 1.1.3 Barra de pesquisa:... 3 1.2 MENU ADMINISTRATIVO... 4 1.2.1 Usuário:...

Leia mais

Sistemas Enturma: Manual de Ferramentas do Usuário

Sistemas Enturma: Manual de Ferramentas do Usuário versão do manual: 1 1 Apresentação A evolução da tecnologia vem provocando uma revolução no ensino. O acesso à Internet e a disseminação do uso do computador vêm mudando a forma de produzir, armazenar

Leia mais

Manual do Usuário Instituição

Manual do Usuário Instituição 1 Manual do Usuário Instituição Área Restrita Site de Certificação Controle: D.04.36.00 Data da Elaboração: 13/08/2014 Data da Revisão: - Elaborado por: TIVIT / Certificação ANBIMA Aprovado por: Gerência

Leia mais

Clube UOL Parceria Comercial Com Site Leilão de Prêmios

Clube UOL Parceria Comercial Com Site Leilão de Prêmios Clube UOL Parceria Comercial Com Site Leilão de Prêmios Clube UOL É um clube de descontos e benefícios do UOL. Que tem o objetivo de oferecer aos assinantes um diferencial, concedendo ofertas especiais.

Leia mais

Planos estratégicos de comunicação 2013/2014 Programa Áreas Protegidas da Amazônia - ARPA

Planos estratégicos de comunicação 2013/2014 Programa Áreas Protegidas da Amazônia - ARPA 1. Plano de Comunicação interna 1.1 Aspectos estruturantes 1.1.1 Objetivo O objetivo maior do plano de comunicação interna é fortalecer a gestão do Programa Arpa, a coesão entre parceiros e agentes diretamente

Leia mais

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Escritório de Gestão de Projetos em EAD Unisinos http://www.unisinos.br/ead 2 A partir de agora,

Leia mais

Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011

Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011 Curso de Marketing Disciplina: Web Marketing Professor: Roberto Marcello Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011 Web Marketing Web Marketing é qualquer esforço promocional realizado

Leia mais

Apresentação. E-commerce de Sucesso. da plataforma para o seu. www.brasilnaweb.com.br 4003-3312 atendimento@brasilnaweb.com.br

Apresentação. E-commerce de Sucesso. da plataforma para o seu. www.brasilnaweb.com.br 4003-3312 atendimento@brasilnaweb.com.br Apresentação da plataforma para o seu E-commerce de Sucesso www.brasilnaweb.com.br 4003-3312 atendimento@brasilnaweb.com.br Assuntos nessa apresentação: - A loja virtual (acesso dos seus clientes para

Leia mais

as cores locais formando um mosaico de sucesso

as cores locais formando um mosaico de sucesso 3º PRÊMIO DE COMUNICAÇÃO DO SISTEMA UNIMED Regulamento O presente regulamento tem a finalidade de estabelecer as normas aplicáveis ao Prêmio de Comunicação do Sistema Unimed, relativas aos participantes,

Leia mais

Navegue e utilize as ferramentas do Portal do Professor

Navegue e utilize as ferramentas do Portal do Professor Navegue e utilize as ferramentas do Portal do Professor Aa Índice Como se inscrever no Portal Problemas com Login e Senha Descrição do Portal do Professor Descubra se sua escola ou Secretaria de Educação

Leia mais

O curso aborda como criar sistemas com php e mysql utilizando a integração do Dreamweaver, sem a necessidade de programação.

O curso aborda como criar sistemas com php e mysql utilizando a integração do Dreamweaver, sem a necessidade de programação. Descrição do curso O curso aborda como criar sistemas com php e mysql utilizando a integração do Dreamweaver, sem a necessidade de programação. O aluno aprenderá a criar sistemas de cadastro, alteração,

Leia mais

Novell Vibe 4.0. Março de 2015. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos

Novell Vibe 4.0. Março de 2015. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos Novell Vibe 4.0 Março de 2015 Inicialização Rápida Quando você começa a usar o Novell Vibe, a primeira coisa a se fazer é configurar sua área de trabalho pessoal e criar uma área de trabalho de equipe.

Leia mais