Como funciona um sistema de refrigeração composto de câmara de congelados e câmara de resfriados

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Como funciona um sistema de refrigeração composto de câmara de congelados e câmara de resfriados"

Transcrição

1

2 Como funciona um sistema de refrigeração composto de câmara de congelados e câmara de resfriados O diagrama abaixo representa uma instalação de refrigeração comercial composta de um evaporador para câmara de resfriados (B) e uma câmara de congelados (E), um compressor (A), um condensador (C) e um tanque de líquido (D). O refrigerante chega às válvulas de expansão termostáticas TE, passando pelo filtro secador (G) e visor de líquido com indicador de umidade SGI. Os registros BM, montados antes e após o filtro secador (G), permitem a troca deste sem perda de refrigerante, facilitando assim a manutenção e reduzindo os tempos de parada da instalação. Antes de cada válvula de expansão TE, encontramos as válvulas solenóide EVR, controladas pelos controladores EKC. Os termostatos controlam a abertura e o fechamento das válvulas solenóide, de acordo com a temperatura no sensor (F), montado em cada câmara. Uma válvula de retenção NRV está montada na linha de sucção do evaporador da câmara de congelados (A). Esta válvula evita o retorno de refrigerante para o evaporador da câmara de congelados durante os períodos de parada do compressor. Um regulador de pressão KVP está montado na linha de sucção do evaporador da câmara de resfriamento. O regulador KVP mantém uma pressão de evaporação constante, correspondente à temperatura requerida na câmara de resfriados. O regulador de pressão e sucção KVL, montado antes do compressor, protege o seu motor contra sobrecargas que podem ocorrer durante as partidas. O pressostato diferencial MP promove a parada do compressor se a pressão do óleo atingir um valor abaixo do especificado. O pressostato duplo KP 15 consiste de uma combinação dos pressostatos de alta e baixa numa só unidade. Protege a instalação quando as pressões de sucção ou descarga estiverem fora dos valores recomendados pelo fabricante do compressor. É importante que, sob quaisquer condições, haja pressão suficiente na linha de líquido para alimentar de refrigerante às válvulas de expansão. Para manter tal pressão, esta instalação possui um regulador de pressão de condensação KVR e uma válvula de pressão diferencial NRD.

3 Válvulas de expansão termostática T, TE e PHT 1 a 19 T2 e TE2 TE5 a TE55 PHT TRE10, TRE20, TRE40 e TRE80 20 a 23 Válvula reguladora de capacidade (by pass de gás quente) KVC CPCE + LG Válvula reguladora de pressão de cárter KVL 26 Válvulas reguladoras de pressão de condensação KVR e NRD 27 Válvula reguladora de pressão de evaporação KVP 28 Válvulas solenóide EVR2 EVR NF/NA 20 - NF/NA 29 a 32 Bobinas para válvulas solenóide 33, 34 Visores SGI, SGN, SGR, SGRI e SGRN 35, 36 Válvulas de fechamento BML 37 Válvulas de esfera GBC 38 Válvulas de retenção NRV e NRVH 39, 40 Separador de óleo OUB 41 Válvulas reguladoras de pressão de condensação (válvulas para água) WVFM, WVFX e WVS 42, 43 AVTA e WVTS 44, 45 Pressostatos KP com proteções IP30, IP44 ou IP55 46, 47 Pressostatos diferenciais MP 54 e 55 48, 49 Termostatos KP 50, 51 Termostatos Universal UT Controladores eletrônicos tipos EKC 102, 202 e a 55 Filtros secadores para linha de líquido DML 56, 57 Filtros secadores com núcleo sódio intercambiável DCR 58, 59 Filtro de limpeza pós-queima Eliminator DAS 60, 61 Compressores reciprocantes herméticos MT / MTZ e NTZ 62 a 72 Compressores semi-herméticos HA, HAX, HG e HGX 73 a 82 Unidades condensadoras herméticas Blue Star e Compact Line 83 a 94 Unidades condensadoras semi-herméticas Blue Star e Compact Line 95 a 105 Unidades condensadoras herméticas fracionárias 106 a 108 Compressores Scroll Tech NxGen 109 a 114 Compressores Scroll Performer SM/SY, SY, SZ e SH 115 a 121 Óleos lubrificantes 122

4 Válvulas de expansão termostática tipos T, TE e PHT Introdução As válvulas de expansão termostáticas regulam a injeção de líquido refrigerante nos evaporadores. A injeção é controlada em função do superaquecimento do refrigerante. Portanto, as válvulas são especialmente adequadas para a injeção de líquidos em evaporadores secos, nos quais o superaquecimento na saída do evaporador é proporcional à carga do mesmo. Características Ampla faixa de temperatura: De -60 a +50 C Podem ser utilizadas em equipamentos com faixa de temperatura normal, baixa e extra baixa, como refrigeração, congelamento e ar condicionado. Conjunto de orifícios intercambiáveis: - manuseio mais fácil - facilita a adaptação da capacidade às necessidades da instalação - melhor desempenho Capacidades nominais de 0,5 a kw (0,15 a 540 TR) para R-22. Podem ser fornecidas com MOP (Máxima Pressão de Operação). Protegem o motor do compressor contra pressão de evaporação excessiva. Bulbo de duplo contato patenteado. Montagem rápida e simples. Boa transferência de temperatura do tubo ao bulbo. Quadro geral de válvulas de expansão para refrigerantes fluorados Tipo Capacidade nominal R-22 kw Faixa de Temperatura de evaporação 1) N NM NL B A R-22 R-134a Refrigerantes R-404A R-507 R-402B R-407C MOP Orifício intercabiável T2/TE2 0,5 15,5 x x x x x x x x x x x x TE5 19,7 55,3 x x x x x x x x x x x x Roscas Conexões TE12 26,8 84,4 x x x x x x x x x x x x TE x x x x x x x x x x x TE x x x x x x x x x x PHT x x x x x x x x x Soldar cobre ODF Flanges 1) Faixa N: -40 C a +10 C Faixa NM: -40 C a -5 C Faixa NL: -40 C a -15 C Faixa B: -60 C a -25 C Faixa A: +10 C a +50 C 1

5 Válvulas de expansão termostática tipos T, TE e PHT Dados técnicos Temperatura máxima Bulbo, com a válvula montada: 100 C Bulbo, elemento termostático desmontado: 60 C Temperatura mínima T2 TE55: -60 C PHT: -50 C Pressão máxima de teste T2, TE2: p` = 38 bar TE5, TE12, TE20, TE55 e PHT300: p` = 28 bar PHT85 e 125: 42 bar Pressão de trabalho admissível T2, TE2: PB = 34 bar TE5 TE55 e PHT: PB = 22 bar PHT85 e 125: 28 bar PHT300: 20 bar Pontos MOP Refrigerante MOP = Máxima Pressão de Operação Faixa N C O valor MOP é a pressão de evaporação na qual a válvula de expansão irá restringir a injeção de líquido no evaporador, impedindo assim que a temperatura de evaporação aumente e, conseqüentemente, que a pressão de sucção aumente. Faixa MN C Faixa NL C Faixa B C Ponto MOP na temperatura de evaporação t e e pressão de evaporação p e aprox. +15 C aprox. 0 C aprox. -10 C aprox. -20 C R-22 7,0 bar / 101 psig 4,0 bar / 57.5 psig 2,6 bar / 37.8 psig 1,4 bar / 20,9 psig R-134a 4,0 bar / 57.4 psig 1,9 bar / 27.8 psig 1,0 bar / 15.0 psig R-404A / R-507 / R-402B 8,6 bar / 124 psig 5,0 bar / 72.4 psig 3,4 bar / 49,1 psig 2,0 bar / 29,0 psig R-407C 6,5 bar / 94.3 psig Após alcançar o ponto MOP, o aumento da temperatura do bulbo não causará a abertura da válvula de expansão. Se o ajuste de superaquecimento da válvula de expansão efetuado em fábrica for alterado, o ponto MOP mudará. Aumentando o ajuste do superaquecimento, o ponto MOP é reduzido e vice-versa. Faixa N Faixa NM Faixa NL Faixa B Faixa de funcionamento das válvulas de expansão termostática Dimensionamento O dimensionamento das válvulas de expansão dependem do seguinte: - carga máxima do evaporador - temperatura de evaporação - temperatura de condensação - subresfriamento do líquido A perda de carga através da válvula de expansão é a diferença entre as pressões de condensação e evaporação do compressor, menos a perda de carga na tubulação da linha de líquido e a perda de carga nos acessórios da linha de líquido. (Ex.: filtro secador, registro, válvula solenóide, etc.). 2

6 Especificações Válvulas completas T2 e TE2 com conexões rosca Refrigerante R-22 R134a R-404A/ R-507/ R-402B Válvulas de expansão termostática com conexão rosca, tipos T2 e TE2 Faixa N (sem MOP): -40 a +10 C R-22 / R-134a / R-404A / R-507 / R-402B / R-407C Capacidade Número Equalização Conexões em N de código Tipo de nominal do de polegada rosca com válvula kw 1) orifício pressão Entrada Saída orifícios TX ,5 0X Int. 3/8 1/2 068Z TX ,0 00 Int. 3/8 1/2 068Z TX ,5 01 Int. 3/8 1/2 068Z TX ,5 02 Int. 3/8 1/2 068Z TX ,2 03 Int. 3/8 1/2 068Z TX ,0 04 Int. 3/8 1/2 068Z TX ,5 05 Int. 3/8 1/2 068Z TX ,5 06 Int. 3/8 1/2 068Z TEX ,5 0X Ext. 3/8 1/2 068Z TEX ,0 00 Ext. 3/8 1/2 068Z TEX ,5 01 Ext. 3/8 1/2 068Z TEX ,5 02 Ext. 3/8 1/2 068Z TEX ,2 03 Ext. 3/8 1/2 068Z TEX ,0 04 Ext. 3/8 1/2 068Z TEX ,5 05 Ext. 3/8 1/2 068Z TEX ,5 06 Ext. 3/8 1/2 068Z TN ,4 0X Int. 3/8 1/2 068Z TN ,4 0X Int. 3/8 1/2 068Z TN ,8 01 Int. 3/8 1/2 068Z TN ,6 02 Int. 3/8 1/2 068Z TN ,6 03 Int. 3/8 1/2 068Z TN ,7 04 Int. 3/8 1/2 068Z TN ,6 05 Int. 3/8 1/2 068Z TN ,5 06 Int. 3/8 1/2 068Z TEN ,4 0X Ext. 3/8 1/2 068Z TEN ,9 00 Ext. 3/8 1/2 068Z TEN ,8 01 Ext. 3/8 1/2 068Z TEN ,6 02 Ext. 3/8 1/2 068Z TEN ,6 03 Ext. 3/8 1/2 068Z TEN ,7 04 Ext. 3/8 1/2 068Z TEN ,6 05 Ext. 3/8 1/2 068Z TEN ,5 06 Ext. 3/8 1/2 068Z TS ,38 0X Int. 3/8 1/2 068Z TS ,7 00 Int. 3/8 1/2 068Z TS ,6 01 Int. 3/8 1/2 068Z TS ,1 02 Int. 3/8 1/2 068Z TS ,2 03 Int. 3/8 1/2 068Z TS ,0 04 Int. 3/8 1/2 068Z TS ,7 05 Int. 3/8 1/2 068Z TS ,1 06 Int. 3/8 1/2 068Z TES ,38 0X Ext. 3/8 1/2 068Z TES ,7 00 Ext. 3/8 1/2 068Z TES ,6 01 Ext. 3/8 1/2 068Z TES ,1 02 Ext. 3/8 1/2 068Z TES ,2 03 Ext. 3/8 1/2 068Z TES ,0 04 Ext. 3/8 1/2 068Z TES ,7 05 Ext. 3/8 1/2 068Z TES ,1 06 Ext. 3/8 1/2 068Z Interpretação da nomenclatura Exemplo:TEN2-0,5 T = Válvula de expansão termostática E = Equalização de pressão externa 1/4 / 6 mm N = Refrigerante R-134a (X = R-22) (S = R-404A / R-507 / R-402B) (Z = R-407 C) 2 = Tamanho da válvula 0,5 = Capacidade nominal em TR 1 ) A capacidade nominal está baseada: Na temperatura de evaporação t e = +5 C Na temperatura de condensação t c = +32 C Na temperatura do refrigerante antes da válvula t l = +28 C Tabelas de capacidades: Ver as tabelas de capacidades detalhadas. 3

7 Válvulas de expansão termostática com conexão rosca, tipos T2 e TE2 Faixa N (sem MOP): -40 a +10 C Refrigerante R-407 R-407C Capacidade Número Equalização Conexões em N de código Tipo de nominal do de polegada rosca com válvula kw 1 ) orifício pressão Entrada Saída orifícios TZ ,5 0X Int. 3/8 1/2 068Z TZ ,1 00 Int. 3/8 1/2 068Z TZ ,7 01 Int. 3/8 1/2 068Z TZ ,8 02 Int. 3/8 1/2 068Z TZ ,6 03 Int. 3/8 1/2 068Z TZ ,6 04 Int. 3/8 1/2 068Z TZ ,3 05 Int. 3/8 1/2 068Z TZ ,7 06 Int. 3/8 1/2 068Z TEZ ,5 0X Ext. 3/8 1/2 068Z TEZ ,1 00 Ext. 3/8 1/2 068Z TEZ ,7 01 Ext. 3/8 1/2 068Z TEZ ,8 02 Ext. 3/8 1/2 068Z TEZ ,6 03 Ext. 3/8 1/2 068Z TEZ ,6 04 Ext. 3/8 1/2 068Z TEZ ,3 05 Ext. 3/8 1/2 068Z TEZ ,7 06 Ext. 3/8 1/2 068Z Interpretação da nomenclatura Exemplo:TEN 2-0,5 T = Válvula de expansão termostática E = Equalização de pressão externa 1/4 / 6 mm N = Refrigerante R-134a (X = R-22) (S = R-404A / R-507 / R-402B) (Z = R-407 C) 2 = Tamanho da válvula 0,5 = Capacidade nominal em TR 1 ) A capacidade nominal está baseada: Na temperatura de evaporação t e = +5 C Na temperatura de condensação t c = +32 C Na temperatura do refrigerante antes da válvula t l = +28 C Tabelas de capacidades: Ver as tabelas de capacidades detalhadas. 4

8 Válvulas de expansão termostática tipos T2 e TE2 Especificações, componentes com conexões rosca x rosca Elemento termostático com braçadeira de sensor sem orifício e filtro Refrigerante R-22 R-407C R-134a R404A/ R-507/ R-402B Tipo de válvula Equalização de pressão Conexão Tubo Entrada capilar x Saída Faixa N -40 a +10 C N de código Faixa NM -40 a -5 C Faixa NL -40 a 15 C Faixa B -60 a -25 C m pol. x pol. Sem MOP Com MOP Sem MOP Com MOP Sem MOP Com MOP TX2 Int. 1,5 3/8 x1/2 068Z Z Z Z Z Z3228 TEX2 Ext. 1,5 3/8 x1/2 068Z Z Z Z Z Z3229 TZ2 Int. 1,5 3/8 x1/2 068Z Z3516 TEZ2 Ext. 1,5 3/8 x1/2 068Z Z3517 TN2 Int. 1,5 3/8 x1/2 068Z Z Z Z3369 TEN2 Ext. 1,5 3/8 x1/2 068Z Z Z Z3370 TS2 Int. 1,5 3/8 x1/2 068Z Z Z Z Z Z3410 TES2 Ext. 1,5 3/8 x1/2 068Z Z Z Z Z Z3411 Obs.: A conexão para equalização de pressão é 1/4. Conjunto de orifício com filtro Faixa N: -40 a +10 C Capacidade nominal em toneladas (TR) Número de R-404A/R- R-22 R-407C R-134a 507/ orifício R-402B A capacidade nominal está baseada: - Na temperatura de evaporação t e = +5 C na faixa N e t e = -30 C para a faixa B Capacidade nominal em kw R-22 R-407C R-134a R-404A / R Na temperatura de condensação t c = +32 C - Na temperatura do refrigerante antes da válvula t l = +28 C N de código 0X 0,15 0,16 0,11 0,11 0,5 0,5 0,4 0, ,3 0,3 0,25 0,21 1,0 1,1 0,9 0, ,7 0,8 0,5 0,45 2,5 2,7 1,8 1, ,0 1,1 0,8 0,6 3,5 3,8 2,6 2, ,5 1,6 1,3 1,2 5,2 5,6 4,6 4, ,3 2,5 1,9 1,7 8,0 8,6 6,7 6, ,0 3,2 2,5 2,2 10,5 11,3 8,6 7, ,5 4,9 3,0 2,6 15,5 16,7 10,5 9, Conjunto de orifício com filtro Faixa B: -60 a -25 C Número de orifício Capacidade nominal em toneladas (TR) R-404A/ R-22 R-407C R-134a R-507/ R-402B Capacidade nominal em kw R-22 R-407C R-134a R-404A /R- 507 N de código 0X 0,15 0,11 0,5 0, ,2 0,21 0,7 0, ,3 0,45 1,0 1, ,6 0,6 2,1 2, ,8 1,0 2,8 3, ,2 1,4 4,2 4, ,5 1,7 5,2 6, ,0 1,9 7,0 6, Exemplo: Uma válvula de expansão termostática consiste de dois itens: - 1 elemento termostático - 1 conjunto de orifícios Itens de reposição: Filtro de orifício para válvulas T2/TE2 rosca - nº de código Ao se especificar uma válvula de expansão termostática TEX 2 com orifício 01, dois números de códigos são necessários: - 1 elemento termostático, 068Z conjunto de orifício 01,

9 Válvulas de expansão termostática tipos T2 e TE2 Especificações, componentes com conexões rosca x solda Elemento termostático com braçadeira de sensor sem orifício e filtro Refrigerante R-22 R-407C R-134a R404A/ R-507/ R-402B Tipo de válvula Equalização de pressão Tubo capilar Entrada rosca Conexão Saída solda a cobre ODF Faixa N -40 a +10 C N de código Faixa NL -40 a 15 C Faixa B -60 a -25 C m pol. pol. Sem MOP Com MOP Com MOP Sem MOP Com MOP TX2 Int. 1,5 3/8 1/2 068Z Z Z Z3319 TEX2 Ext. 1,5 3/8 1/2 068Z Z Z Z3320 TZ2 Int. 1,5 3/8 1/2 068Z3329 TEZ2 Ext. 1,5 3/8 1/2 068Z Z3447 TN2 Int. 1,5 3/8 1/2 068Z Z3387 TEN2 Ext. 1,5 3/8 1/2 068Z Z3389 TS2 Int. 1,5 3/8 1/2 068Z Z Z Z Z3420 TES2 Ext. 1,5 3/8 1/2 068Z Z Z Z Z3421 Obs.: A conexão para a equalização de pressão é de 1/4 Adaptador para solda O adaptador é utilizado nas válvulas de expansão termostática T2 e TE2 com conexões rosca x solda. Se o adaptador é montado corretamente, cumpre os requisitos de vedação da norma DIN O adaptador tem as seguintes vantagens: Permite trocar o conjunto de orifício. Permite trocar ou limpar o filtro. O orifício padrão das válvulas T2 e TE2 pode ser utilizado com o adaptador para solda quando o filtro da válvula de expansão for trocado por outro filtro especificado em separado. Somente assim serão cumpridos os requisitos de vedação da norma DIN Adaptador para solda Conexão soldada de cobre ODF N de código 3/8 polegadas Filtro para adaptador para solda Descrição Filtro sem o conjunto de orifício N de código Conjunto de orifício com filtro para adaptador para solda Número do orifício N de código 0X

10 Válvulas de expansão termostática tipos TE5 a TE55 Especificações (continuação) Elemento termostático Tipo de válvula Equalização de pressão Tubo capilar Faixa N -40 a +10 C N de código Faixa NM -40 a -5 C Faixa NL -40 a -15 C Faixa B -60 a -25 C R-22 1/4 pol. m Sem MOP Com MOP Com MOP Com MOP Sem MOP Com MOP TEX5 Ext B B B B B B3251 TEX12 Ext B B B B B3211 TEX12 Ext B B3212 TEX20 Ext B B B B B3276 TEX20 Ext B B3287 TEX55 Ext G G G G3207 TEX55 Ext G G3217 Conjunto do orifício Tipo de válvula Capacidade nominal Faixa N: -40 a 10 C kw Capacidade nominal Faixa B: -60/55 a - 25 C kw Número do orifício A capacidade nominal está baseada em: - Temperatura de evaporação: t e = 5 C para a faixa N e t e = -30 C para a faixa B - Temperatura de condensação: t c = 32 C - Temperatura do refrigerante antes da válvula: t l = 28 C N de código TEX5-3 19,7 11, B2089 TEX ,9 16, B2090 TEX ,8 24, B2091 TEX ,3 35, B2092 TEX ,8 17, B2005 TEX ,4 28, B2006 TEX ,0 41, B2007 TEX ,4 55, B2008 TEX ,0 70, B2172 TEX ,0 148, G2005 TEX ,0 228, G2006 Corpo da válvula Passagem angular rosca (TE 5) Passagem reta solda (TE 5) Passagem reta solda (TE 12) Passagem angular solda (TE 20) Tipo TE5 1) ODF x ODF 2) ODF x ODM 3) ODM x ODM ODF = Diâmetro interno ODM = Diâmetro externo Número do orifício Conexão Entrada x Saída N de código polegada Rosca angular Solda angular Solda reta 1/2 x 5/8 1/2 x 7/8 5/8 x 7/8 5/8 x 7/8 7/8 x 1 1/8 067B B B B B B4008 TE12 067B4022 1) 067B4020 1) 067B4023 2) 067B4021 2) TE /8 x 1 1/8 067B4023 2) 067B4021 2) TE /8 x 1 3/8 067G4004 3) 067G4003 3) Filtro para T5 / TE5 Descrição Filtro (sem o conjunto de orifício) Nº de código 067B0171 7

11 Válvulas de expansão termostática tipos TE5 a TE55 Especificações (continuação) R-407C Elemento termostático Tipo de válvula Equalização de pressão Tubo capilar N de código Faixa N -40 a +10 C 1/4 pol. m Sem MOP Com MOP TEZ5 Ext B B3277 TEZ12 Ext B B3367 TEZ20 Ext B B3372 TEZ25 Ext G G3241 Conjunto do orifício Tipo de válvula Capacidade nominal Faixa N: -40 a 10 C kw Número do orifício A capacidade nominal está baseada em: - Temperatura de evaporação: t e = 5 C para a faixa N e t e = -30 C para a faixa B - Temperatura de condensação: t c = 32 C - Temperatura do refrigerante antes da válvula: t l = 28 C N de código TEZ , B2089 TEZ , B2090 TEZ , B2091 TEZ , B2092 TEZ , B2005 TEZ , B2006 TEZ , B2007 TEZ , B2008 TEZ , B2172 TEZ , G2005 TEZ , G2006 Passagem angular rosca (TE5) Passagem reta solda (TE5) Passagem reta solda (TE12) Passagem angular solda (TE20) Corpo da válvula Tipo TE 5 1) ODF x ODF 2) ODF x ODM 3) ODM x ODM ODF = Diâmetro interno ODM = Diâmetro externo Número do orifício Conexão Entrada x Saída N de código polegada Rosca angular Solda angular Solda reta 1/2 x 5/8 1/2 x 7/8 5/8 x 7/8 067B B B B B B4008 TE12 5/8 x 7/8 067B4022 1) 067B4020 1) 7/8 x 1 1/8 067B4023 2) 067B4021 2) TE /8 x 1 1/8 067B4023 2) 067B4021 2) TE /8 x 1 3/8 067G4004 3) 067G4003 3) Filtro para T5 / TE5 Descrição Filtro (sem o conjunto de orifício) Nº de código 067B0171 8

12 Válvulas de expansão termostática tipos TE5 a TE55 Especificações (continuação) Elemento termostático Tipo de válvula Equalização de pressão Tubo capilar N de código Faixa N -40 a +10 C R-134a Faixa NM -40 a -5 C 1/4 pol. m Sem MOP Com MOP Com MOP TEN5 Ext B B B3360 TEN12 Ext B B3233 TEN12 Ext B3363 TEN20 Ext B B3293 TEN20 Ext B3370 TEN55 Ext G G3223 TEN55 Ext G3230 Conjunto do orifício Tipo de válvula Capacidade nominal Faixa N: -40 a 10 C kw Capacidade nominal Faixa B: -60/55 a - 25 C kw Número do orifício A capacidade nominal está baseada em: Temperatura de evaporação: t e = 5 C para a faixa N e t e = -30 C para a faixa B Temperatura de condensação: t c = 32 C Temperatura do refrigerante antes da válvula: t l = 28 C N de código TEN ,9 11, B2089 TEN ,1 16, B2090 TEN ,1 24, B2091 TEN ,6 35, B2092 TEN ,7 17, B2005 TEN ,2 28, B2006 TEN ,0 41, B2007 TEN ,0 55, B2008 TEN ,0 70, B2172 TEN ,0 148, G2005 TEN ,0 228, G2006 Passagem angular rosca (TE5) Passagem reta solda (TE5) Passagem reta solda (TE12) Passagem angular solda (TE20) Corpo da válvula Tipo TE5 1) ODF x ODF 2) ODF x ODM 3) ODM x ODM ODF = Diâmetro interno ODM = Diâmetro externo Número do orifício Conexão Entrada x Saída N de código polegada Rosca angular Solda angular Solda reta 1/2 x 5/8 1/2 x 7/8 5/8 x 7/8 067B B B B B B4008 TE12 5/8 x 7/8 067B4022 1) 067B4020 1) 7/8 x 1 1/8 067B4023 2) 067B4021 2) TE /8 x 1 1/8 067B4023 2) 067B4021 2) TE /8 x 1 3/8 067G4004 3) 067G4003 3) Filtro para T5 / TE5 Descrição Filtro (sem o conjunto de orifício) Nº de código 067B0171 9

13 Válvulas de expansão termostática tipos TE5 a TE55 Especificações (continuação) Elemento termostático R-404A/R-507/R-402B Tipo de válvula Equalização de pressão Tubo capilar Faixa N -40 a +10 C Faixa NM -40 a -5 C N de código Faixa NL -40 a +10 C Faixa NM -60 a -25 C 1/4 pol. m Sem MOP Com MOP Com MOP Com MOP Sem MOP Com MOP TES5 Ext B B B B B B3343 TES12 Ext B B B B3349 TES12 Ext B B3350 TES20 Ext B B B B3354 TES20 Ext B B3355 TES55 Ext G G G G3305 TES55 Ext G G3306 Conjunto do orifício Tipo de válvula Capacidade nominal Faixa N: -40 a 10 C kw Capacidade nominal Faixa B: -60/55 a - 25 C kw Número do orifício A capacidade nominal está baseada em: Temperatura de evaporação: t e = 5 C para a faixa N e t e = -30 C para a faixa B Temperatura de condensação: t c = 32 C Temperatura do refrigerante antes da válvula: t l = 28 C N de código TES ,0 8, B2089 TES ,6 11, B2090 TES ,3 16, B2091 TES ,2 23, B2092 TES ,8 11, B2005 TES ,9 18, B2006 TES ,2 27, B2007 TES ,1 37, B2008 TES ,0 41, B2172 TES ,0 95, G2005 TES ,0 144, G2006 Passagem angular rosca (TE5) Passagem reta solda (TE5) Passagem reta solda (TE12) Passagem angular solda (TE20) Corpo da válvula Tipo TE5 1) ODF x ODF 2) ODF x ODM 3) ODM x ODM ODF = Diâmetro interno ODM = Diâmetro externo Número do orifício Conexão Entrada x Saída N de código polegada Rosca angular Solda angular Solda reta 1/2 x 5/8 1/2 x 7/8 5/8 x 7/8 067B B B B B B4008 TE12 5/8 x 7/8 067B4022 1) 067B4020 1) 7/8 x 1 1/8 067B4023 2) 067B4021 2) TE /8 x 1 1/8 067B4023 2) 067B4021 2) TE /8 x 1 3/8 067G4004 3) 067G4003 3) Filtro para T5 / TE5 Descrição Filtro (sem o conjunto de orifício) Nº de código 067B

14 Válvulas de expansão termostática tipo PHT Conjunto de orifício piloto Tipo PHT (orifício) Nº de código 067B2090 Corpo da válvula, juntas e parafusos Tipo Orifício nº Capacidade Nominal 2 ) R-22 Faixa N -40 a +10 C Faixa N -40 a +10 C Capacidade Nominal 1 ) R-134a Faixa A +10 a +50 C N de código TR kw TR kw TR kw PHT H1160 PHT H1161 PHT H1162 PHT H1163 PHT H1164 PHT H0165 PHT H0166 1) Pode-se solicitar uma PHT85 com orifício nº5, com uma capacidade de 5 a 10% maior quando comparada com orifício nº4. O código neste caso é o nº 026H ) A capacidade nominal para a faixa N é baseada em uma temperatura de evaporação t e = +5 ºC, temperatura de condensação t c = +32 ºC e temperatura do refrigerante antes da válvula t l = +28 ºC A capacidade nominal para a faixa A é baseada em uma temperatura de evaporação t e = +5ºC, temperatura de condensação t c = +42ºC e temperatura do refrigerante antes da válvula t l = +38º C Elemento Termostático Faixa Refrigerante Tubo capilar 3 m N de código Tubo capilar 5 m R B B3304 R-22, MOP100 psig 067B B3306 R-407C 067B B a +10 ºC R-407C, MOP95 psig 067B3311 R-134a 067B B3315 R-134a, MOP55 psig 067B B3317 R-404A / R B a +50 ºC R-134a 067B3318 Conjunto de flanges Tipo Tipo de flanges Flange para solda cobre Flange para solda aço pol. N de código pol. N de código mm N de código PHT N1025 PHT /8 027NL L1028 PHT /8 027NL L1035 PHT125 3 A 1 1/4 027N1032 PHT300 4 A 1 1/2 027N1040 PHT300 4 A 2 027N

15 Tabelas de capacidades para válvulas de expansão termostáticas tipos T, TE e PHT Capacidade em kw para a faixa N: -40 a +10 C R-22 Tipo de válvula Nº do orifício Queda de pressão através da válvula p bar Queda de pressão através da válvula p bar Temperatura de evaporação +10ºC Temperatura de evaporação 0ºC TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX X ,37 0,87 2,2 3,0 5,4 8,1 10,2 12,6 0,48 1,1 2,8 4,0 7,2 10,8 13,6 16,7 0,55 1,2 3,2 4,7 8,3 12,5 15,7 19,3 0,60 1,3 3,4 5,1 9,1 13,8 17,2 21,0 0,63 1,4 3,6 5,4 9,7 14,5 18,3 22,3 0,65 1,4 3,7 5,6 10,0 15,5 18,9 23,1 0,65 1,4 3,8 5,8 10,2 15,4 19,3 23,5 0,67 1,5 3,8 5,8 10,3 15,5 19,5 23,7 0,37 0,84 1,9 2,6 4,6 6,9 8,8 10,8 0,48 1,0 2,4 3,4 6,1 9,1 11,6 14,2 0,55 1,2 2,7 4,0 7,1 10,5 13,3 16,3 0,59 1,3 3,0 4,3 7,8 11,5 14,6 17,8 0,63 1,3 3,1 4,6 8,2 12,2 15,5 18,9 0,65 1,4 3,2 4,8 8,5 12,7 16,1 19,6 0,66 1,4 3,3 4,9 8,7 13,0 16,4 20,0 0,66 1,4 3,3 5,0 8,8 13,2 16,6 20,2 TEX 5-3 TEX TEX TEX ,4 17,2 25,3 35,8 16,3 22,5 32,8 46,6 18,8 25,9 37,4 53,3 20,5 28,1 40,6 57,8 21,7 29,7 42,6 60,8 22,4 30,6 43,9 62,6 22,8 31,1 44,5 63,6 23,0 31,3 44,7 63,9 12,8 17,7 25,9 36,6 16,7 22,9 33,0 47,0 19,1 26,1 37,5 53,5 20,8 28,3 40,6 58,0 22,0 29,9 42,8 61,2 22,7 30,9 44,2 63,2 23,2 31,5 45,0 64,3 23,3 31,7 45,3 64,7 TEX ,8 22,5 26,1 28,6 30,3 31,4 32,1 32,3 16,1 21,2 24,5 26,8 28,5 29,6 30,3 30,6 TEX ,3 36,4 42,1 46,1 48,8 50,7 51,6 52,0 26,2 34,5 39,8 43,5 46,1 47,8 48,9 49,3 TEX ,2 53,3 61,6 61,6 71,1 73,5 74,9 75,5 38,7 50,8 58,5 63,9 67,7 70,3 71,9 72,6 TEX ,2 70,2 80,9 80,9 93,0 96,1 97,8 98,5 51,7 67,6 77,8 85,0 90,2 93,7 95,8 96,9 TEX ,0 94, ,3 86,0 98, TEX TEX PHTX 85 PHTX 85 PHTX 85 PHTX 85 PHTX 125 PHTX 300 PHTX , , ,7 94, , , Temperatura de evaporação -10ºC Temperatura de evaporação -20ºC TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TEX 5-3 TEX TEX TEX X ,37 0,79 1,6 2,2 3,9 5,8 7,4 9,1 11,1 15,4 22,7 32,3 0,47 0,96 2,0 2,9 5,1 7,6 9,6 11,8 14,3 19,7 28,7 41,1 0,53 1,1 2,3 3,3 5,9 8,7 11,0 13,5 16,3 22,4 32,7 46,8 0,57 1,2 2,5 3,6 6,4 9,5 12,0 14,7 17,7 24,3 35,6 51,0 0,60 1,2 2,6 3,8 6,8 10,1 12,8 15,6 18,8 25,7 37,8 54,1 0,63 1,3 2,7 4,0 7,1 10,5 13,3 16,2 19,5 26,7 39,4 56,3 0,64 1,3 2,8 4,1 7,3 10,8 13,6 16,6 19,9 27,3 40,4 57,7 0,64 1,3 2,8 4,1 7,3 10,9 13,8 16,8 20,1 27,6 40,9 58,4 0,44 0,88 1,7 2,4 4,2 6,2 7,9 9,6 11,5 15,9 23,2 33,2 0,50 1,0 1,9 2,7 4,8 7,1 9,0 11,0 13,0 18,1 26,3 37,7 0,54 1,1 2,0 2,9 5,2 7,7 9,8 11,9 14,1 19,6 28,7 41,1 0,57 1,1 2,2 3,1 5,5 8,2 10,3 12,6 15,0 20,8 30,6 43,7 0,59 1,2 2,3 3,2 5,8 8,5 10,8 13,1 15,6 21,6 32,0 45,7 0,61 1,2 2,3 3,3 5,9 8,7 11,0 13,5 16,0 22,1 32,9 47,0 0,61 1,2 2,3 3,3 6,0 8,8 11,2 13,7 16,2 22,4 33,5 47,8 TEX ,7 21,4 23,4 24,8 25,8 26,4 26,6 15,9 18,1 19,6 20,8 21,6 22,1 22,4 TEX ,4 34,8 37,9 40,2 41,8 42,8 43,2 25,9 29,4 32,0 33,9 35,2 36,1 36,5 TEX ,5 50,9 55,6 59,0 61,4 62,9 63,7 37,7 42,9 46,7 49,6 51,7 53,1 53,9 TEX ,1 67,7 74,0 78,7 82,1 84,3 85,6 49,9 57,0 62,3 66,4 69,6 71,8 73,1 TEX ,4 85,9 93,6 99, ,7 72,4 78,8 83,8 87,4 90,0 91,4 TEX TEX PHTX 85 PHTX 85 PHTX 85 PHTX 85 PHTX 125 PHTX 300 PHTX ,0 78, , , , , , , , ,6 85, ,8 99, , , , , , Correção devido à variação do subresfriamento t sub As capacidades de evaporação terão que ser corrigidas se o subresfriamento for diferente de 4K. A capacidade corrigida pode ser obtida dividindo-se a capacidade necessária de evaporação pelo fator de correção da tabela ao lado. Poderá, então, ser feita a seleção com as tabelas anteriores. t sub 4 K 10 K 15 K 20 K 25 K 30 K 35 K 40 K 45 K 50 K Fator de correção 1,00 1,06 1,11 1,15 1,20 1,25 1,30 1,35 1,39 1,44 Exemplo: Refrigerante = R-22 Capacidade de evaporação Qe = 5 kw Subresfriamento = 10 K Fator de correção segundo a tabela = 1,06 Capacidade corrigida = 5 1,08 = 4,72 kw Nota: Um subresfriamento insuficiente pode produzir evaporação instantânea (flash gas), o que poderá causar danos aos controles. 12

16 Tabelas de capacidades para válvulas de expansão termostáticas tipos T, TE e PHT Capacidade em kw para a faixa N: -40 a +10 C R-22 Tipo de válvula Nº do orifício Queda de pressão através da válvula p bar Queda de pressão através da válvula p bar Temperatura de evaporação -30ºC Temperatura de evaporação -40ºC TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX X ,40 0,79 1,4 1,9 3,4 5,0 6,4 7,8 0,45 0,90 1,5 2,2 3,9 5,7 7,2 8,8 0,49 0,96 1,7 2,7 4,2 6,2 7,8 9,6 0,52 1,0 1,8 2,5 4,4 6,5 8,3 10,1 0,55 1,1 1,8 2,6 4,6 6,8 8,6 10,5 0,56 1,1 1,9 2,6 4,7 7,0 8,8 10,8 0,57 1,1 1,9 2,7 4,8 7,1 9,0 11,0 0,42 0,80 1,3 1,7 3,1 4,6 5,8 7,1 0,45 0,86 1,4 1,9 3,4 4,9 6,3 7,7 0,48 0,92 1,4 2,0 3,5 6,6 8,1 0,50 0,95 1,5 2,0 3,7 5,4 6,9 8,4 0,52 0,98 1,5 2,1 3,8 5,6 7,1 8,7 0,53 0,99 1,6 2,1 3,8 5,7 7,2 8,8 TEX 5-3 TEX TEX TEX ,0 12,6 18,3 26,3 10,2 14,3 20,8 29,8 11,1 15,4 22,7 32,5 11,7 16,4 24,2 34,6 12,2 17,0 25,4 36,3 12,5 17,5 26,2 37,5 12,7 17,8 26,8 38,2 7,9 11,1 16,2 23,2 8,5 12,0 17,7 25,3 9,0 12,7 19,0 27,1 9,4 13,3 19,9 28,5 9,7 13,7 20,7 29,5 9,8 13,9 21,2 30,2 TEX TEX TEX TEX ,8 24,2 35,1 46,6 16,0 26,2 38,1 51,0 16,9 27,7 40,5 54,6 17,6 28,8 42,4 57,4 18,0 29,5 43,7 59,6 TEX ,2 64,5 68,8 72,0 74,4 75,8 48,0 51,8 55,4 58,2 60,4 61,9 TEX TEX PHTX 85 PHTX 85 PHTX 85 PHTX 85 PHTX 125 PHTX 300 PHTX ,6 64,1 95, ,8 74, ,8 81, ,8 86, ,2 91, ,3 94, ,3 29,9 44,5 61, ,9 97, ,9 19,4 28,1 37, ,6 54,0 79,9 84, ,8 21,0 30,6 41, ,6 59,2 88,5 95, ,5 22,2 32,6 44, ,1 63,7 94, ,0 23,1 34,1 46, ,0 66,9 99, ,4 23,7 35,3 48, ,4 69, ,6 24,1 36,1 50, ,2 70, Correção devido à variação do subresfriamento t sub As capacidades de evaporação terão que ser corrigidas se o subresfriamento for diferente de 4K. A capacidade corrigida pode ser obtida dividindo-se a capacidade necessária de evaporação pelo fator de correção da tabela ao lado. Poderá, então, ser feita a seleção com as tabelas anteriores. t sub 4 K 10 K 15 K 20 K 25 K 30 K 35 K 40 K 45 K 50 K Fator de correção 1,00 1,06 1,11 1,15 1,20 1,25 1,30 1,35 1,39 1,44 Exemplo: Refrigerante = R-22 Capacidade de evaporação Q e = 5 kw Subresfriamento = 10 K Fator de correção segundo a tabela = 1.06 Capacidade corrigida = = 4.72 kw Nota: Um subresfriamento insuficiente pode produzir evaporação instantânea (flash gas), o que poderá causar danos aos controles. 13

17 Tabelas de capacidades para válvulas de expansão termostática tipos T, TE e PHT Capacidade em kw para a faixa B: -60 a +10 C R-22 Tipo de válvula Nº do orifício Queda de pressão através da válvula p bar Queda de pressão através da válvula p bar Temperatura de evaporação -25ºC Temperatura de evaporação -30ºC TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX ,69 1,2 1,7 3,0 4,4 5,6 6,8 0,83 1,5 2,1 3,8 5,6 7,1 8,7 0,94 1,7 2,4 4,3 6,4 8,1 9,8 1,0 1,9 2,6 4,7 6,9 8,7 10,7 1,1 2,0 2,8 5,0 7,3 9,3 11,3 1,1 2,0 2,9 5,2 7,6 9,6 11,8 1,1 2,1 2,9 5,3 7,8 9,9 12,1 1,2 2,1 3,0 5,3 7,9 10,0 12,3 0,66 1,1 1,5 2,7 3,9 5,0 6,1 0,79 1,4 1,9 3,4 5,0 6,4 7,8 0,89 1,5 2,2 3,9 5,7 7,2 8,8 0,96 1,7 2,3 4,2 6,2 7,8 9,6 1,0 1,8 2,5 4,4 6,5 8,3 10,1 1,1 1,8 2,6 4,6 6,8 8,6 10,5 1,1 1,9 2,6 4,7 7,0 8,8 10,8 1,1 1,9 2,7 4,8 7,1 9,0 11,0 TEX 5-3 TEX TEX TEX ,1 11,3 16,4 23,5 10,2 14,2 20,7 29,6 11,6 16,1 23,5 33,6 12,5 17,4 25,6 36,6 13,3 18,5 27,3 39,0 13,3 19,2 28,6 40,8 14,2 19,7 29,5 42,1 14,4 20,0 30,0 42,8 7,2 10,1 14,6 20,9 9,0 12,6 18,3 26,3 10,2 14,3 20,8 29,8 11,1 15,4 22,7 32,5 11,7 16,4 24,2 34,6 12,2 17,0 25,4 36,3 12,5 17,5 26,2 37,5 12,7 17,8 26,8 38,2 TEX TEX TEX TEX ,3 18,5 26,8 35,4 14,5 23,6 34,2 45,3 16,4 26,8 38,9 51,7 17,8 29,0 42,3 56,6 18,8 30,7 45,0 60,4 19,6 31,9 46,9 63,4 20,0 32,7 48,3 65,6 TEX ,0 58,0 66,0 72,0 76,0 80,0 83,0 83,0 41,0 52,0 59,0 65,0 69,0 72,0 74,0 76,0 TEX TEX TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TEX 5-3 TEX TEX TEX 5-12 TEX TEX TEX TEX Temperatura de evaporação -40ºC 0,60 0,90 1,2 2,2 3,2 4,1 5,0 5,6 7,9 11,4 16,3 8,3 13,7 19,6 25,5 0,71 1,1 1,6 2,8 4,0 5,1 6,3 7,0 9,9 14,3 20,5 10,5 17,2 24,8 32,6 0,80 1,3 1,7 3,1 4,6 5,8 7,1 7,9 11,1 16,2 23,2 11,9 19,4 28,1 37,4 0,86 1,4 1,9 3,4 4,9 6,3 7,7 8,5 12,0 17,7 25,3 12,8 21,0 30,6 41,1 0,92 1,4 2,0 3,5 5,2 6,6 8,1 9,0 12,7 19,0 27,1 13,5 22,2 32,6 44, ,95 1,5 2,1 3,7 5,4 6,9 8,4 9,4 13,3 19,9 28,5 14,0 23,1 34,1 46, ,98 1,5 2,1 3,8 5,6 7,1 8,7 9,7 13,7 20,7 29,5 14,4 23,7 35,3 48,8 20,3 33,2 49,1 67, ,99 1,6 2,1 3,8 5,7 7,2 8,8 9,8 13,9 21,2 30,2 14,6 24,1 36,1 50,3 10,2 16,8 24,3 32,0 91, ,54 0,74 1,0 1,8 2,6 3,4 4,1 13,1 21,4 30,9 40, ,65 0,92 1,3 2,3 3,3 4,2 5,1 5,5 7,7 11,2 16,0 8,5 13,9 19,8 25,9 14,8 24,2 35,1 46, ,0 26,2 38,1 51, ,9 27,7 40,5 54, ,6 28,8 42,4 57, Temperatura de evaporação -50ºC TEX ,0 42,0 47,0 52,0 55,0 58,0 60,0 62,0 33,0 38,0 42,0 45,0 47,0 49,0 51,0 TEX ,0 92, ,0 81,0 81,0 91,0 94,0 96,0 97,0 TEX ,72 1,0 1,4 2,6 3,7 4,7 5,8 6,1 8,7 12,7 18,2 9,5 15,5 22,5 29,9 0,78 1,1 1,5 2,7 4,0 5,1 6,2 6,6 9,4 13,9 19,9 10,2 16,8 24,5 33,1 0,82 1,2 1,6 2,9 4,2 5,4 6,6 7,0 9,9 14,9 21,3 10,8 17,7 26,2 35,9 0,85 1,2 1,7 3,0 4,4 5,6 6,9 7,3 10,4 15,8 22,5 11,2 18,5 27,6 38,2 18,0 29,5 43,7 59, ,87 1,3 1,7 3,1 4,5 5,8 7,1 7,5 10,7 16,4 23,4 11,5 19,0 28,6 40,2 18,3 29,9 44,5 61, ,88 1,3 1,7 3,1 4,6 5,9 7,2 7,7 10,9 16,9 23,1 11,7 19,4 29,4 41,6 Temperatura de evaporação -55ºC Temperatura de evaporação -60ºC TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX TX2/TEX ,50 0,64 0,9 1,6 2,2 2,9 3,5 0,60 0,79 1,1 1,9 2,8 3,6 4,4 0,66 0,88 1,2 2,2 3,1 4,0 4,9 0,71 0,95 1,3 2,3 3,4 4,3 5,3 0,75 1,0 1,4 2,4 3,6 4,6 5,6 0,77 1,0 1,4 2,5 3,7 4,8 5,8 0,79 1,1 1,4 2,6 3,8 4,9 6,0 0,80 1,1 1,4 2,6 3,9 5,0 6,1 TEX 5-3 TEX TEX TEX 5-12 TEX TEX TEX TEX ,6 12,5 17,8 23,3 8,5 14,0 20,3 27,0 Correção devido à variação do subresfriamento t sub As capacidades de evaporação terão que ser corrigidas se o subresfriamento for diferente de 4K. A capacidade corrigida pode ser obtida dividindo-se a capacidade necessária de evaporação pelo fator de correção da tabela ao lado Poderá, então, ser feita a seleção com as tabelas anteriores. 9,2 15,1 22,1 30,0 9,7 16,0 23,7 32,6 10,1 16,7 25,0 34,8 10,4 17,2 26,0 36,7 10,5 17,5 26,7 38,2 TEX ,0 34,0 37,0 40,0 43,0 45,0 46,0 TEX ,0 73,0 78,0 82,0 84,0 86,0 87,0 TEX t sub 4 K 10 K 15 K 20 K 25 K 30 K 35 K 40 K 45 K 50 K Fator de correção 1,00 1,06 1,11 1,15 1,20 1,25 1,30 1,35 1,39 1,44 Exemplo: Refrigerante = R-22 Capacidade de evaporação Qe = 5 kw Subresfriamento = 10 K Fator de correção segundo a tabela = 1,06 Capacidade corrigida = 5 1,06 = 4,72 kw 4,4 6,2 9,0 12,9 4,9 7,0 10,3 14,7 5,3 7,4 11,3 16,1 5,6 8,0 12,1 17,3 5,9 8,4 12,9 18,3 6,1 8,6 13,5 19,2 6,2 8,8 13,9 19,8 Nota: Um subresfriamento insuficiente pode produzir evaporação instantânea (flash gas), o que poderá causar danos aos controles. 14

18 Tabelas de capacidades para válvulas de expansão termostática tipos T, TE e PHT Capacidade em kw para a faixa N:-40 C a +10 C R-134a Tipo de válvula Nº do orifício Queda de pressão através da válvula p bar Queda de pressão através da válvula p bar TN2/TEN TN2/TEN TN2/TEN TN2/TEN TN2/TEN TN2/TEN TN2/TEN TN2/TEN TEN TEN TEN TEN TEN TEN TEN TEN Temperatura de evaporação +10ºC Temperatura de evaporação 0ºC 0X ,34 0,71 1,50 2,00 3,60 5,40 6,90 8, ,10 21,30 31,40 42,00 0,43 0,86 1,90 2,50 4,70 7,00 8,90 10, ,00 27,50 40,40 53,80 0,47 0,93 2,10 3,00 5,30 7,80 9,90 12,10 14,80 21,90 31,20 44,60 19,00 30,90 45,30 60,20 0,50 0,97 2,20 3,10 5,60 8,30 10,80 12,80 15,60 22,90 32,60 46,70 20,10 32,70 47,90 63,70 TEN ,80 67,10 74,70 78,80 80,70 45,60 57,50 64,20 67,80 69,50 TEN TEN PHTN 85 PHTN 85 PHTN 85 PHTN 85 PHTN 125 PHTN 300 PHTN 300 TN2/TEN TN2/TEN TN2/TEN TN2/TEN TN2/TEN TN2/TEN TN2/TEN TN2/TEN TEN TEN TEN TEN TEN TEN TEN TEN ,00 178,00 45,00 77,00 118,00 169,00 372,00 537,00 927,00 128,00 226,00 62,00 104,00 161,00 239,00 486,00 697, ,00 167,00 251,00 71,00 118,00 183,00 273,00 545,00 775, ,00 Temperatura de evaporação -10ºC 0X ,30 0,59 1,00 1,40 2,50 3,60 4,60 5,70 7,00 10,60 15,50 22,20 9,60 15,70 22,80 30,10 0,38 0,70 1,30 1,80 3,10 4,60 5,80 7,10 8,80 13,20 19,30 27,60 12,10 19,80 28,70 38,00 0,43 0,77 1,40 2,00 3,50 5,10 6,50 8,00 9,80 14,70 21,50 30,80 13,50 22,0 32,10 42,70 176,00 264,00 76,00 127,00 196,00 293,00 576,00 824, ,00 0,44 0,81 1,50 2,10 3,70 5,40 6,90 8,40 10,30 15,50 22,80 32,70 14,30 23,30 34,00 45,50 0,51 0,98 2,20 3,20 5,80 8,60 10,90 13,20 16,00 23,40 33,30 47,70 20,70 33,50 49,20 65,50 180,00 270,00 79,00 131,00 201,00 305,00 591,00 842, ,00 0,44 0,82 1,50 2,10 3,80 5,60 7,10 8,60 10,50 15,80 23,50 33,60 0,33 0,65 1,30 1,70 3,00 4,50 5,70 7,00 8,80 13,20 19,50 27,80 11,40 18,60 27,20 36,30 101,00 155,00 36,00 62,00 93,00 102,00 304,00 433,00 762,00 0,28 0,53 0,81 1,10 2,00 2,90 3,70 4,50 5,50 8,30 12,00 17,20 0,42 0,78 1,60 2,20 3,90 5,70 7,30 8,90 11,10 16,60 24,30 34,70 14,60 23,80 34,70 46,10 128,00 195,00 49,00 84,00 128,00 152,00 399,00 560,00 974,00 0,46 0,89 1,70 2,40 4,40 6,40 8,10 10,00 12,40 18,40 27,00 38,70 16,30 26,80 38,90 51,70 142,00 216,00 56,00 96,00 146,00 179,00 448,00 625, ,00 0,47 0,89 1,80 2,60 4,60 6,80 8,60 10,50 13,00 19,40 28,50 40,80 17,30 28,10 41,10 54,90 150,00 227,00 60,00 103,00 157,00 197,00 477,00 668, ,00 Temperatura de evaporação -20ºC TEN ,00 47,50 53,00 56,20 57,80 30,60 38,00 42,50 45,20 46,60 TEN TEN PHTN 85 PHTN 85 PHTN 85 PHTN 85 PHTN 125 PHTN 300 PHTN ,60 130,00 27,00 47,00 69,00 73,00 232,00 330,00 591,00 106,00 161,00 36,00 64,00 95,00 103,00 306,00 422,00 748,00 117,0 179,0 41,00 73,00 109,00 119,00 345,00 478,00 846,00 123,00 188,00 44,00 77,00 117,00 128,00 367,00 508,00 895,00 14,60 23,80 34,90 46,90 125,00 192,00 46,00 80,00 120,00 132,00 375,00 526,00 925,00 7,82 12,80 18,40 24,10 68,70 106,00 0,35 0,62 1,00 1,40 2,50 3,60 4,60 5,60 6,80 10,20 14,90 21,30 9,70 15,90 23,00 30,30 84,50 130,00 25,00 44,00 64,00 69, ,00 531,00 0,39 0,69 1,10 1,50 2,80 4,00 5,10 6,20 7,50 11,40 16,70 23,90 10,80 17,70 25,60 34,10 93,20 143,00 29,00 50,00 75,00 82,00 246,00 339,00 612,00 0,41 0,72 1,20 1,60 2,90 4,30 5,40 6,60 7,90 12,00 17,80 25,40 11,40 18,70 27,30 36,60 97,80 151,00 31,00 54,00 81,00 89,00 264,00 363,00 655,00 0,49 0,9 1,80 2,60 4,70 7,00 8,80 10,80 13,30 19,80 29,20 41,80 17,70 28,80 42,20 56,50 153,00 232,00 62,0 106,00 161,00 206,00 488,00 686, ,00 0,42 0,73 1,20 1,70 3,00 4,40 5,50 6,80 8,10 12,30 18,30 26,20 11,07 19,01 28,00 37,90 99,50 153,00 32,0 56,00 83,00 92,00 268,00 376,00 678,00 Correção devido à variação do subresfriamento t sub As capacidades de evaporação terão que ser corrigidas se o subresfriamento for diferente de 4K. A capacidade corrigida pode ser obtida dividindo-se a capacidade necessária de evaporação pelo fator de correção na tabela ao lado. Poderá, então, ser feita a seleção com as tabelas anteriores. t sub 4 K 10 K 15 K 20 K 25 K 30 K 35 K 40 K 45 K 50 K Fator de correção 1,00 1,08 1,13 1,19 1,25 1,31 1,37 1,42 1,48 1,54 Exemplo: Refrigerante = R-134A Capacidade de evaporação Qe = 5 kw Subresfriamento = 10 K Fator de correção segundo a tabela = 1,08 Capacidade corrigida = 5 1,08 = 4,63 kw Nota: Um subresfriamento insuficiente pode produzir evaporação instantânea (flash gas), o que poderá causar danos aos controles. 15

19 Tabelas de capacidade para válvulas de expansão termostática Tipos T, TE e PHT Capacidade em kw Faixa N: -40 C a +10 C R-134a Tipo de válvula Nº do orifício Queda de pressão através da válvula p bar Queda de pressão através da válvula p bar Temperatura de evaporação +10ºC Temperatura de evaporação 0ºC TN2/TEN X 0,25 0,32 0,35 0,37 0,38 0,23 0,28 0,32 0,33 0,34 TN2/TEN ,48 0,55 0,61 0,64 0,64 0,44 0,50 0,54 0,56 0,57 TN2/TEN ,66 0,80 0,88 0,93 0,95 0,54 0,65 0,72 0,76 0,77 TN2/TEN ,90 1,10 1,21 1,27 1,29 0,74 0,89 0,98 1,02 1,04 TN2/TEN ,60 1,97 2,17 2,28 2,32 1,32 1,60 1,75 1,84 1,86 TN2/TEN ,32 2,85 3,16 3,33 3,41 1,90 2,31 2,55 2,68 2,74 TN2/TEN ,95 3,63 4,02 4,24 4,34 2,42 2,94 3,24 3,42 3,49 TN2/TEN ,61 4,43 4,91 5,18 5,31 2,95 3,59 3,96 4,18 4,28 TEN ,19 5,13 5,66 5,97 6,11 3,27 3,96 4,36 4,59 4,69 TEN ,39 7,81 8,65 9,15 9,38 4,99 6,06 6,70 7,08 7,25 TEN ,18 11,4 12,7 13,6 14,1 7,11 8,78 9,87 10,6 11,0 TEN ,2 16,3 18,2 19,5 20,2 10,2 12,6 14,1 15,1 15,7 TEN ,27 7,71 8,51 8,96 9,14 5,08 6,17 6,78 7,12 7,26 TEN ,3 12,6 13,9 14,7 15,0 8,31 10,1 11,1 11,7 12,0 TEN ,6 18,1 20,2 21,5 22,2 11,7 14,4 16,1 17,2 17,7 TEN ,9 23,7 26,8 28,9 30,2 15,0 18,8 21,4 23,2 24,4 TEN ,2 30,0 33,5 35,8 37,1 19,4 23,9 26,8 28,7 29,8 TEN ,9 66,6 73,0 76,4 77,5 44,4 53,2 58,0 60,4 61,1 TEN ,9 102,9 112,9 118,4 120,3 68,8 82,6 90,1 94,1 95,3 PHTN ,0 18,0 19,0 21,0 9,0 10,0 12,0 12,0 PHTN ,0 32,0 34,0 36,0 16,0 18,0 21,0 21,0 PHTN ,0 47,0 51,0 53,0 23,0 27,0 30,0 31,0 PHTN ,0 51,0 56,0 60,0 24,0 30,0 33,0 35,0 PHTN ,0 99, PHTN PHTN Correção devido à variação do subresfriamento t sub As capacidades de evaporação terão que ser corrigidas se o subresfriamento for diferente de 4K. A capacidade corrigida pode ser obtida dividindo-se a capacidade necessária do evaporador pelo fator de correção a seguir. Poderá, então, ser feita a seleção com as tabelas anteriores. Nota: Um subresfriamento insuficiente pode produzir evaporação instantânea (flash gas), o que poderá causar danos aos controles. t sub 4 K 10 K 15 K 20 K 25 K 30 K 35 K 40 K 45 K 50 K Fator de correção 1,00 1,08 1,13 1,19 1,25 1,31 1,37 1,42 1,48 1,54 16

20 Tabelas de capacidade para válvulas de expansão termostática Tipo PHT Capacidade em kw Faixa A: -10 C a +5 0 C R-134a Tipo de válvula Nº do orifício Queda de pressão através da válvula p bar Queda de pressão através da válvula p bar Temperatura de evaporação +50ºC Temperatura de evaporação +40ºC PHTN ,0 92, ,0 96, PHTN PHTN PHTN PHTN PHTN PHTN Temperatura de evaporação +30ºC Temperatura de evaporação +20ºC PHTN ,0 87, ,0 88,0 94,0 98,0 PHTN PHTN PHTN PHTN PHTN PHTN Temperatura de evaporação +10ºC Temperatura de evaporação 0ºC PHTN ,0 65,0 74,0 80,0 82,0 38,0 53,0 60,0 65,0 67,0 PHTN , PHTN PHTN PHTN PHTN PHTN Temperatura de evaporação - 10ºC PHTN ,0 42,0 48,0 51,0 52,0 PHTN ,0 72,0 82,0 88,0 90,0 PHTN , PHTN , PHTN PHTN PHTN Correção devido à variação do subresfriamento t sub As capacidades de evaporação terão que ser corrigidas se o subresfriamento for diferente de 4K. A capacidade corrigida pode ser obtida dividindo-se a capacidade necessária do evaporador pelo fator de correção a seguir. Poderá, então, ser feita a seleção com as tabelas anteriores. t sub 4 K 10 K 15 K 20 K 25 K 30 K 35 K 40 K 45 K 50 K Fator de correção 1,00 1,08 1,13 1,19 1,25 1,31 1,37 1,42 1,48 1,54 17

21 Tabelas de capacidades para válvulas de expansão termostáticas tipos T e TE Capacidade em kw para a faixa N: -40 C a +10 C R-404A/R-507 Tipo de válvula Nº do orifício Queda de pressão através da válvula p bar Queda de pressão através da válvula p bar Temperatura de evaporação +10ºC Temperatura de evaporação 0ºC TS2/TES x 0,28 0,35 0,40 0,42 0,43 0,43 0,42 0,41 0,30 0,37 0,41 0,42 0,43 0,43 0,43 0,41 TS2/TES ,67 0,82 0,90 0,94 0,96 0,96 0,93 0,90 0,68 0,80 0,87 0,90 0,92 0,93 0,91 0,87 TS2/TES ,70 2,10 2,30 2,42 2,48 2,46 2,41 2,34 1,53 1,86 2,04 2,13 2,18 2,18 2,15 2,08 TS2/TES ,32 3,00 3,39 3,61 3,73 3,74 3,68 3,59 2,06 2,64 2,95 3,13 3,22 3,25 3,21 3,11 TS2/TES ,15 5,36 6,03 6,43 6,63 6,66 6,55 6,39 6,68 4,72 5,27 5,59 5,75 5,80 5,73 5,55 TS2/TES ,24 8,06 9,06 9,66 9,95 9,98 9,81 9,57 5,49 7,05 7,86 8,33 8,58 8,64 8,53 8,27 TS2/TES ,91 10,17 11,43 12,16 12,53 12,56 12,34 12,03 6,97 8,92 9,95 10,52 10,83 10,90 10,76 10,43 TS2/TES ,71 12,47 13,98 14,86 15,29 15,31 15,05 14,66 8,57 10,93 12,16 12,85 13,21 13,30 13,12 12,72 TES ,9 12,8 14,3 15,1 15,5 15,7 15,8 15,8 9,4 12,1 13,7 14,5 14,9 14,9 14,9 14,9 TES ,6 17,4 19,4 20,5 21,0 21,2 21,4 21,3 13,0 16,6 18,6 19,6 20,1 20,2 20,2 20,2 TES ,9 25,1 27,7 29,1 29,9 30,2 30,4 30,4 19,3 24,4 27,3 28,8 29,5 29,6 29,6 29,5 TES ,2 35,8 39,7 41,7 42,8 43,2 43,5 43,5 27,4 34,9 39,1 41,4 42,4 42,4 42,4 42,3 TES ,8 15,5 17,5 18,7 19,4 19,6 19,8 19,8 10,3 13,5 15,3 16,31 6,7 16,8 16,9 16,8 TES ,2 25,2 28,5 30,3 31,3 31,7 31,9 32,0 16,9 22,0 24,8 26,4 27,2 27,4 27,4 27,3 TES ,4 37,0 41,8 44,5 46,0 46,6 47,0 47,0 24,7 32,2 36,4 38,7 39,9 40,2 40,3 40,3 TES ,0 49,4 55,7 59,2 61,2 62,1 62,7 63,0 33,0 42,8 48,5 51,7 53,4 53,9 54,2 54,4 TES ,0 62,0 69,0 73,0 75,0 76,0 77,0 77,0 42,0 53,0 60,0 64,0 66,0 66,0 66,0 66,0 TES TES Temperatura de evaporação -10ºC TS 2/TES x 0,30 0,37 0,40 0,42 0,42 0,42 0,41 0,41 0,35 0,38 0,40 0,39 0,40 0,39 0,38 TS 2/TES ,65 0,76 0,82 0,84 0,87 0,87 0,85 0,83 0,70 0,75 0,77 0,79 0,79 0,79 0,76 TS 2/TES ,31 1,61 1,74 1,81 1,84 1,85 1,84 1,78 1,34 1,45 1,50 1,52 1,52 1,51 1,47 TS 2/TES ,76 2,24 2,50 2,62 2,69 2,71 2,68 2,60 1,85 2,04 2,14 2,17 2,18 2,16 2,09 TS 2/TES ,14 4,02 4,47 4,69 4,81 4,84 4,79 4,65 3,32 3,66 3,83 3,89 3,90 3,86 3,75 TS 2/TES ,66 5,97 6,61 6,95 7,13 7,18 7,11 6,91 4,88 5,40 5,64 5,75 5,77 5,71 5,56 TS 2/TES ,93 7,57 8,39 8,81 9,02 9,08 8,99 8,73 6,20 6,86 7,17 7,29 7,31 7,23 7,05 TS 2/TES ,28 9,27 10,26 10,76 11,00 11,08 10,97 10,65 7,60 8,39 8,75 8,91 8,93 8,84 8,61 TES ,9 10,1 11,3 12,0 12,4 12,4 12,3 12,2 7,9 8,9 9,6 9,8 9,9 9,8 9,7 TES ,9 13,9 15,6 16,6 17,0 17,0 16,9 16,8 11,0 12,4 13,3 13,7 13,8 13,6 13,5 TES ,0 20,4 23,0 24,5 25,1 25,2 25,2 25,2 16,1 18,3 19,8 20,5 20,7 20,6 20,6 TES ,9 29,1 32,9 35,0 36,0 36,2 36,1 36,1 23,1 26,2 28,4 29,3 29,6 29,6 29,4 TES ,0 11,7 13,2 14,1 14,5 14,5 14,4 14,3 6,2 10,9 11,7 12,0 12,0 11,9 11,7 TES ,8 19,1 21,6 23,0 23,6 23,6 23,5 23,3 15,7 17,8 19,1 19,6 19,7 19,5 19,3 TES ,6 27,8 31,5 33,6 34,7 34,8 34,7 34,6 22,8 25,9 28,0 28,8 29,2 29,1 28,9 TES ,6 37,0 42,1 45,1 46,7 47,1 47,2 47,2 30,2 34,6 37,6 39,1 39,9 39,9 40,0 TES ,0 46,0 52,0 56,0 57,0 58,0 58,0 57,0 38,0 43,0 47,0 48,0 49,0 49,0 48,0 TES , ,0 94, TES Temperatura de evaporação -30ºC Temperatura de evaporação -20ºC Temperatura de evaporação -40ºC TS 2/TES x 0,35 0,37 0,36 0,37 0,36 0,35 0,32 0,33 0,33 0,33 0,32 0,32 TS 2/TES ,67 0,70 0,70 0,70 0,69 0,67 0,60 0,61 0,62 0,61 0,60 0,59 TS 2/TES ,18 1,21 1,23 1,21 1,20 1,17 0,92 0,96 0,97 0,96 0,94 0,91 TS 2/TES ,63 1,69 1,71 1,70 1,68 1,64 1,27 1,32 1,33 1,31 1,28 1,24 TS 2/TES ,93 3,04 3,07 3,06 3,02 2,93 2,28 2,36 2,38 2,36 2,31 2,24 TS 2/TES ,28 4,47 4,52 4,51 4,46 4,35 3,34 3,47 3,50 3,48 3,42 3,33 TS 2/TES ,45 5,68 5,74 5,74 5,67 5,52 4,25 4,41 4,45 4,43 4,36 4,24 TS 2/TES ,66 6,94 7,02 7,01 6,93 6,75 5,19 5,39 5,45 5,42 5,33 5,19 TES ,9 7,3 7,6 7,6 7,5 7,5 5,1 5,5 5,7 5,7 5,6 5,5 TES ,7 10,3 10,7 10,7 10,6 10,5 7,2 7,7 8,0 8,0 7,9 7,8 TES ,3 15,4 16,2 16,4 16,3 16,2 10,7 11,6 12,3 12,5 12,5 12,4 TES ,5 22,1 23,1 23,4 23,3 23,2 15,3 16,6 17,5 17,8 17,8 17,7 TES ,7 9,3 9,6 9,6 9,5 9,3 6,7 7,2 7,4 7,4 7,3 7,2 TES ,3 15,3 15,8 15,9 15,7 15,4 11,1 11,8 12,3 12,3 12,1 11,9 TES ,8 22,4 23,4 23,7 23,5 23,4 16,1 17,4 18,3 18,6 18,5 18,4 TES ,8 30,3 32,0 32,7 32,9 32,9 21,6 23,8 25,3 26,1 26,3 26,5 TES ,0 37,0 39,0 40,0 40,0 39,0 27,0 29,0 31,0 31,0 31,0 31,0 TES ,0 80,0 82,0 81,0 80,0 78,0 58,0 61,0 62,0 62,0 60,0 59,0 TES ,0 95,0 97,0 97,0 94,0 92,0 Correção devido à variação do subresfriamento t sub As capacidades de evaporação terão que ser corrigidas se o subresfriamento for diferente de 4K. A capacidade corrigida pode ser obtida dividindo-se a capacidade necessária de evaporação pelo fator de correção na tabela ao lado. Poderá, então, ser feita a seleção com as tabelas anteriores. 18

Válvulas de expansão termostática

Válvulas de expansão termostática tipos T, TE e PHT Introdução As s de expansão termostáticas regulam a injeção de líquido refrigerante nos evaporadores. A injeção é controlada em função do superaquecimento do refrigerante. Portanto, as

Leia mais

+de1500 códigos de produtos

+de1500 códigos de produtos MAKING MODERN LIVING POSSIBLE Seleção Rápida Controles, Compressores e Unidades Condensadoras +de1500 códigos de produtos Uma maneira fácil e rápida de localizar exatamente o que você procura. www.danfoss.com.br

Leia mais

Válvulas de expansão termostática tipos T, TE e PHT

Válvulas de expansão termostática tipos T, TE e PHT Válvulas expansão termostática tipos T, TE e PHT Introdução As s expansão termostáticas regulam a injeção líquido refrigerante nos evaporadores. A injeção é controlada em função do superaquecimento do

Leia mais

TU/TC: superiores pelo seu funcionamento e concepção

TU/TC: superiores pelo seu funcionamento e concepção TU/TC: superiores pelo seu funcionamento e concepção O funcionamento de uma válvula de expansão termostática é determinado por três pressões fundamentais: a pressão do bolbo, a pressão de evaporação e

Leia mais

Catálogo de Seleção e Aplicação de Unidades Condensadoras.

Catálogo de Seleção e Aplicação de Unidades Condensadoras. Catálogo de Seleção e Aplicação de Unidades Condensadoras. 1 CILINDRO 2 CILINDROS 60 Hz R-22 / R-404A R-134a / HP81 (R-402B) Unidades Condensadoras Compact Line. CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO Unidades equipadas

Leia mais

Válvulas de Pressão Constante

Válvulas de Pressão Constante Válvulas de Pressão Constante Catálogo 201VPC-1 - Agosto 2009 Válvulas de Expansão de Pressão Constante Séries AS e A7 Características Técnicas Construção Conexão para Soldagem Faixa de Ajuste do Ponto

Leia mais

Compressores Semi-Herméticos

Compressores Semi-Herméticos tiposha,hax,hgehgx Introdução Os compressores semi-herméticos Bock da família HG possuem o tradicional sistema de resfriamento do motor elétrico a gás refrigerante. Estes compressores de altíssima qualidade

Leia mais

Compressores Reciprocantes Herméticos tipos MT / MTZ e NTZ

Compressores Reciprocantes Herméticos tipos MT / MTZ e NTZ tipos MT / MTZ e NTZ Introdução Os compressores recíprocos foram desenhados para aplicações de baixas, médias e altas temperaturas de evaporação, como instalações de refrigeração e ar condicionado comercial.

Leia mais

Secador de Ar por Refrigeração CPX. Produtos de Alta Performance. Desenvolvidos para você!

Secador de Ar por Refrigeração CPX. Produtos de Alta Performance. Desenvolvidos para você! Secador de Ar por Refrigeração CPX 2011 Produtos de Alta Performance. Desenvolvidos para você! Secador de Ar CPX 2. Condensados O ar comprimido produzido pelos compressores contém vapor de água que poderá

Leia mais

Boletim da Engenharia

Boletim da Engenharia Boletim da Engenharia 15 Instalação, operação e manutenção dos sistemas de refrigeração comercial 03/04 Introdução É bem provável que a maioria das deficiências de operação em sistemas de refrigeração

Leia mais

Reguladores de pressão. Danfoss A/S (RA Marketing/MWA), 06-2007 DKRCC.PF.000.G1.28 / 520H1980 35

Reguladores de pressão. Danfoss A/S (RA Marketing/MWA), 06-2007 DKRCC.PF.000.G1.28 / 520H1980 35 Reguladores de pressão Instruções de instalação Índice Página Aplicação... 37 Regulador da pressão de evaporação KVP... 37 Regulador da pressão de condensação KVR... 38 Regulador da pressão de cárter KVL...

Leia mais

Condensação. Ciclo de refrigeração

Condensação. Ciclo de refrigeração Condensação Ciclo de refrigeração Condensação Três fases: Fase 1 Dessuperaquecimento Redução da temperatura até a temp. de condensação Fase 2 Condensação Mudança de fase Fase 3 - Subresfriamento Redução

Leia mais

Ar Condicionado e Refrigeração Ciclos de Refrigeração

Ar Condicionado e Refrigeração Ciclos de Refrigeração CICLOS DE REFRIGERAÇÃO Os ciclos mais usados, na seqüência, são: Ciclo de refrigeração por compressão de vapor Ciclo de refrigeração por absorção O ciclo é constituído dos seguintes processos sucessivos:

Leia mais

CUIDADOS NO TESTE DE ESTANQUEIDADE, DE DESIDRATAÇÃO E DE CARGA DE REFRIGERANTE NOS CONDICIONADORES DE AR DIVIDIDOS * Oswaldo de Siqueira Bueno

CUIDADOS NO TESTE DE ESTANQUEIDADE, DE DESIDRATAÇÃO E DE CARGA DE REFRIGERANTE NOS CONDICIONADORES DE AR DIVIDIDOS * Oswaldo de Siqueira Bueno CUIDADOS NO TESTE DE ESTANQUEIDADE, DE DESIDRATAÇÃO E DE CARGA DE REFRIGERANTE NOS CONDICIONADORES DE AR DIVIDIDOS * Oswaldo de Siqueira Bueno 1.0 Introdução Existe um crescimento enorme em termos de instalação

Leia mais

AVALIAÇÃO DAS EMISSÕES DE HCFC-22 DOS SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO COMERCIAL EM SUPERMERCADOS

AVALIAÇÃO DAS EMISSÕES DE HCFC-22 DOS SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO COMERCIAL EM SUPERMERCADOS AVALIAÇÃO DAS EMISSÕES DE HCFC-22 DOS SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO COMERCIAL EM SUPERMERCADOS Eng. Eduardo Linzmayer RESUMO Avaliação e levantamento das emissões de fluidos nos sistemas de refrigeração; Importância

Leia mais

MAKING MODERN LIVING POSSIBLE R EF R I G ER AT I O N & A I R CO NDI T I O NI NG. Guia de Referência Rápida Refrigeração Industrial

MAKING MODERN LIVING POSSIBLE R EF R I G ER AT I O N & A I R CO NDI T I O NI NG. Guia de Referência Rápida Refrigeração Industrial MAKING MODERN LIVING POSSIBLE R EF R I G ER AT I O N & A I R CO NDI T I O NI NG Guia de Referência Rápida Refrigeração Industrial Índice Página Histórico 04 Apresentação - Válvula 05 Estações de Válvulas

Leia mais

Painel de Controle Resfriados e Congelados 3. Tabela de Seleção 3

Painel de Controle Resfriados e Congelados 3. Tabela de Seleção 3 REFRIGERAÇÃO E AR CONDICIONADO Seleção e Aplicação Unidades Condensadoras Herméticas - 60Hz R-22 R-134a R-404A R-507 R-402B Painel de Controle Resfriados e Congelados 3 Tabela de Seleção 3 Unidades Condensadoras

Leia mais

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA EM SISTEMAS E INSTALAÇÕES

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA EM SISTEMAS E INSTALAÇÕES EFICIÊNCIA ENERGÉTICA EM SISTEMAS E INSTALAÇÕES PROF. RAMÓN SILVA Engenharia de Energia Dourados MS - 2013 2 Áreas de oportunidade para melhorar a eficiência na distribuição de frio Isolamento das tubulações

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA DO ESTADO DE SÃO PAULO

SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA DO ESTADO DE SÃO PAULO FL.: 1/8 SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA DO ESTADO DE SÃO PAULO SISTEMA DO AR CONDICIONADO CENTRO DE CULTURA, MEMÓRIA E ESTUDOS DA DIVERSIDADE SEXUAL DO ESTADO DE SÃO PAULO. LOJAS 515 e 518 - METRÔ REPÚBLICA

Leia mais

,DISPOSITIVOS DE EXPANSÃO

,DISPOSITIVOS DE EXPANSÃO ,DISPSITIVS DE EXPASÃ Dispositivos de expansão são os componentes do sistema de refrigeração que têm por finalidades provocar a perda de pressão do refrigerante, que é acompanhada de um decréscimo de temperatura,

Leia mais

Regulador bypass de gás quente, tipo CPCE Misturador de gás líquido, tipo LG (acessório)

Regulador bypass de gás quente, tipo CPCE Misturador de gás líquido, tipo LG (acessório) MAKING MODERN LIVING POSSIBLE Ficha Técnica Regulador bypass de gás quente, tipo CPCE Misturador de gás líquido, tipo LG (acessório) By-pass regulador de gás quente CPCE adapta a capacidade do compressor

Leia mais

Índice. Compressores Semi-Herméticos Características 01

Índice. Compressores Semi-Herméticos Características 01 Índice Compressores SemiHerméticos Características 01 Unidades Condensadoras Blue Star / Compact Line Descrição do Produto 02 Características Mecânicas e Elétricas 02 Unidades Condensadoras Designação

Leia mais

Coldex Tosi Ar Condicionado

Coldex Tosi Ar Condicionado Coldex Tosi Ar Condicionado Condicionadores de Ar Self Contained 5 a 40 TR tipo ROOF-TOP ESPECIFICAÇÕES A linha SELF CONTAINED TOSI foi projetada visando obter a melhor relação custo-beneficio do mercado,

Leia mais

13 TUBULAÇÕES DE REFRIGERANTE

13 TUBULAÇÕES DE REFRIGERANTE 167 13 TUBULAÇÕES DE REFRIGERANTE As tubulações de refrigerante representam uma parte essencial no sistema de refrigeração, pois requer as mesmas considerações gerais de projeto que qualquer sistema de

Leia mais

Unidades Condensadoras Bock Star 4 Características do Produto 4 Características Mecânicas e Elétricas 4

Unidades Condensadoras Bock Star 4 Características do Produto 4 Características Mecânicas e Elétricas 4 Unidades Condensadoras Bock Star 4 Características do Produto 4 Características Mecânicas e Elétricas 4 Compressores Semi-Herméticos 5 Características 5 Designação dos modelos (10 dígitos) 6 Configuração

Leia mais

VÁLVULAS SISTEMAS DA QUALIDADE E AMBIENTAL CERTIFICADOS CONFORME ISO 9001:2000, ISO/TS 16949:2002 E ISO 14001:2004

VÁLVULAS SISTEMAS DA QUALIDADE E AMBIENTAL CERTIFICADOS CONFORME ISO 9001:2000, ISO/TS 16949:2002 E ISO 14001:2004 VÁLVULAS ÍNDICE Válvulas de agulha Série 2700... 02 Válvulas Manifold Série 2700... 08 Manifold 2 Vias... 10 Manifold 3 Vias... 13 Suporte para Manifold de 3 Vias... 16 Válvulas miniatura Série 1800...

Leia mais

Boletim da Engenharia 14

Boletim da Engenharia 14 Boletim da Engenharia 14 Como trocar o óleo dos compressores parafuso abertos e semi-herméticos 10/03 No boletim da engenharia nº13 comentamos sobre os procedimentos para troca de óleo dos compressores

Leia mais

VD-FLUX. Hipress Componentes Hidráulicos - Ligue (31) 2103-6955 - vendas@hipress.com.br

VD-FLUX. Hipress Componentes Hidráulicos - Ligue (31) 2103-6955 - vendas@hipress.com.br VD-FLUX Válvula Distribuidora de Fluxo Universal tipo Pistão * Patente PI 9702874-6 02/06/1997 A Válvula Distribuidora de Fluxo Universal Tipo Pistão VD- Flux da Detroit foi projetada e desenvolvida para

Leia mais

MAKING MODERN LIVING POSSIBLE. Seleção e Aplicação de Unidades Condensadoras BIG STAR

MAKING MODERN LIVING POSSIBLE. Seleção e Aplicação de Unidades Condensadoras BIG STAR MAKING MODERN LIVING POSSIBLE REFRIGERATION & AIR CONDITIONING Seleção e Aplicação de Unidades Condensadoras BIG STAR Índice Descrição Tipo Página Descrição do Produto 0 Designação de Modelos 05 Especificações

Leia mais

FIPAI Fundação para o Incremento da Pesquisa e do Aperfeiçoamento Industrial Tomada de Preço nº. 003/2013 Processo Finep nº 01.09.0563.

FIPAI Fundação para o Incremento da Pesquisa e do Aperfeiçoamento Industrial Tomada de Preço nº. 003/2013 Processo Finep nº 01.09.0563. ESPECIFICAÇÕES DOS EQUIPAMENTOS LOTE 01 Especificar Sistema de Geração de Ar Comprimido, incluindo compressor, secador por adsorção e filtros coalescentes Diagrama Pneumático. Confirmar detalhes com equipe

Leia mais

Termostatos KP. Brochura técnica MAKING MODERN LIVING POSSIBLE. Termostatos KP são interruptores elétricos ativados por temperatura com contatos SPDT.

Termostatos KP. Brochura técnica MAKING MODERN LIVING POSSIBLE. Termostatos KP são interruptores elétricos ativados por temperatura com contatos SPDT. MAKING MODERN LIVING POSSIBLE Brochura técnica Termostatos KP Termostatos KP são interruptores elétricos ativados por temperatura com contatos SPDT. Um termostato KP pode ser conectado diretamente a um

Leia mais

ANEXO II PLANILHAS PROGRAMA DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA E FOLHAS DE REGISTRO PROGRAMA DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA

ANEXO II PLANILHAS PROGRAMA DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA E FOLHAS DE REGISTRO PROGRAMA DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA ANEXO II PLANILHAS PROGRAMA DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA E FOLHAS DE REGISTRO PROGRAMA DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA FINATEC - EDIFÍCIO SEDE ENDEREÇO: LOCALIZAÇÃO DO EQUIPAMENTO: UNIDADE MOD.: Nº DE SÉRIE: CÓDIGO

Leia mais

Compressores Scroll Danfoss Os compressores Scroll Danfoss adequam-se perfeitamente a aplicações como: Chillers

Compressores Scroll Danfoss Os compressores Scroll Danfoss adequam-se perfeitamente a aplicações como: Chillers Compressores Scroll anfoss Os compressores Scroll anfoss adequam-se perfeitamente a aplicações como: Chillers Unidades de tratamento de ar Unidades compactas de ar condicionado Bombas de calor r condicionado

Leia mais

AR CONDICIONADO. Componentes

AR CONDICIONADO. Componentes AR CONDICIONADO AR CONDICIONADO Basicamente, a exemplo do que ocorre com um refrigerador (geladeira), a finalidade do ar condicionado é extrair o calor de uma fonte quente, transferindo-o para uma fonte

Leia mais

Gás refrigerante amigável a camada de ozônio HFC134a Chiller Centrífugo Hitachi NOVO. Série GXG-S Série GSG-S

Gás refrigerante amigável a camada de ozônio HFC134a Chiller Centrífugo Hitachi NOVO. Série GXG-S Série GSG-S Gás refrigerante amigável a camada de ozônio HFC134a Chiller Centrífugo Hitachi NOVO Série GXG-S Série GSG-S Chiller Centrífugo Novas Séries GXG-S e GSG-S A nova série de Chiller Centrífugo de Alta Eficiência

Leia mais

Compressores. Na refrigeração industrial e no condicionamento de ar são utilizados praticamente todos os tipos e compressores:

Compressores. Na refrigeração industrial e no condicionamento de ar são utilizados praticamente todos os tipos e compressores: Compressores Na refrigeração industrial e no condicionamento de ar são utilizados praticamente todos os tipos e compressores: Alternativos Rotativos de parafusos Rotativos Scroll Rotativos de palhetas

Leia mais

Guia de Referência Rápida Refrigeração Industrial Válvulas Solenóides Tipo EVRA/EVRAT Corpo da Válvula

Guia de Referência Rápida Refrigeração Industrial Válvulas Solenóides Tipo EVRA/EVRAT Corpo da Válvula Válvulas Solenóides EVRA/EVRAT Corpo da Válvula De acionamento direto ou servo-operadas, adequadas para linhas de líquido e de vapor. de bobina disponível Kv (m³/h) Min. Open p Operador manual EVRA a.c./d.c.

Leia mais

Fábrica de Nordborg - Dinamarca

Fábrica de Nordborg - Dinamarca Fábrica de Nordborg - Dinamarca Válvula termostática Válvula externamente operada Visão Geral Nome do produto Conexões (BSP) Função Valor do Kv m3/h Faixa de pressão - bar Faixa de temperatura C Material

Leia mais

Válvulas solenoides de 2/2 vias servo operadas tipo EV220B 15 50

Válvulas solenoides de 2/2 vias servo operadas tipo EV220B 15 50 Catálogo técnico Válvulas solenoides de 2/2 vias servo operadas tipo EV220B 15 50 EV220B 15 50 é um programa universal de válvula solenoide de 2/2 vias indiretamente servo-operada. O corpo da válvula em

Leia mais

Manual de apoio a curso EFA. Técnico/a de Refrigeração e Climatização ESAB 2011/2012

Manual de apoio a curso EFA. Técnico/a de Refrigeração e Climatização ESAB 2011/2012 1 Manual de apoio a curso EFA Técnico/a de Refrigeração e Climatização ESAB 2011/2012 UFCD 1295 - Instrumentação e controlo - princípios básicos da regulação e complementos de instrumentação Controlos

Leia mais

Customers. The core of our innovation. Alimentação & Transporte Secagem Dosagem Controle de Temperatura Refrigeração. Granulação

Customers. The core of our innovation. Alimentação & Transporte Secagem Dosagem Controle de Temperatura Refrigeração. Granulação PT Customers. The core of our innovation Alimentação & Transporte Secagem Dosagem Controle de Temperatura Refrigeração Granulação Tecnologias Piovan para Refrigeração: Chillers com compressores scroll

Leia mais

Pressostatos Tipos KP, com proteções IP 33, IP 44 ou IP 55

Pressostatos Tipos KP, com proteções IP 33, IP 44 ou IP 55 Pressostatos Tipos KP, com proteções IP 33, IP ou IP 55 Os pressostatos KP são utilizados como proteção contra uma pressão de sucção demasiadamente baixa ou uma pressão de descarga excessiva em compressores

Leia mais

Explicação dos Tipos de Válvula Solenóide

Explicação dos Tipos de Válvula Solenóide Explicação dos Tipos Válvula Solenói Todas as válvulas da Danfoss possuem agora uma signação que talha sua estrutura e operação.vários números e letras finem se a válvula é operada diretamente ou servocontrolada,

Leia mais

ECONOMIA DE ENERGIA ELETRICA COM USO RACIONAL DE AR COMPRIMIDO

ECONOMIA DE ENERGIA ELETRICA COM USO RACIONAL DE AR COMPRIMIDO ECONOMIA DE ENERGIA ELETRICA COM USO RACIONAL DE AR COMPRIMIDO CONSUMO DE ENERGIA E AR COMPRIMIDO NA INDÚSTRIA Consumo de Energia 20% 50% 30% Fornec.de ar Refrigeração Outros Consumo de Ar Comprimido 10%

Leia mais

ANALISADORES DE GASES

ANALISADORES DE GASES BGM BOMBA DE SUCÇÃO SÉRIE COMPACTA ANALISADORES DE GASES Descrição: Gera uma depressão no processo, succionando a amostra e criando a vazão exata para atender o tempo necessário de condicionamento do gás

Leia mais

Controladores de temperatura

Controladores de temperatura Controladores de temperatura - Aplicações Controls A/S - Assegura eficiência no controle dos sistemas de aquecimento, refrigeração e ventilação. Clorius Controls: solução para o controle de temperatura

Leia mais

Regulador bypass de gás quente Tipo KVC

Regulador bypass de gás quente Tipo KVC Ficha técnica Regulador bypass de gás quente Tipo KVC KVC é uma válvula reguladora bypass de gás quente aplicada para a adaptação da capacidade do compressor à carga real do evaporador. Colocada em um

Leia mais

Regulador bypass de gás quente Tipo KVC

Regulador bypass de gás quente Tipo KVC MAKING MODERN LIVING POSSIBLE Ficha técnica Regulador bypass de gás quente Tipo KVC KVC é uma válvula reguladora bypass de gás quente aplicada para a adaptação da capacidade do compressor à carga real

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. 2.1 A manutenção preventiva para os aparelhos de Ar Condicionado do tipo janela:

TERMO DE REFERÊNCIA. 2.1 A manutenção preventiva para os aparelhos de Ar Condicionado do tipo janela: ANEXO II TERMO DE REFERÊNCIA 1 DO OBJETO DA LICITAÇÃO 1.1 CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA MANUTENÇÃO PREVENTIVA E CORRETIVA COM REPOSIÇÃO PARCIAL DE PEÇAS ORIGINAIS DOS EQUIPAMENTOS DE REFRIGERAÇÃO

Leia mais

Ar Condicionado. Linha Mini Split. Linha Completa para o Conforto Térmico. piso teto

Ar Condicionado. Linha Mini Split. Linha Completa para o Conforto Térmico. piso teto Ar Condicionado Linha Mini Split VOCÊ CRIA O AMBIENTE, NÓS CRIAMOS O CLIMA. CASSETE piso teto Linha Completa para o Conforto Térmico Cassete Apresentação Os aparelhos Cassete são discretos tanto por seu

Leia mais

DRD. Secador de ar comprimido por refrigeração 5-6000 pcm

DRD. Secador de ar comprimido por refrigeração 5-6000 pcm DRD Secador de ar comprimido por refrigeração 5-6000 pcm DRD Secador de ar por refrigeração A importância do ar comprimido como um gerador de energia para os processos industriais modernos é largamente

Leia mais

Válvula de expansão termostática

Válvula de expansão termostática Válvula de expansão termostática (Valvula de expansión termostática) Cabeza termostática soldada a laser, menos contribución de calor, aumentando la vida del diafragma Doble vedación en el tornillo de

Leia mais

Atlas Copco. Arrefecedores finais, separadores de água e sistemas de purga COMPLETO, FÁCIL DE INSTALAR E MUITO ECONÓMICO

Atlas Copco. Arrefecedores finais, separadores de água e sistemas de purga COMPLETO, FÁCIL DE INSTALAR E MUITO ECONÓMICO Atlas Copco Arrefecedores finais, separadores de água e sistemas de purga COMPLETO, FÁCIL DE INSTALAR E MUITO ECONÓMICO Uma gama de arrefecedores finais efectivos e de separadores de água em conformidade

Leia mais

Unidades, Grandezas e Propriedades

Unidades, Grandezas e Propriedades 1 Refrigeração I Bases e Fundamentos Unidades, Grandezas e Propriedades Capítulo I Figura I.4 Equivalência entre as Escalas de Temperaturas Onde a cor é fundamental 2 Figura I.9 Diagrama Temperatura Entalpia

Leia mais

Manual de Instalação, Operação e Manutenção

Manual de Instalação, Operação e Manutenção Manual de Instalação, Operação e Manutenção INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO Este manual tem como finalidade familiarizá-lo com os equipamentos Danfoss Maneurop e Bock. Através dele, você receberá informações

Leia mais

DPR. Secador de Ar Comprimido por Refrigeração

DPR. Secador de Ar Comprimido por Refrigeração DPR Secador de Ar Comprimido por Refrigeração DPR Tecnologia DPR A hb ar comprimido se preocupa continuamente com o desenvolvimento e o aperfeiçoamento de seus produtos e serviços afim de superar as necessidades

Leia mais

Válvula de Preenchimento placa intermediária Tipo ZSF e ZSFW

Válvula de Preenchimento placa intermediária Tipo ZSF e ZSFW R 0 478/0.0 Substitui:.0 Válvula de reenchimento placa intermediária Tipo ZSF e ZSFW Tamanho Nominal a 60 Série ressão máxima de operação 50 bar H/ 50/9 Tipo ZSF 40 F.--/... Índice Conteúdo Características

Leia mais

DPR. Secador de Ar Comprimido por Refrigeração

DPR. Secador de Ar Comprimido por Refrigeração DPR Secador de Ar Comprimido por Refrigeração DPR Tecnologia DPR A hb ar comprimido se preocupa continuamente com o desenvolvimento e o aperfeiçoamento de seus produtos e serviços afim de superar as necessidades

Leia mais

Sua solução - todos os dias

Sua solução - todos os dias Sua solução - todos os dias A produção de um leite de qualidade depende de diversos fatores, entre eles a higiene da ordenha e do tanque, a manutenção dos equipamentos, a disponibilidade de um ambiente

Leia mais

DPR. Secador de Ar Comprimido por Refrigeração

DPR. Secador de Ar Comprimido por Refrigeração DPR Secador de Ar Comprimido por Refrigeração DPR Tecnologia DPR A hb ar comprimido se preocupa continuamente com o desenvolvimento e o aperfeiçoamento de seus produtos e serviços afim de superar as necessidades

Leia mais

Válvulas solenoides servo-operadas de 2/2-vias Tipo EV220A 6-50

Válvulas solenoides servo-operadas de 2/2-vias Tipo EV220A 6-50 MAKING MODERN LIVING POSSIBLE Ficha técnica Válvulas solenoides servo-operadas de 2/2-vias Tipo 6-50 é uma linha de válvulas solenoides servo-operadas de 2/2 vias, projetadas especialmente para uso em

Leia mais

CURSOS DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL CALENDÁRIO 2013

CURSOS DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL CALENDÁRIO 2013 S DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL CALENDÁRIO 2013 1 - Curso de Simulação de Edificações com o EnergyPlus (Edição 1) 8 e 9 de março 15 e 16 de março 5 e 6 de abril 19 e 20 de abril 2 - Curso de Psicrometria

Leia mais

CONTRATO DE MANUTENÇÃO DE SISTEMA DO AR CONDICIONADO DO PAÇO MUNICIPAL, PRAÇA MONTEVIDÉU Nº10. Anexo XII - PROJETO BÁSICO

CONTRATO DE MANUTENÇÃO DE SISTEMA DO AR CONDICIONADO DO PAÇO MUNICIPAL, PRAÇA MONTEVIDÉU Nº10. Anexo XII - PROJETO BÁSICO 1 CONTRATO DE MANUTENÇÃO DE SISTEMA DO AR CONDICIONADO DO PAÇO MUNICIPAL, PRAÇA MONTEVIDÉU Nº10 Anexo XII - PROJETO BÁSICO 1. OBJETO Serviços de manutenção preventiva e corretiva de sistema do ar condicionado

Leia mais

BOLETIM DE GARANTIA. (N o 05 / 2013) LED do TIMER pisca frequência de 1Hz / segundo. LED do TIMER pisca freqüência de 1Hz / segundo.

BOLETIM DE GARANTIA. (N o 05 / 2013) LED do TIMER pisca frequência de 1Hz / segundo. LED do TIMER pisca freqüência de 1Hz / segundo. BOLETIM DE GARANTIA (N o 05 / 2013) Código de erro do Cassete e Piso-Teto No. TIPO DESCRIÇÃO Flash Blink Código Nota 1 Falha 2 Falha 3 Falha 4 Falha 5 Falha 6 Falha Placa acusa erro no sensor de temperatura

Leia mais

DPR. Secador de Ar Comprimido por Refrigeração

DPR. Secador de Ar Comprimido por Refrigeração DPR Secador de Ar Comprimido por Refrigeração DPR Tecnologia DPR A hb ar comprimido se preocupa continuamente com o desenvolvimento e o aperfeiçoamento de seus produtos e serviços afim de superar as necessidades

Leia mais

Concurso Público Federal Edital 06/2015

Concurso Público Federal Edital 06/2015 PROVA Concurso Público Federal Edital 06/2015 Área: Refrigeração e Climatização QUESTÕES OBJETIVAS Conhecimentos Específicos 01 a 30 Nome do candidato: Nº de Inscrição: INSTRUÇÕES 1º) Verifique se este

Leia mais

A melhor marca. O melhor desempenho.

A melhor marca. O melhor desempenho. A melhor marca. O melhor desempenho. A Mcquay, marca com a mais completa linha de equipamentos para refrigeração comercial e industrial do Brasil, apresenta seu mais novo lançamento: o Evaporador de ar

Leia mais

AEFICIÊNCIA. Chillers Turbotosi MS500 - Condensação a Água Dados Técnicos R134A SEM ÓLEO EVAPORADOR INUNDADO OPERAÇÃO RESFRIAMENTO COMPRESSOR

AEFICIÊNCIA. Chillers Turbotosi MS500 - Condensação a Água Dados Técnicos R134A SEM ÓLEO EVAPORADOR INUNDADO OPERAÇÃO RESFRIAMENTO COMPRESSOR MS500 - Condensação SEM ÓLEO AEFICIÊNCIA INUNDADO OPERAÇÃO RESFRIAMENTO COMPRESSOR CENTRÍFUGO R134A CASCO-TUBOS Seleção Rápida - Turbotosi com Condensação MODELO CHILLERS TURBOTOSI - CONDENSAÇÃO A ÁGUA

Leia mais

Válvulas Automáticas de Controle e Fluxo

Válvulas Automáticas de Controle e Fluxo Válvulas Automáticas de Controle e Fluxo As válvulas automáticas são utilizadas em processos de automação ou acionamento remoto para controle de fluxo de líquidos e gases, e também nos processos de dosagem

Leia mais

VÁLVULAS MANIFOLD MANIFOLD 3 VIAS MANIFOLD 5 VIAS

VÁLVULAS MANIFOLD MANIFOLD 3 VIAS MANIFOLD 5 VIAS MANIFOLD As válvulas Manifold, produzidas pela Detroit, foram desenvolvidas e dimensionadas para tornar uma tubulação de instrumentos de diferencial de pressão mais simples, mais segura e mais confiável.

Leia mais

E-mail: vendas@unicompbrasil.com.br Site: www.unicompbrasil.com.br

E-mail: vendas@unicompbrasil.com.br Site: www.unicompbrasil.com.br UNICOMP COM. DE EQUIPAMENTOS PNEUMÁTICOS LTDA. Rua Leopoldo de Passos Lima, 238 Jardim Santa Fé. CEP.: 05271-000 São Paulo SP. Telefones: (11) 3911-4665 / 4682 E-mail: vendas@unicompbrasil.com.br Site:

Leia mais

Sistema de Proporcionamento Bomba dosadora de LGE Fire Dos

Sistema de Proporcionamento Bomba dosadora de LGE Fire Dos Sistema de Proporcionamento Bomba dosadora de LGE Fire Dos Descrição A bomba dosadora de LGE FIRE DOS é o mais versátil sistema de proporcionamento existente no mercado. Este revolucionário sistema de

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR COMANDO GERAL

ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR COMANDO GERAL 1 OBJETIVO: Padronizar os diversos tipos de sistemas de bomba de incêndio das edificações, seus requisitos técnicos, componentes, esquemas elétricos-hidráulicos e memória de cálculo, de acordo com os parâmetros

Leia mais

COMPRESSORES PARAFUSO

COMPRESSORES PARAFUSO COMPRESSORES PARAFUSO PARTE 1 Tradução e adaptação da Engenharia de Aplicação da Divisão de Contratos YORK REFRIGERAÇÃO. Introdução Os compressores parafuso são hoje largamente usados em refrigeração industrial

Leia mais

Regulador de pressão de condensação, tipo KVR Válvula de pressão diferencial, tipo NRD

Regulador de pressão de condensação, tipo KVR Válvula de pressão diferencial, tipo NRD MAKING MODERN LIVING POSSIBLE Ficha técnica Regulador de pressão de condensação, tipo KVR Válvula de pressão diferencial, tipo NRD O sistema de regulagem com KVR e NRD é usado para manter uma pressão do

Leia mais

Compressor Parafuso. Principais tipos: Parafuso simples. Parafuso duplo (mais empregado)

Compressor Parafuso. Principais tipos: Parafuso simples. Parafuso duplo (mais empregado) Principais tipos: Parafuso simples Parafuso duplo (mais empregado) Vantagens em relação aos alternativos: Menor tamanho Número inferior de partes móveis Desvantagens em relação aos alternativos: Menor

Leia mais

VÁLVULAS E ACESSÓRIOS

VÁLVULAS E ACESSÓRIOS www.aldifrio.com CATÁLOGO DE PRODUTOS DE REFRIGERAÇÃO E AR CONDICIONADO 2017 15 VÁLVULAS E ACESSÓRIOS www.aldifrio.com APRESENTAÇÃO DA EMPRESA A Aldifrio, Lda. é uma empresa de cariz familiar, constituída

Leia mais

Proteja a qualidade do seu leite Tanques resfriadores DeLaval

Proteja a qualidade do seu leite Tanques resfriadores DeLaval DeLaval Brasil Rodovia Campinas Mogi-Mirim - KM 133,10 - S/N Bairro Roseira - Jaguariúna/SP - CEP: 13820-000 Telefone: (19) 3514-8201 comunicacao@delaval.com www.delaval.com.br Sua revenda DeLaval Proteja

Leia mais

Série Plástica PAZ. A nova Série Plástica PAZ distingue-se em:

Série Plástica PAZ. A nova Série Plástica PAZ distingue-se em: Série Plástica PAZ De acordo com a filosofia de desenvolvimento dos produtos da Ooval, a série PAZ é produzida com materiais de alta qualidade adequados A nova Série Plástica PAZ distingue-se em: Capacidade

Leia mais

Refrigerating Specialties

Refrigerating Specialties Refrigerating Specialties Cuidando de suas necessidades em Refrigeração A Parker (R/S) é a principal fornecedora de componentes de refrigeração para as indústrias alimentícias e de bebidas. Líder mundial

Leia mais

DESOBSTRUIDOR MIDES MODELO 4TES

DESOBSTRUIDOR MIDES MODELO 4TES DESOBSTRUIDOR MIDES MODELO 4TES MANUAL DE INSTALAÇÃO OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO 1 INDICE 01- INTRODUÇÃO 02- DADOS TÉCNICOS 03- INSTALAÇÃO 04- COMANDOS ELETRICOS E PNEUMÁTICOS 05- OPERAÇÃO 06- MANUTENÇÃO NOTA:

Leia mais

Springer - Carrier. Índice

Springer - Carrier. Índice Índice Página 1 - Diagnóstico de Defeitos em um Sistema de Refrigeração... 8 1.1 - Falha: Compressor faz ruído, tenta partir, porém não parte... 8 1.2 - Falha: Compressor funciona, porém não comprime...

Leia mais

Aquecimento de Água. Linha a Gás de Passagem para Banho. Linha Completa para o Conforto Térmico

Aquecimento de Água. Linha a Gás de Passagem para Banho. Linha Completa para o Conforto Térmico Aquecimento de Água Linha a Gás de Passagem para Banho Linha Completa para o Conforto Térmico Aquecedor de Água Apresentação Aquecedor de água para banho a gás de passagem para uso residencial ou comercial.

Leia mais

Sensores de condição. Projetado para produzir resultados de alta qualidade em uma variedade de ambientes robustos

Sensores de condição. Projetado para produzir resultados de alta qualidade em uma variedade de ambientes robustos Sensores de condição Projetado para produzir resultados de alta qualidade em uma variedade de ambientes robustos DETECÇÃO DE CONDIÇÃO A Rockwell Automation oferece uma linha impressionante de produtos

Leia mais

LPCO₂. Unidades Refrigeradas de Armazenamento. Distribuidor Autorizado. DS 0008/J - Setembro 2011 - Página 1 de 10.

LPCO₂. Unidades Refrigeradas de Armazenamento. Distribuidor Autorizado. DS 0008/J - Setembro 2011 - Página 1 de 10. LPO₂ Unidades Refrigeradas de rmazenamento s Unidades Refrigeradas de rmazenamento de Dióxido de arbono de aixa Pressão da Janus Fire Systems são especificamente projetadas para armazenar o suprimento

Leia mais

MÓDULO 4 4.8.2 - PROCEDIMENTOS DE TESTES DE ESTANQUEIDADE PARA LINHAS DE POLIETILENO PARAGASES E AR COMPRIMIDO

MÓDULO 4 4.8.2 - PROCEDIMENTOS DE TESTES DE ESTANQUEIDADE PARA LINHAS DE POLIETILENO PARAGASES E AR COMPRIMIDO MÓDULO 4 4.8.2 - PROCEDIMENTOS DE TESTES DE ESTANQUEIDADE PARA LINHAS DE POLIETILENO PARAGASES E AR COMPRIMIDO Normas Aplicáveis - NBR 14.462 Sistemas para Distribuição de Gás Combustível para Redes Enterradas

Leia mais

Mais facilidade para suas instalações. Mais vantagens para seus clientes.

Mais facilidade para suas instalações. Mais vantagens para seus clientes. 0 Mais facilidade para suas instalações. Mais vantagens para seus clientes. Novas Unidades Condensadoras Semi Herméticas de 0,7 a 5H para refrigerantes R, R404A e R507A 0 Tradição e benefício pelo melhor

Leia mais

DRENO ECOLÓGICO. Dreno Ecológico de Condensado

DRENO ECOLÓGICO. Dreno Ecológico de Condensado DRENO ECOLÓGICO Dreno Ecológico de Condensado O problema O ar comprimido é uma fonte de energia essencial, amplamente utilizada em toda a indústria. Por ser uma ferramenta que oferece segurança, potência

Leia mais

das válvulas de vazão de líquidos e gases

das válvulas de vazão de líquidos e gases Válvulas de Vazão de Líquidos e Gases Wagner Britto Vaz de Oliveira 00/16144 Pedro Kouri Paim 00/16063 9 de Junho de 2005 1 Introdução No contexto de automação industrial, válvulas de comando são elementos

Leia mais

UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS

UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS VENTILADORES AXIAL UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS DESCRIÇÃO E NOMENCLATURA DE VENTILADORES AXIAL Diâmetro Fabricação Aspiração Rotor Empresa Ex: EAFN 500 Diâmetro da seleção Tipo de Fabricação G = Gabinete

Leia mais

Refrigeração comercial Controles de temperatura

Refrigeração comercial Controles de temperatura Refrigeração comercial Controles de temperatura CONHECIMENTO DO PRODUTO UNI-LINE 2013. Todos os direitos reservados. Os nomes, logotipos e slogans que identificam os produtos e serviços da são marcas de

Leia mais

CONTRATO DE MANUTENÇÃO DE SISTEMA DO AR CONDICIONADO DO PRÉDIO DA SMOV AV. BORGES DE MEDEIROS Nº 2244 ANEXO XII - PROJETO BÁSICO

CONTRATO DE MANUTENÇÃO DE SISTEMA DO AR CONDICIONADO DO PRÉDIO DA SMOV AV. BORGES DE MEDEIROS Nº 2244 ANEXO XII - PROJETO BÁSICO 1 CONTRATO DE MANUTENÇÃO DE SISTEMA DO AR CONDICIONADO DO PRÉDIO DA SMOV AV. BORGES DE MEDEIROS Nº 2244 ANEXO XII - PROJETO BÁSICO 1. OBJETO Serviços de manutenção preventiva e corretiva de sistema do

Leia mais

23/06/2010. Eficiência Energética: Regulamentação, Classificação e Conformidade Técnica. Roberto Lamberts

23/06/2010. Eficiência Energética: Regulamentação, Classificação e Conformidade Técnica. Roberto Lamberts Eficiência Energética: Regulamentação, Classificação e Conformidade Técnica Roberto Lamberts Oficina 09 junho de 2010 1 ETIQUETAGEM DE EDIFICAÇÕES Publicação: junho de 2009. EDIFÍCIOS ETIQUETADOS CETRAGUA

Leia mais

AR COMPRIMIDO. Esse sistema compreende três componentes principais: o compressor, a rede de distribuição e os pontos de consumo.

AR COMPRIMIDO. Esse sistema compreende três componentes principais: o compressor, a rede de distribuição e os pontos de consumo. AR COMPRIMIDO Nos diversos processos industriais, os sistemas de ar comprimido desempenham papel fundamental na produção e representam parcela expressiva do consumo energético da instalação. Entretanto,

Leia mais

Evaporadores. Ciclo de refrigeração

Evaporadores. Ciclo de refrigeração Evaporadores Ciclo de refrigeração Evaporadores Função Extrair calor do meio a ser resfriado (ar, água ou outra substância). Processo Mudança de estado do gás refrigerante, da fase líquida para a fase

Leia mais

O primeiro CHILLER nacional para área médico hospitalar

O primeiro CHILLER nacional para área médico hospitalar O primeiro CHILLER nacional para área médico hospitalar A América Latina escolheu a REFRISAT Seu processo pede a REFRISAT faz. Desde sua fundação em 1976, a REFRISAT é reconhecida principalmente por sua

Leia mais

Instruções de montagem

Instruções de montagem Instruções de montagem Indicações importantes relativas às instruções de montagem VOSS O desempenho e a segurança mais elevados possíveis no funcionamento dos produtos VOSS só serão obtidos se forem cumpridas

Leia mais

4ª aula Compressores (complemento) e Sistemas de Tratamento do Ar Comprimido

4ª aula Compressores (complemento) e Sistemas de Tratamento do Ar Comprimido 4ª aula Compressores (complemento) e Sistemas de Tratamento do Ar Comprimido 3ª Aula - complemento - Como especificar um compressor corretamente Ao se estabelecer o tamanho e nº de compressores, deve se

Leia mais

Válvulas Criogênicas. Guia de Produtos - 2011. www.qualitecinstrumentos.com.br

Válvulas Criogênicas. Guia de Produtos - 2011. www.qualitecinstrumentos.com.br Válvulas Criogênicas Guia de Produtos - 2011 Linha de Produtos Válvulas de Segurança Industriais Fluído: Gases, vapores, fluidos e refrigerantes Diâmetro: 1/4 até 2 Temperatura: -50 C (-58 F)... +225 C

Leia mais

Rua Leopoldo de Passos Lima, 238 Jardim Santa Fé. CEP.: 05271-000 São Paulo SP. Telefones: (11) 3911-4665 / 4682 E-mail: vendas@unicompbrasil.com.

Rua Leopoldo de Passos Lima, 238 Jardim Santa Fé. CEP.: 05271-000 São Paulo SP. Telefones: (11) 3911-4665 / 4682 E-mail: vendas@unicompbrasil.com. UNICOMP COM. DE EQUIPAMENTOS PNEUMÁTICOS LTDA. Rua Leopoldo de Passos Lima, 238 Jardim Santa Fé. CEP.: 05271-000 São Paulo SP. Telefones: (11) 3911-4665 / 4682 E-mail: vendas@unicompbrasil.com.br Site:

Leia mais