Comunicação e Gestão de Relacionamentos O Caso Fiat Mio

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Comunicação e Gestão de Relacionamentos O Caso Fiat Mio"

Transcrição

1 Comunicação e Gestão de Relacionamentos O Caso Fiat Mio Sílvia Leticia Lara Pahins Mestranda em Marketing na Universidade de Coimbra, Portugal e Designer Gráfico no Ministério Público do Estado do Amazonas, Brasil; Francisco Edinaldo Lira de Carvalho Doutorando em Gestão na Universidade de Coimbra, Portugal e Administrador no Ministério Público do Estado do Amazonas, Brasil; Resumo: Num contexto no qual os consumidores têm cada vez mais poder de voz, empresas redefinem a forma de relacionamento com seus públicos, apropriando-se da comunicação como ferramenta para a gestão de relacionamentos. O presente ensaio discute a questão das lovemarks e dos consumidores inspiradores, frente a esse novo cenário relacional, no qual tanto empresas quanto clientes se beneficiam. Por fim, com base no caso Fiat Mio, busca-se esclarecer as relações entre comunicação, especificamente àquela realizada por meio das mídias sociais, e a gestão de relacionamento da empresa com o seu público. Palavras-chave: marketing de relacionamento; comunicação; Lovemarks; Fiat Mio. Abstract: In a context where consumers have more power of voice, companies redefine the business relationship with their stakeholders, appropriating communication as a tool for managing relationships. This essay discusses the issue of "Lovemarks" and "inspirational consumers" face of this new relational scenario in which both companies and customers benefit. Finally, based on the case "Fiat Mio," seeks to clarify the relationships between communication, specifically the one performed by social media, and management of the business relationship with your audience. Keywords: relationship marketing, communication, Lovemarks, Fiat Mio.

2 INTRODUÇÃO O presente artigo versa sobre o papel da comunicação no âmbito da gestão de relacionamentos entre empresas e clientes/consumidores. Nesse contexto, o marketing relacional - entendido aqui como a gestão de relacionamentos - visa o fortalecimento de relações e o contínuo aprimoramento de produtos e serviços com base no feedback expresso por um público que é cada vez mais exigente e envolvido com as marcas e as empresas. Frente a esses consumidores com maior poder de voz, as empresas definem novas formas de relacionamento com seu público, utilizando para tanto da apropriação de mídias digitais, por exemplo. É nesse cenário que se insere a questão das lovemarks, marcas cujos consumidores detêm uma fidelidade que vai além da razão, e dos consumidores inspiradores, aqueles que de alguma forma influenciam as decisões mercadológicas das empresas, envolvendo-se, muitas vezes, afetiva e emocionalmente. De outro lado, as empresas se beneficiam desse envolvimento, buscando informações e feedbacks que são utilizados de forma estratégica, visando melhoramentos no processo produtivo, geração de inovações e lucro. Por fim, pretende-se fazer uma reflexão, com base no caso Fiat Mio, no intuito de esclarecer a relação existente entre a comunicação em específico, a utilização das mídias sociais e a gestão de relacionamento empresa versus consumidor. 1. GESTÃO DE RELACIONAMENTO Construir uma relação com os clientes é fator essencial para o sucesso de uma marca ou empresa. Durante anos havia apenas uma relação unilateral entre as empresas e seus stakeholders, conforme a qual eram oferecidos produtos e serviços sem que houvesse qualquer diálogo aberto (Jenkins, 2008, apud Oiakawa, 2009). Entretanto, essa postura não mais cabe nas relações com consumidores que são mais ativos, envolvidos e conectados socialmente. A gestão de relacionamentos é fator primordial para viabilizar a customização de serviços e produtos, ou mesmo para estabelecer estratégias de fidelização entre consumidor e a marca, aproximando-se de questões emocionais, sociais e intelectuais. Barroso (2011) ressalta que os consumidores, atualmente, possuem expectativas cada vez mais altas e anseiam cada vez mais por serviços e produtos que atendam suas expectativas, desejos e necessidades individuais.

3 Conforme Woodcock (1998, apud Nucci, 2004), o marketing relacional evoluiu com o aumento dos serviços ofertados e da comunicação personalizada, passando então a integrar os clientes nos processos da marca, a medida em que se identificam e atendem as necessidades desses. Gronroos (1990b, apud Ramos, 2002:50) apresenta uma definição de marketing relacional ao argumentar que o propósito do marketing é de estabelecer, manter, desenvolver e comercializar relacionamentos com os clientes (frequentemente, mas não necessariamente sempre, relacionamentos de longo prazo) por forma a que os objectivos das partes envolvidas sejam alcançados. Isto é feito através da troca mútua e pelo cumprimento de promessas. Nesse contexto, Ferreira e Sganzerlla (2000, apud Nucci, 2004) dividem as funções do marketing em: Gestão do Planejamento Estratégico de Marketing (posicionamento de marketing, propaganda, promoção, pesquisa, novos produtos, e canais de venda); e, Gestão de Marketing de Relacionamento (Banco de Dados; Serviços a Clientes; Manutenção / Retenção / Mensuração; Comunicação com os clientes e Endomarketing). A comunicação com os clientes insere-se como peça fundamental na Gestão do Marketing de Relacionamento, pois é por meio dela que é possível fazer uma conexão (direta ou indireta) com o consumidor. 2. COMUNICAÇÃO COM OS CONSUMIDORES As organizações têm a competência para reconhecer o seu papel de comunicadoras, resgatando, dessa forma, a atividade de relacionamento com seus públicos de interesse com seriedade, cautela e, acima de tudo, consciência de que cada gesto ou atitude reflete em um ato comunicativo, constituindo-se, portanto, em mensagem (Galindo, 2009: 231). Não basta, então, a simples escolha de meios e mídias, pois a cada ponto de contato, a empresa transmite sua imagem de marca. Além disso, a avaliação do feedback do cliente ao longo do tempo - durante estágio de prévenda, venda, consumo e pós-consumo - é um processo integrante da gestão de relacionamentos da empresa com o consumidor. Como parte desse processo, a customização em massa busca cada vez mais a satisfação do consumidor, porém sem a evolução da tecnologia seria inviável ou impossível atender as necessidades e desejos individuais (Barroso, 2011:2), de maneira que também é a comunicação com o cliente que facilita a obtenção de informações essenciais nesse processo. Nesse sentido, mídias sociais como os blogs, por exemplo, têm se destacado como ferramentas que facilitam o processo de conversação, inspirando assim sentimento de confiança entre os consumidores (Oiakawa, 2009). Trata-se de uma importante ferramenta, a qual viabiliza um diálogo entre consumidor e empresa, em um nível em que nenhum outro meio de comunicação foi capaz de possibilitar.

4 Destaca-se ainda que essa reordenação do relacionamento entre o consumidor e as empresas é uma transformação cultural. Os consumidores, em especial os fãs, apropriam-se das mídias digitais para produzir e distribuir conteúdos sobre seus filmes, séries, livros e marcas preferidas (Oiakawa, 2009: 2), já as empresas estão atentas a relevância econômica desse conteúdo gerado pelo consumidor e se apropriam dele de forma a definir suas estratégias de marketing. Parte-se da premissa que: os meios de comunicação não podem mais ser concebidos como manipuladores e nem o receptor pode mais ser entendido como passivo e passível de quaisquer tipos de influências, percebendo a mídia, então, como um instrumento cotidiano na vida das pessoas, cuja introdução se iniciou durante o século passado por meio das evoluções tecnológicas e que faz parte integral dos conflitos que regem esse cotidiano, desde o consumo de determinado alimento até a formação cultural, política e, por que não arriscar, ideológica do homem contemporâneo (Barroso, 2011: 5) Dentre as ferramentas participativas resultantes da internet, estão as mídias sociais: ferramentas, plataformas e práticas usadas para o compartilhamento de opiniões e experiências via internet (Spyer, 2007 apud Oiakawa, 2010: 2). As mídias sociais possibilitam que o consumidor expresse suas opiniões, sejam elas positivas ou negativas, e as compartilhe sem limitações. Visando estabelecer um relacionamento aberto e transparente com esse consumidor, as empresas também estão se apropriando das mídias sociais, criando espaços onde é possível dialogar diretamente com os usuários da internet, afinal, o consumidor contemporâneo quer participar, colaborar, falar e ser ouvido (Oiakawa, 2009). Além disso, os consumidores consideram a opinião de outros consumidores mais relevantes do que qualquer tipo de propaganda. Conforme Anderson, a fé na propaganda e nas instituições que pagam por ela está diminuindo aos poucos, enquanto a crença nos indivíduos encontra-se em ascensão. As pessoas confiam em outras pessoas iguais a elas, ou nos pares crêem nos pares (2006 apud Oiakawa, 2010: 8). Ou seja, como as influências interpessoais são mais relevantes na escolha das marcas e produtos, essa influência ganha ainda maior potencial de propagação por meio da utilização das mídias sociais. 3. AS LOVEMARKS E OS CONSUMIDORES INSPIRADORES As estratégias do marketing visam além de estabelecer uma relação de fidelidade entre o consumidor e a marca, moldar seus padrões de consumo, investindo em questões emocionais, sociais e intelectuais do consumidor. Com isso, os consumidores fidelizados, os fãs, são os mais valiosos dentro da indústria, pois prestam mais atenção aos anúncios, tendem a

5 comprar mais produtos e, principalmente, fazem questão de contribuir e de colaborar para divulgação e o melhoramento das marcas que veneram (Oiakawa, 2009: 3). Souza e Piedras (2009:6) enfatizam que as marcas que conseguem uma conexão real com o consumidor podem tornar-se lovemarks produtos ou serviços que possuem uma fidelidade acima da média por parte de seus consumidores. Ou seja, o consumidor busca satisfazer além das suas necessidades reais, busca por produtos que preencham seus desejos e por estímulos emocionais que o ajudem a tomar decisões. A marca que consegue satisfazer essas necessidades emocionais do consumidor obterá um amor além da razão o consumidor irá se sentir dono da marca, a premissa básica das lovemarks (Souza e Piedras, 2009:6). As lovemarks são pessoais, podendo ser qualquer coisa que desperte o lado emocional das pessoas, como cosméticos, carros, personalidades, países, roupas, etc. Ainda segundo a autora, a internet tem sido um espaço eficaz para construção das lovemarks, já que possibilita que as demonstrações de amor a marca venham à tona, tanto voluntariamente, como que estimuladas nos espaços oficiais das marcas. Na medida em que os consumidores de uma lovemark fazem questão de colaborar para a inovação e o aperfeiçoamento das marcas que amam, criam sites web e as divulgam, mesmo sem que haja qualquer retorno além da satisfação pessoal, esses consumidores são definidos como consumidores inspiradores. As mídias sociais potencializam as ações dos consumidores inspiradores, pois permitem que esses criem blogs, podcasts, vídeo e comunidades em sites de relacionamento para divulgar produtos, serviços e compartilhar opiniões a respeito de suas Lovemarks de maneira espontânea (Oiakawa, 2009: 6). Trata-se de uma grande contribuição as empresas, pois essas têm a chance de lucrar com a inteligência coletiva de seus consumidores, permitindo que eles participem de maneira afetiva da construção das marcas, usando sugestões desde a concepção do design até o processo de vendas, passando pela produção, marketing e distribuição do produto (Oiakawa, 2009:6). Embora, os consumidores só consigam esse nível de interferência na cultura de consumo porque as empresas assim o permitem, de fato tais consumidores também não vão abrir mão dessa prerrogativa, uma vez que não se contentam em serem consumidores passivos e satisfazem cada vez mais ao seu desejo de livre escolha, conveniência, personalização e controle projetando, produzindo e distribuindo seus próprios produtos (Tapscott e Williams, 2007 apud Oiakawa, 2009: 7).

6 4. METODOLOGIA A fim de estimular a reflexão e a compreensão acerca da relação existente entre a comunicação e a gestão de relacionamento da empresa com o consumidor, fez-se um estudo do caso Fiat Mio. O trabalhou implicou prioritariamente em uma metodologia de pesquisa indireta, de caráter bibliográfico, o qual consistiu na utilização de referências teóricas sobre o tema, além de um levantamento de dados com foco em informações divulgadas no website do projeto, websites de jornais, mídias sociais, entre outros. Quanto aos fins, se considera descritiva, tendo em vista que a preocupação central é caracterizar a relação entre comunicação, especificamente aquela feita por meio das mídias sociais, e a gestão de relacionamentos. 5. REFLEXÕES SOBRE O CASO Fiat Mio Um novo caminho para a inovação por meio relacionamento com diversos atores da cadeia de valor é conhecido como inovação aberta - open innovation, por meio do qual se buscam idéias e fontes externas de conhecimento. Para que seja possível envolver um significativo número de consumidores, das mais diversas regiões geográficas, têm-se utilizado da Web 2.0, com seus blogs, redes sociais e twitter. As empresas que visam à inovação têm, portanto, recorrido cada vez mais às mídias sociais e a indústria automobilística segue essa mesma tendência, não apenas como meio de divulgação de seus produtos, mas também de modo a envolver seus clientes no processo de pesquisa e desenvolvimento 1. Imagem 1: Fotos do Fiat Mio no Salão do Automóvel São Paulo, Brasil (2010). Disponível em <http://www.fiatmio.cc/pt/ideias/>. Acesso em 07 Jul Em 2010 a Fiat lançou, no Salão do Automóvel, em São Paulo, Brasil, seu primeiro carro feito de forma colaborativa com os consumidores: Fiat Mio Um carro pra chamar de seu. O projeto utilizou a internet, através do website 2 do projeto e das mídias sociais 3, para 1 Fonte: HSM On Line: Carro colaborativo já é uma realidade. 26 Nov Disponível em <http://www.hsm.com.br/editorias/carro-colaborativo-ja-e-uma alidade?utm_source=261110_news_digital&utm_medium=261110_news_digital&utm_content=261110_news_digital_carr o-colaborativo-ja-e-uma-realidade&utm_campaign=261110_news_digital>. Acesso em 07 Jul Site: Fiat Mio Um carro para chamar de seu. Disponível em <http://www.fiatmio.cc/>. Acesso em 07 Jul Blog: Making Of do Fiat Mio Concept Car. Disponível em < Acesso em 07 Jul

7 dialogar com seus consumidores, buscando idéias que depois de estudadas deram origem a um carro conceito. O projeto testou novas tecnologias e materiais que, futuramente, podem vir a ser implementadas na produção em série de novos modelos da marca. Na fase inicial do projeto, os consumidores puderam dar sugestões sobre todas as etapas do desenvolvimento do automóvel. Tais sugestões, depois de interpretadas, deram origem a um briefing para construção de protótipos, o qual foi apresentado no website para que os internautas votassem nos modelos que mais se aproximavam de suas discussões nas redes sociais. Durante todo o desenvolvimento do projeto, a montadora fez novas publicações no website, atraindo e fomentando novas discussões na rede, além de proporcionar aos consumidores, por meio de vídeos e depoimentos, a experiência de participar e acompanhar o processo de produção do automóvel. O website também apresentou uma seção com as idéias recebidas, as quais puderam ser divulgadas ou comentadas por outros internautas. Apesar de o carro conceito já ter sido lançado, a montadora continua recebendo sugestões. Imagem 2: Ideias recebidas o internauta poderia conferir sua idéia, comentar ou compartilhar outras idéias recebidas. Disponível em <http://www.fiatmio.cc/pt/ideias/>. Acesso em 07 Jul Segundo dados divulgados no site do Fiat Mio, até a data de 7 de Julho de 2011, foram visitantes únicos (internautas que visitaram o site ao menos uma vez), pessoas haviam se cadastrado no site, idéias haviam sido enviadas e comentários haviam sido postados. Na rede social Orkut, oito comunidades foram criadas, uma pela marca, Fiat Mio 4 e as demais pelos internautas de forma espontânea -, entre elas: Eu quero um Fiat Mio!!! 5, 4 Disponível em < Acesso em 07 Jul Disponível em <http://www.orkut.com/main#community?cmm= >. Acesso em 07 Jul

8 Novo Fiat Mio muito moderno 6, Fiat Mio eu vi esse carro 7. No perfil do carro Fiat Mio, vale destacar o recado deixado por um internauta UOOOOOWWW!!! vou fazer meu primeiro FIAT!!! 8. Na página do Fiat Mio 9 na rede social Facebook, havia cerca de 840 amigos (internautas aptos a receber em seu mural informações sobre comentários e postagens da página em questão). No Twitter 10 foram 661 tweets (postagens de 140 caracteres), 2625 seguidores e participação em 132 listas. Já no site de buscas Google 11, ao buscar por Fiat Mio, o termo aparece aproximadamente vezes, em páginas de diversos idiomas. O lançamento do carro conceito da Fiat teve repercussão em veículos de comunicação a nível mundial. Além de aparecer com destaque em jornais do horário nobre no Brasil, diversos sites e blogs internacionais falaram sobre aspectos do projeto. O site The Next Web 12 mencionou que o projeto do Fiat Mio funcion because Fiat is a brand that people really love, in fact, according to Fiat, its customers are more guardians of the car than creators. O site complementa Fiat s project demonstrates a genuine desire to initiate discussion with its consumers, which resulted in a car that buyers want to drive. Talk about a sense of ownership.ou Durante o lançamento, no Salão do Automóvel, os visitantes puderam conversar com os profissionais envolvidos no projeto. Alguns ao serem entrevistados 13 mencionaram a importância que sua participação no projeto representou: Como usuário da internet hoje, eu recebi o contato via twitter do projeto, entrei no blog, cadastrei no blog e de alguma forma eu contribui para o projeto do carro dando dica de utilizar material ecologicamente correto (Paulo Rogério Fagundes). Eu estou até bem surpreso, por mais que a gente tenha visto as fotos, acompanhado todo o projeto, dado idéias, é diferente você ver o carro pronto, efetivamente pronto na sua frente. Não têm palavras pra dizer como ele é, não tem com o que comparar ele, ou falar parece com isso, não parece com ninguém, é ele exclusivo, é meu! (Fernando de Almeida) É isso, é Mio. Porque a idéia também é minha, eu também participei e de fora você se sente dentro da fábrica trabalhando (Lucas Prata Borges) Em depoimento a revista HSM Management 14, João Ciaco - diretor de publicidade e marketing de relacionamento da Fiat - comentou sobre os resultados positivos do projeto inovador. 6 Disponível em <http://www.orkut.com/main#community?cmm= >. Acesso em 07 Jul Disponível em <http://www.orkut.com/main#community?cmm= >. Acesso em 07 Jul Disponível em <http://www.orkut.com/main#scrapbook?rl=mo&uid= >. Acesso em 07 Jul Disponível em <http://www.facebook.com/profile.php?id= &sk=info>. Acesso em 01 Ago Disponível em <http://twitter.com/#!/fiatmio>. Acesso em 01. Ago Busca realizada em < em 07 Jul TNW - The Next Web. Disponível em <http://thenextweb.com/socialmedia/2010/11/19/how-to-effectively-crowdsourceproduct-design/>. Acesso em 07 Jul Disponível em Acesso em 07 Jul Disponível em <http://www.hsm.com.br/artigos/o-sucesso-de-um-projeto-colaborativo>. Acesso em 07 Jul

9 Abrimos não só as nossas portas, como também, nossas mentes. Nunca ocorreu uma pesquisa tão profunda para entender os anseios do consumidor. (...) O resultado desse projeto mudou radicalmente a forma como os nossos profissionais passaram a se relacionar e a se comunicar dentro da empresa. Ser aberto e contar com colaboração é o mais importante. De fato, a empresa teve muitos resultados positivos, principalmente no que diz respeito à imagem da marca. Como enfatizado pelo The Next Web, o projeto deu certo porque a Fiat é uma marca amada, uma lovemark. Seus consumidores inspiradores não mediram esforços para divulgar o projeto e colaborar com suas opiniões, foram mais que co-criadores, foram guardiões, como a própria Fiat chegou a mencionar. Além disso, os depoimentos nas redes sociais, bem como nas entrevistas, demonstram a apropriação da marca por parte dos consumidores, o veículo e tudo que ele significa foi apropriado por aqueles que o criaram, seus atributos são parte da identidade social de seus criadores: modernos, inovadores, colaborativos, ecologicamente corretos, futuristas, etc. 6. CONSIDERAÇÕES FINAIS O consumidor contemporâneo não pode ser visto como um consumidor passivo. Ele possui o poder da influência sobre as marcas e com isso é ativo em sua construção. De acordo com Oiakawa (2009: 13), deixar que eles atuem como sujeitos ativos da construção dessa nova relação com as marcas não é mais uma questão de escolha, e sim condições para as empresas terem sucesso nessa nova conjuntura. Dessa forma, as empresas devem estar atentas as suas estratégias, principalmente no sentido de gerir de forma planejada e estratégica- o relacionamento entre os consumidores com suas marcas preferidas, para as quais eles possuem um amor além da razão - o que pode se tornar algo muito rentável. As mídias sociais se apresentam como um importante canal para facilitar essa relação entre consumidores e empresa. Assim como demonstrado no caso Fiat Mio, o relacionamento com a marca, quando provocado de forma estratégica pela empresa, proporciona ao consumidor um envolvimento que resulta não apenas em um lucro imediato para a empresa, mas na manutenção de uma relação contínua e de longo prazo. O projeto Fiat Mio Um carro pra chamar de seu não foi apenas a conquista de um diálogo aberto, mas também a construção de uma conexão direta entre a marca e seus consumidores. Deu-se a oportunidade para que cada cliente pudesse expressar suas expectativas, desejos e necessidades individuais, ao mesmo tempo em que a empresa se colocou a disposição para atender a todos esses anseios.

10 A comunicação foi peça-chave para o sucesso do projeto, pois foi uma das responsáveis por fazer com que o consumidor se envolvesse, ou ainda, se relacionasse com a marca. Os benefícios que a empresa obteve foram muitos e vão desde a obtenção de um simples perfil do mercado consumidor, até o delineamento de todas as tecnologias e aprimoramentos que esse mercado espera. Além disso, as idéias obtidas, com o devido tratamento técnico, deram origem a uma série de melhorias que poderão ser implementadas em diversos outros projetos automobilísticos. Pode-se ainda considerar que a marca obteve uma grande conquista em termos de imagem positiva para a marca, notoriedade e, por que não dizer, em termos de satisfação para o consumidor (pelo menos para o participante do projeto). 7. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BARROSO, Eduardo Ambrósio. O papel da comunicação na gestão do relacionamento: fortalecendo a customização e o consumo de massa. Revista Comunicações Digitais. 1 ed. Disponível em <http://www.novomilenio.br/comunicacoes/1/artigo/8_eduardo.pdf>. Acesso em 05 Jul GALINDO, Daniel dos Santos. A comunicação integrada de marketing e o seu caráter multidisciplinar. In: KUNSCH, Margarida Maria Krohling. Comunicação Organizacional: histórico, fundamentos e processos. Volume 1. São Paulo: Saraiva, NUCCI, Paulo; ROCHA, Telma; TOLEDO, Geraldo Luciano. O marketing de relacionamento e a construção da fidelidade do cliente. Um estudo de caso em uma empresa brasileira de seguros. VII SemeAd (Seminários em Administração FEA-USP). São Paulo: FEA-USP, Disponível em <http://www.ead.fea.usp.br/semead/7semead/paginas/artigos%20recebidos/ marketing/mkt47a_-_mkt_de_relacionamento_mercado_securit.pdf>. Acesso em 05 Jul OIKAWA, Erika. O impacto das mídias sociais na relação consumidor versus empresa sob a perspectiva da economia afetiva. III Simpósio Nacional ABCiber. Anais. São Paulo: ESPM, Disponível em <http://www.abciber.com.br/simposio2009/trabalhos/anais/pdf/artigos/ 2_entretenimento/eixo2_art14.pdf>. Acesso em 09 Dez RAMOS, Carla Sofia Dias Moreira. O impacto das tecnologias de informação ao nível da gestão de relacionamentos. Mestrado em Ciências Empresariais (Tese). Faculdade de Economia. Porto: Universidade do Porto, SOUZA, Carolina C.; PIEDRAS, Elisa R. Publicidade e Lovemarks: o amor além da razão no caso Havaianas. In: XXXII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Anais. Curitiba: Intercom, Disponível em <http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2009/ resumos/r pdf>. Acesso em 09 Dez

Estratégias em Propaganda e Comunicação

Estratégias em Propaganda e Comunicação Ferramentas Gráficas I Estratégias em Propaganda e Comunicação Tenho meu Briefing. E agora? Planejamento de Campanha Publicitária O QUE VOCÊ DEVE SABER NO INÍCIO O profissional responsável pelo planejamento

Leia mais

Mídias Sociais: Conhecendo, aplicando e monitorando. Entenda como você pode trabalhar e monitorar mídias sociais, com foco no Twitter e Facebook.

Mídias Sociais: Conhecendo, aplicando e monitorando. Entenda como você pode trabalhar e monitorar mídias sociais, com foco no Twitter e Facebook. 1 Mídias Sociais: Conhecendo, aplicando e monitorando. Entenda como você pode trabalhar e monitorar mídias sociais, com foco no Twitter e Facebook. O que você vai encontrar neste ebook: Por que eu preciso

Leia mais

RELACIONAMENTO, REPUTAÇÃO E RELEVÂNCIA

RELACIONAMENTO, REPUTAÇÃO E RELEVÂNCIA RELACIONAMENTO, REPUTAÇÃO E RELEVÂNCIA Comunicação Organizacional em Mídias Sociais UNISO Prof. Randolph de Souza PRESENÇA NAS MÍDIAS Necessidade Definição de Estratégias para minimizar riscos Se bem trabalhadas

Leia mais

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital 11 1 Introdução Com o advento da nova era da internet, conhecida com web 2.0, e o avanço das tecnologias digitais, o consumidor passa a ter maior acesso à informação bem como à facilidade de expressar

Leia mais

Blogs Corporativos como instrumentos de comunicação nas empresas: uma análise prático-teórica.

Blogs Corporativos como instrumentos de comunicação nas empresas: uma análise prático-teórica. Blogs Corporativos como instrumentos de comunicação nas empresas: uma análise prático-teórica. Além de tornar-se fundamental para a difusão do conhecimento e geração das relações interpessoais, a Internet

Leia mais

Mídias sociais: apoio a qualidade de vida e a mobilidade humana

Mídias sociais: apoio a qualidade de vida e a mobilidade humana Mídias sociais: apoio a qualidade de vida e a mobilidade humana Nuria Sampietro (01); Roberto Sganzerla (02); Sara Benenkanp (03). SBCTrans Endereço: Rua Monteiro Lobato, 151 Jd. Montanhão São Bernardo

Leia mais

António Amaro Marketing Digital Junho 2014 INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS

António Amaro Marketing Digital Junho 2014 INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS FACTOS A Internet mudou profundamente a forma como as pessoas encontram, descobrem, compartilham, compram e se conectam. INTRODUÇÃO Os meios digitais, fazendo hoje parte do quotidiano

Leia mais

FATEC Cruzeiro José da Silva. Ferramenta CRM como estratégia de negócios

FATEC Cruzeiro José da Silva. Ferramenta CRM como estratégia de negócios FATEC Cruzeiro José da Silva Ferramenta CRM como estratégia de negócios Cruzeiro SP 2008 FATEC Cruzeiro José da Silva Ferramenta CRM como estratégia de negócios Projeto de trabalho de formatura como requisito

Leia mais

Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente

Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente Redesenhando a forma como empresas operam e envolvem seus clientes e colaboradores no mundo digital. Comece > Você pode construir de fato uma

Leia mais

www.intermidiabrasil.com.br Apresentação Presença Digital

www.intermidiabrasil.com.br Apresentação Presença Digital Apresentação Presença Digital 2012 ÍNDICE 1. GESTÃO MÍDIAS SOCIAIS... 03 2. ESTRATÉGIAS COMPLEMENTARES... 04 3. PERSONALIZAÇÃO... 05 4. CASES... 06 5. SOBRE A INTERMIDIA BRASIL... 13 6. CLIENTES... 14

Leia mais

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Morgana Hamester História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Contexto atual Modelização digital contemporaneidade;

Leia mais

5 dicas incríveis de Facebook Ads para iniciantes. 1 INTRODUÇÃO

5 dicas incríveis de Facebook Ads para iniciantes. 1 INTRODUÇÃO 5 dicas incríveis de Facebook Ads para iniciantes. 1 INTRODUÇÃO Este e book foi criado após ter percebido uma série de dúvidas de iniciantes em Facebook Ads. O seu conteúdo é baseado na utilização da plataforma

Leia mais

1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL

1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL 1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL 1.1 APRESENTAÇÃO O Plano de Comunicação e Participação Social subsidiará a elaboração do Plano Diretor de Mobilidade Urbana, criando as bases para

Leia mais

Relatório de Consumo de Conteúdo Profissional 2014

Relatório de Consumo de Conteúdo Profissional 2014 Relatório de Consumo de Conteúdo Profissional 2014 A ascensão dos Revolucionários de Conteúdo: uma análise minuciosa sobre os principais usuários que consomem conteúdo no LinkedIn e como os profissionais

Leia mais

Público Interno e crises organizacionais: um estudo abordando a incidência de demissões motivadas pelo uso inadequado das redes sociais digitais

Público Interno e crises organizacionais: um estudo abordando a incidência de demissões motivadas pelo uso inadequado das redes sociais digitais Público Interno e crises organizacionais: um estudo abordando a incidência de demissões motivadas pelo uso inadequado das redes sociais digitais Penélope da Silva Almeida SANTOS Universidade Sagrado Coração

Leia mais

Trabalho sobre Social Media Como implementar Social Media na empresa

Trabalho sobre Social Media Como implementar Social Media na empresa Como implementar Social Media na empresa 1 As razões: Empresas ainda desconhecem benefícios do uso de redes sociais Das 2,1 mil empresas ouvidas em estudo do SAS Institute e da Harvard Business Review,

Leia mais

PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA

PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA Proposta de Marketing Digital Design inox Marketing de Resultados A PlusPixel vem oferecendo seus serviços desde o início da internet, isso nos

Leia mais

Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo. Copyright 2015. Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda.

Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo. Copyright 2015. Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda. Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo Copyright 2015 Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda. Todos os direitos reservados. Pode ser compartilhado com conteúdo,

Leia mais

Redes sociais x mídias sociais

Redes sociais x mídias sociais INTRODUÇÃO Esse workshop tem como objetivo de organizar o uso das redes sociais no Santuário Nacional e Rede Aparecida, de forma a facilitar o trabalho de monitoramento e de produção de conteúdo para as

Leia mais

UNIMEP MBA em Gestão e Negócios

UNIMEP MBA em Gestão e Negócios UNIMEP MBA em Gestão e Negócios Módulo: Sistemas de Informações Gerenciais Aula 4 TI com foco nos Negócios: Áreas envolvidas (Parte II) Flávio I. Callegari www.flaviocallegari.pro.br O perfil do profissional

Leia mais

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal?

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal? Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL O que é Marketing Multicanal? Uma campanha MultiCanal integra email, SMS, torpedo de voz, sms, fax, chat online, formulários, por

Leia mais

A REPUTAÇÃO ONLINE DOS HOTÉIS

A REPUTAÇÃO ONLINE DOS HOTÉIS A REPUTAÇÃO ONLINE DOS HOTÉIS Descubra a importância da reputação online do seu hotel na rentabilidade. Perceba qual a melhor maneira de tirar partido das ferramentas digitais. O PORQUÊ DE LER ESTE EBOOK!

Leia mais

Commonwealth Human Resources and ICT 2015 Maputo, Moçambique, 6 e 7 de Julho de 2015 Naima Valigy

Commonwealth Human Resources and ICT 2015 Maputo, Moçambique, 6 e 7 de Julho de 2015 Naima Valigy Commonwealth Human Resources and ICT 2015 Maputo, Moçambique, 6 e 7 de Julho de 2015 Naima Valigy 1 O ser humano é um ser social A prática de socializar, formar grupos e trocar informações é milenar. 2

Leia mais

*Todos os direitos reservados.

*Todos os direitos reservados. *Todos os direitos reservados. A cada ano, as grandes empresas de tecnologia criam novas ferramentas Para o novo mundo digital. Sempre temos que nos renovar para novas tecnologias, a Karmake está preparada.

Leia mais

O advento das mídias sociais digitais e o mercado de trabalho para o profissional de relações públicas

O advento das mídias sociais digitais e o mercado de trabalho para o profissional de relações públicas O advento das mídias sociais digitais e o mercado de trabalho para o profissional de relações públicas Julie Caroline de Alcântara Universidade do Sagrado Coração, Bauru/SP E-mail: juliealcantara.31@gmail.com

Leia mais

Resumo. Palavras-chave: twitter; ferramenta; planejamento; Greenpeace.

Resumo. Palavras-chave: twitter; ferramenta; planejamento; Greenpeace. O Twitter Como Ferramenta de Divulgação Para As Empresas: Um Estudo De Caso do GREENPEACE 1 Jonathan Emerson SANTANA 2 Gustavo Guilherme da Matta Caetano LOPES 3 Faculdade Internacional de Curitiba - FACINTER

Leia mais

Quando se trata do universo on-line, nada é estático. Tudo pode se transformar de uma hora pra outra, basta o vento mudar de direção.

Quando se trata do universo on-line, nada é estático. Tudo pode se transformar de uma hora pra outra, basta o vento mudar de direção. estratégias online Quando se trata do universo on-line, nada é estático. Tudo pode se transformar de uma hora pra outra, basta o vento mudar de direção. serviços consultoria Benchmark Planejamento

Leia mais

A INFLUÊNCIA DA COMUNICAÇÃO NO DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL NO BRASIL

A INFLUÊNCIA DA COMUNICAÇÃO NO DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL NO BRASIL A INFLUÊNCIA DA COMUNICAÇÃO NO DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL NO BRASIL Introdução A partir da década de 90 as transformações ocorridas nos aspectos: econômico, político, social, cultural,

Leia mais

Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL

Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL INTRODUÇÃO Já imaginou ter acesso a dados e estatísticas do website do concorrente? Com alguns aplicativos e ferramentas, isso já é possível. Com ajuda deles, você

Leia mais

Planejamento de Campanha Publicitária

Planejamento de Campanha Publicitária Planejamento de Campanha Publicitária Prof. André Wander UCAM O briefing chegou. E agora? O profissional responsável pelo planejamento de campanha em uma agência de propaganda recebe o briefing, analisa

Leia mais

GUIA BÁSICO DE COMUNICAÇÃO

GUIA BÁSICO DE COMUNICAÇÃO GUIA BÁSICO DE COMUNICAÇÃO CONVERSA DE ELEVADOR Sendo um empreendedor social, você sabe como é importante ser capaz de descrever sua organização, definindo o que diferencia seu trabalho e detalhando o

Leia mais

Importância da Comunicação Digital para o mercado corporativo

Importância da Comunicação Digital para o mercado corporativo Importância da Comunicação Digital para o mercado corporativo Cláudio Coelho Café da Manhã 22.05.2012 Agenda Evolução da Comunicação Serviços de Comunicação Digital Importância do Planejamento Estratégico

Leia mais

5 Conclusões 5.1. Síntese do estudo

5 Conclusões 5.1. Síntese do estudo 5 Conclusões 5.1. Síntese do estudo Este estudo teve como objetivo contribuir para a compreensão do uso das mídias sociais, como principal ferramenta de marketing da Casar é Fácil, desde o momento da sua

Leia mais

Redes Sociais, SEO, Blog ou Adwords: O que devo usar para minha empresa?

Redes Sociais, SEO, Blog ou Adwords: O que devo usar para minha empresa? Redes Sociais, SEO, Blog ou Adwords: O que devo usar para minha empresa? Você já pensou em posicionar sua marca na internet? Construir um relacionamento com seu cliente é uma das formas mais eficazes de

Leia mais

CENTRO BRASILEIRO DE REFERÊNCIA EM TECNOLOGIA SOCIAL INSTITUTO DE TECNOLOGIA SOCIAL

CENTRO BRASILEIRO DE REFERÊNCIA EM TECNOLOGIA SOCIAL INSTITUTO DE TECNOLOGIA SOCIAL CENTRO BRASILEIRO DE REFERÊNCIA EM TECNOLOGIA SOCIAL INSTITUTO DE TECNOLOGIA SOCIAL Curso: Tecnologia Social e Educação: para além dos muros da escola Resumo da experiência de Avaliação do Programa "Apoio

Leia mais

O QUE É ECONOMIA VERDE? Sessão de Design Thinking sobre Economia Verde

O QUE É ECONOMIA VERDE? Sessão de Design Thinking sobre Economia Verde O QUE É ECONOMIA VERDE? Sessão de Design Thinking sobre Economia Verde Florianópolis SC Junho/2012 2 SUMÁRIO Resumo do Caso...3 Natureza do Caso e Ambiente Externo...3 Problemas e Oportunidades...4 Diagnóstico:

Leia mais

A comunicação eficaz é tão estimulante como um café preto e tão difícil quanto dormir depois...

A comunicação eficaz é tão estimulante como um café preto e tão difícil quanto dormir depois... A comunicação eficaz é tão estimulante como um café preto e tão difícil quanto dormir depois... livro Comunicação Interpessoal Empresas investem cada vez mais no desenvolvimento de pessoas e processos

Leia mais

F-COMMERCE A REVOLUÇÃO DAS LOJAS VIRTUAIS NO FACEBOOK

F-COMMERCE A REVOLUÇÃO DAS LOJAS VIRTUAIS NO FACEBOOK F-COMMERCE A REVOLUÇÃO DAS LOJAS VIRTUAIS NO FACEBOOK Com o crescimento das mídias sociais, uma modalidade de vendas online que vem ganhando força é o F-commerce, termo usado para definir o comércio eletrônico

Leia mais

O Guia do Relacionamento para o corretor moderno

O Guia do Relacionamento para o corretor moderno O Guia do Relacionamento para o corretor moderno Introdução 3 O que é marketing de relacionamento 6 Como montar uma estratégia de relacionamento 9 Crie canais de relacionamento com o cliente 16 A importância

Leia mais

Tentar entender como usar melhor os diferentes canais.

Tentar entender como usar melhor os diferentes canais. The New Conversation: Taking Social Media from Talk to Action A Nova Conversação: Levando a Mídia Social da Conversa para a Ação By: Harvard Business Review A sabedoria convencional do marketing por muito

Leia mais

Participação política na internet: o caso do website Vote na web

Participação política na internet: o caso do website Vote na web Participação política na internet: o caso do website Vote na web Lívia Cadete da Silva 1 Lucas Arantes Zanetti 2 Orientadora: Caroline Kraus Luvizotto 3 Universidade Estadual Paulista, Bauru, SP RESUMO

Leia mais

JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ www.diariodaconstrucao.com.br

JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ www.diariodaconstrucao.com.br PROPOSTA DE PROPAGANDA - ANUNCIE NO JDC Apresentação de Plano de Publicidade Online no Site O JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ atende com o nome de JDC, porque é uma empresa que tem como sua atividade

Leia mais

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Maio de 2010 Conteúdo Introdução...4 Principais conclusões...5 Dados adicionais da pesquisa...14 Nossas ofertas de serviços em mídias sociais...21

Leia mais

Como cultivar leads do Comitê de TI

Como cultivar leads do Comitê de TI BRASIL Como cultivar leads do Comitê de TI O marketing está ajudando ou atrapalhando? Confiança + Credibilidade devem ser CONQUISTADAS O profissional de marketing moderno conhece a importância de cultivar

Leia mais

Quem é Ana Luiza Cunha?

Quem é Ana Luiza Cunha? Apresentação WSI Quem é a WSI? Fundada em 1995 Nascimento da Internet 1.100 Consultores de Marketing Digital 81 países 12 grandes Centros de Produção Receita estimada da rede: acima de US$160 milhões Parceiros:

Leia mais

UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS - UNISINOS CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO CURSO DE RELAÇÕES PÚBLICAS. Daniela Valdez Rodrigues

UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS - UNISINOS CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO CURSO DE RELAÇÕES PÚBLICAS. Daniela Valdez Rodrigues UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS - UNISINOS CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO CURSO DE RELAÇÕES PÚBLICAS Daniela Valdez Rodrigues A RELAÇÃO DO MARKETING DE RELACIONAMENTO COM RELAÇÕES PÚBLICAS São Leopoldo

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR PROJETO INTEGRADOR 1. INTRODUÇÃO Conforme as diretrizes do Projeto Pedagógico dos Cursos Superiores de Tecnologia da Faculdade Unida de Suzano

Leia mais

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS.

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. CATEGORIA: CONCLUÍDO

Leia mais

Unidade IV MERCADOLOGIA. Profº. Roberto Almeida

Unidade IV MERCADOLOGIA. Profº. Roberto Almeida Unidade IV MERCADOLOGIA Profº. Roberto Almeida Conteúdo Aula 4: Marketing de Relacionamento A Evolução do Marketing E-marketing A Internet como ferramenta As novas regras de Mercado A Nova Era da Economia

Leia mais

Art Ricc. Uma agência especializada em: COMUNICAÇÃO VISUAL - DESIGN GRÁFICO - MARKETING DIGITAL PROPOSTA DE INVESTIMENTO MARKETING DIGITAL

Art Ricc. Uma agência especializada em: COMUNICAÇÃO VISUAL - DESIGN GRÁFICO - MARKETING DIGITAL PROPOSTA DE INVESTIMENTO MARKETING DIGITAL Art Ricc Uma agência especializada em: COMUNICAÇÃO VISUAL - DESIGN GRÁFICO - MARKETING DIGITAL PROPOSTA DE INVESTIMENTO MARKETING DIGITAL COMO FAZEMOS MARKETING DIGITAL O segredo do sucesso é a soma de

Leia mais

A atividade de Relações Públicas como suporte para a gestão socialmente responsável

A atividade de Relações Públicas como suporte para a gestão socialmente responsável A atividade de Relações Públicas como suporte para a gestão socialmente responsável Felipe de Oliveira Fernandes Vivemos em um mundo que está constantemente se modificando. O desenvolvimento de novas tecnologias

Leia mais

Mídias Sociais. Fatos e Dicas para 2013. Esteja preparado para um ano digital, social e interativo

Mídias Sociais. Fatos e Dicas para 2013. Esteja preparado para um ano digital, social e interativo Mídias Sociais Fatos e Dicas para 2013 Esteja preparado para um ano digital, social e interativo NESTE E-BOOK VOCÊ VAI ENCONTRAR: 1 - Porque as mídias sociais crescem em tamanho e em importância para o

Leia mais

social media para bares, restaurantes e afins

social media para bares, restaurantes e afins BARTIPS social media para bares, restaurantes e afins O que buscamos? Divulgar seu estabelecimento para milhares de potenciais consumidores. Fazer você ser parte do dia-a-dia de seu cliente Ter suas novidades,

Leia mais

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex...

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... (/artigos /carreira/comopermanecercalmosob-pressao /89522/) Carreira Como permanecer calmo sob pressão (/artigos/carreira/como-permanecer-calmosob-pressao/89522/)

Leia mais

Mídias sociais como apoio aos negócios B2C

Mídias sociais como apoio aos negócios B2C Mídias sociais como apoio aos negócios B2C A tecnologia e a informação caminham paralelas à globalização. No mercado atual é simples interagir, aproximar pessoas, expandir e aperfeiçoar os negócios dentro

Leia mais

E-books. Guia completo de como criar uma Página no Facebook. Sebrae

E-books. Guia completo de como criar uma Página no Facebook. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Guia completo de como criar uma Página no Facebook Como começar Criando uma Página Conhecendo a Página Configurações iniciais Estabelecendo conversas Autor Felipe Orsoli

Leia mais

António Amaro Marketing Digital Junho 2014 INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS

António Amaro Marketing Digital Junho 2014 INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS FACTOS A Internet mudou profundamente a forma como as pessoas encontram, descobrem, compartilham, compram e se conectam. INTRODUÇÃO Os meios digitais, fazendo hoje parte do quotidiano

Leia mais

#10 PRODUZIR CONTEÚDO SUPER DICAS ATRATIVO DE PARA COMEÇAR A

#10 PRODUZIR CONTEÚDO SUPER DICAS ATRATIVO DE PARA COMEÇAR A #10 SUPER DICAS PARA COMEÇAR A Pantone 715 C 100% Black 80% Black C: 0 M: 55 Y: 95 K: 0 C: 0 M: 0 Y: 0 K: 100 C: 0 M: 0 Y: 0 K: 80 PRODUZIR CONTEÚDO ATRATIVO DE Confira estas super dicas para você produzir

Leia mais

Esperamos que sua empresa faça bom aproveito!

Esperamos que sua empresa faça bom aproveito! À medida que mais e mais empresas aderem ao marketing de conteúdo, notamos que as expectativas são por vezes incompatíveis com a realidade quando se trata de um Blog Corporativo B2B. A maioria dos profissionais

Leia mais

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching,

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, 5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, Consultoria, Terapias Holísticas e Para Encher Seus Cursos e Workshops. Parte 01 Como Se Posicionar e Escolher os Clientes dos Seus Sonhos 1 Cinco Etapas Para

Leia mais

O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO

O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO Josiane Corrêa 1 Resumo O mundo dos negócios apresenta-se intensamente competitivo e acirrado. Em diversos setores da economia, observa-se a forte

Leia mais

SITES E BLOGS CONSTRUINDO A SUA MARCA

SITES E BLOGS CONSTRUINDO A SUA MARCA SITES E BLOGS CONSTRUINDO A SUA MARCA Paula Junqueira 7º CONGRESSO RIO DE EDUCAÇÃO CONSTRUINDO A SUA MARCA A marca é o ativo mais importante, independente do tamanho de sua empresa. As mídias sociais são

Leia mais

com níveis ótimos de Brand Equity, os interesses organizacionais são compatíveis com as expectativas dos consumidores.

com níveis ótimos de Brand Equity, os interesses organizacionais são compatíveis com as expectativas dos consumidores. Brand Equity O conceito de Brand Equity surgiu na década de 1980. Este conceito contribuiu muito para o aumento da importância da marca na estratégia de marketing das empresas, embora devemos ressaltar

Leia mais

Curso Completo de Marketing Multinível MARKETING DE ATRAÇÃO

Curso Completo de Marketing Multinível MARKETING DE ATRAÇÃO Curso Completo de Marketing Multinível MARKETING DE ATRAÇÃO MARKETING DE ATRAÇÃO Uma das estratégias mais poderosas que você pode usar para trabalhar com contatos frios é o marketing de atração. Esse é

Leia mais

Workshop Comunicação e Marketing para terapeutas e administradores de espaços holísticos. Lançamento do site Portal do Bem Rio de Janeiro, 31/05/2012

Workshop Comunicação e Marketing para terapeutas e administradores de espaços holísticos. Lançamento do site Portal do Bem Rio de Janeiro, 31/05/2012 Workshop Comunicação e Marketing para terapeutas e administradores de espaços holísticos Lançamento do site Portal do Bem Rio de Janeiro, 31/05/2012 Marketing criar produtos e serviços que atendam necessidades

Leia mais

Branding e Estratégia de Marca. Prof. Msc. Cárbio Almeida Waqued

Branding e Estratégia de Marca. Prof. Msc. Cárbio Almeida Waqued Branding e Estratégia de Marca Prof. Msc. Cárbio Almeida Waqued BRANDING TERAPIA DAS MARCAS Eu até queria falar de Marca com eles, mas eles só falam de comunicação... Comentário real de um CEO, sobre uma

Leia mais

E SE VOCÊ PUDESSE EXTRAIR INTELIGÊNCIA DO CONTEÚDO PRODUZIDO SOBRE SUA MARCA OU PRODUTO NAS MÍDIAS SOCIAIS?

E SE VOCÊ PUDESSE EXTRAIR INTELIGÊNCIA DO CONTEÚDO PRODUZIDO SOBRE SUA MARCA OU PRODUTO NAS MÍDIAS SOCIAIS? E SE VOCÊ PUDESSE EXTRAIR INTELIGÊNCIA DO CONTEÚDO PRODUZIDO SOBRE SUA MARCA OU PRODUTO NAS MÍDIAS SOCIAIS? COM SOCIAL MEDIA RESEARCH VOCÊ PODE UMA NOVA METODOLOGIA QUE PARTE DO CRUZAMENTO ENTRE AS MELHORES

Leia mais

Mídias Sociais e Marketing Digital: um novo modelo de comunicação entre empresa e consumidor 1

Mídias Sociais e Marketing Digital: um novo modelo de comunicação entre empresa e consumidor 1 Mídias Sociais e Marketing Digital: um novo modelo de comunicação entre empresa e consumidor 1 Anadelly Fernandes Pereira ALVES 2 Universidade de Estado do Rio Grande do Norte, Mossoró, RN RESUMO O artigo

Leia mais

TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO

TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE AURIFLAMA AUTOR(ES):

Leia mais

A Comunicação Organizacional e a Mídia o papel dos meios de comunicação na construção da imagem empresarial para o público externo 1

A Comunicação Organizacional e a Mídia o papel dos meios de comunicação na construção da imagem empresarial para o público externo 1 A Comunicação Organizacional e a Mídia o papel dos meios de comunicação na construção da imagem empresarial para o público externo 1 Bárbara Fernandes Valente da Cunha 2 * Palavras-chaves: Comunicação

Leia mais

Atendimento. Item 4- Publicidade e Propaganda

Atendimento. Item 4- Publicidade e Propaganda Atendimento Item 4- Publicidade e Propaganda Atendimento Item 4- Publicidade e Propaganda PUBLICIDADE X PROPAGANDA PUBLICIDADE Deriva de público (latim: publicus) Atendimento Item 4- Publicidade e Propaganda

Leia mais

&DPSDQKDV 3ODQHMDPHQWR

&DPSDQKDV 3ODQHMDPHQWR &DPSDQKDV 3ODQHMDPHQWR Toda comunicação publicitária visa atender a alguma necessidade de marketing da empresa. Para isso, as empresas traçam estratégias de comunicação publicitária, normalmente traduzidas

Leia mais

Intranets e Capital Intelectual

Intranets e Capital Intelectual Intranets e Capital Intelectual Intranets e Capital Intelectual As mídias sociais ultrapassaram os limites da vida privada. Os profissionais são 2.0 antes, durante e depois do expediente. É possível estabelecer

Leia mais

ESTRATÉGIA DIGITAL. Prof. Luli Radfahrer

ESTRATÉGIA DIGITAL. Prof. Luli Radfahrer ESTRATÉGIA DIGITAL Prof. Luli Radfahrer - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo o conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros e é protegido pela legislação

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Início em 28 de setembro de 2015 Aulas as segundas e quartas, das 19h às 22h Valor do curso: R$ 21.600,00 À vista com desconto: R$ 20.520,00 Consultar planos de parcelamento.

Leia mais

Comunicação Digital Empresarial MANUAL DO CURSO

Comunicação Digital Empresarial MANUAL DO CURSO Comunicação Digital Empresarial MANUAL DO CURSO ESPM Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP Informações Central de Relacionamento: (11) 5081-8200 (opção 1) Segunda a sexta 9h às 20h45 Sábado

Leia mais

Aula 2: O conceito de branding: o significado da marca, sua imagem e patrimônio (emocional e financeiro).

Aula 2: O conceito de branding: o significado da marca, sua imagem e patrimônio (emocional e financeiro). Aula 2: O conceito de branding: o significado da marca, sua imagem e patrimônio (emocional e financeiro). A importância da publicidade na construção e gestão das marcas. Definição dos grupos de trabalho.

Leia mais

Negociação: conceitos e aplicações práticas. Dante Pinheiro Martinelli Flávia Angeli Ghisi Nielsen Talita Mauad Martins (Organizadores)

Negociação: conceitos e aplicações práticas. Dante Pinheiro Martinelli Flávia Angeli Ghisi Nielsen Talita Mauad Martins (Organizadores) Negociação: conceitos e aplicações práticas Dante Pinheiro Martinelli Flávia Angeli Ghisi Nielsen Talita Mauad Martins (Organizadores) 2 a edição 2009 Comunicação na Negociação Comunicação, visão sistêmica

Leia mais

Comunicação estratégica como diferencial competitivo para as organizações Um estudo sob a ótica de Administradores e Relações Públicas

Comunicação estratégica como diferencial competitivo para as organizações Um estudo sob a ótica de Administradores e Relações Públicas Comunicação estratégica como diferencial competitivo para as organizações Um estudo sob a ótica de Administradores e Relações Públicas Ana Carolina Trindade e-mail: carolinatrindade93@hotmail.com Karen

Leia mais

Uso estratégico do Twitter: como usar o microblogging a favor da sua empresa. www.talk2.com.br

Uso estratégico do Twitter: como usar o microblogging a favor da sua empresa. www.talk2.com.br Uso estratégico do Twitter: como usar o microblogging a favor da sua empresa www.talk2.com.br 04 Introdução 4 05 08 10 16 Por que as pessoas seguem uma conta 5 O que você precisa ter e saber antes de criar

Leia mais

TÍTULO: AS MÍDIAS SOCIAIS E O SEU ALCANCE PARA A IMAGEM E O AUMENTO DAS VENDAS NO VAREJO DAS PEQUENAS EMPRESAS DE SANTA FÉ DO SUL (SP)

TÍTULO: AS MÍDIAS SOCIAIS E O SEU ALCANCE PARA A IMAGEM E O AUMENTO DAS VENDAS NO VAREJO DAS PEQUENAS EMPRESAS DE SANTA FÉ DO SUL (SP) TÍTULO: AS MÍDIAS SOCIAIS E O SEU ALCANCE PARA A IMAGEM E O AUMENTO DAS VENDAS NO VAREJO DAS PEQUENAS EMPRESAS DE SANTA FÉ DO SUL (SP) CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA:

Leia mais

Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas

Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas edição 04 Guia do inbound marketing Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas Há um tempo atrás o departamento de marketing era conhecido

Leia mais

O PAPEL DO PSICÓLOGO NA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS DAS ORGANIZAÇÕES

O PAPEL DO PSICÓLOGO NA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS DAS ORGANIZAÇÕES O PAPEL DO PSICÓLOGO NA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS DAS ORGANIZAÇÕES CHAVES, Natália Azenha Discente do Curso de Psicologia da Faculdade de Ciências da Saúde FASU/ACEG GARÇA/SP BRASIL e-mail: natalya_azenha@hotmail.com

Leia mais

MARKETING EM REDES SOCIAIS RESUMO

MARKETING EM REDES SOCIAIS RESUMO MARKETING EM REDES SOCIAIS Bruna Karine Ribeiro Simão Instituto Federal de Mato Grosso do Sul Campus Nova Andradina bruna_simao@hotmail.com Rodrigo Silva Duran Instituto Federal de Mato Grosso do Sul Campus

Leia mais

KIT ONLINE PARA SEU SALÃO DE BELEZA Como criar um blog de sucesso para seu salão de beleza e triunfar nas redes sociais

KIT ONLINE PARA SEU SALÃO DE BELEZA Como criar um blog de sucesso para seu salão de beleza e triunfar nas redes sociais KIT ONLINE PARA SEU SALÃO DE BELEZA Como criar um blog de sucesso para seu salão de beleza e triunfar nas redes sociais INTRODUÇÃO Em plena era 2.0 é imprescindível que as empresas estejam presentes na

Leia mais

Blog NoRascunho 1. Andrew Philip Saldanha de FRANÇA 2 Melissa Cirne de Lucena 3 Universidade Potiguar, Natal, RN

Blog NoRascunho 1. Andrew Philip Saldanha de FRANÇA 2 Melissa Cirne de Lucena 3 Universidade Potiguar, Natal, RN Blog NoRascunho 1 Andrew Philip Saldanha de FRANÇA 2 Melissa Cirne de Lucena 3 Universidade Potiguar, Natal, RN RESUMO Como forma de registrar acontecimentos ligados a área da comunicação com um foco em

Leia mais

MODELOS ORGANIZATIVOS DE ENSINO E APRENDIZAGEM: UMA PROPOSTA PARA A FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DE MATEMÁTICA

MODELOS ORGANIZATIVOS DE ENSINO E APRENDIZAGEM: UMA PROPOSTA PARA A FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DE MATEMÁTICA MODELOS ORGANIZATIVOS DE ENSINO E APRENDIZAGEM: UMA PROPOSTA PARA A FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DE MATEMÁTICA Jaqueline Oliveira Silva Ribeiro SESI-SP josr2@bol.com.br Dimas Cássio Simão SESI-SP

Leia mais

Como gerar Relacionamentos MÍDIAS SOCIAIS

Como gerar Relacionamentos MÍDIAS SOCIAIS Como gerar Relacionamentos MÍDIAS SOCIAIS REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA 50 milhões de usuários IDADE MÍDIA 90 milhões de brasileiros na WEB, 70 milhões na rede social Facebook e mais de 30 milhões no Twitter ADEUS

Leia mais

Oficina Gestão da Comunicação Interna segundo a NBR ISO 9001:08

Oficina Gestão da Comunicação Interna segundo a NBR ISO 9001:08 FORMAÇÃO DE RDs Oficina Gestão da Comunicação Interna segundo a NBR ISO 9001:08 www.standardconsultoria.com Tubarão, 28 de julho de 2010. FORMAÇÃO DE RDs CURSO DATA NUMERO DE EMPRESAS PARTICIPANTES NUMERO

Leia mais

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Introdução às Mídias Sociais O que fazer com as mídias sociais Tipos de ações As principais mídias sociais Dicas e considerações finais Autor Felipe Orsoli 1 SUMÁRIO 1

Leia mais

E-BOOK [TÍTULO DO DOCUMENTO] Matrix [NOME DA EMPRESA] [Endereço da empresa]

E-BOOK [TÍTULO DO DOCUMENTO] Matrix [NOME DA EMPRESA] [Endereço da empresa] E-BOOK [TÍTULO DO DOCUMENTO] Matrix [NOME DA EMPRESA] [Endereço da empresa] 1 Sumário O Surgimento do Analista de Redes Sociais... 2 O que é um Analista de Redes Sociais?... 5 Qual é o Perfil do Analista

Leia mais

Mídias Sociais em Negócios B2B. Marcelo Minutti Twitter: @mminutti

Mídias Sociais em Negócios B2B. Marcelo Minutti Twitter: @mminutti Mídias Sociais em Negócios B2B Marcelo Minutti Twitter: @mminutti Seu setor está atento as oportunidades das mídias sociais? Alguns estão! Existem muitas oportunidades para setores atentos as mídias sociais

Leia mais

3 As Mídias Sociais como Ferramentas de Marketing

3 As Mídias Sociais como Ferramentas de Marketing 26 3 As Mídias Sociais como Ferramentas de Marketing O surgimento das mídias sociais está intimamente ligado ao fenômeno da geração de conteúdo pelo usuário e ao crescimento das redes sociais virtuais

Leia mais

Comunicação Corporativa

Comunicação Corporativa Comunicação Corporativa CENÁRIOS E TENDÊNCIAS A Comunicação de hoje Sites Blogs Redes Sociais Mídia tradicional online e offline Empresa Chats O que é? Comunicação corporativa é o conjunto de ações que

Leia mais

Estratégia De Diferenciação Competitiva Através Do Marketing De Relacionamento. Profa. Dra. Maria Isabel Franco Barretto

Estratégia De Diferenciação Competitiva Através Do Marketing De Relacionamento. Profa. Dra. Maria Isabel Franco Barretto Estratégia De Diferenciação Competitiva Através Do Marketing De Relacionamento Profa. Dra. Maria Isabel Franco Barretto CURRÍCULO DO PROFESSOR Administradora com mestrado e doutorado em engenharia de produção

Leia mais

Título: MARKETING PESSOAL

Título: MARKETING PESSOAL APRESENTA JOSÉ HAMILTON MARIN Título: MARKETING PESSOAL Título: O que é Marketing Conceito - marketing como sendo um conjunto de estratégias ou ações visando promover o lançamento, desenvolvimento e sustentação

Leia mais

http://crayonstock.com/19707 Zoonar 12 SEGREDOS PARA CONQUISTAR CLIENTES COM IMAGENS

http://crayonstock.com/19707 Zoonar 12 SEGREDOS PARA CONQUISTAR CLIENTES COM IMAGENS http://crayonstock.com/19707 Zoonar 12 SEGREDOS PARA CONQUISTAR CLIENTES COM IMAGENS Constantemente, somos bombardeados por incontáveis conteúdos visuais. Imagens ilustram websites, redes sociais, folders,

Leia mais

AS MÍDIAS SOCIAIS E O SEU ALCANCE PARA A IMAGEM E O AUMENTO DAS VENDAS DAS PEQUENAS EMPRESAS VAREJISTAS DE SANTA FÉ DO SUL (SP) RESUMO

AS MÍDIAS SOCIAIS E O SEU ALCANCE PARA A IMAGEM E O AUMENTO DAS VENDAS DAS PEQUENAS EMPRESAS VAREJISTAS DE SANTA FÉ DO SUL (SP) RESUMO 200 AS MÍDIAS SOCIAIS E O SEU ALCANCE PARA A IMAGEM E O AUMENTO DAS VENDAS DAS PEQUENAS EMPRESAS VAREJISTAS DE SANTA FÉ DO SUL (SP) RESUMO Clayton Cardoso de MORAES 1 Guilherme Bernardo SARDINHA 2 O presente

Leia mais

Prof. Dr. José Dornelas www.josedornelas.com. Manual do Professor

Prof. Dr. José Dornelas www.josedornelas.com. Manual do Professor Prof. Dr. José Dornelas www.josedornelas.com Manual do Professor Manual do professor Este manual deve ser usado em conjunto com o vídeo do autor disponível no site da editora: www.campus.com.br Maiores

Leia mais