REVENUE MANAGEMENT Conceitos Iniciais. Ana Carolina Monteiro São Paulo, Setembro de 2014.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REVENUE MANAGEMENT Conceitos Iniciais. Ana Carolina Monteiro São Paulo, Setembro de 2014."

Transcrição

1 REVENUE MANAGEMENT Conceitos Iniciais Ana Carolina Monteiro São Paulo, Setembro de 2014.

2 REVENUE MANAGEMENT Agenda: Mercado de serviços; Histórico do RM; Mitos sobre o RM; Definição de RM; Índices Importantes: TO, DM, Revpar; Alavancas clássicas do RM; Previsão de demanda; Estratégia de preços; Distribuição; Plantando a semente do RM

3 Mercado de Serviços Serviço é um ato ou desempenho, essencialmente intangível, que uma parte pode oferecer a outra e que não resulta na propriedade de nada. A execução de um serviço pode estar ou não ligada a um bem físico. Fonte - Philip Kotler - Administração de Marketing - 5ª edição - Ed. Atlas

4 Mercado de Serviços Intangibilidade; Inseparabilidade; Variabilidade; Perecibilidade; Capacidade fixa de inventário; Demanda flutuante; Diferenciação de preços; Custos variáveis baixos; Custos fixos altos.

5 Mercado de Serviços Devemos lembrar que: 1 cama não vendida em 01 noite = receita perdida que não será recuperada; 1 cama mal vendida = margem de lucro potencial perdida; Preço de venda mínimo em períodos de baixa demanda = custo variável + 1

6 Histórico do RM Décadas 40 a 70. Preços de Cias aéreas controlados pelo governo EUA Término do controle de preços e restrições. Início década 80. Cias aéreas experimentam técnicas de yield management e depois adotam sistemas informatizados. Final década 80. Hotéis começam a adotar yield management e surgem sistemas específicos para a indústria hoteleira. Anos 90. Evolução significativa do revenue management em hotéis. Chega ao Brasil através das grandes redes Internacionais Gerenciamento de canais se torna essencial na medida que a distribuição via internet é crescente.

7 Mitos sobre o RM É um sistema de computador. É uma pessoa ou um departamento. Tira o controle dos funcionários. Só funciona quando a demanda é alta. É = a aumento de preços. Não é compatível com bom atendimento ao cliente. Não se aplica para hotel pequeno. São só números e estatísticas. É muito difícil de ser aplicado na prática.

8 Qual é a sua definição de Revenue Management?

9 Definição de RM O que é Revenue Management (Gerenciamento de Receita)? O RM é um método de gestão que: Parte da análise do passado Identifica as tendências Antecipa a demanda Para : Propor instruções de venda dia a dia Maximizar a receita de hospedagem Respeitando as estratégias de cada propriedade O objetivo final é aumentar o RevPAR

10 Definição de RM Mas o que é esse tal de REVPAR??

11 Índices Importantes: Revpar, TO, DM. REVenue Per Available Room Receita por Acomodação Disponível 1. O que é uma Acomodação em um Hostel? Acomodação = O que é efetivamente vendido para cada cliente, ou seja, 01 quarto ou 01 cama. Quarto privativo = 01 acomodação 01 cama em 01 quarto coletivo = 01 acomodação Ex: Um Hostel com 03 quartos privativos e 02 quartos coletivos, com 10 camas em cada um, tem um total de 23 acomodações

12 Índices Importantes: Revpar, TO, DM. RevPar: Ex: Receita /dia: R$ 1500,00 Acomodações vendidas: 15 (12 camas individuais + 3 quartos privativos) Revpar: 1500/23 = R$ 65,00

13 Índices Importantes: Revpar, TO, DM. Outros Índices Importantes: 1. Taxa de ocupação: Ex: Acomodações vendidas: 15 Acomodações disponíveis: 23 Taxa de Ocupação: 15/23 = 65%

14 Índices Importantes: Revpar, TO, DM. Outros Índices Importantes: 2. Diária Média: Ex: Receita /dia: R$ 1500,00 Acomodações vendidas: 15 Diária Média: 1500/15 = R$ 100,00

15 Como aplicar na prática o Revenue Management?

16 Alavancas clássicas do RM Gestão da demanda e do mix de clientes (individual, alberguista, grupos,promoções, etc); Gestão do preço (através da flutuação); Gestão da otimização da ocupação (períodos de pico X shoulder nights); Gestão do período das hospedagens (mínimo de noites); Gestão das transferências inter-hotel (tarifa especial para colegas em overbooking); Gestão de grupos (calcular deslocamento e/ou valor mínimo); Controle do Inventário (políticas de garantias, cancelamento).

17 Previsão de demanda A demanda de mercado de um produto é o volume total, que poderá ser adquirido por um grupo definido de clientes, em uma área geográfica definida, em um período de tempo definido, em um ambiente de mercado definido, sob um programa definido de marketing. KOTLER, Philip. Administração de Marketing Análise, Planejamento, Implementação e Controle. São Paulo, SP. Editora Atlas, 1989.

18 Previsão de demanda Analisar dados históricos para identificar as características de cada segmento de mercado; Definir o valor e os benefícios que cada segmento de mercado percebe na unidade de serviço para calcular o preço que este estará disposto a pagar; Criar um Calendário de Previsão de Demanda.

19 Previsão de demanda Prever demanda para o ano, baseada em dados históricos, de acordo com a sazonalidade do mercado; Considerar calendário de eventos e feriados locais e internacionais (se for o caso) que afetem a demanda; Considerar dados históricos de reservas canceladas, no shows, walks ins; Revisar previsão conforme necesidade e flutuações de mercado.

20 Estratégia de preços You choose the rate, I fix the date, you choose the date, I fix the rate Sensível ao preço Antecedência You fix the rate, I fix the date Sensível a disponibilidade Last minute You fix the date, I fix the rate

21 Estratégia de preços Quanto mais apurada for a previsão de demanda, mais correta ficará a estratégia de preços; A melhor estratégia é começar com o preço mais baixo e aumentar os preços aos poucos, de acordo com o aumento da demanda. Ex: Previsão de Ocupação da Data = 60% Até 50% de Ocupação -> Preço Base De 50 a 70% de Ocupação -> Preço Base + R$ 5,00 De 70 a 99% de Ocupação -> Preço Base + R$ 10,00 Última Acomodação -> Preço Base + R$ 15,00

22 Estratégia de preços

23 Distribuição

24 Distribuição Atualmente, nenhum meio de hospedagem sobrevive sem uma boa distribuição de seu inventário (divulgação das acomodações disponíveis). É de extrema importância venderse bem em seu próprio website e redes sociais, oferecer promoções e pacotes exclusivos além, claro, de estar bem posicionado nas famosas OTAs (On line Travel Agencies); Lembrando de sempre ter seu próprio website atualizado e com muitos atrativos para os clientes; Além de gerenciar constantemente os canais de avaliação de hóspedes (ex: Trip Advisor).

25 Plantando a Semente do RM Para finalizar, um ponto crucial: para uma implantação e aplicação eficaz de RM em seu meio de hospedagem, faz-se necessário o treinamento e envolvimento de toda a equipe. Claro que são necessárias persistência e perseverança por parte da equipe gerencial para que se possa implementar o RM, pois trata-se de uma mudança cultural - mais difícil de implementar que as próprias técnicas. Fica o convite: vamos maximizar?? SIM, VOCÊ PODE!!!!

26 Perguntas

27 Obrigada!!!! Ana Carolina Monteiro (11)

PACKS by Milestones GESTÃO MENSAL Preços a partir de 600/mês

PACKS by Milestones GESTÃO MENSAL Preços a partir de 600/mês PACKS by Milestones GESTÃO MENSAL Preços a partir de 600/mês GERIMOS MENSALMENTE STEPPING STONES E-COMMERCE STEP Distribuição Interna: _ Avaliação do site WEB não apenas no design mas sobretudo no enquadramento

Leia mais

DESEMPENHO DA HOTELARIA DE SALVADOR - 2013

DESEMPENHO DA HOTELARIA DE SALVADOR - 2013 Superintendencia de Investimentos em Pólos Turisticos SUINVEST Diretoria de Planejamento e Estudos Econômicos DPEE DESEMPENHO DA HOTELARIA DE SALVADOR - 2013 Pesquisa SETUR Maio, 2014 1 DESEMPENHO DA HOTELARIA

Leia mais

MARKETING NAATIVIDADE TURÍSTICA

MARKETING NAATIVIDADE TURÍSTICA MARKETING NAATIVIDADE TURÍSTICA Mestre em turismo e hotelaria-univali Professora do curso de turismo da Universidade de Uberaba-MG Trata-se nesse artigo da teoria e da prática do marketing no turismo.

Leia mais

Unidade Ribeirão Preto -SP

Unidade Ribeirão Preto -SP Unidade Ribeirão Preto -SP Bem vindos ao Senac Curriculum Luís Valíni Neto Técnico Contábil Administrador de empresas pela Universidade de Ribeirão Preto SP Pós-graduado em Administração de Empresas Pós-graduado

Leia mais

Plano de Negócio. MATERIAL PARA TREINAMENTO (Dados e informações poderão ser alterados)

Plano de Negócio. MATERIAL PARA TREINAMENTO (Dados e informações poderão ser alterados) Plano de Negócio MATERIAL PARA TREINAMENTO (Dados e informações poderão ser alterados) O Projeto 04 Cenário Econômico A Demanda Concorrência Estratégia Comercial Operação Rentabilidade O Empreendedor 06

Leia mais

Prof. Marcelo Mello. Unidade I GERENCIAMENTO

Prof. Marcelo Mello. Unidade I GERENCIAMENTO Prof. Marcelo Mello Unidade I GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS Objetivos gerenciamento de serviços Utilizar modelos de gestão e desenvolvimento voltados para o segmento de prestação de serviços em empresas de

Leia mais

AS VIAGENS DE NEGÓCIOS SÃO A TERCEIRA MAIOR DESPESA DAS EMPRESAS, DEPOIS DE FOLHA DE PAGAMENTO E TECNOLOGIA

AS VIAGENS DE NEGÓCIOS SÃO A TERCEIRA MAIOR DESPESA DAS EMPRESAS, DEPOIS DE FOLHA DE PAGAMENTO E TECNOLOGIA AS VIAGENS DE NEGÓCIOS SÃO A TERCEIRA MAIOR DESPESA DAS EMPRESAS, DEPOIS DE FOLHA DE PAGAMENTO E TECNOLOGIA Segundo o IEVC (Indicadores Econômicos de Viagens Corporativas), no ranking das receitas, o aéreo

Leia mais

Cloud Suite. Hotel PMS Profissional em Tecnologia Cloud. Fácil de Utilizar. Smartphones e Tablets. Painel de Gestão. Cloud PMS Profissional

Cloud Suite. Hotel PMS Profissional em Tecnologia Cloud. Fácil de Utilizar. Smartphones e Tablets. Painel de Gestão. Cloud PMS Profissional Newhotel Cloud Suite Cloud Suite Hotel PMS Profissional em Tecnologia Cloud Fácil de Utilizar O Newhotel Cloud PMS é tão simples de utilizar que as operações básicas se podem aprender em menos de uma hora.

Leia mais

3 Definições Importantes

3 Definições Importantes 67 3 Definições Importantes Com a finalidade de melhor entender o ambiente dos TPIs, deve-se, primeiro, entender a linguagem especial da comunidade de distribuição online. Por isso, têm-se, no glossário

Leia mais

Reservas de Hotel no Galileo Outubro 2013

Reservas de Hotel no Galileo Outubro 2013 Reservas de Hotel no Galileo Outubro 2013 HOTÉIS NO GALILEO Comissionamento: porcentagens e forma de recebimento. Passo a passo para reservar 1 apto: DISPONIBILIDADE: HOA15AUG-20AUGMIA/2 VER AS TARIFAS

Leia mais

Observações Gerais: 1- Preços por pessoa em Reais, à vista com validade dentro do período especificado acima. 2- Para feriados e eventos especiais,

Observações Gerais: 1- Preços por pessoa em Reais, à vista com validade dentro do período especificado acima. 2- Para feriados e eventos especiais, 3- Não inclui taxas de embarque, de quarto, ambientais, ecológicas e de visitação a museus, igrejas etc 4- Preços exclusivos para mercado nacional, calculados de acordo com os contratos e tarifas atuais,

Leia mais

Análises que ajudam você a enxergar a situação com mais clareza. Sistema de Gestão de Receitas IDeaS

Análises que ajudam você a enxergar a situação com mais clareza. Sistema de Gestão de Receitas IDeaS Análises que ajudam você a enxergar a situação com mais clareza. Sistema de Gestão de Receitas IDeaS Entenda, antecipe e reaja ao comportamento do cliente de hotéis para obter melhores receitas Como fornecedor

Leia mais

METROLOGIA 2013 HOSPEDAGENS. - Valores calculados em Reais (R$) por Apartamento e Sujeito a reajustes;

METROLOGIA 2013 HOSPEDAGENS. - Valores calculados em Reais (R$) por Apartamento e Sujeito a reajustes; METROLOGIA 2013 HOSPEDAGENS - Valores por diária em apartamento categoria STD; - Incluso café da manhã e taxas. Importante: - Valores calculados em Reais (R$) por Apartamento e Sujeito a reajustes; - Valores

Leia mais

por João Gomes, Director Executivo do Instituto de Planeamento e Desenvolvimento do Turismo e Professor Associado da Universidade Fernando Pessoa

por João Gomes, Director Executivo do Instituto de Planeamento e Desenvolvimento do Turismo e Professor Associado da Universidade Fernando Pessoa COMO AUMENTAR AS RECEITAS DE UM NEGÓCIO: O CONCEITO DE GESTÃO DE RECEITAS (revenue management) (Publicado na Revista Hotéis de Portugal Maio/Junho 2004) por João Gomes, Director Executivo do Instituto

Leia mais

TCA. O Sistema On Demand de Administração e Operação Hoteleira

TCA. O Sistema On Demand de Administração e Operação Hoteleira TCA O Sistema On Demand de Administração e Operação Hoteleira Innsist Um Sistema on-line de Gestão Hoteleira que aumenta a lucratividade do seu hotel ao centralizar as operações das suas propriedades e

Leia mais

MATERIAL DIDÁTICO: APLICAÇÕES EMPRESARIAIS SISTEMA DE APOIO À DECISÃO (SAD)

MATERIAL DIDÁTICO: APLICAÇÕES EMPRESARIAIS SISTEMA DE APOIO À DECISÃO (SAD) AULA 07 MATERIAL DIDÁTICO: APLICAÇÕES EMPRESARIAIS SISTEMA DE APOIO À DECISÃO (SAD) JAMES A. O BRIEN MÓDULO 01 Páginas 286 à 294 1 AULA 07 SISTEMAS DE APOIO ÀS DECISÕES 2 Sistemas de Apoio à Decisão (SAD)

Leia mais

Amadeus Hotel Web Planning

Amadeus Hotel Web Planning Your technology partner Amadeus Hotel Web Planning Distribuição & Conteúdo 2 Amadeus Hospitality Pensando em como aumentar sua taxa de ocupação e rentabilidade? Gostaria de ampliar sua distribuição e atrair

Leia mais

Revolucionando o Pagamento de Hotéis

Revolucionando o Pagamento de Hotéis Revolucionando o Pagamento de Hotéis Mediadora: Heloisa Prass Diretora de Marketing PANROTAS Sponsored by Walter Teixeira TX Consultoria Gustavo Syllos Diretor de Vendas para America Latina Accor Hospitality

Leia mais

magazine business HOTELS & TRAVEL Distributions

magazine business HOTELS & TRAVEL Distributions magazine HOTELS & TRAVEL Distributions 2 magazine O QUE FAZEMOS WHAT WE DO Somos uma empresa jovem e dinâmica com larga experiência na componente comercial através da execução de funções de gestão, em

Leia mais

O Que é um Produto? Capítulo 8. Produtos, Serviços e Experiências. O Que é um Serviço? Estratégia de Produtos e Serviços

O Que é um Produto? Capítulo 8. Produtos, Serviços e Experiências. O Que é um Serviço? Estratégia de Produtos e Serviços Capítulo 8 Estratégia de Produtos e Serviços 1 O Que é um Produto? Um Produto é algo que pode ser oferecido a um mercado para apreciação, aquisição, uso ou consumo e para satisfazer um desejo ou uma necessidade.

Leia mais

HOTÉIS ECONÔMICOS NO BRASIL - 2008

HOTÉIS ECONÔMICOS NO BRASIL - 2008 HOTÉIS ECONÔMICOS NO BRASIL - 2008 FICHA TÉCNICA: Consultor Coordenador José Ernesto Marino Neto Este relatório foi realizado pela BSH Travel Research, divisão estatística da BSH International e apresenta

Leia mais

6 Conclusão e Considerações Finais

6 Conclusão e Considerações Finais 6 Conclusão e Considerações Finais O Capítulo 1 desta dissertação tratou da introdução ao problema, dos objetivos finais, dos objetivos intermediários, da delimitação do estudo, da relevância do estudo

Leia mais

P4-MPS.BR - Prova de Conhecimento do Processo de Aquisição do MPS.BR

P4-MPS.BR - Prova de Conhecimento do Processo de Aquisição do MPS.BR Data: 9 de Dezembro de 2005 Horário: 13:00 às 17:00 horas (hora de Brasília) e-mail: Nota: INSTRUÇÕES Você deve responder a todas as questões. O total máximo de pontos da prova é de 100 pontos (100%),

Leia mais

Pergunta: 4- No RF_39 e RF_$1 fala-se em carta de pagamento e carta de apresentação, o que seriam tais documentos?

Pergunta: 4- No RF_39 e RF_$1 fala-se em carta de pagamento e carta de apresentação, o que seriam tais documentos? RESPOSTA AOS PEDIDOS DE ESCLARECIMENTOS Nº 01/2014 Licitação: Concorrência nº 0047/2014 Objeto: Aquisição de licença permanente de um sistema para gestão hoteleira para a realização de reservas, definição

Leia mais

19/03/2013 1995: OMT. Elementos comuns a diferentes definições de turismo. Conceitos-chave:

19/03/2013 1995: OMT. Elementos comuns a diferentes definições de turismo. Conceitos-chave: 1995: OMT IFSP Profa. Rafaela Malerba O turismo compreende as atividades que realizam as pessoas durante suas viagens e estadas em lugares diferentes ao seu entorno habitual, por um período consecutivo

Leia mais

PLANEJAMENTO E CONTROLE DA CAPACIDADE. Eng. Liane Freitas, MsC.

PLANEJAMENTO E CONTROLE DA CAPACIDADE. Eng. Liane Freitas, MsC. PLANEJAMENTO E CONTROLE DA CAPACIDADE Eng. Liane Freitas, MsC. O que será visto neste capítulo? 1 Conceito de capacidade 2 Medição da capacidade 3 Influência do Fluxo na capacidade Efeito do tamanho do

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO MÓDULO FRONT OFFICE

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO MÓDULO FRONT OFFICE GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO MÓDULO FRONT OFFICE FELIPE DENIS M. DE OLIVEIRA Todos os Direitos reservados (e-mail: felipe@novastecnologias.net msn: fdenis_natal@hotmail.com) O Gerhotel é um sistema de gerenciamento

Leia mais

2 Conceitos Essenciais de Yield Management

2 Conceitos Essenciais de Yield Management 2 Conceitos Essenciais de Yield Management Este capítulo visa apresentar os conceitos essenciais e técnicas adotadas por um sistema eficiente de YM. Procura também descrever os conceitos adicionais existentes

Leia mais

Manual. Passo a Passo AR&B

Manual. Passo a Passo AR&B Manual Passo a Passo AR&B Prezado(a) Colaborador(a), O novo sistema de gestão de viagens tem como o principal objetivo garantir que a política de viagens seja aplicada, garantindo que os preços das passagens

Leia mais

E-book. #gerirpodeserfacil

E-book. #gerirpodeserfacil E-book #gerirpodeserfacil Não podemos prever o futuro, mas podemos criá-lo. Peter Drucker O que não pode ser medido não pode ser gerenciado. Peter Drucker Para que você possa gerir seus resultados é preciso

Leia mais

INTRODUÇÃO AO TRADE MARKETING Fazendo a diferença no Ponto de Venda. www.pdvativo.com.br

INTRODUÇÃO AO TRADE MARKETING Fazendo a diferença no Ponto de Venda. www.pdvativo.com.br Fazendo a diferença no Ponto de Venda EBOOK Sumário Revisão O que é Trade Marketing? Entenda o Comportamento de Compra do Consumidor O que é Merchandising? Revisão Para entender sobre Trade Marketing devemos

Leia mais

TARIFÁRIO VILA GALE HOTÉIS BRASIL 2014-2015 ASSOCIADOS FUNCEF - TARIFA NET VILA GALE FORTALEZA

TARIFÁRIO VILA GALE HOTÉIS BRASIL 2014-2015 ASSOCIADOS FUNCEF - TARIFA NET VILA GALE FORTALEZA TARIFÁRIO VILA GALE HOTÉIS BRASIL 2014-2015 ASSOCIADOS FUNCEF - TARIFA NET VILA GALE FORTALEZA Exceto Reveillon e Carnaval Exceto feriados citados 5 Noites Apartamento Duplo R$ 318,00 R$ 318,00 R$ 240,00

Leia mais

PROJETO Análises mercadológicas do setor de resorts do Brasil Resorts em Perspectiva

PROJETO Análises mercadológicas do setor de resorts do Brasil Resorts em Perspectiva ASSEMBLEIA GERAL ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE RESORTS RESORTS BRASIL, IMBASSAÍ, BAHIA MAIO 2012 PROJETO Análises mercadológicas do setor de resorts do Brasil Resorts em Perspectiva Prof. Msc. Antonio Carlos

Leia mais

Resorts no Brasil 2013

Resorts no Brasil 2013 Resorts no Brasil 2013 Realização: Apoio: RESORTS NO BRASIL 2013 Este relatório foi realizado pela BSH Travel Research, divisão estatística da BSH International e apresenta um panorama atual do mercado

Leia mais

AUTO ATENDIMENTO MÓDULO HOTEL

AUTO ATENDIMENTO MÓDULO HOTEL AUTO ATENDIMENTO MÓDULO HOTEL Sumário Pág. Apresentação 3 Pagina inicial 4 Altere sua senha 4 Gerencie seus usuários 5 Usuário novo/perfil 6 Resumo do Ambiente 8 Reservas aguardando confirmação 9 Como

Leia mais

Dispomos de filiais em Natal/RN, bairro de Ponta Negra.

Dispomos de filiais em Natal/RN, bairro de Ponta Negra. Quem Somos? Atua há 22 anos firmada no mercado como agência especializada na negociação, planejamento, divulgação e execução das atividades turísticas. Empresa esta, devidamente cadastrada pelos órgãos

Leia mais

Gabinete de Apoio à Gestão da AHP Associação de Hotéis de Portugal

Gabinete de Apoio à Gestão da AHP Associação de Hotéis de Portugal Gabinete de Apoio à Gestão da AHP Associação de Hotéis de Portugal E HCMS Hospitality Concepts & Management Solutions Índex Sobre a HCMS Empresa Missão Valores Serviços Áreas de Intervenção Directrizes

Leia mais

Jorge Alves Diretor - Presidente

Jorge Alves Diretor - Presidente Desde sua fundação em 1993, a Bristol Hotéis & Resorts vem trabalhando diariamente para promover retorno positivo aos seus investidores através da operacionalização de serviços refinados, dinamismo comercial,

Leia mais

SIMULAÇÃO DE GESTÃO EMPRESARIAL

SIMULAÇÃO DE GESTÃO EMPRESARIAL SIMULAÇÃO DE GESTÃO EMPRESARIAL I INTRODUÇÃO O JOGO DE GESTÃO EMPRESARIAL é uma competição que simula a concorrência entre empresas dentro de um mercado. O jogo se baseia num modelo que abrange ao mesmo

Leia mais

Ementa e Cronograma Programático...

Ementa e Cronograma Programático... Ementa e Cronograma Programático... AULA 01 Estratégia de Operações e Planejamento Agregado AULA 02 Planejamento e Controle de Operações AULA 03 Gestão da Demanda e da Capacidade Operacional AULA 04 Gestão

Leia mais

TARIFÁRIO VILA GALE HOTÉIS BRASIL 2013-2014 ASSOCIADOS FUNCEF - TARIFA NET VILA GALE FORTALEZA

TARIFÁRIO VILA GALE HOTÉIS BRASIL 2013-2014 ASSOCIADOS FUNCEF - TARIFA NET VILA GALE FORTALEZA TARIFÁRIO VILA GALE HOTÉIS BRASIL 2013-2014 ASSOCIADOS FUNCEF - TARIFA NET VILA GALE FORTALEZA Período do Fortal 01/02/2014 a Feriados, período de 09/06 à 06/07/2014 e Fortal 4 Noites 5 Noites Apartamento

Leia mais

PLANEJAMENTO E CONTROLE DE VENDAS

PLANEJAMENTO E CONTROLE DE VENDAS PLANEJAMENTO E CONTROLE DE VENDAS PLANO DE VENDAS É o alicerce do planejamento periódico numa empresa, pois praticamente todo o restante do planejamento da empresa baseia-se nas estimativas de vendas,

Leia mais

SAP - Planejamento de Negócio Integrado. Integrated Business Planning (IBP) Maio 2015 Rudi Meyfarth, Business Development, SAP Extended Supply Chain

SAP - Planejamento de Negócio Integrado. Integrated Business Planning (IBP) Maio 2015 Rudi Meyfarth, Business Development, SAP Extended Supply Chain SAP - Planejamento de Negócio Integrado Integrated Business Planning (IBP) Maio 2015 Rudi Meyfarth, Business Development, SAP Extended Supply Chain Agenda Introdução SAP Extended Supply Chain SAP Integrated

Leia mais

COMO ABRIR UM HOTEL/POUSADA

COMO ABRIR UM HOTEL/POUSADA COMO ABRIR UM HOTEL/POUSADA Viviane Santos Salazar 08 a 11 de outubro de 2014 08 a 11 de outubro de 2014 O mercado Crescimento da demanda por hospedagem Copa do Mundo Olimpíadas Qual a representatividade

Leia mais

Marketing Prof. Raimundo Donizete de Camargo. Marketing de Serviços. Marketing de Serviços. Marketing de Serviços

Marketing Prof. Raimundo Donizete de Camargo. Marketing de Serviços. Marketing de Serviços. Marketing de Serviços Marketing Prof. Raimundo Donizete de Camargo Objetivos Definir ; Conhecer as diferenças básicas entre Produtos (Bens e Serviços); Analisar uma visão geral do Setor de Serviços; Conhecer o processo de Prestação

Leia mais

Soluções Customizadas em Receitas

Soluções Customizadas em Receitas Soluções Customizadas em Receitas Com a IDeaS, o atendimento é de qualidade superior. Eles são muito atentos às nossas necessidades e dispostos a trabalhar conosco, seja para melhorias específicas ou simplesmente

Leia mais

Novos Horizontes para a Hotelaria do Futuro

Novos Horizontes para a Hotelaria do Futuro Newhotel Cloud PMS Novos Horizontes para a Hotelaria do Futuro Newhotel Software SA é uma empresa de Tecnologias da Informação especializada na concepção e desenvolvimento de software e soluções para Hotelaria

Leia mais

O que é MARKETING? As companhias prestam muita atenção ao custo de fazer alguma coisa. Deviam preocupar-se mais com os custos de não fazer nada.

O que é MARKETING? As companhias prestam muita atenção ao custo de fazer alguma coisa. Deviam preocupar-se mais com os custos de não fazer nada. O que é MARKETING? As companhias prestam muita atenção ao custo de fazer alguma coisa. Deviam preocupar-se mais com os custos de não fazer nada. Philip Kotler O objetivo do marketing é tornar a venda supérfula.

Leia mais

ADM 250 capítulo 11 - Slack, Chambers e Johnston

ADM 250 capítulo 11 - Slack, Chambers e Johnston ADM 250 capítulo 11 - Slack, Chambers e Johnston 1 Planejamento e Controle Recursos de entrada a serem transformados Materiais Informação Consumidores AMBIENTE ESTRATÉGIA DE OPERAÇÕES OBJETIVOS ESTRATÉGICOS

Leia mais

Resorts no Brasil 2014

Resorts no Brasil 2014 Resorts no Brasil 2014 Realização: Apoio: RESORTS NO BRASIL 2014 Este relatório foi realizado pela BSH Travel Research, divisão estatística da BSH International e apresenta um panorama atual do mercado

Leia mais

Projeto Turismo Coordenado pelo Professor Doutor Josep-Francesc Valls

Projeto Turismo Coordenado pelo Professor Doutor Josep-Francesc Valls 2016 Projeto Turismo Coordenado pelo Professor Doutor Josep-Francesc Valls Formação para Executivos Gestão do Turismo 2016 A Formação para Executivos em Gestão do Turismo irá assentar num plano de estudos

Leia mais

REGIONALIZAÇÃO GLOBALIZAÇÃO DAS CONTAS DE VIAGENS CORPORATIVAS

REGIONALIZAÇÃO GLOBALIZAÇÃO DAS CONTAS DE VIAGENS CORPORATIVAS REGIONALIZAÇÃO GLOBALIZAÇÃO DAS CONTAS DE VIAGENS CORPORATIVAS 3 A pesquisa sobre Regionalização e Globalização de viagens corporativas, encomendada pelo Instituto Alatur e HRG Brasil foi realizada em

Leia mais

Nuno Sales da Ponte Area Manager Portugal Conferência Hotel 2.0 Funchal 18 Junho 2013

Nuno Sales da Ponte Area Manager Portugal Conferência Hotel 2.0 Funchal 18 Junho 2013 Nuno Sales da Ponte Area Manager Portugal Conferência Hotel 2.0 Funchal 18 Junho 2013 Expedia, Inc. Todos os direitos reservados. Informação confidencial. Serviço de colaboradores de alojamento de Expedia

Leia mais

Gestão de Receitas na hotelaria: Revenue Management em Foz do Iguaçu PR.

Gestão de Receitas na hotelaria: Revenue Management em Foz do Iguaçu PR. Gestão de Receitas na hotelaria: Revenue Management em Foz do Iguaçu PR. Francieli Boaria 1 Verônica Monti Chavez 2 Resumo: Originado na indústria aérea, o Revenue Management (RM) ou também conhecido como

Leia mais

Recepção de hotéis: gerenciamento e supervisão. www.atlanticahotels.com.br

Recepção de hotéis: gerenciamento e supervisão. www.atlanticahotels.com.br Recepção de hotéis: gerenciamento e supervisão www.atlanticahotels.com.br 1) Competência-alvo Esse curso contribui para o desenvolvimento da seguinte competência: Gerenciar e supervisionar o departamento

Leia mais

EXECUTIVO 1425 344 813 191 - - STANDARD 1105 264 637 147 - - LUXO 1157 277 685 159 - - STANDARD 1053 251 645 149 - - SUPER LUXO 1029 245 601 138 - -

EXECUTIVO 1425 344 813 191 - - STANDARD 1105 264 637 147 - - LUXO 1157 277 685 159 - - STANDARD 1053 251 645 149 - - SUPER LUXO 1029 245 601 138 - - HOSPEDAGEM HOTEL DISTÂNCIA DO EVENTO CATEGORIA INDIVIDUAL DUPLO TRIPLO PACOTE DIÁRIA PACOTE DIÁRIA PACOTE DIÁRIA PLAZA SÃO RAFAEL 16 km EXECUTIVO 1425 344 813 191 - - STANDARD 1105 264 637 147 - - SHERATON

Leia mais

O USO DE SISTEMAS DE REVENUE MANAGEMENT COMO SUPORTE À ESTRATÉGIA NA HOTELARIA

O USO DE SISTEMAS DE REVENUE MANAGEMENT COMO SUPORTE À ESTRATÉGIA NA HOTELARIA O USO DE SISTEMAS DE REVENUE MANAGEMENT COMO SUPORTE À ESTRATÉGIA NA HOTELARIA THE APLICATION OF REVENUE MANAGEMENT AS A SUPORT TO STRATEGIES IN HOSPITALITY Amanda Biegas Larissa Engler RESUMO O presente

Leia mais

Versão Vigente a partir de Área gestora Primeira versão 1 1/12/2014 Administrativa 1/12/2014

Versão Vigente a partir de Área gestora Primeira versão 1 1/12/2014 Administrativa 1/12/2014 IDENTIFICAÇÃO Versão Vigente a partir de Área gestora Primeira versão 1 1/12/2014 Administrativa 1/12/2014 Data de efetivação do manual: / / Data da próxima revisão: / / Frequência de revisão: Anual REGISTRO

Leia mais

PDV: DE OLHO NA RENTABILIDADE

PDV: DE OLHO NA RENTABILIDADE PDV: DE OLHO NA RENTABILIDADE Muitas vezes o desconhecimento sobre políticas de estoque, finanças e parcerias comerciais é a principal explicação das dificuldades que muitas empresas têm em progredir ou

Leia mais

Sistema para gestão de viagens corporativas

Sistema para gestão de viagens corporativas Sistema para gestão de viagens corporativas Introdução O WTS Corporate: É um sistema de gestão de viagens que permite aos viajantes e assistentes criarem suas próprias reservas de voo, de hotel, solicitações

Leia mais

JPM VIAGENS E TURISMO LTDA TERMOS E CONDICÕES GERAIS DE USO DO SISTEMA DE RESERVAS ONLINE INFORMAÇÕES INICIAIS:

JPM VIAGENS E TURISMO LTDA TERMOS E CONDICÕES GERAIS DE USO DO SISTEMA DE RESERVAS ONLINE INFORMAÇÕES INICIAIS: INFORMAÇÕES INICIAIS: JPM VIAGENS E TURISMO LTDA TERMOS E CONDICÕES GERAIS DE USO DO SISTEMA DE RESERVAS ONLINE i. A JPM Viagens e Turismo LTDA (JPM) é uma operadora de turismo que fornece, para pessoas

Leia mais

BOAS PRÁTICAS NO DIA A DIA DAS CLÍNICAS DE IMAGEM

BOAS PRÁTICAS NO DIA A DIA DAS CLÍNICAS DE IMAGEM BOAS PRÁTICAS NO DIA A DIA DAS CLÍNICAS DE IMAGEM Introdução ÍNDICE Boas práticas no dia a dia das clínicas de imagem A Importância de se estar conectado às tendências As melhores práticas no mercado de

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO CLOUDBEDS MÓDULO 1: RESERVAS

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO CLOUDBEDS MÓDULO 1: RESERVAS GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO CLOUDBEDS MÓDULO 1: RESERVAS 1 Acesse o site da CloudBeds (www.cloudbeds.com) e faça o login na plataforma CloudBeds, utilizando seu email cadastrado e senha. 2 Após o login,

Leia mais

Sistema de gestão de viagens Corporativas

Sistema de gestão de viagens Corporativas Sistema de gestão de viagens Corporativas Introdução O Sistema Corporativo: É um sistema de gestão de viagens que permite aos viajantes e assistentes criarem suas próprias reservas de voo, de hotel, solicitações

Leia mais

ASSEMBLEIA 26 MARÇO 2015 BEST WESTERN PLUS PAMPULHA DESIGN HOTEL

ASSEMBLEIA 26 MARÇO 2015 BEST WESTERN PLUS PAMPULHA DESIGN HOTEL ASSEMBLEIA 26 MARÇO 2015 BEST WESTERN PLUS PAMPULHA DESIGN HOTEL 1. ANÁLISE E APROVAÇÃO DAS CONTAS DO EXERCÍCIO DE 2014 ORÇADO X REALIZADO 2014 POOL BW PLUS PAMPULHA DESIGN HOTEL 2014 ACUMULADO ANO Orçado

Leia mais

Introdução à Operações Conceituações e Definições da Administração da Produção. Professora Patrícia Abreu 1

Introdução à Operações Conceituações e Definições da Administração da Produção. Professora Patrícia Abreu 1 Introdução à Operações Conceituações e Definições da Administração da Produção Professora Patrícia Abreu 1 Introdução à administração da produção e operações / histórico; Diferenças entre produtos e serviços;

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA CORPORATIVO DE HOSPEDAGENS

REGULAMENTO DO PROGRAMA CORPORATIVO DE HOSPEDAGENS REGULAMENTO DO PROGRAMA CORPORATIVO DE HOSPEDAGENS Termos e Condições Gerais: O Programa Corporativo de Hospedagens visa fomentar parcerias entre a administradora hoteleira Herval Park Hotel (CNPJ 11.159.364/0001-35

Leia mais

Hospedagem e Turismo XXXI CONGRESSO BRASILEIRO DE ARRITMIAS CARDÍACAS. 03 a 06 de dezembro de 2014. Hotel Royal Tulip - Rio de janeiro / RJ

Hospedagem e Turismo XXXI CONGRESSO BRASILEIRO DE ARRITMIAS CARDÍACAS. 03 a 06 de dezembro de 2014. Hotel Royal Tulip - Rio de janeiro / RJ Hospedagem e Turismo XXXI CONGRESSO BRASILEIRO DE ARRITMIAS CARDÍACAS 03 a 06 de dezembro de 2014 Hotel Royal Tulip - Rio de janeiro / RJ Hospedagem Hotel Distância do evento (aproximada) Categoria do

Leia mais

71 3263 9999 www.vilagale.com.br

71 3263 9999 www.vilagale.com.br TARIFÁRIO VILA GALE HOTÉIS BRASIL 2013 FUNCEF - R$ - NET VILA GALE FORTALEZA * Fortal (mín. de 3 noites) Apartamento Duplo R$ 198,75 R$ 236,55 R$ 236,55 R$ 370,00 Apartamento Single R$ 178,88 R$ 212,63

Leia mais

Reservas de Hotel Galileo Desktop + PointClick

Reservas de Hotel Galileo Desktop + PointClick Reservas de Hotel Galileo Desktop + PointClick RESERVAS DE HOTEL Treinamento: treinamento.br@travelport.com Helpdesk: 3351 7201 (São Paulo) (11) 3549-5400 ramal 5434 ou 5429 0800 883 0028 (Outras localidades)

Leia mais

RELEASE ADMH 4.8 Julho 2013

RELEASE ADMH 4.8 Julho 2013 RELEASE ADMH 4.8 Julho 2013 É com muita satisfação que lançamos a nova versão 4.8 do ADMH. Mais um passo importante na consolidação de um produto cada vez mais profissional com a integração ao SNRH (Sistema

Leia mais

Unidade IV. Marketing. Profª. Daniela Menezes

Unidade IV. Marketing. Profª. Daniela Menezes Unidade IV Marketing Profª. Daniela Menezes Comunicação (Promoção) Mais do que ter uma ideia e desenvolver um produto com qualidade superior é preciso comunicar a seus clientes que o produto e/ ou serviço

Leia mais

Hotelaria mantém crescimento mas com desaceleração no número de hóspedes e de dormidas

Hotelaria mantém crescimento mas com desaceleração no número de hóspedes e de dormidas Atividade Turística Fevereiro de 20 15 de Abril de 20 Hotelaria mantém crescimento mas com desaceleração no número de hóspedes e de dormidas Os estabelecimentos hoteleiros registaram cerca de 2 milhões

Leia mais

Sistema de Informação Gerencial (SIG)

Sistema de Informação Gerencial (SIG) Sistema de Informação Gerencial (SIG) Os Sistemas de Informação Gerencial (SIG) são sistemas ou processos que fornecem as informações necessárias para gerenciar com eficácia as organizações. Um SIG gera

Leia mais

MERCADO MERCADO PESSOAS 22-05-2013

MERCADO MERCADO PESSOAS 22-05-2013 MERCADOLOGIA MARKETING FAZER e TRABALHAR MERCADOS MARKETING... O sucesso da empresa está no exterior. Dentro só existem custos...(drucker) Abordagem Inside out? Tecnologias/Recursos... Outside-in? O que

Leia mais

São Paulo, 10 de maio de 2015. Hotel BEST WESTERN PLUS Gran Lumni. Análise dos resultados:

São Paulo, 10 de maio de 2015. Hotel BEST WESTERN PLUS Gran Lumni. Análise dos resultados: São Paulo, 10 de maio de 2015. Hotel BEST WESTERN PLUS Gran Lumni Análise dos resultados: O Mês de abril foi marcado pela projeção do hotel no mercado de Rio Branco após o período de enchentes que paralisou

Leia mais

AGENDA. Unicasa Overview Resultados Históricos e do 3T12/ 9M12 Perspectivas

AGENDA. Unicasa Overview Resultados Históricos e do 3T12/ 9M12 Perspectivas APIMEC 2012 Aviso Legal As afirmações contidas neste documento relacionadas a perspectivas sobre os negócios, projeções sobre resultados operacionais e financeiros e aquelas relacionadas a perspectivas

Leia mais

INF 2125 PROJETO DE SISTEMAS DE SOFTWARE Prof. Carlos J. P. de Lucena

INF 2125 PROJETO DE SISTEMAS DE SOFTWARE Prof. Carlos J. P. de Lucena INF 2125 PROJETO DE SISTEMAS DE SOFTWARE Prof. Carlos J. P. de Lucena Trabalho Experimental Sistema de Gestão Hoteleira 1. Objetivo Este trabalho tem o objetivo de consolidar o conhecimento sobre UML e

Leia mais

Índice. Informações sobre conteúdo do site...04

Índice. Informações sobre conteúdo do site...04 Índice Informações sobre conteúdo do site...04 Como usar o site...05 Conhecendo o site... 06 Conectando ao site...10 Resumo de suas reservas...11 Iniciando a pesquisa...12 Como fazer reserva de hotel Definindo

Leia mais

Travelport adquire Hotelzon para liderar crescimento no segmento hoteleiro

Travelport adquire Hotelzon para liderar crescimento no segmento hoteleiro NEWS RELEASE Travelport adquire Hotelzon para liderar crescimento no segmento hoteleiro Langley, Reino Unido, 12 de junho de 2014: A Travelport, empresa líder no segmento de comércio de viagens, que oferece

Leia mais

INOVAÇÃO E COMPETITIVIDADE DE DESTINOS TURÍSTICOS. Novembro de 2014

INOVAÇÃO E COMPETITIVIDADE DE DESTINOS TURÍSTICOS. Novembro de 2014 INOVAÇÃO E COMPETITIVIDADE DE DESTINOS TURÍSTICOS Novembro de 2014 1 Competitividade de Destinos Emergência nos estudos sobre estratégia empresarial Indústria, empresas, países, organizações Diferentes

Leia mais

A associação ao Programa confirma a aceitação incondicional de todos os termos e condições do Programa.

A associação ao Programa confirma a aceitação incondicional de todos os termos e condições do Programa. TERMOS E CONDIÇÕES DO PROGRAMA DE RELACIONAMENTO "PRIVATE LINE" O "Programa Private Line" é um programa de relacionamento que visa incentivar os profissionais responsáveis por solicitação de hospedagem

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FACULDADE INTEGRADA AVM ESTRATÉGIAS DE MARKETING NA HOTELARIA

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FACULDADE INTEGRADA AVM ESTRATÉGIAS DE MARKETING NA HOTELARIA UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FACULDADE INTEGRADA AVM ESTRATÉGIAS DE MARKETING NA HOTELARIA Por: Mariana Ribeiro Finatti Orientador Prof. Fernando Alves Rio de Janeiro 2011 2 UNIVERSIDADE

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» ADMINISTRAÇÃO (MARKETING) «

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» ADMINISTRAÇÃO (MARKETING) « CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» ADMINISTRAÇÃO (MARKETING) «21. É falacioso falar que o marketing é filho do capitalismo e, portanto, apenas ajudaria a concentrar a renda satisfazendo necessidades supérfluas

Leia mais

RESENHAS. Marketing Turístico e de Hospitalidade: Fonte de Empregabilidade e Desenvolvimento para o Brasil

RESENHAS. Marketing Turístico e de Hospitalidade: Fonte de Empregabilidade e Desenvolvimento para o Brasil RESENHAS Marketing Turístico e de Hospitalidade: Fonte de Empregabilidade e Desenvolvimento para o Brasil Erika Helena Bautto Completa, abrangente e extremamente didática, Marketing Turístico e de Hospitalidade:

Leia mais

Quem somos? A Geração Y Viagens Corporativas é uma empresa jovem e moderna que oferece serviços diversos:

Quem somos? A Geração Y Viagens Corporativas é uma empresa jovem e moderna que oferece serviços diversos: Quem somos? A Geração Y Viagens Corporativas é uma empresa jovem e moderna que oferece serviços diversos: Sistema inteiramente on-line para reservas de passagens aéreas nacionais e hotéis; Facilidade para

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO RCVB (RECIFE CONVENTION &VISITORS BUREAU) PARA A CONSOLIDAÇÃO DO TURISMO DE EVENTOS EM RECIFE.

A IMPORTÂNCIA DO RCVB (RECIFE CONVENTION &VISITORS BUREAU) PARA A CONSOLIDAÇÃO DO TURISMO DE EVENTOS EM RECIFE. A IMPORTÂNCIA DO RCVB (RECIFE CONVENTION &VISITORS BUREAU) PARA A CONSOLIDAÇÃO DO TURISMO DE EVENTOS EM RECIFE. Autor: ANTÔNIO CARLOS DE SOUZA E SÁ FILHO Introdução O Turismo de Eventos está em plena ascensão

Leia mais

TERMOS GERAIS DE CREDENCIAMENTO DE MEIO DE HOSPEDAGEM

TERMOS GERAIS DE CREDENCIAMENTO DE MEIO DE HOSPEDAGEM TERMOS GERAIS DE CREDENCIAMENTO DE MEIO DE HOSPEDAGEM Pelo presente instrumento particular e na melhor forma de direito, as partes: B2W VIAGENS E TURISMO LTDA., sociedade com sede na cidade de Osasco,

Leia mais

Desde 2008 quando foi inaugurado o Portal já ultrapassou os 22 mil visitas/mês, ou seja, ser associado Hoteleiro é garantia de sucesso.

Desde 2008 quando foi inaugurado o Portal já ultrapassou os 22 mil visitas/mês, ou seja, ser associado Hoteleiro é garantia de sucesso. APRESENTAÇÃO Com mais de 10 anos de experiência a ExpressoNet é uma agência web, especializada em atender o mercado turístico. Seus projetos estão voltados principalmente para o segmento hoteleiro onde

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS Circuitos Estados Unidos e Canadá SOMENTE ASSINE ESTAS CONDIÇÕES APÓS SUA LEITURA COMPLETA, POIS NELA CONSTAM INFORMAÇÕES

CONDIÇÕES GERAIS Circuitos Estados Unidos e Canadá SOMENTE ASSINE ESTAS CONDIÇÕES APÓS SUA LEITURA COMPLETA, POIS NELA CONSTAM INFORMAÇÕES CONDIÇÕES GERAIS Circuitos Estados Unidos e Canadá SOMENTE ASSINE ESTAS CONDIÇÕES APÓS SUA LEITURA COMPLETA, POIS NELA CONSTAM INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE SUA VIAGEM. 1. Condições Gerais A Air International

Leia mais

ANEXO - I PROJETO BÁSICO

ANEXO - I PROJETO BÁSICO ANEXO - I PROJETO BÁSICO 1. OBJETO: Contratação de empresa especializada para a prestação de serviços relativos à emissão de passagens aéreas nacionais e internacionais compreendendo a reserva, emissão,

Leia mais

TARIFA ACORDO * 02 a 05/04/2015 * 17 a 21/04/2015 * 30/04 a 03/05/2015 * 03 a 07/05/2015 * 04 a 07/09/2015 * 09 a 12/10/2015 * 30/10 a 02/11/2015

TARIFA ACORDO * 02 a 05/04/2015 * 17 a 21/04/2015 * 30/04 a 03/05/2015 * 03 a 07/05/2015 * 04 a 07/09/2015 * 09 a 12/10/2015 * 30/10 a 02/11/2015 VILA GALÉ ECO RESORT DO CABO ENDEREÇO: AV. BEIRA MAR, 750 - VILA SUAPE CABO DE STO. AGOSTINHO - PE FONE: 55 (81) 3016-2000 TARIFÁRIO PARA HOSPEDAGEM ENTRE 21/12/2014 E 20/12/2015 CATEGORIA TARIFA BALCÃO

Leia mais

SOLICITAÇÕES DE DIÁRIAS/PASSAGENS - SERVIDORES DA UFPB -

SOLICITAÇÕES DE DIÁRIAS/PASSAGENS - SERVIDORES DA UFPB - Página 1 de 5 SOLICITAÇÕES DE DIÁRIAS/PASSAGENS - SERVIDORES DA UFPB - Atualizado em: 18/05/2015 Abaixo segue o passo a passo (dividido em 3 tópicos) para este tipo de solicitação. A partir da página 03

Leia mais

CONTRATO DE AGENCIAMENTO PARA FORMAÇÃO DE PACOTE DE VIAGENS E SERVIÇOS CORRELATOS

CONTRATO DE AGENCIAMENTO PARA FORMAÇÃO DE PACOTE DE VIAGENS E SERVIÇOS CORRELATOS CONTRATO DE AGENCIAMENTO PARA FORMAÇÃO DE PACOTE DE VIAGENS E SERVIÇOS CORRELATOS Ementa: 1) O AGENCIADO está adquirindo serviços de intermediação para aquisição de pacote de viagem que em caso de desistência

Leia mais

THE NEXT GENERATION IS NOW MANAGEMENT & CONSULTING GROUP

THE NEXT GENERATION IS NOW MANAGEMENT & CONSULTING GROUP Soluções integradas para a Indústria do turismo empresarial THE NEXT GENERATION IS NOW MANAGEMENT & CONSULTING GROUP A equipa da XYM Hospitality e os seus parceiros possuem vastos conhecimentos sobre a

Leia mais

Unidade II MARKETING DE VAREJO E. Profa. Cláudia Palladino

Unidade II MARKETING DE VAREJO E. Profa. Cláudia Palladino Unidade II MARKETING DE VAREJO E NEGOCIAÇÃO Profa. Cláudia Palladino Preço em varejo Preço Uma das variáveis mais impactantes em: Competitividade; Volume de vendas; Margens e Lucro; Muitas vezes é o mote

Leia mais

Passaporte válido até a data de retorno. Visto Americano com validade até a data de retorno.

Passaporte válido até a data de retorno. Visto Americano com validade até a data de retorno. INFORMAÇÕES GERAIS PASSAGENS AÉREAS Todas as passagens aéreas já foram emitidas e enviadas para os qualificados, caso não tenha recebido, por favor entre em contato urgente através do email rallyglobal@foreverliving.com.br

Leia mais

TARIFA ACORDO 21/12/2013 a 31/01/2014 Exceto Reveillon TARIFA ACORDO * 01/02 A 20/12/2014, EXCETO CARNAVAL, FERIADOS E PERIDO DE: * 09/06 A 01/07/2014

TARIFA ACORDO 21/12/2013 a 31/01/2014 Exceto Reveillon TARIFA ACORDO * 01/02 A 20/12/2014, EXCETO CARNAVAL, FERIADOS E PERIDO DE: * 09/06 A 01/07/2014 VILA GALÉ ECO RESORT DO CABO ENDEREÇO: AV. BEIRA MAR, 750 - VILA SUAPE CABO DE STO. AGOSTINHO - PE FONE: 55 (81) 3016-2000 TARIFÁRIO PARA HOSPEDAGEM ENTRE 21/12/2013 E 20/12/2014 CATEGORIA TARIFA BALCÃO

Leia mais

COMO VIAJAR BARATO EM 7 SIMPLES PASSOS O Seu guia definitivo para viajar pelo mundo sem gastar uma fortuna.

COMO VIAJAR BARATO EM 7 SIMPLES PASSOS O Seu guia definitivo para viajar pelo mundo sem gastar uma fortuna. COMO VIAJAR BARATO EM 7 SIMPLES PASSOS O Seu guia definitivo para viajar pelo mundo sem gastar uma fortuna. aprendaaviajarbarato.com.br ALINE BALTAZAR 1 Don t let your dreams be dreams... Jack Johnson

Leia mais