RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 9.352, DE 02 DE AGOSTO DE 2010

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 9.352, DE 02 DE AGOSTO DE 2010"

Transcrição

1 RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 9.352, DE 02 DE AGOSTO DE 2010 Altera a Lei Estadual nº 9.059, de 25 de janeiro de 2008, que dispõe sobre o Plano Plurianual do Estado para o quadriênio O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE: FAÇO SABER que o Poder Legislativo decreta e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º. A Lei Estadual n.º 9.059, de 25 de janeiro de 2008, que dispõe sobre o Plano Plurianual do Estado para o quadriênio , fica alterada, em seu Anexo Único, de acordo com o disposto no Anexo Único desta Lei. Art. 2º. Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. Palácio de Despachos de Lagoa Nova, em Natal, 02 de agosto de 2010, 189º da Independência e 122º da República. IBERÊ PAIVA FERREIRA DE SOUZA Nelson Tavares Filho ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA LEGISLATIVA

2 DEMONSTRATIVO DOS RECURSOS

3 DEMONSTRATIVO DE INVESTIMENTO POR MACROOBJETIVO PPA ,60% 42,54% 35,11% 11,82% 9,93% MACROOBJETIVOS RECURSOS (R$ 1.000,00) % 01 - Melhorar a Qualidade de Vida e Promover a Inclusão Social , Dinamizar a Base Econômica com Crescimento Estável e Ampliação da Oferta de Emprego 03 - Modernizar e Tornar Mais Eficiente a Administração Pública Estadual 04 - Ampliar e Modernizar a Infra-Estrutura Sócio-Econômica do Estado 05 - Consolidar o Processo de Participação da Sociedade nas Decisões do Governo do Estado , , , ,60 Fonte: SIAF/SEPLAN ,00 2

4 DEMONSTRATIVO DE INVESTIMENTOS POR FONTE DE FINANCIAMENTO PPA Operações de Crédito 18,08% Outros 7,10% Estadual 39,27% Federal 35,55% FONTE DE RECURSOS Estadual Federal Operações de Crédito Outros Fonte: SIAF/SEPLAN VALORES (R$ 1.000,00) % , , , , ,00 3

5 DEMONSTRATIVO DE INVESTIMENTOS POR TIPO DE PROGRAMA PPA Serviço ao Estado 6,98% Gestão de Políticas Públicas 10,59% Finalístico 82,43% TIPO DE PROGRAMA VALORES (R$ 1.000,00) % Finalístico ,43 Serviço ao Estado ,98 Gestão de Políticas Públicas , ,00 Fonte: SIAF/SEPLAN 4

6 PERFIL DOS PROGRAMAS MODIFICADOS

7 PROGRAMA POR MACROOBJETIVO 01 - Melhorar a Qualidade de Vida e Promover a Inclusão Social 1501 Reaparelhamento e Reestruturação da Polícia Militar PM Apoio à Agricultura Familiar SAPE Educação de Qualidade, Compromisso e Responsabilidade de Todos SEEC Valorização, Dinamização e Divulgação da Produção Cultural e Artística do Estado FJA Programa Mais Cultura FJA Atualização e Ampliação do Sistema de Bibliotecas da Fundação Universidade do Estado do Rio Grande do Norte FUERN Modernização do Sistema Estadual de Segurança Pública SESED Excelência Gerencial do Sistema Estadual de Segurança Pública SESED Central do Cidadão SEJUC Gestão do Sistema Único de Saúde e Controle Social SESAP Organização da Assistência e Melhoria da Gestão da Saúde SESAP Promoção, Prevenção e Vigilância à Saúde SESAP Nutrição e Segurança Alimentar SETHAS Programa de Desenvolvimento Solidário - Redução da Pobreza Rural SETHAS Atendimento à Criança e ao Adolescente FUNDAC Gestão Ambiental SEMARH Crédito Fundiário SEARA Reestruturação e Ampliação dos Serviços do Corpo de Bombeiros Militar CBM/RN 35 6

8 02 - Dinamizar a Base Econômica Ambientalmente Sustentável Garantindo a Ampliação da Oferta de Emprego 1703 Agronegócio da Pesca e da Aqüicultura SAPE Serviços e Infra-estrutura de Apoio ao Agro SAPE Qualificação e Diversificação do Produto Turístico SETUR Modernizar e Tornar Mais Eficiente a Administração Pública Estadual 0202 Melhoria Funcional do Tribunal de Contas do Estado TC Melhoria Funcional da Procuradoria Geral do Estado PGE Modernização da Estrutura da Procuradoria Geral de Justiça PGJ Gestão e Desenvolvimento de Recursos Humanos SEARH Administração de Recursos e Modernização da Gestão SEARH Gestão da Tecnologia de Informação e Comunicação SEARH Planejamento Integrado de Avaliação Institucional SEEC Promoção do Desenvolvimento Econômico e Social SEPLAN Modernização e Reestruturação da Administração Fiscal do Estado SET Reestruturação Organizacional da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos - SEMARH SEMARH Ampliar e Modernizar a Infra-Estrutura Sócio-Econômica do Estado 1821 Dinamização e Valorização de Espaços Culturais e de Bens Históricos FJA Adequação e Modernização da Infra-Estrutura da Fundação Universidade do Estado do Rio Grande do Norte FUERN Implantação da Infra-Estrutura Física da Faculdade de Medicina FUERN Reestruturação do Sistema Penitenciário SEJUC Readequação da Rede Física e Tecnológica da Saúde SESAP Rio Grande do Norte - Urbano SIN Rio Grande do Norte - Social SIN 68 7

9 2503 Rio Grande do Norte - Energia SIN Desenvolvimento de Programas de Infra-estrutura Aeroportuária DER Pavimentação e Implantação de Rodovias e Obras D artes Especiais DER Restauração e Melhoramento da Malha Rodoviária Básica DER Construção, Ampliação e Recuperação de Adutoras e Canais SEMARH Construção, Ampliação e Recuperação de Barragens e Açudes SEMARH Construção, Ampliação e Recuperação de Poços e Dessalinizadores SEMARH Pequenos Sistemas de Abastecimento de Água Comunitários SEMARH Retificação e Conservação de Canais Naturais SEMARH Programa de Desenvolvimento Sustentável e Convivência Com o Semi-Árido Potiguar - PSP SEMARH Programa de Desenvolvimento do Turismo - PRODETUR SETUR 81 8

10 REAPARELHAMENTO E REESTRUTURAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR ,00 0, ,00 Outros 0, ,00 Assegurar condições estruturais de funcionamento adequado à Polícia Militar. Garantir a efetiva presença do poder público no combate à criminalidade Polícia Militar 01 - MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA E PROMOVER A INCLUSÃO SOCIAL População Ampliação da Frota de Veículos PM Veículo adquirido Veículo Formação e Qualificação de Policiais Militares PM Policial Militar formado Aparelhamento de Unidades da Polícia Militar PM Unidade aparelhada Construção, Reforma e Ampliação de Instalações Físicas de PM Unidade Construída, reformada e 8 Unidades da Polícia Militar ampliada Litoral Oriental 11 Litoral Norte 1 Agreste 1 Alto Oeste 1 Mossoroense 1 Médio Oeste 1 Vale do Assu 1 Seridó 1 9

11 Aquisição de Armamento e Equipamento Bélico PM Equipamento adquirido Unidade Rio Grande do Norte Informatização de Unidades da Polícia Militar PM Unidade informatizada Modernização do Sistema de Comunicação PM Sistema modernizado Construção, Reforma e Ampliação de Instalações Físicas de PM Unidade Construída, reformada e 0 Unidades Hospitalares da Polícia Militar ampliada Litoral Oriental 4 Agreste 1 Alto Oeste 1 Mossoroense 2 Vale do Assu 1 Seridó Aparelhamento e Informatização de Unidades Hospitares da PM Unidade aparelhada e informatizada Polícia Militar Programa Educacional de Resistência às Drogas - PROERD PM Criança atendida Unidade Rio Grande do Norte

12 APOIO À AGRICULTURA FAMILIAR , , ,00 Outros , ,00 Fortalecer a agricultura familiar, através de um conjunto de ações implementadas em parceria com entes privados e públicos. Necessidade de melhoria do bem estar social do pequeno produtor rural e de sua família, que habitam o semi-árido do Estado, em condições precárias quanto aos aspectos de alimentação, saúde e educação Secretaria de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca 01 - MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA E PROMOVER A INCLUSÃO SOCIAL Produtores rurais Aquisição e Distribuição de Sementes SAPE Semente adquirida e distribuida Tonelada Rio Grande do Norte Aquisição e Distribuição de Mudas SAPE Muda adquirida e distribuida Unidade Rio Grande do Norte Estruturação dos Bancos de Sementes SAPE Unidade estruturada Unidade 300 Rio Grande do Norte Apoio às Culturas Geradoras de Bioenergia SAPE Cadeia produtiva beneficiada Unidade 6 Rio Grande do Norte Fortalecimento de Cadeias Produtivas SAPE Agricultor familiar assistido Unidade Rio Grande do Norte Sustentabilidade Ambiental nos Territórios SAPE Família beneficiada Unidade Rio Grande do Norte

13 Implantação de Unidades Agroindustrias Voltadas para a EMPARN Unidade implantada 0 Agricultura Familiar Litoral Oriental 1 Litoral Norte 2 Agreste 1 Alto Oeste 2 Médio Oeste 1 Vale do Assu 1 Seridó Implantação e Instalação de Banco de Sementes Comunitários EMPARN Unidade estruturada Unidade 32 Litoral Oriental 6 Litoral Norte 4 Agreste 4 Alto Oeste 8 Médio Oeste 3 Vale do Assu 3 Seridó Instalação de Vitrine Tecnológica de Atividades Voltadas para a EMPARN Unidade instalada Unidade 6 Agricultura Familiar nas Estações Experimentais Litoral Oriental 2 Litoral Norte 1 Médio Oeste 1 Seridó Educação no Campo EMATER Agricultor familiar formado Unidade Rio Grande do Norte Execução de Projetos de Pesquisas e Desenvolvimento Voltado EMPARN Projeto executado Unidade 20 para Agricultura Familiar Litoral Oriental 6 Litoral Norte 6 Médio Oeste 2 Vale do Assu 2 Seridó Assistência Técnica ao Agronegócio da Agricultura Familiar EMATER Agricultor familiar assistido Desenvolvimento de Recursos Humanos EMATER Servidor capacitado Unidade 550 Rio Grande do Norte Reconstituição dos Agroecossistemas no Semi-Árido EMATER agricultor familiar capacitado Unidade Rio Grande do Norte Segurança Alimentar e Nutricional EMATER Pessoa Beneficiada Unidade Rio Grande do Norte Implementação do Fundo Garantia Safra SAPE Agricultor segurado Unidade Rio Grande do Norte

14 EDUCAÇÃO DE QUALIDADE, COMPROMISSO E RESPONSABILIDADE DE TODOS , ,00 0,00 Outros , ,00 Desenvolver uma proposta de educação básica com eixos estruturantes de formação humana, no desenvolvimento da atitude investigativa e na construção de capacidades que possibilitem aumento da produtividade da qualidade do ensino e do exercício consciente da cidadania O sistema educacional requer o compromisso de buscar uma educação de qualidade que permita a inteireza humana, em suas multidimensões: corpo, mente e espírito e assegure mudanças que sejam mensuráveis por meio de índices de aproveitamento compatíveis com as exigências do mundo do trabalho e o exercício da cidadania Secretaria de Estado da Educação e da Cultura 01 - MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA E PROMOVER A INCLUSÃO SOCIAL População atendida na educação básica Expansão e Melhoria do Ensino Profissional SEEC Centro/Núcleo implantado Expansão e Melhoria do Ensino Médio SEEC Programa realizado Melhoria e Produtividade do Ensino Fundamental SEEC Programa realizado Integração Escola x Comunidade SEEC Programa realizado Integração da Educação Profissional e Tecnológica ao Ensino SEEC Programa realizado Médio Desenvolvimento de Educação Integral, Ensino, Desporto, Arte SEEC Programa realizado e Cultura Expansão, Melhoria e Produtividade da Educação Básica SEEC Programa realizado 13

15 Descentralização Financeira para as Unidades Escolares SEEC Escola atendida Escola 790 Rio Grande do Norte Implementação do Programa Lendo e Aprendendo SEEC Programa realizado Desenvolvimento e Expansão do Programa FUNDESCOLA SEEC Programa realizado Alimentação Escolar - PNAE SEEC Aluno atendido Unidade Rio Grande do Norte Elaboração, Aquisição, Impressão e Distribuição de Material SEEC Programa realizado Didático-Pedagógico, Cultural e de Fardamento Escolar Reordenamento da Rede Pública de Ensino SEEC Programa realizado Realização de Exame Supletivo SEEC Programa realizado Apoio aos Sistemas de Ensino para Atendimento à Educação de SEEC Programa realizado Jovens e Adultos Implementação do Programa Biblioteca para Todos SEEC Biblioteca implantada Unidade 296 Rio Grande do Norte Implementação do Programa Transporte Escolar SEEC Aluno atendido Unidade Rio Grande do Norte Implantação e Implementação do Programa Premiando SEEC Programa implantado e implementado Programa 1 Resultados Implantação e Implementação do Programa Prospecção de SEEC Programa implantado e implementado Programa 1 Talentos e Desenvolvimento de Altas Habilidades 14

16 VALORIZAÇÃO, DINAMIZAÇÃO E DIVULGAÇÃO DA PRODUÇÃO CULTURAL E ARTÍSTICA DO ESTADO , , ,00 Outros 0, ,00 Valorizar e estimular a produção artística e cultural do Estado, através de ações voltadas para a divulgação, promoção de cursos, oficinas, apresentações artísticas, adequações de espaços e conhecimento do universo cultural do RN Os artistas do Estado carecem de ações e de programas que estimulem, não só a produção cultural, mas sobretudo a qualidade do produto e a oportunidade de divulgá-lo, promovendo, assim a interação entre o produtor e o mercado consumidor; bem como dotar a população de conhecimento dos fatos que compõem as nossa raízes culturais Fundação José Augusto 01 - MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA E PROMOVER A INCLUSÃO SOCIAL População Preservação das Artes Cênicas do Estado FJA Evento realizado Unidade Litoral Oriental Preservação das Artes Plásticas do Estado FJA Escola e Oficina implantada 20 Rio Grande do Norte 40 Litoral Oriental Realização do Projeto Seis e Meia FJA Evento realizado Unidade 208 Litoral Oriental 104 Mossoroense Produção e Divulgação da Cultura Popular FJA Evento realizado Unidade 200 Rio Grande do Norte 80 Litoral Oriental Preservação e Divulgação da Música FJA Evento realizado

17 Implantação da Rede de Pontos de Cultura FJA Ponto de cultura implantado Unidade 53 Rio Grande do Norte Desenvolvimento de Estudos e Pesquisas FJA Estudo e Pesquisa realizada Unidade 20 Rio Grande do Norte Implantação e Execução do Registro do Patrimônio Vivo do FJA Registro implantado e executado Estado do Rio Grande do Norte Promoção e Difusão da Lei do Livro FJA Projeto executado 16

18 PROGRAMA MAIS CULTURA , ,00 0,00 Outros 0, ,00 Garantir o acesso da população aos bens culturais do Estado do RN, promover a diversidade cultural e social, qualificar o ambiente social das cidades; bem como, gerar oportunidades de emprego e renda para trabalhadores das micro, pequenas e médias empresas e de empreendimentos da economia solidária no mercado cultural do Estado Necessidade de formar cidadãos mais conscientes, com identidade cultural reconhecida, com sentimentos de pertencimento, a promoção da emancipação social e a geração de emprego e renda para diversos segmentos Fundação José Augusto 01 - MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA E PROMOVER A INCLUSÃO SOCIAL População Desenvolvimento de Projetos de Audiovisual FJA Projeto realizado Unidade 50 Rio Grande do Norte Desenvolvimento de Microprojetos Culturais FJA Evento realizado Implementação da Rede de Bibliotecas Públicas FJA Espaço implantado e operacionalizado Unidade 36 Rio Grande do Norte Implementação do Acesso a Leitura FJA Projeto realizado Unidade 95 Rio Grande do Norte Implantação de Espaços Comunitários e Culturais Multiuso FJA Espaço implantado e operacionalizado Unidade 20 Rio Grande do Norte Promoção do Artesanato de Tradição Cultural FJA Evento realizado

19 ATUALIZAÇÃO E AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE ,00 0, ,00 Outros , ,00 Melhorar as condições de funcionamento do Sistema de Bibliotecas da Universidade. As exigências do mercado de trabalho requerem o permanente contato do aluno com informações impressas e por meio eletrônico, em boa quantidade e permanente atualização Fundação Universidade do Estado do RN - FUERN 01 - MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA E PROMOVER A INCLUSÃO SOCIAL Estudantes de graduação e pós-graduação Ampliação do Acervo FUERN Acervo ampliado Aparelhamento das Bibliotecas FUERN Sistema aparelhado 18

20 MODERNIZAÇÃO DO SISTEMA ESTADUAL DE SEGURANÇA PÚBLICA , , ,00 Outros , ,00 Ampliar, melhorar e reequipar a estrutura das unidades operacionais e administrativas do sistema de segurança pública Necessidade de estabelecer condições de segurança pública, protegendo as pessoas e o patrimônio público, através do policiamento preventivo e ostensivo, buscando a redução da violência existente Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social 01 - MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA E PROMOVER A INCLUSÃO SOCIAL População Aquisição de Aeronave SESED Aeronave adquirida Construção da Academia de Polícia Civil - ACADEPOL SESED Academia de Polícia construída Metro Quadrado Litoral Oriental Ampliação da Frota de Veículo SESED Veículo adquirido Veículo Recuperação de Instalações Físicas das Unidades da SESED Unidade Policial recuperada Metro Quadrado Segurança Pública Rio Grande do Norte 250 Litoral Oriental Litoral Norte Agreste Alto Oeste Mossoroense Médio Oeste 750 Vale do Assu

21 Seridó Modernização do Parque de Motomecanização da Segurança SESED Parque de Motomecanização Pública modernizado Litoral Oriental Informatização das Unidades da Segurança Pública SESED Unidade informatizada Modernização do Sistema de Comunicação da Segurança SESED Sistema modernizado Pública Aquisição de Armamentos e Munições para Segurança Pública SESED Armamento e Munição adquirido Construção de Unidades para a Polícia do Bairro SESED Unidade Policial construída, reformada e Metro Quadrado ampliada Litoral Oriental Construção de Centrais de Polícia do Cidadão SESED Unidade Policial construída, reformada e Metro Quadrado 500 ampliada Litoral Oriental Construção, Reforma e Ampliação de Instalações Físicas das SESED Unidade Policial construída, reformada e Metro Quadrado Unidades da Segurança Pública ampliada Litoral Oriental Litoral Norte Agreste Alto Oeste Mossoroense Médio Oeste 750 Vale do Assu 750 Seridó Reaparelhamento das Unidades da Segurança Pública SESED Unidade reaparelhada Unidade 300 Rio Grande do Norte Construção da Sede da Segurança Pública SESED Sede construída Metro Quadrado Litoral Oriental Modernização do Sistema de Segurança Pública SESED Sistema modernizado Recuperação e Manutenção de Aeronave SESED aeronave recuperada e mantida Proteção às Mulheres e Minorias SESED Pessoa assistida Unidade Rio Grande do Norte Operacionalização do Conselho Estadual de Entorpecentes SESED Conselho operacionalizado 20

22 EXCELÊNCIA GERENCIAL DO SISTEMA ESTADUAL DE SEGURANÇA PÚBLICA , , ,00 Outros 0, ,00 Ampliar a qualificação dos recursos humanos da Secretaria do Estado da Segurança, permitindo uma maior eficiência administrativa e operacional do Sistema Estadual de Segurança Pública - SESP Carência de uma massa crítica de recursos humanos que permita maior eficiência e eficácia administrativa do Sistema Estadual de Segurança Pública Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social 01 - MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA E PROMOVER A INCLUSÃO SOCIAL População Qualificação, Requalificação e Aperfeiçoamento de Recursos SESED Servidor treinado Unidade Humanos Rio Grande do Norte Controle de Qualidade e Certificação de Gestão do Sistema SESED Unidade beneficiada Unidade 5 Estadual de Segurança Pública Rio Grande do Norte 5 21

23 CENTRAL DO CIDADÃO ,00 0, ,00 Outros 0, ,00 Levar ao cidadão um serviço público de qualidade, cumprindo um dever ético e contribuindo para a realização da cidadania plena A instalação, o aparelhamento e a melhoria das instalações das unidades de atendimento integrado do programa Central do Cidadão, visa oferecer condições adequadas de trabalho para garantir um melhor atendimento à população Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania 01 - MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA E PROMOVER A INCLUSÃO SOCIAL População Recuperação e Reaparelhamento de Unidade de Atendimento SEJUC Unidade recuperada e reaparelhada Unidade 28 Rio Grande do Norte Implantação e Aparelhamento de Unidades de Atendimento SEJUC Unidade implantada e aparelhada 3 Litoral Oriental 4 Litoral Norte 1 Agreste 1 Alto Oeste 1 Mossoroense 2 Médio Oeste 1 Vale do Assu 1 Seridó Aquisição de Unidade Móvel SEJUC Unidade adquirida Unidade 2 Rio Grande do Norte Modernização Tecnológica de Unidade Atendimento SEJUC Unidade informatizada Unidade 28 Rio Grande do Norte 28 22

24 GESTÃO DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE E CONTROLE SOCIAL , ,00 0,00 Outros 0, ,00 Organizar a gestão das ações e serviços, supra municipais, micro ou macrorregionais, construindo um sistema de saúde que contemple os reais interesses e necessidades da população. A redefinição dos objetivos e da função do sistema de saúde, assim como, a mudança do modelo de atenção Secretaria de Estado da Saúde Pública 01 - MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA E PROMOVER A INCLUSÃO SOCIAL População Revisão do Código Estadual de Saúde SESAP Código revisado Litoral Oriental Revisão e Aprimoramento do Plano de Cargos, Carreiras e SESAP Plano revisado e aprimorado Salários dos Servidores da Saúde Implementação de Consórcios Públicos de Saúde SESAP Consórcio implementado Unidade 8 Rio Grande do Norte Implantação e Implementação da Ouvidoria Estadual de Saúde SESAP Ouvidoria implantada Unidade 2 e do Conselho Estadual Litoral Oriental Fortalecimento do Funcionamento do Conselho Estadual de SESAP Conselho operacionalizado Saúde Operacionalização do Sistema Único de Saúde SESAP Município atendido Município

25 ORGANIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA E MELHORIA DA GESTÃO DA SAÚDE , , ,00 Outros , ,00 Gerenciar e coordenar as atividades hospitalares e de referência, objetivando uma melhor qualidade na assistência oferecida à população. Necessidade de adequar, manter e reaparelhar as unidades hospitalares e de referência, oferecendo uma melhor qualidade de vida à população Secretaria de Estado da Saúde Pública 01 - MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA E PROMOVER A INCLUSÃO SOCIAL População Organização e Implementação do Complexo Estadual de SESAP Unidade de Regulação modernizada Unidade 9 Regulação Rio Grande do Norte Implantação e Implementação de Política de Humanização e SESAP Município atendido Município 167 Qualificação dos Hospitais e Unidades de Referência Implantação e Implementação do Programa de Internação SESAP Município atendido Município 167 Domiciliar Auditoria da Assistência Ambulatorial e Hospitalar das Unidades SESAP Unidade auditada Unidade 780 de Saúde Rio Grande do Norte Implantação e Implementação da Farmácia Popular do Brasil no SESAP Município atendido Município 40 RN Rio Grande do Norte Implantação e Gestão da Farmácia de Todos CEASA Farmácia Implantada e Unidade 57 Operacionalizada Rio Grande do Norte 57 24

26 Distribuição de Medicamentos e Insumos Estratégicos SESAP Medicamento e insumo adquirido e Município 167 distribuído 67 25

27 PROMOÇÃO, PREVENÇÃO E VIGILÂNCIA À SAÚDE , , ,00 Outros 0, ,00 Coordenar, avaliar e executar as ações de vigilância à saúde; desenvolver ações de promoção e proteção à saúde, através de atividades preventivas; e, reduzindo a morbi-mortalidade geral e específica de grupos populacionais. Assegurar a integralidade das ações voltadas para a vigilância à saúde, compreendendo a vigilância epidemiológica, ambiental e sanitária, bem como, as ações de promoção, proteção e recuperação da saúde da população Secretaria de Estado da Saúde Pública 01 - MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA E PROMOVER A INCLUSÃO SOCIAL População Apoio a Gestão Municipal, Monitoramento e Avaliação da SESAP Evento realizado.336 Atenção Básica e Vigilância em Saúde Implantação e Implementação de Política de Promoção à Saúde SESAP Município atendido Município 167 e Prevenção de Doença e Agravos Implantação e Implementação da Vigilância às Doenças e SESAP Município atendido Município 167 Agravos não Transmissíveis Implantação e Implementação das Políticas Públicas Prioritárias SESAP Município atendido Município 167 para o SUS Fortalecimento das Ações de Atenção às Doenças Emergentes SESAP Município atendido Município 167 e Endemias Implantação e Implementação da Política de Saúde do SESAP Município atendido Município 167 Adolescente 67 26

28 Apoio e Incentivo à Política de Saúde do Sistema Penitenciário SESAP Unidade assistida Operacionalização de Ações de Vigilância Sanitária, Ambiental e SESAP Vigilância operacionalizada Epidemiológica Readequação do Sistema de Abastecimento de Água e SESAP Município atendido Município 30 Esgotamento Sanitário Rio Grande do Norte 30 27

29 NUTRIÇÃO E SEGURANÇA ALIMENTAR , ,00 0,00 Outros 0, ,00 Apoiar ações de nutrição e segurança alimentar visando o combate das carências nutricionais e garantindo o caráter de inserção e cidadania. Os índices expressivos de desnutrição e fome no contexto de segurança alimentar implica no reconhecimento do seu caráter intersetorial, devendo envolver a articulação do Estado com os Municípios Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social 01 - MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA E PROMOVER A INCLUSÃO SOCIAL Crianças, idosos e nutrizes Aquisição e Distribuição de Leite SETHAS Família assistida Litoral Oriental Litoral Norte Agreste Alto Oeste Mossoroense Médio Oeste Vale do Assu Seridó Mesa da Solidariedade CEASA Pessoa assistida Unidade Litoral Oriental Mossoroense Sopão CEASA Pessoa atendida Litoral Oriental Mossoroense

30 Cozinha Alternativa CEASA Pessoa atendida Unidade Rio Grande do Norte Suplementação Alimentar SETHAS Programa executado Unidade 40 Litoral Oriental 4 Litoral Norte 5 Agreste 6 Alto Oeste 4 Mossoroense 6 Médio Oeste 5 Vale do Assu 5 Seridó Operacionalização do Pacto de Aprimoramento SETHAS Programa operacionalizado 29

31 PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO SOLIDÁRIO - REDUÇÃO DA POBREZA RURAL ,00 0, ,00 Outros , ,00 Contribuir para a redução da pobreza e a promoção do desenvolvimento local sustentável com a participação das associações representativas, atores sociais, mediante a geração de ocupação e renda Combater a pobreza rural por meio de estímulos que favorecem a permanência da população no meio rural ou ainda fomentam o fluxo migratório de retorno, permitindo a inclusão social e a melhoria da qualidade de vida das populações menos favorecidas do Estado Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social 01 - MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA E PROMOVER A INCLUSÃO SOCIAL Comunidades rurais Redução da Pobreza Rural SETHAS Projeto aprovado Unidade Litoral Oriental 550 Litoral Norte 250 Agreste 250 Alto Oeste 300 Mossoroense 150 Médio Oeste 250 Vale do Assu 250 Seridó Desenvolvimento Institucional - Capacitação SETHAS Pessoa capacitada Pessoa Rio Grande do Norte Desenvolvimento - Monitoramento e Administração SETHAS Projeto monitorado

32 ATENDIMENTO À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE , , ,00 Outros , ,00 Atuar no Processo de construção da cidadania de adolescentes, autores de atos infracionais e, de forma suplementar, crianças e adolescentes, órfãos, abandonados e vitimizados. Implementação do processo de reengenharia operacional e institucional em consonância com a LOAS e ECA/Lei nº de 13 de julho de Fundação Estadual da Criança e do Adolescente 01 - MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA E PROMOVER A INCLUSÃO SOCIAL Adolescentes em conflito com a lei e em situação de risco e sua família Programa de Proteção Jurídico-Social FUNDAC Criança e Adolescente atendido Unidade 885 Litoral Oriental 530 Mossoroense 255 Seridó Apoio e Atendimento ao Adolescente Egresso FUNDAC Adolescente atendido.040 Litoral Oriental 640 Mossoroense 280 Seridó Programa de Proteção Especial à Criança e ao Adolescente FUNDAC Criança e Adolescente atendido Unidade Litoral Oriental Mossoroense 150 Seridó 10 31

33 Operacionalização do Sistema de Informação para Infância e FUNDAC Sistema operacionalizado Sistema 3 Adolescência Litoral Oriental 1 Mossoroense 1 Seridó Aquisição de Unidade Móvel FUNDAC Unidade adquirida Litoral Oriental Participação em Eventos de Aperfeiçoamento Técnico FUNDAC Servidor capacitado Unidade 660 Rio Grande do Norte Realização de Eventos FUNDAC Evento realizado Unidade 450 Rio Grande do Norte Apoio à Família de Criança e Adolescente FUNDAC Família assistida Unidade Rio Grande do Norte Dinamização de Ações Voltadas à Criança e ao Adolescente FUNDAC Criança e Adolescente atendido Recuperação, Reforma e Ampliação de Unidade de Atendimento FUNDAC Unidade recuperada, ampliada e Unidade 31 reformada Litoral Oriental 22 Mossoroense 5 Seridó Aparelhamento e Reaparelhamento de Unidade de Atendimento FUNDAC Unidade equipada Unidade 31 Litoral Oriental 22 Mossoroense 5 Seridó Construção de Unidade de Atendimento FUNDAC Unidade construída Unidade 3 Litoral Oriental 1 Seridó Operacionalização de Unidades de Atendimento FUNDAC Unidade operacionalizada Unidade 31 Litoral Oriental 22 Mossoroense 5 Seridó 4 32

Governo do Estado do Rio Grande do Norte Sistema Integrado para Administração Financeira Anexo de Metas e Prioridades

Governo do Estado do Rio Grande do Norte Sistema Integrado para Administração Financeira Anexo de Metas e Prioridades Programa 1704 - APOIO À AGRICULTURA FAMILIAR 17000 - Secretaria de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca Fortalecer a agricultura familiar, através de um conjunto de ações implementadas em parceria

Leia mais

PROGRAMA POR MACROOBJETIVO

PROGRAMA POR MACROOBJETIVO PERFIL DOS PROGRAMAS PROGRAMA POR MACROOBJETIVO 01 - Melhorar a Qualidade de Vida e Promover a Inclusão Social 1402 Defesa dos Interesses Sociais, Individuais e do Cidadão PGJ 64 1501 Reaparelhamento e

Leia mais

RICARDO MOTTA PRESIDENTE

RICARDO MOTTA PRESIDENTE ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA LEGISLATIVA 1ª SESSÃO LEGISLATIVA DA 60ª LEGISLATURA NATAL, 17.11.2011 BOLETIM OFICIAL 2806 ANO XXII QUINTA-FEIRA A MESA DIRETORA Deputado

Leia mais

Código Especificação Fiscal Seg.Social Investimentos Total

Código Especificação Fiscal Seg.Social Investimentos Total 100 Fortalecimento da Atuação Legislativa 8.475.000 8.475.000 101 Fortalecimento do Controle Externo Estadual 80.649.880 80.649.880 102 Fortalecimento do Controle Externo Municipal 3.245.000 3.245.000

Leia mais

PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019

PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019 PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019 Candidato Gilmar Ribeiro de Mello SLOGAN: AÇÃO COLETIVA Página 1 INTRODUÇÃO Considerando as discussões realizadas com a comunidade interna

Leia mais

Prefeitura Municipal de AJURICABA LDO - Lei de Diretrizes Orçamentárias - 2016 Anexo V - Meta Fiscal da Despesa - Rol de Programas

Prefeitura Municipal de AJURICABA LDO - Lei de Diretrizes Orçamentárias - 2016 Anexo V - Meta Fiscal da Despesa - Rol de Programas Página: 1 0000 OPERAÇÕES ESPECIAIS 101 Restituição de Recursos 4.000,00 5.000,00 6.000,00 201 Contribuição PASEP 290.000,00 300.000,00 310.000,00 301 Sentenças Judiciais e Precatórios 6.000,00 8.000,00

Leia mais

DIRETRIZES GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE UM PLANO DE GOVERNO

DIRETRIZES GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE UM PLANO DE GOVERNO DIRETRIZES GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE UM PLANO DE GOVERNO POR UM CEARÁ MELHOR PRA TODOS A COLIGAÇÃO POR UM CEARA MELHOR PRA TODOS, com o objetivo de atender à Legislação Eleitoral e de expressar os compromissos

Leia mais

ANEXO IX - DEMONSTRATIVO VII METAS E PRIORIDADES - COMPATIBILIZAÇÃO DA LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS COM O PLANO PLURIANUAL

ANEXO IX - DEMONSTRATIVO VII METAS E PRIORIDADES - COMPATIBILIZAÇÃO DA LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS COM O PLANO PLURIANUAL METAS E PRIORIDADES - COMPATIBILIZ DA LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS COM O PLANO PLURIANUAL TÍTULO PRODUTO TIPO DE META 2013 2001 Administração Legislativa Serviços Realizados ORÇAMENTÁRIA 95% 0001 GESTÃO

Leia mais

Desenvolvimento Agrícola e Meio Ambiente

Desenvolvimento Agrícola e Meio Ambiente p Relatório Consulta Bico do Papagaio Oficinas 279 pessoas se credenciaram para participar das oficinas na cidade de Tocantinópolis. Foi solicitado à elas que elencassem as demandas e problemas regionais.

Leia mais

PLANO PLURIANUAL DE AÇÃO GOVERNAMENTAL 2012-2015 RELAÇÃO DE PROGRAMAS SOCIAIS (Inciso I do art. 12 da Lei n.º 20.024, de 9 de janeiro de 2012)

PLANO PLURIANUAL DE AÇÃO GOVERNAMENTAL 2012-2015 RELAÇÃO DE PROGRAMAS SOCIAIS (Inciso I do art. 12 da Lei n.º 20.024, de 9 de janeiro de 2012) ADMINISTRAÇÃO DE ESTÁDIOS DO ESTADO DE MINAS GERAIS 181 GERENCIAMENTO DE ESTÁDIOS E PROMOÇÃO DE EVENTOS ESPORTIVOS, RELIGIOSOS E SOCIO-CULTURAIS AGÊNCIA REGULADORA DE SERVIÇOS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA

Leia mais

PODER EXECUTIVO - PROGRAMAS ESTRUTURADORES PLANO PLURIANUAL - 2010/2013 - Lei 6.716, de 22 de dezembro de 2010.

PODER EXECUTIVO - PROGRAMAS ESTRUTURADORES PLANO PLURIANUAL - 2010/2013 - Lei 6.716, de 22 de dezembro de 2010. 2001 Administração Legislativa Serviços Realizados Percentual 95% 0001 GESTÃO LEGISLATIVA E CIDADANIA 2002 Processamento Legislativo Ações Realizadas Percentual 95% 2003 Modernização Administrativa Gestão

Leia mais

Demonstrativo de Funções, Subfunções e Programas por Projetos e Atividades - Anexo VII

Demonstrativo de Funções, Subfunções e Programas por Projetos e Atividades - Anexo VII 01 Legislativa 3.000.000 52.200.000 55.200.000 01031 Ação Legislativa 7.834.000 7.834.000 010310028 ATUAÇÃO LEGISLATIVA DA CÂMARA MUNICIPAL DE 7.834.000 7.834.000 01122 Administração Geral 3.000.000 38.140.000

Leia mais

PLANO DE GOVERNO 2015-2018 EXPEDITO JÚNIOR....o futuro pode ser melhorado por uma intervenção ativa no presente. Russel Ackoff

PLANO DE GOVERNO 2015-2018 EXPEDITO JÚNIOR....o futuro pode ser melhorado por uma intervenção ativa no presente. Russel Ackoff PLANO DE GOVERNO 2015-2018 EXPEDITO JÚNIOR...o futuro pode ser melhorado por uma intervenção ativa no presente. Russel Ackoff Julho/2014 0 APRESENTAÇÃO Se fôssemos traduzir o Plano de Governo 2015-2018

Leia mais

Desenvolvimento Agrícola e Meio Ambiente

Desenvolvimento Agrícola e Meio Ambiente p Relatório Consulta Pública Região Sudeste Oficinas 274 pessoas se credenciaram para participar das oficinas na cidade de Natividade. Foi solicitado à elas que elencassem as demandas e problemas regionais.

Leia mais

PREFEITURA DE XINGUARA

PREFEITURA DE XINGUARA 50/000-20 Anexo IV - Programas, Metas e Ações - (PPA Inicial) Página de 5 Programa: 000 AÇÃO LEGISLATIVA Manutenção da CMX através do apoio financeiro às atividades legislativas, custeio de despesas administrativas,

Leia mais

Programas e Políticas Públicas de SAN na Bahia

Programas e Políticas Públicas de SAN na Bahia Programas e Políticas Públicas de SAN na Bahia Gestão Equipamentos de SAN Acesso a água Apoio a Agricultura Familiar Inclusão Produtiva Jainei Cardoso Coordenação Rede de San e Cidadania Conselheira CONSEA-BA

Leia mais

MUNICÍPIO DE CARAPEBUS LDO 2015 ANEXO DE METAS E PRIORIDADES METAS E PRIORIDADES 2015

MUNICÍPIO DE CARAPEBUS LDO 2015 ANEXO DE METAS E PRIORIDADES METAS E PRIORIDADES 2015 - 1350 Página 1 PROGRAMA 0000 ENCARGOS ESPECIAIS OBJETIVO DAR SUPORTE A DIVIDA CONTRATADA ORIUNDA DE PARCELAMENTOS, SUBVENÇÕES E DEMAIS OPERAÇÕES ESPECIAIS. 0010 AMORTIZAÇÃO PARCELAMENTO/ENCARGOS SOBRE

Leia mais

ANEXO VI 3583 REAPARELHAMENTO, ATUALIZAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO TECNOLÓGICO DOS POSTOS ADUANEIROS 2247 SISTEMA INTEGRADO DE COMÉRCIO EXTERIOR- SISCOMEX

ANEXO VI 3583 REAPARELHAMENTO, ATUALIZAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO TECNOLÓGICO DOS POSTOS ADUANEIROS 2247 SISTEMA INTEGRADO DE COMÉRCIO EXTERIOR- SISCOMEX PROGRAMA: 0910 ADEQUAÇÃO DE RODOVIAS FEDERAIS 5850 ADEQUAÇÃO DE RODOVIAS FEDERAIS 5851 ADEQUAÇÃO DE TRECHOS RODOVIÁRIOS NA REGIÃO SUDESTE 5868 ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE CAPACIDADE DE RODOVIAS PROGRAMA:

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BETÂNIA Estado de Pernambuco LEI Nº 636 /2012 DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS 2013 Anexo de Prioridades e Metas ( Sintético )

PREFEITURA MUNICIPAL DE BETÂNIA Estado de Pernambuco LEI Nº 636 /2012 DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS 2013 Anexo de Prioridades e Metas ( Sintético ) Anexo de Prioridades e s ( Sintético ) s Processo Legislativo Administração Legislativa Planejamento Governamental Gestão Política Administrativa Suporte Administrativo Garantir o exercício da função legislativa

Leia mais

Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Tocantins decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Tocantins decreta e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 1.374, DE 08 DE ABRIL DE 2003. Publicado no Diário Oficial nº 1.425. Dispõe sobre a Política Estadual de Educação Ambiental e adota outras providências. O Governador do Estado do Tocantins Faço

Leia mais

Inclusão Socioeconômica

Inclusão Socioeconômica PPA 2004-2007 Bahia que Faz SECRETARIAS ENVOLVIDAS OBJETIVO RECURSOS SEAGRI, SEC, SEFAZ, SICM, SEPLAN, SETRAS, SCT, SEINFRA, SECOMP, EGERAIS Desenvolver políticas de incentivo à inserção econômica das

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PRESIDENTE KUBITSCHEK Estado de Minas Gerais MENSAGEM Nº

PREFEITURA MUNICIPAL DE PRESIDENTE KUBITSCHEK Estado de Minas Gerais MENSAGEM Nº MENSAGEM Nº Senhores membros da Câmara Municipal, Submeto à elevada deliberação de V. Exªs. o texto do projeto de lei que institui o Plano Plurianual para o período de 2002 a 2005. Este projeto foi elaborado

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO SUL PPA 2010/2013 CLASSIFICAÇÃO DOS PROGRAMAS E AÇÕES POR FUNÇÃO E SUBFUNÇÃO SUBFUNÇÃO PROGRAMA AÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO SUL PPA 2010/2013 CLASSIFICAÇÃO DOS PROGRAMAS E AÇÕES POR FUNÇÃO E SUBFUNÇÃO SUBFUNÇÃO PROGRAMA AÇÃO FUNÇÃO: 01 - LEGISLATIVA 031 Ação Legislativa 0001 - Execução da Ação Legislativa Manutenção das Atividades Legislativas FUNÇÃO: 02 - JUDICIÁRIA 122 Administração Geral 0006 - Defesa Jurídica do Município

Leia mais

CRONOGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DO PDI

CRONOGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DO PDI CRONOGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DO PDI A implementação do Plano de Desenvolvimento Institucional, envolve além dos objetivos e metas já descritos, o estabelecimento de indicadores, como forma de se fazer o

Leia mais

Diretrizes: 1. Cumprir as metas do Compromisso Todos Pela Educação- TPE

Diretrizes: 1. Cumprir as metas do Compromisso Todos Pela Educação- TPE IV. CÂMARA TEMÁTICA DA EDUCACÃO, CULTURA E DESPORTOS Diretrizes: 1. Cumprir as metas do Compromisso Todos Pela Educação- TPE Meta 1 Toda criança e jovem de 4 a 17 anos na escola; Meta 2 Até 2010, 80% e,

Leia mais

Governo do Estado do Rio Grande do Sul Plano Plurianual 2004-2007. Secretaria da Coordenação e Planejamento

Governo do Estado do Rio Grande do Sul Plano Plurianual 2004-2007. Secretaria da Coordenação e Planejamento TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO FISCALIZAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA EXTERNA Obtenção da Certificação na ISO 9000:2000 100 TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR JUSTIÇA MILITAR, JUSTIÇA CIDADÃ JUSTIÇA MILITAR, JUSTIÇA

Leia mais

Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial

Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial 0352 Abastecimento Agroalimentar 22000 1049 Acesso à Alimentação 0351 Agricultura Familiar - PRONAF 1215 Alimentação Saudável 1016 Artesanato Brasileiro 28000 0135 Assentamentos Sustentáveis para Trabalhadores

Leia mais

PROJETO DE LEI ORÇAMENTÁRIA PARA 2007

PROJETO DE LEI ORÇAMENTÁRIA PARA 2007 Secretaria de Orçamento Federal - SOF Assessoria de Consolidação - ASCON PROJETO DE LEI ORÇAMENTÁRIA PARA 2007 No Estado do Rio de (RJ) Ministério da Ciência e Tecnologia 0 23.384 23.384 Implantação de

Leia mais

EIXO III CRONOGRAMA DE IMPLANTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA INSTITUIÇÃO E DE CADA UM DE SEUS CURSOS

EIXO III CRONOGRAMA DE IMPLANTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA INSTITUIÇÃO E DE CADA UM DE SEUS CURSOS UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA EIXO III CRONOGRAMA DE IMPLANTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA INSTITUIÇÃO E DE CADA UM DE SEUS CURSOS EIXO III - CRONOGRAMA DE IMPLANTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA INSTITUIÇÃO

Leia mais

PLANO DE GESTÃO 2015-2017

PLANO DE GESTÃO 2015-2017 UNIFAL-MG FACULDADE DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS PLANO DE GESTÃO 2015-2017 Profa. Fernanda Borges de Araújo Paula Candidata a Diretora Profa. Cássia Carneiro Avelino Candidata a Vice Diretora Índice Apresentação...

Leia mais

SÃO BERNARDO DO CAMPO

SÃO BERNARDO DO CAMPO 1 PPA Participativo 2014-2017 Prestação de Contas O PPA Participativo 2014-2017 em números 21 plenárias 13.471 participantes 200 grupos de trabalho 400 diretrizes 55 programas e ações R$ 18,6 bilhões 3

Leia mais

Cultura Oficina Litoral Sustentável

Cultura Oficina Litoral Sustentável Cultura Oficina Litoral Sustentável 1 ESTRUTURA DA AGENDA REGIONAL E MUNICIPAIS 1. Princípios 2. Eixos 3. Diretrizes 4. Ações 4.1 Natureza das ações (planos, projetos, avaliação) 4.2 Mapeamento de Atores

Leia mais

ESTADO DO ACRE PREFEITURA DE MÂNCIO LIMA GABINETE DO PREFEITO LEI Nº 308/2013 MÂNCIO LIMA-ACRE, 15 DE MARÇO DE 2013.

ESTADO DO ACRE PREFEITURA DE MÂNCIO LIMA GABINETE DO PREFEITO LEI Nº 308/2013 MÂNCIO LIMA-ACRE, 15 DE MARÇO DE 2013. LEI Nº 308/2013 MÂNCIO LIMA-ACRE, 15 DE MARÇO DE 2013. ALTERA A LEI Nº 306/012 DE 17 DE DEZEMBRO DE 2012, QUE DISPÕE SOBRE A ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DA PREFEITURA MUNICIPAL DE MÂNCIO LIMA- ACRE, E DÁ

Leia mais

DIRETRIZES GERAIS PARA UM PLANO DE GOVERNO

DIRETRIZES GERAIS PARA UM PLANO DE GOVERNO DIRETRIZES GERAIS PARA UM PLANO DE GOVERNO Ações de Inclusão Social e de Combate à Pobreza Modelo Próprio de Desenvolvimento Infra-estrutura para o Desenvolvimento Descentralizado Transparência na Gestão

Leia mais

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA. TERMO DE REFERÊNCIA CONS - OPE 03 01 Vaga

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA. TERMO DE REFERÊNCIA CONS - OPE 03 01 Vaga INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA CONS - OPE 03 01 Vaga 1. IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Consultoria para promover estudos, formular proposições e apoiar as Unidades

Leia mais

Minuta do Capítulo 8 do PDI: Políticas de Atendimento aos Discentes

Minuta do Capítulo 8 do PDI: Políticas de Atendimento aos Discentes Minuta do Capítulo 8 do PDI: Políticas de Atendimento aos Discentes Elaborada pela Diretoria de Assuntos Estudantis 1 1 Esta minuta será apreciada pelo Colegiado de Ensino, Pesquisa e Extensão nos dias

Leia mais

III CONGRESSO BRASILEIRO DO CACAU: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E SUSTENTABILIDADE

III CONGRESSO BRASILEIRO DO CACAU: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E SUSTENTABILIDADE III CONGRESSO BRASILEIRO DO CACAU: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E SUSTENTABILIDADE Painel 8: O papel de Instituições Públicas para Desenvolvimento da Cacauicultura Brasileira O Cacau e a Agricultura Familiar Adriana

Leia mais

01. Câmara Municipal. 02. Secretaria Municipal de Governo. 03. Gabinete do Vice-Prefeito. 04. Procuradoria Geral do Município

01. Câmara Municipal. 02. Secretaria Municipal de Governo. 03. Gabinete do Vice-Prefeito. 04. Procuradoria Geral do Município Estrutura Administrativa e Principais 01. Câmara Municipal - Lei Orgânica do Município de Teresina, de 05 de abril de 1991. - Votar o Orçamento Anual e o Plano Plurianual, bem como autorizar abertura de

Leia mais

PLANO DE GOVERNO TULIO BANDEIRA PTC 36

PLANO DE GOVERNO TULIO BANDEIRA PTC 36 PLANO DE GOVERNO TULIO BANDEIRA PTC 36 GESTÃO PÚBLICA Garantir ampla participação popular na formulação e acompanhamento das políticas públicas; Criação do SOS Oprimidos, onde atenda desde pessoas carentes

Leia mais

A CÂMARA MUNICIPAL DE CAIAPÔNIA, ESTADO DE GOIÁS, APROVA E EU, PREFEITO MUNICIPAL, SANCIONO A SEGUINTE LEI: TÍTULO II DISPOSIÇÕES GERAIS

A CÂMARA MUNICIPAL DE CAIAPÔNIA, ESTADO DE GOIÁS, APROVA E EU, PREFEITO MUNICIPAL, SANCIONO A SEGUINTE LEI: TÍTULO II DISPOSIÇÕES GERAIS LEI N o 1.633 DE 14 DE JANEIRO DE 2013. DEFINE A NOVA ESTRUTURA ADMINISTRATIVA DO MUNICÍPIO DE CAIAPÔNIA E DETERMINA OUTRAS PROVIDÊNCIAS A CÂMARA MUNICIPAL DE CAIAPÔNIA, ESTADO DE GOIÁS, APROVA E EU, PREFEITO

Leia mais

Em busca da sustentabilidade na gestão do saneamento: instrumentos de planejamento

Em busca da sustentabilidade na gestão do saneamento: instrumentos de planejamento Em busca da sustentabilidade na gestão do saneamento: instrumentos de planejamento Marcelo de Paula Neves Lelis Gerente de Projetos Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental Ministério das Cidades Planejamento

Leia mais

LEI Nº 9.011 DE 1 DE JANEIRO DE 2005. Dispõe sobre a estrutura organizacional da Administração Direta do Poder Executivo e dá outras providências.

LEI Nº 9.011 DE 1 DE JANEIRO DE 2005. Dispõe sobre a estrutura organizacional da Administração Direta do Poder Executivo e dá outras providências. Diário Oficial do Município - Belo Horizonte Ano XI - Nº: 2.273-01/01/2005 Poder Executivo Secretaria Municipal de Governo Lei nº 9.011 de 1º de janeiro de 2005 - Anexos LEI Nº 9.011 DE 1 DE JANEIRO DE

Leia mais

Unidade Gestora : CONSOLIDADO Codigo Especificacao Projetos Atividades Oper. Especiais Total

Unidade Gestora : CONSOLIDADO Codigo Especificacao Projetos Atividades Oper. Especiais Total 01.000.0000 Legislativa 300.000,00 3.280.900,00 3.580.900,00 01.031.0000 Acao Legislativa 300.000,00 3.280.900,00 3.580.900,00 01.031.0001 Dotar a Camara Municipal com moveis e 300.000,00 275.000,00 575.000,00

Leia mais

LEI Nº 310/2009, DE 15 DE JUNHO DE 2009.

LEI Nº 310/2009, DE 15 DE JUNHO DE 2009. LEI Nº 310/2009, DE 15 DE JUNHO DE 2009. DISPÕE SOBRE A REESTRUTURAÇÃO DO DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE SAÚDE, CRIAÇÃO DO DEPARTAMENTO DE ASSISTÊNCIA E DESENVOLVIMENTO SOCIAL, DA DIVISÃO DE MEIO-AMBIENTE E

Leia mais

Departamento de Geração de Renda e

Departamento de Geração de Renda e Departamento de Geração de Renda e Agregação de Valor - DGRAV ESTRUTURA DO MDA Gabinete do Ministro Secretaria Executiva Secretaria da Agricultura Familiar SAF Secretaria de Reordenamento Agrário - SRA

Leia mais

PREFEITURA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO, CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

PREFEITURA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO, CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO PROGRAMA DE METAS Gestão 2013/2016 APRESENTAÇÃO... 2 I - VISÃO DO MUNICÍPIO... 3 II COMPROMISSO... 3 III PRINCÍPIOS DE GESTÃO... 3 IV DIRETRIZES ESTRATÉGIAS... 4 PROGRAMA DE METAS DESENVOLVIMENTO URBANO...

Leia mais

LDO 2015 - Anexo de Metas e Prioridades Governo Municipal de Cantanhede Página : 001

LDO 2015 - Anexo de Metas e Prioridades Governo Municipal de Cantanhede Página : 001 Governo Municipal de Cantanhede Página : 001 -------------------------------------------------- Órgão: 01 - Câmara Municipal -------------------------------------------------- --------------------------------------------

Leia mais

DOCUMENTO FINAL 11ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DO PARANÁ

DOCUMENTO FINAL 11ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DO PARANÁ DOCUMENTO FINAL 11ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DO PARANÁ EIXO 1 DIREITO À SAÚDE, GARANTIA DE ACESSO E ATENÇÃO DE QUALIDADE Prioritária 1: Manter o incentivo aos Programas do Núcleo Apoio da Saúde da Família

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO

MINISTÉRIO DA SAÚDE GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO MINISTÉRIO DA SAÚDE GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO AGENDA ESTRATÉGICA DA GESTÃO (2012-2015) AGENDA ESTRATÉGICA DA GESTÃO (2012-2015) Este documento tem o propósito de promover o alinhamento da atual gestão

Leia mais

PROPOSTA DE AÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA

PROPOSTA DE AÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA PROPOSTA DE AÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA Proposta de ações para elaboração do Plano Estadual da Pessoa com Deficiência Objetivo Geral: Contribuir para a implementação

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL BAIANO CAMPUS URUÇUCA PLANO DE TRABALHO QUADRIÊNIO 2014-2018 EURO OLIVEIRA DE ARAÚJO

INSTITUTO FEDERAL BAIANO CAMPUS URUÇUCA PLANO DE TRABALHO QUADRIÊNIO 2014-2018 EURO OLIVEIRA DE ARAÚJO INSTITUTO FEDERAL BAIANO CAMPUS URUÇUCA PLANO DE TRABALHO QUADRIÊNIO 2014-2018 EURO OLIVEIRA DE ARAÚJO Euro Oliveira de Araújo, graduado em Licenciatura em Química pela Universidade Estadual da Bahia.

Leia mais

SÍNTESE BARRA DO GARÇAS RP IV

SÍNTESE BARRA DO GARÇAS RP IV SÍNTESE BARRA DO GARÇAS RP IV Realizar projetos para destinação de resíduos sólidos * Meio Ambiente Desenvolver programas de educação ambiental Apresentar pequenos e médios projetos de recuperação (seqüestro

Leia mais

DOCUMENTO FINAL 8ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DE TOCANTINS

DOCUMENTO FINAL 8ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DE TOCANTINS DOCUMENTO FINAL 8ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DE TOCANTINS EIXO 1 DIREITO À SAÚDE, GARANTIA DE ACESSO E ATENÇÃO DE QUALIDADE DIRETRIZ: Ampliação da cobertura e qualidade dos serviços de saúde, com o aprimoramento

Leia mais

Conhecendo a Fundação Vale

Conhecendo a Fundação Vale Conhecendo a Fundação Vale 1 Conhecendo a Fundação Vale 2 1 Apresentação Missão Contribuir para o desenvolvimento integrado econômico, ambiental e social dos territórios onde a Vale atua, articulando e

Leia mais

EIXO DE TRABALHO 01 DIREITO A CIDADANIA, PARTICIPAÇÃO SOCIAL E POLÍTICA E A REPRESENTAÇÃO JUVENIL

EIXO DE TRABALHO 01 DIREITO A CIDADANIA, PARTICIPAÇÃO SOCIAL E POLÍTICA E A REPRESENTAÇÃO JUVENIL EIXO DE TRABALHO 01 DIREITO A CIDADANIA, PARTICIPAÇÃO SOCIAL E POLÍTICA E A REPRESENTAÇÃO JUVENIL Proposta I Fomentar a criação de grêmios estudantis, fóruns de juventude, diretórios centrais de estudantes,

Leia mais

Orientações para o Apoio do Fundo Amazônia ao Cadastramento Ambiental Rural

Orientações para o Apoio do Fundo Amazônia ao Cadastramento Ambiental Rural Orientações para o Apoio do Fundo Amazônia ao Cadastramento Ambiental Rural 1. Apoio do Fundo Amazônia ao Cadastramento Ambiental Rural no bioma Amazônia... 2 2. Apoio do Fundo Amazônia ao Cadastramento

Leia mais

ANEXO 05 Lei n 509 - PPA

ANEXO 05 Lei n 509 - PPA DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO Instituído pela lei municipal de n 352, de 31 de agosto de 2009. ADMINISTRAÇÃO DO EXMO. SENHOR CICERO MONTEIRO NETO ANO V N 327 - RODOLFO FERNANDE S/RN, Terça - feira, 31 de

Leia mais

Plano de Governo 2013/2016 Secretaria Municipal de Saúde

Plano de Governo 2013/2016 Secretaria Municipal de Saúde Secretaria Municipal de Saúde Garantir o bom funcionamento e reais condições de atendimento a população em toda Rede de Serviços de Saúde, de forma eficiente; Fortalecer o Conselho Municipal de Saúde,

Leia mais

MUNICÍPIO DO CABO DE SANTO AGOSTINHO - PE RELAÇÃO DOS PROGRAMAS VIGENTES NO EXERCÍCIO 2015 PLANO PLURIANUAL E ORÇAMENTO 2015

MUNICÍPIO DO CABO DE SANTO AGOSTINHO - PE RELAÇÃO DOS PROGRAMAS VIGENTES NO EXERCÍCIO 2015 PLANO PLURIANUAL E ORÇAMENTO 2015 CódigoDenominação 1001 1002 1003 1004 1005 1006 1007 1008 1009 1011 1012 Objetivo 1013 PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS DA PROCURADORIA GERAL DO MUNICÍPIO Promover o desenvolvimento pessoal e

Leia mais

Dossiê Ensino Fundamental no Brasil. Estudo para a construção do Plano Municipal de Educação de Palmas

Dossiê Ensino Fundamental no Brasil. Estudo para a construção do Plano Municipal de Educação de Palmas Estudo para a construção do Plano Municipal de Educação de Palmas Segundo substitutivo do PNE, apresentado pelo Deputado Angelo Vanhoni, Abril de 2012 Profa. Dra. Rosilene Lagares PPGE/PET PedPalmas Palmas,

Leia mais

NAL 4.462.633 NAL 4.000.000 NAL 25.127.347 NAL NAL NAL

NAL 4.462.633 NAL 4.000.000 NAL 25.127.347 NAL NAL NAL Órgão: 12000 - Justiça Federal Unidade: 12101 - Justiça Federal de Primeiro Grau PROGRAMA DE TRABALHO ( SUPLEMENTAÇÃO ) RECURSOS DE DAS AS FONTES - R$ 1,00 0569 Prestação Jurisdicional na Justiça Federal

Leia mais

LDO/2015 ANEXO DE METAS E PRIORIDADES - FOLHA Nº01 PROGRAMAS E AÇÕES

LDO/2015 ANEXO DE METAS E PRIORIDADES - FOLHA Nº01 PROGRAMAS E AÇÕES LDO/2015 ANEXO DE METAS E PRIORIDADES - FOLHA Nº01 PROGRAMAS E AÇÕES META -01 Programa: AMPLIAÇÃO DA ÁREA FÍSICA DO PODER LEGISLATIVO. Permitir o regular funcionamento das atividades do Poder Legislativo,

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL UNIVERSIDADES ESTADUAIS PARANAENSES

PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL UNIVERSIDADES ESTADUAIS PARANAENSES PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL UNIVERSIDADES ESTADUAIS PARANAENSES - 2012 a 2021 Instituição: ENSINO DE GRADUAÇÃO Programas/Projetos/Ações Ano Natureza Valores Fonte de Recursos Beneficiado Manutenção

Leia mais

DETALHAMENTO DOS RECURSOS DO ORÇAMENTO GERAL DA UNIÃO

DETALHAMENTO DOS RECURSOS DO ORÇAMENTO GERAL DA UNIÃO DETALHAMENTO DOS RECURSOS DO ORÇAMENTO GERAL DA UNIÃO MODALIDADE NACIONAL (TODOS OS ESTADOS PODEM CAPTAR) EXERCÍCIO 2015 PORTO ALEGRE, 13 DE JULHO DE 2015 1 INTRODUÇÃO A seguir estão detalhadas as oportunidades

Leia mais

Banco do Nordeste Apoio à Agricultura Familiar

Banco do Nordeste Apoio à Agricultura Familiar Banco do Nordeste Apoio à Agricultura Familiar Programa Nacional de Fortalecimento Da Agricultura Familiar OBJETIVO Fortalecer a agricultura familiar, mediante o financiamento da infra-estrutura de produção

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO SUL PPA 2010/2013 CLASSIFICAÇÃO DOS PROGRAMAS E AÇÕES POR FUNÇÃO E SUBFUNÇÃO SUBFUNÇÃO PROGRAMA AÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO SUL PPA 2010/2013 CLASSIFICAÇÃO DOS PROGRAMAS E AÇÕES POR FUNÇÃO E SUBFUNÇÃO SUBFUNÇÃO PROGRAMA AÇÃO FUNÇÃO: 01 - LEGISLATIVA 31 Ação Legislativa 0001- Execução da Ação Legislativa 2001 - Manutenção das Atividades Legislativas da Câmara Municipal FUNÇÃO: 02 - JUDICIÁRIA 122 Administração Geral 0006- Defesa

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MOGI DAS CRUZES PLANO DE GOVERNO 2009 / 2012 EDUCAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MOGI DAS CRUZES PLANO DE GOVERNO 2009 / 2012 EDUCAÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE MOGI DAS CRUZES PLANO DE GOVERNO 2009 / 2012 EDUCAÇÃO O que buscamos Proporcionar educação com qualidade social para todas as crianças. Erradicar o analfabetismo, ampliar o nível

Leia mais

PROGRAMAS E PROJETOS PARA O DESENVOLVIMENTO DO ECOTURISMO NO PÓLO DO CANTÃO

PROGRAMAS E PROJETOS PARA O DESENVOLVIMENTO DO ECOTURISMO NO PÓLO DO CANTÃO º PROGRAMAS E S PARA O DESENVOLVIMENTO DO ECOTURISMO NO PÓLO DO CANTÃO Programa de utilização sustentável dos atrativos turísticos naturais Implementação do Plano de Manejo do Parque do Cantão Garantir

Leia mais

Objetivos Consolidar uma política garantidora de direitos Reduzir ainda mais a desigualdade social

Objetivos Consolidar uma política garantidora de direitos Reduzir ainda mais a desigualdade social AGENDA SOCIAL AGENDA SOCIAL Estamos lutando por um Brasil sem pobreza, sem privilégios, sem discriminações. Um país de oportunidades para todos. A melhor forma para um país crescer é fazer que cada vez

Leia mais

PROJETO DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL DO ESTADO DA BAHIA. Banco Mundial

PROJETO DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL DO ESTADO DA BAHIA. Banco Mundial PROJETO DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL DO ESTADO DA BAHIA POR QUE O PROJETO Decisão Estratégica do Governo do Estado da Bahia Necessidade de avançar na erradicação da pobreza rural Existência de

Leia mais

alimentos para o brasil APRESENTAÇÃO

alimentos para o brasil APRESENTAÇÃO 2014-2015 APRESENTAÇÃO O Plano Safra da Agricultura Familiar 2014/2015 Alimentos Para o Brasil vem consolidar mais de uma década de políticas públicas que melhoram a vida de quem vive no Brasil Rural.

Leia mais

Governo do Estado do Rio Grande do Norte Sistema Integrado para Administração Financeira Ano Base: 2012 Demonstrativo da Proposta da Despesa

Governo do Estado do Rio Grande do Norte Sistema Integrado para Administração Financeira Ano Base: 2012 Demonstrativo da Proposta da Despesa 0100 - ATIVIDADE DE APOIO ADMINISTRATIVO 20780 - Preservação do Patrimônio Público 0001 - Rio Grande do Norte Assegurar os recursos orçamentários necessários à cobertura de despesas com a conservação do

Leia mais

METAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

METAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL METAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Meta 01. Universalizar, até 2016, o atendimento escolar da população de 04 a 5 anos de idade e ampliar, a oferta de educação infantil em creches de forma a atender a 50% da população

Leia mais

Inclusão Social - mudanças K A T I A C A V A L C A N T E 2 0 1 4

Inclusão Social - mudanças K A T I A C A V A L C A N T E 2 0 1 4 Inclusão Social - mudanças K A T I A C A V A L C A N T E 2 0 1 4 Sumário Assistência Social Saúde Educação Infraestrutura - Comunicação e Energia Moradia Bolsa Família Bolsa Verde Direitos Culturais A

Leia mais

CidadesDigitais. A construção de um ecossistema de cooperação e inovação

CidadesDigitais. A construção de um ecossistema de cooperação e inovação CidadesDigitais A construção de um ecossistema de cooperação e inovação CidadesDigitais PRINCÍPIOs 1. A inclusão digital deve proporcionar o exercício da cidadania, abrindo possibilidades de promoção cultural,

Leia mais

alimentos para o brasil APRESENTAÇÃO

alimentos para o brasil APRESENTAÇÃO 2014-2015 alimentos para o brasil APRESENTAÇÃO O Plano Safra da Agricultura Familiar 2014/2015 Alimentos Para o Brasil vem consolidar mais de uma década de políticas públicas que melhoram a vida de quem

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 514, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2014

RESOLUÇÃO Nº 514, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2014 RESOLUÇÃO Nº 514, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2014 Dispõe sobre a Política Nacional de Trânsito, seus fins e aplicação, e dá outras providências. O CONSELHO NACIONAL DE TRÂNSITO CONTRAN, usando da competência

Leia mais

LEI Nº 13.558, de 17 de novembro de 2005. Dispõe sobre a Política Estadual de Educação Ambiental - PEEA - e adota outras providências.

LEI Nº 13.558, de 17 de novembro de 2005. Dispõe sobre a Política Estadual de Educação Ambiental - PEEA - e adota outras providências. LEI Nº 13.558, de 17 de novembro de 2005 Procedência: Governamental Natureza: PL. 332/05 DO. 17.762 de 17/11/05 Fonte: ALESC/Div. Documentação Dispõe sobre a Política Estadual de Educação Ambiental - PEEA

Leia mais

PLANO SETORIAL DE DANÇA. DOCUMENTO BASE: Secretaria de Políticas Culturais - SPC Fundação Nacional de Artes FUNARTE Câmaras Setoriais de Dança

PLANO SETORIAL DE DANÇA. DOCUMENTO BASE: Secretaria de Políticas Culturais - SPC Fundação Nacional de Artes FUNARTE Câmaras Setoriais de Dança PLANO SETORIAL DE DANÇA DOCUMENTO BASE: Secretaria de Políticas Culturais - SPC Fundação Nacional de Artes FUNARTE Câmaras Setoriais de Dança MARÇO DE 2009 CAPÍTULO I DO ESTADO FORTALECER A FUNÇÃO DO ESTADO

Leia mais

EIXOS ESTRATÉGICOS E PROGRAMAS/PROJETOS MEIO AMBIENTE

EIXOS ESTRATÉGICOS E PROGRAMAS/PROJETOS MEIO AMBIENTE EIXOS ESTRATÉGICOS E PROGRAMAS/PROJETOS MEIO AMBIENTE 1. FORTALECIMENTO DO SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL Fortalecer os órgãos de controle ambiental; Articular os instrumentos de incentivos, fomento com os

Leia mais

BAIXO ARAGUAIA PORTAL DA AMAZÔNIA BAIXADA CUIABANA NOROESTE

BAIXO ARAGUAIA PORTAL DA AMAZÔNIA BAIXADA CUIABANA NOROESTE BAIXO ARAGUAIA PORTAL DA AMAZÔNIA BAIXADA CUIABANA NOROESTE APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA TERRITÓRIOS RIOS DA CIDADANIA Objetivos Os Territórios TERRITÓRIOS RIOS Os Territórios Rurais se caracterizam por: conjunto

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CASTELO - ES CONSOLIDADO ESPÍRITO SANTO 27.165

PREFEITURA MUNICIPAL DE CASTELO - ES CONSOLIDADO ESPÍRITO SANTO 27.165 001 - CÂMARA MUNICIPAL DE CASTELO 001 - CÂMARA MUNICIPAL DE CASTELO 01 Legislativa 2.410.000,00 450.000,00 2.860.000,00 01031 Ação Legislativa 2.410.000,00 450.000,00 2.860.000,00 010310001 APOIO ADMINISTRATIVO

Leia mais

PARTICIPAÇÃO POPULAR E CIDADÃ ORÇAMENTO ESTADUAL 2012

PARTICIPAÇÃO POPULAR E CIDADÃ ORÇAMENTO ESTADUAL 2012 PARTICIPAÇÃO POPULAR E CIDADÃ ORÇAMENTO ESTADUAL 2012 Apoio Gabinete do Vice-Governador Secretaria-Executiva do Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico e Social Gabinete dos Prefeitos e Relações

Leia mais

1.2 - Implantação do programa de habitação rural (construção de casas de qualidade nas propriedades rurais).

1.2 - Implantação do programa de habitação rural (construção de casas de qualidade nas propriedades rurais). PLANO DE GOVERNO - ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA PARTICIPATIVA PARA 2013/2016 COLIGAÇÃO O PRESENTE NOS PERMITE SEGUIR EM FRENTE - CANDIDATO A PREFEITO PEDRINHO DA MATA 11 Ações a serem realizadas por Secretarias:

Leia mais

PORTARIA Nº 300, DE 30 DE JANEIRO DE 2006.

PORTARIA Nº 300, DE 30 DE JANEIRO DE 2006. PORTARIA Nº 300, DE 30 DE JANEIRO DE 2006. Aprova, em extrato, o Instrumento de Avaliação Externa de Instituições de Educação Superior do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior SINAES O MINISTRO

Leia mais

Esfera: 10 Função: 06 - Segurança Pública Subfunção: 122 - Administração Geral UO: 30101 - Ministério da Justiça

Esfera: 10 Função: 06 - Segurança Pública Subfunção: 122 - Administração Geral UO: 30101 - Ministério da Justiça Programa 1127 Sistema Único de Segurança Pública - SUSP Numero de Ações 12 Ações Orçamentárias 2272 Gestão e Administração do Programa Produto: - Unidade de Medida: - Esfera: 10 Função: 06 - Segurança

Leia mais

PONTOS FRACOS E PONTOS FORTES E PROPOSTA PARA SOLUCIONAR E/OU MINIMIZAR

PONTOS FRACOS E PONTOS FORTES E PROPOSTA PARA SOLUCIONAR E/OU MINIMIZAR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO COORDENADORIA DE ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL SÍNTESE DE RELATORIO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL E DE AVALIAÇÃO EXTERNA PONTOS FRACOS E PONTOS FORTES E PROPOSTA

Leia mais

PLANO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO NO SISTEMA PRISIONAL PLANO DE AÇÃO

PLANO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO NO SISTEMA PRISIONAL PLANO DE AÇÃO EIXO: GESTÂO Fortalecer a parceria entre e instituições parceiras para o desenvolvimento de ações educacionais Formalização de Termo de Cooperação Técnica entre e SEC do Estado para a efetivação de políticas

Leia mais

Propostas da LDO 2013

Propostas da LDO 2013 Propostas da LDO 2013 Secretaria Municipal de Educação Complementação da Merenda Escolar; Reforma de Escolas; Construção de Escolas; Reparos em Escolas; Construção de Espaços para prática de Educação Física;

Leia mais

Anexo 07. Demonstrativo da Despesa do Estado Discriminada a Nível de Programa

Anexo 07. Demonstrativo da Despesa do Estado Discriminada a Nível de Programa Anexo 07 Demonstrativo da Despesa do Estado Discriminada a Nível de Programa DEMONSTRATIVO DA DESPESA DO ESTADO DISCRIMINADA A NIVEL DE PROGRAMA ANEXO 07 DA LEI 4.320/64 FOLHA: 1 01 LEGISLATIVA 1.052.751,74

Leia mais

Políticas Públicas operadas pela EMATER/RS-ASCAR no RS

Políticas Públicas operadas pela EMATER/RS-ASCAR no RS Políticas Públicas operadas pela EMATER/RS-ASCAR no RS Crédito Rural - Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar - (Pronaf) Assessoria Técnica, Social e Ambiental (ATES) Assistência Técnica

Leia mais

Esfera Fiscal. Subfunção Administração Geral

Esfera Fiscal. Subfunção Administração Geral Governo do do Amazonas Secretaria de de Planejamento e Desenvolvimento Econômico SEPLAN Sistema de Planejamento, Orçamento e Gestão do do Amazonas SPLAM Pág. 3 de 2001 - da 25000 - Secretaria de de Infraestrutura

Leia mais

O papel do engenheiro agrônomo no desenvolvimento das plantas medicinais

O papel do engenheiro agrônomo no desenvolvimento das plantas medicinais O papel do engenheiro agrônomo no desenvolvimento das plantas medicinais Alexandre Sylvio Vieira da Costa 1 1.Engenheiro Agrônomo. Professor Universidade Vale do Rio Doce/Coordenador Adjunto da Câmara

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007

PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007 PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007 Institui o Programa Mais Educação, que visa fomentar a educação integral de crianças, adolescentes e jovens, por meio do apoio a atividades

Leia mais

INTRODUÇÃO OBJETIVOS GERAIS E ESPECÍFICOS

INTRODUÇÃO OBJETIVOS GERAIS E ESPECÍFICOS INTRODUÇÃO Com base no Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais - REHUF, destinado à reestruturação e revitalização dos hospitais das universidades federais, integrados

Leia mais

Demonstrativo de Programas Temáticos Conferência Por Orgão - PPA 2016-2019. 2017 2018 2019 Total. Rio Grande do Norte 5 5 5 5 20

Demonstrativo de Programas Temáticos Conferência Por Orgão - PPA 2016-2019. 2017 2018 2019 Total. Rio Grande do Norte 5 5 5 5 20 Orgão Programa 0008 - EDUCAÇÃO SUPERIOR E TECNOLÓGICA Objetivo 0307 - Fortalecer a política de ensino superior de graduação e pós-graduação, por meio da sua interiorização, do desenvolvimento da pesquisa,

Leia mais

DINAMIZAR O TURISMO E SERVIÇOS SUPERIORES GERADORES DE EMPREGO E RENDA

DINAMIZAR O TURISMO E SERVIÇOS SUPERIORES GERADORES DE EMPREGO E RENDA DIRETRIZ ESTRATÉGICA DINAMIZAR O TURISMO E SERVIÇOS SUPERIORES GERADORES DE EMPREGO E RENDA O segmento do turismo vem se constituindo na Bahia uma importante atividade na geração de ocupação e renda, especialmente

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DE SÃO BENEDITO, no uso de suas atribuições legais, faz saber que a Câmara Municipal, aprovou e eu sanciono a seguinte Lei:

O PREFEITO MUNICIPAL DE SÃO BENEDITO, no uso de suas atribuições legais, faz saber que a Câmara Municipal, aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: LEI ORDINÁRIA Nº 929/2015, DE 09 DE FEVEREIRO DE 2015 Altera a Lei Municipal nº 922/2014 e seu anexo e dá outras providencias. O PREFEITO MUNICIPAL DE SÃO BENEDITO, no uso de suas atribuições legais, faz

Leia mais

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2008/prt1559_01_08_2008.html

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2008/prt1559_01_08_2008.html Página 1 de 5 ADVERTÊNCIA Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União Ministério da Saúde Gabinete do Ministro PORTARIA Nº 1.559, DE 1º DE AGOSTO DE 2008 Institui a Política Nacional

Leia mais

Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now.

Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now. COMISSÃO ESPECIAL PARA ELABORAÇÃO DA PEÇAS ORÇAMENTÁRIAS PLANOPLURIANUAL /2009. UNIDADE ORÇAMENTÁRIA: SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO PROGRAMA : ADMINISTRAÇÃO GERAL OBJETIVO :Manter as

Leia mais