Execução Anual do Plano Plurianual de Investimentos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Execução Anual do Plano Plurianual de Investimentos"

Transcrição

1 do Plano Plurianual de Investimentos 01 FUNÇÕES GERAIS Administração geral /3 Instalações municipais de Vale Pedras de Ano Anos seguintes Anos Anteriores Ano /3 3 Construção de edifício administrativo E 07/ / , ,53 25, /94 Ligação em fibra óptica para os diversos edifícios da O 05/ / 0,75 0, , ,95 10 CMA /10 Reestruturação do Datacenter O / / , , , , ,88 99,94 99, /23 Aquisição de equipamento médico O 03/ / /1 Beneficiações e reparações /1 1 Beneficiações e reparações E 01/ 12/ , , , ,79 73,72 27, /1 2 Equipamento administrativo O 01/ 12/ , , /1 3 Equipamento básico O 01/ 12/ , , , ,38 53,38 34, /1 4 Ferramentas e utensílios O 01/ 12/ , , , ,51 87,83 64, /1 5 Equipamento ativo e passivo de rede da cablagem O 01/ 12/ 711,00 711,00 710,94 710,94 99,99 99, /1 6 Equipamento de informática O 01/ 12/ , , , ,44 99,99 38, /1 7 Software informático O 01/ 12/ , , , ,14 78,25 31, /1 8 Licenças de software O 01/ 12/ , , , , ,53 97,47 34, /1 9 Despesas de investigação e desenvolvimento O 01/ 12/ , , , ,00 29,78 25, /2 Revisões e grandes reparações em máquinas e O 01/ 12/ , ,00 viaturas Totais do Programa 001: , , , , , ,09 84,29 32,90 Totais do Objetivo 01: , , , , , ,09 84,29 32,90 Pág. 1 de 6

2 do Plano Plurianual de Investimentos 02 FUNÇÕES SOCIAIS Ensino não superior /8 EB 1,2,3 da Guia de Ano Anos seguintes Anos Anteriores Ano /8 2 Construção E / / 1.606, , , , ,08 99, /8 3 Equipamento administrativo O 01/ / 7.836, , , , ,11 99, /8 4 Equipamento básico O 01/ / , , , , ,67 98,41 99, /9 EB1 de Vale Pedras /9 1 Construção E / / 0,50 0, , , /28 Aquisição de terrenos O 09/ / , ,96 75,85 75, /3 Estabelecimentos de ensino não superior /3 1 Beneficiações e reparações E 01/ 12/ , , , ,36 84,10 35, /3 2 Equipamento administrativo O 01/ 12/ , , , ,29 7,16 1, /3 3 Equipamento de informática O 01/ 12/ , ,30 159,90 159,90 17,82 4, /3 4 Software informático O 01/ 12/ , ,00 332,10 332,10 21,48 10, /3 5 Equipamento básico O 01/ 12/ , , , ,33 90,86 52, Serviços auxiliares de ensino /49 Pavilhão desportivo da Escola E.B, 2,3 de Paderne Totais do Programa 001: , , , , ,18 83,88 93, /49 4 Estabilização de taludes E 05/ / 2.855, , , , ,50 99, /15 Requalificação do parque lúdico E 01/ / , ,67 96, Acção social Totais do Programa 002: 4.095, , , , ,17 69,61 99, /18 Aquisição de Terrenos O 01/ / /4 Estabelecimentos de Social /4 1 Beneficiações e reparações E 01/ 12/ , , Habitação Totais do Programa 005: , , ,92 90, /21 Fogos no novo CDH de Ferreiras - Aquisição O 05/ / /102 Aquisição, em leilão, dos bens imóveis que integram O 10/ / ,00 a massa falida da Faceal - Fábrica de Cerâmica do Algarve, S.A., em Mem Moniz - Paderne /5 Beneficiações e reparações em edifícios e equipamentos E 01/ 12/ , , , ,34 73,80 49, Ordenamento do território /86 Revisão do Plano Director Municipal Totais do Programa 006: , , , ,34 31,83 26, /86 2 Projectos O 01/ / /103 Reparação de escadas que ligam a Rua 25 de Abril E 11/ / 2.145, , , , ,44 99,96 10 à Rua da Escola, nos Olhos de Água /17 Estabilização do talude sul junto à Rotunda dos E 02/ / , , , ,56 90,39 Golfinhos /6 Reabilitação urbana Pág. 2 de 6

3 do Plano Plurianual de Investimentos 02 FUNÇÕES SOCIAIS Ordenamento do território de Ano Anos seguintes Anos Anteriores Ano /6 1 Rotundas E 01/ 12/ , ,00 481,32 481,32 7,61 5, /7 Equipamento /7 1 Placas Toponímicas O 01/ 12/ , , , ,06 50,99 42, /8 Beneficiações e reparações E 01/ 12/ 7.559, , , ,06 33,30 33, Saneamento Totais do Programa 007: , , , , ,44 24,46 41, /43 Tavagueira / Vale da Ursa - Sistema de drenagem E / / , ,43 99, /9 Rede de esgotos e águas pluviais /9 1 Ampliações e grandes reparações E 01/ 12/ , , , ,70 54,92 24, /10 Etar's e EE's /10 1 Aquisições e grandes reparações de equipamento O 01/ 12/ , , , ,29 53,29 15,44 eletromecânico /10 2 Beneficiações, reparações e remodelações E 01/ 12/ , , , ,65 91,25 5, Abastecimento de água Totais do Programa 008: , , , , ,07 55,01 80, /93 Rede de abastecimento de água do sub-sistema sul poente /93 1 Terreno O 01/ / 5.521, , , ,29 81, /97 Reservatório do Cerro do Ouro - Remodelação e E 07/ / 2.855, , , ,45 99,60 beneficiação /51 Ampliação do Reservatório do Páteo E 05/ / 1.876, , , ,11 99, /11 Equipamento /11 1 Aquisições e grandes reparações de equipamento O 01/ 12/ , , , ,91 99,85 11,96 electromecânico /11 2 Contadores de água O 01/ 12/ , , , ,87 99,96 16, /11 3 Outro O 01/ 12/ ,58 599,58 59,96 14, /12 Rede distribuidora e adutora /12 1 Reparações, beneficiações e ampliações E 01/ 12/ , , , ,49 42,93 6, Resíduos sólidos /53 Pontos de recolha nos ecopontos Totais do Programa 009: , , , , ,70 76,33 89, /53 1 de pisos E 01/ / 3.039, , , ,51 83, Protecção do meio ambiente e conserv. da natureza Totais do Programa 010: 3.039, , , ,51 83, /42 Cemitério da Guia - Ampliação E 05/ / , , , , ,07 86,67 98, /13 Cemitérios /13 1 Beneficiações e reparações E 01/ 12/ , , , ,75 98,93 13,00 Totais do Programa 011: , , , , ,82 88,13 89,14 Pág. 3 de 6

4 do Plano Plurianual de Investimentos 02 FUNÇÕES SOCIAIS Cultura /52 Museu do Barrocal - Paderne de Ano Anos seguintes Anos Anteriores Ano /52 2 e tratamento paisagístico do espaço E 05/ / , , , ,67 62,28 envolvente /52 4 Musealização O 01/ / 15,00 15, , /82 Auditório Municipal - Beneficiações e reparações O 05/ / 542,00 542, ,25 541, ,45 99, /14 Edifícios de índole cultural /14 1 Beneficiações e reparações E 01/ 12/ , , , , , Desporto, recreio e lazer Totais do Programa 012: , , , , ,37 10,41 71, /146 Estádio Municipal da Quinta da Palmeira E 12/ / , ,00 80,83 Electrificação /105 Melhoramentos da rede de iluminação do campo de E 05/ / , , ,85 97,26 98,95 treinos da Nora em Ferreiras /114 Beneficiações no espaço multiusos de Albufeira O 09/ / 2.747, , , , ,73 38,76 99, /15 Infra-estruturas desportivas, de recreio e de lazer /15 1 Beneficiações e reparações E 01/ 12/ , , , ,88 87,35 53, /15 2 Equipamento administrativo O 01/ 12/2017 0, ,50 Totais do Programa 013: , , , , ,46 60,81 88,86 Totais do Objetivo 02: , , , , ,06 60,47 77,10 Pág. 4 de 6

5 do Plano Plurianual de Investimentos 03 FUNÇÕES ECONÓMICAS Indústria e energia de Ano Anos seguintes Anos Anteriores Ano /55 Passagem a subterrâneas das linhas aéreas de 60Kv E 12/ / , , , , ,78 81,48 97,90 no troço de ligação a SE Albufeira /59 Passagem de redes de aéreas para subterrâneas E 01/ / 0,01 0, , , /16 Iluminação pública /16 1 Melhoramentos E 01/ 12/ , , , ,10 31,95 17, /16 2 Equipamento O 01/ 12/ , , , ,70 44,88 15, Transportes rodoviários /159 Rectificação, alargamento e dotação das infra-estruturas da estrada de Vale Parra / Galé /171 Construção da Estação Central de Camionagem de Albufeira /88 Caminho dos Brejos - E.N. 395 até ao CM 1286 Totais do Programa 002: , , , , ,57 75,20 95, E 12/ / , , , , E 77 01/ / , , , ,39 94, /88 1 1ª Fase E 05/ / 5.722, , , , ,28 68,29 99, /57 Parque de estacionamento P E 05/ / 3.063, , , ,27 99, /65 Equipamento para redução de velocidade e acalmia O 01/ / 1.295, , , ,93 97,44 de tráfego /87 Pavimentação do C.M e da estrada do Moinho E 05/ / 1,86 1, , ,19 10 Novo /55 Arruamento de acesso à nova EB 1,2,3 da Guia E 01/ / , , , , ,61 43,24 95, /68 Reparação de pavimentos em arruamentos na E 01/ / , ,92 10 freguesia de Guia e na zona do Montechoro /17 Muros confinantes com estradas e caminhos E 01/ 12/ , ,63 91,01 68, /18 Beneficiações de ruas, estradas e caminhos E 01/ 12/ , , , ,93 52,79 5, /19 Terrenos O 01/ 12/ , , /20 Passeios - Levantamento e reposição E 01/ 12/ , , , ,30-13,07-4, /21 Sinalização horizontal e vertical O 01/ 12/ , , , ,20 24,00 12, /22 Sistemas semafóricos - Aquisição e manutenção O 01/ 12/ 288,00 288, /23 Reparação de pavimentos em zonas pontuais no E 01/ 12/ 4.352, , , ,05 77,62 77,62 concelho de Albufeira /24 Instalação de abrigos para passageiros E 01/ 12/ 4.305, , Mercados e feiras /92 Mercado Municipal das Areias de S. João - Remodelação /25 Mercados Municipais Totais do Programa 003: , , , , ,65 71,88 95, E 05/ / 581,09 581, , ,93 99,87 Pág. 5 de 6

6 do Plano Plurianual de Investimentos 03 FUNÇÕES ECONÓMICAS Mercados e feiras de Ano Anos seguintes Anos Anteriores Ano /25 1 Beneficiações e reparações E 01/ 12/ , ,00 Totais do Programa 006: 6.150, , , ,93 95,37 Totais do Objetivo 03: , , , , ,15 72,78 95,60 Geral: , , , , , ,30 67,90 79,34 ORGÃO EXECUTIVO Em... de... de ORGÃO DELIBERATIVO Em... de... de Pág. 6 de 6

Execução Anual das Grandes Opções do Plano

Execução Anual das Grandes Opções do Plano das Grandes Opções do Plano 01 FUNÇÕES GERAIS 01 001 Administração geral de 01 001 2005/5000 Comparticipação no projecto Algarve Digital 0102 080102 O 01/2005 12/ 4,00 4,00 157.657,98 157.657,98 10 01

Leia mais

Plano PluriAnual de Investimentos do ano 2011

Plano PluriAnual de Investimentos do ano 2011 Municipio Monforte Plano PluriAnual Investimentos do ano (b)=+ finido não finido +++ 1. FUNÇÕES GERAIS 1. 111 Administração Geral 1. 111 2010/41 Requalif. Edif. para Centro ATL e instalções apoio e dinamização

Leia mais

Execução Anual do Plano Plurianual de Investimentos

Execução Anual do Plano Plurianual de Investimentos (signação da autarquia local) do Plano Plurianual Investimentos 11 SERVIÇOS GERAIS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 11 111 ADMINISTRAÇÃO GERAL 11 111 2002/1 REMODELAÇÃO E AMPLIAÇÃO DO EDIFICIO DA ABEGOARIA 11

Leia mais

PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS

PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS Datas Despesas Anos Seguintes 1. FUNÇÕES GERAIS 938.000 688.000 250.000 125.786 108.000 1.171.786 1.1 SERVIÇOS GERAIS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 938.000 688.000 250.000 125.786 108.000 1.171.786 1.1.1 ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS Inicial ANO FINANCEIRO DE 2010 Câmara Municipa l DATAS DAS DELIBERAÇÕES Asse mbleia Municipal Revisã o Alteração Observações: E N T I D A D E P L A N O P L U R I A N U

Leia mais

45.761,92 61.02 45.761,92 45.761,92 75.000,00 45.761,92 7.500,00 730.800,00 864.800,00 134.000,00 730.800,00 75.000,00 75.000,00

45.761,92 61.02 45.761,92 45.761,92 75.000,00 45.761,92 7.500,00 730.800,00 864.800,00 134.000,00 730.800,00 75.000,00 75.000,00 Pagina : 1 1. Funções gerais 2.391.613,00 2.641.653,00 5.033.266,00 711.967,19 711.967,19 29.77 14.15 1.1. Serviços gerais de administração pública 2.301.613,00 2.441.653,00 4.743.266,00 637.867,59 637.867,59

Leia mais

MUNICIPIO DE ILHAVO DO ANO 2010

MUNICIPIO DE ILHAVO DO ANO 2010 PÁGINA : 1 1. Funções gerais 1.851.000,00 1.851.000,00 860.000,00 280.000,00 2.991.000,00 1.1. Serviços gerais de administração pública 1.601.000,00 1.601.000,00 610.000,00 2.241.000,00 1.1.1. 1.1.1.1.

Leia mais

E N T I D A D E P L A N O P L U R I A N U A L D E I N V E S T I M E N T O S DOTAÇÕES INICIAIS MUNICÍPIO DE ÍLHAVO DO ANO 2015

E N T I D A D E P L A N O P L U R I A N U A L D E I N V E S T I M E N T O S DOTAÇÕES INICIAIS MUNICÍPIO DE ÍLHAVO DO ANO 2015 PÁGINA : 1 1. FUNÇÕES GERAIS 995.500,00 995.500,00 50.000,00 50.000,00 50.000,00 1.145.500,00 1.1. SERVIÇOS GERAIS DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 995.500,00 995.500,00 50.000,00 50.000,00 50.000,00 1.145.500,00

Leia mais

E N T I D A D E DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO VAGOS DO ANO 2009

E N T I D A D E DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO VAGOS DO ANO 2009 PÁGINA : 1 1. Funções gerais 674.458,82 124.591,58 1.509.000,00 1.509.000,00 2.617.000,00 2.662.000,00 995.000,00 8.582.050,40 1.1. Serviços gerais de 674.458,82 124.591,58 1.504.000,00 1.504.000,00 2.617.000,00

Leia mais

MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO DA PESQUEIRA DO ANO 2009

MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO DA PESQUEIRA DO ANO 2009 PÁGINA : 1 1. FUNÇÕES GERAIS 200.000,00 200.000,00 200.000,00 1.1. 180.000,00 180.000,00 180.000,00 1.1.1. ADMINISTRAÇÃO GERAL 180.000,00 180.000,00 180.000,00 1.1.1. 01 2005 ADMINISTRAÇÃO GERAL 55.000,00

Leia mais

Município de Ourique Resumo Orçamental das Grandes Opções do Plano para 2013

Município de Ourique Resumo Orçamental das Grandes Opções do Plano para 2013 0102 020214 Estudos, pareceres, projectos e consultadoria 1 1.1 2010/5007 Agenda 21-Local 1 1.2 2011/5005 Plano Municipal de Emergência-Protecção Civil 6.000,00 6.000,00 0102 020225 s serviços 1 1.1 2012/5001

Leia mais

Município de Nisa. Balancete das Grandes Opções do Plano por Objectivos e Programas para o ano de 2011. No periodo de 01-01-2011 a 30-09-2011

Município de Nisa. Balancete das Grandes Opções do Plano por Objectivos e Programas para o ano de 2011. No periodo de 01-01-2011 a 30-09-2011 1 Funções Gerais 641.160,00 623.375,67 17.784,33 609.638,87 491.604,67 363.182,89 128.421,78 1 1,1 Administração Geral 577.940,00 571.093,15 6.846,85 557.356,35 449.322,15 324.728,79 124.593,36 1 1,1 2001/1

Leia mais

P L A N O P L U R I A N U A L D E I N V E S T I M E N T O S DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE CARRAZEDA DE ANSIÃES DO ANO 2013 PÁGINA : 1

P L A N O P L U R I A N U A L D E I N V E S T I M E N T O S DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE CARRAZEDA DE ANSIÃES DO ANO 2013 PÁGINA : 1 PÁGINA : 1 1. FUNÇÕES GERAIS 40.000,00 177.879,00 177.879,00 217.879,00 1.1. SERVIÇOS GERAIS DE 40.000,00 177.879,00 177.879,00 217.879,00 ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 1.1.1. ADMINISTRAÇÃO GERAL 40.000,00 177.879,00

Leia mais

E N T I D A D E P L A N O P L U R I A N U A L D E I N V E S T I M E N T O S - F U N C. P L A N O DOTAÇÕES INICIAIS Município de Resende DO ANO 2007

E N T I D A D E P L A N O P L U R I A N U A L D E I N V E S T I M E N T O S - F U N C. P L A N O DOTAÇÕES INICIAIS Município de Resende DO ANO 2007 PÁGINA : 1 1. FUNÇÕES GERAIS: 411'507,69 411'507,69 425'500,00 425'500,00 425'500,00 1'688'007,69 1.1. SERVIÇOS GERAIS DE 369'507,69 369'507,69 389'000,00 389'000,00 389'000,00 1'536'507,69 ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

E N T I D A D E EXECUÇÃO DO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS ANO CONTABILÍSTICO 2008 MUNICIPIO DE REDONDO. Pagina : 1

E N T I D A D E EXECUÇÃO DO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS ANO CONTABILÍSTICO 2008 MUNICIPIO DE REDONDO. Pagina : 1 Pagina : 1 1. Funções gerais 610.500,00 610.500,00 334.850,49 334.850,49 54.85 54.85 1.1. Serviços gerais de administração pública 525.500,00 525.500,00 334.640,59 334.640,59 63.68 63.68 1.1.1. Administracao

Leia mais

Execução Anual do Plano Plurianual de Investimentos

Execução Anual do Plano Plurianual de Investimentos do Plano Plurianual de Investimentos 01 EDUCAÇÃO 01 01 EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR E ENSINO BÁSICO 01 01 /1 Infraestruturas de 01 01 /1 1 Centro Escolar de Caria 0102 07010305 E 100 01/ 12/2016 735.00 735.00

Leia mais

MUNICIPIO DE CALHETA DO ANO 2016

MUNICIPIO DE CALHETA DO ANO 2016 PÁGINA : 1 1. Funções gerais 415.272,00 415.272,00 331.772,00 78.772,00 78.772,00 157.540,71 1.062.128,71 1.1. Serviços gerais de 400.272,00 400.272,00 325.772,00 78.772,00 78.772,00 157.540,71 1.041.128,71

Leia mais

E N T I D A D E P L A N O P L U R I A N U A L D E I N V E S T I M E N T O S DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE MONTALEGRE DO ANO 2008

E N T I D A D E P L A N O P L U R I A N U A L D E I N V E S T I M E N T O S DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE MONTALEGRE DO ANO 2008 PÁGINA : 1 1. Funções gerais 1.060.000,00 1.060.000,00 1.060.000,00 1.1. Serviços gerais de 990.000,00 990.000,00 990.000,00 administração pública 1.1.1. Administracao geral 990.000,00 990.000,00 990.000,00

Leia mais

Execução Anual do Plano Plurianual de Investimentos

Execução Anual do Plano Plurianual de Investimentos (signação da autarquia local) Município Valença do Plano Plurianual Investimentos (unida: ) 01 FUNÇÕES GERAIS 01 001 SERVIÇOS GERAIS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 01 001 2010/1 AQUISIÇÃO, CONSTRUÇÃO, CONSERVAÇÃO

Leia mais

ENTIDADE ORÇAMENTO DA DESPESA DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE LOULE ( POR CLASSIFICAÇÃO ORGÂNICA/ECONÓMICA ) DO ANO 2013

ENTIDADE ORÇAMENTO DA DESPESA DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE LOULE ( POR CLASSIFICAÇÃO ORGÂNICA/ECONÓMICA ) DO ANO 2013 ENTIDADE ORÇAMENTO DA DESPESA DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE LOULE ( POR CLASSIFICAÇÃO ORGÂNICA/ECONÓMICA ) DO ANO 2013 PÁGINA : 1 01 ASSEMBLEIA MUNICIPAL 31.800,00 D E S P E S A S C O R R E N T E S 31.800,00

Leia mais

Orçamento Inicial para 2010

Orçamento Inicial para 2010 RECEITAS Económica Designação Previsão RECEITAS CORRENTES 7.527.796,00 01 Impostos directos 791.550,00 0102 Outros 791.550,00 010202 Imposto municipal sobre imóveis 230.000,00 010203 Imposto único de circulação

Leia mais

Município da Figueira da Foz

Município da Figueira da Foz Município da Figueira da Foz G.O.P.-Grans Opções do Plano 2012 2015. P.P.I. Plano Plurianual Investimentos. A.M.R. Actividas Mais Relevantes Orçamento Municipal 2012 CÓDIGO MUNICÍPIO DA FIGUEIRA DA FOZ

Leia mais

ORGÂNICA ECONÓMICA D E S I G N A Ç Ã O ORGÂNICA ECONÓMICA

ORGÂNICA ECONÓMICA D E S I G N A Ç Ã O ORGÂNICA ECONÓMICA ENTIDADE MUNICIPIO DE MOGADOURO ORÇAMENTO DA DESPESA ( POR CLASSIFICAÇÃO ORGÂNICA/ECONÓMICA ) DOTAÇÕES INICIAIS DO ANO 2009 PÁGINA : 1 01 01.01 ADMINISTRACAO MUNICIPAL OPERACOES FINANCEIRAS 5.094.863,00

Leia mais

1.1.1. 0103/070109 04 2002 142 AQUISICAO E REPARACAO DE OUTRA 100.0 CM 2014/01/01 2014/12/31 9 5.000,00 5.000,00 5.000,00

1.1.1. 0103/070109 04 2002 142 AQUISICAO E REPARACAO DE OUTRA 100.0 CM 2014/01/01 2014/12/31 9 5.000,00 5.000,00 5.000,00 MUNICIPIO SAO DO ANO 2014 PÁGINA : 1 1. Funções gerais 114.600,00 114.600,00 114.600,00 1.1. Serviços gerais de 52.200,00 52.200,00 52.200,00 administração pública 1.1.1. Administracao geral 52.200,00

Leia mais

MODIFICAÇÕES AO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS

MODIFICAÇÕES AO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS MODIFICAÇÕES AO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS Página : 1 1. FUNÇOES GERAIS 1.1. SERVIÇOS GERAIS DE ADMINISTRAÇAO PUBLICA 1.1.1. ADMINISTRAÇAO GERAL 1.1.1. 01 2002 I 1 AQUISIÇAO/REPARAÇAO DE OUTRO MATERIAL

Leia mais

BALANÇO ANO 2010 ENTIDADE M. V.N.Cerveira MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA PAG. 1 EXERCÍCIOS CÓDIGO DAS N N - 1 CONTAS

BALANÇO ANO 2010 ENTIDADE M. V.N.Cerveira MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA PAG. 1 EXERCÍCIOS CÓDIGO DAS N N - 1 CONTAS BALANÇO ANO 2010 ENTIDADE M. V.N.Cerveira MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA PAG. 1 EXERCÍCIOS CÓDIGO DAS N N - 1 CONTAS ACTIVO AB A/P AL AL Imobilizado: Bens de domínio público 451 Terrenos e recursos

Leia mais

Mapa de Fluxos de Caixa

Mapa de Fluxos de Caixa RECEBIMENTOS Saldo da Gerência Anterior 1.243.835,16 Execução Orçamental 1.090.463,60 Operações de Tesouraria 153.371,56 Receitas Orçamentais 18.346.140,09 01 IMPOSTOS DIRECTOS 4.120.643,81 0102 Outros

Leia mais

GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2009

GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2009 GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2009 1. Análise do Plano Plurianual de Investimentos (PPI) O plano plurianual de investimentos para 2009 tem subjacente um planeamento financeiro que perspectiva a execução dos

Leia mais

E N T I D A D E DOTAÇÕES INICIAIS P L A N O P L U R I A N U A L D E I N V E S T I M E N T O S DO ANO 2015 CÂMARA MUNICIPAL DE MONTIJO

E N T I D A D E DOTAÇÕES INICIAIS P L A N O P L U R I A N U A L D E I N V E S T I M E N T O S DO ANO 2015 CÂMARA MUNICIPAL DE MONTIJO PÁGINA : 1 1. FUNÇÕES GERAIS 30.951,63 10.509,00 960.567,00 960.567,00 42.565,00 1.044.592,63 1.1. SERVIÇOS GERAIS DE 30.951,63 10.509,00 960.567,00 960.567,00 42.565,00 1.044.592,63 ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Leia mais

Plano PluriAnual de Investimentos do ano 2014

Plano PluriAnual de Investimentos do ano 2014 Plano PluriAnual Investimentos do ano (b)=+ finido não finido previsto +++ 1 FUNÇÕES GERAIS 1 001 ADMINISTRAÇÃO GERAL 1 001 2002/2 Aquisição mobiliário 0102 070109 O 01 01/2002 12/ 4 17.288 1 001 2002/3

Leia mais

P L A N O P L U R I A N U A L D E I N V E S T I M E N T O S DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE PONTA DO SOL DO ANO 2009

P L A N O P L U R I A N U A L D E I N V E S T I M E N T O S DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE PONTA DO SOL DO ANO 2009 PÁGINA : 1 1. Funções gerais 84.620,00 84.620,00 84.620,00 1.1. Serviços gerais de administração pública 29.620,00 29.620,00 29.620,00 1.1.1. Administracao geral 29.620,00 29.620,00 29.620,00 1.1.1. SO/0707

Leia mais

EXECUÇÃO DO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS ANO CONTABILÍSTICO 2011. Até ao mês de Rectificação

EXECUÇÃO DO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS ANO CONTABILÍSTICO 2011. Até ao mês de Rectificação EXECUÇÃO DO PLANO PLURIANUAL DE S ANO CONTABILÍSTICO 2011 Pagina : 1 1. FUNÇOES GERAIS 239.200,00 505.000,00 744.200,00 177.311,45 177.311,45 74.13 23.83 1.1. SERVIÇOS GERAIS DE ADMINISTRAÇAO PUBLICA 232.200,00

Leia mais

Fluxos de Caixa. Recebimentos

Fluxos de Caixa. Recebimentos Recebimentos Saldo da Gerência Anterior 393.778,77 Total das Receitas Orçamentais Execução Orçamental 263.966,97 Operações de Tesouraria 129.811,80 16.355.231,25 Receitas Correntes 12.596.773,53 01 Impostos

Leia mais

1 - PLANO DE FINANCIAMENTO O plano de financiamento é desenvolvido focando-se dois pontos distintos:

1 - PLANO DE FINANCIAMENTO O plano de financiamento é desenvolvido focando-se dois pontos distintos: 1 - PLANO DE FINANCIAMENTO O plano de financiamento é desenvolvido focando-se dois pontos distintos: 1. 1 - Identificação e avaliação dos grandes factores de custo, independentemente da responsabilidade

Leia mais

ANO 2006 ENTIDADE CMVM - MUNICIPIO DE VIEIRA DO MINHO PÁG. 1. (1) (2) (3) (4) (5) (6) (7) (8) (9) ( 10 = 7-9 ) (11=4+5-6-7) (12)a

ANO 2006 ENTIDADE CMVM - MUNICIPIO DE VIEIRA DO MINHO PÁG. 1. (1) (2) (3) (4) (5) (6) (7) (8) (9) ( 10 = 7-9 ) (11=4+5-6-7) (12)a MAPA DO CONTROLO ORÇAMENTAL DA RECEITA ANO 2006 ENTIDADE CMVM - MUNICIPIO DE VIEIRA DO MINHO PÁG. 1 CLA SIFICAÇÃO ECONÓMICA PREVISÕES RECEITAS POR RECEITAS LIQUIDAÇÕES RECEITAS REEMBOLSOS/RESTITUIÇÕES

Leia mais

Fluxos de Caixa. Recebimentos

Fluxos de Caixa. Recebimentos Recebimentos Saldo da Gerência Anterior 316.566,25 Total das Receitas Orçamentais Execução Orçamental 264.031,03 Operações de Tesouraria 52.535,22 5.031.119,33 Receitas Correntes 2.585.384,84 01 Impostos

Leia mais

OPÇÕES DO PLANO 2015:2018 datas 2015 2016 2017 2018. conclusão. Respons. início 1 EDUCAÇÃO 207.000,00 186.840,00 191.282,00 196.

OPÇÕES DO PLANO 2015:2018 datas 2015 2016 2017 2018. conclusão. Respons. início 1 EDUCAÇÃO 207.000,00 186.840,00 191.282,00 196. 1 EDUCAÇÃO 207.000,00 186.840,00 191.282,00 196.916,00 1 ENSINO PRÉ-ESCOLAR E DO 1º CICLO 116.500,00 93.625,00 100.574,00 103.487,00 1 Apoios e subsídios CM 13 18 5 05-06-02-03-99 1.000,00 1.030,00 2.122,00

Leia mais

MUNICIPIO DE VINHAIS DO ANO 2015 PÁGINA : 1

MUNICIPIO DE VINHAIS DO ANO 2015 PÁGINA : 1 PÁGINA : 1 1. FUNCOES GERAIS 4.670.218,46 1.262.000,00 1.262.000,00 761.000,00 201.000,00 201.000,00 7.095.218,46 1.1. SERVICOS GERAIS DE 4.670.218,46 1.262.000,00 1.262.000,00 761.000,00 201.000,00 201.000,00

Leia mais

MUNICIPIO DE BRAGANÇA DO ANO 2009

MUNICIPIO DE BRAGANÇA DO ANO 2009 PÁGINA : 1 1. FUNÇÕES GERAIS 430.500,00 385.500,00 45.000,00 300.000,00 730.500,00 1.1. Serviços Gerais de 428.000,00 383.000,00 45.000,00 300.000,00 728.000,00 Administração Pública 1.1.1. Administração

Leia mais

GRANDES OPÇÕES PLANO

GRANDES OPÇÕES PLANO MUNICÍPIO DAS VELAS GRANDES OPÇÕES DO PLANO ANO DE INTRODUÇÃO Os presentes Plano e Orçamento municipais apresentam-se condicionados por várias situações facto que o tornam totalmente subjugado à política

Leia mais

Regulamento de Edificabilidade do Pólo Industrial da Lagoa Cortes - Monção

Regulamento de Edificabilidade do Pólo Industrial da Lagoa Cortes - Monção Regulamento de Edificabilidade do Pólo Industrial da Lagoa Cortes - Monção CAPÍTULO I Disposições gerais Artigo 1º Âmbito e aplicação Para efeitos de uso do solo e de licenciamento de quaisquer obras de

Leia mais

2. FICHAS DE PROJECTO NO ÂMBITO DA REVISÃO DO PDM DE VAGOS... 4

2. FICHAS DE PROJECTO NO ÂMBITO DA REVISÃO DO PDM DE VAGOS... 4 1. PROGRAMA DE EXECUÇÃO E PLANO DE FINANCIAMENTO... 2 2. FICHAS DE PROJECTO NO ÂMBITO DA REVISÃO DO PDM DE VAGOS... 4 2.1 FICHA 1 - REQUALIFICAÇÃO DO PARQUE DESPORTIVO E DE LAZER DA VILA DE SOSA...6 2.2

Leia mais

Documentos de Prestação de Contas

Documentos de Prestação de Contas Documentos de Prestação de Contas E DOCUMENTOS ANEXOS Segundo a Resolução nº04/2001-2ª Secção APROVAÇÃO Câmara Municipal - Reunião de / / Assembleia Municipal - Sessão de / / ACÓRDÃO DO TRIBUNAL DE CONTAS

Leia mais

ANO 2007 ENTIDADE C.M.L. MUNICÍPIO DE LAGOA Pág. 1

ANO 2007 ENTIDADE C.M.L. MUNICÍPIO DE LAGOA Pág. 1 ENTIDADE C.M.L. MUNICÍPIO DE LAGOA Pág. 1 R E C E B I M E N T O S SALDO DA GERÊNCIA ANTERIOR... 383.685,64 EXECUÇÃO ORÇAMENTAL... 161.920,09 OPERAÇÕES DE TESOURARIA... 221.765,55 RECEITAS ORÇAMENTAIS...

Leia mais

MUNICíPIO DE MORTÁGUA

MUNICíPIO DE MORTÁGUA MUNICíPIO DE MORTÁGUA Opções do Plano Orçamento MUNICíPIO DE MORTÁGUA Opções do Plano Município Mortágua Grans Opções do Plano do ano (valores em euros) Obj. Prog. Projecto Ano / Nº Acção Código Classificação

Leia mais

F L U X O S D E C A I X A ANO 2007 ENTIDADE MUN. VNFAMALICAO MUNICIPIO DE VILA NOVA DE FAMALICAO Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2007/12/31

F L U X O S D E C A I X A ANO 2007 ENTIDADE MUN. VNFAMALICAO MUNICIPIO DE VILA NOVA DE FAMALICAO Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2007/12/31 ENTIDADE MUN. VNFAMALICAO MUNICIPIO DE VILA NOVA DE FAMALICAO Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2007/12/31 R E C E B I M E N T O S SALDO DA GERÊNCIA ANTERIOR... 2.998.192,70 EXECUÇÃO ORÇAMENTAL... 1.267.764,59

Leia mais

,00 0 horas. Reunião Ordinária, realizada em 10 de Março de 2014. . Período de Antes da Ordem do Dia / Informações

,00 0 horas. Reunião Ordinária, realizada em 10 de Março de 2014. . Período de Antes da Ordem do Dia / Informações Reunião Ordinária, realizada em 10 de Março de 014 A Câmara Municipal de Soure deliberou, nos termos do artigo 57.º da Lei n.º75/013, de 1 de Setembro, aprovar em minuta o texto das seguintes deliberações

Leia mais

Melhoramento dos Arruamentos do Centro Antigo. Tratamento e Valorização da Frente Urbana Poente

Melhoramento dos Arruamentos do Centro Antigo. Tratamento e Valorização da Frente Urbana Poente PROALGARVE Eixxo 2 Acções Inttegrradas I de Base Terrrri ittorri iall Medida 2 Acção Inttegrrada I de Qualiffi icação e Competti itti ividade das Cidades Componentte Terrrri ittorri iall Melhoramento dos

Leia mais

F L U X O S D E C A I X A ANO 2010 ENTIDADE CM AMADORA MUNICIPIO DA AMADORA Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2010/12/31 R E C E B I M E N T O S

F L U X O S D E C A I X A ANO 2010 ENTIDADE CM AMADORA MUNICIPIO DA AMADORA Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2010/12/31 R E C E B I M E N T O S 15:10 2011/06/09 Fluxos de caixa Pag. 1 ENTIDADE CM AMADORA MUNICIPIO DA AMADORA Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2010/12/31 R E C E B I M E N T O S SALDO DA GERÊNCIA ANTERIOR... 54.683.639,20 EXECUÇÃO

Leia mais

CONTEÚDOS FUNCIONAIS:

CONTEÚDOS FUNCIONAIS: CONTEÚDOS FUNCIONAIS: Ref.ª A) TÉCNICO SUPERIOR DE ENGENHARIA DO AMBIENTE Realizar análises, estudo e emissão de pareceres dos assuntos que lhe são submetidos, tendo como base as melhores praticas legais

Leia mais

PRESTAÇÃO DE CONTAS 2007 O Órgão Executivo; O Órgão Deliberativo;

PRESTAÇÃO DE CONTAS 2007 O Órgão Executivo; O Órgão Deliberativo; PRESTAÇÃO DE CONTAS 2007 Junto se remetem os Documentos de Prestação de Contas referentes à Gerência de 2007, organizados em conformidade com o POCAL e de acordo com a Resolução n.º 04/2001 2.ª Secção,

Leia mais

F L U X O S D E C A I X A R E C E B I M E N T O S

F L U X O S D E C A I X A R E C E B I M E N T O S PERÍODO 2014/01/02 A 2014/12/31 Pág. 1 R E C E B I M E N T O S SALDO DA GERÊNCIA ANTERIOR... 259.724,13 EXECUÇÃO ORÇAMENTAL... 18.518,45 OPERAÇÕES DE TESOURARIA... 241.205,68 RECEITAS ORÇAMENTAIS... 4.975.283,44

Leia mais

DOCUMENTOS DE PRESTAÇÃO DE CONTAS 2010. Contratação Administrativa

DOCUMENTOS DE PRESTAÇÃO DE CONTAS 2010. Contratação Administrativa DOCUMENTOS DE PRESTAÇÃO DE CONTAS 2010 Contratação Administrativa Documentos de Prestação de Contas 2010 Teotónio & Filhos SaneamentoFreguesia Avanca- Lda Construção - 2ª Fase 04-06-2004 1.829.250,00 A)

Leia mais

PROPOSTA DE PLANO DE ACTIVIDADES PARA A VILA DE ARCOZELO

PROPOSTA DE PLANO DE ACTIVIDADES PARA A VILA DE ARCOZELO PROPOSTA DE PLANO DE ACTIVIDADES PARA A VILA DE ARCOZELO ANO ECONÓMICO DE 2010 GRANDES OPÇÕES DO PLANO PARA O QUADRIÉNIO 2009 2013 É tempo de um novo mandato autárquico, resultante das eleições do passado

Leia mais

1.827.036,84 + IVA E APROVAÇÃO DE MINUTA DO CONTRATO...

1.827.036,84 + IVA E APROVAÇÃO DE MINUTA DO CONTRATO... PONTO 1 APROVAÇÃO DA ACTA DA REUNIÃO ANTERIOR.... PONTO 2 PERÍODO DE ANTES DA ORDEM DO DIA ASSUNTOS DE INTERESSE CONCELHIO.... PONTO 3 - INFORMAÇÃO PRESTADA PELO CHEFE DE DIVISÃO DE OBRAS MUNICIPAIS ENG.º

Leia mais

A TRANSPORTAR... 40.275,19 98.800,00 81.800,00 18.000,00 18.000,00 18.000,00 193.075,19

A TRANSPORTAR... 40.275,19 98.800,00 81.800,00 18.000,00 18.000,00 18.000,00 193.075,19 PÁGINA : 1 DESPESAS D (PREVISÃO) 1. FUNÇOES GERAIS 132.059,77 470.000,00 470.000,00 157.250,00 107.500,00 62.700,00 929.509,77 1.1. SERVIÇOS GERAIS DE 93.277,77 410.000,00 410.000,00 147.250,00 97.500,00

Leia mais

Fluxos de Caixa. Recebimentos

Fluxos de Caixa. Recebimentos Recebimentos Saldo da Gerência Anterior 310.276,31 Total das Receitas Orçamentais Execução Orçamental 103.137,41 Operações de Tesouraria 207.138,90 6.794.667,86 Receitas Correntes 5.881.296,87 01 Impostos

Leia mais

Exmº. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Lagos

Exmº. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Lagos REGISTO DE ENTRADA Requerimento n.º de / / Processo n.º / Pago por Guia n.º,. Ao Serviço O Funcionário, Exmº. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Lagos COMUNICAÇÃO PRÉVIA DE OBRAS DE EDIFICAÇÃO EM

Leia mais

Projectos Gaia 2013 (Aviso n.º 3145/2010 - Diário da República, de 11 de Fevereiro de 2010)

Projectos Gaia 2013 (Aviso n.º 3145/2010 - Diário da República, de 11 de Fevereiro de 2010) PROJECTO ENCOSTAS DO DOURO Percurso Largo D. Luís I Areínho de Avintes Largo D. Luís I Areínho de Avintes Projectos Gaia 2013 (Aviso n.º 3145/2010 - Diário da República, de 11 de Fevereiro de 2010) Percurso

Leia mais

CAPÍTULO I ÁGUA, SANEAMENTO, ÁGUAS RESIDUAIS E RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS

CAPÍTULO I ÁGUA, SANEAMENTO, ÁGUAS RESIDUAIS E RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS CAPÍTULO I ÁGUA, SANEAMENTO, ÁGUAS RESIDUAIS E RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS 1) Ligações de Água de Abastecimento Público a) Colocação de Contadores (cada serviço) 15,00 b) Ligação, Aferição, Interrupção e

Leia mais

ENTIDADE DOTAÇÕES INICIAIS CÓDIGOS D E S I G N A Ç Ã O M O N T A N T E

ENTIDADE DOTAÇÕES INICIAIS CÓDIGOS D E S I G N A Ç Ã O M O N T A N T E PÁGINA : 1 R E C E I T A S C O R R E N T E S 10.964.290,82 01 IMPOSTOS DIRECTOS 3.660.000,00 01.02 3.660.000,00 01.02.02 IMPOSTO MUNICIPAL SOBRE IMÓVEIS 1.900.000,00 01.02.03 IMPOSTO MUNICIPAL SOBRE VEÍCULOS

Leia mais

A Participação Voluntária No Planeamento, Execução E Controlo Social Do Orçamento. Participativo

A Participação Voluntária No Planeamento, Execução E Controlo Social Do Orçamento. Participativo Cecília Branco Programa Urbal Red 9 Projecto Orçamento Participativo Reunião de Diadema Fevereiro 2007 A Participação Voluntária No Planeamento, Execução E Controlo Social Do Orçamento Participativo Município

Leia mais

SARC inaugurou. campo de jogos

SARC inaugurou. campo de jogos Rua dos Cutileiros, 4835-044 Guimarães geral@jf-creixomil.com Telefone 253 417 255 Fax 253 417 236 Contribuinte 501 130 071 07 Associações Centro Comunitário: Junta aprovou doacção de terreno à Casa do

Leia mais

CAPÍTULO I ÁGUA, SANEAMENTO, ÁGUAS RESIDUAIS E RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS

CAPÍTULO I ÁGUA, SANEAMENTO, ÁGUAS RESIDUAIS E RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS CAPÍTULO I ÁGUA, SANEAMENTO, ÁGUAS RESIDUAIS E RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS Ligações de Água de Abastecimento Público a) Colocação de Contadores (cada serviço) 10,15 Ligação, Aferição, Interrupção e Restabelecimento

Leia mais

E N T I D A D E P L A N O P L U R I A N U A L D E I N V E S T I M E N T O S DOTAÇÕES INICIAIS MUNICÍPIO DE POMBAL DO ANO 2015 PÁGINA : 1

E N T I D A D E P L A N O P L U R I A N U A L D E I N V E S T I M E N T O S DOTAÇÕES INICIAIS MUNICÍPIO DE POMBAL DO ANO 2015 PÁGINA : 1 P L A N O P L U R I A N U A L D E I N V E S T I M E N T O S DOTAÇÕES INICIAIS PÁGINA : 1 DESPESAS DE INVESTIMENTO (PREVISÃO) 1. Funções gerais 1.323.365,49 3.199.350,00 1.372.350,00 1.827.000,00 2.057.000,00

Leia mais

MAPAS DE FLUXOS FINANCEIROS

MAPAS DE FLUXOS FINANCEIROS DOCUMENTOS DE PRESTAÇÃO DE CONTAS 2010 MAPAS DE FLUXOS FINANCEIROS Documentos de Prestação de Contas 2010 DOCUMENTOS DE PRESTAÇÃO DE CONTAS 2010 Fluxos de Caixa Documentos de Prestação de Contas 2010 DOC

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES PARA LEVANTAMENTOS TOPOGRÁFICOS

ESPECIFICAÇÕES PARA LEVANTAMENTOS TOPOGRÁFICOS ESPECIFICAÇÕES PARA LEVANTAMENTOS TOPOGRÁFICOS Versão 1.0 30 de Abril de 2003 Índice 1 INTRODUÇÃO... 1 2 LEVANTAMENTO TOPOGRÁFICO... 1 2.1 CONTEÚDO... 1 2.2 ESTRUTURA...1 2.2.1 Diferenciação de características

Leia mais

Município de Mortágua

Município de Mortágua Município de Mortágua Documentos de Prestação de Contas Balanço Demonstração de Resultados Mapas de Execução Orçamental Anexos às Demonstrações Financeiras Relatório de Gestão 2004 Índice Índice: 5. Balanço

Leia mais

EDITAL. José Manuel Pereira Pinto, Presidente da Câmara Municipal de Cinfães:- Cinfães e Câmara Municipal, 11 de Janeiro de 2002.

EDITAL. José Manuel Pereira Pinto, Presidente da Câmara Municipal de Cinfães:- Cinfães e Câmara Municipal, 11 de Janeiro de 2002. Postura Municipal de Trânsito-1 EDITAL José Manuel Pereira Pinto, Presidente da Câmara Municipal de Cinfães:- Torna Público, que a Assembleia Municipal, em sessão ordinária de 28 de Dezembro de 2001, deliberou,

Leia mais

Ata n.º 16/ / Minuta

Ata n.º 16/ / Minuta Ata n.º 6/ / Minuta Reunião Ordinária, realizada em 28 de agosto de 205,, pelas 6,3 A Câmara Municipal de Soure deliberou, nos termos do artigo 57.º da Lei n.º75/203, de 2 de Setembro, aprovar em minuta

Leia mais

Manutenção e Limpeza do Espaço Público

Manutenção e Limpeza do Espaço Público Guia da Reforma Administrativa de Lisboa Manutenção e Limpeza do Espaço Público O que é o espaço público? O espaço público é toda a área urbana, edificada ou não edificada, de acesso público. Este inclui:

Leia mais

E N T I D A D E P L A N O P L U R I A N U A L D E I N V E S T I M E N T O S DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE PAREDES DE COURA DO ANO 2013

E N T I D A D E P L A N O P L U R I A N U A L D E I N V E S T I M E N T O S DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE PAREDES DE COURA DO ANO 2013 PÁGINA : 1 1. Funções gerais 1.510.800,00 1.510.800,00 27.300,00 1.538.100,00 1.1. Serviços gerais de 1.469.600,00 1.469.600,00 1.469.600,00 administração pública 1.1.1. Administração geral 1.469.600,00

Leia mais

N.º 4 Setembro/14 BOLETIM. Informação das Actividades da Junta de Freguesia

N.º 4 Setembro/14 BOLETIM. Informação das Actividades da Junta de Freguesia N.º 4 Setembro/14 BOLETIM Informação das Actividades da Junta de Freguesia Introdução A presente Informação aos membros da Assembleia de Freguesia de Abrunheira, Verride e Vila Nova da Barca, refere-se

Leia mais

Projectar o Algarve no Futuro

Projectar o Algarve no Futuro Projectar o Algarve no Futuro Os Novos Desafios do Algarve Região Digital paulo.bernardo@globalgarve.pt 25 Maio 2007 Auditório Portimão Arena Um mundo em profunda mudança O Mundo enfrenta hoje um processo

Leia mais

MEMÓRIA DESCRITIVA 1. INTRODUÇÃO E DESCRIÇÃO GERAL

MEMÓRIA DESCRITIVA 1. INTRODUÇÃO E DESCRIÇÃO GERAL MEMÓRIA DESCRITIVA 1. INTRODUÇÃO E DESCRIÇÃO GERAL Trata esta memória descritiva da identificação do objeto a concessionar no Concurso para Concessão de Exploração de um Espaço destinado a Restauração

Leia mais

MPS PERIODO : JANEIRO A OUTUBRO - 2015/10/31 2015/11/16 2015 1 DOTAÇÃO MOVIMENTO DO PERIODO MOVIMENTO ACUMULADO SALDO

MPS PERIODO : JANEIRO A OUTUBRO - 2015/10/31 2015/11/16 2015 1 DOTAÇÃO MOVIMENTO DO PERIODO MOVIMENTO ACUMULADO SALDO MPS PERIODO : JANEIRO A OUTUBRO - 2015/10/31 2015/11/16 2015 1 010101 TITULARES DE ÓRGÃOS DE SOBERANIA E 94.610,00 94.610,00 94.610,00 70.063,47 70.063,47 94.610,00 94.610,00 70.063,47 70.063,47 24.546,53

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DE TRÂNSITO DO CONCELHO DE ALJUSTREL NOTA JUSTIFICATIVA

REGULAMENTO MUNICIPAL DE TRÂNSITO DO CONCELHO DE ALJUSTREL NOTA JUSTIFICATIVA REGULAMENTO MUNICIPAL DE TRÂNSITO DO CONCELHO DE ALJUSTREL NOTA JUSTIFICATIVA Atendendo ao aumento de número de viaturas em circulação, à alteração da circulação em algumas vias e locais, à existência

Leia mais

GRANDES OPÇÕES DO PLANO ORÇAMENTO DA RECEITA E DA DESPESA 2014

GRANDES OPÇÕES DO PLANO ORÇAMENTO DA RECEITA E DA DESPESA 2014 GRANDES OPÇÕES DO PLANO ORÇAMENTO DA RECEITA E DA DESPESA 2014 INTRODUÇÃO O próximo ano estará marcado pelo fim do atual QREN o que provocará com que o investimento previsto seja reduzido significativamente.

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE RIO MAIOR

CÂMARA MUNICIPAL DE RIO MAIOR CÂMARA MUNICIPAL DE RIO MAIOR ACTA Nº 17/2009 REUNIÃO ORDINÁRIA DE 2 DE SETEMBRO DE 2009 Aos dois dias do mês de Setembro de dois mil e nove, nesta cidade de Rio Maior e na sala de Reuniões sita nos Paços

Leia mais

Uma entidade privada sem fins lucrativos constituída em 1994, por entidades colectivas denaturezapúblicaeprivada,comsedenaviladocadaval.

Uma entidade privada sem fins lucrativos constituída em 1994, por entidades colectivas denaturezapúblicaeprivada,comsedenaviladocadaval. Uma entidade privada sem fins lucrativos constituída em 1994, por entidades colectivas denaturezapúblicaeprivada,comsedenaviladocadaval. GAL Grupo de Acção Local, reconhecido pelo Ministério da Agricultura

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE S. BARTOLOMEU DE MESSINES

JUNTA DE FREGUESIA DE S. BARTOLOMEU DE MESSINES JUNTA DE FREGUESIA DE S. BARTOLOMEU DE MESSINES RELATÓRIO DE ACTIVIDADES ANO DE 2010 De 1 de Janeiro a 08 de Abril Sessão da Assembleia de Freguesia: 27/04/2010 1 EXPEDIENTE GERAL - Ofícios recebidos-------------------------------------------------------------329

Leia mais

Freguesia de Vermoil

Freguesia de Vermoil Freguesia de Vermoil Atividade da Freguesia Entre 19-9-2015 e 18-12-2015 1. Educação e formação - Assegurada a receção, vigilância e acompanhamento das crianças nas escolas do 1º Ciclo das 8h30 às 18h00;

Leia mais

EDUCAÇÃO EM PRIMEIRO. Novos Centros Escolares. Investimento de 6 milhões

EDUCAÇÃO EM PRIMEIRO. Novos Centros Escolares. Investimento de 6 milhões Nova Escola Sul, Salreu Escola EBI+JI Pardilhó ampliada EDUCAÇÃO EM PRIMEIRO Novos Centros Escolares Investimento de 6 milhões Novo Bloco na Escola Padre Donaciano Abreu Freire 40 Bolsas de Estudo do Ensino

Leia mais

Última alteração 03-12-2009

Última alteração 03-12-2009 01 Impostos directos * 01 02 Outros 01 02 02 Imposto municipal sobre imóveis * 01 02 03 Imposto único de circulação 01 02 04 Imposto municipal sobre as transacções onerosas de imóveis 01 02 05 Derrama

Leia mais

Orçamento e Plano Plurianual de Investimentos

Orçamento e Plano Plurianual de Investimentos Contribuinte nº 506 811 875 Orçamento e Plano Plurianual de Investimentos Ano Económico 2015 Aprovado em reunião da Junta de Freguesia em / / Aprovado em reunião da Assembleia de Freguesia em / / ORÇAMENTO

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 023/14 DE 14 DE MAIO DE 2015. AUTORIA DO PODER EXECUTIVO

PROJETO DE LEI Nº 023/14 DE 14 DE MAIO DE 2015. AUTORIA DO PODER EXECUTIVO PROJETO DE LEI Nº 023/14 DE 14 DE MAIO DE 2015. AUTORIA DO PODER EXECUTIVO CUMPRE O DISPOSTO NO PARAGRAFO ÚNICO, DO ART. 265, DO CTM NO QUE TRATA DA CONTRIBUIÇÃO DE MELHORIA CM, E DÁ OUTRAS PROVIDENCIAS.

Leia mais

Freguesia. Foz do Arelho. Município de Caldas da Rainha ORÇAMENTO RECEITA E DESPESA PARA O ANO FINANCEIRO DE 2003 APROVADO

Freguesia. Foz do Arelho. Município de Caldas da Rainha ORÇAMENTO RECEITA E DESPESA PARA O ANO FINANCEIRO DE 2003 APROVADO Freguesia de Foz do Arelho Município de Caldas da Rainha ORÇAMENTO DA RECEITA E DESPESA PARA O ANO FINANCEIRO DE 2003 APROVADO PELA JUNTA DE FREGUESIA Em reunião de PELA ASSEMBLEIA DE FREGUESIA Em sessão

Leia mais

Conceito territorial Projecto de requalificação Empresa pública Projecto decisivo para a criação da Cidade das duas

Conceito territorial Projecto de requalificação Empresa pública Projecto decisivo para a criação da Cidade das duas Arco Ribeirinho Sul: o que é? Conceito territorial Projecto de requalificação Empresa pública Projecto decisivo para a criação da Cidade das duas margens Oportunidade de reconversão ambiental e urbanística

Leia mais

Município de ~danha-a-nova CÂMARA MUNICIPAL

Município de ~danha-a-nova CÂMARA MUNICIPAL ~H~ANOVA Município de ~danha-a-nova EDITAL Regulamento Municipal de Atribuição de Apoios às Freguesias Eng. Armindo Moreira Palma Jacinto, Presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova: Torna Público,

Leia mais

ANEXO 6 Tabela de Indicadores de Realização

ANEXO 6 Tabela de Indicadores de Realização ANEXO 6 Tabela de Indicadores de Realização CÓDIGO NOME UNIDADE TI DE INDICADOR 29 Acções de promoção ACOMPANHAMENTO 7 Área cartografada no estudo m2 ACOMPANHAMENTO 31 Arquivos organizados/inventariados

Leia mais

REUNIÃO DE CÂMARA DE 06 DE JUNHO

REUNIÃO DE CÂMARA DE 06 DE JUNHO REUNIÃO DE CÂMARA DE 06 DE JUNHO 1. A Câmara Municipal aprovou um voto de congratulação ao Clube do Povo de Esgueira. O Clube do Povo de Esgueira é uma instituição de utilidade pública fundada em 8 Novembro

Leia mais

NORMA TÉCNICA LICENCIAMENTO

NORMA TÉCNICA LICENCIAMENTO ELEMENTOS ANEXOS PARA A INSTRUÇÃO DE PEDIDO DE 1. PEDIDO DE DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO 2. PEDIDO DE ALTERAÇÃO À LICENÇA DE LOTEAMENTO 3. PEDIDO DE DE OBRAS DE URBANIZAÇÃO 4. PEDIDO DE DE OBRAS DE EDIFICAÇÃO

Leia mais

Execução Anual das Grandes Opções do Plano

Execução Anual das Grandes Opções do Plano das Grandes Opções do Plano 01 EDUCAÇÃO 01 01 EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR E ENSINO BÁSICO 01 01 /1 Infraestruturas de Ano Anos seguintes Anos Anteriores Ano 01 01 /1 1 Centro Escolar de Caria 0102 07010305 E

Leia mais

REGULAMENTO do Plano de Pormenor do Pólo (ou Parque) Logístico e Industrial de Arazede (PLIA)

REGULAMENTO do Plano de Pormenor do Pólo (ou Parque) Logístico e Industrial de Arazede (PLIA) REGULAMENTO do Plano de Pormenor do Pólo (ou Parque) Logístico e Industrial de Arazede (PLIA) CAPÍTULO l Disposições Gerais Artigo 1º Âmbito territorial e regime 1. O Plano de Pormenor do Pólo (ou Parque)

Leia mais

Fluxos de Caixa. Recebimentos

Fluxos de Caixa. Recebimentos Recebimentos Saldo da Gerência Anterior 7.946.571,02 Execução Orçamental 5.519.930,76 Operações de Tesouraria 2.426.640,26 das Receitas Orçamentais 58.322.634,95 Receitas Correntes 55.610.658,97 01 Impostos

Leia mais

Universidade Eduardo Mondlane

Universidade Eduardo Mondlane Universidade Eduardo Mondlane - Pobreza Urbana Intercâmbio entre a Ciência e a Prática - 16 Abril de 2008 Governação Municipal Participativa e a Redução da Pobreza Fernando Vieira 1 2 Estrutura e Objectivo

Leia mais

rofa Lia Pimentel TOPOGRAFIA

rofa Lia Pimentel TOPOGRAFIA rofa Lia Pimentel TOPOGRAFIA 1 Trabalho Leitura e Interpretação de Cartas, separação em pranchas diferentes das informações contidas nas Cartas na escala 1:50.000, como: hidrografia, relevo, vegetação,

Leia mais

M U N I C Í P I O D E S Á T Ã O

M U N I C Í P I O D E S Á T Ã O DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÁTÃO REALIZADA NO DIA 17-04-2015 PRESENTES ATA Nº. 8/2015 PRESIDENTE VEREADORES Alexandre Vaz Zélia Silva Rosa Carvalho Fernando Gomes Catarina Almeida Silvério

Leia mais

ORÇAMENTO DA RECEITA. Receitas Correntes 14.415.223

ORÇAMENTO DA RECEITA. Receitas Correntes 14.415.223 Receitas Correntes 14.415.223 01 Impostos Directos 4.655.446 01 02 Outros 4.655.446 01 02 02 IMI - Imposto municipal sobre imóveis 2.728.366 01 02 03 IUC Imposto único de circulação 278.183 01 02 04 IMT

Leia mais

RELATÓRIO SANTA VITÓRIA SANTA VITÓRIA 1/19. VERSÃO FINAL. Julho de 2013

RELATÓRIO SANTA VITÓRIA SANTA VITÓRIA 1/19. VERSÃO FINAL. Julho de 2013 1/19 Relatório População Na freguesia de Santa Vitória, para além da sede de freguesia, existe outro aglomerado urbano com importância que possui PU definido no âmbito do PDM de Beja actualmente em vigor

Leia mais