DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO"

Transcrição

1 DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO SESSÃO: O DATA: 24/02/12 TURNO: Matutino TIPO DA SESSÃO: Ordinária - CD LOCAL: Plenário Principal - CD INÍCIO: 9h13min TÉRMINO: 10h59min DISCURSOS RETIRADOS PELO ORADOR PARA REVISÃO Hora Fase Orador Obs.:

2 Ata da 17ª Sessão, da 2ª Sessão Legislativa Ordinária, da 54ª Legislatura, em 24 de fevereiro de 2012 Presidência dos Srs.: Rose de Freitas, 1ª Vice-Presidente. Izalci, Miro Teixeira, Mauro Benevides, 2º do artigo 18 do Regimento Interno.

3 O SR. PRESIDENTE (Izalci) - Não havendo quorum regimental para abertura da sessão, nos termos do 3 do art. 79 do Regimento Interno, aguardaremos até meia hora para que ele se complete. 3

4 I - ABERTURA DA SESSÃO (Às 9 horas e 13 minutos) O SR. PRESIDENTE (Izalci) - Declaro aberta a sessão. Sob a proteção de Deus e em nome do povo brasileiro iniciamos nossos trabalhos. O Sr. Secretário procederá à leitura da ata da sessão anterior. II - LEITURA DA ATA O SR. MAURO BENEVIDES, servindo como 2 Secretário, procede à leitura da ata da sessão antecedente, a qual é, sem observações, aprovada. III - EXPEDIENTE 4

5 O SR. PRESIDENTE (Izalci) - Passa-se ao IV - PEQUENO EXPEDIENTE Concedo a palavra ao Sr. Deputado Mauro Benevides, do PMDB do Ceará, primeiro orador inscrito. S.Exa. dispõe de 5 minutos. 5

6 O SR. MAURO BENEVIDES (PMDB-CE. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, nobre Deputado Izalci, Srs. Deputados, nobres telespectadores, a Presidenta Dilma Rousseff retorna nesta segunda-feira ao Ceará, a fim de visitar, além de Fortaleza, os Municípios de Maracanaú e Caucaia, comunas que compõem a chamada Região Metropolitana de nossa unidade federada. Na Capital, a Chefe da Nação inspecionará as obras de requalificação da orla e construção de unidades habitacionais, especialmente nos bairros de Pirambu, Cristo Redentor e Barra do Ceará. Destaco, Sr. Presidente, que esses bairros têm sido também assistidos pela Prefeitura Municipal e simultaneamente pelo Governo do Estado, sob a liderança de alguns Vereadores que ali atuam, um deles o Vereador Alípio Rodrigues, e obtiveram da nossa bancada federal, através de emenda de minha autoria, uma dotação de recursos federais não tão expressiva, mas com alguma ponderabilidade, para atendimento a três bairros densamente povoados. Em Maracanaú, haverá anuncio de investimento para implantação da Linha Leste do Metrô de Fortaleza. No que concerne a Caucaia, ocorrerá visita às obras do trecho V do Eixo de Integração Castanhão-Pecém, tendo como ponto de convergência a Estação de Tratamento de Água Oeste. A bancada federal, formalmente cientificada de tais eventos, regozija-se pela presença no Estado da Primeira Mandatária do Pais, confirmando o seu interesse em prestigiar a nossa unidade federada em empreendimento de inquestionável alcance socioeconômico. 6

7 As providências que advierem do contato de nossa dirigente máxima nas cidades referenciadas certamente resultarão benéficas para os nossos coestaduanos. Antes do período carnavalesco, S.Exa. esteve vistoriando as obras de transposição de águas do Rio São Francisco e da Ferrovia Transnordestina, impondo prazos peremptórios para o término dos dois megacometimentos. Destaco, Sr. Presidente, sobre a visita anterior da Presidenta ao Ceará, que a televisão registrou com precisão, o quadro de relativa paralisação daquelas obras. Dilma Rousseff assumiu uma postura enérgica, reclamou ao Ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, ex-companheiro desta Casa, que participou conosco dos trabalhos da elaboração da Constituinte; orientou que não aceitasse qualquer tipo de procrastinação naqueles empreendimentos reconhecidos de importância transcendental para o chamado Polígono das Secas. Ressalte-se, Sr. Presidente, que também dei enfoque especial à Transnordestina, alertando, como o fiz ao tempo do Presidente Lula, que as obras entre os Municípios de Missão Velha, no Ceará, e Eliseu Martins, no Piauí, estavam se arrastando modorrentamente, reclamando, portanto, uma ação enérgica, porque, com a ultimação da Transnordestina, a produção agrícola do Piauí e do Ceará poderá ser transportada para outros recantos do País e do exterior, tanto do porto cearense de Pecém como do porto pernambucano de Suape. Daí a relevância dessa rodovia, cuja concretização tornou-se imperiosa. Fiz questão, falando em nome da representação cearense desta Casa, de me regozijar com a própria Chefe da Nação por aquela postura enérgica que adotou, reclamando que a concretização dos dois empreendimentos, a Transnordestina e a 7

8 transposição, obedecessem ao cronograma reajustado, que S.Exa. acompanhará pessoalmente ou através da Ministra-Chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann. Portanto, mais uma vez aplaudo a presença da Presidenta da República no Ceará e confio que seu trabalho e sua vigilância, sobretudo com esse estilo Dilma de administração, auxiliem na concretização de projetos anteriormente ousados e que caminhavam de forma muito lenta, conforme testemunha todo o povo cearense. Sr. Presidente, aplaudo a ida da Presidenta mais uma vez ao Ceará. Espero que dessa visita resultem frutos positivos na concretização dessas obras e de outras que certamente S.Exa. anunciará na oportunidade de sua visita, segunda-feira, ao nosso Estado. Muito obrigado, Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados. 8

9 O SR. AUGUSTO CARVALHO (Bloco/PPS-DF. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, Srs. Deputados, há 1 mês chamou a atenção de todos os partidos políticos, de todos os analistas dos fatos que marcam a política brasileira, a decisão do Governo Federal de privatizar três aeroportos, entre eles o de Brasília. As Oposições fizeram um discurso duro, mostrando a contradição entre o discurso de campanha da candidata Dilma Rousseff e o tema da presença do Estado na economia, que, aliás, vem sendo a marca do debate ideológico desde a Assembleia Nacional Constituinte. Lembro-me de como foi forte o debate, logo depois da Constituinte e estava lá o nosso querido Deputado Miro Teixeira, sobre a presença do Estado na saúde, na educação, na exploração do petróleo. Lá na frente, este Congresso Nacional decidiu flexibilizar o monopólio da PETROBRAS no que tange à prospecção de petróleo. E me lembro de que nós do então Partido Comunista Brasileiro, depois PPS, fomos criticados em razão dessa decisão de acreditar que o mundo estava mudando, que a economia precisava de impulso, que o Estado não daria conta de todos os desafios em um mundo globalizado, especialmente os países emergentes, chamados à época de países de Terceiro Mundo, com grande dificuldade de financiamento dos seus investimentos. Sr. Presidente, com anos de atraso, o Governo e o próprio PT fazem esse esforço supremo, suponho eu. Internamente, essa questão ainda não está pacificada. Teremos responsabilidades com os países que participarão de eventos internacionais de grande porte, como a Copa do Mundo de Futebol e as Olimpíadas. São eventos, encontros que demandarão uma capacidade de acolhimento de milhões de passageiros. Para não falar do próprio desenvolvimento interno do País, que deixa os aeroportos brasileiros numa situação de estrangulamento. 9

10 Então, Sr. Presidente, foram anos de atraso. E não adianta dizer que não se trata da privatização do modelo neoliberal de Fernando Henrique Cardoso, mas uma concessão, com 49% de participação da INFRAERO, uma empresa pública. Não! Existe a participação dos fundos de pensão e do próprio BNDES. De novo o BNDES, financiando 80% dos investimentos necessários para essa privatização. Sr. Presidente, com muito tempo de atraso foi preciso que os brasileiros e os visitantes que vêm ao nosso País padecessem verdadeiros calvários nos aeroportos, finalmente essa questão veio a ser assumida pelo Governo da Presidente Dilma, naturalmente ainda com a perplexidade de setores ponderáveis da sua própria base de sustentação. Sr. Presidente, pediria a V.Exa. um pouco mais de tempo apenas para traçar um paralelo. Enquanto na esfera federal vimos essa decisão que considero corajosa e aplaudo a decisão da Presidente Dilma de enfrentar as resistências internas do seu partido para tomar essa decisão, o que suponho ter sido muito difícil, aqui no Distrito Federal, o Governo dirigido por Agnelo Queiroz decidiu fazer a convocação de organizações sociais sem fins lucrativos para a gestão das UPA, as Unidades de Pronto Atendimento, na área da saúde, sob o espanto daqueles que ficaram abismados com a decisão deste Parlamentar, quando era Secretário de Saúde, e que viam a dificuldade que tínhamos para a contratação de médicos. O Correio Braziliense de hoje estampa a informação de que, mesmo dobrando o salário pago aos profissionais da rede pública de saúde, não houve aceitação por parte deles, especialmente de anestesistas, psiquiatras, pediatras e clínicos gerais. Eles não aceitam os salários pagos na rede pública de saúde. 10

11 Esta é a eterna situação, não só em Brasília, mas também em todo o País: falta de profissionais e de condições de atendimento. Houve quem me criticou de maneira feroz por admitir e por fazer a convocação de parcerias com o setor privado para a gestão do Hospital de Santa Maria à época, foi a primeira experiência que fizemos, a exemplo de outras experiências exitosas pelo País afora, em Estados governados pelo PT, pelo PSDB, pelo PMDB. Enfim, não é uma questão ideológica, é uma questão de bom senso, é uma questão de constatar a realidade e as dificuldades que temos. A verdade é que a população exige, porque precisa, acolhimento, humanização na recepção nas unidades da rede pública de saúde. Não importa se é privada ou pública a iniciativa que a acolhe, que a atende com dignidade. Sr. Presidente, não estou aqui a criticar o Governador Agnelo Queiroz. Acho que foi corajoso da sua parte fazer o que fizemos, sob a crítica feroz dos nossos oponentes na Câmara Legislativa, no Ministério Público, nas corporações sindicais e até nas instâncias de governo que ainda não estavam preparadas para essa decisão que tivemos a coragem de tomar. E agora, tardiamente, vemos o Governo do Distrito Federal convocar as instituições privadas para essa parceria na gestão da saúde pública. Essa, sim, eu creio, é uma possibilidade de melhoria do atendimento à população. Obrigado. Durante o discurso do Sr. Augusto Carvalho, o Sr. Izalci, 2 do art. 18 do Regimento Interno, deixa a cadeira da presidência, que é ocupada pelo Sr. Miro Teixeira, 2 do art. 18 do Regimento Interno. 11

12 O SR. PRESIDENTE (Miro Teixeira) - Com a palavra o Deputado Izalci. O SR. IZALCI (Bloco/PR-DF. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Parlamentares, como é de praxe, pelo menos nos últimos meses, às segundas-feiras colocamos na pauta o que sai publicado nas revistas no final de semana. Como a segunda-feira desta semana foi feriado, não tive oportunidade de me pronunciar sobre isso. Mas não poderia deixar de comentar reportagem da revista Veja do final de semana sobre um assunto gravíssimo que já mencionei e quero reforçar. Está escrito aqui: Apareceu o vídeo. A revista Veja informa que o Ministro da Justiça quer saber por que as revelações da advogada Christiane, que a máfia infiltrou no Governo, nunca foram incluídas nos inquéritos que investigam a corrupção no Distrito Federal. Isso muito nos preocupa. Diz a reportagem: (...) há mais de um ano a PF tem em seu poder cerca de oito horas de impressionantes revelações feitas por Christiane. Infiltrada no governo por uma máfia que desviou mais de 1 bilhão de reais dos cofres públicos, a advogada contou os detalhes do relacionamento que manteve durante anos com o atual secretário-geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, e com o ministro do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, quando ele ocupava o cargo de advogado-geral da União. 12

13 Com a ajuda de Gilberto, Christiane conseguiu, entre outras coisas, indicar um dos integrantes da máfia para um cargo importante em Brasília. Isso se refere ao nosso Ministério Público, ao Procurador Leonardo Bandarra, que participou dessa operação do lixo no Distrito Federal, que chantageou os governantes na época. E agora está aqui na matéria a comprovação de que a sua nomeação foi um entendimento entre o Secretário-Geral Gilberto Carvalho, que, junto ao Presidente Lula, conseguiu que o Procurador Bandarra fosse reeleito. Diz ainda a revista: Christiane, portanto, unia os interesses do governo aos da máfia e vice-versa. (...) Esse depoimento, de tão surpreendente, foi encaminhado à Polícia Federal, para que os investigadores o aprofundassem. Christiane, então, foi chamada por policiais da Diretoria de Inteligência da PF e por eles foi ouvida durante seis horas. O material, no qual constam os detalhes alguns bem sórdidos sobre tudo o que a advogada fez, viu e ouviu durante seus quase três anos de relações com o poder (...). Sr. Presidente, de certa forma, essa matéria causa uma preocupação muito grande. Até que ponto as nossas instituições estão comprometidas com A ou B, com determinados partidos políticos? Preocupa-me muito, por exemplo, o fato de que há 13

14 muitos anos se encontram na Polícia Federal, através da Operação Shaolin, documentos apreendidos na casa de João Dias. E até hoje continuam sem apuração os fatos. No final de semana, fui surpreendido também com as denúncias do próprio PM João Dias. Ele volta a relatar e a confirmar, em seu blog, tudo aquilo que negou antes. Aliás, no final da semana passada tentaram retirar de seu blog as informações que ele postou. Evidentemente, o juiz não concedeu liminar, mas deu a ele 15 dias para tomar providências e apresentar a documentação. Ele confirma tudo aquilo que venho falando há muito tempo. Ele volta a falar no Pálio dado pelo Laboratório União Química e da compra do depoimento por Daniel Tavares, da União Química, que depositou dinheiro na conta do Governador. João Dias confirma isso e diz inclusive que Coronel Leão pagou a Daniel Tavares para que fizesse em cartório uma declaração desmentindo aquilo que já teria sido colocado na mídia e também em gravação para a Deputada Celina Leão, da Câmara Distrital. Volto a falar aqui sobre o Secretário de Governo, aquele da ONG Catavento. Eu mesmo tive a oportunidade de fazer auditoria em vários processos e me deparei com desvios de recursos, não só do Ministério do Esporte, mas também da Secretaria de Igualdade Racial, ligada à Casa Civil. A cada dia as coisas vão se confirmando, e realmente constatamos aquilo que já deveria ter colocado este Governo para fora do Palácio do Buriti. A cada dia se confirmam todas as denúncias sobre aquilo que era feito no Ministério do Esporte e que começa agora a aparecer também no Palácio do Buriti. Sr. Presidente, concluindo a minha fala, informo que João Dias traz uma novidade que até então não havia sido divulgada, mas que eu, particularmente, 14

15 quero relembrar falei sobre isso aqui uma vez. João Dias diz que existe corrupção no BRB, na área de seguros. Sr. Presidente, eu era Presidente do PR no Distrito Federal quando o Deputado Wilson Lima, Presidente da Câmara Distrital, assumiu provisoriamente o Governo do Distrito Federal. Muitas pessoas achavam que eu, por ser presidente do partido, estava mandando no Governo e me procuravam para denunciar as coisas erradas do Governo, para dizer onde havia irregularidades ou até mesmo oportunidades. E alguém me disse que, na área de seguros do BRB, a propina era de mais de 1 milhão por mês. Agora, João Dias confirma exatamente isso, ou seja, que na área de seguros houve realmente denúncia este ano, no Governo de Agnelo Queiroz. E na prática se confirma a declaração de João Dias. Diante de tantas denúncias, reivindiquei ao Procurador-Geral uma audiência, para lhe mostrar a necessidade de intervenção da Procuradoria-Geral no Governo do Distrito Federal, mas até então não recebi uma indicação ou sequer resposta ao pedido de audiência com o Procurador-Geral. Espero, diante dessas confirmações, que a Procuradoria tome providências, para que Brasília conheça de fato o seu principal governante e toda a sua equipe, a mesma quadrilha que estava no Ministério do Esporte. Era isso, Sr. Presidente. O Sr. Miro Teixeira, 2 do art. 18 do Regimento Interno, deixa a cadeira da presidência, que é ocupada pelo Sr. Izalci, 2 do art. 18 do Regimento Interno. 15

16 O SR. PRESIDENTE (Izalci) - O próximo orador inscrito é o Deputado Miro Teixeira, do PDT do Rio de Janeiro. O SR. MIRO TEIXEIRA (PDT-RJ. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, a cada discurso que aqui escuto sobre corrupção, fico pensando na preocupação da humanidade, porque isso é coisa que vem ao longo dos séculos. Revoluções foram feitas, algumas reformas estruturais nas organizações de países, de sociedades inteiras aconteceram, e a discussão continua, sendo que nos dias atuais isso parece absolutamente absurdo porque os mecanismos de controle são muito fartos, as informações estão muito acessíveis e a tecnologia permite o acompanhamento em tempo real do que se passa. Então, existe de fato uma disposição de deixar impunes aqueles que praticam a delinquência. A minha impressão é a de que ocorre no País, em todos os níveis, um grande e fértil pacto de cumplicidade. Esta é a verdade: há uma cumplicidade. Disse há pouco o Deputado Izalci que coisas rolam há 2 anos, 3 anos, 4 anos, há 1 ano; que já existem investigações feitas há 10 anos ou há 1 ano. Fica a impressão de que isso acaba sendo administrado pelos detentores do poder. Os processos não vão adiante porque daí surgem instrumentos de chantagem, de controle político, de domínio de partidos partidos inteiros, ou de Câmaras Distritais, ou de Assembleias Legislativas. O silêncio em torno desses assuntos e a falta de providências são tão gritantes. Não existe um dia em que não surja uma nova denúncia nos jornais. Hoje mesmo está aí o Tribunal de Contas da União e V.Exa., Sr. Presidente, citou o Correio Braziliense numa das manchetes dos jornais Correio Braziliense e O Globo, do Rio de Janeiro. O Tribunal de Contas mostra 16

17 irregularidades no mundo dos convênios do Governo Federal. Mas fica por isso mesmo. Creio que poderemos começar a mergulhar num estudo que nos revelará que interessa aos detentores do poder este cenário de dúvida, este cenário de suspeita. Não interessa que se apure que a pessoa é inocente ou que é culpada. Não. Porque, se houver apuração, aquele poder de mandar nessas pessoas fica muito reduzido. Acho que estamos entrando numa quadra que pode ser produtiva. Uns dizem que é perigosa. Prefiro olhar positivamente. Diante do volume das denúncias, acho que há possibilidade de a sociedade fiscalizar, porque já há certa descrença nas instituições, como organizadas hoje. Quando vejo a tripartição de Poderes virar uma ficção; quando vejo o Poder Legislativo absolutamente submetido ao Poder Executivo, quase que num ambiente de bajulação do Poder Executivo; quando vejo o Poder Judiciário tentando dificultar as investigações para o próprio saneamento, eu começo a achar que só existe mesmo como salvação a mais direta participação popular. Que caminhemos para a democracia direta o máximo possível, porque este sistema representativo está apresentando uma precariedade tal que leva a um cenário de cumplicidade. E V.Exa., Sr. Presidente, acabou de fazer um discurso que, em resumo, revela que ficam rodando e rodando, como o cachorro tentando morder o próprio rabo, e não saem do lugar. Não há punição. Parece que todos são culpados e todos se proclamam inocentes. E os culpados também proclamam os outros inocentes. Enfim, parece que esta história atual do Brasil tem poucos inocentes, tão poucos que não se permitem sair atrás dos culpados. 17

18 Eu prefiro olhar pelo lado positivo, prefiro olhar pela possibilidade de o povo fiscalizar diretamente o que se passa, de começar a cobrar, a marchar mesmo, a ir para as ruas, a ocupar a Esplanada dos Ministérios, a ocupar as principais ruas das capitais, pacificamente. O dinheiro que sustenta essa corrupção é o dinheiro do trabalho, é o dinheiro dos impostos, impostos que todos os dias aumentam. As arrecadações não param de aumentar, e as denúncias de corrupção também. Há coisas muito erradas, e a solução é a mobilização do povo. Já não creio nas instituições, ainda mais quando vemos o desinteresse no debate político. Não há debate político. Nós já poderíamos fazer aqui na Câmara dos Deputados, há algum tempo e vários Deputados já tentaram, nas segundas-feiras, nas sextas-feiras, nas tardes de quinta-feira, debates políticos, sobre temas políticos, e não apenas da pauta imposta pelo Poder Executivo, com as suas medidas provisórias. Acho que de todos esses exemplos podemos extrair resposta para a velha pergunta o que fazer? e caminhar para o fim do ciclo de impunidade. Se não, o povo acabará desacreditando a democracia. Obrigado. 18

19 O SR. PRESIDENTE (Izalci) - Passa-se ao Não há oradores inscritos V - GRANDE EXPEDIENTE 19

20 O SR. PRESIDENTE (Izalci) - Vai-se passar ao horário de minutos. VI - COMUNICAÇÕES PARLAMENTARES Tem a palavra o Deputado Mauro Benevides, pelo PMDB. S.Exa. tem 10 20

21 O SR. MAURO BENEVIDES (PMDB-CE. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, nobre Deputado Izalci, Sras. e Srs. Deputados, a Zona Norte do meu Estado recebe hoje a visita do Governador Cid Ferreira Gomes, para inaugurar obras de sua gestão, dentro de intensiva programação de realizações do Executivo, reputada uma das proficientes da história político-administrativa de nossa unidade federada. A estrada ligando Coreaú a Alcântaras passa a ser um marco rodoviário entre as duas cidades, permitindo, assim, um intercâmbio permanente entre as demais comunas daquela faixa territorial, que têm em Sobral o centro galvanizador do intercâmbio socioeconômico, como autêntico polo do nosso crescimento e da consequente expansão de incessantes atividades produtivas. Além disso, em Coreaú será procedida, igualmente, a ligação entre a sede e o Distrito de Araquém, detentor de expressiva concentração populacional, bem assim de prédios públicos, construídos com recursos dos Erários estadual e municipal. O líder político Paulo Carvalho, que ali comanda expressivo grupo partidário, destacou a relevância do magno acontecimento, não se dispensando de mencionar o esforço levado a cabo pelo Poder Executivo, à frente do qual se acha um experimentado homem de visão, com extrema sensibilidade para acolher as justas postulações de seus coestaduanos. Tendo recebido votos ali, tanto nas eleições majoritárias que disputei em passado recente, como candidato ao Senado em duas memoráveis jornadas democráticas e no último pleito para retornar a esta Casa, sinto-me no dever de compartilhar do natural regozijo da comunidade local, que recebe com festas a 21

22 presença daquele que tem a imensa responsabilidade de dirigir os destinos de nossa terra, que é, como já me referi, o Governador Cid Gomes. O titular da SEINFRA, engenheiro Adail Fontelene, também estará presente às festividades, já que contribuiu com sua competente equipe para que o empreendimento fosse ultimado dentro do cronograma estabelecido pelo Departamento Estadual de Rodovias, hoje entregue ao dinamismo do engenheiro Sérgio Azevedo. A chegada do Governador a Coreaú está prevista para as 10 horas de hoje, o que naturalmente me impediria, se lá estivesse, de participar dos trabalhos desta Casa na manhã desta sexta-feira e garantir, portanto, nesta sessão que não tem conotação deliberativa, que trouxéssemos a debate questões relevantes, como o fizeram há pouco instantes V.Exa., Sr. Presidente Izalci, e os nobres Deputados Miro Teixeira e Augusto Carvalho. E agora volto eu à tribuna para mencionar um fato extremamente auspicioso para a Zona Norte do meu Estado. Eu não me dispensaria de fazê-lo neste instante, até porque, ausente àquele acontecimento, daqui transmito ao povo de Coreaú a manifestação do meu regozijo, na expectativa de que outras iniciativas desse porte possam favorecer aqueles que residem num dos mais importantes Municípios da Zona Norte do Ceará. Era a comunicação, Sr. Presidente Izalci, que me senti no dever de fazer desta tribuna, até como forma de participar indiretamente daquele cometimento que ali se efetiva, que ali se concretiza, para atender a antiga postulação dos que residem na Zona Norte do Estado do Ceará. Muito obrigado, Sr. Presidente. Muito obrigado, Srs. Deputados. 22

23 O SR. PRESIDENTE (Izalci) - Concedo a palavra ao Deputado Darcísio Perondi, pelo PMDB. O SR. DARCÍSIO PERONDI (PMDB-RS. Sem revisão do orador.) - Bom dia, Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados. É com alegria que ocupo a tribuna nesta sexta-feira. E com mais alegria ainda e respeito venho ressaltar o fato mais importante, na área da saúde, que ocorreu no Brasil nesta semana, exatamente na semana do carnaval. Falo do lançamento, meu caro e brilhante Deputado do Rio de Janeiro, Miro Teixeira, da Campanha da Fraternidade, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, com o lema Que a Saúde se Difunda sobre a Terra. Cumprimento os senhores bispos da CNBB pela escolha do tema. A Igreja Católica tem pautado, nas últimas décadas, uma luta forte em defesa da saúde. No ano passado, a Conferência refletiu, ouviu sanitaristas, médicos, enfermeiras, economistas da saúde e consultou a sua própria inteligência da saúde, meu caro Deputado Mauro Benevides, que preside os trabalhos da Câmara neste momento, porque a CNBB tem inteligência na saúde também, e fez este documento de 150 páginas, documento que vou entregar à Mesa para que providencie a sua transcrição nos Anais da Casa, para o Brasil inteiro consultar. Ele está disponível também no site da CNBB e no meu próprio site. Trata-se de um estudo aprofundado da saúde no Brasil. Reconhece os avanços. E houve, principalmente nos últimos 12 anos, de 1995 para cá e mesmo antes de 1995, no Governo do PMDB, do Presidente José Sarney, quando foi sancionado o Sistema Único de Saúde. Então, reconhece os avanços, inclusive os avanços do atual Governo. Reconhece. Mas a CNBB é autônoma, independente e 23

24 corajosa: ela aponta a dureza, o sofrimento que caminha lado a lado com a pobreza. E mais: o sofrimento, a pobreza, a desigualdade no atendimento à saúde. E fala do contraditório, Deputado Miro Teixeira: o pobre e o rico ficam doentes; o analfabeto e o doutor ficam doentes; quem mora na favela ou debaixo da ponte e quem mora no melhor apartamento de Brasília, todos ficam doentes. Aí há igualdade. E não tinha refletido sobre isso. Mas aqui se faz essa reflexão. E se apontam a desigualdade, as dificuldades de acesso dos brasileiros e a dignidade. Estou vendo daqui o brilhante Deputado Izalci, do Distrito Federal. E posso falar da indignidade que o cidadão de Brasília ou do Entorno de Brasília sente quando precisa de assistência médica, a 3 ou 5 minutos deste Congresso que decide as leis; a 3 minutos do Palácio do Planalto, onde está a Presidenta Dilma Rousseff, com toda a sua inteligência; a 3 minutos do Tesouro Nacional, que arrecada, arrecada e arrecada. Essas pessoas sofrem, e este documento aqui reflete a dor, o grito, o desespero e a tristeza dos brasileiros que sofrem nos postos de saúde, nas filas das Santas Casas e dos hospitais universitários ou aqui no Hospital de Base. Na semana passada, saiu a tesoura mortal, egoísta, defensora de privilegiados, a tesoura sanguinolenta da área econômica do Governo, do Ministério do Planejamento e do Tesouro Nacional, fazendo cortes no Orçamento da União. Os bispos, no lançamento da Campanha da Fraternidade, foram corajosos em apontar isso. O Ministro Alexandre Padilha disse: Não, o Governo está cumprindo a Emenda 29. Nós aumentamos o orçamento em relação ao ano passado. Sim. É óbvio que aumentamos. No mínimo. O Congresso tinha aumentado em 6 bilhões, para minorar o sofrimento. E esse foi o corte. O Governo, 24

25 sim, cumpriu a Emenda Constitucional nº 29. Mas esse dinheiro, todos nós sabemos, é absolutamente insuficiente. O Programa Rede Cegonha vai dar 50 reais por mês às grávidas, Deputado Miro. E aqui se fala também da mortalidade materna, das mães grávidas. Nós não vamos chegar ao que a Organização Mundial da Saúde quer, a 30 mortes para cada grupo de 100 mil grávidas. Estamos com 60 mortes para 100 mil grávidas. Não adianta dar dinheiro às grávidas. O hospital público pode não ter anestesista. O que o Governo paga por um parto? Quatrocentos ou 500 reais. E aqui, com conhecimento de causa, sem interesse nenhum, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil aponta que a remuneração é ínfima, que as Santas Casas e os hospitais universitários estão à míngua. O capital humano que trabalha nos hospitais as enfermeiras, os técnicos de enfermagem, os médicos, os porteiros, os farmacêuticos está abandonando o SUS ou sofre com o salário minguado. A Conferência aponta isso. A Campanha da Fraternidade vai mexer com o Brasil inteiro, vai mexer com as famílias, para que se envolvam com a saúde na sua cidade, e vai mexer com a mídia. Eu sou utópico, Deputado Miro. Acho que sou igual a V.Exa. e igual ao Deputado Mauro Benevides e ao Deputado Izalci. Por isso estamos aqui. Nós somos utópicos, temos a esperança no coração. Por isso estamos aqui. Então, nós temos que esperar que esta Campanha mexa com os corações do Palácio do Planalto, que mexa com a Presidenta Dilma. Ela é sensível, mas acho que está rodeada por economistas insensíveis. Ela não está conseguindo enxergar o resultado das pesquisas, que a avaliam muito bem 60%, 70% de aprovação, mas que no item saúde mostram a sua pior rejeição. 25

26 Mas não precisa se preocupar com as pesquisas, Presidenta Dilma. Visite uma Santa Casa, visite um hospital público, visite as obras no Rio São Francisco, visite as obras de Belo Monte. Sim! Nós precisamos de energia. Aliás, a tarifa de energia está muito cara. É a quarta mais cara do mundo. Mas isso não interessa. Visite-as. Precisamos de usinas. Mas visite também hospitais e postos de saúde, converse com os doentes, converse com os médicos, converse com o administrador. A Campanha da Fraternidade também mostra isso neste documento. Mas só espera, só tem esperança, eu acho, Deputado Mauro Benevides e vou ousar dizer isso a V.Exa., que tem uma experiência invejável na política brasileira, que tem um coração maior do que o mundo, quem não tem nada. Nada. O Governo está dando Bolsa Família, dando ajuda, mas saúde, não. Só tem esperança quem não tem nada, só tem esperança quem tem um pouco e quer mais. Aí eu falo dos 30 milhões de brasileiros, Presidenta Dilma, que ascenderam da classe E para a classe D e estão chegando à classe C. Essas pessoas estão com emprego, estão com comida, mas não estão com saúde. Elas também querem mais. E também têm esperança. Quem tem quer mais, o que é um desejo. Eu não quero que os funcionários públicos tenham plano de saúde, eu não quero que a maioria dos brasileiros tenha plano de saúde ou que tenham, se quiserem. Se não tiverem plano de saúde, o SUS quebra. Se 50 milhões de pessoas voltarem para o SUS, ele quebra. Mas essas pessoas não podem ter plano de saúde porque têm dificuldade de acesso. Lembro o que disse Lígia Bahia, carioca, doutora em saúde pública e eleitora da Presidenta Dilma, em entrevista ao jornal Correio Braziliense, edição de domingo. Ela disse que não dá para confundir a crise no SUS com o gerencialismo, que não 26

08/06/2010. Entrevista do Presidente da República

08/06/2010. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após visita ao banco de sangue de cordão umbilical e placentário - Rede BrasilCord Fortaleza-CE, 08 de junho de 2010

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 65 Discurso na solenidade do Dia

Leia mais

Câmara Municipal de Cubatão

Câmara Municipal de Cubatão 2 ATA DA 1ª SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DO 2º ANO LEGISLATIVO DA 16ª LEGISLATURA REALIZADA EM 27 DE MAIO DE 2014 PRESIDÊNCIA - Sr. César da Silva Nascimento. SECRETARIAS - Sr. Fábio Alves Moreira e Sr. Ricardo

Leia mais

ORDEM DO DIA PROJETO DE LEI Nº 031/2005, conforme emendado VEREADOR MARCO ANTÔNIO GRILLO

ORDEM DO DIA PROJETO DE LEI Nº 031/2005, conforme emendado VEREADOR MARCO ANTÔNIO GRILLO ATA DA QUADRAGÉSIMA SÉTIMA SESSÃO, EXTRAORDINÁRIA, DA 1ª SESSÃO LEGISLATIVA, DA 5ª LEGISLATURA DA CÂMARA MUNICIPAL DE VENDA NOVA DO IMIGRANTE, ESTADO DO ESPÍRITO SANTO... Aos vinte e sete dias do mês de

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 21 Discurso na cerimónia de instalação

Leia mais

Pronunciamento à nação do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de posse Palácio do Planalto, 1º de janeiro de 2007

Pronunciamento à nação do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de posse Palácio do Planalto, 1º de janeiro de 2007 Pronunciamento à nação do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de posse Palácio do Planalto, 1º de janeiro de 2007 Meus queridos brasileiros e brasileiras, É com muita emoção

Leia mais

Jornalista: Eu queria que o senhor comentasse (incompreensível)?

Jornalista: Eu queria que o senhor comentasse (incompreensível)? Entrevista concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após cerimônia de apresentação dos resultados das ações governamentais para o setor sucroenergético no período 2003-2010 Ribeirão

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 68 Discurso na cerimónia de lançamento

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher Palácio do Planalto, 12 de março de 2003 Minha cara ministra Emília Fernandes, Minha cara companheira Benedita da

Leia mais

Comissão de Saúde da Câmara dos Vereadores do Rio questiona SMS e defende instalação de CPI para investigar desrespeito à Lei das OSs

Comissão de Saúde da Câmara dos Vereadores do Rio questiona SMS e defende instalação de CPI para investigar desrespeito à Lei das OSs Comissão de Saúde da Câmara dos Vereadores do Rio questiona SMS e defende instalação de CPI para investigar desrespeito à Lei das OSs O plenário da Câmara Municipal do Rio de Janeiro ficou lotado durante

Leia mais

Câmara Municipal de Tijucas do Sul

Câmara Municipal de Tijucas do Sul ATA DA 9 a SESSÃO ORDINÁRIA DO PRIMEIRO PERÍODO ORDINÁRIO DA PRIMEIRA SESSÃO LEGISLATIVA DA 15 a LEGISLATURA EM 07/04/2014. Aos sete dias do mês de abril do ano de dois mil e quatorze, nesta cidade de

Leia mais

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 17, DE 2012

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 17, DE 2012 PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 17, DE 2012 Primeira sessão de discussão, em primeiro turno, da Proposta de Emenda à Constituição nº 17, de 2012, tendo como primeiro signatário o Deputado Maurício

Leia mais

Câmara Municipal de São Paulo

Câmara Municipal de São Paulo DISCURSO PROFERIDO PELO VEREADOR NATALINI NA 126ª SESSÃO ORDINARIA, REALIZADA EM 24/03/10 GRANDE EXPEDIENTE O SR. NATALINI (PSDB) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Vereadores, telespectadores da TV Câmara

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Pronunciamento na primeira reunião

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral Abril 2013 TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Presidente Desembargadora Letícia De Faria Sardas Corregedor

Leia mais

Senador Pedro Taques Discurso Manifestações

Senador Pedro Taques Discurso Manifestações Senador Pedro Taques Discurso Manifestações Senhor presidente, Senhoras senadoras, senhores senadores Amigos das redes sociais que também estão nas ruas Estamos em época de competição de futebol. Nosso

Leia mais

CONSTRUINDO A DEMOCRACIA SOCIAL PARTICIPATIVA

CONSTRUINDO A DEMOCRACIA SOCIAL PARTICIPATIVA CONSTRUINDO A DEMOCRACIA SOCIAL PARTICIPATIVA Clodoaldo Meneguello Cardoso Nesta "I Conferência dos lideres de Grêmio das Escolas Públicas Estaduais da Região Bauru" vamos conversar muito sobre política.

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal Sobral-CE, 17 de março de 2004 Meu caro governador do estado do Ceará, Lúcio Alcântara, Meu caro companheiro

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na visita ao Assentamento Lulão

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na visita ao Assentamento Lulão , Luiz Inácio Lula da Silva, na visita ao Assentamento Lulão Santa Cruz de Cabrália-BA, 28 de setembro de 2005 Meu caro governador Paulo Souto, governador do estado da Bahia, Meu querido companheiro Miguel

Leia mais

CARTILHA DO VOTO CONSCIENTE

CARTILHA DO VOTO CONSCIENTE CARTILHA DO VOTO CONSCIENTE ART. 1, 1 da Constituição Federal de 88: Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição. Voto consciente:

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 40 Discurso na cerimónia comemorativa

Leia mais

Publicação no DSF de 03/04/2004 - página 9208

Publicação no DSF de 03/04/2004 - página 9208 Autor José Jorge (PFL - Partido da Frente Liberal / PE) Nome José Jorge de Vasconcelos Lima Completo Data 02/04/2004 Casa Senado Federal Tipo Discurso Resumo Medidas do governo federal na área de educação.

Leia mais

stf.empauta.com 'Sessão secreta não é compatível com a Carta' NACIONAL ENTREVISTA

stf.empauta.com 'Sessão secreta não é compatível com a Carta' NACIONAL ENTREVISTA 'Sessão secreta não é compatível com a Carta' Lewandowski critica voto secreto no Congresso Para ministro do Supremo, "esse modo de pensar é incompatível com a Constituição" 'Sessão secreta não é compatível

Leia mais

presidente Brasil Por Nízea Coelho

presidente Brasil Por Nízea Coelho a PRIMEIRA presidente do Brasil Por Nízea Coelho 1 Lula é um fenômeno no mundo Historiador, mestre e futuro doutor. Este é Leandro Pereira Gonçalves, professor de História do Centro de Ensino Superior

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 106 Discurso na cerimónia de entrega

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 81 Discurso na cerimónia de entrega

Leia mais

24/04/2007. Presidência da República Secretaria de Comunicação Social Discurso do Presidente da República

24/04/2007. Presidência da República Secretaria de Comunicação Social Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de assinatura dos atos normativos do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) Palácio do Planalto, 24 de abril de 2007 Excelentíssimo senador Renan Calheiros,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 37 Discurso na cerimónia de retomada

Leia mais

O SR. BETO ALBUQUERQUE (PSB-RS. Pronuncia o seguinte discurso.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, hoje, 12 de maio, comemoramos o Dia

O SR. BETO ALBUQUERQUE (PSB-RS. Pronuncia o seguinte discurso.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, hoje, 12 de maio, comemoramos o Dia O SR. BETO ALBUQUERQUE (PSB-RS. Pronuncia o seguinte discurso.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, hoje, 12 de maio, comemoramos o Dia Internacional do Enfermeiro. Na realidade, comemora-se hoje,

Leia mais

O SR. PRESIDENTE (Epitácio Cafeteira. PTB MA) Há número regimental. Declaro aberta a sessão.

O SR. PRESIDENTE (Epitácio Cafeteira. PTB MA) Há número regimental. Declaro aberta a sessão. 26314 Quinta-feira 10 DIÁRIO DO SENADO FEDERAL Julho de 2008 O SR. PRESIDENTE (Epitácio Cafeteira. PTB MA) Há número regimental. Declaro aberta a sessão. Sob a proteção de Deus, iniciamos os nossos trabalhos.

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE TAPURAH

CÂMARA MUNICIPAL DE TAPURAH ATA DA SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 01 DE FEVEREIRO DE 2.012 Ao primeiro dia do mês de fevereiro de dois mil e doze, na Sede da Câmara Municipal, situada à Avenida Paraná, 1.725, às dezenove e trinta horas

Leia mais

Câmara Municipal de Tijucas do Sul

Câmara Municipal de Tijucas do Sul ATA DA 16 a SESSÃO ORDINÁRIA DO PRIMEIRO PERÍODO ORDINÁRIO DA PRIMEIRA SESSÃO LEGISLATIVA DA 15 a LEGISLATURA EM 26/05/2014. Aos vinte e seis dias do mês de maio do ano de dois mil e quatorze, nesta cidade

Leia mais

DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO NÚCLEO DE REVISÃO DE COMISSÕES TEXTO COM REDAÇÃO FINAL

DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO NÚCLEO DE REVISÃO DE COMISSÕES TEXTO COM REDAÇÃO FINAL CÂMARA DOS DEPUTADOS DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO NÚCLEO DE REVISÃO DE COMISSÕES TEXTO COMISSÃO ESPECIAL - PL 203/91 - POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS EVENTO: Reunião Ordinária N : 000638/01

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita às obras da usina hidrelétrica de Jirau

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita às obras da usina hidrelétrica de Jirau , Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita às obras da usina hidrelétrica de Jirau Porto Velho-RO, 12 de março de 2009 Gente, uma palavra apenas, de agradecimento. Uma obra dessa envergadura não poderia

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 11 Discurso na cerimónia de posse

Leia mais

o Sr. Gérson Camata - Permite-me V. Ex a um aparte? o Sr. Jutahy Magalhães - Ouço V. Ex a com prazer. (71 Senador JUTAHY MAGALHÃES

o Sr. Gérson Camata - Permite-me V. Ex a um aparte? o Sr. Jutahy Magalhães - Ouço V. Ex a com prazer. (71 Senador JUTAHY MAGALHÃES (71 Senador JUTAHY MAGALHÃES PSDB BA Eu gostaria de dizer - já é do conhecimento público - que o Deputado Jamil Haddad, Ministro da Saúde do atual Governe), colocou seu cargo à disposição do Presidente

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Lançamento da Campanha Contra a Poliomielite

Leia mais

Histórico das ações sobre Carga Horária de psicólogos no município do Rio de Janeiro pelo Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro - CRP/05

Histórico das ações sobre Carga Horária de psicólogos no município do Rio de Janeiro pelo Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro - CRP/05 Histórico das ações sobre Carga Horária de psicólogos no município do Rio de Janeiro pelo Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro - CRP/05 Dezembro/2003 - A discussão sobre carga horária para

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 20 Discurso na cerimónia "Jovens

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 79 Discurso no lançamento do programa

Leia mais

Clipping CARF Matérias dos jornais que mencionam o CARF

Clipping CARF Matérias dos jornais que mencionam o CARF O Estado de S.Paulo Clipping CARF Matérias dos jornais que mencionam o CARF Nardes, do TCU, é citado na Zelotes O Estado de S. Paulo - 10/09/2015 Investigadores analisam informações sobre suposto envolvimento

Leia mais

Relatório de Análise de Mídia Clipping Senado Federal e Congresso Nacional

Relatório de Análise de Mídia Clipping Senado Federal e Congresso Nacional Relatório de Análise de Mídia Clipping Senado Federal e Congresso Nacional Noticiário de fevereiro de 2013 Brasília, março de 2013 SECRETARIA DE TRANSPARÊNCIA Conteúdo 1. Análise de notícias... 3 2. Pré-sal...

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 68 Discurso na cerimónia de inauguração

Leia mais

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL ATA SUCINTA DA 12ª (DÉCIMA SEGUNDA) SESSÃO ORDINÁRIA,

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL ATA SUCINTA DA 12ª (DÉCIMA SEGUNDA) SESSÃO ORDINÁRIA, 1 TERCEIRA SECRETARIA DIRETORIA LEGISLATIVA DIVISÃO DE TAQUIGRAFIA E APOIO AO PLENÁRIO SETOR DE TRAMITAÇÃO, ATA E SÚMULA 2ª SESSÃO LEGISLATIVA DA 6ª LEGISLATURA ATA SUCINTA DA 12ª (DÉCIMA SEGUNDA) SESSÃO

Leia mais

Jornalista: O senhor se arrepende de ter dito que crise chegaria ao Brasil como uma marolinha?

Jornalista: O senhor se arrepende de ter dito que crise chegaria ao Brasil como uma marolinha? Entrevista exclusiva concedida por escrito pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao jornal Gazeta do Povo, do Paraná Publicada em 08 de fevereiro de 2009 Jornalista: O Brasil ainda tem

Leia mais

CLIPPING SERVIÇO DE IMPRENSA MARÇO. imprensa@tce.go.gov.br www.tce.go.gov.br 3201.9072

CLIPPING SERVIÇO DE IMPRENSA MARÇO. imprensa@tce.go.gov.br www.tce.go.gov.br 3201.9072 CLIPPING MARÇO 18 SERVIÇO DE IMPRENSA imprensa@tce.go.gov.br www.tce.go.gov.br 3201.9072 O POPULAR O POPULAR DIÁRIO DA MANHÃ DIÁRIO DA MANHÃ ROTA JURÍDICA CAMPANHA DO TRT GOIÁS INCENTIVA TRABALHO SEGURO

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 29 Discurso na cerimónia de lançamento

Leia mais

O que fazer para reformar o Senado?

O que fazer para reformar o Senado? O que fazer para reformar o Senado? Cristovam Buarque As m e d i d a s para enfrentar a crise do momento não serão suficientes sem mudanças na estrutura do Senado. Pelo menos 26 medidas seriam necessárias

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS Comissão de Fiscalização Financeira e Controle CFFC

CÂMARA DOS DEPUTADOS Comissão de Fiscalização Financeira e Controle CFFC REQUERIMENTO Nº, DE 2013 (do Sr. Fernando Francishcini) Requer que seja convocado o Sr. Manoel Dias, Ministro de Estado do Trabalho e Emprego para expor acerca dos últimos acontecimentos naquele Ministério,

Leia mais

ATA DA 4ª SESSÃO ORDINÁRIA

ATA DA 4ª SESSÃO ORDINÁRIA ATA DA 4ª SESSÃO ORDINÁRIA 1º PERÍODO 2ª SESSÃO LEGISLATIVA - LEGISLATURA DE 2013 A 2016 PRESIDENTE: MANUEL SEBASTIÃO PIMENTEL DE MEDEIROS Aos 17 dias do mês de fevereiro de dois mil e quatorze. Nesta

Leia mais

2013/2016, REALIZADA NA CÂMARA MUNICIPAL DE MURIAÉ, EDIFÍCIO MANUEL CORRÊA DO PRADO, SITUADA À PRAÇA CORONEL PACHECO DE MEDEIROS, S

2013/2016, REALIZADA NA CÂMARA MUNICIPAL DE MURIAÉ, EDIFÍCIO MANUEL CORRÊA DO PRADO, SITUADA À PRAÇA CORONEL PACHECO DE MEDEIROS, S ATA DA 9 a REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA 2ª SESSÃO LEGISLATIVA DA 33 a LEGISLATURA, 2013/2016, REALIZADA NA CÂMARA MUNICIPAL DE MURIAÉ, EDIFÍCIO MANUEL CORRÊA DO PRADO, SITUADA À PRAÇA CORONEL PACHECO DE MEDEIROS,

Leia mais

Cem edições para informar e formar cidadãos!

Cem edições para informar e formar cidadãos! ParaTod Mandato do Deputado Tadeu Veneri-PT nº 100 Dezembro 2014 s Acesse: www.tadeuveneri.com.br facebook.com/tadeuveneri Edição Especial Número 100 Cem edições para informar e formar cidadãos! Do primeiro

Leia mais

DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO NÚCLEO DE REDAÇÃO FINAL EM COMISSÕES TEXTO COM REDAÇÃO FINAL

DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO NÚCLEO DE REDAÇÃO FINAL EM COMISSÕES TEXTO COM REDAÇÃO FINAL CÂMARA DOS DEPUTADOS DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO NÚCLEO DE REDAÇÃO FINAL EM COMISSÕES TEXTO TRANSCRIÇÃO IPSIS VERBIS CPI - SIVAM EVENTO: Reunião Ordinária N : 0454/02 DATA: 21/05/02

Leia mais

Câmara Municipal de Carnaubal

Câmara Municipal de Carnaubal Câmara Municipal de Carnaubal ATA DA 2º ( SEGUNDDA) SESSÃO ORDINÁRIA DO 1º PRIMEIRO PERÍODO LEGISLATIVO ANO 2015 Ata da Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Carnaubal CE; realizada no dia 24 ( VINTE

Leia mais

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE SÁTÃO

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE SÁTÃO 1 ATA DA PRIMEIRA REUNIÃO DA REALIZADA NO DIA DEZASSEIS DO MÊS DE OUTUBRO DO ANO DE DOIS MIL E TREZE Após a instalação dos respetivos órgãos municipais, o Sr. Presidente da Assembleia Municipal cessante

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 21 DE ABRIL PALÁCIO DO PLANALTO BRASÍLIA-DF

Leia mais

Sugestão de Projeto de Lei de Municipalização das 30 Horas

Sugestão de Projeto de Lei de Municipalização das 30 Horas Sugestão de Projeto de Lei de Municipalização das 30 Horas Texto construído com base em diversos trabalhos acadêmicos, dados do Cofen, dados do Coren, Fórum Nacional das 30 horas, Aben e do artigo Jornada

Leia mais

A Sra. ALMERINDA DE CARVALHO (PMDB-RJ) pronuncia o seguinte discurso: Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, mais uma vez, a Igreja,

A Sra. ALMERINDA DE CARVALHO (PMDB-RJ) pronuncia o seguinte discurso: Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, mais uma vez, a Igreja, A Sra. ALMERINDA DE CARVALHO (PMDB-RJ) pronuncia o seguinte discurso: Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, mais uma vez, a Igreja, por intermédio da CNBB, com a Campanha da Fraternidade de

Leia mais

ARQUIVO HISTÓRICO VIRTUAL DO LEGISLATIVO

ARQUIVO HISTÓRICO VIRTUAL DO LEGISLATIVO ARQUIVO HISTÓRICO VIRTUAL DO LEGISLATIVO HISTÓRIA DO LEGISLATIVO (BRASIL) A história das Câmaras municipais no Brasil começou em 1532, quando São Vicente, hoje atual Estado de São Paulo foi elevada à categoria

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 15 Discurso na cerimónia de sanção

Leia mais

DISCURSO PROFERIDO PELO NOBRE DEPUTADO HELIO DE SOUSA, EM CARÁTER EXCEPCIONAL, NO DIA 08 DE OUTUBRO DE 2015

DISCURSO PROFERIDO PELO NOBRE DEPUTADO HELIO DE SOUSA, EM CARÁTER EXCEPCIONAL, NO DIA 08 DE OUTUBRO DE 2015 DISCURSO PROFERIDO PELO NOBRE DEPUTADO HELIO DE SOUSA, EM CARÁTER EXCEPCIONAL, NO DIA 08 DE OUTUBRO DE 2015 Senhores Deputados, meu pronunciamento é em caráter excepcional. Eu tenho uma história de vida

Leia mais

Entrevista. Por DANIELA MENDES

Entrevista. Por DANIELA MENDES Entrevista ''O Estado não pode tutelar a sociedade'' O presidente da Frente Parlamentar de Comunicação diz que a Constituição estabelece só cinco pontos a serem normatizados: tabaco, álcool, medicamentos,

Leia mais

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri Copenhague-Dinamarca, 01 de outubro de 2009 Bem, primeiro dizer a vocês da alegria de poder estar

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 62 Discurso na cerimónia de apresentação

Leia mais

DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO

DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO SESSÃO: 237.2.54.O DATA: 04/09/12 TURNO: Noturno TIPO DA SESSÃO: Extraordinária - CD LOCAL: Plenário Principal - CD INÍCIO: 21h11min TÉRMINO: 21h21min DISCURSOS

Leia mais

Leia a íntegra do pronunciamento da presidente eleita Dilma Rousseff

Leia a íntegra do pronunciamento da presidente eleita Dilma Rousseff 31/10/2010 23h56 - Atualizado em 01/11/2010 11h24 Leia a íntegra do pronunciamento da presidente eleita Dilma Rousseff Em Brasília, ela fez primeiro discurso após anúncio do resultado da eleição. Ela afirmou

Leia mais

Clipping. ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO 03 de outubro de 2011 ESTADO DE MINAS

Clipping. ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO 03 de outubro de 2011 ESTADO DE MINAS ESTADO DE MINAS 1 2 ESTADO DE MINAS 3 ESTADO DE MINAS http://www.em.com.br PSD de Kassab mira 'órfãos' do PMDB quercista O PSD obteve registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na terça-feira e corre

Leia mais

Ata da Vigésima Sessão Ordinária da Câmara Municipal de São Pedro de Alcântara/SC. Segundo Período Legislativo da Quinta Legislatura.

Ata da Vigésima Sessão Ordinária da Câmara Municipal de São Pedro de Alcântara/SC. Segundo Período Legislativo da Quinta Legislatura. Ata da Vigésima Sessão Ordinária da Câmara Municipal de São Pedro de Alcântara/SC. Segundo Período Legislativo da Quinta Legislatura. Aos vinte e cinco dias do mês de agosto do ano de dois mil e catorze,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Discurso na cerimónia de lançamento

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Discurso na cerimónia de regulamentação

Leia mais

Pronunciamento do Excelentíssimo Senhor Ministro de Estado Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Antonio Palocci Filho

Pronunciamento do Excelentíssimo Senhor Ministro de Estado Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Antonio Palocci Filho Pronunciamento do Excelentíssimo Senhor Ministro de Estado Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Antonio Palocci Filho Brasília, 02/01/2011 (Saudações e agradecimentos)... Senhoras e senhores,

Leia mais

TEMA: EDUCAÇÃO. Disponível em: http://1.bp.blogspot.com/-0x0-0wiwl4g/twvi9xhqdfi/aaaaaaaaa0i/-vw1d7ch9dg/s1600/educacao5.jpg

TEMA: EDUCAÇÃO. Disponível em: http://1.bp.blogspot.com/-0x0-0wiwl4g/twvi9xhqdfi/aaaaaaaaa0i/-vw1d7ch9dg/s1600/educacao5.jpg 26 TEMA: EDUCAÇÃO TEXTO I Disponível em: http://1.bp.blogspot.com/-0x0-0wiwl4g/twvi9xhqdfi/aaaaaaaaa0i/-vw1d7ch9dg/s1600/educacao5.jpg TEXTO II EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO SOCIAL Lutar para elevar o nível

Leia mais

ADVOCACY LEGISLATIVO: O PAPEL DE ASSESSORES POLÍTICOS

ADVOCACY LEGISLATIVO: O PAPEL DE ASSESSORES POLÍTICOS ADVOCACY LEGISLATIVO: O PAPEL DE ASSESSORES POLÍTICOS Advogado chefe de gabinete do Deputado Darcísio Perondi PMDB/RS O Deputado é Médico pela Universidade Federal do Rio Grande Sul, com pós-graduação

Leia mais

02/12/2004. Discurso do Presidente da República

02/12/2004. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de entrega do Prêmio Finep e sanção da Lei de Inovação de Incentivo à Pesquisa Tecnológica Palácio do Planalto, 02 de dezembro de 2004 Meus companheiros ministros,

Leia mais

A QUESTÃO DA ADOÇÃO NO BRASIL Professor Romulo Bolivar. www.proenem.com.br

A QUESTÃO DA ADOÇÃO NO BRASIL Professor Romulo Bolivar. www.proenem.com.br A QUESTÃO DA ADOÇÃO NO BRASIL Professor Romulo Bolivar www.proenem.com.br INSTRUÇÃO A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação,

Leia mais

Giovana - O senhor pode estimar um prazo para construir as casas, já que os terrenos estão previamente definidos pela prefeitura?

Giovana - O senhor pode estimar um prazo para construir as casas, já que os terrenos estão previamente definidos pela prefeitura? Confira parte da entrevista feita por jornalistas do Grupo RBS com o prefeito de Blumenau, João Paulo Kleinubing. Participaram do encontro o editor e colunista do Jornal de Santa Catarina, Fabrício Cardoso,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 23 Discurso na cerimónia de assinatura

Leia mais

A MESA DIRETORA Deputado RICARDO MOTTA PRESIDENTE

A MESA DIRETORA Deputado RICARDO MOTTA PRESIDENTE A MESA DIRETORA Deputado RICARDO MOTTA PRESIDENTE Deputado GUSTAVO CARVALHO 1 VICE-PRESIDENTE Deputado LEONARDO NOGUEIRA 2 VICE-PRESIDENTE Deputado GUSTAVO FERNANDES 1 SECRETÁRIO Deputado RAIMUNDO FERNANDES

Leia mais

MUNICÍPIO DE CUIABÁ) Excelentíssimo Senhor Presidente do. Supremo Tribunal Federal, Doutor Professor Gilmar Ferreira

MUNICÍPIO DE CUIABÁ) Excelentíssimo Senhor Presidente do. Supremo Tribunal Federal, Doutor Professor Gilmar Ferreira O SR. JOSÉ ANTÔNIO ROSA (PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE CUIABÁ) Excelentíssimo Senhor Presidente do Supremo Tribunal Federal, Doutor Professor Gilmar Ferreira Mendes, na pessoa de quem cumprimento todos

Leia mais

PRIMEIRO EXPEDIENTE PRONUNCIAMENTO SR. DEPUTADO SÉRGIO AGUIAR (PSB):

PRIMEIRO EXPEDIENTE PRONUNCIAMENTO SR. DEPUTADO SÉRGIO AGUIAR (PSB): ATA DA 63ª (SEXAGÉSIMA TERCEIRA) SESSÃO ORDINÁRIA DA TERCEIRA SESSÃO LEGISLATIVA DA VIGÉSIMA OITAVA LEGISLATURA DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO CEARÁ DO DIA 7 DE JUNHO DE 2013. PRIMEIRO EXPEDIENTE

Leia mais

ACS Assessoria de Comunicação Social

ACS Assessoria de Comunicação Social O tempo e a espera Ministro fala de projetos em andamento e ações do governo para a área educacional Entrevista do ministro publicada na Revista Educação no dia 26 de maio de 2004. Tarso Genro é considerado

Leia mais

Pronunciamento proferido pelo Deputado Edson Ezequiel (PMDB-RJ).

Pronunciamento proferido pelo Deputado Edson Ezequiel (PMDB-RJ). Pronunciamento proferido pelo Deputado Edson Ezequiel (PMDB-RJ). Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, Ocupo a tribuna para agradecer a população do Estado do Rio de Janeiro, muito particularmente

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 49 Discurso no encontro com grupo

Leia mais

Vem pra urna! Justiça Eleitoral. Cartório Eleitoral - ES. Cartilha educativa da. Justiça Eleitoral. sobreo poder do voto.

Vem pra urna! Justiça Eleitoral. Cartório Eleitoral - ES. Cartilha educativa da. Justiça Eleitoral. sobreo poder do voto. Vem pra urna! Justiça Eleitoral Cartório Eleitoral - ES www.tre-es.jus.br. #vempraurna Cartilha educativa da Justiça Eleitoral sobreo poder do voto. Material desenvolvido pelo Tribunal Regional Eleitoral

Leia mais

Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT

Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT Brasília-DF, 30 de outubro de 2006 Jornalista Ana Paula Padrão: Então vamos às perguntas, agora ao vivo, com

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 43 Discurso na cerimónia de inauguração

Leia mais

SANÇÃO DA LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL

SANÇÃO DA LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL SANÇÃO DA LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL Brasília, 04 de maio de 2000 Muitos dos Senhores que estão aqui hoje me conhecem e podem portanto imaginar o quanto é importante e especial para mim este dia. Ver

Leia mais

Por que defender o Sistema Único de Saúde?

Por que defender o Sistema Único de Saúde? Por que defender o Sistema Único de Saúde? Diferenças entre Direito Universal e Cobertura Universal de Saúde Cebes 1 Direito universal à saúde diz respeito à possibilidade de todos os brasileiros homens

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 62 Discurso na solenidade de sanção

Leia mais

Ano 1 - nº 1 - Set/15

Ano 1 - nº 1 - Set/15 Ano 1 - nº 1 - Set/15 Conversando sobre a REALIDADE social do BRASIL Partido da Social Democracia Brasileira Presidente: Senador Aécio Neves Instituto Teotônio Vilela Presidente: José Aníbal créditos

Leia mais

MENSAGEM Nº, de 2008.

MENSAGEM Nº, de 2008. MENSAGEM Nº, de 2008. = Tenho a honra de submeter à elevada consideração de Vossas Excelências o projeto de Lei anexo, que objetiva criar o Conselho Municipal Antidrogas COMAD. Um dos mais graves problemas

Leia mais

54616 Sábado 17 DIÁRIO DO SENADO FEDERAL Dezembro de 2011

54616 Sábado 17 DIÁRIO DO SENADO FEDERAL Dezembro de 2011 54616 Sábado 17 DIÁRIO DO SENADO FEDERAL Dezembro de 2011 RO) Voltamos à lista de oradores. Pela ordem de inscrição, Senadora Ana Amélia, pela Liderança do PP. RO) A Presidência recebeu da Câmara dos Deputados

Leia mais

DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO NÚCLEO DE REVISÃO DE COMISSÕES TEXTO COM REDAÇÃO FINAL

DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO NÚCLEO DE REVISÃO DE COMISSÕES TEXTO COM REDAÇÃO FINAL CÂMARA DOS DEPUTADOS DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO NÚCLEO DE REVISÃO DE COMISSÕES TEXTO COMISSÃO EXTERNA - CONFERÊNCIA MUNDIAL ÁFRICA DO SUL EVENTO: Reunião ordinária N : 001197/00 DATA:

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 28 Discurso na solenidade de inauguração

Leia mais

27/11/2009. Entrevista do Presidente da República

27/11/2009. Entrevista do Presidente da República Entrevista exclusiva concedida por escrito pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, para o jornal Metro, edição São Paulo e edição ABC Publicada em 27 de novembro de 2009 Jornalista: Muitos

Leia mais

RELATÓRIO DE ANÁLISE DA MÍDIA

RELATÓRIO DE ANÁLISE DA MÍDIA RELATÓRIO DE ANÁLISE DA MÍDIA CLIPPING SENADO FEDERAL E CONGRESSO NACIONAL NOTICIÁRIO JUNHO DE 2010 SEAI 06/2010 Brasília, julho de 2010 Análise de Notícias Senado Federal e Congresso Nacional 1. Eleições:

Leia mais

O PMDB E OS DESAFIOS DA ELEIÇÃO DE 2010

O PMDB E OS DESAFIOS DA ELEIÇÃO DE 2010 22 O PMDB E OS DESAFIOS DA ELEIÇÃO DE 2010 The Brazilian Democratic Movement Party (PMDB) and the challenges of the elections of 2010 Eliseu Padilha Deputado Federal (PMDB RS) e Presidente da Comissão

Leia mais

Senhor Presidente do Congresso Nacional, Senador Renan Calheiros,

Senhor Presidente do Congresso Nacional, Senador Renan Calheiros, Senhor Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, Senhor Presidente do Congresso Nacional, Senador Renan Calheiros, Senhor Presidente da Câmara de Deputados, Dep. Aldo Rebelo, Senhor Procurador-Geral

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 49 Discurso na solenidade de lançamento

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 54 Discurso na cerimónia de inauguração

Leia mais